Arquitetura de Informação - 2

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Arquitetura de Informação - 2"

Transcrição

1 Arquitetura de Informação - 2 Ferramentas para Web Design Prof. Ricardo Ferramentas para Web Design 1

2 Arquitetura de Informação (AI): Objetivo: Compreender os vários cenários em que o design de informação pode ser usado. Ferramentas para Web Design 2

3 Arquitetura de Informação (AI): Dentro do cenário da AI: Tornar o acesso à informação fácil e prático Dar ao usuário mais de um método para encontrar a informação que deseja Definir as regras de organização da informação dentro do site Especificar as páginas do site e os elementos que as compõe Ferramentas para Web Design 3

4 O usuário em contato com uma interface: Gasta boa parte de seu tempo interagindo para navegar Navegar para encontrar informação As três áreas se reportam umas às outras mutuamente: Interação navegação informação Ferramentas para Web Design 4

5 Quando falamos de interação, navegação e informação, estamos novamente voltando e enfatizando os conceitos de usabilidade e acessibilidade. Ferramentas para Web Design 5

6 Nossa tendência: Achar que os métodos que usamos para encontrar informação são os únicos possíveis, indiscutíveis e frutos do mais apurado bom senso. Um designer inexperiente conhece poucos métodos e se vira com eles. Ferramentas para Web Design 6

7 O objetivo da Arquitetura da Informação é aumentar este repertório e tornar o processo de projetar informação mais consciente e mais intencional. Estamos numa época em que a hipermídia ainda está se consolidando; estamos nos acostumando com o "novo sistema"... Ferramentas para Web Design 7

8 Quase sempre imaginamos que o usuário sabe exatamente o que deseja e que os sistemas de organização da informação (a navegação) são apenas um obstáculo a ser transposto, algo que se coloca entre o usuário e o item que deseja. Ferramentas para Web Design 8

9 O fato é que este comportamento não é tão comum assim. É bastante freqüente o usuário entrar num site apenas com uma idéia vaga sobre o que deseja, usar os mecanismos de organização de informação como ferramenta para descobrir o que realmente deseja. Ferramentas para Web Design 9

10 Exemplo: Imagine um cenário bastante simples: Os itens disponíveis em seu website são roupas e acessórios para montanhismo dispostas numa vitrine O usuário vai até esta loja apenas com uma vaga idéia do que quer comprar O modo como as roupas estão dispostas influencia diretamente no próprio produto Ferramentas para Web Design 10

11 Para o usuário, o produto é aquilo que está exposto, do jeito que está exposto! Se as roupas expostas forem espalhadas no chão da vitrine, provavelmente o usuário não terá uma boa visualização das roupas que deseja ou poderá desejar. Ferramentas para Web Design 11

12 Se, ao contrário, as roupas forem expostas no seu contexto de uso (gente subindo uma montanha ou descendo uma encosta) certamente será mais fácil para o usuário enxergar as vantagens dos itens que vê e, portanto, decidir o que lhe interessa. Ferramentas para Web Design 12

13 É comum, por exemplo, alguém entrar numa loja como esta desejando um certo tipo de produto e sair dela tendo comprado outro, mais adequado ao que realmente necessita ou deseja. Ferramentas para Web Design 13

14 Esse é um conceito de navegação exploratória: Entre a chegada na loja e a saída do cliente, o vendedor (ou o site) não apresenta apenas o que o cliente pede, mas todo uma série de itens relacionados, para que ele possa fazer uma boa escolha. Ferramentas para Web Design 14

15 O que é Arquitetura de Informação de websites? Ambiente de Informação não planejado Ambiente de Informação planejado usuários empregados fornecedores clientes Usuários não conseguem achar as informações que necessitam Usuários acessam a informação certa no momento certo Todos os objetos de conteúdo Todos os objetos de conteúdo Rosenfeld, L., Information Architecture I Ferramentas para Web Design 15

16 Objetivo da Arquitetura de informação Criar as estruturas de organização da informação apresentada por um website para que o usuário consiga encontrar e compreender as informações que necessita e desempenhar suas tarefas com facilidade. Ferramentas para Web Design 16

17 Seu desafio: Definir as regras de organização do website Definir o modelo de interação do usuário com a informação Especificar todas as páginas do website e os elementos que as compõem. Ferramentas para Web Design 17

18 O que é Arquitetura de Informação de websites? Na prática o trabalho do arquiteto de informação é balancear as características e as necessidades dos usuários, do conteúdo e do contexto. AI Ferramentas para Web Design 18

19 Por que arquitetura de informação é importante? Problemas mais comuns nos websites Problema % de websites Como afeta o usuário * Resultados de busca mal organizados 53% Frustração Perda de tempo * Arquitetura de informação pobre 32% Confusão Caminhos sem saída Uso excessivo dos botões voltar e avançar do browser Força o usuário a usar o mecanismo de busca Performance lenta 32% Interrupção constante na experiência de compra Frustração * Home-Page desorganizada 27% Cria desinteresse Perda de tempo * Rótulos confusos 25% Confusão Erros Uso excessivo dos botões voltar e avançar do browser Força o usuário a usar o mecanismo de busca Processo de registro invasivo * Navegação inconsistente 25% Usuários são apenas números Visitante se sente ressentido Perda de tempo e esforço para entrar com os dados 13% Caminhos ineficientes Força o usuário a se focar na navegação, não no uso Perda da estabilidade percebida Funcionalidades úteis não são encontradas Ferramentas para Web Design 19 * Problemas relacionados com Arquitetura de Informação VIVINDECE RESEARCH, A Tangled Web, E-Tailer's Digest,

20 Componentes da Arquitetura de Informação ROSENFELD e MORVILLE (2002) dividem a Arquitetura de Informação de um website em quatro grandes sistemas interdependentes, cada um composto por regras próprias e suas aplicações: Sistema de Organização (Organization System) Determina o agrupamento e a categorização do conteúdo informacional. Sistema de Navegação (Navigation System) Especifica as maneiras de navegar, de se mover pelo espaço informacional e hipertextual. Sistema de Rotulação (Labeling System) Estabelece as formas de representação, de apresentação, da informação, definindo signos para cada elemento informativo. Sistemas de Busca (Search System) Determina as perguntas que o usuário pode fazer e o conjunto de respostas que irá obter. ROSENFELD, L. ; MORVILLE, P. Information Architecture for the Word Wide Web. 3ed. Sebastopol: O Reilly, 2006.

