Impresso em 26/08/ :53:30 (Sem título) IDENTIFICAÇÃO, ACESSO E MONITORAMENTO DE REQUISITOS LEGAIS E OUTROS REQUISITOS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Impresso em 26/08/2015 10:53:30 (Sem título) IDENTIFICAÇÃO, ACESSO E MONITORAMENTO DE REQUISITOS LEGAIS E OUTROS REQUISITOS"

Transcrição

1 Aprovado ' Elaborado por Cintia Kikuchi/BRA/VERITAS em 30/12/2014 Verificado por Fernando Cianci em 06/01/2015 Aprovado por Americo Venturini/BRA/VERITAS em 06/01/2015 ÁREA QHSE Tipo Procedimento Regional Número 73 Título IDENTIFICAÇÃO, ACESSO E MONITORAMENTO DE REQUISITOS LEGAIS E OUTROS REQUISITOS Aprovação comunicada para Fernando Cianci/BRA/VERITAS; Cintia Kikuchi/BRA/VERITAS Selecione o verificador do Documento: Fernando Cianci/BRA/VERITAS Cintia Kikuchi30/12/2014 ÍNDICE: 1 OBJETIVO 2 APLICAÇÃO 3 ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES 4 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 5 TERMINOLOGIA 6 IDENTIFICAÇÃO E APLICABILIDADE DOS REQUISITOS LEGAIS E OUTROS REQUISITOS 6.1 REQUISITOS LEGAIS 6.2 OUTROS REQUISITOS 6.3 ASSOCIAÇÃO DOS ASPECTOS E IMPACTOS AMBIENTAIS E PERIGOS E RISCOS DE SAÚDE E SEGURANÇA AOS REQUISITOS LEGAIS E OUTROS REQUISITOS 6.4 FERRAMENTA DE ATUALIZAÇÃO DA PLANILHA DE LEGISLAÇÃO APLICÁVEL 1

2 6.5 IMPLEMENTAÇÃO DA ATUALIZAÇÃO DA PLANILHA DE LEGISLAÇÃO AMBIENTAL 6.6 ACESSO À PLANILHA DE LEGISLAÇÃO APLICÁVEL, LEGISLAÇÃO E OUTROS REQUISITOS E NORMAS TÉCNICAS 6.7 MONITORAMENTO DA CONFORMIDADE LEGAL E OUTROS REQUISITOS 7 REVISÃO 8 ANEXOS ANEXO.1.-.QHSE 11 - PLANILHA DE LEGISLAÇÃO APLICÁVEL 2

3 TEXTO DO PROCEDIMENTO: 1 OBJETIVO Estabelecer sistemática para identificar, analisar, acessar e manter atualizada a legislação e outros requisitos aplicáveis aos aspectos de segurança, meio ambiente e saúde das atividades, produtos e serviços do BUREAU VERITAS BRASIL. Visa também fixar as condições para a avaliação periódica do atendimento à legislação e outros requisitos. 2 APLICAÇÃO Este procedimento se aplica ao processo de identificação, acesso, manutenção e verificação de conformidade de requisitos legais e outros requisitos. 3 ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES 3.1 Cabe a Diretoria de QHSE a aprovação deste documento bem como da Planilha de Legislação Aplicável (Anexo 1 - QHSE 11). 3.2 Cabe a Gerência de QHSE a elaboração e manutenção deste procedimento, bem como a revisão e atualização das informações sobre o atendimento à Legislação aplicável do BUREAU VERITAS BRASIL. 3.3 É de responsabilidade das Gerências Regionais, ou pessoa por estas designadas, revisar a Planilha de Legislação Aplicável (Anexo 1 - QHSE 11), caso sejam necessárias nos âmbitos locais e / ou contratuais sob suas respectivas Gerências, o atendimento a requisitos legais e / ou outros requisitos específicos. 4 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA a. NBR ISO 14001:2004 Sistemas da Gestão Ambiental Requisitos com orientações para uso. b. OHSAS 18001:2007 Occupational Health and Safety Management Systems Specification. c. QHSE PR 81 Estrutura da Documentação d. QHSE PR 70 Identificação de Aspectos e Avaliação de Impactos Ambientais 3

4 e. QHSE PR 75 Identificação de Perigos, Avaliação de Riscos e Determinação de Controles 5 TERMINOLOGIA ACESSO Maneira de consultar os requisitos legais e outros requisitos aplicáveis ao BUREAU VERITAS BRASIL. BUREAU VERITAS BRASIL Todos os escritórios e atividades do BUREAU VERITAS no Brasil. DIRETORIA DE QHSE Diretoria do BUREAU VERITAS BRASIL de Qualidade, Saúde, Segurança & Meio Ambiente. GERÊNCIA DE QHSE Gerência do BUREAU VERITAS BRASIL de Qualidade, Saúde, Segurança & Meio Ambiente. INTELIGÊNCIA AMBIENTAL Ferramenta utilizada para a revisão e atualização da Planilha de Legislação Aplicável (QHSE 11 Legislação Aplicável). LEGISLAÇÃO APLICÁVEL COM REQUISITOS Normas legais relativas ao meio ambiente, ao combate à poluição, à utilização dos recursos ambientais, a saúde e segurança do trabalho e a responsabilidade social, que geram efetivamente obrigações para o BUREAU VERITAS BRASIL. OUTROS REQUISITOS Obrigações da empresa decorrentes de acordos com órgãos públicos e outras partes interessadas, formalmente estabelecidas ou da menção de normas técnicas em legislação classificada como aplicável com requisitos na Planilha de Legislação Aplicável do BUREAU VERITAS BRASIL. PARTES INTERESSADAS Um indivíduo ou grupo de indivíduos com interesse comum no desempenho da organização e no ambiente em que opera. A maioria das organizações possui as seguintes partes interessadas: os clientes, a força de trabalho, os acionistas e os proprietários, os fornecedores e a sociedade. PLANILHA DE LEGISLAÇÃO APLICÁVEL Documento que fornece indicação da legislação aplicável e dos outros requisitos (QHSE 11). RH Recursos Humanos. 4

5 6 IDENTIFICAÇÃO E APLICABILIDADE DOS REQUISITOS LEGAIS E OUTROS REQUISITOS 6.1 REQUISITOS LEGAIS A Gerência de QHSE realiza o levantamento preliminar da legislação federal, estadual e municipal aplicável aos aspectos ambientais, aos perigos de segurança e saúde ocupacional por meio de pesquisas em publicações oficiais, websites na Internet, em periódicos locais ou regionais e investigações técnicas em bancos de dados relacionados (item 6.4) Em decorrência desta identificação, é elaborada a Planilha de Legislação Aplicável (Anexo 1 QHSE 11) que contém o assunto (ementa) da legislação aplicável às atividades e serviços do BUREAU VERITAS BRASIL A legislação aplicável recebe, para evidenciar o grau de atendimento, na Planilha de Legislação Aplicável a classificação com as seguintes opções: Atende, Atende Parcialmente ou Não Atende A legislação constante na Planilha de Legislação Aplicável deve ser atualizada no prazo de: seis meses a um ano. Durante este período deve ser efetuada uma avaliação de possíveis modificações do cenário das legislações para que sejam detectadas possíveis entradas ou saídas na Planilha de Legislação Aplicável (Anexo 1 QHSE 11). Nota: Deve ser ressaltado que a qualquer momento pode ser efetuada uma nova revisão da Planilha de Legislação Aplicável (Anexo 1 QHSE 11), seja pela avaliação do cenário das legislações, ou seja, pela demanda oriunda de demandas internas e externas ao BUREAU VERITAS BRASIL. 6.2 OUTROS REQUISITOS A identificação de outros requisitos ocorre como conseqüência de solicitações de órgãos públicos competentes, de outras partes interessadas ou da própria Sede Como resultados, podem ser formalizados contratos, ementas, convênios, termos de compromisso, adendos ou outros acordos com as partes interessadas, ajustando-se as obrigações quanto aos riscos de segurança e saúde ocupacional, aspectos ambientais ou controles operacionais pertinentes A atualização desses outros requisitos é realizada quando são promovidos novos ajustes ou aditivos aos contratos, 5

