PROGRAMAS E BIBLIOGRAFIAS DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS ADVOGADO

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROGRAMAS E BIBLIOGRAFIAS DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS ADVOGADO"

Transcrição

1 PROGRAMAS E BIBLIOGRAFIAS DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS ADVOGADO DIREITO ADMINISTRATIVO 1. Direito Administrativo: conceito, abrangência, origem e evolução histórica. 2. Administração Pública: conceito, abrangência. Princípios da Administração Pública. Garantias individuais. Poderes da Administração Pública. Desvio e Abuso de Poder. Estado e Governo. 3. Dos poderes administrativos: Vinculado, discricionário, disciplinar, regulamentar e de polícia. 4. Estrutura da Administração. Descentralização e Desconcentração. Administração Direta e Indireta. Autarquias. Fundações. Empresas Públicas e Sociedades de Economia Mista. Órgãos Públicos. 5. Serviços Públicos: conceito, princípios, classificação e tratamento constitucional. Prestação Centralizada e Descentralizada de Serviços Públicos. Concessões, Autorizações e Permissões de Serviços Públicos. Atividade Econômica do Estado. Competência da União, do Distrito Federal, dos Estados e dos Municípios. Parcerias na Administração Pública. 6. Atos Administrativos: conceito, atributos, elementos e efeitos. Vinculação e Discricionariedade. Atos Administrativos em Espécie. Desconstituição dos Atos Administrativos: revogação, anulação e nulificação. Convalidação. Prescrição e Decadência. Súmula 473 do STF. 7. Processo Administrativo. 8. Licitação: conceito, princípios, obrigatoriedade, dispensa e inexigibilidade. Modalidades de Licitação. Procedimento. Anulação, nulificação e Revogação. Recursos Administrativos. 9. Contrato Administrativo: conceito, características, modificação, rescisão. Modalidades de Contratos Administrativos concessão, contratos de obras públicas e de prestação de serviços. Contrato de Gestão. Convênio. Consórcio. Parcerias Público-Privadas. 10. Agentes Públicos: conceito, características e classificação. Servidores Públicos: Regime jurídico. Organização do serviço público. Direitos, deveres e responsabilidades. Processo disciplinar. Improbidade administrativa. 11. Processo Administrativo: conceito, finalidades, modalidades, princípios, garantias processuais e procedimentos. Processo Administrativo Disciplinar. Sindicância. 12. Da responsabilidade civil das pessoas jurídicas de direito público e de direito privado prestadora de serviço público. Direito de regresso. 13. Advocacia de Estado. Advocacia consultiva e contenciosa. Estatuto da Advocacia Lei Federal nº 8.906/94. Código de Ética e Disciplina. 1. MELLO, Celso Antonio Bandeira de. Curso de direito administrativo. 25ª ed. São Paulo: Malheiros, FERRAZ, Sérgio. DALLARI, Adilson Abreu. Processo administrativo. 2ª ed. São Paulo: Malheiros, JUSTEN FILHO, Marçal. Comentários à Lei de Licitações e contratos administrativos: de acordo com a emenda constitucional nº 19, de 4 de junho de 1998, e com a Lei Federal nº 9648, de 27 de maio de ª ed. São Paulo: Dialética, Lei 9784/95 Regula o processo administrativo no âmbito da Administração Pública Federal). 5. Lei 8666/93 - Regulamenta o art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal, institui normas para licitações e contratos da Administração Pública e dá outras providências. DIREITO CONSTITUCIONAL 1. Conceito de Constituição. Aplicabilidade e Interpretação das Normas Constitucionais. Classificação das normas constitucionais. 2. Poder Constituinte: conceito, finalidade, titularidade e espécies. Reforma da Constituição. Revisão Constitucional. Ato Jurídico Perfeito. Direito Adquirido. Coisa Julgada. Cláusulas Pétreas. 3. Supremacia da Constituição. Controle de Constitucionalidade: conceito, espécies, sistema brasileiro. Ação Direta de Inconstitucionalidade. Ação Declaratória de Constitucionalidade. Argüição de Descumprimento de Preceito Fundamental. 4. Organização dos Poderes do Estado. Conceito de Poder: separação, independência e harmonia. 5. Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário: conceito, estrutura, funcionamento e atribuições. 1

2 6. Administração Pública: princípios constitucionais e seus desdobramentos. Servidores Públicos: investidura, direitos, deveres, remuneração, aposentadoria e estabilidade. 7. Direitos e Garantias Fundamentais: direitos e deveres individuais, coletivos, sociais, políticos e nacionalidade. Tutela Constitucional das Liberdades: Mandado de Segurança, Habeas Corpus, Habeas Data, Ação Popular, Mandado de Injunção e direito de petição. Ação Civil Pública. 8. Princípios Constitucionais. Normas auto-aplicáveis. Normas de eficácia plena, de eficácia contida e eficácia limitada. 9. Regime de prestação de serviços públicos. Exploração de atividade econômica. 1. BANDEIRA DE MELLO, Celso Antônio. Conteúdo jurídico do princípio da igualdade. 3.ed. São Paulo: Malheiros, BARROSO, Luís Roberto. A nova interpretação Constitucional. 3ª ed. São Paulo: Renovar, O Direito constitucional e a efetividade de suas normas. 5.ed. Rio de Janeiro: Renovar, CANOTILHO, J. J. Gomes. Direito constitucional e teoria da constituição. Coimbra: Almedina, CLÈVE, Clèmerson Merlin. A fiscalização abstrata de constitucionalidade no direito brasileiro. São Paulo: RT, BRASIL. Constituição Federal. Brasília: Senado Federal, MORAES, Alexandre de. Direito constitucional. 8.ed. São Paulo: Atlas, ROTHENBURG, Walter Claudius. Princípios constitucionais. Porto Alegre: Sérgio Antônio Fabris Editor, DIREITO PENAL 1. Garantias penais fundamentais da Constituição. 2. Crime: conceitos, ação e omissão, tipicidade, antijuridicidade, culpabilidade. Relação de causalidade. Punibilidade. 3. Crimes contra a pessoa (CP - arts. 121 a 154). 4. Crimes contra a fé pública (CP - arts. 289 a 311). 5. Crimes contra a administração pública praticado por funcionário e particular. Leis nº6.766/71 e nº8.666/ Conceito de Funcionário público (CP - arts. 312 a 359). 7. Crimes de abuso de autoridade (Lei Federal nº 4.898/65). 8. Crimes previstos na Lei de Licitações (Lei Federal nº 8.666/93). 9. Lei dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais (Lei Federal nº 9.099/95). 1. Código Penal (Decreto-Lei nº. 2848, de 07 de dezembro de 1940) 2. Lei nº /93. Normas de licitações e contratos da Administração Pública 3. Andreucci, Ricardo Antonio. Manual do Direito Penal. 4ª Ed. São Paulo: Saraiva, DIREITO PROCESSUAL PENAL 1. Persecução criminal extrajudicial: o inquérito policial, o Ministério Público e a polícia judiciária. 2. Ação penal. Classificação. Princípios. Condições. A justa causa. Denúncia. Queixa. Aditamento. 3. Do procedimento dos crimes de responsabilidade funcional. 4. Juizados Especiais Criminais - Lei Federal nº 9.099/ Código de Processo Penal (Decreto-Lei nº. 3689, de 03 de outubro de 1941) 2. Lei 9.099, de 26 de setembro de 1995 (Juizados Especiais Cíveis e Criminais) 3. TOURINHO FILHO, Fernando da Costa. Manual de Processo Penal. 10ª. Edição. São Paulo: Saraiva, DIREITO CIVIL 1. Lei de Introdução ao Código Civil. Definição e Vigência da Lei. Eficácia da Lei no Tempo. Eficácia da Lei no Espaço. Interpretação da Lei. Integração do Ordenamento Jurídico. Aplicação da Lei e do Direito. 2. Direitos da Personalidade: definição, origem, evolução e características. Das Pessoas Naturais: personalidade, capacidade e ausência. Das Pessoas Jurídicas: definição, espécies, existência legal e extinção. Das Associações. Das Fundações. Do Domicílio. 3. Bens: bens considerados em si mesmos, bens reciprocamente considerados e bens públicos. 2

