CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO (Financiamento de Veículos)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO (Financiamento de Veículos)"

Transcrição

1 CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO (Financiamento de Veículos) Pagarei, por esta Cédula de Crédito Bancário ( CÉDULA ), ao BANCO TOYOTA DO BRASIL S.A., com sede social em São Paulo, na Av. Jornalista Roberto Marinho, 85, 3º Andar, inscrito no CNPJ/MF n / (doravante denominado BANCO TOYOTA ), ou à sua ordem, na praça de, as quantias, em dinheiro, abaixo indicadas, certas, líquidas e exigíveis em seus vencimentos. I - EMITENTE Nome / Razão Social CPF / CNPJ N Endereço (Rua/Avenida, n, compl.) Bairro Cidade Estado CEP Telefone (DDD Nº.) II - TERCEIRO(S) GARANTIDOR(ES) (1) Nome / Razão Social CPF / CNPJ (1) Cônjuge CPF Endereço (Rua/Avenida, n, compl.) Bairro Cidade Estado CEP Telefone (DDD Nº.) (2) Nome / Razão Social CPF / CNPJ (2) Cônjuge CPF Endereço (Rua/Avenida, n, compl.) Bairro Cidade Estado CEP Telefone (DDD Nº.) III - VENDEDOR Nome / Razão Social: CPF/CNPJ IV - CARACTERÍSTICAS DA OPERAÇÃO DE CRÉDITO QUADRO 1 Especificações Gerais do Crédito e Pagamentos Autorizados do Veículo da Entrada IOF Financiado ( ) sim ( Seguro Auto Facultativo Financiado ( ) sim ( ) não Despesas / Serviços financiados a critério do Emitente Prazo da CÉDULA (Meses) Subsídio mensal de Juros ( ) sim ( ) não Nome da Cia Seguradora ) não Seguro Proteção Financeira Facultativo Financiado ( ) sim ( ) não Registro de Contrato Encargos Totais Financiados Financiado ( ) sim / ( ) não Modalidade: PREFIXADA Cadastro*/Cesta de Serviços Financiada ( ) sim / ( ) não Nome da Cia Seguradora Total da CÉDULA Financiado Taxa de Juros Mensal % Taxa de Juros Anual % CET Anual % Taxa de Juros Mensal com Subsídio % Taxa de Juros Anual com Subsídio % - Tarifa de Confecção de Cadastro para Início de Relacionamento QUADRO 2 Fluxo de Prestações Regulares da Prestação Periodicidade Quantidade Primeiro Vencimento Último Vencimento QUADRO 3 Fluxo de Prestações Intermediárias QUADRO 4 GARANTIA CEDULARMENTE CONSTITUÍDA ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA DE VEÍCULO Marca Modelo Ano Fabricação/Modelo Nota Fiscal Nº Novo(N) Chassi Cor Semi-Novo(SN) Usado (U) Informações Complementares BTB Financiamento Abril/14

2 1 CONCESSÃO DO CRÉDITO: O BANCO TOYOTA concede ao EMITENTE o CRÉDITO especificado no QUADRO 1 Especificações Gerais do Crédito e Pagamentos Autorizados do item IV do preâmbulo. 2 SEGUROS: O EMITENTE poderá optar por incluir no presente FINANCIAMENTO o valor do seguro do bem (Seguro Auto Facultativo), bem como do seguro proteção financeira (Seguro Proteção Financeira Facultativo), ambos indicados no QUADRO 1, caso em que o BANCO TOYOTA estará desde já autorizado pelo EMITENTE a realizar o(s) pagamento(s) do(s) prêmio(s) em seu nome junto à(s) Companhia(s) Seguradora(s), sendo que esse(s) será(ão) diluído(s) nas prestações a serem pagas pelo EMITENTE. 2.1 O EMITENTE declara que a contratação do(s) seguro(s) foi(ram) feita(s) de sua livre e espontânea vontade, não tendo a contratação do presente financiamento sido condicionada pelo BANCO TOYOTA, direta ou indiretamente, à(s) contratação(ões) do(s) seguro(s). O EMITENTE declara, ainda, estar ciente e de acordo com as condições gerais do(s) seguro(s) previstas na(s) respectiva(s) apólice(s) emitidas pela(s) Companhia(s) Seguradora(s). 2.2 A ocorrência de qualquer sinistro com o bem objeto desta CÉDULA não ensejará a interrupção do pagamento ao credor de qualquer obrigação assumida pelo EMITENTE e TERCEIROS GARANTIDORES sob esta CÉDULA. 2.3 Além disso, nos casos de sinistro, o EMITENTE neste ato desde logo autoriza o BANCO TOYOTA a receber da(s) Companhia(s) Seguradora(s) a(s) indenização(ões) correspondentes e utilizá-la(s) na liquidação ou amortização do saldo devedor. Caso a(s) indenização(ões) não seja(m) suficiente(s) para pagamento integral do saldo devedor, o EMITENTE desde logo ratifica a sua obrigação de pagamento do valor remanescente, que será acrescido de todos os encargos da mora na eventualidade de atraso, conforme cláusula 5 abaixo. 2.4 Na hipótese de inadimplemento por parte do EMITENTE de obrigações pecuniárias que enseje a adoção pelo BANCO TOYOTA de medidas judiciais de busca e apreensão do VEÍCULO discriminado no QUADRO 4, fica assegurado ao BANCO TOYOTA o direito à devolução integral do valor do prêmio do seguro auto pago à Companhia Seguradora proporcionalmente ao período compreendido entre a data da apreensão do bem até o término de vigência do seguro contratado. 2.5 A indenização decorrente de sinistro coberto pelo seguro de proteção financeira em benefício do BANCO TOYOTA é destinada ao pagamento do saldo devedor das prestações vincendas do financiamento nos casos de morte (natural ou acidental), invalidez permanente, ou ainda à quitação de determinadas prestações no caso de desemprego involuntário ou de incapacidade física temporária para o trabalho do EMITENTE, conforme as condições gerais do seguro previstas na respectiva apólice. 3 CARACTERÍSTICAS DA OPERAÇÃO DE CRÉDITO: A presente CÉDULA corresponde ao FINANCIAMENTO concedido pelo BANCO TOYOTA ao EMITENTE, cujas características estão consolidadas no preâmbulo, CAMPOS: VALOR DO VEÍCULO, que consigna o Preço de Aquisição do VEÍCULO, conforme Nota Fiscal enumerada no QUADRO 4; SEGURO AUTO FACULTATIVO, que corresponde ao valor do prêmio do seguro do VEÍCULO optado pelo EMITENTE, conforme consta no QUADRO 1, contratado junto à Seguradora escolhida pelo EMITENTE e identificada no QUADRO 1; SEGURO PROTEÇÃO FINANCEIRA FACULTATIVO, que corresponde ao valor do prêmio do seguro, conforme consta no QUADRO 1, destinado à cobertura de sinistros decorrentes de morte (natural ou acidental), incapacidade física temporária ou permanente, desemprego involuntário do EMITENTE, NOS TERMOS DAS CONDIÇÕES GERAIS DA APÓLICE, contratado junto à Seguradora escolhida pelo EMITENTE e identificada no QUADRO 1; CADASTRO/CESTA DE SERVIÇOS que indica o valor devido ao BANCO TOYOTA a esse título e que envolve a Tarifa de Cadastro para Início de Relacionamento e outras tarifas eventualmente contratadas, VALOR TOTAL DA CÉDULA, que é a somatória do Preço do VALOR DO VEÍCULO, de DESPESAS / SERVIÇOS FINANCIADOS A CRITÉRIO DO EMITENTE, de REGISTRO DE CONTRATO, do VALOR DOS SEGUROS FACULTATIVOS, do CADASTRO/CESTA DE SERVIÇOS e do IMPOSTO SOBRE OPERAÇÕES FINANCEIRAS ( IOF ) subtraído o VALOR DA ENTRADA, VALOR DA ENTRADA que indica o valor pago pelo EMITENTE, diretamente ao vendedor do(s) VEÍCULO(S); IMPOSTO SOBRE OPERAÇÕES FINANCEIRAS ( IOF ), que corresponde ao valor do imposto devido ao fisco pelo EMITENTE desta CÉDULA, pela operação financeira calculada com base no sistema de amortização decrescente de juros; TAXA DE JUROS MENSAL que corresponde à taxa de juros vigente à época da contratação, aplicável à esta operação de crédito, inclusive nas ocasiões de inadimplemento do EMITENTE, ainda que este seja beneficiário de subsídio de taxa de juros; TAXA DE JUROS MENSAL COM SUBSíDIO que corresponde à taxa de juros aplicável a esta operação, somente quando contratada, considerando o subsídio total ou parcial em favor do emitente da

