Imprensa Eletrônica. Caderno 02: CONTAS PÚBLICAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Imprensa Eletrônica. Caderno 02: CONTAS PÚBLICAS"

Transcrição

1 NESTE VEICULO PODEM SER LIDOS TODOS OS ATOS OFICIAIS DO PREFEITURA DE São Felipe-BA 23 DE JANEIRO DE 2013 ANO VI EDIÇÃO 12 DOCUMENTO ASSINADO DIGITALMENTE CONFORME MP NO DE 24/08/2001, QUE INSTITUI A INFRAESTRUTURA DE CHAVES PÚBLICAS BRASILEIRA - ICP-BRASIL. PUBLICAR ASSESSORIA E PUBLICAÇÕES LEGAIS LTDA. TEL > Caderno 01: Atos Oficiais > Caderno 02: Contas Públicas > Caderno 03: Licitaões e Contratações > Caderno 04: Instr. de Gestão Fiscal Legislação Municipal. Lei 9.755/98 Lei 8.666/93 e lei /02 Lei 101/00 Imprensa Eletrônica VEÍCULO DE TRANSPARÊNCIA DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Caro usuário, no intuito de facilitar a informação e transparência do município, este diário oficial esta disponibilizando cadernos em formato digital, onde estão contidos todos os atos da administração pública do Poder Executivo. Abaixo, apresentamos um sumário analítico para facilitar a localização das publicações de cada ato de interesse a consulta. Caderno 01: ATOS OFICIAIS Atos de Pessoal: Lei do estatuto dos servidores municipais e do regime jurídico único, Lei que estabelece os casos de contratação por tempo determinado para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público, Outras disposições legais instituídas pelo município, Ato que criou os cargos ou empregos e sua vacância no quadro de pessoal,. Edital de concurso público, Homologação das inscrições, Resultado dos aprovados e sua classificação, Homologação do concurso após julgamento do último recurso, Outros atos de concurso, 0. Edital dirigido aos aprovados em concurso público convocando para passe, Nomeação de servidor efetivo, celetista, temporário ou comissionado, Promoção, Transferência, Reintegração, Aproveitamento, Reversão, Readaptação, Recondução, Exoneração, Demissão, Aposentadoria, Falecimento, Outros atos de pessoal, Ato de nomeação da comissão de sindicância. Atos Normativos: Circulares, Decretos,. Despachos, Leis, Portarias, Resoluções, Outros Atos Normativo. Atos Financeiros:: A Programação Financeira,. O Cronograma da Execução Orçamentária, O Quadro Trimestral das Despesas,. Prestação das Contas,. Créditos Adicionais,. Outros Atos Financeiros. Outros Atos Administrativos: Atas e Deliberações dos conselhos municipais,. Alvarás e demais atos administrativos, Outros atos administrativos. Caderno 02: CONTAS PÚBLICAS Lei 9.755/98: Balanço orçamentário,. Compras, Contratos e seus aditivos,. Demonstrativo de receitas e despesas, Execução dos orçamentos, Orçamentos anuais, Tributos arrecadados. Caderno 03: LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES Lei 8.666/93: Aviso da Adjudicação, Aviso da Anulação, Aviso da Cessão de uso, Aviso da Constituição de comissão de licitação, Aviso da Convocação para sorteio, Aviso da Dispensa, Aviso da Homologação, Aviso da Impugnação de edital /convite, Aviso da Inexigibilidade, Aviso da Notificação de penalidades a licitantes, Aviso da Permissão de uso, Aviso da Rescisão de contrato, Aviso da Revogação, Aviso de abertura de concorrência, tomada de preço, concurso e leilão, Aviso de Julgamento de Habilitação de licitantes, Aviso de modificação de edital de concorrência, tomada de preço, Concurso e Leilão, Aviso do Adiamento de licitação, Aviso do Contrato, Aviso do Julgamento e classificação de propostas, Aviso do Parecer e deliberações da comissão julgadora, Aviso do Recurso, Aviso do Registro de preço, Aviso do Termo Aditivo, Outros tipos de avisos de licitação, Portaria de nomeação de compradores e comissões de licitações, Relação de todas as compras feitas pela administração direta ou indireta, de maneira a clarificar a identificação do bem comprado, seu preço unitário, a quantidade adquirida, o nome do vendedor e o valor total da operação, podendo ser aglutinadas por itens as compras feitas com dispensa e inexigibilidade de licitação. Lei /02: Aviso Adjudicação, Aviso de Anulação,. Aviso de Homologação, Aviso de Impugnação de Edital, Aviso de Nomeação do Pregoeiro e sua Equipe de Apoio.. Aviso da Revogação, Aviso de Convocação dos Interessados,. Aviso de Julgamento e Habilitação dos Licitantes,. Aviso de Modificação do Edital do Pregão, Aviso do Cancelamento, Aviso do Extrato do Contrato, Aviso do Julgamento e Classificação de Propostas, Aviso do Parece de Deliberação do Pregoeiro,. Aviso do Recurso,. Edital do Pregão, Outros Tipos de Aviso de Licitação. Caderno 04: INSTRUMENTO DE GESTÃO FISCAL Lei 101/00: Leis de diretrizes orçamentárias, Orçamentos, Parecer prévio, Planos, Prestação de contas, Relatórios de gestão fiscal, Relatórios resumidos da execução orçamentária, Versões simplificadas desses documentos.

2 2 23 DE JANEIRO DE 2013 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA Atos Administrativos ESTADO DA BAHIA MUNICÍPIO DE SÃO FELIPE PREFEITURA MUNICIPAL SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO, FINANÇAS E PLANEJAMENTO AVISO DE LICITAÇÃO Processo Administrativo: 002 / 2013 Data: 02/01/2013 Processo Licitatório Tomada de Preços nº.: 02 / 2013 Data do Processo: 23/01/2013 A Comissão Central e Permanente de Licitação da Prefeitura Municipal de São Felipe - Bahia, no exercício das atribuições que lhe confere o Decreto Municipal nº. 016/2013, de 02/01/2013, torna público, para conhecimento dos interessados, que fará realizar no dia 19/02/2013, às 09:00 horas, na Sala das Sessões do Paço Municipal, situado na Praça Cônego José Lourenço, nº. 42, Centro, São Felipe-Ba, CEP , a sessão de abertura, julgamento e classificação das propostas, conforme especificado no Edital de Licitação na Modalidade Tomada de Preços nº. 02 / 2013, em regime de Execução Indireta por Empreitada Pelo Menor Preço Global, tendo como objeto de licitação o seguinte: Contratação de empresa especializada para EXECUÇÃO DE OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA PARA CONSTRUÇÃO DE 01 (UMA) UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE MODALIDADE 2, PARA UMA (01) EQUIPE DE SAÚDE DA FAMÍLIA, E 01 (UMA) EQUIPE DE SAÚDE BUCAL, SITUADA NO POVOADO DE TERRÃO, ZONA RURAL DO MUNICÍPIO DE SÃO FELIPE - BA, em regime de empreitada, com fornecimento de materiais e mão de obra, de acordo com o Projeto Executivo, Memoriais e Planilhas Orçamentárias constantes nos anexos do Edital, nos termos do Convênio nº. 114/2012, firmado entre a Secretaria Municipal de Saúde do e o Fundo Municipal de Saúde de São Felipe - Bahia. O Edital e os anexos desta licitação ficarão disponíveis aos interessados no Departamento de Licitações, situado no Paço Municipal até o dia 18/02/2013, das 08:00 às 12:00 horas. São Felipe - Bahia, 23 de Janeiro de Comissão Central e Permanente de Licitação Apolinário de Souza Barbosa Júnior Presidente Ana Lúcia Nunes da Silva Ferreira Membro Jusânia de Jesus Coelho Pinto Membro Praça Cônego José Lourenço, nº. 42 Tel. (0XX75) Fax (0XX75)

3 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA 3 23 DE JANEIRO DE 2013 BAHIA EDITAL DE LICITAÇÃO TOMADA DE PREÇOS Nº. 02TP / 2013 Processo Administrativo nº. 002 / 2013 Tipo: EMPREITADA / MENOR PREÇO GLOBAL I. REGÊNCIA LEGAL Lei 8.666/93, suas alterações e Lei complementar 123/06 II. ÓRGÃO INTERESSADO/ SETOR Prefeitura Municipal de São Felipe / Fundo Municipal de Saúde de São Felipe - FMS III. MODALIDADE IV. PROCESSO ADMINISTRATIVO N O. Tomada de Preços nº. 02TP / / 2013 V. TIPO DE LICITAÇÃO VI. PRAZO DE ENTREGA MENOR PREÇO GLOBAL 120 (cento e vinte) dias a contar da data da Ordem de Serviço VII. CRITÉRIO DE JULGAMENTO Empreitada pelo Menor Preço Global VIII. OBJETO Constitui objeto desta Licitação a Contratação de empresa especializada PARA EXECUÇÃO DE OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA PARA CONSTRUÇÃO DE 01 (UMA) UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE MODALIDADE 2, PARA UMA (01) EQUIPE DE SAÚDE DA FAMÍLIA, E 01 (UMA) EQUIPE DE SAÚDE BUCAL, SITUADA NO POVOADO DE TERRÃO ZONA RURAL NO MUNICÍPIO DE SÃO FELIPE-BA, em regime de empreitada, com fornecimento de materiais e mão de obra, de acordo com o projeto executivo e planilhas orçamentárias constantes do anexo II, que passam a integrar este Edital, que dele são partes indivisíveis e inseparáveis tendo em vista o Termo de Convênio nº. 114/2012 firmado entre a Secretaria Municipal de Saúde do SESAB e o Fundo Municipal de Saúde de São Felipe Bahia, obedecendo ao que dispõe a Lei Federal nº de 21 de junho de 1993 e suas posteriores alterações e Lei complementar 123/06. IX - Local e data para o credenciamento, recebimento das propostas, documentos relativos à habilitação e Sessão de Julgamento. Credenciamento: às 9:00 horas do dia 19/02/2013 Abertura Seção Pública: às 9:30 horas do dia 19/02/2013 LOCAL: Sala das Sessões, Praça Cônego José Lourenço, nº. 42, Centro, São Felipe Bahia, CEP X. DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA Unid. Orçamento SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE Ativ./Projeto 1047 ADEQUAÇÃO E CONSTRUÇÃO DE UNIDADES DE SAÚDE Elemento Obras e Instalações. XI. LOCAL, HORÁRIO E MEIO DE COMUNICAÇÃO PARA ESCLARECIMENTOS SOBRE ESTE EDITAL AS INFORMAÇÕES E ESCLARECIMENTOS NECESSÁRIOS AO PERFEITO CONHECIMENTO DO OBJETO DESTA LICITAÇÃO SERÃO PRESTADOS PELA COMISSÃO CENTRAL E PERMANENTE DE LICITAÇÃO, DIARIAMENTE, DAS 08:00 ÀS 13:00 HORAS, NO DEPARTAMENTO DE LICITAÇÕES, SITO NO PAÇO MUNICIPAL, NA PRAÇA CÔNEGO JOSÉ LOURENÇO, Nº. 42, CENTRO, SÃO FELIPE BAHIA, CEP , PELO TELEFAX (075) OU PELOS - XII. COMISSÃO CENTRAL E PERMANENTE DE LICITAÇÃO Apolinário de Souza Borba Júnior Ana Lúcia Nunes da Silva Ferreira Presidente Membro Decreto Municipal nº. 016 / 2013, de 02/01/2013 Jusânia de Jesus Coelho Pinto Membro s: - 1

4 4 23 DE JANEIRO DE 2013 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA BAHIA EDITAL DE LICITAÇÃO TOMADA DE PREÇOS Nº. 02 / 2013 Processo Administrativo nº. 002 / 2013 Razão Social: C.N.P.J. Nº: Endereço: Cidade: Estado: Fone: Fax: Contato Recebemos da Prefeitura Municipal de São Felipe - Bahia Departamento de Licitações e Contratos, cópia do instrumento convocatório da licitação acima identificada. Local, de de 2013 Assinatura Senhor Licitante, Visando comunicação futura, solicito a Vossa Senhoria preencher o recibo de retirada do Edital e remetê-lo ao Departamento de Licitação da Prefeitura Municipal de São Felipe - BA, por meio de fax (0xx75) A não remessa do recibo exime o Departamento de Licitações da Prefeitura Municipal de São Felipe - Bahia da comunicação de eventuais retificações ocorridas no instrumento convocatório, bem como de quaisquer informações adicionais. Apolinário de Souza Borba Júnior Presidente da CCPL Pça. Cônego José Lourenço, nº. 42, Centro São Felipe - Bahia CEP s: - 2

5 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA 5 23 DE JANEIRO DE 2013 BAHIA EDITAL DE LICITAÇÃO TOMADA DE PREÇOS Nº. 02 / 2013 Processo Administrativo nº. 002 / 2013 Tipo: EMPREITADA / MENOR PREÇO GLOBAL 1 - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS: A BAHIA, através da Comissão Central Permanente de Licitação CCPL, regida pela Lei nº /93 e suas alterações posteriores, torna público, para conhecimento dos interessados, que fará realizar licitação, modalidade TOMADA DE PREÇOS, do tipo empreitada pelo MENOR PREÇO GLOBAL, observada as prescrições da Lei Federal no 8666/93 e suas posteriores alterações, e da Lei Complementar 123/06, tendo como finalidade à seleção da proposta mais vantajosa para a a execução do objeto deste Edital, estando designado o dia 19 de Fevereiro de 2013, às 09:00 horas, para recebimento dos Envelopes de Habilitação e Proposta Comercial para a execução de Obras e Serviços de Engenharia, conforme especificações do objeto deste termo, que se realizará na Sala das Sessões da Prefeitura Municipal de São Felipe - BA, com sede na Praça Cônego José Lourenço, nº. 42, Centro, São Felipe - Bahia, observando-se as condições seguintes. 2 - DO OBJETO: 2.1 A presente Licitação tem por objeto a Contratação de empresa especializada para a EXECUÇÃO DE OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA PARA CONSTRUÇÃO DE 01 (UMA) UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE MODALIDADE 2, PARA UMA (01) EQUIPE DE SAÚDE DA FAMÍLIA, E 01 (UMA) EQUIPE DE SAÚDE BUCAL, SITUADA NO POVOADO DE TERRÃO ZONA RURAL NO MUNICÍPIO DE SÃO FELIPE-BA, em regime de empreitada, com fornecimento de materiais e mão de obra, de acordo com o Plano de Trabalho, Projeto Executivo, Memoriais e Planilhas Orçamentárias constantes nos anexos do Edital, conforme Convênio nº. 114 / 2012, firmado junto à Secretaria de Saúde do SESAB e o Fundo Municipal de Saúde de São Felipe Bahia, em 04/07/ A CONTRATADA fica obrigada a aceitar, nas mesmas condições contratuais, os acréscimos ou supressões que se fizerem necessários, até 25%(vinte e cinco por cento) do valor inicial atualizado do contrato, conforme prevê o Art.65, parágrafo 1º, da Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações legais. s: - 3

6 6 23 DE JANEIRO DE 2013 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA 3. DO CREDENCIAMENTO Para o credenciamento deverão ser apresentados os seguintes documentos: Tratando-se de representante legal, o estatuto social, contrato social ou outro instrumento de registro comercial, registrado na Junta Comercial, no qual estejam expressos seus poderes para exercer direitos e assumir obrigações em decorrência de tal investidura; Tratando-se de procurador, o instrumento de procuração público ou particular do qual constem poderes específicos para formular lances, negociar preços, interpor recursos e desistir de sua interposição e praticar todos os demais atos pertinentes ao certame, acompanhado do correspondente documento, dentre os indicados no item deste Capítulo, que comprove os poderes do mandante para a outorga; Carta de credenciamento, conforme modelo do anexo II O representante legal e o procurador deverá apresentar-se exibindo documento oficial de identificação que contenha foto Será admitido apenas 1 (um) representante para cada licitante credenciada, sendo que cada um deles poderá representar apenas uma credenciada. 3.4 Atestado de visita, ratificando que tomou conhecimento e está ciente das condições locais e que recebeu instruções e informações adicionais necessárias à execução das obras e serviços objeto desta licitação, devidamente assinado por preposto credenciado da Prefeitura Municipal de Conceição do Almeida que a acompanhou A ausência do Credenciado, em qualquer momento da sessão, importará a imediata exclusão da licitante por ele representada, salvo autorização expressa da CCPL. 4 - DA APRESENTAÇÃO DOS ENVELOPES DE HABILITAÇÃO E PROPOSTAS: As propostas serão recebidas pela Comissão de Licitação no dia, hora e local mencionados no Item IX da Capa deste termo, em duas vias preenchidas eletronicamente, assinada e carimbada pelo proponente, sem entrelinhas, emendas ou rasuras, em dois envelopes distintos, fechados, contendo na sua parte externa fronteira, a seguinte inscrição: À BAHIA EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 02 / 2013 ENVELOPE N.º 01 DOCUMENTAÇÃO PROPONENTE: (NOME COMPLETO DA EMPRESA) s: - 4

7 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA 7 23 DE JANEIRO DE À BAHIA EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 02 / 2013 ENVELOPE N.º 02 PROPOSTA COMERCIAL DE PREÇOS PROPONENTE: (NOME COMPLETO DA EMPRESA) O envelope n.º 01 deverá conter: a) Ato constitutivo, estatuto ou contrato social em vigor devidamente registrado, em se tratando de sociedades comerciais e, no caso de sociedade por ações, acompanhado de documentos de eleição de seus administradores, ou inscrição do ato constitutivo, no caso de sociedades civis, acompanhada de prova de diretoria em exercício; b) Prova de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas do Ministério da Fazenda (CNPJ); c) Prova de Regularidade com a Fazenda Federal; d) Prova de Regularidade para com as fazendas Estadual e Municipal, sendo a última do domicílio ou sede da licitante, pertinente ao seu ramo de atividade; e) Certificado de Regularidade do FGTS; f) Certidão Negativa de Débitos fornecida pelo INSS; g) Registro no CREA da empresa, bem como de seu responsável técnico; h) Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas: Lei i) Declaração de que a empresa não emprega menor de dezoito anos em trabalho noturno, perigoso ou insalubre e não emprega menor de dezesseis anos (com ressalva), conforme modelo Anexo IV A empresa que pretender se utilizar dos benefícios previstos nos art. 42 à 45 da Lei Complementar 123, de 14 de dezembro de 2006, disciplinados nas cláusulas deste edital, deverão apresentar, no envelope de habilitação, declaração, firmada por contador, de que se enquadra como microempresa ou empresa de pequeno porte, além de todos os documentos relativos à habilitação deste edital As cooperativas que tenham auferido, no ano calendário anterior, receita bruta até o limite de ,00 (dois milhões e quatrocentos mil reais), gozarão dos benefícios previstos nos art. 42 à 45 da Lei Complementar 123, de 14 de dezembro de 2006, disciplinados nas cláusulas deste edital, conforme o disposto no art. 34 da Lei , de 15 de julho de 2007, desde que também apresentem, no envelope de habilitação, declaração, firmada por contador, de que se enquadram no limite de receita referido acima, além de todos os documentos previstos na fase de habilitação deste edital. 4.4 A microempresa e a empresa de pequeno porte, bem como a cooperativa que atender ao item 4.3.1, que possuir restrição em qualquer dos documentos de regularidade fiscal, neste caso, todos os documentos da fase de habilitação, terá sua habilitação condicionada à apresentação de nova documentação, que comprove a sua regularidade em dois dias úteis, a contar da data em que for declarada como vencedora do certame. s: - 5

