COMUNICAÇÃO INTERNA REUNIÃO ABERTA PARA A APRESENTAÇÃO DA EVOLUÇÃO DA ESTRATÉGIA DESAFIO 120 E LANÇAMENTO DO PPR 2013

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "COMUNICAÇÃO INTERNA REUNIÃO ABERTA PARA A APRESENTAÇÃO DA EVOLUÇÃO DA ESTRATÉGIA DESAFIO 120 E LANÇAMENTO DO PPR 2013"

Transcrição

1 1 COMUNICAÇÃO INTERNA Recursos Humanos REUNIÃO ABERTA PARA A APRESENTAÇÃO DA EVOLUÇÃO DA ESTRATÉGIA DESAFIO 120 E LANÇAMENTO DO PPR 2013 Tendo o Desafio 120 como estratégia de princípios gerais que passaram a nortear o desenvolvimento dos nossos processos e resultados nos próximos cinco anos, a Usina Ester realizou nos dias 29 de Agosto, 3 e 4 de Setembro reuniões abertas, contando com a par$cipação de todos os funcionários da empresa. Ministrada por Thiago Santos (Diretor-Superintendente), a reunião teve como obje$vo apresentar e discu$r temas referentes à evolução das estratégias do Desafio 120 nos úl$mos seis meses. Um dos primeiros temas levantados foram os fatores que impactaram no desenvolvimento de nossas metas, como a alta do Dólar, aumento na taxa de juros, necessidade de caixa, menor concentração de ATR e atraso na limpeza a seco. Após a compreensão desses fatores, foram apresentadas também nossas conquistas e as melhorias que estão sendo desenvolvidas de acordo com a singularidade de cada uma de nossas cinco metas. Nesta edição: - Reunião Aberta - Lançamento do PPR - Plano Mecânico - Visita dos Diplomatas -Formação de Auditores - Stand O Bocário - E-Lixo - Profissões Abaixo estão citadas algumas de nossas conquistas nos úl$mos seis meses: 1 Ser reconhecido como Melhor Etanol Neutro do Brasil. FOTO: REUNIÃO ABERTA Prêmio Bo$cário, Nova Análise Sensorial, Melhorias e Recuperação na Alta qualidade do Etanol. 2 Equilíbrio Financeiro. Projeto Alto desempenho em Suprimentos/Compras, Renegocião do Endividamento, Projetos Imobiliários 3 Alta Eficiência Agroindustrial. Inves$mentos em novos equipamentos Industriais e Agrícolas, Safra da Soja, Limpeza de cana a seco. 4 Modelo de Gestão (Pessoas, Processos e Resultados). Implantação Convênios e Bene=cios, Cursos SENAR E SENAI, Novos Projetos, Premiações e Cer$ficações. 5 Aumento da Moagem. Inves$mentos em Novos Equipamentos, Expansão em Áreas de Citricultura, Inovação Varietal (Prêmio CTC). Todas essas conquistas estão alinhadas ao compromisso que a Usina Ester tem em desenvolver estratégias com empenho e comprome$mento, para que possamos alcançar a superação dos desafios com determinação, sendo reconhecida e admirada pelo mercado e sociedade como modelo de empresa e referencia de qualidade em nossos produtos.

2 2 LANÇAMENTO DO PPR (Programa de Par8cipação nos Resultados) Buscando promover incen$vo, potencializar nosso trabalho em equipe, oferecendo melhores resultados em nossos processos organizacionais e reconhecimento ao trabalho e superação dos funcionários, a Usina Ester lançou neste mês de Agosto o Programa de Par$cipação dos Resultados, (PPR). Alinhados as estratégias do Desafio 120, no que diz respeito ao Modelo de Gestão (Pessoas, Processos e Resultados), FOTO: REUNIÃO ABERTA foi criada uma comissão de PPR com o obje$vo de termos representantes que possam avaliar e acompanhar a evolução das metas, sugerir melhorias, trazer informações e $rar dúvidas dos funcionários. A equipe é composta por oito funcionários que representam as áreas, representantes dos três sindicatos (Rurais, Rodoviários e Açúcar) e indicados pela empresa para realizarem a gestão do programa. Sendo eles: Alcindo Antônio Dias Operação Agrícola Manutenção Agrícola Antônio Sabino da Silva Indústria Moenda Claudemir Felipe Administra$vo Compras/Suprimentos Claudio João do Prado Operação Agrícola Corte Mecanizado Jaine Gaido Administra$vo Diretoria/RH José Augusto de Souza - Produção Agrícola Cul$vo/Herbicida Rodrigo Silva Camillo Indústria Oficina Mecânica Vergiano Rodrigues Pereira Operação Agrícola Corte Manual Representantes Sindicatos: Rurais(Carlita e César), Rodoviários (Zelão e Enivaldo) e Açúcar (Jonas e Mario). Gestão do Programa: Samantha Campos(Controladoria), Edson Zorzanello(RH) e José NeIo(RH). O Programa de Par8cipação nos Resultados (PPR), é uma estratégia de gestão empresarial e funciona como um bônus (porcentagem do valor do salário), que é ofertado pela empresa aos funcionários que cumprem as metas planejadas e estabelecidas, de acordo com os percentuais propostos e par$cularidades das áreas. Os resultados parciais de cada uma das metas definidas no PPR serão divulgados mensalmente nos quadros de aviso e reuniões para que todos os funcionários fiquem atualizados sobre a evolução do programa.

3 3 USINA ESTER INICIA O PLANTIO MECÂNICO DE CANA-DE-AÇÚCAR A Usina Ester em parceria com a Família Amgarten iniciou no segundo semestre de 2013 o plan$o mecânico de cana-de-açúcar. Embora limitada a capacidade de inves$mentos à curto prazo, mas preocupada com a melhoria con$nua, o resultado de seus processos e serviços e alinhada ao Desafio 120, a Usina Ester obje$va com esta inicia$va colocar a empresa em sintonia com a evolução tecnológica de produção de cana, o que resultará em Alta Eficiência Agroindustrial. Segundo projeções e estudos de mercado, indicam que em 2020 o plan$o mecânico no Brasil responderá por 90% da área plantada, sendo que atualmente este índice é de aproximadamente 50%. No caso da Usina Ester, com esta parceria já em 2013 a$ngiremos 20%. Além de o$mizar seus processos do ponto de vista técnico e econômico, a medida antecipa os desafios vindouros às equipes da área Agrícola, colocando-as em contato direto com a tendência e evolução do mercado. Segundo a coordenação de produção os levantamentos preliminares sobre as primeiras áreas plantadas, mesmo considerando período de inverno e seca, mostram bom nascimento e qualidade.

