Formação Manutenção: Curso de Segurança Funcional e Análise de risco

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Formação Manutenção: Curso de Segurança Funcional e Análise de risco"

Transcrição

1 CENTRO DE INVESTIGAÇÃO E PROJECTO EM CONTROLO E APLICAÇÃO DE MÁQUINAS ELÉCTRICAS Formação Manutenção: Curso de Segurança Funcional e Análise de risco Edição de 2013 Organização

2 Índice Organização 2 Âmbito 2 Destinatários 2 Condições de Acesso 2 Metodologia 2,3 Horário 3 Local 3 Inscrição 3 Modalidades de desconto 3 Plano da Formação 3 Formador Organização Âmbito No sentido de procurar responder às solicitações do mercado, nomeadamente na área da manutenção, o Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) através do CIPROMEC, encontra-se a organizar uma formação na área da Segurança Funcional e Analise de Risco. Destinatários Quadros com actividade nas áreas da manutenção de instalações e equipamentos. Quadros com actividade na área da análise de sistemas tecnológicos. Quadros técnicos com interesse na área. Condições de Acesso Como condições de acesso, exige-se alguns conhecimentos básicos no domínio das probabilidades e estatística, embora esteja previsto uma aula introdutória para revisão de conceitos que se julguem necessários para uma melhor compreensão das matérias abordadas no curso. Metodologia O método de ensino do curso baseia-se na exposição de conceitos teóricos recorrendo, sempre que possível, a exemplos práticos por parte do formador. Na presente formação, e no final de cada módulo, os formandos serão submetidos a avaliação teórica, caso pretendam receber o certificado de formação, embora caso não o desejem, poderão ser emitidos certificados de frequência para o efeito. Na presente formação, existe um sistema de avaliação facultativo composto por um teste no final de cada módulo. Cada teste cobre a matéria do módulo que terminou e a sua nota é expressa numa escala de 0 a 20 valores. Aos participantes que completem as provas de avaliação com êxito, será atribuído um Diploma com a classificação obtida. Aqueles que optarem por não realizar os testes, será atribuído um Certificado de Frequência. Em qualquer caso, a atribuição de Diploma ou Certificado, pressupõe a

3 frequência assídua das sessões, podendo haver uma tolerância de 1 falta por sessão. No final da formação serão emitidos os Diplomas e Certificados de Frequência, aos participantes que tiverem frequentado no mínimo, 80% das sessões. 1 Horário 17 de Maio a 29 de Junho horas / dia Regime Pós-laboral, 2 dias / semana (6ª f., Sábado) (9 horas) das 18h30-22h30, intervalo de ½ h para jantar (durante a semana), e das 9h00-13h00, intervalo de1/2 h para pausa (sábados). Local Campus do ISEL (sala de formação a designar posteriormente) Inscrição Curso Avançado em Segurança Funcional e Analise de Risco- inclui material do curso (manual, pasta, etc.) Preço base: 392,00 euros Preço/módulo: 85,00 euros Modalidades de desconto - Alunos do ISEL: 10% - Antigos alunos ISEL: 10% - Condições especiais p/ empresas 2 Data limite de pré-inscrições: 2 semanas antes da data de início da formação Data limite de pagamento: 1 semana antes da data de início da formação Plano da Formação Curso Avançado em Segurança Funcional e Analise de Risco Módulos Conceitos RAM Segurança funcional FMEA / FMECA HAZOP Hazard Analysis FTA ETA M Conteúdos Programáticos Conceitos de Fiabilidade, disponibilidade e manutibilidade; C Introdução e conceitos fundamentais de RAMS Noções fundamentais em diagramas de blocos Introdução aos conceitos de segurança funcional Normas internacionais aplicáveis Níveis SIL (Níveis de Integradidade de Segurança). Princípio ALARP (As Low As Reasonably Praticable) Desenvolvimento e aplicação de sistemas de segurança Conceito da análise FMEA e FMECA Selecção do tipo de FMEA / FMECA Equipa FMEA / FMECA Tipos e causas de falhas mais comuns Tabelas de severidade, ocorrência e detecção Ordenação de falhas RPN Risk Priority Number Análise de casos práticos Conceito das análises HAZOP Planeamento e aplicação da HAZOP a processos contínuos, descontínuos (BATCH) e sequenciais Aplicação da HAZOP a alterações e modificações de processos Introdução ao método PHA (Preliminary Hazard Analysis) Metodologia PHA IHA (Interface), SHA (System), SSHA (Sub-system), FHA (Function), O&SHA (Operational & Support) Relatório Hazard log Introdução ao método das Árvores de Falhas (Fault Tree Analysis) Metodologia FTA Introdução ao método dos Eventos de Falhas (Event Tree Analysis) Metodologia ETA Tempo Estimado (hrs) T ( 1 1 Valido apenas para inscrição integral na formação 2 Contactar organização para mais informações

4 Formador Paulo Rui Tavares Lopes Licenciado em engenharia mecânica e engenharia electrotécnica pela UTL e ISEL respectivamente. Técnico Superior de Higiene e Segurança no Trabalho. Responsável de projectos no domínio da Segurança funcional: - Elaboração e avaliação das condições de protecção e segurança de pessoas. - Análise, pesquisa e desenvolvimento soluções apoiadas na inovação. Coordenador de Qualidade na implementação da metodologia 6 Sigma na fase de concepção do produto. Participação na implantação e desenvolvimento actividades nas áreas da Qualidade e Segurança funcional em empresas multinacionais: - Estudo e análise das variáveis do projecto, risco, normalização, implementação, validação e certificação. - Gestão de processos e integração de actividades para melhoria de produtividade e eficiência. Responsabilidades na área formativa como coordenador científico-pedagógico na área da segurança e qualidade. Vasta experiência como formador e coordenador, a nível nacional e internacional, nos domínios da: - Electrotecnia, - Mecânica, - Telecomunicações, - Qualidade, - Segurança e - Gestão industrial.