3 4. Fatos Jurídicos. Negócio Jurídico: conceito, representação, condição, termo, encargo, defeitos e invalidade. Atos Jurídicos Lícitos. Atos Jurídicos Ilícitos. Prescrição e Decadência. Prova. 5. Obrigações: modalidades, transmissão, adimplemento, inadimplemento e extinção. 6. Contratos: disposições gerais e extinção. Atos Unilaterais. Responsabilidade Civil: teoria discursiva, teoria objetiva ou do risco, sujeitos, dano, nexo de causalidade e indenização. 1. GAGLIANO, Pablo Stolze; Pamplona Filho, Rodolfo. Novo Curso de Direito Civil. São Paulo: Saraiva, GOMES, Orlando. Introdução ao Direito Civil. Direito das Obrigações. Direitos Reais. Contratos. 3. MELLO, Marcos Bernardes de. Teoria do Fato Jurídico - Plano da Existência. Teoria do Fato Jurídico - Plano da Validade. 4. RODRIGUES, Silvio. Direito Civil, vols. 1 a SERPA LOPES, Miguel Maria de. Curso de Direito Civil, vols. I a IV. 6. TEPEDINO, Gustavo. A parte geral do novo Código Civil: estudos na perspectiva civil constitucional. Rio de Janeiro: Renovar, VENOSA, Silvio de Salvo. Direito Civil, São Paulo: Atlas, 2005 DIREITO PROCESSUAL CIVIL 1. Jurisdição: conceito, princípios fundamentais e espécies. Ação: natureza, conceito, teorias, elementos, condições, 2. classificação, concurso e cumulação. Processo: conceito, relação processual, princípios, formação, suspensão e extinção. 3. Atos Processuais: forma, tempo, lugar, prazos, comunicações dos atos, nulidades e valor da causa. Partes e Procuradores: capacidade processual, deveres e substituição. Atos do juiz: sentença, decisão interlocutória e despacho. 4. Litisconsórcio. Assistência. Intervenção de Terceiros: oposição, nomeação à autoria, denunciação da lide e chamamento ao processo. 5. Competência: conceito, espécies, modificações, prorrogações, declarações de incompetência. Conflito de Competência e de Atribuições. 6. Procedimento de Rito Ordinário. Petição Inicial. Antecipação de Tutela. Tutela cautelar no processo cognitivo. Resposta do Réu. Pedido contraposto. Revelia. Providências Preliminares. Julgamento Conforme o Estado do Processo. Provas. Audiências. Sentença. Coisa Julgada. Procedimento Sumário. 7. Recursos: disposições gerais, apelação, agravo, embargos infringentes, embargos de declaração. Recursos para o Supremo Tribunal Federal e para o Superior Tribunal de Justiça. 8. Cumprimento da Sentença. 9. Tutela cautelar e tutela antecipatória. Mandado de segurança. Ação Popular. Ação Civil Pública. Habeas data. Ação direta de inconstitucionalidade e ação declaratória de constitucionalidade. 10. Juizados Especiais Cíveis (Lei Federal nº 9.099/95). 1. CAHALI, Yussef S. Código de processo civil. 3ª ed. ver., atual. e ampl. São Paulo: Editora Revista Dos Tribunais, MANCUSO, Rodolfo de Camargo. Ação civil pública. 10ª ed.. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, NEGRÃO, Theotonio; GOUVÊA, José Roberto Ferreira. Código de processo civil e legislação processual em vigor. 40ª Ed. São Paulo: Saraiva, THEODORO JUNIOR, Humberto. Curso de direito processual civil. Rio de Janeiro: Forense, SILVA, Ovídio A. Baptista da. Curso de processo civil. 5ª. ed. revista e atual. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, SILVA, Jaqueline Mielke; XAVIER, José Tadeu Neves. Reforma do Processo Civil. Porto Alegre: Editora Verbo Jurídico, DIREITO DO TRABALHO 1. Direito Individual do Trabalho: conceito, características, fontes, aplicação, interpretação e integração. Princípios do Direito do Trabalho. Direitos constitucionais dos trabalhadores. 2. Relação de Trabalho e Relação de Emprego. Empregado. Empregador. Empresa e Estabelecimento. Empregados das Empresas Públicas e das Sociedades de Economia Mista. 3

4 3. Contrato de Trabalho: conceito, características, duração, remuneração, alteração, suspensão, interrupção e cessação. Invalidades do Contrato de Trabalho. Aviso prévio. Estabilidade. Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Contrato de Trabalho com a Administração Pública. 4. Direito Coletivo do Trabalho. Convenções e Acordos Coletivos. Liberdade Sindical. Entidades Sindicais. Conceito de Categoria. Greve. 1. Consolidação das Leis do Trabalho CLT (Decreto-Lei nº. 5452, de 1º de maio de 1943) 2. CARRION, Valentin. Comentários à Consolidação das Leis do Trabalho. 33ª Ed. São Paulo: Saraiva, MARTINS, Sergio Pinto. Direito do Trabalho. 24ª Ed. São Paulo: Atlas, NASCIMENTO, Amauri Mascaro. Curso de Direito do Trabalho. 23ª Ed. São Paulo: Saraiva, DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO 1. Justiça do Trabalho: organização, funcionamento e competência. 2. Princípios gerais do processo do trabalho, atos, termos e prazos processuais, partes e procuradores, nulidades, protesto anti-preclusivo, provas. 3. Processo Judiciário do Trabalho. Dissídios individuais. Dissídios coletivos. Nulidades no Processo do Trabalho. 4. Prescrição e decadência. 5. Procedimento sumaríssimo (Lei Federal nº 9.957/ 2000). 6. Sistema Recursal Trabalhista: princípios, procedimentos, efeitos. Recursos em Espécie: agravo de instrumento, agravo de petição, embargos de declaração, recurso adesivo, recurso ordinário, recurso de revista e recurso extraordinário. 7. Execução Trabalhista. Liquidação de Sentença. Execução contra a Fazenda Pública. Embargos à Execução Exceção de Pré-Executividade 8. Enunciado de Súmulas do Tribunal Superior do Trabalho. 9. Ação de cumprimento 1. Consolidação das Leis do Trabalho CLT (Decreto-Lei nº. 5452, de 1º de maio de 1943). 2. ALMEIDA, Isis. Manual de Direito Processual do Trabalho. São Paulo: LTr. 3. CARRION, Valentin. Comentários à Consolidação das Leis do Trabalho. 33ª Ed. São Paulo: Saraiva, MARTINS, Sergio Pinto. Direito Processual do Trabalho. São Paulo: Atlas, SAAD, Eduardo Gabriel. Direito Processual do Trabalho. São Paulo: LTr. DIREITO TRIBUTÁRIO 1. Direito Tributário: conceito, natureza, autonomia 2. Fontes do Direito Tributário 3. Tributos: impostos, taxas e contribuição de melhoria 5. Poder e competência para tributar 6. Princípios constitucionais tributários 7. Limitações ao poder de tributar 8. Legislação Tributária 9. Obrigação Tributária 10. Crédito Tributário 11. Garantias e privilégios do crédito tributário 12. Processo Administrativo Tributário 13. Competências Tributárias 14. Repartição da Receita Tributária 1. CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 2. CÓDIGO TRIBUTÁRIO NACIONAL 3. ATALIBA, Geraldo. Hipóteses de Incidência Tributária. São Paulo: Malheiros BASTOS, Celso Ribeiro. Curso de Direito Financeiro e de Direito Tributário. 9ª.ed. São Paulo: Celso Bastos Editor, CARVALHO, Paulo de Barros. Curso de Direito Tributário. 20ª Ed. São Paulo: Saraiva,

5 6. MACHADO, Hugo de Brito. Curso de Direito Tributário. 14.ed. São Paulo : Malheiros, NOGUEIRA, Rui Barbosa. Curso de Direito Tributário. 15.ed. São Paulo: Saraiva, LEGISLAÇÃO DA ÁREA FARMACÊUTICA Lei nº 3820 de 11 de novembro de 1960 Cria o Conselho Federal de Farmácia e os Conselhos Regionais de Farmácia, e dá outras providências. Lei n 5991 de 17/12/1973. Dispõe sobre o controle sanitário do comércio de drogas, medicamentos, insumos farmacêuticos e correlatos, e dá outras providências. Decreto de 26/05/1999. Altera o Regulamento aprovado pelo Decreto , de 24/10/1974. Decreto de 10/06/1974 Regulamenta a Lei nº 5991/73, que dispõe sobre o controle sanitário do comércio de drogas, medicamentos, insumos farmacêuticos e correlatos. Decreto de 07/04/1981. Estabelece normas para execução da Lei nº 3.820, de 11 de novembro de 1960, sobre o exercício da profissão de farmacêutico, e dá outras providências. Resolução nº 90 de 28 de novembro de Ementa: Uniformização da nomenclatura dos atos administrativos dos Conselhos Federal e Regional de Farmácias. Resolução nº 461 de 02 de maio de Ementa: Sanções éticas e disciplinares aplicáveis aos farmacêuticos. LEGISLAÇÃO FEDERAL Lei n 6360 de 23/09/1976. Dispõe sobre a vigilância sanitária a que ficam sujeitos os medicamentos, as drogas, os insumos farmacêuticos e correlatos, cosméticos, saneantes e outros produtos, e dá outras providências. Lei n 6437 de 20/08/1977. Configura infrações à legislação sanitária federal, estabelece as sanções respectivas, e dá outras providências. Lei n 9787 de 10/02/1999. Altera a Lei nº 6.360, de 23 de setembro de 1976, que dispõe sobre a vigilância sanitária, estabelece o medicamento genérico, dispõe sobre a utilização de nomes genéricos em produtos farmacêuticos e dá outras providências. Decreto 3181 de 23/09/1999. Regulamenta a Lei nº 9787, de 10 de fevereiro de 1999, que dispõe sobre a Vigilância Sanitária, estabelece o medicamento genérico, dispõe sobre a utilização de nomes genéricos em produtos farmacêuticos e dá outras providências. Decreto de 05/01/1977. Regulamenta a Lei nº 6360/76, que submete a Sistema de Vigilância Sanitária os medicamentos, insumos farmacêuticos, drogas, correlatos, cosméticos, produtos de higiene, saneantes e outros. Resolução 328 de 22/07/1999. Dispõe sobre requisitos exigidos para a dispensação de produtos de interesse à saúde em farmácias e drogarias. 5

