SCRIPTS - FORNECEDORES (Vendedor) ÍNDICE

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SCRIPTS - FORNECEDORES (Vendedor) ÍNDICE"

Transcrição

1 SCRIPTS - FORNECEDORES (Vendedor) ÍNDICE PERGUNTAS A SEREM RESPONDIDAS PELA CENTRAL DE ATENDIMENTO 6 CATÁLOGO DE PRODUTOS 6 1. Qual o padrão para inclusão de imagens de meus produtos no Portal de Operações do BNDES? 6 2. Estou com problemas no redimensionamento de imagens, como posso resolver? 6 3. Como faço para excluir um produto exposto no catálogo de produtos? 6 4. Como faço para alterar o catálogo de produtos? 6 5. Como faço para solicitar a ativação dos produtos alterados do catálogo? 6 6. Como faço para resolver um problema do meu catálogo de produtos? _ 7 7. Como montar o Catálogo de Produtos? 7 8. Onde obtenho o número ANVISA? Que número de referência e nome comercial devo colocar em meus produtos? 7 9. Quais os cuidados que preciso ter no momento da montagem do meu catálogo? Quais são as situações do cadastro dos meus produtos? 8 CNAE FISCAL Como preencher o campo de CNAE Fiscal da empresa, na solicitação de credenciamento como fornecedor? Minha empresa possui código CNAE não admitido para acesso imediato ao Portal. Entretanto, minhas atividades se encaixam nas Normas de Utilização do Portal de Operações do BNDES, pois sou fabricante ou presto serviço de CERTIFICAÇÃO / ACREDITAÇÃO. Como faço para acessar o Portal de Operações e me credenciar como fornecedor? Por que meu código de atividade econômica (CNAE) não foi aceito para acesso ao Portal? Como alterar meu CNAE no portal? 9 COMO REALIZAR ALTERAÇÕES 10 Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/2008 1

2 15. Como faço para alterar os dados cadastrais? Como faço para inserir e/ou remover usuários? 11 COMO SE TORNAR UM PORTADOR DO CARTÃO Sou fornecedor do Portal de Operações do BNDES e gostaria de solicitar um Cartão. O que fazer? 12 COMO SIMULAR UM FINANCIAMENTO Como faço para simular um financiamento no Portal de Operações do BNDES? O Simulador calcula o valor das prestações com o IOF? 13 CUSTOS Quais os custos para o Fornecedor se credenciar no Portal de Operações do BNDES? 14 DISTRIBUIDORES/REVENDEDORES Distribuidores/ revendedores podem ser fornecedores do Cartão BNDES? Sou distribuidor de fabricante não credenciado pelo Portal de Operações do BNDES; o que fazer? Como saber se o fabricante já é credenciado no Portal de Operações do BNDES? Qual o procedimento para o fabricante indicar um distribuidor? O que o fabricante deverá fazer após a indicação do distribuidor? Como funcionará a operação através de Distribuidores? Uma empresa poderá ser distribuidora autorizada de mais de um fabricante credenciado? O Distribuidor pode comprar produtos do Fabricante que o indicou com o Cartão BNDES? 15 DIVULGAÇÃO DO CARTÃO A SEUS CLIENTES Existe algum material de divulgação sobre o Cartão BNDES? O BNDES disponibiliza material de divulgação sobre o Cartão BNDES para feiras e eventos? 16 DIVULGAÇÃO DOS CLIENTES INSCRITOS NO PORTAL Gostaria de saber quais são as empresas cadastradas como compradoras no Cartão BNDES. 16 GESTOR 16 Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/2008 2

3 32. Como saber quem é o gestor de minha empresa? 16 KIT GNV (Gás Natural Veicular) Quem pode ser fornecedor do Kit GNV? 16 ONDE VENDER COM O CARTÃO Posso vender meus produtos, utilizando o Cartão BNDES, fora do Portal de Operações do BNDES? 17 O QUE É CREDENCIAMENTO O que é credenciamento de fornecedor no Portal de Operações do BNDES? 17 O QUE FAZER PARA TORNAR-SE UM FORNECEDOR NO PORTAL Quais as são as etapas para se tornar um fornecedor ativo? O que fazer após a solicitação de credenciamento no Portal de Operações do BNDES? Como se credenciar como Fornecedor no Portal de Operações do BNDES? (Cont.) Como se credenciar como Fornecedor no Portal de Operações do BNDES? (Cont.) Como se credenciar como Fornecedor no Portal de Operações do BNDES? Quais são os documentos solicitados pela Adquirente (VISANET e REDECARD)? Até hoje não recebi a visita da administradora (VISANET e/ou REDECARD) na minha empresa, o que posso fazer? Sou fabricante de computadores, por que o meu credenciamento foi recusado - PPB? Como solicitar a 2ª afiliação? Como cancelar a solicitação de credenciamento? 23 PAGAMENTOS/RECEBIMENTOS Qual a forma de pagamento para compras? Como faço para receber o valor das vendas efetivadas pelo Cartão BNDES? Quais são os bancos indicados pela VISANET e REDECARD para o fornecedor receber as vendas efetivadas pelo Cartão BNDES? Fiz uma venda, mas ainda não recebi. O que fazer? 25 Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/2008 3

4 48. Como posso saber o banco onde será depositado o crédito pela venda? Como posso mudar o domicílio bancário? 26 PRAZOS Qual o prazo para informação da Nota Fiscal? Qual é o prazo para a conclusão do processo de credenciamento como fornecedor? 26 PROBLEMAS NA TRANSAÇÃO Cancelamento de transação Problemas com Visanet ou Redecard. Para onde ligar? Ao tentar realizar uma venda, o portal retorna uma mensagem, dizendo que as bandeiras são incompatíveis. Por quê? Quando tento selecionar o nome do usuário comprador, não aparece nada Erros de transação (Cont.) Erros de transação 30 PROBLEMAS NA TRANSMISSÃO Não estou conseguindo acessar a página ou realizar transações. O que fazer? 30 PROCEDIMENTOS PARA REALIZAR VENDAS NO PORTAL Qual o procedimento do fornecedor para realizar uma venda indireta? Posso alterar o nº da NOTA FISCAL? Posso informar mais de uma NOTA FISCAL para o mesmo pedido? Quais as modalidades de compra que o Cartão BNDES oferece? Qual o procedimento para que o fornecedor possa disponibilizar a compra direta? Qual o procedimento do fornecedor após ser realizada uma compra direta? Meu comprador poderá utilizar mais de um Cartão BNDES para realizar uma única compra? Meu comprador poderá utilizar o Cartão BNDES para pagar parte do valor da compra? 33 Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/2008 4

5 66. Qual o procedimento do fornecedor para capturar um pedido autorizado? 34 PROSOFT Sou fornecedora do Cartão BNDES como posso participar do Programa PROSOFT? Quem pode se credenciar no PROSOFT Comercialização? Como faço para me credenciar no Prosoft Comercialização? 35 QUEM PODE/NÃO PODE SE CREDENCIAR AO PORTAL Quem pode se credenciar como Fornecedor no Portal de Operações do BNDES? Quem NÃO pode se credenciar como Fornecedor no Portal de Operações do BNDES? 36 SEGURANÇA DAS TRANSAÇÕES É seguro realizar transações no Portal de Operações do BNDES? 36 VANTAGENS Quais são as principais vantagens do fornecedor? 36 OUTROS ÍNDICE DE NACIONALIZAÇÃO Credenciamento FINAME x Cartão BNDES Máquinas e equipamentos importados Mensagem Sua empresa já é cliente em outra aplicação do Portal de Operações do BNDES. Por favor utilize seu CNPJ, login e senha para efetuar a sua solicitação no Portal do Cartão BNDES. 37 SENHA Quais as instruções para cadastramento da senha? Ao tentar cadastrar minha empresa, o Portal exibe uma mensagem informando que A Empresa já é Cadastrada. Digite seu CNPJ, Login e Senha. O que fazer? 38 Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/2008 5

6 PERGUNTAS A SEREM RESPONDIDAS PELA CENTRAL DE ATENDIMENTO PERGUNTAS 1. Qual o padrão para inclusão de imagens de meus produtos no Portal de Operações do BNDES? 2. Estou com problemas no redimensionamento de imagens, como posso resolver? 3. Como faço para excluir um produto exposto no catálogo de produtos? 4. Como faço para alterar o catálogo de produtos? 5. Como faço para solicitar a ativação dos produtos alterados do catálogo? RESPOSTAS CATÁLOGO DE PRODUTOS No cadastramento de produtos, a inclusão das imagens dos produtos, nos tamanhos pequeno e grande, deverá atender aos seguintes requisitos: as imagens deverão ser no padrão.gif ou jpg, com tamanho de até 10 K, sendo a imagem pequena de 94 x 82 pixels e a grande de 154 x 120 pixels, largura x altura. Consultar no menu Manuais, o Manual do Fornecedor - Redimensionamento de Imagens. Favor acessar o Portal, clicar no menu Manuais e consultar o Manual de Fornecedor Redimensionamento de Imagens. Para excluir um produto no Portal de Operações do BNDES, a empresa deverá acessar o seu catálogo de produtos e terá as opções de alterar, excluir, bloquear e etc... Informamos que um produto excluído do catálogo não poderá ser recuperado, portanto sugerimos que utilize a opção bloquear, pois assim poderá reativá-lo a qualquer momento. Outras dúvidas sobre a montagem e manutenção do catálogo, favor acessar o Portal, clicar no menu Manuais e consultar o Manual de Fornecedor Montagem do Catálogo. Para alterar o texto no Catálogo de Produtos, acessar o Portal de Operações do BNDES e: 1. Digitar o CNPJ, Senha e Login 2. Conectar como Fornecedor 3. Clicar em Cadastro de Produtos 4. Clicar no nº de referência do Produto que quer Alterar 5. Clicar no botão Alterar 6. Fazer as alterações necessárias e 7. Gravar 8. Solicitar a ativação do Catálogo de Produtos Outras Dúvidas sobre a montagem e manutenção do catálogo, favor acessar o Portal, clicar no menu Manuais e consultar o Manual de Fornecedor Montagem do Catálogo. Para ativar o Produto alterado, acessar o Portal de Operações do BNDES e: 1. Digitar o CNPJ, Senha e Login 2. Conectar como Fornecedor 3. Clicar em Cadastro de Produtos 4. Clicar no botão Solicita a Ativação do Catálogo Outras Dúvidas sobre a montagem e manutenção do catálogo, favor acessar o Portal, clicar no menu Manuais e consultar o Manual de Fornecedor Montagem do Catálogo. Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/2008 6

