R E A Ç Õ E S O R G Â N I C A S

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "R E A Ç Õ E S O R G Â N I C A S"

Transcrição

1 R E A Ç Õ E S R G Â N I A S PRF. AGAMENN RBERT < 011 >

2 Prof. Agamenon Roberto REAÇÕES RGÂNIAS REAÇÕES RGÂNIAS ISÕES DAS LIGAÇÕES Para que ocorra uma reação química, é necessário que as ligações existentes entre os átomos de uma molécula se rompam e esses átomos se rearranjem, formando novas ligações. Geralmente, as reações entre substâncias orgânicas envolvem apenas o rompimento e a formação de ligações covalentes. As cisões podem ser de dois tipos:. MLÍTIA.. ETERLÍTIA. isão homolítica é quando na quebra da ligação, cada átomo fica com seus elétrons, formando radicais livres. * * isão heterolítica é quando na quebra da ligação o átomo mais eletronegativo fica com o par de elétrons inicialmente compartilhado, formando íons. Exemplos: bservações: * l l - * - I. Um carbono carregado positivamente é chamado carbocátion ou íon carbônio. II. Um carbono carregado negativamente é chamado carboânion ou íon carbânion. Exercícios: 01)A equação abaixo indica: 4 * * a) formação de carbônio. b) formação de carbânion. c) reação de homólise. d) reação de heterólise. e) reação de substituição. 0)onsidere os seguintes tipos de reações: P * * P P * Q * * R Q * R * S * * T S - T Qual é a espécie mais apropriada para reagir com o íon abaixo? a) T b) P * c) S d) Q ** R e) P ** P R R TIPS DE REAGENTES NAS REAÇÕES RGÂNIAS R Reagente eletrófilo (ou eletrofílico) é toda espécie química que, aceitando um par de elétrons, é capaz de formar uma nova ligação. Reagente nucleófilo (ou nucleofílico) é toda espécie química capaz de oferecer um par de elétrons para a formação de uma ligação. Exercícios: 01)Nas reações orgânicas, a hidroxila tende a funcionar como: a) reagente eletrófilo. b) reagente nucleófilo. c) radical livre. d) base de Arrhenius. e) solvente. 0)Indique, dentre os reagentes abaixo, o nucleofílico: a) BF. b). c) All. d) l. e).

3 Prof. Agamenon Roberto REAÇÕES RGÂNIAS 0)Indique, dentre os reagentes abaixo, o eletrofílico: a) N. b) N. c). d) R. e). NEITS MDERNS DE ÁID E BASE Ácidos e bases de Brönsted-Lowry Ácido é toda espécie química capaz de doar prótons () em uma reação química. Base é toda espécie química capaz de Exemplos: receber prótons () em uma reação química. ácido base l - l l está doando um para. Esta reação ocorre no sentido inverso ácido base - l l íon está doando o para o l. Dizemos que l / l e / são pares conjugados ácido-base, pois diferem entre si por um. Ácido e base de Lewis Ácido de Lewis é toda espécie química capaz de receber par de elétrons. Base de Lewis é toda espécie química capaz ceder par de elétrons. N BF BF N N:} B F N > B F F ou F F F N doa par de elétrons (é a base) e o BF recebe o par de elétrons (é o ácido). Exercícios: 01)No equilíbrio abaixo, podemos afirmar que de acordo com o conceito de ácido e base de Brönsted-Lowry: l N N 4 l a) N 4 atua como base. b) N atua como base. c) l atua como base. d) l atua como ácido. e) N atua como ácido. 0)A base conjugada do íon P 7 seguinte espécie química: a) 4 P 7. b) P 7 1- c) P 7 - d) P 7 - e) P 7 4- é a 0)Ácido é uma espécie capaz de receber um par de elétrons. Essa definição corresponde à proposta de: a) Arrhenius. b) Brönsted. c) Lavoisier. d) Lewis. e) stwald. 04)Na reação abaixo, a base conjugada de N 4 é: N N 4 a) N 4. b) N. c). d) -. e) N 4. 05)onhecida à tabela, a base conjugada mais forte é: Ácido Grau de ionização l 9% S 4 61% P 4 7% F 8% N 0,008% a) l. b) S 4. c) P 4. d) F. e) N.

4 Prof. Agamenon Roberto REAÇÕES RGÂNIAS 4 06)Na equação abaixo, o íon bicarbonato ( ) é classificado como: a) base de Arrhenius. b) base de Brönsted. c) base de Lewis. d) ácido de Brönsted. e) ácido de Lewis. TIPS DE REAÇÕES RGÂNIAS Entre vários tipos de classificações podemos destacar as reações de substituição, adição e eliminação. REAÇÃ DE SUBSTITUIÇÃ É quando um átomo ou grupo de átomos é substituído por um radical do outro reagente. luz l l l l REAÇÃ DE ADIÇÃ É quando duas ou mais moléculas reagentes formam uma única como produto. l l REAÇÃ DE ELIMINAÇÃ l 4 É quando de uma molécula são retirados dois átomos ou dois grupos de átomos sem que sejam substituídos por outros. l l REAÇÕES DE SUBSTITUIÇÃ Entre os compostos orgânicos que sofrem reações de substituição destacam-se os alcanos, o benzeno e seus derivados, os haletos de alquila, álcoois e ácidos carboxílicos. ALGENAÇÃ DE ALANS É quando substituímos um ou mais átomos de hidrogênio de um alcano por átomos dos halogênios. luz l l l l Podemos realizar a substituição dos demais átomos de hidrogênio sucessivamente, resultando nos compostos: 4 l l l 4 l l l 4 4 l l 4 4 l As reações de halogenação também ocorrem com os demais halogênios, sendo que as mais comuns são a cloração e a bromação, pois com o F, devido a sua grande reatividade, teremos uma reação explosiva e, com o I a reação é muito lenta. Nos alcanos de cadeias maiores, teremos vários átomos de hidrogênios possíveis de serem substituídos e, a reatividade depende do carbono onde ele se encontra; a preferência de substituição segue a seguinte ordem: terciário > secundário > primário l l l produto principal

5 Prof. Agamenon Roberto REAÇÕES RGÂNIAS 5 ALGENAÇÃ D BENZEN Neste caso todos os átomos de hidrogênios são equivalentes e originará sempre o mesmo produto em uma mono-halogenação. l l Al l l NITRAÇÃ D BENZEN onsiste na reação do benzeno com ácido nítrico (N ) na presença do ácido sulfúrico ( S 4 ), que funciona como catalisador. N SUBSTITUIÇÃ NS DERIVADS D BENZEN Todas as reações de substituição observadas com benzeno também ocorrem com seus derivados, porém diferem na velocidade de ocorrência e nos produtos obtidos. A velocidade da reação e o produto obtido dependem do radical presente no benzeno que orientam a entrada dos substituintes. Assim teremos: RIENTADRES RT PARA (ATIVANTES) N l, Br, I ( desativantes ) S4 N RIENTADRES META (DESATIVANTES) SULFNAÇÃ D BENZEN onsiste na reação do benzeno com o ácido sulfúrico concentrado e a quente. S 4 S 4 S N S N s orientadores META possuem um átomo com ligação dupla ou tripla ligado ao benzeno. Exemplos: Monocloração do fenol ALQUILAÇÃ D BENZEN onsiste na reação do benzeno com haletos All l de alquila na presença de ácidos de Lewis. l All l l All l l omo o grupo ( ) é orto-para dirigente e ativante a reação é mais rápida que a anterior e os substituintes entram, no anel benzênico, nas posições orto e para.

