Serviço de Operações

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Serviço de Operações"

Transcrição

1 República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA) LOTE 6: ITEM 1 Termos de Referência para a componente de Formação Oracle WebLogic Server 11g: Administration Essentials and Advanced Administration Serviço de Operações ORACLE WEBLOGIC SERVER 11G: ESSENTIALS AND ADVANCED

2 2 1. Nome do curso Justificativa da formação Objectivos Gerais Específicos Conteúdo do curso e respectiva carga horária Público-alvo e número de participantes Qualificações gerais Qualificações específicas da pessoa colectiva (empresa)... Error! Bookmark not defined. 6.2 Qualificações específicas da pessoa singular (formador) Experiência da empresa e do formador nesta componente de formação/capacitação Condições das salas de aulas de formação [Nos casos aplicáveis] Metodologia da formação Resultados esperados desta acção de formação Local de realização do curso ORACLE WEBLOGIC SERVER 11G: ESSENTIALS AND ADVANCED

3 3 1. Nome do curso Oracle WebLogic Server 11g: Administration Essentials and Advanced Administration 2. Justificativa da formação Dotar os técnicos de conhecimentos suficientes de modo a garantir com qualidade o suporte, a manutenção e a melhoria contínua de serviços assentes sobre o servidor Oracle Weblogic, mitigando assim os possíveis riscos que possam advir da disponibilização dos serviços/produtos assentes sobre este servidor. 3. Objectivos 3.1 Gerais Garantir qualidade na disponibilização, manutenção e suporte dos serviços assentes sobre servidores Weblogic. Esta formação enquadra-se na formação de curto prazo i,é: tem prioridade ALTA. 3.2 Específicos Instalar, configurar e usar o Servidor Weblogic Monitorar o servidor aplicacional usando interface de usuário (GUI) e/ou linha de comando bem como automatização via script Entender a arquitectura do Weblogic de modo a melhor suportar as aplicações nelas assentes Implantar diferentes tipos de aplicações Java EE em servidores Weblogic Implementar rotinas administrativas sobre o servidor de modo a facilitar nas rotinas diárias Backups e recuperação em situação de falhas Gerir domínio e templates de weblogic Configurar alta disponibilidade via mensagens de infra-estrutura Automatizar migrações e failover Utilizar LDAP para autenticação Monitorar servidores usando WLDF ou SNMP Uso de ferramentas de teste de carga (loading test) Gerar e analisar os dados de desempenho Tune de parâmetros Java (JVM) Virtual Machine Tune de Oracle WebLogic Server Descrever metodologia para melhorar o desempenho Descrever diferentes ferramentas de monitoria e ajuste como jvisualvm, JRockit Mission Control. Desenvolver scripts personalizados para monitorar servidores. Usar os recursos do quadro diagnóstico WebLogic. Interpretar as mensagens de log para subsistemas WebLogic. Monitorar e analisar estatísticas de máquina virtual. Solucionar problemas de segurança e de cluster. Solucionar problemas JDBC e JMS. 4. Conteúdo do curso e respectiva carga horária 4.1 Oracle WebLogic Server 11g: Administration Essentials Apresentação o Oracle Fusion Middleware Plataforma o Descrevendo o Oracle Fusion Middleware Ambiente o Descrevendo como WebLogic Server suporta vários Fusion Middleware Suites ORACLE WEBLOGIC SERVER 11G: ESSENTIALS AND ADVANCED

4 4 o Descrevendo como vários Fusion Middleware Suites Aumentar as Funções do WebLogic Server Definindo Java Enterprise Edition Terminologia e Arquitetura o Explicando a motivação por trás de Sistemas Distribuídos o Os principais componentes da especificação Java Platform Enterprise Edition 5 (Java EE) Instalando o Oracle WebLogic Server o Explicando o Oracle WebLogic Passos de instalação do servidor o Instalando o WebLogic Server utilizando tanto a interface gráfica do usuário (GUI) e de linha de comando o Descrever a organização e conteúdo da estrutura do diretório WebLogic Server o Navegando o servidor online WebLogic e Documentação offline Configurando um Domínio Simples o Descrevendo os elementos comuns em um servidor de domínio WebLogic o Descrevendo como domínios são utilizado na empresa o Comparando Administração e Servidores Gerenciados o Configurando um Domínio o Descrever a organização e conteúdo da estrutura do diretório WLS o Descrevendo o uso de WLST Offline para Gerenciar domínios o Criação de um domínio simples com um Servidor Gerenciado o Verificando os números das portas que são usados para componentes Configurando um Domínio Usando modelos o Descrevendo o processo interno utilizada para criar ou atualizar um domínio usando um modelo o Descrevendo o processo de estender um modelo de domínio o Explicando os Modelos de Domínio previu a instituição de JDeveloper, SOA e WebCenter Usando o Console de Administração e WLST o A identificação dinâmica e muda Atributo não dinâmico no Console de Administração o Personalizando quadros de acompanhamento Dentro do Console de Administração o Usando a ferramenta Scripting WebLogic ( WLST ) de linha de comando Utility o Invocando WLST e navegar pela estrutura de Domínio o Descrevendo como Change Management é realizado internamente Usando Java Management Extension ( JMX ) e Mbeans Configurando Servidores Gerenciados o Configurando servidores gerenciados usando o console administrativo o Configurando Servidores Gerenciados Utilizando WebLogic Ferramenta Scripting ( WLST ) o Iniciando Servidores Gerenciados o Desligar um servidor ou um domínio inteiro Usando WLST ou o console administrativo o Configurando servidores gerenciados em um computador separado do servidor Sdministration o Explicando Administração e gerenciado Servidor da Independência ( MSI) Configurando Nós de Gestão o Definindo a máquina do servidor Oracle WebLogic o Configurando uma máquina e atribuir servidores a ele usando o Console e WebLogic Ferramenta Scripting ( WLST ) o Explicando o Gerente de Arquitetura Node ORACLE WEBLOGIC SERVER 11G: ESSENTIALS AND ADVANCED

