Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des."

Transcrição

1 Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des. Rafael Godeiro Diretor da Revista: Des.ª Clotilde Madruga Diretor da Escola De Magistratura: Des. Amaury Moura Conselho de Magistratura: Desembargadores Osvaldo Cruz, Judite Nunes, Cristovam Praxedes, Armando Ferreira, Aécio Marinho e Célia Smith Primeira Câmara Cível: Desembargadores Vivaldo Pinheiro, Célia Smith e Expedito Ferreira Segunda Câmara Cível: Desembargadores Rafael Godeiro, Aderson Silvino e Cláudio Santos Terceira Câmara Cível: Desembargadores Aécio Marinho, Amaury Moura e João Rebouças Câmara Criminal: Desembargadores Caio Alencar, Armando Ferreira, Judite Nunes e Clotilde Madruga Procurador de Justiça: Doutor José Augusto de Souza Peres Filho

2 Presidência PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE GABINETE DA PRESIDÊNCIA PORTARIA N.º 320, DE 18 DE ABRIL DE 2008 O Excelentíssimo Senhor Presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, no uso das atribuições previstas no art. 63, inciso XXII, do Regimento Interno desta Corte e: Considerando os problemas técnicos ocorridos com a conexão de dados entre a empresa Telemar/Oi e esta Corte de Justiça, que tornou o Diário da Justiça Eletrônico indisponível por período superior a duas horas; Considerando os termos do art. 4º da Resolução n.º 34, de 18 de outubro de 2007; Resolve: Art. 1º Tornar inválida a edição do Diário da Justiça Eletrônico que seria disponibilizada em 18 de abril de Art. 2º Determinar que os atos que circulariam na edição referida no caput do art. 1ºsejam disponibilizado na edição de 19 de abril de Art. 3º As Secretarias de Administração e de Informática deste Tribunal de Justiça deverão adotar as providências necessárias para apurar a responsabilidade da empresa envolvida na indisponibilidade do serviço, bem como para evitar que esse problema ou outro de mesma natureza afete o Diário novamente. Desembargador Osvaldo Cruz Presidente DJe Ano 1 - Edição p. 2

3 Comissão Permanente de Licitação - Presidência TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SETOR DE LICITAÇÃO AVISO AOS LICITANTES Concorrência nº 01/2008 Processo nº 11040/ Objeto: Contratação de empresa especializada em serviços de engenharia para CONSTRUÇÃO DO FÓRUM DA COMARCA DE CAICÓ/RN. Considerando a interposição de recurso pela empresa PAR ENGENHARIA LTDA (CNPJ nº / ), na Concorrência acima epigrafada, fica a empresa JGA ENGENHARIA LTDA (CNPJ nº / ), notificada, no prazo legal, a apresentar Contra- Razões ao recurso. Natal, 22 de abril de Gilberto de Morais Targino Filho Presidente da CPL DJe Ano 1 - Edição p. 3

4 Departamento - Redação Judiciária / Secretaria - Judiciária PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE ATA DA SESSÃO ORDINÁRIA DA 3ª CÂMARA CÍVEL DO DIA 10 DE ABRIL DE Sob a Presidência do Exmo. Sr. Des. Aécio Marinho, esteve reunida a 3ª CÂMARA CÍVEL. À hora regimental, foi aberta a Sessão, achandose presentes os Exmos. Srs. Desembargadores Aécio Marinho, Amaury Moura Sobrinho e Virgílio Fernandes (Juiz Convocado, substituto legal do Des. João Rebouças). Presente a Exmª Srª Drª Maria Sônia Gurgel da Silva, 8ª Procuradora de Justiça. Foi lida e, sem emenda, aprovada a Ata da Sessão anterior. LEITURA DE ACÓRDÃOS APELAÇÃO CÍVEL Nº NATAL AGRAVO REGIMENTAL EM APELAÇÃO CÍVEL Nº NATAL EMBARGOS DE DECLARAÇÃO EM APELAÇÃO CÍVEL Nº NATAL EMBARGOS DE DECLARAÇÃO EM APELAÇÃO CÍVEL Nº NATAL EMBARGOS DE DECLARAÇÃO EM APELAÇÃO CÍVEL Nº JARDIM DO SERIDÓ EMBARGOS DE DECLARAÇÃO EM APELAÇÃO CÍVEL Nº MOSSORÓ EMBARGOS DE DECLARAÇÃO EM APELAÇÃO CÍVEL Nº NATAL AGRAVO INTERNO EM AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº CEARÁ MIRIM EMBARGOS DE DECLARAÇÃO EM AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº NATAL APELAÇÃO CÍVEL Nº NATAL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº NATAL APELAÇÃO CÍVEL Nº MOSSORÓ APELAÇÃO CÍVEL Nº NATAL APELAÇÃO CÍVEL Nº NATAL APELAÇÃO CÍVEL Nº PARNAMIRIM APELAÇÃO CÍVEL Nº NATAL APELAÇÃO CÍVEL Nº MOSSORÓ APELAÇÃO CÍVEL Nº NATAL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº NATAL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº NATAL APELAÇÃO CÍVEL Nº AREIA BRANCA APELAÇÃO CÍVEL Nº NATAL APELAÇÃO CÍVEL Nº NATAL APELAÇÃO CÍVEL Nº JANDUÍS AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº MOSSORÓ AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº CANGUARETAMA APELAÇÃO CÍVEL Nº MOSSORÓ APELAÇÃO CÍVEL Nº PARNAMIRIM APELAÇÃO CÍVEL Nº MOSSORÓ APELAÇÃO CÍVEL Nº PAU DOS FERROS ORDEM ADMINISTRATIVA RETIRADO DE PAUTA - A 3ª Câmara Cível, à unanimidade, determinou a retirada de pauta da APELAÇÃO CÍVEL Nº NATAL, para que seja republicada, desta feita constando como novo revisor do processo, o nome do Des. Aécio Marinho, tendo em vista o impedimento do Dr. Virgílio Fernandes (Juiz Convocado). MOÇÃO DE CONGRATULAÇÕES A 3ª Câmara Cível, à unanimidade, acolheu proposição do Exmo. Sr. Des. Aécio Marinho, Presidente em exercício, no sentido de se consignar em Ata Moção de Congratulações pela passagem do natalício da Ilustríssima Senhora Yara Cunha Alencar, esposa do Exmo. Sr. Des. Caio Alencar, que ocorrerá no próximo dia 15 de abril do corrente ano, comunicando-se a homenageada. Associou-se a Exmª Srª Drª Maria Sônia Gurgel da Silva, 8ª Procuradora de Justiça. JULGAMENTOS Compareceu à Sessão Ordinária desta Câmara o Exmo. Sr. Des. Vivaldo Pinheiro, para, na forma regimental, compor o quorum de julgamento no processo a seguir, face ao impedimento afirmado pelo Dr. Virgílio Fernandes (Juiz Convocado, substituto legal do Des. João Rebouças). AGRAVO REGIMENTAL EM APELAÇÃO CÍVEL Nº NATAL. Agravante: Estado do Rio Grande do Norte. Agravado: Alessandro Carneiro Matos. Advogadas: Drs. Ana Roberta Rocha Lima (3129/RN) e outro. Relator: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO. Vogais: DES. AÉCIO MARINHO e DES. VIVALDO PINHEIRO. Impedido o Dr. Virgílio Fernandes (JUIZ CONVOCADO). conheceu do recurso para manter a decisão regimentalmente agravada. Foi lido o acórdão e aprovado. EMBARGOS DE DECLARAÇÃO EM APELAÇÃO CÍVEL Nº NATAL. Embargante: Flávio Ewerton de Carvalho. Advogados: Drs. Fábio Cunha Alves de Sena (5036/RN) e outro. Embargado: Cartório do Quarto Ofício de Notas. Advogados: Drs. Hindenberg Fernandes Dutra (3838/RN) e outros. Relator: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO. Vogais: JUIZ VIRGÍLIO FERNANDES (CONVOCADO) e DES. AÉCIO MARINHO. rejeitou os Embargos de Declaração, nos termos do voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado DJe Ano 1 - Edição p. 4

5 Departamento - Redação Judiciária / Secretaria - Judiciária EMBARGOS DE DECLARAÇÃO EM APELAÇÃO CÍVEL Nº NATAL. Embargante: Regina Coeli Rodrigues Mendes. Advogados: Drs. Eider Nogueira Mendes Neto ( /DF) e outro. Embargado: Fundação José Augusto. Procuradora: Dra. Lúcia de Fátima Dias Fagundes Cocentino (2223/RN). Relator: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO. Vogais: JUIZ VIRGÍLIO FERNANDES (CONVOCADO) e DES. AÉCIO MARINHO. rejeitou os Embargos de Declaração, nos termos do voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado. EMBARGOS DE DECLARAÇÃO EM APELAÇÃO CÍVEL Nº JARDIM DO SERIDÓ. Embargantes: Morgas Comércio Ltda e outros. Advogados: Drs. Marcus Vinícius de Albuquerque Barreto (5530/RN) e outros. Embargado: Banco do Brasil S/A. Advogados: Drs. João Quirino de Medeiros Filho (1949/RN) e outros. Relator: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO. Vogais: JUIZ VIRGÍLIO FERNANDES (CONVOCADO) e DES. AÉCIO MARINHO. rejeitou os Embargos de Declaração, nos termos do voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado. EMBARGOS DE DECLARAÇÃO EM APELAÇÃO CÍVEL Nº MOSSORÓ. Embargante: Fundação Petrobrás de Seguridade Social - Petros. Advogados: Drs. Izaias Bezerra do Nascimento Neto (513A/RN) e outros. Embargada: Elizabeth Torres Camilo. Advogado: Dr. Mário Jácome de Lima (2777/RN). Relator: JUIZ VIRGÍLIO FERNANDES (CONVOCADO). Vogais: DES. AÉCIO MARINHO e DES. AMAURY MOURA SOBRINHO. conheceu e rejeitou os presentes Embargos, nos termos do voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado. EMBARGOS DE DECLARAÇÃO EM APELAÇÃO CÍVEL Nº NATAL. Embargante: Departamento Estadual de Trânsito do RN- DETRAN. Advogado: Dr. Francisco Ivo Cavalcanti Netto (1812/RN). Embargado: Marinaldo Barbosa de Moura. Advogado: Dr. Rivanildo Silva Moreira (2295/RN). Relator: JUIZ VIRGÍLIO FERNANDES (CONVOCADO). Vogais: DES. AÉCIO MARINHO e DES. AMAURY MOURA SOBRINHO. conheceu e rejeitou os presentes Embargos, nos termos do voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado. AGRAVO INTERNO EM AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº CEARÁ MIRIM. Agravante: B. V. Financeira S. A. - Crédito Financiamento e Investimento. Advogados: Drs. Rômulo de Sousa Carneiro (493A/RN) e outros. Agravada: Maria de Deus Coelho de Oliveira Lima. Advogado: Dr. Geusamy da Silva Oliveira (4204/RN). Relator: JUIZ VIRGÍLIO FERNANDES (CONVOCADO). Vogais: DES. AÉCIO MARINHO e DES. AMAURY MOURA SOBRINHO. Decisão: A 3ª Câmara Cível, a unanimidade de votos, conheceu e negou provimento ao Agravo Interno, nos termos do voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado. EMBARGOS DE DECLARAÇÃO EM AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº NATAL. Embargante: TIM Nordeste S.A. Advogados: Drs. Mateus Pereira dos Santos (6028/RN) e outro. Embargado: Estado do Rio Grande do Norte. Procuradora: Dra. Magna Letícia de Azevedo Lopes Câmara (1727/RN). Relator: DES. AÉCIO MARINHO. Vogais: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO e JUIZ VIRGÍLIO FERNANDES (CONVOCADO). conheceu e negou provimento aos presentes Embargos. Foi lido o acórdão e aprovado. AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº NATAL. Agravante: Banco do Estado do Rio Grande do Norte S/A - Bandern, Em Liqüidação Extrajudicial. Advogados: Drs. Otacílio Luiz Chagas (2577/RN) e outro. Agravada: Maria das Graças de Azevedo Cavalcanti. Advogadas: Drs. Isabelle Pinheiro de Moura Correia (6575/RN) e outro. Relator: DES. AÉCIO MARINHO. Vogais: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO e JUIZ VIRGÍLIO FERNANDES (CONVOCADO). Decisão: Após o voto do Relator, pelo conhecimento e provimento parcial do presente Agravo de Instrumento, tão somente para reduzir o valor da multa diária imposta na decisão interlocutória recorrida para o quantum de R$ 500,00 (quinhentos reais), pediu vista dos autos o Des. Amaury Moura Sobrinho. O Dr. Virgílio Fernandes (Juiz Convocado) declarou que aguardaria o voto vista. APELAÇÃO CÍVEL Nº NATAL. Apelante: IPERN - Instituto de Previdência dos Servidores do Estado do Rio Grande do Norte. Procurador: Dr. Ricardo George Furtado de Mendonça e Menezes (1665/RN). Apelada: Reijane de Oliveira. Advogados: Drs. Marcel Luís Soares Lins (5970/RN) e outro. Relator: JUIZ VIRGÍLIO FERNANDES (CONVOCADO). Revisor: DES. AÉCIO MARINHO. Vogal: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO. conheceu e negou provimento ao recurso, nos termos do voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado. AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº NATAL. Agravante: ASL - Assistência Médica à Saúde Ltda - AMIL. Advogados: Drs. Gleydson Kleber Lopes de Oliveira (3686/RN) e outros. Agravada: Themes de Queiroz Bacurau. Advogados: Drs. João Helder Dantas Cavalcanti (1361/RN) e outros DJe Ano 1 - Edição p. 5

