conexão Bem-vindo a ponto de vista 10 Para James Wright, muitos novos negócios virão

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "conexão Bem-vindo a ponto de vista 10 Para James Wright, muitos novos negócios virão"

Transcrição

1 conexão nº46 - Janeiro/Fevereiro de 2010 Bem-vindo a 2020 Não se distingue mais o real e o virtual. Consumidor assume definitivamente o controle. O ter perde importância e ganha valor a experiência. ponto de vista 10 Para James Wright, muitos novos negócios virão Artigo 02 Fernando Luzio fala sobre as relações de consumo em 2020 Editorial 03 Agência 07 Como será sua agência em 2020? Métricas 12 O tráfego na internet vai pirar

2 artigo As relações de consumo em 2020 Em 2020, a internet certamente continuará sendo o primeiro e principal lugar para descobrir informações que vão apoiar a decisão de escolha dos consumidores antes de partirem para o ponto-de-venda *Fernando Luzio Em 2020, a alta diversidade e convergência das tecnologias de tempo real e dos meios de pagamento proporcionarão instrumentos para troca de informações e comércio bastante inovadores e muito mais eficientes do que temos hoje. Porém, as relações entre empresas e consumidores, pessoas e redes sociais tendem a continuar muito próximas das que vivenciamos no mundo atual. O entendimento mais apurado do funcionamento do cérebro humano e a longevidade poderosa dos arquétipos culturais nos permitem visionar que a estrutura das relações de consumo e sociedade em 2020 não será tão diferente do que já acontece hoje dentro e fora das mídias digitais. Para compreender e demonstrar esta tese, temos de olhar de maneira holística a evolução do estilo de vida e trabalho na sociedade contemporânea. O mundo e as relações de trabalho têm se tornado cada dia mais complexos e regidos por uma lógica essencialmente racional. O movimento crescente de focalização dos modelos de gestão empresarial na alta performance e meritocracia tem gerado um volume de riqueza e valor sem precedentes nas organizações. Por outro lado, a rotina do profissional moderno exige grande musculatura da dimensão córtex do cérebro área responsável pela lógica racional e matemática. Em paralelo, as pessoas se sentem progressivamente enclausuradas e desconectadas das suas emoções e intuição *Fernando Luzio é sócio-fundador da Luzio Visão Estratégica Holística. Tem assessorado empresas como Avon, Bradesco, Brasil Telecom, Rhodia, Klabin, Suzano, entre outras. É autor do livro Fazendo a Estratégia Acontecer Como Criar e Implementar as Iniciativas da Organização que acaba de ser lançado. (dimensões límbica e reptiliana do cérebro), sofrendo uma atrofia das suas habilidades sociais. Neste contexto, a vida digital caiu como uma luva na vida das pessoas. Preferimos o mundo virtual, onde podemos satisfazer nossas necessidades de compartilhar emoções e sentimentos, de se expressar livremente e de se engajar com outras pessoas de maneira muito mais segura do que na realidade provocativa do contato pessoal ao vivo. As plataformas de networking social nos permitem compartilhar fotografias, voz, opiniões e vídeo como meio de nos reconectar com as nossas próprias emoções e com as de outras pessoas. Podemos até mesmo criar avatares (daquilo que na verdade gostaríamos de ser) para atrair seguidores, não somente no Second Life, mas também no Facebook, MySpace e Orkut, apenas para citar alguns. Boca a boca Os blogs e microblogs, tais como Twitter e Wave, dentre outros, nasceram com a vocação de canais de boca a boca viral e instantâneo, para proporcionarem algo pelo qual o consumidor estava ansioso: um meio de credibilidade para descobrir a verdade sobre produtos, serviços, marcas, temas diversos e solucionar problemas triviais do dia a dia como, por exemplo, encontrar soluções para problemas técnicos em eletrodomésticos. Nas dezenas de imprinting sessions que realizamos para descobrir o arquétipo associado à propaganda do presente e do futuro, constatamos que as pessoas estão cansadas da propaganda de massa superlativa e ditatorial, falsa pelas promessas irrealistas, que nos diz o que fazer e nos torna passivos. Descobrimos também que as pessoas querem participar da criação de novos produtos, serviços e até mesmo da propaganda. A acessibilidade às mídias digitais e nossa inserção imediata na nuvem global nos dá a sensação prazerosa de sermos cocriadores. Embora este cenário possa lançar dúvidas sobre as tendências para o futuro, se você quiser saber como serão as relações de consumo em 2020, basta ver no presente os modelos de negócios criados pela Amazon e por algumas redes de varejo norte-americanas e a Argos britânica empresas que conseguiram criar uma singularidade capaz de ligar todos os pontos deste contexto. Liberdade de opinar A Amazon foi pioneira em nos oferecer a liberdade de opinar sinceramente sobre um produto vendido no seu cyberspace. Podemos opinar classificando um produto, agregando texto, fotos e até mesmo vídeo. E o resultado é exposto de maneira clara e realista, inclusive sem camuflar críticas negativas. Além de apresentar a avaliação dos produtos, a Amazon revela a avaliação que os clientes fizeram dos fornecedores dos produtos que não foram entregues pela própria Amazon para que você possa fazer a melhor escolha com liberdade. Para completar, o sistema de CRM da Amazon aprende sobre o nosso comportamento de compra e nossas preferências, e oferece produtos que podem servir aos nossos interesses funcionando como assessor pessoal de compra. Redes de varejo nos Estados Unidos e Inglaterra têm seguido o mesmo caminho, com uma adição: a rede de lojas no mundo físico. As lojas do varejo do presente-futuro estão sendo desenhadas para serem o templo da experiência integrada ao mundo virtual. Recentemente entrei em uma loja de produtos de tecnologia de Manhattan para comprar um microfone para podcasting. Havia três alternativas, todas muito atraentes. Um atendente da loja me ofereceu ajuda, e quando eu perguntei qual deles era melhor, ele me conduziu a um dos inúmeros computadores disponíveis para degustação na loja. Entrou no site da empresa na Internet e me mostrou os comentários e avaliações dos clientes sobre cada uma das opções. Assumiu uma atitude imparcial e me deixou livre para escolher. Imparcialidade As empresas do futuro, ainda que já existentes no presente, vão se dar conta de que o modelo de empurrar para o cliente o que a indústria lhes oferece ou pressiona para vender tenderá a desaparecer. Em seu lugar, um novo modelo de negócios será vitorioso, uma abordagem onde a empresa entende muito bem das necessidades dos seus clientes, descobre na indústria produtos que possam atendê-las e as apresenta como soluções, de maneira imparcial. Em 2020, a internet certamente continuará sendo o primeiro e principal lugar para descobrir informações que vão apoiar a decisão de escolha dos consumidores antes de partirem para o ponto-de-venda, e para executarem a tarefa específica de comprar, abastecer. Mas o mundo físico continuará fundamental para fazer compras (o que é bastante diferente de comprar). Nossa dimensão cerebral reptiliana (responsável por assegurar a continuidade da espécie), em parceria com o cérebro límbico (responsável pela lógica emocional da vida), não permite às pessoas se manterem engajadas por muito tempo somente no mundo virtual somos impulsionados a concretizar relações no mundo real. Porque fazer compras não satisfaz apenas nossas necessidades materiais, fazer compras é uma experiência social. É um meio de voltarmos para o mundo, de nos reconectarmos com a vida. Quando saímos para o mercado, descobrimos algo de novo sobre a vida. Os shopping centers funcionam e servirão cada vez mais como as grandes vilas do passado, onde as pessoas se encontravam, conversavam, aprendiam umas com as outras, e concretizavam relações. O autosserviço será um modelo de negócio típico das lojas físicas, porque as pessoas não mais vão precisar de um consultor de vendas afinal já terão descoberto tudo o que gostariam de saber pela web. Sobre Microsoft Advertising Microsoft Advertising é uma divisão de negócios responsável pelo conjunto de produtos com foco no mercado publicitário. O objetivo é oferecer soluções de comunicação por meio das múltiplas plataformas de publicidade da empresa: Portal MSN, Windows Live, Live Search, Office Live e Xbox Live. Oferece aos seus anunciantes o melhor retorno sobre investimento do mercado publicitário online, pois coloca à disposição uma audiência de massa, com mais de 87% de cobertura na internet, combinada com um mix de produtos diferenciados e múltiplas opções de segmentação de target. Fonte: * Microsoft Advertising - Dados Internos - Out/2009 ** IBOPE Nielsen Online - Out/ milhões de contas ativas no Messenger* CONEXÃO MICROSOFT ADVERTISING É uma publicação da Microsoft Advertising direcionada ao mercado anunciante e publicitário que trata de marketing e publicidade na internet. CONSELHO EDITORIAL 87% 9 milhões de usuários únicos na Home Page do MSN diariamente* 46,4 milhões de contas ativas no Hotmail* Andréa Leal: trade marketing manager Eduardo Lúcio da Silva: market intelligence & communication manager EDIÇÃO E REDAÇÃO Roberto Perrone: jornalista MTb Hilton Breymaier: diretor de arte Os textos do Conexão podem ser reproduzidos desde que citada a fonte de cobertura na internet** 16,6 milhões de usuários únicos no Messenger diariamente* 14,5 milhões de usuários únicos no MSN Today diariamente* Editorial Profecia ou previsão? Como será 2020 O ser humano sempre teve um grande fascínio por prever o futuro. Gurus e profetas figuram na história da Humanidade venerados ou execrados na medida dos acertos e erros de suas previsões. Nostradamos à parte, nos dias de hoje, continuamos querendo saber o que vai acontecer. A diferença é que nos baseamos em análises de cenários e possibilidades, com técnica e tecnologia, em detrimento de delírios e meditações. Assim, a cada início de ano, a mídia de uma forma geral busca projetar o que poderá acontecer nos 12 meses que estão pela frente, ouvindo atores dos diferentes setores da sociedade. É um exercício importante porque ajuda consumidores, empresas, governos, entidades a se prepararem melhor para a jornada que se inicia. Não é uma tarefa fácil, pois depende de avaliação profunda de inúmeros fatores econômicos, sociais, culturais, políticos... Ao discutir a pauta desta edição, também pensamos nisso. Afinal, nosso assunto é internet, e ela é um fenômeno que mudou e continua mudando radicalmente as relações sociais e de consumo no mundo. Essa revolução vem colocando os consumidores efetivamente no poder. Na internet, suas manifestações reverberam com velocidade e suas vontades passam a ganhar importância crucial, afetando modelos de negócios e colocando em cheque a forma como as empresas se relacionam com eles e entre si. Acompanhe o que está acontecendo com a indústria fonográfica. Ou na automobilística: hoje em dia, um comprador de automóvel chega na concessionária sabendo tanto ou mais detalhes do carro do que o próprio vendedor. As exigências para customização e personalização de produtos e serviços são cada vez maiores. E assim por diante... Mas a mudança mais profunda que percebemos por trás disso é cultural: as pessoas, por enquanto os mais jovens, estão cada vez menos preocupados em ter, para simplesmente usufruir, experimentar. Diante desse cenário, decidimos ser mais ousados e partimos para tentar projetar o ano de 2020, sob a influência da internet e dos meios digitais. Obviamente, não buscamos gurus e profetas. Sabemos que projetar um cenário para daqui a 10 anos é uma tarefa das mais inglórias, sobretudo porque as transformações que a internet e os meios digitais estão promovendo têm escala exponencial. A convergência de meios deve se completar com a digitalização dos sinais de TV e Rádio o que tende a mudar radicalmente também o modelo de negócios destes meios. Tudo muda o tempo todo, mas certamente, em 2020, ainda iremos ao bar no final do dia para tomar um drink com os amigos. Também vamos ao estádio ver os craques da vez ao vivo. Porém, a forma como vamos agendar esses encontros não será a mesma. Em nossa matéria de capa, levamos representantes de entidades expressivas do mercado a fazer esse exercício. Pedimos também a quatro agências duas tradicionais de propaganda e outras duas nascidas na era da internet para que projetassem o perfil de suas empresas em O resultado é muito interessante, pois o pensamento tem similaridade. Também entrevistamos o professor James Wright, da FIA, que coordenou o recente estudo Crescimento Econômico e Distribuição de Renda: Cenários para Além disso, fizemos um pequeno exercício sobre números do Ibope NetRatings e sobre perfis de navegação. Também temos um artigo do consultor Fernando Luzio que traça um cenário bastante realista dos próximos 10 anos das relações sociais e de consumo. Dessa forma, sem profecias e visões, acreditamos estar dando uma contribuição importante para o mercado. Boa leitura! 02 03

