NCE/14/00296 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NCE/14/00296 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos"

Transcrição

1 NCE/14/00296 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/14/00296 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da Comissão de Avaliação Externa 1. Tendo recebido o Relatório de Avaliação/Acreditação elaborado pela Comissão de Avaliação Externa relativamente ao novo ciclo de estudos Estudos Artísticos 2. conferente do grau de Licenciado 3. a ser leccionado na(s) Unidade(s) Orgânica(s) (faculdade, escola, instituto, etc.) Faculdade De Letras (UC) 4. a(s) Instituição(ões) de Ensino Superior / Entidade(s) Instituidora(s) Universidade De Coimbra 5. decide: Apresentar pronúncia 6. Pronúncia (Português): Exmos. Senhores, O teor do documento de pronúncia, da responsabilidade da unidade orgânica proponente do ciclo de estudos, Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, consta do ficheiro.pdf que se junta em anexo. Mais se informa que as fichas de unidade curricular referidas, não foram incluídas no documento em anexo devido às limitações impostas quanto ao tamanho do ficheiro. No entanto, estarão em condições de ser disponibilizadas, caso assim seja solicitado. Com os melhores cumprimentos. 7. Pronúncia (Português e Inglês, PDF, máx. 150kB): (impresso na página seguinte) pág. 1 de 1

2 Anexos

3 Pronúncia sobre o relatório preliminar da CAE / A3ES relativo à proposta de novo 1º ciclo de estudos em Estudos Artísticos (NCE/14/00296) Agradece-se o importante contributo da CAE através deste seu relatório preliminar. As sugestões e críticas nele contidas permitiram não só rever e afinar alguns dos textos de apresentação da proposta como alimentar a reflexão sobre alguns dos seus aspectos mais relevantes. A CAE fundamenta da seguinte forma a sua recomendação de não acreditação do ciclo de estudos proposto: [1] Procurar soluções que possibilitem a expansão da reduzida equipa docente Reconhece-se que o corpo docente atual ainda não é o ideal. No entanto, é importante referir que: ainda antes da recepção deste relatório preliminar foi decidido em Conselho Científico abrir, ainda este ano, um concurso público para a contratação de um Professor Auxiliar em Estudos Fílmicos; foi aumentado de 20% para 60% o contrato do Doutor José Abreu, Prof. Auxiliar Convidado da área de Música, o qual passará a colaborar com o 1º ciclo de Estudos Artísticos; em 2014 foi admitido um docente a tempo integral, o Doutor Fausto Cruchinho, para a área dos Estudos Fílmicos. Em síntese, estes dados denotam uma evidente dinâmica de consolidação e crescimento do corpo docente do curso, que corresponde a uma aposta institucional inequívoca para reforçar os recursos humanos nesta área de estudos e que, sendo necessário, no quadro dos constrangimentos atuais prosseguirá. [2] Proceder a uma mais rigorosa definição dos objectivos gerais e de aprendizagem Seguiu-se a recomendação da CAE tendo sido feita uma revisão quer dos objectivos gerais (3.1.1) quer de aprendizagem do curso (3.1.2) Objectivos gerais definidos para o ciclo de estudos O 1º ciclo de Estudos Artísticos tem como objetivo dotar o estudante de autonomia crítica apoiada numa robusta bagagem cultural e artística, nomeadamente nas áreas do Cinema, Música e Teatro e suas múltiplas transversalidades. O foco do curso é essencialmente reflexivo, visando a formação de assessores culturais, críticos, gestores e programadores. Poderá, contudo, estimular o estudante para posteriores formações de carácter mais prático, constituindo-se como uma formação introdutória e conceptual Objectivos de aprendizagem a desenvolver pelos estudantes O ciclo de estudos pretende formar cidadãos apetrechados de um sólido espírito crítico, capazes de lidar com uma realidade artística, social e política em constante mutação. Mais especificamente, deverá ter: Conhecimento sólido e abrangente da História da Humanidade articulada com as das Artes, nomeadamente do Cinema, Música e Teatro; Domínio crítico das principais obras, referências e contextos das três áreas matriz do curso; Capacidade para pensar teórica e criativamente os processos histórico-artísticos; Capacidade de perspectivar de forma interdisciplinar o objecto artístico; Conhecimentos das principais ferramentas das 'Digital Humanities'; Competência para participar na elaboração de projetos de programação artístico-cultural. Percepção e capacidade de valorização do valor social e patrimonial da Arte e da reflexão sobre a Arte. De forma mais operacional, o discente deverá desenvolver a sua capacidade de: i) análise e síntese face a fontes de informação complexa, ii) iniciativa, iii) planeamento e gestão de projetos, iv) trabalho em equipa, v) expressão oral e escrita. [3] Proceder a uma revisão da distribuição de ECTS: O número de ECTS (...) na área de especialização do Curso (108) estão no limite mínimo do que se considera necessário para assegurar a sua especialização na área, não garantindo, à partida, a transversalidade que o projeto do curso e a designação Estudos Artísticos supõem. Seguiu-se a recomendação da CAE. Entendeu-se que, sem desvirtuar o modelo da estrutura relacional que fundamentou a reforma da oferta formativa da Faculdade de Letras, era importante assegurar a obrigatoriedade de um maior número de ECTS na área de especialização do curso. Decidiu-se que o número de ECTS da área de especialização a realizar pelo aluno deverá passar a ser de 120 ECTS, diminuindo a área de Formação Geral para um máximo de 12 ECTS. Entendeu-se ainda que deverá subsistir este mínimo de 12 ECTS (2 unidades curriculares) para a Formação Geral sob pena de descaracterizar a filosofia subjacente à reforma de oferta formativa globalmente proposta pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. [4] Proceder a uma clarificação dos conteúdos excessivamente sumários das unidades curriculares Cinema Português, Crítica e Estética Musical, Música Portuguesa, Oficina de Cinema (que parece excessivamente especializada), Oficina de Música, Seminário de Estudos Artísticos. Procurou responder-se às solicitações da CAE. Prestou-se particular atenção à descrição mais precisa e detalhada seja dos objectivos seja do conteúdo programático das unidades curriculares referidas pela CAE. Nesse sentido, foram revistas as Fichas de Unidade Curricular (ver Anexo da Pronúncia). Tomou-se por boa a sugestão da CAE (ponto do relatório preliminar) e foi acrescentado ao conteúdo programático da unidade curricular História e Estética do Cinema II um módulo sobre cinema contemporâneo. Para o fazer de forma equilibrada, foi necessário reajustar igualmente os conteúdos e a respectiva Ficha de Unidade Curricular de História e Estética do Cinema I. Sobre a definição e objectivos das Oficinas de Artes (Oficina de Cinema, Oficina de Música e Oficina de Teatro), ver o ponto [5]. A propósito da área da Fotografia e o reparo feito pela CAE, "ausência de uma reflexão sobre a relação analógico/digital" (ponto do relatório preliminar), entende-se que, num programa como o da unidade curricular Géneros Fotográficos, o qual procura as inscrições da Fotografia nas práticas artísticas contemporâneas, o digital não operou (ainda) nenhuma transformação de relevo, nem na prática autoral nem na recepção. [5] Ponderar o peso relativo da hora de trabalho criativo (no caso das Oficinas, por exemplo) face às restantes, com eventual projeção desse fator no cálculo dos ECTS específicos das u.c. relevantes É importante esclarecer que as Oficinas de Artes não são necessariamente unidades curriculares criativas. O que as caracteriza é serem uma mediação entre a natureza reflexiva e conceptual do curso e as práticas artísticas. Assim, não têm de ser forçosamente oficinas criativas (ensinar atores, realizadores ou criadores/intérpretes musicais) mas têm de estabelecer a mediação com as práticas artísticas. Compreende-se, portanto, que possam ter o mesmo número de ETCS que as restantes unidades curriculares. Para além disso, não seria fácil alterar o número de ECTS das Oficinas sem prejudicar o novo modelo formativo em que este ciclo de estudos se insere. 1