6 Prof. Agamenon Roberto REAÇÕES RGÂNIAS 6 Monocloração do nitro benzeno N l All N l l omo o grupo ( N ) é meta dirigente e desativante a reação é mais lenta que a anterior e o substituinte entra, no anel benzênico, na posição meta. Exercícios: 01)No -metil pentano, cuja estrutura está representada a seguir: hidrogênio mais facilmente substituível por halogênio está situado no carbono de número: a) 1. b). c). d) 4. e) 6. 0)onsidere a reação de substituição do butano: LUZ butano l X Y nome do composto X é: a) cloreto de hidrogênio. b) 1-cloro butano. c) -cloro butano. d) 1,1-cloro butano. e),-dicloro butano. RGÂNI INRGÂNI 0)(UNIAP-98) clorobenzeno, ao reagir por substituição eletrofílica com: 0 0 N, em presença de S 4, produz -nitroclorobenzeno. 1 1 l, em presença de Fel, produz preferencialmente metadiclorobenzeno. l, em presença de All, produz 4-metilclorobenzeno. S 4, em presença de S, produz -hidrogenosulfato de clorobenzeno. 4 4 Br, produz preferencialmente, em presença de Fel -bromo, cloro benzeno. 04)Fenol ( 6 5 ) é encontrado na urina de pessoas expostas a ambientes poluídos por benzeno ( 6 6 ). Na transformação do benzeno em fenol ocorre: a) substituição no anel aromático. b) quebra na cadeia carbônica. c) rearranjo no anel aromático. d) formação de ciclano. e) polimerização. 05) É dada a reação: S 4 S 4 S que é classificada como uma reação de: a) adição. b) ciclo-adição. c) condensação. d) eliminação. e) substituição. 06)Da nitração (N (concentrado) S 4 (concentrado), a 0 ) de um certo derivado do benzeno equacionada por: A N Fazem-se as seguintes afirmações: N I. grupo A é orto-para-dirigente. II. grupo A é meta-dirigente. III. corre reação de substituição eletrófila. IV. corre reação de adição nucleófila. V. corre reação de eliminação. São corretas as afirmações: a) II e IV. b) I e III. c) II e V. d) I e IV. e) II e III. A

7 Prof. Agamenon Roberto REAÇÕES RGÂNIAS 7 REAÇÕES DE ADIÇÃ As reações de adição mais importantes ocorrem nos alcenos, nos alcinos, em aldeídos e nas cetonas. ADIÇÃ DE ALETS DE IDRGÊNI NS ALENS s haletos de hidrogênio reagem com os alcenos produzindo haletos de alquil. l l Para alcenos com três ou mais átomos de carbono a adição do haleto de alquil produzirá dois compostos, sendo um deles em maior proporção (produto principal). Neste caso, devemos levar em consideração a REGRA DE MARKVNIKV, que diz: hidrogênio ( ) é adicionado ao carbono da dupla ligação mais hidrogenado. l l IDRGENAÇÃ DS ALENS Essa reação ocorre entre o e o alceno na presença de catalisadores metálicos (Ni, Pt e Pd). Pt ADIÇÃ DE ALETS DE IDRGÊNI AS ALINS corre a adição de 1 mol do haleto de hidrogênio para, em seguida, ocorrer a adição de outro mol do haleto de hidrogênio. l l l l l l ADIÇÃ DE ALGENIS (ALGENAÇÃ) AS ALINS Temos primeira a adição de 1 mol do halogênios formando um alceno dissubstituído. ADIÇÃ DE ÁGUA (IDRATAÇÃ) AS ALENS s alcenos reagem com água em presença de catalisadores ácidos ( ), originando álcoois. ADIÇÃ DE ALGÊNIS (ALGENAÇÃ) AS ALENS s halogênios reagem com os alcenos, na presença do l 4, formando di-haletos de alquil. l 4 l l l l l4 l l l btido o alceno dissubstituído, adiciona-se outro mol do halogênio. l l l l4 l l l l ADIÇÃ DE ÁGUA (IDRATAÇÃ) DS ALINS A hidratação dos alcinos, que é catalisada com S 4 e gs 4, possui uma seqüência parecida com a dos alcenos. S 4 gs 4

8 Prof. Agamenon Roberto REAÇÕES RGÂNIAS 8 enol obtido é instável se transforma uma cetona. Dependendo do enol formado poderemos obter no final um aldeído. ADIÇÃ DE REAGENTE DE GRIGNARD A ALDEÍDS U ETNAS A adição de reagentes de Grignard (RMgX), seguida de hidrólise, a aldeídos ou cetonas é um dos melhores processos para a preparação de álcoois. esquema geral do processo é: metanal RMgX aldeído cetona Exemplos: metanal etanal RMgX RMgX propanona MgBr MgBr MgBr álcool primário álcool secundário álcool terciário álcool primário álcool secundário álcool terciário Exercícios: 01)Fazendo-se hidrogenação catalítica do propeno, obtém-se: a) propino, cuja fórmula geral é n n. b) ciclopropano. c) propano. d) propadieno. e) -propanol. 0)Na reação do com l há formação em maior quantidade do: a) 1-cloropropano. b) -cloropropano. c) 1,-dicloropropano. d) 1,-dicloropropano. e),-dicloropropano. 0) produto principal da reação: a) álcool primário. b) álcool secundário. c) aldeído. d) ácido carboxílico. e) cetona. 04)om respeito à equação: S 4 X Br 6 1 Br Pode-se afirmar que X é um: é um: a) alcano e a reação é de adição. b) alceno e a reação de substituição. c) alceno e a reação é de adição eletrofílica. d) alcano e a reação é de substituição eletrofílica. e) alceno e a reação é de substituição. 05)(ovest-99) A reação entre o propino e a água produz o enol representado na equação abaixo: Podemos afirmar que: ( aq ) 0 0 enol é produto de uma adição de água ao propino. 1 1 enol é produto da redução do propino pela água. produto desta reação é um composto instável. enol obtido nessa reação se transforma em uma cetona. 4 4 Esta é uma reação de condensação.

9 Prof. Agamenon Roberto REAÇÕES RGÂNIAS 9 06)A adição do brometo de hidrogênio ao,4-dimetil--penteno forma o composto: a) -bromo 4-metil hexano. b) -bromo -etil pentano. c) -bromo,-dimetil pentano. d) -bromo -metil hexano. e) -bromo,4-dimetil pentano. 07)idrocarboneto insaturado que numa reação de adição com o hidreto de cloro produz o -cloro pentano é: a). b). c). d). e). 08)Pode-se prever pela regra de Markovnikov que o produto da reação do -metil propeno com cloreto de hidrogênio é a substância: a) -cloro -metil propano. b) 1,1-dicloro -metil propano. c) 1-cloro butano. d) 1-cloro -metil propano. e) -cloro butano. 09)A hidratação de alcino falso( R R) conduz à formação de: a) álcool primário b) álcool secundário c) cetona d) aldeído e) ácido carboxílico 10)Dada à reação abaixo, podemos afirmar que o composto orgânico obtido é o: MgBr a) ácido butanóico. b) 1 butanol. c) butanol. d) etanol. e) propanol. 11)Um aldeído sofreu uma adição do cloreto de metil magnésio seguido de uma hidrólise produzindo o propanol. aldeído em questão denomina-se: a) metanal. b) etanal. c) propanal. d) etanol. e) propanóico. REAÇÕES DE ELIMINAÇÃ As reações de eliminação são processos, em geral, inversos aos descritos para as reações de adição e, constituem métodos de obtenção de alcenos e alcinos. DESIDRATAÇÃ DE ÁLIS A desidratação (eliminação de água) de um álcool ocorre com aquecimento deste álcool em presença de ácido sulfúrico. S 4 Álcoois terciários são mais facilmente desidratados que os secundários e estes, mais que os primários. A desidratação dos álcoois segue a regra de SAYTZEFF, isto é, elimina-se a oxidrila e o hidrogênio do carbono vizinho ao carbono da oxidrila menos hidrogenado. DESIDR ALGENAÇÃ DE ALET DE ALQUIL Esta reação, normalmente, ocorre em solução concentrada de K em álcool. haleto eliminado reage com o K produzindo sal e água. K ( alc) l ELIMINAÇÃ DE DIBRMETS VIINAIS s dibrometos vicinais quando tratados com zinco metálicos (Zn), eliminação simultaneamente os dois átomos de bromo, produzindo o alceno e brometo de zinco. Zn Br Br

10 Prof. Agamenon Roberto REAÇÕES RGÂNIAS 10 Quando tratados com K (alc) eliminam duas moléculas do Br. Br Br K ( alc) REAÇÕES DE XIDAÇÃ E REDUÇÃ As principais reações de oxidação e redução com compostos orgânicos ocorrem com os álcoois, aldeídos e alcenos. XIDAÇÃ DE ÁLIS E ALDEÍDS comportamento dos álcoois primários, secundários e terciários, com os oxidantes, são semelhantes. s álcoois primários, ao sofrerem, oxidação, transformam-se em aldeídos e estes, se deixados em contato com oxidante, são oxidados a ácidos carboxílicos. [ ] [ ] s álcoois secundários oxidam-se formando cetonas. [ ] s álcoois terciários não sofrem oxidação. XIDAÇÃ DE ALENS s alcenos sofrem oxidação branda originando diálcoois vicinais. [ ] branda E oxidação a fundo, com quebra da ligação dupla, produzindo ácido carboxílico e /ou cetona. [ ] a fundo [ ] ZNÓLISE DE ALENS utro tipo de oxidação que os alcenos sofrem é a ozonólise. Nesta reação os alcenos reagem rapidamente com o ozônio ( ) formando um composto intermediário chamado ozonídeo. A hidrólise do ozonídeo em presença de zinco rompe o ozonídeo, produzindo dois novos fragmentos que contêm ligações duplas carbono oxigênio. Zn Zn forma óxido de zinco que impede a formação de que viria a reagir com o aldeído ou a cetona. Quais os produtos da ozonólise seguida de hidrólise na presença de zinco, do hidrocarboneto metil buteno? Exercícios: Zn 01) A transformação do 1-propanol em propileno (propeno), como esquematizado a seguir, constitui reação de: a) hidratação. b) hidrogenação. c) halogenação. d) descarboxilação. e) desidratação.

