ANÁLISE DE DADOS. Familiarização com o SPSS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ANÁLISE DE DADOS. Familiarização com o SPSS"

Transcrição

1 1 ANÁLISE DE DADOS Familiarização com o SPSS

2 2 Statistical Package for the Social Sciences Programa de eleição dos cientistas das Ciências Sociais; O SPSS facilita a realização de numerosos métodos estatísticos; porém, a escolha dos procedimentos mais adequados depende do investigador; O SPSS não testa automaticamente os pressupostos que têm de ser verificados para usar muitos dos procedimentos estatísticos que realiza.

3 3 Etapas básicas na análise dos dados com SPSS Criar e adequar um ficheiro de dados: Criar directamente no Data Editor e/ou importar ficheiro SPSS, Excel, de base de dados ou de texto; Seleccionar um procedimento estatístico; Seleccionar variáveis e opções para a análise; Fazer correr o procedimento, examinar e interpretar os resultados.

4 4 Janelas do SPSS Data editor: apresenta o conteúdo do ficheiro dos dados; as variáveis são apresentadas em colunas e os casos em linhas. SPSS output viewer: apresenta todos os resultados estatísticos, tabelas e gráficos pedidos. Table editor: permite editar e modificar tabelas.

5 5 Janelas do SPSS Chart editor: edita e modifica gráficos. Text output editor: edita e altera texto. Syntax editor: apresenta a sintaxe dos comandos do SPSS; usa-se o comando Paste das caixas de diálogo para os ver. Script editor: edita scripts, que permitem automatizar tarefas.

6 6 Menu do SPSS File: permite criar, abrir, guardar e imprimir ficheiros (SPSS, Excel, Bases de dados). Edit: permite editar e copiar texto da janelas de output; pesquisa de dados; parametrização de opções diversas. View: permite activar diversas barras de botões, fontes, grelha, barra de status., rótulos (labels). Data: permite alterar os dados: transposição de variáveis e casos, criação de subconjuntos de casos, inserção de dados e variáveis.

7 7 Menu do SPSS Transform: permite alterar as variáveis seleccionadas e criar novas variáveis, calculadas a partir das existentes. Analyse: permite realizar diversos procedimentos estatísticos. Graphs: permite a criação de gráficos de colunas, sectores, histogramas, etc. Utilities: Permite a obtenção de informação acerca das variáveis, correr scripts, alterar menus.

8 8 Caixas de diálogo: Os comandos do SPSS abrem caixas de diálogo. Nestas caixas de diálogo, é possível seleccionar variáveis e opções para análise. Cada caixa de diálogo tem uma lista das variáveis fonte e botões para especificar opções de análise. A partir da lista de variáveis fonte, seleccionam-se as variáveis pretendidas para análise.

9 9 Abrir ficheiros de dados Na janela de entrada escolher a opção Open an existing data source: Na janela que se abre procurar o ficheiro SPSS (*.sav) que se pretende abrir;

10 10 Abrir ficheiros de dados Caso se pretenda importar um ficheiro doutro tipo procurar, na janela Open file a opção adequada em ficheiros do tipo; Comandos: File; Open; Data;

11 11 Criar e adequar um ficheiro de dados Abrir o SPSS: No Data editor, o separador Data View apresenta os dados; as variáveis são apresentadas em colunas e os casos em linhas.

12 12 Criar e adequar um ficheiro de dados Definir as variáveis: Duplo clique sobre o cabeçalho da coluna ou clique no separador Variable View (tab de navegação);

13 13 Criar e adequar um ficheiro de dados Definir as variáveis: Name (nome com até 64 caracteres alfanuméricos); Type (normalmente numeric ou string - texto); Measure (scale (rácio e intervalo), nominal e ordinal); Label (nome mais extenso - explicativo - para a variável);

14 14 Criar e adequar um ficheiro de dados Definir as variáveis: Values (para variáveis qualitativas indique em value o valor e em value label o nome correspondente); Missing values (códigos para os valores em falta); Width e Decimals (dimensão e casas decimais da variável); Columns e Align (tamanho e alinhamento dos dados nas colunas).

15 15 Analisar dados Carregar ficheiro World95.sav: File Open Data Obter frequências, percentagens, gráficos, medidas de dispersão e de tendência central: Analyze Descriptive statistics Frequencies

16 16 Analisar dados Seleccione as variáveis: Region or economic group, predominant religion, average female life expectancy Seleccione as opções: Display frequency tables Statistics Charts

17 17 Transformações Transformar a variável population in thousands para melhorar a sua distribuição: Transform Compute Comparar as variáveis population in thousands e Log (10) population: Analyze Descriptive statistics Frequencies

18 18 Seleccionar casos Seleccionar os casos da região 3: Data Select cases Seleccionar as opções: If condition is satisfied Colocar na janela a variável region= 3; Filtered

19 19 Seleccionar casos Retirar a selecção anterior: Data Select cases Reset Seleccionar um conjunto de casos ao acaso: Data Select cases Random sample of cases Indicar uma percentagem Filtered

20 20 Ordenar casos Ordenar os casos pela variável region: Data Sort cases Seleccionar a variável region

21 21 Criar uma nova variável Criar a variável lifeexp: Transform Compute Target variable (lifeexp) Numeric expression (lifeexpf+lifeexpm)/2

22 22 Separar ficheiro de dados Separar o ficheiro de dados em grupos: Data Split file Organize output by groups Groups based on: region

SPSS Statistical Package for the Social Sciences Composto por dois ambientes:

SPSS Statistical Package for the Social Sciences Composto por dois ambientes: Introdução ao SPSS Essa serie de aulas sobre SPSS foi projetada para introduzir usuários iniciantes ao ambiente de trabalho do SPSS 15, e também para reavivar a memória de usuários intermediários e avançados

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ALGARVE Faculdade de Engenharia de Recursos Naturais. Estatística Experimental

