Série TD-MIXVENT. Exaustores para dutos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Série TD-MIXVENT. Exaustores para dutos"

Transcrição

1 Exaustores para dutos Série TD-MIXVENT Ventiladores helicocentrífugos, de baixo perfil, fabricados em material plástico (até ao modelo ), ou em chapa de aço galvanizado, protegida com pintura epoxi (do modelo em diante), com caixa de bornes externa, corpo motor desmontável e motor regulável 127V-Hz ou 2V-Hz, de duas velocidades (1), Classe B, IP44 rolamentos de esferas de lubrificação permanente e protetor térmico.. (1) Modelos TD- e TD-, 1 velocidade Outros dados Os modelos TD-MIXVENT-T incorporam temporizador regulável entre 1 e 3 minutos. Dispõem de motor de uma velocidade, não regulável. Modelos trifásicos reguláveis através de variador de frequência. A amplitude da gama converte a série TD-MIXVENT numa solução eficaz para todo tipo de instalações de ventilação doméstica e comercial 45

2 Baixo perfil Centrífugo clássico Centrífugo In-line Caixa de ventilação Helicocentrífugo MIXVENT O baixo perfil dos ventiladores da gama TD MIXVENT faz com que seja a solução ideal para instalações onde a altura disponível é reduzida, como no caso de tetos falsos. Fácil montagem Fácil manutenção Fixar o suporte Colocar o corpo motor Corpo motor desmontável para reparo ou limpeza, sem necessidade de mexer nos dutos. Realizar as ligações Acoplar os dutos Modelos com temporizador Modelo TD muito silencioso Flexibilidade de colocação Podem ser colocados em qualquer ponto do duto de ventilação: no início, meio ou fim. Os modelos TD-MIXVENT-T incorporam um temporizador regulável entre 1 e 3 minutos. Dispõe de motor de uma velocidade, não regulável O TD 1/N SILENT é um modelo especialmente silencioso, com o motor montado sobre silent-blocks elásticos que absorvem as vibrações 46

3 Características de construção Carcaça Polipropileno Carcaça Aço Hélice ABS Hélice Alumínio Classe motor II II II II II I I I I I Protetor térmico por fusível Protetor térmico tipo PTC Rolamentos de esferas de auto-lubrificação Motor de 1 velocidade e regulável Motor de 2 velocidades e regulável (*) (*) Os modelos que incorporam temporizador (T) não são reguláveis. Características técnicas 127V Hz TD-MIXVENT TD-1/N SILENT TD-2/ TD-3/125 TD-/1 TD-/1 TD-/ TD-/2 TD-13/2 TD-/3 Velocidade (rpm) Potência máxima absorvida (W) Corrente máxima absorvida (A),26,23,28,23,32,25,54,,54, 1,14 1,7 1,33 1, 2, 1,33 2, 1,52 Vazão em descarga livre (m Temperatura máxima de trabalho ( C) Nível de pressão sonora* (db(a)) Ø de duto (mm) so (kg) 1,4 2, 125 2, 1 2,7 1 2,7 4,9 2 9,4 2 9,4 3 14, TD-/ , , TD-/ , , * Nível de radiado a 3 metros, aparelho entubado, em campo livre. Com tubos rígidos na aspiração e descarga. TD-MIXVENT-T Velocidade (rpm) Potência máxima absorvida (W) Corrente máxima absorvida (A) Vazão em descarga livre (m 3 * Nível de radiado a 3 metros, aparelho dutado, em campo livre. Com dutos rígidos na aspiração e descarga. Temperatura máxima de trabalho ( C) Nível de pressão sonora* (db(a)) TD-1/ NT SILENT 25 23, ,4 TD-2/ T 23 33, , TD-3/125 T 24 38, , TD-/1 T 26 7, ,7 TD-/1 T 26 7, ,7 TD-/N T , ,9 Ø de duto (mm) so (kg) 47

4 Características técnicas 2V Hz TD-MIXVENT TD-1/N SILENT TD-2/ TD-3/125 TD-/1 TD-/1 TD-/ TD-/2 TD-13/2 TD-/3 Velocidade (rpm) Potência máxima absorvida (W) Corrente máxima absorvida (A),,,14,11,16,13,28,22,28,22,74,,66, 1,3,64 1,48,79 Vazão em descarga livre (m Temperatura máxima de trabalho ( C) Nível de pressão sonora* (db(a)) Ø de duto (mm) so (kg) 1,4 2, 125 2, 1 2,7 1 2,7 4,9 2 9,4 2 9,4 3 14, TD-/ , , TD-/ 855 3, , * Nível de radiado a 3 metros, aparelho dutado, em campo livre. Com dutos rígidos na aspiração e descarga. TD-MIXVENT-T Velocidade (rpm) Potência máxima absorvida (W) Corrente máxima absorvida (A) Vazão em descarga livre (m 3 * Nível de radiado a 3 metros, aparelho dutado, em campo livre. Com dutos rígidos na aspiração e descarga. Temperatura máxima de trabalho ( C) Nível de pressão sonora* (db(a)) TD-1/ NT SILENT , ,4 TD-2/ T 23 31, , TD-3/125 T , , TD-/1 T 26 65, ,7 TD-/1 T 26 65, ,7 TD-/N T , ,9 Ø de duto (mm) so (kg) 48

5 Espectro de potências acústicas em db(a), por banda de frequência, na aspiração e radiado, em velocidade rápida (1V-Hz / 2V-Hz) NA ASPIRAçãO TD-1/ N SILENT TD-2/ TD-3/ TD-/ TD-/ TD-/ TD-/ TD-13/ TD-/ TD-/ TD-/ RADIADO TD-1/ N SILENT TD-2/ TD-3/ TD-/ TD-/ TD-/ TD-/ TD-13/ TD-/ TD-/ TD-/ Dimensões (mm) TD-1/ N SILENT TD-2 a TD- TD- / TD- Modelo X A øb C ød E F G H TD-2/ TD-3/ TD-/ TD-/ TD-/ 232, TD-/ TD-13/ TD-/ Modelo A B C D øe øf G H I J øk TD-/ TD-/ Ver páginas Acessórios 49

6 / / Q (m (m 3 Q (m 3 7 Q (m (m 3 Q (m 3 /1 /1 /1 /1 Q (m (m 3 Q (m 3 Q (m (m 3 Q (m 3 Série TD-MIXVENT Q = Vazão em m 3 /h e m 3 /s. = Pressão estática em e Pa Ar Seco normal a ºC e 7 mmhg Ensaios realizados de acordo com as normas UNE BS 848, Part 1; AMCA 2-85 e ASHRAE Pa Pa Pa Pa Pa TD-1/ N TD-1/ TD-2/ 1 TD-1/ TD-1/ N SILENT N TD-2/ Q (m (m Q (m Q (m (m Q (m (m Q (m Q (m (m 3 3 Curvas características (127V-Hz / 2V-Hz) Pa Pa Pa TD-3/125 1 TD-3/ TD-3/ Q (m (m Q (m Q (m (m Q (m 3 Pa Pa Pa TD-/ TD-/ TD-/ Q (m (m 3 Q (m Q (m (m Q (m 3 Pa Pa TD-/1 TD-/1 TD-/1 TD-/1 3 Q (m 3 (m Q (m (m 3 3 Pa 7 3 Pa 9 9 Q (m Q (m 3 TD-/2 TD-/ Pa Pa Pa 4 Pa Pa Pa mmw

7 Pa 7 7 TD-/2 Pa c 7 7 TD-13/2 Série TD-MIXVENT Curvas características (127V-Hz / 2V-Hz) Q = Vazão em m 3 /h e m 3 /s. Ar Seco normal a ºC e 7 mmhg = Pressão estática em e Pa Ensaios realizados de acordo com as normas UNE BS Q (m848, 3 Part 1; AMCA 2-85 e ASHRAE Q (m Q (m Q (m 3 /2 /2 Q (m 3 Q (m 3 /3 Q (m 3 Q (m 3 Pa c Pa c Pa 9 9 TD-13/2 TD-13/2 TD-/ Q (m (m 3 3 Q (m Q (m (m 3 3 Q (m 3 Pa mmwg V Hz 1V Hz TD-/ Q (m (m Q (m (m 3 Pa mmwg V Hz 2V Hz 1V Hz 1V Hz 23V Hz 23V Hz TD-/ Q (m 3 Q (m Q (m 1.8 Q (m 3 Pa mmwg TD-/ V Hz 1V Hz Q (m Q (m 3 Pa mmwg V Hz 23V Hz TD-/ Q (m Q (m 3 51

8 Casos práticos de instalação da Série e Sistema TD MIXVENT INSTALAÇÕES DE RENOVAÇÃO AMBIENTAL Caso nº1 Comercial Caso nº2 Comercial Problema: renovação ambiental de uma farmácia. Dados: 3 salas de, e 9 m 2 x 2,6 m de altura e um duto por definir com 8 m de comprimento no seu trecho mais longo. Necessidades: 2 m 3 /h. no total. rdas de carga:,5 Solução: 1 TD /1, 6 m duto GSA 1, 4 m tubo GSA 125 e 2 m tubo GSA, 2 grelhas de aspiração GRI 125 e 1 GRI e 1 persiana PER 1 W. Observações: calculadas 8 renovações / hora. Problema: exaustão do calor gerado por spots de uma rfumaria. Dados: Dimensões: m 2 x 3 m de altura, 6 m de duto a determinar. Necessidades: 1. m 3 /h. rdas de carga: 16 Solução: 1 TD 13/2, 4 m duto GSA 2, 6 m duto GSA, 2 grelhas circulares GCI, 1 regulador de velocidade REB 1N e 1 persiana PER 2W. Observações: calculadas renovações / hora. Instala-se regulador para adequar a ventilação inverno / verão. Caso nº3 Comercial Caso nº4 Comercial Caso nº5 Comercial Problema: renovação ambiental na área de tratamento em clínica veterinária. Dados: m 2 x 2,7 m de altura, m de duto para exterior. Necessidades: 8 m 3 /h. rdas de carga: 18 Solução: 1 TD 13/2 e m duto GSA, 8 m duto GSI 125, 1 REB -1N, 1 PER 2W e 4 grelhas de aspiração GCI 1. Observações: calculadas renovações / hora. Instalação de duto isolado na área de trabalho. Problema: ventilação de vestiários de empresa. Dados: sala de 64 m 2 x 2 m de altura e um duto Ø 2 mm, já instalado com m de comprimento e 2 cotovelos. Necessidades: 1. m 3 /h. rdas de carga: 17 Solução: 1 TD /3, 2grelhas de aspiração GRI e 1 PER 2W. Observações: aconselhável a instalação de uma grelha com pelo menos,5 m 2 na porta de acesso para permitir a passagem de ar com uma velocidade inferior a 1 m/s. Calculadas renovações / hora Problema: renovação ambiental em sala dedicada à criação de pássaros. Dados: sala de m 3 ; necessário filtrar o ar porque a exaustão será para um pátio. Duto de 2m. Necessidades: m 3 /h. rdas de carga: 9,5 Solução: 1 TD /1, 2 m duto GSA 1, 1 grelha de aspiração MRJ 1 e 1 filtro MFL 1. Observações: aconselha-se a colocação de uma grelha de ventilação na porta de entrada para permitir a renovação do ar, além da revisão e limpeza do filtro para evitar sua obstrução. Calculadas 5 renovações / hora. 52