3 cédula válida somente nos casos de pagamentos pontuais, excluindo-se quaisquer situações de mora, inadimplemento total ou parcial do EMITENTE; CET - Custo Efetivo Total indicado no QUADRO 1 representa os custos totais da operação de crédito desta CÉDULA, expresso em valor percentual anual, vigente na data de sua emissão, FLUXO DE PRESTAÇÕES REGULARES que corresponde ao valor mensal devido pelo EMITENTE em função desta CÉDULA. FLUXO DE PRESTAÇÕES INTERMEDIÁRIAS que corresponde ao(s) valor(es) incidental(is) devido(s) pelo EMITENTE em função desta CÉDULA, ENCARGOS TOTAIS FINANCIADOS que corresponde ao valor total dos juros contratados e incidentes sobre o valor total a financiar, incluindo-se os pagamentos autorizados pelo EMITENTE desta CÉDULA. 4 PRAZO E DATAS DE VENCIMENTO DAS PRESTAÇÕES: O prazo desta CÉDULA é o indicado em campo próprio do preâmbulo, QUADRO 1 ( Prazo da CÉDULA ). O primeiro e o último vencimento das PRESTAÇÕES estão indicados nos campos PRIMEIRO VENCIMENTO e ÚLTIMO VENCIMENTO do QUADRO 2. O número lançado no campo PERIODICIDADE do QUADRO 2 indica a periodicidade de vencimento das PRESTAÇÕES: mensal, bimestral, trimestral, semestral e assim por diante. Os vencimentos INTERMEDIÁRIOS das PRESTAÇÕES, observada a PERIODICIDADE, ocorrerão nos dias indicados no QUADRO Os documentos de cobrança, com o valor das PRESTAÇÕES REGULARES e, quando houver, das PRESTAÇÕES INTERMEDIÁRIAS, serão encaminhados pelo BANCO TOYOTA, sujeitando-se o EMITENTE ao pagamento do valor dos serviços inerentes à confecção e emissão dos instrumentos de cobrança bancária ( DOCUMENTOS DE COBRANÇA ), dos quais se declara ciente e de acordo. 4.2 O não recebimento dos DOCUMENTOS DE COBRANÇA entregues/enviados pelo BANCO TOYOTA ao EMITENTE não o eximirá da responsabilidade de pagar as PRESTAÇÕES nos exatos vencimentos, que são de seu pleno conhecimento. 4.3 Nas situações em que as despesas associadas à contratação realizadas por meio desta CÉDULA também forem objeto de financiamento, essas integram igualmente a operação de crédito contratada para apuração do valor presente. 5 ATRASOS DE PAGAMENTO DA MORA: O pagamento de quaisquer das PRESTAÇÕES após os respectivos vencimentos sujeitará o EMITENTE aos seguintes encargos: (I) da TAXA DE JUROS MENSAL indicada nesta CÉDULA; (II) dos JUROS DE MORA de 5% (cinco por cento) ao mês, calculados "pro rata tempore"; (III) e da MULTA CONTRATUAL no valor de 2% sobre o total devido. Os pagamentos dos encargos da Mora incidirão sobre o valor das PRESTAÇÕES a partir das datas de seus vencimentos. Poderão, ainda, ser computadas as despesas decorrentes da cobrança da dívida, além dos honorários advocatícios desde já arbitrados em 10% (dez por cento), se antes de proposta ação judicial, ou em 20% (vinte por cento), se após o ingresso da competente medida judicial, reembolsando também as custas e despesas processuais, tudo de acordo com o disposto no artigo 20 e seguintes do Código de Processo Civil. Ao EMITENTE também são asseguradas as mesmas condições de ressarcimento de custos de cobrança das obrigações do BANCO TOYOTA, em conformidade com o que estabelece a Lei nº 8.078/90 (art. 51, inciso XII). Fica facultado ao BANCO TOYOTA, a seu exclusivo critério, reduzir quaisquer dos encargos decorrentes de atrasos de pagamentos. Eventual tolerância do BANCO TOYOTA não significará renúncia, perdão, novação ou alteração do que foi aqui contratado. O não exercício pelo BANCO TOYOTA de quaisquer direitos que lhe asseguram esta CÉDULA e a legislação aplicável não prejudicará o exercício posterior dos mesmos direitos. 5.1 A qualquer tempo é assegurada ao EMITENTE a faculdade de liquidar antecipadamente o saldo devedor desta CÉDULA, total ou parcialmente, com redução proporcional dos juros e demais acréscimos, considerando-se a taxa de desconto igual à taxa de juros pactuada nesta CÉDULA, exceto nas hipóteses de subsídio, quando então será utilizada a taxa de juros com subsídio. 5.2 Nas situações em que as despesas associadas à contratação realizada por meio desta CÉDULA também forem objeto de financiamento, essas integram igualmente a operação de crédito contratada para apuração do valor presente. 5.3 No caso de liquidação parcial, deverá ser observada a ordem direta e sequencial das PRESTAÇÕES.

4 6 DESPESAS: Todas as despesas que forem efetivadas para a devida formalização desta CÉDULA, inclusive as despesas que o BANCO TOYOTA fizer para a segurança, regularização, registro ou efetivação de seus direitos creditórios, serão de responsabilidade do EMITENTE. Da mesma forma, o EMITENTE terá direito de cobrar do BANCO TOYOTA despesas de cobrança, inclusive custas judiciais e honorários de advogados limitados a 20% do valor discutido em litígio. 6.1 O Custo Efetivo Total (CET) indicado no QUADRO 1 representa o custo total da operação de crédito desta CÉDULA, expresso em taxa percentual anual, vigente na data de sua emissão, sendo que para o cálculo foram considerados os fluxos referentes às liberações e aos pagamentos previstos, incluindo a taxa efetiva de juros anual pactuada nesta CÉDULA, tributos, tarifas, seguros e outras despesas, conforme QUADRO 1. 7 ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA: Para o fim de assegurar o cumprimento de suas obrigações, o EMITENTE constitui, em favor do BANCO TOYOTA, a garantia de ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA que passa a onerar o VEÍCULO identificado no QUADRO 4. O EMITENTE investe-se, assim, na condição de POSSUIDOR DIRETO e DEPOSITÁRIO do VEÍCULO, com todas as responsabilidades e obrigações que, em decorrência dessa condição, lhe cominam a lei civil e penal, devendo zelar pelo VEÍCULO e manter o mesmo sempre em boas condições de funcionamento. O EMITENTE será responsável por providenciar e entregar ao BANCO TOYOTA, no prazo de até 15 (quinze) dias contados da data de emissão desta CÉDULA, o(s) CERTIFICADO(S) DE REGISTRO do VEÍCULO, com a respectiva inscrição da ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA. 7.1 É facultado ao EMITENTE, na qualidade de possuidor direto e depositário do bem objeto da alienação fiduciária ora constituída, constituir seguro contra os riscos inerentes à sua natureza, às suas expensas, por quantia não inferior ao valor do crédito ora concedido, devendo, na hipótese, figurar o nome do BANCO TOYOTA como exclusivo beneficiário da indenização em decorrência do sinistro nas respectivas apólices e estará autorizado a receber a indenização para liquidar ou amortizar a obrigação garantida. O EMITENTE providenciará para que conste, obrigatoriamente, às suas exclusivas expensas, o ônus da alienação fiduciária a favor do BANCO TOYOTA, no certificado do registro do veículo, obrigando-se, ainda, a encaminhar cópia do certificado ao BANCO TOYOTA, no prazo de 5 (cinco) dias, a contar da data da liberação do crédito. 7.2 A venda, permuta, cessão, dação, constituição de garantia em favor de terceiro do VEÍCULO sem o consentimento prévio e expresso do BANCO TOYOTA, ensejará a APREENSÃO JUDICIAL do VEÍCULO e tipificará ESTELIONATO, nos termos do parágrafo 2º, inciso I, do artigo 171 do Código Penal Brasileiro. 8 TERCEIRO(S) GARANTIDOR(ES): Garantem esta CÉDULA o(s) TERCEIRO(S) GARANTIDOR(ES) qualificado(s) no Item II do preâmbulo e assinado(s) no fim, comparecendo, também, na qualidade de devedor(es) solidário(s), anuindo, expressamente, ao ora convencionado, responsabilizando-se, solidária e incondicionalmente, com o EMITENTE, de maneira irrevogável e irretratável, pela total e integral liquidação do débito, compreendendo principal e acessórios, quaisquer encargos e acréscimos, incluindo, mas não se limitando aos juros remuneratórios e da mora, multas, honorários advocatícios, despesas e demais cominações expressas nesta CÉDULA, confirmando e reconhecendo tudo como líquido, certo e exigível. 9 VENCIMENTO ANTECIPADO: Esta CÉDULA terá o seu vencimento antecipado, considerando-se como imediatamente exigível a GARANTIA DE ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA CEDULARMENTE CONSTITUÍDA, na ocorrência das hipóteses previstas no artigo do Código Civil e, especialmente, nos seguintes casos: (a) se o EMITENTE deixar de efetuar o pagamento das PRESTAÇÕES REGULARES e das PRESTAÇÕES INTERMEDIÁRIAS em seus precisos e exatos vencimentos; (b) se o EMITENTE descumprir o disposto na cláusula 6 anterior; (c) se, ocorrendo desvalorização anormal do VEÍCULO por descuido no uso e conservação, sinistro, furto, roubo, extravio, perecimento, ocorrências estas apenas exemplificativas, o EMITENTE deixar de restabelecer a garantia representada pelo VEÍCULO, de forma e valor aceitos pelo BANCO TOYOTA; e/ou (d) se o EMITENTE encontrar-se inadimplente com relação ao pagamento de IPVA, Seguro obrigatório, Licenciamento de veículo, entre outros impostos ou encargos incidentes em virtude da utilização e posse do VEÍCULO, bem como, com relação a multas de trânsito e outros atos infracionais. Caso o BANCO TOYOTA venha ser compelido a pagar os valores correspondentes aos encargos, impostos e/ou multas acima mencionados, no lugar do EMITENTE, o

