Você está lendo o trecho grátis do ebook Como Provocar Orgasmos Femininos, do Psicólogo Terapeuta Sexual Marlon Mattedi.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Você está lendo o trecho grátis do ebook Como Provocar Orgasmos Femininos, do Psicólogo Terapeuta Sexual Marlon Mattedi."

Transcrição

1 Você está lendo o trecho grátis do ebook Como Provocar Orgasmos Femininos, do Psicólogo Terapeuta Sexual Marlon Mattedi Boa leitura

2

3 Marlon Mattedi COMO PROVOCAR ORGASMOS FEMININOS O que nunca lhe contaram! 1ª edição 2015 ISBN

4 Aqui você irá encontrar Pg 05 Sobre este e-book Pg 07 Sobre o Autor Pg 09 O caminho para o orgasmo Pg 12 Conhecimentos necessários para facilitar um orgasmo Pg 13 Entendendo o corpo da mulher Pg 16 Inúmeras mulheres não conhecem o próprio corpo Pg 27 Como facilitar orgasmos múltiplos a uma mulher Pg 30 Crença equivocada: Homem é fogão a gás, mulher é fogão a lenha Pg 32 Incentivo à fantasia Pg 33 Erotizar o corpo inteiro Estimular os cinco sentidos Pg 49 Áreas mais sensíveis que a vagina Pg 53 Sexo não começa em cima da cama Pg 59 Isto é só o começo

5 Sobre este e-book O que você irá ler nas próximas páginas vai ampliar seus conhecimentos sobre o prazer sexual feminino e será um diferencial na sua vida sexual O autor trata o assunto de forma direta e prática, através de uma linguagem fácil de compreender, com dicas de como você pode agir para proporcionar a potencialização de orgasmos femininos e mais prazer no sexo De nenhuma forma este e-book tem a pretensão de tornar a mulher passiva, e sim que ela também seja ativa nos momentos do sexo A proposta é que não exista um manual com regras, e sim um conhecimento da sexualidade e do próprio corpo Este material está escrito em uma linguagem direcionada ao público masculino e feminino, à participação que homens e mulheres podem ter durante uma relação sexual Leia com atenção! Cada linha transmite um conhecimento valioso que você poderá aplicar em sua vida sexual

6 A partir de agora você irá obter um conhecimento que a maioria das pessoas não possui, aproveite

7 Sobre o Autor Marlon Mattedi é uma das referências brasileiras em Sexualidade Humana, com experiência de mais de atendimentos clínicos ajudando pessoas a melhorarem sua vida sexual Psicólogo Pós-graduado em Terapia Sexual pelo Instituto Brasileiro de Sexologia e Medicina Psicossomática de São Paulo (ISEXP) e Faculdade de Medicina do ABC, São Paulo, Brasil Especialista em Sexualidade pela Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana (SBRASH), São Paulo Especialista em Orientação, Terapia Sexual e de Casal pela Fundação Sexpol de Madrid/Espanha, instituto vinculado a Sociedade Europeia (FES) e a Sociedade Mundial de Sexualidade Humana(WAS)

8 "De cada dez mulheres aproximadamente oito não sentem orgasmo ao receber unicamente a estimulação do pênis Elas precisam de outros estímulos" Marlon Mattedi

9 O caminho para o orgasmo Orgasmo é uma opção, não uma obrigação Ele dá qualidade ao sexo, mas ninguém é obrigado a tê-lo A crença de que tem que se chegar a um orgasmo é equivocada Orgasmo é possibilidade e não obrigatoriedade Curiosamente, a primeira forma para vivenciar orgasmos intensos é não buscar por eles É cuidar não do Orgasmo e sim da excitação que ocorre durante todo o caminho Orgasmo é consequência

10 Orgasmo é excitação alta, seguida por um instante de leve perda da consciência e consequente sensação de relaxamento! prazer alcançada mediante algumas técnicas específicas direcionadas ao sexo e que você irá conhecer a seguir Orgasmo é acúmulo de excitação, deixando-se levar Ele é percebido no corpo através de contrações físicas que ocorrem como respostas prazerosas a estímulos eróticos, independente do local que se estimula, e que na sequencia gera sensação de intenso relaxamento Orgasmo é um estado físico, mas sobretudo mental O que se sabe é que cada pessoa interpreta o Orgasmo de uma maneira, portanto não há um único orgasmo igual a outro no planeta Atenção: Orgasmo é uma conduta aprendida Quer dizer, se não aprendemos a ter orgasmo não vamos tê-lo Orgasmo se aprende a sentir O próprio Orgasmo pode ser potencializado com a sensação de

11 Orgasmo é Orgasmo Não existe orgasmo vaginal, clitoriano, peitoral Qualquer forma de Orgasmo é orgasmo, será produzido por estímulos físicos (toques, massagens) ou psicológicos (lembranças, fantasias, imaginações) e interpretados no cérebro A soma destas duas esferas criam possibilidades de excitação alta, e consequentemente induzem ao orgasmo Este e-book tem a intenção de mostrar conhecimentos, técnicas e detalhes que facilitarão o alcance de orgasmos pela mulher, no entanto a própria mulher é responsável por permitir, sentir e vivenciar o próprio orgasmo Se a mulher não deixar-se vivenciar o sexo de forma livre ela pode cortar qualquer possibilidade de excitação que estiver recebendo e cortando a excitação, estará impedindo o posterior surgimento do orgasmo Faremos uma parte importante do caminho, a outra parte é quem estiver com você deixar-se experimentar

12 Conhecimentos necessários para facilitar um Orgasmo Questões físicas e psicológicas influenciam diretamente no Orgasmo Do ponto de vista físico, diabetes, lesões neurológicas, anemia, uso de determinados fármacos, algumas drogas e cirurgias, implicam e tem seus efeitos físicos Do ponto de vista emocional, sentimentos de culpa, nojo, raiva, ou ressentimentos guardados, somam como complicadores Inibidores no ambiente, como um local que não seja do agrado de um ou de ambos, a presença de terceiros ou até de filhos, para muitas mulheres limitam o alcance dos prazeres Sem falar nos fatores como stress, ansiedade e depressão que dificultam ainda mais Tudo isto tem a sua implicação, mas por experiência clínica aponto que o maior limitante para o desfrute do sexo e consequentemente de orgasmos intensos é ainda o fato de não conhecer o próprio organismo, tampouco o próprio corpo e do parceiro ou da parceira no momento da intimidade Não conhecer sobre o corpo humano é comprometer uma parte importante do prazer Questões de desconhecimento sobre sexo influenciam e são tão sérias que o sexo todo fica comprometido, não somente o Orgasmo

