O seu imposto de renda agora tem um destino certo

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O seu imposto de renda agora tem um destino certo"

Transcrição

1 O seu imposto de renda agora tem um destino certo Cartilha de Incentivo à Doação com dedutibilidade do Imposto de Renda Banco de imagens Grupo Orsa/ Luiz Prado Projeto Bandeira - Fundação Orsa 1

2 Heider Torres 2

3 Uma pequena atitude de cidadania ajuda a construir um grande futuro para muitas crianças e adolescentes O amanhã depende basicamente do que é feito hoje. A Fundação Orsa e o GRAACC Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer, baseada na lei 8069/90 do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), oferece a seus colaboradores, fornecedores, parceiros e clientes a oportunidade de contribuir com programas socioeducativos destinados a crianças e adolescentes. Para isso, criamos esta Cartilha de Incentivo à Doação, sujeita à dedução do Imposto de Renda Devido, que reúne importantes informações sobre doações em dinheiro ou bens valores que poderão ser abatidos do Imposto de Renda de Pessoa Física ou Jurídica tudo em benefício de projetos que vêm desenvolvendo trabalhos sérios e competentes ao longo dos anos. Essa iniciativa, além de gerar benefícios extremamente signifi cativos para a sociedade, está alinhada com a crescente importância do papel que todos nós temos no desenvolvimento e na construção de uma sociedade mais justa, produtiva e promissora. Divulgue essa ação e participe! CIT (Centro Interativo de Tecnologia) - Fundação Orsa 3

4 Fazer o bem e olhar a quem Saber para aonde vão recursos doados é fundamental, pois permite acompanhar a evolução dessas crianças e jovens. É uma forma de contribuir para inseri-los na sociedade e zelar para que se tornem cidadãos ativos e participantes. A doação é uma das principais fontes de captação de recursos dos Fundos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente de várias cidades brasileiras, e sua utilização não traz ônus a quem contribui. A partir desses Fundos controlados pelos Conselhos Municipais, Estaduais e Federal dos Direitos da Criança e do Adolescente, os valores (doados) são repassados às instituições legalmente constituídas com projetos aprovados e aptos a receber as referidas doações do contribuinte. O Governo Federal autoriza a dedução da sua doação do Imposto de Renda Devido, o que indiretamente é uma forma de agilizar o emprego do dinheiro público em ações sociais, além de ser uma forma de o contribuinte poder acompanhar a destinação da sua doação e cobrar diretamente os resultados almejados. GRAACC Paciente do GRAACC 4

5 Uma atitude ao alcance de todos Quem pode doar? Todos, indistintamente. Você poderá DOAR (dinheiro ou bens) e abater do IMPOSTO DE RENDA (Pessoa Física até 6% e Pessoa Jurídica tributada pelo lucro real, limitada a 1% do IR Devido). Além da doação, por meio dos Fundos do Direito da Criança e do Adolescente, as Pessoas Jurídicas tributadas pelo lucro real, também podem fazer doações diretamente para as INSTITUIÇÕES BENEFICENTES e recuperar o valor doado, até o limite de 2% do lucro operacional* Lucro real X lucro presumido A dedução de 1% não poderá ser utilizada por empresas que são tributadas com base no lucro presumido ou arbitrado, bem como por microempresas e empresas de pequeno porte inscritas no Simples. As Pessoas Jurídicas, cujos impostos são calculados com base no lucro real da empresa, realizam apuração considerando-se todas as receitas, menos todos os custos e despesas da empresa, de acordo com o regulamento do Imposto de Renda. *Lucro operacional, na defi nição do Art. 277 do RIR/99, é o resultado das atividades principais ou acessórias que constituem o objeto da Pessoa Jurídica. Em resumo, é o valor positivo que resultar na demonstração do resultado, após a dedução das despesas operacionais no lucro bruto. Não é aplicável qualquer outro limite cumulativo, caso haja dedução de outros incentivos fi scais, tais como projetos culturais aprovados na forma da regulamentação do Programa Nacional de Apoio à Cultura (PRONAC) ou investimentos em atividades audiovisuais. E quando tiver imposto a restituir? Quando a Pessoa Física tiver imposto a restituir a doação ajuda a aumentar a restituição. Prazo para doação O prazo de realização da doação é entre o dia 1 o de janeiro e 30 de dezembro de cada ano, para abatimento na declaração a ser entregue até o dia 30 de abril do ano subsequente. 5

6 6 Banco de imagens Grupo Orsa/ Luiz Prado

7 É fácil, rápido e com destino certo O procedimento para realizar a doação é muito simples: cada pessoa física poderá doar dinheiro ou bens, através de um Fundo controlado pelos Conselhos dos Direitos da Criança e do Adolescente, o qual emitirá um RECIBO de doação. Essa doação deverá ser lançada na Declaração de Imposto de Renda do Doador, imediatamente no ano subsequente ao da Doação, cujo valor doado será deduzido em até 6% do IR devido no caso de Pessoa Física e 1% do IR devido no caso de Pessoa Jurídica. O Fundo controlado pelos Conselhos dos Direitos da Criança e do Adolescente remeterá a sua doação para uma entidade fi lantrópica legalmente constituída, e que tenha todos os registros regularmente vigentes, com Projeto Social aprovado e que você queira benefi - ciar com a sua doação. Caso haja interesse, pode ser feita uma simulação do valor a ser doado no site do FUMCAD, acesse: Quem ajudar? A Fundação Orsa e o GRAACC, unidos nesta campanha, têm o orgulho de indicar projetos muito importantes para crianças, adolescentes e famílias, implementados em diversas cidades dos Estados de São Paulo, Pará e Amapá. São eles: projetos Bate Lata, Atleta Solidário, Bandeira, Geração Aprendiz e o Centro Interativo de Tecnologia (CIT) realizados pela Fundação Orsa, e o projeto do GRAACC, para ampliação da sua estrutura física. A seguir você conhecerá um pouco sobre cada um deles e quais os procedimentos para fazer a sua doação, porém, no site da Fundação Orsa e do GRAACC estão disponíveis mais informações a respeito de cada projeto. Projeto Bate Lata - Fundação Orsa 7