6 ementas, convênios, termos de compromisso, adendos resultantes de análises da empresa e das partes interessadas A identificação de outros requisitos pode também ocorrer como conseqüência da menção de normas técnicas em legislação classificada como aplicável com requisitos, ou ainda requisitos de contratos específicos, na Planilha de Legislação Aplicável (Anexo 1 QHSE 11). 6.3 ASSOCIAÇÃO DOS ASPECTOS E IMPACTOS AMBIENTAIS E PERIGOS E RISCOS DE SAÚDE E SEGURANÇA AOS REQUISITOS LEGAIS E OUTROS REQUISITOS Os aspectos ambientais e seus impactos, bem como os perigos e riscos de segurança e saúde associados, são inseridos na Planilha de Legislação Aplicável (Anexo 1 QHSE 11) nas colunas específicas, respectivamente, para cada requisito legal correspondente aplicável. Essas informações possuem correlação direta aos aspectos ambientais e seus impactos, e perigos e riscos, oriundos das avaliações definidas pelos procedimentos QHSE PR 70 Identificação de Aspectos e Avaliação de Impactos Ambientais e QHSE PR 75 Identificação de Perigos, Avaliação de Riscos e Determinação de Controles Em caso de revisão das planilhas de identificação de aspectos e impactos ambientais e identificação de perigos, avaliação de riscos e determinação de controles, a Planilha de Legislação Aplicável (Anexo 1 QHSE 11) pode ser revisada, caso a revisão em questão seja relevante do ponto de vista legal. 6.4 FERRAMENTA DE ATUALIZAÇÃO DA PLANILHA DE LEGISLAÇÃO APLICÁVEL A Planilha de Legislação Aplicável, Anexo 1 QHSE 11, é revisada (item 6.1.4) quanto às atualizações do texto integral das legislações federal, estadual e municipal pela Gerência de QHSE via acesso à internet com usuário e senha próprios do BUREAU VERITAS BRASIL, através da ferramenta da empresa "Inteligência Ambiental" disponibilizada, conforme procedimento descrito abaixo: Acessar o link e será visualizada a tela apresentada abaixo: 6

7 6.4.3 Nos campos Login e Senha digitar as informações apresentadas abaixo: Login: Caso seja necessário, contactar a Gerência de QHSE Senha: Caso seja necessário, contactar a Gerência de QHSE No campo apresentado logo abaixo de senha, aparecem três opções, Cliente, Representante e Auditor. Clicar na opção Auditor e em seguida OK Após execução da etapa descrita no item 6.4.4, será visualizada a tela abaixo: 7

8 6.4.6 Para maiores detalhes sobre a utilização dessa ferramenta podem ser obtidos no Manual do Usuário apresentado abaixo: MANUAL DO USUÁRIO-pdf.zip Observação: Na própria Planilha de Legislação Aplicável, Anexo 1 QHSE 11, encontra-se uma ilustração detalhada do procedimento de acesso à ferramenta Inteligência Ambiental, conforme figura abaixo. 8

9 6.4.7 Outras ferramentas podem ser utilizadas para a atualização da Planilha de Legislação Aplicável (Anexo 1 QHSE 11), tais como por exemplo: Internet (via acesso à outros sites seguros como "JusBrasil Legislações"), Diário Oficial, site do 9

10 Ministério do Trabalho (http://portal.mte.gov.br/legislacao/normas-regulamentadoras-1.htm), entre outros Outra forma de atualização é através do recebimento periódico (geralmente, a cada mês) de uma planilha com as atualizações dos requisitos legais do último período, enviados por consultores do Grupo Bureau Veritas à Gerência QHSE. Esta planilha é avaliada pela área de QHSE e a atualização da Planilha de Legislação Aplicável pode ser feita periodicamente com base neste arquivo. 6.5 IMPLEMENTAÇÃO DA ATUALIZAÇÃO DA PLANILHA DE LEGISLAÇÃO AMBIENTAL A gerência de QHSE analisa a atualização da Planilha de Legislação Aplicável (Anexo 1 QHSE 11) e define juntamente com as áreas operacionais e de suporte (RH, Finanças, e outras), quando aplicável, a implantação das medidas necessárias para atendimento das novas obrigações estabelecidas na legislação e / ou outros requisitos A cada revisão da Planilha de Requisitos Legais, salvar a planilha em um novo arquivo para manter o histórico da atualização, colocando o mês e o ano no final do nome do documento. 6.6 ACESSO À PLANILHA DE LEGISLAÇÃO APLICÁVEL, LEGISLAÇÃO E OUTROS REQUISITOS E NORMAS TÉCNICAS A Planilha de Legislação Aplicável (Requisitos Legais e outros Requisitos _ Anexo 1 QHSE 11) pode ser acessada através de solicitação a ser efetuada para a Gerência de QHSE, conforme descrito no procedimento GRH PR 74 Comunicação Interna e Externa A Planilha de Legislação Aplicável (Requisitos Legais e outros Requisitos _ Anexo 1 QHSE 11) será disponibilizada para consulta, para os colaboradores do BUREAU VERITAS BRASIL, através de sua Intranet A Planilha de Legislação Aplicável (Requisitos Legais e outros Requisitos _ Anexo 1 QHSE 11) pode ser também disponibilizada para consulta para todos os colaboradores do BUREAU VERITAS BRASIL, através da solicitação dos Gestores desses colaboradores à Gerência de QHSE O acesso ao texto, em sua íntegra, da legislação e / ou outros requisitos é realizado através do acesso à internet "Inteligência Ambiental" (conforme descrito no item 6.4 Ferramentas de Atualização da Planilha de Legislação Aplicável deste procedimento) pela Gerência de QHSE. 10

11 6.6.3 O acesso aos documentos descrito no item para os colaboradores do BUREAU VERITAS BRASIL é feito através da solicitação dos Gestores desses colaboradores à Gerência de QHSE. 6.7 MONITORAMENTO DA CONFORMIDADE LEGAL E OUTROS REQUISITOS A gerência de QHSE, Gerências Regionais, ou pessoa por estas designadas monitoram o atendimento à legislação, identificada na Planilha de Legislação Aplicável (Requisitos Legais e outros Requisitos _ Anexo 1 QHSE 11), respeitando os prazos especificados para cada requisito para os escritórios A verificação ao atendimento à legislação e a outros requisitos através da Planilha de Legislação Aplicável (Requisitos Legais e outros Requisitos _ Anexo 1 QHSE 11), é realizada pela Gerência de QHSE É de responsabilidade dos Gestores de Contratos / Gerências Regionais do BUREAU VERITAS BRASIL o atendimento aos requisitos legais e outros requisitos de contratos específicos (item 3.3) Na revisão anual da análise crítica (QHSE MG 01 - Manual do Sistema de Gestão de Qualidade, Meio Ambiente, Segurança e Saúde Ocupacional), inserir comentário sobre as atualizações / inserções de legislações. Nota: Quando for efetuada uma atualização da planilha e nesta atualização for identificada nova legislação aplicável a ser inserida na planilha, é recomendável que seja efetuada no ato da possível inserção na Planilha de Legislação Aplicável, a verificação do atendimento, para que, caso o requisito legal ainda não esteja sendo atendido, ou esteja sendo parcialmente atendido, possam ser iniciadas mais rapidamente as medidas para que este seja atendido o quanto antes. 7 REVISÃO Revisão 00 em 27/04/2006 Emissão Inicial Revisão 01 em 08/12/2006 Relação com os Aspectos e Impactos ambientais, inclusão Software Legis Ambiental. Revisão 02 em 18/06/2007 Revisado texto do procedimento em função da emissão de procedimento de documentação com inclusão de tópicos e alteração de texto, incluídos itens 6.5, 6.6 e 6.7 para melhor definição de como são tratados os requisitos 11

