TERESA BRANCO. emagreça comigo. ninguém engorda porque quer

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TERESA BRANCO. emagreça comigo. ninguém engorda porque quer"

Transcrição

1 TERESA BRANCO emagreça comigo ninguém engorda porque quer

2

3 Conteúdos PREFÁCIO DE FRANCISCO PENIM 11 NOTA DA AUTORA 15 PARTE 1 > INTRODUÇÃO 17 CAPÍTULO 1 > PORQUE É QUE ENGORDAMOS? 21 UM CASO DE SUCESSO: COMO A JOANA MARTINS PERDEU 50 KG 33 PARTE 2 > O METABOLISMO DOS HIDRATOS DE CARBONO 37 CAPÍTULO 2 > PORQUE É QUE ACUMULAMOS GORDURA CORPORAL? 39 CAPÍTULO 3 > PORQUE É QUE UNS ENGORDAM E OUTROS NÃO? 51 CAPÍTULO 4 > O QUE PODEMOS FAZER? 55 UM CASO DE SUCESSO: A HISTÓRIA DE CLÁUDIA 57 CAPÍTULO 5 > VAMOS PASSAR À AÇÃO 61 CAPÍTULO 6 > METABOLISMO DOS HIDRATOS DE CARBONO: PLANO ALIMENTAR 75 CAPÍTULO 7 > METABOLISMO DOS HIDRATOS DE CARBONO: EXERCÍCIO FÍSICO 85 UM CASO DE SUCESSO: A HISTÓRIA DE CRISTINA 89 PARTE 3 > O STRESSE 93 CAPÍTULO 8 > COMO O STRESSE ATUA 95 UM CASO DE SUCESSO: A HISTÓRIA DE JOÃO 108 CAPÍTULO 9 > VAMOS PASSAR À AÇÃO 111 CAPÍTULO 10 > STRESSE: PLANO ALIMENTAR 115 7

4 EMAGREÇA COMIGO CAPÍTULO 11 > STRESSE: EXERCÍCIO FÍSICO 127 UM CASO DE SUCESSO: A HISTÓRIA DE TERESA 129 PARTE 4 > RECEITAS LIGHT E SABOROSAS 131 8

5 CAPÍTULO 1 Porque é que engordamos? A idade está associada ao aumento de massa corporal gorda, ou seja, ao envelhecermos, estamos predispostos a engordar. Este aumento da massa gorda corporal nem sempre é acompanhado pelo aumento de peso, uma vez que existe também uma maior tendência para perder massa muscular e óssea. Com estas alterações fisiológicas na nossa composição corporal, o metabolismo tende a diminuir, ou A idade está associada ao aumento de massa seja, despendemos menos calorias diariamente, o que conduz à acumulação de gor- corporal gorda, ou seja, ao envelhecermos, dura corporal. estamos predispostos Na minha opinião, as pessoas tendem a a engordar. engordar com a idade para se protegerem da escassez alimentar. Pressupostamente, com o passar dos anos, começam a ter menos capacidade para serem autónomas na procura de comida e, por isso, tornam -se mais económicas, despendendo menos energia. Como atualmente a escassez alimentar não existe, tendem a acumular a energia em excesso, através do seu tecido adiposo. No fundo, esta acumulação de gordura é uma proteção, para que as pessoas mais velhas consigam sobreviver durante mais tempo, com menos comida. 21

6 EMAGREÇA COMIGO Sabia que: As mulheres com excesso de peso e obesas têm maior incidência de sangramento uterino disfuncional (grandes perdas sanguíneas) ou amenorreia (ausência de menstruação). Os elevados níveis de hormonas masculinas nas mulheres, muitas vezes associados ao aumento de peso, são causados pelo aumento de insulina circulante no sangue ou pelo stresse e ansiedade continuados. Uma em cada dez mulheres tem este problema e a sua resolução deve ser diferenciada. Assim, a regularização passa pela perda de peso e pela adoção de um estilo de vida saudável. Em casos mais severos e quando as alterações de estilo de vida não forem suficientes, pode recorrer-se à medicação. Estas mulheres têm usualmente um mau metabolismo dos hidratos de carbono, sendo recomendado que as estratégias adotadas para a sua perda de peso sejam similares às utilizadas em casos que apresentam maior predisposição para desenvolver a diabetes. As mulheres que têm excesso de hormona masculina poderão apresentar acne, excesso de pelo corporal, queda de cabelo, oleosidade aumentada, acumulação de gordura abdominal, para além de, em casos mais severos, poderem ter dificuldade em engravidar. Nos períodos de maior crescimento, como na adolescência, há uma maior predisposição para perder gordura corporal (mas não peso), porque é necessária mais energia (calorias) para o desenvolvimento de todas as estruturas do corpo humano, como os músculos, os ossos, os órgãos, entre outros constituintes do organismo. À medida que o crescimento desacelera, a predisposição para o aumento de massa gorda aumenta, sendo esta predisposição mais acentuada na mulher do que no homem. A partir aproximadamente dos 30 anos de idade, há uma tendência natural no ser humano para perder massa muscular e óssea, o que conduz a uma diminuição do metabolismo. Devido 22

7 PORQUE É QUE ENGORDAMOS a esta diminuição existe uma maior propensão para acumular gordura corporal. Todavia, é possível contrariar essa tendência, através do aumento de massa muscular e massa óssea, recorrendo à prática de exercício físico. À medida que envelhecemos, os hábitos também se alteram, na medida em que os Diz-se que é muito fácil comportamentos mais sedentários aumentam e as rotinas alimentares se modificam. perder peso durante a amamentação. A minha Com a autonomia financeira, socializa -se experiência profissional e com mais frequência à mesa, fazem -se pessoal dizem-me que refeições fora de casa muitas vezes por isso não é verdade. semana, o que pode comprometer a gestão do peso. Partindo destes pressupostos, terá de existir uma gestão do peso diferente da adotada até esta idade. Usualmente, as pessoas referem que a partir dos 30 anos têm mais dificuldade em se manterem magras, o que se deve não só ao metabolismo, mas também à ausência de novas rotinas saudáveis face ao avançar da idade e estilo de vida. Os períodos da menarca (primeira menstruação), da gravidez e da amamentação são fases em que a mulher tem fortes probabilidades de aumentar de peso. Todas estas fases pressupõem alterações hormonais, que, à partida, promovem o armazenamento de massa gorda, de forma a possibilitar o desenvolvimento de uma gravidez e, posteriormente, a sobrevivência sadia de um outro ser humano. O organismo da mulher está preparado fisiologicamente para assegurar a continuidade da espécie e, para que isso aconteça, tem de existir gordura corporal como substrato energético. Curiosamente, muitas das mulheres que me procuram para que as ajude a perder peso durante a fase da amamentação estão um pouco apreensivas, pois sempre lhes foi referido que, neste período, seria muito fácil perder peso. Porém, agora que estão a passar por essa fase, isso não se verifica. A minha experiência pessoal como mulher que já esteve grávida duas vezes e amamentou duas crianças, e a minha experiência profissional no acompanhamento de mulheres que estiveram grávidas e que estão a amamentar dizem -me 23

8 EMAGREÇA COMIGO que isso não é verdade. Assim, e após refletir sobre o que estará por trás desta dificuldade em perder peso quando deveria acontecer o contrário, percebi que, mais uma vez, a natureza está maravilhosamente bem concebida, nós é que ainda não a entendemos na totalidade. Teoricamente, a mulher deveria ter maior facilidade em perder peso neste período, pois ao produzir leite, está a despender mais calorias diariamente, no entanto, isso não acontece, mesmo quando a ingestão alimentar está controlada e a prática de atividade física até é regular. Neste sentido, a partir de pressupostos fisiológicos e evolucionários, ou seja, pensando na nossa biologia e na evolução da espécie, cheguei à conclusão de que, se a reprodução Quando a prolactina, e a evolução da espécie são aspetos fundamentais na existência humana, é necessá- uma hormona, está elevada, as pessoas rio que exista um mecanismo de controlo engordam muito que impeça a escassez de leite materno e o e têm dificuldade desgaste excessivo da progenitora. Por essa em emagrecer. razão, nesta fase, a mulher gasta menos calorias diariamente na sua sobrevivência, embora até tenha mais fome, de forma a assegurar a continuidade da produção de leite para alimentar a sua cria. Por sua vez, a produção de leite materno é ativada pelo aumento de uma hormona, a prolactina, que, quando está elevada, além de ser responsável pela produção de leite, também impede a menstruação. Deste modo, ao deixar de menstruar, a possibilidade de a mulher voltar a engravidar diminui (embora seja possível engravidar nesta altura), para que possa estar completamente disponível para proteger o ser humano que já nasceu. Curiosamente, acompanhei casos de homens e mulheres que, por terem esta hormona aumentada, engordaram muito e têm muita dificuldade em emagrecer. Recordo -me do caso do António, com 38 anos e 150 kg, que aumentou de peso já em adulto e em poucos anos, devido a um tumor cerebral que lhe pressionava a hipófise. Embora fosse benigno, o tumor não podia ser removido, por causa da sua localização, e a pressão que exercia no cérebro levou a um aumento da 24

