Linx 11/09/2013 Equipe de Documentação Manual da FCI

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Linx 11/09/2013 Equipe de Documentação documentacao@linx.com.br. Manual da FCI"

Transcrição

1 Linx 11/09/2013 Equipe de Documentação 1

2 Linx Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste material pode ser reproduzida por qualquer forma ou meio - gráfico, eletrônico, ou mecânico, incluindo fotocópias, fotos ou sistemas de armazenamento e recuperação de dados - sem a autorização prévia da Linx. Todas precauções foram tomadas na preparação deste documento, no entanto, a Linx não assume nenhuma responsabilidade por erros ou omissões, ou problemas resultantes do uso das informações nele contidas. Em caso de alguma ocorrência, solicitamos a comunicação à área de Documentação da Linx, para esclarecimento ou correção. Impresso: setembro 2013 em São Paulo - Brasil. Linx Rua Cenno Sbrighi, Prédio II. Água Branca - CEP São Paulo - SP F: Linx 2

3 Conteúdo FCI - Ficha de Conteúdo de Importação...5 Entenda o Processo... 7 Pré-requisitos do Processo Cadastro da Ficha de Importação - Industrializador Cadastro Ficha de Importação - Produtos Detalhamento da Tela Exportação de Arquivo para Sefaz Importação do Arquivo de Retorno da SEFAZ Cadastro de Ficha de Importação - Materiais Detalhamento da Tela Exportação de Arquivo para Sefaz Importação do Arquivo de Retorno da SEFAZ Validação e Transmissão do Arquivo FCI 2. Cadastro de Ficha de Importação - Não Industrializador Cadastro de Valor de Importação - Produtos Cadastro de Valor de Importação - Materiais Menção na Nota Fiscal...42 Entenda o Processo Configuração de Parâmetros para Menção Faturamento de Produto Acabado e Materais Faturamento de Produto Acabado - Menção na NF Detalhamento da Tela Faturamento de Materiais - Menção na NF Detalhamento da Tela Impressão do DANFE Conferência do Arquivo XML

4 Top Level Intro This page is printed before a new top-level chapter starts Part FCI - Ficha de Conteúdo de Importação I 4

5 Ficha de Conteúdo de Importação Linx ERP Com o objetivo de evitar a denominada "Guerra Fiscal", onde as Unidades da Federação concedem benefícios fiscais para empresas instaladas em seus territórios sem respaldo em convênio ICMS condição essa exigida pela Constituição Federal de 1988 e pela Lei Complementar nº 24/1975, o Senado Federal editou a Resolução SF nº 13/2012 para fixar em 4% a alíquota interestadual do ICMS nas operações com bens e mercadorias importadas do exterior, a partir de 1º Em 10/06/2013 passou a vigorar as adequações para atendimento do Ajuste SINIEF 19/2012 de 07 de novembro de revogado posteriormente pelo Ajuste SINIEF 09/2013 de 08 de maio de Este ajuste entrará em vigor na data da publicação da ratificação nacional do Convênio ICMS 38/2013, de 22 de maio de O Convênio ICMS nº 88/2013 de 26/07/2013 adioua obrigatoriedade da FCI para 01/10/2013, dispensando também a exibição do % de Conteúdo de Importação na Nota. Ficha de Conteúdo de Importação (FCI) A Ficha de Conteúdo de Importação é um formulário cujas informações foram definidas pela Secretaria da Fazenda, conforme a legislação vigente. A FCI deverá ser preenchida e entregue de forma individualizada por bem ou mercadoria produzidos, utilizando-se o valor unitário que será calculado pela média aritmética ponderada, praticado no último período de apuração. O pré requisito para esta operação é o cadastro da FCI, somente para os produtos que com a Tributações Origem indicadas a seguir: Tributação Origem Descrição Condição 3 Nacional, Mercadoria ou Bem Conteúdo de Importação superior a 40% e inferior ou igual a 70%. 5 Nacional, Mercadoria ou Bem Conteúdo de Importação inferior ou igual a 40%. 8 Nacional, Mercadoria ou Bem Conteúdo de Importação superior a 70%. Nas operações com bens ou mercadorias importados que tenham sido submetidos a processo de industrialização, o contribuinte industrializador deverá preencher a Ficha de Conteúdo de Importação (FCI). Nesta ficha, deverão constar: A descrição da mercadoria ou bem resultante do processo de industrialização; O código de classificação na Nomenclatura Comum do Mercosul (NCM/SH); O código do bem ou da mercadoria; 5

6 O código GTIN (Numeração Global de Item Comercial), quando o bem ou mercadoria o possuir; A unidade de medida; O valor da parcela importada do exterior por unidade; O valor total da saída interestadual por unidade; O Conteúdo de Importação calculado. O Contribuinte que apenas comercializar (revenda) os bens e mercadorias mencionados também deverá cadastrar a FCI, conforme os procedimentos indicados no tópico Cadastro de Ficha de Importação Não Industrializador. Para mais informações, acesse o site da Secretaria da Fazenda. Pré Requisitos do Processo Verifique a sequencia dos aplicativos necessários para configuração da FCI: Aplicativo Validador/Transmissor + TED (Transmissão Eletrônica de Documentos) disponível no site da Secretaria da Fazenda; Acesso à Web (Internet); Consulta aos dados da FCI; Certificado Digital. Clique aqui para baixar a versão em PDF da documentação. 6

7 Entenda o Processo - FCI Linx ERP 7

8 Pré-requisitos para Cadastro da FCI Linx ERP Para iniciar o cadastramento das Fichas de Contéudo de Importação, será necessário: Configuração dos Parâmetros Conferência/configuração das informações na tela Filiais Conferência/configuração das informações na tela Produtos Acabados Conferência/configuração das informações na tela Materiais Somente deverão conter a FCI - Ficha de Conteudo de Importação, os Produtos que se enquadraram nas Tributação Origem: 3 - Nacional, mercadoria ou bem com Conteúdo de Importado superior a 40% (quarenta por cento) e inferior a 70%; 5 - Nacional, mercadoria ou bem com Conteúdo de Importado inferior ou igual a 40% (quarenta por cento). 8 - Nacional, mercadoria ou bem com Conteúdo de Importação superior a 70% (setenta por cento). Para as demais classificações de Tributação Origem, não será necessário o cadastramento da FCI. Configuração de Parâmetros Verifique, a seguir, o parâmetro utilizado para geração da FCI: DIRETORIO_DESTINO_ARQ_FCI: Configure o diretório onde será armazenado o arquivo FCI gerado pelo LinxERP. 8

9 Conferência/configuração das informações na tela Filiais O preenchimento das informações completas no cadastro de filiais é imprescindível para a geração da FCI. Verifique os campos que serão validados na geração do arquivo: A ausência de informações cadastrais pode resultar na rejeição da validação do arquivo FCI gerado. 9

10 Conferência/configuração das informações na tela Produtos Acabados Verifique o procedimento para configuração do tela Produtos Acabados, antes do cadastro da FCI (Ficha de Conteudo de Importação). 1. Acesse a tela Produtos Acabados. 2. Selecione um Produto Importado. 3. Na aba Complementos, verifique se o campo Tributação/Origem foi configurado corretamente. 10

11 Conferência/configuração das informações na tela Materiais Verifique o procedimento para configuração da tela Materiais, antes do cadastro da FCI (Ficha de Conteudo de Importação). 1. Acesse a tela Materiais. 2. Selecione um Material Importado. 3. Na aba Tributação, verifique se o campo Tributação/Origem foi configurado corretamente. 11

12 Cadastro da Ficha de Importação - Industrializador A jus te SINIEF 19-07/11/2012 Verifique, a seguir, o processo do cadastro da FCI para os contribuintes Industrializadores: Disponibilidade de Bens ou Mercadorias importadas que foram submetidas a processo de industrialização; Elaboração de Arquivo Digital com as informações da Ficha de Controle de Importação. No LinxERP, o preenchimento será realizado nas telas Cadastro de Ficha de Importação Produtos e Cadastro de Ficha de Importação - Materiais. Quando o contribuinte se enquadrar na condição de Não Industrializador, deverá preencher as informações necessárias conforme o detalhamento do processo indicado no tópico Cadastro da Ficha de Importação Não Industrializador Validação do Arquivo FCI gerado no Aplicativo Validador disponibilizado pela Receita Federal; Transmissão de dados para Administração Tributária; Após a transmissão, o contribuinte receberá um protocolo de Recepção. Esse protocolo deverá ser utilizado posteriormente para obtenção de números de controles para a FCI. Em posse desse protocolo o contribuinte, deverá acessar o sistema da FCI na internet para obtenção dos números de controle (FCI). 12

13 LinxERP Verifique, a seguir, as telas implementadas no LinxERP para o cadastro da ficha de conteúdo de importação: Cadastro de FCI - Produto Acabado Cadastro de FCI - Materiais É importante ressaltar que o cadastro somente deverá ser realizado pelos Produtos/Materiais com a Tributação Origem indicada. 13

14 Cadastro de Ficha de Importação - Produtos Linx ERP Edição: 03 Data de publicação: 11/09/2013 O cadastramento de ficha será permitido somente para os produtos classificados de maneira correta na tela de Produtos Acabados do Linx ERP, ou seja, só serão habilitados para seleção os produtos que possuírem as seguintes Tributações Origem: Tributação Origem Descrição Condição 3 Nacional, Mercadoria ou Bem Conteúdo de Importação superior a 40% e inferior ou igual a 70%. 5 Nacional, Mercadoria ou Bem Conteúdo de Importação inferior ou igual a 40%. 8 Nacional, Mercadoria ou Bem Conteúdo de Importação superior a 70%. A Ficha de Conteúdo de Importação (FCI) deverá ser cadastrada para as Operações de Saída Interestadual e para as Mercadorias ou Bens Importados que tenham sido submetidos a processo de industrialização. Para o cadastro do Valor de Importação (para os produtos de revenda), a tela Cadastro de Valor de Importação - Produtos deverá ser utilizada. Quando o Produto possuir GTIN, deverá ser cadastrada uma FC I para cada variação de C or e Tamanho. Senão, somente uma FC I será gerada para o produto. 14

