Programa nutricional específico para o Bulldog Inglês

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Programa nutricional específico para o Bulldog Inglês"

Transcrição

1 Busca constante por qualidade e segurança. Programa nutricional específico para o Bulldog Inglês A Royal Canin impõe padrões extremamente rigorosos para garantir condições sanitárias ideais em suas fábricas. Antes de produzir: seleção estrita de fornecedores e verificações extremamente detalhadas da qualidade dos ingredientes, sobretudo das carnes, que são declaradas próprias para o consumo humano. Durante e após a fabricação: monitoramento da qualidade desde a matéria-prima até o produto embalado, com completa rastreabilidade de todos os ingredientes. SAC:

2 Um animal agradável e de temperamento tranqüilo As necessidades de uma anatomia única Por trás de sua aparência bruta, o Bulldog Inglês esconde um coração de ouro. Particularmente carinhoso e gentil com as crianças, ele possui um temperamento amável. Sociável, calmo e sensível, essas qualidades raras lhe dão confiança. Um grande dorminhoco, a vida em ambientes internos serve perfeitamente para ele. Um pouco de história... O Bulldog Inglês ganhou seu nome de suas origens como um cão lutador. Maiores e mais ágeis que os atuais, seus ancestrais mostraram sua índole em touradas na Inglaterra do século XVI. Embora adore brincar e caminhar, o Bulldog Inglês não é um grande atleta. Com uma altura média de 33 cm e peso por volta de 25 kg, ele precisa evitar o cansaço, especialmente se houver um clima quente! Um tipo braquicefálico e prognata muito pronunciado Uma cabeça chata, tão ampla quanto larga, um focinho empinado, mandíbula superior menor que a inferior... Todas essas características dificultam a preensão do alimento e fazem com que o cão engula sem mastigá-lo. Cuidando de seu coração e de suas articulações O Bulldog é preguiçoso, o que naturalmente limita a quantidade de energia gasta. É essencial não alimentá-lo demais, para que não ocorra ganho excessivo de peso, o que o torna mais sensível ao calor e também pode danificar suas articulações durante esforços prolongados. Vigiando sua digestão e respiração Uma língua grossa, pálato longo, narinas apertadas... Há muitos fatores que dificultam a respiração do Bulldog Inglês, particularmente quando o clima está muito quente, durante atividades físicas intensas ou enquanto está comendo. O verdadeiro motivo é que o diafragma comprime seu sistema digestivo, resultando em ruídos no estômago e flatulências. Dicas de saúde Os pêlos curtos e finos do Bulldog enfatizam sua pele pregueada, que tem tendência para reter umidade e, assim, causar problemas dermatológicos. A limpeza regular das pregas da pele e das orelhas, ao menos uma Lanceau

3 Crescimento: Os 12 meses até a idade adulta Dos 5 meses até o final do crescimento: Consolidando suas funções O crescimento é uma fase essencial na vida do cão, porque dele resulta os padrões de saúde do futuro adulto. Em um período de poucos meses, o filhote de Bulldog Inglês passa por grandes mudanças: desmame e transição para a alimentação sólida, desenvolvimento físico muito rápido, mudanças no estilo de vida. Desenvolvimento muscular Durante esse período, o ganho de peso diminui, enquanto a estrutura dos ossos acaba de se consolidar. O alimento deve possuir menos energia, embora o filhote ainda precise de uma quantidade 50% maior de calorias do que um cão adulto. Do desmame aos 5 meses: Crescimento rápido e intenso Desenvolvimento espetacular do esqueleto O bom desenvolvimento esquelético requer quantidades consideráveis de proteínas e minerais, com níveis precisos de cálcio - nem reduzidos nem excessivos. Promovendo uma ótima digestão A transição para um alimento sólido exige um grande cuidado, pois o filhote é incapaz de assimilar grandes quantidades de alimento ou de digerir o amido. O ganho ponderal precisa continuar, mas deve ser controlado para que o filhote não ganhe muito peso jovem demais, o que enfraquecerá ainda mais sua já frágil estrutura óssea. Defesas imunológicas insuficientes Durante as primeiras semanas de vida, o filhote se beneficia dos anticorpos transferidos pela mãe, mas essa proteção se perde entre a 4ª e a 12ª semana de vida. Com seu próprio sistema imunológico ainda imaturo, ele fica exposto a infecções, sobretudo se ainda não tiver sido vacinado. Somente um alimento especialmente desenvolvido pode ajudá-lo nessa fase de janela imunológica, com segurança total. Maturidade do sistema digestivo A partir dos cinco meses de idade o filhote pode digerir maiores quantidades de alimento, mas é importante observar seu ganho ponderal, pois o sobrepeso nessa fase pode causar problemas de articulações mais tarde. Erupção dos dentes definitivos Os dentes de leite, que aparecem por volta de 3 semanas de idade, são substituídos pelos dentes definitivos por volta dos 7 meses de idade. A partir de então, é importante estimular o filhote a mastigar seu alimento antes de engolí-lo, não somente para diminuir a velocidade de ingestão, mas também para uma boa higiene oral. Pouco a pouco......o filhote de Bulldog Inglês vai crescendo. Em 12 meses, o filhote de Bulldog Inglês multiplica seu peso ao nascimento por 50. Nos primeiros cinco meses, ele cresce cerca de 2 cm a cada 15 dias e ganha entre 80 e 150 gramas por dia. Sua alimentação durante o crescimento deve levar em conta sua sensibilidade digestiva.

4 Bulldog 30 JUNIOR 2-12 meses Prebióticos Segurança digestiva Suporte ao desenvolvimento articular Ajuda o desenvolvimento correto das articulações. Ajuda a prevenir o ganho de peso excessivo. Reforça as defesas naturais Ajuda a construir as defesas naturais do filhote de Bulldog. Promove o bom equilíbrio da flora intestinal e assegura uma ótima tolerância digestiva, graças a uma combinação exclusiva de prebióticos e de proteínas L.I.P., de altíssima digestibilidade. Especial para mandíbulas braquicefálicas Facilita a preensão e estimula a mastigação do alimento. Composição básica do produto: Farinha de carne de aves desidratada, arroz quebrado, proteína isolada de suíno*, gordura animal estabilizada, gordura de frango, óleo de peixe refinado, glúten de trigo hidrolisado*, óleo vegetal, farelo de ervilha, polpa de beterraba, zeolita, fruto-oligossacarídeos, mannan-oligossacarídeos, sulfato de condroitina, hidrocloreto de glicosamina, ovo desidratado, tripolifosfato de sódio, extrato de rosa da Índia, colina, tirosina, taurina, hidrolisado de fígado de frango, DL-metionina, premix vitamínico mineral, premix micromineral transquelatado. *L.I.P. (Low Indigestible Protein): Proteína selecionada por sua altíssima assimilação. Disponível em 3 e 12kg Proteínas de alta qualidade; Segurança digestiva; Redução do odor das fezes Proteína DIGESTIBILIDADE