UNIVERSIDADE DO ALGARVE Faculdade de Engenharia de Recursos Naturais. Estatística Experimental UNIVERSIDADE DO ALGARVE Faculdade de Engenharia de Recursos Naturais Estatística Experimental Trabalho Prático nº 0: Iniciação ao SPSS (SPSS for WINDOWS, versão 10.0.5; 27 Nov 1999) 1. Procedimento de

Leia mais

Prof. Estevam Martins

Prof. Estevam Martins SPSS Statistics Conceitos Básicos Prof. Estevam Martins "Sou artista suficientemente para desenhar livremente com minha imaginação. i A imaginação é mais importante que o conhecimento. O conhecimento é

Leia mais

Folha de Apoio - Iniciação ao SPSS

Folha de Apoio - Iniciação ao SPSS UNIVERSIDADE DE AVEIRO Departamento de Ciências da Educação LEIES PACGI (Módulos 2006) Análise estatística de dados para as Ciências Sociais Utilização do SPSS Folha de Apoio - Iniciação ao SPSS O SPSS

Leia mais

I- Estatística Descritiva Exercícios

I- Estatística Descritiva Exercícios Estatística/ Bioestatística/ Métodos Estatísticos/ Bioestatística e Epistemologia da Educação I- Estatística Descritiva Exercícios 1. Considere a seguinte colecção de dados correspondentes ao comprimento

Leia mais

Biomatemática e Bioestatística II

Biomatemática e Bioestatística II Biomatemática e Bioestatística II SPSS Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto Título: Biomatemática e Bioestatística II - SPSS Autores: Ana Paula Nascimento, Agostinho Cunha, Carla Teixeira Lopes,

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ALGARVE Escola Superior de Gestão, Hotelaria e Turismo

UNIVERSIDADE DO ALGARVE Escola Superior de Gestão, Hotelaria e Turismo UNIVERSIDADE DO ALGARVE Escola Superior de Gestão, Hotelaria e Turismo APLICAÇÕES NO SPSS Disciplina de Estatística Gestão Disciplina de Estatística Gestão Hoteleira Disciplina de Estatística Descritiva

Leia mais

ÍNDICE GERAL 1.2.1 MANIPULAÇÃO DE ARQUIVOS...9 1.2.2 EDIÇÃO DE MATRIZES DE DADOS...13 1.3.1 CÁLCULO ENTRE VARIÁVEIS...18

ÍNDICE GERAL 1.2.1 MANIPULAÇÃO DE ARQUIVOS...9 1.2.2 EDIÇÃO DE MATRIZES DE DADOS...13 1.3.1 CÁLCULO ENTRE VARIÁVEIS...18 ÍNDICE GERAL 1. ANÁLISE DE DADOS RECORRENDO AO SPSS 11.5...5 1.1 O QUE É UMA MATRIZ DE DADOS...6 1.2 MANIPULAÇÃO DE ARQUIVOS E EDIÇÃO DE MA TRIZES DE DADOS...7 1.2.1 MANIPULAÇÃO DE ARQUIVOS...9 1.2.1.1

Leia mais

Formador: Carlos Maia

Formador: Carlos Maia Formador: Carlos Maia Iniciar o MS Excel MS Excel - Introdução 1 Ajuda Se ainda não estiver visível a ajuda do Excel do lado direito do ecrã, basta clicar sobre Ajuda do Microsoft Excel no menu Ajuda,

Leia mais

Janelas de aplicação 18 Janela de execução de um comando 21. Construção de uma tabela de dados: Data Editor

Janelas de aplicação 18 Janela de execução de um comando 21. Construção de uma tabela de dados: Data Editor Índice Índice temático 11 Introdução 13 Capítulo 1 Apresentação do software SPSS Janelas de aplicação 18 Janela de execução de um comando 21 Capítulo 2 Construção de uma tabela de dados: Data Editor Definição

Leia mais

Curso Básico SPSS 7.5

Curso Básico SPSS 7.5 Curso Básico de SPSS 7.5 Juliana Mambrini Kleber Adriano Pansanato Natália Guimarães Duarte Sátyro PROAV-UFMG Coordenador Geral José Francisco Soares Belo Horizonte MG abril 1999 1 2 Índice I INFORMAÇÕES

Leia mais

Análise Estatística Utilizando o SPSS Guia prático de comandos

Análise Estatística Utilizando o SPSS Guia prático de comandos Análise Estatística Utilizando o SPSS Guia prático de comandos de Sousa Guimarães. Salvador/BA Sumário 1. Introdução...3 2. Primeiro Passo...3 3. As Janelas...4 4. Os Menus...6 4.1 Data Editor...6 4.2

Leia mais

Apresentaremos, em seguida, de modo mais detalhado os módulos e respectivos procedimentos que consideramos de maior interesse.

Apresentaremos, em seguida, de modo mais detalhado os módulos e respectivos procedimentos que consideramos de maior interesse. 1. Introdução Durante os últimos anos, o package estatístico SPSS (Statistical Package for the Social Sciences) foi talvez o mais utilizado e mais completo dos packages disponíveis para análise estatística,

Leia mais

Folha de Cálculo Introdução à Folha de Cálculo

Folha de Cálculo Introdução à Folha de Cálculo Introdução à Folha de Cálculo O Excel é uma folha de cálculo capaz de guardar dados, executar cálculos e gerar gráficos. Introdução à Folha de Cálculo Uma folha de cálculo, por exemplo o Excel, permite

Leia mais

OFICINA Manipulação e análise de

OFICINA Manipulação e análise de OFICINA Manipulação e análise de microdados do SPAECE Módulo I Estrutura de Banco de Dados Módulo II Importação de Dados Módulo III Explorando os Dados Módulo IV Manipulando os Dados Módulo V Integração

Leia mais

Analysis of Cross-Sectional Data Análise dos Dados Transversais

Analysis of Cross-Sectional Data Análise dos Dados Transversais SPSS para Windows SAMPLE SESSION Analysis of Cross-Sectional Data Análise dos Dados Transversais Material de Treinamento para Curso de Curta Duração Desenho de Investigação, Processamento de Dados e Análise

