CAMPEONATO ESTADUAL INFANTIL A SENIOR DE NATAÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CAMPEONATO ESTADUAL INFANTIL A SENIOR DE NATAÇÃO - 2012"

Transcrição

1 FEDERAÇÃO AQUÁTICA NORTERIOGRANDENSE - Fone: CAMPEONATO ESTADUAL INFANTIL A SENIOR DE NATAÇÃO REGULAMENTO Art. 1º - O Campeonato Estadual Infantil a Senior de Natação é uma competição do calendário oficial da Federação Aquática Norteriograndense na temporada Art. 2º - O Campeonato Estadual Infantil a Senior de Natação poderá será realizado em piscinas de 25 ou 50 metros, sendo disputado em 01 (um) dia e dois turnos, sempre em séries finais, podendo ser mudada de acordo com o Conselho Técnico e Diretoria da FAN. Art. 3º- Só poderão participar do Campeonato Estadual Infantil a Senior de Natação: 1 Os Atletas cadastrados na Federação Aquática Norteriograndense FAN. 2 Fica vetado a participação de atletas avulsos. Os Atletas de outras Federação devidamente confederados, só poderão participar do Estadual se for convidado pela Diretoria da FAN. 3 O Atleta que comprovar, que sua liberação da transferência está em tramitação, poderá participar da competição em observação, mas não terá colocação, não pontuará e nem receberá premiação. 4 Cada clube poderá inscrever quantos Atletas quiser por prova e 03 (três) equipes de revezamento. 5 Cada Atleta das categorias poderão nadar 06 (seis) provas individuais e os revezamentos, mas só poderão nadar 03 (três) provas por etapa. Art. 4º - As entidades participantes deverão fazer as inscições no programa CBDA WEB até 08 (oito) dias antes da competição. Após este prazo final (8 dias), as Inscrições não serão mais aceitas pois o sistema será automáticamente bloqueado. As inscrições só serão homologadas mediante a apresentação do comprovante de pagamento. 1 Poderão ser inscritos nas provas individuais todos os nadadores cadastrados na FAN/CBDA. 2 Não haverá cortes ou substituições após o bloqueio automátco das inscições pelo Sistema CBDA WEB. 3 O balizamento dos atletas será feito de acordo com as inscrições feitas pelo Clube, e caso o Atleta não tenha tempo no histórico, entrará no balizamento sem tempo. 4 O balizamento será divulgado no Site da FAN, no dia que antecede o evento. 5 Nas provas de revezamento, não serão válidas tentativas de índice, para qualquer competição, visto que não existem equipamentos eletrônicos em ambos os lados da piscina. 6 As provas das categorias; Infantil 1, Infantil 2, Juvenil 1, Juveni 2, Júnior 1 e Junior/ Senior serão nadadas juntas de forma absoluta, mas as premiações e pontuações serão feitas separadamente. Os revezamentos serão nadados juntos, ou seja, Infantil, Juvenil e Júnior/Senior. 9 Será dada apenas 01 (uma) saída e será cumprido as regras da FINA/CBDA.

2 Art. 5º - Cada Entidade participante poderá inscrever 03 (três) Equipes (A, B e C) nas provas de revezamento, não havendo índices de participação e desde que os atletas constem na inscrição do Clube. Parágrafo único: As equipes de revezamentos deverão ser confirmados pelas entidades participantes, através da entrega das fichas de revezamento devidamente preenchidas com os nomes dos atletas e deverão ser entregues na cabine central, no prazo determinado pela locução do evento. Após a entrega destas fichas, não será permitido alterar a sequência, nem substituir nadador. Art. 6º - A tabela para contagem de pontos das provas, e a seguinte: COL. Individual Revezamento 1º º º º º º º º º º º º º º º º Paragráfo 1º: Haverá uma bonificação de 10 (dez) pontos para recordes batidos. Paragráfo 2º: No caso de empate, em qualquer colocação e em qualquer prova, os pontos da respectiva colocação serão somados aos pontos da colocação seguinte e divididos por dois, em caso de atletas serem de entidades distintas e para efeito da pontuação de atleta eficiente. Neste caso não haverá atleta com a colocação subseqüente. Ex: Paragráfo 3º: Parágrafo 4º: Paragráfo 5º: Paragráfo 6º: Atletas empatados no 4 lugar, soma-se os pontos de 4 e 5 lugares, e o Atleta subseqüente melhor colocado será classificado em 6 lugar, não havendo assim, atleta classificado em 5 lugar. Em cada fase do Campeonato Estadual serão entregues troféus para os Clubes campeões das categorias: Infantil, Juvenil e Júnior /Senior, Será declarado campeão da fase por categoria, a entidade que obtiver o maior número de pontos nas provas individuais e revezamentos. Em caso de empate, no final da temporada, será declarada vencedora a entidade que tiver obtido o maior número de primeiros lugares; persistindo o empate, adotar-se-á o mesmo critério para as colocações seguintes, até o desempate. No final do ano será entregue troféus para os Clubes 1º, 2º e 3º lugares no geral do Campeonato Estadual de Natação em todas as categorias ( Mirim a Senior), como também troféus para os 1º, 2º e 3º lugares das categorias: Mirim a Senior nas quatro (4) fases do Campeonato Estadual. Paragráfo 7º: No caso de ser igualado o tempo do recorde, não será válido para efeito de

3 bonificação de pontos. Art. 7º- As categorias para o Campeonato Estadual 2012 é a seguinte: CATEGORIAS ANO IDADE INFANTIL anos INFANTIL anos JUVENIL anos JUVENIL anos JÚNIOR anos JÚNIOR SENIOR 1994/93/92 18 anos acima Art. 8º- O resultado geral dos clubes no Campeonato Estadual Infantil a Senior de Natação será divulgado no site da FAN na semana após o evento, como também os resultados das provas. Art. 9º- As taxas serão as determinadas pelo regimento financeiro da FAN e deverão ser acatadas e cumpridas após o recebimento das informações Art. 10º- A entidade, ao participar, é responsável por qualquer ato disciplinar antes, durante e após a competição, bem como pela condição físico e mental dos atletas, isentando a Federação Aquática Norteriograndense de quaisquer responsabilidades. Art.11º- A Federação Aquática Norteriograndense não se responsabiliza por quaisquer acidentes que porventura ocorram antes, durante e depois da realização da competição. Art.12º- Em caso de protesto, este somente será aceito desde que seja por escrito e assinado por um representante legal do clube, com o pagamento da taxa de protesto de acordo com o Regimento Financeiro, e entregue até 30 (trinta) minutos após a última prova da etapa do fato em questão. Art.13º- A solicitação de revisão dos pontos dos Atletas e dos Clubes, em caso de possível erro, só serão aceitas até 7 (sete) dias, após a divulgação oficial no site da FAN. Após este prazo, será impossível a recontagem dos pontos. Art.14º- A não observância de qualquer artigo deste Regulamento, poderá implicar na eliminação da entidade ou do Atleta, conforme for o caso, após ter extrapolado todos os recursos da Justiça Desportiva. Art.15º- Os casos omissos neste regulamento serão solucionados pela Direção da FAN em conjunto com o Conselho Técnico e, na sua impossibilidade, pelo Árbitro-Geral, em comum acordo com o Diretor da modalidade, quando for ocaso, sempre após o término do evento, em reunião na sede da FAN. Art. 16º- A FAN, em conjunto com o Conselho Técnico, poderá, sempre que julgar necessário, alterar o presente Regulamento. Art.17º - Revogam-se as disposições em contrário.

4 PROVAS DO ESTADUAL DE NATAÇÃO Categorias: Infantil/Juvenil/Júnior 1 e Júnior/Senior: N Provas 01 50m Nado Livre 02 50m Nado Costas 03 50m Nado Peito 04 50m Nado Borboleta m Nado Livre m Nado Costas m Nado Peito m Nado Borboleta m Nado Livre m Nado Costas m Nado Peito m Nado Borboleta m Nado Medley m Nado Livre As provas serão nadadas absolutas, nas categorias Infantil a Senior, mas serão pontuadas e premiadas separadamente.

