Dívidas com o INSS podem vir a ser renegociadas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Dívidas com o INSS podem vir a ser renegociadas"

Transcrição

1 Câmbio (R$) Dólar / BC Compra Venda Paralelo 1,93 2,16 Comercial 2,026 2,028 Turismo 1,93 2,16 Euro / BC 2,638 2,640 Ouro (R$) 113,101-0,53% Grama Variação Blue Chips Ult. cotação BMF Bov. ON Bradesco PN Gerdau PN Itaú Unib. PN Petrobras PN Sid Nac. PN Vale PNA R$ 13,26 R$ 32,35 R$ 18,00 R$ 29,50 R$ 22,25 R$ 11,41 R$ 35,53 % -0,97-0,28-4,36-1,07-1,11-3,39-1,72 País Quem pensa em fazer uso de terapia hormonal para continuar jovem terá que aguardar. O Conselho Federal de Medicina publicou no Diário Oficial da União uma resolução que proíbe o uso de hormônios para retardar ou prevenir o processo de envelhecimento. PÁGINA 5 Rio Às vésperas da Copa 2014 e das Olimpíadas 2016, a cidade vive um grande boom no setor hoteleiro, principalmente no Centro e na Zona Oeste. A expansão da rede hoteleira é reflexo de uma exigência do Comitê Olímpico Internacional para os Jogos de PÁGINA 5 Justiça 2ª FASE ANO III EDIÇÃO Nº 703 1ª FASE 1875 A RIO DE JANEIRO, SÁBADO, 20, DOMINGO, 21 E SEGUNDA-FEIRA, 22 DE OUTUBRO DE 2012 ESTADOS E MUNICÍPIOS Dívidas com o INSS podem vir a ser renegociadas Benefício tem sido articulado para compensar a desoneração fiscal promovida pelo Governo Federal O senador Romero Jucá (PMDB-RR) está à frente das negociações com o governo federal para tentar repactuar as dívidas dos estados e municípios com o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). Ele justifica a necessidade de renegociar essas dívidas devido à desoneração fiscal promovida pelo Executivo, como a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para automóveis e a desaceleração da economia. O parlamentar disse que o assunto já foi conversado com autoridades do Ministério da Fazenda e com o vice-presidente, Michel Temer. Jucá acrescentou que a presidenta Dilma Rousseff também foi sensível a essa questão. Com o Ministério da Fazenda, segundo ele, o tema está sob avaliação com o secretário executivo Nelson Barbosa. Com a queda nas arrecadações do Fundo de Participação dos Estados e do Fundo de Participação dos Municípios decorrentes de perdas de receita e desonerações fiscais, os valores das parcelas das dívidas dos estados e municípios com o INSS cresceram. PÁGINA 4 A Justiça de Ribeirão Preto determinou que motos e carros elétricos só podem circular em um condomínio da cidade por condutores habilitados. Os equipamentos são pequenos, movidos à base de bateria e destinados a crianças menores de 10 anos. PÁGINA 6 José Cruz / Abr O senador Romero Jucá tem feito a ponte com a União para viabilizar a renegociação Leonardo Soares / AE Bruno Pinto da Rocha Análise Financeira A partir do século XIII, os títulos do governo introduziram a securitização de correntes de pagamentos de juros e os mercados de títulos revelaram os benefícios dos mercados públicos para comercializar e apreçar bens e valores mobiliários. PÁGINA 4 R$ 1,00 Benedito Ivo Lodo Filho faz parte da lista dos envolvidos no caso Seguradoras temem controle por nova agência A criação pelo governo federal da Agência Brasileira de Fundos e Garantias (ABFG), apelidada de Segurobras, foi alvo de críticas de executivos de algumas das maiores seguradoras do País presentes ao IV Encontro de Corretores de Seguros do Estado do Rio de Janeiro (Enconseg). Pode ser que ela se restrinja a seguros de garantia excepcional, mas há sempre uma ameaça de que isso possa ser expandido. Não acho bom, disse o presidente da Porto Seguro, Jayme Garfinkel, arrancando aplausos da plateia. Para Garfinkel, o fato de o governo ser o regulador do setor pode dar à Segurobras vantagens em relação às demais companhias, criando uma concorrência quase imbatível. PÁGINA 3 Ex-administradores do BVA têm nomes divulgados e bens indisponíveis Nesta sexta-feira, o Banco Central divulgou a lista de controladores e ex-administradores do banco BVA que ficarão com seus bens temporariamente indisponíveis por causa da intervenção decretada na instituição financeira. Os controladores diretos são as empresas Vila Velha Empreendi- mentos, V55 Empreendimentos e Vilaflor Participações. O controlador indireto é José Augusto Ferreira dos Santos. A intervenção poderá ser seguida da decretação da sua liquidação extrajudicial ou falência, e também da retomada das atividades normais da instituição. PÁGINA 3 Wilson Dias / ABr PROTESTO EM BRASÍLIA - Cinco mil cruzes foram fincadas por índios no gramado da Esplanada dos Ministérios em protesto às mortes e ameaças sofridas por eles, em especial os da tribo guarani kaiowá, que hoje é a que mais sofre com a violência fundiária. PÁGINA 6

2 2 Sábado, 20, domingo, 21 e segunda-feira, 22 de outubro de 2012 ECONOMIA Aversão ao risco mundial cresce e Bovespa despenca Índice encerrou o pregão desta sexta em -1,36%, abaixo dos 59 mil pontos Ana Luísa Westphalen, Nalu Fernandes e Márcio Rodrigues Os mercados internacionais contribuíram para afastar os investidores da Bolsa doméstica e mais uma vez pesaram sobre a Bovespa nesta sexta-feira, o que se refletiu em queda generalizada das ações das principais companhias listadas. A aversão ao risco foi motivada pela divergência entre os líderes da União Europeia sobre a ação de um órgão de supervisão bancária na região, além dos balanços corporativos decepcionantes nos Estados Unidos e da divulgação de dados fracos do setor imobiliário na economia norte-americana Sobrou até para o aniversário de 25 anos da Black Monday, quando o índice Dow Jones, da Bolsa de Nova York, despencou 508 pontos, que segundo analistas teve sua contribuição psicológica para o mau humor dos mercados nesta sexta-feira. O Ibovespa encerrou o dia em queda de 1,36%, aos ,04 pontos. Na semana, a Bolsa acumula perda de 0,40% e no mês, -0,43%. No ano, a Bolsa sobe 3,82%. Nesta sexta-feira, na primeira meia hora dos negócios, chegou a alcançar pontos (+0,19%), na máxima, mas depois a trajetória foi de queda, chegando a atingir mínima aos pontos durante a tarde, com queda de 1,59%. O giro financeiro somou R$ 6,036 bilhões. A aversão ao risco atingiu em cheio as blue chips, como Vale e Petrobras. A petroleira viu suas ações ON e PN perderem 2,00% e 1,11%, respectivamente, em linha com a desvalorização dos preços da commodity negociados nos mercados internacionais. No caso da Vale, os papéis ON recuaram 2,14%, e os PNA, -1,72%, acompanhando a queda dos metais no exterior. Os destaques de queda do Ibovespa foram liderados por Gafisa ON, que perdeu 5,92%. Em seguida, aparecem Brookfield ON (-5,29%), Cia. Hering ON (5,04%), Usiminas ON (-4,80%) e Gerdau Metalúrgica PN (-4,54%). Mesmo sem nutrir grandes expectativas em torno da reunião da cúpula dos líderes da UE, o fim do encontro de dois dias hoje frustrou os agentes por não trazer avanços à discussão sobre a criação de um órgão de supervisão bancária. O primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy, disse que a decisão sobre um pacote de socorro não foi tomada, e informou que os líderes concordaram com o prazo final de 1º de janeiro para que a estrutura legislativa de um órgão supervisor bancário único seja concluída. Câmbio - O dólar manteve comportamento oposto à trajetória de alta apresentada no exterior na maior parte desta sexta-feira, assim como ocorreu na véspera. A percepção dos agentes financeiros é de que o mercado está testando o Banco Central com o declínio do dólar, que na cotação à vista permanece abaixo de R$ 2,03, e cresce a expectativa de que o BC irá rolar os contratos de swap cambial reverso que vencem em 1º de novembro. No mercado doméstico, o dólar à vista fechou estável a R$ 2,028 no balcão (0,0%). A oscilação da moeda foi bastante estreita, sendo que o dólar tocou R$ 2,030 na cotação máxima e bateu em R$ 2,027 na mínima do dia. Na semana, o dólar no balcão acumulou baixa de 0,54%. Em outubro até esta sexta-feira acumula queda de 0,05%. Mas, no ano, contabiliza alta de 8,51%. Juros - A taxa projetada pelo DI janeiro de 2013, com apenas contratos, estava em 7,10%, de 7,09% no ajuste. A taxa do contrato de juro para janeiro de 2014 ( contratos) marcava 7,42%, ante 7,41% na véspera. A partir daí, a oscilação foi um pouco maior. O contrato para janeiro de 2015 mostrava taxa de 7,93%, de 7,91% no ajuste e máxima intraday de 7,98%. O juro para janeiro de 2016 estava em 8,37%, de 8,36% na quinta-feira e máxima de 8,42%. Entre os longos, o DI janeiro de 2017 ( contratos) indicava 8,69%, de 8,68% na quinta. O DI janeiro de 2021, com giro de contratos, apontava 9,38%, ante 9,36% no ajuste. NY: Balanços negativos derrubam papéis Os índices de ações das bolsas de valores de Nova York fecharam em queda nesta sexta-feira, após balanços negativos nos Estados Unidos. O índice Dow Jones caiu 205,43 pontos (1,52%) e fechou a ,51 pontos. Trata-se da maior queda porcentual e em pontos desde 21 de junho. Na semana, porém, o índice avançou 0,11%. A baixa no índice, nesta sexta-feira, ocorre exatamente 25 anos após a chamada segunda-feira negra, quando o Dow Jones recuou 23% em um único dia. O S&P500 declinou Cúpula da UE faz ações caírem na Europa 24,15 pontos (1,66%), fechando a 1.433,19 pontos. Entretanto, na semana o índice avançou 0,32%. O Nasdaq recuou 67,25 pontos (2,19%), fechando a 3.005,62 pontos, no menor nível desde agosto. Na semana, o índice declinou 1,26%. As ações de tecnologia registraram perdas, com os investidores preocupados com os balanços do setor. Microsoft caiu 2,9% após a companhia ter reportado ontem que seu lucro caiu 22% no primeiro trimestre fiscal. No trimestre encerrado em 30 de As bolsas de valores europeias caíram nesta sexta-feira, encerrando o ciclo de quatro pregões consecutivos de alta do Stoxx Europe 600, pressionadas em especial pelos bancos. O índice pan-europeu de ações encerrou o dia com baixa de 0,8%, aos 274,08 pontos, após atingir o nível mais alto desde junho de 2011 na sessão anterior. Ao longo da semana, no entanto, o índice teve ganho de 1,7%. A queda veio enquanto os investidores digeriam a última leva de balanços e os parcos resultados da reunião de cúpula de dois dias da União Europeia, que terminou na sexta. Reunidos em Bruxelas, líderes europeus chegaram a um acordo para estabelecer o supervisor bancário da zona do euro em algum momento do ano que vem, o que permitirá ao fundo de resgate da Europa, o Mecanismo de Estabilidade Europeu (ESM, na sigla em inglês), recapitalizar os bancos da região diretamente. O anúncio desagradou algumas autoridades da Comissão Europeia, que esperavam ver o supervisor já em operação no começo de Não houve durante a cúpula, porém, progresso sobre a Espanha, que está sob pressão para pedir um pacote de resgate, ou sobre a Grécia, que ainda não conseguiu fechar um acordo com credores internacionais para o desembolso do próximo empréstimo de seu programa de ajuda, que totaliza 173 bilhões de euros. Segundo Frances Hudson, estrategista da Standard Life Investments, faltaram catalisadores da zona do euro que impulsionassem as ações europeias hoje, levando os investidores a olharem para os resultados trimestrais das empresas dos EUA, setembro, a Microsoft teve lucro de US$ 4,47 bilhões, ou US$ 0,53 por ação, abaixo dos US$ 5,74 bilhões, ou US$ 0,68 por ação, na comparação com o mesmo período do ano passado. A Advanced Micro Devices, principal concorrente da Intel na área de chips para computadores, perdeu 17% depois de anunciar prejuízo de US$ 157 milhões no terceiro trimestre. A AMD também anunciou o plano de reduzir sua força de trabalho em 15%, ou cerca de vagas. que incluíram balanços decepcionantes dos gigantes da tecnologia Google e Microsoft e da General Electric. A falta de avanço da questão espanhola levou a Bolsa de Madri a fechar em queda de 2,31%, a maior do dia, com o índice Ibex 35 recuando para 7.913,40 pontos e reduzindo o ganho na semana para 3,41%. Caíram o Banco Popular Español (5,3%) e o Banco Santander (-3%). A bolsa italiana teve o segundo pior desempenho e o índice FTSE Mib cedeu 2%, para ,31 pontos, limitando o avanço semanal a 2,26%. Em Milão, as grandes perdas foram do UniCredit (-3,3%), Intesa Sanpaolo (-3,2%) e Banca Monte dei Paschi di Siena (-1,9%). Em Londres, o índice FTSE 100 perdeu 0,35% e terminou a sessão aos 5.896,15 pontos, com a alta da semana reduzida General Electric recuou 3,4% depois de anunciar resultados em linha com as estimativas, porém uma receita mais baixa que a prevista, conduzida principalmente por um declínio nas encomendas por turbinas eólicas. McDonald s declinou 4,5% após o balanço da companhia ficar abaixo da expectativa. A receita veio em linha com as estimativas. Chipotle Mexican Grill caiu 15% depois de a empresa reportar lucro e receita do terceiro trimestre abaixo das estimativas. a 1,77%. Barclays tombou 2,9%, Lloyds recuou 3,3% e Royal Bank of Scotland Group registrou baixa de 2,1%. Em Frankfurt, Deutsche Bank (-3,7%) e Commerzbank (-5,3%) puxaram para baixo o índice DAX, que caiu 0,76%, para 7.380,64 pontos. Na semana, o ganho no mercado alemão foi de 2,05%. O índice CAC 40, de Paris, teve queda de 0,87% e fechou aos 3 504,56 pontos, com pressão do Société Générale (-2,5%) e do Crédit Agricole (-2,2%). O grupo varejista Carrefour, no entanto, disparou 5,9% após anunciar a venda de sua unidade colombiana, por 2 bilhões de euros. Em Lisboa, o índice PSI 20 acabou o pregão aos 5.442,84 pontos, 1,63% abaixo do nível de quinta. Na semana, houve avanço de 3,41% e 1,54% nos mercados francês e português, respectivamente. HK se destaca entre os mercados na Ásia As bolsas asiáticas apresentaram números mistos nesta sexta-feira. A Bolsa de Hong Kong fechou na maior alta em sete meses e meio, estimulada pelas compras em ações relacionadas à China e com o otimismo dos investidores de que a economia chinesa está se recuperando. O Hang Seng subiu 0,2% e encerrou aos ,76 pontos - foi o 13º pregão de alta nas últimas 15 sessões, com ganho de 5% no período. Na China, as bolsas tiveram ligeiras perdas, o que sugere cautela por parte dos investidores, que estão à espera dos balanços do terceiro trimestre. O Xangai Composto caiu 0,2% e terminou aos 2.128,30 pontos. O Shenzhen Composto perdeu também 0,2%, aos 877,29 pontos. Na Coreia do Sul, a Bolsa de Seul fechou no vermelho com a realização de lucros em ações dos setores de construção, tecnológico e automobilístico. O índice Kospi recuou 0,78%, aos 1.943,84 pontos. A Bolsa de Sydney, na Austrália, encerrou o dia em leve alta, impulsionada pela força do setor de mineração. O índice S&P/ASX subiu 0,26%, aos 4.571,07 pontos. Tóquio - Na capital japonesa, a bolsa fechou em alta pelo quinto pregão seguido nesta sexta-feira, na melhor semana do índice Nikkei em A desvalorização do iene em relação ao dólar e índices favoráveis relacionados à China permitiram a exportadores como Fanuc e Nissan Motor superar a realização de lucros em pesos pesados como Fast Retailing e Softbank. O Nikkei subiu 19,82 pontos, ou 0,2%, e terminou aos 9.002,68 pontos, após alta de 2% na sessão de quinta-feira. Na semana, o índice acumulou ganhos de 5,5% e, no ano, tem agora alta de 6,5% O volume de negociações recuou para 1,76 bilhão de ações. Pedido de socorro ainda não teve resposta, diz Rajoy A Espanha não está sendo pressionada pelos parceiros da União Europeia a pedir um pacote de socorro, afirmou o primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy, sinalizando que a quarta maior economia da zona do euro não está preparada para dar o passo tão aguardado. Não há qualquer pressão, há apenas opiniões sobre o assunto, afirmou Rajoy no fim da cúpula de dois dias dos líderes da União Europeia. Todo mundo tem direito de dar suas opiniões. Opiniões são uma coisa, mas as decisões são outra...esta decisão ainda não foi tomada. Observadores dizem que um pedido de socorro da Espanha é mais provável após a Standard & Poor s rebaixar o rating do país, e os políticos espanhóis e estrangeiros, empresários e participantes do mercado terem pedido para que o governo agisse. Mais não está claro quando Madri fará o movimento. Rajoy também afirmou que a união bancária da UE será aprovada neste ano e que o BCE agirá como seu supervisor. Segundo o primeiro-ministro espanhol, o Eurogrupo definirá os planos de recapitalização de bancos. Perguntado sobre os comentários feitos pelo primeiro-ministro da Bélgica, Elio Di Rupo, sobre a UE europeia está adotando uma posição mais forte sobre os movimentos separatistas, Rajoy disse que não discutiria o assunto na cúpula. Vendas de moradias usadas recuam 1,7% As vendas de moradias usadas nos Estados Unidos caíram 1,7% em setembro ante agosto, para a taxa anual sazonalmente ajustada de 4,75 milhões, segundo dados divulgados na sexta pela Associação Nacional dos Corretores de Imóveis (NAR, na sigla em inglês). Na comparação com setembro do ano passado, as vendas aumentaram 11%, no 15º mês seguido de alta. O número absoluto das vendas veio em linha com as estimativas dos analistas. Porém, eles fizeram os cálculos com base na leitura original de agosto - que depois foi revisada - e assim estimavam uma variação porcentual de -1,5%. Segundo a NAR, as vendas em agosto foram revisadas para cima, a 4,83 milhões. O preço médio de venda das moradias usadas subiu 11,3% em setembro, para US$ , em relação ao mesmo mês do ano passado. É o maior ganho anual desde novembro de O estoque de moradias usadas à venda caiu para 2,32 milhões em setembro. Esse número representa 5,9 meses de oferta no ritmo de vendas atual. É a primeira vez que os estoques caem abaixo de 6 meses desde março de Por regiões, houve queda mensal de 6,3% nas vendas no Nordeste, de 3,4% no Oeste e de 0,9% no Meio-Oeste. Já no Sul as vendas subiram 0,5%. Pedido de resgate ao governo espanhol A região espanhola das Ilhas Baleares afirmou hoje que vai pedir uma ajuda de 355 milhões de euros ao governo central do país, para ajudar a cobrir dívidas que estão vencendo. A informação foi divulgada pela agência estatal de notícias EFE, citando o vicesecretário de Economia do governo balear, Josep Ignasi Aguiló. Com o pedido das Ilhas Baleares, sete administrações regionais da Espanha já recorreram ao Fundo de Liquidez Autônomo (FLA), criado em julho. As outras seis são: Andaluzia, Catalunha, Múrcia, Valência, Ilhas Canárias e Castilha-La Mancha. O governo central afirma que o fundo, de 18 bilhões de euros, tem recursos suficientes para cobrir as necessidades de financiamento das regiões. Mas a EFE aponta que os sete pedidos de ajuda recebidos até agora totalizam 16,439 bilhões de euros, mais de 91% do total do FLA. Lufthansa espera crescer até 7% na América Latina nos próximos anos A participação da América Latina para os negócios da Lufthansa poderá crescer de 5% para 7% nos próximos anos, segundo afirmou, nesta sexta-feira, o presidente mundial da companhia aérea, Carsten Spohr. Ele disse que a empresa está torcendo para que os investimentos em infraestrutura no Brasil ocorram, de fato, e em uma velocidade mais rápida. Segundo o executivo, a falta de infraestrutura no Brasil trava alguns setores no País, como o aéreo. Spohr citou que a Lufthansa já adquiriu 43 e-jets da Embraer, sendo que 38 já estão em operação e outros cinco serão entregues em breve. Essas aeronaves têm sido um sucesso enorme, destacou. Spohr reiterou que a companhia não tem interesse de adquirir a portuguesa TAP. Não temos nenhum interesse de comprar outras empresas, destacou. Publicação da empresa JGN Editora Ltda. Departamento Comercial e Administração Rua Debret, 23 Sobreloja 116 e 117 Centro - Rio de Janeiro CEP Diretora Geral Elizabeth Campos Comercial: PABX (21) Conselho Editorial: Des. José Geraldo da Fonseca Mônica de Cavalcanti Gusmão Redação: (21) Projeto Gráfico:dtiriba design gráfico Impressão: Gráfica Monitor Mercantil Rua Marcílio Dias, 26 - Centro - RJ Editor- chefe: Gabriel Felice Subeditora: Waleria de Carvalho Diagramação: Felipe Ribeiro Rodrigo Gurski Artigos & Colunas: Filiado à Preços de Assinatura Trimestral...R$ 60,00 Semestral...R$ 110,00 Anual...R$ 210,00 Serviço Noticioso Agências Brasil e Estado As matérias e artigos são de responsabilidade dos autores e não representam, necessariamente, a opinião deste jornal

