Diário do Mercado. Market Overview. Estratégia. Empresas & Setores. Economia. Ibovespa Intra Day. Performance (%)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Diário do Mercado. Market Overview. Estratégia. Empresas & Setores. Economia. Ibovespa Intra Day. Performance (%)"

Transcrição

1 Diário do Mercado 24 de janeiro de 2014 Market Overview Fechamento: O Ibovespa seguiu o mau humor externo e recuou 1,99%, fechando o dia aos pontos. Indicador privado mostrando contração inesperada da atividade industrial na China foi o principal gatilho para o dia de perdas nos mercados globais. No Brasil, a surpresa moderadamente positiva com o IPCA-15 de Janeiro foi compensada pelo tom hawkish da Ata do Copom e pela desvalorização do Real. Na Bovespa, a queda foi generalizada, com apenas 3 ações que compõem o índice registrando alta superior a 1%. O destaque positivo foi Brookfield, que subiu 18,9% em cima de especulações de que a mesma realizará fechamento de capital. Entre as maiores baixas, destaque para JBS (-6,0%), Gol (-4,6%) e TIM (-4,0%). O giro financeiro totalizou R$6,8 bilhões, 15% acima da média das últimas 20 sessões. Mercado hoje: Os mercados acionários na Ásia encerraram a sessão em queda, seguindo o viés negativo do dia anterior, com receio em relação à desaceleração da economia chinesa. Na Europa, as bolsas operam no campo negativo, assim como os índices futuros norte americanos. No Brasil, dado de confiança do consumidor mostrou ligeira piora em relação ao dado anterior. A agenda de indicadores do dia é fraca, o destaque fica para dados de saldo em conta corrente e investimentos estrangeiros no Brasil. Estratégia Global: Perspectivas e estratégia econômica global - Janeiro/ 2014 (pg. 4) Empresas & Setores BVMF Bovespa: Início de cobertura com recomendação de Compra Não deixe que as árvores impeçam você de apreciar a floresta (pg. 5) Itaú Unibanco: Banco admite intenção de vender sua seguradora de grandes riscos; Decisão motivada indiscutivelmente pela Basiléia III (pg. 6) Economia Brasil: Ata do Copom e IPCA-15 indicam uma última alta de 25pb para a taxa Selic em fevereiro (pg. 7) Brasil: Destaques das projeções econômicas Janeiro/2014 (pg. 8) Ibovespa Intra Day Performance (%) Fech. Dia Sem. Mês Ano Ibovespa (2,0) (2,8) (6,2) (6,2) IBX (2,1) (2,8) (7,2) (7,2) S&P (0,9) (1,1) (1,1) (1,1) Dow Jones (1,1) (1,7) (2,3) (2,3) Nasdaq (0,6) 0,1 1,0 1,0 Dólar Ptax 2,376 0,7 0,3 1,4 1,4 Maiores Altas/Baixas Ibovespa (%) Código Companhia Var. BISA3 Brookfield 18,92 RSID3 Rossi 1,04 LLXL3 LLX 1,01 SANB11 Santander Brasil 0,74 VIVT4 Vivo 0,53 JBSS3 JBS -6,03 GOLL4 Gol -4,62 TIMP3 Tim -4,45 BBAS3 Banco do Brasil -4,23 ABEV3 Ambev -3,44 Performance por Setor (%) Saúde & Educação -0,5 Transp. & Infra-Estrutura -0,9 Telecom, Mídia & Tecn. -1,1 Imobiliário -1,4 Industrials -1,6 Utilities -1,7 Ibovespa -2,0 Financials -2,0 Energia -2,2 Materials -2,4 Consumo & Varejo -2,6 Hugo Rosa, CNPI, Cauê Pinheiro, CNPI, Yuri Medeiros, CNPI-T & Larissa Nappo, CNPI-T Fontes: Bloomberg, Bovespa

2 MONITOR DE MERCADO Código Preco Fech. (R$) Variacão (%) Últimos 12 Meses Volume Financeiro Dia Mês Ano 12 Meses Mínimo Máximo Código Var. Dia (%) Volume¹ (%) DASA3 14,75-1,0 1,3 1,3 8,7 10,61 14,91 BISA3 18,9 495 PSSA3 29,40-1,2-1,2-1,2 28,2 21,90 30,24 BRPR3-2,2 473 TIMP3 13,10-4,4 6,2 6,2 56,7 7,53 13,81 CYRE3-2,0 265 EQTL3 23,20 0,4 0,2 0,2 25,5 17,05 24,31 CESP6-3,2 248 KROT3 36,85-1,3-6,1-6,1 69,2 21,64 39,77 OGXP3 9,4 219 CIEL3 64,50-2,3-1,8-1,8 46,3 43,27 69,00 TRPL4-1,6 208 BTOW3 15,83-1,1 3,7 3,7-5,8 6,16 17,96 SUZB5-0,7 199 SUZB5 8,94-0,7-3,2-3,2 13,8 5,89 9,67 BRFS3 0,4 196 KLBN4 12,59-0,1 2,7 2,7-1,1 9,33 13,56 JBSS3-6,0 188 QUAL3 20,95 0,1-6,9-6,9-4,8 14,68 23,20 RENT3 0,0 180 BVMF3 9,75-2,5-11,8-11,8-26,6 9,75 14,23 BTOW3-1,1 24 BVMF3 9,75-2,5-11,8-11,8-26,6 9,75 14,23 MMXM3 0,0 26 ENBR3 9,83-0,2-13,4-13,4-16,3 9,75 13,19 ELPL4-1,0 29 ECOR3 13,11-1,4-11,4-11,4-22,2 12,99 17,22 LLXL3 1,0 46 BRML3 16,75-2,7-1,8-1,8-37,0 16,44 27,22 ARTR3-1,0 48 MMXM3 0,69 0,0-1,4-1,4-81,9 0,59 3,98 QUAL3 0,1 53 MULT3 46,36-0,7-7,1-7,1-18,8 45,91 59,46 MYPK3 0,6 53 RSID3 1,94 1,0-4,9-4,9-58,6 1,84 4,74 ELET3-2,4 54 CSAN3 36,54-2,6-7,7-7,7-14,3 36,10 48,55 LIGT3-1,6 54 OGXP3 0,35 9,4 45,8 45,8-93,0 0,11 5,02 ESTC3 0,2 57 Índices Dia Mês Ano 12 Meses Mínimo Máximo Ibovespa ,0-6,2-6,2-21, MSCI Emerging Markets 964-1,3-3,9-3,9-10, Dow Jones ,1-2,3-2,3 17, S&P ,9-1,1-1,1 22, Stoxx ,6 0,8 0,8 14, FTSE ,3 0,1 0,1 7, DAX ,3 0,5 0,5 23, Nikkei ,9-5,5-5,5 44, Xangai Comp ,6-2,9-2,9-10, Moedas Dia Mês Ano 12 Meses Mínimo Máximo Dólar (R$/US$) 2,40-1,1-1,6-1,6-15,2 1,94 2,45 Euro (R$/EUR) 3,29-2,1-1,2-1,2-17,5 2,53 3,29 Commodities Fech. Fech. Fech. Variacão (%) Últimos 12 Meses Variacão (%) Últimos 12 Meses Variacão (%) Últimos 12 Meses Dia Mês Ano 12 Meses Mínimo Máximo CRB Index 281 0,3 0,4 0,4-6, CBOT Milho (US$/bu.) 194 0,4-5,3-5,3-13, CBOT Trigo (US$/bu.) 571 0,2-5,6-5,6-30, CBOT Soja (US$/bu.) ,1-1,3-1,3-2, ICE Café (US$/lb.) 115-0,6 3,4 3,4-29, ICE Acucar (US$/lb.) 15 0,1-8,2-8,2-24, ICE Algodao (US$/lb.) 87-0,4 2,8 2,8 8, Crude Oil WTI (US$/bbl.) 97-0,1-1,4-1,4 2, Crude Oil Brent (US$/bbl.) 107-0,5-3,1-3,1 1, Ouro à vista (US$/Onça) ,4 4,8 4,8-24, Sep-12Jan-13May-13Sep-13Jan-14 2,50 2,40 2,30 2,20 2,10 2,00 1,90 1,80 1,70 Sep-12 Jan-13 May-13 Sep-13 Jan Ibovespa R$/US$ Petróleo WTI (US$/bbl.) 80 Sep-12 Jan-13 May-13 Sep-13 Jan-14 1) Volume dia / Volume médio 21 dias Fonte: Bloomberg, Economatica 2

