LISTA DE DUPLICATAS INSTITUCIONAL 5 / Marque o código de seu interesse no gabarito acima e, envie para

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LISTA DE DUPLICATAS INSTITUCIONAL 5 / 2015. Marque o código de seu interesse no gabarito acima e, envie para selma.castro@sudam.gov."

Transcrição

1 MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DA AMAZÔNIA BIBLIOTECA PROFº INOCÊNCIO MACHADO COELHO Tv. Antônio Baena, Marco CEP Belém - Pará - Brasil Tel. (9) / 564 LISTA DE DUPLICATAS INSTITUCIONAL 5 / Marque o código de seu interesse no gabarito acima e, envie para INSTITUIÇÃO: RESPONSÁVEL: ENDEREÇO: CEP: TEL.:

2 LIVROS E PERIÓDICOS COD. AUTOR / TÍTULO / ANO QTD 07 SUDAM. Amazônia: modelo de integração. 97 (Revista do 7º aniversário) SUDAM. Amazônia: renda interna Belém, SUDAM. Amazônia: sondagem conjuntural out./dez jul abr SUDAM; UFPA. Avaliação das formas alternativas de educação: relatório final SUDAM. Avaliação dos projetos de colonização oficiais no Estado de Mato Grosso SUDAM. Por que investir na Amazônia?. 05 (Folheto informativo) 7 Agencia de Desenvolvimento da Amazônia. Termos de referencia para o fortalecimento do APL de frutas nos Estados do Pará, Amazonas e Amapá. 004 SUDAM. Ciência e tecnologia na estratégia de desenvolvimento da Amazônia: documentos técnicos SUDAM. A Coordenação e sua influência nas atividades da SUDAM SPVEA; BOUHID, Waldir. Amazônia e desenvolvimento (Xerox) 0 SUDAM. Relatório final do I encontro regional de saúde da Amazônia. Belém, SUDAM ; BRITO, Rubens da S. Estágios da hanseníase na região norte: triênio 98/ SUDAM. Estudo de viabilidade técnico econômica da exploração mecanizada em floresta de terra firme: região de Curuá-Una SUDAM; SILVA, Fernando A. de L. ; MACHADO, Izaurina de F. S. Guaraná: aspectos agro econômicos região norte SUDAM. Informações da SUDAM para a VI reunião da CCMI SUDAM. Infraestrutura econômica SUDAM; ROCHA, Hugo de O. Legislação especifica e correlata da SUDAM. 97. SUDAM; JATENE, Eliana da S. Levantamento socioeconômico preliminar da população atingida pelas enchentes de Marabá SUDAM. Manual de classificação orçamentária SUDAM; ALBUQUERQUE, Milton de. A Mandioca na Amazônia SUDAM. Manual de normatização SUDAM; OEA. Programa de desenvolvimento integrado de áreas prioritárias da região amazônica: metodologia e pesquisa para estudos básicos de recursos naturais. Belém, SUDAM. Código de ética profissional dos servidores da SUDAM SUDAM. Esboço do I Plano regional de desenvolvimento SUDAM; REIS, Olegário P. Plano básico de desenvolvimento integrado do Vale do Tocantins: resumo SUDAM. II Plano de desenvolvimento da Amazônia: detalhamento do II plano nacional de desenvolvimento SUDAM. III Plano de desenvolvimento da Amazônia: SUDAM. Plano de desenvolvimento da Amazônia 9/

3 45 SUDAM. Plano de desenvolvimento da Amazônia 994/ SUDAM ; HIDROSERVICE Engenharia de Projeto. Plano de desenvolvimento integrado da área da bacia do rio Tocantins v. + Anexos. (vários estudos) 456 SUDAM ; IDESP. Mapa gemológico do Estado do Pará SUDAM. Planos e metas do governo: plano regional desenvolvimento da Amazônia (97-974). Belém, SUDAM. Subsídios ao plano regional de desenvolvimento SUDAM. Plano de desenvolvimento integrado dos vales dos rios Xingu e tapajós. 97. (Coleção de relatórios das etapas que abrange o desenvolvimento do projeto) - ª etapa: solos, diagnóstico socioeconômico, recursos florestais, climatologia, hidrologia geral, recursos minerais, setores produtivos e infraestrutura econômica, recursos e infraestrutura social, desenvolvimento local e zoneamento ecológico; - ª Etapa - seleção de áreas prioritárias, perfis de projetos agroindustriais madeireiros e minerais, estudo de mercado; - ª Etapa: Versão Final ed. Preliminar 4v. - Versão Final do Plano 4v. 46 SUDAM; OEA. Vale do Araguari (pré-diagnostico: recursos naturais e sócio-economia). Belém, SUDAM ; ZAGURY Elias J. Plano de diversificação econômica das áreas extrativistas: documento preliminar SUDAM. Plano de turismo da Amazônia-PTA 99/ SPVEA. Primeiro plano quinquenal (da Amazônia) v. 469 SUDAM. POLAMAZONIA: síntese. Belem, SUDAM. I Plano diretor: triênio 968/ v. 47 SUDAM; Ministério da Agricultura. Plano anual do setor público agrícola: consolidação da programação da região norte 976 e SUDAM; ENGEVIX Estudos e projetos de Engenharia. Plano Estrutural (Vários estudos) - Cruzeiro do Sul () - Tucuruí () 47 SUDAM; SERETE Engenharia. Plano integrado de abastecimento regional: diretrizes de política de abastecimento da Amazônia V. 475 SUDAM. II Plano nacional de desenvolvimento: programa de ação do governo para Amazônia AGENCIA DE DESENVOLVIMENTO DA AMAZONIA. I Seminário de desenvolvimento organizacional da Amazônia. Belém, 005. (Xerox dos slides) 478 SUDAM. Plano preliminar estrutural. Belém, 976. (Vários estudos) - Sena Madureira () - Eirunepé () - Óbidos () - Monte Alegre () - São Felix do Xingu () - Conceição do Araguaia () - Tucuruí () - Tefé () - Coari () - Cruzeiro do Sul () 479 SUDAM. Plano regional de desenvolvimento da Amazônia-PRDA: súmula. Belém,