5 EMITENTE concorda e está ciente de que o BANCO TOYOTA poderá cobrar do EMITENTE, os valores correspondentes acrescidos dos mesmos encargos da mora mencionados na cláusula 5 acima. 9.1 No caso da mora no pagamento de quaisquer das PRESTAÇÕES estabelecidas nesta CÉCULA, o BANCO TOYOTA terá o direito de alienar o VEÍCULO extrajudicialmente, aplicando o valor recebido na liquidação da dívida e entregando a diferença, se houver, ao EMITENTE. 10 CONDIÇÕES GERAIS: O fornecimento pelo BANCO TOYOTA do competente Instrumento de Liberação ou a baixa da Alienação Fiduciária do SNG Sistema Nacional de Gravames referente à presente CÉDULA fica condicionado ao integral cumprimento as obrigações ora assumidas pelo EMITENTE e ao pagamento total do valor financiado, reajustes contratuais, juros remuneratórios e da mora, multas, tarifas e demais encargos da mora porventura devidos, bem como de quaisquer despesas e cominações a que eventualmente der causa o EMITENTE em razão desta CÉDULA, inclusive, mas não se limitando, ao pagamento de multas de trânsito e de valores devidos de IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores). Enquanto não houver o integral cumprimento das obrigações assumidas pelo EMITENTE o BANCO TOYOTA não estará obrigado a efetivar qualquer liberação ou entrega de documentos ao EMITENTE, cabendo ao BANCO TOYOTA, ainda, todas as medidas judiciais e extrajudiciais cabíveis para restituição de eventuais pagamentos que porventura vier a efetuar Todas as alterações/modificações a esta CÉDULA deverão ser efetivadas por escrito, através de aditamentos. Eventual tolerância do EMITENTE ou do BANCO TOYOTA não significará renúncia, perdão, novação ou alteração do que foi aqui contratado. O não exercício pelo BANCO TOYOTA de quaisquer direitos que lhe asseguram esta CÉDULA e a legislação aplicável não prejudicará o exercício posterior dos mesmos direitos Correrão por conta exclusiva do EMITENTE, mesmo que atribuídas legalmente ao BANCO TOYOTA, todas e quaisquer obrigações/contribuições de natureza tributária, principais ou acessórios (inclusive IPVA), multas por infração de trânsito ou ainda recolhimentos compulsórios e/ou encaixes determinados pelo Banco Central do Brasil que indicam ou venham a incidir sobre a presente operação, ou que importem em aumento de custos do BANCO TOYOTA em decorrência da presente concessão de crédito O EMITENTE e o(s) TERCEIRO(S) GARANTIDOR(ES) serão solidariamente responsáveis a indenizar o BANCO TOYOTA por quaisquer valores por ele eventualemente pagos, nos termos das Cláusulas desta CÉDULA, reconhecendo sua legitimidade para propor qualquer medida extrajudicial ou judicial cabível neste sentido No caso de falência, recuperação judicial, caracterização e/ou declaração de estado de insolvência, protesto de títulos de crédito de responsabilidade do(s) TERCEIRO(S) GARANTIDOR(ES), fica o EMITENTE obrigado(s) a substituí-lo(s), no prazo de 48 (quarenta e oito) horas, sob pena de vencimento antecipado do débito No caso de mudança de domicílio, ficam o EMITENTE e os TERCEIRO(S) GARANTIDOR(ES) obrigados a comunicar tal fato ao BANCO TOYOTA, por escrito no prazo de 10 (dez) dias contados da mudança. Enquanto o EMITENTE e/ou o(s) TERCEIRO(S) GARANTIDOR(ES) não efetuarem a comunicação de mudança de seu domicílio, reputar-se-ão, para todos os fins de direito, como tendo sido recebidos por eles quaisquer comunicações enviadas aos endereços constantes do cadastro do BANCO TOYOTA. 11 PERMISSÃO DE CESSÃO: O BANCO TOYOTA poderá ceder ou transferir, no todo ou em parte, por qualquer forma permitida em lei, inclusive mediante a emissão de Certificados de Cédula de Crédito Bancário, os direitos, obrigações e garantidas da presente CÉDULA, podendo, para tanto, entregar ao cessionário toda a documentação relativa ao crédito. 12 FORO: Para dirimir quaisquer dúvidas ou controvérsias oriundas da presente CÉDULA, fica, desde já, eleito o Foro da Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, com exclusão de qualquer outro, por mais privilegiado que seja, podendo, no entanto, o BANCO TOYOTA optar pelo foro de domicílio do EMITENTE. O EMITENTE E OS TERCEIROS GARANTIDORES DECLARAM EXPRESSAMENTE TEREM LIDO E COMPREENDIDO PERFEITAMENTE O TEOR DAS CLÁUSULAS E CONDIÇÕES DESTA CÉDULA E AUTORIZAM QUE INFORMAÇÕES RELATIVAS AOS SEUS CADASTROS A ESTA OPERAÇÃO SEJAM DIVULGADOS A

6 ÓRGÃOS E ENTIDADES DE PROTEÇÃO AO CRÉDITO, INCLUINDO, SEM LIMITAÇÕES, A CENTRAL ÚNICA DE RISCOS DA SERASA E O SISTEMA CENTRAL DE RISCOS DE CRÉDITO DO BANCO CENTRAL DO BRASIL. A QUITAÇÃO DESTA CÉDULA E, CONSEQUENTEMENTE, A LIBERAÇÃO DA ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA QUE ONERA O VEÍCULO, FICA CONDICIONADA AO PAGAMENTO DO VALOR DE PRINCIPAL DO FINANCIAMENTO, AO PAGAMENTO DOS JUROS ESTIPULADOS E DOS ENCARGOS E DESPESAS DECORRENTES DA EVENTUAL MORA QUE SE VERIFICAR NO PRAZO DA CÉDULA. O EMITENTE DECLARA HAVER RECEBIDO E TER CONHECIMENTO DA TABELA DE TARIFAS E DESPESAS COBRADAS PELO BANCO TOYOTA, TENDO SIDO, INCLUSIVE, INFORMADO SOBRE A POSSIBILIDADE DE MAJORAÇÃO DO VALOR DESSAS TARIFAS E DESPESAS E DE QUE, A QUALQUER TEMPO, PODERÁ OBTER OS VALORES ATUALIZADOS ACESSANDO O SITE O BANCO TOYOTA disponibiliza a todos seus clientes e usuários dois canais de atendimento: a Equipe de Relacionamento com o Cliente (ERC), pelo telefone ou e a Ouvidoria (somente para reclamações após contato com o ERC), pelo telefone , pela internet ou ainda por carta para a Av. Jornalista Roberto Marinho 85, 3º andar São Paulo SP. LOCAL E DATA: EMITENTE (1) TERCEIRO GARANTIDOR (2) TERCEIRO GARANTIDOR (1) CÔNJUGE DO GARANTIDOR (2) CÔNJUGE DO GARANTIDOR

CONDIÇÕES GERAIS DA CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO PARA FINANCIAMENTO DE VEÍCULOS

CONDIÇÕES GERAIS DA CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO PARA FINANCIAMENTO DE VEÍCULOS CONDIÇÕES GERAIS DA CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO PARA FINANCIAMENTO DE VEÍCULOS As Condições Gerais abaixo se aplicam à operação de Financiamento de Veículos, contratada pelo EMITENTE junto ao BANCO TOYOTA,

