MANUAL DO ALUNO DA GRADUAÇÃO INFORMAÇÕES GERAIS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL DO ALUNO DA GRADUAÇÃO INFORMAÇÕES GERAIS"

Transcrição

1 MANUAL DO ALUNO DA GRADUAÇÃO INFORMAÇÕES GERAIS 2014

2 SUMÁRIO MENSAGEM DA REITORIA... 3 MENSAGEM DA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO... 5 CONSELHO DE CURADORES... 6 SUPERINTENDÊNCIA EXECUTIVA... 6 CENTRO UNIVERSITÁRIO FECAP... 6 REITORIA... 6 PRÓ-REITORIAS... 6 COORDENAÇÃO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO... 7 UNIDADES MANTIDAS PELA FECAP... 7 INFORMAÇÕES IMPORTANTES ) IDENTIFICAÇÃO ESTUDANTIL ) FREQUÊNCIA MÍNIMA OBRIGATÓRIA ) HORÁRIO DE AULA ) ABONO DE FALTAS / COMPENSAÇÃO DE FALTAS ) ATIVIDADES COMPLEMENTARES ) ESTÁGIO SUPERVISIONADO ) CENTRO DE OPORTUNIDADES E TALENTOS (COT) ) REGIME ACADÊMICO E CRITÉRIOS DE APROVAÇÃO ) TRANCAMENTO DA MATRÍCULA ) TRANCAMENTO DO CURSO PARA CURSAR APENAS DEPENDÊNCIAS E/OU ADAPTAÇÕES ) CANCELAMENTO DA MATRÍCULA ) ABANDONO DOS ESTUDOS ) TRANCAMENTO DE DEPENDÊNCIAS E ANTECIPAÇÃO DE DISCIPLINAS ) APROVEITAMENTO DE ESTUDOS EQUIVALENTES (DISPENSA DE DISCIPLINAS) ) REMANEJAMENTO DE DISCIPLINA / SOLICITAÇÃO DE TROCA DE SALA ) SEMESTRE LETIVO ) MENSALIDADES ) BOLSAS DE ESTUDO ) FINANCIAMENTOS ) CONSIDERAÇÕES FINAIS AVALIAÇÃO DO APROVEITAMENTO ESCOLAR REGIME SEMESTRAL ) PROVAS OFICIAIS (PO) ) NOTAS INTERMEDIÁRIAS (NI 1 e NI 2) ) EXAMES FINAIS (EF) GUIA DE SERVIÇOS PARA A INTERNET GUIA RÁPIDO SECRETARIA ON-LINE REGULAMENTO PARA USO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA E DA SALA DE PESQUISA BIBLIOTECA PAULO ERNESTO TOLLE DICAS DE SEGURANÇA PRIMEIROS SOCORROS - RECOMENDAÇÕES PLÁGIO ACADÊMICO: ORIENTAÇÕES PARA PREVENÇÃO CÓDIGO DE ÉTICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO FECAP CALENDÁRIO 2014 GRADUAÇÃO

3 MENSAGEM DA REITORIA Prezados Estudantes, Focarei minha mensagem nos benefícios financeiros gerados pelo estudo. Acredito que a Educação é capaz de transformar as pessoas, tendo consequências positivas mais amplas que as de natureza financeira. Mas, talvez pela minha formação e atuação profissional 1, penso também que as evidências empíricas dos impactos financeiros da Educação costumam ajudar a nos convencermos da importância do estudo. Gustavo Ioschpe 2 apresenta uma série de estudos realizados por eminentes Economistas, alguns ganhadores do Prêmio Nobel, que indicam que o processo educacional fornece competências que aumentam a produtividade e, como conseqüência, os salários. O gráfico abaixo mostra os diferenciais de salários (mensais) no Brasil associados à Educação, confirmando a ideia de que mais anos de estudo levam a um aumento de renda. R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ 500 R$ Anos de Estudo Particularmente interessante é o substancial aumento de renda associado ao ensino superior. Vejam o aumento de renda após o término da graduação (15 anos de estudo) e com a pós-graduação (mais que 15 anos de estudo). Fonte: Apresentação do Prof. Dr. Naércio Aquino Menezes Filho sobre as Tendências que Afetarão o Negócio Escola (VI Congresso Brasileiro de Gestão Educacional, São Paulo, Março/08). Os dados apresentados no gráfico acima se referem à média da população. É natural esperarmos variações em torno da média. A dissertação de Andréa Zaitune Curi 3, orientada pelo Prof. Dr. Naércio Aquino Menezes Filho, indica que aqueles que apresentam desempenho escolar superior tendem a ter salários superiores. De acordo com o estudo, a qualidade da educação é mais importante na explicação dos diferenciais de renda do que a quantidade de educação (medida pelo número de anos de estudo). 1 Formado em Administração pela FECAP, Mestre e Doutorando em Finanças pela USP. Leciona Finanças aqui na FECAP. 2 IOSCHPE, Gustavo. A ignorância custa um mundo. São Paulo: Francis, CURI, Andréa Zaitune. A relação entre o desempenho escolar e os salários no Brasil. Dissertação (Mestrado em Economia). Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo, São Paulo, Disponível em: <http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12138/tde />. 3

4 Na FECAP, vocês têm acesso a vários programas e recursos que lhes ajudarão a construir a sua formação: professores com excelente formação e relevante experiência profissional, nivelamento em Matemática e Português, monitoria, programas de reforço da aprendizagem, consultoria para gestão de carreira e para empreendedorismo, apoio psicopedagógico, cursos de extensão, atividades culturais, biblioteca atualizada, bases de dados, laboratórios, convênio com o Instituto Educacional BM&FBovespa, convênios com a Cultura Inglesa, com o Cervantes e com a Aliança Francesa para o ensino de Inglês, Espanhol e Francês, respectivamente, em condições diferenciadas e convênio com a Impacta Tecnologia para treinamentos na área de tecnologia da informação com descontos relevantes etc. Esperamos que aproveitem. Prof. Edison Simoni, Reitor. 4

5 MENSAGEM DA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO Prezados(as) Alunos(as), Escrevemos em complementação à mensagem de nosso Reitor, Professor Edison Simoni. O Professor Edison falou sobre os benefícios financeiros gerados pelo estudo e sobre a transformação que a Educação é capaz de provocar nas pessoas e em suas vidas. Complementando o que foi dito por ele, gostaríamos de chamar a atenção para a importância de se estudar em um Centro Universitário de primeira linha, que preza pela qualidade de ensino que oferece e valoriza a inserção de seus alunos no concorrido mercado de trabalho. É o caso do Centro Universitário FECAP. Com uma sequência de resultados positivos em avaliações do MEC ao longo de muitos anos, alta empregabilidade de seus alunos e infraestrutura de primeira linha, nossos Cursos de Graduação figuram entre os melhores de São Paulo, e do País, em suas especialidades. Temos o orgulho de formar grandes profissionais, que levam o nome da FECAP pela sociedade e mercado de trabalho como sinônimo de competência e credibilidade. Resultados como esses trazem aos nossos alunos uma série de benefícios: reconhecimento da comunidade empresarial, valorização profissional, melhores oportunidades de inserção no mercado de trabalho, excelentes condições de competitividade em processos de seleção acadêmica, profissional e vários outros. Portanto, convidamos todos, através de seu empenho no estudo, a colaborarem para que a FECAP mantenha, sempre, seu patamar de qualidade no ensino e os resultados ora obtidos. Todos nós alunos, docentes, dirigentes e funcionários só teremos a ganhar com isso. É um grande círculo virtuoso. Saudações acadêmicas, Pró-Reitoria de Graduação e Coordenações dos Cursos da Graduação. 5

6 CONSELHO DE CURADORES Presidente Honorário Silvio Álvares Penteado Neto Presidente Shigeaki Ueki Vice-Presidente Silvio Álvares Penteado Neto Membros Abram Abe Szajman Antônio Delfim Neto Fabio Penteado de Ulhôa Rodrigues Flávio Fava de Moraes Mauro de Salles Aguiar Miguel Reale Júnior Regina Célia Esteves de Siqueira Roberto Rodrigues SUPERINTENDÊNCIA EXECUTIVA Superintendente Geral Manuel José Nunes Pinto Superintendente Administrativo-Financeiro Carlos Alberto Carrara CENTRO UNIVERSITÁRIO FECAP REITORIA Reitor Edison Simoni Vice-Reitor Taiguara de Freitas Langrafe Secretária-Geral Giseli de Moraes Dias Chefe de Gabinete da Reitoria Wanderley Carneiro PRÓ-REITORIAS Pró-Reitor de Graduação Taiguara de Freitas Langrafe Pró-Reitor de Pós-Graduação Edison Simoni Pró-Reitor de Extensão e Desenvolvimento Wanderley Carneiro 6

