caderno de atividades

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "caderno de atividades"

Transcrição

1 caderno de atividades

2 Unidade 1 o ambiente 1 Os diferentes ambientes 1. Observe as fotografias: Página 13 Fazendo registros 1 htpp://www.centralx.com/cores Plantação de trigo na cidade de Alegrete no Rio Grande do Sul Brasil. 2 Artur Keunecke/Pulsar Imagens Cabeça-seca e jacaré-do-pantanal MT. 2

3 Reúna-se com seus colegas para responder às questões a seguir. O professor fará as perguntas e sorteará alguns alunos para respondê-las no quadro de giz. Todos deverão participar da atividade dando respostas e opiniões. a) Qual fotografia representa um ambiente modificado pelo ser humano? b) Em qual fotografia podemos observar maior quantidade de um mesmo tipo de ser vivo? c) Em qual fotografia podemos observar maior variedade de seres vivos? d) Para fazer uma plantação de trigo, quais modificações você imagina que foram feitas no ambiente? e) Quais elementos não vivos da natureza podem ser encontrados nos dois ambientes? 2. Com a ajuda do professor, a turma deverá conseguir fotografias de ambientes que foram modificados pelo ser humano. Depois, deverão colar as fotografias em folha de cartolina ou papel-cartão e, para cada fotografia, escrever um texto contendo as principais modificações ocorridas naquele ambiente. 3

4 Página 14 Buscando informações O ser humano modifica os ambientes naturais para retirar madeira, para fazer plantações e para construir casas, entre outros. Pesquise, com pessoas da comunidade, qual foi a maior modificação feita em um ambiente natural próximo à comunidade onde mora. Procure saber: Quais foram as modificações? Quais prejuízos essas modificações trouxeram para a comunidade? Quais foram os benefícios? 4

5 Essas modificações eram mesmo necessárias? Por quê? Faça desenhos para representar o ambiente antes e depois de ocorrerem as modificações. Na roda de conversa, conte aos colegas as suas descobertas e ouça as deles. 5

6 Página 15 Indo mais longe Observe as telas da pintora brasileira Tarsila do Amaral. AMARAL,Tarsila do. Cartão-postal Óleo sobre tela, 127,5 cm x 142,5 cm. Tarsila do Amaral Empreendimentos, São Paulo (SP). AMARAL, Tarsila do. A cuca Óleo sobre tela,73 cm x 100 cm. Museu de Grenoble, Grenoble (França). Tarsila do Amaral Empreendimentos. 6

7 A turma deverá ser dividida em dois grupos: A e B. O grupo A trabalhará com a tela Cartão-Postal e o grupo B, com a tela A Cuca. Tarefas: 1. Cada grupo deverá descrever a paisagem. Anote as considerações do grupo segundo os seguintes aspectos. A paisagem como um todo. Os animais e plantas representados. As semelhanças com ambientes que conhecemos. O formato diferenciado de plantas e animais. O tamanho e a proporção dos diferentes elementos da obra. As cores e formas utilizadas e a repetição das mesmas. 7

8 2. Agora, troquem informações sobre as duas telas e respondam: a) Qual tela representa um ambiente modificado pelo ser humano? b) Quais modificações foram feitas? c) Na tela A Cuca, um animal foi inventado pela pintora. Qual é esse animal em sua opinião? 3. Depois, cada grupo deverá reunir material para fazer a releitura da obra, isto é, fazer a própria obra tendo como base a obra da pintora. A releitura poderá ser feita por meio de desenho e pintura ou por meio de recorte e colagem, utilizando papéis coloridos. Cada grupo deverá escolher a forma de representar a obra. Página 20 Fazendo registros 1. Qual estrela está mais próxima da Terra? 2. Qual é a principal fonte de luz e calor para o nosso planeta? 3. Como as aves chocam seus ovos? 4. Qual elemento da natureza contribui para aquecer os ovos dos jacarés e das tartarugas, no período de reprodução? 8

9 5. O banho de sol faz bem à saúde, mas devemos ter alguns cuidados. Pesquise em revistas, folhetos de propaganda, jornais ou em outras fontes, figuras que possam mostrar alguns cuidados que devemos ter com o nosso corpo quando estivermos expostos ao sol. Após selecionar as figuras, faça o recorte de cada uma delas e cole-as no espaço abaixo. Se não conseguir figuras, você poderá fazer desenhos representando os cuidados que devem ser tomados. 9

10 2 Água Página 28 Buscando informações Vamos realizar uma pesquisa com pessoas de sua família e da comunidade a respeito da água utilizada pelas famílias na localidade onde moram? Procure saber: de onde vem a água que chega à sua comunidade; se a água é tratada; que cuidados as famílias tomam com a água utilizada para beber; se costuma faltar água com frequência; se existem problemas ou dificuldades com o abastecimento de água na localidade. 10

11 No espaço a seguir, você poderá desenhar ou colar figuras retiradas de revistas, jornais, folhetos, etc. que ilustrem sua pesquisa. Em sala de aula, o professor irá organizar a apresentação dos resultados das pesquisas realizadas por todos. 11

12 Página 28 Fazendo registros Consiga figuras e cole-as no espaço abaixo ou faça desenhos para representar as diferentes situações em que você faz uso de água no seu dia a dia. Carlos Cesar Salvadori 12

13 3 ar Página 34 Fazendo registros O que podemos fazer para melhorar as condições do ar que respiramos? Pense nas atitudes que a população deveria adotar para não poluir o ar. Consiga figuras em revistas e cole-as no espaço abaixo ou faça desenhos para representá-las. 13

14 Página 34 Passo a passo Sabemos que o ar existe e está em todos os lugares. Vamos observar? Reúna-se com seus colegas e, com o apoio do professor, realizem os experimentos a seguir. Materiais: 2 garrafas de plástico (pet) pequenas 1 balão de festa 1 balde com água Luiz Alberto Afonso dos Santos Júnior/ Laeti Imagens Procedimentos: Solicitem a um adulto que corte uma das garrafas pet ao meio. Prendam o balão de festa no bico da garrafa cortada. Os experimentos poderão ser realizados quantas vezes forem necessárias a fim de que todos possam observar. Luiz Alberto Afonso dos Santos Júnior/ Laeti Imagens Passos: 1. Um aluno deverá utilizar a garrafa que ficou inteira e mergulhá-la por completo no balde como na fotografia. O que aconteceu quando a garrafa foi mergulhada na água? Luiz Alberto Afonso dos Santos Júnior/Laeti Imagens 14