6 Departamento - Redação Judiciária / Secretaria - Judiciária Relator: DES. AÉCIO MARINHO. Vogais: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO e JUIZ VIRGÍLIO FERNANDES (CONVOCADO). em consonância com o Parecer da 18ª Procuradoria de Justiça, da lavra do Dr. Carlos Augusto Caio dos Santos Fernandes, conheceu e negou provimento ao presente Agravo de Instrumento, confirmando integralmente a decisão proferida pelo Juízo a quo. Foi lido o acórdão e aprovado. APELAÇÃO CÍVEL Nº MOSSORÓ. Apelante: Juízo de Direito da Vara da Fazenda Pública da Comarca de Mossoró. Apelante: Município de Mossoró. Procuradores: Drs. Marcos Lanuce Lima Xavier (3292/RN) e outro. Apelado: Mossoró Cartório Terceiro Ofícios de Notas. Advogado: Dr. Edmar Eduardo de Moura Vieira (4047/RN). Relator: DES. AÉCIO MARINHO. Revisor: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO. Vogal: JUIZ VIRGÍLIO FERNANDES (CONVOCADO). transferiu as preliminares de nulidade da sentença e nulidade do processo para o julgamento meritório. No mérito, pela mesma votação, em harmonia com o Parecer da Drª Mildred Medeiros de Lucena, 9ª Procuradora de Justiça, conheceu e deu provimento à Remessa Necessária e à Apelação Cível, para, reformando a sentença, reconhecer a legitimidade e constitucionalidade da incidência do ISS sobre os Serviços de Registros Públicos, Cartorários e Notariais prestados pelo Terceiro Ofício de Notas de Mossoró, na forma da Lei Complementar nº 116/03 e da Lei Complementar Municipal nº 06/03. Foi lido o acórdão e aprovado. APELAÇÃO CÍVEL Nº NATAL. Apelante: HNF Empreendimentos, Participações e Administração de Bens S/A. Advogado: Dr. Marcos Delli Ribeiro Rodrigues (5553/RN). Apelados: Valdecir Elpídio de Oliveira e outro. Advogado: Dr. José Correia de Andrade (99/RN). Relator: DES. AÉCIO MARINHO. Revisor: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO. Vogal: JUIZ VIRGÍLIO FERNANDES (CONVOCADO). conheceu e deu provimento ao apelo, para anular a sentença recorrida, determinando o retorno dos autos à vara de origem, a fim de que seja realizada a intimação pessoal do Apelante no endereço informado à fl. 95, conforme estipula o 1º do art. 267 do CPC. Foi lido o acórdão e aprovado. APELAÇÃO CÍVEL Nº NATAL. Apelante: Francisco Marques dos Santos. Advogados: Drs. Carlos Roberto de Medeiros (2717/RN) e outro. Apelado: Carlos Alexandre Amorim Garcia. Advogado: Dr. Caio Graco Pereira de Paula (1244/RN). Relator: DES. AÉCIO MARINHO. Revisor: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO. Vogal: JUIZ VIRGÍLIO FERNANDES (CONVOCADO). conheceu e negou provimento ao apelo, mantendo-se inalterados todos os termos do decisum recorrido. Foi lido o acórdão e aprovado. APELAÇÃO CÍVEL Nº PARNAMIRIM. Apelante: Maria Auxiliadora Costa de Souza. Advogado: Dr. Paulo Edson Mourão Holanda (3870/RN). Apelados: Lucas Gomes Luís e outros. Advogada: Dra. Denise Ricardo Monteiro (5180RN). Relator: DES. AÉCIO MARINHO. Revisor: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO. Vogal: JUIZ VIRGÍLIO FERNANDES (CONVOCADO). conheceu e negou provimento ao recurso, mantendo-se incólume a sentença apelada. Foi lido o acórdão e aprovado. APELAÇÃO CÍVEL Nº NATAL. Apelante: Sílvio Empreendimentos Imobiliários Ltda. Advogados: Drs. Gênason Dantas Fonseca (5353/RN) e outros. Apelados: Sebastião Silva de Medeiros e outro. Advogado: Dr. Hysaac Manuel Spencer Sobreira Batista (4440/RN). Relator: DES. AÉCIO MARINHO. Revisor: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO. Vogal: JUIZ VIRGÍLIO FERNANDES (CONVOCADO). conheceu e negou provimento ao presente recurso, mantendo-se incólume todos os termos do decisum. Foi lido o acórdão e aprovado. APELAÇÃO CÍVEL Nº MOSSORÓ. Apelante: Associação de Proteção e Assistência à Maternidade e a Infância de Mossoró - APAMIM. Advogado: Dr. José Wilton Ferreira (3071/RN). Apelado: Cirúrgica Bezerra Distribuidora Ltda. Advogado: Dr. Wellington Moreira de Azevedo (3223/RN). Relator: DES. AÉCIO MARINHO. Revisor: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO. Vogal: JUIZ VIRGÍLIO FERNANDES (CONVOCADO). Após o relatório, usou da palavra o Advogado do apelado o Dr. Wellington Moreira de Azevedo (OAB nº 3223/RN). conheceu e negou provimento ao presente recurso, mantendo-se incólume todos os termos do decisum a quo. Foi lido o acórdão e aprovado. Compareceu à Sessão Ordinária desta Câmara o Exmo. Sr. Des. Vivaldo Pinheiro, para, na forma regimental, compor o quorum de julgamento no processo a seguir, face ao impedimento afirmado pelo Dr. Virgílio Fernandes (Juiz Convocado, substituto legal do Des. João Rebouças). APELAÇÃO CÍVEL Nº NATAL. Apelantes: Martha Medeiros da Costa Suassuna e outros. Advogadas: Drs. Elyane Fialho de Almeida (2590/RN) e outros. Apelado: Estado do Rio Grande do Norte. Procurador: Dr. Luís Marcelo Cavalcanti de Sousa (7003- /RN). Relator: DES. AÉCIO MARINHO. Revisor: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO. Vogal: DES. VIVALDO PINHEIRO. Impedido o Dr. Virgílio Fernandes (JUIZ CONVOCADO) DJe Ano 1 - Edição p. 6

7 Departamento - Redação Judiciária / Secretaria - Judiciária em consonância com o Parecer Ministerial da lavra do Dr. Herbert Pereira Bezerra, 17º Procurador de Justiça, conheceu e deu provimento ao apelo, a fim de reconhecer o direito à incorporação da gratificação de exercício em sala de aula apenas às apelantes Martha Medeiros da Costa Suassuna, Maria Zélia Silva dos Santos e Marli Domingos de Araújo. Foi lido o acórdão e aprovado. AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº NATAL. Agravante: Ewerton de Macedo Gurgel Pinto. Advogado: Dr. Clawson José Vasconcelos Gurgel (6598/RN). Agravados: Jorge & Lima Assessoria e Consultoria Jurídica e outros. Advogados: Drs. Augusto Felipe Araújo Pinho (14357/CE) e outro. Relator: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO. Vogais: JUIZ VIRGÍLIO FERNANDES (CONVOCADO) e DES. AÉCIO MARINHO. conheceu e negou provimento ao presente Agravo de Instrumento, mantendo a decisão atacada, nos termos do voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado. AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº NATAL. Agravantes: José Lobo de Medeiros Filho e outro. Advogado: Dr. Gilmar dos Santos Melo (3909/RN). Agravado: Banco Bradesco S.A. Advogados: Drs. Lênnio Maia Mattozo (4025/RN) e outros. Relator: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO. Vogais: JUIZ VIRGÍLIO FERNANDES (CONVOCADO) e DES. AÉCIO MARINHO. conheceu e negou provimento ao recurso para manter a decisão agravada e, conseqüentemente, revogar a liminar anteriormente deferida. Foi lido o acórdão e aprovado. APELAÇÃO CÍVEL Nº AREIA BRANCA. Apelante: Companhia Docas do Rio Grande do Norte - Codern. Advogados: Drs. Marcelo Silva (794/RN) e outros. Apelado: Município de Areia Branca. Procuradores: Drs. Vinícius Victor Lima de Carvalho (3074/RN) e outros. Relator: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO. Revisor: JUIZ VIRGÍLIO FERNANDES (CONVOCADO). Vogal: DES. AÉCIO MARINHO. conheceu e deu provimento parcial à presente Apelação Cível tão-somente para reconhecer a prescrição das parcelas do tributo anteriores a outubro/96, bem como para reduzir a multa moratória advinda da obrigação tributária para 20% (vinte por cento), mantendo a decisão recorrida em seus demais termos, na forma contida no voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado. APELAÇÃO CÍVEL Nº NATAL. Apelante: Estado do Rio Grande do Norte. Procurador: Dr. Francisco Ivo Cavalcanti Netto (1812/RN) Apelados: Anselmo de Oliveira Pamplona e outros. Advogados: Drs. Carlos Gondim Miranda de Farias (2560/RN) e outros. Relator: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO. Revisor: JUIZ VIRGÍLIO FERNANDES (CONVOCADO). Vogal: DES. AÉCIO MARINHO. em consonância com o Parecer do Ministério Público, rejeitou a prejudicial de prescrição qüinqüenal suscitada pelo apelante e, no mérito, pela mesma votação, conheceu e negou provimento ao recurso de Apelação interposto, mantendo a decisão recorrida por seus próprios fundamentos, nos termos do voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado. APELAÇÃO CÍVEL Nº NATAL. Apelante: Antônio Monteiro. Advogado: Dr. Francisco José da Costa Júnior (5503/RN). Apelado: Fundação Petrobrás de Seguridade Social - Petros. Advogados: Drs. Izaias Bezerra do Nascimento Neto (513A/RN) e outros. Relator: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO. Revisor: JUIZ VIRGÍLIO FERNANDES (CONVOCADO). Vogal: DES. AÉCIO MARINHO. conheceu e deu provimento a Apelação Cível interposta por Antônio Monteiro, a fim de anular a sentença, e, prosseguindo no julgamento do feito, com fundamento no art. 515, 3º do CPC, julgou procedente o pedido do autor para condenar a PETROS a restituir ao demandante o percentual de 100% (cem por cento) das contribuições pessoais, de acordo com a estimativa apresentada, descontado o valor já pago, acrescidas de juros remuneratórios de 6% (seis por cento) ao ano, desde a filiação à entidade até a sua saída do plano, incidindo a correção monetária pelo IPC, a contar da citação, e juros moratórios de 1% (um por cento) ao mês, a partir da citação, condenando a demandada, ainda, ao pagamento das custas e honorários advocatícios em 10% (dez por cento) sobre o valor da condenação, a teor do art. 20, 3 do CPC, nos termos do voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado. APELAÇÃO CÍVEL Nº JANDUÍS. Apelante: Município de Janduís. Advogado: Dr. João Batista Pinheiro (2023/RN). Apelada: José Martins da Silva Veras. Advogados: Drs. Francisco Frederico Felipe Marrocos (4619/RN) e outros. Relator: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO. Revisor: JUIZ VIRGÍLIO FERNANDES (CONVOCADO). Vogal: DES. AÉCIO MARINHO. conheceu e negou provimento ao recurso de Apelação interposto, mantendo a decisão recorrida por seus próprios fundamentos, nos termos do voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado. AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº MOSSORÓ. Agravante: Votorantim Cimentos N/NE S. A. Advogados: Drs. José Carmelo Marinho Alves (5403/PE) e outros. Relator: JUIZ VIRGÍLIO FERNANDES (CONVOCADO). Vogais: DES. AÉCIO MARINHO e DES. AMAURY MOURA SOBRINHO. em harmonia com o Parecer da 7ª Procuradoria de Justiça, conheceu e deu provimento ao recurso, para reconhecer a competência da Justiça Estadual para processar a DJe Ano 1 - Edição p. 7

8 Departamento - Redação Judiciária / Secretaria - Judiciária demanda, nos termos do voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado. AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº CANGUARETAMA. Agravante: Nelson Fernando Barroso Covas Lourenço. Advogada: Dra. Wadna Ana Mariz Saldanha (5055/RN). Agravado: Luiz Andrade Gomes. Advogado: Dr. João Camilo Pereira (2834/PB). Relator: JUIZ VIRGÍLIO FERNANDES (CONVOCADO). Vogais: DES. AÉCIO MARINHO e DES. AMAURY MOURA SOBRINHO. conheceu e negou provimento ao recurso, para manter a decisão monocrática, pelos seus próprios fundamentos, nos termos do voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado. (5507B/RN). Relator: JUIZ VIRGÍLIO FERNANDES DE MACÊDO JUNIOR (CONVOCADO). Revisor: DES. AÉCIO MARINHO. Vogal: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO. em consonância com o Parecer Oral da 8ª Procuradoria de Justiça, não conheceu do recurso, nos termos do voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado. Nada mais tendo a tratar, mandou o Senhor Presidente encerrar a presente Sessão. E, eu Luciana Karla Nunes Santos Almeida, Redatora Judiciária, lavrei a presente, que lida e aprovada, vai por mim datada e pelo Senhor Presidente da 3ª Câmara Cível assinada. Natal, 10 de abril de APELAÇÃO CÍVEL Nº MOSSORÓ. Apelante: Maria Valdete Lopes. Advogada: Dra. Clédina Maria Fernandes (3002/RN). Apelado: Estado do Rio Grande do Norte. Procurador: Dr. José Carlos Gomes Coque. Relator: JUIZ VIRGÍLIO FERNANDES (CONVOCADO). Revisor: DES. AÉCIO MARINHO. Vogal: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO. conheceu e negou provimento ao recurso, nos termos do voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado. APELAÇÃO CÍVEL Nº PARNAMIRIM. Apelante: Banco Abn Amro S/A. Advogadas: Drs. Elísia Helena de Melo Martini (1853/RN) e outros. Apelado: Roberto Ozinel Rodrigues. Advogada: Dra. Maria Dilza Feitosa (545/RN). Relator: JUIZ VIRGÍLIO FERNANDES (CONVOCADO). Revisor: DES. AÉCIO MARINHO. Vogal: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO. conheceu e desproveu o recurso, nos termos do voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado. APELAÇÃO CÍVEL Nº MOSSORÓ. Apelante: Telemar Norte Leste S/A. Advogadas: Drs. Luciana Bezerra Turíbio (5183/RN) e outros. Apelado: Ingetec Informática Técnica Comercial Ltda. Advogado: Dr. José Ronildo de Sousa (3374/RN). Relator: JUIZ VIRGÍLIO FERNANDES (CONVOCADO). Revisor: DES. AÉCIO MARINHO. Vogal: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO. conheceu e negou provimento ao apelo interposto, mantendo a sentença proferida pelo Juízo de Primeira Instância por seus próprios fundamentos, nos termos do voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado. APELAÇÃO CÍVEL Nº PAU DOS FERROS. Apelante: Brasil Telecom S/A. Advogados: Drs. José Américo da C. Júnior (6336/RN) e outro. Apelada: Maria Cristina de Souza Santos. Advogado: Dr. José Cleilton Cavalcante Castro DJe Ano 1 - Edição p. 8

