Relatório SHST

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Relatório SHST - 2003"

Transcrição

1 Relatório da Actividade dos Serviços de Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho Relatório SHST Programa de Recolha da Informação Manual de Operação Versão 1.0 DEEP Departamento de Estudos, Estatística e Planeamento. Rua Castilho, N.º 24 2º Lisboa Internet:

2 Instalação O DEEP Departamento de Estudos, Estatística e Planeamento do Ministério da Segurança Social e do Trabalho disponibiliza às empresas uma aplicação informática para preenchimento e entrega, por meio informático, do Relatório da Actividade dos Serviços de Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho (Relatório SHST) de A aplicação, através da implementação de uma estrutura de pastas, permite o tratamento da informação do Relatório SHST de várias empresas e dos respectivos estabelecimentos. O Software pode ser instalado nos seguintes Sistemas Operativos: Windows NT4, Windows 95, Windows 98, Windows Millennium, Windows 2000, Windows XP, Windows 2003 e está optimizado para uma resolução de 800x600. Requisitos Mínimos na Instalação: - 15 MB de espaço disponível em disco. - Internet Explorer 4.01 SP2 ou superior. Para instalar o software é necessário fazer o download da Internet em e executar o ficheiro Setup-SHST-M1vxxx.exe. A instalação será efectuada na directoria: C:\SHST 2003\Recolha Será criado um atalho no Ambiente de Trabalho e nos Programas do Menu Inicial do Windows com o nome SHST Recolha. Nota: Para instalar uma nova versão deverá primeiro remover a anterior. Basta executar o Setup-SHST-M1vxxx.exe e escolher a opção remover. Esta remoção não apaga quaisquer dados do(s) Relatório(s) SHST já introduzidos e gravados pelo utilizador. Relatório SHST Manual de Operação - Recolha

3 Botões Gerais Em todas as opções da aplicação, os botões que se apresentam nesta folha têm sempre a mesma função: Fecha a Janela seleccionada. Grava os Dados Cancela a Operação Visualiza Mapa Imprime Mapa Adiciona Novo Registo Edita Registo para Alteração Anula Registo Relatório SHST Manual de Operação - Recolha

4 Menu Inicial Criar Estabelecimento Validar e Enviar Ficheiros Imprimir Mapa ( Ficheiro ETN ) Sair da Aplicação Alterar Estabelecimento Certificar Ficheiro ( ETN ) Ver Créditos do Software Para a entrega, com sucesso, da informação do Relatório SHST serão necessários os seguintes passos : 1) Deverá ser criado um novo Estabelecimento e preenchida a respectiva informação referente ao Relatório SHST. Esta informação, após a utilização da opção <Gravar Dados>, é guardada num ficheiro *.TXT na respectiva pasta (identificada pelo Número de Identificação Fiscal NIF da entidade). 2) A informação referida em 1) pode, eventualmente, ser alterada sendo o respectivo ficheiro *.TXT actualizado. 3) O ficheiro *.TXT deverá ser validado e encriptado sendo, nesta operação, gerado um novo ficheiro do tipo *.ETN e, a este, associada uma Chave de Entrega. 4) Uma cópia do ficheiro *.ETN deverá ser enviada por para o endereço de correio electrónico do DEEP (ou entregue em Disquete ou CD-ROM nas devidas entidades oficiais). Relatório SHST Manual de Operação - Recolha

5 5) O DEEP ao receber o , no endereço de correio electrónico definido exclusivamente para a recepção do Relatório SHST de 2003, com o ficheiro *.ETN anexo, através de aplicacional informático, gera de resposta, para o endereço de correio electrónico de onde foi recebido o , confirmando a aceitação da informação do Relatório e indicando a respectiva Chave de Certificação (6 dígitos). Se o ficheiro *.ETN for entregue em Disquete ou CD-ROM nas respectivas entidades, a Chave de Certificação consta do Relatório de Entrega por estas gerado. 6) O ficheiro *.ETN original, guardado na respectiva pasta do equipamento onde foi gerada a informação enviada, deve ser actualizado com a introdução de Chave de Certificação fornecida. 7) Deverá ser impresso o Relatório de SHST certificado e efectuada cópia de segurança do respectivo ficheiro *.ETN. NOTAS: a) Se a conta de correio electrónico da entidade for através da WEB ( ex: hotmail ) deverá ser criada e enviada para o endereço de uma mensagem com a indicação no Assunto de Envio do Relatório SHST de 2003 e anexado o(s) respectivo(s) ficheiro(s) *.ETN; b) Uma vez que a confirmação da aceitação da informação do Relatório SHST enviado por é enviada para o endereço de correio electrónico de origem deverá ser confirmado que esse endereço está bem configurado e que permite anexar e enviar ficheiros *.ETN. De notar que o(s) ficheiro(s) *.ETN pode(m) ser enviado(s) comprimido(s) em formato *.zip, *.ace, *.rar, *.arj, *.lha,...; c) Se, após 48 horas, não for recebido proveniente do DEEP a confirmar ou a indicar qualquer anomalia na recepção do ficheiro deverá o facto ser comunicado, através do com a identificação da entidade (NIF, Nome,... ) e respectivo contacto para esclarecimento ( , nome, telefone,...). d) O servidor do DEEP apaga correio electrónico recebido que contenha vírus pelo que se aconselha a prévia verificação do equipamento utilizado para envio do . Relatório SHST Manual de Operação - Recolha

6 Janela de Estabelecimento A Janela de Estabelecimento permite editar/actualizar toda a informação referente ao Relatório SHST de um Estabelecimento e validar a sua coerência. Nota: Os campos assinalados com esta imagem são obrigatórios Gravar Ficheiro (txt) Validar Coerência da informação Importar Dados de Contactos e Entidade Empregadora do NIF especificado Como se pode observar no quadro acima existem várias pastas que terão que ser preenchidas correctamente, que correspondem a: Contactos. Identificação dos contactos I. Identificação da entidade empregadora II. Identificação do estabelecimento III. Natureza da modalidade adoptada na organização dos serviços SHST IV. Pessoal dos serviços de Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho V. Pessoas que trabalhavam no estabelecimento VI. Actividade do(s) serviço(s) de Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho VII. Actividades desenvolvidas nos domínios da Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho VIII. Actividade desenvolvida no âmbito da saúde no trabalho IX. Acidentes de trabalho e doenças profissionais Relatório SHST Manual de Operação - Recolha