8 Conheça os Projetos CULTURA PROJETO BATE LATA Promove a inclusão sociocultural de crianças e adolescentes, que transformam sucata em instrumentos musicais, e tocam música de primeira qualidade. Projeto Bate Lata Campinas (SP) - Fundação Orsa CNPJ / Para apoiá-lo, acesse: Preencha o formulário e responda sim à pergunta Você vai destinar para alguma entidade ou programa?. Em seguida, escolha a Fundação Orsa e clique em contribuir. Será gerado um boleto bancário e, após o pagamento, guarde seu comprovante. ESPORTE PROJETO ATLETA SOLIDÁRIO O Projeto Atleta Solidário, através da prática esportiva regular, estimula a inclusão social de pessoas com defi ciência visual, intelectual, física, auditivos e múltiplos. Este projeto acontece em várias regiões, escolha um deles e faça a sua contribuição. PROJETO ATLETA SOLIDÁRIO - Barueri (SP) - Fundação Orsa CNPJ / Para apoiá-lo, faça um depósito identificado em nome do FMDCA Barueri (Fundo Municipal da Criança e do Adolescente). Banco do Brasil - agência C/C PROJETO ATLETA SOLIDÁRIO - São Paulo (SP) - Fundação Orsa CNPJ / Para apoiá-lo, acesse: clique no ícone Clique e doe agora! e escolha, em Entidade, a Fundação Orsa, e em Projeto, o Projeto Atleta Solidário. 8

9 PROJETO ATLETA SOLIDÁRIO - Itapeva (SP) - Fundação Orsa CNPJ / Para apoiá-lo, faça um depósito identificado em nome do FUMCAD Itapeva (Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente). Banco Nossa Caixa - agência C/C PROJETO ATLETA SOLIDÁRIO - Laranjal do Jari (AP) - Fundação Orsa CNPJ / Para apoiá-lo, faça um depósito identificado para Fundo da Infância e Adolescência de Laranjal do Jari. Banco do Brasil - agência C/C Projeto Atleta Solidário SAÚDE GRAACC - São Paulo (SP) - atendimento a pacientes de todo o Brasil CNPJ / Para apoiá-lo, acesse escolha o GRAACC e efetive sua doação. GRAACC O GRAACC busca garantir a crianças e adolescentes com câncer o direito de alcançar todas as chances de cura com qualidade de vida. PROJETO BANDEIRA - Itapeva (SP) - Fundação Orsa CNPJ / Para apoiá-lo, faça um depósito identificado em nome do FUMCAD Itapeva (Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente). Banco Nossa Caixa - agência C/C PROJETO BANDEIRA Esta iniciativa contribui para a redução dos índices de desnutrição infantil de crianças até seis anos de idade. 9

10 EDUCAÇÃO PROJETO GERAÇÃO APRENDIZ Prepara adolescentes e jovens, por meio de qualifi cação profi ssional e formação para a cidadania, transformando o potencial de cada um em experiências empreendedoras. PROJETO GERAÇÃO APRENDIZ - Carapicuíba (SP) - Fundação Orsa CNPJ / Para apoiá-lo, faça um depósito identificado em nome do CMDCA Carapicuíba (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente). Banco Santander - agência C/C PROJETO GERAÇÃO APRENDIZ - Almeirim (PA) - Fundação Orsa CNPJ / Para apoiá-lo, faça um depósito identificado em nome do CMDCA Almeirim. Banco do Brasil - agência C/C X PROJETO CIT Utiliza a inclusão digital e social como ferramentas de desenvolvimento local e de mobilização comunitária, seja em áreas urbanas ou rurais. PROJETO GERAÇÃO APRENDIZ - Fundação Orsa e/ou PROJETO CIT (Centro Interativo de Tecnologia) - São Paulo (SP) - Fundação Orsa CNPJ / Para apoiá-lo, acesse: clique no ícone Clique e doe agora! e escolha, em Entidade, a Fundação Orsa, e em Projeto, o Projeto Geração Aprendiz e/ou Projeto CIT. PROJETO CIT (Centro Interativo de Tecnologia) - Itapeva (SP) - Fundação Orsa CNPJ / Para apoiá-lo, faça um depósito identificado em nome do FUMCAD Itapeva. Banco Nossa Caixa - agência C/C

11 Passo a passo da doação O processo é simples e para ajudar um ou mais projetos, basta seguir os 3 passos abaixo: PASSO 1 Efetuar depósito ou pagamento de boleto na instituição bancária correspondente ao projeto escolhido, conforme especifi cado anteriormente. PASSO 2 Com o comprovante de depósito em mãos, ligue ou envie por o comprovante de depósito, informando o projeto a ser doado e a localidade, conforme a entidade: (11) / 7570 com Cristina Rocha (11) / 9115 com Armando Neto DÚVIDAS? Em caso de dúvida, entre em contato com a Fundação Orsa ou com o GRAACC através dos contatos ao lado. PASSO 3 Será emitido, então, o Recibo de Doação e o Formulário de Preenchimento para que você, doador, encaminhe para seu contador. OBS.: No caso de Pessoa Física, a doação só poderá ser abatida do Imposto de Renda caso o contribuinte faça a declaração no modelo completo. IMPORTANTE: CASO A DOAÇÃO SEJA FEITA EM CHEQUE, ESTE DEVE SER COMPENSADO ATÉ O ÚLTIMO DIA ÚTIL DO ANO FISCAL 11

12

Transforme seu imposto em música

Transforme seu imposto em música LEI FEDERAL DE INCETIVO À CULTURA LEI ROUANET Transforme seu imposto em música Associação Cultural Casa de Música de Ouro Branco O QUE É A LEI ROUANET A Lei Rouanet (Lei 8.313/1991), instituiu o Programa

Leia mais

CARTILHA DE DOAÇÃO PARA O FUMCAD

CARTILHA DE DOAÇÃO PARA O FUMCAD CARTILHA DE DOAÇÃO PARA O FUMCAD ÍNDICE O que é o FUMCAD 2 Conceito e Natureza Jurídica 2 Doações 3 Dedução das Doações Realizadas no Próprio Exercício Financeiro 4 Passo a Passo para a Doação 5 Principais

Leia mais

Art. 227, Constituição Federal, 1988

Art. 227, Constituição Federal, 1988 Art. 227, Constituição Federal, 1988 É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança e ao adolescente, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao

Leia mais

É possível colaborar financeiramente com os projetos do Instituto Brasil Solidário* doando parte do imposto de renda.