5 5 o Descrever a organização e conteúdo de um nó de estrutura Directory Manager o Configurando, Iniciando e Parando Gerentes Nó o Descrevendo como iniciar e parar Procedimentos Exibindo e gerenciando Logs no Oracle WLS Ambiente o Definindo e configurando o servidor e Logs de Domínio o Ver e Interpretar o formato de domínio e arquivos de log do servidor usando o Console de Administração o Configurando Servidor Padrão Configurações de Saída Usando o Console o Descrevendo como os aplicativos podem integrar-se com WLS Logging Infraestrutura ( commons Apache, log4j ) o Acessando on-line de registo de mensagens Catálogos o Criando e aplicando um filtro Acesse Usando o Console o Configurando Entrar Filtrar Expressões Conceitos de implantação o Contrastando Autodeploy Com Implantação manual o Configuração e implantação de aplicativos web através do Console de Administração, linha de comando, e WLST o Configurando Descritores de Implementação o Teste Implantado Applications o Descrevendo o papel de servidores Web o Traçando um típico fluxo de interação Web o Contrastando estático e conteúdo dinâmico e implantação o Front- end aplicações implantadas com um servidor Web Implantando aplicativos Java EE o Descrevendo Aplicações Web Java EE o Descrevendo empresa Implantação Arquiteturas o Aplicações Web embalagem em várias formas o Definir a estrutura de aplicações Web e Web Application Archive o Explicando Por WebLogic aumenta padrão Java EE Descritores de Implementação com o WebLogic * Arquivos. Xml o Olhando Descritores de Implementação web.xml e weblogic.xml o Descrevendo URLs e Aplicações Web Implantação avançada de versões aplicação o Configurando um aplicativo para vários Ambientes de Desenvolvimento o Criando um Plano de Implantação o Encenar um Plano de Implantação o Usando Redeployment Produção Compreender JDBC e Configurando fontes de dados o Configurando fontes de dados JDBC e JDBC o Configurar Fonte de Dados Scope o Contrastando duas camadas e multi -tier Arquitetura JDBC o Configurando um pool de conexão o Descrevendo como fontes de dados são utilizadas o Implantando Recursos JDBC para um alvo o Explicando os componentes de URLs JDBC ORACLE WEBLOGIC SERVER 11G: ESSENTIALS AND ADVANCED

6 6 o Monitoramento e Teste de uma fonte de dados Configurando Java Message Service ( JMS) o Descrevendo JMS o Descrevendo como Oracle WebLogic Server JMS é implementado o Configurando o servidor JMS o Configurando Fábricas de Conexões o Configuração de filas e tópicos o Configurando mensagens persistentes o Implantando um aplicativo que usa JMS o Monitoramento de Recursos e mensagens JMS Introdução ao Clustering o Os benefícios do Oracle WebLogic Cluster o Arquitetura de Cluster Básica o Multicamadas Cluster Arquitetura o Comunicação entre instâncias de servidor em cluster o Os principais critérios para a seleção de Arquitetura Cluster Adequado Configurando um Cluster o Preparando o Ambiente para um Cluster o Criando e Configurando um Cluster o Adicionando servidores para um Cluster o Abrindo e Fechando servidores em cluster Gerenciando Clusters o Implantando aplicativos a um cluster o Descrevendo a replicação de um estado de sessão em um cluster o Configurando grupos de replicação o Configurando a replicação na memória o Configurando Java Database Connectivity replicação ( JDBC) o Configurando replicação de arquivos o Configurando um Cluster de várias camadas para Enterprise JavaBeans (EJB) Aplicações Conceitos de segurança e configuração o Utilizando o WebLogic Server ( WLS) Arquitetura de segurança o Configurando domínios de segurança o Configurando Usuários e Grupos o Configurando funções o Configurando diretivas o Configurando a proteção de recursos de aplicativo Web e EJBs Proteção contra ataques o Descrevendo o processo de configuração de Secure Sockets Layer ( SSL) o Usando o Utilitário de Keytool configurar Chaves e Obter Certificados Digitais o Configurando o SSL para o servidor WLS o Configurando Contramedidas para alguns ataques baseados na Web Operações de backup e recuperação o Recomendando uma estratégia de backup e recuperação ORACLE WEBLOGIC SERVER 11G: ESSENTIALS AND ADVANCED

7 7 o Executar um backup completo off-line e recuperação o Executar um backup online e offline de domínio o Executar uma recuperação do domínio offline o Executando um Backup e Recuperação Instância Início Duração da formação: 5 dias. 4.2 Oracle WebLogic Server 11g: Advanced Administration Gestão installation o Smart Update o patch Management Modelos de Domínio o Modelos de Domínio o Modelos de extensão o Template Builder Outras ferramentas de Domínio o WLST e Modelos o pacote de ferramenta o Configuração de Backup o Auditoria de Configuração Configuração de Rede Avançada o Canais de Rede o Canais de Administração o Modo de Espera Multi fontes de dados o Fonte de Dados de Failover o Fonte de Dados de balanceamento de carga o Teste de Conexão o WebLogic e RAC JDBC Essentials Desempenho o Pool de conexões o Declaração Caching o Último Recurso Logging Gestão mensagem JMS o Vendo mensagens o Exportando mensagens o Pausa Destinos JMS Garantido Messaging o Lojas persistentes o Inscritos duráveis ORACLE WEBLOGIC SERVER 11G: ESSENTIALS AND ADVANCED

8 8 JMS Essentials Desempenho o Quotas o Limiares (Thresholds) o Unidade de Ordem JMS Store and Forward o Agentes SAF o SAF Contextos o Destinos SAF importados JMS Ponte Mensagem o Adaptadores Ponte o Destinos de ponte o Qualidade de serviço Migração de servidores o Cluster Leasing o Máquinas candidatos JMS Clustering o JMS Cluster Segmentação o Migração o Alvos migráveis o Destinos distribuídos o JMS Load Balancing Replicação Cross- Cluster o Replicação MAN o WAN Replication Provedores de Autenticação o Reinos de segurança o Lojas de segurança o Flags de controle o Autenticadores LDAP o SQL Authenticator o Senha de validação o Migração de Segurança Essentials desempenho do servidor o Teste de Carga o JVM Sintonia o Monitoramento Heap o Gerentes de trabalho Monitoramento e Diagnóstico Essentials o Mbeans - tempo de execução o Quadro Diagnóstico o Coletores métricas o Relógios o Instrumentação o WebLogic e SNMP o Monitores armadilha ORACLE WEBLOGIC SERVER 11G: ESSENTIALS AND ADVANCED

9 9 Duração da formação: 5 dias. 5. Público-alvo e número de participantes 5 Técnicos do Serviço de Operações. 6. Qualificações gerais 6.1 Qualificações específicas da pessoa colectiva (empresa) As qualificações desejadas para o Formador (entenda-se como Pessoa Colectiva) são as que a seguir se indicam com base no Regulamento aprovado pelo Decreto 15/2010, de 24 de Maio: i.qualificação Jurídica Certidão de registo comercial e escritura pública ou documentos equivalentes; Documentos comprovativos do preenchimento de outros requisitos estabelecidos em legislação especial param o desempenho da actividade; Declaração do concorrente de que não se encontra m situação de impedimentos e conflitos de interesses. Projecto do consórcio ou documento do consórcio já constituído, se aplicável. ii.qualificação Económico-Financeira Declaração periódica de rendimentos; Declaração anual de informação contabilística e fiscal; Balanços patrimoniais e demonstrações contabilísticas dos últimos três exercícios fiscais, apresentados nos termos da lei; Declaração de que não há pedido de falência contra o Auditor e de que não requereu concordata; Facturação média anual nos três últimos exercícios fiscais de valor igual ou superior ao valor indicado no quadro abaixo, para cada lote a que for a concorrer: Lotes Item Nome Curso Facturação Média Anual para cada Lote (MT) 1 ITIL V3 Foundation Bridge Certificate Lote 1 2 CMMI: Introduction to CMMI for Development v ISO/IEC Foundation 4 ISO Awareness Training - Business Continuity Management 5 ISO Business Continuity Management Auditor/Lead Auditor Training Course 6 ISO Internal Auditing Course - Business Continuity Management Systems. 7 Sistemas de Gestão de Qualidade ISO 9001: Implementação e Avaliação ,00 ORACLE WEBLOGIC SERVER 11G: ESSENTIALS AND ADVANCED