6 Resolução RDC 67 de 08/10/2007. Aprova o Regulamento Técnico sobre Boas Práticas de Manipulação de Medicamentos. Resolução RDC 302 de 13/10/2005. Dispõe sobre Regulamento Técnico para funcionamento de Laboratórios Clínicos. Resolução RDC 306 de 07/12/2004. Dispõe sobre o Regulamento Técnico para o gerenciamento de resíduos de serviços de saúde. Resolução RDC 210 de 04/08/2003. Determina a todos os estabelecimentos fabricantes de medicamentos, o cumprimento das diretrizes estabelecidas no Regulamento Técnico das Boas Práticas para a Fabricação de Medicamentos, conforme ao Anexo I da presente Resolução. Resolução RDC 135 de 29/05/2003. Genéricos Aprova Regulamento Técnico para Medicamentos Resolução RDC 102 de 30/11/2000. Aprova o Regulamento sobre propagandas, mensagens publicitárias e promocionais e outras práticas cujo objeto seja a divulgação, promoção ou comercialização de medicamentos de produção nacional ou importados, quaisquer que sejam as formas e meios de sua veiculação, incluindo as transmitidas no decorrer da programação normal das emissoras de rádio ë televisão. Resolução RDC 199 de 17/08/2004. Permite às farmácias e drogarias a afixação dos preços dos medicamentos nos locais internos dos estabelecimentos, visíveis ao público em geral, bem como a sua divulgação por qualquer outro meio, desde que esta tenha por objetivo único garantir aos cidadãos acesso a informações de diferentes preços praticados. Resolução RDC 27 de 30/03/2007. Dispõe sobre o SNGPC. Resolução RDC 80 de 11/05/2006. Dispõe sobre o fracionamento em farmácias. Resolução RDC 58 de 05/09/2007. Dispõe sobre fiscalização de substâncias psicotrópicas anorexígenas. Portaria 344 de 12/05/1998. Aprova o Regulamento Técnico sobre substâncias e medicamentos sujeitos a controle especial. Portaria 154 MG/MS 24/01/2008. Dispõe sobre a inserção do profissional farmacêutico na Atenção Básica. Resolução RDC Nº 19, de 24/03/08. Atualiza o Anexo I, Listas de Substâncias Entorpecentes, Psicotrópicas, Precursoras e outras sob Controle Especial da Portaria SVS/MS Nº 344, de 12/05/1998. Portaria 491 de 09/03/2006. Dispõe sobre a expansão do Programa Farmácia Popular do Brasil. LEGISLAÇÃO ESTADUAL Decreto 5775, de 10/05/2006. Dispõe sobre o fracionamento de medicamentos em drogarias. Decreto 5773, de 09/05/2006. Dispõe sobre regulação, supervisão e avaliação de instituições de ensino superior públicas. 6

7 Lei n 8080 de 19/09/1990. Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes, e dá outras providências. Lei de 23/05/2000. Altera a Lei nº , de 29 de dezembro de 1999, que faculta às farmácias e drogarias localizadas no território do Rio Grande do Sul, a execução de serviços de inalação, medição de pressão e aplicação de medicamento injetável. Lei de 29/12/1999. Faculta às farmácias e drogarias localizadas no território do Rio Grande do Sul, a execução de serviços de inalação, medição de pressão e aplicação de medicação injetável. RESOLUÇÕES DO CFF RESOLUÇÃO Nº18/63 DE 13 DE MAIO DE Ementa: Dispõe sobre processo de cobrança de anuidade. RESOLUÇÃO Nº050/66 DE 18 DE OUTUBRO DE Ementa: Define o âmbito profissional dos Oficiais de Farmácia em geral e responsáveis por postos de socorro. RESOLUÇÃO Nº94/72 DE25 DE MARÇO DE (Alterada pela Resolução nº 241/93) Ementa: Responsabilidade Técnica na Farmácia Pública. RESOLUÇÃO Nº100/72 DE 30 DE SETEMBRO DE Ementa: Indicação do número de inscrição profissional em rótulos, documentos e impressos. RESOLUÇÃO Nº144 DE 26 DE MAO DE Ementa: Dispõe sobre a vinculação de fiscais dos CRFs a empresas farmacêuticas. RESOLUÇÃO Nº160 DE 23 DE ABRIL DE Ementa: Dispõe sobre o exercício da profissão Farmacêutica. RESOLUÇÃO Nº176/86 DE 30 DE MAIO DE Ementa: Ratifica como atividade privativa da profissão farmacêutica, a Farmácia Homeopática. RESOLUÇÃO Nº236/92 DE 25 DE SETEMBRO DE Ementa: Dispõe sobre as atribuições afins do profissional farmacêutico, farmacêutico-industrial e farmacêutico bioquímico. RESOLUÇÃO Nº239/92DE 25 DE SETEMBRO DE Ementa: Dispõe sobre a aplicação de injeções em farmácias e drogarias. RESOLUÇÃO Nº261/94 DE 16 DE SETEMBRO DE Ementa: Dispõe sobre responsabilidade técnica. RESOLUÇÃO Nº269/95 DE 24 DE ABRIL DE Ementa: Determina a extinção de múltipla responsabilidade técnica. RESOLUÇÃO Nº288/96 DE 21 DE MARÇO DE Ementa: Dispõe sobre a competência legal para o exercício da manipulação de drogas antineoplásicas pelos farmacêuticos. RESOLUÇÃO Nº292/96 DE 24 DE MAIO DE Ementa: Ratifica competência legal para o exercício da atividade de Nutrição Parenteral e Enteral, pelo Farmacêutico. 7

8 RESOLUÇÃO Nº296/96 DE 25 DE JULHO DE Ementa: Normatiza o exercício das Análises Clínicas pelo farmacêutico bioquímico. RESOLUÇÃO Nº300/97 DE 30 DE JANEIRO DE Ementa: Regulamenta o exercício profissional em Farmácias e Unidades Hospitalares, clínicas e casas de saúde. De natureza pública e privada. RESOLUÇÃO Nº303/97 DE 30 DE ABRIL DE Ementa: Dispõe sobre atribuições do Farmacêutico-Bioquímico na área de Citogenética Humana. RESOLUÇÃO Nº304/97 DE 1º DE MAIO DE Ementa: Dispõe sobre atribuições do Farmacêutico-Bioquímico na área de Imunogenética e Histocompatibilidade. RESOLUÇÃO Nº307 DE 02 DE MAIO DE Farmacêutico-Bioquímico na área de Toxicologia. Ementa: Dispõe sobre atribuição do RESOLUÇÃO Nº308 DE 02 DE MAIO Ementa: Dispõe sobre a Assistência Farmacêutica em farmácia e drogarias. RESOLUÇÃO N 318/97 DE 24 DE JUNHO DE Ementa: Dispõe sobre a uniformização dos processos eletivos para os Conselhos Federal e Regionais. RESOLUÇÃO Nº334/98 DE 28 DE OUTUBRO DE Ementa: É vedado aos Conselhos Regionais de Farmácia procederem o registro de lojas de conveniência ou drugstore, legalizando pseudo atividade em seus quadros. RESOLUÇÃO Nº335/98 DE 17 DE NOVEMBRO DE (Nova Redação dada pela Resolução nº 440/05) Ementa: Dispõe sobre prerrogativas para o exercício da responsabilidade técnica em homeopatia e revoga a Resolução Nº319/97. RESOLUÇÃO Nº349/00 DE 20 DE JANEIRO DE Ementa: Estabelece a competência do farmacêutico em proceder a intercambialidade ou substituição genérica de medicamentos. RESOLUÇÃO Nº353/00 DE 15 DE SETEMBRO DE Ementa: Dispõe sobre o exercício de acupuntura pelo profissional farmacêutico. RESOLUÇÃO N 357/01 DE 20 DE ABRIL DE (Alterada pela Resolução nº 416/04) Ementa: Aprova o regulamento técnico das Práticas de Farmácia. RESOLUÇÃO N 361/00 DE 28 DE NOVEMBRO DE Ementa: Dispõe sobre as atribuições do profissional Farmacêutico Bioquímico nos procedimentos de punção venosa e punção arterial. RESOLUÇÃO Nº364/01 DE 2 DE OUTUBRO DE Ementa: Veda a assunção de responsabilidade técnica pelo farmacêutico nas farmácias e drogarias de cooperativa médica ou que detenha atividades médica em seu controle acionário. RESOLUÇÃO Nº365/01 DE 2 DE OUTUBRO DE Ementa: Dispõe sobre a assistência técnica farmacêutica em distribuidoras, representantes, importadores, e exportadores de medicamentos, insumos farmacêuticos e correlatos. RESOLUÇÃO Nº366/01 DE 2 DE OUTUBRO DE Ementa: Dispõe sobre as especialidades de farmácia reconhecida pelo Federal de Farmácia. 8

