Soluções Wireless Tecnologia e Tendências

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Soluções Wireless Tecnologia e Tendências"

Transcrição

1 Soluções Wireless Tecnologia e Tendências Dez/ 2008

2 Cenário e Tendências do Mercado de Telecom em 2009 Dez 2008

3 Portfolio de Clientes

4 Diferenciais Competitivos Inteligência estratégica e de mercado Inteligência competitiva Geomarketing Trabalho integrado de inteligência de vendas e marketing Cenários analíticos com recomendações Capital humano setorial e estratégico - perfil diferenciado dos consultores: visionário e inovador - amplo conhecimento dos mercados de TI e Telecom

5 Agenda Realidade, Evolução e Cenários em TI e Telecom Cenários do Mercado de TI e Telecom Mercado de Telecom Brasileiro - Foco Estratégico - Foco de Investimentos - Analise Go To Market - Tendências Tendências e Drivers Conclusões

6 Realidade TI e Telecom MUNDO NOVO: FATOS QUE MARCAM a) comunidades tiram poder das instituições b) amadores tomam lugar de profissionais (ex: Linux) c) Informação na ponta dos dedos, gratuita e em alto volume (ex: google, blogs, Wikpedia, Podcasts, etc..) Todo mundo com esses fones brancos no ouvido está ouvindo o que é na verdade suas emissoras de rádio exclusiva, sem comerciais. A cultura deslocou-se do que antes era a mania de seguir as multidões até o topo dos gráficos para a busca efetiva do próprio estilo e para a exploração das trilhas que se afastam da tendência dominante A Cauda Longa ( The Long Tail) Do mercado de massa para o mercado de Nicho Autor: Chris Anderson

7 Realidade TI e Telecom O CAMINHO DA CONVERGÊNCIA Entertainment, Publishing, Information Providers Computer Hardware And Software Dow Jones Amazon.com Nintendo Sega Xerox Intel Google Yahoo AOL Adobe Microsoft Apple IBM HP Infonet Sun Microsystems Oracle SAP Motorola Equant QVC KDD Telefonica Time Warner ABC/NBC/CBS/CNN/TBS/CBC/CTV/BBC T-Systems AT&T Verizon Comcast Embratel Telephone, Cable, Satelite, Radio Fonte: Don Tapscott

8 Realidade Mercado Brasileiro de TI Receita das empresas de TI em Hardware, Software e Serviços estimada em 2008: US$ 20 bilhões Drivers do Mercado Consolidações no setor de serviços. O processo de consolidação é uma realidade e a razão chave é exatamente a questão da produtividade média por cabeça. Tendência que esta se consolidando em software: TOTVS e Datasul realizaram dezenas de aquisições nos últimos 02 anos. Empresas de Software Desenvolvedores representam algo como 2/3 dos profissionais das empresas. Nas empresas globalizadas os desenvolvedores representam, se muito, 15% a 20%.

9 Realidade Mercado Brasileiro de TI Movimentos concretos de globalização Consolidação de empresas brasileiras nos mercados americano e europeu: Stefanini, CPM Braxis, BRQ. Ações efetivas do ITS/Softex para apoiar empresas de pequeno e médio porte de TI na abordagem e realização de negócios na AL e USA: PSV Gestão Empresarial no NE USA e PSV Finanças na Florida. Movimento inverso:

10 Realidade do Mercado Brasileiro de Telecom Mudanças radicais nos últimos 10 anos, com a introdução da Lei Geral de Telecomunicações e a privatização do Sistema Telebras. Competição na telefonia móvel: 140 milhões de celulares ativados. Telefonia fixa: sem uma concorrência efetiva; estagnou em 38 milhões de terminais. Banda larga: 10,5 milhões de usuários. (Dez/08) Tráfego banda larga: estima-se que irá crescer 8 vezes até 2012 (IDC)

11 Cenários do Mercado Brasileiro de TI e Telecom

12 Cenários do Mercado Brasileiro de TI e Telecom

13 Evolução de Mercado em TI e Telecom 2009 Indicações para organizações e usuários Gartner s Top: TI Verde e Self-Healing PREVISÕES PARA O PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Um terço das organizações terão um ou mais critério ambiental para a compra de bens e serviços % das organizações usarão a energia do ciclo de vida TI Verde como critérios de compra imperativos de equipamentos e ferramentas de PC. - Usuários finais decidirão os softwares, equipamentos e prestação de serviços de manutenção feitas pela TI A Apple dobrará seu mercado: nos EUA e parte da Europa Ocidental. -Os fornecedores de grandes empresas globais necessitarão de credencial de TI Verde obtido através de um processo de certificação O número de impressoras 3- D em casa e nas empresas crescerão o dobro. -Os adaptadores de tecnologia avançada não terão despesas com investimentos e sobrará 40% para TI gastar em infraestrutura e serviço % dos trabalhadores deixarão seus cadernos e agendas em favor de outros dispositivos 80% ou mais de todo o software comercializado incluirá elementos de tecnologia aberta. pelo menos um terço dos gastos com software de aplicação do negócio serão com a subscrição do serviço e não com a licença do produto.

14 Evolução: Para Onde o Mercado de TIC Caminha SaaS: Software as a Service. Convergência e Comunicação Unificada Avaya, Cisco, Nortel, Siemens, MS e IBM MS e IBM fornecendo o software de comunicação unificada e a Nortel os elementos de gestão de rede. Full Outsourcing em Telecom Modelos colaborativos de negócios. Virtus: Automatos, Biosalc, Dedalus Prime, Intelekto, Tech4B, Trellis. Visionnaire e Volans.

15 Foco Estratégico 2009 Comoditização do mercado de infra-estrutura de Telecom e competição acirrada impulsionam a criação de soluções diversificadas. 1. Foco nas estratégias de crescimento: - Novos Serviços: com manutenção de mercado atual e aumento na linha de produtos/ serviços comercializados. - Alianças, fusões e aquisições. 2.Combinação de 3 estratégias: - Integração Vertical empresa comercializa um novo produto/ serviço relacionado com a matéria-prima e cliente final. - Diversificação Concêntrica comercializa nova linha de serviços/ produtos utilizando mesma tecnologia, mesma força de vendas e oferecendo quantidade maior de produtos no mesmo mercado. - Parceria formalizada.

16 Tendências 1. Banda Larga - redes de acesso serão um mix das várias tecnologias usadas para atender a demanda dos serviços com qualidade e melhor custo benefício. 2. Fibras Ópticas (FTTH, FTTP, FTTC) solução de nicho - solução de nicho específica para fibra : treinamento do usuário. - foco de venda das operadoras: para condomínios inteligentes (empresariais ou residenciais), utilizando arquitetura FTTH. - aplicações como TV de alta definição (HDTV) e Internet em banda larga. - vantagens: sem problemas de ruído e atraso na transmissão. 3. PLC solução de nicho - custo de acesso tanto para ADSL quanto para cable modem é baixo no Brasil, inibindo alternativas como PLC. - outros fatores inibidores: aculturamento preço final da solução: mais caro que o ADSL (equipamentos são importados). falta de interesse das concessionárias de energia elétrica em trabalhar este mercado, com exceção da Copel e da CEEE. - nível tecnológico: solução funciona muito bem com boa performance.