Leia mais

Introdução ao SPSS 17.0

Introdução ao SPSS 17.0 Introdução ao SPSS 17.0 Metodologias de Análise Quantitativas Liliana Abreu CIPEM Novembro de 2009 Fase lógica da pesquisa Identificação do problema: Pergunta de partida; Exploração do domínio; Escolha

Leia mais

P S I 2. º A N O F 5 M E S T R E / D E T A L H E E P E S Q U I S A. Criar uma relação mestre-detalhe. Pesquisa de informação

P S I 2. º A N O F 5 M E S T R E / D E T A L H E E P E S Q U I S A. Criar uma relação mestre-detalhe. Pesquisa de informação P S I 2. º A N O F 5 M E S T R E / D E T A L H E E P E S Q U I S A Módulo 18 Ferramentas de Desenvolvimento de Páginas Web Criar uma relação mestre-detalhe 1. Cria uma cópia da página «listaferram.php»

Leia mais

Introdução ao SPSS. No SPSS podemos encontrar as seguintes janelas:

Introdução ao SPSS. No SPSS podemos encontrar as seguintes janelas: SPSS 10 1 Índice Introdução ao SPSS... 3 Interfaces do SPSS... 6 Abrir e gravar uma base de dados... 11 Criar uma base de dados... 14 COMO SUMARIAR, TRATAR E TRANSFORMAR VARIÁVEIS... 25 Frequências...

Leia mais

DELEGAÇÃO DE TETE CAPACITAÇÃO INTERNA DO CORPO DOCENTE/ FEVEREIRO DE 2015

DELEGAÇÃO DE TETE CAPACITAÇÃO INTERNA DO CORPO DOCENTE/ FEVEREIRO DE 2015 DELEGAÇÃO DE TETE CAPACITAÇÃO INTERNA DO CORPO DOCENTE/ FEVEREIRO DE 2015 TEMA: IBM SPSS Statistics 20 FACILITADORES: dr. Alfeu Dias Martinho dr. Pércio António Chitata dr. Domingos Arcanjo António Nhampinga

Leia mais

INTRODUÇÃO À ANÁLISE ESTATÍSTICA UTILIZANDO O SPSS 18.0

INTRODUÇÃO À ANÁLISE ESTATÍSTICA UTILIZANDO O SPSS 18.0 HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE GRUPO DE PESQUISA E PÓS GRADUAÇÃO INTRODUÇÃO À ANÁLISE ESTATÍSTICA UTILIZANDO O SPSS 18.0 Marilyn Agranonik Vânia Naomi Hirakata Suzi Alves Camey Porto Alegre - Setembro

Leia mais

Análise Exploratória de Dados

Análise Exploratória de Dados Universidade Federal do Rio de Janeiro Faculdade de Medicina Departamento de Medicina Preventiva Instituto de Estudos em Saúde Coletiva Disciplina: Construção e Análise de Bases de Dados em Saúde Análise

Leia mais

Criar um Aplicativo de Realidade Aumentada

Criar um Aplicativo de Realidade Aumentada Escola Superior de Educação de Santarém Criar um Aplicativo de Realidade Aumentada Exercício 2 Nuno Lopes Data 21 Maio 2013 26 Maio 2013 Passo 1: Criar um novo projeto 1- Dar o nome ao projeto de projeto_ra

Leia mais

APOIO À ATIVIDADE DE ANÁLISE DESCRITIVA DESENVOLVIDA NA OFICINA ESTATÍSTICA PARA TODOS"

APOIO À ATIVIDADE DE ANÁLISE DESCRITIVA DESENVOLVIDA NA OFICINA ESTATÍSTICA PARA TODOS APOIO À ATIVIDADE DE ANÁLISE DESCRITIVA DESENVOLVIDA NA OFICINA ESTATÍSTICA PARA TODOS" ANÁLISE DOS DADOS COLETADOS usando o RCOMMANDER (associado ao R) Lisbeth K. Cordani& Ângela Tavares Paes (2013) A

Leia mais

Roteiro para a construção do gráfico seqüencial

Roteiro para a construção do gráfico seqüencial Roteiro para a construção do gráfico seqüencial I Iniciar 01.Acesse o MINITAB. 02. Maximize o tamanho da janela Worksheet1***. II Abrir o arquivo de dados 03. Selecione File 04. Selecione Open worksheet...

Leia mais

Consultas a banco de dados no ArcView

Consultas a banco de dados no ArcView UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE CARTOGRAFIA Laboratório de Geoprocessamento Grazielle Anjos Carvalho Belo Horizonte, 2007 A consulta ao banco de dados no Arcview

Leia mais

Manual de Configuração de Exportação/Importação de arquivos (MultiSET/SISCEL)

Manual de Configuração de Exportação/Importação de arquivos (MultiSET/SISCEL) Manual de Configuração de Exportação/Importação de arquivos (MultiSET/SISCEL) ÍNDICE Configuração do MultiSET para exportação de arquivo para o SISCEL... 3 Transporte do arquivo do MACINTOSH para o PC...

Leia mais

www.iepes.com.br SPSS for Windows Conceitos Básicos Prof. Estevam Martins stvm@uol.com.br

www.iepes.com.br SPSS for Windows Conceitos Básicos Prof. Estevam Martins stvm@uol.com.br SPSS for Windows Conceitos Básicos Prof. Estevam Martins stvm@uol.com.br "Sou artista suficientemente para desenhar livremente com minha imaginação. A imaginação é mais importante que o conhecimento. O

Leia mais

8. Perguntas e Respostas

8. Perguntas e Respostas Arquimedes Manual do Utilizador 185 8. Perguntas e Respostas 8.1. Aparência Para conservar a disposição na qual estão expostas as B.D. no ecrã e para que em posteriores sessões de trabalho tenham a mesma

Leia mais

SDL TRADOS 2007 WinAlign. Manual de Utilização

SDL TRADOS 2007 WinAlign. Manual de Utilização SDL TRADOS 2007 WinAlign Manual de Utilização Ficha Técnica Título SDL TRADOS 2007 WinAlign (Manual de Utilização Iniciação) Autor(a) Paula Carvalho Concepção gráfica Paula Carvalho Centro Multimédia de

