MADE IN EDEN AN ODE TO MY DEAD FRIENDS. de João Garcia Miguel

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MADE IN EDEN AN ODE TO MY DEAD FRIENDS. de João Garcia Miguel"

Transcrição

1 MADE IN EDEN AN ODE TO MY DEAD FRIENDS de João Garcia Miguel 1

2 Sinopse A velocidade tornou-se uma obsessão. Sinto no entanto os seus efeitos como um desafio, um sabor que se espraia pelo corpo lentamente, como um animal que se espreguiça por dentro de outro animal. Um ocupante desejado e estranho em simultâneo, que se desdobra continuamente e pronuncia um monologo incessante. Vozes soltas à solta dentro de um corpo. Vozes desordem que lutam por uma sombra, por uma parede onde ecoar. Aos poucos outros ocupantes vão perdendo o medo levantam-se dos escombros sacodem o pó e falam a medo primeiro, com alegria depois, a surpresa de estarem vivos a que se sucede o desejo infantil de tudo experimentar, de tudo querer, de tudo destruir. As pedras substituem as palavras e os risos são facas e carícias, cortam e chocam, deixam passar a corrente, golfadas pequenas, pontapés e pelos eriçados. A Guerra começou aonde? O caminho que se percorre está feito e pode sempre voltar a fazer-se de novo, tantas vezes quantas a memória permitir, até que o próprio caminho se apaga e afinal já não é mais aquele caminho que um dia percorremos. Nesse momento sofremos o peso de uma revelação inesperada que nos atira ao ar e perdemos as imagens mais queridas, aquelas que despertam com um toque na alma, com um toque por debaixo da pele. Perdemos tudo o que tínhamos, perdemos o sangue e a corrente eléctrica que nos anima as noites e nos ilumina o caminho. A Guerra acabou de começar algures, já lhe sinto o tremor! Criámos um mundo onde as portas só fecham e nunca se podem abrir. É um mundo avariado onde as televisões avariadas e sem sinal descansam ternamente deitadas ao colo de sofás paraplégicos, mutilados de guerra aleijados sem pernas. As pedras voam por cima das nossas cabeças e as portas deixaram de abrir e só se fecham para que quando a desgraça bata à porta esta não possa entrar. Foi um segredo que me ajudou a criar este mundo, um mundo avariado. Um aviso-segredo que soou por dentro de uma televisão esquecida. A Guerra faz com que o braço se separe do corpo e que se escrevam poemas, cartas de amor e que tudo faça sentido? As coisas começaram no paraíso. Pouco ou nada se fez no paraíso. Das poucas coisas que se fizeram no paraíso a que recordamos melhor e que nos ficou como herança foi a guerra. A guerra começou no paraíso porque lá tudo era redondo. Os quadrados e o amor foram inventados depois, durante as guerras para que possamos passar por cima da vida, pelo meio da vida, por baixo da vida continuar como máquinas sentimentais e sobreviver dentro de caixas fechados com os corpos rodeados de máscaras e palavras. A Guerra destruiu os jardins que tínhamos construído com os nossos olhos? Made in Éden é o resultado de um trabalho a partir dos textos Epístolas de Guerra de Adolfo Luxúria Canibal que vêm inseridos no seu livro Estilhaços. O resultado é uma heresia. Utilizei o texto como ponto de partida, como uma linha do horizonte que se curva e nos conduz no espaço habitado, como um som que nos guia na imensidão. As palavras quase desapareceram dando lugar a histórias de dois seres que se recriam e se desdobram em várias personagens. O estilo epistolar dos poemas, que o autor agrupou construindo um corpo de memórias e experiências, criando uma forma de narrativa ao mesmo tempo lacunar e irreal, incentivou o sentido de sermos os destinatários daquelas mesmas epístolas. Este sentir incentivou a procura de criação de uma estrutura que partindo dos assuntos tratados, os prolongasse. O que procurámos foram então imagens que se erigiram dos 2

3 resíduos e das ruínas que estas epístolas continha m e que nós transformámos através da leitura e da nossa tentativa de lhes dar uma forma com a qual pudéssemos partilhar essa experiência. O processo de transformação que teve várias mecânicas até chegar aos resultados obtidos é um caminho que realizámos em conjunto. Procurei que esse resultado condensasse imagens de uma visão do mundo que é minha e que julgo partilhar em parte com os companheiros de aventura. A escolha de Adolfo Luxúria Canibal não é inocente nisto e deu-nos o eco de um mundo do qual todos sentimos as ondas de choque e com o qual nos encontramos frequentemente em rota de colisão. Mais do que o sonho de um mundo novo o que partilhamos é as ficções de sangue e morte de um mundo velho. Os poemas começam numa ausência de um jardim, que acabou por ser marcante como imagem para o título que justifica e sublinha a obra e terminam os poemas com uma referência ao momento de consciência dolorosa de que também acabaremos por morrer. É um momento infantil de descoberta que no espectáculo é passado para um registo de ironia e prazer. Após um processo de transformação que conduz à destruição daquilo em que acreditámos e que nos formou levanta-se um instante de revelação de que o que nos resta é entregarmo-nos à vida perdidamente. Em termos estritamente teatrais procurei criar a partir da noção de que estamos à procura de expor o teatro como um reflexo daquilo que somos e que pensamos. Procurei que o acto de criar uma história, uma fantasia dramática e performativa, fosse em simultâneo um gesto de comunhão onde em conjunto procuramos interrogar os modos como sentimos e pensamos. Não apenas e estritamente em termos individuais mas em colectivo e como esses dois espaços habitados se cruzam. Estamos assim num espaço de ficção onde a imaginação é a nossa matéria-prima e o teatro a ferramenta que utilizamos. Propomos em conjunto com os espectadores interrogarmo-nos acerca do mundo que construímos. O espaço de teatro é em simultâneo oficina, atelier de trabalho e superfície na qual se formam imagens do mundo. Os intérpretes são eles mesmo e extensão de personagens que propomos e onde se reflectem emoções que os espectadores que somos auxiliaram a recriar. É um jogo de uma vida intermediaria na qual acordamos participar na qual acreditamos por momentos estar a viver e a ver acontecer. João Garcia Miguel Setembro

4 Selvagem e cómica, às vezes grotesca, outras clarividente. Uma espécie de peça de teatro punk. Made in Éden tem pouco a ver com o paraíso, prefere beber nas Epístolas de Guerra, um livro de Adolfo Luxúria Canibal. Foi nos poemas do líder dos Mão Morta que João Garcia Miguel encontrou um homem em estado de sítio. Juntando um bailarino e uma actriz em cena, a peça conta a guerra como uma necessidade do homem e interroga a nossa capacidade de viver a vida perdidamente. Peça criada a partir de "Epístolas de Guerra", textos publicados no livro Estilhaços, de Adolfo Luxúria Canibal, Made in Eden - An Ode to My Dead Friends cria uma narrativa que os autores consideram "lacunar e irreal". Os intérpretes Luís Guerra e Sara Castro dão corpo aos seres "que se recriam e se desdobram em várias personagens" num mundo que se apresenta avariado. Resultado de um processo colectivo, a peça é, segundo João Garcia Miguel, o resultado da experiência de uma visão: «Mais do que um sonho de um mundo novo, o que partilhamos é as ficções de sangue e morte de um mundo velho.» E é nesse sentido que a escolha dos textos do líder dos Mão Morta não é de todo inocente: "Deu-nos eco de um mundo do qual todos sentimos ondas de choque e com o qual nos encontramos frequentemente em rota de colisão. 4

5 Ficha Artística e Técnica: Encenação e Dramaturgia: João Garcia Miguel Coaching: Miguel Moreira Textos: a partir de Estilhaços de Adolfo Luxúria Canibal Interpretação: Luís Guerra e Sara de Castro Cenografia: Mantos e Pedro Santos Execução de Adereços: Jorge Sacadura e Alexandra Sobral Figurinos: Miguel Moreira Música ao vivo: Sérgio Martins e Rui Lima Fotografia: Miguel Nicolau Apoio artístico: João Brites Colaboração no desenho de luz: João Cachulo Operação de Luz e Vídeo: Luís Bombico e Paulo Alface Várias Cenas Edição de Vídeo Aviso: Edgar Alberto Caracterização: Jorge Bragada Grafismo e animação: Sofia Pimentão Web Design: Mantos Produção Executiva: Marta Vieira Gravação e edição dvd: Jaime Gonçalves Agenciamento: Campai Co-Produção: JGM, Útero, O Bando e O Espaço do Tempo Apoios: Teatro da Politécnica, Teatro Nacional D.Maria II e Casa D Os Dias da Água, Câmara Municipal de Lisboa Residência Artística: Convento da Saudação em Montemor-o-Novo João Garcia Miguel é artista associado de O Espaço do Tempo Estrutura Financiada por: Ministério da Cultura / Direcção-Geral das Artes e Fundação Calouste Gulbenkian Estreia 7 de Novembro de 2007 no Teatro da Politécnica 5