9 PORQUE É QUE ENGORDAMOS prolactina equivalente aos níveis encontrados durante o período da amamentação, o que conduziu a um aumento substancial do peso. Quando lhe foi administrado um medicamento que diminui a produção da prolactina, o António começou a ter mais facilidade em perder peso. Sabia que: Nascemos todos com o mesmo número de células adiposas (aproximadamente 40 biliões). O número total de células adiposas aumenta com a idade, atingindo o seu limite durante os anos da puberdade e adolescência. No passado, acreditava -se que o que diferenciava uma pessoa com excesso de peso de uma pessoa magra era o número de células adiposas. Atualmente, sabe -se que isso não é verdade e que as células que constituem o tecido gordo podem aumentar de tamanho e de número. A investigação científica tem demonstrado que o aumento do tamanho das células é mais prejudicial do que a sua multiplicação, uma vez que o crescimento exagerado do adipócito leva a um desenvolvimento prejudicial da membrana que o envolve, sendo libertadas substâncias inflamatórias prejudiciais ao organismo humano. Curiosamente, algumas pessoas têm maior tendência para aumentar o número de células, enquanto outras tendem a aumentar o seu volume, estando as segundas mais predispostas para desenvolver doença cardiovascular. As mulheres que estão a amamentar deverão alimentar -se sem grandes restrições, mas de forma saudável, e perceber que a perda de peso acabará por acontecer. A dificuldade em perder peso também se prende com a grande tendência que existe para reter água, uma vez que o leite materno é, maioritariamente, constituído por água. 25

10 EMAGREÇA COMIGO Quando a prolactina diminui, a mulher volta a menstruar, denunciando nova predisposição para voltar a engravidar. A partir desse momento, a mulher já não precisa de ser poupadora, a sua cria já não depende tanto de si e, por isso, pode eliminar com mais facilidade a massa gorda acumulada durante a gravidez. Assim, só a partir do momento em que a mulher menstrua é que se observa uma maior propensão para perder peso. A menopausa, que determina o fim da idade fértil, chega, em média, aos anos de idade. Contudo, alguns anos antes, na pré -menopausa, a diminuição dos valores hormonais faz -se sentir, contribuindo para um aumento gradual da massa gorda corporal. No entanto, poderá não se verificar um aumento de peso, uma vez que existirá também uma perda de massa muscular e óssea. Não obstante, é importante referir que a diminuição do estrogénio e da progesterona (hormonas femininas) também poderá acontecer abruptamente. Regra geral, os sintomas da menopausa são os afrontamentos, as insónias primárias (dificuldade em adormecer) e as insónias secundárias (acordar a meio da noite e não conseguir voltar a dormir). Para além desses sintomas, as mulheres perdem massa óssea, massa muscular e cabelo, e ganham pelos em zonas do corpo onde não é comum o seu aparecimento, como a face. Normalmente, existe uma diminuição da libido, acompanhada de secura vaginal, bem como um envelhecimento mais acelerado da pele. O aumento de massa gorda Com a menopausa há estudos que indicam que a mulher aumenta, em é notório e existem estudos que indicam média, 10 kg. que a mulher aumenta, em média, 10 kg de peso corporal. Curiosamente, a mulher tende a acumular gordura na região abdominal, tronco, braços e peito, diminuindo o volume dos glúteos (rabo) e das coxas, devido à perda de massa muscular nessas regiões. Os estados depressivos também são mais acentuados nesta fase da vida da mulher, o que, por si só, poderá conduzir ao aumento de peso corporal. Estudos recentes demonstram que o estrogénio influencia o funcionamento do hipotálamo (região cerebral que, entre outras funções, regula o apetite), suprimindo a vontade de comer. Partindo deste pres- 26

11 PORQUE É QUE ENGORDAMOS suposto, quando as mulheres entram na menopausa, poderão também ter mais apetite, provocado pela diminuição do estrogénio. A terapia hormonal parece atenuar grande parte dos sintomas associados à menopausa, mas, no que se refere ao peso, na maioria dos casos não oferece resultados significativos. Algumas mulheres sujeitas a terapia hormonal referem Um funcionamento deficiente da tiroide poderá também inclusivamente que sentem um maior contribuir para o aumento de peso. Por seu lado, estudos aumento de peso, mostram que a terapia hormonal tende a contudo, essa situação atenuar o aumento da gordura acumulada não é recorrente. na região abdominal, mas não diminui a gordura corporal total. Infelizmente, uma das formas que me permitiram constatar que a diminuição de hormonas femininas contribui para o aumento de peso foi através do acompanhamento de mulheres a quem foi detetado cancro da mama. Essas mulheres são submetidas a uma terapia hormonal que consiste na diminuição do estrogénio. Existem alguns estudos que referem que o estrogénio contribui para a recidiva do cancro da mama e, por isso, o controlo da doença passa pela diminuição dos níveis hormonais, durante cinco anos, provocando uma menopausa. Essa menopausa forçada leva consistentemente ao aumento de peso e, após a sua suspensão (cinco anos depois), as mulheres tendem a emagrecer novamente. Um funcionamento deficiente da tiroide poderá também contribuir para o aumento de peso, contudo, essa situação não é recorrente. A percentagem de pessoas que têm um hipofuncionamento da tiroide é pequena, não sendo esta a razão principal para o aumento de peso. Vulgarmente, quem tem hipotiroidismo sente um cansaço muito grande, sem que existam razões para tal, muito sono, frio e, com frequência, prisão de ventre. Tenho também observado que o aumento do colesterol está associado ao desenvolvimento do hipotiroidismo e alguma literatura realça o facto de, muitas vezes, o hipotiroidismo ser confundido com uma depressão, pois os sintomas dessa alteração da tiroide podem ser muito semelhantes a alguns sintomas que se expressam 27

12 EMAGREÇA COMIGO num estado de depressão. Paralelamente ao hipotiroidismo, também existem outras barreiras médicas que potenciam o excesso de peso, como perturbações do sono, dores crónicas, doenças cardiovasculares e respiratórias, apneia do sono, redução da função pulmonar, doenças dentárias, refluxo gástrico, obstipação, diabetes tipo 2, síndrome de Cushing (doença causada pelo aumento da cortisona produzida pelo nosso corpo), síndrome do ovário poliquístico, deficiência de testosterona e distúrbios do hipotálamo. Possivelmente, alguns leitores interrogar -se-ão sobre o facto de as doenças dentárias poderem contribuir para o aumento de peso. Posso assegurar -vos que uma pessoa que As pessoas com não tenha dentes tem muita dificuldade perturbações do sono em fazer uma alimentação rica em vegetais, por exemplo. Por outro lado, aqueles tendem a ganhar peso, porque passam mais que sofrem de dores crónicas estão muito tempo acordadas e menos predispostos para a prática de atividade física e preferem permanecer senta- desenvolvem resistência à insulina. dos, o que irá proporcionar um aumento de peso. Alguns estudos têm demonstrado que as pessoas que têm perturbações do sono tendem a ganhar peso, porque passam mais tempo acordadas, ficando assim mais predispostas para desenvolver resistência à insulina, que, como vamos ver no capítulo seguinte, conduz ao aumento de peso. O refluxo gástrico e a prisão de ventre podem condicionar a ingestão de alguns alimentos ditos mais saudáveis. A síndrome do ovário poliquístico é uma alteração que afeta uma em cada dez mulheres, e 80% das mulheres com esta síndrome ou são obesas ou têm excesso de peso, pois tendem a produzir hormona masculina em demasia, o que contribui para um aumento da pilosidade, acne e, por vezes, irregularidades menstruais. Para além desses sintomas, essas mulheres desenvolvem resistência à insulina, sendo muitas vezes aconselhado o tratamento desta síndrome com medicação antidiabética. A síndrome de Cushing caracteriza -se pela produção excessiva de cortisol, ou seja, a cortisona do nosso corpo. O cortisol, apesar de ser verdadeiramente importante para a nossa 28