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DA CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO OPERAÇÃO DE FINANCIAMENTO DE BENS

CONDIÇÕES GERAIS DA CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO OPERAÇÃO DE FINANCIAMENTO DE BENS As Condições Gerais abaixo se aplicam à operação de financiamento de bens contratada pelo EMITENTE junto ao BANCO, ambos indicados e qualificados conforme as Condições Específicas desta Cédula. Estas Condições

Leia mais

V AL R Qualificação do Microempreendedor

V AL R Qualificação do Microempreendedor V AL R Qualificação do Microempreendedor Data: Nome Completo: CPF/CNPJ: Nº Identidade: Órgão Emissor : Sexo: Data de Nascimento: Estado Civil: Naturalidade: Nome do Pai: Nome da Mãe: Endereço: Bairro:

Leia mais

Contrato de Financiamento de Bens e/ou Serviços com Garantia de Alienação Fiduciária de Bens Móveis

Contrato de Financiamento de Bens e/ou Serviços com Garantia de Alienação Fiduciária de Bens Móveis Contrato de Financiamento de Bens e/ou Serviços com Garantia de Alienação Fiduciária de Bens Móveis Pelo presente Contrato de Financiamento de Bens e/ou Serviços com Garantia de Alienação Fiduciária de

Leia mais

I - EMITENTE II - INTERVENIENTE(S) / AVALISTA(S) III - CARACTERÍSTICAS DO(S) PRODUTO(S) MARCA MODELO ANO/MODELO COR COMBUSTÍVEL

I - EMITENTE II - INTERVENIENTE(S) / AVALISTA(S) III - CARACTERÍSTICAS DO(S) PRODUTO(S) MARCA MODELO ANO/MODELO COR COMBUSTÍVEL Nº DA CÉDULA CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO I - EMITENTE II - INTERVENIENTE(S) / AVALISTA(S) III - CARACTERÍSTICAS DO(S) (S) MARCA MODELO ANO/MODELO COR COMBUSTÍVEL RENAVAN CHASSI PLACA NOTA FISCAL (CASO VEÍCULO

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONSTITUIÇÃO DE GARANTIA DE ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA. Quadro Resumo

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONSTITUIÇÃO DE GARANTIA DE ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA. Quadro Resumo INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONSTITUIÇÃO DE GARANTIA DE ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA Quadro Resumo BANCO CNPJ/MF Banco Bradesco S.A. 60.746.948/0001 12 Sede Cidade de Deus, Município e Comarca de Osasco, Estado

Leia mais

CLÁUSULAS E CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO DE ARRENDAMENTO MERCANTIL FINANCEIRO SANTANDER LEASING S.A. ARRENDAMENTO MERCANTIL

CLÁUSULAS E CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO DE ARRENDAMENTO MERCANTIL FINANCEIRO SANTANDER LEASING S.A. ARRENDAMENTO MERCANTIL LSG - 8500-B Santander Jun/2013 CLÁUSULAS E CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO DE ARRENDAMENTO MERCANTIL FINANCEIRO SANTANDER LEASING S.A. ARRENDAMENTO MERCANTIL Este instrumento define as cláusulas e condições

Leia mais

CONTRATO DE CRÉDITO PRÉ-APROVADO

CONTRATO DE CRÉDITO PRÉ-APROVADO CONTRATO DE CRÉDITO PRÉ-APROVADO Por este instrumento e na melhor forma de direito, a COOPERATIVA, doravante designada simplesmente COOPERATIVA, neste ato devidamente representada na forma de seu Estatuto

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONSTITUIÇÃO DE GARANTIA DE PENHOR DE DIREITOS. Quadro Resumo

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONSTITUIÇÃO DE GARANTIA DE PENHOR DE DIREITOS. Quadro Resumo INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONSTITUIÇÃO DE GARANTIA DE PENHOR DE DIREITOS Quadro Resumo BANCO CNPJ/MF Banco Bradesco S.A. 60.746.948/0001 12 Sede Cidade de Deus, Município e Comarca de Osasco, Estado de

Leia mais

CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA

CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Pres Juscelino Kubitschek, 2041/2235A,

Leia mais

CONTRATO DE EMPRÉSTIMO PESSOA FÍSICA CONDIÇÕES GERAIS

CONTRATO DE EMPRÉSTIMO PESSOA FÍSICA CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE EMPRÉSTIMO PESSOA FÍSICA CONDIÇÕES GERAIS CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO DE EMPRÉSTIMO PESSOA FÍSICA CONTRATO DE EMPRÉSTIMO PESSOA FÍSICA Condições Gerais Abaixo estão as Condições Gerais do

Leia mais

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL ELETRÔNICO

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL ELETRÔNICO CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL ELETRÔNICO Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Juscelino Kubitschek, 2041, São Paulo/SP, inscrito

Leia mais

Credfaz Servidor Federal

Credfaz Servidor Federal COOPERATIVA DE CRÉDITO DO SERVIDOR FEDERAL LTDA. SICOOB CREDFAZ SERVIDOR FEDERAL Credfaz Servidor Federal Edifício CREDFAZ - SCS - Quadra 05 Bloco C - Ent. 165/9 - CEP 70305-921 - Brasília - Fone: 61 3035

Leia mais

Regulamento de Utilização do Limite de Crédito Pessoal Contratado por Meios Eletrônicos - Aplicável ao Cliente Pessoa Física.

Regulamento de Utilização do Limite de Crédito Pessoal Contratado por Meios Eletrônicos - Aplicável ao Cliente Pessoa Física. O presente Eletrônicos Aplicável ao Cliente Pessoa Física ( Regulamento ), tem por objetivo disciplinar a relação jurídica entre o Banco Bradesco S.A., instituição financeira privada, inscrita no CNPJ

Leia mais

Atendimento das 08:00 hs. às 15:00 hs. CNPJ 01.530.136/0001-76 PROPOSTA DE EMPRÉSTIMO. Cooperado. Matrícula R.G. CPF

Atendimento das 08:00 hs. às 15:00 hs. CNPJ 01.530.136/0001-76 PROPOSTA DE EMPRÉSTIMO. Cooperado. Matrícula R.G. CPF COOPERARATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MÚTUO DOS FUNCIONÁRIOS DA CPTM Rua Zuma de Sá Fernandes, 360 - Térreo - Presidente Altino - Osasco - SP - CEP 06213-040 Telefones: 3689-9166 / 3652-2600 - Ramais 2771

Leia mais

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL RENOVADO

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL RENOVADO CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL RENOVADO Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Juscelino Kubitschek, 2041 São Paulo/SP, inscrito no

Leia mais

CCB Cédula de Crédito Bancário Consignação INSS

CCB Cédula de Crédito Bancário Consignação INSS CCB Cédula de Crédito Bancário Consignação INSS Pela presente CÉDULA DE CRÉDITO BANCARIO, doravante designada como CÉDULA, pagarei ao Banco Ibi S.A. Banco Múltiplo, com sede na Alameda Rio Negro, 585,

Leia mais

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL RENOVADO

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL RENOVADO CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL RENOVADO Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Juscelino Kubitschek, 2041 São Paulo/SP, inscrito no

Leia mais

Contrato de Empréstimo para Cliente Pré- Selecionado - Crédito Citibank

Contrato de Empréstimo para Cliente Pré- Selecionado - Crédito Citibank Contrato de Empréstimo para Cliente Pré- Selecionado - Crédito Citibank CONSIDERANDO QUE: i) A empresa para a qual o MUTUÁRIO trabalha ( EMPREGADOR ) celebrou com o MUTUANTE (BANCO CITIBANK S.A.) Convênio

Leia mais

EMPRESTIMO DESCONTO EM FOLHA 4031 - CECM DOS COLABORADORES VALE S.A.-LTDA

EMPRESTIMO DESCONTO EM FOLHA 4031 - CECM DOS COLABORADORES VALE S.A.-LTDA CONTRATO DE EMPRÉSTIMO COM DESCONTO PARA PAGAMENTO DE PRESTAÇÕES EM FOLHA DE PAGAMENTO Por este instrumento particular de Contrato de Empréstimo, de um lado CECM DOS COLABORADORES VALE S.A-LTDA SICOOB

Leia mais

1 - A MUTUANTE concede ao MUTUÁRIO um empréstimo no valor, prazo e demais condições indicadas no Termo de Requerimento de Mútuo.