4 480 SUDAM. Plano regional de desenvolvimento da Amazônia-PRDA: versão preliminar a ser aprovada pelo CONDEL. Belém, SUDAM. Plano regional de desenvolvimento da Amazônia-PRDA: portfólio de projetos estratégicos PRDA Belém, SUDAM. Plano quinquenal de desenvolvimento de Belém, SUDAM. I Plano regional de desenvolvimento (97/74): avaliação preliminar SUDAM. Plano urbanístico de Barcarena. Belém, 980. v. 494 SUDAM. Plantação piloto dendê/sudam SUDAM; IDESP; BASA. Rede de bibliotecas da Amazônia: boletim cooperativo. v., n., dez SUDAM; IDESP. Bibliografia amazônica: ciências agrícolas 97/974. v., n., SUDAM; IDESP. Polo Tapajós: projeto Santarém-Cachimbo pesquisa mineral v SUDAM; OEA. Plano de desenvolvimento integrado do vale do Araguari (Estado do Amapá): versão preliminar. Belém, SUDAM; IDESP. Polo Trombetas: projeto Curuá-Cuminapanema pesquisa mineral v. 506 SUDAM; IDESP. Polo Trombetas: projeto Trombetas-Erepecuru pesquisa mineral v. 507 SUDAM. Programa de polos agropecuários e agrominerais da Amazônia. Belém, 976. (Vários estudos) -POLAMAZONIA Acre (6) -POLAMAZONIA Altamira (4) -POLAMAZONIA Amapá () -POLAMAZONIA Carajás () -POLAMAZONIA Juruá Solimões () -POLAMAZONIA Marajó (5) -POLAMAZONIA Pré Amazônia Maranhense () -POLAMAZONIA Roraima (9) -POLAMAZONIA Tapajós (5) -POLAMAZONIA Trombetas (8) 508 SUDAM. POLAMAZÔNIA: projetos em execução nos polos sob a responsabilidade da SUDAM. Belém, SUDAM; UFPA. POLAMAZONIA: projeto Parauapebas - mapeamento geológico. Belém, 98. v. 5 SUDAM; OEA. Programa de ações estratégicas para a Amazônia brasileira PRODEAM: documento de projeto (proposta de ª revisão). Belém, SUDAM. Politica de desenvolvimento urbano da Amazônia. Belém, SPVEA; REIS, José A. da S. Possibilidades econômicas de Rondônia. 964 (Coleção Araújo Lima). 59 SUDAM. Potencial de Mandioca no desenvolvimento amazônico. 988 (PROVAM) 54 SUDAM; COELHO, Ernesto B. A Presença da SUDAM no desenvolvimento econômico e social da Amazônia. Belém, SUDAM. Princípios e premissas para integração e desenvolvimento. Belém, 97 (Extraído dos estudos setoriais, encomendados pela SUDAM à empresa de consultoria). 58 SUDAM. Prioridades de ciência e tecnologia na Amazônia. Belém, SUDAM. O Problema da borracha no Brasil em 95. Belém, 95. (Acompanha relatórios apresentados pelas companhias Pirelli S/A, Firestone e Goodiear do Brasil)

5 540 SPVEA; MENEZES, Adriano V. de C. O problema de colonização da Amazônia. 96 (Coleção Araújo Lima). 546 SUDAM. O Processo de planejamento regional: PDA Belém, SUDAM. Processo de urbanização em curso na Amazônia: abordagem em grande linha com vistas à reflexão. Belém, 985. (Apostila) 548 SUDAM. Produção da juta na Amazônia. Belém, AGENCIA DE DESENVOLVIMENTO DA AMAZÔNIA; UFPA. Plano de desenvolvimento sustentável da Amazônia Legal: estudos diagnósticos de aglomeração PDSA Belém, SUDAM. Programa de apoio ao médio Amazonas PROMAM. Belém, SUDAM. Pronunciamento do Sr. Superintendente Hugo de Almeida durante a visita do general João Batista de Oliveira Figueiredo, a Superintendência de desenvolvimento da Amazônia no dia de agosto de 978. Belém, SUDAM. Programa produção de alimentos. Belém, SUDAM. Programa de recuperação socioeconômica do nordeste paraense - PRONORPAR. Belém, SUDAM; KOSTER, H. W. Programa e resultados preliminares dos estudos de pastagens na região de Paragominas, Pará e nordeste de Mato Grosso: junho 975- dezembro 976. Belém, SUDAM. Projeto Maromba. Belém, SPVEA. Projeto técnico para uma fabrica de cimento em Capanema-Para. Belém, SUDAM; IBGE. Projeto zoneamento das potencialidades dos recursos naturais da Amazônia legal. Belém, SUDAM; LASA Engenharia e Prospecções. Projeto piloto para aproveitamento econômico das várzeas dos rios amazônicos: º relatório de andamento. Belém, SUDAM. Pronunciamento do Sr. Ministro do Interior Mário Andreazza durante a reunião a reunião do CONDEL. Belém, SUDAM. Pronunciamento do Superintendente da SUDAM, em 6 de agosto de 980, a comissão parlamentar de inquérito da câmara dos deputados, relativo a politica de incentivos fiscais. Belém, SUDAM. Pronunciamento do Superintendente Elias Sefer, no Conselho deliberativo da SUDAM Belém, SUDAM; OEA. Proposta técnica de execução de estudos básicos para formulação de um plano de desenvolvimento integrado da bacia hidrográfica do rio Araguari (documento síntese). Belém, SUDAM; OEA. Projeto de desenvolvimento da bacia do rio Acará (ideia do projeto). Belém, SUDAM; OEA. Projeto de desenvolvimento agrícola integrado do Acará PDAI Acará. Belém, 988. (Disponível: estudo de previabilidade; v.-anexos; v.-relatório de pesquisa) 576 SUDAM; OEA. Plano de desenvolvimento integrado do vale Guamá-Acará (versão executiva). Belém, SUDAM; OEA. Plano de desenvolvimento integrado do vale do rio Branco (versão executiva). Belém, SUDAM; OEA. Linhas básicas para um programa de desenvolvimento do turismo na região amazônica. Belém, 995. (Disponível: versão regional (); Estado do Acre (6); Estado do Mato Grosso (8); Estado de Rondônia (); Estado de Roraima (); Estado do Tocantins (); estudos de mercados turísticos para região amazônica ()

6 579 SUDAM; OEA. Plano diretor de desenvolvimento urbano da área de livre comercio de Pacaraima. Belém, SUDAM; OEA. Alternativas para uma politica de integração econômica entre os países membros do tratado de cooperação amazônica TCA. Belém, SUDAM; OEA. Levantamento hidrogeológico das áreas de lavrado dos municípios de Boa Vista, Bonfim, Normandia e Alto Alegre no Estado de Roraima. Belém, SUDAM; OEA. Cadastramento e capacitação dos garimpeiros para a minimização dos impactos ambientais da atividade no estado de Roraima. Belém, SUDAM; OEA. Plano diretor de desenvolvimento urbano da área de livre comercio de Bonfim. Belém, SUDAM; OEA. Matriz de insumo produto do norte 980 e 985: metodologia e resultados. Belém, SUDAM; OEA. Síntese programa de estudos e pesquisas nos vales amazônicos. Belém, SUDAM; OEA. Viabilidade do mercado comum norte-americano: alternativas para uma politica de integração internacional. Belém, SUDAM; OEA. Projeto Bagre I. Belém, SUDAM; OEA. Projeto: conceitos básicos. Belém, SUDAM; OEA. Região Norte: Balança comercial 986 e 987. Belém,

LISTA DE DUPLICATAS INSTITUCIONAL 1 / 2013

LISTA DE DUPLICATAS INSTITUCIONAL 1 / 2013 MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DA AMAZÔNIA BIBLIOTECA PROFº INOCÊNCIO MACHADO COELHO Tv. Antônio Baena, 3 Marco CEP 66.093-08 Belém - Pará - Brasil Tel. (9) 008-563

Leia mais

OBJETIVOS. Identificar e caracterizar os objetivos dos órgãos de. Assunto 6: A SUDAM Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia - (pag. 159).