9 Caso nº6 Comercial Caso nº7 Comercial Caso nº8 Comercial Problema: ventilação de sala dentro de uma loja de animais (pet shop). Dados: 24 m 2 x 2,8 m de altura, m de duto, 3 cotovelos, 2 grelhas de aspiração, 1 chapéu de telhado. Necessidades: 672 m 3 /h. rdas de carga: 17,4 1 Solução: 1 TD/, 4 m duto GSA 1, 8 m duto GSA, 2 grelhas GRI e 1 chapéu CT. Observações: calculadas renovações / hora. Problema: banheiro em estacionamento. Dados: 1,5 x 1,5 x 2,5 m, m de duto Ø 1 mm já instalado, 1 cotovelo, 1 grelha de aspiração, 1 persiana de descarga. Necessidades: 85 m 3 /h. rdas de carga: 11 Solução: 1 TD 3/125T, 1 grelha GRA 1, e 1 PER 125W. Observações: este modelo já incorpora temporizador para que continue funcionando alguns minutos após desligamento da luz. Calculadas renovações / hora. Problema: ventilação em padaria. Dados: m 2 x 3 m altura, 18 m duto Ø mm, 3 cotovelos, 1 entrada, 1 redução. Necessidades: 8 m 3 /h. rdas de carga: Solução: 1 TD 13/2, 18 m duto GSA. Observações: dada a elevada temperatura do local foram previstas 3 renovações / hora. Caso nº9 Comercial Caso nº Escritórios Caso nº11 Escritórios Problema: renovação ambiental em um cabeleireiro. Problema: ventilação de sala de informática. Dados: m 2 x 2,7m de altura, 3 m duto para exterior na Dados: sala de m 2 x 2,7 m de altura e um duto por definir horizontal a determinar. com 9 m de comprimento. Necessidades: 945 m 3 /h. Necessidades: 5 m 3 /h. rdas de carga: 11 rdas de carga: Solução: 1 TD 13/2, 12 m duto GSA 125, 3 m duto GSA Solução: 1 TD-/1, 9 m de tubo GSA-1 e 2 bocas 2, 4 grelhas de entrada GCI 1, 1 regulador REB 1N e 1 aspiração BOC-1 e 1 persiana PER-1 W. persiana PER 2W. Observações: calculadas renovações / hora. Observações: calculadas renovações / hora com 4 pontos de exaustão. Recomenda-se o regulador para adequar a ventilação às necessidades do local em função da ocupação. Problema: renovação ambiental. Dados: 12 m 2 x 2,4 m de altura, 4 m de duto a determinar, não se fuma Necessidades: 144 m 3 /h. rdas de carga: 5,2 Solução: 1 TD 3/125, 4 m duto GSI 125, 1 boca de aspiração BOC 1, 1 regulador de velocidade REB 1N e 1 persiana PER 125W. Observações: calculadas 5 renovações / hora. 53

10 Caso nº12 Escritórios Caso nº13 Escritórios Caso nº14 Escritórios Problema: renovação ambiental em sala de reuniões. Dados: m 2 x 4 m de altura, não se fuma, pode ser utilizada pela metade ou na sua totalidade, 7 m de duto a determinar. Necessidades: 1. m 3 /h. rdas de carga: 13 Solução: 1 kit Twin com 2 TD /2, 4 m duto GSI 2, 12 m duto GSI, 4 grelhas circulares GCI, 2 reguladores de velocidade REB 1 N e 1 persiana PER 2W. Observações: calculadas renovações / hora. Instalados 2 circuitos independentes para ambas as metades da sala; previsão de entrada de ar através de grelha na porta de entrada. Problema: ventilação ambiental e exaustão de calor em sala de fotocopiadoras. Dados: m 2 x 2,8 m de altura, 2m de duto a determinar. Necessidades: 336 m 3 /h. rdas de carga: 7 Solução: 1 TD /1, 2 m duto GSA 1, 1 grelha circular GCI e 1 persiana PER 1W. Observações: calculadas 12 renovações / hora. Problema: renovação ambiental em sala de fumantes em escritório. Dados: 3 x 3 x3 m, 2 m de duto ao exterior já instalado com Ø 125 mm. Necessidades: 5 m 3 /h. rdas de carga: 9,5 Solução: 1 TD /1, 1 grelha de entrada GCI e 1 persiana PER 125 W. Observações: calculadas renovações / hora. Caso nº Caso nº16 Escritórios Problema: renovação ambiental em arquivo de documentos. Dados: sala de 34 m 2 x 3 m de altura, sem entradas de ar e a m da área externa com 4 cotovelos. Necessidades: 612 m 3 /h. rdas de carga: 14 Solução: 1 kit Twin com 2 TD /N (1 para insuflar e outro na exaustão), 1 regulador de velocidade REB 1N, m duto GSA, 12 m duto GSA 1, 4 grelhas GCI e 1 filtro MFL para insuflamento do ar. Observações: recomenda-se o sistema de insuflamento/exaustão pela carência de entradas de ar. No insuflamento coloca-se filtro para não introduzir pó do exterior. Calculadas 6 renovações / hora. Problema: renovação ambiental em 2 estúdios de rádio. Dados: Estúdio1: m 2 x 2,5; Estúdio 2: m 2 x 2,5. Distância até saída: 8m. Necessidades: Estúdio 1: m 3 /h; Estúdio 2: 4 m 3 /h, em ambos casos insuflamento e exaustão. rdas de carga: 12 para o caso mais desfavorável. Solução: Impulsão: 1 TD / N, 1 filtro MFL, 16 m duto isolante GSI, 1 difusor circular GCI 2, 1 difusor circular GCI. Exaustão: 1 TD / N, 1 comporta antiretorno, 16 m duto isolante GSI, 1 difusor circular GCI2 e 1 difusor circular GCI. Observações: os sistemas de insuflamento e exaustão se conectam simultaneamente para não criar diferenças de pressão interna. Foram calculadas 12 renovações / hora. 54

11 Série TD-MIXVENT Caso nº17 Comercial Caso nº18 Hotelaria Caso nº19 Hotelaria Problema: ventilação de sala de café em um escritório. Problema: renovação ambiental no salão de um restaurante. Problema: renovação ambiental em uma pizzaria. Dados: sala de m2 x 2,8 mde altura e duto Ø mm com 16 m de comprimento. Dados: m2 x 3,6 m de altura, 5 m de duto a determinar. Dados: 41,25 m2 x 3,25 m de altura e duto a determinar de 7 m até área externa. Necessidades: 672 m3/h. Necessidades: 1.4 m3/h. rdas de carga: 7,3 Necessidades: 1.9 m3/h. rdas de carga: 6 Solução: 1 TD /N, 16 m duto GSA, 2 grelhas GRI e 1 persiana PER W. Solução: 1 Kit Twin com 2 TD /N, 5 m duto GSA, 14 m duto GSI 1, 4 grelhas circulares GCI, 2 reguladores de velocidade REB 1N, e 1 persiana PER W. rdas de carga: 11,5 Observações: Calculadas 12 renovações / hora. Aconselha-se a colocação de entradas de ar na porta de acesso. Observações: Calculadas renovações / hora. Instalam-se 2 circuitos independentes para o caso de não usar o salão na totalidade. Observações: Os trechos de conexão às grelhas de aspiração são feitos com dutos isolados para atenuar o ruído. O regulador de velocidade serve para adequar o uso à ocupação do salão. Calculadas 12 renovações / hora. Necessária a previsão de espaço para entrada de ar de,19 m2. Caso nº Hotelaria Caso nº21 Problema: sotão / adega em bar. Dados: 22m2 x 2 m altura, distância para área externa de m com duto Ø 1mm. Necessidades: 528 m3/h. Solução: 1 TD /3, m duto GSA 3, 6 m duto GSI, 4 grelhas GCI, 1 PER 6 W e 1 REB 2,5N. Hotelaria Caso nº22 Problema: exaustão de odores em um quarto/despensa de uma cozinha. Dados: sala de 2,5 x 2,5 x 2,5 m con duto vertical a definir com 3 m de comprimento. rdas de carga: 17,7 Solução: 1 TD /, 1 grelha GRI e 1 persiana PER 1W. Necessidades: 39 m3/h. Observações: calculadas 12 renovações / hora. Aconselha-se uma abertura na base de porta de acesso. Observações: calculadas 25 renovações / hora. Aconselha-se duto rigído até o telhado e grelha de entrada de ar na base da porta de acesso. rdas de carga: 12 Solução: 1 TD /1, 1 chapéu de telhado CT 1. Lazer Problema: exaustão ambiental em sala com jacuzzi. Dados: 125 m3, 6 m duto a determinar até a saída. Necessidades: 1. m3/h. rdas de carga: 12 Solução: 1 TD 13/2, 6m duto GSA, 1 regulador REB 1N, 2 grelhas GCI e 1 persiana PER W. Observações: calculadas 8 renovações / hora. Recomenda-se o regulador de velocidade para adequar a ventilação ao conforto ideal em função do número de usuários. 55