4 4 USINA ESTER RECEBE VISITA DE DIPLOMATAS E EMBAIXADORES DE DIVERSOS PAÍSES FOTO: DIPLOMATAS E EMBAIXADORES NA USINA ESTER Indicada pela UNICA (União da Indústria de cana-de-açúcar) como um referencial para a discussão de temas relacionados ao Agronegócio Brasileiro, a Usina Ester recebeu na manhã do dia 27 de Agosto a visita de Diplomatas representantes de sete países (Filipinas, Indonésia, Tailândia, Índia, Canadá, Moçambique e Nova Zelândia) incluindo as Embaixadoras do México e Filipinas, e a Gerente de Sustentabilidade da ÚNICA, Marina Carlini. Estes Diplomatas par$ciparam do V Programa de Imersão no Agronegócio Brasileiro que divulga a excelência do Agronegócio do nosso país, incluindo boas prá$cas produ$vas, manejo sustentável da agroindústria e controle sanitário, além de proporcionar o estreitamento da relação do Ministério da Agricultura com representantes das delegações estrangeiras. Devido aos postos estratégicos que ocuparão em consulados e embaixadas, os Diplomatas são preparados para que compreendam em detalhes os principais setores da econômica nacional e conheçam as caracterís$cas do setor produ$vo brasileiro. Durante a visita na Usina Ester, foram recebidos pelo Diretor Superintendente (Thiago Santos), e os representantes das áreas: Edécio Daólio (Diretor Industrial), José NeIo (Gerente de Recursos Humanos), Rafael Valamede Alves (Coordenador de Corte, Carregamento e Transporte) e Walter Lima (Gerente de Produção Agrícola). Após apresentação ins$tucional, conheceram o processo Agroindustrial da cana-de-açúcar, desde a colheita até produção de Etanol, Açúcar e o processo de fabricação de energia elétrica a par$r do bagaço da cana. Estando presente há mais de um século no mercado sucroalcooleiro, a Usina Ester foi escolhida para referenciar a área de Agronegócios, tema de fundamental importância na economia brasileira, contribuindo com o aperfeiçoamento profissional e estratégico dos diplomatas, transmi$ndo nosso conhecimento, experiência e colaborando para o desenvolvimento do Agronegócio. Esta inicia$va está alinhada às estratégias do Desafio 120 no que diz respeito em ser admirada pelo mercado e sociedade como modelo de Empresa e referência de qualidade de seus produtos e serviços.

5 5 USINA ESTER OFERECE AOS SEUS FUNCIONÁRIOS CURSO PARA A FORMAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS Cer$ficada pela ISO 9001 na fabricação de Etanol Neutro, Etanol Industrial e Etanol Hidratado Combus+vel, a Usina Ester vem aprimorando con$nuamente nosso Sistema de Gestão da Qualidade, buscando trabalhar com o mais alto padrão na elaboração de nossos produtos e serviços. FOTO: CENTRO EDUCACIONAL Visando trabalhar junto ás metas do Desafio 120, no que diz respeito ao Modelo de FOTO: FORMANDOS Gestão (Pessoas, Processos e Resultados), nos dias 21, 22 e 23 de Agosto, foi realizado pela empresa SGS Academy no Centro Educacional da Usina Ester o curso de Formação de Auditor Interno ISO 9001:2008. Ministrado pelo instrutor Marcelo Mar$ns (Auditor Líder da SGS), o obje$vo do curso foi Interpretar e aplicar os requisitos da norma ISO 9001:2008; Desenvolver habilidades para avaliação dos requisitos na organização; Compreender a inserção da cer$ficação nos negócios da organização; Desenvolver habilidades de trabalho em equipe e Realizar auditorias internas e em fornecedores de acordo com a norma ISO Par$ciparam do curso dez funcionários da Usina Ester, sendo eles: Anderson SinoY, Cícero C. da Silva, Dalton R. Sobral, Flávio J. Pinto, Maria das Dores C. da Cruz, José R. NeIo, Marcelo Capraro, Regiane Becegato, Rodrigo Encarnação e Sara C. Ribeiro.

6 6 STAND DE VENDAS O BOTICÁRIO Buscando proporcionar comodidade e intera$vidade, a Usina Ester em parceria com O Bo$cário ofereceu aos funcionários a oportunidade de conhecer os produtos e também aproveitarem a data do Dias dos Pais para realizarem suas compras. No dia 7 de Agosto o Bo$cário esteve presente no Centro Educacional da Usina Ester no período das 9h00 ás 17h00 realizando um Stand de Vendas para a demonstração e comercialização de seus produtos. Com este evento os funcionários $verem oportunidade de adquirir produtos da empresa Bo$cário sem precisar ir à loja. FOTO: STAND BOTICÁRIO FOTO: STAND BOTICÁRIO FOTO: STAND BOTICÁRIO USINA ESTER REALIZA DESCARTE CONSCIENTE DE E-LIXO O E-Lixo, ou Lixo Eletrônico, nada mais é do que a sucata de equipamentos eletrônicos, como computadores, celulares, TVs, aparelhos de DVDs, eletrodomés$cos, entre outros. Atualmente são produzidos cerca de 50 milhões de toneladas de lixo eletrônico por ano no mundo. Contribuindo para diminuir esse índice, a Usina Ester, representada pelas áreas de Tecnologia da Informação e SSMA, alinhada ao Desafio 120 no que diz respeito ao Modelo de Gestão (Pessoas, Processos e Resultados), e pelo relacionamento harmonioso com o Meio Ambiente, fez no mês de agosto o descarte ecológico do nosso E-Lixo. A empresa que fez a coleta gratuita dos equipamentos foi a ECOBRAZ, especializada neste $po de serviço e licenciada pelo IBAMA e pela CETESB. No total foram coletados 17 computadores, 7 impressoras, 25 monitores, 3 aparelhos de fax, 1 estabilizador e 42 discos de CD/DVD. Todos esses equipamentos estavam obsoletos ou quebrados e não era mais possível u$lizá-los na empresa.

7 7 JOSÉ FAGNER TERTO DE SOUZA DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL NA USINA ESTER Nesta edição no quadro Desenvolvimento Profissional na Usina Ester, o entrevistado é o profissional José Fagner Terto de Souza. Funcionário da empresa há aproximadamente seis anos, José sempre exerceu suas a$vidades no setor rural. Ingressou na empresa na Safra de 2006 no corte manual de cana-de-açúcar e trabalhou como eventual duas safras (2006 e 2008), sendo efe$vado na Safra de José, par$cipou do Projeto de Formação de Mecânicos (Parceria SENAI) iniciado em Dezembro/12, o qual teve duração de três meses de curso entre aulas teóricas e prá$cas. Os funcionários foram contratados como Auxiliar de Mecânicos e em Junho 2013, promovidos a Mecânico Automo$vo D. Ao relatar os aspectos posi$vos que a Usina Ester proporciona em sua carreia enfa$zou a constante aprendizagem que vivencia a cada dia de trabalho: Aqui é muita aprendizagem, uma aprendizagem muito grande, no corte era só aquilo, hoje tenho uma profissão muito boa. José enfa$za a importância da oportunidade que recebeu na Usina Ester para o seu desenvolvimento profissional, pois além do curso de mecânico, realizou vários outros para aperfeiçoar suas a$vidades. Hoje eu tenho uns oito cer8ficados, tenho de operação de tratores agrícolas, manutenção de tratores agrícolas, de elétrica, hidráulica. Quanto mais souber do assunto melhor. Ao avaliar as oportunidades oferecidas pela Usina Ester, José relata a importância que teve em sua vida, pois desde que ingressou na empresa tem ob$do crescimento profissional e adquirido bens. Foi muito boa a oportunidade, foi 10, além do trabalho de mecânico ser muito bom. FOTO: JOSÉ EM SEU POSTO DE TRABALHO Hoje José diz ter um excelente relacionamento com a equipe e estar muito feliz com tudo que vem desenvolvendo nesses anos de 2012 e 2013 em sua nova função. Sua mensagem aos trabalhadores que ingressaram recentemente na Usina Ester: Se os novos funcionários 8verem a oportunidade que eu 8ve, podem abraçar com as duas mãos como eu abracei, porque foi muito bom.