OBJETIVOS. Identificar e caracterizar os objetivos dos órgãos de. Assunto 6: A SUDAM Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia - (pag. 159). I A INTEGRAÇÃO REGIONAL NO BRASIL OBJETIVOS Identificar e caracterizar os objetivos dos órgãos de desenvolvimento regional na Amazônia. Assunto 6: A SUDAM Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia

Leia mais

BOLETIM DA BIBLIOTECA

BOLETIM DA BIBLIOTECA MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SUPERINTENDÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO DA AMAZÔNIA DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO DE GESTÃO E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO BIBLIOTECA PROF. INOCÊNCIO MACHADO COELHO BOLETIM

Leia mais

Plataforma IPEA de Pesquisa em Rede

Plataforma IPEA de Pesquisa em Rede Plataforma IPEA de Pesquisa em Rede PESQUISA: MATRIZ INSUMO-PRODUTO REGIONAL TERMO DE REFERÊNCIA 1. Título da Pesquisa/Projeto: Matriz Insumo-Produto Regional 2. Unidade Responsável no IPEA: Responsável

Leia mais

PROJETO DE FORTALECIMENTO TECNOLÓGICO DO APL DE CAL E CALCÁRIO DO PARANÁ

PROJETO DE FORTALECIMENTO TECNOLÓGICO DO APL DE CAL E CALCÁRIO DO PARANÁ PROJETO DE FORTALECIMENTO TECNOLÓGICO DO APL DE CAL E CALCÁRIO DO PARANÁ Onde estamos?? Quem somos?? Número de indústrias de Cal e Calcário: 95. Principais Municípios integrantes do APL: Colombo, Rio Branco

Leia mais

Relatório 2 Proposta de Regionalização da Gestão dos Resíduos Sólidos no Estado do

Relatório 2 Proposta de Regionalização da Gestão dos Resíduos Sólidos no Estado do CONTRATAÇÃO DE PESSOA JURÍDICA PARA REALIZAÇÃO DO ESTUDO DE REGIONALIZAÇÃO DA GESTÃO INTEGRADA DE RESÍDUOS SÓLIDOS DO ESTADO DO PARÁ, ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DE GESTÃO INTEGRADA DE RESÍDUOS SÓLIDOS

Leia mais

Agricultura & Inovação:

Agricultura & Inovação: Agricultura & Inovação: Rota para o Desenvolvimento Sustentável Belém, 03 de setembro de 2012 TRANSFORMAÇÃO Macro-objetivos Macro - objetivos REDUÇÃO DA POBREZA E DAS DESIGUALDADES REGIONAIS PRODUÇÃO CONHECIMENTO

Leia mais

Laboratório de Análise e Tratamento de Imagens de Satélites LATIS (*)

Laboratório de Análise e Tratamento de Imagens de Satélites LATIS (*) Laboratório de Análise e Tratamento de Imagens de Satélites LATIS (*) RELATÓRIO SOBRE O MAPEAMENTO ADICIONAL DE AGROPECUÁRIA ÁREA COMPREENDIDA POR 18 MUNICÍPIOS DA ÁREA LIVRE DE AFTOSA DO PARÁ REALIZADO

Leia mais

CMR Companhia de Mineração. COMPANHIA DE MINERAÇÃO DE RONDÔNIA - www.cmr.ro.gov.br

CMR Companhia de Mineração. COMPANHIA DE MINERAÇÃO DE RONDÔNIA - www.cmr.ro.gov.br CMR Companhia de Mineração de Rondônia S/A COMPANHIA DE MINERAÇÃO DE CRIAÇÃO e OBJETIVO DA CMR Foi criada através do Decreto-Lei n. 017/82; A CMRtem por objetivo social a prospecção, pesquisa, lavra, beneficiamento,

Leia mais

PARÁ Fomento à exploração mineral

PARÁ Fomento à exploração mineral PARÁ Fomento à exploração mineral Ouro Preto, Maio de 2016 2 O ESTADO DO PARÁ Brasil Região Amazônica Estado do Pará Regiões de Integração Informações PARÁ Part (%) no Brasil Área (1.000 km 2 ) 1.248 15%

Leia mais

Plano Nacional de Resíduos Sólidos Resíduos Sólidos

Plano Nacional de Resíduos Sólidos Resíduos Sólidos Plano Nacional de Resíduos Sólidos Departamento t de Desenvolvimento Sustentável tá na Mineração Ministério das Minas e Energia LEI Nº 12.305/2010 Art. 1 o Esta Lei institui a Política Nacional de Resíduos

Leia mais

COMPLEXOS REGIONAIS A AMAZÔNIA

COMPLEXOS REGIONAIS A AMAZÔNIA COMPLEXOS REGIONAIS A AMAZÔNIA Ocupa mais de 5 milhões de km ²; Abrange quase toda a região Norte, centro-norte do Mato Grosso e oeste do Maranhão; É marcada pela presença da Floresta Amazônica; A Floresta

Leia mais

O ESTADO DE RONDÔNIA E OS PROGRAMAS DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL

O ESTADO DE RONDÔNIA E OS PROGRAMAS DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL O ESTADO DE RONDÔNIA E OS PROGRAMAS DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL Valdelise Martins dos Santos Ferreira¹, Monica Franchi Carniello², Fabio Ricci³ Marilsa de Sá Rodrigues Tadeucci 4 ¹,2,3,4 Universidade de

Leia mais

Programas e Ações para alocação de Emendas Parlamentares à SUDAM

Programas e Ações para alocação de Emendas Parlamentares à SUDAM Programas e Ações para alocação de Emendas Parlamentares à SUDAM 2016 República Federativa do Brasil Dilma Vana Rousseff Ministério da Integração Nacional Gilberto Magalhães Occhi Superintendência do Desenvolvimento

Leia mais

Atuação do Banco do Brasil em Aglomerações Produtivas

Atuação do Banco do Brasil em Aglomerações Produtivas Atuação do Banco do Brasil em Aglomerações Produtivas Arranjos Produtivos Locais APL Sumário Grandes Números do BB Apoio ao Desenvolvimento Sustentável Resultados e Casos de Sucesso 3o. Trimestre 2007

Leia mais

Gerencia de Arranjos Produtivos Locais. Governo do Estado do Pará Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ciência e Tecnologia

Gerencia de Arranjos Produtivos Locais. Governo do Estado do Pará Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ciência e Tecnologia Governo do Estado do Pará Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ciência e Tecnologia Diretoria de Desenvolvimento Econômico Gerencia de Arranjos Produtivos Locais APL Pecuária Leiteira Região Sul e Sudeste

Leia mais

Melhorar a qualidade dos serviços e a infraestrutura aeroportuária para os usuários. Ampliar a oferta de transporte aéreo à população brasileira

Melhorar a qualidade dos serviços e a infraestrutura aeroportuária para os usuários. Ampliar a oferta de transporte aéreo à população brasileira Objetivos Melhorar a qualidade dos serviços e a infraestrutura aeroportuária para os usuários Ampliar a oferta de transporte aéreo à população brasileira Reconstruir a rede de aviação regional Medidas

Leia mais

Termo de Referencia. Contratação de Especialista 1 Moderação e Planejamento Participativo Indígena e Indigenista

Termo de Referencia. Contratação de Especialista 1 Moderação e Planejamento Participativo Indígena e Indigenista Termo de Referencia IIª Etapa de Agenda e Planejamento da Gestão Territorial e Ambiental da Terra Indígena Trincheira Bacajá, povo Mebengokré Xikrin Contratação de Especialista 1 Moderação e Planejamento

Leia mais

GESTÃO INTEGRADA DAS BACIAS HIDROGRÁFICAS - PRINCIPAIS DIRETRIZES E DESAFIOS. Flávio Terra Barth 1

GESTÃO INTEGRADA DAS BACIAS HIDROGRÁFICAS - PRINCIPAIS DIRETRIZES E DESAFIOS. Flávio Terra Barth 1 GESTÃO INTEGRADA DAS BACIAS HIDROGRÁFICAS - PRINCIPAIS DIRETRIZES E DESAFIOS Flávio Terra Barth 1 Resumo - A Lei Federal 9.433, de 8 de janeiro de 1997 sobre a Política e o Sistema Nacional de Recursos

Leia mais

Mineração e Desflorestamento na Amazônia Legal

Mineração e Desflorestamento na Amazônia Legal Mineração e Desflorestamento na Amazônia Legal Elen Araújo de Barcellos Bolsista de Inic. Científica, Geografia- UFRJ Maria Helena M. Rocha Lima Orientadora, Economista, Dc.S Engenharia Mineral RESUMO

