Point of View. Simplificando a interação com o Governo Gestão Fiscal & esocial

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Point of View. Simplificando a interação com o Governo Gestão Fiscal & esocial"

Transcrição

1 Point of View Simplificando a interação com o Governo Gestão Fiscal & esocial

2

3 C o n t e ú d o Sumário Executivo 4 Cenário Atual 5 Nosso entendimento 6 A Solução SAP 8 Benefícios para o negócio 16 Por que SAP? 17 Próximos Passos 19

4 Sumário Executivo Sumário Executivo A partir de 2015 as empresas brasileiras deverão aderir ao esocial: um novo sistema de escrituração digital das obrigações trabalhistas, previdenciárias, tributárias e fiscais que impactará a gestão do capital humano. A SAP está comprometida em atender os requerimentos do Governo para o atendimento desta obrigação legal e também na exploração de outras possibilidades para melhorar o desempenho da área fiscal/tributária e oferecer diferencial de geração de valor para a empresa. Cenário Toda empresa tem o dever de atender uma variedade de regras e leis estabelecidas pelo governo. Existem legislações tributárias, trabalhistas, fiscais, previdenciárias, entre outras, efetivas em todo território nacional ou com efeito apenas em um estado ou cidade. As legislações são modificadas com alta frequência e o Governo Federal Brasileiro estipulou a adequação das empresas a sistemas de envio de informações tributárias e trabalhistas de forma eletrônica e padronizada. As empresas dos mais diversos tamanhos - desde um projeto empreendedor até as maiores empresas se esforçam para se adequarem a essas leis, sob a penalidade de pagar multas ou até perder o direito de exercer suas atividades, em caso de descumprimento. Nosso Entendimento A SAP desenvolveu uma solução para atender os desafios fiscais e sociais das empresas no mercado Brasileiro dentro das normas estabelecidas pelo Governo e com um diferencial competitivo. O SAP TDF (Tax Declaration Framework) permite que a empresa seja assertiva em atender às legislações de cunho tributário, fiscal, previdenciário e trabalhista, em conteúdo e tempo. O SAP TDF possui um módulo de adequação à nova legislação de escrituração digital das obrigações trabalhistas, previdenciárias, tributárias e fiscais, o esocial, que realiza análises em tempo real Uma única plataforma de comunicação com o governo, em tempo real, que atende todos os requisitos do e-social; Um conjunto integrado de soluções para envio unificado de informações fiscais com inteligência tributária embasada em dados transacionais Benefícios A SAP conta com anos de experiência no desenvolvimento de soluções corporativas que visam simplificar os seus negócios e potencializar resultados para pequenas, médias e grandes empresas. Unificação do envio de dados aos órgãos governamentais incluindo o e-social, diminuindo a burocracia, eliminando riscos e multas e realizando análises de falhas ou inconsistências com uma plataforma em tempo real. Melhoria de Gestão Fiscal para apuração e reporte de tributos, eliminando erros e riscos de autuações e aumentando recuperação de créditos, com a captura, integração e consolidação das informações em tempo real. Benefícios financeiros médios da ordem de 2 a 3% do faturamento da empresa para a Gestão Fiscal e esocial. O SAP TDF possibilita a otimização da gestão fiscal. A solução busca as informações necessárias na base de dados e sistemas integrados da empresa, sejam eles SAP, de terceiros, ou de legados desenvolvidos internamente, e envia ao Governo. A partir dos dados que são trabalhados e padronizados, a solução prepara o preenchimento das declarações e formulários a serem enviados ao Governo. A solução é eficiente e garante a conformidade das informações e valores apresentados às demandas das legislações ao trabalhar os dados em tempo real, permitir análises internas e corrigir inconsistências antes do envio. Dessa forma, o risco da inconsistência é reduzido e os gastos com multas são minimizados, além de redução de custos gerenciais e de descasamento do fluxo de caixa. Encontra-se maior autonomia e eficiência na atividade de adequação à legislação, permitindo melhor alocação de tempo e de força de trabalho dentro do seu negócio. 4

5 Cenário atual Cenário atual A área tributária vive em constante mudança Nota Fiscal Eletrônica S SPED Fiscal, Contábil, Contribuições esocial ECF IRPJ... Alterações legais frequentes 5

6 Nosso entendimento Nosso entendimento Realidade das empresas no Brasil Gestão Tributária Impostos Total de impostos em 2013 totalizaram 36% do PIB. + de 80 impostos, taxas e contribuições. Legislação complexa e alterações legais frequentes. R$ 116 Bi em multas reivindicadas pela Receita Federal em Requerimentos SPED Programa de Digitalização e Simplificação Fiscal. EFD, ECD, EFC Contribuições. esocial, ECF IRPJ,... Massificação dos documentos fiscais eletrônicos. Desafios Garantir que a empresa esteja em conformidade fiscal Reduzir riscos tributários Buscar otimização do fluxo de caixa e redução de custos Complexidade e custos de conformidade fiscal 6

7 Nosso entendimento Nosso entendimento Como a SAP pode ajudar? A SAP pode desempenhar um papel importante para ajudar sua empresa a se adequar às normas de legislações brasileira e otimizar o trabalho de interpretação de dados relativos às obrigações trabalhistas, previdenciárias, tributárias e fiscais. A solução SAP TDF garante ao seu negócio a otimização da Gestão Fiscal e Trabalhista. Nossa solução assegura a atualização do sistema às alterações promovidas pelo governo. Inclusive, a solução atende às demandas do esocial. Solução Fiscal SAP TDF SAP esocial Gestão Fiscal SPED ECF IRPJ * * Em fase de desenvolvimento 7

8 A solução SAP SAP esocial Em 2015, as empresas brasileiras deverão aderir ao esocial: um novo sistema de escrituração digital das obrigações trabalhistas, previdenciárias, tributárias e fiscais que impactará a gestão do capital humano. Com o esocial será possível: Unificar o envio de dados aos órgãos envolvidos Diminuir a burocracia para as empresas Garantir todos os direitos dos trabalhadores Aprimorar a qualidade de informações prestadas ao Estado 8

9 A solução SAP SAP esocial Sua empresa está preparada? Desafios Formatação adequada dos arquivos no padrão solicitado e envio eletrônico. Mudanças rápidas dos processos, não permitindo ajustes repentinos de informação Manter os sistemas atualizados com a última versão do governo Respeitar os prazos específicos de cada obrigação O esocial necessita de informações provenientes de diversas áreas da empresa como: RH, Financeiro, TI, Fiscal/Contábil, Folha de Pagamento e Medicina do Trabalho Assegurar as novas exigências de qualidade de informação 9

