SERVICO DE ADMINISTRACTO DE EDIFfCIOS SECA DE OBR4S E INSTALAOES

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SERVICO DE ADMINISTRACTO DE EDIFfCIOS SECA DE OBR4S E INSTALAOES"

Transcrição

1 MINISTÉRt0 DA indostria E DO COMeRDIO SERVICO DE ADMINISTRACTO DE EDIFfCIOS SECA DE OBR4S E INSTALAOES Senhor Diretor Tenho a satisfagao de submeter a apreciagao de V.Sa. o re latorio das atividades desta Seca no curso do ano find, classifi cados em: a) Levantamentos; b) Projetos e Especificag5es; c) Desenhos; d) Fiscalizagao; e e) Assuntos Administrativos. Alem das suas atividades normais decorrentes das suas a- tribuig5es especificas a S.O.I. colaborou cam os demais Orgaos do Ministerio 2 fornecendo cartazes letreiros, desenhos etc. Passamos, a seguir, ' a descrigao dos servigos de acerdo com os tens acima. A) LEVANTAMENTOS Tendo sido instalada no ediffcio "A Noite" en fins de 1963, a S.O.I. ocupou-se em proceder acs levantamentos das salas, partes comuns e sanit;.rios, por nao constar do arquivo da extinta Empresa Edificio A Noite as plantas do referido imovel. Tratandose de um trabalho de grande importtncia para o Ministeria l os le-...vantamentos foram executados somente apes a entrega das chives pe lo inquilino, quando, uma vez vazias, poderiam ser anotados todos os detalhes de construgao das dependencias de forma macs precisa. Assam sendo, este trabalho teve infcio no principio de cats tando uma parte dele do relatorio aquele ano. Durante o curso de 1965 foram feitos os seguintes levantamentos:

2 MINISTERt0 DA INDUSTRIA E DO COMER= 2Q pavimento:- Seis salas ( 211, 212, 213, , loja correspondente ao hall) e sanitgrios. 3 Q pavimento:- Dez salas (310,311, 312, 313, 314, 315, 316, 317, 318, 319) e sanitgrios. 4 Q pavimento:- 11 salas (401, 402, 403, 404, 405, 410, 411, /12?, 423, 424, /425) e sanitarios. 5Q pavimento:- Treze salas (501, 502, 503, 504, 505, 507, 508, 509, 510, 513, 514, 515) Q pavimento:- Dose salas (602, 603, 604, 609, 610, 611, , 616, 617, 618, 622) 7Q pavimento:- Treze salas ( 701, 706, 710, 711, 712, 713, 717, 718, 719, 722, 723, 724, 725) partes comuns. 8Q pavimento:- Treze salsas (801, 802, 803, 804, 805, 806, 807, 808, 809, 810, 811, 812, 825) e partes comuns pavimento:- Onze salas ( 1001, 1002, 1003, 1007, 1008, 1009, 1010, 1022, 1023, 1024, 1025) e partes comuns. 12Q pavimento:- Nove salas ( 1207, 1208, 1210, 1212, 1213, 1214, 1215, 1221), sanit grios e partes comuns. 13Q pavimento:- Dezesseis salas (1301, 1302, 1303, 1305, , 1310, 1312, 1313, 1314, 1316, 1317, 1318, 1323, ) e sanitgrios. 15Q pavimento:- Vinte e quatro salas (levantamento total do an - dar). 16Q pavimento:- Doze salas (1609, 1610, 1611, 1612, 1613, 1614, 1615, 1616,1617, 1618, 1619, 1621), sanitarios e partes comuns. 17Q pavimento:- Onze salas ( 1701, 1702, 1703, 1705, 1706, 1707, 1709, 1710, 1722, ), sanit grios e partes comuns. 18 Q pavimento:- Vinte e quatro salas, sanit grios e partes comuns levantamento total do andar). 22 Q pavimento:- Terrago. Cobertura:- Terrago. Foram asstm, durante o exercfcio de 1965, levantados pela S.O.I. um total de cento e oitenta e cinco salas, alem de sari t grios, boxes, halls corredores e terragos. Foi tamb4rn executado por esta segao o levantamento do po go do elevador n Q 5.

3 -3- MINISTER10 DA INDOSTRIA E DO COMERCIO 121PROJE, A S.O.I. realizou vsrios projetos de acordo con determine Goes superiores, ou atendendo solicitag5es de outros Orgaos do Ministerio atraves da Diretoria Geral do Departamento de Administra - ggo. Durante o decorrer do ano de 1965 executou a S.O.I. os seguintes projetos: I - Projeto de instalagao do ReembolsSvel da COMCAS. Atendendo a solicitagao feita pela Diretoria da COMCAS foi projetado um ReembolsSvel a ser instalado no 2Q pavimento do Ediffcio "A Nolte", ocupando o espago correspondente as salas 210, 211, 212, 213, e 214, cuja obra de execugao ficou a cargo da Turma de Oficinas e do qual constaram detalhes relativos a prateleiras, bal toes, depositos e recipientes para cereals. II - Projeto de uma lanchonete para a COMCAS Tambem em atendimento a solicitagao feita pela Presidgncia da COMCAS foi executado o projeto de uma lanchonete, para o qual gualmente foram fornecidos detalhes e de cuja obra encarregar-se-ia a propria Cooperativa. III - Projeto para reforma geral do 16Q pavimento tendo sido entregue uma copia a Companhia Sidertirgica Nacional para a reali zagao dos trabalhos con recursos proprios. IV - Projeto de Reforma Geral no Servigo de Transporte do MIC. Em cumprimento a Portaria nq 17 de 28/5/65 do Departariento de Administragao esta Segao elaborou o projeto para a reforma geral dae instalag5es do Servigo de Transporte e juntamente con o projeto foi apresentada as especificag5es gerais para a execugao dos servigos. Posteriormente, por necessidades administrativas esta Segao organizou outro projeto e novas especificag5es, trabalho g_- A to considerado como la etapa para a ref erida reforma ( Concorrencla Pdblica ns2 3/65).

4 MINISTERt0 DA indostria E DO COMERCIO Ainda no mesmo exercfcio a S.O.I. organizou novo projeto e novas especificag5es, objeto de Coleta de Pregos realizada pela Divisao do Material e que constituiu a 2 a etapa da reforma da garagem. Os demais projetos feitos pela S.O.I. constaram das con correncias publicas, abertas pela Comissao de Concorrencia, institufda pela Portaria Ministerial nq 119, de 30 de agosto de V - Projeto de reforma do 8Q pavimento ( concorrenci a publica ng 1/65). Foi projetada por esta Segao a reforma geral do 8Q pavi mento, bem como modificag8es necesssrias a instalagao do Orgao que iria ocup;,-lo. VI - Projeto de reforma do 13Q pavimento ( Concorrencia publica nq 1/65. A S.O.I. fez o projeto de reforma do 13Q pavimento. VIf - Projeto de reforma do 15Q pavimento ( Concorrencia Ptiblica n2 1/65). A S.O.I. projetou a reforma geral do 15Q pavimento. VIII - Projeto de reforma do 172 pavimento ( Concorrencia Ptiblica nq 1/65). Foi feito pela S.O.I. o-projeto de reforma e adaptaggo do 17Q pavimento. IX - Projeto para reforma do 7Q pavimento ( Concorrencia publica nq 2/65). X - Reforma dos grupos sanitlios e instalagao hidrauli ca (Concorrencia PUblica nq 3/65). XI - Construgao de incinerador de lixo e demais servigos complementares (Concorrencia PUblica nq 5/65). Neste caso esta Segao forneceu os dados t4cnicos para os interessados da licitag XII - Rebaixamento do pogo do elevador n Q 5 ( Concorrencia publica nq 6/65).

5 MINISTERIO DA INDIDSTRIA E DO COMERCIO As especificag6es que caraceterizavam as citadas Concorrencias PLIblicas referida acima. Alem das especificag5es consideradas acima, a S.O.I. borou as especificag6es para a execugao de substituigao total da luminsria, interruptores e tomadas existentes nos pavlmentos 2Q, 3Q e 4 g do imovel da Praga Maui ri p 7. C - DESEITHOS Foram executados por esta segao desenhos relativos aos projetos de reforma e adaptag5es nos andares do Ediffcio "A Noi - te n, na garagen do MIC, bem como avisos, cartazes, letreiros eta. Dos desenhos relacionados com projetos de reforma e adaptag5es foram fornecidas copias aos interessados e originals encontram - se no arquivo da S.O.I. de actrdo con a seguinte ordem: Desenhos de n os. 1 a 7 - Compreendem estudos, projetos e detalhes da garagen do MIC. (objeto da concorrencia nq 3/65). Desenho nq 8 - Rebaixamento do pogo do elevador - 5 a cabine. (objeto da concorrencia n g 2/65). Desenho nq 9 - Pavimentagao da garagen ( objeto coleta de pregos do D.A.). Desenho n g 10 - Reforma e adaptag5es do 17Q pavimento - (concorrencia ptilaica nq 1/65). Desenho n g 11 - Reforma e adaptaceies do 13 Q pavimento - (concorrencia publica nq 1/65). Desenho n g 12 - Reforma e adaptagao do 7 gpavimento (concorrencia publica n g 2/65). Desenho n g 13 - Reforma e adaptagao do 8Q pavimento(con, corrtncia publica nq 1/65). Desenho ng 14 - Reforma e adaptagao do 15 Qpavinento (concorrencia publica nq 1/65). Desenho nq 15 - Reforma dos grupos sanitlaos do ediffcio do MIC pavimento (concorrencia publica n g 3/65). Desenho nq 16 - Reforma dos grupos sanitz;.rios do ediff - cio do MIC - 3Q pavimento (concorrencia publica nq 3/65).