9 Departamento - Redação Judiciária / Secretaria - Judiciária PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE CÂMARA CRIMINAL ATA DA SESSÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA CRIMINAL DO DIA 15 de ABRIL DE Sob a Presidência do Exmº. Sr. Des. Caio Alencar, à hora regimental, foi aberta a Sessão, achando-se igualmente presentes o Exmos. Sros. Desembargadores Armando da Costa Ferreira, Judite Nunes e Saraiva Sobrinho. Presente a Exmª. Srª. Drª. Tereza Cristina Cabral de Vasconcelos Gurgel, 3ª. Procuradora de Justiça. Foi lida e, sem emenda, aprovada a Ata da Sessão anterior. LEITURA DE ACÓRDÃOS HABEAS CORPUS Nº CEARÁ MIRIM HABEAS CORPUS Nº SÃO TOMÉ HABEAS CORPUS Nº NATAL HABEAS CORPUS Nº NATAL HABEAS CORPUS Nº SÃO PAULO DO POTENGI HABEAS CORPUS Nº NATAL HABEAS CORPUS Nº NATAL HABEAS CORPUS Nº MONTE ALEGRE RECURSO EM SENTIDO ESTRITO Nº NATAL RECURSO EM SENTIDO ESTRITO Nº NATAL RECURSO EM SENTIDO ESTRITO Nº NATAL RECURSO EM SENTIDO ESTRITO Nº MARTINS RECURSO EX OFFICIO Nº JOÃO CÂMARA AGRAVO EM EXECUÇÃO CRIMINAL Nº PAU DOS FERROS APELAÇÃO CRIMINAL Nº NATAL APELAÇÃO CRIMINAL Nº NATAL APELAÇÃO CRIMINAL Nº NATAL APELAÇÃO CRIMINAL Nº NATAL APELAÇÃO CRIMINAL Nº GOVERNADOR DIX-SEPT ROSADO APELAÇÃO CRIMINAL Nº CAICÓ APELAÇÃO CRIMINAL Nº SÃO MIGUEL APELAÇÃO CRIMINAL Nº MOSSORÓ ORDEM ADMINISTRATIVA COMUNICADO: A Exmª. Srª. Desembargadora Judite Nunes comunicou que irá se afastar por quinze dias, por motivo de saúde. CONVOCAÇÃO: O Exmº. Sr. Desembargador presidente determinou que fosse oficiado ao Desembargador mais antigo da 1ª Câmara Cível, para comparecer à Sessão Ordinária no próximo dia 18 do corrente mês, às 08h:00, para compor o quorum de julgamento dos feitos apresentados em mesa, em face da ausência justificada do Presidente e da Desª Judite Nunes. JULGAMENTOS HABEAS CORPUS Nº NATAL. Impetrante: Bel. Darci Carlos Marques Bezerra dos Santos. Paciente: João Batista Fernandes Vieira. Aut. Coatora: Exmo. Sr. Dr. Juiz de Direito da Nona Vara Criminal da Comarca de Natal. Relator: DES. CAIO ALENCAR. Vogais: DES. ARMANDO DA COSTA FERREIRA, DESª. JUDITE NUNES e DES. SARAIVA SOBRINHO. Decisão: A Câmara, à unanimidade, em consonância com o parecer da Drª. Darci de Oliveira, 2ª Procuradora de Justiça, indeferiu o pedido de extensão dos efeitos da decisão concessiva do habeas corpus aos co-réus denunciados na mesma Ação Penal que o paciente João Batista Fernandes Vieira, nos termos do voto do Relator. HABEAS CORPUS Nº MOSSORÓ. Impetrante: Bel. Olavo Hamilton Ayres Freire de Andrade. Paciente: Sueldo Liberato de Freitas. Aut. Coatora: Exmo Sr. Dr. Juiz de Direito da Quinta Vara Criminal da Comarca de Mossoró. Relator: DES. CAIO ALENCAR. Vogais: DES. ARMANDO DA COSTA FERREIRA, DESª. JUDITE NUNES e DES. SARAIVA SOBRINHO. Decisão: A Câmara, à unanimidade, em consonância com o parecer da Drª Ana Carolina de L.de F. Sindeaux, 10ª Procuradora de Justiça em substituição, denegou a ordem, nos termos do voto do Relator. HABEAS CORPUS Nº NATAL. Impetrante: Bel. Oscar Café Freire. Paciente: Oscar Café Freire. Aut. Coatora: Exmo. Sr. Dr. Juiz de Direito da Décima Segunda Vara Criminal da Comarca de Natal. Relator: DES. CAIO ALENCAR. Vogais: DES. ARMANDO DA COSTA FERREIRA, DESª. JUDITE NUNES e DES. SARAIVA SOBRINHO. Decisão: A Câmara, à unanimidade, em consonância com o parecer da Drª. Maria de Lourdes Medeiros de Azevedo, 15ª. Procuradora de Justiça, julgou prejudicado a ordem, nos termos do voto do Relator. HABEAS CORPUS Nº NATAL. Impetrante: Béis. Arsênio Celestino Pimentel Neto e Flaviano da Gama Fernandes. Paciente: Luciano Novaes Júnior. Aut. Coatora: Exma. Sra. Dra. Juíza de Direito da Quinta Vara Criminal da Comarca de Natal. Relator: DES. ARMANDO DA COSTA FERREIRA. Vogais: DESª. JUDITE NUNES, DES. SARAIVA SOBRINHO e DES. CAIO ALENCAR. Decisão: A Câmara, à unanimidade, em consonância com o parecer oral da Dr.ª Tereza Cristina Cabral de Vasconcelos Gurgel, 3ª Procuradora de Justiça, homologou o pedido de desistência efetuado pelos impetrantes, nos termos do voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado. HABEAS CORPUS Nº SÃO PAULO DO POTENGI. Impetrante: Maria Rosimere Xavier Barbosa. Paciente: Hamilton Xavier Barbosa. Aut. Coatora: Exma Sra. Dra. Juíza de Direito da Vara Criminal da Comarca de São Paulo do Potengi. Relator: DES. ARMANDO DA COSTA FERREIRA. Vogais: DESª. JUDITE NUNES, DES. SARAIVA SOBRINHO e DES. CAIO ALENCAR DJe Ano 1 - Edição p. 9

10 Departamento - Redação Judiciária / Secretaria - Judiciária Decisão: A Câmara, à unanimidade, em consonância com o parecer da Drª. Darci de Oliveira, 2ª. Procuradora de Justiça, julgou prejudicada a ordem, nos termos do voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado. HABEAS CORPUS Nº NATAL. Impetrante: Francisco Assis de Oliveira. Paciente: Rubens Fernandes Rebouças de Lima. Aut. Coatora: Exmo. Sr. Dr. Juiz de Direito da Oitava Vara Criminal da Comarca de Natal. Relator: DES. ARMANDO DA COSTA FERREIRA. Vogais: DESª. JUDITE NUNES, DES. SARAIVA SOBRINHO e DES. CAIO ALENCAR. Decisão: A Câmara, à unanimidade, em consonância com o parecer oral da Drª. Tereza Cristina Cabral de Vasconcelos Gurgel, 3ª. Procuradora de Justiça, julgou prejudicada a ordem, nos termos do voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado. HABEAS CORPUS Nº NATAL. Impetrante: Bel. Sérgio Banhos Teixeira. Paciente: Marcondes de Castro e Silva. Aut. Coatora: Exmo Sr. Dr. Juiz de Direito da Primeira Vara Criminal do Distrito Judiciário da Zona Norte da Comarca de Natal. Relatora: DESª. JUDITE NUNES. Vogais: DES. SARAIVA SOBRINHO, DES. CAIO ALENCAR e DES. ARMANDO DA COSTA FERREIRA. Decisão: A Câmara, à unanimidade, em consonância com o parecer do Dr. Humberto Pires da Cunha, 14º. Procurador de Justiça, concedeu a ordem, ratificando a liminar anteriormente deferida, nos termos do voto da Relatora. Foi lido o acórdão e aprovado. HABEAS CORPUS Nº NATAL. Impetrante: Bel. Adriano Ramos Silva. Paciente: José Rubanilson Campelo da Silva. Aut. Coatora: Exmº. Sr. Dr. Juiz de Direito da Quarta Vara Criminal da Comarca de Natal. Relatora: DESª. JUDITE NUNES. Vogais: DES. SARAIVA SOBRINHO, DES. CAIO ALENCAR e DES. ARMANDO DA COSTA FERREIRA. Decisão: A Câmara, à unanimidade, em consonância com o parecer da Drª. Heloísa Maria Sá dos Santos, 6ª Procuradora de Justiça, denegou a ordem, nos termos do voto do Relatora. Foi lido o acórdão e aprovado. HABEAS CORPUS Nº TRIBUNAL DE JUSTIÇA. Impetrante: Bel. Odon Pereira de Araújo. Paciente: Gilson Melo de Oliveira. Aut. Coatora: Exmº. Sr. Dr. Juiz de Direito da Comarca de Monte Alegre. Relator: DES. SARAIVA SOBRINHO. Vogais: DES. CAIO ALENCAR, DES. ARMANDO DA COSTA FERREIRA e DESª. JUDITE NUNES. Decisão: A Câmara, à unanimidade, em consonância com o parecer da Drª. Maria Sônia Gurgel da Silva, 8ª. Procuradora de Justiça, denegou a ordem, nos termos do voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado. RECURSO EM SENTIDO ESTRITO Nº NATAL. Recorrente: Ministério Público. Recorrido: José Washington Pereira da Silva. Advogado: Bel. Daniel Melo Kaiser (4651/RN). Relator: DES. CAIO ALENCAR. Vogais: DES. ARMANDO DA COSTA FERREIRA e DES.ª JUDITE NUNES. Decisão: A Câmara, em Turma, à unanimidade, em dissonância com o parecer do Dr. Anísio Marinho Neto, 1ª Procurador de Justiça, negou provimento ao recurso, nos termos do voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado. RECURSO EM SENTIDO ESTRITO Nº NATAL. Recorrente: Ministério Público. Recorrido: Cosme Felipe Santiago. Advogada: Dra. Kátia Maria Lobo Nunes (1721/RN). Relator: DES. CAIO ALENCAR. Vogais: DES. ARMANDO DA COSTA FERREIRA e DES.ª JUDITE NUNES. Decisão: A Câmara, em Turma, à unanimidade, em consonância com o parecer da Drª. Tereza Cristina Cabral de Vasconcelos Gurgel, 3ª. Procuradora de Justiça, deu provimento ao recurso, para receber a denúncia, nos termos do voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado. RECURSO EM SENTIDO ESTRITO Nº NATAL. Recorrentes: Leandro Lima de Oliveira e Crezo Lima de Oliveira. Advogada: Bela. Verônica de Fátima Rodrigues (4936/RN). Recorrida: A Justiça. Relator: DES. ARMANDO DA COSTA FERREIRA. Vogais: DESª. JUDITE NUNES e DES. SARAIVA SOBRINHO. Decisão: A Câmara, em Turma, à unanimidade, acolheu preliminar, suscitada pelo Ministério Público, para não conhecer do recurso, quanto as atenuantes pretendidas pelo recorrente Leandro Lima de Oliveira. No mérito, pela mesma votação, negou provimento ao recurso, nos termos do voto do Relator. RECURSO EM SENTIDO ESTRITO Nº NATAL. Recorrido: Roberto Moura do Nascimento. Advogado: Bel. João Cabral da Silva (5177/RN). Recorrente: Ministério Público. Recorrida: A Justiça. Relatora: DESª. JUDITE NUNES. Vogais: DES. SARAIVA SOBRINHO e DES. CAIO ALENCAR Decisão: A Câmara, em Turma, à unanimidade, em consonância parcial com o parecer do Dr. Erickson Girley Barros dos Santos, 5º Procurador de Justiça em substituição, acolheu preliminar, argüida pelo recorrente, e decretou a nulidade da decisão de pronúncia, por citra petita, determinando que outra seja prolatada observadas as formalidades da lei, nos termos do voto da Relatora. Foi lido o acórdão e aprovado. RECURSO EM SENTIDO ESTRITO Nº MARTINS. Recorrente: Clóvis Laércio da Silva. Advogado: Bel. Gilberto de Figueiredo Lobo (979/RN). Recorrido: A Justiça. Relator: DES. SARAIVA SOBRINHO. Vogais: DESª. JUDITE NUNES e DES. CAIO ALENCAR. Decisão: A Câmara, em Turma, à unanimidade, em consonância com o parecer do Dr. Erickson Girley Barros dos Santos, 5º Procurador de Justiça em substituição, negou provimento ao recurso, nos termos do voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado. RECURSO EX OFFICIO Nº JOÃO CÂMARA. Recorrente: Exmo Sr. Dr. Juiz de Direito da Vara Criminal da Comarca de João Câmara DJe Ano 1 - Edição p. 10