3 capa Customização, experiência, poder Em 2020 não haverá mais distinção entre real e virtual e o consumidor terá amplos poderes sobre como vai querer consumir produtos e serviços. O ter perde sentido e a experiência ganha cada vez mais importância para os usuários. Empresas terão que ser radicalmente transparentes e aprender a tratar o consumidor de forma efetivamente personalizada As mudanças que a internet provocou nas relações sociais e de consumo na primeira década do Século XXI são radicais. O poder nas relações comerciais começou a se transferir para o consumidor de forma dramática. Entramos em 2010 com a Web 2.0 funcionando a todo vapor. Windows Live Messenger, blogs, redes sociais, chats, videoconferências são algumas das já tantas ferramentas à disposição, e muitas outras virão. Modelos de negócios começam a ser afetados de forma dramática, como os casos da indústria fonográfica e da literária. E mais: a cultura do ter começa a dar lugar para a cultura do acesso, da experiência. Então, o que nos espera em 2020? Não faremos mais distinção entre o real e o virtual, acredita Gustavo Roxo, diretor setorial de tecnologia e automação da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e VP executivo de meios do Grupo Santander. Ou seja, uma visita à agência bancária poderá ser feita por realidade aumentada e o cliente ter uma experiência muito próxima daquela que tem hoje, mas sem precisar sair de casa ou do seu ambiente de trabalho. No caso dos bancos, o grande desafio dentro de 10 anos será criar um ambiente virtual com o máximo de customer intimacy, mas alinhado com um ambiente transacional seguro. Nada muito diferente tende a acontecer com a indústria no que diz respeito a personalização. Empresas vão usar a internet cada vez mais para acessar os clientes finais a fim de identificar padrões de comportamento e, a partir disso, desenvolver linhas de produtos que se encaixam de forma perfeita nesses padrões. Há uma tendência de customização do que pode ser oferecido antes mesmo que o produto chegue à cadeia do varejo, diz Saturnino Sérgio da Silva, diretor-titular de departamento de Infraestrutura (Deinfra) - logística e telecomunicação, da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Será uma prática bem comum num futuro próximo, principalmente em indústrias de bens de consumo. mais guarita, porque o atendimento será feito via internet por uma tela de plasma. O porteiro poderá estar em uma cidade qualquer a quilômetros de distância e diante de várias câmeras que monitoram todo o empreendimento, explica Romeo Busarello, diretor de internet e relacionamento da construtora. A um custo muito inferior do que os praticados atualmente, emenda ele. A leitura de consumo de água, que já começa a ser individual, poderá ser acompanhada online dia a dia pelos proprietários de cada unidade também por meio da internet. Mudou tudo e vai continuar mudando nas relações sociais, de consumo, comerciais, educacionais.... Mas segundo Busarello, ainda será preciso melhorar a qualidade da banda larga e vencermos uma barreira cultural, que é falar por meio de um monitor. É certo que a velocidade das mudanças deve aumentar ainda mais, como acredita Roxo da Febraban, e portanto reações rápidas ao mercado e às necessidades dos clientes devem ser o diferencial em O modelo de negócios não precisa mudar, mas se adaptar a estas mudanças. O aparecimento do Internet Banking na década de 1990 foi, na verdade, uma transposição dos serviços que já eram prestados em ATM, agências e Uma visita à agência bancária poderá ser feita por realidade aumentada e o cliente ter uma experiência muito próxima daquela que tem hoje, mas sem precisar sair de casa ou do seu ambiente de trabalho Gustavo Roxo, Febraban Noventa por cento destes temas têm muito pouca literatura e se constituem em pequenos negócios especializados que não existiam há sete, oito anos Romeo Busarello, Tecnisa Web 3.0 A introdução da web 3.0 será decisiva na forma como empresas e consumidores vão se relacionar no futuro. Isso porque a convergência de meios se consolidará e tudo se conectará, fazendo com que muitos novos serviços sejam oferecidos. Prédios da Tecnisa, por exemplo, não terão >> 04 05

4 capa agência Há uma tendência de customização do que pode ser oferecido antes mesmo que o produto chegue à cadeia do varejo. Será uma prática bem comum num futuro próximo, principalmente em indústrias de bens de consumo Saturnino Sérgio da Silva, FIESP Call Center, para a Internet. O desafio para 2020 é semelhante, porém mais complexo, porque precisamos transpor não mais as transações, mas sensações. Atualmente, o usuário obtém todas as informações por meio da internet antes de comprar um produto. A indústria fonográfica teve que se adaptar a isso, disponibilizando produtos gratuitos na web na tentativa de cativar o cliente e talvez promover uma compra posterior. Uma maneira da indústria se preparar para novas mudanças e transformações é estar em linha com as necessidades dos consumidores e, para isso, a internet é uma ferramenta poderosa, diz Saturnino Silva, da Fiesp. Uma das grandes mudanças com a total convergência dos meios está no mobile, onde a grande revolução virá pela internet 3.0 e pela infraestrutura tecnológica de comunicação. Nós seremos encontrados onde estivermos desde que a gente permita claro, diz o diretor da Tecnisa. Ele lembra que há oito anos a construtora vendia empreendimentos com corretor no ponto de venda e panfleto no semáforo. Hoje em dia, se eu quiser já posso vender um empreendimento apenas pela internet, sem jornal, sem panfleto e com corretores disponíveis 24 horas por dia, afirma ele, revelando que o principal meio de contato atualmente é o chat, seguido de , vídeo atendimento e, por último, o telefone. Mas é muito difícil ter a capacidade de enxergar o volume de mudanças que poderá ocorrer até Redes sociais Nesse cenário, as redes sociais têm assumido um papel preponderante na comunicação e afetando a forma como as empresas devem encarar os consumidores. Os bancos devem se preparar para os clientes e funcionários da Geração Y. Um caminho é entendermos melhor a dinâmica das redes sociais e como os negócios podem se engajar neste mundo, alerta Roxo. O cliente não precisa mais ligar para uma central para reclamar de um serviço ruim, ele hoje usa o twitter e espalha sua indignação para um grande contingente de seguidores. É assim hoje e será de várias outras maneiras em 2020 que a Internet transfere o poder para as mãos dos consumidores. Por isso, as empresas devem aprender nos próximos 10 anos a lidar com os usuários, fazendo com que usem a rede para elevar a empresa e não criticá-la. A transparência nessas relações tende a ser decisiva. E é a Geração Y que protagoniza hoje em dia uma mudança cultural importante, deixando o interesse pelo ter de lado, para buscar o acesso, as experiências. Essa forma como esses usuários encaram o consumo, terá reflexos nos modelos de negócios de uma forma geral. Para Busarello, é possível que em 2020 a Tecnisa esteja apenas alugando os apartamentos que constrói. Percebemos que para um ticket médio de R$ 400 mil já não existe o sonho da casa própria. As pessoas não compram mais imóvel para a vida toda. No ano 2000, muitas previsões feitas para 2010 não se efetivaram, porque a dinâmica do desenvolvimento tecnológico é complexa. Não se poderia imaginar, por exemplo, que em 2010 a internet tivesse uma influência tão grande na decisão de compra. É natural supor que dentro de 10 anos ela será muito maior. Por isso, é vital que as empresas promovam seus produtos e também a sua forma de fazer negócios, publicando práticas de responsabilidade social e ambiental, pois esses são fatores que já influenciam o processo de compra e tendem a ser decisivos no futuro, analisa o diretor da Fiesp. 30 reuniões Neste primeiro período dos anos 2000, a internet já produziu uma série de nichos de atuação. Busarello conta, por exemplo, que nos primeiros dias do ano teve 30 reuniões de planejamento, sobre temas como a própria internet, blogs, advergames, podcast, mobile marketing, RSS, SMS, link patrocinado, busca orgânica, redes sociais, web 2.0, buzz marketing... Noventa por cento destes temas têm muito pouca literatura e se constituem em pequenos negócios especializados que não existiam há sete, oito anos, de agências com meia dúzia de funcionários, acentua ele, para fazer-nos pensar onde podemos chegar em É com todo esse arsenal de ferramentas que a internet proporciona que as informações estarão disponíveis de forma irrestrita. E elas devem fluir cada vez mais rápidas e com custos se aproximando de zero. A assimetria de informações entre clientes, bancos, reguladores vai diminuir, criando um ambiente onde se destacará quem melhor usar a informação e não mais quem detê-la, finaliza Gustavo Roxo. AgênciaClick Abel Reis é presidente e COO da AgênciaClick. Doutorando em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP. M.Sc. em Engenharia de Sistemas pela Coppe/UFRJ. Estudou Informática e Filosofia. Tempo de existência - 25 anos. Estrutura Física A agência tem uma nova configuração comparada há 10 anos: Inteligência de Marca; Gestão de Consumidor; Criação; Tecnologias de Experiência; Estúdios; Qualidade. São 300 funcionários. Profissionais com background multidisciplinar capazes de gerenciar, individual ou segmentadamente, os relacionamentos dos universos das marcas com seus consumidores. Processos de criação e produção fortemente apoiados em tecnologias imersivas de experiência (realidade aumentada, games, 3D, etc). Modelo estruturado de gestão da qualidade de todos os processos da agência. AlmapBBDO Marcelo Prais é diretor de operações e negócios na AlmapBBDO e VP de Agências do IAB. Com 16 anos de experiência no mercado publicitário e atuações em agências full-service e digitais, como Universal McCann, Salles, Rapp Collins, Agência Click e JWT. Tempo de existência 26 anos, na fase comandada por Marcello Serpa e José Luiz Madeira. Estrutura Física As divisões entre as áreas de criação, mídia, planejamento e atendimento continuam existindo, dada a natureza dos negócios e a especificidade de tarefas de cada um dos departamentos. Os escopos de atuação são maiores, porém mantém-se o core de ação de cada departamento. A criatividade não pode ficar restrita apenas ao departamento de criação, bem como o bom atendimento e a Abel Reis Perfil de Cliente Clientes estabelecem novos modelos de trabalho com suas agências, baseados em rigorosos sistemas de controle de qualidade e de retorno sobre investimento. A audiência e o relacionamento com consumidores são ativos. Desta forma, as marcas se entregam às suas agências para que sejam administradas como se fosse um recurso financeiro esperam rentabilidade máxima, ao menor custo e com a melhor qualidade de informação possível. Veículos oferecerão arquiteturas tecnológicas avançadas possibilitando integrar seus ativos de audiência às plataformas de mídia dos anunciantes. Clientes também constituem e administram seus condução dos relacionamentos com os clientes são partes também da mídia, planejamento e criação, não apenas do atendimento. Um dos melhores perfis de atendimento é o atendimídia. Um atendimento que sabe discutir mídia e entender seus principais movimentos se sobressai, assim como aquele que entende de branding e assim por diante. Mais profissionais com escopo maior de atuação e mais completos. Integração em 2020 é passado. Nem on, off, below ou above. O profissional é in-line ou ainda beyond the line. Gestores de projetos (figura disseminada em agências digitais e produtoras em 2010) e entendem de mídia, branding e planejamento estratégico. Discutem aspectos de comportamento e tecnologia. Temos o dobro do número de funcionários de uma década atrás. Perfil de Cliente Clientes são mais críticos e dominantes de todas as disciplinas de comunicação e conseguem entender que nas agências existe uma gama de profissionais que sabe fazer o seu trabalho. Clientes com a capacidade de aprovar ideias ousadas têm um valor inestimável. Daí nascem trabalhos como, por próprios ativos de audiência e de relacionamento com seus consumidores. A comunicação com os consumidores é operada pelas agências em tempo real, de forma georreferenciada e com diferentes graus de segmentação atitudinal (no limite, individualmente). Os investimentos em mídia e produção são alocados de forma dinâmica em função das respostas de audiência e comportamento do consumidor tudo isso em tempo real. Os princípios não mudam. Mudam os meios técnicos que os atendem. Conceitualmente, fazemos o que fazíamos em Só que atuamos num cenário de mídia onde as tecnologias digitais serão dominantes, em tempo real e georreferenciadas. As agências integram na sua estrutura muito mais capacidade de produção de áudio/vídeo/animação do que há 10 anos. É uma consequência natural da ampliação de presença do motion/vídeo, enquanto linguagens, na criação das ações de comunicação interativa para os anunciantes. Marcelo Prais exemplo, Cachorro-Peixe para a Volkswagen. Há mais clientes com maior capacidade de avaliação conceitual e técnica. E encaram as agências como parceiros essenciais para o crescimento e gestão dos seus negócios. Parceria de negócios pressupõe relacionamentos mais horizontais, menos verticais e com maior tempo de duração, para que os frutos possam surgir em bases sólidas e não efêmeras. A web é cada dia mais em vídeo (não era em 2010 devido ao custo, banda e questões de infraestrutura) >> 06 07

