Market Report. Número de clientes de banda larga por fibra aumenta 78% no trimestre. HP lidera no mercado mundial de servidores

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Market Report. Número de clientes de banda larga por fibra aumenta 78% no trimestre. HP lidera no mercado mundial de servidores"

Transcrição

1 Ano 19 Nº de Junho de 2010 Market Report Tecnologias de Informação Destaques Mercado mundial de segurança nos 2 mil milhões de dólares no trimestre A Infonetics Research considera que o primeiro trimestre de 2010 foi muito positivo, para o mercado mundial de segurança, com crescimento no segmento de conteúdos e no segmento de segurança de redes. Desafiando o geralmente fraco início de ano, o segmento de segurança de conteúdos, incluindo software e appliances, cresceu 2,5%. Pág. 8. isuppli aponta crescimento de 22,7% nos PCs no trimestre Segundo a isuppli foi o continente asiático o principal agente do crescimento do mercado mundial de PCs, no primeiro trimestre deste ano. A procura foi elevada neste continente, levando a um maior crescimento dos fornecedores que têm origem nesta região. A taxa de crescimento global rondou os 22,7%, face ao primeiro trimestre de Pág. 12. Barómetro INSAT Número de clientes de banda larga por fibra aumenta 78% no trimestre Segundo a Anacom existiam em Portugal, no final do primeiro trimestre de 2010, 2,710 milhões de utilizadores que usaram efectivamente a Internet em banda larga móvel dos quais 1,2 milhões através de placas/modem. Com acessos à Internet fi xos o número de clientes ascendia a 1,97 milhões, no mesmo período, dos quais 1,936 milhões em banda larga. O número de utilizadores que efectivamente Mercado EMEA de servidores (unidades) acedeu à internet em banda larga móvel no período de reporte diminuiu 4,5% face ao período anterior. Em comparação com o período homólogo, o número de utilizadores aumentou 55,7%. Já o número de clientes do serviço fixo de acesso à Internet aumentou 3,7% face ao trimestre anterior, e 13,4% em termos homólogos. Artigo continua na página 9. 1T2010 Quota 1T2009 Quota Variação Hewlett-Packard ,7% ,1% 21,4% Dell ,6% ,1% 30,3% IBM ,2% ,6% 6,3% Fujitsu ,7% ,8% 18,9% Oracle ,9% ,2% -17,2% Outros ,9% ,2% 24,5% Total ,7% Fonte: Gartner (Maio 2010) HP lidera no mercado mundial de servidores A Hewlett-Packard passou a liderar o mercado mundial de sevidores quer em termos de unidades vendidas quer em valor, de acordo com o Gartner. No primeiro trimestre deste ano, o número de servidores vendidos, a nível mundial, ultrapassou os 2,115 milhões de unidades, de acordo com as estimativas desta empresa de estudos de mercado. Esse valor representa um aumento de 23%, face aos cerca de 1,720 milhões de unidades vendidas no primeiro trimestre de Em valor, o Gartner estima que o total deste segmento de mercado tenha sido cerca de milhões de dólares, no primeiro trimestre de 2010, mais 6% que os milhões que se registaram em igual período do ano passado. Artigo continua na página 11. Market Report Tecnologias de Informação Nº 495 de 10 de Junho de 2010 INSAT 1

2 Ficha Técnica Índice Market Report Tecnologias de Informação Editor e Proprietário INSAT INSAT Consultoria e Serviços Lda. Director: Casimiro Santos Análise de Mercado Aristides Meneses Publicidade e Assinaturas Redacção Rua Cidade de Bolama Lote 17 7º B LISBOA Tel: Fax: Assinatura Anual (26 edições) 175 euros (5% IVA incluído) Circulação por assinatura Periodicidade Quinzenal Impressão e produção Aguarela Gráfica Lda. Rua das Labruscas, nº 29 B Encarnação (Mafra) Registo no I.C.S. nº de 17/12/98. Depósito Legal nº 77578/94 ISSN Esta publicação de mercado, exclusivamente vendida por assinatura, é fornecida na condição de ser considerada confidencial e apenas ser utilizada pelo destinatário. Todos os direitos reservados. Não pode ser reproduzida, no todo ou em parte, qualquer que seja o método utilizado. INSAT Consultoria e Serviços Lda. 1. Número de clientes de banda larga por fibra aumenta 78% no trimestre 1. HP lidera no mercado mundial de servidores Estratégias de Marketing 3. Symantec Portugal cresce 47% em Jurinfor registou facturação de 580 mil euros em Crescimento de 5,3% nos proveitos operacionais da Reditus no trimestre 3. Ábaco Consultores pretende desenvolver negócio no Brasil 4. Novo Regulamento de Registos de Domínios.pt 4. Cloud Antivirus da Panda 4. SAP em Portugal e Espanha registou 275,8 milhões de euros 6. SAFIRA com volume de negócios de 5,75 milhões de euros em Toshiba Portugal nos 124,6 milhões de euros Perspectiva dos Utilizadores 7. Sumol+Compal adopta solução SUSE Linux Conjuntura de Mercado 7. PIB na zona Euro cresceu 0,2% no trimestre Estudos de Mercado 8. Mercado mundial de segurança nos 2 mil milhões de dólares no trimestre 8. E-readers e tablets deverão ganhar grande expressão no mercado 12. isuppli aponta crescimento de 22,7% nos PCs no trimestre 12. Investimentos das empresas em TI estão a recomeçar Internacional 13. HP e Alcatel-Lucent apresentam soluções conjuntas de comunicações 13. Lenovo cresceu 11,4% no ano fiscal 13. IBM compra Sterling Commerce por 1,4 mil milhões de dólares 15. Symantec adquire activos da VeriSign por 1,28 mil milhões USD 15. Logica ganha contrato na ESA Recortes da História Market Report Tecnologias de Informação Nº 495 de 10 de Junho de 2010 INSAT 2

3 Estratégias de Marketing Symantec Portugal cresce 47% em 2009 Sem mencionar valores, a Symantec revelou um crescimento de 47% em 2009, tendo sido o país da região EMEA a obter o maior crescimento. Esta informação foi divulgada numa mesa redonda com Marco Riboli, vice-presidente para a Região EMEA, e João Beato, Country Manager da Symantec Portugal. O encontro decorreu em paralelo com o Tech Day, evento anual para parceiros e clientes, no qual a Symantec deu a conhecer as suas mais recentes tecnologias na área da segurança e disponibilidade. Segundo estes responsáveis, para o corrente ano, o objectivo é investir no mercado da Administração Pública, considerado o maior cliente de TI em Portugal, e também no mercado das PMEs, que é considerado como prioritário. Outros aspectos na estratégia da Symantec, para o corrente ano, são a formação, como factor crítico, e a informação na cloud como uma das tendências no mercado das TI e uma área de investimento. Jurinfor registou facturação de 580 mil euros em 2009 A Jurinfor informou que registou uma facturação de 580 mil euros em 2009, mais 30% que no ano anterior. A entrada no mercado angolano, através da subsidiária SoftAngola, bem como a aposta no segmento dos departamentos jurídicos das empresas, são duas das razões apontadas a justificar o crescimento. Para 2010 prevê um incremento da ordem dos 30% no volume de negócios, motivado em parte pela consolidação da actividade no mercado angolano, a que se junta a diversificação da oferta e inauguração de novas áreas de negócio. Ábaco Consultores pretende desenvolver negócio no Brasil Segundo a Ábaco Consultores, a empresa entrou no mercado brasileiro com a implementação da solução vertical SAP para o sector da construção numa construtora do Brasil, sendo este um projecto ganho em conjunto com a Capgemini Brasil. Adianta que, no seguimento deste projecto, a empresa está a investir na abertura de um novo escritório e na criação da Abaco Brasil em São Paulo, sendo o objectivo atingir o estatuto de parceiro local SAP no Brasil e ganhar mais 2 projectos até ao final do ano. A empresa refere que o sector da construção civil representa 30% da facturação da Ábaco, a qual atingiu em 2009 cerca de 3,7 milhões de euros. Crescimento de 5,3% nos proveitos operacionais da Reditus no trimestre O Grupo Reditus apresentou um crescimento dos proveitos operacionais consolidados de 5,3% no primeiro trimestre de 2010, face ao homólogo, para 26,9 milhões de euros. Segundo a empresa, o EBITDA consolidado atingiu 2,9 milhões de euros e aumentou 57,7% face aos 1,8 milhões registados no período equivalente do ano passado, sendo que a margem EBITDA se situou nos 10,8%. Por seu turno, o resultado líquido atingiu 161 mil euros, a comparar com 460 mil registados no ano anterior, uma descida que a empresa justifica sobretudo pelo impacto dos resultados financeiros. De acordo com a Reditus, os resultados financeiros atingiram um valor líquido negativo de 1,2 milhões, um acréscimo de 55,8% face ao mesmo período do ano anterior, explicado pelo aumento da dívida bruta média decorrente do investimento verificado em 2009, da incorporação da dívida da empresa adquirida no segundo semestre de 2009 e do aumento das necessidades de fundo maneio, devido ao crescimento da actividade e subida da taxa de juro efectiva.referindo-se às áreas de negócio, a Reditus informa que a de BPO contribuiu com cerca de 17% para o volume de negócios total do primeiro trimestre de 2010 e 13% do EBITDA, sendo que o IT Outsourcing representou 35% do volume de negócios e 24% do EBITDA. A área de IT Consulting teve um peso de 44% no volume de negócios e 65% do EBITDA total no trimestre. Market Report Tecnologias de Informação Nº 495 de 10 de Junho de 2010 INSAT 3

