Parecer Consultoria Tributária Segmentos Conhecimento de Transporte Eletrônico Estado Bahia

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Parecer Consultoria Tributária Segmentos Conhecimento de Transporte Eletrônico Estado Bahia"

Transcrição

1 22/10/2013

2 Sumário Título do documento 1. Questão Normas Apresentadas pelo Cliente Análise da Consultoria Ajuste Sinief nº09/ Resolução n 95/ Lei nº 7.014, de Das alíquotas Documento de Entrada SPED Fiscal Transmissão de CTe Alíquota ICMS nas prestações Interestaduais de transporte aéreo Conclusão Informações Complementares Referências Histórico de Alterações

3 1. Questão Esta análise aborda o tratamento do Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e), para o Estado da Bahia conforme o que estabelece o Ajuste Sinief nº 9 / Normas Apresentadas pelo Cliente Lei Complementar nº87 de 13 de setembro de Análise da Consultoria O CT-e será utilizado pelos contribuintes para acobertar as prestações de serviço de transportes rodoviário, aquaviário, aéreo, ferroviário e dutoviário de cargas. Podemos conceituar o Conhecimento de Transporte Eletrônico como sendo um documento de existência apenas digital, emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar, para fins fiscais, uma prestação de serviço de transporte de cargas realizada por qualquer modal (Rodoviário, Aéreo, Ferroviário, Aquaviário e Duto- viário). Sua validade jurídica é garantida pela assinatura digital do emitente (garantia de autoria e de integridade) e pela recepção e autorização de uso concedido pelo Fisco. A situação apresentada pelo nosso cliente é que ao incluir um documento fiscal, cuja a espécie é CTE, cujo tomador de serviços esteja estabelecido no estado da Bahia deverá ser aplicada a alíquota de 4% para o calculo do imposto ICMS próprio por conta da Resolução do Senado federal 95/1996. A alíquota de 4% é cabível para qualquer tipo de conhecimento de transporte? 3.1. Ajuste Sinief nº09/2007 Institui o Conhecimento de Transporte Eletrônico e o Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico, onde substitui os documentos relacionados ao Conhecimento de Transporte gerando apenas o modelo único 57. AJUSTE SINIEF Nº 09, 25 DE OUTUBRO DE O Conselho Nacional de Política Fazendária - CONFAZ e o Secretario da Receita Federal do Brasil, na 112ª reunião extraordinária do Conselho Nacional de Política Fazendária, realizada em Brasília, DF, no dia 25 de outubro de 2007, tendo em vista o disposto no art. 199 do Código Tributário Nacional (Lei nº 5.172, de 25 de outubro de 1966), resolvem celebrar o seguinte: 3

4 A J U S T E Título do documento Cláusula primeira Fica instituída o Conhecimento de Transporte Eletrônico - CTe, modelo 57, que poderá ser utilizado pelos contribuintes do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre a Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação - ICMS em substituição aos seguintes documentos: I - Conhecimento de Transporte Rodoviário de Cargas, modelo 8; II - Conhecimento de Transporte Aquaviário de Cargas, modelo 9; III - Conhecimento Aéreo, modelo 10; IV - Conhecimento de Transporte Ferroviário de Cargas, modelo 11; V - Nota Fiscal de Serviço de Transporte Ferroviário de Cargas, modelo 27; VI - Nota Fiscal de Serviço de Transporte, modelo 7, quando utilizada em transporte de cargas. [..] 3º A obrigatoriedade da utilização do CT-e é fixada por este ajuste, nos termos do disposto na cláusula vigésima quarta, podendo ser antecipada para contribuinte que possua inscrição em uma única unidade federada. (Redação dada ao parágrafo pelo Ajuste SINIEF nº 17, de , DOU de , com efeitos a partir do primeiro dia do segundo mês subsequente ao da publicação) [..] Cláusula vigésima quarta Os contribuintes do ICMS em substituição aos documentos citados na cláusula primeira deste ajuste ficam obrigados ao uso do CT-e, nos termos do 3º, a partir das seguintes datas: I - 1º de dezembro de 2012, para os contribuintes do modal: a) rodoviário relacionado no Anexo Único; b) dutoviário; c) REVOGADA Redação anterior dada à alínea c do inciso I do caput da cláusula vigésima quarta pelo Ajuste SINIEF 08/12, efeitos de a c) aéreo; d) ferroviário; II REVOGADO III - 1º de março de 2013, para os contribuintes do modal aquaviário; IV - 1º de agosto de 2013, para os contribuintes do modal rodoviário, não optantes pelo regime do Simples Nacional; V - 1º de dezembro de 2013, para os contribuintes: a) do modal rodoviário, optantes pelo regime do Simples Nacional; b) REVOGADA VI - 1º de fevereiro de 2013, para os contribuintes do modal aéreo. 4

5 VII - 3 de novembro de 2014, para os contribuintes do Transporte Multimodal de Carga. 1º Ficam mantidas as obrigatoriedades estabelecidas pelas unidades federadas em datas anteriores a 31 de dezembro de (Antigo parágrafo único renomeado pelo Ajuste SINIEF nº 14, de , DOU de , com efeitos a partir do primeiro dia do segundo mês subsequente ao da sua publicação e com redação dada à cláusula pelo Ajuste SINIEF nº 18, de , DOU , com efeitos a partir de ) 2º O disposto nesta Cláusula não se aplica ao Microempreendedor Individual - MEI, de que trata o art. 18-A da Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006 ; (Parágrafo acrescentado pelo Ajuste SINIEF nº 14, de , DOU de , com efeitos a partir do primeiro dia do segundo mês subsequente ao da sua publicação) 3º Fica vedada ao modal ferroviário a emissão do Despacho de Carga conforme Ajuste SINIEF 19/89, de 22 de agosto de 1989, a partir da obrigatoriedade de que trata o inciso I do caput desta cláusula. (Parágrafo acrescentado pelo Ajuste SINIEF nº 14, de , DOU de , com efeitos a partir do primeiro dia do segundo mês subsequente ao da sua publicação) 3.2. Resolução n 95/1966 A alíquota de 4% do ICMS Próprio deverá ser aplicada em qualquer operação interestadual de transporte aéreo desde que destinado ou tomado de contribuinte do ICMS, independente de qual o estado de origem/destino. Estabelece alíquota para cobrança do ICMS Art. 1º É estabelecida, quanto ao imposto de que trata o inciso II do caput do art. 155 da Constituição Federal, a alíquota de 4% (quatro por cento) na prestação de transporte aéreo interestadual de passageiro, carga e mala postal. Art. 2º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. Senado Federal, em 13 de dezembro de Lei nº 7.014, de Das alíquotas A Lei 7.014/96 trata do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS), e dá outras providências no Estado da Bahia. A referida Lei prevê as alíquotas do ICMS conforme abaixo: Subseção I - Das Alíquotas Art. 15. As alíquotas do ICMS são as seguintes: I - 17% (dezessete por cento): 5