6 JOÃO GARCIA MIGUEL Encenador, interprete, dramaturgo e artista plástico. Membro fundador do grupo Canibalismo Cósmico, da Galeria ZDB, do Festival X e do grupo de teatro OLHO, do qual foi director artístico até Coordenador do Curso de Teatro na ESAD - Escola Superior de Artes e Design, das Caldas da Rainha. A realizar tese de doutoramento na Universidade de Alcalá de Henares, Madrid, sobre a teatralidade na heteronímia de Fernando Pessoa. Mestrado em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação, realizado no ISCTE, com a tese O Actor Imagem Licenciado em Pintura pela ESBAL. Com o grupo Canibalismo Cósmico, cuja actividade se desenvolveu na área da performance/instalação, destaca O Enigma da Fonte Santa (1990) e Redondo (1995). Com o grupo de teatro OLHO, Destaca El Levando-os aos Ombros em Passo de Marcha Sincopada ao Quarto Tempo (Menção Honrosa do Prémio ACARTE/Maria Madalena de Azeredo Perdigão, Fundação Calouste Gulbenkian), Humanauta, Guerreiro (cenografia, figurinos e bandas sonoras originais premiadas no Concurso Teatro na Década, Clube Português de Artes e Ideias), Zona e DQ éramos todos nobres cavaleiros a atravessar mundos apanhados num sonho. Como intérprete destaca Os Vivos, de Jacinto Lucas Pires, com encenação de João Brites; UIR, uma recolha de textos portugueses contemporâneos, com direcção de Rui Horta; À espera de Godot, de Beckett, com encenação de João Fiadeiro; A Fuga, de Gao Xingjiang, com encenação de Carlos Pimenta e o filme Homens-Toupeira, que co-realizou com Edgar Pêra. Em nome próprio co-criou com Clara Andermatt e Michael Margotta a peça As Ondas em 2004 a partir do livro homónimo de Virgínia Woolf; escreveu e encenou Especial Nada/Special Nothing em 2003 a partir dos Diários de Andy Warhol; em 2005 escreveu em parceria com Luís Vieira e encenou Ruínas para o Teatro Bruto e 1.Parto, com os alunos finalistas da ESMAE (Escola Superior Música e das Artes do Espectáculo), no Porto; em 2006 criou o espectáculo A Entrega a partir de textos de August Strindberg e A História de um Mentiroso a partir de Peer Gynt de Henrik Ibsen; em Agosto de 2006 participou no Edinburgh Festival Fringe, com Especial Nada/Special Nothing; em 2007 interpretou Ode Maritima, de Fernando Pessoa, com encenação de Alberto Lopes; encenou em parceria com Miguel Borges Fazer bom uso da Morte a partir de Orgia de Pasolini e Made in Eden an ODE to my dead friends a partir Epístolas de Guerra de Adolfo Luxúria Canibal; em 2008 encenou A Velha Casa a partir de texto homónimo de Luis Pacheco e As Criadas de Jean Genet que teve a sua estreia no Centro Cultural de Belém. Sara de Castro Actriz. Bacharelato do curso de formação de actores da Escola Superior de Teatro e Cinema de Lisboa. Teve formação extra-curricular com Carlos Pessoa, João Grosso, Luís Madureira, João Carneiro, Estrela Novais e Miguel Seabra. Desde 1994 trabalhou com os grupos O Bando, O Grupo, Teatromosca e Útero, com os encenadores Armando Caldas, Ana Nave, Miguel Moreira, João Brites, Carlos Avilez, Susana Vidal, Paulo Castro e Filipe Crawford entre outros. 6

7 No âmbito do cinema, participou como actriz em filmes de Raquel Freire, Carlos Braga e Margarida Gil. Desde 2006 que é assistente da direcção artistica d'o Bando. Luís Guerra Bailarino e actor. Coreografou Laocoi (2008), Smells like teen spirit (2007) e Ser Humano (2005). Em colaboração com Black Sheep Group apresentou Carmen Miranda is Dead (2007). Apresentou o seu trabalho em Portugal, Alemanha, França, Brasil, Líbano e Croácia. Integra o colectivo de artistas Bomba Suicida (Lisboa). Como bailarino trabalhou com Tânia Carvalho (Orquéstica e De mim não posso fugir, paciência!), Bock & Vincenzi (Infinite Pleasures of the Great Unknown e Here as if ), Emio Greco PC (Orfeo ed Euridice), Rui Horta (Pixel), Paulo Ribeiro (Memórias de um Sábado com Rumores de Azul), Ballet Gulbenkian (Le Sacre du Printemps Marie Chouinard) Clara Andermatt (Meu Céu) e Félix Lozano (Vis a Vis). Como actor trabalhou em cinema com Hugo Vieira da Silva (Body Rice) e em teatro com João Garcia Miguel e Miguel Moreira (Made in Éden). Estudou dança no Conservatório Nacional e coreografia no Programa Gulbenkian Criatividade e Criação Artística. Integrou os projectos de colaboração Colina 2003 (Montemor-o-Novo) e CoLABoratório (Brasil). Participou na residência de dança SiWiC 2006 (Zurique). Colabora com a banda Mimicalkix (Porto). Rui Lima Músico e actor. Conclui o ensino secundário na Escola Artistica Soares dos Reis, no curso de Imagem e comunicação, Porto. Paralelamente integra o grupo de teatro experimental Grupo X (colectivo direccionado para a articulação multimédia teatro, dança, performance, cenografia, vídeo, música) cujas apresentações mais significativas foram Sonho de uma noite de verão ( Maio de 98), Revolução (a partir de textos de Almeida Garrett no Rivoli Teatro Municipal) e Festival internacional Fazer a Festa Maio de 99). Forma juntamente com Marta Bernardes, Sérgio Martins e Paulo Martins O PROJECTO É GRAVE!, um projecto musical de originais que integra como vocalista e co-compositor e com o qual desde 2000 deu já cerca de 40 concertos, passando pela Casa das Artes do Porto, Casa das Artes de Famalicão, Rivoli Café Concerto e grande auditório, Hard Club, Santiago Alquimista, Festival do Tejo, Teatro Helena Sá e Costa, Campo Alegre (integrado na programação das quintas de leitura) e que se encontra neste momento a preparar o disco de apresentação. Em 2001, compõe a sua primeira banda sonora para o Grupo X, na peça UBUSH, a partir do texto O Mestre Ubu de Alfred Jarry. 7

8 Em 2004, compõe para o Teatro Entretanto de Valongo, música para a peça Porta Aberta de Hugo Sousa, texto de Fernando Moreira e, criou e realizou dois vídeo clips para o projecto musical portuense Pluto, nos quais entrou também como actor. Em 2005, foi convidado a fazer música para a peça Suspiro, um projecto colectivo do 4º ano do curso de teatro da E.S.M.A.E, com direcção de Joana Providência e apoio dramatúrgico de Regina Guimarães. Nesse mesmo ano compõe para outro projecto colectivo, da E.S.M.A.E. uma banda sonora, com a particularidade de os músicos se encontrarem em palco, tendo assim também uma importancia performativa. Este projecto Intula-se de 1.Parto, encenação de João Garcia Miguel. Compõe para Indio Queiroz, música para um vídeo dança intitulado de O estranho mundo dos Scrawford Novamente para João Garcia Miguel, compõe música para a peça A Entrega na Casa de Teatro de Sintra. Concluiu o curso de Design de luz e som na ESMAE-IPP onde tem vindo a desenvolver projectos que frequentemente se deslocam entre o teatro, vídeo, música. Pertence a dois colectivos artísticos sedeados no Porto: O Senhorio onde participa como co- fundador e como colaborador no fanzine que viu já editados 4 números : Barba, em Abril 2005, Pingue, em Maio 2005, Croquette, em maio 2005, Busto em junho 2005; e o colectivo Equipa B, um projecto que articula temas originais de cariz mais electrónico com trabalho em vídeo, dança e performance que recentemente apresentou no cinema Passos Manuel, na comemoração do 25 de Abril, o espectáculo Gravidade Total e lançou em simultâneo o seu primeiro registo discográfico. Ainda no interior do colectivo Senhorio integra o projecto de cancionetismo Senhor Doutor juntamente com Nuno Sousa, Sérgio Martins, Marta Bernardes, Ana Ulisses e Sérgio Seabra cuja ultima aparição aconteceu em Junho de 2005 no espaço Maus Hábitos no âmbito do encerramento da exposição "Olhar para o boneco" apresentando o espectáculo " Recital em si próprio". Presentemente, como compositor musical, colabora com o grupo de teatro Mau Artista, integra a formação de Ana Deus no projecto memo e prepara a realização de dois vídeo-clips para o grupo Pluto e Stowaways. Sérgio Martins Músico. Conclui o ensino secundário na Escola Artistica Soares dos Reis, no curso de Imagem e comunicação e, de seguida o curso de Guitarra no Conservatório de Música do Porto. Curso de produção na escola Dance Planet. Participou em inumeras masterclasses de guitarra, audio-digital midi, composição coreográfica, engenharia de som. Forma juntamente com Marta Bernardes, Sérgio Martins e Paulo Martins O PROJECTO É GRAVE!, um projecto musical de originais que integra como vocalista e co-compositor e com o qual desde 2000 deu já cerca de 40 concertos, passando pela Casa das Artes do Porto, Casa das 8