11 Prof. Agamenon Roberto REAÇÕES RGÂNIAS 11 0)Quando um álcool primário sofre oxidação, o produto principal é: a) ácido carboxílico. b) álcool secundário. c) éter. d) álcool terciário. e) cetona. 0)Um alceno X foi oxidado energeticamente pela mistura sulfomangânica (KMn 4 S 4 ). s produtos da reação foram butanona e ácido metil propanóico. Logo, o alceno X é: a) -metil--hexeno. b) -metil--hexeno. c),4-dimetil--hexeno. d),5-dimetil--hexeno. e),5-dimetil--hexeno. 04)Assinale a opção que corresponde aos produtos orgânicos da oxidação energética do -metil--penteno. a) propanal e propanóico. b) butanóico e etanol. c) metóxi-metano e butanal. d) propanona e propanóico. e) etanoato de metila e butanóico. 05)Um alceno de fórmula molecular 5 10 ao ser oxidado com solução ácida de permanganato de potássio deu origem a acetona e ácido etanóico em proporção equimolar. nome do alceno é: a) 1-penteno. b) -penteno. c) -metil-1-buteno. d) -metil--buteno. e) -etil propeno. 06)Um composto X, submetido à oxidação com solução sulfopermangânica, forneceu ácido acético e butanona. nome oficial do composto X é: a) -metil-1-penteno. b) -metil--penteno. c) -metil-1-penteno. d) -metil--penteno. e) -hexeno. 07)A ozonólise e posterior hidrólise em presença de zinco do -metil--etil--penteno produz: a) cetona e aldeído. b) cetona, aldeído e álcool. c) somente cetonas. d) aldeído e álcool. e) cetona, aldeído e ácido carboxílico. 08)(UPE-007 Q) A reação entre o cloreto de hidrogênio e o -metil--penteno, origina: a) -cloro - -metilpentano. b) -cloro - -metilpentano. c) -cloro - -metilpentano. d) -cloro - -metilpentano. e) -cloro - -metil etilpentano. 09)A ozonólise do composto 6 1 seguida de uma hidrólise produz exclusivamente acetona. composto será: a),-dimetil--buteno. b) -metil--penteno. c),-dimetil-1-buteno. d) -hexeno. e) -hexeno. 10)(UPE-007 Q) Analise as afirmativas abaixo relacionadas às reações orgânicas. 0 0 A reação de Friedel-rafts é catalisada pelo cloreto de alumínio, que atua como um ácido de Lewis produzindo um carbocátion. 1 1 mecanismo da alquilação no benzeno forma o carbocátion, que atua como eletrófilo, comportando-se como um ácido de Lewis. A nitração no benzeno dispensa o uso da mistura sulfonítrica, uma vez que o grupo N já foi introduzido no anel aromático. A acilação no benzeno poderá originar cetonas aromáticas. 4 4 A sulfonação no benzeno não pode ocorrer na presença do ácido sulfúrico fumegante, porque se rompe o anel aromático. 11) (UPE-004-Q1) Na hidrogenação catalítica do propeno em condições apropriadas, obtém-se como produto da reação: a) propino. b) propano. c) ciclopropano. d) propadieno. e) -propanol. 1) (UPE-006-Q1) Analise as reações gerais correlacionadas com as funções orgânicas. 0 0 álcool fenólico apresenta uma oxidrila ligada diretamente ao anel aromático. 1 1 As reações, envolvendo ácidos graxos com hidróxido de sódio, são usadas na obtenção de sabões. Na cloração do benzeno, em presença do cloreto férrico como catalisador, constata-se que qualquer um dos átomos de hidrogênio do anel benzênico pode ser substituído pelo cloro. s oxidantes mais brandos oxidam mais facilmente as cetonas do que os aldeídos. 4 4 A reação entre um aldeído e o ácido cianídrico é classificada como uma reação de adição à carbonila.

12 Prof. Agamenon Roberto REAÇÕES RGÂNIAS 1 1) (ovest-007) bserve as reações abaixo: A) B) I l K ( aq ) 17)(ovest-007) Analise as reações incompletas, apresentadas abaixo, e assinale a alternativa correta. 1) alceno Br ) álcool S 4 S ) benzeno N 4 4) aldeído N ) D) S 4 ( conc ) S 4 / KMn A reação A é uma reação de substituição nucleofílica, devendo formar como produto principal o -hidroxipentano. 1 1 A reação B é uma reação de adição, devendo formar como produto principal o 1-clorobutano. A reação B deve seguir a regra de Markovnikov. A reação é uma reação de eliminação, em que o -metil-- penteno deve ser o produto formado em maior quantidade. 4 4 A reação D é uma reação típica de oxidação, devendo gerar como produto o ácido acético. 15) (UPE-004-Q) álcool -propanol pode ser obtido por: a) redução da propanona. b) redução do propanal. c) oxidação do propanal. d) redução do ácido propanóico. e) desidratação do ácido propanóico. a) A reação (1) é uma reação de adição do Br à dupla ligação do alceno. b) A reação () é uma reação de oxidação de álcoois. c) A reação () é uma reação de adição do íon N ao benzeno (nitração do benzeno). d) A reação (4) é uma reação de redução da carbonila do aldeído. e) As reações (1) e (4) são reações de substituição nucleofílica. 18) (UPE-007 Q) Analise as equações químicas a seguir: 4 l A 4 KMn 4 (meio ácido) B 5 S 4 (conc) (170º) As substâncias orgânicas formadas A, B e têm como nomenclatura IUPA respectivamente: a) propan-1-ol, etanol e ácido etanóico. b), diclorobutano, eteno e etanal. c),-dicloropropano, ácido etanóico e eteno. d) cloroetano, etano e etanol. e) clorometano, ácido etanóico e etino. 16) (UPE-006-Q1) Um alceno, submetido à ozonólise, origina como produto orgânico somente o 6. alceno em questão é: a) -metil-propeno. b) 1-buteno. c) -hexeno. d) -metil--buteno. e) propeno.

Prof. César Lourenço

Prof. César Lourenço Prof. ésar Lourenço Prof. ésar Lourenço + l l ouve a troca do IDROGÊNIO pelo LORO REAÇÃO DE SUBSTITUIÇÃO É quando um átomo ou grupo de átomos é substituído por um radical do outro reagente. l + l l + LUZ

Leia mais

Reações orgânicas. Mestranda: Daniele Potulski Disciplina: Química da Madeira I

Reações orgânicas. Mestranda: Daniele Potulski Disciplina: Química da Madeira I Reações orgânicas Mestranda: Daniele Potulski Disciplina: Química da Madeira I Introdução Quase todos os compostos orgânicos tem moléculas apolares ou com baixa polaridade; Essa característica é um fator

Leia mais

Reações Orgânicas Parte I

Reações Orgânicas Parte I REIFE olégio Salesiano Sagrado oração ] Aluna(o): Nº: Turma: 3º ano Recife, de de 2013 Disciplina: Química Professor: Eber Barbosa Reações rgânicas Parte I Neste capítulo veremos como prever a formação

Leia mais

Alcenos e Alcadienos

Alcenos e Alcadienos Alcenos e Alcadienos Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (Vunesp-SP) Álcoois podem ser obtidos pela hidratação de alcenos, catalisada por ácido sulfúrico.

