1. GARANTIA DE PREÇO 3. GARANTIA DE QUALIDADE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1. GARANTIA DE PREÇO 3. GARANTIA DE QUALIDADE"

Transcrição

1

2 A Home Energy garante a qualidade, rapidez e preço do serviço de certificação energética com as melhores soluções feitas a pensar em si. 1. GARANTIA DE PREÇO Garantimos o melhor preço nos nossos certificados. Se até à data de pagamento encontrar mais barato, deduzimos a diferença até 40 por certificado. 2. GARANTIA DE RAPIDEZ Garantimos o seu certificado dentro do prazo. Se 7 dias úteis após visita, disponibilização dos documentos do imóvel e pagamento não tiver o seu certificado, devolvemos-lhe 50% do seu dinheiro. NOVO SERVIÇO EXPRESSO24: Garantimos o seu certificado em 24h, após a visita, disponibilização dos documentos do imóvel e pagamento, ou devolvemos-lhe 50% do seu dinheiro. NOVO SERVIÇO EXPRESSO72: Garantimos o seu certificado em 72h, após a visita, disponibilização dos documentos do imóvel e pagamento, ou devolvemos-lhe 50% do seu dinheiro. 3. GARANTIA DE QUALIDADE Dispomos de um sistema de recolha de dados de elevada tecnologia, que permite uma maior precisão na emissão do certificado e propostas de melhoria; Oferecemos um relatório adicional de auditoria energética com recomendações de mais medidas práticas para poupar energia; Damos-lhe a possibilidade de solicitar online o contacto por parte de um perito qualificado para explicação do conteúdo do certificado e das propostas de melhoria.

3

4 USumário Summary PROPRIEDADE PUBLISHER Grupo Martifer, Apartado 17, Oliveira de Frades Portugal DIRECTOR EDITOR IN CHIEF Carlos Martins COORDENAÇÃO COORDINATION Mónica Alves REDACÇÃO EDITORIAL STAFF Catarina Simões COLABORARAM NESTA EDIÇÃO CONTRIBUTORS IN THIS EDITION Filipe Cardoso, Tomas Gaviro, António Martins, Margarida Cardoso, Diogo Nunes, Gabriel Santo, João Camões, Miguel Borges, Dassault Systems - Solidworks Cooperation DESIGN E PAGINAÇÃO DESIGN Sandra Cruz FOTOGRAFIA PHOTOGRAPHY José Alfredo, Pedro Nunes, Orbis Cooperação e Desenvolvimento TRADUÇÃO TRANSLATION Traducta PRÉ IMPRESSÃO E IMPRESSÃO PREPRESS AND PRINTING Orgal Impressores PERIODICIDADE PERIODICITY Semestral TIRAGEM PRINT RUN 1000 ISSN 156/2008 depósito legal n.º legal deposit n.º CAPA COVER Pormenor, torre eólica Lounge, Detail, wind tower 6 editorial a oportunidade de uma crise the chance of a crisis 8 entrevista interview José Rodrigues CEO Martifer Construções CEO Martifer Metallic Construction 14 preparar o futuro prio e o desenvolvimento sustentável preparing future prio and sustainable development 18 em foco proveitos operacionais record em 2008 in focus record operating profits in opinião oppinion Entrevista António Mota Chairman Mota-Engil 24 investigação e desenvolvimento Solidworks, case study Grupo Martifer research and development Solidworks, case study Martifer Group 28 talentos MBA MArtifer, formação à medida talents The Martifer MBA, tailor-made training 34 unidades industriais industrial units 36 energy systems fábrica nos Estados Unidos factory in the United States 40 pure energy Martifer Solar no mundo Martifer Solar on the world stage 46 renováveis a produzir energia em três continentes renewables generating energy in three continents 52 portfolio projectos inovadores innovative projects 58 poder da natureza prio cresce no sector alimentar the power of nature prio grows in the food sector 4 mnews julho july 2009 n.02

5 Nota de Abertura Foreword NA MNews, Good News! Regressámos com o calor, depois de duas mãos cheias de meses. Neste período de férias, nunca será de mais recordar que apesar dos dias Martifer continuarem a ser demasiado preenchidos, são as imagens e os textos, que aqui reunimos, que ficam e nos permitem deixar o olhar repousar sobre aquilo que vamos vivendo e ajudando a acontecer. Regressamos nesta segunda edição para lhe dar conta que 2008 foi um ano extraordinário para o Grupo, registámos os maiores proveitos da nossa história. Números que resultam da aposta permanente na inovação, do empreendedorismo dos gestores das várias áreas de negócio e da internacionalização crescente das várias empresas. A entrevista desvenda a estrutura de 19 anos de crescimento na área das construções metálicas, área-mãe do Grupo e ainda preponderante quando se fecham contas. Depois de conquistar o espaço ibérico a Martifer Construções cresceu, expandiu-se e foi instalando capacidade de produção na Europa e agora em Angola. A vontade e a determinação não têm fronteiras como se escreve nestas páginas. A formação continua a ser uma questão incontornável no Grupo. Esta MNEWS dá a conhecer o MBA Martifer, uma das ofertas que nos últimos anos o departamento de formação da empresa coloca ao dispor dos seus quadros. Uma formação que beneficia da experiência dos formandos, do ambiente de empresa que todos partilham e da excelência de oradores que de ano para ano tem vindo a crescer significativamente. Como esta segunda edição sai iluminada pelo verão, convidamos o leitor a uma viagem aos vários países onde a Martifer Solar já está à procura do seu lugar ao sol. Trata-se de uma das empresas do grupo onde a internacionalização tem sido assinalável. Em apenas 4 anos, a Martifer Solar instalou-se em 7 países, da Europa aos Estados Unidos. Em Oliveira de Frades a Martifer tem uma unidade de assemblagem de módulos solares fotovoltaicos equipada com tecnologia de ponta nesta área. Ainda nesta edição abrimos a janela à vida que na Martifer vai além dos negócios, começamos a desvendar o trabalho que a Prio, empresa do Grupo para a Agricultura e Biocombustíveis, está a desenvolver em Moçambique. Neste país africano, onde diariamente 20 milhões de pessoas procuram oportunidades, o campo de acção da Prio já extrapolou há muito o dos negócios, a empresa tem vindo a desenvolver um conjunto de acções de intervenção social que pretendem melhorar as condições de vida da população e estimular o desenvolvimento económico. Estas e outras leituras fazem-se por aqui, ao longo das próximas páginas. The hot weather is back, after two handful of months. In this holiday period, it will never be truer that despite Martifer s days being still too full, there are nevertheless words and pictures, such as those we bring you here, which remind us to switch our attention to what we are working on and helping it become reality. We return in this second edition to tell you that 2008 was an extraordinary year for the Group. We recorded the greatest revenues in our history, as a result of the ongoing investment in innovation, our managers entrepreneurialism across various parts of the business and the increasing international expansion of various companies. The interview reveals the structure behind 19 years of growth in the metal constructions field, the Group s parent business which still dominates the accounts. After conquering Iberia, Metallic Construction grew, expanded and installed production capacity in Europe and now in Angola. Will and determination know no bounds, as is written on these pages. Training continues to be a critical topic for the Group. This MNEWS reports on the Martifer MBA, one of the options that the company s training department has offered staff in the last few years. This coaching benefits from the training staff s experience, the company s atmosphere shared by everyone and the speakers excellence, which has increased significantly year on year. As this second edition emerges into the bright summer sunlight, we invite the reader on a journey to the various countries in which Martifer Solar is looking for its own spot in the sun. It features one of the Group s companies which has expanded internationally in remarkable fashion. In just 4 years, Martifer Solar has entered 7 countries, from Europe to the US. In Oliveira de Frades, Martifer Solar has a completely automated photovoltaic solar module assembly unit using state-of-the-art technology. Also in this edition we open a window onto a world that for Martifer goes beyond business, revealing the work done by Prio, the Group s company in Agriculture and Biofuels, in Mozambique. In this African country, where 20 million people a day are searching for opportunities, Prio s scope of activity already pushed beyond simple business a long time ago. The company has been developing a set of social intervention activities that aim to improve living conditions for the population and to stimulate economic development. These and other articles are featured in the next few pages. mnews julho july 2009 n.02 5

6 D Editorial Na Martifer já estamos a reflectir em novas perguntas, procurando caminhos (...) At Martifer we are already thinking about new questions, looking for ways through (...). A oportunidade de uma crise The chance of a crisis 6 mnews julho july 2009 n.02