9 Artes de Famalicão, Rivoli Café Concerto e grande auditório, Hard Club, Santiago Alquimista, Festival do Tejo, Teatro Helena Sá e Costa, Campo Alegre (integrado na programação das quintas de leitura) e que se encontra neste momento a preparar o disco de apresentação. Pertence a dois colectivos artísticos sedeados no Porto: O Senhorio onde participa como co- fundador e como colaborador no fanzine que viu já editados 4 números : Barba, em Abril 2005, Pingue, em Maio 2005, Croquette, em maio 2005, Busto em junho 2005; e o colectivo Equipa B, um projecto que articula temas originais de cariz mais electrónico com trabalho em vídeo, dança e performance que recentemente apresentou no cinema Passos Manuel, na comemoração do 25 de Abril, o espectáculo Gravidade Total e lançou em simultâneo o seu primeiro registo discográfico. Ainda no interior do colectivo Senhorio integra o projecto de cancionetismo Senhor Doutor juntamente com Nuno Sousa, Sérgio Martins, Marta Bernardes, Ana Ulisses e Sérgio Seabra cuja ultima aparição aconteceu em Junho de 2005 no espaço Maus Hábitos no âmbito do encerramento da exposição "Olhar para o boneco" apresentando o espectáculo " Recital em si próprio". 9

10 Equipa em digressão João Garcia Miguel Luís Guerra Sara de Castro ou Tânia Carvalho Sérgio Martins Rui Lima Luís Bombico Paulo Alface Solange Carvalho Manel Bastos Contactos João Garcia Miguel Rua Palmira nº5, R/C Dto Tel e Fax Solange Carvalho(Produtora) e. 10

11 Fotografias de Espectáculo: 11

12 12

13 13

14 14

Clube de Teatro Escola EB - 2,3 de Perafita

Clube de Teatro Escola EB - 2,3 de Perafita 1 Clube de Teatro Escola EB - 2,3 de Perafita Ana Moreira, Coordenadora O Clube de Teatro da Escola E.B. 2,3 de Perafita apresentou-se em cena nos dias 21 e 24 de Maio, com o seu mais recente trabalho

Leia mais

CURRICULUM VITAE PEDRO BASTOS

CURRICULUM VITAE PEDRO BASTOS DADOS: Pedro Nuno Peixoto Teixeira Bastos Rua Calouste Gulbenkian 613, 4º E 4810-257 GUIMARÃES +351 917 621 486 baz.pedro@gmail.com REALIZAÇÃO 2012 AO LOBO DA MADRGOA Filme homenagem ao poeta António Lobo

Leia mais

ALGUNS BREVES TEXTOS SOBRE A LIBERDADE. Performáticos07 ESTAL

ALGUNS BREVES TEXTOS SOBRE A LIBERDADE. Performáticos07 ESTAL ALGUNS BREVES TEXTOS SOBRE A LIBERDADE Performáticos07 ESTAL IDENTIFICAÇÃO DO PROMOTOR DO PROJECTO Estal Escola Superior de Tecnologias e Artes de Lisboa www.estal.pt Rua de Sto. Amaro nº 34 1200-803 Lisboa

Leia mais

Perfis Professores. Maria João Directora

Perfis Professores. Maria João Directora Perfis Professores Maria João Directora Maria João, nasceu em Lisboa, no dia 27 de Junho de 1956, filha de pai português e mãe moçambicana. Em 1982 entrou na Escola de Jazz do Hot Club e foi lá que formou

Leia mais

Histórias com sombras

Histórias com sombras Histórias com sombras Oficina de planificação, preparação e apresentação de um teatro de sombras Descobrir as técnicas para construção de um teatro de sombras, é a proposta desta oficina, em que as crianças

Leia mais

ESPAÇOS HABITADOS O CORPO COMO FERRAMENTA VIVA

ESPAÇOS HABITADOS O CORPO COMO FERRAMENTA VIVA ESPAÇOS HABITADOS O CORPO COMO FERRAMENTA VIVA 19 e 20 Março 2011 10h00 > 13h00 14h30 > 17h30 Sinopse Muitos são os artistas para quem as fronteiras entre o corpo e a obra se esbatem, usando a Performance

Leia mais

Ao Alcance de Todos 2015

Ao Alcance de Todos 2015 Ao Alcance de Todos 2015 Editorial Mecenas Serviço Educativo Apoio Institucional No ano em que a Casa da Música comemora o seu décimo aniversário, Ao Alcance de Todos é a imagem mais visível de um trabalho

Leia mais

* Introdução * Projecto * Sinopse * Ficha Técnica * Fotografias * Corriculos * Contactos

* Introdução * Projecto * Sinopse * Ficha Técnica * Fotografias * Corriculos * Contactos * Introdução * Projecto * Sinopse * Ficha Técnica * Fotografias * Corriculos * Contactos Introdução A Anexo Associaccao Cultural é uma Associação cuja a sua capacidade visa a promoção, a vivência de experiências,

Leia mais

COMPANHIADEACTORES ATELIER DE EXPRESSÃO ARTÍSTICA

COMPANHIADEACTORES ATELIER DE EXPRESSÃO ARTÍSTICA COMPANHIADEACTORES ATELIER DE EXPRESSÃO ARTÍSTICA em LISBOA ESPECTÁCULO FINAL 28 de Junho de 2006 Página 1/7 COMPANHIADEACTORES ATELIER DE EXPRESSÃO ARTÍSTICA Juvenil Local: TEATRO DO CAMPO ALEGRE PORTO

Leia mais

Os pequenos nadas. Uma criação de Anton Coimbra e Nuno Pinto. Produçao de Último Comboio.

Os pequenos nadas. Uma criação de Anton Coimbra e Nuno Pinto. Produçao de Último Comboio. Os pequenos nadas Uma criação de Anton Coimbra e Nuno Pinto. Produçao de Último Comboio. "Teatro artesanal (...) Tudo em vista: a máquina de cinema minúscula, que eles resgataram do desmantelamento, os

Leia mais

GÔDA. dobrar. GôDA Teatro. Público Geral. Sessões especiais para a Infância e Público Sénior

GÔDA. dobrar. GôDA Teatro. Público Geral. Sessões especiais para a Infância e Público Sénior GôDA Teatro Público Geral Sessões especiais para a Infância e Público Sénior GÔDA O que se esconde por detrás de uma porta antiga e enferrujada? O que se guarda por entre papéis e as fotografias velhas?

Leia mais

1º Fórum Avintense Jovem

1º Fórum Avintense Jovem 1º Fórum Avintense Jovem Programa A primeira edição do Fórum Avintense Jovem, a realizar neste ano de 2007, terá 3 sessões, a decorrer nos meses de Maio e Novembro de 2007. Apresentamos as sessões já confirmadas

Leia mais

Companhia de Teatro Piupardos

Companhia de Teatro Piupardos Companhia de Teatro Piupardos Direcção: Sónia Aragão Apresenta Cisco e a Espiral do Conhecimento é um espectáculo de teatro, lúdico-pedagógico, para um públicoalvo entre os 9 e 13 anos, tendo como base

Leia mais

C U R R I C U L U M V I T A E

C U R R I C U L U M V I T A E C U R R I C U L U M V I T A E INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Morada Luís Miguel Pereira Araújo da Rocha Rua do Teixeira, nº43, 1º 1200-390 Lisboa Telefone 96 252 74 53 Fax 21 342 97 82 Correio electrónico luisrocha.fotografia@gmail.com

Leia mais

INICIATIVAS EDUCATIVAS Fevereiro 2008

INICIATIVAS EDUCATIVAS Fevereiro 2008 Sector de Educação e Animação Artística CENTRO DE ARTE MODERNA JOSÉ DE AZEREDO PERDIGÃO FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN INICIATIVAS EDUCATIVAS Fevereiro 2008 Ideias Irrequietas - de Contos A Colecção AGENDA-RESUMO...