12 Caso nº23 Lazer Caso nº24 Lazer Problema: ventilação de 2 salas de massagem em um salão de beleza. Dados: salas de 7 m 2 x 2,7 m de altura e duto bifurcado de Ø 1 mm e 8 m de comprimento já instalado. Necessidades: 95 m 3 /h em cada uma. rdas de carga: 5 Solução: 1 TD 2/ e 3 grelhas de aspiração GR e 1 comporta antiretorno MCA 2. Observações: se recomenda instalar grelha nas portas de acesso para permitir a entrada de ar. Calculadas 5 renovações / hora. Problema: ventilação de uma sala solarium em um salão de beleza. Dados: sala de 8 m 2 x 2,7 m de altura e duto Ø 1 mm e 6 m de comprimento. Necessidades: 216 m 3 /h. rdas de carga: 2 Solução: 1 TD 2, 8 m duto GSA 125, 1 comporta antiretorno MCA 2, 1 grelha de aspiração GRI 125 e 1 PER 125W. Observações: calculadas renovações / hora. Instalar grelha para entrada na base da porta para entrada de ar. Caso nº25 Lazer Caso nº26 Lazer Caso nº27 Lazer Problema: ventilação em sala de aeróbica em academia. Dados: 52 m 2 x 3 m de altura, 6 m duto de Ø 3 mm, 3 cotovelos, 2 bocas de aspiração, 1 persiana de descarga. Necessidades: m 3 /h. rdas de carga: 8,5 Solução: 1 TD /3, 4 m duto GSA 2, 4 m duto GSA 3, 2 grelhas GRI 2 e 1 persiana PER 5W. Observações: calculadas 12 renovações / hora. Aplicação de abertura para entrada de ar na porta de acesso. Problema: exaustão de vapor em 2 cabines de jatos de água quente em vestiário. Dados: sala de 5 m 2 x 2,5 m de altura e um duto por definir com 4 m de comprimento. Necessidades: 144 m 3 /h em cada cabine. rdas de carga: 16,5 Solução: 1 TD /1, 6 m duto GSA 1, 2 bocas de aspiração BOC 1 e 1 grelha de descarga GRA. Observações: calculadas 12 renovações / hora. Problema: renovação ambiental sala de jogos de mesa. Dados: Dimensões 4 x 4 x 3, 2 m duto já instalado de Ø mm / fuma-se muito. Necessidades: 67 m 3 /h. rdas de carga: 7 Solução: 1 TD /, 1 grelhas de aspiração GCI 2, 1 REB 1N, e 1 persiana PER W. Observações: calculadas 14 renovações / hora. Recomendase uso de regulador para adequar a ventilação em função da ocupação da sala de carteado. Inclusão de grelha para entrada de ar na porta de acesso. 56

13 Caso nº28 Lazer Caso nº29 Lazer Caso nº3 Ensino Problema: renovação de ar em piscina publica. Dados: 17 m 2 x 3 m de altura, 4 m duto de Ø mm já instalado, 1 grelha de aspiração e 1 persiana de descarga. Necessidades: 1. m 3 /h. rdas de carga: 13 Solução: 1 TD 13/2, 1 grelha GRI e 1 persiana PER W Observações: calculadas renovações / hora. Inclusão de abertura de ar na porta de acesso. Problema: eliminação de umidade em sala de bombas de uma piscina. Dados: sala de m 3 e um duto por definir de 7 m de comprimento. Necessidades: 4 m 3 /h em insuflamento e exaustão. rdas de carga: 6,5 Solução: 1 Kit Twin /1 com 2 TD /1, 17 m duto GSA 1, 1 grelha anti-pássaros MRJ /1, e 1 PER 1W. Observações: calculadas 3 renovações / hora. Duplo sistema de aspiração/insuflamento, já que é necessário tomar ar externo porque a piscina também está úmida. Problema: renovação ambiental em refeitório infantil. Dados: m 2 x 2,5 m de altura, 16 m duto, 3 cotovelos, 3 grelhas de aspiração, 1 persiana de descarga. Necessidades: 9 m 3 /h. rdas de carga: 16,3 Solução: 1 TD 13/2, 18 m duto GSA 1, m duto GSA 2, 3 grelhas de aspiração GRI e 1 PER 2W. Observações: calculadas 6 renovações / hora. Inclusão de abertura de ar na porta de acesso. Caso nº31 Ensino Caso nº32 Ensino Caso nº33 Sanitária / Laboratórios Problema: renovação ambiental em auditório de escola de música. Dados: Ocupação: pessoas. Necessidades: 1.4 m 3 /h e duto a determinar com 3 m até área externa com 3 cotovelos. rdas de carga: 13 Solução: 1 TD /3, 3 m duto GSA 3, 6 m duto GSI, 3 grelhas GCI, 1 PER 5W e 1 REB 2,5N. Observações: Cálculo da vazão em função da regulamentação do RITE que estabelece 8 litros de ar por segundo e por pessoa para estes locais. Prescreve-se um regulador para adequar a vazão à ocupação. Necessidade de previsão de espaço de entrada de ar de,16 m 2. Problema: renovação ambiental em aula de expressão de uma escola de música. Dados: 48,61 m 2. Necessidades: 1.7 m 3 /h e duto a determinar de 11 m até exterior. rdas de carga: Solução: 1 TD /3, 11 m duto GSA 3, 6 m duto GSI, 3 grelhas GCI e 1 PER 5W. Observações: cálculo da vazão em função da regulamentação do RITE que determina litros de ar por segundo e m 2 para estes locais. Prever espaço de entrada de ar de,19m 2. Problema: ventilação de uma sala de espera para consultas. Dados: sala de 9 m 2 x 3 m de altura, um duto de Ø 1 mm já instalado e 12 m de comprimento com 3 cotovelos. Necessidades: 27 m 3 /h. rdas de carga: 16,5 Solução: 1 TD /1, 1 comporta anti retorno MCA /1, 1 grelha de aspiração GRI 125 e 1 persiana PER 1W. Observações: Calculadas renovações / hora. Inclusão de abertura de ar na porta de acesso. 57

14 Caso nº34 Sanitária / Laboratórios Caso nº Sanitária / Laboratórios Caso nº36 Sanitária / Laboratórios Problema: ventilação em sala de revelação de radiografias. Dados: sala de 1,6 x 1,1 x 2,5 m com duto de 9 mm e 2 m de comprimento. Necessidades: 176 m 3 /h na impulsão e 176 m3/h na exaustão. rdas de carga: 6,2 em cada um dos sistemas. Solução: 1 Kit Twin com 2 TD 2/ conectados a dutos GSI, um insuflando ar na altura do piso e o outro extraindo pelo teto, 1 filtro MFL na impulsão, 1 grelha GRI 125 e 1 PER W. Observações: calculadas renovações / hora. Realizou-se um duplo sistema de insuflamento e exaustão dado que não se podiam executar entradas de ar na porta de acesso. Problema: ventilação em salas de laboratórios de vinhos. Dados: sala 1: 3 m 2, Sala 2: 47 m 2, ambas com altura de 2,7m e dutos de saída com 3 e 6 m respectivamente. Necessidades: sala 1: 485 m 3 /h, Sala 2: 7 m 3 /h. rdas de carga: 5 mm e 8 respectivamente. Solução: sala 1: 1 TD /1, Sala 2: 1 TD /, 2 grelhas GRI e 1 persiana PER 1 W e 1 per w. Observações: calculadas 6 renovações / hora. Executados 2 sistemas independentes porque os laboratórios não funcionam sempre. Problema: eliminação de calor gerado por autoclave em uma sala. Dados: sala de 5 m 2 x 3,2 m de altura. A distância até o ponto de exaustão é de 18 m com duto já instalado com Ø mm e 3 cotovelos. Necessidades: 6 m 3 /h. rdas de carga: 9 Solução: 1 TD /N, 2 grelhas GCI e 1 PER W. Observações: calculadas renovações / hora. Inclusão de abertura de ar na porta de acesso de pelo menos,97m 2. Caso nº37 Sanitária/Laboratórios Caso nº38 Residencial Caso nº39 Residencial Problema: Lavabos em clínica. Dados: 2 lavabos de 9,6 m 2 x 2,5 m de altura cada um, 6 m de duto de 1 mm e 4 m de mm, 1 cotovelo, 2 bocas de aspiração, 1 grelha de descarga. Necessidades: m 3 /h. rdas de carga: 17 Solução: 1 TD / T, 6 m duto GSA 1, 4 m duto GSA, 2 BOC 1 e 1 chapéu de telhado CT1. Observações: calculadas renovações / hora. Incorporação de temporizador para funcionamento por alguns minutos após desligamento da luz. Problema: renovação ambiental na despensa. Dados: m 2, 2 m de altura, 11 m de duto, 2 cotovelos, 2 bocas de aspiração, 1 descarga e 1 grelha de entrada. Necessidades: 3 m 3 /h. rdas de carga: Solução: 1 TD /1, 11 m duto GSA 1, 1 PER W. Observações: calculadas renovações / hora. Sistema acoplado a temporizador que o faz funcionar somente algumas horas ao dia. Problema: ventilação em garagem particular. Dados: m 2 x 2,6 m de altura, m duto ao exterior já instalado de Ø 1 mm. Necessidades: 5 m 3 /h. rdas de carga: 16 Solução: 1 TD / e 1 chapéu exterior CT 1. Observações: calculadas renovações / hora. 58

15 Caso nº Residencial Caso nº41 Residencial Caso nº42 Residencial Problema: exaustão em coifa doméstica. Dados: dimensões coifa:,7 x 1,4 m. Altura do fogo:,7 m, 8 m duto de mm. Necessidades: 3 x (perimetro de voo) x altura x, =793 m3/h. rdas de carga: 18,5 Solução: 1 TD 13/2, 8 m duto silenciador GSI, 1 grelha GRI e 1 regulador de velocidade REB 1N. Observações: a maior parte da perda de carga é dada pela colocação de sistema de filtro. Recomenda-se um regulador para utilizar a potência necessária em cada momento. Problema: ventilação em dormitório localizado em um sotão. Dados: sala de 3 m 2 x 2,5 m de altura e duto de Ø 1 mm e 18 m de comprimento. Necessidades: 4 m 3 /h. rdas de carga: 28 Solução: 1 TD /N, 18 m duto silenciador GSI 1, 1 difusor circular GCI e 1 comporta anti retorno, 1 regulador REB 1N e 1 PER W.. Observações: colocada uma comporta anti-retorno para evitar a entrada de ar externo e o regulador para controlar a quantidade de ar necessária em cada momento. Problema: ventilação de um sotão para evitar a umidade. Dados: sala de 25 m 2 x 2,5 m de altura e duto com Ø 1 mm de diâmetro e 11 m de comprimento. Necessidades: 7 m 3 /h. rdas de carga: 23 Solução: 1 TD 13/2 e 1 persiana PER 1 W. Observações: Calculadas 12 renovações / hora. Inclusão de abertura de ar na porta de acesso. Caso nº43 Industrial Caso nº44 Industrial Caso nº45 Industrial Problema: renovação ambiental em casa de máquinas de elevadores. Dados: área de 3 x 3 x 2,5 m de altura e um duto por definir com 5 m de comprimento. Necessidades: 4 m3/h. rdas de carga: 4,5 Solução: 1 TD /1, 5 m duto GSA 1 e 1 chapéu de telhado CT 1. Observações: calculadas 3 renovações / hora. Problema: renovação ambiental de 2 salas de bobinamento de motores, com certa produção de fumaça. Dados: dimensões de cada sala: 5 x 3,2 x 3 m de altura, 4 m duto a determinar até a saída. Necessidades: 7 m3/h em cada sala. rdas de carga: 5 Solução: 1 Kit Twin + 2 TD /N, 4 m duto GSA, 2 comporta anti retorno MCA, 2 m duto GSA 3, 2 reguladores REB 1N e 1 persiana PER 5W. Observações: calculadas renovações / hora. Montagem de 2 sistemas independentes para o caso de não usar as 2 salas ao mesmo tempo. Problema: renovação ambiental em sala de condensadores de frio industrial em um sotão. Dados: sala de 11 x 5 x 2m com duto de diametro a determinar e 2 m de comprimento. Necessidades: 1.6 m3/h. rdas de carga: 8 Solução: 1 TD /3, 2 m duto GSA 3 e 1 persiana PER 5W. Observações: calculadas renovações / hora. Inclusão de abertura de ar na porta de acesso. 59