5 FEDERAÇÃO AQUÁTICA NORTERIOGRANDENSE CAMPEONATO ESTADUAL DE NATAÇÃO 2012 Categorias: Infantil a Senior SEQUÊNCIA DAS PROVAS: I ETAPA: Nº PROVA PROVA CATEGORIA SEXO m Nado Livre Absoluto Feminino m Nado Livre Absoluto Masculino 03 50m Nado Borboleta Absoluto Feminino 04 50m Nado Borboleta Absoluto Masculino m Nado Peito Absoluto Feminino m Nado Peito Absoluto Masculino m Nado Borboleta Absoluto Feminino m Nado Borboleta Absoluto Masculino 09 50m Nado Livre Absoluto Feminino 10 50m Nado Livre Absoluto Masculino m Nado Costas Absoluto Feminino m Nado Costas Absoluto Masculino m Nado Livre Absoluto Feminino m Nado Livre Absoluto Masculino 15 Rev. 4x50m Nado Medley Infantil Feminino 16 Rev. 4x50m Nado Medley Juvenil Feminino 17 Rev. 4x50m Nado Medley Júnior/Senior Feminino 18 Rev. 4x50m Nado Medley Infantil Masculino 19 Rev. 4x50m Nado Medley Juvenil Masculino 20 Rev. 4x50m Nado Medley Júnior/Senior Masculino II ETAPA: Nº PROVA PROVA CATEGORIA SEXO m Nado Livre Absoluto Feminino m Nado Livre Absoluto Masculino 23 50m Nado Peito Absoluto Feminino 24 50m Nado Peito Absoluto Masculino m Nado Costas Absoluto Feminino m Nado Costas Absoluto Masculino m Nado Borboleta Absoluto Feminino m Nado Borboleta Absoluto Masculino 29 50m Nado Costas Absoluto Feminino 30 50m Nado Costas Absoluto Masculino m Nado Peito Absoluto Feminino m Nado Peito Absoluto Masculino m Nado Medley Absoluto Feminino m Nado Medley Absoluto Masculino 35 Rev. 4x50m Nado Livre Infantil Feminino 36 Rev. 4x50m Nado Livre Juvenil Feminino 37 Rev. 4x50m Nado Livre Júnior/Senior Feminino 38 Rev. 4x50m Nado Livre Infantil Masculino 39 Rev. 4x50m Nado Livre Juvenil Masculino 40 Rev. 4x50m Nado Livre Júnior/Senior Masculino

6

FEDERAÇÃO AQUÁTICA NORTERIOGRANDENSE COPA POTIGUAR DE NATAÇÃO- 2015 ANIVERSÁRIO DA FAN 45 anos REGULAMENTO GERAL

FEDERAÇÃO AQUÁTICA NORTERIOGRANDENSE COPA POTIGUAR DE NATAÇÃO- 2015 ANIVERSÁRIO DA FAN 45 anos REGULAMENTO GERAL FEDERAÇÃO AQUÁTICA NORTERIOGRANDENSE COPA POTIGUAR DE NATAÇÃO- 2015 ANIVERSÁRIO DA FAN 45 anos REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO 1 DOS OBJETIVOS Art.1º - A Federação Aquática Norteriograndense FAN promoverá a

Leia mais

CAMPEONATO ESTADUAL DE NATAÇÃO DE VERÃO TROFÉU ALEXANDRE VISCARDI, TROFÉU MARCOS CHAIBEN INFANTIL JUVENIL JUNIOR SENIOR TROFÉU PARANÁ ABSOLUTO

CAMPEONATO ESTADUAL DE NATAÇÃO DE VERÃO TROFÉU ALEXANDRE VISCARDI, TROFÉU MARCOS CHAIBEN INFANTIL JUVENIL JUNIOR SENIOR TROFÉU PARANÁ ABSOLUTO CAMPEONATO ESTADUAL DE NATAÇÃO DE VERÃO TROFÉU ALEXANDRE VISCARDI, TROFÉU MARCOS CHAIBEN INFANTIL JUVENIL JUNIOR SENIOR TROFÉU PARANÁ ABSOLUTO Data :04 A 07 DE NOVEMBRO DE 2015 Inscrição: 28 de outubro

Leia mais

Campeonato Estadual de Verão - Infantil a Sênior 2013 Regulamento

Campeonato Estadual de Verão - Infantil a Sênior 2013 Regulamento Campeonato Estadual de Verão - Infantil a Sênior 2013 Regulamento 29 e 30 de novembro de 2013. Local : Piscina de 50m do Parque Aquático do Grêmio Náutico União ( GNU ), localizado na Rua Quintino Bocaiúva,

Leia mais

XXV Campeonato Brasileiro Interfederativo Infanto- Juvenil Troféu Chico Piscina

XXV Campeonato Brasileiro Interfederativo Infanto- Juvenil Troféu Chico Piscina REGULAMENTOS XXV Campeonato Brasileiro Interfederativo Infanto- Juvenil Troféu Chico Piscina CAPÍTULO I DAS FINALIDADES Art. 1º - Com a participação das Federações filiadas à Confederação Brasileira de

Leia mais

XXVIII TORNEIO NORTE/NORDESTE INTERFEDERATIVO INFANTIL, JUVENIL, JÚNIOR/SENIOR COPA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB TROFÉU DR.

XXVIII TORNEIO NORTE/NORDESTE INTERFEDERATIVO INFANTIL, JUVENIL, JÚNIOR/SENIOR COPA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB TROFÉU DR. REGULAMENTO CAPÍTULO I DAS FINALIDADES XXVIII TORNEIO NORTE/NORDESTE INTERFEDERATIVO INFANTIL, JUVENIL, JÚNIOR/SENIOR COPA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB TROFÉU DR. MILTON MEDEIROS Art. 1º - Pelas Federações

Leia mais

XXIV TORNEIO SUL BRASILEIRO DE NATAÇÃO JÚNIOR I, II e SENIOR - TROFÉU PROF. HUGO YABE E XXII TROFÉU OPEN SUL BRASILEIRO DE NATAÇÃO

XXIV TORNEIO SUL BRASILEIRO DE NATAÇÃO JÚNIOR I, II e SENIOR - TROFÉU PROF. HUGO YABE E XXII TROFÉU OPEN SUL BRASILEIRO DE NATAÇÃO XXIV TORNEIO SUL BRASILEIRO DE NATAÇÃO JÚNIOR I, II e SENIOR - TROFÉU PROF. HUGO YABE E XXII TROFÉU OPEN SUL BRASILEIRO DE NATAÇÃO REGULAMENTO CAPÍTULO I DO OBJETIVO E FINALIDADES Art. 1º - Pelos Clubes

Leia mais

Troféu Dra Rosângela Damis

Troféu Dra Rosângela Damis Troféu Dra Rosângela Damis Objetivo Promover e incentivar a natação entre alunos das escolas públicas (municipais e estaduais) e particulares. A natação como meio de integração e confraternização entre

Leia mais

REGULAMENTO II TORNEIO REGIONAL MIRIM A SENIOR DE NATAÇÃO DE MARINGÁ

REGULAMENTO II TORNEIO REGIONAL MIRIM A SENIOR DE NATAÇÃO DE MARINGÁ REGULAMENTO II TORNEIO REGIONAL MIRIM A SENIOR DE NATAÇÃO DE MARINGÁ DATA : 18 de junho de 2016 LOCAL :Country Clube de Maringá - MARINGÁ PRAZO DE INSCRIÇÃO : até dia 10 de junho de 2016 Durante a competição,

Leia mais

Campeonato Estadual de Verão dos Clubes do Interior 2013 Regulamento

Campeonato Estadual de Verão dos Clubes do Interior 2013 Regulamento Campeonato Estadual de Verão dos Clubes do Interior 2013 Regulamento 01 e 02 de novembro de 2013 Local : Clube Recreativo Atlântico de Erechim ( CERA ) Rua Valentim Zambonato, 323 Centro / Erechim - RS.