10 A solução SAP SAP esocial Informações a serem transmitidas Cada tipo de informação a ser enviada ao governo é classificada como um evento que exige uma formatação específica para o envio. A solução da SAP localiza os dados necessários e os prepara para serem enviados. Eventos Iniciais Identificação da empresa, sua estrutura, seus vínculos empregatícios, serviços prestados ou tomados Prazo: maio de 2015 * Eventos de tabela Conjunto de regras da empresa, processos administrativos e judiciais, relação de cargos e funções Prazo: até o 7º dia do mês seguinte Eventos não periódicos Admissões e demissões, acidentes de trabalho, atualização de registros Prazo: 1 dia antes, 1 dia depois, imediatamente ou até o 7º dia do mês seguinte Eventos periódicos Folhas de pagamento, deduções, bases de cálculo, contribuições sindicais, FGTS, IRRF Prazo: até o 7º dia do mês seguinte 10 * A ser confirmado pelo governo. Os ambientes de teste e homologação do esocial deverão se liberados no início de 2015

11 A solução SAP SAP esocial Além de cumprir as obrigações A solução SAP para o esocial não abrange somente a proposta do mercado: entregar os arquivos adequadamente dentro do prazo. Entendemos que não é somente atender às normas, mas estar em conformidade fiscal através de uma plataforma única de comunicação com o governo, otimizar a parte fiscal e tributária e proporcionar benefícios para a empresa. O esocial, portanto, é só a ponta de um iceberg, que tem uma profundidade muito além do que podemos enxergar a primeiro momento. Base única tributária em tempo real Regras de validações dinâmicas em tempo real Correção de dados tributários na origem Consistência entre informações fiscais, contábeis e do esocial Planejamento tributário Roadmap SAP alinhado com o programa SPED Análise preditiva 11

12 A solução SAP SAP esocial Benefícios financeiros O governo gerará constantes mudanças nos próximos anos. Sem um sistema qualificado, flexível e preparado para receber as mudanças, haverá custos internos de manutenção, novos desenvolvimentos e elevado risco de multas para as empresas. Multa para atraso nas informações do GFIP Multa de 2% incidente sobre o montante das contribuições informadas Exemplo*: Multa de R$ 2,3 milhões por ano para uma empresa que fatura em torno de R$ 2 bilhões por ano (*) Premissas: - Percentual de folha de pagamento sobre o faturamento de empresa: 13,8% (Fonte: IBGE 2009) - Percentual de encargos sociais sobre a folha de pagamento: 40,8% (Fonte: MTE, MPS) 12

13 A solução SAP SAP esocial Plataforma única de comunicação com o governo 13

14

15 A solução SAP Gestão Fiscal Como a SAP pode otimizar sua Gestão Fiscal? Conformidade Fiscal Novas funcionalidades TDF no ERP que visam garantir a qualidade de dados fiscais e contábeis na origem Base fiscal única, central e em tempo real. Integrando sistemas SAP e não SAP Validação de informações e processos em tempo real (antes, durante e depois da transação) Análise e correção no SAP ERP dentro do próprio período Otimização do Processo Fiscal Eliminação processos de conciliação fiscal x contábil Rapidez no fechamento fiscal e contábil Geração dos SPED s e demais obrigações acessórias Flexibilidade e rapidez na geração de relatórios Ferramentas de análises preditivas e de gestão das informações tributárias 15

16 A solução SAP Gestão Fiscal Benefícios financeiros Alavancas de benefícios Redução do custo de oportunidade pagamento a maior: (ICMS, PIS/COFINS, IPI, ISS, etc.) Redução de créditos não recuperados pagamento a maior: (ICMS, PIS/COFINS, IPI, ISS, etc.) Redução de pagamentos de multas + juros pagamento a menor Ganho financeiro devido ao melhor planejamento e gestão de fluxo de caixa Valor potencial* (anual e recorrente) Entre 1 e 1,5% Do faturamento da empresa 16

17 Benefícios para o negócio Benefícios estratégicos Conformidade e Redução de riscos Conformidade com as novas normas. Garantia de atualização das últimas versões disponibilizadas pelo governo. Redução de multas por atraso ou por inconsistência das informações. Repositório central de dados Arquitetura preparada para receber dados de sistemas SAP ou sistemas legados. Acompanhamento e controle Facilidade de auditoria, pois o espelhamento das informações é em tempo real. Reduz geração de obrigações e otimiza análise das informações. Plataforma Fiscal e Redução de TCO Centralização dos dados para entrega das obrigações trabalhistas Plataforma única de comunicação com o governo para todas as obrigações. Integração nativa com as soluções SAP: ERP, HCM... Rapidez no fechamento fiscal e contábil Ganho financeiro devido ao melhor planejamento tributário e de fluxo de caixa 17

18 Porque SAP? Diferenciais SAP Membro do grupo de estudos esocial, NFE e SPED junto aos órgãos do governo Expertise comprovada em mensageria com o Governo Conhecimento de processos de negócios: ERP, Fiscal e RH Roadmap futuro alinhado com SPED Capacidade analítica e preditiva em tempo real Suporta processamento de altos volumes em tempo real Plataforma única e robusta de comunicação / mensageria com o Governo 18

19 Por que SAP? Diferenciais SAP Suporte 24x7 7 centros globais de suporte Experiência Fiscal Know how adquirido Ecossistema Flexibilidade no atendimento Framework central Repositório fiscal centralizado Co- inovação Participação ativa dos clientes SAP é inovação Investimento de 14% do faturamento em 2013 em Pesquisa & Desenvolvimento: 2,3 Bi SAP Labs Latin America: São Leopoldo Desenvolvimento de soluções globais e locais Localização Brasil: Folha de pagamento Novos produtos: NFe, esocial 19

20 Próximos passos Próximos passos A SAP está comprometida em atender os requerimentos legais tributários e sociais Brasileiros com o SAP TDF Fiscal e esocial. Nosso diferencial vai além das funcionalidades dos requerimentos necessários, trazendo ao mercado diferenciais de negócios com vantagens econômicas paras empresas. Além da incorporação das constantes mudanças na legislação, a solução permite análise e conciliação em tempo real, reduzindo riscos e exposições frente às obrigações legais Apresentar uma oferta de parceria e inovação, calcada em valor Obter aprovação para apoio e execução deste programa junto aos decisores Apresentar proposta de valor SAP Celebrar parceria 20

21

Tax Declaration Framework esocial & Fiscal setembro/15

Tax Declaration Framework esocial & Fiscal setembro/15 Tax Declaration Framework esocial & Fiscal setembro/15 2014 SAP AG or an SAP affiliate company. All rights reserved. SAP TDF esocial Agenda: Desafios SPED Como o esocial muda o dia a dia das empresas SPED

Leia mais

3ª Pesquisa. 3ª Pesquisa. IOB SPED NF-e. Mais informações sobre SPED e NF-e, acesse www.iobsolucoes.com.br www.iobsolucoes.com.