12 legais e outros requisitos. Revisão 03 em 14/02/2008 Modificado o item 3.1 quanto à aprovação deste documento e item acrescentadas as gerências regionais. Revisão 04 em 10/09/2009 Retirada dos itens referentes a responsabilidade social. Revisão dos Documentos de Referência e itens 6.1, 6.3, 6.4, 6.5, 6.6 e 6.7. Revisão 05 em 03/09/2010 Revisão nos itens e e anexo 1. Revisão 06 em 07/09/2010 Revisão nos itens e Revisão 07 em 08/11/2010 Revisão no item Comunicação dos Requisitos Legais e outros Requisitos. Revisão 08 em 29/08/2012 Item 3.1 Foi alterada a responsabilidade pela aprovação deste documento de Diretoria de Recursos Humanos para Diretoria de QHSE; item 3.3 foi revisado; Item 5 foi inserida terminologia Diretoria de QHSE; Inserido o arquivo QHSE 11 Modelo Planilha de Legislação Aplicável no anexo 1; Item Alteração da periodicidade de atualização da legislação aplicável de três meses para o período definido na frase a seguir: atualizada no prazo máximo de seis meses meses a um ano; Item revisão deste item para a inserção da nova ferramenta "Inteligência Ambiental" utilizada para revisão da planilha; Foram inseridos os itens a 6.4.6; Revisão do procedimento descrito no item 6.6; Inserido item e Nota no mesmo item 6.7; Durante a verificação, foram inseridos os itens e Revisão 09 em 30/12/2014 Retirado item 6.6.4; Inserido itens e ANEXOS ANEXO 1 QHSE 11 - PLANILHA DE LEGISLAÇÃO APLICÁVEL QHSE 11 Modelo Planilha de Legislação Aplicável - Rev.05-xls.zip 12

13 LEGENDA Colunas com preenchimento compulsório (valores pré-definidos pela Planilha de Legislação Aplicável): Local, Origem, Tipo, Tema, Aspecto, Impacto, Perigo, Dano, Área Responsável e Avaliação de Atendimento. Colunas sem preenchimento compulsório (valores a serem inseridos pelo usuário): Atualização vigente data da última atualização da planilha; Código código da legislação ou do órgão de origem; Número código numérico da legislação; Data Data da publicação da legislação; Requisito Artigo, itens, etc. Assunto ementa da legislação, um breve resumo sobre a abrangência da legislação; Data da avaliação data referente à avaliação do atendimento às legislações; Responsável nome do colaborador responsável pela avaliação do atendimento; Observações / Evidências Observações e evidências relacionadas à lei em questão, assim como seu atendimento. 13

OBJETIVO 2 APLICAÇÃO 3 ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES 4 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 5 TERMINOLOGIA 6 DESCRIÇÃO DO PROCESSO DE CONTROLE DE REGISTROS

OBJETIVO 2 APLICAÇÃO 3 ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES 4 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 5 TERMINOLOGIA 6 DESCRIÇÃO DO PROCESSO DE CONTROLE DE REGISTROS Aprovado ' Elaborado por Daniel Trindade/BRA/VERITAS em 05/02/2013 Verificado por Cintia Kikuchi em 05/02/2013 Aprovado por Americo Venturini/BRA/VERITAS em 14/02/2013 ÁREA QHSE Tipo Procedimento Regional

Leia mais

Impresso em 26/08/2015 10:52:49 (Sem título)

Impresso em 26/08/2015 10:52:49 (Sem título) Aprovado ' Elaborado por Cintia Kikuchi/BRA/VERITAS em 08/01/2015 Verificado por Neidiane Silva em 09/01/2015 Aprovado por Americo Venturini/BRA/VERITAS em 12/01/2015 ÁREA QHSE Tipo Procedimento Regional

Leia mais

1. OBJETIVO 2. APLICAÇÃO 3. ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES 4. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 5. TERMINOLOGIA

1. OBJETIVO 2. APLICAÇÃO 3. ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES 4. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 5. TERMINOLOGIA Aprovado ' Elaborado por Andrea Gaspar/BRA/VERITAS em 04/11/2014 Verificado por Cristiane Muniz em 04/11/2014 Aprovado por Andrea Gaspar/BRA/VERITAS em 19/11/2014 ÁREA GRH Tipo Procedimento Regional Número

Leia mais

SUMÁRIO. Daniel Bortolin02/02/2015 ÍNDICE: ÁREA. Número 80 Título. Aprovação comunicada para Cintia Kikuchi/BRA/VERITAS; Fernando Cianci/BRA/VERITAS

SUMÁRIO. Daniel Bortolin02/02/2015 ÍNDICE: ÁREA. Número 80 Título. Aprovação comunicada para Cintia Kikuchi/BRA/VERITAS; Fernando Cianci/BRA/VERITAS Aprovado ' Elaborado por Daniel Bortolin/BRA/VERITAS em 02/02/2015 Verificado por Cintia Kikuchi em 02/02/2015 Aprovado por Americo Venturini/BRA/VERITAS em 02/02/2015 ÁREA QHSE Tipo Procedimento Regional

Leia mais

Fernando Cianci19/10/2015 ÍNDICE: ÁREA. Número 87 Título. Aprovação comunicada para Cintia Kikuchi/BRA/VERITAS; Fernando Cianci/BRA/VERITAS

Fernando Cianci19/10/2015 ÍNDICE: ÁREA. Número 87 Título. Aprovação comunicada para Cintia Kikuchi/BRA/VERITAS; Fernando Cianci/BRA/VERITAS Aprovado ' Elaborado por Fernando Cianci/BRA/VERITAS em 19/10/2015 Verificado por Cintia Kikuchi em 19/10/2015 Aprovado por Ricardo Fontenele/BRA/VERITAS em 19/10/2015 ÁREA QHSE Tipo Procedimento Regional

Leia mais

Impresso em 01/09/2015 15:46:32 (Sem título)

Impresso em 01/09/2015 15:46:32 (Sem título) Aprovado ' Elaborado por Cintia Kikuchi/BRA/VERITAS em 24/08/2015 Verificado por Fernando Cianci em 25/08/2015 Aprovado por Ricardo Fontenele/BRA/VERITAS em 25/08/2015 ÁREA QHSE Tipo Procedimento Regional

Leia mais

OBJETIVO 2 APLICAÇÃO 3 ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES 4 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 5 TERMINOLOGIA 6 DESCRIÇÃO DO PROCESSO DE GESTÃO DE MUDANÇAS

OBJETIVO 2 APLICAÇÃO 3 ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES 4 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 5 TERMINOLOGIA 6 DESCRIÇÃO DO PROCESSO DE GESTÃO DE MUDANÇAS Impresso em 26/08/2015 10:31:18 (Sem título Aprovado ' Elaborado por Daniel Trindade/BRA/VERITAS em 01/11/2013 Verificado por Cintia Kikuchi em 04/11/2013 Aprovado por Americo Venturini/BRA/VERITAS em

Leia mais

6.3 Plano de Ação 4 6.4 Registros de Auditoria 4

6.3 Plano de Ação 4 6.4 Registros de Auditoria 4 Aprovado ' Elaborado por Walquiria Rosa/BRA/VERITAS em 28/05/2015 Verificado por Cesar Aulicino em 28/05/2015 Aprovado por Sidney Campos/BRA/VERITAS em 29/05/2015 ÁREA IID Tipo Procedimento Regional Número

Leia mais

1. OBJETIVO 2. APLICAÇÃO 3. ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES 4. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 5. TERMINOLOGIA 6. DESCRIÇÃO DO PROCESSO DE DOCUMENTAÇÃO

1. OBJETIVO 2. APLICAÇÃO 3. ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES 4. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 5. TERMINOLOGIA 6. DESCRIÇÃO DO PROCESSO DE DOCUMENTAÇÃO Aprovado ' Elaborado por Andrea Gaspar/BRA/VERITAS em 06/12/2013 Verificado por Cristiane Muniz em 06/12/2013 Aprovado por Denis Fortes/BRA/VERITAS em 06/12/2013 ÁREA GRH Tipo Procedimento Regional Número

Leia mais

6.1AVALIAÇÃO INICIAL 6.2CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE FORNECEDORES 6.3 NOTAS, CONCEITOS, MEDIDAS E CRITÉRIOS DA AVALIAÇÃO DE FORNECEDORES.