15 Procedimentos Para inclusão de uma FCI para um novo produto SEM GTIN 1. Acesse a tela Cadastro de Ficha de Importação. 2. Clique em Inclui (F5). 3. Selecione a Filial. 4. Selecione o Produto (clique com o botão direito do m ouse para visualizar os produtos). Se preferir, informe a Referência do Produto. 5. O sistema exibirá uma linha para cadastro dos valores. Não será possível salvar um cadastro da FC I com um código sem informar o Valor Parcela e/ou Valor Saída. O Validador da FC I não permite a validação/envio de uma FC I sem estas informações. 6. Verifique as instruções de preenchimento contidas no tópico Detalhamento de Tela. 7. Clique em Salva (F4). Para inclusão de uma FCI para novo produto COM GTIN 1. Acesse a tela Cadastro de Ficha de Importação. 2. Clique em Inclui (F5). 3. Selecione a Filial. 4. Selecione o Produto (clique com o botão direito do m ouse para visualizar os produtos). Se preferir, informe a Referência do Produto. 5. O sistema exibirá todos os códigos cadastrados na tela Produtos Acabados - página Cód. Barras. Caso não deseje cadastrar FCI para todas as variações de Código (Cor e Tamanho), selecione a linha de registro relacionada ao Tamanho e Cor desejados e clique no botão Excluir na barra lateral. 15

16 Para inclusão de uma nova FCI para um produto GTIN já cadastrado Para os produtos COM GTIN, o sistema criará uma linha para cada variação de Cor/Tamanho. Cada linha receberá um código FCI diferenciado. Entretanto, não é necessário cadastrar todas as variações simultaneamente. O sistema permite a inclusão de novos códigos para variações não cadastradas anteriormente, bem como o cadastro de novas FCIs em substituição às anteriores. Ao selecionar um produto que já contenha FCI cadastrada: 1. Acesse a tela Cadastro de Ficha de Importação. 2. Clique em Inclui (F5). 3. Selecione a Filial. 4. Selecione o Produto (clique com o botão direito do m ouse para visualizar os produtos). Se preferir, informe a Referência do Produto. Opção Descrição Será exibida uma nova mensagem: Sim Opção Sim: Selecione esta opção para cadastrar uma nova FCI para todas as variações de tamanho e cor do produto. Opção Não: O sistema interrompe a inclusão. 16

17 Opção Descrição O sistema exibirá os códigos já cadastrados. Selecione esta opção para incluir/alterar para variações específicas. Não Clique em Inserir na barra lateral. Clique com o botão direito do mouse na coluna Código Barra. Selecione o Produto (Cor/Tamanho) para o qual será cadastrada a nova FCI. 5. Os procedimentos de Exportação de Arquivo, bem como Importação do arquivo de retorno deverão ser repetidos. 17

18 Detalhamento da Tela Cadas tr o de Fic ha de Impor taç ão - Pr odutos A tela Cadastro de Ficha de Importação - Produtos é dividida em 3 abas: Aba Produtos Aba Contribuinte Aba Exportação - Excel Aba Produtos Nome do Campo Valor Parcela Descrição Valor correspondente a parcela importada do exterior aquele da importação que corresponde ao valor da base de cálculo do ICMS incidente na operação de importação. A necessidade de reenvio conforme os percentuais de alteração de conteúdo de importação deverá ser verificada na legislação vigente. Valor Saída % Importação O valor total da saída interestadual deverá ser informado com base no preço estimado de venda, excluindo-se os valores do ICMS e do IPI. Verifique a legislação vigente. Percentual correspondente ao quociente entre o valor da parcela importada do exterior e o valor total da operação de saída interestadual da mercadoria ou bem submetido a processo de industrialização. O sistema validará as informações de Tribut. Origem por Cor, conforme cadastrado na tela Produtos Acabados, página Cores do Produto (quando houver variação por cor) ou na página Complementos. 18

19 O sistema exibirá uma mensagem de alerta para relembrar o usuário, o % Importação que deverá ser cadastrado, para que o produto atenda às informações de Tributação Origem. Código FCI Código atualizado automaticamente após importação do protocolo de retorno da SEFAZ. Validação Ficha Código de gerado após validação do arquivo, atualizado automaticamente após importação os dados. Aba Contribuinte Na aba Contribuinte serão apresentados os dados relacionados ao cadastro da filial que está associada o Produto. A FCI deve ser cadastrada por CNPJ, cada empresa deverá cadastrar sua ficha individualmente, ainda que o produto e item sejam iguais. Nome do Campo CNPJ / Inscrição Estadual/ Nome / Razão Social / Número do Contribuinte / Endereço / CEP Descrição Informe os dados cadastrais da Filial. Exportar Arquivo FCI Ao acionar esta opção, o sistema exportará os dados da Ficha Cadastral de Importação. O arquivo exportado deverá ser enviado para SEFAZ. Importar Arquivo FCI Ao acionar esta opção, o sistema importará o protocolo de retorno das fichas enviadas para a validação da SEFAZ. Aba Exportação - Excel Esta funcionalidade permite que o usuário cadastre as informações da FCI em uma planilha de Excel e 19

20 importe para o sistema. A planilha deverá ser preenchida na seguinte ordem: Código do Produto Código de Barras Valor Parcela Valor Saída % Importação Código FCI Validação Ficha O sistema permite dois tipos de importação: Cadastro completo da FCI, já com o Código FCI e a Validação Ficha; Cadastro parcial da FCI, somente do código do produto, GTIN (quando houver), valores parcela/ saída e % de Importação. Neste caso, o usuário deverá exportar o arquivo manualmente, e após validação da SEFAZ, importar o retorno para o sistema. A importação do arquivo em formato de Excel acata o padrão Americano, ou seja, utilize o "." (ponto) para separação das casas decimais. 20

21 Exportação de Arquivo FCI Cadas tr o de Fic ha de Impor taç ão - Pr odutos Após realizar o preenchimento das informações conforme descrito no tópico Detalhamento da Tela, realize a exportação dos arquivos. Os arquivos exportados deverão ser enviados para a SEFAZ, por meio do Validador FCI. 1. Na aba Contribuinte, acione o botão Exportar Arquivos. 2. O arquivo será salvo no diretório C:\Temp\FCI. Verifique na imagem abaixo o tipo do arquivo gerado. Após a exportação do arquivo, serão necessárias a Validação e Envio do Arquivo para a SEFAZ. Para mais informações, consulte o Manual Completo da FCI. 21

22 Importação do Arquivo de Retorno da SEFAZ Cadas tr o de Fic ha de Impor taç ão - Pr odutos Verifique as instruções para importação do arquivo de retorno da SEFAZ: 1. Acesse a Aba Contribuinte da tela Cadastro de Ficha de Importação - Produtos. 2. Acione o botão Importar Arquivos. 3. Após importar o arquivo a tela Cadastro de Ficha de Importação - Produtos, serão atualizadas as seguintes colunas: Código FCI Validação Ficha 22

23 Após selecionar o arquivo será exibida a mensagem: 23

24 Cadastro de Ficha de Importação - Materiais A jus te SINIEF 19-07/11/2012 Edição: 02 Data de publicação: 11/09/2013 O cadastramento de ficha será permitido somente para os materiais classificados de maneira correta na tela de Materiais do Linx ERP, ou seja, só serão habilitados para seleção os produtos que possuírem as seguintes Tributações Origem: Tributação Origem Descrição Condição 3 Nacional, Mercadoria ou Bem Conteúdo de Importação superior a 40% e inferior ou igual a 70%. 5 Nacional, Mercadoria ou Bem Conteúdo de Importação inferior ou igual a 40%. 8 Nacional, Mercadoria ou Bem Conteúdo de Importação superior a 70%. A Ficha de Conteúdo de Importação (FCI) deverá ser cadastrada para as Operações de Saída Interestadual e para as Mercadorias ou Bens Importados que tenham sido submetidos a processo de industrialização. Para o cadastro do Valor de Importação (para os materiais de revenda), a tela Cadastro de Valor de Importação - Materiais deverá ser utilizada. 24

25 Procedimentos para Inclusão Para Inclusão de uma FCI 1. Acesse a tela Cadastro de Ficha de Importação - Materiais. 2. Clique em Inclui (F5). 3. Selecione a Filial. 4. Selecione o Material (clique com o botão direito do m ouse para visualizar os produtos). Se preferir, informe a Referência do Material. 5. O sistema exibirá todos os códigos cadastrados na tela Materiais. Não será possível salvar um cadastro da FC I com um código sem informar o Valor Parcela e/ou Valor Saída. O Validador da FC I não permite a validação/envio de uma FC I sem estas informações. 6. Verifique as instruções de preenchimento contidas no tópico Detalhamento de Tela. 7. Clique em Salva (F4). 25

26 Para inclusão de uma nova FCI para um material Para os produtos COM GTIN, o sistema criará uma linha para cada variação de Cor/Tamanho. Cada linha receberá um código FCI diferenciado. Entretanto, não é necessário cadastrar todas as variações simultaneamente. O sistema permite a inclusão de novos códigos para variações não cadastradas anteriormente, bem como o cadastro de novas FCIs em substituição às anteriores. Ao selecionar um produto que já contenha FCI cadastrada: 1. Acesse a tela Cadastro de Ficha de Importação - Materiais. 2. Clique em Inclui (F5). 1. Selecione a Filial. 2. Selecione o Material (clique com o botão direito do m ouse para visualizar os produtos). Se preferir, informe a Referência do Material. Opção Descrição Será exibida uma nova mensagem: Sim Opção Sim: Selecione esta opção para cadastrar uma nova FCI para o Material. O sistema exibirá os códigos já cadastrados. Duplicará a linha para informação dos novos valores de Valor Parcela e Valor Produto e 26