5 agência agência e a TV digital contará com uma interface parecida a internet de Esses dois meios aliados a novos recursos de interação são realidade. O celular é um canal efetivo de mídia, com produtos e aplicativos que trazem mais conteúdo e serviços e menos mensagens publicitárias. A competição é mais acirrada e ocorre uma fragmentação ainda maior dos meios, devido ao crescente acesso on demand. As pessoas estão cada vez mais conectadas, portanto, são a mídia mais confiável e acessível. de grandes idéias. Conceitos são o fator principal para mobilizar pessoas e as dirigir ao consumo de determinadas marcas e produtos. A comoditização de bens e serviços, duráveis ou não, com preços muito próximos, fatores psicológicos e aspiracionais é geral. A diferença para marcas e produtos é influenciar na decisão de compra. Transparência e respeito ao consumidor são fundamentais. O que não mudou: a pressão por qualidade, prazos menores e custos reduzidos (clientes continuam querendo otimizar os gastos com agências.) O que mudou: a integração entre áreas e a necessidade de rápida adaptação para que novas tecnologias sejam incorporadas naturalmente por antigos profissionais. Principal produto da agência será a criatividade e inovação aplicada ao conhecimento humano. Mais do que nunca será fundamental uma mente ousada e capaz de pensar o novo para conseguir conquistar o interesse das pessoas. A criatividade e inovação na forma de criar mensagens e fazê-las chegar até cada um é o grande diferencial da agência. O processo de produção é cada vez mais rápido com melhor qualidade e proporcionando que a mensagem seja interativa. Os custos têm uma sensível redução e o perfil de competência da área de produção ganha conteúdo de profissionais de tecnologia. Vale ressaltar Em última instância, não importa se daqui a 10, 20 ou 30 anos. Estaremos sempre falando de gente e por mais que a tecnologia possa influir na dinâmica da vida, continuaremos a lidar com emoções, com a fundamental necessidade de gostar de gente e procurar entender como elas são e porque são assim. Vale ressaltar Não leio o futuro. Os pontos acima acredito serem factíveis por estarem ligados à natureza dos negócios de Há previsões mais agressivas e mais marketeiras. Porém, essas ficam para os futurólogos de plantão, aqueles que, para alavancarem os seus negócios, jogam tinta em outros. Mais equilibrado comparado a Meios digitais têm bem mais participação no bolo publicitário do que os 5% há 10 anos. Mas o bolo publicitário, como um todo, tem um crescimento considerável. O maior princípio da publicidade gira em torno Talent Formado em propaganda e marketing, José Eustachio iniciou sua carreira na área de pesquisa e planejamento. Na Talent desde o seu início, é sócio e responsável pela área de operações. Desenvolveu projetos de comunicação para empresas como São Paulo Alpargatas, Ipiranga, Banco Real, Net, Semp Toshiba, Femsa, Tigre, etc. Foi vencedor do Prêmio Caboré em 1991, 2004 e 2007 na categoria Profissional de Atendimento/Planejamento e eleito profissional do ano na área de planejamento e atendimento pela Associação dos Profissionais de Propaganda. Tempo de existência Estamos em 2020, ano no qual a Talent completa 40 anos. A última década passou com uma velocidade impressionante e caminhamos para meio século de Vida. Estrutura física A agência funciona de forma cada vez mais orgânica: são células de trabalho multidisciplinar, que em conjunto desenvolvem a ideia central, base de todo projeto de comunicação. Agora, não se trabalha mais pensando em campanhas, mas sim em ideias que serão desenvolvidas nos meios mais adequados. Planejamento, criação e mídia não são mais disciplinas estanques, são talentos Planejamento e Estratégia. Em um ambiente altamente competitivo, com meios altamente fragmentados, pensar antes de executar continua sendo chave para resultados de sucesso e que perduram por anos a fio. Porém, um grande planejamento, com criação, mídia e produção distantes desses princípios básicos, não sustenta nenhuma estratégia. O balanço entre as áreas de trabalho é essencial. que se sobrepõem em favor de uma concepção mais inovadora. A atividade cerebral é exercida coletivamente, apenas a execução como a produção é realizada por técnicos. José Eustachio O organograma da agência é praticamente flat, uma grande concentração de talentos de alto nível pensando no cliente, gerando idéias com suporte técnico encarregado da execução. Apesar do grande crescimento dos clientes, as novas tecnologias favorecem que a estrutura da agência cresça apenas qualitativamente. Com um grupo de aproximadamente 180 pessoas é possível tocar uma agência duas vezes maior do que em Um perfil profissional de pessoas com maior capacidade de correr riscos, ecléticas na sua formação com profundo domínio do uso das tecnologias de informação e com grande capacidade de tomar decisão, favorece a agilidade e qualidade na concepção dos projetos de comunicação. O grupo tem como principal característica pessoas com talento para desenvolver conceitos fortes e entender do comportamento humano, com formação em sociologia e antropologia, mas ao mesmo tempo uma grande intimidade com a tecnologia. Perfil de cliente Os clientes são cada vez maiores; resultado de um processo de concentração em todos os setores. As maiores verbas de comunicação são de clientes no segmento de prestação de serviço e de atividades relacionadas a questões da qualidade de vida (biotecnologia, meio ambiente e farmacêutica). Os clientes são cada vez mais carentes de inteligência estratégica em comunicação e de conhecimento sobre o comportamento humano. A interatividade é o fator preponderante, ninguém mais é audiência passiva e a personalização do conteúdo chega ao nível da individualidade. Tudo é digital. Os meios se multiplicaram aos milhares e nenhuma empresa de mídia possui grande concentração de audiência. Os investimentos são cada vez mais feitos em plataformas de mídia que integram diferentes canais, buscando falar com as pessoas em todos os seus pontos de contato. Não há mais distinção entre on-line e off-line. A grande mudança está na individualidade das relações. Anteriormente, o princípio era o de grupos de afinidade, na nova realidade, o princípio passa a ser o da pessoalidade. A pessoa se relaciona com a empresa e vice-versa como quem se conhece e, portanto, pode particularizar serviços, produtos etc. >> Tribo Interactive Roger Rocha, 38, é Sócio-Diretor de Criação da Tribo Interactive, onde desenvolveu projetos para clientes como Johnson & Johnson, Nestlé, Pfizer, The Coca-Cola Company, SECOM, SESC- SP e Nissan, entre outros. Em 2020, será VP de Experiência do Usuário da Tribo Intelligence e dividirá seu tempo na ponte aérea São Paulo- Hangzhou porque é perto de Xangai, mas ainda não sofre com a especulação imobiliária desmedida. Tempo de existência A empresa tem 21 anos, os 14 primeiros como Tribo Interactive e Tribo Intelligence a partir de Estrutura Física Mantemos escritório em São Paulo, com 25 funcionários, e um pólo de desenvolvimento em Hangzhou, na China, com 53. A partir das instalações físicas, são geridos serviços de até 450 colaboradores simultâneos em projetos locais, regionais e globais. Há núcleos estratégicos multidisciplinares que podem incorporar inúmeros perfis profissionais que variam conforme o grau de especialização relacionado a diferentes projetos. Funcionários e colaboradores são distribuídos nos núcleos de: 1) Inteligência (aponta as diretrizes estratégicas de cada projeto); 2) Estudos Neurais e Cognitivos (delineia conversas de marca adequadas e aderentes ao perfil e ao mindset de cada indivíduo para os programas de inteligência artificial); 3) Cocriação (discussão permanente com uma rede global de colaboradores freelancers para a detecção de tendências e sua aplicação); 4) Experiência do Usuário (desenvolvimento de experiências envolventes em todas as interfaces possíveis, reais, virtuais e sutis interfaces imperceptíveis a olho nu, ainda em fase experimental, como as omniscreens implantadas na retina e os nanomódulos de voz e linguagem natural); 5) Contexto (com a unificação total das plataformas em 2018, possibilitando que a Roger Rocha comunicação se estabelecesse individualmente, sem barreiras físicas e de maneira não linear com a interface preferida pelo usuário, a Mídia deu lugar para o núcleo de Contexto cujo objetivo é criar estímulos adequados e eficazes em local e momento determinados para que a pessoa ative as conversas de marca ); 6) Inovação (acompanhamento contínuo dos avanços tecnológicos nos diversos campos do conhecimento humano para a geração de novos produtos e serviços). A administração é descentralizada e participativa, com a criação de microestruturas diretivas e gerenciais por projeto. Perfil de Cliente Pensando nos clientes de antes e os de hoje, a maior diferença é que, em vez das corporações monolíticas do fim do século passado, vemos empresas mais à vontade em ser multifacetadas e multidimensionais. Antes, era preciso construir e projetar uma imagem única a fim de impactar e convencer um grupo de pessoas que se queria homogêneo. Hoje, as companhias se adaptam e revelam nuances em função da percepção de cada pessoa, mas sem perder a identidade. Como os seres humanos, estão livres para desempenhar diversos papéis, desde que orientadas por valores e princípios sólidos. É anacrônico falar de mídias uma vez que as barreiras entre as plataformas foram dissolvidas. Com a comunicação se estabelecendo em qualquer meio, a partir de uma conversa relevante entre marcas e consumidores que decidem como e quando ativála, o contexto passa a ser mais importante do que a forma de distribuição da mensagem. Esses meios, tão díspares e isolados há pouco mais de 10 anos, hoje compõem um mix cuja força é imbatível. Não temos saudade do tempo em que cada coisa tinha seu lugar e um único lugar. Com a integração total das plataformas e a megafusão que criou os grupos globais de intercomunicação que conhecemos hoje, Geo, Intercast e PanAsia Corp. a verba total permanece fortemente concentrada, com o Geo mantendo-se na liderança com 53,7% do rateio por conta da cobertura intercontinental dos serviços. Com o advento dos nanoimplantes de conexão à rede global e a criação de um IP único (e obrigatório) para cada indivíduo, a questão da privacidade e da vigilância continuam em voga. Com a migração dos serviços de engenharia para a Ásia, nos concentramos nos serviços de maior valor agregado, focando em inteligência. Isso motivou a mudança de posicionamento e, consequentemente, do nome da empresa. Para mim, mesmo com todo avanço, há uma parte do processo de produção que se mantém inalterado: a produção de ideias. As minhas antes de serem submetidas à crítica, processadas, digitalizadas e compartilhadas, gerando dezenas de tarefas interrelacionadas num processo extenso para gerar um produto ou serviço ainda são registradas com lápis HB e papel em momentos de reflexão