Leia mais

Reações Orgânica Profº Armando J. De Azevedo

Reações Orgânica Profº Armando J. De Azevedo Reações Orgânica Profº Armando J. De Azevedo + l l ouve a troca do IDROGÊNIO pelo LORO REAÇÃO DE SUBSTITUIÇÃO É quando um átomo ou grupo de átomos é substituído por um radical do outro reagente. l + l

Leia mais

REAÇÕES ORGÂNICAS. Instruções: Para responder às questões de números 2 e 3, considere o aspidinol, composto orgânico de fórmula estrutural:

REAÇÕES ORGÂNICAS. Instruções: Para responder às questões de números 2 e 3, considere o aspidinol, composto orgânico de fórmula estrutural: REAÇÕES RGÂNICAS 1- (UFPEL) Considerando ambas as reações (combustão do etanol e a ocorrida no bafômetro), é correto afirmar que, A) em ambas, os átomos de oxigênio se reduzem e os de carbono se oxidam.

Leia mais

A B σ σ + A B C A + A B C C

A B σ σ + A B C A + A B C C REAÇÕES DE ADIÇÃO As reações de adição ocorrem com a entrada de novos átomos na molécula, sem que esta perca nenhum dos átomos constituintes de sua estrutura. Tais reações podem ocorrer com a quebra de

Leia mais

FCAV/UNESP. DISCIPLINA: Química Orgânica. ASSUNTO: Hidrocarbonetos

FCAV/UNESP. DISCIPLINA: Química Orgânica. ASSUNTO: Hidrocarbonetos FCAV/UNESP DISCIPLINA: Química Orgânica ASSUNTO: Hidrocarbonetos HIDROCARBONETOS São compostos orgânicos formados exclusivamente por átomos de carbono e de hidrogênio. Subdivisões: HIDROCARBONETOS Podem

Leia mais

Hidrocarbonetos. Alcenos (C n H 2n ) ligações duplas geometria triângular plana em cada C

Hidrocarbonetos. Alcenos (C n H 2n ) ligações duplas geometria triângular plana em cada C Hidrocarbonetos Saturados Insaturados Alcanos (C n H 2n+2 ) ligações simples geometria tetraédrica em cada C Alcenos (C n H 2n ) ligações duplas geometria triângular plana em cada C Alcinos (C n H 2n 2

Leia mais

Reações Orgânicas parte II: Adição, oxidação e redução. Profa. Kátia Aquino

Reações Orgânicas parte II: Adição, oxidação e redução. Profa. Kátia Aquino Reações Orgânicas parte II: Adição, oxidação e redução Profa. Kátia Aquino 1. Reação de adição A reação de adição ocorre em compostos insaturados como alcenos e alcinos. Importante salientar que a dupla

Leia mais

I. ADIÇÃO DE HIDROGÊNIO (HIDROGENAÇÃO) II. ADIÇÃO DE HALOGÊNIOS (HALOGENAÇÃO-

I. ADIÇÃO DE HIDROGÊNIO (HIDROGENAÇÃO) II. ADIÇÃO DE HALOGÊNIOS (HALOGENAÇÃO- REAÇÕES DE ADIÇÃO ocorrem quando um reagente se adiciona a uma ligação dupla ou tripla da substância orgânica (substrato). Ex 1 : I. ADIÇÃO DE HIDROGÊNIO (HIDROGENAÇÃO) II. ADIÇÃO DE HALOGÊNIOS (HALOGENAÇÃO-

Leia mais

Centro Universitário Anchieta Engenharia Química Química Orgânica I Prof. Vanderlei I Paula Lista de exercícios 4 / Data: 02/05/2015

Centro Universitário Anchieta Engenharia Química Química Orgânica I Prof. Vanderlei I Paula Lista de exercícios 4 / Data: 02/05/2015 01 - A adição de Br a um alceno pode conduzir a produtos diferentes caso, nessa reação, seja empregado o alceno puro ou o alceno misturado a uma pequena quantidade de peróxido. 2 + Br 2 Br 2 + Br peróxido

Leia mais

TD de química orgânica. Assunto: isomeria ( 2º ano) Professor: Jorge Luiz. 1) Os compostos etanol e éter dimetílico demonstram que caso de isomeria?

TD de química orgânica. Assunto: isomeria ( 2º ano) Professor: Jorge Luiz. 1) Os compostos etanol e éter dimetílico demonstram que caso de isomeria? TD de química orgânica Assunto: isomeria ( 2º ano) Professor: Jorge Luiz Assunto: Isomeria Plana 1) Os compostos etanol e éter dimetílico demonstram que caso de isomeria? a) Cadeia. b) Posição. c) Compensação.

Leia mais

Exercício de revisão do 3º Ano Ensino Médio 3ª UNIDADE

Exercício de revisão do 3º Ano Ensino Médio 3ª UNIDADE Rua Siqueira de Menezes, 406 Centro, Capela SE, 49700000, Brasil Exercício de revisão do 3º Ano Ensino Médio 3ª UNIDADE 1. O propeno e o ciclopropano são representados, respectivamente, pelas fórmulas.

Leia mais

Reações Orgânicas - Adição e Eliminação

Reações Orgânicas - Adição e Eliminação Reações Orgânicas - Adição e Eliminação Reações Orgânicas - Adição e Eliminação 1. São apresentados, abaixo, quatro compostos pertencentes a várias funções orgânicas: CH 3OH CH 3NH 2 CH 2 = CH 2 A alternativa

Leia mais

Desidratação de Álcoois

Desidratação de Álcoois Desidratação de Álcoois Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (Unifenas-MG) A busca de fontes alternativas, devido à possível escassez do petróleo, fez

Leia mais

QUÍMICA. 01. Em 1913, Niels Bohr propôs um modelo para o. 03. Dados termodinâmicos de alguns combustíveis são

QUÍMICA. 01. Em 1913, Niels Bohr propôs um modelo para o. 03. Dados termodinâmicos de alguns combustíveis são QUÍMIA 01. Em 1913, Niels Bohr propôs um modelo para o átomo de hidrogênio que era consistente com o modelo de Rutherford e explicava o espectro do átomo daquele elemento. A teoria de Bohr já não é a última

Leia mais

Outras Reações na Química Orgânica

Outras Reações na Química Orgânica Outras Reações na Química Orgânica É fácil perceber que, de acordo com a sequência apresentada pelas duas últimas equações químicas, teremos: Também temos obtenção de moléculas maiores a partir de moléculas

Leia mais

REAÇÕES ORGÂNICAS 2007 WAGNER OLIVEIRA AULA 1 REAÇÕES ORGÂNICAS FUNDAMENTOS TEÓRICOS

REAÇÕES ORGÂNICAS 2007 WAGNER OLIVEIRA AULA 1 REAÇÕES ORGÂNICAS FUNDAMENTOS TEÓRICOS REAÇÕES RGÂNIAS 2007 WAGNER LIVEIRA AULA 1 REAÇÕES RGÂNIAS FUNDAMENTS TEÓRIS 1.0 Introdução estudo das reações orgânicas pode ser feito de várias formas. A maioria dos autores prefere discutir primeiramente

Leia mais

www.professormazzei.com REAÇÕES DE ADIÇÃO Folha 01 João Roberto Mazzei

www.professormazzei.com REAÇÕES DE ADIÇÃO Folha 01 João Roberto Mazzei 01. Aldeídos e cetonas reagem com compostos de Grignard (R-MgX), originando um composto intermediário que, por hidrólise, origina um álcool, de acordo com o esquema a seguir. R = grupo alquila ou H. R

Leia mais

C terciário > C secundário > C primário > C nulário ;

C terciário > C secundário > C primário > C nulário ; RESUM DAS PRINIPAIS REAÇÕES RGÂNIAS PARA UERJ, UFF, UFRJ, UFRRJ 1-REAÇÕES DE SUBSTITUIÇÃ - ocorre em cadeias saturadas ou aromáticas; - a substituição do hidrogênio na cadeia de carbono ocorre preferencialmente

Leia mais

As questões mecanísticas importantes são: (i) a natureza do intermediário formado, (ii) a estereoquímica de adição, sin ou anti; (iii) a

As questões mecanísticas importantes são: (i) a natureza do intermediário formado, (ii) a estereoquímica de adição, sin ou anti; (iii) a Reações de Adição Polar e Radicalar Adição Eletrofílica e Nucleofílica a Duplas e Triplas Ligações 1. Adição de alogênios As questões mecanísticas importantes são: (i) a natureza do intermediário formado,