3 _`abcdefdg`h Seguradoras criticam criação de agência Empresas não querem que governo regule o setor para não ser beneficiado A criação pelo governo federal da Agência Brasileira de Fundos e Garantias (ABFG), apelidada de Segurobras, foi alvo de críticas de executivos de algumas das maiores seguradoras do País presentes ao IV Encontro de Corretores de Seguros do Estado do Rio de Janeiro (Enconseg). Pode ser que ela se restrinja ECONOMIA Sábado, 20, domingo, 21 e segunda-feira, 22 de outubro de a seguros de garantia excepcional, mas há sempre uma ameaça de que isso possa ser expandido. Não acho bom, disse o presidente da Porto Seguro, Jayme Garfinkel, arrancando aplausos da plateia. Para Garfinkel, o fato de o governo ser o regulador do setor pode dar à Segurobras vantagens em relação às demais companhias, criando uma concorrência quase imbatível. O presidente da SulAmérica Seguros, Patrick Larragoiti, afirma que a criação de uma estatal de seguros é desnecessária e que o setor privado tem plenas condições de oferecer níveis de retenção e produtos adequados ao mercado nacional. O governo procura várias formas de acelerar o crescimento, mas muitas não são necessárias, disse. Já o presidente da Bradesco Seguros, Marco Antônio Rossi, acredita que o setor privado de seguros está preparado para enfrentar a concorrência, seja ela externa ou interna. Para nós a criação da Segurobras não alterou nada, disse. A busca por ganhos nos títulos privados contro de Corretores do Estado do Rio de Janeiro. Entre 15% e 20% dos bilhões do setor já são destinados hoje a títulos privados como CDBs e debêntures de empresas. A redução dos juros afeta as reservas, mas é fantástica porque tem um efeito propulsor do crescimento econômico, disse Larragoiti. Apesar da necessidade de tomar mais risco para gerar ganhos, Larragoiti disse que não vê chance das aplicações do se- klmadnaloje Estamos crescendo acima de 10% em todos os segmentos, como saúde e vida. Em capitalização, mais de 20%, disse Rossi, que participou do IV Enconseg - Encontro de Corretores do Estado do Rio de Janeiro. O executivo, que também preside a Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (Fenaprevi), disse que o setor de seguros crescerá acima de 15% este ano. O porcentual, em linha com o de tor em ações superar os 5% das reservas técnicas. Atualmente esse porcentual fica entre 1% e 2% dos recursos totais. A SulAmérica Seguros tem R$ 7 bilhões em reservas técnicas e uma alocação de recursos semelhante à média do setor. O executivo afirma que uma das alternativas em estudo pelos gestores da companhia é investir nas chamadas debêntures de infraestrutura. Estamos olhando atentamente, mas ainda são poucos os lançamentos, disse. Para Jayme Garfinkel, presidente da Porto Seguro, a queda dos juros vai obrigar as seguradoras a buscar mais ganhos operacionais e uma menor sinistralidade. É uma tendência mundial. É preferível ganhar no operacional a depender do financeiro, afirmou. As reservas técnicas da Porto Seguro somam hoje R$ 5,8 bilhões. Se incluídos os valores de previdência privada o volume salta a R$ 7,3 bilhões. Bradesco projeta alta entre 15% e 18% Mariana Durão A Bradesco Seguros projeta um crescimento entre 15% e 18% em 2012, segundo o presidente da empresa Marco Antônio Rossi. O grupo detém uma fatia de cerca de 25% do mercado brasileiro de seguros e aguarda a autorização da Superintendência de Seguros Privados (Susep) para estrear no segmento de microsseguros. SÃO PAULO do varejista aumentou em setembro O índice que mede a confiança do varejista paulistano aumentou 2,8% em setembro na comparação com agosto, ao passar de 113,4 para 116,6 pontos, em decorrência da aproximação do período das festas de fim de ano, informou nesta sexta-feira a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). Este foi o segundo mês consecutivo de alta no Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec), indicador medido em uma escala que varia de 0 a 200 pontos e mostra otimismo quando acima dos 100. Os três componentes do indicador de confiança apresentaram aumento em setembro ante agosto. O Índice das Condições Atuais do Empresário do Comércio (Icaec) registrou alta de 7% no período, mas ainda permanece na região do pessimismo, aos 88 pontos. Segundo a FecomércioSP, 55,85% dos empresários estão otimistas quanto às condições atuais da própria empresa, 38,1% acreditam que a economia está melhor e 42,96% avaliam que a situação é mais favorável para os setores em que atuam. O Índice de Expectativa do Empresário do Comércio (Ieec) subiu 1,5% em setembro na comparação com agosto, para 153,3 pontos. Este indicador mostra que 86,79% dos consultados acreditam que o setor vá crescer nos próximos meses, 82,95% acreditam em melhora da economia e 90,28% apostam que a própria empresa irá crescer nos próximos meses. Em reforço a essa percepção, 77,95% dos empresários disseram que pretendem aumentar o quadro de funcionários e 56,98% planejam ampliar o nível de investimentos da empresa. Apesar de os empresários não estarem plenamente satisfeitos com as condições atuais, a expectativa de crescimento é bastante positiva, diz a instituição. A trajetória de queda da taxa básica de juros (Selic) mudou a alocação das reservas técnicas - valor calculado com base nos prêmios recebidos para cobrir riscos futuros - das seguradoras. O porcentual de reservas aplicado em títulos públicos saiu de pouco mais de 90% para cerca de 75% nos últimos cinco anos, disse Patrick Larragoiti, presidente da SulAmérica e membro da CNSeg, que participou nesta sexta-feira do IV Enconseg - En- 2011, é visto por ele como positivo diante da perspectiva de um menor avanço do Produto Interno Bruto (PIB) do País em Fatores como a ascensão da classe C e a previsibilidade de regras para o setor no País, avaliou, têm garantido resultados sólidos para o setor independentemente do cenário econômico. Rossi destacou que o novo cenário de taxas de juros menores está obrigando as empresas de seguro e previdência a serem mais criativas na gestão de seus ativos. Isso inclui o alongamento de títulos públicos que compõem seu portfólio. Levando em conta que as pessoas vão viver cem anos, temos que pensar em ter papéis que possam dar tranquilidade. Hoje esses papéis são títulos públicos de longo prazo, por isso é muito comum na carteira das seguradoras ter títulos com vencimento em 2050, disse. BC divulga lista dos controladores do BVA O Banco Central divulgou a lista de controladores e exadministradores do banco BVA que ficarão com seus bens temporariamente indisponíveis por causa da intervenção decretada nesta sexta-feira na instituição financeira. Os controladores diretos são as empresas Vila Velha Empreendimentos, V55 Empreendimentos e Vilaflor Participações. O controlador indireto é José Augusto Ferreira dos Santos. Os ex-administradores membros do conselho de administração são: Ana Paula Peixoto da peme` Silva, Benedito Ivo Lodo Filho, David Barioni Neto, Fabio Augusto Guimarães Ferreira dos Santos, José Augusto Ferreira dos Santos, José Roldão de Almeida Souza, Luiz Rodolfo Palmeira Vasconcellos e Wagner Braz. Há ainda outros nove exadministradores membros da diretoria listados pelo BC. Para interventor na instituição, o Banco Central nomeou Eduardo Félix Bianchini. O Banco BVA não passará pelo Regime de Administração Especial Temporária (Raet), disse o diretor do Fundo Garantidor de Crédito (FGC), Celso Antunes, que administrou o Banco Cruzeiro do Sul enquanto esteve sob o regime Pelas regras do Banco Central, uma intervenção poderá ser seguida da decretação da sua liquidação extrajudicial ou falência, e também da retomada das atividades normais da instituição. Segundo Antunes, o Banco Central tem três medidas para quando verifica a impossibilidade de operação de uma instituição: decretar o Raet, intervir ou liquidá-lo. No Raet, o banco continua funcionando normalmente e não há pagamento de garantias. Nos casos de intervenção e liquidação o banco deixa de operar e o FGC efetua o pagamento dos investimentos garantidos. Antunes explica que em relação ao BVA a única coisa que o FGC fará é pagar os investimentos garantidos, ou seja, Depósito a Prazo com Garantia Especial (DPGE) até R$ 20 milhões e outros investimentos, tais como Certificados de Depósitos Bancários (CDBs), depósitos à vista, poupança, até o limite de R$ 70 mil por CPF/CNPJ. De acordo com fontes, cerca de 30% dos depósitos existentes no Banco BVA serão cobertos pelo FGC. O Banco BVA era uma instituição voltada principalmente para empréstimos a empresas de pequeno e médio portes. De acordo com a fonte, o problema no BVA é um caso isolado e não terá repercussões nas demais instituições financeiras nem impacto relevante em alguma grande empresa. O Raet do Banco Cruzeiro do Sul foi decretado em 4 de junho e o banco foi liquidado em 14 de setembro, após fracassar um plano para salvar a instituição, envolvendo a venda do banco e a concordância de 100% dos credores de receberem cerca da metade do valor de seus investimentos. Venda cresce 8,4% na primeira quinzena As vendas de motocicletas atingiram unidades na primeira quinzena de outubro, alta de 8,4% ante as unidades da primeira metade de setembro, de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo). O volume, no entanto, ainda é 10% menor que o do mesmo período do ano passado, quando foram emplacadas unidades. A Abraciclo associa a alta nas vendas em outubro ante setembro às novas linhas de financiamento para motocicletas, anunciadas recentemente pelos bancos públicos. A entidade ratificou a posição de que as vendas totais podem crescer até 4% no quarto trimestre deste ano, ante o terceiro trimestre de A Abraciclo prevê que 406 mil motocicletas serão vendidas nos últimos três meses de 2012, ante as unidades comercializadas entre julho e setembro. Esperamos que outras instituições financeiras participem deste processo, oferecendo planos de financiamento adequados aos atuais rumos da economia e compatíveis com o desejo de compra dos consumidores, informou Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo. bgiaje Privatização vai seguir os moldes de Guarulhos O governo deve manter o modelo de privatização de Guarulhos, Viracopos e Brasília nas concessões dos aeroportos do Galeão (RJ) e Confins (MG), mas deve promover algumas mudanças para evitar que o controle dos empreendimentos fique na mão de empresas sem experiência em administrar grandes aeroportos, principal crítica do resultado do leilão realizado em fevereiro deste ano. Com a sinalização negativa das operadoras estrangeiras, que não se interessaram em entrar como minoritárias em um negócio ao lado da Infraero, a estatal deve permanecer com uma participação menor do que a dos concessionários privados, mas os fundos de pensão das estatais devem voltar à cena. Assim, fica garantida a maioria da União para situações em que isso seja necessário. Por outro lado, como o parceiro privado terá, isoladamente, participação majoritária, a contratação de serviços de terceiros não terá de seguir a lei de licitações. O presidente da Empresa de Planejamento e Logística (EPL), Bernardo Figueiredo, que chegou a integrar uma missão do governo para conhecer os principais aeroportos da Europa, qrfdksglefdg`ki descartou mudanças radicais no próximo lote de concessões. Não vejo muito espaço para ter modelos muito diferentes desse. O que eventualmente vai mudar é a diretriz, os termos da concessão, o contrato, o edital e a qualificação de quem entrar, afirmou. A Infraero se associará a alguém para explorar o aeroporto. A proporção da participação é um critério que você usa no momento em que você vai definir a licitação. O anúncio da modelagem que será usada para as próximas licitações de aeroportos deve ser feito em meados de novembro, quando o governo também pretende revelar o modelo de concessões que será adotada para os portos. Barreira - Como a presidente Dilma Rousseff ficou insatisfeita com o resultado das concessões de Guarulhos, Campinas e Brasília, arrematados por grupos de médio porte, o governo deve adotar uma espécie de cláusula de barreira. A exemplo do que fez na minuta do edital do Trem de Alta Velocidade, será exigida maior qualificação dos interessados em participar do leilão. No caso do trem-bala, somente quem tiver experiência de dez anos nesse tipo de atividade poderá concorrer, e nenhuma operadora que tenha sido culpada por acidente com mortes nesse período poderá entrar na disputa. No leilão de fevereiro, foi exigido que os grupos tivessem sob sua administração aeroportos com movimentação de, no mínimo, cinco milhões de passageiros por ano, para evitar conflitos com o Tribunal de Contas da União (TCU). A intenção foi aumentar o nível de competitividade da concorrência. Agora, o governo será mais rígido e, além de um tráfego maior, fatores como experiência, tecnologia e atendimento devem ser levados em conta. Ainda assim, a outorga paga pelos concessionários não deve diminuir, disse Figueiredo. O modelo anterior não levou em consideração um corte muito rigoroso da qualificação. Se você quer uma qualificação maior, tem que fazer essa exigência no edital, admitiu Figueiredo. BMW vai mostrar projeto à Dilma Wladimir D Andrade O presidente da BMW Group do Brasil, Henning Dornbusch, vai se encontrar com a presidente Dilma Rousseff na se- dkesalmde gunda-feira para formalizar a intenção da marca em instalar uma fábrica no País, informou a assessoria de imprensa da montadora. A BMW pretende fabricar veículos no Brasil há um bom tempo - intenção que foi reforçada após a regulamentação do novo regime automotivo (Inovar-Auto), que passará a valer a partir de A reunião com Dilma será no Palácio do Planalto, em Brasília. A subsidiária brasileira da BMW ainda aguarda a decisão da matriz, na Alemanha, para dar início ao processo de construção da fábrica no Brasil, informou a assessoria de imprensa. Na quinta-feira, durante entrevista ao programa Bom Dia Ministro, da EBC, o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, afirmou que a BMW deve anunciar em breve a construção de uma fábrica, possivelmente na Região Sul, a primeira da montadora fora da Europa. Os Estados de Santa Catarina e São Paulo disputam a localização da unidade. Reforma custará R$ 47,9 milhões CL6C8?>?V:PQ7DCH:6C8?:>DCL:<DCI;78H?L6B8:;7=8CDCWX?D7DCC6?>C97 #"#%'()*+,-./012/ '5- A diretoria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento de R$ 47,9 milhões para reforma do Riocentro, principal centro de convenções do Rio, localizado na Zona Oeste da cidade. O Riocentro sediará o Comitê Organizador e o Centro Internacional de Transmissão (IBC) da Copa do Mundo de Segundo nota divulgada pelo BNDES, os recursos do banco correspondem a 67,7% do investimento total na reforma e serão destinados à GL Events Centro de Convenções S/A, que administra o espaço desde 2006, sob concessão da Prefeitura do Rio. O projeto de reforma prevê a geração de 460 empregos. O complexo do Riocentro ocupa 571 mil metros quadrados, incluindo 100 mil metros quadrados de área coberta e cinco pavilhões.

