BuscaLegis.ccj.ufsc.br

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BuscaLegis.ccj.ufsc.br"

Transcrição

1 BuscaLegis.ccj.ufsc.br O caminho para redução de custos no condomínio Fabiano Zavanella * Notório que a redução de custos efetiva-se como um dos objetivos principais do condomínio, já que somente desta forma terá condições de implementar melhorias, reformas e demais necessidades reais, já que gastando menos, contará com reserva de caixa para tais benfeitorias. Assim sendo, é papel do síndico, além do conselho, bem como de todos os condôminos, acompanhar todo tipo de contrato ou negociação que envolva o condomínio, especialmente o gerenciamento da receita e do fundo, bem como ter a certeza de que não se gastará mais do que se arrecada. É preciso, desta forma, ter a real dimensão de que o condomínio deve ser visto como uma empresa privada, no tocante a sua saúde financeira, ou seja, as contas devem ser equilibradas para se evitar a falência! Desta forma, é primordial que os balancetes sejam verificados mensalmente de maneira minuciosa, efetivando uma comparação com períodos anteriores, para que eventuais distorções sejam constatadas, questionadas e corrigidas, evitando a evasão indevida de recursos. Outra forma bastante democrática, principalmente para resguardo do trabalho do síndico, é a discussão da temática dos custos em assembléias, que podem ser destinadas a

2 tal fim, incentivando a participação dos condôminos na administração e, por conseguinte, sanando dúvidas e fundamentalmente dividindo. Assim sendo, torna-se claro que a parceria com uma administradora que efetive balanços compreensíveis, preste contas regularmente através de notas fiscais e outros comprovantes necessários bem como atue ao lado do síndico, facilita o controle dos custos e de resultados, já que terá profissionais se dedicando exclusivamente para obtenção de melhores preços e condições, negociando conjuntamente com o síndico e conselho a fim de reduzir gastos e conseqüentemente aumentar a receita do condomínio. Terceirização de mão de obra x contratação direta A terceirização de mão de obra ou contratação de empresa interposta, nada mais é do que a transferência do controle e da responsabilidade, ao menos por ora, do quadro funcional necessário para o bom andamento do condomínio, para uma empresa que se destina a tal finalidade. Assim sendo, na terceirização se contrata um serviço, que será efetivado pela empresa escolhida para tal fim, ou seja, há uma relação comercial entre condomínio e prestadora, e desta forma deve ser encarada, especialmente no que se refere ao trato para com os empregados. Por outro lado, a contratação direta nada mais é do que a manutenção do quadro funcional pelo próprio condomínio, ou seja, este funcionará com empregador direto atraindo para si todos encargos decorrentes do gerenciamento de pessoal. Desta forma, na terceirização o condomínio é o tomador do serviço, enquanto na contratação direta configura-se como sendo o empregador direto. Na contratação direta o condomínio terá que adotar posição para a qual não se destina, ou seja, diferentemente do alegado anteriormente, no aspecto da empregabilidade,

3 não se pode compará-lo às empresas, já que detém a necessidade do quadro funcional exclusivamente para sua manutenção e operacionalização, ou seja, não é de sua natureza empregar, não possui este papel social de gerar postos de trabalho, já que seu fim não é diretamente gerar lucro, logo optando por tal modalidade atrairá para si funções e obrigações que requerem máximo cuidado e atenção, para as quais seus dirigentes podem não deter habilidade ou disponibilidade, criando sérios problemas. Ou seja, o síndico bem como o conselho desempenha tal papel no anseio de colaborar e direcionar o caminho do condomínio, todavia na maioria das vezes os detentores destes cargos possuem outras atividades e atribuições em sua vida pessoal, que impedem uma dedicação efetiva, no tocante ao tema, para direcionar e resolver os problemas atinentes aos empregados do condomínio. Desta forma, sem dúvida alguma que a contratação direta traz ao condomínio uma série de implicações, que mesmo controladas pela administradora, dependem da participação efetiva de seus dirigentes, especialmente no que se refere à troca, aumento de salário por merecimento, advertências, controle de horário entre outras cautelas cabíveis a qualquer empregador. Por outro lado, parece certo que a contratação direta traz ao condomínio a disponibilidade de optar e escolher seus próprios empregados, manejando-os a seu entendimento, criando desta forma uma relação diferenciada para com os mesmos, além do próprio controle dos trabalhos que deve ser efetivado diretamente pelo síndico e seu conselho, já que o condomínio é o empregador. Todavia, não se pode esquecer que da mesma forma que conduz o trabalho, o condomínio também, em caso de necessidade, demite, e por conseguinte arca com verbas para tal finalidade, logo outro cuidado deve ser tomado, qual seja, a verificação de recursos para a rescisão de um contrato de trabalho, sendo certo que nem sempre a demissão dependerá exclusivamente da vontade dos condôminos, mas certamente da disponibilidade financeira, sem se falar no risco de uma demanda trabalhista.

4 Por outro lado, a terceirização se mostra como modalidade bastante adequada à gestão condominial, visto que através dela, se estará contratando uma empresa especializada naquilo que faz, ou seja, controle e prestação de mão de obra, desde que adotadas certas cautelas. Destarte, na terceirização a preocupação maior do condomínio deve ser com a escolha da empresa prestadora do serviço, a qual deve atestar sua experiência de mercado, idoneidade financeira e principalmente sua gestão, bem como forma de solução de impasses para com os empregados. Outro ponto que merece destaque reside no fato de que por existirem diversas empresas que prestam o serviço de terceirização, o condomínio deve exigir das pretendentes opções de pacotes com preços baixos e alto número de benefícios, tais como câmeras de segurança, cerca elétrica, botão de pânico, linha telefônica, rádios de comunicação, entre outros, sem qualquer custo adicional. Ademais, com a terceirização a preocupação do condomínio se restringe ao pagamento da fatura, e, por conseguinte, a exigência de um trabalho de excelência, com a troca de profissionais e demais atos, que se façam necessários para ampla satisfação dos condôminos. Cuidados que devem ser adotados Na contratação direta, o condomínio deve se atentar a vida pregressa do pretende a vaga de trabalho, buscando referências e demais informações para evitarem surpresas. Compete ainda ao síndico o acompanhamento próximo do desempenho de cada empregado, quer diretamente ou através de pessoas eleitas para tal fim. E fundamentalmente programar-se financeiramente, para que o condomínio possa absorver: aumentos de dissídio, férias, 13º salário, rescisões trabalhistas, ações trabalhistas

5 entre outros, salientando que cada empregado registrado, somente a título de encargos acresce a seu salário base o percentual de 25,80%. Outrossim, na hipótese de escolha pela terceirização, o condomínio deve principalmente adotar o máximo de cuidado e cautela na escolha da empresa, exigindo desta todas as certidões negativas de débitos, de feitos trabalhistas, referências e principalmente seu tempo de mercado, bem como forma de seleção de pessoal. Importante frisar que na terceirização deve-se preocupar muito mais com o supervisor dos postos de trabalho do que propriamente com os empregados eleitos, já que o contato do síndico deve-se restringir a este ou a seus superiores, posto que nesta hipótese o condomínio é mero tomador do serviço, não exercendo o papel de empregador, até mesmo para sua própria preservação. A contratação direta efetivada de forma equivocada traz ao condomínio problemas de toda ordem, principalmente no que se refere à própria segurança, fator este que certamente é buscado por todos que optam por esta forma de fixação. É certo que inúmeros são os casos e exemplos, vistos até mesmo nos telejornais de zeladores ou porteiros que facilitam a entrada de estranhos para pequenos furtos, ou até mesmo grandes roubos, ou ainda daqueles que põem em risco a integridade dos próprios condôminos. Ademais, além dos prejuízos decorrentes do desvio de personalidade, a incorreta contratação trará incômodos a todo condomínio, principalmente na hipótese de incompetência ou incapacidade para o trabalho, e fundamentalmente prejuízos financeiros. Quanto à terceirização a incorreta escolha da prestadora, poderá acarretar em um péssimo serviço, além da indicação de profissionais não gabaritados, trazendo transtornos ao condomínio.