Arquitetura de Informação de Websites. 2006 Guilhermo Reis www.guilhermo.com

Arquitetura de Informação de Websites. 2006 Guilhermo Reis www.guilhermo.com Arquitetura de Informação de Websites 2006 Guilhermo Reis www.guilhermo.com 2 Vivemos a era da explosão da informação Existe um tsunami de dados que bate sobre as praias do mundo civilizado. É um maremoto

Leia mais

Arquitectura de Informação

Arquitectura de Informação Arquitectura de Informação Saul Wurman, criou o termo em 1976. Foi usado para design impresso: mapas guias e atlas. Posteriormente para layouts e outros campos do design. Morville e Rosenfeld, autores

Leia mais

Arquitetura da Informação. A relação da Arquitetura da Informação com a Usabilidade na era do conhecimento

Arquitetura da Informação. A relação da Arquitetura da Informação com a Usabilidade na era do conhecimento A relação da Arquitetura da Informação com a Usabilidade na era do conhecimento Rodrigo Medeiros Tecnólogo em Sistema para Internet Faculdade Marista Especialista em arquitetura da Informação pela Jump

Leia mais

Arquitetura da Informação x Design de Websites. 2007 Guilhermo Reis www.guilhermo.com

Arquitetura da Informação x Design de Websites. 2007 Guilhermo Reis www.guilhermo.com Arquitetura da Informação x Design de Websites 2007 Guilhermo Reis www.guilhermo.com Vivemos a era da explosão da informação 2 3 Breve Histórico RICHARD SAUL WURMAN Criou o termo Arquitetura de Informação

Leia mais

Arquitetura de Informação de websites

Arquitetura de Informação de websites Arquitetura de Informação de websites Apresentação Gil Barros Design e implementação de interfaces digitais desde 96 design gráfico > html perl/lingo > php/sql/flash usabilidade > arquitetura de informação

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO NO PLANEJAMENTO DE AMBIENTES DIGITAIS INCLUSIVOS i

A IMPORTÂNCIA DA ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO NO PLANEJAMENTO DE AMBIENTES DIGITAIS INCLUSIVOS i A IMPORTÂNCIA DA ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO NO PLANEJAMENTO DE AMBIENTES DIGITAIS INCLUSIVOS i Raimunda Fernanda dos Santos Aluna de Graduação em Biblioteconomia da UFRN/Natal/RN-Brasil nanda_florania@hotmail.com

Leia mais

Arquitetura de Informação de websites

Arquitetura de Informação de websites Arquitetura de Informação de websites Guilhermo Reis www.guilhermo.com Você consegue assimilar toda a informação que precisa? 2 1 3 Vivemos a era da explosão da informação Existe um tsunami de dados que

Leia mais

Webdesign Fluxo de Desenvolvimento do Webdesign

Webdesign Fluxo de Desenvolvimento do Webdesign Webdesign Fluxo de Desenvolvimento do Webdesign Conteúdos Os materiais de aula, apostilas e outras informações estarão disponíveis em: www.thiagomiranda.net Tópicos da Aula 1. Design 2. Importância do

Leia mais

Sistema de Navegação. 2006 Guilhermo Reis www.guilhermo.com

Sistema de Navegação. 2006 Guilhermo Reis www.guilhermo.com Sistema de Navegação 2006 Guilhermo Reis www.guilhermo.com 2 O que é navegar? Navegar é alcançar um destino que está fora do alcance de campo de visão do ponto de partida. Para alcançar seu destino, o

Leia mais

Arquitetura de Informação - 6

Arquitetura de Informação - 6 Arquitetura de Informação - 6 Ferramentas para Web Design Prof. Ricardo Ferramentas para Web Design 1 Objetivo do Sistema de Rotulação O sistema de rotulação é o componente da Arquitetura de Informação

Leia mais

Fluxo de Desenvolvimento do Webdesign

Fluxo de Desenvolvimento do Webdesign Webdesign Fluxo de Desenvolvimento do Webdesign Apresentação, Fluxo de Desenvolvimento e Arquitetura da Informação Apresentação Thiago Miranda Email: mirandathiago@gmail.com Site: www.thiagomiranda.net

Leia mais

A Ergonomia e os Sistemas de Informação. Ivo Gomes

A Ergonomia e os Sistemas de Informação. Ivo Gomes A Ergonomia e os Sistemas de Informação Ivo Gomes A Ergonomia e os Sistemas de Informação Para a maior parte das pessoas, a ergonomia serve para fazer cadeiras mais confortáveis, mobiliário de escritório

Leia mais

Marketing Digital - 10 conceitos que você precisa conhecer

Marketing Digital - 10 conceitos que você precisa conhecer Marketing Digital - 10 conceitos que você precisa conhecer Por Diego Carmona* Muitas pessoas, ao contrário do que se pensa, não estão utilizando o meio online somente para se divertir. Uma grande maioria

Leia mais

Implementação. Quanto custa um erro de software?