Leia mais

LISTA DE ORDENAÇÃO ENSINO INGLÊS ANO LETIVO 2012-2013

LISTA DE ORDENAÇÃO ENSINO INGLÊS ANO LETIVO 2012-2013 LISTA DE ORDENAÇÃO ENSINO INGLÊS ANO LETIVO 2012-2013 OFERTA 2737 433133 2737 435006 2737 433645 2737 431145 2737 411431 2737 447993 2737 432457 2737 412330 2737 415973 2737 427952 2737 417413 2737 417268

Leia mais

Curriculum Vitae Informação pessoal Nome Morada Telefone Correio electrónico Nacionalidade Data de nascimento

Curriculum Vitae Informação pessoal Nome Morada Telefone Correio electrónico Nacionalidade Data de nascimento Curriculum Vitae João Pedro Nunes - Outubro 2012 Curriculum Vitae Informação pessoal Nome Morada Telefone Correio electrónico Nacionalidade de nascimento João Pedro Nunes Rua D. João V, 23 6º Esq., 1250-089

Leia mais

PEDRO SOUSA VIEIRA. Galeria Belo-Galsterer Rua Castilho 71, RC, Esq. 1250-068 Lisboa - Portugal

PEDRO SOUSA VIEIRA. Galeria Belo-Galsterer Rua Castilho 71, RC, Esq. 1250-068 Lisboa - Portugal PEDRO SOUSA VIEIRA Galeria Belo-Galsterer Rua Castilho 71, RC, Esq. 1250-068 Lisboa - Portugal www.belogalsterer.com galeria.belogalsterer@gmail.com +351-213815914 VITA Pedro Sousa Vieira Nasceu no Porto,

Leia mais

Curriculum Vitae. Curriculum Vitae/Miguel Pacheco Gomes 1/5

Curriculum Vitae. Curriculum Vitae/Miguel Pacheco Gomes 1/5 Curriculum Vitae Informação Pessoal GOMES, Miguel Pacheco Rua de Angola, 2 2º Dto. 1170-022 +351 933118953 www.miguelpachecogomes.com e-mail@miguelpachecogomes.com Experiência Profissional Datas: 2008/2009

Leia mais

Ordenação de Candidatos por Graduação Profissional. Horário 40 - Inglês

Ordenação de Candidatos por Graduação Profissional. Horário 40 - Inglês Ordenação de Candidatos por Graduação Profissional Horário 40 - Inglês Ordenação Graduação Profissional Nome Tipo de Habilitação 1 25,804 Alexandra Caladinho Chagas Narra Qualificação Profissional 2 25,092

Leia mais

PROPOSTA DE PROGRAMA DE ACÇÃO PEDAGÓGICA SOBRE ARQUITECTURA, CIDADE E TERRITÓRIO PARA CRIANÇAS ANDREIA SALAVESSA

PROPOSTA DE PROGRAMA DE ACÇÃO PEDAGÓGICA SOBRE ARQUITECTURA, CIDADE E TERRITÓRIO PARA CRIANÇAS ANDREIA SALAVESSA PROPOSTA DE PROGRAMA DE ACÇÃO PEDAGÓGICA SOBRE ARQUITECTURA, CIDADE E TERRITÓRIO PARA CRIANÇAS ANDREIA SALAVESSA OLHAR PARA VER OBJECTIVOS O desafio passa por analisar o meio construído segundo as suas

Leia mais

I CONGRESSO INTERNACIONAL AS ARTES NA EDUCAÇÃO

I CONGRESSO INTERNACIONAL AS ARTES NA EDUCAÇÃO I CONGRESSO INTERNACIONAL AS ARTES NA EDUCAÇÃO AMARANTE - 14 a 16 de Novembro de 2014 Local: Auditório do Parque Industrial de Amarante Ação Acreditada pelo Centro de Formação da Associação de Escolas

Leia mais

de Let s do it (Let s Fall in Love)

de Let s do it (Let s Fall in Love) SINGLE SINGERS BAR ( ) Os alemães em Berlim, fazem Como em Amesterdão Em Bombaim fazem Em Goa, Diu e Damão Galegos, bascos, catalães fazem Em França, em São Francisco e em Guimarães fazem Façamos, amor

Leia mais

Dia Internacional dos Museus Noite dos Museus. Museus num Mundo em Mudança: Novos Desafios, Novas Inspirações 2012

Dia Internacional dos Museus Noite dos Museus. Museus num Mundo em Mudança: Novos Desafios, Novas Inspirações 2012 Museus num Mundo em Mudança: Novos Desafios, Novas Inspirações Porto Casa-Museu Guerra Junqueiro 10h00 20h00 Exposição O Vestir da Arte Percurso expositivo inspirado na coleção de artes decorativas de

Leia mais

MOSTRA DE TEATRO ESCOLAR VILA NOVA DE FAMALICÃO

MOSTRA DE TEATRO ESCOLAR VILA NOVA DE FAMALICÃO PROGRAMAÇÃO 13 a 17 de abril de 2015 MOTE MOSTRA DE TEATRO ESCOLAR VILA NOVA DE FAMALICÃO MOTE MOSTRA DE TEATRO ESCOLAR DE VILA NOVA DE FAMALICÃO PROGRAMAÇÃO 13 a 17 de abril de 2015 13 de abril 15h00

Leia mais

INFORMAÇÃO PESSOAL. MAFALDA ESTEVES MATOS AV. ALMIRANTE REIS 197 2º ESQUERDO 935068010/ 912055205 mafalda.em@gmail.com C U R R I C U L U M V I T A E

INFORMAÇÃO PESSOAL. MAFALDA ESTEVES MATOS AV. ALMIRANTE REIS 197 2º ESQUERDO 935068010/ 912055205 mafalda.em@gmail.com C U R R I C U L U M V I T A E C U R R I C U L U M V I T A E INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Morada Telefone Correio electrónico Agenciamento MAFALDA ESTEVES MATOS AV. ALMIRANTE REIS 197 2º ESQUERDO 935068010/ 912055205 mafalda.em@gmail.com

Leia mais

WORKSHOPS Jovens dos 12 aos 15 anos

WORKSHOPS Jovens dos 12 aos 15 anos VERÃO 2011 WORKSHOPS Jovens dos 12 aos 15 anos Oficina de BD Neste workshop não se faz apenas banda desenhada: faz-se um fanzine de banda desenhada! Vamos criar uma história com base no teu imaginário

Leia mais

Corpo de Baile. de Miguel Pereira

Corpo de Baile. de Miguel Pereira Corpo de Baile de Miguel Pereira DANÇA 23, 24 E 25 DE JUNHO 21h30 Grande Auditório Duração 1h00 (aprox.) Concepção e Direcção Miguel Pereira Assistência artística Antonio Tagliarini Intérpretes Andreas

Leia mais

Boletim informativo da Delegação Regional do Sul da Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Nº 21 / Janeiro 2010

Boletim informativo da Delegação Regional do Sul da Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Nº 21 / Janeiro 2010 1 Notícia BAD Sul Boletim informativo da Nº 21 / 2010 ISSN 1646-9437 SUMÁRIO Editorial Destaque Projecto de promoção da leitura Entre a (voz) e as palavras Em Foco - no País Prémio Raul Proença 2008 10º

Leia mais

FICHAS TÉCNICA E ARTÍSTICA Vida de Artista

FICHAS TÉCNICA E ARTÍSTICA Vida de Artista FICHAS TÉCNICA E ARTÍSTICA Vida de Artista Texto Luísa Costa Gomes Encenação António Pires Assistência de Encenação Graciano Dias Cenografia João Mendes Ribeiro Figurinos Luís Mesquita Luz Vasco Letria

Leia mais

XI Torneio Inter Escolas de Pista Coberta. Escola Mestre Domingos Saraiva (Lisboa) Centro de Formação EB 2;3 S. Bartolomeu dos Mártires (Viana)