4 Estratégias de Marketing Novo Regulamento de Registos de Domínios.pt A FCCN (Fundação para Computação Científica Nacional) responsável pela gestão, registo e manutenção do domínio.pt, apresentou o Novo Regulamento de Registo de Domínios.pt, que entra em vigor a 1 de Julho de As principais alterações verificam-se ao nível da maior flexibilização no registo em.com.pt e.org.pt, simplificação do processo de registo, maior segurança no registo.pt e utilização do Arbitrare - Centro de Arbitragem para resolução de conflitos e por uma maior confiança nos domínios registados em.pt. Entre as novidades apresentadas pela FCCN Cloud Antivirus da Panda estão a possibilidade de transmissão de nomes de domínio e a dispensa de bases de dados de registo formais. Outra simplificação ao regime actual é a eliminação do responsável administrativo, com a entidade gestora a passar a assumir a responsabilidade integral da titularidade do domínio e toda a gestão do processo, incluindo pedidos de remoção. No domínio.pt apenas as marcas nominativas definitivas passam a ser válidas como base de registo, passando a ficar de fora os pedidos de registo de marca e as marcas com sinal misto. Em simultâneo com as alterações, a FCCN lançou uma campanha de divulgação dos sub-domínios com.pt e org.pt, para sublinhar os benefícios de registo sob.pt. SAP em Portugal e Espanha registou 275,8 milhões de euros De acordo com a SAP Iberia, em 2009 registou um crescimento da facturação de 12,1% em Portugal e Espanha, para 275,8 milhões de euros, face aos 245,9 milhões de euros obtidos em Segundo adianta, os lucros aumentaram 17,2%, atingindo os 32 milhões de euros. Entre as razões apontadas para o crescimento está a diversificação da oferta. Caracterizando o mercado, esclarece que as empresas centraram as suas prioridades no desenvolvimento de projectos específicos que respondem a necessidades de negócio concretas, nomeadamente as que estão direccionadas a reduzir custos ou melhorar o modo de funcionamento do seu negócio. A Panda Security actualizou as suas ferramentas antivírus na nuvem, com a promessa de protecção melhorada e um esforço de gestão mínimo. A empresa adianta que a versão gratuita do Cloud Antivirus conta agora com funcionalidades reforçadas, integrando configuração avançada e exclusões, o que permite aos utilizadores personalizarem determinadas funcionalidades, como as análises, em resposta às necessidades individuais e requisitos dos sistemas. Segundo a Panda Security o AV Cloud permite também bloqueio comportamental, oferecendo protecção instantânea contra novo malware e ataques direccionados. Por último a versão gratuita oferece também auto-protecção dos ficheiros e das configurações do antivírus, garantindo que a protecção não possa ser desactivada por ataques de malware direccionados. A Panda adianta que, tal como já acontecia, o software antivírus gere os programas a bloquear mediante a ligação ao sistema de inteligência colectiva da empresa, uma base de dados baseada na nuvem, que reúne informação sobre aquilo que está a afectar a comunidade de clientes da Panda no seu conjunto. O novo AV Cloud também pode ser configurado para impedir a função de execução automática (autorun) do Windows, uma vulnerabilidade comum muitas vezes aproveitada. Segundo a Panda, o software pode ser configurado para bloquear a execução de ficheiros até que estes tenham sido verificados na base de dados da nuvem. A Panda melhorou também a Cloud Antivirus Pro Edition, a sua versão paga do antivírus. Esta edição inclui agora a vacinação automática de unidades USB e um segundo motor de comportamento que analisa os processos em execução. Esta versão inclui actualizações automáticas a futuras versões; análise comportamental dinâmica que fornece um nível adicional de protecção ao analisar os processos em execução e bloqueando aqueles que demonstrem ser maliciosos; e suporte técnico multilingue 24x7 online. A SAP Iberia adianta ainda que se registou um elevado número de pessoas a fazer formação nas suas soluções em 2009, com um total de assistentes e certificações em Portugal e Espanha. O ecossistema de parceiros conta actualmente com 129 empresas nos 2 países. A mesma entidade adianta que em 2009 conquistou 392 novos clientes na Península Ibérica, 93% dos quais são empresas de pequena e média dimensão. De acordo com a SAP Iberia, a sua estratégia para continuar a crescer este ano tem dois eixos fundamentais: o enfoque no negócio dos clientes e a inovação nas aplicações e na tecnologia. Entre as medidas adoptadas para melhorar a satisfação dos clientes encontrase a opção entre dois tipos de serviços de manutenção, o SAP Enterprise Support e o SAP Standard Support. Em 2010, a par dos sectores estratégicos do último ano, como a banca, o sector público, as utilities e a distribuição, a SAP Iberia definiu também como prioridade endereçar os sectores da educação e saúde. Market Report Tecnologias de Informação Nº 495 de 10 de Junho de 2010 INSAT 4

5

6 Estratégias de Marketing SAFIRA com volume de negócios de 5,75 milhões de euros em 2009 A SAFIRA divulgou que em 2009 registou um volume de negócios de 5,75 milhões de euros, uma subida de 15% face aos 5 milhões do ano anterior. O sector de Serviços Financeiros representou cerca de 75% do total e o Telecomunicações & Media 20%. A empresa adianta que no ano passado o escritório da Polónia atingiu o break-even financeiro, dois anos antes do previsto, país onde criou uma equipa de vendas e aumentou a equipa de projecto em 50%. No final do ano passado tinha ao todo 140 colaboradores, tendo crescido 30% face aos 110 de Segundo refere, em 2010 pretende alcançar 6,5 milhões de euros. A SAFIRA indica que este ano o seu esforço comercial irá incidir em soluções que respondem a desafios concretos do negócio de sectores-chave, com destaque para as áreas de Business Process Management (BPM), Decision & Analitics Management e Enterprise Search. Na internacionalização, além da consolidação do negócio na Polónia, a estratégia assenta no desenvolvimento de novos projectos em países como Angola e Roménia. Toshiba Portugal nos 124,6 milhões de euros Segundo informação disponibilizada pela empresa, a Toshiba Portugal obteve uma facturação de 124,6 milhões de euros no seu ano fiscal terminado no final de Março de Este valor representa uma queda de 2,5% face aos 127,8 milhões de euros do ano fiscal anterior. O ano fiscal foi marcado pelo lançamento da Consumer Product Division, uma nova área de negócio. João Amaral, Director Geral da Toshiba Portugal, salienta que a empresa já ultrapassou o milhão de portáteis vendidos desde a abertura da sucursal em Portugal, em 2000, tendo vendido 305 mil portáteis num ano e registado um crescimento relevante na área dos acessórios e periféricos, em resposta às tendências verificadas no mercado de notebooks (crescimento da procura e baixa de preços). Refere ainda que a Toshiba conseguiu em 2009 consolidar a liderança no mercado dos portáteis, com uma quota superior a 20%, e conquistar uma posição bastante interessante no mercado de televisores. Neste último segmento registou, em menos de um ano, 3% de quota de mercado, objectivo inicialmente previsto atingir até final de Para 2010, os objectivos traçados por João Amaral apontam para a continuação do crescimento acima do mercado e de forma sustentada, a manutenção da posição relevante em todas as áreas em que actua, ao mesmo tempo que pretende explorar novos canais. A actividade da empresa terá em conta a estratégia dos 3 ecrãs e a noção de convergência total entre dispositivos, com a diferenciação tecnológica, assente na inovação e na qualidade dos recursos internos da Toshiba, diz João Amaral. Assim a Toshiba Portugal quer manter a quota de mercado dos portáteis acima dos 20% e consolidar a liderança no segmento profissional. Já no que se refere à área dos televisores, pretende chegar aos 5% de quota de mercado e consolidar a presença em todos os canais de distribuição. Market Report Tecnologias de Informação Nº 495 de 10 de Junho de 2010 INSAT 6

7 Perspectiva dos Utilizadores Sumol+Compal adopta solução SUSE Linux Segundo Luís Gravato, Director de Sistemas de Informação da Sumol+Compal, após a fusão da Sumol+Compal, a nova organização enfrentou o desafio de integrar as infra-estruturas de TI das duas empresas. A Compal utilizava as tecnologias da Novell e a Sumolis uma plataforma proprietária Unix. Qualquer fusão implica um período difícil durante o qual as empresas têm de ajustar e integrar os processos. Pretendíamos tornar esta fase o mais simples possível e o primeiro passo foi garantir a implementação de uma infra-estrutura de TI consistente e uniforme. Era necessário migrar as aplicações centrais para uma solução uniformizada cuja implementação tivesse efeitos mínimos nas operações e introduzir uma nova plataforma operativa estratégica que permitisse reduzir a dependência de hardware e software proprietário, sem sacrificar o desempenho ou a fiabilidade e cuja flexibilidade tornasse possível a utilização da infra-estrutura existente, explica. A empresa decidiu implementar a plataforma SUSE Linux Enterprise Server da Novell, tendo em conta a longa experiência e opinião muito favorável dos colaboradores da Compal relativamente ao software da Novell. O SUSE Linux Enterprise Server foi uma das nossas primeiras opções. Quando descobrimos que a flexibilidade do sistema operativo da Novell nos permitia utilizá-lo em quase todos os tipos de hardware, a sua escolha tornou-se na opção mais lógica. A fusão dos nossos sistemas de TI foi, assim, relativamente simples, adianta Luís Gravato. A Sumol+Compal colaborou com a Data Identity, um dos parceiros da Novell Portugal, para migrar aplicações SAP críticas, incluindo o SAP NetWeaver Business Warehouse e o SAP Customer Relationship Manager para o SUSE Linux Enterprise Server sobre o hardware existente. Luís Gravato adianta que a migração das aplicações SAP para o SUSE Linux Enterprise Server efectuou-se em três meses, sem interrupção das operações diárias e, na sua maioria, os utilizadores não tomaram conhecimento da realização da mudança. Salienta que o modelo de licenciamento do SUSE Linux Enterprise Server constituiu um factor de peso na decisão da Sumol+Compal. O acréscimo de novas aplicações à plataforma proprietária Unix utilizada pela Sumolis implicava investimentos adicionais. Ao escolher o SUSE Linux Enterprise Server, a empresa beneficiou de custos de licenciamento definidos, sem restrições ao número de utilizadores ou ao volume de trabalho. Obtiveram-se poupanças adicionais graças ao consumo reduzido dos recursos de hardware e aos baixos custos de gestão oferecidos pelo SUSE Linux Enterprise Server, refere. A Sumol+Compal produz bebidas não alcoólicas e emprega cerca de pessoas e tem uma produção anual de 500 milhões de litros. Conjuntura de Mercado Taxas Trimestrais de Variação do PIB em volume face ao trimestre anterior (%) alguns países T2 T3 T4 T1 Zona Euro (16) -0,1 0,4 0,1 0,2 União Europeia (27) -0,2 0,3 0,2 0,2 Grécia -0,3-0,5-0,8-0,8 Espanha -1,0-0,3-0,1 0,1 Itália -0,3 0,4-0,1 0,5 Portugal 0,5 0,5-0,3 1,0 Fonte: Eurostat PIB na zona Euro cresceu 0,2% no trimestre Segundo o Eurostat, o Produto Interno Bruto nos 16 países do Euro cresceu 0,2% no primeiro trimestre de 2010, face ao trimestre anterior, sendo essa também a subida nos 27 países da União Europeia. No último trimestre de 2009 tinham-se verificado aumentos de 0,1% e de 0,2%, respectivamente. Na comparação do primeiro trimestre de 2010 com igual período do ano passado verifica-se um aumento de 0,6% na zona Euro e de 0,5% no conjunto dos 27 Estados Membros da União Europeia, na sequência de uma quebra de 2,1% e de 2,3%, respectivamente, do último trimestre de 2009 face ao homólogo. Market Report Tecnologias de Informação Nº 495 de 10 de Junho de 2010 INSAT 7

8 Estudos de Mercado Mercado mundial de segurança nos 2 mil milhões de dólares no trimestre A Infonetics Research considera que o primeiro trimestre deste ano foi muito positivo, para o mercado mundial de segurança, com crescimento quer no segmento de conteúdos quer no segmento de segurança de redes. Desafiando o geralmente fraco início de ano, o segmento de segurança de conteúdos, incluindo software e appliances, cresceu 2,5%, para 640 milhões de dólares, face ao quarto trimestre de 2009 que por sua vez tinha apresentado um forte crescimento de 9%. A Cisco continua a liderar tendo apresentado um crescimento de 18%, neste negócio, no trimestre, seguindo-se a um acréscimo de 28% no quarto trimestre de A McAfee liderou na facturação de gateways (appliances e software) de segurança de conteúdos. Entre as empresas deste segmento estão também a Symantec, a Citrix, a Trend Micro e a Websense. Já o mercado de software e appliance de segurança registou um decréscimo de 6%, a nível mundial, face ao quarto trimestre do ano passado, para 1,3 mil milhões de dólares, com os maiores fornecedores, incluindo a Cisco, a Check Point e a Juniper, a apresentarem quebras. No entanto há a registar um crescimento de 10% face ao primeiro trimestre de A Cisco lidera com a Juniper a subir para a segunda posição, por troca com a Check Point. A Infonetics Research estima que este segmento de mercado cresça para um total a rondar os 6,5 mil milhões de dólares, a nível mundial, em Entre as empresas deste segmento estão também a Alcatel-Lucent, a Citrix, a CA, a D-Link, a Enterasys, a Fortinet, a ISS, a McAfee, a Nokia, a Nortel, a Symantec, a TippingPoint e a WatchGuard. E-readers e tablets deverão ganhar grande expressão no mercado De acordo com um estudo do The Boston Consulting Group (BCG), realizado junto de cerca de 13 mil consumidores em 14 países, os e-readers e tablets, até agora conotados com produtos de nicho, deverão tornar-se populares no consumo. Segundo adianta, no próximo ano, 28% de todos os inquiridos planeia comprar um e-reader ou um tablet e nos próximos três anos esse número sobe para 49%. A verificar-se esse cenário, os dois tipos de equipamentos referidos ganham lugar no mundo dos produtos de consumo, ao lado de equipamentos mais tradicionais, como os PCs ou TVs. O BCG recorda que os e-readers (electronic book readers) estão disponíveis desde há vários anos, mas ganharam massa-crítica no final de Desde então, vários desenvolvimentos têm ocorrido no mercado. O estudo indica que os consumidores querem usar este tipo de equipamentos para outras tarefas além da leitura. 66% dos inquiridos indica que prefere comprar um equipamento com múltiplas funções, enquanto 24% prefere um equipamento com função única. Os restantes referem que estão indecisos. Apesar do interesse manifestado pelos inquiridos, o BCG sublinha que a aceitação em massa dos e-readers e tablets não está garantida a não ser que os preços desçam substancialmente. Além disso, os consumidores expressaram o seu desejo por ter liberdade de escolha na aquisição de conteúdos. O estudo indica ainda que mais de 90% dos interessados em adquirir um e-reader nos próximos três anos iria usá-lo para e-books e mais de 80% para ler versões online de revistas e jornais. Market Report Tecnologias de Informação Nº 495 de 10 de Junho de 2010 INSAT 8