7 Pode escolher outra subpasta carregando em cima do número Subpasta seleccionada Gestão de Registos Múltiplos Utilize estes botões para criar, alterar ou apagar linhas de informação Os vários tipos de Registos Múltiplos definidos nas subpastas permitem, de acordo com a realidade de cada estabelecimento, o seu não preenchimento ou o preenchimento de um ou mais registos com a respectiva informação. No preenchimento do Relatório SHST é conveniente que seja adoptada uma metodologia que garanta que foram efectuados todos os procedimentos necessários à posterior criação do ficheiro de estabelecimento com a informação total, correcta, e coerente nomeadamente através da Visualização e conferência de TODAS as pastas e subpastas, mesmo que na realidade do estabelecimento em causa não seja aplicável o seu preenchimento. Relatório SHST Manual de Operação - Recolha

8 Janela de Escolha de Estabelecimento A janela de escolha de estabelecimento tem os estabelecimentos agrupados por NIF. Para seleccionar o estabelecimento basta expandir o NIF desejado, seleccionar o estabelecimento pretendido e premir a opção Abrir ou dar duplo clique em cima do estabelecimento. Expandir Estabelecimento Seleccionado Abrir Ficheiro a partir de uma localização específica Abre o ficheiro marcado Relatório SHST Manual de Operação - Recolha

9 Janela de Validação Esta janela aparece após efectuar uma validação física e de coerência de toda a informação do Relatório de SHST do estabelecimento seleccionado. Se existirem erros aparecerá o relatório com a indicação dos problemas encontrados. Pré-Visualizar Relatório Imprimir Relatório Se não aparecer a janela anterior significa que a validação foi efectuada com sucesso, sem erros e/ou avisos, sendo gerado um ficheiro *.ETN e guardado em disco (C:\SHST 2003\Recolha\Empresas\NIF\NIF_2003_xxxx.ETN em que NIF é o número de Identificação Fiscal da entidade e xxxx o número sequencial de estabelecimento para o respectivo NIF). Será apresentada, de seguida a Janela de Envio. Sempre que utilizar a opção Validar e Enviar Ficheiro (TXT), será gerada uma NOVA Chave de Entrega. Só deverá ser repetida a operação se efectuou alterações ou correcções à informação anteriormente validada, caso contrário utilize o ficheiro *.ETN já gerado. Relatório SHST Manual de Operação - Recolha

10 Janela de Envio Esta janela possibilita o envio, por , do ficheiro para o DEEP. Pressionando o ícone faz o envio da cópia do ficheiro *.ETN previamente criado. Após pressionar o botão enviar aparece uma janela com um com o destinatário DEEP, com a identificação do estabelecimento e com o respectivo ficheiro *.ETN em anexo. Terá que carregar no botão ENVIAR para que o seja enviado. O programa de que utiliza tem de ser o predefinido no sistema e ter uma conta de correio electrónico válida. Certifique-se de que o endereço de resposta está correctamente configurado (é para esse endereço que será enviado, pelo DEEP, o com a indicação da recepção. Poderá também (se preferir ou tiver problemas na activação automática via programa ou tiver conta de correio electrónico através de sítio na Internet) elaborar manualmente um , endereçado a com a indicação de Envio do Relatório SHST de 2003 no Assunto, com o(s) respectivo(s) ficheiro(s) em anexo e, proceder ao seu envio. Após a recepção e processamento, no DEEP, do enviado será remetido pelo DEEP novo com a indicação da recepção e, caso a informação seja considerada correcta, a Chave de Certificação (6 dígitos), para poder, após a utilização da opção <Certificar Ficheiro (ETN)>, imprimir o Mapa do Relatório SHST com a indicação de Certificado. Relatório SHST Manual de Operação - Recolha

11 Janela de Certificação de Ficheiro O DEEP ao receber o com o ficheiro válido em anexo (que inclui internamente a Chave de Entrega gerada, na entidade, no processo de validação), enviará, através de um processo informático, um de resposta acusando a recepção e informando qual a Chave de Certificação. O tempo de resposta poderá variar de acordo com o volume de s a processar. Contacte o DEEP, através do endereço de correio electrónico se não receber qualquer resposta ao fim de 48 horas (em dias úteis). Caso tenha optado pela entrega em suporte informático (Disquete ou CD-ROM), a Chave de Certificação consta do Relatório entregue pelos serviços oficiais de recepção do Relatório SHST. Nesta janela pode certificar o ficheiro *.ETN correspondente à cópia enviada ao DEEP. Após seleccionar o ficheiro de estabelecimento aparece a Chave de Entrega. Deverá indicar a Chave de Certificação respectiva e carregar no botão certificar Relatório SHST Manual de Operação - Recolha

12 Janela de Impressão de Mapa Após seleccionar o estabelecimento pode imprimir o relatório de SHST. Se o ficheiro ainda não foi certificado aparece a indicação de Não Certificado. Poderá filtrar quais as folhas que pretende imprimir. Configurar Pré-Visualizar Relatório SHST Imprimir Relatório SHST Escolha das Folhas a Imprimir Nota: Em algumas impressoras as margens padrão ficam desajustadas. Pode configurar as margem da impressora no botão Configurar Relatório SHST Manual de Operação - Recolha

13 Janela de Créditos Nesta janela poderá consultar qual a versão do seu software. Verifique em se está disponível uma versão mais actualizada. Relatório SHST Manual de Operação - Recolha

Relatório SHST - 2003

Relatório SHST - 2003 Relatório da Actividade dos Serviços de Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho Relatório SHST - 2003 Programa de Validação e Encriptação Manual de Operação Versão 1.1 DEEP Departamento de Estudos, Estatística

Leia mais

Versão 1.0. GEP Gabinete de Estratégia e Planeamento. aneamento. Rua Castilho, Nº 24 Lisboa 1250-069 Lisboa Homepage : http://www.gep.mtss.gov.