Leia mais

Escola Superior de Tecnologias e Gestão Instituto Politécnico de Portalegre MS EXCEL. Fevereiro/2002 - Portalegre

Escola Superior de Tecnologias e Gestão Instituto Politécnico de Portalegre MS EXCEL. Fevereiro/2002 - Portalegre Escola Superior de Tecnologias e Gestão Instituto Politécnico de Portalegre MS EXCEL Fevereiro/2002 - Portalegre Introdução A necessidade de efectuar cálculos complexos de uma forma mais rápida e fiável,

Leia mais

Aula de ArcGIS Criando uma planta de um

Aula de ArcGIS Criando uma planta de um Aula de ArcGIS Criando uma planta de um topográfico Prof. Frederico D. Bortoloti Introdução No menu Iniciar, vá no grupo de programas ArcGIS e clique em ArcMap No ArcMap, feche a janela inicial. Passo

Leia mais

ESTRATÉGIAS /ACTIVIDADES. Fazer uma abordagem teórica e simples

ESTRATÉGIAS /ACTIVIDADES. Fazer uma abordagem teórica e simples Conhecer os conceitos básicos relacionados com as Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC). Conhecer a terminologia relacionada com as TIC Caracterizar informação Identificar e caracterizar as áreas

Leia mais

4.1. TRABALHAR COM O CALENDÁRIO

4.1. TRABALHAR COM O CALENDÁRIO Calendário 2Calendário 14 INTRODUÇÃO O Calendário é uma grande ferramenta do Outlook que se pode usar como livro de reuniões para escalonar eventos, aperceber-se de datas importantes e gerir a lista de

Leia mais

MANUAL BÁSICO DO PASW

MANUAL BÁSICO DO PASW Colecção Documentos de Trabalho nº 85 Carlos Sangreman Nuno Cunha Bruno Damásio MANUAL BÁSICO DO PASW Lisboa 2010 O CEsA não confirma nem infirma quaisquer opiniões expressas pelos autores nos documentos

Leia mais

Microsoft Excel. O que é? Para que serve? É um poderoso programa de folha de cálculo.

Microsoft Excel. O que é? Para que serve? É um poderoso programa de folha de cálculo. O que é? É um poderoso programa de folha de cálculo. Para que serve? Serve para facilitar a gestão de vastos conjuntos de informação que involvam principalmente o cálculo de dependências entre os dados

Leia mais

O que é o DigaaiDATAVERSE?

O que é o DigaaiDATAVERSE? O que é o DigaaiDATAVERSE? O Digaaidataverse é uma aplicação de código aberto para publicar, compartilhar, referenciar, pesquisar e analisar dados referentes a diáspora brasileira. Esta ferramenta facilita

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL ANO LETIVO DE 2013/2014 Curso de Educação e Formação Tipo 3 Nível 2

PLANIFICAÇÃO ANUAL ANO LETIVO DE 2013/2014 Curso de Educação e Formação Tipo 3 Nível 2 PLANIFICAÇÃO ANUAL ANO LETIVO DE 2013/2014 Curso de Educação e Formação Tipo 3 Nível 2 Itinerário de Formação: 34101.Práticas Técnico-Comerciais Saída Profissional: Empregado/a Comercial Componente de

Leia mais

Introdução ao CoolEdit c : programa de edição de som digital

Introdução ao CoolEdit c : programa de edição de som digital Introdução ao CoolEdit c : programa de edição de som digital J. M. B. Lopes dos Santos 19 de Julho de 2005 Departamento de Física, Faculdade de Ciências, Universidade do Porto, R. Campo Alegre, 687, 4169-007

Leia mais

Guia da Internet. Página 1

Guia da Internet. Página 1 Guia da Internet Utilização da Internet Introdução... 2 Alguns conceitos básicos... 2 Endereços (URL)... 2 Páginas Web... 3 Abrir o Internet Explorer... 3 O ecrã do Internet Explorer... 4 A Barra de Ferramentas

Leia mais

FIGURA. 2.2 ECRÃ DE TRABALHO

FIGURA. 2.2 ECRÃ DE TRABALHO Noções Básicas FIGURA. 2.2 ECRÃ DE TRABALHO 2.2.1 Painel de Tarefas (Task Pane) O painel de tarefas constitui a grande novidade do ecrã de trabalho desta nova versão do Word. Para utilizadores menos experientes,

Leia mais

Exercício 5: Analisar Dados Recolhidos em Páginas da Internet

Exercício 5: Analisar Dados Recolhidos em Páginas da Internet Exercício 5: Analisar Dados Recolhidos em Páginas da Internet Podemos extrair, directamente, dados numéricos de uma página da Internet para um documento do TI-InterActive!. Este exercício é semelhante

Leia mais

INTRODUÇÃO À ANÁLISE ESTATÍSTICA UTILIZANDO O SPSS 13.0

INTRODUÇÃO À ANÁLISE ESTATÍSTICA UTILIZANDO O SPSS 13.0 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA Cadernos de Matemática e Estatística Série B: Trabalho de Apoio Didático INTRODUÇÃO À ANÁLISE ESTATÍSTICA UTILIZANDO O SPSS 13.0 Elsa Mundstock

Leia mais

Introdução ao STATA vs. 9 (Banco de Dados)

Introdução ao STATA vs. 9 (Banco de Dados) Universidade Federal do Rio de Janeiro Faculdade de Medicina Departamento de Medicina Preventiva Núcleo de Estudos de Saúde Coletiva Disciplina: Estatística em Epidemiologia II Introdução ao STATA vs.

Leia mais

Inserindo Dados no Banco de Dados Paradox.