Leia mais

XVI CAMPEONATO BRASILEIRO JUVENIL DE NATAÇÃO DE INVERNO TROFÉU Dr. ARTHUR SAMPAIO CAREPA REGULAMENTO CAPÍTULO I DAS FINALIDADES CAPÍTULO II

XVI CAMPEONATO BRASILEIRO JUVENIL DE NATAÇÃO DE INVERNO TROFÉU Dr. ARTHUR SAMPAIO CAREPA REGULAMENTO CAPÍTULO I DAS FINALIDADES CAPÍTULO II XVI CAMPEONATO BRASILEIRO JUVENIL DE NATAÇÃO DE INVERNO TROFÉU Dr. ARTHUR SAMPAIO CAREPA REGULAMENTO CAPÍTULO I DAS FINALIDADES Art. 1º - Pelas Associações de Federações filiadas à Confederação Brasileira

Leia mais

XX TORNEIO NORDESTE DE CLUBES INFANTIL 1, INFANTIL 2, JUVENIL 1, JUVENIL 2, JÚNIOR/SENIOR Troféu Sérgio Silva

XX TORNEIO NORDESTE DE CLUBES INFANTIL 1, INFANTIL 2, JUVENIL 1, JUVENIL 2, JÚNIOR/SENIOR Troféu Sérgio Silva XX TORNEIO NORDESTE DE CLUBES INFANTIL 1, INFANTIL 2, JUVENIL 1, JUVENIL 2, JÚNIOR/SENIOR Troféu Sérgio Silva REGULAMENTO CAPÍTULO I DAS FINALIDADES Art. 1º - Pelas Associações localizadas na região Nordeste,

Leia mais

XXIV CAMPEONATO BRASILEIRO INFANTIL DE NATAÇÃO DE INVERNO

XXIV CAMPEONATO BRASILEIRO INFANTIL DE NATAÇÃO DE INVERNO XXIV CAMPEONATO BRASILEIRO INFANTIL DE NATAÇÃO DE INVERNO DAS FINALIDADES TROFÉU RUBEN DINARD DE ARAÚJO REGULAMENTO CAPÍTULO I Art. 1º - Pelas Associações de Federações filiadas à Confederação Brasileira

Leia mais

TORNEIO REGIONAL SUL DE NATAÇÃO - MIRIM A SENIOR

TORNEIO REGIONAL SUL DE NATAÇÃO - MIRIM A SENIOR TORNEIO REGIONAL SUL DE NATAÇÃO - MIRIM A SENIOR FEDERAÇÃO DE DESPORTOS AQUÁTICOS DO PARANÁ DATA : 12 E 13 DE SETEMBRO (DIA 12 CATEGORIAS INFANTIL A SENIOR E DIA 13 CATEGORIAS MIRIM E PETIZ) LOCAL : CLUBE

Leia mais

REGULAMENTO DE REMO 2007 2008

REGULAMENTO DE REMO 2007 2008 REGULAMENTO DE REMO 2007 2008 REGATAS OFICIAIS E CAMPEONATOS ESTADUAIS CAPÍTULO I DOS REMADORES E SUAS CATEGORIAS: Artigo 1º O(a)(s) remador(a)(es)(as) que vierem a participar de regatas da serão divididos

Leia mais

REGULAMENTO PARA A COPA AMAZONAS DE NATAÇÃO REGULAMENTO PARA O CAMPEONATO ESTADUAL DE CATEGORIAS.

REGULAMENTO PARA A COPA AMAZONAS DE NATAÇÃO REGULAMENTO PARA O CAMPEONATO ESTADUAL DE CATEGORIAS. REGULAMENTO PARA A COPA AMAZONAS DE NATAÇÃO REGULAMENTO PARA O CAMPEONATO ESTADUAL DE CATEGORIAS. DAS FINALIDADES: Art. 01 - Pelas associações filiadas à Federação Amazonense de Natação e CONVIDADOS, serão

Leia mais

XXIV CAMPEONATO BRASILEIRO SENIOR DE NATAÇÃO TROFÉU PROF. DALTELY GUIMARÃES REGULAMENTO

XXIV CAMPEONATO BRASILEIRO SENIOR DE NATAÇÃO TROFÉU PROF. DALTELY GUIMARÃES REGULAMENTO XXIV CAMPEONATO BRASILEIRO SENIOR DE NATAÇÃO TROFÉU PROF. DALTELY GUIMARÃES REGULAMENTO CAPÍTULO I DAS FINALIDADES Art. 1º Pelas Associações de Federações filiadas à Confederação Brasileira de Desportos

Leia mais

XXV TORNEIO SUDESTE DE NATAÇÃO INFANTIL E JUVENIL TROFÉU ASSIS CHATEAUBRIAND

XXV TORNEIO SUDESTE DE NATAÇÃO INFANTIL E JUVENIL TROFÉU ASSIS CHATEAUBRIAND REGULAMENTO XXV TORNEIO SUDESTE DE NATAÇÃO INFANTIL E JUVENIL TROFÉU ASSIS CHATEAUBRIAND CAPÍTULO I DAS FINALIDADES Art. 1º - Pelos Clubes filiados à Federação Aquática do Estado do Rio de Janeiro, Federação

Leia mais

REGULAMENTO CAPÍTULO I

REGULAMENTO CAPÍTULO I DAS FINALIDADES FESTIVAL CBDA CORREIOS- SUL BRASILEIRO DE CLUBES MIRIM I E II - PETIZ I E II REGULAMENTO CAPÍTULO I Art. 1º - Pelos Clubes e Associações de Federações filiadas às Federações localizadas

Leia mais

Regulamento Circuito Paulista de Natação (Filiados) 2015

Regulamento Circuito Paulista de Natação (Filiados) 2015 FEDERAÇÃO PAULISTA DE DESPORTOS PARA CEGOS Regulamento Circuito Paulista de Natação (Filiados) 2015 Circuito Paulista de Natação para Deficientes Visuais NATAÇÃO SEÇÃO I - DA COMPETIÇÃO I DOS OBJETIVOS

Leia mais

Art. 3º - Os Campeonatos são disputados anualmente, podendo ser realizados em várias etapas.

Art. 3º - Os Campeonatos são disputados anualmente, podendo ser realizados em várias etapas. Art. 1º - Os CAMPEONATOS ESTADUAIS CAIXA DE ATLETISMO MIRIM têm por propósito básico a integração estadual, a difusão do Atletismo e a verificação do desenvolvimento de seu estágio técnico nos diversos

Leia mais

XXXVII Campeonato Brasileiro Absoluto de Inverno - Troféu José Finkel Taça Correios

XXXVII Campeonato Brasileiro Absoluto de Inverno - Troféu José Finkel Taça Correios XXXVII Campeonato Brasileiro Absoluto de Inverno - Troféu José Finkel Taça Correios CAPÍTULO I DAS FINALIDADES Art. 1º - Pelas Associações de Federações filiadas a Confederação Brasileira de Desportos

Leia mais

REGIMENTO FINANCEIRO 2015

REGIMENTO FINANCEIRO 2015 REGIMENTO FINANCEIRO 2015 Art. 1º O Regimento Financeiro da FDAP contém as normas relativas às taxas e despesas que a FDAP poderá cobrar de seus filiados. A Presidência da FDAP poderá, a seu critério,

Leia mais

REGULAMENTO. XXX CAMPEONATO SUL BRASILEIRO MASTERS DE NATAÇÃO - 2011 Dias 08 e 09 de Outubro de 2010 Palhoça - SC

