Tratamento hidrófilo do permutador com produção e velocidade do ciclo de descongelamento melhorada.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Tratamento hidrófilo do permutador com produção e velocidade do ciclo de descongelamento melhorada."

Transcrição

1

2

3 05W

4 APRESENTAÇÃO - CARATERÍSTICAS 04 SA CA/MCA SP/MSP MB/XB MC MD/XD XC Cbu -ã ã áu T hóf u uã g h M 2 gu áx ê u x -15 C A fu, u x u bx (DC-INVERTER -15ºC) Cfguã ub b z u u gé T G F ó uã é ã qu fã bóg M ufã ã u b Au-R h g ugó qu Tub

5 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS APRESENTAÇÃO - CARATERÍSTICAS 05 íb Dã SA CA/MCA SP/MSP MB/XB MC MD/XD XC Oã uá h h buã Aó g U -u í 2 gõ ubg g ã Pg gó f ã Mzã ã h C fuõ h Bb g ã F g á f g z ( u u- ) Pgã 24H A g fg uf F í qu bé gá Pb x h qu fu u u f E u u u é h uã 5 M DC-I u x u 2 5 áx u gé 360 P u buã 360 Pb bã ó u õ

6 MONO-SPLIT 06 MONO-SPLIT, SIMPLICIDADE AO SEU DISPOR INVERTER SUPREME N A u u SUPREME DC-I,, z- u g, qu u xgê D g u gé ã b, u u SUPREME g áx f uz (L x P x H) SEER/SCOP RUÍDO B(A) DISTÂNCIA MÁX DESNÍVEL MÁX Ø LÍQUIDO-GÁS SP09 VI1 710x189x250 36/32/28 2,70 5,5/3,4 SP09 VE1 780x250x /4-3/ SP12 VI1 790x196x275 42/35/29 3,53 5,4/3,4 SP12 VE1 780x250x /4-3/ SP18 VI1 930x198x275 46/42/36 5,29 5,6/3,4 SP18 VE1 760x285x /4-1/ SP24 VI1 1036x230x315 49/45/41 6,60 5,5/3,5 SP24 VE1 845x320x /8-5/8 1450

7 INVERTER CONFORT* Cju - u DC-I g qu g ququ b D COP EER u bx u gé D u í - hé, u hfí, fh, gó uá, gã 24 h, ã, uá fux z bõ MONO-SPLIT 07 (L x P x H) EER/COP RUÍDO B(A) DISTÂNCIA MÁX DESNÍVEL MÁX Ø LÍQUIDO-GÁS CA09 VI1 CA09 VE1 2,63 710x195x x240x540 3,26/3,62 41/35/ /4-3/ CA12 VI1 CA12 VE1 3,52 790x195x x250x540 3,26/3,63 43/37/ /4-3/8 590 ON/OFF STANDARD* Cju - /ff u ququ ã b, g fá ã C COP EER gé A-A Pu fuã ub, uf, guã uá ã, h guá f-h, f á, gã 24 h, u, gó uá fu é -7 C x (L x P x H) EER/COP RUÍDO B(A) DISTÂNCIA MÁX DESNÍVEL MÁX Ø LÍQUIDO-GÁS SA09 FI1 SA09 FE1 2,64 710x195x x235x535 3,21/3,62 38/35/ /4-3/ SA12 FI1 SA12 FE1 3,51 790x195x x250x540 3,21/3,65 40/37/ /4-1/ SA18 FI1 SA18 FE1 5,28 920x225x x285x590 3,21/3,29 43/40/ /4-1/2 620 * k x

8 MULTI DC-INVERTER 08 MULTI-SPLIT, A COMBINAÇÃO À SUA MEDIDA A u x Mu DC-I ã bá ququ í u DC-I g h bã ê g é u áx 5 u C g DC-I, bõ Bu/h, u x ã b bz u fê gé ju à ã xgê ã U EXTERIOR DESCRIÇÃO COMBINAÇÃO MÍN-MÁX POSSÍVEL () M2-18 VE1 2 LIGAÇÕES 2,05~7,33 845x320x M3-27 VE1 3 LIGAÇÕES 2,05~9,66 900x315x M4-36 VE1 4 LIGAÇÕES 2,05~15,82 990x345x * M5-36 VE1 5 LIGAÇÕES 2,05~17,58 990x355x MURAL SUPREME * k x U u SUPREME DC-I u- í ê Bu/h, g h 990x355x SP09 VI1 710x189x SP12 VI1 790x196x SP18 VI1 930x198x MURAL CONFORT* U u CONFORT DC-I u- í ê Bu/h, á ququ b MCA09 VI1 710x195x MCA12 VI1 790x195x MCA18 VI1 780x250x * k x

9 CASSETE 4 VIAS U u- ã bx fu ( 260) I õ MB09 VI1 MB12 VI1 (gh) 570x570x260 (647x647x50) 570x570x260 (647x647x50) /u g u g qu g ququ b MULTI DC-INVERTER MB18 VI1 570x570x260 (647x647x50) 640 CONSOLA U C D-I hã, u buã f u qu bx, u b áx f fê gé MC09 VI1 700x600x MC12 VI1 700x600x MC18 VI1 700x600x CONDUTA U Cu DC-I u u Aã á, b h qu, u b uã fg Iu f MD09 VI1 700x635x MD12 VI1 700x635x MD18 VI1 920x635x

10 COMERCIAL DC-INVERTER GAMA COMERCIAL, CONFORTO E INOVAÇÃO UNIDADES EXTERIORES 10 A g C NIPON COOLAIR -h h qu, g, f á ã, h à uz TRIFÁSICO MONOFÁSICO X36 VE3 9,89 990x354x X18 VE1 3,94 842x324x X48 VE3 13,98 938x392x X24 VE1 4,48 895x313x X60 VE3 13,98 938x392x CONSOLA CHÃO-TETO C hã- DC-I g D ã á, u, g A C hã- é u ququ b, f u uz, g u gé XC18 VI1 5,3 1068x675x XC24 VI1 7,1 1068x675x XC36 VI1 10,7 1285x675x XC48 VI1 15,6 1650x675x XC60 VI1 18,0 1650x675x CASSETE 4 VIAS N C í g DC- I, é S qu u g õ z fu à uz fu f Dbuã 360 f á b x (gh) XB18 VI1 5,3 840x840x205 (950x950x55) XB24 VI1 7,1 840x840x205 (950x950x55) XB36 VI1 10,5 840x840x245 (950x950x55) XB48 VI1 14,1 840x840x300 (950x950x55) XB60 VI1 17,7 840x840x300 (950x950x55) 1300

11 CONDUTA U Cu DC-I u u ê fz xgê I b, hé C f uí XD18 VI1 XD24 VI1 XD36 VI1 XD48 VI1 XD60 VI1 5,3 7,1 10,5 14,7 16,7 920x635x x635x x775x x865x x865x DISTERM S A 11 DISTERM SA O SEU PARCEIRO DE NEGÓCIOS uã AVAC A D A D é u bu qu zã g á Puguê, u zã xu f D u g qu u qu ã qu bá é ó ã uõ, D gu- é u Iu u Sb 2001 hj õ ó Fá ( Pug) u á b SAT, ê é O SAT D é S Aê Té DISTERM, u á z ó- uã qu AVAC Eg Rá, é qu ã á, g u g u é E u é gh gã uã zã uã A SAT D bz Gã Muã Iõ Mâ AVAC, S S, Puã águ Qu Sá fí hbã,, é ú