16 Caso nº46 Industrial Caso nº47 Industrial Caso nº48 Industrial Problema: sistema de exaustão de gases de combustão de um grupo gerador. Dados: grupo electrógeno: os gases terão que ser evacuados por duto Ø 1 mm a de distância. Necessidades: m 3 /h por recomendação do fabricante. rdas de carga: 9 Solução: 1 TD /1, m duto GSA 1 e 1 persiana PER 1W. Observações: Inclusão de abertura de ar na porta de acesso. Problema: renovação ambiental de oficina de serigrafia. Dados: sala de m 2 x 2,5 m de altura e duto a determinar com m de comprimento. Necessidades: 1. m 3 /h. rdas de carga:,6 Solução: 1 TD /3, m duto GSA 2 e 1 persiana PER 2W. Observações: Calculadas renovações / hora. Inclusão de abertura de ar na porta de acesso. A exaustão se realizará a 3 cm do piso já que a maioria dos gases nocivos são mais pesados que o ar. Problema: renovação ambiental em sala com 3 máquinas de injeção de plástico. Dados: sala de 46 m 2 x 2,8 m de altura e duto de 5m de comprimento a instalar com 2 cotovelos. Necessidades: m 3 /h. rdas de carga: 4 Solução: 1 TD /3, 5 m duto GSA 3 e um chapéu de telhado CT 3. Observações: calculadas 12 renovações / hora. Inclusão de abertura de ar na porta de acesso. INSTALAÇÕES DE EXAUSTÃO LOCALIZADA Caso nº49 Caso nº Caso nº51 Problema: captação localizada dos gases de tubos de escapamento em oficina de motocicletas. Dados: 3 bancos de trabalho individuais, cada um com duto de 4 m e conectados a um coletor geral. Necessidades: 175 m 3 /h em cada bancada. rdas de carga: 9 Solução: 3 TD 3/125, 3 comportas anti retorno MCA 3/125, 3 reguladores REB 1N e 1 PER W. Observações: vazão já definida para veículos até cv. Os dutos de aspiração serão de Ø 75 mm e se conectarão diretamente ao tubo de escapamento, exaurindo os gases ao coletor geral de Ø 2 mm. Os anti retorno são para evitar os retornos quando não estão sendo usados todos os bancos. Problema: exaustão de calor através de coifa em forno de pão de uma padaria. Dados: Medidas da coifa:,7 m x 1,1 m, altura(h) até o forno:,3m, 9 m duto reto a determinar. Necessidades: perimetro de voo(2,5m) x h(,3m) x 14= 88 m 3 /h. rdas de carga: 8 Solução: 1 TD 13/2, 9 m duto GSA 2 e 1 chapéu exterior CT 2. Observações: fórmula standard aplicada a coifas industriais. Problema: sistema para ventilar um tanque no momento da limpeza. Dados: m 2 x 3 de altura. Necessidades: 1.9 m 3 /h em impulsão e exaustão. rdas de carga: 3,5 Solução: 1 Kit Twin com 2 TD /3, um insuflando e outro na exaustão, m duto GSA 3. Observações: prescreve-se um duplo sistema de insuflamento/ exaustão sem instalação fixa, para assegurar a entrada de ar limpo.

17 INSTALAÇÕES DE SECAGEM Caso nº52 Caso nº53 TD-/N Problema: insuflar ar quente em um silo de frutos secos. Dados: dimensões: 1,3 x,85 x,7. Necessidades: 3 m 3 /h de ar que deve passar de a 3 graus. rdas de carga: 4 Solução: 1 TD 3/125, 1 bateria MBE 1/21B, 1 filtro MFL 125 e 1 grelha de proteçào MRJ 3. Observações: cálculo da potência necessária para aquecer 3 m 3 /h: P(W) = Q(Fluxo) x,36 x ΔT = 3 x,36 x = 21 W. Prescreve-se uma grelha para evitar entrada de corpos estranhos e filtro para o pó. Problema: secagem em túnel de acabamento de cerâmica. Dados: túnel de secagem de 3 x,7 x,7 m. Salto térmico necessário 25 graus. Necessidades: m 3 /h e 4. W. rdas de carga: 6 1 TD /N, 1 bateria MBE /T, 1 REB 1N e 1 grelha MRJ. Observações: cálculo do salto térmico: P = Fluxo x,36 x ΔT = x,36 x 25 = 4. W. Dado que a perda de carga da instalação é muito baixa, prescreve-se um regulador para adequar a vazão ao salto térmico requerido pelo usuário. Caso nº54 Caso nº55 Caso nº56 Problema: ventilação em sala de motores dentro da planta de ensacamento de farinha. Dados: sala de 2 m 2 x 1,5 m de altura. Duto ao exterior Ø mm com 6 m. Necessidades: 9 m 3 /h. rdas de carga: 3 Solução: 1 TD /3, 1 filtro MFL 3, 1 grelha anti pássaros MRJ. Observações: calculadas 3 renovações / hora. Ventilação por sobrepressão introduzindo na sala ar filtrado do exterior. Problema: criar uma sobrepressão em um quadro de comandos de uma depuradora. Dados: quadro elétrico fechado a uns 3 m de uma tomada externa. Necessidades: sobre pressão de rdas de carga: 5 Solução: 1 TD /1, 3 m duto GSA 1 e 1 grelha exterior MRJ /1 e 1 filtro MFL 1. Observações: se instala um filtro para evitar a entrada de pó do exterior. Recomenda-se limpeza periódica do filtro para que não diminua a sobrepressão. Problema: sobrepressionar uma despensa para evitar entrada de pó. Dados: dimensões: 174 m 3 e 14 m de duto máximo de 1 mm. Necessidades: sobrepressão de 5 rdas de carga: 12 Solução: 1 TD /, 14 m duto GSA 1, 1 filtro de pó MFL 1 e 1 grelha de aspiração MRJ 1. Observações: recomenda-se revisão e limpeza periódica do filtro para não reduzir a sobrepressão gerada. 61

18 Caso nº57 Caso nº58 Caso nº59 Problema: renovação ambiental, insuflando ar quente em uma sala. Dados: local de 112,5 m 3, 3 m duto ao exterior a determinar. Temperatura exterior 5 graus. Temperatura a introduzir: graus. Necessidades: 9 m 3 /h. rdas de carga: 28 Solução: 1 TD /3, 1 regulador velocidade REB 2,5N, 1 bateria MBE 3/9 T, 1 regulador potencia REG 16, 1 sonda de temperatura STA, 8 m duto GSA, 1 grelha MRJ, 2 grelhas GCI e 2 acoplamentos. Observações: calculadas 8 renovações / hora. Potência calorífica a instalar: Q(Fluxo) x,36 x ΔT = 9 x,36 x 25º = 8. W. Prescreve-se uma grelha de saída de ar na porta com uma seção de,5m 2. Problema: introdução de ar externo em um circuito de ar condi-cionado. Dados: requerimento do fabricante: introdução de 657 m 3 /h a uma velocidade inferior a 4 m/s. A instalação terá uns 5 m com 2 cotovelos. Necessidades: 675 m 3 /h. rdas de carga: 8 Solução: 1 TD /, 1 regulador velocidade REB 1N, 5 m duto GSA. Observações: prescreve-se regulador para introduzir a quantidade de ar adequado em cada momento. Problema: criar sobrepressão em setor de acesso a estacionamento conforme normativa contra incêndios. Dados: porta de acesso de 1,9 x,m, duto se extenderá ao longo de m pelo estacionamento com 8 cotovelos, devendo ter a mínima altura possível. Necessidades: m 3 /h. rdas de carga: 21 Solução: 1 Kit TD com 2 TD com conectado a um duto de chapa retangular de 63 x 3. Observações: Cálculo de necessidades em função da normativa municipal de Barcelona: S x 3 x,5 m/s onde S= superfície livre da porta de acesso e,5 m/s é a velocidade exigida de circulação de ar através da porta aberta. Aconselha-se colocar uma grelha anti pássaro na entrada de ar externo. Caso nº Problema: ventilação por sobrepressão em sala de quadros elétricos. Dados: 6 m 2 x 2,7 m altura, 212 m de duto de Ø mm já instalados, 5 cotovelos, 1 grelha de entrada, 1 filtro. Necessidades: 486 m 3 /h. rdas de carga: 52 Solução: 1 TD /3, 1 grelha GRI e 1 filtro MFL 3. Observações: aconselha-se a revisão periódica do grau de detritos no filtro. Calculadas 3 renovações / hora. 62

RECUPERADORES DE CALOR DE FLUXO CRUZADO Série CADB/T-N F7+F7

RECUPERADORES DE CALOR DE FLUXO CRUZADO Série CADB/T-N F7+F7 Recuperadores de calor, com permutador de fluxos cruzados, certificado por EUROVENT, montados em caixas de aço galvanizado plastificado de cor branca, duplo painel com isolamento interior termoacústico

Leia mais

EXAUSTORES CENTRÍFUGOS DE TELHADO ROTOR DE PÁS CURVADAS PARA TRÁS / FLUXO VERTICAL. Modelo TCV

EXAUSTORES CENTRÍFUGOS DE TELHADO ROTOR DE PÁS CURVADAS PARA TRÁS / FLUXO VERTICAL. Modelo TCV EXAUSTORES CENTRÍFUGOS DE TELHADO ROTOR DE PÁS CURVADAS PARA TRÁS / FLUXO VERTICAL Modelo TCV VENTILADORES CENTRÍFUGOS DUPLA ASPIRAÇÃO Aspectos Gerais Os exaustores centrífugos modelo TCV, especificamente