11 Departamento - Redação Judiciária / Secretaria - Judiciária Recorrido: Francisco Martins do Nascimento. Relatora: DESª. JUDITE NUNES. Vogais: DES. SARAIVA SOBRINHO e DES. CAIO ALENCAR Decisão: A Câmara, em Turma, à unanimidade, em consonância com o parecer do Dr. Alexandre Matos Pessoa da Cunha Lima, 1º Procurador de Justiça em substituição, negou provimento ao recurso, nos termos do voto da Relatora. Foi lido o acórdão e aprovado. AGRAVO EM EXECUÇÃO CRIMINAL Nº PAU DOS FERROS. Agravante: Valdecir Vieira da Silva. Advogado: Bel. Audeberto de Alencar Coêlho (5977/RN). Agravada: A Justiça. Relatora: DESª. JUDITE NUNES. Vogais: DES. SARAIVA SOBRINHO e DES. CAIO ALENCAR Decisão: A Câmara, em Turma, à unanimidade, em consonância com o parecer do Dr. Erickson Girley Barros dos Santos, 5º Procurador de Justiça em substituição, julgou prejudicado o agravo, nos termos do voto do Relatora. Foi lido o acórdão e aprovado. APELAÇÃO CRIMINAL Nº NATAL. Apelante: Carlos André Alves. Advogada: Bela. Kátia Maria Lobo Nunes (1721/RN). Apelada: A Justiça. Relator: DES. CAIO ALENCAR. Revisor: DES. ARMANDO DA COSTA FERREIRA. Vogal: DESª. JUDITE NUNES. Decisão: A Câmara, em Turma, à unanimidade, em consonância com o parecer do Dr. Anisio Marinho Neto, 4º. Procurador de Justiça em substituição, deu provimento à apelação para absolver o Apelante, mandando expedir em seu favor Alvará de Soltura, se por al não deva permanecer preso, nos termos do voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado. APELAÇÃO CRIMINAL Nº NATAL. Apelante: Ministério Público. Apelada: Adriana do Nascimento. Advogado: Bel. Anderson Dantas Saldanha de Paiva (4814/RN). Relator: DES. CAIO ALENCAR. Revisor: DES. ARMANDO DA COSTA FERREIRA. Vogal: DESª. JUDITE NUNES. Decisão: A Câmara, em Turma, à unanimidade, em dissonância com o parecer do Dr. Anísio Marinho Neto, 1º Procurador de Justiça, negou provimento à apelação, nos termos do voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado. APELAÇÃO CRIMINAL Nº NATAL. Apelante: Sidney Bandeira Epaminondas. Advogadas: Belas. Samara Trigueiro Félix da Silva e Carolina de Souza Campos. Apelada: A Justiça. Relator: DES. CAIO ALENCAR. Revisor: DES. ARMANDO DA COSTA FERREIRA. Vogal: DESª. JUDITE NUNES. Decisão: A Câmara, em Turma, à unanimidade, em consonância com o parecer do Dr. Erickson Girley Barros dos Santos, 5º Procurador de Justiça em substituição, negou provimento à apelação, nos termos do voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado. APELAÇÃO CRIMINAL Nº NATAL. Apelante: Gilmácio Albino de Carvalho. Advogado: Bel. José Humberto Dutra de Almeida (93B/RN). Apelada: A Justiça. Relator: DES. ARMANDO DA COSTA FERREIRA. Revisora: DESª. JUDITE NUNES. Vogal: DES. SARAIVA SOBRINHO. Decisão: A Câmara, em Turma, à unanimidade, em consonância com o parecer do Dr. Anísio Marinho Neto, 1º. Procurador de Justiça, negou provimento ao apelo, nos termos do voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado. APELAÇÃO CRIMINAL Nº POÇO BRANCO. Apte/Apdo: Ministério Público. Apte/Apdo: Francisco de Assis Silva. Advogado: Bel. Adeguinal Marques Campos Júnior (1864/RN). Relator: DES. ARMANDO DA COSTA FERREIRA. Revisora: DESª. JUDITE NUNES. Vogal: DES. SARAIVA SOBRINHO. Decisão: A Câmara, em Turma, à unanimidade, em consonância com o parecer do Dr. Anísio Marinho Neto, 1º. Procurador de Justiça, negou provimento à apelação, interposta por Francisco de Assis Silva. Pela mesma votação, em dissonância com o parecer ministerial, negou provimento ao apelo interposto pelo Ministério Público, nos termos do voto do Relator. APELAÇÃO CRIMINAL Nº SANTO ANTÔNIO. Apelante: Antonio Galdino da Silva. Advogado: Bel. Celso Meireles Neto (2561/RN). Apelada: A Justiça. Relator: DES. ARMANDO DA COSTA FERREIRA. Revisora: DESª. JUDITE NUNES. Vogal: DES. SARAIVA SOBRINHO (CONVOCADO). Decisão: Após o voto do Relator, dando provimento parcial à apelação, desclassificando a conduta do Apelante, para o tipo do art. 232 do Estatuto da Criança e do Adolescente e, da Desa. Judite Nunes, negando provimento ao apelo, pediu vista dos autos o Des. Saraiva Sobrinho. APELAÇÃO CRIMINAL Nº GOVERNADOR DIX-SEPT ROSADO. Apelante: Lanice Ferreira de Macedo. Advogados: Béis. João Batista Pinheiro e Cibele de Lima Pinheiro Gadêlha. Apelado: José Antonio de Oliveira. Advogado: Bel. Francisco Carlos de Oliveira Sobrinho (2749/RN). Relatora: DESª. JUDITE NUNES. Vogais: DES. SARAIVA SOBRINHO e DES. ARMANDO DA COSTA FERREIRA. Decisão: A Câmara, em Turma, à unanimidade, em consonância com o parecer da Drª. Tereza Cristina Cabral de Vasconcelos Gurgel, 3ª. Procuradora de Justiça, negou provimento à apelação, nos termos do voto do Relatora. Foi lido o acórdão e aprovado. APELAÇÃO CRIMINAL Nº CAICÓ. Apelante: Luciano Cândido da Silva. Advogado: Bel. Jaime Mariz de Faria (1290/RN). Apelada: A Justiça. Relatora: DESª. JUDITE NUNES. Revisor: DES. SARAIVA SOBRINHO. Vogais: DES. CAIO ALENCAR e DES. ARMANDO DA COSTA FERREIRA. Decisão: A Câmara, em Turma, à unanimidade, em consonância com o parecer da Drª. Maria Vânia Vilela Silva de Garcia Maia, 4ª. Procuradora de Justiça, negou provimento à apelação, nos termos do voto do Relatora DJe Ano 1 - Edição p. 11

12 Departamento - Redação Judiciária / Secretaria - Judiciária Foi lido o acórdão e aprovado. Ausentou-se, justificadamente, o Exmo. Sr. Desembargador Caio Alencar. Assumiu a presidência o Exmo. Sr. Desembargador Armando da Costa Ferreira. APELAÇÃO CRIMINAL Nº SÃO MIGUEL. Apelante: Ministério Público. Apelado: Sandoval Marques da Silveira. Advogado: Bel. José Célio de Aquino (3808B/RN). Relator: DES. ARMANDO DA COSTA FERREIRA. Revisora: DESª. JUDITE NUNES. Vogal: DES. SARAIVA SOBRINHO. Decisão: A Câmara, em Turma, à unanimidade, em consonância com o parecer do Dr. Erickson Girley Barros dos Santos, 5º Procurador de Justiça em substituição, negou provimento à apelação, nos termos do voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado. APELAÇÃO CRIMINAL Nº MOSSORÓ. Apelante: Antônio Everton Mendes. Advogados: Béis. Francisco de Andrade e Maria de Lourdes Xavier de Medeiros. Apelada: A Justiça. Relator: DES. ARMANDO DA COSTA FERREIRA. Revisora: DESª. JUDITE NUNES. Vogal: DES. SARAIVA SOBRINHO. Decisão: A Câmara, em Turma, à unanimidade, em consonância parcial com o parecer da Drª. Maria Vânia Vilela Silva de Garcia Maia, 4ª. Procuradora de Justiça, negou provimento à apelação, nos termos do voto do Relator. Foi lido o acórdão e aprovado. Nada mais tendo a tratar, mandou o Senhor Desembargador Armando da Costa Ferreira, Presidente em exercício, encerrar a Sessão. E, eu, Márcio Alexandre Cosme Gonçalves, Redator Judiciário em substituição, lavrei a presente Ata que, lida e aprovada, vai por mim datada e pelo Senhor Presidente da Câmara Criminal, assinada. Natal, 15 de abril de DJe Ano 1 - Edição p. 12

13 Secretaria - Geral TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE GABINETE DA PRESIDÊNCIA SECRETARIA GERAL PORTARIA n.º 308/2008 TJ, DE 16 DE ABRIL DE 2008 Dispõe sobre os procedimentos administrativos a serem observados pela Divisão de Precatórios da Secretaria deste Tribunal em razão do cumprimento de decisões judiciais e dá outras providências. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO RIO GRANDE DO NORTE em exercício, no uso das suas atribuições regimentais que lhe são conferidas, CONSIDERANDO a necessidade de estabelecer normas para conferir maior segurança e celeridade aos trâmites administrativos destinados aos pagamentos decorrentes de Precatórios Judiciais e Requisições de Pequeno Valor - RPVs; CONSIDERANDO a complexidade na forma de enquadramento e adequação sobre os procedimentos a serem adotados nos cálculos de liquidação em precatórios; RESOLVE: Art. 1º Os procedimentos relativos aos pagamentos de Precatórios e Requisições de Pequeno Valor RPVs, neste Tribunal, decorrentes de condenações judiciais contra a Fazenda Pública serão feito nos termos desta Portaria. Art. 2º Os valores destinados aos pagamentos decorrentes de Precatórios e Requisições de Pequeno Valor RPVs serão depositados no Banco do Brasil S.A. e os levantamentos correspondentes reger-se-á pelas normas aplicáveis aos depósitos judiciais, bem como a transferência em conta corrente ou poupança. Art. 3º Os Precatórios recebidos neste Tribunal no período compreendido entre 02 de julho de um ano até 1º de julho do ano seguinte, se regulares, terão seus créditos incluídos para pagamento pelo ente devedor no exercício seguinte. Art. 4º Em se tratando de Precatório, na requisição de pagamento a ser expedida à entidade de direito público devedora, deverão constar os seguintes dados: I número do precatório; II nome das partes; III valor da requisição; IV data indicada na sentença sobre o valor da condenação. 1º. Na requisição de pagamento deve ser informado ainda: I que na hipótese da não disponibilidade do depósito em favor deste Tribunal, por parte do devedor, no período previsto até 31 de dezembro do exercício em cujo orçamento o débito deveria ser incluído, o valor será atualizado monetariamente, acrescido de juros de mora tendo como marco inicial a data indicada na sentença, de acordo com o inciso III e IV do caput deste artigo, respectivamente; II - que na hipótese da ocorrência do depósito por parte do ente devedor do montante no prazo da liquidação, sobre o valor da requisição incidirá correção monetária, entre o montante histórico da sentença e o mês da efetivação do depósito, bem como juros de mora no período compreendido entre a data constante na atualização na sentença e 1º de julho do ano da notificação se no primeiro semestre. Na hipótese da ocorrência ser no 2º semestre, a data a ser considerada é de 02 de julho ao ano posterior; III que para efeito de correção monetária será utilizada a Tabela de Evolução dos Coeficientes de Correção Monetária Modelo 1, expedida pela Justiça Federal, disponível na Internet: IV que a incidência de juros resultantes da mora, aplicase o percentual de 6% ao ano, a partir do mês seguinte ao fixado na sentença, até a data do efetivo recolhimento do depósito por parte do devedor; 2º Após a notificação ao órgão devedor, serão disponibilizados no site do Tribunal de Justiça, no endereço, os dados referentes do requisitório, com exclusão do nome da parte beneficiária do crédito, quando implantado o sistema. 3º É livre a consulta pública aos processos de precatórios pela Internet no site acima disponibilizado, sem prejuízo do atendimento às partes interessadas na Secretaria Geral do Tribunal, no horário compreendido das 07 às 13 horas. Art. 4º Em se tratando de requisição de pequeno valor, a entidade devedora deverá ser informada conforme o estipulado na Resolução n.º 13, de 29 de maio de 2003, fixando-se o prazo de noventa dias para o respectivo depósito. 1º. A efetivação do depósito por parte do ente devedor do montante devido no prazo da liquidação sofrerá juros moratório e correção monetária no período compreendido entre a data do cálculo da sentença e a data da notificação, bem como a incidência de correção monetária entre o mês da notificação e o mês de recolhimento do valor. 2º. Caso não ocorra o depósito do crédito executado no prazo acima estabelecido, o valor da RPV sofrerá incidência de mora, considerando a data do cálculo apresentado em sentença, respeitado o valor em razão do que foi fixado em lei pelo ente devedor. Art. 5º Deve-se considerar como valor principal apurado com base nos dados contidos nos autos da requisição e/ou definidos na decisão judicial. Parágrafo Único Havendo dúvida sobre o que foi DJe Ano 1 - Edição p. 13

14 Secretaria - Geral decidido nos autos é aconselhável consultar o juiz da causa. Art. 6º Quando noticiado nos autos do requisitório, falecimento de credor, o levantamento da importância será efetivada mediante alvará expedido pelo Juiz de Direito competente, no qual deverá constar o número do processo e identificação do respectivo beneficiário do crédito. Art. 7º Caso o valor do depósito destinado ao pagamento de débitos oriundos de decisões judiciais transitadas em julgado seja insuficiente para a liquidação total do débito, o Tribunal deverá informar ao órgão devedor da necessidade da complementação. Art. 8º O pagamento das requisições obedecerá estritamente à ordem cronológica de apresentação neste Tribunal, por entidade devedora, não podendo em hipótese alguma a liberação do saque com ocorrência da inversão desta ordem. Parágrafo único. Qualquer incidente relacionado com o cumprimento do estabelecido neste artigo será imediatamente comunicado ao Presidente, para decisão final. Art. 9º Determinar, que, no ato do pagamento do requisitório sejam deduzidas as parcelas referentes a imposto de renda e contribuição previdenciária e recolhidas mediante verificação da real vinculação do contribuinte ao sistema previdenciário correspondente. Parágrafo único. Nas ações ajuizadas contra o Estado do Rio Grande do Norte, inclusive suas autarquias, fundações e associações públicas a retenção do imposto de renda será em favor do Estado e a contribuição previdenciária seja recolhida ao Instituto de Previdência do Estado. Art.10 A Divisão de Precatórios, sem prejuízo das atribuições que atualmente vem desenvolvendo, compete ainda: I-receber e protocolar todo expediente e processos de Requisitório de pagamento dirigidos a este tribunal, e os recursos a eles conexos; II- proceder a análise em processos de requisitório no que diz respeito ao cumprimento da legislação e das normas regulamentadoras; III-comunicar a Secretaria Geral qualquer irregularidade ou ilegalidade detectadas em processos de requisitório; IV-promover a autuação e distribuição em autos de requisitórios. Art. 13 Esta Portaria entra em vigor na data da sua publicação, tendo os cálculos efeitos retroativo a 13 de março de Desembargador ARMANDO DA COSTA FERREIRA Presidente em Exercício DJe Ano 1 - Edição p. 14