6 MINISTER10 OA INDOSTR1A E DO CONICRCIO Desenho n Reforma dos grupos sanitarios do ediffcio do MIC - 4Q pavimento (concorrencia palica nq 3/65). Desenho n Reforma dos grupos sanitlrios do ediffcio do MIC - 5Q pavimento (concorrencia pli:olica no 3/65). Desenho nq 19 - Reforma dos grupos sanitrios do ediffcio do MIC - 6Q, 72, 3Q, 12 Q e 13Q (concorrencia publica no 3/65) Desenho nq 20 - Reforma dos grupos sanit grios do ediffcio do MIC - 92 pavimento (concorrencia publica no 3/65). Desenho no 21 - Reforma dos grupos sanit!lrios do ediffcio do MIC pavimento (concorrencia pliblica nq 3/65) Desenho nq 22 - Reformn dos grupos sanitarios do edificio do MIC pavimento (concorrencia publica n2 3/65). Desenho no 23 - Reforma dos gurpos sanit4rios do ediffcio do MIC - 17Q pavimento (concorrencia publica no 3/65). Desenho no 2L. - Reforma dos grupos sanitl-ios do ediffcio do MIC pavimento (concorrencia publica no 3/65). Desenho nq 25 - Reforma dos grupos sanitlrios do ediff- A cio do MIC - Cobertura (concorrencia publica no 3/65). Alen dos desenhos mencionados acima, a S.O.I. executou intimeros escudos, todos constando atualmente do seu arquivo nao recebendo entretanto, numeracao ou designagao especial. D - FISCALIZACX0 Em colaboragao com a Comissao de Concorrencia institulda pela portaria ministerial nq 119 de 30 de aesto de 1965, a SOI orientou os trabalhos contratados com os empreiteiros classi ficados nas concorrencias realizadas. Assim, no exercfcio findo, esta segao manteve permanente fiscalizagao nas reformers realizadas nos 13 Q, e 15 Q pavimen - tos com o proposito de garantir o fiel cumprimento dos trabalhos programados. Ma oportunidade da entrega da obra pelo empreiteiro Comissa6 de Concorrencia, foram os inesmos aceitos com todas as solug5es sugeridas durante o exercfcio da fiscalizagao por parte da SOL Dentro desta atividade sao enumerados os trabalhos reali zados pela Turma de Oficinas encarregada de executar os seguintes servigos:

7 MINISTERt0 DA indostria E DO COMERCIO a) pedreiro; b) de carpinteiro; c) de vidraceiro d) de eletricista; e) de serralheiro; f) de bombeiro; e g) de pintor. a) Servicos de Pedreiro Atendendo as necessidades para a instalagao dos diversos Orgaos, a T.O. executou trabalhos de denolig5es de paredes, aberturas de portas e guiches correspondente a um volume total de 50,00 m3, aproximadamente: Apes os trabalhos de demoligao foram recuperadas as - partes atingidas com argamassa de embego e rebsco. Foraml igualmente, executados trabalhos de recomposigao do piso nos alinhamentos das paredes demolidas, bem como, a recolocacao de diversos tacos soltos. b) Servicos de carpinteiro Neste setor, a T.O. executou diversos trabalhos em madeira, formica e duratex, fazendo divis5es, armarios, prateleiras, portas etc. Para a instalagao da Cooperativa do IIIC, no 2 Q andar foram feitas 28 estantes com 4 prateleiras cada uma totalizando 61,60 m de comprimento, 1,65 m de altura e m de profundidade. Igualmente foram feitas 6 estantes pequenas totalizando 6,60 m de comprimento, 0,75 m de altura e 0,63 de profundidade. Alem disto, um balgao Tara embalagem de mercadorias, uma divi - sao padrao com almofada de 1,10 In de altura com 5,00 de comprimento. Alem dos servigos descritos, foram realizados os shun tes trabalhos* I - Servigo de Administragao de Edificios uma divisao padrao de 3,40 X 1,65 com alnofada dupla de 1,10 m.

8 MINISTERIO DA INDUSTRIA E DO COMERCIO X 0,41. - um armrio com 3 prateleiras com 0,80 m X 1,00 m x II - Almoxarif ado da Divisao do Material - 92,00 m de estantes com 5 prateleiras cada uma e di mens5es de 2,00 m de altura e 0,50 m de profundidade. - um balcao com 2,50 m X 1,10 m X 0,60 m. III - Almoxarif ado do S.A.E. - 11,50 m de estantes com 5 prateleiras e dimens5es de 2,20 m X 0,60 m. IV - Turma de Vigilancia - colocagao de 8,00 m de prateleira sob o balcao com 0,52 m de largura. V - No 351 andar - na sala 305 : execucao de 2 gulches fazendo balcao, aduelas alizares e porta de 2 felhas. - uma divisao padrao separnndo as salas 301 e 302 com as dimens5es de 4,50 m X 1,90 e almofada dupla de 1,10 m. - na sala 303: - uma divisao padrao, com porta e guiche para atendimento de ptiblico no corredor com /!,30 X 1,00 m de almofada dupla. - uma divisao padrao entre as salas 303 e 304 com 6,00 m de comprimento e 1,80 de profundidade com almofada dupla de 1,10 m. - na sala 307: um balcao com uma prateleira com dimens5es de 4,50 X 1,10 X 0,50 m. - no hall: um balcao com 5,70 m X 1,10. - uma divisao, entre as salas 312 e 313, ate o teto com estrutura de madeira forrada com chapas de duratex com dimens6es de 6,00 m X 3,85 m. Colocagao de uma porta de 0,84 X 2,10 m e rodapes nas du gs faces com 11,00 m X 0,08 m.

9 -9- MINISTERt0 DA INDOSTRIA E DO COMER= - Duas estantes com 1,65 X 1,80 X 0,60 m cada una, com 5 prateleiras. - uma escada com 4 degraus com 0,25 m X 0,70 m X 1,00 m - colocagao de una porta de 0,83 X 2,00 m entre as sa - las 313 e una armagao de madeira para assentamento de uma caixa d'agua no banheiro junto ao elevador de carga. VI - No 49 ANIMA - montagem de 18,00 m de estantes Com 2,50 m de altura. - fechamento do corredor na altura da sala 406 com estrutura de madeira forrada com chapas de duratex. - fechamento de uma porta entre as salas 407 e 408 com chapa de madeira. - uma divisao com estrutura de madeira forrada com chapa de duratex, entre as salas 503 e 504. VIII - NO 7Q ANDAR - fechanento de 2 vaos, de 1,00 X 1,00 m e 2,00 X 1,00m, com chapas de duratex, entre as salas 711 e 712. IX NO 8Q ANDAR - uma divisao padrao com 5,30 X 1,80 na sala montagem de uma divisao existente na sala una divisao padrao com 4,10 X 1,80 na sala uma divisao con chapas de compensado forrada em cima e corn aplicacao de mata-junta nas arestas para vedagao. Foi executada na, sala 823 para revelagao de radiografias: - uma divisao padrao com 4.10 m X 1,80 m na sala 822. Alem dos trabalhos descritos, a T.O. executou diversos concertos em mesas, gavetas, portas de salas, portas de anwirios, arm4rios, cadeiras, persianas etc.

10 -10- MINISTER(0 DA INDOSTP1A E DO COMERO10 Igualmente, foram aplicados, aproximadamente, m 2 de formica na forragao de mesas e arm;xios, gulches, etc. gzqqalaq2212:41 VIDIUCEIRO Dando cumprimento a este setor de suas atribuig5es, a T.O. executou trabalhos de colocagao e substituigao de vidros nas salas diversas instalag5es do Edificio da Praga Maui n o 7. Foram cortados preparados e aplicados, vidros fantasia totalizando 20,00 m2, aproxinadamente. D S2RVICOS DE_ELETRICISZA Neste setor a T.O. executou diversos trabalhos nas dependericias do Ninisterio fazendo recuperac5es na instalagao ele trica, novas instalag5es, mudangas de telefones, instalagao de campainhas aparelhos de ar condicionado, substituigao de lanpadas, etc. Na parte relativa colocagao da lumin6sia l foram recu perados e colocados cerca de 300 pontos pendentes. Igualmente, form colocados diversos interruptores, to madas, espelhos, caixas, etc. L.L...aaan2112LILIILQZIag. Neste setor, a T.O. ocupou-se en trabalhos de conser - tos de n;.quinas, fechaduras, utmsilios de escritorio, confec - gao de chaves, etc. realizanio os seguintes servigos: - confecgao de 104 chaves do tipo Yale - conserto da porta de enrolar do hail - conserto e substituigao de peas em diversas coquinas de escrever. 1:=gazI2aaa12222La2 Foram realizados diversos trabalhos neste setor a saber: - Instalagao da parte de esgeto, gas e A.gua para o aquipamento do gabinete dentario da S.A.M.S. - colocagao e ligagao de 2 caixas d'agua e 2 lavatorios na S.A.M.S.

11 MINISTERIO DA INDUSTRIA E DO COMERO10 - colocagao e ligagao de 2 caixas d'agua e 2 lavatorios na S.A.M.S. - Instalagao de um lavatorio no 4Q andar. - Instalagao de um lavatorio no 7Q andar. - Substituigao da coluna de esgoto print-1/.10 do sanit y - rio pequeno no trecho do 20Q ao 22 g pavinientos. - Instalagao de esgsto secundl-io e urea caixa de gordura, na Cooperativa do lac. - substituigao de 2 vasos sanitl.ios no banheiro do 7Q andar. - substibuigao de urna boia na caixa de distribuigao do 15 g andar. - ligagao de um lavatorio e de um tanque no esgsto se - cund;,rio correspondence, no 10 g andar. amlia =0. 0 servigo de pintura foi executado, nas diversas dependsncias do Minist4rio, sendo aplicada tinta lavavel nas paredes e tetos e tinta Oleo nas esquadrias. Sendo pintadas 102 salas e partes da circulagao, os pin tores trabalharam em, aproximadamente, ,00 m2 a saber : - tinta aguosa ,00 m2 Oleo 900,00 m2 ASSUNTOS ADMIflISTRATIVOS Durante o transcurso do exercfcio de 1965, chegaram S.O.I. processos documental divorsos, tendo todos recebido o en caminhariento devido, ficando, guando necesscirio, as respectivas copias arquivadas. Foram expedidos por esta segao os seguintes documentos: 1) Processo MIC 02973/65 - consulta sabre doagao de ter reno para prefeitura do Est. do Mato Grosso. 2) Encaminhamento de planta e especificag5es para obras do 16Q pavimento do ediffcio A Noite, entre:ues a responsabilidsl de da Cia. SiderlIrgica Nacional (5/2/65).