3 AGENDA DE INDICADORES ECONÔMICOS Segunda, 20/jan Período Expec. Anterior 00:00 CH PIB A/A 4Q 7,60% 7,80% 00:00 CH PIB SAZ T/T 4Q 2,00% 2,20% 00:00 CH Produção industrial acum no ano A/A Dec 9,70% 9,70% 00:00 CH Produção industrial A/A Dec 9,80% 10,00% 00:00 CH Vendas varejo acum/ano A/A Dec 13,20% 13,00% 00:00 CH Vendas no varejo A/A Dec 13,60% 13,70% 05:00 GE PPI MoM Dec -- -0,10% 05:00 GE IPP A/A Dec -- -0,80% 05:00 BZ IPC FIPE- Semanal 15/jan 0,68% 0,74% 08:30 BZ Pesquisa Focus (BC) 15:00 BZ Balança comercial semanal 19/jan -- -$574M Terça, 21/jan Período Expec. Anterior 08:00 GE Pesquisa ZEW (Expectativas) Jan -- 62,0 08:00 EC Pesquisa ZEW (Expectativas) Jan -- 68,3 BZ Serasa Consumer Credit Delinquencies Quarta, 22/jan Período Expec. Anterior 07:30 UK Bank of England Minutes 10:00 US MBA-Solicitações de empréstimos hipotecários 17/jan -- 11,90% 11:05 BZ Confidência industrial CNI Jan -- 54,3 23:45 CH PMI Fabricação HSBC/Markit Flash Jan -- 50,5 Quinta 23/jan Período Expec. Anterior 03:00 JN Bank of Japan's Monthly Economic Report for January 07:00 EC Conta corrente BCE SAZ Nov B 07:00 EC PMI Composite Jan A -- 52,1 07:00 EC Serviços PMI Jan A -- 51,0 08:00 BZ IPC-S IPC FGV 22/jan :30 BZ COPOM Monetary Policy Meeting Minutes 09:00 BZ IPCA-15 Inflação IBGE M/M Jan 0,80% 0,75% 09:00 BZ IPCA-15 Inflação IBGE A/A Jan 5,76% 5,85% 11:30 US Índice atividade nat Fed Chicago Dec -- 0,60 11:30 US Novos pedidos seguro-desemprego 18/jan :30 US Seguro-desemprego 11/jan :58 US Markit US PMI Preliminar Jan 55,0 54,4 12:00 US Índice de preços da casa própria M/M Nov -- 0,50% 13:00 US Vendas de casas já existentes Dec 4.95M 4.90M 13:00 US Índice antecedente Dec - 0,0 13:00 EC Confiança do consumidor Jan A ,60 14:00 US Atividade de fab pelo Fed de Kansas City Jan Sexta 24/jan Período Expec. Anterior 08:00 BZ FGV Confiança do Consumidor Jan ,50 10:30 BZ Saldo em conta corrente Dec -- -$5145M 10:30 BZ Investimentos estrangeiros Dec -- $8334M 3

4 Estratégia Global Perspectivas e estratégia econômica global - Janeiro/ 2014 Estamos elevando as nossas projeções para o crescimento da economia mundial este mês e agora esperamos que o crescimento do PIB mundial (a taxas de câmbio atuais) passe de 2,5% em 2013 para 3,3% em 2014 e 3,4% em 2015, com altas de 0,1 pp em 2013, 0,2 pp em 2014 e 0,1 pp em 2015, em relação às nossas projeções anteriores. Este ano, esperamos, marcará o retorno da economia mundial a taxas de crescimento sustentável acima da média, depois do crescimento ter ficado abaixo da média por três anos consecutivos (de 2011 a 2013) e, de fato, em cinco dos últimos seis anos. Nesse contexto, continua havendo diferença entre a tendência de revisões para cima nas projeções para as economias avançadas (AE) e para baixo nas projeções para os mercados emergentes (ME). Entre as economias avançadas, elevamos as projeções para os EUA, área do euro, Reino Unido e Suécia. Esperamos uma disparidade razoável entre EUA e Reino Unido (ambos provavelmente com crescimento em torno de 3% a/a em 2014 e 2015) e Japão e área do euro (com crescimento provavelmente em torno de 1% a 1,5% a/a em 2014 e 2015). Em contraste, desde meados 2011 reduzimos nossas projeções para os ME em 1,5% para 2014 e em 1,25% para 2015, com reduções notáveis para Turquia, Brasil e Venezuela este mês. A recuperação econômica nas economias avançadas ainda não está gerando um grande repique nas exportações dos ME e esta tendência pode continuar. O Banco Central da Nova Zelândia pode elevar os juros em breve, mas esperamos que o BCE e o Banco do Japão flexibilizem mais suas polícias monetárias este ano, com o BC japonês reagindo ao crescimento menor e o BCE ao crescimento modesto e à inflação abaixo do esperado. Em contraste, uma gama de mercados emergentes deve ter altas nos juros este ano, apesar do crescimento decepcionante. Nos EUA e no Reino Unido esperamos que a taxa de desemprego atinja o gatilho estipulado pelo banco central em meados de 2014, embora a tendência de inflação baixa deva levar o Fed e o BC inglês a manter os juros inalterados por algum tempo. Esperamos que o Reino Unido comece a elevar os juros no final do ano. Em 2015, esperamos que o crescimento sólido e a crescente utilização de capacidade instalada levem a um ciclo de aperto mais abrangente entre as economias avançadas, incluindo ações do Fed e dos bancos centrais da Inglaterra, do Canadá, da Austrália, da Noruega e da Suécia. Mesmo então, o aperto provavelmente continuará distante para o BCE e para o Banco do Japão. Fonte: Citi Research (baseado Estratégia de Mercado e Panorama Mundial Janeiro de 2014, de Willem Buiter, Nathan Sheets, Michael Saunders, Robert V DiClemente, Kiichi Murashima, Guilhermo Mondino, David Lubin, Johana Chua, publicado em 22/01/2014) 4

5 Empresas & Setores BM&F Bovespa Início de cobertura com recomendação de Compra Não deixe que as árvores impeçam você de apreciar a floresta Muitos não conseguem passar pelas árvores na história da BM&F Bovespa: ambiente desafiador no curto prazo, ameaça de novos entrantes e incertezas quanto aos resultados de uma disputa legal pendente estimamos crescimento de receita de um dígito nesse ano devido à fraqueza nos volumes negociados de ações e derivativos. Entretanto, projetamos uma recuperação nos volumes em 2015, que devem dar suporte à um crescimento de receita de dois dígitos. Reconhecemos a ameaça de novos entrantes, mas acreditamos que as barreiras de entrada continuam altas e que levará tempo até que players novos capturem market share. Finalmente, não vemos razões para duvidar do management da companhia, que continua atribuindo probabilidade remota de que a mesma perca a disputa judicial contra a Receita Federal relacionada a amortização de ágio. Acreditamos que os riscos foram excessivamente descontados nos preços, pois BVMF vem sendo negociada a múltiplos atrativos relativamente à sua própria média histórica e também na comparação com seus pares globais depois de acumular queda de 20% em 2013 e de 10% desde o início do ano, as ações da BVMF atualmente vem sendo negociadas a múltiplos Preço/Lucro ~20% abaixo de seus pares globais, apesar de oferecer perspectivas de crescimento melhores do que a maioria deles. Projetamos crescimento de 12,5% no lucro por ação em 2014 e de 17,5% em R ating C ó digo P reço -A lvo Último P reço Upside (%) C o mpra B V M F 3 R $ 11,30 R $ 9,75 15,9 T rading M arket Cap (Milhões) Volume Médio 3M (Milhões) M áxima (52 semanas) M ínima (52 semanas) P erformance % A bs R$ R$ 127,6 R$ 14,23 R$ 9,75 Vs. Ibov 1 M ês (8,3) (2,4) 3 M eses (23,6) (11,7) 12 Meses (26,6) (5,6) M últiplo s (x) 2013E 2014E VE/EBITDA 9,1 8,3 P /L 16,7 14,8 Floresta continua muito atrativa, considerando que a posição dominante da BVMF na indústria ainda oferece bastante crescimento estrutural pela frente apesar do mercado de capitais brasileiro ter alcançado crescimento siginificativo na última década, a relação capitalização de mercado/pib está em ~50%, o que está significativamente abaixo de outros mercados emergentes relevantes tais quais Índia e Chile cujas relações capitalização de mercado/pib estão em 70% e 115%, respectivamente. Iniciando cobertura com recomendação de Compra; 15,9% de upside + 6,8% de dividend yield utilizamos um múltiplo-alvo Preço/Lucro de 14,6x, que está alinhado com a média dos últimos 5 anos. Nossa avaliação pelas metodologias soma das partes e fluxo de caixa descontado sugerem mais upside para horizontes superiores a um ano. Fonte: Citi Research (baseado em Don t Let the Trees Hinder You from Appreciating the Forest, de Daniel A. Abut & Juan Carlos Arandia, CFA, publicado em 23/01/2014) 5