Leia mais

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DO AMAZONAS: política para produtos não madeireiros

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DO AMAZONAS: política para produtos não madeireiros DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DO AMAZONAS: política para produtos não madeireiros ESTADO DO AMAZONAS 1.5 milhões/km2. 3.341 milhões/habitantes 1,4 milhões/km2 Reserva de floresta tropical 98% Cobertura florestal

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERENCIA PROCESSO LICITATÓRIO Nº 006/2011- FAO/GCP/BRA/070/EC

ANEXO I TERMO DE REFERENCIA PROCESSO LICITATÓRIO Nº 006/2011- FAO/GCP/BRA/070/EC FOOD AND AGRICULTURE ORGANIZATION OF THE UNITED NATIONS ORGANISATION DES NATIONS UNIES POUR L ALIMENTATION ET L AGRICULTURE ORGANIZACION DE LAS NACIONES UNIDAS PARA LA AGRICULTURA Y LA ALIMENTACION ORGANIZAÇÃO

Leia mais

Pronunciamento de Ronaldo Lima, Gerente Executivo do IBRAM Amazônia, durante sua posse, em 15/04/2013.

Pronunciamento de Ronaldo Lima, Gerente Executivo do IBRAM Amazônia, durante sua posse, em 15/04/2013. Pronunciamento de Ronaldo Lima, Gerente Executivo do IBRAM Amazônia, durante sua posse, em 15/04/2013. Quero agradecer a presença de todos os que aqui vieram prestigiar esse evento. Agradeço a Federação

Leia mais

ATA DE REUNIÃO 5ª REUNIÃO GT-CAPACITAÇÃO COMITÊ DE IMPLANTAÇÃO DA INDE - CINDE

ATA DE REUNIÃO 5ª REUNIÃO GT-CAPACITAÇÃO COMITÊ DE IMPLANTAÇÃO DA INDE - CINDE ATA DE REUNIÃO 5ª REUNIÃO ACITAÇÃO COMITÊ DE IMPLANTAÇÃO DA INDE - CINDE Local: IBGE / Avenida Chile, nº500, 2º Andar, Sala 02 - Rio de Janeiro-RJ Data e Horário: 16/03/2011 9:00 às 17:00 I. Participantes:

Leia mais

SEMINÁRIO EM PROL DO DESENVOLVIMENTO SOCIOECONOMICO DO XINGU TURISMO ALTAMIRA 2015

SEMINÁRIO EM PROL DO DESENVOLVIMENTO SOCIOECONOMICO DO XINGU TURISMO ALTAMIRA 2015 SEMINÁRIO EM PROL DO DESENVOLVIMENTO SOCIOECONOMICO DO XINGU TURISMO ALTAMIRA 2015 Telefone: (91) 3110-5000 E-mail: gesturpara@gmaiil.com Plano Ver-o-Pará Plano Operacional de Desenvolvimento SETUR; Macroprograma

Leia mais

-III Assembléia Mundial pela Saúde dos Povos PHA3. 6 a 11 de julho de 2012 Universidade de Western Cape Cape town, África do Sul

-III Assembléia Mundial pela Saúde dos Povos PHA3. 6 a 11 de julho de 2012 Universidade de Western Cape Cape town, África do Sul -III Assembléia Mundial pela Saúde dos Povos PHA3 6 a 11 de julho de 2012 Universidade de Western Cape Cape town, África do Sul EM DEFESA DA AMAZÔNIA "ambientes sociais e físicos que destroem ou promovem

Leia mais

FLUXO MANUTENÇÃO, REPARAÇÃO E INSTALAÇÃO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO MANUTENÇÃO, REPARAÇÃO E INSTALAÇÃO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO MANUTENÇÃO, REPARAÇÃO E INSTALAÇÃO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO MANUTENÇÃO, REPARAÇÃO E INSTALAÇÃO

Leia mais

Projeto Básico Ambiental (PBA) UHE Teles Pires

Projeto Básico Ambiental (PBA) UHE Teles Pires UHE Teles Pires P.38 - Programa de Apoio à Revitalização e Incremento da Atividade de Turismo Equipe Responsável pela Elaboração do Programa Responsável Registro Cadastro Técnico Profissional Federal IBAMA

Leia mais

Compromisso com o Brasil

Compromisso com o Brasil m o Brasil Compromisso com o Brasil O SENAR O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, SENAR, é a maior escola aberta do Brasil. Capacita homens e mulheres, acompanha e evolui no trabalho que desenvolve

Leia mais

Proposta para elaboração de PROJETO DE MOBILIZAÇÃO SOCIAL E FORTALECIMENTO DO SUBCOMITÊ DO SISTEMA LAGUNAR DE JACAREPAGUÁ

Proposta para elaboração de PROJETO DE MOBILIZAÇÃO SOCIAL E FORTALECIMENTO DO SUBCOMITÊ DO SISTEMA LAGUNAR DE JACAREPAGUÁ 1. COMITÊ DE BACIA HIDROGRÁFICA da Baía de Guanabara Proponente: Grupo de Trabalho de Educação Ambiental do Subcomitê Lagunar de Jacarepaguá Subcomitê: Lagunar de Jacarepaguá Endereço (logradouro, número

Leia mais

Dispõe sobre a Política Estadual de Agricultura Irrigada e dá outras providências.

Dispõe sobre a Política Estadual de Agricultura Irrigada e dá outras providências. Lei nº 18995 DE 03/09/2015 Norma Estadual - Goiás Publicado no DOE em 08 set 2015 Dispõe sobre a Política Estadual de Agricultura Irrigada e dá outras providências. A Assembleia Legislativa do Estado de

Leia mais

Mapeamento de Processos Tendências para 2015

Mapeamento de Processos Tendências para 2015 13º SEMINÁRIO DE SEGURANÇA, SAÚDE, MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL 2º SEMINÁRIO DA QUALIDADE O PLANEJAMENTO COMO FERRAMENTA DE PREVENÇÃO DE PERDAS E OTIMIZAÇÃO DE RESULTADOS Mapeamento de Processos

Leia mais

GESTÃO INTEGRADA DE RECURSOS HÍDRICOSH NO ESTADO DE SÃO PAULO

GESTÃO INTEGRADA DE RECURSOS HÍDRICOSH NO ESTADO DE SÃO PAULO II SIMPÓSIO DE HIDROGEOLOGIA DO SUDESTE Ribeirão Preto, 06/10/2005 GESTÃO INTEGRADA DE RECURSOS HÍDRICOSH NO ESTADO DE SÃO PAULO Ricardo Daruiz Borsari Superintendente Departamento de Águas e Energia Elétrica

Leia mais

MONITORAMENTO HIDROLÓGICO

MONITORAMENTO HIDROLÓGICO MONITORAMENTO HIDROLÓGICO 2015 Boletim Nº. 03 23/01/2015 Boletim de acompanhamento - 2015 1. Comportamento das Estações monitoradas De acordo com a figura 01 e as tabelas I e II, em termos estatísticos,

Leia mais

GUIA 2013 PARA PREFEITOS E PREFEITAS MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL

GUIA 2013 PARA PREFEITOS E PREFEITAS MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL GUIA 2013 PARA PREFEITOS E PREFEITAS MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL Principais competências do Ministério da Integração Nacional: Ministro de Estado Formulação e condução da Política Nacional de Desenvolvimento

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE SEMA DEPARTAMENTO DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS E GESTAO DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO DEMUC

SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE SEMA DEPARTAMENTO DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS E GESTAO DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO DEMUC SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE SEMA DEPARTAMENTO DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS E GESTAO DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO DEMUC DOCUMENTO DE REFERÊNCIA PARA ELABORAÇÃO DE PROPOSTA RELACIONADA NO ÂMBITO DOS TEMAS

Leia mais

FLUXO ATIVIDADES IMOBILIÁRIAS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO ATIVIDADES IMOBILIÁRIAS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 Estados Norte 7.938 0,37 0 0,00-7.938 0,37

Leia mais

Prof: Marcio Santos Enem 2009

Prof: Marcio Santos Enem 2009 Prof: Marcio Santos Enem 2009 Mapa Mundi Ciências Humanas Aula III Brasil Características Políticas - Nome: República Federativa do Brasil - 5º país do mundo em população - 5º país do mundo em território

Leia mais

ZONCACAU: COMO SUGESTÃO PARA A CAMARA SETORIAL DO CACAU. Alfredo Homma - Embrapa Amazônia Oriental. Brasília, 12 novembro de 2013

ZONCACAU: COMO SUGESTÃO PARA A CAMARA SETORIAL DO CACAU. Alfredo Homma - Embrapa Amazônia Oriental. Brasília, 12 novembro de 2013 ZONCACAU: COMO SUGESTÃO PARA A CAMARA SETORIAL DO CACAU Alfredo Homma - Embrapa Amazônia Oriental. Brasília, 12 novembro de 2013 Disciplinar a expansão da produção de cacau no Brasil e ofertar instrumentos

Leia mais

FUMSOFT EDITAL 002/2013 1ª EDIÇÃO

FUMSOFT EDITAL 002/2013 1ª EDIÇÃO FUMSOFT PROGRAMA DE APOIO E INCENTIVO À MELHORIA E QUALIDADE DOS PROCESSOS DE SOFTWARE EM EMPRESAS COM ESTABELECIMENTO EM MINAS GERAIS E DIFUSÃO DO MODELO MPS.BR (MELHORIA DE PROCESSO DO SOFTWARE BRASILEIRO)

Leia mais

O setor aquaviário e o comércio exterior

O setor aquaviário e o comércio exterior O setor aquaviário e o comércio exterior Associação de Comércio Exterior do Brasil AEB ENAEX 2011 - Encontro nacional de comércio exterior Rio de Janeiro, RJ 19 de agosto de 2011 Fernando Antonio Brito

Leia mais

GT de Economia Criativa

GT de Economia Criativa GT de Economia Criativa Santa Maria, 02 de outubro de 2012 Pauta da reunião 1) Ações após a 1ª reunião do GT 2) Apresentação do Projeto de Mapeamento Georreferenciado da Economia Criativa 3) Apresentação

Leia mais

Oportunidades da Agropecuária Brasileira

Oportunidades da Agropecuária Brasileira Oportunidades da Agropecuária Brasileira Carne sustentável para o mundo Buenos Aires, 28 de setembro de 2010 SANIDADE ANIMAL BEM ESTAR ANIMAL PRESERVAÇÃO AMBIENTAL RASTREABILIDADE 1 O governo brasileiro

Leia mais

Plano Anual de Aplicação Regionalizada

Plano Anual de Aplicação Regionalizada Plano Anual de Aplicação Regionalizada PAAR - 2015 MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE SERVIÇO FLORESTAL BRASILEIRO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO FLORESTAL Introdução PLANO ANUAL DE APLICAÇÃO REGIONALIZADA

Leia mais

Amazônia em T r a n s f o r m a ç ã o

Amazônia em T r a n s f o r m a ç ã o Amazônia em T r a n s f o r m a ç ã o Historia e Perspectiva Universidade de São Paulo 1 Programa do Instituto de Estudos Avançados (IEA/USP) Amazônia em Transformação: Historia e Perspectivas Aprofundando

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2016

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2016 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2016 Institui a Política de Desenvolvimento Sustentável da Caatinga. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art. 1º Esta Lei institui a Política de Desenvolvimento Sustentável da

Leia mais

P&D no Setor Elétrico Programa de P&D regulado

P&D no Setor Elétrico Programa de P&D regulado P&D no Setor Elétrico Programa de P&D regulado pela ANEEL Agência Nacional de Energia Elétrica Superintendência de Pesquisa e Desenvolvimento e Eficiência Energética - SPE Contexto Legal Origem - Lei #

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE 2015 (Do Sr. Deputado Alfredo Nascimento - PR/AM)

PROJETO DE LEI Nº, DE 2015 (Do Sr. Deputado Alfredo Nascimento - PR/AM) PROJETO DE LEI Nº, DE 2015 (Do Sr. Deputado Alfredo Nascimento - PR/AM) Altera a Lei nº 10.893, de 13 de julho de 2004, que dispõe sobre o Adicional ao Frete para a Renovação da Marinha Mercante AFRMM

Leia mais

Regionalização Brasileira

Regionalização Brasileira GEOGRAFIA DO BRASIL Regionalização Brasileira A República Federativa do Brasil é formada por 26 estados e pelo Distrito Federal. Os estados, por sua vez, dividem-se em municípios, os quais são as menores

Leia mais

Página 1 de 5. I. Defensivos Agrícolas. Representante ANDEF. (10 minutos)

Página 1 de 5. I. Defensivos Agrícolas. Representante ANDEF. (10 minutos) Dados da Reunião Câmara: Câmara Temática de Insumos Agropecuários Título: Reunião Ordinária N. 73 Local: ASBAC - Setor de Clube Sul, Trecho 2, Conjunto 31 Data da reunião: 27/05/2014 Hora de início: 10:00

Leia mais

Boletim Informativo* Agosto de 2015

Boletim Informativo* Agosto de 2015 Boletim Informativo* Agosto de 2015 *Documento atualizado em 15/09/2015 (Erratas páginas 2, 3, 4 e 9) EXTRATO GERAL BRASIL 1 EXTRATO BRASIL 396.399.248 ha 233.712.312 ha 58,96% Número de Imóveis Cadastrados²:

Leia mais

PLANO DE CURSO CURSO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS. CARGA HORÁRIA: 60 PERÍODO: 4º TURNO: Noturno ANO LETIVO: 2011/1

PLANO DE CURSO CURSO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS. CARGA HORÁRIA: 60 PERÍODO: 4º TURNO: Noturno ANO LETIVO: 2011/1 PLANO DE CURSO CURSO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS DISCIPLINA: ÉTICA E RESPONSABILIDADE SOCIAL CARGA HORÁRIA: 60 PERÍODO: 4º TURNO: Noturno ANO LETIVO: 2011/1 PROFESSOR (A):

Leia mais

Dimensão social. Habitação

Dimensão social. Habitação Dimensão social Habitação Indicadores de desenvolvimento sustentável - Brasil 2004 235 39 Adequação de moradia Este indicador expressa as condições de moradia através da proporção de domicílios com condições

Leia mais

PIB DO ESTADO DE RONDÔNIA 2007

PIB DO ESTADO DE RONDÔNIA 2007 PIB DO ESTADO DE RONDÔNIA 2007 Para o ano de 2007, o Produto Interno Bruto PIB do Estado de Rondônia apresentou um crescimento de 5,2% em relação ao ano anterior, ficando assim com 16ª a colocação no ranking

Leia mais

Contrato de Empréstimo n.º 980/OC-BR. República Federativa do Brasil e o Banco Interamericano de Desenvolvimento

Contrato de Empréstimo n.º 980/OC-BR. República Federativa do Brasil e o Banco Interamericano de Desenvolvimento TERMO DE REFERÊNCIA Projeto BRA/97/032 Coordenação do Programa de Modernização Fiscal dos Estados Brasileiros - PNAFE Contrato de Empréstimo n.º 980/OC-BR entre a República Federativa do Brasil e o Banco

Leia mais

PLANO DIRETOR E DRENAGEM E MANEJO DE ÁGUAS PLUVIAIS DA CIDADE DE NATAL

PLANO DIRETOR E DRENAGEM E MANEJO DE ÁGUAS PLUVIAIS DA CIDADE DE NATAL PLANO DIRETOR E DRENAGEM E MANEJO DE ÁGUAS PLUVIAIS DA CIDADE DE NATAL Luciano Rebello da Cunha Melo Secretário Adj. de Planejamento de Obras - SEMOPI Fone: 84 3232-8109 Email: luciano.rebello@natal.rn.gov.br

Leia mais

ATA DA XIX REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DO CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE - CONAMA.