Implementação. Quanto custa um erro de software? Implementação Guilhermo Reis www.guilhermo.com 2 Quanto custa um erro de software? O míssil de guerra Patriot, usado como parte do sistema estratégico de defesa dos EUA ( Star Wars ), do governo de Ronald

Leia mais

USABILIDADE NA WEB : Projetando Websites com Qualidade

USABILIDADE NA WEB : Projetando Websites com Qualidade Universidade Federal de Santa Catarina Programa de Pós-Graduação em Eng. e Gestão do Conhecimento USABILIDADE NA WEB : Projetando Websites com Qualidade Jakob Nielsen Hoa Loranger Rafael Tezza SOBRE A

Leia mais

TESTE DE USABILIDADE DO SITE DE UMA LOJA DE DEPARTAMENTOS VOLTADA PARA O VAREJO DE MODA

TESTE DE USABILIDADE DO SITE DE UMA LOJA DE DEPARTAMENTOS VOLTADA PARA O VAREJO DE MODA TESTE DE USABILIDADE DO SITE DE UMA LOJA DE DEPARTAMENTOS VOLTADA PARA O VAREJO DE MODA Thaissa SCHNEIDER 1, Monique VANDRESEN 1, Flávio dos SANTOS 1 1 Universidade do Estado de Santa Catarina. SUMÁRIO

Leia mais

Resenha. Ergodesign e arquitetura da informação: trabalhando com o usuário (Luiz Agner, Rio de Janeiro, Quartet Editora, 2006, 173 p.

Resenha. Ergodesign e arquitetura da informação: trabalhando com o usuário (Luiz Agner, Rio de Janeiro, Quartet Editora, 2006, 173 p. Resenha Ergodesign e arquitetura da informação: trabalhando com o usuário (Luiz Agner, Rio de Janeiro, Quartet Editora, 2006, 173 p.) Thiago de Andrade Marinho 1 Ergodesign e Arquitetura de Informação:

Leia mais

U NIFACS ERGONOMIA INFORMACIONAL PROFª MARIANNE HARTMANN 2006.1

U NIFACS ERGONOMIA INFORMACIONAL PROFª MARIANNE HARTMANN 2006.1 U NIFACS ERGONOMIA INFORMACIONAL PROFª MARIANNE HARTMANN 2006.1 AULA 20 PROBLEMAS DE INTERFACE 12.maio.2006 FAVOR DESLIGAR OS CELULARES usabilidade compreende a habilidade do software em permitir que o

Leia mais

Usabilidade na Web. Dinara P. Lima. Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC Departamento de Ciências da Computação Joinville, SC, Brasil

Usabilidade na Web. Dinara P. Lima. Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC Departamento de Ciências da Computação Joinville, SC, Brasil Usabilidade na Web Dinara P. Lima Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC Departamento de Ciências da Computação Joinville, SC, Brasil dinara.lima@gmail.com Abstract. This article presents an overview

Leia mais

USABILIDADE NA WEB E EM INTERFACES. Tutora: Aline Yuri Ieiri (UAB UFABC - PACC)

USABILIDADE NA WEB E EM INTERFACES. Tutora: Aline Yuri Ieiri (UAB UFABC - PACC) USABILIDADE NA WEB E EM INTERFACES. Tutora: Aline Yuri Ieiri (UAB UFABC - PACC) Definição do conceito O que é Usabilidade? Usabilidade é um termo usado para definir a facilidade com que as pessoas podem

Leia mais

Load Balance Benefícios e vantagens dessa funcionalidade.

Load Balance Benefícios e vantagens dessa funcionalidade. Load Balance Benefícios e vantagens dessa funcionalidade. Não espere seu ambiente cair para tomar providências. Saiba agora o que é o Load Balance. Load Balance 01. Eu tenho um problema? 02. O que é o

Leia mais

usabilidade assume uma importância ímpar na economia da Internet

usabilidade assume uma importância ímpar na economia da Internet WEB Usabilidade WEB usabilidade assume uma importância ímpar na economia da Internet no design de produtos e de software tradicionais, usuários pagam antes e experimentam a usabilidade depois na WEB experimentam

Leia mais

3 Qualidade de Software

3 Qualidade de Software 3 Qualidade de Software Este capítulo tem como objetivo esclarecer conceitos relacionados à qualidade de software; conceitos estes muito importantes para o entendimento do presente trabalho, cujo objetivo

Leia mais

Eleve a experiência do consumidor: como criar uma situação de win-win entre a TI e seus usuários

Eleve a experiência do consumidor: como criar uma situação de win-win entre a TI e seus usuários Eleve a experiência : como criar uma situação de win-win entre a TI e seus usuários Introdução Soluções da CA Por que é necessário melhorar a experiência dos usuários com os serviços de TI? A consumerização

Leia mais

A Arquitetura de Informação segundo Lou e Peter por Márcio Tristão

A Arquitetura de Informação segundo Lou e Peter por Márcio Tristão A Arquitetura de Informação segundo Lou e Peter por Márcio Tristão Conversamos com Louis Rosenfeld e Peter Morville autores do best-seller Information Architecture for the World Wide Web, o livro do urso

Leia mais

WebDesign. Eu uso, Tu usas, Nós usamos..

WebDesign. Eu uso, Tu usas, Nós usamos.. WebDesign Eu uso, Tu usas, Nós usamos.. Conceito de usabilidade É a facilidade de uso que as pessoas podem empregar uma ferramenta ou objeto a fim de realizar uma tarefa específica. Porque usabilidade

Leia mais

Soluções Web Centradas no Utilizador. Ivo Gomes

Soluções Web Centradas no Utilizador. Ivo Gomes Soluções Web Centradas no Utilizador Ivo Gomes 1 Soluções Web Centradas no Utilizador Os interfaces gráficos foram desenvolvidos para dar controlo às pessoas sobre os seus computadores. Colmatar as necessidades

Leia mais

arquitetura da informação em agências digitais

arquitetura da informação em agências digitais arquitetura da informação em agências digitais 1 dados importantes 2 componentes da a.i. 3 fases e ferramentas 4 equipe envolvida 5 livros recomendados dados importantes Cinco exabytes(5.000.000.000.000

Leia mais

Wireframes Desenho de Iteração. Henrique Correia. Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa

Wireframes Desenho de Iteração. Henrique Correia. Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa 1 Wireframes Desenho de Iteração Henrique Correia Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa Sistemas Hipermédia - 1º ano Mestrado Ensino da Informática 11 de Outubro de 2011 2 Wireframes Introdução

Leia mais

AULA 5 O E-BUSINESS E OS SISTEMAS DE APOIO ÀS DECISÕES E DE INFORMAÇÃO EXECUTIVA

AULA 5 O E-BUSINESS E OS SISTEMAS DE APOIO ÀS DECISÕES E DE INFORMAÇÃO EXECUTIVA AULA 5 O E-BUSINESS E OS SISTEMAS DE APOIO ÀS DECISÕES E DE INFORMAÇÃO EXECUTIVA APOIO ÀS DECISÕES DE E-BUSINESS E SISTEMAS DE APOIO ÀS DECISÕES Conceito O conceito básico de e-business é simples: negócios

Leia mais

ESTUDO AVALIATIVO DE ACESSIBILIDADE E USABILIDADE APLICADO AO AMBIENTE WEB.