12 Mkg: /fx /9 Dª Pí Té C: D C /fx /9 Dã: Egº Jã R D F A /fx /9 Sf Mqu Egº C C: /fx /9 Dª L Aó Nu Ch V: /fx /9 Suz R Egº A Lu Egº Bu C Azé Lgí: /fx /9 Pu F Dã: D L Zf C Cé D Ií A V N 1 : O T b ã b I V A à x g g N 2 : A õ b ã u C õ G V D S A N 3 : A f õ T b u j õ é, g á f u õ é q u h u z u b j h N 4 : À D S A é D Té /fx /9 Dã: Egº Jé C D Pã Té Egº D Af Gb Té Egº Hqu Mqu Aê Té /fx /9 Rf Mqu Fã /fx /9 Rá: Egº Jé C D Ag : Dª Pí E M Ng, º B, A Fá Tf: / Fx: www Lh D S Aê Té

1 2 9, i n c i s o I I, d a C F ; e a r t i g o 5 º, i n c i s o V, a l í n e a s a e

1 2 9, i n c i s o I I, d a C F ; e a r t i g o 5 º, i n c i s o V, a l í n e a s a e P O R T A R I A n 2 0 1, d e 1 8 d e j u l h o d e 2 0 1 3. A P r o c u r a d o r a d a R e p ú b l i c a q u e e s t a s u b s c r e v e, e m e x e r c í c i o n a P r o c u r a d o r i a d a R e p ú

Leia mais

ARMAZÉNS GERAIS ASPECTOS LEGAIS, VANTAGENS E SERVIÇOS

ARMAZÉNS GERAIS ASPECTOS LEGAIS, VANTAGENS E SERVIÇOS ARMAZÉNS GERAIS ASPECTOS LEGAIS, VANTAGENS E SERVIÇOS D i r e t o r E x e c u t i v o d a T O P L O G P o r R o d o l p h o C a r i b e A r m a z é n s g e r a i s s ã o e s t a b e l e c i m e n t o s

Leia mais

REDES DE NOVA GERAÇÃO. m a i o r q u a l i d a d e, m a i s r a p i d e z, mais inovação;

REDES DE NOVA GERAÇÃO. m a i o r q u a l i d a d e, m a i s r a p i d e z, mais inovação; R E D E S D E N O V A G E R A Ç Ã O D E S A F I O e O P O R T U N I D A D E A P D C, 3 1 D E M A R Ç O D E 2 0 0 9 A S O N A E C O M A C R E D I T A Q U E A S R d N G S Ã O U M A O P O R T U N I D A D

Leia mais

BLOCO Nº 2 JORNAIS, BOLETINS, PANFLETOS D a N º 1. H i n o N a c i o n a l e H i n o d a I n t e r n a c i o n a l? 0 1 C U T N a c i o n a l 2. M o d i f i c a ç õ e s d o E s t a t u t o p r o p o s

Leia mais

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D A P A R A Í B A C E N T R O D E C I Ê N C I A S D A S A Ú D E

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D A P A R A Í B A C E N T R O D E C I Ê N C I A S D A S A Ú D E U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D A P A R A Í B A C E N T R O D E C I Ê N C I A S D A S A Ú D E D E P A R T A M E N T O D E C I Ê N C I A S F A R M A C Ê U T I C A S C U R S O D E F A R M Á C I A

Leia mais

B e n j a m i n C o n s t a n t B o t e l h o d e M a g a l h ã e s ( 1 8 3 6 / 1 8 9 1 )

B e n j a m i n C o n s t a n t B o t e l h o d e M a g a l h ã e s ( 1 8 3 6 / 1 8 9 1 ) B e n j a m i n C o n s t a n t B o t e l h o d e M a g a l h ã e s ( 1 8 3 6 / 1 8 9 1 ) B e n ja m i n C o n s t a n t, c o m o c o s t u m a s e r r e f e r i d o, é c o n s i d e r a d o c o m o o

Leia mais

(A Themistocles Machado)

(A Themistocles Machado) (A Th Mh) BRAZL á 58 Hh Dg Bh fô gv g Bz v F Hh Pg ê h F f 598 A 585 gv L B A< Pb F Bb v v ãó f z v Phyb vz vzg f fz N v x h P Ch S; Aç h b fv T ffê fz á J? 4 REVSTA bb hb g j çõ fz v h b z ç gv g Dg Bh

Leia mais

A C T A N. º I X / 2 0 0 8

A C T A N. º I X / 2 0 0 8 1 A C T A N. º I X / 2 0 0 8 - - - - - - A o s d e z a s s e i s d i a s d o m ê s d e A b r i l d o a n o d e d o i s m i l e o i t o, n e s t a V i l a d e M o n c h i q u e, n o e d i f í c i o d o

Leia mais

PROJETO FIC IFES PRONATEC

PROJETO FIC IFES PRONATEC NTTT FAL PÍT ANT AMP NVA VNA Mg y 799 Lz 29830-000 N Vé 27 3752-4300 PJT F F PNAT NTFAÇÃ - Ax A p N Vé N Vé - 30/06/204 04//203 2 - N Tí g Ag N 20/05/987 PF 7265577-40 M p 788725 - @fb g A Açã Lçã Ap p

Leia mais

A S N O V A S R E G R A S D E F A C T U R A Ç Ã O

A S N O V A S R E G R A S D E F A C T U R A Ç Ã O i I N F O R M A Ç Ã O F I S C A L N º 3 J a n e i r o 2 0 1 3 A S N O V A S R E G R A S D E F A C T U R A Ç Ã O N o s e g u i m e n t o d a L e i d o O r ç a m e n t o d o E s t a d o p a r a 2 0 1 2 e,

Leia mais

J U R I S P R U D Ê N C I A F I S C A L A R B I T R A L ( 3. º E 4. º T R I M E S T R E S D E 2 0 1 2 )

J U R I S P R U D Ê N C I A F I S C A L A R B I T R A L ( 3. º E 4. º T R I M E S T R E S D E 2 0 1 2 ) i J a n e i r o d e 2 0 1 3 J U R I S P R U D Ê N C I A F I S C A L A R B I T R A L ( 3. º E 4. º T R I M E S T R E S D E 2 0 1 2 ) TAX & BUSINESS P r e t e n d e - s e, c o m a p r e s e n t e I n f o

Leia mais

P RO J E T O E S P E C I A L : A R E S T / F AZ E N D A S E N H O R J E S U S

P RO J E T O E S P E C I A L : A R E S T / F AZ E N D A S E N H O R J E S U S P RO J E T O E S P E C I A L : A R E S T / F AZ E N D A S E N H O R J E S U S P ET A g r o n o m i a U n i v e r s i d a d e F e d e r a l d e L a v r a s U F L A / M G 1 R e s u m o J a m a i s c o n

Leia mais

PROJETO FIC IFES PRONATEC

PROJETO FIC IFES PRONATEC MNT A AÇÃ NTTT FAL PÍT ANT AMP NVA VNA Mg y 799 Lz 29830-000 N Vé 27 3752-4300 PJT F F PNAT NTFAÇÃ - p p N Vé N Vé - 30/06/204 29/0/204 2 - p N Vâ Mq N 02/05/988 PF 23983487-09 AP 9362 q@fb g A Açã Lçã

Leia mais

Off. almanaque 21 ANOS. Sina. Off. almanaque. [circo teatro de rua] 21 ANOS. Sina. [circo teatro de rua]

Off. almanaque 21 ANOS. Sina. Off. almanaque. [circo teatro de rua] 21 ANOS. Sina. [circo teatro de rua] q q Off S Off S 21 ANOS 21 ANOS [ ] [ ] ÍNDICE Içã 3 P 4 Ráv Púb 5 Açã 6 1. A A Cçã 9 2. T R E C-T 17 3. Dg Phç 33 4. C-T R 41 Lh T 51 C Az - R B T R 52 Cçã E Ab Lí Tx Ab Lí L M Rh Rg Ch E A Vv C Eí Sv