27 Opção Descrição inativará a FCI criada anteriormente. Opção Não: O sistema interrompe a inclusão. Não O sistema interrompe a inclusão. 5. Os procedimentos de Exportação de Arquivo, bem como Importação do arquivo de retorno deverão ser repetidos. 27

28 Detalhamento da Tela A jus te SINIEF 19-07/11/2012 A tela Cadastro de Ficha de Importação - Materiais é divida em 2 abas: Aba Materiais Aba Contribuinte Aba Exportação - Excel Aba Materiais Nome do Campo Valor Parcela Descrição Valor correspondente a parcela importada do exterior aquele da importação que corresponde ao valor da base de cálculo do ICMS incidente na operação de importação. A necessidade de reenvio conforme os percentuais de alteração de conteúdo de importação deverá ser verificada na legislação vigente. Valor Saída O valor total da saída interestadual deverá ser informado com base no preço estimado de venda, excluindo-se os valores do ICMS e do IPI. Verifique a legislação vigente. % Importação Percentual correspondente ao quociente entre o valor da parcela importada do exterior e o valor total da operação de saída interestadual da mercadoria ou bem submetido a processo de industrialização Código FCI Código atualizado automaticamente após importação do protocolo de retorno da SEFAZ. Validação Ficha Código de gerado após validação do arquivo, atualizado automaticamente após importação os dados. 28

29 Aba Contribuinte Na aba Contribuinte serão apresentados os dados relacionados ao cadastro da filial que está associada o Material. A FCI deve ser cadastrada por CNPJ, cada empresa deverá cadastrar sua ficha individualmente, ainda que o produto e item sejam iguais. Nome do Campo Descrição CNPJ / Inscrição Estadual/ Nome / Razão Social Informe os dados cadastrais da Filial. Número do Contribuinte Informe o número do contribuinte da Filial. Endereço / Cep Informe o Endereço e CEP da Filial. Exportar Arquivo FCI Ao acionar esta opção, o sistema exportará os dados da Ficha Cadastral de Importação. O arquivo exportado deverá ser enviado para SEFAZ. Importar Arquivo FCI Ao acionar esta opção, o sistema importará o protocolo de retorno das fichas enviadas para a validação da SEFAZ. Aba Exportação - Excel Esta funcionalidade permite que o usuário cadastre as informações da FCI em uma planilha de Excel e importe para o sistema. A planilha deverá ser preenchida na seguinte ordem: Código do Material Valor Parcela Valor Saída % Importação Código FCI Validação Ficha O sistema permite dois tipos de importação: Cadastro completo da FCI, já com o Código FCI e a Validação Ficha; Cadastro parcial da FCI, somente com valores parcela/saída e % de Importação. Neste caso, o usuário deverá exportar o arquivo manualmente, e após validação da SEFAZ, importar o retorno para o sistema. A importação do arquivo em formato de Excel acata o padrão Americano, ou seja, utilize o "." (ponto) para separação das casas decimais. 29

30 Exportação de Arquivo FCI A jus te SINIEF 19-07/11/2012 Após realizar o preenchimento das informações conforme descrito no tópico Detalhamento da Tela, realize a exportação dos arquivos. Os arquivos exportados deverão ser enviados para a SEFAZ, por meio do Validador FCI. 1. Na aba Contribuinte, acione o botão Exportar Arquivos. 2. O arquivo será salvo no diretório C:\FCI. Este diretório será criado automaticamente. Verifique na imagem abaixo o tipo do arquivo gerado. Após a exportação do arquivo, serão necessárias a Validação e Envio do Arquivo para a SEFAZ. Para mais informações, consulte o Manual Completo da FCI. 30

31 Importação do Protocolo de Retorno da SEFAZ A jus te SINIEF 19-07/11/2012 Verifique as instruções para importação do arquivo de retorno da SEFAZ: 1. Acesse a Aba Contribuinte da tela Cadastro de Ficha de Importação - Materiais. 2. Acione o botão Importar Arquivos. 3. Após importar o arquivo a tela Cadastro de Ficha de Importação - Materiais serão atualizadas as seguintes colunas: Código FCI Validação Ficha 31

32 Após selecionar o arquivo será exibida a mensagem: 32

33 Validação e Transmissão do Arquivo FCI A jus te SINIEF 19-07/11/2012 Após executar o Instalador do Validador da FCI, será necessária a validação dos arquivos gerados por meio das telas Cadastro de Ficha de Importação - Produtos e Cadastro de Ficha de Importação - Materiais. Verifique, a seguir, as instruções para validação/envio do arquivo FCI para a SEFAZ: 1. Clique em Iniciar/Programas. 2. Selecione o Validador FCI. 3. No Validador, clique no botão Abrir. 4. Selecione o arquivo txt gerado por meio das telas Cadastro de Ficha de Importação Produtos e Cadastro de Ficha de Importação - Materiais. 5. Acione o botão Validar. 6. Selecione o Certificado Digital e clique em Ok. Aguarde o processamento das Informações 33

34 9. Após processamento será exibido o Resumo da Validação. Confirme as informações e clique no botão Gerar. 10. Clique no botão Encerrar. Após a validação do Arquivo FCI, a empresa deverá realizar o envio do arquivo. O arquivo validado será carregado automaticamente na tela do TED. 11. Acione o botão Enviar. 34

35 12. Após transmissão do arquivo validado, será exibida uma mensagem informando que o comprovante de transmissão foi gravado. Este comprovante fornecerá as informações necessárias para o download do Protocolo de Retorno da Sefaz. Durante a transmissão dos dados, será possível visualizar o diretório em que o Comprovante de Transmissão foi gravado. 35

36 Cadastro da Ficha de Importação - Não Industrializador Linx ERP Verifique, a seguir, o processo do cadastro da FCI para empresas não industrializadoras: Aquisição de Bens ou Mercadorias importadas que foram submetidas a processo industrialização para revenda; de Cadastro Manual dos Valores de Importação no LinxERP. O preenchimento será realizado nas telas Cadastro de Valor de Importação - Produtos e Cadastro de Valor de Importação - Materiais, conforme informações contidas no XML ou DANFE da Nota Fiscal de Entrada da compra realizada. LinxERP Verifique, a seguir, as telas implementadas no LinxERP para o cadastro da ficha de conteúdo de importação: Cadastro do Valor de Importação - Produtos Cadastro do Valor de Importação - Materiais É importante ressaltar que o cadastro somente deverá ser realizado pelos Produtos/Materiais com a Tributação Origem indicada. 36

37 Cadastro de Valor de Importação - Produtos Linx ERP Edição: 01 Data de publicação: 11/09/2013 A tela Cadastro do Valor de Importação - Produtos será utilizada quando a empresa não executar nenhum tipo de industrialização ou beneficiamento no produto ou material - ou seja, apenas por empresas que os comercializam. Baseada nas informações recebidas do Fornecedor por meio de DANFE ou XML, a empresa comercial deverá cadastrar na tela as informações referentes a FCI. Para mais informações, acesse o site da Secretaria da Fazenda. Módulos que exibem a tela A tela Cadastro de Valor de Importação - Produtos é apresentada no seguinte módulo: Produtos Acabados Telas relacionadas O cadastro de valor de importação é utilizado nas seguintes telas: Faturamento de Produto Acabado 37

38 Procedimentos Para incluir um cadastro: 1. Acesse a tela Cadastro de Valor de Importação - Produtos. 2. Clique no botão Inclui (F5). 3. Selecione o Produto para o qual a FCI será cadastrada. Apenas serão exibidos os produtos cadastrados na tela Produtos Acabados, com a Tributação Origem indicada para cadastramento da FCI. 4. Na coluna FCI, informe o número da FCI repassada pelo Fornecedor. Este campo é de digitação manual. A coluna Produto exibirá todos os códigos de barra do produto, conforme parametrização de variação por Tamanho e Cor. Caso não deseje cadastrar FCI para todas as variações de Código, selecione a linha de registro e clique no botão Deleta Item (F10) na barra de ferramentas. Não será possível salvar um cadastro da FCI com um código sem o número do Protocolo FCI. 5. Clique em Salva (F4). Ao incluir a FCI para um produto que já contenha FCI cadastrada anteriormente, o sistema preencherá o campo Data de Inativação com a data do cadastramento da nova FCI e manterá as informações cadastradas previamente para consulta. 38

39 Cadastro de Valor de Importação - Materiais Linx ERP Edição: 01 Data de publicação: 11/09/2013 A tela Cadastro de Valor de Importação - Materiais será utilizada quando a empresa não executar nenhum tipo de industrialização ou beneficiamento no produto ou material - ou seja, apenas por empresas que os comercializam. Baseada nas informações recebidas do Fornecedor por meio de DANFE ou XML, a empresa comercial deverá cadastrar na tela as informações referentes a FC I. Para mais informações, acesse o site da Secretaria da Fazenda. Módulos que exibem a tela A tela Cadastro de Valor de Importação - Materiais é apresentada no seguinte módulo: Materiais Telas relacionadas O cadastro de valor de importação é utilizado nas seguintes telas: Faturamento de Materiais 39

40 Procedimentos Para incluir um cadastro: 1. Acesse a tela Cadastro de Valor de Importação - Materiais. 2. C lique no botão Inclui (F5). 3. Selecione o Material para o qual a FCI será cadastrada. Apenas serão exibidos os materiais cadastrados na tela Materiais, com a Tributação Origem indicada para cadastramento da FCI. 4. Na coluna FCI, informe o número da FCI repassada pelo Fornecedor. Este campo é de digitação manual. Caso não deseje cadastrar FCI para todas as variações de Código, selecione a linha de registro e clique no botão Deleta Item (F10) na barra de ferramentas. Não será possível salvar um cadastro da FCI com um código sem o número do Protocolo FCI. 5. Clique em Salva (F4). Ao incluir a FCI para um material que já contenha FCI cadastrada anteriormente, o sistema preencherá o campo Data de Inativação com a data do cadastramento da nova FCI e manterá as informações cadastradas previamente para consulta. 40