ESTUDO AVALIATIVO DE ACESSIBILIDADE E USABILIDADE APLICADO AO AMBIENTE WEB. ESTUDO AVALIATIVO DE ACESSIBILIDADE E USABILIDADE APLICADO AO AMBIENTE WEB. Rogério Albuquerque Ribeiro, Claudete Werner Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí - PR - Brasil albuquerque.rogerio@icloud.com

Leia mais

Documento Descritivo do Mecanismo de Busca. Preparação do Portal para indexação

Documento Descritivo do Mecanismo de Busca. Preparação do Portal para indexação Documento Descritivo do Mecanismo de Busca Este documento visa esclarecer as regras que serão executadas pelo mecanismo de busca para a recuperação de informações a partir de uma palavra e/ou expressão

Leia mais

Arquitetura de Informação e Engenharia Semiótica: um estudo de caso do website da Unimed João Pessoa

Arquitetura de Informação e Engenharia Semiótica: um estudo de caso do website da Unimed João Pessoa GT8 - Informação e Tecnologia Modalidade de apresentação: Pôster Arquitetura de Informação e Engenharia Semiótica: um estudo de caso do website da Unimed João Pessoa Lílian Viana Teixeira Cananéa Universidade

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE CONTEÚDO EDUCACIONAL CENTRADO NO USUÁRIO BASEADO NA INTERNET APLICADO EM PROGRAMA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

DESENVOLVIMENTO DE CONTEÚDO EDUCACIONAL CENTRADO NO USUÁRIO BASEADO NA INTERNET APLICADO EM PROGRAMA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DESENVOLVIMENTO DE CONTEÚDO EDUCACIONAL CENTRADO NO USUÁRIO BASEADO NA INTERNET APLICADO EM PROGRAMA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA 05/2005 137-TC-C5 Sergio Ferreira do Amaral Faculdade de Educação da UNICAMP

Leia mais

PLANEJAMENTO FINANCEIRO PESSOAL O GUIA PARA COMEÇAR A TER SUCESSO NAS FINANÇAS

PLANEJAMENTO FINANCEIRO PESSOAL O GUIA PARA COMEÇAR A TER SUCESSO NAS FINANÇAS PLANEJAMENTO FINANCEIRO PESSOAL O GUIA PARA COMEÇAR A TER SUCESSO NAS FINANÇAS SUMÁRIO INTRODUÇÃO 03 CONTROLE DE CONTAS 04 ENTENDER E CONTROLAR AS DESPESAS FIXAS E VARIÁVEIS 05 DEFINIR PRIORIDADES 07 IDENTIFICAR

Leia mais

É recomendável ordenar e responder apenas àquelas perguntas que podem efetivamente contribuir para um aprofundamento da análise da organização.

É recomendável ordenar e responder apenas àquelas perguntas que podem efetivamente contribuir para um aprofundamento da análise da organização. Roteiro de Apoio Análise da Sustentabilidade Institucional Antonio Luiz de Paula e Silva alpsilva@fonte.org.br 1 O presente documento apresenta uma série de perguntas para ajudar no levantamento de dados

Leia mais

Estoque. Como controlar o estoque

Estoque. Como controlar o estoque Estoque Como controlar o estoque Por que é necessário controlar o estoque? Reduzir custos Se há excesso em estoque A empresa terá custos operacionais para manter o estoque, isto significa capital empatado

Leia mais

segredos para vencer com Análises

segredos para vencer com Análises segredos para vencer com Análises Quase todas as empresas usam análises. Mas nem toda empresa está obtendo tudo que suas análises poderiam oferecer. Então, o que você realmente destacaria de suas análises

Leia mais

Como escrever um estudo de caso que é um estudo de caso? Um estudo so é um quebra-cabeça que tem de ser resolvido. A primeira coisa a

Como escrever um estudo de caso que é um estudo de caso? Um estudo so é um quebra-cabeça que tem de ser resolvido. A primeira coisa a Página 1 1 Como escrever um Estudo de Caso O que é um estudo de caso? Um estudo de caso é um quebra-cabeça que tem de ser resolvido. A primeira coisa a lembre-se de escrever um estudo de caso é que o caso

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO PROJETO

A IMPORTÂNCIA DO PROJETO Iluminação de Lojas Destacar uma vitrine, a arquitetura da fachada, os produtos e a decoração dos espaços internos tornando as lojas atraentes aos olhos do público, já não é possível sem a elaboração de

Leia mais

XIII Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação XIII ENANCIB 2012 GT 8 Informação e Tecnologia

XIII Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação XIII ENANCIB 2012 GT 8 Informação e Tecnologia XIII Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação XIII ENANCIB 2012 GT 8 Informação e Tecnologia ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO E USABILIDADE: AVALIAÇÃO DA INTRANET DA UNICRED JOÃO PESSOA RESUMO Modalidade

Leia mais

POLÍTICA DE PRIVACIDADE

POLÍTICA DE PRIVACIDADE POLÍTICA DE PRIVACIDADE Veja como protegemos suas informações. 1. DA ABRANGÊNCIA DESTA POLÍTICA DE PRIVACIDADE a. Como a Advisenet usa informações pessoais? Este documento explicita a forma pela qual a

Leia mais

Construindo Relacionamentos

Construindo Relacionamentos Construindo Relacionamentos Objetivos: Promover a conscientização da necessidade de trabalho em equipe e de construir relacionamentos como um componente da formação de equipe Oferecer sugestões e instrumentos