8 8 PARCERIAS/CONVÊNIOS Visando oportunidades de desenvolvimento profissional e qualidade de vida, a Usina Ester está formando parcerias com algumas ins$tuições, para que os funcionários adquiram descontos em produtos, estudos ou serviços. Desconto de 12% nas compras à vista; Desconto de 8% nas compras à prazo; Parcelamento em até 06 vezes sem juros. Rua Monte Castelo, Damiano - Cosmópolis/SP Telefone: (19) Site: *Descontos não cumulativos com outras promoções. *Os descontos não são válidos p/ produtos com preços promocionais. *Cliente sujeitos a análise de crédito. (19) (19) (19) / A ESAMC (Escola Superior de Administração, Marketing e Comunicação), através da sua unidade de Campinas, concederá aos colaboradores e dependentes legais, da Empresa USINA ESTER, que ingressarem por intermédio de processo seletivo normal ou que já estiverem usufruindo dos serviços educacionais, a partir de 18/03/2013 os descontos de: 20% (vinte por cento) sobre o valor da matrícula e demais mensalidades dos cursos de MBA Executivo; 30% (trinta por cento) sobre o valor da matrícula e demais mensalidades dos cursos tecnólogos; 40% (quarenta por cento) sobre o valor da matrícula e demais mensalidades dos cursos de bacharelados em Jornalismo e Contábeis; VAR CENTRO AUTOMOTIVO Descontos especiais para funcionários da Usina Ester Mecânica de autos em geral 10% de Desconto 5% de Desconto nas peças Rua: Santo Rizzo, 778 Vila Kalil - Cosmópolis *Para ter o desconto nestas ins8tuições é necessário apresentar na matrícula, documentos que comprovem o vínculo empregaucio com a Usina Ester *

COMUNICAÇÃO INTERNA. Empresa reúne colaboradores para marcar os 115 anos de fundação. fundação. - Apresentação Desafio 120

COMUNICAÇÃO INTERNA. Empresa reúne colaboradores para marcar os 115 anos de fundação. fundação. - Apresentação Desafio 120 1 COMUNICAÇÃO INTERNA Recursos Humanos Empresa reúne colaboradores para marcar os 115 anos de fundação. Ano I, Edição 3 Março/2013 Nos dias 28/02 e 01/03 a liderança da Usina Ester reuniu Nesta edição:

Leia mais

COMUNICAÇÃO INTERNA Recursos Humanos

COMUNICAÇÃO INTERNA Recursos Humanos 1 COMUNICAÇÃO INTERNA Recursos Humanos USINA ESTER RECEBE CERTIFICADO DE DESTAQUE AMBIENTAL-SELO VERDE A Usina Ester foi contemplada pelo Jornal do Meio Ambiente do Estado de São Paulo com o Certificado

Leia mais

COMUNICAÇÃO INTERNA LANÇAMENTO NOVOS CRACHÁS USINA ESTER. valores a cultura da empresa, seguindo os. princípios que norteiam nossa estratégia

COMUNICAÇÃO INTERNA LANÇAMENTO NOVOS CRACHÁS USINA ESTER. valores a cultura da empresa, seguindo os. princípios que norteiam nossa estratégia 1 Recursos Humanos COMUNICAÇÃO INTERNA LANÇAMENTO NOVOS CRACHÁS USINA ESTER Com o obje vo de unir nosso conjunto de valores a cultura da empresa, seguindo os princípios que norteiam nossa estratégia Desafio

Leia mais

COMUNICAÇÃO INTERNA SAFRA 2013/2014 INICIOU DIA 17 DE ABRIL 2013 ESTIMATIVA DE PRODUÇÃO É DE 1.940.000 TONELADAS DE CANA-DE-AÇÚCAR

COMUNICAÇÃO INTERNA SAFRA 2013/2014 INICIOU DIA 17 DE ABRIL 2013 ESTIMATIVA DE PRODUÇÃO É DE 1.940.000 TONELADAS DE CANA-DE-AÇÚCAR 1 Recursos Humanos COMUNICAÇÃO INTERNA SAFRA 2013/2014 INICIOU DIA 17 DE ABRIL 2013 No dia 17 de abril iniciou a Safra 2013/2014 da Usina Ester. A safra de cana de açúcar é sazonal iniciando, na região

Leia mais

O custo atual de produção de etanol viabiliza novos investimentos?

O custo atual de produção de etanol viabiliza novos investimentos? Workshop BNDES -Desafios para o Investimento em Novas Usinas de Etanol no Brasil O custo atual de produção de etanol viabiliza novos investimentos? Carlos Eduardo Osório Xavier Gestor de projetos PECEGE/ESALQ/USP

Leia mais

MANUAL DE PREENCHIMENTO DO QUESTIONÁRIO CADASTRO

MANUAL DE PREENCHIMENTO DO QUESTIONÁRIO CADASTRO 1 MANUAL DE PREENCHIMENTO DO QUESTIONÁRIO CADASTRO Atualizado em 07-abr-2014 Este documento refere-se às instruções de preenchimento do cadastro de usinas para o levantamento de custos de produção de cana-de-açúcar,

Leia mais

Cria1vidade e tecnologia a favor da APRENDIZAGEM.

Cria1vidade e tecnologia a favor da APRENDIZAGEM. www.eadskill.com.br 20 anos de experiência em TREINAMENTO CORPORATIVO. A Skill e- Learning Solu7ons oferece soluções completas para desenvolvimento de treinamentos corpora-vos, que vão desde a análise

Leia mais

INFOSUCRO Perspectivas do Mercado de Etanol e Açúcar

INFOSUCRO Perspectivas do Mercado de Etanol e Açúcar INFOSUCRO Perspectivas do Mercado de Etanol e Açúcar Marcello Cuoco Rio de Janeiro, 28/11/11 AGENDA Overview dos mercados de Energia e Açúcar Perspectivas do mercado de Etanol ETH AGENDA Overview dos mercados

Leia mais

Versão 007 02- fev- 15 ENGENHARIA DA

Versão 007 02- fev- 15 ENGENHARIA DA Versão 007 02- fev- 15 ENGENHARIA DA Curso de Pós- Graduação em Nível de Especialização LATO SENSU ENGENHARIA DA MANUTENÇÃO A Sustentare Escola de Negócios tem como obje7vo, desenvolver e prover permanentemente

Leia mais

AGRONEGÓCIO NO MUNDO PRINCIPAIS PLAYERS

AGRONEGÓCIO NO MUNDO PRINCIPAIS PLAYERS AGRONEGÓCIOS AGRONEGÓCIO NO MUNDO PRINCIPAIS PLAYERS Argentina Estados Unidos Indonésia Brasil Canadá Russia Índia Japão Austrália China México Área Agricultável > 30 milhões de ha População urbana > 80

Leia mais

A feira. O maior evento mundial do setor sucroenergético. 26 a 29 de Agosto de 2014 Centro de Eventos Zanini Sertãozinho - São Paulo Brasil

A feira. O maior evento mundial do setor sucroenergético. 26 a 29 de Agosto de 2014 Centro de Eventos Zanini Sertãozinho - São Paulo Brasil Resultados Fenasucro 2014 A feira 26 a 29 de Agosto de 2014 Centro de Eventos Zanini Sertãozinho - São Paulo Brasil O maior evento mundial do setor sucroenergético O setor sucroenergético do Brasil já

Leia mais

Matemática Financeira

Matemática Financeira Matemática Financeira elearning Informações do curso Apresentação do Curso De forma simples e descomplicada, esse curso apresenta os conceitos de matemá4ca financeira, aplicando- os na análise das principais