5 Mais informações Ricardo Santos Telf. (21) Telm:933760

Ciclo de formações: Fiabilidade e manutenção/ e Segurança Funcional e Analise de risco

Ciclo de formações: Fiabilidade e manutenção/ e Segurança Funcional e Analise de risco CENTRO DE INVESTIGAÇÃO E PROJECTO EM CONTROLO E APLICAÇÃO DE MÁQUINAS ELÉCTRICAS Ciclo de formações: Fiabilidade e manutenção/ e Segurança Funcional e Analise de risco Edição de 201 Organização CIPROMEC

Leia mais

CICLO DE FORMAÇÕES CENTRO DE INVESTIGAÇÃO E PROJECTO EM CONTROLO E APLICAÇÃO DE MÁQUINAS ELÉCTRICAS. Em parceria com as empresas/entidades:

CICLO DE FORMAÇÕES CENTRO DE INVESTIGAÇÃO E PROJECTO EM CONTROLO E APLICAÇÃO DE MÁQUINAS ELÉCTRICAS. Em parceria com as empresas/entidades: CENTRO DE INVESTIGAÇÃO E PROJECTO EM CONTROLO E APLICAÇÃO DE MÁQUINAS ELÉCTRICAS CICLO DE FORMAÇÕES 2012 Em parceria com as empresas/entidades: c/a participação de formadores da EDP 1 Conteúdo Ciclo de

Leia mais

15 de Junho a 7 de Julho Lisboa MOTIVAÇÃO Conhecer a informação que utilizamos diariamente, os seus processos de gestão e procedimentos directamente com ela associados, constituem formas de melhor compreendermos

Leia mais

Segurança e Higiene no Trabalho

Segurança e Higiene no Trabalho Guia Técnico Segurança e Higiene no Trabalho Volume III Análise de Riscos um Guia Técnico de Copyright, todos os direitos reservados. Este Guia Técnico não pode ser reproduzido ou distribuído sem a expressa

Leia mais

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Segurança e Higiene no trabalho

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Segurança e Higiene no trabalho O Social pela Governança Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Segurança e Higiene no trabalho ÍNDICE HIGIENE E SEGURANÇA NO TRABALHO... 3 OBJECTIVOS... 3 DESTINATÁRIOS... 3 INSCRIÇÕES E NÚMERO

Leia mais

Curso de Gestão Para Empresários e Directores

Curso de Gestão Para Empresários e Directores Curso de Gestão Para Empresários e Directores Sob a direcção do Doutor José Nunes Maia, Professor Aposentado do ISCTE Lisboa, a MoreData pretende dar início à 1ª edição do Curso de Gestão para Empresários

Leia mais

DOSSIER II EDIÇÃO DO CURSO DE EMPREENDEDORISMO E CRIAÇÃO DE EMPRESAS. 4 de Maio a 12 de Outubro

DOSSIER II EDIÇÃO DO CURSO DE EMPREENDEDORISMO E CRIAÇÃO DE EMPRESAS. 4 de Maio a 12 de Outubro DOSSIER II EDIÇÃO DO CURSO DE EMPREENDEDORISMO E CRIAÇÃO DE EMPRESAS 4 de Maio a 12 de Outubro Índice 1. Denominação 2. Objectivos 3. Destinatários 4. Avaliação 5. Conteúdo Programático 6. Programa indicativo

Leia mais

Acção de Formação Contabilidade de Gestão - Primavera v8

Acção de Formação Contabilidade de Gestão - Primavera v8 Acção de Formação Contabilidade de Gestão - Primavera v8 MoreData, Sistemas de Informação Campo Grande 28, 10º E 1700-093 Lisboa 213520171 info@moredata.pt Índice de Conteúdos Introdução...3 Sobre o Curso...4

Leia mais

Catálogo de Formação Inter-Empresas

Catálogo de Formação Inter-Empresas Catálogo de Formação Inter-Empresas QTEL 2015 Índice Quem Somos...Pág. 3 6 Razões para Escolher a QTEL...Pág. 5 Formação em Ambiente.Pág. 6 Formação em Inovação..Pág. 9 Formação em Qualidade Pág. 13 Formação

Leia mais

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DOS STIC SISTEMAS E TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E DE COMUNICAÇÃO

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DOS STIC SISTEMAS E TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E DE COMUNICAÇÃO DINSTITUTO SUPERIOR CURSOS PARA EXECUTIVOS E GESTÃO BANCÁRIA AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DOS STIC SISTEMAS E TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E DE COMUNICAÇÃO Início: 29 de Setembro de 2005 INSTITUTO SUPERIOR DE GESTÃO

Leia mais

Formação. Datas. Inscrições. Custo IMPLEMENTAÇÃO/GESTÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA INOVAÇÃO. 180 Euros

Formação. Datas. Inscrições. Custo IMPLEMENTAÇÃO/GESTÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA INOVAÇÃO. 180 Euros SISTEMAS DE GESTÃO DA INOVAÇÃO Esta ação visa desenvolver nos participantes um conjunto de conhecimentos, competências e atitudes interdisciplinares para a conceção, implementação e gestão de Sistemas

Leia mais

Curso Requisitos da ISO 14001 - Introdução à Implementação da Norma

Curso Requisitos da ISO 14001 - Introdução à Implementação da Norma Curso Requisitos da ISO 14001 - Introdução à Implementação da Norma Referencial do Curso Objectivos Objectivos Gerais Dar a conhecer os requisitos da ISO 14001 e metodologias de resposta aos mesmos. Objectivos

Leia mais

Curso de Especialização em

Curso de Especialização em Curso de Especialização em CÁLCULO FINANCEIRO OBJECTIVOS A liberalização dos mercados financeiros, a crescente concorrência entre instituições financeiras, a inovação e diversificação ao nível dos serviços

Leia mais

REFERENCIAL DO CURSO DE COORDENAÇÃO

REFERENCIAL DO CURSO DE COORDENAÇÃO REFERENCIAL DO CURSO DE COORDENAÇÃO DE Área de Formação 862 Segurança e Higiene no Trabalho Formação Profissional Contínua/de Especialização ÍNDICE 1- ENQUADRAMENTO... 3 2- OBJECTIVO GERAL... 4 3- OBJECTIVOS

Leia mais

Catálogo de Formação Inter-Empresas

Catálogo de Formação Inter-Empresas Catálogo de Formação Inter-Empresas QTEL 2016 Índice Quem Somos...Pág. 3 6 Razões para Escolher a QTEL...Pág. 5 Formação em Ambiente.Pág. 6 Formação em Inovação..Pág. 11 Formação em Qualidade Pág. 15 Formação