8 8 23 DE JANEIRO DE 2013 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA O benefício de que trata o item anterior não eximirá a microempresa, a empresa de pequeno porte e a cooperativa, da apresentação de todos os documentos, ainda que apresentem alguma restrição O prazo de que trata o item 4.4 poderá ser prorrogado uma única vez, por igual período, a critério da Administração, desde que seja requerido pelo interessado, de forma motivada e durante o transcurso do respectivo prazo A não regularização da documentação, no prazo fixado no item 4.4 e no implicará na decadência à contratação, sem prejuízo das penalidades previstas no edital, sendo facultado à Administração convocar os licitantes remanescentes, na ordem de classificação, para a assinatura do contrato, ou revogar a licitação. 4.5 Os documentos constantes dos itens 4.2 poderão ser apresentados em original, por cópia autenticada por tabelião ou por funcionário do Município ou publicação em órgão de imprensa oficial. 5 - DA QUALIFICAÇÃO TÉCNICA a) Certidão de Registro e comprovação de regularidade da empresa licitante e de seus responsáveis técnicos no Conselho Regional de Engenharia, Agronomia e Arquitetura - CREA da sede da licitante, dentro do prazo de validade; b) A comprovação de que o licitante possui em seu quadro permanente profissional de nível superior ou outro devidamente reconhecido pela entidade competente, será feita através de um dos seguintes documentos: c) Não serão aceitos atestados de responsabilidade técnicos não baixados por execução dos serviços junto ao CREA; d) Atestado de Visita Anexo VII, ao local das obras e serviços, fornecido pela Prefeitura Municipal de São Felipe, assinado pelo secretário e pelo Engenheiro do órgão licitador designado pela Prefeitura Municipal de São Felipe - BA e exclusivamente pelo Engenheiro Civil da Proponente, um dos futuros responsáveis técnicos pela execução da Obra. Visita esta a ser realizada até o dia 15/02/2013, das 08:00HS às 13:00hs, e considerada válida se feita pelos responsáveis técnicos da Prefeitura e da licitante, este devidamente comprovado, no momento da visita, na forma da alínea anterior juntamente com sua carteira de identidade profissional. 6 - DA QUALIFICAÇÃO ECÔNOMICO FINANCEIRA 6.1 Comprovação de Capital Integralizado mínimo, igual ou maior que 10% (dez por cento) do valor estimado desta Tomada de Preços, ou seja, maior ou igual a R$ ,00 (dezoito mil e quinhentos reais). s: - 6

9 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA 9 23 DE JANEIRO DE ABERTURA OS ENVELOPES DE HABILITAÇÃO E PROPOSTAS / JULGAMENTO 7.1 Os envelopes A e B, serão entregues fechados à Comissão Central e Permanente de Licitação, pelo (s) representante (s) legal (is) ou credenciado (s) da Licitante, em sessão pública, no local, dia e hora estabelecidos neste Edital. 7.2 Os membros da Comissão Central e Permanente de Licitação e todos os representantes presentes, legais, ou credenciados, das Licitantes, rubricarão os Envelopes B, das Propostas de Preços, procedendo-se, em seguida, a abertura dos Envelopes A. 7.3 Todas as Licitantes poderão examinar a documentação de habilitação das demais Licitantes, na sessão de abertura dos envelopes A As licitantes que não atenderem convenientemente ás exigências do envelope 01 Habilitação deste Edital, serão inabilitados para esta licitação, sendo-lhes devolvido, inviolado, o Envelope 02, contendo a Proposta Comercial de Preços, decorrido o prazo para interposição de recurso Não havendo recursos, ou tenha sido os mesmos julgados e a Comissão de Licitação entender que tem condições de fazê-la, proceder-se-á a abertura dos Envelopes B, na mesma sessão Uma vez abertos os Envelopes B, todas as vias das Propostas de Preços serão rubricadas pela Comissão Central e Permanente de Licitação e pelos representantes, legais ou credenciados, das Licitantes As Propostas de Preços serão julgadas conforme estabelecido neste Edital Das sessões públicas a que se refere o presente Edital, bem como de outras que venham a ser convocadas pela Comissão Central e Permanente de Licitação, serão lavradas atas que serão assinadas pelos membros da Comissão e pelos representantes presentes, legais ou credenciados das Licitantes, nas quais se consignarão eventuais reclamações ou ressalvas feitas pelas mesmas. 08 DA PROPOSTA DE PREÇOS ENVELOPE B. 8.1 A Proposta de Preços deverá ser apresentada em 02 (duas) vias (Modelo Anexo VI), devidamente encadernadas, rubricadas, sem emendas, rasuras ou entrelinhas, acompanhada do Cronograma Físico Financeiro (vide modelo Anexo VI-A) endereçada à Comissão Central e Permanente de Licitação, com identificação desta Licitação, a discriminação do objeto e o valor global proposta para sua execução, contendo anexos os seguintes documentos: Planilhas de Quantidades e Preços, com o valor global resultante da soma dos preços unitários da proponente pelas respectivas quantidades, conforme anexo VI; Cronograma Físico Financeiro (Modelo Anexo VI-A). s: - 7

10 10 23 DE JANEIRO DE 2013 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA DO JULGAMENTO: A Tomada de Preços será julgada pela Comissão de Licitação da seguinte forma: O julgamento da Proposta de Preços obedecerá ao critério de Menor Preço Global Julgamento da Documentação, levando em conta o atendimento às exigências do Edital, nas Cláusulas 4, 5 e 6 - DOCUMENTAÇÃO Julgamento da Proposta, levando em conta o atendimento às exigências do Edital, nos itens 8.1 a PROPOSTA Em qualquer fase do julgamento, o não atendimento ou a insuficiência de comprovação de alguma exigência constante do Edital, implicará em inabilitação ou desclassificação do concorrente A Comissão de Licitação rejeitará as propostas que: a) Estiverem em desacordo com qualquer exigência do Edital; b) Contiverem qualquer limitação, reserva ou condição contrastante com o presente Edital; c) Não contiverem informações suficientes para a perfeita identificação, qualificação e avaliação dos preços dos serviços ofertados; A escolha da proposta vencedora será pelo menor preço GLOBAL; Serão desclassificadas as propostas que forem manifestadamente inexequíveis, presumindose como tal, aquelas que contiverem preços vis ou excessivos Em caso de empate entre duas ou mais proponentes, a vencedora será escolhida por sorteio, conforme Art. 45, parágrafo 2º, da Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações legais O julgamento das Propostas será motivado, e o resultado respectivo comunicado aos licitantes e divulgado através de publicação no Mural do Paço Municipal e no Diário Oficial do Município e sua homologação além dos locais acima, será também publicada em jornal de circulação regional O julgamento da presente Licitação será realizado pela Comissão Permanente de Licitação da Prefeitura Municipal de São Felipe - BA, a qual terá competência para solucionar os casos omissos que possam surgir no curso do certame. 8.3 DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE: Como critério de desempate, será assegurada preferência de contratação para as microempresas, as empresas de pequeno porte e as cooperativas que atenderem ao item Entende-se como empate aquelas situações em que as propostas apresentadas pela microempresa e a empresa de pequeno porte, sejam iguais ou superiores em até 10% (dez por cento) à proposta de menor valor A situação de empate somente será verificada após ultrapassada a fase recursal da proposta, seja pelo decurso do prazo sem interposição de recurso, ou pelo julgamento definitivo do recurso interposto. s: - 8

11 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA DE JANEIRO DE Ocorrendo o empate, na forma do item anterior, proceder-se-á da seguinte forma: a) A microempresa, a empresa de pequeno porte ou a cooperativa, detentora da proposta de menor valor, poderá apresentar, no prazo de 02 (dois) dias, nova proposta, por escrito, inferior àquela considerada, até então, de menor preço, situação em que será declarada vencedora do certame. b) Se a microempresa, a empresa de pequeno porte ou a cooperativa, convocada na forma da alínea anterior, não apresentar nova proposta, inferior à de menor preço, será facultada, pela ordem de classificação, às demais microempresas, empresas de pequeno porte ou cooperativas remanescentes, que se enquadrarem na hipótese do item deste edital, a apresentação de nova proposta, no prazo e na forma prevista na alínea a deste item. c) Se houver duas ou mais microempresas e/ou empresas de pequeno porte e/ou cooperativas com propostas iguais, será realizado sorteio para estabelecer a ordem em serão convocadas para apresentação de nova proposta, na forma das alíneas anteriores Se nenhuma microempresa, empresa de pequeno porte ou cooperativa, satisfazer as exigências do item deste edital, será declarado vencedor do certame o licitante detentor da proposta originariamente de menor valor O disposto nos itens 8.1 à 8.3, deste edital, não se aplica às hipóteses em que a proposta de menor valor inicial tiver sido apresentada por microempresa, empresa de pequeno porte ou cooperativa (que satisfaça as exigências do item 4.3.1, deste edital) As demais hipóteses de empate terão como critério de desempate o sorteio, em ato público, com a convocação prévia de todos os licitantes. 09 DA RATIFICAÇÃO, ADJUDICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO: 9.1 Concluídas as avaliações, a comparação e o julgamento das propostas, a Comissão elaborará parecer que será submetido à apreciação do PREFEITO MUNICIPAL DE SÃO FELIPE - BA; 9.2 Apreciado o relatório, a Comissão Central e Permanente de Licitação comunicará a todos os Concorrentes classificados o resultado final do certame; 9.3 Ratificada, Adjudicada e Homologada pelo Gestor esta Licitação, o Licitante vencedor será comunicado do fato, através de ofício, solicitando o seu comparecimento para assinatura do Termo Contratual no prazo máximo de até cinco dias úteis. Se, decorrido esse prazo, o licitante vencedor não comparecer, injustificadamente, sofrerá sanções previstas na Lei e neste Edital, podendo o MUNICÍPIO convidar, sucessivamente, por ordem de classificação, os demais licitantes, para que um delas assine o Contrato nas mesmas condições previstas para a primeira, inclusive quanto aos preços ajustados, porém sem as implicações das penalidades impostas à vencedora, no caso de recusa; s: - 9

12 1223 DE JANEIRO DE 2013 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA 9.4 O licitante vencedor que se recusar, injustificadamente, a assinar o Termo Contratual, ficará sujeito à suspensão de licitar e contratar com o MUNICÍPIO pelo prazo de 02 (dois) anos. 10 DO PRAZO PARA A ASSINATURA DO CONTRATO: Esgotados todos os prazos recursais, a Administração, no prazo de 05 (cinco) dias, convocará a vencedora para assinar o Contrato, sob pena de decair o direito à contratação, sem prejuízo das sanções previstas no art. 81 da Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações legais O prazo de que trata o subitem anterior, poderá ser prorrogado, uma vez, pelo mesmo período, desde que seja feito de forma motivada e durante o transcurso do prazo Se, dentro do prazo, o convocado não assinar o Contrato, a Administração convocará os Licitantes remanescentes, na ordem de classificação, para a assinatura de contrato, em igual prazo e nas mesmas condições propostas pelo primeiro classificado, inclusive quanto aos preços, atualizados pelo critério previsto neste Edital, ou então, revogará a Licitação, sem prejuízo da pena de multa de 2%(dois por cento), conforme faculta a Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações legais. 11 DO PREÇO: 11.1 O valor máximo que a CONTRATANTE pagará à CONTRATADA será de R$ ,00 (Cento e Oitenta e cinco mil reais) Serão desclassificadas as propostas com valor superior ao limite estabelecido ou com preços manifestamente inexequíveis. 12 DOS RECURSOS: 12.1 Em todas as fases desta Licitação serão observadas as normas previstas nos incisos, alíneas e parágrafos do art. 109 da Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações legais. 13 DO PRAZO PARA INÍCIO E CONCLUSÃO DA OBRA: 13.1 A obra deverá ser iniciada num prazo máximo de 05 (cinco) dias a partir da Ordem de Serviço e concluída num prazo máximo de 120 (cento e vinte) dias também contados a partir da Ordem de Serviço, podendo ser prorrogado, por igual período, mediante acordo entre as partes DA DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 13.1 As despesas decorrentes da contratação, objeto desta Licitação, correrão à conta dos recursos consignados na proposta orçamentária da Prefeitura Municipal de São Felipe - Bahia, para o exercício de 2013, em fonte de recursos, programas de trabalho e elemento de despesas, descritos abaixo: s: - 10

13 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA DE JANEIRO DE 2013 Unid. Orçamento SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE Ativ./Projeto 1047 ADEQUAÇÃO E CONSTRUÇÃO DE UNIDADES E SAÚDE Elemento Obras e Instalações. 14 DAS CONDIÇÕES DE PAGAMENTO: O pagamento será efetuado de acordo com a execução e autorização da Secretaria Municipal de Saúde. No início da obra a empresa deverá apresentar a ART e no final 10% (dez por cento) do total do pagamento ficará retido e vinculado à apresentação da CND/INSS da obra No ato do pagamento será retido 11% sobre o valor da mão de obra a título de retenção do INSS, bem como 2% sobre o valor total da nota fiscal a título de ISSQN. Na nota deverá constar o número do CEI/INSS da obra. 15 DAS PENALIDADES: 15.1 A CONTRATADA fica ciente que o não cumprimento do Contrato, ficará sujeita as penalidades do art. 87 da Lei Federal 8.666/93 e em caso de multa, esta corresponderá a 2% (dois por cento) do valor total do Contrato. 16 DAS INFORMAÇÕES E ESCLARECIMENTOS: 16.1 A Licitante deverá analisar a documentação desta Licitação e inteirar-se das circunstâncias que tenham implicação na realização dos serviços, inclusive quanto aos seus custos e prazos de execução; 16.2 Informações relacionadas a esta Licitação, poderão ser obtidas, na Prefeitura Municipal através da Comissão Central e Permanente de Licitação no período e horário publicado neste Edital A Comissão Central e Permanente de Licitação analisará a consulta e divulgará sua decisão, no mural da Prefeitura Municipal. 17 DAS DISPOSIÇÕES GERAIS E FINAIS: 17.1 Fica reservada à Prefeitura Municipal de São Felipe - Bahia, antes de formalizada a contratação, anular, ou de acordo com seus interesses, adiar adjudicação ou reduzir o objeto desta Licitação, sem direito do licitante vencedor a qualquer indenização, reembolso ou compensação; 17.2 As quantidades de serviços serão autorizadas segundo as necessidades da PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO FELIPE - BAHIA particularizadas através de Ordem de Serviço, não existindo quantidade mínima por período de tempo. s: - 11

14 14 23 DE JANEIRO DE 2013 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA 17.3 O valor global adjudicado, registrado no contrato, é estimado não constituindo para a Contratante perante a Contratada nenhuma obrigatoriedade pela sua total utilização Em qualquer fase da licitação, a Comissão Permanente de Licitação se reserva o direito de solicitar aos licitantes, esclarecimentos necessários ao atendimento da documentação e propostas apresentadas; 17.5 A Licitante que não puder comprovar, em tempo determinado pela Prefeitura, a veracidade dos elementos informativos apresentados na licitação, será, automaticamente excluída desta Licitação A cessão ou sub-rogação, total ou parcial, bem como a subcontratação de obras e serviços decorrentes da presente Licitação, somente poderão ocorrer mediante autorização da Prefeitura; 17.7 A ausência de representante de qualquer Licitante ao ato de abertura das propostas, ou a recusa de sua assinatura nas respectivas atas, implicará na aceitação das decisões da Comissão Central e Permanente de Licitação ali exteriorizada; 17.8 A visita ao local da obra deverá ter a presença do Responsável Técnico da Empresa, e do representante indicado pela Prefeitura, objetivando obter pleno conhecimento das condições e da natureza dos trabalhos a serem executados As visitas ao local da obra deverão ser agendadas previamente na sede da Prefeitura, com antecedência de 24 horas, pois é indispensável à presença do Responsável indicado pela Prefeitura O não cumprimento injustificado, total ou parcial do Contrato resultante desta licitação ensejará a sua rescisão, com a aplicação de sanções previstas no Edital de Licitação e no Contrato firmado entre as partes, precedidas, todavia, de notificação e apuração em processo administrativo, garantido amplo defeso; A licitante vencedora do certame e sediada fora do, deverá apresentar comprovação de visto emitido pelo CREA da Bahia nas suas Certidões de Registro e Regularidade da Empresa junto ao Órgão acima citado, de acordo com o ARTº 69 da Lei 5.194/66 e ARTº 1º da Res. 265/79 CONFEA, quando da assinatura do Contrato; Não serão consideradas as propostas que deixarem de atender qualquer das disposições do presente Edital Em nenhuma hipótese será concedido prazo para a apresentação da Documentação e Proposta exigidas no Edital e não apresentadas na sessão de recebimento, com exceção dos casos especificados na Lei 123/ Não serão admitidas, por qualquer motivo, modificações ou substituições das propostas ou quaisquer outros documentos Só terão direito a usar a palavra, rubricar as propostas, apresentar reclamações ou recursos, assinar atas e os Contratos, os representantes credenciados e os membros da Comissão Central e Permanente de Licitações da Prefeitura Municipal de São Felipe, a exceção dos técnicos da Prefeitura, a exemplo do Assessor Jurídico e do Engenheiro responsável pelas obras e serviços da s: - 12

15 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA DE JANEIRO DE 2013 Secretaria da Infraestrutura, quando solicitados pela CCPL para acompanhar e esclarecer questionamentos quanto ao julgamento do certame Uma vez iniciada a abertura dos envelopes relativos à documentação, não serão admitidos à Licitação os participantes retardatários Do Contrato a ser assinado com a vencedora da Licitação constarão as Cláusulas necessárias previstas no art. 55 e a possibilidade de rescisão do Contrato na forma determinada nos Art. 77, 78 e 79, da Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações legais À autoridade superior ficam assegurados o direito de, no interesse do Município, revogar ou anular o Processo Licitatório, conforme lhe faculta o art. 49, da Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações legais Cópia do presente Edital, bem como maiores informações serão obtidas no Departamento de Licitações da Prefeitura Municipal de São Felipe Bahia ou pelo fone (75) , em horário de expediente e através dos endereços eletrônicos A empresa vencedora, no ato da assinatura do contrato deverá apresentar a Anotação de Responsabilidade Técnica- ART, emitida pelo CREA BA. 18 DOS ANEXOS: 18.1 Constituem anexos do presente Edital: - ANEXO I DISCRIMINAÇÃO DAS OBRAS E SERVIÇOS; - ANEXO I - A MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS; - ANEXO II DE A a V PLANTAS DIVERSAS - ANEXO III - MODELO DE CARTA DE CREDENCIAMENTO; - ANEXO IV MODELO DE DECLARAÇÃO DE IDONEIDADE; - ANEXO V - MODELO DE DECLARAÇÃO DE QUE NÃO EMPREGA MENOR DE IDADE - (Inciso XXXIII, do Art. 7º da Constituição Federal); ANEXO VI - MODELO DE DECLARAÇÃO DE RECEBIMENTO DE CD-ROOM CONTENDO AS PLANTAS E PROJETOS NECESSÁRIOS À EXECUÇÃO DAS OBRAS E - SERVIÇOS; - ANEXO VII - MODELO PROPOSTA COMERCIAL DE PREÇOS; - ANEXO VIII- CRONOGRAMA FÍSICO FINANCEIRO; - ANEXO XIX - ATESTADO DE VISITA; - Anexo X - MINUTA DO CONTRATO s: - 13

