RECADO AOS PROFESSORES

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RECADO AOS PROFESSORES"

Transcrição

1 RECADO AOS PROFESSORES Caro professor, As aulas deste caderno não têm ano definido. Cabe a você decidir qual ano pode assimilar cada aula. Elas são fáceis, simples e às vezes os assuntos podem ser banais para muitos de nós, mas para outras pessoas, são assuntos interessantes. Todas essas aulas foram ministradas na Escola Municipal Sérgio de Oliveira Aguiar, por mim, no período de 2005 a Algumas foram adaptadas e melhoradas. Essas mesmas aulas também já foram ministradas no ensino médio para adolescentes. Logo, fica muito difícil para eu dizer para qual ano deve ser tal aula. Você, caro professor, conhece seus alunos e vai saber se eles gostarão, compreenderão e irão querer mais aulas assim. Quanto a indicação do filósofo ao qual estudei para criar a aula, algumas delas não têm citação porque foram criadas da minha própria experiência com os meus alunos e as suas ansiedades. Esse é o meu recadinho. Espero que as aulas possam proporcionar um bom pensar aos alunos e um bom trabalho para vocês. Abraços,.

2 AULA DE FILOSOFIA Nº 01 As aparências enganam Ele vestia terno e gravata Calçava sapatos de couro Tinha sorriso bonito Anel de ouro nos dedos Mas não tinha o valor de um besouro Por dentro era medíocre Vazio até de si mesmo. Exercícios para compreensão textual. 1 O que você compreendeu do texto? 2 Por que as aparências do homem não combinam com ele? 3 O que a autora quis dizer vazio até de si mesmo? Exercícios para um bom pensar. 1 Por que não podemos julgar as pessoas pela aparência? 2 De que adianta tanta beleza por fora se a beleza interior não existe? 3 Como criarmos a nossa beleza interior? 4 Por que as pessoas se deixam enganar pela beleza física? 5 Para você o que é a verdadeira beleza? Caro professor, mostre aos seus alunos que ter uma boa aparência é muito importante, claro. Cuidar do corpo, dos dentes, dos cabelos, manter-se limpo e bem trajado é sempre necessário. Mas isso não significa que seja tudo na vida de uma pessoa, porque enquanto cuidamos da beleza exterior esquecemos da beleza da alma, de dentro de nós, de cuidar da aparência das nossas atitudes, gestos, sentimentos e palavras. As duas

3 coisas devem andar juntas. É preciso saber respeitar o outro, mostrar uma aparência de pessoa responsável com os problemas alheios e seus, vestir-se conforme suas condições financeiras e preparar as aparências da alma para uma vida melhor, para o respeito ao ser humano e a si mesmo. Não adianta olhar-se no espelho e encontrar um belo rosto se por dentro existe um coração cheio de rancor. As aparências podem enganar, muitas vezes. Cite exemplos comuns que podem ser encontrados em revistas e jornais. Converse com os alunos e peça-lhes para criar uma pequena frase sobre o que pensam das aparências internas, poder parecer ser bom é justo ou justo é dá a certeza de que somos bons de verdade? Parecer carinhoso aos olhos de uma pessoa querida pode ser maravilhoso, mas logo em seguida reagimos com palavras grosseiras e agora? Parecer engana muito, por isso é melhor ser exatamente como somos.

4 AULA DE FILOSOFIA Nº 02 A realidade Do Dicionário de Filosofia Abbagnano Adaptado por Tudo o que existe é real. Eu sou real e você também. Não há duas realidades. Existe apenas uma realidade e essa é a que constitui tudo o que existe. Não sei, tem horas que eu gostaria de não existir, ser inexistente, não ser real, mas se eu deixar de existir vou perder o bolo de chocolate do aniversário de Maria Luíza. Exercícios para compreensão textual. 1 O que é a realidade? 2 Por que não há mais de uma realidade? 3 Podemos deixar de está na realidade e existir? Exercícios para o bom pensar. 1 Você já duvidou da realidade? Justifique. 2 O que nos garante que tudo existe? 3 Por que as coisas existem? 4 Como surgem as coisas? 5 O que dá movimento a realidade? Caro professor, esta é uma aula introdutória ao curso de filosofia. Ela pode ser dada em qualquer ano. Uma aula simples e de fácil assimilação. Explique ao seu aluno o que é a realidade, mostrando para ele que só há uma realidade, pois ela é tudo o que existe. Diferencie realidade de verdade, muitos alunos têm mania de dizer a minha realidade é assim quando deviam dizer a minha verdade é assim ou a minha vida é assim. Mostre para eles a importância que as coisas existentes têm para nós, o mundo é tão perfeito que cada coisa tem seu destino e sua importância.

5 AULA DE FILOSOFIA Nº 03 A physis Do Dicionário de Filosofia Abbagnano Adaptado por Mãêêêê? Você sabia que a physis é a realidade em movimento, constantes mudanças. Segundo a physis tudo o que nasce está destinado a ser o que deve ser e não a outra coisa. É a realidade, mãe. Eu nasci para me realizar em algo, mãe, você sabe disso. Faço parte da realidade, mesmo que você me peça para ficar parado, estarei em movimento e destinado a ser um menino bem quietinho, prometo, mãe. Exercícios para compreensão textual. 1 Como é a realidade segundo o texto? 2 O que vem a ser physis? 3 Para que serve a physis? Exercícios para o bom pensar. 1 O que é a realidade? 2 Se nascemos flores podem mudar nosso destino? Por quê? 3 Por que as coisas mudam? 4 O que muda a realidade? 5 Pesquise sobre a physis e escreva aqui o que achou mais interessante e o porquê. Caro professor, esta é uma aula introdutória ao curso de filosofia. Ela pode ser dada em qualquer ano. Uma aula simples e de fácil assimilação. Explique ao seu aluno o termo physis, antes disso, converse com seus alunos sobre a realidade, o movimento da matéria, o Universo, as mudanças ocorridas no nosso planeta. O destino de cada coisa, a realização do nosso ser, como podemos obter mudanças e se elas interferem no nosso destino e na realidade. Levante argumentos sobre o que você pensa das coisas ao seu redor, do mundo, das estrelas e da realidade.

6 AULA DE FILOSOFIA Nº 04 A arché Do Dicionário de Filosofia Abbagnano Adaptado por Tudo tem um início, um meio e um fim. As coisas não estão no mundo assim do nada. Elas devem vir de algum lugar, está em algum lugar e servir para alguma coisa, não é, mãe? Pois bem, mãe, para esse princípio, esse existir vou chamar de arché. Tá, mãe? Arché princípio das coisas, não esquece, viu mãe? Exercícios para compreensão textual. 1 O que as coisas têm segundo o texto? 2 O que significa arché? 3 Para que serve a arché? Exercícios para o bom pensar. 1 Por que as coisas precisam de um princípio? 2 E se não existisse o princípio? 3 Onde fica esse princípio? 4 Como é constituído o princípio? 5 Pesquise sobre a arché e escreva aqui o que achou mais interessante e o porquê. Caro professor, esta é uma aula introdutória ao curso de filosofia. Ela pode ser dada em qualquer ano. Uma aula simples e de fácil assimilação. Explique ao seu aluno o termo arché, antes disso, converse com seus alunos sobre o princípio das coisas, o início, o que faz com que as coisas estejam aqui e para quê, por que há tantas coisas no mundo, como surgem assim de repente ou há algo que explique essa existência? Faça com que os seus alunos perguntem, levante argumentos sobre o que você pensa das coisas ao seu redor, do mundo, do Universo.