Leia mais

Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2013/2014

Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2013/2014 Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2013/2014 São Paulo, 29 de abril de 2013 ROTEIRO I. Safra 2012/2013 na região Centro-Sul: dados finais Moagem e produção Mercados de etanol e de açúcar Preços e

Leia mais

. Reafirmar a importância do etanol como tema estratégico para a economia, o meio-ambiente, a geração de empregos e o futuro do País

. Reafirmar a importância do etanol como tema estratégico para a economia, o meio-ambiente, a geração de empregos e o futuro do País o que é O QUE É. Lançado em Brasília em dezembro de 2011, o Movimento Mais Etanol visa detalhar e disseminar políticas públicas e privadas indispensáveis para: w O restabelecimento da competitividade do

Leia mais

CPA 10. CURSO ELEARNING PREPARATÓRIO PARA CPA 10 Informações do curso. Certificação Profissional AN B I MA. elearning

CPA 10. CURSO ELEARNING PREPARATÓRIO PARA CPA 10 Informações do curso. Certificação Profissional AN B I MA. elearning elearning Certificação Profissional AN B I MA CPA 10 CURSO ELEARNING PREPARATÓRIO PARA CPA 10 Informações do curso Apresentação do Curso Para a comercialização e distribuição de produtos de inves6mento,

Leia mais

Situação atual e perspectivas para o setor sucroenergético

Situação atual e perspectivas para o setor sucroenergético 23 de julho de 2015 Situação atual e perspectivas para o setor sucroenergético Antonio de Padua Rodrigues Diretor técnico ROTEIRO I. Perspectivas para a safra 2015/2016 II. Mercados de açúcar e de etanol

Leia mais

O AGRONEGÓCIO BRASILEIRO E O SETOR DE MÁQUINAS AGRÍCOLAS TENDÊNCIAS DOS MERCADOS PARA 2012/2013 E OS CENÁRIOS DE LONGO PRAZO Carlos Cogo Agosto/2012 LA NIÑA PROVOCA FORTES QUEBRAS EM SAFRAS DE GRÃOS O

Leia mais

elearning Mercado Financeiro Informações do curso Rua Maestro Cardim, 1.170 - CEP: 01323-001 - São Paulo/SP. Fone: (11) 2184-2026

elearning Mercado Financeiro Informações do curso Rua Maestro Cardim, 1.170 - CEP: 01323-001 - São Paulo/SP. Fone: (11) 2184-2026 Mercado Financeiro elearning Informações do curso Apresentação do Curso Na realidade econômica do mundo atual, todo sucesso empresarial passa necessariamente pela dinâmica do Mercado Financeiro, o que

Leia mais

Painel: Estratégias para enfrentar e superar os principais gargalos da cadeia produtiva do tomate de mesa

Painel: Estratégias para enfrentar e superar os principais gargalos da cadeia produtiva do tomate de mesa Painel: Estratégias para enfrentar e superar os principais gargalos da cadeia produtiva do tomate de mesa Tema: A organização do setor produtivo (Associação) Título: Associa'vismo no Meio Rural Como um

Leia mais

Informativo da ASSOCIAÇÃO MINEIRA DE SILVICULTURA nº 07 de 18 de agosto de 2014.

Informativo da ASSOCIAÇÃO MINEIRA DE SILVICULTURA nº 07 de 18 de agosto de 2014. Informativo da ASSOCIAÇÃO MINEIRA DE SILVICULTURA nº 07 de 18 de agosto de 2014. Associação Mineira de Silvicultura (AMS) marca presença na III Mostra de Oportunidades, do Programa Jovens Construindo a

Leia mais

A Faculdade Certificada pela FGV em Goiás. Acordo de Parceria - Convênios 2011. AFFEGO Associação Funcionários do Fisco de Goiás

A Faculdade Certificada pela FGV em Goiás. Acordo de Parceria - Convênios 2011. AFFEGO Associação Funcionários do Fisco de Goiás A Faculdade Certificada pela FGV em Goiás Acordo de Parceria - Convênios 2011 AFFEGO Associação Funcionários do Fisco de Goiás ACORDO DE PARCERIA - CONVÊNIOS 2011 Preparada Por: Empreza Educação e Serviços

Leia mais

Relações com Investidores Contexto e Conceitos

Relações com Investidores Contexto e Conceitos Relações com Investidores Contexto e Conceitos elearning Informações do curso Apresentação do Curso O obje'vo é capacitar os profissionais de Relações com Inves'dores, e de profissões correlatas, para

Leia mais

CTC. Rogério Salles Loureiro 04.08.10. Gerente de TI e Gestão do Conhecimento. CTC-Centro de Tecnologia Canavieira

CTC. Rogério Salles Loureiro 04.08.10. Gerente de TI e Gestão do Conhecimento. CTC-Centro de Tecnologia Canavieira CTC Rogério Salles Loureiro Gerente de TI e Gestão do Conhecimento CTC-Centro de Tecnologia Canavieira 04.08.10 ROGÉRIO SALLES LOUREIRO Graduação : Engenharia Elétrica UFMG Pós-Graduação: Análise de Sistemas

Leia mais

OBSERVADOR. Segurança Brigada de Emergência: A importância do trabalho realizado em caso de incêndios p.02

OBSERVADOR. Segurança Brigada de Emergência: A importância do trabalho realizado em caso de incêndios p.02 OBSERVADOR ano 44 n 511 maio de 2015 Segurança Brigada de Emergência: A importância do trabalho realizado em caso de incêndios p.02 Empresa Recursos Humanos Conheça o novo formato da área p.04 Agrícola

Leia mais

Sustentabilidade. Vanda Nunes - SGS

Sustentabilidade. Vanda Nunes - SGS Novas Tendências de Certificação de Sustentabilidade Vanda Nunes - SGS A HISTÓRIA DA SGS Maior empresa do mundo na área de testes, auditorias, inspeções e certificações. Fundada em 1878, na cidade de Rouen,

Leia mais

Versão 007 02- fev- 15 ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO

Versão 007 02- fev- 15 ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO Versão 007 02- fev- 15 ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO Curso de Pós- Graduação em Nível de Especialização LATO SENSU ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO A Sustentare Escola de Negócios tem como obje7vo,

Leia mais

Calendário Anual de Atividades da APPBCL Planejamento 2014

Calendário Anual de Atividades da APPBCL Planejamento 2014 Calendário Anual de Atividades da APPBCL Planejamento 2014 Calendário de Atividades 2014 Atividades SET OUT NOV DEZ Reunião Comunidades 20 Eventos Agronegócio na Sede 30 Balde Cheio Itinerante Cursos online

Leia mais

Fornecedoresdecana. Perspectivas para safra 2011 foi o tema central das reuniões p.3

Fornecedoresdecana. Perspectivas para safra 2011 foi o tema central das reuniões p.3 ANO40 Nº468 JUNHODE2011 ::meio ambiente:: Dia Mundial do Meio Ambiente Grupo Pedra comemora data com plantio de mudas ::formação:: EscoladeCapacitaçãoeFormação Funcionários das unidades Buriti e Ipê participam

Leia mais

INOVAÇÃO. EDUCAÇÃO. GESTÃO EXPANSÃO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL

INOVAÇÃO. EDUCAÇÃO. GESTÃO EXPANSÃO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL Linha Direta INOVAÇÃO. EDUCAÇÃO. GESTÃO EXPANSÃO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL Desmistificado, ensino técnico brasileiro passa a ser a possibilidade mais rápida de inserção no mercado de trabalho TECNOLOGIA