9 Estudos de Mercado Taxa de penetração da banda larga 1T 09 2T 09 3T 09 4T 09 1T 10 Nº clientes banda larga fixa/100 hab. 16,0 16,5 17,0 17,6 18,2 - Nº Clientes ADSL/100 hab. 9,3 9,5 9,8 10,0 10,1 - Nº Clientes modem por cabo/100 hab. 6,4 6,7 6,9 7,1 7,4 - Nº Clientes outros tipos de acesso /100 hab. 0,3 0,3 0,4 0,5 0,8 Nº clientes BL móvel com utilização efectiva 12,5 13,7 18,7 20,4 19,5 Unidade: Clientes por 100 habitantes Fonte: ICP - Anacom banda larga móvel através de placas/modem, em termos médios (1,82 GB por cliente e por mês), é também significativamente inferior ao tráfego médio da banda larga fixa. A Anacom explica a diferença entre o tráfego gerado pelos clientes de banda larga fixa e móvel, com os limites de tráfego das ofertas de banda larga móvel, muito inferiores aos da banda larga fixa, aos preços praticados em cada uma das tecnologias e aos diferentes perfis dos utilizadores e de utilização destes dois tipos de acesso à Internet em banda larga. Artigo continuado da página 1. A principal tecnologia de acesso à Internet em banda larga fixa continua a ser o ADSL, que representa 55% do total, de acordo com a Anacom. O modem cabo é utilizado por 40,7% dos clientes da banda larga fixa. No período em análise, o modem por cabo conseguiu, em termos líquidos, cerca de 53% das adesões ao serviço ocorridas neste período. O acesso à Internet suportado em FTTH/ B atraiu cerca de 33% destes clientes. A Anacom salienta que as ofertas de banda larga baseadas em circuitos alugados, FWA e fibra óptica (FTTH/B), que representam actualmente 4% do total dos clientes, apresentam crescimentos muito elevados, acima dos 45%. Esta evolução deve-se sobretudo às ofertas suportadas em fibra óptica, que no final de Março contabilizavam cerca de 54 mil clientes, mais 78% que no trimestre anterior. Cerca de 95% deste total são clientes residenciais. Em matéria de quotas de clientes de banda larga fixa, a quota de clientes do Grupo Portugal Telecom situou-se nos 44,9%, 0,4 pontos percentuais acima do trimestre anterior. A ZON Multimédia cresceu 0,4 pontos percentuais no período em análise, para 32,6%, consolidando a segunda posição. Entre os operadores que registaram um maior ganho absoluto de clientes destacam-se o grupo PT e o grupo ZON, com acréscimos de 38 mil e 30 mil novos clientes, respectivamente. De referir que a Cabovisão aumentou de novo o seu número de clientes, após um período em que sofreu consecutivos decréscimos. A Anacom adianta que, no que se refere às quotas de clientes de banda larga móvel com acesso através de placas/modem, a quota de clientes da TMN ascende a 55,4%, seguindo-se a Vodafone com 23,7% e a Optimus com 18,3%. A ZON tem uma quota de 2,5%. O tráfego de acesso à Internet em banda larga cresceu cerca de 14% entre Janeiro e Março. A Anacom explica esta evolução pelo acréscimo do tráfego da banda larga fixa (+13,7%) que representa cerca de 95,2% do total. A taxa de crescimento do tráfego fixo é superior à taxa de crescimento do número de clientes. No que se refere ao tráfego médio por cliente da banda larga em local fixo, cada cliente gerou, em média, 22,4 GB de tráfego por mês, mais 2 GB do que no trimestre anterior, e 31% acima do valor do trimestre homólogo de O tráfego gerado pelos clientes de banda larga móvel com utilização efectiva, em termos médios (1,0 GB por cliente e por mês), é significativamente inferior ao tráfego médio da banda larga fixa, tendo no entanto, aumentado cerca de 28% em relação ao trimestre anterior, adiantou também a Anacom. O tráfego gerado pelos clientes activos de O tráfego de acesso à Internet dos acessos móveis (em GB) cresceu 22,6% no mesmo período, crescimento idêntico ao verificado no trimestre anterior. O tráfego gerado pelos acessos móveis com ligação através de placas/modem representa cerca de 97% do total do tráfego de banda larga móvel. Segundo a Anacom, as receitas individualizáveis do serviço de acesso à Internet fixa totalizaram cerca de 100 milhões de euros, no trimestre. Estas receitas são provenientes de ofertas stand-alone ou de pacotes multiple play cuja componente Internet é individualizável. Estas receitas apresentam uma quebra de 8% face ao trimestre homólogo, em resultado do aumento de ofertas do serviço de acesso à internet integradas em pacotes de serviços. As receitas não individualizáveis de pacotes de serviços que integram o serviço de acesso à Internet atingiram cerca de 46,6 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano. No que se refere às receitas do serviço de acesso à internet móvel, no final do período em análise, atingiram 91,9 milhões de euros, mais 5,5% que no período homólogo do ano passado. No final de Março do corrente ano, a taxa de penetração do acesso à Internet em banda larga fixa situava-se nos 18,2 por 100 habitantes para os acessos fixos (mais 0,7 pontos percentuais que no trimestre anterior) e em 19,5 por 100 habitantes para os acessos móveis com registo de utilização efectiva. Market Report Tecnologias de Informação Nº 495 de 10 de Junho de 2010 INSAT 9

10

11 Estudos de Mercado Artigo continuado da página 1. Os analistas salientam que há diferenças significativas nos vários segmentos de servidores, bem como nas várias regiões. O segmento de servidores x86 registou um crescimento de 25,3% em unidades e 32,1% em valor, em relação aos números do primeiro trimestre de Por seu turno, o segmento de servidores Unix RISC-Itanium registou uma quebra de 28,5% em termos de unidades, com o valor a cair 26,9%. Nos mainframes a queda foi de 15,1% na facturação dos fornecedores. Em termos de regiões, registou-se nos EUA o maior crescimento no número de unidades vendidas, com um incremento de 28,6%, enquanto que na América Latina a taxa de crescimento de 27,9%, representa a maior de todas as regiões, em valor. Todas as outras regiões apresentaram crescimentos em ambos os parâmetros, com excepção do Japão que registou uma quebra de 0,7% na facturação total dos fornecedores. Mercado mundial de servidores (unidades) 1T2010 Quota 1T2009 Quota Variação Hewlett-Packard ,8% ,9% 26,6% Dell ,1% ,2% 33,5% IBM ,7% ,4% 16,0% Fujitsu ,7% ,4% 31,5% Oracle ,0% ,5% -29,5% Outros ,8% ,5% 19,4% Total ,0% Fonte: Gartner (Maio 2010) no número de unidades vendidas, com um aumento de 26,6%. Este crescimento fica a dever-se sobretudo à marca ProLiant. Entre os principais fornecedores a Dell, a Fujitsu, a HP e a IBM aumentaram o número de unidades vendidas. O Gartner salienta que o agente do crescimento foi o segmento dos x86. Mais uma vez foram os servidores blade que lideraram entre todos os formatos, com crescimentos de 23,7% em unidades e 40,7% em valor. Na região EMEA (Europa, Médio Oriente e África) foram vendidos mais de 606 mil servidores, no primeiro trimestre deste ano, com um acréscimo de 19,7% face ao período homólogo. Já em valor registou-se um aumento de 6,6%, para 3,2 mil milhões de dólares. O Gartner salienta que apesar de ter crescido nos dois parâmetros, o mercado de servidores nesta região parte de valores muito baixos, depois do trimestre homólogo do ano passado ter sido o pior trimestre na região, quer no número de unidades vendidas quer em valor, dos últimos 15 anos. As quedas verificadas foram de 27,1% em unidades e 34,2% em valor, no primeiro trimestre do ano passado. No primeiro trimestre de 2010 as linhas de servidores x86 registaram um crescimento de 22,2% no número de unidades vendidas, face ao período homólogo de 2009, na EMEA. A HP lidera o mercado de servidores na EMEA, tendo ganho quota de mercado quer no número de unidades vendidas quer no valor, no primeiro trimestre deste ano, face ao primeiro trimestre de A Dell ocupa a segunda posição nas unidades, tendo crescido mais de 30%, com a IBM na terceira posição. A IBM é segunda no valor dos servidores vendidos na EMEA, no trimestre em análise. O Gartner refere que se registou uma quebra de 27% na facturação nos servidores RISC/Unix no primeiro trimestre deste ano, nesta região. A IBM liderou este mercado mesmo com um declínio semelhante ao do mercado, que se traduziu também em 27%. A HP também caiu, na ordem dos 24%, mas conquistou quota de mercado com a menor quebra entre os principais fornecedores. A Oracle, que encerrou a aquisição da Sun Microsystems, caiu para a terceira posição e registou uma queda de 31%. A Bull e a Fujitsu mantiveram a quarta e a quinta posições, respectivamente. A HP passou a liderar o mercado mundial de servidores em termos de facturação, destronando a IBM. A facturação da HP atingiu os 3,4 mil milhões de dólares, o que representa 31,5% do mercado, no primeiro trimestre. A sua quota de mercado teve um incremento de 2,7 pontos percentuais. A IBM foi afectada pelos lançamentos de novas linhas Unix e mainframe e registou um declínio no valor das suas vendas perdendo quota de mercado. Entre os cinco maiores fornecedores a Dell, a Fujitsu e a HP aumentaram os valores das vendas no primeiro trimestre de A Hewlett-Packard manteve a liderança Market Report Tecnologias de Informação Nº 495 de 10 de Junho de 2010 INSAT 11

