REDUÇÃO TARIFÁRIA PARA BENS DE CAPITAL SEM PRODUÇÃO NACIONAL LISTA CONSOLIDADA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REDUÇÃO TARIFÁRIA PARA BENS DE CAPITAL SEM PRODUÇÃO NACIONAL LISTA CONSOLIDADA"

Transcrição

1 MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR SECRETARIA DE POLÍTICA INDUSTRIAL REDUÇÃO TARIFÁRIA PARA BENS DE CAPITAL SEM PRODUÇÃO NACIONAL LISTA CONSOLIDADA Março de 2000

2 ii Introdução O presente trabalho é uma consolidação das seguintes portarias: Anexo B da Portaria MF 339 (D.O.U. de 19/12/97) Portaria MF 201, de 13/8/98 Portaria MF 202, de 13/8/98 Portaria MF 245, de 18/9/98 (D.O.U. de 21/9/98) Portaria MF 319, de 27/11/98 (D.O.U. de 30/11/98) Portaria MF 343, de 23/12/98 (D.O.U. de 28/12/98) Portaria MF 3, de 12/1/2000 (D.O.U. 13/1/2000)

3 NCM DESCRIÇÃO Ex Núcleo primário para deposição externa, para fabricação de preforma de fibra óptica Ex Tubo de quartzo próprio para fabricação de preforma de fibra ótica Ex Trilhos de peso linear superior a 44,5 Kg/metro, para uso ferroviário Ex 001- Gerador simultâneo de gás quente e óleo térmico, com ou sem geração de vapor, com câmara de queima de resíduos e pó de madeira, com painel de controle microprocessado central, destinado a unidades industriais de fabricação de painéis de partículas ou fibras de madeira, com capacidade igual ou superior a 20 Gcal/h Ex 002- Unidade para produção de dióxido de cloro, para utilização em branqueamento de celulose obtida pelo processo kraft de polpação química com tecnologia utilizando cloro ou clorato, com capacidade igual ou superior a 16 ton/dia, reator de titânio, gerador, torre de absorção e filtro de sulfato e sistema de controle automático Ex 002-Turbina a vapor, com potência igual ou superior a 70 Mw, rotação igual ou superior a rpm, sistemas de lubrificação, de intertravamento e controle de velocidade Ex Palhetas para estágio do suporte de diretrizes (estator) Ex Palhetas para estágios do rotor Ex 003 Regulador de velocidade para turbina a vapor, com funcionamento hidráulico através de êmbolos centrífugos, com redutor de pressão Ex Rotor para turbina a vapor de múltiplos estágios à reação, empalhetado Ex 005 Segmentos de injetor (para turbinas a vapor) Ex Suporte de palhetas (estator) Ex Motor de pistão alternativo, de ignição por centelha, a gás natural, com potência igual ou superior a 300 HP Ex 001- Motor diesel para locomotivas com potência igual ou superior a 800 HP Ex 001-Turbina hidráulica, tipo bulbo, de potência nominal igual ou superior a Kw Ex Eixo intermediário para turbina hidráulica, com mm de comprimento e mm de diâmetro Ex Eixo principal para turbina hidráulica, com mm de comprimento e mm de diâmetro Ex 001- Motor hidráulico de pistões radiais, tipo curva de cames, para operação com pressões iguais ou superiores a 350 bar e torque de até Nm Ex 001-Bomba dosadora para alimentação de diafragma duplo, para ADN ou HMD, l/h, 30 bar ABS, 3 cabeças, Inox 316, 18 Kw, equipada com sensor de ruptura de diafragma Ex 002-Bomba dosadora de diafragma duplo para catalisador NI, 500 l/h, 30 bar ABS, 3 cabeças inox 316, 3,7 Kw, equipada com sensor de ruptura de diafragma Ex Bomba rotativa, com camisa de aquecimento para temperatura de 300ºC, pressão máxima igual ou superior a 10 Kgf/cm 2, velocidade máxima igual ou superior a 100 rpm e vazão igual ou superior a 4 m 3 /h Ex 001- Bomba de lóbulos com base, motor a prova de explosão, redutor, acoplamento, válvula de segurança e selo mecânico em aço inox para l/h, 14 bar e 60 C Ex 001- Bomba centrifuga vertical para bom beamento de ácido sulfúrico com 96% de concentração, vazão de 905 m 3 /h e uma temperatura 80 C, potência de acionamento 200 CV Ex 002-Eletrobomba centrifuga Multi-estágio para operação submersa em poços de petróleo em profundidade até 5 mil m, com motor elétrico de indução trifásico, preenchido com óleo dielétrico e compensado em pressão Ex 002- Bomba axial horizontal, vazão igual ou superior a 230 m 3 /h, selo mecânico duplo ou triplo, pressão igual ou superior a 28 bar e altura diferencial até 40 m, e utilizados para circulação de suspensão de polímeros nos reatores em Loop (anel).

4 Ex 003- Bomba centrifuga vertical de múltiplos estágios, de elevada altura manométrica, para propeno, conforme norma API 610, capacidade igual ou superior a 80 m 3 /h e pressão de descarga igual ou superior a 520 m, com selo mecânico em tamdem, acionada por motor elétrico, anéis de desgaste em AISI 410 HD Ex 004- Bomba centrifuga de simples estágio com rotação igual ou superior a rpm, de elevada altura manométrica, para propeno, conforme norma API 610, capacidade igual ou superior a 80 m3/h e pressão de descarga igual ou superior a 520 m, com selo mecânico em tandem, acionada por motor elétrico Ex 005- Bomba centrífuga hermética, com potência de até 66 KW, rotação de até RPM e vazão igual ou superior a 66 litros/min, com motor elétrico interno e encapsulado, banhado pelo próprio líquido bombeado Ex 006-Bomba centrífuga criogênica para gás carbônico líquido, vazão igual ou superior a 50 m 3 /h e pressão de descarga igual ou superior a 20 Kg/cm Ex 007-Bomba rotativa tipo duplo pistão especialmente selada para polpa de nitrocelulose em meio ácido, com sensor controlador de vel ocidade e potência de 17 Kw Ex Bomba axial de circulação de propeno, com capacidade de 250 m 3 /h Ex Bomba axial de circulação de propeno, com capacidade de m 3 /h Ex Bomba axial vertical, para circulação de sal fundido a temperatura máxima de até 425ºC, com vazão igual ou superior a m 3 /h Ex Bomba centrífuga multi-estágio, com vazão de 80 m 3 /h, pressão de descarga igual ou superior a 210 Kgf/cm 2, potência de HP e rotação de rpm Ex Bomba centrífuga, para alimentação de propeno, com capacidade de 73 m 3 /h Ex Sistema para injeção de catalisador composto por dois intensificadores de alta pressão e unidades hidráulicas montadas em SKID, com capacidade igual ou superior a 100 l/h e pressão de descarga igual ou superior a 41 psig Ex 001 Compressor de ar, alternativo a pistão, um estágio, simples efeito, isento de óleo, pressão de trabalho de 2 bar e vazão de 8,70 m 3 /min Ex Compressor de ar centrífugo, com capacidade de 1,5 a 600 m 3 /min, pressão de operação de 1,5 a 20 bar, ar isento de óleo, com motor elétrico, filtro de admissão, resfriadores, silenciador, sistema de lubrificação e painel de controle montado sobre a base Ex 002 Compressor de ar centrífugo de múltiplos estágios, isento de óleo, com capacidade acima de Nm 3 /h e pressão de trabalho igual ou superior a 6 Kg/cm Ex 003 Compressor de ar centrífugo, isento de óleo, com pressão de 8,6 bar e capacidade de m 3 /h Ex Compressor de ar centrífugo para vazão de Nm 3 /h e pressão de descarga igual ou superior a mm H 2 O Ex 001-Compressor de gás combustível de alta pressão, tipo parafuso, vazão de Kg/h, temperatura de operação de 214 C, refrigerado a água, com pressão de descarga igual ou superior a 22 Kgf/cm Ex Compressor de gases tipo parafuso, isento de óleo, com acionamento elétrico, rotação máxima de rpm e potência de 920 KW, vazão de Kg/h, temperatura de sucção de 31,2ºC, pressão de sucção de 0,28 Kg/cm 2 e pressão de descarga de 1,65 Kg/ cm Ex 003 Compressor de parafuso para gases, simples ou duplo estágio de compressão horizontal, para pressão máxima de 30 bar, vazão mínima de 98 Nm 3 /h, temperatura de 60 até + 150ºC, com refrigeração à água e a gás Ex 001-Compressor centrífugo de gás de processo, com vazão igual ou superior a m 3 /h, pressão de descarga igual ou superior a 15 bar Ex 005-Unidade turbo compressora de gás, composta de compressor centrífugo com sistemas de selagem e lubrificação, painéis de controle e pressão de descarga igual ou superior a 53 bar e turbina, tipo "expander" com capacidade igual ou superior a Kg/h Ex Compressor centrífugo de gás de processo, com capacidade de m 3 /h e pressão de descarga de 14,5 bar.

5 Ex 007 Compressor centrífugo de gás natural, tipo barril, construção horizontal de 6 estágios de compressão, rotação de rpm, capacidade de Kg/h, pressão de descarga de 69,12 bar, pressão de sucção de 31,44 Kgf/cm 2, sistema de selagem e de lubrificação, painel de controle, multiplicador de velocidade, acionado a motor elétrico de KW Ex 008 Compressor de gás, centrífugo, simples estágio, com capacidade igual ou superior a m 3 /h, pressão de sucção variável até 9,60 bar e pressão de descarga variável igual ou superior a 10,80 bar, acionado por motor elétrico com potência de 100 KW, com sistema de selagem e lubrificação, caixa de engrenagens, silenciadores e painéis de controle Ex 001-Compressor de diafragma para hidrogênio, capacidade igual ou superior a 500 Nm 3 /h, pressão de descarga igual ou superior a 250 Kg/cm 2, com motor, sistema de lubrificação e painel de controle Ex 002-Compressor de gás, de anel líquido, com vazão igual ou superior a 500 m 3 /h, pressão de descarga igual ou superior a 5 Kg/cm 2 e separador de líquido horizontal para comprimir mistura de hidrocarbonetos Ex 003-Compressor de diafragma para hidrogênio, não lubrificado, com capacidade igual ou superior a 60 Kg/h e pressão de descarga igual ou superior a 35 bar g Ex 004-Compressor de gás de anel líquido com vazão igual ou superior a 700 Kg/h, pressão de descarga igual ou superior a 4 bar e separador de líquido horizontal Ex 005-Compressor de hidrogênio, alternativo, não lubrificado, com capacidade igual ou inferior a 20 Kg/h e pressão máxima igual ou superior a 25 bar Ex 006-Compressor de gás natural, alternativo, com capacidade igual ou superior a Kg/h e pressão de descarga igual ou superior a 50 Kgf/cm Ex 007-Compressor para hidrogênio, alternativo, com capacidade igual ou superior a 500 Nm 3 /h e pressão de descarga igual ou superior a 200 Kgf/cm Ex 008-Compressor para nitrogênio, tipo roots, com capacidade igual ou superior a Kg/h e pressão de descarga igual ou superior a 13 Kgf/cm Ex 009-Unidade turbo compressora de ar, composta por compressor axial com pressão de descarga igual ou superior a 3 bar e turbina a vapor com capacidade igual ou superior a 16 Mw Ex 001-Compressor de gás, de parafuso, com selo mecânico duplo e purga de N 2, capacidade de até 20 m 3 /min., potência de até 55 Kw, com selagem especial para gás explosivo e inflamável e controle rígido de gás de selagem Ex 002-Equipamento de circulação de gás inerte para máquina de extrusão de fio elastano, com capacidade de a lbs/h de gás a rpm, com sistema de balanceamento especial, pressão de sucção 1500 mm H 2 O, pressão de recalque da ordem de mm H 2 O temperatura de sucção 10 C, temperatura de recalque de 30 a 40 C, taxas de vibração externa horizontal de 0,057 /s, vibração externa vertical 0,061 /s, vibração interna horizontal 0,055 /s, vibração interna vertical 0,029 /s e vibração interna axial de 0,48 /s Ex 005 Engrenagem multiplicadora tipo planetária para compressor centrífugo Ex 006-Elemento compressor composto de carcaça, parafusos, com ou sem redutor de velocidades, para compressor de ar tipo parafuso lubrificado com pressão igual ou superior a 7 bar e capacidade igual ou superior a 0,3 m 3 /min Ex 007-Elemento compressor, isento de óleo, composto de carcaça, parafusos, com ou sem redutor de velocidades, para compressor de ar tipo parafuso com pressão igual ou superior a 3 bar e capacidade igual ou superior a 12 m 3 /min Ex 001-Unidade de combustão wind fire para forno de queima de revestimento cerâmico Ex Queimador para reator de produção de negro de fumo, composto de caixa de ar, porta queimador, cone porta chama, cilindro porta chama, direcionamento de ar, injetor de ar/óleo, injetor de óleo de transição, piloto, juntas e carro porta queimador, com capacidade de 1 milhão pé 3 /h de ar e temperatura de 800 C Ex 001-Injetor de carvão pulverizado, para queimador, com capacidade de injeção igual ou superior a 150 Kg/t de gusa Ex 001- Forno industrial, a gás ou GLP, para aquecimento de tarugos de alumínio, com carga, tesoura para corte e descarga automáticos, consumo igual ou superior a 200 Kcal/Kg, para operar com prensa de extrusão/ handling, integrados por controle lógico programável Ex 001-Fornalha de aquecimento de óleo térmico, com sistema independente de dupla detecção de falha de chama, controle de temperatura interna por setor da fornalha e capacidade calorífica de 2,56 Mkcal/h Ex 003- Incinerador para efluentes gasosos para ou mais Normais m 3 /h, eficiência de recuperação de calor primário 96%, eficiência de destruição de efluentes gasosos 97% (para controle