Leia mais

Criação e Desenvolvimento de Novos Negócios no Sector Agro-Alimentar

Criação e Desenvolvimento de Novos Negócios no Sector Agro-Alimentar Curso de Formação Avançada Criação e Desenvolvimento de Novos Negócios no Sector Agro-Alimentar Em colaboração com 9 de Maio a 21 de Junho de 2008 Instituto Superior de Agronomia / Universidade Técnica

Leia mais

MASTER INNOVATION MANAGEMENT SYSTEMS SGS. Duração 112 Horas / 3 meses. Edição 1ª Edição. Calendário outubro dezembro 2015

MASTER INNOVATION MANAGEMENT SYSTEMS SGS. Duração 112 Horas / 3 meses. Edição 1ª Edição. Calendário outubro dezembro 2015 Edição 1ª Edição Calendário outubro dezembro 2015 Duração 112 Horas / 3 meses Regime Pós-laboral e ao sábado MASTER INNOVATION MANAGEMENT SYSTEMS Em parceria com: SGS ENQUADRAMENTO E OBJETIVOS COORDENAÇÃO

Leia mais

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA FORMAÇÃO

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA FORMAÇÃO REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA FORMAÇÃO O presente Regulamento pretende enquadrar as principais regras e linhas de orientação pelas quais se rege a atividade formativa da LEXSEGUR, de forma a garantir

Leia mais

MASTER EXECUTIVO GESTÃO ESTRATÉGICA

MASTER EXECUTIVO GESTÃO ESTRATÉGICA Pág.: 1/10 HISTÓRICO DO DOCUMENTO / EMISSÃO Data Ver. Objeto da Revisão Elab. / Verif. (Função / Nome / Assinatura(*)) C. Técnicocientífica/ S. Iglésias Aprovação (Função / Nome / Assinatura(*)) Diretora/

Leia mais

Acção de Formação Logística (Vendas) - Primavera v8

Acção de Formação Logística (Vendas) - Primavera v8 Acção de Formação Logística (Vendas) - Primavera v8 MoreData, Sistemas de Informação Campo Grande 28, 10º E 1700-093 Lisboa 213520171 info@moredata.pt Índice de Conteúdos Introdução...3 Sobre o Curso...4

Leia mais

Plano de Formação. Condicionamento ambiental das explorações pecuárias. REAP

Plano de Formação. Condicionamento ambiental das explorações pecuárias. REAP Plano de Formação 1. Enquadramento A produção animal encontra-se perante um aumento das pressões a partir da sociedade para cumprir a legislação ambiental, para que os sistemas de produção sejam explorados

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO CURSO

FICHA TÉCNICA DO CURSO FICHA TÉCNICA DO CURSO AVALIAÇÃO DE BENS IMOBILIÁRIOS EDIÇÃO Nº01/2013 1. DESIGNAÇÃO DO CURSO Avaliação de Bens Imobiliários. 2. COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER No final da formação, os participantes deverão

Leia mais

Competências de Gestão para Dirigentes e Técnicos de Associações Empresariais

Competências de Gestão para Dirigentes e Técnicos de Associações Empresariais Competências de Gestão para Dirigentes e Técnicos de Associações Empresariais Curso de Formação 2011 Índice PROPOSTA FORMATIVA... 3 Introdução... 3 Objectivo geral... 3 Estrutura... 3 Metodologias... 3

Leia mais

UNIVERSIDADE DO PORTO GLOSSÁRIO DA ÁREA DA EDUCAÇÃO CONTÍNUA

UNIVERSIDADE DO PORTO GLOSSÁRIO DA ÁREA DA EDUCAÇÃO CONTÍNUA UNIVERSIDADE DO PORTO GLOSSÁRIO DA ÁREA DA EDUCAÇÃO CONTÍNUA Acção de formação Módulo, curso, curso livre, curso multidisciplinar ou seminário realizado no âmbito da Educação Contínua ou da Aprendizagem

Leia mais

Gestão da Formação. > Formação Pedagógica Inicial de Formadores 101. > Formação Pedagógica Contínua de Formadores 102

Gestão da Formação. > Formação Pedagógica Inicial de Formadores 101. > Formação Pedagógica Contínua de Formadores 102 > Formação Pedagógica Inicial de Formadores 101 > Formação Pedagógica Contínua de Formadores 102 > Diagnóstico de Necessidades de Formação 103 > Avaliação da Formação 104 Gestão da Formação 99 Calendário

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL DE TÉCNICO DE SEGURANÇA E HIGIENE DO TRABALHO

CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL DE TÉCNICO DE SEGURANÇA E HIGIENE DO TRABALHO CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL DE TÉCNICO DE SEGURANÇA E HIGIENE DO TRABALHO 1/19 Programa do curso Módulo Designação Duração (h) Componente Sócio-Cultural 1 Legislação, regulamentos e normas de segurança,

Leia mais

SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE NO TRABALHO PROGRAMA DE FORMAÇÃO

SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE NO TRABALHO PROGRAMA DE FORMAÇÃO FORMAÇÃO SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE NO TRABALHO PROGRAMA DE FORMAÇÃO 1 Introdução No actual quadro legislativo (35/2004) é bem claro que a responsabilidade pelas condições de Segurança, Higiene e Saúde

Leia mais

luanda 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE - GESTÃO DA FORMAÇÃO LOCAL EPIC SANA LUANDA HOTEL DATAS 14 A 23 JULHO 2014 Mastering People Development

luanda 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE - GESTÃO DA FORMAÇÃO LOCAL EPIC SANA LUANDA HOTEL DATAS 14 A 23 JULHO 2014 Mastering People Development luanda www.letstalkgroup.com 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE - GESTÃO DA FORMAÇÃO LOCAL EPIC SANA LUANDA HOTEL DATAS 14 A 23 JULHO 2014 Mastering People Development 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE Gestão da Formação 14

Leia mais

SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO

SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO PÓS-GRADUAÇÃO/ESPECIALIZAÇÃO EM SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO QUALIDADE, AMBIENTE, SEGURANÇA E RESPONSABILIDADE SOCIAL FORMAÇÃO SGS ACADEMY PORQUÊ A SGS ACADEMY? Criada, em 2003, como área de negócio da