3ª Pesquisa. 3ª Pesquisa. IOB SPED NF-e. Mais informações sobre SPED e NF-e, acesse www.iobsolucoes.com.br www.iobsolucoes.com. 3ª Pesquisa /iobprimeo 1 A PESQUISA Estamos acompanhando o projeto SPED desde seu início, e sabemos que a crença de várias empresas quanto à adequação a esse sistema era de que poderia não perdurar. Entretanto,

Leia mais

Rio de Janeiro, 17/09/2013

Rio de Janeiro, 17/09/2013 Rio de Janeiro, 17/09/2013 Daniel Belmiro Fontes José Alberto Maia Cenário atual Os empregadores são obrigados a preencher diversas declarações e documentos que possuem as mesmas informações... Termo de

Leia mais

Ciências Contábeis. Centro Universitário Padre Anchieta

Ciências Contábeis. Centro Universitário Padre Anchieta Ciências Contábeis Centro Universitário Padre Anchieta Projeto SPED Em 2007, foi aprovado o Projeto SPED Sistema Público de Escrituração Digital, foi oficializado. Trata-se de uma solução tecnológica que

Leia mais

e-social Alexandre Corrêa

e-social Alexandre Corrêa e-social Alexandre Corrêa e-social O e-social consiste na escrituração digital da folha de pagamento e das obrigações trabalhistas, previdenciárias e fiscais. Permitirá uma fiscalização muito mais eficaz,

Leia mais

Agora começa a ser implementado o esocial, que constituirá a maior e mais complexa parte do Sped.

Agora começa a ser implementado o esocial, que constituirá a maior e mais complexa parte do Sped. Introdução O que é esocial? Com a criação do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped), o Governo propiciou maior controle e agilidade na fiscalização das informações contábeis e fiscais das empresas

Leia mais

Treinamento Presencial CISS Contábil & Fiscal

Treinamento Presencial CISS Contábil & Fiscal Treinamento Presencial CISS Contábil & Fiscal Contabilidade Digital O termo Contabilidade Digital é aqui utilizado para traduzir os (nem tão novos) rumos que a contabilidade tomou, principalmente a partir

Leia mais

Não muda legislação, muda procedimentos.

Não muda legislação, muda procedimentos. Versão 1.1 esocial Não muda legislação, muda procedimentos. esocial = Transparência Fiscal Circular n. 642, de 06/01/2014 Aprova e divulga o leiaute do Sistema de Escrituração Fiscal Digital das obrigações

Leia mais

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. FIESP, 23/10/2013

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. FIESP, 23/10/2013 FIESP, 23/10/2013 O que é o esocial? Cenário atual Os empregadores são obrigados a preencher diversas declarações e documentos que possuem as mesmas informações... Termo de Rescisão Seguro Desemprego Consequências

Leia mais

PROVEDORES DE SERVIÇOS

PROVEDORES DE SERVIÇOS Segmento SERVIÇOS PROVEDORES DE SERVIÇOS As soluções de software de gestão para o segmento de serviços da TOTVS estão sempre à disposição das empresas especializadas em mão de obra e serviços profissionais.

Leia mais

Saiba tudo sobre o esocial

Saiba tudo sobre o esocial Saiba tudo sobre o esocial Introdução Com a criação do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped), o Governo propiciou maior controle e agilidade na fiscalização das informações contábeis e fiscais

Leia mais

ECF Escrituração Contábil Fiscal. Maio de 2015

ECF Escrituração Contábil Fiscal. Maio de 2015 Maio de 2015 Histórico Desde o ano de 2007, com a criação Sistema público de Escrituração Digital (SPED), por meio do Decreto nº 6.022, o fisco vem gradativamente migrando sua base de análises para os

Leia mais

Layout Padrão Febraban 240 posições V08.4 http://www.febraban.org.br. 3.5 - Vendor

Layout Padrão Febraban 240 posições V08.4 http://www.febraban.org.br. 3.5 - Vendor 3.5 - Vendor 89 3.5.1 - Descrição do Processo Objetivo O produto Vendor tem por objetivo disponibilizar, aos clientes (Vendedores) do Banco, os meios de viabilizar o processo de financiamento de suas vendas,

Leia mais

Gestão de Entrada ESTE DOCUMENTO APRESENTA UMA VISÃO GERAL SOBRE A SOLUÇÃO GESTÃO DE ENTRADA.

Gestão de Entrada ESTE DOCUMENTO APRESENTA UMA VISÃO GERAL SOBRE A SOLUÇÃO GESTÃO DE ENTRADA. Gestão de Entrada ESTE DOCUMENTO APRESENTA UMA VISÃO GERAL SOBRE A SOLUÇÃO GESTÃO DE ENTRADA. NECESSIDADE PERCEBIDA As empresas, sejam elas de grande, médio ou pequeno porte, necessitam ter o controle

Leia mais

esocial Bom para todos!

esocial Bom para todos! esocial Bom para todos! Werinton Garcia dos Santos Outubro de 2015 Werinton Garcia dos Santos, contador especializado em direito tributário, com MBA em finanças, controladoria e auditoria pela Fundação

Leia mais

O ESTUDO. Aproveite a leitura! Equipe IOB Soluções. www.iobsolucoes.com.br

O ESTUDO. Aproveite a leitura! Equipe IOB Soluções. www.iobsolucoes.com.br 2º Estudo IOB de Riscos Fiscais O ESTUDO Para as empresas, acompanhar o dinamismo tributário no Brasil é um desafio constante, oneroso e arriscado. Entretanto, estar em compliance com o Fisco também pode

Leia mais

Especialistas em impostos indiretos

Especialistas em impostos indiretos Impostos indiretos IMPOSTOS INDIRETOS Especialistas em impostos indiretos POR MEIO DE UM CONJUNTO ABRANGENTE DE SERVIÇOS DE SUPORTE CONTÍNUOS QUE OFERECEM RESPOSTAS IMEDIATAS ÀS DÚVIDAS SOBRE IMPOSTOS,

Leia mais

POR QUE FAZER O CURSO?