XI Torneio Inter Escolas de Pista Coberta. Escola Mestre Domingos Saraiva (Lisboa) Centro de Formação EB 2;3 S. Bartolomeu dos Mártires (Viana) XI Torneio Inter Escolas de Pista Coberta Escolas Inscritas EB 2;3 de EB 2;3 Sec. Sá de Miranda Colégio Teresiano EB 2;3 Prof. G. Sampaio EB 2;3 de Externato Delfim Ferreira Escola Mestre Domingos Saraiva

Leia mais

ESCOLA E.B. 2,3 DE LAMAÇÃES 2013-2014

ESCOLA E.B. 2,3 DE LAMAÇÃES 2013-2014 5º1 1 ANA CATARINA R FREITAS SIM 2 BEATRIZ SOARES RIBEIRO SIM 3 DIOGO ANTÓNIO A PEREIRA SIM 4 MÁRCIO RAFAEL R SANTOS SIM 5 MARCO ANTÓNIO B OLIVEIRA SIM 6 NÁDIA ARAÚJO GONÇALVES SIM 7 SUNNY KATHARINA G

Leia mais

Curriculum Vitae IDENTIFICAÇÃO PESSOAL

Curriculum Vitae IDENTIFICAÇÃO PESSOAL Curriculum Vitae IDENTIFICAÇÃO PESSOAL Nome: Joana Isabel Amaral Estrela Endereço: Rua Gonçalo Cristovão, nº 250, Sala 5, 2ª Frt. Contactos: 22 954 65 58 / 96.7024543 Data Nascimento: 23/06/1979 Nacionalidade:

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA Porto Corpo Docente 2013-2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA Porto Corpo Docente 2013-2014 Corpo Docente 2013-2014 Nome Grau Regime de Vínculo Regime de Prestação de Serviços Alberto Francisco Ribeiro de Almeida Doutor Tempo Integral Contrato de prestação de serviço docente Alberto Jorge dos

Leia mais

Rua Faria Guimarães, 494 2º Esq. 4000-205 Porto +351 965 371 568 olinda@mdemaria.com www.mdemaria.com

Rua Faria Guimarães, 494 2º Esq. 4000-205 Porto +351 965 371 568 olinda@mdemaria.com www.mdemaria.com CURRICULUM VITAE olinda martins 01.junho.2012 INFORMAÇÃO PESSOAL nome filiação data de nascimento naturalidade bilhete de identidade contribuinte estado civil carta de condução Maria Olinda Carneiro Martins

Leia mais

"Amor mais Perfeito Tribute to José Fontes Rocha" Música de José Fontes Rocha

Amor mais Perfeito Tribute to José Fontes Rocha Música de José Fontes Rocha PRESS-RELEASE Joana Amendoeira é considerada uma das mais importantes vozes da Nova Geração do Fado. No seu cantar, o Fado ganha novo fulgor, nova atitude, sem se desviar da tradição. Joana Amendoeira

Leia mais

Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Resultados da 2ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2011

Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Resultados da 2ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2011 14320023 ALEXANDRE VAZ MARQUES VASCONCELOS Colocado em 1105 Universidade do Porto - Faculdade de Engenharia 9897 Ciências de Engenharia - Engenharia de Minas e Geoambiente 13840715 ANA CLÁUDIA DIAS MARTINS

Leia mais

LISTA ORDENADA POR GRADUAÇÃO PROFISSIONAL - DGAE

LISTA ORDENADA POR GRADUAÇÃO PROFISSIONAL - DGAE Nome da Escola : Agrupamento de Escolas de Almancil, Loulé Horário n.º: 27-18 horas 2013-10-09 Grupo de Recrutamento: 420 - Geografia LISTA ORDENADA POR GRADUAÇÃO PROFISSIONAL - DGAE Ordenação Graduação

Leia mais

ENTREVISTAS & DEBATES

ENTREVISTAS & DEBATES FIC FESTIVAL INTERNACIONAL DE CULTURA Cascais, de 3 a 12 de julho de 2015 Um festival organizado pela LeYa e pela Câmara Municipal de Cascais Curadora: Lídia Jorge ENTREVISTAS & DEBATES MÚSICA TEATRO DANÇA

Leia mais

A. CAMPOS MATOS AFONSO CRUZ ALBERTO SERRA ALFREDO CUNHA ÁLVARO LABORINHO LÚCIO ÁLVARO MAGALHÃES ANA CARVALHO ANA LUÍSA AMARAL ANA SOUSA DIAS

A. CAMPOS MATOS AFONSO CRUZ ALBERTO SERRA ALFREDO CUNHA ÁLVARO LABORINHO LÚCIO ÁLVARO MAGALHÃES ANA CARVALHO ANA LUÍSA AMARAL ANA SOUSA DIAS A. CAMPOS MATOS AFONSO CRUZ ALBERTO SERRA ALFREDO CUNHA ÁLVARO LABORINHO LÚCIO ÁLVARO MAGALHÃES ANA CARVALHO ANA LUÍSA AMARAL ANA SOUSA DIAS ANA ZANATTI ANDRÉS BARBA ANTÔNIO TORRES ANTÓNIO VICTORINO D'ALMEIDA

Leia mais

REITORIA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA - SALÃO NOBRE

REITORIA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA - SALÃO NOBRE REITORIA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA - SALÃO NOBRE 23, 24 E 25 DE ABRIL. 18h30 Entrada livre PROGRAMA 23 ABRIL 18h 30 - Quem é Ricardo de José Barahona 19h 15 48 de Susana Sousa Dias 24 ABRIL 18h 30 - Antes

Leia mais

LISTA DE CANDIDATOS ADMITIDOS E NÃO ADMITIDOS. Concurso Oferta de Escola para Contratação de Docente Grupo 110. Ano Letivo - 2014/2015

LISTA DE CANDIDATOS ADMITIDOS E NÃO ADMITIDOS. Concurso Oferta de Escola para Contratação de Docente Grupo 110. Ano Letivo - 2014/2015 LISTA DE CANDIDATOS ADMITIDOS E NÃO ADMITIDOS Concurso Oferta de Escola para Contratação de Docente Grupo 110 Ano Letivo - 2014/2015 CANDIDATOS ADMITIDOS: Nº Candidato NOME OSERVAÇÕES 1367130034 Alexandra

Leia mais

XXXII ENCONTRO NACIONAL DE TEATRO NA ESCOLA

XXXII ENCONTRO NACIONAL DE TEATRO NA ESCOLA Projecto: XXXII ENCONTRO NACIONAL DE TEATRO NA ESCOLA SOBREDA, 04, 05, 06 e 07 de Maio - 2011 1- ENTIDADES PROMOTORAS: IDENTIFICAÇÃO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ELIAS GARCIA Rua Manuel Parada, 2819-505 Sobreda

Leia mais

O Corcunda e a Cigana

O Corcunda e a Cigana GRIOT Associação Cultural Rua Palmira Bastos, nº 32 3º Esq. C. Postal 2835 44 Lavradio, Barreiro, Portugal Web: griot-associacaocultural.blogspot.com Endereço Electrónico: teatro.griot@hotmail.com Telemóveis:

Leia mais

MESTRADOS E DOUTORAMENTOS - 2015

MESTRADOS E DOUTORAMENTOS - 2015 MESTRADOS E DOUTORAMENTOS - 2015 2ª FASE - ECT SUPLENTE EXCLUÍDO LISTA DE CANDIDATOS SERIAÇÃO CARLA MARIA CARNEIRO ALVES Doutoramento em Didática de Ciências e Tecnologias 3,9 de 5 4 CARLOS EDUARDO DOS

Leia mais

Índice. dezembro 2012 EDIÇÃO: CÂMARA MUNICIPAL DE BRAGA COORDENAÇÃO: DIVISÃO DE CULTURA IMPRESSÃO: TECNIGRÁFICA TIRAGEM: 12.