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO FITOSSANITÁRIA NO AGRONEGÓCIO MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Abril 2012 ESPM-SUL

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO FITOSSANITÁRIA NO AGRONEGÓCIO MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Abril 2012 ESPM-SUL PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO FITOSSANITÁRIA NO AGRONEGÓCIO MANUAL DO CANDIDATO Ingresso Abril 2012 ESPM-SUL Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. Instituto Phytus Santa Maria Rua Duque de

Leia mais

A N A I S D O E V E N T O. 12 e 13 de Novembro de 2014 Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil

A N A I S D O E V E N T O. 12 e 13 de Novembro de 2014 Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil A N A I S D O E V E N T O 12 e 13 de Novembro de 2014 Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil Evolução da mecanização da colheita de cana-de-açúcar em São Paulo: uma reflexão a partir de dados do Protocolo

Leia mais

Faculdade Energia de Administração e Negócios FEAN Credenciada pela Portaria MEC Nº 1757/2000 DOU 31/10/2000 EDITAL Nº 001/2015

Faculdade Energia de Administração e Negócios FEAN Credenciada pela Portaria MEC Nº 1757/2000 DOU 31/10/2000 EDITAL Nº 001/2015 Faculdade Energia de Administração e Negócios FEAN Credenciada pela Portaria MEC Nº 1757/2000 DOU 31/10/2000 EDITAL Nº 001/2015 O Diretor da Faculdade Energia de Administração e Negócios (FEAN), instituição

Leia mais

Reunião Pública 2013 Safra 13/14

Reunião Pública 2013 Safra 13/14 Reunião Pública 2013 Safra 13/14 Grupo São Martinho 300.000 ha Área agrícola de colheita 4 usinas São Martinho, Iracema, Santa Cruz e Boa Vista 21 milhões de tons Capacidade de processamento de cana de

Leia mais

MBA EM CONSULTORIA E GESTÃO DE NEGÓCIOS 2014.1

MBA EM CONSULTORIA E GESTÃO DE NEGÓCIOS 2014.1 NÚMERO DE VAGAS: 45 (Quarenta e cinco) vagas. PREVISÃO DE INÍCIO DAS AULAS Abril de 2014 APRESENTAÇÃO / JUSTIFICATIVA MBA EM CONSULTORIA E GESTÃO DE NEGÓCIOS 2014.1 O MBA EM CONSULTORIA & GESTÃO DE NEGÓCIOS,

Leia mais

Uma breve apresentação

Uma breve apresentação Uma breve apresentação A Associação Brasileira das Agências Digitais - Regional Paraná foi fundada com o obje=vo definido de construir uma cultura digital no estado, consolidando- se enquanto espaço democrá=co

Leia mais

Financial Reports Evidenciação do Negócio para Credores e Investidores

Financial Reports Evidenciação do Negócio para Credores e Investidores Financial Reports Evidenciação do Negócio para Credores e Investidores elearning Informações do curso Apresentação do Curso Há décadas o mercado de crédito e de capitais têm sido responsáveis pela oferta

Leia mais

Monitoramento da Cultura de Cana-de-Açúcar no Estado de São Paulo

Monitoramento da Cultura de Cana-de-Açúcar no Estado de São Paulo Versão Online Boletim No: 12 Outubro, 2015 Monitoramento da Cultura de Cana-de-Açúcar no Estado de São Paulo I. PANORAMA Chuvas intensas no mês de setembro atrasaram a colheita de cana-de-açúcar nas principais

Leia mais

ANO 40 Nº 472 OUTUBRO DE 2011. ::qualidade:: Auditoria Copersucar na Pedra Programa piloto de qualificação de fornecedores copersucar

ANO 40 Nº 472 OUTUBRO DE 2011. ::qualidade:: Auditoria Copersucar na Pedra Programa piloto de qualificação de fornecedores copersucar ANO 40 Nº 472 OUTUBRO DE 2011 ::agrícola:: Tecnologia na Colheita de Mudas Novas carretas com células de carga e hectarímetro já são utilizadas ::qualidade:: Auditoria Copersucar na Pedra Programa piloto

Leia mais

Mão de obra rural. Procura-se peão capacitado

Mão de obra rural. Procura-se peão capacitado Mão de obra rural Procura-se peão capacitado Escassez de trabalhador rural capacitado já prejudica a produtividade. Maioria foi para a construção Lídia Borges 12 de fevereiro de 2012 (domingo) Falar em

Leia mais

Delegada à frente da Coordenação de Localização de Desaparecidos

Delegada à frente da Coordenação de Localização de Desaparecidos De 23 a 30 de outubro de 2015 - Edição nº 019 Delegada à frente da Coordenação de Localização de Desaparecidos Será publicada nos próximos dias no Diário Oficial do Distrito Federal a portaria que cria

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS A Fundace Fundação para Pesquisa do Desenvolvimento da Administração, Contabilidade e Economia, fundação de apoio formada pelos professores da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade FEA/

Leia mais

Desempenho da Agroindústria em 2004. histórica iniciada em 1992. Como tem sido freqüente nos últimos anos (exceto em 2003), os

Desempenho da Agroindústria em 2004. histórica iniciada em 1992. Como tem sido freqüente nos últimos anos (exceto em 2003), os Desempenho da Agroindústria em 2004 Em 2004, a agroindústria obteve crescimento de 5,3%, marca mais elevada da série histórica iniciada em 1992. Como tem sido freqüente nos últimos anos (exceto em 2003),

Leia mais

PROJETO CRESCER JUNTOS

PROJETO CRESCER JUNTOS Página 1 de 6 PROJETO CRESCER JUNTOS OBJETIVO Estabelecer parâmetros e procedimentos para utilização, por parte dos funcionários, do Programa Auxilio Educação, da ATC, nos Cursos de Graduação que tenham,

Leia mais

Programa Permanente de Coleta Seletiva. Solidária do Arquivo Nacional

Programa Permanente de Coleta Seletiva. Solidária do Arquivo Nacional Solidária do Arquivo Nacional Programa Permanente de Coleta Seletiva Amparado pelo Decreto Federal 5.940/ 2006 - que prevê que todas as instituições federais passem a doar seus materiais recicláveis descartados

Leia mais

A programação técnica será a seguinte: Dia 28 de outubro Dia 29 de outubro Dia 30 de outubro Dia 31 de outubro Dia 01 de Novembro

A programação técnica será a seguinte: Dia 28 de outubro Dia 29 de outubro Dia 30 de outubro Dia 31 de outubro Dia 01 de Novembro A Expo Brasil Paraguay é uma feira multisetorial que visa promover o intercâmbio comercial, cultural e turístico entre os dois países. A programação contempla um ciclo de conferências com palestras sobre

Leia mais

Abioeletricidade cogerada com biomassa

Abioeletricidade cogerada com biomassa bioeletricidade Cana-de-Açúcar: um pr energético sustentável A cana-de-açúcar, a cultura mais antiga do Brasil, é hoje uma das plantas mais modernas do mundo. A afirmação é do vice-presidente da Cogen

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO - Pós-Graduação em Gestão do Agronegócio

MANUAL DO CANDIDATO - Pós-Graduação em Gestão do Agronegócio CONHEÇA A FACCENTRO Educação de excelência de mãos dadas com o mercado de trabalho. Esse é o compromisso da rede de ensino FACCENTRO, que possui mais de 15 anos de tradição e reconhecimento em ensino técnico.