7 6. Como faço para resolver um problema do meu catálogo de produtos? 7. Como montar o Catálogo de Produtos? 8. Onde obtenho o número ANVISA? Que número de referência e nome comercial devo colocar em meus produtos? 9. Quais os cuidados que preciso ter no momento da montagem do meu catálogo? Favor acessar o Portal, clicar no menu Manuais e consultar o Manual de Fornecedor Montagem do Catálogo. Se não conseguir resolver o problema mesmo após a leitura do Manual, envie uma mensagem para a Central de Atendimento do Cartão BNDES através do menu FALE CONOSCO. Favor acessar o Portal, clicar no menu Manuais e consultar o Manual de Fornecedor Montagem do Catálogo. O número ANVISA é usado somente pelo setor de saúde. O número de referência é um identificador do produto no catálogo. Caso seus produtos não possuam um que o identifiquem na empresa, vocês deverão criar um da maneira que acharem melhor. O nome comercial fica a seu critério. O que podemos sugerir é que se coloque um nome conhecido do mercado consumidor para melhor identificação do produto, pois este campo será utilizado pelo sistema de busca de produtos do Portal. Não deve conter palavras abreviadas ou códigos. Outras Dúvidas sobre a montagem e manutenção do catálogo, favor acessar o Portal, clicar no menu Manuais e consultar o Manual de Fornecedor Montagem do Catálogo. Na montagem do catálogo de produtos, atente para alguns campos: Nº de referência: é um número que identifica o produto no portal. Pode ser um número seqüencial. Nome: é o nome do produto, por extenso Descrição: descrição do produto, incluindo sua finalidade e composição Modelo: Campo opcional Nome comercial: este campo será utilizado pelo sistema de busca do Portal; por isso, deverá conter a palavra-chave do nome do produto, sempre por extenso. Abreviar significa dificultar que uma empresa encontre seu produto no catálogo. Preço: obrigatório somente no caso de participação de venda direta Nº ANVISA: só é necessário para o setor médico Imagens: deverão ter as dimensões exatas para a altura e largura para que o portal as aceite Categoria: é importante procurar a categoria mais adequada ao seu produto. Procure classificar o equipamento de acordo com seu conceito e não, com sua finalidade. Outras Dúvidas sobre a montagem e manutenção do catálogo, favor acessar o Portal, clicar no menu Manuais e consultar o Manual de Fornecedor Montagem do Catálogo. Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/2008 7

8 10. Quais são as situações do cadastro dos meus produtos? Os produtos cadastrados podem estar nas seguintes situações: - Não classificado: a empresa deverá classificar o produto, ou seja, associar a categoria mais adequada; - Classificado: Depois que empresa estiver AFILIADA, ela deverá solicitar a ativação do catálogo; - Em Ativação: Depois que a empresa estiver HOMOLOGADA, o BNDES analisará e ativará o produto; - Aceito pelo BNDES: No dia em que o produto for ativado pelo BNDES, o produto passará a ter esta situação; - Disponível para compra: O produto já pode ser comercializado. Outras Dúvidas sobre a montagem e manutenção do catálogo, favor acessar o Portal, clicar no menu Manuais e consultar o Manual de Fornecedor Montagem do Catálogo. 11. Como preencher o campo de CNAE Fiscal da empresa, na solicitação de credenciamento como fornecedor? CNAE FISCAL Este campo deverá ser preenchido com o código CNAE Fiscal (Principal ou Secundário) atribuído pela Receita Federal à sua empresa, para descrição de sua atividade econômica. Este código, de 7 dígitos, pode ser encontrado em seu Cartão de CNPJ, ou através de consulta ao site da Receita Federal ( clicando-se no link "CNPJ" e a seguir em "Comprovante de Inscrição". Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/2008 8

9 12. Minha empresa possui código CNAE não admitido para acesso imediato ao Portal. Entretanto, minhas atividades se encaixam nas Normas de Utilização do Portal de Operações do BNDES, pois sou fabricante ou presto serviço de CERTIFICAÇÃO / ACREDITAÇÃO. Como faço para acessar o Portal de Operações e me credenciar como fornecedor? 13. Por que meu código de atividade econômica (CNAE) não foi aceito para acesso ao Portal? 14. Como alterar meu CNAE no portal? O Portal realiza a verificação do CNAE Fiscal informado pela empresa solicitante. Caso este CNAE Fiscal não esteja em uma relação de códigos previamente aceitos, conforme as Normas de Utilização do Portal de Operações do BNDES, o Portal não permite o acesso direto de sua empresa à solicitação de credenciamento. Caso sua empresa seja: - FABRICANTE de produtos passíveis de credenciamento; - Prestadora de serviços de CERTIFICAÇÃO, como por exemplo o ISO 9000, desde que seja acreditada pelo INMETRO ou por outras instituições federais; - Prestadora de serviços de ACREDITAÇÃO, no caso de hospitais e demais instituições de saúde, desde que prestados segundo os padrões de acreditação reconhecidos pela Agência Nacional de Saúde Suplementar ANS. Verifique o que consta no objeto social de sua empresa, caso conste a atividade de fabricação, ou emissão de Certificação / Acreditação, envie ao BNDES documentos que comprovem sua atividade econômica. Os documentos que deverão ser enviados são: - cópia AUTENTICADA do contrato social e alterações; - catálogos dos produtos fabricados pela empresa (se for o caso); - quaisquer outras informações que atestem seu pleito e; - informar o CNPJ da empresa, dados de contato e o motivo do envio da documentação. Para o seguinte endereço: Av. República do Chile 100, 16º andar, sala 1618 Centro, RJ. CEP: A/C: Cartão BNDES Será iniciado então, o processo de análise visando o enquadramento de sua empresa. O Portal realiza a verificação do CNAE Fiscal informado pela empresa solicitante. Caso este CNAE Fiscal não esteja em uma relação de códigos previamente aceitos, conforme as Normas de Utilização do Portal de Operações do BNDES, o Portal não permite o acesso direto de sua empresa à solicitação de credenciamento. CNAEs de comércio ou de itens não passíveis de credenciamento não são aceitos automaticamente. Enviar uma mensagem para o Fale Conosco, solicitando a alteração do CNAE Fiscal, informando o código correto constante no cartão CNPJ. Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/2008 9

10 15. Como faço para alterar os dados cadastrais? COMO REALIZAR ALTERAÇÕES 1. Acessar o Portal de Operações BNDES ( 2. Digitar o CNPJ, Senha e Login 3. Clicar em Dados Cadastrais 4. Clicar em Alterar 5. Fazer as alterações necessárias e 6. Gravar Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/

11 16. Como faço para inserir e/ou remover usuários? O fornecedor inscrito, em seu primeiro acesso, terá criado um usuário Master, ao qual será permitido adicionar e/ou remover usuários, bem como identificar estes usuários e a que partes do Portal deverão ter acesso. 1. Acessar o Portal de Operações BNDES ( 2. Digitar o CNPJ, Senha e Login 3. Clicar em Cadastro de Usuários 4. Para inserir um novo usuário, clicar em Novo 5. Para excluir um usuário, clicar no usuário cadastrado e clicar em Excluir. Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/

12 COMO SE TORNAR UM PORTADOR DO CARTÃO 17. Sou fornecedor do Portal de Operações do BNDES e gostaria de solicitar um Cartão. O que fazer? Para solicitar o Cartão BNDES, já estando cadastrado como fornecedor do Portal de Operações do BNDES, a empresa deverá acessar o Portal de Operações do BNDES, informando o CNPJ, login e senha e encontrará o botão Solicite seu Cartão, onde poderá solicitar o Cartão BNDES. Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/

13 18. Como faço para simular um financiamento no Portal de Operações do BNDES? COMO SIMULAR UM FINANCIAMENTO Na parte superior da primeira página do Portal de Operações do BNDES, clicar em "Simulador. Aparecerá uma janela para que sejam preenchidos dados relativos ao valor a ser financiado. 19. O Simulador calcula o valor das prestações com o IOF? A alíquota de IOF cobrada nas operações de crédito do BNDES, inclusive o Cartão BNDES, é de 0%. A alíquota adicional do IOF de 0,38% que vinha sendo cobrada sobre as operações do Cartão BNDES desde 3/01/08 foi extinta a partir de 12/05/08, de acordo com o Decreto Nº Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/

14 20. Quais os custos para o Fornecedor se credenciar no Portal de Operações do BNDES? CUSTOS Taxa de Afiliação VISANET - R$ 50,00 (cobrada apenas na 1ª transação); REDECARD no momento, não está sendo cobrada nenhuma taxa de Afiliação Taxa de Desconto até 3% de cada transação (negociado com a Visanet e a Redecard). É a remuneração das adquirentes. Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/

15 21. Distribuidores/ revendedores podem ser fornecedores do Cartão BNDES? 22. Sou distribuidor de fabricante não credenciado pelo Portal de Operações do BNDES; o que fazer? 23. Como saber se o fabricante já é credenciado no Portal de Operações do BNDES? 24. Qual o procedimento para o fabricante indicar um distribuidor? 25. O que o fabricante deverá fazer após a indicação do distribuidor? 26. Como funcionará a operação através de Distribuidores? 27. Uma empresa poderá ser distribuidora autorizada de mais de um fabricante credenciado? 28. O Distribuidor pode comprar produtos do Fabricante que o indicou com o Cartão BNDES? DISTRIBUIDORES/REVENDEDORES Sim. O distribuidor/revendedor pode ser fornecedor do Cartão BNDES desde que indicado no Portal por fabricante(s) já credenciado(s). O fabricante credenciado deverá verificar no menu "Manuais" em Veja como indicar Distribuidores no Portal como efetuar esta indicação. Solicite ao fabricante representado por sua empresa que se credencie e passe a ser fornecedor do Portal de Operações do BNDES. Desse modo, ele poderá indicar sua empresa a vender seus produtos no Portal como um distribuidor autorizado. O fabricante credenciado deverá verificar no menu "Manuais" em Veja como indicar Distribuidores no Portal como efetuar esta indicação. A empresa deverá acessar o Portal de Operações do BNDES no endereço clicar à esquerda na página principal em Rede de Fornecedores Credenciados e colocar no campo em branco o nome do fornecedor ou consultando a ordem alfabética. O fabricante credenciado poderá obter a informação de como efetuar esta indicação, ao acessar o Portal e no menu "Manuais" consultar o documento Veja como indicar Distribuidores no Portal. Após concluir este processo, deverá entrar em contato com o distribuidor e passar as seguintes informações: - login e senha cadastrados para ele; - documentação que ele deverá providenciar para a afiliação à Visanet e/ou Redecard. O representante da Adquirente entrará em contato para agendar visita. Somente após a afiliação ao adquirente e a indicação dos produtos que poderão ser vendidos, o distribuidor estará apto a realizar vendas. Para mais informações favor acessar o Portal e no menu "Manuais" consultar o documento Veja como indicar Distribuidores no Portal. O Distribuidor fará apenas vendas indiretas, emitirá a nota fiscal, deverá capturar o pedido no Portal (informar o número da nota fiscal) e receberá o valor das vendas realizadas diretamente na conta corrente informada à Adquirente (Visanet ou Redecard). Os custos são os mesmos do fabricante (até 3% sobre o valor das vendas + R$ 50,00 na primeira venda, no caso da Visanet). Para mais informações favor acessar o Portal e no menu "Manuais" consultar o documento Veja como indicar Distribuidores no Portal. Sim. Para mais informações favor acessar o Portal e no menu "Manuais" consultar o documento Veja como indicar Distribuidores no Portal. O Distribuidor não pode utilizar o Cartão BNDES, caso o possua, para comprar, do fabricante que o indicou, bens para os quais tenha sido autorizado a vender no Portal de Operações. Para mais informações favor acessar o Portal e no menu "Manuais" consultar o documento Veja como indicar Distribuidores no Portal. Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/