16 1623 DE JANEIRO DE 2013 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA 19 DO FORO 19.1 Divergências que eventualmente possam surgir em decorrência deste Processo Licitatório que não possam ser dirimidas diretamente entre as partes envolvidas, ficarão sujeitas ao Foro da Comarca de São Felipe Ba, em renuncia a qualquer outro, por mais privilegiado que seja. São Felipe Bahia, 23 de Janeiro de Comissão Central e Permanente de Licitação CCPL Decreto Municipal nº. 016 / 2013, de 02/01//2013. Apolinário de Souza Barbosa Júnior Presidente Ana Lúcia Nunes da Silva Ferreira Membro Jusânia de Jesus Coelho Pinto Membro s: - 14

17 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA DE JANEIRO DE 2013 BAHIA EDITAL DE LICITAÇÃO - TOMADA DE PREÇOS Nº. 02 / 2013 ANEXO I DISCRIMINAÇÃO DAS OBRAS E SERVIÇOS ITEM NATUREZA DO SERVIÇO UND QUANT 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.1 LIMPEZA MANUAL DO TERRENO (C/RASPAGEM SUPERFICIAL) m² 238, LOCAÇÃO DE OBRA, EXECUÇÃO DE GABARITO m² 238, PLACA DE OBRA E CHAPA DE AÇO GALVANIZADO (1,50M X 3,00M) m² 4, MOVIMENTO DE TERRA 2.1 ESCAVAÇÃO MANUAL DE VALA EM MATERIAL DE 1ª CATEGORIA, EXCLUINDO ESGOTAMENTO / ESCOAMENTO m³ 49, REATERRO MANUAL DE VALAS m³ 11, INFRAESTRUTURA 3.1 ALVENARIA DE EMBASAMENTO COM PEDRA RACHÃO EMPREGANDO ARGAMASSA MISTA DE CIMENTO, SAIBRO E AREIA SEM PENEIRAR TRAÇO m³ 31,02 1:4:5 3.2 FÔRMA DE MADEIRA PARA FUNDAÇÃO, COM TÁBUAS E SARRAFOS, 5 REAPROVEITAMENTOS m² 99, ARMAÇÃO AÇO CA-50, DIAM. 6,3 (1/4) A 12,5MM (1/2) FORNECIMENTO / CORTE (PERDA10%) / DOBRA / COLOCAÇÃO Kg 614, CONCRETO FCK=15,00MPA CONTROLE C, EXCLUINDO LANÇAMENTO, PREPARO COM BETONEIRA, UTILIZANDO BRITA 1 E 2 m³ 6, LANÇAMENTO E ADENSAMENTO DE CONCRETO EM FUNDAÇÕES m³ 6, LASTRO DE CONCRETO INCLUINDO PREPARO E LANÇAMENTO m³ 9, SUPERESTRUTURA 4.1 FÔRMA EM CHAPA DE MADEIRA COMPENSADA, 10MM PARA ESTRUTURAS DE CONCRETO (PILARES, VIGAS E LAJES) REAPROVEITAMENTO 5X m³ 92, LANÇAMENTO MANUAL DE CONCRETO EM ESTRUTURAS, INCL. VIBRAÇÃO m³ 6, CONCRETO 1:2:3 (20MPA) COM BRITA 1 E 2 BETONEIRA m³ 6, ARMAÇÃO AÇO CA 50, DIAM 6,3 (1/4) A 12,5MM (1/2) FORNECIMENTO / CORTE (PERDA 10%) / DOBRA / COLOCAÇÃO Kg 614, LAJE PRÉ-MOLDADA PARA PISO, SOBRECARGA 100KKG/ M², VÃOS ATÉ 3,50M, E=8CM, COM LAJOTAS E CAP. C/ CONCRETO FCK=20MPA, 4CM INTER-EIXO 38CM, COM ESCORAMENTO (REAPROVEITAMENTO 3X) E FERRAGEM NEGATIVA m² 6, PAREDES E PAINÉIS 5.1 ALVENARIA EM BLOCOS CERÂMICOS (9X19X39)CM, ARGAMASSA MISTA TRAÇO 1:2:8, E=09,00CM m² 459, VERGAS, CONTRA-VERGAS, OU CINTA EM CONCRETO ARMADO, FCK=20MPA PREPARAÇÃO MECÂNICA, FORMA CANALETA (15X20X20) m³ 1,23 s: - 15

18 1823 DE JANEIRO DE 2013 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA AÇO CABO 5.0 (TAXA DE FERRAGEM 45,13KG/ m³) 6.0 ESQUADRIAS 6.1 JANELA ALUMÍNIO DE CORRER, 2 FOLHAS PARA VIDRO, COM BANDEIRA, LINHA 25 m² 15, JANELA DE ALUMÍNIO TIPO MAXI-AIR, SÉRIE 25 m² 5, JANELA DE ALUMÍNIO TIPO PIVOTANTE, SÉRIE 25 m² 0, JANELA DE ALUMÍNIO TIPO GUILHOTINA, SÉRIE 25 m² 0, PORTA DE MADEIRA COMPENSADA LISA PARA PINTURA,80X2,10M, INCLUSO ADUELA 2A, ALIZAR 2A E DOBRADIÇA und 15, PORTA DE MADEIRA COMPENSADA LISA PARA PINTURA, 0,90X2,10M, INCLUSO ADUELA 2A, ALIZAR 1A E DOBRADIÇA und 4, PORTA DE MADEIRA COMPENSADA LISA PARA PINTURA, 1,20X2,10M, 2 FOLHAS, INCLUSO ADUELA 2A, ALIZAR 1A E DOBRADIÇA und 2, PORTA EXTERNA DE ABRIR EM ALUMÍNIO, PERFIL, 25, DUAS FOLHAS, DIM (1,40X2,10)M COMPLETA m² 5, PEITORIL DE MÁRMORE, LARGURA 15 CM, ARGAMASSA MISTA DE CAL HIDRATADA, NO TRAÇO 1:1:4 m 28, VIDRO FANTASIA TIPO CANELADO, ESPESSURA 4MM m² 25, REVESTIMENTO DE PAREDES E TETOS 7.1 CHAPISCO PARA PAREDE INTERNA OU EXTERNA COM ARGAMASSA DE CIMENTO E AREIA SEM PENEIRAR TRAÇO 1:3 ESP=5MM m² 918, REBOCO COM ARGAMASSA DE CAL VIRGEM E AREIA PENEIRADA, TRAÇO1:3 m² 803, EMBOÇO COM ARGAMASSA MISTA, CIMENTO, SAIBRO E AREIA SEM PENEIRAR TRAÇO 1:1:5,5 m² 115, CERÂMICA ESMALTADA EM PAREDES 1A, PEI-4, 30X30CM, PADRÃO MÉDIO, FIXADA DOM ARGAMASSA COLANTE E REJUNTAMENTO COM m² 115,20 CIMENTO BRANCO 7.5 FORRO PVC 200X6000MM, EM PAINÉIS LINEARES, ESTRUTURA EM MADEIRA m² 156, PISOS 8.1 REGULARIZAÇÃO DE PISO/BASE EM ARGAMASSA TRAÇO 1:4 (CIMENTO E AREIA) ESPESSURA 3,0CM, PREPARO MANUAL m² 20, PISO CERÂMICA ESMALTADA LINHA POPULAR PEI 4, ASSENTADA COM ARGAMASSA COLANTE COM REJUNTAMENTO EM CIMENTO BRANCO m² 20, REGULARIZAÇÃO DE BASE PARA PISO DE ALTA RESISTÊNCIA EM ARGAMASSA TRAÇO 1:3 (CIMENTO E AREIA), E=3CM, PREPARO MANUAL m² 147, PISO INDUSTRIAL MONOLÍTICO DE ALTA RESISTÊNCIA MECÂNICA, FUNDIDO SOBRE BASE NIVELADA, ACABAMENTO DESEMPENADO, m² 147,96 E=8,0MM 8.5 RODAPÉ PARA PISO INDUSTRIAL MONOLÍTICO DE ALTA RESISTÊNCIA MECÂNICA m 175, SOLEIRA DE MÁRMORE, LARGURA 15CM, ARGAMASSA MISTA DE CAL HIDRATADA, NO TRAÇO 1:1;4 m 5, INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS 9.1 ÁGUA FRIA PONTO DE ÁGUA FRIA ¾ MÉDIA 5,M DE TUBO DE PVC ROSCÁVEL ÁGUA FRIA ¾ E 2 JOELHOS DE PVC ROSCÁVEL 90 GRAUS ÁGUA FRIA ¾ Pt 6,00 FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO PONTO DE ÁGUA FRIA ½ MÉDIA 5,00M DE TUBO DE PVC ROSCÁVEL s: - 16

19 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA DE JANEIRO DE 2013 ÁGUA FRIA ½ E 2 JOELHOS DE PVC ROSCÁVEL 90 GRAUS ÁGUA FRIA ½ Pt 17,00 FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO REGISTRO DE PRESSÃO COM CANOPLA DE ½ FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO und 1, REGISTRO DE GAVETA COM CANOPLA DIM ¾ FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO und 11, RESERVATÓRIO D ÁGUA DE FIBRA DE VIDRO CILÍNDRICO, CAPACIDADE DE 1.000L und 2, ESGOTO PONTO DE ESGOTO 100MM MÉDIA 1,10M DE TUBO DE PVC ESGOTO PREDIAL DN 100MM E 1 JOELHO PVC 90º ESGOTO PREDIAL DN 100MM Pt 5,00 FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO PONTO DE ESGOTO 50MM MÉDIA 5,00M DE TUBO DE PVC ESGOTO PREDIAL DN 50MM E 1 JOELHO PVC 90º ESGOTO PREDIAL DN 50 MM Pt 14,00 FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO CAIXA SIFONADA DE PVC DIMENSÕES DE Ø 100X15Z50MM und 6, RALO SIFONADO PVC Ø 100X100MM SIMPLES FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO und 1, CAIXA DE INSPEÇÃO EM ALVENARIA DE TIJOLO MACIÇO 60X60X60CM, REVESTIDA INTERNAMENTE COM TAMPA PRÉ-MOLDADA DE CONCRETO E und 6,00 FUNDO DE CONCRETO 15MPA FOSSA SÉPTICA EM ALVENARIA DE TIJOLO CERÂMICO MACIÇO DIMENSÕES EXTERNAS 1,90X1,10X1,40M, 1500 LITROS COM TAMPA EM und 1,00 CONCRETO ARMADO COM ESPESSURA 8M SUMIDOURO EM ALVENARIA DE TIJOLO CERÂMICO MACIÇO DIÂMETRO 1,20M E ALTURA 5,0M, COM TAMPA EM CONCRETO ARMADO DIÂMETRO 1,40 E ESPESSURA 10CM und 1, APARELHOS E ACESSÓRIOS SANITÁRIOS 10.1 LAVATÓRIO DE LOUÇA BRANCA SEM COLUNA, COM TORNEIRA DE PRESSÃO E ACESSÓRIOS und 8, PORTA-SABONETE LÍQUIDO FORNECIMENTO und 8, PAPELEIRA DE SOBREPOR und 8, VASO SANITÁRIO COM CAIXA DE DESCARGA ACOPLADA LOUÇA BRANCA und 4, DUCHA HIGIÊNICA COM REGISTRO PARA SANITÁRIOS und 4, PAPELEIRA EM LOUÇA BRANCA FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO und 4, CHUVEIRO ELÉTRICO COMUM, CORPO PLÁSTICO TIPO DUCHA FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO und 1, SABONETEIRA LOUÇA BRANCA 15X15CM FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO und 1, PORTA TOALHA EM LOUÇA BRANCA COM BASTÃO PLÁSTICO FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO und 1, TORNEIRA CROMADA ½ OU ¾ und 4, TANQUE DE EXPURGO INOX COMPLETO und 1, BANCADA EM AÇO INOX COM UMA CUBA (50X40X30) DIMENSÕES 1,00X0.60M und 1, BANCADA EM AÇO INOX COM UMA CUBA (50X40X30), DIMENSÕES 1,20X0,60M und 1, BANCADA EM AÇO INOX COM UMA CUBA (50X40X30), DIMENSÕES 1,30X0,60M und 2, PIA DE ESCOVAÇÃO EM AÇO INOX, DIMENSÕES 1,20X0.50M und 1,00 s: - 17

20 20 23 DE JANEIRO DE 2013 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA 11.0 INSTALAÇÕES ELÉTRICAS 11.1 SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO QUADRO DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA EM CHAPA METÁLICA, DE SOBREPOR, COM PORTA, PARA 24 DISJUNTORES TERMOMAGNÉTICOS und 2,00 MONOPOLARES, FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DISJUNTOR TERMOMAGNÉTICO MONOPOLAR PADRÃO NEMA (AMERICANO) 10 A 30A, 240V, FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO und 20, SISTEMA DE ILUMINAÇÃO PONTO DE LUZ (CAIXA ELETRODUTO, FIOS E INTERRUPTOR) und 43, LUMINÁRIA TIPO CALHA, DE SOBREPOR, COM REATOR DE PARTIDA RÁPIDA E LÂMPADA FLUORESCENTE 2X40W, COMPLETA, FORNECIMENTO und 34,00 E INSTALAÇÃO LUMINÁRIA GLOBO VIDRO LEITOSO / PLAFONIER / BOCAL / LÂMPADA 60W, FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO und 8, LUMINÁRIA TIPO ARANDELA PARA 1 LÂMPADA DE 60W, TIPO RESIDENCIAL und 1, PONTO DE TOMADA (CAIXA, ELETRODUTO, FIOS E TOMADA) und 58, PONTO DE TOMADA PARA AR CONDICIONADO (CAIXA, ELETRODUTO, FIOS E TOMADA) und 13, PONTO PARA CHUVEIRO ELÉTRICO COM CAIXA, ELETRODUTO E FIOS und 1, TELEFONE E DADOS PONTO DE TOMADA PARA TELEFONE, COM TOMADA PADRÃO TELEBRAS EM CAIXA DE PVC COM PLACA, ELETRODUTO DE PVC RÍGIDO E FIAÇÃO und 2,00 ATÉ A CAIXA DE DISTRIBUIÇÃO DO PAVIMENTO PONTO SECO PARA INSTALAÇÃO DE SOM / TV/ ALARME E LÓGICA, INCLUINDO ELETRODUTO DE PVC FLEXÍVEL CORRUGADO E CAIXA Pt 3, TOMADA PARA REDE DE LÓGICA Pt 3, COBERTURA 12.1 ESTRUTURA DE MADEIRA 2ª SERRADA NÃO APARELHADA, PARA TELHAS CERÂMICAS m² 238, IMUNIZAÇÃO MADEIRAMENTO PARA COBERTURA COM IMUNIZANTE INCOLOR m² 238, CUMEEIRA COM TELHA CERÂMICA EMBOÇADA COM ARGAMASSA TRAÇO 1:2:8 (CIMENTO, CAL HIDRATADA E AREIA) m² 22, COBERTURA COM TELHA CERÂMICA TIPO COLONIAL PRENSADA, COM TRAVA, COM ARGAMASSA DE CIMENTO, INCLINAÇÃO 35% m² 238, PINTURA 13.1 EMASSAMENTO DE PAREDES INTERNAS/EXTERNAS COM MASSA ACRÍLICA, DUAS DEMÃOS SEM MASSA m² 803, PINTURA DE PAREDES INTERNAS / EXTERNAS COM TINTA LÁTEX ACRÍLICA, DUAS DEMÃOS, SEM MASSA m² 803, EMASSAMENTO MASSA BASE A ÓLEO EM MADEIRA, DUAS DEMÃOS m² 79, PINTURA EM ESMALTE FOSCO PARA MADEIRA, DUAS DEMÃOS, INCLUSO APARELHAMENTO COM FUNDO NIVELADOR BRANCO FOSCO m² 79, DIVERSOS 14.1 PLACA DE SINALIZAÇÃO ESPECÍFICA PARA PORTA und 21, BARRA PARA APOIO EM BOX SANITÁRIO C/0.60M EM METAL CROMADO, INCLUSIVE COLOCAÇÃO und 9, CAIXA PRÉ-MOLDADA EM CONCRETO PARA AR CONDICIONADO A s: - 18

21 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA DE JANEIRO DE BTU S und 13, ESCADA TIPO MARINHEIRO EM TUBO AÇO GALVANIZADO 1 ½, 5 DEGRAUS m 2, PASSEIO DE CONCRETO, INCLUINDO PREPARO DA CAIXA m² 66, ABRIGO DO COMPRESSOR COM: GRADE (INCLUSIVE PINTURA), CADEADO, INSTALAÇÃO DE AR, ÁGUA, ENERGIA E ESGOTO PARA O und 1,00 CONJUNTO ODONTOLÓGICO (SALA DE ODONTOLOGIA VER DETALHES NO PROJETO) 14.7 ABRIGO DO GÁS COM: GRADE (INCLUSIVE PINTURA), CADEADO, INSTALAÇÃO DE TUBULAÇÃO DE COBRE CLASSE I (VER DETALHES NO PROJETO) Und 1, LIMPEZA FINAL 15.1 LIMPEZA FINAL DA OBRA m² 182,67 São Felipe Bahia, 23 de Janeiro de Comissão Central e Permanente de Licitação CCPL Decreto Municipal nº. 016 / 2013, de 02/01/2013. Apolinário de Souza Barbosa Júnior Presidente Ana Lúcia Nunes da Silva Ferreira Membro Jusânia de Jesus Coelho Pinto Membro s: - 19

22 22 23 DE JANEIRO DE 2013 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA ANEXO I - A MEMORIAL DESCRITIVO DE ARQUITETURA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE 01 EQUIPE PROJETO PADRÃO OBJETO: 1. APRESENTAÇÃO O presente caderno de Memorial Descritivo e Especificações Técnicas refere-se ao Projeto de Arquitetura da Unidade Básica de Saúde para 01 Equipe. Este documento tem por objetivo estabelecer os critérios para a execução das obras relativas à construção da Unidade Básica de Saúde da Família para 1 equipe. Todos os materiais a serem utilizados deverão ser de 1ª qualidade, não devendo apresentar nenhum defeito de fabricação. Em caso de contradição entre este texto e os projetos, prevalecerá o aqui indicado, e quaisquer modificações nos mesmos somente deverão ser efetivadas com a aprovação do projetista da obra. A administração da obra deverá ser exercida por Engenheiro ou Arquiteto de comprovada experiência em obras similares. 2. MEMORIAL DESCRITIVO 2.1. CONSIDERAÇÕES NECESSÁRIAS AO CONTRATO DE EXECUÇÃO A FISCALIZAÇÃO, exercida no interesse exclusivo do CONTRATANTE, não exclui e nem reduz a responsabilidade da CONTRATADA, inclusive perante terceiros, por qualquer irregularidade e, na sua ocorrência, não implica em corresponsabilidade do poder público ou de seus agentes e prepostos. A CONTRATADA se comprometerá a dar à FISCALIZAÇÃO, no cumprimento de suas funções, livre acesso aos locais de execução dos serviços, bem como fornecer todas as informações e demais elementos necessários. A CONTRATADA será responsável por todas as despesas e providências necessárias a aprovação da obra, tais como, licenças, alvarás e habite-se. s: - 20