É possível colaborar financeiramente com os projetos do Instituto Brasil Solidário* doando parte do imposto de renda. Pessoa Física III Encontro Nacional Brasil Solidário É possível colaborar financeiramente com os projetos do Instituto Brasil Solidário* doando parte do imposto de renda. Existe um benefício fiscal que

Leia mais

Como Ajudar. Sua participação é muito importante para nós

Como Ajudar. Sua participação é muito importante para nós Sua participação é muito importante para nós Ao colaborar com OSCIP ZAGAIA,, você nos apóia em vários projetos que desenvolvemos no Município de Carapicuíba.Você ou sua empresa tem a oportunidade de se

Leia mais

O futuro das crianças é hoje. Amanhã é tarde demais. (Gabriela Mistral)

O futuro das crianças é hoje. Amanhã é tarde demais. (Gabriela Mistral) TRANSFORMANDO VIDAS O futuro das crianças é hoje. Amanhã é tarde demais. (Gabriela Mistral) PROJETOS APOIADOS PELO CMDCA 2011 N. de Beneficiados Programa Cursinho Objetivo 40 Programa Municipal Cidade

Leia mais

Da gestão, da aplicação, do controle e da fiscalização dos Fundos... 5

Da gestão, da aplicação, do controle e da fiscalização dos Fundos... 5 Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania Sedpac 2015 Apresentação Criado pela Lei nº 21.144, de 14 de janeiro de 2014, o Fundo Estadual dos Direitos do Idoso tem o objetivo

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE. Deliberação nº 1.100/2014 DS/CMDCA

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE. Deliberação nº 1.100/2014 DS/CMDCA CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE Deliberação nº 1.100/2014 DS/CMDCA Dispõe sobre a Autorização para Captação de Recursos Financeiros para o Fundo Municipal para Atendimento dos

Leia mais

SUA DOAÇÃO FAZ TODA A DIFERENÇA

SUA DOAÇÃO FAZ TODA A DIFERENÇA CONTRIBUINTE AMIGO SUA DOAÇÃO FAZ TODA A DIFERENÇA Informativo sobre doações aos Fundos Sociais Controlados pelo Conselho dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes. (Nacional, distrital, estaduais ou

Leia mais

Doações aos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente

Doações aos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente Doações aos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente Apesar de ter sido sancionada em 13 de junho de 1990, a Lei nº 8.069, que permite às empresas e às pessoas físicas destinar parte do que pagam

Leia mais

Manual do adestrador de leões: Transforme a fera Em um gatinho

Manual do adestrador de leões: Transforme a fera Em um gatinho Manual do adestrador de leões: Transforme a fera Em um gatinho Veja no rosto do irmão, a Face de Deus! 1. Renúncia fiscal Em 1990, sob a inspiração democrática da Constituição de 1988, foi elaborado o

Leia mais

Como destinar parte do seu Imposto de Renda devido para investimento social

Como destinar parte do seu Imposto de Renda devido para investimento social Instituto CSHG Como destinar parte do seu Imposto de Renda devido para investimento social Você sabia que pode destinar parte do seu Imposto de Renda devido para investimento social? A legislação brasileira

Leia mais

ParticiPar SEMGaStar

ParticiPar SEMGaStar Participar SEMGASTAR Parte do seu imposto de renda pode transformar sonhos em realidade Você sabia que seu Imposto de Renda pode ajudar muitas crianças e jovens? Foi pensando neste mecanismo que a Rede

Leia mais

ESTOU NESSA! Equipe de Educação Fiscal Alfândega da Receita Federal do Brasil do Porto de Santos Delegacia da Receita Federal do Brasil em Santos

ESTOU NESSA! Equipe de Educação Fiscal Alfândega da Receita Federal do Brasil do Porto de Santos Delegacia da Receita Federal do Brasil em Santos Incentivos fiscais do Imposto de Renda em benefício de Crianças e Adolescentes ESTOU NESSA! Equipe de Educação Fiscal Alfândega da Receita Federal do Brasil do Porto de Santos Delegacia da Receita Federal

Leia mais

Transforme seu imposto em música

Transforme seu imposto em música FUNDO DA INFÂNCIA E DA ADOLESCÊNCIA Transforme seu imposto em música Associação Cultural Casa de Música de Ouro Branco O QUE É O FUNDO DA INFÂNCIA E DA ADOLESCÊNCIA O Fundo da Infância e da Adolescência

Leia mais

OPERACIONALIZAÇÃO FISCAL DAS DOAÇÕES HENRIQUE RICARDO BATISTA

OPERACIONALIZAÇÃO FISCAL DAS DOAÇÕES HENRIQUE RICARDO BATISTA OPERACIONALIZAÇÃO FISCAL DAS DOAÇÕES HENRIQUE RICARDO BATISTA Programa de Voluntariado da Classe Contábil Com o objetivo de incentivar o Contabilista a promover trabalhos sociais e, dessa forma, auxiliar

Leia mais

Novas Formas de Aprender e Empreender

Novas Formas de Aprender e Empreender Novas Formas de Aprender e Empreender DÚVIDAS FREQUENTES 1. Sobre o Prêmio Instituto Claro, Novas Formas de Aprender e Empreender 1.1. O que é o Prêmio? O Prêmio Instituto Claro Novas Formas de Aprender

Leia mais

DE DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE?

DE DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE? 1. O que são os FUNDOS DE DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE? São recursos públicos mantidos em contas bancárias específicas. Essas contas têm a finalidade de receber repasses orçamentários e depósitos

Leia mais

SEU IMPOSTO DE RENDA NO COMBATE AO CANCER INFANTOJUVENIL

SEU IMPOSTO DE RENDA NO COMBATE AO CANCER INFANTOJUVENIL SEU IMPOSTO DE RENDA ^ NO COMBATE AO CANCER INFANTOJUVENIL SEU IMPOSTO DE RENDA NO COMBATE AO CÂNCER INFANTOJUVENIL 3 Conselho de Administração Sergio Antonio Garcia Amoroso Presidente Fernando de Castro

Leia mais

Transforme seu imposto em música

Transforme seu imposto em música FUNDO DA INFÂNCIA E DA ADOLESCÊNCIA Transforme seu imposto em música Associação Cultural Casa de Música de Ouro Branco O QUE É O FUNDO DA INFÂNCIA E DA ADOLESCÊNCIA O Fundo da Infância e da Adolescência

Leia mais

RESOLUÇÃO CFC N.º 1.409/12. Aprova a ITG 2002 Entidade sem Finalidade de Lucros.

RESOLUÇÃO CFC N.º 1.409/12. Aprova a ITG 2002 Entidade sem Finalidade de Lucros. RESOLUÇÃO CFC N.º 1.409/12 Aprova a ITG 2002 Entidade sem Finalidade de Lucros. O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais e com fundamento no disposto na

Leia mais

Lei Federal de Incentivo ao Esporte Lei n 11.438, de 29/12/2006 Decreto Lei n 6.180, de 3/8/2007 Portaria n 177, de 11/9/2007.