16 29. Existe algum material de divulgação sobre o Cartão BNDES? 30. O BNDES disponibiliza material de divulgação sobre o Cartão BNDES para feiras e eventos? DIVULGAÇÃO DO CARTÃO A SEUS CLIENTES Sim. O fornecedor poderá fazer o "download" do folder, do adesivo e do prisma do Cartão BNDES, através do item "Manuais Veja como divulgar o Cartão BNDES para os seus clientes para a divulgação do Cartão BNDES e incluir o logo do Cartão BNDES em seu "site" da Internet. Informamos que a imagem do Cartão BNDES está disponível na página de "Padrões de Comunicação" no endereço: Além disso, a imagem do Cartão BNDES, com um link para o Portal de Operações do Cartão BNDES, poderá constar do site de sua empresa. Disponibilizamos também no site do Cartão BNDES no link Clique aqui e conheça as vantagens do Cartão BNDES, um tutorial com 4 filmes curtos sobre a nossa linha de financiamento. Neste caso, entre em contato com o Gestor de sua empresa (ver em Dados Cadastrais ) e solicite o material desejado. DIVULGAÇÃO DOS CLIENTES INSCRITOS NO PORTAL 31. Gostaria de saber quais são as empresas cadastradas como compradoras no Cartão BNDES. Informações sobre a carteira de clientes de uma instituição financeira não podem ser divulgadas, por encontrar-se sob sigilo bancário. O dispositivo legal que trata sob o sigilo bancário pode ser acessado através do endereço - Lei Complementar nº 105, de 10/01/2001, publicada no DOU de 11/01/2001 GESTOR 32. Como saber quem é o gestor de minha empresa? Favor acessar o Portal de Operações do BNDES, utilizando CNPJ, login e senha, e clicar em DADOS CADASTRAIS. KIT GNV (Gás Natural Veicular) 33. Quem pode ser fornecedor do Kit GNV? As oficinas instaladoras do kit gás natural veicular devidamente registradas no INMETRO e com o C.R.I. dentro da validade. Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/

17 34. Posso vender meus produtos, utilizando o Cartão BNDES, fora do Portal de Operações do BNDES? ONDE VENDER COM O CARTÃO Não. O cartão deverá ser utilizado, exclusivamente, no Portal de Operações do BNDES para adquirir os produtos expostos. 35. O que é credenciamento de fornecedor no Portal de Operações do BNDES? O QUE É CREDENCIAMENTO É o processo prévio de aprovação do fornecedor e de seus produtos pelo BNDES, para que ele possa comercializá-los no Portal de Operações do BNDES, aceitando o Cartão BNDES como forma de pagamento. Para mais informações favor acessar o Portal e no menu "Manuais" consultar o documento Manual do Fornecedor - Credenciamento. Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/

18 O QUE FAZER PARA TORNAR-SE UM FORNECEDOR NO PORTAL 36. Quais as são as etapas para se tornar um fornecedor ativo? Para a empresa se tornar um fornecedor ativo deverá cumprir as seguintes etapas: 1. ANÁLISE BNDES - O BNDES irá analisar se a atividade é compatível com as normas do Portal de Operações do BNDES. Se estiver de acordo, o Portal enviará a solicitação para a Adquirente (VISANET e/ou REDECARD), que agendará uma visita à empresa e solicitará a documentação necessária para proceder à afiliação ao Portal de Operações do BNDES. 2. EM ANÁLISE DE AFILIAÇÃO - Adquirente (VISANET e/ou REDECARD) entrará em contato com a empresa, que já poderá iniciar a montagem do catálogo. 3. AFILIADO - A Adquirente (VISANET e/ou REDECARD) já entrou em contato e todos os procedimentos de afiliação já foram efetuados. Empresa deve montar seu catálogo de produtos. 4. HOMOLOGAÇÃO TÉCNICA - A Adquirente (VISANET) estará realizando testes na sua loja virtual. (Esta etapa não existe na afiliação à REDECARD). 5. HOMOLOGADO - A Adquirente (VISANET) efetuou a homologação da loja virtual, estando a empresa fornecedora considerada apta a ter seus produtos ativados pelo BNDES. 6. FORNECEDOR ATIVO - O BNDES ativará o catálogo e os produtos ativados passarão, em até 48 horas (após data da homologação), a estarem visíveis e disponíveis para compra/venda. A partir deste momento, o fornecedor já poderá realizar suas vendas no Portal. Os produtos só estarão disponíveis para compra no dia seguinte à aceitação dos mesmos pelo BNDES. Para mais informações favor acessar o Portal e no menu "Manuais" consultar o documento Manual do Fornecedor - Credenciamento. 37. O que fazer após a solicitação de credenciamento no Portal de Operações do BNDES? O BNDES analisará o CNAE Fiscal informado e, caso aprovado, enviará a solicitação para a VISANET e/ou REDECARD, que agendará uma visita à empresa para proceder à afiliação. O fornecedor terá disponível no Portal, em sua página, já a partir da solicitação de credenciamento o acesso ao cadastro de produtos, preenchendo on-line o formulário correspondente. Após afiliado pela VISANET e/ou REDECARD, o fornecedor com o catálogo montado, deverá solicitar a ativação do mesmo no campo indicado no Portal de Operações do BNDES. Uma vez homologados pela VISANET e/ou REDECARD, os produtos deverão ainda ser liberados pelo BNDES, e após a solicitação da ativação do Catálogo de Produtos, em até 48 horas os produtos estarão disponíveis para venda, caso não haja nenhum ajuste a ser feito. Para mais informações favor acessar o Portal e no menu "Manuais" consultar o documento Manual do Fornecedor - Credenciamento. Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/

19 38. Como se credenciar como Fornecedor no Portal de Operações do BNDES? 1. Clicar em "Seja um fornecedor credenciado"; 2. Selecionar a afiliadora VISANET e REDECARD. Instruir o Fornecedor a solicitar afiliação pelas duas bandeiras. 3. Informar CNAE fiscal conforme cartão do CNPJ; 4. Conhecer as Normas de Utilização do Portal; Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/

20 36. (Cont.) Como se credenciar como Fornecedor no Portal de Operações do BNDES? 5. Preencher a solicitação de afiliação e clicar em Avançar ; 6. Confirmar os dados informados e clicar em Avançar ; 7. Verificar os próximos passos para concluir o processo de credenciamento. Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/

21 36. (Cont.) Como se credenciar como Fornecedor no Portal de Operações do BNDES? O BNDES irá analisar se a atividade econômica da empresa é compatível com as normas do Portal de Operações do BNDES. Se estiver de acordo, enviará a solicitação para a VISANET e/ou REDECARD, que agendará uma visita à empresa e solicitará a documentação necessária para proceder ao credenciamento ao Portal de Operações do BNDES. Para mais informações favor acessar o Portal e no menu "Manuais" consultar o documento Manual do Fornecedor - Credenciamento. Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/

22 39. Quais são os documentos solicitados pela Adquirente (VISANET e REDECARD)? Documentos que devem ser providenciados pela empresa no momento da afiliação ao Sistema VISANET. - Ata de Constituição e Estatuto Social, se S/A, ou; - Cópia de Contrato Social e alterações e - Cópia de CIC e RG dos sócios, se ltda. - Cópia de Comprovante de Domicílio Bancário - Cópia do CNPJ; 40. Até hoje não recebi a visita da administradora (VISANET e/ou REDECARD) na minha empresa, o que posso fazer? No momento da visita o responsável VISANET preencherá a proposta de afiliação e entregará os seguintes documentos: - Contrato de Afiliação ao Sistema VISANET - Termo Aditivo ao Contrato de Afiliação ao Sistema VISANET - Comércio Eletrônico - Aditivo ao Contrato de Afiliação ao Sistema VISANET - Portal Cartão BNDES Documentos que devem ser providenciados pela empresa no momento da afiliação ao Sistema REDECARD são: - Ata de Constituição e Estatuto Social, se S/A, ou; - Cópia de Contrato Social e alterações e - Cópia de CIC e RG dos sócios, se ltda. - Cópia de Comprovante de Domicílio Bancário; - Cópia do CNPJ; - Proposta de Credenciamento e Adesão de Estabelecimento ao Sistema REDECARD, já devidamente preenchida; - Contrato de Afiliação ao Sistema Redecard, com visto do responsável pela empresa. Outras dúvidas sobre afiliação as bandeiras favor entrar em contato: VISANET Pelo telefone: (Demais Localidades) (SP Capital e principais regiões metropolitanas) Pelo solicitando prioridade no processo de afiliação. REDECARD - Por telefone: Por solicitando prioridade no processo de afiliação. Favor entrar em contato : VISANET Pelo telefone: (Demais Localidades) (SP Capital e principais regiões metropolitanas) Pelo solicitando prioridade no processo de afiliação. REDECARD - Por telefone: Por solicitando prioridade no processo de afiliação. Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/

23 41. Sou fabricante de computadores, por que o meu credenciamento foi recusado - PPB? No caso de equipamentos de informática, serão aceitas apenas empresas montadoras que possuam registro de PPB (processo produtivo básico) junto ao Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT). Consulte o site para obter maiores informações quanto à obtenção do registro. 42. Como solicitar a 2ª afiliação? 43. Como cancelar a solicitação de credenciamento? Para mais informações favor acessar o Portal e no menu "Manuais" consultar o documento Manual do Fornecedor - Credenciamento. Acesse o Portal utilizando CNPJ, login e senha, conecte-se como Fornecedor e clique no item FAÇA OUTRA AFILIAÇÃO, que aparece no menu à esquerda da tela. Para mais informações favor acessar o Portal e no menu "Manuais" consultar o documento Manual do Fornecedor - Credenciamento. Para pedir o cancelamento da solicitação de credenciamento, envie uma mensagem através do menu Fale Conosco, informando o motivo de tal decisão. Para mais informações favor acessar o Portal e no menu "Manuais" consultar o documento Manual do Fornecedor - Credenciamento. Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/

24 PAGAMENTOS/RECEBIMENTOS 44. Qual a forma de pagamento para compras? O uso do Cartão BNDES gera um financiamento automático para o cliente, que poderá escolher pagar de 3 a 36 parcelas fixas no Cartão BNDES Visa emitidos pelo Bradesco e Banco do Brasil. Já no Cartão BNDES Mastercard, emitido pela Caixa Econômica Federal, as opções de pagamento são em 12, 18, 24 e 36 parcelas fixas. O pagamento será feito através de débito em conta corrente do comprador, no dia 15 de cada mês. 45. Como faço para receber o valor das vendas efetivadas pelo Cartão BNDES? O fornecedor receberá (em 30 dias), descontado da taxa, de até 3%, cobrada pelas administradoras de cartão Visanet e Redecard. Para mais informações, favor entrar em contato : VISANET Pelo telefone: (Demais Localidades) (SP Capital e principais regiões metropolitanas) Pelo solicitando prioridade no processo de afiliação. REDECARD - Por telefone: Por solicitando prioridade no processo de afiliação. Após a inclusão no Portal de Operações do BNDES, do número da Nota Fiscal referente à compra e capturada a transação, a afiliadora (VISANET e/ou REDECARD) depositará, em 30 dias, o valor líquido da transação (valor da transação decrescido da taxa de desconto), no banco indicado pelo fornecedor quando da solicitação da afiliação. Para mais informações, favor entrar em contato : VISANET Pelo telefone: (Demais Localidades) (SP Capital e principais regiões metropolitanas) Pelo solicitando prioridade no processo de afiliação. REDECARD - Por telefone: Por solicitando prioridade no processo de afiliação. Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/