Leia mais

B O L E T I M I N F O R M A T I V O

B O L E T I M I N F O R M A T I V O P R Ó - R E I T O R I A D E E N S I N O E D I Ç Ã O 0 4 - A N O 0 2 B O L E T I M I N F O R M A T I V O M A I O D E 2 0 1 5 A C O M I S S Ã O P E R M A N E N T E D E P R O C E S S O S E L E T I V O D A

Leia mais

PORTO DE SALVADOR - S U L D A Á F R I C A *

PORTO DE SALVADOR - S U L D A Á F R I C A * R O TA S D E N AV E G A Ç Ã O N O L O N G O C U R S O - M E R C O S U L - C O S TA O E S T E D A A M É R I C A D O S U L - A M É R I C A C E N T R A L E C A R I B E - G O L F O D O M É X I C O - C O S

Leia mais

Folhas de Cálculo. O EXCEL como Folha de Cálculo

Folhas de Cálculo. O EXCEL como Folha de Cálculo Flh d Clul O qu é: U Flh d Clul é, dç, u ju d élul qu u glh u bl qu d l- vé d xõ lóg /u O qu : Ogzç ç d bl l d vl; F, í,, qu jud xu lul lx; Auzç d, vé d gç u d ódg d lul u d uld; Rç g d ç; d bl ulzd çõ

Leia mais

INCLUSO. consulte RELÓGIO DIGITAL. Vinhedo Tel: 55 (19) 3886-3003 Daniela - (19) 3515-5673

INCLUSO. consulte RELÓGIO DIGITAL. Vinhedo Tel: 55 (19) 3886-3003 Daniela - (19) 3515-5673 ML E 9.9.235.582 O V - º37 - BL/MO/JUHO/2013 V E O O HOW-OOM EEL E M E OM.04 07 quím E LO.01 lu MELHO EÇO MEO OVE!!! M u MEO E EEU.02.08 MEE f EE ul l B Ep p qu m: m Vál 01 /m 3013 /julh 2013 LUO ul ELO

Leia mais

PLR Por quê? d L i i q u e z b l d d R t i i e n a a e b d E i t a d d d P t i i ro u v a e é l l d B F t i R t u s c a e r n c a e p o e su a o

PLR Por quê? d L i i q u e z b l d d R t i i e n a a e b d E i t a d d d P t i i ro u v a e é l l d B F t i R t u s c a e r n c a e p o e su a o .. u p v g c C C O ) F h C I ( É, - p c c ç u u g w w p g c u F C I ã ) A U E ( C D h W k N f N h C F. z c v p ç p g u ) k M U ( E ã A M ) P S ( M P S E k M G p v h F C O ã b S Apc gc Agc Ag c R z O v

Leia mais

PROJETOHORTAEMCASA. Manualdo. Apoio. Realização CDHU PREFEITUR A DE SÃO PAULO VERDE E MEIO AMBIENTE. Instituto GEA

PROJETOHORTAEMCASA. Manualdo. Apoio. Realização CDHU PREFEITUR A DE SÃO PAULO VERDE E MEIO AMBIENTE. Instituto GEA M RJETHRTAEMCAA CM LANTAR E CLHER ALIMENT EM CAA 201 A Rzçã Ch Dvv Hb Ub CDHU I GEA é b REFEITUR A DE Ã AUL VERDE E MEI AMBIENTE FhTé Ebçã Tx Agô Jé Lz Ch T Nh Rh Rvã A M Dg Lz Egá j Nh Rh Rq L R Rf Tv

Leia mais

ba l h e m. sab e r se h a. foy, ti m Soa. s re. e m. h oss. e a. a d. tra

ba l h e m. sab e r se h a. foy, ti m Soa. s re. e m. h oss. e a. a d. tra 96 R: VS A ( ) () b C O M b q fy q S y q P v C ç z q ff q q 24 V C ç B z q q q q q í q ã f O q M ã b ::; q z R q ã q y b q fz q P R v f F N S P z (P b M 30 q G Sz çõ Pá v v Ab qq ff ã v Cô q f z z A B

Leia mais

Resenhas. VIII Inverno HARDCORE. August BURNS Red Leveler (2011) SURVIVE TRINO. Evora (2009) Destroy And Revolutionize (2011)

Resenhas. VIII Inverno HARDCORE. August BURNS Red Leveler (2011) SURVIVE TRINO. Evora (2009) Destroy And Revolutionize (2011) l E f fl. v g. g g vg l á bé çõ v gg l x. à O v. f à l h çõ ç B E g j f q q é fz D N v D v ç l. D h. G lg v z C g í lv fé f l f P à l R l. g j l fl Já - g. S gé g ç v -l fz fé ví g gg. L. v D. A bl g z

Leia mais

QUINZENA. llorelli) Ella em fe la$ v. n.

QUINZENA. llorelli) Ella em fe la$ v. n. QUNZEN O MMO D E R O SS (VCOTE DE ORELL) ::g P q g E g g F" g Nã \ F f "q " E q "E?" H x g : "S ; g? " S í x& E f$ D g 3 f j U z! F : "P S Mg R :: " E f O NTU R LS MO O E g q E f ã ; q g y g ; q f çã ;

Leia mais

Catálogo 2014 Ar Condicionado

Catálogo 2014 Ar Condicionado Catálogo 2014 Ar Condicionado Apresentação A NIPON COOLAIR é uma marca especializada na oferta de soluções inteligentes para ar condicionado, com uma vasta gama de equipamentos que asseguram a melhor relação

Leia mais

TRT-00290-2014-079-03-00-7 RO

TRT-00290-2014-079-03-00-7 RO Primeira Turma Publicacao: 14/11/2014 Ass. Digital em 11/11/2014 por CLEBER LUCIO DE ALMEIDA Relator: CLA Revisor: LOLR PODER JUDICIÁRIO R e c o r r e n t e : A L I S S O N C A R V A L H O B O R G E S

Leia mais

Design de aplicativos moveis

Design de aplicativos moveis Design de aplicativos moveis Os dispositivos móveis mais comuns : S m a r t p h o n e ; P D A ; Te l e m ó v e l ( pt) / C e l u l a r ( br); C o n s o l e p o r t á t i l ; U l t r a M o b i l e P C ;

Leia mais

O E n g a n o d o E s p e l h o A C o n s t i t u i ç ã o d o S u j e i t o. S u z a n a M a r i a d o E g i t o R o d r i g u e s

O E n g a n o d o E s p e l h o A C o n s t i t u i ç ã o d o S u j e i t o. S u z a n a M a r i a d o E g i t o R o d r i g u e s O E n g a n o d o E s p e l h o A C o n s t i t u i ç ã o d o S u j e i t o S u z a n a M a r i a d o E g i t o R o d r i g u e s E s p e l h o, e s p e l h o m e u... d i r á a b r u x a m a l v a d a

Leia mais

AQUECEDORES & PRESSURIZADORES. AF114 Catalogo Aquecedores 2014 AB 400x200mm.indd 1 04/06/14 10:32

AQUECEDORES & PRESSURIZADORES. AF114 Catalogo Aquecedores 2014 AB 400x200mm.indd 1 04/06/14 10:32 QUEEDORES & PRESSURIZDORES 2014 F114 lg qud 2014 400x200.indd 1 04/06/14 10:32 Linh Águ Qun Obi. Mi fiin, i unávl. S unávl é uiliz u nui d f i inlign. É iiz uld, duzi dpdíi, g i i fiz. É i qu Linh Águ

Leia mais

do o de do Dn pr es i lha n har ac ord ad o... E co 1 0 uma

do o de do Dn pr es i lha n har ac ord ad o... E co 1 0 uma P R O P " E ) A D E DO C L U D L I T T E H A R I O S U MMARIO f ; õ E J ; õ E ; I \ ;; z Df < j ç f:t \ :f P ü Bz }? E CLOTIJ DE J x "? ú J f Lf P DI!; V: z z " I O PA F L ARÉNE S Pz: E:\H P HA RRC : A