6 Itaú Unibanco Banco admite intenção de vender sua seguradora de grandes riscos; Decisão motivada indiscutivelmente pela Basiléia III No dia 22 de janeiro de 2014, respondendo a um artigo publicado no jornal Valor, Itaú Unibanco confirmou que existe a intenção de vender parte de seu negócio de seguros que opera grandes riscos. De acordo com o breve comunicado ao mercado que o banco fez, o processo de venda deve começar nos próximos dias, e vai ser um processo competitivo, ou seja, vários potenciais interessados serão convidados a analisar a oportunidade. R ating C ó digo P reço -A lvo Último P reço Upside (%) C o mpra IT UB 4 R $ 40,00 R $ 29,65 34,9 De acordo com o artigo no Valor ao qual o Itaú Unibanco reagiu, a decisão de vender seu negócio de seguros de grandes riscos ocorreu a fim de gerenciar melhor o capital do banco, de acordo com a Basiléia III, e pelo menos dez seguradoras internacionais (incluindo Axa, Allianz, Generali, Zurich, Fairfax e Ace) serão convidadas para mandar propostas por este ativo. Contatamos a administração do Itaú Unibanco para tentar obter maiores detalhes, mas eles se recusaram a divulgar tamanho, receita e lucratividade da seguradora de grandes riscos do ITUB que será colocada à venda. Fonte: Citi Research (baseado em Itaú Unibanco Alert: Admits That it intends to sell its large risk insurance business; decision arguably motivated by basel III, de Daniel A. Abut, Juan Carlos Arandia, Nicolas Riva e Carlos Rivera, publicado em 23/01/2014) T rading M arket Cap (M ilhões) Volume Médio 3M (Milhões) M áxima (52 semanas) M ínima (52 semanas) P erformance % A bs R$ R$ 342,0 R$ 34,44 R$ 25,35 Vs. Ibov 1 M ês (5,7) 0,2 3 Meses (10,3) 1,6 12 Meses (5,6) 15,4 M últiplo s (x) 2013E 2014E VE/EBITDA na na P /L 8,4 7,3 6

7 Economia Brasil Ata do Copom e IPCA-15 indicam uma última alta de 25pb para a taxa Selic em fevereiro Embora semelhante à anterior, a ata da última reunião do Copom pode ser considerada ligeiramente baixista. A informação mais relevante está na seção onde eles justificam o aumento de 50 pb adotado na reunião anterior por conta da surpresa com a inflação. A ata também enfatiza um enfraquecimento da demanda doméstica, que deverá provavelmente ser compensado por uma demanda externa mais forte, implicando em perspectivas estáveis para a atividade econômica. Para nós, a ata sugere que o Copom continuará se baseando nos dados econômicos para estabelecer os próximos passos da política monetária. Considerando a prévia do IPCA de janeiro melhor do que o esperado (0,67%, contra a expectativa de 0,79% do consenso de mercado), nos parece que o Copom provavelmente reduzirá o ritmo de aumento da taxa Selic na próxima reunião. Portanto, ainda esperamos um último aumento de 25pb em 26 de fevereiro e a manutenção da taxa em 10,75% até dezembro de Com relação à atividade econômica, a ata aumenta a preocupação com a demanda doméstica, reavaliando a opinião de que o consumo familiar continuaria a ser estimulado pelo crédito, por transferências do governo e pelo mercado de trabalho fortalecido. Mas, o ponto que nos torna mais confiantes para prever que o Copom reduzirá o ritmo de aumento da Selic para 25pb em fevereiro é a parte na qual a decisão anterior é justificada. No final do parágrafo no qual eles mencionam que vão continuar aumentando os juros, há uma pequena mudança no texto. Ou seja, ao invés de começar com Nesse contexto, eles optaram por escrever, Dessa forma. Em nossa opinião, o texto anterior dava uma ideia de processo, mas agora com Dessa forma, isso quer dizer que eles aumentaram a taxa em 50pb por conta da surpresa com a inflação. Com relação ao IPCA-15 de janeiro, os preços dos alimentos subiram 1,0% (de 0,9% em dezembro), menos do que o esperado. O custo dos transportes desacelerou, para 0,4% (de 1,9% em dezembro), refletindo a queda de 16% nos preços das passagens aéreas. No acumulado de 12 meses, a inflação do IPCA caiu para 5,6% (de 5,9% em dezembro). A média do núcleo da inflação caiu para 0,55% no mês (de 0,71%), representando 6,9% em termos anuais (de 8,9%). Por último, a inflação dos preços dos serviços chegou a 9,0% nos últimos 12 meses (de 8,7%). Fonte: Citi Research (baseado Macro Flash Brasil Ata do Copom e IPCA-15 indicam uma última alta de 25bp para a taxa Selic em fevereiro, de Marcelo Kfoury e Leonardo Porto, publicado em 23/01/2014) 7

8 Brasil Destaques das projeções econômicas Janeiro/2014 Esperamos que o Copom eleve a taxa Selic em 25 bp no dia 26 de fevereiro, levando a taxa a 10,75%. Esse call é baseado em nossa suposição de que o IPCA atingiu seu pico em dezembro de 2013, embora reconhecemos alta incerteza em relação a isto, dado que o Banco Central está agindo sob modo fortemente dependente dos dados de inflação. Após isso, acreditamos que a autoridade monetária vai ficar em espera durante todo o restante de Olhando adiante, acreditamos que o Copom tentará trazer a inflação abaixo do nível atual de 6%, iniciando a retomada do ciclo de aperto em 2015 com 125 bps adicionais de altas para a taxa Selic nas primeiras reuniões do ano. Elevamos nossa projeção para a inflação em 2014 para 6,1% (de 5,9%). O IPCA de dezembro veio bastante acima das expectativas (0,92% vs 0,82%) e mais persistente do que esperado. Adicionalmente, agora esperamos um real mais fraco e pressão de preços gerenciáveis, o que irá mostrar maiores altas neste ano (4,5%) comparando-se com a alta do ano passado (1,5%). Para 2015, esperamos que a inflação atinja 5,5%. Esperamos que o PIB suba 2,3% em Olhando adiante, continuamos a enxergando desaceleração no crescimento do PIB, refletindo um crescimento mais suave da demanda doméstica. Esta redução irá parcialmente compensar a melhora na demanda externa por conta do real mais fraco e um crescimento global mais forte. Assim, esperamos que o crescimento do PIB deve atingir 1,8% em Em relação ao mercado de trabalho, esperamos que a taxa de desemprego inicie uma tendência de alta, refletindo um crescimento insuficiente da oferta de trabalho e uma normalização na expansão da força de trabalho. O governo deve anunciar um congelamento no orçamento nas próximas semanas, o que tornaria claro qual seria a meta para o resultado fiscal primário neste ano. Não há muito espaço para manobra no lado fiscal, dado o risco de receber um downgrade das agências de risco. Até o momento, continuamos a projetar um superávit fiscal primário de 1,5% do PIB em Neste cenário, a relação dívida bruta e líquida pelo PIB deve permanecer estável (ao redor de 60% e 35%, respectivamente). Os fundamentos domésticos continuam deteriorando e o tapering do Fomc enfraquecendo o real. As intervenções do governo no mercado de câmbio não têm sido suficientes para evitar as altas do dólar frente ao real para níveis acima de R$2,3. Sob esse cenário de um câmbio fraco (US$/R$ 2,52 ao fim de 2014) e um crescimento doméstico decepcionante, a balança comercial provavelmente vai melhorar. Fonte: Citi Research (baseado Brazil Macro Flash Economic Forecasts Highlights January/February 2014, de Marcelo Kfoury e Leonardo Porto, publicado em 23/01/2014)

