0114 PEDREIRO. QUESTÃO 03 A palavra SE que inicia os versos do poema, pode ser classificada morfologicamente como:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "0114 PEDREIRO. QUESTÃO 03 A palavra SE que inicia os versos do poema, pode ser classificada morfologicamente como:"

Transcrição

1 PORTUGUÊS Leia o texto para responder as questões de 01 a 03: Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário. Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas. Se achar que precisa voltar, volte! Se perceber que precisa seguir, siga! Se estiver tudo errado, comece novamente. Se estiver tudo certo, continue. Se sentir saudades, mate-a. Se perder um amor, não se perca! Se o achar, segure-o! Fernando Pessoa QUESTÃO 01 Observa-se no texto o uso da colocação pronominal de acordo com a norma padrão da Língua Portuguesa. Marque o item em que a colocação pronominal não está adequada à língua culta: A) Nunca se afaste dos seus amigos verdadeiros; B) Se estiveres infeliz, te alegra por estares vivo; C) Se encontrares o amor, agarre-o; D) Confiar-te-ei os meus segredos mais íntimos; E) Não se esqueça de que a vida é para ser aproveitada da melhor forma possível. QUESTÃO 02 O modo verbal que predomina no texto é o: A) Modo indicativo predominando o tempo presente; B) Modo subjuntivo; C) Imperativo afirmativo; D) Imperativo negativo; E) Modo indicativo predominando o tempo pretérito. QUESTÃO 03 A palavra SE que inicia os versos do poema, pode ser classificada morfologicamente como: A) Conjunção subordinativa condicional; B) Pronome apassivador; C) Conjunção integrante; D) Conjunção subordinativa causal; E) Partícula expletiva ou de realce. Observe a tirinha para responder as questões 04 e 05: QUESTÃO 04 No último balão, na fala do Cascão, Daqui podemos até assistir ao programa matinal do ursinho Bilu Quanto à regência do verbo assistir, marque o item que não está de acordo com a norma padrão: A) Ele assiste nesta cidade há bastante tempo; B) Os bons médicos assistem os doentes com bastante atenção; C) Assisti a todos os Jogos do Campeonato Cearense; D) O direito à educação assiste a todos os cidadãos; E) Vamos assistir o filme que está em exibição no cinema. Página 1 de 8

2 QUESTÃO 05 No primeiro quadrinho, na fala da Mônica:...Vocês não me enganam. O sujeito dessa oração classifica-se como: A) Simples; B) Oculto ou desinencial; C) Indeterminado; D) Composto; E) Oração sem sujeito. MATEMÁTICA QUESTÃO 06 Após as férias, a turma do 2º ano fez um gráfico para representar os lugares frequentados pelas crianças no período de descanso. Veja como ficou: De acordo com as informações do gráfico, podemos afirmar que: A) A quantidade de crianças que foram para a fazenda corresponde à metade da quantidade de crianças que foram para a praia; B) A diferença entre a quantidade de crianças que foram para a praia e a quantidade de crianças que ficaram na cidade é de cinco crianças; C) As quantidades de crianças que foram para a fazenda e que ficaram na cidade juntas, correspondem à quantidade de crianças que foram à praia; D) A quantidade de crianças que ficaram na cidade corresponde ao menor valor no gráfico; E) A quantidade de crianças que ficaram na cidade corresponde ao maior valor no gráfico. QUESTÃO 07 Renata e Alice estavam jogando Formando Números. Elas sorteavam 2 algarismos e formavam o maior número possível com eles. Veja os números que elas formaram em 3 rodadas do jogo. Renata Alice 1ª rodada ª rodada ª rodada A) Alice ganhou 1 rodada e Renata ganhou 2 rodadas; B) Todos os números formados por Renata estão entre 10 e 40; C) Em todas as rodadas, Alice formou o maior número possível com os algarismos sorteados; D) Renata poderia ter ganhado todas as rodadas se ela formasse outro número com os algarismos que sorteou; E) Alice poderia ter ganho todas as rodadas se ela formasse outro número com os algarismos que sorteou. Página 2 de 8

3 QUESTÃO 08 Veja a previsão do tempo em Curitiba para os dias 30/11/2009 e 02/12/2009. Segunda-Feira, 30/11 Nascer e pôr-do-sol Previsão do tempo Temperatura 6h18 19h54 manhã tarde noite Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite. Máxima: 29ºC Mínima: 19ºC Quarta-Feira, 02/12 Nascer e pôr-do-sol Previsão do tempo Temperatura 6h18 19h55 manhã tarde noite Chuvoso durante o dia e à noite. Máxima: 22ºC Mínima: 17ºC Ao observar os quadros acima, podemos dizer que: A) De acordo com a previsão, o dia 30/11 seria mais frio que o dia 02/12; B) O sol nasceu antes das 7 horas nesses dois dias; C) As temperaturas previstas nesses dias estariam entre 10 e 25 graus; D) A diferença entre as temperaturas máximas dos dois dias é de 10ºC; E) A temperatura mais alta foi no dia 02/12. QUESTÃO 09 Leia um trecho da reportagem e responda a questão à seguir. GORJETA Quando e quanto dar Todo mundo quer um serviço rápido e atencioso. Quando ele é oferecido, é natural que haja uma retribuição. A prática da gorjeta varia de país para país. Nos Estados Unidos e na França, por exemplo, ela é uma obrigação social: negar-se a dá-la num restaurante, por exemplo, é um ato de grosseria extrema. Já no Japão, oferecer gratificação em dinheiro a garçons e taxistas é uma ofensa. No Brasil não existe obrigação, mas a gorjeta é com frequência esperada. (...) Com ajuda de entidades de classe e consultores de etiqueta, VEJA chegou a situações e valores que bonificam sem exagero ou sem ofender quem prestou o serviço. No Brasil Em casa Posto de gasolina Supermercado Estacionamento A quem dar Entregador de pizza Frentistas e lavadores de carros Empacotadores Manobristas Quanto dar Entre 2 e 5 reais Entre 2 e 10 reais Entre 2 e 10 reais Entre 1 e 2 reais Marque a afirmativa verdadeira sobre as gorjetas sugeridas pela VEJA no Brasil: A) As menores gorjetas sugeridas são para os manobristas em estacionamentos; B) Os empacotadores de supermercado devem receber mais gorjeta que os lavadores de carro; C) Oferecer 10 reais como gorjeta para um manobrista de estacionamento seria um exagero de acordo com a revista; D) No posto de gasolina, a gorjeta máxima que deve ser dada para um frentista é de 2 reais; E) As maiores gorjetas deveriam ser para os entregadores de pizza segundo a revista. QUESTÃO 10 Em muitos países, é esperada uma gorjeta nos táxis. Na França, deve-se dar o troco como gorjeta. Um turista francês veio ao Rio de Janeiro e pegou um táxi do aeroporto até o local onde ficaria hospedado. O valor da corrida foi de R$ 64,00. Ele pagou com 4 notas de 20 reais e deu o troco como gorjeta para o taxista. Quanto o taxista ganhou de gorjeta? A) 16 reais; B) 24 reais; C) 26 reais; D) 44 reais; E) 120 reais. Página 3 de 8