6 Título do documento a) nas operações e prestações internas, em que o remetente ou prestador e o destinatário da mercadoria, bem ou serviço estejam situados neste Estado; b) nas operações e prestações em que os destinatários das mercadorias ou os tomadores dos serviços estejam localizados em outra unidade da Federação e não sejam contribuintes do imposto; c) na entrada, no território deste Estado, de lubrificantes e combustíveis líquidos ou gasosos derivados de petróleo, de outra unidade da Federação, quando não destinados à comercialização, industrialização, produção, geração ou extração (LC 87/96 e 102/00); (Redação dada à alínea pela Lei nº 7.710, de , DOE BA de , com efeitos a partir de ) d) nas operações de importação de mercadorias ou bens do exterior; e) nas operações de arrematação de mercadorias ou bens importados do exterior e apreendidos ou abandonados; f) nas prestações de serviços de transporte iniciadas no exterior e de comunicação iniciadas ou prestadas no exterior; II - 12% (doze por cento), nas operações e prestações interestaduais que destinem mercadorias, bens ou serviços de transporte ou de comunicação a contribuintes do imposto. III - 4 % (quatro por cento): a) nas prestações interestaduais de transporte aéreo de carga e mala postal, quando tomadas por contribuintes ou a estes destinadas; b) nas operações interestaduais com bens e mercadorias importados do exterior que, após seu desembaraço aduaneiro: 1. Não tenham sido submetidos a processo de industrialização; 2. Ainda que submetidos a qualquer processo de transformação, beneficiamento, montagem, acondicionamento, reacondicionamento, renovação ou recondicionamento, resultem em mercadorias ou bens com conteúdo de importação superior a 40% (quarenta por cento). (Redação dada ao inciso pela Lei nº , de , DOE BA de a ) 1º No retorno de mercadoria depositada por estabelecimento de outra unidade da Federação, a alíquota aplicável será a mesma adotada quando da remessa para depósito neste Estado. 2º Para efeito de aplicação da alíquota, consideram-se operações internas o abastecimento de combustíveis, o fornecimento de lubrificantes e o emprego de partes, peças e outras mercadorias, em decorrência de conserto ou reparo, feitos em veículos de fora do Estado e em trânsito pelo território baiano. 3º Ainda que se trate de operação ou prestação em situação fiscal irregular, a aplicação da alíquota dependerá do tipo de mercadoria ou prestação realizada e se a operação ou prestação for interna ou interestadual. (Redação dada ao parágrafo pela Lei nº , de , DOE BA de ) 4º Prevalecerão sobre as alíquotas estipuladas neste artigo aquelas que vierem a ser estabelecidas em resolução do Senado Federal. 5º O disposto na alínea "b" do inciso III do caput deste artigo não se aplica: 6

7 I - aos bens e mercadorias importados do exterior que não tenham similar nacional, a serem definidos em lista a ser editada pelo Conselho de Ministros da Câmara de Comércio Exterior (Camex); II - aos bens produzidos em conformidade com os processos produtivos básicos de que tratam o Decreto-Lei nº 288, de 28 de fevereiro de 1967, e as Leis nos 8.248, de 23 de outubro de 1991, 8.387, de 30 de dezembro de 1991, , de 11 de janeiro de 2001, e , de 31 de maio de 2007; III - às operações que destinem gás natural importado do exterior a outros Estados. (Parágrafo acrescentado pela Lei nº , de , DOE BA de a ) 6º O conteúdo de importação a que se refere o item 2 da alínea "b" do inciso III do caput deste artigo é o percentual correspondente ao quociente entre o valor da parcela importada do exterior e o valor total da operação de saída interestadual da mercadoria ou bem. (Parágrafo acrescentado pela Lei nº , de , DOE BA de a ) 3.4. Documento de Entrada Na operação interestadual cujo tomador de serviço estar localizado no Estado da Bahia deverá lançar a nota fiscal com a especie CTe aplicando a aliquota de 12% quando se referir a contribuinte do ICMS. Exceto transporte aviario que deverá ser aplicado aliquota de 4%. Operação Interna deverá ser aplicado alíquota de 17% (dezessete por cento) de ICMS SPED Fiscal Bloco D registro D100. Este registro deve ser apresentado por todos os contribuintes adquirentes ou prestadores dos serviços que utilizem documentos de conhecimento de transporte,respeitando os prazos da obrigação da CTe. A partir de primeiro de dezembro de 2012 Transporte rodoviário relacionado no Anexo Único do Ajuste Sinief 09/2007. Dutoviário; Aéreo; Ferroviário 1º de março de 2013, Para os contribuintes do modal aquaviário; 1º de agosto de 2013, Para os contribuintes do modal rodoviário, não optantes pelo regime do Simples Nacional. 7

8 1º de dezembro de 2013, para os contribuintes: Modal rodoviário, optantes pelo regime do Simples Nacional. Preencher o campo TP_CT-e onde deverá ser informado o tipo de... Título do documento 3.6. Transmissão de CTe Este arquivo eletrônico, que corresponderá ao Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e), será transmitido pela Internet para a Secretaria de Fazenda Estadual de jurisdição do contribuinte emitente. A Secretaria de Fazenda Estadual fará, então, uma prévalidação do arquivo e devolverá uma Autorização de Uso, sem a qual não poderá haver a prestação de serviço de transporte. Após o recebimento do CT-e, a Secretaria de Fazenda Estadual disponibilizará consulta, por meio da Internet, para o tomador do serviço e outros legítimos interessados que detenham a chave de acesso do documento eletrônico. Este mesmo arquivo do CT-e será ainda transmitido pela Secretaria de Fazenda Estadual para a Receita Federal do Brasil, que será o repositório nacional de todos os CT-e emitidos, e para as Secretarias de Fazenda de início da prestação do serviço e do tomador do serviço, caso sejam diferentes da Secretaria de Fazenda de circunscrição do emissor, além da SUFRAMA, quando aplicável Alíquota ICMS nas prestações Interestaduais de transporte aéreo A Lei Complementar nº 87 de 13 de setembro de 1996, se posiciona da seguinte forma: Art. 11. O local da operação ou da prestação, para os efeitos da cobrança do imposto e definição do estabelecimento responsável, é: [...] II - tratando-se de prestação de serviço de transporte: a) onde tenha início a prestação; b) onde se encontre o transportador, quando em situação irregular pela falta de documentação fiscal ou quando acompanhada de documentação inidônea, como dispuser a legislação tributária; c) o do estabelecimento destinatário do serviço, na hipótese do inciso XIII do artigo 12 e para os efeitos do 3º do artigo 13; [...] Portanto, o ICMS é devido para o estado de origem da mercadoria, local onde se dá o fato gerador. Em relação a Conhecimento de transporte aéreo de fornecedor localizado no estado de São Paulo, o RICMS/SP prevê o seguinte: Seção II - Da Alíquota 8

9 Art As alíquotas do imposto, salvo exceções previstas nos artigos 53, 54, 55 e 56-B, são: (Lei 6.374/1989, art. 34, "caput", com alterações da Lei /2000, arts. 1º, XVIII, e 2º, IV, 1º, 4, e 4º, Lei 6.556/1989, art. 1º, Lei /2001, art. 1º, Resoluções do Senado Federal nº 22, de , nº 95, de e nº 13, de , e Lei Complementar nº 123/2006 ): (Redação dada pelo Decreto nº , de , DOE SP de , com efeitos a partir de ) IV - nas prestações interestaduais de transporte aéreo de passageiro, carga e mala postal, em que o destinatário do serviço seja contribuinte do imposto, 4% (quatro por cento); Conforme citado acima, será aplicado a alíquota de 4% (quatro por cento) nas prestações interestaduais de transporte aéreo na qual a origem da mercadoria é o estado de São Paulo e o destino é Estado da Bahia quando contribuinte do imposto. 4. Conclusão Considera-se CT-e o documento emitido e armazenado eletronicamente, de existência apenas digital, com o intuito de documentar prestações de serviço de transporte de cargas. Os contribuintes prestadores de serviço de transporte de carga ficam obrigados à emissão do CT-e, nos prazos previstos, na cláusula vigésima quarta do Ajuste Sinief nº 09/2007. Em relação as alíquotas do ICMS praticadas nas operações, o regulamento de ICMS do Estado da Bahia prevê que será aplicavel alíquota de 17% para operações internas em que o prestador do serviço esteja situado neste Estado, prestações iniciadas no exterior e também nas prestações em que o destinatário da mercadoria ou os tomadores de serviços estejam localizados em outra unidade de federação e que NÃO sejam contribuintes do imposto. Nas prestações interestaduais de serviços de transporte a contribuintes do imposto, a alíquota é de 12%, e de 4% quando se tratar de transporte aéreo de carga e mala postal. Portanto salientamos que, para determinação da alíquota, é importante observar se a operação é para contribuinte do imposto ou para não contribuinte do imposto. Em se tratando de transporte aéreo de passageiro, carga e mala postal, com fornecedor localizado no estado de São Paulo e destino o estado da Bahia, a legislação determina utilizar uma alíquota de 4% quando o destinatário é contribuinte do imposto. 5. Informações Complementares Verificar se o sistema atende a legislação conforme previsto acima. 9