Versão 1.0. GEP Gabinete de Estratégia e Planeamento. aneamento. Rua Castilho, Nº 24 Lisboa 1250-069 Lisboa Homepage : http://www.gep.mtss.gov. Versão 1.0 GEP Gabinete de Estratégia e Planeamento aneamento. Rua Castilho, Nº 24 Lisboa 1250-069 Lisboa Homepage : http://www.gep.mtss.gov.pt Índice Folha 2 ÍNDICE Folha 1 - Requisitos -------------------------------------------------------------

Leia mais

1. Verificar se a Microsoft.NET Framework 2.0 está instalada. Se não estiver, efectuar o download a partir do link e instalar:

1. Verificar se a Microsoft.NET Framework 2.0 está instalada. Se não estiver, efectuar o download a partir do link e instalar: SigmaDoc INSTALAÇÃO/ACTUALIZAÇÃO Para efectuar a actualização, proceder do seguinte modo: 1. Verificar se a Microsoft.NET Framework 2.0 está instalada. Se não estiver, efectuar o download a partir do link

Leia mais

PAINEL DE ADMINISTRADOR

PAINEL DE ADMINISTRADOR PAINEL DE ADMINISTRADOR IMPORTANTE: O Painel de administrador APENAS deverá ser utilizado pelo responsável do sistema. são: Nesta aplicação, poderá configurar todo o sistema de facturação. As opções do

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO. EcclesiaSoft 2012. v.01

MANUAL DE UTILIZAÇÃO. EcclesiaSoft 2012. v.01 MANUAL DE UTILIZAÇÃO EcclesiaSoft 2012 v.01 1 CONTEÚDO 1. Apresentação:... 4 2. Instalação... 5 3. Configurações iniciais... 5 4. Secretaria... 6 4.1. Criação de uma nova ficha... 8 4.2. Listagem de Pessoas...

Leia mais

Manual do Utilizador. Manual do Utilizador Modelo10 no sisgep. Data última versão: 16.02.2007 Versão : 1.2. Data criação: 26.02.

Manual do Utilizador. Manual do Utilizador Modelo10 no sisgep. Data última versão: 16.02.2007 Versão : 1.2. Data criação: 26.02. Manual do Utilizador Modelo10 no sisgep Manual do Utilizador Modelo10 no sisgep Data última versão: 16.02.2007 Versão : 1.2 Data criação: 26.02.2004 Faro R. Dr. José Filipe Alvares, 31 8005-220 FARO Telf.

Leia mais

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6 MANUAL DO UTILIZADOR A informação contida neste manual, pode ser alterada sem qualquer aviso prévio. A Estratega Software, apesar dos esforços constantes de actualização deste manual e do produto de software,

Leia mais

Apresentação do VisualA

Apresentação do VisualA Propriedade Intelectual: Distribuidor Exclusivo: M. B. Santos Soares, Lda. Cruzinfor Rua João Andersen, 90 1º Dtº Rua 5 de Outubro, 3 B - Paivas 4250-242 PORTO 2840 SEIXAL Tel.: 22.8329107 Tel.: 21.2249533

Leia mais

VERTENTE GESTÃO GLOBAL DE FICHEIROS E ADC S

VERTENTE GESTÃO GLOBAL DE FICHEIROS E ADC S VERTENTE GESTÃO GLOBAL DE FICHEIROS E ADC S PROCEDIMENTOS INICIAIS Opção Utilitários/Selecção de Empresas Em primeiro lugar deverá seleccionar e parametrizar quais as Empresas que irão utilizar o aplicativo.

Leia mais

Guia de Utilização Gestão de Mensagens Fornecedor Janeiro 2010 PLATAFORMA ELECTRÓNICA VORTAL

Guia de Utilização Gestão de Mensagens Fornecedor Janeiro 2010 PLATAFORMA ELECTRÓNICA VORTAL Guia de Utilização Gestão de Mensagens Fornecedor Janeiro 2010 PLATAFORMA ELECTRÓNICA VORTAL Índice Novo Serviço de Gestão de Mensagens... 3 Criar Mensagens... 4 Layout Criar Mensagens... 4 Processo Criar

Leia mais

UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Ambiente de trabalho Configurações Acessórios O Sistema Operativo (SO) é o conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e comunique

Leia mais

GUIA DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO. (Módulo da Entidade Parceira Exclusivamente Financiadora)

GUIA DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO. (Módulo da Entidade Parceira Exclusivamente Financiadora) ACÇÃO 4.2.2 REDES TEMÁTICAS DE INFORMAÇÃO E DIVULGAÇÃO GUIA DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO (Módulo da Entidade Parceira Exclusivamente Financiadora) União Europeia FEADER PRODER 1 INSTRUÇÕES PARA UMA CORRECTA

Leia mais

Boot Camp Manual de Instalação e Configuração

Boot Camp Manual de Instalação e Configuração Boot Camp Manual de Instalação e Configuração Conteúdo 3 Introdução 3 Do que necessita 4 Descrição geral da instalação 4 Passo 1: Procurar actualizações 4 Passo 2: Preparar o computador Mac para o Windows

Leia mais

Boot Camp Manual de Instalação e Configuração

Boot Camp Manual de Instalação e Configuração Boot Camp Manual de Instalação e Configuração Índice 3 Introdução 4 Descrição geral da instalação 4 Passo 1: Verificar se existem actualizações 4 Passo 2: Preparar o computador Mac para o Windows 4 Passo

Leia mais

Manual de Utilizador Plataforma de Estágios TIC. www.estagiostic.gov.pt

Manual de Utilizador Plataforma de Estágios TIC. www.estagiostic.gov.pt Manual de Utilizador Plataforma de Estágios TIC www.estagiostic.gov.pt 1 Índice 1 Introdução 3 1.1 Programa de Estágios TIC 3 1.2 Objectivo da plataforma 3 1.3 Perfis 4 1.3.1 Escola 4 1.3.2 Empresa 4 1.3.3

Leia mais

Sistema Integrado de Bibliotecas da Universidade de Lisboa

Sistema Integrado de Bibliotecas da Universidade de Lisboa SIBUL Sistema Integrado de Bibliotecas da Universidade de Lisboa Nota Técnica AUT/3 2004 Janeiro 16 Procedimentos para constituição e modificação de um registo na base de autoridades Nota introdutória

Leia mais

Cópia de Segurança e Recuperação Manual do utilizador

Cópia de Segurança e Recuperação Manual do utilizador Cópia de Segurança e Recuperação Manual do utilizador Copyright 2009 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Windows é uma marca comercial registada nos EUA da Microsoft Corporation. As informações aqui

Leia mais

GUIA DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO. GESTÃO DA MEDIDA 511 Assistência Técnica FEADER

GUIA DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO. GESTÃO DA MEDIDA 511 Assistência Técnica FEADER GUIA DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO GESTÃO DA MEDIDA 511 Assistência Técnica FEADER Outubro 2010 INSTRUÇÕES PARA UMA CORRECTA UTILIZAÇÃO DO FORMULÁRIO Funcionamento genérico Os formulários estão disponíveis

Leia mais

Manual do Fénix. Portal Secretaria da Escola Portal Conselho Científico Portal Direcção de Curso. Candidatura Online para o 2.