12 Estudos de Mercado Mercado Mundial de PCs no 1º Trimestre (Milhares de Unidades) 1ºT ºT 2009 Variação Quota 1T10 Hewlett-Packard ,2% 19,6% Acer ,1% 13,3% Dell ,8% 13,1% Lenovo ,5% 8,6% Toshiba ,2% 5,6% Asus ,2% 5,4% Apple ,4% 3,4% Outros ,4% 31,0% Total ,7% Fonte: isuppli isuppli aponta crescimento de 22,7% nos PCs no trimestre Segundo a isuppli foi o continente asiático o principal agente do crescimento do mercado mundial de PCs, no primeiro trimestre deste ano. A procura foi elevada neste continente, levando a um maior crescimento dos fornecedores que têm origem nesta região. A taxa de crescimento global rondou os 22,7%, face ao primeiro trimestre de 2009, para 81,5 milhões de equipamentos vendidos. A isuppli salienta que esta é a taxa mais elevada desde que a companhia começou a estudar este mercado em 2003, mas que, para além de uma maior procura, o primeiro trimestre de 2009 foi um dos mais fracos da história com a procura no consumo e nas empresas a ser muito fraca devido ao ambiente económico. A Asus registou a maior taxa de crescimento, entre os 10 maiores OEMs (original Investimentos das empresas em TI estão a recomeçar Entre as tendências detectadas pela Forrester Research, para os próximos 12 meses, estão uma maior adopção do Windows 7, por parte do mercado empresarial e uma quebra no domínio do Internet Explorer como browser dominante. A Forrester Research afirma que os investimentos em TI, a nível mundial, começam a dar sinais de recuperação e as suas previsões apontam para que as empresas renovem os seus parques de PCs, sistemas operativos, aplicações de produtividade pessoal, aplicações empresariais e browsers, nos próximos 12 a 18 meses. Assim, o Windows 7 surge como a principal alternativa para a actualização dos sistemas operativos, mas em termos de browsers há muita indefinição quanto ao futuro. A análise da Forrester a cerca de empresas de todo o mundo, com mais de 90 mil PCs, apontou o novo sistema operativo da Microsoft para as novas máquinas e o Internet Explorer a perder o domínio a favor do Firefox e do Chrome, numa actualização que deverá estar no seu começo. Este estudo da Forrester destaca um ritmo rápido na adopção do Windows 7 que, tendo sido lançado em 22 de Outubro de 2009, já equipava 7,4% do total dos PCs das empresas, de acordo com a análise equipment manufacturers), com um aumento de 136,2% no trimestre. Outros fabricantes asiáticos como a Samsung, a Lenovo e a Acer também registaram índices de crescimento consideráveis. A Samsung aumentou 83,9%, a Lenovo 58,5% e a Acer diminuiu a diferença, para a HP, com um crescimento de 47,1%. A Acer continua a ser o maior beneficiário da forte procura de notebooks, com 80% dos seus equipamentos vendidos a terem este formato no trimestre, de acordo com a isuppli. Esta mudança para os fornecedores asiáticos, a expensas da HP e Dell que têm liderado o mercado mundial, é histórica, adianta a isuppli. No entanto os fornecedores norteamericanos também cresceram ao ritmo do mercado. Com uma quota de mercado ainda baixa, a Apple aumentou o número de unidades vendidas em 32,4%, com a isuppli a considerar este crescimento como um efeito colateral da grande popularidade do iphone e do ipad. A isuppli sublinha ainda que o crescimento deve-se à venda de notebooks com o segmento dos desktop a apresentar sinais de estabilização. As estimativas da isuppli apontam para um crescimento de 17%, no mercado mundial de PCs, com uma forte procura de notebooks. efectuada nesta amostra. Uma tendência diferente segue a utilização empresarial do Internet Explorer (IE). Segundo o estudo, embora o IE continue a ser o browser mais utilizado nas empresas, com uma quota de 72,5%, este browser registou uma queda na ordem dos 5% no espaço de um ano. Para a Forrester, isto aconteceu porque, de uma forma geral, as empresas que substituíam o Windows XP, que tinha o Internet Explorer 6 como browser por defeito, optaram por escolher o Firefox ou o Chrome em vez do Internet Explorer 8. No espaço de um ano o Firefox aumentou de 3% para 20%, no universo considerado, enquanto que o Chrome registou uma subida de 4,6% para 6,9%. Por seu turno, o Safari viu a sua utilização nas empresas cair 0,44%. Market Report Tecnologias de Informação Nº 495 de 10 de Junho de 2010 INSAT 12

13 Internacional HP e Alcatel-Lucent apresentam soluções conjuntas de comunicações A HP e a Alcatel-Lucent anunciaram que vão fornecer novas soluções de comunicações, para ajudar na adoptação e desenvolvimento de Sistemas de Comunicação e Colaboração Unificadas (UC&C), com vista a obter maior eficácia operacional por parte dos clientes. Estas soluções inscrevem-se no quadro da aliança global das duas companhias, com este acordo a permitir à HP e à Alcatel- Lucent a criação e comercialização de soluções UC&C completas para os seus clientes. Estas soluções fazem uso da convergência das telecomunicações e das TI para transformar o modo como os clientes utilizam os serviços UC&C. As ofertas incluem: a integração da voz em IP nos sistemas PBX (comutadores telefónicos privados) multifornecedor existentes, com a arquitectura telefónica IP aberta da Alcatel-Lucent, para comunicações, e uma colaboração unificada; a automatização dos fluxos de tarefas e da carga de trabalho nos processos de negócio; as aplicações industriais para comunicação e colaboração unificadas, como o Hospital Digital, que apresentam um método racional, capaz de reduzir os custos e aumentar a eficácia. Lenovo cresceu 11,4% no ano fiscal A Lenovo registou uma facturação total no valor de milhões de dólares norte-americanos, no ano fiscal terminado no final de Março de 2010, aumentando 11,4% em relação aos milhões do ano fiscal anterior. A companhia salienta que em termos de unidades vendidas registou um aumento de 28,1%. Este ano fiscal marca também o regresso da Lenovo aos lucros, com os resultados a serem de 129 milhões de dólares, em comparação com as perdas no valor de 226 milhões do ano fiscal anterior. No quarto trimestre a facturação da Lenovo foi de milhões de dólares mais 55,8% que os milhões do trimestre homólogo. As vendas na China aumentaram 67% e contribuíram com 45,3% para a facturação. Os lucros foram 13 milhões de dólares e comparam com as perdas no valor de 264 milhões do período homólogo. IBM compra Sterling Commerce por 1,4 mil milhões de dólares A IBM adquiriu a Sterling Commerce, uma unidade de software empresarial da AT&T, por um valor aproximado a 1,4 mil milhões de dólares em dinheiro. A IBM adianta que actualmente cerca de 18 mil empresas, principalmente de serviços financeiros, retalho, saúde e outras indústrias, utilizam as soluções da Sterling Commerce e que as suas soluções vêm permitir alargar a sua oferta de software de integração de dados para B2B (business-to-business) e aumentar o seu portefólio de middleware e no software de gestão de dados. Esta aquisição é a maior levada a cabo pela IBM após a compra da Cognos em 2008, por 5 mil milhões de dólares. A Sterling Commerce tinha sido adquirida pela AT&T, em 2000, por 3,9 mil milhões de dólares. A IBM refere ainda que após o fecho da aquisição, que deverá ocorrer no segundo semestre de 2010, os cerca de empregados da Sterling Commerce serão integrados na organização WebSphere do Software Group da IBM. Toda a operação está sujeita às habituais aprovações regulatórias. Market Report Tecnologias de Informação Nº 495 de 10 de Junho de 2010 INSAT 13

14 Curso de Avaliação de Pequenas e Médias Empresas e Negócios Frequência: exclusivamente on-line; Carga horária equivalente: 30 horas Data de início: na inscrição: Prazo para realização: três meses Valor total: 180 euros (IVA incluído) A inscrição inclui 1) frequência do curso on-line, 2) certificado de frequência, 3) exame presencial opcional com certificado de conhecimentos, 4) apoio do formador para dúvidas ou questões por . Inscreva-se agora por ou telefone Conceito e objectivos Este curso cobre os principais conceitos envolvidos na Avaliação de Pequenas e Médias Empresas. No final do curso o formando deve estar apto a começar a seleccionar a melhor metodologia de avaliação de empresas e aplicar essas ferramentas. O objectivo deste curso é apresentar uma análise comparativa das principais metodologias de avaliação de empresas, verificando a sua utilização prática. PARTE I- METODOLOGIAS DE AVALIAÇÃO DE PMEs 1. AVALIAÇÃO CONTABILÍSTICA 1.1.Valor Contabilistico (ou Book Value) 1.2. Valor de Mercado dos Activos 1.3. Valor de Substituição 1.4. Valor de Liquidação 1.5. Valor Patrimonial 1.6. Valor de Utilização 1.7. Valor de Bolsa 1.8. Activo económico 2. AVALIAÇÃO RELATIVA OU POR MÚLTIPLOS 2.1. Múltiplos Múltiplos de Capitalização de Mercado Múltiplos de Transacções de Empresas 2.2. A escolha de Empresas Comparáveis 2.3. Vantagens e Desvantagens da Avaliação Relativa Vantagens Desvantagens 2.4. Tipos de Múltiplos Múltiplos de Lucro Múltiplos de Valor Patrimonial Múltiplos de Vendas Múltiplos Sectoriais Específicos Exemplos de múltiplos Exemplos práticos 3. AVALIAÇÃO POR FLUXO DE CAIXA DESCONTADO 3.1. Determinação do Valor do Património Líquido e do Valor Empresarial Determ. Valor Património Líquido: Fluxo Caixa Líquido Accionista e o Custo da Capital Próprio Fluxo de Caixa Livre do Accionista Determinação do Custo de Capital Próprio CAPM Capital Asset Pricing Model APM Arbitrage Pricing Model Determ. Valor Empresarial: Fluxo Caixa Líquido Empresa e Custo Médio Ponderado de Capital Custo Médio Ponderado de Capital 3.2. Valor Residual 3.3. A importância dos Fluxos de Caixa 3.4. Fluxos Financeiros. Taxas de Actualização e Valor das Empresas. Exemplos práticos 4. AVALIAÇÃO POR OPÇÕES REAIS 4.1. Conceitos de Pricing de Opções Opções de Compra Opções de Venda 4.2. Determinantes do Valor de uma Opção 4.3. Diferença Entre Opções Europeias e Americanas 4.4. Modelos de Pricing de Opções Modelo Binomial Carteira do Mercado Processo Interactivo de Avaliação Modelo Black Scholes Ajustes do Modelo 5. EVA ECONOMIC VALUE ADDED 6. OUTRAS MEDIDAS DE VALOR 7. CONCLUSÕES. MEDIDAS EFICAZES DE AUMENTO DE VALOR NAS ORGANIZAÇÕES PARTE II. APLICAÇÕES PRÁTICAS Inscreva-se hoje por ou tel Veja todos os detalhes em

15 Internacional Symantec adquire activos da VeriSign por 1,28 mil milhões USD A Symantec adquiriu o negócio de identidade e autenticação da VeriSign. Nos termos do acordo a Symantec irá adquirir activos específicos da VeriSign, nos quais se inclui a participação maioritária na VeriSign Japão, por um valor aproximado de 1,28 mil milhões de dólares em dinheiro. O acordo EUA - USDólar 5/25/10 6/8/10 Var. Tx a 04/01/10 1/4/10 Adobe 31,55 31,00-1,7% -16,4% 37,09 Accenture 37,93 36,44-3,9% -13,4% 42,07 Alcatel-Lucent 2,45 2,45 0,0% -30,8% 3,54 AMD 8,15 7,77-4,7% -19,9% 9,70 Apple 245,22 249,33 1,7% 16,5% 214,01 BMC Software 35,53 35,61 0,2% -11,9% 40,42 Cisco 23,31 22,95-1,5% -7,0% 24,69 CA 19,81 19,07-3,7% -17,1% 22,99 Dell 13,33 12,68-4,9% -12,8% 14,54 EMC 17,85 18,05 1,1% 0,8% 17,90 Hewlett-Packard 45,85 45,88 0,1% -12,5% 52,45 IBM 124,52 123,72-0,6% -6,6% 132,45 Ingram Micro 16,41 16,36-0,3% -6,3% 17,46 Intel 20,85 20,18-3,2% -3,4% 20,88 Lexmark 35,87 35,59-0,8% 34,3% 26,51 Microsoft 26,07 25,11-3,7% -18,9% 30,95 Motorola 6,75 6,66-1,3% -16,4% 7,97 Novell 5,91 5,98 1,2% 42,4% 4,20 Oracle 22,20 21,76-2,0% -12,4% 24,85 Xerox 9,09 8,56-5,8% -0,8% 8,63 Tech Data 40,22 38,42-4,5% -18,2% 46,96 Unisys 21,81 19,75-9,4% -48,4% 38,27 Nasdaq ,8% -5,9% Dow Jones ,0% -6,1% Europa - Euro deverá estar concluído até Setembro de 2010 e está sujeito às aprovações regulatórias. A aquisição inclui: Serviços Certificados de Secure Sockets Layer; Serviços de Public Key Infraestructure; Serviços de Trust; e Serviços de Autenticação VeriSign Identity Protection. Glintt (Lisboa) 0,57 0,59 3,5% -32,2% 0,87 Compta (Lisboa) 0,35 0,36 2,9% -10,0% 0,40 Reditus (Lisboa) 7,25 7,25 0,0% -3,2% 7,49 Novabase(Lisboa) 4,00 3,34-16,5% -23,2% 4,35 PT (Lisboa) 7,34 8,45 15,1% -2,1% 8,63 ZON Multimédia (Lx) 2,93 3,17 8,2% -28,0% 4,40 Sonae.com (Lisboa) 1,21 1,40 15,7% -28,2% 1,95 CapGemini (Paris) 34,91 36,50 4,6% 9,4% 33,35 SAP (Frankfurt) 33,83 31,15-7,9% -5,3% 32,88 Nokia (Helsínquia) 8,07 7,99-1,0% -13,8% 9,27 Logica ganha contrato na ESA Segundo a Logica, a empresa vai fornecer à ESA (Agência Espacial Europeia) serviços tecnológicos de sistemas de informação, nos próximos três anos, no âmbito de um negócio de 7,5 milhões de euros, segundo o qual assumirá a responsabilidade pela integração, verificação e validação operacional do software de dados de observação da Terra, da ESA. Adianta que com o contrato de integração, verificação e validação operacionais (OIVV) a Logica será responsável por garantir que os sistemas de software utilizados pela ESA e pelos centros parceiros de recepção e processamento sejam testados e validados, antes de serem introduzidos no ambiente de produção operacional. Market Report Tecnologias de Informação Nº 495 de 10 de Junho de 2010 INSAT 15