13 PORQUE É QUE ENGORDAMOS sobrevivência, quando produzido em excesso, conduz ao desenvolvimento da resistência à insulina. Curiosamente, a condição socioeconómica também pode contribuir para a obesidade e a obesidade pode influenciar a condição socioeconómica. As pessoas com menos recursos financeiros têm mais dificuldade em manterem -se magras porque não têm dinheiro para comprar determinados alimentos, recorrendo muitas vezes ao pão e à massa para matar a fome. Recordo -me de uma vez ter falado com um homem, no Facebook, que me disse que, nessa semana, apenas tinha dinheiro para comprar esparguete e por isso tinha comido massa com massa toda a semana. Essa alimentação, para além de não ser saudável pela carência de determinados nutrientes, poderá conduzir ao aumento da massa corporal gorda. Por outro lado, as pessoas obesas têm mais dificuldade em arranjar trabalho, sendo difícil sustentarem -se. Estudos realizados têm demonstrado que, em países em desenvolvimento, como é o caso de Angola, a obesidade está relacionada com um nível social mais abastado, enquanto em países desenvolvidos, está relacionada A condição com baixos salários e pouca formação. Julgo socioeconómica que isto se deve ao facto de ser atribuído também contribui para a um valor excessivo à comida em países em obesidade e a desenvolvimento, uma vez que as pessoas obesidade pode passaram por um longo período de escassez alimentar. socioeconómica. influenciar a condição A falta de tempo é uma das barreiras mais comuns na sustentabilidade de uma estratégia de gestão do peso. Embora saibam que podem lutar para ter uma boa gestão do tempo, as mulheres portuguesas são das que trabalham mais horas na Europa, o que boicota as idas ao ginásio, os passeios à beira -mar, ou a criatividade saudável na cozinha. Muitos medicamentos podem promover o aumento de peso ou dificultar a sua perda. Alguma medicação antidiabética promove a acumulação de gordura subcutânea, em detrimento da acumulação visceral (dentro da cavidade abdominal, junto aos órgãos). Em alguns antipsicóticos, o aumento de peso está bem documentado como efeito secundário. 29

14 EMAGREÇA COMIGO O aumento de peso está também associado à toma de lítio e parece existir uma dose -resposta mais acentuada nas mulheres que já têm excesso de peso, ou seja, quanto mais lítio tomarem, maior será o aumento de peso. Os antidepressivos tricíclicos são também associados com frequência ao aumento de peso. Os anticonvulsivos, os esteroides e os beta -bloqueantes têm, muitas vezes, o aumento de gordura corporal como um dos seus efeitos secundários. O abuso de determinadas substâncias também poderá contribuir para o aumento de massa gorda corporal. Deixar de fumar promove o aumento de peso e, por essa razão, muitas pessoas não o fazem. Quando se largam os cigarros, o metabolismo abranda, Engordar não é só sinónimo de muita uma vez que estava habituado a uma determinada dose de nicotina, que é um esti- comida e pouco movimento, é o resultado mulante. Por outro lado, o álcool fornece de muitos fatores. muitas calorias a quem o ingere (um copo grande de vinho por noite perfaz kcal por ano, o equivalente a 9 kg de massa corporal gorda), pelo que facilita o armazenamento de gordura corporal e, habitualmente, aumenta o apetite. O consumo de marijuana induz o aumento do apetite por estimulação do hipotálamo, região reconhecida como controladora do apetite, e as drogas ilícitas parecem contribuir também, em algumas circunstâncias, para o aumento de peso. Algumas doenças causadas por alterações genéticas, tais como as síndromes de Prader -Willi e de Bardet -Biedl, provocam, frequentemente, hipotonia, retardação mental e obesidade. 30

15 PORQUE É QUE ENGORDAMOS Sabia que: A célula de gordura (adipócito) é minúscula e permanece inativa (durante muito pouco tempo), até ser estimulada pelas hormonas e enzimas que nela atuam, para que a gordura seja armazenada ou libertada. Ao contrário do que se pode imaginar, os adipócitos são extremamente ativos e estão constantemente a armazenar e a libertar ácidos gordos, transformando -os em triglicéridos e destruindo esses mesmos triglicéridos. Por muitos quilos que uma pessoa perca, o seu número de adipócitos nunca diminuirá, o que vai facilitar o aumento de peso, posteriormente. É por esta razão também que um ex -obeso, fisiologicamente, nunca será igual a um magro. A sua predisposição para engordar será sempre consideravelmente superior. Determinadas barreiras psiquiátricas, como síndrome da ingestão alimentar noturna, depressão, abuso, negligência, stresse pós -traumático, défice de atenção, depressão sazonal, stresse crónico, psicose, distúrbios de personalidade e imagem corporal, podem também contribuir para o aumento de peso. A minha experiência profissional Há duas causas principais para tem -me demonstrado que estas barreiras o aumento de peso: psiquiátricas são mais recorrentes do que o metabolismo muitas vezes imaginamos. Julgo que um dos hidratos de carbono psiquiatra especialista em obesidade devia, e o stresse. em muitos casos, fazer parte do processo de emagrecimento de um indivíduo. Numa primeira consulta, uma rapariga de 26 anos referiu -me que sofria de doença bipolar e que, a partir do momento em que começou a ser medicada, aumentou aproximadamente 10 kg de peso corporal. Mas não era só a medicação que a fazia aumentar de peso, eram as suas visitas noturnas ao frigorífico, das quais não se lembrava. Só tinha 31

16 EMAGREÇA COMIGO essa noção porque, de manhã, percebia que lhe faltavam alimentos no frigorífico e pediu ao seu marido para a vigiar. Tal como se previa, a Marta tinha a síndrome da ingestão alimentar noturna e, por isso, aumentava de peso sem perceber como. Como facilmente se percebe, o engordar não pode e não deve ser resumido ao balanço energético positivo, ou seja, à maior ingestão de calorias e ao deficiente dispêndio de energia. Engordar não é só sinónimo de muita comida e pouco movimento, é o resultado de muitos fatores. No entanto, através da minha prática Há duas causas profissional, e após o acompanhamento principais para e diagnóstico de muitas pessoas que pretendiam perder peso, destaco duas causas o aumento de peso: o metabolismo principais para o aumento de peso. A primeira está relacionada com o metabolismo dos hidratos de carbono e o stresse. dos hidratos de carbono e a segunda com o stresse a que as pessoas são constantemente submetidas. Por serem causas mais recorrentes, irei aprofundar a sua fisiologia e as estratégias mais adequadas para as contornar. A segunda parte deste livro irá descrever os sintomas e a fisiologia que estão por trás de um mau metabolismo dos hidratos de carbono. A terceira parte deste livro irá analisar os comportamentos, causas e soluções de quem engorda devido ao stresse. 32

Teresa Branco COMO VENCER A FOME EMOCIONAL

Teresa Branco COMO VENCER A FOME EMOCIONAL Teresa Branco COMO VENCER A FOME EMOCIONAL CONTEÚDOS INTRODUÇÃO 7 COMO LER ESTE LIVRO 13 PRIMEIRA PARTE :: FOME EMOCIONAL E O AUMENTO DO PESO > Capítulo 1 :: PORQUE AUMENTAMOS DE PESO? 17 SEGUNDA PARTE

Leia mais

CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DA OBESIDADE

CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DA OBESIDADE 01 CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DA OBESIDADE A obesidade é uma doença crónica que se caracteriza pelo excesso de gordura corporal e que atinge homens, mulheres e crianças de todas as etnias e idades. A sua prevalência

Leia mais

Vida saudável. Dicas e possibilidades nos dias de hoje.