Lei Federal de Incentivo ao Esporte Lei n 11.438, de 29/12/2006 Decreto Lei n 6.180, de 3/8/2007 Portaria n 177, de 11/9/2007. Lei Federal de Incentivo ao Esporte Lei n 11.438, de 29/12/2006 Decreto Lei n 6.180, de 3/8/2007 Portaria n 177, de 11/9/2007. O QUE É A LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE? Instrumento que permite o financiamento,

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS-GRADUADOS EM ADMINISTRAÇÃO Núcleo de Estudos Avançados em Terceiro Setor

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS-GRADUADOS EM ADMINISTRAÇÃO Núcleo de Estudos Avançados em Terceiro Setor Eu rabisco o sol que a chuva apagou Renato Russo PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS-GRADUADOS EM ADMINISTRAÇÃO Núcleo de Estudos Avançados em Terceiro Setor Incentivos

Leia mais

Doações ao FMDCA-JUNDIAÍ podem ser feitas na Declaração do IR 2015

Doações ao FMDCA-JUNDIAÍ podem ser feitas na Declaração do IR 2015 Doações ao FMDCA-JUNDIAÍ podem ser feitas na Declaração do IR 2015 O Fundo Municipal dos Direitos da Infância e Adolescência FMDCA¹ são recursos públicos oriundos de repasses orçamentários, de doações

Leia mais

REGULAMENTO PROGRAMA PARCEIROS EM AÇÃO

REGULAMENTO PROGRAMA PARCEIROS EM AÇÃO REGULAMENTO PROGRAMA PARCEIROS EM AÇÃO 1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1. As presentes disposições visam regulamentar o Programa Parceiros em Ação, instituído pela Área de Responsabilidade Social do BANCO

Leia mais

INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA DIRETORIA DE COOPERAÇÃO E DESENVOLVIMENTO COMITÊ DE ENTIDADES PÚBLICAS NO COMBATE À FOME E PELA VIDA

INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA DIRETORIA DE COOPERAÇÃO E DESENVOLVIMENTO COMITÊ DE ENTIDADES PÚBLICAS NO COMBATE À FOME E PELA VIDA Z:\COEP\AMELIA\Pesquisa IPEA\Pesquisa Ipea.doc 1 IpeA INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA DIRETORIA DE COOPERAÇÃO E DESENVOLVIMENTO COEP COMITÊ DE ENTIDADES PÚBLICAS NO COMBATE À FOME E PELA VIDA

Leia mais

RENÚNCIA FISCAL DO IMPOSTO DE RENDA

RENÚNCIA FISCAL DO IMPOSTO DE RENDA DICAS PARA UTILIZAÇÃO DE RENÚNCIA FISCAL DO IMPOSTO DE RENDA Oportunidades e Legislação Parceria ÍNDICE EDITORIAL Uma oportunidade de contribuir com a transformação social 1. O QUE É RENÚNCIA FISCAL 1.1

Leia mais

ANÁLISE DE UMA POLÍTICA PÚBLICA VOLTADA PARA A EDUCAÇÃO: PROGRAMA BRASIL ALFABETIZADO

ANÁLISE DE UMA POLÍTICA PÚBLICA VOLTADA PARA A EDUCAÇÃO: PROGRAMA BRASIL ALFABETIZADO 1 ANÁLISE DE UMA POLÍTICA PÚBLICA VOLTADA PARA A EDUCAÇÃO: PROGRAMA BRASIL ALFABETIZADO AUTORES Antônio Roberto Silva Santos arsilvasantos@gmail.com Elisângela Santana Nascimento esna_1@yahoo.com.br Fânia

Leia mais

Incentivos Fiscais para captação de recursos

Incentivos Fiscais para captação de recursos Incentivos Fiscais para captação de recursos a) Dedutibilidade das doações A partir de 1º de janeiro de 1996, a Lei 9.249, de 26 de dezembro de 1996, limitou a dedutibilidade de algumas despesas operacionais,

Leia mais

Cartilha Declaração de Imposto de Renda 2016

Cartilha Declaração de Imposto de Renda 2016 CARTILHA DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA 2016 1 SUMÁRIO 1. OBRIGATORIEDADE DE APRESENTAÇÃO... 4 1.1. Pessoas obrigadas à apresentação da Declaração de Ajuste Anual IRPF 2016... 4 1.2. Pessoas dispensadas

Leia mais

DESTINAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA PARA CRIANÇA E ADOLESCENTE E IDOSO: UMA FORMA DE PARTICIPAÇÃO SOCIAL. Programa Nacional de Educação Fiscal

DESTINAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA PARA CRIANÇA E ADOLESCENTE E IDOSO: UMA FORMA DE PARTICIPAÇÃO SOCIAL. Programa Nacional de Educação Fiscal DESTINAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA PARA CRIANÇA E ADOLESCENTE E IDOSO: UMA FORMA DE PARTICIPAÇÃO SOCIAL Programa Nacional de Educação Fiscal Superintendência da Receita Federal do Brasil em São Paulo Outubro

Leia mais

Lei Federal de Incentivo ao Esporte Lei n 11.438, de 29/12/2006 Decreto Lei n 6.180, de 3/8/2007 Portaria n 177, de 11/9/2007.

Lei Federal de Incentivo ao Esporte Lei n 11.438, de 29/12/2006 Decreto Lei n 6.180, de 3/8/2007 Portaria n 177, de 11/9/2007. Lei Federal de Incentivo ao Esporte Lei n 11.438, de 29/12/2006 Decreto Lei n 6.180, de 3/8/2007 Portaria n 177, de 11/9/2007. O QUE É A LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE? Instrumento que permite o financiamento,

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2013

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2013 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2013 Institui o Programa Nacional de Incentivo à Educação Escolar Básica Gratuita (PRONIE). O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art. 1º Esta Lei institui o Programa Nacional de

Leia mais

Política de investimento esportivo 3M

Política de investimento esportivo 3M 1. Objetivo Política de investimento esportivo 3M A presente política tem por finalidade estabelecer os critérios para investimento em projetos e programas esportivos e que sejam passíveis de usufruírem

Leia mais

COMO SE TORNAR UM PARCEIRO DO CORPO CIDADÃO? Junte-se a nós!

COMO SE TORNAR UM PARCEIRO DO CORPO CIDADÃO? Junte-se a nós! COMO SE TORNAR UM PARCEIRO DO CORPO CIDADÃO? O Corpo Cidadão utiliza diversos mecanismos de incentivo fiscal, fontes de financiamento, parcerias, doações, programas de voluntariado e cria ações de marketing

Leia mais

Como destinar parte do seu Imposto de Renda Devido a Instituições de Apoio à Criança e ao Adolescente

Como destinar parte do seu Imposto de Renda Devido a Instituições de Apoio à Criança e ao Adolescente Como destinar parte do seu Imposto de Renda Devido a Instituições de Apoio à Criança e ao Adolescente VOCÊ PODE DOAR SEM GASTAR O SEU DINHEIRO! Você tem perfil para contribuir nesta ação? Se você tem o

Leia mais

FIA O QUE É O FIA. Os Fundos da Infância e da Adolescência FIA. Como sua empresa pode fazer uma doação. Como as pessoas físicas podem fazer uma doação