Manual do Fénix. Portal Secretaria da Escola Portal Conselho Científico Portal Direcção de Curso. Candidatura Online para o 2. Manual do Fénix Portal Secretaria da Escola Portal Conselho Científico Portal Direcção de Curso Candidatura Online para o 2. º Ciclo SI (Versão 1.0) Maio 2011 Este manual tem como objectivo auxiliar na

Leia mais

GIGrecibos. Sistema de Emissão de Recibos de Donativos. Para Igrejas. Produzido e distribuído por: VIBISinfor Rua Nova, 10 7490-250 MORA

GIGrecibos. Sistema de Emissão de Recibos de Donativos. Para Igrejas. Produzido e distribuído por: VIBISinfor Rua Nova, 10 7490-250 MORA wgig GIGrecibos Sistema de Emissão de Recibos de Donativos Para Igrejas Produzido e distribuído por: VIBISinfor Rua Nova, 10 7490-250 MORA tel: 266403273 www.vibis.com 1 Conteúdo wgig... 1 Avisos legais...

Leia mais

Início Rápido. Nero BackItUp. Ahead Software AG

Início Rápido. Nero BackItUp. Ahead Software AG Início Rápido Nero BackItUp Ahead Software AG Informações sobre copyright e marcas comerciais O manual do utilizador Nero BackItUp e a totalidade do respectivo conteúdo estão protegidos por copyright e

Leia mais

Cópia de Segurança e Recuperação Manual do utilizador

Cópia de Segurança e Recuperação Manual do utilizador Cópia de Segurança e Recuperação Manual do utilizador Copyright 2008 Hewlett-Packard Development Company, L.P. O Windows e o Windows Vista são marcas comerciais ou marcas registadas da Microsoft Corporation,

Leia mais

Manual de Configuração das impressoras (Fotocopiadoras) do AES

Manual de Configuração das impressoras (Fotocopiadoras) do AES AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SERTÃ Manual de Configuração das impressoras (Fotocopiadoras) do AES As impressoras pertencentes à rede administrativa do AES poderão ser instaladas em computadores pessoais,

Leia mais

Índice. Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação?

Índice. Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação? Índice Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação? Como efectuar uma operação de confirmação de estimativas? Como aceder ao Serviço de Certificação

Leia mais

Manual do InCD Reader

Manual do InCD Reader Manual do InCD Reader Nero AG Informações sobre direitos de autor e marcas comerciais Este manual e todo o respectivo conteúdo estão protegidos por direitos de autor e são propriedade da Nero AG. Todos

Leia mais

GESTÃO DE INFORMAÇÃO PESSOAL OUTLOOK (1)

GESTÃO DE INFORMAÇÃO PESSOAL OUTLOOK (1) GESTÃO DE INFORMAÇÃO PESSOAL OUTLOOK (1) MICROSOFT OUTLOOK 2003 - OBJECTIVOS OBJECTIVOS: Enumerar as principais funcionalidades do Outlook; Demonstrar a utilização das ferramentas do correio electrónico;

Leia mais

Bem-vindo! Mustek Systems, Inc.

Bem-vindo! Mustek Systems, Inc. Bem-vindo! Mustek Systems, Inc. As informações contidas neste documento estão sujeitas a alterações sem aviso prévio. As empresas, nomes e dados utilizados nestes exemplos são fictícios, a menos que o

Leia mais

2ºCiclo (5º e 6º Anos de escolaridade) 3ºCiclo (7º e 8º Anos de escolaridade)

2ºCiclo (5º e 6º Anos de escolaridade) 3ºCiclo (7º e 8º Anos de escolaridade) Escola Básica e Secundária de Velas Linhas de Exploração do Quadro de da Disciplina de Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) Oferta de Escola 2ºCiclo (5º e 6º Anos de escolaridade) 3ºCiclo (7º

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PLATAFORMA DE INSCRIÇÕES ONLINE

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PLATAFORMA DE INSCRIÇÕES ONLINE A época de 2012/2013 terá um novo recurso para a Filiação e Inscrições em Provas para os Clubes, Equipas e Agentes Desportivos, tendo sido criada para o efeito uma nova Plataforma de Inscrições Online.

Leia mais

Avaliação do Desempenho do. Pessoal Docente. Manual de Utilizador

Avaliação do Desempenho do. Pessoal Docente. Manual de Utilizador Avaliação do Desempenho do Pessoal Docente Manual de Utilizador Junho de 2011 V6 Índice 1 ENQUADRAMENTO... 4 1.1 Aspectos gerais... 4 1.2 Normas importantes de acesso e utilização da aplicação... 4 1.3

Leia mais

Características da Câmara de Look 312P. Instalar a Câmara de Look 312P

Características da Câmara de Look 312P. Instalar a Câmara de Look 312P Características da Câmara de Look 312P 1 2 3 Objectiva Focagem manual através do ajuste da objectiva Bolsa Pode colocar o cabo na bolsa. Corpo dobrável Pode ajustar a Look 312P em diferentes posições.