10 6. Referências Título do documento https://www1.fazenda.gov.br/confaz/ Histórico de Alterações ID Data Versão Descrição Chamado VR 22/10/ THWHF2 JDT 24/10/ TQVBAF JDT 09/11/ TTQIB8 10

NOVA REGRA (alterações em vermelho) CONVÊNIO ICMS 38, DE 22 DE MAIO DE 2013 REVOGADO

NOVA REGRA (alterações em vermelho) CONVÊNIO ICMS 38, DE 22 DE MAIO DE 2013 REVOGADO REVOGADO AJUSTE SINIEF 19, DE 7 DE NOVEMBRO DE 2012 Publicado no DOU de 09.11.12, pelo Despacho 223/12. Prorrogado, para 01.05.13, o início da obrigatoriedade de preenchimento e entrega da FCI, pelo Ajuste

Leia mais

ICMS - RESOLUÇÃO SENADO FEDERAL Nº 13/2012 FIESP 12/12/2012. Secretaria da Fazenda - SP. Coordenadoria da Administração Tributária RODAPÉ

ICMS - RESOLUÇÃO SENADO FEDERAL Nº 13/2012 FIESP 12/12/2012. Secretaria da Fazenda - SP. Coordenadoria da Administração Tributária RODAPÉ ICMS - RESOLUÇÃO SENADO FEDERAL Nº 13/2012 FIESP 12/12/2012 Secretaria da Fazenda - SP Coordenadoria da Administração Tributária RODAPÉ RESOLUÇÃO DO SENADO 13/2012 ABRANGÊNCIA Será de 4% a alíquota do

Leia mais

As mudanças da alíquota de ICMS na unificação para 4% sobre os produtos importados e seus reflexos para as operações com outros Estados

As mudanças da alíquota de ICMS na unificação para 4% sobre os produtos importados e seus reflexos para as operações com outros Estados As mudanças da alíquota de ICMS na unificação para 4% sobre os produtos importados e seus reflexos para as operações com outros Estados Exatus Assessoria Empresarial JUL/2013 1 PROGRAMA 1. Introdução 2.

Leia mais

VII - quatro por cento, nas operações interestaduais com bens e mercadorias importados do exterior, observado o disposto no art. 71-B.

VII - quatro por cento, nas operações interestaduais com bens e mercadorias importados do exterior, observado o disposto no art. 71-B. efeitos a partir de 1 Art. 71. As alíquotas do imposto são: VII - quatro por cento, nas operações interestaduais com bens e mercadorias importados do exterior, observado o disposto no art. 71-B. 2.º Nas

Leia mais

ICMS 4% Operações Interestaduais Com Produtos Importados

ICMS 4% Operações Interestaduais Com Produtos Importados ICMS 4% Operações Interestaduais Com Produtos Importados Janeiro/2013 Vicente Sevilha Junior Para quais OPERAÇÕES, MERCADORIAS e BENS e será utilizada a alíquota de 4%? A alíquota de 4%, conforme definida

Leia mais

ICMS - Tabela - Aplicação da Alíquota nas Operações e Prestações Interestaduais

ICMS - Tabela - Aplicação da Alíquota nas Operações e Prestações Interestaduais ICMS - Tabela - Aplicação da Alíquota nas Operações e Prestações Interestaduais Resumo: Este procedimento apresenta as alíquotas interestaduais do ICMS, fixadas pela Resolução SF nº 22/1989, utilizadas

Leia mais

INFORMATIVO DEZEMBRO/2015 ICMS - NOVAS REGRAS NAS OPERAÇÕES INTERESTADUAIS DESTINADAS A CONSUMIDOR FINAL ROTEIRO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS

INFORMATIVO DEZEMBRO/2015 ICMS - NOVAS REGRAS NAS OPERAÇÕES INTERESTADUAIS DESTINADAS A CONSUMIDOR FINAL ROTEIRO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS INFORMATIVO DEZEMBRO/2015 ICMS - NOVAS REGRAS NAS OPERAÇÕES INTERESTADUAIS DESTINADAS A CONSUMIDOR FINAL ROTEIRO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS Como é sabido, a partir de 1º de janeiro de 2016 entrará em vigor

Leia mais

ALÍQUOTAS DE 4% ICMS PARA MERCADORIAS IMPORTADAS INSTRUTORA VALÉRIA RITT

ALÍQUOTAS DE 4% ICMS PARA MERCADORIAS IMPORTADAS INSTRUTORA VALÉRIA RITT ALÍQUOTAS DE 4% ICMS PARA MERCADORIAS IMPORTADAS INSTRUTORA VALÉRIA RITT 1.REGRAS GERAIS A Resolução do Senado Federal nº 13/2012, estabeleceu que, a partir de 1º.01.2013, a alíquota do ICMS nas operações

Leia mais

ICMS -RESOLUÇÃO SENADO FEDERAL Nº 13/2012

ICMS -RESOLUÇÃO SENADO FEDERAL Nº 13/2012 ICMS -RESOLUÇÃO SENADO FEDERAL Nº 13/2012 DRT-05 RESOLUÇÃO DO SENADO 13/2012 ABRANGÊNCIA Será de 4% a alíquota do ICMS nas operações interestaduais com bens e mercadorias importados do exterior que, após

Leia mais

APOSTILA PARAMETRIZAÇÃO FICHA DE CONTEUDO DA IMPORTAÇÃO

APOSTILA PARAMETRIZAÇÃO FICHA DE CONTEUDO DA IMPORTAÇÃO APOSTILA PARAMETRIZAÇÃO FICHA DE CONTEUDO DA IMPORTAÇÃO (FCI) O que é FCI? A FCI (Ficha de conteúdo de importação) é um documento de controle do conteúdo do valor de insumos importados no produto acabado,

Leia mais

ANO XXIV - 2013-4ª SEMANA DE JULHO DE 2013 BOLETIM INFORMARE Nº 30/2013

ANO XXIV - 2013-4ª SEMANA DE JULHO DE 2013 BOLETIM INFORMARE Nº 30/2013 ANO XXIV - 2013-4ª SEMANA DE JULHO DE 2013 BOLETIM INFORMARE Nº 30/2013 - IPI LIVRO DE ENTRADA - NORMAS PARA ESCRITURAÇÃO DETERMINADAS PELO RIPI... Pág. 198 ICMS RS CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO

Leia mais

Guia do ICMS - São Paulo: Alíquota interestadual de 4% para produtos importados

Guia do ICMS - São Paulo: Alíquota interestadual de 4% para produtos importados Guia do ICMS - São Paulo: Alíquota interestadual de 4% para produtos importados Resumo: Analisaremos no presente Roteiro de Procedimentos as condições para a aplicação da alíquota interestadual de 4% (quatro

Leia mais

ICMS/SP - Bens e mercadorias importados do exterior - Aplicação da alíquota de 4% - Procedimentos