25 46. Quais são os bancos indicados pela VISANET e REDECARD para o fornecedor receber as vendas efetivadas pelo Cartão BNDES? 47. Fiz uma venda, mas ainda não recebi. O que fazer? 48. Como posso saber o banco onde será depositado o crédito pela venda? VISANET Banco ALFA, BANCO DO BRASIL, BANESTES, BANRISUL, BRADESCO, BRB, CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, FININVEST, GRUPO SANTANDER/BANESPA, HSBC, ITAÚ BANK, PANAMERICANO, REAL/ABN AMRO, RURAL, SAFRA e SUDAMERIS. REDECARD BANCO IBI, BANCO ITAÚ, BANCO MERCANTIL DO BRASIL BANCO RIBEIRÃO PRETO, BANCO SAFRA,BANCO SANTANDER BRASIL BANCOOB, BANESE (Banco do Estado de Sergipe), BANESTES (Banco do Estado do Espírito Santo), BANRISUL (Banco do Estado do Rio Grande do Sul), BEC (Banco do Estado do Ceará), BESC (Banco do Estado de Santa Catarina), BNB (Banco do Nordeste do Brasil), BRB (Banco de Brasilia) CEF (Caixa Econômica Federal), CITIBANK, HSBC, ITAUBANK NOSSA CAIXA, TRIBANCO (Banco Triangulo SA) e UNIBANCO Para mais informações, favor entrar em contato: VISANET Pelo telefone: (Demais Localidades) (SP Capital e principais regiões metropolitanas) Pelo solicitando prioridade no processo de afiliação. REDECARD - Por telefone: Por solicitando prioridade no processo de afiliação. Favor observar no Portal de Operações do BNDES a data da captura do pedido. Caso o prazo de pagamento tenha excedido aos 30 dias (corridos), favor entrar em contato com a VISANET e/ou REDECARD pelos telefones: VISANET Pelo telefone: (Demais Localidades) (SP Capital e principais regiões metropolitanas) Pelo REDECARD Pelo telefone: Pelo Favor entrar em contato com as administradoras do Cartão BNDES: VISANET Pelo telefone: (Demais Localidades) (SP Capital e principais regiões metropolitanas) Pelo REDECARD Pelo telefone: Pelo Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/

26 49. Como posso mudar o domicílio bancário? VISANET Para alterar o domicílio bancário cadastrado na Visanet, o fornecedor deverá dirigir-se ao banco no qual deseja ter a sua conta corrente para recebimento das vendas via Visanet; o Gerente deste banco preencherá os dados da nova conta, o cliente entregará o comprovante bancário e assinará o formulário de alteração de domicílio bancário; o Gerente então, encaminhará este formulário para a área de cadastro da Visanet, que fará a alteração de conta corrente no sistema. REDECARD Para mais informações, favor entrar em contato: VISANET Pelo telefone: (Demais Localidades) (SP Capital e principais regiões metropolitanas) Pelo solicitando prioridade no processo de afiliação. REDECARD - Por telefone: Por solicitando prioridade no processo de afiliação. PRAZOS 50. Qual o prazo para informação da Nota Fiscal? 51. Qual é o prazo para a conclusão do processo de credenciamento como fornecedor? O prazo para informação do número da Nota Fiscal é de 15 dias corridos, a partir da data da autorização. O processo de credenciamento demora, em média, 30 dias para ser concluído. Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/

27 PROBLEMAS NA TRANSAÇÃO 52. Cancelamento de transação O FORNECEDOR deverá adotar os seguintes procedimentos: 1. Caso o pedido esteja nas situações "AUTORIZADO" ou "CAPTURADO": VISANET: - Clicar em "Pedidos", selecionar o pedido em questão, clicar no botão "Cancelar Pedido"; - Selecionar o motivo de cancelamento e, - Para a finalização dessa ação de cancelamento e conseqüente liberação do crédito de seu cliente, sua empresa deverá entrar em contato com a Central de Atendimento da VISANET, nos telefones (Demais Localidades) ou (SP Capital e principais regiões metropolitanas). 53. Problemas com Visanet ou Redecard. Para onde ligar? 54. Ao tentar realizar uma venda, o portal retorna uma mensagem, dizendo que as bandeiras são incompatíveis. Por quê? REDECARD: - Clicar em "Pedidos", selecionar o pedido em questão, clicar no botão "Cancelar Pedido"; - Selecionar o motivo de cancelamento e - Cancelamento concluído. 2. Caso o pedido já esteja "EM COBRANÇA": - Enviar mensagem através do Fale Conosco, solicitando o cancelamento do pedido, informando o número do pedido, número do cartão do comprador e o motivo do cancelamento. ATENÇÃO: O cancelamento não é automático e imediato. Portanto, o limite do comprador permanecerá comprometido no valor da compra por um prazo, que varia de acordo com o procedimento de cada banco emissor. Assim, antes de solicitar o cancelamento, entre em contato com o GESTOR BNDES para verificar se realmente será necessário fazê-lo. VISANET: Problemas referentes ao andamento da afiliação, homologação, datas de depósitos ou informação sobre domicílio bancário cadastrado, entrar em contato: Pelo telefone: (Demais Localidades) (SP Capital e principais regiões metropolitanas) Pelo REDECARD: Problemas referentes à afiliação: Problemas referentes a depósitos ou alteração de conta corrente: Informamos que os portadores do Cartão BNDES emitidos pelo BANCO DO BRASIL e BRADESCO só podem efetuar compras das empresas fornecedoras afiliadas a VISANET e os emitidos pela CAIXA ECONÔMICA FEDERAL das afiliadas a REDECARD. Caso sua empresa não seja afiliada ainda à bandeira do cartão de seu cliente, acesse o portal utilizando CNPJ, login e senha e clique em Faça outra Afiliação, no menu lateral esquerdo. Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/

28 55. Quando tento selecionar o nome do usuário comprador, não aparece nada. Possivelmente o Usuário Comprador da empresa está com o acesso ao Portal de Operações do Cartão BNDES bloqueado devido a erro na digitação da senha. Solicite ao seu cliente que entre em contato com a Central de Atendimento do Cartão BNDES, de 2ª a 6ª feira das 8 às 20 horas. Caso o problema persista, favor enviar mensagem através do Fale Conosco, informando o CNPJ do comprador para que possamos tentar solucionar o problema. Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/

29 56. Erros de transação Ver tabela abaixo: Banco do Brasil e Bradesco Erro 1 Referal Peça ao cliente que confirme se o cartão é da bandeira VISA, pois o erro pode ser em função do registro da transação está sendo realizada com o cartão de outra bandeira. Se confirmada esta informação e não for este o problema, entre em contato com a Central de Atendimento da Visanet. - Visanet (Se for venda para Cartão BNDES VISA BRADESCO OU BANCO DO BRASIL) Central de atendimento Visanet ou (SP Capital e principais regiões metropolitanas) Negada-Genérico: Banco do Brasil Peça ao cliente para contactar o gerente do banco emissor e verificar o motivo da negativa. Bradesco Cartão Bloqueado: solicite ao cliente que desbloqueie seu cartão ligando para o , ou que contacte o gerente da sua conta para confirmação do número de seu cartão. 13 Valor Inválido Se o valor da venda for próximo ou superior a R$ 200 mil divida o valor da compra incluído no campo valor pago com Cartão em dois pedidos. No momento da captura, a empresa poderá informar o mesmo nº de nota fiscal em ambos os pedidos. OBS: O valor total da venda também dever ser igual nos dois pedidos, diferenciando-se apenas o valor do campo Valor a ser pago com o cartão. 41 Cartão Perdido Cartão cancelado por motivo de extravio. Peça ao cliente o número do novo cartão, que pode ser obtido com o gerente do banco emissor Limite Excedido Peça ao cliente que confirme com o gerente do banco emissor do cartão se há limite suficiente para realizar esta operação Cartão Vencido Contacte o cliente e confirme a data de validade do cartão. 57 e (78 Contate a Visanet)- Cartão Bloqueado Cartão bloqueado ou com alguma pendência junto ao banco. Peça ao cliente para contactar a central de atendimento ou o gerente do banco emissor do cartão para solicitar o desbloqueio e obter mais informações. BRADESCO: Ligar para Central de Atendimento: todas as capitais e regiões metropolitanas: ou 0XX + DDD da sua cidade Demais regiões: , com exceção: Anápolis (GO) (62) Blumenau (SC) (47) Cascavel (PR) (45) Itabuna (BA) (73) Londrina (PR) (43) Uberlândia (MG) (34) Quadrodescriptsfornecedores.doc BANCO DO BRASIL: /11/

30 56. (Cont.) Erros de transação 60 / 93 / 96 / 98 / 99 - Falha de Comunicação Falha momentânea de comunicação. Tente realizar a venda novamente em 1 hora. Caso ocorra novamente mensagem de erro entre em contato com: - Visanet (Se for venda para Cartão BNDES VISA BRADESCO OU BANCO DO BRASIL) Central de atendimento Visanet ou (SP Capital e principais regiões metropolitanas) / 104 / 110 / 112 / Caso seja a primeira venda, através do Cartão BNDES, que a empresa esteja tentando fazer, verifique com a Visanet se o cadastro como fornecedor já se encontra ATIVO e apto a realizar vendas. Se não for o caso, pode ter ocorrido uma falha momentânea de comunicação, tente refazer a transação dentro de 1 hora. Central de atendimento Visanet ou (SP Capital e principais regiões metropolitanas). - Caixa Econômica Federal Kommerci 37 e 78 Falha momentânea de comunicação. Tente realizar a venda novamente em 1 hora. Caso ocorra novamente mensagem de erro entre em contato com: - Redecard (Se for venda para Cartão BNDES MASTERCARD CAIXA) Central de atendimento Redecard Kommerci 58 orientar o cliente (portador do cartão) a entrar em contato com a CEF ( ) para verificar se o cartão ainda está bloqueado ou com o gerente da sua conta corrente para checar se o limite disponível é suficiente para realizar compras. 57. Não estou conseguindo acessar a página ou realizar transações. O que fazer? PROBLEMAS NA TRANSMISSÃO Sugerimos que você verifique seu browser ou o Internet Explorer. Pode, também, ter ocorrido algum problema de falta de conexão momentânea. Pedimos que tente novamente. Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/