5 ADULT > 12 meses Redução de odores Especial para pele sensível Reforça a barreira da pele e mantém a beleza natural da pelagem do Bulldog. Ajuda a reduzir o odor das fezes e a flatulência, promovendo uma boa digestão, graças à ingestão de proteínas de altíssima digestibilidade (Proteínas L.I.P.), fibras fermentáveis e não fermentáveis e arroz como única fonte de amido. Manutenção de articulações saudáveis Ajuda a preservar as articulações e limita o ganho excessivo de peso. Especial para mandíbulas braquicefálicas Facilita a preensão e estimula a mastigação do alimento, graças a um croquete ergonomicamente adaptado. Composição básica do produto: Farinha de carne de frango, arroz quebrado, proteína isolada de suíno*, glúten de trigo*, polpa de beterraba, farelo de ervilha, gordura de frango, gordura animal estabilizada, óleo de peixe refinado, óleo vegetal, frutooligossacarídeos, ovo desidratado, tirosina, colina, polifenóis de uva e de chá verde, DL-metionina, extrato de rosa da Índia, sulfato de condroitina, hidrocloreto de glicosamina, taurina, tripolifosfato de sódio, hidrolisado de fígado de frango, premix vitamínico mineral, premix micromineral transquelatado. *L.I.P. (Low Indigestible Protein): Proteína selecionada por sua altíssima assimilação. Proteínas de alta qualidade; Segurança digestiva; Redução do odor das fezes Proteína DIGESTIBILIDADE

6 Um croquete adaptado a uma morfologia braquicefálica Formato e textura exclusivos Plano e ondulado, o croquete é muito fácil de ser apanhado. Esse é o formato ideal para promover a mastigação, o que diminui a velocidade de ingestão e, assim, limita os riscos de problemas digestivos. Bulldog 30 A resposta nutricional para cada fase da vida do Bulldog JUNIOR Uma melhor higiene dental Mastigar, que é um ato estimulado pela textura e formato do croquete, cria um efeito de escovação que ajuda a eliminar a placa dental mecanicamente. A presença do tripolifosfato de sódio limita a quantidade de cálcio disponível na saliva para a formação do tártaro e, dessa forma, o risco de problemas de higiene oral é reduzido. Bulldog 30 JUNIOR 2-12 meses Bulldog 24 ADULT > 12 meses 2-12 meses Níveis de Garantia por quilograma do produto: Umidade (máx.) 9 %, Proteína bruta (mín.) 30 %, Extrato etéreo (mín.) 15 %, Matéria fibrosa (máx.) 4,8 %, Matéria mineral (máx.) 7,5 %, Cálcio (máx.) 1,25 %, Fósforo (mín) 0,70 %. Energia metabolizável: kcal / kg (Energia Mensurada). Enriquecimentos por quilograma do produto: Vitaminas: A: UI - D3: 800 UI - E: 600 mg - C: 300 mg. Minerais: Cobre: 23 mg - Ferro: 200 mg - Manganês: 65 mg - Zinco: 240 mg - Selênio: 0,16 mg. Antioxidantes: BHA, propilgalato. Bulldog 24 ADULT Boas práticas Siga corretamente as quantidades diárias recomendadas. > 12 meses Sem exercício Exercício 1h/dia Níveis de Garantia por quilograma do produto: Umidade (máx.) 9 %, Proteína bruta (mín.) 24 %, Extrato etéreo (mín.) 12 %, Matéria fibrosa (máx.) 4,2 %, Matéria mineral (máx.) 6,6 %, Cálcio (máx.) 1,0 %, Fósforo (mín) 0,4 %. O resultado de uma pesquisa científica especializada: os croquetes são perfeitamente adaptados aos dentes e mandíbulas muito particulares do Bulldog Inglês. Energia metabolizável: kcal / kg (Energia Mensurada). Enriquecimentos por quilograma do produto: Vitaminas: A: UI - D3: UI - E: 600 mg - C: 300 mg. Minerais: Cobre: 22 mg - Ferro: 120 mg - Manganês: 65 mg - Zinco: 230 mg - Selênio: 0,25 mg. Antioxidantes: BHA, propilgalato.

Programa nutricional específico para o Shih Tzu

Programa nutricional específico para o Shih Tzu Busca constante por qualidade e segurança. Programa nutricional específico para o Shih Tzu A Royal Canin impõe padrões extremamente rigorosos para garantir condições sanitárias ideais em suas fábricas.

Leia mais

Boxer. Programa nutricional específico para o. Busca constante por qualidade e segurança.

Boxer. Programa nutricional específico para o. Busca constante por qualidade e segurança. Busca constante por qualidade e segurança. Programa nutricional específico para o Boxer A Royal Canin impõe padrões extremamente rigorosos para garantir condições sanitárias ideais em suas fábricas. Antes

Leia mais

Dachshund. Programa nutricional específico para o. Busca constante por qualidade e segurança.

Dachshund. Programa nutricional específico para o. Busca constante por qualidade e segurança. Busca constante por qualidade e segurança. Programa nutricional específico para o Dachshund A Royal Canin impõe padrões extremamente rigorosos para garantir condições sanitárias ideais em suas fábricas.

Leia mais

A Royal Canin impõe padrões extremamente rigorosos para garantir condições sanitárias ideais em suas fábricas.

A Royal Canin impõe padrões extremamente rigorosos para garantir condições sanitárias ideais em suas fábricas. Programa nutricional específico para o Busca constante por qualidade e segurança. A Royal Canin impõe padrões extremamente rigorosos para garantir condições sanitárias ideais em suas fábricas. Antes de

Leia mais

Pastor Alemão. Programa nutricional específico para o. Busca constante por qualidade e segurança.

Pastor Alemão. Programa nutricional específico para o. Busca constante por qualidade e segurança. Busca constante por qualidade e segurança. Programa nutricional específico para o Pastor Alemão A Royal Canin impõe padrões extremamente rigorosos para garantir condições sanitárias ideais em suas fábricas.