4 No entanto, o curso de Estudos Artísticos e a unidade orgânica que o acolhe procuram estimular e oferecer condições para que os alunos possam prolongar o seu trabalho autónomo, criativo ou não, através dos vários espaços/laboratórios que lhe são disponibilizados. Nesse sentido, foi aprovada, em comissão científica do Departamento, a criação do LIPA - Laboratório de Investigação e Práticas Artísticas, uma iniciativa do curso de Estudos Artísticos cujo objectivo primeiro é enquadrar institucionalmente os estudantes dos 2º e 3º ciclos do curso. Em particular aqueles cuja investigação se desenvolve no âmbito de estudos fílmicos, musicais, ou teatrais e performativos. O LIPA cria oportunidades de encontro, entreajuda e trabalho conjunto, promovendo pontos de contacto entre a reflexão teórica e o trabalho prático, nomeadamente através da colaboração de artistas das diferentes áreas do curso. Refira-se ainda a disponibilização aos alunos: i) da Biblioteca de Cinema, na Casa das Caldeiras, equipada de computadores e software para edição vídeo e som; ii) do Teatro Paulo Quintela, no edifício da Faculdade de Letras, com acesso ao palco, jogo de luzes, piano; iii) dos grupos musicais/laboratórios incubados pela linha de investigação Pragmática Musical do Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos; iv) das parcerias diversas com companhias de teatro da região; v) da parceria privilegiada com o Teatro Académico Gil Vicente seja para a organização, produção ou participação no espetáculo. A CAE recomenda e sublinha, ainda: a) Que se especifique com mais detalhe os níveis de envolvência científica dos centros de investigação no projeto do curso, também na sua dimensão pedagógica. Através do Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos (CECH) da Universidade de Coimbra, em particular da linha de investigação 'Pragmática Musical' - Projeto 'Mundos e Fundos' (coordenada por Paulo Estudante e José Abreu), os discentes podem participar na execução de tarefas científicas dentro dos vários projetos de investigação em curso (são já vários os alunos de 1º ciclo que colaboram na catalogação do imenso espólio musical da Universidade de Coimbra), ou ainda participar na organização de conferências e concertos musicais. Este espaço privilegiado de experiência científica para os discentes do curso estende-se ainda ao Centro de Estudos Interdisciplinares do Séc. XX (CEIS20), com as linhas de investigação "Cinema e filosofia" e "Corpo, dramaturgia, performance" dirigidas, respectivamente, pelos docentes Sérgio Dias Branco e Fernando Matos Oliveira. No Centro de Dramaturgia Contemporânea, resultado de uma parceria entre o curso de Estudos Artísticos, o CEIS20 e o Teatro Académico Gil Vicente, os alunos têm a oportunidade de participar nas diversas linhas de ação em curso, desde o trabalho de arquivo e documentação em torno da dramaturgia contemporânea até atividades de formação complementar. No que diz respeito às parcerias, os docentes do curso, nomeadamente da área de Teatro, têm promovido parcerias com companhias de teatro da cidade (Bonifrates, Escola da Noite, O Teatrão, o Bando) ou com Teatro Académico Gil Vicente, através das quais os alunos têm acesso à participação na criação e montagem de espetáculos. Destacam-se ainda as parcerias ERASMUS+ com as Universidades: Marmara Universitesi; Queen Mary, University of London; Universidad Politécnica de Cataluña; Université de Liège; Charles University in Prague; Ethniko kai Kapodistriako Panepistimio Athinon; Masarykova Universita v Brne; Università degli studi di Parma; Università degli studi di Roma Tre; Université de la Sorbonne Nouvelle - Paris III; Université de Poitiers. b) As atividades apontadas pela instituição têm uma natureza pontual e não denotam um esforço concertado do Programa neste domínio, nem a presença de uma verdadeira estratégia na prestação de serviços à comunidade O curso tem a preocupação de se prolongar na comunidade e região que o acolhe. Para além dos múltiplos eventos pontuais em que os seus docentes e discentes participam (conferências 'grande público', aulas abertas, participação em peças teatrais, participação em júris de concursos artísticos, etc.), o curso apresenta uma estratégia de extensão sustentada à comunidade. São disso exemplo: Parceria permanente com o TAGV, tal como já foi referido; Parcerias com as companhias de teatro O Teatrão, o Bando, Bonifrates e Escola da Noite; Parceria com a companhia de dança Projeto D; Colaboração regular com o Conservatório de Música de Coimbra (presença de um dos docentes no Conselho Geral da instituição); Oferta anual à cidade dos Concertos Mundos e Fundos, em torno no património musical da UC; Serviços de formação avançada em Centros de Formação de Professores com os quais a Faculdade tem protocolos de Cooperação. Considerando ter respondido às recomendações da CAE, a instituição entende estarem reunidas as condições para a acreditação do ciclo de estudos proposto. Pretende ainda sublinhar-se que a Faculdade de Letras, definiu as Artes como área fundamental do seu projeto educativo, científico e cultural. O curso de Estudos Artísticos é um dos pilares do espaço formativo que permite concretizar: 1) a missão educativa da Universidade na área artística; 2) uma política de difusão de conhecimento e da cultura através de atividades de extensão universitária junto da comunidade, seja na cidade, na região ou no país. Os seus docentes colaboram regularmente com instituições locais na oferta de sessões de cinema temático todas as semanas, na realização de conferências abertas ao 'grande público', na participação no Conselho Geral do Conservatório de Música de Coimbra, na participação em júris de concursos artísticos. Os seus discentes participam ativamente na vida cultural da universidade e da cidade, encontrando formas de concretização prática da sua vocação artística em grupos e equipamentos de teatro, de dança, de cineclubes, agrupamentos musicais que desenvolvem a sua atividade no quadro da dinâmica artístico-cultural da universidade. Por tudo isto tem tido um papel fulcral na dinamização da vida cultural da cidade e da região. 2

5 Pronouncement on the preliminary report of the External Review Team / A3ES concerning the proposal for the creation of a new Licentiate s course in Artistic Studies (NCE/14/00296) We are thankful for the ERT's important contribution expressed in its preliminary report. The suggestions and criticism presented in this document allowed us to both revise and perfect some of the texts for the presentation of the proposal and to inform the reflection on some of its most relevant aspects. The ERT bases its recommendation of non-accreditation of the proposed cycle of studies in the following manner: [1] Find solutions to increase the limited number of teaching staff members We acknowledge the fact that the current teaching staff is not ideal. Still, it should mentioned that: even before receiving this preliminary report, the Scientific Council decided to open, later this year, a public competition to hire an Assistant Professor in Film Studies; the contract of José Abreu (PhD), an Invited Assistant Professor of the field of Music, was raised from 20% to 60%. This professor will work in collaboration with the 1 st cycle of Artistic Studies. in 2014, Fausto Cruchinho (PhD) was admitted as a Full Professor for the field of Film Studies. In summary, this data testifies to a clear dynamics of consolidation and growth of the course's teaching staff, corresponding to an unquestionable institutional investment in the reinforcement of human resources in this field. If needed and under the current constraints, this policy will continue. [2] Carry out a more rigorous definition of the general objectives and learning outcomes The ERT's recommendation was followed and both the general objectives (3.1.1) and the learning outcomes of the course were revised General objectives defined for the cycle of studies The goal of the Licentiate's course in Artistic Studies is to grant students a degree of critical independence based on a robust cultural and artistic knowledge, namely in the fields of Cinema, Music and Theater, and their various intersections. The course has an essentially reflective nature and is directed to the training of cultural consultants, critics, managers and programmers. Nevertheless, the course may also encourage students to pursue training of a more practical nature, posing itself as an introductory and conceptual training to be developed by the students The goal of the cycle of studies is to help students develop a solid critical spirit, making them able to deal with a constantly changing artistic, social and political reality. More specifically, students should develop: A solid and thorough knowledge of the History of Humankind combined with the History of Arts, namely, of Cinema, Music and Theater. The critical mastery of the main works, references and contexts of the three main fields of the course; The ability to reflect on the historical and artistic processes in a theoretical and creative manner. The ability to approach the artistic object in a crossdisciplinary manner; Knowledge of the main tools of "Digital Humanities"; The competence to participate in the elaboration of the projects of artistic and cultural programming. The ability to recognize and appreciate the social and patrimonial value of Art, as well as the reflection on the same subject. At a more operational level, students should develop their: i) ability to analyze and summarize sources of complex information, ii) sense of initiative, iii) planning and management of projects, iv) team work skills, v) oral and written expression. [3] Carry out a revision of the distribution of ECTSes: The number of ECTSes (...) in the field of specialization of the Course (108) is at the minimum threshold of what is considered necessary to ensure its specialization in the field and, in principle, does not warrant the crossdisciplinarity expected from the project and name of the course of Artistic Studies. The ERT's recommendation was followed. It was considered important to meet the requirement of a larger number of ECTSes in the specialization field of the course, without compromising the model of the "relational structure" on which the reform of the training offer of FLUC was based. Hence, it was decided that the number of ECTSes of the specialization field to be attended by the student should be changed to 120, reducing the field of General Training to a maximum of 12 ECTSes. It was also decided to maintain this minimum number of 12 ECTSes (2 course units) for General Training. Otherwise, the philosophy underlying the reform of the training offer globally proposed by the Faculty of Arts and Humanities of the University of Coimbra would be compromised. [4] Clarify the excessively summarized contents of the course units of Portuguese Cinema, Music Criticism and Aesthetics, Portuguese Music, Cinema Workshop (which seems to be too specialized), Music Workshop and Seminar of Artistic Studies. Following this recommendation, special attention was given to a more precise and detailed description of both the objectives and the syllabi of the course units mentioned by the ERT. To this effect, the Course Unit Sheets were revised (see Annex to the Pronouncement). We wholeheartedly accepted the ERT's suggestion expressed in point of the preliminary report. Thus, a module on contemporary cinema was added to the syllabus of the course unit of History and Aesthetics of Cinema II. To achieve this in a balanced manner, it was also necessary to readjust the contents and the corresponding Course Unit Sheet of History and Aesthetics of Cinema I. On the definition and goals of the Workshops of Arts (Cinema Workshop, Music Workshop and Theater Workshop), see point [5]. Concerning the field of Photography and the remark made by the ERT with regards to the "lack of a reflection on the analogical/digital relation" (point of the preliminary report), it is our understanding that, within the syllabus of the course unit Photographic Genres, which searches for the inscriptions of Photography in the contemporary artistic practices, the digital technology has not (yet) carried out any significant transformation in authorial practice or in the practices of reception. [5] Ponder the relative weight of the hour of creative work (in the case of the Workshops, for example), in view of the remaining hours, with a possible reflection of this factor in the calculation of the specific ECTSes of the relevant course units. It should be clarified that the Arts Workshops are not necessarily creative course units. Their main characteristic is that of acting as mediators between the reflective and conceptual nature of the course and the artistic practices. Hence, they do not necessarily have to be creative workshops (teaching actors, directors or writers/interpreters of music) but they must establish the mediation with the artistic practices. For this reason, it is understood that they may have the same number of ECTSes as the remaining course units. In addition, it would be difficult to change the number of ECTSes of the Workshops without compromising the new training model that incorporates this cycle of studies. 3