15 Departamento - Recursos Humanos / Secretaria - Administração Resumo da rescisão de Termo de Compromisso de estágio, celebrado entre o Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte e a Estagiária ALINE NOGUEIRA ADERALDO, com interveniência da Escola da magistratura do Estado do Rio Grande do Norte. Fica rescindido, a pedido da estagiária, de acordo com o que determina a cláusula oitava, inciso IV, do Termo de Compromisso de Estágio, retroagindo seus efeitos a partir de 21 de dezembro de Natal, 18 de abril de Wilza Dantas Targino Secretaria Geral, Estagiário Aline Nogueira Aderaldo, Des. Amaury de Souza Moura Sobrinho Diretor da ESMARN, Testemunhas: Tereza Izabel de Paiva Rego, Alba Carvalho de Macedo. Resumo da rescisão de Termo de Compromisso de estágio, celebrado entre o Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte e a Estagiária KALLINE SUERDA PINHEIRO LEÃO, com interveniência da Escola da magistratura do Estado do Rio Grande do Norte. Fica rescindido, a pedido da estagiária, de acordo com o que determina a cláusula oitava, inciso IV, do Termo de Compromisso de Estágio, retroagindo seus efeitos a partir de 18 de abril de Natal, 18 de abril de Wilza Dantas Targino Secretaria Geral, Estagiário Kalline Suerda Pinheiro Leão, Des. Amaury de Souza Moura Sobrinho Diretor da ESMARN, Testemunhas: Tereza Izabel de Paiva Rego, Alba Carvalho de Macedo. Resumo da rescisão de Termo de Compromisso de estágio, celebrado entre o Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte e o Estagiário CHARLES MORAIS DE LIMA, com interveniência da Escola da magistratura do Estado do Rio Grande do Norte. Fica rescindido, a pedido do estagiário, de acordo com o que determina a cláusula oitava, inciso IV, do Termo de Compromisso de Estágio, retroagindo seus efeitos a partir de 17 de abril de Natal, 18 de abril de Wilza Dantas Targino Secretaria Geral, Estagiário Charles Morais de Lima, Des. Amaury de Souza Moura Sobrinho Diretor da ESMARN, Testemunhas: Tereza Izabel de Paiva Rego, Alba Carvalho de Macedo DJe Ano 1 - Edição p. 15

16 Corregedoria PORTARIA Nº 172, DE 09 DE ABRIL DE O CORREGEDOR DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso de suas atribuições legais, tendo em vista o que consta do processo nº 9610/08- CJ/RN, CONSIDERANDO a informação prestada pelo Juiz de Direito da Vara Criminal da Comarca de Açu/RN, Dr. Andreo Aleksandro Nobre Marques, em substituição legal na Comarca de Ipanguaçu, através do Ofício nº 050/2008, de , de que o fato que motivou a suspensão do expediente forense na Comarca de Ipanguaçu não mais subsiste, no caso houve a diminuição do volume d'agua oriunda das intensas chuvas ocorrida na região; CONSIDERANDO que a Portaria nº 162/2008-CJRN determinou a suspensão do expediente forense na Comarca de Ipanguaçu por tempo indeterminado, a partir do dia 04 do mês em curso, em razão das aludidas chuvas; CONSIDERANDO que, nesse expediente, o referido magistrado comunica que o expediente da mencionada Comarca retornou a sua normalidade em data de , RESOLVE: Art. 1º. Revogar a Portaria nº 162/2008-CJRN, publicada no Diário Eletrônico de , que autorizou a suspensão do expediente forense na Comarca de Ipanguaçu/RN, a partir do dia por tempo indeterminado. Art. 2º. A suspensão dos prazos processuais e judiciais determinada na citada portaria vigorará até o dia 10 de abril do corrente ano. Art. 3º. Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Publique-se. Registre-se. Cumpra-se. DESEMBARGADOR CRISTÓVAM PRAXEDES Corregedor de Justiça DJe Ano 1 - Edição p. 16

17 Corregedoria PORTARIA Nº 198, DE 22 DE ABRIL DE O CORREGEDOR DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso de suas atribuições legais, tendo em vista o que consta do processo nº 9652/08-CJ/RN, CONSIDERANDO o pedido formulado pela Juíza de Direito Diretora do Foro da Comarca de Touros/RN, Drª. Gabriella E. Marques F. De Oliveira, em que postula a suspensão do expediente forense na referida Comarca, nos dias 24 e 25 de abril do ano em curso, em virtude do serviço de dedetização no prédio do Fórum; RESOLVE: Art. 1º. Determinar a suspensão do expediente forense externo na Comarca de Touros/RN, nos dias 24 e 25 de abril do ano em curso. Art. 2º. Nos mencionados dias ficam suspensos os prazos processuais e os judiciais. Art. 3º. Ressalte-se que a presente suspensão não prejudicará o recebimento regular das petições iniciais e de pedidos cuja apreciação exijam urgência, bem assim a realização de audiências já aprazadas para os citados dias. Art. 4º. Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Publique-se. Registre-se. Cumpra-se. DESEMBARGADOR CRISTÓVAM PRAXEDES Corregedor de Justiça DJe Ano 1 - Edição p. 17

18 Direção Foro / Comarca - Natal EDITAL DE VISTORIA DA DISTRIBUIÇÃO AUTOMÁTICA DO DIA 18/04/2008 O Juiz Diretor do Foro da Comarca de Natal torna público que procedeu, nos termos do art. 40, alínea "d", da LC n. 165/99, na data supra, vistoria na distribuição automática dos feitos abaixo relacionados, através do Sistema de Automação do Judiciário de Primeiro Grau (SAJ/PG), ficando os interessados cientes que poderão impugná-la, fundamentadamente, no prazo de 72 (setenta e duas) horas. 1 Termo Sede de Natal Fórum Des. Miguel Seabra Fagundes CÍVEIS [1] PROCESSO: : Alimentos/Oferta de Alimentos S : A. M. D. S. O. ADVOGADO : 4.903/RN - Rychardson de Macêdo Bernardo U : A. F. D. S. VARA : 2ª Vara da Família DISTRIBUIÇÃO : Dependência - 07:23 horas [2] PROCESSO: : Alvará Judicial REQUERENTE : Emerson Câmara da Silva ADVOGADO : /RN - José Cosme de Melo Filho REQUERIDO : Francisco Cardoso da Silva VARA : 2ª Vara de Sucessões DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 09:52 horas [3] PROCESSO: : Busca e Apreensão - Alienação Fiduciária AUTOR : Banco Finasa S/A ADVOGADO : 6262/RN - Marcelo Victor Bezerra de Melo : Karina Azevedo do Nascimento VARA : 8ª Vara Cível DISTRIBUIÇÃO : Direcionamento - 15:37 horas [4] PROCESSO: : Divórcio Litigioso : M. L. S. F. ADVOGADO : 5.701RN - Sérgio Gonçalves da Silva U : S. G. F. VARA : 2ª Vara da Família DISTRIBUIÇÃO : Dependência - 07:26 horas [5] PROCESSO: : Retificação, Restauração ou Suprimento do Registro Civil REQUERENTE : Thaís Andriely Barbosa Bezerra ADVOGADO : /RN - Roberta Cabral Medeiros (UnP) REPRESTE. : Paula Guacira Miranda Ferreira ADVOGADO : /RN - Roberta Cabral Medeiros (UnP) VARA : 20ª Vara Cível DISTRIBUIÇÃO : Direcionamento - 10:23 horas [6] PROCESSO: ORIGEM : JUÍZO DEPREC. : Juízo da Comarca de João Pessoa-PB : Olívia Larissa Duarte de Oliveira U : Wellington Duarte de Oliveira DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 07:05 horas [7] PROCESSO: ORIGEM : 3728/2005 JUÍZO DEPREC. : Juízo da Comarca de Itu-SP : Adeliana de Melo Macêdo U : Adevaldo Fernandes de Macedo DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 07:15 horas [8] PROCESSO: ORIGEM : JUÍZO DEPREC. : Juízo da Comarca de Itaguai - - : Ministério Público U : D.R. S DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 07:51 horas [9] PROCESSO: ORIGEM : JUÍZO DEPREC. : Juízo da Comarca de Aracaju-SE AUTOR : Associação de Ensino e Cultura Pio Décimo U : Jackson Bezerra DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 08:12 horas [10] PROCESSO : ORIGEM : JUÍZO DEPREC. : Juízo da Comarca de São Gonçalo-RJ AUTOR : Ivanildo Batista da Silva : Maria José de Melo DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 08:16 horas [11] PROCESSO : ORIGEM : JUÍZO DEPREC. : Juízo da Comarca de Brasília-DF : Maria de Fátima Rodrigues Ferreira U : Wilson Alves de Oliveira DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 08:03 horas [12] PROCESSO : ORIGEM : JUÍZO DEPREC. : Juízo da Comarca de São Vicente-SP : Raimunda Alexandrina da Silva U : Luiz Gonzaga da Silva DJe Ano 1 - Edição p. 18

19 Direção Foro / Comarca - Natal DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 07:20 horas [13] PROCESSO : ORIGEM : 3.959/04 JUÍZO DEPREC. : Juízo da Comarca de Araguaína- TO : Fazenda Nacional U : Barroso e Mourão Ltda DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 07:12 horas [14] PROCESSO : ORIGEM : JUÍZO DEPREC. : Juízo da Comarca de Bangu-RJ S : Larissa Alves Pinto e outro U : Antonio Pinto Filho DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 07:07 horas [15] PROCESSO : ORIGEM : JUÍZO DEPREC. : Juízo da Comarca de Salto-SP AUTORES : Fábio Roberto Oliveira de Morais Júnior e outro U : Fábio Roberto Oliveira de Moraes DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 07:00 horas [16] PROCESSO : ORIGEM : JUÍZO DEPREC. : Juízo da Comarca de Nova Iguaçu-RJ AUTORES : Daiana Matos da Silva e outro U : Marcelo Souza da Silva DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 06:55 horas [17] PROCESSO : ORIGEM : JUÍZO DEPREC. : Juízo da Comarca de Aracaju-SE AUTOR : Valdenor dos Santos Júnior : Jodália Dias dos Santos DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 10:35 horas [18] PROCESSO : ORIGEM : JUÍZO DEPREC. : Juízo da Comarca de Aracaju-SE AUTOR : Valdenor dos Santos Júnior : Jodália Dias dos Santos DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 10:32 horas [19] PROCESSO : ORIGEM : 143/05 JUÍZO DEPREC. : Juízo da Comarca de São José dos Campos-SP AUTOR : Fazenda Municipal de São José dos Campos U : Jorge Amador Pereira DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 10:29 horas [20] PROCESSO : ORIGEM : JUÍZO DEPREC. : Juízo da Comarca de Gama-DF AUTOR : Hitairam Alves de Freitas Gomes Epifânio U : Hiram Epifânio Júnior DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 10:26 horas [21] PROCESSO : ORIGEM : JUÍZO DEPREC. : Juízo da Comarca de Canindé do São Francisco-SE AUTOR : Defensor Público de Canindé de São Francisco : Gonçala da Silva Lima DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 10:22 horas [22] PROCESSO : ORIGEM : JUÍZO DEPREC. : Juízo da Comarca de João Pessoa-PB : Vanuza dos Santos U : Sivaldo Mariano da Costa DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 10:17 horas [23] PROCESSO : ORIGEM : JUÍZO DEPREC. : Juízo da Comarca de Niterói-RJ AUTOR : Vinicius Dammski Peixoto U : Alessander Antunes Peixoto DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 09:12 horas [24] PROCESSO : ORIGEM : 022/ JUÍZO DEPREC. : Juízo da Comarca de Pelotas-RS : Maria Francisca Mesquita Santana U : Luiz Moutinho DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 09:05 horas [25] PROCESSO : ORIGEM : JUÍZO DEPREC. : Juízo da Comarca de Ceilândia- DF AUTOR : Banco Santander Banespa S/A U : Marcelo Marcelino Pires DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 09:02 horas [26] PROCESSO : DJe Ano 1 - Edição p. 19

20 Direção Foro / Comarca - Natal ORIGEM : JUÍZO DEPREC. : Juízo da Comarca de Guarulhos- SP AUTOR : Francisco Moreira Bezerra U : Fabiano Silva Moreira DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 08:57 horas [27] PROCESSO : ORIGEM : JUÍZO DEPREC. : Juízo da Comarca de Taguatinga- DF AUTOR : Victor Jordan Santos Gehlen U : Émerson Backes Gehlen DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 08:31 horas [28] PROCESSO : ORIGEM : JUÍZO DEPREC. : Juízo da Comarca de São José de Campestre-RN AUTOR : Ministério Publico Estadual U : Carlos Alberto Ribeiro Bezerra DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 08:27 horas [29] PROCESSO : ORIGEM : JUÍZO DEPREC. : Juízo da Comarca de Mossoró- RN : Francisca de Fátima da Anunciação U : Caixa de Economia de Assistência Social - CEAS DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 08:55 horas [30] PROCESSO : ORIGEM : JUÍZO DEPREC. : Juízo da Comarca de São José de Campestre-RN AUTOR : Municipio de São José do Campestre U : Laércio José de Oliveira DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 08:52 horas [31] PROCESSO : ORIGEM : JUÍZO DEPREC. : Juízo da Comarca de São Tomé- RN : Géssica Gessiane da Silva Borges : Francimar Marcelino Borges DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 08:48 horas [32] PROCESSO : ORIGEM : JUÍZO DEPREC. : Juízo da Comarca de Jardim do Seridó-RN AUTOR : E.I.D.S U : Edivan Cordeiro da Costa DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 08:44 horas [33] PROCESSO : ORIGEM : JUÍZO DEPREC. : Juízo da Comarca de Currais Novos-RN AUTOR : Banco do Brasil S/A : Almira Edeltrudes Dantas DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 08:41 horas [34] PROCESSO : ORIGEM : JUÍZO DEPREC. : Juízo da Comarca de Pendências-RN INTERESDOS : Francisco Alves de Araújo e outro DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 08:35 horas [35] PROCESSO : : Execução de Alimentos EXEQUENTE : I. F. F. S. ADVOGADO : /RN - Maria Auxiliadora de Azevedo Cunha EXECUTADO : I. F. S. VARA : 4ª Vara da Família DISTRIBUIÇÃO : Direcionamento - 08:25 horas [36] PROCESSO : : Separação Litigiosa : C. S. T. F. ADVOGADO : SP - Lisânias Aparecida da Silva U : E. F. VARA : 2ª Vara da Família DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 08:37 horas [37] PROCESSO : : Dissolução/Reconhecimento de União Estável : L. S. B. ADVOGADO : 5091/RN - José Ricardo Miranda de Paulo (ALERN) U : J. I. P. VARA : 1ª Vara da Família DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 08:57 horas [38] PROCESSO : : Cobrança AUTOR : Edvan da Silva ADVOGADO : /RN - Otoni Tomaz de Almeida U : Renato Resende Paulinelli VARA : 6ª Vara Cível DISTRIBUIÇÃO : Sorteio - 08:59 horas [39] PROCESSO : : Revisão de Contrato : Margaret Rose Pimenteira Thomaz DJe Ano 1 - Edição p. 20

Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des.

Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des. : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des. Rafael Godeiro Diretor da Revista: Des.ª Clotilde Madruga Diretor da Escola

Leia mais

Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des.

Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des. Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des. Rafael Godeiro Diretor da Revista: Des.ª Clotilde Madruga

Leia mais

Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des.

Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des. Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des. Rafael Godeiro Diretor da Revista: Des.ª Clotilde Madruga

Leia mais

PRESIDENTE: Des. Cláudio Santos VICE-PRESIDENTE: Des. Amílcar Maia CORREGEDOR: Des. Saraiva Sobrinho OUVIDOR: Des. Expedito Ferreira de Souza DIRETOR

PRESIDENTE: Des. Cláudio Santos VICE-PRESIDENTE: Des. Amílcar Maia CORREGEDOR: Des. Saraiva Sobrinho OUVIDOR: Des. Expedito Ferreira de Souza DIRETOR PRESIDENTE: Des. Cláudio Santos VICE-PRESIDENTE: Des. Amílcar Maia CORREGEDOR: Des. Saraiva Sobrinho OUVIDOR: Des. Expedito Ferreira de Souza DIRETOR DA ESMARN : Des. Vivaldo Pinheiro DIRETOR DA REVISTA

Leia mais

- A PBPREV é autarquia previdenciária estadual

- A PBPREV é autarquia previdenciária estadual AC no 200.2010.039908-4/001 1 Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL No 200.2 010.039908-4/001

Leia mais

~14 - 1891,( Poder Judiciário do Estado da Parai Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves çigito de A. D.

~14 - 1891,( Poder Judiciário do Estado da Parai Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves çigito de A. D. AC no 200.2008.042.249-2/001 1 ~14-1891,( Poder Judiciário do Estado da Parai Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves çigito de A. D. Ferreira ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL No 200.2008.042.249-2/001

Leia mais

Boa Vista, 1 de abril de 2015 ANO XVIII - EDIÇÃO 5481 Disponibilizado às 20:00 de 31/03/2015

Boa Vista, 1 de abril de 2015 ANO XVIII - EDIÇÃO 5481 Disponibilizado às 20:00 de 31/03/2015 Boa Vista, 1 de abril de 2015 ANO XVIII - EDIÇÃO 5481 Disponibilizado às 20:00 de 31/03/2015 Boa Vista, 1 de abril de 2015 Diário da Justiça Eletrônico ANO XVIII - EDIÇÃO 5481 002/150 Boa Vista, 1 de abril

Leia mais

ESTADO DO TOCANTINS TRIBUNAL DE JUSTIÇA Secretaria da 2ª Câmara Criminal

ESTADO DO TOCANTINS TRIBUNAL DE JUSTIÇA Secretaria da 2ª Câmara Criminal PAUTA ORDINÁRIA Nº 26/2009 Serão julgados pela 2ª CÂMARA CRIMINAL do Egrégio Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins na 26ª SESSÃO ORDINÁRIA JUDICIAL, aos 28 (vinte e oito) dias do mês de julho (7)

Leia mais

DIRETORIA JUDICIÁRIA SECRETARIA DA 1ª CÂMARA CRIMINAL PAUTA DE JULGAMENTO Nº 23

DIRETORIA JUDICIÁRIA SECRETARIA DA 1ª CÂMARA CRIMINAL PAUTA DE JULGAMENTO Nº 23 DIRETORIA JUDICIÁRIA SECRETARIA DA 1ª CÂMARA CRIMINAL PAUTA DE JULGAMENTO Nº 23 De ordem do Excelentíssimo Senhor Desembargador LUIZ GADOTTI, Presidente da 1ª Câmara Criminal, faço público a todos os interessados

Leia mais

Parágrafo único É obrigatória a promoção de magistrado que figure, por três vezes consecutivas ou cinco alternadas, em lista de merecimento.

Parágrafo único É obrigatória a promoção de magistrado que figure, por três vezes consecutivas ou cinco alternadas, em lista de merecimento. RESOLUÇÃO Nº 9, DE 4 DE MAIO DE 2006 Dispõe sobre a aferição do merecimento para promoção de magistrados e acesso ao Tribunal de Justiça. O Tribunal de Justiça do Estado do Ceará, tendo em vista a decisão

Leia mais

SEQUÊNCIA LISTA NOMINAL DOS CANDIDATOS APROVADOS 1 MAURO ROBERTO P. DUARTE 2 PAULO RENATO PEDRONI DE ALMEIDA 3 ALEX LOPES LYRIO 4 MARCOS ANDRE MURTA

SEQUÊNCIA LISTA NOMINAL DOS CANDIDATOS APROVADOS 1 MAURO ROBERTO P. DUARTE 2 PAULO RENATO PEDRONI DE ALMEIDA 3 ALEX LOPES LYRIO 4 MARCOS ANDRE MURTA LISTA NOMINAL DOS CANDIDATOS APROVADOS 1 MAURO ROBERTO P. DUARTE 2 PAULO RENATO PEDRONI DE ALMEIDA 3 ALEX LOPES LYRIO 4 MARCOS ANDRE MURTA RIBEIRO 5 ALEXANDRE FERREIRA DE MENEZES 6 ADALBERTO GOMES DA SILVA

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA QUARTA CÂMARA CÍVEL PAUTA DA 33ª SESSÃO ORDINÁRIA 12.09.2007(QUARTA-FEIRA)

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA QUARTA CÂMARA CÍVEL PAUTA DA 33ª SESSÃO ORDINÁRIA 12.09.2007(QUARTA-FEIRA) ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA QUARTA CÂMARA CÍVEL PAUTA DA 33ª SESSÃO ORDINÁRIA 12.09.2007(QUARTA-FEIRA) De ordem da Presidente da Quarta Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado

Leia mais

Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des.

Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des. Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des. Rafael Godeiro Diretor da Escola De Magistratura: Des.

Leia mais

Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des.

Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des. Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des. Rafael Godeiro Diretor da Revista: Des.ª Clotilde Madruga

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA. Acorda a Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraiba, por unanimidade, DAR PROVIMENTO AO RECURSO

ESTADO DA PARAÍBA. Acorda a Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraiba, por unanimidade, DAR PROVIMENTO AO RECURSO r rtl (4:, -,iaáro ESTADO DA PARAÍBA al 4. ' PODER JUDICIARIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Desembargador 1891 iiriír7v Marcos Cavalcanti J 0-"LT-Irj de Albuquerque ri bile: ACÓRDÃO N 001 2006 028 192-8/002

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2015 R E S O L V E:

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2015 R E S O L V E: ESTADO DO PARANÁ INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2015 O Desembargador Fernando Wolff Bodziak, 2º Vice-Presidente e Supervisor-Geral dos Juizados Especiais, no uso de suas atribuições legais e CONSIDERANDO o

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ACÓRDÃO Relator: Dra Maria das Graças Morais Guedes, Juíza de Direito Convocada erri substituição ao Des. José Di Lorenzo Serpa

Leia mais

PAUTA DE JULGAMENTO Nº. 44 44ª SESSÃO ORDINÁRIA

PAUTA DE JULGAMENTO Nº. 44 44ª SESSÃO ORDINÁRIA PAUTA ORDINÁRIA Nº 44/2011 1ª CÂMARA CRIMINAL PAUTA DE JULGAMENTO Nº. 44 44ª SESSÃO ORDINÁRIA Data: 6/12/2011 Publicada(s) no(s) D.J(s). de 18/10, 14/11 e 29/11/2011 Desembargador DANIEL NEGRY Presidente

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO EM MANDADO DE SEGURANÇA Nº 26.044 - MS (2008/0000154-1) RELATORA RECORRENTE ADVOGADO RECORRIDO PROCURADOR : MINISTRA MARIA THEREZA DE ASSIS MOURA : MÁRCIA ARAÚJO LIMA : IGOR NAVARRO RODRIGUES CLAURE

Leia mais

Presidente : Des. Rafael Godeiro Vice-Presidente: Des. Amaury Moura Corregedor: Des. João Rebouças Ouvidor Geral: Desª. Judite Nunes Diretor da

Presidente : Des. Rafael Godeiro Vice-Presidente: Des. Amaury Moura Corregedor: Des. João Rebouças Ouvidor Geral: Desª. Judite Nunes Diretor da Presidente : Des. Rafael Godeiro Vice-Presidente: Des. Amaury Moura Corregedor: Des. João Rebouças Ouvidor Geral: Desª. Judite Nunes Diretor da Escola De Magistratura: Des. Osvaldo Cruz Conselho de Magistratura:

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO ESCOLA DE CONTAS CONSELHEIRO OTACÍLIO SILVEIRA - ECOSIL D E C L A R A Ç Ã O

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO ESCOLA DE CONTAS CONSELHEIRO OTACÍLIO SILVEIRA - ECOSIL D E C L A R A Ç Ã O Declaramos, para os devidos fins, que PAULO ROBERTO DINIZ DE OLIVEIRA, participou no dia 10 de março de 2015, no horário das 10h00 às 12h00, do treinamento sobre o Envio das Prestações de Contas do Exercício

Leia mais

Art. 2º Recebidos os ofícios requisitórios (precatórios) da Autarquia, estes serão remetidos, de imediato, à Procuradoria Jurídica.

Art. 2º Recebidos os ofícios requisitórios (precatórios) da Autarquia, estes serão remetidos, de imediato, à Procuradoria Jurídica. NORMA DE EXECUÇÃO/INCRA/Nº 14, DE 31 DE MAIO DE 2001 (Publicação: Diário Oficial n 110-E, de 7/6/2001, seção 1, pág. 123 e Boletim de Serviço n 24, de 11/6/2001) Estabelece procedimentos técnicos e administrativos

Leia mais

ACÓRDÃO. VISTOS, relatados e discutidos estes autos.

ACÓRDÃO. VISTOS, relatados e discutidos estes autos. AC no 200.2010.014.406-8/001 1 jn:idá-j Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL No 200.2010.014.406-8/001

Leia mais

Relação de Candidatos Classificados INGLÊS TURMA A

Relação de Candidatos Classificados INGLÊS TURMA A Relação de Candidatos Classificados INGLÊS TURMA A 1 LUCIO GONÇALVES BRASIL NETO 2 BRUNA RENATA ROCHA FERNANDES 3 BARBARA ALEXANDRA COSTA GOMES 4 DAVI GOMES DE ALBUQUERQUE 5 FERNANDA MOREIRA LIMA 6 FILIPE

Leia mais

Resumo Ata da 21ª sessão do Conselho Superior do Ministério Público no ano de 2013

Resumo Ata da 21ª sessão do Conselho Superior do Ministério Público no ano de 2013 Resumo Ata da 21ª sessão do Conselho Superior do Ministério Público no ano de 2013 Aos cinco dias do mês de agosto do ano dois mil e treze, às dez horas e cinquenta minutos, no Auditório da Procuradoria-Geral

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL FRANCISCO BARROS DIAS

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL FRANCISCO BARROS DIAS PROCESSO: EMBARGOS DE DECLARAÇÃO EM APELAÇÃO CÍVEL Nº 183923/RN (99.05.45463-2) APTE : POTY REFRIGERANTES LTDA ADV/PROC : MANUEL LUÍS DA ROCHA NETO E OUTROS APDO : INSS - INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL

Leia mais

ESTADO DO TOCANTINS TRIBUNAL DE JUSTIÇA Secretaria da 2ª Câmara Criminal

ESTADO DO TOCANTINS TRIBUNAL DE JUSTIÇA Secretaria da 2ª Câmara Criminal PAUTA ORDINÁRIA Nº 35/2009 Serão julgados pela 2ª CÂMARA CRIMINAL do Egrégio Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins na 35ª SESSÃO ORDINÁRIA JUDICIAL, aos 13 (treze) dias do mês de outubro (10) de 2009,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARÁ RESOLUÇÃO Nº 005/2008-GP.

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARÁ RESOLUÇÃO Nº 005/2008-GP. PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARÁ RESOLUÇÃO Nº 005/2008-GP. Dispõe sobre a Implantação e estabelece normas para o funcionamento do processo judicial eletrônico no Poder Judiciário

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO EM HABEAS CORPUS Nº 21.628 - SP (2007/0158779-3) RELATORA : MINISTRA LAURITA VAZ RECORRENTE : AGOSTINHO FERRAMENTA DA SILVA JÚNIOR ADVOGADO : JULIANA FERRAMENTA DA SILVA RECORRIDO : TRIBUNAL DE

Leia mais

VOTO. ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAI[BA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA

VOTO. ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAI[BA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAI[BA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N. 018.2010.000261-9/001 ORIGEM : zr Vara da Comarca de Guarabira. RELATOR

Leia mais

I - PROCESSOS EM PAUTA

I - PROCESSOS EM PAUTA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO CEARÁ Des. ADEMAR MENDES BEZERRA - Presidente Desª. MARIA IRACEMA MARTINS DO VALE - Vice-Presidente Dr. FRANCISCO LUCIANO LIMA RODRIGUES Juiz de Direito

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº T2-RSP-2012/00079 DE 24 DE SETEMBRO DE 2012 PUBLICADA NO E-DJF2R DE 27/09/2012, ÀS FLS. 01/03.