ICMS/SP - Bens e mercadorias importados do exterior - Aplicação da alíquota de 4% - Procedimentos ICMS/SP - Bens e mercadorias importados do exterior - Aplicação da alíquota de 4% - Procedimentos Portaria CAT nº 64, de 28.06.2013 - DOE SP de 29.06.2013 Dispõe sobre os procedimentos que devem ser observados

Leia mais

DECRETO Nº 1.180, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2014

DECRETO Nº 1.180, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2014 DECRETO Nº 1.180, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2014 Publicado no DOE(Pa) de 23.12.14. Altera dispositivos do Regulamento do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestação de Serviços

Leia mais

Art. 2º. RICMS 1º - Na importação: 1 - se a entrega da mercadoria ou bem importados do exterior ocorrer antes da formalização do

Art. 2º. RICMS 1º - Na importação: 1 - se a entrega da mercadoria ou bem importados do exterior ocorrer antes da formalização do Art. 2º. RICMS 1º - Na importação: 1 - se a entrega da mercadoria ou bem importados do exterior ocorrer antes da formalização do desembaraço aduaneiro, considera-sese ocorrido o fato gerador no momento

Leia mais

Resolução do Senado Federal nº 13/2012: características, problemas e soluções. Marcelo Viana Salomão Mestre e doutorando PUC/SP

Resolução do Senado Federal nº 13/2012: características, problemas e soluções. Marcelo Viana Salomão Mestre e doutorando PUC/SP Resolução do Senado Federal nº 13/2012: características, problemas e soluções Marcelo Viana Salomão Mestre e doutorando PUC/SP ICMS - ICMS: imposto de conformação nacional exaustivamente regrado pela CF/88;

Leia mais

ANO XXIV - 2013-4ª SEMANA DE JULHO DE 2013 BOLETIM INFORMARE Nº 30/2013

ANO XXIV - 2013-4ª SEMANA DE JULHO DE 2013 BOLETIM INFORMARE Nº 30/2013 ANO XXIV - 2013-4ª SEMANA DE JULHO DE 2013 BOLETIM INFORMARE Nº 30/2013 IPI LIVRO DE ENTRADA - NORMAS PARA ESCRITURAÇÃO DETERMINADAS PELO RIPI... Pág. 407 ICMS MS/MT/RO CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Aplicação da Resolução do Senado para NF-e de devolução

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Aplicação da Resolução do Senado para NF-e de devolução Aplicação 07/10/2013 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Analise da Legislação... 3 2.1. Nota Técnica 2013/06... 4 3. Processos Impactados... 5 4. Detalhamento dos Processos... 6 5. Conclusão...

Leia mais

CONVÊNIO ECF 01/98 Publicado no DOU de 25.02.98.

CONVÊNIO ECF 01/98 Publicado no DOU de 25.02.98. CONVÊNIO ECF 01/98 Publicado no DOU de 25.02.98. O ATO COTEPE/ICMS Nº 52, de 07.08.98, disciplina procedimentos para análise de ECF, publicado no DOU de 12.08.98. Alterado pelos Convs. ECF 02/98, 04/99,

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO ICMS - COMPRAS GOVERNAMENTAIS

MANUAL DE ORIENTAÇÃO ICMS - COMPRAS GOVERNAMENTAIS GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA AUDITORIA-GERAL DO ESTADO COORD. DE PROCEDIMENTOS E CAPACITAÇÃO MANUAL DE ORIENTAÇÃO ICMS - COMPRAS GOVERNAMENTAIS Elaboração: Adhemar

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Ressarcimento ICMS-ST na devolução de mercadoria - SP

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Ressarcimento ICMS-ST na devolução de mercadoria - SP 28/01/2015 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 4. Conclusão... 6 5. Informações Complementares... 6 6. Referências... 6 7.

Leia mais

Em que casos não se aplica a alíquota de 4% nas operações interestaduais com bens e mercadorias importadas ou com conteúdo de importação?

Em que casos não se aplica a alíquota de 4% nas operações interestaduais com bens e mercadorias importadas ou com conteúdo de importação? PERGUNTAS Em que casos se aplica a alíquota de 4%? Em que casos não se aplica a alíquota de 4% nas operações interestaduais com bens e mercadorias importadas ou com conteúdo de importação? RESPOSTAS A

Leia mais

ICMS relativo ao Diferencial de Alíquotas. Implementação da Emenda Constitucional nº 87/2015 em Minas Gerais

ICMS relativo ao Diferencial de Alíquotas. Implementação da Emenda Constitucional nº 87/2015 em Minas Gerais ICMS relativo ao Diferencial de Alíquotas Implementação da Emenda Constitucional nº 87/2015 em Minas Gerais Emenda Constitucional 87/2015 CONSTITUIÇÃO FEDERAL 1988 "Art. 155 (...) 2º (...) VII - nas operações

Leia mais

DECRETO Nº 7.678. O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, inciso V, da Constituição Estadual, DECRETA:

DECRETO Nº 7.678. O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, inciso V, da Constituição Estadual, DECRETA: DECRETO Nº 7.678 O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, inciso V, da Constituição Estadual, DECRETA: Art. 1º. Ficam introduzidas no Regulamento do ICMS, aprovado

Leia mais

http://www.fazenda.gov.br/confaz/ escolha opção resolução Senado Federal 13/2012

http://www.fazenda.gov.br/confaz/ escolha opção resolução Senado Federal 13/2012 Prezado cliente, As constantes mudanças na legislação fiscal têm afetado muito as empresas, os sistemas e as empresas de contabilidade, que precisam estar preparadas para atender as obrigatoriedades legais.

Leia mais

CAPÍTULO III-A DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA E DO DOCUMENTO AUXILIAR DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA. Seção I Da Nota Fiscal Eletrônica

CAPÍTULO III-A DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA E DO DOCUMENTO AUXILIAR DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA. Seção I Da Nota Fiscal Eletrônica CAPÍTULO III-A DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA E DO DOCUMENTO AUXILIAR DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA Seção I Da Nota Fiscal Eletrônica Vê Portaria n. 027/2010-SEFAZ, que dispõe sobre as especificações técnicas da

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Base de cálculo do diferencial de alíquota EC87/2015 - MG

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Base de cálculo do diferencial de alíquota EC87/2015 - MG Segmentos Base 20/01/2016 Título do documento Sumário 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 3.1 Orientação Tributária DOLT/SUTRI nº 002/2016... 6 4. Conclusão...

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 10/2007

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 10/2007 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 10/2007 Estabelece os valores de referência de base de cálculo do ICMS incidente sobre a prestação de serviço de transporte rodoviário de cargas e dá outras providências. O SECRETÁRIO

Leia mais

Alguns questionamentos sobre a RESOLUÇÃO SENADO FEDERAL Nº 13/2012

Alguns questionamentos sobre a RESOLUÇÃO SENADO FEDERAL Nº 13/2012 Alguns questionamentos sobre a RESOLUÇÃO SENADO FEDERAL Nº 13/2012 DRT-05 Quando é aplicável a alíquota interestadual de 4%? Informamos que é plenamente aplicável desde 1º de Janeiro de 2.013 para as operações

Leia mais

ANO XXVI - 2015 2ª SEMANA DE JULHO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 28/2015

ANO XXVI - 2015 2ª SEMANA DE JULHO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 28/2015 ANO XXVI - 2015 2ª SEMANA DE JULHO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 28/2015 IPI SUSPENSÃO DO IPI NAS SAÍDAS DE INSUMOS PARA A INDUSTRIALIZAÇÃO DE PRODUTOS DIVERSOS... Pág. 168 ICMS PA MANIFESTO ELETRÔNICO

Leia mais

(*) RESOLUÇÃO 13 DO SENADO FEDERAL (1ª versão 11.01.2013)

(*) RESOLUÇÃO 13 DO SENADO FEDERAL (1ª versão 11.01.2013) (*) RESOLUÇÃO 13 DO SENADO FEDERAL (1ª versão 11.01.2013) PERGUNTAS Se o conteúdo de importação for inferior a 40% é obrigatório o cadastro da FCI? RESPOSTAS Todo o contribuinte que, concomitantemente,

Leia mais

CONVÊNIO ICMS 38, DE 22 DE MAIO DE 2013

CONVÊNIO ICMS 38, DE 22 DE MAIO DE 2013 CONVÊNIO ICMS 38, DE 22 DE MAIO DE 2013 Dispõe sobre procedimentos a serem observados na aplicação da tributação pelo ICMS prevista na Resolução do Senado Federal nº 13, de 25 de abril de 2012, e autoriza

Leia mais

CONVÊNIO ICMS N º99/98 Publicado no DOU de 25.09.98. Ratificação Nacional DOU de 15.10.98, pelo Ato COTEPE-ICMS 75/98. Alterado pelos Convs.