REGULAMENTO. XXX CAMPEONATO SUL BRASILEIRO MASTERS DE NATAÇÃO - 2011 Dias 08 e 09 de Outubro de 2010 Palhoça - SC REGULAMENTO XXX CAMPEONATO SUL BRASILEIRO MASTERS DE NATAÇÃO - 2011 Dias 08 e 09 de Outubro de 2010 Palhoça - SC Art. 1º - A Federação Aquática de Santa Catarina realizará o Campeonato acima descrito,

Leia mais

REGULAMENTO CAMPEONATO SUL BRASILEIRO MASTERS DE NATAÇÃO - 2013

REGULAMENTO CAMPEONATO SUL BRASILEIRO MASTERS DE NATAÇÃO - 2013 REGULAMENTO CAMPEONATO SUL BRASILEIRO MASTERS DE NATAÇÃO - 2013 Art. 1º - A Federação Gaúcha de Desportos Aquáticos - FGDA realizará, o Campeonato Sul Brasileiro Masters de Natação, nos dias 19 e 20 de

Leia mais

REGULAMENTO DE ATLETISMO

REGULAMENTO DE ATLETISMO CAPÍTULO I - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - A Competição de Atletismo, modalidade individual dos JOGOS ESCOLARES TV SERGIPE- 2014, será realizada de acordo com as Normas das OLIMPÌADAS ESCOLARES

Leia mais

TROFÉU BRASIL CAIXA DE ATLETISMO XXXIII Edição

TROFÉU BRASIL CAIXA DE ATLETISMO XXXIII Edição TROFÉU BRASIL CAIXA DE ATLETISMO XXXIII Edição Art. 1º - Art. 2º - Art. 3º - O Troféu Brasil de Atletismo é uma competição realizada anualmente que têm por propósito básico a difusão do Atletismo e a verificação

Leia mais

REGULAMENTO GERAL PARA O ANO DE 2015

REGULAMENTO GERAL PARA O ANO DE 2015 1. TRANSFERÊNCIAS DE ATLETAS REGULAMENTO GERAL PARA O ANO DE 2015 1.1. A transferência de atletas entre a FPBOL e demais Federações do país deverá ser por meio de formulário de solicitação de Transferência,

Leia mais

FESTIVAL DE NATAÇÃO METODOLOGIA GUSTAVO BORGES. 04 de Maio de 2013

FESTIVAL DE NATAÇÃO METODOLOGIA GUSTAVO BORGES. 04 de Maio de 2013 FESTIVAL DE NATAÇÃO METODOLOGIA GUSTAVO BORGES 04 de Maio de 2013 PARTICIPAÇÃO Estabelecimentos Exclusivo para credenciados da Metodologia Gustavo Alunos Participantes Exclusivo para Pré-Mirim, Mirim,

Leia mais

REGULAMENTO DA 2ª ETAPA DA COPA SESI DE NATAÇÃO 2015 CAPÍTULO I CAPÍTULO IV CAPÍTULO II CAPÍTULO III

REGULAMENTO DA 2ª ETAPA DA COPA SESI DE NATAÇÃO 2015 CAPÍTULO I CAPÍTULO IV CAPÍTULO II CAPÍTULO III REGULAMENTO DA 2ª ETAPA DA COPA SESI DE NATAÇÃO 2015 CAPÍTULO I DAS FINALIDADES: Art. 1º - A Copa SESI de Natação visa desenvolver a natação entre os atletas não federados no Estado de Goiás. Com o objetivo

Leia mais

XXVII JOGOS ESCOLARES MUNICIPAIS JEMs 2013 REGULAMENTO ESPECÍFICO DO ATLETISMO

XXVII JOGOS ESCOLARES MUNICIPAIS JEMs 2013 REGULAMENTO ESPECÍFICO DO ATLETISMO REGULAMENTO ESPECÍFICO DO ATLETISMO Art. 1º - As competições serão regidas pelas Regras Oficiais da Federação Internacional de Atletismo Amador e da Confederação Brasileira de Atletismo em tudo que não

Leia mais

LIGA NACIONAL MASCULINA 2013

LIGA NACIONAL MASCULINA 2013 LIGA NACIONAL MASCULINA 2013 REGULAMENTO ESPECÍFICO Capítulo I - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES ART. 1 Este Regulamento tem como finalidade, determinar as condições em que será disputada a LIGA NACIONAL

Leia mais

III CAMPEONATO BRASILEIRO ESCOLAR DE NATAÇÃO BOLETIM Nº 01

III CAMPEONATO BRASILEIRO ESCOLAR DE NATAÇÃO BOLETIM Nº 01 BOLETIM Nº 01 O Comitê Organizador do III Campeonato Brasileiro Escolar de Natação, de acordo com os poderes que lhe são conferidos pelo Regulamento Geral, Publica: 1- Comissões: Comissão de Honra: Robson

Leia mais

,CIRCUITO DE MARATONAS AQUÁTICAS DE SANTA CATARINA REGULAMENTO

,CIRCUITO DE MARATONAS AQUÁTICAS DE SANTA CATARINA REGULAMENTO ,CIRCUITO DE MARATONAS AQUÁTICAS DE SANTA CATARINA DAS FINALIDADES REGULAMENTO Art. 1º - A Federação Aquática de Santa Catarina (FASC) e Fundação Catarinense de Desportos (FESPORTE) organizarão anualmente

Leia mais

26 e 27 de Setembro de 2015

26 e 27 de Setembro de 2015 BOLETIM 2015 26 e 27 de Setembro de 2015 A SECRETARÍA DE ESPORTE E LAZER DE PARAUAPEBAS, AEPA ASSOCIAÇÃO ESPORTIVA E PARADESPORTIVA DO SUL E SUDESTE DO PARÁ E PROJETO JUDÔ SOLIDÁRIO, em cumprimento ao

Leia mais

CIRCUITO LOTERIAS CAIXA BRASIL PARAOLÍMPICO DE ATLETISMO E NATAÇÃO 2009 REGULAMENTO GERAL DAS ETAPAS NACIONAIS

CIRCUITO LOTERIAS CAIXA BRASIL PARAOLÍMPICO DE ATLETISMO E NATAÇÃO 2009 REGULAMENTO GERAL DAS ETAPAS NACIONAIS 1 CIRCUITO LOTERIAS CAIXA BRASIL PARAOLÍMPICO DE ATLETISMO E NATAÇÃO 2009 REGULAMENTO GERAL DAS ETAPAS NACIONAIS I DOS OBJETIVOS SEÇÃO I - DA COMPETIÇÃO Artigo 1º - O Circuito Loterias CAIXA Brasil Paraolímpico

Leia mais

A. Todo competidor é obrigado a ter conhecimento deste regulamento. B. É responsabilidade do atleta se manter hidratado adequadamente.

A. Todo competidor é obrigado a ter conhecimento deste regulamento. B. É responsabilidade do atleta se manter hidratado adequadamente. REGULAMENTO Modalidades Natação Natação Distâncias* 1,5 km 3 km *As medidas acima discriminadas poderão ser alteradas conforme condições locais. O XTERRA Swim Challenge será realizado no dia 1 de Novembro,

Leia mais

REGULAMENTO DA III COPA CENTRO OLÍMPICO DE JUDÔ

REGULAMENTO DA III COPA CENTRO OLÍMPICO DE JUDÔ REGULAMENTO DA III COPA DE JUDÔ Data: 23 de junho de 2007 Horário: 8h30 Desfile de Abertura Local: Ginásio Mané Garrincha Endereço: Rua Pedro de Toledo, 1651 Ibirapuera São Paulo SP 1. INSCRIÇÕES As inscrições

Leia mais

COPA BRASIL DE CLUBES 2007 PATINAÇÃO DE VELOCIDADE

COPA BRASIL DE CLUBES 2007 PATINAÇÃO DE VELOCIDADE COPA BRASIL DE CLUBES 2007 PATINAÇÃO DE VELOCIDADE OBJETIVO: Esta competição tem como objetivo, fomentar a Patinação de Velocidade no território Nacional. Para o ano de 2007, estão sendo programadas 5