13 Entendendo o corpo da mulher Fazendo uma associação com o mundo animal, muitas fêmeas na natureza são parecidas, na estrutura sexual, com as mulheres No entanto possuem características distintas quando nos referimos à questão genital Por exemplo, as fêmeas de cães, gatos, éguas, vacas, fêmeas de tartaruga, de crocodilo e tantas outras, possuem no seu órgão genital, na mesma área, portanto num único local, três estruturas: Já a mulher possui um local para reprodução, outro para a saída da urina e outro onde está localizado, do lado de fora, o clitóris Portanto, o que as fêmeas de animais possuem num único buraco, as fêmeas humanas possuem em três locais distintos Pelo mesmo local urinam, recebem o pênis para a reprodução e consequente saída do filhote, e também possuem ali internamente o clitóris

14 Na mulher, o clitóris (estrutura que tem como única e exclusiva função até hoje descoberta, a de gerar prazer para a mulher) não está dentro da vagina como ocorre com as fêmeas de animais Seguindo essa lógica não dá para estimular o corpo feminino da mesma forma que se estimulam as fêmeas de animais em geral Resumindo, copiamos a relação sexual encontrada nos animais e queremos um prazer humano? Que tal estimular o corpo feminino de outra forma? Importante: Os três maiores pontos de estimulação feminina a nível genital não são tocados com a penetração do pênis (Ponto G, Clitóris e os dois primeiros centímetros da entrada da vagina) A anatomia do pênis não está desenhada para potencializar o prazer feminino A anatomia do pênis é praticamente perfeita para a reprodução O desenho do órgão masculino é assim para que, com a penetração profunda, aumentem as chances de a mulher engravidar Para o prazer quanto menos o pênis estiver dentro, mais possibilidades de orgasmo feminino teremos

15 De cada dez mulheres aproximadamente oito não sentem orgasmo por receber unicamente a estimulação do pênis, elas precisam de outros estímulos Quando homens e mulheres permanecem estimulando-se com o pênis penetrando em profundidade, este movimento é gerador de estímulos físicos mais intensos ao homem Já para a mulher, o resultado da penetração, não ocorre na mesma intensidade, neste modelo de sexo o homem tende a ejacular, geralmente, antes que a mulher alcance o orgasmo A mulher necessita de estímulos diferentes, que vão muito além do movimento genital em profundidade como nos mostram em filmes

16 Inúmeras mulheres não conhecem o próprio corpo O desconhecimento do próprio corpo é a maior causa da ausência de orgasmos, porque compromete a primeira parte do estímulo, e se compromete o estímulo compromete na sequência o Orgasmo Ao estar em momento erótico e iniciar uma estimulação na vagina, a própria mulher tem, se estiver envolvida no ato, tendência a lubrificar a vagina Essa lubrificação, como um dos sinais de excitação sexual feminina, é um líquido transparente que, sendo produzido pelo próprio organismo feminino, facilita o momento da penetração No fundo do canal da vagina existe o colo do útero, um órgão que é bastante Sensível Encostar com o pênis nele gera desconforto à mulher e em inúmeras situações leva à dor Cuidado ao pensar que é indo bem ao fundo que a mulher alcançará o prazer Do fundo do canal da vagina até a entrada desta, existe uma distância aproximada de uns 12 a 13 centímetros (dependendo da estrutura corporal da mulher, algumas possuem poucos centímetros a mais ou a menos, mas em geral fica em torno desta profundidade) onde as mulheres carecem de receptores a qualquer estímulo como, por exemplo, ao toque, ao movimento, a temperatura e outros estímulos, ou seja, neste espaço

17 elas não sentem praticamente nada As mulheres têm sensibilidade e estão cheias de receptores ao toque nos primeiros 2,5 a 3,0 centímetros da entrada da vagina Depois destes 2,5 centímetros até o fundo da vagina é querer estimular onde não se sente muita coisa Dúvida Masculina Para que ter um pênis de 18, 20 centímetros em ereção, se a partir de 3cm as mulheres já carecem de sensibilidade? Após os 14 ou 15 centímetros já estaremos levando muito mais desconforto à mulher que conforto e estimulação adequada Se seu pênis for maior que estas últimas medidas citadas, em torno dos 15 centímetros, cuidado ao penetrá-las em profundidade, poderá tocar o colo do útero e aí haverá dor para a mulher!

18 Faça uma experiência! Em alguma de suas próximas relações sexuais experimente somente introduzir a glande e no máximo a própria glande, introduza e retire em movimentos lentos e estará exatamente estimulando onde a mulher tem alta sensibilidade Não precisa ir ao fundo!

19 Estimulando o Ponto G O ponto G feminino é sempre uma polêmica Existe ou não existe o ponto G? Vamos esclarecer Anatomicamente não existe o ponto G, não é um órgão que fica localizado em determinado ponto esperando para ser estimulado Mas existe fisiologicamente, e o que é isto? Significa que o ponto G é um ponto que está localizado a uns 4 a 5 centímetros para dentro da vagina, na parte superior (como se estivesse no teto da vagina), é um ponto que, após a mulher estar excitada, enche-se de sangue por ter vários micro vasos, e que ficando levemente inchado permite o estímulo e gera sensações de prazer ao ser tocado Para esclarecer, é como se sentíssemos um ponto do tamanho de uma azeitona pequena cortada pela metade Ao entrarmos com o dedo semi-curvado podemos estimulá-lo, mas a mulher só perceberá o ponto G após estar excitada A mulher precisa estar excitada previamente para receber estímulo no Ponto G Para estimular o Ponto G, três movimentos são estatisticamente mais desejados pelas mulheres: um é movimentando o dedo internamente sobre o ponto G em círculos, outro é para frente e para trás e a terceira forma é como se chamássemos alguém até nós pelo indicador, movimentando internamente o indicador sobre o ponto G

20

21 []Sua vida sexual é importante Adquira o ebook e leia na integra! Veja o que você ainda não leu: Estimulando o clitóris Estimulando os primeiros 2,5cm da entrada da vagina Como facilitar Orgasmos Múltiplos Crença equivocada: Homem é fogão a gás, mulher é fogão a lenha Incentivo à fantasia Erotizar o corpo inteiro, estimular os 5 sentidos (Visão, Olfato, Paladar, Tato, Audição) Áreas mais sensíveis que a vagina Sexo não começa em cima da cama Isto é só o começo

22 Compre agora, baixe imediatamente após o pagamento e leia onde quiser Acesse:

23 Marlon Mattedi, Terapeuta Sexual, Psicólogo Especialista em Sexualidade Humana Este livro foi desenvolvido com o apoio do Portal Sexosemdúvidacom Saúde sexual a um clique de distância Entre em contato: Use Camisinha

24 Todos os direitos reservados ao Autor Trabalho de edição por Mauro Cristiano Mattedi

25 Acompanhe nossas dicas diárias

Você está lendo o trecho grátis do ebook sobre Prazer Feminino escrito pelo Sexólogo Marlon Mattedi. Sua vida sexual nunca mais será a mesma.