12 minnsterio DA INDOSTRIA E DO comerclo 3) Processo MIC /61 e EIC /65 - Esclarecimento sabre contrato de locagao de Delegacia Estadual (9/2/65). /j) Processo ric /63 - Encaninha orgamento partial para obras de reforma da garasem do nic (28/5/65). 5) EIC /65 - Parecer quanto a inovel para instalagao da DEIC. PI (19/7/65). 6) Encaminhamento de esrecificag6es para reforna da gaa ragem do MIC (29/10/65). 7) Esclarecinento sabre tiros de tinta serern emprega dos de acordo com consulta feita aos or aos competentes... (19/3/65). 8) Officio, solicitando devolugao de on-inais de desenhos Conercial Pronto-cOpia Ltda. (9/12/65). Do presente relatporio constam t'')das as atividades da S.O.I. concernentes as suas atribuigeies e dispondo do seguinte corpo de funcionitrios: 1) Gilson Guinaraes Telles - Desenhista 12-A-Chefe 2) Jose Gonsalves de Abreu - Desenhista 14-B- 3) Celso Cardoso Coelho - Escritur4rio - 8-A- Nos tra)alhos realigiados pela S.O.I. foi empre aado todo o esforgo de pprte de seus servidores, na medida de suas possibilidades, apresentassem boa apresentagao e rendinento desejvel. oportuno lembrar, entretanto, q"e a ausencia de recursos p,ra a utilizagao de copias heliogrcificas muito tem a- fetado o funcionamento clesta segao, nao permitindo algunas ve - zes o fornecinento de desenhos com a presteza rue gostariamos rue nos fosse posslvel. Atento a responsabilidade do rue foi relatado, elevo consideragao superior. Rio de Janeiro, 19 de janeiro de 1966 Gilsor2tuimaraes Telles Chefe da S.O.I. C:i(1) GGT/wpc. Julio Casado Lima Chefe da Turma de Oficinas

13 MINISTERIO DA INDOSTRIA E COmERCIO 1.1PICACCMs PARA A la.z.1(11, DOS SMICOS SUBSTITUICIO ' TsC 14)C W 1A`k lilaciajilaig 2D 7. lahaatirazoclulaimai Todos os materials a empregar devor!o ser lo fabricagtto nacional, de is qualidade e satisfazer (;.s Especificaggcs Bra siloiras da A B*3*T* Sergi fornecidos a colocados aparalhos completos para luz fluorescontes, prisnalcos, pintados em branco* A distribuicao dos novas apartlhos sera foita de aoic do cam a existents mantendo-se o rosmo :hero de pontos e en oho* dibncia no seguinte: 1) apart1los de haste dupla coo 1,00 m do comprimento porn 2 1Smpadas do 40 tir gm cadet panto orlstento no interior dos salan; 2) apar&lio de haste dupla cam 1,00 m de comprimonto para 4 latvadas le 40 zi; para a panto existente no havi ; e J) Aparb1ho do 2 l'ampadas de 20 W 9 fixados no teto para as Aemais pontos existentes nas pantos conuns (circulacno, (=coda, funlos dna asins torminalanea 19 e hall de e1ev7ilor do servlgo)* Os reatores s emprecar sor!o do tipo Eletramar ou 4 milar cam garantiarinia do I- 4enz, a:lo* 03 Bata:taros serve do tipo GE ou similar, de partida convancional* Sarno fornocilos a colocados noires interruptoros a tg madas, de embutir, em aubstituic5o aos oxistentos*

14 MINISTERIO DA INDOSTRIA E COMERCIO Todos os intorruptoros sor& troeados por outros de acardo com o ndmoro de soc gos dos oxistentes Ttdas as taandas duplas see& trocadas por do'-isemuo tipo das existontos. outras Ap6s a substituicso dos interruptoros o Wanda.% ga r fornecidos o onlocados novos ospoihos de baquelite peed, tamonts, adaptados 7.1s caixas oxistontes. Todos os servicos noceserlos ao perfeito =aim:memo to o funcionamonto constitute paroolas das prosonton especifj, cag5es nge podon1o, o Proponento, oxlmir.-se do sua completa e fica oxecuglo Os aparalhos riue aprosentarom defeitos, nao estiverom bom fizados ou demonstrarom quaisquer irrogularidados, sa rgo rocolocados ou substituidos por conta do Proponent. Rio de Janeiro, /ef de novembro de 1965 GILJON MARXES Chore da

15 MINIST2RIO DA IND1STRIA E DO COMnRCIO COMISSAO DE CONCORR2NCIA INSTITU1DA PELA PORTA -21A MINISTERIAL N2 119, DE 30 DE AGOSTO DE 1965 A Concorrencia PUblica n2 1 para a execucao de servicos de reparos e adaptagoes nos pavimentos n2 82, 132, 152 e 172 do Edificio do Minist,rio da Indlistria e do Comercio, situado na Praga Mau6 n2 7, na cidade do Rio de Janeiro, odupados pela Comissao de Desenvolvimento Industrial. 0 Presidente da Comissao de Concorrencia institulda pela Portaria Ministerial n2 119, de 30 de agesto de 1965, faz para conhecimento dos interessados, que, as 15 hs do decimo sexto (16 2 ) dia, a contar da publicacao deste Edital no Di4 rio Oficial, na sala n 2 701, do Edificic da Praga Mau6 n 2 7, na cidade do Rio de Janeiro, perante a Comissao, sob a presidencia do Secret6rio-Geral do MIC, Armando Gomes de Mello, serao recebidas e abertas as propostas para a execuggo de servigos de reparos e adap g s. 82, 132, 152 e 17 2 do mencionado so-o -tagiies nos pavimentos n as condigoes abaixo especificadas. Na hip6tese de o decimo sexto (16 2 ) dia recair em s6bado, dorm go ou feriado, a concorrencia ser6 realizada no primeiro dia util subsea en te, no mesmo local e hora indicados. l g CONDIa0 a) Poder4, apresentar proposta teda e qualquer firma individual ou social que satisfaga as condigoes estabelecidas neste Edital. b) As propostas deverao ser datilografadas, sem emendas, rasuras ou entrelinhas. 2g CONDIa0 INSCRIQX0 - DOCUMENTOS EXIGIDOS 0 Concorrente, no dia e hora aqui fixados, deve/4 apresentar sua proposta em involucro opaco, fechado e lacrado o qual levard, os dizeres: " Comissao institulda pela Portaria n 2 119, de 30 de agesto de 1965, do Ministro da Indlistria e do Comercio - Concorrencia Publica n2:, conter4 a documentagao seguinte: a) - Prova de registro do contrato social ou firma individual na Divisao de Registro e Cadastro do DNRC, com tedas as alteragoes poster res;

16 - 2 - b) - Prova de cumprimento de Lei Eleitoral do (s) responsg.vel (eis) pela firma, ou prova de permanencia no Pals, quando se tratar de -estrangeiro (s); c) - Prova de quitagao com os impostos federais, estaduais e municipais, mediante certidoes negatives fornecidas pelos respectivos Or gaos fazendrios; d) - Certidao de quitagao com o imposto de renda; e) - Prova de cumprimento da Lei de 2/3; f) - Prova de quitagao ou isencao com o Servigo Militar para os brasileiros ou carteira modelo n 2 19 para estrangeiro (s) g) - Certidao de quitagao fornecida pelo Instituto de Previdencia ao qual for devida contribuicao pelo proponente; OCREA.; h) - Prova de quitagao da firma e seus engenheiros com i) Prova de idoneidade financeira fornecida por estabelecimento' bancdrio de renome, expedida no prazo m4ximo de 15 dias anterio res a data da publicagao deste Edital; balho dos empregados; j) - Prova de haver sido realizado seguro de acidontes do tra 1) - Juntada de procuragao para assinar o contrato, quando is so nao seja feito polo proprio proponente; m) - As provas de carter individual (certidao de reservista, carteira de identidade, titulo de eleitor, etc.) devem ser exigidas: 1) - Nas firmas individuais, do titular da firma. 2) - Nas firmas coletivas ou nas sociodades com diretoria ta, de quern por ferga legal estatut4ria ou contratual tenha capacidade 4 para assinar o contrato. 3) - Os documentos exigidos poderao ser apresentados: a) - Em original; b) - Por certidao; c) - Por fotoccipia autenticada por tabeligo. n) - Todos os documentos deverao trazer as firmas reconheci - das, exceto os que, pela sua natureza, dispensem essa exiencia (certifiea do reservista, titulo de eleitor, carteira de identidade, etc). o) - Prova de deposito, na Caixa EconOmica Federal, da Caugao no valor de Cr ( um milhao de cruzeiros) para garantia do contra to. p) - declaragao de completa submissao aos t3/mos deste edital.

17 3g CONDIa0 DA ESPECIFICACAO DOS SERVICOS A a) A Comissao de Concorrencia se reserva o direito de mandar e.xecutar todos ou parte dos itens destas especificagoes, considerado cada item um pavimento completo. b) Para fins de adjudicagao a proposta dever6 enunciar separadamente: 1) 0 prego de cada item; isto 4, cada pavimento 2) 0 prego global dos servigos. 3) 0 prazo para a execugho das obras, em dias corridos, que nao poderd, ser superior a 60 dias, contados da data do recebimento da 6r rem dada pela Comissao de Concorrencia para o inicio.. C - DISCRIMINACK0 Os servigos programados nestas espeeificagoes referem-se ass reparos e adaptagoes nos 8 g, 13 g, 15 2 o 17 g pavimentos do imovel localiza do na Praga Praca Maud. n g 7, nesta cidade, com objetivo de Instalar a Comissao de Desenvolvimento Industrial, de acerdo com o projeto fornecidoie 1P Comissao de Concorrencia, D - CONDIOES GERAIS 1) A Contratante executar6 os trabalhos de acerdo com as especificagoes fornecidas pela Comissao de Concorrencia. 2) Os desenhos e ea:4as das especificagbes deverao ser consor- Ldos na obra a fim de que possam ser consultadas a qualquer momento Bela, Fiscalizagao, 3) A Contratante devera manter na ()bra, em cardter permanent. um representante seu, professional competente e habilitado, que dirigird vcdos os servicos e atender a Fiscalizagao sempre quo solicitado, CUPprindo suas determinag3es. 4) Os servigos quo nao estiverem de acerdo com o projeto e corn as presentes especificagoes serao desmanchados em parte ou totalmente refeitos por conta da Contratante, bem como os quo forem condenados pela Fiscalizagao como imprestdveis ou impropriose 5) Em caso de duvidas quanto aos desenhos, qualidade de materiais, locagao, etc., deverd', a Contratante, solicitar esclarecimentos da Fscalizagao continuando, entao, os trabalhos de acerdo com sua orienta - gao,