Vida saudável. Dicas e possibilidades nos dias de hoje. CENTRO UNIVERSITÁRIO ASSUNÇÃO- Vida saudável. Dicas e possibilidades nos dias de hoje. Profa. Dra. Valéria Batista O que é vida saudável? O que é vida saudável? Saúde é o estado de complexo bem-estar físico,

Leia mais

Obesidade Infantil. O que é a obesidade

Obesidade Infantil. O que é a obesidade Obesidade Infantil O que é a obesidade A obesidade é definida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como uma doença em que o excesso de gordura corporal acumulada pode atingir graus capazes de afectar

Leia mais

Brígida Ferrão. 10 de Outubro de 2014

Brígida Ferrão. 10 de Outubro de 2014 Brígida Ferrão 10 de Outubro de 2014 DEFINIÇÃO Sistema Endócrino conjunto de orgãos e tecidos que produzem hormonas, libertadas na corrente sanguínea e que controlam outros orgãos alvo Envelhecimento tecidos

Leia mais

A patroa quer emagrecer

A patroa quer emagrecer A patroa quer emagrecer A UU L AL A Andando pela rua, você passa em frente a uma farmácia e resolve entrar para conferir seu peso na balança. E aí vem aquela surpresa: uns quilinhos a mais, ou, em outros

Leia mais

Curso: Integração Metabólica

Curso: Integração Metabólica Curso: Integração Metabólica Aula 7: Suprarrenal e tireoide Prof. Carlos Castilho de Barros Algumas pessoas podem apresentar distúrbios que provocam a obesidade. Estórias como Eu como pouco mas continuo

Leia mais

Sistema neuro-hormonal

Sistema neuro-hormonal Sistema neuro-hormonal O que é o sistema neuro-hormonal? Qualquer alteração no exterior ou no interior do corpo corresponde a um Estímulo que provoca uma resposta do sistema neurohormonal. Como funciona

Leia mais

SUMÁRIO OBESIDADE...4 OBESIDADE EM ADULTOS...5 PREVENÇÃO...6 EM BUSCA DO PESO SAUDÁVEL...7 TRATAMENTO...9 CUIDADOS DIÁRIOS COM A ALIMENTAÇÃO...

SUMÁRIO OBESIDADE...4 OBESIDADE EM ADULTOS...5 PREVENÇÃO...6 EM BUSCA DO PESO SAUDÁVEL...7 TRATAMENTO...9 CUIDADOS DIÁRIOS COM A ALIMENTAÇÃO... 2 SUMÁRIO OBESIDADE...4 OBESIDADE EM ADULTOS...5 PREVENÇÃO...6 EM BUSCA DO PESO SAUDÁVEL...7 TRATAMENTO...9 CUIDADOS DIÁRIOS COM A ALIMENTAÇÃO...12 OUTROS HÁBITOS SAUDÁVEIS...14 ATIVIDADE FÍSICA...14 CUIDADOS

Leia mais

Alimentação Saudável

Alimentação Saudável ANO LECTIVO 2010/2011 Alimentação Saudável Turma: 8º A Elaborado por: Adriana nº1, Carolina Pereira nº8 e Cátia nº10 Disciplina: Área de Projecto e Formação Cívica Professores: Eurico Caetano e Helena

Leia mais

Anatomia e Fisiologia Humana

Anatomia e Fisiologia Humana Introdução Boa parte do funcionamento do corpo humano depende da comunicação entre as células por meio de mensageiros químicos que viajam pelos sangue. Conjunto de células produtoras de hormônios. Hormônios

Leia mais

factos e mitos ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS BEBIDAS REFRESCANTES NÃO ALCOÓLICAS

factos e mitos ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS BEBIDAS REFRESCANTES NÃO ALCOÓLICAS factos e mitos ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS BEBIDAS REFRESCANTES NÃO ALCOÓLICAS FACTO: Os estudos disponíveis não permitem concluir que o consumo de bebidas refrescantes não alcoólicas (independentemente

Leia mais

Sistema Endócrino. Introdução. Glândulas e suas secreções. 1. Hipotálamo: 2. Hipófise anterior (adeno-hipófise):

Sistema Endócrino. Introdução. Glândulas e suas secreções. 1. Hipotálamo: 2. Hipófise anterior (adeno-hipófise): Introdução Sistema Endócrino O sistema endócrino é composto por um grupo de tecidos especializados (glândulas) cuja função é produzir e liberar na corrente sanguínea substâncias chamadas Hormônios. Os

Leia mais

Doenças do Comportamento Alimentar. Filipe Pinheiro de Campos

Doenças do Comportamento Alimentar. Filipe Pinheiro de Campos NUTRIÇÃO e PATOLOGIAS ASSOCIADAS Doenças do Comportamento Alimentar Saúde e Bem Estar ATITUDES AMBIENTE FISIOLOGIA SAÚDE HEREDITARIEDADE ECONOMIA CULTURA ALIMENTAÇÃO 2 Implicações Clínicas Doenças por

Leia mais

Transição para a parentalidade após um diagnóstico de anomalia congénita no bebé: Resultados do estudo

Transição para a parentalidade após um diagnóstico de anomalia congénita no bebé: Resultados do estudo 2013 Transição para a parentalidade após um diagnóstico de anomalia congénita no bebé: Resultados do estudo Ana Fonseca, Bárbara Nazaré e Maria Cristina Canavarro Pontos de interesse especiais: Porque

Leia mais

Sistema Endócrino É UM SISTEMA SOFISTICADO E SENSÍVEL FORMADO POR VÁRIOS ÓRGÃOS OU

Sistema Endócrino É UM SISTEMA SOFISTICADO E SENSÍVEL FORMADO POR VÁRIOS ÓRGÃOS OU SISTEMA ENDRÓCRINO Sistema Endócrino É UM SISTEMA SOFISTICADO E SENSÍVEL FORMADO POR VÁRIOS ÓRGÃOS OU GLÂNDULAS DIFERENTES QUE SECRETAM HORMÔNIOS. OS HORMÔNIOS SÃO MENSAGEIROS QUÍMICOS,GERALMENTE TRANSPORTADOS

Leia mais

GLICOCORTICÓIDES PRINCIPAIS USOS DOS FÁRMACOS INIBIDORES DOS ESTERÓIDES ADRENOCORTICAIS

GLICOCORTICÓIDES PRINCIPAIS USOS DOS FÁRMACOS INIBIDORES DOS ESTERÓIDES ADRENOCORTICAIS GLICOCORTICÓIDES - Hormônios esteroidais: Hormônios sexuais e Hormônios do Córtex da Adrenal. - Hormônios do Córtex da Adrenal: o Adrenocorticosteróides [glicocorticóides e (cortisol) e Mineralocorticóides

Leia mais

Ela te enlouquece? Conheça mitos e verdades sobre a TPM 27/04/ 2015. Ibmed.com.br. Postado por Redação IBMED

Ela te enlouquece? Conheça mitos e verdades sobre a TPM 27/04/ 2015. Ibmed.com.br. Postado por Redação IBMED Ela te enlouquece? Conheça mitos e verdades sobre a TPM Postado por Redação IBMED 1) Toda Mulher tem TPM. MITO Nem toda mulher sofre com Tensão Pré-Menstrual e há algumas, muito poucas, que não exibem

Leia mais

Instituto de Biologia Roberto Alcantara Gomes (IBRAG) Diretor: Jorge José de Carvalho

Instituto de Biologia Roberto Alcantara Gomes (IBRAG) Diretor: Jorge José de Carvalho Universidade do Estado do Rio de Janeiro Reitor: Ricardo Vieiralves de Castro Centro Biomédico: Diretor: Mário Sérgio Alves Carneiro Instituto de Biologia Roberto Alcantara Gomes (IBRAG) Diretor: Jorge

Leia mais

ATIVIDADE FÍSICA: O MELHOR REMÉDIO PARA EMAGRECER E TER SAÚDE

ATIVIDADE FÍSICA: O MELHOR REMÉDIO PARA EMAGRECER E TER SAÚDE Dr. Marcos Sandoval Medeiros de Freitas VI ATIVIDADE FÍSICA: O MELHOR REMÉDIO PARA EMAGRECER E TER SAÚDE A mudança dos maus hábitos alimentares para uma alimentação equilibrada e a implantação de uma atividade

Leia mais

Cartilha. pela Saúde da Mulher

Cartilha. pela Saúde da Mulher Cartilha pela Saúde da Mulher Cólica Menstrual Excesso de Gorduras no Sangue A cólica menstrual ou dismenorreia é uma dor abdominal provocada pelas contrações uterinas que ocorrem durante a menstruação.