Inserindo Dados no Banco de Dados Paradox. Inserindo Dados no Banco de Dados Paradox. - Construção do Banco de Dados: Para podermos inserir algo em um banco precisaremos de um Banco de Dados, para isto iremos montar um utilizando o Programa Database

Leia mais

7. Gestão de ficheiros em X Window. 7.1. O Konqueror

7. Gestão de ficheiros em X Window. 7.1. O Konqueror 7. Gestão de ficheiros em X Window 7.1. O Konqueror 1 O Konqueror O ambiente gráfico KDE do Linux possuí um programa, denominado Konqueror (Figura 1.95), que além de ser um navegador Web, é também um gestor

Leia mais

Catálogo Nacional de Compras Públicas. Manual de Fornecedores

Catálogo Nacional de Compras Públicas. Manual de Fornecedores 10 de Julho de 2009 Índice 1. Introdução... 3 1.1. Objectivo... 3 2. Fornecedor... 4 2.1. AQs/CPAs... 4 2.2. Contratos... 4 2.3. Grupos AQ/CPA... 5 3. Carregamento e Actualização do Catálogo... 7 3.1.

Leia mais

Ajuda do software OBELISK top2 V3.0

Ajuda do software OBELISK top2 V3.0 Ajuda do software OBELISK top2 V3.0 Índice Índice 1 Introdução 2 2 Ajuda da ajuda 3 3 Iniciar o programa 3 4 Interface do utilizador 4 5 Configurações do programa 6 6 Programar comutações 8 7 Programar

Leia mais

Menus do Norton Ghost

Menus do Norton Ghost Menus do Norton Ghost O Norton Ghost é formado por 3 Opções: *Ghost Basic *Ghost Advanced *Ghost Utilities 9 Ghost Basic Tem as operações básicas do software. Este menu é constituído por 3 opções: Backup

Leia mais

UC-RAFE. Unidade de Coordenação da Reforma Administrativa e Financeira do Estado MANUAL DE FORMAÇÃO

UC-RAFE. Unidade de Coordenação da Reforma Administrativa e Financeira do Estado MANUAL DE FORMAÇÃO UC-RAFE Unidade de Coordenação da Reforma Administrativa e Financeira do Estado MANUAL DE FORMAÇÃO Praia, Junho 2000 Índice CAPÍTULO 1 - GERENCIANDO FICHEIROS E PASTAS DE TRABALHO 6 CRIANDO OU ABRINDO

Leia mais

1. Verificar se a Microsoft.NET Framework 2.0 está instalada. Se não estiver, efectuar o download a partir do link e instalar:

1. Verificar se a Microsoft.NET Framework 2.0 está instalada. Se não estiver, efectuar o download a partir do link e instalar: SigmaDoc INSTALAÇÃO/ACTUALIZAÇÃO Para efectuar a actualização, proceder do seguinte modo: 1. Verificar se a Microsoft.NET Framework 2.0 está instalada. Se não estiver, efectuar o download a partir do link

Leia mais

PDFCreator 0.93. Guia de Utilização. Luís Franco

PDFCreator 0.93. Guia de Utilização. Luís Franco PDFCreator 0.93 Guia de Utilização Luís Franco Função: Criar ficheiros PDF Grátis: Sim Em português: Sim Obter o Programa 1. Faça o Download do Programa de Instalação a partir de http://sourceforge.net/projects/pdfcreator

Leia mais

1. FILTRAR OS DADOS ATRAVÉS DE FORMULÁRIO (FILTER BY FORM)

1. FILTRAR OS DADOS ATRAVÉS DE FORMULÁRIO (FILTER BY FORM) Nesta aula prática iremos usar uma base de dados fictícia já preenchida com o nome Espaço Projecto - InfantJaundice2006.accdb. Este ficheiro foi criado pelo curso Data Management for Research, 2005, UCSF.

Leia mais

COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1. Oficina da Internet

COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1. Oficina da Internet COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1 Oficina da Internet Utilização Educativa da Internet Guião de iniciação à consulta e pesquisa de informação na Web Índice Introdução... 2 Alguns conceitos básicos...2

Leia mais

Ficha prática de PowerPoint

Ficha prática de PowerPoint Abrir o Microsoft PowerPoint e premir o botão Novo Diapositivo 1 1. Introduzir o título e subtítulo de acordo com o diapositivo 1 2. Introduzir a palavra TIC através do WordArt (ver diapositivo 1) 3. Escolher

Leia mais

Manual do Software Versão 2.0

Manual do Software Versão 2.0 Manual do Software Versão 2.0 1.0 INSTALAÇÃO 5 1.1 Software e acessórios 5 1.2 Instalação do software sob Windows 95/98/NT 5 1.3 Instalação da interface 7 2.0 O ECRÃ INICIAL 8 2.1 Iniciar o programa 8

Leia mais

2ºCiclo (5º e 6º Anos de escolaridade) 3ºCiclo (7º e 8º Anos de escolaridade)

2ºCiclo (5º e 6º Anos de escolaridade) 3ºCiclo (7º e 8º Anos de escolaridade) Escola Básica e Secundária de Velas Linhas de Exploração do Quadro de da Disciplina de Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) Oferta de Escola 2ºCiclo (5º e 6º Anos de escolaridade) 3ºCiclo (7º

Leia mais

Photoshop - Actions algumas dicas

Photoshop - Actions algumas dicas Photoshop - Actions algumas dicas O painel Actions é um gravador... de acções! 1 Activar/Desactivar 2 Abrir caixa de diálogo 3 Parar a gravação 1 2 4 Begin recording: quando vermelho, indica que uma acção

Leia mais

Construção de gráficos termopluviométricos passo a passo

Construção de gráficos termopluviométricos passo a passo Guião do Aluno Actualmente com a disponibilidade de fontes de informação climatológica online e o acesso dos alunos a computador portátil, torna-se cada mais necessário aprender a realizar gráficos com

Leia mais

Programação Básica em STEP 7 Símbolos. SITRAIN Training for Automation and Drives Página 4-1

Programação Básica em STEP 7 Símbolos. SITRAIN Training for Automation and Drives Página 4-1 Conteúdo Pág. Endereçamento Absoluto e Simbólico... 2 Endereçamento Absoluto - Panorâmica... 3 Abrindo a Tabela de...... 4 Editar: Procurar e Substituir... 5 Visualizar: Filtro... 6 Visualizar: Ordenar...