7 AULA DE FILOSOFIA Nº 05 Meu admirável mundo Do Dicionário de Filosofia Abbagnano (espanto, admiração, curiosidade, investigação) Adaptado por Acordo pela manhã ainda com preguicinha! Huuumm! Me estico toda! Abro a janela e lá está um arco-íris por trás das montanhas! Que lindo! Fico admirada com aquela beleza, espantada com as cores do arco-íris, curiosa para saber se é verdade o que vovó diz que quem passa por debaixo dele vira homem e se for homem vira mulher. Huuum! Acho que vou atrás dele só para investigar se tudo isso é verdade. Exercícios para compreensão textual. 1 Qual a diferença de admiração para espanto? 2 O que é curiosidade? 3 Que tipo de investigação a menina está se referindo no texto? Exercícios para o bom pensar. 1 Que coisas provocam admiração em você? Por quê? 2 O que mais espanta você? Por quê? 3 Por que somos tão curiosos? 4 O que acontece com as pessoas curiosas? 5 Como podemos fazer uma boa investigação? Caro professor, esta é uma aula introdutória ao curso de filosofia. Ela pode ser dada em qualquer ano. Uma aula simples e de fácil assimilação. O texto acima fala de um mundo belo visto pelo olhar de uma menina. Pergunte aos seus alunos como eles veem o mundo, se eles têm admiração por alguma coisa, o que causa curiosidade neles, como surge o espanto e quais meios podemos utilizar para fazer uma investigação. Apresente aos seus alunos pessoas influentes que com a curiosidade desenvolveram coisas que mudaram a história do nosso planeta, até que ponto a curiosidade é saudável. Por que necessitamos da admiração? E mais ainda mostre para eles que investigar significa pesquisar, aprofundar-se num conhecimento, buscar o saber.

8 AULA DE FILOSOFIA Nº 06 Da minha idade Os anos vão se passando Vamos trocando de anos Fazendo uma nova idade E dentro da gente Cidades são construídas Ou demolidas com esse passar De tempo que não devia ter tempo Ser só vida eterna em tudo linda! Exercícios para compreensão textual. 1 Sobre o que a autora discute no texto? 2 Por que ela diz cidades são construídas ou demolidas com o passar dos anos? 3 Você concorda com a autora que a vida deveria ser eterna e em tudo linda? Por quê? Exercícios para um bom pensar. 1 O que significa para você fazer aniversário? 2 Muda muita coisa na gente quando trocamos de idade? 3 Para você como deveria ser a vida? 4 Por que é tão difícil lidarmos com o passar dos anos? 5 Se pudesse voltar no tempo você gostaria de ser criança outra vez? Por quê? Caro professor, o texto Da minha idade é pequeno como todos os outros, porque seu objetivo é ser uma leitura rápida que proporcione uma assimilação rápida, também, de forma que o aluno vá se acostumando aos poucos a gostar da leitura. Este é um texto

9 para ser discutida a questão do nosso aniversário, por que mudamos de anos, por que não ficamos para sempre com a mesma idade, qual foi a melhor idade que a gente já teve. A mudança de idade para muitos é uma festa com bastante alegria, mas algumas pessoas não se sentem assim, procure saber o porquê conversando com os seus alunos. Discuta com eles todo o ritual de uma festa de aniversário, diga-lhes que o fato de não ter festa de aniversário não é motivo para se comemorar uma data tão especial, pois comemoração pode ser feita com uma conversa entre amigos ou um sorriso no rosto. Peça aos seus alunos, sempre que puderem a se olhar no espelho, a aprender a gostar deles, a tentar descobrir o que mudou de ontem para hoje, encontrar-se no espelho é bom para descobrir nossos erros e acertos, por isso mudamos de ano para nos aperfeiçoar. Pergunte se eles achariam melhor nascer velhos e tornarem-se crianças, o contrário do que ocorre e peça-lhes para escreverem como seria um mundo governado por crianças. Seria mais justo? Bem, o texto acima é tema para vários tipos de diálogos, uma coisa puxa a outra. Aproveite! Boas aulas!

10 AULA DE FILOSOFIA Nº 07 O menino que tinha sono Do livro Ensaios de Montaigne, livro I, ensaio Do sono Adaptado por Psiu! Silêncio, gente, o menino está em sono profundo, no momento, enquanto todos da casa estão preocupados em como lhe darão a notícia de que seu gato desapareceu de verdade. Ele também está aflito, mas nem por isso deixou de dormir. Sabia que era bom para si próprio ter uma boa noite de sono, pois no outro dia acordaria disposto para procurar pelo seu gato, e se não dormisse bem não teria coragem sequer para levantar um dedo. Exercícios para compreensão textual. 1 O que fazia o menino do texto? 2 Por que ele sabia que dormir faz bem? 3 Por que o menino sabia que era bom ter uma boa noite de sono? Exercícios para o bom pensar. 1 Você dorme bem? 2 Em poucas palavras, explique o que é o sono para você? 3 O que tira o seu sono? 4 Por que algumas vezes perdemos o sono? 5 Você já perdeu o sono alguma vez no meio da madrugada? Caro professor, para orientá-lo melhor, a partir de hoje colocarei o nome da obra e do filósofo de onde adaptei meu texto para as aulas. O texto O menino que tinha sono é uma história, aqui está apenas parte dela. É um bom texto para discutir entre os alunos, porque muitos deles, preocupados, perdem noites de sonos ou até mesmo passam noites em baladas. Uma noite de sono perdida ou mal dormida consome muito das nossas

11 energias físicas e mentais, no outro dia não temos condições de estudar ou de aprender coisa alguma. É bom que aprendamos a dormir bem. Pergunte aos seus alunos se alguém tem pesadelos à noite, procure ajudá-los. Pergunte também se alguém tem medo de dormir no escuro ou se há um outro tipo de medo na hora de dormir. Conheça seus alunos e suas ansiedades, esse é o objetivo das minhas aulas.

12 AULA DE FILOSOFIA Nº 08 A lenda da filosofia Do Dicionário de Filosofia Abbagnano Adaptado por Eles nasceram distantes um do outro. Philo morava no sul e Sophia no norte. Um dia, os dois foram passear pela floresta e eis que Philo encontra Sophia. Desse encontro nasceu um lindo amor que gerou, após alguns meses, uma filha curiosa, admiradora e cheia de perguntas que Pitágoras, amigo do casal, deu-lhe o nome de Philosophia que em português escreve-se Filosofia. A menina Filosofia cresceu e passou a ser amiga do saber, ou melhor, tem amor pelo saber. Exercícios para compreensão textual. 1 Segundo o texto como você acha que aconteceu o encontro de Philo com Sophia? 2 O que foi gerado desse amor? 3 O que significa FILOSOFIA segundo o texto? Exercícios para o bom pensar. 1 Você se sente parecido com Filosofia? 2 O que é filosofia para você? 3 Por que ter curiosidade é importante? 4 O que nos faz ficarmos admirados? 5 Elabore cinco perguntas com a palavra POR QUE sobre curiosidades que você tem. Caro professor, esta é uma aula introdutória ao curso de filosofia. Ela pode ser dada em qualquer ano. Uma aula simples e de fácil assimilação. Explique ao seu aluno a importância da filosofia no mundo de hoje, diga para ele que, na verdade, isso é apenas uma lenda e que a palavra filosofia foi criada pelo filósofo Pitágoras. Explique ao aluno

13 a origem do termo PHILOSOPHIA. Se eles quiserem saber mais sobre quem foi Pitágoras, por favor, tenha em mãos um pequeno resumo da vida dele, você pode encontrar esse material em qualquer livro de filosofia.