15 2. Um aluno deverá mergulhar a garrafa com balão no balde com água como na fotografia. Lembre-se de afundar a garrafa até o meio, sem deixar a água chegar até o balão. O que aconteceu com o balão preso à garrafa? Luiz Alberto Afonso dos Santos Júnior/Laeti Imagens 3. Um aluno deverá utilizar a outra metade da garrafa (parte onde está o fundo) e colocar a parte cortada sobre a superfície da água como mostra a fotografia. O que aconteceu? Luiz Alberto Afonso dos Santos Júnior/Laeti Imagens 4. Segurando a garrafa pelo fundo, um aluno deverá incliná-la, bem devagar, mantendo a parte aberta sempre dentro da água como mostra a fotografia. O que aconteceu? Luiz Alberto Afonso dos Santos Júnior/Laeti Imagens 15

16 Terminado o experimento, reúnam-se para conversar a respeito das atividades e dos resultados obtidos. Que tal elaborar um texto coletivo, com o apoio do professor, para explicar os experimentos. Use o espaço abaixo para registrá-lo. 16

17 4 Solo Página 43 Indo mais longe Observe as fotos a seguir e leia o texto. Amazônia perdida Threat to Democracy/C. Commons Ivan Mlinaric/C. Commons A Floresta Amazônica, a maior floresta tropical do mundo, está sendo destruída pelo corte ilegal de árvores, pelas queimadas e pela poluição causada durante a extração de ouro nos garimpos. Reúna-se com seus colegas na roda de conversa para trocar informações a respeito das fotos e do texto apresentados nesta atividade. 17

18 1. Dia após dia, a Floresta Amazônica vem sendo destruída. a) O que vocês imaginam que poderá acontecer com os animais que vivem nessa floresta se a devastação continuar? b) O que poderá acontecer às pessoas que moram em locais da floresta e dela dependem para sobreviver? 2. Que conselhos vocês dariam às pessoas que estão contribuindo para destruição da floresta? 3. O que a população do País poderia fazer para tentar impedir que a Floresta Amazônica seja completamente devastada? 18

19 Unidade 2 os seres vivos 5 as plantas Página 54 Fazendo registros 1. Recorte figuras de diferentes tipos de plantas e cole-as no espaço abaixo. Depois, escreva em quais ambientes elas podem ser encontradas. Após terminar a atividade, reúna-se com os colegas para trocarem informações a respeito das plantas que cada um colocou e dos ambientes nos quais elas podem se desenvolver. 19

20 Página 59 Fazendo registros 1. Observe a fotografia: a) Na fotografia, enxergamos apenas quatro partes da planta. Quais são? Osouza Jabuticabeira com flores e frutos. Curitiba PR. b) Não enxergamos as raízes e as sementes. As raízes estão dentro do solo. E as sementes, onde estão? 2. Responda: Muitas plantas nascem a partir de sementes. a) Em qual parte da planta ficam as sementes? b) Qual parte da planta dá origem ao fruto? 20

21 Página 60 Buscando informações Combine, com os colegas e com o professor, um passeio aos arredores da escola ou a uma praça da cidade onde possam observar as plantas do local. Vocês poderão observar: o tamanho das árvores; o tamanho das folhas; as flores do ambiente, se houver; os animais que visitam as plantas, entre outras coisas. Registrem o que observaram. Em sala de aula, troquem informações a respeito das plantas e do ambiente visitado. 21

22 Página 61 Passo a passo Você já observou o nascimento de uma planta? Vamos observar? Reúna-se com seus colegas para realizar o experimento e para conversar a respeito dos resultados. Vocês vão precisar de: um pouco de terra; uma metade de garrafa pet transparente; três ou quatro feijões; água. Solicitem ao professor ou a outro adulto para cortar a garrafa pet ao meio e para fazer dois ou três furos no fundo. Coloquem terra na garrafa. Ponham os feijões encostados na parede da garrafa, de maneira que possam ser observados durante o processo de germinação. Acrescentem um pouco mais de terra e coloquem água. Consigam, na sala de aula, um local protegido que receba luz e coloquem o vaso. Durante o período de desenvolvimento dos feijões, umedeçam a terra do vaso sempre que for necessário. Observem os feijões diariamente, troquem ideias e façam os registros por meio de desenhos e frases. Luiz Alberto Afonso dos Santos Júnior/Laeti Imagens 22

23 Sugestões de registro: data de plantio e do surgimento de cada uma das partes; aparência das sementes até o surgimento das folhas; aparência do feijoeiro em cada fase; conclusão do experimento. 23

24 Página 68 Fazendo registros Reúna-se com seu grupo para realizar as atividades. 1. Façam uma lista com os alimentos que têm origem nas plantas e são consumidos pelo grupo. Organizem a lista dentro do quadro: Nome do alimento Nome da planta que produz o alimento Resposta pessoal. Resposta pessoal. Se houver dúvida, consulte um dicionário. 2. Observe, a seguir uma lista com nomes de alimentos. A tarefa do grupo será a de separá-los de acordo com a origem. Origem dos alimentos Vegetal Animal Mineral óleo de soja azeite manteiga água açúcar pão sardinha sal extrato de tomate mortadela pimentão ovo suco de caju linguiça macarrão presunto 24

25 Alimentos: 1. Manteiga 9. Extrato de tomate 2. Óleo de soja 10. Ovo 3. Azeite 11. Sal 4. Água 12. Linguiça 5. Açúcar 13. Pimentão 6. Sardinha 14. Presunto 7. Mortadela 15. Suco de caju 8. Pão 16. Macarrão Terminada a tarefa, os grupos, com o apoio do professor, deverão organizar a roda de conversa para trocar informações a respeito das atividades. 6 os animais Página 79 Fazendo registros Sabemos que, quanto à alimentação, os animais podem ser classificados em três grupos: herbívoros, carnívoros e onívoros. Vamos fazer composição com imagens para mostrar o agrupamento dos animais com relação à alimentação? Com o apoio do professor, a turma deverá ser dividida em três equipes. Cada equipe deverá escolher um dos três grupos de animais e organizar uma composição. Pesquisem figuras em jornais, revistas e em outros materiais ou desenhem para representar os animais do grupo escolhido. Vocês poderão escrever frases para explicar o tipo de alimento dos animais. 25

26 Terminada a atividade, cada equipe deverá apresentar, para a classe, o resultado do trabalho. 26

27 Página 81 Fazendo registros 1. Recorte figuras de revistas ou desenhe para representar: a) animais que se desenvolvem dentro do corpo das mães; 27

28 b) animais que se desenvolvem dentro de ovos, fora do corpo das mães; 28

29 c) animais que nascem diferentes dos adultos e sofrem metamorfose. 29

30 Página 86 Fazendo registros Andar, correr, saltar, rastejar, nadar e voar são formas de locomoção utilizadas pelos animais. No quadro a seguir, marque com X a forma ou formas de locomoção que cada um dos animais pode utilizar. Animais Andar Correr Saltar Rastejar Nadar Voar Ser humano Forma de locomoção dos animais Serpente Perereca Peixe Pinguim Sabiá Gato Cachorro Onça Pato Rã Pulga 30