Leia mais

Projeções de custos e rentabilidade do setor sucroenergético na região Nordeste para a safra 2013/14: o desafio de sobrevivência dos fornecedores

Projeções de custos e rentabilidade do setor sucroenergético na região Nordeste para a safra 2013/14: o desafio de sobrevivência dos fornecedores Projeções de custos e rentabilidade do setor sucroenergético na região Nordeste para a safra 2013/14: o desafio de sobrevivência dos fornecedores Essa publicação apresenta as projeções de custos de produção

Leia mais

RELATÓRIO DA GESTÃO 2014

RELATÓRIO DA GESTÃO 2014 1 Senhores Associados: RELATÓRIO DA GESTÃO 2014 Temos a satisfação de apresentar o Relatório da Gestão e as Demonstrações Contábeis da CREDICOAMO Crédito Rural Cooperativa, relativas às atividades desenvolvidas

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO & GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

ESPECIALIZAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO & GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS ESPECIALIZAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO & GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS A sua Pós-Graduação prática de mercado. Especialização 360hs. Programa com certificações de especialização e aperfeiçoamento. Professores com

Leia mais

MBA ESPM EM GOVERNANÇA CORPORATIVA E FINANÇAS COM ÊNFASE NO AGRONEGÓCIO

MBA ESPM EM GOVERNANÇA CORPORATIVA E FINANÇAS COM ÊNFASE NO AGRONEGÓCIO MBA ESPM EM GOVERNANÇA CORPORATIVA E FINANÇAS COM ÊNFASE NO AGRONEGÓCIO Ingresso Março 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba MBA ESPM EM GOVERNANÇA CORPORATIVA E FINANÇAS COM ÊNFASE NO AGRONEGÓCIO

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MERCADO DE CARBONO

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MERCADO DE CARBONO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MERCADO DE CARBONO São Paulo 06 a 09 de DEZEMBRO de 2011. O Curso de Especialização em Mercado de Carbono é eminentemente técnico com uma visão estratégica e orientação prática,voltado

Leia mais

USO DE SUBPRODUTOS PARA GERAÇÃO DE CALOR E ENERGIA. Lisandra C. Kaminski

USO DE SUBPRODUTOS PARA GERAÇÃO DE CALOR E ENERGIA. Lisandra C. Kaminski USO DE SUBPRODUTOS PARA GERAÇÃO DE CALOR E ENERGIA Lisandra C. Kaminski Casca de café Estudo realizado em 2008, pelo agrônomo Luiz Vicente Gentil, da UnB. Pode ser uma excelente opção como substituição

Leia mais

Produção de grãos na Bahia cresce 14,64%, apesar dos severos efeitos da seca no Estado

Produção de grãos na Bahia cresce 14,64%, apesar dos severos efeitos da seca no Estado AGROSSÍNTESE Produção de grãos na Bahia cresce 14,64%, apesar dos severos efeitos da seca no Estado Edilson de Oliveira Santos 1 1 Mestre em Economia, Gestor Governamental da SEAGRI; e-mail: edilsonsantos@seagri.ba.gov.br

Leia mais

CTC Centro de Tecnologia Canavieira

CTC Centro de Tecnologia Canavieira Título da Apresentação CTC Centro de Tecnologia Canavieira Autor Divulgação Livre CTC Centro de Tecnologia Canavieira 148 associadas 131 usinas e/ou destilarias 17 assoc. fornecedores de cana 214,5 milhões

Leia mais

APRESENTAÇÃO / JUSTIFICATIVA

APRESENTAÇÃO / JUSTIFICATIVA NÚMERO DE VAGAS: 45 (Quarenta e cinco) vagas. CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA VISCONDE DE CAIRU CEPPEV PREVISÃO DE INÍCIO DAS AULAS Fevereiro de 2014 APRESENTAÇÃO / JUSTIFICATIVA O MBA EM CONSULT ORIA

Leia mais

PESQUISA DE CUSTOS E INDICADORES CCT/CTT

PESQUISA DE CUSTOS E INDICADORES CCT/CTT PESQUISA DE CUSTOS E INDICADORES CCT/CTT Abrangência: Todo o território brasileiro. A quem se destina: As unidades produtoras de açúcar, etanol, levedura e bioeletricidade. Público Alvo: Gestores das áreas

Leia mais

Ins$tucional Ago/2013

Ins$tucional Ago/2013 Ins$tucional Ago/2013 Conhecendo a Fundada em 2005 na cidade de Santana do Parnaíba (região metropolitana da capital paulista), a Sustentec - Serviços em Tecnologia Ltda é uma empresa provedora de soluções

Leia mais

A EMPRESA. Mais em www.inovatyon.com.br PAG 3

A EMPRESA. Mais em www.inovatyon.com.br PAG 3 VERSÃO 2.0 SONHOS DOS 1º Comprar a casa própria 2º Viajar pelo Brasil 3º Ter seu próprio negócio 4º Comprar um automóvel 5º Viajar para o exterior 6º Ter um diploma de ensino superior 7º Ter plano de saúde

Leia mais

redução dos preços internacionais de algumas commodities agrícolas; aumento dos custos de

redução dos preços internacionais de algumas commodities agrícolas; aumento dos custos de Desempenho da Agroindústria No fechamento do primeiro semestre de 2005, a agroindústria registrou crescimento de 0,3%, taxa bastante inferior à assinalada pela média da indústria brasileira (5,0%) no mesmo

Leia mais

O SORGO SACARINO É UMA ALTERNATIVA PARA COMPLEMENTO DA CANA-DE-AÇÚCAR NA PRODUÇÃO DE ETANOL E BIOMASSA PARA COGERAÇÃO DE ENERGIA.

O SORGO SACARINO É UMA ALTERNATIVA PARA COMPLEMENTO DA CANA-DE-AÇÚCAR NA PRODUÇÃO DE ETANOL E BIOMASSA PARA COGERAÇÃO DE ENERGIA. Seminário Temático Agroindustrial de Produção de Sorgo Sacarino para Bioetanol, 2. Ribeirão Preto, SP, 20-21/Setembro/2012. O SORGO SACARINO É UMA ALTERNATIVA PARA COMPLEMENTO DA CANA-DE-AÇÚCAR NA PRODUÇÃO

Leia mais

ÁREA DE MILHO CRESCEU 4,9% NA SAFRA 2012/2013, A MAIOR DESDE 1937, INDICANDO QUE O PAÍS COLHERIA UMA SAFRA RECORDE ESTE ANO

ÁREA DE MILHO CRESCEU 4,9% NA SAFRA 2012/2013, A MAIOR DESDE 1937, INDICANDO QUE O PAÍS COLHERIA UMA SAFRA RECORDE ESTE ANO GRÃOS: SOJA, MILHO, TRIGO e ARROZ TENDÊNCIAS DOS MERCADOS PARA 2012/2013 NO BRASIL E NO MUNDO Carlos Cogo Setembro/2012 PRODUÇÃO MUNDIAL DEVE RECUAR 4,1% NA SAFRA 2012/2013 ESTOQUES FINAIS MUNDIAIS DEVEM

Leia mais

ASSESSORIA DE IMPRENSA Claudio Licciardi Celular: (11) 9.8258-0444 E-mail: prscc@dglnet.com.br OUTUBRO DE 2014

ASSESSORIA DE IMPRENSA Claudio Licciardi Celular: (11) 9.8258-0444 E-mail: prscc@dglnet.com.br OUTUBRO DE 2014 ASSESSORIA DE IMPRENSA Claudio Licciardi Celular: (11) 9.8258-0444 E-mail: prscc@dglnet.com.br OUTUBRO DE 2014 CONSÓRCIOS EM OUTUBRO CONTEMPLAÇÕES BATEM RECORDE, VENDAS MENSAIS CRESCEM MAIS DE 35% E PARTICIPANTES