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE SEGURANÇA E HIGIENE DO TRABALHO

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE SEGURANÇA E HIGIENE DO TRABALHO PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE SEGURANÇA E HIGIENE DO TRABALHO PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Segurança e Higiene no Trabalho Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/7 ÁREA DE ACTIVIDADE OBJECTIVO

Leia mais

Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação

Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação A Ciência Viva tem como missão a difusão da Cultura Científica e Tecnológica apoiando acções dirigidas à promoção da Educação Científica e Tecnológica

Leia mais

CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DO AMBIENTE ISO 14001:2004

CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DO AMBIENTE ISO 14001:2004 CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DO AMBIENTE ISO 14001:2004 O curso de Certificação/Qualificação de Auditores Internos é constituído por 2 módulos com avaliação escrita: 1. Interpretação

Leia mais

INSTITUTO DE INOVAÇÃO E CONHECIMENTO TERMO DE REFERÊNCIA

INSTITUTO DE INOVAÇÃO E CONHECIMENTO TERMO DE REFERÊNCIA INSTITUTO DE INOVAÇÃO E CONHECIMENTO TERMO DE REFERÊNCIA REALIZAÇÃO DE ESTUDOS E FORMULAÇÃO DE PROJECTO DE BACKBONE DE FIBRA OPTICA PARA IMPLANTAÇÃO DE INFRA-ESTRUTURA DE COMUNICAÇÃO REDE DO ESTADO INIC

Leia mais

Programa. Empreendedorismo Cultural e Indústrias Criativas 2012

Programa. Empreendedorismo Cultural e Indústrias Criativas 2012 Programa Empreendedorismo Cultural e Indústrias Criativas 2012 Programa Empreendedorismo Cultural e Indústrias Criativas 2012 3 Hemisfério esquerdo responsável pelo pensamento lógico e pela competência

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO F O R M A Ç Ã O A V A N Ç A D A CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO FORMAÇÃO ESPECÍFICA PARA MEMBROS DA ORDEM DOS ENGENHEIROS ENQUADRAMENTO O CEGE/ISEG é um centro de investigação e projectos do ISEG Instituto

Leia mais

PROGRAMA CURRICULAR ESTÁGIO COMPLEMENTAR DE ACUPUNTURA PROGRAMA CURRICULAR CURSO: ACUPUNTURA. DOCENTES: Vários

PROGRAMA CURRICULAR ESTÁGIO COMPLEMENTAR DE ACUPUNTURA PROGRAMA CURRICULAR CURSO: ACUPUNTURA. DOCENTES: Vários PROGRAMA CURRICULAR CURSO: 2015 ACUPUNTURA DOCENTES: Vários EQUADRAMENTO DA FORMAÇÃO Este curso destina-se a todos os diplomados em Acupuntura que pretendam acrescentar ou reforçar os elementos/requisitos

Leia mais

Curriculum do Voluntário Universitário PROGRAMA

Curriculum do Voluntário Universitário PROGRAMA Curriculum do Voluntário Universitário PROGRAMA A frequência do ensino superior coincide, na maioria das situações, com uma fase de desenvolvimento psicológico e social muito significativa, especialmente,

Leia mais

Universidade Nova de Lisboa ESCOLA NACIONAL DE SAÚDE PÚBLICA

Universidade Nova de Lisboa ESCOLA NACIONAL DE SAÚDE PÚBLICA REGULAMENTO O Regulamento do Curso de Especialização em Medicina do Trabalho (CEMT) visa enquadrar, do ponto de vista normativo, o desenvolvimento das actividades inerentes ao funcionamento do curso, tendo

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE PROJECTOS NÍVEL 1 EDIÇÃO Nº 01/2013

FICHA TÉCNICA DO CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE PROJECTOS NÍVEL 1 EDIÇÃO Nº 01/2013 FICHA TÉCNICA DO CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE PROJECTOS NÍVEL 1 EDIÇÃO Nº 01/2013 1. DESIGNAÇÃO DO CURSO Especialização em Gestão de Projectos Nível 1 2. COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER Este curso constitui

Leia mais

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Empreendedorismo

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Empreendedorismo O Social pela Governança Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Empreendedorismo 2 ÍNDICE EMPREENDEDORISMO... 3 OBJECTIVOS... 3 DESTINATÁRIOS... 4 CONDIÇÕES DE ACESSO E SELECÇÃO DOS CANDIDATOS...

Leia mais

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais O Social pela Governança Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais ÍNDICE CONTABILIDADE, FISCALIDADE E FINANÇAS EMPRESARIAIS... 3 OBJECTIVOS...

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO / ESPECIALIZAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR

PÓS-GRADUAÇÃO / ESPECIALIZAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR PÓS-GRADUAÇÃO / ESPECIALIZAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR FORMAÇÃO SGS ACADEMY LOCAL: LISBOA, PORTO E FUNCHAL GRUPO SGS PORTUGAL O Grupo SGS Société Générale de Surveillance S.A é a maior

Leia mais

Curso de pós graduação em Auditorias a Sistemas Integrados de Gestão 1ª edição

Curso de pós graduação em Auditorias a Sistemas Integrados de Gestão 1ª edição Curso de pós graduação em Auditorias a Sistemas Integrados de Gestão 1ª edição Parceria entre a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra (ESTSC) www.estescoimbra.pt e o CTCV www.ctcv.pt Nota Prévia

Leia mais

Pós-Graduação em Segurança de Máquinas

Pós-Graduação em Segurança de Máquinas Pós-Graduação em Segurança de Máquinas Área de Formação Segurança Objectivo - Reconhecer quais as obrigações legais na aquisição, alteração e uso de equipamentos; - Reconhecer quais os referenciais normativos

Leia mais

Acção de Formação Contabilidade Geral - Primavera v8

Acção de Formação Contabilidade Geral - Primavera v8 Acção de Formação Contabilidade Geral - Primavera v8 MoreData, Sistemas de Informação Campo Grande 28, 10º E 1700-093 Lisboa 213520171 info@moredata.pt Índice de Conteúdos Introdução...3 Sobre o Curso...4

Leia mais

Nas condições a seguir mencionadas, os cursos só poderão, porém, ser realizados com um mínimo de 15 inscrições.