7 COORDENAÇÃO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO Coordenador do Curso de Administração Carlos Augusto da Silva Loures Coordenador do Curso de Ciências Contábeis Ronaldo Fróes de Carvalho Coordenador do Curso de Ciências Econômicas e Relações Internacionais Allexandro Emmanuel Mori Coelho Coordenador do Curso de Comunicação Social Publicidade e Propaganda Leslye Revely dos Santos Coordenador do Curso de Comunicação Social Relações Públicas Paula Franceschelli de Aguiar Barros Coordenadora do Curso de Secretariado Executivo Trilíngue Taiguara de Freitas Langrafe UNIDADES MANTIDAS PELA FECAP CENTRO UNIVERSITÁRIO FECAP Avenida da Liberdade, 532 Liberdade Cep São Paulo/SP Fone: Fax: PÓS-GRADUAÇÃO FECAP Largo São Francisco, 19 Centro Cep São Paulo/SP Rua Artur de Azevedo, Pinheiros Cep São Paulo/SP Fone: COLÉGIO FECAP Avenida da Liberdade, 532 Liberdade Cep São Paulo/SP Fone: Fax:

8 1) IDENTIFICAÇÃO ESTUDANTIL Manual do Aluno da Graduação INFORMAÇÕES IMPORTANTES No ato da matrícula, o aluno recebe um cartão de identificação pessoal. Nele consta o nome do aluno, curso, matrícula (registro acadêmico) e foto. O cartão de identificação estudantil é uma garantia de segurança e de organização. É de porte obrigatório para todos os alunos, pessoal e intransferível. Deve ser apresentado no ambiente universitário, em todas as situações em que for necessária a identificação do aluno, incluindo seu acesso às dependências e à Biblioteca da FECAP. O cartão possui um selo que indica sua validade, renovada anualmente. Esse cartão de identificação perderá sua validade quando o aluno perder seu vínculo com a FECAP. Em caso de esquecimento do cartão de identificação, o aluno deverá identificar-se (apresentando documento pessoal com foto) na Portaria da FECAP para a emissão de um cartão provisório, com validade para o dia ª via do Cartão de Identificação por Perda, Roubo ou Mau Uso Para solicitar a 2 a via do cartão de identificação estudantil, o aluno deve fazer a solicitação por meio da Secretaria On-line (Intranet) ou pessoalmente na CAF (Central do Aluno FECAP). Após a solicitação, o aluno deve recolher a taxa de R$ 10,00 (dez reais) por meio de boleto bancário a ser pago em qualquer Instituição Bancária até a data do vencimento. O prazo para emissão do cartão é de 02 (dois) dias úteis, após a confirmação do pagamento Abono da Taxa na Solicitação de 2ª via do Cartão de Identificação O abono da taxa administrativa de R$ 10,00 (dez reais), na solicitação de 2 a via do Cartão de Identificação Estudantil, só será autorizado em caso de roubo e mediante a apresentação do Boletim de Ocorrência Oficial comprovando o ocorrido. Não será abonado o pagamento na solicitação de 2 a via do cartão por uso indevido, causado por: quebras, trinca, riscos profundos, superaquecimento ou qualquer outro tipo de exposição que possa danificá-lo. 2) FREQUÊNCIA MÍNIMA OBRIGATÓRIA A frequência mínima obrigatória para aprovação é de 75% às aulas ministradas e/ou atividades realizadas em cada disciplina. O aluno estará automaticamente reprovado, independentemente das notas, se não tiver a frequência mínima obrigatória. 3) HORÁRIO DE AULA Período Matutino das 7h30 às 11h10. Período Noturno das 19h00 às 22h40. Sábados conforme horários do Nivelamento, do Programa de Educação Dinâmica Progressiva (PEDP), das turmas de DP etc. Em caso de Turmas de Tutoria, as aulas poderão ocorrer em horários pós-aula (para o período matutino) e pré-aula (para o período noturno) ou aos sábados. 8

9 4) ABONO DE FALTAS / COMPENSAÇÃO DE FALTAS Não há abono de faltas. Nos casos previstos em lei o aluno pode solicitar exercícios especiais visando à compensação das faltas. Os casos excepcionais previstos são apontados a seguir: Decreto Lei 1.044/69: relativo a doenças infecto-contagiosas ou outra que exija afastamento superior a 15 (quinze) dias ininterruptos. São casos em que as condições de saúde do aluno não permitem sua frequência à escola, na proporção mínima exigida pela lei, embora se encontre em condições de aprendizagem. Lei 6.202/75: amparo a gestante. Decreto Lei 715/69: relativo à prestação de serviço militar obrigatório (Exército, Marinha e Aeronáutica). Convocação para integrar o Conselho de Sentença em Tribunal de Júri, para o Serviço Eleitoral e para participar de conclaves oficiais. Nos casos de licenças até 07 (sete) dias, o prazo para o aluno requerer a compensação, com a devida comprovação, é de até 03 (três) dias úteis a contar do término do afastamento. Nos casos de licenças acima de 07 (sete) dias o aluno deve requerer e entregar o atestado, até o 7 o dia da licença. A solicitação deve ser feita na CAF (Central do Aluno FECAP), mediante apresentação de atestado com o número do CID. Caso seja entregue a cópia, o solicitante deverá apresentar o atestado original para conferência. Os professores disponibilizarão trabalhos referentes ao período da ausência, com prazo para entrega, e as faltas serão abonadas em caso de aprovação dos docentes. Nos casos de doenças, a comprovação deverá ser feita por meio de laudo médico que especifique a doença e o tempo de repouso necessário. Os atestados médicos somente terão validade quando emitidos por órgão oficial, nos casos previstos em lei. O aluno que apresentar atestado (em caso de abono de faltas) e/ou certificado (em caso de atividades complementares) falso estará cometendo crime de falsidade ideológica e responderá à Comissão de Ética da FECAP. 5) ATIVIDADES COMPLEMENTARES O aluno deve ler atentamente o REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES de seu curso, disponível na Intranet (Portal do Aluno / Informativos). Ao concluir uma atividade, o aluno deverá cadastrar essa atividade na intranet e, em seguida, entregar o documento correspondente original e cópia na CAF (Central do Aluno FECAP). As horas de atividades complementares só serão atribuídas ao aluno mediante comprovação de veracidade, pela Secretaria da Graduação, do documento entregue. A Secretaria da Graduação entrará em contato com a Instituição emitente do documento e aguardará por até 30 (trinta) dias corridos a confirmação da veracidade do mesmo. Caso não haja retorno e/ou confirmação do emitente, o documento será invalidado e as horas não serão atribuídas ao aluno. Para algumas atividades complementares realizadas na própria FECAP o registro é feito automaticamente. Conforme o Código da Ética da FECAP, o aluno que falsificar comprovantes de atividades complementares terá suas atividades zeradas e responderá à Comissão de Ética da FECAP. As atividades complementares serão aceitas até no máximo o último dia do mês subsequente ao término das aulas (janeiro ou julho). O aluno que não entregar as atividades complementares ao final do curso deverá se submeter à adaptação da grade curricular. 9

10 6) ESTÁGIO SUPERVISIONADO O aluno deve ler atentamente o REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO de seu curso, disponível na Intranet (Portal do Aluno / Informativos). A não entrega dos documentos até a data-limite estabelecida pelo Professor Orientador do Estágio Supervisionado implicará a reprovação do aluno na disciplina Estágio Supervisionado O aluno que não entregar ou o aluno cujo estágio supervisionado não for aprovado ao final do curso, deverá submeter-se à adaptação da grade curricular. 7) CENTRO DE OPORTUNIDADES E TALENTOS (COT) O Centro de Oportunidades e Talentos (COT) é uma área especialmente criada pela FECAP para oferecer total apoio à inserção do aluno no mercado de trabalho e ao seu desenvolvimento profissional. Para isso, coloca à disposição do aluno uma ampla variedade de serviços de apoio à gestão de carreiras e ao desenvolvimento do empreendedorismo e do associativismo. A FECAP também mantém um amplo banco de dados com oportunidades de emprego e estágios para os seus alunos. Para saber mais sobre o COT e todos os serviços oferecidos, acesse: 8) REGIME ACADÊMICO E CRITÉRIOS DE APROVAÇÃO A FECAP trabalha com o regime seriado. Caso o aluno termine o período letivo reprovado em mais do que 02 (duas) disciplinas, deverá refazer a série, dispensado das disciplinas em que houve aprovação. Disciplinas trancadas contam como reprovação. Seguindo o princípio de melhoria contínua, a Instituição realiza revisões e alterações nos currículos dos cursos periodicamente. O aluno reprovado terá de adaptar-se ao currículo da nova turma em que fizer a sua matrícula. 9) TRANCAMENTO DA MATRÍCULA O trancamento de matrícula possui validade para o semestre letivo em que ocorrer a requisição e para o semestre subsequente ao da requisição. Ele será permitido por motivo de força maior, devidamente comprovado e observadas as disposições legais, desde que o requerente tenha efetuado o pagamento das prestações da semestralidade até o mês corrente em que se verificar o trancamento. O segundo trancamento de matrícula feito consecutivamente, na mesma série, será deferido, observadas as disposições legais, somente se o requerente, além do comprovante de encontrar-se em dia com o pagamento das prestações da semestralidade, provar a ocorrência de incapacidade temporária ou de motivo considerado relevante, a critério da Reitoria. Para realizar o trancamento da matrícula, o aluno também precisa estar adimplente com a Biblioteca, ou seja, não pode haver empréstimos ou pendências de livros. O trancamento de matrícula deverá ser solicitado por meio da Secretaria On-Line em campo específico ou pessoalmente na CAF (Central do Aluno FECAP). Ao retornar ao curso, o aluno deverá se adaptar ao currículo da nova turma. 10