6 4 ambiental), dotado de controle automático de alta tecnologia na queima dos gases evitando explosão Ex 004 Incinerador tipo fornalha resfriada a água para tratamento de até Kg/h de solução de sais orgânicos de sódio, óleos residuais e geração de carbonato de sódio (com efluente cáustico) Ex Anéis de rolamento, usinados, em aço GS-30 Mn 5V, para fornos rotativos Ex Rolo de sustentação, para fornos rotativos, em aço fundido GS-36 Mn 5V, com eixo em aço forjado Ex Resfriador de água gelada, utilizando o processo de absorção química de brometo de lítio Ex Unidade automática para desinfecção de resíduos de serviços de saúde e outros infectantes, através do método de maceração e tratamento com hipoclorito de sódio, móvel ou estacionária Ex 001- Máquina secadora para celulose obtida pelo processo Kraft com capacidade igual ou superior a 850 t/dia com teor seco mínimo de 50% na entrada e mínimo de 90% na saída Ex 002-Secador de partículas de madeira do tipo tambor, com controle de temperatura, de desvio de fluxo, de medição e indicação de umidade, com capacidade de evaporação igual ou superior a Kg/h de água Ex 003-Secador com fonte emissora de raios infravermelho, a gás Ex 002-Máquina de múltiplas estações para impregnar com resina de poliester estatores de pequenos motores, com capacidade maior ou igual a 300 estatores/h Ex 003- Secador de couros hidráulicos, por vácuo turbo para secagem, com mesas de trabalho de área útil superior a 16 m Ex 004-Secador de hidrocarbonetos, com peneira molecular para grau de pureza na saída igual ou superior a 99.9%, ciclo de operação automatizado, regenerativo, capacidade igual ou superior a 1,5 t/h Ex 005-Secador e pré-secador rotativo horizontal para pérolas de nitrato de amônia, com lâminas internas, duas ou mais pistas externas sobre rolantes, duas ou mais bases de suportação, pinhão e coroa em aço forjado, motor, redutor acoplamento flexível Ex 006-Sistema de secagem de fibras de madeira, tipo fluidizado, por ar ou gases de combustão, para plantas de fabricação de MDF, com capacidade superior a 20 t/h, com acionamento, controle e instrumentação Ex 007-Sistema de múltiplas estações para impregnar com resina de poliester estatores de grandes motores pelo processo de imersão e cura por efeito joule e ultravioleta Ex 008-Secador para couros com programação eletrônica no ciclo de secagem, composto de unidade de desumidificação, aquecimento e renovação de ar e dispositivos gravitacionais para controle do ar Ex 009-Secador rotativo de couros por vácuo com tambor Inox giratório aquecido Ex 010-Secador de couros contínuo, em medidas das mesas superiores a mm (largura) x mm (comprimento), com sistema de expansão mecânica ou pneumática e ventilação de ar quente Ex 011-Secador por ar quente elétrico com 12m ou mais de comprimento e temperatura igual ou superior a 180 C Ex 013- Túnel de secagem multifases, combinado para evaporação, gelificação com lâmpadas UV de baixa pressão, gelificação com lâmpadas UV raios em horizontal e refletores para aumento progressivo de irradiação e secagem final com lâmpadas UV para vernizes poli acrílicos transparentes ou pigmentados Ex 014-Túnel de secagem de vernizes para madeira combinado com sopradores de ar quente de alta velocidade e resistências IRCK para produtos a base d água Ex Secador e granulador para carboximetilcelulose, através da recuperação dos fluídos voláteis com utilização de vácuo Ex Secador rotativo (com acabamento em aço inox) horizontal, contínuo de cestos, para cápsulas farmacêuticas Ex 012-Secador tipo conveyor com três ou mais zonas de secagem, uma ou mais zonas de resfriamento, controle de temperatura programável para secagem de aceleradores de borracha em forma de peletes até uma umidade final inferior a 0,1% Ex 001 Unidade integrada para purificação de água por osmose reversa, com sistema de estocagem e distribuição de água purificada e destilada, gerador de vapor limpo com sistema de distribuição, trocadores de calor e painéis de controle Ex 001-Equipamento contínuo a vácuo, em aço ou cobre, para purificação de destilados alcoólicos pela retirada de componentes secundários contaminantes, em coluna de destilação Ex 001-Destilador molecular de mistura de ésteres graxos em 3 estágios para produção de monoglicerídeos com teor de pureza superior a 90% em peso, sob vácuo 10-3 milibar.

7 Ex 001-Resfriador combinado, de ar e de óleo, de alumínio brasado, com aletas internas para pressão máxima igual ou superior a 13 bar Ex 002-Resfriador de óleo ou de ar, de alumínio brazado, com aletas internas, para pressão máxima igual ou superior a 13 bar Ex 004 Equipamento para resfriamento de fluídos, utilizando nitrogênio, em processo criogênico, com painel de controle microprocessado Ex 001-Trocador de calor tubular, para pressão de trabalho igual ou superior a 170 Kg/cm 2, constituído de ligas de aço cromo molibdênio Ex 003-Trocador de calor tubular, tipo baioneta, com revestimento refratário interno, para unidade de craqueamento catalítico, com área de troca térmica igual ou superior a 250 m Ex 005 Trocador de calor tubular metálico, com tubos em tântalo, casco aço-carbono Ex Unidade integrada para interrupção de reação de craqueamento na saída da serpentina dos fornos de etileno, através de resfriamento brusco da corrente, composto por 66 trocadores de calor com dispositivo de resfriamento dos espelhos Ex 001-Trocador de calor de alumínio, (ligas séries e 5.000), com tubos de superfície porosa de alta eficiência térmica para serviço em criogenia high flux Ex Trocador de calor de alta pressão, constituído de casco em aço carbono, duas cabeceiras hemisféricas em aço inox, grau uréia de tubos internos de troca térmica Ex Unidade de fracionamento e liquefação de gases do ar, automatizada e computadorizada, de capacidade de produção de 500 t de gases industriais por dia, com compressores, desumidificadores, purificadores, colunas de destilação e liquefação e refinaria de gás nobre Ex 001-Conjunto twin montado sobre bancada de aço inoxidável, composta de estufa e autoclave de esterilização de 175 litros, com portas duplas, filtros absolutos, gerador de vapor incorporado, e PLC Ex 001-Máquina para cocção de alimentos com tambores, esteiras em espiral e controle lógico programável Ex 002-Túnel contínuo de cozimento e resfriamento de embutidos com capacidade igual ou superior a Kg/h Ex 001-Equipamento para reciclagem de óleo emulsionado, para separação de água, em tratamento de efluentes gerados no processo de laminação à quente, por evaporação Ex 002-Evaporador de oxigênio (em ligas séries e 5.000), com núcleo de trocador de calor de tubos de superfície porosa e alta eficiência térmica, para serviço em criogenia Ex 001-Unidade sanitária integrada para desinfecção de resíduos médico-hospitalares, laboratoriais e outros infectantes, com aquecimento por microondas, injeção de vapor úmido e trituração dos resíduos, em processo hermético totalmente automatizado Ex 001-Liofilizador de produtos farmacêuticos, com sistemas de resfriamento e calefação de placas de regulagem da temperat ura, de controle e comando por vacuometro, controle barométrico e registrador gráfico a 16 canais, configurável Ex 003-Resfriador tubular para fibras óticas, através de gás hélio e água Ex 005-Unidade de processamento de café solúvel liofilizado com sistemas de injeção de gás, de congelamento por túnel, de granulação, de secagem sob vácuo por sublimação, de aquecimento, controles eletro pneumáticos e hidráulicos e recuperação de aromas Ex 006-Vaso de pressão par a hidrogenação de hidrocarbonetos, constituído em chapas de espessura mínima de 3,5 polegadas, em liga de cromo-molibidênio, com volume de 9,2 m Ex Reator de loop, com capacidade de 0,9 m 3, pressão de projeto de 55 bar e temperatura de 45 a 150ºC Ex 001- Recheio e internos para coluna separadora de manômero de estireno/etilbenzeno, em aço inox, com distribuidores e coletores de líquido e grades de suporte Ex Calandra inclinada multi nip, com rolos aquecidos e rolos de abaulamento variável por zonas, com estrutura de aço fundido Ex 001-Laminador para gofragem de papel, com largura superior a mm e velocidade igual ou superior a 600 m/min Ex 001-Laminadora de plásticos constituída de cabeças de laminação, fornos e estações de resfriamento e quadro de comando Ex 002-Laminadora continua, microprocessada, para o revestimento de chapas de madeira, com estações de cola, de evaporação de desbobinamento e de corte, velocidade igual ou superior a 25 m/min Ex 001-Laminador de plástico constituído de cabeças de laminação, fornos e estações de tratamento e quadro de comando Ex Aquecedor por indução eletromagnética com controlador variável de freqüência por zona. 5

8 Ex 004 Centrifuga horizontal contínua tipo cesto e rosca, com sistema de proteção do diferencial de velocidade para separação de nitrocelulose e ácido, com potência de 37 Kw Ex 001-Centrifuga Separadora de Discos com capacidade de 200 m 3 /h ou acima, com motor de 155 Kw, diâmetro do rotor (tambor) igual ou superior a 36 e rotação igual ou superior a rpm Ex 002-Centrifugador clarificador de leite em tambor autodeslodante, com descarga intermitente de sólidos e capacidade igual ou superior a l/h Ex Centrífuga de corte (peeler) com rotação de 850 rpm, de capacidade de produção de 5 t/h de amido de milho com umidade de 12%, com tambor perfurado de 850 litros, dispositivo de limpeza, descarga por meio de transportador integrado tipo helicoidal e corte por faca móvel acionada hidraulicamente em ciclo sucessivos Ex Centrífuga separadora de discos com tambor constituído em liga de níquel e ferro-cromo e revestido com Incoloy 825, para separação de ácidos, com capacidade de 18 m 3 /h no primeiro estágio e 13 m 3 /h no segundo estágio, diâmetro interno de 850 mm, rotação do tambor de rpm e motor de 30 KW Ex 001-Unidade integrada para recuperação de sais de banho através de evaporação a vácuo, reaproveitamento de águas industriais e tratamento de influentes industriais de galvanoplastia, composta por evaporador a vácuo para recuperação de níquel, completo com quadro sinóptico, conjunto de colunas para tratamento de águas cianídricas e colunas para tratamento de águas desengraxantes Ex 009- Unidade integrada para tratamento de água residual de processo produtivo, com sistema de eliminação de resíduos polu entes, unidade de tratamento químico, decantadores, tanques, sistema de clarificação e filtro prensa Ex 002-Filtro prensa para recuperação de óleo para laminador a frio, com leitura on line do nível do óleo Ex Filtro troca-tela automático, para adesivos termoplásticos, em aço inoxidável, com acionamento hidráulico e capacidade de filtragem máxima de 900 Kg/h Ex 001-Aparelho para filtrar e depurar óleo mineral isolante de transformador, com dispositivo de reativação da argila, descarte controlado na razão de Kg de argila para de litros processados, com controle microprocessado acoplado a plataforma móvel Ex 002- Desgaseificador de metal líquido em vazamento de placas de alumínio, com capacidade nominal de 60 t/h e controle lógico programável Ex 003-Filtro rotativo, automático, contínuo, computadorizado, em aço inoxidável, taxa de filtração de 20 a 30 microns, viscosidade de poise a 40 C pressão de entrada máxima 500 PSI, pressão de saída mínima 100 PSI, faixa de temperatura de operação de 30 a 60 C, capacidade de 200 a 300 Kg/h Ex 004-Filtro automático para produtos viscosidade (5.000 CP ou mais), com sistema a prova de explosão de controle, de limpeza PLC e motores a prova de explosão Ex 005-Filtro com camada de esferas de alumina para tratamento de ligas de alumínio Ex 006- Sistema automático de filtração contínua de óleo solúvel utilizado no processo de fabricação de latas de alumínio, com bombeamento, aquecedor, tanques, painel elétrico e placas de filtragem horizontais alimentadas por rolos de papel com pressão de filtragem mínima de 40 PSIg, área de filtragem igual ou superior a 30 m 2, vazão igual ou superior a 210 g/min e controle lógico programável Ex 007- Unidade filtrante para caustificação dos licores (branco e verde) gerados no processo Kraft de fabricação de celulose, através de filtro pressurizado, com disco filtrante dividido em setores, operando com diferencial de pressão de 1,5 bar e estocagem na consistência de 30 a 35% com nível de alcali solúvel em torno de 0,3% com Na 2 O Ex Filtro para polímero fundido, automático, com dois canais de filtragem, sistema de aqu ecimento elétrico, sistema de aeração, com capacidade de a Kg/h, pressão de operação de 130 a 190 Kgf/cm 2 e temperatura de operação de 240 a 300 C Ex Filtro rotativo ou de velas de 10 a 40 microns, para filtragem de polímeros ou monômeros utilizados na produção de filamentos sintéticos náilon e poliéster, com capacidade de 400 a Kg/h Ex 012 Recuperador compacto de soda cáustica, de múltiplos estágios e capacidade entre e Kg/h de soda recuperada Ex 006- Unidade integrada para tratamento de água residual de processo produtivo, com sistema de eliminação de resíduos poluentes, unidade de tratamento químico, decantadores, tanques, sistema de clarificação e filtro prensa.

9 Ex 001-Depurador de nitrogênio, constituído de cartuchos de fibra a base de substâncias poliméricas Ex 002-Dispositivo de injeção e fixação de filtros do sistema de limpeza de unidade de filtragem tipo jato pulsante, para gases de fornos elétricos a arco Ex 003-Filtro de ar por carvão ativado, quimicamente impregnado, constituído de gerador de ambientes com monitoração, controle e capacidade de vazão igual ou superior a 200 pés cúbicos por min Ex 005- Dispositivo de injeção e fixação de filtros do sistema de limpeza de unidade de filtragem tipo jato pulsante para gases de fornos elétricos a arco Ex 006 Linha para separação de Monômero de Cloreto de Vinila e Nitrogênio, pelo princípio de permeação gasosa, através de membranas à base de compostos poliméricos Ex Unidade automática integrada de tratamento, depuração e compressão de gás, composta por compressor de rosca, separador de óleo com depurador de sucção e descarga, resfriadores de óleo Ex 006 Lavador tipo venturi, constituída em aço inoxidável, centrífugo, separador de gotículas, difusor cônico, sistema de recirculação e distribuição de líquido, conexões flexíveis e injetores tangenciais, vazão m 3 /h ou mais, perda de carga média de 250 mmhg Ex Partes e peças forjadas em bruto ( base, tampa, anéis de fechamento, pistão e fundo de câmara de centrifugação) para tambores de centrífuga de prato Ex Placas colhetoras, para precipitadores eletrostáticos de despoeiramento em temperaturas acima de 120 graus centrígados Ex 001 A dsorvedores para purificação de gases, com diâmetro de poros de 10 angstrons, e calor de adsorção máxima de kcal/kg Ex 001-Cartucho de osmose reversa composto de membranas/invólucro Ex 002 Internos do lavador de polimento, com recheio tipo Tellerettes, para controle de emissão de amônio de efluente gasoso de no máximo 20 mg/nm 3, com eliminador de névoa, recheio e bocais de pulverização para limpeza dos eliminadores de névoa Ex 002-Máquina para lavagem de pallets, com sistema da sanitização e secagem Ex 003-Máquina lavadora automática para frascos de vidro de até 500 ml, com 11 ou mais estações, sopragem de ar estéril, vácuo e água estéril Ex 004-Máquina para lavagem e secagem de embalagens metálicas, com capacidade igual ou superior a 600 unidades/min Ex 001-Máquina para tampar latas com válvulas tipo aerosol e microprocessador para controle Ex 002-Máquina rotuladora automática para garrafas plásticas, com sistema de fixação de rótulos tipo manga sleeve lavel, através de elasticidade do material Ex 003-Máquina automática rotativa com controlador lógico programável e autodiagnose, para aplicação de rótulos em frascos plásticos de seção retangular superior ou igual a 500 ml, pelo processo de transferência térmica, com detecção de falhas de rotulação e velocidade igual ou superior a 60 frascos/min Ex 001-Máquina para ensacar a partir de bobina plástica, com sistema de pesagem e fechamento automático, com capacidade igual ou superior a sacos de 25 Kg/h Ex M áquina para ensacamento automático de polipropileno em grãos ou em bobinas plásticas, com capacidade mínima de sacos/h, de 25 Kg cada, com controle de pesagem por células de carga Ex 001-Equipamento automático de embalagem para enchimento de 4 tambores/bombonas de 200 l simultaneamente ou containers de l Ex 002-Linha de enchimento de ampolas, com lavadora, túnel de esterilização, enchedora, sistema de fechamento Ex 003-Máquina automática controlada por PLC para encher e fechar tubos de plástico ou de alumínio, com velocidade variável de até 150 tubos/min Ex 004- Máquina automática computadorizada para encher e fechar tubos plásticos ou de alumínio, velocidade igual ou superior a 100 unidades/min, com sistema de alimentação de tubos Ex 005-Máquina automática para encher e fechar produtos líquidos e pastosos, em embalagens do tipo Cheer Pack, com capacidade igual ou superior a 30 embalagens/minuto, com ou sem esteira e tanque de resfriamento Ex 006-Máquina automática para envase, fechamento, rotulagem e encartuchamento de líquidos em frascos com tampas ou bico de spray, com capacidade de frascos/h ou mais, envase e fechamento com proteção de explosão.