Leia mais

FAQ s para os Administradores do Sistema

FAQ s para os Administradores do Sistema FAQ s para os Administradores do Sistema Este documento disponibiliza FAQ s sobre vários temas. Clique sobre o tema que lhe interessa para aceder às respetivas FAQ s. FAQ s sobre a credenciação do Administrador

Leia mais

Manual de Transição TWT Sítio de Disciplina para Moodle 2.6

Manual de Transição TWT Sítio de Disciplina para Moodle 2.6 Universidade Católica Portuguesa Direcção de Sistemas de Informação Manual de Transição TWT Sítio de Disciplina para Moodle 2.6 Manual de utilização - Docentes DSI Outubro 2014 V2.6 ÍNDICE 1 OBJETIVO DESTE

Leia mais

Formador: Carlos Maia

Formador: Carlos Maia Formador: Carlos Maia Iniciar o MS Excel MS Excel - Introdução 1 Ajuda Se ainda não estiver visível a ajuda do Excel do lado direito do ecrã, basta clicar sobre Ajuda do Microsoft Excel no menu Ajuda,

Leia mais

CONTRATO a TERMO RESOLUTIVO Manual do Candidato

CONTRATO a TERMO RESOLUTIVO Manual do Candidato CONTRATO a TERMO RESOLUTIVO Manual do Lisboa, Setembro de 2007 Índice I Introdução... 3 II Inscrição Obrigatória. 4 III - Aplicação Contratação de Escola.......... 5 1. Acesso à aplicação Contratação de

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP. MANUAL DO USUÁRIO - SIGA Extranet GRD e Projetos. MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET GRD e Projetos

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP. MANUAL DO USUÁRIO - SIGA Extranet GRD e Projetos. MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET GRD e Projetos Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO - SIGA Extranet GRD e Projetos MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET GRD e Projetos Versão: 1.5 Fevereiro/2014 Versão: 1.5 Novembro 2008 Versão: 1.5

Leia mais

Folha de Cálculo Introdução à Folha de Cálculo

Folha de Cálculo Introdução à Folha de Cálculo Introdução à Folha de Cálculo O Excel é uma folha de cálculo capaz de guardar dados, executar cálculos e gerar gráficos. Introdução à Folha de Cálculo Uma folha de cálculo, por exemplo o Excel, permite

Leia mais

RENT versão web. Manual de Utilizador para empresa Versão 2.0.0

RENT versão web. Manual de Utilizador para empresa Versão 2.0.0 RENT versão web Manual de Utilizador para empresa Versão 2.0.0 @ Copyright 2015 Desenvolvido pela Dória Software versão manual 2.0.0 Última actualização 16.03.2016 @Copyright 2015 Sobre o RENT I. O que

Leia mais

Manual de Transição TWT Sítio de Disciplina para Moodle 2.6

Manual de Transição TWT Sítio de Disciplina para Moodle 2.6 Universidade Católica Portuguesa Direção de Sistemas de Informação Manual de Transição TWT Sítio de Disciplina para Moodle 2.6 Manual de utilização - Alunos DSI Outubro 2014 V2.6 ÍNDICE 1 OBJETIVO DESTE

Leia mais

Sistema de Gestão de Ciclo de Vida de Farmácias & Gestão de Ciclo de Vida de Locais de Venda MNSRM AVP003 Manual de Utilizador Externo - Comunicação

Sistema de Gestão de Ciclo de Vida de Farmácias & Gestão de Ciclo de Vida de Locais de Venda MNSRM AVP003 Manual de Utilizador Externo - Comunicação Sistema de Gestão de Ciclo de Vida de Farmácias & Gestão de Ciclo de Vida de Locais Manual de Utilizador Externo - Comunicação de Horários e Turnos Índice 1 Introdução... 4 1.1 Objetivo...4 1.2 Funcionalidades...5

Leia mais

Catálogo Nacional de Compras Públicas. Manual de Fornecedores

Catálogo Nacional de Compras Públicas. Manual de Fornecedores 10 de Julho de 2009 Índice 1. Introdução... 3 1.1. Objectivo... 3 2. Fornecedor... 4 2.1. AQs/CPAs... 4 2.2. Contratos... 4 2.3. Grupos AQ/CPA... 5 3. Carregamento e Actualização do Catálogo... 7 3.1.

Leia mais

Manual do utilizador. Animal RFID Integrator. Universidade de Évora Escola de Ciências e Tecnologia

Manual do utilizador. Animal RFID Integrator. Universidade de Évora Escola de Ciências e Tecnologia Manual do utilizador Animal RFID Integrator Universidade de Évora Escola de Ciências e Tecnologia RESUMO Aplicação para recolha de informação no campo. O Animal RFID Integrator é um interface que permite

Leia mais

JURINFOR JURIGEST Facturação e Mapas

JURINFOR JURIGEST Facturação e Mapas JURINFOR JURIGEST Facturação e Mapas Índice Índice 1. Facturação...1 1.1. Gestão de Notas de Honorários...2 1.1.1. Emitir uma Nota de Honorários...3 1.1.2. Consultar Notas de Honorários Emitidas... 18

Leia mais

Acessos Convergentes. Manual de Configuração e Utilização

Acessos Convergentes. Manual de Configuração e Utilização Índice 1 Introdução... 4 1.1 Âmbito do Documento... 4 1.2 Acesso... 5 1.3 Autenticação... 5 2 Cliente... 6 2.1 Reencaminhamentos ou redireccionamentos... 6 2.1.1 Novo Plano de Redireccionamento... Error!

Leia mais

Manual de candidatura por via electrónica

Manual de candidatura por via electrónica 2 Concursos de Pessoal Docente regulados pelo Decreto Legislativo Regional n.º /2009/M de de Junho. Ano Escolar 2009/2010 Manual de candidatura por via electrónica É essencial que leia este manual antes

Leia mais

Akropole Catequista. Todos os Ficheiros no Akropole Catequista trabalham com uma simples barra de edição, com 4 botões:

Akropole Catequista. Todos os Ficheiros no Akropole Catequista trabalham com uma simples barra de edição, com 4 botões: Akropole Catequista O Akropole Catequista em três tempos... Este texto é um pequeno manual de introdução ao Akropole Catequista. Umas das características deste programa é o facto deste não necessitar de

Leia mais

Facturação Guia do Utilizador

Facturação Guia do Utilizador Facturação Guia do Utilizador Facturação Como se utiliza 2 1 Como se utiliza Todas as opções do sistema estão acessíveis através do menu: ou do menu: O Menu caracteriza-se pelas seguintes funcionalidades:

Leia mais

LEILÃO ONLINE. Manual do Utilizador

LEILÃO ONLINE. Manual do Utilizador LEILÃO ONLINE Manual do Utilizador INDICE 1 VANTAGENS PARA O COMPRADOR... 3 2 PERGUNTAS FREQUENTES (FAQ S)... 4 P1. Como é dado acesso?... 4 P2. Como se acede ao sistema?... 4 P3. Em quantas lotas posso