7 No dia 27 de Junho passaram dois anos sobre a entrada da Martifer na Euronext Lisbon. Estávamos numa época de crescimento económico em que quase todo o investimento era financiado, a obtenção de crédito nunca tinha sido tão facilitada. O tempo da decisão tinha de ser curto, as oportunidades pareciam únicas. Em dois anos tudo mudou. Instalou-se uma crise sem precedentes. O sistema financeiro quase entrou em colapso. O acesso ao crédito tornou-se difícil, diria quase impossível, o sector imobiliário mergulhou numa profunda crise que precisará de mais de uma década para se reabilitar, o mercado de capitais caiu mais de 50% num só ano. A capacidade de produção instalada supera largamente as necessidades. O desemprego cresce a níveis preocupantes, contribuindo para o grande flagelo, transformando-se numa das principais preocupações de quem governa. De imediato, quem governa este mundo multiplicou-se em encontros, em conversações, juntos procuram responder às origens do problema. Juntos procuram encontrar soluções. Em Novembro passado, a América elegeu Barack Obama e o planeta reclamou-o líder mundial. A verdade é que o Presidente Norte-Americano resgatou, de imediato, o sentimento de confiança, indicou um caminho e parece que o seu estilo, determinado e dialogante, está a motivar as pessoas. Perante este enquadramento como está a Martifer? Passados dois anos de entrar em bolsa, com um sucesso sem paralelo, e habituada a crescer, quer pela internacionalização quer pela diversificação, a Martifer viu o mundo parar. Para grande parte dos empreendedores esta crise é entendida como oportunidade. Na Martifer já estamos a reflectir em novas perguntas, procurando caminhos: quando é que esta crise acaba? O que será do mundo pós-crise e qual será o papel da Martifer neste novo enquadramento que se vai construindo? Para nós esta crise é uma possibilidade importante. Uma possibilidade de alinharmos o rumo aproveitando aquilo que com ela estamos a aprender. Trouxe-nos capacidade de resistir, uniu a equipa, envolveu as pessoas nos problemas. Esta crise devolveu-nos um bem precioso que já quase ninguém tinha, o tempo. Esta crise veio dar ainda mais valor às pessoas, porque são as pessoas que vão encontrar as melhores soluções para que o mundo seja melhor. No futuro vai ter sucesso quem tiver as melhores pessoas, aquelas que forem capazes de identificar e materializar as melhores ideias. É certo que a economia vai continuar muito dependente do capitalismo e que a liquidez será fundamental para materializar as boas ideias. Para as ideias precisamos das pessoas. Os países com recursos naturais, matérias-primas e pessoas melhor preparadas são os que terão melhores condições para ser bem sucedidos. Como sempre, a Martifer quer estar na linha da frente e para isso tem que se preparar. A nossa organização tem que se afirmar como líder nos mercados onde quer estar, para isso tem que ter a melhor estratégia, as melhores pessoas e dimensão crítica. Apesar da actual conjuntura, acreditamos que a solidez do nosso modelo de desenvolvimento e que a capacidade de criação de valor a longo prazo se mantêm válidos. Tenho a certeza que o alinhamento estratégico que estamos a estabelecer será vencedor. A nossa organização tem que se afirmar como líder nos mercados onde quer estar, para isso tem que ter a melhor estratégia, as melhores pessoas e dimensão crítica. Our organisation has to confirm itself as leader in the markets where it wants to be present, therefore it has to have a better strategy, the best people and critical mass. On 27 June, it has been two years since Martifer was listed on the Euronext Lisbon stock exchange. We were in a time of economic growth, when almost all investment found financing and credit had never been so easy to obtain. The time for making decisions had to be short, and opportunities seemed unique. In two years, all that changed. An unprecedented crisis set in. The financial system almost went into collapse. Access to credit became difficult, I would say almost impossible, the real estate sector plunged into a deep crisis that will require over a decade to recover, the capital markets fell over 50% in just a year. Installed generation capacity widely exceeds needs. Unemployment is growing to worrying levels, contributing to the widespread punishment, forming one of the main worries for those in government. Immediately those in charge of our world populated meetings and discussions, all seeking a response to the problem s causes. All seeking to find solutions. Last November, America elected Barack Obama and the planet proclaimed him leader of the world. The truth is that the US President immediately fulfilled this message of trust and showed a path, and it seems that his determined and inclusive style is motivating people. How does Martifer fare against this background? Two years after its listing on the stock exchange, with unparalleled success, and on a growth trajectory, both through international expansion and diversification, Martifer has watched the world stop. For the majority of entrepreneurs, this crisis is seen as an opportunity. At Martifer we are already thinking about new questions, looking for ways through: when will the crisis end? What will the post-crisis world be like and what will Martifer s role be in this new framework under construction? For us this crisis is an important possibility. A chance to align our direction to take advantage of what we are learning from it. It has brought us an ability to endure, it has united the team, it has involved people in their challenges. This crisis has given us a valuable asset that almost no one had, time. This crisis also gave more value to people, because it is the people that find the best solutions to make the world better. In the future, success will come to those who have the best people, those who were able to identify the best ideas and make them a reality. The economy is sure to continue its heavy dependence on capitalism and liquidity will be fundamental to make the good ideas a reality. For those ideas, we need people. Those countries with natural resources, raw materials and the best prepared people are those that will be in the best position to succeed. As always, Martifer wants to be in the front line and therefore has to prepare itself. Our organisation has to confirm itself as leader in the markets where it wants to be present, therefore it has to have a better strategy, the best people and critical mass. Despite the current situation, we believe that the solidity of our development model and the long-term value creation capability will keep us strong. I am sure that the strategic alignment we are putting in place will deliver. mnews julho july 2009 n.02 7

8 NEntrevista Interview Trabalhamos para continuar a crescer, queremos ir ao encontro das expectativas que todos os stakeholders da Martifer colocam no nosso trabalho; We are working to continue our growth, we want to meet the expectations that all Martifer s stakeholders place on our work; JOSE RODRIGUES CEO MARTIFER CONSTRUÇÕES CEO MARTIFER METALLIC CONSTRUCTION 8 mnews julho july 2009 n.02

9 Grande parte do que é hoje o Grupo Martifer deve-se à construção metálica. A empresa é líder neste segmento na Península Ibérica e um dos maiores operadores do sector na Europa. O crescimento consecutivo ao longo dos últimos 19 anos confirma a maturidade e a importância estratégica desta área de negócio para a saúde financeira do Grupo. Num período de desaceleração da construção a nível mundial, a construção metálica perde peso nas contas da Martifer, mas mantém-se no comando dos proveitos operacionais. Em 2008 esta área de negócio, que inclui a actividade da Martifer Alumínios e da Martifer Inox, registou proveitos que ascendem os 323 milhões de euros e confirma um ritmo de crescimento de 10% ao ano. A internacionalização que arrancou na península ibérica, em 1999, e que tem vindo a crescer na Europa central e de leste, segue para novos mercados, nomeadamente no continente Africano onde a Martifer está a concluir três novas unidades industriais. A large part of what the Martifer Group is today owes it to metallic construction. The company is the leader in this segment in the Iberian Peninsula and one of the largest operators in the sector in Europe. The last 19 years consecutive growth confirms the maturity and strategic importance of this business area for the Group s financial health. In a period in which construction has slowed down at world level, metallic construction is losing its relative size in Martifer s accounts, but stays as a key driver of operating profits. In 2008, this business area, which includes Martifer Alumínios and Martifer Inox, recorded profits reaching EUR 323 m and posts growth of 10% a year. The international roll-out began in the Iberian Peninsula in 1999, has been growing in Central and Eastern Europe, and continues on to new markets, specifically in the African continent where Martifer is completing three new industrial units. mnews julho july 2009 n.02 9