23 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA DE JANEIRO DE 2013 Cabe às LICITANTES fazer, com a devida atenção, minucioso estudo, verificação e comparação de todos os projetos fornecidos, detalhes, especificações e demais componentes integrantes da documentação técnica fornecida pelo CONTRATANTE para a execução da obra. A CONTRATADA deverá manter, na obra, conjunto completo e atualizado dos desenhos de todas as partes da obra. Esses desenhos estarão prontos para serem examinados a qualquer momento pela FISCALIZAÇÃO e por toda e qualquer pessoa autorizada pela mesma. A CONTRATADA deverá providenciar a atualização de todos os desenhos que sofram alterações em relação ao projeto original e, ao final da obra, entregar à CONTRATANTE um conjunto completo de plantas de as built em meio magnético para AUTOCAD 2000 ou superior e uma cópia de cada projeto plotada em papel sulfite. Para qualquer serviço mal executado, a FISCALIZAÇÃO reservar-se-á o direito de modificar, refazer, substituir da forma e com os materiais que melhor lhe convierem, sem que tal fato acarrete em solicitação de ressarcimento financeiro por parte da CONTRATADA, nem extensão do prazo para conclusão da obra. A obra só se dará por concluída após o término de todas as etapas especificadas, retirada dos entulhos e completa limpeza de todas as áreas trabalhadas. Antes do recebimento final da obra, as galerias, as coberturas, os arruamentos, as calçadas e demais áreas ocupadas pela CONTRATADA, relacionadas com a obra, deverão ser limpas de todo o lixo, excesso de material, estruturas temporárias e equipamentos. As tubulações, valetas e a drenagem deverão ser limpas de quaisquer depósitos resultantes dos serviços da CONTRATADA e conservadas até que a inspeção final tenha sido feita. A CONTRATADA se obrigará a efetuar um rigoroso controle tecnológico de todas as peças concretadas que forem executadas (em corpos de prova), utilizados na obra, rompendo-os segundo as normas técnicas vigentes, certificando que as resistências das peças atingiram o índice informado no projeto. Os ensaios e demais provas exigidos por normas técnicas, para boa execução dos serviços, correrão, sempre, por conta da empresa contratada. Tais custos deverão estar previstos no BDI da contratada. Em caso de necessidade de revalidação da aprovação dos projetos, esta será de responsabilidade da CONTRATADA. Deverão ser fornecidos todos os Equipamentos de Proteção Individual(EPI) necessários e adequados ao desenvolvimento de cada tarefa nas diversas etapas da obra, conforme previsto na NR-06 e NR-18 da Portaria nº 3214 do Ministério do Trabalho, bem como demais dispositivos de segurança necessários. Todos os operários, empregados da empresa ou subcontratados deverão estar convenientemente fardados, onde conste o nome da empresa, portar equipamentos de segurança tais como botas, capacete, luvas, óculos, cintos, etc., crachá de identificação onde conste o nome da empresa e do empregado, cargo e/ou função, retrato do empregado, assinatura sobre carimbo, do responsável s: - 21

24 24 23 DE JANEIRO DE 2013 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA pela empresa. A não obediência acarretará o impedimento do acesso do empregado ao local da obra, bem como, se encontrado sem a vestimenta e equipamentos de segurança adequados, a sua imediata retirada do local da obra. Nenhuma alteração de projeto, seja de especificação, ou outra qualquer, que possa afetar o dimensionamento das instalações definidas, será executada sem autorização prévia do projetista. 3. SERVIÇOS PRELIMINARES O estudo preliminar de arquitetura foi fornecido pela SESAB à empresa executora dos projetos complementares. Para fins de viabilização das instalações complementares, o estudo preliminar de arquitetura fornecido pela SESAB passou por ajustes com o objetivo de atender às demandas que surgiram por parte das instalações como elétrica, cabeamento, segurança predial (CFTV), GLP e outras, configurando, desta forma, a compatibilização e unidade entre o projeto de arquitetura, os projetos complementares, de fundação e estrutura LIMPEZA DO TERRENO A limpeza inicial consiste na capina e/ou raspagem da camada vegetal do terreno. As condições de limpeza deverão ser mantidas em todas as etapas da obra. A retirada de entulhos será feita sempre que o volume dos mesmos possa atrapalhar as atividades desenvolvidas em canteiro LOCAÇÃO Consiste na execução da locação todos os elementos necessários à perfeita implantação da obra. Será executada inicialmente através de equipe habilitada, que deverá executá-la rigorosamente a partir dos pontos de referência previamente estabelecidos, lançando, sobre gabaritos de madeira, os eixos e níveis imprescindíveis à fiel execução da obra, de acordo com as exigências contratuais. Em casos específicos, havendo consentimento da Fiscalização, o gabarito poderá ser descontinuo. O gabarito deverá ser desmanchado somente após a concretagem do primeiro nível da obra, após a autorização da Fiscalização. Para fins de pagamento, a unidade de medição é o metro quadrado de área construída, em projeção, da edificação demarcada pelo gabarito PLACA DA OBRA Será fixada uma placa no início da obra no padrão exigido pelo Ministério da Saúde, com dimensões de 3,00 x 1,50 m. s: - 22

25 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA 23 DE JANEIRO DE MOVIMENTO DE TERRA Escavação Haverá escavação para implantação da fundação projetada. Será utilizada a escavação manual, devendo ser seguido rigorosamente as indicações do projeto e as especificações no que se refere a locação, profundidade e declividade para escavação. Poderá haver mudanças na profundidade, caso seja necessário, até que se encontrem as condições de suporte para apoio das estruturas Reaterro e apiloamento O reaterro de valas consiste no preenchimento ou recomposição de escavações, utilizandose o próprio material escavado. As operações de aterros ou reaterros compreendem a descarga, espalhamento, homogeneização, conveniente umedecimento ou aeração, e compactação quando previsto em projeto. A operação será precedida da remoção de entulhos, detritos, pedras, água e lama, do fundo da escavação. Os controles e ensaios de compactação serão feitos baseando-se nos critérios estabelecidos pela NBR Os serviços serão pagos de acordo com os volumes medidos, através da média das áreas das valas, estando incluídos todos os custos com equipamentos, material, transporte, mão-de-obra e encargos necessários à execução do serviço INFRAESTRUTURA Lastro de concreto Todo concreto de regularização colocado sobre solo natural, deverá ser despejado sobre superfícies limpas, úmidas, sem barro ou poças d agua, antecipadamente regularizadas e compactadas. As eventuais diferenças de níveis do terreno deverão ser preenchidas com concreto magro. O lastro de concreto deverá possuir fck 10MPa, com aditivo impermeabilizante Alvenaria de pedra argamassada Deverão ser selecionadas pedras de boa qualidade, não se admitindo o uso de material em estado de decomposição ou proveniente de capa de pedreira. O assentamento será feito, preferencialmente, com argamassa no traço 1:4:5 (de cimento, saibro e areia). As pedras deverão ser colocadas lado a lado formando uma camada horizontal; em seguida, a superfície formada será umedecida em toda sua extensão. Será, então, lançada uma camada de argamassa, de modo a possibilitar a aderência com a camada de pedras subsequentes. Os espaços maiores entre as pedras serão preenchidos com pedras menores, permitindo um melhor preenchimento dos vazios entre elas, aumentando, assim, a segurança da estrutura. s: - 23

26 2623 DE JANEIRO DE 2013 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA no projeto. estrutural. Desse modo, em camadas sucessivas, o maciço será executado até atingir a altura indicada Será medida em metros cúbicos de volume efetivamente executado, de acordo com o projeto 3.6. SUPERESTRUTURA Formas Serão feitas em chapas de compensado plastificadas, de primeiro uso, na espessura mínima de 10mm. Em peças altas e estreitas, deverão ser deixadas janelas de inspeção e limpeza na parte inferior das peças. Imediatamente antes das concretagens as formas deverão ser molhadas ate a saturação, a fim de se evitar a absorção da água de amassamento do concreto por parte dos painéis. Cuidados com emendas, diâmetros de pontaletes, detalhes construtivos deverão seguir as recomendações da NBR Armaduras As barras ou peças, ao serem armazenadas na obra deverão ser colocadas em estrados, afastadas do solo, não sendo permitido o uso de aço oxidado. As barras ou peças ao serem utilizadas deverão estar isentas de manchas de óleos, argamassas aderidas ou quaisquer outras substâncias que possam prejudicar a aderência do concreto. Deverão ser utilizados espaçadores para permitir o cobrimento especificado Preparo e lançamento do concreto O concreto a ser utilizado deverá apresentar fck 20Mpa em todas as peças componentes da superestrutura. O amassamento deverá ser em betoneira, num tempo nunca inferior a 1 minuto, após a colocação da totalidade dos materiais da betonada; o adensamento deverá ser feito com vibrador de imersão ou régua vibratória (preferível, em lajes). A cura deverá ser feita a partir do inicio da pega até, no mínimo 7 dias, após a concretagem que somente poderá ser liberada, com consentimento da fiscalização, após a verificação das formas, ferragem e materiais a empregar DESMOLDAGEM Os prazos mínimos de desmoldagem serão os seguintes: Laterais de vigas e pilares: 3 dias; s: - 24

27 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA 23 DE JANEIRO DE Fundo de vigas e lajes: 14 dias, deixando-se os pontaletes bem encunhados, somente sendo retirados após 21 dias; Os pilares terão seção conforme projeto e a cinta de amarração superior terá seção de (0,15 x 0,20)m, devendo ser armados com ferros de 3/4 e 1/2 respectivamente com estribos a cada 20cm. 4. PAREDES E PAINÉIS ALVENARIA DE BLOCO Serão de vedação em blocos cerâmicos furados com dimensões de (9x19x39) cm com espessura aproximada de 0,09m com argamassa mista com cal hidratada, traço 1:2:8. O assentamento será iniciado pelos cantos principais ou pelas ligações com quaisquer outros componentes e elementos da edificação. Como guia das juntas deverá ser utilizado o escantilhão. Após o levantamento dos cantos, será utilizada uma linha entre eles, fiada por fiada, para que o prumo e a horizontalidade sejam garantidos. A partir de, aproximadamente 1,50m de altura, deverá ser providenciado um sistema de cavaletes com andaimes, para que o pedreiro possa trabalhar de forma adequada. As fiadas deverão ser individualmente niveladas e aprumadas, com a utilização do nível de bolha e prumo. Todas as juntas deverão ser rebaixadas com a ponta da colher para que o emboço adira facilmente. A amarração das alvenarias de alvenaria deverá ser feita em todas as fiadas, de forma a se obter um perfeito engastamento. Os serviços serão medidos pela área de alvenaria executada em metros quadrados. VERGAS A presença de vãos nas alvenarias exige a construção de vergas de modo a se distribuir da melhor forma os esforços concentrados na região dos vãos. As vergas são pequenas vigas de concreto que sustentam as cargas sobre elas depositadas e redistribuem estas cargas nas regiões laterais aos vãos. Poderão ser moldadas in loco ou pré-moldadas. Deverão ser convenientemente dimensionadas, com engastamento lateral mínimo de 30 cm ou de 1,50 vezes a espessura da parede, prevalecendo a maior. Quando os vãos forem relativamente próximos e na mesma altura, recomenda-se uma única verga sobre todos. s: - 25

28 2823 DE JANEIRO DE 2013 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA 5. ESQUADRIAS E VIDROS ESQUADRIAS DE ALUMINIO As esquadrias de alumínio deverão ser de material de 1ª qualidade e poderão ser confeccionadas em escala industrial ou sob encomenda. As portas de alumínio serão de abrir conforme especificação de projeto. As esquadrias deverão ser recebidas em embalagens individuais e devidamente inspecionadas quando do seu recebimento. Deverão ser armazenadas em local seco e coberto, na posição vertical sobre calços nunca localizados no meio dos vãos de forma a não causar empenamento nas peças. A montagem se dará inicialmente com o assentamento dos contra-marcos. Sua função é garantir a vedação e a regularização do vão em termos de dimensões, prumos e níveis. Serão afixados com buchas e parafusos, cuja bitola e quantidade serão especificadas pelo fabricante. Sobre o contramarcos, serão assentados os marcos, através de parafusos ou encaixe, e correspondem ao quadro periférico visível das esquadrias. Depois serão instalados os quadros móveis ou folhas, através de sistemas de rodízios internos, no caso de peças de correr, ou de pinos tipo macho e fêmea, no caso de peças de abrir. Por fim, serão instalados os vidros ou venezianas característicos da esquadria. VIDROS Os vidros serão do tipo canelado com espessura de 4mm. Serão fixados por meio de baguetes de alumínio, guarnições de neoprene ou com massa de vidraceiro. Havendo folga entre o vidro e a baguete, esta deverá ser reduzida com a introdução de massa. ESQUADRIAS DE MADEIRA Todas as portas serão de abrir, com dimensões especificadas em projeto. As esquadrias serão entregues nas dimensões especificadas em projeto, devidamente aparelhadas e lixadas. Antes da pintura, deverão receber uma demão de selador para madeira. Deverão ser armazenadas na posição vertical, sobre calços, e em local isento de cal, cimento, óleo, graxas e barras de aço. A montagem dar-se-á inicialmente com os montantes e quadros que deverão ser montados com sistema de encaixe tipo espiga ou cavilha. Todos os batentes serão fixados com parafusos e chapuzes. Os parafusos terão suas cabeças rebaixadas e os respectivos orifícios tarugados com a mesma madeira dos batentes, a ser fornecida pelo fabricante das esquadrias. Serão medidas as esquadrias entregues, assentadas e completas, incluindo todos os acessórios e ferragens. s: - 26

29 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA 23 DE JANEIRO DE PEITORIL Os peitoris serão em mármore branco. Na escolha da pedra a ser utilizada, deverão ser considerados os seguintes aspectos: Durabilidade do material, propriedades mecânicas da pedra (resistência à compressão, resistência à flexão, resistência à abrasão e resistência ao impacto de corpo duro) e a porosidade e a absorção de água do material. As placas de pedra deverão ser afeiçoadas, aparelhadas e apresentar o acabamento especificado em projeto. Não serão aceitas peças rachadas, emendadas ou com veios que comprometam seu aspecto, durabilidade e resistência. Deverá ser efetuada seleção das peças a serem utilizadas de modo a evitar variações de textura e coloração, de forma que resultem superfícies uniformemente mescladas em seu conjunto, sem concentrações desequilibradas e/ou discrepantes. Para o rejuntamento, deverão ser utilizadas argamassas industrializadas. No assentamento dos peitoris, deve-se atentar para alguns detalhes executivos, como a previsão de uma inclinação mínima de 3% em favor do lado externo da edificação e a adoção de pingadeiras de, no mínimo, 1,5 cm, visando evitar o escorrimento ao longo da fachada. Terminada a pega da argamassa de assentamento, deverá ser verificada, por percussão ao toque, a presença de som cavo, sendo reassentadas as peças, porventura, comprometidas. 6. REVESTIMENTOS DE PAREDES E TETOS Deverá seguir especificações da NB-279 da Associação Brasileira de Normas Técnicas. Os revestimentos devem apresentar parâmetros perfeitamente desempenados, aprumados, alinhados e nivelados, as arestas devem ser vivas e os cantos perfeitos. CHAPISCO Trata-se da camada de argamassa, constituída de cimento, areia grossa, água e, eventualmente aditivo, possuindo baixa consistência, destinada a promover maior aderência entre a base e a camada de revestimento. A argamassa será utilizada no traço 1:3, com espessura de 5mm, devendo ser aplicada sobre qualquer base a ser revestida. Nas paredes externas, será adicionado à mistura impermeabilizante. Para a aplicação do chapisco, a base deverá estar limpa, livre de pó, graxas, óleos, eflorescências, materiais soltos ou quaisquer produtos que venham a prejudicar a aderência. Quando a base apresentar elevada absorção, deverá ser pré-molhada suficientemente. s: - 27

30 3023 DE JANEIRO DE 2013 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA MASSA ÚNICA A massa única só será iniciada após a completa pega da argamassa das alvenarias e chapisco e após embutidas todas as canalizações e instalações que por ela devam passar. Deverá ser fortemente comprimida contra as superfícies que deverão apresentar paramento áspero ou sulcado para fácil aderência. Antes da aplicação da massa única, as superfícies serão abundantemente molhadas a mangueira. A espessura da massa única não deverá ultrapassar a medida de 20 mm. Nas paredes internas, será utilizado massa única no traço 1:3. Nas paredes externas, será mantido o traço, porém será adicionado a mistura impermeabilizante. REVESTIMENTO CERÂMICO Deverão ser de 1ª qualidade, PEI IV e com dimensões de 30x30cm. Serão aplicados nas paredes dos banheiros até uma altura de 1,50m. As peças cerâmicas deverão apresentar arestas bem definidas e esmalte resistente. Não deverão apresentar deformações, empenamentos, escamas, rachaduras, fendas, trincas, bolhas ou lascas. O assentamento será procedido com o emprego de argamassa de alta adesividade (cimento colante). Deverá ser adicionada água a esta argamassa conforme instruções do fabricante, até obter-se a consistência pastosa. Inicialmente, espalha-se a argamassa de assentamento com a desempenadeira de aço. Depois, deve-se formar os cordões com o lado dentado da desempenadeira. Em seguida, demarca-se o gabarito para o assentamento das peças. Assentam-se, inicialmente, as peças da primeira faixa horizontal e da primeira vertical. Em seguida, complementa-se a área definida entre estas faixas. As espessuras regulares das juntas serão garantidas através de espaçadores apropriados. As juntas deverão ser escovadas e umedecidas como preparação para recebimento do rejunte. Decorridos 5 dias de assentamento, será iniciado o rejuntamento com o espalhamento da massa e posterior retirada do excesso com pano úmido ou esponja. FORRO Será instalado forro de PVC em todos os ambientes da construção. Será constituído por painéis lineares de PVC com dimensões de (0,20x6,00)m, fixados em estrutura de madeira. O tarugamento deverá ser feito com sarrafos de pinho aparelhados. Nos sarrafos, deverão ser grampeados os painéis de forro. O comprimento dos painéis de PVC deverá ser de aproximadamente 0,5cm menor do que o vão a ser forrado, para permitir a livre dilatação do material. Para o acabamento periférico deverá ser utilizado rodaforro em PVC. s: - 28