Leia mais

H C. A substituição de um átomo de H no etano com outro átomo de C e mais três átomos de H produz o propano, C3H8: H C

H C. A substituição de um átomo de H no etano com outro átomo de C e mais três átomos de H produz o propano, C3H8: H C Estruturas orgânicas APÊDIE epresentamos as moléculas orgânicas da natureza como as estruturas da Figura 2.2. Este apêndice apresenta uma breve revisão dos princípios da estrutura molecular dos compostos

Leia mais

Questão 76. Questão 78. Questão 77. alternativa D. alternativa C. alternativa A

Questão 76. Questão 78. Questão 77. alternativa D. alternativa C. alternativa A Questão 76 O hidrogênio natural é encontrado na forma de três isótopos de números de massa, 1, 2 e 3, respectivamente: 1 1 H, 2 1 H e 3 1 H As tabelas periódicas trazem o valor 1,008 para a sua massa atômica,

Leia mais

Revisão III Unidade Isomeria

Revisão III Unidade Isomeria 1 Revisão III Unidade Isomeria 1) Em relação ao ácido lático, cujas fórmulas espaciais estão representadas abaixo, estão corretas as opções, exceto: a) Possui átomo de carbono assimétrico. b) Possui atividade

Leia mais

Reações orgânicas de esterificação, saponificação e outras

Reações orgânicas de esterificação, saponificação e outras Reações orgânicas de esterificação, saponificação e outras 01. Equacione as seguintes reações de esterificação: 02. (Ufrs) Na reação de esterificação: os nomes dos compostos I, II e III são, respectivamente,

Leia mais

AULA 17. Reações Orgânicas. Prof Taynara Oliveira

AULA 17. Reações Orgânicas. Prof Taynara Oliveira AULA 17 Reações Orgânicas Prof Taynara Oliveira Para que ocorra uma reação química, é necessário que as ligações existentes entre os átomos de uma molécula se rompam e esses átomos se rearranjem, formando

Leia mais

RESPOSTAS DOS EXERCÍCIOS

RESPOSTAS DOS EXERCÍCIOS Respostas dos Exercícios 1 RESPOSTAS DOS EXERCÍCIOS CAPÍTULO 1 1. a) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 1 b) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 4s 2 c) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 1 d) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 2 e) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2

Leia mais

a) Correto. A ozonólise do limoleno gera uma cetona e um aldeído de apenas um carbono, cujo nome é metanal (aldeído fórmico).

a) Correto. A ozonólise do limoleno gera uma cetona e um aldeído de apenas um carbono, cujo nome é metanal (aldeído fórmico). 01. a) Correto. A ozonólise do limoleno gera uma cetona e um aldeído de apenas um carbono, cujo nome é metanal (aldeído fórmico). b) Incorreto. Haveria apenas um grupo de aldeído e um grupo de cetona.

Leia mais

Hidrocarbonetos Regras de Nomenclatura

Hidrocarbonetos Regras de Nomenclatura idrocarbonetos Regras de Nomenclatura idrocarbonetos compostos orgânicos formados exclusivamente por carbono e hidrogénio. s hidrocarbonetos podem ser: Saturados apenas com ligações simples Alcanos Insaturados

Leia mais

Química E Semiextensivo V. 4

Química E Semiextensivo V. 4 GABARIT Química E Semiextensivo V. 4 Exercícios 01) D A preferência de substituição obedece à ordem: terciário > secundário > primário. A halogenação de um alcano se dá por substituição de um átomo de

Leia mais

De acordo com as suas propriedades químicas, os hidrocarbonetos dividem-se em três sub-

De acordo com as suas propriedades químicas, os hidrocarbonetos dividem-se em três sub- TRABAL PRÁTIC Nº6 IDENTIFICAÇÃ DE GRUPS FUNCINAIS INTRDUÇÃ idrocarbonetos são compostos que contêm apenas os elementos carbono e hidrogénio. De acordo com as suas propriedades químicas, os hidrocarbonetos

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO QUESTÕES. Escolha 12 exercícios dos mostrados abaixo e responda-os.

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO QUESTÕES. Escolha 12 exercícios dos mostrados abaixo e responda-os. 3º EM Química A Wesley Av. Dissertativa 19/10/16 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 1. Verifique, no cabeçalho desta prova, se seu nome, número e turma estão corretos. 2. Esta

Leia mais

Química Orgânica I Profa. Dra. Alceni Augusta Werle Profa. Dra. Tania Márcia Sacramento Melo. REAÇÕES DIVERSAS Aula 15

Química Orgânica I Profa. Dra. Alceni Augusta Werle Profa. Dra. Tania Márcia Sacramento Melo. REAÇÕES DIVERSAS Aula 15 Química Orgânica I Profa. Dra. Alceni Augusta Werle Profa. Dra. Tania Márcia Sacramento Melo REAÇÕES DIVERSAS Aula 15 1- Obtenção de Haletos de alquila a partir de álcoois com PBr 3 ou SOCl 2 ( 1 o ou

Leia mais

ESTRUTURA E REATIVIDADE DE ALCENOS E ALCINOS

ESTRUTURA E REATIVIDADE DE ALCENOS E ALCINOS ESTRUTURA E REATIVIDADE DE ALCENOS E ALCINOS INTRODUÇÃO NOMENCLATURA DE ALCENOS NOMEIE O HIDROCARBONETO PRINCIPAL SUFIXO ENO NUMERE OS ÁTOMOS DE CARBONO DA CADEIA NOMENCLATURA DE ALCENOS ESCREVA O NOME

Leia mais

Isomeria plana. www.sotaodaquimica.com.br Contato: sotaodaquimica@gmail.com

Isomeria plana. www.sotaodaquimica.com.br Contato: sotaodaquimica@gmail.com Isomeria plana 01. (Uerj) A gasolina é uma mistura de hidrocarbonetos diversos que apresenta, dentre outros, os seguintes componentes: Os pares de componentes I - II e I - III apresentam isomeria plana,

Leia mais

QUESTÕES DE QUÍMICA ORGÂNICA

QUESTÕES DE QUÍMICA ORGÂNICA QUESTÕES DE QUÍMICA ORGÂNICA I 1- Um composto é orgânico quando: a) Possui carbono em sua molécula; b) Deriva dos seres vivos; c) Deriva dos vegetais; d) Possui obrigatoriamente carbono e nitrogênio em

Leia mais

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO Energia de Ligação 01 (Fuvest-SP) om base nos dados da tabela, EXERÍIOS DE APLIAÇÃO pode-se estimar que o da reação representada por 2(g) + l 2(g) 2 l(g), dado em kj por mol de l(g), é igual a: a) - 92,5

Leia mais

Química II. Módulo 9. Questões de Aplicação. OH b) O c) C C C C C C C C C C. 1. a) 3,4,4-trimetil-2-pentanol C OH

Química II. Módulo 9. Questões de Aplicação. OH b) O c) C C C C C C C C C C. 1. a) 3,4,4-trimetil-2-pentanol C OH Química II Módulo 9 Questões de Aplicação 1. a) 3,4,4-trimetil-2-pentanol 5 4 3 2 1 b) 3-etil-4-metil-1-hidróxi-benzeno 8 7 6 5 4 3 2 1 i) 1-hidróxi-4-metil-benzeno ou p- hidróxi-metil-benzeno 2. a) Fenóxi-Benzeno

Leia mais

Mecanismos das Reações

Mecanismos das Reações Mecanismos das Reações Florence Cordeiro de Farias Este documento tem nível de compartilhamento de acordo com a licença 3.0 do Creative Commons. http://creativecommons.org.br http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/br/legalcode

Leia mais

Ensino Médio Química QUÍMICA 30 ano

Ensino Médio Química QUÍMICA 30 ano QUÍMICA 3 0 ano CADEIAS CARBÔNICAS QUÍMICA ORGÂNICA orgânica é o ramo da química que estuda os compostos de carbono. O carbono pertence ao segundo período, grupo IVA da tabela periódica. 6C 12 1s 2 2s

Leia mais

GOIÂNIA, / / 2015. PROFESSORA: Núbia de Andrade. DISCIPLINA:Química SÉRIE: 3º. ALUNO(a):

GOIÂNIA, / / 2015. PROFESSORA: Núbia de Andrade. DISCIPLINA:Química SÉRIE: 3º. ALUNO(a): GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSORA: Núbia de Andrade DISCIPLINA:Química SÉRIE: 3º ALUNO(a): Lista de Recuperação Semestral No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente

Leia mais

01) Considere as seguintes substâncias: e as seguintes funções químicas: a ácido carboxílico.