FIA O QUE É O FIA. Os Fundos da Infância e da Adolescência FIA. Como sua empresa pode fazer uma doação. Como as pessoas físicas podem fazer uma doação FIA O QUE É O FIA De acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente ECA, os Conselhos Municipais, Estaduais ou Federal são órgãos ou instâncias colegiadas de caráter deliberativo, de composição paritária

Leia mais

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Versão Fevereiro/2013 Índice PCS - Módulo de Prestação de Contas...3 Acesso ao Módulo PCS...3 1. Contas financeiras...5 1.1. Cadastro de

Leia mais

POLÍTICA DE PATROCINIO DA CAGECE

POLÍTICA DE PATROCINIO DA CAGECE POLÍTICA DE PATROCINIO DA CAGECE A Política de Patrocínio da Cagece que compreende o apoio financeiro concedido a projetos institucionais, culturais, sociais, ambientais e esportivos de iniciativa de terceiros,

Leia mais

Destinação Criança: chance de proporcionar um futuro melhor

Destinação Criança: chance de proporcionar um futuro melhor 28 Diário Oficial de Santos www.santos.sp.gov.br 15 de abril de 2014 Destinação Criança: chance de proporcionar um futuro melhor Para beneficiar projetos sociais voltados a crianças e adolescentes, basta

Leia mais

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL DE SUSTENTABILIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL 2/11 Sumário 1. Conceito... 3 2. Objetivo... 3 3. Áreas de aplicação... 3 4. Diretrizes... 4 4.1 Princípios... 4 4.2 Estratégia de e Responsabilidade

Leia mais

O Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente

O Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA OS PROMOTORES DE JUSTIÇA PROGRAMA INFÂNCIA EM 1º LUGAR 2ª ETAPA O Fundo dos Direitos da Criança e do Gestão e Captação de Recursos Fernando Carlos Almeida Fernando Carlos Almeida

Leia mais

Copyright 2015 Declarando.

Copyright 2015 Declarando. Este Guia tem como objetivo democratizar o conhecimento em relação ao Imposto de Renda Pessoa Física, trazendo informações claras mas sem perder a seriedade com as fontes e o compromisso com a construção

Leia mais

Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente

Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente Uma iniciativa que visa contribuir com o Pacto Global SISTEMA CFA/CRAs CONSELHO FEDERAL DE ADMINISTRAÇÃO CONSELHOS REGIONAIS DE ADMINISTRAÇÃO Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente COMO INVESTIR

Leia mais

Manual dos Indicadores de Acompanhamento do Pacto Empresarial Contra Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes nas Rodovias Brasileiras

Manual dos Indicadores de Acompanhamento do Pacto Empresarial Contra Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes nas Rodovias Brasileiras VAMOS ACABAR COM A EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES NAS RODOVIAS BRASILEIRAS parceria estratégica parceria técnica Manual dos Indicadores de Acompanhamento do Pacto Empresarial Contra Exploração

Leia mais

Responsabilidade Social

Responsabilidade Social Responsabilidade Social Destinar o IR muda o Destino da nossa Sociedade! CAMPANHA 2011/2012 Fundo Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente LEI FEDERAL ECA LEI MUNICIPAL Recursos Governamentais

Leia mais

Eurofarma Edital de Prospecção e Seleção de Projetos Incentivados via Imposto de Renda (IR) Leis: FIA/FUMCAD, Fundo do Idoso, PRONON e PRONAS

Eurofarma Edital de Prospecção e Seleção de Projetos Incentivados via Imposto de Renda (IR) Leis: FIA/FUMCAD, Fundo do Idoso, PRONON e PRONAS Eurofarma Edital de Prospecção e Seleção de Projetos Incentivados via Imposto de Renda (IR) Leis: FIA/FUMCAD, Fundo do Idoso, PRONON e PRONAS 1 Objetivo do Edital Para reafirmar seu compromisso com o desenvolvimento

Leia mais

Programa Nacional de Educação Fiscal. Superintendência da Receita Federal do Brasil em São Paulo. Novembro de 2011.

Programa Nacional de Educação Fiscal. Superintendência da Receita Federal do Brasil em São Paulo. Novembro de 2011. DESTINAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA PARA CRIANÇA E ADOLESCENTE: UMA FORMA DE PARTICIPAÇÃO SOCIAL Programa Nacional de Educação Fiscal Superintendência da Receita Federal do Brasil em São Paulo Novembro de 2011.

Leia mais

ONG S E ASSOCIAÇÕES. Aproveite bem todas as dicas, fotos e textos deste guia, pois eles são muito importantes.

ONG S E ASSOCIAÇÕES. Aproveite bem todas as dicas, fotos e textos deste guia, pois eles são muito importantes. ONG S E ASSOCIAÇÕES PARA COMEÇAR Você tem vontade de participar mais do que acontece ao seu redor, dar uma força para resolver questões que fazem parte da rotina de certos grupos e comunidades e colocar

Leia mais

IRPF IR2012. Chegou a hora de declarar o. Especial

IRPF IR2012. Chegou a hora de declarar o. Especial Boletim Informativo dirigido a participantes de planos de previdência da Bradesco Vida e Previdência - Março de 2012 Especial IRPF 2012 Chegou a hora de declarar o IR2012 >> Fique por dentro >> Onde informar

Leia mais

PROGRAMA EU SORRIO PARA O APRENDIZ

PROGRAMA EU SORRIO PARA O APRENDIZ PROGRAMA EU SORRIO PARA O APRENDIZ JUSTIFICATIVA Um dos grandes desafios enfrentados em nossa sociedade está ligado à profissionalização e empregabilidade. As mudanças, o desenvolvimento, a informatização

Leia mais

OBJETIVO DAS INSCRIÇÕES

OBJETIVO DAS INSCRIÇÕES CONSTRUINDO A NAÇÃO 2016 Os Grêmios na Comunidade A Vez dos Municípios OBJETIVO Com o objetivo de conhecer, reconhecer e difundir as práticas de cidadania desenvolvidas por estudantes das escolas públicas

Leia mais

Imposto de Renda Solidário

Imposto de Renda Solidário 01) Comitê Social Grupo Fischer; 02) Escolha das Entidades; 03) Informação aos funcionários; 04) Sensibilização dos funcionários e esclarecimentos de dúvidas; 05) Disponibilização Informe de Rendimentos

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental PRSA

Política de Responsabilidade Socioambiental PRSA 1. OBJETIVO Em atendimento à Resolução do Banco Central do Brasil nº 4.327 de 25 de abril de 2014, que dispõe sobre as diretrizes que devem ser observadas no estabelecimento e na implementação da Política

Leia mais

Consiste na criação pelo IAB, de um grupo de AMIGOS profissionais e instituições, interessados na transformação e