Índice. dezembro 2012 EDIÇÃO: CÂMARA MUNICIPAL DE BRAGA COORDENAÇÃO: DIVISÃO DE CULTURA IMPRESSÃO: TECNIGRÁFICA TIRAGEM: 12. 188 dezembro 2012 Índice EDIÇÃO: CÂMARA MUNICIPAL DE BRAGA COORDENAÇÃO: DIVISÃO DE CULTURA IMPRESSÃO: TECNIGRÁFICA TIRAGEM: 12.000 EXEMPLARES PERIODICIDADE: MENSAL DEPÓSIT0 LEGAL: Nº 148041/00 DISTRIBUIÇÃO:

Leia mais

FEUP 2006/2007 Mestrado em Tecnologias Multimédia Doc. Apresentação V0

FEUP 2006/2007 Mestrado em Tecnologias Multimédia Doc. Apresentação V0 FEUP 2006/2007 Mestrado em Tecnologias Multimédia Doc. Apresentação V0 TÍTULO: Animatic - Marionetas Digitais Interactivas ORIENTADORES: Professor Doutor Aníbal Ferreira Professor Doutor Rui Torres ALUNO:

Leia mais

Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superio Resultados da 1ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2011

Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superio Resultados da 1ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2011 14286394 ALBANO LUIS ANDRADE PEREIRA Não colocado 14388714 ANA BEATRIZ MARTINS MACHADO Colocada em 3133 9104 14371141 ANA CATARINA MOREIRA LEAL Colocada em 7003 14319342 ANA CATARINA SOUSA RIBEIRO Colocada

Leia mais

Nome: Paulo João Freire Afonso Companhia/Grupo/Teatro: Os Pequenos Vagabundos (teatro pobre, teatro rico) Questões

Nome: Paulo João Freire Afonso Companhia/Grupo/Teatro: Os Pequenos Vagabundos (teatro pobre, teatro rico) Questões Ficha de Identificação Nome: Paulo João Freire Afonso Companhia/Grupo/Teatro: Os Pequenos Vagabundos (teatro pobre, teatro rico) Questões 1. Como define ou caracteriza os objectos artísticos que realiza

Leia mais

b. Promover a contribuição das artes e humanidades, assim como das ciências, na educação para sustentabilidade.

b. Promover a contribuição das artes e humanidades, assim como das ciências, na educação para sustentabilidade. Integrar, na educação formal e na aprendizagem ao longo da vida, os conhecimentos, valores e habilidades necessárias para um modo de vida sustentável. b. Promover a contribuição das artes e humanidades,

Leia mais

COMPANHIA 2 FACES da ARTE

COMPANHIA 2 FACES da ARTE COMPANHIA 2 FACES da ARTE A companhia teatral 2 Faces da Arte,foi criada em 94 pelo Ator /Autor Teatral / Artista Plástico Bicudo Júnior., com o objetivo de inovar o teatro Nacional. Desenvolvendo uma

Leia mais

AMIGOS DO PROJECTO. Ler é sonhar pela mão de outrem. Fernando Pessoa, Livro do Desassossego

AMIGOS DO PROJECTO. Ler é sonhar pela mão de outrem. Fernando Pessoa, Livro do Desassossego Ler é sonhar pela mão de outrem. Fernando Pessoa, Livro do Desassossego AMIGOS DO PROJECTO O projecto Ler Mais e Escrever Melhor nasceu a 17 de Julho de 2008. Encontra-se numa fase de vida a infância que

Leia mais

QUESTÃO 04 QUESTÃO 05

QUESTÃO 04 QUESTÃO 05 QUESTÃO 01 Arte abstrata é uma arte: a) que tem a intenção de representar figuras geométricas. b) que não pretende representar figuras ou objetos como realmente são. c) sequencial, como, por exemplo, a

Leia mais

CONSERVATÓRIO DE MÚSICA CALOUSTE GULBENKIAN DE BRAGA

CONSERVATÓRIO DE MÚSICA CALOUSTE GULBENKIAN DE BRAGA CONSERVATÓRIO DE MÚSICA CALOUSTE GULBENKIAN DE BRAGA Plano de Atividades 2013/2014 1 PLANO ANUAL DE ATIVIDADES O Plano Anual de Atividades PAA do Conservatório é fundamental na valorização do currículo

Leia mais

CULTURA EM EXPANSÃO ANTÓNIO ROSADO E FILIPE QUARESMA MÚSICA 24 DE OUTUBRO 21H30 ONDE CHEGA A CULTURA

CULTURA EM EXPANSÃO ANTÓNIO ROSADO E FILIPE QUARESMA MÚSICA 24 DE OUTUBRO 21H30 ONDE CHEGA A CULTURA CULTURA EM EXPANSÃO A SANTA JOANA DOS MATADOUROS: ABERTURA DOS PORTÕES! DE JOAO SOUSA CARDOSO A PARTIR DE BERTOLT BRECHT CINEMA/TEATRO 3 E 4 DE OUTUBRO 21H30 ARQUIPÉLAGO DE AO CABO TEATRO EM COLABORAÇÃO

Leia mais

A cultura como referência

A cultura como referência Dossier de Imprensa A cultura como referência Primeiro festival de artes performativas a decorrer na região do Médio Tejo, este com dimensão internacional, teve a sua primeira apresentação em Alcanena,

Leia mais

Lançamento do novo CD dos Músicos do Tejo

Lançamento do novo CD dos Músicos do Tejo Recital de ópera Lançamento do novo CD dos Músicos do Tejo Ficha técnica OS MÚSICOS DO TEJO AS ÁRIAS DE LUÍSA TODI Direcção musical Marcos MAGALHÃES Soprano Joana SEARA Sala Principal 1H10 M/12 NOV 13

Leia mais

ANALISAR OBJECTOS ARTÍSTICOS

ANALISAR OBJECTOS ARTÍSTICOS ANALISAR OBJECTOS ARTÍSTICOS Um dos aspectos essenciais à história da arte, à antropologia e à museologia, a análise de objectos artísticos e antropológicos é o tema deste workshop em 10 sessões, orientado

Leia mais

Torneio Sete Cidades Rabo de Peixe, 8-11-2014. Prova 1 Masc., 50m Mariposa Cadetes 08-11-2014 Startlist

Torneio Sete Cidades Rabo de Peixe, 8-11-2014. Prova 1 Masc., 50m Mariposa Cadetes 08-11-2014 Startlist Prova 1 Masc., 50m Mariposa Cadetes 3 Henrique Silva Pereira 05 Clube Naval de Rabo de Peixe 57.46 4 Dinis da Silva Marques 04 Clube Naval de Ponta Delgada NT Prova 2 Femin., 50m Mariposa Absolutos Série

Leia mais

1 a 17 de maio qui a dom às 21h vale dos barris, palmela

1 a 17 de maio qui a dom às 21h vale dos barris, palmela terra Estaremos nus desde o início, sem vergonha anterior. Nudez primitiva, não a saberemos. Então mergulharemos nas águas do rio E olharemos o céu limpo e sem estrelas. Eu baixar-me-ei e trarei água na

Leia mais

Em Roma: Surge como imitação do teatro grego (tragédia e comédia); Apogeu deu-se no séc. III-II a.c., com Plauto e Terêncio; Insere-se nos Jogos

Em Roma: Surge como imitação do teatro grego (tragédia e comédia); Apogeu deu-se no séc. III-II a.c., com Plauto e Terêncio; Insere-se nos Jogos O TEXTO DRAMÁTICO O teatro é a poesia que sai do livro e se faz humana. (Frederico García Lorca) Professor Luís Araújo 1 O que é o teatro? Uma das mais antigas expressões artísticas do Homem; Tem origem

Leia mais

Pedra-Pão Público-alvo: maiores de 12 anos Duração: 50 minutos

Pedra-Pão Público-alvo: maiores de 12 anos Duração: 50 minutos pedra-pão Pedra-Pão Público-alvo: maiores de 12 anos Duração: 50 minutos Pedra-Pão, sob este nome singular, o espetáculo retrata de uma forma bastante particular o contexto da crise económica atual e revela,

Leia mais

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS Técnico de Multimédia 10 H 7536 Alberto Filipe Cardoso Pinto 7566 Ana Isabel Lomar Antunes 7567 Andreia Carine Ferreira Quintela 7537 Bruno Manuel Martins Castro 7538 Bruno Miguel Ferreira Bogas 5859 Bruno

Leia mais

A SÁTIRA NA POESIA PORTUGUESA

A SÁTIRA NA POESIA PORTUGUESA SUB Hamburg B/110843 A SÁTIRA NA POESIA PORTUGUESA e a Poesia Satírica de Nicolau Tolentino, Guerra Junqueiro e Alexandre O'Neill CARLOS NOGUEIRA FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN FUNDAÇÃO PARA A CIÊNCIA E

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO COM ARMAS DE CAÇA. FOSSO UNIVERSAL CAMPEONATO REGIONAL NORTE - 2007 2ª. CONTAGEM - 24 e 25 de Março