6.1AVALIAÇÃO INICIAL 6.2CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE FORNECEDORES 6.3 NOTAS, CONCEITOS, MEDIDAS E CRITÉRIOS DA AVALIAÇÃO DE FORNECEDORES. Aprovado ' Elaborado por Fernando Cianci/BRA/VERITAS em 02/09/2014 Verificado por Jose Eduardo em 08/09/2014 Aprovado por Sandro de Luca/BRA/VERITAS em 08/09/2014 ÁREA GFI Tipo Procedimento Regional Número

Leia mais

1 OBJETIVO 2 APLICAÇÃO 3 ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES 4 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 5 TERMINOLOGIA

1 OBJETIVO 2 APLICAÇÃO 3 ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES 4 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 5 TERMINOLOGIA Aprovado ' Elaborado por Cintia Kikuchi/BRA/VERITAS em 16/10/2015 Verificado por Fernando Cianci em 16/10/2015 Aprovado por Ricardo Fontenele/BRA/VERITAS em 16/10/2015 ÁREA QHSE Tipo MANUAL Número 01.11

Leia mais

Renata Filardi/BRA/VERITAS18/10/2006 ÍNDICE: 1 INTRODUÇÃO 1.1 ESCOPO MANUAL 1.2 VISÃO E MISSÃO DO BUREAU VERITAS 1.2.2 - VISÃO 1.2.

Renata Filardi/BRA/VERITAS18/10/2006 ÍNDICE: 1 INTRODUÇÃO 1.1 ESCOPO MANUAL 1.2 VISÃO E MISSÃO DO BUREAU VERITAS 1.2.2 - VISÃO 1.2. Aprovado ' Elaborado por Renata Filardi/BRA/VERITAS em 18/10/2006 Verificado por Renato Catrib/BRA/VERITAS em 18/10/2006 Aprovado por Renato Catrib/BRA/VERITAS em 18/10/2006 ÁREA DGL Tipo MANUAL Número

Leia mais

1.OBJETIVO 2.APLICAÇÃO 3.ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES 4.DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 5.TERMINOLOGIA 6.DESCRIÇÃO DO PROCESSO

1.OBJETIVO 2.APLICAÇÃO 3.ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES 4.DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 5.TERMINOLOGIA 6.DESCRIÇÃO DO PROCESSO Aprovado ' Elaborado por Fernando Cianci/BRA/VERITAS em 28/11/2014 Verificado por Jose Eduardo em 28/11/2014 Aprovado por Sandro de Luca/BRA/VERITAS em 04/12/2014 ÁREA GFI Tipo Procedimento Regional Número

Leia mais

1 OBJETIVO 2 APLICAÇÃO 3 ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES 4 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 5 TERMINOLOGIA 6 DESCRIÇÃO DO PROCESSO

1 OBJETIVO 2 APLICAÇÃO 3 ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES 4 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 5 TERMINOLOGIA 6 DESCRIÇÃO DO PROCESSO Aprovado ' Elaborado por Cintia Kikuchi/BRA/VERITAS em 02/01/2015 Verificado por Rodolfo Ferreira em 08/01/2015 Aprovado por Americo Venturini/BRA/VERITAS em 09/01/2015 ÁREA QHSE Tipo Procedimento Regional

Leia mais

Manual Operacional do Assessor Jurídico

Manual Operacional do Assessor Jurídico Manual Operacional do Assessor Jurídico SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS E SERVIÇOS - MÓDULO COMPRAS - EMISSÃO DE PARECER JURÍDICO PARA PROCESSOS DE COMPRA COM EDITAL OU DE DISPENSA DE LICITAÇÃO

Leia mais

PROCEDIMENTO GERAL PARA ROTULAGEM AMBIENTAL FALCÃO BAUER ECOLABEL BRASIL

PROCEDIMENTO GERAL PARA ROTULAGEM AMBIENTAL FALCÃO BAUER ECOLABEL BRASIL 1. Introdução O Falcão Bauer Ecolabel é um programa de rotulagem ambiental voluntário que visa demonstrar o desempenho ambiental de produtos e serviços através da avaliação da conformidade do produto com

Leia mais

ALTERAÇÃO DAS CONFI GURAÇÕES PESSOAI S... 3 I NSERÇÃO DE M ATERI AL NO PORTAL... 3 1. NOTÍ CI A... 3 2. EVENTO... 4 3. PÁGI NA... 4 4. I MAGEM...

ALTERAÇÃO DAS CONFI GURAÇÕES PESSOAI S... 3 I NSERÇÃO DE M ATERI AL NO PORTAL... 3 1. NOTÍ CI A... 3 2. EVENTO... 4 3. PÁGI NA... 4 4. I MAGEM... GUIA DO USUÁRIO CGI ALTERAÇÃO DAS CONFI GURAÇÕES PESSOAI S... 3 I NSERÇÃO DE M ATERI AL NO PORTAL... 3 1. NOTÍ CI A... 3 2. EVENTO... 4 3. PÁGI NA... 4 4. I MAGEM... 5 5. ARQUI VO... 6 6. DOCUMENTO...

Leia mais

O Banco Central do Brasil em 29/06/2006 editou a Resolução 3380, com vista a implementação da Estrutura de Gerenciamento do Risco Operacional.

O Banco Central do Brasil em 29/06/2006 editou a Resolução 3380, com vista a implementação da Estrutura de Gerenciamento do Risco Operacional. 1 POLÍTICA DE GERENCIAMENTO DO RISCO OPERACIONAL 1.1 Introdução O Banco Central do Brasil em 29/06/2006 editou a Resolução 3380, com vista a implementação da Estrutura de Gerenciamento do Risco Operacional.

Leia mais

MANUAL INTEGRADO DOS SISTEMAS DO MEIO AMBIENTE E DE SAÚDE OCUPACIONAL E SEGURANÇA (EHS)

MANUAL INTEGRADO DOS SISTEMAS DO MEIO AMBIENTE E DE SAÚDE OCUPACIONAL E SEGURANÇA (EHS) 1/20 DO MEIO AMBIENTE E DE SAÚDE Emitido pelo Coordenador de EHS Luis Fernando Rocha Aguiar Aprovado pela Gerência da Usina de Itaúna Valério Toledo de Oliveira 2/20 Índice: 1 Objetivo e campo de aplicação

Leia mais

Juiz de Fora, Maio de 2015

Juiz de Fora, Maio de 2015 GUIA DE INSCRIÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA Juiz de Fora, Maio de 2015 Apoio: SHA ACN 00031/11 Para iniciar a inscrição do projeto, o usuário deverá acessar o link: inovare.ifsudestemg.edu.br e clicar em

Leia mais

Impresso em 27/08/2015 10:26:39 (Sem título)

Impresso em 27/08/2015 10:26:39 (Sem título) Aprovado ' Elaborado por Walquiria Rosa/BRA/VERITAS em 28/05/2015 Verificado por Cesar Aulicino em 28/05/2015 Aprovado por Sidney Campos/BRA/VERITAS em 29/05/2015 ÁREA IID Tipo Procedimento Regional Número

Leia mais

GESTORES/FISCAIS INSTITUCIONAIS. Módulo Monitoramento Obras 2.0 - FNDE

GESTORES/FISCAIS INSTITUCIONAIS. Módulo Monitoramento Obras 2.0 - FNDE VERSÃO PRELIMINAR ESTA VERSÃO ESTÁ EM CONSTANTE ATUALIZAÇÃO, PODENDO SOFRE ALTERAÇÃO NAS TELAS E INSTRUÇÕES Atualizado até a inserção de vistorias GESTORES/FISCAIS INSTITUCIONAIS Módulo Monitoramento Obras

Leia mais

Pesquisa Nacional sobre Programas Municipais de Transferência de Renda Outubro 2011 Brasília - DF

Pesquisa Nacional sobre Programas Municipais de Transferência de Renda Outubro 2011 Brasília - DF Guia de Navegação Simplificado Pesquisa Nacional sobre Programas Municipais de Transferência de Renda Outubro 2011 Brasília - DF APRESENTAÇÃO Caro participante, Bem-vindo ao Guia de Navegação Simplificado.