9 RESOLUÇÃO Nº378/02 DE 25 DE ABRIL DE Ementa: Proíbe a responsabilidade técnica de profissional farmacêutico a estabelecimento em desacordo com a Lei Federal nº5991/73. RESOLUÇÃO Nº381/02 DE 21 DE MAIO DE Ementa: Dispõe sobre atribuições do profissional farmacêutico na área de Imunização Genética. RESOLUÇÃO Nº382/02 DE 21 DE MAIO DE 2002 Emen.ta: Dispõe sobre a atribuição do profissional farmacêutico em Bancos de Órgãos RESOLUÇÃO Nº383/02 DE 23 DE AGOSTO DE Ementa: Dispõe sobre a atribuição do farmacêutico na área de controle de vetores e pragas urbanas. RESOLUÇÃO Nº387/02 DE 13 DE DEZEMBRO DE Ementa: Regulamenta as atividades do farmacêutico na indústria farmacêutica. RESOLUÇÃO Nº401/03 DE 20 DE NOVEMBRO DE 2003 (Alterada pela Resolução nº 414/04) Ementa: Ratifica a competência legal do farmacêutico especialista em Citopatologia,ou Citologia Clínica executar exames citopatológicos. RESOLUÇÃO: N 406/03 DE DEZEMBRO DE Ementa: Regula as atividades de Farmacêutico na Indústria Cosmética. RESOLUÇÃO N 409/04 DE 26 DE MARÇO DE (Alterada pela Resolução nº 456/06) Ementa: Regulamenta o procedimento de fiscalização dos Conselhos Regionais de Farmácia e dá outras providências. RESOLUÇÃO N 415/04 DE 29 DE JUNHO DE Ementa: Dispõe sobre s atribuições do farmacêutico no Gerenciamento dos Resíduos dos Serviços de Saúde. RESOLUÇÃO N 417/04 DE 29 DE SETEMBRO DE Ementa: Aprova o Código de Ética da Profissão Farmacêutico. RESOLUÇÃO Nº 419 DE 29 DE SETEMBRO DE 2004 (Alterada pela Resolução nº 423/04) Ementa: Dispõe sobre o registro de especialistas nos Conselhos Regionais de Farmácia. RESOLUÇÃO N 428 DE 15 DE DEZEMBRO DE 2004 (Alterada pela Resolução nº432/05) Ementa: Substitui a cédula de identidade profissional do farmacêutico e a do não-farmacêutico, institui a Certidão de Regularidade Técnica, estabelece o recadastramento nacional e dá outras providências. RESOLUÇÃO N 430/05 DE 17 DE FEVEREIRO DE Ementa: Dispõe sobre o exercício profissional do Farmacêutico conformação de Acordo com a Resolução CNE/CES Nº2 de 19 de fevereiro de RESOLUÇÃO N 433/05 DE 26 DE ABRIL DE Ementa: Regula a atuação do farmacêutico em empresas de transporte, aéreo, Ferroviário e produtos farmacêuticos, farmoquímicos e produtos de saúde. RESOLUÇÃO N 437/05 DE 28 DE JULHO DE Ementa: Regulamenta a atividade profissional do farmacêutico no fracionamento de medicamentos. RESOLUÇÃO N 444/06 DE 25 DE AGÔSTO DE Ementa: Dispõe sobre regulamentação de cursos de pós-graduação lato - sensu de caráter Profissional. 9

10 RESOLUÇÃO Nº450/06 DE 25 DE OUTUBRO DE Ementa: dá nova redação ao Art. 15 da Resolução nº 258/94 do CFF, estabelecendo o depósito prévio como pressuposto à interposição de recurso administrativo. RESOLUÇÃO Nº463/07 DE 27 DE JUNHO DE Ementa: Dispõe sobre as atribuições do Farmacêutico no controle de qualidade e tratamento de água para consumo humano, seu padrão de potabilidade e controle ambiental, bem como o controle de operação das estações de tratamento de água e esgotos domésticos e industriais, de piscinas, praias, balneários, hotéis, condomínios e congêneres. RESOLUÇÃO Nº464/07 DE 23 DE JULHO DE Dispõe sobre a inscrição, o registro, o cancelamento de inscrição e a averbação no Conselho Regional de Farmácia e dá outras providências. RESOLUÇÃO Nº 467 DE 28 DE NOVEMBRO DE Ementa: Define, regulamenta e estabelece as atribuições e competências do farmacêutico na manipulação de medicamentos e de outros produtos farmacêuticos. RESOLUÇÃO Nº 470 DE 28 DE MARÇO DE Ementa: Regula as atividades do Farmacêutico em gases e misturas de uso terapêutico e para fins de diagnóstico. RESOLUÇÃO Nº 481 DE 25 DE JUNHO DE Ementa: Dispõe sobre as atribuições do farmacêutico nas atividades de meio ambiente, segurança no trabalho, saúde ocupacional e responsabilidade social, respeitadas as atividades afins com outras profissões. 10

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE EMPRESA PÚBLICA DE TRANSPORTE E CIRCULAÇÃO S/A EPTC CONCURSO PÚBLICO 01/2007

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE EMPRESA PÚBLICA DE TRANSPORTE E CIRCULAÇÃO S/A EPTC CONCURSO PÚBLICO 01/2007 CARGO: ADVOGADO PROGRAMA RETIFICADO EM 12/12/2007 DIREITO ADMINISTRATIVO 1. Direito Administrativo: conceito, abrangência, origem e evolução histórica. 2. Administração Pública: conceito, abrangência.

Leia mais

PROGRAMAS E BIBLIOGRAFIAS DE LEGISLAÇÃO E DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS FARMACÊUTICO

PROGRAMAS E BIBLIOGRAFIAS DE LEGISLAÇÃO E DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS FARMACÊUTICO PROGRAMAS E BIBLIOGRAFIAS DE LEGISLAÇÃO E DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS FARMACÊUTICO LEGISLAÇÃO Lei nº 3820 de 11 de novembro de 1960 Cria o Conselho Federal de Farmácia e os Conselhos Regionais de Farmácia,

Leia mais

ADITIVO AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007

ADITIVO AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007 ADITIVO AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007 O Presidente da Fundação de Apoio à Universidade Federal de São João del-rei FAUF e o Prefeito Municipal de Ibirité, Antonio Pinheiro Júnior, faz saber

Leia mais

Apostila Exclusiva Direitos Autorais Reservados www.thaisnunes.com.br 1

Apostila Exclusiva Direitos Autorais Reservados www.thaisnunes.com.br 1 Direito - Técnico do TRF 4ª Região É possível estudar buscando materiais e aulas para cada uma das matérias do programa do concurso de Técnico do TRF 4ª Região. Basta disciplina e organização. Sugestão

Leia mais

I) DIREITO INDIVIDUAL E COLETIVO DO TRABALHO

I) DIREITO INDIVIDUAL E COLETIVO DO TRABALHO PROGRAMA ESPECÍFICO DA PROVA ORAL XX CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE JUIZ DO TRABALHO SUBSTITUTO DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA SEXTA REGIÃO I) DIREITO INDIVIDUAL E COLETIVO DO TRABALHO

Leia mais

P O D E R J U D I C I Á R I O TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 9ª REGIÃO SECRETARIA DA COMISSÃO DE CONCURSO

P O D E R J U D I C I Á R I O TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 9ª REGIÃO SECRETARIA DA COMISSÃO DE CONCURSO P O D E R J U D I C I Á R I O TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 9ª REGIÃO SECRETARIA DA COMISSÃO DE CONCURSO XXI CONCURSO PÚBLICO PARA INGRESSO NA MAGISTRATURA DO TRABALHO DA 9ª REGIÃO EDITAL nº 7/2008

Leia mais

Constituição e Processo: direitos e garantias fundamentais de natureza processual.

Constituição e Processo: direitos e garantias fundamentais de natureza processual. PONTO Nº 01 Hermenêutica: interpretação, integração e aplicação do Direito do Trabalho. Métodos básicos de exegese. O papel da equidade. Eficácia das normas trabalhistas no tempo e no espaço. Revogação.

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE AMAPÁ DO MARANHÃO CONCURSO PÚBLICO INSTITUTO MACHADO DE ASSIS Seriedade, compromisso e competência.