18 4 6) Ficara a Contratante. como a Unica respons6vel por qualquer dano material, acidente possoal, erro de tecnica de contrugao, etc, verificados no decorrer das obras o apes a aceitagao das mosmas pela Comissao de Concorrencia, dentro do prazo de sua responsabilidade. 7) Tedas as exigencias legais, tais cm, pagamentos do im - pcstos Municipals, Institutos, Companhias Concession4.rias de Luz e Fergat Seguros, Licengas, Dep6sito de ferramontas e aparelhos, etc., correra' o par conta da Contratante. 8) Os prazos contratuais para inicio e conclusao dos trabalhos aaui especificados serao estritamente respeitados pela contratante. 9) Os materiais depositados nas obras, tais como miquinas, apa rolhos, ferramentas e utonsilios, do propriodade da Contratante, serao caa siderados como garantia suplementar das obrigagoes contratuais nao podendo. dali serem retirados sem pr6via autorizagao, por escrito, da Comissao de Concorrencia. 10) A protegao dos servigos executados, ate a sua entrega definitiva e respectiva aceitagao pela Comissao do Concorrencia, bem como os materials e equipamentos depositados no local das obras, fiparao sob inteira responsabilidade da Contratante, que devera manter constante e permanent vigilancia sabre os mesmos. 11) A Contratante obriga-se a atcnder a tedas as exigencias que the forem feitas pela Fiscalizagao, desdo que sejam baseadas nas prosen tes especificagoes e nos termos contratuais. 12) Logo que concluidos, serao os servigos exaninados, rojeitan do-se todos aqueles que nao aprosontarem acabamento perfeito ou contraria rem as presentes condigoes e ospecificagoes, ficando a contratante cam a responsabilidade de os refazor por sua conta, sem diroito a reclamagoes, E - MATERIAIS A ENIPRGAR Todos os materiais a empregar nas obras deverao ser de primeira qualidade, do fabricageo national e satisfazer as especificacees brasi loiras do. ABNT. Antos do emprego dos materiais, dever4, a contratante, submetelos a apreciagao da Fiscalizagao, ficando na obrigacao do aplic-x somonto os por ola aprovados. F - S :RVIQOS A EXECUTAR Serao executados servigos de reparos f e adaptagoes, conforme descrito, nos 8 g, 13 g, 15 g c pavimentos e constarao do seguinte: I - SERVIQOS PR=EINARS Correrao por conta da contratlnto tedas as providencias a tra balhos preparatorios indispons4.vois ao inicio das obras.,jerao executadas as demoligoes de alvenaria, cintas e pilares do concreto do amarragao das mosmas e nao integrantes da ostrutura comota, dica o projeto aprosentado, correndo por conta da Contratante as despesas rusultantes da remogao do entulho para local adoquado e fora do imovel em

19 questa. 0 local necess4xio para guarder de materials, ferramentas, utensi lios e oscritario, sera, previamente, indicado pela AdministragHo do Edificio, ficando a Contratante com a rosponsabilidade dos mesmos. A diregao das obras ficar4 a cargo de profissionais habilitados, registrados no CREA, auxiliados por Mestres, cuja prosenga no local sercip,e manente, a fim de atender as solicitag3es da Fiscalizagao. II - ALVENARIA plantas. As parades obedecerao as dimenss3os c alinhamontos indicados nas Serao empregados cps tijolos furados de 0,20 x 0,20 x 0,10, per - foitamente uniformes e assontados com argamassa 1:8 (cimento e saibro 6spero) Os tijolos deverao ser molhados antes do seu emprgo o assenta - dos formando fiadas perfoitamente niveladas, alinhadas e aprumadas. A espessura das juntas deverd, sor do 1,5 en no m6ximo, rebaixa-- W das a ponta do colher, ficando rogularmente colocadas em linhas horizonta-- is continuas c verticals descontinuas. Dev'Jrao ser colocados tacos de madeira, com 2,5 cm de ospessuro, ranhurados, pri-evifuncnte imunizados, para posterior fixagao do esquadrias (6 no minim, por vao) e dos rodap6s de 80 em 80 cm, assim como, ter4, obri gatoriamente uma verges de concreto armado com o minim de 20 cm de apoiopa ra cada lade do vao. Na cxecugao das alvonarias, as parades deverao ser interrompi - das 15 an abaixo das vigas ou lajes ficando o arrematc final (apart() da alvonaria) para ser feito apes 8 dins, com tijolos inclinados do tipo cigo. dos diferontes. III - IN,:3TALACOES A Nao serapormitido, no mosmo passo do parade, o omprego do tijo Eletricas Serao executados os servigos de substituigao total de toda a dis tribuigao el6trica sendo mantidas a localizagao dos pontos de luz c de tomadas oxistonterin Devord, a Contratanto aprosentar o projeto de instalag3es eletri ca para luz, com observincia as I'Tormas NB-3 e NB-57 da ABNT, submetendo- o aprovagao da 17'iscalizagao. Serao substituldos todos os aparelhos do luz incandescontos par aparolhos de luz fluorescontos com a seguinte distribuigao: 1) 1 aparclho do 2 elenentos de 40 w para cada ponto existente no interior das salas; 2) 1 aparolho de 2 elementos de 20 w para cada ponto existent nos corredores, no hall do olevador de servigo e nos sanits,- rios; 5.

20 3) 1 aparolho de 4 el:mentos de 40 w para o hall dos olevadoros; 0 4) 1 aparelho de 2 elementos de 20 w para o ponto oxistante na, escada, fixado no teto. Sorg, provista a substituigeo de Coda a anfiageo quo apresentar defeitos ou incorreoes, born coma tadas as tomadas, intorruptores, caixas, cspelhos de baquelite, etc. O interruptores serao substituidos par outros sendo rospeitado o ntimaro de segoes existent. Os linicos deslizantes permitidos para facilitar a enfiageo sereo a talco e a parafina, nao sendo admitidas omendas de fins no interior dos cletrodutos. Todos os materials retiradas, perfectos ou nao, serao entregues AdministragEo do Edificio. py ESQUADRIAS Janelas Todos as janelas de madeir2 serao recuporadas com obediancia ao padreo das axistentes am parfait estado. As pecas qua foram necessirias usar na recuperageo serao em madoira de lei da mosma qualidade da existente. As emendas devereo ser perfectas, devidamente emassadas e lixadas, de mode qua, depois do pintadas, nao aprescntem a superficie irregu - lar. Portas Todos as portas, guarnigoes c caixilhos, de madeira, quo apreson ±arem meu estado, sereo recuporados ou substituldos. Sera parmitida a recuperageo parcial, quando tratar-sc de pequonos reparos como buracos, guichas, rebaixos de fe=gens, etc, dosde que aprasantem parfait acabamcnto. Nas parades de alvonaria a scram lovn.ntadas, serao fornecidas e colocadas, por conta da Contratante, as portas, aduelas e alizaros, padroni zados com as oxistentes, e com as mesmas dimans3es ou colocadas as quo foram retiradas de parades demolidas ou de veos a scram fechados. tsse apro - vaittimonto sera pormitido so as mesmas aprosontarem condigoes de recuperageo. V - REVESTIMENTOS EmbOco c Rebaco TOdas as parades de alvenaria sareo revestidas com argmassa de cmbago a raboco, a qual sera iniciado apes a completa pega das argamassas das alvenarias. 2 cm. A. camada do embago nao doverd, apresentar espessura superior a 6.

Estado do Rio Grande do Sul Municipio de Venâncio Aires

Estado do Rio Grande do Sul Municipio de Venâncio Aires MEMORIAL DESCRITIVO Obra: OBRAS CIVIS, REFORMA E INSTALAÇÕES - PMAT PAVIMENTO TÉRREO E SUPERIOR DA PREFEITURA MUNICIPAL Local: Rua Osvaldo Aranha-nº 634 Venâncio Aires EXECUÇÃO E SERVIÇOS A execução dos

Leia mais

Recuperação das Casas destinadas ao atendimento de residências estudantis, no Campus da Fazenda Experimental.

Recuperação das Casas destinadas ao atendimento de residências estudantis, no Campus da Fazenda Experimental. PROJETO BÁSICO Recuperação das Casas destinadas ao atendimento de residências estudantis, no Campus da Fazenda Experimental. 1. IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO 1.1 Título do Projeto Recuperação das Casas destinadas

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA AS OBRAS DE REFORMA DO GINÁSIO POLIESPORTIVO LOIOLA PASSARINHO E CONSTRUÇÃO DO ANEXO.

MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA AS OBRAS DE REFORMA DO GINÁSIO POLIESPORTIVO LOIOLA PASSARINHO E CONSTRUÇÃO DO ANEXO. SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO CASTANHAL (PA) MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA AS OBRAS DE REFORMA DO GINÁSIO POLIESPORTIVO LOIOLA PASSARINHO E CONSTRUÇÃO DO ANEXO. ABRIL/2014 REFORMA

Leia mais

ANEXO I-B. Descrição dos Serviços Material Mão de Obra Quant. Unid. Unitário Total Unitário Total PAVIMENTO TÉRREO. Item. Total

ANEXO I-B. Descrição dos Serviços Material Mão de Obra Quant. Unid. Unitário Total Unitário Total PAVIMENTO TÉRREO. Item. Total ANEXO I-B PLANILHA DE PREÇOS, COM OS SERVIÇOS E MATERIAIS NECESSÁRIOS PARA A COMPLETA EXECUÇÃO DO OBJETO, DE ACORDO COM AS ESPECIFICAÇÕES DO MEMORIAL DESCRITIVO Item 1 Descrição dos Serviços Material Mão

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PRÉDIO DE APARTAMENTOS. Local: Rua General Auto, N 101 e 111 Centro Porto Alegre

MEMORIAL DESCRITIVO PRÉDIO DE APARTAMENTOS. Local: Rua General Auto, N 101 e 111 Centro Porto Alegre MEMORIAL DESCRITIVO PRÉDIO DE APARTAMENTOS Local: Rua General Auto, N 101 e 111 Centro Porto Alegre INDICE 1. GENERALIDADES 1.1. OBJETOS E DADOS 1.2. NORMAS 1.3. PLANTAS 2. INTERPRETAÇÃO 3. PRÉDIO 3.1.

Leia mais

Prefeitura Municipal de Piratini

Prefeitura Municipal de Piratini MEMORIAL DESCRITIVO O presente Memorial Descritivo visa estabelecer as condições de materiais e execução referentes à construção de um Vestiário Esportivo, localizado na Av. 6 de julho s/n, em Piratini/RS,

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DE ARQUITETURA REFORMA E AMPLIAÇÃO / OBRA INSTITUCIONAL EM ALVENARIA, FORRO DE GESSO E COBERTURA EM TELHA METÁLICA.

