Plano Anual de Atividades 2014/2015

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Plano Anual de Atividades 2014/2015"

Transcrição

1 g Plano nual de tividades 2014/2015 grupamento de Escolas de Vale de Ovil

2 Índice 1. Introdução Oferta formativa Prioridades do Plano nual de tividades Planificação das atividades e projetos por período letivo º período º período º período o longo do ano letivo / em data a definir utorregulação do grupamento bertura da Escola ao Meio ivulgação, acompanhamento e avaliação do Plano nual de tividades nexo 1. Ficha de planificação de atividades nexo 2. Ficha de avaliação das atividades desenvolvidas nexo 3. alendarização das atividades

3 1. Introdução O Plano nual de tividades do grupamento reveste-se de grande relevância para toda a omunidade Educativa, pois constitui um instrumento do exercício de autonomia e nele se reflete a realidade da escola no seu dia-a-dia, bem como do contexto envolvente. Trata-se de um documento de planeamento, que define, em função do projeto educativo, os objetivos, as formas de organização e programação das atividades e que procede à identificação dos recursos necessários à sua execução (artigo 9º, do ecreto-lei nº 137/2012, de 2 de julho). Por isso é importante o empenho e entusiasmo colocado na sua elaboração, para que se possa contribuir para a construção de uma escola de sucesso e qualidade, inclusiva para todos. Enquanto instrumento de gestão e documento diferenciado, o Plano nual de tividades obedece a uma lógica de integração e articulação, tendo em vista a coerência, eficácia e qualidade do serviço educativo. través do desenvolvimento das atividades previstas, pretende-se motivar os alunos para as aprendizagens, aumentando os seus níveis de interesse e assiduidade, apelando à sua participação, criatividade, autonomia e responsabilidade. este modo, desenvolver-se-ão laços de identidade coletiva, hábitos de trabalho, pesquisa e de entreajuda. om este Plano, procura-se fomentar o gosto pela Escola, pela leitura, bem como desenvolver aptidões e competências ligadas às várias literacias (incluindo a científica, digital, da informação e para os media), diminuir o abandono e insucesso escolar e melhorar os processos de ensino e aprendizagem. través de um diagnóstico mais rigoroso dos problemas, pela implementação de diversas medidas de apoio e diferenciação do ensino, da inter e transdisciplinaridade, da contextualização das aprendizagens, de um ensino assente em metodologias práticas e de valorização do conhecimento científico e da diversificação das ofertas, estratégias e matérias didáticos certamente será mais fácil proporcionar as aprendizagens fundamentais à vida. s novas instalações da Escola ásica e Secundária, apetrechadas com equipamento adequado a incentivar a realização de atividades curriculares e extracurriculares, são fatores importantes para a promoção da qualidade da relação ensino-aprendizagem, possibilitando a criação de espaços de crescimento, integração e partilha de saberes e experiências. formação dos vários agentes envolvidos no processo educativo, o trabalho conjunto entre as escolas de todos os ciclos e níveis de ensino e o incentivo à relação Escola-Famílias- Meio serão também aspetos a que o Plano de tividades deverá estar atento. onsideramos que é no desenvolvimento das atividades de um Projeto Educativo abrangente que pode residir o verdadeiro motor da mudança da Escola, fator de inovação e de rompimento das rotinas, contribuindo para o sucesso educativo. Isto implica continuar a trabalhar na consciencialização para a problemática da igualdade de oportunidades na educação e para o papel importante que todos nós temos no que se refere ao cumprimento da escolaridade obrigatória. É desejável que este documento seja cada vez mais o resultado de reflexão e debate de ideias entre todos os seus atores. É imperioso que professores, alunos, pais, encarregados de educação e toda a omunidade Educativa possam refletir e discutir a Escola nas suas diversas vertentes, em direção a um ensino de qualidade. 3

4 2. Oferta formativa urante o corrente ano letivo de 2014/2015, estão inscritos alunos no grupamento de Escolas do Vale de Ovil, distribuídos por 49 grupos/turmas desde o pré-escolar até ao 12º ano. Número de alunos e turmas do ano letivo 2014/15 Pré-escolar Grupo 1 Grupo 2 total º ano 2º ano 3º ano 4º ano totais 1º ciclo 1º 1º 2º 2º 2º 3º/4º 3º 3º/4º 4º 4º º ano 48 2º ano 62 3º ano 55 4º ano 58 1º ciclo 223 2º ciclo 5º ano 6º ano totais º ciclo e Vocacional 7º ano 8º ano 9º ano VO totais

5 secundário e profissionais 10º ano 11º ano 12º ano 10º ano 11º ano 12º ano E F G totais totais iências e Tecnologia Línguas e Humanidades 160 Total Escola ásica e Secundária Total grupamento Vocacional Percursos e Opções urso Turma 1 ursos Profissionais Técnico de Eletrónica, utomação e omando Técnico de Restauração (Restaurante e ar) Técnico de Ótica Ocular Técnico de Restauração (Restaurante e ar) Técnico de omércio Técnico de Turismo 10º E 10º F 10º G 11º E 11º F 11º G 12º 12º E 5

6 3. Prioridades do Plano nual de tividades s ações que se pretendem desenvolver com o presente Plano devem dar resposta às necessidades da omunidade Educativa, bem como concretizar os princípios, valores e metas enunciados no Projeto Educativo, os objetivos delineados no ontrato de utonomia e o estipulado no Regulamento Interno e no Orçamento. ssim, todas as atividades e projetos previstos inserem-se nas quatro linhas orientadoras do Projeto Educativo (2012/2015), consideradas áreas prioritárias de intervenção, a saber: rticulação de saberes das diversas áreas curriculares; Valorização da escola, no domínio do saber-ser, saber-estar e saber-fazer; Prevenção do risco de abandono e insucesso escolares; Ligação da Escola à comunidade. Os objetivos específicos de cada atividade deste Plano nual vão de encontro às metas que concretizam e completam os objetivos a atingir pelo Projeto Educativo e que são os seguintes: Linha orientadora : rticulação de saberes das diversas áreas curriculares Metas.1. Realizar 80% das iniciativas de articulação transversal entre os diversos ciclos e grupos do grupamento, como forma de instituição de uma continuidade pedagógica e de uma filosofia coerente e integrada.2. valiar, trimestralmente e a meio do primeiro período, de uma forma sistematizada, os resultados (internos e/ou externos) dos alunos e as práticas desenvolvidas no grupamento Objetivos.1.1. efinir um P que promova o desenvolvimento de conhecimentos e aptidões, a integração social e académica, tendo em conta a transversalidade entre os diversos ciclos de ensino.1.2. Promover uma planificação da atividade letiva integrada, participada e assente na valorização dos núcleos duros do conhecimento e da participação cultural, ambiental e cívica.1.3. Promover a troca de experiências entre docentes dos diversos níveis de ensino, departamentos e grupos disciplinares.1.4. Promover a articulação da ação dos T e iretores de urso com os SEE e Gabinete de Psicologia e Orientação Vocacional, para garantir o acompanhamento dos alunos na orientação vocacional e na deteção e acompanhamento das dificuldades de aprendizagem.1.5. Promover a articulação dos docentes do grupamento com a iblioteca Escolar, quer seja em atividades de formação no âmbito das literacias, quer seja na promoção da leitura valiar e monitorizar os resultados académicos.2.2. Monitorizar os desempenhos do grupamento.2.3. Melhorar as práticas de autoavaliação nas estruturas de orientação educativa e nos órgãos de gestão do grupamento, sistematizando e uniformizando procedimentos 6

7 Linha orientadora. Valorização da escola, no domínio do saber-ser, saber-estar e saber-fazer Metas.1. Posicionar o grupamento entre as 100 melhores escolas públicas portuguesas, no ensino básico e secundário, num prazo de quatro anos.2. umentar, pelo menos em 15%, o número de horas de oferta de formação aos diferentes elementos da comunidade educativa.3. Promover a cidadania ativa dos alunos, aumentando em 5% o número de alunos no Quadro de Mérito do grupamento.4. Promover o desenvolvimento curricular adaptado e uma inclusão social harmoniosa da totalidade dos alunos com NEE Objetivos.1.1. Envolver os alunos na vida da Escola, criando grupos de monitores e de apoio ao estudo.1.2. Otimizar os processos de ensino-aprendizagem, através da utilização das novas tecnologias e de uma pedagogia assente no saber-fazer.1.3. Otimizar a exploração dos diferentes espaços da escola, nomeadamente em atividades laboratoriais, culturais, artísticas, desportivas, lúdicas e de promoção à leitura e à literacia digital.1.4. tingir, nas classificações de exame, em cada disciplina, uma média não inferior à média nacional dos alunos internos.2.1. Reforçar as ações e sessões de formação (para docentes, não docentes e famílias), em função das necessidades diagnosticadas.3.1. inamizar/incentivar a participação cívica dos alunos em atividades de solidariedade social.3.2. Incentivar os alunos dos diversos ciclos e valências formativas a partilharem atividades e resultados pedagógicos de interesse formativo.3.3. Promover a participação desportiva dos alunos nas atividades físicas e desportivas existentes no grupamento, promovendo a saúde, formação cívica, espírito de grupo e desportivismo e a ocupação ativa dos tempos livres.3.4. Incentivar a participação das crianças e jovens em atividades organizadas e desenvolvidas no âmbito de lubes e serviços educativos.3.5. inamizar e incentivar a participação dos alunos em projetos e atividades de cariz científico e cultural, em mostras de divulgação científica à comunidade e outras atividades vocacionadas para a iência.3.6. Promover a criação de estruturas indutoras do desenvolvimento do perfil relacionado com a cidadania ativa, social, ambiental, desportiva, cultural e académica, e consequente participação dos alunos, docentes e comunidade.3.7. Incentivar a expressão artística e musical, como elemento estruturante da personalidade, dinamizando clubes, palestras, exposições, workshops temáticos e outros eventos organizados pelos alunos.4.1. Promover uma inclusão social harmoniosa dos alunos com NEE.4.2. Planificar atividades de desenvolvimento cognitivo adequadas à maturidade cognitiva dos alunos com NEE.4.3. Promover o acompanhamento e integração dos alunos com NEE no mercado de trabalho, através da elaboração de Planos Individuais de Transição.4.4. inamizar atividades físicas e desportivas para os alunos das NEE, através de desportos adaptados ao nível de deficiência de cada aluno.4.5. Promover o desenvolvimento das capacidades motoras e intelectuais dos alunos com NEE, através de um acompanhamento individualizado, quer seja em salas específicas (TEH e Snoezelen), hidroterapia, equitação terapêutica e psicomotricidade, quer seja em espaços escolares comuns como a biblioteca.4.6. esenvolver as aptidões naturais no âmbito das Novas Tecnologias, dotando a escola de TI direcionadas para os alunos com NEE.4.7. poiar os pais e famílias dos alunos com NEE 7