41 Top Level Intro This page is printed before a new top-level chapter starts Part Menção na Nota Fiscal II 41

42 Menção na Nota Fiscal Linx ERP Após o cadastramento das fichas de conteúdo de importação, será possível habilitar a exibição da menção das informações nas notas fiscais. As informações exibidas na Menção podem ser extraídas das seguintes telas: Cadastro Ficha de Importação - Produtos (para Contribuinte Industrializador) Cadastro Ficha de Importação - Materiais (para Contribuinte Industrializador) Cadastro de Valor de Importação - Produtos (para Contribuinte Não Industrializador) Cadastro de Valor de Importação - Materiais (para Contribuinte Não Industrializador) Cadastro de CI por UF Utilizado na Menção (para Contribuinte Industrializador e Não Industrializador) 42

43 Entenda o Processo Linx ERP Verifique, a seguir, o processo da Menção na Nota Fiscal: 43

44 Configuração de Parâmetros para Menção Linx ERP Verifique, a seguir, os parâmetros utilizados para geração da FCI. Parâmetro Descrição PERMITE_GERAR_MENCA O_FCI Ao habilitar este parâmetro, o sistema permitirá a impressão da menção nas notas fiscais. Para que a menção seja emitida também nos aplicativos de Lojas é imprescindível que a opção Envia para Loja esteja selecionada. A partir da Sincronização das Informações via Datasync, o LinxPOS estará preparado para emissão de notas fiscais com menção da FCI. 44

45 Faturamento de Produto Acabado e Materiais Linx ERP A impressão das informações da FCI no faturamento de Produto Acabado e Materiais, obedecerá a seguinte regra: 1. Ao selecionar um produto/material para faturamento, primeiramente serão verificadas as tabelas de Industrializador: Cadastro Ficha de Importação - Produtos (Para Industrializador) Cadastro Ficha de Importação Materiais (Para Não Industrializador) Se Existir: o sistema verificará se existe uma regra específica para o Estado ( Cadastro de CI por UF Utilizado na Menção). Se Não Existir: O sistema verificará o item 2. 45

46 2. Quando a informação não for encontrada nas tabelas de Industrializador, serão verificadas as tabelas de Não Industrializador: Cadastro de Valor de Importação - Produtos (para Contribuinte Não Industrializador) Cadastro de Valor de Importação - Materiais (para Contribuinte Não Industrializador) Se Existir: o sistema verificará se existe uma regra específica para o Estado ( Cadastro de CI por UF Utilizado na Menção). Verifique os procedimentos para faturamento com as informações da menção: Menção Faturamento de Produto Acabado Faturamento de Materiais 46

47 Faturamento de Produto Acabado (Menção na NF) Linx ERP Edição: 01 Data de publicação: 11/09/2013 Verifique na tela de Faturamento, onde as informações relacionadas à menção na nota fiscal serão exibidas. Procedimentos para inclusão de Nota Fiscal 1. Acesse a tela Faturamento de Produto Acabado. 2. Preencha os principais campos: Natureza de Operação, Filial, Cliente e Série. 3. Na página Itens Físicos, informe os dados do produto e os valores de acordo com a Tabela de Preço. 4. Clique em Salva (F5). O tipo de agrupamento utilizado para Entrada de Nota Fiscal deve ser o mesmo utilizado no Faturamento (Nota Fiscal de Saída). 47

48 Detalhamento da Tela Fatur amento de Pr oduto A c abado Verifique, a seguir, as principais informações da tela de Faturamento de Produtos Acabado: Aba Cabeçalho Aba Itens Fiscais Aba Itens Físicos Aba Impostos Aba Cabeçalho Nome do Campo Descrição Cond Pgto Este campo indica a condição para os pagamentos das faturas. Transportadora Transportadora cadastrada para entregas. Tipo Frete Tipo de Frete a ser contratado. Tipo de Tipo de Agrupamento para Emissão /Impressão 48

49 Agrupamento NF. Rateio de Filial e Centro de Custo Informações parametrizadas na contabilidade. Os produtos que possuem Código de Barras com GTIN e valores diferenciados por cor e tamanho, quando faturados, o tipo de agrupamento utilizado na nota, também deve ser produto + cor+ tamanho para que a diferenciação entre os valores sejam mantidas. Aba Itens Físicos Nome do Campo Descrição Produto Referência do Produto Acabado que está sendo faturado. Cor/ Variante Cor do Produto Acabado faturado. Preço Desconto Preço pode ser sugerido pela tabela de preços vinculada ao Produto ou informado manualmente. Desconto do Item, caso necessário. 49

50 Tamanho Grade do Produto Acabado faturado. Informe a quantidade por tamanho. Aba Itens Fiscais Na página Itens Fiscais serão apresentadas as informações fiscais de acordo com a parametrização prévia no Linx ERP. Verifique, no exemplo a seguir, as informações do campo Observação do Item contendo os dados da Menção na Nota. Verifique na imagem acima que o valor referente Nota Fiscal de Entrada de importação também é exibido na coluna Observação Item. Caso o item fiscal for incluso manualmente, será permitida a "digitação" das informações relacionadas a importação. 50

51 Aba Impostos Nome da Coluna Item Sub Item Descrição Este campo apresenta um número sequencial, conforme a inclusão de outros itens. É sugerido automaticamente pelo sistema. Este campo permite o agrupamento de código dos itens e tamanhos. Código/ Descrição Estes campos exibem as informações dos itens a serem faturados. Id Imposto/ Imposto Estes campos exibem as informações referentes aos impostos que incidem sobre o produto. 51

52 Faturamento de Materiais (Menção na NF) Linx ERP Edição: 01 Data de publicação: 11/09/2013 Verifique na tela de Faturamento, onde as informações relacionadas à menção na nota fiscal serão exibidas. Procedimentos para Inclusão de Nota Fiscal 1. Acesse a tela Faturamento de Materiais. 2. Preencha os principais campos: Natureza de Operação, Filial, Cliente e Série. 3. Na página Itens Físicos, acione o botão Selecionar Saídas. 4. Em seguida, selecione o Romaneio de Saída de Estoque. Somente após cadastrar uma saída de estoque na tela Saída de Materiais do Estoque. 5. Clique em Salva (F5). 52

53 Detalhamento da Tela Fatur amento de Mater iais Verifique, a seguir, as principais informações da tela de Faturamento de Materiais: Aba Cabeçalho Aba Itens Fiscais Aba Itens Físicos Aba Impostos Aba Cabeçalho Verifique a seguir os principais campos a serem preenchidos: Nome do Campo Cond. Pgto. Transportadora Tipo Frete Tipo de Agrupamento Descrição Este campo indica a condição para os pagamentos das faturas. Transportadora cadastrada para entregas. Tipo de Frete a ser contratado. Tipo de Agrupamento para Emissão /Impressão 53

54 NF. Rateio de Filial e Centro de Custo Informações parametrizadas na contabilidade. Aba Itens Físicos Nome do Campo Pedido Req/Saida Descrição Este campo informa o número do pedido selecionado. Número da requisição de saída de estoque. Filial Filial de onde foi baixado o estoque. Material / Descrição / Cor Informações do material selecionado. Aba Itens Fiscais Na página Itens Fiscais serão apresentadas as informações fiscais de acordo com a parametrização prévia no Linx ERP. 54

55 Verifique, no exemplo a seguir, as informações do campo Observação do Item contendo os dados da Menção na Nota. Os produtos que possuem Código de Barras com GTIN e valores diferenciados por cor e tamanho, quando faturados, o tipo de agrupamento utilizado na nota, também deve ser produto + cor+ tamanho para que a diferenciação entre os valores sejam mantidas. Aba Impostos Nesta pagina serão exibidos os impostos tributados na Nota. 55

56 Nome da Coluna Descrição Item Este campo apresenta um número seqüencial, conforme a inclusão de outros itens. É sugerido automaticamente pelo sistema. Sub Item Este campo permite o agrupamento de código dos itens. Código/ Descrição Estes campos exibem as informações dos itens a serem faturados. Id Imposto/ Imposto Estes campos exibem as informações referentes aos impostos que incidem sobre o material. 56

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Notas Fiscais Sumário 1 CONCEITO... 3 2 REQUISITOS... 3 3 CONFIGURAÇÕES... 3 3.1 Permissões... 3 3.2 Configurar NF-e... 4 3.2.1 Aba Geral... 5 3.2.2 Opções... 6 3.3 Processador

Leia mais

LinxERP - Cartilha da Moda. 2014 Linx Sistemas Equipe de Documentação documentacao@linx.com.br. LinxERP - Cartilha da Moda 1

LinxERP - Cartilha da Moda. 2014 Linx Sistemas Equipe de Documentação documentacao@linx.com.br. LinxERP - Cartilha da Moda 1 LinxERP - Cartilha da Moda 2014 Linx Sistemas Equipe de Documentação documentacao@linx.com.br 1 2014 Linx Sistemas Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste material pode ser reproduzida por qualquer

Leia mais

ROTEIRO WEB AULA CONTROLLER NF-E

ROTEIRO WEB AULA CONTROLLER NF-E ROTEIRO WEB AULA CONTROLLER NF-E Nas páginas seguintes, você terá uma visão geral dos recursos disponíveis e das funções que o Controller Gold possui, facilitando o seu processo de venda e compra. Criando

Leia mais

Ressarcimento de ICMS-ST

Ressarcimento de ICMS-ST Ressarcimento de ICMS-ST Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br Sumário Introdução... 3 Planilha de Ressarcimento... 4 Relacionar Nota Fiscal de Entrada...