Nas condições a seguir mencionadas, os cursos só poderão, porém, ser realizados com um mínimo de 15 inscrições. Sob a direcção do Doutor José Nunes Maia, Professor Aposentado do ISCTE Lisboa, a MoreData pretende dar início à 1ª edição do Curso Básico de Gestão (CBG) destinado a chefias intermédias e do Curso de

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO CURSO FOTOGRAFIA DIGITAL E PÓS-PRODUÇÃO DE IMAGEM EDIÇÃO Nº 01/2012

FICHA TÉCNICA DO CURSO FOTOGRAFIA DIGITAL E PÓS-PRODUÇÃO DE IMAGEM EDIÇÃO Nº 01/2012 FICHA TÉCNICA DO CURSO FOTOGRAFIA DIGITAL E PÓS-PRODUÇÃO DE IMAGEM EDIÇÃO Nº 01/2012 1. DESIGNAÇÃO DO CURSO Fotografia Digital e Pós-produção de imagem. 2. COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER O "Curso de Fotografia

Leia mais

CURSO Formação Pedagógica Inicial de Formadores

CURSO Formação Pedagógica Inicial de Formadores REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO CURSO Formação Pedagógica Inicial de Formadores Homologado pelo IEFP com o código de curso C1840003 Presencial 90 horas (Conforme Portaria n.º 214/2011, de 30 de maio) DPJ.FOR.FPIF.01

Leia mais

Programa de Formação

Programa de Formação Programa de Formação Designação da acção: Curso de Formação Contínua Treino Funcional CFC_TFI_TOT Área Científica: Educação Física e Desporto Área de Estudo: Código 81, Designação Serviços Pessoais Área

Leia mais

SNC Casos Práticos. Lisboa, 11, 18 e 25 de outubro,6 Porto, 22 e 30 novembro, 6 e 13 de dezembro. www.pwc.pt/academy. Academia da PwC.

SNC Casos Práticos. Lisboa, 11, 18 e 25 de outubro,6 Porto, 22 e 30 novembro, 6 e 13 de dezembro. www.pwc.pt/academy. Academia da PwC. www.pwc.pt/academy SNC Casos Práticos Lisboa, 11, 18 e 25 de outubro,6 outubro, de novembro Porto, 22 e 30 novembro, 6 e 13 de dezembro Academia da PwC 6ªEdição Lideres na formação de executivos no SNC,

Leia mais

curso de especialização em gestão

curso de especialização em gestão F OR M A Ç Ã O A V A N Ç A D A curso de especialização em gestão FORMAÇÃO ESPECÍFICA PARA MEMBROS DA ORDEM DOS ENGENHEIROS Enquadramento O CEGE/ISEG é um centro de investigação e projectos do ISEG Instituto

Leia mais

SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE NO TRABALHO PROGRAMA DE FORMAÇÃO

SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE NO TRABALHO PROGRAMA DE FORMAÇÃO FORMAÇÃO SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE NO TRABALHO PROGRAMA DE FORMAÇÃO Introdução No actual quadro legislativo (Lei 7/2009 Código do Trabalho) e (Lei 102/2009 Regime jurídico da promoção da segurança e saúde

Leia mais

Edital de abertura de concurso. Curso de Especialização Tecnológica (Nível IV) Gestão da Qualidade e Ambiente

Edital de abertura de concurso. Curso de Especialização Tecnológica (Nível IV) Gestão da Qualidade e Ambiente 1. Perfil Profissional Edital de abertura de concurso Curso de Especialização Tecnológica (Nível IV) Gestão da Qualidade e Ambiente O/A Técnico/a Especialista em Gestão da Qualidade e do Ambiente é o/a

Leia mais

Regulamento de Funcionamento da Formação

Regulamento de Funcionamento da Formação Regulamento de Funcionamento da Formação Índice 1. Caracterização e Identificação da Entidade... 3 2. Certificação entidade formadora... 3 3. Acreditação Entidade Formadora... 3 4. Certificação ISO 9001...

Leia mais

DEMOCRACIA E GESTÃO AUTÁRQUICA

DEMOCRACIA E GESTÃO AUTÁRQUICA DEMOCRACIA E GESTÃO AUTÁRQUICA DURAÇÃO / COMPONENTE / DIPLOMA CURSO DE FORMAÇÃO AVANÇADA I Edição 2014 30 Horas lectivas / Teórica / Curso de Formação Avançada COORDENAÇÃO Coordenação Científica Prof.

Leia mais

CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DA QUALIDADE ISO 9001:2008

CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DA QUALIDADE ISO 9001:2008 CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DA QUALIDADE ISO 9001:2008 O curso de Certificação/Qualificação de Auditores Internos é constituído por 2 módulos com avaliação escrita: 1. Interpretação

Leia mais

O reconhecimento como uma referência na área de consultadoria em engenharia em Portugal.

O reconhecimento como uma referência na área de consultadoria em engenharia em Portugal. VISÃO & MISSÃO VISÃO O reconhecimento como uma referência na área de consultadoria em engenharia em Portugal. MISSÃO Actuar junto de empresas industriais, de serviços, estabelecimentos de ensino, empresas

Leia mais

Lingua Espanhola - Relações Laborais - Iniciação (Ufcd 5446) Novas Oportunidades para Desempregados

Lingua Espanhola - Relações Laborais - Iniciação (Ufcd 5446) Novas Oportunidades para Desempregados tel. 213 610 650 sede.lisboa@cequal.pt Lingua Espanhola - Relações Laborais - Iniciação (Ufcd 5446) DATA: 01,03,04,08,10,12,15,17,18,22,24,26,29 de Setembro; 03 de Outubro. DURAÇÃO: 50 horas. OBJECTIVOS:

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO I DA ADMISSÃO, DURAÇÃO E FREQUÊNCIA ARTIGO 1.º 1. O presente Regulamento estabelece as regras aplicáveis aos Cursos de Pós-Graduação promovidos conjuntamente pela

Leia mais

Serviços Tecno Consultores em Formação. Serviços Tecnológicos MAPFRE Consultores em Engenharia e Formação