17 Tendências 4. Celular 3 G - No inicio da operação: 1 milhão de assinantes. - oportunidades para o mercado : soluções móveis e atualização das redes celulares. 5. WiMAX - entrave regulatório. - investimentos: entre , o BR será um dos mercados mundiais com altos investimentos em WiMAX como forma de suprir a demanda por cobertura em grandes regiões com custos atraentes. - oportunidades para WiMAX: ser a arquitetura de próxima geração das redes móveis, à frente da 3G. 6. IPTV - entrave regulatório. - estimativa de crescimento: 3-5 anos. - boom da solução: previsão 10 anos. Potencial de crescimento no longo prazo: alto. - oportunidades: oferta de IPTV abre oportunidades para cabo e WiMAX, além do XDSL. - desregulamentação já é realidade na America Latina: maior parte da America Central, países dos Andes e maior parte das Caraíbas.

18 Inteligência de Mercado: Drivers 2009, Tendências e Prospects Drivers 2009 Geral - cenário na área de comunicações: expansão das redes IP aliada ao boom das redes móveis e a entrada das teles em áreas fora de seu escopo. - consolidação do mercado de telecomunicações: maior facilidade em oferecer aos usuários residenciais e corporativos pacotes que integrem voz, dados e imagem. Pioneiras: Brasil Telecom e Oi saíram na frente na exploração dessas sinergias, mas grupos de peso como a Telmex e a Telefônica ocuparam, ao longo de 2008, posições de destaque na disputa pelo mercado da convergência.

19 Inteligência de Mercado: Drivers 2009, Tendências e Prospects Drivers manutenção dos investimentos das operadoras: as operadoras de telefonia investirão volumes proximos aos investidos em investimentos totais das operadoras fixas/móveis: previsão de R$ 16 bilhões, representando valor equivalente ao investido em convergência: ofertas convergentes (ex.: fixo-móvel, triple-play de telefonia fixa, internet e TV paga) aumentam a integração entre as indústrias de mídia e telecomunicações. - integração de serviços: mercado já convive com a oferta integrada de serviços, independente da questão regulatória.

20 Inteligência de Mercado: Drivers 2009, Tendências e Prospects Drivers 2009 TV por assinatura - motivadores de mercado: queda acentuada no total de linhas em serviços no mercado de telefonia fixa. - competição no mercado de banda larga: empresas de TV por assinatura representam cerca de 30% da base de usuários de Internet em alta velocidade (ADSL + cable modem). - Pay TV + Triple Play: 6 milhões de assinantes de pay TV (cabo e MMDS) são potenciais usuários de Triple Play. -Novas concessões: em 2009 a ANATEL deverá liberar novas concessões de TV por assinatura. - PL 29: Projeto de Lei que permitirá a entrada das Operadoras de Telefonia neste mercado, em discussão no Congresso, deverá ser aprovado.

21 Inteligência de Mercado: Drivers 2009, Tendências e Prospects Drivers 2009: Banda Larga - Taxa de transmissão por Usuário duplica a cada ano. -Tecnologia XDSL: deve continuar sendo a tecnologia de acesso, no médio prazo, predominante no Brasil e no mundo. - Banda Larga em XDSL: penetração de banda larga baseada em DSL está crescendo rapidamente na América Latina, liderada principalmente pelo Brasil e México. - ADSL das operadoras de telefonia fixa responde por 77% das conexões Banda Larga do BR. - Cobertura limitada, disponível em menos de 30% dos municípios brasileiros.

22 Inteligência de Mercado: Drivers 2009, Tendências e Prospects Drivers 2009: Banda Larga Largura de Banda atualmente necessária por tipo de serviço. Fonte: Teleco - Alcatel

23 Inteligência de Mercado: Drivers 2009, Tendências e Prospects Drivers 2009: Banda Larga Co-relação entre Serviços, Tecnologia e Largura de Banda. Fonte: Teleco - Alcatel

24 Inteligência de Mercado: Drivers 2009, Tendências e Prospects Drivers 2009 Fibra Óptica - Crescimento: volume de vendas de fibra óptica voltou a crescer a partir de 2005/ Em 2008: início do FTTH (fiber-to-the-home) no BR. - Custo da tecnologia de banda larga por fibra óptica/ftth para o mercado de massa (residencial e pequenas empresas): alto para mercado brasileiro. - Empresas que estão investindo: 1. Empresas de energia elétrica são as que mais investiram em 2007, com destaque para a Copel Telecomunicações, em primeiro plano, seguida da CEEE e Eletropaulo. 2. Operadoras de TV a cabo (oferta de serviços de banda larga aumenta uso de fibras). 3. Teles voltaram a comprar (fim dos estoques).

25 Drivers 2009 Fibra Óptica Inteligência de Mercado: Drivers 2009 e Tendências Connected Households FTTH crescimento previsto no Mundo (million) Fonte: Heavy Reading, publicada na revista da Ericsson, jan

26 Inteligência de Mercado: Drivers 2009 e Tendências Drivers 2009 Necessidades do Mercado de Telecom - Simplificar / adequar licenças e regulamentos de telecomunicações, inclusive radiodifusão e TV por assinatura. - Necessidade de oferecer serviços com melhor qualidade e a custos menores devido à crescente competição de novos entrantes e novas soluções tecnológicas.

27 Inteligência de Mercado: Drivers 2009 e Tendências Drivers 2009 Barreiras de Entrada WiMAX: cenário ainda não resolvido pela Anatel e pelo TCU (Tribunal de Contas da União) sobre o leilão de freqüências. Falta velocidade para a decisão de questões complicadas. IPTV: discussão jurídica e concorrencial. - Lei do Cabo veda a entrada das teles no setor, além do próprio contrato das incumbents locais que tem essa limitação. - Argumento empresas de TV por assinatura: teles tentam ampliar monopólio nos acessos fixos para o setor de TV por assinatura. Buscam inviabilizar concorrência (banda larga e telefonia). - Limitações regulatórias: tendem a ser superadas, seguindo tendência mundial., com a aprovação do PL 29.

28 Inteligência de Mercado: Drivers 2009 e Tendências Drivers 2009 APLICAÇÕES - VoIP: a entrada de operadoras de maior porte nesse mercado em 2006/2007 e a oferta de serviços de banda larga em maior escala devem impactar o mercado, tanto pelo aumento da oferta do serviço como pela possível consolidação de operadoras de menor porte. - Operadoras de VoIP: mercado brasileiro de telefonia já conta com mais de 100 operadoras de VoIP. - Expectativa: crescimento aproximado de 90% no nº de linhas de VoIP em uso na América Latina até Previsão para BR: representar 49% desse montante.