Leia mais

Departamento de Treinamentos BIG SISTEMAS. Certificação em Entradas Configurações Gerais Entrada Manual Entrada NFe Conferência

Departamento de Treinamentos BIG SISTEMAS. Certificação em Entradas Configurações Gerais Entrada Manual Entrada NFe Conferência Departamento de Treinamentos BIG SISTEMAS Certificação em Entradas Configurações Gerais Entrada Manual Entrada NFe Conferência Sumário Índice de Figuras... 3 Histórico de Revisões... 4 Introdução... 5

Leia mais

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Página 1 de 9 Este é um dos principais módulos do SIGLA Digital. Utilizado para dar entrada de produtos no estoque, essa ferramenta segue a seguinte

Leia mais

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA Manual do Usuário SisCommercePDV NFC-e Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA MANUAL DO USUÁRIO SisCommercePDV Emissor de Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e) *Manual em desenvolvimento

Leia mais

Módulo 14. CgaInformatica. NFe. NFe para o Sistema Retwin

Módulo 14. CgaInformatica. NFe. NFe para o Sistema Retwin Módulo 14 CgaInformatica NFe NFe para o Sistema Retwin 2 Sumário O que é... 3 Benefícios... 3 Requisitos para Instalação e Implantação... 3 Obrigação Backup... 4 Configuração Geral do Sistema... 5 Cadastro

Leia mais

Emissão: 16/09/2010 Revisão: 23/04/2015 Revisado por: Juliana PEDIDO DE VENDAS SHP. PPV0102 v. 3.2.7.39 Help Desk

Emissão: 16/09/2010 Revisão: 23/04/2015 Revisado por: Juliana PEDIDO DE VENDAS SHP. PPV0102 v. 3.2.7.39 Help Desk Emissão: 16/09/2010 Revisão: 23/04/2015 Revisado por: Juliana PEDIDO DE VENDAS SHP PPV0102 v. 3.2.7.39 Help Desk 1 Conteúdo Introdução:... 3 CAMINHO:... 4 Inclusão e inicio do PEDIDO DE VENDAS... 5 DETALHES

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA

NOTA FISCAL ELETRÔNICA NOTA FISCAL ELETRÔNICA Í n d i c e Julho, 2010 Introdução... 2 1. Acerto dos cadastros de Clientes e de Produtos... 4 1.1. Cadastros Básicos - Cadastro de Clientes... 4 1.2. Cadastros Básicos Cadastro

Leia mais

Manual De Sped Fiscal E Sped Pis / Cofins

Manual De Sped Fiscal E Sped Pis / Cofins Manual De Sped Fiscal E Sped Pis / Cofins 29/05/2012 1 O Sped fiscal e Pis/Confins é uma arquivo gerado através do sistema da SD Informática, onde este arquivo contem todos os dados de entrada e saída

Leia mais

MANUAL DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA Venda, Troca, Transferência e Uso e consumo.

MANUAL DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA Venda, Troca, Transferência e Uso e consumo. MANUAL DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA Venda, Troca, Transferência e Uso e consumo. MANUAL DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA. TRANSFERÊNCIAS LOJAS BH e SP Toda transferência entre lojas e escritório deve ser preenchida

Leia mais

ICMS/SP - Bens e mercadorias importados do exterior - Aplicação da alíquota de 4% - Procedimentos

ICMS/SP - Bens e mercadorias importados do exterior - Aplicação da alíquota de 4% - Procedimentos ICMS/SP - Bens e mercadorias importados do exterior - Aplicação da alíquota de 4% - Procedimentos Portaria CAT nº 64, de 28.06.2013 - DOE SP de 29.06.2013 Dispõe sobre os procedimentos que devem ser observados

Leia mais

Emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica

Emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica Emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica Introdução A emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica traz ao cliente TTransp a possibilidade de documentar eletronicamente as operações de serviço prestadas

Leia mais

Resolução do Senado 13/2012. Análise da Aplicação da norma e do cumprimento das obrigações acessórias

Resolução do Senado 13/2012. Análise da Aplicação da norma e do cumprimento das obrigações acessórias Resolução do Senado 13/2012 Análise da Aplicação da norma e do cumprimento das obrigações acessórias 1 Tributação do Consumo: A tributação do consumo no Brasil: Repartição de competências: Art. 155. Compete

Leia mais

Cadastros. Cadastro do Emitente

Cadastros. Cadastro do Emitente Página1 Cadastros O sistema dispõe de algumas vantagens interessantes e importantes no processo de emissão da NF-e, como é o caso dos cadastros. A principal funcionalidade é auxiliar o usuário no preenchimento

Leia mais

ROTEIRO SOBRE NOTAS DE IMPORTAÇÃO CONTROLLER

ROTEIRO SOBRE NOTAS DE IMPORTAÇÃO CONTROLLER Inicialmente, o mais importante O objetivo deste material é apresentar como deve-se proceder em todas as fases, o cadastramento de uma Nota de Importação no Controller. Este material abordará os tópicos

Leia mais

O QUE VOCÊ PRECISA SABER NA EMISSÃO DA PRIMEIRA. NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-e UTILIZANDO O SISTEMA GRATUÍTO DA SEFAZ-SP

O QUE VOCÊ PRECISA SABER NA EMISSÃO DA PRIMEIRA. NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-e UTILIZANDO O SISTEMA GRATUÍTO DA SEFAZ-SP O QUE VOCÊ PRECISA SABER NA EMISSÃO DA PRIMEIRA NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-e UTILIZANDO O SISTEMA GRATUÍTO DA SEFAZ-SP 1. Certificado Digital - Antes de mais nada você precisa possuir um certificado digital

Leia mais

Gestão inteligente de documentos eletrônicos

Gestão inteligente de documentos eletrônicos Gestão inteligente de documentos eletrônicos MANUAL DE UTILIZAÇÃO VISÃO DE EMPRESAS VISÃO EMPRESAS - USUÁRIOS (OVERVIEW) No ELDOC, o perfil de EMPRESA refere-se aos usuários com papel operacional. São

Leia mais

1. Reordenação da aba Fiscal 1. 2. Consulta simplificada de itens vendidos por NCM, CFOP e Alíquotas 2. 3. Parametrização de NCM 4

1. Reordenação da aba Fiscal 1. 2. Consulta simplificada de itens vendidos por NCM, CFOP e Alíquotas 2. 3. Parametrização de NCM 4 CADASTROS FISCAIS 1. Reordenação da aba Fiscal 1 2. Consulta simplificada de itens vendidos por NCM, CFOP e Alíquotas 2 3. Parametrização de NCM 4 4. Faturamento de pedidos entregues no endereço do revendedor

Leia mais

jfisc al Versão 3.0 - Fevereiro/2015

jfisc al Versão 3.0 - Fevereiro/2015 jfiscal Versão 3.0 - Fevereiro/2015 Índice 1 INTRODUÇÃO E VISÃO GERAL... 1 2 INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO INICIAL DO JFISCAL... 2 2.1 Download... 3 2.2 Instalação do jfiscal... 3 3 ADQUIRIR UMA LICENÇA DO

Leia mais

EMISSÃO E GESTÃO NFE ITR TR 0406

EMISSÃO E GESTÃO NFE ITR TR 0406 EMISSÃO E GESTÃO NFE ITR TR 0406 Sumário 1. O que é NFe? 2. Acesso ao sistema 3. Cadastros 3.1 Cadastro de Cliente 3.2 Cadastro de Produto 3.3 Cadastro de Transportadora 4. Emissão de NFe 4.1 Emitir Nova

Leia mais

Guia de Primeiros Passos - MOVIMENTAÇÕES

Guia de Primeiros Passos - MOVIMENTAÇÕES Guia de Primeiros Passos - MOVIMENTAÇÕES Este documento tem o objetivo principal de iniciar você de forma rápida e simples no sistema.aprog., configurando as funcionalidades a sua realidade. A série Primeiros

Leia mais

Importação de Notas pelo Código de Barras DANFE... 12

Importação de Notas pelo Código de Barras DANFE... 12 IMPORTAÇÃO DE NF-E (ENTRADA) SUMÁRIO Importação de Notas pelo Arquivo XML... 2 Parametrização dos Produtos... 4 Parametrização de Código de Situação Tributária (CST)... 5 CST de ICMS... 5 CST de IPI...

Leia mais

Manual de Instruções. Programa para Baixar Arquivos XML XML CONQUER

Manual de Instruções. Programa para Baixar Arquivos XML XML CONQUER 1 Manual de Instruções Programa para Baixar Arquivos XML XML CONQUER Sumário Apresentação:... 2 Exigência para funcionalidade do software:... 3 Instalação:... 4 Utilização... 5 Menu NFE/CTE XML... 7 XML

Leia mais

Fundamentos da NF-e Exercícios Práticos. Luiz Campos

Fundamentos da NF-e Exercícios Práticos. Luiz Campos Fundamentos da NF-e Exercícios Práticos Luiz Campos 1 Livro de Apuração do IPI - CFOP CFOP DESCRIÇÃO 1.000 ENTRADAS OU AQUISIÇÕES DE SERVIÇOS DO ESTADO 1.100 COMPRAS PARA INDUSTRIALIZAÇÃO, PRODUÇÃO RURAL,

Leia mais

Tutorial. O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica

Tutorial. O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica Tutorial O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica Este tutorial explica como configurar o Trade Solution e realizar as principais atividades relacionadas à emissão e ao gerenciamento das Notas Fiscais Eletrônicas

Leia mais

O arquivo SPED é complexo, contém diversas amarrações e muita informação. Algumas medidas diminuem o impacto de dificuldade na validação do arquivo:

O arquivo SPED é complexo, contém diversas amarrações e muita informação. Algumas medidas diminuem o impacto de dificuldade na validação do arquivo: O arquivo SPED é complexo, contém diversas amarrações e muita informação. Algumas medidas diminuem o impacto de dificuldade na validação do arquivo: Não gere toda a movimentação de uma vez. O ideal e aconselhável

Leia mais

GERENCIAMENTO DE NF-e (VEND0079)

GERENCIAMENTO DE NF-e (VEND0079) GERENCIAMENTO DE NF-e (VEND0079) 1. IDENTIFICAÇÃO DAS INFORMAÇÕES NA TELA.... 2 2. FUNCIONALIDADES.... 3 2.1 EMISSÕES DE NOTAS... 3 2.2 DESTINATÁRIO DE NF-E... 4 2.3 ENVIAR NOTA POR E-MAIL... 7 2.4 VISUALIZAÇÃO...