Leia mais

www.rakutencommerce.com.br E-BOOK

www.rakutencommerce.com.br E-BOOK APRENDA AS ÚLTIMAS DICAS E TRUQUES SOBRE COMO DAR UM TAPA 3.0 NA SUA LOJA VIRTUAL. www.rakutencommerce.com.br E-BOOK propósito desse ebook é muito simples: ajudar o varejista on-line a dar um tapa 3.0

Leia mais

O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente Junho/2015

O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente Junho/2015 O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente Junho/2015 1. INTRODUÇÃO 84% dos consumidores que não possuem conta corrente fazem compras parceladas O fato de não possuir conta em banco

Leia mais

40 dicas para tornar seu site mais eficiente e funcional

40 dicas para tornar seu site mais eficiente e funcional 40 dicas para tornar seu site mais eficiente e funcional Essas 40 dicas são ótimas e assino embaixo. Foram passadas para mim pelo amigo Luiz Rodrigues, aluno também do Curso Online de Design Web. A fonte

Leia mais

O sucesso de hoje não garante o sucesso de amanhã

O sucesso de hoje não garante o sucesso de amanhã Com certeza, esse final de século XX e começo de século XXI mudarão nossas vidas mais do que elas mudaram há 30-40 anos atrás. É muito difícil avaliar como será essa mudança, mas é certo que ela virá e

Leia mais

Usabilidade e Arquitectura de Informação

Usabilidade e Arquitectura de Informação Usabilidade e Arquitectura de Informação a construção da experiência do utilizador O que é a Usabilidade O que é a Arquitectura de Informação Como pensar a web A experiência do utilizador Pensar como um

Leia mais

CAPITULO 1 INTRODUÇÃO

CAPITULO 1 INTRODUÇÃO 1 CAPITULO 1 INTRODUÇÃO 1.1 A Internet Atualmente, todo o visual da Internet só é possível ser visto devido à infra-estrutura de telecomunicações existente, a qual se moderniza constantemente, propiciando

Leia mais

A Arquitetura da Informação e o Bibliotecário. Maria Irene da Fonseca e Sá 1

A Arquitetura da Informação e o Bibliotecário. Maria Irene da Fonseca e Sá 1 A Arquitetura da Informação e o Bibliotecário Maria Irene da Fonseca e Sá 1 1 Docente do curso de Biblioteconomia e Gestão de Unidades de Informação, Universidade Federal do Rio de Janeiro. E-mail: mariairene@facc.ufrj

Leia mais

ARQI. Arquitetura de Informação. Necessidades do usuário. Curso Superior de Tecnologia em Design Gráfico

ARQI. Arquitetura de Informação. Necessidades do usuário. Curso Superior de Tecnologia em Design Gráfico ARQI Arquitetura de Informação Curso Superior de Tecnologia em Design Gráfico Necessidades do usuário Pois vocês conhecem a graça de nosso Senhor Jesus Cristo que, sendo rico, se fez pobre por amor de

Leia mais

Aula 2 Revisão 1. Ciclo de Vida. Processo de Desenvolvimento de SW. Processo de Desenvolvimento de SW. Processo de Desenvolvimento de SW

Aula 2 Revisão 1. Ciclo de Vida. Processo de Desenvolvimento de SW. Processo de Desenvolvimento de SW. Processo de Desenvolvimento de SW Ciclo de Vida Aula 2 Revisão 1 Processo de Desenvolvimento de Software 1 O Processo de desenvolvimento de software é um conjunto de atividades, parcialmente ordenadas, com a finalidade de obter um produto

Leia mais

Markes Roberto Vaccaro

Markes Roberto Vaccaro Markes Roberto Vaccaro Sumário 1 - CONHECER OS SEGREDOS DO MARKETING DIGITAL... 3 2 CRIAR UM BLOG DE NICHO... 4 3 - COMEÇANDO A ESTRATÉGIA DE MARKETING... 4 4 - PRODUTOS DIGITAIS... 5 5 OPTIMIZAÇÃO DE

Leia mais

Essas descobertas foram analisadas e testadas, e percebeu-se que podiam ser aplicadas em diversas áreas.

Essas descobertas foram analisadas e testadas, e percebeu-se que podiam ser aplicadas em diversas áreas. AULA 1-) SABER QUERER Olá, amigos! Meu nome é Kau Mascarenhas e sou um arquiteto de gente. Sim, tenho formação acadêmica em Arquitetura mas atualmente trabalho como consultor e conferencista em Desenvolvimento

Leia mais

Relatório referente ao período de 24 de abril de 2007 a 29 de maio de 2007.

Relatório referente ao período de 24 de abril de 2007 a 29 de maio de 2007. Relatório do GPES Relatório referente ao período de 24 de abril de 2007 a 29 de maio de 2007. Objetivo O objetivo desse relatório é expor alguns padrões de interface para Web que foram definidos pela Coleção

Leia mais

SEU SITE COMO CANAL DE VENDAS ESTATÍSTICAS SOBRE O COMPORTAMENTO ONLINE DOS TURISTAS -2015-

SEU SITE COMO CANAL DE VENDAS ESTATÍSTICAS SOBRE O COMPORTAMENTO ONLINE DOS TURISTAS -2015- SEU SITE COMO CANAL DE VENDAS ESTATÍSTICAS SOBRE O COMPORTAMENTO ONLINE DOS TURISTAS -2015- Conheça melhor o comportamento online do hóspede e prepare sua estratégia digital para os últimos meses deste

Leia mais

Introdução ao Web Design. Aspectos gerais para um bom web design

Introdução ao Web Design. Aspectos gerais para um bom web design Introdução ao Web Design Aspectos gerais para um bom web design Conteúdo programático Projeto Briefing Montando o layout Hierarquia da informação Acessibilidade Projeto Um projeto é um esforço temporário

Leia mais

CONHECENDO-SE MELHOR DESCOBRINDO-SE QUEM VOCÊ É? 13 PASSOS QUE VÃO AJUDÁ-LO PARA SE CONHECER MELHOR E DESCOBRIR QUE VOCÊ REALMENTE É