11 O prazo para solicitação do trancamento é até o último dia útil antes do início das provas oficiais: - 1 o semestre de de maio de 2014; - 2 o semestre de de novembro de ) TRANCAMENTO DO CURSO PARA CURSAR APENAS DEPENDÊNCIAS E/OU ADAPTAÇÕES O aluno poderá fazer o trancamento do curso para cursar apenas dependências e/ou adaptações. O aluno interessado deverá realizar o processo de rematrícula pela intranet e não emitir o boleto. Em seguida, deverá fazer solicitação por meio da Secretaria On-Line em campo específico ou pessoalmente na CAF (Central do Aluno FECAP). Se a solicitação for realizada antes do pagamento da rematrícula, o aluno pagará no semestre 6 parcelas no valor de R$140,00 (cento e quarenta reais) por disciplina (dependência ou adaptação). Caso a solicitação seja realizada no decorrer do semestre, ou seja, após o pagamento da rematrícula, o trancamento para cursar apenas dependências e/ou adaptações será autorizado somente se o aluno estiver adimplente, na data de solicitação, com as mensalidades do curso e as parcelas de dependência/adaptação. Para realizar o trancamento do curso para cursar apenas dependências e/ou adaptações, o aluno também precisa estar adimplente com a Biblioteca, ou seja, não pode haver empréstimos ou pendências de livros. Ao trancar o curso para cursar dependências e/ou adaptações o aluno estará sujeito a adaptarse ao novo currículo. O prazo para solicitação do trancamento para cursar apenas dependências e/ou adaptações é até o último dia útil antes do início das provas oficiais: - 1 o semestre de de maio de 2014; - 2 o semestre de de novembro de ) CANCELAMENTO DA MATRÍCULA O cancelamento da matrícula implicará a saída do aluno do Centro Universitário FECAP e seu reingresso somente poderá ocorrer por meio de novo Processo Seletivo. 12) ABANDONO DOS ESTUDOS O abandono dos estudos após o término de um período letivo, sem o devido trancamento, implicará o automático desvinculamento do aluno, que perderá o direito à sua vaga. O abandono da frequência às aulas ao longo do período letivo não implica trancamento da matrícula, continuando a serem devidas todas as obrigações contratuais acordadas entre a FECAP e o aluno. Na eventualidade de retorno, em qualquer semestre letivo, o aluno deverá fazer solicitação pessoalmente na CAF (Central do Aluno FECAP) que apreciará os requerimentos, dando parecer conclusivo. 13) TRANCAMENTO DE DEPENDÊNCIAS E ANTECIPAÇÃO DE DISCIPLINAS a) Ao aluno adimplente e regularmente matriculado poderá ser permitido o trancamento de disciplinas em dependência e/ou adaptação, a critério da Coordenação do Curso. b) Ao aluno, na condição de REPROVADO, adimplente e regularmente matriculado em disciplinas de dependência e/ou adaptação, poderá ser permitida a antecipação de disciplina(s) da(s) série(s) seguinte(s), a critério da Coordenação do Curso. 11

12 c) Ao aluno transferido de outra Instituição de Ensino Superior (IES), adimplente e regularmente matriculado, que, devido ao resultado do processo de equivalência curricular, apresente disponibilidade em sua grade horária, referente à série e turma em que estiver matriculado, poderá ser permitida a antecipação de disciplina(s) da(s) série(s) seguinte(s) no limite da mencionada disponibilidade, a critério da Coordenação do Curso. Nos critérios de implementação e regulamentação das diretrizes dos itens a, b e c, devem, necessariamente, ser considerados os seguintes parâmetros: existência de prérequisitos, compatibilidade de horários, disponibilidade de vagas na turma e série pretendidas, etc. As solicitações de trancamento de dependência e/ou antecipação de disciplinas, representando meras liberalidades institucionais, deverão ser feitas na CAF (Central do Aluno FECAP), na forma e nos prazos por esta divulgados. Caberá ao Coordenador do Curso apreciar os requerimentos, dando parecer conclusivo. O trancamento de disciplinas em dependência e/ou adaptação possui validade para o semestre letivo em que ocorrer a requisição. Após a rematrícula para o semestre seguinte, a disciplina voltará para o status cursando. O prazo para solicitação do de trancamento de dependência é até o último dia útil antes do início das provas oficiais: - 1 o semestre de de maio de 2014; - 2 o semestre de de novembro de O prazo para solicitação de antecipação de disciplinas é de 20 dias corridos, a contar do primeiro dia letivo. - 1 o semestre de de fevereiro de 2014; - 2 o semestre de de agosto de ) APROVEITAMENTO DE ESTUDOS EQUIVALENTES (DISPENSA DE DISCIPLINAS) a) Em Território Nacional O aluno devidamente matriculado poderá solicitar aproveitamento de disciplinas concluídas em outros Cursos Superiores, quando houver equivalência das disciplinas quanto a objetivos, a conteúdos programáticos e à carga horária, a critério da Coordenação. O aproveitamento de estudos equivalentes não exonera o requerente das adaptações que se fizeram necessárias. Entende-se por adaptação o conjunto de atividades escolares, estudos, elaboração de trabalhos científicos, provas, exames, estágios e demais requisitos, com o objetivo de situar ou classificar, com relação aos currículos plenos e padrões de estudo do Centro Universitário, os alunos que solicitarem aproveitamento de estudos. O pedido de aproveitamento de estudos, se deferido, importará a dispensa de frequência às aulas da disciplina, havida como equivalente, e demais exigências regimentais. O requerente, de início, cursará somente as disciplinas de adaptação, quando estas e as da série em que se matricular não puderem ser frequentadas concomitantemente, em virtude da disponibilidade da grade horária, do número delas ou de pré-requisito. 12

13 O aluno deverá entregar o Histórico Escolar e o Conteúdo Programático originais na CAF (Central do Aluno FECAP) em até 20 dias corridos, a contar do primeiro dia letivo. Será liminarmente indeferido e arquivado o pedido com documentação incompleta ou irregular. - 1 o semestre de de fevereiro de 2014; - 2 o semestre de de agosto de b) No Exterior O aluno, devidamente matriculado, poderá solicitar aproveitamento de disciplinas e atividades acadêmicas realizadas em instituições de ensino no exterior. A solicitação de aproveitamento de estudos de atividades realizadas instituições do exterior deve ser acompanhada pela entrega dos seguintes documentos comprobatórios: (1) declaração assinada por representante legal da instituição no exterior que ateste a matrícula do aluno na(s) atividade(s) acadêmica(s), com período de realização e carga-horária por atividade e/ou disciplina; (2) descrição do conteúdo estudado e atividades avaliativas realizadas na(s) atividade(s) acadêmica(s) e /ou disciplina(s); (3) indicação do desempenho acadêmico do(a) estudante por atividade acadêmica e ou disciplina, com descritivo da escala utilizada. O aproveitamento de estudos realizados em instituição estrangeira será decidido pelas Coordenações de Curso, à luz de seus Projetos Pedagógicos, que deliberarão por (1) aproveitamento por disciplina(s) constante(s) nos currículos dos Cursos; (2) aproveitamento por disciplina(s) constante(s) no(s) currículos dos Cursos, após aprovação em prova no formato do Exame Final a ser agendada e aplicada pelas Coordenações; e (3) aproveitamento como Atividade(s) Complementar(es), com indicação dos créditos equivalentes. É recomendado ao discente que pretende realizar atividade(s) acadêmica(s) e/ou disciplina(s) em território estrangeiro que consulte às Coordenações de Cursos quanto à atividade que realizará na Instituição de Destino. A Coordenação deliberará formalmente sobre o aceite ou não da opção apresentada pelo aluno, o que ficará arquivado no prontuário do aluno pela Secretaria. É facultado às Coordenações solicitar Tradução Juramentada dos documentos comprobatórios dos estudos no exterior. O aluno deverá entregar os documentos comprobatórios originais na CAF (Central do Aluno FECAP) em até 20 dias corridos, a contar do primeiro dia letivo. Será liminarmente indeferido e arquivado o pedido com documentação incompleta ou irregular. - 1 o semestre de de fevereiro de 2014; - 2 o semestre de de agosto de ) REMANEJAMENTO DE DISCIPLINA / SOLICITAÇÃO DE TROCA DE SALA O prazo para solicitação de remanejamento de disciplina e/ou troca de sala é de: - 1 o semestre de de fevereiro de 2014; - 2 o semestre de de agosto de O remanejamento de disciplina e/ou troca de sala estará sujeito à disponibilidade de vagas na turma e série pretendidas. 16) SEMESTRE LETIVO 1 o Semestre de 2014: As aulas terão início em 03 de fevereiro de 2014 e término previsto para 28 de junho de