29 Tendências Inteligência de Mercado: Drivers 2009 e Tendências APLICAÇÕES IPTV Receita: mercado de IPTV na América Latina irá gerar receita de US$ 1 B nos próximos 2 anos. Divisão da receita: assinatura e serviços de valor adicionado relacionados com IPTV (como vídeo on demand, T-commerce-comércio através da TV, Chat-TV, serviços de localização na tela da TV etc). Oportunidades: oferta de IPTV abre oportunidades para cabos e WiMAX, além do XDSL. Necessidade de inclusão: para a massificação do serviço de IPTV. Necessário popularizar o acesso à banda larga: penetração ainda é muito baixa na América Latina.

30 Tendências Inteligência de Mercado: Drivers 2009 e Tendências APLICAÇÕES IPTV / TV por Assinatura - disparidade entre pay TV e telefonia: há uma disparidade de tamanho muito grande entre a indústria de pay TV e a de telefonia no BR, onde a segunda seria cerca de 12,5 vezes maior que a primeira, em faturamento bruto. Em outros países: relação é bem menor (condições competitivas mais justas). - receita no BR: ainda é fortemente calcada no serviço de vídeo (seria prejudicado pela concorrência das teles, diferentemente de outros países).

31 Tendências APLICAÇÕES Banda Larga Inteligência de Mercado: Drivers 2009 e Tendências Trafego IP da Vivo cresceu 300 % entre Dez/2007 e Dez/2008. Crescimento estimado do tráfego IP das Operadoras Móveis nos próximos 03 anos: 10 a 14 vezes tráfego IP atual. serviços que devem impulsionar a venda de banda larga em 2009: - lançamento de serviços de IPTV (teles); demanda por conteúdos audiovisuais na Internet; - serviços de Video phones, Voip, Jogos on line, Blogs, e-learning, e-commerce, Vod (Video on demand) e a própria expansão das redes, principalmente, redes wireless (WiMAX nas faixas de 3,5 GHz e MMDS na faixa 2,5GHz.

32 Inteligência de Mercado: Drivers 2007 e Tendências Tendências O TRIPLE PLAY DEVE GERAR BENEFÍCIOS PARA O MERCADO BRASILEIRO Situação atual no País......com implementação do Triple Play Média/ baixa penetração de TV por assinatura no País... Aumento da atratividade da oferta de TV como parte de um pacote maior Baixa penetração de banda larga... Penetração quase nula de serviços interativos (ex., real video on demand)... Possíveis impactos do Triple Play Incremento da penetração de banda larga, dada a necessidade da tecnologia ADSL para o serviço Incremento da oferta de serviços interativos Contratação dos serviços (triple play) separados, aumentando o custo individual de cada serviço Pacotes de ofertas que criam sinergias que permitem redução dos preços individuais dos serviços para o consumidor Fonte: 16º Seminário Telecom Modelos Triple Play Fabian Barros, 10/2006

33 Inteligência Estratégica e de Mercado Fones: (11) / José Jairo S. Martins

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA APRESENTAÇÃO CORPORATIVA Julho de 2011 Mercado Brasileiro de Telecomunicações Oi: Perfil, Cobertura e Estratégia Resultados Operacionais e Financeiros Aliança com a Portugal Telecom e Aumento de Capital

Leia mais

Barômetro Cisco de Banda Larga 2.0

Barômetro Cisco de Banda Larga 2.0 Barômetro Cisco de Banda Larga 2.0 Brasil Dezembro de 2012 Preparado para Copyright IDC. Reproduction is forbidden unless authorized. All rights reserved. Agenda Introdução Descrição do projeto Resultados

Leia mais

Barômetro Cisco de Banda Larga 2.0

Barômetro Cisco de Banda Larga 2.0 Barômetro Cisco de Banda Larga 2.0 Brasil Junho de 2013 Preparado para Copyright IDC. Reproduction is forbidden unless authorized. All rights reserved. Agenda Introdução Descrição do projeto Resultados

Leia mais

4 Mercado setor de telecomunicações

4 Mercado setor de telecomunicações 4 Mercado setor de telecomunicações Nesta sessão é apresentada uma pequena visão geral do mercado de telecomunicações no Brasil, com dados históricos dos acontecimentos mais relevantes a este trabalho,

Leia mais

A tecnologia revoluciona a Distribuição e os Canais Digitais

A tecnologia revoluciona a Distribuição e os Canais Digitais Sexta Conseguro Confederação Nacional de Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNSeg) A tecnologia revoluciona a Distribuição e os Canais Digitais Apresentação

Leia mais

Workshop de Marketing Estratégico e. Inteligência Competitiva na Prática

Workshop de Marketing Estratégico e. Inteligência Competitiva na Prática Workshop de Marketing Estratégico e Inteligência Competitiva na Prática Outubro 2009 As Inteligências Realidade, Desafios e Cenários Marketing e Vendas Método REVIE Rede de Valor para Inteligência Empresarial

Leia mais

Barômetro. Cisco. Banda Larga. Análise de mercado

Barômetro. Cisco. Banda Larga. Análise de mercado Barômetro Cisco Banda Larga da Análise de mercado Barômetro Cisco da Banda Larga Índice Introdução Introdução...2 Metodologia...3 Barômetro Cisco da Banda Larga...3 Definições...4 Banda Larga no Mundo...4

Leia mais

Larga Brasil 2005-2010

Larga Brasil 2005-2010 Barômetro Cisco de Banda Larga Brasil 2005-2010 Resultados de Junho de 2010 Preparado para Meta de Banda Larga em 2010 no Brasil: 15 milhões de conexões Elaborado por IDC Copyright 2010 IDC. Reproduction

Leia mais

Evolução da Regulamentação do Setor de Telecomunicações. Sub-Comissão de Marcos Regulatórios da Comissão de Assuntos Econômicos do Senado 21/05/2007

Evolução da Regulamentação do Setor de Telecomunicações. Sub-Comissão de Marcos Regulatórios da Comissão de Assuntos Econômicos do Senado 21/05/2007 Evolução da Regulamentação do Setor de Telecomunicações Sub-Comissão de Marcos Regulatórios da Comissão de Assuntos Econômicos do Senado 21/05/2007 Razões para mudar a legislação Antes de mudar, definir

Leia mais

Resumo do Barômetro Cisco Banda Larga Brasil 2005-2010

Resumo do Barômetro Cisco Banda Larga Brasil 2005-2010 Copyright 2008 IDC. Reproduction is forbidden unless authorized. All rights reserved. Resumo do Barômetro Cisco Banda Larga Brasil 2005-2010 Resultados de Dezembro/2008 Preparado para Meta de Banda Larga

Leia mais

Workshop de Marketing Estratégico e. Inteligência Competitiva na Prática

Workshop de Marketing Estratégico e. Inteligência Competitiva na Prática Workshop de Marketing Estratégico e Inteligência Competitiva na Prática Pesquisa Inteligência Empresarial, MKT e Vendas Realidade, Desafios e Cenários Marketing e Vendas Parcerias estratégicas no setor

Leia mais

Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado Federal. JOÃO REZENDE Presidente da Anatel Anatel

Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado Federal. JOÃO REZENDE Presidente da Anatel Anatel Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado Federal JOÃO REZENDE Presidente da Anatel Anatel Brasília/DF Maio/2013 15 anos de LGT Em 1997, na corrida pelo usuário, a