10 MNEWS Ao fim de 19 anos a área da construção continua a crescer apesar do contexto de desaceleração que se vive. Estaremos a escapar à crise? JOSE RODRIGUES Efectivamente o cenário que atravessamos torna o nosso trabalho um pouco mais difícil, contudo a equipa está motivada e claramente focada no objectivo que nos propusemos e habituámos ao longo destes anos: crescer. Trabalhamos para continuar a crescer, queremos ir ao encontro das expectativas que todos os stakeholders da Martifer colocam no nosso trabalho, é dessa forma que encaramos este período, como oportunidade de demonstrar as nossas reais capacidades. MN Uma oportunidade que passa pela trajectória de internacionalização? JR Se queremos crescer tem que ser efectivamente fora dos mercados tidos como primários, diria que a Península Ibérica é o nosso mercado de origem, um mercado onde crescemos e nos afirmámos com obras destacadas. Ultimamente o crescimento tem-se feito essencialmente fora da Península Ibérica, na Europa Central e de Leste, seja Polónia Roménia, ou em países onde pontualmente vamos fazendo obras. Recentemente estamos a crescer em países como Angola, onde estamos a construir três novas fábricas e, pontualmente, procuramos novas geografias onde pelo projecto em si, ou pela oportunidade de momento, desenvolvemos a nossa actividade durante determinado período, como é o caso da Irlanda, com o aeroporto de Dublin. MN De que forma a Martifer se tem vindo a posicionar com a desaceleração do mercado da construção? JR Além dos factores que não dependem de nós, nomeadamente a variação de custos da matériaprima e as taxas cambiais, que se reflectem nos projectos e influenciam directamente as nossas projecções, naquilo que depende da Martifer saliento que estamos atentos a mercados com os quais possamos trabalhar a partir da nossa capacidade instalada. Hoje temos a nossa capacidade instalada basicamente em duas geografias Península Ibérica e Europa de Leste, mas também aqui a concorrência é hoje claramente maior e as obras mais escassas. Se não só queremos garantir trabalho para todas as nossas equipas, mas como também crescer, temos claramente de alargar a nossa actuação a geografias ou regiões que nos permitam, a partir destes pólos produtivos, garantir a execução de obras. MN Depois das unidades em Portugal, da fábrica de estruturas metálicas da Polónia, o Grupo concluiu, no final de 2008, a unidade da Roménia. Para quando a entrada em produtivo das novas unidades em Angola? JR Em Angola as obras vão bem, prevê-se a conclusão da primeira fase do investimento no final do primeiro semestre de Actualmente já temos uma actividade extremamente relevante neste país, por isso, é importante que as unidades de Angola comecem a produzir, rapidamente, para os projectos que temos em carteira. O nosso objectivo é de que isto possa acontecer no final primeiro semestre de MN Esta capacidade instalada permite chegar a que geografias? JR Pertencemos a uma actividade industrial e temos de rentabilizar ao máximo essa capacidade, por isso estamos hoje a olhar para o norte de África, países como a Argélia, Líbia e Marrocos, onde conseguimos chegar a partir da capacidade que temos hoje instalada. A par disso há projectos que, pela sua dimensão e especificidade, permitem a partir dos locais onde estamos, atingir zonas geográficas mais distantes, o caso de Omã, Arábia Saudita, onde estamos a concorrer a dois aeroportos. Estamos a trabalhar para alargar os nossos horizontes, preparando o futuro. MN Para que tipo de projectos podemos dizer que a Martifer está vocacionada? JR Diria que estamos para todos, se num determinado projecto testamos a nossa capacidade de realização, noutros testamos a nossa produtividade e a capacidade de realizarmos algo a custos controlados. Tal como gostamos de projectos desafiantes temos de ter capacidade de realizar a obra mais habitual e onde a concorrência é mais feroz. MN Que vantagens competitivas distinguem a Martifer na área da construção metálica? JR Aquilo que nos distingue é a nossa mente aberta, o nosso empreendedorismo e a forma como abordamos os projectos. Não nos ancoramos em ideias pré-concebidas. Aportamos soluções inovadoras a um projecto explorando todas as possibilidades. Distingue-nos também a capacidade produtiva das nossas fábricas, o investimento na melhoria de processos produtivos, a utilização de tecnologia de ponta no processo produtivo, a relação de confiança que estabelecemos com os nossos parceiros e clientes e a realização de projectos complexos em prazos reduzidos. A vontade e a determinação não têm fronteiras, a melhor prova disso é a Martifer. Will and determination know no boundaries, and the best proof of this is Martifer 10 mnews julho july 2009 n.02

11 MNEWS After 19 years, the metallic construction area is continuing to grow despite the context of slowing growth that we have seen. Are we escaping the downturn? JOSE RODRIGUES In fact we are on a situation that makes our work a little more difficult, however the team is motivated and clearly focused on the objective that we proposed and have become familiar with over these years: growth. We are working to continue our growth, we want to meet the expectations that all Martifer s stakeholders place on our work; that is the way we are approaching this period, as an opportunity to show our real capabilities. MN An opportunity that derives from the international roll-out? JR If we want to grow it will have to come from markets other than those held as primary; I would say that the Iberian Peninsula is our origin market, a market where we grew up and established ourselves with flagship projects. Lately the growth has come essentially from outside the Iberian Peninsula, in Central and Eastern Europe, Poland, Romania, or in countries where we have undertaken projects from time to time. Recently we have been growing in countries such as Angola, where we are building three new factories and we look for new opportunistic geographies where we are active over a specific period, due to the project itself or the opportunity available, as is the case in Ireland with Dublin airport. MN How has Martifer positioned itself for the construction market slowdown? JR Aside from the factors that do not depend on us, specifically the variation of raw-material costs and exchange rates, which are reflected in the projects and which directly influence our projections, on which Martifer relies, I want to stress that we watch markets where we can work from our installed capacity. Today our installed capacity is basically in two geographies, the Iberian Peninsula and Eastern Europe, but also the competition nowadays is clearly bigger and the projects scarcer in these places. If we want to grow, and not only ensure work for all our teams, we clearly have to broaden our footprint to geographies or regions which allow us to ensure our projects are implemented from these production hubs. MN After the two units in Portugal and the metal structures factory in Poland, the Group completed the unit in Romania at the end of When are the new units in Angola scheduled to enter into service? JR The projects in Angola are going well; the end of the first phase of investment is scheduled to be finalised at the end of the first half of We currently already have an extremely relevant activity in this country, so it is important that the units in Angola start production right away for the projects that we have in the pipeline. Our objective is that this happens at the end of the first half of MN Which geographies can this installed capacity reach? JR We are in an industrial business and we have to get the most profit from that capacity, which is why we are today looking towards the north of Africa, countries like Algeria, Libya and Morocco, places we can reach from the capacity we have installed already. In parallel with this, there are projects that, due to their size and nature, allow geographies further away to be reached from the locations we are in, as is the case in Oman, Saudi Arabia, where we are bidding for two airports. We are working towards broadening our horizons, preparing for the future. MN What type of projects could we say Martifer is best suited for? JR I d say that we are right for all projects, testing our ability to deliver in a given project, and in other projects testing our productivity and ability to deliver with controlled costs. Even though we enjoy challenging projects, we have to be able to deliver the more commonplace project, where the competition is fiercest. MN What competitive advantages distinguish Martifer in the metallic construction area? JR What distinguishes us is our open mind, our entrepreneurial spirit and the way we approach projects. We are not wedded to pre-conceived ideas. We bring innovative solutions to a project, exploring all the possibilities. Our factories production capacity, the investment in production processes improvement, the use of state-of-the-art technology in the production process, the relationship of trust that we establish with our partners and clients and the delivery of complex projects in short timeframes also distinguish us. mnews julho july 2009 n.02 11

12 Com a nossa entrada em bolsa e o ambicioso plano de investimentos até 2010, aumentou extraordinariamente a complexidade da gestão, era crucial aperfeiçoar a nossa organização, adaptarmo-nos. With our entry onto the stock exchange and the ambitious investment plan up to 2010, management complexity increased dramatically and it became crucial to improve the way we were organized, to change ourselves. 12 mnews julho july 2009 n.02