CONHECENDO-SE MELHOR DESCOBRINDO-SE QUEM VOCÊ É? 13 PASSOS QUE VÃO AJUDÁ-LO PARA SE CONHECER MELHOR E DESCOBRIR QUE VOCÊ REALMENTE É CONHECENDO-SE MELHOR DESCOBRINDO-SE QUEM VOCÊ É? 13 PASSOS QUE VÃO AJUDÁ-LO PARA SE CONHECER MELHOR E DESCOBRIR QUE VOCÊ REALMENTE É Descobrindo-se... Fácil é olhar à sua volta e descobrir o que há de

Leia mais

Gerenciamento de Requisitos Gerenciamento de Requisitos

Gerenciamento de Requisitos Gerenciamento de Requisitos Gerenciamento de Requisitos Objetivos da disciplina Descrever o processo de Gerenciamento e Engenharia de Requisitos para projetos Treinar alunos no Gerenciamento de Requisitos Apresentar estudos de caso

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO EM REPOSITÓRIOS DIGITAIS. Marisa Bräscher Fernanda de Souza Monteiro

ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO EM REPOSITÓRIOS DIGITAIS. Marisa Bräscher Fernanda de Souza Monteiro ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO EM REPOSITÓRIOS DIGITAIS Marisa Bräscher Fernanda de Souza Monteiro 1 OI objeto informacional Para ser organizada, a informação precisa ser descrita uma descrição é um enunciado

Leia mais

Gestão de Contratos de Serviços e Elaboração de SLAs. Edison Roberto Morais emorais@entelcorp.com.br

Gestão de Contratos de Serviços e Elaboração de SLAs. Edison Roberto Morais emorais@entelcorp.com.br Gestão de Contratos de Serviços e Elaboração de SLAs Edison Roberto Morais emorais@entelcorp.com.br Agenda Satisfação do Cliente Elaboração e estruturação de SLA (Service Level Agreement) Gerenciando os

Leia mais

Linguagem de Estruturação e Apresentação de Conteúdos

Linguagem de Estruturação e Apresentação de Conteúdos UNIVERSIDADE TECNOLOGICA FEDERAL DO PARANA MINISTERIO DA EDUCAÇÃO Câmpus Santa Helena Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Linguagem de Estruturação e Apresentação de Conteúdos Prof. Me. Arlete

Leia mais

Sistema de Organização. Determina o agrupamento e a categorização do conteúdo informacional.

Sistema de Organização. Determina o agrupamento e a categorização do conteúdo informacional. Sistema de Organização Determina o agrupamento e a categorização do conteúdo informacional. Onde é mais rápido r encontrar uma palavra? É uma fato simples que quando você tem uma certa quantidade de coisas,

Leia mais

O CONCEITO DE TDD NO DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE

O CONCEITO DE TDD NO DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE O CONCEITO DE TDD NO DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE Renan Leme Nazário, Ricardo Rufino Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR - Brasil renazariorln@gmail.com, ricardo@unipar.br Resumo. Este artigo

Leia mais

Capítulo 2 Usabilidade... 24 2.1 Definição de usabilidade... 25 2.2 Resumo... 39 2.3 Leitura recomendada... 39

Capítulo 2 Usabilidade... 24 2.1 Definição de usabilidade... 25 2.2 Resumo... 39 2.3 Leitura recomendada... 39 Prefácio... IX Lista de Siglas e Abreviaturas... XIII Lista de Figuras e Quadros... XVI Capítulo 1 Portal web... 1 1.1 Definição de portal web... 3 1.2 Portal corporativo... 8 1.3 Resumo... 22 1.4 Leitura

Leia mais

Gestão do Risco e da Qualidade no Desenvolvimento de Software

Gestão do Risco e da Qualidade no Desenvolvimento de Software Gestão do Risco e da Qualidade no Desenvolvimento de Software Questionário Taxinómico do Software Engineering Institute António Miguel 1. Constrangimentos do Projecto Os Constrangimentos ao Projecto referem-se

Leia mais

PESQUISA EDUCAÇÃO FINANCEIRA. Orçamento Pessoal e Conhecimentos Financeiros

PESQUISA EDUCAÇÃO FINANCEIRA. Orçamento Pessoal e Conhecimentos Financeiros PESQUISA EDUCAÇÃO FINANCEIRA Orçamento Pessoal e Conhecimentos Financeiros Janeiro 2015 1. INTRODUÇÃO Quatro em cada dez consumidores consideram-se desorganizados financeiramente, mas sete em cada dez

Leia mais

Guia de Vendas Online para Iniciantes

Guia de Vendas Online para Iniciantes Guia de Vendas Online para Iniciantes ebook SUMÁRIO Introdução: Dúvidas comuns para quem deseja começar a vender pela internet... 2 Capítulo 1: O é e-commerce?... 3 Capítulo 3: Como funcionam os principais

Leia mais

Sistema de Organização

Sistema de Organização Sistema de Organização Guilhermo Reis www.guilhermo.com 2 Onde é mais rápido encontrar uma palavra? Jogo de caça-palavras Dicionário (passatempo.ig.com.br, 2014) É mais fácil encontrar uma informação em

Leia mais

Programação e Designer para WEB

Programação e Designer para WEB Programação e Designer para WEB Usabilidade Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com Porque se preocupar com a web público extremamente grande cada dia cresce mais gerador de negócios ferramenta

Leia mais

Análise do site da Universidade Federal de Goiás usando os conceitos da Arquitetura da Informação

Análise do site da Universidade Federal de Goiás usando os conceitos da Arquitetura da Informação Análise do site da Universidade Federal de Goiás usando os conceitos da Arquitetura da Informação Douglas Zanuzzi Palharini 1, Joslaine Cristina Jeske de Freitas 1 1 Curso de Ciência da Computação Universidade

Leia mais

Soluções em Publicidade e Propaganda para pequenos negócios

Soluções em Publicidade e Propaganda para pequenos negócios Floripart Soluções em Publicidade e Propaganda para pequenos negócios Boas vindas Ter uma loja virtual, um blog ou uma página no Facebook é mais importante do que pensa. As pessoas julgam de fato o livro