Serviços Tecno Consultores em Formação. Serviços Tecnológicos MAPFRE Consultores em Engenharia e Formação Serviços Tecno Consultores em Formação Consultores em Engenharia e Formação Plano de Formação 2014 Índice Curso Intensivo sobre Segurança no Trabalho para atualização de CAP s 4 Curso Intensivo sobre Segurança

Leia mais

1. Objectivos. 2. Destinatários. 3. Competências

1. Objectivos. 2. Destinatários. 3. Competências DEPARTAMENTO DE POLÍTICA E TRABALHO SOCIAL REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DE LIDERANÇA E GESTÃO DE EQUIPAMENTOS SOCIAIS 1ª EDIÇÃO 2013/2014. 1 1. Objectivos Na sociedade atual as organizações de

Leia mais

Curso(s): Licenciaturas em Engenharia Total de horas Aulas Teórico-Práticas 60 h

Curso(s): Licenciaturas em Engenharia Total de horas Aulas Teórico-Práticas 60 h UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA F A C U L D A D E D E E NGE N H ARIA Disciplina de DESENHO Contexto da Disciplina Horas de Trabalho do Aluno Curso(s): Licenciaturas em Engenharia Total de horas Aulas

Leia mais

AERLIS Programa de boas práticas de gestão de projeto

AERLIS Programa de boas práticas de gestão de projeto 22 de Dezembro de 2014 AERLIS Programa de boas práticas de gestão de projeto Hugo Cartaxeiro PMP BECOME WINNERS TOGETHER. WINNING Management Consulting Foco na produtividade e previsibilidade dos projetos

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO CURSO A FOTOGRAFIA (INTRODUÇÃO) E TÉCNICA FOTOGRÁFICA EDIÇÃO Nº 01/2013

FICHA TÉCNICA DO CURSO A FOTOGRAFIA (INTRODUÇÃO) E TÉCNICA FOTOGRÁFICA EDIÇÃO Nº 01/2013 FICHA TÉCNICA DO CURSO A FOTOGRAFIA (INTRODUÇÃO) E TÉCNICA FOTOGRÁFICA EDIÇÃO Nº 01/2013 1. DESIGNAÇÃO DO CURSO A fotografia (introdução) e Técnica Fotográfica. 2. COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER - Reflectir

Leia mais

Sistemas Solar Fotovoltaicos (Projectista)

Sistemas Solar Fotovoltaicos (Projectista) Sistemas Solar Fotovoltaicos (Projectista) DATAS A definir (assim que seja atingido o número mínimo de inscrições) HORÁRIO Pós-Laboral, à 2ª e 4ª, das 19h00 às 23h00 ou Sábado, das 9h00 às 13h00 e das

Leia mais

Nível Secundário e Nível 3 de Formação (S 3 ) Regimento Interno. Curso de Educação e Formação de Adultos E.F.A.

Nível Secundário e Nível 3 de Formação (S 3 ) Regimento Interno. Curso de Educação e Formação de Adultos E.F.A. Regimento Interno Curso de Educação e Formação de Adultos E.F.A. Artigo 1º Assiduidade 1. A assiduidade dos formandos dos cursos E.F.A. obedece ao estipulado no artigo 22.º, da Portaria 230/2008 de 7 de

Leia mais

curso_atualização em Biossegurança em laboratório de nível 2 e 3 (b-learning)

curso_atualização em Biossegurança em laboratório de nível 2 e 3 (b-learning) curso_atualização em Biossegurança em laboratório de nível 2 e 3 (b-learning) 13 de abril a 4 de maio de 2015 Enquadramento: A Unidade de Resposta a Emergência e Biopreparação (UREB) do Instituto Nacional

Leia mais

Introdução. Confiabilidade. Conformidade. Segurança. Optimização e Disponibilidade

Introdução. Confiabilidade. Conformidade. Segurança. Optimização e Disponibilidade Introdução Desenvolvido segundo um modelo de bases de dados relacionais, podem ser realizadas personalizações à medida de cada empresa, em conformidade com o Sistema de Informação existente e diversas

Leia mais

Regulamento Interno de Formação

Regulamento Interno de Formação Regulamento Interno de Formação AR01/0 2012-07-24 9 Introdução A FRONTWAVE concretiza actualmente um dos objectivos principais da sua missão (derivada da sua própria génese e espelhada através do seu objecto

Leia mais

Curso de formação: Análise de Risco, Segurança Operacional e Confiabilidade

Curso de formação: Análise de Risco, Segurança Operacional e Confiabilidade CETESB Companhia Ambiental do Estado de São Paulo FDTE Fundação para o Desenvolvimento Tecnológico da Engenharia LabRisco Laboratório de Análise, Avaliação e Gerenciamento de Risco da USP Curso de formação:

Leia mais

Sistema de Normalização Contabilística

Sistema de Normalização Contabilística www.pwcacademy.pt Sistema de Normalização Contabilística Sector da Construção Academia da PwC Oportunidade para apreender os principais aspectos do novo modelo de normalização contabilística bem como os

Leia mais

KEY Centro de Formação, Lda. Regulamento de Funcionamento da Formação

KEY Centro de Formação, Lda. Regulamento de Funcionamento da Formação Regulamento de Funcionamento da Formação KEY Centro de Formação, Lda. Regulamento de Funcionamento da Formação Página 2 de 12 ÍNDICE 1. ENQUADRAMENTO... 3 2. REQUISITOS DE ACESSO E FORMAS DE INSCRIÇÃO...