6 ponto de vista Muitos novos modelos de negócios virão Coordenador do Programa de Estudos do Futuro e do MBA Executivo Internacional da Fundação Instituto de Administração (FIA), além de professor da USP, desde a década de 1980 James Wright faz projeções da economia e sociedade brasileiras. Àquela época já detectava a ascensão das classes C e D e garante que esse movimento não é fruto do plano Real ou de medidas do governo Lula. Wright destaca que o objetivo é apontar tendências e não fazer previsões como um guru. Para 2020, acredita que diante da evolução da internet e dos meios digitais, muitos novos negócios vão surgir. E os preços vão cair dramaticamente, tendendo a zero, sobretudo nos mercados de conteúdo e entretenimento. Acompanhe O que de mais relevante poderá estar acontecendo em 2020 no ambiente de negócios no Brasil? Nós temos o Programa de Estudos do Futuro desde O ponto relevante é que não se trata de ficar fazendo especulações de numerologia e sim de verificar tendências da sociedade, da tecnologia, do ambiente econômico. São tendências que geram mudanças de comportamento, que favorecem o surgimento de novos mercados e criam oportunidades e desafios para as empresas. Fugimos de especulações. Um processo que se intensifica e ocorre há muito tempo é o reforço do poder aquisitivo das classes C e D e o crescente ingresso destas em novos padrões de consumo, inclusive internet, TV a cabo, acesso a computador, celular banda larga, processos que já estamos mapeando há algum tempo. Desde o final da década de 1980 verificávamos que as classes C e D iam crescer muito. Não é algo que começou como se pensa com o plano Real ou com as políticas do governo Lula. Concretamente, para 2020, com o crescimento da internet, a TV mais interativa e a TV é muito importante por conta da sua ampla penetração os celulares, a banda larga, tudo isso terá um reflexo muito grande na democratização do acesso à informação e à economia. A conseqüência é um ganho em eficiência dos mercados. Especialmente, a população que não tinha meios para pesquisar preços e acessar diferentes produtos, passa a ter mecanismos que possibilitam o processo de fazer melhores compras de produtos e melhor acesso a empregos. É o poder efetivamente nas mãos do consumidor? Exato. A internet já proporciona isso para uma parte da população brasileira. Aquele consumidor que hoje em dia só tem acesso à lojinha do bairro, não tem transporte e nem acesso a outras ofertas porque custa caro pesquisar, passa a ter uma maneira de fazer isso de forma eficiente. Hoje em dia ainda não é regra, mas certamente em 2020 será. Como os governos vão atuar nesse novo cenário? É muito provável que no Brasil teremos um incentivo à internet pública, de acesso muito barato, como infraestrutura social. Também outra vertente em transformação muito importante desde os anos 1980, que nós chegamos a propor, é o surgimento dos Poupatempos. Nada mais são do que pólos de concentração de serviços públicos onde a informática e a internet são as ferramentas. Esses pólos poderão ser mais integrados à escola que devem ser a espinha dorsal da banda larga no país. Primeiro, para melhorar a qualidade do ensino e também porque elas têm capilaridade. Com acesso de alta qualidade, o país dará um salto na educação. E a internet é a ferramenta para qualificar e dar instrumentos para alunos e professores se desenvolverem. A internet está gerando a cultura do acesso em detrimento do ter? Você concorda com essas premissas? Como pode afetar os modelos de negócio de forma geral? Certamente, essa tendência está em curso. Claramente, estamos vendo como a indústria fonográfica, a indústria de publicações de maneira geral e a da mídia, estão sofrendo com a mudança no modelo de negócios. Acredito em um modelo de negócios híbrido. De um lado, um grande espaço público no qual todo mundo publica o que quer de qualidade questionável o Youtube, por exemplo. De outro, a informação poderá ser gratuita, mas com qualidade garantida, sustentada pela publicidade, mais ou menos como a TV atual. Claro que isso não garante a qualidade integral, porque mesmo hoje a TV com modelo consagrado tem muito conteúdo de baixa qualidade. Há um filtro, mas não garantido. Além disso, a grande quantidade de novos modelos de negócio indica uma tendência muito forte de queda de preços de conteúdo, informação e serviços, como turismo. Esse cenário, com a consequente ascensão das classes C e D, pode causar uma explosão de consumo em 2020? Não há dúvida. E muitas oportunidades de negócios também. O outro aspecto é a globalização. Empresas de sucesso têm acesso a mercados muito grandes. Ainda que o Brasil tenha a língua portuguesa como algo um tanto específico, as empresas provedoras desses conteúdos e serviços mesmo assim vão poder atingir um público muito mais amplo. Estou falando de entretenimento, música, de você fazer o seu próprio vídeo e exibir na rede. Ou receber via anúncio. O potencial é global. A internet criou uma série de ferramentas que se transformaram em novos negócios como RSS, link patrocinado, busca orgânica, blogs, redes sociais. Dentro de 10 anos quantos mais poderão surgir? Muitos, porém com tempo de vida relativamente curto. Veja o que aconteceu com a própria AOL, O entretenimento na internet será um segmento muito forte, com jogos, passatempo, música, vídeos, acesso e interatividade com eventos esportivos. Yahoo, outros buscadores. O Google talvez tenha conseguido fugir da sina de ter um produto só. Existem outros buscadores com características diferentes, com linguagens mais amigáveis. De repente, algum desses pode assumir a preferência. Uma coisa é certa, a tendência é de preços declinantes. Aproximando-se de zero. Por isso, parte das receitas dos anúncios da mídia de massa está migrando para as mídias interativas. Migram também para ações dirigidas. E isso pode afetar bastante os negócios. Outra coisa muito interessante para os ambientes de negócios, novos ou já estabelecidos, são serviços de localização de consumidor. Com o celular dá para saber onde estamos e empresas podem pagar para acessá-lo o que vai baratear a assinatura. A questão cultural no Brasil, na qual as pessoas são desconfiadas e preferem não ser localizadas, pode atrapalhar? A preocupação é legítima. O negócio é o assinante permitir ser localizado, pode até determinar dias e horários e aí recebe por isso como desconto na assinatura dele, com anúncios mais direcionados e com pesquisas de comportamento. O que mais salta aos olhos nesses estudos para 2020? O fato de termos uma língua diferente e uma população grande, algo em torno de 200 milhões de habitantes em 2020, é uma oportunidade muito grande porque cria uma certa reserva de mercado para empresas de software brasileiras, embora fique mais difícil de acessar o mundo que fala inglês. O entretenimento na internet será um segmento muito forte, com jogos, passatempo, música, vídeos, acesso e interatividade com eventos esportivos. Tem muita coisa para se trabalhar, considerando também que tem uma grande massa de que vai entrar. A parcela do varejo na internet, por exemplo, ainda é muito pequena, beira os 6%. Esse número pode e será significativamente maior. Vai crescer inexoravelmente. É difícil fazer uma previsão numérica, mas é possível supor que o crescimento deva ficar em 20% ao ano. Os bancos foram pioneiros na internet e são os que melhor fazem uso da ferramenta. Como em 2020 você imagina estará esse setor e outros mais? Os bancos vão ter que mudar radicalmente. Primeiro porque tiveram ambientes de negócios extremamente protegidos e com condições de operar uma gama muito grande de serviços financeiros. Com isso puderam investir bastante e desenvolver sistemas muito sofisticados. As empresas vão ter que incrementar a eficácia das redes sociais e dos sistemas de relacionamento com clientes. A decisão de compra passa pela internet de forma crescente, como essa tendência atual pode influenciar nos negócios em 2020? As concessionárias de automóveis estão se transformando em show room, porque não necessariamente o consumidor fará a compra ali. Ele vai embora para casa pesquisar preços e condições e pode optar por comprar em outro lugar. O ponto de venda fica com o ônus de estocar e apresentar o produto. Isso já está acontecendo e as concessionárias começam a mudar o mix de receitas para ganhar mais em serviços. A internet baixou dramaticamente os preços para o comprador. Voltando aos bancos, a tendência é ter agências muito menores e mais simples na medida em que o cliente resolve quase tudo pela internet. Empresas de produto de consumo de alto valor ficam mais ao sabor dessa tendência. Uma linha onde há muito progresso a ser feito é a da transparência no ambiente público e a participação da população. As redes sociais organizadas vão incentivar cada vez mais a cidadania, onde os usuários podem cobrar os atos de nossos representantes no governo. A internet tem esse potencial de proporcionar cidadania mais atuante e mais informada