6 Responsabilidade do condomínio Na contratação direta, a responsabilidade do condomínio é integral e pessoal, ou seja, responderá, em caso de acidente do trabalho ou demanda trabalhista como real empregador, sendo que falhas em sua constituição podem estender tal encargo ao próprio síndico. Outrossim, na terceirização a responsabilidade por débitos trabalhistas é subsidiária, ou seja, o condomínio somente arcará com eventuais verbas devidas aos empregados, em caso de inadimplência por parte da empresa contratada, por isso a necessidade de cuidado na hora da escolha desta. Os condomínios que possuem mais de um elevador para atender seus condôminos devem, quando possível, efetivar um revezamento das máquinas, ou seja, manter somente um ligado, a fim de reduzir o consumo de energia elétrica e principalmente zelar pela conservação do maquinário. Assim sendo, recomenda-se que nos intervalos das 22h às 06:00 h e das 9:00 h às 17:00 h, efetive-se o aludido rodízio. Importante ainda fazer com que os usuários respeitem o limite máximo de ocupação, a fim de não forçar o equipamento, contribuindo desta forma para evitar gastos desnecessários, sendo certo que os elevadores são responsáveis por 30% do consumo de energia elétrica, na média dos condomínios. Por fim, em caso de apagão ou queda de energia, os elevadores devem permanecer desligados, até a normalização, evitando desta forma que em caso da energia retornar com voltagem irregular o motor seja afetado. Cadastro por economias Uma boa forma de reduzir a despesa mensal com o abastecimento de água reside na forma de cadastro do condomínio junto a Sabesp. O Cadastro por Economias é um sistema que calcula o consumo de água procedendo à operação de divisão do metro cúbico (unidade

7 de medida) pelo número de unidades que compõem o condomínio, assim sendo a redução no valor final da conta, sem dúvida alguma se demonstrar bastante expressiva. Para efetivação do cadastro, basta apresentação da ata de eleição do síndico e a ata de convenção do condomínio em qualquer agência da Sabesp, acompanhada da referida solicitação. Com a implantação desta sistemática, o consumo passa a ser dividido pelo número de unidades, logo, sendo a tarifa escalonada, se paga mais barato pelo metro cúbico quanto menor o consumo. Ou seja, a cobrança dividida por unidade faz com que o metro cúbico consumido fique em níveis mais baratos. A medição coletiva do gás, ou seja, o consumo comum demonstra-se razoável para condomínios que tenham seu fluxo equilibrado a ponto de que tal despesa seja absorvida sem qualquer reflexo extra no rateio. Todavia, referida modalidade acaba por prestigiar os inadimplentes, já que não há forma de limitação do fornecimento ou mesmo sua suspensão, penalizando aqueles condôminos que arcam com suas obrigações regularmente. Por outro lado, a divisão em relógios individuais, demonstra-se em primeiro momento onerosa para o condomínio, do ponto de vista individual, já que a maioria das empresas não cobra qualquer valor para efetivar a troca e instalação de equipamentos, todavia elimina o problema dos inadimplentes, já que existirá uma conta individual e a inadimplência leva ao automático corte no fornecimento. É certo também que a retirada deste gasto das obrigações diretas do condomínio demonstra-se de grande valia para a saúde financeira, já que a obrigação do pagamento é irrefutável ainda que exista 100% de inadimplência, ante a obrigação assumida para com o terceiro (empresa de gás), enquanto que na individualização dos relógios o gasto anterior torna-se reserva de caixa, podendo ser destinado a outras prioridades do próprio edifício.

8 Renegociação de Contratos Em relação à manutenção dos elevadores, as empresas prestadoras destes serviços oferecem três tipos de cobertura. A reduzida engloba visita única mensal, além das chamadas de emergência, sendo certo que em caso de pane ou necessidade de troca de peças esta só se efetiva com a autorização expressa do síndico, ficando o maquinário parado até que tal ocorra. Este contrato demonstra-se mais econômico e adequado a equipamentos novos, porém o tempo para conserto é maior. A manutenção intermediária engloba a realização dos serviços normais, além da troca de peças previamente prevista no contrato, geralmente básicas que se desgastam com o uso diário, sendo que para outros consertos se faz necessária aprovação do síndico. Demonstrase uma contratação razoável já que possibilita agilidade no atendimento de pequenos problemas, com um custo acessível. A cobertura geral engloba qualquer tipo de problema ou pane que o equipamento apresente, exceto danos decorrentes de mau uso ou vandalismo, demonstrando-se, por conseguinte mais eficaz, todavia com custo muito alto, já que nele, estão inclusos quaisquer tipos de evento. Recomendado para equipamentos muito exigidos e com vida prolongada, desde que o fluxo de caixa permita a contratação. Assim sendo, é importante que o condomínio reveja sua real necessidade quanto à manutenção de seus elevadores, buscando sempre empresa idônea e que ofereça o máximo de vantagens pelo menor custo possível. Desta forma, compete ao síndico verificar se a empresa escolhida atende as exigências legais, além dos demais documentos comprobatórios de sua regularidade para a atividade, a fim de evitar que eventual economia financeira se torne um problema de grandes proporções.

9 Formalização dos contratos Importante aspecto que deve ser observado na formalização de qualquer contrato se refere ao prazo de duração, fundamentalmente em serviços essenciais ao bom andamento do condomínio, para evitar que este fique atrelado à determinada prestadora, mesmo contrariamente à sua vontade. É certo que o cumprimento da avença, pelo prazo estipulado no contrato, efetivamente demonstra-se garantido por alguma multa ou penalidade, e para tanto o cuidado deve ser redobrado, recomendando-se contratos de menor extensão, em primeiro momento para que se possa conhecer efetivamente o prestador e seus serviços, procedendo às renovações sempre que necessário. Destarte, além dos contratos com prazo determinado, no mercado verificam-se outros com prazo indeterminado, ou seja, perduram enquanto à vontade das partes assim determinar, sendo que tais pactos devem prever a forma de rescisão, para que nenhuma das partes seja pega de surpresa, o chamado aviso de rescisão. Outro aspecto importante que deve ser analisado é a forma de pagamento pelo objeto do contrato, negociando-se, sempre que possível, o máximo de tempo pelo menor custo de parcelas, bem como traçando um paralelo entre eventual pagamento à vista ou parcelado, a fim de identificar taxa de juros e demais encargos, definindo pela forma mais viável de contratação. O tipo de serviço prestado, ou seja, o objeto do contrato, deve ficar muito claro e expresso nas cláusulas que tratam do mesmo, para se evitar problemas futuros. Assim sendo, se determinada prestadora de serviços de mão de obra, comprometeu-se a entregar, em comodato, 06 câmeras de vídeo, tal deve constar do contrato, para evitar qualquer escusa quanto ao fornecimento do equipamento.