4 ATUALIDADES QUESTÃO 11 Em sua mais recente reunião o COPOM decidiu, mais uma vez, pela redução da taxa básica de juros no Brasil. Assinale a alternativa que aponta corretamente, o significado da sigla COPOM: A) Conselho de Política Monetária; B) Conselho de Polícia Monetária; C) Comitê de Política Monetária; D) Comitê de Polícia Monetária; E) Conselho Público Monetário. QUESTÃO 12 Assinale a alternativa que aponta corretamente o Vice- Governador do Estado do Ceará: A) Francisco Pinheiro; B) Domingos Filho; C) Roberto Cláudio; D) Ivo Gomes; E) Arísio Costa. QUESTÃO 13 Assinale a alternativa que aponta incorretamente uma das cidades que sediará jogos da Copa das Confederações em 2013: A) Fortaleza; B) Rio de Janeiro; C) Recife; D) Belo Horizonte; E) São Paulo. QUESTÃO 14 Assinale a alternativa que aponta incorretamente um ano bissexto: A) 2008; B) 2006; C) 2012; D) 2004; E) QUESTÃO 15 Assinale a alternativa que aponta incorretamente um país que atualmente ainda possui a monarquia como integrante do governo: A) Bulgária; B) Jordânia; C) Inglaterra; D) Espanha; E) Japão. CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS QUESTÃO 16 Assinale a alternativa que aponta corretamente a unidade de medida utilizada na aquisição de pisos e cerâmicas: A) Quilograma; B) Metro quadrado; C) Metro cúbico; D) Litro; E) Hectare. QUESTÃO 17 Assinale a alternativa que aponta corretamente a unidade de medida utilizada na aquisição de cimento: A) Quilograma B) Metro quadrado C) Metro cúbico D) Litro E) Hectare QUESTÃO 18 Assinale a alternativa que aponta corretamente a unidade de medida utilizada na aquisição de tintas e vernizes: A) Quilograma; B) Metro quadrado; C) Metro cúbico; D) Litro; E) Hectare. QUESTÃO 19 Assinale a alternativa que aponta corretamente a unidade de medida utilizada na aquisição de areia: A) Quilograma; B) Metro quadrado; C) Metro cúbico; D) Litro; E) Hectare. QUESTÃO 20 Assinale a alternativa que aponta corretamente o valor correspondente a 100 km (cem quilômetros): A) m; B) m; C) m; D) m; E) 100 m. QUESTÃO 21 Assinale a alternativa que aponta incorretamente um tipo de telha: A) Ecológica; B) Romana; C) Argentina; D) Portuguesa; E) Colonial. Página 4 de 8

5 QUESTÃO 22 Indique a opção correta abaixo que determina o período mínimo para a aplicação de rejunte após a conclusão do assentamento de placas cerâmicas: QUESTÃO 27 A ferramenta abaixo é denominada: A) Um dia; B) Dois dias; C) Três dias; D) Sete dias; E) Pode se aplicar em qualquer dia após a conclusão do assentamento. QUESTÃO 23 Podemos afirmar com certeza que argamassa mista e composta é a mistura de: A) Um aglomerante mais dois agregados; B) Um aglomerante e um agregado; C) Um aglomerante mais um agregado mais água; D) Dois aglomerantes mais dois agregados; E) Dois ou mais aglomerantes mais agregados miúdos e água. QUESTÃO 24 Existem vários processos para execução de chapisco em paredes e tetos, como chapisco com colher de pedreiro, chapisco com peneira, chapisco com rolo e chapisco com desempenadeira. Uma das opções abaixo indica os dois processos mais econômicos. Assinale qual: A) Chapisco com desempenadeira e com colher de pedreiro; B) Chapisco com colher de pedreiro e com rolo; C) Chapisco com peneira e com desempenadeira; D) Chapisco com rolo e com desempenadeira; E) Chapisco com rolo e com peneira. QUESTÃO 25 As etapas completas para a execução de um reboco estão indicadas em apenas uma das opções abaixo. Determine qual é. A) Chapiscar, taliscar paredes, fazer mestras, encher panos, aplicar desempenar argamassa, alisar com desempenadeira de feltro ou esponja; B) Taliscar paredes, Fazer mestras, encher panos desempenar argamassa; C) Taliscar paredes, fazer mestras, encher panos; D) Taliscar paredes, Fazer mestras, encher panos desempenar argamassa e desempenar; E) Todas estão corretas. A) Amassador; B) Régua; C) Desempenadeira; D) Colher de pedreiro; E) Suporte metálico. Sobres as medidas de área, correto afirmar: QUESTÃO 28 1 decâmetro (dam) equivale a: A) 1000 m; B) 1000 cm; C) 1000 mm; D) 1000 km; E) 1000 hm. QUESTÃO 29 1 metro quadrado (m²) equivale a: A) cm²; B) cm²; C) 100 cm²; D) 10 cm²; E) 1 cm². QUESTÃO 30 Das unidades de medida listadas abaixo, assinale aquela que não corresponde a unidade de medida de volume: A) Metro cúbico; B) Centímetro cúbico; C) Milímetro cúbico; D) Metro quadrado; E) Decâmetro cúbico. QUESTÃO 26 Pequenas peças de argila simples ou esmaltada coladas sobre papel grosso para facilitar sua aplicação. Assinale a opção que correspondente a este revestimento é denominado: A) Mármore; B) Granito; C) Pastilha; D) Porcelanato; E) Cerâmica. Página 5 de 8

6 QUESTÃO 31 Sobre as Normas de Segurança do Trabalho na construção de telhados e coberturas, assinale a alternativa incorreta: A) Para trabalho em telhados e coberturas devem ser utilizados dispositivos dimensionados por profissional legalmente habilitado e que permitam a movimentação segura dos trabalhadores; B) É obrigatória a instalação de cabo guia ou cabo de segurança para fixação de mecanismo de ligação por talabarte acoplado ao cinto de segurança tipo paraquedista; C) É recomendada a concentração de cargas em um mesmo ponto sobre telhado ou cobertura; D) ÉR proibida a realização de trabalho ou atividades em telhados ou coberturas sobre fornos ou qualquer equipamento do qual possa haver emanação de gases, provenientes ou não de processos industriais; E) É proibida a realização de trabalho ou atividades em telhados ou coberturas em caso de ocorrência de chuvas, ventos fortes ou superfícies escorregadias. QUESTÃO 32 Sobre as Normas de Segurança do Trabalho nos serviços de alvenaria, revestimentos e acabamentos, assinale a alternativa incorreta: A) Após a colocação, os vidros não devem ser marcados de maneira visível; B) Os quadros fixos de tomadas energizadas devem ser protegidos sempre que no local forem executados serviços de revestimento e acabamento; C) Os locais abaixo das áreas de colocação de vidro devem ser interditados ou protegidos contra queda de material; D) Após a colocação, os vidros devem ser marcados de maneira visível; E) Devem ser utilizadas técnicas que garantam a estabilidade das paredes de alvenaria da periferia. QUESTÃO 33 Sobre a utilização de andaimes e plataformas de trabalho em obras de construção civil, assinale a alternativa incorreta: A) O dimensionamento dos andaimes, sua estrutura de sustentação e fixação, deve ser realizado por profissional legalmente habilitado; B) Os projetos de andaimes do tipo fachadeiro, suspensos e em balanço devem ser acompanhados pela respectiva Anotação de Responsabilidade Técnica; C) Os andaimes devem ser dimensionados e construídos de modo a suportar, com segurança, as cargas de trabalho a que estarão sujeitos; D) Qualquer empresa pode fabricar andaimes completos ou quaisquer componentes estruturais; E) Devem ser gravados nos painéis, tubos, pisos e contraventamentos dos andaimes, de forma aparente e indelével, a identificação do fabricante, referência do tipo, lote e ano de fabricação. QUESTÃO 34 Um pedreiro tinha um milheiro de tijolos para fazer um muro. Na segunda-feira usou 175 tijolos, na terça-feira usou 198 tijolos e, na quarta, 238 tijolos. Sobraram para o trabalho do resta da semana: A) 499 tijolos; B) 509 tijolos; C) 619 tijolos; D) 389 tijolos; E) 398 tijolos. QUESTÃO 35 3m³ de concreto para laje custam R$ 439,50. Para concretar toda minha casa eu usarei 23m³ de concreto; portanto, gastarei na concretagem: A) R$ ,50; B) R$ 3.148,50; C) R$ 3.169,50; D) R$ 9.997,50; E) R$ 3.369,50. QUESTÃO 36 Um pedreiro trabalhou numa obra 42 horas e meia por semana, durante 18 semanas; portanto nesse período, trabalhou: A) 761 horas; B) 765 horas; C) 756 horas; D) 746 horas; E) 755 horas. QUESTÃO 37 Se o pedreiro da questão anterior cobrar R$ 6,50 por hora trabalhada, receberá nesse período: A) R$ 4.946,50; B) R$ 4.914,00; C) R$ 4.849,00; D) R$ 4.907,50; E) R$ 4.972,50. QUESTÃO 38 Um pedreiro vai colocar lajota num salão que mede 12 m por 4,5 m. Irá cobrar R$ 4,80 por m² de lajota colocada. Receberá por esse serviço: A) R$ 254,20; B) R$ 259,20; C) R$ 240,00; D) R$ 244,00; E) R$ 249,20. Página 6 de 8