7 métricas Internet 100% No início de 2010, éramos 42,3 milhões de usuários com acesso residencial à internet como comprovava o Ibope NetRatings. Esse número é fruto de uma evolução média de pouco mais de 18,3% ao ano, durante a primeira década do Século XXI. Nesse período, não só quadruplicou o número de usuários como também o tempo de navegação mensal que bateu em praticamente 30 horas. Mantidos estes patamares de crescimento na segunda década, chegaremos em 2020 com quase 170 milhões de usuários com acesso à internet residencial, uma penetração muito próxima de 100%. O tempo de navegação poderá ser pelo menos o dobro, já que o avanço da banda larga vai proporcionar downloads de arquivos cada vez mais pesados, como vídeos, o que favorecerá a audiência. Alcance Em 2010, o alcance dos geradores de tráfego como portais, buscadores e comunidades, entre outras subcategorias, atingiu patamares importantes superando a casa dos 80%. Mas estes já eram expressivos desde a metade da primeira década. Os maiores crescimentos foram registrados nos canais Entretenimento, Vídeos e Notícias correntes. Na medida em que o alcance total avança na internet, em 2020, poderemos ter uma paridade em termos de alcance para todas estas categorias. Evolução do Alcance (%) Evolução no número de internautas residencias h 0 dez 2005 dez 2006 dez 2007 dez 2008 dez Buscadores Comunidades Vídeos/Filmes Ferramentas Web 35 24h Fabricantes de Softwares Entretenimentos Diversos Mensagens Instantâneas Notícas Correntes Fonte: Ibope NetRatings dez00 dez01 dez02 dez03 dez04 dez05 dez06 dez07 dez08 dez09 Acesso Ativos Tempo Internet em residências, Brasil, em milhões de pessoas Fonte: Ibope NetRatings 18h 12h 6h 0h Perfil de navegação E o perfil de navegação também mudou muito. Em 2000, os principais geradores de acesso e tráfego na internet eram os s, os buscadores e as homepages dos portais. Das homepages, os internautas acessavam basicamente comércio eletrônico, bancos e notícias. Os downloads e o bate-papo ficavam por conta dos muito jovens. Dos s, o acesso era para comércio eletrônico e as empresas que fazem marketing. Os buscadores proporcionavam acesso a praticamente todas as áreas disponíveis. Uma década depois, em 2010, surgem as redes sociais como geradoras de acesso e tráfego e novas ferramentas de comunicação que tornaram o perfil de navegação muito mais complexo. Os buscadores e as redes sociais comandam uma grande troca de acessos, enquanto as homepages ganham blogs. O cruzamento de acessos é muito maior. Em 2020, há muitos outros geradores de acesso e tráfego na internet. As marcas, que começaram a monitorar e participar ativamente das redes sociais no início da década, também poderão se transformar em geradores de acesso e tráfego. O cruzamento é muito mais complexo. Já não se terá mais predomínio no caminho que se faz para acessar qualquer tipo de conteúdo. Fluxo de Audiência em 2000 Sites pessoais Downloads P2P Sites de tradução Fluxo de Audiência em 2009 YouTube Redes Socias Downloads P2P Blogs Amadores Fotologs Comércio Eletrônico Buscadores Twiter Notícias Comércio Eletrônico Yahoo! Respostas Wikipedia Buscadores Sites de tradução Sites que anunciam em marketing Notícias Jovens XXXX XXXX homepages Bancos Jogos Downloads Música Canais dos Esporte Celebridades Bete-papo Economia Governo Sites que anunciam em marketing homepages Blogs Profissionais Mapas Governo Jogos Downloads Música Canais dos Esporte Celebridades Bete-papo Economia Bancos Fonte: Ibope NetRatings 12

A confluência dos vídeos e a Internet

A confluência dos vídeos e a Internet WHITEPAPER A confluência dos vídeos e a Internet Por que sua empresa deveria investir em vídeos em 2013 e como a Construção Civil pode utilizar os vídeos como diferencial competitivo. 1 Saiba como os vídeos

Leia mais

1 Introdução. 1.1 A Nova Era Digital

1 Introdução. 1.1 A Nova Era Digital 11 1 Introdução Com o advento da nova era da internet, conhecida com web 2.0, e o avanço das tecnologias digitais, o consumidor passa a ter maior acesso à informação bem como à facilidade de expressar

Leia mais

Estudo de Web Marketing para a Prova NP1 Dia da prova: 07/10/2011

Estudo de Web Marketing para a Prova NP1 Dia da prova: 07/10/2011 Curso de Marketing Disciplina: Web Marketing Professor: Roberto Marcello Estudo de Web Marketing para a Prova NP1 Dia da prova: 07/10/2011 Web Marketing Web Marketing é qualquer esforço promocional realizado

Leia mais

Prezado Futuro Cliente

Prezado Futuro Cliente Prezado Futuro Cliente É com grade satisfação que encaminhamos nossa apresentação institucional e certos de estabelecermos uma parceria de sucesso e duradoura. Ela foi desenvolvida com objetivo de mostrar

Leia mais

Capítulo 1 Por que Google Marketing?

Capítulo 1 Por que Google Marketing? Capítulo 1 Por que Google Marketing? O Google modificou substancialmente a maneira como o mercado lida com a informação e informação, na nossa sociedade pós terceira onda, é tudo. Do dinheiro ao eletrodoméstico,

Leia mais

Nos últimos anos o mercado brasileiro de imóveis vivenciou um crescimento inacreditável, o lançamento de novas unidades mais a valorização de imóveis

Nos últimos anos o mercado brasileiro de imóveis vivenciou um crescimento inacreditável, o lançamento de novas unidades mais a valorização de imóveis Nos últimos anos o mercado brasileiro de imóveis vivenciou um crescimento inacreditável, o lançamento de novas unidades mais a valorização de imóveis usados, além do crescimento de renda da população e

Leia mais

PLANEJAMENTO DE MARKETING ELETRÔNICO

PLANEJAMENTO DE MARKETING ELETRÔNICO Instituto FA7 IBMEC MBA em Marketing Disciplina: Professor: Turma: Equipe: Marketing Eletrônico Renan Barroso Marketing II - Fortaleza Ana Hilda Sidrim, Ana Carolina Danziger PLANEJAMENTO DE MARKETING

Leia mais

Marketing Digital. Prof. Luthiano Venecian

Marketing Digital. Prof. Luthiano Venecian Marketing Digital Prof. Luthiano Venecian Tópicos 1 - Conteúdo Programático da Disciplina II - Conceitos básicos de Marketing III - Conceitos de Marketing Digital IV - Referência Bibliográfica 2 I - Conteúdo

Leia mais

DP6: Gerando novos negócios a partir do monitoramento de redes sociais

DP6: Gerando novos negócios a partir do monitoramento de redes sociais DP6: Gerando novos negócios a partir do monitoramento de redes sociais O núcleo de inteligência em redes sociais Há cinco anos, a DP6, consultoria de marketing digital com foco em inteligência e performance

Leia mais

Como deixar seu negócio on-line. Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO!

Como deixar seu negócio on-line. Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO! Como deixar seu negócio on-line Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO! A palavra de ordem das redes sociais é interação. Comparando a internet com outros meios de comunicação em massa como

Leia mais

Usina de Site em gênero Seus principais valores são: iniciativa, qualidade, criatividade, competência e profissionalismo. Ao adquirir serviços e

Usina de Site em gênero Seus principais valores são: iniciativa, qualidade, criatividade, competência e profissionalismo. Ao adquirir serviços e Usina de Site em número Uma agência, uma equipe, uma unidade. São vários membros, estilos diferentes e inúmeras habilidades que se complementam e dão um novo sentido à publicidade e propaganda, guiados

Leia mais

Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente

Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente Redesenhando a forma como empresas operam e envolvem seus clientes e colaboradores no mundo digital. Comece > Você pode construir de fato uma

Leia mais

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Morgana Hamester História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Contexto atual Modelização digital contemporaneidade;

Leia mais

. Indice. 1 Introdução. 2 Quem Somos. 3 O que Fazemos. 4 Planejamento. 5 Serviços. 6 Cases. 9 Conclusão

. Indice. 1 Introdução. 2 Quem Somos. 3 O que Fazemos. 4 Planejamento. 5 Serviços. 6 Cases. 9 Conclusão . Indice 1 Introdução 2 Quem Somos 3 O que Fazemos 4 Planejamento 5 Serviços 6 Cases 9 Conclusão . Introdução 11 Segundo dados de uma pesquisa Ibope de 2013, o Brasil ocupa a terceira posição em quantidade

Leia mais

Mais tempo para ser o empreendedor. E não o cara da TI

Mais tempo para ser o empreendedor. E não o cara da TI Mais tempo para ser o empreendedor. E não o cara da TI Office 365 muda rotina e aumenta a produtividade do maior portal de e-commerce de artigos de dança do Brasil A Mundo Dança nasceu há cinco anos a

Leia mais

MARKETING NA INTERNET

MARKETING NA INTERNET MARKETING NA INTERNET HUGO HOCH CONSULTOR DE MARKETING ER. BAURU SEBRAE-SP hugoh@sebraesp.com.br Marketing na Internet O que é? o Marketing na Internet, também referido como: i-marketing, web marketing,

Leia mais

Autoatendimento Digital. Reduz custos e aprimora as relações com o cliente, criando experiências de autoatendimento personalizadas e significativas.