14 AULA DE FILOSOFIA Nº 09 Um penteado legal Hoje decidi usar meu cabelo De uma forma bem legal Nem de lado nem pra frente Mas pra cima feito espinho Me olhei no espelho E pra mim estava belo No entanto, muita gente Achou que eu era um velho Um gambá ou um estranho! Exercício para compreensão textual. 1 Como você acha que era o penteado do jovem do texto? 2 Por que ele precisou se olhar no espelho? 3 Por que pensaram que ele era um estranho? Exercício para o bem pensar. 1 Você gosta do seu penteado? Por quê? 2 Se pudesse você modificaria o seu penteado? Por quê? 3 Por que é importante ter um belo penteado? 4 O penteado de algum ídolo influencia adolescentes. Como é que você vê isso? 5 Você se sente influenciado por outras pessoas?

15 Professor, essa aula não é para discutir o penteado de um determinado aluno, mas os penteados em geral. Ninguém pode se sentir ofendido, ao contrário, deve ser alimentada a autoestima. Explore os penteados dos reis e princesas de antigamente, faça perguntas sobre o que eles acham dos penteados de antes e os de hoje. Pergunte o que eles acham de algumas pessoas rasparem as cabeças, outras pintarem os cabelos e aquelas que usam apetrechos neles. Por que é importante cuidar do cabelo? E quando não se tem cabelo? A questão da influência também é muito importante ser discutida, questione se eles usam o cabelo do jeito que é porque gostam ou porque os pais não querem que mudem. Fale das perucas que algumas pessoas usam, explore as diferenças de alguns: uns com tantos cabelos e outros com muitos.

16 AULA DE FILOSOFIA Nº 10 O beijo Eu beijei Foi meu primeiro beijo Não teve gosto de nada E teve gosto de tudo Foi assim meio melequeiro Língua com língua Depois, fiquei a pensar No beijo que sempre quis dar. Exercícios para compreensão. 1 Como é o beijo do texto? 2 O que é um beijo melequeiro? 3 No texto, a autora deixa alguma lamentação? Exercícios para o pensar. 1 O que representa para você o beijo? 2 Você gosta de beijar ou de ser beijado? 3 Na sua infância você recebeu muitos beijos? 4 De quem você recebe mais beijos na sua família? 5 Há quanto tempo você recebeu um beijo gostoso? Professor, o texto O beijo deve ser lido e discutido em sala de aula. Esse texto tem o intuito de fazer o adolescente pensar no amor que tem ou não da sua família e se esse amor foi confundido com uma paixão.

17 Pode-se discutir também como são os laços familiares atualmente, como os pais tratam os filhos, o que os filhos gostariam de receber como forma de carinho dos pais e amigos também. Para isso, deixe bem claro que o senhor(a) é um amigo em sala de aula, e que a partir do momento que se dispõe a questionar o amor com eles é porque ama o que faz, logo deseja aprender a amá-los com todos os defeitos que eles podem dizer que têm e que nunca foram amados por esses defeitos. Se possível peça para um dos alunos da sala falar do beijo que ele nunca esqueceu e dizer o motivo, veja que depois outros também irão querer falar. Deixe-os dizer o que pensam, não interfira, e tenha o cuidado de fazer as anotações importantes.

www.rockstarsocial.com.br

www.rockstarsocial.com.br 1 1 Todos os Direitos Reservados 2013 Todas As Fotos Usadas Aqui São Apenas Para Descrição. A Cópia Ou Distribuição Do Contéudo Deste Livro É Totalmente Proibida Sem Autorização Prévia Do Autor. AUTOR

Leia mais

Casa Templária, 9 de novembro de 2011.

Casa Templária, 9 de novembro de 2011. Casa Templária, 9 de novembro de 2011. Mais uma vez estava observando os passarinhos e todos os animais que estão ao redor da Servidora. Aqui onde estou agora é a montanha, não poderia ser outro lugar.

Leia mais

Coleção: Encantando a Gramática. Autora: Pâmela Pschichholz* palavras que existem no mundo. Lá, várias famílias vivem felizes.

Coleção: Encantando a Gramática. Autora: Pâmela Pschichholz* palavras que existem no mundo. Lá, várias famílias vivem felizes. Coleção: Encantando a Gramática Autora: Pâmela Pschichholz* Um lugar diferente Em um vilarejo chamado classes Gramaticais moram todas as palavras que existem no mundo. Lá, várias famílias vivem felizes.

Leia mais

A CURA DE UM MENINO Lição 31

A CURA DE UM MENINO Lição 31 A CURA DE UM MENINO Lição 31 1 1. Objetivos: Mostrar o poder da fé. Mostrar que Deus tem todo o poder. 2. Lição Bíblica: Mateus 17.14-21; Marcos 9.14-29; Lucas 9.37-43 (Leitura bíblica para o professor)

Leia mais

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar 1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar nosso amor 4. Porque a gente discute nossos problemas

Leia mais

CURSO CASAMENTO FELIZ NAMORANDO - SE ESBOÇO DA NOITE: INTRODUÇÃO - JÖRG PALESTRA JÖRG - LADO TEOLÓGICO UMA DADIVA DE DEUS!

CURSO CASAMENTO FELIZ NAMORANDO - SE ESBOÇO DA NOITE: INTRODUÇÃO - JÖRG PALESTRA JÖRG - LADO TEOLÓGICO UMA DADIVA DE DEUS! CURSO CASAMENTO FELIZ NAMORANDO - SE ESBOÇO DA NOITE: Colocar as perguntas na caixa Introdução Rodada: Quem te explicou a sexualidade e como? Palestra Jorge Palestra Judite Respostas Conversa Tarefa INTRODUÇÃO

Leia mais

Belo reparo. capítulo um. No Japão, eles têm o kintsugi a arte de remendar porcelanas. Hoje Nova York Apartamento de Cassandra Taylor

Belo reparo. capítulo um. No Japão, eles têm o kintsugi a arte de remendar porcelanas. Hoje Nova York Apartamento de Cassandra Taylor capítulo um Belo reparo Hoje Nova York Apartamento de Cassandra Taylor No Japão, eles têm o kintsugi a arte de remendar porcelanas preciosas com ouro. O resultado é uma peça que nitidamente foi quebrada,

Leia mais

INDICE Introdução 03 Você é muito bonzinho 04 Vamos ser apenas amigos dicas para zona de amizade Pg: 05 Evite pedir permissão

INDICE Introdução 03 Você é muito bonzinho 04 Vamos ser apenas amigos dicas para zona de amizade Pg: 05 Evite pedir permissão 1 INDICE Introdução... Pg: 03 Você é muito bonzinho... Pg: 04 Vamos ser apenas amigos dicas para zona de amizade... Pg: 05 Evite pedir permissão... Pg: 07 Não tenha medo de ser você mesmo... Pg: 08 Não