Leia mais

VoIP (Voz sobre IP): Trajetória Tecnológica e Perspectivas para o Brasil no cenário de Convergência Tecnológica

VoIP (Voz sobre IP): Trajetória Tecnológica e Perspectivas para o Brasil no cenário de Convergência Tecnológica IV CONGRESSO ACORN-REDECOM POLÍTICAS PÚBLICAS: IMPACTO SOCIOECONÔMICO DAS TICs NAS AMÉRICAS VoIP (Voz sobre IP): Trajetória e Perspectivas para o Brasil no cenário de Convergência Michele Cristina Silva

Leia mais

Barômetro Cisco de Banda Larga Brasil 2005-2010

Barômetro Cisco de Banda Larga Brasil 2005-2010 Barômetro Cisco de Banda Larga Brasil 2005-2010 Resultados de Setembro/2007 Preparado para Meta de Banda Larga em 2010 no Brasil: 10 milhões de conexões Mauro Peres, Research Director IDC Brasil Copyright

Leia mais

Apresentação ao Senado Telefônica Antônio Carlos Valente 23 de maio de 2007

Apresentação ao Senado Telefônica Antônio Carlos Valente 23 de maio de 2007 Apresentação ao Senado Telefônica Antônio Carlos Valente 23 de maio de 2007 Agenda I. Panorama do Setor II. Convergência e Consolidações 2 O mercado de telecomunicações no mundo alcançou 1,3bi de linhas

Leia mais

Barômetro. Cisco. Banda Larga. Análise de mercado. 2 o Trimestre/2006. 3 a Edição Setembro/2006

Barômetro. Cisco. Banda Larga. Análise de mercado. 2 o Trimestre/2006. 3 a Edição Setembro/2006 Barômetro Cisco Banda Larga da Análise de mercado 2 o Trimestre/2006 3 a Edição Setembro/2006 Barômetro Cisco da Banda Larga Introdução Você está recebendo a nova edição do Barômetro Cisco da Banda Larga,

Leia mais

Algar Telecom registra lucro de R$ 71 milhões em 2009

Algar Telecom registra lucro de R$ 71 milhões em 2009 Algar Telecom registra lucro de R$ 71 milhões em 2009 EBITDA atingiu a soma de R$ 391 milhões no ano passado São Paulo, 24 de março de 2010 A Algar Telecom, empresa de telecomunicações do Grupo Algar,

Leia mais

Barômetro Cisco de Banda Larga Brasil 2005-2010

Barômetro Cisco de Banda Larga Brasil 2005-2010 Barômetro Cisco de Banda Larga Brasil 2005-2010 Resultados de Junho/2008 Preparado para Meta de Banda Larga em 2010 no Brasil: 15 milhões de conexões Mauro Peres, Country Manager IDC Brasil Copyright 2008

Leia mais

Resumo do Barômetro Cisco Banda Larga Brasil 2005-20102010

Resumo do Barômetro Cisco Banda Larga Brasil 2005-20102010 Resumo do Barômetro Cisco Banda Larga Brasil 2005-20102010 Resultados de Junho 2009 Preparado para Meta de Banda Larga em 2010 no Brasil: 15 milhões de conexões Elaborado por IDC Copyright 2009 IDC. Reproduction

Leia mais

Destinação da faixa de 2,5 GHz e o pedido de anulação judicial da

Destinação da faixa de 2,5 GHz e o pedido de anulação judicial da Senado Federal Requerimento nº 43/09 de Audiência Pública CCT Destinação da faixa de 2,5 GHz e o pedido de anulação judicial da consulta pública nº 31/2009 da ANATEL Brasília, 18 de Novembro, 2009 Apresentação

Leia mais

Resultados 3T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro de 2014.

Resultados 3T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro de 2014. Resultados 3T14_ Novembro de 2014. Disclaimer Esta apresentação pode conter declarações baseadas em estimativas a respeito dos prospectos e objetivos futuros de crescimento da base de assinantes, um detalhamento

Leia mais

I Fórum Lusófono de Comunicações. Abril. 2010

I Fórum Lusófono de Comunicações. Abril. 2010 I Fórum Lusófono de Comunicações Abril. 2010 Evolução do Setor de Telecomunicações no Brasil Pré-Privatização Monopólio estatal Poucos investimentos Baixa qualidade dos serviços 98 Grande demanda reprimida

Leia mais

Prof. Juliano Heinzelmann Reinert

Prof. Juliano Heinzelmann Reinert Prof. Juliano Heinzelmann Reinert 1 Juliano Heinzelmann Reinert, M.Sc., MBA, COBIT, CCTT. Professor (pós-graduação em governança e GP), Instrutor/consultor pela BEWARE (sul), Sócio-diretor de empresa PROJECT

Leia mais

Mas afinal, o que é a CONVERGÊNCIA?

Mas afinal, o que é a CONVERGÊNCIA? Tecnologia 40 Mas afinal, o que é a CONVERGÊNCIA? DSL Cabo Fibra Móvel Móvel WiFi em movimento Convergência TERMINAL é poder MULTI- se comunicar ÓTIMO MÍDIA independente de local, dispositivo de acesso

Leia mais

Carlos Baigorri Superintendente de Competição

Carlos Baigorri Superintendente de Competição Carlos Baigorri Superintendente de Competição Brasília/DF Março/2015 Uma volta ao passado? Há quase uma década o setor de telecomunicações discute a convergência tecnológica. Essa discussão era focada

Leia mais

Embratel e uma das Maiores Empresas Agroindustriais do País

Embratel e uma das Maiores Empresas Agroindustriais do País EMBRATEL CASE Embratel e uma das Maiores Empresas Agroindustriais do País O Portfólio de TI da Embratel a Serviço da Agroindústria A convergência de serviços de TI e telecom se consolida como fenômeno

Leia mais

Ministério das Comunicações 2015

Ministério das Comunicações 2015 Ministério das Comunicações 2015 O MINISTÉRIO - Secretaria de Telecomunicações Políticas para expansão dos serviços de telecomunicações, prioritariamente o acesso à banda larga - Secretaria de Comunicação

Leia mais

O Desafio da Banda Larga e a Nova Oi

O Desafio da Banda Larga e a Nova Oi O Futuro das (Tele)Comunicações no Brasil O Desafio da Banda Larga e a Nova Oi Mario Dias Ripper F&R Engenheiros Consultores S/C Ltda. São Paulo, 03 de junho de 2008. PRINCIPAIS MENSAGENS O Brasil e a

Leia mais

Tendências e cenários para a infra-estrutura de telecomunicações. ões. Seminário: O futuro das (tele)comunicações no Brasil

Tendências e cenários para a infra-estrutura de telecomunicações. ões. Seminário: O futuro das (tele)comunicações no Brasil Tendências e cenários para a infra-estrutura de telecomunicações ões Seminário: O futuro das (tele)comunicações no Brasil em homenagem a Sérgio S Motta (1940 1998) S. Paulo, 3 de junho de 2008 Juarez Quadros

Leia mais

Resultados 4T13_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Fevereiro, 2014.