6 Nevertheless, the course of Artistic Studies and the organizational unit to which it belongs attempt to encourage and offer conditions for students to extend their independent work, whether creative or not, through the several rooms/laboratories made available to them. To this effect, the scientific committee of the Department approved the creation of the LIPA - Laboratory of Artistic Research and Practices, an initiative of the course of Artistic Studies with the main goal of incorporating MA and PhD students of the course within an institutional framework. This measure is especially directed to students whose research work takes place within the scopes of film, music, theater and performative studies. The LIPA creates meeting places, mutual help and joint work, promoting contact points between theoretical reflection and practical work, namely through the collaboration of artists from the different fields of the course. It should be mentioned that students can also take advantage of: i) the Cinema Library, at the Boiler House, equipped with computers and software for video and sound editing; ii) the Paulo Quintela Theater, at the building of the Faculty of Arts and Humanities, with access to the stage, the lighting and the piano; iii) the musical ensembles/laboratories incubated by the line of research Music Pragmatics of the Center of Classical and Humanistic Studies; iv) the various partnerships with theater companies of the region; v) the privileged partnership with the Gil Vicente Academic Theater (TAGV) for the organization, production or participation in the show. The ERT also recommends and stresses that: a) The levels of scientific involvement of the research centers in the project of the course should be specified in further detail, including their pedagogical dimension. Thanks to the Center of Classical and Humanistic Studies of the UC (CECH), in particular to the research line "Music Pragmatics" - Project "Mundos e Fundos" - (coordinated by Paulo Estudante and José Abreu), students can participate in the execution of scientific tasks within the various ongoing research projects (several Licentiate's students currently collaborate in the cataloguing of the vast musical estate of the University of Coimbra) and may also participate in the organization of musical conferences and concerts. This privileged space of scientific experience for the students of the course also includes the Center of Interdisciplinary Studies of the 20 th century (CEIS20), with the lines of research "Cinema and Philosophy" and "Body, dramaturgy, performance" directed by professors Sérgio Dias Branco and Fernando Matos Oliveira, respectively. At the Center of Contemporary Dramaturgy, in result of a partnership between the course of Artistic Studies, the CEIS20 and the Gil Vicente Academic Theater, students have the opportunity to participate in the several ongoing courses of action, including archival and documentation work in the field of contemporary dramaturgy and complementary training activities. Concerning partnerships, the professors of the course, namely those from the field of Theater, have promoted partnerships with the theater companies of Coimbra (Bonifrates, Escola da Noite, O Teatrão, o Bando) and with the Gil Vicente Academic Theater, through which students have the opportunity to participate in the creation and staging of shows. We should also highlight the ERASMUS+ partnerships with the following universities: Marmara Universitesi; Queen Mary, University of London; Universidad Politécnica de Cataluña; Université de Liège; Charles University in Prague; Ethniko kai Kapodistriako Panepistimio Athinon; Masarykova Universita v Brne; Università degli studi di Parma; Università degli studi di Roma Tre; Université de la Sorbonne Nouvelle - Paris III; Université de Poitiers. b) The activities mentioned by the institution have a one-off nature and do not represent a concerted effort of the Program in this regard, nor the existence of a real strategy for the provision of services to the community One of the goals of the course is to extend itself to its surrounding community and region. In addition to the various one-off events in which its professors and students participate ("general public" conferences, open classes, participation in theater plays, participation in juries of artistic competitions etc.), the course offers a strategy of sustained extension to the community. Some examples include: Permanent partnership with the TAGV, as previously mentioned; Partnerships with the theater companies O Teatrão, o Bando, Bonifrates and Escola da Noite; Partnership with the dance company Projeto D; Regular collaboration with Coimbra's Conservatory of Music (with the presence of one of the professors in the General Council of the institution); Annual offer of the Mundos e Fundos concerts to the city of Coimbra, based on the musical heritage of the UC; Advanced training services in Teacher Training Centers with cooperation protocols with FLUC. Having answered the ERT's recommendations, this institution believes that the conditions for the accreditation of the proposed cycle of studies have been met. We would also like to stress that FLUC defined the Arts as a fundamental field of its educational, scientific and cultural project. The course in Artistic Studies is one of the pillars of the educational space enabling: 1) the educational mission of the University in the artistic field; 2) a policy of dissemination of knowledge and culture by means of university extension activities among the community, both in the city, within the region or across the country. Its professors have regular collaborations with local institutions offering sessions of thematic cinema on a weekly basis, organizing conferences open to the general public, participating in the General Council of the Conservatory of Music of Coimbra and in juries of artistic competitions. Its students actively participate in the cultural life of the university and the city, finding ways to put into practice their artistic vocation in theater, dance and film club groups and equipment, and in musical ensembles working within the framework of the artistic and cultural dynamics of the university. For all these reasons, this course has had a major role in the revitalization of the cultural life of the city and the region. 4

7 Anexo da pronúncia sobre o relatório preliminar da CAE / A3ES relativo à proposta de novo 1º ciclo em Estudos Artísticos Serve o presente anexo para completar a resposta dada no ponto [4] da pronúncia sobre o relatório preliminar da CAE (NCE/14/00296) no tocante ao 1º ciclo em Estudos Artísticos, proposto pela Universidade de Coimbra, Faculdade de Letras. Procurando responder às solicitações da CAE foram revistas as Fichas de Unidade Curricular de Cinema Português, História e Estética do Cinema I, História e Estética do Cinema II, Música Portuguesa, Crítica e Estética Musical, Seminário de Estudos Artísticos, Oficina de Cinema, Oficina de Música, Oficina de Teatro. Segue-se a transcrição das secções revistas: Cinema Português Ter uma perspetiva histórica e estética do cinema no contexto da arte portuguesa. Serão valorizados alguns autores como exemplos preponderantes da última metade do século XX; a sua obra será apresentada como tendência do cinema português, a nível nacional e internacional. Há uma produção teórica, crítica e histórica assinaláveis que fazem parte do património do cinema português não fílmico, que deve ser levada em conta no estudo já vasto do cinema nacional, feito tanto no país como no estrangeiro. O discente deverá ser capaz: - de relacionar os movimentos estéticos que envolveram o cinema português em relação com os movimentos intelectuais e artísticos contemporâneos; - de compreender a relação do cinema português com Portugal e com o cinema em geral, nas suas dimensões artísticas, culturais, políticas e históricas. To have an historical and aesthetic perspective of cinema in the context of Portuguese art. Some authors will be valued as prevalent examples of the latter half of the 20th century and their work will be displayed as trends of Portuguese cinema at the national and international levels. There is a theoretical production, critically and historically remarkable that is part of the Portuguese cinema non-filmic heritage, which must be taken into account in the study of the already vast national cinema, made both at home and abroad. By the end of the semester, the student should be able: - to relate the aesthetic movements involving Portuguese cinema in relation to the intellectual and artistic movements contemporaries of the module s periodization; - to understand the relationship between Portuguese cinema and Portugal and cinema in general, in its artistic, cultural, political and historical dimensions. António Ferro e o cinema português: - condições de produção de filmes em Portugal no período do Estado Novo; - legislação e produção: a Lei nº 2027 e o fim do ciclo intervencionista estatal; - os anos pós- Ferro e a degradação das condições de produção; - o papel do Conselho do Cinema; - os cineclubes e as revistas na produção de uma escola do gosto. O "cinema novo" e os novos cinemas: - condições de surgimento do Cinema Novo; - a escolarização do cinema e as influências estéticas novas; - a batalha das ideias e os seus protagonistas; - novas condições de produção e novos públicos; - o cinema e as outras disciplinas e meios de comunicação. Os "casos" do cinema português: - Manoel de Oliveira no cruzamento entre modernidade e classicismo; - Paulo Rocha, experimentação e hibridação; - Fernando Lopes, entre documentário, televisão e auto-reflexão; - João César Monteiro, a cinefilia e a cultura; - Pedro Costa, construção do pós-cinema. António Ferro and Portuguese cinema: - film production conditions in Portugal in the period of Estado Novo; - legislation and production: Law no and the end of the state interventionist cycle; - post-ferro years and the degradation of production conditions; - the role of the Film Council; - the film clubs and magazines in producing a school of taste. The "cinema novo" and the new cinemas: - conditions for the emergence of Cinema Novo; - the school of cinema and the new aesthetic influences; - the battle of ideas and its protagonists; - new conditions of production and new audiences; - cinema and other disciplines and communication media. The "cases" of Portuguese cinema: - Manoel de Oliveira at the crossroads of modernity and classicism; - Paulo Rocha, experimentation and hybridization; - Fernando Lopes, between documentary, television and self-reflection; - João César Monteiro, cinephilia and culture; - Pedro Costa, post-cinema construction. História e Estética do Cinema I 1. O Cinema Primeiro imagens e movimento percursores uma arte variada mise-en-scène e edição cinema americano e cinemas nacionais 2. O Mudo Tardio impressionismo francês expressionismo alemão cinema de montagem soviético slapstick americano 3. O Desenvolvimento do Cinema Sonoro imagens e sons o classicismo americano o realismo poético francês vanguardas internacionais 1. The First Cinema images and movement percursors a varied art mise-en-scène and editing american cinema and national cinemas 2. The Late Silent French impressionism German expressionism Soviet montage cinema American slapstick 3. The Development of Sound Cinema images and sounds American classicism French poetic realism international vanguards.