Leia mais

Aula 23 Sistema endócrino

Aula 23 Sistema endócrino Aula 23 Sistema endócrino O sistema endócrino é formado por órgãos e tecidos que secretam hormônios. Os hormônios são lançados na corrente sangüínea e influenciam a atividade de células, órgãos ou sistemas.

Leia mais

DA MULHER Manual prático para viver com saúde os melhores anos da vida

DA MULHER Manual prático para viver com saúde os melhores anos da vida Dr. JOSÉ BENTO Médico ginecologista e obstetra A MELHOR IDADE DA MULHER Manual prático para viver com saúde os melhores anos da vida Sumário Apresentação... 7 Introdução... 11 Capítulo 1 Um corpo de mudanças...

Leia mais

Hábitos Saudáveis Roda dos Alimentos Perturbações do comportamento alimentar Tratares bem do teu corpo no que se refere à alimentação não é difícil, embora requeira certa disciplina. No entanto, existem

Leia mais

Fibro Edema Gelóide. Tecido Tegumentar. Epiderme. Epiderme. Fisiopatologia do FibroEdema Gelóide

Fibro Edema Gelóide. Tecido Tegumentar. Epiderme. Epiderme. Fisiopatologia do FibroEdema Gelóide Lipodistrofia Ginóide Estria Discromia Distúrbios inestéticos O termo "celulite" foi primeiro usado na década de 1920, para descrever uma alteração estética da superfície cutânea (ROSSI & VERGNANINI, 2000)

Leia mais

PEDRO MAIA - FITNESS & CYCLING

PEDRO MAIA - FITNESS & CYCLING PEDRO MAIA - FITNESS & CYCLING PERSONAL TRAINER DESCANSO OBRIGATÓRIO A Importância da Alimentação Depois de termos descrito e elaborado alguns dos conceitos mais utilizados para treinarmos da forma mais

Leia mais

DIAFORMIN (cloridrato de metformina) União Química Farmacêutica Nacional S/A Comprimido 850 mg

DIAFORMIN (cloridrato de metformina) União Química Farmacêutica Nacional S/A Comprimido 850 mg DIAFORMIN (cloridrato de metformina) União Química Farmacêutica Nacional S/A Comprimido 850 mg Diaformin cloridrato de metformina Comprimido IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO:

Leia mais

Mas, vou te dizer algo muito importante, e gostaria muito que você levasse muito a sério o que direi!

Mas, vou te dizer algo muito importante, e gostaria muito que você levasse muito a sério o que direi! Na minha luta contra a balança, os remédios para emagrecer sempre apareceram no meu caminho como uma alternativa para acabar com os meus quilinhos extras e melhorar a minha aparência, sempre com a promessa

Leia mais

Dia Mundial da Diabetes - 14 Novembro de 2012 Controle a diabetes antes que a diabetes o controle a si

Dia Mundial da Diabetes - 14 Novembro de 2012 Controle a diabetes antes que a diabetes o controle a si Dia Mundial da Diabetes - 14 Novembro de 2012 Controle a diabetes antes que a diabetes o controle a si A função da insulina é fazer com o que o açúcar entre nas células do nosso corpo, para depois poder

Leia mais

Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! CIÊNCIAS - UNIDADE 4 RESPIRAÇÃO E EXCREÇÃO

Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! CIÊNCIAS - UNIDADE 4 RESPIRAÇÃO E EXCREÇÃO Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! Use canetas coloridas ou escreva palavras destacadas, para facilitar na hora de estudar. E capriche! Não se esqueça

Leia mais

FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR. Omede, cápsulas gastrorresistentes Omeprazol 20 mg

FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR. Omede, cápsulas gastrorresistentes Omeprazol 20 mg FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR Omede, cápsulas gastrorresistentes Omeprazol 20 mg Leia atentamente este folheto antes de tomar este medicamento. - Conserve este folheto. Pode ter necessidade

Leia mais

O que Realmente Funciona

O que Realmente Funciona Prisão de Ventre O mal conhecido como intestino preguiçoso, obstipação ou prisão de ventre atinge cerca de um em cada cinco pessoas. O tratamento é bastante simples, mas, na falta dele, a prisão de ventre

Leia mais

PARAR DE FUMAR. Uma decisão saudável. Programa de Controle do Tabagismo

PARAR DE FUMAR. Uma decisão saudável. Programa de Controle do Tabagismo PARAR DE FUMAR Uma decisão saudável Programa de Controle do Tabagismo Você sabe o que tem dentro do cigarro e outros produtos do tabaco? 4720 substâncias tóxicas, incluindo: Nicotina; Alcatrão; Monóxido

Leia mais

7º Ano 8º Ano 9º Ano. Ficha de avaliação

7º Ano 8º Ano 9º Ano. Ficha de avaliação 1. As principais diferenças entre as raparigas na infância e a adolescência são: Aumento das mamas, alargamento da anca e crescimento de pelos púbicos Aparecimento da menstruação, crescimento de pelos

Leia mais

FACULDADE DE FARMÁCIA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA. Bases Fisiológicas da Sede, Fome e Saciedade Fisiologia Humana

FACULDADE DE FARMÁCIA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA. Bases Fisiológicas da Sede, Fome e Saciedade Fisiologia Humana FACULDADE DE FARMÁCIA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA Bases Fisiológicas da Sede, Fome e Saciedade Fisiologia Humana Enquadramento A alimentação garante a sobrevivência do ser humano Representa uma fonte de

Leia mais

29/03/2012. Biologia. Principais glândulas endócrinas humanas

29/03/2012. Biologia. Principais glândulas endócrinas humanas Biologia Tema: Módulo 01: Anatomia e fisiologia Marcos Vinícius Introdução É um sistema que juntamente com o sistema nervoso atua no controle das funções gerais do nosso organismo. É representado pelos

Leia mais

www.projetoverao.org 1

www.projetoverao.org 1 1 No mundo da nutrição e do fitness, existem muitos mitos que são difundidos como se fossem verdade absoluta. Por exemplo: você já deve ter ouvido falar que não se deve comer depois das 19:00h. Esses especialistas

Leia mais

saúde Sedentarismo Os riscos do Saiba as causas e consequências de ficar parado e mexa-se!

saúde Sedentarismo Os riscos do Saiba as causas e consequências de ficar parado e mexa-se! saúde Sinal Canal de Comunicação da Sistel para os Usuários de Saúde Ano I - Nº 4 - Dezembro 2014 Os riscos do Sedentarismo Saiba as causas e consequências de ficar parado e mexa-se! O sedentarismo é resultado

Leia mais

GLUCO CALEA. Seguro e preciso MEDIDOR DE GLICOSE NO SANGUE PARA WELLIONVET GLUCO CALEA

GLUCO CALEA. Seguro e preciso MEDIDOR DE GLICOSE NO SANGUE PARA WELLIONVET GLUCO CALEA MEDIDOR DE GLICOSE NO SANGUE PARA WELLIONVET Seguro e preciso Esforçámo-nos para tornar a vida mais fácil para pacientes e parceiros. Através de idéias inovadoras, aconselhamento e serviço. Werner Trenker,

Leia mais

Anexo III. Alterações a incluir nas secções relevantes do Resumo das Características do Medicamento e do Folheto Informativo

Anexo III. Alterações a incluir nas secções relevantes do Resumo das Características do Medicamento e do Folheto Informativo Anexo III Alterações a incluir nas secções relevantes do Resumo das Características do Medicamento e do Folheto Informativo Nota: Este Resumo das Características do Medicamento, rotulagem e folheto informativo

Leia mais

Hipotireoidismo. O que é Tireóide?