Leia mais

Resfriadores Evaporativos BRISBOX

Resfriadores Evaporativos BRISBOX Características do Produto: Resfriadores Evaporativos BRISBOX BRISBOX Aplicações Resfriadores evaporativos Munters, possuem uma ótima performance energética e podem ser aplicados em: Bingos; Boates; Academias;

Leia mais

Série COMPACT tubular TCBB / TCBT Hélice de alumínio

Série COMPACT tubular TCBB / TCBT Hélice de alumínio COMPACT TCBB/TCBT VENTILADORES HELICOIDAIS TUBULARES Série COMPACT tubular TCBB / TCBT Hélice de alumínio Ventiladores axiais tubulares de virola com tratamento anti-corrosão por cataforésis e pintura

Leia mais

Série ILT ATEX NOVIDADE VENTILADORES CENTRIFUGOS IN-LINE DE BAIXO PERFIL ANTI-DEFLAGRANTE ILT ATEX. Ventiladores em linha. Tampa de inspecção

Série ILT ATEX NOVIDADE VENTILADORES CENTRIFUGOS IN-LINE DE BAIXO PERFIL ANTI-DEFLAGRANTE ILT ATEX. Ventiladores em linha. Tampa de inspecção VENTILDORES ENTRIFUGOS IN-LINE DE IXO PERFIL NTI-DEFLGRNTE Série ILT TEX NOVIDDE Ventiladores centrífugos in-line de baixo perfil, especialmente desenhados para extracção de ar em atmosferas explosivas,

Leia mais

SV 150/H (T) Diâmetro boca em mm. instalada (r/min) (A)

SV 150/H (T) Diâmetro boca em mm. instalada (r/min) (A) /PLUS /ECO : Exaustores em linha para condutas, com baixo nível sonoro, montados dentro de um revestimento acústico /PLUS: Exaustores em linha para condutas, com baixo nível sonoro, montados dentro de

Leia mais

Pack Tempérys. Tempérys. Ventilação de conforto com regulação integrada > ventilação. caixas com bateria de aquecimento integrada e auto-regulada

Pack Tempérys. Tempérys. Ventilação de conforto com regulação integrada > ventilação. caixas com bateria de aquecimento integrada e auto-regulada ventilação Tempérys caixa de insuflação com revestimento duplo e bateria de aquecimento eléctrico Pack Tempérys caixa de insuflação + caixa de extracção com revestimento duplo, sistema de comando e de

Leia mais

UM A M ARC A DO GRUPO ESPIRODUTOS

UM A M ARC A DO GRUPO ESPIRODUTOS VENTILADORES AXIAL UM A M ARC A DO GRUPO ESPIRODUTOS DESCRIÇÃO E NOMENCLATURA DE VENTILADORES AXIAL Diâmetro Fabricação Aspiração Rotor Empresa Ex: EAFN 500 Diâmetro da seleção Tipo de Fabricação G = Gabinete

Leia mais

A mais completa linha de ventiladores, exaustores, microventiladores e micromotores.

A mais completa linha de ventiladores, exaustores, microventiladores e micromotores. Catálogo de Produtos A mais completa linha de ventiladores, exaustores, microventiladores e micromotores. INOVAÇÕES E TECNOLOGIAS A integração total entre nossa engenharia e os projetos de cada cliente,

Leia mais

geradores de ar quente soluções à sua medida

geradores de ar quente soluções à sua medida soluções à sua medida O gerador de ar quente é um equipamento que serve para fazer aquecimento de ar. Este ar pode ser impulsionado directamente para a divisão a aquecer ou canalizado por um sistema de

Leia mais

Recuperadores de Energia RIS H/V...3.2. Recuperadores de Energia RECUP...3.6. Recuperadores de Energia RIS P...3.8

Recuperadores de Energia RIS H/V...3.2. Recuperadores de Energia RECUP...3.6. Recuperadores de Energia RIS P...3.8 Índice Recuperadores de Energia Recuperadores de Energia Recuperadores de Energia RIS H/V...3.2 Recuperadores de Energia RECUP...3.6 Recuperadores de Energia RIS P...3.8 Unidade de Fluxos Cruzados EBF...3.11

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA DO ESTADO DE SÃO PAULO

SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA DO ESTADO DE SÃO PAULO FL.: 1/8 SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA DO ESTADO DE SÃO PAULO SISTEMA DO AR CONDICIONADO CENTRO DE CULTURA, MEMÓRIA E ESTUDOS DA DIVERSIDADE SEXUAL DO ESTADO DE SÃO PAULO. LOJAS 515 e 518 - METRÔ REPÚBLICA

Leia mais

Disciplina Higiene do Trabalho. Ventilação Industrial

Disciplina Higiene do Trabalho. Ventilação Industrial Tópicos da Aula Complementar - Ventiladores; - Ventiladores Axiais; - Ventiladores Centrífugos; - Dados necessários para a seleção correta de um ventilador; - Modelos e Aspectos Gerais de Ventiladores.

Leia mais

SERIE B10 STD INFORMAÇÕES TÉCNICAS DADOS TÉCNICOS OPCIONAIS MEDIDAS RPM 2500. ÁREA ATÉ 5m² * TEMPORIZADOR (PROGRAMÁVEL PARA 2 MIN; 5 MIN OU 10 MIN.

SERIE B10 STD INFORMAÇÕES TÉCNICAS DADOS TÉCNICOS OPCIONAIS MEDIDAS RPM 2500. ÁREA ATÉ 5m² * TEMPORIZADOR (PROGRAMÁVEL PARA 2 MIN; 5 MIN OU 10 MIN. SERIE B10 STD INFORMAÇÕES TÉCNICAS DADOS TÉCNICOS Ø MM 100mm RPM 2500 POTENCIA 15W VAZÃO 90 m³/h PRESSÃO 3,5 mmca RUIDO (db) 41 db ÁREA ATÉ 5m² 15 x 15 x 7.7 cm ACABAMENTO PLÁSTICO BRANCO OPCIONAIS * TEMPORIZADOR

Leia mais

Varycontrol Caixas VAV

Varycontrol Caixas VAV 5/1/P/3 Varycontrol Caixas VAV Para Sistemas de Volume Variável Séries TVZ, TVA TROX DO BRASIL LTDA. Rua Alvarenga, 2025 05509-005 São Paulo SP Fone: (11) 3037-3900 Fax: (11) 3037-3910 E-mail: trox@troxbrasil.com.br

Leia mais

Série MAX-TEMP CTHB / CTHT

Série MAX-TEMP CTHB / CTHT MAX-TEMP TH/THT - TV/TVT EXTRATORES ENTRIFUGOS DE TELHADO DE DESARGA HORIZONTAL Série MAX-TEMP TH / THT Accendedor de chaminés Homologação conforme norma EN12101-3 ertificação nº 0370-PD-0347 O N T I N

Leia mais

Ar Condicionado. Linha Mini Split. Linha Completa para o Conforto Térmico. piso teto

Ar Condicionado. Linha Mini Split. Linha Completa para o Conforto Térmico. piso teto Ar Condicionado Linha Mini Split VOCÊ CRIA O AMBIENTE, NÓS CRIAMOS O CLIMA. CASSETE piso teto Linha Completa para o Conforto Térmico Cassete Apresentação Os aparelhos Cassete são discretos tanto por seu

Leia mais

VENTILADOR INDUSTRIAL

VENTILADOR INDUSTRIAL VENTILADOR INDUSTRIAL UM A M ARC A DO GRUPO ESPIRODUTOS DESCRIÇÃO E NOMENCLATURA VENTILADORES INDUSTRIAIS Diâmetro Fabricação Aspiração Rotor Empresa Ex: E L D I 560 Diâmetro da seleção Tipo de Fabricação

Leia mais

Simples aspiração Dupla aspiração Duplex Rotores de alumínio Rotores chapa galvanizada

Simples aspiração Dupla aspiração Duplex Rotores de alumínio Rotores chapa galvanizada Simples aspiração Dupla aspiração Duplex Rotores de alumínio Rotores chapa galvanizada Fábrica: Av. Brasil, 20.151 Coelho Neto Rio de Janeiro CE 21.530-000 Telefax: (21) 3372-8484 vendas@trocalor.com.br

Leia mais

CONJUNTOS DE FACAS DE AR WINDJET

CONJUNTOS DE FACAS DE AR WINDJET CONJUNTOS DE FACAS WINDJET CONJUNTO DE FACAS WINDJET SOPRADORES CONJUNTOS DE FACAS WINDJET SUMÁRIO Página Visão geral dos pacotes de facas de ar Windjet 4 Soprador Regenerativo 4 Facas de ar Windjet 4

Leia mais

Shhhhhhhhhhh! Aqui se faz silêncio.

Shhhhhhhhhhh! Aqui se faz silêncio. GM T SILNT Shhhhhhhhhhh! qui se faz silêncio. Nova gama T Silent. Os ventiladores mais silenciosos do mundo na sua categoria. quipamentos de Ventilação Gama T Silent: Um salto no tempo S&P, líder mundial

Leia mais

AR CONDICIONADO. Componentes

AR CONDICIONADO. Componentes AR CONDICIONADO AR CONDICIONADO Basicamente, a exemplo do que ocorre com um refrigerador (geladeira), a finalidade do ar condicionado é extrair o calor de uma fonte quente, transferindo-o para uma fonte

Leia mais

CAS 460 2T 7,5. Número de pólos motor 2=2900 r/min 50 Hz. Intensidade máxima admissível (A) Potência instalada (kw)

CAS 460 2T 7,5. Número de pólos motor 2=2900 r/min 50 Hz. Intensidade máxima admissível (A) Potência instalada (kw) CAS CAS CAS: Ventiladores centrífugos de alta pressão e aspiração simples com revestimento e turbina em chapa de aço : Ventiladores centrífugos de alta pressão e aspiração simples com revestimento e turbina

Leia mais

EQUIPAMENTOS. Transferência mecânica:

EQUIPAMENTOS. Transferência mecânica: EQUIPAMENTOS Transferência mecânica: Objetivos do equipamento: a) Garantir o acesso seguro à piscina para qualquer pessoa, b) Previnir possíveis riscos de acidente nas transferências ou manipulações, c)

Leia mais

Condicionador de Ar Portátil

Condicionador de Ar Portátil Condicionador de Ar Portátil Manual do Usuário GP8-12L GP8-22L GP10-12L GP10-22L 1 Untitled-5 1 2 Untitled-5 2 Índice Resumo...4 Príncipio de funcionamento...5 Especificação técnica...7 Estrutura...8 Esquema