4 tuvv Repactuação pode rever dívidas com os estados tuwxyz{ Marcos Chagas fiscal promovida pelo Executivo, como a redução do Imposto Com o Ministério da Fazenda, a essa questão. Da Agência Brasil sobre Produtos Industrializados segundo ele, o tema está sob avaliação com o secretário executivo O governo federal poderá repactuar as dívidas dos estados celeração da economia. Nelson Barbosa. O senador ressal- (IPI) para automóveis e a desa- e municípios com o Instituto O parlamentar disse que o tou que a Receita Federal também Nacional de Seguridade Social assunto já foi conversado com estuda fórmulas sobre a questão. (INSS). As conversas estão sob autoridades do Ministério da Com a queda nas arrecadações do Fundo de Participação a condução do senador Romero Fazenda e com o vice-presidente, Michel Temer. Jucá acres- dos Estados (FPE) e do Fundo Jucá (PMDB-RR), que justifica a necessidade de renegociar essas centou que a presidenta Dilma de Participação dos Municípios dívidas devido à desoneração Rousseff também foi sensível (FPM) decorrentes de perdas de ECONOMIA 4 Sábado, 20, domingo, 21 e segunda-feira, 22 de outubro de 2012 Bruno Pinto da Rocha Senador está à frente das negociações, que deverá atender também os municípios receita e desonerações fiscais, os valores das parcelas das dívidas dos estados e municípios com o INSS cresceram. Esses parcelamentos, que representavam 7%, 8%, 10% (da arrecadação), passam agora a representar 22%, 25%, 30%, mas estão sendo bloqueados na boca do caixa do FPM e isso está inviabilizando, principalmente os municípios, justificou Jucá. Preços livres sobem 0,76% no IPCA-15 de outubro, diz Besi Denise Abarca Um levantamento havia mostrado Serviços - O grupo Serviços que as estimativas dos eco- apresentou alta de 0,43% no Ín- xtu}y~yu y nomistas eram de elevação de dice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15) Os preços livres no IPCA-15 0,59% a 0,75%. A mediana obtida de outubro, de 0,65%, ficaram ficou em 0,67%. No IPCA-15 de de outubro, conforme os cálculos acima das previsões dos economistas do mercado financeiro e vres apresentou avanço de 0,56%. depois de o IBGE anunciar ofi- setembro, o conjunto dos preços li- do Besi Brasil, realizados pouco mostraram alta mais intensa do Quanto aos preços administrados, o Besi calculou alta registrada pelo índice cheio. cialmente a inflação de 0,65% que a observada em setembro, no âmbito do indicador de inflação de 0,31% no IPCA-15 de outubro ante o resultado efetivo de veio em linha com as expecta- O comportamento do grupo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo 0,23% do IPCA-15 de setembro. tivas dos economistas, que esperavam variação de 0,38% a os cálculos realizados pelo Besi O número ficou dentro das previsões dos analistas, que espera- 0,58%, com mediana de 0,47%, Brasil, os preços deste conjunto de itens apresentaram variação vam alta de 0,26% a 0,39%, com para o conjunto de preços. No positiva média de 0,76%. mediana de 0,32%. IPCA-15 de setembro, o conjunto dos preços apresentou aumento de 0,47%. Índice de difusão - O indicador de difusão do IPCA-15 de outubro alcançou a marca de 66,0% de acordo com cálculo do Besi, logo após o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anunciar oficialmente a inflação de 0,65% apurada pelo índice cheio. O resultado do indicador de difusão, que representa o porcentual de preços de itens em alta do IPCA- 15, ficou abaixo do observado em setembro, de 68,8%. Vendas devem ter aumento de 15% e Natal poderá ser promissor ƒ ~yv O presidente da Eletros, Lourival Kiçula, afirmou que as ven- setor, comentou Kiçula. federal desde abril. Se não fosse como permanente a redução do passado. O Natal será bom para o ção do IPI concedida pelo governo mos que seria oportuno manter das de unidades de linha branca Segundo ele, o número de televisores comprados no mercado in- de registrar expansão próxima a Fazenda) é favorável, mas está es- a diminuição do imposto, ao invés IPI, afirmou. O ministro (da devem crescer 15% em 2012 ante Segundo ele, a redução do terno deverá subir de 14,5 milhões 15% haveria um aumento de 0% tudando os números e vamos ver Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para o segmento deve em Kicula, contudo, desta- O dirigente ressaltou que apontou. Kiçula fez os comentá- no ano passado para 15 milhões neste ano, destacou. a posição do governo no futuro, provocar uma alta ao redor de 15% cou que as vendas dos produtos para 2013, o patamar do IPI menor para o setor é imprescindível dos 18 anos da Eletros, que conrios após almoço comemorativo tanto no terceiro trimestre como da linha branca estão registrando também de outubro a dezembro crescimento favorável neste ano para garantir bons níveis de vendas. Em função disso acreditatro da Fazenda, Guido tou com 70 empresários e o minis- ante os mesmos trimestres do ano especialmente em função da redu- Mantega. Corte no investimento pode chegar a R$ 15 bi y tyz{ A Petrobras esclareceu nesta funcionários da companhia as como objetivo formar uma visão sexta-feira que a projeção de corte etapas de implementação do preliminar das áreas de foco e o de gastos da estatal divulgada na Programa de Otimização de potencial de otimização. Nessa quinta-feira pela imprensa representa o potencial de redução pre- e situou entre R$ 5 bilhões e R$ preliminares das oportunidades Custos Operacionais (Procop), fase, foram realizados cálculos liminarmente identificado, considerando que várias ações de curto, nos gastos com a adoção do pro- encontra-se atualmente na Fase 15 bilhões a potencial economia de redução de custos. O projeto médio e longo prazos estivessem grama, segundo uma fonte. II, em que as oportunidades de totalmente implementadas em A Petrobras reiterou que, otimização de custos estão sendo detalhadas, com o objetivo de 2011, o ano-base do estudo. conforme informado em comunicado divulgado nesta quinta- confirmar o potencial prelimi- Nesta quinta-feira, a presidente da Petrobras, Maria das feira, a Fase I do Projeto foi concluída em agosto de 2012 e teve informou a Petrobras. narmente identificado na Fase I, Graças Foster, apresentou aos Lufthansa quer operar Boeing no Brasil Fernanda Guimarães O presidente mundial da Lufthansa, Carsten Spohr, disse, nesta sexta-feira, durante coletiva de imprensa, que o objetivo da empresa é trazer no próximo ano ao Brasil o modelo Boeing 747-8, que, segundo o executivo, é o segundo maior modelo da companhia. Hoje, a empresa possui cinco dessas aeronaves em operação e a estimativa é que elas somem 20 em três anos. Um dos entraves, afirmou Spohr, são os aeroportos brasileiros, que não têm capacidade para receber a aeronave. Quando o aeroporto de São Paulo estiver pronto, eu tiro a aeronave de outro destino e trago para cá, disse, referindose à ampliação do Aeroporto Internacional de Guarulhos. Outro avião que a empresa deseja trazer ao Brasil é o Airbus 380. Estamos esperando o aeroporto. O presidente da companhia aérea ressalta que, hoje, a América do Sul, em especial o Brasil, é um dos principais focos para a empresa. Está mais no nosso foco da nossa rede do que qualquer outra parte do mundo, disse. A empresa informou também que ainda neste mês a rota Rio de Janeiro/ Frankfurt passará a ser diária. CAIXA Crédito à pessoa física soma R$ 65 bi A contratação de crédito comercial para pessoas físicas pela Caixa Econômica Federal chegou a R$ 65 bilhões no acumulado de 2012 até setembro, segundo dados do balanço do banco antecipados à Agência Estado. O valor representa aumento de 10% em relação às concessões registradas em todo o ano de 2011, quando foram desembolsados R$ 59 bilhões A carteira comercial pessoa física inclui, por exemplo, crédito consignado, crédito pessoal, aquisição de materiais de construção, veículos e outros bens. A participação da Caixa neste mercado chegou a 9,1% do total, considerando dados de agosto. Em 2007, o banco estatal respondia por 5,2% das contratações. O vice-presidente de Pessoa Física da Caixa, Fábio Lenza, disse que o crescimento é sustentado por uma carteira de crédito saudável e com baixos índices de inadimplência. Ele também atribui os resultados deste ano ao Programa Caixa Melhor Crédito, lançado em abril. Além da expressiva redução das taxas de juros, os ajustes nas demais condições dos produtos e a orientação financeira para o cliente têm facilitado o acesso ao crédito de forma consciente pelas famílias, diz Lenza. Análise Financeira Admirável mundo novo O mundo financeiro de hoje é o resultado de quatro milênios de evolução econômica. O dinheiro a relação cristalizada entre o devedor e o credor procriou bancos, carteiras de compensação para agregados cada vez maiores de empréstimos dados e tomados. A partir do século XIII, os títulos do governo introduziram a securitização de correntes de pagamentos de juros e os mercados de títulos revelaram os benefícios dos mercados públicos regulamentados para comercializar e apreçar bens e valores mobiliários. A partir do século XVII, ações de corporações podiam ser compradas e vendidas de maneiras similares. Desde o século XVIII, os fundos de seguro, e depois os fundos de pensão, se aproveitaram das economias de escala e das leis das médias para prover proteção financeira contra o risco calculado. A partir do século XIX, os futuros e as opções ofereceram instrumentos mais especializados e sofisticados: os primeiros derivativos. E, desde o século XX, as famílias foram encorajadas, por razões políticas, a aumentar a alavancagem e a se desviar do seu portfolio a favor do mercado imobiliário. As economias que combinam todas essas inovações institucionais bancos, mercados de títulos, bolsas de valores, seguro e democracia da posse do imóvel tiveram melhor desempenho ao longo do tempo do que aquelas que não o fizeram, porque a intermediação financeira geralmente permite uma alocação mais eficiente de recursos do que, digamos, o feudalismo ou o planejamento central. Por essa razão, não é de todo surpreendente que o modelo financeiro ocidental acabou se espalhando pelo mundo, primeiro sob a aparência do imperialismo, depois sob a aparência da globalização. Em resumo, da antiga Mesopotâmia até a China de hoje, a ascenção do dinheiro tem sido uma das forças propulsoras por trás do progresso humano: um processo complexo de inova- A história financeira é ção, de intermediação e de integração que tem uma montanha-russa, sido tão vital quanto o avanço da ciência, ou a de altos e baixos, disseminação da lei, na fuga da humanidade da de bolhas e desastres, labuta fatigante de agricultura de subsistência de manias e pânicos, e da miséria. Mas a ascensão do dinheiro não de choques tem sido, e jamais pode ser uma ascensão suave. e quebradeiras Pelo contrário, a história financeira é uma montanha-russa, de altos e baixos, de bolhas e desastres, de manias e pânicos, de choques e quebradeiras. As palavras do professor Niall Ferguson reproduzidas acima, bem poderiam ser consideradas um resumo da saga humana na constante busca por melhores condições de vida para os povos, que ainda promete novos e surpreendentes capítulos de fortes emoções. Um estudo recente dos dados disponíveis para o produto interno bruto e o consumo desde 1870 a 2008, identificou 148 crises, nas quais um país vivenciou um declínio cumulativo do PIB, de pelo menos 10%, e 87 crises nas quais o consumo sofreu uma queda de magnitude comparável, a probabilidade de desastre financeiro de cerca de 3,6% ao ano. Mesmo hoje, a despeito da sofisticação sem precedente de nossas instituições (ou, talvez, sobretudo por causa dela) e de nossos instrumentos, o Planeta Finanças permanece tão vulnerável como nunca as crises. Parece que, apesar de toda a nossa engenhosidade, estamos condenados a ser enganados pelo acaso, e surpreendidos pelos cisnes negros. Não existe questão, ou dúvida, de que preconceitos heurísticos dos indivíduos desempenham um papel crítico na geração de volatilidade nos mercados financeiros. Todas as instituições financeiras estão a mercê da nossa inata inclinação para virar alternadamente da euforia para o desânimo; da nossa recorrente inabilidade para nos proteger do risco; do nosso perene fracasso para aprender com a história. Ainda assim afirmo a todos, eu não queria viver em outra época. Afinal, como disse Willian Shakespeare em sua peça A Tempestade : Oh wonder. How many godly creatures are there here. How beautous mankind is. Oh brave new world, that has such people in it. Bruno Pinto da Rocha é senior Patner da Aria Capital Partners, Head of Internacional Marets, atuando também em M&A, advogado formado pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), com MBA pela Fundação Getúlio Vargas, mestre em Negociação por Harvard. Acessos em banda larga registram crescimento de 58% O País encerrou setembro com 83 milhões de acessos em banda larga fixa e móvel, um crescimento de 58% em relação ao mesmo mês de 2011, de acordo com a Associação Brasileira de Telecomunicações. Ao longo desse período, 30,5 milhões de novos acessos foram ativados. Do total de acessos registrados em setembro, 19,4 milhões foram de banda larga fixa e 63,6 milhões, de móvel - 12,7 milhões de terminais de dados e 50,9 milhões de celulares 3G. Entre setembro de 2011 e o mesmo mês deste ano, os acessos por banda larga fixa aumentaram 7,7%, enquanto os acessos móveis tiveram crescimento de 84%.