Leia mais

CATÁLOGO DE FORMAÇÃO ACTIO 2015

CATÁLOGO DE FORMAÇÃO ACTIO 2015 Catálogo de Formação ACTIO 2015 Lean - Nível Executivo Lean Production Executivo Manutenção Lean Executivo Six Sigma - Champion Lean - Nível Master Lean Production Master Manutenção Lean Master Lean nos

Leia mais

Pós-Graduação em Sistemas e Tecnologias de Informação para as organizações

Pós-Graduação em Sistemas e Tecnologias de Informação para as organizações Curso de Pós-Graduação em Sistemas e Tecnologias de Informação para as organizações Instituto Superior de Economia e Gestão Universidade Técnica de Lisboa 2 A globalização da Sociedade da Informação em

Leia mais

Catálogo de Formação Intra-Empresas

Catálogo de Formação Intra-Empresas Catálogo de Formação Intra-Empresas QTEL 2015 Índice Quem Somos.....Pág. 3 6 Razões para Escolher a QTEL.....Pág. 5 Formação em Ambiente....Pág. 6 Formação em Gestão e Logística..Pág. 7 Formação em Inovação

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO E MESTRADOS EXECUTIVOS DO ISLA CAMPUS LISBOA

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO E MESTRADOS EXECUTIVOS DO ISLA CAMPUS LISBOA REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO E MESTRADOS EXECUTIVOS DO ISLA CAMPUS LISBOA 1.º OBJECTIVO Os Cursos de Pós-Graduação e Mestrados Executivos do ISLA Campus Lisboa são programas de estudos que visam

Leia mais

Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar á ficha modelo ACC 2

Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar á ficha modelo ACC 2 CONSELHO CIENTÍFICO-PEDAGÓGICO DE FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE ESTÁGIO, PROJECTO, OFICINA DE FORMAÇÃO E CÍRCULO DE ESTUDOS Formulário de preenchimento obrigatório,

Leia mais

CURSO DE INTEGRAÇÃO EMPRESARIAL DE QUADROS (CIEQ)

CURSO DE INTEGRAÇÃO EMPRESARIAL DE QUADROS (CIEQ) INTEGRAÇÃO PROFISSIONAL DE TÉCNICOS SUPERIORES BACHARÉIS, LICENCIADOS E MESTRES CURSO DE INTEGRAÇÃO EMPRESARIAL DE QUADROS (CIEQ) GUIA DE CURSO ÍNDICE 1 - Objectivo do curso 2 - Destinatários 3 - Pré-requisitos

Leia mais

M ODELO EUROPEU DE INFORMAÇÃO PESSOAL. João Alfredo Tavares Amaro Rua Frei Amador Arrais 39 - r/c Ap. 104 7801-902 Beja PORTUGAL CURRICULUM VITÆ

M ODELO EUROPEU DE INFORMAÇÃO PESSOAL. João Alfredo Tavares Amaro Rua Frei Amador Arrais 39 - r/c Ap. 104 7801-902 Beja PORTUGAL CURRICULUM VITÆ M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITÆ INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Morada Institucional João Alfredo Tavares Amaro Rua Frei Amador Arrais 39 - r/c Ap. 104 7801-902 Beja PORTUGAL Telefone (+351) 284 311 311 Fax

Leia mais

UNIVERSIDADE POPULAR DO PORTO

UNIVERSIDADE POPULAR DO PORTO ACÇÃO DE FORMAÇÃO OS ARQUIVOS DO MUNDO DO TRABALHO TRATAMENTO TÉCNICO ARQUIVÍSTICO RELATÓRIO FINAL Enquadramento A acção de formação Os arquivos do mundo do trabalho tratamento técnico arquivístico realizou-se

Leia mais

Mestrado em Sistemas Integrados de Gestão (Qualidade, Ambiente e Segurança)

Mestrado em Sistemas Integrados de Gestão (Qualidade, Ambiente e Segurança) Mestrado em Sistemas Integrados de Gestão (Qualidade, Ambiente e Segurança) 1 - Apresentação Grau Académico: Mestre Duração do curso: : 2 anos lectivos/ 4 semestres Número de créditos, segundo o Sistema

Leia mais

DESTINATÁRIOS Engenheiros e técnicos com interesse e/ou responsabilidades profissionais na área da gestão ambiental e/ou desenvolvimento de produtos.

DESTINATÁRIOS Engenheiros e técnicos com interesse e/ou responsabilidades profissionais na área da gestão ambiental e/ou desenvolvimento de produtos. Curso: Introdução à Avaliação do Ciclo de Vida (ACV) como ferramenta de Gestão Ambiental e de Ecodesign 15 Outubro 26 Novembro 2011 (sábados de manhã) Organização: Escola Superior de Biotecnologia - Universidade

Leia mais

Referencial do Curso de Técnico de Equipamento e Sistemas de Segurança Contra- Incêndios (Extintores e SADI) 1. MÓDULOS:

Referencial do Curso de Técnico de Equipamento e Sistemas de Segurança Contra- Incêndios (Extintores e SADI) 1. MÓDULOS: Referencial do Curso Técnico de Equipamento e Sistemas de Segurança Contra-Incêndios (Extintores e SADI) [2011] 1. MÓDULOS: Unidade 1 - Introdução e enquadramento da actividade de Técnico de Equipamento

Leia mais

FORMAÇÃO 2012/2013 CURSOS GRATUITOS. HORÁRIO PÓS-LABORAL

FORMAÇÃO 2012/2013 CURSOS GRATUITOS. HORÁRIO PÓS-LABORAL FORMAÇÃO 01/013 CURSOS GRATUITOS. HORÁRIO PÓS-LABORAL INFORMAÇÕES FUNDAÇÂO MINERVA Cultura - Ensino e Investigação Científica Universidade Lusíada de Vila Nova de Famalicão Largo Tinoco de Sousa 760. 108

Leia mais

MBA MASTER BUSINESS ADMINISTRATION E MBAH MASTER EM GESTÃO HOTELEIRA E TURISTICA

MBA MASTER BUSINESS ADMINISTRATION E MBAH MASTER EM GESTÃO HOTELEIRA E TURISTICA MBA MASTER BUSINESS ADMINISTRATION E MBAH MASTER EM GESTÃO HOTELEIRA E TURISTICA Angra do Heroísmo 2007 1 MBA MASTER BUSINESS ADMINISTRATION MBAH MASTER EM GESTÃO HOTELEIRA E TURISTICA Objectivos dos dois

Leia mais

Curso Combate a Incêndios

Curso Combate a Incêndios Curso Combate a Incêndios Referencial do Curso Objectivos Objectivos Gerais Dotar os participantes de conhecimentos básicos sobre o combate a incêndios e colocar em prática os conteúdos teóricos abordados.