ATA DA XIX REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DO CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE - CONAMA. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 ATA DA XIX REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DO CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE - CONAMA. Ao décimo dia do mês de outubro

Leia mais

O passo a passo da participação popular Metodologia e diretrizes

O passo a passo da participação popular Metodologia e diretrizes O passo a passo da participação popular Metodologia e diretrizes Com o objetivo de garantir a presença da população na construção e no planejamento de políticas públicas, o Governo de Minas Gerais instituiu

Leia mais

Avaliação de Políticas Públicas (Resolução nº 44, de 2013) Proposta Plano de Trabalho. Programa Nacional de Banda Larga (PNBL)

Avaliação de Políticas Públicas (Resolução nº 44, de 2013) Proposta Plano de Trabalho. Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática Avaliação de Políticas Públicas (Resolução nº 44, de 2013) Proposta Plano de Trabalho Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) Presidente:

Leia mais

Desenvolvimento da Agricultura Irrigada no Brasil, sob Cenários Sustentáveis (PCT BRA/IICA/08/002)

Desenvolvimento da Agricultura Irrigada no Brasil, sob Cenários Sustentáveis (PCT BRA/IICA/08/002) Desenvolvimento da Agricultura Irrigada no Brasil, sob Cenários Sustentáveis (PCT BRA/IICA/08/002) Data do Início: 01/01/2008 Data do Término: 31/12/2011 Valor: R$ 21.000.000,00 Objetivo: Desenvolvimento

Leia mais

REQUERIMENTO (Do Sr. VALTENIR PEREIRA) Senhor Presidente:

REQUERIMENTO (Do Sr. VALTENIR PEREIRA) Senhor Presidente: REQUERIMENTO (Do Sr. VALTENIR PEREIRA) Requer o envio de Indicação à Presidência da República, relativa à criação da CODEPAN Companhia de Desenvolvimento do Pantanal. Senhor Presidente: Nos termos do artigo

Leia mais

COORDENADORA-GERAL DE ESTUDOS E INFORMAÇÕES GERENCIAIS Sandra Helena Caresia Gustavo

COORDENADORA-GERAL DE ESTUDOS E INFORMAÇÕES GERENCIAIS Sandra Helena Caresia Gustavo PRESIDENTE DA REPÚBLICA Luiz Inácio Lula da Silva MINISTRO Paulo Bernado Silva SECRETÁRIO-EXECUTIVO Nelson Machado SECRETÁRIO DE RECURSOS HUMANOS Sérgio Eduardo Arbulu Mendonça COORDENADORA-GERAL DE ESTUDOS

Leia mais

Síntese dos Assuntos/Deliberações 2003/2004: 1. 15 de janeiro de 2003, Brasília (DF) 14ª Reunião Ordinária/Extraordinária.

Síntese dos Assuntos/Deliberações 2003/2004: 1. 15 de janeiro de 2003, Brasília (DF) 14ª Reunião Ordinária/Extraordinária. Síntese dos Assuntos/Deliberações 2003/2004: 1. 15 de janeiro de 2003, Brasília (DF) 14ª Reunião Ordinária/Extraordinária. Eleição da Diretoria 2003/2005. Redefinição das 10 Prioridades - Oficio ao Ministro

Leia mais

CETEM: 15 anos de apoio aos APLS. Os Arranjos Produtivos Locais de Base Mineral (APLS-BM) fazem parte da política de

CETEM: 15 anos de apoio aos APLS. Os Arranjos Produtivos Locais de Base Mineral (APLS-BM) fazem parte da política de CETEM: 15 anos de apoio aos APLS Os Arranjos Produtivos Locais de Base Mineral (APLS-BM) fazem parte da política de atuação do Centro de Tecnologia Mineral (CETEM/MCTI) desde 1998. Neste ano, a Unidade

Leia mais

O TERRITÓRIO BRASILEIRO. 6. Fronteiras Terrestres

O TERRITÓRIO BRASILEIRO. 6. Fronteiras Terrestres O TERRITÓRIO BRASILEIRO 6. Fronteiras Terrestres Até o começo do século XVII, os colonizadores se concentraram em cidades fundadas na região litorânea do Brasil, principalmente no Nordeste. A principal

Leia mais

Fortalecimento da Gestão Regional Conjunta para o Aproveitamento Sustentável da Biodiversidade Amazônica

Fortalecimento da Gestão Regional Conjunta para o Aproveitamento Sustentável da Biodiversidade Amazônica Fortalecimento da Gestão Regional Conjunta para o Aproveitamento Sustentável da Biodiversidade Amazônica PAULO KAGEYAMA. SBF Ministério do Meio Ambiente PRIMEIRA REUNIÃO DE COORDENADORES NACIONAIS DO PROJETO

Leia mais

PROGRAMAS E PROJETOS PARA O DESENVOLVIMENTO DO ECOTURISMO NO PÓLO DO CANTÃO

PROGRAMAS E PROJETOS PARA O DESENVOLVIMENTO DO ECOTURISMO NO PÓLO DO CANTÃO º PROGRAMAS E S PARA O DESENVOLVIMENTO DO ECOTURISMO NO PÓLO DO CANTÃO Programa de utilização sustentável dos atrativos turísticos naturais Implementação do Plano de Manejo do Parque do Cantão Garantir

Leia mais

Agricultura & Inovação:

Agricultura & Inovação: Agricultura & Inovação: Rota para o Desenvolvimento Sustentável Rio de Janeiro, 16 de junho de 2012 TRANSFORMAÇÃO Macro-objetivos Macro - objetivos REDUÇÃO DA POBREZA E DAS DESIGUALDADES REGIONAIS PRODUÇÃO

Leia mais

Assessoria de Assuntos Estratégicos e Relações institucionais ASAE Gabinete do Ministro

Assessoria de Assuntos Estratégicos e Relações institucionais ASAE Gabinete do Ministro Assessoria de Assuntos Estratégicos e Relações institucionais ASAE Gabinete do Ministro Roteiro Plano Amazônia de Pesca e Aquicultura Amazônia Legal Pesca e Aquicultura na Amazônia Legal Plano Amazônia

Leia mais

PLANO NACIONAL DE RECURSOS HÍDRICOS

PLANO NACIONAL DE RECURSOS HÍDRICOS ESTUDO ESTUDO PLANO NACIONAL DE RECURSOS HÍDRICOS José de Sena Pereira Jr. Consultor Legislativo da Área XI Meio Ambiente e Direito Ambiental, Organização Territorial, Desenvolvimento Urbano e Regional

Leia mais

Plano de Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia (PPCDAM 2007)

Plano de Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia (PPCDAM 2007) Plano de Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia (PPCDAM 2007) DIRETORIA DE PROTEÇÃO AMBIENTAL BRASÍLIA - DF MAIO/2007 Roteiro PPCDAM Planejamento 2007 Monitoramento Análise das tendências para