8 Linha orientadora. Prevenção do risco de abandono e insucesso escolares Metas.1. umentar em 10%, no fim dos quatro anos, a percentagem de alunos que conclui com sucesso os seus cursos (do regular ou profissional) e de alunos que obtêm dupla certificação escolar e profissional (cursos de educação e formação).2. Promover o sucesso educativo, dentro e fora da sala de aula, através de uma escola de qualidade Objetivos.1.1. Estruturar os cursos profissionalizantes com uma dinâmica própria, assente num ensino prático e de simulação de contexto de trabalho.1.2. Efetuar uma planificação de conteúdos nucleares, transversal e exigente, que englobe as diversas valências da escola e tenha como referencial as metas de aprendizagem definidas.1.3. rticular a planificação de aulas experimentais com saídas de campo ao entro de Interpretação mbiental/arvalhal da Reixela e a outros espaços ambientais e históricoculturais do concelho.1.4. Promover o estabelecimento de protocolos e parcerias com instituições promotoras de divulgação científica.1.5. Promover a educação para a saúde, sexualidade e afetos, de forma transversal, através das planificações dos currículos e do desenvolvimento de atividades de complemento curricular.1.6. Estimular a investigação, privilegiando diferentes metodologias no desenvolvimento do processo de ensino-aprendizagem.1.7. Promover o rigor no uso da língua portuguesa, veículo de comunicação e transmissão de conhecimentos.2.1. proximar as classificações interna (IF) e externa, nas disciplinas de exame do ensino secundário, procurando que o desfasamento não ultrapasse, em média, 2 valores por disciplina.2.2. Reduzir em 5% o número de anulações de matrícula no ensino secundário.2.3. Manter as taxas de desistência dos alunos em valores inferiores aos nacionais.2.4. Reduzir em 10% o número de incidentes disciplinares, no final dos quatro anos.2.5. tingir 90% de sucesso nos alunos com apoios.2.6. Melhorar o desempenho dos alunos nas áreas de Língua Portuguesa/Português e Matemática, de modo a que a média da classificação de exame esteja acima da média nacional.2.7. Obter uma taxa de reprovação da escola inferior à média nacional 8

9 Linha orientadora. Ligação da Escola à comunidade Metas.1. umentar em 5%, ao ano, a participação dos EE e das famílias na vida escolar dos seus educandos e nas atividades do grupamento.2. riar um serviço de informação e comunicação na Escola, rápido e eficaz, que produza e/ou encaminhe informações relevantes para os vários públicos, promova a imagem da Escola na comunidade e seja capaz de atingir 70% dos pais e EE dos alunos do grupamento Objetivos.1.1. Incentivar a participação das famílias no processo educativo dos seus educandos, em articulação com os educadores, professores titulares de turma, diretores de turma e/ou diretores de curso.1.2. Promover a participação das famílias nas atividades curriculares e não curriculares promovidas pelo grupamento, através da dinamização de atividades e projetos direcionados para este público.1.3. poiar a ssociação de Pais e EE na divulgação da sua missão, atividades e papel junto da comunidade educativa.1.4. Incentivar a participação dos parceiros estratégicos da comunidade educativa na vida da escola.1.5. Promover o estabelecimento de protocolos e parcerias com diferentes entidades (Museus; bibliotecas municipais e nacionais; associações culturais, recreativas, ambientais e de solidariedade; escolas e instituições de formação e de ensino superior, nacionais e estrangeiras; empresas e associações empresariais).1.6. Organizar atividades de mais valia pedagógico-científica e iniciativas académicas, culturais, ambientais, cívicas, de caráter local, nacional e internacional, com impacto na comunidade educativa.1.7. Promover o contacto dos alunos com a realidade laboral, através de simulações de situações em contexto real.1.8. Promover a criação e o apoio ao funcionamento de uma ssociação de antigos alunos.2.1. ivulgar as atividades promovidas pela escola e os seus resultados, junto à comunidade local, regional e nacional.2.2. Garantir a informação aos Pais e EE relativamente aos diversos documentos estratégicos do grupamento, medidas educativas e iniciativas diversas da Escola 9

10 Nº atividade Área de intervenção 4. Planificação das atividades e projetos por período letivo s atividades do Plano nual são apresentadas por ordem cronológica. ontudo, na segunda coluna, as atividades são também categorizadas por área de atuação/intervenção, a saber:. rticulação e sequencialidade. idadania e novos contextos de aprendizagem. omplemento ao currículo e sucesso escolar. Ligação da escola à comunidade E. Intercâmbio / projeto nacional ou internacional F. Formação 1º período Projeto Educativo tividades / Projetos alendarização Organização Público-alvo Orçamento (Forma de financiamento) (3).1 (1,2,4).2.1 (2).1 (3).3 (2,3).1 (5) Receção aos alunos, pais e encarregados de educação Visita de estudo à vila de aião Explorar acessibilidades panha da olota (Inserido no Projeto riar osques da Quercus) 15 de setembro setembro e outubro 29 de outubro Responsável: Professora Fátima Rebouta (grupo 110 departamento do 1º ciclo e pré-escolar) olaboração: Professores titulares de turma do 1º ciclo e educadoras de infância Responsável: Professora Isabel Felício (grupo 410 epartamento de iências Sociais e Humanas) Responsável: s Lontrinhas do Rio Ovil e o O hapinho (Professores Luís Geada e Helena Reis) olaboração: Quercus rianças do préescolar, alunos do 1º ciclo e encarregados de educação lunos do 11º F Membros do lube s Lontrinhas e O hapinho

11 E.1 (2).3 (5).1 (2).2.1 (7).1 (5).1 (2, 3).1 (2).1 (3).3 (2,3,4).1 (5).1 (2).1 (3).3 (2,3,4).1 (5).2 oncurso No meio do nada (concurso online nacional de fotografia e mapeamento de património) Magusto Mês Internacional da iblioteca Escolar: tua biblioteca escolar: um mapa de ideias - À descoberta da biblioteca (Peddypaper para apresentação das áreas de funcionamento da biblioteca aos alunos e classificação/pesquisa de livros; oferta de livros à biblioteca) tividades lúdico-pedagógicas Os Ecossistemas Ribeirinhos Magusto (praia fluvial) / omemoração do S. Martinho (Leitura, reconto e dramatização da lenda de S. Martinho; pinturas; magusto; jogos) outubro (entrega de trabalhos até 31 de outubro) e novembro (divulgação de resultados: 14 de novembro) outubro outubro (27 de outubro dia da biblioteca escolar) 7 de novembro 11 de novembro Responsável: Professora Joana Freitas (grupo 420 epartamento de SH) olaboração: Professora Lurdes Madureira (grupo 420 epartamento de SH); ssociação Portuguesa de Professores de Geografia; Pontify Responsável: Formadores Técnicos João ardoso, Fernando Teles e Pedro Esteves olaboração: lunos do urso profissional Serviço de Restaurante/ar Responsável: Equipa da iblioteca Escolar (professora Hermínia Marques, Helena Reis e lice abral) olaboração: professores titulares de turma, professores de Português e de apoio ao estudo Responsável: s Lontrinhas do Rio Ovil e o O hapinho (Professores Luís Geada e Helena Reis) olaboração: Quercus Responsável: Professores titulares de turma do 2º ano, professor Sérgio Teixeira e s Lontrinhas do Rio Ovil e o O hapinho (Professores Luís Geada e Helena Reis) olaboração: restantes professores titulares de turma e educadoras de infância lunos do 8º ao 12º anos omunidade escolar lunos do 1º ciclo (3º e 4º anos) e 2º ciclo Membros do lube s Lontrinhas e O hapinho rianças do préescolar e alunos do 1º ciclo e do 9º ano 11 1 pax; 120pax=120 POPH