Você está lendo o trecho grátis do ebook sobre Prazer Feminino escrito pelo Sexólogo Marlon Mattedi. Sua vida sexual nunca mais será a mesma. Você está lendo o trecho grátis do ebook sobre Prazer Feminino escrito pelo Sexólogo Marlon Mattedi. Sua vida sexual nunca mais será a mesma. Boa leitura 1 2 Marlon Mattedi COMO PROVOCAR ORGASMOS FEMININOS

Leia mais

Dicas para você trabalhar o livro Mamãe, como eu nasci? com seus alunos.

Dicas para você trabalhar o livro Mamãe, como eu nasci? com seus alunos. Dicas para você trabalhar o livro Mamãe, como eu nasci? com seus alunos. Caro professor, Este link do site foi elaborado especialmente para você, com o objetivo de lhe dar dicas importantes para o seu

Leia mais

SEXUALIDADE &AFECTOS

SEXUALIDADE &AFECTOS SEXUALIDADE &AFECTOS UMA ENERGIA QUE NOS MOTIVA A PROCURAR AMOR, TERNURA, INTIMIDADE CONTACTO, (OMS) A necessidade de estarmos próximos de outras pessoas, de receber e dar carinho, amor, miminhos, beijinhos

Leia mais

Fim da Sensibilidade na Glande

Fim da Sensibilidade na Glande Autor: Davi Ribeiro Fim da Sensibilidade na Glande Muitos homens alegam sofrer com a forte sensibilidade na glande. E isso, de certa forma, atrapalha muito na hora do sexo, principalmente na hora de ter

Leia mais

Sexualidade Humana. Mensagem Importante. O sexo é uma necessidade humana básica, essencial para uma vida equilibrada e satisfatória.

Sexualidade Humana. Mensagem Importante. O sexo é uma necessidade humana básica, essencial para uma vida equilibrada e satisfatória. Como Superar a Disfunção Erétil (DE) e a Ejaculação Precoce (EP). Maximen Urologia Especializada O sexo é uma necessidade humana básica, essencial para uma vida equilibrada e satisfatória. Mensagem Importante

Leia mais

A última relação sexual

A última relação sexual PARTE G QUESTIONÁRIO AUTO-PREENCHIDO (V1 - M) As próximas perguntas são sobre a sua vida sexual. É muito importante que responda, pois só assim poderemos ter informação sobre os hábitos sexuais da população

Leia mais

Áudio. GUIA DO PROFESSOR Síndrome de Down - Parte I

Áudio. GUIA DO PROFESSOR Síndrome de Down - Parte I Síndrome de Down - Parte I Conteúdos: Tempo: Síndrome de Down 5 minutos Objetivos: Auxiliar o aluno na compreensão do que é síndrome de Down Descrição: Produções Relacionadas: Neste programa de Biologia

Leia mais

Como é o Tratamento das Disfunções Sexuais na Terapia Cognitivo- Comportamental?

Como é o Tratamento das Disfunções Sexuais na Terapia Cognitivo- Comportamental? Como é o Tratamento das Disfunções Sexuais na Terapia Cognitivo- Comportamental? Ana Carolina Schmidt de Oliveira Psicóloga CRP 06/99198 Especialista em Dependência Química Pós-Graduação Pós-Graduação

Leia mais

Tamanho do pênis mitos e verdades Ter, 28 de Fevereiro de 2012 02:32

Tamanho do pênis mitos e verdades Ter, 28 de Fevereiro de 2012 02:32 O tamanho do pênis é alvo de grande interesse para muitas pessoas. Alguns consideram um pênis grande ser um sinal de masculinidade. Esse tipo, que se tornou com o passar dos tempos uma forma de insegurança

Leia mais

1 O que é terapia sexual

1 O que é terapia sexual 1 O que é terapia sexual Problemas, das mais diversas causas, estão sempre nos desafiando, dificultando o nosso diaa-dia. A vida é assim, um permanente enfrentamento de problemas. Mas existem alguns que

Leia mais

ENTENDENDO A. A adolescência é a fase da vida onde acontecem as maiores modificações no corpo, nos sentimentos e na forma de perceber as coisas.

ENTENDENDO A. A adolescência é a fase da vida onde acontecem as maiores modificações no corpo, nos sentimentos e na forma de perceber as coisas. ENTENDENDO A ADOLESCÊNCIA A adolescência é a fase da vida onde acontecem as maiores modificações no corpo, nos sentimentos e na forma de perceber as coisas. Ao mesmo tempo, aumentam as responsabilidades

Leia mais

PREVINA O CÂNCER DE PRÓSTATA

PREVINA O CÂNCER DE PRÓSTATA SENADO FEDERAL PREVINA O CÂNCER DE PRÓSTATA SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Previna o câncer de próstata apresentação O câncer de próstata tem sido um dos mais frequentes a ser diagnosticado no sexo masculino.

Leia mais

POR QUE O MEU É DIFERENTE DO DELE?

POR QUE O MEU É DIFERENTE DO DELE? POR QUE O MEU É DIFERENTE DO DELE? Rafael chegou em casa um tanto cabisbaixo... Na verdade, estava muito pensativo. No dia anterior tinha ido dormir na casa de Pedro, seu grande amigo, e ficou com a cabeça

Leia mais

SEXUALIDADE: DESATANDO OS NÓS NA ADOLESCÊNCIA

SEXUALIDADE: DESATANDO OS NÓS NA ADOLESCÊNCIA SEXUALIDADE: DESATANDO OS NÓS NA ADOLESCÊNCIA Por Marcos Ribeiro* Um pouco dessa história começa por volta dos 10/12 anos, quando meninos e meninas começam a sofrer as primeiras transformações físicas,

Leia mais

3º Bimestre Preciosidades da vida AULA: 113 Conteúdos:

3º Bimestre Preciosidades da vida AULA: 113 Conteúdos: CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I 3º Bimestre Preciosidades da vida AULA: 113 Conteúdos: Tempo verbal: presente. Propriedade comutativa da multiplicação.