10 10 Lote 2 Lote 3 Lote 4 Lote 5 Lote 6 Lote 7 Lote 8 1 Gestão de Processos de Negócios 2 Gestão de Qualidade para Gestores Executivos 3 Gestão de Projectos de TI 4 PMI Risk Management Professional (PMI RMP) 1 Arquitectura e Design de Projectos Java 2 Gestão de Requisitos 3 Gerenciamento Ágil de Projectos de Software com SCRUM 4 ISTQB Foundation 1 VMware vsphere 5 - Install, Configure, Manage and Troubleshooting 2 Sistemas de Cloud e Virtualização (vcloud Director) 3 Continuidade de Negócios/Business Continuity Planning-BCP 4 Administração da Solução SNAPPROTECT 5 Infraestrutura e Gestão de Data Centers 1 CCNA-I, II, III, IV 2 CCNA-Security 3 Red Hat JBoss Application Administration I e II (JB248, JB348) 4 Red Hat System Administration (RH124, RH255, RH135, RH413) 1 Oracle WebLogic Server 11g: Essentials and Advanced Administration 2 Oracle OBIEE 1 Gestão de Aprovisionamento 2 Gestão de Compras 3 Gestão, Recrutamento e Desenvolvimento de RH 4 Gestão e Estratégica de Formação de RH 5 Gestão de Comunicação e Imagem 6 Excel para Contabilistas 7 Desenvolvimento de Macros Em Vba - Microsoft Excel 8 Gestão e Liderança 1 Certified Information Systems Security Professional (CISSP) 2 Certified Information Systems Auditor (CISA) 3 Certified in Risk and Information Systems Control (CRISC) 4 Testes de Penetração USANDO OSSTMM , , , , , , ,00 iii.qualificação Técnica Declaração do próprio concorrente comprovativa da equipe profissional e técnica disponível para a execução do objecto da contratação, acompanhada dos respectivos currículos; Declaração emitida por pessoa de direito público ou privado comprovativa de que, nos últimos três anos o concorrente adquiriu experiência em actividades com características ORACLE WEBLOGIC SERVER 11G: ESSENTIALS AND ADVANCED

11 técnicas similares às do objecto da contratação, com indicação dos dados necessários à sua verificação. 11 iv.regularidade Fiscal Certidão válida de quitação emitida pela Administração Fiscal; Declaração válida emitida pela instituição responsável pelo sistema nacional de segurança social. O Cadastro válido substitui a apresentação dos documentos acima mencionados com excepção de: Projecto do consórcio ou documento do consórcio já constituído, se aplicável, Facturação média anual nos três últimos exercícios fiscais, Certidão válida de quitação emitida pela Administração Fiscal, Declaração válida emitida pela instituição responsável pelo sistema nacional de segurança social, Declaração emitida por pessoa de direito público ou privado comprovativa de que, nos últimos três anos o concorrente adquiriu experiência em actividades com características técnicas similares às do objecto da contratação e a Declaração de que não há pedido de falência contra o Concorrente A empresa deverá estar certificada pela empresa Oracle para a realização de formações dos cursos acima indicados; O(s) formador(es) deve(rão) ser certificado(s) para ministrar os cursos pretendidos; 6.2 Qualificações específicas da pessoa singular (formador) O formador deve possuir certificados oficiais que lhe habilitam a ministrar cursos acima indicados; O formador deve ter experiência em lecionar cursos de administração de servidores aplicacionais Oracle Weblogic. O formador deve falar e escrever fluentemente Português; 6.3 Experiência da empresa e do formador nesta componente de formação/capacitação O formador deverá colocar no seu C.V. a referência das instituições em que ministrou essas formações; O formador deve possuir uma formação pedagógica adequada, nomeadamente: O formador deve ter uma boa capacidade de transmissão de conhecimentos; Experiência de trabalho como formador (mínimo 3 anos); Domínio nas matérias a leccionar (possuindo certificado oficial da administração de servidor aplicacional Oracle Weblogic). 6.4 Condições das salas de aulas de formação [Nos casos aplicáveis] O consultor (pessoa colectiva) deve criar as seguintes condições: o A empresa deverá garantir que as condições de formação (sala de formação, infra-estrutura de TI, material didáctico da formação, lanches, etc.) estejam de acordo com os cursos a leccionar; o A empresa deverá garantir e disponibilizar a formação de forma teórica e prática; o No final de cada um dos cursos deverá ser fornecido um certificado de participação oficial; ORACLE WEBLOGIC SERVER 11G: ESSENTIALS AND ADVANCED

12 o A empresa deverá garantir a disponibilização do local (espaço), dos equipamentos/infraestrutura de TI e outros necessários para a realização das formações; o A empresa deverá fornecer de forma detalhada todo o conteúdo programático de cada um dos cursos pretendidos em Português; o Quadro branco; o Vídeo projector; o Um posto de trabalho para cada participante se necessário o Manuais oficiais de acompanhamento contendo todos módulos da formação em formato digital e impresso. o Um ambiente com servidores Oracle Weblogic assente no sistema operativo Linux Redhat, e uma base de dados oracle base de dados (se necessário); o A disponibilização do local (salas de aulas) e outros bens julgados pertinentes para a realização das formações é da total responsabilidade da empresa de formação Metodologia da formação As aulas deverão ser teórico e práticas onde as práticas sejam no fim de cada aula teórica. 8. Resultados esperados desta acção de formação o Gerir domínios e modelos o Configurar uma infra-estrutura de mensagens altamente disponível o Automatizar a migração de servidor e failover o Utilizar LDAP para autenticação o Servidores monitor usando WLDF ou SNMP 9. Local de realização do curso Esta formação deverá ser ministrada na Cidade de Maputo. O CEDSIF não possui condições de fornecer o local (espaço) e outros necessários para a realização das formações. Pelo histórico comparativo de acções de formação ministradas em Moçambique versus fora de Moçambique, recomenda-se que esta acção seja ministrada fora do País. N.B. As propostas Técnica e Financeira não devem ser apresentadas na fase da Manifestação de Interesse. Maputo, Setembro de 2014 SO Serviços de Operações ORACLE WEBLOGIC SERVER 11G: ESSENTIALS AND ADVANCED

DRH- Departamento de Recursos Humanos

DRH- Departamento de Recursos Humanos República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

(FINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA) LOTE 2: ITEM 4. Formação em PMI Risk Management Professional (PMI RMP) SSSI

(FINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA) LOTE 2: ITEM 4. Formação em PMI Risk Management Professional (PMI RMP) SSSI República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

Termos de Referência para a componente de Formação

Termos de Referência para a componente de Formação República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

(FINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA) LOTE 4: Serviço de Operações

(FINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA) LOTE 4: Serviço de Operações República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

(FINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA) LOTE 1: ITEM 2. CMMI for DEV Intermediate V. 1.3 TERMOS DE REFERÊNCIA PARA A COMPONENTE DE FORMAÇÃO

(FINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA) LOTE 1: ITEM 2. CMMI for DEV Intermediate V. 1.3 TERMOS DE REFERÊNCIA PARA A COMPONENTE DE FORMAÇÃO República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

Serviço de Qualidade e Certificação

Serviço de Qualidade e Certificação República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

Serviço de Qualidade e Certificação

Serviço de Qualidade e Certificação República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

Termos de Referência para a componente de Formação

Termos de Referência para a componente de Formação República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

Serviço de Qualidade e Certificação

Serviço de Qualidade e Certificação REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DAS FINANÇAS CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistema de Informação de Finanças (FINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA) LOTE 1: ITEM 7 Termos de Referência para a componente

Leia mais

Serviço de Qualidade e Certificação

Serviço de Qualidade e Certificação República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

SERVIÇO DE OPERAÇÕES

SERVIÇO DE OPERAÇÕES República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

DAF Departamento de Administração e Finanças

DAF Departamento de Administração e Finanças República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

Termos de Referência para a componente de Formação Gestão de Projectos de TI

Termos de Referência para a componente de Formação Gestão de Projectos de TI República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

Desenvolvimento de Macros em VBA - Microsoft Excel

Desenvolvimento de Macros em VBA - Microsoft Excel República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

DAF Departamento de Administração e Finanças

DAF Departamento de Administração e Finanças República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

(FINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA) LOTE 5: ITEM 4. Termos de Referência para a componente de Formação

(FINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA) LOTE 5: ITEM 4. Termos de Referência para a componente de Formação República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

Termos de Referência para a componente de Formação

Termos de Referência para a componente de Formação República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

Serviço de Operações

Serviço de Operações República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

Termos de Referência para a componente de Formação

Termos de Referência para a componente de Formação República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

Oracle WebLogic Server 11g: Conceitos Básicos de Administração

Oracle WebLogic Server 11g: Conceitos Básicos de Administração Oracle University Entre em contato: 0800 891 6502 Oracle WebLogic Server 11g: Conceitos Básicos de Administração Duração: 5 Dias Objetivos do Curso Este curso treina administradores Web nas técnicas para

Leia mais

(FINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA) LOTE 8: ITEM 1 Termos de Referência para a componente de Formação

(FINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA) LOTE 8: ITEM 1 Termos de Referência para a componente de Formação República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

(FINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA) LOTE 8: ITEM 3 Termos de Referência para a componente de Formação SSSI

(FINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA) LOTE 8: ITEM 3 Termos de Referência para a componente de Formação SSSI República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

(FINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA) LOTE 4: ITEM 5. Infraestrutura e Gestão de Data Centers

(FINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA) LOTE 4: ITEM 5. Infraestrutura e Gestão de Data Centers República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

Termos de Referência para a componente de Formação

Termos de Referência para a componente de Formação República de Moçambique Ministério das Finanças CEDSIF - Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças UGEA-Unidade Gestora Executora das Aquisições UNIÃO EUROPEIA (FINANCIADO PELA UNIÃO

Leia mais

República de Moçambique. Ministério Das Finanças

República de Moçambique. Ministério Das Finanças República de Moçambique Ministério Das Finanças CEDSIF Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças TERMOS DE REFERÊNCIA PARA O OBJECTO 1 E/OU OBJECTO 2 MAPUTO, Setembro de 2012 2 Introdução

Leia mais

4 Um Exemplo de Implementação

4 Um Exemplo de Implementação 4 Um Exemplo de Implementação Neste capítulo será discutida uma implementação baseada na arquitetura proposta. Para tanto, será explicado como a arquitetura proposta se casa com as necessidades da aplicação

Leia mais

UFG - Instituto de Informática

UFG - Instituto de Informática UFG - Instituto de Informática Especialização em Desenvolvimento de Aplicações Web com Interfaces Ricas EJB 3.0 Prof.: Fabrízzio A A M N Soares professor.fabrizzio@gmail.com Aula 5 Servidores de Aplicação

Leia mais

ENTERPRISE JAVABEANS 3. Msc. Daniele Carvalho Oliveira

ENTERPRISE JAVABEANS 3. Msc. Daniele Carvalho Oliveira ENTERPRISE JAVABEANS 3 Msc. Daniele Carvalho Oliveira Apostila Servlets e JSP www.argonavis.com.br/cursos/java/j550/index.html INTRODUÇÃO Introdução Enterprise JavaBeans é um padrão de modelo de componentes

Leia mais

Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper

Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper Outubro de 2007 Resumo Este white paper explica a função do Forefront Server

Leia mais

Tema: Oracle Weblogic Administration 11g

Tema: Oracle Weblogic Administration 11g 3ª Edição 16 a 18 de Maio Angola Tema: Oracle Weblogic Administration 11g Orador: Gilberto Calunga Agenda Introdução Topologia do Servidor Weblogic 11g Domain Server Admin Server Managed Server Cluster

Leia mais

Forme-se Connosco! > Cursos Práticos > Formação Certificada > Laboratórios Oficiais > Manuais Oficiais

Forme-se Connosco! > Cursos Práticos > Formação Certificada > Laboratórios Oficiais > Manuais Oficiais Actualizado em 29/ABR/2015 duração datas Microsoft Training CURSOS OFICIAIS CERTIFICADOS HORAS DIAS INÍCIO FIM Vouchers MICROSOFT CERTIFIED SOLUTIONS ASSOCIATE (MCSA): WINDOWS 8 20687 - Configuring Windows

Leia mais

A Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais PRODEMGE

A Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais PRODEMGE Belo Horizonte, 06 de Maio de 2010 A Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais PRODEMGE Referente: CONSULTA PÚBLICA PARA CONTRATAÇÃO DE UMA SOLUÇÃO DE GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE

Leia mais

TREINAMENTO. Apresentação. Objetivos. Dados Principais. Tecnologia Abordada Oracle Databese 11g

TREINAMENTO. Apresentação. Objetivos. Dados Principais. Tecnologia Abordada Oracle Databese 11g Apresentação Dados Principais Combinando quinze dias em 60 horas de conteúdo, o treinamento para os DBAs Oracle gerenciam os sistemas de informação mais avançados do setor e têm alguns dos maiores salários

Leia mais

Um artigo técnico da Oracle Julho de 2009. Oracle WebLogic Suite 11g Traga benefícios para a sua empresa através de Middleware rápido e eficiente