31 Unidade 3 recursos naturais 7 utilizando e transformando recursos naturais Página 99 Fazendo registros Nesta atividade, você poderá escrever, colar figuras retiradas de revistas ou desenhar para representar: 1. Recursos naturais que podem ser utilizados da maneira como são encontrados na natureza. 31

32

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Ciências

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Ciências COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Ciências Nome: Ano: 2º Ano 2ª Etapa 2014 Colégio Nossa Senhora da Piedade Área do Conhecimento: Ciências Naturais Disciplina:

Leia mais

caderno de atividades

caderno de atividades caderno de atividades Unidade 1 de olho no universo 1 Terra Página 13 Fazendo registros Leia o roteiro a seguir e faça no espaço abaixo um desenho representando os itens solicitados. Não se esqueça de

Leia mais

Unidade. 6 Coleção IAB de Ciências / 3º ANO

Unidade. 6 Coleção IAB de Ciências / 3º ANO I Unidade 6 Coleção IAB de Ciências / 3º ANO UNIDADE I: A VIDA EM NOSSO PLANETA Introdução A ciência se faz com observação da natureza, perguntas e busca de respostas. Você já observou como o Planeta Terra

Leia mais

Projeto - Desvendando o meio ambiente

Projeto - Desvendando o meio ambiente Projeto - Desvendando o meio ambiente http://pixabay.com/pt/bola-sobrebal%c3%a3o-folhas-jornal-108651/ Público alvo: Educação Infantil Área: Natureza e Sociedade Duração: 8 semanas Justificativa: Tendo

Leia mais

Cadeia alimentar 3º ano

Cadeia alimentar 3º ano Cadeia alimentar 3º ano O equilíbrio ecológico depende diretamente da interação, das trocas e das relações que os seres vivos estabelecem entre si e com o ambiente. Os seres respiram, vivem sobre o solo

Leia mais

Oficina 03 Plantas. Atividade 1: O que tem dentro da semente?

Oficina 03 Plantas. Atividade 1: O que tem dentro da semente? Oficina 03 Plantas Atividade 1: O que tem dentro da semente? 1- Apresentação do problema Para iniciar a atividade, o professor deverá distribuir diferentes sementes e lançar a pergunta: O que tem dentro

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL INFANTIL 2 A PROJETO ARCA DE NOÉ INTRODUÇÃO

EDUCAÇÃO INFANTIL INFANTIL 2 A PROJETO ARCA DE NOÉ INTRODUÇÃO EDUCAÇÃO INFANTIL INFANTIL 2 A PROJETO ARCA DE NOÉ INTRODUÇÃO Foram dois os fatores que contribuíram para a formação do projeto Arca de Noé. O interesse das crianças da sala do infantil 2 A por animais

Leia mais

GUIA ALIMENTAR COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

GUIA ALIMENTAR COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL GUIA ALIMENTAR COMO TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL A promoção da alimentação saudável é uma diretriz da Política Nacional de Alimentação e Nutrição e uma das prioridades para a segurança alimentar e nutricional

Leia mais

CIÊNCIAS PROVA 3º BIMESTRE 7º ANO

CIÊNCIAS PROVA 3º BIMESTRE 7º ANO PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO CIÊNCIAS PROVA 3º BIMESTRE 7º ANO 2010 Questão 1 O reino Animalia, ou reino dos

Leia mais

Colégio Visconde de Porto Seguro

Colégio Visconde de Porto Seguro Colégio Visconde de Porto Seguro Unidade I 2011 AULA 1 Ensino Fundamental e Ensino Médio Atividade de Recuperação Contínua Nome do (a) Aluno (a): Atividade de Recuperação Contínua de Ciências Nível I Classe:

Leia mais

Crianças e números. Senso numérico. Vamos fazer uma experiência. Observe as figuras : Onde há mais pessoas? Agora veja estas figuras :

Crianças e números. Senso numérico. Vamos fazer uma experiência. Observe as figuras : Onde há mais pessoas? Agora veja estas figuras : Senso numérico Crianças e números Vamos fazer uma experiência. Observe as figuras : Onde há mais pessoas? Agora veja estas figuras : Em qual dos dois casos foi mais fácil perceber onde há mais pessoas?

Leia mais

CADERNO DE ATIVIDADES

CADERNO DE ATIVIDADES COLÉGIO ARNALDO 2014 CADERNO DE ATIVIDADES Ciências Aluno (a): 2º ano: Turma: Professora: Valor: 20 pontos Nota: Conteúdo Programático Unidade 1 Ambiente Unidade 2 Animais Unidade 3 Plantas Unidade 4 _Ser

Leia mais

Segurança, Equipamentos e Investigação Científica

Segurança, Equipamentos e Investigação Científica Segurança, Equipamentos e Investigação Científica Folha do Professor Resumo: O professor fará uma demonstração do que não se deve fazer no laboratório e os alunos tentarão adivinhar os erros. Em seguida,

Leia mais

PROJETO O MUNDO DOS DINOSSAUROS

PROJETO O MUNDO DOS DINOSSAUROS PROJETO O MUNDO DOS DINOSSAUROS http://pixabay.com/pt/tiranossauro-rex-dinossauro-r%c3%a9ptil-284554/ Público alvo: Educação Infantil / Crianças a partir de 3 anos Disciplina: Natureza e Sociedade Duração:

Leia mais

NÚCLEO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL NTE VARGINHA PROJETO IDENTIDADE

NÚCLEO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL NTE VARGINHA PROJETO IDENTIDADE Projeto Identidade Quem sou eu??? NÚCLEO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL NTE VARGINHA PROJETO IDENTIDADE ELABORAÇÃO: Míria Azevedo de Lima Bartelega --------------------------------Agosto / 2010 I A Questão

Leia mais

4 o ano Ensino Fundamental Data: / / Atividades de Ciências Nome:

4 o ano Ensino Fundamental Data: / / Atividades de Ciências Nome: 4 o ano Ensino Fundamental Data: / / Atividades de Ciências Nome: 1) Observe esta figura e identifique as partes do vegetal representadas nela. Posteriormente, associe as regiões identificadas às funções

Leia mais

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES PROFESSOR DISCIPLINA TURMA DEISE MENEZES CIÊNCIAS 201 ALUNO SIMULADO COLÉGIO MARQUES RODRIGUES Estrada da Água Branca, 2551 Realengo RJ Tel: (21) 3462-7520 www.colegiomr.com.br Questão 1 Numere: ( 1 )

Leia mais

Baleia. Aranha. Iuri. Malcom

Baleia. Aranha. Iuri. Malcom Aranha Baleia A aranha é um aracnídeo. O habitat das aranhas é nas florestas ou em casas. Mas ela mora em uma teia que ela mesma faz. Depressa ela se pendura na teia e enrola insetos nessa teia para se

Leia mais

DIRETORIA DE ENSINO/GERÊNCIA DE FORMAÇÃO CONTINUADA

DIRETORIA DE ENSINO/GERÊNCIA DE FORMAÇÃO CONTINUADA DIRETORIA DE ENSINO/GERÊNCIA DE FORMAÇÃO CONTINUADA Autores: Ana Cláudia Cerini Trevisan Leandro Henrique Magalhães Ilustrações: Sassá MATERIAL INTERDISCIPLINAR ELABORADO PELAS ASSESSORAS DA EQUIPE DE

Leia mais

::Seu João o Senhor sabe o que é o meio ambiente?