8 História e Estética do Cinema II 1. A Modernidade no Pós-Guerra o fim do classicismo americano o neo-realismo italiano os autores nova vaga francesa outras vagas novas cinema directo experimentalismo americano 2. Os Novos Cinemas a nova Hollywood o cinema politizado documentar e experimentar desenvolvimentos na Europa e URSS imagens orientais, africanas, e latinas 3. Cultura Global e Meios Eletrónicos mudanças na indústria americana o mundo digital das regiões para o cinema internacional o circuito dos festivais convergência de meios e expansão de meios. 1. Modernity in Post-War American classicism II Italian neo-realism the Auteurs French new wave other new waves direct cinema American experimentalism 2. The New Cinemas the New Hollywood politicized cinema documenting and experimenting developments in Europe and the USSR Oriental, African, and Latin images 3. Global Culture and Electronic Media changes in the American industry the digital world from the regions to international cinema the circuit of festivals media convergence and media expansion. Música Portuguesa Compreender histórica e historiograficamente as diferentes fases da construção do património musical português, nomeadamente na sua vertente dita "erudita". Estimular o aprofundamento do estudo do Património Musical Português fornecendo, ainda que sucintamente, as primeiras ferramentas metodológicas para a reflexão académica em Música. O discente deverá ser capaz de: - identificar e contextualizar as principais obras e compositores da História da Música Portuguesa, - caracterizar os principais movimentos sociais e políticos que formam e enformam a construção artística portuguesa, sobretudo na sua vertente musical. By the end of the semester, the student should be able: 1. to understand the historical and historiographical construction of the Portuguese Music History, namely its 'art music'; 2. to identify and put into context the most significant Portuguese music works and composers; 3. to characterize the main social and political movements that fashioned the Portuguese musical / artistic rendition; 4. to have a stronger conscience of the need of preservation and appraisal of the Portuguese Music Heritage. Percurso pelo Património Musical Português devidamente contextualizado e ilustrado. Organizado por módulos, variáveis de ano para ano, sendo abordados, entre outros, os seguintes temas: (1) Identificação do enorme património monódico e polifónico associado às instituições eclesiásticas do Antigo Regime: principais práticas musicais e seus actores; (2) Lisboa Joanina: construção de uma nova Roma, importação massiva dos modelos e músicos italianos; (3) A música portuguesa durante a primeira metade do séc. XIX: renovação dos pólos de influência musical entre conflitualidade política e social; (4) Ventos de mudança: o fim do séc. XIX e os alvores do séc. XX sob o signo do Nacionalismo; (5) Entre o nacionalismo neoclássico, nacionalismo folclorizante e vanguardismo: décadas 30 a 60 do séc. XX; (6) Tentativa de uma história musical do tempo presente: identificação das principais escolas e compositores da actualidade. Dificuldades na validação da música contemporânea portuguesa. The course aims to offer the student a solid panorama of Portuguese Music History, presented into context and sound. The course is organized by modules, changeable every year but including themes such as: (1) Identification of the great monodic and polyphonic production associated to the Portuguese Church until the 19th century; (2) John V's Lisbon: aiming for a new Rome through massive importation of Italian musicians; (3) Portuguese music from the 19th-century: new influences amidst social and political conflict; (4) Starting a new century under the sign of Nationalism: the first decades of the 20th century; (5) Between neoclassical nationalism, folk-wise nationalism and avant-garde: half way into the 20th-century; (6) Attempt to a nowadays history of Portuguese Music: identification of the main composers and schools. Difficulties validating, both nationally and abroad, Portuguese contemporary music. Crítica e Estética Musical Compreender as principais vertentes e problemáticas da Crítica e Estética Musical. Incentivar e desenvolver a capacidade de argumentação crítica. Estimular uma reflexão crítica sobre a diversidade de correntes estéticas e o espaço que a música ocupa no mundo contemporâneo. O discente deverá ser capaz de: - desenvolver a capacidade de interpelação e problematização na área da estética da música cruzando-a com outros problemas filosóficos, artísticos e culturais; - desenvolver a capacidade de situar conceitos e valores estéticos no contexto histórico-cultural a que pertencem reconhecendo as suas mutações no tempo. Understand the main aspects of Criticism and Musical Aesthetics. Encourage and develop the critical skills. To stimulate critical reflection on the diversity of aesthetic currents and the in the contemporary world. By the end of the semester, the student should be able to: - develop the ability to question in aesthetics and music crossing with other philosophical, artistic and cultural problems; - develop the ability to situate aesthetic concepts and values in historical and cultural context; - develop the ability to identify elements of continuity, change and disruption throughout the history of philosophical and musical thought. Retrospectiva das principais problemáticas da Crítica e Estética Musical. - A estética enquanto reflexão filosófica sobre as artes. - A natureza da música e o seu significado - principais conceitos, categorias e questões relevantes. - O pensamento musical na Antiguidade clássica - a música como imitação. - A música no contexto da modernidade (Baumgarten e Kant) - a música como ideia - racionalismo e empirismo, objectivo e subjectivo, experiência estética e conhecimento. - As questões centrais do pensamento estético na música do século XIX - a música como forma autónoma - arte e auto-representação do real. Arte como reflexo do mundo. - As preocupações e conceitos relevantes da fenomenologia - a música como experiência. - A música como força social, política e económica (Adorno e Attali). - Principais temas de discussão no mundo contemporâneo - multiplicidade e diversidade de culturas e subculturas musicais, a música enquanto fenómeno multicultural - a estética musical pós-moderna. - Retrospective of the main issues of Criticism and Musical Aesthetics. - Aesthetics as a philosophical reflection on the arts. - Music nature and its meaning - key concepts, categories and relevant issues.

9 - Music thinking in the classic antiquity - music as imitation. - Music in context modernity to the eighteenth century: (Baumgarten and Kant) - music as idea - rationalism and empirism, ojective and subjective, aesthetic experience and knowledge. - The central issues of criticism and aesthetic thought in nineteenth-century - music as autonomous form. - Main issues and concepts in phenomenology - music as experienced. - Music as social, political and economical force (Adorno and Attali). - Central questions and discution in the contemporary world - multiple musical cultures and subcultures, music as a multicultural phenomenon - a postmodern musical aesthetic. Seminário de Estudos Artísticos A disciplina propõe um trabalho intensivo em torno do discurso científico na Arte. Procura desenvolver a capacidade de discussão, articulada e fundamentada, para cada uma das áreas matriz: Cinema, Música e Teatro. Procura estimular uma maior autonomia crítica e científica. Cada turma persegue estes objectivos através da análise de um tema / estudos de caso: CINEMA textos teóricos e críticos sobre a obra de Robert Bresson refletir sobre os escritos do artista, Notas sobre o Cinematógrafo visionar e discutir de modo detalhado todos os filmes do cineasta TEATRO Trabalho sobre o conceito de metateatralidade enquanto como estímulo à reflexão e motivo de avaliação das relações complexas entre palavra e gesto. MÚSICA análise crítica de artigos de referência publicados em revistas científicas das diferentes áreas da musicologia; aprendizagem, "by example", das diferentes metodologias aplicadas na investigação em Música (Musicologia Histórica, Etnomusicologia, Performance Studies, etc.). This course aims for an intense work on scientific discourse in Arts. It aims to improve the student's capacity for argument, sound and articulated, for each of the graduation areas: Cinema, Music and Theatre. It strives for a stronger critical and scientific autonomy. Each Seminar class (Cinema, Music Theatre) pursuits these goals working a general theme or several case studies: CINEMA know some of the theoretical and critical texts about Robert Bresson s work reflect on the artist s writings, Notes on Cinematograph watching and discussing in detail all of the filmmaker s films THEATRE Work about the concept of metatrality as a stimulus for reflection and a reason to review the complex relationships between word and gesture. MUSIC critical reading of several Musicology reference papers; learning, by example, of the different methodologies for research on Music (Historical Musicology, Ethnomusicology, Performance Studies, etc.). CINEMA A Obra Cinematográfica de Robert Bresson uma arte da presença Notas sobre o Cinematógrafo TEATRO O assunto tratado nesta unidade curricular pode oscilar entre questões de ordem temática e questões de natureza técnico-compositiva. Ex: o tema «Cómico e Teatro», levará os alunos a refletir sobre a forma complexa de significação dos mecanismos do cómico na dramaturgia e no teatro. Não só será avaliado o percurso do cómico ao riso, como as diversas técnicas que lhe dão forma, no texto e em cena, e os seus resultados junto do público. MÚSICA Os estudos de caso trabalhados variam conforme os interesses dos alunos. Os temas escolhidos (exs: "A possível renovação da música tradicional", "Autenticidade na Música", "A retromania na Música", etc.) permitem a leitura crítica de material publicado e a discussão argumentada em aula. Permite ainda a identificação e avaliação das diferentes metodologias utilizadas acumulando a bagagem necessária para um trabalho científico individual. CINEMA The Cinematic Oeuvre of Robert Bresson an art of presence Notes on the Cinematographer THEATRE The topics covered in this class can range from ordering of themes and issues of a technical and compositional nature. Ex: the theme "Comedy and Theatre" will teach students to reflect on the complex meaning of the comic and the dramaturgy mechanisms and theater. The class is assessed not only from the comedian to laughter, but also on the various techniques that shape it, the script and the scene, and their public's response. MUSIC The case studies vary accordingly the student's interests. The chosen themes (eg. "Is it possible to renew traditional music?", Authenticity in music", "Retromania and music", etc.) are worked through critical reading of published papers and discussion in class. It also allows the identification and evaluation of the different research methodologies enhancing the student's scientific autonomy. Oficina de Cinema As Oficinas de Artes, em Cinema, Teatro e Música, destinam-se tanto à experiência da actividade criativa como ao desenvolvimento de ferramentas de mediação entre a natureza reflexiva do Curso de Estudos Artísticos e as práticas artísticas. Através da Oficina de Cinema, o estudante deverá adquirir: - a experiência do processo multifacetado e faseado de criação de um filme narrativo, estruturado em várias etapas; - consequentemente, a capacidade de desenvolver as suas capacidades artísticas, os seus conhecimentos técnicos, e as suas competências de organização, planeamento, e escrita; - paralelamente, graças ao trabalho em grupo e a discussão em aula, em cada uma das etapas, o aperfeiçoamento das suas faculdades críticas e o uso no campo da arte do cinema. The graduation Arts Workshops, pertaining to Cinema, Theatre and Music, are intended both for the artistic creation experience as to the development of artistic mediation tools. Through the Cinema workshop, the student should be able: - to acquire the experience of the multifaceted and phased process of creating a narrative film, structured in several stages; - thus, to develop his artistic capabilities, his technical knowledge, and his organizational, planning, and writing skills; - through group work and class discussion in each of the steps, to improve his critical faculties and their use in the field of film art. - Estudo de técnicas narrativas com recurso a argumentos, obras literárias, poemas, filmes; - trabalho sobre textos literários e dramáticos, sobre imagens ou sobre filmes pré-existentes, com vista à criação de uma ideia de filme a desenvolver; - desenvolvimento da ideia inicial seguindo os parâmetros do drama e da comédia, fazendo já o travejamento da grande narrativa, criando espaços, tempos e personagens; - passagem à escrita pró-fílmica, com a divisão em cenas, planos, caracterização de lugares, momentos e ações; - escolha de atores, guarda-roupa, e adereços em função do filme a realizar; - procura e caracterização de espaços e lugares de filmagem e escolhas técnicas; - encenação e filmagem de algumas cenas; - montagem e sonorização de alguns planos. - Study of narrative techniques using screenplays, literary works, poems, films; - work on literary and dramatic texts on images or on pre-existing movies, with a the purpose of creating a film idea to develop; - the initial idea following the development of drama and comedy parameters, already setting up the framework of the great narrative, creating spaces, times and characters; - transition to the pro-filmic writing, with the division into scenes, plans, characterization of places, moments and actions; - choice of actors, wardrobe, and props depending on the film to be directed; - demand and characterization of spaces and filming places and technical choices; - staging and filming of some scenes; - editing and sonorization of some shots. Oficina de Música As Oficinas de Artes do curso, em Cinema, Teatro e Música, destinam-se tanto à experiência da actividade criativa como ao desenvolvimento de ferramentas de mediação entre a natureza reflexiva do curso e as práticas artísticas. É objectivo desta Oficina fornecer ao discente competências auditivas para, sem o auxílio do suporte escrito, poder analisar os diferentes parâmetros técnicos da obra musical e contextualizá-los cronológica e estilisticamente. Fomentar a bagagem musical do discente através de uma sólida apreensão crítica, competências susceptíveis de ser aplicadas em futuro trabalho de crítica musical ou produção artística. Após a boa conclusão da unidada curricular, o discente deverá: - ter adquirido capacidades analíticas e descritivas exclusivamente a partir do exercício da escuta da peça musical;