Leia mais

MANUAL DA NOTA FISCAL AVULSA ELETRÔNICA NFE-e

MANUAL DA NOTA FISCAL AVULSA ELETRÔNICA NFE-e MANUAL DA NOTA FISCAL AVULSA ELETRÔNICA NFE-e Através da pagina da Secretaria da Fazenda do Estado do Piauí (www.sefaz.pi.gov.br) o usuário poderá emitir a Nota Fiscal Avulsa Eletrônica - NFA-e. O acesso

Leia mais

Tutorial Geração de Orçamento, Pedido e Envio

Tutorial Geração de Orçamento, Pedido e Envio 2010 Tutorial Geração de Orçamento, Pedido e Envio Leandro Ribeiro da Silva Jonathan Joahnn Becker Bma Sistemas 03/08/2010 Sumário Sumário...2 1) Digitar Orçamento...3 2) Digitar Pedido de Venda...10 3)

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

TUTORIAL UTILIZAÇÃO DE FUNCIONALIDADES AUDITOR FISCAL

TUTORIAL UTILIZAÇÃO DE FUNCIONALIDADES AUDITOR FISCAL TUTORIAL UTILIZAÇÃO DE FUNCIONALIDADES AUDITOR FISCAL VERSÃO DO SISTEMA 3.0/2015 VERSÃO DO DOCUMENTO 1.0 Índice 1. OBJETIVO GERAL... 2 2. ACESSO AO SISTEMA AUDITOR FISCAL... 3 3. SISTEMA AUDITOR FISCAL

Leia mais

!!!!!!!!!! NF-e. Manual do Usuário

!!!!!!!!!! NF-e. Manual do Usuário NF-e Manual do Usuário ÍNDICE CADASTROS NECESSÁRIOS PARA EMISSÃO DE NFE... 3 CADASTRO DE PRODUTOS... 3 CFOP... 5 PERFIL TRIBUTÁRIO... 7 CADASTRO DE CLIENTES... 9 CADASTRO DE FORNECEDOR... 10 CADASTRO DE

Leia mais

Boletim Técnico. Produto : Microsiga Protheus Livros Fiscais Versão 11 Data da publicação : 02/05/13. País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos

Boletim Técnico. Produto : Microsiga Protheus Livros Fiscais Versão 11 Data da publicação : 02/05/13. País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos RECOPI Reconhecimento e Controle do Produto : Microsiga Protheus Livros Fiscais Versão 11 Data da publicação : 02/05/13 País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos Chamado : THDHX0 Esta melhoria depende

Leia mais

Índice APRESENTAÇÃO... 1 CONFIGURAÇÕES DO SAGE ONE... 2 CADASTROS... 8 PRINCIPAL... 15 NOTAS FISCAIS... 16 2.1. Primeiros Passos...

Índice APRESENTAÇÃO... 1 CONFIGURAÇÕES DO SAGE ONE... 2 CADASTROS... 8 PRINCIPAL... 15 NOTAS FISCAIS... 16 2.1. Primeiros Passos... Índice 1. 2. 2.1. 2.2. 2.3. 2.4. 2.5. 2.6. 3. 3.1. 3.2. 3.3. 3.4. 3.5. 3.6. 3.7. 3.8. 4. 5. 5.1. 5.2. 5.3. APRESENTAÇÃO... 1 CONFIGURAÇÕES DO SAGE ONE... 2 Primeiros Passos... 2 Minha Empresa... 3 Certificado

Leia mais

OASyS Informática Manual da Nota Fiscal Eletrônica 2.0.7

OASyS Informática Manual da Nota Fiscal Eletrônica 2.0.7 OASyS Informática Manual da Nota Fiscal Eletrônica 2.0.7 Manual desenvolvido pela OASyS Informática, baseado na versão 2.0 da Nota Fiscal Eletrônica do SEFAZ. 1 Manual da Nota Fiscal Eletrônica 2.0 Título

Leia mais

Nota Fiscal Paulista. Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Nota Fiscal Paulista. Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Nota Fiscal Paulista Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) Versão 1.1 15/02/2008 Página 1 de 17 Índice Analítico 1. Considerações Iniciais 3 2. Instalação do

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA

NOTA FISCAL ELETRÔNICA NOTA FISCAL ELETRÔNICA Instalação do certificado digital Para cada empresa certificadora existe um manual de instalação. Antes de emitir o certificado no cliente, leia atentamente as instruções do manual.

Leia mais

ROTEIRO NOTA FISCAL ELETRONICA A partir de Agosto/2012

ROTEIRO NOTA FISCAL ELETRONICA A partir de Agosto/2012 ROTEIRO NOTA FISCAL ELETRONICA A partir de Agosto/2012 1. INSTALAÇÃO DO GESTOR Confira abaixo as instruções de como instalar o sistema Gestor. Caso já tenha realizado esta instalação avance ao passo seguinte:

Leia mais

Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O

Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O Procedimentos de Configuração no CalcExpress....2 Procedimentos de Configuração no Emissor de Nota Fiscal Eletrônica...3 Gerando Arquivo

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA KIRON NF-e Kiron Sistema Nota Fiscal Eletrônica

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA KIRON NF-e Kiron Sistema Nota Fiscal Eletrônica MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA KIRON NF-e 2 Índice CADASTROS... 4 Cliente Fornecedor - Transportadora... 4 Unidade de Medida... 5 Produto... 7 NCM... 8 Artigos da Nota Fiscal... 10 Natureza de Operação - CFOP...

Leia mais

Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O

Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O Instalação da Aplicação Java...2 Instalação do Emissor...5 Instalação do Framework...7 Instalação das DLL s URL, SCHEMAS, CADEIA DE CERTIFICADO

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Sumário 1 CONCEITO... 4 2 REQUISITOS... 4 3 CONFIGURAÇÕES... 4 3.1 Permissões de Acesso... 4 3.2 Plano de Contas... 5 3.2.1 Parcelado... 6 3.2.2 Parcelamento Notas a Prazo...

Leia mais

Processos de Compras. Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar

Processos de Compras. Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Processos de Compras Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar 1 Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br Sumário Controle de Compras... 4 Parametrização... 4 Funcionamento... 4 Processo de Controle...

Leia mais

TUTORIAL/MANUAL CONFIGURAR E GERAR NOTAS FISCAIS. Document Version: 1.0 Release Date: 19/02/2013

TUTORIAL/MANUAL CONFIGURAR E GERAR NOTAS FISCAIS. Document Version: 1.0 Release Date: 19/02/2013 1 P a g e TUTORIAL/MANUAL CONFIGURAR E GERAR NOTAS FISCAIS Document Version: 1.0 Release Date: 19/02/2013 Author(s) Via Express Informática LTDA. Carlos Belgine Analista de Suporte 2 P a g e OBJETIVO O

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Aplicação da Resolução do Senado para NF-e de devolução

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Aplicação da Resolução do Senado para NF-e de devolução Aplicação 07/10/2013 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Analise da Legislação... 3 2.1. Nota Técnica 2013/06... 4 3. Processos Impactados... 5 4. Detalhamento dos Processos... 6 5. Conclusão...

Leia mais

Megasale NFe. 2013 Aob Software Informatica ltda

Megasale NFe. 2013 Aob Software Informatica ltda 2 Tabela de Conteúdo Nota Fiscal Eletrônica 3 1 Tela de... Acesso 4 Digitalizando o Pedido 4 1 Preenchendo... o Item 6 2 Recebimento... A Vista 7 3 Recebimento... A Prazo 7 Gerando Proposta Comercial Emissão

Leia mais

MANUAL NOTA FISCAL ELETRÔNICA ESCRITÓRIO CONTÁBIL CAIRES

MANUAL NOTA FISCAL ELETRÔNICA ESCRITÓRIO CONTÁBIL CAIRES MANUAL NOTA FISCAL ELETRÔNICA ESCRITÓRIO CONTÁBIL CAIRES Por: Douglas Adolpho Maicon F. Campos COMO BAIXAR EMISSOR DE NF-e (novo!). Acesse o site da Secretária do Governo do Estado de São Paulo (www.fazenda.sp.gov.br/nfe),

Leia mais

Geração do Sintegra VisualControl

Geração do Sintegra VisualControl HelpAndManual_unregistered_evaluation_copy Geração do VisualControl I Geração do - VisualControl Tabela de Conteúdo Parte I 1 1 Registro 10... 3 2 Registro 11... 4 3 Registro 50... 4 4 Registro 54... 7

Leia mais

A seguir falaremos sobre os campos que deverão ser preenchidos no Shop Control 8.