Leia mais

Puppy Small Bites. PVP 2010 15kg 70.00 3kg 22.50. 3 6 Cinza total

Puppy Small Bites. PVP 2010 15kg 70.00 3kg 22.50. 3 6 Cinza total 15kg 70.00 3kg 22.50 Puppy Small Bites Alimentos completos e balanceados para as raças pequenas, cachorros, gestating e aleitamento cadelas. Cibau Puppy Small Bites é um alimento completo para o cultivo

Leia mais

Multi Star Adulto 15kg e 5kg

Multi Star Adulto 15kg e 5kg Multi Star Adulto 15kg e 5kg Proteína Bruta Extrato Etéreo (Mín.) 21% (Mín.) 8% Matéria Mineral Matéria Fibrosa (Máx.) 8% (Máx.) 4% Cálcio (Máx.) 1,8% Fósforo (Mín.) 0,8% Carne de Frango e Arroz Extrato

Leia mais

Página 2 de 10 Valor estimado: R$ ,5000 para: SOLUTION AGRONEGOCIOS LTDA - ME - ME, pelo melhor lance de R$ ,0000. Itens do grupo: 12 - R

Página 2 de 10 Valor estimado: R$ ,5000 para: SOLUTION AGRONEGOCIOS LTDA - ME - ME, pelo melhor lance de R$ ,0000. Itens do grupo: 12 - R Página 1 de 10 Pregão Eletrônico MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Media e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciencia e Tecnologia Catarinense Campus Camboriú Termo de Adjudicação do

Leia mais

Programa nutricional específico para o Labrador Retriever

Programa nutricional específico para o Labrador Retriever Busca constante por qualidade e segurança. A Royal Canin impõe padrões extremamente rigorosos para garantir condições sanitárias ideais em suas fábricas. Antes de produzir: seleção estrita de fornecedores

Leia mais

Peso do Filhote. 1Kg 2Kg 3 a 5Kg 5 a 7Kg 7 a 10Kg 10 a 14 Kg 14 a 18 Kg 18 a 22Kg. 432 a 556g. 288 a 371g. 371 a 484g

Peso do Filhote. 1Kg 2Kg 3 a 5Kg 5 a 7Kg 7 a 10Kg 10 a 14 Kg 14 a 18 Kg 18 a 22Kg. 432 a 556g. 288 a 371g. 371 a 484g Puppy: Carne, Espinafre & Batata Doce Filhote de cães com até 1 ano de idade Alimento rico em proteína, para um crescimento saudável Alta palatabilidade Alta digestibilidade: proteínas de alta qualidade

Leia mais

LOTES 01- PERECÍVEIS FRIOS

LOTES 01- PERECÍVEIS FRIOS LOTES 0- PERECÍVEIS FRIOS 3 4 5 Lingüiça, do tipo calabresa, resfriada, industrialmente embalada, com SIF, embalagem plástica transparente atóxica não reciclada, contendo informações sobre o fabricante

Leia mais

NUTRIÇÃO DE GATOS. DUTRA, Lara S. 1 ; CENTENARO, Vanessa B. 2 ; ARALDI, Daniele Furian 3. Palavras-chave: Nutrição. Gatos. Alimentação.

NUTRIÇÃO DE GATOS. DUTRA, Lara S. 1 ; CENTENARO, Vanessa B. 2 ; ARALDI, Daniele Furian 3. Palavras-chave: Nutrição. Gatos. Alimentação. NUTRIÇÃO DE GATOS DUTRA, Lara S. 1 ; CENTENARO, Vanessa B. 2 ; ARALDI, Daniele Furian 3 Palavras-chave: Nutrição. Gatos. Alimentação. Introdução Nutrição veterinária é a ciência que tem por objetivo descobrir

Leia mais

Nutrientes. E suas funções no organismo humano

Nutrientes. E suas funções no organismo humano Nutrientes E suas funções no organismo humano O corpo humano necessita de uma série de substâncias básicas indispensáveis para a formação de tecidos, para obtenção de energia, para a realização de atividades

Leia mais

bovinos de corte A resposta para o X da sua questão está aqui.

bovinos de corte A resposta para o X da sua questão está aqui. bovinos de corte A resposta para o da sua questão está aqui. índice Linha Campo Linha PSAI Linha Branca Linha Araguaia Núcleos Rações Linha Phós Aditivos 6 11 12 16 17 21 24 26 2 A Premix está comprometida

Leia mais

Biologia. 8 o ano. Caderno 2

Biologia. 8 o ano. Caderno 2 Biologia 8 o ano Caderno 2 Módulos 7 e 8 1 A atividade das enzimas no organismo humano varia em função do grau de acidez do meio. Observe o gráfico e responda: Qual curva representa o local da ação da

Leia mais

EMEF TI MOACYR AVIDOS DISCIPLINA ELETIVA: COZINHANDO COM OS NÚMEROS

EMEF TI MOACYR AVIDOS DISCIPLINA ELETIVA: COZINHANDO COM OS NÚMEROS EMEF TI MOACYR AVIDOS DISCIPLINA ELETIVA: COZINHANDO COM OS NÚMEROS (ALUNOS) Público Alvo: 6ºs E 7ºs ANOS (DISCIPLINA) Área de Conhecimento: MATEMÁTICA e LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSORES: JANAINA ROSEMBERG

Leia mais

A DIETA CERTA SAÚDE IATE

A DIETA CERTA SAÚDE IATE Ganhar músculos ou perder peso requer alimentos diferentes. Adequar o hábito alimentar aos objetivos garante resultados mais rápidos e eficazes A DIETA CERTA A alimentação equilibrada é essencial para

Leia mais

SUMÁRIO MÓDULO 6 ALIMENTOS E NUTRIENTES ATIVIDADE 1 (PÁGINA 221)

SUMÁRIO MÓDULO 6 ALIMENTOS E NUTRIENTES ATIVIDADE 1 (PÁGINA 221) 1 SUMÁRIO Módulo 6 Alimentos e nutrientes... 1 Atividade 1 (página 221)... 1 Atividade 2 (página 228)... 1 Atividade 3 (página 229)... 2 Em Casa (pagina 231)... 3 Módulo 7 O processo de digestão I... 4

Leia mais

Dog Star Foods Natural 15kg

Dog Star Foods Natural 15kg Dog Star Foods Natural 15kg Proteína Bruta Extrato Etéreo Matéria Mineral (Mín.) 23% (Mín.) 10% (Máx.) 8% Matéria Fibrosa (Máx.) 4,5% Cálcio (Máx.) 2% Fósforo (Mín.) 1% Cereais Integrais Probióticos Carne

Leia mais

Criança nutrida & criança Vitaminada

Criança nutrida & criança Vitaminada Criança nutrida & criança Vitaminada IMC INFANTIL Muitos pais se preocupam com o peso e a estatura de seu filho. Questionam-se se a massa corporal da criança está de acordo com a idade, se a alimentação