12 E.1 (3).1 (3).3 (5, 7).2 1 (1, 3) 1 (2,3) 3 (4,5,6,7).1 (3,7).1 (4,5,6).1 (1, 4)..2 (1).1 (2).1 (3).3 (2,3,4).1 (5).3 (5).1 (6) ia Mundial da Filosofia Semana da Filosofia: Filosofia apresenta-se à comunidade educativa (exposição de cartazes) Estátuas vivas quem é o filósofo? Teatro de rua a filosofia na cidade Rostos que pensam (exposição fotográfica) Filosofia em Tribunal (teatro) Um pensamento um doce Saída de campo ao arvalhal da Reixela (omemoração do ia da Floresta utóctone, no âmbito da oferta complementar) Feira do Outono (exposição de produtos e divulgação do trabalho) Plantação na Serra da boboreira Visita de estudo à Semana berta da iência e Tecnologia da Universidade de veiro 17 a 21 de novembro (ia da Filosofia 20 de novembro) 23 de novembro (ou data próxima) 24 de novembro 26 de novembro 27 de novembro Responsável: Professoras Isabel Felício e rminda Rebelo (grupo 410 epartamento de SH) Responsável: Professores Emídio Oliveira e Sandra Ferreira (grupo 520 epartamento de iências Experimentais) olaboração: âmara Municipal de aião- Gabinete Florestal (Eng.º José Manuel Ribeiro) Responsável: Educadoras Teresa Pinhel, Manuela Freitas e Paula lvares (grupo 100 epartamento do Pré-escolar e 1º ciclo) Responsável: s Lontrinhas do Rio Ovil e o O hapinho (Professores Luís Geada e Helena Reis) Responsável: Professor Sérgio Paulo Rodrigues (grupo 510 epartamento de iências Experimentais) olaboração: Professoras arla Pinto e Maria láudia Pereira (grupo 520 departamento de iências Experimentais); Universidade de veiro lunos dos 10º e 11º anos ientífico- Humanísticos e toda a comunidade escolar lunos do 8º ano rianças do préescolar e encarregados de educação Membros do lube s Lontrinhas e O hapinho, alunos do 9º ano e do entro Escolar lunos do 10º e 10º 550,00 Encarregados de Educação 12

13 F E E F.1 (2).1 (3).3 (2,3,4).1 (5).1 (1).1 (3).3 (3,4,5,6).1 (5).1 (4,5,6).2 (1).1 (3).1 (2).1 (2).1 (3).4.1 (7).2 (6).1 (5).1 (2,3).3 (1,4,6,7).4.1 (2,6) Sementeira de bolotas Suporte ásico de Vida (evento teórico/prático no âmbito de ação de formação para os alunos do ensino secundário) Feira do Livro Teatro uto da arca do Inferno Semana dos ireitos Humanos: ia da eclaração Universal dos ireitos Humanos (esfile/exposição de cartazes alusivos aos ireitos Humanos, com especial destaque para os cidadãos com especiais necessidades; projeção de vídeos) «Trilho Sensitivo» Na pele do outro (elaboração de um percurso sensitivo/sensorial, para exploração dos sentidos, para pessoas com dificuldades sensoriais - visão, ) Manta inclusiva (confeção da manta - trabalho entre alunos, encarregados de educação e professores, exposição) Palestra SOPRO novembro / dezembro Última semana de novembro/1ª semana de dezembro 2 a 4 de dezembro 4 de dezembro 9 a 12 de dezembro 11 de dezembro (manhã) Responsável: s Lontrinhas do Rio Ovil e o O hapinho (Professores Luís Geada e Helena Reis) Responsável: Professor ntónio Miranda (grupo 620 epartamento de Expressões) olaboração: Professores de Educação Física; ombeiros Voluntários de aião; entro de Saúde de aião Responsável: Equipa da iblioteca olaboração: Professores do grupamento, Papelaria Sandra Responsável: Professora Paula Guedes (grupo 300 epartamento de Línguas) olaboração: Professores de Português do 9º ano e outros; âmara Municipal de aião; ompanhia de Teatro Filandorra Responsável: Professoras Isabel Felício e rminda Rebelo (grupo 410 epartamento de SH - Oficina dos ireitos Humanos olaboração: Professoras ristina Guerreiro (Oficina das rtes) Manuela Marques (grupo 260 epartamento de Expressões / Projeto PESES); alunos da Oficina dos ireitos Humanos, do 12º E (urso Profissional de Turismo) e 11º F e G (urso Profissional de Técnico de Restauração Restaurante e ar); Organização nãogovernamental SOPRO Solidariedade e Promoção; grupo disciplinar de Português Membros do lube s Lontrinhas e O hapinho e 1º ciclo lunos do ensino secundário inscritos no evento omunidade educativa lunos do 9º ano e curso vocacional omunidade educativa lunos dos cursos profissionais lunos do grupamento, Encarregados de Educação lunos do grupamento POPH 60 Orçamento privativo da Escola

14 (1).2 (1).1.3 (1,4).4.2 (6).1 (5).1 (3,5) (2,3).1 (2,3).3 (5,7).4 (1).1 (7).1 (4) Histórias de Vida (Produção de um texto narrativo ilustrado sobre Histórias de vida de cidadãos portadores de deficiência; exposição dos melhores trabalhos - em cartaz ou vídeo -, no âmbito da comemoração do «ia da eclaração Universal dos ireitos Humanos») oncerto de Natal Festa de Natal 10 de dezembro 16 de dezembro (manhã) 16 de dezembro Responsável: Professoras Isabel randa, Paula Guedes e Lurdes Oliveira (grupo 300), e Maria do éu Pereira (grupo 320), do epartamento de Línguas olaboração: Professora Isabel Felício (grupo epartamento de iências Sociais e Humanas / Oficina dos ireitos Humanos) Responsável: Professor José gostinho Queirós (grupo 250 epartamento de Expressões) olaboração: Professores de Português, Inglês, História, E.M.R.., Educação Física, lubes Responsável: Professores Hélder Lemos, arminda zevedo e Pedro Miranda (grupo 110 departamento do 1º ciclo e pré-escolar) e educadoras de infância Manuela Freitas e Teresa Pinhel (grupo 100 departamento do 1º ciclo e préescolar) lunos dos 7º, 8º e 11º anos lunos do 2º ciclo rianças do préescolar e alunos do 1º ciclo olaboração: Restantes professores do 1º ciclo e pré-escolar 22.1 (2).2.1 (7) Jantar de Natal dezembro Responsável: Formadores Técnicos João ardoso, Fernando Teles e Pedro Esteves olaboração: lunos do urso profissional Serviço de Restaurante/ar Pessoal docente e não docente 200 POPH 14

15 E.1 (2).1 (3).3 (4,5,6,7).1 (4,5,6).2 (1).1 (1,2,3).1 (1,3).3 (1,7).4.1 (2,3,5,7).2 (3).1 (1,2,6).2 Entrega e hastear do Galardão Eco-Escolas andeira verde 2013 Exposição e oncurso de Estrelas de Natal (com materiais reciclados) * 15 de outubro entrega da bandeira * final do 1º período hastear da bandeira Final do 1º período.1 (2) aminhada pela mata (astelo de Matos) 1º período Responsável: Professor Emídio Oliveira (Eco-Escolas) olaboração: Professor gostinho Queirós (lube da Música), Programa Eco-Escolas E (ssociação andeira zul da Europa), M (Engª Luísa orges) Responsável: Professoras Helena Reis, ristina Guerreiro, Marina Henriques, Sandra Matos (grupos 240 e 600) e arla Ribeiro (grupo 550), do departamento de Expressões olaboração: Professor Emídio Oliveira (Eco-Escolas) e Oficina de rtes Responsável: Professor Marco Sousa (lube de Proteção ivil) olaboração: lube da Proteção ivil omunidade escolar lunos do 2º e 3º ciclos lunos do 11º E e do lube de Proteção ivil 15

16 Nº atividade 2º período Projeto Área de intervençã0 o Educativo tividades / Projetos alendarização Organização Público-alvo Orçamento (Forma de financiamento) Responsável: Professora ranca Santos (grupo 400 epartamento de SH) Visita de estudo ao Museu madeo de Sousa ardoso- marante 7 de janeiro olaboração: Professora Maria do éu Pereira (grupo 320 epartamento de Línguas); âmara Municipal de aião (cedência do transporte) lunos do 12º (1, 3).2 (1).3 (5).2 (6) Visita de estudo a Tongóbriga (Freixo - Marco de anaveses) Visita de Estudo ao Museu de Serralves + Representação teatral da obra Frei Luís de Sousa e visita ao Museu Romântico (Porto) 14 de janeiro 20 de janeiro Responsável: Professora ranca Santos (grupo 400 epartamento de SH) olaboração: Professora ecília Torres (grupo 300 epartamento de Línguas); âmara Municipal de aião (cedência do transporte Responsável: Professoras Isabel Felício e rminda Rebelo (grupo 410 epartamento de SH) e Professora Maria do éu Pereira (grupo 320 epartamento de Línguas) olaboração: Professores de Português do 11º no, epartamento de Línguas lunos do 10º e lunos do 11º ano do ensino regular lunos do 11º ano do ensino profissional 125 Encarregados de Educação 500 (transporte e ingresso) Encarregados de Educação 575 (transporte e refeições) POPH 16

17 29.2 (1).2 (6) Visita de estudo ao Teatro sobre a obra O Império (intertextualidade Os Lusíadas e Mensagem) (Vila Nova de Gaia) 22 de janeiro Responsável: Professoras ecília Torres (grupo 300) e Maria do éu Pereira (grupo 320), do epartamento de Línguas olaboração: Professores dos onselhos de Turma lunos do 12º ano 840 (bilhete e autocarro) Encarregados de Educação 30 F.1 Empreendedorismo, ompetitividade e Inovação: desafios para o futuro (workshop no âmbito do programa Impulso Jovem ) janeiro Responsável: Professor Jorge ntónio Ferreira (grupo 430 epartamento de SH) lunos dos cursos profissionais 100 (almoço e deslocação) POPH 31.1 (2).1 (1,6).2.1 (7) Visita à Quinta da Pacheca (ouro) janeiro Responsável: Formadores Técnicos João ardoso, Fernando Teles e Pedro Esteves lunos do 10º F, 10º G, 11º F, 11º G lunos do vocacional cerca 9 pax 95pax= 855 (transporte) POPH arnaval (Pesquisa, decoração, canções, desfile) 13 de fevereiro Responsável: Professoras Fátima Macedo e Sandra Oliveira, do 4º ano de escolaridade (grupo 110-1º ciclo) olaboração: Restantes professores do 1º ciclo, educadoras do préescolar, Ober, Santa asa da Misericórdia de aião, ombeiros, GNR e âmara Municipal de aião rianças do préescolar e alunos do 1º ciclo 33.1 (1, 2, 5).1 (3) Uma leitura com Encontro com escritor José Fanha (atividades de dinamização da leitura, vinda do escritor, feira do livro temática) 2º período (data a definir) Responsável: Equipa da iblioteca Escolar (professora Hermínia Marques) olaboração: professores titulares de turma, professores de Português; Editora Leya lunos do 1º ciclo e do 2º ciclo 17