A seguir falaremos sobre os campos que deverão ser preenchidos no Shop Control 8. Nota Fiscal Eletrônica Este módulo permite a integração do Shop Control 8 com o site da Secretaria da Fazenda dos Estados e Receita Federal para emitir a Nota Fiscal Eletrônica (NFe) : Este módulo é exclusivo

Leia mais

Emissor de Nota Fiscal Eletrônica. Novembro de 2007. Equipe Nota Fiscal Eletrônica Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo

Emissor de Nota Fiscal Eletrônica. Novembro de 2007. Equipe Nota Fiscal Eletrônica Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Emissor de Nota Fiscal Eletrônica Novembro de 2007 Equipe Nota Fiscal Eletrônica Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Índice I - Instalação do Software Emissor NF-e... 3 II Software Emissor NF-e

Leia mais

SUMÁRIO. 1 Cadastro Empresa / Estabelecimento ----------------------------------- Pág. 05

SUMÁRIO. 1 Cadastro Empresa / Estabelecimento ----------------------------------- Pág. 05 1 Apresentação O presente manual tem o objetivo de apresentar o sistema Fortes Compras e Estoque, instruindo o usuário sobre as funcionalidades do sistema, seus benefícios e especificidades. Nele pode

Leia mais

1. Instalação e Registro

1. Instalação e Registro 1. Instalação e Registro 1.1. Instalando o Controle de Transportadoras Para instalar o Controle de Transportadoras, acesse o site da Bsoft (www.bsoft.com.br), entre na seção de Downloads e baixe o instalador

Leia mais

Visão geral sobre o Módulo NF-e (Versão 2.0)

Visão geral sobre o Módulo NF-e (Versão 2.0) Manual Manual Visão geral sobre o (Versão 2.0) O módulo Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) do Microvix ERP permite gerar documentos fiscais eletrônicos, modelos 1 e 1A (através do modelo 55 - Nota Fiscal Eletrônica,

Leia mais

NOVA REGRA (alterações em vermelho) CONVÊNIO ICMS 38, DE 22 DE MAIO DE 2013 REVOGADO

NOVA REGRA (alterações em vermelho) CONVÊNIO ICMS 38, DE 22 DE MAIO DE 2013 REVOGADO REVOGADO AJUSTE SINIEF 19, DE 7 DE NOVEMBRO DE 2012 Publicado no DOU de 09.11.12, pelo Despacho 223/12. Prorrogado, para 01.05.13, o início da obrigatoriedade de preenchimento e entrega da FCI, pelo Ajuste

Leia mais

Gestor Empresarial - Financeiro. Release Versão 1.076

Gestor Empresarial - Financeiro. Release Versão 1.076 Gestor Empresarial - Financeiro Release Versão 1.076 Maio/2013 Produto : AeroSoft Gestor Empresarial - Financeiro Versão : v1.076 Data Liberação : 21/04/2013 A seguir são apresentadas as novas funções

Leia mais

Manual para Emissão e Utilização do Aplicativo SEFAZ de NF-e

Manual para Emissão e Utilização do Aplicativo SEFAZ de NF-e Manual para Emissão e Utilização do Aplicativo SEFAZ de NF-e INTRODUÇÃO: Este documento visa explicar, de forma detalhada e simplificada, a utilização do sistema de emissão de documentos fiscais (modelo

Leia mais

Capítulo 1. Acesso ao programa e parametrização do Certificado Digital. Abrir o Programa NF-e Prosoft Gerenciador na Área de Trabalho:

Capítulo 1. Acesso ao programa e parametrização do Certificado Digital. Abrir o Programa NF-e Prosoft Gerenciador na Área de Trabalho: Capítulo 1 Acesso ao programa e parametrização do Certificado Digital Abrir o Programa NF-e Prosoft Gerenciador na Área de Trabalho: Cadastrar Certificado digital 1 - Cadastro > Empresas 2 - Na tela Cadastro

Leia mais

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual Aplicativo da Manifestação do Destinatário Manual Novembro de 2012 1 Sumário 1 Aplicativo de Manifestação do Destinatário...4 2 Iniciando o aplicativo...4 3 Menus...5 3.1 Manifestação Destinatário...5

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÃO SISTEMA EMISSOR DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA. NF-e

MANUAL DE INSTRUÇÃO SISTEMA EMISSOR DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA. NF-e MANUAL DE INSTRUÇÃO SISTEMA EMISSOR DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-e SELECIONE A EMPRESA EMISSORA DA NFE CLIQUE EM INICIAR TELA DE AVISOS FAÇA A LEITURA DOS AVISOS E CLIQUE EM FECHAR EMISSÃO DA NOTA FISCAL

Leia mais

Em que casos não se aplica a alíquota de 4% nas operações interestaduais com bens e mercadorias importadas ou com conteúdo de importação?

Em que casos não se aplica a alíquota de 4% nas operações interestaduais com bens e mercadorias importadas ou com conteúdo de importação? PERGUNTAS Em que casos se aplica a alíquota de 4%? Em que casos não se aplica a alíquota de 4% nas operações interestaduais com bens e mercadorias importadas ou com conteúdo de importação? RESPOSTAS A

Leia mais

ICMS -RESOLUÇÃO SENADO FEDERAL Nº 13/2012

ICMS -RESOLUÇÃO SENADO FEDERAL Nº 13/2012 ICMS -RESOLUÇÃO SENADO FEDERAL Nº 13/2012 DRT-05 RESOLUÇÃO DO SENADO 13/2012 ABRANGÊNCIA Será de 4% a alíquota do ICMS nas operações interestaduais com bens e mercadorias importados do exterior que, após

Leia mais

VII - quatro por cento, nas operações interestaduais com bens e mercadorias importados do exterior, observado o disposto no art. 71-B.

VII - quatro por cento, nas operações interestaduais com bens e mercadorias importados do exterior, observado o disposto no art. 71-B. efeitos a partir de 1 Art. 71. As alíquotas do imposto são: VII - quatro por cento, nas operações interestaduais com bens e mercadorias importados do exterior, observado o disposto no art. 71-B. 2.º Nas

Leia mais

TUTORIAL CADASTRO PROPRIO NO SYSPDV

TUTORIAL CADASTRO PROPRIO NO SYSPDV TUTORIAL CADASTRO PROPRIO NO SYSPDV 1 Tutorial Cadastro Próprio no Syspdv EQUIPE DE CAPACITAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO Documentação Operacional Edição: 002 (06/02/2014) Grupo Casa Magalhães Fortaleza, CE 60811-110

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS Nota Fiscal Avulsa Eletrônica MEI NFAe-MEI SUMÁRIO (versão 1.7 - atualizada em 24/04/2015)

PERGUNTAS E RESPOSTAS Nota Fiscal Avulsa Eletrônica MEI NFAe-MEI SUMÁRIO (versão 1.7 - atualizada em 24/04/2015) PERGUNTAS E RESPOSTAS Nota Fiscal Avulsa Eletrônica MEI NFAe-MEI SUMÁRIO (versão 1.7 - atualizada em 24/04/2015) 1 Conceito e Noções Gerais da NFAe-MEI 1.1 - O que é a Nota Fiscal Avulsa eletrônica MEI

Leia mais

Aplicação da alíquota de 4% de ICMS nas operações. Dulcinéia L. D. Santos

Aplicação da alíquota de 4% de ICMS nas operações. Dulcinéia L. D. Santos Aplicação da alíquota de 4% de ICMS nas operações interestaduais t i Dulcinéia L. D. Santos TRIBUTAÇÃO DO ICMS NAS OPERAÇÕES INTERESTADUAIS ICMS nas operações interestaduais Alíquota do ICMS nas operações

Leia mais

Manual para Transportadoras

Manual para Transportadoras Índice 1 Objetivo... 3 2 O Projeto e-suprir... 3 3 Introdução... 3 4 Informações Básicas... 4 4.1 Painel de Controle Compras... 4 5 Acessando o Pedido... 5 6 Digitando o Espelho de Nota Fiscal... 7 6.1

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS Nota Fiscal Avulsa Eletrônica MEI NFAe-MEI SUMÁRIO (versão 1.4 - atualizada em 12/06/2013)

PERGUNTAS E RESPOSTAS Nota Fiscal Avulsa Eletrônica MEI NFAe-MEI SUMÁRIO (versão 1.4 - atualizada em 12/06/2013) PERGUNTAS E RESPOSTAS Nota Fiscal Avulsa Eletrônica MEI NFAe-MEI SUMÁRIO (versão 1.4 - atualizada em 12/06/2013) 1 Conceito e Noções Gerais da NFAe-MEI 1.1 - O que é a Nota Fiscal Avulsa eletrônica MEI

Leia mais

E FCI l Sistema de Gerenciamento de FCI

E FCI l Sistema de Gerenciamento de FCI E FCI l Sistema de Gerenciamento de FCI E FCI l Resolução nº 13 Em 26 de abril de 2012, foi publicada a Resolução nº 13 do Senado Federal, que reduz para 4%, a partir de 01/01/2013, a alíquota do ICMS

Leia mais

Lei do Imposto. Dezembro

Lei do Imposto. Dezembro Lei do Imposto Dezembro 2014 Guia para adaptação do sistema Wingas à Lei do Imposto 2.741/2012. Compatível com as versões 1.8.5 e posteriores. Atualizado em: 16/12/2014. 1 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 2 1.1 OBJETIVOS

Leia mais

MANUAL DE EMISSÃO DO CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO CT-e

MANUAL DE EMISSÃO DO CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO CT-e MANUAL DE EMISSÃO DO CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO CT-e INICIANDO O SISTEMA Ao iniciar o sistema, selecione a empresa e clique no botão iniciar. CADASTRO DE CLIENTES O sistema utiliza um cadastro

Leia mais

Personalize o sistema de acordo com as necessidades de sua empresa entre em contato conosco.

Personalize o sistema de acordo com as necessidades de sua empresa entre em contato conosco. Sistema integrado para emissão de nota fiscal eletronica NF-e Personalize o sistema de acordo com as necessidades de sua empresa entre em contato conosco. OmegaBYTE Informática Fones (51) 37375070 (51)

Leia mais

Personalize o sistema de acordo com as necessidades de sua empresa entre em contato conosco.

Personalize o sistema de acordo com as necessidades de sua empresa entre em contato conosco. Sistema integrado para emissão de nota fiscal eletronica NF-e Personalize o sistema de acordo com as necessidades de sua empresa entre em contato conosco. OmegaBYTE Informática Fones (11) 4458-0022 (11)

Leia mais

MANUAL DE IMPLEMENTAÇÃO DO MÓDULO NOTA FISCAL ELETRONICA

MANUAL DE IMPLEMENTAÇÃO DO MÓDULO NOTA FISCAL ELETRONICA MANUAL DE IMPLEMENTAÇÃO DO MÓDULO NOTA FISCAL ELETRONICA MARKANTY INFORMÁTICA Sistemas para Automação Comercial Gestão Empresarial e Fábrica de Software (Específicos) Princípios de nossos Profissionais:

Leia mais

e-nota R Sistema de Emissão de Documentos Fiscais Eletrônicos

e-nota R Sistema de Emissão de Documentos Fiscais Eletrônicos Página1 e-nota R Sistema de Emissão de Documentos Fiscais Eletrônicos Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. O que é o e-nota R?... 03 2. Configurações e Requisitos...