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE AMAPÁ DO MARANHÃO CONCURSO PÚBLICO INSTITUTO MACHADO DE ASSIS Seriedade, compromisso e competência. Errata nº 002/2016 A Comissão Organizadora do Concurso da Prefeitura Municipal de Amapá do Maranhão PUBLICA alteração no edital. ONDE SE LÊ: CARGO: PROCURADOR JURÍDICO MUNICIPAL Direito Constitucional

Leia mais

Direito Ambiental: - Princípios fundamentais de Direito Ambiental. Fontes do Direito Ambiental.

Direito Ambiental: - Princípios fundamentais de Direito Ambiental. Fontes do Direito Ambiental. Direito Constitucional: - Direitos e Garantias Fundamentais: direitos e deveres individuais, sociais e coletivos. - Direito de ação, devido processo legal, habeas corpus, mandado de segurança, mandado

Leia mais

Tribunal de Justiça do Piauí TJ/PI Área Judiciária Carreira de Escrivão Judicial

Tribunal de Justiça do Piauí TJ/PI Área Judiciária Carreira de Escrivão Judicial Tribunal de Justiça do Piauí TJ/PI Área Judiciária Carreira de Escrivão Judicial ÍNDICE VOLUME 1 CONHECIMENTOS BÁSICOS LÍNGUA PORTUGUESA Elementos de construção do texto e seu sentido: gênero do texto

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2011 2ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL E REABERTURA DE INSCRIÇÕES

CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2011 2ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL E REABERTURA DE INSCRIÇÕES CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2011 2ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL E REABERTURA DE INSCRIÇÕES O Prefeito Municipal de Gurupi, através da Resolução nº 528/2012 do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins, e, no uso

Leia mais

Sumário. Resumo Direito Constitucional

Sumário. Resumo Direito Constitucional Sumário 1. DIREITO CONSTITUCIONAL 1.1 Dos direitos e garantias fundamentais 1.1.1 Dos direitos e deveres individuais e coletivos 1.1.1.1 Extradição 1.1.2 Dos direitos sociais 1.1.3 Da nacionalidade 1.1.4

Leia mais

ANEXO V PROGRAMA E REFERÊNCIAS NÍVEL FUNDAMENTAL LÍNGUA PORTUGUESA - TODOS

ANEXO V PROGRAMA E REFERÊNCIAS NÍVEL FUNDAMENTAL LÍNGUA PORTUGUESA - TODOS ANEXO V PROGRAMA E REFERÊNCIAS NÍVEL FUNDAMENTAL LÍNGUA PORTUGUESA - TODOS 1. Interpretação de textos. 1.1 Leitura e compreensão de informações. 1.2 Identificação de ideias principais e secundárias. 1.3

Leia mais

TRANSFERÊNCIA FDV 2011/1 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 3º PERÍODO

TRANSFERÊNCIA FDV 2011/1 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 3º PERÍODO Disciplina: TEORIA GERAL DO DIREITO 3º PERÍODO Pressupostos político-sociais do conhecimento jurídico-dogmático moderno. Dogmática Jurídica enquanto Teoria da Norma Jurídica. Dogmática Jurídica enquanto

Leia mais

Sumário 1. TEORIA GERAL DO DIREITO DO TRABALHO... 13 2. VÍNCULO EMPREGATÍCIO... 26 3. FLEXIBILIZAÇÃO DO VÍNCULO TRABALHISTA... 38

Sumário 1. TEORIA GERAL DO DIREITO DO TRABALHO... 13 2. VÍNCULO EMPREGATÍCIO... 26 3. FLEXIBILIZAÇÃO DO VÍNCULO TRABALHISTA... 38 5 Sumário 1. Direito Individual do Trabalho 13 1. TEORIA GERAL DO DIREITO DO TRABALHO... 13 1.1. Formação histórica e teoria do direito do trabalho... 13 1.2. Princípios... 16 1.3. Fontes do Direito do

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM DIREITO GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM DIREITO GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM DIREITO GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Introdução ao Estudo do Direito 1º PERÍODO Direito e perfil da Introdução ao Estudo do Direito. Direito, Estado

Leia mais

ANEXO II - PROGRAMA DAS PROVAS DIREITO CONSTITUCIONAL

ANEXO II - PROGRAMA DAS PROVAS DIREITO CONSTITUCIONAL DOM Eletrônico Edição N 6165, de 15 de setembro de 2015. Página 87 de 150 CONCURSO PÚBLICO PARA PROCURADOR DO MUNICÍPIO EDITAL Nº 001/2015 ANEXO II - PROGRAMA DAS PROVAS DIREITO CONSTITUCIONAL DIREITO

Leia mais

Ementário do curso de

Ementário do curso de Introdução ao Estudo de I Fase: I Carga Horária: 60 h/a Créditos: 04 A sociedade. e ordem jurídica. Conceito de justiça. e moral. Fontes do. Positivo. objetivo e subjetivo. Público e Privado. Capacidade

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA PRIMEIRA REGIÃO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DO CARGO DE JUIZ DO TRABALHO SUBSTITUTO 2012 PONTOS DA PROVA ORAL

TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA PRIMEIRA REGIÃO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DO CARGO DE JUIZ DO TRABALHO SUBSTITUTO 2012 PONTOS DA PROVA ORAL TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA PRIMEIRA REGIÃO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DO CARGO DE JUIZ DO TRABALHO SUBSTITUTO 2012 PONTOS DA PROVA ORAL PONTO 1 Segurança e higiene do trabalho. Labor em circunstâncias

Leia mais

DEVERES DOS AGENTES PÚBLICOS

DEVERES DOS AGENTES PÚBLICOS AGENTES PÚBLICOS José Carlos de Oliveira Professor de Direito Administrativo na graduação e no Programa de Pós-Graduação do Curso de Direito da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Unesp/Franca No

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA NÚCLEO DE CIÊNCIAS SOCIAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA NÚCLEO DE CIÊNCIAS SOCIAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA NÚCLEO DE CIÊNCIAS SOCIAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS DISCIPLINA: DIREITO ADMINISTRATIVO I CÓDIGO: CARGA HORÁRIA: 80 h.a. N.º DE CRÉDITOS: 04 PRÉ-REQUISITO: DIREITO

Leia mais

DIREITO CONSTITUCIONAL

DIREITO CONSTITUCIONAL PFN 1. História Constitucional do Brasil. 2. Constituição: conceito e classificação. 3. Normas constitucionais: classificação. 4. Preâmbulo, normas constitucionais programáticas e princípios constitucionais.

Leia mais

. PROFESSOR (A) RESPONSÁVEL: ALEXANDRE LEOPOLDINO POLONIATO PLANO DE CURSO

. PROFESSOR (A) RESPONSÁVEL: ALEXANDRE LEOPOLDINO POLONIATO PLANO DE CURSO FIBRA Faculdade do Instituto Brasil Instituto Brasil de Ciência e Tecnologia Ltda I.B.C.T. BR 060/153, km 97, nº 3.400, B. São João, Anápolis/GO, CEP 75.133-050 Fone: (62) 3313-3500 Site: www.fibra.edu.br

Leia mais

Conteúdo programático do curso OAB

Conteúdo programático do curso OAB Conteúdo programático do curso OAB Disciplinas Carga Horária ( 30 min.) No. Aulas (noite) Estatuto da Criança e do Adolescente 6 horas/aulas 01 Histórico e Visão Geral do Estatuto Direitos Fundamentais

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA A SELEÇÃO PÚBLICA DO PROGRAMA DE ESTÁGIO DA PROCURADORIA GERAL DO ESTADO

EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA A SELEÇÃO PÚBLICA DO PROGRAMA DE ESTÁGIO DA PROCURADORIA GERAL DO ESTADO ESTADO DE PERNAMBUCO PROCURADORIA GERAL DO ESTADO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA A SELEÇÃO PÚBLICA DO PROGRAMA DE ESTÁGIO DA PROCURADORIA GERAL DO ESTADO O PROCURADOR GERAL DO ESTADO, no uso das

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 1.939, DE 2015 (Do Sr. Weverton Rocha)

PROJETO DE LEI N.º 1.939, DE 2015 (Do Sr. Weverton Rocha) *C0054196A* C0054196A CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º 1.939, DE 2015 (Do Sr. Weverton Rocha) Dispõe sobre a criação e a estruturação do regime jurídico de Advogado de Empresa Estatal Federal e

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAJEDO

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAJEDO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS NO QUADRO PERMANENTE DA PREFEITURA MUNICIPAL DE LAJEDO RETIFICAÇÃO 01 DO EDITAL Nº 01/2009 A Prefeitura Municipal de Lajedo, Estado de Pernambuco, torna

Leia mais

UNIDADE: FACULDADE DE DIREITO DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS

UNIDADE: FACULDADE DE DIREITO DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS ÍNDICE Código Disciplina Página DIR 02-07411 Direito Constitucional I 2 DIR 02-07417 Direito Constitucional II 3 DIR 02-00609 Direito Constitucional III 4 DIR 02-00759 Direito

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO DISTRITO FEDERAL DOAÇÃO DE LIVROS

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO DISTRITO FEDERAL DOAÇÃO DE LIVROS MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO DISTRITO FEDERAL DOAÇÃO DE LIVROS Conforme dispõe a Instrução Normativa MPF/SG/SA nº 001/1993, os bens classificados como IRRECUPERÁVEIS poderão