Resultados 4T13_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Fevereiro, 2014. Resultados 4T13_ Fevereiro, 2014. Destaques do 4T13 e ano de 2013 DESTAQUES Móvel Fixo Operacional Sustentando o crescimento superior em adições de pós-pago resultando em uma maior adoção de dados e crescimento

Leia mais

Destaques do trimestre

Destaques do trimestre Resultados 3T12 Destaques do trimestre 1 Empresa integrada é líder no índice de satisfação do cliente 2 Líder indiscutível nos segmentos de maior receita com foco na geração de valor 3 Melhora sequencial

Leia mais

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 11 de fevereiro de 2010.

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 11 de fevereiro de 2010. Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 11 de fevereiro de 2010. Embratel Participações S.A. ( Embrapar ) (BOVESPA: EBTP4, EBTP3) detém 99,2 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ), 100,0

Leia mais

Avaliação do Marco Regulatório da TV por Assinatura: A Lei nº 12.485/2011 na ANCINE. Rosana dos Santos Alcântara Diretora

Avaliação do Marco Regulatório da TV por Assinatura: A Lei nº 12.485/2011 na ANCINE. Rosana dos Santos Alcântara Diretora Avaliação do Marco Regulatório da TV por Assinatura: A Lei nº 12.485/2011 na ANCINE. Rosana dos Santos Alcântara Diretora ABAR, Agosto de 2013 Agenda Contexto do mercado de TV por Assinatura Panorama econômico

Leia mais

Primeiro Técnico TIPOS DE CONEXÃO, BANDA ESTREITA E BANDA LARGA

Primeiro Técnico TIPOS DE CONEXÃO, BANDA ESTREITA E BANDA LARGA Primeiro Técnico TIPOS DE CONEXÃO, BANDA ESTREITA E BANDA LARGA 1 Banda Estreita A conexão de banda estreita ou conhecida como linha discada disponibiliza ao usuário acesso a internet a baixas velocidades,

Leia mais

Fatores de Sucesso. Carlos Raimar Schoeninger Diretor de Estratégia e RI. Seminário sobre Telecomunicações APIMEC Rio. Telefônica Vivo 27.09.

Fatores de Sucesso. Carlos Raimar Schoeninger Diretor de Estratégia e RI. Seminário sobre Telecomunicações APIMEC Rio. Telefônica Vivo 27.09. Fatores de Sucesso Carlos Raimar Schoeninger Diretor de Estratégia e RI Seminário sobre Telecomunicações APIMEC Rio Telefônica Vivo 27.09.2012 Conteúdo 01 Vivo: uma história de sucesso 02 Desempenho da

Leia mais

A universalização do acesso à informação pelo uso das telecomunicações

A universalização do acesso à informação pelo uso das telecomunicações CONFIDENCIAL A universalização do acesso à informação pelo uso das telecomunicações José Antônio Guaraldi Félix Presidente da NET Serviços de Comunicação S.A. São Paulo, 29 de setembro de 2009 SUMÁRIO

Leia mais

Brasil Telecom. Café da Manhã com Investidores Unibanco. Fevereiro 2003

Brasil Telecom. Café da Manhã com Investidores Unibanco. Fevereiro 2003 Brasil Telecom Café da Manhã com Investidores Unibanco Fevereiro 2003 1 Estratégia 2 Mercado Metas Metas Garantir a liderança na Região II, focando nos clientes de alto valor. Garantir a liderança na Região

Leia mais

4G / WIFI Abordagens para melhor acesso à internet no campus

4G / WIFI Abordagens para melhor acesso à internet no campus 4G / WIFI Abordagens para melhor acesso à internet no campus EMBRATEL É PARTE DA AMÉRICA MÓVIL INSTITUCIONAL UM DOS MAIORES GRUPOS EMPRESARIAIS DO MUNDO E LÍDER NA OFERTA DE SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES

Leia mais

Mobile Device Management MDM. SAP Forum, Fev2014.

Mobile Device Management MDM. SAP Forum, Fev2014. Mobile Device Management MDM SAP Forum, Fev2014. A EMBRATEL ENTREGA Porque é a mais completa operadora de Telecomunicações e TI Referência e líder na oferta de serviços de telecomunicações em toda a América

Leia mais

Northern Telecom Ltd (Nortel). Isto devido ao seu atraso na substituição da tecnologia analógica pela digital.

Northern Telecom Ltd (Nortel). Isto devido ao seu atraso na substituição da tecnologia analógica pela digital. MOTOROLA A empresa alcançou um faturamento global da ordem de US$ $37.6 bilhões em 2000. É líder mundial em sistemas e serviços eletrônicos avançados. Atuando de maneira globalizada em 45 países, mais

Leia mais

Telefônica Brasil Estratégia Segmentada para Maximizar Geração de Valor. Novembro de 2013.

Telefônica Brasil Estratégia Segmentada para Maximizar Geração de Valor. Novembro de 2013. Telefônica Brasil Estratégia Segmentada para Maximizar Geração de Valor Novembro de 2013. Continuamos evoluindo em nosso esforço de integração... Espaço TI Atenção ao Cliente Contratos Unificação e renegociação

Leia mais

Apresentação de resultados. Algar Telecom 2T10

Apresentação de resultados. Algar Telecom 2T10 Apresentação de resultados Algar Telecom 2T10 Destaques do 2T10 A Algar ficou com a 6 melhor colocação no setor de Telecomunicações e a 1ª no ranking de rentabilidade, conforme publicado pela Revista Exame

Leia mais

Resultados 1T15_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Maio, 2015.

Resultados 1T15_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Maio, 2015. Resultados _ Relações com Investidores Maio, 2015. Disclaimer Esta apresentação pode conter declarações baseadas em estimativas a respeito dos prospectos e objetivos futuros de crescimento da base de assinantes,

Leia mais

O Mercado americano de Tecnologia 2014/2015

O Mercado americano de Tecnologia 2014/2015 O Mercado americano de Tecnologia 2014/2015 1. Considerações Gerais Os Estados Unidos, maior potência mundial e tecnológica, apresenta projeções cada vez mais otimistas. Desde 2008, no estouro da crise

Leia mais

Resultados 2T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Julho de 2014.