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE OBRAS DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO 2º SEMESTRE/2015

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE OBRAS DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO 2º SEMESTRE/2015 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE OBRAS DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO 2º SEMESTRE/2015 O Instituto Euvaldo Lodi - IEL/ES, pelo presente Edital, faz saber que se encontram abertas as inscrições

Leia mais

O Melhoramento de Plantas e o Aquecimento Global. Arnaldo José Raizer P&D - Variedades

O Melhoramento de Plantas e o Aquecimento Global. Arnaldo José Raizer P&D - Variedades O Melhoramento de Plantas e o Aquecimento Global 1 Arnaldo José Raizer P&D - Variedades Roteiro Aquecimento Global Centro de Tecnologia Canavieira (CTC) O setor sucro-energético Melhoramento Genético e

Leia mais

Escola Luiz César de Siqueira Melo

Escola Luiz César de Siqueira Melo Escola Luiz César de Siqueira Melo PROJETO: PRODUÇÃO DO AÇÚCAR ORGÂNICO NA JALLES MACHADO S.A Elaboração: Prof. Elias Alves de Souza I - APRESENTAÇÃO O cultivo de açúcar foi introduzido no Brasil em 1532

Leia mais

O NEGÓCIO É SER FELIZ!

O NEGÓCIO É SER FELIZ! Proposta de Treinamento O NEGÓCIO É SER FELIZ! Aparência e Comportamento para o Sucesso nos Negócios Ana Schmitz é Personal Stylist, Consultora de Moda, Palestrante e Instrutora. Atua no universo da moda,

Leia mais

Aproveitamos também para colocar a nossa equipe à sua disposição para quaisquer dúvidas ou sugestões.

Aproveitamos também para colocar a nossa equipe à sua disposição para quaisquer dúvidas ou sugestões. Este guia é para auxiliar sua empresa para ter 100% de aproveitamento do evento. Peço que leia o manual por completo e tire todas suas dúvidas sobre o evento. Se em um momento você não encontrar o que

Leia mais

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Programa de Pós-graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade (CPDA)

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Programa de Pós-graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade (CPDA) Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Programa de Pós-graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade (CPDA) Relatório com as principais notícias divulgadas pela mídia

Leia mais

Programa de COACHING DE VENDAS

Programa de COACHING DE VENDAS Programa de COACHING DE VENDAS COACHING Coaching é o mais revolucionário método para conquista de grandes resultados em desenvolvimento pessoal e profissional. A metodologia de Coaching foca em potencializar

Leia mais

MBA EM FINANÇAS E GOVERNANÇA CORPORATIVA MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Agosto 2013 ESPM-SUL. Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS.

MBA EM FINANÇAS E GOVERNANÇA CORPORATIVA MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Agosto 2013 ESPM-SUL. Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. MBA EM FINANÇAS E GOVERNANÇA CORPORATIVA MANUAL DO CANDIDATO Ingresso Agosto 2013 ESPM-SUL Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. Informações: Central de Candidatos: (51) 3218-1400 Segunda

Leia mais

Ordenamento Territorial para Expansão da Cana-de-açúcar no Brasil Zoneamento Agroecológico da Cana-de-açúcar

Ordenamento Territorial para Expansão da Cana-de-açúcar no Brasil Zoneamento Agroecológico da Cana-de-açúcar Ordenamento Territorial para Expansão da Cana-de-açúcar no Brasil Zoneamento Agroecológico da Cana-de-açúcar Simpósio Internacional e Mostra de Tecnologia da Agroindústria sucroalcooleira SIMTEC 01 de

Leia mais

MORATÓRIA DA SOJA: Avanços e Próximos Passos

MORATÓRIA DA SOJA: Avanços e Próximos Passos MORATÓRIA DA SOJA: Avanços e Próximos Passos - Criação e Estruturação da Moratória da Soja - Realizações da Moratória da Soja - A Prorrogação da Moratória - Ações Prioritárias Relatório Apresentado pelo

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA GABINETE DO MINISTRO ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL VOTOS APROVADOS NA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DO CMN 16/04/2009

MINISTÉRIO DA FAZENDA GABINETE DO MINISTRO ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL VOTOS APROVADOS NA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DO CMN 16/04/2009 MINISTÉRIO DA FAZENDA GABINETE DO MINISTRO ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL VOTOS APROVADOS NA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DO CMN 16/04/2009 1 - PROGRAMA DE FINANCIAMENTO PARA ESTOCAGEM DE ÁLCOOL ETÍLICO COMBUSTÍVEL

Leia mais

GUSTAVO ROBERTO CORRÊA DA COSTA SOBRINHO E JOSÉ MACIEL DOS SANTOS EFEITOS DA CRISE FINANCEIRA GLOBAL SOBRE A AGRICULTURA BRASILEIRA.

GUSTAVO ROBERTO CORRÊA DA COSTA SOBRINHO E JOSÉ MACIEL DOS SANTOS EFEITOS DA CRISE FINANCEIRA GLOBAL SOBRE A AGRICULTURA BRASILEIRA. EFEITOS DA CRISE FINANCEIRA GLOBAL SOBRE A AGRICULTURA BRASILEIRA. GUSTAVO ROBERTO CORRÊA DA COSTA SOBRINHO E JOSÉ MACIEL DOS SANTOS Consultores Legislativos da Área X Agricultura e Política Rural MARÇO/2009

Leia mais

Programa de Gerenciamento nos Procedimentos de Exportação: Aborda temas sobre a estrutura do comércio exterior brasileiro e processos administra4vos na exportação. Workshop de Inteligência Compe==va: Visa

Leia mais

A Portaria do MPAS, suas exigências, e o impacto nas Finanças da Previdência

A Portaria do MPAS, suas exigências, e o impacto nas Finanças da Previdência A Portaria do MPAS, suas exigências, e o impacto nas Finanças da Previdência Cenário Econômico 2 Os desdobramentos da Crise Financeira Internacional! Estados Unidos v Economia em processo de desalavancagem

Leia mais

A EVOLUÇÃO DA CULTURA DO CAFÉ E DA CANA-DE-AÇUCAR NO MUNICIPIO DE FRANCA: UM ESTUDO NOS ANOS DE 1990 A 2007

A EVOLUÇÃO DA CULTURA DO CAFÉ E DA CANA-DE-AÇUCAR NO MUNICIPIO DE FRANCA: UM ESTUDO NOS ANOS DE 1990 A 2007 344 A EVOLUÇÃO DA CULTURA DO CAFÉ E DA CANA-DE-AÇUCAR NO MUNICIPIO DE FRANCA: UM ESTUDO NOS ANOS DE 1990 A 2007 Jordanio Batista Maia da Silva (Uni-FACEF) Hélio Braga Filho (Uni-FACEF) 1 INTRODUÇÃO Vivemos

Leia mais

MBA Gestão de Negócios e Pessoas

MBA Gestão de Negócios e Pessoas PROJETO PEDAGÓGICO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Nome do Curso MBA Gestão de Negócios e Pessoas Área de Conhecimento Ciências Sociais Aplicadas Nome do Coordenador do Curso e Breve Currículo: Prof.