31 PROCEDIMENTOS PARA REALIZAR VENDAS NO PORTAL 58. Qual o procedimento do fornecedor para realizar uma venda indireta? O fornecedor recebe contato do cliente e negocia preços, quantidades e condições de entrega dos produtos. A partir daí o vendedor deverá: 1. digitar seu CNPJ, com login e senha de usuário com perfil de vendedor ou Master; 2. clicar no botão Faça sua venda ; 3. solicitar ao cliente e informar, o CNPJ e o nome do usuário com perfil de comprador, da mesma maneira como foi cadastrado no Portal de Operações do BNDES; 4. acessar no site o seu catálogo de produtos, clicando em Avançar ; 5. digitar, apenas nos produtos que são objeto da transação, Preço negociado e Quantidade, até que esteja montada a Cesta de compras da empresa compradora; 6. clicar em Ver cesta ; 7. conferir a Cesta de Produtos, informar o valor total e o número de parcelas a serem pagas, verificar o valor que consta no campo Valor a ser pago com o Cartão e clicar em Finalizar venda ; 8. confirmar o valor, o cartão do cliente e o endereço de entrega e clicar em Avançar ; 9. inserir o número e a validade (mês e ano) do Cartão do Comprador e clicar em Pagar ; 10. aguardar autorização e apresentação do Comprovante de Pagamento ; 11. clicar em Imprimir e, após término da impressão, em Fechar e 12. O usuário da empresa fornecedora, com perfis de Master ou Administrador de Captura de Pedidos, deverá informar o número da nota fiscal em até 15 dias para a captura da transação, clicando em Pedidos e no nº do pedido; 13. inserir o nº da nota fiscal e clicar em Capturar Transação. Para mais informações favor acessar o Portal e no menu "Manuais" consultar o documento Manual do Fornecedor Vendas Indiretas. 59. Posso alterar o nº da NOTA FISCAL? Sim. Favor enviar mensagem através do FALE CONOSCO do Cartão BNDES, informando o CNPJ do fornecedor, o número da NOTA FISCAL antiga e da NOTA FISCAL nova. Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/

32 60. Posso informar mais de uma NOTA FISCAL para o mesmo pedido? 61. Quais as modalidades de compra que o Cartão BNDES oferece? Sim. Basta separar os números por traço ou vírgula. Para mais informações favor acessar o Portal e no menu "Manuais" consultar o documento Manual do Fornecedor Vendas Indiretas. As compras só podem ser efetuadas através do Portal de Operações do BNDES, em duas modalidades: Direta o comprador (portador do Cartão BNDES) acessa o Portal e efetua diretamente a compra (dos produtos disponíveis para essa modalidade), sem a intervenção do fornecedor, que irá apenas receber o pedido, efetuar a entrega e informar o número da nota fiscal no Portal de Operações do BNDES (captura da transação); Indireta o processo de compra é iniciado através do contato, fora do Portal, entre o comprador e o fornecedor que atua como o realizador da venda, entrando em sua página do Portal, informando os dados da venda (preço, quantidade e nº de parcelas) e fornecendo ao Portal o número e a validade do Cartão BNDES do comprador, além do endereço de entrega e banco emissor do Cartão. Esta modalidade é a única que permite a negociação de preços entre o comprador e o fornecedor. 62. Qual o procedimento para que o fornecedor possa disponibilizar a compra direta? Para mais informações favor acessar o Portal e no menu "Manuais" consultar os documentos Manual do Fornecedor Vendas Indiretas e Manual do Fornecedor Vendas Diretas. Para que o fornecedor se habilite para aceitar compra direta será necessário, no momento da inclusão do produto em seu catálogo, marcar o campo Participa de venda direta que o obrigará a inserir o preço do produto. Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/

33 63. Qual o procedimento do fornecedor após ser realizada uma compra direta? Após a compra direta pelo cliente no Portal de Operações do BNDES, o fornecedor consultará sua página e receberá um informando o pedido realizado. Deverá, então, proceder ao faturamento, entregar os produtos e informar no Portal de Operações do BNDES o número da nota fiscal, em até 15 dias corridos a partir da data da autorização do pedido, e solicitar a captura para que a transação possa ser efetivada. Para solicitar a captura, o fornecedor deverá acessar o Portal de Operações do BNDES ( através do seu login e senha, clicar em Pedidos, selecionar o pedido em questão, informar o nº da nota fiscal e clicar em Capturar Transação. 64. Meu comprador poderá utilizar mais de um Cartão BNDES para realizar uma única compra? 65. Meu comprador poderá utilizar o Cartão BNDES para pagar parte do valor da compra? Sim. A empresa portadora de mais de um Cartão BNDES poderá utilizá-los para realizar uma única compra. Caberá ao fornecedor informar no momento do registro da venda no portal, quais serão os cartões utilizados na compra. Sim. A empresa portadora poderá utilizar seu Cartão BNDES para pagar parte do valor da compra. A forma de pagamento do restante do valor deverá ser negociada com o fornecedor. Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/

34 66. Qual o procedimento do fornecedor para capturar um pedido autorizado? Para solicitar a captura de um produto autorizado, o fornecedor deverá acessar o Portal de Operações do BNDES ( através do seu login e senha, clicar em Pedidos e selecionar o pedido em questão. A seguir, deve informar no final do formulário, o nº da Nota Fiscal, clicando a seguir no botão Capturar transação. Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/

35 67. Sou fornecedora do Cartão BNDES como posso participar do Programa PROSOFT? 68. Quem pode se credenciar no PROSOFT Comercialização? 69. Como faço para me credenciar no Prosoft Comercialização? PROSOFT As empresas que já solicitaram o credenciamento como fornecedores no Cartão BNDES e desejam participar do Programa Prosoft Comercialização, deverão atualizar o cadastro de seus produtos, indicando que seus produtos pertencem a uma categoria relacionada a softwares e aceitar o convite para fazer parte desse programa. Poderão ser credenciadas no Programa PROSOFT Comercialização, as pessoas jurídicas de direito privado, que sejam sediadas e que mantenham atividades de desenvolvimento de software no Brasil. As empresas deverão, também, atender aos critérios de credenciamento definidos pelo BNDES, dentre os quais se incluem as regras de origem. A regra de origem será inicialmente atestada mediante uma declaração dada pela empresa fornecedora do software de que este foi desenvolvido no País, segundo critérios definidos pelo BNDES. Essa declaração estará sujeita a auditoria posterior, por amostragem, realizada por instituição a ser definida. Para informações sobre credenciamento, enviar para As empresas que desejam se credenciar simultaneamente como fornecedora do Cartão BNDES e do PROSOFT Comercialização deverão acessar o Portal de Operações do Cartão BNDES, através do site selecionar o item Seja um Fornecedor Credenciado e fornecer todas as informações solicitadas. Durante o processo de credenciamento, haverá uma pergunta sobre seu desejo de participar ou não do Prosoft Comercialização. Para informações sobre credenciamento, enviar para Quadrodescriptsfornecedores.doc 13/11/

Realizando Vendas no site do Cartão BNDES

Realizando Vendas no site do Cartão BNDES Realizando Vendas no site do Cartão BNDES Fornecedor Atualizado em 16/07/2013 Pág.: 1/23 Introdução Este manual destina-se a orientar os fornecedores que irão registrar as vendas no site do Cartão BNDES,

Leia mais

GUIA PARA NOVOS NO ELO7: MEIOS DE PAGAMENTO 1

GUIA PARA NOVOS NO ELO7: MEIOS DE PAGAMENTO 1 GUIA PARA NOVOS NO ELO7: MEIOS DE PAGAMENTO 1 ÍNDICE 1. Meios de Pagamento disponíveis 1.1 Notificação de Pagamento 03 03 2. Moip 2.1 Benefícios 2.2 Como criar uma conta no Moip 2.2.1. Verificação da conta

Leia mais

Solicitando o Cartão BNDES

Solicitando o Cartão BNDES Solicitando o Cartão BNDES Atualizado em 03/03/2010 Pág.: 1/18 Introdução Este manual destina-se a orientar as micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) na solicitação do Cartão BNDES no Portal de Operações

Leia mais

Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I.

Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I. Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I. MILI S.A. - D.T.I. Índice 1 ACESSANDO O PORTAL IPEDIDOS... 3 1.1 Login...5 1.2 Tela Principal, Mensagens e Atendimento On-line...6 2 CADASTRAR... 10 2.1 Pedido...10

Leia mais

Realizando Compras no Site do Cartão BNDES

Realizando Compras no Site do Cartão BNDES Realizando Compras no Site do Cartão BNDES Comprador Atualizado em 30/06/2014 Pág.: 1/17 Introdução Este manual destina-se a orientar os portadores do Cartão BNDES que irão realizar compras de produtos

Leia mais

Indicação de Distribuidores no Cartão BNDES

Indicação de Distribuidores no Cartão BNDES SOLICITANDO CARTÃO SOLICITANDO CARTÃO INDICAÇÃO DE DISTRIBUIDORES NO CARTÃO BNDES Indicação de Distribuidores no Cartão BNDES Atualizado em 02/07/14 Pág.: 1/7 Introdução Este manual destina-se a orientar

Leia mais

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES 1. MEUS PEDIDOS

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES 1. MEUS PEDIDOS PERGUNTAS MAIS FREQUENTES 1. MEUS PEDIDOS Consigo rastrear o minha Compra? Sim. As informações mais atualizadas sobre sua Compra e a situação de entrega de sua Compra estão disponíveis em Meus pedidos.

Leia mais

PROCEDIMENTO DO CLIENTE

PROCEDIMENTO DO CLIENTE PROCEDIMENTO DO CLIENTE Título: Manual da Loja Virtual. Objetivo: Como anunciar produtos e acompanhar as vendas. Onde: Empresa Quem: Cliente Quando: Início Através deste manual, veremos como anunciar e

Leia mais

ÍNDICE ANALÍTICO: 1.0. CADASTRO DE CONTABILISTAS... 4 1.1. Primeiro Acesso... 4 1.2. Visão Geral... 11

ÍNDICE ANALÍTICO: 1.0. CADASTRO DE CONTABILISTAS... 4 1.1. Primeiro Acesso... 4 1.2. Visão Geral... 11 MANUAL DE USO DO SISTEMA GOVERNO DIGITAL ÍNDICE ANALÍTICO: 1.0. CADASTRO DE CONTABILISTAS... 4 1.1. Primeiro Acesso... 4 1.2. Visão Geral... 11 2.0. SOLICITAÇÕES DE AIDF E AUTORIZAÇÃO DE EMISSÃO DE NOTA

Leia mais

Treinamento Proposta Online

Treinamento Proposta Online Treinamento Proposta Online 03 Procedimentos para preenchimento da Proposta Preenchendo a Proposta Online Digitalizando os documentos 06 20 33 Pendências nas Propostas 02 Procedimentos para preenchimento

Leia mais

Como oferto um lance. Clique nas opções abaixo para ser direcionado ao passo a passo: ATENDIMENTO. - Como oferto um lance?

Como oferto um lance. Clique nas opções abaixo para ser direcionado ao passo a passo: ATENDIMENTO. - Como oferto um lance? Clique nas opções abaixo para ser direcionado ao passo a passo: ATENDIMENTO - Como oferto um lance? - Como imprimo 2ª via de boleto ao cliente? - Como realizo uma transferência de cota? - Onde consulto

Leia mais

Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site.

Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site. Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site. Atenção: Os dados que aparecem nas imagens abaixo, são meramente ilustrativos, naturalmente os dados que devem ser visualizados,

Leia mais

ABICALÇADOS - ASSINTECAL 30.05.2007

ABICALÇADOS - ASSINTECAL 30.05.2007 ABICALÇADOS - ASSINTECAL 30.05.2007 O que é o Cartão BNDES Destina-se às MPME, para investimentos em bens de produção com índice de nacionalização igual ou superior a 60%; Crédito rotativo, pré-aprovado,

Leia mais

Portal de Aprendizado Tutorial do Aluno

Portal de Aprendizado Tutorial do Aluno Portal de Aprendizado Tutorial do Aluno Índice 1 Acessando o Portal... 2 1.1 Verificação do Browser... 2 1.2 Entre em contato... 3 1.3 Portal Autenticado... 5 2 Meus Cursos... 6 2.1 Matriculando-se em

Leia mais

Sistema Serviço de Valet

Sistema Serviço de Valet Sistema Serviço de Valet Manual do Usuário Página 1 Sistema Serviço de Valet Manual do Usuário Versão 1.0.0 Sistema Serviço de Valet Manual do Usuário Página 2 Índice 1. Informações gerais... 3 2. Passo-a-passo...