18 (2) ia da Proteção ivil.3 (1,4,6).1 (2,6) ia Internacional da Mulher (exposição sobre a Mulher no Mundo nomes importantes da História, em Portugal e no resto do mundo; palestra) 1 de março (ou data próxima) 9 de março Responsável: Professor Marco Sousa (lube de Proteção ivil) olaboração: lube da Proteção ivil; GNR, V; âmara Municipal de aião; Vialsil Responsável: Professoras Isabel Felício e rminda Rebelo (grupo 410 epartamento de SH - Oficina dos ireitos Humanos olaboração: lunos da Oficina dos ireitos Humanos; palestrante convidado omunidade escolar omunidade educativa 36.1 (1,3).1 (3).3 (5, 7).1 (1, 2).1 omemoração do ia Internacional do Pi (coffee break e video) 14 de março Responsável: Professores Paula lves (grupo 500 epartamento de Matemática) e José Luís Silva olaboração: Professores do grupo 500 e urso Profissional de Restauração omunidade escolar 500 POPH 37 E.1 (1,2,3,5).1 (3).1 (7).1 (2) Semana da Leitura (atividades de leitura subordinadas ao tema Palavras do Mundo ; elaboração de cartazes e marcadores; convites) 16 a 20 de março Responsável: Equipa da iblioteca Escolar; professores Maria lice abral (grupo 210), ristina lvarenga (grupo 200) e ristina Sofia lves (grupo 220), do epartamento de Línguas e Isabel Felício (grupo 410 epartamento de iências Sociais e Humanas) olaboração: professores titulares de turma, educadores de infância, professores de Português e de Educação Visual e Educação Tecnológica, Encarregados de Educação, outros convidados, Plano Nacional de Leitura lunos do grupamento e comunidade escolar e educativa em geral 18

19 38.1 (1,2,3) (3).2.3 (2,5,7).4 (1).2 (7).1 (2,6) Semana das Línguas: Festival de Música de Expressão Inglesa Music ontest (concurso) oncurso de soletração ( Spelling bee ) Five o clock Tea (cartazes e lanche) França, a Francofonia e a ultura Francófona em postais, marcadores, desdobráveis, livros (pesquisa, exposição e concurso) Olimpíadas de Francês oncurso / Jogo autónomo: Qui veut gagner des millions? 16 a 20 de março * Elaboração dos materiais: ao longo dos 1º e 2º períodos * Exposição e concurso: Semana das Línguas. 1º e 2º períodos e aplicação na Semana das Línguas Responsável: Professora ristina Sofia lves (grupo epartamento de Línguas) olaboração: Todos os professores de Inglês, professores José gostinho Queirós (Grupo epartamento de Expressões) e Eduardo Teixeira (Grupo epartamento de iências Sociais e Humanas) Responsável: Professora Liliana lmeida (grupo 330 epartamento de Línguas) olaboração: Professoras de Língua Inglesa Responsável: Professoras onceição Passos (grupo 330 epartamento de Línguas) e lara Wildschütz (grupo 300 epartamento de Línguas) olaboração: Professoras de Língua Inglesa e de Língua Francesa - lice abral (grupo 210) e Paula Rita Guedes (grupo 300), do departamento de Línguas Responsável: Professoras lice abral (grupo 210), Paula Rita Guedes e lara Wildschütz (grupo 300), do epartamento de Línguas olaboração: Professoras de Educação Visual e de TI Responsável: Professoras lice abral (grupo 210), Paula Rita Guedes e lara Wildschütz (grupo 300), do epartamento de Línguas olaboração: Professora de TI lunos do 4º ao 12º anos lunos do grupamento omunidade escolar lunos do 3º ciclo e comunidade escolar lunos do 3º ciclo 50 (fotocópias e cartolinas) Orçamento privativo da Escola 50 (fotocópias, e cartolinas) Orçamento privativo da Escola 19

20 (2,4,7).1 (4).1 (1).1 (3).3 (2, 5).1 omemoração do ia Mundial da Poesia (recital de poesia) Semana da or (onvite ao colorido na escola, relacionando cor e direitos humanos, através da construção de um objeto artístico - estátua, painel, ou outro objeto de arte- que mudará de cor em todos os dias da semana, e o direito associado a ele. Toda a comunidade será convidada a usar acessórios ou vestuário) Semana das iências (atividades experimentais, exposições) Feira da Primavera (exposição e venda de plantas) 16 a 20 de março 16 a 20 de março 17 e 18 de março 19 de março Responsável: Professora ecília Torres (grupo 300 epartamento de Línguas) olaboração: lunos do 12º Responsável: Professoras Isabel Felício e rminda Rebelo (grupo 410 epartamento de SH - Oficina dos ireitos Humanos olaboração: Professora ristina Guerreiro (Oficina das rtes) Responsável: Professoras Maria Manuel Gomes (grupo 520 epartamento de iências Experimentais) e Paula Pires (grupo 500 epartamento de Matemática) olaboração: Professores Nuno Mota, Fernando Vieira, Sérgio Paulo Rodrigues, Filipe José orreia, João Marco Vale (grupo 510), ristina arvalho, arla Pinto, Emídio Oliveira, láudia Pereira, Sandra Ferreira (grupo 520), Manuel Macedo Loureiro (grupo 230) e Rui Rodrigues (grupo 540), do departamento de iências Experimentais; departamento de Matemática (grupos 230 e 500) Responsável: Professoras Filomena Fonseca e ândida Inês Miranda (grupo 110 departamento do 1º ciclo e pré-escolar) e educadoras Manuela Freitas e Teresa Pinhel (grupo 100 departamento do 1º ciclo e pré-escolar) olaboração: Restantes professores do 1º ciclo e educadoras de infância, pessoal não docente omunidade escolar omunidade escolar omunidade escolar rianças do préescolar, alunos do 1º ciclo e comunidade educativa 20

2013/4. Plano de melhoria da biblioteca escolar. Biblioteca do Agrupamento de Escolas do Vale de Ovil

2013/4. Plano de melhoria da biblioteca escolar. Biblioteca do Agrupamento de Escolas do Vale de Ovil 2013/4 Plano de melhoria da biblioteca escolar Biblioteca do Agrupamento de Escolas do Vale de Ovil Índice A. Currículo literacias e aprendizagem... 5 Problemas identificados... 5 Resultados esperados...

Leia mais

PLANO EDUCATIVO MUNICIPAL

PLANO EDUCATIVO MUNICIPAL MUNICÍPIO DE VOUZELA PLANO EDUCATIVO MUNICIPAL 2014/2015 Designação da Formação Toxicodependências Programa de Respostas Integradas As Crianças Marcam a Diferença! Natação 1º Ciclo Prolongamento de Horário

Leia mais

PLANIFICAÇÃO DE ATIVIDADES 2013 / 2014 AO LONGO DO ANO LETIVO (SEM DATA CONCRETA)

PLANIFICAÇÃO DE ATIVIDADES 2013 / 2014 AO LONGO DO ANO LETIVO (SEM DATA CONCRETA) AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VIEIRA DE ARAÚJO ESCOLA EB/S VIEIRA DE ARAÚJO VIEIRA DO MINHO PLANIFICAÇÃO DE ATIVIDADES 2013 / 2014 AO LONGO DO ANO LETIVO (SEM DATA CONCRETA) ATIVIDADES / ESTRATÉGIAS (por ordem

Leia mais

Agrupamento de Escolas nº4 de Évora - 135562 Escola Sede: Escola Secundária André de Gouveia. Plano de Ação dos Projetos e Clubes

Agrupamento de Escolas nº4 de Évora - 135562 Escola Sede: Escola Secundária André de Gouveia. Plano de Ação dos Projetos e Clubes Consciencializar toda a Comunidade Escolar para a Preservação do Meio Envolvente; Sensibilizar a comunidade para a poupança de recursos, promovendo a reutilização e a reciclagem. Valorizar a Educação para

Leia mais

PROGRAMA ECO-ESCOLAS

PROGRAMA ECO-ESCOLAS PROGRAMA ECO-ESCOLAS Programa de Educação Ambiental e/ou Educação para o Desenvolvimento Sustentável PLANO DE AÇÃO 2014/2015 O Eco-Escolas é um Programa internacional, coordenado em Portugal pela Associação

Leia mais

Sala: 4 anos (2) Educadora: Luísa Almeida

Sala: 4 anos (2) Educadora: Luísa Almeida Sala: 4 anos (2) Educadora: Luísa Almeida SETEMBRO Regresso à escola/adaptação Facilitar a adaptação/readaptação ao jardim de infância Negociar e elaborar a lista de regras de convivência Diálogo sobre

Leia mais

PROPOSTAS PARA O PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2011/2012

PROPOSTAS PARA O PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2011/2012 PROPOSTAS PARA O PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2011/2012 PROJETO EDUCAR PARA A SAÚDE Atividades a desenvolver Dia mundial da alimentação - Disponibilizar fruta grátis no bar da escola. - Disponibilizar

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MONTIJO ANO LECTIVO 2014/2015 ESCOLA BÁSICA LIBERDADE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MONTIJO ANO LECTIVO 2014/2015 ESCOLA BÁSICA LIBERDADE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MONTIJO ANO LECTIVO 2014/2015 ESCOLA BÁSICA LIBERDADE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Sector da Escola: Pré-Escolar / 1º Ciclo Actividades (em articulação com as prioridades do Projecto

Leia mais

COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA JARDIM DE INFÂNCIA Nº1 PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2014/2015 PROJETO: CHUVA DE CORES

COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA JARDIM DE INFÂNCIA Nº1 PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2014/2015 PROJETO: CHUVA DE CORES COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA JARDIM DE INFÂNCIA Nº1 PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2014/2015 PROJETO: CHUVA DE CORES INTRODUÇÃO «Será a emergência do sentido e conteúdo curricular

Leia mais

PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICA

PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO FUNDÃO + ESCOLA + PESSOA PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICA 2013-2017 Agrupamento de Escolas do Fundão Página 1 Perante o diagnóstico realizado, o Agrupamento assume um conjunto de prioridades

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER - Código 151427 PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES DO PRÉ-ESCOLAR E 1.º, 2.º E 3.