POR QUE FAZER O CURSO? POR QUE FAZER O CURSO? Os sistemas digitais tornaram-se onipresentes, há cerca de um bilhão de computadores conectados à internet, e essenciais às atividades humanas. A Contabilidade e o Tributário estão

Leia mais

Estratégia de política econômica para recuperação do crescimento. Nelson Barbosa Ministro do Planejamento Março de 2015

Estratégia de política econômica para recuperação do crescimento. Nelson Barbosa Ministro do Planejamento Março de 2015 Estratégia de política econômica para recuperação do crescimento Nelson Barbosa Ministro do Planejamento Março de 2015 1 Reequilíbrio macro e crescimento O crescimento sustentado depende do aumento do

Leia mais

O que é o esocial? Empregado

O que é o esocial? Empregado CICLO DE PALESTRAS O que é o esocial? É uma nova forma de registro de informações, também conhecida como folha de pagamento digital que unificará todos os sistemas. Empregado O Ato Declaratório Executivo

Leia mais

Guia Rápido ECF e ECD - SPED Contábil 2016

Guia Rápido ECF e ECD - SPED Contábil 2016 ÍNDICE Introdução... 3 SPED Contábil: Maio de 2016... 4 O que é o ECD - SPED Contábil?... 4 Empresas obrigadas a entregar o SPED Contábil... 4 Layout 4: enquadre de forma legal sua empresa... 5 Prazo de

Leia mais

Seminário CIESP Campinas

Seminário CIESP Campinas www.pwc.com.br Seminário CIESP Campinas Bloco K Sua empresa está preparada para a entrega? Novembro de 2015 Briefing Entender o que muda e como se preparar para cumprir mais esta nova obrigação acessória:

Leia mais

Sistema Público de Escrituração Digital

Sistema Público de Escrituração Digital O SPED O Sistema Público de Escrituração Digital tem por objetivo promover a integração entre os órgãos reguladores e de fiscalização da União, FISCOS Estaduais e futuramente Municipais. Isso mediante

Leia mais

Assunto. esocial. Diminuir o custo de produção, o controle e disponibilização das informações trabalhistas, previdenciárias e fiscais;

Assunto. esocial. Diminuir o custo de produção, o controle e disponibilização das informações trabalhistas, previdenciárias e fiscais; Ref.: nº 34/2013 esocial 1. Conceito O esocial é um projeto do Governo Federal que vai coletar as informações descritas em seu objeto, armazenando-as em Ambiente Nacional, possibilitando aos órgãos participantes,

Leia mais

1. Fluxo de documentação

1. Fluxo de documentação 1. Fluxo de documentação É de fundamental importância o envio de toda documentação financeira para atender as exigências impostas pelo fisco e evitar problemas futuros à empresa. Prazo de envio: É ideal

Leia mais

O que muda com a Lei Geral (para maiores informações acessar WWW.LEIGERAL.COM.BR)

O que muda com a Lei Geral (para maiores informações acessar WWW.LEIGERAL.COM.BR) O que muda com a Lei Geral (para maiores informações acessar WWW.LEIGERAL.COM.BR) Pontos Lei Geral Como é hoje 1 Alcance da Lei A lei do Simples está voltada para os tributos federais. Os sistemas de tributação

Leia mais

CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES

CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES Frente aos novos desafios que a contemporaneidade condominial apresenta, a Freitas e Pozzatti Soluções Imobiliárias se propõe a prestar um serviço completo e diferenciado nesta

Leia mais

esocial: Integração no Ambiente Sped SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL

esocial: Integração no Ambiente Sped SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL esocial: Integração no Ambiente Sped SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL NF-e Abrangência ECD esocial EFD EFD - IRPJ CT-e NFS-e E-Lalur FCont O esocial é um projeto do governo federal que vai unificar

Leia mais

C O B I T Control Objectives for Information and related Technology

C O B I T Control Objectives for Information and related Technology C O B I T Control Objectives for Information and related Technology Goiânia, 05 de Janeiro de 2009. Agenda Evolução da TI Desafios da TI para o negócio O que é governança Escopo da governança Modelos de

Leia mais

esocial e PUC Programa de Unificação do Crédito e PUC

esocial e PUC Programa de Unificação do Crédito e PUC esocial e PUC Programa de Unificação do Crédito VI Fórum Interestadual de Regularidade 9 de outubro de 2014 Frederico Faber Coordenador de Cobrança Cenário Atual Os empregadores são obrigados a preencher

Leia mais

Dicas de importação na RAIS. Neste bip. Você Sabia? edição 30 Fevereiro de 2013

Dicas de importação na RAIS. Neste bip. Você Sabia? edição 30 Fevereiro de 2013 Neste bip Dicas sobre RAIS... 1 Contribuição Patronal para RAIS... 2 Rumodoc - Ajuda no sistema Rumo... 2 Fechamento contábil... 2 Dispensa da entrega da DACON... 3 Dicas de importação na RAIS Já era um

Leia mais

SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL

SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL O que você irá ver O que é o SPED; SPED Fiscal; Abrangência do projeto; O PAC e o SPED; Benefícios para as Empresas; Benefícios para a Fisco; SPED Contábil; Nota

Leia mais

O que é o esocial? esocial subprojeto do SPED

O que é o esocial? esocial subprojeto do SPED O que é o esocial? esocial subprojeto do SPED Transmissão única Informações de folha de pagamento e de outras obrigações trabalhistas, previdenciárias e tributárias pelo empregador em relação aos seus

Leia mais

e-social - (ex-efd Social)

e-social - (ex-efd Social) Relações do Trabalho, Folha de Pagamento e Obrigações á partir de JANEIRO-2014! O QUE VAI MUDAR? NOVO MODELO OPERACIONAL? POR ONDE COMEÇAR? E - SOCIAL e-social - (ex-efd Social) Projeto e-social Com a

Leia mais

MB Consultoria. ConsultoriaemGestãoparaa ExcelênciaemseusNegócios

MB Consultoria. ConsultoriaemGestãoparaa ExcelênciaemseusNegócios emgestãoparaa ExcelênciaemseusNegócios Apresentação A é uma empresa jovem que conta com parceiros qualificados nas áreas de contabilidade, administração, direito, especialistas em finanças, controladoria

Leia mais

Caminhos para a Redução dos Custos Tributários das Companhias Abertas e Sociedades de Grande Porte

Caminhos para a Redução dos Custos Tributários das Companhias Abertas e Sociedades de Grande Porte Caminhos para a Redução dos Custos Tributários das Companhias Abertas e Sociedades de Grande Porte 1 1. Caso : Tax Compliance 2 Modelo de Centralização versus Descentralização Centralização: a tomada de

Leia mais

Electro Aço Altona S/A

Electro Aço Altona S/A Electro Aço Altona S/A Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ n.º 82.643.537/0001-34 IE n.º 250.043.106 Rua Eng.º Paul Werner, 925 CEP 89030-900 Blumenau SC Data base: 30 de Junho de 2011 1 Destaques

Leia mais

TRIBUTOS: SAIBA COMO DOMINAR OS FANTASMAS DA BUROCRACIA CORPORATIVA

TRIBUTOS: SAIBA COMO DOMINAR OS FANTASMAS DA BUROCRACIA CORPORATIVA 1 SUMÁRIO Introdução Quais as principais obrigações com que devo me preocupar? ECF EFD Contribuições SPED Fiscal SPED Contábil esocial Como lidar com todas essas informações? Organize-se para evitar penalizações

Leia mais

WHITEPAPER EXPORTE MAIS COM A AJUDA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

WHITEPAPER EXPORTE MAIS COM A AJUDA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO WHITEPAPER EXPORTE MAIS COM A AJUDA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ONDE HÁ CRISE HÁ OPORTUNIDADES ATUALMENTE EMPRESAS PASSAM POR DIFICULDADES EM GARANTIR O CRESCIMENTO QUANDO VOLTADO SOMENTE AO MERCADO INTERNO.