10 Ex 007-Máquina automática para rotular com selos invioláveis, cartuchos de produtos farmacêuticos, com capacidade igual ou superior a 350 cartuchos/min., provido de sistema de segurança/rejeito Ex 008- Máquina automática para aco ndicionar embalagens em caixas de papelão ondulado, com controle lógico programável e capacidade igual ou superior a embalagens/h Ex 009-Máquina automática e contínua para envasar esmalte de unha em vidros com velocidade igual ou superior a 200 vidros/min Ex 010-Máquina automática, computadorizada, para encher e fechar tubos de alumínio com velocidade de até 60 tubos/min Ex 011-Máquina automática, fechadora de caixas pré-fabricadas, com as abas das tampas dobradas, de alturas variáveis, coladas e encaixadas para o fechamento e com cortes trava na tampa, com velocidade de até 30 caixas/min Ex 012- Máquina automática para embalagens múltiplas de cartão Kraft com controlador lógico programável, para agrupamento de latas, garrafas, potes de plástico ou vidro Ex 013-Máquina automática monobloco para encher, fechar e soprar em embalagens invioláveis frascos e ampolas de produtos farmacêuticos Ex 014-Máquina automática para encher e fechar frascos, com cabine, vibrador, regulador, recipiente de líquidos, leitura de códigos de barra e capacidade igual ou superior a frascos/h Ex 015-Máquina automática para encher embalagem cartonada, pré-montada, de cartão "KRAFT", laminado com polietileno Ex 016-Máquina automática para prensar e cintar fardos de caixas desmontadas de papelão ondulado Ex 019- Máquina para colocar selos invioláveis, em cartuchos ou frascos, alimentador para bobina e velocidade igual ou superior a 200 unidades/min Ex 020-Máquina para encher e fechar cápsulas com capacidade igual ou superior a unidade/h Ex 021-Máquina envazadora, automática, vertical para formar encher e fechar embalagens em filmes coextrusados, sem ar a temperatura de 95ºC e velocidade igual ou superior a 30 pacotes por min Ex 022- Máquina para encher e tampar diferentes modelos de frascos com sistema de bombas de engrenagem, para frascos de 5 ml a 5 litros, sem troca de pistão, controlada através de PLC, com velocidade igual ou superior a 150 frascos/min Ex 023-Máquina para fabricação de comprimidos por compactação de pós medicinais e gerenciador automático de funções Ex 024-Máquina, com controlador lógico programável, automática, para encher embalagem com formato tetraédrico "gable top" Ex 027- Sistema de empacotamento automatizado controlado por PLC, composto por dois robôs de empacotamento, ro bô de paletização, robô de deslocamento, duas estações de pesagem, rotulagem e fechamento de caixa, esteiras eletromecânicas e sistemas de montagem de caixa Ex 028-Unidade automática para escolha e encaixotamento de revestimento cerâmico, com controles de tamanho e planicidade Ex 029-Unidade automática para formar, encher e fechar cartuchos de papel, com velocidade igual ou superior a 50 ciclo/min, capacidade para caixa de dimensão igual ou superior a 122 X 116 X 104 mm e controlador lógico programável Ex 030-Unidade para encher frascos com alimentador, soprador enchedor, colocação de tampa e copo medida rotuladora, encartuchadeira, sistema de impressão de código no rótulo e no cartucho, velocidade acima de unidades/h Ex 031 Máquina para encher e selar a vácuo sacos plásticos Ex 032 Envazadora automática de produtos granulados ou em pó com dosagem volumétrica e capacidade de produção igual ou superior a 300 recipientes/min Ex 033 Máquina automática de enchimento e montagem de batons com capacidade de envase de 2,5 a 5 ml, precisão de 0,5%, unidade fechada de resfriamento, duplo tanque de fusão, transportador de flambagem e montagem e capacidade variável de at é batons/h Ex 034 Máquina automática horizontal para formar, encher e selar sacos plásticos, com CLP e capacidade igual ou superior a 40 sacos/min Ex 035 Máquina automática para embalar em caixas de papelão de 500 x 350 x 350 mm, com armador de até 600 caixas/h, dispositivo de enchimento de 24 unidades/caixa e lacrador, operando com fita adesiva e hot-melt. 8

11 Ex 036 Máquina automática para envase de carpules, produção igual ou superior a 120 carpules/min, com CLP Ex 037 Máquina automática para formar, encher e selar, com sistemas de fita adesiva ou cola quente, caixa de papelão com velocidade igual ou superior a 4 caixas/min Ex Máquina para colar e fechar tubos de sacos de papel multifolhados, com capacidade igual ou superior a 160 sacos/min Ex 001-Etiquetadeira de resmas ou caixas de resmas de papel com controle lógico programável Ex 001 Máquina para embalar, tipo Flow -Pack, balas duras e caramelos, com alimentador de disco rotativo e capacidade máxima de unidades/min Ex 001- Aplicador automático de sacos valvulados com capacidade igual ou superior a sacos/h, com magazine para sacos vazios de comprimento igual ou superior a 3 metros e alimentador de fardos Ex 002-Máquina para formar, colocar palito e embalar pirulitos com capacidade igual ou superior a 600 unidade/min Ex 003-Máquina automática computadorizada para formar, encher, embalar e encartuchar blister de alumínio com controlador lógico programável e capacidade igual ou superior a unidades por min Ex 004-Máquina automática de acondicionamento de disco compacto a laser e material gráfico em estojo plástico, com empilhador e mesa coletora Ex 005-Máquina automática de acondicionamento de fitas gravadas de vídeo cassete (VHS) e material gráfico em estojo plástico composto de módulo 1 e Ex 006-Máquina automática empacotadora de produtos em filme plástico, com sistema de atmosfera modificada e capacidade igual ou superior a 12 pacotes de 500 g/min Ex 008-Máquina automática para dosar e embalar queijo com capacidade igual ou superior a 150 porções/min., funil duplo vertical, sistema de aplicação de tircel, de rótulo, de agrupamento de porções e mesa transportadora rotativa Ex 009-Máquina automática para embalagem de café à vácuo puro em pacotes de 250 a 500 gr, com dosadores e com velocidade igual ou superior a 30 pacotes por min Ex 010-Máquina automática para embrulhar em filmes plásticos, pacotes de cartuchos de 3 ou mais unidades em formato de paralelepípedo em mesa coletora para discos compactos Ex 011-Máquina automática para encarteirar cigarros com velocidade igual ou superior a 550 carteiras/min Ex 012-Máquina automática para enfitar condensadores elétricos Ex 014-Máquina automática para formar, encher e formatar cartuchos de papel para enluvar fitas gravadas de vídeo cassete com velocidade igual ou superior a 120 ciclos/min Ex 015-Máquina automática, computadorizada, para formar, encher e embalar blisteres, com velocidade igual ou superior a 500 blisteres/min Ex 017-Máquina automática, para embalar tubos, de diâmetro igual ou superior a 12 mm e comprimento igual ou superior a 2 m, com controlador lógico Ex 019-Máquina para embrulhar pirulito bola, em sistema Bunch (torcida só de um lado do palito), com selado a quente e capacidade igual ou superior a 300 unidades/min Ex 020-Máquina empacotadora automática, para agrupar e embalar pacotes múltiplos em filme plástico termoencolhível, com sistema contínuo e capacidade igual ou superior a 15 pacotes por min Ex 021-Máquina empacotadora, com sistema de agrupamento em módulos multivariáveis de embalagens em cartão kraft para alimentos líquidos, com controlador lógico programável e capacidade acima de embalagens/h Ex 022-Máquina encartuchadora de lenços de papel, automática, com controlador lógico programável e capacidade igual ou superior a 150 cartuchos/min Ex 024-Máquina para embalagem automática de móveis com utilização de plás tico termo-retrátil com túnel de ar quente e leitura automática das dimensões das peças Ex 025-Máquina para embalagem automática de produtos em caixa de papelão com agrupamento e alimentação do produto em caixa, com controle lógico programável Ex 026-Máquina para embalar "pallets" em filmes plásticos, com capacidade igual ou superior a 40 "pallets"/h e controle lógico programável Ex 027-Máquina para embalar em caixas, sacos com até 50 Kg, com sensores de ultra-som para otimização do processo Ex 028-Máquina para embrulhar em filmes plásticos, pacotes de cartucho em formato paralelepípedo 9

12 Ex 030-Máquina para empacotar e paletizar resmas de papel de tamanho igual a mm x mm com controle lógico programável Ex 031-Máquina para formar, cortar e embrulhar, pelo processo torcido ou dobrado, balas, caramelos e goma de mascar, com capacidade igual ou superior a unidades/min Ex 033-Máquina seladora de filme plástico, com posicionador de latas, operação e segurança automatizados por PLC Ex 034-Máquina tipo Flow-Pack, para embalar lenços umedecidos; em diversos tipos e tamanhos de embalagem; com rotulagem automática ( por simples aplicação ); abertura automática de janela para a retirada dos lenços e com velocidade de até 100 pacotes/min Ex 036-Sistema integrado para enfardar celulose, com movimentador de fardos, mesa giratória, balança sequencial, prensa, encapadeira, amarradeira, identificador, empilhador e unitizador, capacidade igual ou superior a t/dia Ex 038-Unidade de embalamento automático de filtros de cigarros em bandejas de papelão ondulado, concebida com eletrônica de circuitos lógicos programáveis (PLC) Ex 039- Unidade integrada para confecção e embalagem de rolos de condutores elétricos com desenroladores de fios, contra-metros spark-tes, bobinador, aplicador de fita, etiquetador, extrator, acumulador de rolo, seladora, túnel de termo encolhimento e painéis elétricos Ex 040-Unidade integrada para embalagem e rotulagem de pilhas Ex 043- Unidade para formar, encher, embalar blisters de alumínio/alumínio, com encartuchadeira, velocidade máxima de 250 blisters/min, capacidade máxima de 270 cartuchos/min Ex 044 Linha automática para enformar e embalar meias com dobrador e ensaque Ex 045 Máquina automática e contínua para formar e selar blísteres, por alta freqüência (HF), com rotuladeira e produção igual ou superior a 13 ciclos/min Ex 046 Máquina automática para agrupar e embalar em filme plástico termo-encolhível, embalagens cartonadas, capacidade igual ou superior a 100 embalagens/min Ex 047 Máquina automática para embalar balas e caramelos, com agrupamento em forma de tubos, CLP e capacidade igual ou superior a 950 unidades/min Ex 048 Máquina automática para envelopamento em filme plástico termo-encolhível agrupados em pallets com até Kg, com capacidade de até 45 pallets/h Ex 049 Máquina automática tipo case packer para embalar absorventes higiênicos, com capacidade de operação igual ou superior a 80 ciclos/min Ex 050 Máquina automática termoformadora, com CLP, para formar, encher, embalar, pesar, etiquetar e encaixotar blísteres de alumínio/alumínio, com encartuchadeira, velocidade máxima de 400 blísteres/min de dimensão 86 x 34 mm e capacidade máxima de 250 cartuchos/min Ex 051 Máquina de empacotar, tipo case paker, cartuchos, em caixa de papelão, com ou sem unidade de rotação a 90º, dispositivo de colagem e/ou aplicação de fitas e velocidade igual ou superior a 2 caixas de papelão/min Ex 052 Máquina embaladora automática para painéis de madeira, com filme plástico, acionamento, controle, alimentação e descarga Ex 053 Máquina encartuchadeira para sabonetes, com capacidade igual ou superior a 350 cartuchos/min e controlador lógico programável Ex 054 Máquina para cintamento, automática, longitudinal e/ou transversal, com acionamento, controle, alimentação e d escarga Ex Máquina para cintagem de bobinas metálicas de até 35 t com diâmetro externo de até mm Ex Máquina para embalar fraldas ou absorventes descartáveis, com capacidade igual ou superior à 30 ciclos/min Ex Máquina para montar e selar caixas de papel cartonado, para embalagem de tub os de balas, com CLP e capacidade de produção de 16 caixas/min Ex 058 Unidade integrada para corte e embalamento de pão de forma, com capacidade igual ou superior a 50 pães/min, composta por: fatiadora, embaladora horizontal, esteira de ligação Ex Unidade integrada para empilhamento, corte e embalagem de queijos fundidos em fatias, com capacidade de produção máxima de Kg/h, composta por empilhadeiras, alimentadores e embaladora Ex Acumulador Buffers para armazenar tubos de balas, por um período de 5 min, com CLP.

13 Ex 001-Unidade integrada para dosagem de ingredientes alimentícios, por células de carga, com controle programável, sistema de transporte, de silagem e de filtragem Ex 001 Doseador contínuo para aditivos em pó/granulado, com capacidade máxima de 200 Kg/h e precisão de ±1% Ex 001-Controlador de gramatura com radiação gama Ex 001-Aparelho de controle para balança dosadora com display de plasma ou cristal líquido colorido e painel sensível ao toque "Touch Screen" Ex 001-Máquina automática para pintura em "spray" de solados sintéticos, em uma ou mais cores, em processo contínuo Ex 002-Máquina centrifuga envernizadora de matrizes e de discos compactos a laser com secagem por raios ultravioletas Ex 003-Máquina de pintura automática com duas ou mais posições pulverizadoras, quatro ou mais pistolas automáticas para molduras de portas, janelas e semelhantes Ex 005- Máquina para aplicação interna de verniz em embalagem repuxada em alumínio Ex 008-Unidade para pintura de móveis, robotizada, continua, com cabeçote eletrônico oscilante, pistolas comandadas por fotocélula, sistema de recuperação de vernizes e controlador de emissão de solventes e resíduos sólidos na atmosfera Ex 009 Estação automática de pintura robotizada para veículos, composta por reciprocadores laterais e de teto, cabeçotes eletrônicos oscilantes, pistolas eletrostáticas comandadas por fotocélula e controles eletrônicos, para aplicação de tintas automotivas Ex 010 Máquina automática para aplicar metal pulverizado em bobinas de condensadores elétricos Ex 001- Máquina de lavar peças metálicas, com pressão de água aquecida, bicos de lavagem dirigidos, comando programável, separador automático de resíduos Ex 002 Equipamento computadorizado para injeção de grafite, em banho metálico do forno, com controle de vazão e pressão Ex 001-Aparelho de pulverização de óleo mineral, para resfriamento de superfície de cilindro de laminador a frio, com válvulas e bicos Ex 002-Máquina projetora de massas refratárias, com P LC, com capacidade igual ou superior a 1,5m Ex 003-Máquina projetora de massas refratárias, por meio de lança, controle remoto via ondas de rádio, a diesel, alimentação elétrica de 110 volts Ex 001 Oscilador eletromecânico para chuveiros tubulares multi-bicos com velocidade igual ou superior a 2,50 mm/min Ex 001 Oscilador eletromecânico para velocidade igual ou inferior a 130 mm/min, para cargas contínuas de até 907 Kg Ex 002 Sistema automático de bombeamento e circulação de tintas, com controle de vazão, pressão e temperatura, para unidades automáticas de pinturas de veículos Ex 001-Guindaste auto-propulsor, computadorizado, tipo AT (qualquer terreno), sobre pneus, com lança telescópica, capacidade igual ou superior a 60 t, tração dianteira e traseira Ex 002 Guindaste sobre pneus, autopropulsor, computadorizado, com lança treliçada ou telescópica, capacidade igual ou superior a 23 t, 4 rodas direcionadas e capacidade de movimento tipo caranguejo Ex 001- Guindaste sobre esteira, com lança treliçada, computadorizada, com capacidade de içamento igual ou superior a 200 t Ex 002-Guindaste rodoferroviário, auto propulsor, multidirecional, lança com giro de 360 graus e capacidade igual ou superior a Kg Ex 001-Empilhadeira automática, para onduladeiras, com velocidade superior a 200 m/min Ex 001-Empilhadeira estática para fardos de celulose com capacidade igual ou superior a 220 fardos/h Ex 002-Máquina automática de base fixa para extração e deposição de couros em cavaletes, mesas ou pallets com empilhamento segundo o tipo de couro Ex 003- Transportador automático de materiais, acionado por motor elétrico de corrente contínua, com 3 ou 4 rodas, velocidade máxima de 5 Km/h e capacidade de carga de até Kg Ex 004 Equipamento de movimentação de sucata e/ou ferro gusa, com eletroimã e garra com capacidade máxima de Kg Ex 001- Guindaste florestal para manuseio de toras de pátio, com lança 11