Leia mais

Introduzir e formatar texto no MS Word

Introduzir e formatar texto no MS Word Introduzir e formatar texto no MS Word Pré-requisitos: Windows Software utilizado: Windows xp, Word 2003 Índice 1. Abrir o Word 2 2. A janela do Word 2 3. Introduzir texto 5 3. Guardar um documento 5 Sérgio

Leia mais

Importação dos arquivos de dados

Importação dos arquivos de dados Importação dos arquivos de dados Ícone de importação de dados. Outra função que recebeu um avanço bastante grande foi a importação e exportação de dados. A Earthworks, empresa que atua em parceria com

Leia mais

PTR 2355/2389 Princípios de Geoprocessamento. Atividade Prática: Laboratório SIG

PTR 2355/2389 Princípios de Geoprocessamento. Atividade Prática: Laboratório SIG PTR 2355/2389 Princípios de Geoprocessamento Atividade Prática: Laboratório SIG Docentes: Prof. Dr Claudio Luiz Marte Prof. Dr. José Alberto Quintanilha Elaboração Roteiro: Mariana Abrantes Giannotti Colaboração:

Leia mais

Aula 01 Conceitos Iniciais sobre Excel 2010

Aula 01 Conceitos Iniciais sobre Excel 2010 Aula 01 Conceitos Iniciais sobre Excel 2010 Professor: Bruno Gomes Disciplina: Informática Básica Curso: Gestão de Turismo Sumário da aula: 1. Abrindo o Excel; 2. Conhecendo a Tela do Excel. 3. Inserindo

Leia mais

Introduçã. ção o ao STATA. ção o ao STATA. Tania Guillén de Torres (tguillen@iesc.ufrj.br) Rejane Sobrino Pinheiro (rejane @iesc.ufrj.

Introduçã. ção o ao STATA. ção o ao STATA. Tania Guillén de Torres (tguillen@iesc.ufrj.br) Rejane Sobrino Pinheiro (rejane @iesc.ufrj. Universidade Federal do Rio de Janeiro Faculdade de Medicina Departamento de Medicina Preventiva Instituto de Estudos de Saúde Coletiva Introduçã ção o ao STATA Introduçã ção o ao STATA O STATA é um Software

Leia mais

AULA PRÁTICA DINÂMICA DE ECOSSISTEMAS AQUÁTICOS BIOLOGIA MARINHA (2º CICLO)

AULA PRÁTICA DINÂMICA DE ECOSSISTEMAS AQUÁTICOS BIOLOGIA MARINHA (2º CICLO) AULA PRÁTICA DINÂMICA DE ECOSSISTEMAS AQUÁTICOS BIOLOGIA MARINHA (2º CICLO) TÍTULO: Análise do impacto antropogénico (descarga de esgotos) nas comunidades de macrofauna bentónica numa zona costeira OBJECTIVO:

Leia mais

TUTORIAL. Criação de um gráfico de Average Staytime por tipo de item

TUTORIAL. Criação de um gráfico de Average Staytime por tipo de item TUTORIAL Criação de um gráfico de Average Staytime por tipo de item 1 Criar o Layout abaixo: 2 Definir o tipo de item e cor: vá nas propriedades do Source>Triggers>On Exit e selecione a opção Set Item

Leia mais

Amostras e guias de iniciação Versão 8 Edição 0. Guia de iniciação do Hiring Sample para o IBM Process Designer

Amostras e guias de iniciação Versão 8 Edição 0. Guia de iniciação do Hiring Sample para o IBM Process Designer Amostras e guias de iniciação Versão 8 Edição 0 Guia de iniciação do Hiring Sample para o IBM Process Designer ii Hiring Sample Os manuais em PDF e o Information Center Os manuais em PDF são fornecidos

Leia mais

ArcMAP (parte 2) Rodar o ArcMap teclar: Iniciar > Todos os programas > ArcGIS > ArcMap. Sobre a janela selecionar o item An existing map:

ArcMAP (parte 2) Rodar o ArcMap teclar: Iniciar > Todos os programas > ArcGIS > ArcMap. Sobre a janela selecionar o item An existing map: ArcMAP (parte 2) Nesta parte do tutorial, você irá mapear cada tipo de uso da terra dentro do noise contour. Você adicionará dados ao seu mapa, desenhará feições baseadas em atributos, selecionará feições

Leia mais

[EIC0110] Concepção e Análise de algoritmos 2010-2011. Trabalho de Grupo 2: Tema 4. Auto-Complete. Turma 3 Grupo 13. Maio de 2011

[EIC0110] Concepção e Análise de algoritmos 2010-2011. Trabalho de Grupo 2: Tema 4. Auto-Complete. Turma 3 Grupo 13. Maio de 2011 [EIC0110] Concepção e Análise de algoritmos 2010-2011 Trabalho de Grupo 2: Tema 4 Auto-Complete Turma 3 Grupo 13 Maio de 2011 Trabalho realizado por: Maria Antonieta Dias Ponce de Leão e Oliveira 070509157

Leia mais

Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores Instituto Superior Técnico Universidade Técnica de Lisboa Sistemas Digitais

Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores Instituto Superior Técnico Universidade Técnica de Lisboa Sistemas Digitais Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores Instituto Superior Técnico Universidade Técnica de Lisboa Sistemas Digitais Introdução ao Ambiente de Projecto da Xilinx Paulo Lopes, Horácio

Leia mais

Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores Instituto Superior Técnico Universidade Técnica de Lisboa.

Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores Instituto Superior Técnico Universidade Técnica de Lisboa. Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores Instituto Superior Técnico Universidade Técnica de Lisboa Sistemas Digitais Introdução ao Ambiente de Projecto da Xilinx Paulo Lopes, Horácio

Leia mais

5 - Se o documento estiver completo, com os campos totalmente inseridos e com o aspecto que pretende, poderá guardá-lo.