13 MN A área da construção metálica emprega mais de 60% dos recursos humanos da Martifer, que desafios espreitam nesta responsabilidade? O maior desafio é garantir o sucesso dos negócios! Tendo em conta os tempos difíceis que atravessamos, garantir que não despedimos ninguém, que os postos de trabalho dos nossos colaboradores estão assegurados e que ainda assim conseguimos crescer, é esse o nosso objectivo e sem dúvida a maior responsabilidade que assumimos. A responsabilidade não se esgota nos colaboradores nem nas pessoas que connosco trabalham, são todas as pessoas que de alguma forma estão ligadas a essas pessoas, as suas famílias. MN Que traço comum identifica nos colaboradores Martifer que a si lhe parecem diferenciadores na forma de estar e trabalhar, nomeadamente na sua área de negócio? Na actividade da Martifer Construções, em todas as situações que a mesma implica, é a nossa forma de estar empreendedora, criativa, dedicada e totalmente open mind perante o negócio, os colegas e os fornecedores, que distinguem a Martifer e fazem a diferença na altura de se fecharem negócios. Quem trabalha na Martifer veste a camisola e gosta daquilo que faz. Penso que não sendo assim seria difícil conseguir os níveis de produtividade que nós temos. Não gostando do que se faz é difícil fazer um bom trabalho. MN The metallic construction area employs over 60% of Martifer s human resources, what challenges do you see in this responsibility? JR The biggest challenge is ensuring the success of the business! Bearing in mind the tough times we are going through, our objective, and without doubt the biggest responsibility we take on, is to guarantee that no one is made redundant, that our staff s jobs are safe and that we also manage to grow. The responsibility does not end with the staff nor the people that work with us, but with all those people that are in some way linked to those work colleagues, their families. MN What common thread do you see among the Martifer staff which differentiates them in your opinion, in the way they are and the way they work, specifically in your business area? JR In all the areas that Metallic construction is involved in, it is our entrepreneurial, creative, dedicated and totally open-minded spirit towards business, colleagues and suppliers, which distinguishes Martifer and makes the difference when closing deals. Those who work for Martifer take pride in the company and enjoy what they do. I think if we were any other way it would be difficult to achieve the productivity levels that we manage. If you do not like what you do, it is difficult to do a good job. JOSÉ MANUEL DE ALMEIDA RODRIGUES 33 ANOS 33 YEARS OF AGE Administrador da Martifer Construções CEO of Martifer Metallic Construction Está no Grupo há quase uma década, altura em que concluiu a licenciatura em Engenharia Civil pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra. Começou o seu percurso como preparador da obra do Campera, no Carregado. A esta seguiram-se uma série de projectos e obras a que vai perdendo a conta. Foi um dos homens chave, em todo o processo da participação da Martifer na construção dos Estádios para o Euro Exerce as funções de membro do Conselho de Administração da Martifer SGPS, SA e é Presidente da sociedade Martifer Construções Metalomecânicas, S.A. desde Abril de He has been in the Group for almost a decade, from the time when he completed his degree in Civil Engineering from the Faculty of Sciences and Technology at the University of Coimbra. He began his career as site designer for Campera, in Carregado. This was followed by a series of projects and works, too many to count! He was one of the key men throughout Martifer s role in the construction of the Euro 2004 Stadiums. He is a Boardmember of Martifer SGPS, SA and has been Chairman of Martifer Metallic Construction since April mnews julho july 2009 n.02 13

14 FPreparar o Futuro Preparing future Prio e o desenvolvimento sustentável Prio and sustainable development Não herdámos a terra dos nossos pais, pedimo-la emprestada aos nossos filhos. (provérbio índio) We do not inherit the Earth from our parents, we borrow it from our children. (Indian proverb) A Prio Agricultura SA detém actualmente cerca de ha de terrenos agrícolas nos distritos de Nhamatanda (15.000ha) e Buzi (10.000ha), província de Sofala. Na campanha agrícola que agora terminou foram cultivados cerca de 300ha, na localidade de Metuchira dando emprego a mais de 80 trabalhadores. Em pleno funcionamento este projecto dará emprego directo a cerca de 400 pessoas e será responsável pela criação de perto de 1000 novos postos de trabalho indirectos na região. Uma parte significativa desta produção entra no mercado alimentar local fazendo com que o projecto contribua de forma significativa para a indústria alimentar ajudando simultaneamente ao desenvolvimento da rede de fornecedores de serviços, desde os fornecedores de factores de produção para a agricultura às empresas de logística. Ao promover o desenvolvimento económico, assegurando o fornecimento de produtos de qualidade aos clientes e desenvolvendo as suas actividades no território, a Prio está ainda contribuir para o desenvolvimento da economia ao nível regional mas também nacional. Prio Agricultura SA currently owns about 25,000 ha of farmland in the districts of Nhamatanda (15,000 ha) and Buzi (10,000 ha), in Sofala province. In the recent farming campaign, 800 ha were cultivated around Metuchira, creating jobs for over 80 workers. When fully operational, this project will provide direct employment to about 400 people and will be responsible for creating nearly 1000 new indirect work posts in the region. A significant part of this output goes to the local food market, meaning that the project contributes significantly to the food industry and at the same time helps the services suppliers network to develop, from agricultural input suppliers to logistics companies. Through economic development, namely ensuring quality products are supplied to clients and operating its activities within the country, Prio is contributing to the development of the economy at regional as well as national level. 14 mnews julho july 2009 n.02

15 PHOTO: Orbis Cooperação e Desenvolvimento Um dos objectivos da Prio Agricultura é dotar a localidade de Metuchira de um conjunto de condições para os seus habitantes. O sonho de tornar a Metuchira um local habitável onde seja possível garantir o acesso a condições mínimas de saúde, educação e alimentação passa numa primeira fase pela construção ou reabilitação de um conjunto de equipamentos. Nestes incluem-se a Unidade Sanitária e Maternidade, a construção da Casa de Mãe Espera, uma casa de acolhimento para mulheres em fase final de gravidez, a cooperação com a Administração Distrital na Escola da Metuchira e a reabilitação do refeitório da fazenda de forma a garantir o serviço de uma refeição diária completa aos trabalhadores. Actualmente a Prio tem em curso na Metuchira um programa de luta contra a Sida, que compreende acções de sensibilização e formação à temática das doenças sexualmente transmissíveis, esta temática é para nós Prio particularmente importante porque temos de ter presente que Moçambique tem 500 mil pessoas que vivem infectadas com SIDA, é impossível não termos uma acção educativa sublinha António Martins. Além destas sessões a Prio tem vindo a promover a formação de novos educadores entre os habitantes locais, a distribuir material informativo, a distribuir preservativos e no curto prazo implementar a possibilidade de testagem voluntária ao HIV nas instalações da empresa. Para o administrador da Prio em Moçambique, alcançar o sucesso e os resultados pretendidos para a Prio Agricultura Moçambique será aceitável se garantirmos que os nossos filhos não se irão arrepender de nos terem emprestado esta Terra. Queremos marcar a diferença na atitude e forma de actuação no que respeita ao nosso compromisso com o desenvolvimento sustentável. One of Prio Agricultura s objectives is to give Metuchira suitable conditions for its inhabitants. The dream of turning Metuchira into an habitable place where it is possible to ensure access to minimum health conditions, education and food, enters a first phase with the construction and rehabilitation of a set of facilities. Amongst these are the Health and Maternity Unit, construction of the Casa de Mãe Espera, a welcome centre for women in the final phase of pregnancy, collaboration with the District Government over the Metuchira School and rehabilitation of the area s dining facility to ensure one full daily meal is available to the population. Currently Prio has a programme fighting Aids under way in Metuchira, which includes awareness initiatives and training on the topic of sexually transmitted infections. This topic is particularly important for us at Prio because we have to bear in mind that Mozambique has 500,000 people who live with the Aids virus. It is impossible not to have an education initiative, says António Martins. Aside from these sessions, Prio has been training new educators among the local inhabitants, distributing informational material, handing out contraceptives and in the short-term implementing voluntary HIV testing at the company premises. For Prio s Board Member in Mozambique, Prio Agricultura Moçambique will have succeeded in its objectives if we ensure that our children do not regret lending us this Earth. We want a turning point in attitudes and ways of working regarding our commitment to sustainable development. HÁ VIDA PARA ALÉM DOS NEGÓCIOS THERE IS LIFE BESIDES BUSINESS O panorama social que a empresa encontrou em Moçambique rapidamente conduziu a acção da Prio para uma série de acções de intervenção social. O programa de responsabilidade social que elaborámos estabelece um conjunto de acções, dos recursos humanos, passando pela segurança até ao impacto no meio ambiente, com os quais queremos contribuir positivamente para o desenvolvimento sustentável da região, explica António Martins. Deste programa, onde se incluem acções direccionadas para os colaboradores da empresa, outras abrangendo a comunidade local, as grandes prioridades passam pela melhoria das condições higieno-sanitárias, através da reforma e construção de infra-estruturas adequadas; a prevenção de doenças pela disseminação de informação e acções de sensibilização na área da prevenção de doenças como o HIV e a malária; o estabelecimento de um programa de medicina no trabalho em cooperação com a Unidade Sanitária da Metuchira para que todos os colaboradores tenham acompanhamento do seu estado de saúde; a formação dos colaboradores promovendo a constituição de uma bolsa de mão-de-obra especializada de forma a elevar o nível de conhecimentos da população; a implementação do sistema de Gestão reduzindo ao máximo o impacto ambiental das actividades da Prio sobretudo através da utilização de tecnologia de ponta para o cultivo das culturas adoptadas. The social situation discovered by the company in Mozambique rapidly led Prio to create a series of social interventions. The social responsibility programme that we have drawn up establishes a set of activities, of human resources, from safety to environmental impact, through which we want to contribute positively to the region s sustainable development, explains António Martins. In this programme, which includes activities for the company staff, and others bringing in the local community, the main priorities are to improve the hygiene and health conditions, through reform and building of suitable infrastructure; preventing disease through disseminating information and awareness ini- tiatives on the subject of prevention of illnesses like HIV and malaria; setting up an occupational medicine programme in cooperation with the Metuchira Health Unit, so that all members of staff have their state of health monitored; training members of staff, creating a specialised workforce fund to raise the level of understanding in the population; implementing the management system, reducing as much as possible the environmental impact of Prio s activities, above all through use of state-of-the-art technology for cultivation of the crops chosen. mnews julho july 2009 n.02 15