10 Desta forma, o objeto, ou seja, a descrição do serviço prestado deve expressamente constar do contrato, de forma clara, precisa e completa, para segurança do condomínio. A rescisão ou rompimento do contrato, especialmente quanto às cláusulas que estipulam multa e outras obrigações devem ser bastante analisadas e avaliadas, já que a inadimplência pode ocorrer tanto por parte do condomínio, como também pela empresa prestadora do serviço. Assim sendo, sempre que determinado contrato for essencial para o condomínio e este tiver a certeza de que não irá descumpri-lo, ao menos quanto aos aspectos previsíveis, deve-se exigir uma forma garantida para a rescisão, ou seja, multas e demais em caso de ausência de justo motivo, ou até manutenção do contrato até que se tenha novo prestador. * Advogado com Pós Graduação Lato Sensu em Direito do Trabalho e Processual do Trabalho pela PUC-SP e MBA em Direito Empresarial com Extensão para Docência ao Ensino Superior pela FGV-SP. Associado ao Escritório Rocha, Calderon e Adv. Associados, membro da Câmara Brasil-Alemanha de Comércio. Membro e Professor do Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas em Ciências Políticas e Jurídicas (IPOJUR). Disponível em: <http://www.jurid.com.br/new/jengine.exe/cpag?p=jornaldetalhedoutrina&id=36888 > Acesso em: 14 jun. 2007

Considerando que: a) A UNAFISCO NACIONAL firmou com a TIM Celular contrato de Prestação do Serviço Móvel Pessoal (SMP);

Considerando que: a) A UNAFISCO NACIONAL firmou com a TIM Celular contrato de Prestação do Serviço Móvel Pessoal (SMP); Nº Do contrato: Fone: ( ) IMEI: * *A ser preenchido pela associação. INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE COMODATO DE APARELHO CELULAR E DE CONCESSÃO DE USO DE LINHA DE TELEFONIA MÓVEL E CONTRATAÇÃO DE

Leia mais

MANUAL DO CONDÔMINO. O edital de convocação deve indicar com clareza os assuntos a serem debatidos, a data, horário e local.

MANUAL DO CONDÔMINO. O edital de convocação deve indicar com clareza os assuntos a serem debatidos, a data, horário e local. MANUAL DO CONDÔMINO REGULAMENTO INTERNO Cada prédio possui as suas próprias necessidades e, por isso, tanto a convenção como o regulamento interno devem ser redigidos especialmente para a edificação em

Leia mais

ADMINISTRADORA DE CONDOMÍNIOS

ADMINISTRADORA DE CONDOMÍNIOS ADMINISTRADORA DE CONDOMÍNIOS A participação das administradoras e das fornecedoras de mão de obra e serviços especializados em condomínio é, hoje em dia, um elemento essencial na administração moderna,

Leia mais

CONTRATO PARTICULAR DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS

CONTRATO PARTICULAR DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS CONTRATO PARTICULAR DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS Que fazem entre si, de um lado a SOCIEDADE EDUCACIONAL E EMPRESARIAL PHYSION LTDA., inscrita no CNPJ/MF sob no. 06.190.520/0001-90, sediada na

Leia mais

CURSO ADMINISTRAÇÃO DE CONDOMÍNIO ESTUDO DIRIGIDO DA LEGISLAÇÃO E QUESTÕES PRÁTICAS

CURSO ADMINISTRAÇÃO DE CONDOMÍNIO ESTUDO DIRIGIDO DA LEGISLAÇÃO E QUESTÕES PRÁTICAS CURSO ADMINISTRAÇÃO DE CONDOMÍNIO ESTUDO DIRIGIDO DA LEGISLAÇÃO E QUESTÕES PRÁTICAS Público alvo: síndicos, condôminos, administradores de condomínio, gerentes de condomínio, advogados e quaisquer pessoas

Leia mais

CONDOMÍNIO - DIREITOS E DEVERES DOS EMPREGADOS E DO SÍNDICO

CONDOMÍNIO - DIREITOS E DEVERES DOS EMPREGADOS E DO SÍNDICO CONDOMÍNIO - DIREITOS E DEVERES DOS EMPREGADOS E DO SÍNDICO Objetivo: Mostrar os direitos e os deveres de cada um: atribuições, responsabilidades, o que é permitido e o que é vedado, bem como expor aspectos

Leia mais

HIRATA CONSULTORES CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CURSOS LIVRES

HIRATA CONSULTORES CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CURSOS LIVRES HIRATA CONSULTORES CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CURSOS LIVRES Pelo presente instrumento particular, HIRATA CONSULTORES, sociedade empresária limitada com sede na Rua Nilo, 163, no Município de São

Leia mais

ANEXO I TERMOS DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMOS DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMOS DE REFERÊNCIA 1. INTRODUÇÃO 1.1 A Orientação Normativa 07/2008, de 31 de outubro de 2008, retificada em 04 de novembro de 2008, em complemento à Lei nº 1.788/2008, de 26 de setembro de 2008,

Leia mais

PROJETO DE LEI DA CUT PARA A REGULAMENTAÇÃO DA TERCEIRIZAÇÃO NAS EMPRESAS PRIVADAS E DE ECONOMIA MISTA

PROJETO DE LEI DA CUT PARA A REGULAMENTAÇÃO DA TERCEIRIZAÇÃO NAS EMPRESAS PRIVADAS E DE ECONOMIA MISTA PROJETO DE LEI DA CUT PARA A REGULAMENTAÇÃO DA TERCEIRIZAÇÃO NAS EMPRESAS PRIVADAS E DE ECONOMIA MISTA O texto que se segue foi elaborado pela CUT, por meio do GT Terceirização, coordenado pela Secretaria

Leia mais

MODELO DO CONTRATO DE ADESÃO AO SERVIÇO DE MANUTENÇÃO DE REDE INTERNA

MODELO DO CONTRATO DE ADESÃO AO SERVIÇO DE MANUTENÇÃO DE REDE INTERNA CONTRATO DE ADESÃO AO SERVIÇO DE MANUTENÇÃO DE REDE INTERNA São partes no presente instrumento, de um lado, (i) o usuário dos serviços de telecomunicações da Brasil Telecom S.A., doravante individualmente

Leia mais

RESPONSABILIDADE FINAL DO PAGAMENTO DOS ENCARGOS CONDOMINIAIS EM SHOPPING CENTERS

RESPONSABILIDADE FINAL DO PAGAMENTO DOS ENCARGOS CONDOMINIAIS EM SHOPPING CENTERS RESPONSABILIDADE FINAL DO PAGAMENTO DOS ENCARGOS CONDOMINIAIS EM SHOPPING CENTERS Inicialmente, destaca-se que, não há no ordenamento jurídico brasileiro norma específica que regule a importante atividade

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO PARA CONCESSÃO DE USO DE LINHA DE TELEFONIA MÓVEL

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO PARA CONCESSÃO DE USO DE LINHA DE TELEFONIA MÓVEL Nº Do contrato: Fone: ( ) IMEI: * *A ser preenchido pela associação. INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO PARA CONCESSÃO DE USO DE LINHA DE TELEFONIA MÓVEL Pelo presente instrumento particular, de um lado