MEMORIAL DESCRITIVO DE ARQUITETURA REFORMA E AMPLIAÇÃO / OBRA INSTITUCIONAL EM ALVENARIA, FORRO DE GESSO E COBERTURA EM TELHA METÁLICA. MEMORIAL DESCRITIVO DE ARQUITETURA REFORMA E AMPLIAÇÃO / OBRA INSTITUCIONAL EM ALVENARIA, FORRO DE GESSO E COBERTURA EM TELHA METÁLICA. Dados da Obra: Endereço da obra: Rua Amazonas, nº512, Centro. Parte

Leia mais

PLANILHA GERAL ORÇAMENTÁRIA

PLANILHA GERAL ORÇAMENTÁRIA ANEXO I PROCESSO LICITATÓRIO N 022/2009 CONVITE N 15 PLANILHA GERAL ORÇAMENTÁRIA LOCAL: CÂMARA DE VEREADORES DE URUGUAIANA OBJETO: REFORMA DE SANITÁRIOS PRAZO DE OBRAS: 120 dias MODALIDADE: EMPREITADA

Leia mais

1 ANEXO XII - MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO

1 ANEXO XII - MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO 1 ANEXO XII - MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO 4.1 APRESENTAÇÃO O presente MEMORIAL DESCRITIVO tem por finalidade determinar os detalhes de acabamento, tipo e a qualidade dos materiais a serem utilizados

Leia mais

IFES/CAMPUS DE ALEGRE - ES PROJETO BÁSICO

IFES/CAMPUS DE ALEGRE - ES PROJETO BÁSICO IFES/CAMPUS DE ALEGRE - ES PROJETO BÁSICO Especificação Destinada Construção do Núcleo de Empresas Junior INTRODUÇÃO A execução dos serviços referente Construção do Núcleo de Empresas Junior, obedecerá

Leia mais

Residencial Geraldo Pacheco

Residencial Geraldo Pacheco Residencial Geraldo Pacheco 1/6 Memorial Descritivo Rua Rio Branco, esquina com Rua Marajó, Parque das Castanheiras, Vila Velha - ES Projeto arquitetônico - Sandro Pretti Planejado de acordo com normas

Leia mais

Obra: Ampliação Câmara de Vereadores Local : VRS- 801 Almirante Tamandaré do Sul - RS Proprietário: Prefeitura Municipal de Almirante Tamandaré do Sul

Obra: Ampliação Câmara de Vereadores Local : VRS- 801 Almirante Tamandaré do Sul - RS Proprietário: Prefeitura Municipal de Almirante Tamandaré do Sul MEMORIAL DESCRITIVO Obra: Ampliação Câmara de Vereadores Local : VRS- 801 Almirante Tamandaré do Sul - RS Proprietário: Prefeitura Municipal de Almirante Tamandaré do Sul 1. O presente memorial tem por

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO

MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO CLIENTE: OBJETIVO: OBRA: PROJETO: LOCAL: CIDADE: MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO 21º ANDAR EDIFICIO CENTRAL REFORMA 21º ANDAR EDIFÍCIO CENTRAL RUA CALDAS JUNIOR Nº 120-21º ANDAR- Centro Porto Alegre/RS

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Objeto: Ampliação e Reforma Escola Municipal Maria Cassiano Município: Bom Jesus de Goiás - GO Elaborado em: Junho de 2015

MEMORIAL DESCRITIVO. Objeto: Ampliação e Reforma Escola Municipal Maria Cassiano Município: Bom Jesus de Goiás - GO Elaborado em: Junho de 2015 MEMORIAL DESCRITIVO Objeto: Ampliação e Reforma Escola Municipal Maria Cassiano Município: Bom Jesus de Goiás - GO Elaborado em: Junho de 2015 1. DESCRIÇÃO DA OBRA As presentes especificações, bem como

Leia mais

GINÁSIO ESPORTIVO DA COMUNIDADE RIO BONITO ALTO - PONTÃO - RS

GINÁSIO ESPORTIVO DA COMUNIDADE RIO BONITO ALTO - PONTÃO - RS MEMORIAL DESCRITIVO Obra: GINÁSIO ESPORTIVO DA COMUNIDADE RIO BONITO ALTO - PONTÃO - RS Área: 488,50 m² Local: Comunidade de Rio Bonito Alto Bairro: Rio Bonito Alto Cidade: Pontão - RS Proprietário: Comunidade

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO EEFM PROFª. MARIA AFONSINA DINIZ OBRA: REFORMA DA QUADRA, CANTINA, WC MASCULINO E FEMININO.

MEMORIAL DESCRITIVO EEFM PROFª. MARIA AFONSINA DINIZ OBRA: REFORMA DA QUADRA, CANTINA, WC MASCULINO E FEMININO. ANEXO II MEMORIAL DESCRITIVO EEFM PROFª. MARIA AFONSINA DINIZ OBRA: REFORMA DA QUADRA, CANTINA, WC MASCULINO E FEMININO. JUSTIFICATIVA DA OBRA A estrutura física da escola reflete diretamente na qualidade

Leia mais

Residencial Recanto do Horizonte

Residencial Recanto do Horizonte MEMORIAL DESCRITIVO Residencial Recanto do Horizonte FUNDAÇÃO E ESTRUTURA As Fundações serão executadas de acordo com o projeto estrutural, elaborado de acordo com as normas técnicas pertinentes e baseadas

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO O

MEMORIAL DESCRITIVO O MEMORIAL DESCRITIVO O presente memorial tem por objetivo estabelecer requisitos técnicos, definir materiais e padronizar os projetos e execuções da obra localizada na Rua Jorge Marcelino Coelho, s/n, Bairro

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ARQUITETÔNICO - REFORMA

MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ARQUITETÔNICO - REFORMA MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ARQUITETÔNICO - REFORMA Projeto:... REFORMA POSTO DE SAÚDE Proprietário:... PREFEITURA MUNICIPAL DE IRAÍ Endereço:... RUA TORRES GONÇALVES, N 537 Área a Reformar:... 257,84

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Obra: Reforma da Câmara Municipal de Conchas 2ª Fase

MEMORIAL DESCRITIVO. Obra: Reforma da Câmara Municipal de Conchas 2ª Fase MEMORIAL DESCRITIVO Obra: Reforma da Câmara Municipal de Conchas 2ª Fase Este Memorial Descritivo tem por finalidade especificar os materiais e serviços a serem executados na REFORMA DA CÂMARA MUNICIPAL

Leia mais

Recuperação de área destinada ao complexo administrativo da Coordenação de Logística, no Campus de Juazeiro.

Recuperação de área destinada ao complexo administrativo da Coordenação de Logística, no Campus de Juazeiro. PROJETO BÁSICO Recuperação de área destinada ao complexo administrativo da Coordenação de Logística, no Campus de Juazeiro. 1. IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO 1.1 Título do Projeto Reforma e ampliação do galpão

Leia mais

Próleitura da Estancia,de Atibaia

Próleitura da Estancia,de Atibaia Próleitura da Estancia,de Atibaia, ANEXO VI EDIFICACOES DEFINICOES DE CONSTRUCAO, CATEGORIA E. CARAC TERiSTICA Residéncia - Precario Definicào: Edificag3es i.nacabadas, aparentemente sem utilizagäo de

Leia mais

ORÇAMENTO BÁSICO PARA MANUTENÇÃO PREDIAL DA INSPETORIA REGIONAL DE MOSSORÓ - IRM

ORÇAMENTO BÁSICO PARA MANUTENÇÃO PREDIAL DA INSPETORIA REGIONAL DE MOSSORÓ - IRM Página 1/6 01 SERVIÇOS PRELIMINARES 2,64% 2.665,26 MOBILIZAÇÃO DE EQUIPAMENTOS E PESSOAL (0001/CREA_ATUALIZADO INSUMOS 01.01 DESMOBILIZAÇÃO DE EQUIPAMENTOS E PESSOAL (0002/CREA_ATUALIZADO INSUMOS 01.02

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE PLANEJAMENTO E PROGRAMAÇÃO

ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE PLANEJAMENTO E PROGRAMAÇÃO OBRA: C.E.P. EM ARTES BASILEU FRANÇA E ESCOLA DE ARTES VEIGA VALLE LOCAL: GOIÂNIA - GO ASSUNTO: REFORMA NA COBERTURA, FORRO, ESQUADRIAS, INSTALAÇÕES ELÉTRICAS, PINTURA E PISO. DATA: 15/04/2005. MEMORIAL

Leia mais

Memorial Descritivo Condomínio Residencial Renascer

Memorial Descritivo Condomínio Residencial Renascer Memorial Descritivo Memorial Descritivo Condomínio Residencial Renascer Um novo tempo. Sua nova vida. Incorporação e Construção: JDC Engenharia Ltda Empreendimento: Construção de 2 torres residenciais,

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO CAMARA DE VEREADORES DE ABELARDO LUZ - SC 1.- GENERALIDADES 1.1.- OBJETO

MEMORIAL DESCRITIVO CAMARA DE VEREADORES DE ABELARDO LUZ - SC 1.- GENERALIDADES 1.1.- OBJETO CAMARA DE VEREADORES DE ABELARDO LUZ - SC MEMORIAL DESCRITIVO 1.- GENERALIDADES 1.1.- OBJETO O presente Memorial Descritivo tem por finalidade estabelecer as condições que orientarão os serviços de construção,

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA MEMORIAL DESCRITIVO

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA MEMORIAL DESCRITIVO ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA MEMORIAL DESCRITIVO Obra: Reforma de Prédio Delegacia CRA Proprietário: Conselho Regional de administração Endereço: Av. Presidente Getulio Vargas, N 2.923 Área: 110,00 m² 1.

Leia mais

Anexo I-A: Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia

Anexo I-A: Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia MEMORIAL DESCRITIVO Anexo I-A: Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia Sumário 1.Considerações gerais...1 2.Serviços

Leia mais

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA PLANILHA ORÇAMENTÁRIA 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES 7.992,27 1.1 74209/001 PLACA DE OBRA EM CHAPA DE ACO GALVANIZADO m2 3,91 289,92 1.133,59 1.2 73899/002 DEMOLICAO DE ALVENARIA DE TIJOLOS FURADOS S/REAPROVEITAMENTO

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE IPATINGA

CÂMARA MUNICIPAL DE IPATINGA CÂMARA MUNICIPAL DE IPATINGA REFORMA DO PRÉDIO DA CÂMARA MUNICIPAL DE IPATINGA MEMORIAL TÉCNICO DESCRITIVO Introdução O presente memorial descritivo tem por finalidade definir os trabalhos de Reforma Câmara

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DO PROJETO DE REFORMA DOS BANHEIROS, COPAS E DEPÓSITOS DE MATERIAL DE LIMPEZA PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO - ES

MEMORIAL DESCRITIVO DO PROJETO DE REFORMA DOS BANHEIROS, COPAS E DEPÓSITOS DE MATERIAL DE LIMPEZA PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO - ES MEMORIAL DESCRITIVO DO PROJETO DE REFORMA DOS BANHEIROS, COPAS E DEPÓSITOS DE MATERIAL DE LIMPEZA PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO - ES PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO - ES REFORMA DO EDIFÍCIO BRASCAR

Leia mais

RESIDENCIAL RECANTO DOS POETAS MEMORIAL DESCRITIVO DA HABITAÇÃO

RESIDENCIAL RECANTO DOS POETAS MEMORIAL DESCRITIVO DA HABITAÇÃO RESIDENCIAL RECANTO DOS POETAS MEMORIAL DESCRITIVO DA HABITAÇÃO 1. DESCRIÇÃO DO EDIFÍCIO O Recanto dos Poetas será constituído de: 6 (seis) blocos, cada um com 1 (um) pavimento pilotis e 4 (quatro) pavimentos

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO MEMORIAL DESCRITIVO 40ª CIRETRAN PRÉDIO-SEDE

ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO MEMORIAL DESCRITIVO 40ª CIRETRAN PRÉDIO-SEDE MEMORIAL DESCRITIVO 40ª CIRETRAN PRÉDIO-SEDE Local: Município: Área Estim.: 271,18 m² Av. Cascavel, Quadra 39, Lote 14, Bairro Primavera II Primavera do Leste MT SETEMBRO / 2008 SUMÁRIO 1 INFORMAÇÕES GERAIS:

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S. A. CERON DIRETORIA DE GESTÃO ADMINISTRATIVA DA GERÊNCIA DE ADMINISTRAÇÃO GERAL AGG MEMORIAL DESCRITIVO

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S. A. CERON DIRETORIA DE GESTÃO ADMINISTRATIVA DA GERÊNCIA DE ADMINISTRAÇÃO GERAL AGG MEMORIAL DESCRITIVO MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO: CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S. A. CERON OBRA: ENDEREÇO: REFORMA E ADEQUAÇÃO DE SALAS NO PRÉDIO DA UNIDADE DE NEGÓCIOS NORTE UNN, VISANDO A INSTALAÇÃO DO POSTO DE ENSAIO

Leia mais

Placa de obra: Haverá a colocação em local visível de placa de obra, metálica, fixada em estrutura de madeira, conforme padrão fornecido SOP.