Leia mais

Manual de Recibos. Manual de Recibos

Manual de Recibos. Manual de Recibos Manual de Recibos As aplicações XD dispõe de um módulo de controlo de Contas Correntes de Clientes que tem sido evoluído de forma a satisfazer as diversas necessidades dos seus clientes. As Contas Correntes

Leia mais

Concurso Externo, Contratação Inicial e Reserva de Recrutamento

Concurso Externo, Contratação Inicial e Reserva de Recrutamento MANUAL DE INSTRUÇÕES Reclamação da Candidatura Eletrónica Concurso Externo, Contratação Inicial e Reserva de Recrutamento Tipo de candidato Externo e LSVLD Nos termos do Aviso n.º 3597-K/2016, publicado

Leia mais

Manual do Utilizador GESTFOR Gestão da Formação

Manual do Utilizador GESTFOR Gestão da Formação Manual do Utilizador GESTFOR Gestão da Formação 1. INTRODUÇÃO...1 2. MÓDULO DE GESTÃO...2 2.1. ENTIDADES...3 2.1.1. TERCEIROS...4 2.1.1.1. CONSULTAR OS TERCEIROS...4 2.1.1.2. CRIAR UM TERCEIRO...5 2.1.1.3.

Leia mais

Certidão Permanente. Manual de Procedimentos

Certidão Permanente. Manual de Procedimentos Certidão Permanente Manual de Procedimentos Procedimentos da Certidão Permanente On-line Sim 2. Elaborar Pedido de Subscrição 1. Autenticar apresentante / Login 1.1. Subscrição da Certidão? 4. Efectuar

Leia mais

MÓDULO DE DECLARAÇÃO DE RENDIMENTOS DECORE MANUAL Versão 2.0

MÓDULO DE DECLARAÇÃO DE RENDIMENTOS DECORE MANUAL Versão 2.0 CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE MÓDULO DE DECLARAÇÃO DE RENDIMENTOS DECORE MANUAL Versão 2.0 Spiderware Consultoria em Informática Rua Mayrink Veiga, 11 / 804 Rio de Janeiro RJ CEP 20090-050 Tel. 0 (XX)

Leia mais

Manual de Utilizador. //Internet Banking. BNI Online. www.bni.ao

Manual de Utilizador. //Internet Banking. BNI Online. www.bni.ao ÍNDICE Introdução Informações Gerais Acesso ao Serviço Fazer Login Documentos Electrónicos Posição Integrada Agenda Vencimentos Contas à Ordem Transferências Personalizar Financiamentos Moeda Estrangeira

Leia mais

Alteração do POC (Decreto de Lei nº. 35/2005) no sispoc

Alteração do POC (Decreto de Lei nº. 35/2005) no sispoc DOSPrinter Manual do Utilizador Alteração do POC (Decreto de Lei nº. 35/2005) no sispoc Data última versão: 20.03.2006 Versão : 1.1 Data criação: 01.03.2006 Faro R. Dr. José Filipe Alvares, 31 8005-220

Leia mais

COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1

COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1 COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1 Oficina do Correio Para saber mais sobre Correio electrónico 1. Dicas para melhor gerir e organizar o Correio Electrónico utilizando o Outlook Express Criar Pastas Escrever

Leia mais

Resolução de avarias de MPEG

Resolução de avarias de MPEG Resolução de avarias de MPEG Esta secção é para utilizadores de cardiologia que visualizam MPEGs. Consulte os seguintes tópicos para o ajudarem a resolver problemas detectados ao visualizar MPEGs. Componentes

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

Manual de utilizador CRM

Manual de utilizador CRM Manual de utilizador CRM Formulário de Login Personalizado de acordo com a sua empresa mantendo a sua imagem corporativa. Utilizador: Admin Password: 123 1 Formulário Principal Este formulário está dividido

Leia mais

SADFoto v1.1 Sistema Automatizado de Digitalização de Fotografias Manual de utilização

SADFoto v1.1 Sistema Automatizado de Digitalização de Fotografias Manual de utilização UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA SADFoto v1.1 Sistema Automatizado de Digitalização de Fotografias Manual de utilização Versão 1.2 de 2010-02-24 Autores Hugo Lima UCP Nelson Rodrigues UCP Alexandre Coimbra

Leia mais

Visão Artificial Para a Indústria. Manual do Utilizador

Visão Artificial Para a Indústria. Manual do Utilizador Visão Artificial Para a Indústria Manual do Utilizador Luis Fonseca Carvalho de Matos ( luis.matos@ua.pt ) Julho de 2007 Índice de conteúdos 1. Apresentação......1 1.Conceito de Funcionamento......1 2.

Leia mais

Guia Rápido do Usuário

Guia Rápido do Usuário CERTIDÕES UNIFICADAS Guia Rápido do Usuário CERTUNI Versão 1.0.0 CASA DA MOEDA DO BRASIL Conteúdo Acessando o Sistema... 3 Alterando Senhas... 3 Encerrando sua Sessão... 4 Gerando Pedido... 4 Alterando

Leia mais

1 Contextualização 3 2 Administração do Joomla 5 3 Painel de controlo 6 3.1 Menu sítio 6 3.2 Menu utilizadores 7 3.3 Outras funcionalidades 8 4

1 Contextualização 3 2 Administração do Joomla 5 3 Painel de controlo 6 3.1 Menu sítio 6 3.2 Menu utilizadores 7 3.3 Outras funcionalidades 8 4 1 Contextualização 3 2 Administração do Joomla 5 3 Painel de controlo 6 3.1 Menu sítio 6 3.2 Menu utilizadores 7 3.3 Outras funcionalidades 8 4 Sistema de armazenamento e criação de conteúdos 9 4.1 Criar

Leia mais

B2S SISTEMAS DE INFORMAÇÃO, LDA. RUA ARTILHARIA UM, Nº 67 3º FRT. 1250-038 LISBOA TEL: 21 385 01 09 - FAX: 21 012 52 25 E-MAIL B2S@B2S.