::Seu João o Senhor sabe o que é o meio ambiente? O Meio Ambiente ::Seu João o Senhor sabe o que é o meio ambiente? Seu João: Não sei não! Mas quero que você me diga direitinho pra eu aprender e ensinar todo mundo lá no povoado onde eu moro. : Seu João,

Leia mais

Projeto. Pedagógico QUEM MEXEU NA MINHA FLORESTA?

Projeto. Pedagógico QUEM MEXEU NA MINHA FLORESTA? Projeto Pedagógico QUEM MEXEU NA MINHA FLORESTA? 1 Projeto Pedagógico Por Beatriz Tavares de Souza* Apresentação O livro tem como tema o meio ambiente em que mostra o homem e a destruição da natureza,

Leia mais

Sumário ÁGUA, SOLO E SER HUMANO...52 AMBIENTE E SERES VIVOS... 10

Sumário ÁGUA, SOLO E SER HUMANO...52 AMBIENTE E SERES VIVOS... 10 Sumário 1 AMBIENTE E SERES VIVOS... 10 Módulo 1 Explorar o Pantanal...10 O que já sei......11 Atividade prática...11 Uma visão panorâmica do ambiente...12 Hora da leitura Águas comandam a vida no Pantanal...15

Leia mais

Bingo das atitudes sustentáveis

Bingo das atitudes sustentáveis de educação ambie s e d a ntal id Ativ Bingo das atitudes sustentáveis 4º a no do tal n e Ensino Fundam Autora: Alessandra M. Cavichia Atanazio Atividades de educação ambiental Bingo das Atitudes Sustentáveis

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADE 1

PLANO DE ATIVIDADE 1 PLANO DE ATIVIDADE 1 Questão-Problema Para que serve e como funciona o filtro? Material - Filtro de Aquário - 2 Garrafas de Plástico 2L - Tesoura - Colher - Copo transparente - Terra - Areia de Aquário

Leia mais

MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES

MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES MÓDULO I Corredor Etnoambiental Tupi Mondé Atividade 1 Conhecendo mais sobre nosso passado, presente e futuro 1. No

Leia mais

dicas para usar o celular nas aulas

dicas para usar o celular nas aulas E-book 11 dicas para usar o celular nas aulas Sugestões de atividades com os aplicativos mais básicos e simples de um aparelho Por Talita Moretto É permitido compartilhar e adaptar este material, desde

Leia mais

Escola Estadual Dr.Moreira Brandão

Escola Estadual Dr.Moreira Brandão Escola Estadual Dr.Moreira Brandão 32ª Superintendência Regional de Ensino de Pouso Alegre Cidade: Camanducaia Professora Responsável pela Elaboração do Projeto: Ângela Aparecida Carvalho. Ano: 4º ano

Leia mais

Escola Municipal... Ano: 4º Turma: Apostila de Ciências Naturais. Nome do aluno (a):

Escola Municipal... Ano: 4º Turma: Apostila de Ciências Naturais. Nome do aluno (a): Escola Municipal... Apostila de Ciências Naturais Ano: 4º Turma: Nome do aluno (a): 1) Vamos realizar alguns experimentos: O primeiro experimento será a partir da construção de um terrário e para isso

Leia mais

NÚMERO. Alimentação: Sustentável. Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. CHICO SARDELLI DEPUTADO ESTADUAL PV

NÚMERO. Alimentação: Sustentável. Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. CHICO SARDELLI DEPUTADO ESTADUAL PV Alimentação: Sustentável NÚMERO 3 Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. Risoto de casca de Abóbora Cascas de 2kg de abóbora (ralada ) 3 xicaras de arroz cozido 1 cebola grande (picada)

Leia mais

PRATICANDO OS RCNEI PROJETO OS SERES VIVOS PLANTAS E A EDUCAÇÃO INFANTIL RESUMO

PRATICANDO OS RCNEI PROJETO OS SERES VIVOS PLANTAS E A EDUCAÇÃO INFANTIL RESUMO PRATICANDO OS RCNEI PROJETO OS SERES VIVOS PLANTAS E A EDUCAÇÃO INFANTIL Morgana Bica Szadkoski 1 e Laís Ferraz Teixeira Ávila 1 Ricardo Antonini 2 RESUMO O trabalho aqui apresentado é o resultado de estudos

Leia mais

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE CIÊNCIAS NATURAIS. Aluno (a): 6 ano Turma:

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE CIÊNCIAS NATURAIS. Aluno (a): 6 ano Turma: Escola Estadual AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE CIÊNCIAS NATURAIS Professor (a) : Data: / /2012 Aluno (a): 6 ano Turma: 1 - Todos os seres vivos e a parte não-viva de um ambiente (água, minerais do solo, gases

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA 2013 LÍNGUA PORTUGUESA - 4º ANO ENSINO FUNDAMENTAL. ALUNO PROFESSORA DATA

ESCOLA ESTADUAL AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA 2013 LÍNGUA PORTUGUESA - 4º ANO ENSINO FUNDAMENTAL. ALUNO PROFESSORA DATA ESCOLA ESTADUAL AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA 2013 LÍNGUA PORTUGUESA - 4º ANO ENSINO FUNDAMENTAL. ALUNO PROFESSORA DATA Leia o texto abaixo para responder as questões 01 e 02. QUESTÃO 01 A frase Meu medo de cão

Leia mais

Os animais. Eliseu Tonegawa mora com a família - a. www.interaulaclube.com.br. nova

Os animais. Eliseu Tonegawa mora com a família - a. www.interaulaclube.com.br. nova A U A UL LA Os animais Atenção Eliseu Tonegawa mora com a família - a esposa, Marina, e três filhos - num pequeno sítio no interior de São Paulo. Para sobreviver, ele mantém algumas lavouras, principalmente

Leia mais

BR 448 RODOVIA DO PARQUE GESTÃO E SUPERVISÃO AMBIENTAL MÓDULO II EDUCADORES

BR 448 RODOVIA DO PARQUE GESTÃO E SUPERVISÃO AMBIENTAL MÓDULO II EDUCADORES BR 448 RODOVIA DO PARQUE GESTÃO E SUPERVISÃO AMBIENTAL MÓDULO II EDUCADORES 3 Definições de lixo: No dicionário: sujeira, imundice, coisa(s) inúteis, velhas, sem valor. Na linguagem técnica: sinônimo

Leia mais

Que equipe da sala conseguirá percorrer os jogos em menor tempo?