01) Considere as seguintes substâncias: e as seguintes funções químicas: a ácido carboxílico. 01) onsidere as seguintes substâncias: I) 3 e as seguintes funções químicas: a ácido carboxílico. B álcool. aldeído. II) III) IV) 3 3 3 D cetona. E éster. F éter. A opção que associa corretamente as substâncias

Leia mais

FUNDAMENTOS DE QUÍMICA II

FUNDAMENTOS DE QUÍMICA II FUNDAMENTS DE QUÍMIA II Ano lectivo 2001/2002 Bloco de Química rgânica 1ª Série de Exercícios Estruturas de compostos orgânicos, nomenclatura, grupos funcionais, forças intermoleculares 1. Desenhe estruturas

Leia mais

Química E Extensivo V. 2

Química E Extensivo V. 2 Química E Extensivo V Exercícios 01) E Propano e butano são hidrocarbonetos pertencentes à subfunção alcano Para a diferenciação dos nomes de cada substância, deve-se observar o sufixo (ano) de alcano,

Leia mais

Ciclo Alcanos ou Ciclanos

Ciclo Alcanos ou Ciclanos Ciclo Alcanos ou Ciclanos Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 Resumindo temos: Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 2 EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 Considerando

Leia mais

EXERCÍCIOS DE ISOMERIA PLANA E ESPACIAL

EXERCÍCIOS DE ISOMERIA PLANA E ESPACIAL CURS DE QUÍMICA PRF.: RENÉ DS REIS BRGES EXERCÍCIS DE ISMERIA PLANA E ESPACIAL 01 Cite a função química a que pertencem as substâncias abaixo, com os tipos de isomeria que ocorrem em cada par. a) 3 C C

Leia mais

38 C 37 B 39 D. Sabendo-se que a amônia (NH 3. ) é constituída por moléculas polares e apresenta boa solubilidade em água. o diclorometano (CH 2.

38 C 37 B 39 D. Sabendo-se que a amônia (NH 3. ) é constituída por moléculas polares e apresenta boa solubilidade em água. o diclorometano (CH 2. QUÍMICA 37 B Sabendo-se que a amônia (N 3 ) é constituída por moléculas polares e apresenta boa solubilidade em água o diclorometano (C Cl ) não possui isômeros Sua molécula apresenta polaridade, devido

Leia mais

COLÉGIO SÃO JOSÉ QUÍMICA ORGÂNICA RIBEIRÃO PIRES-2008. Professor: Eduardo S.F.

COLÉGIO SÃO JOSÉ QUÍMICA ORGÂNICA RIBEIRÃO PIRES-2008. Professor: Eduardo S.F. CLÉGI SÃ JSÉ QUÍMICA RGÂNICA RIBEIRÃ PIRES-2008 SUMÁRI Histórico Hibridação do carbono Classificação do carbono Classificação das cadeias carbônicas aberta Classificação das cadeias carbônicas fechada

Leia mais

APOSTILA DE QUÍMICA ORGÂNICA 4º BIMESTRE

APOSTILA DE QUÍMICA ORGÂNICA 4º BIMESTRE Nome: nº: Bimestre: 4º Ano/série: 2ª série Ensino: Médio Componente Curricular: Química Professor: Ricardo Honda Data: / / APOSTILA DE QUÍMICA ORGÂNICA 4º BIMESTRE TEORIA 15 ISOMERIA PLANA Isomeria: fenômeno

Leia mais

Todas as reações dos Compostos de Grignard

Todas as reações dos Compostos de Grignard Todas as reações dos Compostos de Grignard Primeiramente vamos relembrar os compostos de Gringnard. Compostos de Grignard são os principais compostos organometálicos da química orgânica, onde o metal é

Leia mais

1.1. REAÇÃO DE SUBSTITUIÇÃO CARACTERÍSTICA DE COMPOSTOS SATURADOS ( ALCANOS E HALETOS ORGÂNICOS) C A + B X C B + A X

1.1. REAÇÃO DE SUBSTITUIÇÃO CARACTERÍSTICA DE COMPOSTOS SATURADOS ( ALCANOS E HALETOS ORGÂNICOS) C A + B X C B + A X 1.1. REAÇÃO DE SUBSTITUIÇÃO CARACTERÍSTICA DE COMPOSTOS SATURADOS ( ALCANOS E HALETOS ORGÂNICOS) C A + B X C B + A X 1.1.1. SUBSTITUIÇÃO EM ALCANOS ( APOLARES SOFREM CISÃO HOMOLÍTICA) SUBSTITUIÇÃO POR

Leia mais

QUÍMICA ORGÂNICA Teoria Geral

QUÍMICA ORGÂNICA Teoria Geral QUÍMICA RGÂNICA Teoria Geral Tipos de Carbono Dependendo do número de ligações que o átomo de carbono faz com outros carbonos, podemos classificá-los como:! rimário: ligado diretamente a, no máximo, um

Leia mais

www.professormazzei.com ISOMERIA Folha 01 João Roberto Fortes Mazzei

www.professormazzei.com ISOMERIA Folha 01 João Roberto Fortes Mazzei 01. Dentre as alternativas a seguir, é incorreto afirmar que: a) etanol e etóxi-etano apresentam, respectivamente, isomeria funcional e de compensação. b) 2-buteno e propino apresentam, respectivamente,

Leia mais

Relembrando as reações de substituição

Relembrando as reações de substituição Relembrando as reações de substituição Uma reação de substituição ocorre em cadeias saturadas e se caracteriza pela saída de um único elemento para entrar outro. Quando o composto orgânico é um hidrocarboneto,

Leia mais

Funções orgânicas. Mestranda: Daniele Potulski Disciplina: Química da Madeira I

Funções orgânicas. Mestranda: Daniele Potulski Disciplina: Química da Madeira I Funções orgânicas Mestranda: Daniele Potulski Disciplina: Química da Madeira I Hidrocarbonetos HIDROCARBONETOS DE CADEIA NORMAL Prefixo indicativo do número de C + intermediário indicativo da natureza

Leia mais

QUÍMICA QUESTÃO 35. Resolução Alternativa E + 3. Fe + 3OH Fe(OH) (19) 3251-1012 www.elitecampinas.com.br O ELITE RESOLVE IME 2008 TESTES QUÍMICA

QUÍMICA QUESTÃO 35. Resolução Alternativa E + 3. Fe + 3OH Fe(OH) (19) 3251-1012 www.elitecampinas.com.br O ELITE RESOLVE IME 2008 TESTES QUÍMICA (9) 5-0 ELITE RESLVE IME 008 TESTES QUÍMIA QUÍMIA QUESTÃ Segundo a teoria dos orbitais, as ligações covalentes são formadas a partir da interpenetração dos orbitais atômicos. Esta interpenetração leva

Leia mais

COMPOSTOS OXIGENADOS (I)

COMPOSTOS OXIGENADOS (I) COMPOSTOS OXIGENADOS (I) Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 01 (UFRGS-RS) Observe a fórmula do composto: EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO a) Indique a função a que pertence o composto.

Leia mais

Exercícios. setor Aula 20 REAÇÕES DE SUBSTITUIÇÃO. Cl Cl; Br Br. H C Cl + H Cl R H + A B R A + H B

Exercícios. setor Aula 20 REAÇÕES DE SUBSTITUIÇÃO. Cl Cl; Br Br. H C Cl + H Cl R H + A B R A + H B setor 1301 13010508 Aula 20 REAÇÕES DE SUBSTITUIÇÃO R + A B R A + B R Alcanos Aromáticos Ciclanos com 5 ou mais carbonos no ciclo alogenação ; Nitração O A B Sulfonação O SO 3 Alquilação R X Acilação R

Leia mais

Funções organometálicas:

Funções organometálicas: Funções organometálicas: 1- Para dar nome em compostos organometálicos, primeiramente coloca-se o nome do radical orgânico e em seguida o nome do metal: a) Metil sódio. b) Dimetil Zinco c) Butil lítio.

Leia mais

CICLOPENTANO ETENO BUTANO PROPINO ETANO. - Eu sou um Alceno! - Eu sou um Alcano!