Leia mais

MINI CURSO. Melhores Posições Sexuais Para Durar Mais Tempo Na Cama. (Você está pronto para Dobrar Seu Vigor Sexual?)

MINI CURSO. Melhores Posições Sexuais Para Durar Mais Tempo Na Cama. (Você está pronto para Dobrar Seu Vigor Sexual?) MINI CURSO Melhores Posições Sexuais Para Durar Mais Tempo Na Cama (Você está pronto para Dobrar Seu Vigor Sexual?) O PROBLEMA EM FOCO Você se sente envergonhado pelo tempo que você demora na cama? A ejaculação

Leia mais

Hipotireoidismo. O que é Tireóide?

Hipotireoidismo. O que é Tireóide? Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade física adaptada e saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira Hipotireoidismo O que é Tireóide? É uma glândula localizada na parte anterior do pescoço, bem abaixo

Leia mais

E R BO SRA AL F S s O TS M D + A S V DIA

E R BO SRA AL F S s O TS M D + A S V DIA VAMOS FALAR SOBRE AIDS + DSTs AIDS A AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida) atinge indiscriminadamente homens e mulheres e tem assumido proporções assustadoras desde a notificação dos primeiros

Leia mais

Kimberly Willis. The Little Book Of Diet Help. Inês Rodrigues. Liliana Lourenço. Tradução de. Ilustrações de

Kimberly Willis. The Little Book Of Diet Help. Inês Rodrigues. Liliana Lourenço. Tradução de. Ilustrações de Kimberly Willis The Little Book Of Diet Help Tradução de Inês Rodrigues Ilustrações de Liliana Lourenço PARTE 1 > SOBRE ESTE LIVRO 9 PARTE 2 > VAMOS COMEÇAR 19 PARTE 3 > MUDE A FORMA COMO SE SENTE 49

Leia mais

MASSAGEM DE RELAXAMENTO MUSCULAR

MASSAGEM DE RELAXAMENTO MUSCULAR Holismo" - Doutrina que concebe o indivíduo como um todo que não se explica apenas pela soma das suas partes, apenas podendo ser entendido na sua integridade - in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa

Leia mais

SEXUALIDADE E PREVENÇÃO DAS DST/AIDS NA TERCEIRA IDADE SEXUALIDADE E PREVENÇÃO DAS DST/AIDS NA TERCEIRA IDADE

SEXUALIDADE E PREVENÇÃO DAS DST/AIDS NA TERCEIRA IDADE SEXUALIDADE E PREVENÇÃO DAS DST/AIDS NA TERCEIRA IDADE SEXUALIDADE E PREVENÇÃO DAS DST/AIDS NA TERCEIRA IDADE SEXUALIDADE E PREVENÇÃO DAS DST/AIDS NA TERCEIRA IDADE Marília Viana Berzins Secretaria Municipal da Saúde /Cidade de São Paulo mariliaa@prefeitura.sp.gov.br

Leia mais

cartões de bolso serié 3 Transmissão das ITS

cartões de bolso serié 3 Transmissão das ITS cartões de bolso serié 3 Transmissão das ITS 1 O que são ITS? São infecções causadas por vírus, bactérias ou outros micróbios, que se transmitem de pessoas infectadas para outras, através das relações

Leia mais

TD DE CIÊNCIAS 8ª. série PROFa. Marjory Tôrres. INTRODUÇÃO À GENÉTICA Os princípios básicos da Hereditariedade

TD DE CIÊNCIAS 8ª. série PROFa. Marjory Tôrres. INTRODUÇÃO À GENÉTICA Os princípios básicos da Hereditariedade TD DE CIÊNCIAS 8ª. série PROFa. Marjory Tôrres INTRODUÇÃO À GENÉTICA Os princípios básicos da Hereditariedade Todas as pessoas são diferentes, cada um é único, apresentam características que são próprias

Leia mais

Abstinência sexual: acto de privar-se temporária ou permanentemente da actividade sexual.

Abstinência sexual: acto de privar-se temporária ou permanentemente da actividade sexual. Glossário A Abstinência sexual: acto de privar-se temporária ou permanentemente da actividade sexual. Afrodisíaco: substância que se acredita excitar o desejo sexual e aumentar a capacidade para a actividade

Leia mais

7º Ano 8º Ano 9º Ano. Ficha de avaliação

7º Ano 8º Ano 9º Ano. Ficha de avaliação 1. As principais diferenças entre as raparigas na infância e a adolescência são: Aumento das mamas, alargamento da anca e crescimento de pelos púbicos Aparecimento da menstruação, crescimento de pelos

Leia mais

Comportamento sexual está intimamente relacionado ao comportamento reprodutivo; Influenciado por vários fatores fisiológicos e comportamentais;

Comportamento sexual está intimamente relacionado ao comportamento reprodutivo; Influenciado por vários fatores fisiológicos e comportamentais; Curso - Psicologia Disciplina: Bases Biológicas do Comportamento Resumo Aula - Comportamento Reprodutivo Comportamento Reprodutivo Comportamento sexual está intimamente relacionado ao comportamento reprodutivo;

Leia mais

TRATAMENTO DAS DOENÇAS DA PRÓSTATA

TRATAMENTO DAS DOENÇAS DA PRÓSTATA TRATAMENTO DAS DOENÇAS DA PRÓSTATA.com.br Dr. Miguel Srougi é médico, professor de Urologia na Universidade Federal de São Paulo e autor do livro Próstata: Isso É Com Você..com.br Drauzio Varella Vamos

Leia mais

Adolescência Márcio Peter de Souza Leite (Apresentação feita no Simpósio sobre Adolescência- Rave, EBP, abril de 1999, na Faculdade de Educação da

Adolescência Márcio Peter de Souza Leite (Apresentação feita no Simpósio sobre Adolescência- Rave, EBP, abril de 1999, na Faculdade de Educação da Adolescência 1999 Adolescência Márcio Peter de Souza Leite (Apresentação feita no Simpósio sobre Adolescência- Rave, EBP, abril de 1999, na Faculdade de Educação da USP) O que é um adolescente? O adolescente