Que equipe da sala conseguirá percorrer os jogos em menor tempo? Projeto mão na massa O professor deve ser capaz de observar, analisar, tirar proveito das experiências, organizar as ideias, debater, pesquisar e questionar-se.estas, se.estas, são competências que todo

Leia mais

- ENSINO. Texto 1. selva. Esse. Tempo. 1) feroz bravo.

- ENSINO. Texto 1. selva. Esse. Tempo. 1) feroz bravo. PROFESSOR: EQUIPEE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - LÍNGUA PORTUGUESA - 2 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ======== ========= ========= ========= ========= ========= ======== ======== ========= == Texto 1 OLHA

Leia mais

12. Digital. e Dubiela. 20 xandr Ale DE A ID N U VIDA NO CAMPO

12. Digital. e Dubiela. 20 xandr Ale DE A ID N U VIDA NO CAMPO an ex IDAD N U E Al VIDA NO CAMPO a. iel ub ed dr l. ta igi.d 12 20 E PARA INICIAR A BRINCADEIRA... OUÇA ESTA CANÇÃO: SÍTIO DO SEU LOBATO SEU LOBATO TINHA UM SÍTIO, IA, IA, Ô! E NESSE SÍTIO TINHA UMA GALINHA,

Leia mais

Recado aos Pais e Professores

Recado aos Pais e Professores Recado aos Pais e Professores A criança aprende fazendo. Um trabalho manual confeccionado logo após a história bíblica fixa os ensinos que a criança acabou de ouvir, e também é um lembrete visual do constante

Leia mais

Atlas Observe o mundo a sua volta. Como você classificaria os objetos que vê? Por seu uso, cor, forma, tamanho, natureza? A intenção aqui é que toda

Atlas Observe o mundo a sua volta. Como você classificaria os objetos que vê? Por seu uso, cor, forma, tamanho, natureza? A intenção aqui é que toda Atlas Observe o mundo a sua volta. Como você classificaria os objetos que vê? Por seu uso, cor, forma, tamanho, natureza? A intenção aqui é que toda a turma crie categorias de classificação. Grupos então

Leia mais

Plano de Trabalho com Projetos

Plano de Trabalho com Projetos PREFEITURA DE JARAGUÁ DO SUL SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO FUNDAMENTAL Plano de Trabalho com Projetos 1. Identificação: Escola Municipal de Ensino Fundamental Renato Pradi Professora:

Leia mais

Comer o milho ou a galinha que comeu o milho?

Comer o milho ou a galinha que comeu o milho? Comer o milho ou a galinha que comeu o milho? A UU L AL A Na Aula 29 usamos como exemplo o galinheiro de um fazendeiro. Para alimentar as galinhas, o fazendeiro planta ou compra milho. As galinhas, aproveitando

Leia mais

Plano de Trabalho com Projetos

Plano de Trabalho com Projetos PREFEITURA DE JARAGUÁ DO SUL SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO FUNDAMENTAL 1. Identificação: Plano de Trabalho com Projetos Escola Municipal de Ensino Fundamental Renato Pradi Professora:

Leia mais

2. Laboratório: uso do avental, organização e relatório 3. Tarefas. 1. Avaliação da Semana de Geociências e Meio Ambiente 2.

2. Laboratório: uso do avental, organização e relatório 3. Tarefas. 1. Avaliação da Semana de Geociências e Meio Ambiente 2. PIC VERSÃO PARA O PROFESSOR Produção Integrada ao Conteúdo 6. o ano Ensino Fundamental Componentes da PIC 2. o bimestre Arte Ciências A nota da PIC é a média entre a nota de tarefa (avaliação do conjunto

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM 2º CICLO Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Currículo Nacional do Ensino Básico- Competências Essenciais Ciências Físicas

Leia mais

PROJETO MEIO AMBIENTE / PRIMAVERA

PROJETO MEIO AMBIENTE / PRIMAVERA Escola Estadual Leontino Alves de Oliveira PROJETO MEIO AMBIENTE / PRIMAVERA Rio Negro MS, Setembro de 2012. Identificação Escola Estadual Leontino Alves de Oliveira Cidade: Rio Negro MS Período: Setembro

Leia mais

Sala: 4 anos (2) Educadora: Luísa Almeida

Sala: 4 anos (2) Educadora: Luísa Almeida Sala: 4 anos (2) Educadora: Luísa Almeida SETEMBRO Regresso à escola/adaptação Facilitar a adaptação/readaptação ao jardim de infância Negociar e elaborar a lista de regras de convivência Diálogo sobre

Leia mais

Livro Novo Eu gosto - Ciências. Áreas envolvidas: Ciências, Linguagem, Matemática, Arte, Informática.

Livro Novo Eu gosto - Ciências. Áreas envolvidas: Ciências, Linguagem, Matemática, Arte, Informática. Projeto Feira de Ciências Escola Dinâmica Infantil Projeto para Feira de Ciências, com atividades para as quatro séries (ou para os quatro anos). Livro Novo Eu gosto - Ciências. Áreas envolvidas: Ciências,

Leia mais

2º Ano Articulação de conteúdos no eixo e intereixos na área de Ciências Naturais (O quê?) CELESTE: PRODUÇÃO TERRESTRE: PRODUÇÃO DO ECOSSISTEMA

2º Ano Articulação de conteúdos no eixo e intereixos na área de Ciências Naturais (O quê?) CELESTE: PRODUÇÃO TERRESTRE: PRODUÇÃO DO ECOSSISTEMA 1 SMED - Ciências Naturais - Coordenadora Pedagógica - Silvia Mara Marcos Santos 2º Ano Articulação de conteúdos no eixo e intereixos na área de Ciências Naturais (O quê?) CELESTE: PRODUÇÃO TERRESTRE:

Leia mais

Como surgiu o projecto:

Como surgiu o projecto: Projeto O ovo Como surgiu o projecto: O projeto do ovo surgiu ao trabalhar o tema da alimentação: 1. Visualizaram as imagens dos alimentos que trouxeram de casa; 2. Visualizaram a roda dos alimentos que

Leia mais

Projeto - Conhecendo os animais

Projeto - Conhecendo os animais Projeto - Conhecendo os animais Tema: Seres Vivos Público alvo: Educação Infantil / Crianças de 4 a 5 anos Área de conhecimento: Natureza e Sociedade Duração: Cinco semanas Justificativa: Este projeto

Leia mais

Casa Publicadora Brasileira Editora dos Adventistas do Sétimo Dia

Casa Publicadora Brasileira Editora dos Adventistas do Sétimo Dia TE QUERO VERDE Autoria: Ieda Martins de Oliveira Editora: Casa Publicadora Brasileira Turmas: 3º ao 7º ano Temas: Arte, Geografia, História, Ciências, Língua Portuguesa, Meio Ambiente, Pluralidade Cultural,

Leia mais

Grupo 1 1º, 2º e 3º Anos do Ensino Fundamental

Grupo 1 1º, 2º e 3º Anos do Ensino Fundamental Caro professor, Você e seus alunos receberam os livros do projeto O Futuro das Nossas Florestas, intitulados Por que o Cerrado e a Floresta são importantes? (livro 1) e Como produzir mantendo o Cerrado

Leia mais

Trabalho Interdisciplinar de História/ Geografia e Artes.