31 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA DE JANEIRO DE PAVIMENTAÇÃO Todos os pisos a serem utilizados na obra serão sempre de boa qualidade, com primorosa execução rigidamente verificada pelo Responsável Técnico da obra, desde a compra, até a aplicação final. REGULARIZAÇÃO DE BASE PARA PISO CERÂMICO A camada de regularização ou contrapiso será constituída por argamassa com traço 1:4 (cimento e areia) com espessura de 3 cm. Na hipótese de ser necessária espessura superior a 2,5cm, a camada deverá ser executada em duas etapas, sendo a segunda etapa iniciada somente a cura completa da primeira. A quantidade de argamassa a preparar para a regularização será tal que o início da pega do cimento venha a ocorrer posteriormente ao término da sua aplicação. PISO CERÂMICO O piso cerâmico será composto por peças de 1ª qualidade, com dimensões de 30x30cm, PEI IV. Serão aplicados somente nas áreas dos banheiros. A superfície para assentamento do piso cerâmico deverá estar limpa, com toda a poeira e partículas soltas removidas. Após terem sido distribuídos sobre a área a pavimentar, os pisos cerâmicos serão batidos com o auxilio de um martelo de borracha. As juntas serão corridas e rigorosamente alinhadas com espessura de 3,0 a 5,0mm. Após 48 horas do assentamento das peças, será iniciado o rejuntamento. Antes do completo endurecimento da pasta, será procedida cuidadosamente a limpeza da pavimentação com auxilio de um pano úmido ou esponja. REGULARIZAÇÃO DE BASE PARA PISO DE ALTA RESISTÊNCIA A camada de regularização ou contrapiso será constituída por argamassa com traço 1:3 (cimento e areia) com espessura de 3 cm. Esta camada deverá ser sarrafeada com uma régua de madeira e adensada de forma, a resultar uma superfície áspera e nivelada para posterior aplicação de piso de alta resistência. A quantidade de argamassa a preparar para a regularização será tal que o início da pega do cimento venha a ocorrer posteriormente ao término da sua aplicação. PISO DE ALTA RESISTÊNCIA O piso industrial tipo granitina deverá atender à NB1343 Execução de piso com argamassa de alta resistência mecânica e EB2100 Argamassa de alta resistência mecânica para pisos. O piso terá 8 mm de espessura e será composto de grana mista de granito, basalto e cristal de rocha, preparado em s: - 29

32 32 23 DE JANEIRO DE 2013 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA proporções iguais, com adição de pigmento branco. Deverá ser assentada no sistema úmido sobre seco, em quadros de 1,20 x 1,20 m, com juntas plásticas de dilatação 3mm, na cor branca, devidamente alinhadas e esquadrejadas. Após a cura da camada de alta resistência, será procedido o polimento com esmeris de carburundum de Nº 30 e sucessivamente mais fino até o de Nº 120. PISO CIMENTADO São pisos executados com cimento e areia, deverá apresentar acabamento liso e fck superior a 13,5MPa. Terá espessura de cerca de 20mm não podendo ser, em nenhum ponto, inferior a 10mm. Deverá ser executado sobre lastro de concreto com função de contrapiso, devendo ser observado quanto ao caimento. Em seguida, será aplicada a argamassa de cimento e areia, na espessura e traço especificados. A argamassa ser sarrafeada entre as guias ou mestras, atendendo ao nivelamento proposto para as superfícies cimentadas. O acabamento liso dar-se-á será feito com desempenadeira de aço, devendo ser espalhado, previamente, pó de cimento de modo uniforme sobre a argamassa sarrafeada e ainda úmida, o que formará uma pasta a ser alisada com a desempenadeira. SOLEIRAS As soleiras serão em mármore branco, com largura de 15 cm, devendo-se apresentar-se sem rajas, furos ou manchas. As soleiras constituem elemento da pavimentação utilizado como transição entre pisos de características diferentes. 8. INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS As instalações serão executadas rigorosamente de acordo com os projetos e com as normas da ABNT pertinente As canalizações de água e esgoto serão externas com exceção das do pavimento térreo, que ficarão assentes sob os pisos. As canalizações serão assentes antes da execução de pisos e contrapisos. Nos casos em que as canalizações devam ser fixadas em lajes, pilares e paredes os tipos, dimensões e quantidades dos elementos suportantes de fixação serão determinados de acordo com o diâmetro, peso e posição das tubulações. Para as furações, rasgos e aberturas necessárias em elementos estruturais devem ser tomados os cuidados necessários para que não venham sofrer esforços não previstos, decorrentes de recalques, e para que fique assegurada a possibilidade de dilatações e contrações. s: - 30

33 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA DE JANEIRO DE 2013 As canalizações de distribuição de água nunca serão inteiramente horizontais, devendo apresentar declividade mínima de 2% no sentido do escoamento. Durante a construção e até a montagem dos aparelhos, as extremidades livres das canalizações serão vedadas com bujões rosqueados ou plugues, convenientemente apertados, não sendo admitido o uso de buchas de madeira ou papel. As tubulações, antes de eventual fechamento de rasgos ou do seu recobrimento por argamassa, devem ser lentamente cheias, para a eliminação do ar e, em seguida, submetidas à prova de pressão interna. De um modo geral, todas as instalações serão convenientemente verificadas pela fiscalização, quanto às suas perfeitas condições técnicas de execução e funcionamento. escoamento. Os tubos, de um modo geral, serão assentes com a bolsa voltada em sentido oposto ao do O sistema de ventilação das instalações de esgoto, constituído por colunas de ventilação, tubos ventiladores e ramais de ventilação serão executados sem que exista a menor possibilidade de gases emanados dos coletores entrarem no ambiente interno do prédio. As tubulações e conexões utilizadas no projeto deverão ser de 1ª qualidade, sendo instaladas de acordo com o prescrito pelo fabricante. Os reservatórios deverão ser em fibrocimento. APARELHOS E ACESSÓRIOS SANITÁRIOS Todos os aparelhos sanitários e respectivos pertences e acessórios serão de 1ª qualidade e deverão ser instalados com o maior esmero e restrita observância às recomendações do fabricante. O encanador deverá proceder a locação das louças de acordo com os pontos de tomada de água e esgoto. Nessa atividade, deverá ser garantido que nenhuma tubulação se conecte à peça de maneira forçada, visando impedir futuros rompimentos e vazamentos. Após a locação deverá ser executada a fixação da peça. Todas as louças deverão ser fixadas, seja através de chumbação com argamassa com traço 1:3, seja com a utilização de parafusos com buchas. A seguir, deverá ser executado o rejuntamento entre a peça e a superfície à qual foi fixada com a utilização de cimento branco com ou sem a adição de corantes. Todos os aparelhos serão instalados de forma a permitir sua fácil limpeza e/ou substituição. Os metais e acessórios deverão ser instalados após a remoção de todos os resíduos de argamassa, concreto e outros materiais que porventura estejam presentes nas roscas e conexões das tubulações as quais serão conectados os metais sanitários. Deverá ser procedida também uma verificação visual quanto a possíveis obstruções nas tubulações e remove-las quando for o caso. s: - 31

34 34 23 DE JANEIRO DE 2013 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA Nas conexões de água, deverá ser utilizada a fita veda rosca. Sua aplicação deverá ser efetuada com um mínimo de duas voltas na conexão que possuir a rosca externa, sempre no mesmo sentido de giro para acoplamento. Nas conexões de esgoto, deverá ser utilizado o anel de borracha, fornecido pelo fabricante da peça, visando a estanqueidade da ligação. Todos os ralos terão fecho hídrico. Os lavatórios serão de louça, sem coluna, na cor branca. As bacias sanitárias serão de louça com caixa acoplada, na cor branca, dotados de assentos e tampas de PVC na cor branca. Os metais utilizados nos aparelhos sanitários deverão ser de 1ª qualidade, devendo ser instalados de acordo com as recomendações dos fabricantes. 9. INSTALAÇÕES ELÉTRICAS As instalações elétricas serão executadas rigorosamente de acordo com os projetos. Todas as instalações serão executadas com esmero e bom acabamento, com todos os condutores e equipamentos cuidadosamente arrumados em posição e firmemente ligados às estruturas de suporte e aos respectivos acessórios, formando um conjunto mecânico e eletricamente satisfatório e de boa aparência. Todo equipamento será afixado firmemente no local em que deve ser instalado, prevendo-se meios de fixação ou suspensão condizentes com a natureza do equipamento considerado. Os condutores deverão ser instalados de forma que os isente de esforços mecânicos incompatíveis com sua resistência ou com a do isolamento executado. Nas deflexões, os condutores serão curvados segundo raios iguais ou maiores do que os mínimos admitidos para o seu tipo. As emendas e derivações dos condutores deverão ser executadas de modo a assegurarem resistência mecânica adequada e contato elétrico perfeito, bem como a permanente interligação por meio de conectores apropriados. As emendas serão sempre efetuadas em caixas de passagens com dimensões apropriadas. O isolamento das emendas e derivações deverá ter características, no mínimo, equivalentes às dos condutores usados. Os condutores de proteção ou de ligação à terra deverão ser presos aos equipamentos por meios mecânicos, tais como braçadeiras, orelhas, conectores que assegurem contato elétrico perfeito e permanente, não devendo ser usados dispositivos que dependam do uso de solda a estanho. Os condutores de proteção ou de ligação à terra deverão ser ligados ao condutor de proteção geral existente no prédio com exceção dos condutores que protegerão equipamentos especiais, estes deverão ter uma rede de aterramento própria. Os condutores deverão satisfazer ao especificado na EM-13/06, sendo obrigatório o emprego de eletrodutos em toda a instalação. s: - 32

35 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA DE JANEIRO DE 2013 Os espelhos dos interruptores e tomadas deverão ser de 1ª qualidade. Os circuitos que deverão ser distribuídos através de sistemas de conduletes e petroletes, de acordo com sua capacidade. As caixas devem ser empregadas em todos os pontos de entrada e saída dos condutores na canalização, em todos os pontos de emendas ou derivações de condutores, e em todos os pontos de instalação de aparelhos e dispositivos. projeto específico. Os circuitos deverão ser protegidos por disjuntores, com amperagens de acordo com o 10. PINTURA EM PAREDES As superfícies a serem pintadas receberão cuidadosa limpeza, eliminando poeiras, corpos estranhos e qualquer irregularidade que prejudique o perfeito recobrimento dos planos. As superfícies só poderão ser pintadas quando perfeitamente secas. A eliminação da poeira deverá ser completa, tomando-se precauções especiais contra o levantamento de pó durante os trabalhos, até que as tintas sequem inteiramente. Cada demão só poderá ser aplicada quando a precedente estiver perfeitamente seca, convindo observar um intervalo de 24 horas entre demãos sucessivas, salvo especificações em contrário, devendo ser dadas tantas demãos quantas forem necessárias (no mínimo duas), até se obter a coloração uniforme e o cobrimento desejado. Os serviços de pintura devem ser suspensos nos dias chuvosos e de muito vento. Serão adotadas precauções especiais no sentido de evitar salpicaduras de tinta em superfícies não destinadas à pintura (vidros, fechaduras, divisórias, pisos). Os salpicos que não puderem ser evitados deverão ser removidos enquanto a tinta estiver fresca, empregando-se removedor adequado, sempre que necessário. Todas as superfícies das paredes externas e internas receberão pintura de tinta acrílica, acabamento acetinado, seguindo rigorosamente as recomendações de preparação de superfície, imprimação, aplicação e dosagens expressas pelo fabricante. Precede aos serviços de pintura a aplicação de selador de acordo com o tipo de tinta utilizada e as recomendações dos fabricantes. Nenhuma superfície, passível de revestimento com tinta, ficará sem a correta proteção com a pintura adequada. EM SUPERFICIES DE MADEIRA A superfície deverá ser lixada com lixa nº 80 ou 100. O pó será removido com pano umedecido com aguarrás. s: - 33

36 3623 DE JANEIRO DE 2013 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA Será aplicada então uma demão de fundo nivelador branco fosco, que permite um bom lixamento, uniformização da superfície e economia da tinta de acabamento. Após seca, a superfície será novamente lixada, com lixa para madeira nº120 e o pó removido. Para acabamento fino, deverá ser aplicada massa a óleo, seguida de lixamento com lixapara madeira nº 100 e limpeza do pó. A tinta a óleo ou esmalte será aplicada deixando-se secar. A tinta utilizada deverá ser de 1ª qualidade. Nas aduelas, alisares e folhas das portas, serão aplicados emassamento e pintura com esmalte com duas demãos. 11. COBERTURA MADEIRAMENTO A estrutura do madeiramento do telhado será executada de acordo com o projeto e totalmente em madeira de lei, de preferência maçaranduba. As partes essenciais da das estruturas como as treliças, constarão sempre de peças escolhidas de uma mesma espécie vegetal. As peças de madeira cujas seções transversais possuam a maior dimensão menor ou igual a 3 só poderão ser emendadas sobre apoio. Para o apoio das estruturas (pilares) será obrigatório o uso de contraventamentos sempre que o índice de esbeltez for maior ou igual a 100. Todo o madeiramento antes de ser levado para a cobertura deverá ser imunizado. TELHAMENTO A telha utilizada será do tipo colonial comum, inclusive cumeeira. A cobertura deverá apresentar beiral mínimo de 80cm. As telhas cerâmicas deverão ser simplesmente encaixadas sobre si, devendo ser emboçadas com argamassa de cimento, cal hidratada e areia no traço 1:2:8. O caimento mínimo aceitável do telhado será de 35%. As cumeeiras deverão estar protegidas contra a entrada de água pela superposição de telhas com sua parte côncava voltada para baixo. As telhas da cumeeira deverão estar perfeitamente alinhadas e emboçadas com argamassa de cimento, cal hidratada e areia no traço 1:2:8. Não poderão ser utilizadas telhas que apresentem defeitos de fabricação como fissuras ou arestas imperfeitas. Deverão ser impermeáveis, não podendo apresentar gotejamentos ou vazamentos quando umedecidas. s: - 34

37 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA 23 DE JANEIRO DE DIVERSOS Todas as bancadas lisas e/ou com cubas deverão ser de 1ª qualidade, com largura de 0,60m, assentadas conforme especificação do fabricante. No contorno externo do prédio construir calçada com 0,60 m de largura e altura média de 0,06m, com caimento para fora do prédio, acabada com desempenadeira de madeira. A concretagem dos quadros (de 0,60X1,00 m) da calçada deverá ser feita de modo alternado com defasagem mínima de 24 h. Não deixar juntas de madeira entre os quadros. As caixas para ar condicionado deverão ser em concreto. As barras metálicas de apoio para deficientes deverão ser chumbadas na parede através de grapas metálicas, utilizando argamassa de cimento e areia, no traço 1: LIMPEZA A obra será entregue perfeitamente limpa, devendo ser removidos todos os entulhos. Haverá especial cuidado em se remover quaisquer detritos ou salpicos de argamassa endurecida das superfícies. Todas as manchas e salpicos de tinta serão cuidadosamente removidos, principalmente nos vidros e ferragens de esquadrias bem como em metais e louças sanitárias. Todas as instalações e esquadrias deverão estar em perfeito funcionamento. A obra será considerada concluída após a fiscalização e emissão do termo de recebimento pela Fiscalização. 14. ATIVIDADES ATRIBUIÇÃO 1: PRESTAÇÃO DE ATENDIMENTO ELETIVO DE PROMOÇÃO E ASSISTÊNCIA À SAÚDE EM REGIME AMBULATORIAL ATIVIDADES: 1.1-Realizar ações individuais ou coletivas de prevenção à saúde tais como: imunizações, primeiro atendimento, controle de doenças, visita domiciliar, coleta de material para exame, etc.; 1.2-Realizar vigilância epidemiológica através de coleta e análise sistemática de dados, investigação epidemiológica, informação sobre doenças, etc.; 1.3-Promover ações de educação para a saúde, através de palestras, demonstrações e treinamento in loco, campanha, etc.; s: - 35

38 3823 DE JANEIRO DE 2013 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA 1.4-Orientar as ações em saneamento básico através da instalação e manutenção de melhorias sanitárias domiciliares relacionadas com água, esgoto e resíduos sólidos; 1.5-Recepcionar, registrar e fazer marcação de consultas; 1.6-Proceder à consulta médica, odontológica, psicológica, de assistência social, de nutrição, de farmácia, de fisioterapia, de terapia ocupacional, de fonoaudiologia e de enfermagem; 1.7-Realizar procedimentos médicos e odontológicos de pequeno porte, sob anestesia local (punções, biópsia, etc); 1.8-Realizar procedimentos diagnósticos que requeiram preparação e/ou observação médica posterior, por período de até 24 horas *; 1.9 Realizar procedimentos terapêuticos, que requeiram preparação e/ou observação médica posterior, por período de até 24 horas *; 1.10-executar e registrar a assistência médica e de enfermagem. Responsável pelo Memorial Descritivo Governo do Secretaria de Saúde do Superintendência de Assistência Farmacêutica, Ciência e Tecnologia. Diretoria de Obra e Projetos em Saúde. Coordenação de Engenharia e Arquitetura em Saúde. s: - 36

39 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA 23 DE JANEIRO DE ESTABELECIMENTO 03 INTERVENÇÃO UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE CONSTRUÇÃO DE UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE ANEXO I B PROJETO DE EXPANSÃO / CONVERSÃO DO PSF PLANILHA ORÇAMENTÁRIA 02 LOCALIDADE 04 DATA POVOADO DO TERRÃO SÃO FELIPE BAHIA 07/01/ ÁREA 182,67m² ITEM NATUREZA DO SERVIÇO 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES UND QUANT UNIT TOTAL R$ 1.1 LIMPEZA MANUAL DO TERRENO (C/RASPAGEM SUPERFICIAL) m² 238,02 1,59 378, LOCAÇÃO DE OBRA, EXECUÇÃO DE GABARITO m² 238,02 4, , PLACA DE OBRA E CHAPA DE AÇO GALVANIZADO (1,50M X 3,00M) m² 4,50 153,35 690,08 SUB TOTAL - ITEM 1.0 R$ 2.082, MOVIMENTO DE TERRA UND QUANT UNIT TOTAL R$ 2.1 ESCAVAÇÃO MANUAL DE VALA EM MATERIAL DE 1ª CATEGORIA, EXCLUINDO ESGOTAMENTO / ESCOAMENTO m³ 49,63 22, , REATERRO MANUAL DE VALAS m³ 11,63 19,04 221,44 SUB TOTAL - ITEM 2.0 R$ 1.323, INFRAESTRUTURA UND QUANT UNIT TOTAL R$ 3.1 ALVENARIA DE EMBASAMENTO COM PEDRA RACHÃO EMPREGANDO ARGAMASSA MISTA DE CIMENTO, SAIBRO E m³ 31,02 169, ,20 AREIA SEM PENEIRAR TRAÇO 1:4:5 3.2 FÔRMA DE MADEIRA PARA FUNDAÇÃO, COM TÁBUAS E SARRAFOS, 5 REAPROVEITAMENTOS m² 99,25 29, , ARMAÇÃO AÇO CA-50, DIAM. 6,3 (1/4) A 12,5MM (1/2) FORNECIMENTO / CORTE (PERDA10%) / DOBRA / COLOCAÇÃO Kg 614,12 53, , CONCRETO FCK=15,00MPA CONTROLE C, EXCLUINDO LANÇAMENTO, PREPARO COM BETONEIRA, UTILIZANDO BRITA m³ 6,98 254, ,57 1 E LANÇAMENTO E ADENSAMENTO DE CONCRETO EM FUNDAÇÕES m³ 6,98 52,30 365, LASTRO DE CONCRETO INCLUINDO PREPARO E LANÇAMENTO m³ 9,39 270, ,05 SUB TOTAL - ITEM 3.0 R$ , SUPERESTRUTURA UND QUANT UNIT TOTAL R$ 4.1 FÔRMA EM CHAPA DE MADEIRA COMPENSADA, 10MM PARA ESTRUTURAS DE CONCRETO (PILARES, VIGAS E LAJES) REAPROVEITAMENTO 5X m³ 92,02 22, , LANÇAMENTO MANUAL DE CONCRETO EM ESTRUTURAS, INCL. VIBRAÇÃO m³ 6,99 101,89 712, CONCRETO 1:2:3 (20MPA) COM BRITA 1 E 2 BETONEIRA m³ 6,99 268, , ARMAÇÃO AÇO CA 50, DIAM 6,3 (1/4) A 12,5MM (1/2) FORNECIMENTO / CORTE (PERDA 10%) / DOBRA / COLOCAÇÃO Kg 614,89 5, , LAJE PRÉ-MOLDADA PARA PISO, SOBRECARGA 100KKG/ M², VÃOS ATÉ 3,50M, E=8CM, COM LAJOTAS E CAP. C/ CONCRETO FCK=20MPA, 4CM INTER-EIXO 38CM, COM ESCORAMENTO (REAPROVEITAMENTO 3X) E FERRAGEM NEGATIVA m² 6,67 55,36 369,25 SUB TOTAL - ITEM 4.0 R$ 8.660,78 s: - 37