5 - Se o documento estiver completo, com os campos totalmente inseridos e com o aspecto que pretende, poderá guardá-lo. Impressão em série de cartas de formulário e mailings em grande número Intercalação de correio Base de Dados em Excel Comece por planear o aspecto da sua página final - é uma carta, uma página de etiquetas

Leia mais

O Endnote é um software que permite guardar, organizar e usar referências bibliográficas na criação de documentos.

O Endnote é um software que permite guardar, organizar e usar referências bibliográficas na criação de documentos. Augusto Ribeiro augusto.ribeiro@reit.up.pt O Endnote é um software que permite guardar, organizar e usar referências bibliográficas na criação de documentos. Permite a pesquisa online em bases de dados

Leia mais

SIMULAÇÃO DO MOVIMENTO DE QUEDA DE UM CORPO COM E SEM RESISTÊNCIA DO AR

SIMULAÇÃO DO MOVIMENTO DE QUEDA DE UM CORPO COM E SEM RESISTÊNCIA DO AR FACULDADE DE CIÊNCIAS DA UNIVERSIDADE DO PORTO DEPARTAMENTO DE FÍSICA- FORMAÇÃO CONTÍNUA 29 SIMULAÇÃO DO MOVIMENTO DE QUEDA DE UM CORPO COM E SEM RESISTÊNCIA DO AR Actividades de sala de aula com a calculadora

Leia mais

Guia rápido do utilizador

Guia rápido do utilizador Guia rápido do utilizador Índice Relatório de roubo 3 Criar um novo relatório de roubo 4 Fornecer detalhes do relatório de roubo Secção 1. Especificar o computador 5 Fornecer detalhes do relatório de roubo

Leia mais

Projeto de Agenda Telefônica. Cleyton Tsukuda Kano (kanoct@br.ibm.com)

Projeto de Agenda Telefônica. Cleyton Tsukuda Kano (kanoct@br.ibm.com) Projeto de Agenda Telefônica Cleyton Tsukuda Kano (kanoct@br.ibm.com) Objetivo Conhecer o elemento de designs XPages, componente da ferramenta Lotus Domino Designer, através da criação de uma aplicação

Leia mais

Escalonador de Tarefas. Morgan N. Sandquist Desenvolvimento: Gary Meyer Revisão: Lauri Watts Tradução: José Pires

Escalonador de Tarefas. Morgan N. Sandquist Desenvolvimento: Gary Meyer Revisão: Lauri Watts Tradução: José Pires Morgan N. Sandquist Desenvolvimento: Gary Meyer Revisão: Lauri Watts Tradução: José Pires 2 Conteúdo 1 Introdução 4 1.1 Arranque........................................... 4 1.1.1 Tarefas Escalonadas................................

Leia mais

www.tacas-software.com Guia de Instalação e Manual do Utilizador TACAS-SOFTWARE - Guia de Instalação e Manual do Utilizador

www.tacas-software.com Guia de Instalação e Manual do Utilizador TACAS-SOFTWARE - Guia de Instalação e Manual do Utilizador www.tacas-software.com Guia de Instalação e Manual do Página 1 de 37 Software de Gestão Comercial Portátil NOTA IMPORTANTE: O SEU SOFTWARE DE GESTÃO É FORNECIDO COM UM NUMERO DE IDENTIFICAÇÃO QUE SE ENCONTRA

Leia mais

AutoLISP - IV Ambiente de programação Visual Lisp. João Manuel R. S. Tavares Joaquim Oliveira Fonseca

AutoLISP - IV Ambiente de programação Visual Lisp. João Manuel R. S. Tavares Joaquim Oliveira Fonseca AutoLISP - IV Ambiente de programação Visual Lisp João Manuel R. S. Tavares Joaquim Oliveira Fonseca Ambiente de programação Visual Lisp O software Visual Lisp é um ambiente de programação para a linguagem

Leia mais

Conselho Geral da Ordem Dos Advogados Departamento Informático. Índice:

Conselho Geral da Ordem Dos Advogados Departamento Informático. Índice: Nota Introdutória: Este documento destina-se a guiá-lo(a) através dos vários procedimentos necessários para efectuar uma Cópia de Segurança do seu Certificado Digital. A exportação do seu certificado digital

Leia mais

Agrupamento de Escolas de São João da Pesqueira Planificação Anual de 120 Tempos de 50m Introdução às Tecnologias da Informação e Comunicação PIEF

Agrupamento de Escolas de São João da Pesqueira Planificação Anual de 120 Tempos de 50m Introdução às Tecnologias da Informação e Comunicação PIEF 1º Período 1.Internet 2.Correio Electrónico Calen dariza ção - -Reconhecer os principais serviços básicos; - Indicar as funcionalidades do correio electrónico (e-mail); - Obter documentos a partir da -

Leia mais

Manual do Utilizador. Janeiro de 2012.

Manual do Utilizador. Janeiro de 2012. Janeiro de 2012. Índice 1. Introdução 2 Geral 2 Específico 2 Configurável 2 2. Acesso ao adapro 3 3. Descrição 4 Descrição Geral. 4 Funcionalidades específicas de um processador de textos. 5 Documento

Leia mais

Electrónica Digital 2. Xilinx Webpack

Electrónica Digital 2. Xilinx Webpack Electrónica Digital 2 Xilinx Webpack (ver 5.2) Notas para iniciação (Outubro 2003) António Cunha Prefácio Este texto tem como objectivo introduzir os primeiros conceitos sobre a utilização de um CAD para

Leia mais

CURSO BÁSICO SPSS Rosangela A. B. Assumpção 2008

CURSO BÁSICO SPSS Rosangela A. B. Assumpção 2008 CURSO BÁSICO SPSS Rosangela A. B. Assumpção 2008 Observações: O objetivo desse material não é apresentar todas as opções disponíveis no SPSS, mas sim apresentar alguns comandos básicos mais utilizados

Leia mais

UNIDADE 1 TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

UNIDADE 1 TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Ensino Regular Diurno Disciplina: T.I.C. Professores: Paula Dias Curso: AC/EC1 Ano: 9.º Turma(s): 2 Diagnosticar o estádio de desenvolvimento das competências em TIC dos alunos. Conhecer os conceitos básicos