Leia mais

Manual de Instrução Emissor de Nota Fiscal Eletrônica OSEDE

Manual de Instrução Emissor de Nota Fiscal Eletrônica OSEDE Manual de Instrução Emissor de Nota Fiscal Eletrônica OSEDE Fernandópolis SP Emissão de NFe Na aba NF-e clique no botão Gerar XML. Na tela de geração do XML, terá 2 tipos de emissão: Normal e Rápida, onde

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Estorno Crédito ICMS por Saída Interna Isenta ICMS em MG

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Estorno Crédito ICMS por Saída Interna Isenta ICMS em MG 06/11/2013 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas Pelo Cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão... 8 5. Informações Complementares... 8 6. Referências...

Leia mais

Manual do Módulo. MerchNotas

Manual do Módulo. MerchNotas Manual do Módulo MerchNotas Bento Gonçalves (RS), Agosto de 2010 Índice 1. Introdução... 4 2. Menu Entrada de Notas... 5 2.1. Entrada de Notas (F11)... 5 2.2. Entrada de Notas NFe (F12)... 8 2.3. Apuração

Leia mais

Manual de Integração

Manual de Integração Manual de Integração Versão 3.10 Conteúdo 1 Obtendo e Instalando o Emissor... 4 1.1 Obtendo o instalador... 4 1.2 Instalando o JAVA e o Framework.NET 2.0... 4 1.3 Instalando o Emissor... 5 2 Padrões de

Leia mais

: Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais - MDF-e

: Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais - MDF-e Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais - MDF-e Produto : RM NUCLEUS - 11.52.61 Processo Subprocesso : Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais - MDF-e : Integração com o TSS / TopConnect / CT-e Data

Leia mais

EFD PIS/COFINS. O que é a EFD PIS/COFINS?...2. A EFD PIS/COFINS no Cordilheira Escrita Fiscal...2. 1. Procedimentos Iniciais...2

EFD PIS/COFINS. O que é a EFD PIS/COFINS?...2. A EFD PIS/COFINS no Cordilheira Escrita Fiscal...2. 1. Procedimentos Iniciais...2 EFD PIS/COFINS SUMÁRIO O que é a EFD PIS/COFINS?...2 A EFD PIS/COFINS no Cordilheira Escrita Fiscal...2 1. Procedimentos Iniciais...2 a) Classificando as Empresas... 3 b) Conferindo os Cadastros que Influenciam

Leia mais

Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica

Manual do Sistema Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Editorial Brazil Informatica Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica I Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Conteúdo Part I Introdução

Leia mais

e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico

e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico Página1 e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. O que é MDF-e?... 03 2. Safeweb e-nota MDF-e... 04 3. Acesso e-nota

Leia mais

e-nota R Sistema de Emissão de Documentos Fiscais eletrônicos

e-nota R Sistema de Emissão de Documentos Fiscais eletrônicos Página1 e-nota R Sistema de Emissão de Documentos Fiscais eletrônicos Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. O que é o e-nota R?... 03 2. Configurações e Requisitos...

Leia mais

Tesche & Vasconcelos - Ciaf. Emissão primeira NF-e pelo Ciaf-800

Tesche & Vasconcelos - Ciaf. Emissão primeira NF-e pelo Ciaf-800 Emissão primeira NF-e pelo Ciaf-800 Para emissão da primeira Nota Fiscal eletrônica pelo Ciaf-800 a mesma deve ser obrigatoriamente uma nota de teste. Para que possa efetuar esta emissão faça o seguinte

Leia mais

Tel. (0xx11) 3038-1150 Fax (0xx11) 3038-1166

Tel. (0xx11) 3038-1150 Fax (0xx11) 3038-1166 Sistema Nota Já Este manual tem por objetivo apresentar o sistema NotaJá a fim de auxiliar o usuário com todos os processos de cadastro, lançamentos de notas, cancelamentos, inutilizações, notas complementares

Leia mais

OPERAÇÃO NF-E MASTERSAF DF-E

OPERAÇÃO NF-E MASTERSAF DF-E MASTERSAF DF-E ÍNDICE Fluxo NF-e SEFAZ... 1 Fluxo do NF-e Mastersaf... 1 Emissão de NF-e...2 Ícones do Produto...5 Atualização do Licenciamento...5 Painéis de Consulta...6 Ordenação dos Grids... 6 Visualizar

Leia mais

Manual Prático. Dayvison Alves dos Reis www.pgemp.com.br 25/09/2014

Manual Prático. Dayvison Alves dos Reis www.pgemp.com.br 25/09/2014 2014 Manual Prático Dayvison Alves dos Reis www.pgemp.com.br 25/09/2014 Sumário Sobre o PGAD e-credrural... 2 Baixando e instalando o PGAD e-credrural... 3 Acessando o PGAD e-credrural... 3 Entendendo

Leia mais

CONHECENDO O BANCO DE DADOS DPCOMP COMO PROCEDER PARA FAZER BACKUP S

CONHECENDO O BANCO DE DADOS DPCOMP COMO PROCEDER PARA FAZER BACKUP S CONHECENDO O BANCO DE DADOS DPCOMP Atualmente, a DpComp, visando ampliar a capacidade corporativa de seus clientes, acompanha a evolução tecnológica e trabalha hoje com o banco de dados MySQL, um dos bancos

Leia mais

Guia do Usuário PRONAVTECH GUIA DO USUÁRIO ARMAZENADOR

Guia do Usuário PRONAVTECH GUIA DO USUÁRIO ARMAZENADOR GUIA DO USUÁRIO ARMAZENADOR 1 Índice INTRODUÇÃO... 3 ACESSANDO O PRONAVTECH... 4 Primeiro Acesso... 5 Demais Acessos... 6 Esqueci Minha Senha... 7 Esqueci o usuário principal... 7 ÁREA DE TRABALHO DO PRONAVTECH...

Leia mais

É importante observar, que para o sistema calcular automaticamente a Substituição Tributária, você deve marcar a opção Lucro Real ou Presumido.

É importante observar, que para o sistema calcular automaticamente a Substituição Tributária, você deve marcar a opção Lucro Real ou Presumido. Dificuldade : (X) Fácil ( ) Médio ( ) Avançado - Página 1 de 6 O Sistema DataClarus tem os recursos necessários para criar uma nota interestadual, como por exemplo cadastro de Icms para os Estados, cadastro

Leia mais

: 26/11/2014 Data da revisão : 10/12/14. Banco(s) de Dados

: 26/11/2014 Data da revisão : 10/12/14. Banco(s) de Dados Geração do Arquivo Digital da GIA-MS Produto : Totvs 12 Chamado : TQY767 Data da criação : 26/11/2014 Data da revisão : 10/12/14 País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Progress/Oracle/SQL Importante Desenvolvimento

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica Avulsa NF-e Avulsa

Nota Fiscal Eletrônica Avulsa NF-e Avulsa Nota Fiscal Eletrônica Avulsa NF-e Avulsa 1 Manual para emissão de Nota Fiscal Eletrônica Avulsa NF-e Avulsa Microempreendedor Individual 2014. INTRODUÇÃO A Nota Fiscal Eletrônica Avulsa (NF-e Avulsa)

Leia mais

Geraldo Scheibler. Equipe da NF-e no RS nfe@sefaz.rs.gov.br

Geraldo Scheibler. Equipe da NF-e no RS nfe@sefaz.rs.gov.br Geraldo Scheibler Equipe da NF-e no RS nfe@sefaz.rs.gov.br Escrituração Contábil Digital Escrituração Fiscal Digital Nota Fiscal Eletrônica Sistema Público de Escrituração Digital - SPED SPED Subprojetos

Leia mais

Sumário de Informações do Documento

Sumário de Informações do Documento Sumário de Informações do Documento Tipo do Documento: Manual do Usuário Título do Documento: TOTAL ERP Módulo Comercial Responsáveis: Michel P. Ferreira, Patrick S. Winnikes e Willian Machado. Palavras-Chaves:

Leia mais

Manual de Registro de Saída. Procedimentos e Especificações Técnicas

Manual de Registro de Saída. Procedimentos e Especificações Técnicas Manual de Registro de Saída Procedimentos e Especificações Técnicas Versão 1.0 Dezembro 2010 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO GERAL... 3 2 INTRODUÇÃO AO MÓDULO REGISTRO DE SAÍDA - SIARE... 3 2.1 SEGURANÇA... 4 2.2

Leia mais

Manual do Usuário. Sistema de Digitação de Notas Fiscais de Saídas Interestaduais

Manual do Usuário. Sistema de Digitação de Notas Fiscais de Saídas Interestaduais Secretaria de Estado de Fazenda de Mato Grosso Superintendência do Sistema de Administração Tributária Manual do Usuário Sistema de Digitação de Notas Fiscais de Saídas Interestaduais 1 ÍNDICE INTRODUÇÃO

Leia mais

manual Sistema de Gestão de Contribuições

manual Sistema de Gestão de Contribuições manual Sistema de Gestão de Contribuições Conteúdo 1. Login 4 2. Home 5 3. Informações básicas 3.1. Menus 6 3.2. Números e status 7 3.3. Ações 8 4. Ambientes da ferramenta 4.1. Sindicato 13 4.2. Empresas

Leia mais

Governo do Estado do Pará Secretaria de Estado da Fazenda

Governo do Estado do Pará Secretaria de Estado da Fazenda Manual do Usuário Sistema Notapará Programa Nota Fiscal Cidadã Objetivo: Estabelecer orientações aos usuários do sistema Notapará, tais como: usabilidade, funcionalidade e navegabilidade. Manual do Usuário

Leia mais