40 4023 DE JANEIRO DE 2013 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA 5.0 PAREDES E PAINÉIS UND QUANT UNIT TOTAL R$ 5.1 ALVENARIA EM BLOCOS CERÂMICOS (9X19X39)CM, ARGAMASSA MISTA TRAÇO 1:2:8, E=09,00CM m² 459,36 14, , VERGAS, CONTRA-VERGAS, OU CINTA EM CONCRETO ARMADO, FCK=20MPA PREPARAÇÃO MECÂNICA, FORMA m³ 1,23 823, ,82 CANALETA (15X20X20) AÇO CABO 5.0 (TAXA DE FERRAGEM 45,13KG/ m³) SUB TOTAL - ITEM 5.0 R$ 7.701, ESQUADRIAS UND QUANT UNIT TOTAL R$ 6.1 JANELA ALUMÍNIO DE CORRER, 2 FOLHAS PARA VIDRO, COM BANDEIRA, LINHA 25 m² 15,62 277, , JANELA DE ALUMÍNIO TIPO MAXI-AIR, SÉRIE 25 m² 5,70 277, , JANELA DE ALUMÍNIO TIPO PIVOTANTE, SÉRIE 25 m² 0,84 277,57 233, JANELA DE ALUMÍNIO TIPO GUILHOTINA, SÉRIE 25 m² 0,72 277,57 199, PORTA DE MADEIRA COMPENSADA LISA PARA PINTURA,80X2,10M, INCLUSO ADUELA 2A, ALIZAR 2A E und 15,00 236, ,55 DOBRADIÇA 6.6 PORTA DE MADEIRA COMPENSADA LISA PARA PINTURA, 0,90X2,10M, INCLUSO ADUELA 2A, ALIZAR 1A E DOBRADIÇA und 4,00 251, , PORTA DE MADEIRA COMPENSADA LISA PARA PINTURA, 1,20X2,10M, 2 FOLHAS, INCLUSO ADUELA 2A, ALIZAR 1A E und 2,00 350,67 701,34 DOBRADIÇA 6.8 PORTA EXTERNA DE ABRIR EM ALUMÍNIO, PERFIL, 25, DUAS FOLHAS, DIM (1,40X2,10)M COMPLETA m² 5,88 577, , PEITORIL DE MÁRMORE, LARGURA 15 CM, ARGAMASSA MISTA DE CAL HIDRATADA, NO TRAÇO 1:1:4 m 28,00 63, , VIDRO FANTASIA TIPO CANELADO, ESPESSURA 4MM m² 25,28 54, ,76 SUB TOTAL - ITEM 6.0 R$ , REVESTIMENTO DE PAREDES E TETOS UND QUANT UNIT TOTAL R$ 7.1 CHAPISCO PARA PAREDE INTERNA OU EXTERNA COM ARGAMASSA DE CIMENTO E AREIA SEM PENEIRAR TRAÇO 1:3 m² 918,72 3, ,16 ESP=5MM 7.2 REBOCO COM ARGAMASSA DE CAL VIRGEM E AREIA PENEIRADA, TRAÇO1:3 m² 803,52 9, , EMBOÇO COM ARGAMASSA MISTA, CIMENTO, SAIBRO E AREIA SEM PENEIRAR TRAÇO 1:1:5,5 m² 115,20 13, , CERÂMICA ESMALTADA EM PAREDES 1A, PEI-4, 30X30CM, PADRÃO MÉDIO, FIXADA DOM ARGAMASSA COLANTE E REJUNTAMENTO COM CIMENTO BRANCO m² 115,20 23, , FORRO PVC 200X6000MM, EM PAINÉIS LINEARES, ESTRUTURA EM MADEIRA m² 156,72 42, ,02 SUB TOTAL - ITEM 7.0 R$ , PISOS UND QUANT UNIT TOTAL R$ 8.1 REGULARIZAÇÃO DE PISO/BASE EM ARGAMASSA TRAÇO 1:4 (CIMENTO E AREIA) ESPESSURA 3,0CM, PREPARO MANUAL m² 20,14 12,90 259, PISO CERÂMICA ESMALTADA LINHA POPULAR PEI 4, ASSENTADA COM ARGAMASSA COLANTE COM REJUNTAMENTO EM CIMENTO BRANCO 8.3 REGULARIZAÇÃO DE BASE PARA PISO DE ALTA RESISTÊNCIA EM ARGAMASSA TRAÇO 1:3 (CIMENTO E AREIA), E=3CM, PREPARO MANUAL m² 20,14 24,49 493,23 m² 147,96 14, ,79 s: - 38

41 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA 23 DE JANEIRO DE PISO INDUSTRIAL MONOLÍTICO DE ALTA RESISTÊNCIA MECÂNICA, FUNDIDO SOBRE BASE NIVELADA, ACABAMENTO m² 147,96 26, ,54 DESEMPENADO, E=8,0MM 8.5 RODAPÉ PARA PISO INDUSTRIAL MONOLÍTICO DE ALTA RESISTÊNCIA MECÂNICA m 175,85 12, , SOLEIRA DE MÁRMORE, LARGURA 15CM, ARGAMASSA MISTA DE CAL HIDRATADA, NO TRAÇO 1:1;4 m 5,10 35,25 179,78 SUB TOTAL - ITEM 8.0 R$ 9.240, INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS 9.1 ÁGUA FRIA UND QUANT UNIT TOTAL R$ PONTO DE ÁGUA FRIA ¾ MÉDIA 5,M DE TUBO DE PVC ROSCÁVEL ÁGUA FRIA ¾ E 2 JOELHOS DE PVC ROSCÁVEL 90 GRAUS ÁGUA FRIA ¾ FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO Pt 6,00 56,18 337, PONTO DE ÁGUA FRIA ½ MÉDIA 5,00M DE TUBO DE PVC ROSCÁVEL ÁGUA FRIA ½ E 2 JOELHOS DE PVC ROSCÁVEL 90 GRAUS ÁGUA FRIA ½ FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO Pt 17,00 52,19 887, REGISTRO DE PRESSÃO COM CANOPLA DE ½ FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO und 1,00 43,02 43, REGISTRO DE GAVETA COM CANOPLA DIM ¾ FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO und 11,00 79,85 878, RESERVATÓRIO D ÁGUA DE FIBRA DE VIDRO CILÍNDRICO, CAPACIDADE DE 1.000L und 2,00 615, ,58 SUB TOTAL - ITEM 9.1 R$ 3.376, ESGOTO UND QUANT UNIT TOTAL R$ PONTO DE ESGOTO 100MM MÉDIA 1,10M DE TUBO DE PVC ESGOTO PREDIAL DN 100MM E 1 JOELHO PVC 90º ESGOTO PREDIAL DN 100MM FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO Pt 5,00 68,89 344, PONTO DE ESGOTO 50MM MÉDIA 5,00M DE TUBO DE PVC ESGOTO PREDIAL DN 50MM E 1 JOELHO PVC 90º ESGOTO Pt 14,00 33,65 471,10 PREDIAL DN 50 MM FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO CAIXA SIFONADA DE PVC DIMENSÕES DE Ø 100X15Z50MM und 6,00 20,21 121, RALO SIFONADO PVC Ø 100X100MM SIMPLES FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO und 1,00 14,23 14, CAIXA DE INSPEÇÃO EM ALVENARIA DE TIJOLO MACIÇO 60X60X60CM, REVESTIDA INTERNAMENTE COM TAMPA PRÉ- MOLDADA DE CONCRETO E FUNDO DE CONCRETO 15MPA FOSSA SÉPTICA EM ALVENARIA DE TIJOLO CERÂMICO MACIÇO DIMENSÕES EXTERNAS 1,90X1,10X1,40M, 1500 LITROS COM TAMPA EM CONCRETO ARMADO COM ESPESSURA 8M SUMIDOURO EM ALVENARIA DE TIJOLO CERÂMICO MACIÇO DIÂMETRO 1,20M E ALTURA 5,0M, COM TAMPA EM CONCRETO ARMADO DIÂMETRO 1,40 E ESPESSURA 10CM und 6,00 88,25 529,50 und 1,00 908,37 908,37 und 1,00 748,65 748,65 SUB TOTAL - ITEM 9.2 R$ 3.137,56 SUB TOTAL ITEM 9.0 R$ 10.0 APARELHOS E ACESSÓRIOS SANITÁRIOS UND QUANT UNIT TOTAL R$ 10.1 LAVATÓRIO DE LOUÇA BRANCA SEM COLUNA, COM TORNEIRA DE PRESSÃO E ACESSÓRIOS und 8,00 328, , PORTA-SABONETE LÍQUIDO FORNECIMENTO und 8,00 22,69 181, PAPELEIRA DE SOBREPOR und 8,00 29,25 234, VASO SANITÁRIO COM CAIXA DE DESCARGA ACOPLADA LOUÇA BRANCA und 4,00 224,62 898, DUCHA HIGIÊNICA COM REGISTRO PARA SANITÁRIOS und 4,00 154,19 616,76 s: - 39

42 42 23 DE JANEIRO DE 2013 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA 10.6 PAPELEIRA EM LOUÇA BRANCA FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO und 4,00 38,18 152, CHUVEIRO ELÉTRICO COMUM, CORPO PLÁSTICO TIPO DUCHA FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO und 1,00 30,90 30, SABONETEIRA LOUÇA BRANCA 15X15CM FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO und 1,00 25,00 25, PORTA TOALHA EM LOUÇA BRANCA COM BASTÃO PLÁSTICO FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO und 1,00 27,35 27, TORNEIRA CROMADA ½ OU ¾ und 4,00 79,38 317, TANQUE DE EXPURGO INOX COMPLETO und 1,00 487,88 487, BANCADA EM AÇO INOX COM UMA CUBA (50X40X30) DIMENSÕES 1,00X0.60M und 1,00 762,53 762, BANCADA EM AÇO INOX COM UMA CUBA (50X40X30), DIMENSÕES 1,20X0,60M und 1,00 783,53 783, BANCADA EM AÇO INOX COM UMA CUBA (50X40X30), DIMENSÕES 1,30X0,60M und 2,00 804, , PIA DE ESCOVAÇÃO EM AÇO INOX, DIMENSÕES 1,20X0.50M und 1,00 762,53 762,53 SUB TOTAL - ITEM 10.0 R$ 9.517, INSTALAÇÕES ELÉTRICAS 11.1 SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO UND QUANT UNIT TOTAL R$ QUADRO DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA EM CHAPA METÁLICA, DE SOBREPOR, COM PORTA, PARA 24 DISJUNTORES und 2,00 254,03 508,06 TERMOMAGNÉTICOS MONOPOLARES, FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DISJUNTOR TERMOMAGNÉTICO MONOPOLAR PADRÃO NEMA (AMERICANO) 10 A 30A, 240V, FORNECIMENTO E und 20,00 8,67 173,40 INSTALAÇÃO SUB TOTAL - ITEM 11.1 R$ 681, SISTEMA DE ILUMINAÇÃO UND QUANT UNIT TOTAL R$ PONTO DE LUZ (CAIXA ELETRODUTO, FIOS E INTERRUPTOR) und 43,00 82, , LUMINÁRIA TIPO CALHA, DE SOBREPOR, COM REATOR DE PARTIDA RÁPIDA E LÂMPADA FLUORESCENTE 2X40W, und 34,00 66, ,78 COMPLETA, FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO LUMINÁRIA GLOBO VIDRO LEITOSO / PLAFONIER / BOCAL / LÂMPADA 60W, FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO und 8,00 32,41 259, LUMINÁRIA TIPO ARANDELA PARA 1 LÂMPADA DE 60W, TIPO RESIDENCIAL und 1,00 44,55 44, PONTO DE TOMADA (CAIXA, ELETRODUTO, FIOS E TOMADA) und 58,00 70, , PONTO DE TOMADA PARA AR CONDICIONADO (CAIXA, ELETRODUTO, FIOS E TOMADA) und 13,00 143, , PONTO PARA CHUVEIRO ELÉTRICO COM CAIXA, ELETRODUTO E FIOS und 1,00 66,31 66,31 SUB TOTAL - ITEM 11.2 R$ , TELEFONE E DADOS UND QUANT UNIT TOTAL R$ PONTO DE TOMADA PARA TELEFONE, COM TOMADA PADRÃO TELEBRAS EM CAIXA DE PVC COM PLACA, ELETRODUTO DE PVC RÍGIDO E FIAÇÃO ATÉ A CAIXA DE DISTRIBUIÇÃO DO PAVIMENTO und 2,00 95,74 191, PONTO SECO PARA INSTALAÇÃO DE SOM / TV/ ALARME E LÓGICA, INCLUINDO ELETRODUTO DE PVC FLEXÍVEL Pt 3,00 99,70 299,10 CORRUGADO E CAIXA TOMADA PARA REDE DE LÓGICA Pt 3,00 29,25 87,75 s: - 40

43 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA 23 DE JANEIRO DE SUB TOTAL - ITEM 11.3 R$ 578,33 SUB TOTAL ITEM COBERTURA UND QUANT UNIT TOTAL R$ 12.1 ESTRUTURA DE MADEIRA 2ª SERRADA NÃO APARELHADA, PARA TELHAS CERÂMICAS m² 238,02 38, , IMUNIZAÇÃO MADEIRAMENTO PARA COBERTURA COM IMUNIZANTE INCOLOR m² 238,02 3,17 754, CUMEEIRA COM TELHA CERÂMICA EMBOÇADA COM ARGAMASSA TRAÇO 1:2:8 (CIMENTO, CAL HIDRATADA E m² 22,32 14,54 324,53 AREIA) 12.4 COBERTURA COM TELHA CERÂMICA TIPO COLONIAL PRENSADA, COM TRAVA, COM ARGAMASSA DE CIMENTO, m² 238,02 31, ,01 INCLINAÇÃO 35% SUB TOTAL - ITEM 12.0 R$ , PINTURA UND QUANT UNIT TOTAL R$ 13.1 EMASSAMENTO DE PAREDES INTERNAS/EXTERNAS COM MASSA ACRÍLICA, DUAS DEMÃOS SEM MASSA m² 803,52 7, , PINTURA DE PAREDES INTERNAS / EXTERNAS COM TINTA LÁTEX ACRÍLICA, DUAS DEMÃOS, SEM MASSA m² 803,52 9, , EMASSAMENTO MASSA BASE A ÓLEO EM MADEIRA, DUAS DEMÃOS m² 79,05 8,72 689, PINTURA EM ESMALTE FOSCO PARA MADEIRA, DUAS DEMÃOS, INCLUSO APARELHAMENTO COM FUNDO NIVELADOR BRANCO m² 79,05 13, ,20 FOSCO SUB TOTAL - ITEM 13.0 R$ , DIVERSOS UND QUANT UNIT TOTAL R$ 14.1 PLACA DE SINALIZAÇÃO ESPECÍFICA PARA PORTA und 21,00 38,13 800, BARRA PARA APOIO EM BOX SANITÁRIO C/0.60M EM METAL CROMADO, INCLUSIVE COLOCAÇÃO und 9,00 328, , CAIXA PRÉ-MOLDADA EM CONCRETO PARA AR CONDICIONADO A BTU S und 13,00 67,22 873, ESCADA TIPO MARINHEIRO EM TUBO AÇO GALVANIZADO 1 ½, 5 DEGRAUS m 2,00 156,75 313, PASSEIO DE CONCRETO, INCLUINDO PREPARO DA CAIXA m² 66,60 42, , ABRIGO DO COMPRESSOR COM: GRADE (INCLUSIVE PINTURA), CADEADO, INSTALAÇÃO DE AR, ÁGUA, ENERGIA E und 1,00 458,42 458,42 ESGOTO PARA O CONJUNTO ODONTOLÓGICO (SALA DE ODONTOLOGIA VER DETALHES NO PROJETO) 14.7 ABRIGO DO GÁS COM: GRADE (INCLUSIVE PINTURA), CADEADO, INSTALAÇÃO DE TUBULAÇÃO DE COBRE CLASSE I Und 1,00 458,42 458,42 (VER DETALHES NO PROJETO) SUB TOTAL - ITEM 14.0 R$ 8.695, LIMPEZA FINAL 15.1 LIMPEZA FINAL DA OBRA m² 182,67 1,03 188,15 SUB TOTAL - ITEM 15.0 R$ 188,15 TOTAL GERAL R$ ,01 BDI R$ ,99 TOTAL GERAL R$ ,00 s: - 41

44 44 23 DE JANEIRO DE 2013 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA ANEXO II A - LEGENDA DE MATERIAIS QUADRO DE ESQUADRIAS (PORTAS) s: - 42

45 PREFEITURA DE SÃO FELIPE/BA DE JANEIRO DE 2013 ANEXO II B PLANTA BAIXA s: - 43

Imprensa Eletrônica. Caderno 02: CONTAS PÚBLICAS

Imprensa Eletrônica. Caderno 02: CONTAS PÚBLICAS Neste veiculo podem ser lidos todos os atos oficiais do Prefeitura de Conceição do Almeida-BA ano vi edição extraordinária Documento assinado digitalmente conforme MP no- 2.200-2 de 24/08/2001, que institui

Leia mais

ÁREA TOTAL TERRENO: 325,00m² ÁREA TOTAL CASA: 48,00m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 65,00m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS

ÁREA TOTAL TERRENO: 325,00m² ÁREA TOTAL CASA: 48,00m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 65,00m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS 1 1.1 INSTALAÇÃO DO CANTEIRO DE OBRA Abrigo provisório de madeira executada na obra para alojamento e depósitos de materiais e ferramentas 01520.8.1.1 m² 7,50 1.2 Ligação provisória de água para a obra

Leia mais

ÁREA TOTAL CASA: 67,50m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 80,20m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS

ÁREA TOTAL CASA: 67,50m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 80,20m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS ENDEREÇO: Rua nº 01 - Loteamento Maria Laura ÁREA TOTAL CASA: 67,50m² 1 INSTALAÇÃO DO CANTEIRO DE OBRA 1.1 Abrigo provisório de madeira executada na obra para alojamento e depósitos de materiais e ferramentas