7 QUESTÃO 39 A ferramenta que consiste num tubo de plástico longo, fino e transparente, onde se coloca água, é usada pelo pedreiro para verificar: A) O prumo da parede; B) A largura do pé-direito; C) O nível do piso; D) A quantidade de argamassa; E) As medidas do aposento construído. QUESTÃO 40 Um pedreiro recebeu a missão de informar ao carpinteiro as medidas para construir um caixote com as seguintes medidas: base, 50 cm de comprimento, 40 cm de largura, com uma altura de 35 cm. Assinale a opção que indica o volume: A) 700 cm³; B) 0,7 cm³; C) 0,007 cm³; D) 7 cm³; E) 70 cm³. QUESTÃO 41 Para se construir somente a parte da elevação de um muro com 140,00 m², foram gastos três milheiros e meio de tijolos. Marque a opção abaixo que contem a quantidade de tijolos 9x19x19cm, por metro quadrado aplicado neste muro: A) 68 tijolos/m²; B) 14 tijolos/m²; C) 21 tijolos/m²; D) 25 tijolos/m²; E) 32 tijolos/m². QUESTÃO 42 Com relação aos equipamentos de proteção individual é correto afirmar: A) A empresa não é obrigada a fornecer aos empregados, gratuitamente, equipamento de proteção individual adequado ao risco e em perfeito estado de conservação e funcionamento, sempre que as medidas de ordem geral não ofereçam completa proteção contra os riscos de acidentes e danos à saúde dos empregados; B) A empresa é obrigada a fornecer aos empregados mais velhos, gratuitamente, equipamento de proteção individual adequado ao risco e em perfeito estado de conservação e funcionamento, sempre que as medidas de ordem geral não ofereçam completa proteção contra os riscos de acidentes e danos à saúde dos empregados; C) A empresa é obrigada a fornecer aos empregados, gratuitamente, equipamento de proteção individual adequado ao risco e em perfeito estado de conservação e funcionamento, sempre que as medidas de ordem geral não ofereçam completa proteção contra os riscos de acidentes e danos à saúde dos empregados; D) A empresa é obrigada a fornecer somente aos empregados que trabalham com eletricidade, gratuitamente, equipamento de proteção individual adequado ao risco e em perfeito estado de conservação e funcionamento, sempre que as medidas de ordem geral não ofereçam completa proteção contra os riscos de acidentes e danos à saúde dos empregados; E) Todas as alternativas anteriores estão corretas. QUESTÃO 43 As Normas NBR: , e (Abril/1997) citam as ferramentas: Maquita, Régua de pedreiro, Mangueira de nível, Nível de bolha, Prumo de face, Colher de pedreiro, martelo de borracha, Ponteiro, Linha de Nylon, Prego de aço, Lápis de carpinteiro, Desempenadeira de borracha, Esquadro, Balde de plástico, Espátula plástica, recipiente plástico ou de metal (Masseira), Vassoura, Rodo, Broxa e Metro articulado, que devem ser checadas e utilizadas pelo profissional assentador de placas cerâmicas. Na relação estão faltando algumas ferramentas. Veja as opções abaixo e marque em qual delas está as ferramentas faltantes: A) Cortador manual e Desempenadeira de aço dentada de 8 cm e 6 cm; B) Marreta de 5 kg e Serrote; C) Serrote e Prumo de centro; D) Prumo de centro; E) Serrote e marreta de 5 Kg. QUESTÃO 44 O mestre de uma determinada obra passou a missão a um pedreiro para fazer uma empena com inclinação de 25%. Sabese que a empena deverá ser executada em uma parede com vão de 4,00m e que esta empena tem uma só inclinação. Determine entre as opções abaixo qual será a maior altura somente da empena: A) A empena terá 2,00m de altura; B) A empena terá 1,50m de altura; C) A empena terá 1,00m de altura; D) A empena terá 1,25m de altura; E) A empena terá 2,50m de altura. QUESTÃO 45 A pedra quebrada em fragmentos de diversos diâmetros é utilizada na fabricação de concreto no lastro de rodovias e obras da construção civil: A) Plástico; B) Brita; C) Areia; D) Concreto; E) Pedra. Página 7 de 8

8 QUESTÃO 46 Nas opções abaixo, diga o nome técnico do prumo e qual a sua utilização: QUESTÃO 50 Assinale o item abaixo que contem todos os EPI s (Equipamentos de Proteção Individual) necessários para a segurança dos operários da construção civil: A) Capacete, óculos de proteção, luva de raspa de couro, narizeira e luva de borracha; B) Capacete e bota; C) Capacete, óculos de proteção, narizeira e luva de borracha; D) Capacete e óculos; E) Óculos de proteção, narizeira e luva de borracha. A) Prumo de face e serve para determinar verticalidades; B) Prumo de centro e serve para determinar e conferir superfícies; C) Prumo de centro e serve para determinação de eixos e transporte de Pontos horizontais para verticais e verticais para horizontais; D) Não tem utilização em construção civil; E) Prumo de face e serve para determinar e conferir superfícies. QUESTÃO 47 De acordo com a norma para assentamento de tijolos ou blocos, existe uma espessura mínima para as camadas de argamassa. Assinale a opção abaixo que indica a resposta correta: A) Dois centímetros entre camadas; B) Entre um e meio e dois centímetros entre camadas; C) Entre um e um centímetro e meio entre camadas; D) O pedreiro é quem determina a espessura entre as camadas; E) Entre dois e meio e três centímetros entre camadas. QUESTÃO 48 Existe uma relação entre o assentamento das fiadas executadas de tijolos ou blocos. Assinale a opção que contém uma resposta correta para esta relação: A) A 3ª fiada deve ser igual a 1ª e a 4ª igual a 2ª e assim por diante; B) A 1ª fiada deve ser igual a 2ª e a 3ª igual a 4ª e assim por diante; C) A 2ª deve ser igual a 1ª e 4ª igual a 3ª e assim por diante; D) Não existe relação entre fiadas; E) A 1ª fiada deve ser igual a 4ª e a 2ª igual a 3ª e assim por diante. QUESTÃO 49 O aparecimento do stress no ambiente de trabalho pode estar relacionado à situações reais ou imaginárias, e suas principais causas podem ser: A) Acúmulo de raiva e sentimentos negativos; B) Problemas de relacionamento; C) Descontrole diante de situações críticas; D) Preocupação excessiva, falta de descanso; E) Todas estão corretas. Página 8 de 8

0107 AGENTE COMUNITARIO DE SAUDE - PSF DE FLECHEIRAS - BARREIRO

0107 AGENTE COMUNITARIO DE SAUDE - PSF DE FLECHEIRAS - BARREIRO PORTUGUÊS 0107 AGENTE COMUNITARIO DE SAUDE - PSF DE FLECHEIRAS - BARREIRO Leia o texto para responder as questões de 01 a 03: Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.