Leia mais

CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO - CGU-REGIONAL/MT MATRIZ DE PLANEJAMENTO - CONTRATOS EM GERAL E TERCEIRIZADOS

CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO - CGU-REGIONAL/MT MATRIZ DE PLANEJAMENTO - CONTRATOS EM GERAL E TERCEIRIZADOS CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO - CGU-REGIONAL/MT MATRIZ DE PLANEJAMENTO - CONTRATOS EM GERAL E TERCEIRIZADOS 1. GERAL - O contrato contém todas as cláusulas essenciais e necessárias, define com precisão

Leia mais

DICAS PARA CONDÔMINOS

DICAS PARA CONDÔMINOS DICAS PARA CONDÔMINOS Área Privativa: É a unidade de cada proprietário incluindo a vaga de garagem. Áreas Comuns: São utilizadas por todos os moradores, como playground, jardins, elevadores, corredores,

Leia mais

O que diz a lei sobre inadimplência em condomínios

O que diz a lei sobre inadimplência em condomínios O que diz a lei sobre inadimplência em condomínios Contribuir com as despesas do condomínio é dever dos condôminos Código Civil, Art. 1.336. São deveres do condômino: I - Contribuir para as despesas do

Leia mais

c)praticar os atos que lhe atribuírem as leis, a convenção e o regimento interno;

c)praticar os atos que lhe atribuírem as leis, a convenção e o regimento interno; 3) CONTRATO: SÍNDICO PESSOA JURÍDICA Ser síndico de um condomínio requer compromisso, conhecimento das leis vigentes e disponibilidade de tempo, e é por isso, que nossa empresa é capacitada a assumir as

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DO MUSEU DO CAFÉ Organização Social de Cultura CNPJ 02.634.914/0001-30 REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÃO DE OBRAS E SERVIÇOS

ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DO MUSEU DO CAFÉ Organização Social de Cultura CNPJ 02.634.914/0001-30 REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÃO DE OBRAS E SERVIÇOS ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DO MUSEU DO CAFÉ Organização Social de Cultura CNPJ 02.634.914/0001-30 REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÃO DE OBRAS E SERVIÇOS Capítulo I INTRODUÇÃO Artigo 1º - O presente regulamento

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO Endereço: Rua Avenida T-1, esq.com Rua Orestes Ribeiro (antiga T-52),Lotes 1, 2, 3, 23 e 24, Qd. T-22, Setor Bueno, Goiânia-GO. CNPJ

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TRACKER AUTO

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TRACKER AUTO Página 1 de 1 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TRACKER AUTO ET DO BRASIL LTDA., empresa com sede à Rua Alexandre Dumas, 2200, térreo, Chácara Santo Antônio, São Paulo/SP, doravante denominada simplesmente

Leia mais

MINUTA DO CONTRATO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MOTO - BOY

MINUTA DO CONTRATO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MOTO - BOY 1 MINUTA DO CONTRATO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MOTO - BOY O CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO ESTADO DE SÃO PAULO, Autarquia Federal criada pelo Decreto-Lei nº. 9.295, de 27.05.1946, CNPJ /MF nº.

Leia mais

SERVIÇOS DE TV POR ASSINATURA

SERVIÇOS DE TV POR ASSINATURA SERVIÇOS DE TV POR ASSINATURA Veja como funciona, como contratar, quais os seus direitos e como reclamar no caso de problemas. COMO FUNCIONA A transmissão pode ser via cabo, satélite ou microonda, sendo

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE 2015

PROJETO DE LEI Nº, DE 2015 CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI Nº, DE 2015 (Do Sr. ADAIL CARNEIRO) Dispõe sobre a individualização de instalação de hidrômetro nas edificações verticais residenciais e nas de uso misto e nos condomínios

Leia mais

ANEXO I à Ata da Assembléia Geral Extraordinária da RENOVA ENERGIA S.A., de 18 de janeiro de 2010

ANEXO I à Ata da Assembléia Geral Extraordinária da RENOVA ENERGIA S.A., de 18 de janeiro de 2010 ANEXO I à Ata da Assembléia Geral Extraordinária da RENOVA ENERGIA S.A., de 18 de janeiro de 2010 PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES DA RENOVA ENERGIA S.A. 1. Objetivo da Outorga de Opções 1.1. Este Plano

Leia mais

ALUNO Nome: Identidade: Órgão Emissor: UF: Data de Expedição: / /. CPF: Data de Nascimento: / /. CEP: Cidade: UF: Curso:

ALUNO Nome: Identidade: Órgão Emissor: UF: Data de Expedição: / /. CPF: Data de Nascimento: / /. CEP: Cidade: UF: Curso: Pelo presente instrumento particular, o ALUNO e, se for o caso, seu RESPONSÁVEL FINANCEIRO, em conjunto denominados CONTRATANTE, ALUNO Nome: Identidade: Órgão Emissor: UF: Data de Expedição: / /. CPF:

Leia mais

CONTRATO DE COMODATO COM FIDELIDADE E OUTRAS AVENÇAS

CONTRATO DE COMODATO COM FIDELIDADE E OUTRAS AVENÇAS CONTRATO DE COMODATO COM FIDELIDADE E OUTRAS AVENÇAS 1. DAS PARTES São Partes: WEBSUL TELECOMUNICAÇÕES LTDA, com sede na cidade de Tramandaí, à Avenida Fernandes Bastos, nº. 2201 Sala 205, Bairro São José,

Leia mais

TERMO DE ADESÃO AO PLANO ALTERNATIVO DO SERVIÇO

TERMO DE ADESÃO AO PLANO ALTERNATIVO DO SERVIÇO TERMO DE ADESÃO AO PLANO ALTERNATIVO DO SERVIÇO INTERNET TODA HORA Pelo presente instrumento particular de contrato de prestaçào de serviço (o Contrato ), de um lado, a BRASIL TELECOM S/A, doravante denominada

Leia mais

U N I R P A R A F O R T A L E C E R REGIMENTO INTERNO

U N I R P A R A F O R T A L E C E R REGIMENTO INTERNO Artigo 1 - A Associação de Reflorestadores do Estado de Mato Grosso AREFLORESTA-MT, reger-se-á pelo seu ESTATUTO e por este REGIMENTO INTERNO. Finalidade Artigo 2 - O presente Regimento Interno tem por

Leia mais

RETROATIVIDADE DO SEGURO: O Protector possibilita a contratação de cobertura retroativa para fatos desconhecidos de até 5 anos.

RETROATIVIDADE DO SEGURO: O Protector possibilita a contratação de cobertura retroativa para fatos desconhecidos de até 5 anos. SEGURADO: Sócio Administrador (Pessoa Física) Limite: São 6 opções entre R$ 100.000 e R$ 500.000. O limite do seguro poderá ser utilizado para um ou uma série de sinistros indenizados durante a vigência

Leia mais

TERMOS DE CONDIÇÕES E USO. O Grupo Orguel o convida para ser um usuário deste Site e conhecer os Termos e Condições que conduzem a sua utilização.