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DO V PARA CAMPEONATO BRASILEIRO DE TIRO COM ARCO (OUTDOOR) 2011 & PARA COPA CENTRO OESTE

REGULAMENTO GERAL DO V PARA CAMPEONATO BRASILEIRO DE TIRO COM ARCO (OUTDOOR) 2011 & PARA COPA CENTRO OESTE REGULAMENTO GERAL DO V PARA CAMPEONATO BRASILEIRO DE TIRO COM ARCO (OUTDOOR) 2011 & PARA COPA CENTRO OESTE SEÇÃO I - DA COMPETIÇÃO I DOS OBJETIVOS Artigo 1º - O Campeonato Brasileiro Paraolímpico de Tiro

Leia mais

R E G U L A M E N T O 2 0 0 6

R E G U L A M E N T O 2 0 0 6 CAMPEONATOS BRASILEIROS CAIXA DE ATLETISMO DE MENORES XXXIII Masculino e Feminino R E G U L A M E N T O 2 0 0 6 Emitido em 15/02/06 Art. 1º - Os CAMPEONATOS BRASILEIROS DE ATLETISMO DE MENORES têm por

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE ATLETISMO DE S. MIGUEL

ASSOCIAÇÃO DE ATLETISMO DE S. MIGUEL ASSOCIAÇÃO DE ATLETISMO DE S. MIGUEL Instituição de Utilidade Pública Pessoa Colectiva n.º 512019673 Fundada em 26.03.86 Filiada na Federação Portuguesa Atletismo RUA PINTOR DOMINGOS REBELO N.º 4 TELEFONE

Leia mais

XLVII CAMPEONATO BRASILEIRO ABSOLUTO DE NATAÇÃO TROFÉU BRASIL DE NATAÇÃO COPA CORREIOS REGULAMENTO CAPÍTULO I

XLVII CAMPEONATO BRASILEIRO ABSOLUTO DE NATAÇÃO TROFÉU BRASIL DE NATAÇÃO COPA CORREIOS REGULAMENTO CAPÍTULO I XLVII CAMPEONATO BRASILEIRO ABSOLUTO DE NATAÇÃO DAS FINALIDADES TROFÉU BRASIL DE NATAÇÃO COPA CORREIOS REGULAMENTO CAPÍTULO I Art. 1º - Pelas Associações de Federações filiadas a Confederação Brasileira

Leia mais

I Aberto do Sport Club do Recife

I Aberto do Sport Club do Recife I Aberto do Sport Club do Recife Troféu Amizade (Homenagem aos dois grandes atletas e colaboradores do Tênis de Mesa Pernambucano há mais de 30 anos, Natália Pereira e Domingos Cardozo). Associação dos

Leia mais

REGULAMENTO JIU-JITSU

REGULAMENTO JIU-JITSU DATA/ LOCAL/ HORÁRIO Data: 16 de maio (DOMINGO) LIGA UNIVERSITÁRIA PAULISTA REGULAMENTO JIU-JITSU Local: Clube Escola Mooca Rua Taquari, 635 (EM FRENTE A UNIVERSIDADE SÃO JUDAS) Bairro Mooca São Paulo

Leia mais

CIRCUITO VERÃO SESC DE ESPORTES 2013/2014

CIRCUITO VERÃO SESC DE ESPORTES 2013/2014 CIRCUITO VERÃO SESC DE ESPORTES 2013/2014 I. DA COMPETIÇÃO II. DA COORDENAÇÃO III. DAS FASES DA COMPETIÇÃO IV. DAS INSCRIÇÕES E PARTICIPAÇÕES V. DA PREMIAÇÃO VI. DA ARBITRAGEM VII. DA IDENTIFICAÇÃO VIII.

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DOS

REGULAMENTO GERAL DOS REGULAMENTO GERAL DOS II JOGOS UNIVERSITARIOS UNIBRASIL 2009 I - DOS OBJETIVOS II JOGOS UNIVERSITARIOS UNIBRASIL 2009 Artigo 1º - Os II Jogos Universitários das Faculdades Integradas do Brasil, promovido

Leia mais

FEDERAÇÃO MINEIRA DE JUDO

FEDERAÇÃO MINEIRA DE JUDO Circular nº 13 de 2014 FEDERAÇÃO MINEIRA DE JUDO Belo Horizonte, 22 de agosto de 2014. De: Federação Mineira de Judô Para: Filiados / Imprensa Assunto: Campeonato Mineiro Sênior, SUB 11 A e B, SUB 9 A

Leia mais

COPA MAGNÓLIA OPEN DE JUDÔ 2015

COPA MAGNÓLIA OPEN DE JUDÔ 2015 COPA MAGNÓLIA OPEN DE JUDÔ 25 Prezado Professor, Petrópolis, 20 de Julho de 25. O Sport Club Magnólia, vem por deste, convidar essa conceituada agremiação para participar da Copa Magnólia Open de Judô

Leia mais

Águas Abertas 2.0 25 de Abril de 2010 Piscina do Estádio Universitário de Lisboa

Águas Abertas 2.0 25 de Abril de 2010 Piscina do Estádio Universitário de Lisboa ÁGUAS ABERTAS 2.0 2010 1. ÂMBITO Este evento destina-se a promover a prática da Natação e dar a conhecer a disciplina de Águas Abertas a jovens nadadores. Este evento de descoberta realizar-se-á numa piscina,

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE JUDÔ HOMBU BUDOKAN

ASSOCIAÇÃO DE JUDÔ HOMBU BUDOKAN ASSOCIAÇÃO DE JUDÔ HOMBU BUDOKAN Praça Santa Adelaide nº 5 tel. 5011-8311 CEP 04318-010 Cidade Vargas São Paulo SP Filiada a Federação Paulista de Judô e-mail: ogawabudokan@terra.com.br São Paulo, 22 de

Leia mais

Fundada no dia 06 de janeiro de 2013 Rio de Janeiro

Fundada no dia 06 de janeiro de 2013 Rio de Janeiro Fundada no dia 06 de janeiro de 2013 Rio de Janeiro 1. DO CONVITE. A CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE LUTAS PROFISSIONAIS tem a honra de convidar todas as Equipes do BRASIL e EXTERIOR a participarem do CAMPEONATO

Leia mais

Do Cerimonial de Abertura OLIMGLOCK Da Identificação

Do Cerimonial de Abertura OLIMGLOCK Da Identificação SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO E INOVAÇÃO ESCOLA DE EDUCAÇÂO BÁSICA MONSENHOR GREGÓRIO LOCKS Justificativa Olimpíadas Gregório Locks Regulamento Geral Artigo 1º - No seu Projeto Político Pedagógico,

Leia mais

3ª OLIMPÍADA ENTRE EMPRESAS DE DOUTOR PEDRINHO 2014 3ª OLIEMDOPE

3ª OLIMPÍADA ENTRE EMPRESAS DE DOUTOR PEDRINHO 2014 3ª OLIEMDOPE 3ª OLIMPÍADA ENTRE EMPRESAS DE DOUTOR PEDRINHO 2014 3ª OLIEMDOPE 3ª OLIMPÍADA ENTRE EMPRESAS DE DOUTOR PEDRINHO 2015 3ª OLIEMDOPE REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I - DA ORGANIZAÇÃO Art. 1º A Olimpíada Entre

Leia mais

16ª TAÇA CAMPINA GRANDE DE HANDEBOL REGULAMENTO GERAL

16ª TAÇA CAMPINA GRANDE DE HANDEBOL REGULAMENTO GERAL Capítulo I - Dos Princípios Gerais 16ª TAÇA CAMPINA GRANDE DE HANDEBOL REGULAMENTO GERAL Art. 1º- A 16ª TAÇA CAMPINA GRANDE DE HANDEBOL tem a cooperação técnica da Confederação Brasileira de Handebol e