Leia mais

Execuções de Obras e Segurança no Trabalho

Execuções de Obras e Segurança no Trabalho Execuções de Obras e Segurança no Trabalho Revestimento cerâmico em Integrantes do Grupo: Domingos M. da S. Vicente Filho RA 086833 Rômulo Braga Salvador RA 089759 Danilo Nunes Cardoso RA 084401 Santos

Leia mais

Principais funções de um revestimento de fachada: Estanqueidade Estética

Principais funções de um revestimento de fachada: Estanqueidade Estética REVESTIMENTO DE FACHADA Principais funções de um revestimento de fachada: Estanqueidade Estética Documentos de referência para a execução do serviço: Projeto arquitetônico Projeto de esquadrias NR 18 20

Leia mais

REVESTIMENTO DEFACHADA. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I

REVESTIMENTO DEFACHADA. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I REVESTIMENTO DEFACHADA Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I FUNÇÕES DO REVESTIMENTO DE FACHADA Estanqueida de Estética CONDIÇÕES DE INÍCIO

Leia mais

Aplicações Xadrez Pigmento em Pó

Aplicações Xadrez Pigmento em Pó Dê asas à sua imaginação nas diversas aplicações do Pó Xadrez. Aplicações Xadrez Pigmento em Pó O PÓ XADREZ é um pigmento concentrado que proporciona efeitos decorativos em diversas aplicações. Mais econômico,

Leia mais

OFÍCIO DE PEDREIRO AUTOR: JOSÉ VIEIRA CABRAL

OFÍCIO DE PEDREIRO AUTOR: JOSÉ VIEIRA CABRAL OFÍCIO DE PEDREIRO AUTOR: JOSÉ VIEIRA CABRAL 3. ASSENTAMENTOS DE BLOCOS COMUNS. 4. COMO CALCULAR VOLUMES DE PEDRA E AREIA EM UM CAMINHÃO. 5. NORMAS REGULAMENTADORAS. 6. VOCABULÁRIO DE CONSTRUÇÃO CIVIL.

Leia mais

MAXIJUNTA - 3 EM 1 PRODUTO:

MAXIJUNTA - 3 EM 1 PRODUTO: INDICAÇÕES: Argamassa colante de assentamento e rejuntamento simultâneo flexível de alta adesividade para áreas internas e externas. Assenta e rejunta pastilhas de porcelana e cerâmica até 7,5 x 7,5 cm,

Leia mais

IFES/CAMPUS DE ALEGRE - ES PROJETO BÁSICO

IFES/CAMPUS DE ALEGRE - ES PROJETO BÁSICO IFES/CAMPUS DE ALEGRE - ES PROJETO BÁSICO Especificação Destinada Construção do Núcleo de Empresas Junior INTRODUÇÃO A execução dos serviços referente Construção do Núcleo de Empresas Junior, obedecerá

Leia mais

MANUAL DO C L I E N T E

MANUAL DO C L I E N T E MANUAL DO C L I E N T E 1 Recebendo o revestimento na obra 1.1 Comparar a nota fiscal com o pedido SUMÁRIO 2 3 4 5 Manuseio e armazenamento 2.1 2.2 Ter cuidado no manuseio Empilhamento dos revestimentos

Leia mais

Dicas importantes para você construir ou reformar a sua casa.

Dicas importantes para você construir ou reformar a sua casa. Distribuição gratuita Dicas importantes para você construir ou reformar a sua casa. 1 Este folheto fornece informações úteis para orientá-lo na construção ou reforma de sua casa. Qualquer construção ou

Leia mais

SOLUÇÕES PRÁTICAS E INOVADORAS PARA A SUA OBRA

SOLUÇÕES PRÁTICAS E INOVADORAS PARA A SUA OBRA Soluções para Construção Fortaleza Março - 2015 SOLUÇÕES PRÁTICAS E INOVADORAS PARA A SUA OBRA Assentar e rejuntar Sobrepor Revestir Renovar QUALIDADE, CRIATIVIDADE E INOVAÇÃO sempre foram as forças que

Leia mais

MAXIJUNTA - PASTILHAS DE PORCELANA

MAXIJUNTA - PASTILHAS DE PORCELANA INDICAÇÕES: Argamassa colante de assentamento e rejuntamento simultâneo flexível, de alta adesividade, para áreas internas e externas. O Maxijunta Pastilhas de Porcelana é indicado principalmente para

Leia mais

Excelente para o assentamento e rejuntamento simultâneo de pastilhas de porcelana e vidro;

Excelente para o assentamento e rejuntamento simultâneo de pastilhas de porcelana e vidro; 01 Descrição: NOVO PRODUTO votomassa é uma argamassa que proporciona alta aderência e trabalhabilidade no assentamento de de porcelana e vidro 02 Classificação: votomassa combina cimento Portland, agregados

Leia mais

Revestimento de fachadas: aspectos executivos

Revestimento de fachadas: aspectos executivos UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA Setembro, 2009 Revestimento de fachadas: aspectos executivos Eng.º Antônio Freitas da Silva Filho Engenheiro Civil pela UFBA Julho de 1982; Engenheiro da Concreta Tecnologia

Leia mais

DIMENSÃO MÁXIMA PLACAS CERÂMICAS E PORCELANATOS. 45 x 45 cm. 45 x 45 cm. 60 x 60 cm. 60x 60 cm

DIMENSÃO MÁXIMA PLACAS CERÂMICAS E PORCELANATOS. 45 x 45 cm. 45 x 45 cm. 60 x 60 cm. 60x 60 cm 01 DESCRIÇÃO: Argamassa leve de excelente trabalhabilidade, ideal para assentamento de revestimentos cerâmicos, porcelanatos, pedras rústicas em áreas internas e externas em pisos e paredes; Aplicação

Leia mais

Construção de Edícula

Construção de Edícula Guia para Construção de Edícula Guia do montador Mais resistência e conforto para sua vida. As paredes com Placas Cimentícias Impermeabilizadas e Perfis Estruturais de Aço Galvanizado para steel framing

Leia mais

cerâmica externa ficha técnica do produto

cerâmica externa ficha técnica do produto 01 Descrição: Argamassa leve de excelente trabalhabilidade e aderência, formulada especialmente para aplicação de revestimentos cerâmicos em áreas internas e s. 02 Classificação técnica: ANTES Colante

Leia mais

bloco de vidro ficha técnica do produto

bloco de vidro ficha técnica do produto 01 Descrição: votomassa é uma argamassa leve de excelente trabalhabilidade e aderência, formulada especialmente para assentamento e rejuntamento de s. 02 Classificação técnica: ANTES 205 Bloco votomassa

Leia mais

BRICKA ALVENARIA ESTRUTURAL

BRICKA ALVENARIA ESTRUTURAL BRICKA ALVENARIA ESTRUTURAL BRICKA ALVENARIA ESTRUTURAL Indice ALVENARIA ESTRUTURAL MANUAL DE EXECUÇÃO E TREINAMENTO...1 O QUE É ALVENARIA ESTRUTURAL?...1 Seu trabalho fica mais fácil...1 CUIDADOS QUE

Leia mais

Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção

Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção Por que eu devo utilizar equipamentos de segurança e onde encontrá-los? Os Equipamentos de Proteção Individual (EPI) foram feitos para evitar

Leia mais

RESULTADO DO JULGAMENTO DA LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 556/2010

RESULTADO DO JULGAMENTO DA LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 556/2010 RESULTADO DO JULGAMENTO DA LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 556/ A Comissão de Licitações do Sistema FIEP, instituída pela Portaria nº 7/, informa o RESULTADO da Licitação Pregão Presencial SESI/SENAI nº

Leia mais

porcelanato interno ficha técnica do produto

porcelanato interno ficha técnica do produto 01 DESCRIÇÃO: votomassa é uma argamassa leve de excelente trabalhabilidade e aderência, formulada especialmente para aplicação de revestimentos cerâmicos e s em áreas internas. 02 CLASSIFICAÇÃO TÉCNICA:

Leia mais

Argamassa colante para assentamento de peças cerâmicas em áreas internas. SUPERFÍCIES INDICADAS PARA APLICAÇÃO Áreas internas. Emboço ou contrapiso sarrafeado ou desempenado, com pelo menos 14 dias de

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAÇADOR SECRETARIA MUNICPAL DE EDUCAÇÃO MEMORIAL DESCRITIVO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAÇADOR SECRETARIA MUNICPAL DE EDUCAÇÃO MEMORIAL DESCRITIVO MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: REFORMA DA ESCOLA ALCIDES TOMBINI LOCALIZAÇÃO: Rua Augusto Driessen Bairro: Sorgatto 1. DEMOLIÇÕES Todas as paredes internas dos banheiros deverão ser demolidas. Todo o revestimento