Leia mais

1. INSTALAÇÃO DO SISTEMA. 3 2. PRIMEIRO LOGIN. 8 3. ATUALIZAÇÃO DO SISTEMA. 12 4. DESINSTALAÇÃO DO SISTEMA. 14 5. EXCLUIR DADOS. 15 6.

1. INSTALAÇÃO DO SISTEMA. 3 2. PRIMEIRO LOGIN. 8 3. ATUALIZAÇÃO DO SISTEMA. 12 4. DESINSTALAÇÃO DO SISTEMA. 14 5. EXCLUIR DADOS. 15 6. Índice 1. INSTALAÇÃO DO SISTEMA...3 2. PRIMEIRO LOGIN...8 3. ATUALIZAÇÃO DO SISTEMA...12 4. DESINSTALAÇÃO DO SISTEMA...14 5. EXCLUIR DADOS...15 6. APRESENTAÇÃO DO EXTRANET...17 6.1 Sistema DESCONECTADO...18

Leia mais

Manual do Fornecedor/cedente (MPE) Balcão Financeiro

Manual do Fornecedor/cedente (MPE) Balcão Financeiro Manual do Fornecedor/cedente (MPE) Balcão Financeiro Painel de recebíveis e Painel de linhas de crédito Versão 1.0 1 As informações contidas neste documento, incluindo quaisquer URLs e outras possíveis

Leia mais

Portal de Compras. São José do Rio Preto

Portal de Compras. São José do Rio Preto Portal de Compras São José do Rio Preto Sumário DÚVIDAS GERAIS...2 PREGÃO ELETRÔNICO... 4 EMPRO Empresa Municipal de Processamento de Dados 1 DÚVIDAS GERAIS 1.O que é o Fluxograma das Etapas? Resposta:

Leia mais

ANA LUCIA FERNANDA JAQUES JAQUIANE MICHELLE PRISCILA SAMUEL

ANA LUCIA FERNANDA JAQUES JAQUIANE MICHELLE PRISCILA SAMUEL ANA LUCIA FERNANDA JAQUES JAQUIANE MICHELLE PRISCILA SAMUEL O que é o : O é um produto que, baseado no conceito de cartão de crédito, visa financiar os investimentos das micro, pequenas e médias Empresas

Leia mais

Solicitando o Cartão BNDES no Portal de Operações do BNDES

Solicitando o Cartão BNDES no Portal de Operações do BNDES SOLICITANDO O CARTO BNDES NO PORTAL DE OPERAÇÕES DO BNDES CARTO Solicitando o Cartão BNDES no Portal de Operações do BNDES - Cartão BNDES Formatados: Marcadores e numeração C:\BNDES - SOLICITACAO DE CARTAO.doc

Leia mais

Manual de Treinamento Serviços de Manutenção Ticket Car. Operações via POS/TEF

Manual de Treinamento Serviços de Manutenção Ticket Car. Operações via POS/TEF Manual de Treinamento Serviços de Manutenção Ticket Car Operações via POS/TEF Cartão Ticket Car CIU - Cartão de Identificação do Usuário ÍNDICE Operações com o Cartão Ticket Car... 04 POS Ticket Car :

Leia mais

APLICATIVO WebSIGOM *Este documento não pode ser impresso ou comercializado.

APLICATIVO WebSIGOM *Este documento não pode ser impresso ou comercializado. APLICATIVO WebSIGOM *Este documento não pode ser impresso ou comercializado. Índice: 1- Acessando o WebSIGOM pág. 03 2- Menu Cadastro pág. 04 2.1- Para inserir um novo usuário pág. 04 2.2- Para consultar

Leia mais

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE 2 1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE ATENDIMENTO... 6 4 - A TELA AGENDA... 7 4.1 - TIPOS

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE EAD (Educação a Distância) ÍNDICE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE EAD (Educação a Distância) ÍNDICE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE EAD (Educação a Distância) ÍNDICE FORMAS DE ACESSO AO AMBIENTE EAD... 2 O AMBIENTE EAD... 2 TERMO DE COMPROMISSO... 3 CONHECENDO A HOME PAGE DO TREINAMENTO EAD... 3 ETAPAS

Leia mais

As pessoas jurídicas deverão promover a solicitação de mais de um cadastramento. O qual deverá ser realizado em duas etapas:

As pessoas jurídicas deverão promover a solicitação de mais de um cadastramento. O qual deverá ser realizado em duas etapas: CeC Cadastro eletrônico de Contribuintes Versão 1.0 Atualizado em 16/01/2012 APRESENTAÇÃO Este manual apresenta a estrutura e a forma de utilização do módulo Cadastro eletrônico de Contribuintes CeC, o

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR ACESSANDO O PORTAL DO PROFESSOR Para acessar o portal do professor, acesse o endereço que você recebeu através da instituição de ensino ou acesse diretamente o endereço:

Leia mais

GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO (Sistema NFSE) Acesse nossos manuais em: ead.sempretecnologia.com.br

GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO (Sistema NFSE) Acesse nossos manuais em: ead.sempretecnologia.com.br GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO () Acesse nossos manuais em: ead.sempretecnologia.com.br Sumário Configurações iniciais... 3 Acessando o sistema... 3 Alterando a senha de acesso... 3 Cadastrando clientes... 4 Cadastrando

Leia mais

PERGUNTAS DO FORNECEDOR

PERGUNTAS DO FORNECEDOR PERGUNTAS DO FORNECEDOR 1. AFILIAÇÃO pelo Adquirente foi NEGADA. 2. Como ALTERAR meus DADOS CADASTRAIS? 3. Como CANCELAR A SOLICITAÇÃO DE CREDENCIAMENTO? 4. Como CANCELAR uma TRANSAÇÃO? 5. Como CAPTURAR

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO TREINAMENTO EAD (Educação a Distância) ÍNDICE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO TREINAMENTO EAD (Educação a Distância) ÍNDICE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO TREINAMENTO EAD (Educação a Distância) ÍNDICE FORMAS DE ACESSO AO AMBIENTE EAD... 2 O AMBIENTE EAD... 3 TERMO DE COMPROMISSO... 4 CONHECENDO A HOME PAGE DO TREINAMENTO EAD... 4

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA. Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (SISTEC) GUIA SISTEC

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA. Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (SISTEC) GUIA SISTEC MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (SISTEC) GUIA SISTEC FEVEREIRO / 2010 GUIA SISTEC INTRODUÇÃO...03 PRÉ-CADASTRO

Leia mais

F.A.Q. PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

F.A.Q. PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO F.A.Q. PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Página 1 Sumário DÚVIDAS GERAIS... 3 PREGÃO ELETRÔNICO... 6 Página 2 DÚVIDAS GERAIS 1. O que é o Fluxograma das Etapas? Resposta: O fluxograma representa

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Geral Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema de Almoxarifado

Leia mais

Internet Banking. Outubro - 2012

Internet Banking. Outubro - 2012 Internet Banking Outubro - 2012 1 Índice 1. Início... Pg. 4 2. Menu Home... Pg. 5 3. Menu Conta Corrente... Pg. 7 3.1 Extratos Conta Corrente... Pg. 8 3.2 Extratos de Tarifas...Pg. 9 3.3 Informações Complementares...

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

GUIA DO COORDENADOR DE PROJETOS

GUIA DO COORDENADOR DE PROJETOS GUIA DO COORDENADOR DE PROJETOS Sumário 1. Introdução... 2 2. Início Portal Coordenador... 2 2.1. Novos Pedidos... 2 2.2. Pendências... 3 2.3. Menu... 4 2.4. Sair... 4 3. Saldo de Projetos... 5 4. Extrato

Leia mais

GUIA DO PORTAL MAXIPAGO

GUIA DO PORTAL MAXIPAGO GUIA DO PORTAL MAXIPAGO Versão 1.1.1 Sumário 1. Introdução... 4 2. Glossário... 5 3. Acesso ao Portal... 6 4. Mudando o Idioma do Portal... 6 5. Utilizando as Credenciais de Teste para Acesso ao Portal...

Leia mais

AR PDV SOLUÇÕES AR CONSULTORIA EM INFORMÁTICA

AR PDV SOLUÇÕES AR CONSULTORIA EM INFORMÁTICA 1 Sumário: 1. AR PDV...02 2. Registro / Login...03 3. Configuração...03 4. Abertura de Caixa...03 5. Registro de Vendas...04 a. Passos para Emissão do Cupom Fiscal...05 b. Inserindo Produtos...06 c. Formas

Leia mais

Í N D I C E A N A L Í T I C O

Í N D I C E A N A L Í T I C O DIRF CARTÃO 2013 V4..03 DE 07//02//2013 PROGRAMA PARA IMPORTAÇÃO DE DADOS DE CARTÕES DE CRÉDITO NA DIRF 2013 VERSÃO COM VISANET E REDECARD IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO EM LOTE CAPTURA DADOS CADASTRAIS DE EMPRESAS

Leia mais

Manual do Usuário - Cliente Externo

Manual do Usuário - Cliente Externo Versão 3.0 SGCL - Sistema de Gestão de Conteúdo Local SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 4 1.1. Referências... 4 2. COMO ESTÁ ORGANIZADO O MANUAL... 4 3. FUNCIONALIDADES GERAIS DO SISTEMA... 5 3.1. Acessar a Central

Leia mais

MANUAL DO OFICIAL DE JUSTIÇA

MANUAL DO OFICIAL DE JUSTIÇA MANUAL DO OFICIAL DE JUSTIÇA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE MATO GROSSO Janeiro 2012 Conteúdo Elaboração do projeto... 3 1. Acesso ao Sistema... 4 2. Tipo de Certificado... 4 2.1. Navegador padrão para acessar

Leia mais

Manual do Anunciante

Manual do Anunciante Manual do Anunciante 1 - Compra de Pacotes Bit Turs Abaixo será listado passo a passo o processo de como será executada a compra de moedas Bit Turs para que você possa anunciar seus produtos em nosso portal.