Placa de obra: Haverá a colocação em local visível de placa de obra, metálica, fixada em estrutura de madeira, conforme padrão fornecido SOP. MEMORIAL DESCRITIVO RECONSTRUÇÃO DO ALBERGUE JUNTO AO PRESIDIO ESTADUAL DE VACARIA RS. VACARIA RS. GENERALIDADES: Este Memorial Descritivo tem a função de propiciar a perfeita compreensão do projeto e

Leia mais

Prefeitura Municipal de Dumont

Prefeitura Municipal de Dumont TOMADA DE PREÇOS Nº. 009/2015 MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: Reparos, Implantação de Banheiro para Acessibilidade e Pintura Geral. LOCAL: Avenida 21 de março nº 2.104 - Escola Profª Wilma M Lorenzato Bredarioli

Leia mais

Projeto Executivo Prancha 01 Inst Plantas de Lay-out das Instalações Elétricas do 1 e 2 pavimentos SERVIÇOS A EXECUTAR:

Projeto Executivo Prancha 01 Inst Plantas de Lay-out das Instalações Elétricas do 1 e 2 pavimentos SERVIÇOS A EXECUTAR: MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO DE AMPLIAÇÃO DO POSTO DE SAÚDE MUNICIPAL DE ILÓPOLIS / RS OBJETIVO O presente Memorial Descritivo tem por objetivo estabelecer as diretrizes básicas do projeto de arquitetura,

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA SIMA - SESI ARAPONGAS/ PR.

MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA SIMA - SESI ARAPONGAS/ PR. MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA SIMA - SESI ARAPONGAS/ PR. Page 2 of 10 SUMÁRIO 01. CONSIDERAÇÕES INICIAIS... 02 02. DISPOSIÇÕES GERAIS... 02 03. SERVIÇOS PRELIMINARES... 02 04. TRANSPORTE... 02 05. INSTALAÇÕES

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAÇADOR SECRETARIA MUNICPAL DE EDUCAÇÃO MEMORIAL DESCRITIVO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAÇADOR SECRETARIA MUNICPAL DE EDUCAÇÃO MEMORIAL DESCRITIVO MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: REFORMA DA ESCOLA ALCIDES TOMBINI LOCALIZAÇÃO: Rua Augusto Driessen Bairro: Sorgatto 1. DEMOLIÇÕES Todas as paredes internas dos banheiros deverão ser demolidas. Todo o revestimento

Leia mais

ANEXO II PLANILHA ORÇAMENTÁRIA DISCRIMINADA

ANEXO II PLANILHA ORÇAMENTÁRIA DISCRIMINADA ANEXO II PLANILHA ORÇAMENTÁRIA DISCRIMINADA (MODELO DE PROPOSTA) SERVIÇOS E MATERIAIS NECESSÁRIOS PARA A COMPLETA EXECUÇÃO DO OBJETO, DE ACORDO COM O MEMORIAL DESCRITIVO Local: PROCURADORIA DA REPÚBLICA

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: CONSTRUÇÃO DE 22 (VINTE E DUAS) UNIDADES HABITACIONAL DOIS QUARTOS LOCAL: VILA ESPLANADA I GOIATUBA GO. ÁREA ÚTIL: 49,98 m 2

MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: CONSTRUÇÃO DE 22 (VINTE E DUAS) UNIDADES HABITACIONAL DOIS QUARTOS LOCAL: VILA ESPLANADA I GOIATUBA GO. ÁREA ÚTIL: 49,98 m 2 MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: CONSTRUÇÃO DE 22 (VINTE E DUAS) UNIDADES HABITACIONAL DOIS QUARTOS LOCAL: VILA ESPLANADA I GOIATUBA GO. ÁREA ÚTIL: 49,98 m 2 Página 1 de 13 1.- INTRODUÇÃO O presente memorial

Leia mais

ÁREA TOTAL TERRENO: 325,00m² ÁREA TOTAL CASA: 48,00m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 65,00m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS

ÁREA TOTAL TERRENO: 325,00m² ÁREA TOTAL CASA: 48,00m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 65,00m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS 1 1.1 INSTALAÇÃO DO CANTEIRO DE OBRA Abrigo provisório de madeira executada na obra para alojamento e depósitos de materiais e ferramentas 01520.8.1.1 m² 7,50 1.2 Ligação provisória de água para a obra

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. RESERVATÓRIO SUPERIOR: Este pavimento abrigará os reservatórios de água conforme projeto específico aprovado pelo SAMAE e PPCI.

MEMORIAL DESCRITIVO. RESERVATÓRIO SUPERIOR: Este pavimento abrigará os reservatórios de água conforme projeto específico aprovado pelo SAMAE e PPCI. MEMORIAL DESCRITIVO MAGNO RESIDENCIAL Rua José Caberlon, lote 18, quadra 3878, Bairro Bela Vista, Caxias do Sul INCORPORAÇÃO: SUPREMA INCORPORADORA Rua Alfredo Chaves, 927/505 Centro Caxias do Sul. O presente

Leia mais

Edificações - revestimento de paredes

Edificações - revestimento de paredes MT - DEPARTAMENTO NACIONAL DE ESTRADAS DE RODAGEM DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO - IPR DIVISÃO DE CAPACITAÇÃO TECNOLÓGICA Rodovia Presidente Dutra km 163 - Centro Rodoviário, Parada de Lucas

Leia mais

ANEXO I DIVISÓRIAS E LAMINADO ANO DE 2007 FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE DIVISÓRIAS E LAMINADO

ANEXO I DIVISÓRIAS E LAMINADO ANO DE 2007 FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE DIVISÓRIAS E LAMINADO ENCARGOS E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE DIVISÓRIAS E LAMINADO Ano/2007 1 CAPÍTULO 0 DISPOSIÇÕES GERAIS 1. Este Caderno de Especificações estabelece normas gerais e específicas,

Leia mais

BRICKA ALVENARIA ESTRUTURAL

BRICKA ALVENARIA ESTRUTURAL BRICKA ALVENARIA ESTRUTURAL BRICKA ALVENARIA ESTRUTURAL Indice ALVENARIA ESTRUTURAL MANUAL DE EXECUÇÃO E TREINAMENTO...1 O QUE É ALVENARIA ESTRUTURAL?...1 Seu trabalho fica mais fácil...1 CUIDADOS QUE

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO CONCLUSÃO DA QUADRA DA ESCOLA ALTO BONITO. Rua Florêncio Busatto - Caçador SC.

MEMORIAL DESCRITIVO CONCLUSÃO DA QUADRA DA ESCOLA ALTO BONITO. Rua Florêncio Busatto - Caçador SC. MEMORIAL DESCRITIVO O presente Memorial Descritivo tem por objetivo descrever os serviços, materiais e técnicas construtivas a serem utilizadas na execução da obra abaixo qualificada. DADOS FÍSICOS LEGAIS

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO CORRETIVA E PREVENTIVA EM TODAS AS UNIDADES DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO LINHARES - ES

MEMORIAL DESCRITIVO SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO CORRETIVA E PREVENTIVA EM TODAS AS UNIDADES DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO LINHARES - ES MEMORIAL DESCRITIVO SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO CORRETIVA E PREVENTIVA EM TODAS AS UNIDADES DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO LINHARES - ES 1 1. INTRODUÇÃO O memorial se refere aos Serviços de Manutenção

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO NORMAS GERAIS:

MEMORIAL DESCRITIVO NORMAS GERAIS: MEMORIAL DESCRITIVO INFORMAÇÕES GERAIS: OBRA: REFORMA E ADAPTAÇÃO DE P.S.F. CIDADE/UF: GOIATUBA / GO DATA: ABRIL DE 2013. UNIDADE: RECREIO DOS BANDEIRANTES (307) NORMAS GERAIS: 1. Os materiais e serviços

Leia mais

OBRA: EDIFÍCIO RESIDENCIAL MIRABELLO LOCALIZAÇÃO: Coronel Luiz Caldeira, Itacorubi, Florianópolis/SC. EMPRESA: BEO CONSTRUÇÕES LTDA.

OBRA: EDIFÍCIO RESIDENCIAL MIRABELLO LOCALIZAÇÃO: Coronel Luiz Caldeira, Itacorubi, Florianópolis/SC. EMPRESA: BEO CONSTRUÇÕES LTDA. MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES OBRA: EDIFÍCIO RESIDENCIAL MIRABELLO LOCALIZAÇÃO: Coronel Luiz Caldeira, Itacorubi, Florianópolis/SC. EMPRESA: BEO CONSTRUÇÕES LTDA. ÍNDICE: 1. Características 2. Serviços

Leia mais

DECRETO Nº 1627 DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015

DECRETO Nº 1627 DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 DECRETO Nº 1627 DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 Dispõe sobre a atualização do artigo 1º, da Lei da Lei Complementar nº 241 de 24 de Fevereiro de 2015, onde trata da Tabela nº 05, Anexo II - Planta Genérica

Leia mais

BWB CONSTRUTORA E INCORPORADORA LTDA

BWB CONSTRUTORA E INCORPORADORA LTDA RESIDENCIAL PRIMA SONATA Rua Ernesto Marsiaj, Bairro Petrópolis, Caxias do Sul INCORPORAÇÃO: BWB CONSTRUTORA E INCORPORADORA LTDA Rua: Alcides Longhi, 333 sala 01 Villagio Iguatemi Caxias do Sul O presente

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO 025/2009

MEMORIAL DESCRITIVO 025/2009 MEMORIAL DESCRITIVO 025/2009 PROPRIETÁRIO: CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S. A. CERON. OBRA: ENDEREÇO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA EM SERVIÇOS DE ENGENHARIA PARA REALIZAR REFORMA E ADEQUAÇÃO NA

Leia mais

Município. Prefeitura Municipal de Santa Barbara - BA. Sexta-Feira - 13 de Abril de 2012 - Ano VII - N º 40