Leia mais

PROPESP DIVULGA A REABERTURA DE RECONHECIMENTO DE TÍTULOS OBTIDOS NO EXTERIOR

PROPESP DIVULGA A REABERTURA DE RECONHECIMENTO DE TÍTULOS OBTIDOS NO EXTERIOR Níc PROPESP DIVULGA A REABERTURA DE RECONHECIMENTO DE TÍTULOS OBTIDOS NO EXTERIOR A Pó-R Pq Pó-Gçã PROPESP, públc p chc, REABERTURA cb pc Rchc Dpl c b x c b P N.º 0746/2016-GR/UFAM. PROPESP vlg çõ p c

Leia mais

FACULDADES UNIFICADAS DA. Curso de Direito Escritório de Assistência Jurídica Registro OAB 6614 DA F UNDAÇ Ã O EDUCACIONAL DE B ARRETOS

FACULDADES UNIFICADAS DA. Curso de Direito Escritório de Assistência Jurídica Registro OAB 6614 DA F UNDAÇ Ã O EDUCACIONAL DE B ARRETOS FACULDADES UNIFICADAS DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE BARRETOS Curso de Direito Escritório de Assistência Jurídica Registro OAB 6614 REGULAMENTO DO NÚ CLEO DE PRÁ TICA JURÍ DICA DA F UNDAÇ Ã O EDUCACIONAL DE

Leia mais

! "#" $ %&& ' ( )%*)&&&& "+,)-. )/00*&&& 1+,)-. )/00*&2) (5 (6 7 36 " #89 : /&*&

! # $ %&& ' ( )%*)&&&& +,)-. )/00*&&& 1+,)-. )/00*&2) (5 (6 7 36  #89 : /&*& ! "#" %&& ' )%*)&&&& "+,)-. )/00*&&& 1+,)-. )/00*&2) 3 4 5 6 7 36 " #89 : /&*& #" + " ;9" 9 E" " """

Leia mais

VI Seminário Latino-Americano de Geografia Física II Seminário Ibero-Americano de Geografia Física Universidade de Coimbra, Maio de 2010

VI Seminário Latino-Americano de Geografia Física II Seminário Ibero-Americano de Geografia Física Universidade de Coimbra, Maio de 2010 VI Seminário Latino-Americano de Geografia Física II Seminário Ibero-Americano de Geografia Física Universidade de Coimbra, Maio de 2010 Delimitação de Unidades de Paisagens e D esmatamento em Áreas próx

Leia mais

Sazonais da Floresta ENQUADRAMENTO GERAL. Sazonais da Floresta

Sazonais da Floresta ENQUADRAMENTO GERAL. Sazonais da Floresta ub ub ENQUADRAMENTO GERAL A f é um m u cm múp pu, qu ó é pív pv m m épc fc p um vgm qu pb m u p u u mm m p- pv m qu um cu f fm m cv g. Ex um g v u qu ó xm m m épc. T- pv m v pu f, qu mu v ã já u m m vu

Leia mais

Folheto/Encarte/Distribuição

Folheto/Encarte/Distribuição D 2 Dv X*, DT P f q y Hll K P z! 6 Il ç l, l f l lh y4 P Pl l! ç v Il q ã b 6 lh v fl h, lz l l jv x lç, ç v 76 à v: D 2,7 74 à v: lh v : : 85852 ó $ 4,5 vlh : 67 ó: 848 lh v : 2, 24, 46 : 886 ó: 857,65

Leia mais

O P a pel da M ídia no C o ntro le da s P o lític a s de S a úde

O P a pel da M ídia no C o ntro le da s P o lític a s de S a úde B ra s ília, 26 de s etem bro de 2009 C o ntro le da s P o lític a s de L uiz R ibeiro FU N Ç Ã O D O J O R N A L I S M O J o r n a lis m o é a a tiv id a d e p r o fis s io n a l q u e c o n s is te e

Leia mais

Missões O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) A Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho

Missões O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) A Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho Missões O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) é uma organização imparcial, neutra e independente cuja missão exclusivamente humanitária é proteger a vida e a dignidade das vítimas dos conflitos

Leia mais

D A N I F E R H I G I E N E I N D U S T R I A L, L d a

D A N I F E R H I G I E N E I N D U S T R I A L, L d a C A R T A D E A P R E S E N T A Ç Ã O E s p e c i a l i s t a s e m h i g i e n e D A N I F E R H I G I E N E I N D U S T R I A L, L d a 1 A D A N I F E R H I G I E N E I N D U S T R I A L, L d a. é u

Leia mais

Memórias da abjica. 30 anos de história

Memórias da abjica. 30 anos de história M 30 h BJIC çã B J (J I C gy) Sã Pu h://www..g./ ç 2014 ORGNIZDORES P L S Ew Hk Hgw É M T Fáv Nkk L M P R L Luí Bu N Vâ Pu F R Guã P REVISÃO DE TEXTO C Kw M 30 h PROJETO GRÁFICO E EDITORÇÃO L M P R L

Leia mais

GUIA DE EMPREENDEDORISMO NA FLORESTA

GUIA DE EMPREENDEDORISMO NA FLORESTA h Té Ifçã: UIA MPRNORIMO NA LORTA Cçã: b : A v f P vv Pj ub âb Iv Cuá QUAL. Pj -f : Mb P vv: u: & x, L. (Chv) AIACT - Açã vv Ig A Cg Tâg (V R) gu - çã Açõ Ag T (V R) - Açã Pug (V R) ICNB -Pqu N P-ê (PNP)

Leia mais

Tabela de Vinculação de pagamento Manteve o mesmo nome DDM SIAFI-TABELA-VINCULA-PAGAMENTO

Tabela de Vinculação de pagamento Manteve o mesmo nome DDM SIAFI-TABELA-VINCULA-PAGAMENTO Segue abaixo dados das DDMs que mudaram para o PCASP, tanto as que mudaram de nome como as que mantiveram o mesmo nome. Para estas, os campos que serão excluídos (em 2015) estão em vermelho e os campos

Leia mais

Questionário sobre o Ensino de Leitura

Questionário sobre o Ensino de Leitura ANEXO 1 Questionário sobre o Ensino de Leitura 1. Sexo Masculino Feminino 2. Idade 3. Profissão 4. Ao trabalhar a leitura é melhor primeiro ensinar os fonemas (vogais, consoantes e ditongos), depois as

Leia mais

O Núcleo de Estudos da Terceira Idade (NETI) e os Grupos de Crescimento Pessoal: Metodologia que Deu Certo

O Núcleo de Estudos da Terceira Idade (NETI) e os Grupos de Crescimento Pessoal: Metodologia que Deu Certo 2º B B z 12 1 2004 O ú () : q Á Sú R O /S j,,,. Oj:, -, z q f h. :,,, f,, j.,,, í f, j. j, hz- ; hí, -., h z h,,,,,. :, fh- q, ; h,,, z,. üw,, í, h () J By, Bh,. S - S -h: ; ;. j O ú -, -R -R S -S, 1982

Leia mais

PRODUÇÃO AUDIOVISUAL EM EAD: AUTORIA ENQUANTO SUBSÍDIO PARA A FORMAÇÃO E ATUAÇÃO DOCENTE

PRODUÇÃO AUDIOVISUAL EM EAD: AUTORIA ENQUANTO SUBSÍDIO PARA A FORMAÇÃO E ATUAÇÃO DOCENTE PROUÇÃO AUIOVISUAL EM EA: AUTORIA ENQUANTO SUBSÍIO PARA A FORMAÇÃO E ATUAÇÃO OCENTE 2 PROUÇÃO AUIOVISUAL EM EA: AUTORIA ENQUANTO SUBSÍIO gpara A FORMAÇÃO E ATUAÇÃO OCENTE Slv BA Abl 2013 g -NTE/IAT/SEC/BA-7@gl.