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 8ª REGIÃO INTRODUÇÃO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 8ª REGIÃO INTRODUÇÃO Assegurar o acesso à justiça, de forma efetiva, na composição dos conflitos decorrentes das relações de trabalho. Missão Institucional do TRT da 8ª Região. INTRODUÇÃO Prática adotada pelo Tribunal Regional

Leia mais

PROJETO SPED SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL (SPED CONTÁBIL, SPED FISCAL E NOTA FISCAL ELETRÔNICA) por Eduardo Purcena

PROJETO SPED SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL (SPED CONTÁBIL, SPED FISCAL E NOTA FISCAL ELETRÔNICA) por Eduardo Purcena PROJETO SPED SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL (SPED CONTÁBIL, SPED FISCAL E NOTA FISCAL ELETRÔNICA) por Eduardo Purcena O que é SPED? Sistema Público de Escrituração Digital É um projeto de âmbito

Leia mais

Resumo Socion das configurações no JB Cepil para geração da ECF

Resumo Socion das configurações no JB Cepil para geração da ECF Resumo Socion das configurações no JB Cepil para geração da ECF 1 - Configurações Necessárias: 1.1 Pacote 3000 Apontar o plano referencial a ser utilizado pela empresa; 1.2 Pacote 3012 (planos referenciais)

Leia mais

AGENDA DE CONTRIBUIÇÕES, TRIBUTOS E OBRIGAÇÕES

AGENDA DE CONTRIBUIÇÕES, TRIBUTOS E OBRIGAÇÕES Sinduscon Ceará - Agosto / 2014 DIAS OBRIGAÇÕES DESCRIÇÃO FUNDAMENTAÇÃO LEGAL 05 (terça-feira) IRRF RETIDO NA FONTE Recolher até o 3º dia útil após o último decêndio do mês anterior, os fatos gerados a

Leia mais

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. AMCHAM-RJ, 24/02/2014

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. AMCHAM-RJ, 24/02/2014 AMCHAM-RJ, 24/02/2014 Cenário atual Os empregadores são obrigados a preencher diversas declarações e documentos que possuem as mesmas informações... Termo de Rescisão Seguro Desemprego Evento Trabalhista

Leia mais

A implantação da Nota Fiscal Eletrônica NF-e e seus Benefícios à empresa e a sociedade.

A implantação da Nota Fiscal Eletrônica NF-e e seus Benefícios à empresa e a sociedade. A implantação da Nota Fiscal Eletrônica NF-e e seus Benefícios à empresa e a sociedade. Cristiane Mamede Gislene Medrado Hapoliana Batista Lindemberg Ruiz Centro Universitário Candido Rondon Unirondon

Leia mais

empresas constantes de seus anexos, de acordo com o Estado da Federação em que estava localizado o contribuinte.

empresas constantes de seus anexos, de acordo com o Estado da Federação em que estava localizado o contribuinte. SPED O Sistema Público de Escrituração Digital, mais conhecido como Sped, trata de um projeto/obrigação acessória instituído no ano de 2007, através do Decreto nº 6.022, de 22 de janeiro de 2007. É um

Leia mais

Solução Integrada para Gestão e Operação Empresarial - ERP

Solução Integrada para Gestão e Operação Empresarial - ERP Solução Integrada para Gestão e Operação Empresarial - ERP Mastermaq Softwares Há quase 20 anos no mercado, a Mastermaq está entre as maiores software houses do país e é especialista em soluções para Gestão

Leia mais

Contador 2.0 CONTADOR 2.0: MODELOS DE NEGÓCIOS CONTÁBEIS DE ALTO VALOR. Imagens: depositphotos.com. Roberto Dias Duarte

Contador 2.0 CONTADOR 2.0: MODELOS DE NEGÓCIOS CONTÁBEIS DE ALTO VALOR. Imagens: depositphotos.com. Roberto Dias Duarte Contador 2.0 CONTADOR 2.0: MODELOS DE NEGÓCIOS CONTÁBEIS DE ALTO VALOR Imagens: depositphotos.com www.robertodiasduarte.com.br facebook.com/imposticida contato@robertodiasduarte.com.br Nossa "prosa" SPED

Leia mais

SPED Contribuições Pis, Cofins e INSS

SPED Contribuições Pis, Cofins e INSS Versão 6.04.00 Abril/2015 SPED Contribuições Pis, Cofins e INSS Passo a Passo: Cadastros, Configurações e Operações SPED Contribuições O SPED Contribuições é um arquivo digital instituído no Sistema Publico

Leia mais

WK Sped Contábil WK Sistemas

WK Sped Contábil WK Sistemas WK Sped Contábil Rua Alm. Barroso, 730 Vila Nova Blumenau SC 1 SPED O que é: Sistema Público de Escrituração Digital, instituido pelo Decreto nº. 6.022, de 22 de janeiro de 2007. Faz parte do Programa

Leia mais

Release 3.100. Resumo das alterações. Gerais. Livros Fiscais. Financeiro. Compras. ERP-23298 SPED Contábil SPED Contábil - Número da versão

Release 3.100. Resumo das alterações. Gerais. Livros Fiscais. Financeiro. Compras. ERP-23298 SPED Contábil SPED Contábil - Número da versão Release 3.100 Resumo das alterações Gerais Livros Fiscais ERP-23298 SPED Contábil SPED Contábil - Número da versão Corrigido o número da versão do layout gerado no arquivo para 3.00. Identificamos que

Leia mais

esocial A TRANSFORMAÇÃO DA RELAÇÃO DE TRABALHO E DE ARRECAÇÃO SOBRE A FOLHA DE PAGAMENTO

esocial A TRANSFORMAÇÃO DA RELAÇÃO DE TRABALHO E DE ARRECAÇÃO SOBRE A FOLHA DE PAGAMENTO esocial A TRANSFORMAÇÃO DA RELAÇÃO DE TRABALHO E DE ARRECAÇÃO SOBRE A FOLHA DE PAGAMENTO CENÁRIO ATUAL EMARANHADO DE NORMAS E LEIS INÚMERAS OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS INFORMAÇÕES NÃO CONSOLIDADAS E DE MÁ QUALIDADE

Leia mais

O esocial e os desafios junto à fiscalização previdenciária, trabalhista e tributária. Necessidade de organização e consequências previsíveis.