TERMOS DE CONDIÇÕES E USO. O Grupo Orguel o convida para ser um usuário deste Site e conhecer os Termos e Condições que conduzem a sua utilização. TERMOS DE CONDIÇÕES E USO O Grupo Orguel o convida para ser um usuário deste Site e conhecer os Termos e Condições que conduzem a sua utilização. O presente Site destina-se a disponibilizar mais uma forma

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO CONTRATO DE ADESÃO AO SERVIÇO CONDOMÍNIO ABERTO Para aceitar as condições dispostas neste contrato, o usuário deverá clicar no botão "CONCORDO" situado logo abaixo desta tela. Depois de clicar neste botão,

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS COM PACTO ADJETO DE COMODATO DE EQUIPAMENTO

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS COM PACTO ADJETO DE COMODATO DE EQUIPAMENTO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS COM PACTO ADJETO DE COMODATO DE EQUIPAMENTO PST ELETRÔNICA S/A, sociedade empresária inscrita no CNPJ sob o nº 84.496.066/0002-95, situada na Estrada Telebrás-Unicamp,

Leia mais

1. Introdução. A avaliação faz parte de nossas vidas em diversas áreas.

1. Introdução. A avaliação faz parte de nossas vidas em diversas áreas. 1. Introdução Avaliação A avaliação faz parte de nossas vidas em diversas áreas. Quando optamos por entrar em uma academia de ginástica precisamos passar por uma avaliação física. Passamos por avaliação

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMBO FONE MULTI

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMBO FONE MULTI REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMBO FONE MULTI O presente Regulamento tem por objeto regular as relações entre a CLARO e os participantes da Promoção COMBO FONE MULTI. SUMÁRIO Item Valores aplicáveis Periodicidade

Leia mais

Legislação não transfere à Administração Pública a responsabilidade por seu pagamento

Legislação não transfere à Administração Pública a responsabilidade por seu pagamento Legislação Fiscal Lei nº 8.666/1993 Art. 67. A execução do contrato deverá ser acompanhada e fiscalizada por um representante da Administração especialmente designado, permitida a contratação de terceiros

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS TREND RENTA A CAR LOCAÇÃO DE CARRO INTERNACIONAL

CONDIÇÕES GERAIS TREND RENTA A CAR LOCAÇÃO DE CARRO INTERNACIONAL Prezado Agente de Viagens, Segue abaixo informações importantes sobre suas reservas, as quais deverão ser repassadas ao seu cliente, para que este fique ciente das condições gerais. A emissão da Reserva

Leia mais

CONTRATO DO CLIENTE AO SISTEMA DE CARTÃO PRÓPRIO REDE VIVO SUPERMERCADOS

CONTRATO DO CLIENTE AO SISTEMA DE CARTÃO PRÓPRIO REDE VIVO SUPERMERCADOS CONTRATO DO CLIENTE AO SISTEMA DE CARTÃO PRÓPRIO REDE VIVO SUPERMERCADOS O presente documento contempla as cláusulas aplicadas no Contrato para aquisição de mercadorias do mix de produtos de todas as lojas

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE MORADORES DO CONDOMÍNIO RESIDENCIAL MARIA MADALENA Rua Beija-flor, 103 Bombas Bombinhas/SC.

ASSOCIAÇÃO DE MORADORES DO CONDOMÍNIO RESIDENCIAL MARIA MADALENA Rua Beija-flor, 103 Bombas Bombinhas/SC. ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO DE MORADORES DO CONDOMÍNIO CAPÍTULO I Do nome, da Sede, Duração e Objetivo. Art. 1º A Associação de Moradores do Condomínio Residencial Maria Madalena, é uma associação sem fins

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE EMAIL

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE EMAIL CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE EMAIL De um lado, M&T Logística e Tecnologia Ltda, sediada na cidade de Belo Horizonte/MG na, denominada CONTRATADA e de outro lado, pessoa física ou jurídica, neste denominada

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS De um lado, a empresa Webzero Marketing e Sistema de internet LTDA - ME, sociedade inscrita no CNPJ sob o nº 06.871.515/0001-43, estabelecida

Leia mais

PERDA INVOLUNTÁRIA DE EMPREGO

PERDA INVOLUNTÁRIA DE EMPREGO PERDA INVOLUNTÁRIA DE EMPREGO 1. OBJETIVO DA COBERTURA O objetivo desta cobertura é garantir ao beneficiário, dentro dos limites estabelecidos e observadas as demais condições contratuais, o pagamento

Leia mais

COMODATO DE RASTREAMENTO

COMODATO DE RASTREAMENTO COMODATO DE RASTREAMENTO CONTRATO DE COMODATO DE EQUIPAMENTO, MONITORAMENTO DE VEÍCULO E OUTRAS AVENÇAS 1. O objeto deste contrato é o comodato de equipamentos e a prestação de serviços de monitoramento

Leia mais

NORMAS DE FUNCIONAMENTO DOS LABORATÓRIOS DO DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

NORMAS DE FUNCIONAMENTO DOS LABORATÓRIOS DO DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL -UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DCM Campus Universitário - Viçosa, MG - 36570-000 - Telefone: (31) 2878 / 4502 - E-mail: dcm@ufv.br

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO Pelo presente instrumento particular de CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS, a ASSOCIAÇÃO PARANAENSE DE CULTURA, inscrita

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENVIO DE EMAIL MARKETING ATRAVES DE INTERNET

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENVIO DE EMAIL MARKETING ATRAVES DE INTERNET CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENVIO DE EMAIL MARKETING ATRAVES DE INTERNET De um lado,easymail PANFLETO VIRTUAL, sediada na cidade de Belo Horizonte, na Rua Rio de Janeiro 1.062/202/4/6, CENTRO,

Leia mais

A Lei 6.019/74 que trata da contratação da mão de obra temporária abrange todos os segmentos corporativos ou há exceções?

A Lei 6.019/74 que trata da contratação da mão de obra temporária abrange todos os segmentos corporativos ou há exceções? LUANA ASSUNÇÃO ALBUQUERK Especialista em Direito do Trabalho Advogada Associada de Cheim Jorge & Abelha Rodrigues - Advogados Associados O CONTRATO TEMPORÁRIO DE TRABALHO São as conhecidas contratações

Leia mais

ESCLARECIMENTO: O modelo de CARTA a seguir é uma SUGESTÃO, cuja aplicabilidade deverá ser avaliada pelo Internauta.

ESCLARECIMENTO: O modelo de CARTA a seguir é uma SUGESTÃO, cuja aplicabilidade deverá ser avaliada pelo Internauta. ESCLARECIMENTO: O modelo de CARTA a seguir é uma SUGESTÃO, cuja aplicabilidade deverá ser avaliada pelo Internauta. CARTA PROTOCOLADA - NOTIFICAÇÃO DE CONDÔMINOS REPRESENTADOS CT. Nº. 000/20XX Cidade,

Leia mais

RESOLUÇÃO CRM-PR N.º 191/2013.

RESOLUÇÃO CRM-PR N.º 191/2013. RESOLUÇÃO CRM-PR N.º 191/2013. Dispõe sobre a obrigatoriedade dos Contratos firmados entre as Operadoras de Planos de Saúde e os Médicos seguirem as Normativas da ANS Agência Nacional de Saúde Suplementar.