9 Disclaimer Este relatório foi elaborado por Hugo Rosa, Cauê Pinheiro, Yuri Medeiros e Larissa Nappo ( Analistas ), analistas de investimentos credenciados junto à Apimec e vinculados à Citigroup Global Markets Brasil CCTVM S.A. ( CGMB ), uma afiliada do Citigroup Global Markets Inc. ( CGMI ). Hugo Rosa é o responsável principal pelo conteúdo deste relatório de acordo com a Instrução CVM nº 483, de 6 de julho de Este material tem caráter meramente informativo, não constituindo oferta de compra ou de venda de títulos e/ou valores mobiliários pela CGMB, ainda que aqui mencionados. As informações constantes deste material podem auxiliar o investidor em suas decisões de investimento, porém o investidor será responsável, de forma exclusiva, pela verificação da conveniência e oportunidade da movimentação de sua carteira de investimentos e pela tomada de decisão quanto à efetivação de operações de compra e/ou venda de títulos e/ou valores mobiliários. Este material apresenta informações para diversos perfis de investimento e o investidor deverá verificar e atentar para as informações próprias ao seu perfil de investimento, uma vez que as informações constantes deste material não são adequadas para todos os investidores. Quaisquer projeções de risco ou retorno potenciais são meramente ilustrativas e não são e não devem ser interpretadas pelo investidor como previsão de eventos futuros e/ou garantia de resultados. Além disso, não garantimos a exatidão das informações aqui contidas e recomendamos ao investidor que não utilize este relatório com única fonte para embasar suas decisões de investimento. Os investimentos realizados pelo investidor para sua carteira estão sujeitos a diversos riscos inerentes aos mercados e aos ativos integrantes da carteira, incluindo, sem limitação, risco de mercado, risco de crédito, risco de liquidez, risco cambial, risco de concentração, risco de perda do capital investido e de disponibilização de recursos adicionais, entre outros. Com relação às companhias, mercados e valores mobiliários ora analisados, nos termos da regulamentação em vigor, os Analistas declaram que: (i) As recomendações do presente relatório de análise refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais, sendo certo que o relatório foi elaborado de forma independente, inclusive em relação à CGMB e da CGMI. (ii) A remuneração recebida pelo Analista está condicionada ao cumprimento de premissas qualitativas e quantitativas estabelecidas pela CGMB, podendo inclusive levar em consideração o resultado total da CGMB, mas não é influenciada, direta ou indiretamente, por recomendações específicas ou opiniões expressas pelo Analista neste relatório de análise. (iii) A CGMB é membro do grupo Citi, que possui empresas e negócios em mais de 100 países. Considerando a atual estrutura do grupo Citi, é provável que alguma empresa do grupo, inclusive as próprias CGMB e CGMI, tenham interesses financeiros e/ou comerciais relevantes em relação às companhias, mercados e aos valores mobiliários objeto do presente relatório de análise. As opiniões aqui constantes foram elaboradas com base em informações e dados obtidos de diversas fontes, inclusive no material de análise elaborado pela Citi Investment Research & Analysis ( CIRA ), conforme devidamente identificadas e indicadas no corpo do documento. CIRA é a divisão de análise de investimento da CGMI, cuja política aplicável às suas opiniões e relatórios de análises está disponível em O presente relatório foi elaborado de forma independente pelo Analista vinculado à CGMB e não obstante a utilização do material de análise elaborado pela CIRA, as opiniões do Analista podem divergir das opiniões da CIRA. SAC Citi - Serviço de Apoio ao Cliente Reclamações, Cancelamentos e Informações (deficientes auditivos ) Todos os dias, 24h Se não ficar satisfeito com a solução apresentada, de posse do protocolo, contate a Ouvidoria (deficientes auditivos ). Em dias úteis das 9h às 18h Fale Conosco:

Diário do Mercado. Citi Corretora. Market Overview. Empresas & Setores. Ibovespa Intra Day. 5 de janeiro de 2015

Diário do Mercado. Citi Corretora. Market Overview. Empresas & Setores. Ibovespa Intra Day. 5 de janeiro de 2015 Diário do Mercado Market Overview Fechamento: O Ibovespa encerrou a sessão em queda de 2,99%, a 48.512 pontos, seguindo o desempenho das bolsas de valores internacionais, após indicadores abaixo do esperado

Leia mais

Diário do Mercado. Citi Corretora. Market Overview. Empresas & Setores. Ibovespa Intra Day. 5 de junho de 2015

Diário do Mercado. Citi Corretora. Market Overview. Empresas & Setores. Ibovespa Intra Day. 5 de junho de 2015 Diário do Mercado Market Overview Fechamento: O Ibovespa encerrou a sessão em queda de 1,32%, a 53.523 pontos, na contramão das bolsas internacionais, em movimento de realização antes do feriado. Os setores

Leia mais

Diário do Mercado. Citi Corretora. Market Overview. Empresas & Setores. Ibovespa Intra Day. 27 de maio de 2015

Diário do Mercado. Citi Corretora. Market Overview. Empresas & Setores. Ibovespa Intra Day. 27 de maio de 2015 Diário do Mercado Market Overview Fechamento: O Ibovespa encerrou a sessão em queda de 1,79%, a 53.629 pontos, seguindo o movimento das bolsas de valores internacionais, mas também pressionado por incertezas

Leia mais

Diário do Mercado. Citi Corretora. Market Overview. Estratégia. Empresas & Setores. Ibovespa Intra Day. 17 de dezembro de 2014

Diário do Mercado. Citi Corretora. Market Overview. Estratégia. Empresas & Setores. Ibovespa Intra Day. 17 de dezembro de 2014 Diário do Mercado Market Overview Fechamento: O Ibovespa encerrou a sessão próximo da estabilidade, a 47.007 pontos, enquanto as bolsas de valores na Europa e nos EUA encerraram o dia em alta. No front

Leia mais

Diário do Mercado. Market Overview. Empresas & Setores. Economia. Agenda. 20 de setembro de 2013. Ibovespa Intra Day.

Diário do Mercado. Market Overview. Empresas & Setores. Economia. Agenda. 20 de setembro de 2013. Ibovespa Intra Day. Diário do Mercado 20 de setembro de 2013 Market Overview Fechamento: O Ibovespa encerrou a última sessão em baixa de 1,09%, aos 55.096 pontos. No exterior, as bolsas de Nova York também operaram em território

Leia mais

Diário do Mercado. Citi Corretora. Market Overview. Empresas & Setores. Ibovespa Intra Day. 9 de janeiro de 2015

Diário do Mercado. Citi Corretora. Market Overview. Empresas & Setores. Ibovespa Intra Day. 9 de janeiro de 2015 Diário do Mercado Market Overview Fechamento: O Ibovespa encerrou a sessão em alta de 0,97%, a 49.943 pontos, seguindo o desempenho do mercado acionário internacional, após o Fed sinalizar que não deve

Leia mais

Diário do Mercado. Market Overview. Estratégia. Empresas & Setores. Economia. 23 de novembro de 2012. Ibovespa Intra Day.

Diário do Mercado. Market Overview. Estratégia. Empresas & Setores. Economia. 23 de novembro de 2012. Ibovespa Intra Day. Diário do Mercado 23 de novembro de 2012 Market Overview Fechamento: Sem a referência das bolsas dos EUA, fechadas por conta do feriado de Ação de Graças, o Ibovespa registrou leve alta de 0,35%, encerrando

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Altas e Baixas do Ibovespa. Câmbio. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Altas e Baixas do Ibovespa. Câmbio. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa A Bovespa já iniciou o ano novo indicando que será mais um período de muita volatilidade para as ações. Diante de um cenário de grandes incertezas do lado doméstico e de olho nos acontecimentos

Leia mais

Diário do Mercado. Citi Corretora. Market Overview. Empresas & Setores. Ibovespa Intra Day. 20 de março de 2015

Diário do Mercado. Citi Corretora. Market Overview. Empresas & Setores. Ibovespa Intra Day. 20 de março de 2015 Diário do Mercado Market Overview Fechamento: O Ibovespa encerrou a sessão em queda de 1,11%, a 50.953 pontos, seguindo o desempenho das bolsas de valores nos EUA, que foram impactadas por mais um movimento

Leia mais

Diário do Mercado. Citi Corretora. Market Overview. Empresas & Setores. Ibovespa Intra Day. 26 de junho de 2015

Diário do Mercado. Citi Corretora. Market Overview. Empresas & Setores. Ibovespa Intra Day. 26 de junho de 2015 Diário do Mercado Market Overview Fechamento: O Ibovespa encerrou a sessão em queda de -1,2%, a 53.175 pontos, pressionado pelo fraco desempenho de siderúrgicas, ações de empresas do setor de energia e

Leia mais

Diário do Mercado. Market Overview. Estratégia de Mercado. Empresas & Setores. Economia. Agenda. 13 de dezembro de 2011. Ibovespa - Intra Day

Diário do Mercado. Market Overview. Estratégia de Mercado. Empresas & Setores. Economia. Agenda. 13 de dezembro de 2011. Ibovespa - Intra Day Diário do Mercado 13 de dezembro de 2011 Market Overview Fechamento: O Ibovespa acompanhou o pessimismo nos mercados internacionais e cedeu 1,53%, encerrando o dia aos 57.347 pontos. Com a agenda de indicadores

Leia mais

Diário do Mercado. Market Overview. Empresas & Setores. Economia. 7 de junho de 2013. Ibovespa Intra Day. Performance (%)

Diário do Mercado. Market Overview. Empresas & Setores. Economia. 7 de junho de 2013. Ibovespa Intra Day. Performance (%) Diário do Mercado 7 de junho de 2013 Market Overview Fechamento: O Ibovespa acompanhou a recuperação das bolsas norte americanas e encerrou a última sessão em ligeira alta (+0,16%), aos 52.885 pontos.