Leia mais

MUDANÇA DE IMAGEM. Site Oficial: http://www.tfca.com.br E-mail: tfca@tfca.com.br

MUDANÇA DE IMAGEM. Site Oficial: http://www.tfca.com.br E-mail: tfca@tfca.com.br MUDANÇA DE IMAGEM Os dias que se seguiram não foram fáceis para mim. Isto porque eu não tinha a quem relatar o que me havia acontecido. Eu estava com medo de sair do meu corpo novamente, mas também não

Leia mais

Acólitos. São João da Madeira. Cancioneiro

Acólitos. São João da Madeira. Cancioneiro Acólitos São João da Madeira Cancioneiro Índice Guiado pela mão...5 Vede Senhor...5 Se crês em Deus...5 Maria a boa mãe...5 Quanto esperei por este momento...6 Pois eu queria saber porquê?!...6 Dá-nos

Leia mais

www.omeualbumdefamilia.pt O Meu Álbum de Família

www.omeualbumdefamilia.pt O Meu Álbum de Família www.omeualbumdefamilia.pt O Meu Álbum de Família j Queridos Pais, Desde sempre a beleza de recordar momentos vividos em Família é uma viagem que merece ser feita vezes sem conta. É aqui que entra a paixão

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

AF_Livro_Casamento 10/27/06 4:17 PM Page 1

AF_Livro_Casamento 10/27/06 4:17 PM Page 1 AF_Livro_Casamento 10/27/06 4:17 PM Page 1 AF_Livro_Casamento 10/27/06 4:17 PM Page 2 2006 ALBA NOSCHESE COORDENAÇÃO EDITORIAL: MÁRCIA DUARTE EDIÇÃO: MAIÁ MENDONÇA PROJETO GRÁFICO E DIREÇÃO DE ARTE: CLAUDIO

Leia mais

Masterização: Renato Luiz / Criação de capa: MK Music

Masterização: Renato Luiz / Criação de capa: MK Music Técnica Produção musical: Emerson Pinheiro (exceto a música Coração) Pianos: Emerson Pinheiro Teclados, cordas, loops: Tadeu Chuff Piano nas músicas da O Coração de Quem Ama e Foi Deus Quem Fez Você Pra

Leia mais

Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo

Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo Autora: Tell Aragão Personagens: Carol (faz só uma participação rápida no começo e no final da peça) Mãe - (só uma voz ela não aparece) Gigi personagem

Leia mais

QUASE NADA Peça de Marcos Barbosa marcosbarbosa@hotmail.com

QUASE NADA Peça de Marcos Barbosa marcosbarbosa@hotmail.com QUASE NADA Peça de Marcos Barbosa marcosbarbosa@hotmail.com Antônio, Sara, Vânia e César. Sala da casa de Antônio e Sara. 1 Um longo silêncio. ANTÔNIO. Vai me deixar falando sozinho? Sara o fita e fica

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

5 DICAS PARA REINVENTAR O SEU. e a si mesma!

5 DICAS PARA REINVENTAR O SEU. e a si mesma! 5 DICAS PARA REINVENTAR O SEU GUARDA-ROUPA e a si mesma! E S T I L O É A SUA ALMA V I S T A P E L O lado de fora. I N T R O D U Ç Ã O Qual é a mulher nesse mundo QUE NUNCA RECLAMOU EM FRENTE AO ESPELHO

Leia mais

1º Domingo de Agosto Primeiros Passos 02/08/2015

1º Domingo de Agosto Primeiros Passos 02/08/2015 1º Domingo de Agosto Primeiros Passos 02/08/2015 JESUS ESTÁ COMIGO QUANDO SOU DESAFIADO A CRESCER! OBJETIVO - Saber que sempre que são desafiados a crescer ou assumir responsabilidades, Jesus está com

Leia mais

http://www.comoorganizarcasamento.com

http://www.comoorganizarcasamento.com Como Planejar seu Casamento Sem Stress Copyright 2014 Este e- book é protegido pela Lei dos Direitos Autorais (Lei 9.610/98), é proibida a reprodução do livro por meio eletrônico ou impresso. O e- book

Leia mais

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA DESENGANO FADE IN: CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA Celular modelo jovial e colorido, escovas, batons e objetos para prender os cabelos sobre móvel de madeira. A GAROTA tem 19 anos, magra, não

Leia mais

Ideionildo. E a Chave Azul. Pelo Espírito Vovó Amália. Robson Dias

Ideionildo. E a Chave Azul. Pelo Espírito Vovó Amália. Robson Dias Ideionildo E a Chave Azul Robson Dias Pelo Espírito Vovó Amália Livrinho da Série - As Histórias Que a Vovó Gosta de Contar (http:\www.vovoamalia.ubbi.com.br - Distribuição Gratuita) - A venda deste produto

Leia mais

Três Marias Teatro. Noite (Peça Curta) Autor: Harold Pinter

Três Marias Teatro. Noite (Peça Curta) Autor: Harold Pinter Distribuição digital, não-comercial. 1 Três Marias Teatro Noite (Peça Curta) Autor: Harold Pinter O uso comercial desta obra está sujeito a direitos autorais. Verifique com os detentores dos direitos da

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES:

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES: Atividades gerais: Verbos irregulares no - ver na página 33 as conjugações dos verbos e completar os quadros com os verbos - fazer o exercício 1 Entrega via e-mail: quarta-feira 8 de julho Verbos irregulares

Leia mais

MATERIAL DE APOIO OFICINA EVANGELISMO PESSOAL MIN. FILIPE ARAÚJO

MATERIAL DE APOIO OFICINA EVANGELISMO PESSOAL MIN. FILIPE ARAÚJO MATERIAL DE APOIO OFICINA EVANGELISMO PESSOAL MIN. FILIPE ARAÚJO DO CONCEITO PARA PRATICA E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra. Portanto ide, fazei discípulos

Leia mais

Meninas Nhe nhe. Eu Aff Chegando lá. Eu Gente estou com um mau pressentimento

Meninas Nhe nhe. Eu Aff Chegando lá. Eu Gente estou com um mau pressentimento Eu e umas amigas íamos viajar. Um dia antes dessa viagem convidei minhas amigas para dormir na minha casa. Nós íamos para uma floresta que aparentava ser a floresta do Slender-Man mas ninguém acreditava

Leia mais

Bons Hábitos de Higiene: Essenciais para a sua saú de!