14 2 o Semestre de 2014: As aulas terão início em 04 de agosto de 2014 e término previsto para 20 de dezembro de As atividades letivas obedecerão às especificações contidas no calendário escolar, disponível na Intranet (Portal do Aluno / Quadro de Avisos). 17) MENSALIDADES O valor da mensalidade será apurado pela divisão do valor da semestralidade do curso em seis parcelas. Os valores das mensalidades encontram-se disponíveis na Intranet (Portal do Aluno / Informativos). Esses valores estão sujeitos aos reajustes legais. A data de vencimento de cada mensalidade é no dia 07 (sete) de cada mês. Essa data é fixa e não negociável. Até a data do vencimento, o pagamento poderá ser efetuado em qualquer agência bancária. Após o vencimento, a mensalidade só poderá ser paga no banco emitente do boleto, e o valor será acrescido de juros, multa e atualização monetária. O critério de pagamento das mensalidades é seriado, ou seja, o aluno paga pela série que estiver cursando e não pelo número de matérias. O fato de o aluno estar dispensado de alguma disciplina não o isenta do pagamento de outra disciplina em Dependência ou Adaptação. Por prerrogativa da Instituição, será cobrado 60% do valor da semestralidade para o período letivo do aluno que cursar até 70% da grade horária, por motivo de dispensa das outras disciplinas. O boleto da mensalidade será enviado pelo correio ao endereço fornecido pelo aluno e estará disponível também na Intranet (Portal do Aluno / Financeiro). 18) BOLSAS DE ESTUDO A concessão de bolsas de estudo na FECAP tem como objetivos: a) possibilitar a alunos com dificuldades financeiras a realização dos estudos na FECAP; b) premiar alunos com notável desempenho acadêmico; e c) colaborar com a política de educação continuada dos ex-alunos da FECAP. A atribuição de bolsas é de julgamento exclusivo da FECAP, salvo nas condições de obrigatoriedade legal. São modalidades de bolsas: Bolsas por Desempenho Acadêmico As bolsas por desempenho acadêmico têm como objetivo premiar alunos com notável desempenho acadêmico nos cursos de Graduação. A duração da bolsa é de um período letivo, concedida no período subsequente à classificação. Mais informações, como os critérios de desempate, podem ser obtidas no REGULAMENTO DE BOLSAS DE ESTUDOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO FECAP, disponível na Intranet (Portal do Aluno / Informativos). Bolsas de Iniciação Científica (Pró-Ciência) A concessão de bolsas de iniciação científica atende aos alunos que participam do desenvolvimento de pesquisas científicas conforme as linhas de pesquisa da FECAP. 14

15 Os critérios estão estabelecidos no REGULAMENTO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO FECAP, sob responsabilidade da Pró-Reitoria de Extensão e Desenvolvimento. Bolsas de Monitoria Denomina-se MONITOR o aluno escolhido pelo Coordenador de Monitoria do Centro Universitário para dar suporte à docência e plantões de dúvidas aos alunos das disciplinas indicadas pelo CONSEPE Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão. Estão habilitados a concorrer os alunos que já tenham sido aprovados em um período letivo do curso em que está matriculado. Os alunos aprovados para a atividade de Monitoria, quando não contemplados por outro tipo de bolsa da Instituição, têm direito a uma Bolsa Auxílio Mensal no valor correspondente a 50% (cinquenta por cento) da mensalidade da FECAP. O candidato selecionado exercerá as atividades referentes à monitoria por um semestre, renovável automaticamente por mais um, consecutivamente, desde que tenha seu desempenho avaliado como satisfatório ao final do primeiro semestre. A concessão de bolsas a monitores é normatizada pelo REGULAMENTO DE MONITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO FECAP, disponível na Intranet (Portal do Aluno / Informativos). PROUNI Programa Universidade para Todos Programa de bolsas de estudo do governo federal que visa possibilitar o acesso de jovens de baixa renda ao ensino superior. Este programa oferece bolsas parciais e integrais. Atualmente, a FECAP dispõe de vagas para bolsas parciais e integrais. Mais informações podem ser obtidas junto à CAF (Central do Aluno FECAP) ou no site: Programa Escola da Família Reunindo profissionais da Educação, voluntários e universitários, o Programa oferece às comunidades paulistas atividades que possam contribuir para a inclusão social tendo como foco o respeito à pluralidade e a uma política de prevenção que concorra para uma qualidade de vida, cada vez melhor. O objetivo do Programa é a abertura, nos finais de semana, de escolas da Rede Estadual de Ensino, transformando-as em centro de convivência, com atividades voltadas às áreas esportiva, cultural, de saúde e de trabalho. Milhares de universitários, de todo o Estado de São Paulo, dedicam seus finais de semana ao Programa Escola da Família e, em contrapartida, têm seus estudos. Para mais informações sobre o Programa Escola da Família, entre em contato com a Central de Atendimento da Secretaria de Estado da Educação, através do telefone , escreva um para ou acesse o site Fundação Estudar Oferece bolsas de estudo para alunos de graduação, além de apoio ao desenvolvimento de carreiras. Mais informações no site: 15

16 Descontos para ex-alunos da FECAP Como estímulo à educação continuada dos ex-alunos da FECAP, alunos formados no Colégio, Graduação, Sequenciais, Pós-Graduação Lato Sensu e Stricto Sensu da FECAP têm direito a 25% de bolsa nos cursos de Graduação e Pós-Graduação Lato Sensu ofertados pela FECAP. Bolsas a familiares de alunos Como estímulo à participação das famílias nas atividades educacionais da FECAP, irmãos, filhos e pais de alunos da FECAP têm direito a bolsa de 10% nos cursos do Colégio, Graduação, Sequenciais e Pós-Graduação Lato Sensu. Mais informações sobre as modalidades de bolsas de estudos oferecidas pela FECAP podem ser obtidas no REGULAMENTO DE BOLSAS DE ESTUDOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO FECAP, disponível na Intranet (Portal do Aluno / Informativos). 16

17 19) FINANCIAMENTOS Financiamento 4 FECAP A FECAP oferece aos alunos 5 a possibilidade de financiamento de seus cursos de graduação por até 7 (sete) anos. Este financiamento é realizado com recursos próprios da Fundação. No primeiro ano da faculdade você poderá ter 50% de financiamento, no segundo 40% e no terceiro 30% (não há financiamento nciamento para o quarto ano). Funciona assim, por exemplo, para o aluno que está entrando na FECAP no primeiro semestre de 2014: Processo de Contratação: 1 o ) Efetive sua matricula na FECAP 2 o ) Depois, preencha o formulário de requerimento do financiamento FECAP, disponível no portal da FECAP. 3 o ) Tire cópia simples dos seguintes documentos: Aluno: RG, CPF, Comprovante de Inscrição do ENEM (qualquer edição), Comprovante de renda e de residência (atualizado, com CEP). Fiador: RG, CPF, Comprovante de renda e de residência (atualizado, com CEP). 4 o ) Por fim, apresente toda a documentação junto com o formulário no Departamento Financeiro nceiro da FECAP para análise. Sendo aprovado, o aluno e o fiador serão chamados para formalizar a contratação. Para conhecer as condições e regras do financiamento, entre em contato com o Departamento Financeiro nceiro da FECAP: (11) ou 4 Sujeito a aprovação da FECAP após análise de crédito. 5 Somente aos alunos ingressantes. 17

18 FIES - Financiamento Estudantil O que é o FIES? Oportunidade de financiar o curso em até 100% Oferece dois tipos de garantia: fiança convencional e fiança solidária O que é o Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (FGEDUC)? O FIES, criado pelo MEC, é um programa destinado a financiar a graduação no Ensino Superior de estudantes que não têm condições de arcar com os custos de sua formação e estejam regularmente matriculados em instituições privadas, cadastradas no Programa e com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC. Com o FIES, os estudantes de instituições de ensino superior privadas têm a oportunidade de financiar o curso em até 100% (cem por cento). O percentual mínimo de financiamento pelo FIES é de 50% (cinquenta por cento). Para estudantes com renda familiar mensal bruta de até 10 (dez) salários mínimos: Até 100% (cem por cento): quando o percentual de comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita com os encargos educacionais for igual ou superior a 60%; até 75% (setenta e cinco por cento): quando o percentual de comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita com os encargos educacionais for igual ou superior a 40% e inferior a 60%; de 50% (cinquenta por cento): quando o percentual de comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita com os encargos educacionais for igual ou superior a 20% e inferior a 40%. Na fiança convencional é necessário que o fiador comprove renda duas vezes maior que a mensalidade. Se forem dois fiadores (máximo permitido), a renda de ambos somada deve ser o dobro do valor da mensalidade do curso a ser financiado. Na fiança solidária, três a cinco candidatos ao financiamento da mesma instituição de ensino podem ser fiadores entre si, sem a necessidade de comprovar a renda. Ficam dispensados da exigência de fiador os alunos bolsistas parciais do ProUni, os alunos matriculados em cursos de licenciatura e os alunos que tenham renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio e que tenham optado pelo Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (FGEDUC). O Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (FGEDUC) é uma opção para os estudantes que desejam financiar cursos superiores não gratuitos e tenham dificuldade em apresentar fiador. Como recorrer ao FGEDUC? Para recorrer ao Fundo, o estudante deverá, no momento da inscrição, optar por essa modalidade. A FECAP aderiu à iniciativa. 18