16 PHOTO: Orbis Cooperação e Desenvolvimento A PRIO EM MOÇAMBIQUE PRIO IN MOZAMBIQUE O conceito de Desenvolvimento Sustentável, segundo a Comissão Mundial sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento da Organização das Nações Unidas, é um conjunto de processos e atitudes que atende às necessidades presentes sem comprometer a possibilidade de que as gerações futuras satisfaçam as suas próprias necessidades. A Declaração de Política de 2002 da Cúpula Mundial sobre o Desenvolvimento Sustentável, realizada em Joanesburgo, afirma que o Desenvolvimento Sustentável é construído sobre três pilares interdependentes e mutuamente sustentadores desenvolvimento económico, desenvolvimento social e protecção ambiental. The Sustainable Development concept, according to the UN World Environment and Development Committee, is a set of processes and attitudes that address present needs without compromising the possibility of future generations meeting their own needs. The Policy Declaration of 2002 from the World Summit for Sustainable Development in Johannesburg states that Sustainable Development is built on three interdependent and mutually supportive pillars economic development, social development, and environmental protection. Moçambique tem uma população de pouco mais de 20 milhões de habitantes que vivem em condições pouco favoráveis. O país continua a ser o território lusófono com mais pessoas infectadas com o vírus da SIDA, estimando-se que em 2007 existissem 1,5 milhões de moçambicanos atingidos, de acordo com o Relatório sobre a Epidemia Mundial do HIV/SIDA 2008, elaborado pelo Programa Conjunto das Nações Unidas para a doença (ONUSIDA). Dessas 1,5 milhões de pessoas infectadas que representam 12,5 por cento da população -, 100 mil são crianças e jovens com menos de 15 anos e 810 mil mulheres. A ONU indica ainda que, desde 2001, houve um aumento de 500 mil pessoas infectadas com SIDA em Moçambique. Relativamente ao número de mortes devido à doença, estima-se que tenha sido de 81 mil em A mesma organização revela ainda que existiam no ano passado 400 mil órfãos de SIDA até aos 17 anos em Moçambique, enquanto em 2001 esse número era de 120 mil. O relatório refere também que em algumas zonas de Moçambique regista-se um aumento da infecção pelo HIV em mulheres grávidas. A Prio SGPS está em Moçambique desde Fevereiro de 2008 em parceria com o Grupo Visabeira. Através desta joint-venture as duas empresas estão a desenvolver um projecto no negócio agrícola com especial enfoque na produção de cereais e oleaginosas. Com a experiência da Prio na área agrícola e o conhecimento profundo da Visabeira sobre Moçambique, esta parceria acena boas perspectivas para se tornar num investimento importante para o país, sobretudo para as comunidades locais. Mozambique has a population of a little over 20 million inhabitants, living in unfavourable conditions. It still has the highest incidence of infections from Aids of all the Portuguese-speaking countries, with 1.5 million Mozambicans thought to be infected in 2007, according to the 2008 Report on the Global Aids Epidemic, issued by the Joint United Nations Programme on HIV/Aids (UNAIDS). Of those 1.5 million infected individuals 12.5 per cent of the population 100,000 are children aged below 15 and 810,000 are women. The UN also says that since 2001, a further 500 thousand people have become infected with Aids in Mozambique. Regarding the number of deaths from the disease, 81,000 are estimated to have died in The UN also reveals that there were 400,000 Aids orphans aged below 17 last year in Mozambique, while in 2001 that number was 120,000. The report also mentions that in some parts of Mozambique, HIV infections among pregnant women have risen. Martifer Group has been in Mozambique since February 2008 in partnership with Visabeira Group. Through this joint venture, the two companies are working on a project in farming with a special focus on production of oils. With Prio s experience in farming and Visabeira s deep understanding of Mozambique, this partnership has bright prospects of becoming an important investment in the country, particularly for local communities. 16 mnews julho july 2009 n.02

17 Um certificado, uma casa e uma árvore One certificate, one house, one tree A Home Energy, juntamente com a ERA imobiliária e o Banco Popular apresentaram, em Julho, a campanha Uma casa, uma árvore, uma parceria na qual se comprometem a plantar uma árvore por cada casa transaccionada através da rede imobiliária ERA e que envolva o Certificado Energético efectuado pela Home Energy. No âmbito desta parceria estão também garantidos benefícios adicionais para os clientes compradores da ERA sempre que o respectivo crédito habitação seja contratado com o Banco Popular. Através desta campanha a Home Energy, juntamente com as parceiras de acção, pretende reforçar a sua responsabilidade ambiental compensando emissões de Dióxido de Carbono (CO2) e incentivando os seus clientes a tomarem medidas concretas para redução da sua pegada ecológica. Prevê-se que esta campanha compense cerca de toneladas de emissões de CO2, o equivalente às emissões de mais de 125 voltas ao Mundo num veículo ligeiro de passageiros. Durante o seu período de vida de 25 anos, cada árvore capta 250kg de CO2, equivalentes às emissões de 3,5 anos de iluminação de uma habitação em Portugal. Por cada casa transaccionada, uma árvore será plantada na margem esquerda da barragem de São Domingos pela Carbono Verde. Cada árvore terá o nome do cliente e pode ser visitada a qualquer altura. Para além da compensação de emissões através da plantação de uma árvore, esta campanha proporciona também aos clientes compradores, que encaminharem o seu crédito habitação para o Banco Popular, um crédito préaprovado de Eficiência Energética, a utilizar em produtos de marcas líderes de mercado em termos ecológicos e de eficiência energética. Os clientes compradores beneficiam igualmente da isenção das despesas de dossier na aquisição da sua casa e de um desconto de 50% na reemissão do Certificado Energético após concretização das melhorias propostas pela Home Energy. In July, Home Energy, together with ERA imobiliária and Banco Popular, presented the One house, one tree campaign, a partnership under which a tree is planted for each house sold through the ERA property network using Home Energy s Energy Certification. Under this partnership, customers buying from ERA enjoy extra benefits whenever they also take out a mortgage from Banco Popular. Through this campaign, Home Energy and its partners wish to strengthen their environmental responsibility, offsetting their Carbon Dioxide (CO2) emissions and encouraging their clients to take firm steps towards reducing their carbon footprint. This campaign is expected to offset around 1000 tonnes of CO2 emissions, the equivalent to over 125 round-the-world trips in a light passenger vehicle. Over a 25-year lifespan, each tree captures 250kg of CO2, equivalent to lighting a house in Portugal for 3.5 years. For each house sold, a tree will be planted on the left bank of the São Domingos dam by Carbono Verde. Each tree will bear the customer s name and may be visited at any time. Besides offsetting emissions by planting trees, this campaign offers home-buyers arranging their mortgage through Banco Popular pre-approved Energy Efficiency credit, to be used on market-leading brands in ecology and energy efficiency. Home-buyers also benefit from exemption from paperwork expenses in acquiring their house and a 50% discount on reissuing the Energy Certificate after making the improvements proposed by Home Energy. mnews julho july 2009 n.02 17