Leia mais

Programa Copa do Mundo 2014

Programa Copa do Mundo 2014 Programa Copa do Mundo 2014 Programa Copa do Mundo 2014 Gerente do Programa: Mario Queiroz Guimarães Neto Rede do Programa: Rede de Cidades Objetivo do Programa: Organizar com excelência os eventos FIFA

Leia mais

Módulo III. Processadores de texto

Módulo III. Processadores de texto Módul F d O Pd d x Flh d Clul F d duvdd @2006 Módul v 1 Pd d x Uldd í djv Wwd d d x Ed u du Sl x Tblh u du Fç d g Fçõ gé Fçõ d x A lz l lu ú @2006 Módul v 2 Pd d x F d dh Tbl M uç Plzç d l dl Cç d lzd

Leia mais

Gabinete da Reitora AFASTAMENTOS DETERMINAÇÃO DESIGNAÇÕES ALTERAÇÃO. ANO VII N. o 10 23 de Setembro de yyyy

Gabinete da Reitora AFASTAMENTOS DETERMINAÇÃO DESIGNAÇÕES ALTERAÇÃO. ANO VII N. o 10 23 de Setembro de yyyy ublicação ficial do Departamento dministração de essoal de Junho a de Julho/ Gabinete da eitora. o de etembro de yyyy concedeu aposentadoria a Õ D, na seguinte forma: onde se lê: amparada pelo D DD FD

Leia mais

Minha vida está mudando.

Minha vida está mudando. U jt v vv. Mh v tá. Q á, z, t Q. 11 h t M é Alc b h l t g, c FLR DA IDAD. t ql. c l, ã, q é pcólg c z. l íc f tã é ã cêc Sb, t l t c é É, t, t b. h c M. g c p lh! t q h c Pq t, tbé c t j, q é, bc, á c.

Leia mais

Ministério da Cultura Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Departamento de Planejamento e Administração Coordenação-Geral de

Ministério da Cultura Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Departamento de Planejamento e Administração Coordenação-Geral de Ministério da Cultura Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Departamento de Planejamento e Administração Coordenação-Geral de Tecnologia da Informação!" !" $%& '( ) %) * +, - +./0/1/+10,++$.(2

Leia mais

Albaenergy Solutions, Lda. Ar Condicionado

Albaenergy Solutions, Lda. Ar Condicionado Ar Condicionado Recorrendo à movimentação do ar estes equipamentos permitem, num curto espaço de tempo, climatizar um determinado espaço. Com estes sistemas podemos aquecer ou arrefecer o ambiente por

Leia mais

E v o lu ç ã o d o c o n c e i t o d e c i d a d a n i a. A n t o n i o P a i m

E v o lu ç ã o d o c o n c e i t o d e c i d a d a n i a. A n t o n i o P a i m E v o lu ç ã o d o c o n c e i t o d e c i d a d a n i a A n t o n i o P a i m N o B r a s i l s e d i me nt o u - s e u ma v is ã o e r r a d a d a c id a d a n ia. D e u m mo d o g e r a l, e s s a c

Leia mais

DESDOBRAMENTO DA FUNÇÃO QUALIDADE - QFD UM MODELO CONCEITUAL APLICADO EM TREINAMENTO

DESDOBRAMENTO DA FUNÇÃO QUALIDADE - QFD UM MODELO CONCEITUAL APLICADO EM TREINAMENTO G 996 DDBM D FUÇÃ QUDD QFD UM MD U D M M h v, M M h h, hd Jã B, M F gh jbá F / D çã D v. B,.0 hh jbá MG 700000 b: h h f g h f y, w, h k f g, whh h h. h Qy F Dy ( QFD ) hq g b f g h h w. Fy, QFD y hw g

Leia mais

RELAÇÃO DE TURMA I D L. E. P o r t. H i s t. G e o g r.

RELAÇÃO DE TURMA I D L. E. P o r t. H i s t. G e o g r. O UÁ U ÇÃO U 7º v 07/08 l d Bá º m º 0 B BO X X X X X X X X X X - X 004638 0 É BO X X X X X X X X X X - X 004639 03 BO O BUÃO 7 X X X X X X X X X X X - 00434 04 O O O X X X X X X X X X X - X 00470 05 O

Leia mais

Ò ÓÙÚ Ä Ö ØÙ Ó ØÖ Ù Ó È ÕÙ ÒÓ Ç ØÓ ÒÓ Ë Ø Ñ ËÓÐ Ö Ì ÔÖ ÒØ ÍÒ Ú Ö Ö Ð Î Ó ÓÑÓ Ô ÖØ Ü ¹ Ò Ó ÔÖÓ Ö Ñ È Ó ¹ Ö Ù Ó Ñ ÔÐ Ô Ö Ó Ø Ò Ó Ó Ø ØÙÐÓ Å Ø Ö Ë ÒØ º ÎÁ ÇË ÅÁÆ Ë Ê ÁË ¹ Ê ËÁÄ ¾¼¼ Ñ Ò ÔÓ Â Ò Ö Ñ Ò Ð ÄÙ ÒÒ

Leia mais

¾ Ò Ñ Ó ÐÙ Ó ÓÑÔÐ Ñ ÒØ ËÙ Ø ÒØ Ó ÓÑÔÐ Ñ ÒØ Ø ÓÒ Ó Ù ÝÒ Ñ Ò ÖÓ ÝÒ Ñ Ð Ø ÃÐ Ù Ï ÐØÒ Ö Å ÖØ Ò ÁÒ ÐÑ Ò¹ËÙÒ Ö ÒØÓÒ Ó Ë Ö Ó Ô Ö Ó È ÙÐÓ Å Ö Ò ÁÒ Ø ØÙØÓ Í ÊÙ Ø ÒÓ ÅÓÙÖ ½¾ ¹ Ö Ó ÑÔÙ ÍÒ Ú Ö Ø Ö Ó ÇÒ Ò È ¼º¾½¼¹

Leia mais

A OLIMPÍADA BRASILEIRA DE FÍSICA EM GOIÁS ENQUANTO FERRAMENTA PARA A ALFABETIZAÇÃO CIENTÍFICA: TRADUÇÃO DE UMA EDUCAÇÃO NÃO FORMAL

A OLIMPÍADA BRASILEIRA DE FÍSICA EM GOIÁS ENQUANTO FERRAMENTA PARA A ALFABETIZAÇÃO CIENTÍFICA: TRADUÇÃO DE UMA EDUCAÇÃO NÃO FORMAL 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS E MATEMÁTICA Kll Kll Sá A OLIMPÍADA BRASILEIRA DE FÍSICA EM GOIÁS ENQUANTO FERRAMENTA PARA A ALFABETIZAÇÃO

Leia mais

O (doce) lanche. brasileira. Um retrato inédito

O (doce) lanche. brasileira. Um retrato inédito O (d) l ç bl U éd É VITL çã U bíl N lb vl d l q q d f q ff d d d v lld q d l q v q x qd.tb q q lb.f q d.offd f q dl b d d x f d qbx q qq bl dl d b x d vl dl l q q q ll d v. N f dl d q q xd d blb f x f

Leia mais

AR CONDICIONADO Tabela de Preços

AR CONDICIONADO Tabela de Preços AR CONDICIONADO de s Março 2015 Mono-Split Mural Gama Doméstica SÉRIE FA RAC. Smart Wi-Fi (integrado na unidade interior). Compatível com app Samsung Smart Home. Dupla purificação de ar: Virus Doctor &

Leia mais

n o m urd ne Hel e n o mis

n o m urd ne Hel e n o mis Em nosso cotidiano existem infinitas tarefas que uma criança autista não é capaz de realizar sozinha, mas irá torna-se capaz de realizar qualquer atividade, se alguém lhe der instruções, fizer uma demonstração