5 Ž Liberados R$ 381 mi para enfrentar desastres naturais O governo decidiu abrir crédito extraordinário, no valor de R$ 381,2 milhões, para atender às necessidades dos estados e municípios em casos de desastres naturais. A decisão está publicada na edição de hoje ŠŽ (19) do Diário Oficial da União. No texto, não há o detalhamento sobre a aplicação do dinheiro. Nos últimos meses, a Região Sul do país tem sofrido com a temporada de chuva que provoca desabamentos, alagamentos e atinge cidades e o campo. Vários municípios do Rio Grande do Sul contabilizam vítimas e prejuízos nas colheitas. Parte do Brasil, principalmente no Nordeste, sofre com a falta de chuva. No Piauí, por exemplo, produtores rurais advertem que a longa temporada de estiagem pode atingir o plantio de alimentos na região. As autoridades públicas do país dispõem do Atlas Brasileiro de Desastres Naturais, resultado de acordo de cooperação entre a Secretaria Nacional de Defesa Civil e o Centro Universitário de Estudos e Pesquisas sobre Desastres da Universidade Federal de Santa Catarina. O objetivo da pesquisa é reunir e colocar à disposição pública informações sobre os registros de desastres ocorridos em todo o território nacional nos últimos 20 anos (1991 a 2010), por meio da publicação de 26 volumes sobre os estados e um sobre o Brasil. luz pela 2ª vez Moradores da capital federal ficaram sem luz na tarde de desta sexta-feira por cerca de 40 minutos. A queda de energia afetou as cidades de Águas Claras, do Recanto das Emas, Riacho Fundo 2, de Santa Maria e do Gama, que ficam ao redor do centro da capital. ˆ ŽŒ Ž Em grande parte desses locais, o fornecimento já foi normalizado. Em nota, Furnas nega que a queda tenha relação com as operações da empresa. Segundo Furnas, o desligamento teve início em uma linha da Companhia Energética de Brasília (CEB), que liga as subestações Samambaia e Brasília-Norte. Em seguida, outras três linhas, também de propriedade da CEB, foram desligadas, responsáveis pela ligação entre as subestações Brasília-Sul (de Furnas) e Brasília-Norte (da CEB). A CEB informou que ainda investiga as causas da queda de energia. Parte da Esplanada dos Ministérios também ficou sem luz hoje devido problema no fornecimento entre a subestação de Samambaia e Brasília Norte. 558 novos PMs vão reforçar a segurança Um efetivo de 558 policiais militares formados nesta, sexta-feira, no Centro de Aperfeiçoamento de Praças (Cfap) vai reforçar a segurança pública do Rio de Janeiro em cidades como a capital do estado, São Gonçalo, Niterói e municípios da Baixada Fluminense. De acordo com o relaçõespúblicas da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, coronel Frederico Caldas, um estudo feito pela instituição apontou a necessidade de se ampliar o contingente naquelas áreas, em especial na Baixada Fluminense, em São Gonçalo e Niterói. Os novos soldados ainda irão passar por estágio práticooperacional. A ideia é que eles comecem a se acostumar com o contato com comunidade, que eles se acostumem para prestar esse serviço, explicou. Segundo Caldas, o reforço anunciado não vai alterar o cronograma de instalação das unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) do Complexo de Manguinhos e da Favela do Jacarezinho, previstas para os próximos meses, já que existem policiais suficientes para atuar nessas áreas. Durante a formatura, o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, anunciou a abertura de 7 mil novas vagas na corporação, entre homens e mulheres. De acordo com ele, ao menos mil policiais saem da corporação a cada ano, por aposentadoria. Nós estamos hoje com mais de 42 mil policiais, então vamos ampliar esse número, ressaltou. Lei Seca serve de inspiração para outros estados brasileiros A Operação Lei Seca, criada pelo Governo do Estado em março de 2009, serve de inspiração para outros estados brasileiros. Representantes do governo do Pará conheceram o funcionamento da bem-sucedida política fluminense que tem como objetivo reduzir o número de acidentes e de vítimas no trânsito. Outros 13 estados, como Minas Gerais, Rondônia, Rio Grande do Sul e Pernambuco, também já enviaram comitivas para coletar informações sobre o programa. Os visitantes participaram de reunião no Palácio Guanabara com o coordenador-geral da Lei Seca, major Marco Andrade, e outros integrantes da coordenação da operação, e puderam conhecer os aspectos logísticos, administrativos e operacionais das blitzes. À noite, ainda acompanharam uma operações de fiscalização e prevenção realizada em Botafogo. Sempre ouvimos falar muito bem da Operação Lei Seca do Rio de Janeiro. Viemos aqui para conhecer de perto os procedimentos do programa, afirmou o coordenador de operações do Detran do Pará, Rodolfo Ferreira. ˆ Š Debate não alterou em nada o quadro eleitoral PAÍS Sábado, 20, domingo, 21 e segunda-feira, 22 de outubro de De acordo com analista, o discurso dos dois candidatos a prefeito é o mesmo O primeiro debate do segundo turno das eleições paulistanas, realizado pela TV Bandeirantes, deu continuidade ao discurso já utilizado pelos candidatos José Serra (PSDB) e Fernando Haddad (PT) no horário eleitoral, é o que avalia o especialista em marketing político e pesquisas eleitorais Sidney Kuntz. O debate não alterou o Œ Ž ˆ quadro eleitoral. Ninguém apresentou nada muito diferente do outro e o que disseram é o que já está sendo mostrado pela propaganda eleitoral, analisou. Um dos assuntos que geraram polêmica na última semana entre as duas candidaturas, o chamado kit gay, acabou ficando fora do debate. Na avaliação de Kuntz, esse assunto não deu resultado no cenário eleitoral, o que desencorajou a entrada do tema no debate. Se o Serra tivesse levado (o tema), certamente o Haddad mencionaria o material que incluía o combate à homofobia desenvolvido pelo Estado quando Serra era governador. Além de que, (o tema) já foi explorado na TV e não deu resultado, avaliou. Baseado nas recentes pesquisas eleitorais divulgadas nesta semana, do Ibope e do Datafolha, que apontam Haddad entre 16 e 17 pontos porcentuais a frente de Serra, respectivamente, Kuntz avalia que o quadro eleitoral já está cristalizado. Para ele, uma eventual virada não pode ser descartada, mas teria de ser motivada por algum fato contundente. Todas as armas já foram mostradas pelas duas campanhas. Tirar algo como 10 pontos nessa altura do campeonato, o que significa uns 700 mil votos, é difícil. Para mudar esse cenário, teria de aparecer algo muito grande, teria que haver uma carta na manga, diz. O Ibope mostrou Haddad com 49% das intenções de votos e Serra com 33%. Já o Datafolha apontou Haddad com 49% e Serra com 32%. Para Kuntz, a queda nas intenções de votos no tucano, registradas nessas pesquisas, deveriam levar a campanha a rever a estratégia nessa reta final da corrida eleitoral. A agressividade não está funcionando em lugar nenhum. Até mesmo dirigentes tucanos não concordam, afirmou. Do lado petista, Kuntz afirmou que o apoio do peemedebista Gabriel Chalita foi o grande trunfo da campanha no segundo turno. O Chalita passou uma boa imagem, mesmo entre os que não votaram nele, já que ele não tinha rejeição. É como se anulasse um pouco o sentimento anti petista. O Chalita é um ex-tucano, foi secretario do Alckmin, ele deu o aval para tirar um pouco esse ranço contra o PT. Foi um grande apoio, avaliou. No lado de Serra, Kuntz relativizou a importância dos apoios angariados. A Soninha, no primeiro turno, não bateu em ninguém, não passa uma imagem forte, e Paulinho teve uma votação muito baixa, disse. Kuntz avaliou também que os embates entre Serra e jornalistas, ocorridos na última semana, podem ter algum efeito negativo entre os eleitores da classe média. Isso soa mal, porque pode parecer destempero e atinge principalmente a classe média, que é quem lê jornais, avaliou. CFM proíbe uso de hormônios para retardar o envelhecimento Š O Conselho Federal de Medicina (CFM) publicou, nesta sextalefícios que trazem à saúde não mite a reposição de deficiências cas de benefícios, e os riscos e ma- sobre o assunto.a resolução perfeira, no Diário Oficial da União permitem o uso de terapias hormonais com o objetivo de retardar, tos apenas em casos de necessi- hormonais e de outros elemen- a Resolução 1.999/2012 que proíbe o uso de hormônios com o objetivo de retardar ou prevenir o de envelhecimento, informou o prescrição dos hormônios conhe- modular ou prevenir o processo dade comprovada. Está vedada a processo de envelhecimento. conselho no texto, após avaliação cidos como bioidênticos para A falta de evidências científi- e revisão de estudos científicos o tratamento antienvelhecimen- RIO to e o uso de ácido etilenodiaminotetracético (EDTA), procaína, vitaminas e antioxidantes, entre outras.segundo o CFM, os médicos que descumprirem as regras poderão sofrer penalidades que vão desde advertência até cassação do registro. UFF destinará 10% das vagas para Rede Pública ŒŠŽ Isabela Vieira do pela Lei de Cotas, que obriga de aplicação, sem favorecer a inclusão dos mais carentes. Da Agência Brasil universidades e institutos federais a reservar vagas para alunos Os colégios citados por Salles A Universidade Federal Fluminense (UFF) anunciou, nesta sexta- de renda e de raça. ções do Ministério da Educação, de escolas públicas, com recorte lideram os rankings de avaliafeira, que destinará 10% das cerca Na avaliação do reitor da UFF, enquanto as escolas públicas de 10 mil vagas dos seus cursos em Roberto Salles, a lei federal beneficia estudantes de escolas que dia, estão em piores lugares. municipais e estaduais, em mé para alunos de colégios públicos municipais e estaduais. têm o mesmo nível de estabelecimentos privados, como é o caso federais, universitários, milita- Os estudantes de colégios A medida complementará o percentual de 12,5% estabeleci- dos colégios federais, militares e res e de aplicação competem A medida complementa o percentual de 12,5% da Lei de Cotas, entre renda e raça INTERNAÇÃO Estado de saúde de Niemeyer é estável É estável o estado de saúde do arquiteto Oscar Niemeyer, de 104 anos, internado com desidratação, desde o último sábado no Hospital Samaritano, em Botafogo. De acordo com o médico Fernando Gjorup, Niemeyer está lúcido, respira sem a ajuda de aparelhos e se alimenta normalmente. A assessoria de imprensa do hospital informou, nesta sextafeira, que está prevista para segunda-feira a divulgação de novo boletim da equipe médica. Esta é a terceira internação de Oscar Niemeyer no Hospital Samaritano desde o ano passado. Na primeira, em abril de 2011, ele passou 12 dias por causa de uma infecção urinária. Em dezembro ele faz 105 anos. em igualdade de condições com aqueles que estudam nas melhores escolas do país, diz nota divulgada pela UFF. O reitor também cobrou a contratação de funcionários da área administrativa, como assistentes sociais, para que a lei seja colocada em prática. Ele também pede pelo menos mais R$10 milhões do Programa de Assistência Estudantil. Cidade vive expansão do setor hoteleiro Sede de jogos da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016, o Rio de Janeiro vive momento de expansão do setor hoteleiro. A cidade tem, atualmente, quartos em construção, espalhados pela Barra da Tijuca, Zona Sul, Centro e Zona Oeste. A expansão da construção hoteleira é reflexo de uma exigência do Comitê Olímpico Internacional para os Jogos de A realização dos megaeventos representa, além da promoção do país no exterior e do aumento do fluxo de turistas, um salto de qualidade nos serviços, a modernização dos equipamentos e a ampliação da oferta de leitos, afirmou o secretário de Turismo, Ronald Ázaro. A empresa Accor inaugurou um Hotel Ibis, em Copacabana, o centésimo hotel da rede na América Latina. O empreendimento, que tem 150 apartamentos, contou com investimento de R$ 28 milhões. Maior oferta no número de quartos A rede Windsor planeja finalizar a construção de dois hotéis de luxo na Barra da Tijuca com mil quartos, ao todo até A empresa americana Hilton também investe no bairro, num empreendimento orçado em R$ 200 milhões. Para aumentar a competitividade do setor hoteleiro no país, o Ministério do Turismo instituiu, em 2011, um critério para a qualificação de hotéis e pousadas: o Sistema Brasileiro de Classificação de Meios de Hospedagem (SBClass). Elaborado em parceria com o Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro), as hospedagens podem receber certificações que variam de uma até cinco estrelas, levando-se em conta critérios como infraestrutura, sustentabilidade e serviços. O SBClass é uma ferramenta de divulgação de informações sobre a rede hoteleira do país, que dará visibilidade aos empreendimentos e orientará o turista,disse o ministro do Turismo, Gastão Vieira. De férias no Rio, o publicitário Alexandre Borges, de 34 anos, aprova a classificação. A iniciativa deve incentivar os hotéis a investir mais em infraestrutura e serviços. afirmou o mineiro, hospedado em Copacabana com a mulher, Luciana, de 34, e a filha, Marina, de 3 anos.

6 6 Sábado, 20, domingo, 21 e segunda-feira, 22 de outubro de 2012 JUSTIÇA š œ š O líder indígena Eliseu Lopes disse que o ato foi para mostrar quantos de seu povo já foram assassinados Índios cobrem gramado da Esplanada com cruzes Para evitar que a violência fundiária continue, os guaranis fizeram manifestação Karine Melo violência fundiária, segundo tado brasileiro para a proteção Ÿ Da Agência šžœÿœ Brasil os organizadores. Os indígenas física das pessoas, dos indivíduos guaranis kaiowás e, espe- também reivindicam a homologação e demarcação das terras. cialmente, tome as iniciativas Cinco mil cruzes foram colocadas, nesta sexta-feira, no Segundo o Conselho Indigenista Missionário (Cimi), entidaplementar suas terras tradicio- estruturantes no sentido de im- gramado da Esplanada dos Ministérios, próximo ao Congresso Nacional. O protesto, nal dos Bispos do Brasil (CNBB), naquela região, explicou o sede ligada à Conferência Nacionais e assim, superar os conflitos organizado por comunidades foram assassinados no país 503 cretário do Cimi, Cleber Buzatto. indígenas e entidades de defesa índios entre 2003 e Do total, mais da metade, 279 são do de serem ameaçados de expul- Na semana passada, depois desses povos, simboliza índios mortos e ameaçados, especialmente os guaranis kaiowás, de Precisamos que o Estado Federal de Naviraí, em Mato povo Guarani Kaiowá. são por uma decisão da Justiça Mato Grosso do Sul, que hoje tome as iniciativas adequadas Grosso do Sul, os 170 índios - que é a etnia que mais sofre com a que são de direito e dever do Es- há um ano estão acampados na Fazenda Cambará, às margens do Rio Hovy, no município de Naviraí - divulgaram uma carta, na qual pedem que o governo e Justiça Federal não decretem a ordem de despejo. Estamos fazendo esse ato para dizer que muitas lideranças já foram mortas, derramaram sangue pelas suas terras, mas não queremos mais isso. Já decidimos coletivamente, não vamos sair das terras porque nós não temos para onde ir, disse o líder indígena, Eliseu Lopes. Prorrogada permanência da Força Nacional de Segurança Renata Giraldi União, Seção 1, página 2. Goiás para combater o tráfico Da Agência Brasil O texto completo da portaria de drogas, roubo de carros e os š œ š š Ÿš pode ser obtido na página da Imprensa Nacional, na internet. setembro, as autoridades do sequestros-relâmpagos. Desde O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, prorrogou A Operação Divisa Segura é Distrito Federal apelaram para por mais 90 dias a permanência da Força Nacional de Segu- federal, por meio da Força Na- por, pelo menos, três meses. O uma ação conjunta do governo que o reforço fosse mantido rança na região do Entorno do cional de Segurança Pública, e pedido foi atendido pelo Ministério da Justiça. Distrito Federal (DF). Desde da Secretaria de Segurança de setembro, 133 homens e mulheres reforçam a segurança deral reúne, em sua maioria, ci- de Segurança atua principal- Goiás. O Entorno do Distrito Fe- Em Goiás, a Força Nacional na área, considerada uma das dades goianas. A Força Nacional mente em cinco municípios que mais violentas do DF. A portaria autorizando a prorrogação Os homens da força fazem de homicídio. De acordo com o reforça o policiamento no DF. registram os maiores índices está publicada na edição de patrulha nas divisas entre o DF governo do Distrito Federal, o hoje (19) do Diário Oficial da e os estados de Minas Gerais e efetivo é suficiente para cobrir o Comissão vai buscar notícia sobre sumidos A dor de quem tem um parente desaparecido parece eterna. É o caso de Deni Peres, que não sabe o paradeiro do irmão Luiz Renato Pires, o único brasileiro que desapareceu na Bolívia, vítima da Operação Condor, ação conjunta entre seis países sul-americanos, inclusive o Brasil, contra opositores às ditaduras militares, no fim da década de É a falta de não ter enterrado um corpo, não ter um final, desabafa Deni Peres. O governo do Brasil reconheceu, até hoje, o desaparecimento de 13 brasileiros fora do país durante a operação, sendo sete na Argentina, cinco no Chile e apenas um na Bolívia. Na tentativa de esclarecer o que ocorreu com esses desaparecidos políticos, a Comissão Nacional da Verdade criou um grupo exclusivo para tratar da Operação Condor. A coordenadora do trabalho e conselheira da comissão, Rosa Maria Cardoso, diz que o grupo irá em busca de documentos e depoimentos para resgatar a história. Nós vamos caracterizar essa operação, levantando questões factuais e evidências também. Vamos ver os antecedentes no caso brasileiro, disse. O trabalho do grupo é visto por muitos como um princípio para se tentar apurar os crimes como o desaparecimento de pessoas cometidos durante a vigência da operação políticomilitar. Para a deputada federal e presidenta da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, Luiza Erundina (PSB-SP), a Lei da Anistia é um dos entraves para as investigações. Os generais militares foram anistiados com a Lei da Anistia e os opositores tiveram que pagar com prisão, com exílio, com processos na Justiça Militar. Lamentavelmente, é isso que a gente não pode permitir, que haja mais retrocesso da democracia brasileira, conclui. Para o presidente do Movimento de Justiça e Direitos Humanos, Jair Krischke, em alguns dos países que integraram a Condor - como, por exemplo, a Argentina - a apuração dos crimes está em ritmo avançado. Precisamos resgatar a verdade. A Comissão Nacional da Verdade tem a obrigação para com o povo brasileiro de resgatar essa verdade. Tem que dizer quem fez o quê. Ele ressalta a criação das comissões estaduais da Verdade, que servirão para impulsionar a comissão nacional. Quanto mais, melhor. Para ver se nós conseguimos, ao final das contas, chegar onde devemos chegar, que é apontar aqueles que foram responsáveis por esses crimes. Wilson Dias / ABr território, mas não para policiar a divisa com Goiás. Segundo a Secretaria de Segurança Pública do DF, há um déficit de policiais na região. Pelo levantamento da secretaria, de cada três furtos de veículos registrados na capital federal, um é praticado por criminosos que fogem para o Entorno. Na tentativa de reduzir os furtos e roubos, a pedido do Distrito Federal deverá ser reativado o gabinete de gestão integrada e a retomada das reuniões conjuntas SÃO PAULO Divulgadas imagens de roubo à Câmara A Polícia Civil divulgou as imagens do circuito interno da Câmara Municipal de São Paulo, que registraram a ação de um grupo acusado de furtar quatro notebooks da Casa na tarde da terça-feira, 16. A gravação compõe o inquérito policial, registrado no 1º Distrito Policial (Sé). Até esta tarde, ninguém foi preso ou identificado pela polícia. A Câmara informou mais cedo que pretende aumentar a segurança do local com a instalação do dobro de câmeras de segurança - o número atual é de 28 aparelhos. Além do aumento de vigilância, pessoas devem ser contratadas para acompanhar o registro das imagens em tempo real. Antes do furto dos notebooks, todos os vídeos eram arquivados e, quando necessário, recuperados para análise. ž œ Congresso quer mais prazo para criar nova regra A pouco mais de dois meses do prazo final de validade da regra atual de distribuição do Fundo de Participação dos Estados e do Distrito Federal (FPE), o Congresso vai pedir ao Supremo Tribunal Federal (STF) que prorrogue o prazo por mais um ano. É essa, na avaliação dos parlamentares, a única saída para impedir que o repasse seja bloqueado. Em fevereiro de 2010, o Supremo considerou inconstitucional a regra que está em vigor e deu prazo para sua substituição até 31 de dezembro deste ano. Deputados e senadores tiveram dois anos e oito meses para aprovar outra proposta, mas a questão nunca foi tratada como prioridade. O senador Romero Jucá (PMDB-RR) é um dos poucos que acreditam na chance de ter aprovada no início de novembro a proposta de sua autoria e do senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP). Mesmo se isso ocorrer, o que é pouco provável, ele reconhece que a Câmara não terá tempo suficiente para examinar o texto. Teremos, então, de providenciar um abaixo-assinado de todos os líderes ao presidente do Congresso, José Sarney, œ pedindo š œ š ao Supremo para revalidar a proposta do FPE de hoje, afirma. O líder do PMDB, senador Renan Calheiros (AL), lembra que, por se tratar de uma proposta conflitante, levará tempo para se aprovar uma nova regra de partilha do FPE. É necessário haver consenso em torno de algum critério e como não há, a dificuldade é maior, constatou. Na avaliação do senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES), será necessário pelo menos um ano para as duas Casas chegarem a um acordo. Temos de pedir mais um ano e evidentemente fazer uma autocrítica por não termos votado dentro do prazo, defendeu. É uma matéria desagregadora, é irreal imaginar que o Congresso terá capacidade de aprovar outro modelo de distribuição neste final de ano, destacou. Ele ressalta que, sem o aval do STF prorrogando a validade da norma de hoje, as transferências ficarão bloqueadas em função do vácuo na lei. A proposta que o senador Jucá quer aprovar mantém a fórmula de hoje para a arrecadação atual. Ninguém perde nada, avisou. Já com relação a novas arrecadações, para os acréscimos da arrecadação acima do que ocorre hoje, serão levados em conta indicadores sociais e geográficos dos Estados. O PFE transfere aos Estados 21,5% da arrecadação do imposto de Renda e do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI). O valor este ano, de acordo com Ferraço, é de R$ 60 bilhões. Em Estados como Amapá, Roraima, Acre e Tocantins, o fundo é a principal fonte de recursos. Desde 1989, o FPE é distribuído com base em contas fixas, alvo das Ações Diretas de Inconstitucionalidade (Adins) que levaram o STF a declarar a inconstitucionalidade do atual método de partilha. Os ministros entenderam que as cotas fixas contrariam o caráter equalizador do fundo por prejudicar os Estados que tiveram crescimento acelerado da população e queda da renda per capita. Veículos infantis geram polêmica Rene Moreira A Justiça de Ribeirão Preto, no interior paulista, determinou que motos e carros elétricos só podem circular em um condomínio da cidade por condutores que possuam Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A determinação é do juiz Héber Mendes Batista, da 4ª Vara Cível. A decisão é polêmica, pois os equipamentos são pequenos, movidos à base de bateria e destinados a crianças menores de 10 anos. A medida foi tomada a pedido do Condomínio Paineiras, na zona sul de Ribeirão Preto, onde a questão foi discutida antes de se ir à Justiça. Em assembleia, a maioria dos moradores votou pela proibição. Ana Luiza Saud, moradora do condomínio, foi contrária à decisão e ingressou na Justiça para tentar revertê-la. Em primeira instância, porém, teve o pedido de liminar negado. Ana Luiza tem dois filhos, de 4 e 9 anos, que têm três motos e um carro elétricos. Entretanto, as crianças agora estão impedidas de circular com seus brinquedos. Para a mãe, é injusto, pois as crianças não têm idade para tirar CNH, além de dirigirem veículos que andam devagar e não representam perigo para o trânsito. A Justiça, contudo, acatou o argumento de defesa do condomínio. A alegação é que os brinquedos circulariam no local junto com carros e motos, o que poderia gerar algum acidente grave com responsabilidades para o condomínio. A polêmica deve render desdobramentos. Enquanto Ana Luiza diz que os brinquedos dos filhos andam no máximo a 10 km/h, o condomínio informou em sua defesa que são veículos praticamente normais que chegam a 100km/h. A questão agora será analisada em segunda instância pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), com o recurso impetrado pela família que se sentiu prejudicada com a proibição.na tarde desta sexta-feira, foi informado que a decisão continua valendo e os brinquedos seguem proibidos no local. Justiça proíbe jornada excessiva praticada nas Lojas Riachuelo Liminar da juíza titular da 2ª Vara do Trabalho de Marília (SP), Keila Nogueira Silva, proibiu a Lojas Riachuelo S/A de submeter funcionários a jornadas de trabalho extenuantes, além do limite diário de duas horas extras. A decisão atende pedido feito em ação civil do Ministério Público do Trabalho em Bauru e tem validade em todas as lojas da companhia no País. De acordo com o MPT, o descumprimento da decisão resultará em multa diária de R$ 2 mil. A denúncia foi encaminhada à Procuradoria pelo Sindicato dos Comerciários de Marília e foram constatadas as irregularidades e realizados autos de infração pela extrapolação do limite de duas horas extras diárias. A Riachuelo foi intimada a regularizar a situação, com a assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), mas, segundo o MPT, a empresa não aceitou. Sem o acordo, o procurador Luís Henrique Rafael, de Bauru, entrou com a ação civil pública, com o pedido de liminar.do Termo de Ajustamento de Conduta demonstra que a ré não pretende envidar mais esforços para evitar que seus funcionários prestem horas extras além do limite legal, informou a juíza Keila.