Consiste na criação pelo IAB, de um grupo de AMIGOS profissionais e instituições, interessados na transformação e INSTITUTO DE ARQUEOLOGIA BRASILEIRA Estrada da Cruz Vermelha 45, Vila Santa Tereza, Belford Roxo, RJ. CEP: 26193-415. Tel/Fax: (21) 31358117 www.arqueologia-iab.com.br iab@arqueologia-iab.com.br PROGRAMA

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO 2014

REGULAMENTO DO PRÊMIO 2014 REGULAMENTO DO PRÊMIO 2014 1 ÍNDICE CRONOGRAMA ------------------------------------------------------------------------------- 3 CATEGORIAS -------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

projeto educa para o futuro

projeto educa para o futuro projeto educa para o futuro 15,7% das crianças, nas ruas, têm até 6 anos de idade? 54,7%, tem entre 12 e 17 e quase 30% entre 7 e 11 anos? as crianças estão nas ruas há cerca de 3 anos e meio? 82,6% permanecem

Leia mais

IMPOSTO DE RENDA SOLIDÁRIO

IMPOSTO DE RENDA SOLIDÁRIO IMPOSTO DE RENDA SOLIDÁRIO FOCO DE ATUAÇÃO DA RMS PÚBLICO PRIORITÁRIO CONTEXTO Incentivos Fiscais FIA: Fomentar a participação da sociedade visando fortalecer os fundos das infâncias e adolescências. Pessoa

Leia mais

Secretaria da Receita Federal do Brasil. Missão. Valores

Secretaria da Receita Federal do Brasil. Missão. Valores Secretaria da Receita Federal do Brasil Missão Exercer a administração tributária e o controle aduaneiro, com justiça fiscal e respeito ao cidadão, em benefício da sociedade. Respeito ao cidadão Integridade

Leia mais

Disposições Gerais. Atenção para o prazo de inscrição. Data de inicio 11/01/2016. Data Final: 29/01/2016. Passo a passo do envio dos projetos

Disposições Gerais. Atenção para o prazo de inscrição. Data de inicio 11/01/2016. Data Final: 29/01/2016. Passo a passo do envio dos projetos Disposições Gerais As inscrições dos projetos serão aceitas com a entrega física do projeto com plano de trabalho, planilha orçamentária, folha de apresentação à Cemar e certificado de mérito ou protocolo

Leia mais

Internet Banking. Outubro - 2012

Internet Banking. Outubro - 2012 Internet Banking Outubro - 2012 1 Índice 1. Início... Pg. 4 2. Menu Home... Pg. 5 3. Menu Conta Corrente... Pg. 7 3.1 Extratos Conta Corrente... Pg. 8 3.2 Extratos de Tarifas...Pg. 9 3.3 Informações Complementares...

Leia mais

Edital de seleção para formação em gestão de Organizações da Sociedade Civil Fundação Tide Setubal 2011

Edital de seleção para formação em gestão de Organizações da Sociedade Civil Fundação Tide Setubal 2011 Edital de seleção para formação em gestão de Organizações da Sociedade Civil Fundação Tide Setubal 2011 INTRODUÇÃO A Fundação Tide Setubal nasce em 2005 para ressignificar e inovar o trabalho pioneiro

Leia mais

São Paulo, 15 de fevereiro de 2012. www.prattein.com.br

São Paulo, 15 de fevereiro de 2012. www.prattein.com.br As mudanças no funcionamento do Fundo da Criança e do Adolescente trazidas pela lei nº 12.594 de 18 de janeiro de 2012, que institui o SINASE, e as implicações para diferentes atores do Sistema de Garantia

Leia mais

Manual. Gerenciamento de Acesso. www.anvisa.gov.br Brasília, 27 de fevereiro de 2008.

Manual. Gerenciamento de Acesso. www.anvisa.gov.br Brasília, 27 de fevereiro de 2008. Manual Gerenciamento de Acesso Gerência-Geral de Gestão de Tecnologia da Informação Gerência de Desenvolvimento de Sistemas www.anvisa.gov.br Brasília, 27 de fevereiro de 2008. SUMÁRIO 1 GERENCIAMENTO

Leia mais

PROJETO FUMCAD 2011 RODA DE CONVERSA: O QUE EU QUERO SER QUANDO CRESCER? COMO DOAR

PROJETO FUMCAD 2011 RODA DE CONVERSA: O QUE EU QUERO SER QUANDO CRESCER? COMO DOAR PROJETO FUMCAD 2011 RODA DE CONVERSA: O QUE EU QUERO SER QUANDO CRESCER? COMO DOAR O projeto pretende atingir 22.000 alunos, professores, dirigentes e familiares por meio de atividades lúdicas, artísticas

Leia mais

www.belcorp.biz VIII/09

www.belcorp.biz VIII/09 CÓDIGO DE ÉTICA www.belcorp.biz VIII/09 Na Belcorp acreditamos que cada pessoa tem o poder de transformar seus sonhos em realidade. Assumir este poder significa reconhecer que nossas ações e decisões têm

Leia mais

Cartilha de Informações: Doações e Patrocínios.

Cartilha de Informações: Doações e Patrocínios. Cartilha de Informações: Doações e Patrocínios. O Instituto Abramundo é uma OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) e com isso pode receber doações e incentivos para a execução de seus

Leia mais

Como destinar parte do seu Imposto de Renda devido para investimento social

Como destinar parte do seu Imposto de Renda devido para investimento social Instituto CSHG Como destinar parte do seu Imposto de Renda devido para investimento social Dezembro de 2014 Lei do Esporte Para projetos via Lei do Esporte PASSO 1 PASSO 2 PASSO 3 Entre em contato com

Leia mais

Incentivos Fiscais ao Esporte

Incentivos Fiscais ao Esporte Incentivos Fiscais ao Esporte Lei nº 11.438/06 (Lei Federal de Incentivo ao Esporte) José Ricardo Rezende Advogado e Profissional de Ed. Física Autor do Manual Completo da Lei de Incentivo ao Esporte MECÂNICA

Leia mais

CONCURSO AGRINHO EDUCAÇÃO ESPECIAL

CONCURSO AGRINHO EDUCAÇÃO ESPECIAL CONCURSO AGRINHO EDUCAÇÃO ESPECIAL CONCURSO EDUCAÇÃO ESPECIAL CATEGORIA Desenho TEMA: As coisas que ligam o campo e a cidade e nosso papel para melhorar o mundo. O concurso é dirigido aos alunos com necessidades

Leia mais

Passo a Passo Destinação de 6% IR Devido - CMDCA

Passo a Passo Destinação de 6% IR Devido - CMDCA Passo a Passo Destinação de 6% IR Devido - CMDCA Procedimentos para o CMDCA de Campinas Atualizado até 10-nov-2011 PNEF Programa Nacional de Educação Fiscal GDIR - Grupo de Destinação do Imposto de Renda