Um artigo técnico da Oracle Julho de 2009. Oracle WebLogic Suite 11g Traga benefícios para a sua empresa através de Middleware rápido e eficiente Um artigo técnico da Oracle Julho de 2009 Oracle WebLogic Suite 11g Traga benefícios para a sua empresa através de Middleware rápido e eficiente 1 Visão geral de executivos A infraestrutura de software

Leia mais

MCITP: ENTERPRISE ADMINISTRATOR

MCITP: ENTERPRISE ADMINISTRATOR 6292: INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO DO WINDOWS 7, CLIENT Objetivo: Este curso proporciona aos alunos o conhecimento e as habilidades necessárias para instalar e configurar estações de trabalho utilizando a

Leia mais

Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas) Sumário. Java 2 Enterprise Edition. J2EE (Java 2 Enterprise Edition)

Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas) Sumário. Java 2 Enterprise Edition. J2EE (Java 2 Enterprise Edition) Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas) J2EE () Sumário Introdução J2EE () APIs J2EE Web Container: Servlets e JSP Padrão XML 2 J2EE é Uma especificação para servidores

Leia mais

LEI DE ACESSO A INFORMAÇÃO DIREITO DO CIDADÃO

LEI DE ACESSO A INFORMAÇÃO DIREITO DO CIDADÃO DESCRIÇÃO DO SIGAI O SIGAI (Sistema Integrado de Gestão do Acesso à Informação) é uma solução de software que foi desenvolvida para automatizar os processos administrativos e operacionais visando a atender

Leia mais

Oracle Enterprise Manager 10g Grid Control NOVO

Oracle Enterprise Manager 10g Grid Control NOVO Oracle University Contact Us: +351214235182 Oracle Enterprise Manager 10g Grid Control NOVO Duration: 5 Days What you will learn Este curso oferece uma visão geral dos recursos do Grid Control 10.2.0.4.

Leia mais

PROPOSTA COMERCIAL PARA TREINAMENTOS DE TI

PROPOSTA COMERCIAL PARA TREINAMENTOS DE TI PROPOSTA COMERCIAL PARA TREINAMENTOS DE TI Curso: Formação para certificação MCSA em Windows Server 2012 Prepara para as provas: 70-410, 70-411 e 70-412 Em parceria com Pág. 1 Objetivo Adquirindo a formação

Leia mais

Recrutamento de RH. Perfil de Administração de Base de Dados e Plataforma Aplicacional. ID do Documento:

Recrutamento de RH. Perfil de Administração de Base de Dados e Plataforma Aplicacional. ID do Documento: Recrutamento de RH Perfil de Administração de Base de Dados e Plataforma Aplicacional ID do Documento: Versão: Elaborado por: Aprovado por: Data de Re99visão: 1 Administração de Base de Dados e Plataforma

Leia mais

Instalador/Atualizador PIMS Multicultura Manual de Referência. Versão 12.1.4

Instalador/Atualizador PIMS Multicultura Manual de Referência. Versão 12.1.4 Instalador/Atualizador PIMS Multicultura Manual de Referência Versão 12.1.4 Sumário 1. Descrição... 3 2. Pré-requisitos... 4 3. Etapas da instalação/atualização... 8 1. Iniciando a aplicação de instalação/atualização...

Leia mais

GERENCIAMENTO CENTRALIZADO DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC

GERENCIAMENTO CENTRALIZADO DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC GERENCIAMENTO CENTRALIZADO DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC RESUMO EXECUTIVO O PowerVault DL2000, baseado na tecnologia Symantec Backup Exec, oferece a única solução de backup em

Leia mais

MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 UTILIZANDO O VMWARE PLAYER

MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 UTILIZANDO O VMWARE PLAYER MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 UTILIZANDO O VMWARE PLAYER TÁSSIO JOSÉ GONÇALVES GOMES tassiogoncalvesg@gmail.com MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 TÁSSIO GONÇALVES - TASSIOGONCALVESG@GMAIL.COM 1 CONTEÚDO Arquitetura

Leia mais

Web Technologies. Tópicos da apresentação

Web Technologies. Tópicos da apresentação Web Technologies Tecnologias de Middleware 2004/2005 Hugo Simões hsimoes@di.fc.ul.pt 1 A Web Tópicos da apresentação Tecnologias Web para suporte a clientes remotos (Applets,CGI,Servlets) Servidores Aplicacionais

Leia mais

www.lanuniversity.com.br MCTS SHAREPOINT 2010, CONFIGURING Um exame para obter a Certificação completa

www.lanuniversity.com.br MCTS SHAREPOINT 2010, CONFIGURING Um exame para obter a Certificação completa www.lanuniversity.com.br MCTS SHAREPOINT 2010, CONFIGURING Um exame para obter a Certificação completa 10174B - Configuring and Administering Microsoft SharePoint 2010 Exame 70-667 Módulo 1: Introdução

Leia mais

Tópicos. Atualizações e segurança do sistema. Manutenção Preventiva e Corretiva de Software (utilizando o MS Windows XP)

Tópicos. Atualizações e segurança do sistema. Manutenção Preventiva e Corretiva de Software (utilizando o MS Windows XP) teste 1 Manutenção Preventiva e Corretiva de Software (utilizando o MS Windows XP) Rafael Fernando Diorio www.diorio.com.br Tópicos - Atualizações e segurança do sistema - Gerenciamento do computador -

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA

MINISTÉRIO DA FAZENDA MINISTÉRIO DA FAZENDA Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional PGFN Departamento de Gestão Corporativa - DGC Coordenação-Geral de Tecnologia da Informação - CTI CATÁLOGO DE SERVIÇOS DE TECNOLOGIA Infraestrutura

Leia mais

Carga Horária 40 horas. Requisitos Servidor Oracle 10G Ferramenta para interação com o banco de dados

Carga Horária 40 horas. Requisitos Servidor Oracle 10G Ferramenta para interação com o banco de dados Oracle 10g - Workshop de Administração I Objetivos do Curso Este curso foi projetado para oferecer ao participante uma base sólida sobre tarefas administrativas fundamentais. Neste curso, você aprenderá

Leia mais

Manual de Instalação PIMSConnector em Windows

Manual de Instalação PIMSConnector em Windows Manual de Instalação PIMSConnector em Windows Julho/2015 Sumário 1. Contexto de negócio (Introdução)... 3 2. Pré-requisitos instalação/implantação/utilização... 4 3. JBOSS... 6 3.1. Instalação... 6 3.2.