Leia mais

Controle de Documentação, Dados e Registros da Qualidade.

Controle de Documentação, Dados e Registros da Qualidade. PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS DIVISÃO DE GESTÃO DA Sistema de Gestão da Qualidade PROCEDIMENTO P. TJAM 57 Controle de Documentação, Dados e Registros da Qualidade. Elaborado

Leia mais

Manual do Usuário CMS WordPress Versão atual: 3.0

Manual do Usuário CMS WordPress Versão atual: 3.0 Manual do Usuário CMS WordPress Versão atual: 3.0 1 - Introdução O Centro de Gestão do Conhecimento Organizacional, CGCO, criou, em março de 2008, uma equipe para atender à demanda de criação de novos

Leia mais

Regulamento geral para a certificação dos Sistemas de Gestão

Regulamento geral para a certificação dos Sistemas de Gestão Regulamento geral para a certificação dos Sistemas de Gestão Em vigor a partir de 01/04/2016 RINA Via Corsica 12 16128 Genova - Itália tel. +39 010 53851 fax +39 010 5351000 website : www.rina.org Normas

Leia mais

MANUAL DATAPRONERA INSTRUÇÕES DE USO

MANUAL DATAPRONERA INSTRUÇÕES DE USO MANUAL DATAPRONERA INSTRUÇÕES DE USO Versão 1.0 - Preliminar Setembro / 2012 Índice ACESSO AO DATAPRONERA... 3 Navegadores Compatíveis... 3 LOGIN NO DATAPRONERA... 3 CADASTROS... 4 Pessoa Física... 4 CURSOS...

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL Sistema de Cadastro Único 7

MANUAL OPERACIONAL Sistema de Cadastro Único 7 MANUAL OPERACIONAL Sistema de Cadastro Único 7 Versão Preliminar 1 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...4 1.1 Apresentação...4 1.2 Organização e uso do manual...4 1.3 Dúvidas e canais de atendimento...4 2 VISÃO GERAL

Leia mais

Manual do Portal do Fornecedor. isupplier

Manual do Portal do Fornecedor. isupplier isupplier Revisão 01 Setembro 2011 Sumário 1 Acesso ao portal isupplier... 03 2 Home Funções da Tela Inicial... 05 3 Ordens de Compra Consultar Ordens de Compra... 07 4 Entregas Consultar Entregas... 13

Leia mais

Guia do Usuário. idocs Content Server v.2.0-1 -

Guia do Usuário. idocs Content Server v.2.0-1 - Guia do Usuário idocs Content Server v.2.0-1 - 2013 BBPaper_Ds - 2 - Sumário Introdução... 4 Inicializando a aplicação... 6 Ambiente... 7 Alterando o ambiente... 8 Senhas... 10 Alterando senhas... 10 Elementos

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Geral Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema de Almoxarifado

Leia mais

Conectar diferentes pesquisas na internet por um menu

Conectar diferentes pesquisas na internet por um menu Conectar diferentes pesquisas na internet por um menu Pré requisitos: Elaboração de questionário Formulário multimídia Publicação na internet Uso de senhas na Web Visualização condicionada ao perfil A

Leia mais

Passo a Passo para Rematrícula Online 2015

Passo a Passo para Rematrícula Online 2015 1. Entrar no site do Colégio: www.riobranco.org.br a) Digitar o Login, que é o número da Matrícula do Aluno (Seta 1) Dica: O número da matrícula pode ser localizado na carteirinha, boletim do aluno, ou

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ON LINE DE CONTROLE ACADÊMICO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ON LINE DE CONTROLE ACADÊMICO MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ON LINE DE CONTROLE ACADÊMICO 009 SUMÁRIO ACESSANDO O SISTEMA ON LINE... ACESSANDO SEUS RECADOS... 4. Lendo um Recado Recebido... 5. Excluindo um Recado Recebido... 6. Recuperando

Leia mais

WebQualis 3.0 MANUAL CAPES/MEC. Diretoria de Avaliação - DAV

WebQualis 3.0 MANUAL CAPES/MEC. Diretoria de Avaliação - DAV CAPES/MEC Diretoria de Avaliação - DAV WebQualis 3.0 Aplicativo para a classificação dos veículos de divulgação da produção científica da Pós-Graduação Brasileira MANUAL 2008 2 Fundação CAPES Presidente

Leia mais

Manual de Orientação de Cadastramento On-Line. Sistema Segundo Tempo - Convênios. Cadastro de Núcleo

Manual de Orientação de Cadastramento On-Line. Sistema Segundo Tempo - Convênios. Cadastro de Núcleo Manual de Orientação de Cadastramento On-Line Sistema Segundo Tempo - Convênios Cadastro de Núcleo O Cadastro de Núcleo só poderá ser efetuado mediante a senha de Coordenador-Geral. Acesso ao Sistema:

Leia mais

Rua Minas Gerais, 190 Higienópolis 01244-010 São Paulo/SP Brasil Fone (11) 3017.3600 Fax: (11) 3017.3633 www.abnt.org.br

Rua Minas Gerais, 190 Higienópolis 01244-010 São Paulo/SP Brasil Fone (11) 3017.3600 Fax: (11) 3017.3633 www.abnt.org.br GUIA DO VISUALIZADOR SUA EMPRESA ONLINE NO MUNDO DA NORMALIZAÇÃO SUMÁRIO 1 O QUE É ABNTCOLEÇÃO...3 1.1 CONFIGURAÇÕES MINIMAS DESEJAVEL...3 1.1.2 SEGURANÇADE REDE...3 2 COMO ACESSAR A SUA COLEÇÃO...4 2.1

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA PARA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 005/2014 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº: 198/2013

CHAMADA PÚBLICA PARA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 005/2014 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº: 198/2013 CHAMADA PÚBLICA PARA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 005/2014 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº: 198/2013 OBJETO: Locação de máquinas e equipamentos, com prestação de serviço dos operadores para operação e manutenção

Leia mais

Acesso ao Credenciamento

Acesso ao Credenciamento 2 1 Credenciamento Para todas as pessoas jurídicas que acessarem o sistema da NFS-e, será necessário inicialmente efetuar o credenciamento. O credenciamento é obrigatório para todas as empresas estabelecidas

Leia mais

Radar TISS Versão 2014

Radar TISS Versão 2014 Radar TISS Versão 2014 O que é o Radar TISS? 1. Público Alvo: Operadoras de planos privados de assistência à saúde com registro ativo na ANS em 01 de outubro de 2014, exceto as classificadas como Administradoras

Leia mais

Manual do Usuário - Cliente Externo

Manual do Usuário - Cliente Externo Versão 3.0 SGCL - Sistema de Gestão de Conteúdo Local SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 4 1.1. Referências... 4 2. COMO ESTÁ ORGANIZADO O MANUAL... 4 3. FUNCIONALIDADES GERAIS DO SISTEMA... 5 3.1. Acessar a Central

Leia mais

Ajuda On-line - Sistema de Relacionamento com o Cliente. Versão 1.1

Ajuda On-line - Sistema de Relacionamento com o Cliente. Versão 1.1 Ajuda On-line - Sistema de Relacionamento com o Cliente Versão 1.1 Sumário Sistema de Relacionamento com Cliente 3 1 Introdução... ao Ambiente do Sistema 4 Acessando... o Sistema 4 Sobre a Tela... do Sistema

Leia mais

SRP Sistema de Controle de Ata de Registro de Preço. Passo a Passo Gestor de Compras

SRP Sistema de Controle de Ata de Registro de Preço. Passo a Passo Gestor de Compras SRP Sistema de Controle de Ata de Registro de Preço Passo a Passo Gestor de Compras Como acessar Como Acessar O acesso ao Sistema se faz através da página da SEPLAG Clicando no Link destacado Como Acessar

Leia mais

TUTORIAL ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS

TUTORIAL ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS TUTORIAL ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS Brasília/DF Agosto/2015 3 4 Sumário 1 Menu Cadastro.... 8 1.1 Cadastro de Entidade... 9 1.2 Cadastro de Atividade... 10 1.3 Cadastro de Participante... 15 2 Menu Execução...