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO COM ARMAS DE CAÇA. FOSSO UNIVERSAL CAMPEONATO REGIONAL NORTE - 2007 2ª. CONTAGEM - 24 e 25 de Março GERAL 1 1 129 00817 Herculano Lopes do Nascimento 8 C.C. Matosinhos S 25 24 25 25 1 99 2 113 00540 Rodrigo Dourado Fernandes 10 C.T. S. Pedro de Rates S 25 25 24 25 0 99 3 88 00588 Carlos Augusto Torres

Leia mais

- Andakibebé - Música cénica para os mais pequeninos

- Andakibebé - Música cénica para os mais pequeninos Andakibebé começou por ser um CD/Livro editado pela Editora Campo das Letras e a Companhia de Música Teatral. Depois, deixou de usar fraldas e tornou-se um espectáculo. Para ouvir e ver, com os Papás,

Leia mais

PROJECTO MOVING CINEMA

PROJECTO MOVING CINEMA PROJECTO CICLO DE PROJECÇÕES CONVERSA DEDICADO AOS JOVENS E SEMINÁRIO 11 e 12 de Maio de 2015 Moagem Cidade do Engenho e das Artes (Fundão) Este projecto pretende desenvolver estratégias inovadoras para

Leia mais

Artistas Convidados exposição 2014 30

Artistas Convidados exposição 2014 30 Artistas Convidados exposição 2014 30 Daniel Antunes Pinheiro Nascido em Moçambique, vive e trabalha em Lisboa. É professor auxiliar da Escola de Belas Artes da Universidade de Lisboa na graduação de arte

Leia mais

Formadores (1º ano) Locais das oficinas. Data limite de inscrições

Formadores (1º ano) Locais das oficinas. Data limite de inscrições Sementes para a Criatividade É uma acção de formação constituída por duas oficinas, uma de escrita criativa e outra de artes plásticas, em que se prevê: a criação de uma narrativa ilustrada que será submetida

Leia mais

Manuais Escolares 2014/2015 - EB 2,3 Marvila

Manuais Escolares 2014/2015 - EB 2,3 Marvila Ano / Disciplina Título ISBN Autor(es) Obs. 5.º Ano - Ciências Naturais Natura 5 978-989-647-663-2 5.º Ano - Educação Física Passa a Bola 5/6 - Educação Física 978-972-0-20957-3 Osório Da Cunha Matias

Leia mais

Aldeia de Santa Margarida

Aldeia de Santa Margarida Aldeia de Santa Margarida Agenda Cultural Cultural Edição Especial - Nov Dez 2013 Agenda Cultural Propriedade: Junta de Freguesia de Aldeia de Santa Margarida Edição Especial Nov. Dez. 2013 Distribuição

Leia mais

Banda de rock Pau com Arame

Banda de rock Pau com Arame Banda de rock Pau com Arame A banda de rock Pau com Arame, de Belo Horizonte, foi formada em 1997 e trouxe para o mundo o rock "elíptico", moderno e original enfocando temas atuais e retratando o cotidiano

Leia mais

LISTA DE GRADUAÇÃO DOS CANDIDATOS GRUPO DE RECRUTAMENTO 600. Horário 28

LISTA DE GRADUAÇÃO DOS CANDIDATOS GRUPO DE RECRUTAMENTO 600. Horário 28 LISTA DE GRADUAÇÃO DOS CANDIDATOS GRUPO DE RECRUTAMENTO 600 Horário 28 Graduação Profissional Nº Candidato Nome 24,508 4716699811 Vanda Isabel do Vale Silva Almeida 24,203 8219102942 Cristina Maria da

Leia mais

MFIG - TRABALHO Codigo Nome turma Nota Trabalho 110402106 Adriana Castro Valente 2 15,0 110402107 Alex da Silva Carvalho 3 14,9 70402122 Alexandre

MFIG - TRABALHO Codigo Nome turma Nota Trabalho 110402106 Adriana Castro Valente 2 15,0 110402107 Alex da Silva Carvalho 3 14,9 70402122 Alexandre MFIG - TRABALHO Codigo Nome turma Nota Trabalho 110402106 Adriana Castro Valente 2 15,0 110402107 Alex da Silva Carvalho 3 14,9 70402122 Alexandre Jorge Costelha Seabra 2 18,2 110402182 Ana Catarina Linhares

Leia mais

Mostra gastronómica do Brasil. 18h00 / 19h30 Saber Ouvir - Curso Livre de História da Música

Mostra gastronómica do Brasil. 18h00 / 19h30 Saber Ouvir - Curso Livre de História da Música PROGRAMAÇÃO OUTUBRO DE 2009 1 de Outubro de 2009-5ª Feira Dia Mundial da Música e do Idoso 18h30 Palestra: O Apoio Social nas Organizações não Governamentais Oradores: Cristina Soares, Raquel Nascimento,

Leia mais

Escola Secundária de S. Pedro do Sul (AESPS)

Escola Secundária de S. Pedro do Sul (AESPS) Sala B5 KFS ALEXANDRE DE ALMEIDA SILVA ALEXANDRE HENRIQUE DA ROCHA OLIVEIRA ALEXANDRE MIGUEL DE ALMEIDA PEREIRA ALEXANDRE SILVA FIGUEIREDO ANA CATARINA GOMES MOREIRA ANA CATARINA MARQUES GOMES ANA MARGARIDA

Leia mais

O GRUPO PROCURAM INSTIGAR AS PESSOAS PARA NOSSA REALIDADE SOCIAL E AMBIENTAL

O GRUPO PROCURAM INSTIGAR AS PESSOAS PARA NOSSA REALIDADE SOCIAL E AMBIENTAL PORTFOLIO O GRUPO O GRUPO Fruto de pesquisas sonoras com materiais alternativos como lixo e sucata, o grupo VIDA SECA se forma em 2004, relendo ritmos brasileiros, africanos e latino-americanos, com influências

Leia mais

151713 - Agrupamento de Escolas de Mosteiro e Cávado 346652 - Escola E.B.2,3 do Cávado. Relação de Alunos

151713 - Agrupamento de Escolas de Mosteiro e Cávado 346652 - Escola E.B.2,3 do Cávado. Relação de Alunos 3452 - Escola E.B.2,3 do Cávado : A 137 1 Adriana Manuela Gomes Pinheiro 14 S S 20 2 Alexandra Pereira Ferreira 28 3 Ângelo Rafael Araújo Gomes S 28 4 Beatriz da Costa Oliveira S 2 5 Domingos Gonçalo Ferreira

Leia mais

Jussara Braga. Suplemento do professor Elaborado por Camila Tardelli da Silva. Ilustrações de Rogério Borges

Jussara Braga. Suplemento do professor Elaborado por Camila Tardelli da Silva. Ilustrações de Rogério Borges Jussara Braga Suplemento do professor Elaborado por Camila Tardelli da Silva Ilustrações de Rogério Borges 1 O desejo das águas é um livro poético escrito em prosa, mas cheio de poesia e lirismo. Por isso,

Leia mais

SINOPSE FICHA TÉCNICA. Elenco principal: António Coelho, Irina Pereira, Vanessa Teixeira

SINOPSE FICHA TÉCNICA. Elenco principal: António Coelho, Irina Pereira, Vanessa Teixeira Título: GESTO Género: Documentário Duração: 80minutos Realização: António Borges Correia Produtor: Fernando Centeio Produção: ZulFilmes Exibidora: NLC Cinema City Alvalade Distribuidora: ZulFilmes Data

Leia mais

O PATO SELVAGEM Texto: Henrik Ibsen Encenação: Gonçalo Amorim

O PATO SELVAGEM Texto: Henrik Ibsen Encenação: Gonçalo Amorim Comunicado de Imprensa TEATRO HELENA SÁ E COSTA O PATO SELVAGEM Texto: Henrik Ibsen Encenação: Gonçalo Amorim 1 a 5 de Julho 2015 Quarta a Sábado 21h30 Domingo 18h00 Ensaio de Imprensa: 29 de junho 2015,

Leia mais

turismo industrial AGENDAMarinhaGrande GUIA CULTURAL APRESENTAÇÃO OFICIAL Circuitos Industriais Marinha Grande

turismo industrial AGENDAMarinhaGrande GUIA CULTURAL APRESENTAÇÃO OFICIAL Circuitos Industriais Marinha Grande 11.MARÇO.2013 25 anos da elevação a cidade APRESENTAÇÃO OFICIAL Circuitos Industriais Marinha Grande turismo industrial Marinha Grande www.cm-mgrande.pt MARÇO 2013 AGENDAMarinhaGrande GUIA CULTURAL DESTAQUE