B2S SISTEMAS DE INFORMAÇÃO, LDA. RUA ARTILHARIA UM, Nº 67 3º FRT. 1250-038 LISBOA TEL: 21 385 01 09 - FAX: 21 012 52 25 E-MAIL B2S@B2S. Procedimentos Abertura/Fecho Ano Primavera V750 B2S SISTEMAS DE INFORMAÇÃO, LDA. RUA ARTILHARIA UM, Nº 67 3º FRT. 1250-038 LISBOA TEL: 21 385 01 09 - FAX: 21 012 52 25 E-MAIL B2S@B2S.PT MCRC LISBOA 11492

Leia mais

WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET

WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET MANUAL DO UTILIZADOR WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET 1. 2. PÁGINA INICIAL... 3 CARACTERÍSTICAS... 3 2.1. 2.2. APRESENTAÇÃO E ESPECIFICAÇÕES... 3 TUTORIAIS... 4 3. DOWNLOADS... 5 3.1. 3.2. ENCOMENDAS (NOVOS

Leia mais

UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Ambiente Gráfico Configurações Acessórios O Sistema Operativo (SO) é o conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e que comunique com o exterior. Actualmente o Windows é

Leia mais

Gestor de ligações Manual do Utilizador

Gestor de ligações Manual do Utilizador Gestor de ligações Manual do Utilizador 1.0ª Edição PT 2010 Nokia. Todos os direitos reservados. Nokia, Nokia Connecting People e o logótipo Nokia Original Accessories são marcas comerciais ou marcas registadas

Leia mais

2007 Nokia. Todos os direitos reservados. Nokia, Nokia Connecting People, Nseries e N77 são marcas comerciais ou marcas registadas da Nokia

2007 Nokia. Todos os direitos reservados. Nokia, Nokia Connecting People, Nseries e N77 são marcas comerciais ou marcas registadas da Nokia Nokia Lifeblog 2.5 2007 Nokia. Todos os direitos reservados. Nokia, Nokia Connecting People, Nseries e N77 são marcas comerciais ou marcas registadas da Nokia Corporation. Os nomes de outros produtos e

Leia mais

Manual de Utilizador Aplicação Cliente Web Versão 1.0.00

Manual de Utilizador Aplicação Cliente Web Versão 1.0.00 Manual de Utilizador Aplicação Cliente Web Versão 1.0.00 Edição 1 Agosto 2011 Elaborado por: GSI Revisto e Aprovado por: COM/ MKT Este manual é propriedade exclusiva da empresa pelo que é proibida a sua

Leia mais

Mas para iniciar o uso do CRM é necessário efetuar algumas configurações em primeiro lugar.

Mas para iniciar o uso do CRM é necessário efetuar algumas configurações em primeiro lugar. Menu CRM O KeyInvoice tem um CRM que lhe permite efetuar, no seu programa de faturação, uma gestão de contatos, podendo converter os mesmos em Oportunidades ou Orçamentos. Este menu inclui ainda uma agenda

Leia mais

Instituto Politécnico de Tomar. Manual da Área de Secretariados

Instituto Politécnico de Tomar. Manual da Área de Secretariados Instituto Politécnico de Tomar Manual da Área de Secretariados Última actualização: 13 de Outubro de 2004 Índice Como aceder a Área de Secretariados...2 O que posso efectuar na Área de Secretariado (Acções)...4

Leia mais

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo Conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e comunique com o exterior; Windows: sistema operativo mais utilizado nos

Leia mais

Índice. Manual do programa Manage and Repair

Índice. Manual do programa Manage and Repair Manual do programa Manage and Repair Índice 1 Menu Ficheiro... 3 1.1 Entrar como... 3 1.2 Opções do utilizador... 3 2 Administração... 5 2.1 Opções do Programa... 5 2.1.1 Gerais (1)... 5 2.1.2 Gerais (2)...

Leia mais

Segurança e recuperação Manual do utilizador

Segurança e recuperação Manual do utilizador Segurança e recuperação Manual do utilizador Copyright 2007-2009 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Microsoft é uma marca comercial registada da Microsoft Corporation nos E.U.A. As informações contidas

Leia mais

Manual Web.Newhotel Configuração NewHotel

Manual Web.Newhotel Configuração NewHotel Manual Web.Newhotel Configuração NewHotel Versão: 1.1 Rev. 2008-11-17 Av. Almirante Gago Coutinho, 70 1700-031 Lisboa PORTUGAL Tel. 21 7817810, 53-52631959 Faxx 21 7971579 marketing@newhotel.com helpdesk@newhotel.com

Leia mais

Guia de Utilização. Acesso Universal

Guia de Utilização. Acesso Universal Guia de Utilização Índice PREÂMBULO...3 ACESSO À PLATAFORMA...3 ÁREA DE TRABALHO...4 APRESENTAR PROPOSTAS...9 RECEPÇÃO DE ADJUDICAÇÃO...18 PARAMETRIZAÇÃO DA EMPRESA...19 Acesso universal Proibida a reprodução.

Leia mais

Manual de Utilização do PDV Klavix

Manual de Utilização do PDV Klavix Manual de Utilização do PDV Klavix Página 1/20 Instalando a partir do CD Se você recebeu um CD de instalação, rode o programa Instalador que se encontra no raiz do seu CD. Ele vai criar a pasta c:\loureiro

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR

MANUAL DO UTILIZADOR MANUAL DO UTILIZADOR Índice 1 Apresentação... 3 2 Registo no ClinicBase... 3 3 Login... 3 4 Área Privada... 3 4.1 Os meus pacientes... 3 4.1.1 Criar novo Paciente... 3 4.1.2 Procura Paciente... 4 4.1.3

Leia mais

Manual de utilização da Plataforma Electrónica dedicada à Taxa Municipal Turística de Dormida

Manual de utilização da Plataforma Electrónica dedicada à Taxa Municipal Turística de Dormida Manual de utilização da Plataforma Electrónica dedicada à Taxa Municipal Turística de Dormida Versão III: Fevereiro 206 Normais gerais de preenchimento:. Preenchimento dos campos de texto (Designação de

Leia mais

O Manual do ssc. Peter H. Grasch

O Manual do ssc. Peter H. Grasch Peter H. Grasch 2 Conteúdo 1 Introdução 6 2 Usar o ssc 7 2.1 Gerir os utilizadores.................................... 7 2.1.1 Adicionar um utilizador.............................. 8 2.1.1.1 Associar-se