CONVÊNIO ICMS N º99/98 Publicado no DOU de 25.09.98. Ratificação Nacional DOU de 15.10.98, pelo Ato COTEPE-ICMS 75/98. Alterado pelos Convs. CONVÊNIO ICMS N º99/98 Publicado no DOU de 25.09.98. Ratificação Nacional DOU de 15.10.98, pelo Ato COTEPE-ICMS 75/98. Alterado pelos Convs. ICMS nºs12/99, 119/11, 19/12, 97/12. Nova redação dada à ementa

Leia mais

ANO XIX - 2008-3ª SEMANA DE MAIO DE 2008 BOLETIM INFORMARE Nº 20/2008 IPI ICMS - SC LEGISLAÇÃO - SC

ANO XIX - 2008-3ª SEMANA DE MAIO DE 2008 BOLETIM INFORMARE Nº 20/2008 IPI ICMS - SC LEGISLAÇÃO - SC ANO XIX - 2008-3ª SEMANA DE MAIO DE 2008 BOLETIM INFORMARE Nº 20/2008 IPI EXPOSIÇÃO OU FEIRAS - CONSIDERAÇÕES GERAIS Introdução - Suspensão do Imposto - Remessa - Retorno - Isenção - Venda Dos Produtos...

Leia mais

NFA-e. Manual do usuário

NFA-e. Manual do usuário Manual do usuário 24 de setembro de 2015 2 ÍNDICE APRESENTAÇÃO 3 PARTE I INFORMAÇÕES ESSENCIAIS 4 1. O que é a 4 2. Legislação 4 3. Quem pode emitir e quando 4 4. Quais operações são possíveis com a 6

Leia mais

BAHIA - NOVEMBRO DE 2015

BAHIA - NOVEMBRO DE 2015 BAHIA - NOVEMBRO DE 2015 Dia 03 - Terça-feira Descrição: Arquivo Magnético (SCANC) Transportador Revendedor Retalhista (TRR) etílico anidro combustível ou Biodiesel B100 (Ato COTEPE nº 33/14, I, e Convênio

Leia mais

DECRETO Nº 31.246, DE 12 DE JANEIRO DE 2010 DODF de 13.01.2010

DECRETO Nº 31.246, DE 12 DE JANEIRO DE 2010 DODF de 13.01.2010 DECRETO Nº 31.246, DE 12 DE JANEIRO DE 2010 DODF de 13.01.2010 Altera o Decreto nº 18.955, de 22 de dezembro de 1997, que regulamenta o Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre

Leia mais

RESOLUÇÃO N 4306, DE 8 DE ABRIL DE 2011.

RESOLUÇÃO N 4306, DE 8 DE ABRIL DE 2011. RESOLUÇÃO N 4306, DE 8 DE ABRIL DE 2011. Esta Resolução dispõe sobre a apuração e entrega de documentos relativos ao Valor Adicionado Fiscal, para efeitos de distribuição da parcela do ICMS pertencente

Leia mais

Pergunte à CPA Serviço de transporte considerações gerais 28/04/2014

Pergunte à CPA Serviço de transporte considerações gerais 28/04/2014 Pergunte à CPA Serviço de transporte considerações gerais 28/04/2014 Apresentador: José Alves F. Neto Transporte - conceito ICMS X ISS Como determinar a competência Fato gerador RICMS/SP Artigo 2º - Ocorre

Leia mais

Quarta-feira, 14 de Maio de 2014 N 628

Quarta-feira, 14 de Maio de 2014 N 628 LEI N 812 de 12 de maio de 2014. Institui a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica - NFS-e, a Ferramenta de Declaração Eletrônica de Serviços - DES, e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE GUAPIMIRIM,,

Leia mais

A S S I P I ICMS IMPORTADOS RESOLUÇÃO 13

A S S I P I ICMS IMPORTADOS RESOLUÇÃO 13 A S S I P I ICMS IMPORTADOS RESOLUÇÃO 13 1 RESOLUÇÃO 13 X DECRETO 4316/95 RESOLUÇÃO 13 DECRETO 4316 COMENTÁRIOS Art. 1º A alíquota do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Operação de Venda Presencial com Entrega Interestadual

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Operação de Venda Presencial com Entrega Interestadual Operação de Venda Presencial com Entrega Interestadual 24/07/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 4 3. Análise da Legislação... 9 4. Conclusão... 10 5.

Leia mais

http://www.sefaz.am.gov.br/areas/opcaosistemas/silt/normas/legislação%20esta...

http://www.sefaz.am.gov.br/areas/opcaosistemas/silt/normas/legislação%20esta... Página 1 de 75 GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DEPARTAMENTO DE TRIBUTAÇÃO PÁGINA PRINCIPAL LEGISLAÇÃO FEDERAL LEGISLAÇÃO CONFAZ LEGISLAÇÃO ESTADUAL SISTEMA INTEGRADO DA LEGISLAÇÃO

Leia mais

Seguem, para conhecimento, as informações pertinentes ao Protocolo ICMS CONFAZ nº 38/2013, publicado em 23/05/2013, no Diário Oficial da União.

Seguem, para conhecimento, as informações pertinentes ao Protocolo ICMS CONFAZ nº 38/2013, publicado em 23/05/2013, no Diário Oficial da União. Rio de Janeiro, 24 de maio de 2013 Of. Circ. Nº 160/13 Referência: Convênio ICMS CONFAZ nº 38/2013 Dispõe sobre procedimentos a serem observados na aplicação da tributação pelo ICMS prevista na Resolução

Leia mais

INSTRUÇÃO SOBRE A INCORPORAÇÃO DO FRETE FOB À BASE DE CÁLCULO DO ICMS ANTECIPADO, CONF. PREVISTO NO RICMS/RN

INSTRUÇÃO SOBRE A INCORPORAÇÃO DO FRETE FOB À BASE DE CÁLCULO DO ICMS ANTECIPADO, CONF. PREVISTO NO RICMS/RN 1 INSTRUÇÃO SOBRE A INCORPORAÇÃO DO FRETE FOB À BASE DE CÁLCULO DO ICMS ANTECIPADO, CONF. PREVISTO NO RICMS/RN O sistema de registro de Notas Fiscais Eletrônicas (NF-e) da Secretaria de Tributação efetua

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos CFOP correta e Alíquota na prestação de serviço de transporte.