Bons Hábitos de Higiene: Essenciais para a sua saú de! Bons Hábitos de Higiene: Essenciais para a sua saú de! Programa de 21 Dias de Boas Práticas de Higiene Contra 10 Doenças Uma Proteção Avançada olá! Você sabia que o simples hábito de lavar as mãos evita

Leia mais

Aluno (a): Ana Paula Batista Pereira Série: 3º Ano do Ensino Médio Professora: Deysiane Maria Assis Zille. Água

Aluno (a): Ana Paula Batista Pereira Série: 3º Ano do Ensino Médio Professora: Deysiane Maria Assis Zille. Água Aluno (a): Ana Paula Batista Pereira Série: 3º Ano do Ensino Médio Professora: Deysiane Maria Assis Zille Água Tu és um milagre que Deus criou, e o povo todo glorificou. Obra divina do criador Recurso

Leia mais

Concurso Literário. O amor

Concurso Literário. O amor Concurso Literário O Amor foi o tema do Concurso Literário da Escola Nova do segundo semestre. Durante o período do Concurso, o tema foi discutido em sala e trabalhado principalmente nas aulas de Língua

Leia mais

EMPREGO DE PALAVRAS E EXPRESSÕES

EMPREGO DE PALAVRAS E EXPRESSÕES EMPREGO DE PALAVRAS E EXPRESSÕES ASPECTOS TEÓRICOS. POR QUE /POR QUÊ / PORQUE / PORQUÊ a) POR QUE: Equivale a POR QUAL MOTIVO ou a pelo qual e variações; vem também depois de EIS e DAÍ. b) POR QUÊ: Equivale

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL AUGUSTO AIRES DA MATA MACHADO. MATÉRIA: LÍNGUA PORTUGUESA. PROF.: MARCÉLIA ALVES RANULFO ASSUNTO: PRODUÇÃO DE TEXTO.

ESCOLA ESTADUAL AUGUSTO AIRES DA MATA MACHADO. MATÉRIA: LÍNGUA PORTUGUESA. PROF.: MARCÉLIA ALVES RANULFO ASSUNTO: PRODUÇÃO DE TEXTO. PROF.: MARCÉLIA ALVES RANULFO ALUNO: Victor Maykon Oliveira Silva TURMA: 6º ANO A ÁGUA A água é muito importante para nossa vida. Não devemos desperdiçar. Se você soubesse como ela é boa! Mata a sede de

Leia mais

Exercícios para estabelecer o contato com a nossa criança interior

Exercícios para estabelecer o contato com a nossa criança interior Exercícios para estabelecer o contato com a nossa criança interior C omo este é o mês das crianças, decidi propor para aqueles que estão em busca de autoconhecimento, alguns exercícios que ajudam a entrar

Leia mais

O Convite. Roteiro de Glausirée Dettman de Araujo e. Gisele Christine Cassini Silva

O Convite. Roteiro de Glausirée Dettman de Araujo e. Gisele Christine Cassini Silva O Convite Roteiro de Glausirée Dettman de Araujo e Gisele Christine Cassini Silva FADE OUT PARA: Int./Loja de sapatos/dia Uma loja de sapatos ampla, com vitrines bem elaboradas., UMA SENHORA DE MEIA IDADE,

Leia mais

Série: CRESCIMENTO Preletor: Dr. Bob Harrison Cd: 1/11

Série: CRESCIMENTO Preletor: Dr. Bob Harrison Cd: 1/11 TEMA: CRESCIMENTO, AVANÇO E CONQUISTA! 1/11. PRINCIPES E PRINCESAS SE VOCÊ É UMA DAS MILHARES DE PESSOAS QUE DESEJAM CRESCER, QUE DE VERDADE QUEREM CRESCIMENTO PARA SUA VIDA, AQUI VÃO ALGUMAS BOAS NOTÍCIAS.

Leia mais

Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: PARA QUEM CURSA O 9 Ọ ANO EM 2014. Disciplina: PoRTUGUÊs TALVEZ VOCÊ TENHA SENTIDO

Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: PARA QUEM CURSA O 9 Ọ ANO EM 2014. Disciplina: PoRTUGUÊs TALVEZ VOCÊ TENHA SENTIDO Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 9 Ọ ANO EM 2014 Disciplina: PoRTUGUÊs Prova: desafio nota: Texto para as questões 1 e 2. O MELHOR DE CALVIN / Bill Watterson OI, SUSIE,

Leia mais

Faz um sol radiante, que acaricia todo o planeta e, nele, seus habitantes! Por isso o dia de hoje é tão especial.

Faz um sol radiante, que acaricia todo o planeta e, nele, seus habitantes! Por isso o dia de hoje é tão especial. Casa Templária, 11 de novembro de 2011. Faz um sol radiante, que acaricia todo o planeta e, nele, seus habitantes! Por isso o dia de hoje é tão especial. Vou lhes falar de um Ser, que poderíamos chamar

Leia mais

2013 Ana Zarco Câmara e Taline Schubach. Editoras Cristina Fernandes Warth Mariana Warth. Coordenação editorial Raphael Vidal

2013 Ana Zarco Câmara e Taline Schubach. Editoras Cristina Fernandes Warth Mariana Warth. Coordenação editorial Raphael Vidal 2013 Ana Zarco Câmara e Taline Schubach Editoras Cristina Fernandes Warth Mariana Warth Coordenação editorial Raphael Vidal Coordenação gráfica Aron Balmas Projeto gráfico e diagramação Rafael Nobre Babilonia

Leia mais

Relato de parto: Nascimento do Thomas

Relato de parto: Nascimento do Thomas Relato de parto: Nascimento do Thomas Dia 15 de dezembro de 2008, eu já estava com 40 semanas de gestação, e ansiosa para ter meu bebê nos braços, acordei as 7h com uma cólica fraca, dormi e não senti

Leia mais

A nossa missão profissional é eternizar a sua história e o nosso desejo pessoal é conhecer aquela parte incrível que mora em você.

A nossa missão profissional é eternizar a sua história e o nosso desejo pessoal é conhecer aquela parte incrível que mora em você. A nossa missão profissional é eternizar a sua história e o nosso desejo pessoal é conhecer aquela parte incrível que mora em você. Muito prazer, nós somos a Old Love Somos fotógrafos de casais em sintonia,

Leia mais

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997.

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. 017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. Acordei hoje como sempre, antes do despertador tocar, já era rotina. Ao levantar pude sentir o peso de meu corpo, parecia uma pedra. Fui andando devagar até o banheiro.

Leia mais

Curso de Discipulado

Curso de Discipulado cidadevoadora.com INTRODUÇÃO 2 Este curso é formado por duas partes sendo as quatro primeiras baseadas no evangelho de João e as quatro últimas em toda a bíblia, com assuntos específicos e muito relevantes

Leia mais

7 Tal pai, tal filho. Acabada a assembléia da comunidade de. Cenatexto

7 Tal pai, tal filho. Acabada a assembléia da comunidade de. Cenatexto JANELA A U L A 7 Tal pai, tal filho Cenatexto Acabada a assembléia da comunidade de Júpiter da Serra, em que se discutiu a expansão da mineradora, dona Ana volta para casa com o Samuel, seu garotinho.