19 Redução da taxa de juros A partir de 2010, todos os cursos passaram a ter juros de 3,4% ao ano, ou seja, o estudante paga menos de 0,28% ao mês. Essa nova taxa de juros é inferior à inflação prevista para os próximos anos 6. Mais flexibilidade ao pagamento e maior prazo de financiamento Pode ser requerido a qualquer momento Veja como é fácil solicitar É exigido ENEM para o FIES? Dúvidas sobre o FIES O prazo de amortização do saldo devedor agora é de três vezes o tempo do curso, acrescido de 12 meses, e o prazo de carência aumentou para 18 meses. Assim, um estudante que tenha financiado um curso com duração de quatro anos, por exemplo, terá até 13 anos para pagar o financiamento e só começará a pagar 1 ano e meio depois de concluir a graduação. O estudante poderá solicitar financiamento pelo FIES em qualquer período do ano. Em 2010, o agente operador passou a ser o FNDE (Fundo Nacional de desenvolvimento da Educação) e os atuais agentes financeiros são o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal. 1º Passo: Inscrição no SisFIES (Sistema Informatizado do FIES) Para efetuar a inscrição é necessário preencher a ficha de inscrição online, disponível no endereço 2º Passo: Validação das informações O aluno deve validar dentro de 10 (dez) dias as suas informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA), na instituição na qual vai estudar. O prazo é contado após conclusão do preenchimento da ficha de inscrição on-line. 3º Passo: Contratação do financiamento Após a validação das informações, o estudante deverá comparecer em até 20 (vinte) dias, contados a partir do dia imediatamente posterior ao da conclusão da inscrição, na Caixa Econômica Federal para formalizar a contratação do financiamento. Dúvidas e Informações sobre o FIES: Central de Atendimento: Os estudantes que concluíram o ensino médio a partir do ano letivo de 2010 e queiram solicitar o FIES, deverão ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) de 2010 ou ano posterior. Os estudantes que por ocasião da inscrição ao FIES informarem data de conclusão do ensino médio anterior ao ano de 2010, deverão comprovar essa condição, apresentando diploma, certificado ou documento equivalente de conclusão do ensino médio expedido pela instituição de ensino competente. Caso tenha dúvidas, entre em contato com o Departamento Financeiro da FECAP: (11) Segundo expectativas de mercado divulgadas pelo Banco Central do Brasil (Bacen), o IPC Fipe projetado para o ano de 2014 é de 4,83, 4,75% para 2015, 4,66% para 2016 e de 4,35% para o ano de 2017 (consulta com base em 10/05/ https://www3.bcb.gov.br/expectativas/publico/consulta/serieestatisticas). 19

20 3 FASES DO FINANCIAMENTO 1. UTILIZAÇÃO: período compreendido entre o ingresso do estudante no FIES e o mês imediatamente anterior ao início da fase de carência. Ao longo deste período, o estudante financiado fica obrigado a pagar trimestralmente os juros incidentes sobre o financiamento, limitados a R$ 50,00 (cinqüenta reais). 2. CARÊNCIA: período compreendido entre o mês subseqüente ao término da fase de utilização e o mês imediatamente anterior ao início do período de amortização. Durante este período, o estudante financiado fica obrigado a pagar os mesmos juros previstos na fase de utilização. 3. AMORTIZAÇÃO: período iniciado no 19 o (décimo nono) mês imediatamente subsequente à fase de utilização. Nesta fase, o saldo devedor do financiamento é amortizado com base no valor apurado mediante a aplicação da Tabela Price, em parcelas mensais, iguais e sucessivas, pelo prazo de até 3 vezes o prazo de permanência do estudante na condição de financiado, acrescido de 12 (doze) meses. SIMULAÇÕES 7 Financiamento de 100% do Curso de Graduação Mensalidade R$ 1.232,00 8 Período de Quantidade Valor Médio a ser Data Inicial Data Final Financiamento de Meses pago por mês Fase 1 Durante o curso 48 Janeiro/2014 Dezembro/2017 R$ 15,66 Fase 2 Carência 18 Janeiro/2018 Junho/2019 R$ 16,67 Fase 3 Pagamento Final 156 Julho/2019 Junho/2032 R$ 516,76 Financiamento de 75% do Curso de Graduação Mensalidade R$ 1.232,00 Período de Financiamento Quantidade de Meses Data Inicial Data Final Valor Médio a ser pago por mês Fase 1 Durante o curso 48 Janeiro/2014 Dezembro/2017 R$ 15,39 Fase 2 Carência 18 Janeiro/2018 Junho/2019 R$ 16,67 Fase 3 Pagamento Final 156 Julho/2019 Junho/2032 R$ 385,43 7 O valor da mensalidade refere-se aos cursos de Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas e Relações Internacionais. 8 Não foi considerado nenhum reajuste de mensalidade pela Instituição de Ensino no decorrer dos quatro anos de curso. 20

O QUE É O FIES? divulgação dos resultados e entrevistas são realizadas pela Internet. Os pagamentos ocorrerão em três etapas: Fase de utilização:

O QUE É O FIES? divulgação dos resultados e entrevistas são realizadas pela Internet. Os pagamentos ocorrerão em três etapas: Fase de utilização: O QUE É O FIES? O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do Ministério da Educação (MEC) destinado à concessão de financiamento a estudantes matriculados em cursos superiores não gratuitos

Leia mais

FIES - Dúvidas frequentes

FIES - Dúvidas frequentes FIES - Dúvidas frequentes Até quando posso solicitar o financiamento? Você pode se inscrever no FIES em qualquer período do ano, sendo que o financiamento é sempre para o semestre letivo. Há um percentual

Leia mais

FIES. O que é o FIES? Quem pode solicitar o FIES? É exigido o ENEM para o FIES?

FIES. O que é o FIES? Quem pode solicitar o FIES? É exigido o ENEM para o FIES? FIES O que é o FIES? O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é um programa do Ministério da Educação destinado a financiar a graduação na educação superior de estudantes matriculados em instituições

Leia mais

FIES Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior

FIES Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior FIES Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior Perguntas frequentes 1 O que é o FIES? O Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (FIES) é um programa do Ministério da Educação

Leia mais

Programas de Bolsa de Estudos ENEM PROUNI FIES - SISU

Programas de Bolsa de Estudos ENEM PROUNI FIES - SISU Programas de Bolsa de Estudos ENEM PROUNI FIES - SISU O ENEM Criado em 1998, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tem o objetivo de avaliar o desempenho do estudante ao fim da escolaridade básica. Podem

Leia mais

Fies - (Fundo de Financiamento Estudantil)

Fies - (Fundo de Financiamento Estudantil) Fies - (Fundo de Financiamento Estudantil) 1 - O QUE É É um programa do Ministério da Educação destinado a financiar a graduação na educação superior de estudantes matriculados em instituições não gratuitas.

Leia mais

ThaO que é o FIES? Quem pode solicitar o FIES?

ThaO que é o FIES? Quem pode solicitar o FIES? ThaO que é o FIES? O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do Ministério da Educação (MEC) destinado à concessão de financiamento a estudantes regularmente matriculados em cursos superiores

Leia mais

4 Como faço para me inscrever no FIES?

4 Como faço para me inscrever no FIES? FIES - PERGUNTAS FREQUENTES 1 O que é o FIES? O Fundo de Financiamento Estudantil(Fies) é um programa do Ministério da Educação destinado a financiar a graduação na educação superior de estudantes matriculados

Leia mais

FACULDADE DIREÇÃO GERAL NORMA 029 1/5

FACULDADE DIREÇÃO GERAL NORMA 029 1/5 1. Dos Requisitos e Documentos para o Ingresso Para ingressar nos cursos de ensino superior o candidato deve ter concluído o Ensino Médio, prestar processo seletivo da IES ou ingressar por uma das formas

Leia mais

SABER SOBRE O FIES sem fiador

SABER SOBRE O FIES sem fiador TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O FIES sem fiador *De acordo com as regras do FIES estabelecidas pelo Governo Federal. Unidas pela educação MA LANCK O QUE É O FIES? O Fundo de Financiamento ao Estudante

Leia mais

TAXA DE JUROS. 3,4% / ano

TAXA DE JUROS. 3,4% / ano FIES O Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (FIES), é um programa do Ministério da Educação (MEC) destinado a financiar um único curso de graduação para estudantes regularmente matriculados

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA RENOVAÇÃO DE MATRÍCULAS ONLINE (REMATRÍCULAS) O período oficial de rematrículas será de 17/12/2014 a 07/01/2015.

ORIENTAÇÕES PARA RENOVAÇÃO DE MATRÍCULAS ONLINE (REMATRÍCULAS) O período oficial de rematrículas será de 17/12/2014 a 07/01/2015. ORIENTAÇÕES PARA RENOVAÇÃO DE MATRÍCULAS ONLINE (REMATRÍCULAS) O período oficial de rematrículas será de 17/12/2014 a 07/01/2015. Ao realizar a matrícula online, através do portal acadêmico do aluno, o

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM O Universitário Módulo, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12.12.2007, resolve promover Processo Seletivo

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA A Universidade Cidade de São Paulo UNICID, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12/12/2007, resolve promover

Leia mais

A matrícula será realizada nos dias 8 e 9 de dezembro de 2015, no horário das 8 às 16 horas.