Leia mais

UM OLHAR SOBRE O COMPRESSOR NOS CONSULTÓRIOS E CLÍNICAS ODONTOLÓGICAS

UM OLHAR SOBRE O COMPRESSOR NOS CONSULTÓRIOS E CLÍNICAS ODONTOLÓGICAS UM OLHAR SOBRE O COMPRESSOR NOS CONSULTÓRIOS E CLÍNICAS ODONTOLÓGICAS NAS INSPEÇÕES DE CONSULTÓRIOS E CLÍNICAS ODONTOLÓGICAS ATÉ RECENTEMENTE NÃO ERA DADA A DEVIDA ATENÇÃO AO COMPRESSOR - TIPO - LOCAL

Leia mais

Série CAD HE MINI NOVIDADE CAD HE MINI. Recuperadores de calor

Série CAD HE MINI NOVIDADE CAD HE MINI. Recuperadores de calor RECUPERADORES DE CALOR DE CONTRA-FLUXO DE ALTO RENDIMENTO Série NOVIDADE com permutador de contra-fluxo de alto rendimento (até 92%), montados em caixa de aço galvanizado plastificado de cor branca, de

Leia mais

PROJETO FINAL 2014-2. Alunos: Turma: Sistema de condicionamento de ar central residencial PIC Projeto de Instalações de Condicionamento de Ar

PROJETO FINAL 2014-2. Alunos: Turma: Sistema de condicionamento de ar central residencial PIC Projeto de Instalações de Condicionamento de Ar MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA - CAMPUS SÃO JOSÉ Projetos de Instalação de Ar Condicionado

Leia mais

- Quanto a entrada de aspiração a Simples aspiração entrada somente de um lado b Dupla aspiração entrada dos dois lados

- Quanto a entrada de aspiração a Simples aspiração entrada somente de um lado b Dupla aspiração entrada dos dois lados Ventiladores Ventiladores são máquinas de fluxo, que movimentam os gases produzindo trabalho para seu deslocamento. Esse trabalho é transferido em forma de energia cinética e potencial, fazendo movimentar-se

Leia mais

O bom funcionamento de um Grupo Gerador depende fundamentalmente de sua instalação.

O bom funcionamento de um Grupo Gerador depende fundamentalmente de sua instalação. INSTALAÇÃO DE GRUPO MOTOR GERADOR INTRODUÇÃO O bom funcionamento de um Grupo Gerador depende fundamentalmente de sua instalação. Se o Grupo Gerador for instalado dentro dos parâmetros recomendados e se

Leia mais

Coldex Tosi Ar Condicionado

Coldex Tosi Ar Condicionado Coldex Tosi Ar Condicionado Intercambiador de Calor de Extensão Direta 2 a 40 TR ESPECIICAÇÕES CONSTRUTIVAS Os climatizadores Modelo foram projetados visando obter maior vida útil, performance e facilidade

Leia mais

Conceitos gerais. A movimentação do ar e dos gases de combustão é garantida por: Ventiladores centrífugos Efeito de sucção da chaminé

Conceitos gerais. A movimentação do ar e dos gases de combustão é garantida por: Ventiladores centrífugos Efeito de sucção da chaminé TIRAGEM Definição Tiragem é o processo que garante a introdução do ar na fornalha e a circulação dos gases de combustão através de todo gerador de vapor, até a saída para a atmosfera 00:43 2 Conceitos

Leia mais

SISTEMAS DE RESFRIAMENTO EVAPORATIVO

SISTEMAS DE RESFRIAMENTO EVAPORATIVO SISTEMAS DE RESFRIAMENTO EVAPORATIVO Introdução Eficientes, duráveis e com baixo custo de manutenção, os painéis Celdek, ventiladores Euroemme, sistemas EasyCool, Brisbox e Wetdek, são utilizados para

Leia mais

GVS GABINETES DE VENTILAÇÃO TIPO SIROCCO

GVS GABINETES DE VENTILAÇÃO TIPO SIROCCO GABINETES DE VENTILAÇÃO TIPO SIROCCO CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS INTRODUÇÃO Os gabinetes de ventilação da linha são equipados com ventiladores de pás curvadas para frente (tipo "sirocco"), de dupla aspiração

Leia mais

Oar contém uma quantidade variável de vapor de água, que determina o grau de umidade de um

Oar contém uma quantidade variável de vapor de água, que determina o grau de umidade de um Algumas noções sobre a umidade relativa do ar Oar contém uma quantidade variável de vapor de água, que determina o grau de umidade de um ambiente. A capacidade do ar de reter vapor de água é tanto maior

Leia mais

Comparação de modelos

Comparação de modelos LISTA DE PREÇOS O QuickFan Selector foi desenvolvido por uma equipa de técnicos e engenheiros comerciais, em estreita colaboração com os nossos clientes, com o objetivo de obter uma ferramenta prática

Leia mais

Série COMPACT mural HCFB / HCFT

Série COMPACT mural HCFB / HCFT COMPACT MURAL VENTILADORES HELICOIDAIS MURAIS Série COMPACT mural HCFB / HCFT 0 017562 005060 Ventiladores axiais murais com hélice plástica reforçada com fibra de vidro, motor monofásico (HCFB) ou trifásico

Leia mais

GABINETE Chapas de aço carbono SAE 1020 galvanizadas. Tratado quimicamente com fosfato de zinco, pintado com pó epóxi na cor bege, curada em estufa.

GABINETE Chapas de aço carbono SAE 1020 galvanizadas. Tratado quimicamente com fosfato de zinco, pintado com pó epóxi na cor bege, curada em estufa. As Cortinas de Ar TroCalor são destinadas a impedir a mistura de fluxos de ar ao isolar dois ambientes distintos através da formação de uma barreira de ar entre eles, mantendo ideais as condições de temperatura

Leia mais

Água Quente. Supraeco W Supraeco W OS. Bombas de calor Ar - Água para produção de A.Q.S. julho 2014. Conforto para a vida

Água Quente. Supraeco W Supraeco W OS. Bombas de calor Ar - Água para produção de A.Q.S. julho 2014. Conforto para a vida Supraeco W Supraeco W OS Bombas de calor Ar - Água para produção de A.Q.S. Água Quente julho 0 Conforto para a vida Bombas de calor SUPRAECO energia água quente ar-água confortopoupança eficiênciacop calor

Leia mais

Desumidificador. Desidrat Plus IV Desidrat Plus V

Desumidificador. Desidrat Plus IV Desidrat Plus V Desumidificador Desidrat Plus IV Desidrat Plus V Obrigado por escolher esse produto. Por favor, leia esse manual de instrução antes de usar o aparelho. Índice: Introdução do Produto... 1 Instrução de Uso...

Leia mais

SERIE B10 STD INFORMAÇÕES TÉCNICAS DADOS TÉCNICOS OPCIONAIS MEDIDAS RPM 2500. ÁREA ATÉ 5m²

SERIE B10 STD INFORMAÇÕES TÉCNICAS DADOS TÉCNICOS OPCIONAIS MEDIDAS RPM 2500. ÁREA ATÉ 5m² SERIE B10 STD INFORMAÇÕES TÉCNICAS DADOS TÉCNICOS Ø MM 100mm RPM 2500 POTENCIA 15W VAZÃO 90 m³/h PRESSÃO 3,5 mmca RUIDO (db) 41 db ÁREA ATÉ 5m² 15 x 15 x 7.7 cm ACABAMENTO PLÁSTICO BRANCO OPCIONAIS * TEMPORIZADOR

Leia mais

Aspiradores de sólidos T 15/1 (220V)

Aspiradores de sólidos T 15/1 (220V) Aspiradores de sólidos T 15/1 (220V) Os aspiradores de pó da Kärcher foram especialmente desenvolvidos para necessidades profissionais. Com 59 db(a) é o equipamento mais silencioso da categoria. Ideal

Leia mais

TABELA 10 - POTÊNCIAS MÉDIAS DE APARELHOS ELETRODOMÉSTICOS E DE AQUECIMENTO

TABELA 10 - POTÊNCIAS MÉDIAS DE APARELHOS ELETRODOMÉSTICOS E DE AQUECIMENTO ND-5.1 7-8 TABELA 10 - POTÊNCIAS MÉDIAS DE APARELHOS ELETRODOMÉSTICOS E DE AQUECIMENTO Aparelhos de Aquecimento e Eletrodomésticos Tipo Potência Tipo Potência ( W ) ( W ) Aquecedor de Água até 80 L 1.500

Leia mais

Sistema de Aquecimento Therm 8000 S Com inovadora tecnologia de condensação. Mais água quente, mais eficiência.

Sistema de Aquecimento Therm 8000 S Com inovadora tecnologia de condensação. Mais água quente, mais eficiência. Sistema de Aquecimento Therm 8000 S Com inovadora tecnologia de condensação. Mais água quente, mais eficiência. 2 Sistema de Aquecimento Therm 8000 S Therm 8000 S Soluções de aquecimento de água para altas

Leia mais

FlowGrid para Ventiladores Axiais e Centrífugos

FlowGrid para Ventiladores Axiais e Centrífugos FlowGrid para Ventiladores Axiais e Centrífugos Menos ruído - mais qualidade de vida A Escolha do Engenheiros Inovando para as pessoas. O FlowGrid foi desenvolvido para proteção eficiente contra o ruído

Leia mais

VENTILAÇÃO E EXAUSTÃO DE COZINHA

VENTILAÇÃO E EXAUSTÃO DE COZINHA INSTALAÇÕES MECÂNICAS E DE UTILIDADES VENTILAÇÃO E EXAUSTÃO DE COZINHA O projeto de exaustão por ventilação mecânica para as instalações da área de serviço da EEP Escola de Ensino Profissionalizante justifica-se

Leia mais

CHT CVT. Exaustores centrífugos de telhado de 400º C/2 h, com saída de ar horizontal ou vertical. Código do pedido CHT 200 4T

CHT CVT. Exaustores centrífugos de telhado de 400º C/2 h, com saída de ar horizontal ou vertical. Código do pedido CHT 200 4T CHT CVT Exaustores centrífugos de telhado de 400º C/2 h, com saída de ar horizontal ou vertical CHT: Exaustores centrífugos de telhado de 400º C/2 h, com saída de ar horizontal, cobertura em alumínio CVT:

Leia mais

Informações e Alertas...1. Lista de Peças...2. Funções...3 Dados Técnicos...3

Informações e Alertas...1. Lista de Peças...2. Funções...3 Dados Técnicos...3 INTRODUÇÃO Parabéns Ao escolher a linha Built de produtos, você optou por um produto de qualidade. A coifa da Built agrega beleza, praticidade e economia. É prático e fácil de limpar. A Built se especializou

Leia mais

VENTILADORES LIMIT LOAD

VENTILADORES LIMIT LOAD VENTILADORES LIMIT LOAD UM A M ARC A DO GRUPO ESPIRODUTOS DESCRIÇÃO E NOMENCLATURA VENTILADORES LIMIT LOAD Diâmetro Fabricação Aspiração Rotor Empresa Ex: ELSC 560 Diâmetro da seleção Tipo de Fabricação

Leia mais

VENTISILVA CATÁLOGO DE PRODUTOS

VENTISILVA CATÁLOGO DE PRODUTOS CATÁLOGO DE PRODUTOS VENTILADORES A mais completa linha de ventiladores, exaustores, microventiladores e micromotores. VENTILADORES DE COLUNA - VCL VENTILADORES DE PAREDE - VPL INOVAÇÕES E TECNOLOGIAS

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Motores Aplicações Comerciais e Residenciais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Motores Aplicações Comerciais e Residenciais Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Motores Aplicações Comerciais e Residenciais -- Aplicações Comerciais e Residenciais Eficiência e confiabilidade para a indústria Fundada em

Leia mais

CENTRO DE TREINAMENTO DANCOR MÓDULO I - BOMBAS

CENTRO DE TREINAMENTO DANCOR MÓDULO I - BOMBAS CENTRO DE TREINAMENTO DANCOR MÓDULO I - BOMBAS DANCOR S.A INDÚSTRIA MECÂNICA Professor: José Luiz Fev/2012 CENTRO DE TREINAMENTO DANCOR 1- BOMBAS D ÁGUA (MÁQUINAS DE FLUXO): 1.1 DEFINIÇÃO Máquinas de fluxo

Leia mais

EXAUSTORES LOCALIZADOS Vantagens puras. Extrator ideal para ambientes industriais

EXAUSTORES LOCALIZADOS Vantagens puras. Extrator ideal para ambientes industriais Extrator ideal para ambientes industriais Nova tecnologia em combinação com novos materiais e foco no design fornecem ao Fumex PR muitas vantagens novas e importantes: - Facilidade de manobrabilidade única.

Leia mais

INSTALAÇÃO DE APARELHOS A GÁS

INSTALAÇÃO DE APARELHOS A GÁS 7 INSTALAÇÃO DE APARELHOS A GÁS Versão 2014 Data: Março / 2014 7.1. Aparelhos a gás... 7.3 7.1.1. Introdução... 7.3 7.1.2. O ambiente onde será instalado o aparelho a gás... 7.3 7.1.2.1. Ambiente a ser

Leia mais

TRANSFORMADOR A SECO Geafol de 75 a 25.000 kva

TRANSFORMADOR A SECO Geafol de 75 a 25.000 kva Com a linha Geafol, obteve-se um transformador com excelentes características elétricas, mecânicas e térmicas que, adicionalmente, ainda é ecológico. São produzidos sob certificação DQS, ISO 9001 e ISO

Leia mais

Sistemas de ventilação

Sistemas de ventilação Sistemas de ventilação Ventilação: é uma combinação de processos destinados fornecer o ar fresco e a extrair o ar viciado de um espaço ocupado a A ventilação consiste em fazer a renovação do ar ambiente

Leia mais

VENTILADORES. Aspectos gerais. Detalhes construtivos. Ventiladores

VENTILADORES. Aspectos gerais. Detalhes construtivos. Ventiladores VENTILADORES Aspectos gerais As unidades de ventilação modelo BBS, com ventiladores centrífugos de pás curvadas para frente, e BBL, com ventiladores centrífugos de pás curvadas para trás, são fruto de

Leia mais

ND - 5.1 6-1 CÁLCULO DA CARGA INSTALADA E DA DEMANDA

ND - 5.1 6-1 CÁLCULO DA CARGA INSTALADA E DA DEMANDA ND - 5.1 6-1 CÁLCULO DA CARGA INSTALADA E DA DEMANDA 1. DETERMINAÇÃO DA CARGA INSTALADA a) Para definição do tipo de fornecimento, o consumidor deve determinar a carga instalada, somando-se a potência

Leia mais

VENTILADORES CENTRÍFUGOS DUPLA ASPIRAÇÃO. Modelos BSD-GTD

VENTILADORES CENTRÍFUGOS DUPLA ASPIRAÇÃO. Modelos BSD-GTD VENTILADORES CENTRÍFUGOS DUPLA ASPIRAÇÃO Modelos BSD-GTD VENTILADORES DUPLA ASPIRAÇÃO Aspectos gerais Os ventiladores da série BSD, de pás curvadas para frente e GTD/GHB (tecnologia ABB) de pás curvadas

Leia mais

Central de Produção de Energia Eléctrica

Central de Produção de Energia Eléctrica Central de Produção de Energia Eléctrica Ref.ª CPEE Tipo 1 Tipo 2 Tipo 3 Tipo 4 Tipo 5 5 a 25 kva 25 a 150 kva 150 a 500 kva 500 a 1.000 kva 1.000 a 2.700 kva Pág. 1 ! Combustível Diesel! Frequência 50

Leia mais

Dutos para condução de ar

Dutos para condução de ar Dutos para condução de ar 1 1) Q = VA considerações 2) H 2 p V = h+ + γ 2g (energia total) 3) 2 2 pa V a pb V b Ja b = ha + + hb + + γ 2g γ 2g J a b p p V V = + γ 2g 2 2 a b a b Perda de carga para dutos

Leia mais

Sistemas de recuperação de águas pluviais

Sistemas de recuperação de águas pluviais Ambietel Tecnologias Ambientais, Lda UPTEC P.MAR Av. Liberdade, s/n 4450-718 Leça da Palmeira Telef: +351 225 096 087 Sistemas de recuperação de águas pluviais A água da chuva é um recurso natural que

Leia mais

Solução de Aquecimento de Águas de Elevada Eficiência

Solução de Aquecimento de Águas de Elevada Eficiência Solução de Aquecimento de Águas de Elevada Eficiência Gama 04 Gama de 2013 O que é Therma V? 06 O que é Therma V? Vantagens Therma V 08 Elevada Eficiência Energética 10 Programação Semanal 12 Instalação

Leia mais

Catálogo geral Fancoil

Catálogo geral Fancoil Catálogo geral Fancoil 1 Catálogo Técnico de unidades Intercambiadoras de calor Índice 1- Características Construtivas 3 2- Nomenclatura 4 3- Dados Nominais 5 4- Diâmetro dos coletores 7 5- Peso dos equipamentos

Leia mais

1. DESCRIÇÃO: - Renovação do ar; - Movimentação do ar. 1.1 SISTEMA ADOTADO:

1. DESCRIÇÃO: - Renovação do ar; - Movimentação do ar. 1.1 SISTEMA ADOTADO: 1. DESCRIÇÃO: OBJETO: O sistema de ventilação mecânica visa propiciar as condições de qualidade do ar interior nos vestiários do mercado público de Porto Alegre. Para a manutenção das condições serão controlados

Leia mais

A maneira mais inteligente de aquecer água.

A maneira mais inteligente de aquecer água. A maneira mais inteligente de aquecer água. A JAMP O uso consciente de energia é um dos princípios que rege as atividades da JAMP, responsável pela introdução no País de soluções inovadoras no campo de

Leia mais

Soluções para ventilação e desenfumagem F400-120 (400º/2H) > caixas de ventilação

Soluções para ventilação e desenfumagem F400-120 (400º/2H) > caixas de ventilação Soluções para ventilação e desenfumagem F400-120 ventilação Défumair XTA caixa de desenfumagem à transmissão F400-120 vantagens Desempenhos optimizados. Modularidade: 4 versões possíveis. Construção monobloco.

Leia mais

- 2 - www.autentibrisa.pt (+351) 219 809 870

- 2 - www.autentibrisa.pt (+351) 219 809 870 - 2 - www.autentibrisa.pt (+351) 219 809 870 Tubo Flexível - WESTAFLEX Tubos vendidos em caixas de 10m Preço ao metro Outras medidas Sob Consulta Alumínio Isolado Combi Alu/PVC Modelo Preço Modelo Preço

Leia mais

Catálogo Técnico 50TC_10-40 UNIDADES ROOFTOP SOMENTE FRIO

Catálogo Técnico 50TC_10-40 UNIDADES ROOFTOP SOMENTE FRIO Catálogo Técnico 50TC_10-40 UNIDADES ROOFTOP SOMENTE FRIO Capacidade Nominal de 35,2 a 140,7 kw (10 a 40 TR) ÍNDICE MEDIDAS DE SEGURANÇA... 1 NOMENCLATURA... 2 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS GERAIS...3 DIMENSIONAL...

Leia mais

AQUECIMENTO, VENTILAÇÃO E AR CONDICIONADO ILUMINAÇÃO COZINHA/ LAVANDARIA DIVERSOS

AQUECIMENTO, VENTILAÇÃO E AR CONDICIONADO ILUMINAÇÃO COZINHA/ LAVANDARIA DIVERSOS P O U P A R AQUECIMENTO, VENTILAÇÃO E AR CONDICIONADO ILUMINAÇÃO COZINHA/ LAVANDARIA DIVERSOS AQUECIMENTO, VENTILAÇÃO E AR CONDICIONADO Caso tenha ar condicionado nos quartos ou áreas comuns do empreendimento,

Leia mais

Sistemas de recuperação de águas pluviais

Sistemas de recuperação de águas pluviais Ambietel Tecnologias Ambientais, Lda UPTEC P.MAR Av. Liberdade, s/n 4450-718 Leça da Palmeira Telef: +351 225 096 087 Sistemas de recuperação de águas pluviais A água da chuva é um recurso natural que

Leia mais

Ar Condicionado Central VRF Ar de Confiança

Ar Condicionado Central VRF Ar de Confiança Impression TM Ar Condicionado Central VRF Ar de Confiança Impression Ar condicionado Central VRF Perfil do Produto A linha de produtos Impression é um novo conceito de condicionador de ar inteligente VRF

Leia mais

TSA/TDA DIFUSOR PARA LUMINÁRIA TROFFER

TSA/TDA DIFUSOR PARA LUMINÁRIA TROFFER TSA/TDA DIFUSOR PARA LUMINÁRIA TROFFER TSA/TODA DIFUSORES PARA LUMINÁRIAS O conjunto de difusão de ar completamente embutido, contribui para um visual leve e sem distorções. Sua flexibilidade própria,