Resultados 2T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Julho de 2014. Resultados _ Julho de 2014. Destaques do DESTAQUES OPERACIONAL FINANCEIRO Crescente market share de pós-pago contribuindo para uma maior adoção de dados e crescimento do ARPU. Crescimento de Acessos Pós-Pagos

Leia mais

REDES E SERVIÇOS CONVERGENTES PARA O BRASIL DIGITAL

REDES E SERVIÇOS CONVERGENTES PARA O BRASIL DIGITAL REDES E SERVIÇOS CONVERGENTES PARA O BRASIL DIGITAL 51º. Painel Telebrasil Ricardo Knoepfelmacher Brasil Telecom Junho /2007 0 REDES E SERVIÇOS CONVERGENTES Os limites e diferenças atualmente existentes

Leia mais

3 A Tecnologia Wireless, Padrão WiMAX e a Licitação das Faixas de 3,5Ghz

3 A Tecnologia Wireless, Padrão WiMAX e a Licitação das Faixas de 3,5Ghz 3 A Tecnologia Wireless, Padrão WiMAX e a Licitação das Faixas de 3,5Ghz 3.1. Introdução A tecnologia wireless interliga dispositivos sem o uso de fios ou cabos para transmitir diversos tipos de informações

Leia mais

Práticas para alavancar suas vendas de serviços e softwares em 2009

Práticas para alavancar suas vendas de serviços e softwares em 2009 Práticas para alavancar suas vendas de serviços e softwares em 2009 genda Realidade, Evolução e Cenários em TI e Telecom Desafios em MKT e Vendas ções nas empresas de TIC - Inteligência de Clientes - Inteligência

Leia mais

Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações. Marcelo Couto Diretor de Comunicação e Marketing

Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações. Marcelo Couto Diretor de Comunicação e Marketing Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações Marcelo Couto Diretor de Comunicação e Marketing Quem somos ABRINT - Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações.

Leia mais

Economia Móvel América Latina 2013 Sumário Executivo

Economia Móvel América Latina 2013 Sumário Executivo Economia Móvel América Latina 2013 Sumário Executivo Economia Móvel América Latina 2013 A GSMA representa os interesses da indústria mundial de comunicações móveis. Presente em mais de 220 países, a GSMA

Leia mais

1 Introduc ao 1.1 Hist orico

1 Introduc ao 1.1 Hist orico 1 Introdução 1.1 Histórico Nos últimos 100 anos, o setor de telecomunicações vem passando por diversas transformações. Até os anos 80, cada novo serviço demandava a instalação de uma nova rede. Foi assim

Leia mais

ENCONTRO DE PROVEDORES REGIONAIS. Como adicionar valor à banda larga

ENCONTRO DE PROVEDORES REGIONAIS. Como adicionar valor à banda larga ENCONTRO DE PROVEDORES REGIONAIS Como adicionar valor à banda larga Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações Marcelo Couto Diretor de Comunicação e Marketing Quem somos ABRINT

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL Você conectado ao mundo com liberdade APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL > ÍNDICE Sobre a TESA 3 Telefonia IP com a TESA 5 Portfólio de produtos/serviços 6 Outsourcing 6 Telefonia 7 Web

Leia mais

(Versão revista e atualizada do tutorial original publicado em 26/11/2002).

(Versão revista e atualizada do tutorial original publicado em 26/11/2002). Acesso à Internet Este tutorial apresenta as formas de acesso a Internet disponíveis para o usuário brasileiro, e apresenta os números atuais da Internet no Brasil. (Versão revista e atualizada do tutorial

Leia mais

III Fórum Lusófono das Comunicações ARCTEL-CPLP

III Fórum Lusófono das Comunicações ARCTEL-CPLP III Fórum Lusófono das Comunicações ARCTEL-CPLP Tendências, Panorama e Desafios do Roaming Internacional II Painel Que Mercado na CPLP? Agenda Sobre a Oi Que Mercado na CPLP Panorama Roaming Internacional

Leia mais

Fundação Oswaldo Aranha Centro Universitário de Volta Redonda RJ

Fundação Oswaldo Aranha Centro Universitário de Volta Redonda RJ Fundação Oswaldo Aranha Centro Universitário de Volta Redonda RJ Curso Seqüencial de Redes de Computadores Disciplina: Metodologia da Pesquisa Científica Outros trabalhos em: www.projetoderedes.com.br

Leia mais

Desde as primeiras edições do

Desde as primeiras edições do TV POR ASSINATURAanálise Disputa acirrada Segmento é hoje um competidor importante em novos serviços, mas aia há espaço a ocupar. Desde as primeiras edições do Atlas Brasileiro de Telecomunicações o mercado

Leia mais

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010 Metodologia Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Através de e-survey - via web Público Alvo: Executivos de empresas associadas e não associadas à AMCHAM Amostra: 500 entrevistas realizadas Campo: 16

Leia mais

Casa do Futuro Convergência Digital. Porto Alegre, 11 de Setembro de 2007

Casa do Futuro Convergência Digital. Porto Alegre, 11 de Setembro de 2007 Casa do Futuro Convergência Digital Porto Alegre, 11 de Setembro de 2007 O Ponto de Partida A Casa nos Anos 80 TV Aberta Analógica: Do ponto de vista das emissoras, o usuário final não era gerador direto

Leia mais

TIM faz teste inédito no Brasil de conexão móvel de alta velocidade na Futurecom

TIM faz teste inédito no Brasil de conexão móvel de alta velocidade na Futurecom TIM faz teste inédito no Brasil de conexão móvel de alta velocidade na Futurecom Demonstração é a primeira de uma rede LTE Advanced agregando três faixas de frequências distintas (2600 MHz, 1800 MHz e

Leia mais

TIM Brasil Padroniza Testes e Antecipa Erros em Aplicações com CA Service Virtualization

TIM Brasil Padroniza Testes e Antecipa Erros em Aplicações com CA Service Virtualization CUSTOMER SUCCESS STORY Junho 2014 TIM Brasil Padroniza Testes e Antecipa Erros em Aplicações com CA Service Virtualization PERFIL DO CLIENTE Indústria: Telecomunicações Empresa: TIM Brasil Colaboradores:

Leia mais

Keynote speech by Senator Walter Pinheiro

Keynote speech by Senator Walter Pinheiro II LATIN AMERICAN PUBLIC POLICY FORUM ON INTERNET, E- COMMERCE AND MOBILE TECHNOLOGIES Economic, Social and Cultural Impact on Latin America's Development Keynote speech by Senator Walter Pinheiro Discussion

Leia mais

TIM Brasil Padroniza Testes e Antecipa Erros em Aplicações com CA LISA

TIM Brasil Padroniza Testes e Antecipa Erros em Aplicações com CA LISA CUSTOMER SUCCESS STORY Maio 2014 TIM Brasil Padroniza Testes e Antecipa Erros em Aplicações com CA LISA PERFIL DO CLIENTE Indústria: Telecomunicações Empresa: TIM Brasil Colaboradores: 12,167 mil EMPRESA

Leia mais

Anderson L. S. Moreira

Anderson L. S. Moreira Tecnologia da Informação Aula 9 Telecomunicações e Rede Interconectando a Empresa Anderson L. S. Moreira anderson.moreira@ifpe.edu.br Instituto Federal de Pernambuco Recife PE Esta apresentação está sob

Leia mais

Posicionando-se para o futuro da computação em nuvem no Brasil

Posicionando-se para o futuro da computação em nuvem no Brasil Posicionando-se para o futuro da computação em nuvem no Brasil A parceria estratégica global estabelecida entre a Capgemini e a EMC acelera o desenvolvimento e o fornecimento de soluções de última geração

Leia mais

Algar Telecom lança TV por assinatura via satélite

Algar Telecom lança TV por assinatura via satélite Algar Telecom lança TV por assinatura via satélite Com investimentos de mais de R$ 160 milhões, empresa amplia seu portfólio de serviços São Paulo, 20 de maio de 2010 A Algar Telecom, empresa de telecomunicações