Leia mais

Alimentação Saudável

Alimentação Saudável ANO LECTIVO 2010/2011 Alimentação Saudável Turma: 8º A Elaborado por: Adriana nº1, Carolina Pereira nº8 e Cátia nº10 Disciplina: Área de Projecto e Formação Cívica Professores: Eurico Caetano e Helena

Leia mais

NUTRIÇÃO E ALIMENTAÇÃO ANIMAL 1. HISTÓRICO E IMPORTANCIA DOS ESTUDOS COM NUTRIÇÃO E ALIMENTAÇÃO:

NUTRIÇÃO E ALIMENTAÇÃO ANIMAL 1. HISTÓRICO E IMPORTANCIA DOS ESTUDOS COM NUTRIÇÃO E ALIMENTAÇÃO: NUTRIÇÃO E ALIMENTAÇÃO ANIMAL 1. HISTÓRICO E IMPORTANCIA DOS ESTUDOS COM NUTRIÇÃO E ALIMENTAÇÃO: 1750 Europa com o início do processo da Revolução Industrial houve aumento da população nas cidades, com

Leia mais

Compostagem. Gersina N. da R. Carmo Junior

Compostagem. Gersina N. da R. Carmo Junior Compostagem Gersina N. da R. Carmo Junior Compostagem É um processo de transformação da matéria orgânica do lixo em um composto orgânico (húmus). Composto orgânico Produto final da compostagem Compostagem

Leia mais

4º ano. Atividade de Estudo - Ciências. Nome:

4º ano. Atividade de Estudo - Ciências. Nome: Atividade de Estudo - Ciências 4º ano Nome: 1- A alimentação é uma necessidade de todas as pessoas. Para termos uma alimentação saudável, é preciso comer alimentos variados e em quantidades adequadas.

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO - SRP 002 / 2010 À COMISSÂO DE PREGÃO

PREGÃO ELETRÔNICO - SRP 002 / 2010 À COMISSÂO DE PREGÃO PREGÃO ELETRÔNICO - SRP 002 / 2010 Objeto: Alimento e Suplemento para Animais Processo: 23000.000155/2010-21 Seção Pública: 22/03/2010, segunda-feira às 09:00 hs À COMISSÂO DE PREGÃO PREZADOS SENHORES:

Leia mais

Profa. Joyce Silva Moraes

Profa. Joyce Silva Moraes Alimentação e Saúde Profa. Joyce Silva Moraes saciar a fome Para que serve o alimento? combustível para viver, proporcionando o bem-estarestar e a disposição para realizar todas as atividades. demonstrar

Leia mais

Vida saudável. Dicas e possibilidades nos dias de hoje.

Vida saudável. Dicas e possibilidades nos dias de hoje. CENTRO UNIVERSITÁRIO ASSUNÇÃO- Vida saudável. Dicas e possibilidades nos dias de hoje. Profa. Dra. Valéria Batista O que é vida saudável? O que é vida saudável? Saúde é o estado de complexo bem-estar físico,

Leia mais

ANEXO 1: ALFACE: ARROZ: Carboidrato: 1,7g Proteína: 1,3g Gordura: 0 g. Carboidrato: 48 g Proteína: 0,8 g. Valor calórico: 50 Kcal

ANEXO 1: ALFACE: ARROZ: Carboidrato: 1,7g Proteína: 1,3g Gordura: 0 g. Carboidrato: 48 g Proteína: 0,8 g. Valor calórico: 50 Kcal ANEXO 1: ALFACE: ARROZ: Carboidrato: 1,7g Proteína: 1,3g Valor calórico: 11 Kcal Hortaliça benéfica em tratamentos faciais, com propriedade calmante. Carboidrato: 48 g Proteína: 0,8 g Valor calórico: 197

Leia mais

Granola Soft. Benefícios

Granola Soft. Benefícios Granola Soft A granola é um mix de cereais, castanhas e frutas secas que contêm vitaminas, proteínas, nutrientes, muitas fibras e outros componentes importantes para o equilíbrio do organismo e para controle

Leia mais

Quiche de palmito. levíssima massa recheada com palmito fresco temperado com cúrcuma.

Quiche de palmito. levíssima massa recheada com palmito fresco temperado com cúrcuma. CARDÁPIO DETOX Quiche de palmito levíssima massa recheada com palmito fresco temperado com cúrcuma. Quiche de Espinafre levíssima massa recheada com creme de espinafre finamente temperado e harmonizado

Leia mais

Descrição dos produtos

Descrição dos produtos Descrição dos produtos Item Quant. Unid Descrição 01 1.100 latas (800g) 02 600 latas (800g) 03 4.000 Litros Produto de referência: Nutrison Soya, Nutri Enteral Soya ou similar. Nutrição enteral em pó a

Leia mais

ALIMENTAÇÃO DE CORDEIROS LACTENTES

ALIMENTAÇÃO DE CORDEIROS LACTENTES ALIMENTAÇÃO DE CORDEIROS LACTENTES Mauro Sartori Bueno, Eduardo Antonio da Cunha, Luis Eduardo dos Santos Pesquisadores Científicos do Instituto de Zootecnia, IZ/Apta-SAA-SP CP 60, Nova Odessa-SP, CEP

Leia mais

factos e mitos ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS BEBIDAS REFRESCANTES NÃO ALCOÓLICAS

factos e mitos ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS BEBIDAS REFRESCANTES NÃO ALCOÓLICAS factos e mitos ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS BEBIDAS REFRESCANTES NÃO ALCOÓLICAS FACTO: Os estudos disponíveis não permitem concluir que o consumo de bebidas refrescantes não alcoólicas (independentemente

Leia mais

A Importância dos Alimentos. Prof.: Andrey Oliveira Colégio Sete de Setembro Disciplina: Educação Física

A Importância dos Alimentos. Prof.: Andrey Oliveira Colégio Sete de Setembro Disciplina: Educação Física A Importância dos Alimentos Prof.: Andrey Oliveira Colégio Sete de Setembro Disciplina: Educação Física saciar a fome Para que serve o alimento? combustível para viver, proporcionando o bem-estar e a

Leia mais

Nascida da experiência internacional do Grupo Agras, em atividade desde 1946 na importação de matérias-primas alimentares, a Agras Delic introduziu

Nascida da experiência internacional do Grupo Agras, em atividade desde 1946 na importação de matérias-primas alimentares, a Agras Delic introduziu Nascida da experiência internacional do Grupo Agras, em atividade desde 1946 na importação de matérias-primas alimentares, a Agras Delic introduziu no mercado de alimentos para animais domésticos, sob