Autoatendimento Digital. Reduz custos e aprimora as relações com o cliente, criando experiências de autoatendimento personalizadas e significativas. Autoatendimento Digital Reduz custos e aprimora as relações com o cliente, criando experiências de autoatendimento personalizadas e significativas. Oferece aos clientes as repostas que buscam, e a você,

Leia mais

ARKETING INTERNET SEO CRIATIVIDADE AGÊNCIA CRIAÇÃO

ARKETING INTERNET SEO CRIATIVIDADE AGÊNCIA CRIAÇÃO DESIGN CRIAÇÃO AGÊNCIA USABILIDA ARKETING INTERNET SEO DIGIT CRIATIVIDADE DESDE 1999 NO MERCADO, A M2BRNET É UMA AGÊNCIA DE MARKETING DIGITAL ESPECIALIZADA EM SOLUÇÕES PERSONALIZADAS. SI ARQ Desde 1999

Leia mais

*Todos os direitos reservados.

*Todos os direitos reservados. *Todos os direitos reservados. A cada ano, as grandes empresas de tecnologia criam novas ferramentas Para o novo mundo digital. Sempre temos que nos renovar para novas tecnologias, a Karmake está preparada.

Leia mais

Jornalismo Interativo

Jornalismo Interativo Jornalismo Interativo Antes da invenção da WWW, a rede era utilizada para divulgação de informações direcionados a públicos muito específicos e funcionavam através da distribuição de e-mails e boletins.

Leia mais

5 dicas incríveis de Facebook Ads para iniciantes. 1 INTRODUÇÃO

5 dicas incríveis de Facebook Ads para iniciantes. 1 INTRODUÇÃO 5 dicas incríveis de Facebook Ads para iniciantes. 1 INTRODUÇÃO Este e book foi criado após ter percebido uma série de dúvidas de iniciantes em Facebook Ads. O seu conteúdo é baseado na utilização da plataforma

Leia mais

Como sua empresa pode

Como sua empresa pode Como sua empresa pode [ O guia de segmentação por IP ] Tecnologia de Inteligência de IP e de geolocalização O método de encontrar a localização física e geográfica de um usuário com base unicamente em

Leia mais

Estudo Hábitos. Hábitos de uso e comportamento dos internautas nas mídias sociais e como as empresas podem melhorar sua atuação nas redes

Estudo Hábitos. Hábitos de uso e comportamento dos internautas nas mídias sociais e como as empresas podem melhorar sua atuação nas redes Estudo Hábitos 2012 Hábitos de uso e comportamento dos internautas nas mídias sociais e como as empresas podem melhorar sua atuação nas redes O estudo O Estudo Hábitos é realizado anualmente pela E.life

Leia mais

Adapte. Envolva. Capacite.

Adapte. Envolva. Capacite. Adapte. Envolva. Capacite. Ganhe produtividade em um Ambiente de trabalho digital #DigitalMeetsWork Os benefícios de um ambiente de trabalho digital têm impacto na competitividade do negócio. Empresas

Leia mais

Custom Publishing Por que minha organização deve ter uma publicação própria?

Custom Publishing Por que minha organização deve ter uma publicação própria? Custom Publishing O mercado das publicações próprias e suas (excelentes) oportunidades de negócios para as empresas antenadas de qualquer setor, com qualquer público Um guia de consulta rápida sobre a

Leia mais

Curso Gestão em Marketing Digital. Rua Helena, 170, Cj. 64 Vila Olímpia CEP 04552-050 São Paulo/SP Tel: (11) 3031-1131

Curso Gestão em Marketing Digital. Rua Helena, 170, Cj. 64 Vila Olímpia CEP 04552-050 São Paulo/SP Tel: (11) 3031-1131 Curso Gestão em Marketing Digital 04552050 30311131 Sobre a Escola Somos a primeira escola especializada em cursos para Comércio Eletrônico e Marketing Digital. Estamos há mais de seis anos no mercado

Leia mais

social media para bares, restaurantes e afins

social media para bares, restaurantes e afins BARTIPS social media para bares, restaurantes e afins O que buscamos? Divulgar seu estabelecimento para milhares de potenciais consumidores. Fazer você ser parte do dia-a-dia de seu cliente Ter suas novidades,

Leia mais

Transforme. Transforme a TI. a empresa. Três imperativos da TI para a transformação da empresa realizada pelo CIO em um mundo dinâmico.

Transforme. Transforme a TI. a empresa. Três imperativos da TI para a transformação da empresa realizada pelo CIO em um mundo dinâmico. TECH DOSSIER Transforme a TI Transforme a empresa Três imperativos da TI para a transformação da empresa realizada pelo CIO em um mundo dinâmico. Consolidar para conduzir a visibilidade da empresa e a

Leia mais

SEMINÁRIO ABMES BASES DO MARKETING DIGITAL. Expositor. Júlio César de Castro Ferreira julio.ferreira@produtoranebadon.com.

SEMINÁRIO ABMES BASES DO MARKETING DIGITAL. Expositor. Júlio César de Castro Ferreira julio.ferreira@produtoranebadon.com. SEMINÁRIO ABMES BASES DO MARKETING DIGITAL Expositor Júlio César de Castro Ferreira julio.ferreira@produtoranebadon.com.br (61) 9613-6635 5 PILARES DO MARKETING DIGITAL 1 2 3 4 5 Presença digital: Ações

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Usando o SI como vantagem competitiva Vimos

Leia mais

Poucas inovações na história da humanidade reúnem tantos benefícios potenciais quanto o Comércio Eletrônico (também conhecido como e-commerce).

Poucas inovações na história da humanidade reúnem tantos benefícios potenciais quanto o Comércio Eletrônico (também conhecido como e-commerce). Poucas inovações na história da humanidade reúnem tantos benefícios potenciais quanto o Comércio Eletrônico (também conhecido como e-commerce). A natureza global da tecnologia, a oportunidade de atingir

Leia mais

SUA EMPRESA VAI RESISTIR A EVOLUÇÃO DIGITAL?

SUA EMPRESA VAI RESISTIR A EVOLUÇÃO DIGITAL? SUA EMPRESA VAI RESISTIR A EVOLUÇÃO DIGITAL? A EVOLUÇÃO DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO A evolução dos Meios de Comunicação 1990 2000 telex e-mail internet notebook e hoje?? celular MMS TV aberta TV a cabo DVD

Leia mais

Mas como você gera sua lista de e-mail? Listei abaixo algumas das formas de construir uma lista de email marketing eficaz;

Mas como você gera sua lista de e-mail? Listei abaixo algumas das formas de construir uma lista de email marketing eficaz; E-mail marketing, muitas vezes considerada uma forma de marketing pessoal, é uma das mais valiosas ferramentas de web marketing, uma das mais visadas e mais focada pelos marqueteiros. Vamos nos concentrar

Leia mais

BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos

BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos Terceirização de Processos Empresariais da Capgemini Um componente da área de Serviços Públicos da Capgemini As concessionárias de serviços

Leia mais

Marketing Visão 360º. O nosso objetivo é ter uma visão ampla dos temas de Marketing, abordando os seguintes tópicos.

Marketing Visão 360º. O nosso objetivo é ter uma visão ampla dos temas de Marketing, abordando os seguintes tópicos. Marketing Visão 360º O Mundo do Marketing em parceria com a TNS Research International está realizando pesquisas mensais com profissionais da área de marketing para investigar temas relacionados ao dia-a-dia

Leia mais

Importância da Comunicação Digital para o mercado corporativo

Importância da Comunicação Digital para o mercado corporativo Importância da Comunicação Digital para o mercado corporativo Cláudio Coelho Café da Manhã 22.05.2012 Agenda Evolução da Comunicação Serviços de Comunicação Digital Importância do Planejamento Estratégico

Leia mais

Inteligência em. redes sociais. corporativas. Como usar as redes internas de forma estratégica

Inteligência em. redes sociais. corporativas. Como usar as redes internas de forma estratégica Inteligência em redes sociais corporativas Como usar as redes internas de forma estratégica Índice 1 Introdução 2 Por que uma rede social corporativa é um instrumento estratégico 3 Seis maneiras de usar

Leia mais

O QUE FAZEMOS MISSÃO VISÃO QUEM SOMOS

O QUE FAZEMOS MISSÃO VISÃO QUEM SOMOS O QUE FAZEMOS Provemos consultoria nas áreas de comunicação online, especializados em sites focados na gestão de conteúdo, sincronização de documentos, planilhas e contatos online, sempre integrados com

Leia mais

UNIMEP MBA em Gestão e Negócios

UNIMEP MBA em Gestão e Negócios UNIMEP MBA em Gestão e Negócios Módulo: Sistemas de Informações Gerenciais Aula 4 TI com foco nos Negócios: Áreas envolvidas (Parte II) Flávio I. Callegari www.flaviocallegari.pro.br O perfil do profissional

Leia mais

Rede IPTV DX - Clubes Desportivos

Rede IPTV DX - Clubes Desportivos White Paper 24 de Setembro de 2014 Rede IPTV DX - Clubes Desportivos Alcançando e realizando o potencial do torcedor móvel IPTV Móvel para Clubes Desportivos - DX - 1 O negócio de mídia e venda para torcedores

Leia mais

Guia de Boas Práticas para a elaboração de uma Concorrência

Guia de Boas Práticas para a elaboração de uma Concorrência Guia de Boas Práticas para a elaboração de uma Concorrência Comitê de Agências Gestão 2008 ÍNDICE OBJETIVO DO DOCUMENTO... 3 DEFINIÇÕES... 4 PONTOS PARA A ELABORAÇÃO DE UMA CONCORRÊNCIA... 5 RFI: Quando

Leia mais

Quem é Ana Luiza Cunha?