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER - Código 151427 PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES DO PRÉ-ESCOLAR E 1.º, 2.º E 3. PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES DO PRÉ-ESCOLAR E 1.º, 2.º E 3.º CICLOS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER 2013/2017 O Projeto Plurianual de Atividades do Agrupamento de Escolas Sophia de Mello

Leia mais

PES Promoção e Educação para a Saúde

PES Promoção e Educação para a Saúde (A PREENCHER PELA COMISSÃO DO PAA) Atividade Nº AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE FRAGOSO Projeto PES Promoção e Educação para a Saúde Equipa Dinamizadora: Alice Gonçalves e Rosa Rêgo Ano letivo 2014/2015

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES (proposta de atividades) Bibliotecas do Agrupamento 2014/2015

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES (proposta de atividades) Bibliotecas do Agrupamento 2014/2015 Metas do Projecto Educativo: PLANO ANUAL DE ATIVIDADES (proposta de atividades) Bibliotecas do 2014/2015 1- A Indisciplina. 2 A Desmotivação dos Alunos Face à Escola e o Insucesso. 3 O Envolvimento dos

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA MARIA AMÁLIA VAZ DE CARVALHO PLANO DE MELHORIA

ESCOLA SECUNDÁRIA MARIA AMÁLIA VAZ DE CARVALHO PLANO DE MELHORIA ESCOLA SECUNDÁRIA MARIA AMÁLIA VAZ DE CARVALHO PLANO DE MELHORIA 2012-2015 PLANO DE MELHORIA (2012-2015) 1. CONTEXTUALIZAÇÃO DO PROCESSO Decorreu em finais de 2011 o novo processo de Avaliação Externa

Leia mais

Gestor de Atividades e Recursos Educativos

Gestor de Atividades e Recursos Educativos 21/01/ Imprimir atividade Gestor de Atividades e Recursos Educativos Agrupamento de Escolas de Data Atividade Público Alvo Início Término Préescolar Titulo, Tipologia, Proponente, Escola Desafios da Matemática

Leia mais

AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE FRAGOSO. Projeto do. CLUBE É-TE=igual? Equipa Dinamizadora: Elisa Neiva Cruz

AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE FRAGOSO. Projeto do. CLUBE É-TE=igual? Equipa Dinamizadora: Elisa Neiva Cruz AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE FRAGOSO Projeto do CLUBE É-TE=igual? Equipa Dinamizadora: Elisa Neiva Cruz Uma ação educativa de abertura para a comunidade Ano letivo 2014/2015 Índice 1. Introdução

Leia mais

Relatório final do Plano Anual de Atividades

Relatório final do Plano Anual de Atividades Agrupamento de Escolas do Vale de Ovil Ano letivo 2013/2014 Relatório final do Plano Anual de Atividades Agrupamento de Escolas do Vale de Ovil Ano letivo 2013/2014 1 Índice Introdução... 3 Cumprimento

Leia mais

Calendarização Atividade Objetivos Responsáveis Destinatários 1º PERÍODO

Calendarização Atividade Objetivos Responsáveis Destinatários 1º PERÍODO 1 Calendarização Atividade Objetivos Responsáveis Destinatários 1º PERÍODO Setembro Acolhimento das crianças - Integração e adaptação das crianças ao Centro Infantil Setembro Reunião de Pais e Encarregados

Leia mais

Crescer com Saúde um Projeto de Educação e Promoção da Saúde

Crescer com Saúde um Projeto de Educação e Promoção da Saúde Plano Anual de Atividades Da Educação e Promoção da Saúde Que vai ser quando crescer? Vivem perguntando em redor. Que é ser? É ter um corpo, um jeito, um nome? Tenho os três. E sou? Tenho de mudar quando

Leia mais

INED PROJETO EDUCATIVO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO MAIA

INED PROJETO EDUCATIVO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO MAIA INED INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO PROJETO EDUCATIVO MAIA PROJETO EDUCATIVO I. Apresentação do INED O Instituto de Educação e Desenvolvimento (INED) é uma escola secundária a funcionar desde

Leia mais

SETEMBRO EXTERNATO DO PARQUE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2013/2014. Data Ações a desenvolver Turmas envolvidas. Local

SETEMBRO EXTERNATO DO PARQUE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2013/2014. Data Ações a desenvolver Turmas envolvidas. Local SETEMBRO Ao longo Oração da manhã Pré-escolar e 1º do ano ciclo 12 set. Receção aos alunos: Convívio de alunos, pais/ee, prof./educ. e vigilantes no campo de jogos Desejo das boas vindas pela direção e

Leia mais

Índice. - Introdução. 3. - Cronograma 4-5. - Capítulo 1 Plano de Atividades 2015-2016. 6-38

Índice. - Introdução. 3. - Cronograma 4-5. - Capítulo 1 Plano de Atividades 2015-2016. 6-38 1 2015-2016 Índice - Introdução. 3 - Cronograma 4-5 - Capítulo 1 Plano de Atividades 2015-2016. 6-38 2 Introdução O Município de Paços de Ferreira, assumindo-se como uma Cidade Educadora, respeitando um

Leia mais

PLANO DE AÇÃO 2013/14

PLANO DE AÇÃO 2013/14 Tema Diagnóstico (situações a melhorar) Objetivo(s) Meta(s) Ações e Atividades Previstas Sensibilizar a comunidade escolar para a necessidade crescente de reutilização de materiais; PLANO DE AÇÃO 2013/14

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES 2014-2015 BIBLIOTECAS ESCOLARES

PLANO DE ATIVIDADES 2014-2015 BIBLIOTECAS ESCOLARES 20142015 BIBLIOTECAS ESCOLARES 20142015 Domínio A Currículo, literacias e aprendizagem Intervenientes Público alvo Datas previstas Orçamento Desenvolver atividades curriculares com os docentes de Português

Leia mais

Externato Cantinho Escolar. Plano Anual de Atividades

Externato Cantinho Escolar. Plano Anual de Atividades Externato Cantinho Escolar Plano Anual de Atividades Ano letivo 2014 / 2015 Pré-escolar e 1º Ciclo Ação Local Objetivos Atividades Materiais Recursos Humanos Receção dos Fomentar a integração da criança

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2014/2015 3º Período

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2014/2015 3º Período PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2014/2015 3º Período ATIVIDADE OBJETIVO INTERDISCIPLI- NA-RIDADE LIGAÇÃO AO PROJETO EDUCATIVO DINAMIZADORES E ACOMPANHANTES PÚBLICO-ALVO (Referir turma) CALENDARIZAÇÃ O CUSTOS

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Cascais Plano Anual de Atividades 2014/2015 ANEXO 1 DEPARTAMENTO DO PRÉ-ESCOLAR E 1.º CICLO

Agrupamento de Escolas de Cascais Plano Anual de Atividades 2014/2015 ANEXO 1 DEPARTAMENTO DO PRÉ-ESCOLAR E 1.º CICLO ANEO 1 DEPARTAMENTO DO PRÉ-ESCOLAR E 1.º CICLO 0 1º Período A CAF (Componente de Apoio à Família 2 primeiras semanas de setembro e interrupção do Natal) será acionada de acordo com resposta dos Encarregados

Leia mais

Setembro: 01 - Início do ano escolar - Início do ano letivo. Outubro:

Setembro: 01 - Início do ano escolar - Início do ano letivo. Outubro: CALENDARIZAÇÃO ATIVIDADES OBJETIVOS RECURSOS HUMANOS Setembro: 01 - Início do ano escolar - Início do ano letivo Preparar o ano letivo Criar uma relação de empatia entre as crianças e os adultos da sala

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES - ANO LETIVO 2011/2012

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES - ANO LETIVO 2011/2012 Biblioteca Escolar GIL VICENTE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GIL VICENTE ESCOLA GIL VICENTE EB1 CASTELO BIBLIOTECA ESCOLAR PLANO ANUAL DE ATIVIDADES - ANO LETIVO 2011/2012 As atividades constantes do presente

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCABIDECHE ESCOLA BÁSICA 2,3 DE ALCABIDECHE Sede

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCABIDECHE ESCOLA BÁSICA 2,3 DE ALCABIDECHE Sede AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCABIDECHE ESCOLA BÁSICA 2,3 DE ALCABIDECHE Sede 1. Identificação DEPARTAMENTO: Pré-Escolar PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES - PROPOSTA DE ACTIVIDADES ANO LECTIVO - 2010 / 2011 Coordenador(a):

Leia mais

Plano de Intervenção aler+ (PNL)