RESOLUÇÃO Nº T2-RSP-2012/00079 DE 24 DE SETEMBRO DE 2012 PUBLICADA NO E-DJF2R DE 27/09/2012, ÀS FLS. 01/03. RESOLUÇÃO Nº T2-RSP-2012/00079 DE 24 DE SETEMBRO DE 2012 PUBLICADA NO E-DJF2R DE 27/09/2012, ÀS FLS. 01/03. Disciplina, no âmbito do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, os procedimentos relativos à

Leia mais

Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira

Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira AC no 035.2005.000.557-4/001 1 Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL No 035.2005.000.5 001

Leia mais

MESTRADOS E DOUTORAMENTOS - 2015

MESTRADOS E DOUTORAMENTOS - 2015 MESTRADOS E DOUTORAMENTOS - 2015 2ª FASE - ECT SUPLENTE EXCLUÍDO LISTA DE CANDIDATOS SERIAÇÃO CARLA MARIA CARNEIRO ALVES Doutoramento em Didática de Ciências e Tecnologias 3,9 de 5 4 CARLOS EDUARDO DOS

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 3a REGIÃO. Gabinete da Corregedoria Regional

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 3a REGIÃO. Gabinete da Corregedoria Regional Gabinete da Corregedoria Regional OFÍCIO N 981/09-COGE EXPEDIENTE ADMINISTRATIVO N 2009.01.0077 {favor usar estas referências) São Paulo, 5 de junho de 2009 Senhor Presidente, encaminho a Vossa Senhoria,

Leia mais

ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA. Apelação Cível ri 026.2006.000553-0/001 Origem : 2 4 Vara da Comarca de naná

ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA. Apelação Cível ri 026.2006.000553-0/001 Origem : 2 4 Vara da Comarca de naná ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA Apelação Cível ri 026.2006.000553-0/001 Origem : 2 4 Vara da Comarca de naná TRIBUNAL DE JUSTIÇA Relator : Desembargador Frederico Martinho da NObrega Coutinho

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2013.0000250943 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0080413-48.2010.8.26.0002, da Comarca de São Paulo, em que é apelante

Leia mais

Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des.

Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des. Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des. Rafael Godeiro Diretor da Escola De Magistratura: Des.

Leia mais

PAUTA DE JULGAMENTO Nº. 27 27ª SESSÃO ORDINÁRIA

PAUTA DE JULGAMENTO Nº. 27 27ª SESSÃO ORDINÁRIA PAUTA ORDINÁRIA Nº 27/2013 1ª CÂMARA CRIMINAL PAUTA DE JULGAMENTO Nº. 27 27ª SESSÃO ORDINÁRIA Data: 23/7/2013 Publicada(s) no(s) D.J(s). dia (s): 2, 9 E 16/7/13. Desembargadora JACQUELINE ADORNO Presidente.

Leia mais

Presidente : Des. Rafael Godeiro Vice-Presidente: Des. Amaury Moura Corregedor: Des. João Rebouças Ouvidor Geral: Desª. Judite Nunes Diretor da

Presidente : Des. Rafael Godeiro Vice-Presidente: Des. Amaury Moura Corregedor: Des. João Rebouças Ouvidor Geral: Desª. Judite Nunes Diretor da Presidente : Des. Rafael Godeiro Vice-Presidente: Des. Amaury Moura Corregedor: Des. João Rebouças Ouvidor Geral: Desª. Judite Nunes Diretor da Escola De Magistratura: Des. Osvaldo Cruz Conselho de Magistratura:

Leia mais

Ata da 06ª Sessão Ordinária de 2011 da Junta Recursal do Programa Estadual de Proteção e Defesa ao Consumidor JURDECON.

Ata da 06ª Sessão Ordinária de 2011 da Junta Recursal do Programa Estadual de Proteção e Defesa ao Consumidor JURDECON. 1 Ata da 06ª Sessão Ordinária de 2011 da Junta Recursal do Programa Estadual de Proteção e Defesa ao Consumidor JURDECON. Aos dezenove (19) dias do mês de maio do ano de dois mil e onze (2011), às nove

Leia mais

PAUTA DE JULGAMENTO - 23/06/2014 às 09:00 21ª SESSÃO ORDINÁRIA DA EGRÉGIA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL

PAUTA DE JULGAMENTO - 23/06/2014 às 09:00 21ª SESSÃO ORDINÁRIA DA EGRÉGIA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL 1 PAUTA DE JULGAMENTO - 23/06/2014 às 09:00 21ª SESSÃO ORDINÁRIA DA EGRÉGIA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL PRESIDENTE: Exmo (ª). Sr (ª). Des (a). Wellington José de Araújo SECRETÁRIA: Dra. Pollyana de Souza Bastos

Leia mais

+ -47 41.1 ' r, ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA

+ -47 41.1 ' r, ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA t. + -47 41.1 ' r ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N. 001.2004.024269-3/001 Oriundo da 7a Vara Cível da Comarca de Campina Grande-PB

Leia mais

RECORRENTE:MED-RIO ASSISTÊNCIA MÉDICO-HOSPITALAR DO RIO DE JANEIRO S/C LTDA.

RECORRENTE:MED-RIO ASSISTÊNCIA MÉDICO-HOSPITALAR DO RIO DE JANEIRO S/C LTDA. CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO PROCESSO Nº 04/351.040/2005 ACÓRDÃO Nº 11.333 SESSÃO DO DIA 26 DE NOVEMBRO DE 2009. RECURSO VOLUNTÁRIO Nº 10.371 RECORRENTE:MED-RIO ASSISTÊNCIA

Leia mais

Presidente : Des. Rafael Godeiro Vice-Presidente: Des. Cristovam Praxedes Corregedor: Des. João Rebouças Ouvidor Geral: Desª. Judite Nunes Diretor da

Presidente : Des. Rafael Godeiro Vice-Presidente: Des. Cristovam Praxedes Corregedor: Des. João Rebouças Ouvidor Geral: Desª. Judite Nunes Diretor da Presidente : Des. Rafael Godeiro Vice-Presidente: Des. Cristovam Praxedes Corregedor: Des. João Rebouças Ouvidor Geral: Desª. Judite Nunes Diretor da Escola De Magistratura: Des. Osvaldo Cruz Conselho

Leia mais

Resumo Ata da 12ª sessão do Conselho Superior do Ministério Público no ano de 2014

Resumo Ata da 12ª sessão do Conselho Superior do Ministério Público no ano de 2014 Resumo Ata da 12ª sessão do Conselho Superior do Ministério Público no ano de 2014 Aos quatro dias do mês de agosto do ano dois mil e catorze, às doze horas e trinta e cinco minutos, no Auditório da Procuradoria-Geral

Leia mais

DECISÕES» ISS. 3. Recurso especial conhecido e provido, para o fim de reconhecer legal a tributação do ISS.

DECISÕES» ISS. 3. Recurso especial conhecido e provido, para o fim de reconhecer legal a tributação do ISS. DECISÕES» ISS INTEIRO TEOR. EMENTA. TRIBUTÁRIO. RECURSO ESPECIAL. ATIVIDADE DE INCORPORAÇÃO DE IMÓVEIS. EXISTÊNCIA DE DOIS CONTRATOS: O DE COMPRA E VENDA E O DE EMPREITADA. CARACTERIZAÇÃO DE FATO GERADOR

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ.

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ. EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ. Assunto: Desconto da Contribuição Sindical previsto no artigo 8º da Constituição Federal, um dia de trabalho em março de 2015.

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO Justiça Federal Juizados Especiais Federais TURMA RECURSAL Seção Judiciária da Paraíba PAUTA DE JULGAMENTO

PODER JUDICIÁRIO Justiça Federal Juizados Especiais Federais TURMA RECURSAL Seção Judiciária da Paraíba PAUTA DE JULGAMENTO Pauta da 15ª Sessão Ordinária de Julgamento - 2008 1 PODER JUDICIÁRIO Justiça Federal Juizados Especiais Federais TURMA RECURSAL Seção Judiciária da Paraíba PAUTA DE JULGAMENTO Determino a inclusão do(s)

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO JOÃO OTÁVIO DE NORONHA RECORRENTE : E L DOS S E OUTRO ADVOGADO : JULIANO FONSECA DE MORAIS EMENTA RECURSO ESPECIAL. PROCESSUAL CIVIL. AÇÃO DE DIVÓRCIO DIRETO CONSENSUAL. CASAMENTO REALIZADO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 468.333 - MS (2002/0108270-6) RELATOR : MINISTRO LUIS FELIPE SALOMÃO RECORRENTE : BANCO DO BRASIL S/A ADVOGADO : GILBERTO EIFLER MORAES E OUTRO(S) RECORRIDO : LEODARCY DA SILVA ANGELIERI

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA, Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 2 200.2006.058.165-51001.

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA, Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 2 200.2006.058.165-51001. ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA, Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 2 200.2006.058.165-51001. Relator :Dr. Marcos William de Oliveira, Juiz de Direito convocado em substituição

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 10a Turma PODER JUDICIÁRIO FEDERAL CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA. DECADÊNCIA. PRESCRIÇÃO. PRAZO INICIAL. O processo do trabalho guarda perfeita simetria ao processo administrativo tributário posto

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS PROCESSO Nº 0275/2012 PAT Nº 0274/2012-1ª URT RECURSO VOLUNTÁRIO E EX OFFICIO RECORRENTE CLIN CLINICA DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM

Leia mais

(Publicada no DOU, Seção 1, de 26/04/2012, págs. 161/162) ATA DA TERCEIRA SESSÃO ORDINÁRIA DE 2012

(Publicada no DOU, Seção 1, de 26/04/2012, págs. 161/162) ATA DA TERCEIRA SESSÃO ORDINÁRIA DE 2012 (Publicada no DOU, Seção 1, de 26/04/2012, págs. 161/162) ATA DA TERCEIRA SESSÃO ORDINÁRIA DE 2012 Aos vinte dias do mês de março do ano de dois mil e doze, às quatorze horas e trinta minutos, no edifício-sede

Leia mais

LOCAIS DE PROVA E INFORMAÇÕES GERAIS

LOCAIS DE PROVA E INFORMAÇÕES GERAIS Processo Seletivo do Programa de Pós-graduação em Engenharia Sanitária 2015 Mestrado em Engenharia Sanitária LOCAIS DE PROVA E INFORMAÇÕES GERAIS Comunicamos que a prova escrita do Processo Seletivo do

Leia mais

ES FADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DF JUSI IÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho

ES FADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DF JUSI IÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ' ES FADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DF JUSI IÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO MANDADO DE SEGURANÇA n'.999.2007.000498-4 00 RELATOR: Des. Genésio Gomes Pereira Filho IMPETRANTE:

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 340.091 - RS (2013/0142183-2) RELATOR AGRAVANTE AGRAVADO : MINISTRO LUIS FELIPE SALOMÃO : METILDE CASAGRANDE SOUZA E OUTROS : CLARISSA ASSUNÇÃO VIEIRA E OUTRO(S) FLÁVIO

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO

ESTADO DO CEARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PROCESSO N 2004.QXD.TCE.03953/07 ENTIDADE: PREFEITURA MUNICIPAL DE QUIXADÁ INTERESSADO: ANA KARINE SERRA LEOPÉRCIO PROMOTORA DE JUSTIÇA DA COMARCA DE QUIXADÁ RESPONSÁVEIS: ANTÔNIO ALMEIDA VIANA PRESIDENTE

Leia mais

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino Corrida da Saúde Classificação geral do corta-mato, realizado no dia 23 de Dezembro de 2007, na Escola E.B. 2,3 de Valbom. Contou com a participação dos alunos do 4º ano e do 2º e 3º ciclos do Agrupamento

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO ESCOLA DE CONTAS CONSELHEIRO OTACÍLIO SILVEIRA - ECOSIL D E C L A R A Ç Ã O

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO ESCOLA DE CONTAS CONSELHEIRO OTACÍLIO SILVEIRA - ECOSIL D E C L A R A Ç Ã O Declaramos, para os devidos fins, que ADEMARIO FÉLIX DE ARAÚJO FILHO, participou da palestra O FUTURO DO BRASIL, proferida por MAÍLSON FERREIRA DA NÓBREGA, por ocasião da Aula Magna de abertura do Mestrado

Leia mais

Processo no. 200.2009.000.751-5/001. ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque

Processo no. 200.2009.000.751-5/001. ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque Acórdão APELAÇÃO CÍVEL - no. 200.2009.000.751-5/001 Relator: Dr. Eduardo José de Carvalho

Leia mais

ACÓRDÃO. oes i n'ítiu v.5

ACÓRDÃO. oes i n'ítiu v.5 o AI no 037.2010.002.240-1/001, oes i n'ítiu v.5 Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira ACÓRDÃO AGRAVO INTERNO No

Leia mais

Belém, 26 de abril de 2012. JOSÉ DE ALENCAR Presidente

Belém, 26 de abril de 2012. JOSÉ DE ALENCAR Presidente PROCESSO TRT P-00968/2012 RESOLUÇÃO Nº 032/2012 APROVA o Provimento nº 01/2012, da Corregedoria Regional deste Egrégio Tribunal, que estabelece procedimentos para recebimento das Petições Iniciais e documentos

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PODER JUDICIÁRIO. NONA CÂMARA CÍVEL Agravo de Instrumento nº 0047746-68.2014.8.19.0000 Desembargador GILBERTO DUTRA MOREIRA

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PODER JUDICIÁRIO. NONA CÂMARA CÍVEL Agravo de Instrumento nº 0047746-68.2014.8.19.0000 Desembargador GILBERTO DUTRA MOREIRA 1 Agravo de instrumento. Mandado de segurança. Suspensão de exigibilidade de tributo. ICMS. Desembaraço aduaneiro. Contrato de afretamento de embarcação em regime de admissão temporária. REPETRO. Decisão

Leia mais

PAUTA 5ª SESSÃO ORDINÁRIA DO COLÉGIO DE PROCURADORES DE JUSTIÇA DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO CEARÁ 20 DE MAIO DE 2015 9h

PAUTA 5ª SESSÃO ORDINÁRIA DO COLÉGIO DE PROCURADORES DE JUSTIÇA DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO CEARÁ 20 DE MAIO DE 2015 9h PAUTA 5ª SESSÃO ORDINÁRIA DO COLÉGIO DE PROCURADORES DE JUSTIÇA DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO CEARÁ 20 DE MAIO DE 2015 9h I. DO EXPEDIENTE: (art. 19, I, RI/CPJ). Verificação de quorum (art. 19º, 1º,

Leia mais

Resumo Ata da 30ª sessão do Conselho Superior do Ministério Público no ano de 2013

Resumo Ata da 30ª sessão do Conselho Superior do Ministério Público no ano de 2013 Resumo Ata da 30ª sessão do Conselho Superior do Ministério Público no ano de 2013 Aos vinte e um dias do mês de outubro do ano dois mil e treze, às dez horas, no Auditório da Procuradoria-Geral de Justiça,

Leia mais

A MESA DIRETORA Deputado RICARDO MOTTA PRESIDENTE

A MESA DIRETORA Deputado RICARDO MOTTA PRESIDENTE A MESA DIRETORA Deputado RICARDO MOTTA PRESIDENTE Deputado GUSTAVO CARVALHO 1 VICE-PRESIDENTE Deputado LEONARDO NOGUEIRA 2 VICE-PRESIDENTE Deputado GUSTAVO FERNANDES 1 SECRETÁRIO Deputado RAIMUNDO FERNANDES

Leia mais

PRESIDENTE: Des. Aderson Silvino VICE-PRESIDENTE: Des. Saraiva Sobrinho CORREGEDOR: Des. Vivaldo Pinheiro OUVIDOR: Des.