10 - ter capacidade para correlacionar o fenómeno musical com os diferentes períodos cronológicos e estéticos. The graduation Arts Workshops, pertaining to Cinema, Theatre and Music, are intended both for the artistic creation experience as to the development of artistic mediation tools. It is understood as strikingly important to implement the student aural skills in order to, without the written score, be able to critically analyze the music work. By the end of the semester, the student should be able to: - critically listen, through each music parameter (rhythm, timbres, texture, form), a music piece, both from the art music or popular music; - correlate the musical phenomena with the different chronological and aesthetical periods. A presente disciplina propõe um trabalho intensivo em torno da análise auditiva. Abrangendo todo o espectro da arte musical mas com particular enfoque na música erudita, a cadeira vai procurar desenvolver as capacidades analíticas e descritivas de timbres, textura, estrutura rítmica ou forma musical. Cada parâmetro musical será inicialmente trabalhado de forma individual. Progressivamente, os diferentes elementos serão acumulados estimulando, junto do discente, a memória tímbrica e melódica e, consequentemente, a crescente capacidade de acompanhamento e compreensão de um discurso musical. Pretende-se que, ao término da disciplina, o aluno consiga uma identificação mais completa da obra musical auscultada, das suas principais características e correlacionar com o respectivo contexto histórico. The course aims to improve the student s aural skills. Calling upon all music genres (with a particular focus on art music nevertheless), the course, through critical listening, takes into consideration the timbre, the texture, the rhythm and form of the musical work. The student's timbre and melodic memory as his capacity to follow and apprehend a musical discourse should improve. By the end of the semester, the student should be able to arguably identify, through its musical characteristics, the work's composition period and style. An important tool for future experience as music critic, artistic producer or director. Oficina de Teatro As Oficinas de Artes do curso, em Cinema, Teatro e Música, destinam-se tanto à experiência da actividade criativa como ao desenvolvimento de ferramentas de mediação entre a natureza reflexiva do curso e as práticas artísticas. A Oficina de Teatro procura permitir um contacto directo com as práticcas da criação contemporânea. Procura ainda experimentar as diversas formas de abordagem ao objecto artístico em termos performativos. The graduation Arts Workshops, pertaining to Cinema, Theatre and Music, are intended both for the artistic creation experience as to the development of artistic mediation tools. Students will use a practical approach to contemporary creative practices.

FICHAS DE UNIDADES CURRICULARES

FICHAS DE UNIDADES CURRICULARES FICHAS DE UNIDADES CURRICULARES a. Unidade curricular Course unit title: Construção da Imagem Fílmica Construction of the Filmic Image Código: 01343927 Code: 01343927 b. ECTS: 5.0 c. Horas de contacto

Leia mais

Ficha de unidade curricular Curso de Doutoramento

Ficha de unidade curricular Curso de Doutoramento Ficha de unidade curricular Curso de Doutoramento Unidade curricular História do Direito Português I (Doutoramento - 1º semestre) Docente responsável e respectiva carga lectiva na unidade curricular Prof.

Leia mais

Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito 2015-16

Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito 2015-16 Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito Unidade curricular História do Direito Português I (1º sem). Docente responsável e respectiva carga lectiva na unidade curricular Prof.

Leia mais

Semestre do plano de estudos 1

Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Inglês CU Name Código UC 6 Curso LEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Gestão Duração Semestral Horas de trabalho 54 ECTS 2 Horas de contacto TP - 22,5 Observações n.a. Docente responsável

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2014/15

Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2014/15 Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2014/15 Unidade curricular: / Curricular Unit: Sociologia da Comunicação Sociology of Communication Docente responsável e respectivas horas de contacto na unidade

Leia mais

NCE/09/00492 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/09/00492 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/09/00492 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/09/00492 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

ACEF/1112/02477 Decisão de apresentação de pronúncia

ACEF/1112/02477 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1112/02477 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1112/02477 Decisão de apresentação de pronúncia Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da Comissão de Avaliação Externa 1. Tendo recebido

Leia mais

2. Conhecer a diversidade e complexidade de temáticas que podem ser abrangidas por esta área de conhecimento.

2. Conhecer a diversidade e complexidade de temáticas que podem ser abrangidas por esta área de conhecimento. Ficha de Unidade Curricular 1. Unidade curricular / Curricular Unit Psicologia Geral / General Psychology 2. Designação do Ciclo de Estudos em que se insere a Unidade Curricular (com semestre e ano lectivo)

Leia mais

Construção, Território e Ambiente. Construction, Planning and Environment. Semestre do plano de estudos 2

Construção, Território e Ambiente. Construction, Planning and Environment. Semestre do plano de estudos 2 Nome UC Construção, Território e Ambiente CU Name Código UC 11 Curso LEC Semestre do plano de estudos 2 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 95 ECTS 3.5 Horas de contacto

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular 2014/2015

Ficha de Unidade Curricular 2014/2015 6.2.1.1. Unidade curricular: Curricular Unit: Ficha de Unidade Curricular 2014/2015 Design de Identidade Identity design 6.2.1.2. Docente responsável e respetivas horas de contacto na unidade curricular

Leia mais

Técnicas de Comunicação Audiovisual / Audiovisual Communication Techniques

Técnicas de Comunicação Audiovisual / Audiovisual Communication Techniques Ficha de Unidade Curricular [FUC] 1. Unidade curricular / Curricular Unit Técnicas de Comunicação Audiovisual / Audiovisual Communication Techniques 2. Designação do Ciclo de Estudos em que se insere a

Leia mais

NCE/12/01326 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/12/01326 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/12/01326 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/12/01326 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO (MESTRADO EM ENGENHARIA URBANA) (2º CICLO)

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO (MESTRADO EM ENGENHARIA URBANA) (2º CICLO) SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO (MESTRADO EM ENGENHARIA URBANA) (2º CICLO) 1 Principal(ais) área(s) de estudo da qualificação: Engenharia Civil - Planeamento Urbanístico Engenharia Civil

Leia mais

Course Computer Science Academic year 2012/2013 Subject Social Aspects of Computers ECTS 5