Plano de Intervenção aler+ (PNL) Plano de Intervenção aler+ (PNL) Os agrupamentos de escolas que já integram a Rede aler+ poderão apresentar um Plano de Intervenção para o ano letivo 2015-16 que evidencie a centralidade da leitura no

Leia mais

A INFLUÊNCIA DOS PROJETOS NO DOMÍNIO DOS RESULTADOS: O PONTO DE VISTA DOS COORDENADORES

A INFLUÊNCIA DOS PROJETOS NO DOMÍNIO DOS RESULTADOS: O PONTO DE VISTA DOS COORDENADORES AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CABECEIRAS DE BASTO A INFLUÊNCIA DOS PROJETOS NO DOMÍNIO DOS RESULTADOS: O PONTO DE VISTA DOS COORDENADORES A EQUIPA DE AUTOAVALIAÇÃO: Albino Barroso Manuel Miranda Paula Morais

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES 2014-2015. Bibliotecas escolares do Agrupamento de escolas Mosteiro e Cávado

PLANO DE ATIVIDADES 2014-2015. Bibliotecas escolares do Agrupamento de escolas Mosteiro e Cávado 20142015 Bibliotecas escolares do Agrupamento de escolas Mosteiro e Cávado 20142015 Domínio A Currículo, literacias e aprendizagem Intervenientes Público alvo Datas Desenvolver atividades curriculares

Leia mais

Projeto Pedagógico e de Animação

Projeto Pedagógico e de Animação Projeto Pedagógico e de Animação 1 - Memória Descritiva 2 Identificação e Caracterização da Instituição Promotora 3 - Objetivos Gerais 4 - Objetivos Específicos 5 - Princípios educacionais 6 Metodologias

Leia mais

Jornadas de Educação Pelo Desporto 1

Jornadas de Educação Pelo Desporto 1 Jornadas de Educação Pelo Desporto 1 Jornadas de Educação Pelo Desporto As Jornadas de Educação Pelo Desporto alinham-se com os objetivos gerais do Diálogo Estruturado na área da juventude, uma vez que

Leia mais

Agrupamento de Escolas da Moita. Plano de Melhoria. P r o v i s ó r i o P p P r o. Ano letivo 2013-14

Agrupamento de Escolas da Moita. Plano de Melhoria. P r o v i s ó r i o P p P r o. Ano letivo 2013-14 Agrupamento de Escolas da Moita Plano de Melhoria P r o v i s ó r i o P p P r o Ano letivo 2013-14 Moita, 22 de abril de 2015 A COMISSÃO DE AUTOAVALIAÇÃO o Célia Romão o Hélder Fernandes o Ana Bela Rodrigues

Leia mais

Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar de São Vicente Plano Anual de Actividades 2007/2008

Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar de São Vicente Plano Anual de Actividades 2007/2008 Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar de São Vicente Plano Anual de Actividades 2007/2008 Objectivos gerais: - Proporcionar o diálogo e o respeito pelas pessoas mais velhas. - Desenvolver o espírito

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2012/2013

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2012/2013 PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2012/2013 1 Índice I. Introdução... 3 II. Desenvolvimento das Atividades... 4 1. Atividades a desenvolver no espaço da comunidade escolar... 4 2. Visitas de estudo...

Leia mais

Plano de Promoção de Leitura no Agrupamento

Plano de Promoção de Leitura no Agrupamento AGRUPAMENTO DE ESCOLAS MOSTEIRO E CÁVADO Plano de Promoção de Leitura no Agrupamento 1. Apresentação do plano 2. Objectivos gerais 3. Orientações 4. Objectivos específicos 5. Actividades 6. Avaliação 1

Leia mais

Sala: 3 anos (1) Educadora: Isabel Ferreira

Sala: 3 anos (1) Educadora: Isabel Ferreira Sala: 3 anos (1) Educadora: Isabel Ferreira SETEMBRO A Escola as Cores (cont.) Estabelecer relações com os outros e conhecer as regras e os comportamentos sociais na sala; Utilizar de forma adequada os

Leia mais

À DESCOBERTA DE UMA NOVA

À DESCOBERTA DE UMA NOVA ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE VELAS À DESCOBERTA DE UMA NOVA NOVA ILHA INTERCÂMBIO 5º C DAS VELAS/ 5ºC DE VILA FRANCA DO CAMPO Introdução Uma vez que o arquipélago dos Açores é composto por nove ilhas,

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER - Código 151427 PLANO DE ESTUDOS DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER 2013/2014

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER - Código 151427 PLANO DE ESTUDOS DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER 2013/2014 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER - Código 7 PLANO DE ESTUDOS DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER 0/0 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER - Código 7 ÍNDICE - Introdução...

Leia mais

Unidos com o mundo. Equipa pedagógica da Santa Casa da Misericórdia de Aveiro 2013/2014

Unidos com o mundo. Equipa pedagógica da Santa Casa da Misericórdia de Aveiro 2013/2014 Unidos com o mundo Equipa pedagógica da Santa Casa da Misericórdia de Aveiro 2013/2014 Introdução O Plano Anual de Atividade é um documento orientador de uma dinâmica comum a todas as salas da Pré, que

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE PINHEIRO E ROSA

ESCOLA SECUNDÁRIA DE PINHEIRO E ROSA PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICA a Luisa Maria Ferreira Garcia e Costa Madeira Diretora O Plano de Ação Estratégica foi aprovado pelo Conselho Pedagógico, em 11 de outubro de 2012, e recebeu parecer favorável

Leia mais

Departamento de Psicologia e de Educação Especial

Departamento de Psicologia e de Educação Especial Departamento de Psicologia e de Educação Especial 1- Avaliação e acompanhamento psicológico Avaliação e acompanhamento psicológico e psicopedagógico individual (promoção da autoestima e comportamentos

Leia mais

Plano Anual de Atividades CRECHE/JARDIM DE INFÂNCIA/CATL 2013-2014

Plano Anual de Atividades CRECHE/JARDIM DE INFÂNCIA/CATL 2013-2014 Fundação Centro Social de S. Pedro de, FCSR Plano Anual de Atividades CRECHE/JARDIM DE INFÂNCIA/CATL 2013-2014 Atividade Objetivos Recursos Calendarização Local Receção e acolhimento das crianças que vão

Leia mais

Plano Anual de Atividades

Plano Anual de Atividades Plano Anual de Atividades Objetivos Atividades Responsáveis Datas Recursos Avaliaçõe s Promover o convívio entre os elementos da comunidade educativa Proporcionar momentos de alegria e partilha Recepção

Leia mais

Ficha de Caracterização de Projecto

Ficha de Caracterização de Projecto Ficha de Caracterização de Projecto Projecto +Skillz E5G Programa Escolhas Promotor: Associação Mais Cidadania 2 A. IDENTIFICAÇÃO GERAL DA ENTIDADE Projecto Projecto +Skillz E5G Promotor: Associação Mais

Leia mais

Relatório do Plano de Atividades

Relatório do Plano de Atividades Relatório do Plano de Atividades 1º Período 2013/2014 Agrupamento de Escolas de Celeirós Índice NOTA INTRODUTÓRIA... 2 1. Taxa de concretização das atividades... 2 2. Contextualização das atividades...

Leia mais

VISEU PRIMEIRO, VISEU EDUCA

VISEU PRIMEIRO, VISEU EDUCA Setembro 2014 VISEU PRIMEIRO, VISEU EDUCA O lançamento de um programa pedagógico e de desenvolvimento educativo de crianças e jovens, partilhado por todos os agentes do sistema escolar e educativo local,

Leia mais

Análise da execução do Plano Anual de Atividades Relatório intermédio - 1º período

Análise da execução do Plano Anual de Atividades Relatório intermédio - 1º período Ano letivo 2013/2014 Análise da execução do Plano Anual de Atividades Relatório intermédio - 1º período Agrupamento de Escolas do Vale de Ovil Ano letivo 2013/2014 1 Índice Introdução... 3 Cumprimento

Leia mais

Ação de Formação OFERTAS CURRICULARES DIVERSIFICADAS: UMA NOVA REALIDADE ESCOLAR PARA TODOS OS DOCENTES

Ação de Formação OFERTAS CURRICULARES DIVERSIFICADAS: UMA NOVA REALIDADE ESCOLAR PARA TODOS OS DOCENTES Ação de Formação OFERTAS CURRICULARES DIVERSIFICADAS: UMA NOVA REALIDADE ESCOLAR PARA TODOS OS DOCENTES Programa para a disciplina de oferta complementar do AER (ensino básico): Educação para a Cidadania

Leia mais

Plano de Ação da Equipa de Avaliação Interna

Plano de Ação da Equipa de Avaliação Interna Plano de Ação da Equipa de Avaliação Interna 2013/2015 Índice Plano de Ação... 3 Constituição da Equipa de Autoavaliação... 3 Etapas/fases do ciclo de avaliação... 4 Cronograma do 1º ano do ciclo de avaliação

Leia mais

DIREÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GARDUNHA E XISTO 161123. Plano de Melhoria Página 1

DIREÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GARDUNHA E XISTO 161123. Plano de Melhoria Página 1 DIREÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GARDUNHA E XISTO 161123 Plano de Melhoria Página 1 Introdução... 3 Identificação das áreas de melhoria... 3 Visão geral do Plano de Melhoria...