Leia mais

ATA DA SESSÃO PÚBLICA DO PREGÃO

ATA DA SESSÃO PÚBLICA DO PREGÃO ATA DA SESSÃO PÚBLICA DO PREGÃO Dependência: PREFEITURA DO MUNICIPIO DE PORTO VELHO - PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO VELHO - (RO) Licitação: (Ano: 2013/ PREFEITURA DO MUNICIPIO DE PORTO VELHO / Nº Processo:

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Último Encontro: Vila Velha 1 Escolha dos temas a serem trabalhados. Tema de hoje: Oficina sobre alimentação saudável 1) Alimentos Alimentos construtores: fornecem proteínas

Leia mais

OBJETIVOS DO TREINAMENTO

OBJETIVOS DO TREINAMENTO OBJETIVOS DO TREINAMENTO O QUE VOCÊ APRENDERÁ NO TREINAMENTO? A importância do cozimento e da preparação dos alimentos. Quais são as tecnologias exclusivas incorporadas na fabricação das panelas icook

Leia mais

ALIMENTOS, NUTRIENTES E SAÚDE. Profª MSc Monyke Lucena

ALIMENTOS, NUTRIENTES E SAÚDE. Profª MSc Monyke Lucena ALIMENTOS, NUTRIENTES E SAÚDE Profª MSc Monyke Lucena Para podermos praticar esportes, estudar ou realizar qualquer outra atividade, devemos ter energia no nosso organismo; Essa energia é fornecida pelos

Leia mais

ÍNDICE MITSUISAL A SUA NOVA OPÇÃO COM QUALIDADE

ÍNDICE MITSUISAL A SUA NOVA OPÇÃO COM QUALIDADE ÍNDICE Suplementos minerais pronto para uso Mitsuisal 40 - Bovinos de corte Mitsuisal 60 - Bovinos de corte Mitsuisal 65 - Bovinos de corte Mitsuisal 80 - Bovinos de corte Mitsuisal 88 - Bovinos de corte

Leia mais

O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL Alimentação saudável É saborosa, variada, colorida e com harmonia entre quantidades e qualidade! Sempre que possível faça as refeições junto à família,

Leia mais

PROJETO DE PESQUISA EMPRESA JÚNIOR FABAVI VITÓRIA DIRETORIA DE PROJETOS SOCIAIS. Projeto: CESTA BÁSICA DA CLASSE MÉDIA CAPIXABA

PROJETO DE PESQUISA EMPRESA JÚNIOR FABAVI VITÓRIA DIRETORIA DE PROJETOS SOCIAIS. Projeto: CESTA BÁSICA DA CLASSE MÉDIA CAPIXABA EMPRESA JÚNIOR FABAVI VITÓRIA DIRETORIA DE PROJETOS SOCIAIS PROJETO DE PESQUISA Projeto: CESTA BÁSICA DA CLASSE MÉDIA CAPIXABA Período: Janeiro a Dezembro de 2014 Vitória, dezembro de 2014 Cesta Básica

Leia mais

ARTIGO TÉCNICO Minerthal Pró-águas Suplementação protéica energética no período das águas

ARTIGO TÉCNICO Minerthal Pró-águas Suplementação protéica energética no período das águas ARTIGO TÉCNICO Minerthal Pró-águas Suplementação protéica energética no período das águas A bovinocultura de corte brasileira tem sua produção concentrada em sistemas de pastejo e, portanto, dependente

Leia mais

Para que serve o alimento?

Para que serve o alimento? Alimentação e Saúde saciar a fome Para que serve o alimento? combustível para viver, proporcionando o bem-estar e a disposição para realizar todas as atividades. demonstrar afeto, carinho e aceitação Uma

Leia mais

Index 095 A nossa empresa 097 As nossas marcas 098 Natura Diet 102 Dingo 105 Mhims 106 Bocados Moments

Index 095 A nossa empresa 097 As nossas marcas 098 Natura Diet 102 Dingo 105 Mhims 106 Bocados Moments Index 095 A nossa empresa 097 As nossas marcas 098 Natura Diet 102 Dingo 105 Mhims 106 Bocados Moments pt107 095 A NOSSA EMPRESA Há 25 anos quase não existia nenhum alimento comercial específico para as

Leia mais

O Batido. O leite e a fruta apresentam na sua constituição um. Os batidos constituem-se como uma excelente fonte de

O Batido. O leite e a fruta apresentam na sua constituição um. Os batidos constituem-se como uma excelente fonte de O Batido Resulta de uma extraordinária combinação de sabores! O leite e a fruta apresentam na sua constituição um interessante perfil nutricional a sua combinação é, por isso, de excelência! Os batidos

Leia mais

SUPLEMENTOS ALIMENTARES

SUPLEMENTOS ALIMENTARES SUPLEMENTOS ALIMENTARES O NOSSO OBJETIVO É O SEU BEM-ESTAR! Num mundo cada vez mais agitado e exigente Num meio ambiente cada vez mais prejudicial ao nosso organismo e à nossa vida saudável Torna-se necessário

Leia mais

NUTRIÇÃO NA TERCEIRA IDADE. Silvia Regina Cantu Benedetti Nutricionista em Assistência Domiciliar Maio 2011

NUTRIÇÃO NA TERCEIRA IDADE. Silvia Regina Cantu Benedetti Nutricionista em Assistência Domiciliar Maio 2011 NUTRIÇÃO NA TERCEIRA IDADE Silvia Regina Cantu Benedetti Nutricionista em Assistência Domiciliar Maio 2011 Definição e estimativa Envelhecer significa conviver com as alterações próprias prias da idade.

Leia mais

menu informação nutricional

menu informação nutricional menu informação nutricional caseirinho de músculo 190gr Porção de 190 g ou 1 Pote Valor Energético 210 kcal / 882 Kj (28%VD*), Carboidratos 24g (21%VD*), Proteínas 12g (109%VD*), Gorduras Totais 7.4g (26%VD*),

Leia mais

COMIDA DE ESCOLA NA COZINHA. O que é?

COMIDA DE ESCOLA NA COZINHA. O que é? Receitas COMIDA DE ESCOLA O que é? Comida de Escola é um conjunto de vídeos de culinária gravados no ambiente real da escola e destinados às merendeiras. Neles, um chefe e duas cozinheiras compartilham

Leia mais

Uma ração tão especial como o seu cão COMO AVALIAR UMA MARCA DE RAÇÃO. www.lovepetfood.com

Uma ração tão especial como o seu cão COMO AVALIAR UMA MARCA DE RAÇÃO. www.lovepetfood.com COMO AVALIAR UMA MARCA DE RAÇÃO www.lovepetfood.com DECIFRAR 1 OS RÓTULOS DE RAÇÃO As rações estão agrupadas em seis categorias quanto ao seu teor nutritivo: Económicas, Standard, Premium, Super-Premium,

Leia mais

COMIDA DE ESCOLA NA COZINHA. O que é?