A matrícula será realizada nos dias 8 e 9 de dezembro de 2015, no horário das 8 às 16 horas. Perguntas frequentes: 1) Quais os dias de prova do Vestibular Univale 2016? Você pode escolher qual o melhor dia para fazer as provas do Vestibular Univale 2016. 28 de novembro de 2015 (sábado), das 15

Leia mais

Portaria Interna Nº. 153/15 São Paulo, 29 de abril de 2.015

Portaria Interna Nº. 153/15 São Paulo, 29 de abril de 2.015 Portaria Interna Nº. 153/15 São Paulo, 29 de abril de 2.015 Dispõe sobre os valores dos encargos educacionais para o 2º semestre de 2.015 da Faculdade de Vargem Grande Paulista FVGP. A Diretora da Faculdade

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM A Universidade Cidade de São Paulo UNICID, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12.12.2007, resolve promover

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2015 Graduação Presencial

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2015 Graduação Presencial PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2015 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA O Universitário Módulo, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12.12.2007, resolve promover Processo Seletivo

Leia mais

KROTON EDUCACIONAL S/A. Fundo de Financiamento ao Estudante de Ensino Superior - FIES

KROTON EDUCACIONAL S/A. Fundo de Financiamento ao Estudante de Ensino Superior - FIES KROTON EDUCACIONAL S/A Fundo de Financiamento ao Estudante de Ensino Superior - FIES Í N D I C E SOBRE O FIES O que é o FIES? 1 Qual o marco legal do FIES? 1 Condições de financiamento 2 Quem pode se candidatar

Leia mais

Manual de Bolsas e Financiamentos Unimonte

Manual de Bolsas e Financiamentos Unimonte Manual de Bolsas e Financiamentos Unimonte 1. FINANCIAMENTOS 1.1. PRAVALER O Crédito Universitário PRAVALER é um programa privado de financiamento de graduação presencial implantado em parceria com instituições

Leia mais

REGIMENTO DO SETOR REGISTROS ACADÊMICOS

REGIMENTO DO SETOR REGISTROS ACADÊMICOS REGIMENTO DO SETOR REGISTROS ACADÊMICOS CAPÍTULO I - DISPOSIÇÕES INICIAIS DAS COMPETÊNCIAS Art. 1º O Setor de Registros Acadêmicos - SRA é o órgão que operacionaliza todas as atividades ligadas à vida

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA A Universidade Cidade de São Paulo UNICID, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12/12/2007, republicada em

Leia mais

EDITAL Nº. 71/2013 PROCESSO SELETIVO 2014/1

EDITAL Nº. 71/2013 PROCESSO SELETIVO 2014/1 EDITAL Nº. 71/2013 PROCESSO SELETIVO 2014/1 O Diretor Superintendente das Faculdades Alves Faria ALFA, no uso de suas atribuições regimentais e em acordo com a Lei nº. 9394/1996 das Diretrizes e Bases

Leia mais

Diretora Acadêmica: Profª. Me. Otávia Borges Naves de Lira

Diretora Acadêmica: Profª. Me. Otávia Borges Naves de Lira FAHESA - Faculdade de Ciências Humanas, Econômicas e da Saúde de Araguaína ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA Av. Filadélfia, 568 Setor Oeste Araguaína TO CEP 77.816-540 Fone:

Leia mais

EDITAL Nº 092/2015 PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA PARA CURSOS DE GRADUAÇÃO - MODALIDADE PRESENCIAL

EDITAL Nº 092/2015 PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA PARA CURSOS DE GRADUAÇÃO - MODALIDADE PRESENCIAL EDITAL Nº 092/2015 PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA PARA CURSOS DE GRADUAÇÃO - MODALIDADE PRESENCIAL A Diretoria de Relacionamento e Serviços ao Aluno do Centro Universitário Senac torna pública

Leia mais

A Fundação concederá apenas bolsas de estudo integrais (100%).

A Fundação concederá apenas bolsas de estudo integrais (100%). ENEM 1 - Quando serão feitas as inscrições para o Enem 2014? Do dia 12 de maio até às 23h59 do dia 23 de maio, observado o horário oficial de Brasília-DF. 2 - Quando será a aplicação das provas do Enem

Leia mais

prática, trabalhos acadêmicos, estudo de casos, dinâmicas, relatórios, entre outros. 1. REGISTRO ACADÊMICO

prática, trabalhos acadêmicos, estudo de casos, dinâmicas, relatórios, entre outros. 1. REGISTRO ACADÊMICO 1. REGISTRO ACADÊMICO Ao ingressar na Faculdade Pitágoras, o aluno é identificado por um número - seu Registro Acadêmico ou RA - que o acompanhará durante todo o curso de graduação, devendo ser mencionado

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

NORMAS E CRONOGRAMA DE RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA PARA O 2º SEMESTRE DE 2015 1. CRONOGRAMA DA RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA PARA O 2º SEMESTRE DE 2015

NORMAS E CRONOGRAMA DE RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA PARA O 2º SEMESTRE DE 2015 1. CRONOGRAMA DA RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA PARA O 2º SEMESTRE DE 2015 Prezado (a) estudante, NORMAS E CRONOGRAMA DE RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA PARA O 2º SEMESTRE DE 2015 Neste documento serão apresentadas orientações sobre a renovação de matrícula para o 2º semestre de 2015.

Leia mais

Crédito Estudantil Ibmec

Crédito Estudantil Ibmec Crédito Estudantil Ibmec Queremos receber bons estudantes e torná-los excelentes alunos. Olhando para o futuro, também queremos que eles sejam os melhores profissionais do mercado. Sabemos que ter uma

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

MANUAL DO ALUNO 2014

MANUAL DO ALUNO 2014 MANUAL DO ALUNO 2014 APRESENTAÇÃO Caro Acadêmico, Agradecemos por você ter escolhido o IESG para sua formação profissional. No Manual do Aluno você encontrará informações importantes e necessárias para

Leia mais

Regulamento de Bolsas de Estudo. Centro Universitário FECAP. Av. da Liberdade 532 Liberdade São Paulo, SP 01502001 www.fecap.br

Regulamento de Bolsas de Estudo. Centro Universitário FECAP. Av. da Liberdade 532 Liberdade São Paulo, SP 01502001 www.fecap.br Regulamento de Bolsas de Estudo Centro Universitário FECAP Av. da Liberdade 532 Liberdade São Paulo, SP 01502001 www.fecap.br 1 1 DISPOSIÇÕES GERAIS 1.1 O Centro Universitário FECAP (doravante denominado

Leia mais

EDITAL Nº. 76/2013 PROCESSO SELETIVO 2014/1

EDITAL Nº. 76/2013 PROCESSO SELETIVO 2014/1 EDITAL Nº. 76/2013 PROCESSO SELETIVO 2014/1 O Diretor Superintendente da Faculdade Autônoma de Direito FADISP, no uso de suas atribuições regimentais e em acordo com a Lei nº. 9394/1996 das Diretrizes

Leia mais

EDITAL Nº. 17/2015 PROCESSO SELETIVO 2016/1

EDITAL Nº. 17/2015 PROCESSO SELETIVO 2016/1 EDITAL Nº. 17/2015 PROCESSO SELETIVO 2016/1 O Diretor Superintendente da Faculdade Autônoma de Direito FADISP, no uso de suas atribuições regimentais e em acordo com a Lei nº. 9394/1996 das Diretrizes

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA ACESSO AOS CURSOS TÉCNICOS DO SENAI BAHIA 2016.1

PROCESSO SELETIVO PARA ACESSO AOS CURSOS TÉCNICOS DO SENAI BAHIA 2016.1 PROCESSO SELETIVO PARA ACESSO AOS CURSOS TÉCNICOS DO SENAI BAHIA 2016.1 O Diretor Regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, Departamento Regional da Bahia SENAI/DR/BA, no uso de suas atribuições

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO JORNALISMO ESPORTIVO E NEGÓCIOS DO ESPORTE 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO JORNALISMO ESPORTIVO E NEGÓCIOS DO ESPORTE 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO JORNALISMO ESPORTIVO E NEGÓCIOS DO ESPORTE 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

Guia de Bolsas de Estudo. e Financiamentos Educacionais

Guia de Bolsas de Estudo. e Financiamentos Educacionais Guia de Bolsas de Estudo e Financiamentos Educacionais Guia de Bolsas de Estudo e Financiamentos Educacionais O Objetivo deste guia é fornecer informações específicas sobre as Bolsas de Estudo e Financiamentos

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE SANTARÉM ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL LUTERANA DO BRASIL Portaria Ministerial nº 1992 D.O.U.

CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE SANTARÉM ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL LUTERANA DO BRASIL Portaria Ministerial nº 1992 D.O.U. CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE SANTARÉM ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL LUTERANA DO BRASIL Portaria Ministerial nº 1992 D.O.U. de 20/12/06 ATO EDITAL Nº 07/2014 Nos termos do Art. 54 do Regimento do Centro Universitário

Leia mais

PROCESSO SELETIVO ENEM EDITAL 2016-1

PROCESSO SELETIVO ENEM EDITAL 2016-1 PROCESSO SELETIVO ENEM EDITAL 2016-1 Dúvidas mais Frequentes 1. O que é Processo Seletivo ENEM? É o processo que oferece vagas aos candidatos que pretendem cursar a Faculdade a partir de Fevereiro/2016,

Leia mais

MANUAL DO ALUNO. Para consultar se uma instituição é credenciada é só acessar o endereço eletrônico

MANUAL DO ALUNO. Para consultar se uma instituição é credenciada é só acessar o endereço eletrônico 1 O CEPAN Centro de Ensino Panoramica, representante comercial com exclusividade da Faculdade Associada Brasil FAB, Credenciada e reconhecida pelo MEC através da Portaria nº. 1387, D.O. U de 09 de Julho

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2015 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2015 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2015 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM A Universidade Cidade de São Paulo UNICID, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12.12.2007,republicada

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015 2 Edital do Processo Seletivo 2015 CAPÍTULO I DO PROCESSO SELETIVO Artigo 1º. De conformidade com o disposto na Lei 9394, de 20/12/96, Pareceres 95, de 01/12/98 e 98/99

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição e matrícula

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM A Universidade Cidade de São Paulo UNICID, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12.12.2007,republicada

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES. 1 O que é o FIES?

PERGUNTAS FREQUENTES. 1 O que é o FIES? PERGUNTAS FREQUENTES 1 O que é o FIES? O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do Ministério da Educação (MEC) destinado à concessão de financiamento a estudantes regularmente matriculados

Leia mais

FACULDADE DARCY RIBEIRO. Manual do Aluno FTDR. Fortaleza Ceará

FACULDADE DARCY RIBEIRO. Manual do Aluno FTDR. Fortaleza Ceará FACULDADE DARCY RIBEIRO Manual do Aluno FTDR Fortaleza Ceará SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO... 5 2. CURSOS... 5 3. PROCEDIMENTOS... 5 4. CARTEIRAS ESTUDANTIS... 12 5. DIREITOS E DEVERES DO ALUNO... 13 6. REGIME

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS DO CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO (ênfase em Finanças)

PROCESSO SELETIVO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS DO CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO (ênfase em Finanças) PROCESSO SELETIVO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS DO CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO (ênfase em Finanças) - PERÍODO LETIVO 1º SEMESTRE DE 2016 - E D I T A L O, mantido pela Fundação Escola

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Processo Seletivo 2016 1.º semestre

MANUAL DO CANDIDATO. Processo Seletivo 2016 1.º semestre MANUAL DO CANDIDATO Processo Seletivo 2016 1.º semestre A UNIVERSIDADE PAULISTA faz saber que estão abertas as inscrições, nos locais e horários indicados no item DAS INSCRIÇÕES do presente manual, para

Leia mais

GRUPO IBMEC EDUCACIONAL S.A. EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 2014.1 e 2014.2

GRUPO IBMEC EDUCACIONAL S.A. EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 2014.1 e 2014.2 1 GRUPO IBMEC EDUCACIONAL S.A. EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 2014.1 e 2014.2 O Diretor Presidente do Grupo Ibmec Educacional SA, mantenedor das Faculdades de Economia e Finanças Ibmec e a Faculdade de Ciências

Leia mais

Mestrado Profissional em Administração Centro Universitário Álvares Penteado

Mestrado Profissional em Administração Centro Universitário Álvares Penteado PROCESSO SELETIVO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS DO CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO (ênfase em Finanças) - PERÍODO LETIVO 2º SEMESTRE DE 2015 - E D I T A L O Centro Universitário FECAP, mantido

Leia mais

PORTARIA Prac Nº 011/2014

PORTARIA Prac Nº 011/2014 PORTARIA Prac Nº 011/2014 Dispõe sobre a destinação de vagas remanescentes e as normas e procedimentos a serem aplicados no 1º período letivo de 2015, exclusivamente para os casos de Transferência de outra

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO UNIDADE SÃO PAULO. Ingressantes 2010. Junho/2010 Página 1 de 14

REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO UNIDADE SÃO PAULO. Ingressantes 2010. Junho/2010 Página 1 de 14 REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO UNIDADE SÃO PAULO Ingressantes 2010 Página 1 de 14 SUMÁRIO 1. OBJETIVO DO CURSO 2. ESTRUTURA DO CURSO 2.1) Visão geral 2.2) Pré-requisitos 2.3) Critérios de contagem

Leia mais

FACULDADE LEÃO SAMPAIO

FACULDADE LEÃO SAMPAIO FACULDADE LEÃO SAMPAIO Edital nº 01/2012 O Diretor Geral da Faculdade de Ciências Aplicadas Dr. Leão Sampaio, no uso das suas prerrogativas institucionais e legais, e considerando o que determina o Art.

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2015 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2015 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2015 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM O Centro Universitário do Distrito Federal UDF, atendendo a Portaria Normativa MEC nº 40, de 12/12/2007, republicada

Leia mais

RESPOSTAS RÁPIDAS A PERGUNTAS FREQUENTES INSCRIÇÕES E MATRÍCULA

RESPOSTAS RÁPIDAS A PERGUNTAS FREQUENTES INSCRIÇÕES E MATRÍCULA RESPOSTAS RÁPIDAS A PERGUNTAS FREQUENTES INSCRIÇÕES E MATRÍCULA 1. Como fazer para me inscrever num dos Programas de Pós-graduação Lato Sensu da FADBA? Basta consultar nossa página através do site www.adventista.edu/pos.

Leia mais

Até 15 dias letivos após o início das aulas disciplinas

Até 15 dias letivos após o início das aulas disciplinas EDITAL DE RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA PARA O SEGUNDO SEMESTRE DE 2010 O Diretor da Faculdade de Ciências Humanas ESUDA, no uso da suas atribuições, torna público o calendário e as normas para renovação de matrícula

Leia mais

Faculdade Maurício de Nassau

Faculdade Maurício de Nassau Faculdade Maurício de Nassau EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 A Direção da Faculdade Maurício de Nassau de Manaus no uso de suas atribuições e com base nas disposições regimentais, no Dec. 99.490/90,

Leia mais

Política de Bolsas e Financiamentos

Política de Bolsas e Financiamentos Política de Bolsas e Financiamentos Queremos receber bons estudantes e torná-los excelentes alunos. Olhando para o futuro, também queremos que eles sejam os melhores profissionais do mercado. Sabemos que

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO AGENDADO2015/2

EDITAL PROCESSO SELETIVO AGENDADO2015/2 EDITAL PROCESSO SELETIVO AGENDADO2015/2 CONSOLIDADO O Diretor da Faculdade Cenecista de Itaboraí FACNEC e Faculdade Itaboraí, com sede no município de Itaboraí, Estado do Rio de Janeiro, torna público,

Leia mais

Faculdade de Ciências Humanas de Pernambuco

Faculdade de Ciências Humanas de Pernambuco 1 2º PROCESSO SELETIVO UNIFICADO SOCIEDADE PERNAMBUCANA DE CULTURA E ENSINO LTDA. SOPECE/2016. E D I T A L A Sociedade Pernambucana de Cultura e Ensino Ltda. - SOPECE torna público que estarão abertas

Leia mais

Processo Seletivo para Preenchimento de Vagas de Curso de Graduação da Faculdade SENAI RIO EDITAL DE 17 DE AGOSTO DE 2015

Processo Seletivo para Preenchimento de Vagas de Curso de Graduação da Faculdade SENAI RIO EDITAL DE 17 DE AGOSTO DE 2015 Processo Seletivo para Preenchimento de Vagas de Curso de Graduação da Faculdade SENAI RIO EDITAL DE 17 DE AGOSTO DE 2015 O Diretor da Faculdade SENAI Rio, com base nas disposições regimentais e demais

Leia mais

Guia do Aluno São Paulo 2014

Guia do Aluno São Paulo 2014 Guia do Aluno São Paulo 2014 Parabéns por ter ingressado na FATEC IPIRANGA - Faculdade de Tecnologia pertencente ao Centro Paula Souza. A partir de agora, você faz parte do corpo discente de uma instituição

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2014 Coordenador: Prof. Dr. Eugênio Rondini Trivinho Vice-Coordenador: Prof. Dr. José Luiz Aidar Prado Estarão abertas, no período de U14/04/2014U a U05/05/2014U, as

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM O Centro Universitário do Distrito Federal UDF, atendendo a Portaria Normativa MEC nº 40, de 12/12/2007, resolve

Leia mais

FACULDADE DARCY RIBEIRO. Manual do Aluno FADR

FACULDADE DARCY RIBEIRO. Manual do Aluno FADR FACULDADE DARCY RIBEIRO Manual do Aluno FADR Fortaleza Ceará SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 1. CURSOS... 3 2. PROCEDIMENTOS... 3 3. CARTEIRAS ESTUDANTIS... 10 4. DIREITOS E DEVERES DO ALUNO... 11 5. REGIME

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

Manual de Atendimento ao Aluno EACH - USP

Manual de Atendimento ao Aluno EACH - USP Manual de Atendimento ao Aluno EACH - USP Elaborado por: Informática Sistemas em agosto de 2012 Antonio Carlos de O. Macedo Evandro F. Gonçalves Luciana A. Carradori 1. INTRODUÇÃO... 3 2. ONDE CONSEGUIR

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO PROCESSO SELETIVO 2011-2º.