Leia mais

Noções Básicas de Direito para Servidores Públicos: Aspectos Práticos

Noções Básicas de Direito para Servidores Públicos: Aspectos Práticos Prefeitura Municipal de Campinas Secretaria de Gestão e Controle 18.09.2012 Noções Básicas de Direito para Servidores Públicos: Aspectos Práticos Gustavo Justino de Oliveira Pós-Doutor em Direito Administrativo

Leia mais

EDITAL Nº 002/2014 PROCESSO SELETIVO DE ESTAGIÁRIOS EM NÍVEL SUPERIOR DO CURSO DE DIREITO

EDITAL Nº 002/2014 PROCESSO SELETIVO DE ESTAGIÁRIOS EM NÍVEL SUPERIOR DO CURSO DE DIREITO EDITAL Nº 002/2014 PROCESSO SELETIVO DE ESTAGIÁRIOS EM NÍVEL SUPERIOR DO CURSO DE DIREITO A Comissão de Seleção de Estágio torna público o Processo Seletivo para formação de cadastro de reserva para Estagiários

Leia mais

SUMÁRIO 1. REGIME JURÍDICO DA ADMINISTRAÇÃO 1.1 Função administrativa definição 1.2 Direitos e deveres da administração 1.3 Questões correlatas

SUMÁRIO 1. REGIME JURÍDICO DA ADMINISTRAÇÃO 1.1 Função administrativa definição 1.2 Direitos e deveres da administração 1.3 Questões correlatas SUMÁRIO 1. REGIME JURÍDICO DA ADMINISTRAÇÃO 1.1 Função administrativa definição 1.2 Direitos e deveres da administração 1.3 Questões correlatas 2. PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS DA ADMINISTRAÇÃO 2.1 Noções

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ACARAÚ - CE C O N C U R S O P Ú B L I C O EDITAL Nº 001/2014

CÂMARA MUNICIPAL DE ACARAÚ - CE C O N C U R S O P Ú B L I C O EDITAL Nº 001/2014 ANEXO I Relação dos Cargos, Vagas Oferecidas, Carga Horária e Salário Base O Cargo, a Escolaridade/Pré-Requisitos, (Coluna C) - Total de Vagas, (Coluna D) - Vagas Reservadas para Portadores de Deficiência,

Leia mais

EDITAL Nº 001/2015 PROCESSO SELETIVO DE ESTAGIÁRIOS EM NÍVEL SUPERIOR DO CURSO DE DIREITO

EDITAL Nº 001/2015 PROCESSO SELETIVO DE ESTAGIÁRIOS EM NÍVEL SUPERIOR DO CURSO DE DIREITO EDITAL Nº 001/2015 PROCESSO SELETIVO DE ESTAGIÁRIOS EM NÍVEL SUPERIOR DO CURSO DE DIREITO A Comissão de Seleção de Estágio torna público o Processo Seletivo para o preenchimento de 5 (cinco) vagas para

Leia mais

RELAÇÃO DE LIVROS ADQUIRIDOS EM 02/04/2013 DIREITO. Amador Paes de Almeida. CLT comentada. 2011. 3 exs.

RELAÇÃO DE LIVROS ADQUIRIDOS EM 02/04/2013 DIREITO. Amador Paes de Almeida. CLT comentada. 2011. 3 exs. 1 RELAÇÃO DE LIVROS ADQUIRIDOS EM 02/04/2013 DIREITO Amador Paes de Almeida. CLT comentada. 2011. Amador Paes de Almeida. Curso de falência e recuperação de empresa. 2012. Amador Paes de Almeida. Curso

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: DIREITO BACHARELADO SERIADO ANUAL - NOTURNO 5 (CINCO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 05 (CINCO) ANOS LETIVOS - MÁXIMO = 08 (OITO)

Leia mais

Como pensa a Cesgranrio?

Como pensa a Cesgranrio? AÇÃO CIVIL PÚBLICA antecipação de tutela coisa julgada competência direitos indisponíveis inquérito civil legitimidade ativa legitimidade ativa da Defensoria Pública legitimidade ativa da União e dos Estados,

Leia mais

EDITAL N.º078/2014. Teste seletivo para ingresso ao quadro de estagiários da Defensoria Pública do Estado do Paraná.

EDITAL N.º078/2014. Teste seletivo para ingresso ao quadro de estagiários da Defensoria Pública do Estado do Paraná. EDITAL N.º078/2014 Teste seletivo para ingresso ao quadro de estagiários da Defensoria Pública do Estado do Paraná. A DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO PARANÁ, RESOLVE: TORNAR PÚBLICO O presente edital que

Leia mais

SUMÁRIO. Língua Portuguesa

SUMÁRIO. Língua Portuguesa Língua Portuguesa Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados... 3 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais... 12 Domínio da ortografia oficial... 23 Domínio dos mecanismos de coesão textual

Leia mais

Reestrutura o Curso de Pós-Graduação Lato sensu em Direito Civil e Processo Civil.

Reestrutura o Curso de Pós-Graduação Lato sensu em Direito Civil e Processo Civil. DELIBERAÇÃO N 30/2006 Câmara de Pós-Graduação Reestrutura o Curso de Pós-Graduação Lato sensu em Direito Civil e Processo Civil. CONSIDERANDO a solicitação da Coordenação do Curso, conforme processo nº

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO. Ementário de Disciplinas Matriz curricular 154

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO. Ementário de Disciplinas Matriz curricular 154 UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO Ementário de Disciplinas Matriz curricular 154 Língua Portuguesa e Comunicação Leitura, análise, interpretação

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DIREITO PROCESSUAL CIVIL

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DIREITO PROCESSUAL CIVIL PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DIREITO PROCESSUAL CIVIL Apresentação O curso de Pós-graduação em Direito Processual Civil e Práticas Processuais qualifica o participante para a aprovação em concursos públicos,

Leia mais

3 a EDIÇÃO COMENTADAS. Edição 2013 6.000 QUESTÕES. Um dos maiores especialistas em Concursos Públicos do País

3 a EDIÇÃO COMENTADAS. Edição 2013 6.000 QUESTÕES. Um dos maiores especialistas em Concursos Públicos do País 3 a EDIÇÃO EM Um dos maiores especialistas em Concursos Públicos do País CONCURSOS FCC Edição 2013 6.000 QUESTÕES COMENTADAS SUMÁRIO SUMÁRIO CoMo USAr o livro? 23 1. língua PorTUGUeSA 27 1. INTERPRETAçãO

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Conceito Administração Pública é todo o aparelhamento do Estado, preordenado à realização de seus serviços, visando à satisfação das necessidades coletivas. (MEIRELLES, Hely Lopes).

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 3ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 3ª REGIÃO Concurso Público n 01/2010 para provimento do carg o de Juiz do Trabalho Substituto do TRT/3ª Região PROVA ORAL PONTO N 01 Direito Individual e Coletivo do Trabalho Princípios do Direito do Trabalho. Direito

Leia mais

CURSO DE DIREITO PLANO DE ENSINO DE DISCIPLINA

CURSO DE DIREITO PLANO DE ENSINO DE DISCIPLINA CURSO DE DIREITO PLANO DE ENSINO DE DISCIPLINA 1) IDENTIFICAÇÃO Código DIR269 Nome DIREITO PROCESSUAL CIVIL I Créditos 04 Carga horária total 68 horas/aula (17 aulas) Semestre letivo 1.º/2012 Professor

Leia mais

pública; defensoria pública. 10 Finanças Públicas: normas gerais; orçamento público. 11 Direitos e garantias fundamentais; direitos e deveres

pública; defensoria pública. 10 Finanças Públicas: normas gerais; orçamento público. 11 Direitos e garantias fundamentais; direitos e deveres TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL (TCDF) CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS NO CARGO DE AUDITOR DE CONTROLE EXTERNO EDITAL Nº 2 TCDF/ACE 2013, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2013 O Presidente do Tribunal

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro

Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro Ponto 1 - Das pessoas naturais. Das pessoas jurídicas. Direitos da personalidade. Desconsideração da Personalidade Jurídica. Do domicílio. - Princípios e conceitos gerais do Código de Defesa do Consumidor

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE PLANO DE ENSINO Código Unidade 040 CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Curso Etapa Sem. / Ano FARMÁCIA 5 A 2º / 2012 Cód.