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. 2.0 - Calçadas Externas/rampa/escada:

MEMORIAL DESCRITIVO. 2.0 - Calçadas Externas/rampa/escada: PROJETO Nº 051/2013 Solicitação: Memorial Descritivo Tipo da Obra: Reforma, ampliação e adequação acesso Posto de Saúde Santa Rita Área existente: 146,95 m² Área ampliar: 7,00 m² Área calçadas e passeio:

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO 01 / 2010 CARGO DE: PEDREIRO

CONCURSO PÚBLICO 01 / 2010 CARGO DE: PEDREIRO 1 EMDUR Empresa de Desenvolvimento Urbano e Rural de Toledo CONCURSO PÚBLICO 01 / 2010 05 / SETEMBRO / 2010 CARGO DE: PEDREIRO Nome por extenso: (Use letra de forma) Inscrição nº Assinatura: INSTRUÇÕES

Leia mais

ANDAIMES SUSPENSOS (Alterado pela Portaria SIT n.º 30, de 20 de dezembro de 2001)

ANDAIMES SUSPENSOS (Alterado pela Portaria SIT n.º 30, de 20 de dezembro de 2001) NR-18 Andaime Suspenso Mecânico ANDAIMES SUSPENSOS (Alterado pela Portaria SIT n.º 30, de 20 de dezembro de 2001) NR-18.15.30 Os sistemas de fixação e sustentação e as estruturas de apoio dos andaimes

Leia mais

Edificações - revestimento de paredes

Edificações - revestimento de paredes MT - DEPARTAMENTO NACIONAL DE ESTRADAS DE RODAGEM DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO - IPR DIVISÃO DE CAPACITAÇÃO TECNOLÓGICA Rodovia Presidente Dutra km 163 - Centro Rodoviário, Parada de Lucas

Leia mais

Prefeitura Municipal de Piratini

Prefeitura Municipal de Piratini MEMORIAL DESCRITIVO O presente Memorial Descritivo visa estabelecer as condições de materiais e execução referentes à construção de um Vestiário Esportivo, localizado na Av. 6 de julho s/n, em Piratini/RS,

Leia mais

BIANCO. Preparo do substrato As superfícies devem estar limpas, porosas, isentas de pó ou oleosidade e serem umedecidas antes da aplicação.

BIANCO. Preparo do substrato As superfícies devem estar limpas, porosas, isentas de pó ou oleosidade e serem umedecidas antes da aplicação. Produto é uma resina sintética, de alto desempenho, que proporciona excelente aderência das argamassas aos mais diversos substratos. Confere maior plasticidade e, assim, maior resistência ao desgaste e

Leia mais

METODOLOGIA DE EXECUÇÃO - PASSO A PASSO PARA CONSTRUIR ALVENARIAS DE BLOCOS VAZADOS DE CONCRETO

METODOLOGIA DE EXECUÇÃO - PASSO A PASSO PARA CONSTRUIR ALVENARIAS DE BLOCOS VAZADOS DE CONCRETO METODOLOGIA DE EXECUÇÃO - PASSO A PASSO PARA CONSTRUIR ALVENARIAS DE BLOCOS VAZADOS DE CONCRETO Segurança Antes do início de qualquer serviço, verificar a existência e condições dos equipamentos de segurança

Leia mais

FOLHETO TÉCNICO 1. CARACTERÍSTICAS

FOLHETO TÉCNICO 1. CARACTERÍSTICAS FOLHETO TÉCNICO As TELHAS PERKUS são produzidas com argila microgranulada conformada em prensas de grande capacidade de compactação, num processo de monoqueima em fornos a rolo, em temperaturas acima de

Leia mais

Escolha sua melhor opção e estude para concursos sem gastar nada

Escolha sua melhor opção e estude para concursos sem gastar nada Escolha sua melhor opção e estude para concursos sem gastar nada 06. Observe o quadrinho. Para responder às questões de números 08 a 12, leia o texto. (Folha de S.Paulo, 14.06.2013. Adaptado) Assinale

Leia mais

TIPO ESP. LOCAL APLIC. 6mm Coberta da Cloaca

TIPO ESP. LOCAL APLIC. 6mm Coberta da Cloaca FABRICANTE Eternit TIPO ESP. LOCAL APLIC. Ondulada 6mm Coberta da Cloaca COR - As telhas serão de fibrocimento 6mm, Eternit ou equivalente técnico de procedência conhecida e idônea, textura homogênea,

Leia mais

Execução e Manutenção de Pavimento Intertravado. MSc. Eng. Cláudio Oliveira Silva

Execução e Manutenção de Pavimento Intertravado. MSc. Eng. Cláudio Oliveira Silva Execução e Manutenção de MSc. Eng. Cláudio Oliveira Silva Norma de Execução e Manutenção NBR 15953 com peças de concreto - Execução NBR 15953 Escopo Se aplica à pavimentação intertravada com peças de concreto

Leia mais

Leia estas instruções:

Leia estas instruções: Leia estas instruções: 1 2 3 Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado. Este Caderno contém 35 questões de múltipla escolha, dispostas

Leia mais

MANUAL TÉCNICO. (Proteção Periférica Primária e Secundária)

MANUAL TÉCNICO. (Proteção Periférica Primária e Secundária) MANUAL TÉCNICO (Proteção Periférica Primária e Secundária). 2 SUMÁRIO Proteção Periférica Primária e Secundária...03 Descrição Técnica...04 Sistema de Ancoragem...06 Norma Regulamentadora NR-18...07 Atualização

Leia mais

CONTRAPISO Documentos de referência Condições para o início dos trabalhos Preparo da base Marcação do nível do contrapiso

CONTRAPISO Documentos de referência Condições para o início dos trabalhos Preparo da base Marcação do nível do contrapiso CONTRAPISO 1 camada (s) de argamassa (s) que pode ser aplicada sobre a laje ou lastro de concreto, sobre camada de impermeabilização* ou sobre camada de isolamento térmico/acústico* (* na maioria das vezes

Leia mais

ENGENHARIA DE SEGURANÇA

ENGENHARIA DE SEGURANÇA ESTADO DE MATO GROSSO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO FACULDADE DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL ENGENHARIA DE SEGURANÇA P R O F ª K A R E N W R O B E L S T R A

Leia mais

ANDAIME FACHADEIRO ANDAIME FACHADEIRO

ANDAIME FACHADEIRO ANDAIME FACHADEIRO e MANUAL TÉCNICO ANDAIME FACHADEIRO ANDAIME FACHADEIRO Trabalho em Altura Uma das principais causas de acidentes de trabalho graves e fatais se deve a eventos envolvendo quedas de trabalhadores de diferentes

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA EXECUÇÃO DE REVESTIMENTO INTERNO COM PROGESSO PROJETÁVEL

PROCEDIMENTOS PARA EXECUÇÃO DE REVESTIMENTO INTERNO COM PROGESSO PROJETÁVEL PROCEDIMENTOS PARA EXECUÇÃO DE REVESTIMENTO INTERNO COM PROGESSO PROJETÁVEL DESCRIÇÃO DO MÉTODO DE EXECUÇÃO: 1. Condições para o início dos serviços A alvenaria deve estar concluída e verificada. As superfícies

Leia mais

ANDAIMES E PLATAFORMAS DE TRABALHO

ANDAIMES E PLATAFORMAS DE TRABALHO Página: 1 de 5 ITEM TEXTO ATUAL TEXTO PROPOSTO 18.15.1 Manter 18.15.1.1 18.15.2 Os andaimes devem ser dimensionados e construídos de modo a suportar, com segurança, as cargas de trabalho a que estarão

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO CIVIL

MEMORIAL DESCRITIVO CIVIL MEMORIAL DESCRITIVO CIVIL I SERVIÇOS DE ENGENHARIA Constitui objeto do presente memorial descritivo uma edificação para abrigar segura e adequadamente equipamentos de rede estabilizada, Grupo Moto-gerador