14 12 telescópica, garra e capacidade de carga igual ou superior a Kg Ex 001-Colchão de ar para movimentação de carga, com capacidade maior ou igual a 200 t Ex 003-Máquina automática de formação de pacotes e empilhamento de chapas de fibras ou partículas de madeira, com rejeição de chapas defeituosas Ex 002-Sistema para estocagem intermediária de painéis de madeira, robotizada, com carro automático microprocessado de transporte, transferência e empilhamento Ex 003-Transportador para frascos plásticos, com paletizador, despaletizador, sistema de acumulação e de descontaminação, velocidade igual ou superiora 500 frascos por min. e controlador lógico programável Ex 001-Esteira transportadora para tabaco, com movimento direcional reversível acionado por moto-redutor, constituída de lona confeccionada com material de classe alimentícia, apoiada em loros e dotada de escova rotativa para auto-limpeza Ex 002- Transportador para perfis de alumínio com resfriador, esteira e correias de Kevlar, duplo puller, esticadeira, dispositivos de corte por serras circulares, empilhador, com comando integrado por PLC inteligente Ex 003-Transportador de tiras ou correias, automático, por sistema a ar, com regulagem de altura e capacidade igual ou superior a latas/min Ex Esteira em aço inoxidável, flexível, para túnel de congelamento de forma espiral Ex Transportador automático de correias para alimentação contínua de linha de empacotamento, com capacidade de unidades/h, com conjuntos alimentadores, servomotores e CLP Ex 006 Transportadora em aço inoxidável, para processo de resfriamento e escatiação de resina epóxi, com mm de comprimento, mm de largura e 1 mm de espessura Ex 001-Descarregador mecânico por corrente de arraste vertical, com capacidade de transporte igual ou superior a 300 t/h, baseado na densidade de 0,75 Kg/cm Ex 002 Transportador pendular de carroceria apoiada sobre skids para movimentação durante o processo de pré-tratamento (fosfatização/eletroforese) por imersão, incluindo mesas de elevação para carga e descarga, com controle computadorizado Ex 001-Transportador automático de ação contínua de rolos, para transferência de painéis de madeira, linear ou angular com variador de velocidade Ex 002 Dispositivo descarregador de silo, com acionamento elétrico ou hidráulico, roscas descarregadoras e acionamentos Ex 015- Transportador automático para movimentação de pilhas de papelão ondulado, na linha de fabricação de caixas Ex 001-Carregador automático de painéis ou placas para fabricação de circuitos impressos Ex 003-Máquina para remover latas caídas mediante sucção à vácuo, composto de transportador de entrada, transportador à vácuo e transportador de saída sincronizado, com velocidade igual ou superior a unidades/min Ex 004-Mesa dosadora e alimentadora de toras para descascamento, tipo placa deslizante com acionamento hidráulico e controle, para toras de comprimento igual ou superior a 4,5 m Ex 005-Paletizador automático para sacos com capacidade igual ou superior a sacos/h Ex 008- Sistema de transporte na linha de produção de latas de alumínio, com velocidade igual ou superior a latas/min, com controle lógico programável, transportadores de seção retangular fechada operando com controle de pressão, angulação, quantidade e velocidade, altura ajustável e largura de 12 a 60 polegadas, transportador/elevador a vácuo para mudança de nível e/ou inversão vertical das latas e sistema a vácuo de eliminação das latas defeituosas entre os transportadores Ex 009-Transportador de ação contínua, computadorizado, múltiplo de esteiras com largura de 4 ½ a 14, com derivações múltiplas e velocidades reajustáveis Ex 010-Transportador de alimentação sequencial no processo de polimento de telas de vidro, com mesa de posicionamento intermediária, cabeças com ventosa, carrinhos e painéis de controle e comando Ex 011-Transportador e armazenador de bobinas de papel para jornal, com sistema de elevação hidráulica Ex 012-Transportador e armazenador de bobinas, com sistema de elevação hidráulica Ex 013- Transportador linear de palletes para embalagens de vidro, com controlador lógico programável, sistema inteligente para posicionamento de saída da paletizadora, com capacidade igual ou superior a 20 pallets por hora e velocidade de deslocamento igual ou superior a 75 m/ min.

15 Ex 014-Transportador mecânico, a vácuo, com dispositivo de contagem e ensacamento de tampas, para embalagens metálicas Ex 015 Máquina extratora de cavacos ou cascas, com movimento de translação e rotação, tipo rosca cônica, apoio somente no centro do silo e extremidade em balanço para instalação em silos com diâmetro igual ou superior a 15 m Ex 016 Paletizador automático para sacos de 25 Kg de polipropileno, com capacidade de sacos/h, em pallets de até Kg, com 5 sacos por camada e até 11 camadas Ex 017 Paletizador automático para sacos, de capacidade igual ou superior a 300 sacos/h, com dispositivo de rejeição de sacos, magazine de pallets dispositivo formador de camadas e plataforma de operação Ex 018 Resfriador rotativo, de painéis de madeira, com transportadores de alimentação e descarga, com capacidade de resfriamento superior a 30 painéis, com acionamento e controle Ex 019 Rosca alim entadora de alta compressão para impregnação de cavaco com vapor Ex 020 Transportador de tiras móveis para descarga de silos Ex Esteira rolante para transporte de pessoas, com capacidade de até pessoas/h Ex 005 Manipulador de peças injetadas, com ciclo automático programável Ex Unidade integrada para descarga de vergalhão de aço, bitolas de 8 até 32 mm, para operação com altas velocidades de laminação (até 40m/s) em leito de resfriamento, com utilização em caneletas duplas com capacidade de 80 t/h Ex 006-Alimentador de preformas em forno de grafite, com garras de fixação, sistema para deslocamento vertical, monitoramento e velocidade igual ou superior a 0,2 mm/min Ex 007-Empilhadeira automática continua para conversão de chapas de papelão ondulado Ex 008-Empilhadeira eletro-hidráulica para caixas de papelão ondulado desmontadas, com controlador lógico programável Ex 009-Equipamento automático, para movimentação de mercadoria, constando de carga, descarga, transporte e armazenagem vertical de produtos, composto de transportadores e transelevadores, com capacidade de movimentação igual ou superior a 100 pallets /h, com sistema computadorizado de comando das operações Ex 010-Paletizador automático de vidro à granel, com capacidade igual ou superior a 450 unidades/min., e controlador lógico programável Ex 011-Posicionador hidráulico para bobina de alumínio, com rotação de 180 graus e capacidade igual ou superior a 10 t Ex 012-Sistema de manuseio, embalamento, pesagem, paletização e plastificação de bobinas, para movimentação de no mínimo 75 bobinas/h Ex 013-Transportador e posicionador para bobinas de filme plástico, com capacidade igual ou superior a 1 t Ex 014 Sistema automatizado de recepção, movimentação, estocagem e gerenciamento para barras de latão em cassetes, com capacidade de estocagem de 770 t de barras de até 4 m de comprimento, composto de: dispositivo de transferência longitudinal, cassetes para estocagem e estrutura de estocagem de cassetes, elevador de cassetes, estação de carga e descarga do material com painel de controle Ex 015 Sistema microprocessado para automação da carga e descarga do processo de revestimento das placas de fibra ou partícula de madeira, com transportadores de rolos de discos e de correias, estações de escovamento, passadora de cola, secagem, lim peza, inspeção e classificação de chapas, dispositivo de alimentação a vácuo e refilo, com velocidade igual ou superior a 20 m/min e largura igual ou superior a m Ex 001-Motoniveladora, rebaixada e articulada, para operar em mina subterrânea, com filtro oxicatalizador Ex 002-Carregadeira sobre pneus, chassis não articulado, com direção acionada por Joystik, rotação da máquina em torno do seu próprio eixo, direção e transmissão hidráulicas e motor de potência no volante de até 58 HP Ex 001 Pá carregadeira sobre rodas, com chassis articulado e potência no volante igual ou superior a 399 HP Ex 001-Escavadora hidráulica com potência igual ou superior a 650 HP, peso operacional igual ou superior a 95 t Ex 002- Grua florestal, com alcance mínimo de 7,6 m, capacidade de carga superior a Kg no alcance de 7,6 m e sistema hidráulico Ex 004- Mini escavadeira hidráulica sobre esteiras de borracha, potência no volante de até 54 HP e peso de operação de até Kg.

16 Ex 001-Máquina para perfuração, contínua, com cabeça de corte tipo rotor de braços e capacidade igual ou superior a 400 t/h Ex 002-Valetadeira com roda escavadora e potência do motor igual ou superior a 120 HP Ex 001-Máquina de perfuração de rochas, autopropulsora, com perfuratriz rotopercussiva Ex 002-Máquina de perfuração sobre pneus ou esteiras, com diâmetro igual ou superior a 200mm e volume de ar igual ou superior a cm 3 /min Ex 003-Perfuratriz sobre pneus ou esteiras para minas subterrâneas com martelo de fundo e lança giratória com giro de 360 graus Ex 004-Valetadeira contínua, com sistema direcional nos eixos, tração 4 x 4, potência nominal do motor igual ou superior a 37 HP, transmissão hidrostática e equipada com lâmina frontal de 6 posições Ex 001-Escavador com martelo hidráulico e lança telescópia de altura igual ou superior a 7,0 m e martelo rompedor hidráulico com energia igual ou superior a 500 joules Ex Eixo diferencial rígido para empilhadeiras e guindastes de peso bruto igual ou superior a kg Ex 001-Fita transportadora em aço carbono ou aço inoxidável, perfurada para processo de lavagem de polpa de celulose Ex 001-Acelerador (Intensiflers) de percursor para coluna de perfuração de poço de petróleo, com diâmetro externo entre 4 e ¾ de polegadas e 7 e ¾ de polegadas Ex 002-Batedor de Telescópico (Bumper Subs) para coluna de perfuração de poço de petróleo, com diâmetro externo entre ¾ de polegada e 6 e ¼ de polegada Ex 003-Cabeça de Distribuição do fluido em teste de formação de poço de petróleo Ex 004-Equipamento hidráulico para conexão e desconexão de tubos, em sondas de perfuração e/ou produção de petróleo Ex 005-Percurssor Telescópico (Jars) hidráulicos ou mecânicos, com diâmetro externo entre 3 e 7/8 de polegadas e 7 e ¾ de polegada, para coluna perfuração de poço e petróleo Ex 001 Roda de aço com dimensões de 17 x25 x1,7, tipo três peças, pra pneus 20,5 x 25, Ex Cabine de comando para escavadeira Ex Roda guia para o sistema de translação de escavadores de esteira Ex Cortador de sementes para milho, tipo dedos captadores Ex 002 Distribuidor de sementes para soja ou sorgo, tipo copos alimentadores Ex 002-Máquina para colheita de algodão Ex 003 Colhetadeira automotriz para milho em espiga, com plataforma de 9 linhas e sistema específico para colheita de semente de milho Ex 001-Máquina automática para limpar, selecionar e quebrar ovos com capacidade igual ou superior a ovos/h Ex 002-Máquina classificadora e/ou empacotadora de ovos Ex 004-Unidade integrada para classificação com pesagem eletrônica, lavagem e empacotamento de ovos com capacidade igual ou superior a ovos/h Ex Cabeçote de corte, desgalhe e recorte de toras de madeira Ex Ejetora de fardos para enfardadeiras, com dimensão igual ou superior a 30cm x 40cm x 90cm e até 2 velocidades Ex 001 Equipamento para padronização do teor de gordura de leite e creme de leite, com sensores de densidade, medidores de vazão, misturadores, válvulas de pressão, painel de controle e capacidade igual ou superior a l/h Ex 001-Máquina de molde variável de ângulo inclinável para produção de queijo, com quadro de controle Ex 002-Moinho extrusor para alimentos, com dispositivo condutor, chapa extrusora, porta descarga, interruptor de segurança e painel de controle Ex 003 Máquina para retirar embalagem, de queijos pré-cortados em porções ou em fatias, com capacidade de 800 a Kg/h. 14