Leia mais

Manual. Cadastro de Usuários. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br Brasília, 27 de fevereiro de 2008.

Manual. Cadastro de Usuários. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br Brasília, 27 de fevereiro de 2008. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária Manual Cadastro de Usuários Gerência-Geral de Gestão de Tecnologia da Informação Gerência de Desenvolvimento de Sistemas www.anvisa.gov.br Brasília, 27

Leia mais

Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP FAQ PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES

Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP FAQ PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP FAQ PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES Operacionalização - Solicitação de Viagem 1 CADASTRAMENTO DE VIAGEM 1.1 Como reativar uma PCDP já cancelada? 1.2 -

Leia mais

UNICAMP SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNICAMP MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA COLETA DE DADOS DO RELATÓRIO ESTATÍSTICO DE DESEMPENHO DO SBU

UNICAMP SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNICAMP MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA COLETA DE DADOS DO RELATÓRIO ESTATÍSTICO DE DESEMPENHO DO SBU UNICAMP SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNICAMP MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA COLETA DE DADOS DO RELATÓRIO ESTATÍSTICO DE DESEMPENHO DO SBU MANUAL 2004 Manual editado pela Assessoria de Planejamento da Biblioteca

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Versão 2015.2 Editada em julho de 2015 SUMÁRIO 1. Objetivo da Política...3 2. Abrangência...3 3. Princípios...3 4. Das Diretrizes Estratégicas...4 5. Da Estrutura

Leia mais

PARECER DOS AUDITORES INDEPENDENTES SEM RESSALVA

PARECER DOS AUDITORES INDEPENDENTES SEM RESSALVA PARECER DOS AUDITORES INDEPENDENTES SEM RESSALVA Aos administradores, conselheiros e participantes Fundo de Pensão Multipatrocinado da Ordem dos Advogados do Brasil, Seção do Paraná e da Caixa de Assistência

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Canal do Segurado Transporte. Canal do Segurado Página 1

MANUAL DO USUÁRIO. Canal do Segurado Transporte. Canal do Segurado Página 1 MANUAL DO USUÁRIO Canal do Segurado Transporte Canal do Segurado Página 1 Sumário 1. Introdução... 3 2. Site Institucional... 4 2.1. Acessando os Serviços de Transporte SEGURADO... 4 3. Serviços de Transporte...

Leia mais

Manual do Operacional do Sistema Calendário da Gestão Municipal. 1ª Versão

Manual do Operacional do Sistema Calendário da Gestão Municipal. 1ª Versão Manual do Operacional do Sistema Calendário da Gestão Municipal 1ª Versão 23/01/2009 Federação Catarinense de Municípios - FECAM Apresentação O Calendário da Gestão Municipal é um sistema desenvolvido

Leia mais

PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O COORDENADOR

PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O COORDENADOR PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O COORDENADOR NOVAS FUNCIONALIDADES DO WEB PORTFÓLIO PROVAB 2015 Brasília/DF, 12 de novembro de 2015. 1 APRESENTAÇÃO NOVAS FUNCIONALIDADES

Leia mais

Guia para Utilização do Site. Apoio Integrado à Gestão Descentralizada do SUS

Guia para Utilização do Site. Apoio Integrado à Gestão Descentralizada do SUS Guia para Utilização do Site Apoio Integrado à Gestão Descentralizada do SUS Endereço: http://www.saude.gov.br/apoio Abaixo é apresentada a tela de entrada do Site de Apoio Integrado à Gestão Descentralizada

Leia mais

Manual do Portal do Aluno

Manual do Portal do Aluno Manual do Portal do Aluno Setor de Tecnologia da Informação T.I. Escola Superior Batista do Amazonas Última revisão: 9/10/2012 Conteúdo 1. Acessando o Portal do Aluno... 3 2. Menu do Portal do Aluno...

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PROCESSO Nº 0541.000060/2014-00. Página 1 de 11

TERMO DE REFERÊNCIA PROCESSO Nº 0541.000060/2014-00. Página 1 de 11 TERMO DE REFERÊNCIA PROCESSO Nº 0541.000060/2014-00 Página 1 de 11 1. DO OBJETO Contratação de desenvolvimento de aplicativo mobile de auditoria interna patrimonial. 1.1. Modalidade de Aquisição: Contratação

Leia mais

2 APLICAÇÃO 3 ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES 4 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 5 TERMINOLOGIA 6 DESCRIÇÃO DAS ROTINAS ADMINISTRATIVAS_ZIG

2 APLICAÇÃO 3 ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES 4 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 5 TERMINOLOGIA 6 DESCRIÇÃO DAS ROTINAS ADMINISTRATIVAS_ZIG Aprovado ' Elaborado por Luana Gomes/BRA/VERITAS em 21/10/2013 Verificado por Luis Fernando em 22/10/2013 Aprovado por Marcio Pereira/BRA/VERITAS em 22/10/2013 ÁREA M&O Tipo Instrução Administrativa Número

Leia mais

Manual de Licitações. Autoridade Competente

Manual de Licitações. Autoridade Competente Manual de Licitações Autoridade Competente GOVERNANÇA ELETRÔNICA CIDADECOMPRAS Manual de Licitações Autoridade Competente ABRIL/2011 3 PRESIDENTE DA CONFEDERAÇÃO NACIONAL DE MUNICÍPIOS Paulo Roberto Ziulkoski

Leia mais

Manual MQS. Logo após colocar essas informações abrirá a página inicial do sistema:

Manual MQS. Logo após colocar essas informações abrirá a página inicial do sistema: Manual MQS Para acessar o sistema MQS na versão em PHP, basta clicar no link: www.mqs.net.br/plus. Colocar login e senha que foram fornecidos por email. Logo após colocar essas informações abrirá a página

Leia mais

Sistema de Gestão da Qualidade MQ Manual da Qualidade SUMÁRIO... 1 1. APRESENTAÇÃO... 2

Sistema de Gestão da Qualidade MQ Manual da Qualidade SUMÁRIO... 1 1. APRESENTAÇÃO... 2 Revisão:14 Folha:1 de17 SUMÁRIO SUMÁRIO... 1 1. APRESENTAÇÃO... 2 2. RESPONSABILIDADE DA DIREÇÃO... 3 2.1 POLÍTICA DA QUALIDADE... 3 2.2 OBJETIVOS DA QUALIDADE... 4 2.3 ORGANIZAÇÃO DA EMPRESA PARA A QUALIDADE...