Leia mais

Spinelli Mercado Top Picks Semanal

Spinelli Mercado Top Picks Semanal 16 de Novembro de 2010 Spinelli Mercado Top Picks Semanal Retorno (%) Fechamento Semana Mês Atual 12 Meses Brasil R$ Ibovespa 70,367-3.08-0.43 9.18 IBX-50 9,670-3.15 0.27 5.96 Américas Dow Jones 11,202-1.80

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa O Ibovespa não conseguiu sustentar o movimento de alta do começo da tarde e terminou o dia em queda de 0,15% aos 53.100 pontos, com baixo volume financeiro de R$ 4,7 bilhões, acumulando

Leia mais

O desafio da competitividade. Maio 2012

O desafio da competitividade. Maio 2012 O desafio da competitividade Maio 2012 ECONOMY RESEARCH Roberto Padovani Economista-Chefe (55 11) 5171.5623 roberto.padovani@votorantimcorretora.com.br Rafael Espinoso Estrategista CNPI-T (55 11) 5171.5723

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa A Bovespa registrou, na sexta-feira, mais um pregão de baixo volume financeiro (R$ 5,5 bilhões) em dia de agenda fraca. O mercado já vem há vários dias operando com baixo volume e com predomínio

Leia mais

INFORME ECONÔMICO 9 de outubro de 2015

INFORME ECONÔMICO 9 de outubro de 2015 Aug-10 Feb-11 Aug-11 Feb-12 Aug-12 Feb-13 Aug-13 Feb-14 Aug-14 Feb-15 Aug-15 INFORME ECONÔMICO RESENHA SEMANAL E PERSPECTIVAS Alta de juros nesse ano ainda é o cenário base do FED. No Brasil, a inflação

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Bolsa. Índices, Câmbio e Commodities. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Bolsa. Índices, Câmbio e Commodities. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa Ontem a Bovespa não seguiu o ritmo dos mercados internacionais que tiveram dia de alta. A queda de Vale, Petrobras e dos principais bancos, contribuiu para o fechamento em baixa de 0,53%,

Leia mais

INFORME ECONÔMICO 20 de março de 2015

INFORME ECONÔMICO 20 de março de 2015 RESENHA SEMANAL E PERSPECTIVAS FED reduz projeções de crescimento e inflação nesse ano, e mostra cautela em relação ao início do aperto monetário nos EUA. No Brasil, inflação se mantém pressionada. O Comitê

Leia mais

INFORME ECONÔMICO 29 de maio de 2015

INFORME ECONÔMICO 29 de maio de 2015 RESENHA SEMANAL E PERSPECTIVAS Atividade econômica mostra reação nos EUA. No Brasil, o PIB contraiu abaixo do esperado. Nos EUA, os dados econômicos mais recentes sinalizam que a retomada da atividade

Leia mais

Panorama Econômico Abril de 2014

Panorama Econômico Abril de 2014 1 Panorama Econômico Abril de 2014 Alerta Esta publicação faz referência a análises/avaliações de profissionais da equipe de economistas do Banco do Brasil, não refletindo necessariamente o posicionamento

Leia mais

INFORME ECONÔMICO 24 de abril de 2015

INFORME ECONÔMICO 24 de abril de 2015 RESENHA SEMANAL E PERSPECTIVAS Economia global não dá sinais de retomada da atividade. No Brasil, o relatório de crédito apresentou leve melhora em março. Nos EUA, os dados de atividade seguem compatíveis

Leia mais

INFORME ECONÔMICO 22 de maio de 2015

INFORME ECONÔMICO 22 de maio de 2015 RESENHA SEMANAL E PERSPECTIVAS Setor de construção surpreende positivamente nos EUA. Cenário de atividade fraca no Brasil impacta o mercado de trabalho. Nos EUA, os indicadores do setor de construção registraram

Leia mais

Panorama Econômico. Principais Fatos da Semana. 04 de Maio de 2015. Sumário. Acompanhamento De 27 de Abril a 01 de Maio

Panorama Econômico. Principais Fatos da Semana. 04 de Maio de 2015. Sumário. Acompanhamento De 27 de Abril a 01 de Maio Panorama Econômico 04 de Maio de 2015 Sumário Principais Fatos da Semana 1 Economia EUA 2 Economia Brasileira 3 Índices de Mercado 5 Calendário Semanal 5 Acompanhamento Principais Fatos da Semana Nos Estados

Leia mais

Relatório Econômico Mensal Agosto 2011

Relatório Econômico Mensal Agosto 2011 Relatório Econômico Mensal Agosto 2011 Tópicos Economia Americana: Confiança em baixa Pág.3 EUA X Japão Pág. 4 Mercados Emergentes: China segue apertando as condições monetárias Pág.5 Economia Brasileira:

Leia mais

Diário do Mercado. Market Overview. Empresas & Setores. Economia. Agenda. 11 de abril de 2013. Ibovespa Intra Day. Performance (%)

Diário do Mercado. Market Overview. Empresas & Setores. Economia. Agenda. 11 de abril de 2013. Ibovespa Intra Day. Performance (%) Diário do Mercado 11 de abril de 2013 Market Overview Fechamento: O Ibovespa encerrou a sessão em alta de 0,49%, aos 56.187 pontos, longe da máxima do dia quando chegou a subir 1,9%. Bolsas nos EUA e na

Leia mais

Relatório Econômico Mensal Agosto de 2015. Turim Family Office & Investment Management

Relatório Econômico Mensal Agosto de 2015. Turim Family Office & Investment Management Relatório Econômico Mensal Agosto de 2015 Turim Family Office & Investment Management ESTADOS UNIDOS TÓPICOS ECONOMIA GLOBAL Economia Global: EUA: PIB e Juros... Pág.3 Europa: Recuperação e Grécia... Pág.4

Leia mais

Relatório Semanal de Estratégia de Investimento

Relatório Semanal de Estratégia de Investimento 9 de março de 2015 Relatório Semanal de Estratégia de Investimento Destaques da Semana Economia internacional: Dados positivos nos Estados Unidos aproximam aumento de juros; DXY tem forte alta na semana;

Leia mais

Relatório Mensal. 2015 Março. Instituto de Previdência e Assistência do Município do Rio de Janeiro - PREVI-RIO DIRETORIA DE INVESTIMENTOS

Relatório Mensal. 2015 Março. Instituto de Previdência e Assistência do Município do Rio de Janeiro - PREVI-RIO DIRETORIA DE INVESTIMENTOS Relatório Mensal 2015 Março Instituto de Previdência e Assistência do Município do Rio de Janeiro - PREVI-RIO DIRETORIA DE INVESTIMENTOS Composição da Carteira Ativos Mobiliários, Imobiliários e Recebíveis

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa Ontem, a Bovespa não conseguiu acompanhar os mercados internacionais, com o peso das principais ações do índice - OGX, Vale e Petrobras - além de bancos e siderúrgicas. O Ibovespa encerrou

Leia mais

Sexta-feira, 06 de Maio de 2013. DESTAQUES

Sexta-feira, 06 de Maio de 2013. DESTAQUES DESTAQUES Bolsa encerra semana em alta Mercado aguarda IPCA para ajustar cenários Divisão Consumo da Hypermarcas cresce 10% M.Dias Branco tem lucro de R$108 mi Contax aprovou R$ 55,4 milhões em dividendos

Leia mais

Carteira Top Pick Dezembro 01.12.13

Carteira Top Pick Dezembro 01.12.13 CARTEIRA COMENTÁRIO Carteira Top Pick Dezembro 01.12.13 A carteira direcional recomendada pela equipe de analistas da Socopa Corretora é mensalmente avaliada buscando relacionar as cinco melhores opções

Leia mais

Diário do Mercado. Market Overview. Estratégia. Economia. Agenda do dia. 26 de agosto de 2011. Ibovespa - Intra Day