Quem é Ana Luiza Cunha? Apresentação WSI Quem é a WSI? Fundada em 1995 Nascimento da Internet 1.100 Consultores de Marketing Digital 81 países 12 grandes Centros de Produção Receita estimada da rede: acima de US$160 milhões Parceiros:

Leia mais

SISTEMÁTICA WEBMARKETING

SISTEMÁTICA WEBMARKETING SISTEMÁTICA WEBMARKETING Breve descrição de algumas ferramentas Sobre o Webmarketing Web Marketing é uma ferramenta de Marketing com foco na internet, que envolve pesquisa, análise, planejamento estratégico,

Leia mais

Internet of Things. utilizá-la em diversos tipos de negócios.

Internet of Things. utilizá-la em diversos tipos de negócios. Internet of Things 10 formas de utilizá-la em diversos tipos de negócios. INTRODUÇÃO As interfaces Machine to Machine (M2M) estão facilitando cada vez mais a comunicação entre objetos conectados. E essa

Leia mais

Mídias sociais como apoio aos negócios B2B

Mídias sociais como apoio aos negócios B2B Mídias sociais como apoio aos negócios B2B A tecnologia e a informação caminham paralelas à globalização. No mercado atual é simples interagir, aproximar pessoas, expandir e aperfeiçoar os negócios dentro

Leia mais

CONSULTOR CARLOS MARTINS AÇAO EM MARKETING

CONSULTOR CARLOS MARTINS AÇAO EM MARKETING CONSULTOR CARLOS MARTINS CRIA - AÇAO EM MARKETING SUA EMPRESA Copyright Consultor Carlos Martins - Todos os direitos reservados wwwcarlosmartinscombr - consultor@carlosmartinscombr Como conquistar Clientes

Leia mais

Aula 7 Aplicações e questões do Comércio Eletrônico.

Aula 7 Aplicações e questões do Comércio Eletrônico. Aula 7 Aplicações e questões do Comércio Eletrônico. TENDÊNCIAS NO COMÉRCIO ELETRÔNICO Atualmente, muitos negócios são realizados de forma eletrônica não sendo necessário sair de casa para fazer compras

Leia mais

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões MÍDIA KIT INTERNET Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões Segundo pesquisa da Nielsen IBOPE, até o 1º trimestre/2014 número 18% maior que o mesmo período de 2013. É a demonstração

Leia mais

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. www.docpix.net

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. www.docpix.net APRESENTAÇÃO COMERCIAL www.docpix.net QUEM SOMOS Somos uma agência digital full service, especializada em desenvolvimento web, de softwares e marketing online. A Docpix existe desde 2010 e foi criada com

Leia mais

Mídia Online: Como estar Presente e ter Sucesso Brasília - 05/05/09 Evento realizado pela Hi-Mídia

Mídia Online: Como estar Presente e ter Sucesso Brasília - 05/05/09 Evento realizado pela Hi-Mídia Mídia Online: Como estar Presente e ter Sucesso Brasília - 05/05/09 Evento realizado pela Hi-Mídia Missão do IAB Brasil Incentivar, desenvolver, regulamentar e promover o uso dos meios interativos; Criar

Leia mais

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS?

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS? PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS? As ofertas de nuvem pública proliferaram, e a nuvem privada se popularizou. Agora, é uma questão de como aproveitar o potencial

Leia mais

PRÁTICAS PEDAGÓGICAS E O USO INTEGRADO DE TECNOLOGIAS DIGITAIS Sérgio Abranches

PRÁTICAS PEDAGÓGICAS E O USO INTEGRADO DE TECNOLOGIAS DIGITAIS Sérgio Abranches PRÁTICAS PEDAGÓGICAS E O USO INTEGRADO DE TECNOLOGIAS DIGITAIS Sérgio Abranches A presença de tecnologias digitais no campo educacional já é facilmente percebida, seja pela introdução de equipamentos diversos,

Leia mais

Como criar uma estratégia de comunicação digital vencedora. São Paulo-SP Setembro/2013

Como criar uma estratégia de comunicação digital vencedora. São Paulo-SP Setembro/2013 Como criar uma estratégia de comunicação digital vencedora São Paulo-SP Setembro/2013 Introdução O Objetivo deste trabalho é criar uma estratégia de comunicação digital vencedora através do marketing por

Leia mais

Quando se trata do universo on-line, nada é estático. Tudo pode se transformar de uma hora pra outra, basta o vento mudar de direção.

Quando se trata do universo on-line, nada é estático. Tudo pode se transformar de uma hora pra outra, basta o vento mudar de direção. estratégias online Quando se trata do universo on-line, nada é estático. Tudo pode se transformar de uma hora pra outra, basta o vento mudar de direção. serviços consultoria Benchmark Planejamento

Leia mais

Resultados da Pesquisa

Resultados da Pesquisa Resultados da Pesquisa 1. Estratégia de Mensuração 01 As organizações devem ter uma estratégia de mensuração formal e garantir que a mesma esteja alinhada com os objetivos da empresa. Assim, as iniciativas

Leia mais

O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem

O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem O Microsoft Office 365 é a suíte de Produtividade da Microsoft, que oferece as vantagens da Nuvem a empresas de todos os tamanhos, ajudando-as

Leia mais

Negócios inovadores, experiências e Insights no e-commerce. Inovações e Insights e-commerce

Negócios inovadores, experiências e Insights no e-commerce. Inovações e Insights e-commerce Negócios inovadores, experiências e Insights no e-commerce. Apresentação @JoaoKepler O Vendedor Na Era Digital Todos nós vendemos alguma coisa. Principalmente Imagem. Processo de Vendas O processo de vendas,

Leia mais

E-BUSINESS AGENDA. Profª. Kelly Hannel

E-BUSINESS AGENDA. Profª. Kelly Hannel E-BUSINESS Profª. Kelly Hannel AGENDA Evolução da internet nos negócios Conceitos de E-BUSINESS e COMÉRCIO ELETRÔNICO Identificando tendências do E-BUSINESS Quadro das interações possíveis no meio eletrônico

Leia mais

Copyright 2013 Academia NED. Todos os Direitos Reservados. AcademiaNED.com.br

Copyright 2013 Academia NED. Todos os Direitos Reservados. AcademiaNED.com.br Copyright 2013 Academia NED Todos os Direitos Reservados AcademiaNED.com.br CONTEÚDO Introdução... 4 1 - Certifique-se de que sua FanPage é atraente... 5 a. Foto de Capa... 5 b. Foto de Perfil... 5 c.

Leia mais

Peças para diferentes sites

Peças para diferentes sites Encontre aqui um apanhado de indicadores, estudos, análises e pesquisas de variadas fontes, todas vitais para avaliação e mensuração do desempenho e dos negócios no mundo digital. Confira Aunica The Tagnology

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia Área de Comunicação Produção Multimídia Curta Duração Produção Multimídia Carreira em Produção Multimídia O curso superior de Produção Multimídia da FIAM FAAM forma profissionais preparados para o mercado

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo Centro de Ciências Agrárias CCA-UFES Departamento de Computação

Universidade Federal do Espírito Santo Centro de Ciências Agrárias CCA-UFES Departamento de Computação - Centro de Ciências Agrárias Departamento de Computação Os sistemas de informação empresariais na sua carreira Introdução à Ciência da Computação Introdução à Ciência da Computação COM06850-2015-II Prof.

Leia mais

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Maio de 2010 Conteúdo Introdução...4 Principais conclusões...5 Dados adicionais da pesquisa...14 Nossas ofertas de serviços em mídias sociais...21

Leia mais

E-books. Guia completo de como criar uma Página no Facebook. Sebrae

E-books. Guia completo de como criar uma Página no Facebook. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Guia completo de como criar uma Página no Facebook Como começar Criando uma Página Conhecendo a Página Configurações iniciais Estabelecendo conversas Autor Felipe Orsoli

Leia mais

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico CUSTOMER SUCCESS STORY Abril 2014 Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico PERFIL DO CLIENTE Indústria: Mídia Companhia: Valor Econômico Funcionários:

Leia mais

Estudo de Regionalização e Tecnologias nos Websites e Jornais auditados pelo IVC

Estudo de Regionalização e Tecnologias nos Websites e Jornais auditados pelo IVC Estudo de Regionalização e Tecnologias nos Websites e Jornais auditados pelo IVC Considerações iniciais O IVC audita publicações impressas e websites de seus filiados. O IVC não audita o mercado editorial

Leia mais

AdWords. Anuncie no Google e Venda Mais! Expanda sua empresa! Você tem um argumento de vendas e precisa captar mais clientes?

AdWords. Anuncie no Google e Venda Mais! Expanda sua empresa! Você tem um argumento de vendas e precisa captar mais clientes? Anuncie no Google e Venda Mais! Expanda sua empresa! Você tem um argumento de vendas e precisa captar mais clientes? Ligue para nós e conheça a melhor estratégia para atender às necessidades de vendas

Leia mais

Sistemas de Gerenciamento do Relacionamento com o Cliente (Customer Relationship Management CRM)

Sistemas de Gerenciamento do Relacionamento com o Cliente (Customer Relationship Management CRM) CRM Definição De um modo muito resumido, pode definir-se CRM como sendo uma estratégia de negócio que visa identificar, fazer crescer, e manter um relacionamento lucrativo e de longo prazo com os clientes.

Leia mais

E SE VOCÊ PUDESSE EXTRAIR INTELIGÊNCIA DO CONTEÚDO PRODUZIDO SOBRE SUA MARCA OU PRODUTO NAS MÍDIAS SOCIAIS?