Leia mais

Seja bem Vindo! NR 8 Edificações. Carga horária: 30hs

Seja bem Vindo! NR 8 Edificações. Carga horária: 30hs Seja bem Vindo! Curso NR 8 Edificações CursosOnlineSP.com.br Carga horária: 30hs Conteúdo programático: Introdução Circulação Atividades em Edificações com Risco de Queda Cuidados Extras na Circulação

Leia mais

EXECUÇÃO DO REVESTIMENTO ARGAMASSA DE FACHADA DE P R O M O Ç Ã O

EXECUÇÃO DO REVESTIMENTO ARGAMASSA DE FACHADA DE P R O M O Ç Ã O EXECUÇÃO DO REVESTIMENTO DE FACHADA DE ARGAMASSA P R O M O Ç Ã O Início dos Serviços Alvenarias concluídas há 30 dias e fixadas internamente há 15 dias Estrutura concluída há 120 dias Contra marcos chumbados

Leia mais

DCC - RESPONDENDO AS DÚVIDAS 01. CUIDADOS PRELIMINARES A SEREM TOMADOS

DCC - RESPONDENDO AS DÚVIDAS 01. CUIDADOS PRELIMINARES A SEREM TOMADOS DCC - RESPONDENDO AS DÚVIDAS 01. CUIDADOS PRELIMINARES A SEREM TOMADOS Av. Torres de Oliveira, 76 - Jaguaré CEP 05347-902 - São Paulo / SP CUIDADOS PRELIMINARES A SEREM TOMADOS 1. COMPRA DO TERRENO Sobre

Leia mais

Manual de assentamento em piso PARA PRODUTOS COM ESPESSURA ACIMA DE 8,0MM

Manual de assentamento em piso PARA PRODUTOS COM ESPESSURA ACIMA DE 8,0MM Fevereiro 2015 Manual de assentamento em piso PARA PRODUTOS COM ESPESSURA ACIMA DE 8,0MM RECEBIMENTO E ARMAZENAMENTO DOS PRODUTOS Ao receber os produtos, confira se os mesmos estão em conformidade com

Leia mais

Cartilha de gestão de entulho de obra

Cartilha de gestão de entulho de obra Cartilha de gestão de entulho de obra Introdução O Sinduscon-CE anualmente investe na publicação de manuais de segurança e sustentabilidade para o setor, com forma de incentivar as boas-práticas na construção

Leia mais

ANEXO XII - MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO

ANEXO XII - MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO ANEXO XII - MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO 4.1 APRESENTAÇÃO O presente memorial descritivo tem por finalidade determinar os detalhes de acabamento, tipo e a qualidade dos materiais a serem utilizados

Leia mais

Guia de instalação. Siga as instruções deste Guia para instalar corretamente as telhas Onduline. Só assim a garantia é válida.

Guia de instalação. Siga as instruções deste Guia para instalar corretamente as telhas Onduline. Só assim a garantia é válida. Guia de instalação Sua escolha inteligente em telhas Siga as instruções deste Guia para instalar corretamente as telhas Onduline. Só assim a garantia é válida. Sucesso em mais de 100 países. Agora, no

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DE ARQUITETURA REFORMA E AMPLIAÇÃO / OBRA INSTITUCIONAL EM ALVENARIA, FORRO DE GESSO E COBERTURA EM TELHA METÁLICA.

MEMORIAL DESCRITIVO DE ARQUITETURA REFORMA E AMPLIAÇÃO / OBRA INSTITUCIONAL EM ALVENARIA, FORRO DE GESSO E COBERTURA EM TELHA METÁLICA. MEMORIAL DESCRITIVO DE ARQUITETURA REFORMA E AMPLIAÇÃO / OBRA INSTITUCIONAL EM ALVENARIA, FORRO DE GESSO E COBERTURA EM TELHA METÁLICA. Dados da Obra: Endereço da obra: Rua Amazonas, nº512, Centro. Parte

Leia mais

Departamento de Água e Esgoto de Bauru

Departamento de Água e Esgoto de Bauru Língua Portuguesa Leia a tirinha abaixo para responder às questões de 1 a 5: a) O novo papel de parede do quarto da personagem Mônica; b) O antigo papel de parede do quarto da personagem Mônica; c) O novo

Leia mais

TECNOLOGIA DAS EDIFICAÇÕES III Prof. Antônio Neves de Carvalho Júnior I) REVESTIMENTOS DE PAREDES E TETOS

TECNOLOGIA DAS EDIFICAÇÕES III Prof. Antônio Neves de Carvalho Júnior I) REVESTIMENTOS DE PAREDES E TETOS TECNOLOGIA DAS EDIFICAÇÕES III Prof. Antônio Neves de Carvalho Júnior I) REVESTIMENTOS DE PAREDES E TETOS 1) INTRODUÇÃO ARGAMASSAS. Aglomerantes + agregados minerais + água (eventualmente aditivos). Intervalo

Leia mais

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA DATA agosto/2013 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.2 74209/001 Aquisição e assentamento de placas de obra em aço galvanizado. Abrigo Provisorio de madeira executado na obra para m² 6,00 157,35 944,10 1.3 01520.8.1.1

Leia mais

ALVENARIA EXECUÇÃO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I

ALVENARIA EXECUÇÃO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I ALVENARIA EXECUÇÃO Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I ALVENARIA CONDIÇÕES DE INÍCIO Vigas baldrames impermeabilizadas e niveladas,

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DOS PISOS VINÍLICOS EM MANTAS FORTHFLEX, FORTHPISO, FORTHVINYL, CARAVAN E PASTILLE FLOOR

MANUAL DE INSTALAÇÃO DOS PISOS VINÍLICOS EM MANTAS FORTHFLEX, FORTHPISO, FORTHVINYL, CARAVAN E PASTILLE FLOOR MANUAL DE INSTALAÇÃO DOS PISOS VINÍLICOS EM MANTAS FORTHFLEX, FORTHPISO, FORTHVINYL, CARAVAN E PASTILLE FLOOR ANTES DA INSTALAÇÃO: Para podermos ter uma excelente apresentação da instalação não dependemos

Leia mais

Grandezas e Medidas no CAp UFRJ Introdução. Exercícios

Grandezas e Medidas no CAp UFRJ Introdução. Exercícios Grandezas e Medidas no CAp UFRJ Introdução Exercícios 1) Indique três aspectos diferentes que podem ser medidos num carro. Para cada aspecto identificado, informe a grandeza e a unidade de medida correspondente

Leia mais

SÃO PAULO TURISMO S/A SELEÇÃO PÚBLICA EDITAL 001/2010. Cód. 36 Pedreiro. A vida

SÃO PAULO TURISMO S/A SELEÇÃO PÚBLICA EDITAL 001/2010. Cód. 36 Pedreiro. A vida SÃO PAULO TURISMO S/A SELEÇÃO PÚBLICA EDITAL 001/2010 Cód. 36 Pedreiro Leia atentamente o texto abaixo para responder as questões 1 e 2: A vida O meio ambiente é tudo que está a nossa volta, tudo o que

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA OBRA.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA OBRA. INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAM ENTO DE ENGENHARIA E INFRAESTRUTURA BR 406 - Km 73 n 3500 Perímetro Rural do Município de João Câmara / RN, CEP: 59550-000

Leia mais

PLANILHA DE SERVIÇOS GERAIS DE OBRA

PLANILHA DE SERVIÇOS GERAIS DE OBRA 1 PRELIMINARES 1.1 Instalações do canteiro de obra vb 1,00 5.000,00 5.000,00 90,09 1.2 Placa de obra 2,00m x 3,00m, conforme orietações da administração vb 1,00 550,00 550,00 9,91 SUB TOTAL PRELIMINARES

Leia mais

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA FONTES DE : SINAPI REFERENCIAL 05/14, MERCADO UNITÁRIO TOTAL 1.00 ADMINISTRAÇÃO LOCAL R$ 4.086,08 1.1 Mestre de obras mês 2,00 R$ 17,22 R$ 34,44 22,53% R$ 42,19 SINAPI IS 4069 1.2 PPRA/PCMSO und 1,00 R$