Leia mais

Arquitetura de Informação

Arquitetura de Informação Arquitetura de Informação Ferramentas para Web Design Prof. Ricardo Ferramentas para Web Design 1 Arquitetura de Informação? Ferramentas para Web Design 2 Arquitetura de Informação (AI): É a arte de expressar

Leia mais

Aumentando as vendas online do Grupo VEPEA

Aumentando as vendas online do Grupo VEPEA Aumentando as vendas online do Grupo VEPEA Nossa missão Contribuir com o crescimento de empresas e profissionais no Brasil, por meio da valorização do conhecimento sobre marketing digital e da disseminação

Leia mais

Otimização SEO Para Quem Não Entende de SEO Igor Mateus Otimização de SEO do jeito simples. Igor Mateus Consultor em Marketing Digital

Otimização SEO Para Quem Não Entende de SEO Igor Mateus Otimização de SEO do jeito simples. Igor Mateus Consultor em Marketing Digital Otimização SEO Para Quem Não Entende de SEO Igor Otimização de SEO do jeito simples Igor Consultor em Marketing Digital SEO - Otimização de Sites Para Quem Não Entende de SEO O que é o SEO? Porque utilizar

Leia mais

Empreenda! 9ª Edição Roteiro de Apoio ao Plano de Negócios. Preparamos este roteiro para ajudá-lo (a) a desenvolver o seu Plano de Negócios.

Empreenda! 9ª Edição Roteiro de Apoio ao Plano de Negócios. Preparamos este roteiro para ajudá-lo (a) a desenvolver o seu Plano de Negócios. Empreenda! 9ª Edição Roteiro de Apoio ao Plano de Negócios Caro (a) aluno (a), Preparamos este roteiro para ajudá-lo (a) a desenvolver o seu Plano de Negócios. O Plano de Negócios deverá ter no máximo

Leia mais

Accessed : 18-Sep-2015 22:55:16

Accessed : 18-Sep-2015 22:55:16 Acessibilidade web em ambientes informacionais digitais: o olhar da ciência da informação Author(s: Published by: Persistent URL: DOI: Cusin, Cesar Augusto; Vidotti, Silvana Aparecida Borsetti Gregorio

Leia mais

E se exis/sse um método ou processo que pudesse ser aplicado em qualquer website para aumentar as vendas?

E se exis/sse um método ou processo que pudesse ser aplicado em qualquer website para aumentar as vendas? 16 May 2013 1 E se exis/sse um método ou processo que pudesse ser aplicado em qualquer website para aumentar as vendas? Esse método existe e funciona para todos os segmentos, não importa o /po de negócio

Leia mais

Introdução. 1. O que é e-commerce?

Introdução. 1. O que é e-commerce? Introdução As vendas na internet crescem a cada dia mais no Brasil e no mundo, isto é fato. Entretanto, dominar esta ferramenta ainda pode ser um mistério tanto para micro quanto para pequenos e médios

Leia mais

Sistemas Hipermédia. sh@di.fc.ul.pt 2011/2012 FCUL Departamento de Informática Carlos Duarte. Horários, Corpo docente

Sistemas Hipermédia. sh@di.fc.ul.pt 2011/2012 FCUL Departamento de Informática Carlos Duarte. Horários, Corpo docente Sistemas Hipermédia sh@di.fc.ul.pt 2011/2012 FCUL Departamento de Informática Carlos Duarte Horários, Corpo docente T 5ª-feira, 16h30-1830, sala 6.2.49 TP1 5ª-feira, 18h30-20h00, sala 6.2.49 TP2 6ª-feira,

Leia mais

8 Conclusões, recomendações e desdobramentos

8 Conclusões, recomendações e desdobramentos 8 Conclusões, recomendações e desdobramentos 136 8 Conclusões, recomendações e desdobramentos 8.1. Introdução Finalmente inicia-se a etapa conclusiva deste trabalho. Com base nos resultados da pesquisa

Leia mais

À medida que o ser humano aprende qualquer coisa, as ligações entre grupos de neurônios mudam a sua composição química.

À medida que o ser humano aprende qualquer coisa, as ligações entre grupos de neurônios mudam a sua composição química. 2 Índice 1 - Objetivo... 3 2 Arquivo Mental... 4 3 - Filtros Cerebrais... 9 4 - Paradigmas e Percepções... 13 5 - Alterações do Mapa Mental... 16 Resumo... 22 Saiba mais...... 24 3 1 - OBJETIVO Este texto

Leia mais

COMO COMEÇAR 2016 se organizando?

COMO COMEÇAR 2016 se organizando? COMO COMEÇAR 2016 se organizando? Como começar 2016 se organizando? Conheça estratégias simples para iniciar o novo ano com o pé direito Você sabia que, de acordo com o Sebrae, os principais motivos que

Leia mais

CONECTAMOS IDEIAS COM RESULTADOS. Agência Web

CONECTAMOS IDEIAS COM RESULTADOS. Agência Web CONECTAMOS IDEIAS COM RESULTADOS A PLUG AGÊNCIA WEB A Plug é uma agência que transforma as suas ideias em resultados através de conexões. Nosso primeiro passo de todo projeto é conectar as suas ideias

Leia mais

Rubricas e guias de pontuação

Rubricas e guias de pontuação Avaliação de Projetos O ensino a partir de projetos exibe meios mais avançados de avaliação, nos quais os alunos podem ver a aprendizagem como um processo e usam estratégias de resolução de problemas para

Leia mais

REDESENHO MODERNO PARA RESSALTAR A TRADIÇÃO

REDESENHO MODERNO PARA RESSALTAR A TRADIÇÃO 56 :: Webdesign REDESENHO MODERNO PARA RESSALTAR A TRADIÇÃO Fundado há mais de 110 anos, o IPT (www.ipt.br), Instituto de Pesquisas Tecnológicas, é uma das fundações mais tradicionais no país. Diante da

Leia mais

Plano de Negócios. Bruno Menegola Gustavo Führ Jonas Hartmann Rosália Schneider William Gonçalves