O esocial e os desafios junto à fiscalização previdenciária, trabalhista e tributária. Necessidade de organização e consequências previsíveis. O esocial e os desafios junto à fiscalização previdenciária, trabalhista e tributária. Necessidade de organização e consequências previsíveis. Renan Cesco de Campos VIII Fórum de Relações Trabalhistas

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO DO VALOR ADICIONADO

DEMONSTRAÇÃO DO VALOR ADICIONADO Olá, pessoal! Hoje trago uma aula sobre a Demonstração do Valor Adicionado DVA, que foi recentemente tornada obrigatória para as companhias abertas pela Lei 11.638/07, que incluiu o inciso V ao art. 176

Leia mais

Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil

Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil Sistema Público de Escrituração Digital SPED Escrituração Fiscal Digital das Retenções e Informações da Contribuição Previdenciária Substituída EFD REINF Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil

Leia mais

PrimeGlobal PGBR. Uma excelente alternativa em serviços de auditoria, consultoria e Impostos. Diferença PrimeGlobal

PrimeGlobal PGBR. Uma excelente alternativa em serviços de auditoria, consultoria e Impostos. Diferença PrimeGlobal PrimeGlobal PGBR Uma excelente alternativa em serviços de auditoria, consultoria e Impostos Somos uma empresa de auditoria, consultoria e impostos, criada á partir da junção de importantes empresas nacionais,

Leia mais

- No primeiro campo informe o numero da empresa que serão copiadas as informações.(ex: 9999)

- No primeiro campo informe o numero da empresa que serão copiadas as informações.(ex: 9999) 1 2 1. Duplicação das informações de uma empresa para outra Juntamente com a instalação do sistema Office encaminhamos anexada a empresa modelo, que contem cadastros que podem ser utilizados nas empresas

Leia mais

TAX. esocial. kpmg.com/br

TAX. esocial. kpmg.com/br TAX esocial kpmg.com/br 1 esocial O que é o esocial? O Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas esocial é um projeto desenvolvido pelo Governo Federal,

Leia mais

TÍTULO 10 SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL SPED E ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL EFD

TÍTULO 10 SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL SPED E ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL EFD (*) 1) SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL SPED 1.1) FINALIDADE: instituído pelo Decreto nº 6.022, de janeiro de 2007, o projeto do Sistema Público de Escrituração Digital SPED faz parte do programa

Leia mais

EFD PIS COFINS Teoria e Prática

EFD PIS COFINS Teoria e Prática EFD PIS COFINS Teoria e Prática É uma solução tecnológica que oficializa os arquivos digitais das escriturações fiscal e contábil dos sistemas empresariais dentro de um formato digital específico e padronizado.

Leia mais

Pilares do SPED EFD ICMS/IPI EFD IRPJ. esocial ECF ECD. EFD Contribuições. (NF-e, NFS-e, CT-e) Doc. Fiscais Eletrônicos

Pilares do SPED EFD ICMS/IPI EFD IRPJ. esocial ECF ECD. EFD Contribuições. (NF-e, NFS-e, CT-e) Doc. Fiscais Eletrônicos Nossa trajetória... Doc. Fiscais Eletrônicos (NF-e, NFS-e, CT-e) ECD EFD ICMS/IPI EFD Contribuições EFD IRPJ Pilares do SPED esocial ECF Perfil 21 anos de atuação com dedicação exclusiva em projetos da

Leia mais

Relatório de Gerenciamento de Riscos. Banco Rodobens. 2º Trimestre 2015

Relatório de Gerenciamento de Riscos. Banco Rodobens. 2º Trimestre 2015 Relatório de Gerenciamento de Riscos Banco Rodobens 2º Trimestre 2015 INTRODUÇÃO O presente Relatório tem por objetivo apresentar as informações do Banco Rodobens para atendimento aos requerimentos do

Leia mais

Relatório de Gerenciamento de Riscos. Banco Rodobens. 1º Trimestre 2015

Relatório de Gerenciamento de Riscos. Banco Rodobens. 1º Trimestre 2015 Relatório de Gerenciamento de Riscos Banco Rodobens 1º Trimestre 2015 INTRODUÇÃO O presente Relatório tem por objetivo apresentar as informações do Banco Rodobens para atendimento aos requerimentos do

Leia mais

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul Planejamento Estratégico de TIC da Justiça Militar do Estado do Rio Grande do Sul MAPA ESTRATÉGICO DE TIC DA JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO (RS) MISSÃO: Gerar, manter e atualizar soluções tecnológicas eficazes,

Leia mais

Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado. Clique e veja o compromisso do dia. 6 7 8. Clique e veja o compromisso do dia.

Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado. Clique e veja o compromisso do dia. 6 7 8. Clique e veja o compromisso do dia. Atenção 01 Aqueles contribuintes obrigados ao envio mensal do arquivo SINTEGRA à SEFAZ, devem observar a data de entrega, conforme definido pelo fisco. Atenção 02 Essas informações não substituem aquelas

Leia mais

03/05/2015. Entendendo o esocial

03/05/2015. Entendendo o esocial Entendendo o esocial 1 O que é o esocial O esocialé o instrumento de unificação da prestação das informações referentes à escrituração das obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas e tem por finalidade

Leia mais

Módulo Contábil e Fiscal

Módulo Contábil e Fiscal Módulo Contábil e Fiscal SPED Contábil e Fiscal Objetivo O objetivo deste artigo é dar uma visão geral sobre o Módulo Contábil e Fiscal SPED. Todas informações aqui disponibilizadas foram retiradas no

Leia mais

NOVO MÓDULO PATRIMÔNIO

NOVO MÓDULO PATRIMÔNIO NOVO MÓDULO PATRIMÔNIO 1 PARÂMETROS 1.1 Aba Geral 1. No quadro Período, no campo: Observação: Após ser efetuado o cálculo de qualquer período, o campo Inicial, não poderá mais ser alterado. Inicial, informe

Leia mais

Professor José Sérgio Fernandes de Mattos

Professor José Sérgio Fernandes de Mattos Professor Apresentação: 1. Instituído pelo Decreto nº 6.022, de 22 de janeiro de 2007, o Sistema Público de Escrituração Digital (Sped) faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento do Governo Federal

Leia mais

Você está preparado para a EFD-Reinf?

