Título: atualização e aperfeiçoamento do website do Fórum Nacional de entidades Civis de Defesa do Consumidor

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Título: atualização e aperfeiçoamento do website do Fórum Nacional de entidades Civis de Defesa do Consumidor"

Transcrição

1 1. IDENTIFICAÇÃO DO TERMO DE REFERÊNCIA Nº termo de referência: TdR nº 19/2010 Plano de aquisições: c.f. Título: atualização e aperfeiçoamento do website do Fórum Nacional de entidades Civis de Defesa do Consumidor Convênio ATN/ME BR (BR-M1035) - Programa de Fortalecimento da Capacidade Técnica da Participação Social nos Processos de Regulação. 2. IDENTIFICAÇÃO DO CONTRATANTE Executor: Idec Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor Endereço: Rua Dr. Costa Júnior, 356 Água Branca São Paulo/SP Tel: Fax: site: Responsável pelo Programa: Teresa Donato Liporace Consultoria Capacitação X Serviço Técnico Especializado 3. ANTECEDENTES Na última década, o Estado brasileiro passou por uma profunda reforma administrativa e institucional, acentuada a partir de Uma das mais importantes mudanças foi o Estado deixar o provimento direto de bens e serviços e voltar-se para a regulação e controle. Esse papel é particularmente importante no contexto das disparidades existentes na sociedade brasileira e é indispensável nos setores onde o interesse público é ainda mais relevante, como nos setores de saúde, alimentos e serviços públicos essenciais. É nesse campo, em especial, que a atuação do poder público deve ter como objetivo o equilíbrio entre os interesses dos investidores privados e as necessidades sociais de preços justos, qualidade e universalização do acesso. Mas a regulação não é de nenhuma forma uma atividade nova para o Estado, que continua sendo o responsável pela prestação do serviço público, ainda que ele seja prestado por agentes privados. Aos governos e às forças políticas que o compõem cabem definir as diretrizes políticas que guiarão a ação regulatória. A intervenção governamental, por meio da regulação econômica, visa conciliar as características inerentes à produção sob propriedade privada e o respeito a certas regras de mercado, com a necessidade de restringir a autonomia das decisões dos agentes privados, nos setores onde o

2 interesse público é particularmente relevante. A falta de regulação adequada pode beneficiar grupos de interesse, prejudicando a sociedade e a economia de mercado. A ação das agências reguladoras é fundamental no estabelecimento de regras que atraiam investimentos necessários para o desenvolvimento de áreas essenciais ao país, tais como telecomunicação, energia elétrica e saúde, onde a estabilidade das regras e a credibilidade regulatória mostram-se indispensáveis. A criação das atuais agências reguladoras brasileiras, iniciadas com a reforma da atuação do Estado, foi marcada pela falta de um modelo geral dessas instituições e pela diversidade de motivações na concepção de cada órgão. Alguns problemas estão presentes na maioria das agências reguladoras: assimetria de informação a favor dos investidores; grupos de pressão e interesse que colocam os consumidores em condições ainda mais desfavoráveis; falta de transparência e de controle social, entre outros. Outro aspecto importante da atuação das agências reguladoras, muitas vezes deixado de lado nos debates, diz respeito à relação das agências com os consumidores dos bens regulados. Acrescenta-se aqui o vínculo institucional com os órgãos que atuam diretamente na defesa do consumidor, como os Procons, Ministério Público e as associações de consumidores. Desde 2003, o Idec já realizou três avaliações sobre a atuação de 7 agências reguladoras e os resultados mostram que ainda há um longo caminho a ser percorrido para que haja uma efetiva proteção ao consumidor brasileiro. As principais questões identificadas relacionam-se com: (a) Participação: ainda é necessário dar mais espaço para a participação institucionalizada dos consumidores e da sociedade em geral. A ausência de instâncias de debate e de fiscalização interna permite que as instituições ajam de forma ensimesmada, deixando de lado aspectos importantes para a sociedade. (b) Falta de transparência nas decisões e no processo decisório: os mecanismos de consultas públicas, quando existentes, são, no geral, incipientes. Os órgãos não dão acesso ao embasamento técnico das suas propostas e tampouco resposta sobre as contribuições enviadas. (c) Dificuldades para o consumidor acompanhar e participar da regulação: é difícil para organizações da sociedade civil, como as de consumidores, conseguirem dominar aspectos técnicos relevantes da enorme variedade de temas regulados pelas agências. (d) Articulação das agências com os órgãos de defesa do consumidor e com o Sistema Nacional: esse é um aspecto fundamental para que a proteção do consumidor brasileiro seja ampliada. A falta de diálogo entre os diversos órgãos relacionados ao consumo prejudica um tratamento mais sistêmico dos problemas dos consumidores; (e) Diretrizes e prioridades voltadas para o consumidor na ação das instituições avaliadas: pudemos notar que, na maioria dos casos, o consumidor é apenas mais um elemento existente no mercado regulado. As instituições deveriam dar mais ênfase ao consumidor, considerando a sua vulnerabilidade reconhecida no CDC. É importante abrir canais para ouvir a demanda do consumidor. Tendo em vista as considerações anteriores, o Idec - Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor é apoiado pelo BID-FUMIN para desenvolver o projeto BR-M Fortalecimento da Capacidade Técnica da participação Social na Regulação, cujo objetivo principal é promover o equilíbrio das forças de mercado, através do fortalecimento da participação da sociedade nos processos de regulação. Para alcançar este objetivo, o projeto desenvolverá quatro componentes: (i) fortalecimento dos mecanismos de participação dos consumidores nos processos de regulação e de instâncias de articulação pública e privada; (ii) realização de dois projetos pilotos com a Anvisa e a Anatel; (iii) melhoria da capacidade técnica e institucional de entidades que defendem os consumidores e (iv) campanha de comunicação e informação para consumidores e entidades que os representam. O prazo total de execução do projeto é de 36 meses. Essa contratação está relacionada às ações de atualização e aperfeiçoamento do website do FNECDC Fórum Nacional de Entidades Civis de Defesa do Consumidor ( 2