Leia mais

SSC2013 SHAREPOINT 2013 ADMINISTRATOR S SURVIVAL CAMP

SSC2013 SHAREPOINT 2013 ADMINISTRATOR S SURVIVAL CAMP Missões Impossíveis em Desenvolvimento de Software. SSC2013 SHAREPOINT 2013 ADMINISTRATOR S SURVIVAL CAMP Este curso intensivo de cinco dias foi concebido para ensinar experientes profissionais de TI,

Leia mais

O que há de novo no VMware vcenter 5.0

O que há de novo no VMware vcenter 5.0 O que há de novo no VMware vcenter 5.0 Gerenciamento eficiente da virtualização DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA DE MARKETING V 1.0/ATUALIZADO EM ABRIL DE 2011 Índice Introdução... 3 vsphere Web Client.... 4 Recursos

Leia mais

Constate todo o potencial de aplicações Java virtualizadas

Constate todo o potencial de aplicações Java virtualizadas Um White Paper da Oracle Abril de 2010 Constate todo o potencial de aplicações Java virtualizadas Oracle WebLogic Server Virtual Edition Oracle Virtual Assembly Builder O Oracle WebLogic Server Virtual

Leia mais

VMware vcloud Suite 5.8

VMware vcloud Suite 5.8 VMware vcloud Suite 5.8 Licenciamento, preços e pacotes WHITE PAPER Índice Resumo executivo.... 3 Visão geral de licenciamento do.... 3 Unidade de licenciamento: por processador (CPU).... 3 Sem limites

Leia mais

Linguagem de Programação JAVA. Professora Michelle Nery Nomeclaturas

Linguagem de Programação JAVA. Professora Michelle Nery Nomeclaturas Linguagem de Programação JAVA Professora Michelle Nery Nomeclaturas Conteúdo Programático Nomeclaturas JDK JRE JEE JSE JME JVM Toolkits Swing AWT/SWT JDBC EJB JNI JSP Conteúdo Programático Nomenclatures

Leia mais

TALENTEDGE. Ofertas diversificadas QUEM SOMOS

TALENTEDGE. Ofertas diversificadas QUEM SOMOS TALENTEDGE QUEM SOMOS A C.T.I.C., Colégio de Tecnologias de informação e Comunicação representa a marca TALENTEDGE em Angola. A TALENTEDGE Angola é o resultado de uma franchise com a TALENTEDGE Índia,

Leia mais

Soluções Oracle. Serviços Oracle

Soluções Oracle. Serviços Oracle Soluções Oracle Nossa aliança combina a força das aplicações e tecnologias da Oracle com o conhecimento da Cloware em Consultoria, Integração de Sistemas e Serviços Gerenciados. Por ser a provedora de

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Administração de Banco de Dados - Oracle

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Administração de Banco de Dados - Oracle Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Administração de Banco de Dados - Oracle Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Administração de Banco de Dados tem por fornecer conhecimento

Leia mais

Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD TERMO DE REFERÊNCIA. 1. Título do Projeto Fortalecimento do Controle de Precursores Químicos

Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD TERMO DE REFERÊNCIA. 1. Título do Projeto Fortalecimento do Controle de Precursores Químicos Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD TERMO DE REFERÊNCIA 1. Título do Projeto Fortalecimento do Controle de Precursores Químicos 2. Número do Projeto UNODC/AD/BRA/98/D33 3. Objetivo Contratação

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DAS FINANÇAS. UTRAFE Unidade Técnica da Reforma da Administração Financeira do Estado.

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DAS FINANÇAS. UTRAFE Unidade Técnica da Reforma da Administração Financeira do Estado. REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DAS FINANÇAS UTRAFE Unidade Técnica da Reforma da Administração Financeira do Estado Anúncio de Vaga A UTRAFE Unidade Técnica da Reforma da Administração Financeira do

Leia mais

CA Nimsoft Monitor Snap

CA Nimsoft Monitor Snap CA Nimsoft Monitor Snap Guia de Configuração do Monitoramento do Jboss do Nimsoft jboss série 1.3 Aviso de copyright do CA Nimsoft Monitor Snap Este sistema de ajuda online (o Sistema ) destina-se somente

Leia mais

ArcGIS for Server: Administração e Configuração do Site (10.2)

ArcGIS for Server: Administração e Configuração do Site (10.2) ArcGIS for Server: Administração e Configuração do Site (10.2) Duração: 3 dias (24 horas) Versão do ArcGIS: 10.2 Material didático: Inglês Descrição Projetado para administradores, este curso ensina como

Leia mais

Consolidação inteligente de servidores com o System Center

Consolidação inteligente de servidores com o System Center Consolidação de servidores por meio da virtualização Determinação do local dos sistemas convidados: a necessidade de determinar o melhor host de virtualização que possa lidar com os requisitos do sistema

Leia mais

Instruções para Instalação dos Utilitários Intel

Instruções para Instalação dos Utilitários Intel Instruções para Instalação dos Utilitários Intel Estas instruções ensinam como instalar os Utilitários Intel a partir do CD nº 1 do Intel System Management Software (liberação somente para os dois CDs

Leia mais

Software de gerenciamento do sistema Intel. Guia do usuário do Pacote de gerenciamento do servidor modular Intel

Software de gerenciamento do sistema Intel. Guia do usuário do Pacote de gerenciamento do servidor modular Intel Software de gerenciamento do sistema Intel do servidor modular Intel Declarações de Caráter Legal AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE DOCUMENTO SÃO RELACIONADAS AOS PRODUTOS INTEL, PARA FINS DE SUPORTE ÀS PLACAS

Leia mais

1.1. REQUISITOS NÃO FUNCIONAIS & CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

1.1. REQUISITOS NÃO FUNCIONAIS & CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS 1. Anexo III - Requisitos Técnicos e de Segurança A SOLUÇÃO deverá atender obrigatoriamente aos requisitos não funcionais e às características técnicas descritos nos itens deste anexo. Os requisitos não

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA SANTA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CEP 33400-000 - ESTADO DE MINAS GERAIS

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA SANTA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CEP 33400-000 - ESTADO DE MINAS GERAIS ERRATA E REABERTURA PROCESSO LICITATÓRIO N 097/2011 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL RP N 061/2011 OBJETO: AQUISIÇÃO DE SISTEMA DE ARMAZENAMENTO DE DADOS CENTRALIZADOS (STORAGE) E DE SISTEMA DE CÓPIA DE SEGURANÇA

Leia mais

Manual de Instalação PIMSConnector em Linux

Manual de Instalação PIMSConnector em Linux Manual de Instalação PIMSConnector em Linux Julho/2015 Sumário 1. Contexto de negócio (Introdução)... 3 2. Pré-requisitos instalação/implantação/utilização... 4 3. JBOSS... 6 3.1. Instalação... 6 3.2.