Leia mais

EDITAL. Abertura de inscrições para a seleção de candidatos ao Programa de Mestrado em Administração da UNIP

EDITAL. Abertura de inscrições para a seleção de candidatos ao Programa de Mestrado em Administração da UNIP EDITAL Abertura de inscrições para a seleção de candidatos ao Programa de Mestrado em Administração da UNIP Recomendado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior CAPES, de acordo

Leia mais

MBA Gestão Estratégica do Agribusiness

MBA Gestão Estratégica do Agribusiness MBA Gestão Estratégica do Agribusiness Inscrições Abertas: Início das aulas: 24/08/2015 Término das aulas: 24/08/2016 Dias e horários das aulas: Segunda-Feira 18h30 às 22h30 Semanal Quarta-Feira 18h30

Leia mais

MESTRADO PROFISSIONALIZANTE EM TECNOLOGIA AMBIENTAL UMA PROPOSTA DA UNIVERSIDADE DE RIBEIRÃO PRETO UNAERP

MESTRADO PROFISSIONALIZANTE EM TECNOLOGIA AMBIENTAL UMA PROPOSTA DA UNIVERSIDADE DE RIBEIRÃO PRETO UNAERP MESTRADO PROFISSIONALIZANTE EM TECNOLOGIA AMBIENTAL UMA PROPOSTA DA UNIVERSIDADE DE RIBEIRÃO PRETO UNAERP Carmen S G Lopes clopes@unaerp.br Universidade de Ribeirão Preto - Curso de Engenharia Química

Leia mais

Número de funcionários: Aproximadamente 1200 colaboradores na sede administrativa e industrial.

Número de funcionários: Aproximadamente 1200 colaboradores na sede administrativa e industrial. PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 Categoria Franqueador Máster Dados da empresa Razão Social: IBAC Indústria Brasileira de Alimentos e Chocolates Nome Fantasia: Cacau Show Data de fundação:

Leia mais

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br PREZADO (A) SENHOR (A) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso

Leia mais

Objetivo do Programa

Objetivo do Programa Objetivo do Programa O Programa Futuros Engenheiros visa favorecer o desenvolvimento de competências técnicas e habilidades comportamentais de universitários dos cursos de Engenharia para atuar na indústria.

Leia mais

EDUCAÇÃO BÁSICA E PROFISSIONAL SENAI SESI

EDUCAÇÃO BÁSICA E PROFISSIONAL SENAI SESI EDUCAÇÃO BÁSICA E PROFISSIONAL SENAI SESI SENADO FEDERAL COMISSÃO DE EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTE AUDIÊNCIA PÚBLICA: IDÉIAS E PROPOSTAS PARA A EDUCAÇÃO BRASILEIRA PLANO DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO SESI

Leia mais

INCUBADORA DE EMPRESAS

INCUBADORA DE EMPRESAS INCUBADORA DE EMPRESAS INCUBADORA DE EMPRESAS BARÃO DE MAUÁ - IEBM TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE CONSULTORIA DE GESTÃO DE NEGÓCIOS. Contatos Domingos Sávio de Carvalho (Gerente Operacional do Projeto)

Leia mais

O Engajamento em Programas Empresariais: funcionários, gestão e áreas parceiras. Trabalho em Grupo Encontro de 03/08/2011

O Engajamento em Programas Empresariais: funcionários, gestão e áreas parceiras. Trabalho em Grupo Encontro de 03/08/2011 O Engajamento em Programas Empresariais: funcionários, gestão e áreas parceiras Trabalho em Grupo Encontro de 03/08/2011 Resumo Mesa 1 Questão 1 O que dá significado/contribui para a participação do funcionário

Leia mais

CENSO VARIETAL E DE PRODUTIVIDADE EM 2012

CENSO VARIETAL E DE PRODUTIVIDADE EM 2012 CENSO VARIETAL E DE PRODUTIVIDADE EM 2012 REGIÃO CENTRO-SUL RESUMO O censo varietal e de produtividade de cana-de-açúcar é realizado pelo CTC - Centro de Tecnologia Canavieira, na Região Centro-Sul do

Leia mais

Leite. A utilização de softwares no gerenciamento produtivo de pequenas propriedades. relatório de inteligência. Abril 2014

Leite. A utilização de softwares no gerenciamento produtivo de pequenas propriedades. relatório de inteligência. Abril 2014 Leite relatório de inteligência Abril 2014 A utilização de softwares no gerenciamento produtivo de pequenas propriedades A rotina em uma propriedade leiteira exige acompanhamento e atenção em todos os

Leia mais

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro Educação a Distância Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. A única diferença é a sala de aula que fica em suas

Leia mais

Processo Seletivo 2º semestre/2015 Graduação Presencial Regulamento de Bolsas de Estudos e Campanhas

Processo Seletivo 2º semestre/2015 Graduação Presencial Regulamento de Bolsas de Estudos e Campanhas Processo Seletivo 2º semestre/2015 Graduação Presencial Regulamento de Bolsas de Estudos e Campanhas A Cruzeiro do Sul Educacional S.A, entidade mantenedora da Universidade Cruzeiro do Sul, e controladora

Leia mais

Especialização em Marketing Digital - NOVO

Especialização em Marketing Digital - NOVO Especialização em Marketing Digital - NOVO Apresentação Previsão de Início Agosto/2013 Inscrições em Breve - Turma 01 - Campus Stiep O ambiente de negócios tem sido modificado pelas Novas Tecnologias da

Leia mais

PROGRAMA DE SÓCIO SOU AUTOMOBILSITA

PROGRAMA DE SÓCIO SOU AUTOMOBILSITA PROGRAMA DE SÓCIO SOU AUTOMOBILSITA REGULAMENTO 1. OBJETIVO 1.1 Regular as relações dos participantes, quais sejam, pessoas físicas, que em caráter voluntário, aderirem ao Programa de Sócio Torcedor SOU

Leia mais

6h diárias - 11 meses

6h diárias - 11 meses 6h diárias - 11 meses PROPOSTA PEDAGÓGICA PROGRAMA DE APRENDIZAGEM EM AUXILIAR DE VAREJO ÍNDICE 1 - Apresentação da Entidade ijovem 3 2 - Justificativa do Programa. 3 3 Público-alvo: 4 4 Objetivo geral:

Leia mais

Pós-Graduação em GESTÃO DO AGRONEGÓCIO

Pós-Graduação em GESTÃO DO AGRONEGÓCIO Pós-Graduação em GESTÃO DO AGRONEGÓCIO Ingresso agosto de 2016 Informações: (51) 3218-1355 ernani.neto@espm.br O Curso tem por objetivo capacitar os participantes na utilização de práticas contemporâneas

Leia mais

Manual de Bolsas e Financiamentos Unimonte

Manual de Bolsas e Financiamentos Unimonte Manual de Bolsas e Financiamentos Unimonte 1. FINANCIAMENTOS 1.1. PRAVALER O Crédito Universitário PRAVALER é um programa privado de financiamento de graduação presencial implantado em parceria com instituições

Leia mais

Fonte: MAPA e RFA/USA. Elaboração: INTL FCStone

Fonte: MAPA e RFA/USA. Elaboração: INTL FCStone Commodity Insight Agosto de 2013 Analistas Thadeu Silva Diretor de Inteligência de Mercado Thadeu.silva@intlfcstone.com Pedro Verges Analista de Mercado Pedro.verges@intlfcstone.com Natália Orlovicin Analista

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS A Fundace Fundação para Pesquisa do Desenvolvimento da Administração, Contabilidade e Economia, fundação de apoio formada pelos professores da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade FEA-RP/USP

Leia mais