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE GUIA-POMBAL PROJETO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE GUIA-POMBAL PROJETO EDUCATIVO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE GUIA-POMBAL PROJETO EDUCATIVO Esta escola também é minha 2013/14 2015/16 I - INTRODUÇÃO Uma das missões da escola, que consiste em dotar todos e cada um dos cidadãos das competências

Leia mais

Projeto Educativo do Agrupamento de Escolas do Bonfim 2014/2017. Projeto Educativo do Agrupamento de Escolas do Bonfim. Portalegre

Projeto Educativo do Agrupamento de Escolas do Bonfim 2014/2017. Projeto Educativo do Agrupamento de Escolas do Bonfim. Portalegre Projeto Educativo do Agrupamento de Escolas do Bonfim Portalegre 2014/2017 1 Índice 1. Caracterização do agrupamento 2 1.1. Caracterização do concelho 2 1.2. Composição do agrupamento 3 2. Missão/visão

Leia mais

Agrupamento de escolas de Vila Nova de Poiares

Agrupamento de escolas de Vila Nova de Poiares Agrupamento de escolas de Vila Nova de Poiares Departamento da Educação Pré Escolar Avaliação na educação pré-escolar -Competências -Critérios gerais de avaliação Ano letivo 2013-2014 1 INTRODUÇÃO Para

Leia mais

REGULAMENTO DO CENTRO DE ATIVIDADES E RECURSOS CAR

REGULAMENTO DO CENTRO DE ATIVIDADES E RECURSOS CAR REGULAMENTO DO CENTRO DE ATIVIDADES E RECURSOS CAR INDÍCE A) Noção... 2 B) Objetivos... 2 C) Destinatários... 2 D) Serviços do Centro de Atividades e Recursos (C.A.R.)... 2 E) Atividades... 3 F) Condições

Leia mais

Pré-Projeto de Educação Ambiental

Pré-Projeto de Educação Ambiental Pré-Projeto de Educação Ambiental Vamos Descobrir e Valorizar o Alvão Ano 2014/15 Centro de Informação e Interpretação Lugar do Barrio 4880-164 Mondim de Basto Telefone: 255 381 2009 ou 255 389 250 1 Descobrir

Leia mais

PROJETO DE INTERVENÇÃO

PROJETO DE INTERVENÇÃO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AMARES CANDIDATURA A DIRETOR PROJETO DE INTERVENÇÃO (2013-2017) Pedro Paulo da Costa Cerqueira Amares, maio de 2013 As organizações, tal como os organismos vivos, têm os seus

Leia mais

Projeto aler+ SEMEAR LEITURAS

Projeto aler+ SEMEAR LEITURAS Projeto aler+ SEMEAR LEITURAS 2013-2014 ÍNDICE 1.CONTEXTUALIZAÇÃO... 2 2. INTERVENIENTES...... 3 3. OBJETIVOS. 4 4. REGIMENTO DE FUNCIONAMENTO. 5 5. ATIVIDADES/AÇÕES/ESTRATÉGIAS... 6/ 7 6. DIVULGAÇÃO..

Leia mais

1. Apresentação. 2. Características Principais do Colégio Heliântia

1. Apresentação. 2. Características Principais do Colégio Heliântia I. O COLÉGIO HELIÂNTIA 1. Apresentação O Colégio Heliântia é um projeto de ensino privado que desenvolve a estratégia de Escola Total. Este conceito pretende a construção de um projeto educativo coeso

Leia mais

PLANO DE PROMOÇÃO DA LEITURA. Agrupamento de Escolas Mosteiro e Cávado

PLANO DE PROMOÇÃO DA LEITURA. Agrupamento de Escolas Mosteiro e Cávado PLANO DE PROMOÇÃO DA LEITURA Agrupamento de Escolas Mosteiro e Cávado 2014 1.Apresentação do plano 2. Objetivos gerais 3. Orientações 4. Objetivos específicos 5. Atividades 6. Avaliação 7. Aneos A leitura

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Samora Correia 2011/2012

Agrupamento de Escolas de Samora Correia 2011/2012 Plano Anual de Actividades Jardins de Infância Organização do Ambiente Educativo e espaços comuns. (de 4 a 09-09-2011) Cada educadora prepara a sua sala Organizar o Ambiente Educativo educadoras. Observação

Leia mais

Disciplina de Oferta Complementar. Formação Pessoal e Social

Disciplina de Oferta Complementar. Formação Pessoal e Social Disciplina de Oferta Complementar Formação Pessoal e Social Promover a cidadania Aprender a viver no mundo que nos rodeia Mod. AEVPA - Conselho Pedagógico Página 1 de 11 Disciplina de Oferta Complementar

Leia mais

PROJETO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FREI JOÃO DE VILA DO CONDE

PROJETO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FREI JOÃO DE VILA DO CONDE PROJETO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FREI JOÃO DE VILA DO CONDE ÍNDICE 1. Introdução 2. O Agrupamento 2.1 População Escolar (número de alunos por estabelecimento de ensino) 2.2 Recursos Humanos

Leia mais

Plano Anual de Atividades 2014/2015

Plano Anual de Atividades 2014/2015 Mãos na Massa Plano Anual de Atividades 2014/2015 Equipa pedagógica do Centro de Educação de Infância Casa da Cruz Introdução O Plano Anual de Atividades é um documento orientador de uma dinâmica comum

Leia mais

Plano de ação (adenda). domínio em avaliação: gestão da biblioteca escolar. email: becre.esfhp@gmail.com Ano letivo 2012/2013

Plano de ação (adenda). domínio em avaliação: gestão da biblioteca escolar. email: becre.esfhp@gmail.com Ano letivo 2012/2013 Plano de ação (adenda). domínio em avaliação: gestão da biblioteca escolar email: becre.esfhp@gmail.com Ano letivo 2012/2013 Plano de ação 2012/2013 (adenda) A. Apoio ao desenvolvimento curricular Responsável

Leia mais

PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES

PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES O Plano Plurianual de Atividades é um documento de planeamento que define, em função do Projeto Educativo, os objetivos, as formas de organização e de programação das atividades e que procede à identificação

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE AS ATIVIDADES REALIZADAS NO ANO LETIVO 2014/15 NO ÂMBITO DOS OBJETIVOS DA GLOBAL COMPACT

RELATÓRIO SOBRE AS ATIVIDADES REALIZADAS NO ANO LETIVO 2014/15 NO ÂMBITO DOS OBJETIVOS DA GLOBAL COMPACT RELATÓRIO SOBRE AS ATIVIDADES REALIZADAS NO ANO LETIVO 2014/15 NO ÂMBITO DOS OBJETIVOS DA GLOBAL COMPACT Objetivos gerais: Promover os valores fundamentais nas áreas de direitos humanos, direito do trabalho,

Leia mais

Melhorar o desempenho Promover o sucesso: Aprender mais Aprender melhor PLANO ESTRATÉGICO DE MELHORIA 2014/ 2017

Melhorar o desempenho Promover o sucesso: Aprender mais Aprender melhor PLANO ESTRATÉGICO DE MELHORIA 2014/ 2017 Melhorar o desempenho Promover o sucesso: Aprender mais Aprender melhor PLANO ESTRATÉGICO DE MELHORIA 2014/ 2017 um fruto não se colhe às pressas. Leva seu tempo, de verde-amargo até maduro-doce Mia Couto

Leia mais

Escola Profissional de Pedagogia Social (EPPS)

Escola Profissional de Pedagogia Social (EPPS) Escola Profissional de Pedagogia Social (EPPS) Relatório de Actividades do ano letivo 2014/15 A Escola Profissional de Pedagogia Social (EPPS), tutelada pela API e apoiada pelo Ministério da Educação,

Leia mais

Nota Introdutória. Objetivos da Biblioteca Escolar (de acordo com o MANIFESTO IFLA/UNESCO PARA BIBLIOTECA ESCOLAR)

Nota Introdutória. Objetivos da Biblioteca Escolar (de acordo com o MANIFESTO IFLA/UNESCO PARA BIBLIOTECA ESCOLAR) Nota Introdutória Objetivos da Biblioteca Escolar (de acordo com o MANIFESTO IFLA/UNESCO PARA BIBLIOTECA ESCOLAR) Apoiar e promover os objetivos educativos definidos de acordo com as finalidades e currículo

Leia mais

INTRODUÇÃO. Projecto Curricular de Turma SALA DO ATL

INTRODUÇÃO. Projecto Curricular de Turma SALA DO ATL INTRODUÇÃO A Educação não formal distingue-se, nas últimas décadas da Educação formal ou ensino tradicional, uma vez que confere outro tipo de reconhecimento, organização, qualificação e estrutura. A Educação

Leia mais

Relatório do Plano Anual de Atividades - 1º Período -

Relatório do Plano Anual de Atividades - 1º Período - AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE EIXO 2014-2015 Relatório do Plano Anual de Atividades - 1º Período - Índice 1 Introdução... 3 2 Cumprimento das atividades propostas... 4 3 Proponentes e destinatários das atividades...