17 Ex 004 Unidade integrada para produção de queijos fundidos, de capacidade máxima de Kg/h, com esteira pesadora em aço inoxidável, esteira com detector de metal inclinada a 16, moedor automático, esteira inclinada articulada a 22, dois misturadores paralelos com capacidade de Kg e Kg, dois tanques de armazenagem com volume total de litros e litros, sistema de pré-aquecimento com injeção de vapor do processo de esterilização UHT, silo de segurança cilíndrico, dois sistemas de esterilização UHT (cooker contínuo) com capacidade máxima de Kg/h e Kg/h, tanque cilíndrico para cremagem, plataforma para acesso e limpeza, painel de controle e comando das linhas, tubulação para abastecer automaticamente as máquinas embaladoras, filtros para queijo e funil móvel sobre rodas para dosagem de matérias -primas em pó Ex Fôrma para fabricação de queijo, microperfurada, de material sintético, retangular de tamanho igual ou superior a 500 x 300 mm Ex Sistema automatizado de alimentação líquida e arraçoamento, transporte de alimentos através de tubos com recipiente para pesagem, preparo e transporte da ração com reservatório para ingredientes Ex 001-Máquina para cortar e cauterizar bicos e unhas de aves com controle de pé Ex 001-Alimentador automático de ração para aves poedeiras em gaiolas com silo de armazenamento, arraçoamento e transporte por roscas sem fim e temporizador programável Ex 002-Máquina automática coletadora de ovos em gaiolas, com controle lógico programável, cinta e canal de coleta, transferidor e conversor de ovos Ex 003- Unidade integrada para coletas de ovos, com gaiolas, comedouros, bebedouros, contador de ovos, esteira transportadora de ovos e de esterco, com ou sem depósito de ração, distribuidor de alimentos e painel de controle Ex 004- Trator florestal tipo Harvester, sobre esteiras ou articulado sobre pneus, com transmissão hidrostática, potência igual ou superior a 110 HP e tração igual ou superior a 4 x 4, sem plataforma de carga, com grua florestal, com cabeçote processador para corte, desgalhe e recorte de toras Ex 001-Classificador oscilante com 7 (sete ) ou mais níveis de peneiras, no mínimo 4 classes de sub-produtos, capacidade máxima de 10 t/h para arroz beneficiado Ex 002-Máquina para seleção eletrônica de grãos de arroz, com 80 ou mais canais, sensor e capacidade igual ou superior a Kg/h Ex 001-Máquina automática para extrusão cilíndrica dupla de alimentos recheados com dispositivo mecânico para adaptação de acessórios de conformação final dos produtos Ex 002-Máquina automática para fabricação e congelamento de pães pelo processo proof and bake, com sistema integrado de transporte, por bandeijas ou formas e controlador lógico programável, com capacidade de produção igual ou superior a 125 pães/min Ex 003- Unidade integrada para fabricação de massas instantâneas e secas composta de misturadores alimentares, laminador duplo, laminadores contínuos sincronizados, máquina de dobra e divisão de massas, trocador de calor, empacotadeira e túneis de esteira, inspeção e resfriamento Ex 001 Unidade integrada para fabricação de balas e caramelos, com capacidade igual ou superior a Kg/h, composta por: máquina bastonadora, trefiladora, estampadora, resfriadora, bomba de recheio e painel de controle Ex Unidade integrada para fabricação de balas e caramelos, com capacidade de produção superior a Kg/h, com bastonadora, formatadora e resfriadora Ex 001-Concha a seco para produção de 7,5 t ou mais, por batelada, de massa de chocolate ou recheio líquidos para as fases secas e líquida, com dois trocadores de calor de superfície, quadro eletrônico de comando, microprocessado, com display Ex Unidade integrada automatizada e supervisionada por sistema microprocessado para controle de receitas, por pesagem, mistura, cozimento contínuo e temperagem para processar balas e caramelos, com controlador lógico programável e capacidade superior a Kg/h Ex 003 Unidade integrada para fabricação de balas de (quatro) formatos e tamanhos, com capacidade de produção igual ou superior a Kg/h, composta por: extrusora de cordão listrado, tubo móvel carregador e esteira transportadora Ex 004 Unidade integrada para fabricar pirulitos com e sem recheio líquido e chiclete, composta de: máquina extrusora bastonadora, trefiladora, estampadora e resfriadora, com painel de controle com sincronizador de processo, com capacidade de unidades/min, com bomba de recheio Ex Unidade integrada para preparação e alimentação de massa de açúcar, com capacidade igual ou superior a 550 Kg/h, com bastonadora, trefiladora e painel de controle Ex 001-Silo de maturação de açucar branco, com capacidade igual ou superior a t, em aço inox e anti-corrossivo, parede dupla, sistemas de ventilação, de condicionamento, de reciclagem, de exaustão, de filtragem de ar, calefação e controle lógico programável. 15

18 Ex 001-Máquina para fatiar produtos cárnios e queijos com verificador automático de peso e controlador lógico programável Ex 002-Máquina formadora de hamburguers, com elevador, placa moldadora, esteira transportadora, capacidade igual ou superior a Kg/h Ex 003 Câmara de pré-vácuo, para extração de ar e oclusão da massa de carne, com capacidade de produção de até 900 Kg/h Ex 004 Máquina injetora de salmoura em carne, a alta pressão com 20 agulhas Ex 002-Máquina para produção de bebida à quente, por processo contínuo, compreendendo unidade de estação, mistura e esterilização, com capacidade de produção igual ou superior a 300 l/min Ex 001-Mesa receptora de toras com capacidade igual ou superior a 270 m 3 sólidos/h Ex 001- Sistema de cozimento de cavacos para produção de celulose tipo Kraft para capacidade igual ou superior a t de celulose/dia, composto por sistema de alimentação de cavacos, formado por unidade de pré-aquecimento e descarregamento de cavacos, alimentadores de cavacos e separadores de topo do digestor e do impregnador, equipamentos de extração, aquecimento e rescirculação de licor de cozimento e unidade de descarga de polpa do impregnador e digestor Ex 001-Desfibradora auto-pressurizada para a produção de fibras, a partir de cavacos de madeira, com roscas cônicas de alimentação e descarga, pré-aquecedor digestor, válvula bi-direcional, acionamento e controle, com diâmetro de discos maior ou igual a mm e pressão de projeto maior que 12 Kg/cm Ex 003-Mesa de secagem de celulose, com dupla tela e trens de prensa, com secagem de polpa de 53%, ou mais, capacidade igual ou superior a t de celulose/dia Ex 004- Secador de celulose em folha do tipo air dry, com capacidade igual ou superior a t de celulose/dia, potencial de desidratação de 49% a 90% ou mais Ex 002- Prensa lavadora para massa de celulose com capacidade superior a 1500 t/dia Ex 003- Sistema de lavagem e branqueamento de pasta de celulose obtida pelo processo Kraft de polpação química, por processo de difusão, atmosférico ou pressurizado, para capacidade igual ou superior a 800 t de celulose/dia, composto por placas de peneiramento e sistema de movimentação da peneira Ex 004- Sistema de depuração por peneiramento pressurizado em múltiplos estágios, com peneiras de cestos com orifícios de 0,15 a 1,0 mm, com recuperação de fibras da fração rejeitada e engrossamento do aceite para pasta de celulose obtido pelo processo Kraft de polpação química Ex 002-Máquina aplicadora de cola para onduladeira Ex 002 Impregnadora de resinas em papéis decorativos, utilizados na produção de chapas de fibra ou partícula de madeira revestidas, com desbobinadeira, câmaras de secagem, rolos impregnadores, refilo e rebobinadeira, com largura igual ou superior a mm Ex 001-Cabeçote ondulador, com sistema de troca de cilindros e velocidade igual ou superior a 250m/min Ex 001-Aplicador de silicone sem solvente com baixo peso de aplicação de 0,7 g/m 2 a 1,1g/m 2 sobre papel com largu ra de 600 mm a mm, velocidade de até 300 m/min., composto de 5 cilindros de aço, sendo 2 revestidos com cromoduro, 2 com borracha e 1 com plasma especial Ex 002-Máquina rotativa para acabamento de chapas de papelão ondulado com facão de corte transversal dúplex Ex 003 Estação modular para aplicação de camada de silicone sem solvente sobre filme plástico ou papel, com largura máxima de mm, com velocidade de até 450 m/min Ex Máquina para envernizar folhas de papel com formato igual ou superior a 28 x 46 cm, com secagem por ultravioleta em linha, sistema de reserva de entrada e saída, com capacidade igual ou superior a folhas/h Ex 001- Conjunto de componentes para sistema de branqueamento de polpa de celulose com ClO2, para capacidade igual ou superior a t de celulose/dia, composto por dispositivo de alimentação de fundo e de descarga de topo das torres de branqueamento, bombas de polpa a média consistência, misturadores de reagentes químicos e prensas lavadoras Ex 001-Camisa para rolo de sucção de máquina de fabricação de papel e celulose Ex Controlador de umidade com chuveiro de vapor ou água e controle lógico programável Ex 001-Linha automática para grampeação e corte trilateral de revistas e livros, com ou sem dobra e com ou sem alceamento Ex 002-Máquina automática para fabricação de caderno tipo brochura, a partir de papel em bobinas, com unidade de pautar, cortar, intercalar, grampear, vincar, guilhotinar e velocidade igual ou superior a 300 m/min.

19 Ex 003-Máquina automática para fabricação de cartilhas e/ou cadernos espiralados e/ou duplo arremate "coil loop" Ex 004-Máquina automática para fabricação de livros de capa dura, composta por elementos de alimentação do miolo do livro, colagem, colocação de gaze, arredondamento da lombada e corte trilateral, alimentação da capa dura e colocação e colagem de miolo Ex 005-Unidade integrada modular de encadernação para lombada quadrada, com operação de alceamento, encadernação e corte trilateral, integradas e acopladas, com velocidade igual ou superior a exemplares Ex 001- Cortadeira transversal pneum ática para papel, com lâmina circular Ex 002-Cortadeira automática de rótulos e etiquetas, por troquelagem, com unidade de transporte, de encintagem, de separação e de contagem de pacote Ex 003-Cortadeira para papel, com corte longitudinal e transversal, com sistema de empilhamento de resmas, empacotamento, encaixotamento de resmas, velocidade igual ou superior a 260 m/min, sistema de acionamento e controlador lógico programável Ex 004- Cortadeira para papel ou papelão, com corte sincronizado, com ou sem desenroladeira, troca automática de pilha e controlador lógico programável Ex 006- Cortadeira transversal simplex de corte sincronizado para folhas de papel, cartão ou celulose, alimentador por bobinas ou folhas de papelão ondulado com empilhamento opcional Ex 007-Cortadeira-rebobinadeira automática, com torre giratória, programador eletrônico, mesa de emenda à vácuo e velocidade igual ou superior a 500 m/min Ex 008- Máquina automática para cortar e rebobinar rolos de fitas auto-adesivas de papel ou filme, com torre giratória, programador eletrônico, unidade de alimentação de arruelas, unidade de descarga de rolos, unidade acumuladora e orientadora de rolos, e velocidade igual ou superior a 500 m/min Ex 009- Máquina automática para cortar, rebobinar e empacotar rolos de fitas auto-adesivas de papel ou filme, com torre giratória, programador eletrônico, unidade de descarga de rolos, unidade de alimentação de arruelas, unidade de empacotamento e velocidade igual ou superior a 500 m/min Ex Cortadeira rebobinadeira automática para rolos de fita adesiva com diâmetro entre 90 e 310 mm e velocidade igual ou superior a 500 m/min Ex Máquina automática para cortar e rebobinar rolos de fitas adesivas de papel ou filme, com torre giratória, programador eletrônico, unidade de alimentação de arruelas, unidade de descarga de rolos, unidade de empacotamento e velocidade igual ou superior a 500 m/min Ex Máquina cortadeira para celulose, formadora de folhas, destinadas à formação de fardos, com capacidade igual ou superior a 850 t/dia Ex 002-Máquina rotativa para fabricação de envelopes e envelopes saco, alimentada por bobinas ou folhas soltas e com sistemas de colagem e impressão flexográfica Ex 001- Máquina automática para formar bandejas ou caixas previamente cortadas e vincadas com aplicação de cola térmica, e velocidade variável mínima de 30 caixas/min Ex 002-Máquina automática formadora de caixas duras de papelão, encapadas com papel, dimensões máxima da caixa 610x405x50 mm, com dimensões mínimas 130x50x15 mm, constituída de 4 unidades sendo: uma formadora de caixa (quad stayer), uma coladeira para sobre-tampas, uma posicionadora de caixas formadas sobre as sobre-tampas e uma unidade de acabamento de caixa (wrapper), sincronizadas e automáticas, operando a velocidade de até 34 caixas/min Ex Máquina automática para formar caixas de papelão, previamente cortadas e vincadas, com velocidade mínima de 20 caixas/min Ex 001-Máquina para cortar e vincar longitudinalmente papelão ondulado, com ajuste e pré-ajuste e posicionamento automático de facas e vincos Ex 002-Máquina para emenda de papel na fabricação de chapas de papelão ondulado, com velocidade igual ou superior a 200 rpm Ex Plissadeira alternativa de facas, com altura de dobras regulável de 5 a 50 mm e velocidade máxima de 100 dobras/min Ex 001-Conjunto integrado para fabricação de filmes fotográficos, com controlador lógico programável, painel, unidade alimentadora, perfuração, impressão de imagem latente, corte, inserção e rebobinamento no carretel, moldagem de magazine, recravamento de arruelas, seleção, acondicionamento e fechamento em frasco plástico Ex 002-Máquina automática para conversão de guardanapos de 18 x 18 cm até 50 x 50 cm, ponto a ponto ou não Ex 003-Máquina automática para conversão de lenços de papel com desenrolagem igual ou inferior a 110 mm x 54 mm.

20 Ex 004-Máquina automática para perfurar, codificar e imprimir código de barras e rebobinar filmes fotográficos Ex 006-Máquina de corte-e-vinco plano para cartão ou papelão ondulado, com alimentação automática, dispositivo auxiliar de ajuste de estampo, com uma estação de destaque, empilhador automático e formato máximo de corte inferior ou igual a 100 x 70 cm ou superior a 105 x 75 cm Ex 007-Máquina de corte-e-vinco plano para cartão ou papelão ondulado, com alimentação automática, dispositivo auxiliar de ajuste de estampo com duas ou mais estações de destaque e empilhador automático Ex 008- Máquina de embalar bobinas de papel, com sistema de medição das dimensões físicas da bobina, embalagem, plissagem, pesagem, etiquetagem, com desenrolador embalando em espiral, controle automático do processo e sistema supervisório Ex 009-Máquina interfolhadora para lenços faciais com desenrolador para duas bobinas de diâmetro 1150 mm e 432 mm de largura, para lenço de 215 mm, e bobina de largura 216 mm para lenço de 144 mm, completa, com sistema de vácuo, motor e controle Ex 010-Máquina para cortar em formato lingueta, perfurar código, inserir e rebobinar no carretel filmes fotográficos Ex Máquina automática para fabricação de toalhas de papel interfolhadas, com gravação em relevo, desbobinadeira e painel de controle Ex 001- Suporte de bobinas múltiplo, para alimentação rápida de máquinas cortadeiras transversais e/ou onduladeiras, com até 4 bobinas e velocidade igual ou superior a 380 m/min Ex 001-Máquina de compor por processo fotográfico, off-set, roto gravura e semelhante, com aparelho para separação de cores por sistema de composição de imagem de sinais elétricos, processamento de sinais e recomposição de imagem Ex 002- Máquina para confecção de fotolitos ou matrizes ou chapas e/ou provas de impressão offset, rotogravura, flexografia, e demais processos de impressão gráfica, por processo digital, ou jato de tinta, ou transferência eletrostática ou sublimação de corantes, com ou sem controlador lógico programável Ex 001- Aparelho processador de placas fotopolimerizáveis, com sistema de prélavagem, disposição ultravioleta e secagem de placas de impressão de tinta em lata de alumínio Ex 002-Máquina Fotorepetidora para chapas off -set para formato máximo de x mm Ex 003- Máquina ou linha automática para processamento de filmes com largura igual ou superior a 80 cm, ou de matrizes flexográficas ou de rotogravura Ex 001-Máquina de impressão rotativa offset, alimentada por bobina, com ou sem secador, com uma ou mais unidades de impressão, acopladas ou não a um ou mais sistemas de acabamento gráfico integrados em linha Ex 002-Máquina de impressão rotativa off -set, alimentada por bobina, com uma ou mais unidades de impressoras, composta por dois cilindros porta-chapas e dois cilindros porta-blanqueta por unidade impressora, para impressão frente e verso simultânea, blanqueta contra blanqueta, com saída de materiais impresso s em vários tamanhos possíveis, para impressão de livros, revistas, jornais e periódicos Ex 003-Máquina de impressão rotativa off -set, alimentada por bobina, com uma ou mais unidades de impressão e uma ou mais dobradeiras, para impressão de jornais em formato standard ou tablóide Ex 002-Máquina de impressão off-set rotativa, alimentada por folhas, de duas ou mais cores, para papéis de formato igual ou inferior a 66 x 51 cm Ex 004-Máquina de impressão rotativa off -set, alimentada por folha, para a impressão exclusivamente no sistema off-set no mínimo duas cores para imprimir papel de formato máximo igual ou inferior a 390 x 520 mm Ex 005-Máquina impressora off-set digital, com ou sem controlador lógico programável para impressão de dados variáveis Ex 006-Máquina impressora rotativa off-set alimentada por folhas de formato máximo de papel igual ou superior a 510 x 710 mm, com ou sem sistema de molhagem e acoplada ou não a sistema de secagem e/ou unidade de envernizamento integrado em linha Ex 006 Máquina de impressão, flexográfica, rotativa, para cerâmicas planas Ex 001-Máquina de impressão de corte e vinco para papelão ondulado com velocidade s uperior a chapas/h Ex 002- Máquina de impressão flexográfica cortadeira, dobradeira, coladeira para papelão ondulado, com velocidade máxima igual ou superior a chapas/h. 18