Leia mais

Imprensa Eletrônica. Caderno 02: CONTAS PÚBLICAS

Imprensa Eletrônica. Caderno 02: CONTAS PÚBLICAS NESTE VEICULO PODEM SER LIDOS TODOS OS ATOS OFICIAIS DO PREFEITURA DE São Felipe-BA 04 DE JANEIRO DE 2013 ANO VI EDIÇÃO EXTRAORDINÁRIA DOCUMENTO ASSINADO DIGITALMENTE CONFORME MP NO- 2.200-2 DE 24/08/2001,

Leia mais

ITEM DISCRIMINAÇÃO DOS SERVIÇOS UNID. 1.00 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.01 PLACA DE OBRA EM CHAPA DE ACO GALVANIZADO M2 6,00

ITEM DISCRIMINAÇÃO DOS SERVIÇOS UNID. 1.00 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.01 PLACA DE OBRA EM CHAPA DE ACO GALVANIZADO M2 6,00 MEMORIAL DE CÁLCULO OBRA: AMPLIAÇÃO DA UNIDADE DE ATENDIMENTO NO DISTRITO DE RIO BRANCO LOCAL: ZONA RURAL, DISTRITO DE RIO BRANCO ÁREA: 77,05M² ITEM DISCRIMINAÇÃO DOS SERVIÇOS UNID. QUANT. 1.00 SERVIÇOS

Leia mais

Município. Prefeitura Municipal de Santa Barbara - BA. Sexta-Feira - 13 de Abril de 2012 - Ano VII - N º 40

Município. Prefeitura Municipal de Santa Barbara - BA. Sexta-Feira - 13 de Abril de 2012 - Ano VII - N º 40 do Município Prefeitura Municipal de Santa Barbara - BA Sexta-Feira - - Ano VII - N º 40 PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA BÁRBARA TOMADA DE PREÇOS Nº 01/2012 OBJETO: a execução de obras de reforma dos seguintes

Leia mais

FUNDAÇÃO PROFESSOR MARTINIANO FERNANDES- IMIP HOSPITALAR - HOSPITAL DOM MALAN

FUNDAÇÃO PROFESSOR MARTINIANO FERNANDES- IMIP HOSPITALAR - HOSPITAL DOM MALAN 25% 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES R$ 12.734,82 1.1 COTAÇÃO MOBILIZAÇÃO DE EQUIPAMENTOS, FERRAMENTAS E PESSOAL. M² 200,00 2,57 3,21 642,50 1.2 74220/001 TAPUME DE CHAPA DE MADEIRA COMPENSADA, E= 6MM, COM PINTURA

Leia mais

E D I T A L Nº 2229/2013

E D I T A L Nº 2229/2013 E D I T A L Nº 2229/2013 MODALIDADE: Convite ABERTURA: Dia 12 de Setembro de 2013, às 10:00 horas TIPO: Menor preço por item LOCAL DE ABERTURA: Setor de Licitações, localizado na Rua Benjamin Constant,

Leia mais

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA DATA agosto/2013 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.2 74209/001 Aquisição e assentamento de placas de obra em aço galvanizado. Abrigo Provisorio de madeira executado na obra para m² 6,00 157,35 944,10 1.3 01520.8.1.1

Leia mais

PROJETO BÁSICO DE CONSTRUÇÃO DE ESCRITÓRIO EM ARIQUEMES/RO.

PROJETO BÁSICO DE CONSTRUÇÃO DE ESCRITÓRIO EM ARIQUEMES/RO. UNID. QUANT. UNITÁRIO TOTAL CÓD. DEOSP 1. SERVIÇOS PRELIMINARES 1.1 1.2 Aquisição e assentamento de placas de obras pronta de 3,00 x 2,00 m, conforme modelo. Barracão de obra em chapa de madeira compensada

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE A FOME SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE A FOME SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL MEMÓRIA DE CÁLCULO Objeto: CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL Proprietário: Endereço: Área da Edificação: 165,30 M² Pavimento: térreo Área do Terreno: 450,00 M² INTRODUÇÃO Este documento técnico

Leia mais

EMBRAPA - EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA MELHORIAS NA INFRAESTRUTURA DA EMBRAPA ALGODÃO. Item Discriminação 15 30 45 60 75 90

EMBRAPA - EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA MELHORIAS NA INFRAESTRUTURA DA EMBRAPA ALGODÃO. Item Discriminação 15 30 45 60 75 90 EMBRAPA - EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA MELHORIAS NA INFRAESTRUTURA DA EMBRAPA ALGODÃO Item Discriminação 15 30 45 60 75 90 1 SERVIÇOS GERAIS 1.1 ADMINISTRAÇÃO PROJETOS COMPLEMENTARES e "as

Leia mais

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA Item Descrição dos serviços MÃO DE 1. SERVIÇOS PRELIMINARES 1. 1 SONDAGEM 1. 1. 1 SONDAGEM DE RECONHECIMENTO DO SUBSOLO COM TUBO DE REVESTIMENTO DIÂMETRO 21/2 M 42,00 - - - 43,50 43,50 1.827,00 TOTAL ITEM

Leia mais

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Processo...: 8/2015 Modalidade.: Convite Número...: 6/2015

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE NÃO-ME-TOQUE

PREFEITURA MUNICIPAL DE NÃO-ME-TOQUE NÃO-ME-TOQUE/RS, 26 DE JULHO DE 2010. Prezados Senhores: Na oportunidade em que vos cumprimentamos cordialmente, vimos por meio deste, informar, que em virtude do recurso da empresa PORTO SEGURO COMPANHIA

Leia mais

PLANILHA DE SERVIÇOS GERAIS DE OBRA

PLANILHA DE SERVIÇOS GERAIS DE OBRA 1 PRELIMINARES 1.1 Instalações do canteiro de obra vb 1,00 5.000,00 5.000,00 90,09 1.2 Placa de obra 2,00m x 3,00m, conforme orietações da administração vb 1,00 550,00 550,00 9,91 SUB TOTAL PRELIMINARES

Leia mais

OBRA: PROJETO BÁSICO COORDENADORIA ESTADUAL DE INFRAESTRUTURA/PAC

OBRA: PROJETO BÁSICO COORDENADORIA ESTADUAL DE INFRAESTRUTURA/PAC DESCRIÇÃO DO SERVIÇO UNID. OBRA: PROJETO BÁSICO COORDENADORIA ESTADUAL DE INFRAESTRUTURA/PAC SERVIÇOS PRELIMINARES 1.1 CANTEIRO DE OBRA E REQUISITOS GERAIS S73992/001 C 1.1.1 Locação da obra m² 192,65

Leia mais

Planilha Orçamentária

Planilha Orçamentária Ministério da Educação Obra: Proinfância - Espaço Educativo Infantil Tipo C BDI adotado Município: SALTO DO CÉU-MT 25% Endereço: Avenida Governador Pedro Pedrossian s/n Planilha Orçamentária ITEM DESCRIÇÃO

Leia mais

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA BÁSICA E ESTIMATIVA

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA BÁSICA E ESTIMATIVA IVERSIDADE ESTADUAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE ALAGOAS CISAL CONTRATANTE: IVERSIDADE ESTADUAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE ALAGOAS - CISAL FONTE DE CONSULTA DE PREÇOS ITÁRIOS: - AGO / 2013, AGO / 2013 E COMPOSIÇÕES

Leia mais

Obra: Ampliação da E.M.E.I. Pequeno Polegar Endereço: Rua Pinheiro Machado, nº 568 - Não-Me-Toque/RS Área: 259,35 m² ÍTEM DISCRIMINAÇÃO CUSTO UNITÁRIO CUSTO CUSTO TOTAL UNID QUANT TOTAL Material MO UNITÁRIO

Leia mais

PORTARIA Nº 2.206, DE 14 DE SETEMBRO DE 2011 (*)

PORTARIA Nº 2.206, DE 14 DE SETEMBRO DE 2011 (*) PORTARIA Nº 2.206, DE 14 DE SETEMBRO DE 2011 (*) Institui, no âmbito da Política Nacional de Atenção Básica, o Programa de Requalificação de Unidades Básicas de Saúde e o respectivo Componente Reforma.

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS EDITAL DE CARTA CONVITE 027/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA, torna público, para conhecimento dos interessados, que no dia 20 DE NOVEMBRO DE 2015, às 10 horas, reunirse-á a Comissão Permanente

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ÂNGELO MEMORIAL DESCRITIVO

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ÂNGELO MEMORIAL DESCRITIVO PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ÂNGELO MEMORIAL DESCRITIVO Ampliação E.M.E.I. Manoel dos Santos Ribeiro Bairro José Alcebíades de Oliveira GENERALIDADES Execução por Empreitada Global O presente memorial

Leia mais

Planilha Orçamentária proposta pela "Irmandade Santa Casa de Misericórdia D. Zilda Salvagni"

Planilha Orçamentária proposta pela Irmandade Santa Casa de Misericórdia D. Zilda Salvagni Planilha Orçamentária proposta pela "Irmandade Santa Casa de Misericórdia D. Zilda Salvagni" Processo: 0369323-92/2011 - MINISTÉRIO DA SAÚDE Data do orçamento: 19/062013 Micípio: Taquaritinga/SP Mês do

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE IPATINGA

CÂMARA MUNICIPAL DE IPATINGA CÂMARA MUNICIPAL DE IPATINGA REFORMA DO PRÉDIO DA CÂMARA MUNICIPAL DE IPATINGA MEMORIAL TÉCNICO DESCRITIVO Introdução O presente memorial descritivo tem por finalidade definir os trabalhos de Reforma Câmara

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA ROMA DO SUL DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES E D I T A L

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA ROMA DO SUL DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES E D I T A L CONVITE Nº 06/2013 MANUTENÇÃO DE POÇOS ARTESIANOS E D I T A L O Prefeito Municipal de Nova Roma do Sul, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei Federal n 8.666, de 21 de junho de

Leia mais

VARA DA VIOLÊNCIA DOMÉSTICA PLANILHA DE ORÇAMENTO

VARA DA VIOLÊNCIA DOMÉSTICA PLANILHA DE ORÇAMENTO OBRA: REFORMA DA 01. SERVIÇOS INICIAIS 86.825,78 01.01 COMP 01 ADMINISTRAÇÃO LOCAL DA OBRA (ACOMPANHAMENTO TÉCNICO E VIGILÂNCIA) MÊS 3,00 20.923,38 4.902,35 25.825,73 77.477,19 01.02 74209/001 PLACA DE

Leia mais

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA PLANILHA ORÇAMENTÁRIA 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES 7.992,27 1.1 74209/001 PLACA DE OBRA EM CHAPA DE ACO GALVANIZADO m2 3,91 289,92 1.133,59 1.2 73899/002 DEMOLICAO DE ALVENARIA DE TIJOLOS FURADOS S/REAPROVEITAMENTO

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO O

MEMORIAL DESCRITIVO O MEMORIAL DESCRITIVO O presente memorial tem por objetivo estabelecer requisitos técnicos, definir materiais e padronizar os projetos e execuções da obra localizada na Rua Jorge Marcelino Coelho, s/n, Bairro

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTOS Mod.: 00.76 Folha Timbrada Revisão 01 Mar/2011

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTOS Mod.: 00.76 Folha Timbrada Revisão 01 Mar/2011 ORÇAMENTO C/BDI Itens Descrição dos Serviços Unid. Quant. 1. DEMOLIÇÕES Preço Unitário R$ Preço Total R$ 1.1 De paredes de tijolos m³ 20 60,66 1.213,20 1.2 De alvenaria de pedra m³ 5 70,16 350,80 1.3 De

Leia mais

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES GLOBAIS DE SERVIÇOS E MATERIAIS REFORMA E ADAPATAÇÃO DO PRÉDIO DA ANTIGA CPFL - GRADUAÇÃO

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES GLOBAIS DE SERVIÇOS E MATERIAIS REFORMA E ADAPATAÇÃO DO PRÉDIO DA ANTIGA CPFL - GRADUAÇÃO CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES GLOBAIS DE SERVIÇOS E MATERIAIS REFORMA E ADAPATAÇÃO DO PRÉDIO DA ANTIGA CPFL - GRADUAÇÃO INSTITUTO UNI-FAMEMA / OSCIP Marília/SP ÍNDICE 1. PRELIMINARES. 2. DEMOLIÇÕES E RETIRADAS.

Leia mais

Como prefeituras e câmaras podem criar e gerenciar os seus Diários Oficiais Eletrônicos próprios

Como prefeituras e câmaras podem criar e gerenciar os seus Diários Oficiais Eletrônicos próprios Como prefeituras e câmaras podem criar e gerenciar os seus Diários Oficiais Eletrônicos próprios 1 A maioria dos Prefeitos e Presidentes de Câmaras de Vereadores não sabe que podem criar o Diário Oficial

Leia mais

CONSTRUÇÃO - BLOCO DE PESQUISADORES - PAVIMENTO TÉRREO

CONSTRUÇÃO - BLOCO DE PESQUISADORES - PAVIMENTO TÉRREO ANEXO XII PLANILHA ORÇAMENTÁRIA PLANILHA DE ORÇAMENTO UNIDADE: Embrapa Algodão Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária- Embrapa Coordenadoria de Engenharia e Arquitetura-CEN/DRM OBRA: AMPLIAÇÃO DOS

Leia mais

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES:

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES: EDITAL de LICITAÇÃO MODALIDADE: CARTA CONVITE N.º 17/2013 Data da abertura dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas Data limite para entrega dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO - MODALIDADE CONVITE

EDITAL DE LICITAÇÃO - MODALIDADE CONVITE EDITAL DE LICITAÇÃO - MODALIDADE CONVITE PROCESSO nº 001/2014 CARTA CONVITE nº 001/2014 TIPO MENOR PREÇO POR ITEM A Presidenta da ASSOCIAÇÃO CASA DA MULHER CATARINA - CMC, mantenedora do Projeto: JORNALISTAS

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PREFEITURA MUNICIPAL DE CATALÃO SECRETARIA DE 0BRAS 1.0 INTRODUÇÃO 2.0 DISPOSIÇÕES GERAIS

MEMORIAL DESCRITIVO PREFEITURA MUNICIPAL DE CATALÃO SECRETARIA DE 0BRAS 1.0 INTRODUÇÃO 2.0 DISPOSIÇÕES GERAIS MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: Nova Instalação da SEMMAC LOCAL: Rua Dr. Lamartine Pinto de Avelar, 2338. Setor Ipanema. Catalão GO TIPO DE SERVIÇO: Reforma e Ampliação. 1.0 INTRODUÇÃO A finalidade do presente

Leia mais

Planilha de Orçamento GLOBAL

Planilha de Orçamento GLOBAL Prefeitura Municipal de 1. SERVIÇOS INICIAIS.1 DEMOLICAO ESTRUTURA DE MADEIRA DE TELHADO.2 DEMOLICAO DE ALVENARIA DE TIJOLOS MACICOS (E=15CM).3 DEMOLICAO DE PISO DE TABUAS CORRIDAS.4 RETIRADA DE ESQUADRIAS.5

Leia mais

MEMORIAL DE CÁLCULO UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE

MEMORIAL DE CÁLCULO UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE MANGUEIRA ITEM CÓDIGO FONTE ESPECIFICAÇÃO DOS SERVIÇOS. 1 SERP SERVIÇOS PRELIMINARES 0011 DEMOLIÇÃO DE ALVENARIA 1.1 72214 SINAPI-ES Demolicao de alvenaria estrutural de blocos

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 007/2008

CARTA CONVITE Nº 007/2008 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO E COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 - JD. PAULISTA -

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 002/2010

CARTA CONVITE Nº 002/2010 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

Residencial Recanto do Horizonte

Residencial Recanto do Horizonte MEMORIAL DESCRITIVO Residencial Recanto do Horizonte FUNDAÇÃO E ESTRUTURA As Fundações serão executadas de acordo com o projeto estrutural, elaborado de acordo com as normas técnicas pertinentes e baseadas

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JARDIM PAULISTA

Leia mais

EDITAL TOMADA DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE TUBOS DE CONCRETO

EDITAL TOMADA DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE TUBOS DE CONCRETO PREFEITURA MUNICIPAL DE SOLEDADE SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E AGRICULTURA EDITAL TOMADA DE PREÇOS Nº 38/2015 TIPO MENOR PREÇO EDITAL TOMADA DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE TUBOS DE CONCRETO O PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

PLANILHA DE QUANTITATIVOS E PREÇOS - DATA: 03/06/2013

PLANILHA DE QUANTITATIVOS E PREÇOS - DATA: 03/06/2013 IDENTIFICAÇÃO DA FIRMA PLANILHA DE QUANTITATIVOS E PREÇOS - DATA: 03/06/2013 OBRA REFORMA DO DEPRA Localização: AV. São Paulo-Bairro dos Estados-Paraíba-Brasil PREÇOS PROPOSTOS PREÇOS: SINAPI / C/BDI=

Leia mais

CÂMARA DE VEREADORES DOM PEDRITO - RS CAPITAL DA PAZ EDITAL DE-CONVITE N.º 04/2015 TIPO MENOR PREÇO UNITARIO

CÂMARA DE VEREADORES DOM PEDRITO - RS CAPITAL DA PAZ EDITAL DE-CONVITE N.º 04/2015 TIPO MENOR PREÇO UNITARIO EDITAL DE-CONVITE N.º 04/2015 TIPO MENOR PREÇO UNITARIO Edital de Convite para a aquisição de Cartuchos, Pen Drive e Lâmina de limpeza e Esteira de Transferência Belt, para as impressoras da Câmara de

Leia mais

2. INSTALAÇÕES PROVISÓRIAS

2. INSTALAÇÕES PROVISÓRIAS MEMORIAL DESCRITIVO Obra: Banheiros Públicos Rincão do Segredo Local: Rua Carlos Massman - Rincão do Segredo Alm. Tam. do Sul-RS Proprietário: Município de Almirante Tamandaré do Sul / RS 1. O presente

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ESTAÇÃO. Planilha Orçamentária ITEM DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS UNID. QUANT. PR. UNIT.(R$) VALOR (R$)

PREFEITURA MUNICIPAL DE ESTAÇÃO. Planilha Orçamentária ITEM DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS UNID. QUANT. PR. UNIT.(R$) VALOR (R$) 1.0 1.1 Placa de obra em chapa de aço galvanizado m² 1,00 245,51 245,51 1.2 Locação da obra através de gabarito de tábuas corridas pontaletadas m² 52,00 5,80 301,60 1.3 Ligação provisória de energia elétrica

Leia mais

Aula 7. Universidade Federal de Ouro Preto Escola de Minas DECIV. Gestão de Obras em Construção Civil

Aula 7. Universidade Federal de Ouro Preto Escola de Minas DECIV. Gestão de Obras em Construção Civil Universidade Federal de Ouro Preto Escola de Minas DECIV CIV 431 Aula 7 POLÍTICAS ADMINISTRATIVAS DE OBRAS RESIDÊNCIAIS Caso Real ORGANOGRAMA DA OBRA SUPERINTENDENTE APOIO CDP CONTROLE PRODUÇÃO ADM. CONTRATO