Course Computer Science Academic year 2012/2013 Subject Social Aspects of Computers ECTS 5 Course Computer Science Academic year 2012/2013 Subject Social Aspects of Computers ECTS 5 Type of course Compulsory Year 2º Semester 2nd sem Student Workload: Professor(s) Natalia Gomes, Ascensão Maria

Leia mais

Hidráulica Urbana. Urban Hydraulics. Semestre do plano de estudos 2

Hidráulica Urbana. Urban Hydraulics. Semestre do plano de estudos 2 Nome UC Hidráulica Urbana CU Name Código UC 725 Curso MEC Semestre do plano de estudos 2 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 164 ECTS 6 Horas de contacto T - 22,5; PL -

Leia mais

NCE/11/01206 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/11/01206 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/11/01206 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/11/01206 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

Erasmus Student Work Placement

Erasmus Student Work Placement Erasmus Student Work Placement EMPLOYER INFORMATION Name of organisation Address Post code Country SPORT LISBOA E BENFICA AV. GENERAL NORTON DE MATOS, 1500-313 LISBOA PORTUGAL Telephone 21 721 95 09 Fax

Leia mais

TUTORIA INTERCULTURAL NUM CLUBE DE PORTUGUÊS

TUTORIA INTERCULTURAL NUM CLUBE DE PORTUGUÊS UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE PSICOLOGIA E DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO TUTORIA INTERCULTURAL NUM CLUBE DE PORTUGUÊS SANDRA MARIA MORAIS VALENTE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO EM CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO Área de

Leia mais

NCE/09/02327 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos

NCE/09/02327 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos NCE/09/02327 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos Caracterização do pedido Perguntas 1 a 7 1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: UNL + UCP 1.a. Descrição da Instituição

Leia mais

ACEF/1112/04062 Decisão de apresentação de pronúncia

ACEF/1112/04062 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1112/04062 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1112/04062 Decisão de apresentação de pronúncia Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da Comissão de Avaliação Externa 1. Tendo recebido

Leia mais

NCE/10/00806 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/10/00806 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/10/00806 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/10/00806 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

Estudar o Inglês Quando a Língua Materna é o Português/ Studying English as a Portuguese Native Speaker

Estudar o Inglês Quando a Língua Materna é o Português/ Studying English as a Portuguese Native Speaker Ficha de Unidade Curricular [FUC] 1 1. Unidade curricular / Curricular Unit Estudar o Inglês Quando a Língua Materna é o Português/ Studying English as a Portuguese Native Speaker 2. Designação do Ciclo

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2013/14

Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2013/14 6.2.1.1. Unidade curricular: Curricular Unit: Comunicação Audiovisual - Desenvolvimento Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2013/14 6.2.1.2. Docente responsável e respectivas horas de contacto na unidade

Leia mais

Pré-Inscrição On-line» [Versão em português] Online Registration» [English version] Programa Syllabus

Pré-Inscrição On-line» [Versão em português] Online Registration» [English version] Programa Syllabus Pré-Inscrição On-line» [Versão em português] Online Registration» [English version] Programa Syllabus Código Code Unidade Curricular Course Unit Português para Estrangeiros nível intermédio B Portuguese

Leia mais

UAb Session on Institutional Change Students and Teachers. Lina Morgado

UAb Session on Institutional Change Students and Teachers. Lina Morgado UAb Session on Institutional Change Students and Teachers Lina Morgado Lina Morgado l SUMMARY 1 1. Pedagogical Model : Innovation Change 2. The context of teachers training program at UAb.pt 3. The teachers

Leia mais

Ficha de unidade curricular Curso de Mestrado Científico

Ficha de unidade curricular Curso de Mestrado Científico Ficha de unidade curricular Curso de Mestrado Científico Unidade curricular Direito Constitucional I Docente responsável e respetiva carga letiva na unidade curricular José Alberto de Melo Alexandrino

Leia mais

Project Management Activities

Project Management Activities Id Name Duração Início Término Predecessoras 1 Project Management Activities 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 2 Plan the Project 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 3 Define the work 15 dias Sex 05/10/12

Leia mais

Transportes. Transportation. Semestre do plano de estudos 1

Transportes. Transportation. Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Transportes CU Name Código UC 706 Curso MEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 120 ECTS 4.5 Horas de contacto T - 22,5; TP - 22,5

Leia mais

Informática e Programação. Computer Science and Programming. Semestre do plano de estudos 1

Informática e Programação. Computer Science and Programming. Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Informática e Programação CU Name Código UC 4 Curso LEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Informática Duração Semestral Horas de trabalho 135 ECTS 5 Horas de contacto TP - 67,5 Observações

Leia mais

Olaria Projetos de Arte e Educação

Olaria Projetos de Arte e Educação Olaria Projetos de Arte e Educação Lia Marchi Lia Marchi é cineasta, pesquisadora, professora e produtora. Iniciou suas atividades artísticas com o teatro em 1990 e, logo depois, com a música e o universo

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM DESPACHO-MG PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM DESPACHO-MG PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL CADERNO DE PROVAS 1 A prova terá a duração de duas horas, incluindo o tempo necessário para o preenchimento do gabarito. 2 Marque as respostas no caderno de provas, deixe para preencher o gabarito depois

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular

Ficha de Unidade Curricular 6.2.1.1. Unidade curricular: Curricular Unit: Ficha de Unidade Curricular Comunicação Multimédia (Desenvolvimento) Multimedia Communication (Development) 6.2.1.2. Docente responsável e respectivas horas

Leia mais

Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios

Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE LETRAS DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios Sandra Sofia Brito da Silva Dissertação

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO. Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO. Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática São Paulo 2010 JOÃO FÁBIO PORTO Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática

Leia mais

UNIVERSIDADE DE ÉVORA

UNIVERSIDADE DE ÉVORA UNIVERSIDADE DE ÉVORA MESTRADO EM INTERVENÇÃO SÓCIO-ORGANIZACIONÀL NA SAÚDE Curso ministrado em parceria com a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (DR Série, n.. 250 de 29 de Outubro de 2002)

Leia mais

Gestão e Análise Financeira. Managment and Financial Analysis. Semestre do plano de estudos 5

Gestão e Análise Financeira. Managment and Financial Analysis. Semestre do plano de estudos 5 Nome UC Gestão e Análise Financeira CU Name Código UC 28 Curso LEC Semestre do plano de estudos 5 Área científica Gestão Duração Semestral Horas de trabalho 106 ECTS 4 Horas de contacto T - 22,5; TP -

Leia mais

1. Lingüística Periódicos. 2. Língua Inglesa Periódicos

1. Lingüística Periódicos. 2. Língua Inglesa Periódicos ISSN 0102-7077 the ESP São Paulo Vol. 25 nº especial p. 1-114 2004 The Especialist/Centro de Pesquisas, Recursos e Informação em Leitura da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo CEPRIL. V. 1, n.

Leia mais

PROPRIEDADE INDUSTRIAL E CONCORRÊNCIA DESLEAL

PROPRIEDADE INDUSTRIAL E CONCORRÊNCIA DESLEAL PROPRIEDADE INDUSTRIAL E CONCORRÊNCIA DESLEAL / INDUSTRIAL PROPERTY AND UNFAIR COMPETITION provisório ELEMENTOS DA DISCIPLINA / COURSE DETAILS Docência/ Faculty Evaristo Mendes Ano Lectivo / Academic year:

Leia mais

Estereoscopia Digital no Ensino da Química AGRADECIMENTOS

Estereoscopia Digital no Ensino da Química AGRADECIMENTOS AGRADECIMENTOS O findar desta dissertação é o momento indicado para agradecer ao Professor Doutor João Carlos de Matos Paiva pela sua grande ajuda, pela disponibilidade sempre manifestada, pelo seu empenho

Leia mais

NCE/11/00726 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/11/00726 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/11/00726 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/11/00726 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br Institutional Skills Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS Passo a passo 2 2 British Council e Newton Fund O British Council é a organização internacional do Reino Unido para relações culturais e oportunidades

Leia mais

Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment

Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment SAFIRA is an IT consulting boutique known for transforming the way organizations do business, or fulfil their missions,

Leia mais

NCE/09/01342 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/09/01342 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/09/01342 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/09/01342 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

As Novas Tecnologias como componente da. Formação, de 1º ciclo, em Serviço Social

As Novas Tecnologias como componente da. Formação, de 1º ciclo, em Serviço Social Instituto Superior Miguel Torga Escola Superior de Altos Estudos Cláudia Sofia da Costa Duarte As Novas Tecnologias como componente da Formação, de 1º ciclo, em Serviço Social Dissertação de Mestrado em

Leia mais

PROGRAMA DAS UNIDADES CURRICULARES

PROGRAMA DAS UNIDADES CURRICULARES 1. Unidade Curricular (máx. 100 caracteres) Modelação de Dados Curricular Unit (máx. 100 caracteres) Data Modelling 2. Ciclo de Estudos (máx. 100 caracteres) Comunicação e Design Multimédia Study Cycle

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. FÍSICA APLICADA Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010 / 2011 Horas

Leia mais

Inválido para efeitos de certificação

Inválido para efeitos de certificação UNIDADE CURRICULAR: Vídeo Publicitário para Multiplataforma CURRICULAR UNIT: Cross Platform Video Advertising Ficha de Unidade Curricular DOCENTE RESPONSÁVEL E RESPETIVAS HORAS DE CONTATO NA UNIDADE CURRICULAR

Leia mais

Ficha de unidade curricular. Curso de Mestrado em Direito - Profissionalizante

Ficha de unidade curricular. Curso de Mestrado em Direito - Profissionalizante Unidade curricular Direito das Sociedades Comerciais Ficha de unidade curricular Curso de Mestrado em Direito - Profissionalizante Docente responsável e respetiva carga letiva na unidade curricular (preencher

Leia mais

NCE/12/00061 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/12/00061 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/12/00061 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/12/00061 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

ACFES MAIORES DE 23 ANOS INGLÊS. Prova-modelo. Instruções. Verifique se o exemplar da prova está completo, isto é, se termina com a palavra FIM.