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TRANSPORTES E OUTRAS AVENÇAS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TRANSPORTES E OUTRAS AVENÇAS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TRANSPORTES E OUTRAS AVENÇAS Pelo presente instrumento, as Partes Termos e Condições Reserva Online Usuário do Sistema de Reserva Online FastPass, doravante denominada

Leia mais

IMPUGNAÇÃO AO EDITAL

IMPUGNAÇÃO AO EDITAL IMPUGNAÇÃO AO EDITAL Pregão Eletrônico n. 028/2014 Conselho Federal de Enfermagem de São Paulo/SP. Impugnante: Telefônica Brasil S/A. A (o) Sr.(a) Pregoeiro (a) do Conselho Federal de Enfermagem de São

Leia mais

Auditoria em Finanças. Rosilene Berton Paschoalin Marcia Cristina Feltes

Auditoria em Finanças. Rosilene Berton Paschoalin Marcia Cristina Feltes Auditoria em Finanças Rosilene Berton Paschoalin Marcia Cristina Feltes Atribuições (Lei Municipal nº 10.130/2000) Art. 8º -Ficam acrescidas às competências da Secretaria Municipal de Finanças, descritas

Leia mais

CURSO COMO FISCALIZAR OS CONTRATOS DE TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA CICLO DA FISCALIZAÇÃO PARA PREVENÇÃO DA RESPONSABILIDADE

CURSO COMO FISCALIZAR OS CONTRATOS DE TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA CICLO DA FISCALIZAÇÃO PARA PREVENÇÃO DA RESPONSABILIDADE CURSO COMO FISCALIZAR OS CONTRATOS DE TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA CICLO DA FISCALIZAÇÃO PARA PREVENÇÃO DA RESPONSABILIDADE PERÍODO DE REALIZAÇÃO E CARGA HORÁRIA O curso será realizado

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS Pelo presente instrumento particular (doravante denominado Contrato ), devidamente registrado no 1º Oficial de Registro de Títulos e Documentos e Civil de

Leia mais

A MANTOVANI tem investido constantemente em instalações e qualificação pessoal, visando sempre uma excelência no atendimento ao cliente.

A MANTOVANI tem investido constantemente em instalações e qualificação pessoal, visando sempre uma excelência no atendimento ao cliente. A MANTOVANI conta com instalações próprias e modernas, equipamentos de informática de última geração em todos os seus departamentos, desde o saguão de recepção até o auditório para treinamento e palestras.

Leia mais

SUMÁRIO EXECUTIVO. Resumo do Contrato com o Associado Soluções Corporativas American Express

SUMÁRIO EXECUTIVO. Resumo do Contrato com o Associado Soluções Corporativas American Express SUMÁRIO EXECUTIVO Resumo do Contrato com o Associado Soluções Corporativas American Express Este Sumário apresenta um resumo das principais informações que a Empresa Associada e os Associados devem ter

Leia mais

O CONDOMÍNIO JÁ ANALISOU O PREÇO, NÃO ESQUEÇA DA QUALIDADE!!!

O CONDOMÍNIO JÁ ANALISOU O PREÇO, NÃO ESQUEÇA DA QUALIDADE!!! O CONDOMÍNIO JÁ ANALISOU O PREÇO, NÃO ESQUEÇA DA QUALIDADE!!! Como em qualquer segmento, quando fazemos uma licitação muitas vezes nos deparamos com propostas que aparentemente oferecem os mesmos serviços,

Leia mais

Termos e condições TERMOS E CONDIÇÕES DE CONTRATAÇÃO:

Termos e condições TERMOS E CONDIÇÕES DE CONTRATAÇÃO: Termos e condições TERMOS E CONDIÇÕES DE CONTRATAÇÃO: De uma parte, PETSURPRISE, empresa inscrita no CNPJ sob o nº 22.021.394/0001-05, com sede na Avenida do Contorno, 4045, sala 709 Santa Efigênia - Cidade

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINAS TERMO DE CONTRATO Nº 154/08 Processo Administrativo nº 08/10/53.408 Interessado: Secretaria Municipal de Cooperação nos Assuntos de Segurança Pública Modalidade: Amil nº 1342 O MUNICÍPIO DE CAMPINAS, inscrito

Leia mais

Interessado: Conselho e Administração do Condomínio. Data: 17 de Agosto de 2007. Processo: 01/2007

Interessado: Conselho e Administração do Condomínio. Data: 17 de Agosto de 2007. Processo: 01/2007 Interessado: Conselho e Administração do Condomínio. Data: 17 de Agosto de 2007. Processo: 01/2007 Atribuição de multa aos condôminos infratores. Modo de aplicação. Eficácia da multa. O Senhor Síndico,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO córdão 1a Turma ENQUADRAMENTO SINDICAL - No caso dos autos restou demonstrado que a segunda reclamada efetivamente se apresenta aos seus clientes como empresa que atua no ramo financeiro e é reconhecida

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Conexão Internet com ponto de acesso. CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Pelo presente instrumento particular, de um lado a Ultranet Telecomunicações LTDA., operadora SCM e STFC devidamente licenciada pela

Leia mais

O CONTRATO DE TRABALHO POR PRAZO DETERMINADO

O CONTRATO DE TRABALHO POR PRAZO DETERMINADO O CONTRATO DE TRABALHO POR PRAZO DETERMINADO Thiago Leão Nepomuceno (*)1 Normalmente, todo final de ano ao se aproximar traz consigo um aumento na demanda de algumas empresas, fazendo com que a necessidade

Leia mais

Manual de Orientação para contratação de planos de saúde

Manual de Orientação para contratação de planos de saúde Manual de Orientação para contratação de planos de saúde nós somos a casembrapa Somos uma operadora de saúde de autogestão. Uma entidade sem fins lucrativos, mantida com recursos dos associados e da patrocinadora

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CARTÃO ALIMENTAÇÃO PASS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CARTÃO ALIMENTAÇÃO PASS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CARTÃO ALIMENTAÇÃO PASS Pelo presente instrumento particular, na qualidade de CONTRATANTE, a empresa qualificada no preâmbulo deste Contrato ou conforme indicada na Proposta

Leia mais

CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTO PARA MONITORAMENTO/RASTREAMENTO/ BLOQUEIO Nº. XXXX

CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTO PARA MONITORAMENTO/RASTREAMENTO/ BLOQUEIO Nº. XXXX CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTO PARA MONITORAMENTO/RASTREAMENTO/ BLOQUEIO Nº. XXXX Pelo presente instrumento particular, de um lado INSIGHT COMÉRCIO E SERVIÇOS DE SEGURANÇA ELETRÔNICA LTDA - ME, com

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTÁBEIS Instrumento particular de contrato de prestação de serviços profissionais contábeis

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTÁBEIS Instrumento particular de contrato de prestação de serviços profissionais contábeis 1 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTÁBEIS Instrumento particular de contrato de prestação de serviços profissionais contábeis CONTRATADO - (dados do contador...) CONTRATANTE: (dados da empresa... e

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO TELEFÔNICO FIXO COMUTADO DE LONGA DISTÂNCIA NACIONAL

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO TELEFÔNICO FIXO COMUTADO DE LONGA DISTÂNCIA NACIONAL CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO TELEFÔNICO FIXO COMUTADO DE LONGA DISTÂNCIA NACIONAL Pelo presente instrumento, de um lado a CLARO S.A., com sede na Rua Flórida, 1970, São Paulo/SP, inscrita no CNPJ/MF