Você está preparado para a EFD-Reinf? Você está preparado para a EFD-Reinf? Tax kpmg.com/br 2 EDF - Reinf Introdução O que é a EFD-Reinf? A Escrituração Fiscal Digital das Retenções e Informações da Contribuição Previdenciária Substituída

Leia mais

SPED PIS COFINS em SAP HANA

SPED PIS COFINS em SAP HANA SPED PIS COFINS em SAP HANA Caso de Sucesso Petrobras Petróleo Brasileiro S.A. Luis Eduardo Queiroz Castello, Gerente Geral de Execução Tributária João Paulo Baptista Madeira Pipa Gerente de Projetos de

Leia mais

Manual Escrituração Fiscal Digital

Manual Escrituração Fiscal Digital Manual Escrituração Fiscal Digital NOVEMBRO/2013 Sumário Sumário... 2 1 Introdução... 3 2 Funcionalidade... 3 3 Navegação no Sistema... 4 3.1 Inicialização... 4 4 Configurações Gerais... 7 4.1 Domínios...

Leia mais

SAP HANA acelerando a escrita fiscal de sua empresa: Mitigando riscos e maximizando resultados

SAP HANA acelerando a escrita fiscal de sua empresa: Mitigando riscos e maximizando resultados SAP HANA acelerando a escrita fiscal de sua empresa: Mitigando riscos e maximizando resultados Agenda o Sonda IT o SAP Hana o Cenario fiscal no Brasil o Soluções aceleradas by Hana Transfer Price Comply

Leia mais

Uma nova era nas relações entre Empregados, Empregadores e Governo

Uma nova era nas relações entre Empregados, Empregadores e Governo Uma nova era nas relações entre Empregados, Empregadores e Governo CONSTRUÇÃO CONJUNTA Receita Federal do Brasil; Caixa; Instituto Nacional do Seguro Social INSS; Ministério da Previdência Social MPS;

Leia mais

renda fixa? seu dinheiro É hora de apostar na #92 Tudo indica que os juros deverão voltar a subir para controlar a inflação

renda fixa? seu dinheiro É hora de apostar na #92 Tudo indica que os juros deverão voltar a subir para controlar a inflação #92 É hora de apostar na renda fixa? Tudo indica que os juros deverão voltar a subir para controlar a inflação seu dinheiro a sua revista de finanças pessoais Para quê moeda? Brasileiros utilizam cada

Leia mais

O que é o Sistema Público de Escrituração Digital - SPED?

O que é o Sistema Público de Escrituração Digital - SPED? SPED PIS/COFINS Teoria e Prática O que é o Sistema Público de Escrituração Digital - SPED? E v e l i n e B a r r o s o Maracanaú - CE Março/2 0 1 2 1 2 Conceito O SPED é instrumento que unifica as atividades

Leia mais

NOTA FISCAL CONSUMIDOR ELETRÔNICA. A NFC-e substitui a Nota Fiscal de Venda a Consumidor, modelo 2, e o Cupom Fiscal emitido por ECF.

NOTA FISCAL CONSUMIDOR ELETRÔNICA. A NFC-e substitui a Nota Fiscal de Venda a Consumidor, modelo 2, e o Cupom Fiscal emitido por ECF. INTRODUÇÃO Temos 3 (três) grandes argumentos para serem usados na abordagem dos lojistas: Nota Fiscal Consumidor Eletrônica (NFC-e); Conciliação de Cartões (Crédito, Débito e Alimentação) Sistema de Gerencial.

Leia mais

Três caminhos para melhores processos decisórios: O que você deve saber Agora Sumário executivo

Três caminhos para melhores processos decisórios: O que você deve saber Agora Sumário executivo Três caminhos para melhores processos decisórios: O que você deve saber Agora Technology Evaluation Centers Três caminhos para melhores processos decisórios: O que você deve saber Agora Todos os dias,

Leia mais

AGENDA - Janeiro de 2016

AGENDA - Janeiro de 2016 OBRIGAÇÕES FISCAIS, TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS PARA O MÊS DE JANEIRO.: (ÂMBITO FEDERAL) :. AGENDA - Janeiro de 2016 PRAZO NATUREZA DISCRIMINAÇÃO 04.01 08.01 GPS SALÁRIOS CAGED GFIP FGTS SIMPLES DOMÉSTICO

Leia mais

esocial EFD FOLHA DE PAGAMENTO

esocial EFD FOLHA DE PAGAMENTO Le f is c L e g i s l a c a o F i s c a l CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL MINÁRIO DE ASSUNTOS CONTÁBEIS DE PORTO ALEGRE SEMINÁRIO ASSUNTOS CONTÁBEIS DE PORTO ALEGRE SEMINÁRIO DE

Leia mais

Sistema Público de Escrituração Digital SPED

Sistema Público de Escrituração Digital SPED Sistema Público de Escrituração Digital SPED NF-e NFS-e ECD Contábil F-cont EFD - Folha EFD ICMS CT-e e-lalur EFD PIS/Cofins Contribuições Contribuinte RFB SEFAZ Leiaute Banco de Dados Procuração Eletrônica

Leia mais

E-SOCIAL. Comunicamos que entrará em vigor, a partir de Abril de 2014, o novo projeto do governo, denominado E-Social.

E-SOCIAL. Comunicamos que entrará em vigor, a partir de Abril de 2014, o novo projeto do governo, denominado E-Social. E-SOCIAL Comunicamos que entrará em vigor, a partir de Abril de 2014, o novo projeto do governo, denominado E-Social. O E-Social é um projeto do governo federal que vai unificar o envio de informações

Leia mais

SPED - Sistema Público de Escrituração Digital

SPED - Sistema Público de Escrituração Digital SPED - Sistema Público de Escrituração Digital SPED - Sistema Público de Escrituração Digital? 2 SPED - Sistema Público de Escrituração Digital Projeto do PAC 2007-2010 Instituído pelo Convênio ICMS 143/06.

Leia mais

O Conhecimento na Era Virtual Edgar Madruga Tudo começa nos cadastros Inserindo informações erradas... Cadastros REGISTRO 0190: IDENTIFICAÇÃO DAS UNIDADES DE MEDIDA Código da unidade de medida Descrição

Leia mais

CALENDÁRIO DE VENCIMENTOS DE TRIBUTOS 2014

CALENDÁRIO DE VENCIMENTOS DE TRIBUTOS 2014 Para facilitar a pesquisa, os tributos abaixo estão apresentados em ordem alfabética. TRIBUTOS CÓDIGOS ADMINISTRAÇÃO BASE DE CÁLCULO ALÍQUOTA PERIODICIDADE VENCIMENTO COFINS - CONTRIBUIÇÃO PARA FINANCIAMENTO

Leia mais

O esocial e os desafios trabalhistas. A mudança na rotina de pessoal.