Leia mais

O GUIA COMPLETO TIRE TODAS SUAS DÚVIDAS SOBRE ANDROPAUSA

O GUIA COMPLETO TIRE TODAS SUAS DÚVIDAS SOBRE ANDROPAUSA O GUIA COMPLETO TIRE TODAS SUAS DÚVIDAS SOBRE ANDROPAUSA O QUE É ANDROPAUSA? Problemas hormonais surgidos em função da idade avançada não são exclusivos das mulheres. Embora a menopausa seja um termo conhecido

Leia mais

SISTEMAS GENITAIS HUMANOS

SISTEMAS GENITAIS HUMANOS https://naturalmath.wikispaces.com/birds+and+learning SISTEMAS GENITAIS HUMANOS Maximiliano Mendes 2015 maxaug.blogspot.com Youtube.com/maxaug 1 Somos uma espécie: Dioica: cada organismo possui apenas

Leia mais

Conversando com os pais

Conversando com os pais Conversando com os pais Motivos para falar sobre esse assunto, em casa, com os filhos 1. A criança mais informada, e de forma correta, terá mais chances de saber lidar com sua sexualidade e, no futuro,

Leia mais

O céu. Aquela semana tinha sido uma trabalheira! www.interaulaclube.com.br

O céu. Aquela semana tinha sido uma trabalheira! www.interaulaclube.com.br A U A UL LA O céu Atenção Aquela semana tinha sido uma trabalheira! Na gráfica em que Júlio ganhava a vida como encadernador, as coisas iam bem e nunca faltava serviço. Ele gostava do trabalho, mas ficava

Leia mais

KratsPsiquê. A depressão está muito ligada ao suicídio. Índices avaliados: níveis de tristeza, insatisfação, culpa, insônia, punição, etc.

KratsPsiquê. A depressão está muito ligada ao suicídio. Índices avaliados: níveis de tristeza, insatisfação, culpa, insônia, punição, etc. DEPRESSÃO A depressão está muito ligada ao suicídio. Índices avaliados: níveis de tristeza, insatisfação, culpa, insônia, punição, etc. BDI- Inventário de Depressão Beck: a medição é feita por escores

Leia mais

DA MULHER Manual prático para viver com saúde os melhores anos da vida

DA MULHER Manual prático para viver com saúde os melhores anos da vida Dr. JOSÉ BENTO Médico ginecologista e obstetra A MELHOR IDADE DA MULHER Manual prático para viver com saúde os melhores anos da vida Sumário Apresentação... 7 Introdução... 11 Capítulo 1 Um corpo de mudanças...

Leia mais

Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! CIÊNCIAS - UNIDADE 4 RESPIRAÇÃO E EXCREÇÃO

Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! CIÊNCIAS - UNIDADE 4 RESPIRAÇÃO E EXCREÇÃO Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! Use canetas coloridas ou escreva palavras destacadas, para facilitar na hora de estudar. E capriche! Não se esqueça

Leia mais

2º passo: trabalho com a exploração dos Sentidos. Tato Visão Olfato Gustação Audição. 3º passo: trabalho com uma ou mais Linguagens

2º passo: trabalho com a exploração dos Sentidos. Tato Visão Olfato Gustação Audição. 3º passo: trabalho com uma ou mais Linguagens Para que aconteça então a sequência didática os demais passos podem ser encaixados nos horários diários da escola sem nenhuma outra imposição. temos apenas que lembrar que a Sequência aqui apresentada

Leia mais

AIDS & DST s. Prevenção e controle para uma vida sexual segura.

AIDS & DST s. Prevenção e controle para uma vida sexual segura. AIDS & DST s Prevenção e controle para uma vida sexual segura. aids A aids é uma doença causada pelo HIV, vírus da imu-nodeficiência humana que destrói o sistema imunológico responsável pela defesa do

Leia mais

7ª série / 8º ano U. E. 11

7ª série / 8º ano U. E. 11 7ª série / 8º ano U. E. 11 Os sistemas genitais masculino e feminino A espécie humana se reproduz sexuadamente. As células reprodutivas femininas os óvulos são produzidas nos ovários da mulher, e as células

Leia mais

Perpetuando a vida - 2

Perpetuando a vida - 2 A U A UL LA Acesse: http://fuvestibular.com.br/ Perpetuando a vida - 2 Atenção - Maria, olhe só o resultado do exame: positivo para gonadotrofina coriônica! Alberto e Maria olharam um para o outro, sem

Leia mais

SEXO. espiritualidade, instinto e cultura

SEXO. espiritualidade, instinto e cultura SEXO espiritualidade, instinto e cultura AGEU HERINGER LISBOA SEXO espiritualidade, instinto e cultura Copyright 2001 by Ageu Heringer Lisboa Projeto Gráfico: Editora Ultimato 2ª edição Maio de 2006 Revisão:

Leia mais

AVALIAÇÃO DE QUALIDADE DE VIDA ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE

AVALIAÇÃO DE QUALIDADE DE VIDA ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE WHOQOL-120 HIV AVALIAÇÃO DE QUALIDADE DE VIDA ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE Genebra Versão em Português 1 Departamento de Saúde Mental e Dependência Química Organização Mundial da Saúde CH-1211 Genebra

Leia mais

Ficha de avaliação. Nome: Turma: Data: Classificação:

Ficha de avaliação. Nome: Turma: Data: Classificação: 1. A sexualidade diz respeito apenas a uma parte do nosso corpo 2. As mudanças físicas que surgem na puberdade acontecem sempre por volta dos 12 anos 3. A puberdade marca o final da infância 4. O orifício

Leia mais

Acupuntura: a escuta das dores subjetivas

Acupuntura: a escuta das dores subjetivas 38 Acupuntura: a escuta das dores subjetivas Simone Spadafora A maior longevidade expõe os seres vivos por mais tempo aos fatores de risco, resultando em maior possibilidade de desencadeamento de doenças

Leia mais

6. Considerações Finais

6. Considerações Finais 6. Considerações Finais O estudo desenvolvido não permite nenhuma afirmação conclusiva sobre o significado da família para o enfrentamento da doença, a partir da fala das pessoas que têm HIV, pois nenhum

Leia mais

Orientações para Mostra Científica IV MOSTRA CIENTÍFICA 2014 COLÉGIO JOÃO PAULO I