Leia mais

Ar Condicionado e Bombas de Calor

Ar Condicionado e Bombas de Calor Ar Condicionado e Bombas de Calor Ar Condicionado Ar Condicionado Gama completa SPLIT OMÉSTICO Nevada Montana Cassete 4 Vias SPLIT COMERCIAL Conduta Chão/Tecto Miami CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Tipo de Equipamento

Leia mais

Cleber Giorgetti Assessoria e Consultoria. Business & Strategy Marketing & Sales Products & Services Technology & Innovation

Cleber Giorgetti Assessoria e Consultoria. Business & Strategy Marketing & Sales Products & Services Technology & Innovation Cb Gg A C B & Sgy Mkg & S P & Sv Thgy & v Qm Sm N m 2002, mp v x mp çm bjv gó, m m f óg, pb-h m mpv. Apçã hm é gó q vé xpê 20 f, q xm pçõ gã m pçõ m: G Tg, Avy, L Thg, B Lb, AT&T, SD T,. R m p m gó g,

Leia mais

Palestra Budista. Os Quatro Tipos de Fé e Cinco Estágios

Palestra Budista. Os Quatro Tipos de Fé e Cinco Estágios Palestra Budista E s c r i t u r a d e N i t i r e n D a i b o s s a t s u : Os Quatro Tipos de Fé e Cinco Estágios - A Veracidade de uma Crença - S e c r e t á r i o G e r a l d o B u d i s m o P r i

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE GEOGRAFIA JOSÉ RODOLFO FRANÇA DE ALMEIDA PLANEJAMENTO E GESTÃO DO TRANSPORTE PÚBLICO DE UBERLÂNDIA -

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE GEOGRAFIA JOSÉ RODOLFO FRANÇA DE ALMEIDA PLANEJAMENTO E GESTÃO DO TRANSPORTE PÚBLICO DE UBERLÂNDIA - UIVI F UBÂI ITITUT FI JÉ F FÇ I PJT TÃ TPT PÚBI UBÂI - : TIVI VVI IPT, IT IT PT P UBÂI 2009 UIVI F UBÂI ITITUT FI JÉ F FÇ I PJT TÃ TPT PÚBI UBÂI - : TIVI VVI IPT, IT IT PT P elatório de stágio upervisionado

Leia mais

15 SENTIDOS BUFFET DE GALA 30.12.2013. FOUR VIEWS BAÍA 20h 02h VER MENU

15 SENTIDOS BUFFET DE GALA 30.12.2013. FOUR VIEWS BAÍA 20h 02h VER MENU 15 BFF G 30.12.2013 F VW BÍ 20h 02h V ua das aravilhas, 74 lha da adeira, ortugal el: (+351) 291 700 200 15 BFF G 30.12.2013 F VW BÍ 20h 02h Í 1 2 ÁV HF Õ BÇ 3 ÇÃ G 5 7 F 4 6 B À H 9 Z 8 VV FH V V B FÂ

Leia mais

! " # $% & & ' ( & & ) * + ) & % % ',

!  # $% & & ' ( & & ) * + ) & % % ', 1! " # $ & & ' ( & & ) * + ) & ', 2 1 -. - & / 0 1 2& 3 - ' 45 - & & " 27 8 9*:27 ;2 ?@ 5A3451 Com as alterações introduzidas pelo art.º 34º da Lei OE/2009, pelo art.º 34º da Lei OE/2011 e pelo

Leia mais

Eng. Castro Ferreira, Director do Departamento de Obras Municipais; que preside ao concurso;

Eng. Castro Ferreira, Director do Departamento de Obras Municipais; que preside ao concurso; RELATÓRIO FINAL DA ANÁLISE DAS PROPOSTAS P r o c e d i m e n t o a d o p t a d o : C o n c u r s o P ú b l i c ional o I n artigo t e r n a 2 c 2 6 º do DL 1 8 / 2 0 0 8 de 2 9 de Janeiro A n á l i s e

Leia mais

Entidades autorizadas a exercer a atividade de transporte de doentes e respetivos veículos

Entidades autorizadas a exercer a atividade de transporte de doentes e respetivos veículos Tipo de entidade Rótulos de Linha 3101 Cruz Vermelha Portuguesa - Delegação De Aldreu 96-46-HD 37-36-XP 66-NX-49 75-IS-24 78-32-MM 3102 Cruz Vermelha Portuguesa - Delegação De Amares 25-98-LI 03-88-QU

Leia mais

/HYDQWDUÃDOJXQVÃWHPDVÃUHODWDUÃH[SHULrQFLDVÃHPÃWRUQRÃGHVVHVÃWHPDVÃGHEDWrORVÃDSRQWDGRÃ VXDÃGLPHQVmRÃHÃSRVVLELOLGDGHVÃGHÃWUDEDOKRVÃEXVFDÃGHÃXPÃGLDJQyVWLFRÃSDUDÃFRPSUHHQGHUÃ RÃFRPSOH[RÃGHQWURÃGHÃXPDÃUHDOLGDGHÃUHVJDWDQGRÃRÃFRWLGLDQRÃLQtFLRÃGDÃSUREOHPDWL]DomR

Leia mais

Roteador. subrede de comunicação. canal

Roteador. subrede de comunicação. canal Ê Ë ÇÅÈÍÌ ÇÊ Ë ÅÇ ÄÇ ÇËÁ Ð Ö Ö ÓÞÓ Å ÙÖ Ó º Å Ð Ô ÖØ Ñ ÒØÓ Ò Ò Ö ÓÑÔÙØ Ó ÙØÓÑ Ó ÁÒ Ù ØÖ Ð ÙÐ Ò Ò Ö Ð ØÖ ÓÑÔÙØ Ó ÍÒ Ú Ö Ø Ù Ð ÑÔ Ò ¾¼¼¾ ½ ¹¾¼¼¾»»ÍÆÁ ÅÈ Ô ØÙÐÓ ½ ÁÆÌÊÇ Í Ç ½º½ ÓÒ ØÓ Ó Ò Ö ÑÓ Ê ÓÑÔÙØ ÓÖ ÓÑÓ

Leia mais

Gazeta de Coimbra , 1º trimestre Publicado por: J. R. A. URL persistente:

Gazeta de Coimbra , 1º trimestre Publicado por: J. R. A. URL persistente: Gz b - 7 º b : J L : :h://bb/b/b-gh-6/h; :h://hh/06/87 : 6-J-07 8:4:05 çã Bb b õ çã çõ Bb h:///-/ f x f çõ q ç zçã z ) ) ç çã ç z q ) ) ) f zçã b q b ó x çã ó q fz- h b! Jã b b b b L _ L! L h fh b- ç q

Leia mais

Correção da fuvest ª fase - Matemática feita pelo Intergraus

Correção da fuvest ª fase - Matemática feita pelo Intergraus da fuvest 009 ª fase - Matemática 08.0.009 MATEMÁTIA Q.0 Na figura ao lado, a reta r tem equação y x no plano cartesiano Oxy. Além dis so, os pontos 0,,, estão na reta r, sendo 0 = (0,). Os pontos A 0,

Leia mais

subdiretório diretório de usuário

subdiretório diretório de usuário Ô ØÙÐÓ Ë Ø Ñ ÖÕÙ ÚÓ Ô ÖØ Ñ Ú Ú Ð ÙÑ Ø Ñ ÓÔ ÖÓÒ Ð Ó Ù Ø Ñ ÖÕÙ ÚÓ º ÈÖÓ Ö Ñ ÔÐØ ÚÓ ÙØ Ð Þ Ñ Ó Ø Ñ ÖÕÙ ÚÓ Ú Ñ Ø Ñ µ Ô Ö ÖÖ Ð Ö Ö Ú Ö Ö ÑÓÚ Ö ÖÕÙ ÚÓ º Í Ù Ö Ó ÙØ Ð Þ Ñ ÒØ Ö Ø Ú Ñ ÒØ Ó Ø Ñ ÖÕÙ ÚÓ Ú Ðе Ô Ö