3 O FNECDC é uma instância de articulação das organizações do movimento de consumidores que congrega atualmente 20 entidades atuantes, de forma exclusiva ou não, na proteção e defesa do consumidor, em 12 estados do país. Seu objetivo é fortalecer o movimento de defesa do consumidor, promovendo a ampliação da capacidade de representação das entidades; articulação das entidades para potencializar uma ação conjunta, além de propugnar pela aplicação de princípios éticos, tais como a independência, a transparência democrática e a solidariedade pelas organizações que integram o Sistema Nacional de Defesa do Consumidor. Longe de reunir todas as entidades civis que clamam hoje defender os direitos do consumidor, o Fórum procura destacar-se pela adesão de suas filiadas aos princípios éticos que defende. As entidades do FNECDC são organizações sem fins lucrativos, com perfil militante, e força de trabalho eminentemente voluntária, que dispõem de precária estrutura física (muitas vezes sede e estrutura emprestadas). As entidades trabalham majoritariamente com temas ligados a serviços públicos, em especial telecomunicações, água, energia elétrica, alimentos e segurança alimentar, saúde e meio ambiente e consumo. As estratégias mais desenvolvidas são a informação e orientação do consumidor, a capacitação e a mobilização social. 4. OBJETIVOS E ATIVIDADES 4.1. Objetivos O objetivo deste serviço é: 1. O desenvolvimento de ferramenta para gerenciamento de conteúdo de notícias, informações e campanhas relativas ao projeto, no site do FNECDC. 2. Criação de páginas eletrônicas para as entidades afiliadas ao FNECDC dentro do domínio forumdoconsumidor.org.br 4.2. Atividades A empresa contratada deverá desenvolver as seguintes atividades: 1. Criação e desenvolvimento de interface visual compatível com o site atual, e de ferramenta para o gerenciamento de textos, imagens, anexos e vídeos sobre o Projeto. 2. Criação de um sistema gerenciamento de campanhas eletrônicas. 3. Criação de área alimentada automaticamente via RSS com link direto para as consultas e audiências públicas a serem disponibilizadas pelo novo site do IDEC. 4. Criação de sistema para inclusão de páginas eletrônicas para as entidades integrantes do FNECDC dentro do domínio As páginas das entidades devem ter harmonia visual com o atual site, devendo ser acessadas via site do FNECDC e também pelo endereço Devem ter links diretos para os próprios sites, no caso daquelas que já possuem. O referido sistema deverá possibilitar a inclusão (ou exclusão, se for o caso) ilimitada de entidades com os seguintes materiais: logomarca/histórico/fotos da diretoria e do dirigente/principais ações/objetivos conforme estatuto/informações úteis. 5. RESULTADOS ESPERADOS Os resultados esperados são: 1. Maior agilidade de divulgação do projeto e as principais notícias geradas e/ou relacionadas com o tema dos serviços públicos regulados. 2. Ampliar a divulgação das consultas e audiências públicas, hoje restritas aos sites das agências do governo. 3

4 3. Maior visibilidade para as entidades civis de defesa di consumidor, seus integrantes e suas ações, hoje bastante restritas por não possuírem sites na Internet. 6. PERFIL 6.1. Experiência de trabalho mínima Desejável experiência mínima de cinco anos em criação de sites e/ou soluções profissionais para internet. Experiências em criações de sites dinâmicos utilizando banco de dados e aplicações (sistemas). Desenvolvimento e manutenção de aplicações Web em PHP e banco de dados MYSQL; Manutenção de banco de dados MySQL Conhecimentos desejados:xhtml, CSS, Javascript, Semântica. Desenvolvimento de projetos gráfico, layout. 7. CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DAS PROPOSTAS Constituição e qualificação da equipe técnica e ou do técnico especializado; Portfólio e experiência da empresa com Portais; Disponibilidade para desenvolver o trabalho nos meses de abril e maio de LOCAL DE TRABALHO Curitiba/PR 9. INFORMAÇÕES SOBRE CONTRATAÇÃO O trabalho será prestado na forma de Contrato firmado entre o IDEC Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor, no âmbito do projeto BR-M Fortalecimento da Capacidade Técnica da participação Social na Regulação. O Contrato será firmado apenas com empresas (pessoa jurídica). 10. VALOR O custo total desta prestação de serviço não poderá exceder R$ 7.500,00 (sete mil e quinhentos reais). 11. DÚVIDAS Dúvidas sobre o processo seletivo deverão ser encaminhadas para o até o dia 10/03/ ENTREGA DAS PROPOSTAS 9.1. As propostas técnica e econômica devem ser apresentadas até o dia 17/03/2010, 18h00, na sede da ADOC Rua Tibagi, 592 Térreo Centro Curitiba/PR 9.2. As propostas também devem ser submetidas eletronicamente para o até o dia 17/03/2010, às 18 horas. 13. FASES DO PROCESSO SELETIVO Divulgação Até 24/02/2010 4

5 Prazo para encaminhamento de dúvidas Até 10/03/2010 Prazo para entrega das propostas Até 17/03/2010 Análise e classificação das propostas Até 24/03/2010 Contratação 01/04/2010 5

ANEXO 1 PROJETO BÁSICO PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL E ORGANIZACIONAL DE ENTIDADES CIVIS DE DEFESA DO CONSUMIDOR

ANEXO 1 PROJETO BÁSICO PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL E ORGANIZACIONAL DE ENTIDADES CIVIS DE DEFESA DO CONSUMIDOR ANEXO 1 PROJETO BÁSICO PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL E ORGANIZACIONAL DE ENTIDADES CIVIS DE DEFESA DO CONSUMIDOR I - OBJETIVO GERAL Realização de Módulos do programa de capacitação

Leia mais

PROGRAMA: FORTALECIMENTO DA CAPACIDADE TÉCNICA DA PARTICIPAÇÃO SOCIAL NOS PROCESSOS DE REGULAÇÃO. Convênio ATN/ME-10541-BR (BR-M1035)

PROGRAMA: FORTALECIMENTO DA CAPACIDADE TÉCNICA DA PARTICIPAÇÃO SOCIAL NOS PROCESSOS DE REGULAÇÃO. Convênio ATN/ME-10541-BR (BR-M1035) PROGRAMA: FORTALECIMENTO DA CAPACIDADE TÉCNICA DA PARTICIPAÇÃO SOCIAL NOS PROCESSOS DE REGULAÇÃO Convênio ATN/ME-10541-BR (BR-M1035) Diagnóstico das necessidades e competências técnicas e institucionais

Leia mais

O IDEC é uma organização não governamental de defesa do consumidor e sua missão e visão são:

O IDEC é uma organização não governamental de defesa do consumidor e sua missão e visão são: 24/2010 1. Identificação do Contratante Nº termo de referência: TdR nº 24/2010 Plano de aquisições: Linha 173 Título: consultor para desenvolvimento e venda de produtos e serviços Convênio: ATN/ME-10541-BR

Leia mais

Produtos do Inmetro - Metodologia dos Eixos Estruturantes do Grupo de Trabalho Permanente do Mdic (GTP APL)

Produtos do Inmetro - Metodologia dos Eixos Estruturantes do Grupo de Trabalho Permanente do Mdic (GTP APL) Produtos do - Metodologia dos Eixos Estruturantes do Grupo de Trabalho Permanente do Mdic (GTP APL) EIXO FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃO Categoria Instituições Instrumento Descrição Como Acessar Formação (1) Formação

Leia mais

O Processo de Licenciamento junto à Anatel

O Processo de Licenciamento junto à Anatel O Processo de Licenciamento junto à Anatel Bernardo Lopes C. da Costa, M.Sc. Coordenação de Outorga e Recursos à Prestação no Paraná GR03OR Gerência Regional nos Estados do Paraná e Santa Catarina GR03

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2014

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2014 EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2014 1. DO OBJETO 1.1. O presente edital tem por objeto realizar uma chamada pública nacional para seleção de projetos sociais. O edital destina-se às organizações

Leia mais

Termos de Serviços. 1. Aceitação dos Termos de Serviços

Termos de Serviços. 1. Aceitação dos Termos de Serviços 1. Aceitação dos Termos de Serviços Termos de Serviços 1. A VORTEX fornece a você (CONTRATANTE), sujeito aos Termos descritos a seguir, diversos serviços. Ao autorizar um serviço específico da VORTEX MARKETING

Leia mais

ASSISTÊNCIA SOCIAL: UM RECORTE HORIZONTAL NO ATENDIMENTO DAS POLÍTICAS SOCIAIS

ASSISTÊNCIA SOCIAL: UM RECORTE HORIZONTAL NO ATENDIMENTO DAS POLÍTICAS SOCIAIS ASSISTÊNCIA SOCIAL: UM RECORTE HORIZONTAL NO ATENDIMENTO DAS POLÍTICAS SOCIAIS Mônica Abranches 1 No Brasil, no final da década de 70, a reflexão e o debate sobre a Assistência Social reaparecem e surge