7 ±³ µ Alemanha e Turquia apoiam trégua na Síria A Turquia e a Alemanha jogaram seus pesos políticos nesta sexta-feira e pediram que o governo da Síria e os insurgentes sírios respeitem um cessar-fogo durante o feriado islâmico do Eid al-adha (Festa do Sacrifício), que acontecerá em 28 de outubro. Enquanto isso, o enviado internacional da Liga Árabe e da Organização das Nações Unidas (ONU) µ µ para a Síria, Lakhdar Brahimi, chegou a Damasco, onde fará mais um esforço para as duas partes aderirem ao cessar-fogo. Nos últimos dias, ativistas reportaram um aumento nos bombardeios da Força Aérea da Síria contra cidades no norte do país e na violência. Brahimi terá uma reunião com o chanceler sírio Walid Moallem no sábado. O feriado do Eid al-adha acontecerá entre os dias 26 e 28. O ministro das Relações Exteriores da Turquia, Ahmet Davutoglu, disse que as duas partes precisam suspender as hostilidades pelo menos durante o feriado. Já o ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Guido Westerwelle, também pediu por um cessar-fogo no feriado muçulmano, ao dizer que a trégua seria um raio de esperança humanitária para o povo da Síria. Apesar dos esforços para um cessar-fogo que suspenda a matança, ocorreram mais ataques da Força Aérea da Síria nesta sextafeira contra cidades na província de Idlib. Não existem relatos sobre vítimas, mas dezenas de pessoas foram mortas em bombardeios contra cidades em Idlib e Alepo na quarta-feira e quinta-feira. A guerra civil na Síria deixou mais de 30 mil mortos desde março do ano passado e o número de refugiados passou de 300 mil. Divulgado dossiê sobre abusos Renata Giraldi Da Agência Brasil A organização norte-americana de escoteiros Boy Scouts of América (Garotos Escoteiros da América, em tradução livre) µ¼± µ divulgou documentos sobre uma série de denúncias de abusos sexuais contra crianças. A divulgação foi determinada pela Justiça. O dossiê contém material indicando que líderes de escoteiros, policiais, promotores e prefeitos evitaram a publicação de acusações sobre abusos. Os documentos se referem a casos ocorridos entre 1959 e Em texto, publicado no site do grupo, a informação é sobre a existência de um arquivo, do período de 1965 a 1985, que reúne informações sobre pessoas que não cumprem as normas do Boy Scouts of America. Os detalhes das denúncias são mantidos em sigilo. O presidente do Boy Scouts of America, Wayne Perry, disse que houve situações nas quais as pessoas abusaram de suas posições no escotismo para explorar crianças. Ele pediu desculpas pelos episódios. Nós estendemos nossas desculpas mais profundas e sinceras às vítimas e suas famílias, disse Perry. Embora seja difícil de compreender ou explicar as ações dos indivíduos de muitas décadas atrás, hoje o escotismo é líder entre organizações de atendimento na prevenção de abuso infantil. Obama é o favorito entre os mais jovens Uma pesquisa com dois mil jovens entre 20 e 29 anos conduzida pela organização One ½ ² ³ Young World revela ampla preferência do eleitor jovem pela reeleição do presidente Barack Obama na disputa de 6 de novembro. Dos 72% que disseram que pretendem votar nesta eleição, 49% preferem que o democrata saia vitorioso das urnas. Para 19%, o republicano Mitt Romney é a melhor escolha. Ao mesmo tempo em que a maioria dos entrevistados (49%) revelou não ter acompanhado as convenções dos partidos para indicação de Obama e Romney, o levantamento indica que os debates entre os dois candidatos à Casa Branca têm importante influência na definição do voto. Para 32%, são os debates que influenciam mais o voto, seguidos de indicações da família e amigos (23%) e notícias publicadas na mídia (19%). Apenas 5% dos jovens entrevistados pelo OYW, no entanto, citaram a publicidade paga - que vem consumindo milhões dos recursos de campanha tanto de Obama quanto de Romney - como algo que mais influencia seu voto. Dilma é convidada para visitar Ucrânia A presidente Dilma Rousseff recebeu nesta sexta um telefonema do presidente da Ucrânia, Viktor Yanukovych, e acertou uma visita ao país no ano que vem. Na conversa, que durou cerca de 20 minutos, um dos principais assuntos foi a cooperação Brasil-Ucrânia na Alcântara Cyclone Space (ACS), que prevê a construção de um veículo lançador e de um foguete a ser lançado em De acordo com a assessoria do Planalto, a presidente assegurou que o governo brasileiro está adotando todas as providências necessárias para alavancar e acelerar o projeto e garantir o lançamento do foguete em No final do ano passado, depois da visita de Yanukovych ao Brasil, a Ucrânia voltou a investir na ACS. Até aquele momento, o Brasil já havia colocado 42% dos US$ 500 milhões previstos na sua parte, enquanto a Ucrânia havia investido apenas 19%. No total, o projeto deve custar US$ 1,03 bilhão. Os dois presidentes também conversaram sobre uma visita de Dilma à Ucrânia em 2013, com a realização de um fórum empresarial. De acordo com a assessoria do Planalto, a presidente garantiu a Yanukovych que levará uma grande delegação empresarial. ª«ª ª± ² MUNDO Sábado, 20, domingo, 21 e segunda-feira, 22 de outubro de Instabilidade é um dos piores problemas globais Ex-presidente norte-americano Bill Clinton fala para uma plateia de jovens Andréia Lago, Desigualdade, instabilidade e desenvolvimento não sustentável são os três maiores problemas globais atualmente, disse o ex-presidente norte-americano Bill Clinton para uma plateia de jovens líderes com menos de 30 anos vindos de 180 países para a conferência anual da organização One Young World, em Pittsburgh, na Pensilvânia. Todos os grandes desafios ² ª que os jovens vão enfrentar estão inseridos em uma dessas três categorias, disse Clinton, alertando aos países pobres precisarão construir sistemas próprios para lidar com esses desafios e o mundo desenvolvido precisará reformar seus sistemas para tal. Aqueles que o fizerem se darão bem, e os que não o fizerem serão punidos, alertou. Respondendo a perguntas de quatro delegados de países como Iraque e Índia, Clinton elogiou os recentes avanços em nações como Egito e Tunísia, mas alertou que em países como Líbia e Iraque o caminho tem sido irregular e difícil. Mas o caminho para a democracia sempre é assim, resumiu, citando o exemplo dos Estados Unidos, onde somente proprietários de terra do sexo masculino podiam votar quando o país foi fundado, há mais de 200 anos. Questionado se o Iraque e outros países do Oriente Médio estão preparados para sua própria Primavera Árabe, Clinton disse que a resposta é sim e não. Sempre que as pessoas puderem ser livres para escolher seu próprio caminho, isso é bom, mas tem sido um processo irregular, afirmou. As pessoas estão prontas, mas elas não têm suporte institucional ou experiência para fazer com que isso funcione. É preciso construir isso, e construir o arcabouço institucional será um desafio diferente em cada país. Em alguns países, corre-se o risco de morrer apenas por tentar, disse o ex-presidente. Aguardado para abrir a conferência anual do One Young World, em Pittsburgh, Clinton chegou atrasado e foi bastante aplaudido por uma plateia de jovens lideranças. Ao falar sobre igualdade de gêneros no ambiente de trabalho, o ex-presidente aproveitou a única oportunidade que teve durante o evento para fazer campanha em prol do democrata Barack Obama na disputa pela Casa Branca perante uma plateia jovem. Clinton afirmou que as mulheres contam atualmente com maior igualdade legal de direitos, mas observou que ainda não é possível ver tantas mulheres no Congresso americano quanto no Parlamento de Ruanda e que ainda existe muita desigualdade de salários entre homens e mulheres. Estamos assistindo uma campanha presidencial na qual um candidato, o presidente Barack Obama, assinou algo chamado Lilly Ledbetter Fair Pay Act, uma lei que simplesmente garante pagamento igual para trabalhos iguais e o direito de processar se isso não ocorrer, e o outro candidato, o governador Mitt Romney, nem mesmo afirmou no debate se assinaria tal lei. Ele não quis dizer eu não assinaria porque então ele deixaria as eleitoras contrariadas. Ele não quis dizer eu não assinaria porque ele deixaria sua base eleitoral de direita contrariada, alfinetou Clinton. Esse não foi o único momento político da agenda de Clinton em Pittsburgh. Antes de abrir a conferência anual do One Young World, no centro da cidade, o democrata encontrou-se com o ex-presidente George W. Bush em evento promovido pelo banco suíço UBS em outro teatro próximo, o Byham Theater. Os dois teriam tido uma conversa privada antes do evento fechado promovido pelo UBS, não confirmada pelo banco. Explosão de carro-bomba em Beirute mata oito pessoas ³ ¹ Um carro-bomba explodiu no da força de segurança, mas não vizinho, Bashar Assad. leste de Beirute, capital do Líbano, e matou pelo menos oito as vítimas. segurança afirmaram que pelo estava claro se ele estava entre A Cruz Vermelha e oficiais de pessoas e feriu dezenas nesta O atentado ocorre em um menos 61 pessoas ficaram feridas. A agência de notícias esta- sexta-feira, afirmaram a Cruz momento de crescente tensão Vermelha e autoridades de segurança. O ataque ocorreu em uma civil na Síria. De acordo com a Um fotógrafo da Agência e violência derivados da guerra tal fala em 78 feridos. região predominantemente cristã da cidade e foi o pior em anos. News, a explosão ocorreu a ape- de apartamentos destruídos. Um agência de notícias National France-Presse viu dois prédios Um oficial da polícia libanesa nas 200 metros da sede do partido cristão Falange, hostil ao enquanto funcionários da Cruz deles ainda estava em chamas disse que o alvo do ataque era o chefe do serviço de informações regime do presidente do país Vermelha retiravam as vítimas. Irmandade elege líder e uma multidão protesta no Egito A Irmandade Muçulmana, atualmente o movimento político mais forte do Egito, elegeu nesta sexta-feira um ex-líder do Parlamento como seu novo chefe, Saad º±µ» el-katatny, que deverá substituir Mohammed Morsi, eleito presidente do país neste ano. El-Katatny foi líder do Parlamento até a casa ser dissolvida pelo governo militar do Egito no começo deste ano. Ele é considerado da chamada linha-dura do Partido da Liberdade e Justiça, o braço político da Irmandade. El-Katatny recebeu 581 votos, derrotando o vice-líder do grupo, Essam el- Erian, que obteve 283 votos. Enquanto os islâmicos faziam sua eleição interna, pelo menos 10 mil pessoas tomaram as ruas do centro do Cairo, exigindo que a Irmandade Muçulmana peça desculpas pela violência da semana passada, quando egípcios laicos e seculares se manifestaram no centro da capital e foram agredidos por partidários do grupo. Pelo menos 100 pessoas ficaram feridas. Nesta sexta-feira, a manifestação acabou justamente na praça Tahrir, epicentro dos protestos contra Hosni Mubarak no final de 2010 e começo do ano passado. Os manifestantes pedem que o governo e o partido governista respeitem a Constituição, que representa todos os grupos da sociedade, incluídos seculares, cristãos e mulheres. O partido foi criado pela Irmandade logo após a queda de Mubarak que governou autoritariamente o Egito durante quase 30 anos, até fevereiro do ano passado. A Irmandade sofreu durante anos com a repressão de Mubarak. El-Katatny é considerado próximo à facção mais conservadora do grupo, liderada pelo financista Khairat el-shater, o qual era a principal aposta da Irmandade para as eleições presidenciais, mas teve a candidatura desclassificada pela Justiça Eleitoral. Mesmo assim, o Partido da Justiça e Liberdade venceu as eleições com Morsi. A Síria condenou o atentado com carro-bomba perpetrado nesta sexta-feira em Beirute. O ministro sírio de Informação, Omran al-zohbi, qualificou o episódio como um ataque terrorista e covarde. O ministro é citado pela agência estatal de notícias Sana dizendo que esse tipo de ataque terrorista e covarde é injustificável onde quer que aconteça. El-Erian é visto como mais liberal e aberto ao diálogo com os seculares. Mas a visão política entre os dois candidatos internos tem diferenças mínimas, segundo os críticos. A Irmandade não tem mais duas alas, no momento ela tem apenas uma e ela é conservadora, disse Mohammed Osman, ex-partidário da Irmandade que rompeu com o grupo. No final das contas, El-Erian e El-Katatny são a mesma coisa, disse Osman. O partido, contudo, está sob fortes críticas dos seculares, liberais e cristãos coptas, que acusam a Irmandade e seu braço político de tentarem escrever uma Constituição islamita para o Egito. Itália pode se mostrar um país bárbaro, diz Silvio Berlusconi O ex-primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, compareceu a um tribunal de Milão, nesta sextafeira, onde é acusado de concussão e de favorecer a prostituição de uma menor de idade. A menor em questão, a marroquina Kharima el-marough, tinha 17 anos quando frequentou as festas na mansão do magnata, perto de Milão quando Berlusconi ainda era primeiroministro. Berlusconi, atualmente com 76 anos, negou ter pago para fazer sexo com Kharima, apelidada de Ruby. Segundo ele, se houver alguma condenação judicial, isso mostrará que a Itália é um país não civilizado e bárbaro. O expremiê disse que nunca fez sexo com Ruby, nunca pagou prostitutas e que as festas que ocorriam em sua mansão de Arcore não eram orgias sexuais, mas jantares onde as pessoas conversavam sobre política, esportes e atualidades. A expressão bunga-bunga vem de uma piada que eu repetia e que a mídia usou de maneira distorcida, afirmou o ex-premiê. Ele também é acusado de concussão, ao ter telefonado para uma delegacia da polícia milanesa, após Kharima ter sido detida em 2010 acusada de furto. Na época, ela frequentava as festas em Arcore. Berlusconi telefonou para a delegacia e pressionou o comissário de polícia para que a jovem fosse liberada, ao afirmar que ela era parente de Hosni Mubarak, então ditador do Egito. A polícia liberou Ruby. Nesta sexta-feira, Berlusconi reafirmou no tribunal que pensava mesmo que Ruby fosse uma parente de Mubarak. Segundo ele, foi assim que Nicole Minetti, sua ex-assessora, apresentou a jovem em Arcore. Minetti também é processada por favorecimento à prostituição de menores. A prostituição não é crime na Itália, mas a prostituição de menores de idade é um crime, bem como a exploração do lenocínio. Pensei que ela tinha 24 anos, disse Berlusconi. Com certeza absoluta, posso negar totalmente que tenham acontecido orgias em Arcore, disse Berlusconi. As festas do expremiê foram descritas em detalhes picantes por várias das garotas que frequentaram a mansão, italianas, francesas, brasileiras, ucranianas e dominicanas.