Leia mais

Os desafios da extração mineral na Região Norte em prol do desenvolvimento socioeconômico

Os desafios da extração mineral na Região Norte em prol do desenvolvimento socioeconômico Centro de Tecnologia Mineral Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação Os desafios da extração mineral na Região Norte em prol do desenvolvimento socioeconômico Rodrigo Braga da Rocha Villa Verde Renata

Leia mais

ESTRATÉGIA PARA O DESENVOLVIMENTO DO TURISMO SUSTENTÁVEL NA AMAZÔNIA LEGAL

ESTRATÉGIA PARA O DESENVOLVIMENTO DO TURISMO SUSTENTÁVEL NA AMAZÔNIA LEGAL ESTRATÉGIA PARA O DESENVOLVIMENTO DO TURISMO SUSTENTÁVEL NA AMAZÔNIA LEGAL Manaus Setembro 2008 Equipe Coordenador Geral do Ecoturismo na Amazônia Legal Allan Milhomens Equipe Técnica Sônia Kinker Daniela

Leia mais

REGISTRO 3ª REUNIÃO DE VALIDAÇÃO DE PROJETOS DO PROGRAMA ENERGIA SOCIAL PARA SUSTENTABILIDADE LOCAL COMISSÕES TEMÁTICAS

REGISTRO 3ª REUNIÃO DE VALIDAÇÃO DE PROJETOS DO PROGRAMA ENERGIA SOCIAL PARA SUSTENTABILIDADE LOCAL COMISSÕES TEMÁTICAS 1 REGISTRO 3ª REUNIÃO DE VALIDAÇÃO DE PROJETOS DO PROGRAMA ENERGIA SOCIAL PARA SUSTENTABILIDADE LOCAL COMISSÕES TEMÁTICAS (CTs) E CONSELHO COMUNITÁRIO (CC) Perolândia GO Data: 11/04 Local: Câmara Municipal

Leia mais

FLUXO FABRICAÇÃO DE MÁQUINAS, APARELHOS E MATERIAIS ELÉTRICOS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009

FLUXO FABRICAÇÃO DE MÁQUINAS, APARELHOS E MATERIAIS ELÉTRICOS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 FLUXO FABRICAÇÃO DE MÁQUINAS, APARELHOS E MATERIAIS ELÉTRICOS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DAPARAÍBA

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PELOTAS GABINETE DO PREFEITO LEI Nº 5. 746, DE 29 DE NOVEMBRO DE 2010.

PREFEITURA MUNICIPAL DE PELOTAS GABINETE DO PREFEITO LEI Nº 5. 746, DE 29 DE NOVEMBRO DE 2010. PREFEITURA MUNICIPAL DE PELOTAS GABINETE DO PREFEITO LEI Nº 5. 746, DE 29 DE NOVEMBRO DE 2010. Autoriza o Poder Executivo a contratar, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho, por tempo determinado

Leia mais

CENSO ESCOLAR ESTADO DE SÃO PAULO INFORME 2014

CENSO ESCOLAR ESTADO DE SÃO PAULO INFORME 2014 GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO COORDENADORIA DE INFORMAÇÃO, MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO EDUCACIONAL CENSO ESCOLAR ESTADO DE SÃO PAULO INFORME Governador do Estado de São

Leia mais

El Sistema Cooperativo Agrario como Herramienta para la Inserción Competitiva de la Agricultura Familiar en los Mercados

El Sistema Cooperativo Agrario como Herramienta para la Inserción Competitiva de la Agricultura Familiar en los Mercados El Sistema Cooperativo Agrario como Herramienta para la Inserción Competitiva de la Agricultura Familiar en los Mercados O que é Agricultura Familiar no Brasil Lei 11326 Art. 3o Para os efeitos desta Lei,

Leia mais

Escola de Serviço Público do Estado do Amazonas/ESPEA Professor da Escola de Serviço Público do Estado do Amazonas/ESPEA (1966 a 1970).

Escola de Serviço Público do Estado do Amazonas/ESPEA Professor da Escola de Serviço Público do Estado do Amazonas/ESPEA (1966 a 1970). FORMAÇÃO ACADÊMICA: Bacharel em Direito, pela Universidade Federal do Amazonas/UFAM 1961; Especialista em Administração Pública, pela Fundação Getúlio Vargas EBAPE/FGV 1962; Especialista em Administração

Leia mais

Avaliação do Desmatamento e do Cadastro Ambiental Rural (CAR) no Pará: bases para o Programa Municípios Verdes Heron Martins* Carlos Souza Jr.

Avaliação do Desmatamento e do Cadastro Ambiental Rural (CAR) no Pará: bases para o Programa Municípios Verdes Heron Martins* Carlos Souza Jr. Avaliação do Desmatamento e do Cadastro Ambiental Rural (CAR) no Pará: bases para o Programa Municípios Verdes Heron Martins* Carlos Souza Jr. O governo do estado do Pará lançou o Programa Municípios Verdes

Leia mais

BACIA HIDROGRÁFICA DO LAGO GUAÍBA

BACIA HIDROGRÁFICA DO LAGO GUAÍBA SERVIÇOS DE CONSULTORIA RELATIVOS AO PROCESSO DE PLANEJAMENTO DA BACIA HIDROGRÁFICA DO LAGO GUAÍBA FASE C SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE Reunião Plenária 18 de março de 2014 Comissão de Acompanhamento DRH

Leia mais

Nota Técnica n o 101/2005 SRC/ANEEL. Em 16 de setembro de 2005.

Nota Técnica n o 101/2005 SRC/ANEEL. Em 16 de setembro de 2005. Nota Técnica n o 101/2005 SRC/ANEEL Em 16 de setembro de 2005. Processo: 48500.002475/04-97 Assunto: Análise da 2 a parte do Plano de Universalização de Energia Elétricas da Companhia de Eletricidade do

Leia mais

ANEXO B TERMO DE REFERÊNCIA. Declaração de trabalho, serviços e especificações

ANEXO B TERMO DE REFERÊNCIA. Declaração de trabalho, serviços e especificações PROCESSO 026-2013 ANEXO B TERMO DE REFERÊNCIA Declaração de trabalho, serviços e especificações A Contratada deverá executar o trabalho e realizar os serviços a seguir, indicados de acordo com as especificações

Leia mais

PROJETO ESTRUTURANTE DE COSMÉTICO DE BASE FLORESTAL DA AMAZÔNIA ESTUDO USO DE INSUMOS NA PRODUÇÃO DE COSMÉTICOS NA AMAZÔNIA

PROJETO ESTRUTURANTE DE COSMÉTICO DE BASE FLORESTAL DA AMAZÔNIA ESTUDO USO DE INSUMOS NA PRODUÇÃO DE COSMÉTICOS NA AMAZÔNIA PROJETO ESTRUTURANTE DE COSMÉTICO DE BASE FLORESTAL DA AMAZÔNIA ESTUDO USO DE INSUMOS NA PRODUÇÃO DE COSMÉTICOS NA AMAZÔNIA ENTRAVES E GARGALOS DA PRODUÇÃO DE INSUMOS E PRODUTOS ACABADOS DO SEGMENTO DE

Leia mais

EIXO I GESTÃO CULTURAL DEMOCRÁTICA E PARTICIPATIVA

EIXO I GESTÃO CULTURAL DEMOCRÁTICA E PARTICIPATIVA PLANO MUNICIPAL DE CULTURA DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ Comissão de Elaboração do Plano Municipal de Cultura: Anderson Beluzzo, Celso Peixoto, Dagma Castro, Elias Alcides Luciano, Guilhermina Stuker, João Alexandre

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA SEAPROF Nº.