Leia mais

A B R A M 1 3 º T RO F É U B R A S I L DE AT L E T I S M O M A S T E R BELO HORIZONTE - MINAS GERAIS 4 7 D E J U N H O D E 2 0 1 5

A B R A M 1 3 º T RO F É U B R A S I L DE AT L E T I S M O M A S T E R BELO HORIZONTE - MINAS GERAIS 4 7 D E J U N H O D E 2 0 1 5 A B R A M A S S O C I A Ç Ã O B R A S I L E I R A D E A T L E T I S M O M A S T E R REGULAMENTO 1 3 º T RO F É U B R A S I L DE AT L E T I S M O M A S T E R 4 7 D E J U N H O D E 2 0 1 5 BELO HORIZONTE

Leia mais

CAMPEONATOS BRASILEIROS CAIXA DE ATLETISMO DE JUVENIS INTERSELEÇÕES LV Masculino e XLIII Feminino

CAMPEONATOS BRASILEIROS CAIXA DE ATLETISMO DE JUVENIS INTERSELEÇÕES LV Masculino e XLIII Feminino CAMPEONATOS BRASILEIROS CAIXA DE ATLETISMO DE JUVENIS INTERSELEÇÕES LV Masculino e XLIII Feminino Art. 1º - Os CAMPEONATOS BRASILEIROS DE ATLETISMO DE JUVENIS têm por propósito básico a integração nacional,

Leia mais

REGULAMENTO TÉCNICO ATLETISMO

REGULAMENTO TÉCNICO ATLETISMO REGULAMENTO TÉCNICO ATLETISMO 1 A Competição de Atletismo do JIUDESC 2014 será regida pelas Regras Internacionais da IAAF e pelo que dispõe este Regulamento. 2 Cada Centro poderá inscrever, no máximo,

Leia mais

Associação Nacional de Desporto para Deficientes Visuais. Campeonato Juvenil de Goalball REGULAMENTO

Associação Nacional de Desporto para Deficientes Visuais. Campeonato Juvenil de Goalball REGULAMENTO Associação Nacional de Desporto para Deficientes Visuais Campeonato Juvenil de Goalball REGULAMENTO Preâmbulo O Goalball é uma modalidade desportiva coletiva, originariamente concebida para pessoas com

Leia mais

4ª Copa Interestadual de Tênis de Mesa Pernambuco 2015

4ª Copa Interestadual de Tênis de Mesa Pernambuco 2015 4ª Copa Interestadual de Tênis de Mesa Pernambuco 2015 A Federação Pernambucana de Tênis de Mesa, tem a honra de convidar a todos os Atletas, Técnicos e Dirigentes de Federações e Clubes filiados a CBTM,

Leia mais

REGULAMENTO DE PROVA CAMPEONATO NACIONAL DAS ASSOCIAÇOES MATRAQUILHOS E FUTEBOL DE MESA FEDERAÇÃO PORTUGUESA

REGULAMENTO DE PROVA CAMPEONATO NACIONAL DAS ASSOCIAÇOES MATRAQUILHOS E FUTEBOL DE MESA FEDERAÇÃO PORTUGUESA FEDERAÇÃO PORTUGUESA MATRAQUILHOS E FUTEBOL DE MESA FUNDADA EM 0 DE FEVEREIRO DE 200 FILIADA NA ITSF - INTERNATIONAL TABLE SOCCER FEDERATION SEDE OFICIAL AV. ENG.º ARMANDO MAGALHAES, 31 4440-505 VALONGO

Leia mais

2º CAMPEONATO MUNICIPAL DE MATRAQUILHOS. Normas de Funcionamento

2º CAMPEONATO MUNICIPAL DE MATRAQUILHOS. Normas de Funcionamento 2º CAMPEONATO MUNICIPAL DE MATRAQUILHOS Normas de Funcionamento Normas de Funcionamento Considerando a importância que a promoção da dinâmica desportiva assume no concelho, a Câmara Municipal da Lourinhã,

Leia mais

CLUBE COMERCIAL DE LORENA

CLUBE COMERCIAL DE LORENA TORNEIO DE BILHAR 2015 I - Dos Objetivos: REGULAMENTO Art. 1 - O evento tem por finalidade promover o intercambio social e esportivo entre os associados do Clube Comercial de Lorena e de toda a região,

Leia mais

REGULAMENTO ESPORTIVO. Copa KART BRASIL e KART NIGHT 2015. I Do CAMPEONATO

REGULAMENTO ESPORTIVO. Copa KART BRASIL e KART NIGHT 2015. I Do CAMPEONATO REGULAMENTO ESPORTIVO Copa KART BRASIL e KART NIGHT 2015 I Do CAMPEONATO Art. 1º A Copa KART BRASIL 2015 e a KART NIGHT 2015 serão realizadas no Kartódromo Internacional Nova Odessa. 1º A Copa KART BRASIL

Leia mais

REGULAMENTO DELEGACIA SINDICAL DE BRASÍLIA - DF IV CAMPEONATO DE FUTEBOL SOÇAITE DOS AUDITORES FISCAIS DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL / 2011

REGULAMENTO DELEGACIA SINDICAL DE BRASÍLIA - DF IV CAMPEONATO DE FUTEBOL SOÇAITE DOS AUDITORES FISCAIS DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL / 2011 REGULAMENTO DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES: Artigo 1 Artigo 2 Artigo 3 Artigo 4 Artigo 5 Fica instituído pela Delegacia Sindical de Brasília o IV Campeonato de Futebol Soçaite. Este regulamento é o conjunto

Leia mais

REGULAMENTO I CORRIDA ADMINISTRAÇÃO É VIDA

REGULAMENTO I CORRIDA ADMINISTRAÇÃO É VIDA REGULAMENTO I CORRIDA ADMINISTRAÇÃO É VIDA DA PROVA 1. A I Corrida Administração é Vida será realizada no sábado, dia 12 de setembro 2015, na cidade de Garanhuns, com saída no pórtico de entrada da cidade,

Leia mais

TAÇA CIDADE SÃO JOSÉ DE FUTSAL 2014 REGULAMENTO GERAL I - DA ORGANIZÇÃO E DIREÇÃO

TAÇA CIDADE SÃO JOSÉ DE FUTSAL 2014 REGULAMENTO GERAL I - DA ORGANIZÇÃO E DIREÇÃO TAÇA CIDADE SÃO JOSÉ DE FUTSAL 2014 REGULAMENTO GERAL I - DA ORGANIZÇÃO E DIREÇÃO Art. 1º - A organização da Taça Cidade São José de Futsal é de inteira responsabilidade da Prefeitura Municipal de São

Leia mais

Regulamento Estadual Adulto

Regulamento Estadual Adulto Regulamento Estadual Adulto CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º - Os CAMPEONATOS ESTADUAIS 2005 é uma promoção e realização da Federação de Voleibol de Mato Grosso do Sul FVMS, com o patrocínio do

Leia mais

2ª CORRIDINHA TURÍSTICA DE PIRACICABA

2ª CORRIDINHA TURÍSTICA DE PIRACICABA REGULAMENTO 2ª CORRIDINHA TURÍSTICA DE PIRACICABA O evento é uma realização da Construtora Cataguá, organizado pela Chelso Sports, com o apoio da Prefeitura Municipal de Piracicaba. 1. REGULAMENTO A largada

Leia mais

Os critérios são válidos para todas as categorias organizadas no Yacht Clube da Bahia.