Trabalho Interdisciplinar de História/ Geografia e Artes. Nome: Nº: Data: Disciplina: Professor: Trabalho Interdisciplinar de História/ Geografia e Artes. 2 Bimestre Durante o bimestre estudamos sobre os diferentes tipos de moradias. Aprendemos que existem maneiras

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 3.º ANO/EF 2015

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 3.º ANO/EF 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 3.º ANO/EF 2015 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família IV Seminário Internacional de Atenção Primária/ Saúde da Família. Brasília, 08 de Agosto de 2008

III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família IV Seminário Internacional de Atenção Primária/ Saúde da Família. Brasília, 08 de Agosto de 2008 Oficina de Promoção da Alimentação Saudável para Agentes Comunitários de Saúde III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família IV Seminário Internacional de Atenção Primária/ Saúde da Família Brasília,

Leia mais

Oficina 10: Flutua ou afunda?

Oficina 10: Flutua ou afunda? Oficina 10: Flutua ou afunda? Introdução O tema água domina este texto. A importância dessa matéria em todas as áreas científicas é evidente. A água é um importante componente do planeta Terra e o ambiente

Leia mais

Dicas de Festa. Disney. disney.pt

Dicas de Festa. Disney. disney.pt Dicas de Festa Pede aos teus amigos para se vestirem de piratas para a festa! Assim poderás dar prémios à melhor máscara de pirata! Faz um rolo com o convite que imprimiste neste site e amarra com uma

Leia mais

FEDERAÇÃO DE BANDEIRANTES DO BRASIL

FEDERAÇÃO DE BANDEIRANTES DO BRASIL FEDERAÇÃO DE BANDEIRANTES DO BRASIL NOME DA ATIVIDADE: CABINE/ MOLDURA DE FOTOS E VÍDEO DURAÇÃO GRUPO/RAMO Nº PARTICIPANTES 2h B2 e Guia - Conhecimentos a serem Adquiridos Conhecimentos cobre mudanças

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 2. o ANO/EF - 2015

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 2. o ANO/EF - 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC MINAS E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 2. o ANO/EF - 2015 Caro (a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

DATAS COMEMORATIVAS. FESTAS JUNINAS 12 de junho Santo Antônio 24 de junho São João 29 de junho São Pedro

DATAS COMEMORATIVAS. FESTAS JUNINAS 12 de junho Santo Antônio 24 de junho São João 29 de junho São Pedro FESTAS JUNINAS 12 de junho Santo Antônio 24 de junho São João 29 de junho São Pedro As festas juninas fazem parte da tradição católica, mas em muitos lugares essas festas perderam essa característica.

Leia mais

Unidade Portugal. Nome: 3 o ano (2ª série) Manhã. AVALIAÇÃO DO GRUPO X 4 o BIMESTRE. Borboletas Urbanas

Unidade Portugal. Nome: 3 o ano (2ª série) Manhã. AVALIAÇÃO DO GRUPO X 4 o BIMESTRE. Borboletas Urbanas Unidade Portugal Ribeirão Preto, de de 2011. Nome: 3 o ano (2ª série) Manhã AVALIAÇÃO DO GRUPO X 4 o BIMESTRE Eixo temático - Natureza amiga Disciplina/Valor Português 3,0 Matemática 3,0 Hist/Geo 3,0 Ciências

Leia mais

Atividades Pedagógicas. Outubro 2013

Atividades Pedagógicas. Outubro 2013 Atividades Pedagógicas Outubro 2013 EM DESTAQUE Acompanhe aqui um pouco do dia-a-dia de nossos alunos em busca de novos aprendizados. ATIVIDADES DE SALA DE AULA GRUPO II A GRUPO II B GRUPO II C GRUPO II

Leia mais

COLEÇÃO VEM COMIGO! Isa Mara Lando ilustrações de Mariângela Haddad

COLEÇÃO VEM COMIGO! Isa Mara Lando ilustrações de Mariângela Haddad COLEÇÃO VEM COMIGO! Isa Mara Lando ilustrações de Mariângela Haddad www.autenticaeditora.com.br Rua Aimorés, 981, 8º andar Bairro Funcionários CEP 30140-071 Belo Horizonte, MG Tel. (31) 3222-6819 Fax:

Leia mais

SUGESTÕES DE ATIVIDADES AOS EDUCADORES

SUGESTÕES DE ATIVIDADES AOS EDUCADORES SUGESTÕES DE ATIVIDADES AOS EDUCADORES RESPONDENDO À GARRAFA OBJETIVOS: - Perceber a diversidade de posturas frente ao tema sexualidade humana. - Verificar que a história de vida (religião, educação, valores,

Leia mais

AULA 4 FLORESTAS. O desmatamento

AULA 4 FLORESTAS. O desmatamento AULA 4 FLORESTAS As florestas cobriam metade da superfície da Terra antes dos seres humanos começarem a plantar. Hoje, metade das florestas da época em que recebemos os visitantes do Planeta Uno não existem

Leia mais

Professora. Trabalhar com a reciclagem de materiais, além de valorizar as instalações escolares já feitas com esse tipo de material.

Professora. Trabalhar com a reciclagem de materiais, além de valorizar as instalações escolares já feitas com esse tipo de material. Professora 1. Objetivos Gerais A partir do maior conhecimento do trabalho do professor, fazer com que os alunos percebam a importância de se trabalhar com papel e demais materiais reciclados. Outro assunto

Leia mais

SESSÃO 1: Descobrindo Seus Sonhos

SESSÃO 1: Descobrindo Seus Sonhos CURRÍCULO DO PROGRAMA SESSÃO 1: Descobrindo Seus Sonhos Iniciando o currículo do Sonhe, Realize, o objetivo desta sessão é começar estabelecer um espaço seguro e acolhedor para as participantes, começar

Leia mais

Caderno de atividades

Caderno de atividades Caderno de atividades Capítulo 1 1 Depois que a gente se acostuma, escola até que é bem legal. a) Você concorda com essa frase? Explique para seus colegas e seu professor. b) Como você imaginava que fosse

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE MATEMÁTICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE MATEMÁTICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE MATEMÁTICA Uma Sequência Didática De Medidas De Comprimento E Superfície No 5º Ano Do Ensino Fundamental:

Leia mais

CIÊNCIAS PROVA 4º BIMESTRE 7º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ

CIÊNCIAS PROVA 4º BIMESTRE 7º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO CIÊNCIAS PROVA 4º BIMESTRE 7º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ 2010 01. As fotografias

Leia mais

PORTUGUÊS 2 o BIMESTRE

PORTUGUÊS 2 o BIMESTRE AVALIAÇÃO DE CONTEÚDO DO GRUPO VI Unidade Portugal Série: 4 o ano (3 a série) Período: MANHÃ Data: 29/6/2011 PORTUGUÊS 2 o BIMESTRE Nome: Turma: Valor da prova: 3,5 Nota: Eixo temático Proteção ao meio

Leia mais

TÍTULO: Plano de Aula COMO SÃO OS ANIMAIS? Ensino Fundamental /Anos Iniciais. Ciências. Vida e Meio Ambiente. 2 aulas (45 min cada)

TÍTULO: Plano de Aula COMO SÃO OS ANIMAIS? Ensino Fundamental /Anos Iniciais. Ciências. Vida e Meio Ambiente. 2 aulas (45 min cada) Org.: Claudio André - 1 TÍTULO: COMO SÃO OS ANIMAIS? Nível de Ensino: Ano/Semestre de estudo Ensino Fundamental /Anos Iniciais 2º Componente Curricular: Ciências Tema: Duração da Aula: Modalidade de Ensino:

Leia mais

3. Encaminhamento metodológico e sugestões de atividades complementares

3. Encaminhamento metodológico e sugestões de atividades complementares 3. Encaminhamento metodológico e sugestões de atividades complementares UNIDADE 1 BICHO E GENTE, CADA UM TEM UM JEITO DIFERENTE! A proposta deste tema é estimular a criança a perceber as diferenças existentes

Leia mais

Cadernos de apoio e aprendizagem. 1 o ano

Cadernos de apoio e aprendizagem. 1 o ano Cadernos de apoio e aprendizagem NATUREZA E SOCIEDADE 1 o ano P R O G R A M A. d e o r i e n t a ç Õ e s c u r r i c u l a r e s 2012 Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) São Paulo (SP).

Leia mais

EDUARDO PAES PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO CLAUDIA COSTIN SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGINA HELENA DINIZ BOMENY SUBSECRETARIA DE ENSINO

EDUARDO PAES PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO CLAUDIA COSTIN SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGINA HELENA DINIZ BOMENY SUBSECRETARIA DE ENSINO EDUARDO PAES PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO CLAUDIA COSTIN SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGINA HELENA DINIZ BOMENY SUBSECRETARIA DE ENSINO MARIA DE NAZARETH MACHADO DE BARROS VASCONCELLOS COORDENADORIA

Leia mais

Projeto Biodiversidade Bio=vida Diversidade=variedade Biodiversidade=variedade de vida no planeta FEIRA CULTURAL

Projeto Biodiversidade Bio=vida Diversidade=variedade Biodiversidade=variedade de vida no planeta FEIRA CULTURAL Projeto Biodiversidade Bio=vida Diversidade=variedade Biodiversidade=variedade de vida no planeta FEIRA CULTURAL Justificativa Em janeiro deste ano, a UNESCO (Organização das Nações Unidas, para a Educação,

Leia mais

FLORESTA AMAZÔNICA F 5 M A 2

FLORESTA AMAZÔNICA F 5 M A 2 FLORESTA AMAZÔNICA F 5 M A 2 Editora F-5MA2 Rua Floriano Peixoto Santos, 55 Morumbi CEP 05658-080 São Paulo - SP Tel.: (11) 3749 3250 Apresentação A população crescendo, florestas sumindo, calor aumentando,

Leia mais

Atividades Pedagógicas. Agosto 2014

Atividades Pedagógicas. Agosto 2014 Atividades Pedagógicas Agosto 2014 EM DESTAQUE Acompanhe aqui um pouco do dia-a-dia de nossos alunos em busca de novos aprendizados. ATIVIDADES DE SALA DE AULA GRUPO IV A GRUPO IV B GRUPO IV C GRUPO IV

Leia mais

CADERNO DE ATIVIDADES DE MATEMÁTICA

CADERNO DE ATIVIDADES DE MATEMÁTICA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO / DIRETORIA PEDAGÓGICA GERÊNCIA DE ENSINO FUNDAMENTAL CADERNO DE ATIVIDADES DE MATEMÁTICA de Keiko Kasza Assessoria Pedagógica de Matemática Regina Aparecida de Oliveira Londrina,

Leia mais

Nada melhor do que colocar em prática os conhecimentos obtidos em nossas aulas, confeccionando um incrível álbum de vegetais.

Nada melhor do que colocar em prática os conhecimentos obtidos em nossas aulas, confeccionando um incrível álbum de vegetais. Nome: Nº: 2º ano Trabalho Interdisciplinar de Ciências e Informática 3º Bimestre Data: Durante este bimestre aprendemos que as plantas, também chamadas de vegetais, são seres vivos, já que nascem, crescem

Leia mais

como a arte pode mudar a vida?

como a arte pode mudar a vida? como a arte pode mudar a vida? LONGE DAQUI, AQUI MESMO 1 / 2 Longe daqui, aqui mesmo 1 Em um caderno, crie um diário para você. Pode usar a escrita, desenhos, recortes de revista ou jornais e qualquer

Leia mais

Agrupamento de Escolas Anselmo de Andrade Planificação/Critérios de Avaliação Estudo do Meio 2º Ano

Agrupamento de Escolas Anselmo de Andrade Planificação/Critérios de Avaliação Estudo do Meio 2º Ano Domínio (Unidade/ tema) Subdomínio/ conteúdos Meta de aprendizagem geral Estratégias/ recursos Avaliação: Tempo / Calendarização Instrumentos Ponderação. O passado próximo familiar. O passado mais longínquo

Leia mais

APRENDENDO COM A NATUREZA NA EDUCAÇÃO INFANTIL RESUMO

APRENDENDO COM A NATUREZA NA EDUCAÇÃO INFANTIL RESUMO APRENDENDO COM A NATUREZA NA EDUCAÇÃO INFANTIL Cezaltina Marques Bacelar 1 ; Cibelle Evellyn Martins Moraes Auto Oliveira 2 ; Danielle Morais Nunes 3 ; Edimárcia Victor da Silva 4 ; Jane Regina Soares

Leia mais

O homem e o meio ambiente

O homem e o meio ambiente A U A UL LA O homem e o meio ambiente Nesta aula, que inicia nosso aprendizado sobre o meio ambiente, vamos prestar atenção às condições ambientais dos lugares que você conhece. Veremos que em alguns bairros

Leia mais

Cerrado e caatinga. Compare estas duas fotos:

Cerrado e caatinga. Compare estas duas fotos: A UU L AL A Cerrado e caatinga Compare estas duas fotos: cerrado caatinga Observando as duas figuras, a característica que mais nos chama a atenção é que os dois ambientes parecem muito secos. Nesta aula,

Leia mais

Você já sabe que o vento é o ar em movimento. Mas o que será que faz o ar se movimentar?