Leia mais

DECRETO Nº 55.461, DE 29 DE AGOSTO DE 2014

DECRETO Nº 55.461, DE 29 DE AGOSTO DE 2014 Secretaria de Documentação Equipe de Documentação do Legislativo DECRETO Nº 55.461, DE 29 DE AGOSTO DE 2014 Institui a Política Municipal de Estímulo à Inovação e ao Desenvolvimento de Startups na Cidade

Leia mais

FUNDAÇÃO DE APOIO CIENTÍCO E TECNOLÓGICO DO TOCANTINS NÚCLEO DE GESTÃO DE PESSOAS

FUNDAÇÃO DE APOIO CIENTÍCO E TECNOLÓGICO DO TOCANTINS NÚCLEO DE GESTÃO DE PESSOAS EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 01/2016 A Fundação de Apoio Científico e Tecnológico do Tocantins FAPTO, personalidade jurídica de direito privado, CNPJ: 06.343.763/0001-11, situada à Orla 14, Praia da

Leia mais

PROPOSTA DE REFORMULAÇÃO DO PORTAL RECYT

PROPOSTA DE REFORMULAÇÃO DO PORTAL RECYT ANEXO 3 - Proposta de reformulação do Portal para apresentação na reunião PROPOSTA DE REFORMULAÇÃO DO PORTAL RECYT 1. Antecedentes e justificativa Antes de ser implantado, o Portal RECyT passou por um

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA DE DIREITO ECONÔMICO DEPARTAMENTO DE PROTEÇÃO E DEFESA ECONÔMICA COORDENAÇÃO-GERAL DE CONTROLE DE MERCADO

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA DE DIREITO ECONÔMICO DEPARTAMENTO DE PROTEÇÃO E DEFESA ECONÔMICA COORDENAÇÃO-GERAL DE CONTROLE DE MERCADO Data de entrada: 29 de dezembro de 2004 Autos nº: 08012.011090/2004-79 Natureza: Nota Técnica em Ato de Concentração Econômica Requerentes: ITAUCARD FINANCEIRA S.A. ( ITAUCARD ) RIO ELBA EMPREENDIMENTOS

Leia mais

EDITAL DE PROJETOS INSTITUTO LOJAS RENNER E ONU MULHERES - 2016

EDITAL DE PROJETOS INSTITUTO LOJAS RENNER E ONU MULHERES - 2016 EDITAL DE PROJETOS INSTITUTO LOJAS RENNER E ONU MULHERES - 2016 1. DO OBJETO 1.1. O presente edital tem por objeto realizar uma chamada pública nacional para a seleção de projetos que contribuam para o

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRO-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA INCUBADORA TECNOLÓGICA E DO AGRONEGÓCIO DE MOSSORÓ

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRO-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA INCUBADORA TECNOLÓGICA E DO AGRONEGÓCIO DE MOSSORÓ MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRO-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA INCUBADORA TECNOLÓGICA E DO AGRONEGÓCIO DE MOSSORÓ CHAMADA Nº. 01/2016 IAGRAM A Incubadora Tecnológica

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA AGENTES AUTÔNOMOS DE INVESTIMENTO BANCO COOPERATIVO SICREDI S.A.

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA AGENTES AUTÔNOMOS DE INVESTIMENTO BANCO COOPERATIVO SICREDI S.A. CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA AGENTES AUTÔNOMOS DE INVESTIMENTO BANCO COOPERATIVO SICREDI S.A. Versão: Maio 2013 Página 1 Introdução Alinhado com o disposto na Instrução CVM nº 497/11 ( ICVM 497/11 ), o Banco

Leia mais

Pós Graduação em Marketing e Design Digital

Pós Graduação em Marketing e Design Digital Pós Graduação em Marketing e Design Digital Público - alvo Indicado para profissionais de Marketing, Comunicação e Design, bem como empreendedores de diferentes áreas que lidam, ou desejam lidar com Tecnologia

Leia mais

2º PRÊMIO REDE DIÁSPORA BRASIL O TALENTO BRASILEIRO QUE INSPIRA O MUNDO

2º PRÊMIO REDE DIÁSPORA BRASIL O TALENTO BRASILEIRO QUE INSPIRA O MUNDO Regulamento 2º PRÊMIO REDE DIÁSPORA BRASIL O TALENTO BRASILEIRO QUE INSPIRA O MUNDO 1. DOS OBJETIVOS DO PRÊMIO 1.1. A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), com o apoio da Agência Brasileira

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS 2013 PROGRAMA OI DE PATROCINIO ESPORTIVO INCENTIVADO AVISO 1 PRORROGAÇÃO DO PRAZO DE INSCRIÇÃO

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS 2013 PROGRAMA OI DE PATROCINIO ESPORTIVO INCENTIVADO AVISO 1 PRORROGAÇÃO DO PRAZO DE INSCRIÇÃO EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS 2013 PROGRAMA OI DE PATROCINIO ESPORTIVO INCENTIVADO AVISO 1 PRORROGAÇÃO DO PRAZO DE INSCRIÇÃO O Instituto Telemar, torna público, para conhecimento dos interessados, que

Leia mais

TRABALHOS DESENVOLVIDOS

TRABALHOS DESENVOLVIDOS Érika Ramos Ribeiro TRABALHOS DESENVOLVIDOS Desenvolvi trabalhos/projetos durante a vida acadêmica, desde o curso técnico de Informática para Internet, concluído em 2012 até nos dias de hoje, com o segundo

Leia mais

Conservação de tubarões e raias do Brasil EDITAL 01/2016

Conservação de tubarões e raias do Brasil EDITAL 01/2016 Conservação de tubarões e raias do Brasil EDITAL 01/2016 A sobrepesca e a degradação de habitats por fontes diversas têm alterado profundamente as populações de animais marinhos, trazendo consequências

Leia mais

CNPJ 05.086.234/0001-17 PERIODICIDADE MÍNIMA PARA DIVULGAÇÃO DA CARTEIRA DO FUNDO

CNPJ 05.086.234/0001-17 PERIODICIDADE MÍNIMA PARA DIVULGAÇÃO DA CARTEIRA DO FUNDO BRB FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO EM RENDA FIXA DI LONGO PRAZO 500 FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES Competência: 19/01/2016 CNPJ 05.086.234/0001-17 PERIODICIDADE MÍNIMA

Leia mais

ORGANIZAÇÃO SOCIAL PRO-EDUCA- INSTITUTO SOCIAL PARA O DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO E SUSTENTABILIDADE

ORGANIZAÇÃO SOCIAL PRO-EDUCA- INSTITUTO SOCIAL PARA O DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO E SUSTENTABILIDADE ORGANIZAÇÃO SOCIAL PRO-EDUCA- INSTITUTO SOCIAL PARA O DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO E SUSTENTABILIDADE CNPJ N 05.303.355/0001-73 REGISTRO EM RCPJ- BARUERI/SP 222857 REGULAMENTO DE COMPRAS, CONTRATAÇÕES DE

Leia mais

MANUTENÇÃO DE WEBSITE

MANUTENÇÃO DE WEBSITE TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CRIAÇÃO E MANUTENÇÃO DE WEBSITE MODALIDADE: CONCORRÊNCIA CRITÉRIO DE JULGAMENTO: MENOR PREÇO E CAPACIDADE TÉCNICA DATA LIMITE PARA ENTREGA DE ORÇAMENTO:

Leia mais

a importância de um sistema de auditoria independente como suporte indispensável ao órgão regulador;

a importância de um sistema de auditoria independente como suporte indispensável ao órgão regulador; 1) INTRODUÇÃO Ref.: Instrução CVM Nº 308, de 14 de maio de 1999, que dispõe sobre o registro e o exercício da atividade de auditoria independente no âmbito do mercado de valores mobiliários, define os

Leia mais

Acesso Público. Programa de apoio a iniciativas culturais, educativas e sociais da REDE MINAS

Acesso Público. Programa de apoio a iniciativas culturais, educativas e sociais da REDE MINAS Acesso Público Programa de apoio a iniciativas culturais, educativas e sociais da REDE MINAS Sumário Definição e objetivos 4 Comitê 5 Política de aprovação 7 Premissas para seleção 8 Critérios de avaliação

Leia mais

Objetiva Agência de Publicidade de Qualidade! E-mail Ricardo_pb_200@hotmail.com - Celular (69) 9938-6199

Objetiva Agência de Publicidade de Qualidade! E-mail Ricardo_pb_200@hotmail.com - Celular (69) 9938-6199 1 1. Apresentação 2 Nossa proposta é desenvolver um trabalho que atenda exatamente o objetivo dos políticos, divulgando suas propostas e projetos para as eleições 2014 através de Web site. Um site totalmente

Leia mais

MERCADO DE CAPITAIS. de administração de carteiras de valores mobiliários

MERCADO DE CAPITAIS. de administração de carteiras de valores mobiliários MERCADO DE CAPITAIS 01/04/2015 CVM edita a Instrução nº 558/15, que regula a atividade de administração de carteiras de valores mobiliários A Comissão de Valores Mobiliários ( CVM ) divulgou, em 26 de

Leia mais

www.snowx.com.br The Ultimate Design

www.snowx.com.br The Ultimate Design www.snowx.com.br +55-13 - 3473.3792 / ID 117*11741 Rua Mococa - nº 379 - Sala 2 - Boqueirão Praia Grande - SP - CEP 11701-100 Só atendemos com hora marcada. 09:00 às 12:00 / 13:30 às 17:00 Segunda a Sexta-Feira

Leia mais

Pós-Graduação em Marketing e Design Digital

Pós-Graduação em Marketing e Design Digital Pós-Graduação em Marketing e Design Digital Início em 30 de abril de 2016 Aulas aos sábados, das 8h às 15h Valor do curso: R$ 18.130,00 À vista com desconto: R$ 16.679,00 Consultar planos de parcelamento.

Leia mais

SOLICITAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DE MANIFESTAÇÕES DE INTERESSE Nº 020/2015 PROGRAMA IPEA PESQUISA SELEÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL

SOLICITAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DE MANIFESTAÇÕES DE INTERESSE Nº 020/2015 PROGRAMA IPEA PESQUISA SELEÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL SOLICITAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DE MANIFESTAÇÕES DE INTERESSE Nº 020/2015 PROGRAMA IPEA PESQUISA SELEÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL Contrato de Empréstimo de Cooperação Técnica nº 1841/OC-BR Projeto: Migração

Leia mais

ANVISA PROGRAMA DE MELHORIA DO PROCESSO DE REGULAMENTAÇÃO: A INSTITUIÇÃO DA AGENDA REGULATÓRIA. Agência Nacional de Vigilância Sanitária

ANVISA PROGRAMA DE MELHORIA DO PROCESSO DE REGULAMENTAÇÃO: A INSTITUIÇÃO DA AGENDA REGULATÓRIA. Agência Nacional de Vigilância Sanitária PROGRAMA DE MELHORIA DO PROCESSO DE REGULAMENTAÇÃO: A INSTITUIÇÃO DA AGENDA REGULATÓRIA Fórum das Agências Reguladoras Brasília, 2 de abril de 2009 ANVISA Agência Nacional de Vigilância Sanitária Foco

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2012 GERAÇÃO DE RENDA (NEGÓCIOS INCLUSIVOS) REGULAMENTO

PROCESSO SELETIVO 2012 GERAÇÃO DE RENDA (NEGÓCIOS INCLUSIVOS) REGULAMENTO PROCESSO SELETIVO 2012 GERAÇÃO DE RENDA (NEGÓCIOS INCLUSIVOS) REGULAMENTO Criado em 2006, o é responsável por gerenciar o investimento social do Grupo HSBC Brasil e tem como missão contribuir para o desenvolvimento

Leia mais

AGÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL

AGÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL REGULAMENTO DE COMPRAS A AGÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL ADES, pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, com sede na Av. Dom Luís, 685, sala 101 Bairro Meireles CEP 60.160-230

Leia mais

Organização dos Estados Ibero-americanos. Para a Educação, a Ciência e a Cultura

Organização dos Estados Ibero-americanos. Para a Educação, a Ciência e a Cultura Organização dos Estados Ibero-americanos Para a Educação, a Ciência e a Cultura TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA CONSULTOR POR PRODUTO TOR/CAPES/FNDE/MEC Nº 061/2012 1. Projeto: Aprimoramento

Leia mais

Termos de Serviços. 1.2 - O termo de serviços estará disponível no website da Focal para eventuais consultas.

Termos de Serviços. 1.2 - O termo de serviços estará disponível no website da Focal para eventuais consultas. Termos de Serviços 1. O Aceite dos termos 1.1 - A FOCALWEB INTERNET DO BRASIL denominada CONTRATADA no presente objeto e CLIENTE o responsável pelo envio do formulário de contratação de serviço no site

Leia mais

Módulo V Fundos de Investimentos. De 13 a 15 Questões na prova (26% a 40%)

Módulo V Fundos de Investimentos. De 13 a 15 Questões na prova (26% a 40%) Módulo V Fundos de Investimentos De 13 a 15 Questões na prova (26% a 40%) 5 - Fundos de Investimentos Definições legais Tipos de Fundo Administração Documentos dos fundos Dinâmica de Aplicação e resgate

Leia mais

Cetip. Perfil da unidade de financiamentos

Cetip. Perfil da unidade de financiamentos Cetip Perfil da unidade de financiamentos índice Apresentação 4 Atuação 6 História 8 Linha do Tempo 10 Estrutura Organizacional 12 Segurança e Tecnologia 14 Produtos e Serviços - Unidade de Financiamentos

Leia mais

ALDEIA SOLIDÁRIA REGULAMENTO

ALDEIA SOLIDÁRIA REGULAMENTO ALDEIA SOLIDÁRIA REGULAMENTO 1. Apresentação 1.1. Conceitos Gerais O projeto Aldeia Solidária é uma ação de Responsabilidade Social do Aldeia das Águas Park Resort. A empresa entende a necessidade de promover

Leia mais

PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS DA CÂMARA DE COMPENSAÇÃO, LIQUIDAÇÃO E GERENCIAMENTO DE RISCOS DE OPERAÇÕES NO SEGMENTO BOVESPA, E DA CENTRAL DEPOSITÁRIA

PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS DA CÂMARA DE COMPENSAÇÃO, LIQUIDAÇÃO E GERENCIAMENTO DE RISCOS DE OPERAÇÕES NO SEGMENTO BOVESPA, E DA CENTRAL DEPOSITÁRIA PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS DA CÂMARA DE COMPENSAÇÃO, LIQUIDAÇÃO E GERENCIAMENTO DE RISCOS DE OPERAÇÕES NO SEGMENTO BOVESPA, E DA CENTRAL DEPOSITÁRIA DE ATIVOS (CBLC) Março 2011 GLOSSÁRIO ÍNDICE CAPÍTULO