16 Recortes da História Mercado mundial de servidores com um crescimento ligeiro O mercado mundial de servidores teve mais um trimestre difícil tendo apresentado um crescimento marginal face ao primeiro trimestre de Segundo os dados preliminares da Dataquest foram vendidos mais de milhares de servidores, em todo o mundo, no primeiro trimestre de 2002, o que representa uma taxa de crescimento de 0,6% face aos milhares do período homólogo de Os servidores Intel representaram perto de 90% do total com uma taxa de crescimento superior à do mercado, com 2,2%... in Market Report Tecnologias de Informação nº 285 de 23 de Maio de 2002 Acordo entre SAP e Ábaco A SAP e a Ábaco anunciaram um acordo no âmbito do qual a SAP irá utilizar a Varadero Wireless Framework como plataforma preferencial no fornecimento de soluções de negócio móveis, middletier, aos clientes de SAP e de mysap.com. Trata-se de um acordo que vem reforçar o relacionamento já existente entre as duas companhias. A ideia é sobretudo proporcionar integração da informação mission critical dos mobile devices para os sistemas SAP e vice-versa, em tempo real, permitindo que essa mesma informação possa ser acedida em qualquer lugar e a qualquer momento... in Market Report Tecnologias de Informação nº 241 de 14 de Setembro de 2000 Jurinfor obteve 1,2 milhões de euros em 2003 De acordo com Nuno Machado Mendonça, Presidente do Conselho de Administração da Jurinfor, a empresa, criada em 1989, registou em 2003 um volume de negócios de 1,2 milhões de euros, a crescer perto de 10% face ao ano anterior. O investimento em I&D situou-se em cerca de 200 mil euros. Na distribuição pelas principais áreas de negócio, a de Bases de Dados Jurídicas obteve 47% do total, seguida do software para IRS, o IRSCalc, com 29%. A oferta online, via Internet, LexPortugal somou 15% e o JuriGest, software destinado a gestão de escritórios de advogados, obteve 9%... in Market Report Tecnologias de Informação nº 330 de 12 de Fevereiro de % dos agregados domésticos portugueses têm acesso à internet De acordo com o Instituto Nacional de Estatística, no primeiro trimestre deste ano, 42,5% dos agregados domésticos portugueses possuíam computador e 31,5% acesso à internet a partir de casa. O Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação nas Famílias, realizado pelo INE em colaboração com a UMIC, adianta que os valores obtidos dão conta de um crescimento médio anual de 16,6% entre 2002 e 2005 para o computador e de 27,8% no acesso à internet... in Market Report Tecnologias de Informação nº 379 de 29 de Dezembro de 2005 SAP cria unidade ibérica No âmbito de uma mudança organizacional, a SAP Portugal e a SAP Espanha vão passar a operar sob uma estrutura única, a SAP Ibéria, que será liderada por José Velásquez, o qual estava à frente da subsidiária da companhia alemã no país vizinho. Este responsável afirma esperar que a fusão em curso esteja normalizada até Junho deste ano. A estrutura conjunta é de 460 pessoas, um número que deverá aumentar, para fazer face aos objectivos de crescimento. No contexto da estratégia da SAP, especifica que a estrutura ibérica prevê multiplicar por 4 a base de clientes até 2010, sendo que nos 2 países a base instalada é de cerca de 4 mil clientes, bem como duplicar o volume de negócios no mesmo período. José Velásquez afirma que a SAP Espanha atingiu os 135 milhões de euros em 2005 e, de acordo com informação recente da SAP Portugal, a subsidiária lusa obteve 54,5 milhões no ano passado... in Market Report Tecnologias de Informação nº 387 de 20 de Abril de 2006 Toshiba Portugal prevê fechar ano fiscal nos 38,7 milhões de euros O ano fiscal da Toshiba terminou em 31 de Março de 2005 e João Amaral, Director Geral da Toshiba Portugal, estima o fecho deste ano com um volume de facturação de cerca de 38,7 milhões de euros. Esse valor representa um crescimento de 4,65% face aos 36,9 milhões realizados no ano fiscal anterior. Em termos de equipamentos vendidos, João Amaral prevê que a Toshiba tenha alcançado as 42 mil unidades, o que corresponde a um crescimento superior a 30% face ano anterior... in Market Report Tecnologias de Informação nº 360 de 7 de Abril de 2005 Symantec abre escritório em Portugal A Symantec abriu o seu escritório em Portugal. Segundo Joaquin Reixa, Director Geral da Symantec Ibérica, para que a empresa tenha sucesso em áreas onde até agora não estava em força é necessário ter presença local. E quais são essas áreas? Miguel Castro Fernandes, Country Manager da Symantec Portugal, diz que são sobretudo as grandes contas, onde a empresa não tem a presença que pretendia ter e que, na sua opinião, merece ter... in Market Report Tecnologias de Informação nº 332 de 11 de Março de 2004 PIB da zona euro caiu 0,2%, mas há sinais de recuperação De acordo com o Eurostat, o PIB da zona euro caiu 0,2% no último trimestre de 2001, em relação aos três meses anteriores. Recorde-se que no terceiro trimestre do ano passado o PIB tinha apresentado uma subida de 0,2% no conjunto dos países que compõem a zona euro. Por comparação com os três meses equivalentes de 2000, o Eurostat aponta um crescimento do PIB de 0,6% no último trimestre de 2001, sendo que no terceiro trimestre de 2001 a subida homóloga tinha sido de 1,4%. De acordo com a mesma entidade, no decurso de 2001 o crescimento do PIB na zona euro foi de 1,5%... in Market Report Tecnologias de Informação nº 281 de 28 de Março de 2002 Market Report Tecnologias de Informação Nº 495 de 10 de Junho de 2010 INSAT 16

17

INFORMAÇÃO ESTATÍSTICA SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET 4.º TRIMESTRE DE 2009

INFORMAÇÃO ESTATÍSTICA SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET 4.º TRIMESTRE DE 2009 INFORMAÇÃO ESTATÍSTICA DO SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET 4.º TRIMESTRE DE Índice 1. Evolução do número de prestadores habilitados para a prestação do Serviço de Acesso à Internet... 3 2. Número de clientes

Leia mais

Proveitos Operacionais da Reditus aumentam 12% no primeiro semestre de 2011

Proveitos Operacionais da Reditus aumentam 12% no primeiro semestre de 2011 Proveitos Operacionais da Reditus aumentam 12% no primeiro semestre de 2011 Proveitos Operacionais de 55,8 milhões EBITDA de 3,1 milhões Margem EBITDA de 5,6% EBIT de 0,54 milhões Resultado Líquido negativo

Leia mais

Apresentação de Resultados 2009. 10 Março 2010

Apresentação de Resultados 2009. 10 Março 2010 Apresentação de Resultados 2009 10 Março 2010 Principais acontecimentos de 2009 Conclusão da integração das empresas adquiridas no final de 2008, Tecnidata e Roff Abertura de Centros de Serviços dedicados

Leia mais

ESTATÍSTICA DO MERCADO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS ACESSÍVEIS AO PÚBLICO EM CABO VERDE ANO DE 2011

ESTATÍSTICA DO MERCADO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS ACESSÍVEIS AO PÚBLICO EM CABO VERDE ANO DE 2011 ESTATÍSTICA DO MERCADO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS ACESSÍVEIS AO PÚBLICO EM CABO VERDE ANO DE 2011 INDICADORES ESTATÍSTICOS DO ANO DE 2011 Índice INTRODUÇÃO... 2 1. PANORAMA GERAL SOBRE O

Leia mais

Agilidade organizacional e competitividade das empresas em Portugal. www.quidgest.com quidgest@quidgest.com

Agilidade organizacional e competitividade das empresas em Portugal. www.quidgest.com quidgest@quidgest.com Agilidade organizacional e competitividade das empresas em Portugal www.quidgest.com quidgest@quidgest.com 1. Introdução Novo contexto económico e tecnológico Metodologia 2. Agilidade Organizacional das

Leia mais

INFORMAÇÃO ESTATÍSTICA SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET. Serviço de Acesso à Internet 2.º Trimestre de 2010

INFORMAÇÃO ESTATÍSTICA SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET. Serviço de Acesso à Internet 2.º Trimestre de 2010 INFORMAÇÃO ESTATÍSTICA DO SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET 2.º TRIMESTRE DE 2010 Serviço de Acesso à Internet 2.º Trimestre de 2010 Índice de gráficos Gráfico 1 - Evolução do número de clientes de banda larga...

Leia mais

Grupo Reditus reforça crescimento em 2008

Grupo Reditus reforça crescimento em 2008 Grupo Reditus reforça crescimento em 2008 Nota Prévia Os resultados reportados oficialmente reflectem a integração do Grupo Tecnidata a 1 de Outubro de 2008, em seguimento da assinatura do contrato de

Leia mais

Grupo Pestana. suporta crescimento da área de venda directa no CRM. O Cliente

Grupo Pestana. suporta crescimento da área de venda directa no CRM. O Cliente Grupo Pestana suporta crescimento da área de venda directa no CRM. O trabalho de consolidação de informação permitiu desde logo abrir novas possibilidades de segmentação, com base num melhor conhecimento

Leia mais

RESULTADOS CONSOLIDADOS A 30 DE JUNHO DE 2005 1

RESULTADOS CONSOLIDADOS A 30 DE JUNHO DE 2005 1 COMUNICADO Página 1 / 9 RESULTADOS CONSOLIDADOS A 30 DE JUNHO DE 2005 1 09 de Setembro de 2005 (Os valores apresentados neste comunicado reportam-se ao primeiro semestre de 2005, a não ser quando especificado

Leia mais

Para informação adicional sobre os diversos países consultar: http://europa.eu.int/information_society/help/links/index_en.htm

Para informação adicional sobre os diversos países consultar: http://europa.eu.int/information_society/help/links/index_en.htm Anexo C: Súmula das principais iniciativas desenvolvidas na Europa na área da Sociedade de Informação e da mobilização do acesso à Internet em banda larga Para informação adicional sobre os diversos países

Leia mais

Resultado Líquido da Reditus aumenta 57,7% no 1º semestre de 2014

Resultado Líquido da Reditus aumenta 57,7% no 1º semestre de 2014 Resultado Líquido da Reditus aumenta 57,7% no 1º semestre de 2014 Proveitos Operacionais de 60,8 milhões de euros (+ 8,1%) EBITDA de 5,6 milhões de euros (+ 11,1%) Margem EBITDA 9,2% (vs. 8,9%) Resultado

Leia mais

Apresentação de Solução

Apresentação de Solução Apresentação de Solução Solução: Gestão de Altas Hospitalares Unidade de negócio da C3im: a) Consultoria e desenvolvimento de de Projectos b) Unidade de Desenvolvimento Área da Saúde Rua dos Arneiros,

Leia mais

ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho

ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho Sumário País Portugal Sector Saúde Perfil do Cliente O Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho envolve

Leia mais

Com esta tecnologia Microsoft, a PHC desenvolveu toda a parte de regras de negócio, acesso a dados e manutenção do sistema.