Leia mais

1975-2014. On-Line. Conheça o grupo LAVOR www.lavorwash.com.br

1975-2014. On-Line. Conheça o grupo LAVOR www.lavorwash.com.br 1975-2014 Desde de 1975 a Lavor é uma das maiores fabricantes mundiais de sistemas de limpeza de alta tecnologia, constando atualmente com 7 fábricas no mundo. A Lavor projeta e produz máquinas para utilizações

Leia mais

TRANSFORMADORES MOLDADOS EM RESINA

TRANSFORMADORES MOLDADOS EM RESINA MODELO TAM TRANSFORMADORES - TIPO TAM Os transformadores a seco moldados em resina epóxi são indicados para operar em locais que exigem segurança, os materiais utilizados em sua construção são de difícil

Leia mais

Núcleo de Pós-Graduação Pitágoras Escola Satélite Curso de Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho

Núcleo de Pós-Graduação Pitágoras Escola Satélite Curso de Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho Núcleo de Pós-Graduação Pitágoras Escola Satélite Curso de Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho DISCIPLINA: HIGIENE OCUPACIONAL IV Aula 60 VENTILAÇÃO LOCAL EXAUSTORA Parte I da Aula 60

Leia mais

ANEXO V - QUADRO 1 - USOS DO SOLO E MEDIDAS MITIGADORAS MÍNIMAS

ANEXO V - QUADRO 1 - USOS DO SOLO E MEDIDAS MITIGADORAS MÍNIMAS ANEXO V - QUADRO 1 - USOS DO SOLO E MÍNIMAS Parte integrante da Lei Complementar de Uso e Ocupação do Solo Açougue, padaria, farmácia, peixaria, bares e lanchonetes com no máximo 100 m² de área construída.

Leia mais

VENTILADORES VENTILADORES AXIAIS. Modelos VHF-VHV

VENTILADORES VENTILADORES AXIAIS. Modelos VHF-VHV Modelos VHF-VHV Aspectos Gerais Os ventiladores aiais da linha VH, com pás em perfil airfoil fundidas em alumínio representam o avanço de um sistemático e contínuo trabalho de desenvolvimento e aprimoramento

Leia mais

ANEXO II MEMORIAL DESCRITIVO CONCORRENCIA 06/2012 CADERNO 3 - ACÚSTICA

ANEXO II MEMORIAL DESCRITIVO CONCORRENCIA 06/2012 CADERNO 3 - ACÚSTICA 1 DE 5 ANEXO II MEMORIAL DESCRITIVO CONCORRENCIA 06/2012 CADERNO 3 - ACÚSTICA 2 DE 5 CLIENTE CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO ESTADO DE SÃO PAULO OBRA PROJETOS EXECUTIVOS PARA REALOCAÇÃO DE GRUPOS

Leia mais

INSTALAÇÕES DE VENTILAÇÃO MECÂNICA

INSTALAÇÕES DE VENTILAÇÃO MECÂNICA FNDE ProInfância INSTALAÇÕES DE VENTILAÇÃO MECÂNICA PROJETO EXECUTIVO MEMORIAL TÉCNICO 13 de março de 2008 FNDE ProInfância INSTALAÇÕES DE VENTILAÇÃO MECÂNICA MEMORIAL TÉCNICO Memória Descritiva e Justificativa

Leia mais

E077 I 1S40AG 2H T B. Instruções para montagem e utilização

E077 I 1S40AG 2H T B. Instruções para montagem e utilização E077 I 1S40AG 2H T B Instruções para montagem e utilização Instruções para montagem e utilização Ater-se especificamente às instruções indicadas neste manual. Não nos responsabilizamos por eventuais

Leia mais

Ventilação Aplicada à Engenharia de Segurança do Trabalho

Ventilação Aplicada à Engenharia de Segurança do Trabalho UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO ESPECIALIZAÇÃO em ENGENHARIA de SEGURANÇA do TRABALHO Ventilação Aplicada à Engenharia de Segurança do Trabalho (6ª Aula) Prof. Alex Maurício Araújo Recife - 2009 Ventiladores

Leia mais

Aquecimento Ventilaçгo Ar Condicionado

Aquecimento Ventilaçгo Ar Condicionado Aquecimento Ventilaçгo Ar Condicionado 2015 Esta gama de produtos está destinada às tubagens flexíveis e rígidas para ventilação, ar condicionado e aquecimento. Tubos flexíveis Alumínio Compacto - página

Leia mais

SPLIT, BI-SPLIT e ACQUA

SPLIT, BI-SPLIT e ACQUA Linha Utopia HFC R-410A SPLIT, BI-SPLIT e ACQUA Linha residencial e comercial de pequeno porte com gás amigável ao meio ambiente condensação a ar e a água www.hitachiapb.com.br 2 Utopia HFC R-410A Linha

Leia mais

INDICE. Pag.2. Pag.3. Pag.4. Pag.5-6. Pag.7. Acessórios complementares

INDICE. Pag.2. Pag.3. Pag.4. Pag.5-6. Pag.7. Acessórios complementares INDICE Separador de Gorduras em PEAD para montagem apoiada: modelo KESSEL Euro G para aspiração directa ou aspiração à distância Separador de Gorduras em PEAD para montagem apoiada: modelo KESSEL Euro

Leia mais

FreziPUMP Com Sol, tenha Água!

FreziPUMP Com Sol, tenha Água! FreziPUMP Com Sol, tenha Água! A Frezite apresenta uma vasta gama de equipamentos para captação e gestão da água, o que permite escolher a melhor solução para o seu projeto. Apostamos em soluções autónomas

Leia mais

VENTILADORES AXIAIS AC / B/ AL AFR

VENTILADORES AXIAIS AC / B/ AL AFR VENTILADORES AXIAIS AC / B/ AL AFR ÍNDICE CONTEÚDO Pág Nº Generalidades sobre ventiladores 4 Generalidades sobre as curvas características 5 Ventiladores AFR 5 Nomenclatura 6 Seleção 7 Dimensões AFR /

Leia mais

MOTOBOMBAS E CONJUNTOS PARA COMBATE A INCÊNDIO

MOTOBOMBAS E CONJUNTOS PARA COMBATE A INCÊNDIO MOTOBOMBAS E CONJUNTOS PARA COMBATE A INCÊNDIO Motobombas para combate a incêndio ÍNDICE FSGIN Pg. 3 FIN Pg. 13 Pg. 33 A Famac tem a solução certa em Bombas para sistemas de combate a incêndio. CONJUNTOS

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR NORMA TÉCNICA N 15

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR NORMA TÉCNICA N 15 ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR NORMA TÉCNICA N 15 CONTROLE DE FUMAÇA PARTE 2 CONCEITOS, DEFINIÇÕES E COMPONENTES DO SISTEMA

Leia mais

CATÁLOGO DAS MÁQUINAS DE Alcatifas e estofos

CATÁLOGO DAS MÁQUINAS DE Alcatifas e estofos CATÁLOGO DAS MÁQUINAS DE Alcatifas e estofos EXTRACT P25 FIMAP Máquina multifuncional de injeção/extracção para lavagem de estofos e tapetes/alcatifas, muito versátil. Pode também ser usada como aspirador

Leia mais

Ventilação Aplicada à Engenharia de Segurança do Trabalho

Ventilação Aplicada à Engenharia de Segurança do Trabalho UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO ESPECIALIZAÇÃO em ENGENHARIA de SEGURANÇA do TRABALHO Ventilação Aplicada à Engenharia de Segurança do Trabalho (3ª Aula) Prof. Alex Maurício Araújo Recife - 2009 VGD

Leia mais

Copyright 2015 Todos os direitos reservados Air Atmos - Renovar, BRASIL - Atibaia, são Paulo-Brasil 12.942-080 Telefone Escritório: 11 4411 3027

Copyright 2015 Todos os direitos reservados Air Atmos - Renovar, BRASIL - Atibaia, são Paulo-Brasil 12.942-080 Telefone Escritório: 11 4411 3027 A Wgui é uma empresa do grupo Atmos Ambiental do Brasil uma empresa experiente que visa o desenvolvimento de novas tecnologias sem estar agredindo o nosso eco sistema desenvolveu coifas com tecnologia

Leia mais

Mezzo Compensação. cozinhas. Hottes > hottes tradicionais grande conforto. descrição técnica. p. 926. hotte de cozinha tradicional Conforto.

Mezzo Compensação. cozinhas. Hottes > hottes tradicionais grande conforto. descrição técnica. p. 926. hotte de cozinha tradicional Conforto. Hottes > hottes tradicionais grande conforto cozinhas Mezzo Compensação hotte de cozinha tradicional Conforto vantagens Compensação integrada. Filtros de choque montados de série. Iluminação encastrada

Leia mais

Características Unidades Exteriores (Condições Eurovent)

Características Unidades Exteriores (Condições Eurovent) LG SINGLE A (1 ) UNIDADE EXTERIOR As unidades exteriores referenciadas UUxxWH marca LG, são unidades bomba de calor (Modo Reversível) de expansão directa a operar com o fluído frigorigénio R410A. A unidade

Leia mais

Radiador de ar Indústria AC-LN / ACA-LN / ACAF-LN 8-14

Radiador de ar Indústria AC-LN / ACA-LN / ACAF-LN 8-14 Radiador de ar Indústria AC-LN / ACA-LN / ACAF-LN 8-14 Símbolo Gerais Os radiadores de ar da série AC-LN 8-14 podem ser aplicados em todas as áreas nas quais é preciso resfriar óleo ou mistura de água-glicol

Leia mais

MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS IFSC- JOINVILLE SANTA CATARINA DISCIPLINA DESENHO TÉCNICO CURSO ELETRO-ELETRÔNICA MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS 2011.2 Prof. Roberto Sales. MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS A

Leia mais

Parâmetros para o correto uso do gás canalizado

Parâmetros para o correto uso do gás canalizado Parâmetros para o correto uso do gás canalizado 2 Os parâmetros para utilização adequada do gás canalizado encontram-se no Decreto Estadual 23.317/97 que aprova o Regulamento de Instalações Prediais -

Leia mais

SPLIT HI WALL NOVO. Conforto, economia para o bolso e design clean Sua vida merece mais

SPLIT HI WALL NOVO. Conforto, economia para o bolso e design clean Sua vida merece mais SPLIT HI WALL INVERTER R-410A NOVO Conforto, economia para o bolso e design clean Sua vida merece mais SPLIT HI WALL INVERTER R-410A NOVO Conforto e economia em sua casa O Split Hi Wall Inverter da Hitachi

Leia mais