Leia mais

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES BANRISUL MERCADO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LONGO PRAZO CNPJ/MF 15.283.719/0001-54

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES BANRISUL MERCADO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LONGO PRAZO CNPJ/MF 15.283.719/0001-54 FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES BANRISUL MERCADO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LONGO PRAZO CNPJ/MF 15.283.719/0001-54 ESTE FORMULÁRIO FOI PREPARADO COM AS INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS AO ATENDIMENTO

Leia mais

Planejamento Estratégico 2014-2023. Autores Diretoria da Anpcont com base em consulta aos Programas Associados

Planejamento Estratégico 2014-2023. Autores Diretoria da Anpcont com base em consulta aos Programas Associados Planejamento Estratégico 2014-2023 Autores Diretoria da Anpcont com base em consulta aos Programas Associados Objetivos Clarificar as novas diretrizes e objetivos da Associação, face aos crescentes desafios

Leia mais

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FUNDO DE INVESTIMENTO CAIXA BRASIL IDkA IPCA 2A TÍTULOS PÚBLICOS RENDA FIXA LONGO PRAZO

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FUNDO DE INVESTIMENTO CAIXA BRASIL IDkA IPCA 2A TÍTULOS PÚBLICOS RENDA FIXA LONGO PRAZO FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FUNDO DE INVESTIMENTO CAIXA BRASIL IDkA IPCA 2A TÍTULOS PÚBLICOS RENDA FIXA LONGO PRAZO Data de Competência: 07/06/2016 1. CNPJ 14.386.926/0001-71 2. PERIODICIDADE

Leia mais

TERMO DE PARCERIA Projeto Escritório Nacional do CATAFORTE - Negócios Sustentáveis em Redes Solidárias PROCESSO SELETIVO DE PESSOAL Nº 05/2014

TERMO DE PARCERIA Projeto Escritório Nacional do CATAFORTE - Negócios Sustentáveis em Redes Solidárias PROCESSO SELETIVO DE PESSOAL Nº 05/2014 TERMO DE PARCERIA Projeto Escritório Nacional do CATAFORTE - Negócios Sustentáveis em Redes Solidárias PROCESSO SELETIVO DE PESSOAL Nº 05/2014 1. PREÂMBULO O CEADEC - Centro de Estudos e Apoio ao Desenvolvimento,

Leia mais

REDESENHO MODERNO PARA RESSALTAR A TRADIÇÃO

REDESENHO MODERNO PARA RESSALTAR A TRADIÇÃO 56 :: Webdesign REDESENHO MODERNO PARA RESSALTAR A TRADIÇÃO Fundado há mais de 110 anos, o IPT (www.ipt.br), Instituto de Pesquisas Tecnológicas, é uma das fundações mais tradicionais no país. Diante da

Leia mais

Backsite Serviços On-line

Backsite Serviços On-line Apresentação Quem Somos O Backsite Com mais de 15 anos de mercado, o Backsite Serviços On-line vem desenvolvendo soluções inteligentes que acompanham o avanço das tecnologias e do mundo. Com o passar do

Leia mais

PROGRAMA DESENVOLVIMENTO ADMINISTRATIVO E TECNOLÓGICO CONSELHO DIRETOR

PROGRAMA DESENVOLVIMENTO ADMINISTRATIVO E TECNOLÓGICO CONSELHO DIRETOR PROGRAMA DESENVOLVIMENTO ADMINISTRATIVO E TECNOLÓGICO CONSELHO DIRETOR TERMO DE ABERTURA Preparado por: Cláudio França de Araújo Gestor do Programa CD Aprovado por: Ricardo Antônio de Arruda Veiga Representante

Leia mais

VIABILIZE SUA PARTICIPAÇÃO NO MLG. DESTAQUE-SE.

VIABILIZE SUA PARTICIPAÇÃO NO MLG. DESTAQUE-SE. MLG MASTER EM LIDERANÇA E GESTÃO PÚBLICA VIABILIZE SUA PARTICIPAÇÃO NO MLG. DESTAQUE-SE. Bolsas, financiamentos, crowdfundings e patrocínios. Faça a diferença O QUE É O MLG - MASTER EM LIDERANÇA E GESTÃO

Leia mais

MANUAL DE ACESSO AO SITE DA CERTIFICAÇÃO

MANUAL DE ACESSO AO SITE DA CERTIFICAÇÃO MANUAL DE ACESSO AO SITE DA CERTIFICAÇÃO Para acesso das instituições participantes ao site da certificação Data da Elaboração: 01/11/2009 Última atualização: 29/01/2014 D.04.34.00 APROVADOR: Gerência

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 002/2011

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 002/2011 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 002/2011 ABRE INSCRIÇÕES E BAIXA NORMAS PARA SELEÇÃO, EM CARÁTER TEMPORÁRIO E EXCEPCIONAL, DE ASSISTENTE SOCIAL E DE INSTRUTOR SOCIAL IV, PARA ATUAR NO DESENVOLVIMENTO DOS

Leia mais

LEI Nº 1047/2012. O Prefeito do Município de Pinhalão, Estado do Paraná. Faço saber que a Câmara Municipal decreta, e eu, sanciono a seguinte Lei:

LEI Nº 1047/2012. O Prefeito do Município de Pinhalão, Estado do Paraná. Faço saber que a Câmara Municipal decreta, e eu, sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 1047/2012 O Prefeito do Município de Pinhalão,. SÚMULA: Dispõe sobre as Diretrizes Orçamentárias para o exercício de 2013 e dá outras providências. Faço saber que a Câmara Municipal decreta, e eu,

Leia mais

17/2009. Edital para o Desenvolvimento do Portal do Idec e do Banco de Informações sobre Participação do Consumidor na Regulação

17/2009. Edital para o Desenvolvimento do Portal do Idec e do Banco de Informações sobre Participação do Consumidor na Regulação 17/2009 Edital para o Desenvolvimento do Portal do Idec e do Banco de Informações sobre Participação do Consumidor na Regulação Identificação do Contratante 2 Identificação do Contratante a. Executor:

Leia mais

PODER EXECUTIVO MUNICIPAL DE ITIQUIRA- MT

PODER EXECUTIVO MUNICIPAL DE ITIQUIRA- MT INSTRUÇÃO NORMATIVA SCS Nº 002/2012, DE 31 DE OUTUBRO DE 2012. Versão nº 01 Aprovação em: 31/10/2012 Ato de Aprovação: Decreto Municipal nº 053/2012 Unidade Responsável: Departamento de Comunicação I -

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MONTE BELO Nº 02/2012

EDITAL PROCESSO SELETIVO FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MONTE BELO Nº 02/2012 EDITAL PROCESSO SELETIVO FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MONTE BELO Nº 02/2012 A Fundação Educacional Monte Belo, com sede na Rua Aleixo Neto, 355 - Santa Lúcia Vitória/ES CEP: 29057-200, torna público a realização

Leia mais

TERMO DE PARCERIA SEA/PANGEA N 01/2012 PROJETOS CATADORES E CATADORES EM REDES SOLIDÁRIAS PROCESSO SELETIVO DE PESSOAL 006/2013