Depuração das aguas residuais provenientes da plantas de tratamento das superficies. Gianfranco Verona

Depuração das aguas residuais provenientes da plantas de tratamento das superficies. Gianfranco Verona Depuração das aguas residuais provenientes da plantas de tratamento das superficies Gianfranco Verona DESCARTE ZERO NUMA CABINE DE PINTURA SKIMMERFLOT Para o tratamento e a reutilização de águas provenientes

Leia mais

2) REATOR / BATEDEIRA / HOMOGENIZADOR 1) TANQUE DE INOX 3) REATOR / BATEDEIRA/ HOMOGENIZADOR 4) REATOR / BATEDEIRA / HOMOGENIZADOR 6) FUSOR 5) REATOR

2) REATOR / BATEDEIRA / HOMOGENIZADOR 1) TANQUE DE INOX 3) REATOR / BATEDEIRA/ HOMOGENIZADOR 4) REATOR / BATEDEIRA / HOMOGENIZADOR 6) FUSOR 5) REATOR 1) TANQUE DE INOX Agitação lateral por hélice naval. Variação de velocidade eletrônica. Saída do produto por válvula, na parte inferior. 2) REATOR / BATEDEIRA / HOMOGENIZADOR Estrutura de aço SAE 1.020,

Leia mais

Velocidade da oscilação. Comprimento do chassi Bitola da esteira Número de roletes. Esteira Lubrificada com graxa

Velocidade da oscilação. Comprimento do chassi Bitola da esteira Número de roletes. Esteira Lubrificada com graxa CX75SR MIDIESCAVADEIRA MOTOR Modelo Tipo Cilindros Isuzu AU-4LE2X 4 tempos, turboalimentado Intercooler 4 cilindros em linha Deslocamento 2,2 L (2.189 m 3 ) Diâmetro/Curso 85 x 96 mm Injeção de combustível

Leia mais

RZR-900-CVA BOMBA DE ENGRENAGENS INTERNAS MODELO: Especificações: ICX-CVA/2013-0. Deslocamento por Rotação: 18 cm3

RZR-900-CVA BOMBA DE ENGRENAGENS INTERNAS MODELO: Especificações: ICX-CVA/2013-0. Deslocamento por Rotação: 18 cm3 BOMBA DE ENGRENAGENS INTERNAS MODELO: RZR-9-CVA Especificações: Deslocamento por Rotação: 18 cm3 Capacidade: l/h até 1.8 l/h (8 l/min até 3 l/min) Pressão Admissível na Sucção:, Kgf/cm2 (ABS) até 1 Kgf/cm2

Leia mais

CONJUNTOS DE FACAS DE AR WINDJET

CONJUNTOS DE FACAS DE AR WINDJET CONJUNTOS DE FACAS WINDJET CONJUNTO DE FACAS WINDJET SOPRADORES CONJUNTOS DE FACAS WINDJET SUMÁRIO Página Visão geral dos pacotes de facas de ar Windjet 4 Soprador Regenerativo 4 Facas de ar Windjet 4

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 20, DE 22 DE AGOSTO DE 2002.

RESOLUÇÃO Nº 20, DE 22 DE AGOSTO DE 2002. RESOLUÇÃO Nº 20, DE 22 DE AGOSTO DE 2002. O PRESIDENTE DA CÂMARA DE COMÉRCIO EXTERIOR, no exercício da atribuição que lhe confere o 3 o do art. 6 o do Decreto n o 3.981, de 24 de outubro de 2001, e tendo

Leia mais

Concurso Público para Cargos Técnico-Administrativos em Educação UNIFEI 13/06/2010

Concurso Público para Cargos Técnico-Administrativos em Educação UNIFEI 13/06/2010 Questão 21 Conhecimentos Específicos - Técnico em Mecânica A respeito das bombas centrífugas é correto afirmar: A. A vazão é praticamente constante, independentemente da pressão de recalque. B. Quanto

Leia mais

Evaporadores. Ciclo de refrigeração

Evaporadores. Ciclo de refrigeração Evaporadores Ciclo de refrigeração Evaporadores Função Extrair calor do meio a ser resfriado (ar, água ou outra substância). Processo Mudança de estado do gás refrigerante, da fase líquida para a fase

Leia mais

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Módulo IV Aula 01 Bombas São máquinas acionadas que recebem energia mecânica de uma fonte motora (máquina acionadora) e a transformam em energia cinética (movimento),

Leia mais

Inovação e qualidade em sistemas de filtração

Inovação e qualidade em sistemas de filtração Inovação e qualidade em sistemas de filtração A Vemag é uma empresa que atua com filtração e bombeamento de fluidos, em diversas áreas de aplicações. Através de uma equipe de técnicos capacitados, oferece

Leia mais

5ª aula Composição do Circuito Pneumático e Atuadores

5ª aula Composição do Circuito Pneumático e Atuadores 5ª aula Composição do Circuito Pneumático e Atuadores 1 1) Elementos de trabalho são os executores das tarefas automatizadas. Cabe aos elementos de trabalho executar as tarefas que o circuito lógico determinar.

Leia mais

Como mostra a tabela abaixo, quanto mais frio o ar, menor será o conteúdo de água, sob a forma de vapor.

Como mostra a tabela abaixo, quanto mais frio o ar, menor será o conteúdo de água, sob a forma de vapor. O AR ATMOSFÉRICO 1 - Composição O ar puro e seco é incolor, sem gosto e sem cheiro. É formado por uma mistura de gases na seguinte proporção (aproximada) Nitrogênio = 78 % Oxigênio = 21 % Outros gases

Leia mais

sapatas de 500mm sapatas de 600mm sapatas de 700mm sapatas de 800mm

sapatas de 500mm sapatas de 600mm sapatas de 700mm sapatas de 800mm sapatas de 500mm sapatas de 600mm sapatas de 700mm sapatas de 800mm Válvula de controle combinados a Válvula de Alívio Lança/Braço/ Freio hidrostático, Redução planetária. 12.9rpm. Grande diâmetro Acionado

Leia mais

COMPRESSORES, SOPRADORES E VENTILADORES COMPRESSORES CENTRÍFUGOS (NORMA API 617)

COMPRESSORES, SOPRADORES E VENTILADORES COMPRESSORES CENTRÍFUGOS (NORMA API 617) COMPRESSORES, SOPRADORES E VENTILADORES FAIXAS MAIS USADAS ÁRA SELEÇÃO DOS COMPRESSORES. CENTRÍFUGOS: ENTRE 2.000 E 200.000 FT 3 /MIN (CFM) PRESSÃO ATÉ 5.000 PSIG ALTERNATIVOS: ATÉ 16.000 CFM PRESSÃO ATÉ

Leia mais

04/05/2012 TROCADORES DE CALOR

04/05/2012 TROCADORES DE CALOR TROCADORES DE CALOR Trocador ou permutador de calor é um equipamento utilizado para aquecer, resfriar, vaporizar ou condensar fluídos de acordo com as necessidades do processo, utilizando-se uma parede

Leia mais

Customers. The core of our innovation. Alimentação & Transporte Secagem. Dosagem Controle de Temperatura Refrigeração Granulação

Customers. The core of our innovation. Alimentação & Transporte Secagem. Dosagem Controle de Temperatura Refrigeração Granulação PT Customers. The core of our innovation Alimentação & Transporte Secagem Dosagem Controle de Temperatura Refrigeração Granulação Secadores com Torres Dessecantes O ar seco é gerado em uma torre de peneira

Leia mais

Conjunto gerador de hipoclorito de sódio

Conjunto gerador de hipoclorito de sódio Conjunto gerador de hipoclorito de sódio Modelo Clorotec 150 Manual de Operação e Instalação ISO 9001:2008 FM 601984 (BSI) Caro Cliente, Obrigado por escolher à Difiltro! Neste Manual você encontrará todas

Leia mais

ENSAIOS NÃO DESTRUTIVOS - END Ensaios realizados em materiais, acabados ou semi acabados, para verificar a existência ou não de descontinuidades ou defeitos, através de princípios físicos definidos, sem

Leia mais

EQUIPAMENTO ESTERILIZADOR - Autoclave Horizontal - Especificação Técnica

EQUIPAMENTO ESTERILIZADOR - Autoclave Horizontal - Especificação Técnica EQUIPAMENTO ESTERILIZADOR - Autoclave Horizontal - Especificação Técnica Descrição Geral: Equipamento esterilizador horizontal automático para esterilização por vapor saturado de alta temperatura com duas

Leia mais

Soluções em Equipamentos Industriais

Soluções em Equipamentos Industriais Soluções em Equipamentos Industriais QUEM SOMOS Com atuação a nível nacional e internacional, a Jemp Equipamentos é a maior empresa brasileira na área de equipamentos industriais, acumulando uma experiência

Leia mais

EQUIPAMENTOS ROTATIVOS

EQUIPAMENTOS ROTATIVOS 1 INTRODUÇÃO EQUIPAMENTOS ROTATIVOS O objetivo da presente apostila é prestar informações mínimas, a nível técnico, sobre os principais equipamentos rotativos utilizados na indústria de petróleo e petroquímica.

Leia mais

TANQUES DE ARMAZENAMENTO E AQUECIMENTO DE ASFALTO E COMBUSTÍVEL

TANQUES DE ARMAZENAMENTO E AQUECIMENTO DE ASFALTO E COMBUSTÍVEL TANQUES DE ARMAZENAMENTO E AQUECIMENTO DE ASFALTO E COMBUSTÍVEL TANQUES DE ARMAZENAMENTO E AQUECIMENTO DE ASFALTO E COMBUSTÍVEL A ampla linha de tanques de armazenamento e aquecimento de asfalto da Terex

Leia mais

Descrever o princípio de funcionamento dos motores Ciclo Otto Identificar os componentes básicos do motor.

Descrever o princípio de funcionamento dos motores Ciclo Otto Identificar os componentes básicos do motor. Objetivos Descrever o princípio de funcionamento dos motores Ciclo Otto Identificar os componentes básicos do motor. Descrição Neste módulo são abordados os princípios de funcionamento do motor Ciclo Otto,

Leia mais

Desde 1966, comprometendo-se com o cliente.

Desde 1966, comprometendo-se com o cliente. Desde 1966, comprometendo-se com o cliente. Empresa certificada ISO 9001:2008 Há mais de 40 anos investindo em tecnologias que garantem um alto padrão de qualidade, a Theodosio Randon atua nos mercados

Leia mais

NCM DESCRIÇÃO PUBLICADA VIGÊNCIA TIPO

NCM DESCRIÇÃO PUBLICADA VIGÊNCIA TIPO NCM DESCRIÇÃO PUBLICADA VIGÊNCIA TIPO 7309.00.90 7309.00.90 7309.00.90 Ex 007 Tanques circulares fabricados em chapas de aço carbono vitrificado, para tratamento de resíduos industriais, armazenamento

Leia mais

VEMAQ 10-1 - CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS 1.1 - APRESENTAÇÃO

VEMAQ 10-1 - CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS 1.1 - APRESENTAÇÃO Equipamento: COLETOR COMPACTADOR DE LIXO 10 m³ Modelo : CCL-10 Aplicação: Coleta de resíduos domésticos e/ou industriais,selecionados ou não Fabricante: VEMAQ - Indústria Mecânica de Máquinas Ltda 1 -

Leia mais

LONA DE FREIO PEÇAS ESPECIAIS

LONA DE FREIO PEÇAS ESPECIAIS GAXETAS SECAS MANTA E TECIDO DE FIBRA CERÂMICA GAXETAS IMPREGNADAS FITAS CORTIÇA J U N T A E S P I R A L A D A FELTRO J U N T A D E V E D A Ç Ã O PAPELÃO HIDRAÚLICO F I T A P A T E N T E T E F L O N JUNTA

Leia mais

CAMEX - Câmara de Comércio Exterior

CAMEX - Câmara de Comércio Exterior CAMEX - Legislação- Resolução /13 Page 1 of 9 26/02/13 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior CAMEX - Câmara de Comércio Exterior RETIFICAÇÃO (Publicada no D.O.U. de 22/02/13) Na

Leia mais

Sua solução - todos os dias

Sua solução - todos os dias Sua solução - todos os dias A produção de um leite de qualidade depende de diversos fatores, entre eles a higiene da ordenha e do tanque, a manutenção dos equipamentos, a disponibilidade de um ambiente

Leia mais

ANALISADORES DE GASES

ANALISADORES DE GASES BGM BOMBA DE SUCÇÃO SÉRIE COMPACTA ANALISADORES DE GASES Descrição: Gera uma depressão no processo, succionando a amostra e criando a vazão exata para atender o tempo necessário de condicionamento do gás

Leia mais

AR COMPRIMIDO. Esse sistema compreende três componentes principais: o compressor, a rede de distribuição e os pontos de consumo.

AR COMPRIMIDO. Esse sistema compreende três componentes principais: o compressor, a rede de distribuição e os pontos de consumo. AR COMPRIMIDO Nos diversos processos industriais, os sistemas de ar comprimido desempenham papel fundamental na produção e representam parcela expressiva do consumo energético da instalação. Entretanto,

Leia mais

ESCAVADEIRA HIDRÁULICA. 13.500 kg

ESCAVADEIRA HIDRÁULICA. 13.500 kg ESCAVADEIRA HIDRÁULICA 13.500 MOTOR Motor à Diesel com turbo compressor lsuzu AJ-4JJ1X Tier 3, arrefecimento por água, injeção eletrônica de combustível tipo common rail, sistema EGR com trocador de calor,

Leia mais

4 pólos (n = 1800 rpm) 8 pólos (n = 900 rpm) 1,5 2,2 3,0 3,7 4,4 5,5 7,5 9,2 11,0 15,0 18,5 22,0 30,0 37,0 45,0 55,0 75,0 92,0 110,0

4 pólos (n = 1800 rpm) 8 pólos (n = 900 rpm) 1,5 2,2 3,0 3,7 4,4 5,5 7,5 9,2 11,0 15,0 18,5 22,0 30,0 37,0 45,0 55,0 75,0 92,0 110,0 VULBRAFLEX VB GENERALIDADES O VULBRAFLEX é um acoplamento flexível e torcionalmente elástico. Sua flexibilidade permite desalinhamentos radiais, axiais e angulares entre os eixos acoplados e ainda, sendo

Leia mais

DESCRITIVO TÉCNICO. 1 Alimentador

DESCRITIVO TÉCNICO. 1 Alimentador DESCRITIVO TÉCNICO Nome Equipamento: Máquina automática para corte de silício 45º e perna central até 400 mm largura Código: MQ-0039-NEP Código Finame: *** Classificação Fiscal: 8462.39.0101 1 Alimentador

Leia mais

GUINDASTE SOBRE CAMINHÃO STC1300. Capacidade de Elevação 130t

GUINDASTE SOBRE CAMINHÃO STC1300. Capacidade de Elevação 130t GUINDASTE SOBRE CAMINHÃO STC1300 Capacidade de Elevação 130t PÁGINA 01 GUINDASTE SOBRE CAMINHÃO STC1300 Comprimento da extensão total da lança principal de 60m, perfil U, placa de aço WELDOX de alta resistência.