Diário do Mercado. Market Overview. Estratégia. Economia. Agenda do dia. 26 de agosto de 2011. Ibovespa - Intra Day Diário do Mercado 26 de agosto de 2011 Market Overview Fechamento: Ibovespa fechou em queda de 1,57% aos 52.953 pontos. Ações dos bancos apresentaram desempenho acima da média, seguindo o bom desempenho

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa O Ibovespa voltou a subir ontem refletindo os dados positivos da China que vieram na contramão da expectativa do mercado e também os indicadores dos Estados Unidos, que ajudaram a Bovespa

Leia mais

Quarta-feira, 21 de Agosto de 2013. DESTAQUES

Quarta-feira, 21 de Agosto de 2013. DESTAQUES DESTAQUES Bolsa interrompe série de altas Dólar cai após seis altas com ação do BC Tesouro dá liquidez aos títulos Latam registra prejuízo líquido no 2º tri Itaú renova acordo com Fiat Faturamento da Minerva

Leia mais

Spinelli Panorama Diário

Spinelli Panorama Diário Spinelli Panorama Diário 09 de fevereiro de 2010 Indicadores Variação - % Pontos dia semana mês Bolsas Ibovespa 63.153 0,62 0,62-3,44 IBX 19.989 0,47 0,47-3,70 S&P500 1.056-0,89-0,89-1,60 Dow Jones 9.908-1,04-1,04-1,58

Leia mais

Sexta-feira, 24 de Janeiro de 2014. DESTAQUES

Sexta-feira, 24 de Janeiro de 2014. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa fecha em baixa de 2% Ibovespa tem 2º pior resultado entre emergentes Estrangeiros compram participações no varejo Consorcio aprova até US$ 500 milhões para Libra Brookfield lidera Ibovespa

Leia mais

EconoWeek Relatório Semanal. EconoWeek 18/05/2015

EconoWeek Relatório Semanal. EconoWeek 18/05/2015 18/05/2015 EconoWeek DESTAQUE INTERNACIONAL Semana bastante volátil de mercado, com uma agenda mais restrita em termos de indicadores macroeconômicos. Entre os principais destaques, os resultados de Produto

Leia mais

Diário do Mercado. Market Overview. Empresas & Setores. Agenda. 11 de janeiro de 2012. Ibovespa - Intra Day. Performance - Principais Mercados (%)

Diário do Mercado. Market Overview. Empresas & Setores. Agenda. 11 de janeiro de 2012. Ibovespa - Intra Day. Performance - Principais Mercados (%) Diário do Mercado 11 de janeiro de 2012 Market Overview Fechamento: O Ibovespa acompanhou as bolsas internacionais e encerrou o dia em alta de 1,22%, aos 58.806 pontos, no maior patamar desde Julho/11.

Leia mais

Relatório Econômico Mensal Março de 2015. Turim Family Office & Investment Management

Relatório Econômico Mensal Março de 2015. Turim Family Office & Investment Management Relatório Econômico Mensal Março de 2015 Turim Family Office & Investment Management ESTADOS UNIDOS TÓPICOS ECONOMIA GLOBAL Economia Global: EUA: Fed e Curva de Juros...Pág.3 Europa: Melhora dos Indicadores...Pág.4

Leia mais

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Agosto. Carteira Sugerida de Julho

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Agosto. Carteira Sugerida de Julho A carteira direcional recomendada pela equipe de analistas da Socopa Corretora é mensalmente avaliada buscando relacionar as cinco melhores opções de investimento para o mês subseqüente dentro dos ativos

Leia mais

Relatório Econômico Mensal JULHO/13

Relatório Econômico Mensal JULHO/13 Relatório Econômico Mensal JULHO/13 Índice INDICADORES FINANCEIROS 3 PROJEÇÕES 4 CENÁRIO EXTERNO 5 CENÁRIO DOMÉSTICO 7 RENDA FIXA 8 RENDA VARIÁVEL 9 Indicadores Financeiros BOLSA DE VALORES AMÉRICAS mês

Leia mais

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Dezembro. Carteira Sugerida de Novembro

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Dezembro. Carteira Sugerida de Novembro A carteira direcional recomendada pela equipe de analistas da Socopa Corretora é mensalmente avaliada buscando relacionar as cinco melhores opções de investimento para o mês subseqüente dentro dos ativos

Leia mais

Análise Técnica Semanal

Análise Técnica Semanal Guia Semanal Análise Técnica Semanal 20 de janeiro de 2011 20 de janeiro de 2011 Cesar Crivelli, CNPI-P Sumário Resumo... Ibovespa... CRB... S&P500... 3 4 5 6 DXY... 7 EURO... 8 Resumo Ibovespa Mercado

Leia mais

Diário do Mercado. Citi Corretora. Market Overview. Empresas & Setores. Ibovespa Intra Day. 14 de janeiro de 2016

Diário do Mercado. Citi Corretora. Market Overview. Empresas & Setores. Ibovespa Intra Day. 14 de janeiro de 2016 Diário do Mercado Market Overview Fechamento: O Ibovespa encerrou a sessão em queda de 1,44%, a 38.944 pontos, seguindo o desempenho do mercado acionário norte americano, com o setor de energia entre as

Leia mais

Relatório Semanal de Estratégia de Investimento

Relatório Semanal de Estratégia de Investimento 12 de janeiro de 2015 Relatório Semanal de Estratégia de Investimento Destaques da Semana Economia internacional: Deflação na Europa reforça crença no QE (22/11); Pacote de U$1 trilhão em infraestrutura

Leia mais

Petrobras, Poupança e Inflação. 16 de Abril de 2015

Petrobras, Poupança e Inflação. 16 de Abril de 2015 Petrobras, Poupança e Inflação 16 de Abril de 2015 Tópicos Poupança e Cenário Econômico Petrobras Fundos Poupança e Cenário Econômico Caderneta de Poupança 1990: Data do confisco:16 de março de 1990. Cenário

Leia mais

Panorama Diário Spinelli

Panorama Diário Spinelli Indicadores Variação -% Bolsas Pontos Dia Mês Ano Ibovespa 66.684 0,61% -2,77% -3,78% IBX 21.607 0,56% -3,48% -2,84% S&P500 1.320 0,93% -0,47% 4,93% Dow Jones 12.342 0,46% 0,18% 6,60% Câmbio 73.000 71.000

Leia mais

24 a 28 de janeiro de 2011

24 a 28 de janeiro de 2011 24 a 28 de janeiro de 2011 Acontece na semana Após a reunião do Copom, que decidiu por unanimidade elevar a Selic em 50 bps na semana passada, o mercado aguarda a divulgação da Ata que ocorrerá nesta quinta-feira.

Leia mais

Boletim Planner. Investment Research. Mercados... Altas e baixas do Ibovespa. Mercado Futuro. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Planner. Investment Research. Mercados... Altas e baixas do Ibovespa. Mercado Futuro. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) out-10 dez-10 fev-11 abr-11 jun-11 ago-11 out-11 dez-11 fev-12 abr-12 Investment Research Sexta-feira, 20 de Abril de 2012 Mercados... Bolsa - A aversão ao risco dominou os mercados nesta quinta-feira

Leia mais

Baixa do dólar e recuo das Treasuries corroboram para fechamento dos juros futuros; Fatores domésticos levam a depreciação do dólar frente ao real;

Baixa do dólar e recuo das Treasuries corroboram para fechamento dos juros futuros; Fatores domésticos levam a depreciação do dólar frente ao real; 20-jan-2014 Baixa do dólar e recuo das Treasuries corroboram para fechamento dos juros futuros; Fatores domésticos levam a depreciação do dólar frente ao real; Ibovespa recuou 1,04% na semana, seguindo

Leia mais

Cenário Macroeconômico

Cenário Macroeconômico INSTABILIDADE POLÍTICA E PIORA ECONÔMICA 24 de Março de 2015 Nas últimas semanas, a instabilidade política passou a impactar mais fortemente o risco soberano brasileiro e o Real teve forte desvalorização.