E SE VOCÊ PUDESSE EXTRAIR INTELIGÊNCIA DO CONTEÚDO PRODUZIDO SOBRE SUA MARCA OU PRODUTO NAS MÍDIAS SOCIAIS? E SE VOCÊ PUDESSE EXTRAIR INTELIGÊNCIA DO CONTEÚDO PRODUZIDO SOBRE SUA MARCA OU PRODUTO NAS MÍDIAS SOCIAIS? COM SOCIAL MEDIA RESEARCH VOCÊ PODE UMA NOVA METODOLOGIA QUE PARTE DO CRUZAMENTO ENTRE AS MELHORES

Leia mais

Mídias sociais como apoio aos negócios B2C

Mídias sociais como apoio aos negócios B2C Mídias sociais como apoio aos negócios B2C A tecnologia e a informação caminham paralelas à globalização. No mercado atual é simples interagir, aproximar pessoas, expandir e aperfeiçoar os negócios dentro

Leia mais

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Palestrante: Pedro Quintanilha Freelapro Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Quem sou eu? Eu me tornei um freelancer

Leia mais

SITES E BLOGS CONSTRUINDO A SUA MARCA

SITES E BLOGS CONSTRUINDO A SUA MARCA SITES E BLOGS CONSTRUINDO A SUA MARCA Paula Junqueira 7º CONGRESSO RIO DE EDUCAÇÃO CONSTRUINDO A SUA MARCA A marca é o ativo mais importante, independente do tamanho de sua empresa. As mídias sociais são

Leia mais

AVISO LEGAL. Copyright 2016 Luis Passos http://luispassos.com.br. http://luispassos.com.br

AVISO LEGAL. Copyright 2016 Luis Passos http://luispassos.com.br. http://luispassos.com.br AVISO LEGAL Todo esforço foi feito para que este e-book fosse disponibilizado da forma mais correta, inteligível, clara e didática possível, no entanto, apesar de todo empenho nesse sentido, ainda podem

Leia mais

p3k.com.br contato@p3k.com.br

p3k.com.br contato@p3k.com.br p3k.com.br contato@p3k.com.br Rua Irmã Pia, 422, salas 302/303/1307 Edifício Green Office Jaguaré - São Paulo - SP Tel.: 11 3719.3149 FACEBOOK TWITTER VIMEO SLIDESHARE /p3kcomunicacao @p3kcomunicacao /p3kcomunicacao

Leia mais

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey Executivos em todos os níveis consideram que a sustentabilidade tem um papel comercial importante. Porém, quando se trata

Leia mais

Apps de Produtividade

Apps de Produtividade Apps de Produtividade Os App s de Produtividade oferecem controle, organização e recursos para profissionalização das áreas internas e externas da empresa, proporcionando: Produtividade Controle Integração

Leia mais

Índice. 03 A Empresa. 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente

Índice. 03 A Empresa. 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente MÍDIA KIT 2014 Índice 03 A Empresa 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente A empresa Fundada em 2007, a empresa possui uma grade anual com diversos

Leia mais

Educação além dos limites da sala de aula

Educação além dos limites da sala de aula Educação além dos limites da sala de aula Como a Brightspace passou a fazer parte da vida de 20.000 alunos da Universidade Tiradentes Visão Geral Com mais de 50 anos de tradição e reconhecido pioneirismo

Leia mais

5 Coisas que você deve saber sobre a ExactTarget Marketing Cloud

5 Coisas que você deve saber sobre a ExactTarget Marketing Cloud 5 Coisas que você deve saber sobre a ExactTarget Marketing Cloud Aprimore a jornada de seus clientes com a plataforma de marketing digital 1:1 líder de mercado 5 Coisas que você deve saber sobre a ExactTarget

Leia mais

emarket Digital Sales é uma empresa de varejo online, especializada na análise, implantação, gestão e operação de lojas virtuais.

emarket Digital Sales é uma empresa de varejo online, especializada na análise, implantação, gestão e operação de lojas virtuais. Nós amamos e-commerce! f emarket Digital Sales é uma empresa de varejo online, especializada na análise, implantação, gestão e operação de lojas virtuais. Além do e-commerce full service, na emarket você

Leia mais

PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA

PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA Proposta de Marketing Digital Design inox Marketing de Resultados A PlusPixel vem oferecendo seus serviços desde o início da internet, isso nos

Leia mais

Proposta Revista MARES DE MINAS

Proposta Revista MARES DE MINAS SATIS 2011 Proposta Revista MARES DE MINAS 21/03/2011 A SATIS Índice 1 A Satis 1 A Proposta 1 Serviços 2 Mapa do Site 2 SEO 3 Sistema de gerenciamento de conteudo 4 Cronograma e Prazos 5 Investimento 6

Leia mais

OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS

OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS Esta seção apresenta alguns dos problemas da gestão da cadeia de suprimentos discutidos em mais detalhes nos próximos capítulos. Estes problemas

Leia mais

Crie seu mecanismo de engajamento: parte 2. David Mogensen. Novembro 2013

Crie seu mecanismo de engajamento: parte 2. David Mogensen. Novembro 2013 Crie seu mecanismo de engajamento: ESCRITO POR David Mogensen PUBLICADO Novembro 2013 parte 2 O RESUMO A jornada de decisão do consumidor já foi uma linha reta, mas agora é um caminho circular e em desenvolvimento.

Leia mais

POR QUE UTILIZAR BUSINESS INTELLIGENCE NO CALL CENTER

POR QUE UTILIZAR BUSINESS INTELLIGENCE NO CALL CENTER POR QUE UTILIZAR BUSINESS INTELLIGENCE NO CALL CENTER ÍNDICE Por que utilizar Business Intelligence no call center? Introdução Business Intelligence na área de saúde Por que usar Business Intelligence

Leia mais

Elementos essenciais para criar a Jornada do Cliente. para qualquer nível de profissional de marketing

Elementos essenciais para criar a Jornada do Cliente. para qualquer nível de profissional de marketing 3 Elementos essenciais para criar a Jornada do Cliente para qualquer nível de profissional de marketing Elementos essenciais para criar a Jornada do Cliente para qualquer nível de profissional de marketing

Leia mais

ESTRATÉGIA DIGITAL. Prof. Luli Radfahrer

ESTRATÉGIA DIGITAL. Prof. Luli Radfahrer ESTRATÉGIA DIGITAL Prof. Luli Radfahrer - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo o conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros e é protegido pela legislação

Leia mais

Gestão em Sistemas de Informação. Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br

Gestão em Sistemas de Informação. Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br Gestão em Sistemas de Informação Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br Gestão em Sistemas de Informação Cloud Computing (Computação nas Nuvens) 2 Cloud Computing Vocês

Leia mais

Como cultivar leads do Comitê de TI

Como cultivar leads do Comitê de TI BRASIL Como cultivar leads do Comitê de TI O marketing está ajudando ou atrapalhando? Confiança + Credibilidade devem ser CONQUISTADAS O profissional de marketing moderno conhece a importância de cultivar

Leia mais

Opção. sites. A tua melhor opção!

Opção. sites. A tua melhor opção! Opção A tua melhor opção! Queremos te apresentar um negócio que vai te conduzir ao sucesso!!! O MUNDO... MUDOU! Todos sabemos que a internet tem ocupado um lugar relevante na vida das pessoas, e conseqüentemente,

Leia mais

A empresa digital: comércio e negócios eletrônicos

A empresa digital: comércio e negócios eletrônicos Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Administração Tecnologia e Sistemas de Informação - 06 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti

Leia mais

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade O caminho para o sucesso Promovendo o desenvolvimento para além da universidade Visão geral Há mais de 40 anos, a Unigranrio investe em ensino diferenciado no Brasil para cumprir com seu principal objetivo

Leia mais

Unidade IV MERCADOLOGIA. Profº. Roberto Almeida

Unidade IV MERCADOLOGIA. Profº. Roberto Almeida Unidade IV MERCADOLOGIA Profº. Roberto Almeida Conteúdo Aula 4: Marketing de Relacionamento A Evolução do Marketing E-marketing A Internet como ferramenta As novas regras de Mercado A Nova Era da Economia

Leia mais

DESAFIOS NA IMPLEMENTAÇÃO DO COMÉRCIO ELETRÔNICO AULA 2. MBA Gestão de TI. Luciano Roberto Rocha. www.lrocha.com

DESAFIOS NA IMPLEMENTAÇÃO DO COMÉRCIO ELETRÔNICO AULA 2. MBA Gestão de TI. Luciano Roberto Rocha. www.lrocha.com DESAFIOS NA IMPLEMENTAÇÃO DO COMÉRCIO ELETRÔNICO AULA 2 MBA Gestão de TI Luciano Roberto Rocha www.lrocha.com 2 3 Um otimista vê uma oportunidade em cada calamidade; um pessimista vê uma calamidade em

Leia mais

GUIA DE SOCIAIS EM REDES BOAS PRÁTICAS EM GESTÃO DO ATENDIMENTO E RELACIONAMENTO MELHORES PRÁTICAS. MELHORES RESULTADOS.

GUIA DE SOCIAIS EM REDES BOAS PRÁTICAS EM GESTÃO DO ATENDIMENTO E RELACIONAMENTO MELHORES PRÁTICAS. MELHORES RESULTADOS. GUIA DE BOAS PRÁTICAS EM GESTÃO DO ATENDIMENTO E RELACIONAMENTO EM REDES SOCIAIS MELHORES PRÁTICAS. MELHORES RESULTADOS. APRESENTAÇÃO OBJETIVO A ABA - Associação Brasileira de Anunciantes, por meio de

Leia mais

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Ultrapassando barreiras e superando adversidades. Ser um gestor de pessoas não é tarefa fácil. Existem vários perfis de gestores espalhados pelas organizações,

Leia mais

Modelos de Negócios Digitais

Modelos de Negócios Digitais Modelos de Negócios Digitais O que é um modelo de negócio? Um Modelo de Negócios descreve a lógica de criação, entrega e captura de valor por parte de uma organização. Definição do negócio da empresa Negócio

Leia mais

C O N S U L T O R I A E G E S T Ã O P A R A E S T R A T É G I A D E R E D E S S O C I A I S

C O N S U L T O R I A E G E S T Ã O P A R A E S T R A T É G I A D E R E D E S S O C I A I S C O N S U L T O R I A E G E S T Ã O P A R A E S T R A T É G I A D E R E D E S S O C I A I S A MELHOR OPORTUNIDADE PARA O SEU NEGÓCIO ESTÁ AO SEU ALCANCE NAS REDES SOCIAIS... O MUNDO É FEITO DE REDES SOCIAIS

Leia mais

A LB Comunica desenvolve estratégias e ações de marketing e comunicação, feitas sob medida para a realidade e as necessidades de cada cliente.

A LB Comunica desenvolve estratégias e ações de marketing e comunicação, feitas sob medida para a realidade e as necessidades de cada cliente. .a agência A LB Comunica desenvolve estratégias e ações de marketing e comunicação, feitas sob medida para a realidade e as necessidades de cada cliente. Nosso compromisso é auxiliar empresas e organizações

Leia mais

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Roberto Marcello SI Sistemas de gestão A Gestão dos Sistemas Integrados é uma forma organizada e sistemática de buscar a melhoria de resultados.

Leia mais