Orientações para Mostra Científica IV MOSTRA CIENTÍFICA 2014 COLÉGIO JOÃO PAULO I Orientações para Mostra Científica IV MOSTRA CIENTÍFICA 2014 COLÉGIO JOÃO PAULO I Tema VIDA EFICIENTE: A CIÊNCIA E A TECNOLOGIA A SERVIÇO DO PLANETA Cronograma Orientações Pré-projeto Metodologia Relatório

Leia mais

Caderneta de Saúde do(a) Adolescente

Caderneta de Saúde do(a) Adolescente Caderneta de Saúde do(a) Adolescente Dentre as ações do Ministério da saúde da área técnica da saúde do adolescente e do jovem, encontra-se a Caderneta da Saúde do(a) Adolescente (2009). portalsaude.saude.gov.br

Leia mais

1. PAUTA 2. DEFINIÇÕES E INFORMAÇÕES GERAIS

1. PAUTA 2. DEFINIÇÕES E INFORMAÇÕES GERAIS Assunto: Orientar e esclarecer as dúvidas da população sobre as Ações Preventivas na Área de Saúde Pública em virtude da construção da UHE Belo Monte. Redator: Tânia do Socorro Martins Data: 20/09/2013

Leia mais

Medicina Psicossomática

Medicina Psicossomática Medicina Psicossomática A Medicina Psicossomática trata dos problemas Físicos, Orgânicos, Emocionais, que tenham uma origem de fundo emocional. Comunicação Não Verbal Comunicação Não Verbal é a expressão

Leia mais

Luciano Debastiani Direitos Reservados www.ggrabovoi.com.br

Luciano Debastiani Direitos Reservados www.ggrabovoi.com.br Luciano Debastiani Direitos Reservados www.ggrabovoi.com.br Ensinamentos de Grigori Grabovoi Luciano Debastiani Facilitador Autorizado Grabovoi Sobre todos os conteúdos que possuem a expressão cura, curar,

Leia mais

Manifeste Seus Sonhos

Manifeste Seus Sonhos Manifeste Seus Sonhos Índice Introdução... 2 Isso Funciona?... 3 A Força do Pensamento Positivo... 4 A Lei da Atração... 7 Elimine a Negatividade... 11 Afirmações... 13 Manifeste Seus Sonhos Pág. 1 Introdução

Leia mais

5 Passos para vender mais com o Instagram

5 Passos para vender mais com o Instagram 5 Passos para vender mais com o Instagram Guia para iniciantes melhorarem suas estratégias ÍNDICE 1. Introdução 2. O Comportamento das pessoas na internet 3. Passo 1: Tenha um objetivo 4. Passo 2: Defina

Leia mais

Aula 1 Uma visão geral das comorbidades e a necessidade da equipe multidisciplinar

Aula 1 Uma visão geral das comorbidades e a necessidade da equipe multidisciplinar Aula 1 Uma visão geral das comorbidades e a necessidade da equipe multidisciplinar Nesta aula, apresentaremos o panorama geral das comorbidades envolvidas na dependência química que serão estudadas ao

Leia mais

..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..

..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-..-.. 1 PSICOTERAPIA CORPORAL APLICADA A CASAIS SOB O ENFOQUE DA BIOSSÍNTESE Maria de Nazaré Nery RESUMO Psicoterapia de casal tem como foco principal a relação dos cônjuges, independente do caráter ou relação

Leia mais

MEDICINA PREVENTIVA SAÚDE DO HOMEM

MEDICINA PREVENTIVA SAÚDE DO HOMEM MEDICINA PREVENTIVA SAÚDE DO HOMEM SAÚDE DO HOMEM Por preconceito, muitos homens ainda resistem em procurar orientação médica ou submeter-se a exames preventivos, principalmente os de revenção do câncer

Leia mais

Sistema Endócrino. Introdução. Glândulas e suas secreções. 1. Hipotálamo: 2. Hipófise anterior (adeno-hipófise):

Sistema Endócrino. Introdução. Glândulas e suas secreções. 1. Hipotálamo: 2. Hipófise anterior (adeno-hipófise): Introdução Sistema Endócrino O sistema endócrino é composto por um grupo de tecidos especializados (glândulas) cuja função é produzir e liberar na corrente sanguínea substâncias chamadas Hormônios. Os

Leia mais

Transição para a parentalidade após um diagnóstico de anomalia congénita no bebé: Resultados do estudo

Transição para a parentalidade após um diagnóstico de anomalia congénita no bebé: Resultados do estudo 2013 Transição para a parentalidade após um diagnóstico de anomalia congénita no bebé: Resultados do estudo Ana Fonseca, Bárbara Nazaré e Maria Cristina Canavarro Pontos de interesse especiais: Porque

Leia mais

Guia Ourofino de limpeza dos ouvidos de cães e gatos. Seguindo estas dicas, você protege e ainda dá carinho ao seu amigo.

Guia Ourofino de limpeza dos ouvidos de cães e gatos. Seguindo estas dicas, você protege e ainda dá carinho ao seu amigo. Guia Ourofino de limpeza dos ouvidos de cães e gatos. Seguindo estas dicas, você protege e ainda dá carinho ao seu amigo. Manter limpos os ouvidos de cães e gatos, além de contribuir para sua saúde e bem-estar,

Leia mais

Profª Iris do Céu Clara Costa - UFRN iris_odontoufrn@yahoo.com.br

Profª Iris do Céu Clara Costa - UFRN iris_odontoufrn@yahoo.com.br HUMANIZAÇÃO NO SERVIÇO ODONTOLÓGICO Profª Iris do Céu Clara Costa - UFRN iris_odontoufrn@yahoo.com.br É a proposta de uma nova relação entre usuário, os profissionais que o atendem e os serviços. Todos

Leia mais

Centralidade da obra de Jesus Cristo

Centralidade da obra de Jesus Cristo Centralidade da obra de Jesus Cristo MÓDULO 3 3ª AULA AULA 3 MÓDULO 3 SALVAÇÃO EM CRISTO Jesus no Centro Por que deve ficar claro isso? Dá para evangelizar sem falar de Jesus? É possível partir de outro

Leia mais

Olhar fisiológico, patológico e funcional da SEXOLOGIA CLÍNICA FEMININA E MASCULINA

Olhar fisiológico, patológico e funcional da SEXOLOGIA CLÍNICA FEMININA E MASCULINA Olhar fisiológico, patológico e funcional da SEXOLOGIA CLÍNICA FEMININA E MASCULINA SEXOLOGIA CLÍNICA Rafaela Prado M. Fleury Fisioterapeuta em Urologia, Ginecologia, Obstetrícia e recuperação pós retirada

Leia mais

Hipertensão Arterial no idoso

Hipertensão Arterial no idoso Hipertensão Arterial no idoso Prof. Dr. Sebastião Rodrigues Ferreira-Filho Universidade Federal de Uberlândia, MG, Brasil Departamento de Hipertensão Sociedade Brasileira de Nefrologia Uma história americana:

Leia mais

Mas, como utilizar essa ferramenta tão útil e que está à sua disposição?