Hipotireoidismo. O que é Tireóide? Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade física adaptada e saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira Hipotireoidismo O que é Tireóide? É uma glândula localizada na parte anterior do pescoço, bem abaixo

Leia mais

Raniê Ralph GO. 24 de Setembro de 2008. Professor Sobral. Ciclo Menstrual

Raniê Ralph GO. 24 de Setembro de 2008. Professor Sobral. Ciclo Menstrual 24 de Setembro de 2008. Professor Sobral. Ciclo Menstrual Fisiologia O ciclo menstrual para ocorrer depende de uma série de intercomunicações entre diversos compartimentos femininos. Todo o ciclo menstrual

Leia mais

APOSTILA AULA 2 ENTENDENDO OS SINTOMAS DO DIABETES

APOSTILA AULA 2 ENTENDENDO OS SINTOMAS DO DIABETES APOSTILA AULA 2 ENTENDENDO OS SINTOMAS DO DIABETES 1 Copyright 2014 por Publicado por: Diabetes & Você Autora: Primeira edição: Maio de 2014 Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta apostila pode

Leia mais

DISTÚRBIOS ALIMENTARES

DISTÚRBIOS ALIMENTARES DISTÚRBIOS ALIMENTARES Adolescência Período da vida entre a infância e a idade adulta. Fase decisiva na vida do ser humano. Fase de experiências, mudanças físicas, psicológicas e emocionais, que são avaliadas

Leia mais

SISTEMA REPRODUTOR. Sistema reprodutor feminino

SISTEMA REPRODUTOR. Sistema reprodutor feminino SISTEMA REPRODUTOR A reprodução é de importância tremenda para os seres vivos, pois é por meio dela que os organismos transmitem suas características hereditariamente e garantem a sobrevivência de suas

Leia mais

GLIFAGE XR cloridrato de metformina Merck S/A Comprimidos de ação prolongada 500 mg / 750 mg / 1 g

GLIFAGE XR cloridrato de metformina Merck S/A Comprimidos de ação prolongada 500 mg / 750 mg / 1 g GLIFAGE XR cloridrato de metformina Merck S/A Comprimidos de ação prolongada 500 mg / 750 mg / 1 g Glifage XR cloridrato de metformina APRESENTAÇÕES Glifage XR 500 mg: embalagens contendo 30 comprimidos

Leia mais

MELHORE A SUA VIDA CUIDE DO SEU CORAÇÃO!

MELHORE A SUA VIDA CUIDE DO SEU CORAÇÃO! MAIO, MÊS DO CORAÇÃO MELHORE A SUA VIDA CUIDE DO SEU CORAÇÃO! 12 A 31 DE MAIO DE 2008 EXPOSIÇÃO ELABORADA PELA EQUIPA DO SERVIÇO DE CARDIOLOGIA, COORDENADA PELA ENFERMEIRA MARIA JOÃO PINHEIRO. B A R R

Leia mais

Kimberly Willis. The Little Book Of Diet Help. Inês Rodrigues. Liliana Lourenço. Tradução de. Ilustrações de

Kimberly Willis. The Little Book Of Diet Help. Inês Rodrigues. Liliana Lourenço. Tradução de. Ilustrações de Kimberly Willis The Little Book Of Diet Help Tradução de Inês Rodrigues Ilustrações de Liliana Lourenço PARTE 1 > SOBRE ESTE LIVRO 9 PARTE 2 > VAMOS COMEÇAR 19 PARTE 3 > MUDE A FORMA COMO SE SENTE 49

Leia mais

B. FOLHETO INFORMATIVO

B. FOLHETO INFORMATIVO B. FOLHETO INFORMATIVO 18 FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR Ellaone 30 mg comprimido Acetato de ulipristal Leia atentamente este folheto antes de utilizar o medicamento. - Conserve este

Leia mais

Dossier Informativo. Osteoporose. Epidemia silenciosa que afecta 800.000 pessoas em Portugal

Dossier Informativo. Osteoporose. Epidemia silenciosa que afecta 800.000 pessoas em Portugal Dossier Informativo Osteoporose Epidemia silenciosa que afecta 800.000 pessoas em Portugal 2008 1 Índice 1. O que é a osteoporose? Pág. 3 2. Factores de risco Pág. 4 3. Prevenção Pág. 4 4. Diagnóstico

Leia mais

Livipark (dicloridrato de pramipexol)

Livipark (dicloridrato de pramipexol) I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Livipark (dicloridrato de pramipexol) APRESENTAÇÕES Livipark (dicloridrato de pramipexol) comprimidos de 0,125 mg. Embalagem contendo 30, 60 e 100 Livipark (dicloridrato

Leia mais

POR QUE SER ATIVO ALBERTO OGATA

POR QUE SER ATIVO ALBERTO OGATA POR QUE SER ATIVO ALBERTO OGATA O nosso corpo é uma máquina fantástica, que não foi feita para ficar parada. Se você estiver realmente decidido a ter uma atitude positiva em relação a sua saúde e ao seu

Leia mais

SISTEMA ENDÓCRINO PROFESSOR CLERSON

SISTEMA ENDÓCRINO PROFESSOR CLERSON SISTEMA ENDÓCRINO PROFESSOR CLERSON CARACTERÍSTICAS FUNCIONAMENTO DO CORPO COMUNICAÇÃO COM CÉLULAS: AÇÃO HORMONAL LIBERAÇÃO POR DETERMINADAS CÉLULAS GLÂNDULAS ENDÓCRINAS: CÉLULAS PRODUTORAS DE HORMÔNIOS

Leia mais

Beba água e tenha mais saúde! Nutricionistas: Dra. Antónia Campos Dra. Ana Marques

Beba água e tenha mais saúde! Nutricionistas: Dra. Antónia Campos Dra. Ana Marques Beba água e tenha mais saúde! Nutricionistas: Dra. Antónia Campos Dra. Ana Marques Sumário Introdução; Benefícios da água no nosso organismo; Desidratação e seus efeitos; Grupos de risco; Análise da água

Leia mais

ANÁLISE FUNCIONAL DO FITNESS

ANÁLISE FUNCIONAL DO FITNESS ANÁLISE FUNCIONAL DO FITNESS Sobre a Avaliação: O profissional conecta os sensores nos dedos do cliente para que possam captar os sinais do sistema nervoso e enviá-los ao computador, gerando resultados

Leia mais

ORLIPID (orlistate) EMS SIGMA PHARMA LTDA. cápsula. 120mg

ORLIPID (orlistate) EMS SIGMA PHARMA LTDA. cápsula. 120mg ORLIPID (orlistate) EMS SIGMA PHARMA LTDA cápsula 120mg 1 ORLIPID (orlistate) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO ORLIPID (orlistate) APRESENTAÇÕES Cápsulas de 120mg: Embalagem contendo 21, 30, 42, 60, 84 ou

Leia mais

TESTE DE AVALIAÇÃO ESCRITA º 2 MÓDULO 2. Prova Escrita de Consulta da Disciplina de Saúde Infantil

TESTE DE AVALIAÇÃO ESCRITA º 2 MÓDULO 2. Prova Escrita de Consulta da Disciplina de Saúde Infantil TESTE DE AVALIAÇÃO ESCRITA º 2 MÓDULO 2 Curso Profissional de Técnico de Apoio à Infância/Ensino Secundário Prova Escrita de Consulta da Disciplina de Saúde Infantil Turma [I] do 10º Ano de Escolaridade

Leia mais

Nutrientes. E suas funções no organismo humano

Nutrientes. E suas funções no organismo humano Nutrientes E suas funções no organismo humano O corpo humano necessita de uma série de substâncias básicas indispensáveis para a formação de tecidos, para obtenção de energia, para a realização de atividades

Leia mais

SUPLEMENTOS ALIMENTARES

SUPLEMENTOS ALIMENTARES SUPLEMENTOS ALIMENTARES noreva - nutreov SUPLEMENTO EM MAGNÉSIO Stress, fadiga, excesso de trabalho O Magnésio participa no bom funcionamento do equilibrio neuromuscular. É um sal mineral essencial a múltiplos