ACFES MAIORES DE 23 ANOS INGLÊS. Prova-modelo. Instruções. Verifique se o exemplar da prova está completo, isto é, se termina com a palavra FIM. ACFES MAIORES DE 23 ANOS INGLÊS Prova-modelo Instruções Verifique se o exemplar da prova está completo, isto é, se termina com a palavra FIM. A prova é avaliada em 20 valores (200 pontos). A prova é composta

Leia mais

SCHOOLS LOOKING FOR STUDENTS FOR ERASMUS PLACEMENTS

SCHOOLS LOOKING FOR STUDENTS FOR ERASMUS PLACEMENTS SCHOOLS LOOKING FOR STUDENTS FOR ERASMUS PLACEMENTS 2015 /16 ESTÁGIOS ERASMUS EM ESCOLAS * ERASMUS PLACEMENTS IN SCHOOLS * [POR FAVOR, PREENCHA O FORMULÁRIO NA (NUMA DAS) LÍNGUA(S) DE TRABALHO DO ESTÁGIO:

Leia mais

ANO I Abertura Opening Os primeiros movimentos do jogo Há um ano, três advogados vindos de renomados escritórios de advocacia, onde exerciam funções de destaque, se reuniram em torno de uma idéia:

Leia mais

A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores

A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores Tese de Mestrado em Gestão Integrada de Qualidade, Ambiente e Segurança Carlos Fernando Lopes Gomes INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS Fevereiro

Leia mais

NORMAS PARA AUTORES. As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt.

NORMAS PARA AUTORES. As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt. NORMAS PARA AUTORES As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt. COPYRIGHT Um artigo submetido à Revista Portuguesa

Leia mais

Serviço Social VII: Administração e gestão de serviços sociais. 6 ECTS Social work VII: Social services administration and management

Serviço Social VII: Administração e gestão de serviços sociais. 6 ECTS Social work VII: Social services administration and management Ficha de Unidade Curricular [FUC] 1. Unidade curricular / Curricular Unit (com ECTS) Serviço Social VII: Administração e gestão de serviços sociais 6 ECTS Social work VII: Social services administration

Leia mais

Ficha das Unidades Curriculares (UC)

Ficha das Unidades Curriculares (UC) Ficha das Unidades Curriculares (UC) Ano letivo/ Semestre: 1º ano, 2º semestre Programa Doutoral em: Sociologia 1. Unidade Curricular: Ciência na sociedade optatitva 2. Docente Responsável Horas de contato

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular 2014/2015

Ficha de Unidade Curricular 2014/2015 6.2.1.1. Unidade curricular: Curricular Unit: Ficha de Unidade Curricular 2014/2015 Gestão de Projetos Audiovisuais e Multimédia Audiovisual and Multimedia Project Management 6.2.1.2. Docente responsável

Leia mais

Vânia Finholdt Ângelo Leite

Vânia Finholdt Ângelo Leite Vânia Finholdt Ângelo Leite A atuação da coordenação pedagógica em conjunto com os professores no processo de recontextualização da política oficial no 1º ano do Ensino Fundamental no Município do Rio

Leia mais

Prova de Seleção Mestrado LINGUA INGLESA 15/02/2016

Prova de Seleção Mestrado LINGUA INGLESA 15/02/2016 Prova de Seleção Mestrado LINGUA INGLESA 15/02/2016 Instruções aos candidatos: (1) Preencher somente o número de inscrição em todas as folhas. (2) Usar caneta preta ou azul. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

Leia mais

4. PLACEMENT OFFERED Number of Placement offered: Two places in the Romantic Museum of Macieirinha Farm.

4. PLACEMENT OFFERED Number of Placement offered: Two places in the Romantic Museum of Macieirinha Farm. 1. COMPANY Porto City Hall - www.cm-porto.pt Municipal Department of Museums and Cultural Heritage 2. LOCATION Rua Entre Quintas, 219 4050-240 Porto Portugal 3. MAIN ACTIVITY The Municipal Department of

Leia mais

Formação continuada de professores em escolas organizadas em ciclo

Formação continuada de professores em escolas organizadas em ciclo Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro PUC Elisangela da Silva Bernado Formação continuada de professores em escolas organizadas em ciclo Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como

Leia mais

Marketing e Publicidade / Marketing and Advertising (5,5 ECTS)

Marketing e Publicidade / Marketing and Advertising (5,5 ECTS) Ficha de Unidade Curricular [FUC] 1. Unidade curricular / Curricular Unit Marketing e Publicidade / Marketing and Advertising (5,5 ECTS) 2. Designação do Ciclo de Estudos em que se insere a Unidade Curricular

Leia mais

MIT Portugal Program Engineering systems in action

MIT Portugal Program Engineering systems in action MIT Portugal Program Engineering systems in action Paulo Ferrão, MPP Director in Portugal Engineering Systems: Achievements and Challenges MIT, June 15-17, 2009 Our knowledge-creation model An Engineering

Leia mais

RESUMO. Palavras-chave: Representação Social. Prática Docente. Ensino de Dança.

RESUMO. Palavras-chave: Representação Social. Prática Docente. Ensino de Dança. PEREIRA, Ana Cristina C. Representações sociais da prática docente de dança dos alunos do curso de Pedagogia do Movimento da EBA/UFMG (2005 a 2009). Belo Horizonte: UFMG; Professor adjunto. Doutora em

Leia mais

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC)

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) Ano letivo 2014/2015 Ano/Semestre curricular 2º ano/3º semestre Unidade Curricular [designação e tipo/se é do tipo obrigatório ou optativo] (máx100 caracteres) Língua de

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS International Relations Office

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS International Relations Office UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS International Relations Office FORMULÁRIO DE CANDIDATURA PARA ESTUDANTE DE INTERCÂMBIO EXCHANGE STUDENT APPLICATION FORM Semestre

Leia mais

e-lab: a didactic interactive experiment An approach to the Boyle-Mariotte law

e-lab: a didactic interactive experiment An approach to the Boyle-Mariotte law Sérgio Leal a,b, João Paulo Leal a,c Horácio Fernandes d a Departamento de Química e Bioquímica, FCUL, Lisboa, Portugal b Escola Secundária com 3.º ciclo Padre António Vieira, Lisboa, Portugal c Unidade

Leia mais

NCE/09/00777 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/09/00777 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/09/00777 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/09/00777 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE CIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE CIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE CIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO APRENDER CIDADANIA COM A DISCIPINA DE HISTÓRIA: 3 PERCURSOS NO CONCELHO DE ODEMIRA Rita Santos Agudo do Amaral Rêgo MESTRADO EM EDUCAÇÃO

Leia mais

Desenho e Computação Gráfica. Drawing and Computer-aided Design. Semestre do plano de estudos 2

Desenho e Computação Gráfica. Drawing and Computer-aided Design. Semestre do plano de estudos 2 Nome UC Desenho e Computação Gráfica CU Name Código UC 12 Curso LEC Semestre do plano de estudos 2 Área científica Informática Duração Semestral Horas de trabalho 163 ECTS 6 Horas de contacto TP - 67,5

Leia mais

RESUMO. Palavras-chave: Dramaturgia. Oralidade. Ator. Improvisação. ABSTRACT

RESUMO. Palavras-chave: Dramaturgia. Oralidade. Ator. Improvisação. ABSTRACT SILVEIRA, Patrícia dos Santos. Jogos de linguagem e oralidade na construção do texto teatral. Florianópolis: UDESC; CAPES; Mestrado; Orientador Prof. Dr. Stephan Baumgärtel. Atriz. RESUMO Este artigo visa

Leia mais

OPEN CALL 2014. O PLANO LISBOA é uma associação sem fins lucrativos fundada com o propósito de promover a experimentação

OPEN CALL 2014. O PLANO LISBOA é uma associação sem fins lucrativos fundada com o propósito de promover a experimentação OPEN CALL 2014 PT O PLANO LISBOA é uma associação sem fins lucrativos fundada com o propósito de promover a experimentação e discussão através de exposições, publicações, encontros e eventos variados em

Leia mais

assumptions of that particular strengthening the participation of families and local communities in the strategic direction of schools, not taking

assumptions of that particular strengthening the participation of families and local communities in the strategic direction of schools, not taking Agradecimentos A dissertação do Mestrado que adiante se apresenta resulta na concretização de um projecto que me parecia difícil mas não impossível de alcançar. Foram meses seguidos de trabalho de investigação,

Leia mais

Online Collaborative Learning Design

Online Collaborative Learning Design "Online Collaborative Learning Design" Course to be offered by Charlotte N. Lani Gunawardena, Ph.D. Regents Professor University of New Mexico, Albuquerque, New Mexico, USA July 7- August 14, 2014 Course

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS Curricular Unit Plan ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. GESTÃO DE PROJECTOS INFORMÁTICOS Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR MIGUEL TORGA ESCOLA SUPERIOR DE ALTOS ESTUDOS