Leia mais

coleção Conversas #7 - ABRIL 2014 - f o? Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça.

coleção Conversas #7 - ABRIL 2014 - f o? Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça. Eu quero não parar coleção Conversas #7 - ABRIL 2014 - de consigo.o usar que eu drogas f o? aç e Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora

Leia mais

O setor bancário reavalia a inovação

O setor bancário reavalia a inovação O setor bancário reavalia a inovação Knowledge@Wharton: Vamos conversar hoje com Franklin Allen, professor de finanças da Wharton e co-autor de Financing the Future (Financiando o Futuro), e com Pierre

Leia mais

Colégio dos Santos Anjos Avenida Iraí, 1330 Planalto Paulista www.colegiosantosanjos.g12.br A Serviço da Vida por Amor

Colégio dos Santos Anjos Avenida Iraí, 1330 Planalto Paulista www.colegiosantosanjos.g12.br A Serviço da Vida por Amor Colégio dos Santos Anjos Avenida Iraí, 1330 Planalto Paulista www.colegiosantosanjos.g12.br A Serviço da Vida por Amor Curso: Nome do (a) Aluno (a): Ano: 3º Componente Curricular: Língua Portuguesa Professor

Leia mais

Arte do Namoro - Manual de Como Seduzir pelo Telefone por Rico 2009-2010, Todos Direitos Reservados - Pg 1

Arte do Namoro - Manual de Como Seduzir pelo Telefone por Rico 2009-2010, Todos Direitos Reservados - Pg 1 Direitos Reservados - Pg 1 Aviso aos que se acham malandros, ou que querem ser processados ou parar na cadeia. Este livro é registrado com todos os direitos reservados pela Biblioteca Nacional. A cópia,

Leia mais

Uma noite de verão, diz o ator, estaria no centro da história.

Uma noite de verão, diz o ator, estaria no centro da história. Uma noite de verão, diz o ator, estaria no centro da história. Nem um sopro de vento. E já ali, imóvel frente à cidade de portas e janelas abertas, entre a noite vermelha do poente e a penumbra do jardim,

Leia mais

Amor em Perspectiva Cultural - Mário Quintana. 1. A amizade é um amor que nunca morre. (Mário Quintana)

Amor em Perspectiva Cultural - Mário Quintana. 1. A amizade é um amor que nunca morre. (Mário Quintana) Page 1 of 5 Universidade Federal do Amapá Pró-Reitoria de Ensino de Graduação Curso de Licenciatura Plena em Pedagogia Disciplina: Filosofia da Cultura Educador: João Nascimento Borges Filho Amor em Perspectiva

Leia mais

Rezar, cantar e crescer

Rezar, cantar e crescer Rezar, cantar e crescer Thereza Ameal e João Ameal Acordes A Mãe Eu gosto tanto da mãe (mãe) A mais querida, querida, querida (dizer rápido) (bonita também) E poder dar-lhe beijinhos m É a melhor coisa

Leia mais

Divulgação Gratuita - Kit Concursos

Divulgação Gratuita - Kit Concursos Por Alexandre L.C. Versão 2014 Divulgação Gratuita - Kit Concursos Introdução Parabéns! Você deu um grande passo para conquistar sua vaga em um concurso público. Depois de muitos estudos e muito interesse

Leia mais

Respostas dos alunos para perguntas do Ciclo de Debates

Respostas dos alunos para perguntas do Ciclo de Debates Respostas dos alunos para perguntas do Ciclo de Debates 1º ano do Ensino Fundamental I O que você gosta de fazer junto com a sua mã e? - Dançar e jogar um jogo de tabuleiro. - Eu gosto de jogar futebol

Leia mais

Onde você vai encontrar as suas futuras iniciadas?????

Onde você vai encontrar as suas futuras iniciadas????? Há 16 anos quando entrou na MK, a consagrada Diretora Nacional, Gloria Mayfield, não sabia como chegar ao topo, hoje ela dá o seguinte conselho. As lições que eu aprendi na Mary Kay para me tornar uma

Leia mais

O Livro de informática do Menino Maluquinho

O Livro de informática do Menino Maluquinho Coleção ABCD - Lição 1 Lição 1 O Livro de informática do Menino Maluquinho 1 2 3 4 5 6 7 8 Algumas dicas para escrever e-mails: 1. Aprender português. Não adianta fi car orgulhoso por mandar um e-mail

Leia mais

Existe uma terapia específica para problemas sexuais?

Existe uma terapia específica para problemas sexuais? Existe uma terapia específica para problemas sexuais? Maria de Melo Azevedo Eu acho que a terapia sexual para casos bem específicos até que pode funcionar. Ou, pelo menos, quebra o galho, como se diz.

Leia mais

Unidades de sentido Indicadores Unidades de Sentido Indicadores

Unidades de sentido Indicadores Unidades de Sentido Indicadores das dos tratamentos sobre a Imagem o que me incomodou foi a perda do cabelo quando me começou a cair o cabelo, eu tive 2 ou 3 dias que não me quis ver ao espelho (M1); e custou-me muito, quando o médico

Leia mais

Pequena História do meu Estágio de Português orientado pelo Senhor Dr. Virgílio Couto na Escola Comercial de Veiga Beirão

Pequena História do meu Estágio de Português orientado pelo Senhor Dr. Virgílio Couto na Escola Comercial de Veiga Beirão Pequena História do meu Estágio de Português orientado pelo Senhor Dr. Virgílio Couto na Escola Comercial de Veiga Beirão Ano Primeiro (1948-1949) Janeiro, 11 Para começar, falou connosco durante uma hora

Leia mais

Fim. Começo. Para nós, o tempo começou a ter um novo sentido.

Fim. Começo. Para nós, o tempo começou a ter um novo sentido. Fim. Começo. Para nós, o tempo começou a ter um novo sentido. Assim que ela entrou, eu era qual um menino, tão alegre. bilhete, eu não estaria aqui. Demorei a vida toda para encontrá-lo. Se não fosse o

Leia mais

Programa de Incentivo à Leitura Infantil Revista EBD Aprender+ 3º Tri 2015: Reis de Israel

Programa de Incentivo à Leitura Infantil Revista EBD Aprender+ 3º Tri 2015: Reis de Israel O PIL KIDS foi desenvolvido para ajudar na fixação das lições das revistas EBD infantil da Editora Betel de forma lúdica e contém várias atividades semanais elaboradas dentro de uma perspectiva e linguagem

Leia mais

PRIMEIRO BLOCO / ossos

PRIMEIRO BLOCO / ossos PRIMEIRO BLOCO / ossos dentes negros final.p65 9 S 10 s dentes negros final.p65 10 S 11 s Ninguém aqui teve infância, ela diz. E agora estamos envenenados até os ossos. Não é mais a típica conversa de

Leia mais

MÉTODO DE APROVAÇÃO 2.0

MÉTODO DE APROVAÇÃO 2.0 MÉTODO DE APROVAÇÃO 2.0 Os 3 Passos Estratégicos para ser Aprovado em Concursos Priorizando os temas do Edital Gerson Aragão Ex-Defensor Público VERSÃO 2.1 Atualizado 12.11.2015 Índice Apresentação.. 03

Leia mais

O Que Os Homens Realmente Pensam E Não Tem Coragem De Falar

O Que Os Homens Realmente Pensam E Não Tem Coragem De Falar O Que Os Homens Realmente Pensam E Não Tem Coragem De Falar Pedimos perdão pela sinceridade mas o manifesto vai mostrar que você foi totalmente iludida sobre o que um homem procura em uma mulher. E digo

Leia mais

Super.indd 5 6/1/2010 17:05:16

Super.indd 5 6/1/2010 17:05:16 Super é o meu primeiro livro escrito inteiramente em São Paulo, minha nova cidade. A ela e às fantásticas pessoas que nela vivem, o meu enorme obrigado. E esse livro, como toda ficção, tem muito de realidade.