COMIDA DE ESCOLA NA COZINHA. O que é? Receitas COMIDA DE ESCOLA O que é? Comida de Escola é um conjunto de vídeos de culinária gravados no ambiente real da escola e destinados às merendeiras. Neles, um chefe e duas cozinheiras compartilham

Leia mais

Dietas Caseiras para Cães e Gatos

Dietas Caseiras para Cães e Gatos UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA FACULDADE DE CIÊNCIA AGRÁRIAS E VETERINÁRIAS DEPARTAMENTO DE CLÍNICA E CIRURGIA VETERINÁRIA CAMPUS DE JABOTICABAL SERVIÇO DE NUTRIÇÃO CLÍNICA Prof. Dr. Aulus Cavalieri Carciofi

Leia mais

Nutrição completa para equinos. Linha Equinos. Rações Suplementos Minerais

Nutrição completa para equinos. Linha Equinos. Rações Suplementos Minerais Nutrição completa para equinos Linha Equinos Rações Suplementos Minerais Confiança, Tecnologia, Qualidade e Resultado Estes são os ingredientes que fazem a diferença dos produtos Fanton. Há mais de 25

Leia mais

CUIDADOS A TER COM O ANIMAL GERIÁTRICO

CUIDADOS A TER COM O ANIMAL GERIÁTRICO Clínica Veterinária de Mangualde Dr. Benigno Rodrigues Dra. Sandra Oliveira CUIDADOS A TER COM O ANIMAL GERIÁTRICO O que devo fazer para garantir um envelhecimento com qualidade de vida ao meu animal?

Leia mais

ALIMENTAÇÃO NO VERÃO

ALIMENTAÇÃO NO VERÃO ALIMENTAÇÃO NO VERÃO 1 - Quais os alimentos devem ser privilegiados no verão e quais devem ser evitados? Os alimentos que devem ser privilegiados no verão são as frutas, verduras e legumes, pois são ótimas

Leia mais

NECESSIDADES NUTRICIONAIS DO LACTENTE

NECESSIDADES NUTRICIONAIS DO LACTENTE UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CENTRO DE CIENCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE NÚCLEO DE NUTRIÇÃO Profa Danielle Góes Disciplina Nutrição Materno-Infantil NECESSIDADES NUTRICIONAIS DO LACTENTE 1. NECESSIDADES

Leia mais

ENVELHECER COM SABEDORIA Alimente-se melhor para Manter a sua Saúde e Independência

ENVELHECER COM SABEDORIA Alimente-se melhor para Manter a sua Saúde e Independência ENVELHECER COM SABEDORIA Alimente-se melhor para Manter a sua Saúde e Independência 1. ALIMENTE-SE MELHOR Prevê-se que em 2025 1, só na Europa, o grupo etário mais idoso (acima dos 80 anos), passe de 21,4

Leia mais

Ferramentas Nutricionais Moduladoras do Sistema Imune

Ferramentas Nutricionais Moduladoras do Sistema Imune Ferramentas Nutricionais Moduladoras do Sistema Imune Luiz Felipe Caron A resposta imune pode ser dividida em resposta inata e resposta adaptativa nas aves, como em outras espécies. Esta diferença está

Leia mais

OS ALIMENTOS COMO VEÍCULO DE NUTRIENTES

OS ALIMENTOS COMO VEÍCULO DE NUTRIENTES Página1 OS ALIMENTOS COMO VEÍCULO DE NUTRIENTES Importância dos alimentos Todos os animais, incluindo o homem, precisam de se alimentar para sobreviver. Porque são tão importantes os alimentos? Os alimentos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE NUTRIÇÃO E SAÚDE 14. BOLO SETE GRÃOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE NUTRIÇÃO E SAÚDE 14. BOLO SETE GRÃOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE NUTRIÇÃO E SAÚDE LABORATÓRIO DE ESTUDO EXPERIMENTAL DOS ALIMENTOS 14. BOLO SETE GRÃOS Janaína Moreira do Carmo, Samira

Leia mais

Linha completa de suplementos minerais e proteinados da Guabi.

Linha completa de suplementos minerais e proteinados da Guabi. 0090_mar10 Linha completa de suplementos minerais e proteinados da Guabi. Campinas/SP - 19. 3729 4477 Sales Oliveira/SP - 16. 3852 0011 Pará de Minas/MG - 37. 3231 7300 Além Paraíba/MG - 32. 3466 5555

Leia mais

24 Alimentos para Combater a CELULITE

24 Alimentos para Combater a CELULITE 24 Alimentos para Combater a CELULITE Agradecimento e Informações Muito obrigado por baixar nosso guia com orientações sobre a prevenção e combate a celulite. Nosso objetivo é colaborar com a divulgação

Leia mais

TECNOLOGIA DE ALIMENTOS

TECNOLOGIA DE ALIMENTOS TECNOLOGIA DE ALIMENTOS NUTRIÇÃO UNIC Profª Andressa Menegaz Conservação por irradiação A irradiação pode servir para: -destruir os microrganismos; -retardar a germinação de certos legumes; -destruir os

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO EDITAL N o 135/2011 (NOME COMPLETO EM LETRA DE FORMA) INSTRUÇÕES

CONCURSO PÚBLICO EDITAL N o 135/2011 (NOME COMPLETO EM LETRA DE FORMA) INSTRUÇÕES UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO CONCURSO PÚBLICO EDITAL N o 135/2011 FUNÇÃO: NUTRICIONISTA (NOME COMPLETO EM LETRA DE FORMA) INSTRUÇÕES (N o DE INSCRIÇÃO) 1. Verifique

Leia mais

Processo de envelhecimento

Processo de envelhecimento Fernando Santos Processo de envelhecimento O idoso não é uma versão mais velha do adulto jovem O idoso tem características metabólicas distintas que alteram as necessidades em relação a nutrientes específicos

Leia mais

Cães e gatos INGREDIENTES: SEU POTENCIAL E SUAS RESTRIÇÕES NAS DIETAS DE CÃES E GATOS. Papel do nutricionista: O problema: 24/8/2012

Cães e gatos INGREDIENTES: SEU POTENCIAL E SUAS RESTRIÇÕES NAS DIETAS DE CÃES E GATOS. Papel do nutricionista: O problema: 24/8/2012 INGREDIENTES: SEU POTENCIAL E SUAS RESTRIÇÕES NAS DIETAS DE CÃES E GATOS Alexandre de Mello Kessler Depto. Zootecnia UFRGS Cães e gatos Dietas com alto nível de PB e EE Têm baixa capacidade fermentativa

Leia mais

Características da Carne de Frango

Características da Carne de Frango Características da Carne de Frango Katiani Silva Venturini 1 (e-mail: katiani_sv@hotmail.com) Miryelle Freire Sarcinelli 1 (e-mail: miryelle@hotmail.com) Luís César da Silva 2 (website: www.agais.com)

Leia mais

Sucos industrializados: melhor substituto aos refrigerantes?