Leia mais

EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA 01/2014

EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA 01/2014 EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA 01/2014 O PRESIDENTE DA COMPANHIA ÁGUAS TERMAIS MARCELINO RAMOS no uso de suas atribuições legais e estatutárias e de conformidade com a Lei 8666/93 de 21 de junho de 1993

Leia mais

PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014. Do Objeto

PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014. Do Objeto PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014 O Município de Mariano Moro, RS, torna público, em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações, que no dia 30 de setembro as 14

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 O CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA 7ª REGIÃO CREF7/DF, Autarquia Federal, criada pela Lei nº 9.696/98, torna público

Leia mais

Obra: Ampliação Câmara de Vereadores Local : VRS- 801 Almirante Tamandaré do Sul - RS Proprietário: Prefeitura Municipal de Almirante Tamandaré do Sul

Obra: Ampliação Câmara de Vereadores Local : VRS- 801 Almirante Tamandaré do Sul - RS Proprietário: Prefeitura Municipal de Almirante Tamandaré do Sul MEMORIAL DESCRITIVO Obra: Ampliação Câmara de Vereadores Local : VRS- 801 Almirante Tamandaré do Sul - RS Proprietário: Prefeitura Municipal de Almirante Tamandaré do Sul 1. O presente memorial tem por

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 023/2009

CARTA CONVITE Nº 023/2009 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

ANEXO 1 DO TEMO DE REFERÊNCIA

ANEXO 1 DO TEMO DE REFERÊNCIA ITENS DISCRIMINAÇÃO DOS SERVIÇOS UN QUANT 1.0 1.1 1.2 1.3 1.4 1.5 1.6 1.7 1.8 1.9 1.10 1.11 1.12 1.13 1.14 1.15 1.16 1.17 1.18 1.19 1.20 SERVIÇOS PRELIMINARES Mobilização e desmobilização do canteiro de

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME MEMÓRIA DE CÁLCULO Objeto: Centro de Referência de Assistência Social CRAS Proprietário: Endereço: Área da Edificação: 165,30 m² Pavimento: Térreo

Leia mais

MUNICÍPIO DE CRISTAL / RS

MUNICÍPIO DE CRISTAL / RS CONVITE Nº 001/2013 PROCESSO N 0021/2013 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE REALIZAÇÃO E EMISSÃO DE LAUDOS PARA EXAMES DE RAIO X e ASSINATURA PELA RESPONSABILIDADE TÉCNICA DO SETOR DE RADIOLOGIA DO MUNICÍPIO. O

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. 2.0 - Calçadas Externas/rampa/escada:

MEMORIAL DESCRITIVO. 2.0 - Calçadas Externas/rampa/escada: PROJETO Nº 051/2013 Solicitação: Memorial Descritivo Tipo da Obra: Reforma, ampliação e adequação acesso Posto de Saúde Santa Rita Área existente: 146,95 m² Área ampliar: 7,00 m² Área calçadas e passeio:

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014 Encerramento: às 17:00 horas do dia 30 de setembro de 2014 Abertura dos Envelopes: às 8:00 horas do dia 01 de outubro de 2014 A SANTA CASA DE

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 28/2010

EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 28/2010 EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N.º 28/2010 O MUNICÍPIO DE NÃO-ME-TOQUE - RS, pessoa jurídica de direito público, com sede à Av. Alto Jacuí, n.º 840, inscrito no CNPJ sob o n.º 87.613.519/0001-23, representado

Leia mais

QUANT UND PREÇO/LT 01 ÓLEO DIESEL 3.726,50 LT

QUANT UND PREÇO/LT 01 ÓLEO DIESEL 3.726,50 LT MODALIDADE: CARTA CONVITE Nº 003/2009 EXPEDIDA EM: 27/01/2009 TIPO DE LICITAÇÃO: MENOR PREÇO POR ITEM REPARTIÇÃO INTERESSADA: SECRETARIA MUNICIPAL DE INFRA- ESTRUTURA E LOGÍSTICA FUNDAMENTO LEGAL: REGIDA

Leia mais

Condomínio de casas. Veja os custos detalhados dessa obra com 1.220,70 m². Características

Condomínio de casas. Veja os custos detalhados dessa obra com 1.220,70 m². Características Condomínio de casas Veja os custos detalhados dessa obra com 1.220,70 m² Características Empreendimento > Área construída de 1.220,70 m² > Casas padrão médio com dois pavimentos > Casas localizadas em

Leia mais

EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº

EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº 07/2013. A Prefeitura Municipal de General Salgado, sito à Av: Antonino José de Carvalho, 940, centro, fará realizar

Leia mais

Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015

Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015 Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015 DATA DA ABERTURA: 13/11/2015 HORA DA ABERTURA: 09:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

AV. BRASÍLIA, 1057 FONE: 054-3356 1244. Edital de Licitação

AV. BRASÍLIA, 1057 FONE: 054-3356 1244. Edital de Licitação Edital de Licitação Modalidade.:Tomada de Preço Numero...:0006/15 DATA DA ABERTURA DA LICITAÇÃO: 11/02/2015 DATA ABERTURA DAS PROPOSTAS..: 04/03/2015 HORARIO...: 14:00 Fornecedor.: Endereço...: CGCMF...:

Leia mais

ORÇAMENTO ART/RRT Nº: RRT 0000001244017 BDI já incluso no orçamento: 26% 26 Tomador: MUNICIPIO DE PALMITAL - PR

ORÇAMENTO ART/RRT Nº: RRT 0000001244017 BDI já incluso no orçamento: 26% 26 Tomador: MUNICIPIO DE PALMITAL - PR 1 SERVIÇOS PRELIMINARES 5.108,23 1.1 Abrigo provisório c/ pavimento para alojamento e depósito m² 12,00 133,05 1.596,60 74209/1 1.2 Placa da obra - padrão governo federal m² 3,00 205,83 617,49 74210/1

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2.

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2. IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM 03 (TRÊS) DIAS DE ANTECEDENCIA NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001

Leia mais

E S T A D O D O M A T O G R O S S O. Prefeitura Municipal de Jaciara

E S T A D O D O M A T O G R O S S O. Prefeitura Municipal de Jaciara MEMORIAL DESCRITIVO REDE CEGONHA - HOSPITAL MUNICIPAL JACIARA/MT O presente memorial descritivo define diretrizes referentes à reforma do espaço destinado a Programa REDE CEGONHA no Hospital Municipal

Leia mais

-, - SÃO JOSÉ DA LAPA-MG

-, - SÃO JOSÉ DA LAPA-MG .0.002.003.004 02 02.0 02.002 02.003 02.004 02.005 03 03.0 03.002 03.003 03.004 PRELIMINARES 2,91 5.187,89 Placa de obra em lona com impressão digital, instalada 0,23 402,57 Limpeza manual de terreno com

Leia mais

PLANILHA - REFORMA FAZENDA NHUMIRIM - TP Nº 001.2007.xls. Página 1 de 18

PLANILHA - REFORMA FAZENDA NHUMIRIM - TP Nº 001.2007.xls. Página 1 de 18 Obra: EMBRAPA - EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA OBRAS NA FAZENDA NHUMIRIM Data: JULHO DE 2.007 Local: KM 90 ESTRADA PORTO DA MANGA - FAZENDA NHUMIRIM AMPLIAÇÃO DO ALOJAMENTO MAT. M.O 1 INSTALAÇÃO

Leia mais

Blumenau, maio de 2010.

Blumenau, maio de 2010. INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE ORÇAMENTOS E CRONOGRAMAS Blumenau, maio de 2010. 1. RESUMO... 3 2. OBJETIVO... 3 3. INTRODUÇÃO... 3 4. COMPOSIÇÃO DO ORÇAMENTO... 4 4.1. SERVIÇOS PRELIMINARES/TÉCNICOS...

Leia mais

Imprensa Eletrônica. Caderno 02: CONTAS PÚBLICAS

Imprensa Eletrônica. Caderno 02: CONTAS PÚBLICAS NESTE CADERNO PODEM SER LIDOS TODOS OS ATOS OFICIAIS DA SUPERINTENDENTE MUNICIPAL DE TRANSPORTE E TRÂNSITO SMTT Alagoinhas-BA ANO VII EDIÇÃO 127 DOCUMENTO ASSINADO DIGITALMENTE CONFORME MP NO- 2.200-2

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DA ADMINISTRAÇÃO

SECRETARIA MUNICIPAL DA ADMINISTRAÇÃO CONVITE Nº 05/2015 Objeto: Contratação de Empresa para Serviços de Acesso à internet. O MUNICÍPIO DE SÃO VALENTIM DO SUL, através de seu Prefeito Municipal, torna público e para o conhecimento dos interessados,

Leia mais

MEMORIA DE CÁLCULO DOS QUANTITATIVOS

MEMORIA DE CÁLCULO DOS QUANTITATIVOS Estado do Rio Grande do Norte PREFEITURA MUNICIPAL DE CAICÓ Av. Cel. Martiniano, 993 Caicó (RN) CNPJ 08.096.570/0001-39 MEMORIA DE CÁLCULO DOS QUANTITATIVOS QUADRA COBERTA; 1-SERVIÇOS PRELIMINARES Locação

Leia mais

CONVITE Nº 060E/2015

CONVITE Nº 060E/2015 Processo nº 0405.1511/15-3 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 060E/2015 DATA DA ABERTURA: 16/10/2015 HORA DA ABERTURA: 10:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

ANEXO XII PLANILHA ORÇAMENTÁRIA. Planilha Orçamentária

ANEXO XII PLANILHA ORÇAMENTÁRIA. Planilha Orçamentária ANEXO XII PLANILHA ORÇAMENTÁRIA Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária- Embrapa Coordenadoria de Engenharia e Arquitetura-CEN/DRM PLANILHA DE ORÇAMENTO UNIDADE: Embrapa Algodão OBRA: REFORMA DO LABORATÓRIO

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO CORRETIVA E PREVENTIVA EM TODAS AS UNIDADES DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO LINHARES - ES

MEMORIAL DESCRITIVO SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO CORRETIVA E PREVENTIVA EM TODAS AS UNIDADES DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO LINHARES - ES MEMORIAL DESCRITIVO SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO CORRETIVA E PREVENTIVA EM TODAS AS UNIDADES DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO LINHARES - ES 1 1. INTRODUÇÃO O memorial se refere aos Serviços de Manutenção

Leia mais

EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA N.º 001/2012

EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA N.º 001/2012 EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA N.º 001/2012 Concorrência Pública para fins de concessão para pessoa jurídica destinada à implantação e execução de serviços de operacionalização e destinação final dos resíduos

Leia mais

PREFEITURA DE SÃO LUIS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE - SEMUS COORDENAÇÃO DE ENGENHARIA E MANUTENÇÃO DE PRÉDIOS PLANILHA DE PREÇO

PREFEITURA DE SÃO LUIS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE - SEMUS COORDENAÇÃO DE ENGENHARIA E MANUTENÇÃO DE PRÉDIOS PLANILHA DE PREÇO REFERÊNCIA - DATA BASE : SINAPI/ORSE - JANEIRO - 1.00 SERVIÇOS PRELIMINARES 26.610,31 1.01 SEMUS TAXA DA PREFEITURA m² 116,17 2,25 261,38 1.02 SEMUS TAXA DO CREA OBRAS ACIMA DE 700M2 und 1,00 208,75 208,75

Leia mais

PESQUISA DE PREÇOS DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO

PESQUISA DE PREÇOS DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO PESQUISA DE PREÇOS DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO FEVEREIRO 2008 RESULTADOS DE RIO BRANCO - ACRE Outras informações: (68) 3212-4200 / 3212-4246 / 3212-4284 Ano 04 - Nº. 37 1. OBJETIVO O objetivo desta pesquisa

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO 1 CARTA CONVITE n.º 001/2011 São Paulo, 20 de outubro de 2011. O CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA - 1ª REGIÃO, nos termos da autorização constante no Processo Administrativo em epígrafe, vem, por intermédio

Leia mais

DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇOS MENOR PREÇO EDITAL Nº 001/2009 TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2009

DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇOS MENOR PREÇO EDITAL Nº 001/2009 TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2009 DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇOS MENOR PREÇO ORIGEM DA TOMADA DE PREÇOS: EDITAL Nº 001/2009 TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2009 - PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2009.40.38.00182

Leia mais

ABERTURA DE CARTA CONVITE Nº 001/2014

ABERTURA DE CARTA CONVITE Nº 001/2014 ABERTURA DE CARTA CONVITE Nº 001/2014 O CONSELHO REGIONAL DE CORRETORES DE IMÓVEIS DO ESTADO DE SANTA CATARINA CRECI - 11ª REGIÃO/SC, através da Comissão de Julgamento de Licitação, comunica que, de acordo

Leia mais

CONVITE Nº. 001/2014

CONVITE Nº. 001/2014 CONVITE Nº. 001/2014 O CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 4ª REGIÃO RIO GRANDE DO SUL, autarquia federal criada pela Lei 1.411/51, através de sua Comissão de Licitações, designada pela Ata nº 1412/2014, da

Leia mais

E D I T A L Nº 2362/2014

E D I T A L Nº 2362/2014 E D I T A L Nº 2362/2014 MODALIDADE: Tomada de Preços TIPO: Menor preço global por item ABERTURA: Dia 22 de Dezembro de 2014, às 10 horas LOCAL DE ABERTURA: Sala do Setor de Licitações, localizada na Rua

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2011

CARTA CONVITE Nº 003/2011 CARTA CONVITE Nº 003/2011 O Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 10ª Região CREFITO-10, com jurisdição no Estado de Santa Catarina, através de sua Comissão Permanente de Licitações,

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA E AMPLIAÇÃO DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE

MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA E AMPLIAÇÃO DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA E AMPLIAÇÃO DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE NAS LOCALIDADES DO DISTRITO ASSENTAMENTO FLORESTA Alegre ES 1 1. INTRODUÇÃO O memorial se refere às obras de reforma e ampliação da Unidade

Leia mais

Prefeitura Muncipal de Porto Alegre Escola Municipal Nossa Senhora do Carmo

Prefeitura Muncipal de Porto Alegre Escola Municipal Nossa Senhora do Carmo BLOCO C 1. SERVIÇOS INICIAIS 1.1 LOCACAO DE OBRA POR m2 CONSTRUIDO M2 397,48 2,99 1.187,47 1.187,47 2. MOVIMENTOS DE TERRA 2.1 BALDRAME E BLOCOS DE FUNDAÇÃO 2.1.1 ESCAVACAO MANUAL DE VALAS EM MAT.1a CAT.,ATE

Leia mais

E D I T A L Nº 2339/2014

E D I T A L Nº 2339/2014 E D I T A L Nº 2339/2014 MODALIDADE: Concorrência TIPO: Maior oferta ABERTURA: Dia 08 de Outubro de 2014, às 10 horas LOCAL DE ABERTURA: Setor de Licitações, situado na Rua Benjamin Constant, nº 686 2º

Leia mais

3.2. VIGAS BALDRAME R$ 0,00 0,00 Forma plana chapa compensada plastificada, esp.= 3.2.1. 12mm util. 5x

3.2. VIGAS BALDRAME R$ 0,00 0,00 Forma plana chapa compensada plastificada, esp.= 3.2.1. 12mm util. 5x PLANILHA ORÇAMENTÁRIA UF: RS MUNICÍPIO: SÃO MIGUEL DAS MISSÕES Descrição do item Un de Valor Quant 1. SERVIÇOS PRELIMINARES Medida Unitário Total % 1.1. Abrigo provisório para alojamento e depósito m²

Leia mais

CONVITE Nº 008/2013 CPL/FMS/SMS/PMVR

CONVITE Nº 008/2013 CPL/FMS/SMS/PMVR CONVITE Nº 008/2013 CPL/FMS/SMS/PMVR O MUNICÍPIO DE VOLTA REDONDA/RJ, por intermédio da COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO do FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE da SECRETARIA MUNCIPAL DE SAÚDE/PMVR, atendendo requisitos

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO SEBASTIÃO DE LAGOA DE ROÇA. IV Memorial de Cálculo dos Quantitativos Físicos da Planilha Orçamentária

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO SEBASTIÃO DE LAGOA DE ROÇA. IV Memorial de Cálculo dos Quantitativos Físicos da Planilha Orçamentária ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO SEBASTIÃO DE LAGOA DE ROÇA IV Memorial de Cálculo dos Quantitativos Físicos da Planilha Orçamentária Memorial de Cálculo dos Quantitativos Físicos da Planilha

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Municipio de Venâncio Aires

Estado do Rio Grande do Sul Municipio de Venâncio Aires MEMORIAL DESCRITIVO Obra: OBRAS CIVIS, REFORMA E INSTALAÇÕES - PMAT PAVIMENTO TÉRREO E SUPERIOR DA PREFEITURA MUNICIPAL Local: Rua Osvaldo Aranha-nº 634 Venâncio Aires EXECUÇÃO E SERVIÇOS A execução dos

Leia mais

EDITALCARTA CONVITE Nº. 001/2015

EDITALCARTA CONVITE Nº. 001/2015 1 EDITALCARTA CONVITE Nº. 001/2015 Processo Administrativo 004/2015 OBJETO: Contratação de Empresa especializada para prestação de serviços de digitalização de documentos; gerenciamento eletrônico de documentos;

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS Nº 079/2015.

EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS Nº 079/2015. EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS Nº 079/2015. PREFEITURA MUNICIPAL DE GAURAMA-RS SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS PÚBLICAS E DE TRÂNSITO EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS Nº 079/2015 TIPO MENOR PREÇO GLOBAL Edital de

Leia mais

ESTADO DO ESPÍRITO SANTO FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE MIMOSO DO SUL SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

ESTADO DO ESPÍRITO SANTO FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE MIMOSO DO SUL SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE 1 SERP SERVIÇOS PRELIMINARES. 0011 DEMOLIÇÃO DE ALVENARIA 74220 Tapume de vedação. Tapume de chapa de madeira compensada, 6mm - pintura e 1.1 74220/001 SINAPI-ES cal. 2 SERT SERVIÇOS TÉCNICOS. 008 Locação.

Leia mais

Ministério da Educação Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE Coordenação Geral de Infraestrutural Educacional CGEST

Ministério da Educação Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE Coordenação Geral de Infraestrutural Educacional CGEST Ministério da Educação Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE Coordenação Geral de Infraestrutural Educacional CGEST MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO PADRÃO PARA QUADRA POLIESPORTIVA COBERTA COM

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DA BARRA DO QUARAÍ SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO CONVITE N.º 57/2015 PROCESSO N.º 2.633/2015 1.

PREFEITURA MUNICIPAL DA BARRA DO QUARAÍ SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO CONVITE N.º 57/2015 PROCESSO N.º 2.633/2015 1. CONVITE N.º 57/2015 PROCESSO N.º 2.633/2015 A PREFEITURA MUNICIPAL DA BARRA DO QUARAÍ comunica aos interessados que às 10:00 horasdo dia15do mês dedezembrodo ano de2015, nas dependências do Setor de Compras

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º 011/2014

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º 011/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º 011/2014 O Município de Itatiba do Sul, RS, torna público, em conformidade com a Lei Federal nº 8.666/93 e suas alterações, que no dia 09 de dezembro de 2014, às 14:00 horas,

Leia mais