Leia mais

PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES. Vale Mourão 2014 / 2015 PROJETO: CHUVA DE CORES

PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES. Vale Mourão 2014 / 2015 PROJETO: CHUVA DE CORES COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES Vale Mourão 2014 / 2015 PROJETO: CHUVA DE CORES INTRODUÇÃO «Será a emergência do sentido e conteúdo curricular que permitirá

Leia mais

PROJETO CURRICULAR DE AGRUPAMENTO. Agrupamento de Escolas de São Gonçalo

PROJETO CURRICULAR DE AGRUPAMENTO. Agrupamento de Escolas de São Gonçalo PROJETO CURRICULAR DE AGRUPAMENTO Agrupamento de Escolas de São Gonçalo 2014-2018 Índice 1- Desenho curricular... 1 1.1- Desenho curricular do pré-escolar... 2 1.2- Desenho curricular do 1º ciclo... 3

Leia mais

Plano Anual de Atividades (2014/2015) Intervenientes Calendarização Objetivos da Atividade. 1º Período Setembro de 2014

Plano Anual de Atividades (2014/2015) Intervenientes Calendarização Objetivos da Atividade. 1º Período Setembro de 2014 Plano Anual de Atividades (2014/2015) Atividade Curricular Intervenientes Calendarização Objetivos da Atividade 1º Período Setembro de 2014 Início do ano lectivo /Pais 1ª Quinzena de Setembro Reunião de

Leia mais

DE QUALIDADE E EXCELÊNCIA

DE QUALIDADE E EXCELÊNCIA PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO 2015/2016 PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO 2015-2016 POR UM AGRUPAMENTO DE QUALIDADE E EXCELÊNCIA JI Fojo EB 1/JI Major David Neto EB 2,3 Prof. José Buísel E.S. Manuel Teixeira Gomes

Leia mais

Projeto Curricular do 1.º Ciclo

Projeto Curricular do 1.º Ciclo Projeto Curricular do 1.º Ciclo Tema Felizes os que constroem a vida na verdade e no bem. INTRODUÇÃO Este ano letivo 2014/2015 ficou definido como tema geral Felizes os que constroem a vida na verdade

Leia mais

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES ANO LECTIVO 2011/2012 e 2012/2013

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES ANO LECTIVO 2011/2012 e 2012/2013 PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES ANO LECTIVO 2011/2012 e 2012/2013 Metas * 4 Promover estilos e hábitos de vida saudáveis;. 4 -Promover estilos e hábitos de vida saudáveis. Dinamizadores /Interveniente s - Professores

Leia mais

turismo industrial AGENDAMarinhaGrande GUIA CULTURAL APRESENTAÇÃO OFICIAL Circuitos Industriais Marinha Grande

turismo industrial AGENDAMarinhaGrande GUIA CULTURAL APRESENTAÇÃO OFICIAL Circuitos Industriais Marinha Grande 11.MARÇO.2013 25 anos da elevação a cidade APRESENTAÇÃO OFICIAL Circuitos Industriais Marinha Grande turismo industrial Marinha Grande www.cm-mgrande.pt MARÇO 2013 AGENDAMarinhaGrande GUIA CULTURAL DESTAQUE

Leia mais

Critérios de Avaliação

Critérios de Avaliação Critérios de Avaliação Ano letivo 2013/2014 Critérios de Avaliação 2013/2014 Introdução As principais orientações normativas relativas à avaliação na educação pré-escolar estão consagradas no Despacho

Leia mais

Visão. Missão. Valores. Escola Profissional de Tecnologia Psicossocial do Porto

Visão. Missão. Valores. Escola Profissional de Tecnologia Psicossocial do Porto Missão A Escola Profissional de Tecnologia tem como missão prestar serviços educativos de excelência aos seus alunos, qualificando-os para o exercício profissional e para o prosseguimento de estudos, no

Leia mais

Escola Básica do 1.º Ciclo com Pré-escolar de São Paulo PLANO ANUAL DE ESCOLA

Escola Básica do 1.º Ciclo com Pré-escolar de São Paulo PLANO ANUAL DE ESCOLA Escola Básica do 1.º Ciclo com Pré-escolar de São Paulo PLANO ANUAL DE ESCOLA Ano letivo: 2015/2016 INTRODUÇÃO Enquadramento legal Avaliação Aprovação EVENTOS 1.ºperíodo 2.ºperíodo 3.ºperíodo REUNIÕES

Leia mais

DATA TEMA OBJETIVOS ATIVIDADES RECURSOS

DATA TEMA OBJETIVOS ATIVIDADES RECURSOS PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2014/2015 (Resposta Social de Creche) DATA TEMA OBJETIVOS ATIVIDADES RECURSOS Setembro Integração/adaptação das Crianças Reunião de Pais 24/09/2014 Outono - Promover a integração

Leia mais

RESPONSÁVEL (Articulações)

RESPONSÁVEL (Articulações) 1 Direção Regional de ducação do Norte AGRUPAMNTO D SCOLAS D MARCO D CANAVSS (150745) PLANO ANUAL D ATIVIDADS (PAA) 2012-2013 BIBLIOTCA / CR PAA 3 Grupo DATA ATIVIDADS Colaboração com os docentes na concretização

Leia mais

COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES PROJETO: CHUVA DE CORES

COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES PROJETO: CHUVA DE CORES COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES PROJETO: CHUVA DE CORES INTRODUÇÃO «Será a emergência do sentido e conteúdo curricular que permitirá distinguir e recriar

Leia mais

plano anual de educação ambiental

plano anual de educação ambiental plano anual de educação ambiental 2009/2010 complexo de educação ambiental da quinta da gruta PROGRAMA FAMÍLIAS Grelha Resumo por Sector Sector Rios/Espaços Verdes Animais Dias comemorativos Férias Datas

Leia mais

1 ENTIDADES PARCEIRAS PROMOTORAS DE VOLUNTARIADO Se tem uma sugestão de ação voluntária, uma competência especial ou específica

1 ENTIDADES PARCEIRAS PROMOTORAS DE VOLUNTARIADO Se tem uma sugestão de ação voluntária, uma competência especial ou específica Data última atualização: 05 Novembro de 2012 Índice 1 - Entidades parceiras promotoras de voluntariado 2- Projetos específicos de voluntariado 1 ENTIDADES PARCEIRAS PROMOTORAS DE VOLUNTARIADO Se tem uma

Leia mais

ORDEM DE TRABALHOS. 1ª reunião

ORDEM DE TRABALHOS. 1ª reunião ORDEM DE TRABALHOS. 1ª reunião 1. Tomada de Posse dos membros do Conselho Municipal de Educação; 2. Proposta de regimento do Conselho Municipal de Educação; 3. Apresentação de propostas para a constituição

Leia mais

PROJETO EDUCATIVO DE ESCOLA 2014-2017

PROJETO EDUCATIVO DE ESCOLA 2014-2017 ESCOLA SECUNDÁRIA JOSÉ AFONSO SEIXAL CÓDIGO 401481 Av. José Afonso Cavaquinhas Arrentela 2840 268 Seixal -- Tel. 212276600 Fax. 212224355 PROJETO EDUCATIVO DE ESCOLA 2014-2017 ABRIL DE 2014 Índice 1. Introdução

Leia mais

Externato São Miguel Arcanjo. Projeto Curricular de Escola. Crescer Em Harmonia

Externato São Miguel Arcanjo. Projeto Curricular de Escola. Crescer Em Harmonia Externato São Miguel Arcanjo Projeto Curricular de Escola Crescer Em Harmonia Externato São Miguel Arcanjo Lisboa Projeto Curricular de Escola 2 O valor das coisas não está No tempo em que elas duram,

Leia mais

ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LETIVO 2012/2013 TIC@CIDADANIA. Proposta de planos anuais. 1.º Ciclo do Ensino Básico IM-DE-057.

ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LETIVO 2012/2013 TIC@CIDADANIA. Proposta de planos anuais. 1.º Ciclo do Ensino Básico IM-DE-057. ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LETIVO 2012/2013 TIC@CIDADANIA Proposta de planos anuais 1.º Ciclo do Ensino Básico AEC TIC@CIDADANA Proposta de Plano Anual 2012/2013 1. Introdução A Divisão

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA QUINTA DAS PALMEIRAS - COVILHÃ RELATÓRIO ANUAL DE PROGRESSO CONTRATO DE AUTONOMIA

ESCOLA SECUNDÁRIA QUINTA DAS PALMEIRAS - COVILHÃ RELATÓRIO ANUAL DE PROGRESSO CONTRATO DE AUTONOMIA ESCOLA SECUNDÁRIA QUINTA DAS PALMEIRAS - COVILHÃ RELATÓRIO ANUAL DE PROGRESSO CONTRATO DE AUTONOMIA A Escola Secundária Quinta das Palmeiras Covilhã celebrou com o Ministério da Educação e Ciência (MEC)

Leia mais

Planificação Anual do Projeto Educação para a Saúde

Planificação Anual do Projeto Educação para a Saúde AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE ANTÓNIO FEIJÓ ANO LETIVO 2012.2013 Planificação Anual do Projeto Saúde Designação do Projeto Objetivos Ligação ao Projeto Educativo /PAA Calendarização Intervenientes

Leia mais

Plano Anual de atividades 2014/2015 1º Periodo

Plano Anual de atividades 2014/2015 1º Periodo Plano Anual de atividades 2014/2015 1º Periodo Designação Objectivos Grupo alvo Calendarização Responsáveis pela actividade Recursos a afectar J F M A M J J A S O N D Humanos Materiais Logísticos Exercício

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Alfena. Plano de Melhoria. 2013/2014 a 2014/2015

Agrupamento de Escolas de Alfena. Plano de Melhoria. 2013/2014 a 2014/2015 Agrupamento de Escolas de Alfena Plano de Melhoria a 2014/2015 outubro 2013 Índice Introdução...3 Resultados da Avaliação Externa...4 Principais Áreas de Melhoria...6 Plano de Ação...7 Considerações Finais...14

Leia mais

PROJETO EDUCATIVO Ano letivo 2012 2013

PROJETO EDUCATIVO Ano letivo 2012 2013 PROJETO EDUCATIVO Ano letivo 2012 2013 É pela vivência diária que cada um de nós aprende a conhecer-se e a respeitar-se, conhecendo e respeitando os outros, intervindo, transformando e tentando melhorar

Leia mais

DGEstE Direção de Serviços da Região Centro

DGEstE Direção de Serviços da Região Centro DGEstE Direção de Serviços da Região Centro Bibliotecas Escolares - Plano Anual de Atividades (PAA) Ano letivo 2014/2015 Este PAA encontra-se estruturado em 4 domínios (seguindo as orientações da RBE)

Leia mais