Leia mais

Perspectivas para a Inflação

Perspectivas para a Inflação Perspectivas para a Inflação Carlos Hamilton Araújo Setembro de 213 Índice I. Introdução II. Ambiente Internacional III. Condições Financeiras IV. Atividade V. Evolução da Inflação 2 I. Introdução 3 Missão

Leia mais

Segunda-feira, 03 de Fevereiro de 2014. DESTAQUES

Segunda-feira, 03 de Fevereiro de 2014. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa perde 7,5% em janeiro Mercado eleva projeção para a Selic Petrobras terceiriza parte das refinarias BTG mira mercado de previdência Localiza tem lucro líquido de R$90 milhões Cade aprova

Leia mais

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Julho. Carteira Sugerida de Junho

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Julho. Carteira Sugerida de Junho A carteira direcional recomendada pela equipe de analistas da Socopa Corretora é mensalmente avaliada buscando relacionar as cinco melhores opções de investimento para o mês subseqüente dentro dos ativos

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Juros. Altas e Baixas do Ibovespa. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Juros. Altas e Baixas do Ibovespa. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa A Bovespa não conseguiu sustentar o movimento de alta dos últimos dias com movimento de realização de lucro em importantes empresas do Índice. O Ibovespa terminou o dia em baixa de 0,45%,

Leia mais

Relatório Mensal Agosto/2015

Relatório Mensal Agosto/2015 1. Cenário Econômico Relatório Mensal GLOBAL: A ata da reunião de julho do FOMC (Federal Open Market Committee) trouxe um tom mais conciliador. Embora a avaliação em relação à atividade econômica tenha

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa A Bovespa encerrou ontem em queda de 0,34% aos 50.993 pontos com volume reduzido de R$ 4,2 bilhões. Os investidores estão fora do mercado aproveitando o noticiário fraco e agenda econômica

Leia mais

C&M CENÁRIOS 8/2013 CENÁRIOS PARA A ECONOMIA INTERNACIONAL E BRASILEIRA

C&M CENÁRIOS 8/2013 CENÁRIOS PARA A ECONOMIA INTERNACIONAL E BRASILEIRA C&M CENÁRIOS 8/2013 CENÁRIOS PARA A ECONOMIA INTERNACIONAL E BRASILEIRA HENRIQUE MARINHO MAIO DE 2013 Economia Internacional Atividade Econômica A divulgação dos resultados do crescimento econômico dos

Leia mais

ECONOMIA INTERNACIONAL

ECONOMIA INTERNACIONAL No mês de fevereiro foram divulgadas as estatísticas das principais economias mundiais. Cabe ressaltar ainda, o efeito negativo da crise na Ucrânia nos mercados internacionais, uma vez que o grau de tensão

Leia mais

Segunda-feira 01 de Dezembro de 2014. DESTAQUES

Segunda-feira 01 de Dezembro de 2014. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa tem queda, mas encerra mês em alta Mercado vê inflação maior e PIB baixo em 2015 Casino vai acelerar expansão do Pão de Açúcar Minério de ferro cai 48% e tem pior cenário Brokers fecha

Leia mais

Análise Técnica Semanal

Análise Técnica Semanal Guia Semanal Análise Técnica Semanal 17 de fevereiro de 11 17 de fevereiro de 11 Cesar Crivelli, CNPI-P Rodrigo Takeuchi, CNPI-T Novidade! IFR Setorial Ações x Média Móvel Sumário Resumo... Ibovespa...

Leia mais

Juros caem em semana de forte ingresso de capital estrangeiro no mercado;

Juros caem em semana de forte ingresso de capital estrangeiro no mercado; 31-mar-2014 Juros caem em semana de forte ingresso de capital estrangeiro no mercado; Dólar se deprecia 2,7% na semana, influenciado por entrada de fluxo positivo; Ibovespa sobe 5,0% na semana, se aproximando

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Altas e Baixas do Ibovespa. Câmbio. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Altas e Baixas do Ibovespa. Câmbio. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa A Bovespa fechou o dia em ligeira alta (0,17%) aos 47.364 pontos, com os investidores avaliando as propostas do governo federal e também a reação dos políticos ao pacote. Os cortes de despesas

Leia mais

Carteira Recomendada RENDA FIXA segunda-feira, 1 de junho de 2015

Carteira Recomendada RENDA FIXA segunda-feira, 1 de junho de 2015 1. Alocação recomendada para Junho de 2015 Classe de Ativo Carteira Conservadora* Carteira Moderada* Carteira Agressiva* Curto Prazo Longo Prazo Curto Prazo Longo Prazo Curto Prazo Longo Prazo Pós-Fixado

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Altas e Baixas do Ibovespa. Câmbio. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Altas e Baixas do Ibovespa. Câmbio. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa A queda das bolsas internacionais não ajudou a pressionar o mercado doméstico em dia de indicadores fracos na China e nos Estados Unidos. A aversão ao risco aumentou nos últimos dias com

Leia mais

Diário do Mercado. Citi Corretora. Market Overview. Empresas & Setores. Ibovespa Intra Day. 6 de maio de 2015

Diário do Mercado. Citi Corretora. Market Overview. Empresas & Setores. Ibovespa Intra Day. 6 de maio de 2015 Diário do Mercado Market Overview Fechamento: O Ibovespa encerrou a sessão em alta de 1,2%, a 58.051 pontos, renovando a máxima do ano. A continuidade do fluxo de estrangeiros continuou impulsionando o

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa Depois da forte queda na segunda-feira a Bovespa conseguiu recuperar parte da perda e encerrou o pregão de ontem com valorização de 1,77% aos 46.964 pontos e com volume financeiro de R$

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) a MERCADOS Bolsa O Ibovespa teve mais um dia de volatilidade nos negócios, influenciado pelo vencimento do Ibovespa futuro e das opções sobre o índice e também pelos dados divulgados nos Estados Unidos

Leia mais

Relatório Econômico Mensal Junho de 2015. Turim Family Office & Investment Management

Relatório Econômico Mensal Junho de 2015. Turim Family Office & Investment Management Relatório Econômico Mensal Junho de 2015 Turim Family Office & Investment Management ESTADOS UNIDOS TÓPICOS ECONOMIA GLOBAL Economia Global: EUA: Reunião do FOMC...Pág.3 Europa: Grécia...Pág.4 China: Condições

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Altas e Baixas do Ibovespa. Câmbio. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Altas e Baixas do Ibovespa. Câmbio. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa A Bovespa voltou a mostrar força ontem, suportada pelo mesmo motivo: a corrida eleitoral. Enquanto os mercados internacionais mostram espaço para a continuidade da realização de lucros a

Leia mais

21/11/2013. Rentabilidade (1) (%) Perfil de Risco. Tax. Adm. a.a. Mínimo Aplicação

21/11/2013. Rentabilidade (1) (%) Perfil de Risco. Tax. Adm. a.a. Mínimo Aplicação Opções de Investimento Perfil de Risco Rentabilidade (1) (%) Tax. Adm. a.a. Performance Benchmark Mínimo Aplicação Mínimo Movimentação Mês Ano 12 meses Ações (2 ) GALT Fundo de Investimento em Ações Arrojado

Leia mais

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 4 de julho de 2016. Destaques na Agenda

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 4 de julho de 2016. Destaques na Agenda Análise Fundamentalista Análise XP Panorama Semanal Estratégia & Portfólio Nesta semana optamos por reduzir nossa exposição em Lojas Renner, pelo bom desempenho do ativo no mês de junho, onde o mesmo apresenta

Leia mais

Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2016. DESTAQUES

Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2016. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa cai pressionada por petróleo Copom segue Tombini e mantém juro Setores de siderurgia e petróleo perdem importância no Ibovespa Para crescer no Brasil, preço baixo e corte de custos Dólar

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Altas e Baixas do Ibovespa. Câmbio. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Altas e Baixas do Ibovespa. Câmbio. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) 13 de Junho de 2013 MERCADOS Bolsa A Bovespa seguiu em queda ontem, desta vez influenciada pelo exercício de Ibovespa futuro e de opções sobre o Ibovespa e mau humor no mercado externo, com as bolsas norte-americanas

Leia mais

Relatório Semanal de Estratégia de Investimento

Relatório Semanal de Estratégia de Investimento 17 de novembro de 2014 Relatório Semanal de Estratégia de Investimento Destaque da Semana Economia internacional: Bancos Centrais dominam atenção dos mercados. BCE sinaliza política monetária expansionista;

Leia mais

Diário do Mercado. Citi Corretora. Market Overview. Empresas & Setores. Ibovespa Intra Day. 30 de abril de 2015

Diário do Mercado. Citi Corretora. Market Overview. Empresas & Setores. Ibovespa Intra Day. 30 de abril de 2015 Diário do Mercado Market Overview Fechamento: O Ibovespa encerrou a sessão em baixa de 0,87%, a 55.325 pontos, seguindo os mercados internacionais. A agenda econômica carregada trouxe volatilidade ao mercado,

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Bolsa. Índices, Câmbio e Commodities. Altas e Baixas do Ibovespa. Câmbio. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Bolsa. Índices, Câmbio e Commodities. Altas e Baixas do Ibovespa. Câmbio. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa A Bovespa chegou a operar em queda na parte da manhã, mas passou por recuperação na parte da tarde acompanhando o avanço das bolsas dos EUA, e fechou em alta de 1,13% aos 54,236 pontos.