Leia mais

CA Nimsoft Monitor Snap

CA Nimsoft Monitor Snap CA Nimsoft Monitor Snap Guia de Configuração do Monitoramento da máquina virtual Java jvm_monitor série 1.4 Aviso de copyright do CA Nimsoft Monitor Snap Este sistema de ajuda online (o Sistema ) destina-se

Leia mais

Treinamento em Alfresco Open Source Enterprise Content Management ( ECM ) - GED Gestão Eletrônica de Documentos

Treinamento em Alfresco Open Source Enterprise Content Management ( ECM ) - GED Gestão Eletrônica de Documentos Treinamento em Alfresco Open Source Enterprise Content Management ( ECM ) - GED Gestão Eletrônica de Documentos Sobre o treinamento Este é um curso para quem precisa conhecer o essencial do produto o Alfresco

Leia mais

Outlook XML Reader Versão 8.0.0. Manual de Instalação e Demonstração UNE Tecnologia

Outlook XML Reader Versão 8.0.0. Manual de Instalação e Demonstração UNE Tecnologia Outlook XML Reader Versão 8.0.0 Manual de Instalação e Demonstração UNE Tecnologia Add-in para o Outlook 2003, 2007 e 2010 responsável pela validação e armazenamento de notas fiscais eletrônicas. Atenção,

Leia mais

soluções transversais SOLUÇÕES segurança

soluções transversais SOLUÇÕES segurança soluções transversais SOLUÇÕES segurança RESUMO DA SOLUÇÃO single sign-on acessos prevenção autenticação Os serviços de segurança são implementados como um layer do tipo Black Box, utilizável pelos canais

Leia mais

www.mpl.com.br C o n t a b i l i d a d e C o n t a s a P a g a r C o n t a s a R e c e b e r O r ç a m e n t o

www.mpl.com.br C o n t a b i l i d a d e C o n t a s a P a g a r C o n t a s a R e c e b e r O r ç a m e n t o A MPL Corporate Software, em parceria com a Oracle e a Amazon WebServices(AWS),lançouasolução ERPOracleInTheCloud,uma implantação SaaS (Software as a Service) do JD Edwards EnterpriseOne. A solução compreende

Leia mais

Disciplina: Serviços de Redes Microsoft. Professor: Fernando Santorsula fernando.santorsula@esamc.br

Disciplina: Serviços de Redes Microsoft. Professor: Fernando Santorsula fernando.santorsula@esamc.br Disciplina: Serviços de Redes Microsoft Professor: Fernando Santorsula fernando.santorsula@esamc.br Conteúdo Funções de Serviços de Redes (Windows Server Todas versões) Comparativo de recursos do Windows

Leia mais

CA Mainframe Chorus for DB2 Database Management Version 2.0

CA Mainframe Chorus for DB2 Database Management Version 2.0 FOLHA DO PRODUTO CA Mainframe Chorus for DB2 Database Management CA Mainframe Chorus for DB2 Database Management Version 2.0 Simplifique e otimize seu DB2 para tarefas de gerenciamento de carga de trabalho

Leia mais

2.0.0.X. Storage Client. TecnoSpeed. Tecnologia da Informação. Manual do Storage Client

2.0.0.X. Storage Client. TecnoSpeed. Tecnologia da Informação. Manual do Storage Client 2.0.0.X TecnoSpeed Tecnologia da Informação Storage Client Manual do Storage Client 1 Conteúdo 1. Apresentação... 3 1.1. Apresentação do Produto... 3 1.2. Sobre este Manual... 3 2. Sobre o Storage Client...

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇOS IMPRESSÃO. Professor Carlos Muniz

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇOS IMPRESSÃO. Professor Carlos Muniz ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇOS IMPRESSÃO Serviços de impressão Os serviços de impressão permitem compartilhar impressoras em uma rede, bem como centralizar as tarefas de gerenciamento

Leia mais

Windows 2008 Server. Windows 2008 Server IFSP Boituva Prof. Sérgio Augusto Godoy. www.profsergiogodoy.com sergiogutogodoy@hotmail.

Windows 2008 Server. Windows 2008 Server IFSP Boituva Prof. Sérgio Augusto Godoy. www.profsergiogodoy.com sergiogutogodoy@hotmail. Windows 2008 Server IFSP Boituva Prof. Sérgio Augusto Godoy www.profsergiogodoy.com sergiogutogodoy@hotmail.com Windows 2008 Server Construído sob o mesmo código do Vista Server Core (Instalação somente

Leia mais

Especificações da oferta Gerenciamento de dispositivos distribuídos: Gerenciamento de ativos

Especificações da oferta Gerenciamento de dispositivos distribuídos: Gerenciamento de ativos Visão geral do Serviço Especificações da oferta Gerenciamento de dispositivos distribuídos: Gerenciamento de ativos Os Serviços de gerenciamento de dispositivos distribuídos ajudam você a controlar ativos

Leia mais

Acção de Formação Contabilidade Geral - Primavera v8

Acção de Formação Contabilidade Geral - Primavera v8 Acção de Formação Contabilidade Geral - Primavera v8 MoreData, Sistemas de Informação Campo Grande 28, 10º E 1700-093 Lisboa 213520171 info@moredata.pt Índice de Conteúdos Introdução...3 Sobre o Curso...4

Leia mais

Benefícios do Windows Server 2008 R2 Hyper-V para SMB

Benefícios do Windows Server 2008 R2 Hyper-V para SMB Benefícios do Windows Server 2008 R2 Hyper-V para SMB Sumário Introdução... 3 Windows Server 2008 R2 Hyper-V... 3 Live Migration... 3 Volumes compartilhados do Cluster... 3 Modo de Compatibilidade de Processador...

Leia mais

Administração de Sistemas Operacionais Windows Server 2003. Professor Claudio Damasceno

Administração de Sistemas Operacionais Windows Server 2003. Professor Claudio Damasceno Administração de Sistemas Operacionais Windows Server 2003 Professor Claudio Damasceno Conteúdo Programático Introdução Hardware x Sistema Operacional Instalação do Windows Server 2003 Administração de

Leia mais

Q-flow 2.2. Código de Manual: Qf22007POR Versão do Manual: 3.1 Última revisão: 21/10/2005 Aplica-se a: Q-flow 2.2. Sizing

Q-flow 2.2. Código de Manual: Qf22007POR Versão do Manual: 3.1 Última revisão: 21/10/2005 Aplica-se a: Q-flow 2.2. Sizing Q-flow 2.2 Código de Manual: Qf22007POR Versão do Manual: 3.1 Última revisão: 21/10/2005 Aplica-se a: Q-flow 2.2 Sizing Qf22007POR v3.1 Q-flow Sizing Urudata Software Rua Canelones 1370 Segundo Andar CP11200

Leia mais

Parceiro Oficial de Treinamentos Zabbix no Brasil

Parceiro Oficial de Treinamentos Zabbix no Brasil Apresentação Parceiro Oficial de Treinamentos Zabbix no Brasil A VANTAGE Educacional é uma referência no Brasil em Treinamento e Capacitação das principais soluções corporativas Open Source. Além de possuir

Leia mais

www.mpl.com.br ERPOracleInTheCloud.

www.mpl.com.br ERPOracleInTheCloud. A MPL Corporate Software, em parceria com a Oracle e a Amazon WebServices(AWS),lançouasolução ERPOracleInTheCloud,uma implantação SaaS (Software as a Service) do JD Edwards EnterpriseOne. A solução compreende

Leia mais

Virtualização Como Base de Infra-Estruturas Dinâmicas. José Grilo Director de Negócio Servidores jose.grilo@microsoft.com