1 - A MUTUANTE concede ao MUTUÁRIO um empréstimo no valor, prazo e demais condições indicadas no Termo de Requerimento de Mútuo. Folha 1 DE 6 Cláusulas e Condições Gerais do Contrato de Mútuo que entre si fazem a Fundação Vale do Rio Doce de Seguridade Social - VALIA e seus participantes na forma do seu Regulamento Básico. Fundação

Leia mais

MODELO CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL FLEXÍVEL

MODELO CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL FLEXÍVEL CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL FLEXÍVEL Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Juscelino Kubitschek, 2.235 São Paulo/SP, inscrito no

Leia mais

Contrato de Crédito Direto CAIXA - Pessoa Física

Contrato de Crédito Direto CAIXA - Pessoa Física CLÁUSULAS GERAIS CLÁUSULA PRIMEIRA - A CAIXA disponibiliza e o(s) CREDITADO(S) aceita(m) os valores de referência, sujeitos a confirmação até a data da efetivação da operação, observadas as normas operacionais

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DA CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO OPERAÇÃO DE FINANCIAMENTO DE BENS OU DE EMPRÉSTIMO PESSOAL VERSÃO C2

CONDIÇÕES GERAIS DA CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO OPERAÇÃO DE FINANCIAMENTO DE BENS OU DE EMPRÉSTIMO PESSOAL VERSÃO C2 As Condições Gerais abaixo se aplicam a operação de financiamento de bens ou de empréstimo pessoal, contratada pelo Cliente junto ao Credor, sociedade integrante do Conglomerado Itaú Unibanco, ambos indicados

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE EMPRÉSTIMO

CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE EMPRÉSTIMO CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE EMPRÉSTIMO Estas são as condições gerais do Empréstimo, solicitado e contratado por você. Leia atentamente estas condições gerais, que serão aplicáveis durante todo o período

Leia mais

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL ELETRÔNICO

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL ELETRÔNICO CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL ELETRÔNICO Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2041/2235A, São Paulo/SP,

Leia mais

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CONVÊNIO DESCONTO

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CONVÊNIO DESCONTO CCB CONV DESC VJ 04/2011 (540) CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CCB Nº VIA: Negociável (CREDOR) Não Negociável (EMITENTE) I - EMITENTE Nome/Razão Social CPF /CNPJ Banco Agência Conta Corrente nº II TERCEIROS

Leia mais

Cédula de Crédito Bancário Abertura de Crédito Pessoa Física

Cédula de Crédito Bancário Abertura de Crédito Pessoa Física Cédula nº: Valor: Data da emissão: Data do vencimento: 1. EMITENTE(S): 1.1 Nome: 1.2 RG: 1.3 CPF/MF - CNPJ/MF: E os coemitentes, demais titulares da conta corrente ao final nomeados, todos qualificados

Leia mais

Cédula de Crédito Bancário com Pagamento por Consignação em Folha - INSS

Cédula de Crédito Bancário com Pagamento por Consignação em Folha - INSS BANCO BGN S.A. Matriz Recife Rua do Imperador Dom Pedro II, 491-3ºandar. Bairro Santo Antonio - CEP 50010-240 Recife - PE - Brasil Cédula de Crédito Bancário com Pagamento por Consignação em Folha - INSS

Leia mais

Regulamento de Utilização do Limite de Crédito Pessoal Contratado por Meios Eletrônicos - Aplicável ao Cliente Pessoa Física.

Regulamento de Utilização do Limite de Crédito Pessoal Contratado por Meios Eletrônicos - Aplicável ao Cliente Pessoa Física. O presente Regulamento de Utilização do Limite de Crédito Pessoal Contratado por Meios Eletrônicos Aplicável ao Cliente Pessoa Física ( Regulamento ), tem por objetivo disciplinar a relação jurídica entre

Leia mais

CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA

CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Rua Amador Bueno, nº 474, São Paulo/SP,

Leia mais

CLÁUSULAS E CONDIÇOES CRÉDITO PESSOAL PREVENTIVO E CRÉDITO PESSOAL GERENCIADO

CLÁUSULAS E CONDIÇOES CRÉDITO PESSOAL PREVENTIVO E CRÉDITO PESSOAL GERENCIADO CLÁUSULAS E CONDIÇOES CRÉDITO PESSOAL PREVENTIVO E CRÉDITO PESSOAL GERENCIADO Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Juscelino Kubitschek, 2041,

Leia mais

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL FLEXÍVEL

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL FLEXÍVEL CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL FLEXÍVEL Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Juscelino Kubitschek, 2041, São Paulo/SP, inscrito no

Leia mais

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CCB

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CCB CRÉDITO PROPOSTA CONSIGNADO DE CRÉDITO - CONSIGNADO ASSOCIADO: Nome: Conta Corrente Nº: CPF/CNPJ: Sigla: Matrícula na empresa: Carteira de Identidade: Órgão emissor: Endereço: CEP: Cidade: UF: E-mail:

Leia mais

O mútuo, objeto deste contrato, será concedido conforme condições que se seguem:

O mútuo, objeto deste contrato, será concedido conforme condições que se seguem: SÃO PARTES DESTE CONTRATO: CONTRATO DE EMPRÉSTIMO FUNCEF NA MODALIDADE DE CREDINÂMICO FUNCEF 13º SALÁRIO QUE ENTRE SI FAZEM AS PARTES ABAIXO IDENTIFICADAS, NAS CONDIÇÕES QUE SE SEGUEM: A FUNDAÇÃO DOS ECONOMIÁRIOS

Leia mais

CONTRATO DE CRÉDITO PESSOAL PRÉ-APROVADO

CONTRATO DE CRÉDITO PESSOAL PRÉ-APROVADO PARA USO DA COOPERATIVA CONTRATO DE CRÉDITO PESSOAL PRÉ-APROVADO Contrato nº Sist./Regional: Percentual de Capitalização % Conta Capital R$ Data do Crédito do Emp.: / / Valor da Prim. Parcela R$ Venc.da

Leia mais

1) PARTES CONTRATANTES

1) PARTES CONTRATANTES CNPJ 61.198.164/0001-60 1) PARTES CONTRATANTES CONTRATO DE CONTRA GARANTIA CONDIÇÕES CONTRATUAIS GERAIS PORTO SEGURO CIA DE SEGUROS GERAIS, inscrita no CNPJ sob o n.º 61.198.164/0001-60, com sede na Cidade

Leia mais

Bairro Cidade Estado CEP Telefone. Bairro Cidade Estado CEP Telefone

Bairro Cidade Estado CEP Telefone. Bairro Cidade Estado CEP Telefone Ouvidoria: SANTINVEST S.A. CRÉDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTOS 0800 6420506 CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CRÉDITO PESSOAL COM AVERBAÇÃO EM FOLHA DE PAGAMENTO E/OU CONTA-CORRENTE Pagaremos por esta Cédula

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE CONSTITUIÇÃO DE GARANTIAS EM FAVOR DE FIADOR PARA GARANTIR CRÉDITOS DECORRENTES DE FIANÇA

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE CONSTITUIÇÃO DE GARANTIAS EM FAVOR DE FIADOR PARA GARANTIR CRÉDITOS DECORRENTES DE FIANÇA Pelo presente instrumento, as partes: A BANCO BRADESCO S.A., com sede na Cidade de Deus, Município e Comarca de Osasco SP, inscrito no CNPJ/MF sob nº 60.746.948/0001 12, doravante denominado FIADOR; B...,

Leia mais

Considerando que: a) A UNAFISCO NACIONAL firmou com a TIM Celular contrato de Prestação do Serviço Móvel Pessoal (SMP);

Considerando que: a) A UNAFISCO NACIONAL firmou com a TIM Celular contrato de Prestação do Serviço Móvel Pessoal (SMP); Nº Do contrato: Fone: ( ) IMEI: * *A ser preenchido pela associação. INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE COMODATO DE APARELHO CELULAR E DE CONCESSÃO DE USO DE LINHA DE TELEFONIA MÓVEL E CONTRATAÇÃO DE

Leia mais

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CCB

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CCB CRÉDITO PROPOSTA PESSOAL DE CRÉDITO - PESSOAL ASSOCIADO: Nome: Conta Corrente Nº: CPF/CNPJ: Sigla: Matrícula na empresa: Carteira de Identidade: Órgão emissor: Endereço: CEP: Cidade: UF: E-mail: Tel. Comercial:

Leia mais

CONTRATO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO COM FINALIDADE ESPECÍFICA

CONTRATO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO COM FINALIDADE ESPECÍFICA CONTRATO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO COM FINALIDADE ESPECÍFICA CAIXA DE PREVIDÊNCIA DOS FUNCIONÁRIOS DO BANCO DO BRASIL, entidade fechada de previdência complementar, com sede na Praia de Botafogo, nº

Leia mais

SÉTIMO TERMO DE ADITAMENTO AO CONTRATO DE CRÉDITO PESSOAL, COMO SEGUE:

SÉTIMO TERMO DE ADITAMENTO AO CONTRATO DE CRÉDITO PESSOAL, COMO SEGUE: CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE CRÉDITO PESSOAL SÉTIMO TERMO DE ADITAMENTO AO CONTRATO DE CRÉDITO PESSOAL, COMO SEGUE: Partes - BANCO MERCANTIL DO BRASIL S.A., com sede na Rua Rio de Janeiro, nº 654, Centro,

Leia mais

CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO

CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Rua Amador Bueno, nº 474, São Paulo/SP,

Leia mais

E, matrícula, inscrito no CPF sob o n.º doravante denominado MUTUÁRIO.