CHAMADA PÚBLICA SEAPROF Nº. SELEÇÃO DE ENTIDADE(S) PRESTADORA(S) DE SERVIÇO(S) DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA E EXTENSÃO AGROFLORESTAL ATER E AÇÕES DO PROGRAMA DE CERTIFICAÇÃO E DE FOMENTO À PRODUÇÃO SUSTENTÁVEL, NO ÂMBITO DO FUNDO AMAZÔNIA/BNDES

Leia mais

IV Fórum Governamental de Gestão Ambiental na Administração Pública. Painel 4 Sustentabilidade no Setor Público. Brasília, 01º de dezembro de 2009

IV Fórum Governamental de Gestão Ambiental na Administração Pública. Painel 4 Sustentabilidade no Setor Público. Brasília, 01º de dezembro de 2009 IV Fórum Governamental de Gestão Ambiental na Administração Pública Painel 4 Sustentabilidade no Setor Público Brasília, 01º de dezembro de 2009 Márcio Luiz de Albuquerque Oliveira Coordenador-Geral de

Leia mais

Projeto Corredores Ecológicos: Corredor Central da Mata Atlântica Unidade de Coordenação Estadual Espírito Santo

Projeto Corredores Ecológicos: Corredor Central da Mata Atlântica Unidade de Coordenação Estadual Espírito Santo Conectando pessoas e florestas Projeto Corredores Ecológicos: Corredor Central da Mata Atlântica ti Unidade de Coordenação Estadual Espírito Santo Objetivos PCE 1. Objetivo Geral: Demonstrar a viabilidade

Leia mais

TABELA DE CARGOS EM COMISSÃO SUPERINTENDÊNCIA CENTRAL DE RECURSOS HUMANOS

TABELA DE CARGOS EM COMISSÃO SUPERINTENDÊNCIA CENTRAL DE RECURSOS HUMANOS SERV. Governadoria do Estado Básica Governador - 20.042,00 12.025,20 Básica Secretário de Estado Extraordinário - 16.033,00 Básica Chefe de Gabinete do Governador CDS-1 16.033,00 9.619,80 Básica Chefe

Leia mais

CAMINHO PARA DESENVOLVER UMA AGENDA DE ADAPTAÇÃO EM MUDANÇAS CLIMÁTICAS NAS EMPRESAS. Junho 2013

CAMINHO PARA DESENVOLVER UMA AGENDA DE ADAPTAÇÃO EM MUDANÇAS CLIMÁTICAS NAS EMPRESAS. Junho 2013 CAMINHO PARA DESENVOLVER UMA AGENDA DE ADAPTAÇÃO EM MUDANÇAS CLIMÁTICAS NAS EMPRESAS Junho 2013 PROPÓSITO Aqui apresentamos o caminho para as empresas adotarem uma estratégia em adaptação às mudanças climáticas,

Leia mais

Rádios Comunitárias em números. JUlho- 2015 UFPA/CNPq

Rádios Comunitárias em números. JUlho- 2015 UFPA/CNPq Rádios Comunitárias em números JUlho- 2015 UFPA/CNPq I. RADIOS COMUNITÁRIAS (radcom) em Números 1. Sistema de Radiodifusão no Brasil (2014) - Radiodifusão Sonora (Rádio) + Radiodifusão de Sons e Imagens

Leia mais

Pesquisa e Desenvolvimento que geram avanços

Pesquisa e Desenvolvimento que geram avanços P&D O compromisso das empresas com o desenvolvimento sustentável por meio da energia limpa e renovável será demonstrado nesta seção do relatório. Nela são disponibilizados dados sobre a Pesquisa, Desenvolvimento

Leia mais

SAMARCO MINERAÇÃO S.A.

SAMARCO MINERAÇÃO S.A. SAMARCO MINERAÇÃO S.A. MINAS GERAIS E ESPÍRITO SANTO INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO DA LINHA 03 DE MINERODUTO PLANO BÁSICO AMBIENTAL PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL OS Tramitação Via Data 1SAMA013-OS-00011

Leia mais

MONITORAMENTO HIDROLÓGICO

MONITORAMENTO HIDROLÓGICO MONITORAMENTO HIDROLÓGICO 2015 Boletim Nº. 04 30/01/2015 Boletim de acompanhamento - 2015 1. Comportamento das Estações monitoradas De acordo com a figura 01 e as tabelas I e II, em termos estatísticos,

Leia mais

Engenheiro Agrônomo: Atribuições profissionais e matriz curricular. J.O. Menten T.C. Banzato UFPB Areia/PB 27 a 30 de Outubro de 2014

Engenheiro Agrônomo: Atribuições profissionais e matriz curricular. J.O. Menten T.C. Banzato UFPB Areia/PB 27 a 30 de Outubro de 2014 Engenheiro Agrônomo: Atribuições profissionais e matriz curricular J.O. Menten T.C. Banzato UFPB Areia/PB 27 a 30 de Outubro de 2014 1. INTRODUÇÃO AGENDA 2. ATRIBUIÇÕES PROFISSIONAIS 3. MATRIZ CURRICULAR

Leia mais

EIXOS E PROGRAMAS ATIVIDADE DE ANALISE CRITICA DOS EIX. EIXO 2 -Conhecimento e inovação tecnológica

EIXOS E PROGRAMAS ATIVIDADE DE ANALISE CRITICA DOS EIX. EIXO 2 -Conhecimento e inovação tecnológica ATIVIDADE DE ANALISE CRITICA DOS EIX EIXOS E PROGRAMAS EIXO 2 -Conhecimento e inovação tecnológica Programa de fortalecimento da capacidade de pesquisa e desenvolvimento tecnológico Programa de inovação

Leia mais

É uma ação permanente de promoção dos museus brasileiros coordenada pelo Ibram;

É uma ação permanente de promoção dos museus brasileiros coordenada pelo Ibram; Pesquisa da 13ª Semana Nacional de Museus Período de aplicação: 25 de maio a 30 de junho de 2015 Coordenação de Estudos Socioeconômicos e Sustentabilidade Ceses Departamento de Difusão, Fomento e Economia

Leia mais

20114 Advocacia-Geral da União. Apoio às Políticas Públicas e Áreas Especiais 0580 Defesa Jurídica da União. 92000 Atividades Padronizadas

20114 Advocacia-Geral da União. Apoio às Políticas Públicas e Áreas Especiais 0580 Defesa Jurídica da União. 92000 Atividades Padronizadas Anexo III - s Responsáveis por s 20114 Advocacia-Geral da União 0580 Defesa Jurídica da União 92000 Atividades Padronizadas 0089 Previdência de Inativos e Pensionistas da União 0750 0807 Apoio Administrativo

Leia mais

Estudo de Caso: Indicadores: A experiência da Universidade Federal do Pará UFPA

Estudo de Caso: Indicadores: A experiência da Universidade Federal do Pará UFPA Fórum Nacional de Pró-Reitores de Planejamento e de Administração das Instituições Federais de Ensino Superior (Forplad) Fórum: 2º Fórum 2015. Estudo de Caso: Indicadores: A experiência da Universidade

Leia mais

informe TÉCNICO Mercado de Trabalho MAIO 2015 Fapespa Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas do Pará

informe TÉCNICO Mercado de Trabalho MAIO 2015 Fapespa Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas do Pará informe TÉCNICO Mercado de Trabalho MAIO 2015 Fapespa GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ Simão Robison Oliveira Jatene Governador do Estado do Pará José da Cruz Marinho Vice-Governador do Estado do Pará Fapespa

Leia mais