Leia mais

MANUAL TÉCNICO TUBO EQUIPADO

MANUAL TÉCNICO TUBO EQUIPADO MANUAL TÉCNICO TUBO EQUIPADO Andaime Tubo Equipado...03 Acessórios...04 Modos e Pontos de Ancoragem...05 Dicas Importantes...07 Acesso dos Andaimes...08 Informações de Segurança...09 Fotos Obras...10 Atualização

Leia mais

Obra: Ampliação Câmara de Vereadores Local : VRS- 801 Almirante Tamandaré do Sul - RS Proprietário: Prefeitura Municipal de Almirante Tamandaré do Sul

Obra: Ampliação Câmara de Vereadores Local : VRS- 801 Almirante Tamandaré do Sul - RS Proprietário: Prefeitura Municipal de Almirante Tamandaré do Sul MEMORIAL DESCRITIVO Obra: Ampliação Câmara de Vereadores Local : VRS- 801 Almirante Tamandaré do Sul - RS Proprietário: Prefeitura Municipal de Almirante Tamandaré do Sul 1. O presente memorial tem por

Leia mais

BIANCO é uma resina sintética de alto desempenho que proporciona excelente aderência das argamassas aos mais diversos substratos.

BIANCO é uma resina sintética de alto desempenho que proporciona excelente aderência das argamassas aos mais diversos substratos. Descrição BIANCO é uma resina sintética de alto desempenho que proporciona excelente aderência das argamassas aos mais diversos substratos. BIANCO confere maior elasticidade e, assim, maior resistência

Leia mais

Recuperação das Casas destinadas ao atendimento de residências estudantis, no Campus da Fazenda Experimental.

Recuperação das Casas destinadas ao atendimento de residências estudantis, no Campus da Fazenda Experimental. PROJETO BÁSICO Recuperação das Casas destinadas ao atendimento de residências estudantis, no Campus da Fazenda Experimental. 1. IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO 1.1 Título do Projeto Recuperação das Casas destinadas

Leia mais

SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL

SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL CONSTRUÇÃO CIVIL SENAI RR SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL ORGANIZAÇÃO CURRICULAR DOS CURSOS Catálogo de Cursos CARPINTEIRO ESTRUTURAL 1. TÍTULO CÓD. CBO 7155-05 Desenvolver no treinando o conhecimento

Leia mais

ÁREA TOTAL CASA: 67,50m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 80,20m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS

ÁREA TOTAL CASA: 67,50m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 80,20m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS ENDEREÇO: Rua nº 01 - Loteamento Maria Laura ÁREA TOTAL CASA: 67,50m² 1 INSTALAÇÃO DO CANTEIRO DE OBRA 1.1 Abrigo provisório de madeira executada na obra para alojamento e depósitos de materiais e ferramentas

Leia mais

TRAÇO Proporções e consumo de materiais

TRAÇO Proporções e consumo de materiais TRAÇO Proporções e consumo de materiais Prof. Marco Pádua Em cada fase da obra usamos diferentes proporções de aglomerantes (cimento e cal), e agregados (areia e pedra) cujo objetivo pode visar: resistência,

Leia mais

Guia de Instalação Onduline

Guia de Instalação Onduline Guia de Instalação Onduline Para instalar corretamente Onduline, siga as instruções deste Guia. Só assim a garantia é válida. Lembre-se de preencher e guardar o Certificado de Garantia que está no final

Leia mais

2. INSTALAÇÕES PROVISÓRIAS

2. INSTALAÇÕES PROVISÓRIAS MEMORIAL DESCRITIVO Obra: Banheiros Públicos Rincão do Segredo Local: Rua Carlos Massman - Rincão do Segredo Alm. Tam. do Sul-RS Proprietário: Município de Almirante Tamandaré do Sul / RS 1. O presente

Leia mais

1. FERRAMENTAS. Elevação e Marcação. Trenas de 5m e 30m. Nível a laser ou Nível alemão. Pág.4 1. Ferramentas

1. FERRAMENTAS. Elevação e Marcação. Trenas de 5m e 30m. Nível a laser ou Nível alemão. Pág.4 1. Ferramentas ÍNDICE: 1. Ferramentas 2. Equipamentos de Proteção Individual - EPI 3. Serviços Preliminares 4. Marcação da Alvenaria 5. Instalação dos Escantilhões 6. Nivelamento das Fiadas 7. Instalação dos gabaritos

Leia mais

DOU 201 21/01/2011 24/01/2011) * O

DOU 201 21/01/2011 24/01/2011) * O 18.15. Andaimes. 18.15.1.1 Os projetos de andaimes do tipo fachadeiro, suspensos e em balanço devem ser acompanhados pela respectiva Anotação de Responsabilidade Técnica. (Nova redação dada pela Portaria

Leia mais

Revestimento com. Aluno(s): Angélica Silva Ra: 090893 Cristina Candido Ra: 079802 Tina Aguiar Ra: 088146. Universidade Santa Cecília Santos / SP

Revestimento com. Aluno(s): Angélica Silva Ra: 090893 Cristina Candido Ra: 079802 Tina Aguiar Ra: 088146. Universidade Santa Cecília Santos / SP Revestimento com Pastilhas Aluno(s): Angélica Silva Ra: 090893 Cristina Candido Ra: 079802 Tina Aguiar Ra: 088146 2014 Santos / SP 1 Pastilhas Características Básicas Dimensões reduzidas (2,5 a 5,0cm);

Leia mais

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES OBRA: ESTACIONAMENTOS DO COMPLEXO MULTIEVENTOS E CAMPUS DE JUAZEIRO CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES 1/5 PISOS EXTERNOS Pavimentação em Piso Intertravado de Concreto Conforme delimitado

Leia mais

ÁREA TOTAL TERRENO: 325,00m² ÁREA TOTAL CASA: 48,00m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 65,00m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS

ÁREA TOTAL TERRENO: 325,00m² ÁREA TOTAL CASA: 48,00m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 65,00m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS 1 1.1 INSTALAÇÃO DO CANTEIRO DE OBRA Abrigo provisório de madeira executada na obra para alojamento e depósitos de materiais e ferramentas 01520.8.1.1 m² 7,50 1.2 Ligação provisória de água para a obra

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO VICENTE FERRER PE CONCURSO PUBLICO

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO VICENTE FERRER PE CONCURSO PUBLICO TEXTO 1 20 QUESTÕES DE LÍNGUA PORTUGUESA D. Os nutricionistas aconselham os foliões a não saírem de casa durante o dia. E. A principal responsável pela desidratação do corpo é a vontade de urinar. 03-

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO 025/2009

MEMORIAL DESCRITIVO 025/2009 MEMORIAL DESCRITIVO 025/2009 PROPRIETÁRIO: CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S. A. CERON. OBRA: ENDEREÇO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA EM SERVIÇOS DE ENGENHARIA PARA REALIZAR REFORMA E ADEQUAÇÃO NA

Leia mais

9.7 FORMULÁRIOS DE CONTROLE DE QUALIDADE DA EXECUÇÃO

9.7 FORMULÁRIOS DE CONTROLE DE QUALIDADE DA EXECUÇÃO 9.7 FORMULÁRIOS DE CONTROLE DE QUALIDADE DA EXECUÇÃO Instrução de trabalho de concretagem de peça estrutural Fonte: Modelos elaborados e cedidos pela Construtora Giacomazzi Ltda., de Curitiba-PR. 1. OBJETIVO

Leia mais

Assentar pisos e azulejos em áreas internas.