18 FEm foco In focus Proveitos operacionais recorde em 2008 Record operating profits in 2008 Em 2008 o Grupo alcançou os maiores proveitos operacionais da sua história, ultrapassando os 900 milhões de euros. As áreas de negócio do Grupo ligadas às energias renováveis foram as maiores responsáveis pelo crescimento dos proveitos do último ano. A taxa de crescimento média anual dos proveitos operacionais consolidados, nos últimos três anos, foi de 82%. Resultados que decorrem do crescimento de todas as áreas de negócio do Grupo, nomeadamente do contributo das operações internacionais. Actividades que cresce- ram significativamente ao longo do último ano, tendo representado já cerca de metade dos proveitos consolidados de Apesar do ano que passou estar na memória pelas piores razões, com a maioria das economias desenvolvidas a entrar em situação de recessão económica, a Martifer como organização global, presente em mais de 20 países, tem vindo a resistir da melhor forma ao impacto dos factores externos na rentabilidade da sua actividade, fruto da diversificação das operações, quer em termos de áreas de negócio quer em termos geográficos. Consciente dos enormes desafios que o Grupo e os seus clientes e fornecedores enfrentam actualmente, a Martifer vai continuar no sentido da gestão rigorosa e responsável dos interesses do Grupo Martifer no compromisso assumido com os accionistas, refere Carlos Martins, Presidente da Martifer, sublinhando o objectivo a seguir continuar a merecer a confiança dos que acreditam em nós e criar valor para os nossos stakeholders.. In 2008, the Group recorded its highest operating profits ever, reaching more than EUR 900 million. The Group s business areas working with renewable energies were the key drivers of profit growth last year. Consolidated operating income average annual growth was 82% over the last three years. These profits were driven by growth in all the Group s business areas, especially from the international operations contribution. These activities grew significantly over the last year, accounting for around half of 2008 s consolidated profits. Even though last year is remembered for the worst reasons, with most developed economies slipping into recession, as a global organization, present in over 20 countries, Martifer has largely resisted the impact of external factors on profitability within its area, due to the diversification of its operations, both in terms of business areas and geographies. Aware of the enormous challenges the Group and its clients and suppliers are facing currently, Martifer will continue in its rigorous and responsible management of the Martifer Group s interests as part of the commitment agreed with the shareholders, says Carlos Martins, President of Martifer, emphasising the objective to be followed, of continuing to earn the trust of those that believe in us and to create value for our stakeholders. CONFIANÇA DOMINA EXPECTATIVAS DE 2009 CONFIDENCE DOMINATES EXPECTATIONS IN 2009 Apesar da actual conjuntura, a administração da Martifer está confiante na solidez do modelo de desenvolvimento eleito e na capacidade de criação de valor a longo prazo. Estamos no caminho certo, acreditamos que o investimento em infra-estruturas, o reforço da capacidade de geração eléctrica, particularmente de fonte renovável, e a utilização de biocombustíveis como alternativa a combustíveis fósseis serão fomentadas pelas Autoridades Governamentais de vários países para combater a actual crise económica destaca Carlos Martins. Os resultados que o grupo apresentou no 1º trimestre de 2009 confirmam o optimismo. 18 mnews julho july 2009 n.02 Os proveitos operacionais consolidados dos primeiros três meses do ano ascenderam a 212 M, um crescimento de 33% face a igual período do ano passado. O crescimento resultou principalmente do enorme desenvolvimento da actividade na área de negócio de Equipamentos para Energia e da Agricultura e Biocombustíveis. Despite the current circumstances, the Martifer administration is confident in the robustness of the development model they chose and in the ability to create value over the long term. We are on the right track. We believe that the government authorities of various countries will encourage investment in infrastructure, the strengthening of electricity generation capacity, particularly from renewable sources, and the use of biofuels as an alternative to fossil fuels, to fight the current economic crisis, says Carlos Martins. The profits presented by the Group in the 1st quarter of 2009 confirm this optimism. The consolidated operating income of the first three months of the year reached EUR 212 m, which is growth of 33% versus the same period last year. The growth largely came as a result of the considerable development in the Energy and Agriculture & Biofuels Equipment business areas.

19

20 O desempenho das áreas de negócio em 2008 Performance of the business areas in 2008 CONSTRUÇÃO METÁLICA CRESCE FORA DA PENÍNSULA IBÉRICA METALLIC CONSTRUCTION GROWS OUTSIDE THE IBERIAN PENINSULA taxa de crescimento de 9% face a Para este crescimento contribuíram as novas geografias (essencialmente Europa Central, Irlanda e Angola), que viram o seu contributo para os Proveitos operacionais aumentar em detrimento da Península Ibérica. Os mercados fora da Península Ibérica representaram 34% dos proveitos operacionais, face aos 14% em A estratégia de diversificação geográfica, nomeadamente para mercados com maiores taxas de crescimento como Europa Central e Angola, permitiu manter uma evolução positiva no volume negócios em 2008 e minimizar a desaceleração sentida dos mercados mais maduros. Em 2008 esta área de negócio concluiu a instalação da fábrica em Calarasi, Roménia, arrancou com a construção das fábricas de estruturas metálicas, alumínios e inox em Angola e iniciou a expansão para a Austrália através da aquisição da Sassal. Os proveitos operacionais ascenderam a 323,6 milhões de euros, o que corresponde a uma The geographic diversification strategy, specifically to markets with higher growth rates like Central Europe and Angola, meant business increased in 2008 and minimised the slow-down felt in the more mature markets. In 2008, this business area completed the factory installation in Calarasi, Romania, started construction of the metallic structures, aluminium and stainless steel factories in Angola, and began the expansion to Australia through the acquisition of Sassal. Operating profits reached EUR 323,6 million, which is 9% up on The new geographies contributed to this growth (mainly Central Europe, Ireland and Angola), whose contribution increased operating profits, offsetting the Iberian Peninsula performance. The markets outside the Iberian Peninsula represented 34% of operating profits, versus 14% in EQUIPAMENTOS PARA ENERGIA FOI A ÁREA COM MAIOR CRESCIMENTO EQUIPMENT FOR ENERGY WAS THE AREA SHOWING FASTEST GROWTH Esta área de negócio teve um ano notável, concluíram-se os investimentos assumidos pela Martifer no âmbito dos compromissos da instalação do cluster eólico em Portugal, com destaque para o aumento de capacidade instalada na fábrica de torres eólicas e a construção das fábricas de assemblagem de aerogeradores e de componentes para aerogeradores. No segmento solar, foi concluída e entrou em produção, no último trimestre do ano, a fábrica de módulos fotovoltaicos, com uma capacidade instalada inicial de 50 MW por ano. Em 2008, a área de negócio de Equipamentos para Energia obteve proveitos operacionais de 313,5 milhões de euros, registando um crescimento de 176% face ao exercício anterior. O investimento total ascendeu a 51 milhões de euros, com destaque para a ampliação da fábrica de torres, as novas unidades industriais de componentes para aerogeradores eólicos, a fábrica de assemblagem de aerogeradores e a unidade de produção de módulos fotovoltaicos. This business area had a remarkable year. Martifer s investments in the wind cluster installation in Portugal reached their conclusion, among which the increase in installed capacity in the wind tower factory and the building of the wind turbine and components assembly plants were key. In the solar segment, the photovoltaic module factory was completed and on line in the last quarter of the year, with an initial installed capacity of 50 MW per year. In 2008, the Equipment for Energy business area achieved operating profits of EUR million, posting growth of 176% versus the previous year. Total investment reached EUR 51 million, driven principally by the enlargement of the tower factory, the new industrial units for wind turbine components, the turbine assembly plant and the photovoltaic module production unit. 20 mnews julho july 2009 n.02

Guião M. Descrição das actividades

Guião M. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Inovação Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: O Mundo do trabalho Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO Guião M Intervenientes

Leia mais

Descrição das actividades

Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Em Acção Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho Duração da prova: 15 a 20 minutos Guião D 1.º MOMENTO Intervenientes

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação. Por. Ana Margarida Nisa Vintém

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação. Por. Ana Margarida Nisa Vintém UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação Relatório de estágio apresentado à Universidade Católica Portuguesa para obtenção do

Leia mais

GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO

GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO PROJECTO PROVAS EXPERIMENTAIS DE EXPRESSÃO ORAL DE LÍNGUA ESTRANGEIRA - 2005-2006 Ensino Secundário - Inglês, 12º ano - Nível de Continuação 1 1º Momento GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO

Leia mais

GUIÃO A. Ano: 9º Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho. 1º Momento. Intervenientes e Tempos. Descrição das actividades

GUIÃO A. Ano: 9º Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho. 1º Momento. Intervenientes e Tempos. Descrição das actividades Ano: 9º Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho GUIÃO A 1º Momento Intervenientes e Tempos Descrição das actividades Good morning / afternoon / evening, A and B. For about three minutes, I would like

Leia mais

Guião A. Descrição das actividades

Guião A. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Ponto de Encontro Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO

Leia mais

Cerimónia de Entrega do CERR no Instituto de Seguros de Portugal

Cerimónia de Entrega do CERR no Instituto de Seguros de Portugal The future debate on occupational pensions in continental Europe will no longer solely depend on the economic efficiency values of these pensions but on their role in social protection model Yves Stevens,

Leia mais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais BEM VINDO AO MUNDO RANGEL WELCOME TO RANGEL WORLD Atividade Aduaneira Customs Broker Transporte Marítimo Sea Freight ESPANHA SPAIN Transporte Aéreo Air Freight Expresso Internacional FedEx International