Mas, como utilizar essa ferramenta tão útil e que está à sua disposição? Caríssimo aluno da Rede CEJA, Seja muito bem vindo à sua escola! Estamos muito felizes que você tenha optado por dar continuidade aos seus estudos conosco, confiando e acreditando em tudo o que poderemos

Leia mais

Minha filha está ficando uma moça!

Minha filha está ficando uma moça! Minha filha está ficando uma moça! A UU L AL A O que faz as meninas se transformarem em mulheres? O que acontece com seu corpo? Em geral, todos nós, homens e mulheres, somos capazes de lembrar muito bem

Leia mais

UNIDADE 3: MUNDO PERDIDO PESSOAS PERDIDAS PRECISAM OUVIR A HISTÓRIA DE JESUS

UNIDADE 3: MUNDO PERDIDO PESSOAS PERDIDAS PRECISAM OUVIR A HISTÓRIA DE JESUS Frutos-1 Impact0 LIÇÃO 12 VIVENDO A VIDA COM DEUS UNIDADE 3: MUNDO PERDIDO PESSOAS PERDIDAS PRECISAM OUVIR A HISTÓRIA DE JESUS 9-11 Anos HISTÓRIA BÍBLICA João 1:12; I Pedro 3:15, 18 A Bíblia nos ensina

Leia mais

SEXUALIDADE E EDUCAÇÃO

SEXUALIDADE E EDUCAÇÃO SEXUALIDADE E EDUCAÇÃO Danielle de Sousa Macena- UFCG danyellehta-@hotmail.com Januzzi Gonçalves Bezerra UFCG januzzigoncalves@gmail.com Janaina Gonçalves Bezerra - UFCG jgoncalves003@gmail.com Resumo

Leia mais

dores do parto parto É muito importante estarem conscientes da origem natural e saudável das dores que estão a sentir entrevista

dores do parto parto É muito importante estarem conscientes da origem natural e saudável das dores que estão a sentir entrevista doresde1:layout 1 11/19/08 10:32 PM Page 24 dores do As dores de constituem um dos maiores medos para as futuras mães. Saber o que fazer e como lidar com as dores pode ajudá-la a enfrentar o trabalho de

Leia mais

Biologia 1ª Série Resumo - Reprodução Humana

Biologia 1ª Série Resumo - Reprodução Humana Assim como as casas são feitas de tijolos, todos os organismos são formados por pequenas unidades, chamadas células. Extremamente pequenas, cabem centenas de células num pingo de um i Toda a programação

Leia mais

O uso do passaporte da comunicação no desenvolvimento de Interação e comunicação de pessoas com surdocegueira e com deficiência múltipla sensorial

O uso do passaporte da comunicação no desenvolvimento de Interação e comunicação de pessoas com surdocegueira e com deficiência múltipla sensorial O uso do passaporte da comunicação no desenvolvimento de Interação e comunicação de pessoas com surdocegueira e com deficiência múltipla sensorial 1 O uso do passaporte da comunicação no desenvolvimento

Leia mais

Sheyla Andrade: Masturbação

Sheyla Andrade: Masturbação Sheyla Andrade: Masturbação Ainda hoje a muita controvérsia em torno da masturbação, também chamado de auto-erotismo ou sexo solitário, e a muitos mitos e preconceitos em torno do assunto. A quem diga

Leia mais

DORES DE CABEÇA E ENXAQUECA Sex, 28 de Agosto de 2009 19:57 - Última atualização Sáb, 21 de Agosto de 2010 19:16

DORES DE CABEÇA E ENXAQUECA Sex, 28 de Agosto de 2009 19:57 - Última atualização Sáb, 21 de Agosto de 2010 19:16 DORES DE CABEÇA E ENXAQUECA A tensão do dia a dia é a causa mais freqüente das dores de cabeça mas, elas poderem aparecer por diversas causas e não escolhem idade e sexo. Fique sabendo, lendo este artigo,

Leia mais

Descubra quando você está ovulando

Descubra quando você está ovulando 1 Descubra quando você está ovulando O maior segredo para engravidar logo é saber exatamente quando você está ovulando, ou seja, quando um de seus dois ovários está liberando um óvulo. Pense neste óvulo

Leia mais

Estudo PARTNER. Foi convidado a participar neste estudo porque tem uma relação em que é o parceiro VIH positivo.

Estudo PARTNER. Foi convidado a participar neste estudo porque tem uma relação em que é o parceiro VIH positivo. Informação ao participante e consentimento informado para o parceiro VIH positivo Estudo PARTNER O estudo PARTNER é um estudo levado a cabo com casais em que: (i) um parceiro é VIH positivo e o outro é

Leia mais

Radioterapia no Cancro do Pulmão

Radioterapia no Cancro do Pulmão Editado em: Novembro de 2006 Apoio: Radioterapia no Cancro do Pulmão Comissão de Pneumologia Oncológica Sociedade Portuguesa de Pneumologia ÍNDICE A Comissão de Pneumologia Oncológica agradece ao autor

Leia mais

VAMOS FALAR SOBRE. AIDS + DSTs

VAMOS FALAR SOBRE. AIDS + DSTs VAMOS FALAR SOBRE AIDS + DSTs AIDS A AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida) atinge indiscriminadamente homens e mulheres e tem assumido proporções assustadoras desde a notificação dos primeiros

Leia mais

COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 8 Ano Prof.ª: Nize C.Pavinato - Disciplina: Ciências Aluno(a):

COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 8 Ano Prof.ª: Nize C.Pavinato - Disciplina: Ciências Aluno(a): COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 8 Ano Prof.ª: Nize C.Pavinato - Disciplina: Ciências Aluno(a): Trabalho de Recuperação Data: / /15 1. O sistema endócrino é formado por glândulas endócrinas e de secreção

Leia mais

MANUAL DO ALUNO DO CURSO DE EJA ENSINO MÉDIO MANUAL DO ALUNO EJA - ENSINO MÉDIO. Praça Marechal Deodoro, 356 Santa Cecília São Paulo SP CEP: 01150-010

MANUAL DO ALUNO DO CURSO DE EJA ENSINO MÉDIO MANUAL DO ALUNO EJA - ENSINO MÉDIO. Praça Marechal Deodoro, 356 Santa Cecília São Paulo SP CEP: 01150-010 MANUAL DO ALUNO EJA - ENSINO MÉDIO Caro Aluno, Este manual tem o objetivo de tirar suas dúvidas e tornar seu curso no INED o mais completo possível. Leia tudo com muita atenção e, se ao final ainda tiver

Leia mais

Pregação proferida pelo pastor João em 03/02/2011. Próxima pregação - Efésios 4:1-16 - A unidade do corpo de Cristo.