Leia mais

Dia Mundial da Criança

Dia Mundial da Criança up u Uã up é um t mmtv lb ulmt up 9 M. t lh flt 9 M 1950 m qu tt fê bt hum vçu m ppt um t up upl. ppt fu h m Dlçã hum é mbã tul Uã up. gup Ggf lbu- m um xpçã luv pát tl m um pv ypp lu 3º l. pv pypp tu

Leia mais

Colégio Liceal de Santa Maria de Lamas

Colégio Liceal de Santa Maria de Lamas olégio Liceal de anta aria de Lamas écnico de esign - esign de nteriores e xteriores - 2016/2019 elação de urma urma: 1(10) _16 º H º rocesso 1 BZ H LV 14 X X X X X X X X X X X X 20085 2 L 15 X X X X X

Leia mais

&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&'

&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&' ! " #$$# ! " #$$# %! ' () #' (( * + ), (# -. / 0# () -. 1 234 3 5 3 0' (0 -. 1 1 6$ (7-. 1 - - 6,!" # 8( #( - 1 80 ## -!+ 8, #) -. ') #0 -. 1 ', #0( -. '' #0# - ($$ #0) - ($# $!"% ($, )(-! 9 (#$ )#- %

Leia mais

A SABEDORIA DUMA MENINA

A SABEDORIA DUMA MENINA A SABEDORIA DUMA MENINA - çã qu h f u u u çã qu t u u u : "A ç -t h u h u t A ç -t tu t qu f tu - t u t F t - t ã t f qu t qu t u qu S t t t ç - É á t t O t h u u t Ob u t Ob Só t f P u t - u t u t b qu

Leia mais

Dispositivo: o cinema e o fim da moldura

Dispositivo: o cinema e o fim da moldura INTRODUÇÃO TRANSCINEMAS Ð ³ ² ³=» Ý ³»²ô ³ ² ª- Ê ô ³ ² ¾ ª- α» ³ ² ª- л 7 «ò O CINEMA SEMPRE FOI EXPERIMENTALô ± ¼» »³» º± «³ ½ ³ ± ¼»» «ò ݱ³± ½ «³ ³ ¹»³»³ ³±ª ³»² ±á ݱ³± ±» á ݱ³± ± ± «3¼± ¼± ±»

Leia mais

! " # $ % $ % $ & ' ( ) * % +,,' -#!...& / % / & '...&0 &...& & 1 2 3 2

!  # $ % $ % $ & ' ( ) * % +,,' -#!...& / % / & '...&0 &...& & 1 2 3 2 1 ! "#$% $%$&' () *% +,,' -#!...&/%/&'...&0&...&& 123 2 !!!" 4' -#,5,/ 36,-#3 37 8, 77',' 9' -#3 :!#!$% ;9' -?< +$ &"#9' -#& &4' @& A&49' -?& &4,-#?8,5& 2&; & &;' B8& &;',5 & &!' ;B687' 3 4,C D/'

Leia mais

RESPONSABILIDADES DO GERADOR

RESPONSABILIDADES DO GERADOR RESPONSABILIDADES DO GERADOR RELIZAR O TRANSPORTE DOS RESÍDUOS POR MEIO DE TRANSPORTADORAS IDÔNEAS. OBTER DOS ÓRGÃOS AMBIENTAIS A APROVAÇÃO DO DESTINO DOS RESÍDUOS. EFETUAR O TRATAMENTO E A DISPOSIÇÃO

Leia mais

Å ÒÙ Ö ØÓ ËÙ Ñ Ø Ó Ê Ú Ø ÁÒ ÓÖÑ Ø Ì ÓÖ ÔÐ ¾¼ ÒÓÚ Ñ ÖÓ ¾¼¼¼ Ê ÙÔ Ö Ó Ò ÓÖÑ Ó Ú Ù Ð ÓÑ ÒÓ ÓÒØ Ù Ó Ñ Ñ Ò Ú Ó Ø ÖÒ Ð Ó Ð ÙÕÙ ÖÕÙ Ö Ù Ó Ë ÐÚ Ó Â Ñ Ð ÖÞÓÐ Ù Ñ Ö Ê ÙÔ Ö Ó Ò ÓÖÑ Ó Ú Ù Ð ÓÑ ÒÓ ÓÒØ Ù Ó Ñ Ñ Ò Ú Ó

Leia mais

O PDF visível no ecrã do seu computador ou leitor electrónico, contém uma obra de ficção. As personagens e os seus nomes, bem como os nomes de

O PDF visível no ecrã do seu computador ou leitor electrónico, contém uma obra de ficção. As personagens e os seus nomes, bem como os nomes de O PDF visível no ecrã do seu computador ou leitor electrónico, contém uma obra de ficção. As personagens e os seus nomes, bem como os nomes de lugares e os acontecimentos aí relatados são produto da imaginação

Leia mais

PESQUISA INVESTIMENTOS NA INDÚSTRIA Minas Gerais. Ano 6. Nº 1. Março 2016

PESQUISA INVESTIMENTOS NA INDÚSTRIA Minas Gerais. Ano 6. Nº 1. Março 2016 PESQUISA INVESTIMENTOS NA INDÚSTRIA Minas Gerais Ano 6. Nº 1. Março 2016 Recessão econômica impacta os investimentos O ano de 2015 foi marcado por incertezas econômicas e crise política que contribuíram

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE. Jorge Cândido. Detecção e Rastreio de Faces Utilizando Redes Bayesianas

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE. Jorge Cândido. Detecção e Rastreio de Faces Utilizando Redes Bayesianas UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Jorge Cândido Detecção e Rastreio de Faces Utilizando Redes Bayesianas São Paulo 2006 Livros Grátis http://www.livrosgratis.com.br Milhares de livros grátis para download.

Leia mais

(""!)*+,-+.)!"!%*+/+.+)+0*!%,-/)+/!*)! (1%2(+"/+/2+,-3".!2(+(/+/!/!/2+,-!!"!%44(!%*.!+%(4!)"(/+/! 4+/!("0+5+2/+/!/!(1%2(+"!!2% 6(+

(!)*+,-+.)!!%*+/+.+)+0*!%,-/)+/!*)! (1%2(+/+/2+,-3.!2(+(/+/!/!/2+,-!!!%44(!%*.!+%(4!)(/+/! 4+/!(0+5+2/+/!/!(1%2(+!!2% 6(+ !"# $!&"' (""!)*,-.)!"!*/.)0*!,-/)/!*)! (12("//2,-3".!2((//!/!/2,-!!"!44(!*.!(4!)"(//! 4/!("052//!/!(12("!!2 6( )(!*/)7)8!"")*)9(!:" ;;< ! /(2!6!)=! " # $$ &'()*, $-./0 $10 0- #2334 * &'()2, $-./0 $10

Leia mais

:- gal Ifiilg^lPl. &\ k.tr :ti.: hy. f V' m_'s:-\ m'y: . *ty&? 1-.P9» DE 1904 RIO DE JANEIRO - QUARTA-FEIRA, 28 DE DEZEMBRO

:- gal Ifiilg^lPl. &\ k.tr :ti.: hy. f V' m_'s:-\ m'y: . *ty&? 1-.P9» DE 1904 RIO DE JANEIRO - QUARTA-FEIRA, 28 DE DEZEMBRO JwÂTí L ~ Sk9SPS > ZSí p \Z SwSS S=!!S J ZJZj S>w g gp \k h ü {p\j N %v PZP LZS Z > jrü í \ à wbgg SSGNTURS NN X BRSL S íj PR XTRR í Pk ÍBJÇÍQ DS NÇS RU w whx dçb #R PBHB HgJÍS BDJ P9 9 R JNR QURTFR ZBR

Leia mais

Por que escolher a CWC?