8 8 Sábado, 20, domingo, 21 e segunda-feira, 22 de outubro de 2012 ESPORTES ARTES ¾ ÀÁ ÃÁÄ Com o objetivo de chamar atenção dos transeuntes, artista baiano sai de bike Perfomance pelas ruas do Catete Coreógrafo inova para levar mais espectadores ao teatro Nos dias 26 e 27 de outubro, sexta e sábado, na Rua do Catete, em frente ao número 338, às 19h, um programa inusitado para os transeuntes. O atleta e coreógrafo baiano João Rafael Neto apresentará BOLERO de 4 como parte do esquenta para a nova programação do Teatro Cacilda Becker, Dança de Todas as Tribos - Tribos de Todas as Danças que estreará dia 2 de novembro para o grande público. ÅÆÇ È ¾ÉÀÉÊÈ Bolero de 4 faz o elo entre a prática esportiva e a dança contemporânea, numa mistura inusitada que para alguns pode parecer insustentável. O intérprete-criador João Rafael Neto elabora uma performance com sua bicicleta BMX (Bike Cross), desenvolvendo uma linguagem própria, que desloca o esporte para o ambiente artístico e vice-versa. João Rafael pesquisa o hibridismo entre as técnicas de movimento, as novas tecnologias, e os esportes urbanos, pilares para a sua criação coreográfica. A direção artística é assinada por Luiz de Abreu, que já teve trabalhos apresentados em diversos países, como Alemanha e França, Croácia e Mali. Desde 2004 Abreu reside em Salvador(Bahia), onde investiga a relação entre a dança e o corpo negro. Na física, um corpo negro é um Divulgação Na física, um corpo negro é um corpo que absorve toda incide a radiação que nele LUIZ DE ABREU diretor corpo que absorve toda a radiação que nele incide: nenhuma (somente em casos específicos) luz o atravessa nem é refletida, diz Abreu. Internado em hospital no Rio, o secretário geral da Fifa se recupera, mas não há previsão de alta LIVRO Lançada do astro Mick Jagger Sexo, drogas e rock and roll. A biografia Mick Jagger (Companhia das Letras, 624 págs., R$ 49,50, nas livrarias dia 25) não deixa muito espaço para outros assuntos além desses três no dossiê sobre o vocalista dos Rolling Stones. E são duas centenas de páginas a mais que a biografia de seu grupo musical, publicada há quase 30 anos pelo mesmo autor, Symphony for the Devil: The Rolling Stones Story (1983), escrita pelo jornalista inglês Philip Norman, autor de biografias de John Lennon e Elton John. Não se pode dizer que Mick Jagger seja o que se convencionou chamar de uma biografia chapa branca, até porque o ícone do rock surge no livro como um superstar arrogante, sovina, narcisista e predador - enfim, um Casanova pouco preocupado com suas presas sexuais, aí incluídos mulheres e homens (David Bowie, entre eles). No momento em que os Rolling Stones comemoram 50 anos anunciando um retorno aos palcos e Mick chega aos 70 com quatro casamentos e sete filhos, não é uma biografia recomendável para novos fãs. Os antigos já sabem o que esperar. O jornalista Philip Norman é um produto dos anos Adora rememorar a vida louca da swinging London, as orgias e os banquetes regados a álcool e alucinógenos. Conheceu Jagger numa entrevista, em 1965, dois anos antes de o cantor ser preso por porte de drogas e quatro antes do trágico concerto dos Rolling Stones em Altamont, na Califórnia. nos treinos da Stock Car Piloto foi mais rápido que Xandinho Negrão, seu companheiro de equipe Rubens Barrichello terminou o seu primeiro dia de atividades oficiais na Stock Car em 15º lugar nas sessões de treinos livres desta sexta-feira da etapa de Curitiba, a 10ª da temporada 2012, que será realizada neste domingo. Ricardo Zonta, um outro ex-piloto da Fórmula 1, foi o mais rápido do dia, Ë ÇÅÌÁÇÍ com a marca de 1min20s362. Na segunda sessão desta sexta-feira em Curitiba, Barrichello registrou a marca de 1min20s962 na sua melhor volta. O tempo lhe deixou em 13º lugar na atividade e em 15º na classificação geral. Assim, ele também foi mais rápido do que Xandinho Negrão, seu companheiro na equipe na Medley/Full Time, que terminou apenas na 23ª posição. O desempenho foi bem superior ao do primeiro treino livre, quando Barrichello ficou apenas em 25º lugar. Assim, ele fez um balanço positivo do seu desempenho. De manhã a gente não fez a avaliação do carro no seco, mas foi ótimo para aprender caso venha a chover amanhã. Acho que o resultado geral foi positivo. Estamos por volta de meio segundo atrás do líder, mas tem algumas coisinhas que dá para mexer no carro e ainda preciso me ambientar mais. A Stock Car é muito competitiva e vamos ter de achar uns dois ou três décimos para ficar provavelmente entre os 12 mais rápidos da categoria, analisou. Barrichello não teve muito tempo para se adaptar ao carro da Stock Car. Ele fez um teste exclusivo na segunda-feira e na quinta C ÅÂÅÂÅÎÆÅÂÅ O Osasco passeou em quadra e conquistou o inédito título do Mundial de Clubes, disputado no Catar pilotou por pouco menos de 30 minutos no treinos de avaliação do novo banco de fibra de carbono. Apesar das dificuldades, ele garantiu que já está se divertindo na categoria. Eu ainda guio este carro como se estivesse um pouco apressado. Chego um pouco lento, freio um pouco dentro demais. Tenho de respirar e ver o que o carro oferece para mim. Por enquanto está sendo um grande barato. O problema é que é um negócio muito competitivo, em um décimo tem uma pancada de gente, disse. A adaptação ao cockpit fechado, que deixa a visibilidade reduzida, é uma das dificuldades enfrentadas por Barrichello. Ainda tenho dificuldade para saber o quão perto está um companheiro. É muito difícil saber se ele está a um carro, dois carros, se está colado. Essa foi minha maior preocupação, não atrapalhar ninguém, explicou. Mais rápido da sexta-feira em Curitiba, Zonta foi seguido por Átila Abreu, que terminou o dia na segunda colocação, 0s020 mais lento do líder, com o tempo de 1min20s382. Diego Nunes ficou em terceiro lugar, Valdeno Brito terminou na quarta posição e Daniel Serra garantiu a quinta colocação. Líder do campeonato, Cacá Bueno ficou apenas em nono lugar. Barrichello ficou por 19 temporadas na Fórmula 1 e disputou neste ano o seu primeiro campeonato na Fórmula Indy, em que terminou na 12ª colocação. Santos obtém efeito suspensivo e pensa em escalar Neymar O Santos conseguiu no começo da tarde desta sexta-feira um efeito suspensivo que garante a participação de Neymar na partida de domingo, contra a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli. O efeito suspensivo foi concedido pelo auditor Ronaldo Botelho no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O atacante santista recebeu dois jogos de suspensão em julgamento realizado quarta-feira no STJD, por conta da sua expulsão na partida diante do Grêmio, no último dia 30 de setembro, em lance com Pará. Como ele já cumpriu a automática, só não poderia entrar em campo para pegar a Ponte Preta. Com o efeito suspensivo, Neymar está liberado para defender o Santos até que seja julgado pelo Pleno do STJD, em data ainda a ser marcada. Caso a pena seja mantida em segunda instância, ele terá que cumprir a suspensão na partida seguinte a esta sessão. Após a punição de Neymar ser anunciada, Muricy reclamou bastante: A gente fica aborrecido, porque a gente não gosta de falar de arbitragem. Mas nesse jogo contra o Grêmio, ele foi muito autoritário. E se você ver o lance, não me convence. O Pará deu nele primeiro e nem foi advertido. A gente não entende como as coisas acontecem. Falar de uma coisa que não esteve presente é complicado, mas é uma coisa que não concordamos. Após a expulsão, o comportamento foi bom. Um jogo já está de bom tamanho, mas é o tribunal é quem manda. Vamos fazer o quê?, comentou. João Marcos Cavalcanti MPB & outras histórias João Marcos Cavalcanti de Albuquerque é advogado formado pela PUC, escritor bissexto e estudioso da MPB. Sabedoria Judaica onta a lenda que no ano de 1855 Sir Moses Haim Montefiore, rico banqueiro britânico, judeu, grande defensor dos direitos humanos e xerife da cidade de Londres foi convidado para um grande banquete no palácio real. Ao chegar conduziram-no com toda a pompa e circunstância ao seu lugar na mesa ao lado direito do soberano da Inglaterra. Sentado nesse honroso posto era motivo de inveja dos outros comensais. Entretanto teve o desprazer de ver sentado a seu lado um deputado da Câmara do Lords que carregava com ele a fama de ser um grande anti-semita. Depois de alguns minutos de silencio o parlamentar resolve quebrar o gelo e dirigindo-se a Sir Moses em alta voz para que todos ouvissem e falou: Acabo de chegar do Japão e o senhor sabia que lá nao existem porcos e nem judeus. Naquele mesmo momento o Sherife Montefiore retrucou: Nestas circunstancias eu e o senhor deveríamos viajar até lá para que os japoneses possam ter uma amostra de cada um. Depois de alguns segundos de silencio o nosso deputado anti-semita não mais falou durante todo banquete. Hilary Mantel faz história ao vencer o prêmio de literatrua Man Booker Prize A britânica Hilary Mantel já publicou 13 livros desde 1985, quando estreou na literatura com Every Day Is Mother s Day - sete deles editados no Brasil pelo grupo Record. Ganhou um prêmio aqui e outro ali, mas nada tão importante quanto o Man Booker Prize, o principal da literatura em língua inglesa, dado a ela pelo romance histórico The Wolf Hall em Com ele, a escritora se juntou aos prêmios Nobel Nadine Gordimer e J.M. Coetzee, e a outros autores, como Iwan Mc Ewan, na lista dos vencedores do prestigioso prêmio literário. Na terça-feira, ao vencer seu segundo Booker por Bring Up The Bodies, nas livrarias brasileiras em abril também pela Record, ela fez história. Aos 60 anos, tornou-se a primeira britânica a ganhá-lo duas vezes - o australiano Peter Carey e o sul-africano Coetzee eram os únicos até então a conquistar duas estatuetas. Thomaz Bellucci oscilou, mas se classificou para as semifinais do Torneio de Moscou Palmeiras treina com total apoio da torcida O Palmeiras recebeu o apoio da torcida no seu único treino em Araraquara antes do jogo contra o Cruzeiro, também nesta cidade do interior, no sábado. Nesta sexta-feira, o grupo trabalhou na Arena Fonte Luminosa com cerca de 150 torcedores nas arquibancadas, a maior parte deles apoiando o time, que tenta se afastar da zona de rebaixamento. Apesar de o clube ter afirmado em seu site oficial que o treino desta sexta seria aberto à imprensa, os jornalistas não puderam acompanhar a primeira parte da atividade, de cerca de uma hora. Quando os portões foram abertos, a equipe já realizava um rachão. Quatro jogadores foram poupados da atividade recreativa: Barcos, com dores na panturrilha direita, Marcos Assunção, cansado, Maurício Ramos e Luan, ambos com incômodo no joelho direito. De acordo com a assessoria de imprensa do Palmeiras, porém, os quatro titulares participaram normalmente da atividade tática comandada por Gilson Kleina com portões fechados. Temendo a reação da torcida depois do jogo contra o Bahia (quando venceu por 1 a 0, em Salvador), a diretoria já havia programado antecipadamente que o elenco só passaria por São Paulo. O grupo chegou na quinta de manhã e já seguiu imediatamente, de ônibus, até Araraquara. No antepenúltimo lugar do Brasileirão e a seis pontos de sair da zona de rebaixamento, o Palmeiras confia no apoio do seu torcedor para escapar da Série B. Punido com a perda de quatro mandos de campo, a equipe joga pela segunda vez na competição em Araraquara, neste sábado, às 18h30, contra o Cruzeiro. Tite muda laterais e dá chance ao garoto Denner no time titular O técnico Tite vai mudar mais de meio time para o jogo deste sábado, contra o Bahia, no Pacaembu. Além das substituições, com a estreia de Anderson Polga no lugar do poupado Paulo André e os retornos de Martínez e Guerrero, o treinador perdeu Danilo, machucado, e vai mudar as duas laterais. Fábio Santos e Alessandro, que receberam folga, só voltaram a treinar quinta-feira e estão fora dos planos para o jogo de sábado. Welder e Guilherme Andrade, que jogaram contra o Cruzeiro, quarta, não agradaram. Por isso Tite testará uma nova formação. Welder sai do time e quem entra é o garoto Denner, de apenas 18 anos. Edenilson, que atuou no meio contra o Cruzeiro, será improvisado na lateral direita. Do outro lado joga o jovem. Já Guilherme Andrade vai atuar na sua posição de origem, como volante, ocupando a vaga que foi de Edenilson na quarta-feira.

Segunda-feira 01 de Dezembro de 2014. DESTAQUES

Segunda-feira 01 de Dezembro de 2014. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa tem queda, mas encerra mês em alta Mercado vê inflação maior e PIB baixo em 2015 Casino vai acelerar expansão do Pão de Açúcar Minério de ferro cai 48% e tem pior cenário Brokers fecha

Leia mais

Os fatos atropelam os prognósticos. O difícil ano de 2015. Reunião CIC FIEMG Econ. Ieda Vasconcelos Fevereiro/2015

Os fatos atropelam os prognósticos. O difícil ano de 2015. Reunião CIC FIEMG Econ. Ieda Vasconcelos Fevereiro/2015 Os fatos atropelam os prognósticos. O difícil ano de 2015 Reunião CIC FIEMG Econ. Ieda Vasconcelos Fevereiro/2015 O cenário econômico nacional em 2014 A inflação foi superior ao centro da meta pelo quinto

Leia mais

BOA NOITE INVESTIDOR: Bovespa ajusta, Europa ganha e WS recua com dólar

BOA NOITE INVESTIDOR: Bovespa ajusta, Europa ganha e WS recua com dólar ÚLTIMO INSTANTE - 11/03/2015 às 18h28 BOA NOITE INVESTIDOR: Bovespa ajusta, Europa ganha e WS recua com dólar Ásia perde com expectativa para decisão do Federal Reserve Os principais mercados acionários

Leia mais

China: crise ou mudança permanente?