Assentar pisos e azulejos em áreas internas. CAMPO DE APLICAÇÃO Direto sobre alvenaria de blocos bem acabados, contrapiso ou emboço desempenado e seco, isento de graxa, poeira e areia solta, para não comprometer a aderência do produto. Indicado apenas

Leia mais

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES GLOBAIS DE SERVIÇOS E MATERIAIS REFORMA E ADAPATAÇÃO DO PRÉDIO DA ANTIGA CPFL - GRADUAÇÃO

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES GLOBAIS DE SERVIÇOS E MATERIAIS REFORMA E ADAPATAÇÃO DO PRÉDIO DA ANTIGA CPFL - GRADUAÇÃO CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES GLOBAIS DE SERVIÇOS E MATERIAIS REFORMA E ADAPATAÇÃO DO PRÉDIO DA ANTIGA CPFL - GRADUAÇÃO INSTITUTO UNI-FAMEMA / OSCIP Marília/SP ÍNDICE 1. PRELIMINARES. 2. DEMOLIÇÕES E RETIRADAS.

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PRÉDIO DE APARTAMENTOS. Local: Rua General Auto, N 101 e 111 Centro Porto Alegre

MEMORIAL DESCRITIVO PRÉDIO DE APARTAMENTOS. Local: Rua General Auto, N 101 e 111 Centro Porto Alegre MEMORIAL DESCRITIVO PRÉDIO DE APARTAMENTOS Local: Rua General Auto, N 101 e 111 Centro Porto Alegre INDICE 1. GENERALIDADES 1.1. OBJETOS E DADOS 1.2. NORMAS 1.3. PLANTAS 2. INTERPRETAÇÃO 3. PRÉDIO 3.1.

Leia mais

CAPÍTULO IV - ALVENARIA

CAPÍTULO IV - ALVENARIA CAPÍTULO IV - ALVENARIA Alvenaria é a arte ou ofício de pedreiro ou alvanel, ou ainda, obra composta de pedras naturais ou artificiais, ligadas ou não por argamassa. Segundo ZULIAN et al. (2002) também

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Construção Unidade Básica de Saúde PROPRIETÁRIO: PREFEITURA MUNICIPAL DE CACIQUE DOBLE.

MEMORIAL DESCRITIVO. Construção Unidade Básica de Saúde PROPRIETÁRIO: PREFEITURA MUNICIPAL DE CACIQUE DOBLE. MEMORIAL DESCRITIVO Construção Unidade Básica de Saúde TIPO DE CONSTRUÇÃO: Prédio em Alvenaria UBS Unidade Básica de Saúde da Sede do município. LOCAL: Rua Édimo Luiz Tonial na cidade de Cacique Doble

Leia mais

Texto para a questão 4

Texto para a questão 4 CONHECIMENTOS GERAIS 05 QUESTÕES 1. Assinale o nome que se dá para o conjunto de regras que trata dos Direitos e Deveres dos funcionários públicos civis do Município de Ponte Alta/SC: a. Constituição do

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CONSTRUÇÃO CIVIL II

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CONSTRUÇÃO CIVIL II REVEST. EM Ministério ARGAMASSA da Educação e GESSO Universidade Federal do Paraná Setor de Tecnologia Construção Civil II ( TC-025) EXECUÇÃO EM ARGAMASSAS E GESSO Chapisco; Emboço; Reboco; Pintura. Etapas

Leia mais

Bloco e tijolo de solo-cimento

Bloco e tijolo de solo-cimento MATERIAL OPÇÕES Veja abaixo os tipos de parede sem função estrutural (paredes de vedação) > ALVENARIA DE BLOCOS E TIJOLOS DE SOLO- CIMENTO > ALVENARIA DE BLOCOS DE CONCRETO > ALVENARIA DE BLOCOS CERÂMICOS

Leia mais

Bloco de vidro sem função estrutural

Bloco de vidro sem função estrutural MATERIAL OPÇÕES Veja abaixo os tipos de parede sem função estrutural (paredes de vedação) DE VIDRO DE CONCRETO CERÂMICOS > PAREDES DE CHAPAS DE GESSO ACARTONADO (DRYWALL) SÍLICO-CALCÁRIOS DE CONCRETO CELULAR

Leia mais

1. FUNDAÇÃO (ALICERCES)

1. FUNDAÇÃO (ALICERCES) Memorial Descritivo 1. FUNDAÇÃO (ALICERCES) 1.1. Feitio de sapatas com dimensões de 60cm x 60cm x 30cm (sessenta centímetros de largura por sessenta centímetros de comprimento por trinta centímetros de

Leia mais

SISTEMAS CONSTRUTIVOS Professor:Regialdo BLOCOS DE CONCRETO

SISTEMAS CONSTRUTIVOS Professor:Regialdo BLOCOS DE CONCRETO SISTEMAS CONSTRUTIVOS Professor:Regialdo BLOCOS DE CONCRETO CONCEITO A tipologia estrutural composta por bloco, argamassa, graute e eventualmente armações é responsável por um dos sistemas construtivos

Leia mais

PROJETO DE EDIFICAÇÕES RURAIS

PROJETO DE EDIFICAÇÕES RURAIS Universidade Federal de Goiás Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos Setor de Engenharia Rural PROJETO DE EDIFICAÇÕES RURAIS Construções e Eletrificação Rural Prof. Dr. Regis de Castro Ferreira

Leia mais

DCC - RESPONDENDO AS DÚVIDAS 13. TELHADO

DCC - RESPONDENDO AS DÚVIDAS 13. TELHADO DCC - RESPONDENDO AS DÚVIDAS 13. TELHADO Av. Torres de Oliveira, 76 - Jaguaré CEP 05347-902 - São Paulo / SP TELHADO A cobertura de uma casa constitui-se de um telhado ou de uma laje. Neste capítulo, mostraremos

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO O

MEMORIAL DESCRITIVO O MEMORIAL DESCRITIVO O presente memorial tem por objetivo estabelecer requisitos técnicos, definir materiais e padronizar os projetos e execuções da obra localizada na Rua Jorge Marcelino Coelho, s/n, Bairro

Leia mais

manual TÉCNICO ANDAIME FACHADEIRO 2011 Andmax, todos os direitos reservados. Material de distribuição restrita, proibida reprodução total ou parcial.

manual TÉCNICO ANDAIME FACHADEIRO 2011 Andmax, todos os direitos reservados. Material de distribuição restrita, proibida reprodução total ou parcial. manual TÉCNICO ANDAIME FACHADEIRO Sumário Andaime Fachadeiro...03 Instrução de Montagem...04 Acessórios...06 Modos e Pontos de Ancoragem...07 Dicas Importantes...08 Acesso dos Andaimes...09 Informações

Leia mais

TÉCNICO. manual BALANCIM INDIVIDUAL - CADEIRINHA

TÉCNICO. manual BALANCIM INDIVIDUAL - CADEIRINHA manual TÉCNICO BALANCIM INDIVIDUAL - CADEIRINHA Sumário Balancim Individual - Cadeirinha...03 Instrução de Montagem...05 Norma Regulamentadora NR-18...07 Atualização da NR-18...11 Balancim Individual -

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO Justiça do Trabalho TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 9ª REGIÃO PARANÁ Secretaria de Engenharia e Arquitetura

PODER JUDICIÁRIO Justiça do Trabalho TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 9ª REGIÃO PARANÁ Secretaria de Engenharia e Arquitetura PODER JUDICIÁRIO Justiça do Trabalho TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 9ª REGIÃO PARANÁ Secretaria de Engenharia e Arquitetura RELATÓRIO DE MEDIÇÃO PO 57/2014 INTERVENÇÃO NO FÓRUM TRABALHISTA DE GUARAPUAVA

Leia mais

Ministério da Educação Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE Coordenação Geral de Infraestrutural Educacional CGEST

Ministério da Educação Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE Coordenação Geral de Infraestrutural Educacional CGEST Ministério da Educação Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE Coordenação Geral de Infraestrutural Educacional CGEST MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO PADRÃO PARA QUADRA POLIESPORTIVA COBERTA COM

Leia mais

Parede de Garrafa Pet

Parede de Garrafa Pet CONCEITO As paredes feitas com garrafas pet são uma possibilidade de gerar casas pré fabricadas através da reciclagem e é uma solução barata e sustentável. As garrafas pet são utilizadas no lugar dos tijolos

Leia mais