Leia mais

SIGA Manual -1ª - Edição

SIGA Manual -1ª - Edição SIGA Manual -1ª - Edição ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 4 2. MÓDULO DE PROCESSOS 4 3. ACESSO AO SISTEMA 4 3.1 Acessando o Sistema 4 3.2 Primeiro Acesso 5 3.3 Login do Fornecedor 5 o Teclado Virtual 5 o Máquina Virtual

Leia mais

MANUAL SISTEMA AJG/CJF

MANUAL SISTEMA AJG/CJF MANUAL DO SISTEMA AJG/CJF ÍNDICE 1. SEJA BEM VINDO AO AJG... 3 1.1 Seja Bem-Vindo!... 3 2. SOBRE A AJUDA... 4 2.1 Como navegar no ajuda on-line... 4 3. SOBRE O SISTEMA... 5 3.1 Sobre o sistema... 5 3.2

Leia mais

AJUDA IMPORTAÇÃO NFe GERENCIADOR e PORTAL NFe PREMIUM CONTABILIDADE

AJUDA IMPORTAÇÃO NFe GERENCIADOR e PORTAL NFe PREMIUM CONTABILIDADE AJUDA IMPORTAÇÃO NFe GERENCIADOR e PORTAL NFe PREMIUM CONTABILIDADE ESTE PROCEDIMENTO DEVE SER REALIZADO SEMANALMENTE, IMPRETERIVELMENTE, PODENDO NO MÁXIMO OCORRER UM ENTERVALO ENTRE AS IMPORTAÇÕES DE

Leia mais

DIÁRIO DE CLASSE ONLINE

DIÁRIO DE CLASSE ONLINE TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO MANUAL DO USUÁRIO ESAJ WEB DIÁRIO DE CLASSE ONLINE Versão 2.2.0 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 2/17 ÍNDICE I COMO ACESSAR O SISTEMA 3 II

Leia mais

REGULAMENTO DE TRABALHO AUDITORIAS DE CERTIFICAÇÃO ABMAPRO

REGULAMENTO DE TRABALHO AUDITORIAS DE CERTIFICAÇÃO ABMAPRO REGULAMENTO DE TRABALHO AUDITORIAS DE CERTIFICAÇÃO ABMAPRO Fevereiro de 2012 1 SUMÁRIO 1. Dos Princípios e Objetivos 2. Dos Fundamentos do Programa 3. Da Estrutura do Programa 4. Da Documentação de Referência

Leia mais

MANUAL VERSÃO 4.14 0

MANUAL VERSÃO 4.14 0 0 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 1. O QUE É O EOL?... 2 2. ACESSANDO O EOL... 2 3. TELA INICIAL... 3 4. EXAMES ADMISSIONAIS... 4 5. MUDANÇA DE FUNÇÃO... 7 6. EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO AO TRABALHO... 8 7. EXAMES

Leia mais

Edital de Seleção Pública de Projetos Sociais

Edital de Seleção Pública de Projetos Sociais Disposições Gerais As inscrições dos projetos serão aceitas com a entrega física do projeto, acompanhado de CD ROM com a versão digitalizada, nos escritórios das Regionais da CEMAR (relação ANEXO I), ou

Leia mais

Relatórios. Manual. Pergamum

Relatórios. Manual. Pergamum Relatórios Manual Pergamum Manual PER-MAN-005 Estatísticas Circulação de Materiais - Geral Sumário 1. APRESENTAÇÃO... 1-4 1.1 PESQUISANDO ESTATÍSITICAS E RELATÓRIOS... 1-10 1.2 UTILIZANDO O MÓDULO RELATÓRIOS...

Leia mais

Cartão Usuário ISSEM

Cartão Usuário ISSEM Cartão Usuário ISSEM Objetivo: O sistema é on-line e oferece ao segurado do Instituto, facilidade e rapidez nos atendimentos junto aos nossos credenciados. Com o uso de um cartão, o segurado pode dirigir-se

Leia mais

Recrutamento e Seleção. Orientações aos Candidatos

Recrutamento e Seleção. Orientações aos Candidatos Recrutamento e Seleção Orientações aos Candidatos COPACOL - COOPERATIVA AGROINDUSTRIAL CONSOLATA DEPARTAMENTO DE GESTÃO DE PESSOAS Recrutamento e Seleção Orientações aos Candidatos Índice 1. Objetivo...

Leia mais

Importação de Itens através de Planilha de Dados

Importação de Itens através de Planilha de Dados Importação de Itens através de Planilha de Dados Introdução Ao possuir uma planilha com dados de itens que podem ser cadastrados ou atualizados no sistema, é possível efetuar a importação da mesma após

Leia mais

Este documento consiste em 9 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Julho de 2009.

Este documento consiste em 9 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Julho de 2009. Manual do Usuário IRec 100 1.5 Este documento consiste em 9 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Julho de 2009. Impresso no Brasil. Sujeito a alterações técnicas. A reprodução

Leia mais

2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 1

2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 1 2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 1 2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

Procedimento Sistêmico N⁰ do procedimento: PS 01

Procedimento Sistêmico N⁰ do procedimento: PS 01 1/ 6 Nº revisão Descrição da Revisão 00 Emissão do documento 01 Adequação aos processos Adequação de seu conteúdo para sistema ISO 9001:2008 e alteração de nomenclatura. 02 Deixa de ser chamado de PO (Procedimento

Leia mais

Prefeitura Municipal de Sete Lagoas Secretaria de Planejamento Orçamento e Tecnologia Subsecretaria de Tecnologia da Informação

Prefeitura Municipal de Sete Lagoas Secretaria de Planejamento Orçamento e Tecnologia Subsecretaria de Tecnologia da Informação Tutorial para abertura de chamado Este sistema foi personalizado, instalado e configurado pela equipe da. O objetivo desta implantação é informatizar os registros de atendimento de suporte técnico para

Leia mais

Copyright Proibida Reprodução. Prof. Éder Clementino dos Santos

Copyright Proibida Reprodução. Prof. Éder Clementino dos Santos NOÇÕES DE OHSAS 18001:2007 CONCEITOS ELEMENTARES SISTEMA DE GESTÃO DE SSO OHSAS 18001:2007? FERRAMENTA ELEMENTAR CICLO DE PDCA (OHSAS 18001:2007) 4.6 ANÁLISE CRÍTICA 4.3 PLANEJAMENTO A P C D 4.5 VERIFICAÇÃO

Leia mais

Dúvidas Freqüentes IMPLANTAÇÃO. 1- Como aderir à proposta AMQ?

Dúvidas Freqüentes IMPLANTAÇÃO. 1- Como aderir à proposta AMQ? Dúvidas Freqüentes IMPLANTAÇÃO 1- Como aderir à proposta AMQ? A adesão é realizada através do preenchimento e envio do Formulário de Cadastramento Municipal no site do projeto. O gestor municipal da saúde

Leia mais

PROCEDIMENTO ESPECÍFICO PARA CERTIFICAÇÃO SELO ECOLÓGICO FALCÃO BAUER

PROCEDIMENTO ESPECÍFICO PARA CERTIFICAÇÃO SELO ECOLÓGICO FALCÃO BAUER 1. Introdução A Certificação do Selo Ecológico Falcão Bauer possui caráter voluntário e visa demonstrar o desempenho ambiental de produtos e serviços através da avaliação do diferencial ecológico apresentado

Leia mais

COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML. Após abrir o sistema, localize o menu no canto superior esquerdo e clique em Movimentação > Entrada Material

COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML. Após abrir o sistema, localize o menu no canto superior esquerdo e clique em Movimentação > Entrada Material COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML Observação: O arquivo XML da nota fiscal deve estar salvo em seu computador. Se o seu fornecedor não enviou o arquivo por e-mail, você pode obter o arquivo pela internet,

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA WEBDIÁRIO PERFIL PROFESSOR. Diário Eletrônico do Sistema Nambei

MANUAL DO SISTEMA WEBDIÁRIO PERFIL PROFESSOR. Diário Eletrônico do Sistema Nambei MANUAL DO SISTEMA WEBDIÁRIO PERFIL PROFESSOR Diário Eletrônico do Sistema Nambei ÍNDICE DE ILUSTRAÇÕES Figura 1 Tela de Acesso... 3 Figura 2 - Alteração de Senha... 3 Figura 3 - Página inicial - Perfil

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: PROJETO VERSÃO 1.1 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 10/11/2011 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 08/01/2013 1.1 Atualização do

Leia mais

Manual de utilização

Manual de utilização Manual de utilização 1 Índice Calendário... 3 Usuários... 4 Contato... 5 Alterar... 5 Excluir... 5 Incluir... 5 Feriados... 9 Nacionais... 9 Regionais... 9 Manutenção... 9 Obrigações... 9 Obrigações Legais...