China: crise ou mudança permanente? INFORMATIVO n.º 36 AGOSTO de 2015 China: crise ou mudança permanente? Fabiana D Atri* Quatro grandes frustrações e incertezas com a China em pouco mais de um mês: forte correção da bolsa, depreciação do

Leia mais

5 ECONOMIA MONETÁRIA E FINANCEIRA

5 ECONOMIA MONETÁRIA E FINANCEIRA 5 ECONOMIA MONETÁRIA E FINANCEIRA Os sinais de redução de riscos inflacionários já haviam sido descritos na última Carta de Conjuntura, o que fez com que o Comitê de Política Monetária (Copom) decidisse

Leia mais

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas BRASIL Novembro 2012 Profa. Anita Kon PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO - PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS- GRADUADOS

Leia mais

Relatório Econômico Mensal Agosto 2011

Relatório Econômico Mensal Agosto 2011 Relatório Econômico Mensal Agosto 2011 Tópicos Economia Americana: Confiança em baixa Pág.3 EUA X Japão Pág. 4 Mercados Emergentes: China segue apertando as condições monetárias Pág.5 Economia Brasileira:

Leia mais

Argumentos Contra e a Favor da Valorização O que é o IOF Medidas Adotadas Resultados. Câmbio X IOF Resumo da Semana

Argumentos Contra e a Favor da Valorização O que é o IOF Medidas Adotadas Resultados. Câmbio X IOF Resumo da Semana Câmbio X IOF Nesta apresentação será exposto e discutido parte do debate sobre a valorização do real frente outras moedas, em especial o dólar. Ao final será apresentado um resumo das notícias da semana.

Leia mais

INFORMATIVO FUNDOS GALT FIA - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES GERAL DIVIDENDO - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES. Química 12% Papel e Celulose 8%

INFORMATIVO FUNDOS GALT FIA - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES GERAL DIVIDENDO - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES. Química 12% Papel e Celulose 8% Outubro de 2015 INFORMATIVO FUNDOS GALT FIA - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES O Geral Asset Long Term - GALT FIA é um fundo de investimento que investe em ações, selecionadas pela metodologia de análise

Leia mais

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas BRASIL Agosto 2013 Profa. Anita Kon PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS GRADUADOS

Leia mais

Em Compasso de Espera

Em Compasso de Espera Carta do Gestor Em Compasso de Espera Caros Investidores, O mês de setembro será repleto de eventos nos quais importantes decisões políticas e econômicas serão tomadas. Depois de muitos discursos que demonstram

Leia mais

Terça-feira, 25 de Agosto de 2015. DESTAQUES

Terça-feira, 25 de Agosto de 2015. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa cai ao nível de 2009 com tensão global CCR tem expectativa positiva de crescimento para o próximo ano Ações PNA da Vale fecham na menor cotação desde 2006 Corte de produção na China e

Leia mais

PANORAMA EUA VOL. 3, Nº 5, JUNHO DE 2013

PANORAMA EUA VOL. 3, Nº 5, JUNHO DE 2013 PANORAMA EUA VOL. 3, Nº 5, JUNHO DE 2013 PANORAMA EUA OBSERVATÓRIO POLÍTICO DOS ESTADOS UNIDOS INSTITUTO NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA PARA ESTUDOS SOBRE OS ESTADOS UNIDOS INCT-INEU ISSN 2317-7977 VOL.

Leia mais

Relatório Mensal. 2015 Março. Instituto de Previdência e Assistência do Município do Rio de Janeiro - PREVI-RIO DIRETORIA DE INVESTIMENTOS

Relatório Mensal. 2015 Março. Instituto de Previdência e Assistência do Município do Rio de Janeiro - PREVI-RIO DIRETORIA DE INVESTIMENTOS Relatório Mensal 2015 Março Instituto de Previdência e Assistência do Município do Rio de Janeiro - PREVI-RIO DIRETORIA DE INVESTIMENTOS Composição da Carteira Ativos Mobiliários, Imobiliários e Recebíveis

Leia mais

Relatório Econômico Mensal DEZEMBRO/14

Relatório Econômico Mensal DEZEMBRO/14 Relatório Econômico Mensal DEZEMBRO/14 Índice INDICADORES FINANCEIROS 3 PROJEÇÕES 4 CENÁRIO EXTERNO 6 CENÁRIO DOMÉSTICO 7 RENDA FIXA 8 RENDA VARIÁVEL 8 Indicadores Financeiros BOLSA DE VALORES AMÉRICAS

Leia mais

Sexta-feira, 09 de Maio de 2014. DESTAQUES

Sexta-feira, 09 de Maio de 2014. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa passa por correção após 4 altas Aécio avança e cresce chance de eleição B2W reduz prejuízo do trimestre em 5,7% Lucro da Marisa cresce 57,3% no 1º tri Lucro da Raia Drogasil dobra no

Leia mais

Dólar sem freios. seu dinheiro #100. Nem intervenções do BC têm sido capazes de deter a moeda americana

Dólar sem freios. seu dinheiro #100. Nem intervenções do BC têm sido capazes de deter a moeda americana #100 seu dinheiro a sua revista de finanças pessoais Dólar sem freios Nem intervenções do BC têm sido capazes de deter a moeda americana Festa no exterior Brasileiros continuam gastando cada vez mais fora

Leia mais

Relatório Econômico Mensal Agosto de 2015. Turim Family Office & Investment Management

Relatório Econômico Mensal Agosto de 2015. Turim Family Office & Investment Management Relatório Econômico Mensal Agosto de 2015 Turim Family Office & Investment Management ESTADOS UNIDOS TÓPICOS ECONOMIA GLOBAL Economia Global: EUA: PIB e Juros... Pág.3 Europa: Recuperação e Grécia... Pág.4

Leia mais

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas BRASIL Junho 2013 Profa. Anita Kon PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO - PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS- GRADUADOS

Leia mais

Terça-feira, 28 de Abril de 2015. DESTAQUES

Terça-feira, 28 de Abril de 2015. DESTAQUES DESTAQUES Petrobras é alvo de vendas e puxa correção da bolsa Hypermarcas prevê aumento de preços de produtos de consumo Lopes vende participação majoritária na Dall'Oca Tractebel vê tendência de crescimento

Leia mais

RELATÓRIO MENSAL DE INVESTIMENTOS INFINITY JUSPREV

RELATÓRIO MENSAL DE INVESTIMENTOS INFINITY JUSPREV São Paulo, 06 de julho de 2010. CENÁRIO ECONÔMICO EM JUNHO A persistência dos temores em relação à continuidade do processo de recuperação das economias centrais após a divulgação dos recentes dados de

Leia mais

O CENÁRIO ECONÔMICO EM 2015

O CENÁRIO ECONÔMICO EM 2015 O CENÁRIO ECONÔMICO EM 2015 Luís Artur Nogueira Jornalista e economista Editor de Economia da IstoÉ DINHEIRO Comentarista Econômico da Rádio Bandeirantes São Paulo 11/11/2014 Qual é o verdadeiro Brasil?

Leia mais

Segunda-feira, 03 de Fevereiro de 2014. DESTAQUES

Segunda-feira, 03 de Fevereiro de 2014. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa perde 7,5% em janeiro Mercado eleva projeção para a Selic Petrobras terceiriza parte das refinarias BTG mira mercado de previdência Localiza tem lucro líquido de R$90 milhões Cade aprova

Leia mais

Terça-feira 14 de Outubro de 2014. DESTAQUES

Terça-feira 14 de Outubro de 2014. DESTAQUES DESTAQUES Investidor reforça aposta na oposição Vox Populi mostra empate técnico Estimativa da OGX aumenta em 15 mi barris Cyrela tem queda nos lançamentos e vendas no 3º tri TRF adia decisão sobre liminar

Leia mais

Sexta-feira, 06 de Maio de 2013. DESTAQUES

Sexta-feira, 06 de Maio de 2013. DESTAQUES DESTAQUES Bolsa encerra semana em alta Mercado aguarda IPCA para ajustar cenários Divisão Consumo da Hypermarcas cresce 10% M.Dias Branco tem lucro de R$108 mi Contax aprovou R$ 55,4 milhões em dividendos

Leia mais

Quinta-feira 05 de Março de 2015. DESTAQUES

Quinta-feira 05 de Março de 2015. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa cai por medo sobre efeito político em ações fiscais Copom aumenta juros para 12,75% Prejuízo da Minerva aumenta para R$312 mi no 4º tri Suzano eleva prejuízo, mas tem lucro operacional

Leia mais

Sistema Financeiro e os Fundamentos para o Crescimento

Sistema Financeiro e os Fundamentos para o Crescimento Sistema Financeiro e os Fundamentos para o Crescimento Henrique de Campos Meirelles Novembro de 20 1 Fundamentos macroeconômicos sólidos e medidas anti-crise 2 % a.a. Inflação na meta 8 6 metas cumpridas

Leia mais

Quarta-feira, 21 de Agosto de 2013. DESTAQUES

Quarta-feira, 21 de Agosto de 2013. DESTAQUES DESTAQUES Bolsa interrompe série de altas Dólar cai após seis altas com ação do BC Tesouro dá liquidez aos títulos Latam registra prejuízo líquido no 2º tri Itaú renova acordo com Fiat Faturamento da Minerva

Leia mais

Terça-feira 02 de Setembro de 2014. DESTAQUES

Terça-feira 02 de Setembro de 2014. DESTAQUES DESTAQUES Após pesquisa, Ibovespa testa 62 mil pontos Produção industrial avança em julho Empresas do país têm valor comercial recorde Marcopolo entra na nova carteira do Ibovespa Óleo e Gás conclui etapa

Leia mais

DESTAQUES. Ibovespa renova máxima no ano Eletrobrás capta r$ 6,5 bilhões com BB e Caixa Lucro da Embratel sobe 10%

DESTAQUES. Ibovespa renova máxima no ano Eletrobrás capta r$ 6,5 bilhões com BB e Caixa Lucro da Embratel sobe 10% DESTAQUES Ibovespa renova máxima no ano Eletrobrás capta r$ 6,5 bilhões com BB e Caixa Lucro da Embratel sobe 10% Receita bruta da JSL no 2º trimestre sobe 20,4% Aliansce tem alta de 8,6% nos aluguéis

Leia mais

RENDA FIXA TESOURO DIRETO 09/10/2012

RENDA FIXA TESOURO DIRETO 09/10/2012 DESTAQUES DO RELATÓRIO: Carteira Recomendada A nossa carteira para este mês de Outubro continua estruturada considerando a expectativa de aumento da taxa de juros a partir do próximo ano. Acreditamos que

Leia mais

Relatório Semanal de Estratégia de Investimento

Relatório Semanal de Estratégia de Investimento 12 de janeiro de 2015 Relatório Semanal de Estratégia de Investimento Destaques da Semana Economia internacional: Deflação na Europa reforça crença no QE (22/11); Pacote de U$1 trilhão em infraestrutura

Leia mais

Perspectivas da economia em 2012 e medidas do Governo Guido Mantega Ministro da Fazenda

Perspectivas da economia em 2012 e medidas do Governo Guido Mantega Ministro da Fazenda Perspectivas da economia em 2012 e medidas do Governo Guido Mantega Ministro da Fazenda Comissão de Assuntos Econômicos do Senado Federal Brasília, 22 de maio de 2012 1 A situação da economia internacional

Leia mais

Relatório Econômico Mensal Julho de 2015. Turim Family Office & Investment Management

Relatório Econômico Mensal Julho de 2015. Turim Family Office & Investment Management Relatório Econômico Mensal Julho de 2015 Turim Family Office & Investment Management ESTADOS UNIDOS TÓPICOS ECONOMIA GLOBAL Economia Global: EUA: Inflação e Salários...Pág.3 Europa: Grexit foi Evitado,

Leia mais

Boletim Econômico Edição nº 89 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico

Boletim Econômico Edição nº 89 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Boletim Econômico Edição nº 89 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Crise não afeta lucratividade dos principais bancos no Brasil 1 Lucro dos maiores bancos privados

Leia mais

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas BRASIL Julho 2012 Profa. Anita Kon PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS GRADUADOS

Leia mais

A despeito dos diversos estímulos monetários e fiscais, economia chinesa segue desacelerando

A despeito dos diversos estímulos monetários e fiscais, economia chinesa segue desacelerando INFORMATIVO n.º 42 NOVEMBRO de 2015 A despeito dos diversos estímulos monetários e fiscais, economia chinesa segue desacelerando Fabiana D Atri - Economista Coordenadora do Departamento de Pesquisas e

Leia mais

Relatório Econômico Mensal JULHO/13

Relatório Econômico Mensal JULHO/13 Relatório Econômico Mensal JULHO/13 Índice INDICADORES FINANCEIROS 3 PROJEÇÕES 4 CENÁRIO EXTERNO 5 CENÁRIO DOMÉSTICO 7 RENDA FIXA 8 RENDA VARIÁVEL 9 Indicadores Financeiros BOLSA DE VALORES AMÉRICAS mês

Leia mais

Análise Semanal. Edição nº 23 10/07/15 CONJUNTURA ECONÔMICA. Mais um plano

Análise Semanal. Edição nº 23 10/07/15 CONJUNTURA ECONÔMICA. Mais um plano Mais um plano CONJUNTURA ECONÔMICA A chave da agenda positiva tão perseguida pelo governo federal em tempos de crise política e volta da inflação parece ser a preservação dos empregos. Na última terça-feira

Leia mais

C&M CENÁRIOS 8/2013 CENÁRIOS PARA A ECONOMIA INTERNACIONAL E BRASILEIRA

C&M CENÁRIOS 8/2013 CENÁRIOS PARA A ECONOMIA INTERNACIONAL E BRASILEIRA C&M CENÁRIOS 8/2013 CENÁRIOS PARA A ECONOMIA INTERNACIONAL E BRASILEIRA HENRIQUE MARINHO MAIO DE 2013 Economia Internacional Atividade Econômica A divulgação dos resultados do crescimento econômico dos

Leia mais

Introdução. PIB varia 0,4% em relação ao 1º trimestre e chega a R$ 1,10 trilhão

Introdução. PIB varia 0,4% em relação ao 1º trimestre e chega a R$ 1,10 trilhão 16 a 31 de agosto de 2012 As principais informações da economia mundial, brasileira e baiana Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia Diretoria de Indicadores e Estatísticas Coordenação

Leia mais

Relatório Mensal Agosto/2015

Relatório Mensal Agosto/2015 1. Cenário Econômico Relatório Mensal GLOBAL: A ata da reunião de julho do FOMC (Federal Open Market Committee) trouxe um tom mais conciliador. Embora a avaliação em relação à atividade econômica tenha

Leia mais

Cenário Macroeconômico

Cenário Macroeconômico INSTABILIDADE POLÍTICA E PIORA ECONÔMICA 24 de Março de 2015 Nas últimas semanas, a instabilidade política passou a impactar mais fortemente o risco soberano brasileiro e o Real teve forte desvalorização.

Leia mais

02/02/2013. Para onde correr?