Município. Prefeitura Municipal de Santa Barbara - BA. Sexta-Feira - 13 de Abril de 2012 - Ano VII - N º 40 do Município Prefeitura Municipal de Santa Barbara - BA Sexta-Feira - - Ano VII - N º 40 PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA BÁRBARA TOMADA DE PREÇOS Nº 01/2012 OBJETO: a execução de obras de reforma dos seguintes

Leia mais

1.1 Localização do estabelecimento: Linha Moreira Cezar, Capela São Luiz, interior de Serafina Corrêa-RS.

1.1 Localização do estabelecimento: Linha Moreira Cezar, Capela São Luiz, interior de Serafina Corrêa-RS. MEMORIAL DESCRITIVO: PROJETO: PROJETO ARQUITETÔNICO DE UM POSTO DE RESFRIAMENTO DE LEITE. PROPRIETÁRIO: PREFEITURA MUNICIPAL DE SERAFINA CORREA RS LOCALIZAÇÃO: LINHA MOREIRA CEZAR, CAPELA SÃO LUIZ, SERAFINA

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE CANOINHAS SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE CANOINHAS SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO MEMORIAL DESCRITIVO Reforma Unidade de Saúde de Campo da Água Verde Local: Campo da Água Verde Canoinhas/SC CANOINHAS-SC ABRIL / 2014 SERVIÇOS PRELIMINARES E GERAIS... Este Memorial Descritivo tem a função

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO versão 04

MEMORIAL DESCRITIVO versão 04 MEMORIAL DESCRITIVO versão 04 Arquitetônico Hidrossanitário EMPREENDIMENTO: Edifício Residencial ÁREA CONSTRUIDA: 2.323,60 m² ÁREA DO TERRENO: 1.474,00 m² LOCALIZAÇÃO: Rua Ianne Thorstemberg, n 344 Bairro

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO ORIENTATIVO PARA REVITALIZAÇÃO DOS CENTOS DE SAÚDE. Julho 2011 Revisão 02

RELATÓRIO TÉCNICO ORIENTATIVO PARA REVITALIZAÇÃO DOS CENTOS DE SAÚDE. Julho 2011 Revisão 02 RELATÓRIO TÉCNICO ORIENTATIVO PARA REVITALIZAÇÃO DOS CENTOS DE SAÚDE Julho 2011 Revisão 02 2 INTRODUÇÃO Os Centros de Saúde incluídos nesta categoria são unidades que foram construídas recentemente e que

Leia mais

BWB CONSTRUTORA E INCORPORADORA LTDA.

BWB CONSTRUTORA E INCORPORADORA LTDA. MEMORIAL DESCRITIVO EDIFÍCIO SEIBEL 906 Rua Luiz Antunes nº 906, Bairro Panazzolo, Caxias do Sul INCORPORAÇÃO: BWB CONSTRUTORA E INCORPORADORA LTDA. Rua Alcides Longhi, 333 Sala 01 Villaggio Iguatemi -

Leia mais

OBRA:CONSTRUÇÃO DO LABORATÓRIO DE CIÊNCIAS PADRÃO UNIDADE ESCOLAR:

OBRA:CONSTRUÇÃO DO LABORATÓRIO DE CIÊNCIAS PADRÃO UNIDADE ESCOLAR: OBRA:CONSTRUÇÃO DO LABORATÓRIO DE CIÊNCIAS PADRÃO UNIDADE ESCOLAR: 01. OBJETO: 01.01. Estas especificações diz respeito à construção de um Laboratório de Ciências, modelo padrão. 01.02. Ela tem por finalidade

Leia mais

PROJETO PARA FECHAMENTO DE QUADRA DE ESPORTES E.E.B MARIA DO ROSÁRIO

PROJETO PARA FECHAMENTO DE QUADRA DE ESPORTES E.E.B MARIA DO ROSÁRIO PROJETO PARA FECHAMENTO DE QUADRA DE ESPORTES E.E.B MARIA DO ROSÁRIO MONTE CARLO SC JULHO DE 2015 Fazem parte deste projeto: - Projeto Arquitetônico e Detalhes. - Memorial Descritivo. - Orçamento, Cronograma.

Leia mais

PORTARIA Nº 2.206, DE 14 DE SETEMBRO DE 2011 (*)

PORTARIA Nº 2.206, DE 14 DE SETEMBRO DE 2011 (*) PORTARIA Nº 2.206, DE 14 DE SETEMBRO DE 2011 (*) Institui, no âmbito da Política Nacional de Atenção Básica, o Programa de Requalificação de Unidades Básicas de Saúde e o respectivo Componente Reforma.

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DE ARQUITETURA

MEMORIAL DESCRITIVO DE ARQUITETURA MEMORIAL DESCRITIVO DE ARQUITETURA Reforma da Câmara dos Vereadores de Jataí GO DADOS DA OBRA OBRA: Câmara Municipal de Jataí LOCAL: Praça da Bandeira S/N SERVIÇOS: Projeto de reforma NÚMERO DE PAVIMENTOS:

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DA OBRA (Versão resumida)

MEMORIAL DESCRITIVO DA OBRA (Versão resumida) MEMORIAL DESCRITIVO DA OBRA (Versão resumida) TAMANHO E DEPENDÊNCIAS DO IMÓVEL Definido com o Corretor de Imóveis da negociação em conjunto com nosso Escritório de Arquitetura parceiro: FRAN Arquitetura

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. JUSTIFICATIVA: Considerando que os serviços de manutenção predial são imprescindíveis e de natureza contínua. Ademais, existem fatores diversos que influenciam na preservação

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO COMERCIAL CHATÊAU DE LA VIE

MEMORIAL DESCRITIVO COMERCIAL CHATÊAU DE LA VIE MEMORIAL DESCRITIVO COMERCIAL CHATÊAU DE LA VIE Rua Clemente Pinto, 146. Pág. 1 / 9 1 GENERALIDADES E DISPOSIÇÕES GERAIS O presente memorial descritivo tem por objetivo especificar o tipo, qualidade e

Leia mais

Prefeitura Municipal de Cruzeiro Estado de São Paulo SECRETARIA PLANEJAMENTO OBRAS

Prefeitura Municipal de Cruzeiro Estado de São Paulo SECRETARIA PLANEJAMENTO OBRAS ANEXO V MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: REFORMA DO TEATRO MUNICIPAL DE CRUZEIRO LOCAL: RUA ENGENHEIRO ANTONIO PENIDO, Nº 636. BAIRRO: CENTRO MUNICIPIO: CRUZEIRO- SP DATA: 27/03/15 CONDIÇÕES GERAIS Objeto da

Leia mais

Edifício Varadero Residencial

Edifício Varadero Residencial Edifício Varadero Residencial MEMORIAL DESCRITIVO PADRÃO 1. Infra-Estrutura: 2. Supra-Estrutura: 3. Alvenarias: Movimentação de Terra: Será realizada a limpeza do terreno, removendo todo o obstáculo que

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOUTOR PEDRINHO Estado de Santa Catarina

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOUTOR PEDRINHO Estado de Santa Catarina MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Obra: AMPLIAÇÃO UNIDADE DE SAÚDE CENTRAL Local: Rua Santa Catarina, Centro Área de Ampliação: 161,82 m² Município: Doutor Pedrinho SC Data: Novembro / 2015

Leia mais

SN OFFICE TOWER MEMORIAL DESCRITIVO

SN OFFICE TOWER MEMORIAL DESCRITIVO SN OFFICE TOWER MEMORIAL DESCRITIVO 1) IDENTIFICAÇÃO E LOCALIZAÇÃO DO EMPREENDIMENTO - TERRENO O Edifício SN OFFICE TOWER será construído nos LOTES DE TERRENOS URBANOS de números 09 e 11 da quadra 22 do

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO SEYCHELLES RESIDENCE

MEMORIAL DESCRITIVO SEYCHELLES RESIDENCE MEMORIAL DESCRITIVO SEYCHELLES RESIDENCE Este Memorial Descritivo trata de uma edificação residencial, propriedade de CONSTRUFORTE EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA, a ser edificado na Rua Reinaldo Scherner,

Leia mais

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA FONTES DE : SINAPI REFERENCIAL 05/14, MERCADO UNITÁRIO TOTAL 1.00 ADMINISTRAÇÃO LOCAL R$ 4.086,08 1.1 Mestre de obras mês 2,00 R$ 17,22 R$ 34,44 22,53% R$ 42,19 SINAPI IS 4069 1.2 PPRA/PCMSO und 1,00 R$

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. 1.4 LIMPEZA PERMANENTE DA OBRA Durante a execução, até a entrega definitiva da obra, a mesma será mantida permanentemente limpa.

MEMORIAL DESCRITIVO. 1.4 LIMPEZA PERMANENTE DA OBRA Durante a execução, até a entrega definitiva da obra, a mesma será mantida permanentemente limpa. Identificação da obra: RESIDENCIAL ANCHIETA GOLD Rua Anchieta nº 5034 Projeto e execução: A3 Arquitetura e Krolow Construção e Comércio. MEMORIAL DESCRITIVO 1. SERVIÇOS PRELIMINARES E GERAIS 1.1 SERVIÇOS

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA OBJETO O objeto desta licitação é a recuperação, requalificação e manutenção da área, hoje degradada, na Avenida Rio de Janeiro, sob o viaduto Elevado de conexão da Via Perimetral

Leia mais

E S T A D O D O M A T O G R O S S O. Prefeitura Municipal de Jaciara

E S T A D O D O M A T O G R O S S O. Prefeitura Municipal de Jaciara MEMORIAL DESCRITIVO REDE CEGONHA - HOSPITAL MUNICIPAL JACIARA/MT O presente memorial descritivo define diretrizes referentes à reforma do espaço destinado a Programa REDE CEGONHA no Hospital Municipal

Leia mais

Obra: Ampliação da E.M.E.I. Pequeno Polegar Endereço: Rua Pinheiro Machado, nº 568 - Não-Me-Toque/RS Área: 259,35 m² ÍTEM DISCRIMINAÇÃO CUSTO UNITÁRIO CUSTO CUSTO TOTAL UNID QUANT TOTAL Material MO UNITÁRIO

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA OBRA.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA OBRA. INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAM ENTO DE ENGENHARIA E INFRAESTRUTURA BR 406 - Km 73 n 3500 Perímetro Rural do Município de João Câmara / RN, CEP: 59550-000

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DE OBRA PROJETO ARQUITETÔNICO MOTO TAXI RODOVIÁRIA

MEMORIAL DESCRITIVO DE OBRA PROJETO ARQUITETÔNICO MOTO TAXI RODOVIÁRIA MEMORIAL DESCRITIVO DE OBRA PROJETO ARQUITETÔNICO MOTO TAXI RODOVIÁRIA 1. OBJETIVO O presente memorial descritivo tem por objetivo estabelecer requisitos técnicos, definir materiais a utilizar e normatizar

Leia mais

ÁREA TOTAL CASA: 67,50m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 80,20m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS

ÁREA TOTAL CASA: 67,50m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 80,20m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS ENDEREÇO: Rua nº 01 - Loteamento Maria Laura ÁREA TOTAL CASA: 67,50m² 1 INSTALAÇÃO DO CANTEIRO DE OBRA 1.1 Abrigo provisório de madeira executada na obra para alojamento e depósitos de materiais e ferramentas

Leia mais

2. INSTALAÇÕES PROVISÓRIAS

2. INSTALAÇÕES PROVISÓRIAS MEMORIAL DESCRITIVO Obra: Banheiros Públicos Rincão do Segredo Local: Rua Carlos Massman - Rincão do Segredo Alm. Tam. do Sul-RS Proprietário: Município de Almirante Tamandaré do Sul / RS 1. O presente

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. As fundações serão em estacas rotativas, com blocos de fundação, executadas por firma especializada.