Leia mais

Sistemas de comunicação e novas tecnologias

Sistemas de comunicação e novas tecnologias Sistemas de comunicação e novas tecnologias Módulo 3: Capitalismo informacional 3.3: Ascensão da TV paga Esta obra estálicenciada sob umalicença CreativeCommons. Prof. Dr. Marcos Dantas 1948 Pequenos empreendedores

Leia mais

Apresentação de resultados. Algar Telecom 3T10

Apresentação de resultados. Algar Telecom 3T10 Apresentação de resultados Algar Telecom Destaques do Lucro Líquido consolidado de R$ 32,8 milhões, 49,5% maior que o do. Margem de 8,6% no, ante 6,2% no. Algar Telecom inicia oferta de varejo (voz, banda

Leia mais

TELEFONIA FIXA E MÓVEL

TELEFONIA FIXA E MÓVEL DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TELEFONIA FIXA E MÓVEL NOVEMBRO DE 2015 PRODUTOS PLANTA DE TELEFONIA NO BRASIL 2011 Acessos fixos 14,4% Acessos móveis 85,6% FONTE: ANATEL dez/10 PLANTA

Leia mais

WiMAX. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com

WiMAX. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com WiMAX é uma tecnologia padronizada de rede sem fio que permite substituir as tecnologias de acesso de banda larga por cabo e ADSL. O WiMAX permite a

Leia mais

A perspectiva de Operadoras Competitivas de Telecomunicações

A perspectiva de Operadoras Competitivas de Telecomunicações 24 de Março de 2011 As exigências de infraestrutura de TIC para a Copa do Mundo e Olimpíada no Brasil Desafios e Oportunidades na construção do IBC. A perspectiva de Operadoras Competitivas de Telecomunicações

Leia mais

Predictions Brasil 2015 Acelerando a Inovação na 3 a Plataforma

Predictions Brasil 2015 Acelerando a Inovação na 3 a Plataforma Predictions Brasil 2015 Acelerando a Inovação na 3 a Plataforma 1 IDC - Equipe Pietro Delai Reinaldo Sakis João Paulo Bruder Luciano Ramos Gerente de Pesquisa e Consultoria -Enterprise Gerente de Pesquisa

Leia mais

Embratel como provedora de infraestrutura para Grandes Eventos

Embratel como provedora de infraestrutura para Grandes Eventos I D C C A S E S T U D Y Embratel como provedora de infraestrutura para Grandes Eventos Janeiro, 2015 João Paulo Bruder, Coordenador de Telecomunicações, IDC Brasil Patrocinado pela Embratel A eficiência

Leia mais

Incorporação de Business Angels e Venture Capital como accionista:

Incorporação de Business Angels e Venture Capital como accionista: Dossier de Imprensa Quem Somos Quem Somos Agile Content é uma empresa de tecnologia com soluções para gerenciamento de vídeo e Big Data Audience Management com modelo de Software (SaaS), nas quais permitem

Leia mais

Concentração no mercado de telecom Telesíntese 40

Concentração no mercado de telecom Telesíntese 40 Concentração no mercado de telecom Telesíntese 40 Telefonica do Brasil S.A. mar.2015 AGENDA e principais mensagens 1. O negócio de telecomunicações é intensivo em capital e está pressionado pela expansão

Leia mais

:: Telefonia pela Internet

:: Telefonia pela Internet :: Telefonia pela Internet http://www.projetoderedes.com.br/artigos/artigo_telefonia_pela_internet.php José Mauricio Santos Pinheiro em 13/03/2005 O uso da internet para comunicações de voz vem crescendo

Leia mais

Tecnologia de Informação

Tecnologia de Informação Tecnologia de Informação Fernando S. Meirelles Professor Titular de TI, Chefe do IMQ e Fundador do GVcia Diretor Executivo e Diretor Geral da FGV-EAESP (1999-2007) Fernando.Meirelles @ fgv.br 24ª Pesquisa

Leia mais

Apresentação de resultados. Algar Telecom. Reunião Gerencial, 20/05/2008

Apresentação de resultados. Algar Telecom. Reunião Gerencial, 20/05/2008 Apresentação de resultados Algar Telecom 2008 Agenda Segmentos de negócios Concessão e Expansão Resultados de 2008 Agenda Segmentos de negócios Concessão e Expansão Resultados de 2008 Segmentos de negócios

Leia mais

TELEFONIA MÓVEL AUDIÊNCIA PÚBLICA CCT E CMA SENADO FEDERAL EDUARDO LEVY BRASÍLIA, 8 DE AGOSTO DE 2012

TELEFONIA MÓVEL AUDIÊNCIA PÚBLICA CCT E CMA SENADO FEDERAL EDUARDO LEVY BRASÍLIA, 8 DE AGOSTO DE 2012 TELEFONIA MÓVEL AUDIÊNCIA PÚBLICA CCT E CMA SENADO FEDERAL EDUARDO LEVY BRASÍLIA, 8 DE AGOSTO DE 2012 Telefonia móvel jun/2012 256 milhões 1998 7,4 milhões 1 ativação por segundo em 2012 Fonte: Telebrasil

Leia mais

Tecnologia de Informação

Tecnologia de Informação Tecnologia de Informação Fernando S. Meirelles Professor Titular de TI e Fundador do GVcia Fernando.Meirelles @ fgv.br 26ª Pesquisa Anual do Uso de TI, 2015 Pesquisa Pesquisa anual realizada pelo CIA -

Leia mais

IV SEMINÁRIO DOS RESULTADOS DA LEI DE INFORMÁTICA EDUARDO TUDE. Impactos da Lei de Informática em Telecomunicações. 2 abril 2013, Anhembi, São Paulo

IV SEMINÁRIO DOS RESULTADOS DA LEI DE INFORMÁTICA EDUARDO TUDE. Impactos da Lei de Informática em Telecomunicações. 2 abril 2013, Anhembi, São Paulo IV SEMINÁRIO DOS RESULTADOS DA LEI DE INFORMÁTICA EDUARDO TUDE Impactos da Lei de Informática em Telecomunicações 2 abril 2013, Anhembi, São Paulo Sumário Introdução Serviços de Telecom no Brasil A Indústria

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos INFORMÁTICA MARÇO DE 2010

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos INFORMÁTICA MARÇO DE 2010 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos INFORMÁTICA MARÇO DE 2010 1 2 PRODUTOS CADEIA PRODUTIVA DO SETOR DE INFORMÁTICA - 2007 Hardware Software Serviços 38,2% 11,8% 50,0% Computadores Gerenciamento

Leia mais

3 Apresentação do caso

3 Apresentação do caso 3 Apresentação do caso Neste capítulo será contextualizado o mercado de telefonia móvel no Brasil, com a descrição dos principais concorrentes e a participação de mercado de cada um deles, a apresentação

Leia mais

Balanço Huawei da Banda Larga 1T12

Balanço Huawei da Banda Larga 1T12 Balanço Huawei da Banda Larga 1T12 www.huawei.com Preparado pela HUAWEI TECHNOLOGIES CO., LTDA Sumário Introdução Banda Larga Fixa Banda Larga Móvel Especial 4G 2 Objetivo e metodologia Acompanhar o crescimento