E, matrícula, inscrito no CPF sob o n.º doravante denominado MUTUÁRIO. CONTRATO DE MÚTUO, EMPRÉSTIMO FUNCEF NA MODALIDADE DE NOVO CREDINÂMICO FUNCEF VARIÁVEL QUE ENTRE SI FAZEM AS PARTES ABAIXO IDENTIFICADAS, NAS CONDIÇÕES QUE SE SEGUEM: SÃO PARTES DESTE CONTRATO: A FUNDAÇÃO

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS APLICÁVEIS ÀS CONTRATAÇÕES DE CRÉDITO PESSOAL RENOVADO

CONDIÇÕES GERAIS APLICÁVEIS ÀS CONTRATAÇÕES DE CRÉDITO PESSOAL RENOVADO CONDIÇÕES GERAIS APLICÁVEIS ÀS CONTRATAÇÕES DE CRÉDITO PESSOAL RENOVADO O Banco Santander S.A., CNPJ 90.400.888/0001-42, com sede na Rua Amador Bueno, 474, São Paulo, Capital, doravante referenciado como

Leia mais

Valor do crédito concedido: R$ ( )

Valor do crédito concedido: R$ ( ) Cédula nº: Valor do crédito concedido: R$ ( ) Data da emissão: / / Data do vencimento: / / 1. EMITENTE(S): 1.1 Nome: 1.2 RG: 1.3 CPF/MF - 1.4 Nome Segundo Titular: 1.5 RG Segundo Titular: 1.6 CPF/MF Segundo

Leia mais

Condições Gerais Contrato de Abertura de Crédito em Conta Corrente de Depósito CEP Plus PF

Condições Gerais Contrato de Abertura de Crédito em Conta Corrente de Depósito CEP Plus PF Condições Gerais Contrato de Abertura de Crédito em Conta Corrente de Depósito CEP Plus PF 1. Partes 1.1. Cliente - é o cliente do Personnalité e solicitante da abertura de crédito em conta corrente de

Leia mais

Condições Gerais do Contrato de Concessão de Empréstimo mediante Consignação em Benefícios de Aposentadoria e Pensão do INSS

Condições Gerais do Contrato de Concessão de Empréstimo mediante Consignação em Benefícios de Aposentadoria e Pensão do INSS Condições Gerais do Contrato de Concessão de Empréstimo mediante Consignação em Benefícios de Aposentadoria e Pensão do INSS ESTAS CONDIÇÕES GERAIS REGEM O CONTRATO DE CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO MEDIANTE

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TRANSPORTES E OUTRAS AVENÇAS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TRANSPORTES E OUTRAS AVENÇAS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TRANSPORTES E OUTRAS AVENÇAS Pelo presente instrumento, as Partes Termos e Condições Reserva Online Usuário do Sistema de Reserva Online FastPass, doravante denominada

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO DE ARRENDAMENTO MERCANTIL FINANCEIRO (LEASING) VERSÃO C2

CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO DE ARRENDAMENTO MERCANTIL FINANCEIRO (LEASING) VERSÃO C2 As Condições Gerais abaixo se aplicam à operação de arrendamento mercantil financeiro (leasing) contratada pelo Cliente junto à Arrendadora, sociedade integrante do Conglomerado Itaú Unibanco, de acordo

Leia mais

REGULAMENTO DA CARTEIRA DE EMPRÉSTIMO BÁSICO

REGULAMENTO DA CARTEIRA DE EMPRÉSTIMO BÁSICO Rev. 01 Data: 21/05/2014 Página 1 de 8 CAPÍTULO I DEFINIÇÕES Art. 1º - Para fins de aplicação deste Regulamento, o masculino incluirá o feminino e o singular incluirá o plural, a menos que o contexto indique

Leia mais

HIRATA CONSULTORES CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CURSOS LIVRES

HIRATA CONSULTORES CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CURSOS LIVRES HIRATA CONSULTORES CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CURSOS LIVRES Pelo presente instrumento particular, HIRATA CONSULTORES, sociedade empresária limitada com sede na Rua Nilo, 163, no Município de São

Leia mais

Autorização para débitos de MULTAS, AUTUAÇÕES e IPVA.

Autorização para débitos de MULTAS, AUTUAÇÕES e IPVA. Autorização para débitos de MULTAS, AUTUAÇÕES e IPVA. Declaro para os devidos fins que autorizo à GENERALI DO BRASIL COMPANHIA DE SEGUROS a debitar de minha indenização, as MULTAS, AUTUAÇÕES e IPVA existentes

Leia mais

QUADRO VI - QUALIFICAÇÃO DO(S) AVALISTA(S) E DEVEDOR(ES) SOLIDÁRIO(S) (continuação) Nome: Endereço:

QUADRO VI - QUALIFICAÇÃO DO(S) AVALISTA(S) E DEVEDOR(ES) SOLIDÁRIO(S) (continuação) Nome: Endereço: CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO (CCB) ABERTURA DE CRÉDITO ROTATIVO QUADRO I - QUALIFICAÇÃO DO EMITENTE E DO CO-EMITENTE Nome do Emitente: Endereço do Emitente: CEP do Emitente: CPF/CNPJ do Emitente: Nome do

Leia mais

CONTRATO DE EMPRÉSTIMO COM CRÉDITO PRÉ-APROVADO

CONTRATO DE EMPRÉSTIMO COM CRÉDITO PRÉ-APROVADO PÁGINA 1/7 CONTRATO DE EMPRÉSTIMO Dados do Contratante Nome: CPF: - Carteira de Identidade: Órgão: Matrícula: - Endereço: Bairro: Cidade: UF: CEP: - Estado Civil: Profissão: Empresa: Lotação: Banco: Agência:

Leia mais

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO I EMITENTE e assim doravante designado(a): CNPJ/CPF n : II AVALISTA(S) e assim doravante designado(s): 1. CNPJ/CPF n : 2. CNPJ/CPF n : 3. CNPJ/CPF n : III GARANTIDOR(A) e assim doravante designado(a):

Leia mais

ANEXO I DECLARAÇÃO DE INEXISTÊNCIA DE AÇÃO JUDICIAL

ANEXO I DECLARAÇÃO DE INEXISTÊNCIA DE AÇÃO JUDICIAL ANEXO I DECLARAÇÃO DE INEXISTÊNCIA DE AÇÃO JUDICIAL (razão social do devedor), com inscrição no CNPJ nº, devidamente representada por (nome e qualificação do representante), DECLARA, para os fins da RN

Leia mais

AUTORIZAÇÃO DE DESCONTO

AUTORIZAÇÃO DE DESCONTO AUTORIZAÇÃO DE DESCONTO INTERVENIENTE ANUENTE: Governo do Estado de São Paulo / Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo ENDEREÇO: DADOS DO SERVIDOR NOME: MATRÍCULA: RG: DATA ADMISSÃO: DADOS DA CONSIGNAÇÃO

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS APLICÁVEIS AO EMPRÉSTIMO CONSIGNADO DESTINADO À RENEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS

CONDIÇÕES GERAIS APLICÁVEIS AO EMPRÉSTIMO CONSIGNADO DESTINADO À RENEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS O BANCO SANTANDER (BRASIL) S.A., com sede na Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 2041 e 2235, Bloco A, Vila Olímpia, São Paulo/SP, CEP 04543-011, CNPJ/MF sob n.º 90.400.888/0001-42, disponibiliza

Leia mais

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE ABERTURA DE CRÉDITO ROTATIVO EM CONTA CORRENTE PESSOA JURÍDICA

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE ABERTURA DE CRÉDITO ROTATIVO EM CONTA CORRENTE PESSOA JURÍDICA CLÁUSULAS GERAIS que regem o Contrato de Abertura de Crédito Rotativo em Conta Corrente, tendo de um lado o BRB Banco de Brasília S.A., com sede em Brasília, Distrito Federal, inscrito no CNPJ sob o número

Leia mais

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE ABERTURA DE CRÉDITO PARA DESCONTO DE CHEQUES - PESSOAS JURÍDICAS

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE ABERTURA DE CRÉDITO PARA DESCONTO DE CHEQUES - PESSOAS JURÍDICAS CLÁUSULAS GERAIS que regem o Contrato de Abertura de Crédito para Desconto de Cheques Pessoas Jurídicas, tendo de um lado o BRB - BANCO DE BRASÍLIA S.A., com sede em Brasília, Capital Federal, inscrito

Leia mais

INSTRUMENTO DE CRÉDITO 4031 - CECM DOS COLABORADORES VALE S.A.-LTDA. CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO (emitida nos termos da Lei nº 10.