Leia mais

EXERCÍCIO E DIABETES

EXERCÍCIO E DIABETES EXERCÍCIO E DIABETES Todos os dias ouvimos falar dos benefícios que os exercícios físicos proporcionam, de um modo geral, à nossa saúde. Pois bem, aproveitando a oportunidade, hoje falaremos sobre a Diabetes,

Leia mais

O GUIA COMPLETO TIRE TODAS SUAS DÚVIDAS SOBRE ANDROPAUSA

O GUIA COMPLETO TIRE TODAS SUAS DÚVIDAS SOBRE ANDROPAUSA O GUIA COMPLETO TIRE TODAS SUAS DÚVIDAS SOBRE ANDROPAUSA O QUE É ANDROPAUSA? Problemas hormonais surgidos em função da idade avançada não são exclusivos das mulheres. Embora a menopausa seja um termo conhecido

Leia mais

Profª Leticia Pedroso

Profª Leticia Pedroso Profª Leticia Pedroso Sistema Endócrino O homem apresenta em seu organismo várias glândulas endócrinas (glândulas que secretam hormônios para dentro do sangue). Hormônios são mensageiros químicos responsáveis

Leia mais

Psicose pós-parto. A psicose pós-parto é um quadro de depressão pós-parto mais grave e mais acentuado, pois na psicose pós-parto existe o

Psicose pós-parto. A psicose pós-parto é um quadro de depressão pós-parto mais grave e mais acentuado, pois na psicose pós-parto existe o Psicose pós-parto Pode ir desde uma leve tristeza que desaparece com o passar dos dias até um grau mais grave de depressão onde é necessária uma rápida intervenção médica. Este estágio é chamado de psicose

Leia mais

É por isso que um exame clínico anual das mamas, através de um médico, é obrigatório.

É por isso que um exame clínico anual das mamas, através de um médico, é obrigatório. OUTUBRO ROSA 25 de outubro Mais detalhes sobre o câncer de mama no Brasil 1. Exames clínicos de mama são tão importantes quanto as mamografias. Mamografias a partir de 40 anos de idade são cruciais (Deve

Leia mais

Cloridrato de metformina

Cloridrato de metformina Cloridrato de metformina Prati-Donaduzzi Comprimido de liberação prolongada 500 mg e 750 mg Cloridrato de metformina_bula_paciente INFORMAÇÕES AO PACIENTE cloridrato de metformina Medicamento genérico

Leia mais

CABELEIREIRO 7.50 7.50 5.00 8.00 8.00 9.50 11.00 7.50 15.00 25.00 15.00 40.00 50.00 60.00 15.00 20.00 25.00 30.00 6.00 20.00 27.50 100.00 150.00 2.

CABELEIREIRO 7.50 7.50 5.00 8.00 8.00 9.50 11.00 7.50 15.00 25.00 15.00 40.00 50.00 60.00 15.00 20.00 25.00 30.00 6.00 20.00 27.50 100.00 150.00 2. LISTA DE PREÇOS Os Sócios do CADTPS usufruem de um desconto de 12% nos serviços de estética e cabeleireiro bem como de um desconto de 10% na aquisição de produtos de estética e cabeleireiro. CABELEIREIRO

Leia mais

Manual de Instrução. Bicicleta Horizontal Residencial Physibike Residencial A MAIOR EMPRESA DE EQUIPAMENTOS ESPORTIVOS DA AMÉRICA LATINA

Manual de Instrução. Bicicleta Horizontal Residencial Physibike Residencial A MAIOR EMPRESA DE EQUIPAMENTOS ESPORTIVOS DA AMÉRICA LATINA Manual de Instrução mais de 20 anos Bicicleta Horizontal Residencial Physibike Residencial www.physicus.com.br/bolas www.physicus.com.br/shop www.physicus.com.br/locacao www.physicus.com.br/turismoecoesportivo

Leia mais

E E R D A B DISEB SO O RA S FALOM VA

E E R D A B DISEB SO O RA S FALOM VA VAMOS FALAR SOBRE OBESIDADE OBESIDADE A obesidade é uma doença crônica caracterizada pelo excesso de gordura corporal no organismo ou quando o peso do corpo ultrapassa em 20% o peso ideal. É atualmente

Leia mais

Nós precisamos de beber água para sobreviver!... A. água representa cerca de 60 a 70% do peso corporal e é. do organismo ocorram adequadamente.

Nós precisamos de beber água para sobreviver!... A. água representa cerca de 60 a 70% do peso corporal e é. do organismo ocorram adequadamente. A Água A água é o centro da vida! Nós precisamos de beber água para sobreviver!... A água representa cerca de 60 a 70% do peso corporal e é indispensável a todas as funções do organismo, designadamente,

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA CAPARICA PLANIFICAÇÃO ANUAL 2015/2016 2.º CICLO DISCIPLINA: CIÊNCIAS NATURAIS 6.º ANO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA CAPARICA PLANIFICAÇÃO ANUAL 2015/2016 2.º CICLO DISCIPLINA: CIÊNCIAS NATURAIS 6.º ANO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA CAPARICA PLANIFICAÇÃO ANUAL 2015/2016 2.º CICLO DISCIPLINA: CIÊNCIAS NATURAIS 6.º ANO Período Nº semanas Nº de aulas Previstas 1º 13 37 2º 10 32 3º 9 27 TOTAL 96 Domínios Subdomínios

Leia mais

Destaques brilhantes... xii. Introdução... xiii

Destaques brilhantes... xii. Introdução... xiii Destaques brilhantes... xii Introdução... xiii 1 Porque se envelhece?... 1 Estamos a assistir a uma lenta revolução na compreensão do processo de envelhecimento. Este pode não ser inevitável e é até possível

Leia mais

Projeto Ação Social. Relatório equipe de Nutrição Responsável pelos resultados: Vanessa de Almeida Pereira, Graduanda em Nutrição.

Projeto Ação Social. Relatório equipe de Nutrição Responsável pelos resultados: Vanessa de Almeida Pereira, Graduanda em Nutrição. Projeto Ação Social Relatório equipe de Nutrição Responsável pelos resultados: Vanessa de Almeida Pereira, Graduanda em Nutrição. Objetivo Geral: A equipe de Nutrição teve por objetivo atender aos pacientes

Leia mais

A diabetes é muito comum? Responsabilidade pessoal A história da diabetes

A diabetes é muito comum? Responsabilidade pessoal A história da diabetes Introdução A diabetes é muito comum? Se acabou de descobrir que tem diabetes, isso não significa que esteja doente ou que se tenha transformado num inválido. Há milhares de pessoas com diabetes, levando

Leia mais

Volte a ter o corpo que tinha antes da gravidez em 60 dias...

Volte a ter o corpo que tinha antes da gravidez em 60 dias... Volte a ter o corpo que tinha antes da gravidez em 60 dias... Mamãe Sarada 2015 Todos os direitos reservados...com Apenas 14Min/Dia! mamaesarada.com.br Av. Eng Carlos Goulart 1015 sala 313 Belo Horizonte

Leia mais

Módulo II.III- Fisiologia. Bibliografia: Textbook of Medical Phisiology, Guyton, A. e Hall, J. 11ª Edição, págs. 918-930

Módulo II.III- Fisiologia. Bibliografia: Textbook of Medical Phisiology, Guyton, A. e Hall, J. 11ª Edição, págs. 918-930 Módulo II.III- Fisiologia Tema da Aula: Hipófise Docente: Dr. Eduardo Teles Martins Data: 09/12/2008 Número da Aula Previsto: 17 Desgravador: Ana Rita Antão Corrector: Gonçalo Santos www.comissaodecurso0713fml.blogspot.com

Leia mais

Ficha Informativa da Área dos Conhecimentos

Ficha Informativa da Área dos Conhecimentos Ficha Informativa da Área dos Conhecimentos 1 Organização das Aulas Uma aula de Educação Física é composta por três partes sequenciais, cada uma com objetivos específicos. 1.1 Parte Inicial A parte inicial

Leia mais

Conteúdos Atividades de revisão da 2ª avaliação do 4º bimestre - Ciências da Natureza

Conteúdos Atividades de revisão da 2ª avaliação do 4º bimestre - Ciências da Natureza Conteúdos Atividades de revisão da 2ª avaliação do 4º bimestre - Ciências da Natureza Conteúdos 2ª Avaliação do 4º bimestre Área de Ciências da Natureza Habilidades Revisar os conteúdos da Área de Ciências

Leia mais

Brochura. Apenas ao saborear o vinho moderada e calmamente, os seus sabores complexos podem ser apreciados e desfrutados na totalidade.