Leia mais

The Battle for the Home. Jesper Rhode Andersen Ericsson - Brasil

The Battle for the Home. Jesper Rhode Andersen Ericsson - Brasil The Battle for the Home Jesper Rhode Andersen Ericsson - Brasil 1 The Interconnected World Telecom Industry Broadband Services Wi-Fi (Home, Public, Enterprise) Wireless Internet The Interconnected World

Leia mais

Balanço Huawei 3T12. Preparado pela. www.huawei.com HUAWEI TECHNOLOGIES CO., LTDA

Balanço Huawei 3T12. Preparado pela. www.huawei.com HUAWEI TECHNOLOGIES CO., LTDA Balanço Huawei da Banda Larga 3T12 www.huawei.com Preparado pela HUAWEI TECHNOLOGIES CO., LTDA Sumário Introdução Banda Larga Fixa Banda Larga Móvel Considerações Finais 2 Objetivo e metodologia Acompanhar

Leia mais

Tecnologia de Informação

Tecnologia de Informação Tecnologia de Informação Fernando S. Meirelles Professor Titular de TI e Fundador do GVcia Fernando.Meirelles @ fgv.br 25ª Pesquisa Anual do Uso de TI, 2014 Pesquisa Pesquisa anual realizada pelo CIA -

Leia mais

www.titecnologia.net CRESCIMENTO CONTÍNUO E SUSTENTÁVEL

www.titecnologia.net CRESCIMENTO CONTÍNUO E SUSTENTÁVEL www.titecnologia.net CRESCIMENTO CONTÍNUO E SUSTENTÁVEL Evento www.titecnologia.net www.titecnologia.net Temas 1. Projeção de crescimento do mercado de tecnologia 2. Onde se encontrarão as oportunidades

Leia mais

O valor da performance. Capex investido em qualidade de rede melhora desempenho financeiro das operadoras

O valor da performance. Capex investido em qualidade de rede melhora desempenho financeiro das operadoras O valor da performance Capex investido em qualidade de rede melhora desempenho financeiro das operadoras Abril de 2014 CONTEÚDO RESUMO INTRODUÇÃO 3 MELHOR PERFORMANCE DE REDE 4 IMPLICAÇÕES ESTRATÉGICAS

Leia mais

Broadband & Internet 1a Apresentação Jun/03 2a Apresentação Dez/03

Broadband & Internet 1a Apresentação Jun/03 2a Apresentação Dez/03 Broadband & Internet 1a Apresentação Jun/03 2a Apresentação Dez/03 Mercado de Internet Nos próximos 5 anos...... o número de contas deverá crescer a uma taxa média anual de 9%... o mercado brasileiro deverá

Leia mais

10ª CONFERÊNCIA WEBSITE ANUAL SANTANDER AGOSTO DE 2009. Relações com Investidores

10ª CONFERÊNCIA WEBSITE ANUAL SANTANDER AGOSTO DE 2009. Relações com Investidores 10ª CONFERÊNCIA WEBSITE ANUAL SANTANDER AGOSTO DE 2009 Relações com Investidores AGENDA O Mercado de Telecomunicações no Brasil Perfil e Estratégia da Oi Resultados Operacionais e Financeiros Atuação no

Leia mais

Introdução aos Sistemas de Comunicação

Introdução aos Sistemas de Comunicação Introdução aos Sistemas de Comunicação Edmar José do Nascimento (Princípios de Comunicação) http://www.univasf.edu.br/ edmar.nascimento Universidade Federal do Vale do São Francisco Colegiado de Engenharia

Leia mais

Unified Communications & IP Tl Telephony. IDC, 2 e 3 Abril de 2008

Unified Communications & IP Tl Telephony. IDC, 2 e 3 Abril de 2008 Unified Communications & IP Tl Telephony IDC, 2 e 3 Abril de 2008 Abril de 2008 Sumário Enquadrar sucintamente o ambiente que se vive na indústria em torno desta nova (r)evolução tecnológica. Constatar

Leia mais

Reunião Pública. Gilsomar Maia Diretor de Finanças Corporativas

Reunião Pública. Gilsomar Maia Diretor de Finanças Corporativas Reunião Pública Gilsomar Maia Diretor de Finanças Corporativas Receita Bruta (R$ Milhões) e Margem EBITDA (%) ¹ Visão Geral da Companhia - Trajetória História Fundação Fortalecimento DNA Liderança 1.557

Leia mais

ser alcançada através de diferentes tecnologias, sendo as principais listadas abaixo: DSL (Digital Subscriber Line) Transmissão de dados no mesmo

ser alcançada através de diferentes tecnologias, sendo as principais listadas abaixo: DSL (Digital Subscriber Line) Transmissão de dados no mesmo 1 Introdução Em 2009, o Brasil criou o Plano Nacional de Banda Larga, visando reverter o cenário de defasagem perante os principais países do mundo no setor de telecomunicações. Segundo Ministério das

Leia mais

Empresa do Grupo como foco soluções completas em gestão de ambientes de TI, desenvolvimento de software e inteligência de CRM,

Empresa do Grupo como foco soluções completas em gestão de ambientes de TI, desenvolvimento de software e inteligência de CRM, A todo! Portfólio Clientes Empresa do Grupo, tendo como foco soluções completas em gestão de ambientes de TI, desenvolvimento de software e inteligência de CRM, Uma das 10 maiores empresas de TI do Brasil

Leia mais

O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Banda Larga Fixa

O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Banda Larga Fixa O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Banda Larga Fixa São Paulo, Agosto de 2014 2014 Teleco. Todos os direitos reservados. ÍNDICE

Leia mais

Argumentário frente à concorrência. Inteligência Competitiva e Segmentos Residencial

Argumentário frente à concorrência. Inteligência Competitiva e Segmentos Residencial Argumentário frente à concorrência Inteligência Competitiva e Segmentos Residencial Como descobrir quem é a Concorrência: sondando o cliente... Faça as perguntas abaixo para conhecer melhor o cliente e

Leia mais

Mídia e Comunicação Cenário e desafios para a democracia e a liberdade de expressão. Veridiana Alimonti, advogada do Idec e integrante do Intervozes

Mídia e Comunicação Cenário e desafios para a democracia e a liberdade de expressão. Veridiana Alimonti, advogada do Idec e integrante do Intervozes Mídia e Comunicação Cenário e desafios para a democracia e a liberdade de expressão Veridiana Alimonti, advogada do Idec e integrante do Intervozes Liberdade de Expressão! Para quem? Marco internacional

Leia mais

Tendências Tecnológicas: Como monetizar em oportunidades emergentes?

Tendências Tecnológicas: Como monetizar em oportunidades emergentes? : Como monetizar em oportunidades emergentes? 23 de Julho 2013 Confidencial Mercados emergentes têm previsão de crescimento de 2-3 vezes maiores do que mercados maduros em tecnologia nos próximos 2 anos.

Leia mais