Por que escolher a CWC? P q lh CWC? t õ ç t 1. I i l ã à t t N it, l it, l ti á g l f E g i. t lê g I ívl t é á ti, tblh lh it h l. z i lh i iglê 4. V i Ativ Of i vi g tivi lt t i ii t. E tiv t v i ã t it çã tbé t t, xõ til lt

Leia mais

PROGRAM A + V IDA. P o lític a de Á lc o o l, Fum o e O utra s

PROGRAM A + V IDA. P o lític a de Á lc o o l, Fum o e O utra s PROGRAM A + V IDA P o lític a de Á lc o o l, Fum o e O utra s D ro g a s da S ec reta ria de S a úde R ec COSTA ife JOÃO do MARCELO Coordenação Clínica do CAPS AD Eulâmpio Cordeiro SMS-PCR (DSIV) Coordenação

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO JULHO/2015

BOLETIM INFORMATIVO JULHO/2015 BOLETIM INFORMATIVO JULHO/2015 A 9 Eçã 107 DESTAQUES ASSEMBLEIA GERAL ORDINARIA RECEITAS X DESPESAS BENEFÍCIOS, SERVIÇOS E PARCERIAS SEGURO AUTO CONSCIENTE DEPARTAMENTOS APOSENTADOS CULTURAL E RECREATIVO

Leia mais

Engenharia do Produto. Engenharia do Produto. Engenharia do Produto. Engenharia do Produto. Engenharia do Produto. Engenharia do Produto

Engenharia do Produto. Engenharia do Produto. Engenharia do Produto. Engenharia do Produto. Engenharia do Produto. Engenharia do Produto Cu A f ê glblz fçã pu u f hv u p. v ég p pl, vé pç fl pu, qul pp vçã uz. O Hj Tp P v é á v v pê âb gh lg pu u fz ppçã qu. P v u f é á lz p u l up à ê, u p p. Só é pívl l lv u v vlv pê ful à gh pu. Qul

Leia mais

PRODUTOS AUTOMOTIVOS PLUS

PRODUTOS AUTOMOTIVOS PLUS Á,! Óleo lubrificante, desengripante,desoxidante e antiferrugem V 3 V ua ugusto orreia, 100 - d. ruzeiro ão aulo - - 04803-160 tendimento ao liente (11) 5667 8207 0800 774 9499 -mail: onyx@onyxautomotivo.com.br

Leia mais

6. AR CONDICIONADO MAIO.2014 MONO SPLIT RESIDÊNCIAL MULTI SPLIT RESIDÊNCIAL MONO SPLIT COMERCIAL CONDUTA MONO SPLIT COMERCIAL CASSETE

6. AR CONDICIONADO MAIO.2014 MONO SPLIT RESIDÊNCIAL MULTI SPLIT RESIDÊNCIAL MONO SPLIT COMERCIAL CONDUTA MONO SPLIT COMERCIAL CASSETE 6. AR CONDICIONADO MAIO.2014 MONO SPLIT RESIDÊNCIAL MULTI SPLIT RESIDÊNCIAL MONO SPLIT COMERCIAL CONDUTA MONO SPLIT COMERCIAL CASSETE MONOBLOCO UNICLIMA TUBO DE COBRE ACESSÓRIOS DE LIMPEZA FIXAÇÃO 6.2

Leia mais

O trabalho com textos na alfabetização de crianças do 1º e 2º anos do ensino fundamental

O trabalho com textos na alfabetização de crianças do 1º e 2º anos do ensino fundamental O trabalho com textos na alfabetização de crianças do 1º e 2º anos do ensino fundamental Izac Trindade Coelho 1 1. I n t r o d u ç ão Ai de mim, ai das crianças abandonadas na escuridão! (Graciliano Ramos)

Leia mais

Quem falou foi Henrieta, toda arrumada com a camisa de goleira. E tinha mais um monte de gente: Alice, Cecília, Martinha, Edilene, Luciana, Valdete,

Quem falou foi Henrieta, toda arrumada com a camisa de goleira. E tinha mais um monte de gente: Alice, Cecília, Martinha, Edilene, Luciana, Valdete, Cpítul 3 N ã p! Abu! On já viu? Et qu é n! Cê minh mã? Qun mnin chgm p jg nqul ming, qu ncntm? Um gup mnin. D cmit, têni, clçã muit ipiçã. E g? Afinl, qum tinh ti qul ii mluc? D qun vcê gtm futl? pguntu

Leia mais

Quadro de conteúdos. Eu Gosto M@is Integrado 1 o ano. Lição 1 As crianças e os lugares onde vivem

Quadro de conteúdos. Eu Gosto M@is Integrado 1 o ano. Lição 1 As crianças e os lugares onde vivem Quadro de conteúdos Eu Gosto M@is Integrado 1 o ano Língua Portuguesa Matemática História Geografia Ciências Naturais Arte Inglês ABC da passarinhada O alfabeto Quantidade A ideia de quantidade Eu, criança

Leia mais

LUDMILA SANTOS DE ANDRADE

LUDMILA SANTOS DE ANDRADE UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE ARQUITETURA E URBANISMO PROGRAMA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO EM ARQUITETURA E URBANISMO ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: TECNOLOGIA A CONTRIBUIÇÃO DOS SISTEMAS BIM PARA

Leia mais

21/07/2015 13:36:51 ARTE MODA ARTE ARQUITETURA ARQUITETURA ENTRETENIMENTO MODA DESTINO GASTRONOMIA GASTRONOMIA MODA POLINÉSIA FRANCESA. CAPA 24.

21/07/2015 13:36:51 ARTE MODA ARTE ARQUITETURA ARQUITETURA ENTRETENIMENTO MODA DESTINO GASTRONOMIA GASTRONOMIA MODA POLINÉSIA FRANCESA. CAPA 24. R 3 R R D S VL L Ó S L U D K LÃ W -S / 3 SH FW -S Ã P UL F S SP / / : 8:3 3// 8/ 3/ : 6: SPCL - PRU C VCÊ UC VU.in 7 R Ú 8 9 - R$,,9 R$ CP.in S D PP R S G GS S - R$, 9 R D : : U Q R VG D R SÃ PU L FS H

Leia mais

Multisplit HAVAI/FLÓRIDA

Multisplit HAVAI/FLÓRIDA Multisplit HAVAI/FLÓRIDA Gama Doméstica Principais Caraterísticas Combina 3 tipos de unidades interiores Permite ligar até 5 unidades interiores Compressor Funcionamento Ambiente Frio Filtro de Alta Densidade

Leia mais

FORD. Assistência Técnica 11 4366.9308 8 / 30 Revisão G

FORD. Assistência Técnica 11 4366.9308 8 / 30 Revisão G Referência Número Aplicação Veículo Página NHK Fabrini Original I-FO0191-M 82 PU 5310-A Dianteira Pampa Motor CHT 1.6 4x2 / 4x4 9 I-FO0192-M 82 PU 5-A 323-A Dianteira Pampa Motor CHT 1.6 4x2 / 4x4 9 I-FO0263

Leia mais

R E DE MA IS VIDA R e de de A te nç ã o à S a úde do Ido s o

R E DE MA IS VIDA R e de de A te nç ã o à S a úde do Ido s o R E DE MA IS VIDA R e de de A te nç ã o à S a úde do Ido s o C ic lo d e D e b a te s : "1 C liq0 u e Ap a ra n eo d ita s r do eo s tilo Ed o ssta u b tí tu lo to m e s tre d o Id o s o E lia n a M á

Leia mais