Leia mais

Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito do HSBC

Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito do HSBC Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito do HSBC Leia estas informações importantes para aproveitar todas as vantagens do seu novo cartão de crédito. Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito do

Leia mais

Alexandre Pinto Surmonte

Alexandre Pinto Surmonte Dados Pessoais Nome: Idade: Situação Familiar: Alexandre Pinto Surmonte 46 anos Casado Sem filhos Formação Formado em Administração de Empresas com Pós Graduação em Análise de Sistemas e MBA em Gestão

Leia mais

DECRETO Nº 15.219 DE 30 DE JUNHO DE 2014

DECRETO Nº 15.219 DE 30 DE JUNHO DE 2014 DECRETO Nº 15.219 DE 30 DE JUNHO DE 2014 Regulamenta a Lei nº 12.949, de 14 de fevereiro de 2014 que estabelece mecanismos de controle do patrimônio público do Estado da Bahia, dispondo sobre provisões

Leia mais

ESCLARECIMENTOS. Edital 0742/2008-08 Processo 50608.000170/2008-99. Em resposta a pedido de esclarecimentos segue abaixo na respectiva ordem :

ESCLARECIMENTOS. Edital 0742/2008-08 Processo 50608.000170/2008-99. Em resposta a pedido de esclarecimentos segue abaixo na respectiva ordem : ESCLARECIMENTOS Edital 0742/2008-08 Processo 50608.000170/2008-99 Em resposta a pedido de esclarecimentos segue abaixo na respectiva ordem : 1) Da Habilitação: Entendemos que as empresas participantes

Leia mais

SINDMINÉRIOS SANTOS. Sindicato dos Trabalhadores no Comércio de Minérios, Derivados de Petróleo e Combustíveis de Santos e Região.

SINDMINÉRIOS SANTOS. Sindicato dos Trabalhadores no Comércio de Minérios, Derivados de Petróleo e Combustíveis de Santos e Região. FEDERAÇÃO DOS TRABALHADORES NO COMÉRCIO DE MINÉRIOS E DERIVADOS DE PETRÓLEO NO ESTADO DE SÃO PAULO 01 - REAJUSTE SALARIAL PAUTA DE REIVINDICAÇÕES SIREGÁS 2012/2013 As Empresas concederão, a todos os empregados

Leia mais

Ciclo de Palestras para Síndicos e Administradoras de Condomínios do Grande ABC.

Ciclo de Palestras para Síndicos e Administradoras de Condomínios do Grande ABC. Ciclo de Palestras para Síndicos e Administradoras de Condomínios do Grande ABC. QUESTÕES TRABALHISTAS EM CONDOMÍNIOS Palestrante: Carlos Alexandre Cabral 2/30 1 -ESCALA 6 POR 1 Antonio (auxiliar ou servente)

Leia mais

PLANO DE OUTORGA DE OPÇÃO DE COMPRA OU SUBSCRIÇÃO DE AÇÕES DA CAMBUCI S.A. CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS

PLANO DE OUTORGA DE OPÇÃO DE COMPRA OU SUBSCRIÇÃO DE AÇÕES DA CAMBUCI S.A. CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS PLANO DE OUTORGA DE OPÇÃO DE COMPRA OU SUBSCRIÇÃO DE AÇÕES DA CAMBUCI S.A. CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Artigo 1º. Os objetivos deste Plano de Opção de Compra ou Subscrição de Ações (o "Plano") da Cambuci

Leia mais

TERMO DE ADESÃO SERVIÇO MÓVEL PESSOAL SMP

TERMO DE ADESÃO SERVIÇO MÓVEL PESSOAL SMP TERMO DE ADESÃO SERVIÇO MÓVEL PESSOAL SMP Nome/Razão Social: CPF/CNPJ: Endereço: Cidade: UF: CEP: Telefone: ( ) Celular: ( ) Nome do responsável pelo contrato: CPF: E-mail: Telefone: ( ) Celular: ( ) Administrador(es)

Leia mais

Com 30 participantes ou mais

Com 30 participantes ou mais MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PLANOS DE SAÚDE CUNHA ODONTOLOGIA S/S LTDA CNPJ n : 06.216.938/0001-20 N de registro na ANS: 41695-9 Site: www.cunhaodontologia.com.br Tel: Serviços: (62) 3945.5673

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015 SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE AUTOMÓVEIS E ACESSÓRIOS DE BELO HORIZONTE, CNPJ n. 17.265.893/0001-08, neste ato representado por seu Presidente, Sr. HELTON ANDRADE;

Leia mais

REGULAMENTO DE COMPRAS DO IDBrasil Cultura, Educação e Esporte

REGULAMENTO DE COMPRAS DO IDBrasil Cultura, Educação e Esporte REGULAMENTO DE COMPRAS DO IDBrasil Cultura, Educação e Esporte O processo para aquisição de bens, serviços e obras para o IDBrasil Cultura, Educação e Esporte, observará o disposto neste Regulamento de

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE HOSPEDAGEM DE "SITE"

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE HOSPEDAGEM DE SITE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE HOSPEDAGEM DE "SITE" De um lado, BASE64 Serviços de Informática Ltda, sediada na cidade de São Bernardo do Campo na Av. Padre Anchieta nº 839, cep 09891-420, CNPJ nº

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO DE FIAÇÃO INTERNA

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO DE FIAÇÃO INTERNA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO DE FIAÇÃO INTERNA Pelo presente instrumento particular, a A.TELECOM S.A. inscrita no CNPJ/MF sob o nº 03.498.897/0001-13, com sede na Alameda Campinas, 1070

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS TREND RENT A CAR LOCAÇÃO DE CARRO INTERNACIONAL

CONDIÇÕES GERAIS TREND RENT A CAR LOCAÇÃO DE CARRO INTERNACIONAL Prezado Agente de Viagens, Segue abaixo informações importantes sobre suas reservas, as quais deverão ser repassadas ao seu cliente, para que este fique ciente das condições gerais. A emissão da Reserva

Leia mais

Resumo do Regulamento de Utilização do Cartão American Express Business

Resumo do Regulamento de Utilização do Cartão American Express Business Resumo do Regulamento de Utilização do Cartão American Express Business IMPORTANTE: LEIA ESTE SUMÁRIO COM ATENÇÃO Este Sumário apresenta um resumo das principais informações que a Empresa Associada e o

Leia mais

1- CONTRATO DE TRABALHO

1- CONTRATO DE TRABALHO 1- CONTRATO DE TRABALHO 1.1 - ANOTAÇÕES NA CARTEIRA DE TRABALHO Quando o empregado é admitido - mesmo em contrato de experiência -, a empresa tem obrigatoriamente que fazer as anotações na carteira de

Leia mais

Resumo do Contrato Cartão Colombo visa

Resumo do Contrato Cartão Colombo visa Resumo do Contrato Cartão Colombo visa Leia estas informações importantes para aproveitar todas as vantagens do seu novo cartão de crédito. SuMÁRIO EXECUTIVO Este resumo apresenta informações essenciais

Leia mais

Registrado no 1º Cartório de Registro de Títulos e Documentos da Cidade de Ponta Grossa Estado do Paraná, sob o nº 143.698

Registrado no 1º Cartório de Registro de Títulos e Documentos da Cidade de Ponta Grossa Estado do Paraná, sob o nº 143.698 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PARA OPERAR, MANTER E ADMINISTRAR CARTEIRA DE COBRANÇA NA REDE MUNDIAL DE COMPUTADORES EM SITE DE PROPRIEDADE DA REGULARIZA IMOVEIS E COBRANÇAS LTDA Registrado no 1º Cartório