Leia mais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais BEM VINDO AO MUNDO RANGEL WELCOME TO RANGEL WORLD Toda uma organização ao seu serviço! Constituídos em 1980 por Eduardo Rangel, rapidamente marcámos

Leia mais

Preposições em Inglês: www.napontadalingua.hd1.com.br

Preposições em Inglês: www.napontadalingua.hd1.com.br Preposições na língua inglesa geralmente vem antes de substantivos (algumas vezes também na frente de verbos no gerúndio). Algumas vezes é algo difícil de se entender para os alunos de Inglês pois a tradução

Leia mais

Searching for Employees Precisa-se de Empregados

Searching for Employees Precisa-se de Empregados ALIENS BAR 1 Searching for Employees Precisa-se de Empregados We need someone who can prepare drinks and cocktails for Aliens travelling from all the places in our Gallaxy. Necessitamos de alguém que possa

Leia mais

TUTORIA INTERCULTURAL NUM CLUBE DE PORTUGUÊS

TUTORIA INTERCULTURAL NUM CLUBE DE PORTUGUÊS UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE PSICOLOGIA E DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO TUTORIA INTERCULTURAL NUM CLUBE DE PORTUGUÊS SANDRA MARIA MORAIS VALENTE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO EM CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO Área de

Leia mais

Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios

Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE LETRAS DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios Sandra Sofia Brito da Silva Dissertação

Leia mais

// gaiato private label

// gaiato private label // gaiato private label // a empresa // the company A Calçado Gaiato é uma empresa prestadora de serviços no setor de calçado, criada em 2000 por Luís Pinto Oliveira e Mário Pinto Oliveira, sócios-fundadores

Leia mais

GRUPNOR A ENGENHARIA AO SERVIÇO DOS TRANSPORTES VERTICAIS. Design and Quality

GRUPNOR A ENGENHARIA AO SERVIÇO DOS TRANSPORTES VERTICAIS. Design and Quality GRUPNOR A ENGENHARIA AO SERVIÇO DOS TRANSPORTES VERTICAIS Design and Quality G A GRUPNOR é uma empresa Portuguesa com mais de três décadas de existência. É uma marca de referência no mercado dos elevadores,

Leia mais

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho Título: Direção e Taxa (Velocidade) de Acumulação de Capacidades Tecnológicas: Evidências de uma Pequena Amostra de Empresas de Software no Rio de Janeiro, 2004 Autor(a): Eduardo Coelho da Paz Miranda

Leia mais

A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores

A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores Tese de Mestrado em Gestão Integrada de Qualidade, Ambiente e Segurança Carlos Fernando Lopes Gomes INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS Fevereiro

Leia mais

Gerenciamento de projetos SMART GRID

Gerenciamento de projetos SMART GRID Gerenciamento de projetos SMART GRID OBJETIVO Em razão da (o): Grandiosidade e complexidade dos projetos SMART GRID Contexto econômico local e global vs. QUALIDADE dos serviços públicos. p Exigências de

Leia mais

Erasmus Student Work Placement

Erasmus Student Work Placement Erasmus Student Work Placement EMPLOYER INFORMATION Name of organisation Address Post code Country SPORT LISBOA E BENFICA AV. GENERAL NORTON DE MATOS, 1500-313 LISBOA PORTUGAL Telephone 21 721 95 09 Fax

Leia mais

Inglês. Guião. Teste Intermédio de Inglês. Parte IV Interação oral em pares. Teste Intermédio

Inglês. Guião. Teste Intermédio de Inglês. Parte IV Interação oral em pares. Teste Intermédio Teste Intermédio de Inglês Parte IV Interação oral em pares Teste Intermédio Inglês Guião Duração do Teste: 10 a 15 minutos De 25.02.2013 a 10.04.2013 9.º Ano de Escolaridade D TI de Inglês Página 1/ 7

Leia mais

Relatório de Acção Action Report

Relatório de Acção Action Report Relatório de Acção Action Report CasA+ Building Codes 17 Novembro Expo Energia 09 16 de Dezembro de 2009 Data: 17 Novembro Título: Casas dos anos 70 e 90 revelam mais ineficiência energética Meio: Rádio

Leia mais

Visitor, is this is very important contact with you. WATH DO WE HERE?

Visitor, is this is very important contact with you. WATH DO WE HERE? Visitor, is this is very important contact with you. I m Gilberto Martins Loureiro, Piraí s Senior Age Council President, Rio de Janeiro State, Brazil. Our city have 26.600 habitants we have 3.458 senior

Leia mais

Comportamento do Shopper no Varejo

Comportamento do Shopper no Varejo Seminário GVcev Comportamento do Shopper no Varejo Case Dafiti Malte Huffmann A Dafiti traz alegria na hora de comprar We deliver fashion & lifestyle products conveniently and accessibly at one click This

Leia mais

10 Edição. Um dos maiores eventos de moda de África / One of the biggest fashion show in Africa

10 Edição. Um dos maiores eventos de moda de África / One of the biggest fashion show in Africa a 10 Edição Um dos maiores eventos de moda de África / One of the biggest fashion show in Africa 10 a Edição Retorno ao Patrocinador / Return Primeiramente ter a imagem de sua marca/produto aliada a um

Leia mais

Teixeira Duarte Distribuição Teixeira Duarte Distribution. Marcas representadas Represented brands. Aposta na competência Focus on competence

Teixeira Duarte Distribuição Teixeira Duarte Distribution. Marcas representadas Represented brands. Aposta na competência Focus on competence Teixeira Duarte Distribuição Teixeira Duarte Distribution Marcas representadas Represented brands Aposta na competência Focus on competence Mercados de atuação Marketplaces Angola Angola Brasil Brazil

Leia mais

Câmbio MONEY CHANGER. I d like to exchange some money. Gostaria de cambiar um pouco de dinheiro. Where can I find a money changer?

Câmbio MONEY CHANGER. I d like to exchange some money. Gostaria de cambiar um pouco de dinheiro. Where can I find a money changer? MONEY CHANGER Câmbio I d like to exchange some money. Where can I find a money changer? Gostaria de cambiar um pouco de dinheiro. Onde posso encontrar um câmbio? I d like to exchange (I would) Where can

Leia mais

Local & Regional Development. Expanding the positive impacts of mining projects

Local & Regional Development. Expanding the positive impacts of mining projects Local & Regional Development Expanding the positive impacts of mining projects Defining local and regional development Factors: Economic Social Specific to communities Need for ongoing consultations Link

Leia mais

Project Management Activities

Project Management Activities Id Name Duração Início Término Predecessoras 1 Project Management Activities 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 2 Plan the Project 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 3 Define the work 15 dias Sex 05/10/12

Leia mais

As Novas Formas de Financiamento da Economia

As Novas Formas de Financiamento da Economia As Novas Formas de Financiamento da Economia Francisco Fonseca Vice-Presidente ANJE 2º CONGRESSO DAS EMPRESAS E DAS ACTIVIDADES ECONÓMICAS - LISBOA O que são? Formas alternativas de financiamento incluem

Leia mais

The Brazil United States Consumer Product Safety Conference Brazil United States Joint Press Statement June 10, 2011 Rio de Janeiro, Brazil Common Interests Ensuring a high level of consumer product safety

Leia mais

O QUE É INOVAÇÃO SOCIAL?

O QUE É INOVAÇÃO SOCIAL? O QUE É INOVAÇÃO SOCIAL? Ela está presente em diferentes temas hospices innovation camp fair trade therapeutic communities production schools social innovation corporate universities congestion charging

Leia mais

REAL ESTATE MARKET IN BRAZIL

REAL ESTATE MARKET IN BRAZIL REAL ESTATE MARKET IN BRAZIL JOÃO CRESTANA President of Secovi SP and CBIC National Commission of Construction Industry SIZE OF BRAZIL Population distribution by gender, according to age group BRAZIL 2010

Leia mais

SAP anuncia resultados do Segundo Trimestre de 2009

SAP anuncia resultados do Segundo Trimestre de 2009 SAP anuncia resultados do Segundo Trimestre de 2009 A SAP continua a demonstrar um forte crescimento das suas margens, aumentando a previsão, para o ano de 2009, referente à sua margem operacional Non-GAAP

Leia mais

ACFES MAIORES DE 23 ANOS INGLÊS. Prova-modelo. Instruções. Verifique se o exemplar da prova está completo, isto é, se termina com a palavra FIM.