O esocial e os desafios trabalhistas. A mudança na rotina de pessoal. O esocial e os desafios trabalhistas. A mudança na rotina de pessoal. esocial -É o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhista (esocial); -Trata-se de um projeto

Leia mais

14/11/2013. Centralização do FGTS. Surgimento do REMAG. Surgimento da GFIP. Surgimento do SPED. Histórico das Obrigações JOHNATAN ABREU

14/11/2013. Centralização do FGTS. Surgimento do REMAG. Surgimento da GFIP. Surgimento do SPED. Histórico das Obrigações JOHNATAN ABREU JOHNATAN ABREU Histórico das Obrigações Centralização do FGTS Surgimento do REMAG Surgimento da GFIP Surgimento do SPED 1 Objetivos do Projeto OBJETIVO: O esocial tem por objeto, informações trabalhistas,

Leia mais

Número: DFC 003/2014 TERMO DE REFERÊNCIA. Data: 21/07/2014 DEPARTAMENTO DE CONTABILIDADE E GESTÃO DE ATIVOS - DFC

Número: DFC 003/2014 TERMO DE REFERÊNCIA. Data: 21/07/2014 DEPARTAMENTO DE CONTABILIDADE E GESTÃO DE ATIVOS - DFC CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA NA ÁREA FISCAL E TRIBUTÁRIA PARA RETIFICAÇÃO E APRESENTAÇÃO DOS ARQUIVOS DIGITAIS SISTEMA DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL SPED DA ELETROBRAS DISTRIBUIÇÃO RONDÔNIA. Página 1

Leia mais

Gerenciamento de Riscos e Gestão do Capital

Gerenciamento de Riscos e Gestão do Capital RISKS Gerenciamento de Riscos e Gestão do Capital 1º Trimestre 2014 Documento de uso interno RISKS Sumário Introdução... 3 1. Sobre o Gerenciamento de Riscos... 4 2. Patrimônio de Referência... 7 3. Ativos

Leia mais

Soft Trade, desenvolvendo soluções para RH há 26 anos. WORKSHOP esocial. www.esocial.gov.br www.softtrade.com.br 14/02/2014

Soft Trade, desenvolvendo soluções para RH há 26 anos. WORKSHOP esocial. www.esocial.gov.br www.softtrade.com.br 14/02/2014 Soft Trade, desenvolvendo soluções para RH há 26 anos WORKSHOP esocial www.esocial.gov.br www.softtrade.com.br 14/02/2014 E agora, José?? Carlos Drummond de Andrade Solução? Problema? Afinal é bom para

Leia mais

ISO 14004:2004. ISO14004 uma diretriz. Os princípios-chave ISO14004. Os princípios-chave

ISO 14004:2004. ISO14004 uma diretriz. Os princípios-chave ISO14004. Os princípios-chave ISO14004 uma diretriz ISO 14004:2004 Sistemas de Gestão Ambiental, Diretrizes Gerais, Princípios, Sistema e Técnicas de Apoio Prof.Dr.Daniel Bertoli Gonçalves FACENS 1 Seu propósito geral é auxiliar as

Leia mais

Neste bip. Configuração da Tributação do Simples Nacional. Você Sabia? Contabilização da diferença do FGTS. Edição 65 Janeiro de 2016

Neste bip. Configuração da Tributação do Simples Nacional. Você Sabia? Contabilização da diferença do FGTS. Edição 65 Janeiro de 2016 Neste bip Configuração da Tributação do Simples Nacional... 1 Contabilização da diferença do FGTS... 1 Importação de NF-e... 2 Relatório razão dos lançamentos da folha... 3 Inconsistências ao gerar relatórios

Leia mais

RISCOS TRIBUTÁRIOS E CONTÁBEIS NA ELABORAÇÃO DOS HONORÁRIOS CONTÁBEIS

RISCOS TRIBUTÁRIOS E CONTÁBEIS NA ELABORAÇÃO DOS HONORÁRIOS CONTÁBEIS RISCOS TRIBUTÁRIOS E CONTÁBEIS NA ELABORAÇÃO DOS HONORÁRIOS CONTÁBEIS Palestrante: Paulo Vaz Introdução 1 Introdução - Histórico Década de 1980: Surgimento dos primeiros sistemas de informática para escrituração

Leia mais

Estrutura para a avaliação de estratégias fiscais para Certificação Empresas B

Estrutura para a avaliação de estratégias fiscais para Certificação Empresas B Estrutura para a avaliação de estratégias fiscais para Certificação Empresas B Este documento fornece a estrutura que B Lab utiliza para avaliar as estratégias fiscais que atendam aos requisitos da Certificação

Leia mais

Cetip. Perfil da unidade de financiamentos

Cetip. Perfil da unidade de financiamentos Cetip Perfil da unidade de financiamentos índice Apresentação 4 Atuação 6 História 8 Linha do Tempo 10 Estrutura Organizacional 12 Segurança e Tecnologia 14 Produtos e Serviços - Unidade de Financiamentos

Leia mais

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX TRIBUTOS RECOM Regulamentação Orientador Empresarial DECRETO nº 7.319/2010 DOU: 29.09.2010 Regulamenta a aplicação do Regime Especial de Tributação

Leia mais

Política de Contas a Pagar

Política de Contas a Pagar T Política de Contas a Pagar 1 1. ABRANGÊNCIA 1.1 Todas as áreas administrativas da empresa responsáveis por aquisições/contratações de produtos e/ou serviços, conforme deliberação e aprovação dos sócios

Leia mais

10 Análise dos recursos internos

10 Análise dos recursos internos 177 10 Análise dos recursos internos Essa seção do trabalho tem como objetivo fazer a análise dos recursos internos das duas empresas pesquisadas, Globo e Vivo. Como referencial teórico será utilizado

Leia mais

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO MATÉRIAS TRABALHO

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO MATÉRIAS TRABALHO TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO MATÉRIAS TRABALHO Orientador Empresarial Microempreendedor Individual-Formalização-Setor de Serviços-Crescimento SETOR DE SERVIÇOS É CAMPEÃO EM

Leia mais

Política de Gerenciamento de Risco Operacional

Política de Gerenciamento de Risco Operacional Política de Gerenciamento de Risco Operacional Departamento Controles Internos e Compliance Fevereiro/2011 Versão 4.0 Conteúdo 1. Introdução... 3 2. Definição de Risco Operacional... 3 3. Estrutura de

Leia mais