Os critérios são válidos para todas as categorias organizadas no Yacht Clube da Bahia. Regula a Concessão de Apoio Financeiro para os Nadadores do Yacht Clube da Bahia (Edição 2012.1) Introdução Encontram-se neste documento os critérios que serão utilizados pela Diretoria de Natação do YCB

Leia mais

FEDERAÇÃO PAULISTA DE CICLISMO - 2013 PONTOS

FEDERAÇÃO PAULISTA DE CICLISMO - 2013 PONTOS FEDERAÇÃO PAULISTA DE CICLISMO - 2013 PONTUAÇÕES / CATEGORIAS / METRAGENS Pontuação das categorias A Elite masculina/feminina Sub-23 Sub 30 Júnior masculino/feminino POSIÇÃO 1º lugar 16 PONTOS 2º lugar

Leia mais

Triathlon Faculdades FKB. Regulamento Geral

Triathlon Faculdades FKB. Regulamento Geral DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Triathlon Faculdades FKB Regulamento Geral Art. 1 Este Regulamento Geral é o conjunto de disposições que regem a 1ª Prova de Triathlon Faculdades FKB 2011 e implica obediência

Leia mais

BRASIL BASQUETE KIDS SÃO CARLOS ENCONTRO NACIONAL DE BASQUETEBOL SUB10/12 2014

BRASIL BASQUETE KIDS SÃO CARLOS ENCONTRO NACIONAL DE BASQUETEBOL SUB10/12 2014 BRASIL BASQUETE KIDS SÃO CARLOS ENCONTRO NACIONAL DE BASQUETEBOL SUB10/12 2014 REGULAMENTO GERAL E TÉCNICO Capítulo Primeiro DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 01º- Este regulamento é o conjunto das disposições que

Leia mais

IV CAMPEONATO BRASILEIRO ESCOLAR DE HANDEBOL - 2014 REGULAMENTO GERAL

IV CAMPEONATO BRASILEIRO ESCOLAR DE HANDEBOL - 2014 REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I - DAS FINALIDADES Art. 1º - O IV Campeonato Brasileiro Escolar de Handebol é uma competição intercolegial que tem por objetivo incentivar, no meio estudantil, a prática desportiva, enaltecendo

Leia mais

Local: Praia do Porto da Barra, Salvador-BA. Dias: 25, 26 e 27 de outubro de 2013. Promotora e total responsável pelo evento: Rinha Comunicação Total.

Local: Praia do Porto da Barra, Salvador-BA. Dias: 25, 26 e 27 de outubro de 2013. Promotora e total responsável pelo evento: Rinha Comunicação Total. Circuito Open de Polo Aquático Campeonato de Polo Aquático realizado em águas abertas, com abrangência nacional e apoio da CBDA - Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos. Local: Praia do Porto da

Leia mais

REGULAMENTO DOS JOGOS DA SAÚDE

REGULAMENTO DOS JOGOS DA SAÚDE REGULAMENTO DOS JOGOS DA SAÚDE 2015 ÍNDICE CAPÍTULO I Da Organização...3; CAPÍTULO II Dos Objetivos...3; CAPÍTULO III Da Coordenação...3; CAPÍTULO IV Data e local...4; CAPÍTULO V Das Inscrições...4; CAPÍTULO

Leia mais

CAMPEONATO PAULISTA UNIVERSITÁRIO 2015 NOTA OFICIAL JIU JITSU

CAMPEONATO PAULISTA UNIVERSITÁRIO 2015 NOTA OFICIAL JIU JITSU CAMPEONATO PAULISTA UNIVERSITÁRIO 2015 NOTA OFICIAL JIU JITSU Informações e inscrições: Kallel Brandão (11)97118-3872 kallel@fupe.com.br www.fupe.com.br www.juesp.com.br INFORMAÇÕES BÁSICAS Local: Centro

Leia mais

REGULAMENTO GERAL E TÉCNICO JOGOS DO SESI 2014 FASE ESTADUAL MODALIDADES INDIVIDUAIS: ATLETISMO, NATAÇÃO, JUDÔ, TÊNIS DE MESA E XADREZ.

REGULAMENTO GERAL E TÉCNICO JOGOS DO SESI 2014 FASE ESTADUAL MODALIDADES INDIVIDUAIS: ATLETISMO, NATAÇÃO, JUDÔ, TÊNIS DE MESA E XADREZ. REGULAMENTO GERAL E TÉCNICO JOGOS DO SESI 2014 FASE ESTADUAL MODALIDADES INDIVIDUAIS: ATLETISMO, NATAÇÃO, JUDÔ, TÊNIS DE MESA E XADREZ. REGULAMENTO GERAL E TÉCNICO - FINAL ESTADUAL MODALIDADES INDIVIDUAIS:

Leia mais

REGULAMENTO. Os representantes das equipes ficarão responsáveis pela disciplina de seus atletas.

REGULAMENTO. Os representantes das equipes ficarão responsáveis pela disciplina de seus atletas. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES: REGULAMENTO Artigo 1 Artigo 2 Artigo 3 Artigo 4 Artigo 5 Fica instituído pela Delegacia Sindical de Brasília o IV Campeonato de Futebol Soçaite. Este regulamento é o conjunto

Leia mais

6º REVEZAMENTO A NADO FAROL DE ITAPOAN / PORTO DA BARRA 10/DEZEMBRO/2011 R E G U L A M E N T O

6º REVEZAMENTO A NADO FAROL DE ITAPOAN / PORTO DA BARRA 10/DEZEMBRO/2011 R E G U L A M E N T O 6º REVEZAMENTO A NADO FAROL DE ITAPOAN / PORTO DA BARRA 10/DEZEMBRO/2011 R E G U L A M E N T O OBJETIVO Difundir a prática das Maratonas Aquáticas, e oferecer a comunidade de Salvador, novas opções de

Leia mais

FEDERAÇÃO UNIVERSITÁRIA GAÚCHA DE ESPORTES. 35º JOGOS UNIVERSITÁRIOS GAÚCHOS - JUGs 2014. REGULAMENTO GERAL - Esportes Individuais

FEDERAÇÃO UNIVERSITÁRIA GAÚCHA DE ESPORTES. 35º JOGOS UNIVERSITÁRIOS GAÚCHOS - JUGs 2014. REGULAMENTO GERAL - Esportes Individuais 1 35º JOGOS UNIVERSITÁRIOS GAÚCHOS - JUGs 2014 REGULAMENTO GERAL - Esportes Individuais Art. 1º - Os 35º Jogos Universitários Gaúchos - JUGs 2014 - Etapa Esportes Individuais, serão realizados pela Federação

Leia mais

4 a 6 de Setembro de 2015

4 a 6 de Setembro de 2015 A Federação de Judô do Estado do Rio de Janeiro, com a chancela da Confederação Brasileira de Judô, vem por meio deste, convidá-lo a participar da XII Copa Rio Internacional de Judô que acontecerá no Rio

Leia mais

XXIV CIRCUITO ESTADUAL DE VOLEIBOL DE PRAIA 2013 / 2014 R E G U L A M E N T O

XXIV CIRCUITO ESTADUAL DE VOLEIBOL DE PRAIA 2013 / 2014 R E G U L A M E N T O XXIV CIRCUITO ESTADUAL DE VOLEIBOL DE PRAIA 2013 / 2014 R E G U L A M E N T O DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º - O XXIV CIRCUITO ESTADUAL DE VOLEIBOL DE PRAIA 2013 / 2014 é uma promoção e realização da Federação

Leia mais

19º CAMPEONATO MATO-GROSSENSE DE JIU-JITSU

19º CAMPEONATO MATO-GROSSENSE DE JIU-JITSU Jiu-Jitsu Jiu-Jitsu No Gi Wrestling Luta Olímpica Beach Wrestling - Luta de Praia Grappling Submission Sambo Pankration MMA Mixed Martial Arts Lutas Tradicionais 19º CAMPEONATO MATO-GROSSENSE DE JIU-JITSU

Leia mais

COPA NORTE- NORDESTE DE REMO 2013

COPA NORTE- NORDESTE DE REMO 2013 BOLETIM INFORMATIVO N º3 22 de agosto de 2013 COPA NORTE- NORDESTE DE REMO 2013 1. LOCAL: Raia da Enseada dos Tainheiros Ribeira Salvador BA 2. DATA: 02 e 03 de novembro de 2013 3. ORGANIZAÇÃO: Federação

Leia mais

III Torneio de Atletismo Master

III Torneio de Atletismo Master III Torneio de Atletismo Master GOVERNADOR VALADARES-MG 18 de Julho de 2015 Realização: AMAVA - Associação Master de Atletismo Vale do Aço Apoio: Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer de Governador

Leia mais

2ª COPA DE JUDÔ CIDADE DE BRAGANÇA Coletando Esperança. BOLETIM OFICIAL Bragança/PA, 04 de maio de 2015.