Leia mais

ACÇÃO DE FORMAÇÃO EDUCAÇÃO PARA O EMPREENDEDORISMO NA ESCOLA

ACÇÃO DE FORMAÇÃO EDUCAÇÃO PARA O EMPREENDEDORISMO NA ESCOLA ACÇÃO DE FORMAÇÃO EDUCAÇÃO PARA O EMPREENDEDORISMO NA ESCOLA Extracto do PARECER TÉCNICO emitido pelo Especialista da Formação PREÂMBULO O presente Parecer tem como objectivo a análise do Projecto de Investigação

Leia mais

Formadores (1º ano) Locais das oficinas. Data limite de inscrições

Formadores (1º ano) Locais das oficinas. Data limite de inscrições Sementes para a Criatividade É uma acção de formação constituída por duas oficinas, uma de escrita criativa e outra de artes plásticas, em que se prevê: a criação de uma narrativa ilustrada que será submetida

Leia mais

Gestão e Novas Tecnologias

Gestão e Novas Tecnologias Curso de Especialização em Gestão e Novas Tecnologias Índice 1- Enquadramento 2- Objectivos 3- Destinatários 4- Conteúdos programáticos 5- Corpo docente 6- Planeamento da formação 7- Organização e responsabilidade

Leia mais

Regulamento n.º 663/2010. Curso de Estudos Avançados em Gestão Pública (CEAGP) 11.ª Edição (2010-2011) Artigo 1.º. Missão e Objectivos

Regulamento n.º 663/2010. Curso de Estudos Avançados em Gestão Pública (CEAGP) 11.ª Edição (2010-2011) Artigo 1.º. Missão e Objectivos Regulamento n.º 663/2010 Curso de Estudos Avançados em Gestão Pública (CEAGP) 11.ª Edição (2010-2011) Artigo 1.º Missão e Objectivos O CEAGP tem por missão propiciar uma formação generalista, de nível

Leia mais

Empreendedorismo e Organização da Empresa. Público-Alvo

Empreendedorismo e Organização da Empresa. Público-Alvo Empreendedorismo e Organização da Empresa Público-Alvo Formandos que pretendam adquirir um conjunto de conhecimentos e competências na área empresarial, que lhes permita alargar a sua compreensão e posterior

Leia mais

FORMAÇÃO AVANÇADA: GESTÃO, DIRECÇÃO E FISCALIZAÇÃO DE OBRAS

FORMAÇÃO AVANÇADA: GESTÃO, DIRECÇÃO E FISCALIZAÇÃO DE OBRAS 1 FUNDAMENTAÇÃO Numa altura em que as empresas de construção se debatem com uma elevada concorrência de mercado que leva à apresentação em fase de concurso com preços anormalmente baixos, necessitam de

Leia mais

Programa de Parcerias e Submissão de Propostas 2014/15

Programa de Parcerias e Submissão de Propostas 2014/15 DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA Programa de Parcerias e Submissão de Propostas 2014/15 O Departamento de Informática (DI) da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL) procura criar e estreitar

Leia mais

GUIA DO FORMANDO DIAGNOSTICAR, AVALIAR E INTERVIR EDIÇÃO DAIB1P ÁREA: PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE

GUIA DO FORMANDO DIAGNOSTICAR, AVALIAR E INTERVIR EDIÇÃO DAIB1P ÁREA: PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE GUIA DO FORMANDO DIAGNOSTICAR, AVALIAR E INTERVIR EDIÇÃO DAIB1P ÁREA: PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE Índice ENQUADRAMENTO DESCRIÇÃO DESTINATÁRIOS OBJETIVOS ESTRUTURA E DURAÇÃO AUTOR METODOLOGIA PEDAGÓGICA

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO DE PREPARAÇÃO PARA REVISORES OFICIAIS DE CONTAS

REGULAMENTO DO CURSO DE PREPARAÇÃO PARA REVISORES OFICIAIS DE CONTAS REGULAMENTO DO CURSO DE PREPARAÇÃO PARA REVISORES OFICIAIS DE CONTAS PREÂMBULO Na sequência da transposição para o ordenamento jurídico nacional da Directiva n.º 2006/43/CE, do Parlamento Europeu e do

Leia mais

FORMAÇÃO NP EN ISO 9001:2008 SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE PARA AS RESPOSTAS SOCIAIS

FORMAÇÃO NP EN ISO 9001:2008 SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE PARA AS RESPOSTAS SOCIAIS FORMAÇÃO N EN ISO 9001:2008 SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE ARA AS RESOSTAS SOCIAIS A IZONE Knowledge Systems promove o curso de Formação N EN ISO 9001:2008 Sistemas de Gestão da para as Respostas Sociais,

Leia mais

Design de Interacção - IxD

Design de Interacção - IxD Design de Interacção - IxD Formadores: Bruno Nobre e Cláudia Pernencar PORQUÊ FAZER ESTA FORMAÇÃO? Só uma parceria próxima entre o Design, a Tecnologia e o Utilizador permite obter soluções adequadas,

Leia mais

Curso Integrado AUDITOR. Cadeia de Responsabilidade PEFC FSC. Cadeia de Custódia. Lisboa Porto

Curso Integrado AUDITOR. Cadeia de Responsabilidade PEFC FSC. Cadeia de Custódia. Lisboa Porto Curso Integrado AUDITOR Cadeia de Responsabilidade PEFC e FSC Cadeia de Custódia EDIÇÕES 2012 Lisboa Porto AUDITOR Cadeia de Responsabilidade PEFC e Cadeia de Custódia FSC CURSOS Auditor Cadeia de Responsabilidade

Leia mais

FORMAÇÃO NP EN ISO 19011:2003 QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DA QUALIDADE TERCEIRO SECTOR

FORMAÇÃO NP EN ISO 19011:2003 QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DA QUALIDADE TERCEIRO SECTOR FORMAÇÃO N EN ISO 19011:2003 QUALIFIAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DA QUALIDADE TEREIRO SETOR A IZONE Knowledge Systems promove o curso de Formação QUALIFIAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DA QUALIDADE, para as organizações

Leia mais

Treinamento e-learning Gerenciamento de Riscos e Técnicas para Análise de Riscos: APP, What if, AAF, HAZOP, FMEA.

Treinamento e-learning Gerenciamento de Riscos e Técnicas para Análise de Riscos: APP, What if, AAF, HAZOP, FMEA. Treinamento e-learning Gerenciamento de Riscos e Técnicas para Análise de Riscos: APP, What if, AAF, HAZOP, FMEA. Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica

Leia mais