Sucos industrializados: melhor substituto aos refrigerantes? Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro UNIRIO Centro de Ciências Biológicas e da Saúde CCBS Escola de Nutrição EN Departamento de Tecnologia de Alimentos DTA PPGAN Programa de Pós-graduação em

Leia mais

Nome do medicamento: OSTEOPREVIX D Forma farmacêutica: Comprimido revestido Concentração: cálcio 500 mg/com rev + colecalciferol 200 UI/com rev.

Nome do medicamento: OSTEOPREVIX D Forma farmacêutica: Comprimido revestido Concentração: cálcio 500 mg/com rev + colecalciferol 200 UI/com rev. Nome do medicamento: OSTEOPREVIX D Forma farmacêutica: Comprimido revestido Concentração: cálcio 500 mg/com rev + colecalciferol 200 UI/com rev. OSTEOPREVIX D carbonato de cálcio colecalciferol APRESENTAÇÕES

Leia mais

Como nosso corpo está organizado

Como nosso corpo está organizado A celulose é um carboidrato que forma a parte dos vegetais conhecida como fibra alimentar. FABIO YOSHIHITO MATSUURA/ARQUIVO DA EDITORA Alguns alimentos ricos em fibras: verduras,frutas e legumes. As fibras

Leia mais

Stresstabs 600 com zinco polivitamínico e polimineral

Stresstabs 600 com zinco polivitamínico e polimineral Stresstabs 600 com zinco polivitamínico e polimineral Nome comercial: Stresstabs 600 com zinco Nome genérico: polivitamínico e polimineral Forma farmacêutica e apresentação referente a esta bula: Stresstabs

Leia mais

Hábitos alimentares e estilo de vida saudáveis

Hábitos alimentares e estilo de vida saudáveis Hábitos alimentares e estilo de vida saudáveis Fabrille Carneiro Corrêa Nutricionista CRN 08101589 E-MAIL: fabrillenut@ig.com.br Tel: 9877-6593 O QUE É SAÚDE? "Saúde é um estado de completo bem-estar físico,

Leia mais

TERMO DE ADJUDICAÇÃO. Item 0001

TERMO DE ADJUDICAÇÃO. Item 0001 TERMO DE ADJUDICAÇÃO Às 08:10 horas do dia 29 de fevereiro de 2012, o Pregoeiro Oficial da Prefeitura Municipal de Palmas, designado pela portaria 095/2011-GAB/SEFIN após analise da documentação do Pregão

Leia mais

CRIAÇÃO DE CABRAS LEITEIRAS

CRIAÇÃO DE CABRAS LEITEIRAS CRIAÇÃO DE CABRAS LEITEIRAS PRINCIPIOS E RECOMENDAÇÕES ATIVIDADE CAPRINOCULTURA LEITEIRA É UM DOS RAMOS QUE MAIS TEM SE DESENVOLVIDO NO PAÍS, SENDO UMA OPÇÃO VIÁVEL AO PEQUENO PRODUTOR DE LEITE DE VACA,

Leia mais

Alimentos: diet, light, açúcar e adoçantes

Alimentos: diet, light, açúcar e adoçantes Faculdade de Gastronomia AÇÚCAR Alimentos: diet, light, açúcar e adoçantes No singular açúcar, refere-se à sacarose proveniente da cana-de-açúcar e beterraba No plural açúcares diz respeito aos vários

Leia mais

CIÊNCIAS PROVA 2º BIMESTRE 8º ANO

CIÊNCIAS PROVA 2º BIMESTRE 8º ANO PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO CIÊNCIAS PROVA 2º BIMESTRE 8º ANO 2010 QUESTÃO 1 O bem-estar do organismo depende

Leia mais

Menu Detox. A alimentação que melhor o prepara para o seu Happy Detox

Menu Detox. A alimentação que melhor o prepara para o seu Happy Detox Menu Detox A alimentação que melhor o prepara para o seu Happy Detox 1. A alimentação que melhor o prepara para o seu happy detox O Menu Detox permite-lhe fazer uma correta preparação antes e depois do

Leia mais

Dietas veterinárias. Alimentação para carnívoros, sem cereais. Alimentação para carnívoros, baixo conteúdo em cereais ancestrais

Dietas veterinárias. Alimentação para carnívoros, sem cereais. Alimentação para carnívoros, baixo conteúdo em cereais ancestrais OFERTAS FEVEREIRO 2015 Somente em Henry Schein Dietas veterinárias Alimentação para carnívoros, sem cereais Alimentação para carnívoros, baixo conteúdo em cereais ancestrais 800 834 196 Fax: 00800 40 834

Leia mais

06/06/2014. Manejo de suínos do nascimento ao abate. Manejo de suínos do nascimento ao abate. Manejo de suínos do nascimento ao abate

06/06/2014. Manejo de suínos do nascimento ao abate. Manejo de suínos do nascimento ao abate. Manejo de suínos do nascimento ao abate Considerações no pré-parto: Limpeza e desinfecção da maternidade Verificar condições do escamoteador suinesp@gmail.com Ao nascimento Secar o leitão Principalmente boca e narinas Evitar perda de T C corporal

Leia mais

10. Principais Defeitos Encontrados na Panificação

10. Principais Defeitos Encontrados na Panificação 10. Principais Defeitos Encontrados na Panificação DEFEITO ASPECTO CAUSA PROCEDIMENTO a) massa dura a) ajustar a consistência da massa b) pouco descanso b) aumentar o tempo de descanso c) massa encascada

Leia mais

15/08/2013. Acelerado crescimento e desenvolvimento: IMPORTÂNCIA DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NESSA FASE. Atinge 25% da sua altura final

15/08/2013. Acelerado crescimento e desenvolvimento: IMPORTÂNCIA DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NESSA FASE. Atinge 25% da sua altura final Laís Cruz Nutricionista CRN 3 18128 2013 Período de transição entre infância e vida adulta (dos 10 aos 19 anos de idade) Muitas transformações físicas, psicológicas e sociais Acelerado crescimento e desenvolvimento:

Leia mais

é a quebra física dos alimentos através da mastigação e dos movimentos peristálticos.