Leia mais

Linha de Empilhadeiras LEG25 e LED30

Linha de Empilhadeiras LEG25 e LED30 Linha de Empilhadeiras LEG25 e LED30 Manual de peças Empilhadeira ÍNDICE 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 Montagem Da Transmissão Transmissão

Leia mais

Trator de Rodas Derrubador-Amontoador

Trator de Rodas Derrubador-Amontoador 553 563 573 Trator de Rodas Derrubador-Amontoador 553 563 573 Motor Motor CAT C6.6 ACERT Motor CAT C7 ACERT Motor CAT C7 ACERT Comp. Classe III Comp. Classe III Comp. Classe III Potência Bruta 129 kw (173

Leia mais

Comandos Eletro-eletrônicos SENSORES

Comandos Eletro-eletrônicos SENSORES Comandos Eletro-eletrônicos SENSORES Prof. Roberto Leal Sensores Dispositivo capaz de detectar sinais ou de receber estímulos de natureza física (tais como calor, pressão, vibração, velocidade, etc.),

Leia mais

Automação Pneumática

Automação Pneumática Automação Pneumática Prof. Carlos Alberto G. Pegollo Engenharias Elétrica, Mecânica, de Produção e da Computação 1. Origem do Termo A palavra pneumática deriva do termo grego πνευµατικός (pneumatikos =

Leia mais

FIPAI Fundação para o Incremento da Pesquisa e do Aperfeiçoamento Industrial Tomada de Preço nº. 003/2013 Processo Finep nº 01.09.0563.

FIPAI Fundação para o Incremento da Pesquisa e do Aperfeiçoamento Industrial Tomada de Preço nº. 003/2013 Processo Finep nº 01.09.0563. ESPECIFICAÇÕES DOS EQUIPAMENTOS LOTE 01 Especificar Sistema de Geração de Ar Comprimido, incluindo compressor, secador por adsorção e filtros coalescentes Diagrama Pneumático. Confirmar detalhes com equipe

Leia mais

Gerador de nitrogênio. Sistemas de geração de gases, membranas e PSA

Gerador de nitrogênio. Sistemas de geração de gases, membranas e PSA Gerador de nitrogênio Sistemas de geração de gases, membranas e PSA Aplicações de nitrogênio Comidas e bebidas O nitrogênio é um gás ideal para armazenar (fumigação) e transportar alimentos e bebidas.

Leia mais

PÁS CARREGADEIRAS SL 733 SL 763 HYUNDAI SHANDONG

PÁS CARREGADEIRAS SL 733 SL 763 HYUNDAI SHANDONG PÁS CARREGADEIRAS SL 733 SL 763 HYUNDAI SHANDONG SL 733 GRANDE POTÊNCIA, ALTO DESEMPENHO A carregadeira sobre rodas Hyundai Shandong entrega máxima potência todo o tempo, representando um ganho substancial

Leia mais

limpo seguro flexível

limpo seguro flexível limpo seguro flexível Sistemas de Ventilação para o Processo Industrial Técnica de Ventilação, Separação e Filtração. Schuh Anlagentechnik Página 2 Mais do que ar limpo Fiável. Preserva o meio ambiente.

Leia mais

FICHA TÉCNICA CARROCERIA Hatchback em monobloco, 4 lugares, 2 portas AERODINÂMICA Coeficiente aerodinâmico. Cx 0,38

FICHA TÉCNICA CARROCERIA Hatchback em monobloco, 4 lugares, 2 portas AERODINÂMICA Coeficiente aerodinâmico. Cx 0,38 FICHA TÉCNICA CARROCERIA Hatchback em monobloco, 4 lugares, 2 portas AERODINÂMICA Coeficiente aerodinâmico Área frontal Cw x A MOTOR Cx 0,38 2.17 m2 0.82 m2 Dianteiro, transversal, 2.0 litros, 4 cilindros

Leia mais

Chiller Industrial Quando confiabilidade faz a diferença

Chiller Industrial Quando confiabilidade faz a diferença Chiller Industrial Quando confiabilidade faz a diferença Produzidos com os melhores componentes disponíveis no mundo e projetados com foco em economia de energia e facilidade de operação e manutenção,

Leia mais

Curso Automação Industrial Aula 3 Robôs e Seus Periféricos. Prof. Giuliano Gozzi Disciplina: CNC - Robótica

Curso Automação Industrial Aula 3 Robôs e Seus Periféricos. Prof. Giuliano Gozzi Disciplina: CNC - Robótica Curso Automação Industrial Aula 3 Robôs e Seus Periféricos Prof. Giuliano Gozzi Disciplina: CNC - Robótica Cronograma Introdução a Robótica Estrutura e Características Gerais dos Robôs Robôs e seus Periféricos

Leia mais

REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DE PROCESSOS REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DE PROCESSOS REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DE PROCESSOS PROCESSAMENTO QUÍMICO FLUXOGRAMAS

REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DE PROCESSOS REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DE PROCESSOS REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DE PROCESSOS PROCESSAMENTO QUÍMICO FLUXOGRAMAS QUÍMICOS II PROCESSAMENTO QUÍMICO FLUXOGRAMAS DEFINIÇÃO: É A REPRESENTAÇÃO GRÁFICA SIMPLIFICADA POR MEIO DE FIGURAS E LETRAS, DE ESTRUTURA E DO FUNCIONAMENTO DE INSTALAÇÕES DE PROCESSAMENTO. CLASSIFICAÇÃO:

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA DO ESTADO DE SÃO PAULO

SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA DO ESTADO DE SÃO PAULO FL.: 1/8 SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA DO ESTADO DE SÃO PAULO SISTEMA DO AR CONDICIONADO CENTRO DE CULTURA, MEMÓRIA E ESTUDOS DA DIVERSIDADE SEXUAL DO ESTADO DE SÃO PAULO. LOJAS 515 e 518 - METRÔ REPÚBLICA

Leia mais

4. O Ciclo das Substancias na Termoelétrica Convencional De uma maneira geral todas as substâncias envolvidas na execução do trabalho são o

4. O Ciclo das Substancias na Termoelétrica Convencional De uma maneira geral todas as substâncias envolvidas na execução do trabalho são o 1.Introdução O fenômeno da corrente elétrica é algo conhecido pelo homem desde que viu um raio no céu e não se deu conta do que era aquilo. Os efeitos de uma descarga elétrica podem ser devastadores. Há

Leia mais

TS-300BR. ( TRANSPORTADOR: VOLVO VM 6x4R 260) 4 seções, 10,0 m ~ 32,2 m DIMENSÕES GERAIS

TS-300BR. ( TRANSPORTADOR: VOLVO VM 6x4R 260) 4 seções, 10,0 m ~ 32,2 m DIMENSÕES GERAIS TDB GUINDASTE HIDRÁULICO SOBRE RODAS CATÁLOGO DE ESPECIFICAÇÕES N TS-300BR-1(VM6x4) TS-300BR ( TRANSPORTADOR: VOLVO VM 6x4R 260) DADOS GERAIS CAPACIDADE DO GUINDASTE 30.000 kg à 2,5 m LANÇA 4 seções, 10,0

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 03, DE 17 FEVEREIRO DE 2005.

RESOLUÇÃO Nº 03, DE 17 FEVEREIRO DE 2005. RESOLUÇÃO Nº 03, DE 17 FEVEREIRO DE 2005. O PRESIDENTE DO CONSELHO DE MINISTROS DA CÂMARA DE COMÉRCIO EXTERIOR, no exercício da atribuição que lhe confere o 3 o do art. 5 o do Decreto n o 4.732, de 10

Leia mais

Instruções Técnicas para Apresentação de Projetos de Sistemas de Controle de Poluição do Ar

Instruções Técnicas para Apresentação de Projetos de Sistemas de Controle de Poluição do Ar Governo do Estado do Rio Grande do Norte Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos Instruções Técnicas para Apresentação de Projetos de Avenida Nascimento de Castro, 2127 Lagoa Nova

Leia mais

Fundamentos de Automação. Hidráulica 01/06/2015. Hidráulica. Hidráulica. Hidráulica. Considerações Iniciais CURSO DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

Fundamentos de Automação. Hidráulica 01/06/2015. Hidráulica. Hidráulica. Hidráulica. Considerações Iniciais CURSO DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL Ministério da educação - MEC Secretaria de Educação Profissional e Técnica SETEC Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Rio Grande Fundamentos de Automação CURSO

Leia mais

hidráulico de Trocadores de Calor Tipo Casco e Tubos

hidráulico de Trocadores de Calor Tipo Casco e Tubos Projeto Termo-hidr hidráulico de Trocadores de Calor Tipo Casco e Tubos Opções e decisões de projeto Trocadores do tipo casco e tubos sem mudança de fase Condições de projeto Dimensionamento da unidade

Leia mais

Trabalha nos diversos setores da indústria no Brasil, dentre os quais se destaca:

Trabalha nos diversos setores da indústria no Brasil, dentre os quais se destaca: HSO Hidráulica e Pneumática Ltda, e uma empresa constituída de engenheiros, técnicos e projetistas especializados nos setores de hidráulica e pneumática. Atuam fortemente na engenharia e desenvolvimento,

Leia mais

bombas dosadoras a motor Por acionamento hidráulico

bombas dosadoras a motor Por acionamento hidráulico Dosadoras a Motor bombas dosadoras a motor Por acionamento hidráulico Serie 600 Serie 500 Há opção de duplo diafragma cabeçotes duplex e válvulas EZE- Serie 700 CLEAN TM consulte-nos! Detalhamento de sistema

Leia mais

OS PAINÉIS DE CONTROLE E COMANDO DOS EQUIPAMENTOS ESTÃO INCLUSOS NO VALOR DA PROPOSTA

OS PAINÉIS DE CONTROLE E COMANDO DOS EQUIPAMENTOS ESTÃO INCLUSOS NO VALOR DA PROPOSTA Rio de Janeiro, 02 de dezembro de 2011. UNIDADE TRIAGEM E RECICLAGEM E INCLUSÃO SOCIAL E VALORIZAÇÃO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS. 01. Proposta Simplificada PRODUTO QUANTIDADE VALOR UNITÁRIO VALOR TOTAL

Leia mais

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Nível II

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Nível II Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Nível II Módulo III Aula 02 1. Introdução O ar comprimido é um fluido limpo e que se encontra facilmente e pode ser usado como uma fonte de energia de diferentes

Leia mais

UM A M ARC A DO GRUPO ESPIRODUTOS

UM A M ARC A DO GRUPO ESPIRODUTOS VENTILADORES AXIAL UM A M ARC A DO GRUPO ESPIRODUTOS DESCRIÇÃO E NOMENCLATURA DE VENTILADORES AXIAL Diâmetro Fabricação Aspiração Rotor Empresa Ex: EAFN 500 Diâmetro da seleção Tipo de Fabricação G = Gabinete

Leia mais

Proteja a qualidade do seu leite Tanques resfriadores DeLaval

Proteja a qualidade do seu leite Tanques resfriadores DeLaval DeLaval Brasil Rodovia Campinas Mogi-Mirim - KM 133,10 - S/N Bairro Roseira - Jaguariúna/SP - CEP: 13820-000 Telefone: (19) 3514-8201 comunicacao@delaval.com www.delaval.com.br Sua revenda DeLaval Proteja

Leia mais

(19) 3541-2000 - contato@dispelempilhadeiras.com.br www.dispelempilhadeiras.com.br

(19) 3541-2000 - contato@dispelempilhadeiras.com.br www.dispelempilhadeiras.com.br CE CERTIFICADO EMPILHADEIRAS A transmissão 2-3 T possui estrutura avançada tipo flutuante, a única na China. Estruturas flutuantes são projetadas para reduzir a transmissão das vibrações ao chassis em

Leia mais

Produtos com excelente custo benefício para indústria moveleira, metal mecânica, automotiva, naval, óleo e gás e ferroviária.

Produtos com excelente custo benefício para indústria moveleira, metal mecânica, automotiva, naval, óleo e gás e ferroviária. Aliada a tradicional empresa ASPERSUL, a Orange Spray Booths traz ao mercado uma nova proposta em cabines de pintura, cabines para preparação, aspiradores e ferramentas industriais. Produtos com excelente

Leia mais

CALDEIRA A BIOMASSA SERIE CIC-B

CALDEIRA A BIOMASSA SERIE CIC-B CALDEIRA A BIOMASSA SERIE CIC-B CIC-BL CIC-BL PLUS CIC-BX ADVANCED Caldeira para queima de biomassa de alta performance. Caldeira flamotubular com fornalha aquatubular. Sistemas combustão de cavacos etc.

Leia mais

Carros de Serviço. Fone: 55 11 5073-5222 Fax 55 11 5073-8185 e-mail: dilo@engemet.com - website: www.engemeteletrica.com.br

Carros de Serviço. Fone: 55 11 5073-5222 Fax 55 11 5073-8185 e-mail: dilo@engemet.com - website: www.engemeteletrica.com.br Carros de Serviço SÉRIE MINI MODULAR A Série Mini Modular se presta ao manuseio de pequenos volumes de gás e tem a vantagem de ter o transporte facilitado em maletas individuais para cada componente, permitindo

Leia mais

EVAPORADOR T.A.S.T.E.