Com esta tecnologia Microsoft, a PHC desenvolveu toda a parte de regras de negócio, acesso a dados e manutenção do sistema. Caso de Sucesso Microsoft Canal de Compras Online da PHC sustenta Aumento de 40% de Utilizadores Registados na Área de Retalho Sumário País: Portugal Industria: Software Perfil do Cliente A PHC Software

Leia mais

Fundo de Pensões BESA OPÇÕES REFORMA

Fundo de Pensões BESA OPÇÕES REFORMA Dezembro de 2013 Fundo de Pensões BESA OPÇÕES REFORMA Relatório Gestão Sumário Executivo 2 Síntese Financeira O Fundo de Pensões BESA OPÇÕES REFORMA apresenta em 31 de Dezembro de 2013, o valor de 402

Leia mais

Comunicado à imprensa. Os investimentos e a gestão da Reserva Financeira em 2014

Comunicado à imprensa. Os investimentos e a gestão da Reserva Financeira em 2014 Comunicado à imprensa Os investimentos e a gestão da Reserva Financeira em A Autoridade Monetária de Macau (AMCM) torna público os valores totais dos activos da Reserva Financeira da Região Administrativa

Leia mais

Market Report. Mercado nacional de PCs com quebra de 6% no terceiro trimestre. Tecnologias de Informação. Destaques.

Market Report. Mercado nacional de PCs com quebra de 6% no terceiro trimestre. Tecnologias de Informação. Destaques. Ano 20 Nº 506 11 de Novembro de 2010 Market Report Tecnologias de Informação Destaques Microsoft com recorde no primeiro A Microsoft registou uma facturação de 16.195 milhões de dólares, no seu primeiro

Leia mais

PHC Consolidacão. Execute de uma forma simples e eficaz a consolidação contabilística de grupos de empresas

PHC Consolidacão. Execute de uma forma simples e eficaz a consolidação contabilística de grupos de empresas PHCConsolidacão DESCRITIVO O módulo PHC Consolidação foi desenhado para executar a consolidacão contabilística, no que diz respeito à integração de contas e respectivos ajustamentos de consolidação. PHC

Leia mais

CUSTO TOTAL DE PROPRIEDADE DO PANDA MANAGED OFFICE PROTECTION. 1. Resumo Executivo

CUSTO TOTAL DE PROPRIEDADE DO PANDA MANAGED OFFICE PROTECTION. 1. Resumo Executivo 1. Resumo Executivo As empresas de todas as dimensões estão cada vez mais dependentes dos seus sistemas de TI para fazerem o seu trabalho. Consequentemente, são também mais sensíveis às vulnerabilidades

Leia mais

RELATÓRIO E CONTAS BBVA MULTIFUNDO ALTERNATIVO

RELATÓRIO E CONTAS BBVA MULTIFUNDO ALTERNATIVO RELATÓRIO E CONTAS BBVA MULTIFUNDO ALTERNATIVO FUNDO ESPECIAL DE INVESTIMENTO 30 JUNHO 20 1 BREVE ENQUADRAMENTO MACROECONÓMICO 1º semestre de 20 No contexto macroeconómico, o mais relevante no primeiro

Leia mais

3.2 Companhias de seguros

3.2 Companhias de seguros Desenvolvimento de produtos e serviços Tendo em conta o elevado grau de concorrência dos serviços bancários, os bancos têm vindo a prestar uma vasta gama de produtos e serviços financeiros, por um lado

Leia mais

O seu escritório na nuvem - basta usar o browser.

O seu escritório na nuvem - basta usar o browser. 02 O seu escritório na nuvem - basta usar o browser. As soluções tecnológicas que encontra para melhorar a colaboração na sua empresa são muito caras e complexas? Pretende tornar as suas equipas mais ágeis

Leia mais

Estado da Nação das TIC em Angola

Estado da Nação das TIC em Angola Estado da Nação das TIC em Angola CIO AGENDA ANGOLA 2013 AS TI TI COMO ALAVANCA DE CRESCIMENTO DO NEGÓCIO 21 de Maio, Hotel Sana Epic, Luanda Gabriel Coimbra General Manager, IDC Angola gcoimbra@idc.com

Leia mais

Banco Popular, Espanha

Banco Popular, Espanha Banco Popular, Espanha Tecnologia avançada de automação do posto de caixa para melhorar a eficiência e beneficiar a saúde e segurança dos funcionários O recirculador de notas Vertera contribuiu para impulsionar

Leia mais

W H I T E P A P E R S e r v i d o r e s U n i x - A m e l h o r o p ç ã o p a r a s u p o r t a r a p l i c a ç õ e s c r í t i c a s

W H I T E P A P E R S e r v i d o r e s U n i x - A m e l h o r o p ç ã o p a r a s u p o r t a r a p l i c a ç õ e s c r í t i c a s Av Eng. Luiz Carlos Berrini 1645, 8 andar, 04571-000 Brooklin Novo, São Paulo SP Brazil. Tel: 55 11 5508-3400 Fax: 55 11 5508 3444 W H I T E P A P E R S e r v i d o r e s U n i x - A m e l h o r o p ç

Leia mais

Market Report. Mercado nacional de produtos de TI retraiu 19% em Julho. Mercado mundial de servidores cresce a dois dígitos. Tecnologias de Informação

Market Report. Mercado nacional de produtos de TI retraiu 19% em Julho. Mercado mundial de servidores cresce a dois dígitos. Tecnologias de Informação Ano 20 Nº 501 2 de Setembro de 2010 Market Report Tecnologias de Informação Destaques B a n d a l a r g a m ó v e l c o m crescimento homólogo de 43% Segundo a Anacom, no final do segundo trimestre de

Leia mais

IMPRESA. Resultados 2º Trimestre 2009

IMPRESA. Resultados 2º Trimestre 2009 IMPRESA Resultados 2º Trimestre 2009 IMPRESA SGPS SA Sociedade Aberta Capital Social Eur 84.000.000 Rua Ribeiro Sanches, 65 Número Fiscal 502 437 464 Conservatória do Registo Comercial de Lisboa Lisboa,

Leia mais

BANCO ESPIRITO SANTO RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2001

BANCO ESPIRITO SANTO RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2001 BANCO ESPIRITO SANTO RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2001 2 RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2001 ASPECTOS MAIS RELEVANTES: SIGNIFICATIVO CRESCIMENTO DA ACTIVIDADE DESIGNADAMENTE A CAPTAÇÃO DE RECURSOS

Leia mais

Dualinfor Formação e Serviços Informáticos, Lda.

Dualinfor Formação e Serviços Informáticos, Lda. Dualinfor Formação e Serviços Informáticos, Lda. Sobre Nós Estamos no mercado desde 1998 e temos registado um crescimento sustentado, alavancado por uma equipa que integra profissionais com muitos anos

Leia mais

RESULTADOS DO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2015: A COFACE APRESENTA LUCRO DE 66 MILHÕES DE EUROS, APESAR DE UM AUMENTO DE SINISTROS EM PAÍSES EMERGENTES

RESULTADOS DO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2015: A COFACE APRESENTA LUCRO DE 66 MILHÕES DE EUROS, APESAR DE UM AUMENTO DE SINISTROS EM PAÍSES EMERGENTES RESULTADOS DO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2015: A COFACE APRESENTA LUCRO DE 66 MILHÕES DE EUROS, APESAR DE UM AUMENTO DE SINISTROS EM PAÍSES EMERGENTES Crescimento de volume de negócios: + 5.1% a valores e taxas

Leia mais

Sonae Sierra regista um Resultado Líquido de 96,3 milhões em 2014

Sonae Sierra regista um Resultado Líquido de 96,3 milhões em 2014 Maia - Portugal, 5 de Março de 2015 Sonae Sierra regista um Resultado Líquido de 96,3 milhões em 2014 Resultado Direto atinge 52,7 milhões EBIT de 106,1 milhões Resultado Indireto atinge 43,6 milhões Dois

Leia mais

DOCUMENTOS DE GESTÃO FINANCEIRA Realizado por GESTLUZ - Consultores de Gestão

DOCUMENTOS DE GESTÃO FINANCEIRA Realizado por GESTLUZ - Consultores de Gestão DOCUMENTOS DE GESTÃO FINANCEIRA Realizado por GESTLUZ - Consultores de Gestão A Análise das Demonstrações Financeiras Este artigo pretende apoiar o jovem empreendedor, informando-o de como utilizar os

Leia mais

Redução da pegada carbónica dos clientes da PT Portugal

Redução da pegada carbónica dos clientes da PT Portugal Redução da pegada carbónica dos clientes da PT Portugal 1 Redução da pegada carbónica dos clientes da PT Portugal As alterações verificadas no comportamento dos consumidores, consequência dos novos padrões

Leia mais

OS BENEFÍCIOS DO RENTING NAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO.

OS BENEFÍCIOS DO RENTING NAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO. OS BENEFÍCIOS DO RENTING NAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO. ÍNDICE INTRODUÇÃO OS BENEFÍCIOS DO RENTING VANTAGENS FISCAIS O RENTING REDUZ CUSTOS PERMITE MANTER A LIQUIDEZ E AS LINHAS DE CRÉDITO INTACTAS FINANCIAMENTO

Leia mais

SEGURANÇA EM DISPOSITIVOS MÓVEIS EM PORTUGAL

SEGURANÇA EM DISPOSITIVOS MÓVEIS EM PORTUGAL SEGURANÇA EM DISPOSITIVOS MÓVEIS EM PORTUGAL Estudo sobre hábitos e riscos dos utilizadores de smartphones, tablets e PCs na Europa SEGURANÇA EM DISPOSITIVOS MÓVEIS EM PORTUGAL Estudo sobre hábitos e riscos

Leia mais

A gestão comercial e financeira através da Internet

A gestão comercial e financeira através da Internet PHC dgestão A gestão comercial e financeira através da Internet A solução de mobilidade que permite introduzir e consultar clientes, fornecedores, artigos, documentos de facturação, encomendas, compras,

Leia mais

METALOMECÂNICA RELATÓRIO DE CONJUNTURA

METALOMECÂNICA RELATÓRIO DE CONJUNTURA METALOMECÂNICA RELATÓRIO DE CONJUNTURA 1. Indicadores e Variáveis das Empresas A indústria metalomecânica engloba os sectores de fabricação de produtos metálicos, excepto máquinas e equipamento (CAE )

Leia mais

'DWD 7HPD $FRQWHFLPHQWR

'DWD 7HPD $FRQWHFLPHQWR 'DWD 7HPD $FRQWHFLPHQWR 27/09 Turismo 27/09 Taxas de Juro 21/09 Energia 19/09 Taxas de Juro 15/09 Economia 12/09 Economia INE divulgou Viagens turísticas de residentes 2.º Trimestre de 2006 http://www.ine.pt/prodserv/destaque/2006/d060927/d060927.pdf

Leia mais

PHC Consolidação CS. A execução da consolidação contabilística de grupos de empresas

PHC Consolidação CS. A execução da consolidação contabilística de grupos de empresas Descritivo PHC Consolidação CS PHC PHC Consolidação CS A execução da consolidação contabilística de grupos de empresas A consolidação contabilística no que respeita à integração de contas e respectivos

Leia mais

Linux vs. Windows: factos de fato ADETTI / Caixa Mágica. 2ª Semana da Engenharia 7 de Junhode 2004 ESTIG/IPBeja - Beja