INSTITUTO SUPERIOR MIGUEL TORGA ESCOLA SUPERIOR DE ALTOS ESTUDOS INSTITUTO SUPERIOR MIGUEL TORGA ESCOLA SUPERIOR DE ALTOS ESTUDOS Envolvimento parental e nível sociocultural das famílias: Estudo comparativo num agrupamento escolar Marco Sérgio Gorgulho Rodrigues Dissertação

Leia mais

DPI. Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office

DPI. Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office DPI Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office Apresentação/Presentation Criado em 1 de março de 2011, o Núcleo de

Leia mais

BIBLIOGRAFIA. Faupel, A. & Sharp, P. (2003). Promoting emotional literacy. Guidelines for schools, local authorities and

BIBLIOGRAFIA. Faupel, A. & Sharp, P. (2003). Promoting emotional literacy. Guidelines for schools, local authorities and RESUMO EXPANDIDO Pode definir-se Literacia Emocional como a capacidade para reconhecer, compreender, expressar e gerir estados emocionais, do próprio e de outras pessoas, existindo associações entre esta

Leia mais

Estações de Tratamento de Água. Water Treatment Plants. Semestre do plano de estudos 2

Estações de Tratamento de Água. Water Treatment Plants. Semestre do plano de estudos 2 Nome UC Estações de Tratamento de Água CU Name Código UC 724 Curso MEC Semestre do plano de estudos 2 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 90 ECTS 3.5 Horas de contacto

Leia mais

NCE/13/00986 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/13/00986 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/13/00986 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/13/00986 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

Ontology Building Process: The Wine Domain

Ontology Building Process: The Wine Domain Ontology Building Process: The Wine Domain João Graça, Márcio Mourão, Orlando Anunciação, Pedro Monteiro, H. Sofia Pinto, and Virgílio Loureiro Summary Context Ontology Wine Domain Existing Wine Ontologies

Leia mais

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012 Universidade do Minho Escola de Engenharia UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13 11 de outubro 2012 1 2 2 courses offered in the first semestre: Métodos de Investigação em Engenharia

Leia mais

apresenta presents ENCONTRO INTERNACIONAL DE OFICINAS E FORMADORES DE CINEMA DE ANIMAÇÃO 15 e 16 de Março 2013 Fundação Calouste Gulbenkian LISBOA

apresenta presents ENCONTRO INTERNACIONAL DE OFICINAS E FORMADORES DE CINEMA DE ANIMAÇÃO 15 e 16 de Março 2013 Fundação Calouste Gulbenkian LISBOA apresenta presents ENCONTRO INTERNACIONAL DE OFICINAS E FORMADORES DE CINEMA DE ANIMAÇÃO 15 e 16 de Março 2013 Fundação Calouste Gulbenkian LISBOA INTERNATIONAL MEETING OF WORKSHOPS AND TRAINERS OF ANIMATION

Leia mais

INGLÊS PARA A ÁREA DE TURISMO: análise de necessidades do mercado e de aprendizagem

INGLÊS PARA A ÁREA DE TURISMO: análise de necessidades do mercado e de aprendizagem Maria Angela da Silva INGLÊS PARA A ÁREA DE TURISMO: análise de necessidades do mercado e de aprendizagem Dissertação de Mestrado apresentada como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre em Letras

Leia mais

JOSE GABRIEL REGO. Resumo. Especializações. Experiência. Assistant Card Manager at Grupo Banco Popular jgrego@netcabo.pt

JOSE GABRIEL REGO. Resumo. Especializações. Experiência. Assistant Card Manager at Grupo Banco Popular jgrego@netcabo.pt JOSE GABRIEL REGO jgrego@netcabo.pt Resumo My main objective is to develop my career in order to deepen the experience I accumulated over the years based in the development of practical and theoretical

Leia mais

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR PED.008.02 Curso Design de Equipamento Ano letivo 2012-2013 Unidade Curricular Projecto de Design Industrial 2 ECTS 9 Regime Obrigatório Ano 3º Semestre 2º Semestre

Leia mais

EMPREENDEDORISMO JOVEM EM CABO VERDE: necessidades e oportunidades

EMPREENDEDORISMO JOVEM EM CABO VERDE: necessidades e oportunidades Ana Teresa Dias Valente Marline Morais Conceição Vieira de Carvalho Ana Teresa Dias Valente Morais EMPREENDEDORISMO JOVEM EM CABO VERDE: necessidades e oportunidades Dissertação de Mestrado em Intervenção

Leia mais

CIENCIA VIVA. A Portuguese initiative for scientific and technological culture

CIENCIA VIVA. A Portuguese initiative for scientific and technological culture CIENCIA VIVA A Portuguese initiative for scientific and technological culture OUR MISSION CIENCIA VIVA IN SCHOOLS Science Education, practical work in partnership with research institutions NATIONAL SCIENTIFIC

Leia mais

Curricular Unit (máx. 100 caracteres) Study Cycle (máx. 100 caracteres) Branche Option (máx. 80 caracteres)

Curricular Unit (máx. 100 caracteres) Study Cycle (máx. 100 caracteres) Branche Option (máx. 80 caracteres) 1. Unidade Curricular (máx. 100 caracteres) Estratégias Publicitárias Curricular Unit (máx. 100 caracteres) Advertising Strategies 2. Ciclo de Estudos (máx. 100 caracteres) CO - Comunicação Organizacional

Leia mais

A meus pais, Ari e Célia, sempre presentes, todo o meu amor incondicional!

A meus pais, Ari e Célia, sempre presentes, todo o meu amor incondicional! ii A meus pais, Ari e Célia, sempre presentes, todo o meu amor incondicional! iii Agradeço à Deus, esta força maior, pela vida, pela sabedoria e pelo amor. Mas, sobretudo, por me ensinar saber fazer ser

Leia mais

II Simpósio de Pesquisa em Educação e Mostra de TCs de 21 a 25 de novembro de 2011 EIXO TEMÁTICO. 2 - Corpo e movimento: perspectivas na educação

II Simpósio de Pesquisa em Educação e Mostra de TCs de 21 a 25 de novembro de 2011 EIXO TEMÁTICO. 2 - Corpo e movimento: perspectivas na educação EIXO TEMÁTICO 2 - Corpo e movimento: perspectivas na educação 16 A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO CORPORAL NO DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA NA EDUCAÇÃO INFANTIL Aline Ramos Lilian Dias De Oliveira Ferreira Prof.

Leia mais

Educação Vocacional e Técnica nos Estados Unidos. Érica Amorim Simon Schwartzman IETS

Educação Vocacional e Técnica nos Estados Unidos. Érica Amorim Simon Schwartzman IETS Educação Vocacional e Técnica nos Estados Unidos Érica Amorim Simon Schwartzman IETS Os principais modelos Modelo europeu tradicional: diferenciação no secundário entre vertentes acadêmicas e técnico-profissionais

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular Ano lectivo 2014/15

Ficha de Unidade Curricular Ano lectivo 2014/15 Ficha de Unidade Curricular Ano lectivo 2014/15 Unidade curricular: Curricular Unit: Gestão de Empresas Audiovisual e Multimédia Audiovisual and Multimedia Companies Management Docente responsável e respectivas

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação. Por. Ana Margarida Nisa Vintém

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação. Por. Ana Margarida Nisa Vintém UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação Relatório de estágio apresentado à Universidade Católica Portuguesa para obtenção do

Leia mais

1ª A, B, C, D, E Nº DE HORAS/AULA SEMANAL: 02 TOTAL DE HORAS/AULA/ANO:

1ª A, B, C, D, E Nº DE HORAS/AULA SEMANAL: 02 TOTAL DE HORAS/AULA/ANO: P L A N O D E E N S I N O A N O D E 2 0 1 2 ÁREA / DISCIPLINA: Inglês (Profa: Maria Luiza da Silveira Bicalho) SÉRIE: 1ª A, B, C, D, E Nº DE HORAS/AULA SEMANAL: 02 TOTAL DE HORAS/AULA/ANO: 80 COMPETÊNCIA

Leia mais

personal details profile

personal details profile personal details name: Paulo Vitor Fernandes Bastos nationality: Brazilian / Portuguese date of birth: 02/27/1987 e-mail: paulovitorfb@gmail.com phone: +55 (21) 99777-4854 portfolio: www.pvbastos.com profile

Leia mais

Reitor / President Marcos Macari, Ph.D. Vice-Reitor /Vice-President Herman Jacobus Cornelis Voorwald, Ph.D.

Reitor / President Marcos Macari, Ph.D. Vice-Reitor /Vice-President Herman Jacobus Cornelis Voorwald, Ph.D. UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JULIO DE MESQUITA FILHO Reitor / President Marcos Macari, Ph.D. Vice-Reitor /Vice-President Herman Jacobus Cornelis Voorwald, Ph.D. Pró-Reitora de Pós-Graduação / Graduate

Leia mais

A. Situação / Situation

A. Situação / Situation A. Situação / Situation A Assembleia Mundial da Saúde (OMS) aprova em 1969 o Regulamento Sanitário Internacional, revisto pela quarta vez em 2005. Esta última versão entrou em vigor no plano internacional

Leia mais

Universidade da Beira Interior. Departamento de Psicologia e Educação

Universidade da Beira Interior. Departamento de Psicologia e Educação Universidade da Beira Interior Departamento de Psicologia e Educação A RELEVÂNCIA DO ENSINO DAS CIÊNCIAS PARA A CIDADANIA AO NÍVEL DO 3º CICLO DO ENSINO BÁSICO MARIA JOSÉ DE SOUSA PESTANA Dissertação de

Leia mais