Leia mais

1-1ª Jornada 06-11-2010-16:00

1-1ª Jornada 06-11-2010-16:00 1-1ª Jornada 06-11-2010-16:00 Prova 1 Masc., 100m Estilos Cad B 06-11-2010-16:00 Resultados 1. Lucas Pereira BASTOS 00 Nautico/Matobra 1:25.91 206 2. Miguel Diogo AGOSTINHO 00 Fundacao Beatriz Santos 1:27.64

Leia mais

AEVA-ESCOLA PROFISSIONAL DE AVEIRO REGULAMENTO

AEVA-ESCOLA PROFISSIONAL DE AVEIRO REGULAMENTO EPAPALCO GRUPO DE ARTES PERFORMATIVAS DA ESCOLA PROFISSIONAL DE AVEIRO Descrição do Grupo de Artes Performativas da Escola Profissional de Aveiro - EPAPALCO O EpaPalco surge da necessidade de colmatar

Leia mais

NOVO EDITAL - ALUNOS ERASMUS 2011/2012

NOVO EDITAL - ALUNOS ERASMUS 2011/2012 NOVO EDITAL - ALUNOS ERASMUS 2011/2012 UNIVERSITAT DE VALÈNCIA (E VALENCI 01) Odontology Sara Marilyn Pereira de Jesus 4º João Ricardo Oliveira Ferreira de Moura - 4º Psychology Sara Lúcia Maia Murillo

Leia mais

MUNICÍPIO DE OURÉM Câmara Municipal

MUNICÍPIO DE OURÉM Câmara Municipal MUNICÍPIO DE OURÉM Câmara Municipal ACTA DA 2.ª REUNIÃO DO JÚRI DO PROCEDIMENTO CONCURSAL PARA RECRUTAMENTO DE 1 TÉCNICO SUPERIOR, LICENCIADO EM CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO (REF.A), EM REGIME DE CONTRATO DE

Leia mais

INDICE. Sinopse. Galeria de Imagens. Media. Ficha técnica/artística. Condições Técnicas. Portfólio. Contacto

INDICE. Sinopse. Galeria de Imagens. Media. Ficha técnica/artística. Condições Técnicas. Portfólio. Contacto HISTÓRIAS SUSPENSAS INDICE Sinopse Galeria de Imagens Media Ficha técnica/artística Condições Técnicas Portfólio Contacto SINOPSE As histórias fazem parte da identidade cultural de qualquer ser humano.

Leia mais

MUSEU DA MARIONETA um mundo de histórias! SERVIÇO EDUCATIVO 2015/16 MUSEUDAMARIONETA.PT

MUSEU DA MARIONETA um mundo de histórias! SERVIÇO EDUCATIVO 2015/16 MUSEUDAMARIONETA.PT MUSEU DA MARIONETA um mundo de histórias! SERVIÇO EDUCATIVO 2015/16 MUSEUDAMARIONETA.PT O programa educativo 2015 / 2016 do Museu da Marioneta pretende dar a conhecer o espólio do museu e o vasto universo

Leia mais

Análise Matemática I - Informática de Gestão Avaliação da 1ª frequência

Análise Matemática I - Informática de Gestão Avaliação da 1ª frequência Análise Matemática I - Informática de Gestão Avaliação da 1ª frequência Número Nome Nota Obs 10780 ALEXANDRE JOSÉ SIMÕES SILVA 15 11007 ALEXANDRE REIS MARTINS 7,7 11243 Álvaro Luis Cortez Fortunato 11,55

Leia mais

Diretor Subdiretores Secretária do Diretor Serviços Administrativos Serviços Financeiros Recursos Humanos Serviço de Alunos Gabinete de

Diretor Subdiretores Secretária do Diretor Serviços Administrativos Serviços Financeiros Recursos Humanos Serviço de Alunos Gabinete de Diretor Subdiretores Secretária do Diretor Serviços Administrativos Serviços Financeiros Recursos Humanos Serviço de Alunos Gabinete de Pós-Graduações e Mestrados Serviços de Gestão Académica Receção /

Leia mais

BIOÉTICA E ÉTICA MÉDICA

BIOÉTICA E ÉTICA MÉDICA BIOÉTICA E ÉTICA MÉDICA CIDES EXT. TELEFONE Direção - Doutor Rui Nunes 26845 220426845 Lic. Filipa Santos (Secretariado) 26840 220426840 Doutora Guilhermina Rego 26844 220426844 Mestre Ivone Duarte 26841

Leia mais

PROGRAMA DIÁLOGO, CRIATIVIDADE E INTERCULTURALIDADE(S)

PROGRAMA DIÁLOGO, CRIATIVIDADE E INTERCULTURALIDADE(S) Dia 3 de Maio DIÁLOGO, CRIATIVIDADE E INTERCULTURALIDADE(S) 9.00H -13.00H Workshop Teias Multiculturais - Eu no Mundo Ana Paula Rocha Dulce Gonçalves Danuta Wojciechowska 14.00H Orquestra7 Sonoridades

Leia mais

31º Curso Normal de Magistrados para os Tribunais Judiciais

31º Curso Normal de Magistrados para os Tribunais Judiciais A 796 Neuza Soraia Rodrigues Carvalhas Direito e Processual 729 Maria Teresa Barros Ferreira Direito e Processual 938 Rute Isabel Bexiga Ramos Direito e Processual 440 Inês Lopes Raimundo Direito e Processual

Leia mais

Ciência na Cidade de Guimarãeswww.ciencianacidade.com

Ciência na Cidade de Guimarãeswww.ciencianacidade.com Ciência na Cidade de Guimarãeswww.ciencianacidade.com Cidade de Guimarães Faixas Etárias do Concelho 65 ou mais 24-64 anos 15-24 anos 0-14 anos 0 20000 40000 60000 80000 100000 População do Concelho 159.576

Leia mais

ATELIER-MUSEU JÚLIO POMAR. Em Torno do Acervo Abril a Setembro 2013 Serviço Educativo. coordenação / documentação Teresa Santos

ATELIER-MUSEU JÚLIO POMAR. Em Torno do Acervo Abril a Setembro 2013 Serviço Educativo. coordenação / documentação Teresa Santos ATELIER-MUSEU JÚLIO POMAR Em Torno do Acervo Abril a Setembro 2013 Serviço Educativo coordenação / documentação Teresa Santos O Atelier-Museu Júlio Pomar é um espaço dedicado à conservação, ao estudo e

Leia mais

Lista Ordenada. Ponderação da Avaliação do Portefólio - 30%

Lista Ordenada. Ponderação da Avaliação do Portefólio - 30% Técnicos Especializados da Escola : Agrupamento de Escolas de Santo António, Barreiro Nº Escola : 121216 Data final da candidatura : 214-1-29 Nº Horário : 41 Disciplina Projeto: Gabinete GISP Nº Horas:

Leia mais

NÃO SE ENCONTRA O QUE SE PROCURA

NÃO SE ENCONTRA O QUE SE PROCURA NÃO SE ENCONTRA O QUE SE PROCURA Do Autor: ficção Não te deixarei morrer, David Crockett (Contos e Crónicas), 2001 Equador (Romance), 2003 Premio Grinzane Cavour Narrativa Straniera (Itália) Rio das Flores

Leia mais

PÚBLICO-ALVO O público-alvo da MOITAMOSTRA inclui os jovens, os artistas, a população rural e urbana.

PÚBLICO-ALVO O público-alvo da MOITAMOSTRA inclui os jovens, os artistas, a população rural e urbana. O QUE É A MOITAMOSTRA? A «MOITAMOSTRA Encontro D'Artes em Meio Rural» é um conjunto de eventos no domínio das Artes Plásticas, Teatro, Música, Literatura e Audiovisuais e outras de âmbito artístico e cultural.

Leia mais

APONTAMENTOS CURRICULARES

APONTAMENTOS CURRICULARES APONTAMENTOS CURRICULARES PERCURSO Lisboa, 1969 Fotógrafo e Editor de fotografia Vivo e desenvolvo os meus trabalhos entre Aljezur e Lisboa Actualmente sou CEO da agência 1000olhos - Imagem e Comunicação

Leia mais

Projeto de Movimento dos Oficiais de Justiça de junho de 2015

Projeto de Movimento dos Oficiais de Justiça de junho de 2015 Projeto de Movimento dos Oficiais de Justiça de junho de 2015 Alexandre Luís Albuquerque E Quinhones Gaiolas, 3274/10, Bom com Distinção, Transição, Ana Maria Pires Matias Soares, 3149/10, Muito Bom, Transferência,

Leia mais