Você já sabe que o vento é o ar em movimento. Mas o que será que faz o ar se movimentar? PROFESSOR: EQUIPE DE CIÊNCIAS BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS 3º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== Leia VENTO VENTANDO! Você já sabe que o

Leia mais

Dia das Crianças. 3º ano Fundamento I. Justificativa

Dia das Crianças. 3º ano Fundamento I. Justificativa Dia das Crianças 3º ano Fundamento I Justificativa O mês de outubro começa com uma expectativa entre as crianças: a comemoração do seu dia. A data não pode ser esquecida. Assim, sugerimos que a escola

Leia mais

USO DE TERRÁRIO NA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS DO ENSINO FUNDAMENTAL

USO DE TERRÁRIO NA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS DO ENSINO FUNDAMENTAL USO DE TERRÁRIO NA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS DO ENSINO FUNDAMENTAL Giovana Pereira dos Santos Lima (PIBIC/Fundação Araucária), Kátya Regina de Freitas (Orientadora), e-mail: giovana_p.lima@hotmail.com, krfreitas@utfpr.edu.br.

Leia mais

ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA: ALUNO (A): ANO: ATIVIDADE 1. CALENDÁRIO DO MÊS

ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA: ALUNO (A): ANO: ATIVIDADE 1. CALENDÁRIO DO MÊS ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA: ALUNO (A): ANO: ATIVIDADE 1. CALENDÁRIO DO MÊS OS MESES SÃO DIVIDIDOS EM SEMANAS. E CADA SEMANA TEM 7 DIAS. SÃO ESTES OS DIAS DA SEMANA: VAMOS CONSTRUIR O CALENDÁRIO DO MÊS.

Leia mais

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES PROFESSOR DISCIPLINA TURMA DEISE MENEZES CIÊNCIAS 201 ALUNO SIMULADO COLÉGIO MARQUES RODRIGUES Estrada da Água Branca, 2551 Realengo RJ Tel: (21) 3462-7520 www.colegiomr.com.br Questão 1 A Terra e outros

Leia mais

Projeto: Filhotes. Eixo: Natureza e Sociedade Duração: Setembro/Outubro de 2012 Infantil I

Projeto: Filhotes. Eixo: Natureza e Sociedade Duração: Setembro/Outubro de 2012 Infantil I Projeto: Filhotes Eixo: Natureza e Sociedade Duração: Setembro/Outubro de 2012 Infantil I Justificativa: A escolha da temática FILHOTES para o infantil I se deve ao fato de que os animais em geral provocam

Leia mais

PLANEJAMENTO (Poesia/poema) Expressão na oralidade, leitura fluente, produção textual, compreensão de texto poético.

PLANEJAMENTO (Poesia/poema) Expressão na oralidade, leitura fluente, produção textual, compreensão de texto poético. PLANEJAMENTO (Poesia/poema) Professor (a): Janete Fassini Alves Poesia: Das Flores Competências Objetivo Geral Objetivos Específicos Autor: Armando Wartha Expressão na oralidade, leitura fluente, produção

Leia mais

CORTE O AÇÚCAR, ELIMINE GRÃOS E FARINHAS, NÃO CONSUMA NADA PROCESSADO E CORTE LATICÍNIOS.

CORTE O AÇÚCAR, ELIMINE GRÃOS E FARINHAS, NÃO CONSUMA NADA PROCESSADO E CORTE LATICÍNIOS. Desafio: Whole30 INTRODUÇÃO Seja bem-vindo ao seu novo programa de reeducação alimentar Whole30! A partir de hoje durante 30 dias você vai seguir essa dieta exatamente como está aqui. Cada vez que você

Leia mais

SUPERAÇÃO JÁ! ETAPA DEterminaÇÃO CADERNO DO ESTUDANTE

SUPERAÇÃO JÁ! ETAPA DEterminaÇÃO CADERNO DO ESTUDANTE Escola de Tempo Integral Experiências Matemáticas 7º ANO (6ª série) SUPERAÇÃO JÁ! ETAPA DEterminaÇÃO CADERNO DO ESTUDANTE Este é um material em construção que contém os capítulos de apoio das atividades

Leia mais

PINHOLE SARDINHA POR MARCOS CAMPOS. www.marcoscampos.com.br - contato@marcoscampos.com.br - www.flickr.com/photos/marcoscampos

PINHOLE SARDINHA POR MARCOS CAMPOS. www.marcoscampos.com.br - contato@marcoscampos.com.br - www.flickr.com/photos/marcoscampos POR MARCOS CAMPOS PINHOLE SARDINHA - - http://creativecommons.org/licenses/by-nc/2.5/br/ MATERIAL NECESSÁRIO 16 15 7 6 4 1 13 14 17 8 9 11 12 5 2 3 4 10 1 - Lata de Sardinha (marca Gomes da Costa) 2 -

Leia mais

truta - sapos - rãs - tartaruga - serpente - garça - andorinha - morcego - macaco

truta - sapos - rãs - tartaruga - serpente - garça - andorinha - morcego - macaco PROFESSOR: EQUIPE DE CIÊNCIAS BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS 3º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== 01- Marque com um (X) a(s) alternativa(s)

Leia mais

KIT CICLO PEDAGÓGICO ESTUDO DO MEIO. Propostas de investigação sobre os seres vivos. Pedro Reis ISBN 978-111-11-2500-4

KIT CICLO PEDAGÓGICO ESTUDO DO MEIO. Propostas de investigação sobre os seres vivos. Pedro Reis ISBN 978-111-11-2500-4 1. o CICLO KIT PEDAGÓGICO Pedro Reis ESTUDO DO MEIO 3 Propostas de investigação sobre os seres vivos ISBN 978-111-11-2500-4 9 781111 125004 Introdução Todos os seres vivos estão bem adaptados aos locais

Leia mais

JUSTIFICATIVA: OBJETIVOS:

JUSTIFICATIVA: OBJETIVOS: JUSTIFICATIVA: O projeto Páscoa tem a finalidade de apresentar as principais características desta festividade, como manifestação cultural, por meio do trabalho educativo com diferentes linguagens artística,

Leia mais

Nossa Terra. Episódio 2 - Fósseis

Nossa Terra. Episódio 2 - Fósseis Nossa Terra Resumo Episódio 2 - Fósseis A Série Nossa Terra é composta por sete documentários de 15 minutos cada um, em que a Geologia é explorada de forma dinâmica por meio de questionamentos, experimentos,

Leia mais

caderno de atividades

caderno de atividades caderno de atividades A sociedade brasileira Índios, nossos primeiros habitantes Página 10 Para atender à causa desses povos, existem leis que garantem o direito à terra, delimitando espaços para reservas

Leia mais