EVAPORADOR T.A.S.T.E. ETAL/PROFIT etal@etaltecnologia.com.br EVAPORADOR T.A.S.T.E. CONCENTRADOR DE BAIXA TEMPERATURA (BT) PARA SUCOS TROPICAIS Tel.: 16 3322-0458 Celular: 16 8133-5100 EVAPORADOR T.A.S.T.E. DE BAIXA TEMPERATURA

Leia mais

Gerador de Nitrogênio - NG NG 7-81

Gerador de Nitrogênio - NG NG 7-81 Gerador de Nitrogênio - NG NG 7-81 O que é o Nitrogênio? Gás incolor, inodoro e sem gosto Constitui 78% da atmosfera de nosso planeta Gás inerte Gás Volume % Nitrogênio 78,08 Oxigênio 20,94 Argônio Hidrogênio

Leia mais

Anexo III - ESPECIFICAÇÕES DOS OBJETOS. ITEM ESPECIFICAÇÃO UNIDADE VALOR 01 Tanque c/ equipamento combinado c/capacidade para 6m³ litros

Anexo III - ESPECIFICAÇÕES DOS OBJETOS. ITEM ESPECIFICAÇÃO UNIDADE VALOR 01 Tanque c/ equipamento combinado c/capacidade para 6m³ litros Anexo III - ESPECIFICAÇÕES DOS OBJETOS ITEM ESPECIFICAÇÃO UNIDADE VALOR 01 Tanque c/ equipamento combinado c/capacidade para 6m³ litros 01 (Instalado sobre reboque agrícola). 1 1 TANQUE RESERVATÓRIO: Tanque

Leia mais

BrikStar CM. Prensa hidráulica de briquetagem D GB. Sempre uma idéia a frente

BrikStar CM. Prensa hidráulica de briquetagem D GB. Sempre uma idéia a frente BrikStar CM Prensa hidráulica de briquetagem Sempre uma idéia a frente D GB BrikStar Prensa hidráulica de briquetagem BrikStar CM BrikStar CM de 4 até 11 kw As prensas de briquetagem da série BrikStar

Leia mais

Customers. The core of our innovation. Alimentação & Transporte Secagem Dosagem Controle de Temperatura Refrigeração. Granulação

Customers. The core of our innovation. Alimentação & Transporte Secagem Dosagem Controle de Temperatura Refrigeração. Granulação PT Customers. The core of our innovation Alimentação & Transporte Secagem Dosagem Controle de Temperatura Refrigeração Granulação Tecnologias Piovan para Refrigeração: Chillers com compressores scroll

Leia mais

Resfriadores Evaporativos BRISBOX

Resfriadores Evaporativos BRISBOX Características do Produto: Resfriadores Evaporativos BRISBOX BRISBOX Aplicações Resfriadores evaporativos Munters, possuem uma ótima performance energética e podem ser aplicados em: Bingos; Boates; Academias;

Leia mais

de pneumática Fuussshhhhhhh... era o característico som de A importância da pneumática

de pneumática Fuussshhhhhhh... era o característico som de A importância da pneumática A UU L AL A Noções básicas de pneumática Fuussshhhhhhh... era o característico som de vazamento de ar que o experiente ouvido de Gelásio captava. Seus olhos procuraram a fonte do vazamento na linha do

Leia mais

Caldeira de Recuperação Guaíba 1 CMPC Celulose Riograndense. Mesa Redonda sobre Procedimento Seguro de Limpeza de Bicas e Vigias de Ar Primário

Caldeira de Recuperação Guaíba 1 CMPC Celulose Riograndense. Mesa Redonda sobre Procedimento Seguro de Limpeza de Bicas e Vigias de Ar Primário Caldeira de Recuperação Guaíba 1 CMPC Celulose Riograndense Mesa Redonda sobre Procedimento Seguro de Limpeza de Bicas e Vigias de Ar Primário Caldeira de Recuperação Tecnologia: B&W; Capacidade: 1.950

Leia mais

14 ASPECTOS BÁSICOS PARA SELEÇÃO E ESPECIFICAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE PROCESSO

14 ASPECTOS BÁSICOS PARA SELEÇÃO E ESPECIFICAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE PROCESSO 14 ASPECTOS BÁSICOS PARA SELEÇÃO E ESPECIFICAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE PROCESSO Há certos parâmetros que são desejados em todos os tipos de equipamentos de processo, como: FUNCIONALIDADE EFICÁCIA CONFIABILIDADE

Leia mais

Operação Unitária de Centrifugação

Operação Unitária de Centrifugação UFPR Setor de Ciências da Saúde Curso de Farmácia Disciplina de Física Industrial Operação Unitária de Centrifugação Prof. Dr. Marco André Cardoso Centrifugação Operação unitária com a principal finalidade

Leia mais

TRATOR DE ESTEIRA 7D. 9.400 kg a 10.150 kg. Potência líquida no volante. 90 hp (67 kw) Peso operacional. CAPACIDADE DA LÂMINA (SAE J1265) 1,8 m 3

TRATOR DE ESTEIRA 7D. 9.400 kg a 10.150 kg. Potência líquida no volante. 90 hp (67 kw) Peso operacional. CAPACIDADE DA LÂMINA (SAE J1265) 1,8 m 3 TRATOR DE ESTEIRA 7D Potência líquida no volante Peso operacional 90 hp (67 kw) 9.400 kg a 10.150 kg CAPACIDADE DA LÂMINA (SAE J1265) 1,8 m 3 7D A New Holland é reconhecida em todo o mundo pelas inovações

Leia mais

MOTOR SISTEMA ELÉTRICO TRANSMISSÃO SISTEMA HIDRÁULICO SISTEMA DE GIRO PARTE RODANTE CABINE E COMANDOS CAPACIDADES DE ABASTECIMENTO

MOTOR SISTEMA ELÉTRICO TRANSMISSÃO SISTEMA HIDRÁULICO SISTEMA DE GIRO PARTE RODANTE CABINE E COMANDOS CAPACIDADES DE ABASTECIMENTO MOTOR Tier II Modelo F4GE0684B*D600 Marca New Holland Fabricante FPT Tipo diesel, de injeção direta, 4 tempos, turboalimentado, intercooler Bomba Injetora Rotativa Potência líquida (SAE J1349) 170 hp (120

Leia mais

Sistemas de Medidas e Instrumentação

Sistemas de Medidas e Instrumentação Sistemas de Medidas e Instrumentação Parte 3 Prof.: Márcio Valério de Araújo 1 Medição de Nível Capítulo VII Nível é a altura do conteúdo de um reservatório Através de sua medição é possível: Avaliar o

Leia mais

Especifi cação técnica Pavimentadora de Concreto SP 850

Especifi cação técnica Pavimentadora de Concreto SP 850 Especifi cação técnica Pavimentadora de Concreto SP 850 Especificação técnica Pavimentadora de concreto SP 850 Vibradores e circuitos Vibração elétrica 24 conexões Vibradores acionados eletricamente Curvos

Leia mais

PINOFLEX-NP 2009/01 ACOPLAMENTO HIDRODINÂMICO CONTRA-RECUOS DENFLEX - NVD DISCFLEX EMBREAGENS INDUSTRIAIS FLEXOMAX G FLEXOMAX GBN FLEXOMAX GSN

PINOFLEX-NP 2009/01 ACOPLAMENTO HIDRODINÂMICO CONTRA-RECUOS DENFLEX - NVD DISCFLEX EMBREAGENS INDUSTRIAIS FLEXOMAX G FLEXOMAX GBN FLEXOMAX GSN ACOPLAMENTO HIDRODINÂMICO CONTRARECUOS DENFLEX NVD DISCFLEX EMBREAGENS INDUSTRIAIS FLEXOMAX G FLEXOMAX GBN FLEXOMAX GSN PINOFLEXNP SPEFLEX N VULBRAFLEX VB VULKARDAN E VULMEX 2009/01 GENERALIDADES Os acoplamentos

Leia mais

ESTADO DO ACRE Secretaria de Estado da Gestão Administrativa Secretaria Adjunta de Compras e Licitações Comissão Permanente de Licitação CPL 06

ESTADO DO ACRE Secretaria de Estado da Gestão Administrativa Secretaria Adjunta de Compras e Licitações Comissão Permanente de Licitação CPL 06 1 Empilhadeira hidráulica manual, capacidade de carga mínima de 500kg; ano modelo/fabricação 2012 ou superior; Freio de estacionamento Mecânico; Peso do equipamento (kg) 136; Carga máx. no eixo condutor

Leia mais

Carregadeira LW300K. Potência Motor: 124 HP - Capacidade da caçamba: 1,9 m³ - Peso operacional: 10.600 Kg

Carregadeira LW300K. Potência Motor: 124 HP - Capacidade da caçamba: 1,9 m³ - Peso operacional: 10.600 Kg Carregadeira LW300K Potência Motor: 124 HP - Capacidade da caçamba: 1,9 m³ - Peso operacional: 10.600 Kg Qualidade, confiabilidade e força, aliada ao baixo consumo de combustível. A Pá-carregadeira LW300K

Leia mais

www.dancor.com.br CATÁLOGO DE PRODUTOS REV. - ABR/2010 Pág- 1

www.dancor.com.br CATÁLOGO DE PRODUTOS REV. - ABR/2010 Pág- 1 REV. - ABR/21 Pág- 1 Índice Vista Geral das Curvas de Desempenho...4-5 Série HBI(N) - Centrífugas Multi-estágios HBI(N) - 2...6-7 HBI(N) - 4...8-9 Série CB(I) - Centrífugas Multi-estágios CB(I) - 2...1-11

Leia mais

SIENA / GRAND SIENA TETRAFUEL

SIENA / GRAND SIENA TETRAFUEL SIENA / GRAND SIENA TETRAFUEL Página 1 FIAT CHRYSLER AUTOMOBILES 13/08/2015 DESCRIÇÃO DO SISTEMA GNV COMPONENTES DO SISTEMA GNV 1. Cilindro GNV 2. Suporte do Cilindro de GNV 3. Linha de Alta Pressão: Tubo

Leia mais

Tipos de tratores agrícolas

Tipos de tratores agrícolas Tratores Agrícolas Tipos de tratores agrícolas Tratores agrícolas São máquinas projetadas para tracionar, transportar e fornecer potência para máquinas e implementos agrícolas. O desenvolvimento de tratores

Leia mais

CENTRO DE USINAGEM DUPLA COLUNA. Uma Fonte Confiável de Excelentes Máquinas para Complementar Sua Força de Trabalho

CENTRO DE USINAGEM DUPLA COLUNA. Uma Fonte Confiável de Excelentes Máquinas para Complementar Sua Força de Trabalho CENTRO DE USINAGEM DUPLA COLUNA Uma Fonte Confiável de Excelentes Máquinas para Complementar Sua Força de Trabalho SÉRIE DV14 1417 / 1422 / 1432 / 1442 CENTRO DE USINAGEM DUPLA COLUNA O Centro de Usinagem

Leia mais

Equipamentos de Gasoterapia. Em muitas áreas dos Estabelecimentos Assistenciais de Saúde existe a. pacientes.

Equipamentos de Gasoterapia. Em muitas áreas dos Estabelecimentos Assistenciais de Saúde existe a. pacientes. Equipamentos de Gasoterapia Equipamentos de Gasoterapia Em muitas áreas dos Estabelecimentos Assistenciais de Saúde existe a necessidade de utilização dos Gases Medicinais, como Oxigênio, Ar Medicinal,

Leia mais

Fundamentos de Automação. Pneumática 01/06/2015. Pneumática. Pneumática. Pneumática. Considerações Iniciais CURSO DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

Fundamentos de Automação. Pneumática 01/06/2015. Pneumática. Pneumática. Pneumática. Considerações Iniciais CURSO DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL Ministério da educação - MEC Secretaria de Educação Profissional e Técnica SETEC Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Rio Grande Considerações Iniciais "PNEUMÁTICA

Leia mais

Série: FBME MANUAL TÉCNICO BOMBA CENTRÍFUGA MULTIESTÁGIO FBME. Aplicação

Série: FBME MANUAL TÉCNICO BOMBA CENTRÍFUGA MULTIESTÁGIO FBME. Aplicação MANUAL TÉCNICO Série: FBME Aplicação Desenvolvida para trabalhar com líquidos limpos ou turvos, em inúmeras aplicações, tais como indústrias químicas, petroquímicas, papel, polpa, siderúrgica, mineração,

Leia mais

1 - REGULAMENTO TÉCNICO CATEGORIA DASAFIO TURBO

1 - REGULAMENTO TÉCNICO CATEGORIA DASAFIO TURBO FEDERAÇÃO GAÚCHA DE AUTOMOBILISMO FILIADA A CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE AUTOMOBILISMO FUNDADA EM 26 DE JULHO DE 1961 Rua Comendador Azevedo, 440 Conj. 1 Fone/Fax (51)3224 4808 CEP 90220-150 Porto Alegre

Leia mais

Equipamento de Redutibilidade Automatizado para ensaios de RI RDI-1 RDI-2 SWI

Equipamento de Redutibilidade Automatizado para ensaios de RI RDI-1 RDI-2 SWI Equipamento de Redutibilidade Automatizado para ensaios de RI RDI-1 RDI-2 SWI O Equipamento de Redutibilidade AN3212 foi desenvolvido para a realização de ensaios de forma automatizada conforme normas

Leia mais

- FABRICAÇÃO DE MÁQUINAS PARA INDÚSTRIA DE RAÇÃO E DERIVADOS; - FABRICAÇÃO DE ESTRUTURAS METÁLICAS.

- FABRICAÇÃO DE MÁQUINAS PARA INDÚSTRIA DE RAÇÃO E DERIVADOS; - FABRICAÇÃO DE ESTRUTURAS METÁLICAS. - FABRICAÇÃO DE MÁQUINAS PARA INDÚSTRIA DE RAÇÃO E DERIVADOS; - FABRICAÇÃO DE ESTRUTURAS METÁLICAS. Máquinas Para Agroindústrias METALÚRGICA LTDA ME A empresa Metalúrgica Maggisan foi fundada no ano de

Leia mais

CATÁLOGO TÉCNICO SELF CONTAINED

CATÁLOGO TÉCNICO SELF CONTAINED CATÁLOGO TÉCNICO SELF CONTAINED Capacidade de 3 a 50TR Estrutura em perfil de alumínio extrudado Tampas rechapeadas e facilmente removíveis Pintura eletrostática a pó Várias opções de montagem e acabamentos

Leia mais

Conheça nossas fábricas:

Conheça nossas fábricas: Guindastes Conheça nossas fábricas: UNIDADE 2 Fábrica complementar da Grimaldi, onde encontra-se os mais novos e tecnológicos processos de produção que garantem a excelência dos produtos Grimaldi. Santo

Leia mais

Gás refrigerante amigável a camada de ozônio HFC134a Chiller Centrífugo Hitachi NOVO. Série GXG-S Série GSG-S

Gás refrigerante amigável a camada de ozônio HFC134a Chiller Centrífugo Hitachi NOVO. Série GXG-S Série GSG-S Gás refrigerante amigável a camada de ozônio HFC134a Chiller Centrífugo Hitachi NOVO Série GXG-S Série GSG-S Chiller Centrífugo Novas Séries GXG-S e GSG-S A nova série de Chiller Centrífugo de Alta Eficiência

Leia mais

Usinas de Asfalto LINTEC-IXON, soluções completas para seu negócio.

Usinas de Asfalto LINTEC-IXON, soluções completas para seu negócio. USINAS DE ASFALTO Usinas de Asfalto LINTEC-IXON, soluções completas para seu negócio. Lintec-Ixon Ind. e Com. de Máquinas e Equipamentos Ltda Santa Rosa - RS +55 55 3511 9700 comercial@lintec-ixon.com.br

Leia mais

Linha completa de aquecimento para banho e piscina Coletores solares Heliotek A força da nova geração

Linha completa de aquecimento para banho e piscina Coletores solares Heliotek A força da nova geração Linha completa de aquecimento para banho e piscina Coletores solares Heliotek A força da nova geração Ao contrário dos coletores comuns, que perdem a eficiência com o passar dos anos, os novos coletores

Leia mais

CAPITULO 1 - INTRODUÇÃO UNIDADES DEFINIÇÕES

CAPITULO 1 - INTRODUÇÃO UNIDADES DEFINIÇÕES CAPITULO 1 - INTRODUÇÃO UNIDADES DEFINIÇÕES INTRODUÇÃO Os motores de combustão podem ser classificados como do tipo de COMBUSTÃO EXTERNA, no qual o fluido de trabalho está completamente separado da mistura

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES DOS OBJETOS LICITAÇÃO Nº PP03060001/2013. Item Especificação Unid Vr. Unit Vr. Total

ESPECIFICAÇÕES DOS OBJETOS LICITAÇÃO Nº PP03060001/2013. Item Especificação Unid Vr. Unit Vr. Total ANEXO III 1 ESPECIFICAÇÕES DOS OBJETOS LICITAÇÃO Nº PP03060001/2013 Item Especificação Unid Vr. Unit Vr. Total 1 CAMINHÃO TOCO COM CAPACIDADE DE CARGA ÚTIL VARIANDO DE 10.000 A 12.000KG. DEVERÁ COMPOR

Leia mais