CICLOPENTANO ETENO BUTANO PROPINO ETANO. - Eu sou um Alceno! - Eu sou um Alcano! ETENO possui apenas 2 carbonos 2. Tenho apenas 1 ligação dupla 4. Não tenho ramificações 5. Possuo 4 hidrogênios CICLOPENTANO possui 5 carbonos 2. Possuo apenas ligações 5. Possuo 10 hidrogênios BUTANO

Leia mais

QUÍMICA. QUESTÃO 02 Uma mistura gasosa de hidrogênio e um composto A está contida em um recipiente de 10,0 L, sob pressão de 0,74 atm e temperatura de

QUÍMICA. QUESTÃO 02 Uma mistura gasosa de hidrogênio e um composto A está contida em um recipiente de 10,0 L, sob pressão de 0,74 atm e temperatura de (9) 5-0 ELITE RESLE IME 009 QUÍMIA - DISURSIAS QUÍMIA QUESTÃ 0 Sejam as representações para configurações eletrônicas do r (Z) abaixo. Identifique qual a configuração correta para o estado fundamental

Leia mais

propan-1-ol ciclopropano

propan-1-ol ciclopropano propan-1-ol ciclobutano ciclopropano propeno Representação por traços 2- Introdução à Química rgânica Representações de Fórmulas Estruturais 2- Introdução à Química rgânica Representações de Fórmulas Estruturais

Leia mais

H 2 C OCH 3 H 2 C OH EXERCÍCIOS DE CLASSE

H 2 C OCH 3 H 2 C OH EXERCÍCIOS DE CLASSE EXERCÍCIOS DE CLASSE 1- De um modo geral, o ponto de ebulição dos compostos orgânicos cresce com o aumento do peso molecular, o que não acontece com os compostos do quadro abaixo: COMPOSTO PESO MOLECULAR

Leia mais

carbonos hidrogênios oxigênio C 2 H 6 O

carbonos hidrogênios oxigênio C 2 H 6 O ISOMERIA carbonos hidrogênios oxigênio O O 2 6 O 2 6 O Os compostos 3 2 O e 3 O 3 são ISÔMEROS ISÔMEROS são compostos diferentes que possuem a mesma fórmula molecular A este fenômeno damos o nome de ISOMERIA

Leia mais

Oxidação de Álcoois Diferenciação de Aldeídos e Cetonas

Oxidação de Álcoois Diferenciação de Aldeídos e Cetonas Oxidação de Álcoois Diferenciação de Aldeídos e Cetonas Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 01 (Vunesp-SP) Considere o seguinte arranjo experimental: EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO Após

Leia mais

Quando esses temas são compreendidos, o aprendizado da química orgânica se torna muito mais fácil, diminuindo a necessidade de memorização.

Quando esses temas são compreendidos, o aprendizado da química orgânica se torna muito mais fácil, diminuindo a necessidade de memorização. REAÇÕES ORGÂNIAS A primeira vista, a química orgânica pode ser observada como uma coleção confusa de milhões de compostos, dezenas de grupos funcionais e um número infinito de reações químicas. Ao estudá-la,

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS BIOQUÍMICA Prof. William Volino

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS BIOQUÍMICA Prof. William Volino I Funções químicas orgânicas UNIVERSIDADE ESTÁI DE SÁ URS DE IÊNIAS BILÓGIAS BIQUÍMIA Prof. William Volino Função química é cada conjunto de substâncias com mesmas propriedades químicas. As orgânicas são

Leia mais

Recursos para Estudo / Atividades

Recursos para Estudo / Atividades COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Final 2ª Etapa 2013 Disciplina: Química Ano: 3 ANO Professora: Maria Luiza Ensino Médio Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

Resolução da Prova de Química Vestibular Verão UERGS/2003 Prof. Emiliano Chemello

Resolução da Prova de Química Vestibular Verão UERGS/2003 Prof. Emiliano Chemello Fácil Resolução da Prova de Química Vestibular Verão UERGS/2003 Prof. Emiliano Chemello Médio www.quimica.net/emiliano emiliano@quimica.net Difícil Níveis de dificuldade das Questões 01. Em um frasco,

Leia mais

Série: 2º ano. Assunto: Isomeria

Série: 2º ano. Assunto: Isomeria Aluno: Série: 2º ano Assunto: Isomeria 1) Assinale a alternativa que indica um isômero funcional da propanona. a) Propanal b) Metóxi-etano c) Ácido Propanóico d) 1-propanamina e) Propano 2) Observe as

Leia mais

Disciplina: Química C

Disciplina: Química C Disciplina: Química C EXTENSIVO E TERCEIRÃO VOLUME 10 AULA 28 FRENTE: C PÁGINA: 2 EXERCÍCIO: 28.01 a) A redução de um aldeído leva a formação de um álcool primário: (etanal) (etanol) b) Como o grupo funcional

Leia mais

16/04/2015. Aldeídos, cetonas, ácidos, alcoóis e peróxidos.

16/04/2015. Aldeídos, cetonas, ácidos, alcoóis e peróxidos. Causas da degradação de lipídeos: oxidação, hidrólise, pirólise e absorção de sabores e odores estranhos. Profa: Nádia Fátima Gibrim A oxidação é a principal causa de deterioração e altera diversas propriedades:

Leia mais

Comissão Institucional de Resíduos Químicos e Biológicos TABELAS DE INCOMPATIBILIDADES ENTRE ESPÉCIES QUÍMICAS

Comissão Institucional de Resíduos Químicos e Biológicos TABELAS DE INCOMPATIBILIDADES ENTRE ESPÉCIES QUÍMICAS TABELAS DE INCOMPATIBILIDADES ENTRE ESPÉCIES QUÍMICAS Ácidos inorgânicos 1 1 Ácidos inorgânicos Ácidos orgânicos 2 X 2 Ácidos orgânicos Bases 3 X X 3 Bases Aminas 4 X X 4 Aminas Compostos halogenados 5

Leia mais

Professor Armando J. De Azevedo

Professor Armando J. De Azevedo Professor Armando J. De Azevedo Química Professor Armando J. De Azevedo WWW.quimicarmando.com REAÇÃO DE ADIÇÃO As reações de adição são aquelas onde um átomo proveniente de uma substância orgânica ou inorgânica

Leia mais

Carbonos Hidrogênios Oxigênios C 2 H 6 O

Carbonos Hidrogênios Oxigênios C 2 H 6 O Prof. Edson Cruz ISOMERIA Carbonos Hidrogênios Oxigênios H H H C C O H H C O C H H H H H H H C 2 H 6 O C 2 H 6 O Os compostos H 3 C CH 2 OH e H 3 C O CH 3 são ISÔMEROS. ISÔMEROS são compostos diferentes

Leia mais

Química 1. Exercícios Direcionados 2. Átomo I. 1 Núcleo II. a) 10; b) 40; c) 8; d) 42; e) 12. DIRECIONADOS 2

Química 1. Exercícios Direcionados 2. Átomo I. 1 Núcleo II. a) 10; b) 40; c) 8; d) 42; e) 12. DIRECIONADOS 2 Átomo I Exercícios Direcionados a) 10; b) 40; c) 8; d) 4; e) 1. Química 1 01. Se o isótopo do chumbo, que apresenta número de massa 10, forma íons Pb + e Pb 4+, que possuem respectivamente 80 e 78 elétrons,

Leia mais

V E S T I B U L A R E S Q U Í M I C A C O V E S T 2ª F A S E

V E S T I B U L A R E S Q U Í M I C A C O V E S T 2ª F A S E V E S T I B U L A R E S Q U Í M I A V E S T 2ª F A S E PRF. AGAMENN RBERT < 2011 > Prof. Agamenon Roberto UNIVERSIDADE FEDERAL 2ª FASE www.agamenonquimica.com 2 01) (ovest-96) A cortisona é um esteróide

Leia mais

Química E Superintensivo

Química E Superintensivo GABARIT Superintensivo Exercícios 01) 02) B 03) A 04) D a) Errada. A cadeia é mista (uma parte aberta e outra fechada). b) Errada. A cadeia é heterogênea, tem dois heteroátomos: e N. c) erta. Possui uma

Leia mais

Química. Funções Orgânicas

Química. Funções Orgânicas Funções Orgânicas Hidrocarbonetos São compostos formados por carbono e hidrogênio. Características São pouco reativos; apolares; insolúveis em água; possuem baixo P.F. e P.E., aumentando de acordo com

Leia mais

EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES

EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES EXERÍIOS OMPLEMENTARES Nome: Nº Ano: 9 Turma: Ensino Fundamental Disciplina: Química II Data: Professor: NILSONMAR/ERASMO Nota: ISOMERIA PLANA 1) A tabela mostra as propriedades de duas substâncias A e

Leia mais

RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS PROPOSTOS AULA 12 TURMA INTENSIVA

RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS PROPOSTOS AULA 12 TURMA INTENSIVA RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS PROPOSTOS AULA 12 TURMA INTENSIVA 01. Para os compostos Os grupos CH 3 (A) e OH (D) aumentam a reatividade pois deixam o ciclo mais rico em elétrons, sendo que D é ainda mais reativo

Leia mais

3. (UnB) Quantos isômeros planos são possíveis para um composto que apresenta fórmula molecular C4H11N? a) 3 b) 5 c) 7 d) 8 e) N.D.