MEMORIAL DESCRITIVO. As fundações serão em estacas rotativas, com blocos de fundação, executadas por firma especializada. MEMORIAL DESCRITIVO 1. INFORMAÇÕES GERAIS Este PRÉDIO terá uso exclusivo RESIDENCIAL e terá 12 (doze) pavimentos, sendo que o 1º PAV SUB SOLO terá 26 espaços de garagem cobertos; o 2 PAV terá o hall de

Leia mais

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES GLOBAIS DE SERVIÇOS E MATERIAIS REFORMA E ADAPATAÇÃO DO PRÉDIO DA ANTIGA CPFL - GRADUAÇÃO

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES GLOBAIS DE SERVIÇOS E MATERIAIS REFORMA E ADAPATAÇÃO DO PRÉDIO DA ANTIGA CPFL - GRADUAÇÃO CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES GLOBAIS DE SERVIÇOS E MATERIAIS REFORMA E ADAPATAÇÃO DO PRÉDIO DA ANTIGA CPFL - GRADUAÇÃO INSTITUTO UNI-FAMEMA / OSCIP Marília/SP ÍNDICE 1. PRELIMINARES. 2. DEMOLIÇÕES E RETIRADAS.

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PORTARIA / GARAGEM

MEMORIAL DESCRITIVO PORTARIA / GARAGEM 1/10 MEMORIAL DESCRITIVO PORTARIA / GARAGEM As obras serão realizadas obedecendo rigorosamente aos projetos, detalhes e especificações, bem como as normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas)

Leia mais

Imprensa Oficial da Estância de Atibaia Sábado, 7 de setembro de 2013 - nº 1524 - Ano XVII - Caderno C - Volume V de V

Imprensa Oficial da Estância de Atibaia Sábado, 7 de setembro de 2013 - nº 1524 - Ano XVII - Caderno C - Volume V de V Prefeitura da Estância de Atibaia 201 Comércio - Precário Definição: Edificações inacabadas, deficiências aparentes, construídas com tijolos ou blocos. Coberta de telha ou laje pré moldada sem acabamento,

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO/TÉCNICO

MEMORIAL DESCRITIVO/TÉCNICO MEMORIAL DESCRITIVO/TÉCNICO PROPRIETÁRIO: Prefeitura Municipal de Carmo de Minas. ENDEREÇO: Rua Luiz Gomes, nº. 150, Bairro: Centro, CEP: 37472-000. CNPJ: 18.188.243/0001-60. ENDEREÇO DA OBRA: Rua Euclides

Leia mais

ANEXO XII - MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO

ANEXO XII - MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO ANEXO XII - MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO 4.1 APRESENTAÇÃO O presente memorial descritivo tem por finalidade determinar os detalhes de acabamento, tipo e a qualidade dos materiais a serem utilizados

Leia mais

ANEXO II PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

ANEXO II PLANILHA ORÇAMENTÁRIA ANEXO II PLANILHA ORÇAMENTÁRIA ITEM DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS QUANTIDADE UNIDADE PREÇO UNITÁRIO PREÇO TOTAL 1 Taxas e emolumentos 01 vb Placa da obra 01 vb Documentações técnicas da obra 01 vb Instalações

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA E ADAPTAÇÃO DO 2 PELOTÃO/2 CIA DO 5º BATALHÃO DO CBMMG PARA IMPLANTAÇÃO DE BASE DESCENTRALIZADA DO SAMU - 192

MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA E ADAPTAÇÃO DO 2 PELOTÃO/2 CIA DO 5º BATALHÃO DO CBMMG PARA IMPLANTAÇÃO DE BASE DESCENTRALIZADA DO SAMU - 192 MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA E ADAPTAÇÃO DO 2 PELOTÃO/2 CIA DO 5º BATALHÃO DO CBMMG PARA IMPLANTAÇÃO DE BASE DESCENTRALIZADA DO SAMU - 192 CONSIDERAÇÕES GERAIS O presente memorial tem por objetivo especificar

Leia mais

MEMORIAL TÉCNICO REFORMA e AMPLIAÇÃO

MEMORIAL TÉCNICO REFORMA e AMPLIAÇÃO MEMORIAL TÉCNICO REFORMA e AMPLIAÇÃO O presente Memorial Técnico de Reforma e Ampliação tem por finalidade descrever os materiais, procedimentos/métodos a serem empregados nas retiradas e na reforma, indicar

Leia mais

BASE ZW INVESTIMENTOS E PARTICIPAÇÕES LTDA. MEMORIAL DESCRITIVO

BASE ZW INVESTIMENTOS E PARTICIPAÇÕES LTDA. MEMORIAL DESCRITIVO BASE ZW INVESTIMENTOS E PARTICIPAÇÕES LTDA. MEMORIAL DESCRITIVO SALAS COMERCIAIS E ESTACIONAMENTOS 1 ÍNDICE 1. OBJETIVO...03 1.1. O EMPREENDIMENTO...03 1.2. PROJETOS E ÁREAS...03 1.3. - LOCAÇÃO DA OBRA...04

Leia mais

1.3 MÁQUINAS E FERRAMENTAS Serão fornecidos todos os equipamentos e ferramentas adequadas de modo a garantir o bom desempenho da obra.

1.3 MÁQUINAS E FERRAMENTAS Serão fornecidos todos os equipamentos e ferramentas adequadas de modo a garantir o bom desempenho da obra. MEMORIAL DESCRITIVO IDENTIFICAÇÃO: EDIFÍCIO SPAZIO DI ACÁCIA Proponente : Construtora Brum Ltda. Construtora : Construtora Brum Ltda. Empreendimento : Edifício Spazio Di Acácia Endereço : Rui Barbosa,

Leia mais

BWB CONSTRUTORA E INCORPORADORA LTDA.

BWB CONSTRUTORA E INCORPORADORA LTDA. MEMORIAL DESCRITIVO EDIFÍCIO INFINITY Rua Clóvis Antônio Sperandio, Nros. 51 e 55, Bairro Charqueadas, Caxias do Sul INCORPORAÇÃO: BWB CONSTRUTORA E INCORPORADORA LTDA. Rua Alcides Longhi, 333 Sala 01

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA DA CÂMARA DE VEREADORES DE CANOAS - RS

MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA DA CÂMARA DE VEREADORES DE CANOAS - RS RODRIGUES & AGUINAGA PROJETOS LTDA. Av. Francisco Talaia de Moura, 545 CEP: 91170-090 - Porto Alegre/RS. CNPJ: 09.077.763/0001-05 MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA DA CÂMARA DE VEREADORES DE CANOAS - RS 1 1.

Leia mais

OBRA:ADAPTAÇÃO DE SALA DE AULA PARA LABORATÓRIO DE CIÊNCIAS PADRÃO ENG. EMANOEL OLIVIO / FABIOLA RAFAEL/ SAMARA KÉLVIA UNIDADE ESCOLAR E.E.F.M.

OBRA:ADAPTAÇÃO DE SALA DE AULA PARA LABORATÓRIO DE CIÊNCIAS PADRÃO ENG. EMANOEL OLIVIO / FABIOLA RAFAEL/ SAMARA KÉLVIA UNIDADE ESCOLAR E.E.F.M. OBRA:ADAPTAÇÃO DE SALA DE AULA PARA LABORATÓRIO DE CIÊNCIAS PADRÃO ENG. EMANOEL OLIVIO / FABIOLA RAFAEL/ SAMARA KÉLVIA UNIDADE ESCOLAR E.E.F.M. GOV. FLÁVIO MARCÍLIO 01. OBJETO: 01.01. Estas especificações

Leia mais

PLANILHA DE QUANTITATIVOS E PREÇOS - DATA: 03/06/2013

PLANILHA DE QUANTITATIVOS E PREÇOS - DATA: 03/06/2013 IDENTIFICAÇÃO DA FIRMA PLANILHA DE QUANTITATIVOS E PREÇOS - DATA: 03/06/2013 OBRA REFORMA DO DEPRA Localização: AV. São Paulo-Bairro dos Estados-Paraíba-Brasil PREÇOS PROPOSTOS PREÇOS: SINAPI / C/BDI=

Leia mais

La Bella Città MEMORIAL DESCRITIVO. Informações Gerais: INCORPORAÇÃO IGUASSU ENGENHARIA E CONSTRUÇÕES LTDA CONSTRUÇÃO

La Bella Città MEMORIAL DESCRITIVO. Informações Gerais: INCORPORAÇÃO IGUASSU ENGENHARIA E CONSTRUÇÕES LTDA CONSTRUÇÃO MEMORIAL DESCRITIVO La Bella Città Informações Gerais: INCORPORAÇÃO IGUASSU ENGENHARIA E CONSTRUÇÕES LTDA CONSTRUÇÃO IGUASSU ENGENHARIA E CONSTRUÇÕES LTDA PROJETO ARQUITETÔNICO ARQUITETA CARMEN LUCIA PEZZETTE

Leia mais

Planilha Orçamento - GLOBAL

Planilha Orçamento - GLOBAL 2. SERVIÇOS PRELIMINARES 2. 1. ADMINISTRAÇÃO DA OBRA Planilha Orçamento - GLOBAL 2. 1. 1. DESPESAS COM PESSOAL CONTRAMESTRE 3,00 MS 2.940,96 8.822,88 0,00 0,00 8.822,88 - - 11.028,60 11.028,60 2. 2. MEDICINA

Leia mais

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA Item Descrição dos serviços MÃO DE 1. SERVIÇOS PRELIMINARES 1. 1 SONDAGEM 1. 1. 1 SONDAGEM DE RECONHECIMENTO DO SUBSOLO COM TUBO DE REVESTIMENTO DIÂMETRO 21/2 M 42,00 - - - 43,50 43,50 1.827,00 TOTAL ITEM

Leia mais