TERMO DE PARCERIA SEA/PANGEA N 01/2012 PROJETOS CATADORES E CATADORES EM REDES SOLIDÁRIAS PROCESSO SELETIVO DE PESSOAL 006/2013 TERMO DE PARCERIA SEA/PANGEA N 01/2012 PROJETOS CATADORES E CATADORES EM REDES SOLIDÁRIAS PROCESSO SELETIVO DE PESSOAL 006/2013 CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS 1. PREÂMBULO O PANGEA, entidade privada

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO SELEÇÃO DE MÚSICAS

EDITAL DE CREDENCIAMENTO SELEÇÃO DE MÚSICAS EDITAL DE CREDENCIAMENTO SELEÇÃO DE MÚSICAS OBJETO: SELEÇÃO E CREDENCIAMENTO DE PROPOSTAS DE MÚSICAS PARA O PROJETO FEMUCIC ANO 36 MOSTRA DE MÚSICA CIDADE CANÇÃO- DO SESC MARINGÁ O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO

Leia mais

Metadados. 1. Introdução. 2. O que são Metadados? 3. O Valor dos Metadados

Metadados. 1. Introdução. 2. O que são Metadados? 3. O Valor dos Metadados 1. Introdução O governo é um dos maiores detentores de recursos da informação. Consequentemente, tem sido o responsável por assegurar que tais recursos estejam agregando valor para os cidadãos, as empresas,

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTO RESPONSÁVEL E DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

POLÍTICA DE INVESTIMENTO RESPONSÁVEL E DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL SUL AMÉRICA INVESTIMENTOS DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS S.A POLÍTICA DE INVESTIMENTO RESPONSÁVEL E DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Índice: 1 OBJETIVO 2 2 CONCEITOS E DEFINIÇÕES 2 3

Leia mais

EDITAL TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DO ESTADO DO CEARÁ INOVAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NAS EMPRESAS N.º 12/2010

EDITAL TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DO ESTADO DO CEARÁ INOVAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NAS EMPRESAS N.º 12/2010 EDITAL TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DO ESTADO DO CEARÁ INOVAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NAS EMPRESAS N.º 12/2010 A FUNCAP, vinculada à Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Estado do

Leia mais

Contrato de Confidencialidade e Autorização para Divulgação de Informações dos Usuários BIVA SERVIÇOS FINANCEIROS S.A.

Contrato de Confidencialidade e Autorização para Divulgação de Informações dos Usuários BIVA SERVIÇOS FINANCEIROS S.A. Contrato de Confidencialidade e Autorização para Divulgação de Informações dos Usuários BIVA SERVIÇOS FINANCEIROS S.A. 1. Quem somos Biva Serviços Financeiros S.A. ( BIVA ) é uma plataforma online de prestação

Leia mais

DigitalPier e PurplePier

DigitalPier e PurplePier DigitalPier e PurplePier O que é a DigitalPier? Localizada na cidade de Campinas, a DigitalPier é uma agência especializada em marketing digital com um modelo de serviço inovador. Utilizamos a Plataforma

Leia mais

Plataforma dos Consumidores para as Eleições Municipais 2012

Plataforma dos Consumidores para as Eleições Municipais 2012 Plataforma dos Consumidores para as Eleições Municipais 2012 Plataforma dos Consumidores para as Eleições 2012 1 O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) é uma associação de consumidores sem

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA n 01/2016/GEPEX-URUAÇU

CHAMADA PÚBLICA n 01/2016/GEPEX-URUAÇU CHAMADA PÚBLICA n 01/2016/GEPEX-URUAÇU Chamada Pública para Seleção de Voluntários no Projeto Escritório Modelo de Análise e Desenvolvimento de Sistemas A Gerência de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão

Leia mais

Experiência: Modelo de Gestão de Capacitação da Presidência da República - Pool de Capacitação

Experiência: Modelo de Gestão de Capacitação da Presidência da República - Pool de Capacitação Experiência: Modelo de Gestão de Capacitação da Presidência da República - Pool de Capacitação Casa Civil Diretoria de Recursos Humanos Responsável: Selma Teresa de Castro Roller Quintella, Diretora de

Leia mais

PROJETO: BRA 11/06 POR UMA AGENDA NACIONAL DE ESPORTE PLANO DECENAL DE ESPORTE E LAZER

PROJETO: BRA 11/06 POR UMA AGENDA NACIONAL DE ESPORTE PLANO DECENAL DE ESPORTE E LAZER MINISTÉRIO DO ESPORTE SECRETARIA EXECUTIVA TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO: BRA 11/06 POR UMA AGENDA NACIONAL DE ESPORTE PLANO DECENAL DE ESPORTE E LAZER Contratação de Consultoria Especializada Plano Nacional

Leia mais

PROJETO: BRA 11/06 POR UMA AGENDA NACIONAL DE ESPORTE PLANO DECENAL DE ESPORTE E LAZER

PROJETO: BRA 11/06 POR UMA AGENDA NACIONAL DE ESPORTE PLANO DECENAL DE ESPORTE E LAZER MINISTÉRIO DO ESPORTE SECRETARIA EXECUTIVA TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO: BRA 11/06 POR UMA AGENDA NACIONAL DE ESPORTE PLANO DECENAL DE ESPORTE E LAZER Contratação de Consultoria Especializada Plano Nacional

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA MCT/FINEP CT-INFO- 01/2006 SELEÇÃO PÚBLICA DE PROPOSTAS DE PROJETOS INOVADORES EM SOFTWARE

CHAMADA PÚBLICA MCT/FINEP CT-INFO- 01/2006 SELEÇÃO PÚBLICA DE PROPOSTAS DE PROJETOS INOVADORES EM SOFTWARE CHAMADA PÚBLICA MCT/FINEP CT-INFO- 01/2006 SELEÇÃO PÚBLICA DE PROPOSTAS DE PROJETOS INOVADORES EM SOFTWARE 1. OBJETIVO O MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA MCT, por intermédio da Financiadora de Estudos

Leia mais

Programa de Relacionamento _ 2016. publicidade. Associação Nacional das Entidades de Produtores de Agregados para Construção

Programa de Relacionamento _ 2016. publicidade. Associação Nacional das Entidades de Produtores de Agregados para Construção publicidade Associação Nacional das Entidades de Produtores de Agregados para Construção Associação Nacional das Entidades de Produtores de Agregados para Construção Ao longo dos seus 20 anos de existência,

Leia mais

Propostas da Administração Superior para atualização de Plano de Prevenção e Proteção de Pessoas e do Patrimônio Público

Propostas da Administração Superior para atualização de Plano de Prevenção e Proteção de Pessoas e do Patrimônio Público 1 Propostas da Administração Superior para atualização de Plano de Prevenção e Proteção de Pessoas e do Patrimônio Público São Carlos Dezembro, 2014 1 Contexto O tema da segurança das pessoas e do patrimônio

Leia mais

PREFEITURA DE PORTO VELHO

PREFEITURA DE PORTO VELHO LEI Nº. 1628, DE 27 DE OUTUBRO DE 2005. Institui a Política Municipal de fomento à Economia Popular e Solidária na Cidade de Porto Velho e estabelece outras disposições. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE PORTO

Leia mais

Proposta 063.10. Desenvolvimento Website

Proposta 063.10. Desenvolvimento Website Proposta Desenvolvimento Website 063.10 www.iwcomunicacao.com.br 1 ÍNDICE 1 Apresentação 03 2 Projeto 04 3 Etapas de Desenvolvimento 07 4 Cronograma 07 5 Investimento 08 6 Âmbito de intervenção do cliente