3. (UnB) Quantos isômeros planos são possíveis para um composto que apresenta fórmula molecular C4H11N? a) 3 b) 5 c) 7 d) 8 e) N.D. Isomeria Plana 1. (CATANDUVA) Butanal e metil propanal são isômeros de: a) Função b) Cadeia c) Compensação d) Posição e) N.D.A 2. (FMU) São isômeros funcionais: (Na resposta, dê a soma do valor) 01. butano

Leia mais

Hidrogênio x Hidrogênio Hidrogênio x Não metal Não metal x Não metal

Hidrogênio x Hidrogênio Hidrogênio x Não metal Não metal x Não metal LIGAÇÃ QUÍMICA Introdução: s átomos, ao se unirem, procuram perder ou ganhar elétrons na última camada até atingirem a configuração eletrônica de um gás nobre. Teoria do octeto: s átomos dos elementos

Leia mais

CURSO de QUÍMICA - Gabarito

CURSO de QUÍMICA - Gabarito UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE TRANSFERÊNCIA 2 o semestre letivo de 2009 e 1 o semestre letivo de 2010 CURSO de QUÍMICA - Gabarito INSTRUÇÕES AO CANDIDATO Verifique se este caderno contém: PROVA DE REDAÇÃO

Leia mais

Exercício de revisão do 3º Ano Ensino Médio 3ª UNIDADE

Exercício de revisão do 3º Ano Ensino Médio 3ª UNIDADE Exercício de revisão do 3º Ano Ensino Médio 3ª UNIDADE 1. O propeno e o ciclopropano são representados, respectivamente, pelas fórmulas. Pela análise dessas substâncias, pode-se afirmar que: a) são polares.

Leia mais

Química D Superintensivo

Química D Superintensivo GABARIT Superintensivo Exercícios 0) 9 02) B 03) A 0. erta devido à propriedade de encadeamento do carbono, o número de compostos orgânicos é muito grande, com grande variação no arranjo dos átomos das

Leia mais

CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS

CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS IÊNIAS DA NATURZA SUAS TLGIAS Lista de xercícios de Reações de Substituição / º ano Professor(a): harles Wellington Data: /AGST/016. www.colegioanglodecampinas.com.br De sonhos e conquistas Aluno(a): Questão

Leia mais

Matemática - Série Concursos Públicos Curso Prático & Objetivo REAÇÕES ORGÂNICAS

Matemática - Série Concursos Públicos Curso Prático & Objetivo REAÇÕES ORGÂNICAS REAÇÕES ORGÂNICAS 1. TIPO DE REAÇÕES: a) REAÇÕES DE SUBSTITUIÇÃO Na reação de substituição, um grupo ligado a um átomo de carbono é removido e outro toma o seu lugar. Não há variação no grau de insaturação,

Leia mais

Alcanos Aula 4 Flaviane Francisco Hilário

Alcanos Aula 4 Flaviane Francisco Hilário Universidade Federal de Ouro Preto Alcanos Aula 4 Flaviane Francisco ilário 1 1 - Principais Características Compostos orgânicos constituídos apenas por átomos de carbono e hidrogênio, desprovidos de insaturação.

Leia mais

AULA 23 - REAÇÕES ORGÂNICAS

AULA 23 - REAÇÕES ORGÂNICAS AULA 23 - REAÇÕES ORGÂNICAS 1. TIPO DE REAÇÕES: a) REAÇÕES DE SUBSTITUIÇÃO Na reação de substituição, um grupo ligado a um átomo de carbono é removido e outro toma o seu lugar. Não há variação no grau

Leia mais

ISOMERIA PLANA EXERCÍCIOS - BÁSICO

ISOMERIA PLANA EXERCÍCIOS - BÁSICO ISOMERIA PLANA EXERCÍCIOS - BÁSICO 1. (Ufv 99) Sobre isômeros, é CORRETO afirmar que: a) são compostos diferentes com a mesma fórmula molecular. b) são representações diferentes da mesma substância. c)

Leia mais

UFMG - 2003 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR

UFMG - 2003 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR UFMG - 2003 3º DIA QUÍMICA BERNULLI CLÉGI E PRÉ-VESTIBULAR Química Questão 01 A glicose, C 6 6, é uma das fontes de energia mais importantes para os organismos vivos. A levedura, por exemplo, responsável

Leia mais

Platão Comenta Prova Específica de Química UEM julho de 2009 Gabarito 1

Platão Comenta Prova Específica de Química UEM julho de 2009 Gabarito 1 Platão Comenta Prova Específica de Química UEM julho de 2009 Gabarito 1 NÚMER DA QUESTÃ: 01 Resposta: 05 - nível fácil 01) CRRETA. Ao acionar o interruptor, os íons cobre (Cu +2 ) presentes em solução

Leia mais

HIDROCARBONETOS FUNÇÕES ORGÂNICAS

HIDROCARBONETOS FUNÇÕES ORGÂNICAS HIDROCARBONETOS FUNÇÕES ORGÂNICAS FUNÇÕES ORGÂNICAS O átomo de carbono: Apresenta capacidade singular de compartilhar elétrons com outros átomos de carbono formando ligações carbono-carbono estáveis. Permite

Leia mais

Processo Seletivo/UFU - Janeiro 2004-2ª Prova Comum - PROVA TIPO 1 QUÍMICA QUESTÃO 32

Processo Seletivo/UFU - Janeiro 2004-2ª Prova Comum - PROVA TIPO 1 QUÍMICA QUESTÃO 32 QUÍMICA QUESTÃO 31 Considerando a Tabela Periódica e as propriedades dos elementos químicos, assinale a alternativa correta A) Um metal é uma substância dúctil e maleável que conduz calor e corrente elétrica

Leia mais

EXERCÍCIOS - REAÇÕES ORGÂNICAS Prof. Flokinho

EXERCÍCIOS - REAÇÕES ORGÂNICAS Prof. Flokinho EXERCÍCIOS - REAÇÕES ORGÂNICAS Prof. Flokinho 1) (UEL-PR) Na seqüência de transformações a seguir estão representadas reações de a) combustão e hidrólise. b) oxidação e esterificação. c) hidratação e saponificação.

Leia mais

Química. Sistema Positivo de Ensino 112

Química. Sistema Positivo de Ensino 112 A proposta A proposta, para ser elaborada, buscou um panorama que explicitasse os rumos e objetivos do ensino de Química na escola. Sendo assim, priorizou um trabalho que integra diversas dimensões do

Leia mais

Apostila de Química (3º bimestre-2009) Professor: Eduardo Mesquita 3º ano Ensino Médio. Química Orgânica

Apostila de Química (3º bimestre-2009) Professor: Eduardo Mesquita 3º ano Ensino Médio. Química Orgânica Apostila de Química (3º bimestre-2009) Professor: Eduardo Mesquita 3º ano Ensino Médio Química Orgânica 1- PUC-SP - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo A carvona é o componente ativo principal

Leia mais

Prova de Química Resolvida Segunda Etapa Vestibular UFMG 2011 Professor Rondinelle Gomes Pereira

Prova de Química Resolvida Segunda Etapa Vestibular UFMG 2011 Professor Rondinelle Gomes Pereira QUESTÃO 01 Neste quadro, apresentam-se as concentrações aproximadas dos íons mais abundantes em uma amostra de água típica dos oceanos e em uma amostra de água do Mar Morto: 1. Assinalando com um X a quadrícula

Leia mais