Pregação proferida pelo pastor João em 03/02/2011. Próxima pregação - Efésios 4:1-16 - A unidade do corpo de Cristo. 1 Pregação proferida pelo pastor João em 03/02/2011. Próxima pregação - Efésios 4:1-16 - A unidade do corpo de Cristo. Amados Irmãos no nosso Senhor Jesus Cristo: É devido à atuação intima do Espírito

Leia mais

INSTRUTOR Zeh Blackie. CURSO DE GUITARRA Nível Básico. 7º Passo

INSTRUTOR Zeh Blackie. CURSO DE GUITARRA Nível Básico. 7º Passo INSTRUTOR Zeh Blackie CURSO DE GUITARRA Nível Básico 7º Passo Copyright -Todos os direitos reservados. A reprodução não autorizada destes materiais, no todo ou em parte, constitui violação do direitos

Leia mais

O meu filho e o psicólogo

O meu filho e o psicólogo O meu filho e o psicólogo Oficina de Psicologia www.oficinadepsicologia.com As 10 questões de muitos pais antes de marcarem consulta do seu filho 1)O meu filho não é maluco! Algumas crianças bem como alguns

Leia mais

Universidade Estadual de Campinas

Universidade Estadual de Campinas Universidade Estadual de Campinas Instituto de Física Gleb Wataghin F 709 Tópicos do Ensino de Física II Relatório Final 1 Semestre de 2007 Apresentação de Experimentos de Eletrostática para alunos do

Leia mais

Aprendizagem na Educação Musical

Aprendizagem na Educação Musical Aprendizagem na Educação Musical Flávia Rizzon Universidade Federal do Rio Grande do Sul Resumo: O presente texto refere-se à importância de reavaliar a didática na área da Educação Musical, relacionando-a

Leia mais

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO DESCRITORES DE CIÊNCIAS

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO DESCRITORES DE CIÊNCIAS PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO DESCRITORES DE CIÊNCIAS PROVA - 3º BIMESTRE 2011 4º ANO Compreender o processo

Leia mais

A Importância da Família na Educação

A Importância da Família na Educação A Importância da Família na Educação Não caminhes à minha frente Posso não saber seguir-te. Não caminhes atrás de mim Posso não saber guiar-te. Educadora Social Dra. Joana Valente Caminha antes a meu lado

Leia mais

CONEXÃO ESCOLAR CONEXÃO ESCOLAR

CONEXÃO ESCOLAR CONEXÃO ESCOLAR CONEXÃO ESCOLAR CONEXÃO ESCOLAR ESCOPO PROJETO CONEXÃO ESCOLAR Promover o enriquecimento do vocabulário do aluno nos 3 idiomas mais relevantes para sua formação escolar e profissional: Língua Portuguesa,

Leia mais

AS RELAÇÕES AMOROSAS E OS TRAÇOS DE CARÁTER

AS RELAÇÕES AMOROSAS E OS TRAÇOS DE CARÁTER 1 AS RELAÇÕES AMOROSAS E OS TRAÇOS DE CARÁTER Eloá Andreassa Resumo: As relações amorosas continuam sendo mais que um objetivo na vida das pessoas, é uma necessidade, um sonho, até uma esperança. Porém,

Leia mais

O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DA LINGUA ESCRITA: FUNDAMENTADO EM EMILIA FERREIRO E ANA TEBEROSKY.

O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DA LINGUA ESCRITA: FUNDAMENTADO EM EMILIA FERREIRO E ANA TEBEROSKY. O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DA LINGUA ESCRITA: FUNDAMENTADO EM EMILIA FERREIRO E ANA TEBEROSKY. Silvana da Silva Nogueira (FECLESC/UECE) Priscila Cavalcante Silva (FECLESC/UECE) Resumo O processo de aquisição

Leia mais

RELATÓRIO FINAL ALFABETIZAÇÃO 2010

RELATÓRIO FINAL ALFABETIZAÇÃO 2010 RELATÓRIO FINAL ALFABETIZAÇÃO 2010 Débora Rana Introdução Participar da seleção do Prêmio Victor Civita, pela segunda vez, é uma experiência bastante interessante, pois permite estabelecer relações entre

Leia mais

APROVAÇÃO DE EMBALAGEM

APROVAÇÃO DE EMBALAGEM NOT CLT CAPS BRE_NOT CLT CAPS BRE NOUV 03/01/12 10:11 Page1 DIMENSÕES: 210x175mm CORES: Black Programa: QuarkXpress Fontes: Times new roman - Agfa Rotis Semi Serif APROVAÇÃO DE EMBALAGEM NOT CLT CAPS BRE_NOT

Leia mais

Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro

Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro Histórias do Velho Testamento 3 a 6 anos Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro O Velho Testamento está cheio de histórias que Deus nos deu, espantosas e verdadeiras.

Leia mais

A ILUSÃO NOS ADOECE E A REALIDADE NOS CURA. O ENIGMA DA DOENÇA E DA CURA

A ILUSÃO NOS ADOECE E A REALIDADE NOS CURA. O ENIGMA DA DOENÇA E DA CURA 1 A ILUSÃO NOS ADOECE E A REALIDADE NOS CURA. O ENIGMA DA DOENÇA E DA CURA José Fernando de Freitas RESUMO Os doentes têm uma relação especial com suas doenças. A mente diz que quer se curar, mas, na realidade,

Leia mais

DNA COMPROVA Mulher deu à luz gêmeos filhos de pais diferentes

DNA COMPROVA Mulher deu à luz gêmeos filhos de pais diferentes DNA COMPROVA Mulher deu à luz gêmeos filhos de pais diferentes A americana Mia Washington, da cidade de Dallas, no Texas, engravidou de gêmeos. Até então, nada de extraordinário. A história, na verdade,

Leia mais