Leia mais

Em um campo inabitado, cheio de flores, em

Em um campo inabitado, cheio de flores, em Para onde foi o meu dinheiro? A fábula das abelhas. Em um campo inabitado, cheio de flores, em uma terra distante, havia uma colméia diferente das demais. Tudo nessa colméia era muito bem organizado, limpo

Leia mais

Dilemas de Adolescente

Dilemas de Adolescente Dilemas de Adolescente Quando pensamos que a vida está parada, ai temos uma grande surpresa. Meu nome é Ellen Ster, tenho 14 anos, loura, olhos castanhos, cabelos ondulados. Minha vida é composta de amigos,

Leia mais

- Papá, é hoje! É hoje, papá! Temos que montar o nosso pinheirinho de Natal. disse o rapaz, correndo na direção de seu pai.

- Papá, é hoje! É hoje, papá! Temos que montar o nosso pinheirinho de Natal. disse o rapaz, correndo na direção de seu pai. Conto de Natal Já um ano havia passado desde o último Natal. Timóteo estava em pulgas para que chegasse o deste ano. Menino com cara doce, uma tenra idade de 10 aninhos, pobre, usava roupas ou melhor,

Leia mais

Lucas Zanella. Collin Carter. & A Civilização Sem Memórias

Lucas Zanella. Collin Carter. & A Civilização Sem Memórias Lucas Zanella Collin Carter & A Civilização Sem Memórias Sumário O primeiro aviso...5 Se você pensa que esse livro é uma obra de ficção como outra qualquer, você está enganado, isso não é uma ficção. Não

Leia mais

ATO I CENA I KENT: GLOUCESTER: KENT: GLOUCESTER: KENT: GLOUCESTER: KENT:

ATO I CENA I KENT: GLOUCESTER: KENT: GLOUCESTER: KENT: GLOUCESTER: KENT: ATO I CENA I (Salão nobre do palácio do Rei Lear. Entram Kent, Gloucester e Edmundo.) KENT: Pensei que o Rei preferisse o Duque de Albânia ao Duque de Cornualha. GLOUCESTER: Também sempre pensamos assim,

Leia mais

Prova Escrita de Português

Prova Escrita de Português EXAME FINAL NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Escrita de Português Alunos com deficiência auditiva de grau severo ou profundo 12.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova 239/2.ª

Leia mais

Este template é muito diferente e muito, mas muito especial!

Este template é muito diferente e muito, mas muito especial! Esta é nossa última sequência! Este template é muito diferente e muito, mas muito especial! Quero que você olhe para ele com olhos de águia e reflita, e muito, se ele realmente serve para o seu produto

Leia mais

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele O Plantador e as Sementes Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele sabia plantar de tudo: plantava árvores frutíferas, plantava flores, plantava legumes... ele plantava

Leia mais

Vamos mudar o mundo? Mais esta mudança deve começar por você!

Vamos mudar o mundo? Mais esta mudança deve começar por você! Vamos mudar o mundo? Mais esta mudança deve começar por você! Este Livro Digital (Ebook) é fruto de uma observação que eu faço no mínimo há dez anos nas Redes Sociais, e até pessoalmente na convivência

Leia mais

CIFRAS - CUKA FRESCA

CIFRAS - CUKA FRESCA INTRODUÇÃO: D9 A/C# Bm7/11 G7+ D9 A/C# G7+ G/A A/C# CIFRAS - CUKA FRESCA EU VOU TE AMAR Bm7/11 G7+ G/A A/C# QUANDO SENTIR TRISTEZA E NÃO PUDER TE ACALMAR Bm7/11 G7+ G/A QUANDO HOUVER UM VAZIO QUE NÃO POSSA

Leia mais

Esta revista foi elaborada para ser usada em casa durante a semana.

Esta revista foi elaborada para ser usada em casa durante a semana. Devocionais 1 Esta revista foi elaborada para ser usada em casa durante a semana. Deus escolhe pessoas para transmitir a sua mensagem. No entanto, essas mensagens algumas vezes contêm mistérios e significados

Leia mais

Cantinhos de fé. arquitetura decoração texto: Paula Ignacio. Ambientações do arquiteto João Mansur

Cantinhos de fé. arquitetura decoração texto: Paula Ignacio. Ambientações do arquiteto João Mansur casa arquitetura decoração texto: Paula Ignacio Fotos: Beto Riginik/Divulgação Ambientações do arquiteto João Mansur Cantinhos de fé De santinhos católicos a anjos, velas, flores, sinos e outros símbolos,

Leia mais

Modelos de Mensagens para Homenagens Mais Utilizadas

Modelos de Mensagens para Homenagens Mais Utilizadas 1012. Stylo Formaturas Produtora Agenciamento e Produção de Formaturas A jornada pareceu árdua e difícil... O desânimo tentou se apossar por vezes... Entretanto, o lembrar de suas faces preocupadas E tanto

Leia mais

Entrevista com Aires Alves

Entrevista com Aires Alves 1 Entrevista com Aires Alves Hélder Bértolo (Professor da Faculdade de Medicina de Lisboa) e Maria Lúcia Batezat Duarte Transcrição: Maria Lúcia Batezat Duarte 1 38 anos técnico de computador - cego congênito

Leia mais

1-PORTO SEGURO-BAHIA-BRASIL

1-PORTO SEGURO-BAHIA-BRASIL 1-PORTO SEGURO-BAHIA-BRASIL LUGAR: EUNÁPOLIS(BA) DATA: 05/11/2008 ESTILO: VANEIRÃO TOM: G+ (SOL MAIOR) GRAVADO:16/10/10 PORTO SEGURO BAHIA-BRASIL VOCÊ É O BERÇO DO NOSSO PAIS. PORTO SEGURO BAHIA-BRASIL

Leia mais

para ajudar você a descobrir que o Natal é para a vida

para ajudar você a descobrir que o Natal é para a vida para ajudar você a descobrir que o Natal é para a vida O Fabinho está na igreja, no primeiro banco. Com o queixo apoiado nas mãos, ele está olhando o presépio. Um presépio grande como se montava antigamente.

Leia mais

SÉRIE 1: retrato/ Autorretrato. para olhar. pensar, imaginar... e fazer. Vincent van Gogh. Autorretrato. 1889 Óleo sobre tela.

SÉRIE 1: retrato/ Autorretrato. para olhar. pensar, imaginar... e fazer. Vincent van Gogh. Autorretrato. 1889 Óleo sobre tela. 1 The Bridgeman Art Library SÉRIE 1: retrato/ Vincent van Gogh 1889 Óleo sobre tela. 4 Ministério da Cultura e Endesa Brasil apresentam: Arteteca:lendo imagens (PRONAC 09-7945). para olhar pensar, imaginar...

Leia mais

Conto n.o 5: A minha mãe é a Iemanjá 24.07.12. Ele ficava olhando o mar, horas se o deixasse. Ele só tinha cinco anos.

Conto n.o 5: A minha mãe é a Iemanjá 24.07.12. Ele ficava olhando o mar, horas se o deixasse. Ele só tinha cinco anos. Contos Místicos 1 Contos luca mac doiss Conto n.o 5: A minha mãe é a Iemanjá 24.07.12 Prefácio A história: esta história foi contada por um velho pescador de Mongaguá conhecido como vô Erson. A origem:

Leia mais

O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB!