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA FINANX

MANUAL DO SISTEMA FINANX MANUAL DO SISTEMA FINANX www.meusoft.com.br Indice Item Descrição Pg 1. Objetivo e Principais Funcionalidades 3 2. Para acessar e instalar a aplicação 4 3. Conhecendo o FinanX 6 3.0 Tela inicial de LOGIN

Leia mais

FAC - PERGUNTAS MAIS FREQUENTES - UNIVERTEAM/EQUIPE TOPPLUS

FAC - PERGUNTAS MAIS FREQUENTES - UNIVERTEAM/EQUIPE TOPPLUS PLANO DE NEGÓCIOS UNIVERTEAM 2015 Pergunta: 1 Como funciona o RECEBIMENTO DO BONUS EMPRESARIAL (Plano Antigo)? Quem se Afiliou até dia 08/11/2015, continua recebendo as parcelas todo dia primeiro, desde

Leia mais

Configurando a emissão de boletos no sistema

Configurando a emissão de boletos no sistema Configurando a emissão de boletos no sistema Entre nossos sistemas, o GIM, o GECOB, o GEM, o TRA-FRETAMENTO e os 15 sistemas da linha 4U (GE-COMERCIO 4U, GEPAD 4U, GE-INFO 4U, etc ) possuem funções para

Leia mais

Regras de Auditoria e Liberação de Movimentos (Parte 1)

Regras de Auditoria e Liberação de Movimentos (Parte 1) Regras de Auditoria e Liberação de Movimentos () Março - 2014 Índice Título do documento 1. Auditoria de Movimentos (ECM) Introdução:... 3 2. Grupos de Usuário (ECM):... 3 3. Colaboradores... 4 4. Configuração

Leia mais

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Versão Fevereiro/2013 Índice PCS - Módulo de Prestação de Contas...3 Acesso ao Módulo PCS...3 1. Contas financeiras...5 1.1. Cadastro de

Leia mais

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Manual CeC

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Manual CeC CeC Cadastro eletrônico de Contribuintes Manual CeC Atualizado em 21/02/2013 APRESENTAÇÃO Este manual apresenta a estrutura e a forma de utilização do módulo Cadastro eletrônico de Contribuintes CeC, o

Leia mais

SRP Sistema de Controle de Ata de Registro de Preço. Passo a Passo Gestor de Compras

SRP Sistema de Controle de Ata de Registro de Preço. Passo a Passo Gestor de Compras SRP Sistema de Controle de Ata de Registro de Preço Passo a Passo Gestor de Compras Como acessar Como Acessar O acesso ao Sistema se faz através da página da SEPLAG Clicando no Link destacado Como Acessar

Leia mais

MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR

MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR Este Manual tem por finalidade orientar o preenchimento do Novo Portal de Serviços de Atendimento ao Prestador no atendimento aos beneficiários

Leia mais

Portal de Vendas Online

Portal de Vendas Online Portal de Vendas Online Manual do Representante Versão 1.0 Manual do Representante 2 Sumário Introdução ao Portal da Dorma... 3 Fluxo de Vendas... 3 Fluxo de Cadastro ou Alteração de Cliente... 4 Orientações

Leia mais

Cartão BNDES. Guia Cartão BNDES

Cartão BNDES. Guia Cartão BNDES Guia O é destinado para micro, pequenas e médias empresas para o financiamento da compra de equipamentos, serviços e insumos. As vendas com o cartão BNDES são realizadas exclusivamente no Portal (www.cartaobndes.gov.br)

Leia mais

SIGA Manual -1ª - Edição

SIGA Manual -1ª - Edição SIGA Manual -1ª - Edição ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 4 2. MÓDULO DE PROCESSOS 4 3. ACESSO AO SISTEMA 4 3.1 Acessando o Sistema 4 3.2 Primeiro Acesso 5 3.3 Login do Fornecedor 5 o Teclado Virtual 5 o Máquina Virtual

Leia mais

DIVISÃO DE QUALIDADE DE VIDA

DIVISÃO DE QUALIDADE DE VIDA DIVISÃO DE QUALIDADE DE VIDA Seleção de projetos culturais Orientações gerais para uso do sistema online MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE CAPTAÇÃO DE PROJETOS CULTURAIS ONLINE DO SESI-SP O SESI-SP na área

Leia mais

MANUAL DEVOLUÇÃO INTEGRADA

MANUAL DEVOLUÇÃO INTEGRADA MANUAL DEVOLUÇÃO INTEGRADA Atualizado em Janeiro/2016 1 INTRODUÇÃO As devoluções de mercadorias ocorrem de DUAS formas: A) Caixa Aberta. Significa devolução de um ou mais itens de um determinado pedido.

Leia mais

Manual do Portal do Fornecedor. isupplier

Manual do Portal do Fornecedor. isupplier isupplier Revisão 01 Setembro 2011 Sumário 1 Acesso ao portal isupplier... 03 2 Home Funções da Tela Inicial... 05 3 Ordens de Compra Consultar Ordens de Compra... 07 4 Entregas Consultar Entregas... 13

Leia mais

Versão para atualização do Gerpos Retaguarda

Versão para atualização do Gerpos Retaguarda Versão para atualização do Gerpos Retaguarda A Gerpos comunica a seus clientes que nova versão do aplicativo Gerpos Retaguarda, contendo as rotinas para emissão da Nota Fiscal Eletrônica, já está disponível.

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL Manual do ITIV PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE TRIBUTAÇÃO M A N U A L D O ITIV PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL Manual do ITIV ÍNDICE INFORMAÇÕES GERAIS...3

Leia mais

Abaixo será listado passo a passo o processo de cadastro, login e compra de produtos anunciados em nosso portal.

Abaixo será listado passo a passo o processo de cadastro, login e compra de produtos anunciados em nosso portal. Manual do Comprador 1 Comprar Anúncios Abaixo será listado passo a passo o processo de cadastro, login e compra de produtos anunciados em nosso portal. 1.1 CRIAR CONTA TURISMO AGORA Para comprar produtos

Leia mais

CeC. Cadastro Eletrônico de Contribuintes

CeC. Cadastro Eletrônico de Contribuintes CeC Cadastro Eletrônico de Contribuintes Versão 1.0 Usuário Externo Março/2010 Índice 1. Apresentação... 3 2. Objetivos... 3 3. Solicitação de CeC... 4 3.1. Cadastro de pessoas físicas... 5 3.1.1. Cadastro

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL CARTÃO DE CRÉDITO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO PE

ROTEIRO OPERACIONAL CARTÃO DE CRÉDITO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO PE E-MAILS DE CONTATO BANCO DAYCOVAL Negócio Roteiro Operacional Promotora MESA DE ANALISE CARTÃO CONSIGNADO cartaoliberacao@bancodaycoval.com.br Empréstimo Cartão Débito C/C SUPORTE PROMOTORA suportepromotora@bancodaycoval.com.br

Leia mais

Nota Fiscal Cidadã Manual do Registro de Reclamações

Nota Fiscal Cidadã Manual do Registro de Reclamações Nota Fiscal Cidadã Manual do Registro de Reclamações Versão 6 Objetivo do Manual Orientar sobre os procedimentos necessários para comunicação à SEFA da ocorrência de infrações à legislação do Programa

Leia mais

Acessando o SVN. Soluções em Vendas Ninfa 2

Acessando o SVN. Soluções em Vendas Ninfa 2 Acessando o SVN Para acessar o SVN é necessário um código de usuário e senha, o código de usuário do SVN é o código de cadastro da sua representação na Ninfa, a senha no primeiro acesso é o mesmo código,

Leia mais

Como Fazer o seu Pedido

Como Fazer o seu Pedido 1 Como Fazer o seu Pedido Agora que você já está cadastrado e sabe como acessar o seu escritório virtual, é muito importante que saiba como enviar seus pedidos. No tutorial Como Fazer o seu Cadastro você

Leia mais

U3 Sistemas Análise e Desenvolvimento de Softwares ===== Manual [Primeiros Passos e Conhecendo o Sistema] =====

U3 Sistemas Análise e Desenvolvimento de Softwares ===== Manual [Primeiros Passos e Conhecendo o Sistema] ===== 1 Manual Primeiros Passos e Conhecendo o Sistema 01 PRIMEIROS PASSOS E CONHECENDO O SISTEMA 2 01.01 Após a instalação do sistema vamos dar os primeiros passos para podermos utilizar o U3 Marmoraria Plus.

Leia mais

Passo a Passo do Cadastro Funcionários no SIGLA Digital

Passo a Passo do Cadastro Funcionários no SIGLA Digital Passo a Passo do Cadastro Funcionários no SIGLA Digital Funcionários Página 1 de 12 O cadastro de funcionários permite cadastrar o usuário que vai utilizar o SIGLA Digital e também seus dados pessoais.

Leia mais

Manual do Usuário do Produto EmiteNF-e. Manual do Usuário

Manual do Usuário do Produto EmiteNF-e. Manual do Usuário Manual do Usuário Produto: EmiteNF-e Versão: 1.2 Índice 1. Introdução... 2 2. Acesso ao EmiteNF-e... 2 3. Configurações Gerais... 4 3.1 Gerenciamento de Usuários... 4 3.2 Verificação de Disponibilidade

Leia mais

PORTABILIDADE DE CRÉDITO

PORTABILIDADE DE CRÉDITO PORTABILIDADE DE CRÉDITO 1 SUMÁRIO 1. INFORMAÇÕES IMPORTANTES... 3 1.1. Conceitos 3 1.2. Como funciona 3 1.3. Convênios disponíveis para Portabilidade 3 1.4. Documentação Para Liberação da Proposta 3 2.

Leia mais

MANUAL PARA SOLICITAÇÃO DO CERTIFICADO DIGITAL

MANUAL PARA SOLICITAÇÃO DO CERTIFICADO DIGITAL MANUAL PARA SOLICITAÇÃO DO CERTIFICADO DIGITAL Agosto / 2015 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 IMPORTANTE ANTES DE SOLICITAR O CERTIFICADO DIGITAL... 3 SOLICITAÇÃO DO CERTIFICADO DIGITAL... 4 APRESENTAÇÃO DOS

Leia mais

Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site.

Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site. Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site. Atenção: Os dados que aparecem nas imagens abaixo, são meramente ilustrativos, naturalmente os dados que devem ser visualizados,

Leia mais

Passo-a-passo Oi Torpedo Empresa

Passo-a-passo Oi Torpedo Empresa Passo-a-passo Oi Torpedo Empresa Índice Logando no Oi Torpedo Empresa...2 Termo de Adesão ao Serviço...5 Página de Entrada no Oi Torpedo Empresa...6 Cadastramento de Usuário (Funcionalidade Somente Disponível

Leia mais

MANUAL SICCL SQL SRTVS 701 Bloco O Ed. MultiEmpresarial Sala 804 Brasília/DF CEP 70340-000 Fone/Fax: (061) 3212-6700 E-mail: implanta@conselhos.com.