02/02/2013. Para onde correr? 02/02/2013 Para onde correr? Juros historicamente baixos, crescimento modesto, inflação elevada e um ambiente menos hostil, mas ainda cheio de incertezas. Decidir onde aplicar, num cenário desses, é um

Leia mais

O cenário econômico atual e a Construção Civil Desafios e perspectivas

O cenário econômico atual e a Construção Civil Desafios e perspectivas O cenário econômico atual e a Construção Civil Desafios e perspectivas 1 O conturbado cenário nacional Economia em recessão: queda quase generalizada do PIB no 2º trimestre de 2015, com expectativa de

Leia mais

Boletim de Conjuntura Econômica Outubro 2008

Boletim de Conjuntura Econômica Outubro 2008 Boletim de Conjuntura Econômica Outubro 008 PIB avança e cresce 6% Avanço do PIB no segundo trimestre foi o maior desde 00 A economia brasileira cresceu mais que o esperado no segundo trimestre, impulsionada

Leia mais

Panorama Econômico Abril de 2014

Panorama Econômico Abril de 2014 1 Panorama Econômico Abril de 2014 Alerta Esta publicação faz referência a análises/avaliações de profissionais da equipe de economistas do Banco do Brasil, não refletindo necessariamente o posicionamento

Leia mais

Cenário macroeconômico 2009-2010 julho 2009

Cenário macroeconômico 2009-2010 julho 2009 Cenário macroeconômico 2009-2010 julho 2009 Economia global: conjuntura e projeções Economias maduras: recuperação mais lenta São cada vez mais claros os sinais de que a recessão mundial está sendo superada,

Leia mais

Quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016. DESTAQUES

Quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa recua com ajustes ao cenário externo Governo quer idade mínima na aposentadoria em 2026 Escândalo da Petrobras é eleito o 2º maior caso de corrupção Governo desiste de taxar letras de

Leia mais

Indicadores da Semana

Indicadores da Semana Indicadores da Semana O saldo total das operações de crédito do Sistema Financeiro Nacional atingiu 54,5% do PIB, com aproximadamente 53% do total do saldo destinado a atividades econômicas. A carteira

Leia mais

CHINESES SUPERAM ALEMÃES COMO TURISTAS MAIS GASTADORES

CHINESES SUPERAM ALEMÃES COMO TURISTAS MAIS GASTADORES CHERY CONFIRMA QUE TERÁ FÁBRICA DE MOTORES NO BRASIL Estado de S. Paulo 01 /04/2013 O vice-presidente da Chery Brasil, Luis Curi, confirmou nesta segunda-feira no IV Fórum da Indústria Automobilística,

Leia mais

Segunda-feira 02 de Junho de 2014. DESTAQUES

Segunda-feira 02 de Junho de 2014. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa volta a ficar negativa no ano Petrobras e Vale ainda lideram giro da bolsa Produção de petróleo da Petrobras sobe BB vira gestor de obra pública Cielo e Linx fecham joint venture Magazine

Leia mais

A seguir, detalhamos as principais posições do trimestre. PACIFICO HEDGE JULHO DE 2014 1

A seguir, detalhamos as principais posições do trimestre. PACIFICO HEDGE JULHO DE 2014 1 No segundo trimestre de 2014, o fundo Pacifico Hedge FIQ FIM apresentou rentabilidade de 1,41%, líquida de taxas. No mesmo período, o CDI apresentou variação de 2,51% e o mercado de bolsa valorizou-se

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Altas e Baixas do Ibovespa. Câmbio. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Altas e Baixas do Ibovespa. Câmbio. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa A Bovespa já iniciou o ano novo indicando que será mais um período de muita volatilidade para as ações. Diante de um cenário de grandes incertezas do lado doméstico e de olho nos acontecimentos

Leia mais

Veja na tabela a seguir as performances de cada aplicação em setembro e no acumulado do ano. Desempenho em setembro. Ibovespa 4,84% -17,96% 30/09/2013

Veja na tabela a seguir as performances de cada aplicação em setembro e no acumulado do ano. Desempenho em setembro. Ibovespa 4,84% -17,96% 30/09/2013 Veículo: Exame.com Os melhores e os piores investimentos de setembro Ibovespa fecha o mês com a maior alta, seguido pelos fundos de ações small caps; na renda fixa, a LTN, título do Tesouro prefixado,

Leia mais

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas BRASIL Julho 2013 Profa. Anita Kon PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO - PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS- GRADUADOS

Leia mais

Quinta-feira 14 de Agosto de 2014. DESTAQUES

Quinta-feira 14 de Agosto de 2014. DESTAQUES DESTAQUES Petrobras despenca e afeta Bovespa Morte de Campos muda rumo da corrida presidencial Telecom Italia dá 20% do capital por GVT Banco do Brasil vê lucro cair 62% Lucro da Kroton mais que dobra

Leia mais

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas BRASIL Setembro 2011 Profa. Anita Kon PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS GRADUADOS

Leia mais

1º a 15 de agosto de 2011

1º a 15 de agosto de 2011 1º a 15 de agosto de 2011 As principais informações da economia mundial, brasileira e baiana Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia Diretoria de Indicadores e Estatísticas Coordenação

Leia mais

Quinta-feira 15 de Janeiro de 2015. DESTAQUES

Quinta-feira 15 de Janeiro de 2015. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa segue mercados internacionais Confiança na equipe chega aos ativos Economia tem leve recuperação em novembro Presidente da Estácio explica Fies a funcionários GPA tem estratégia questionada

Leia mais

PANORAMA NOVEMBRO / 2014

PANORAMA NOVEMBRO / 2014 PANORAMA NOVEMBRO / 2014 O mês de novembro foi pautado pelas expectativas em torno da formação da equipe econômica do governo central brasileiro. Muito se especulou em torno dos nomes que ocuparão as principais

Leia mais

Sexta-feira 06 de Fevereiro de 2015. DESTAQUES

Sexta-feira 06 de Fevereiro de 2015. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa tem pregão volátil Poupança tem em janeiro maior saque em duas décadas IPCA tem maior alta para o mês em 12 anos, aponta IBGE Planalto quer nome do mercado na Petrobras Cade marca data

Leia mais

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas BRASIL Junho 2012 Profa. Anita Kon PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS GRADUADOS

Leia mais

Discurso Presidente do Banco Central do Brasil Alexandre Tombini

Discurso Presidente do Banco Central do Brasil Alexandre Tombini Discurso Presidente do Banco Central do Brasil Alexandre Tombini Boa tarde. É com satisfação que estamos aqui hoje para anunciar o lançamento das novas cédulas de 10 e 20 reais, dando sequência ao projeto

Leia mais

Notícias Economia Internacional. e Indicadores Brasileiros. Nº 1/2 Julho de 2012

Notícias Economia Internacional. e Indicadores Brasileiros. Nº 1/2 Julho de 2012 Notícias Economia Internacional e Indicadores Brasileiros Nº 1/2 Julho de 2012 Sindmóveis - Projeto Orchestra Brasil www.sindmoveis.com.br www.orchestrabrasil.com.br Realização: inteligenciacomercial@sindmoveis.com.br

Leia mais

Emilio Botín: O objetivo é nos tornarmos o banco privado número um do Brasil

Emilio Botín: O objetivo é nos tornarmos o banco privado número um do Brasil Nota de Imprensa Emilio Botín: O objetivo é nos tornarmos o banco privado número um do Brasil Presidente mundial do Banco Santander apresenta em São Paulo o Plano Estratégico 2008-2010 para o A integração

Leia mais

Como investir em 2012 Entenda como funciona cada produto financeiro : O Globo 2/fev/2012

Como investir em 2012 Entenda como funciona cada produto financeiro : O Globo 2/fev/2012 Como investir em 2012 Entenda como funciona cada produto financeiro : O Globo 2/fev/2012 Analistas indicam quais cuidados tomar no mercado financeiro em 2012 e quais investimentos oferecem menor probabilidade

Leia mais

Relações Internacionais. Finanças Internacionais

Relações Internacionais. Finanças Internacionais Relações Internacionais Finanças Internacionais Prof. Dr. Eduardo Senra Coutinho Tópico 1: Sistema Financeiro Nacional ASSAF NETO, A. Mercado financeiro. 8ª. Ed. São Paulo: Atlas, 2008. Capítulo 3 (até

Leia mais

Atravessando a Turbulência

Atravessando a Turbulência 1 Atravessando a Turbulência Guido Mantega Novembro de 20 1 2 Crise financeira sai da fase aguda A Tempestade financeira amainou. Há luz no fim do túnel. Crise não acabou, mas entra em nova fase. As ações

Leia mais

1 a 15 de setembro de 2011

1 a 15 de setembro de 2011 1 a 15 de setembro de 2011 As principais informações da economia mundial, brasileira e baiana Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia Diretoria de Indicadores e Estatísticas Coordenação

Leia mais

Spinelli Panorama Diário

Spinelli Panorama Diário Spinelli Panorama Diário 09 de fevereiro de 2010 Indicadores Variação - % Pontos dia semana mês Bolsas Ibovespa 63.153 0,62 0,62-3,44 IBX 19.989 0,47 0,47-3,70 S&P500 1.056-0,89-0,89-1,60 Dow Jones 9.908-1,04-1,04-1,58

Leia mais

Rumor sobre Palocci na equipe e menção a corte de gastos animam mercado

Rumor sobre Palocci na equipe e menção a corte de gastos animam mercado 04/11 > Brasil Econômico (03/11) OPINIÃO - COLUNA Colunas Brasil Econômico Home Broker Home broker Quarta-feira, 03 de novembro de 2010 Porto Seguro rompe resistência O destaque da segunda-feira foi o

Leia mais

Boletim Econômico Edição nº 77 julho de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico

Boletim Econômico Edição nº 77 julho de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Boletim Econômico Edição nº 77 julho de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Sistema bancário e oferta monetária contra a recessão econômica 1 BC adota medidas para injetar

Leia mais

Quarta-feira, 26 de Agosto de 2015. DESTAQUES

Quarta-feira, 26 de Agosto de 2015. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa reduz ganhos no fechamento, pressionada por Wall Street Petrobras amplia exigências à Sete Brasil Por Lucro das empresas de capital aberto no Brasil cresce no 2º trimestre FGV: Índice

Leia mais

ATA DE REUNIÃO DO COMITÊ DE INVESTIMENTOS - COMIN COMIN - Nº 08/2014

ATA DE REUNIÃO DO COMITÊ DE INVESTIMENTOS - COMIN COMIN - Nº 08/2014 ATA DE REUNIÃO DO COMITÊ DE INVESTIMENTOS - COMIN COMIN - Nº 08/2014 Data: 29/04/2014 Participantes Efetivos: Edna Raquel Rodrigues Santos Hogemann Presidente, Valcinea Correia da Silva Assessora Especial,

Leia mais

A Importância dos Fundos de Investimento no Financiamento do Governo

A Importância dos Fundos de Investimento no Financiamento do Governo A Importância dos Fundos de Investimento no Financiamento do Governo A importância dos Fundos de Investimento no Financiamento do Governo Prof. William Eid Junior Professor Titular Coordenador do GV CEF

Leia mais

Mercados nervosos, investidores tensos. O que pensar?

Mercados nervosos, investidores tensos. O que pensar? 16/07/2008 Mercados nervosos, investidores tensos. O que pensar? Paulo Ângelo Carvalho de Souza Presidente Bolsas em queda; juros em alta; rentabilidade em queda; inflação em alta; preço do petróleo fora

Leia mais

Desempenho de vendas do setor segue forte

Desempenho de vendas do setor segue forte Macro Setorial segunda-feira, 20 de maio de 2013 Veículos Desempenho de vendas do setor segue forte Depois de obter recorde na venda de automóveis e comerciais leves em 2012, impulsionado por incentivos

Leia mais

Segunda-feira, 28 de Setembro de 2015. DESTAQUES

Segunda-feira, 28 de Setembro de 2015. DESTAQUES Segunda-feira, 28 de Setembro de 2015 DESTAQUES Bovespa perde 5% na semana e já cai mais de 10% ano Dólar alto e PIB pioram endividamento de empresas Petrobras terá de se ajustar ao novo dólar CSN alonga

Leia mais

Selic cai e poupança rende menos

Selic cai e poupança rende menos Selic cai e poupança rende menos Publicação: 30 de Agosto de 2012 às 00:00 São Paulo (AE) - O Banco Central anunciou ontem mais uma redução da taxa básica de juros, a Selic, de 8% para 7,5% ao ano. Um

Leia mais

4278866 - O ESTADO DE S. PAULO - NOTAS E INFORMAÇÕES - SÃO PAULO - SP - 16/04/2014 - Pág A3

4278866 - O ESTADO DE S. PAULO - NOTAS E INFORMAÇÕES - SÃO PAULO - SP - 16/04/2014 - Pág A3 Investimentos em queda 4278866 - O ESTADO DE S. PAULO - NOTAS E INFORMAÇÕES - SÃO PAULO - SP - 16/04/2014 - Pág A3 As mudanças de atitude do governo em relação ao novo Código de Mineração tornaram mais

Leia mais

RELATÓRIO MENSAL DE INVESTIMENTOS INFINITY JUSPREV

RELATÓRIO MENSAL DE INVESTIMENTOS INFINITY JUSPREV São Paulo, 07 de março de 2012. CENÁRIO ECONÔMICO EM FEVEREIRO O mês de fevereiro foi marcado pela continuidade do movimento de alta dos mercados de ações em todo o mundo, ainda que em um ritmo bem menor

Leia mais

Earnings Release 1s14

Earnings Release 1s14 Earnings Release 1s14 1 Belo Horizonte, 26 de agosto de 2014 O Banco Bonsucesso S.A. ( Banco Bonsucesso, Bonsucesso ou Banco ), Banco múltiplo, de capital privado, com atuação em todo o território brasileiro

Leia mais

Boletim de Conjuntura Econômica Dezembro 2008

Boletim de Conjuntura Econômica Dezembro 2008 Boletim de Conjuntura Econômica Dezembro 2008 Crise Mundo Os EUA e a Europa passam por um forte processo de desaceleração economica com indicios de recessão e deflação um claro sinal de que a crise chegou

Leia mais

Terça-feira 21 de Julho de 2015. DESTAQUES

Terça-feira 21 de Julho de 2015. DESTAQUES DESTAQUES Queda de Petrobras pressiona Ibovespa Venda do HSBC para o Bradesco está prestes a sair TAM vai reduzir operações no país e estima demissões Na seca, Sabesp venderá terrenos e cobra dívidas Governo

Leia mais

Especial Lucro dos Bancos

Especial Lucro dos Bancos Boletim Econômico Edição nº 90 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Especial Lucro dos Bancos 1 Tabela dos Lucros em 2014 Ano Banco Período Lucro 2 0 1 4 Itaú Unibanco

Leia mais

CONSUMIR? SEU DINHEIRO VOCÊ SABE #212. Especialista diz que brasileiro não sabe comprar

CONSUMIR? SEU DINHEIRO VOCÊ SABE #212. Especialista diz que brasileiro não sabe comprar #212 SEU DINHEIRO A SUA REVISTA DE FINANÇAS PESSOAIS VOCÊ SABE CONSUMIR? Especialista diz que brasileiro não sabe comprar COMO PARAR ANTES DO TEMPO CONHEÇA A MELHOR ESTRATÉGIA PARA LARGAR O BATENTE AOS

Leia mais

Nota de Crédito PJ. Janeiro 2015. Fonte: BACEN Base: Novembro de 2014

Nota de Crédito PJ. Janeiro 2015. Fonte: BACEN Base: Novembro de 2014 Nota de Crédito PJ Janeiro 2015 Fonte: BACEN Base: Novembro de 2014 mai/11 mai/11 Carteira de Crédito PJ não sustenta recuperação Após a aceleração verificada em outubro, a carteira de crédito pessoa jurídica

Leia mais

Relatório Econômico Mensal JANEIRO/13

Relatório Econômico Mensal JANEIRO/13 Relatório Econômico Mensal JANEIRO/13 Índice INDICADORES FINANCEIROS 3 PROJEÇÕES 4 CENÁRIO EXTERNO 5 CENÁRIO DOMÉSTICO 7 RENDA FIXA 8 RENDA VARIÁVEL 9 Indicadores Financeiros Projeções Economia Global

Leia mais

Quinta-feira 12 de Março de 2015. DESTAQUES

Quinta-feira 12 de Março de 2015. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa se recupera com alta de bancos e Petrobras Efeito Lava Jato atingem seguradoras Dólar forte turbina resultados da JBS Cade multa Oi em R$ 26 mi CSN inverte prejuízo no 4º tri e lucra

Leia mais

Cenário Macroeconômico 2015 X-Infinity Invest

Cenário Macroeconômico 2015 X-Infinity Invest Cenário Macroeconômico 2015 X-Infinity Invest SUMÁRIO PANORAMA 3 ATUAL CONTEXTO NACIONAL 3 ATUAL CONTEXTO INTERNACIONAL 6 CENÁRIO 2015 7 CONTEXTO INTERNACIONAL 7 CONTEXTO BRASIL 8 PROJEÇÕES 9 CÂMBIO 10

Leia mais

Quarta-feira, 25 de Setembro de 2013. DESTAQUES

Quarta-feira, 25 de Setembro de 2013. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa tem dia de correção Teto da dívida dos EUA agita mercado Vale negocia contratos nos EUA Embraer passa a deter ações da Atech TIM e Vivo tem forte alta Retomada a oferta de ações Tupy

Leia mais

Bancos brasileiros prontos para um cenário de crescimento sustentado e queda de juros

Bancos brasileiros prontos para um cenário de crescimento sustentado e queda de juros 1 Bancos brasileiros prontos para um cenário de crescimento sustentado e queda de juros Tomás Awad Analista senior da Itaú Corretora Muito se pergunta sobre como ficariam os bancos num cenário macroeconômico

Leia mais

Terça-feira, 03 de Setembro de 2013. DESTAQUES

Terça-feira, 03 de Setembro de 2013. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa beira os 52 mil pontos Estrangeiros ampliam aposta na alta Produção da Petrobras no Brasil cai 4,6% Produção industrial muda de direção e cai 2% ATS tenta acelerar estreia no Brasil Disputa

Leia mais

AINDA DÁ PARA SALVAR O ANO? E O QUE ESPERAR DE 2015?

AINDA DÁ PARA SALVAR O ANO? E O QUE ESPERAR DE 2015? AINDA DÁ PARA SALVAR O ANO? E O QUE ESPERAR DE 2015? Luís Artur Nogueira Jornalista e economista Editor de Economia da IstoÉ DINHEIRO Comentarista econômico da Rádio Bandeirantes Atibaia 17/05/2014 Qual

Leia mais

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Abril 2012

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Abril 2012 Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Abril 2012 O RISCO DOS DISTRATOS O impacto dos distratos no atual panorama do mercado imobiliário José Eduardo Rodrigues Varandas Júnior

Leia mais

Alguns preferem papéis federais mais curtos, de menor risco, mas há os que sugerem títulos um pouco mais longos corrigidos pela inflação.

Alguns preferem papéis federais mais curtos, de menor risco, mas há os que sugerem títulos um pouco mais longos corrigidos pela inflação. Empírica Investimentos na mídia EXAME Janeiro 23/12/2014 Com juro alto, renda fixa é mais atrativa e Petrobras, opção A alta dos juros na semana passada por conta da instabilidade externa tornou mais atrativos

Leia mais