Linux vs. Windows: factos de fato ADETTI / Caixa Mágica. 2ª Semana da Engenharia 7 de Junhode 2004 ESTIG/IPBeja - Beja Linux vs. Windows: factos de fato ADETTI / Caixa Mágica 2ª Semana da Engenharia 7 de Junhode 2004 ESTIG/IPBeja - Beja Agenda Situação Actual da Utilização Linux Desenvolvimento Regional Estratégia Linux

Leia mais

Conjuntura da Construção n.º 77 O SETOR CONTINUA EM CRISE MAS EMPRESÁRIOS ACREDITAM NA RECUPERAÇÃO

Conjuntura da Construção n.º 77 O SETOR CONTINUA EM CRISE MAS EMPRESÁRIOS ACREDITAM NA RECUPERAÇÃO FEPICOP - FEDERAÇÃO PORTUGUESA DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO E OBRAS PÚBLICAS Associações Filiadas: AECOPS Associação de Empresas de Construção e Obras Públicas e Serviços AICCOPN Associação dos Industriais

Leia mais

Market Report. Mercado nacional de PCs caiu 22,4% em 2010. Banda larga móvel continua a dominar no acesso à Internet. Tecnologias de Informação

Market Report. Mercado nacional de PCs caiu 22,4% em 2010. Banda larga móvel continua a dominar no acesso à Internet. Tecnologias de Informação Ano 20 Nº 514 3 de Março de 2011 Market Report Tecnologias de Informação Destaques Mercado mundial de telemóveis cresceu 31,8% em 2010 No ano passado foram vendidos cerca de 1.597 milhões de telemóveis

Leia mais

Positivo Informática registra volume recorde de 442,5 mil PCs no 2T09

Positivo Informática registra volume recorde de 442,5 mil PCs no 2T09 Positivo Informática registra volume recorde de 442,5 mil PCs no 2T09 Curitiba, 23 de julho de 2009 A Positivo Informática S.A. (Bovespa: POSI3), maior fabricante de computadores do Brasil e líder no segmento

Leia mais

Decisão sobre processo de controlo prévio da concentração Sonaecom/PT

Decisão sobre processo de controlo prévio da concentração Sonaecom/PT Decisão sobre processo de controlo prévio da concentração Sonaecom/PT Abel M. Mateus Presidente Autoridade da Concorrência Lisboa, de 22 Dezembro de 2006 A decisão Decisão de não oposição acompanhada da

Leia mais

Principais diferenciais do Office 365

Principais diferenciais do Office 365 Guia de compras O que é? é um pacote de soluções composto por software e serviços, conectados à nuvem, que fornece total mobilidade e flexibilidade para o negócio. Acessível de qualquer dispositivo e qualquer

Leia mais

01 _ Enquadramento macroeconómico

01 _ Enquadramento macroeconómico 01 _ Enquadramento macroeconómico 01 _ Enquadramento macroeconómico O agravamento da crise do crédito hipotecário subprime transformou-se numa crise generalizada de confiança com repercursões nos mercados

Leia mais

Vale Projecto - Simplificado

Vale Projecto - Simplificado IDIT Instituto de Desenvolvimento e Inovação Tecnológica Vale Projecto - Simplificado VALES Empreendedorismo e Inovação Associados Parceiros / Protocolos IDIT Enquadramento Vale Projecto - Simplificado

Leia mais

Implemente a sua solução de Gestão de Marketing, Vendas e Serviço de Clientes, em menos de 7 dias.

Implemente a sua solução de Gestão de Marketing, Vendas e Serviço de Clientes, em menos de 7 dias. GoldMine QuickStart Implemente a sua solução de Gestão de Marketing, Vendas e Serviço de Clientes, em menos de 7 dias. O GoldMine é uma ferramenta de gestão da relação com os clientes (CRM-Costumer Relationship

Leia mais

Visão de Futuro 2010. F3M Information Systems, S.A.

Visão de Futuro 2010. F3M Information Systems, S.A. 1 Reunir várias entidades do sector óptico nacional e discutir o futuro do sector bem como os temas cruciais para os empresários e intervenientes da área foram os objectivos do evento Visão de Futuro 2010,

Leia mais

Empresa em análise: PT Multimedia

Empresa em análise: PT Multimedia Empresa em análise: PT Multimedia 27 de Maio de 2002 A PT Multimedia foi criada em Julho de 1999 pelo Grupo Portugal Telecom de forma a aproveitar o potencial de crescimento da área dos media e internet

Leia mais

FAZER MAIS COM MENOS Maio 2012 White Paper

FAZER MAIS COM MENOS Maio 2012 White Paper CLOUD COMPUTING FAZER MAIS COM MENOS Maio 2012 CLOUD COMPUTING FAZER MAIS COM MENOS Cloud Computing é a denominação adotada para a mais recente arquitetura de sistemas informáticos. Cada vez mais empresas

Leia mais

PT Wi-Fi: Internet em Movimento

PT Wi-Fi: Internet em Movimento PT Wi-Fi: Internet em Movimento Clipping de Media (05 a 09 de Dezembro de 2003) Meio: Diário Económico Data: 09 de Dezembro de 2003 Pág.: 6 Meio: Jornal de Negócios Data: 09 de Dezembro de 2003 Pág.: 8

Leia mais

Solução Base. Descrição do Serviço. A melhor solução de Internet e Voz para Profissionais e Empresas.

Solução Base. Descrição do Serviço. A melhor solução de Internet e Voz para Profissionais e Empresas. Solução Base Descrição do Serviço A melhor solução de Internet e Voz para Profissionais e Empresas. O acesso Internet Banda Larga que evolui com as suas necessidades. Características Solução adequada para:

Leia mais

ARC Ratings atribui notação a curto prazo de B, com tendência positiva, ao Grupo Visabeira

ARC Ratings atribui notação a curto prazo de B, com tendência positiva, ao Grupo Visabeira ARC Ratings atribui notação a curto prazo de B, com tendência positiva, ao Grupo Visabeira EMITENTE Grupo Visabeira SGPS, S.A. RATING DE EMITENTE Médio e Longo Prazo BB+ (BB+, com tendência estável) B

Leia mais

Barómetro de Conjuntura inverno 2014/15. Agências de Viagens

Barómetro de Conjuntura inverno 2014/15. Agências de Viagens Barómetro de Conjuntura inverno 2014/15 Agências de Viagens ÍNDICE Sumário Executivo 3 da procura - inverno 2014/15 Portugal - NUTS II Portugal - Principais NUTS II Principais 4 5 6 da procura - verão

Leia mais

O aumento da força de vendas da empresa

O aumento da força de vendas da empresa PHC dcrm O aumento da força de vendas da empresa O enfoque total na actividade do cliente, através do acesso remoto à informação comercial, aumentando assim a capacidade de resposta aos potenciais negócios

Leia mais

Office 2010 e SharePoint 2010: Produtividade Empresarial no Seu Melhor. Folha de Factos

Office 2010 e SharePoint 2010: Produtividade Empresarial no Seu Melhor. Folha de Factos Office 2010 e SharePoint 2010: Produtividade Empresarial no Seu Melhor Folha de Factos A informação contida neste documento representa a visão actual da Microsoft Corporation sobre os assuntos discutidos,

Leia mais

SERVIÇO DE TELEVISÃO POR SUBSCRIÇÃO INFORMAÇÃO ESTATÍSTICA 1.º TRIMESTRE DE 2015

SERVIÇO DE TELEVISÃO POR SUBSCRIÇÃO INFORMAÇÃO ESTATÍSTICA 1.º TRIMESTRE DE 2015 SERVIÇO DE TELEVISÃO POR SUBSCRIÇÃO INFORMAÇÃO ESTATÍSTICA 1.º TRIMESTRE DE 2015 Serviço de Televisão por subscrição 1.º trimestre 2015 Versão 2 / 04-06-2015 Índice SUMÁRIO... 4 1. Assinantes do serviço

Leia mais

PORTUGAL Economic Outlook. Carlos Almeida Andrade Chief Economist Julho 2008

PORTUGAL Economic Outlook. Carlos Almeida Andrade Chief Economist Julho 2008 PORTUGAL Economic Outlook Carlos Almeida Andrade Chief Economist Julho 2008 Portugal: Adaptação a um novo ambiente económico global A economia portuguesa enfrenta o impacto de um ambiente externo difícil,

Leia mais

Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2012

Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2012 Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2012 06 de novembro de 2012 60% das pessoas dos 16 aos 74 anos utilizam Internet

Leia mais

RELATÓRIO DE GESTÃO 2012

RELATÓRIO DE GESTÃO 2012 RELATÓRIO DE GESTÃO 2012 NATURTEJO EMPRESA DE TURISMO - EIM MARÇO, CASTELO BRANCO 2013 Nos termos legais e estatutários, vimos submeter a apreciação da assembleia Geral o Relatório de Gestão, as contas,

Leia mais

Mobile Business. Your sales on the move.

Mobile Business. Your sales on the move. Pág/02 O PRIMAVERA é um produto destinado a empresas que utilizem processos de auto-venda e/ou pré-venda com Equipas de Vendas que necessitem de um conjunto de informação e funcionalidades avançadas, disponíveis

Leia mais

Software de gestão em tecnologia Web

Software de gestão em tecnologia Web Software de gestão em tecnologia Web As Aplicações de Gestão desenvolvidas em Tecnologia Web pela Mr.Net garantem elevados níveis de desempenho, disponibilidade, segurança e redução de custos. A Mr.Net

Leia mais

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 11 de fevereiro de 2010.

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 11 de fevereiro de 2010. Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 11 de fevereiro de 2010. Embratel Participações S.A. ( Embrapar ) (BOVESPA: EBTP4, EBTP3) detém 99,2 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ), 100,0

Leia mais

Semapa - Sociedade de Investimento e Gestão, SGPS, S.A. Sociedade Aberta

Semapa - Sociedade de Investimento e Gestão, SGPS, S.A. Sociedade Aberta Semapa - Sociedade de Investimento e Gestão, SGPS, S.A. Sociedade Aberta Sede: Av. Fontes Pereira de Melo, 14 10º -1050-121 Lisboa Capital Social: 118.332.445 Euros - NIPC e Mat. na C.R.C. de Lisboa sob

Leia mais

COMUNICADO DE IMPRENSA

COMUNICADO DE IMPRENSA COMUNICADO DE IMPRENSA Kaspersky Internet Security e Kaspersky Anti-Virus 2013 Máxima protecção contra todas as ameaças Ambos os produtos foram actualizados para oferecer protecção avançada contra o malware

Leia mais

Relatório de evolução da atividade seguradora

Relatório de evolução da atividade seguradora Relatório de evolução da atividade seguradora 1.º Semestre 214 I. Produção e custos com sinistros 1. Análise global 2. Ramo Vida 3. Ramos Não Vida a. Acidentes de Trabalho b. Doença c. Incêndio e Outros

Leia mais

Fundação. Sede. Chief Marketing Officer. Chief Technology Officer. Internacionalização. Santa Maria da Feira, Portugal. Sérgio Castro.

Fundação. Sede. Chief Marketing Officer. Chief Technology Officer. Internacionalização. Santa Maria da Feira, Portugal. Sérgio Castro. Apresentação da Empresa Fundação 2003 Sede Santa Maria da Feira, Portugal Chief Marketing Officer Sérgio Castro Chief Technology Officer Ruben Sousa Internacionalização Mercado actuação: Global Presença

Leia mais

NE Report Digital 2013

NE Report Digital 2013 Índice 1. Economia Digital em Portugal (/17) e no Mundo () 2. Evolução dos prestadores do Serviço de Acesso à Internet (acesso fixo) - Internet Service Providers 3. Evolução das quotas de acessos de banda

Leia mais

COMUNICADO DE IMIMPRENSA

COMUNICADO DE IMIMPRENSA COMUNICADO DE IMIMPRENSA RELATÓRIO ANUAL DE SPAM 2012 Spam caiu 8,2% em 2012, atingindo o nível mais baixo dos últimos 5 anos As categorias tradicionais de spam estão a migrar para as redes sociais. Alguns

Leia mais

nº 3 Novembro 2009 MERCADOS O VINHO NOS E.U.A. BREVE CARACTERIZAÇÃO DO SECTOR

nº 3 Novembro 2009 MERCADOS O VINHO NOS E.U.A. BREVE CARACTERIZAÇÃO DO SECTOR nº 3 Novembro 29 MERCADOS O VINHO NOS E.U.A. BREVE CARACTERIZAÇÃO DO SECTOR O VINHO NOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA BREVE CARACTERIZAÇÃO DO SECTOR Índice 1. INTRODUÇÃO 2 2. PRODUÇÃO 3 3. EXPORTAÇÃO 5 4.