Leia mais

Prefácio à 21a edição, xxvii Prefácio à 20a edição, xxix Prefácio à 19a edição, xxxi Prefácio à 1a edição, xxxiii PARTE I - DIREITO FINANCEIRO, 1

Prefácio à 21a edição, xxvii Prefácio à 20a edição, xxix Prefácio à 19a edição, xxxi Prefácio à 1a edição, xxxiii PARTE I - DIREITO FINANCEIRO, 1 Prefácio à 21a edição, xxvii Prefácio à 20a edição, xxix Prefácio à 19a edição, xxxi Prefácio à 1a edição, xxxiii PARTE I - DIREITO FINANCEIRO, 1 1 INTRODUÇÃO, 3 1.1 Conceito de atividade financeira do

Leia mais

FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES CURSO DE DIREITO PRÁTICA JURÍDICA

FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES CURSO DE DIREITO PRÁTICA JURÍDICA FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES CURSO DE DIREITO PRÁTICA JURÍDICA Regras Básicas para as Atividades de Prática Jurídica a partir do ano letivo de 2010 Visitas Orientadas 72 Horas 36 horas para atividades

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL PENAL

DIREITO PROCESSUAL PENAL DIREITO PROCESSUAL PENAL Objectivos, métodos de trabalho, programa e bibliografia Ano lectivo de 2015-2016 (1.º Ciclo, 1.º Semestre) Regente: Frederico de Lacerda da Costa Pinto OBJECTIVOS 1. Conhecer

Leia mais

ESTADO DE ALAGOAS PODER JUDICIÁRIO JUÍZO DE DIREITO DA VARA DO ÚNICO OFÍCIO DE BOCA DA MATA EDITAL DE SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS

ESTADO DE ALAGOAS PODER JUDICIÁRIO JUÍZO DE DIREITO DA VARA DO ÚNICO OFÍCIO DE BOCA DA MATA EDITAL DE SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS ESTADO DE ALAGOAS PODER JUDICIÁRIO JUÍZO DE DIREITO DA VARA DO ÚNICO OFÍCIO DE BOCA DA MATA EDITAL DE SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS O Doutor ANDRÉ GUASTI MOTTA, MM Juiz de Direito Titular da Comarca de Boca da

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA MATRÍCULAS ESPECIAS 2014/II ANEXO II DO EDITAL Nº. 027/2014 CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS CURSO DE DIREITO 1 E 2 PERÍODOS: INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO

Leia mais

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria nº 378 de 27/05/15-DOU de 28/05/15 Componente Curricular: Direito Processual Trabalhista

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria nº 378 de 27/05/15-DOU de 28/05/15 Componente Curricular: Direito Processual Trabalhista COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria nº 378 de 27/05/15-DOU de 28/05/15 Componente Curricular: Direito Processual Trabalhista Código: DIR-460 Pré-requisito: Direito do Trabalho I Período

Leia mais

SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER Av. Senador Julio Campos, Lote 13, Loteamento Trevo Colider/MT Site:

SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER Av. Senador Julio Campos, Lote 13, Loteamento Trevo Colider/MT Site: SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER Av. Senador Julio Campos, Lote 13, Loteamento Trevo Colider/MT Site: www.sei-cesucol.edu.br e-mail: sei-cesu@vsp.com.br FACULDADE

Leia mais

Unidade 1 - Princípios dos Direitos Humanos aplicados ao direito processual do trabalho

Unidade 1 - Princípios dos Direitos Humanos aplicados ao direito processual do trabalho 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D - 37 PERÍODO: 6 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2014

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2014 FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2014 Disciplina: Direito Tributário Departamento: Direito Público Docente Responsável: Prof. MS. Oswaldo Luiz Soares Carga Horária Anual: 100 horas/aula Tipo: Anual

Leia mais

COMUNICADO. Fonte de Consulta. BARROSO, Luís Roberto. Curso de direito constitucional contemporâneo. 2ª edição. São Paulo: Saraiva, 2010.

COMUNICADO. Fonte de Consulta. BARROSO, Luís Roberto. Curso de direito constitucional contemporâneo. 2ª edição. São Paulo: Saraiva, 2010. ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESPÍRITO SANTO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO COMUNICADO A MESA DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Leia mais

CAPÍTULO I - FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO...

CAPÍTULO I - FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO...19 DEDICATÓRIA...21 CAPÍTULO I - FUNÇÃO E CARREIRA DO ADVOGADO... 23 1. Antecedentes históricos da função de advogado...23 2. O advogado na Constituição Federal...24 3. Lei de

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D - 13 PERÍODO: 4 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60

1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D - 13 PERÍODO: 4 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D - 13 PERÍODO: 4 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO FIANCEIRO E ECONOMICO NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMESTRAL:

Leia mais

ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE MARIPÁ SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO ESTADO DO PARA

ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE MARIPÁ SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO ESTADO DO PARA CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EDITAL DE CONCURSO Nº 002/2014 REALIZAÇÃO: OBJETIVA CONCURSOS LTDA ANDERSON BENTO MARIA, Prefeito Municipal de Maripá, Estado do Paraná por meio da Secretaria

Leia mais

LEI Nº 9.548, DE 22 DE ABRIL DE 2015. A CÂMARA MUNICIPAL DE GOIÂNIA, Estado de Goiás, aprova e eu, PREFEITO MUNICIPAL, sanciono a seguinte Lei:

LEI Nº 9.548, DE 22 DE ABRIL DE 2015. A CÂMARA MUNICIPAL DE GOIÂNIA, Estado de Goiás, aprova e eu, PREFEITO MUNICIPAL, sanciono a seguinte Lei: 1 Gabinete do Prefeito LEI Nº 9.548, DE 22 DE ABRIL DE 2015 Institui o Programa Municipal de Parcerias Público-Privadas, cria a Comissão Gestora de Parcerias Público-Privadas de Goiânia e dá outras providências.

Leia mais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Curso 09/05/2011 14:55. Centro de Ciências Jurídicas Direito (Noturno)

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Curso 09/05/2011 14:55. Centro de Ciências Jurídicas Direito (Noturno) Curso: DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Centro de Ciências Jurídicas Direito (Noturno) Ano/Semestre: 0/ 0/0/0 : s por Curso DIR.000.00.00- DIR.000.00.00- DIR.00.00.00- DIR.00.00.00- ECO.0.00.00- PDE.000.00.000-0

Leia mais

Cronograma 1ª Fase XVI Exame OAB 90 dias

Cronograma 1ª Fase XVI Exame OAB 90 dias Cronograma 1ª Fase VI Exame OAB 90 dias Entenda a Matemática para sua Aprovação A prova de 1ª Fase do Exame de Ordem possui 80 questões objetivas que abrangem as 17 matérias contempladas no edital. Apesar

Leia mais

COMISSÃO DO IX CONCURSO PARA PROVIMENTO DO CARGO DE JUIZ DE DIREITO SUBSTITUTO DO ESTADO DO AMAPÁ EDITAL Nº 017/2015

COMISSÃO DO IX CONCURSO PARA PROVIMENTO DO CARGO DE JUIZ DE DIREITO SUBSTITUTO DO ESTADO DO AMAPÁ EDITAL Nº 017/2015 PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAPÁ COMISSÃO DO IX CONCURSO PARA PROVIMENTO DO CARGO DE JUIZ DE DIREITO SUBSTITUTO DO ESTADO DO AMAPÁ EDITAL Nº 017/2015 CONVOCAÇÃO PARA O SORTEIO DE

Leia mais

Autarquia Educacional do Vale do São Francisco AEVSF Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina FACAPE Comissão de Concursos

Autarquia Educacional do Vale do São Francisco AEVSF Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina FACAPE Comissão de Concursos EDITAL 02/2015 - ANCI RETIFICA EDITAL 01/2015-ANCI A comissão da FACAPE organizadora do Concurso Público para Analista de Controle Interno da prefeitura municipal de Petrolina, no uso de suas atribuições

Leia mais

SUMÁRIO. Questões comentadas dos exames da OAB - 2ª edição

SUMÁRIO. Questões comentadas dos exames da OAB - 2ª edição SUMÁRIO Questões comentadas dos exames da OAB - 2ª edição Apresentação - Marco Antonio Araujo Junior Sobre os autores 1.1 Introdução princípios e poderes 1.2 Ato administrativo 1.3 Organização da Administração

Leia mais

PLANO DE ENSINO. 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Direito

PLANO DE ENSINO. 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Direito PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Direito Professora: Ms. Marilu Pohlenz marilupohlenz@gmail.com Período/Fase: 2º Semestre: 1º Ano: 2015

Leia mais

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria nº 378 de 27/05/15-DOU de 28/05/15 Componente Curricular: Direito do Trabalho I PLANO DE CURSO

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria nº 378 de 27/05/15-DOU de 28/05/15 Componente Curricular: Direito do Trabalho I PLANO DE CURSO COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria nº 378 de 27/05/15-DOU de 28/05/15 Componente Curricular: Direito do Trabalho I Código: DIR-365 Pré-requisito:----------- Período Letivo: 2015.2 Professor:

Leia mais

INFORMAÇÕES SOBRE O CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES / 2012 2º SEMESTRE

INFORMAÇÕES SOBRE O CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES / 2012 2º SEMESTRE INFORMAÇÕES SOBRE O CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES / 2012 2º SEMESTRE DEPARTAMENTO DE DIREITO Área, matéria ou disciplina: Direito Civil. Número de vagas: 01. Regime de trabalho: Horista. Titulação mínima

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina Direito Processual Civil

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito

PLANO DE ENSINO. Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina Processo Penal I PLANO DE ENSINO Código

Leia mais

Prof. Marcelino Fernandes DIREITO ADMINISTRATIVO

Prof. Marcelino Fernandes DIREITO ADMINISTRATIVO Prof. Marcelino Fernandes DIREITO ADMINISTRATIVO Twitter: @profmarcelino facebook.com/profmarcelino88 Fanpage:facebook.com/profmarcelino instagram.com/profmarcelino professormarcelino@hotmail.com AULA

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE DIREITO DISCIPLINA: Ciência Política A Ciência Política. Métodos e técnicas. As relações entre Poder, Direito e Estado. Origem e evolução do poder e do Estado.