Leia mais

DE NOTÍCIAS NA IMPRENSA 22-01-2016

DE NOTÍCIAS NA IMPRENSA 22-01-2016 DE NOTÍCIAS NA IMPRENSA 22-01-2016 Jornal do Comércio Jornal da Contabilidade Pág. 3 20/01/16 Jornal do Comércio Jornal da Contabilidade Pág. 8 20/01/16 A Notícia do Vale Panambi Pág. 3 20/01/16 Jornal

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 002/2014

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 002/2014 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 002/2014 DISPÕE SOBRE A CONCESSÃO DE SUBVENÇÃO SOCIAL, AUXÍLIO FINANCEIRO, CONTRIBUIÇÃO E OUTRAS FONTES DE RECURSO NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO. A Controladoria Geral do Município

Leia mais

DOAÇÕES PARA OS FUNDOS DE AMPARO À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE UMA ALTERNATIVA PARA A DESTINAÇÃO SOCIAL DO IMPOSTO DE RENDA

DOAÇÕES PARA OS FUNDOS DE AMPARO À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE UMA ALTERNATIVA PARA A DESTINAÇÃO SOCIAL DO IMPOSTO DE RENDA CONAF 2000-09-08 TESE TEMÁTICA PARA CONTATO: IZABEL RUTH TAMIOZZO VIEIRA Fone: 9996.2505 E-mail: Izabel2@receitafazenda.org.br Ou DS NOVO HAMBURGO: Fone: (51)594.8203 E-mail: usindical@uol.com.br DOAÇÕES

Leia mais

CARTILHA DE INCENTIVOS FISCAIS* Nesta Cartilha, preparada a pedido da AMARRIBO, abordamos os seguintes incentivos fiscais:

CARTILHA DE INCENTIVOS FISCAIS* Nesta Cartilha, preparada a pedido da AMARRIBO, abordamos os seguintes incentivos fiscais: CARTILHA DE INCENTIVOS FISCAIS* Nesta Cartilha, preparada a pedido da AMARRIBO, abordamos os seguintes incentivos fiscais: A. Doação à AMARRIBO, que possui o título de OSCIP; B. Doação/Patrocínio de Projeto

Leia mais

Política de investimento cultural 3M

Política de investimento cultural 3M Política de investimento cultural 3M 1. Objetivo A presente política tem por finalidade estabelecer os critérios para investimento em projetos e programas culturais e que sejam passíveis de usufruírem

Leia mais

Nota Legal Rondoniense

Nota Legal Rondoniense Nota Legal Rondoniense Manual do Consumidor Versão 1.0 01/12/2011 Nota Legal Rondoniense Manual do Consumidor Versão 1.0 1 Índice Analítico 1. Considerações Gerais... 3 1.1. Definição... 3 1.2. Documentos

Leia mais

PROJETO FUMCAD 2014 VIVER E SORRIR GRUPO DE APOIO AO PREMATURO PROJETO: Implantação de Unidade de Terapia Intensiva Neonatal de Alta Complexidade no

PROJETO FUMCAD 2014 VIVER E SORRIR GRUPO DE APOIO AO PREMATURO PROJETO: Implantação de Unidade de Terapia Intensiva Neonatal de Alta Complexidade no Alta Complexidade no Hospital São Paulo Hospital Universitário da UNIFESP A prematuridade é um problema mundial e crescente de saúde pública, sendo considerada hoje uma das principais causas de morbidade

Leia mais

POLíTICA DE PATROCíNIOS E DOAÇÕES GRUPO VOLVO América latina

POLíTICA DE PATROCíNIOS E DOAÇÕES GRUPO VOLVO América latina POLíTICA DE PATROCíNIOS E DOAÇÕES GRUPO VOLVO América latina índice APRESENTAÇÃO...3 POLíTICA DE PATROCíNIOS Do Grupo Volvo América Latina...3 1. Objetivos dos Patrocínios...3 2. A Volvo como Patrocinadora...3

Leia mais

PREFEITO MUNICIPAL DE ARACATI

PREFEITO MUNICIPAL DE ARACATI LEI N.º 064/2013. Dispõe sobre a Reorganização do Fundo Municipal para os Direitos da Criança e do Adolescente-FMDCA de Aracati, e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE ARACATI, no uso de suas

Leia mais

REGULAMENTO MEMBRO PARTICIPANTE

REGULAMENTO MEMBRO PARTICIPANTE REGULAMENTO MEMBRO PARTICIPANTE 1. O que é o Movimento Todos Juntos Contra o Câncer? Idealizado pela Abrale Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia, o Movimento TJCC surgiu em 2014 com a união de 50

Leia mais

Oportunidades GIFE. Como divulgar vagas na Comunidade

Oportunidades GIFE. Como divulgar vagas na Comunidade Oportunidades GIFE Como divulgar vagas na Comunidade Página de Acesso de Empresas Para quem já possui cadastro, basta preencher a identificação da empresa, a identificação do usuário e a senha de acesso

Leia mais

Material Explicativo. ABBprev Sociedade de Previdência Privada

Material Explicativo. ABBprev Sociedade de Previdência Privada Material Explicativo ABBprev Sociedade de Previdência Privada Este material explicativo tem como objetivo fornecer informações sobre um dos benefícios que as patrocinadoras ABB Ltda e Cooperativa de Crédito

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 175, de 09 de dezembro de 2009.

RESOLUÇÃO Nº 175, de 09 de dezembro de 2009. RESOLUÇÃO Nº 175, de 09 de dezembro de 2009. ALTERAR E ESTABELECER NOVAS PROVIDÊNCIAS À RESOLUÇÃO Nº 119/2007 DO CMDCA. O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Florianópolis, no

Leia mais

Especial Imposto de Renda 2015

Especial Imposto de Renda 2015 Especial Imposto de Renda 2015 01. Os gastos com aparelhos de audição para dependentes podem ser deduzidos como despesas médicas na Declaração de Ajuste Anual? Não. A legislação do Imposto de Renda considera

Leia mais

5ª EDIÇÃO DA CERTIFICAÇÃO SELO ODM MOVIMENTO NÓS PODEMOS PARANÁ REGULAMENTO

5ª EDIÇÃO DA CERTIFICAÇÃO SELO ODM MOVIMENTO NÓS PODEMOS PARANÁ REGULAMENTO 5ª EDIÇÃO DA CERTIFICAÇÃO SELO ODM MOVIMENTO NÓS PODEMOS PARANÁ REGULAMENTO O Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade - Nós Podemos Paraná, articulado pelo Sesi-PR e com o apoio de diversas instituições

Leia mais

Criada em 1999 em Campinas, a Direção Cultura Produções. principalmente empresas, artistas e entidades do terceiro setor.