Leia mais

SINAIS POSITIVOS TOP 20 (atualizado a 10JUL2014)

SINAIS POSITIVOS TOP 20 (atualizado a 10JUL2014) SINAIS POSITIVOS TOP 20 (atualizado a 10JUL2014) 1. Taxa de Desemprego O desemprego desceu para 14,3% em maio, o que representa um recuo de 2,6% em relação a maio de 2013. Esta é a segunda maior variação

Leia mais

Software GEFISEME Aplicação destinada ao auxílio do serviço de Metrologia. Rua D. Afonso Henriques, 1726 4435-003 Rio Tinto www.worldsolutions.

Software GEFISEME Aplicação destinada ao auxílio do serviço de Metrologia. Rua D. Afonso Henriques, 1726 4435-003 Rio Tinto www.worldsolutions. Software GEFISEME Aplicação destinada ao auxílio do serviço de Metrologia Rua D. Afonso Henriques, 1726 4435-003 Rio Tinto www.worldsolutions.pt Conteúdo Introdução... 2 Gestão de acessos... 3 Ficha de

Leia mais

Decisão relativa ao conjunto de elementos estatísticos a remeter ao ICP-ANACOM pelos prestadores do Serviço de Acesso à Internet (em local fixo)

Decisão relativa ao conjunto de elementos estatísticos a remeter ao ICP-ANACOM pelos prestadores do Serviço de Acesso à Internet (em local fixo) http://www.anacom.pt/template31.jsp?categoryid=262742 Deliberação de 19.12.2007 Decisão relativa ao conjunto de elementos estatísticos a remeter ao ICP-ANACOM pelos prestadores do Serviço de Acesso à Internet

Leia mais

O SECTOR A SOLUÇÃO Y.make Num mundo cada vez mais exigente, cada vez mais rápido e cada vez mais competitivo, o papel dos sistemas de informação deixa de ser de obrigação para passar a ser de prioridade.

Leia mais

Panda Security for Internet Transactions

Panda Security for Internet Transactions Panda Security for Internet Transactions Novos conceitos na segurança digital Rui Lopes Maio 2008 1 Quem somos Empresa europeia líder em segurança e a quarta maior empresa do sector. [Gartner] Situação

Leia mais

Algar Telecom registra lucro de R$ 71 milhões em 2009

Algar Telecom registra lucro de R$ 71 milhões em 2009 Algar Telecom registra lucro de R$ 71 milhões em 2009 EBITDA atingiu a soma de R$ 391 milhões no ano passado São Paulo, 24 de março de 2010 A Algar Telecom, empresa de telecomunicações do Grupo Algar,

Leia mais

A solução Business-to-Business que permite aumentar a qualidade e eficiência das suas vendas bem como a satisfação dos seus clientes.

A solução Business-to-Business que permite aumentar a qualidade e eficiência das suas vendas bem como a satisfação dos seus clientes. Descritivo completo PHC dfront A solução Business-to-Business que permite aumentar a qualidade e eficiência das suas vendas bem como a satisfação dos seus clientes. Benefícios Aumento da qualidade e eficiência

Leia mais

Reestruturar o Sector Empresarial do Estado

Reestruturar o Sector Empresarial do Estado PROJECTO DE RESOLUÇÃO N.º 458/XI/2.ª Reestruturar o Sector Empresarial do Estado A descrição de carácter económico-financeiro apresentada na próxima secção não deixa dúvidas sobre a absoluta necessidade

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA CABO VERDE. INQUÉRITO DE CONJUNTURA Folha de Informação Rápida. CONSTRUÇÃO 3º Trimestre 2013

INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA CABO VERDE. INQUÉRITO DE CONJUNTURA Folha de Informação Rápida. CONSTRUÇÃO 3º Trimestre 2013 INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA CABO VERDE CABO VERDE CABO VERDE INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA CABO VERDE INQUÉRITO DE CONJUNTURA

Leia mais

PHC Workflow CS. O controlo e a automatização de processos internos

PHC Workflow CS. O controlo e a automatização de processos internos PHC Workflow CS O controlo e a automatização de processos internos A solução que permite que um conjunto de acções a executar siga uma ordem pré-definida, de acordo com as normas da empresa, aumentando

Leia mais

Relatório Preliminar de. Projecto em Contexto Empresarial I. VoIP Desenvolvimento de Aplicações em Plataformas Open Source

Relatório Preliminar de. Projecto em Contexto Empresarial I. VoIP Desenvolvimento de Aplicações em Plataformas Open Source Relatório Preliminar de Projecto em Contexto Empresarial I VoIP Desenvolvimento de Aplicações em Plataformas Open Source Cândido Silva Av. dos Descobrimentos, 333 4400-103 Santa Marinha - Vila Nova de

Leia mais

Apresentamos o KASPERSKY ENDPOINT SECURITY FOR BUSINESS

Apresentamos o KASPERSKY ENDPOINT SECURITY FOR BUSINESS Apresentamos o KASPERSKY ENDPOINT SECURITY FOR BUSINESS 1 Impulsionadores empresariais e respectivo impacto em TI AGILIDADE EFICIÊNCIA PRODUTIVIDADE Seja rápido, ágil e flexível Cortar custos Consolidar

Leia mais

IDC Portugal aumenta produtividade e reduz custos operacionais com Microsoft Dynamics CRM em modelo hosted

IDC Portugal aumenta produtividade e reduz custos operacionais com Microsoft Dynamics CRM em modelo hosted Microsoft Dynamics CRM Online Customer Solution Case Study IDC Portugal IDC Portugal aumenta produtividade e reduz custos operacionais com Microsoft Dynamics CRM em modelo hosted Sumário País Portugal

Leia mais

NE Report Digital 2013

NE Report Digital 2013 Índice 1. Economia Digital em Portugal (/17) e no Mundo () 2. Evolução dos prestadores do Serviço de Acesso à Internet (acesso fixo) - Internet Service Providers 3. Evolução das quotas de acessos de banda

Leia mais

OS BENEFÍCIOS DA LOCAÇÃO NAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO.

OS BENEFÍCIOS DA LOCAÇÃO NAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO. ÍNDICE INTRODUÇÃO OS BENEFÍCIOS DA LOCAÇÃO VANTAGENS FISCAIS A LOCAÇÃO REDUZ CUSTOS PERMITE MANTER A LIQUIDEZ E AS LINHAS DE CRÉDITO INTACTAS FINANCIAMENTO A 100% SEM ENTRADA INICIAL EVITA REDUZIR O CUSTO

Leia mais

O aumento da qualidade e eficiência das vendas

O aumento da qualidade e eficiência das vendas PHC dfront O aumento da qualidade e eficiência das vendas A solução Business-to-Business que permite a introdução das encomendas directamente no próprio sistema, bem como a consulta, pelo cliente, de toda

Leia mais

Sr. Secretário de Estado do Empreendorismo e da Inovação, caríssimos convidados, minhas senhoras e meus senhores, muito bom dia.

Sr. Secretário de Estado do Empreendorismo e da Inovação, caríssimos convidados, minhas senhoras e meus senhores, muito bom dia. Sr. Secretário de Estado do Empreendorismo e da Inovação, caríssimos convidados, minhas senhoras e meus senhores, muito bom dia. Bem-vindos à Conferência da ANACOM. Antes de mais gostaria de agradecer

Leia mais

Tecnologia de Informação

Tecnologia de Informação Tecnologia de Informação Fernando S. Meirelles Professor Titular de TI e Fundador do GVcia Fernando.Meirelles @ fgv.br 26ª Pesquisa Anual do Uso de TI, 2015 Pesquisa Pesquisa anual realizada pelo CIA -

Leia mais

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico CUSTOMER SUCCESS STORY Abril 2014 Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico PERFIL DO CLIENTE Indústria: Mídia Companhia: Valor Econômico Funcionários:

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005 Americana SP, 23 de março de 2005 A VIVAX S.A. (Bovespa: VVAX11), ou Companhia, segunda maior operadora de TV a Cabo do Brasil, em número de assinantes, e uma das principais

Leia mais

PHC Mensagens SMS. Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC

PHC Mensagens SMS. Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC PHCMensagens SMS DESCRITIVO O módulo PHC Mensagens SMS permite o envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo, sem ser necessário criar e enviar uma a uma. Comunique com mais sucesso: ganhe

Leia mais

RESULTADOS ANUAIS 2011

RESULTADOS ANUAIS 2011 RESULTADOS ANUAIS 2011 15 de Fevereiro de 2011 VAA - Vista Alegre Atlantis, SGPS, SA sociedade aberta com sede no Lugar da Vista Alegre em Ílhavo, com o número de contribuinte 500 978 654, matriculada

Leia mais

Análise ao Comércio Externo de Equipamento Elétrico e Eletrónico

Análise ao Comércio Externo de Equipamento Elétrico e Eletrónico Análise ao Comércio Externo de Equipamento Elétrico e Eletrónico Janeiro Dezembro 2013 1. Análise global Setor Elétrico e Eletrónico Confirma-se uma tendência decrescente na evolução do comércio externo

Leia mais

1. Resultados do Exercício

1. Resultados do Exercício PARAREDE, SGPS, SA Sociedade Aberta Sede Social: Av. José Malhoa nº 21, 1070157 Lisboa Pessoa Colectiva nº 503.541.320 Capital Social de 125.087.500 Euros Matriculada na Conservatória do Registo Comercial

Leia mais

Vantagem Garantida PHC

Vantagem Garantida PHC Vantagem Garantida PHC O Vantagem Garantida PHC é um aliado para tirar maior partido das aplicações PHC A solução que permite à empresa rentabilizar o seu investimento, obtendo software actualizado, formação

Leia mais

Lisboa, 29 de Outubro de 2007 Comunicado: Contas da IMPRESA em Setembro 2007 1. Principais factos em Setembro 2007

Lisboa, 29 de Outubro de 2007 Comunicado: Contas da IMPRESA em Setembro 2007 1. Principais factos em Setembro 2007 Lisboa, 29 de Outubro de 2007 Comunicado: Contas da IMPRESA em Setembro 2007 1. Principais factos em Setembro 2007 Receitas consolidadas de 62,6 M, uma subida de 10,8% no 3º trimestre, sendo de referir:

Leia mais

PHC dfront. A solução Business-to-Business que permite aumentar a qualidade e eficiência das suas vendas bem como a satisfação dos seus clientes

PHC dfront. A solução Business-to-Business que permite aumentar a qualidade e eficiência das suas vendas bem como a satisfação dos seus clientes PHC dfront DESCRITIVO O módulo PHC dfront permite, não só a introdução das encomendas directamente no próprio sistema, bem como a consulta, pelo cliente, de toda a informação financeira que lhe diz respeito.

Leia mais

SAG GEST Soluções Automóvel Globais, SGPS, SA Sociedade Aberta

SAG GEST Soluções Automóvel Globais, SGPS, SA Sociedade Aberta SAG GEST Soluções Automóvel Globais, SGPS, SA Sociedade Aberta Estrada de Alfragide, nº 67, Amadora Capital Social: 169.764.398 Euros sob o número único de matrícula e de pessoa colectiva 503 219 886 COMUNICADO

Leia mais