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos CFOP correta e Alíquota na prestação de serviço de transporte. de Segmentos CFOP 17/03/2015 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 3.1. Lei Complementar nº 87/1996... 4 3.2. RICMS

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA DECRETO Nº 13450, DE 13 DE FEVEREIRO DE 2008 PUBLICADO NO DOE Nº 0936, DE 15.02.2008 Incorpora alterações oriundas da 127ª reunião ordinária, da 108ª, 112ª e 113ª reuniões extraordinárias do CONFAZ, e

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos NF-e Venda para Órgão Público - Federal

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos NF-e Venda para Órgão Público - Federal NF-e 20/03/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 4 4. Conclusão... 5 5. Informações Complementares... 5 6. Referências...

Leia mais

ANEXO IX - DOS DOCUMENTOS FISCAIS ELETRÔNICOS E AUXILIARES

ANEXO IX - DOS DOCUMENTOS FISCAIS ELETRÔNICOS E AUXILIARES ANEXO IX - DOS DOCUMENTOS FISCAIS ELETRÔNICOS E AUXILIARES CAPÍTULO I DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-e E DO DOCUMENTO AUXILIAR DA NF-e DANFE Art. 1º A Nota Fiscal Eletrônica - NF-e, modelo 55, poderá ser

Leia mais

Resolução do Senado 13/2012. Análise da Aplicação da norma e do cumprimento das obrigações acessórias

Resolução do Senado 13/2012. Análise da Aplicação da norma e do cumprimento das obrigações acessórias Resolução do Senado 13/2012 Análise da Aplicação da norma e do cumprimento das obrigações acessórias 1 Tributação do Consumo: A tributação do consumo no Brasil: Repartição de competências: Art. 155. Compete

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Ressarcimento de ICMS ST Nota de Devolução BA

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Ressarcimento de ICMS ST Nota de Devolução BA 24/09/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 4 3.1. Documentos Fiscais... 4 3.1.1. Operações do Substituto... 4 3.1.2. Operações

Leia mais

ATUALIZADO EM 01.07.14 DECRETO Nº 35.123/14, DE 27.06.14 PUBLICADO NO DOE DE 28.06.14

ATUALIZADO EM 01.07.14 DECRETO Nº 35.123/14, DE 27.06.14 PUBLICADO NO DOE DE 28.06.14 ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DE ESTADO DA RECEITA 28576_ ATUALIZADO EM 01.07.14 DECRETO Nº 35.123/14, DE 27.06.14 PUBLICADO NO DOE DE 28.06.14 DECRETO Nº 28.576, DE 14 DE SETEMBRO DE 2007. PUBLICADO NO

Leia mais

EMENDA CONSTITUCIONAL 87/15 DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS EM OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES DESTINADAS A NÃO CONTRIBUINTES

EMENDA CONSTITUCIONAL 87/15 DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS EM OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES DESTINADAS A NÃO CONTRIBUINTES EMENDA CONSTITUCIONAL 87/15 DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS EM OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES DESTINADAS A NÃO CONTRIBUINTES A Emenda Constitucional nº 87/15 estabeleceu a incidência do ICMS nas vendas de mercadorias

Leia mais

1 de 6 12-04-2013 11:27

1 de 6 12-04-2013 11:27 (*) ESTE TEXTO NÃO SUBSTITUI O ORIGINAL PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO. Decreto Nº 13.537, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2012. Altera, acrescenta e revoga dispositivos do Subanexo XIII - Do Conhecimento

Leia mais

CAPÍTULO VII Da Alíquota

CAPÍTULO VII Da Alíquota Art. 42. As alíquotas do imposto são: CAPÍTULO VII Da Alíquota I - nas operações e prestações internas: a) 25% (vinte e cinco por cento), nas operações com as seguintes mercadorias: a.1) cigarros e produtos

Leia mais

LEI Nº 5.530, DE 13 DE JANEIRO DE 1989

LEI Nº 5.530, DE 13 DE JANEIRO DE 1989 LEI Nº 5.530, DE 13 DE JANEIRO DE 1989 Publicada no DOE(PA) de 16.01.89. Republicada no DOE(PA) de 17.01.89. Vetos: mensagem 009/89. Publicação atualizada, por força da Lei Complementar (estadual) 33/97,

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Alíquota frete operação intermunicipal com não contribuinte do ICMS - SP

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Alíquota frete operação intermunicipal com não contribuinte do ICMS - SP Alíquota frete operação intermunicipal com não contribuinte do ICMS - SP 28/02/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4.

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Incidência de ISS ou ICMS nas Operações de Transportes- SP

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Incidência de ISS ou ICMS nas Operações de Transportes- SP Incidência de ISS ou ICMS nas Operações de Transportes- SP 16/06/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 3.1 Incidência

Leia mais

DECRETO Nº 32.250 DE 11 DE MAIO DE 2010. (Com as alterações introduzidas pelo Decreto nº 39.340 de 20/10/2014)

DECRETO Nº 32.250 DE 11 DE MAIO DE 2010. (Com as alterações introduzidas pelo Decreto nº 39.340 de 20/10/2014) DECRETO Nº 32.250 DE 11 DE MAIO DE 2010 (Com as alterações introduzidas pelo Decreto nº 39.340 de 20/10/2014) Dispõe sobre a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica-NFS-e NOTA CARIOCA e dá outras providências.

Leia mais

SINDCONT-SP PALESTRA ICMS NO COMÉRCIO ELETRONICO DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS OPERAÇÕES INTERESTADUAIS

SINDCONT-SP PALESTRA ICMS NO COMÉRCIO ELETRONICO DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS OPERAÇÕES INTERESTADUAIS SINDCONT-SP PALESTRA ICMS NO COMÉRCIO ELETRONICO DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS OPERAÇÕES INTERESTADUAIS TRÊS TIPOS DE DIFERENCIAIS (não confunda!!!) 1 Diferencial clássico 2 Diferencial S.T. 3 Diferencial nas

Leia mais

Guia do ICMS - São Paulo: Circulação de bens, materiais ou mercadorias por não contribuinte

Guia do ICMS - São Paulo: Circulação de bens, materiais ou mercadorias por não contribuinte Guia do ICMS - São Paulo: Circulação de bens, materiais ou mercadorias por não contribuinte Resumo: Estudaremos no presente Roteiro de Procedimentos as regras que envolvem a circulação de bens, materiais

Leia mais

Orientação Tributária DOLT/SUTRI nº 002/2016

Orientação Tributária DOLT/SUTRI nº 002/2016 Orientação Tributária DOLT/SUTRI nº 002/2016 Assunto: Base legal: ICMS relativo ao diferencial de alíquota após as alterações implementadas pela Emenda Constitucional nº 87/2015 Seção IV do Capítulo I

Leia mais

RICMS (Decreto nº 43.080/2002) RICMS/2002

RICMS (Decreto nº 43.080/2002) RICMS/2002 RICMS (Decreto nº 43.080/2002) Sumário RICMS/2002 REGULAMENTO DO IMPOSTO SOBRE OPERAÇÕES RELATIVAS À CIRCULAÇÃO DE MERCADORIAS E SOBRE PRESTAÇÕES DE SERVIÇOS DE TRANSPORTE INTERESTADUAL E INTERMUNICIPAL

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DE MATO GROSSO, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo artigo 66, inciso III, da Constituição Estadual, e

O GOVERNADOR DO ESTADO DE MATO GROSSO, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo artigo 66, inciso III, da Constituição Estadual, e DECRETO Nº 2.490, DE 22 DE ABRIL DE 2010 Introduz alterações no Regulamento do ICMS e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DE MATO GROSSO, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo artigo

Leia mais

Referência: Decreto Estadual-RJ nº 44.785/14 - ICMS - NFC-e - Emissão, autorização, contingência e outros Alterações.