Plano de Negócios. Bruno Menegola Gustavo Führ Jonas Hartmann Rosália Schneider William Gonçalves Plano de Negócios Bruno Menegola Gustavo Führ Jonas Hartmann Rosália Schneider William Gonçalves 1 Instituto de Informática Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) Caixa Postal 15.064 91.501-970

Leia mais

REFORMULAÇÃO SITE ARCA BRASIL

REFORMULAÇÃO SITE ARCA BRASIL REFORMULAÇÃO SITE ARCA BRASIL Equipe A³ Elton Sacramento Eveline Almeida Gabriela Yu 1 1. Introdução O site escolhido foi o ARCA Brasil (http://www.arcabrasil.org.br/), uma ONG que promove o bem-estar

Leia mais

Desenvolvimento Web Usabilidade na Web aula I introdução e o design geral do site. Prof.: Bruno E. G. Gomes IFRN

Desenvolvimento Web Usabilidade na Web aula I introdução e o design geral do site. Prof.: Bruno E. G. Gomes IFRN Desenvolvimento Web Usabilidade na Web aula I introdução e o design geral do site Prof.: Bruno E. G. Gomes IFRN 1 Introdução A Web oferece uma enorme liberdade de escolha e movimentação Qualquer coisa

Leia mais

O Planejamento Participativo

O Planejamento Participativo O Planejamento Participativo Textos de um livro em preparação, a ser publicado em breve pela Ed. Vozes e que, provavelmente, se chamará Soluções de Planejamento para uma Visão Estratégica. Autor: Danilo

Leia mais

Conteúdo. Introdução -------------------------------------------------------- 03. Quem sou? ------------------------------------------------------- 04

Conteúdo. Introdução -------------------------------------------------------- 03. Quem sou? ------------------------------------------------------- 04 Conteúdo Introdução -------------------------------------------------------- 03 Quem sou? ------------------------------------------------------- 04 Negócios Digitais --------------------------------------------------

Leia mais

TAW Tópicos de Ambiente Web

TAW Tópicos de Ambiente Web TAW Tópicos de Ambiente Web Teste rveras@unip.br Aula 11 Agenda Usabilidade Compatibilidade Validação Resolução de tela Velocidade de carregação Acessibilidade Testes Nesta etapa do projeto do web site

Leia mais

MODELO DE NEGÓCIOS - CANVAS. Slides Autor: Thiago Oliveira de Paiva Twitter: @ThiagoPaiva Blog: www.modelodenegocios.tumblr.com

MODELO DE NEGÓCIOS - CANVAS. Slides Autor: Thiago Oliveira de Paiva Twitter: @ThiagoPaiva Blog: www.modelodenegocios.tumblr.com MODELO DE NEGÓCIOS - CANVAS Slides Autor: Thiago Oliveira de Paiva Twitter: @ThiagoPaiva Segmentos de Clientes As empresas agrupam os clientes em segmentos com necessidades, costumes ou outro atributo

Leia mais

Web 2.0. André Luiz Silva de Moraes. 04 de Maio de 2011. chameandre@gmail.com Faculdade Senac. http://www.senacrs.com.br Feira das Oportunidades

Web 2.0. André Luiz Silva de Moraes. 04 de Maio de 2011. chameandre@gmail.com Faculdade Senac. http://www.senacrs.com.br Feira das Oportunidades Web 2.0 André Luiz Silva de Moraes chameandre@gmail.com Faculdade Senac http://www.senacrs.com.br Feira das Oportunidades 04 de Maio de 2011 1 / 16 1 Introdução Surgimento da Web 2.0 Conceitos gerais para

Leia mais

INSTITUTO PRESBITERIANO MACKENZIE COLÉGIO PRESBITERIANO MACKENZIE SP Informática Educacional

INSTITUTO PRESBITERIANO MACKENZIE COLÉGIO PRESBITERIANO MACKENZIE SP Informática Educacional História da Internet...3 O que é Internet?...3 Quem é o dono da Internet?...3 Como se conectar?...4 A estrutura dos endereços utilizados na Internet...4 SITES DE BUSCA...7 Sites de Busca...8 Pesquisa...8

Leia mais

Uma introdução à arquitetura da informação: conceitos e usabilidade An introduction to the information architecture: concepts and usability

Uma introdução à arquitetura da informação: conceitos e usabilidade An introduction to the information architecture: concepts and usability Uma introdução à arquitetura da informação: conceitos e usabilidade An introduction to the information architecture: concepts and usability AGNER, Luiz Mestre em Design - PUC-Rio SILVA, Fabio Luiz Carneiro

Leia mais

Manual do Usuário. Menus: Produtor Rural, Propriedade Rural e GTA Módulo: Produtor Rural. dezembro de 13

Manual do Usuário. Menus: Produtor Rural, Propriedade Rural e GTA Módulo: Produtor Rural. dezembro de 13 Manual do Usuário Menus: Produtor Rural, Propriedade Rural e GTA Módulo: Produtor Rural dezembro de 13 Este documento foi produzido por Praça dos Açorianos, s/n CEP 90010-340 Porto Alegre, RS (51) 3210-3100

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAC Pelotas. Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Unidade Curricular: Comércio Eletrônico

Faculdade de Tecnologia SENAC Pelotas. Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Unidade Curricular: Comércio Eletrônico Comércio Eletrônico Faculdade de Tecnologia SENAC Pelotas Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Unidade Curricular: Comércio Eletrônico Prof. Edécio Fernando Iepsen (edecio@terra.com.br)

Leia mais

ANÁLISE DE BLOGS UNIVERSITÁRIOS POR MEIO DE ELEMENTOS DA ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO (AI)

ANÁLISE DE BLOGS UNIVERSITÁRIOS POR MEIO DE ELEMENTOS DA ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO (AI) 1 Eixo Temático: Informação, Tecnologia e Sociedade. ANÁLISE DE BLOGS UNIVERSITÁRIOS POR MEIO DE ELEMENTOS DA ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO (AI) Joice de Oliveira Seles 1 Richele Grenge Vignoli 2 RESUMO Esta

Leia mais