é a quebra física dos alimentos através da mastigação e dos movimentos peristálticos. SISTEMA DIGESTIVO Digestão Digestão mecânica: é a quebra física dos alimentos através da mastigação e dos movimentos peristálticos. Digestão química é a transformação das moléculas mais complexas em moléculas

Leia mais

Alimentação na Gestação

Alimentação na Gestação ESPAÇO VIDA Nut. Fabiane Galhardo Unimed Pelotas 2012 Alimentação na Gestação 1 GESTAÇÃO PERÍODO MÁGICO DE INTENSA TRANSIÇÃO, ONDE A NATUREZA MODIFICA O CORPO E A MENTE PARA TRANSFORMAR MULHER EM MÃE A

Leia mais

Intolerância à Lactose

Intolerância à Lactose Intolerância à Lactose A intolerância à lactose é a condição que se refere aos sintomas decorrentes da má digestão da lactose. Esta situação ocorre quando o organismo não produz lactase suficiente, uma

Leia mais

Itens para futura aquisição de Merenda escolar. ANEXO I

Itens para futura aquisição de Merenda escolar. ANEXO I Itens para futura aquisição de Merenda escolar. ANEXO I ITEM QUANT UNI DESCRIÇÃO 1.200 KG Abacate, de 1ª qualidade, com médio grau de amadurecimento, com casca sã, sem rupturas 7.000 KG Abacaxi pérola,

Leia mais

Tamaril Senna alexandrina Mill + ASSOCIAÇÃO Sistema Digestivo

Tamaril Senna alexandrina Mill + ASSOCIAÇÃO Sistema Digestivo Tamaril Senna alexandrina Mill + ASSOCIAÇÃO Sistema Digestivo EDICAMENTO FITOTERÁPICO Nomenclatura botânica: Senna alexandrina Mill, Cassia fistula L., Tamarindus indica L., Coriandrum sativum L. e Periandra

Leia mais

Especialista explica a importância do consumo de frutas e verduras 12/11/2011 TAGS: ALIMENTAÇÃO, COMPORTAMENTO

Especialista explica a importância do consumo de frutas e verduras 12/11/2011 TAGS: ALIMENTAÇÃO, COMPORTAMENTO Especialista explica a importância do consumo de frutas e verduras 12/11/2011 TAGS: ALIMENTAÇÃO, COMPORTAMENTO ricos em cores, aromas e sabores. As frutas e hortaliças (legumes e verduras) são alimentos

Leia mais

Fazendo a digestão. A voz do professor. A voz do professor. De onde provém a energia necessária para o movimento dos automóveis?...

Fazendo a digestão. A voz do professor. A voz do professor. De onde provém a energia necessária para o movimento dos automóveis?... A U A UL LA Fazendo a digestão Atenção De onde provém a energia necessária para o movimento dos automóveis? Nosso corpo é semelhante a um carro. Como você acha que conseguimos energia para viver? Um corpo

Leia mais

CIÊNCIAS PROVA 1º BIMESTRE 4º ANO

CIÊNCIAS PROVA 1º BIMESTRE 4º ANO PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO CIÊNCIAS PROVA 1º BIMESTRE 4º ANO 2010 Questão 1 PROVA DE CIÊNCIAS 4 ANO Boa alimentação

Leia mais

CURSO DE GASTRONOMIA Disciplina : matérias primas Conceito e Tipo de Matéria Prima

CURSO DE GASTRONOMIA Disciplina : matérias primas Conceito e Tipo de Matéria Prima CURSO DE GASTRONOMIA Disciplina : matérias primas Conceito e Tipo de Matéria Prima Profª. Nensmorena Preza ALIMENTO Toda substância ou mistura de substâncias, no estado sólido, líquido, pastoso ou qualquer

Leia mais

Recuperação. Células tecidos órgãos sistemas. - As células são as menores unidades vivas e são formadas por três regiões:

Recuperação. Células tecidos órgãos sistemas. - As células são as menores unidades vivas e são formadas por três regiões: Recuperação Capítulo 01 - Níveis de organização Células tecidos órgãos sistemas - As células são as menores unidades vivas e são formadas por três regiões: A- Membrana Plasmática - Revestimento da célula;

Leia mais

RAÇÕES PARA PEIXES: FATORES NUTRICIONAIS IMPORTANTES E IMPACTOS NOS RESULTADOS. Silvia Pastore - M.Sc. V Aquishow Agosto/2014

RAÇÕES PARA PEIXES: FATORES NUTRICIONAIS IMPORTANTES E IMPACTOS NOS RESULTADOS. Silvia Pastore - M.Sc. V Aquishow Agosto/2014 RAÇÕES PARA PEIXES: FATORES NUTRICIONAIS IMPORTANTES E IMPACTOS NOS RESULTADOS Silvia Pastore - M.Sc. V Aquishow Agosto/2014 Perguntas frequentes 1. As rações são todas iguais? 2. Como diferenciar as rações

Leia mais

ORLIPID (orlistate) EMS SIGMA PHARMA LTDA. cápsula. 120mg

ORLIPID (orlistate) EMS SIGMA PHARMA LTDA. cápsula. 120mg ORLIPID (orlistate) EMS SIGMA PHARMA LTDA cápsula 120mg 1 ORLIPID (orlistate) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO ORLIPID (orlistate) APRESENTAÇÕES Cápsulas de 120mg: Embalagem contendo 21, 30, 42, 60, 84 ou

Leia mais

RAÇÃO ALGOMIX SUÍNOS PRÉ-INICIAL

RAÇÃO ALGOMIX SUÍNOS PRÉ-INICIAL Classificação do Produto: Ração para suínos pré-inicial. Indicação do Produto: Ração pronta para alimentação de suínos em fase pré-inicial (07 a 35 dias de idade). Espécie animal a que se destina: Suínos.

Leia mais

Atividade Física. A atividade física aumenta a sensibilidade à insulina e a capacidade de absorver os nutrientes.

Atividade Física. A atividade física aumenta a sensibilidade à insulina e a capacidade de absorver os nutrientes. Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade física adaptada e saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira Atividade Física A atividade física aumenta a sensibilidade à insulina e a capacidade de absorver

Leia mais

de fruta e/ou vegetais constituem uma importante fonte de vitaminas, minerais e uma

de fruta e/ou vegetais constituem uma importante fonte de vitaminas, minerais e uma OS SUMOS NATURAIS de fruta e/ou vegetais constituem uma importante fonte de vitaminas, minerais e uma excelente forma de hidratar o organismo. Na preparação desta agradável bebida, diferentes cores, sabores

Leia mais