Leia mais

Conselho da Justiça Federal

Conselho da Justiça Federal RESOLUÇÃO Nº 058, DE 25 DE MAIO DE 2009 Estabelece diretrizes para membros do Poder Judiciário e integrantes da Polícia Federal no que concerne ao tratamento de processos e procedimentos de investigação

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE FRANCA PLANO DE ENSINO - 2014. 1.4 Série: 3ª Turmas: A e B Turno: Diurno

FACULDADE DE DIREITO DE FRANCA PLANO DE ENSINO - 2014. 1.4 Série: 3ª Turmas: A e B Turno: Diurno FACULDADE DE DIREITO DE FRANCA PLANO DE ENSINO - 2014 1. INFORMAÇÕES GERAIS: 1.1 Professor: Décio Antônio Piola 1.2 Departamento: Direito Público 1.3 Disciplina: Direito Processual Penal I 1.4 Série: 3ª

Leia mais

Cargos e empregos de provimento em comissão

Cargos e empregos de provimento em comissão Cargos e empregos de provimento em comissão Tipos de vínculo de trabalho Cargo público conjunto de atribuições e responsabilidades, criado por lei em número determinado, com nome certo e remuneração especificada

Leia mais

PROCESSO SELETIVO FUNCAMP Nº 197/2008

PROCESSO SELETIVO FUNCAMP Nº 197/2008 PROCESSO SELETIVO FUNCAMP Nº 197/2008 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PESSOAL PARA A FUNDAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DA UNICAMP - FUNCAMP A Fundação de Desenvolvimento da Unicamp - FUNCAMP

Leia mais

DISCIPLINA: Direito Processual Penal II CH total: 72h SEMESTRE DE ESTUDO: 9º Semestre

DISCIPLINA: Direito Processual Penal II CH total: 72h SEMESTRE DE ESTUDO: 9º Semestre DISCIPLINA: Direito Processual Penal II CH total: 72h SEMESTRE DE ESTUDO: 9º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CÓDIGO: DIR155 1. EMENTA: Sujeitos processuais. Prisão e liberdade provisória. Atos processuais.

Leia mais

Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária D-53 9º 04 04 60

Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária D-53 9º 04 04 60 Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária D-53 9º 04 04 60 Turma Nome da Disciplina / Curso DIREITO CIVIL V II D- 44 DIREITO CIVIL VI (EMENTA 2008/01) D- 46 DIREITO CIVIL VI (EMENTA 2008/01) Responsabilidade

Leia mais

3º PROCESSO SELETIVO DE ESTÁGIO DE DIREITO DA DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO DE Segunda CATEGORIA NO DISTRITO FEDERAL.

3º PROCESSO SELETIVO DE ESTÁGIO DE DIREITO DA DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO DE Segunda CATEGORIA NO DISTRITO FEDERAL. 3º PROCESSO SELETIVO DE ESTÁGIO DE DIREITO DA DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO DE Segunda CATEGORIA NO DISTRITO FEDERAL. EDITAL Nº 04, DE 29 DE OUTUBRO DE 2014. O DEFENSOR PÚBLICO-CHEFE DE SEGUNDA CATEGORIA

Leia mais

1ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 01, DE 06 DE SETEMBRO DE 2013

1ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 01, DE 06 DE SETEMBRO DE 2013 1ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 01, DE 06 DE SETEMBRO DE 2013 O Tribunal de Contas do Estado da Bahia, no uso de suas atribuições legais, nos termos estabelecidos no subitem 13.36, torna pública a seguinte

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2011

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2011 Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2011 DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL PENAL II PROFESSOR: GUSTAVO SENNA MIRANDA TURMA: 3º AI UNIDADES

Leia mais

DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO NO ESTADO DO TOCANTINS EDITAL Nº 02/2011 DPU/TO

DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO NO ESTADO DO TOCANTINS EDITAL Nº 02/2011 DPU/TO EDITAL Nº 02/2011 DPU/TO V PROCESSO SELETIVO DE ESTAGIÁRIOS DE DIREITO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS NA DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO NO TOCANTINS O Defensor Público Federal-Chefe Substituto da Defensoria

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2013

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2013 FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2013 Disciplina: Direito Processual Civil II Departamento V Direito Processual Civil Docente Responsável: Profa. Iris Pedrozo Lippi Carga Horária Anual: 100 h/a Tipo:

Leia mais

THEODORO JÚNIOR, Humberto. Curso de Direito processual civil. 42. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2005. v. 1.

THEODORO JÚNIOR, Humberto. Curso de Direito processual civil. 42. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2005. v. 1. ÁREA 5 DIREITO PROCESSUAL CIVIL, I, II, III, IV, V e VI DIREITO PROCESSUAL CIVIL I Sujeitos do processo. Litisconsórcio. Intervenção de terceiros. Petição inicial. Causa de pedir. Pedido. Citação. Atos

Leia mais

Provas escritas individuais ou provas escritas individuais e trabalho(s)

Provas escritas individuais ou provas escritas individuais e trabalho(s) Programa de DIREITO CIVIL III 5º período: 4h/s Aula: Teórica EMENTA Concepção histórica dos contratos: do início dos tempos até os dias atuais. Visão estrutural do contrato. Princípios fundamentais do

Leia mais

Pós-graduação em Direito do Estado Coordenadores: Prof. Sérgio Guerra Prof. Rafael Alves de Almeida PROGRAMA

Pós-graduação em Direito do Estado Coordenadores: Prof. Sérgio Guerra Prof. Rafael Alves de Almeida PROGRAMA Pós-graduação em Direito do Estado Coordenadores: Prof. Sérgio Guerra Prof. Rafael Alves de Almeida PROGRAMA OBJETIVO Oferecer uma perspectiva crítica das principais temáticas relacionadas ao poder estatal

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina Direito das Obrigações

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina Direito das Obrigações

Leia mais

CDs Atualizado em 08-Mar-2011

CDs Atualizado em 08-Mar-2011 CDs Atualizado em 08-Mar-2011 Informações : info@proconsciencia.com.brâ Loja virtual: Â http://www.marcosdearaujo.com.br/index.php?option=com_virtuemart&page=shop.browse&category_id=2&itemid=6 Remetemos

Leia mais

Preparação à Magistratura do Trabalho

Preparação à Magistratura do Trabalho Apresentação O Grupo Verbo Jurídico figura hoje como uma das instituições mais completas quando se trata de preparação para Concursos Públicos, também atuando no segmento editorial e de ensino. No campo

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE LORENA ANEXO I - PROGRAMA DE PROVAS

CÂMARA MUNICIPAL DE LORENA ANEXO I - PROGRAMA DE PROVAS CÂMARA MUNICIPAL DE LORENA ANEXO I - PROGRAMA DE PROVAS ENSINO FUNDAMENTAL INCOMPLETO CARGOS: AJUDANTE GERAL, COPEIRA, FAXINEIRA, GUARDA, JARDINEIRO, MOTORISTA, DIGITADOR PORTUGUÊS: Acentuação gráfica;

Leia mais

Formação dos integrantes do Conselho de Planejamento e Orçamento Participativos (CPOP)

Formação dos integrantes do Conselho de Planejamento e Orçamento Participativos (CPOP) Formação dos integrantes do Conselho de Planejamento e Orçamento Participativos (CPOP) Conceitos gerais de gestão pública: princípios e regras da administração pública, processos de licitação, contratos

Leia mais

Nota sobre o objeto e o objetivo do livro. Nota sobre a forma de utilização do livro

Nota sobre o objeto e o objetivo do livro. Nota sobre a forma de utilização do livro Nota sobre o objeto e o objetivo do livro Nota sobre a forma de utilização do livro 1 Leitura ativa, xxv 2 Ensino participativo, xxvii 3 Utilização da bibliografia, xxviii Introdução - O que é "processo

Leia mais

DELIBERAÇÃO Nº 090/14

DELIBERAÇÃO Nº 090/14 DELIBERAÇÃO Nº 090/14 EMENTA: DISPÕE SOBRE A REGULARIZAÇÃO E DEMAIS PROCEDIMENTOS DE PESSOA JURIDICA JUNTO AO CRF/MT. O Conselho Regional de Farmácia do Estado de Mato Grosso - CRF/ MT, no uso de suas

Leia mais