MANUAL SICCL SQL SRTVS 701 Bloco O Ed. MultiEmpresarial Sala 804 Brasília/DF CEP 70340-000 Fone/Fax: (061) 3212-6700 E-mail: implanta@conselhos.com. MANUAL SICCL SQL ÍNDICE ACESSANDO O SISTEMA SG - COMPRAS E CONTRATOS... 3 ATENDENDO SOLICITAÇÕES DE ITENS E SERVIÇOS... 5 VERIFICANDO A DISPONIBILIDADE DE RECURSOS... 7 ATENDER SOLICITAÇÕES COM PROCESSO

Leia mais

Acesso ao Credenciamento

Acesso ao Credenciamento 2 1 Credenciamento Para todas as pessoas jurídicas que acessarem o sistema da NFS-e, será necessário inicialmente efetuar o credenciamento. O credenciamento é obrigatório para todas as empresas estabelecidas

Leia mais

CARTÃO BNDES COMO AS MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS PODEM SE BENEFICIAR

CARTÃO BNDES COMO AS MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS PODEM SE BENEFICIAR CARTÃO BNDES COMO AS MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS PODEM SE BENEFICIAR Brasília, 2013 BRASÍLIA, 2013 CARTÃO BNDES COMO AS MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS PODEM SE BENEFICIAR CONFEDERAÇÃO NACIONAL

Leia mais

Dúvidas Em caso de dúvidas, entre em contato conosco: UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS Unidade Acadêmica de Graduação

Dúvidas Em caso de dúvidas, entre em contato conosco: UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS Unidade Acadêmica de Graduação 2º Período de Matrículas - Inclusão de disciplinas 1. Apresentação...2 2. Iniciando sua inclusão...4 3. Selecionando o contexto...6 1. Selecionando disciplina(s) - (atividades acadêmicas)...7 2. Plano

Leia mais

Manual de Gerenciamento da Loja Virtual. versão 2.0.0

Manual de Gerenciamento da Loja Virtual. versão 2.0.0 Sumário Manual de Gerenciamento da Loja Virtual 1. Iniciando o Gerenciamento... 4 2. Cadastros... 6 2.1. Categorias*... 6 2.2. Atributos*... 7 2.3. Produtos... 9 2.3.1. Exemplo de Cadastro de novo produto:...

Leia mais

Guia Rápido do Usuário

Guia Rápido do Usuário CERTIDÕES UNIFICADAS Guia Rápido do Usuário CERTUNI Versão 1.0.0 CASA DA MOEDA DO BRASIL Conteúdo Acessando o Sistema... 3 Alterando Senhas... 3 Encerrando sua Sessão... 4 Gerando Pedido... 4 Alterando

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso Supervisão de Informática Departamento de Desenvolvimento Sistema Declaração On Line. Declaração On Line

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso Supervisão de Informática Departamento de Desenvolvimento Sistema Declaração On Line. Declaração On Line Declaração On Line Manual de Apoio à Utilização do Sistema Manual do Usuário Versão 1.0 INTRODUÇÃO... 4 AUTENTICANDO-SE NO SISTEMA... 4 EM CASO DE ESQUECIMENTO DA SENHA... 5 ALTERANDO A SENHA DE ACESSO

Leia mais

Prefeitura Municipal de Sete Lagoas Secretaria de Planejamento Orçamento e Tecnologia Subsecretaria de Tecnologia da Informação

Prefeitura Municipal de Sete Lagoas Secretaria de Planejamento Orçamento e Tecnologia Subsecretaria de Tecnologia da Informação Tutorial para abertura de chamado Este sistema foi personalizado, instalado e configurado pela equipe da. O objetivo desta implantação é informatizar os registros de atendimento de suporte técnico para

Leia mais

Manual sistema Laundry 4.0

Manual sistema Laundry 4.0 Manual sistema Laundry 4.0 Sistema para serviços de Lavanderia Comércios Empresa responsável Novacorp informática Fone (41) 3013-1006 E-mail marcio@novacorp.com.br WWW.novacorp.com.br Sumario 1 Este manual

Leia mais

Manual de Instruções ISS WEB SISTEMA ISS WEB. Sil Tecnologia LTDA

Manual de Instruções ISS WEB SISTEMA ISS WEB. Sil Tecnologia LTDA SISTEMA ISS WEB Sil Tecnologia LTDA Sumário INTRODUÇÃO 3 1. ACESSO AO SISTEMA 4 2. AUTORIZAR USUÁRIO 5 3. TELA PRINCIPAL 6 4. ALTERAR SENHA 7 5. TOMADORES DE SERVIÇO 7 5.1 Lista de Declarações de Serviços

Leia mais

Cotação OnLine. Manual do Usuário

Cotação OnLine. Manual do Usuário Cotação OnLine Manual do Usuário Última Revisão 10-10-2010 Histórico de Revisões Data Descrição Versão 01-12-2010 Primeira versão do manual 1.0.0 Delf Tecnologia 2 ÍNDICE 1. Introdução... 4 1.1 O que é

Leia mais

Portal do Fornecedor ANGELONI. Manual do usuário. (versão 1.1)

Portal do Fornecedor ANGELONI. Manual do usuário. (versão 1.1) Portal do Fornecedor ANGELONI Manual do usuário (versão 1.1) 1. Objetivo Este manual explica como funciona o Portal do Fornecedor ANGELONI. Todos os procedimentos para visualizar pedidos, gerar e enviar

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA. Manual do Moodle- Sala virtual

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA. Manual do Moodle- Sala virtual UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA Manual do Moodle- Sala virtual UNIFAP MACAPÁ-AP 2012 S U M Á R I O 1 Tela de Login...3 2 Tela Meus

Leia mais

Balanço Energético Nacional 2012. Manual do Sistema de Coleta de Dados para o BEN 2012

Balanço Energético Nacional 2012. Manual do Sistema de Coleta de Dados para o BEN 2012 Balanço Energético Nacional 2012 Manual do Sistema de Coleta de Dados para o BEN 2012 Fevereiro de 2012 Apresentação O Balanço Energético Nacional BEN é o documento tradicional do setor energético brasileiro,

Leia mais

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Usuário Anônimo

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Usuário Anônimo CeC Cadastro eletrônico de Contribuintes Usuário Anônimo Versão 1.2 13/10/2010 Sumário Apresentação... 3 Objetivo... 3 1. Solicitação de CeC... 4 1.1. Cadastro de Pessoas Físicas... 6 1.1.1 Cadastro de

Leia mais

Dúvidas Frequentes. Central de Atendimento ao Fornecedor

Dúvidas Frequentes. Central de Atendimento ao Fornecedor Dúvidas Frequentes Central de Atendimento ao Fornecedor Fornecedor de Material 1- Sou um fornecedor Raízen devidamente Homologado e preciso entregar o material solicitado em uma de suas unidades, como

Leia mais

C o t a ç ã o E l e t r ô n i c a V i l l a r e s M e t a l s

C o t a ç ã o E l e t r ô n i c a V i l l a r e s M e t a l s C o t a ç ã o E l e t r ô n i c a V i l l a r e s M e t a l s M a n u a l d o F o r n e c e d o r Portal de Compras Página 1 Conteúdo 1. Introdução... 3 2. Informações importantes... 3 3. Acessando o portal...

Leia mais

ACESSANDO COM USUÁRIO DE PROFESSOR

ACESSANDO COM USUÁRIO DE PROFESSOR ACESSANDO COM USUÁRIO DE PROFESSOR 1º passo: Acesse a página através do link existente no site de Newton laboratório e audiovisual: 2º passo: Na tela inicial do sistema digite seu usuário e sua senha nos

Leia mais

MANUAL DE ACESSO AO MYSUITE

MANUAL DE ACESSO AO MYSUITE MANUAL DE ACESSO AO MYSUITE A Ferramenta de Atendimento Online MySuite é a nova forma de atendimento utilizada pela Gerpos. Por meio dela, é possível solicitar atendimentos do Suporte Técnico e de outros

Leia mais

ORIENTAÇÃO AO TOMADOR DE SERVIÇO, QUANTO A RETENÇÃO DO ISS

ORIENTAÇÃO AO TOMADOR DE SERVIÇO, QUANTO A RETENÇÃO DO ISS 1 PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCISCO BELTRÃO SECRETARIA DE FINANÇAS / DEPARTAMENTO DE FISCALIZAÇÃO ORIENTAÇÃO AO TOMADOR DE SERVIÇO, QUANTO A RETENÇÃO DO ISS Olá Tomadores de Serviço, a Prefeitura Municipal

Leia mais

COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML. Após abrir o sistema, localize o menu no canto superior esquerdo e clique em Movimentação > Entrada Material

COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML. Após abrir o sistema, localize o menu no canto superior esquerdo e clique em Movimentação > Entrada Material COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML Observação: O arquivo XML da nota fiscal deve estar salvo em seu computador. Se o seu fornecedor não enviou o arquivo por e-mail, você pode obter o arquivo pela internet,

Leia mais

PORTAL WISSEN OPERADORA 2011 GUIA PRÁTICO OPERACIONAL. Portal Wissen

PORTAL WISSEN OPERADORA 2011 GUIA PRÁTICO OPERACIONAL. Portal Wissen PORTAL WISSEN OPERADORA 2011 GUIA PRÁTICO OPERACIONAL Portal Wissen Onde encontro? INTRODUÇÃO...3 Acessando o Sistema...4 Pagina Inicial do sistema...5 FUNCIONAMENTO DO SISTEMA...6 Iniciando um File (Compra

Leia mais

Perguntas e Respostas

Perguntas e Respostas CONTA COM A GENTE PARCELE SUA DÍVIDA COM DESCONTOS NOS JUROS E MULTA Perguntas e Respostas P: O que é o Programa de Recuperação de Crédito do DMAE? R: É a oportunidade dos usuários que possuem dívidas

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO SISTEMA CCA

MANUAL DE ORIENTAÇÃO SISTEMA CCA MANUAL DE ORIENTAÇÃO SISTEMA CCA Versão.0 Sistema de Controle de Concessão de Adiantamentos Sumário O Sistema CCA ----------------------------------------------------- 3 Iniciando a operacionalização do

Leia mais

Portal de Fornecedores Não-Revenda

Portal de Fornecedores Não-Revenda Portal de Fornecedores Não-Revenda Gestão de Dados Cadastrais Consulte neste manual os procedimentos para a manutenção de seus dados cadastrais junto ao Walmart, assim como os dados e documentos complementares

Leia mais

Guia de Integração para Pagamento Fácil (Cartão de Débito Bradesco)

Guia de Integração para Pagamento Fácil (Cartão de Débito Bradesco) Guia de Integração para Pagamento Fácil (Cartão de Débito Bradesco) Índice Capítulo 1... 3 Introdução... 3 Capítulo 2... 4 Links de Pagamento... 4 Capítulo 3... 5 Configurando o Gerenciador de Compras...

Leia mais

Manual Passo a Passo

Manual Passo a Passo Manual Passo a Passo 2015 ACESSO SELEÇÃO DE RA SELEÇÃO DO PRODUTO CARRINHO DE COMPRAS FECHAR PEDIDO ENDEREÇO DE ENTREGA TIPO DE FRETE INFORMAÇÃO DE PAGAMENTO PAGAMENTO CARTÃO DE CRÉDITO PAGAMENTO BOLETO

Leia mais

MANUAL DE EMISSÃO E INSTALAÇÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 (GOOGLE CHROME)

MANUAL DE EMISSÃO E INSTALAÇÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 (GOOGLE CHROME) MANUAL DE EMISSÃO E INSTALAÇÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 (GOOGLE CHROME) VERSÃO 10 Atualizado em 30/12/2015 Página 1 de 30 A renovação online do certificado somente poderá ser feita uma única vez (e-cpf)

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Acesso ao Sistema - Pessoa Física

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Acesso ao Sistema - Pessoa Física Acesso ao Sistema - Pessoa Física Página 2 de 37 Índice ÍNDICE... 2 1. CONSIDERAÇÕES GERAIS... 4 1.1. DEFINIÇÃO... 4 1.2. OBRIGATORIEDADE DE EMISSÃO DA NFS-E... 4 1.3. CONTRIBUINTES IMPEDIDOS DA EMISSÃO

Leia mais