Leia mais

CONTRATO DE ASSINATURA

CONTRATO DE ASSINATURA CONTRATO DE ASSINATURA 1. PARTES 1.1 De um lado I SOWA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ME, CNPJ 11.388.573/0001-50 estabelecida na Avenida Pompéia, 1792, Bairro Perdizes, São Paulo, CEP: 05022-001, ("o MEUADV");

Leia mais

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CAIXA VALE DO RIO DOCE Data de Competência: 27/01/2016 1. CNPJ 04.885.820/0001-69 2. PERIODICIDADE MÍNIMA PARA DIVULGAÇÃO DA COMPOSIÇÃO

Leia mais

REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE COMPRAS, CONTRATAÇÃO DE OBRAS E SERVIÇOS E AQUISIÇÃO DE BENS COM EMPREGO DE RECURSOS PROVENIENTES DO PODER PÚBLICO

REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE COMPRAS, CONTRATAÇÃO DE OBRAS E SERVIÇOS E AQUISIÇÃO DE BENS COM EMPREGO DE RECURSOS PROVENIENTES DO PODER PÚBLICO REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE COMPRAS, CONTRATAÇÃO DE OBRAS E SERVIÇOS E AQUISIÇÃO DE BENS COM EMPREGO DE RECURSOS PROVENIENTES DO PODER PÚBLICO CAPÍTULO I DA INTRODUÇÃO Art. 1º - O presente regulamento

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 78/2012. Acordo de Empréstimo LN 7513 BR COMPONENTE SAÚDE CONSULTORIA PESSOA FÍSICA

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 78/2012. Acordo de Empréstimo LN 7513 BR COMPONENTE SAÚDE CONSULTORIA PESSOA FÍSICA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 78/0 Acordo de Empréstimo LN 753 BR COMPONENTE SAÚDE CONSULTORIA PESSOA FÍSICA OBJETIVO: Prestação de Serviços Técnicos especializados de Consultoria para Assessoria Jurídica de

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA

ESTADO DE SANTA CATARINA Email Institucional Programa Orçamentário Objetivo Objetivo Detalhado Justificativa Instrumento Transferência Tipo Proponente Identificador Proponente seitectur@sol.sc.gov.br 640 Promoção do Turismo Catarinense

Leia mais

ABRAPECON - Associação Brasileira Dos Pequenos Consumidores (de enegia elétrica água telefonia gás encanado e outros)

ABRAPECON - Associação Brasileira Dos Pequenos Consumidores (de enegia elétrica água telefonia gás encanado e outros) Folha - 1 de 5 ABRAPECON - Associação Brasileira Dos Pequenos Consumidores (de enegia elétrica água telefonia gás encanado e outros) Registro da ABRAPECON em cartório: Estatuto este da ABRAPECON registrado

Leia mais

CARGO, VAGA, LOCAL DE TRABALHO, CARGA HORÁRIA E REMUNERAÇÃO. Carga horária semanal. N. de vagas. 01 40 hs. PRÉ-REQUISITOS PARA O CARGO

CARGO, VAGA, LOCAL DE TRABALHO, CARGA HORÁRIA E REMUNERAÇÃO. Carga horária semanal. N. de vagas. 01 40 hs. PRÉ-REQUISITOS PARA O CARGO EDITAL N. 003/2013 DO CENTRO DE DEFESA DA CIDADANIA PROCESSO DE SELEÇÃO PARA A CONTRATAÇÃO DE TÉCNICO SOCIAL ADVOGADO, PARA ATUAÇÃO NO PROGRAMA DE PROTEÇÃO A CRIANÇAS E ADOLESCENTES AMEAÇADOS DE MORTE

Leia mais

Eleve a experiência do consumidor: como criar uma situação de win-win entre a TI e seus usuários

Eleve a experiência do consumidor: como criar uma situação de win-win entre a TI e seus usuários Eleve a experiência : como criar uma situação de win-win entre a TI e seus usuários Introdução Soluções da CA Por que é necessário melhorar a experiência dos usuários com os serviços de TI? A consumerização

Leia mais

O Prêmio Antonio Carlos de Almeida Braga de Inovação em Seguros foi criado, em 2011, pela Confederação Nacional das

O Prêmio Antonio Carlos de Almeida Braga de Inovação em Seguros foi criado, em 2011, pela Confederação Nacional das Apresentação O Prêmio Antonio Carlos de Almeida Braga de Inovação em Seguros foi criado, em 2011, pela Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar

Leia mais

Demonstrações financeiras em 31 de março de 2012 e 2011

Demonstrações financeiras em 31 de março de 2012 e 2011 CNPJ nᵒ 00.832.453/0001-84 (Nova denominação social do Credit Suisse DI Fundo de Investimento de Curto Prazo) (Administrado pela Credit Suisse Hedging-Griffo Corretora de Valores S.A.) (CNPJ nᵒ 61.809.182/0001-30)

Leia mais

CONSELHOS ESCOLARES E COLEGIADOS DOS CURSOS TÉCNICOS

CONSELHOS ESCOLARES E COLEGIADOS DOS CURSOS TÉCNICOS CONSELHOS ESCOLARES E COLEGIADOS DOS CURSOS TÉCNICOS TERMO DE ABERTURA DO PROJETO AMPLIADO Portfólio de Projetos Estratégicos de 2013 Objetivo Estratégico: PS05 Implantar 5 ações para melhorar o processo

Leia mais

PROGRAMA OI DE PATROCÍNIO CULTURAL INCENTIVADO EDITAL DE SELEÇÃO 2015/2016 SELEÇÃO NACIONAL DE PROJETOS CULTURAIS

PROGRAMA OI DE PATROCÍNIO CULTURAL INCENTIVADO EDITAL DE SELEÇÃO 2015/2016 SELEÇÃO NACIONAL DE PROJETOS CULTURAIS A OI e o OI FUTURO tornam público, para conhecimento dos interessados, que receberá inscrições para o Processo de Seleção Nacional de Projetos Culturais 2015/2016. A Seleção Nacional de Projetos Culturais

Leia mais

CAPÍTULO I - CADASTRO DE PARTICIPANTES E INVESTIDORES 1. Aspectos gerais 1.1 Apresentação de documentos

CAPÍTULO I - CADASTRO DE PARTICIPANTES E INVESTIDORES 1. Aspectos gerais 1.1 Apresentação de documentos PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS DA CÂMARA DE COMPENSAÇÃO, LIQUIDAÇÃO E GERENCIAMENTO DE RISCOS DE OPERAÇÕES NO SEGMENTO BOVESPA, E DA CENTRAL DEPOSITÁRIA DE ATIVOS (CBLC) CAPÍTULO I - CADASTRO DE PARTICIPANTES

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA PNUD Projeto BRA/11/008 EDITAL 07/2015 DADOS DA CONSULTORIA Objetivo da Contratação

TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA PNUD Projeto BRA/11/008 EDITAL 07/2015 DADOS DA CONSULTORIA Objetivo da Contratação TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA PNUD Projeto BRA/11/008 EDITAL 07/2015 DADOS DA CONSULTORIA Objetivo da Contratação Nosso número Contratação de consultoria técnica especializada para realizar

Leia mais

Assunto: Esclarecimentos relacionados à atuação do auditor no âmbito do mercado de valores mobiliários

Assunto: Esclarecimentos relacionados à atuação do auditor no âmbito do mercado de valores mobiliários COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS Rua Sete de Setembro, 111/2-5º e 23-34º Andares Centro Rio de Janeiro - RJ CEP: 20050-901 Brasil Tel.: (21) 3554-8686 - www.cvm.gov.br OFÍCIO-CIRCULAR/CVM/SNC/GNA/n.º 01/2016

Leia mais

Manual de Conduta INTRADER DTVM LTDA. MANUAL DE CONDUTA E MELHORES PRÁTICAS

Manual de Conduta INTRADER DTVM LTDA. MANUAL DE CONDUTA E MELHORES PRÁTICAS INTRADER DTVM LTDA. MANUAL DE CONDUTA E MELHORES PRÁTICAS VERSÃO 2012 ÍNDICE 1. Introdução 2. Das Obrigações dos Agentes Autônomos 3. Das Vedações 4. Do Termo de Recebimento, Ciência e Aceitação 1. Introdução

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2015. Desenvolvimento, produção e realização da 20ª Festa do Imigrante.