Criada em 1999 em Campinas, a Direção Cultura Produções. principalmente empresas, artistas e entidades do terceiro setor. Histórico Criada em 1999 em Campinas, a Direção Cultura Produções realiza projetos em diversificados setores, atendendo principalmente empresas, artistas e entidades do terceiro setor. Em 2010 abriu escritório

Leia mais

COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA. PROJETO DE LEI No 451, DE 2011

COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA. PROJETO DE LEI No 451, DE 2011 COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA PROJETO DE LEI No 451, DE 2011 Institui o Programa Nacional de Apoio à Assistência Social PRONAS e dá outras providências. Autor: Deputado THIAGO PEIXOTO Relator:

Leia mais

Alterações relativas ao livro Estatuto da Criança e do Adolescente LEI Nº 12.594, DE 18 DE JANEIRO DE 2012

Alterações relativas ao livro Estatuto da Criança e do Adolescente LEI Nº 12.594, DE 18 DE JANEIRO DE 2012 Alterações relativas ao livro Estatuto da Criança e do Adolescente LEI Nº 12.594, DE 18 DE JANEIRO DE 2012 Institui o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase), regulamenta a execução das

Leia mais

MANUAL DO PROGRAMA DE ESTAGIO SUPERVISIONADO CAMPUS COLINAS DO TOCANTINS-TO

MANUAL DO PROGRAMA DE ESTAGIO SUPERVISIONADO CAMPUS COLINAS DO TOCANTINS-TO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA COORDENAÇÃO DE INTERAÇÃO SERVIÇO ESCOLA-EMPRESA MANUAL DO PROGRAMA DE ESTAGIO SUPERVISIONADO CAMPUS COLINAS DO TOCANTINS-TO COLINAS

Leia mais

CARTILHA DE INCENTIVOS FISCAIS* Nesta Cartilha, preparada a pedido da AMARRIBO, abordamos os seguintes incentivos fiscais:

CARTILHA DE INCENTIVOS FISCAIS* Nesta Cartilha, preparada a pedido da AMARRIBO, abordamos os seguintes incentivos fiscais: CARTILHA DE INCENTIVOS FISCAIS* Nesta Cartilha, preparada a pedido da AMARRIBO, abordamos os seguintes incentivos fiscais: A. Doação à AMARRIBO, que possui o título de OSCIP; B. Doação/Patrocínio de Projeto

Leia mais

1 - Nome do projeto de responsabilidade social: Fundação CNA. 2 De que forma e por qual área da empresa o projeto é conduzido?

1 - Nome do projeto de responsabilidade social: Fundação CNA. 2 De que forma e por qual área da empresa o projeto é conduzido? 1 - Nome do projeto de responsabilidade social: Fundação CNA 2 De que forma e por qual área da empresa o projeto é conduzido? O projeto nasceu em 2002, por iniciativa do presidente do CNA, Luiz Nogueira

Leia mais

Artigo para uso exclusivo do IPEC.RJ REGISTRO CONTÁBIL DAS SUBVENÇÕES PARA INVESTIMENTOS E O TRATAMENTO FISCAL E SOCIETÁRIO

Artigo para uso exclusivo do IPEC.RJ REGISTRO CONTÁBIL DAS SUBVENÇÕES PARA INVESTIMENTOS E O TRATAMENTO FISCAL E SOCIETÁRIO www.ipecrj.com.br CONTABILIZANDO A LEITURA nº 01 Dia 05/JUL/2010 REGISTRO CONTÁBIL DAS SUBVENÇÕES PARA INVESTIMENTOS E O TRATAMENTO FISCAL E SOCIETÁRIO ANTES DA INTRODUÇÃO: HOMENAGEM A GEBARDO Acho importante,

Leia mais

1 IRPF - Entrega A partir do dia 06 de março tem início o período de entrega da Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda Pessoa Física. É importante ficar atento principalmente se você for obrigado

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE CONTROLE INTERNO E AUDITORIA

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE CONTROLE INTERNO E AUDITORIA ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA A ELABORAÇÃO DA PRESTAÇÃO DE CONTAS DOS DIRETÓRIOS PARTIDÁRIOS Tendo em vista a obrigação das agremiações partidárias de prestar contas até 30 de abril de 2014, referente ao exercício

Leia mais

Presidência da República. Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente. Secretaria Especial dos Direitos Humanos

Presidência da República. Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente. Secretaria Especial dos Direitos Humanos Presidência da República Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente Secretaria Especial dos Direitos Humanos EDITAL N o 1, DE 21 DE FEVEREIRO DE 2003 O Conselho Nacional dos Direitos da

Leia mais

PASSO A PASSO DOAÇÃO AO PROJETO AABB ESPORTES E REGISTRO DA DOAÇÃO NA DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA

PASSO A PASSO DOAÇÃO AO PROJETO AABB ESPORTES E REGISTRO DA DOAÇÃO NA DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA PASSO A PASSO DOAÇÃO AO PROJETO AABB ESPORTES E REGISTRO DA DOAÇÃO NA DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA É simples contribuir para a promoção do esporte dentro do Sistema AABB, com o Projeto AABB Esportes.

Leia mais

Folha de Domésticos e Automação dos Recolhimentos para o Escritório Contábil

Folha de Domésticos e Automação dos Recolhimentos para o Escritório Contábil Folha de Domésticos e Automação dos Recolhimentos para o Escritório Contábil Oportunidade para os escritórios contábeis Pagga Domésticos é um serviço inovador, lançado em 2013, desenvolvido especialmente

Leia mais

6.667 hospitais espalhados pelo Brasil* 3,5 milhões de profissionais da saúde atuam hoje na área da saúde 496 mil leitos hospitalares

6.667 hospitais espalhados pelo Brasil* 3,5 milhões de profissionais da saúde atuam hoje na área da saúde 496 mil leitos hospitalares PROJETO PROMOVENDO CULTURA NOS HOSPITAIS - 2016 O PROBLEMA A fragilidade da humanização no ambiente hospitalar. O CONTEXTO 6.667 hospitais espalhados pelo Brasil* 3,5 milhões de profissionais da saúde

Leia mais

Editorial. Um forte abraço e aproveite seu carnaval! Stella Cintra Diretora-Presidente

Editorial. Um forte abraço e aproveite seu carnaval! Stella Cintra Diretora-Presidente Editorial Em fevereiro foram reiniciadas as aulas das turmas I e III do projeto Lutando pela Inclusão. Como alguns alunos tiveram seu turno escolar alterado em função da mudança de série, estas turmas

Leia mais