Leia mais

Relatório Semanal de Estratégia de Investimento

Relatório Semanal de Estratégia de Investimento 10 de agosto de 2015 Relatório Semanal de Estratégia de Investimento Destaques da Semana Economia internacional: Agentes veem maior probabilidade de alta de juros nos Estados Unidos em setembro e bolsa

Leia mais

Relatório Semanal de Estratégia de Investimento

Relatório Semanal de Estratégia de Investimento 23 de fevereiro de 2015 Relatório Semanal de Estratégia de Investimento Destaques da Semana Economia internacional: Ata do FED vem com tom mais dovish; DXY e Commodities tem movimento lateral durante a

Leia mais

Relatório Semanal de Estratégia de Investimento

Relatório Semanal de Estratégia de Investimento 14 de setembro de 2015 Relatório Semanal de Estratégia de Investimento Destaques da Semana Economia internacional: Expectativa de alta de juros nos EUA continua trazendo volatilidade para os mercados;

Leia mais

ConjunturaSemanal. Sinais de menor inflação e atividade fraca explicam queda dos juros futuros;

ConjunturaSemanal. Sinais de menor inflação e atividade fraca explicam queda dos juros futuros; 06-jun-2014 Sinais de menor inflação e atividade fraca explicam queda dos juros futuros; Dólar encerra semana em alta diante de expectativa de retirada de operações de swap; Ibovespa recuou 2,6% na semana,

Leia mais

O MERCADO NA SEMANA 19 de Dezembro de 2011 ECONOMIA BRASILEIRA. SEMANA PASSADA Os dados da semana passada e as implicações para o cenário

O MERCADO NA SEMANA 19 de Dezembro de 2011 ECONOMIA BRASILEIRA. SEMANA PASSADA Os dados da semana passada e as implicações para o cenário ECONOMIA BRASILEIRA SEMANA PASSADA Os dados da semana passada e as implicações para o cenário OS MERCADOS Como o mercado financeiro reagiu Indicadores de atividade mostram desaceleração da economia PMC

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa A Bovespa registrou o terceiro pregão em alta na terça-feira, (+1,53%) fechando aos 50.890 pontos, mais uma vez ajudada pelas ações de Petrobras e Vale. O volume financeiro fraco (R$ 4,56

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Altas e Baixas do Ibovespa. Câmbio. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Altas e Baixas do Ibovespa. Câmbio. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa O vencimento dos contratos de Ibovespa futuro hoje fez a Bovespa descolar dos mercados internacionais ontem. A Bovespa encerrou o dia com alta de 1,50%, aos 54.980 pontos, puxada pela forte

Leia mais

Quarta-feira, 25 de Setembro de 2013. DESTAQUES

Quarta-feira, 25 de Setembro de 2013. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa tem dia de correção Teto da dívida dos EUA agita mercado Vale negocia contratos nos EUA Embraer passa a deter ações da Atech TIM e Vivo tem forte alta Retomada a oferta de ações Tupy

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa A Bovespa registrou mais um dia de recuperação, mesmo com as bolsas internacionais do lado negativo. O Ibovespa terminou a sessão em alta de 0,65%, aos 56.034 pontos. O giro financeiro totalizou

Leia mais

Relatório da Organização dos Países Exportadores de Petróleo

Relatório da Organização dos Países Exportadores de Petróleo 1 27 de Abril de 2015 Relatório da Organização dos Países Exportadores de Petróleo Foi divulgado o quarto relatório da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) em 2015, com destaque para

Leia mais

RELATÓRIO MENSAL DE INVESTIMENTOS INFINITY JUSPREV

RELATÓRIO MENSAL DE INVESTIMENTOS INFINITY JUSPREV São Paulo, 06 de julho de 2010. CENÁRIO ECONÔMICO EM JUNHO A persistência dos temores em relação à continuidade do processo de recuperação das economias centrais após a divulgação dos recentes dados de

Leia mais

Relatório Econômico Mensal Maio de 2015. Turim Family Office & Investment Management

Relatório Econômico Mensal Maio de 2015. Turim Family Office & Investment Management Relatório Econômico Mensal Maio de 2015 Turim Family Office & Investment Management ESTADOS UNIDOS TÓPICOS ECONOMIA GLOBAL Economia Global: EUA: GDP Mais Fraco no Primeiro Trimestre...Pág.3 Europa: Curva

Leia mais

SETEMBRO/2015 RELATÓRIO ECONÔMICO

SETEMBRO/2015 RELATÓRIO ECONÔMICO RELATÓRIO ECONÔMICO ÍNDICE Indicadores Financeiros Pág. 3 Projeções Pág. 4-5 Cenário Externo Pág. 6 Cenário Doméstico Pág. 7 Renda Fixa e Renda Variável Pág. 8 INDICADORES FINANCEIROS BOLSA DE VALORES

Leia mais

Semana com dólar em forte queda, alta da Bolsa e menor pressão nos juros futuros; Programa de intervenção do BCB no câmbio vem surtindo efeito;

Semana com dólar em forte queda, alta da Bolsa e menor pressão nos juros futuros; Programa de intervenção do BCB no câmbio vem surtindo efeito; 06-set-2013 Semana com dólar em forte queda, alta da Bolsa e menor pressão nos juros futuros; Programa de intervenção do BCB no câmbio vem surtindo efeito; Ata do Copom referendou nosso novo cenário para

Leia mais

ABDIB Associação Brasileira da Infra-estrutura e Indústrias de base

ABDIB Associação Brasileira da Infra-estrutura e Indústrias de base ABDIB Associação Brasileira da Infra-estrutura e Indústrias de base Cenário Econômico Internacional & Brasil Prof. Dr. Antonio Corrêa de Lacerda antonio.lacerda@siemens.com São Paulo, 14 de março de 2007

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) 17 de Julho de 2015 MERCADOS Bolsa A Bovespa fechou nesta quinta-feira em alta de 0,32% aos 53.070 pontos, após um pregão de volatilidade, com baixo volume financeiro de apenas R$ 3,9 bilhões. Como pano

Leia mais

Cenário Econômico para 2014

Cenário Econômico para 2014 Cenário Econômico para 2014 Silvia Matos 18 de Novembro de 2013 Novembro de 2013 Cenário Externo As incertezas com relação ao cenário externo em 2014 são muito elevadas Do ponto de vista de crescimento,

Leia mais

Perspectivas da Economia Brasileira

Perspectivas da Economia Brasileira Perspectivas da Economia Brasileira CÂMARA DOS DEPUTADOS Ministro Guido Mantega Comissão de Fiscalização Financeira e Controle Comissão de Finanças e Tributação Brasília, 14 de maio de 2014 1 Economia

Leia mais

Agenda. 1. Conjuntura econômica internacional 2. Conjuntura nacional 3. Construção Civil Geral Imobiliário

Agenda. 1. Conjuntura econômica internacional 2. Conjuntura nacional 3. Construção Civil Geral Imobiliário Agenda 1. Conjuntura econômica internacional 2. Conjuntura nacional 3. Construção Civil Geral Imobiliário Cenário Internacional Cenário Internacional Mundo cresce, mas pouco. Preocupação com China 4 EUA

Leia mais

Cenário Macroeconômico 2015 X-Infinity Invest

Cenário Macroeconômico 2015 X-Infinity Invest Cenário Macroeconômico 2015 X-Infinity Invest SUMÁRIO PANORAMA 3 ATUAL CONTEXTO NACIONAL 3 ATUAL CONTEXTO INTERNACIONAL 6 CENÁRIO 2015 7 CONTEXTO INTERNACIONAL 7 CONTEXTO BRASIL 8 PROJEÇÕES 9 CÂMBIO 10

Leia mais

Quinta-feira 15 de Janeiro de 2015. DESTAQUES

Quinta-feira 15 de Janeiro de 2015. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa segue mercados internacionais Confiança na equipe chega aos ativos Economia tem leve recuperação em novembro Presidente da Estácio explica Fies a funcionários GPA tem estratégia questionada

Leia mais

Sistema Financeiro e os Fundamentos para o Crescimento

Sistema Financeiro e os Fundamentos para o Crescimento Sistema Financeiro e os Fundamentos para o Crescimento Henrique de Campos Meirelles Novembro de 20 1 Fundamentos macroeconômicos sólidos e medidas anti-crise 2 % a.a. Inflação na meta 8 6 metas cumpridas

Leia mais