Brochura. Apenas ao saborear o vinho moderada e calmamente, os seus sabores complexos podem ser apreciados e desfrutados na totalidade. Brochura Vinho com moderação Vinho: a cultura da moderação A produção e consumo de vinho são parte da cultura europeia desde há milénios. A UE é a maior produtora de vinhos do mundo, bem como a líder mundial

Leia mais

6 MILHÕES de casas em Portugal. O seu lar reflete-o. por APAV OS NÚMEROS NESTE CATÁLOGO PRECISAM DE DIMINUIR ATÉ 2016

6 MILHÕES de casas em Portugal. O seu lar reflete-o. por APAV OS NÚMEROS NESTE CATÁLOGO PRECISAM DE DIMINUIR ATÉ 2016 6 MILHÕES de casas em Portugal O seu lar reflete-o OS NÚMEROS NESTE CATÁLOGO PRECISAM DE DIMINUIR ATÉ 2016 por APAV 02 FAMÍLIA 03 > FAMÍLIA 1 /semana A violência doméstica foi responsável por uma morte/semana

Leia mais

SEJA COMPETITIVO, PROMOVENDO A QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO ACÇÕES DE SENSIBILIZAÇÃO

SEJA COMPETITIVO, PROMOVENDO A QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO ACÇÕES DE SENSIBILIZAÇÃO www.medialcare.pt SEJA COMPETITIVO, PROMOVENDO A QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO ACÇÕES DE SENSIBILIZAÇÃO 1 ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL Com a colaboração de uma especialista em Nutrição, propomos apresentar a temática

Leia mais

DICLORIDRATO DE PRAMIPEXOL. Biosintética Farmacêutica Ltda. Comprimidos 0,125 mg, 0,25 mg e 1 mg

DICLORIDRATO DE PRAMIPEXOL. Biosintética Farmacêutica Ltda. Comprimidos 0,125 mg, 0,25 mg e 1 mg DICLORIDRATO DE PRAMIPEXOL Biosintética Farmacêutica Ltda. Comprimidos 0,125 mg, 0,25 mg e 1 mg MODELO DE BULA Bula de acordo com a Portaria n 47/09 USO ORAL USO ADULTO dicloridrato de pramipexol Medicamento

Leia mais

Os erros que te impedem de emagrecer!

Os erros que te impedem de emagrecer! Os erros que te impedem de emagrecer! Os 20 erros que comprometem o seu emagrecimento Este artigo é de total responsabilidade e criação de GWBrasil. Acesse e saiba mais: http://goworkoutbrasil.com 1. Não

Leia mais

Folheto informativo: Informação para o utilizador. Acarbose Linacal 50 mg Comprimidos Acarbose Linacal 100 mg Comprimidos

Folheto informativo: Informação para o utilizador. Acarbose Linacal 50 mg Comprimidos Acarbose Linacal 100 mg Comprimidos Folheto informativo: Informação para o utilizador Acarbose Linacal 50 mg Comprimidos Acarbose Linacal 100 mg Comprimidos Leia com atenção todo este folheto antes de começar a tomar este medicamento pois

Leia mais

Entrevista para um Jornal Brasileiro via net.

Entrevista para um Jornal Brasileiro via net. 1 Entrevista para um Jornal Brasileiro via net. 1. Com a chegada do verão muitas pessoas procuram dietas que prometem fazer milagres. O que você, como nutricionista, teria para falar sobre essas dietas

Leia mais

DEPRESSÃO. Tristeza vs Depressão «Será que estou deprimido?» «Depressão?! O que é?»

DEPRESSÃO. Tristeza vs Depressão «Será que estou deprimido?» «Depressão?! O que é?» DEPRESSÃO Tristeza vs Depressão «Será que estou deprimido?» Em determinados momentos da nossa vida é normal experienciar sentimentos de «grande tristeza». Para a maioria das pessoas, tais sentimentos surgem

Leia mais

BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 18 SISTEMA ENDÓCRINO PARTE 1

BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 18 SISTEMA ENDÓCRINO PARTE 1 BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 18 SISTEMA ENDÓCRINO PARTE 1 Paratireoides Tireoide Hipófise Timo Pâncreas Cápsulas suprarrenais ilhotas pancreáticas Testículos (no homem) Ovários (na mulher) glândula tireoide

Leia mais

Atividade Física. A atividade física aumenta a sensibilidade à insulina e a capacidade de absorver os nutrientes.

Atividade Física. A atividade física aumenta a sensibilidade à insulina e a capacidade de absorver os nutrientes. Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade física adaptada e saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira Atividade Física A atividade física aumenta a sensibilidade à insulina e a capacidade de absorver

Leia mais

O aumento das concentrações de prolactina pode ocorrer em várias situações, sejam elas fisiológicas ou patológicas.

O aumento das concentrações de prolactina pode ocorrer em várias situações, sejam elas fisiológicas ou patológicas. Hiperprolactinemia A hiperprolactinemia é alteração endocrinológica mais comum que ocorre no sistema nervoso central, sendo mais comum no sexo feminino. Além disso, é uma causa freqüente de infertilidade.

Leia mais

HIPNOSE. Como funciona a Hipnose?

HIPNOSE. Como funciona a Hipnose? REIKI O Reiki é uma técnica japonesa de canalização de energia, passada através do toque das mãos para a harmonização dos corpos físico, emocional, mental e energético e baseia-se na ideia de que uma "energia

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL - UNISC DEPARTAMENTO DE FARMÁCIA DISCIPLINA DE FISIOLOGIA GERAL HORMÔNIOS MASCULINOS

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL - UNISC DEPARTAMENTO DE FARMÁCIA DISCIPLINA DE FISIOLOGIA GERAL HORMÔNIOS MASCULINOS UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL - UNISC DEPARTAMENTO DE FARMÁCIA DISCIPLINA DE FISIOLOGIA GERAL HORMÔNIOS MASCULINOS Andiara Onizzolo Marques Isadora Schmachtenberg Manoela Zaccani Maristela Ullrich

Leia mais

Existem três tipos de glândulas: endócrinas (tireóide, suprarrenal), exócrinas (lacrimais, mamárias) e anfícrinas ou mistas (pâncreas)

Existem três tipos de glândulas: endócrinas (tireóide, suprarrenal), exócrinas (lacrimais, mamárias) e anfícrinas ou mistas (pâncreas) Existem três tipos de glândulas: endócrinas (tireóide, suprarrenal), exócrinas (lacrimais, mamárias) e anfícrinas ou mistas (pâncreas) É formado pelas glândulas endócrinas Essas tem origem no tecido epitelial

Leia mais

1 ml de Testoviron Depot contém 250 mg de enantato de testosterona (o equivalente a cerca de 180 mg de testosterona) em solução oleosa.

1 ml de Testoviron Depot contém 250 mg de enantato de testosterona (o equivalente a cerca de 180 mg de testosterona) em solução oleosa. Folheto informativo: Informação para o utilizador Testoviron Depot 250 mg/ml solução injetável Enantato de testosterona Leia com atenção todo este folheto antes de começar a utilizar este medicamento pois

Leia mais

1CARTÃO DE MELHORIA DA SAÚDE

1CARTÃO DE MELHORIA DA SAÚDE World Health Professions Alliance WHPA 1CARTÃO DE MELHORIA DA SAÚDE GUIA PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE WORLD HEALTH PROFESSIONS ALLIANCE WHPA C/O WORLD MEDICAL ASSOCIATION BP 63 01210 FERNEY VOLTAIRE FRANCE

Leia mais