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF MANUAL DE NAVEGAÇÃO MÓDULO DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS APLICATIVO UPLOAD/DOWNLOAD Versão do Guia: 1.1 Brasília, DF Abril de 2011 2011 Ministério do Desenvolvimento

Leia mais

Sumário. 1- O que é o Moodle? 2- Cadastrando-se. Comissão de Ensino a Distância (CEAD) - FCM - UNICAMP

Sumário. 1- O que é o Moodle? 2- Cadastrando-se. Comissão de Ensino a Distância (CEAD) - FCM - UNICAMP Comissão de Ensino a Distância (CEAD) - FCM - UNICAMP Manual Moodle MD758 Ensino a Distância (EAD) para disciplina Atenção Integral à Saúde Sumário 1- O que é o Moodle?...1 2- Cadastrando-se...1 3- A tela

Leia mais

Procedimentos para Realização de Avaliação de Desempenho Etapa 1: Organizar Estrutura

Procedimentos para Realização de Avaliação de Desempenho Etapa 1: Organizar Estrutura Procedimentos para Realização de Avaliação de Desempenho Etapa 1: Organizar Estrutura Versão: V0_0_3 Data: 11 de abril de 2014 Diretoria Geral de Recursos Humanos - DGRH Site: http://www.dgrh.unicamp.br

Leia mais

Sumário. Edital de Seleção Pública para Projetos de Patrocinios 2015 2

Sumário. Edital de Seleção Pública para Projetos de Patrocinios 2015 2 Sumário 1. Preâmbulo... 3 2. Funcionamento Geral do Aplicativo... 3 3. Cadastramento Do Proponente... 4 3.1 Dados do Proponente... 5 4. Cadastramento da Solicitação de Patrocínio... 6 4.1 Descrição do

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

Manual de Treinamento Serviços de Manutenção Ticket Car. Operações via POS/TEF

Manual de Treinamento Serviços de Manutenção Ticket Car. Operações via POS/TEF Manual de Treinamento Serviços de Manutenção Ticket Car Operações via POS/TEF Cartão Ticket Car CIU - Cartão de Identificação do Usuário ÍNDICE Operações com o Cartão Ticket Car... 04 POS Ticket Car :

Leia mais

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Versão Fevereiro/2013 Índice PCS - Módulo de Prestação de Contas...3 Acesso ao Módulo PCS...3 1. Contas financeiras...5 1.1. Cadastro de

Leia mais

Índice. 1. Registro de Usuários. 2. Acesso ao Sistema. 3. Logar no Sistema. 4. Esquecimento de Senha. 5. Alteração de Senha

Índice. 1. Registro de Usuários. 2. Acesso ao Sistema. 3. Logar no Sistema. 4. Esquecimento de Senha. 5. Alteração de Senha Índice 1. Registro de Usuários 2. Acesso ao Sistema 3. Logar no Sistema 4. Esquecimento de Senha 5. Alteração de Senha 6. Sistema SISAUTO - Sistema de Automonitoramento de Efluentes Líquidos Industriais

Leia mais

Gestão de Formação CURSOS/EVENTOS

Gestão de Formação CURSOS/EVENTOS Gestão de Formação CURSOS/EVENTOS Página 1 de 21 SUMÁRIO Sumário... 2 Acesso ao GFO / Cursos & Eventos... 6 Página 2 de 21 PRÉ-CONDIÇÕES PARA REALIZAR A INSCRIÇÃO DE CANDIDATO A DIRETOR: O processo de

Leia mais

CAERN. Descrição de Perfis

CAERN. Descrição de Perfis 8 Nível: Médio Reporte: Coordenador Sumário Executar atividades administrativas de apoio às diversas áreas da empresa. Atividades Arquivar documentos Arquivar documentos, classificando-os em pastas específicas,

Leia mais

Ação Corretiva ação tomada para garantir que a não-conformidade real ou reclamação de cliente procedente volte a se manifestar.

Ação Corretiva ação tomada para garantir que a não-conformidade real ou reclamação de cliente procedente volte a se manifestar. : CONTROLE DE AÇÕES CORRETIVAS E PÁGINA: 1 de 7 1.0 OBJETIVO: Eliminar as causas das não-conformidades reais ou potenciais, identificadas por meio dos seguintes processos: Pesquisas de satisfação dos clientes,

Leia mais

Primeiros passos das Planilhas de Obra v2.6

Primeiros passos das Planilhas de Obra v2.6 Primeiros passos das Planilhas de Obra v2.6 Instalação, configuração e primeiros passos para uso das planilhas de obra Elaborado pela Equipe Planilhas de Obra.com Conteúdo 1. Preparar inicialização das

Leia mais

Questionários MT-611-00004 Última Atualização 25/04/2012

Questionários MT-611-00004 Última Atualização 25/04/2012 Questionários MT-611-00004 Última Atualização 25/04/2012 I. Objetivos Após completar este módulo de capacitação você será capaz de: 1. Entender os conceitos envolvidos no processo de avaliação realizado

Leia mais

Escritório Virtual - Apresentação. Acesso ao Portal do Escritório Virtual

Escritório Virtual - Apresentação. Acesso ao Portal do Escritório Virtual Página2 Escritório Virtual - Apresentação O escritório Virtual visa uma aproximação entre o escritório e seus clientes, possibilitando encurtar caminhos para envio e recebimento de arquivos e informações

Leia mais

DETRAN-MG. Manual do Usuário. SIAEX Sistema de Agendamento de Exames Processos de Serviços. Versão 1.0. Autores: Mauro Stancioli. Belo Horizonte - MG

DETRAN-MG. Manual do Usuário. SIAEX Sistema de Agendamento de Exames Processos de Serviços. Versão 1.0. Autores: Mauro Stancioli. Belo Horizonte - MG DETRAN-MG Manual do Usuário SIAEX Sistema de Agendamento de Exames Processos de Serviços Versão 1.0 Autores: Mauro Stancioli Belo Horizonte - MG 18/09/2015 Copyright 2008 Prodemge. Todos os direitos reservados.

Leia mais

INFORME TÉCNICO Nº 04: INSTRUÇÕES PARA OPERACIONALIZAÇÃO DO MÓDULO GRUPO GESTOR DO SISTEMA BPC NA ESCOLA

INFORME TÉCNICO Nº 04: INSTRUÇÕES PARA OPERACIONALIZAÇÃO DO MÓDULO GRUPO GESTOR DO SISTEMA BPC NA ESCOLA MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DEPARTAMENTO DE BENEFÍCIOS ASSISTENCIAIS COORDENAÇÃO GERAL DE ACOMPANHAMENTO DE BENEFICIÁRIOS INFORME TÉCNICO

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA GUIA DE NAVEGAÇÃO APLICATIVO DE SOLICITAÇÃO DE FORMULÁRIOS (SASF) USUÁRIOS MUNICIPAIS VERSÃO 1.1 BRASÍLIA DF Agosto/2015 2011 Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

SIGA-CEIVAP MANUAL DO USUÁRIO 1

SIGA-CEIVAP MANUAL DO USUÁRIO 1 SIGA-CEIVAP MANUAL DO USUÁRIO 1 SIGA-CEIVAP MANUAL DO USUÁRIO 2 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO... 3 1.1 SIGA-CEIVAP... 3 2. FUNCIONALIDADES COMUNS AOS USUÁRIOS... 3 2.1 ACESSO AO SISTEMA... 3 2.1.1 ACESSANDO

Leia mais