Virtualização Como Base de Infra-Estruturas Dinâmicas. José Grilo Director de Negócio Servidores jose.grilo@microsoft.com Virtualização Como Base de Infra-Estruturas Dinâmicas José Grilo Director de Negócio Servidores jose.grilo@microsoft.com 26 de Maio de 2011 Custos de Operação Inferiores Controlo da dispersão dos Servidores

Leia mais

CSI IT Solutions. WebReport2.5. Relatórios abertos. Acesso controlado Extensibilidade de módulos IMPACTO AMBIENTAL

CSI IT Solutions. WebReport2.5. Relatórios abertos. Acesso controlado Extensibilidade de módulos IMPACTO AMBIENTAL CSI IT Solutions 2.5 solução CSI PrintManager G e s t ã o d e A m b i e n t e d e I m p r e s s ã o O CSI dá aos gestores de TI o poder de uma gestão integral através do acesso fácil às informações gerenciais

Leia mais

OCEL001 Comércio Eletrônico Módulo 9_3: OpenShift

OCEL001 Comércio Eletrônico Módulo 9_3: OpenShift OCEL001 Comércio Eletrônico Módulo 9_3: OpenShift Prof. Charles Christian Miers e-mail: charles.miers@udesc.br OpenShift Solução livre de PaaS da RedHat Aquisição da Makara em 2010 Principais concorrentes:

Leia mais

HP Quality Center. Preparar materiais de treinamento e observações para a nova versão 16 Suporte pós-atualização 16 Suporte 17 Chamada à ação 17

HP Quality Center. Preparar materiais de treinamento e observações para a nova versão 16 Suporte pós-atualização 16 Suporte 17 Chamada à ação 17 Documento técnico HP Quality Center Atualize o desempenho Índice Sobre a atualização do HP Quality Center 2 Introdução 2 Público-alvo 2 Definição 3 Determine a necessidade de uma atualização do HP Quality

Leia mais

da mão-de-obra de TI da América Latina está no Brasil (considerado o maior empregador do setor) seguido pelo México com 23%.

da mão-de-obra de TI da América Latina está no Brasil (considerado o maior empregador do setor) seguido pelo México com 23%. Números de tecnologia 630 mil é o número de novos postos de trabalho em TI até 2009 9 em cada 10 PC s vendidos saem com Microsoft Windows 47% da mão-de-obra de TI da América Latina está no Brasil (considerado

Leia mais

Virtualização de Sistemas Operacionais

Virtualização de Sistemas Operacionais Virtualização de Sistemas Operacionais Felipe Antonio de Sousa 1, Júlio César Pereira 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil felipeantoniodesousa@gmail.com, juliocesarp@unipar.br Resumo.

Leia mais

Auditando o Acesso ao Sistema de Arquivos no Windows 2008 Server R2

Auditando o Acesso ao Sistema de Arquivos no Windows 2008 Server R2 Auditando o Acesso ao Sistema de Arquivos no Windows 2008 Server R2 Primeiramente vamos falar um pouco sobre a Auditoria do Windows 2008 e o que temos de novidades com relação aos Logs. Como parte de sua

Leia mais

Acção de Formação Contabilidade de Gestão - Primavera v8

Acção de Formação Contabilidade de Gestão - Primavera v8 Acção de Formação Contabilidade de Gestão - Primavera v8 MoreData, Sistemas de Informação Campo Grande 28, 10º E 1700-093 Lisboa 213520171 info@moredata.pt Índice de Conteúdos Introdução...3 Sobre o Curso...4

Leia mais

gerenciamento de portais e websites corporativos interface simples e amigável, ágil e funcional não dependendo mais de um profissional especializado

gerenciamento de portais e websites corporativos interface simples e amigável, ágil e funcional não dependendo mais de um profissional especializado O NetPublisher é um sistema de gerenciamento de portais e websites corporativos (intranets ou extranets), apropriado para pequenas, médias e grandes empresas. O conteúdo do website pode ser atualizado

Leia mais

TRAINING PARTNER TREINAMENTO E CERTIFICAÇÃO OFICIAL ZABBIX

TRAINING PARTNER TREINAMENTO E CERTIFICAÇÃO OFICIAL ZABBIX TRAINING PARTNER TREINAMENTO E CERTIFICAÇÃO OFICIAL ZABBIX A VANTAGE Educacional é parceira oficial da ZABBIX SIA para oferecer o Treinamento e Certificação Oficial Zabbix Certified Specialist e Certified

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO ASSESSORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO ASSESSORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ANALISE DA PROPOSTA TÉCNICA DOS PARA EDITAL 0001/010 Profissional: Administrador de Sistemas Alcançada Classificação Habilidades e capacitação Num. De Certificados Pontos a) Descrição do cargo: Atuar como

Leia mais

ANEXO 09 PERFIS PROFISSIONAIS MÍNIMOS

ANEXO 09 PERFIS PROFISSIONAIS MÍNIMOS ANEXO 09 PERFIS PROFISSIONAIS MÍNIMOS As qualificações técnicas exigidas para os profissionais que executarão os serviços contratados deverão ser comprovados por meio dos diplomas, certificados, registros

Leia mais

Soluções de Gerenciamento de Clientes e de Impressão Universal

Soluções de Gerenciamento de Clientes e de Impressão Universal Soluções de Gerenciamento de Clientes e de Impressão Universal Guia do Usuário Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Windows é uma marca registrada nos Estados Unidos da Microsoft Corporation.

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática. Sistema Operacional Proprietário Windows Prof. Walter Travassos

FTIN Formação Técnica em Informática. Sistema Operacional Proprietário Windows Prof. Walter Travassos FTIN Formação Técnica em Informática Sistema Operacional Proprietário Windows Prof. Walter Travassos Aula 01 SISTEMA OPERACIONAL PROPRIETÁRIO WINDOWS Competências do Módulo Instalação e configuração do

Leia mais

Administração. Apresentação. Objetivo. Dados Principais. Tecnologia Abordada Administração de Banco de Dados SQL Server 2008 R2

Administração. Apresentação. Objetivo. Dados Principais. Tecnologia Abordada Administração de Banco de Dados SQL Server 2008 R2 Administração de Banco de Dados R2 Apresentação Este curso fornece capacitação técnica e administrativa necessária para o desenvolvimento, administração e manutenção de soluções de dados utilizando o SQL

Leia mais

BRAlarmExpert. Software para Gerenciamento de Alarmes. BENEFÍCIOS obtidos com a utilização do BRAlarmExpert:

BRAlarmExpert. Software para Gerenciamento de Alarmes. BENEFÍCIOS obtidos com a utilização do BRAlarmExpert: BRAlarmExpert Software para Gerenciamento de Alarmes A TriSolutions conta com um produto diferenciado para gerenciamento de alarmes que é totalmente flexível e amigável. O software BRAlarmExpert é uma

Leia mais