CARTA CONVITE Nº 003/2015. Desenvolvimento, produção e realização da 20ª Festa do Imigrante. São Paulo, 24 de fevereiro de 2015. CARTA CONVITE Nº 003/2015 Desenvolvimento, produção e realização da 20ª Festa do Imigrante. O (INCI), Organização Social gestora do Museu da Imigração, de acordo com

Leia mais

PROGRAMA DE GOVERNO DA FRENTE POPULAR A FAVOR DO AMAPÁ PROPOSTAS PARA O AMAPÁ CONTINUAR AVANÇANDO

PROGRAMA DE GOVERNO DA FRENTE POPULAR A FAVOR DO AMAPÁ PROPOSTAS PARA O AMAPÁ CONTINUAR AVANÇANDO PROGRAMA DE GOVERNO DA FRENTE POPULAR A FAVOR DO AMAPÁ PROPOSTAS PARA O AMAPÁ CONTINUAR AVANÇANDO MACAPÁ-AP JULHO DE 2014 ÍNDICE APRESENTAÇÃO 1 INTRODUÇÃO 2 DIRETRIZES 3 PRINCÍPIOS 4 OBJETIVOS ESTRATÉGICOS

Leia mais

PRÊMIO ASSESPRO-RJ MELHORES EMPRESAS EDIÇÃO 2015 EDITAL DE RETIFICAÇÃO

PRÊMIO ASSESPRO-RJ MELHORES EMPRESAS EDIÇÃO 2015 EDITAL DE RETIFICAÇÃO PRÊMIO ASSESPRO-RJ MELHORES EMPRESAS EDIÇÃO 2015 EDITAL DE RETIFICAÇÃO Rio de Janeiro, 31 de julho de 2015. www.assespro-rj.org.br/premioempresas Praça Pio X, 55/ 9º andar - Centro 20.070-900 Rio de Janeiro,

Leia mais

Fondo Europeo de Desarrollo Regional

Fondo Europeo de Desarrollo Regional Anúncio da Autoridade de Gestão (Vice-secretaria da Economia e Assuntos Económicos com a União Europeia do Governo das Canárias), pelo qual se dá publicidade à primeira convocatória do Programa Operacional

Leia mais

DESCRITIVO DE SELEÇÃO PARA O CARGO DE SUPERVISOR DE DIVULGAÇÃO/ATENDIMENTO FUNÇÃO DE EDITOR WEB PARA VAGAS NAS UNIDADES DO SESC NO ESTADO DE SÃO PAULO

DESCRITIVO DE SELEÇÃO PARA O CARGO DE SUPERVISOR DE DIVULGAÇÃO/ATENDIMENTO FUNÇÃO DE EDITOR WEB PARA VAGAS NAS UNIDADES DO SESC NO ESTADO DE SÃO PAULO DESCRITIVO DE SELEÇÃO PARA O CARGO DE SUPERVISOR DE DIVULGAÇÃO/ATENDIMENTO FUNÇÃO DE EDITOR WEB PARA VAGAS NAS UNIDADES DO SESC NO ESTADO DE SÃO PAULO O presente documento é uma divulgação oficial de todos

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE LEI N. 1.112, DE 31 DE DEZEMBRO DE 1993 "Cria a Fundação de Apoio ao Desenvolvimento Econômico e Social do Estado do Acre - FADES, por transformação do Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Estado

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO Nº. 02/2015 PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL

EDITAL DE SELEÇÃO Nº. 02/2015 PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL EDITAL DE SELEÇÃO Nº. 02/2015 PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL O Instituto Sócio Cultural, Ambiental e Tecnológico Arthur Andrade IAA, organização não governamental, sem fins lucrativos, fundado

Leia mais

0281/15 São Paulo, 09 de fevereiro de 2015. Ao Instituto Brasileiro de Governança Corporativa - IBGC At.: Sr. Alexandre Tanaami

0281/15 São Paulo, 09 de fevereiro de 2015. Ao Instituto Brasileiro de Governança Corporativa - IBGC At.: Sr. Alexandre Tanaami Tel.: +55 11 3848 588o Rua Major Quedinho 90 Fax: + 55 11 3045 7363 Consolação São Paulo, SP - Brasil www.bdobrazil.com.br 01050-030 0281/15 São Paulo, 09 de fevereiro de 2015. Ao Instituto Brasileiro

Leia mais

Somos uma empresa formada por equipes especialistas em programação, webdesigner, publicidade e consultores

Somos uma empresa formada por equipes especialistas em programação, webdesigner, publicidade e consultores GESTORSITES GESTORSITES QUEM SOMOS Somos uma empresa formada por equipes especialistas em programação, webdesigner, publicidade e consultores de negócios com o propósito de agregar valor aos negócios de

Leia mais

TOR/FNDE/DIRTE/CGDES Nº 048/2013

TOR/FNDE/DIRTE/CGDES Nº 048/2013 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE GESTÃO, ARTICULAÇAO E PROJETOS EDUCACIONAIS TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA CONSULTOR POR PRODUTO

Leia mais

A gestão de relacionamento com o cliente é de vital importância para a Sabesp.

A gestão de relacionamento com o cliente é de vital importância para a Sabesp. A gestão de relacionamento com o cliente é de vital importância para a Sabesp. Sabesp Água de qualidade não pode faltar pois é um bem essencial. Investimento constante no tratamento dos esgotos. Serviços

Leia mais

R E G U L A M E N T O 1

R E G U L A M E N T O 1 R E G U L A M E N T O 1 APRESENTAÇÃO Art. 1 o O PRÊMIO IPEA-CAIXA 2006, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada IPEA e da Caixa Econômica Federal CAIXA, instituído pela Portaria Conjunta n o 01 de

Leia mais

EDITAL Nº 01/2016 Desenvolvimento de Plataforma Digital de Monitoramento

EDITAL Nº 01/2016 Desenvolvimento de Plataforma Digital de Monitoramento EDITAL Nº 01/2016 Desenvolvimento de Plataforma Digital de Monitoramento COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO 2016 Tipo: melhor técnica e preço Desenvolvimento de plataforma digital com indicadores de monitoramento

Leia mais

Unidade III ESPECIALIZAÇÕES. Profa. Cláudia Palladino

Unidade III ESPECIALIZAÇÕES. Profa. Cláudia Palladino Unidade III ESPECIALIZAÇÕES DO MARKETING Profa. Cláudia Palladino Marketing social Atuação das empresas hoje e a Responsabilidade social: Obtenção de insumos e processamento de matéria prima de maneira

Leia mais