O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB! O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB! A história da Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para Analista Tributário da Receita Federal do Brasil, é mais uma das histórias

Leia mais

Álbum: O caminho é o Céu

Álbum: O caminho é o Céu Álbum: O caminho é o Céu ETERNA ADORAÇÃO Não há outro Deus que seja digno como tu. Não há, nem haverá outro Deus como tu. Pra te adorar, te exaltar foi que eu nasci, Senhor! Pra te adorar, te exaltar foi

Leia mais

Tenho um filho. Já tive um marido. Tenho agora um filho

Tenho um filho. Já tive um marido. Tenho agora um filho o príncipe lá de casa Tenho um filho. Já tive um marido. Tenho agora um filho e talvez queira outra vez um marido. Mas quando se tem um filho e já se teve um marido, um homem não nos serve exatamente para

Leia mais

Conversando com os pais

Conversando com os pais Conversando com os pais Motivos para falar sobre esse assunto, em casa, com os filhos 1. A criança mais informada, e de forma correta, terá mais chances de saber lidar com sua sexualidade e, no futuro,

Leia mais

TALVEZ TE ENCONTRE AO ENCONTRAR-TE

TALVEZ TE ENCONTRE AO ENCONTRAR-TE TALVEZ TE ENCONTRE Vivaldo Terres Itajaí /SC Talvez algum dia eu te encontre querida Para renovarmos momentos felizes, Já que o nosso passado foi um passado lindo, Tão lindo que não posso esquecer Anseio

Leia mais

ANDERSON CAVALCANTE. Meu pai, meu herói

ANDERSON CAVALCANTE. Meu pai, meu herói ANDERSON CAVALCANTE Meu pai, meu herói Dedicatória Ao meu pai, Eraldo, meu herói e minha referência de vida. 5 Agradecimentos A Deus, por sempre me ajudar a cumprir minha missão. A todos os pais que são

Leia mais

CANTOS - Novena de Natal

CANTOS - Novena de Natal 1 1 - Refrão Meditativo (Ritmo: Toada) D A7 D % G Em A7 % Onde reina o amor, frater---no amor. D A7 D % G A7 D Onde reina o amor, Deus aí está! 2 - Deus Trino (Ritmo: Balada) G % % C Em nome do Pai / Em

Leia mais

O SESC em Santa Catarina

O SESC em Santa Catarina O SESC em Santa Catarina Doutor Roulf e os seus dentes Agora uma última dica: Olá meus amigos! Sou o Dr. Roulf. O flúor protege nossos dentes - ele está presente na água e no creme dental. Você também

Leia mais

- Se for pra mim, eu não estou. - Ah. Oi... Está sim. Espera um minutinho.

- Se for pra mim, eu não estou. - Ah. Oi... Está sim. Espera um minutinho. 1 AMAR... dir: Carlos Gregório CASA DE LAURA... - Você não vai dizer nada? - O que você quer que eu diga? - Qualquer coisa. - Olha,... Não foi tão importante pra mim... - Não... foi!!? - É... É isso mesmo.

Leia mais

A invasão do funk: embates entre racismo e conhecimento na sala de aula

A invasão do funk: embates entre racismo e conhecimento na sala de aula CURSO EDUCAÇÃO, RELAÇÕES RACIAIS E DIREITOS HUMANOS VANESSA COUTO SILVA A invasão do funk: embates entre racismo e conhecimento na sala de aula SÃO PAULO 2012 Introdução Este trabalho buscará uma problematização

Leia mais

CARTILHA DA FAMÍLIA A L I E N A Ç Ã O NÃO A "LEI Nº 12.318 DE 26 DE AGOSTO DE 2010"

CARTILHA DA FAMÍLIA A L I E N A Ç Ã O NÃO A LEI Nº 12.318 DE 26 DE AGOSTO DE 2010 CARTILHA DA FAMÍLIA CARTILHA DA FAMÍLIA NÃO À A L I E N A Ç Ã O P A R E N A "LEI Nº 12.318 DE 26 DE AGOSTO DE 2010" T A L NUMA AGRADÁVEL TARDE DE DOMINGO, MARIA E JOSÉ SE CONHECEM NUMA PRAÇA. UM ANO DEPOIS,

Leia mais

All You Zombies. Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959. Versão Portuguesa, Brasil. Wendel Coelho Mendes

All You Zombies. Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959. Versão Portuguesa, Brasil. Wendel Coelho Mendes All You Zombies Wendel Coelho Mendes Versão Portuguesa, Brasil Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959 Esse conto é minha versão sobre a verdadeira história de All You Zombies,

Leia mais

Menos paixão: o sucesso na Negociação

Menos paixão: o sucesso na Negociação Menos paixão: o sucesso na Negociação O sucesso de uma negociação está na ausência da paixão. Quanto mais objetiva e baseada em critérios imparciais for a negociação, melhor será o acordo final para todos.

Leia mais

Estrelas Estrelas nos olhos... Ele tem um brilho intenso nos olhos... Tem um brilho que se expande em estrelas nos meus olhos... Faz pensar...em ser brilho... Brilho nos olhos dele... Perfume de Amor Flor,

Leia mais

MANUAL DO ALUNO DO CURSO DE EJA ENSINO MÉDIO MANUAL DO ALUNO EJA - ENSINO MÉDIO. Praça Marechal Deodoro, 356 Santa Cecília São Paulo SP CEP: 01150-010

MANUAL DO ALUNO DO CURSO DE EJA ENSINO MÉDIO MANUAL DO ALUNO EJA - ENSINO MÉDIO. Praça Marechal Deodoro, 356 Santa Cecília São Paulo SP CEP: 01150-010 MANUAL DO ALUNO EJA - ENSINO MÉDIO Caro Aluno, Este manual tem o objetivo de tirar suas dúvidas e tornar seu curso no INED o mais completo possível. Leia tudo com muita atenção e, se ao final ainda tiver

Leia mais

LENDA DA COBRA GRANDE. Um roteiro de IVI SIBELI ROCHA DE BARROS DAIANE MONTEIRO POLIANA AGUIAR FERREIRA MARIA LUZIA RODRIGUES DA SILVA

LENDA DA COBRA GRANDE. Um roteiro de IVI SIBELI ROCHA DE BARROS DAIANE MONTEIRO POLIANA AGUIAR FERREIRA MARIA LUZIA RODRIGUES DA SILVA LENDA DA COBRA GRANDE Um roteiro de IVI SIBELI ROCHA DE BARROS DAIANE MONTEIRO POLIANA AGUIAR FERREIRA MARIA LUZIA RODRIGUES DA SILVA CRUZEIRO DO SUL, ACRE, 30 DE ABRIL DE 2012. OUTLINE Cena 1 Externa;

Leia mais

Romance familiar poesia familiar

Romance familiar poesia familiar Romance familiar poesia familiar Em busca de imagens para uma apresentação, dou com a foto, feita em estúdio, de um garoto de 11 anos de idade chamado Walter Benjamin (1892-1940). Serve de ilustração a

Leia mais

NOVENA COM AS CRIANÇAS NOSSA SENHORA APARECIDA 2015

NOVENA COM AS CRIANÇAS NOSSA SENHORA APARECIDA 2015 1 2 COM MARIA, EM JESUS, CHEGAMOS À GLÓRIA! 5º Dia (Dia 07/10 Quarta-feira) CRIANÇA: BELEZA DA TERNURA DIVINA! Na festa de Maria, unidos neste Santuário, damos graças a Deus, por meio de Maria, pela vida

Leia mais