Leia mais

Características da Câmara de Vídeo GE111

Características da Câmara de Vídeo GE111 Características da Câmara de Vídeo GE111 1 Botão de Fotografia Instantânea 2 Indicador LED 3 Objectiva Instalar a Câmara de Vídeo GE111 1. Primeiro instale o controlador e, de seguida, ligue a VideoCAM

Leia mais

SAFT para siscom. Manual do Utilizador. Data última versão: 07.11.2008 Versão: 1.01. Data criação: 21.12.2007

SAFT para siscom. Manual do Utilizador. Data última versão: 07.11.2008 Versão: 1.01. Data criação: 21.12.2007 Manual do Utilizador SAFT para siscom Data última versão: 07.11.2008 Versão: 1.01 Data criação: 21.12.2007 Faro R. Dr. José Filipe Alvares, 31 8005-220 FARO Telf. +351 289 899 620 Fax. +351 289 899 629

Leia mais

Manual de Utilização MU001-2.0/2015. Secretaria Virtual/e-SCA(Perfil utilizador - Estudante)

Manual de Utilização MU001-2.0/2015. Secretaria Virtual/e-SCA(Perfil utilizador - Estudante) Manual de Utilização MU001-2.0/2015 Secretaria Virtual/e-SCA(Perfil utilizador - Estudante) 1. Introdução I 2. Primeiros passos I 3. Unidade Curricular I 4. Recursos e actividades I 5. Atualizações e Serviços

Leia mais

Guia rápido de criação e gestão de um espaço no SAPO Campus

Guia rápido de criação e gestão de um espaço no SAPO Campus Guia rápido de criação e gestão de um espaço no SAPO Campus O SAPO Campus é uma plataforma online, disponível em http://campus.sapo.pt, que permite a comunicação e a colaboração entre membros de uma Instituição

Leia mais

IBM SmartCloud para Social Business. Manual do Utilizador do IBM SmartCloud Engage e IBM SmartCloud Connections

IBM SmartCloud para Social Business. Manual do Utilizador do IBM SmartCloud Engage e IBM SmartCloud Connections IBM SmartCloud para Social Business Manual do Utilizador do IBM SmartCloud Engage e IBM SmartCloud Connections IBM SmartCloud para Social Business Manual do Utilizador do IBM SmartCloud Engage e IBM SmartCloud

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL ANO LETIVO DE 2013/2014 Curso de Educação e Formação Tipo 3 Nível 2

PLANIFICAÇÃO ANUAL ANO LETIVO DE 2013/2014 Curso de Educação e Formação Tipo 3 Nível 2 PLANIFICAÇÃO ANUAL ANO LETIVO DE 2013/2014 Curso de Educação e Formação Tipo 3 Nível 2 Itinerário de Formação: 34101.Práticas Técnico-Comerciais Saída Profissional: Empregado/a Comercial Componente de

Leia mais

LASERTECK SOFTECK FC MANUAL DO USUÁRIO

LASERTECK SOFTECK FC MANUAL DO USUÁRIO LASERTECK SOFTECK FC MANUAL DO USUÁRIO 2015 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 REQUISITOS DO SISTEMA... 3 3 INSTALAÇÃO... 3 4 O QUE MUDOU... 3 5 COMO COMEÇAR... 4 6 FORMULÁRIOS DE CADASTRO... 5 7 CADASTRO DE

Leia mais

Guia de Apoio à Candidatura Online

Guia de Apoio à Candidatura Online Recomendações gerais: Consultar as Normas e as Perguntas Frequentes - FAQ disponíveis no sítio eletrónico http://rehabitarlisboa.cm-lisboa.pt, menu COMO FAZER / Programa O Bairro (com)vida ; Certificar-se

Leia mais

Manual de Utilização - Backoffice

Manual de Utilização - Backoffice Manual de Utilização - Backoffice ÍNDICE 1. LOGIN DE ACESSO 2. SEPARADORES 2.1 PROMOÇÕES 2.2 GESTÃO DE CENTROS E LOJAS 2.3 GESTÃO DE PÁGINA DO LOJISTA 2.4 GESTÃO DE UTILIZADORES 2.5 ALERTAS 3. VALIDAÇÃO

Leia mais

PRIMAVERA EXPRESS: Funcionalidades do Produto

PRIMAVERA EXPRESS: Funcionalidades do Produto PRIMAVERA EXPRESS: Funcionalidades do Produto Como efetuo a mudança de ano do Ponto de Venda? No Programa Express aceda a Tabelas Pontos de Venda Postos de Venda abrir o separador Movimentos Caixa e: -

Leia mais

Módulo de Empréstimo Offline. Versão 2007. Manual do Utilizador

Módulo de Empréstimo Offline. Versão 2007. Manual do Utilizador SISTEMA INTEGRADO DE INFORMAÇÃO BIBLIOGRÁFICA DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA Módulo de Empréstimo Offline Versão 2007 Manual do Utilizador COIMBRA 2008 SUMÁRIO 1. Módulo de Empréstimo Offline... 3 1.1 Definir

Leia mais

MANUAL DE REGISTO E ADESÃO AOS SERVIÇOS DO BALCÃO DIGITAL. Serviços Intermunicipalizados de Água e Saneamento de Oeiras e Amadora

MANUAL DE REGISTO E ADESÃO AOS SERVIÇOS DO BALCÃO DIGITAL. Serviços Intermunicipalizados de Água e Saneamento de Oeiras e Amadora MANUAL DE REGISTO E ADESÃO AOS SERVIÇOS DO BALCÃO DIGITAL Índice I Requisitos que devem ser cumpridos para a correta utilização das funcionalidades do Balcão Digital... 2 II Procedimentos inerentes à correta

Leia mais

Manual do Gestor da Informação do Sistema

Manual do Gestor da Informação do Sistema Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto Licenciatura Informática e Computação Laboratório de Informática Avançada Automatização de Horários Manual do Gestor da Informação do Sistema João Braga

Leia mais

Introdução aos Sistemas Informáticos

Introdução aos Sistemas Informáticos I 1. Veja o conteúdo do disco rígido abrindo O meu computador, mude de vistas e comente. 2. Se lhe for possível, mude a hora e a data do sistema através do Painel de Controlo para a meia noite do dia 1

Leia mais