2ª COPA DE JUDÔ CIDADE DE BRAGANÇA Coletando Esperança. BOLETIM OFICIAL Bragança/PA, 04 de maio de 2015. BOLETIM OFICIAL Bragança/PA, 04 de maio de 015. AS ASSOCIAÇÕES FILIADAS E VINCULADAS. É com extremo prazer e alegria que a ASSOCIAÇÃO DE JUDÔ RIO CAETÉ convida para a ª Judô /PA, integrante do calendário

Leia mais

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS. Art. 1º- Este regulamento é o conjunto de disposições que rege os jogos internos do Colégio Facex edição 2014.

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS. Art. 1º- Este regulamento é o conjunto de disposições que rege os jogos internos do Colégio Facex edição 2014. Página 1 CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º- Este regulamento é o conjunto de disposições que rege os jogos internos do Colégio Facex edição 2014. CAPÍTULO II DA FINALIDADE Art. 2º - Os jogos internos

Leia mais

REGULAMENTO BASQUETE 2009

REGULAMENTO BASQUETE 2009 REGULAMENTO BASQUETE 2009 Organização: Fórum das Associações dos Servidores das Agências Reguladoras Patrocínio: DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO BASQUETE - 2009 Art.01 - Este regulamento é o conjunto

Leia mais

REGULAMENTO DE FORMAÇÃO DA SELEÇÃO BRASILEIRA 2015 SUB-14, CADETE, JUNIOR E SUB-21

REGULAMENTO DE FORMAÇÃO DA SELEÇÃO BRASILEIRA 2015 SUB-14, CADETE, JUNIOR E SUB-21 REGULAMENTO DE FORMAÇÃO DA SELEÇÃO BRASILEIRA 2015 SUB-14, CADETE, JUNIOR E SUB-21 Este regulamento tem por finalidade determinar as condições e os critérios seletivos gerais para formar e compor a Seleção

Leia mais

REGULAMENTO DA GINCANA UNIJUÍ MINHA ESCOLA É DEZ EDIÇÃO 2015. Capítulo I Das Disposições Preliminares

REGULAMENTO DA GINCANA UNIJUÍ MINHA ESCOLA É DEZ EDIÇÃO 2015. Capítulo I Das Disposições Preliminares REGULAMENTO DA GINCANA UNIJUÍ MINHA ESCOLA É DEZ EDIÇÃO 2015 Capítulo I Das Disposições Preliminares Art. 1º. O presente documento regulamenta a Gincana UNIJUÍ MINHA ESCOLA É DEZ, promovida e organizada

Leia mais

Liga de Rugby do Vale

Liga de Rugby do Vale REGULAMENTO DO TORNEIO Torneio de Rúgbi de Areia 58º Jogos Regionais de Caraguatatuba Liga de Rugby do Vale Capítulo I - Disposições Gerais Art. 1º - O Torneio de Rúgbi de Areia em Caraguatatuba, é um

Leia mais

SEMANA DA INTEGRAÇÃO FISMA/FCAA 2015

SEMANA DA INTEGRAÇÃO FISMA/FCAA 2015 SEMANA DA INTEGRAÇÃO FISMA/FCAA 2015 16 a 20 de março de 2015 EVENTO ESPORTIVO E CULTURAL COM OBJETIVO DE INTEGRAR OS CALOUROS AO AMBIENTE ACADÊMICO DA FISMA/FCAA PROGRAMAÇÃO Dia 16/03 Ginásio de Esportes

Leia mais

REGULAMENTO TORNEIO POR EQUIPES CURITIBA TENNIS CLASSIC 2013

REGULAMENTO TORNEIO POR EQUIPES CURITIBA TENNIS CLASSIC 2013 REGULAMENTO TORNEIO POR EQUIPES CURITIBA TENNIS CLASSIC 2013 1. DO CONCEITO O Curitiba TennisClassic é um série de eventos competitivos disputada entre as melhores equipes nas categorias por idade, de

Leia mais

Federação Paulista de Futebol RUA FEDERAÇÃO PAULISTA DE FUTEBOL, 55 SÃO PAULO - SP Telefone 2189-7000 Fax 2189-7022

Federação Paulista de Futebol RUA FEDERAÇÃO PAULISTA DE FUTEBOL, 55 SÃO PAULO - SP Telefone 2189-7000 Fax 2189-7022 Federação Paulista de Futebol RUA FEDERAÇÃO PAULISTA DE FUTEBOL, 55 SÃO PAULO - SP Telefone 2189-7000 Fax 2189-7022 REGULAMENTO ESPECÍFICO DA 46ª COPA SÃO PAULO DE FUTEBOL JÚNIOR - 2015 I - DAS FINALIDADES

Leia mais

CLUB INTERNACIONAL DE FOOT-BALL

CLUB INTERNACIONAL DE FOOT-BALL REGULAMENTO GERAL DE PROVAS de Futebol 11 (categoria sénior) Capítulo I - Da realização dos torneios e jogos Capítulo II - Das inscrições Capítulo III - Da disciplina Capítulo IV - Da representação das

Leia mais

CIRCUITO DE ÁGUAS ABERTAS DOS AÇORES 2014

CIRCUITO DE ÁGUAS ABERTAS DOS AÇORES 2014 CIRCUITO DE ÁGUAS ABERTAS DOS AÇORES 2014 REGULAMENTO DA PROVA DA SEMANA DO MAR - HORTA 1. Organização ANARA Associação de Natação da Região Açores e Clube Naval da Horta 2. Data 2 de Agosto de 2014 16.00

Leia mais

Prova Pedestre UEL 30.11.2013 REGULAMENTO

Prova Pedestre UEL 30.11.2013 REGULAMENTO DOS PRINCIPIO GERAIS, DOS OBJETIVOS E DAS FINALIDADES. Art.1º - A VII é uma realização da Pró-Reitoria de Extensão, Centro de Educação Física e Esporte (CEFE) da Universidade Estadual de Londrina, e serão

Leia mais

FEDERAÇÃO PAULISTA DE CICLISMO TEMPORADA 2015 Pontuações / categorias / metragens

FEDERAÇÃO PAULISTA DE CICLISMO TEMPORADA 2015 Pontuações / categorias / metragens FEDERAÇÃO PAULISTA DE CICLISMO TEMPORADA 2015 Pontuações / categorias / metragens Comunicado: Pensando em oferecer uma melhor segurança a todos os nossos filiados na temporada 2015, comunicamos a todos

Leia mais

PÓLO AQUÁTICO. associação de natação de lisboa. Regulamentos Específicos

PÓLO AQUÁTICO. associação de natação de lisboa. Regulamentos Específicos PÓLO AQUÁTICO Regulamentos Específicos Época 2015/2016 TORNEIO DE ABERTURA DE ABSOLUTOS MASCULINOS A divulgar em circular. 2. PARTICIPAÇÃO Podem participar os jogadores do género masculino com idade mínima

Leia mais

XXVII COPA NORDESTE DE CICLISMO - 2015

XXVII COPA NORDESTE DE CICLISMO - 2015 CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CICLISMO XXVII COPA NORDESTE DE CICLISMO - 2015 Art. 1º - REGULAMENTO OBJETIVO Com o objetivo de desenvolver e difundir o ciclismo em toda a Região Nordeste, bem como proporcionar

Leia mais