Referência: Decreto Estadual-RJ nº 44.785/14 - ICMS - NFC-e - Emissão, autorização, contingência e outros Alterações. Rio de Janeiro, 13 de maio de 2014. Of. Circ. Nº 137/14 Referência: Decreto Estadual-RJ nº 44.785/14 - ICMS - NFC-e - Emissão, autorização, contingência e outros Alterações. Senhor Presidente, Fazendo

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Recibo Provisório de Serviço - EFD Contribuições Bloco A

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Recibo Provisório de Serviço - EFD Contribuições Bloco A Recibo Provisório de Serviço - EFD Contribuições Bloco A 07/10/2013 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 3.1 Instrução Normativa

Leia mais

http://www.itcnet.com.br/materias/printable.php

http://www.itcnet.com.br/materias/printable.php Página 1 de 5 17 de Maio, 2011 Impresso por ANDERSON JACKSON TOASSI ECF/TEF - Obrigatoriedade do Uso em Santa Catarina Matéria elaborada com base na Legislação vigente em: 12.05.2011. SUMÁRIO: 1 - INTRODUÇÃO

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Transferência de Crédito de ICMS de Fornecedor Optante do Simples Nacional

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Transferência de Crédito de ICMS de Fornecedor Optante do Simples Nacional 09/01/2015 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 4 3.1 Transferência de Crédito do ICMS pelos Optantes do... 4 3.2 Do Ressarcimento

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Crédito diferencial de alíquota no Ativo Imobilizado - SP

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Crédito diferencial de alíquota no Ativo Imobilizado - SP Crédito 17/09/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 4 3.1 Crédito do ICMS próprio adquirido do Simples Nacional com destino

Leia mais

ANEXO 30 PROCEDIMENTOS ADOTADOS PELO DEPOSITÁRIO ESTABELECIDO EM RECINTO ALFANDEGADO.

ANEXO 30 PROCEDIMENTOS ADOTADOS PELO DEPOSITÁRIO ESTABELECIDO EM RECINTO ALFANDEGADO. ANEXO 30 PROCEDIMENTOS ADOTADOS PELO DEPOSITÁRIO ESTABELECIDO EM RECINTO ALFANDEGADO. Acrescentado pelo Decreto 24.441 de 14 de agosto de 2008. Publicado no DOE de 14.08.2008 Convênio ICMS nº 143/02 e

Leia mais

CLIPPING INFORMATIVO DESTAQUES 22/10 a 28/10/2013 LEGISLAÇÃO

CLIPPING INFORMATIVO DESTAQUES 22/10 a 28/10/2013 LEGISLAÇÃO CLIPPING INFORMATIVO DESTAQUES 22/10 a 28/10/2013 LEGISLAÇÃO Lei nº 12.873, de 24.10.2013 DOU de 25.10.2013 - Autoriza a Companhia Nacional de Abastecimento a utilizar o Regime Diferenciado de Contratações

Leia mais

CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO - CT-e CONHECIMENTODE TRANSPORTE ELETRÔNICO - CT-e Informações Gerais 1. O que é o Conhecimento de Transporte Eletrônico CT-e? O Conhecimento de Transporte Eletrônico

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Nota fiscal de devolução com ICMS e IPI na NF-e

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Nota fiscal de devolução com ICMS e IPI na NF-e Nota fiscal de devolução com ICMS e IPI na NF-e 03/10/2014 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão...

Leia mais

GOVERNO DE ALAGOAS SECRETARIA DA FAZENDA. *Publicado no DOE de 01/07/202

GOVERNO DE ALAGOAS SECRETARIA DA FAZENDA. *Publicado no DOE de 01/07/202 GOVERNO DE ALAGOAS SECRETARIA DA FAZENDA *Publicado no DOE de 01/07/202 DECRETO Nº 719, DE 28 DE junho DE 2002 Procede alteração no Regulamento do ICMS, aprovado pelo Decreto nº 35.245, de 26 de dezembro

Leia mais

PORTARIA SAT Nº 1.376, de 18.02.2002 (DOE de 20.02.2002)

PORTARIA SAT Nº 1.376, de 18.02.2002 (DOE de 20.02.2002) PORTARIA SAT Nº 1.376, de 18.02.2002 (DOE de 20.02.2002) Dispõe sobre a substituição do formulário Termo de Verificação Fiscal/Termo de Apreensão, disciplina o seu uso, e dá outras providências. PUBLICADA

Leia mais

Vistos, relatados e discutidos os autos deste Processo, etc...

Vistos, relatados e discutidos os autos deste Processo, etc... Processo nº 0572132008-7 Acórdão nº 333/2011 Recurso HIE/CRF-351/2010 RECORRENTE: GERÊNCIA EXECUTIVA DE JULGAMENTO DE PROCESSOS FISCAIS GEJUP. RECORRIDA: CCB CIMPOR CIMENTOS DO BRASIL LTDA. PREPARADORA:

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA DECRETO N. 18173, DE 06 DE SETEMBRO DE 2013. PUBLICADO NO DOE Nº 2294, DE 06.09.13 ERRATA PUBLICADA NO DOE N. 2321, de 16.10.13 Incorpora ao RICMS/RO as alterações oriundas da 149ª e da 150ª reuniões ordinárias,

Leia mais

Mato Grosso > Novembro/2015

Mato Grosso > Novembro/2015 OBS: As informações contidas nesta página são de caráter informativo, não dispensando a consulta a um profissional especializado, devido à freqüência com que os conteúdos sofrem alterações. Mato Grosso

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Obrigatoriedade de informação da IE nos documentos de entrada quando o cliente é não contribuinte 30/05/14

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Obrigatoriedade de informação da IE nos documentos de entrada quando o cliente é não contribuinte 30/05/14 entrada quando o cliente é não contribuinte 30/05/14 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 5 3.1 Lei Coplementar nº 87 de 1996

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE OURO BRANCO ESTADO DE MINAS GERAIS Procuradoria Geral DECRETO Nº 6.487, DE 27 DE OUTUBRO DE 2011.

PREFEITURA MUNICIPAL DE OURO BRANCO ESTADO DE MINAS GERAIS Procuradoria Geral DECRETO Nº 6.487, DE 27 DE OUTUBRO DE 2011. DECRETO Nº 6.487, DE 27 DE OUTUBRO DE 2011. REGULAMENTA A UTILIZAÇÃO DA NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NFSE E DECLARAÇÃO FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NO MUNICÍPIO DE OURO BRANCO, E DÁ OUTRAS PRIVIDÊNCIAS.

Leia mais

Respostas - Perguntas Frequentes - versão 02/2009

Respostas - Perguntas Frequentes - versão 02/2009 Conhecimento de Transporte Eletrônico CTe Respostas Perguntas Frequentes versão 02/2009 I. Conceito, uso e obrigatoriedade da CTe 1. O que é o Conhecimento de Transporte Eletrônico CTe? Podemos conceituar

Leia mais

TABELA I. CÓDIGOS FISCAIS DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES (códigos a que se refere o artigo 230 deste Regulamento)

TABELA I. CÓDIGOS FISCAIS DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES (códigos a que se refere o artigo 230 deste Regulamento) TABELA I CÓDIGOS FISCAIS DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES (códigos a que se refere o artigo 230 deste Regulamento) B) DAS SAÍDAS DE MERCADORIAS, BENS OU PRESTAÇÕES DE SERVIÇOS Grupo 5.000 Grupo 6.000 Grupo 7.000

Leia mais

ANO XXIII - 2012-4ª SEMANA DE MAIO DE 2012 BOLETIM INFORMARE Nº 21/2012 IPI ICMS - MS/MT/RO ICMS - RO LEGISLAÇÃO - RO

ANO XXIII - 2012-4ª SEMANA DE MAIO DE 2012 BOLETIM INFORMARE Nº 21/2012 IPI ICMS - MS/MT/RO ICMS - RO LEGISLAÇÃO - RO ANO XXIII - 2012-4ª SEMANA DE MAIO DE 2012 BOLETIM INFORMARE Nº 21/2012 IPI RECUSA DO DESTINATÁRIO - ASPECTOS GERAIS Introdução - Funcionamento do Sistema - Tratamento Fiscal - Recuperação do Débito Havido

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 9.276, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2009.

RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 9.276, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2009. RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 9.276, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2009. Autoriza o Poder Executivo a conceder parcelamento de débitos fiscais relacionados com o Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias

Leia mais

IPI ICMS - SP LEGISLAÇÃO - SP ANO XX - 2009-2ª SEMANA DE JANEIRO DE 2009 BOLETIM INFORMARE Nº 02/2009

IPI ICMS - SP LEGISLAÇÃO - SP ANO XX - 2009-2ª SEMANA DE JANEIRO DE 2009 BOLETIM INFORMARE Nº 02/2009 IPI ANO XX - 2009-2ª SEMANA DE JANEIRO DE 2009 BOLETIM INFORMARE Nº 02/2009 INFRAÇÕES E ACRÉSCIMOS MORATÓRIOS Infrações - Procedimentos do Contribuinte - Pagamento - Acréscimos Moratórios - Multa de Mora

Leia mais

ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES CAPÍTULO II DA DEFINIÇÃO DE MICROEMPRESA SOCIAL

ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES CAPÍTULO II DA DEFINIÇÃO DE MICROEMPRESA SOCIAL ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR LEI Nº 6.559, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2004 Publicada no DOE em 31 de dezembro de 2004 DISPÕE SOBRE A MICROEMPRESA SOCIAL, ESTABELECENDO TRATAMENTO TRIBUTÁRIO DIFERENCIADO,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAPOÁ CHEFIA DE GABINETE DO PREFEITO

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAPOÁ CHEFIA DE GABINETE DO PREFEITO DECRETO MUNICIPAL Nº 1388/2011 Data: 27 de outubro de 2011 INSTITUI A NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS - NF-E NO MUNICÍPIO DE ITAPOÁ. ERVINO SPERANDIO, Prefeito Municipal de Itapoá (SC),

Leia mais

PROJETO DE LEI CAPÍTULO I DO REGIME DE TRIBUTAÇÃO UNIFICADA

PROJETO DE LEI CAPÍTULO I DO REGIME DE TRIBUTAÇÃO UNIFICADA PROJETO DE LEI Institui o Regime de Tributação Unificada - RTU na importação, por via terrestre, de mercadorias procedentes do Paraguai. O CONGRESSO NACIONAL decreta: CAPÍTULO I DO REGIME DE TRIBUTAÇÃO

Leia mais

MANUAL - TRIBUTAÇÃO DOS SERVIÇOS DE TRANSPORTE. Dispositivos do Regulamento do ICMS RICMS aprovado pelo Decreto 6.284/97

MANUAL - TRIBUTAÇÃO DOS SERVIÇOS DE TRANSPORTE. Dispositivos do Regulamento do ICMS RICMS aprovado pelo Decreto 6.284/97 PÁGINA: 1 DE 54 MANUAL - Atualização: Até Alteração 87 de 12/04/07 ao RICMS Dispositivos do Regulamento do ICMS RICMS aprovado pelo Decreto 6.284/97 Fato Gerador Art. 1º O Imposto sobre Operações Relativas

Leia mais

PRODUTOR PRIMÁRIO - Apuração e Recolhimento do ICMS em Santa Catarina. Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 17.07.2014.

PRODUTOR PRIMÁRIO - Apuração e Recolhimento do ICMS em Santa Catarina. Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 17.07.2014. PRODUTOR PRIMÁRIO - Apuração e Recolhimento do ICMS em Santa Catarina Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 17.07.2014. Sumário: 1 - INTRODUÇÃO 2 - PRODUTOR PRIMÁRIO 2.1 - Extensão da Atividade

Leia mais

DEVOLUÇÃO OU TROCA DE MERCADORIA VENDIDA PELO ECF CUPOM FISCAL PROCEDIMENTOS E RECOMENDAÇÕES

DEVOLUÇÃO OU TROCA DE MERCADORIA VENDIDA PELO ECF CUPOM FISCAL PROCEDIMENTOS E RECOMENDAÇÕES DEVOLUÇÃO OU TROCA DE MERCADORIA VENDIDA PELO ECF CUPOM FISCAL PROCEDIMENTOS E RECOMENDAÇÕES Tratando-se de devolução ou troca de mercadorias, além de observar as demais disposições constantes no artigo

Leia mais

DECRETO N 29.240, DE 27 DE MARÇO DE 2008

DECRETO N 29.240, DE 27 DE MARÇO DE 2008 DECRETO N 29.240, DE 27 DE MARÇO DE 2008 * Publicado no DOE em 28/03/2008. ALTERA OS 14, 15 E 16 DO ART. 13 DO DECRETO Nº 24.569, DE 31 DE JULHO DE 1997, QUE DEFINEM CRITÉRIOS PARA REALIZAÇÃO DE OPERAÇÃO

Leia mais

ICMS/SC - Industrialização - Procedimentos fiscais 3 de Junho de 2013 Em face da publicação da Resolução CGSN nº 94/2011 - DOU 1 de 01.12.2011, este procedimento foi colocado em manutenção, porém após

Leia mais

TRANSPORTE DE CARGAS AÉREO - Tratamento Tributário relacionado ao ICMS/SC

TRANSPORTE DE CARGAS AÉREO - Tratamento Tributário relacionado ao ICMS/SC TRANSPORTE DE CARGAS AÉREO - Tratamento Tributário relacionado ao ICMS/SC Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 04.11.2011. SUMÁRIO: 1 - INTRODUÇÃO 2 - ALÍQUOTAS DO ICMS 2.1 - Operações

Leia mais

ESTADO DO ACRE LEI N. 1.358 DE 29 DE DEZEMBRO DE 2000.

ESTADO DO ACRE LEI N. 1.358 DE 29 DE DEZEMBRO DE 2000. LEI N. 1.358 DE 29 DE DEZEMBRO DE 2000.. Publicado no D.O.E n 7.942 de 09 de janeiro de 2001.. Alterada pela Lei nº 2.956, de 9 de abril de 2015 Institui o Programa de Incentivo Tributário para Empresas,

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA EMISSÃO DA GNRE (Guia Nacional de Recolhimento Estadual)

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA EMISSÃO DA GNRE (Guia Nacional de Recolhimento Estadual) MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA EMISSÃO DA GNRE (Guia Nacional de Recolhimento Estadual) REF. : Recolhimento da Diferença de Alíquota do ICMS. / EC:87/2015 Ver. 04/01/2016 Página 1 de 10 Introdução Em 2016 entra

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Base de Cálculo e ICMS no DACTE - MG

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Base de Cálculo e ICMS no DACTE - MG Base de 08/09/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 4 4. Conclusão... 4 5. Informações Complementares... 7 6. Referências...

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Produto de informática e automação redução de base de cálculo e alíquota - RJ

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Produto de informática e automação redução de base de cálculo e alíquota - RJ Produto de informática e automação redução de base de cálculo e alíquota - RJ 06/01/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria...

Leia mais

SINDCONT-SP SINDCONT-SP

SINDCONT-SP SINDCONT-SP Sindicato dos Contabilistas de São Paulo (Ex-Instituto Paulista de Contabilidade - Fundado em 1919) ÓRGÃO DE PROFISSÃO LIBERAL NOTA FISCAL PAULISTA NOVAS DISPOSIÇÕES PROGRAMA Programa de Estímulo à Cidadania

Leia mais