MANUAL DO CANDIDATO PROCESSO SELETIVO 2011-2º. MANUAL DO CANDIDATO PROCESSO SELETIVO 2011-2º. semestre Caro Candidato, Este é o manual do processo seletivo para o Curso de Pedagogia do Instituto Superior de Educação de São Paulo Singularidades para

Leia mais

FIES Fundo de Financiamento ao Estudante ORIENTAÇÕES E PASSO A PASSO Para solicitar o financiamento, o estudante deverá se inscrever pelo sistema informatizado do FIES no endereço eletrônico: http://sisfiesportal.mec.gov.br

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE BOM DESPACHO - FACEB

FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE BOM DESPACHO - FACEB EDITAL CURSOS TÉCNICOS Instituto Bondespachense Presidente Antônio Carlos - IBPAC FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE BOM DESPACHO - FACEB BOM DESPACHO 2013 SUMÁRIO 1 EDITAL... 03 2. HISTÓRICO... 04 3. APRESENTAÇÃO...

Leia mais

Quem pode solicitar o FIES na FMU?

Quem pode solicitar o FIES na FMU? O que é o FIES? O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do Ministério da Educação (MEC) destinado à concessão de financiamento a estudantes regularmente matriculados em cursos superiores

Leia mais

FACULDADE CAPIXABA DA SERRA - SERRAVIX EDITAL Nº 0011/2013 - PROCESSO SELETIVO 2013/2

FACULDADE CAPIXABA DA SERRA - SERRAVIX EDITAL Nº 0011/2013 - PROCESSO SELETIVO 2013/2 FACULDADE CAPIXABA DA SERRA - SERRAVIX EDITAL Nº 0011/2013 - PROCESSO SELETIVO 2013/2 A Faculdade Capixaba da Serra Serravix, credenciada pela Portaria MEC nº 248, publicada no D.O.U em 07 de julho de

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DO OBJETIVO Cláusula Primeira Estabelecer as regras gerais para a concessão de bolsas nas mensalidades de alunos regularmente matriculados na Universidade Guarulhos. DAS

Leia mais

RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA - 1º SEMESTRE DE 2015

RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA - 1º SEMESTRE DE 2015 RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA - 1º SEMESTRE DE 2015 ORIENTAÇÕES GERAIS Processo O processo de renovação de matrícula constitui-se de três etapas válidas para todos os alunos veteranos dos cursos de graduação:

Leia mais

REGULAMENTO ACADÊMICO DOS CURSOS DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO SUBSEQUENTE AO ENSINO MÉDIO DO IFGOIAS

REGULAMENTO ACADÊMICO DOS CURSOS DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO SUBSEQUENTE AO ENSINO MÉDIO DO IFGOIAS REGULAMENTO ACADÊMICO DOS CURSOS DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO SUBSEQUENTE AO ENSINO MÉDIO DO IFGOIAS Goiânia 2010 REGULAMENTO ACADÊMICO DOS CURSOS DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE

Leia mais

ALIANÇA TERESINA - MAURICIO DE NASSAU

ALIANÇA TERESINA - MAURICIO DE NASSAU ALIANÇA TERESINA - MAURICIO DE NASSAU EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 A direção da Faculdade Aliança / Faculdade Maurício de Nassau no uso de suas atribuições e com base nas disposições regimentais,

Leia mais

EDITAL Nº. 015/2013 PROCESSO SELETIVO 2013/2 CURSO DE GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO

EDITAL Nº. 015/2013 PROCESSO SELETIVO 2013/2 CURSO DE GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL Nº. 015/2013 PROCESSO SELETIVO 2013/2 CURSO DE GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO A Diretoria da Faculdade Alves Faria ALFA, mantida pelo Centro Educacional Alves Faria Ltda., com base em dispositivo

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2015 Coordenador: Prof. Dr. Antônio Corrêa de Lacerda Vice-Coordenadora: Profa. Dra. Regina Maria d Aquino Fonseca Gadelha Estarão abertas, no período de 01/04/2015 a

Leia mais

ESAMC. MBA Executivo. Unidades: Sorocaba. Itapetininga

ESAMC. MBA Executivo. Unidades: Sorocaba. Itapetininga ESAMC MBA Executivo Unidades: Sorocaba Itu Itapetininga REGULAMENTO INTERNO DA INSTITUIÇÃO ÚLTIMA REVISÃO: NOVEMBRO/2009 SUMÁRIO ii 1) DO REGIME ESCOLAR... 1 1.1) CRITÉRIO DE CONTAGEM DE CRÉDITOS... 1

Leia mais

Portaria Normativa n.º 21, de 26 de dezembro de 2014

Portaria Normativa n.º 21, de 26 de dezembro de 2014 Portaria Normativa n.º 21, de 26 de dezembro de 2014 Altera dispositivos das Portarias Normativas MEC n.º 2, de 31 de agosto de 2008; n.º 1, de 22 de janeiro de 2010; n.º 10, de 30 de abril de 2010; n.º

Leia mais

Guia dos Ingressantes

Guia dos Ingressantes Guia dos Ingressantes São Paulo 2014 Parabéns por ter ingressado na FATEC IPIRANGA - Faculdade de Tecnologia pertencente ao Centro Paula Souza. A partir de agora, você faz parte do corpo discente de uma

Leia mais

Plano de Fidelidade e Incentivo à Inclusão no Ensino Superior - UNIESP100 REGULAMENTO

Plano de Fidelidade e Incentivo à Inclusão no Ensino Superior - UNIESP100 REGULAMENTO Plano de Fidelidade e Incentivo à Inclusão no Ensino Superior - UNIESP100 REGULAMENTO O GRUPO EDUCACIONAL UNIESP ( Uniesp ) composto pelas Mantenedoras de todas as suas Instituições de Ensino Superior

Leia mais

Curso Atos Legais Turno. Vagas para o 1º período somente serão disponibilizadas em caso de vagas remanescentes do Vestibular.

Curso Atos Legais Turno. Vagas para o 1º período somente serão disponibilizadas em caso de vagas remanescentes do Vestibular. Edital de Convocação para Ingresso nos cursos da Graduação em 2015/1 através de Transferência Interna de Curso e Transferência Externa entre Faculdades A Diretora Geral da Escola Superior de Propaganda

Leia mais

EDITAL 001/2015 DE MATRÍCULA E REMATRÍCULA PARA PÓS-GRADUAÇÃO 2º SEMESTRE DE 2015 Sessão A (2015.2A) i

EDITAL 001/2015 DE MATRÍCULA E REMATRÍCULA PARA PÓS-GRADUAÇÃO 2º SEMESTRE DE 2015 Sessão A (2015.2A) i Página1 EDITAL 001/2015 DE MATRÍCULA E REMATRÍCULA PARA PÓS-GRADUAÇÃO 2º SEMESTRE DE 2015 Sessão A (2015.2A) i O Presidente do Conselho Universitário (CONSU) do Centro Universitário Ítalo Brasileiro (UniÍtalo),

Leia mais

Dispõe sobre procedimentos para inscrição e contratação de financiamento estudantil.

Dispõe sobre procedimentos para inscrição e contratação de financiamento estudantil. PORTARIA NORMATIVA Nº 10, DE 30 DE ABRIL DE 2010(FIES) * MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DIRETORIA DE POLÍTICAS E PROGRAMAS DA GRADUAÇÃO Dispõe sobre procedimentos para inscrição

Leia mais

Faculdade Escola Paulista de Direito

Faculdade Escola Paulista de Direito Faculdade Escola Paulista de Direito MANUAL DO ALUNO Este manual tem por finalidade informar à comunidade universitária as normas e os procedimentos acadêmicos institucionais da Faculdade Escola Paulista

Leia mais

MANUAL DO ALUNO 2016

MANUAL DO ALUNO 2016 MANUAL DO ALUNO 2016 Este Manual tem como objetivo orientar os alunos em seus direitos e deveres para que possam usufruir de seus direitos e reconhecer suas obrigações como estudantes universitários. As

Leia mais

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO Edital de oferta de vagas para o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Gestão de Projetos Sociais, na modalidade a distância. A Reitora da Universidade Anhanguera-Uniderp, credenciada pelo MEC por meio da

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA Nº 2, DE 31 DE MARÇO DE 2008

PORTARIA NORMATIVA Nº 2, DE 31 DE MARÇO DE 2008 PORTARIA NORMATIVA Nº 2, DE 31 DE MARÇO DE 2008 Dispõe sobre o Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior - FIES. DA POLÍTICA DE OFERTA DE FINANCIAMENTO Art. 4º A concessão de financiamento

Leia mais