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS (ADAPTADO às RESOLUÇÕES NORMATIVAS N.ºs 363, 364 e SÚMULA 26 DA ANS)

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS (ADAPTADO às RESOLUÇÕES NORMATIVAS N.ºs 363, 364 e SÚMULA 26 DA ANS) CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS (ADAPTADO às RESOLUÇÕES NORMATIVAS N.ºs 363, 364 e SÚMULA 26 DA ANS) I CONTRATANTE : Nome Operadora de Saúde Endereço: R...., nº... Bairro... - Cidade/ Capital

Leia mais

DÚVIDAS FREQÜENTES SOBRE A NOVA LEI DE ESTÁGIO (LEI 11.788/2008)

DÚVIDAS FREQÜENTES SOBRE A NOVA LEI DE ESTÁGIO (LEI 11.788/2008) DÚVIDAS FREQÜENTES SOBRE A NOVA LEI DE ESTÁGIO (LEI 11.788/2008) 1. O que é o estágio? Resposta: Estágio é ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho, que visa à preparação

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO. PROGRAMA DE PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS E RESULTADOS - PLR EXERCÍCIOS 2014 e 2015

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO. PROGRAMA DE PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS E RESULTADOS - PLR EXERCÍCIOS 2014 e 2015 1 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO PROGRAMA DE PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS E RESULTADOS - PLR EXERCÍCIOS 2014 e 2015 Pelo presente instrumento particular, de um lado: VALE S/A, inscrita no CNPJ (MF) sob o n.º 33.592.510/0001-54,

Leia mais

A seguir você encontrará um resumo dos seus direitos e deveres e das principais condições e informações a respeito do seu Cartão.

A seguir você encontrará um resumo dos seus direitos e deveres e das principais condições e informações a respeito do seu Cartão. SUMÁRIO EXECUTIVO Resumo do Contrato de Utilização American Express Linha Crédito A seguir você encontrará um resumo dos seus direitos e deveres e das principais condições e informações a respeito do seu

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Nº. XXXXX

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Nº. XXXXX CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Nº. XXXXX Pelo presente instrumento particular, de um lado INSIGHT COMÉRCIO E SERVIÇOS DE SEGURANÇA ELETRÔNICA LTDA - ME, com sede na Av. Governador Ademar Pereira de

Leia mais

h) TERMO DE ADESÃO Documento formal ao qual a EMPRESA CREDENCIADA adere ao PROGRAMA MAXXIMO FIDELIDADE nas condições do presente contrato.

h) TERMO DE ADESÃO Documento formal ao qual a EMPRESA CREDENCIADA adere ao PROGRAMA MAXXIMO FIDELIDADE nas condições do presente contrato. CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE GESTÃO DE PROGRAMA DE FIDELIDADE inscrita no CNPJ/MF sob o n. 09.016.557/0001-95, com sede na Rua Dr. Sodré 122 Sala 53, Vila Nova Conceição, São Paulo SP - CEP: 04535-110,

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONEXÃO À REDE DE INTERNET BANDA LARGA.

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONEXÃO À REDE DE INTERNET BANDA LARGA. CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONEXÃO À REDE DE INTERNET BANDA LARGA. AS PARTES a seguir qualificadas: A Minas Wi Fi Telecomunicações LTDA, com sede à Praça Nephitaly Brandão n 58, Conceição do

Leia mais

Sistema para Administração de Condomínio www.condominiomais.com.br SUMÁRIO

Sistema para Administração de Condomínio www.condominiomais.com.br SUMÁRIO SUMÁRIO I. MENU... 2 II. CONSULTA / ALTERAÇÃO / ESTORNO... 4 III. MENSAGEM... 5 IV. MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA... 6 CONSULTA... 6 LANÇAMENTO... 7 V. BOLETO... 8 VI. RELATÓRIO... 10 VII. RESERVA... 11 VIII.

Leia mais

Condomínio Via Bella Residence Service. Atribuições 1. CONSELHO FISCAL 2. SÍNDICO

Condomínio Via Bella Residence Service. Atribuições 1. CONSELHO FISCAL 2. SÍNDICO Atribuições 1. CONSELHO FISCAL Pode - Auditar e fiscalizar as contas do condomínio. - Alertar o síndico sobre eventuais irregularidades. - Dar pareceres, aprovando ou reprovando as contas do síndico. Esses

Leia mais

Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito Instituto HSBC Solidariedade

Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito Instituto HSBC Solidariedade Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito Instituto HSBC Solidariedade Leia estas informações importantes para aproveitar todas as vantagens do seu novo cartão de crédito. Resumo do Contrato de seu

Leia mais

ASSUNTO: REGULAMENTA O USO DE ADESIVOS DE IDENTIFICAÇÃO DOS VEÍCULOS DE CONDÔMINOS

ASSUNTO: REGULAMENTA O USO DE ADESIVOS DE IDENTIFICAÇÃO DOS VEÍCULOS DE CONDÔMINOS CIRCULAR Nº 003/2015 Curitiba, 05/06/2015. ASSUNTO: REGULAMENTA O USO DE ADESIVOS DE IDENTIFICAÇÃO DOS VEÍCULOS DE CONDÔMINOS A Síndica do Condomínio Le Jardin Residencial, no uso de suas atribuições legais

Leia mais

SIATRON CONDOMÍNIO. Um Sistema desenvolvido para maior segurança e bem-estar dos condôminos.

SIATRON CONDOMÍNIO. Um Sistema desenvolvido para maior segurança e bem-estar dos condôminos. SIATRON CONDOMÍNIO Um Sistema desenvolvido para maior segurança e bem-estar dos condôminos. O sistema é modular, podendo ser adquirido e instalado na sua totalidade ou personalizado de acordo com as necessidades

Leia mais

CENTRO EMPRESARIAL NORTE

CENTRO EMPRESARIAL NORTE CENTRO EMPRESARIAL NORTE ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA MAIO/98 EDITAL DE CONVOCAÇÃO Pela presente, vimos convocar Vossa Senhoria a participar da Assembléia Geral Ordinária do Condomínio do Edifício Centro

Leia mais

4. Apoiar a EMPRESA no registro de marcas e patentes, quando for do interesse de ambas as partes;

4. Apoiar a EMPRESA no registro de marcas e patentes, quando for do interesse de ambas as partes; CONVÊNIO DE INCUBAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM A UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO E A PARA DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO, DE ACORDO COM A SELEÇAO PÚBLICA REALIZADA ATRAVÉS DO EDITAL 01/2011 DA INCUBADORA

Leia mais

METODOLOGIA. Questões: 1 a 4 (sexo/faixa etária/escolaridade e renda mensal) Objetivo: traçar o perfil do usuário reclamante de cartão de crédito.

METODOLOGIA. Questões: 1 a 4 (sexo/faixa etária/escolaridade e renda mensal) Objetivo: traçar o perfil do usuário reclamante de cartão de crédito. INTRODUÇÃO O cartão de crédito é uma forma de pagamento muito utilizada no comércio convencional e, mais moderadamente, em compras eletrônicas. A praticidade, a ampla aceitação do mercado, a possibilidade

Leia mais