Leia mais

COOPERAÇÃO CE - PALOP. Programa PIR PALOP II. Projecto CONSOLIDAÇÃO DAS CAPACIDADES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. Tomo - I CO-FINANCIAMENTO

COOPERAÇÃO CE - PALOP. Programa PIR PALOP II. Projecto CONSOLIDAÇÃO DAS CAPACIDADES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. Tomo - I CO-FINANCIAMENTO COOPERAÇÃO CE - PALOP Programa PIR PALOP II Projecto CONSOLIDAÇÃO DAS CAPACIDADES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA N.º IDENTIFICAÇÃO : REG/7901/013 N. CONTABILÍSTICO : 8 ACP MTR 5 * 8 ACP TPS 126 ACORDO DE FINANCIAMENTO

Leia mais

Trabalhando com conexão ao banco de dados MySQL no Lazarus. Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011

Trabalhando com conexão ao banco de dados MySQL no Lazarus. Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011 Trabalhando com conexão ao banco de dados MySQL no Lazarus Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011 Edição 4 O Componente Trabalhando com conexão ao banco de dados MySQL no Lazarus Ano: 03/2011

Leia mais

Como produzir um texto no computador.

Como produzir um texto no computador. Como produzir um texto no computador. Antes de aprender como produzir um texto no computador e algumas das funcionalidades básicas que o processador de texto oferece, deve ler os seguintes tutoriais: Conhecer

Leia mais

Criar o diagrama entidade associação do exemplo do hotel no Oracle Designer

Criar o diagrama entidade associação do exemplo do hotel no Oracle Designer Criar o diagrama entidade associação do exemplo do hotel no Oracle Designer 1 escolher o tipo de dados de cada atributo 2 escolher as chaves Gerar as tabelas Correr o "Database Design Transformer" 3 Seleccionar

Leia mais

GeoMafra SIG Municipal

GeoMafra SIG Municipal GeoMafra SIG Municipal O projecto GeoMafra constitui uma ferramenta de trabalho que visa melhorar e homogeneizar a qualidade dos serviços prestados pela autarquia. O seu novo ambiente de trabalho optimiza

Leia mais

1.1. Clique no botão Iniciar, seleccione Todos os programas, Microsoft Office e no submenu aberto escolha o programa Microsoft FrontPage.

1.1. Clique no botão Iniciar, seleccione Todos os programas, Microsoft Office e no submenu aberto escolha o programa Microsoft FrontPage. Objectivos: Identificar os elementos do Ambiente de trabalho do Microsoft FrontPage Criar um website Fechar um website Abrir um website Modos de visualização de um website Criar, eliminar, abrir e fechar

Leia mais

EXPORTAR E IMPORTAR ASSINATURA DIGITAL

EXPORTAR E IMPORTAR ASSINATURA DIGITAL EXPORTAR E IMPORTAR ASSINATURA DIGITAL Este documento destina-se a guiá-lo(a) através dos vários procedimentos necessários para que efectue uma cópia de segurança do Certificado Digital para depois a exportar

Leia mais

Manual de Utilizador Carregamento e Processamento de Ficheiros via Internet Banking. Português - V1

Manual de Utilizador Carregamento e Processamento de Ficheiros via Internet Banking. Português - V1 Manual de Utilizador Carregamento e Processamento de Ficheiros via Internet Banking Português - Índice Introdução... 2 Capitulo I... 3 1.1 Localização da funcionalidade... 3 1.2 Tipo de Ficheiros... 3

Leia mais

Questões de Informática 2011 - Editores de Texto

Questões de Informática 2011 - Editores de Texto 1. Existe uma operação específica no Word que serve para destacar um texto selecionado colocando uma moldura colorida em sua volta, como uma caneta "destaque" (iluminadora). Trata-se de a) "Cor da borda".

Leia mais

MICROSOFT WORD AVANÇADO Ficha Nº3

MICROSOFT WORD AVANÇADO Ficha Nº3 MICROSOFT WORD AVANÇADO Ficha Nº3 Conteúdo Teórico: Mail Merge Templates Documentos longos Track Changes Criação de documentos PDF 1. Depois de iniciar o programa Word clique no menu FILE, escolha o comando

Leia mais

Criando Banco de Dados, Tabelas e Campos através do HeidiSQL. Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011

Criando Banco de Dados, Tabelas e Campos através do HeidiSQL. Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011 Criando Banco de Dados, Tabelas e Campos através do HeidiSQL Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011 Edição 2 Pedreiros da Informação Criando Banco de Dados, Tabelas e Campos através do HeidiSQL

Leia mais

Introdução : 1. Temas Abordados no Livro 1. Novidades no Excel 2010 2. 1. Explorando o ExceI2010... 3. 1.1. O Microsoft Excel 3

Introdução : 1. Temas Abordados no Livro 1. Novidades no Excel 2010 2. 1. Explorando o ExceI2010... 3. 1.1. O Microsoft Excel 3 ~ Indice Introdução : 1 Temas Abordados no Livro 1 Novidades no Excel 2010 2 1. Explorando o ExceI2010...... 3 1.1. O Microsoft Excel 3 1.2. Acesso ao Microsoft Excel 3 1.3. Componentes do Ecrã de Abertura

Leia mais

Linguagem R R-Gui e R-Commander

Linguagem R R-Gui e R-Commander Linguagem R R-Gui e R-Commander 1 INSTALAÇÃO DO PROGRAMA BÁSICO E PACOTES O sistema é formado por um programa básico (R-Gui) e muitos pacotes com procedimentos adicionais. Tudo é gratuito e com código

Leia mais

Linguagem R R-Gui e R-Commander

Linguagem R R-Gui e R-Commander Linguagem R R-Gui e R-Commander 1 INSTALAÇÃO DO PROGRAMA BÁSICO E PACOTES O sistema é formado por um programa básico (R-Gui) e muitos pacotes com procedimentos adicionais. Tudo é gratuito e com código

Leia mais