INSTRUMENTO DE CRÉDITO 4031 - CECM DOS COLABORADORES VALE S.A.-LTDA. CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO (emitida nos termos da Lei nº 10. CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO (emitida nos termos da Lei nº 10.931/2004) Valor: R$ ( ) Modalidade da Operação: Empréstimo n.º Aos de de pagarei(emos) por esta CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO à CECM DOS COLABORADORES

Leia mais

(ii) É necessária a estipulação de condições gerais para que a obtenção do crédito pelo CLIENTE se efetive de modo ágil e desburocratizado;

(ii) É necessária a estipulação de condições gerais para que a obtenção do crédito pelo CLIENTE se efetive de modo ágil e desburocratizado; HSBC Bank Brasil S.A. Banco Múltiplo, com sede na Cidade de Curitiba, Estado do Paraná, na Travessa Oliveira BeIlo, n 34, 4 andar, inscrito no CNPJ/MF sob o n. 01.701.201/0001-89 (doravante denominado

Leia mais

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO SANTANDER PARCELADO

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO SANTANDER PARCELADO CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO SANTANDER PARCELADO Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Juscelino Kubitscheck, 2041, São Paulo/SP, inscrito no CNPJ/MF

Leia mais

CONTRATO DE EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DA RESTITUIÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA (Ref. 03/FEVEREIRO/2015) Classificação de Associado:

CONTRATO DE EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DA RESTITUIÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA (Ref. 03/FEVEREIRO/2015) Classificação de Associado: CONTRATO Nº: PERCENTUAL DE CAPITALIZAÇÃO % CONTRATO DE EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DA RESTITUIÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA (Ref. 03/FEVEREIRO/2015) Débito em Folha de Pagto. Classificação de Associado: Recebimento

Leia mais

Kit de Faturamento para cota não quitada PF/PJ

Kit de Faturamento para cota não quitada PF/PJ Kit de Faturamento para cota não quitada PF/PJ O Consórcio Fiat tem satisfação em participar da realização do seu projeto. Agora que você foi contemplado, siga as instruções abaixo para concluir o processo

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE VOZ SOBRE PROTOCOLO DE INTERNET VOIP SIP HOJE Telecom

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE VOZ SOBRE PROTOCOLO DE INTERNET VOIP SIP HOJE Telecom CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE VOZ SOBRE PROTOCOLO DE INTERNET VOIP SIP HOJE Telecom São partes deste Contrato o CLIENTE, qualificado na Proposta Comercial ou Termo de Adesão ao Serviço, e a Operadora

Leia mais

CONTRATO PARTICULAR DE CONTRAGARANTIA

CONTRATO PARTICULAR DE CONTRAGARANTIA CONTRATO PARTICULAR DE CONTRAGARANTIA CLÁUSULA 1 De comum acordo, as PARTES CONTRATANTES abaixo definidas, celebram o presente CONTRATO PARTICULAR DE CONTRAGARANTIA, doravante apenas CONTRATO, na forma

Leia mais

CONTRATO PERSONAL CARD VALE CULTURA

CONTRATO PERSONAL CARD VALE CULTURA CONTRATO PERSONAL CARD VALE CULTURA SUL CARD ADMINISTRADORA DE CARTÕES S.A., inscrita no CNPJ sob nº 04.376.768/0001-15, com sede à Rua Deodoro, nº 181, 5 andar, bairro Centro, cidade de Florianópolis,

Leia mais

Condições Gerais do Aditamento para Parcelamento

Condições Gerais do Aditamento para Parcelamento Condições Gerais do Aditamento para Parcelamento (Versão 05/2014) Estas são as Condições Gerais do Aditamento para Parcelamento, solicitado por você e contratado por meio de digitação de senha ou ligação

Leia mais

BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES. CIRCULAR AEX Nº 007/2015, de 22 de junho de 2015.

BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES. CIRCULAR AEX Nº 007/2015, de 22 de junho de 2015. BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES CIRCULAR AEX Nº 007/2015, de 22 de junho de 2015. Ref.: Circular AEX nº 001/2015, de 30 de janeiro de 2015. Ass.: Alteração das Normas Operacionais

Leia mais

Condições Gerais do Contrato de Concessão de Empréstimo Mediante Consignação em Folha de Pagamento

Condições Gerais do Contrato de Concessão de Empréstimo Mediante Consignação em Folha de Pagamento Condições Gerais do Contrato de Concessão de Empréstimo Mediante Consignação em Folha de Pagamento ESTAS CONDIÇÕES GERAIS REGEM O CONTRATO DE CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO MEDIANTE CONSIGNAÇÃO EM FOLHA DE PAGAMENTO,

Leia mais

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO SANTANDER PARCELADO

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO SANTANDER PARCELADO CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO SANTANDER PARCELADO Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Juscelino Kubitscheck, 2041, São Paulo/SP, inscrito no CNPJ/MF

Leia mais

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO Art. 1º Este documento, doravante denominado Regulamento de Empréstimo, estabelece os direitos e as obrigações da Boticário Prev, dos Participantes e Assistidos, para a concessão

Leia mais

SEGURO GARANTIA - SETOR PÚBLICO MANUAL DO SEGURADO CONDIÇÕES GERAIS Processo SUSEP Nº 15414.900183/2014-84 CNPJ: 61.383.493/0001-80 1.

SEGURO GARANTIA - SETOR PÚBLICO MANUAL DO SEGURADO CONDIÇÕES GERAIS Processo SUSEP Nº 15414.900183/2014-84 CNPJ: 61.383.493/0001-80 1. 1. OBJETO 1.1. Este contrato de seguro garante o fiel cumprimento das obrigações assumidas pelo Tomador perante o Segurado, conforme os termos da apólice e até o valor da garantia fixado nesta, e de acordo

Leia mais

REGULAMENTO A CONCESSÃO E MANUTENÇÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES AOS PARTICIPANTES E ASSISTIDOS DO PLANO BENEFÍCIO PREV-RENDA.

REGULAMENTO A CONCESSÃO E MANUTENÇÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES AOS PARTICIPANTES E ASSISTIDOS DO PLANO BENEFÍCIO PREV-RENDA. REGULAMENTO A CONCESSÃO E MANUTENÇÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES AOS PARTICIPANTES E ASSISTIDOS DO PLANO BENEFÍCIO PREV-RENDA. Índice Capítulo I Da Carteira de Empréstimo Simples... 3 Capítulo II Dos Recursos

Leia mais

Kit para comprar seu veículo Cota não quitada

Kit para comprar seu veículo Cota não quitada Kit para comprar seu veículo Cota não quitada Parabéns pela sua contemplação! Ficamos muito felizes por fazer parte das suas escolhas e conquistas. Agora que você já foi contemplado e já passou pela etapa

Leia mais

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE ABERTURA DE CRÉDITO PARCELADO PARA CAPITAL DE GIRO PESSOAS JURÍDICAS

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE ABERTURA DE CRÉDITO PARCELADO PARA CAPITAL DE GIRO PESSOAS JURÍDICAS CLÁUSULAS GERAIS que regem o Contrato de Abertura de Crédito Parcelado para Capital de Giro Pessoas Jurídicas, tendo de um lado o BRB - BANCO DE BRASÍLIA S.A., com sede em Brasília, Capital Federal, inscrito

Leia mais

FICHA CADASTRAL SIMPLIFICADA - PESSOA FÍSICA

FICHA CADASTRAL SIMPLIFICADA - PESSOA FÍSICA FICHA CADASTRAL SIMPLIFICADA - PESSOA FÍSICA INFORMAÇÕES PESSOAIS NOME COMPLETO: CPF: RG: TÍTULO ELEITOR: DT. NASCIMENTO: SEXO: ESTADO CIVIL: NATURALIDADE: NACIONALIDADE: FILIAÇÃO: PAI: MÃE: E-MAIL: ENDEREÇO:

Leia mais

CONTRATO DE ANTECIPAÇÃO DE FÉRIAS (Ref.5/FEVEREIRO/15) Classificação de Associado:

CONTRATO DE ANTECIPAÇÃO DE FÉRIAS (Ref.5/FEVEREIRO/15) Classificação de Associado: CONTRATO Nº: PERCENTUAL DE CAPITALIZAÇÃO % CONTRATO DE ANTECIPAÇÃO DE FÉRIAS (Ref.5/FEVEREIRO/15) Débito em Folha de Pagto. Classificação de Associado: Recebimento do salário na C/C na Cooperativa R e

Leia mais

5) COMPROMISSO PARTICULAR DE VENDA E COMPRA E OUTRAS COMPROMISSÁRIO VENDEDOR:..., brasileiro, solteiro, produtor rural, inscrito no CPF sob o

5) COMPROMISSO PARTICULAR DE VENDA E COMPRA E OUTRAS COMPROMISSÁRIO VENDEDOR:..., brasileiro, solteiro, produtor rural, inscrito no CPF sob o 5) COMPROMISSO PARTICULAR DE VENDA E COMPRA E OUTRAS AVENÇAS PARTES CONTRATANTES COMPROMISSÁRIO VENDEDOR:..., brasileiro, solteiro, produtor rural, inscrito no CPF sob o n.... e no RG sob o n...., residente

Leia mais

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CONFISSÃO DE DÍVIDA E REPACTUAÇÃO

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CONFISSÃO DE DÍVIDA E REPACTUAÇÃO CÉDULA Nº VIA: Negociável (CREDOR) Não Negociável (EMITENTE) I EMITENTE Nome/Razão Social CPF /CNPJ Banco Agência nº Conta corrente nº II TERCEIROS GARANTIDORES também denominados DEVEDORES/GARANTIDORES

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS APLICÁVEIS À PROPOSTA DE CONTRATAÇÃO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL MEDIANTE CONSIGNAÇÃO EM FOLHA DE PAGAMENTOS

CONDIÇÕES GERAIS APLICÁVEIS À PROPOSTA DE CONTRATAÇÃO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL MEDIANTE CONSIGNAÇÃO EM FOLHA DE PAGAMENTOS CONDIÇÕES GERAIS APLICÁVEIS À PROPOSTA DE CONTRATAÇÃO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL MEDIANTE CONSIGNAÇÃO EM FOLHA DE PAGAMENTOS As Condições Gerais aqui estabelecidas são parte integrante e indissociável da Proposta

Leia mais

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CRÉDITO CERTO TRIBANCO

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CRÉDITO CERTO TRIBANCO CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CRÉDITO CERTO TRIBANCO CCB Nº Via Negociável Via Não Negociável Emitente CNPJ / Terceiro Garantidor 1, também denominado DEVEDOR/GARANTIDOR SOLIDARIO Terceiro Garantidor 2, também

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PRODUÇÃO DE TEXTO E CESSÃO DE DIREITOS AUTORAIS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PRODUÇÃO DE TEXTO E CESSÃO DE DIREITOS AUTORAIS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PRODUÇÃO DE TEXTO E CESSÃO DE DIREITOS AUTORAIS Pelo presente instrumento particular, e na melhor forma de direito, em que são partes contratantes, de um lado, o SERVIÇO

Leia mais

Produto Loja Contrato nº

Produto Loja Contrato nº Produto Loja Contrato nº I Cliente CPF nº Nome Completo Sexo Masc. Fem. Naturalidade RG nº Órgão Expedidor UF Data de Emissão Filiação Nome do Pai Nome da Mãe Data de Nascimento Estado Civil Nome do Cônjuge

Leia mais

CONTRATO DE EMISSÃO E UTILIZAÇÃO DO CARTÃO DE COMPRAS. I -DEFINIÇÕES: para os fins deste CONTRATO, serão adotadas as seguintes definições:

CONTRATO DE EMISSÃO E UTILIZAÇÃO DO CARTÃO DE COMPRAS. I -DEFINIÇÕES: para os fins deste CONTRATO, serão adotadas as seguintes definições: CONTRATO DE EMISSÃO E UTILIZAÇÃO DO CARTÃO DE COMPRAS I -DEFINIÇÕES: para os fins deste CONTRATO, serão adotadas as seguintes definições: a) PASSA TEMPO ADMINISTRADORA DE CARTÃO LTDA., com sede na Rua

Leia mais

Produto INSS Público (estadual/municipal/federal) Empresa privada. CPF Sexo Masc. Fem. Data de nascimento Nº do benefício

Produto INSS Público (estadual/municipal/federal) Empresa privada. CPF Sexo Masc. Fem. Data de nascimento Nº do benefício Termo de Adesão/Autorização para Desconto em Folha Empréstimo Consignado e Cartão de Crédito Operação Produto Cód. Corresp./ Loja Nº ADE Espaço reservado ao Banco BMG Produto INSS Público (estadual/municipal/federal)

Leia mais

2.3.3 Vencimento das parcelas. X2 2.4 Taxa de juros remuneratórios 2.5 IOF (R$) 2.6 Tarifa de 2.4.1 Ao mês 2.4.2 Ao ano 2.4.

2.3.3 Vencimento das parcelas. X2 2.4 Taxa de juros remuneratórios 2.5 IOF (R$) 2.6 Tarifa de 2.4.1 Ao mês 2.4.2 Ao ano 2.4. Saldo Parcelado Itaú Aditamento a Cédula de Crédito Bancário/Contrato - Abertura de crédito em conta corrente e financiamento de encargos Nr. XXXXXXXX10 Cliente XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX30 E os co-emitentes,

Leia mais

Serviço Social do Comércio DEPARTAMENTO NACIONAL Estância Ecológica SESC-Pantanal

Serviço Social do Comércio DEPARTAMENTO NACIONAL Estância Ecológica SESC-Pantanal PREGÃO SESC Nº 15/0018 PG ANEXO IV MINUTA DE CONTRATO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, QUE ENTRE SI FAZEM, DE UM LADO, O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO/SESC ESTÂNCIA ECOLÓGICA SESC PANTANAL, NA QUALIDADE

Leia mais

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO A PARTICIPANTE DO PLANO DE BENEFICIO CEBPREV.

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO A PARTICIPANTE DO PLANO DE BENEFICIO CEBPREV. REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO A PARTICIPANTE DO PLANO DE BENEFICIO CEBPREV. Sumário Capítulo I Da finalidade...1 Capítulo II - Dos contratantes...1 Capítulo III - Dos limites individuais...2 Capítulo IV -

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CESSÃO DE DIREITOS CREDITÓRIOS E OUTRAS AVENÇAS

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CESSÃO DE DIREITOS CREDITÓRIOS E OUTRAS AVENÇAS INSTRUMENTO PARTICULAR DE CESSÃO DE DIREITOS CREDITÓRIOS E OUTRAS AVENÇAS As Partes: CEDENTE ITAÚ UNIBANCO S.A., com sede em São Paulo -SP, na Praça Alfredo Egydio de Souza Aranha, nº 100 Torre Olavo Setubal,

Leia mais

Contrato de Abertura de Crédito em Conta Corrente

Contrato de Abertura de Crédito em Conta Corrente Contrato de Abertura de Crédito em Conta Corrente Por este instrumento a Cooperativa de Crédito de Livre Admissão de Lagoa da Prata e Região Ltda. SICOOB Lagoacred Gerais, pessoa jurídica de direito privado,

Leia mais

Condições Gerais do Limite de Crédito para Empréstimo Mediante Consignação em Folha de Pagamento ou benefício do INSS

Condições Gerais do Limite de Crédito para Empréstimo Mediante Consignação em Folha de Pagamento ou benefício do INSS Condições Gerais do Limite de Crédito para Empréstimo Mediante Consignação em Folha de Pagamento ou benefício do INSS Estas são as condições gerais do Limite de Crédito para Empréstimo Mediante Consignação

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO Pelo presente instrumento particular de CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS, a ASSOCIAÇÃO PARANAENSE DE CULTURA, inscrita

Leia mais

NORMA PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL MODALIDADE PRESTAÇÕES PÓS FIXADAS Nº. 02/2015

NORMA PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL MODALIDADE PRESTAÇÕES PÓS FIXADAS Nº. 02/2015 NORMA PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL MODALIDADE PRESTAÇÕES PÓS FIXADAS Nº. 02/2015 1. DA FINALIDADE Esta Norma dispõe sobre a concessão de Empréstimo Pessoal Modalidade Prestações Pós Fixadas pelo

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TRACKER AUTO

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TRACKER AUTO Página 1 de 1 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TRACKER AUTO ET DO BRASIL LTDA., empresa com sede à Rua Alexandre Dumas, 2200, térreo, Chácara Santo Antônio, São Paulo/SP, doravante denominada simplesmente

Leia mais