PRESIDENTE: Des. Aderson Silvino VICE-PRESIDENTE: Des. Saraiva Sobrinho CORREGEDOR: Des. Vivaldo Pinheiro OUVIDOR: Des. PRESIDENTE: Des. Aderson Silvino VICE-PRESIDENTE: Des. Saraiva Sobrinho CORREGEDOR: Des. Vivaldo Pinheiro OUVIDOR: Des. Cláudio Santos CÂMARA CRIMINAL Desª. Maria Zeneide Bezerra Des. Glauber Rêgo Des.

Leia mais

VISTOS, relatados e discutidos os autos acima referenciados.

VISTOS, relatados e discutidos os autos acima referenciados. 4* 'L, Á `4'INI ~nu Pd Estado da Paraíba Poder Judiciário Tribunal de Justiça Gabinete do Des. Marcos Antônio Souto Maior ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 001.2008.001148-7/001 - CAMPINA GRANDE RELATOR : Juiz

Leia mais

CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO - CONAT CONSELHO DE RECURSOSTRIBUTÁRIOS- CRT

CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO - CONAT CONSELHO DE RECURSOSTRIBUTÁRIOS- CRT .-...- _.\ (Q~' Processo n 1/4246/2006 ~ CONSELHO DE RECURSOSTRIBUTÁRIOS- CRT RESOLUÇÃO N ~ 50 /2010 2 8 CÂMARA DE JULGAMENTO 144 8 SESSÃO ORDINÁRIA EM: 03/09/2010 PROCESSO N 1/4246/2006 AUTO DE INFRAÇÃO

Leia mais

PREVIMAX PREVIDÊNCIA PRIVADA E SEGURADORA S.A. SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE: Multa no valor de R$ 16.000,00.

PREVIMAX PREVIDÊNCIA PRIVADA E SEGURADORA S.A. SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE: Multa no valor de R$ 16.000,00. Recurso nº 4481 Processo SUSEP nº 15414.004750/2006-60 PREVIMAX PREVIDÊNCIA PRIVADA E SEGURADORA S.A. EMENTA: RECURSO ADMINISTRATIVO. Representação. Realizar operação financeira com pessoa jurídica ligada

Leia mais

*00741706* Vistos, relatados e discutidos estes autos de. APELAÇÃO CÍVEL n 200.7 61-5/9-00, da Comarca de GUARULHOS, em

*00741706* Vistos, relatados e discutidos estes autos de. APELAÇÃO CÍVEL n 200.7 61-5/9-00, da Comarca de GUARULHOS, em / TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO h ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRÁTICA REGISTRADO(A) SOB N *00741706* Vistos, relatados e discutidos estes autos de APELAÇÃO CÍVEL n 200.7 61-5/9-00, da Comarca de GUARULHOS,

Leia mais

A MESA DIRETORA Deputado RICARDO MOTTA PRESIDENTE

A MESA DIRETORA Deputado RICARDO MOTTA PRESIDENTE A MESA DIRETORA Deputado RICARDO MOTTA PRESIDENTE Deputado GUSTAVO CARVALHO 1 VICE-PRESIDENTE Deputado 1 SECRETÁRIO Deputado VIVALDO COSTA 3 SECRETÁRIO Deputado LEONARDO NOGUEIRA 2 VICE-PRESIDENTE Deputado

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 712.998 - RJ (2004/0180932-3) RELATOR : MINISTRO HERMAN BENJAMIN RECORRENTE : MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO PROCURADOR : MARIANA RODRIGUES KELLY E SOUSA E OUTRO(S) RECORRIDO : ADELINO

Leia mais

COMÉRCIO INTERNACIONAL CURSO DE ECONOMIA

COMÉRCIO INTERNACIONAL CURSO DE ECONOMIA COMÉRCIO INTERNACIONAL CURSO DE ECONOMIA CLASSIFICAÇÕES DO SEGUNDO TESTE E DA AVALIAÇÃO CONTINUA Classificações Classificação Final Alex Santos Teixeira 13 13 Alexandre Prata da Cruz 10 11 Aleydita Barreto

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO MAURO CAMPBELL MARQUES RECORRENTE : FAZENDA NACIONAL : PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL RECORRIDO : SIAM ALIMENTOS LTDA E OUTRO : MARCELO DE LIMA CASTRO DINIZ E OUTRO(S) EMENTA

Leia mais

ATA DA SESSÃO ORDINÁRIA DO EGRÉGIO COLÉGIO DE PROCURADORES DE JUSTIÇA, REALIZADA NO DIA 3/4/2014 às 10h. Aos três dias do mês de abril do ano de dois

ATA DA SESSÃO ORDINÁRIA DO EGRÉGIO COLÉGIO DE PROCURADORES DE JUSTIÇA, REALIZADA NO DIA 3/4/2014 às 10h. Aos três dias do mês de abril do ano de dois 1 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 ATA DA SESSÃO ORDINÁRIA DO EGRÉGIO COLÉGIO DE PROCURADORES DE JUSTIÇA, REALIZADA NO DIA 3/4/2014

Leia mais

Poder Judiciário Página 1 of 6 Justiça Federal - 2a Região Seção Judiciária do RJ

Poder Judiciário Página 1 of 6 Justiça Federal - 2a Região Seção Judiciária do RJ Poder Judiciário Página 1 of 6 Justiça Federal - 2a Região Seção Judiciária do RJ ATA DA 7ª SESSÃO DE JULGAMENTO DO ANO DE 2015 DA 05ªTR, REALIZADA NO DIA 30/06/2015 ÀS 14:00 h QUANDO PUBLICADAS AS DECISÕES,

Leia mais

Pauta da 1ª Câmara 1. ABERTURA DA SESSÃO

Pauta da 1ª Câmara 1. ABERTURA DA SESSÃO 1 Pauta da 1ª Câmara Presidência: CONS. CLÓVIS BARBOSA DE MELO 8 ª Sessão Ordinária Aracaju, 07 de Abril de 2015 às 09:00 horas. Pauta n.º 8 PRIORIDADE 1 1.1. Verificação de Número Legal; 1.2. Início dos

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 660.284 - SP (2004/0071142-4) RELATORA RECORRENTE RECORRIDO : MINISTRA NANCY ANDRIGHI : PANAMERICANO ARRENDAMENTO MERCANTIL S/A : MANUEL MAGNO ALVES E OUTROS : ALEXANDRE ALMADA DANTAS

Leia mais

I ATOS E PORTARIAS DA DIREÇÃO DO FORO 1. Portarias

I ATOS E PORTARIAS DA DIREÇÃO DO FORO 1. Portarias PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE 1º GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DA BAHIA Boletim Interno Informativo Nº 186/2005 Salvador, 20 de outubro de 2005 (Quinta-feira). TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO Presidente:

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MÉDICA - COREME

ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MÉDICA - COREME PREZADOS CANDIDATOS INFORMES IMPORTANTES 1. Serão admitidos os candidatos classificados de acordo com o número de vagas oferecidas por PROGRAMA, os quais deverão ASSINAR o Contrato Padrão de Matrícula,

Leia mais

Jurisprudê ncias das Turmas Rêcursais do RN 2014

Jurisprudê ncias das Turmas Rêcursais do RN 2014 Jurisprudê ncias das Turmas Rêcursais do RN 2014 TV por Assinatura Sumário 1ª Turma Recursal... 1 2ª Turma Recursal... 2 3ª Turma Recursal... 7 1ª Turma Rêcursal RECURSO CÍVEL VIRTUAL Nº 0015356-20.2011.820.0001

Leia mais

U n i v e r s i d a d e d o E s t a d o d o R i o d e J a n e i r o. C e n t r o d e C i ê n c i a s S o c i a i s

U n i v e r s i d a d e d o E s t a d o d o R i o d e J a n e i r o. C e n t r o d e C i ê n c i a s S o c i a i s GRADE HORÁRIA MANHÃ/TARDE 2014/2 2º SEMESTRE 1º PERÍODO SALA 7002 F História do do Pensamento Político I História do Política I Política I I I História do Política I Política I Introdução à Introdução

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 1.249.348 - SP (2009/0224656-2) RELATOR : MINISTRO BENEDITO GONÇALVES AGRAVANTE : FUNDAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO - FDE S : RITA DE CÁSSIA ALVES COCCO SANDRA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 18ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 18ª REGIÃO PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 18ª REGIÃO SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO PAUTA DE JULGAMENTOS Nº 2/2010 DATA: 1º/03/2010 (SEGUNDA-FEIRA) INÍCIO: 14h SESSÃO ORDINÁRIA RITO ORDINÁRIO

Leia mais

GRUPOS QUE UTILIZARÃO OS ALOJAMENTOS

GRUPOS QUE UTILIZARÃO OS ALOJAMENTOS V CONGRESSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA DO VALE DO SÃO FRANCISCO - CEFIVASF Petrolina, PE Complexo Multieventos UNIVASF 30 de abril a 2 de maio de 2015 GRUPOS QUE UTILIZARÃO OS ALOJAMENTOS GRUPO ALOJAMENTO PROFESSORA

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no AgRg no RECURSO ESPECIAL Nº 919.527 - SP (2007/0014498-9) RELATOR : MINISTRO BENEDITO GONÇALVES AGRAVANTE : FAZENDA NACIONAL REPDO : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS AGRAVADO : TRANS-TERRALHEIRO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 781.703 - RS (2005/0152790-8) RELATOR RECORRENTE RECORRIDO ADVOGADO : MINISTRO ARNALDO ESTEVES LIMA : UNIÃO : MARCOS ROBERTO SILVA DE ALMEIDA E OUTROS : WALDEMAR MARQUES E OUTRO EMENTA

Leia mais

PROVIMENTO CONJUNTO Nº 13, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2014.

PROVIMENTO CONJUNTO Nº 13, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2014. PROVIMENTO CONJUNTO Nº 13, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2014. Regulamenta os procedimentos a serem adotados no âmbito da Justiça do Trabalho da 4ª Região em virtude da implantação do PJe- JT, revoga o Provimento

Leia mais

ATA DA 9768ª SESSÃO, EM 17 DE DEZEMBRO DE 2013 SESSÃO ORDINÁRIA

ATA DA 9768ª SESSÃO, EM 17 DE DEZEMBRO DE 2013 SESSÃO ORDINÁRIA ATA DA 9768ª SESSÃO, EM 17 DE DEZEMBRO DE 2013 SESSÃO ORDINÁRIA Aos dezessete dias do mês de dezembro de dois mil e treze, reuniu-se às quinze horas e quinze minutos em sessão ordinária, o Tribunal Regional

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO fls. 1 Registro: 2012.0000242632 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0009295-53.2010.8.26.0053, da Comarca de São Paulo, em que são apelantes ADÃO GUEDES DA SILVA (JUSTIÇA

Leia mais

CORREGEDORIA-GERAL PROVIMENTO Nº 001 DE 13 DE MARÇO DE 2002. CONSIDERANDO as conclusões apresentadas pelo Fórum de Juízes Distribuidores da 2ª Região;

CORREGEDORIA-GERAL PROVIMENTO Nº 001 DE 13 DE MARÇO DE 2002. CONSIDERANDO as conclusões apresentadas pelo Fórum de Juízes Distribuidores da 2ª Região; CORREGEDORIA-GERAL PROVIMENTO Nº 001 DE 13 DE MARÇO DE 2002 A Excelentíssima Doutora MARIA HELENA CISNE CID, Corregedora- Geral da Justiça Federal da 2ª Região, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO TURMA REGIONAL DE UNIFORMIZAÇÃO DE JURISPRUDÊNCIA

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO TURMA REGIONAL DE UNIFORMIZAÇÃO DE JURISPRUDÊNCIA ATA DA 1ª SESSÃO ORDINÁRIA DA TURMA REGIONAL DE UNIFORMIZAÇÃO DE JURISPRUDÊNCIA PRESIDENTE: DESEMBARGADOR FEDERAL MARCELO NAVARRO PROCURADOR REGIONAL DA REPÚBLICA: EXMA. SRA. DRA. MARIA DO SOCORRO LEITE

Leia mais

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS Técnico de Multimédia 10 H 7536 Alberto Filipe Cardoso Pinto 7566 Ana Isabel Lomar Antunes 7567 Andreia Carine Ferreira Quintela 7537 Bruno Manuel Martins Castro 7538 Bruno Miguel Ferreira Bogas 5859 Bruno

Leia mais

VISTOS, relatados e discutidos, os autos acima

VISTOS, relatados e discutidos, os autos acima ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Gen ésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO AGRAVO DE INSTRUMENTO N 001.2011.015750-81001 RELATOR : Dr. Aluízio Bezerra Filho, Juiz Convocado para

Leia mais

Advogado(s): PB011003 - Luciana Pereira Almeida Diniz (REQUERENTE)

Advogado(s): PB011003 - Luciana Pereira Almeida Diniz (REQUERENTE) Page 1 of 4 PEDIDO DE PROVIDÊNCIAS - CONSELHEIRO 0005778-92.2011.2.00.0000 Requerente: Associação dos Servidores da Secretaria do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba - Asstje/pb Requerido: Tribunal

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0071.07.034954-4/001 Númeração 0349544- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Bitencourt Marcondes Des.(a) Bitencourt Marcondes 25/03/2009 30/04/2009

Leia mais

UNIVERSIDADE POTIGUAR POLO MOSSORÓ. Curso: ADMINISTRAÇÃO Turno: CURSO A DISTÂNCIA Tipo de Bolsa: BOLSA INTEGRAL

UNIVERSIDADE POTIGUAR POLO MOSSORÓ. Curso: ADMINISTRAÇÃO Turno: CURSO A DISTÂNCIA Tipo de Bolsa: BOLSA INTEGRAL UNIVERSIDADE POTIGUAR POLO MOSSORÓ Curso: ADMINISTRAÇÃO FRANCISCO EDNEUDO LOPES BARROS JUSSIARA SONALLY JACOME CAVALCANTE MARCOS CESAR VALE DE MELO RAFAELA MACIEL COSTA ROSANGELA IVINA ARAUJO DOS SANTOS

Leia mais