ACFES MAIORES DE 23 ANOS INGLÊS. Prova-modelo. Instruções. Verifique se o exemplar da prova está completo, isto é, se termina com a palavra FIM. ACFES MAIORES DE 23 ANOS INGLÊS Prova-modelo Instruções Verifique se o exemplar da prova está completo, isto é, se termina com a palavra FIM. A prova é avaliada em 20 valores (200 pontos). A prova é composta

Leia mais

Bárbara Rodrigues da Silva 3ALEN, 2015

Bárbara Rodrigues da Silva 3ALEN, 2015 Pets reality There are about 30 millions abandoned pets only in Brazil. Among these amount, about 10 millions are cats and the other 20 are dogs, according to WHO (World Health Organization). In large

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS

CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS UMA VANTAGEM COMPETITIVA COM A TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS AMANDA ZADRES DANIELA LILIANE ELIANE NUNES ELISANGELA MENDES Guarulhos

Leia mais

Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese

Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese Portuguese Lesson A Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese Story Time is a program designed for students who have already taken high school or college courses or students who have completed other

Leia mais

Educação Vocacional e Técnica nos Estados Unidos. Érica Amorim Simon Schwartzman IETS

Educação Vocacional e Técnica nos Estados Unidos. Érica Amorim Simon Schwartzman IETS Educação Vocacional e Técnica nos Estados Unidos Érica Amorim Simon Schwartzman IETS Os principais modelos Modelo europeu tradicional: diferenciação no secundário entre vertentes acadêmicas e técnico-profissionais

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 75/2013

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 75/2013 PASSO A PASSO DO DYNO Ao final desse passo a passo você terá o texto quase todo traduzido. Passo 1 Marque no texto as palavras abaixo. (decore essas palavras, pois elas aparecem com muita frequência nos

Leia mais

Enquadramento. Análise e prospeção das vendas em ecommerce (mundial) EUA - E-COMMERCE

Enquadramento. Análise e prospeção das vendas em ecommerce (mundial) EUA - E-COMMERCE E-COMMERCE nos EUA EUA - E-COMMERCE Enquadramento Análise e prospeção das vendas em ecommerce (mundial) http://www.statista.com/statistics/261245/b2c-e-commercesales-worldwide/ EUA - E-COMMERCE Enquadramento

Leia mais

EMPREENDEDORISMO JOVEM EM CABO VERDE: necessidades e oportunidades

EMPREENDEDORISMO JOVEM EM CABO VERDE: necessidades e oportunidades Ana Teresa Dias Valente Marline Morais Conceição Vieira de Carvalho Ana Teresa Dias Valente Morais EMPREENDEDORISMO JOVEM EM CABO VERDE: necessidades e oportunidades Dissertação de Mestrado em Intervenção

Leia mais

Cultural Identity of Young Volunteers Differences and understanding Empowering People. Volunteer Profile Questionnaire

Cultural Identity of Young Volunteers Differences and understanding Empowering People. Volunteer Profile Questionnaire Volunteer Profile Questionnaire 1 Índice 1 VOLUNTEER PROFILE QUESTIONNAIRE... 1.1 Country... 1. AGE... 1. GENDER... 1..1 GENDER vs... 1. Qualification... 1..1 QUALIFICATION GREECE VS PORTUGAL... 1. Are

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 14/2014

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 14/2014 TEXTO Brazil Leads Decline Among World's Biggest Companies THE losses OF São Paulo's stock market AND THE decline OF Brazil's real made Brazilian companies THE biggest losers among THE world's major companies,

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO. Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO. Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática São Paulo 2010 JOÃO FÁBIO PORTO Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática

Leia mais

GUIÃO A. What about school? What s it like to be there/here? Have you got any foreign friends? How did you get to know them?

GUIÃO A. What about school? What s it like to be there/here? Have you got any foreign friends? How did you get to know them? GUIÃO A Prova construída pelos formandos e validada pelo GAVE, 1/7 Grupo: Chocolate Disciplina: Inglês, Nível de Continuação 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas 1º Momento Intervenientes

Leia mais

StartMeUp - Powered by U.S. Embassy Portugal 2013 (STARTMEUP) Regulamento. Artigo 1.º Organização e objectivos

StartMeUp - Powered by U.S. Embassy Portugal 2013 (STARTMEUP) Regulamento. Artigo 1.º Organização e objectivos StartMeUp - Powered by U.S. Embassy Portugal 2013 (STARTMEUP) Regulamento Artigo 1.º Organização e objectivos 1. O STARTMEUP é uma iniciativa organizada conjuntamente pela Embaixada dos Estados Unidos

Leia mais

Um conceito exclusivo de Decoração de Interiores An exclusive concept of Interior Design

Um conceito exclusivo de Decoração de Interiores An exclusive concept of Interior Design Um conceito exclusivo de Decoração de Interiores An exclusive concept of Interior Design 01 - Lista de Casamentos - Desenhos: Concepts, boarders e 3D 02 Ideais Casa&Cpa TheVintageHouseCompany Enquadramento

Leia mais

OFFICE. Office Background

OFFICE. Office Background OFFICE Office Background Since it was founded in 2001, steady growth has been registered by the office in the Brazilian market of corporate law, a field in which our services are exemplary. The consolidation

Leia mais

PRESS RELEASE. Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo

PRESS RELEASE. Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo PRESS RELEASE 8 de Dezembro de 2009 Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo FNABA representou Portugal, em Pequim (China), na First Global Conference da World Business

Leia mais

Acelerar o desenvolvimento das cidades inteligentes em Portugal. Concurso Cidades Analíticas 2015 Urban Analytics Award 2015

Acelerar o desenvolvimento das cidades inteligentes em Portugal. Concurso Cidades Analíticas 2015 Urban Analytics Award 2015 Cidades Analíticas Acelerar o desenvolvimento das cidades inteligentes em Portugal Concurso Cidades Analíticas 2015 Urban Analytics Award 2015 Apresentação da candidatura: Candidato Luis Maia Oliveira

Leia mais

Novos Economistas 2012 Saídas Profissionais em Tempo de Crise. - Carlos Paz Professor Associado ISG -

Novos Economistas 2012 Saídas Profissionais em Tempo de Crise. - Carlos Paz Professor Associado ISG - Novos Economistas 2012 Saídas Profissionais em Tempo de Crise - Carlos Paz Professor Associado ISG - Agenda Introdução O Tempo de Crise Debate sobre saídas profissionais Conclusões 2 Accenture Accenture:

Leia mais

Prova Oral de Inglês Duração da Prova: 20 a 25 minutos 2013/2014. 1.º Momento. 4 (A), are you a health-conscious person?

Prova Oral de Inglês Duração da Prova: 20 a 25 minutos 2013/2014. 1.º Momento. 4 (A), are you a health-conscious person? Prova Oral de Inglês Duração da Prova: 20 a 25 minutos 2013/2014 GUIÃO A Disciplina: Inglês, Nível de Continuação 11.º ano Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho 1.º Momento Intervenientes e Tempos

Leia mais

Conteúdo Programático Anual

Conteúdo Programático Anual INGLÊS 1º BIMESTRE 5ª série (6º ano) Capítulo 01 (Unit 1) What s your name? What; Is; My, you; This; Saudações e despedidas. Capítulo 2 (Unit 2) Who s that? Who; This, that; My, your, his, her; Is (afirmativo,

Leia mais

CONTRIBUTO DO DESIGN PARA A MODERNIZAÇÃO DOS SERVIÇOS PÚBLICOS PORTUGUESES. SEMINÁRIO INTERNACIONAL Lisboa, 19 de Junho de 2015

CONTRIBUTO DO DESIGN PARA A MODERNIZAÇÃO DOS SERVIÇOS PÚBLICOS PORTUGUESES. SEMINÁRIO INTERNACIONAL Lisboa, 19 de Junho de 2015 CONTRIBUTO DO DESIGN PARA A MODERNIZAÇÃO DOS SERVIÇOS PÚBLICOS PORTUGUESES SEMINÁRIO INTERNACIONAL Lisboa, 19 de Junho de 2015 Introdução (I) Apesar de em Portugal até ao momento não existirem exemplos

Leia mais

TRABALHO DIGNO EMPREGOS VERDES Amílcar Ramos. 16 Junho de 2011

TRABALHO DIGNO EMPREGOS VERDES Amílcar Ramos. 16 Junho de 2011 TRABALHO DIGNO EMPREGOS VERDES Amílcar Ramos 16 Junho de 2011 CGTP-IN 1 Grandes pontos a abordar 1.Conceito e pilares da sustentabilidade 2.Responsabilidades das empresas / Gestores 3.Qualidade do trabalho

Leia mais

assumptions of that particular strengthening the participation of families and local communities in the strategic direction of schools, not taking

assumptions of that particular strengthening the participation of families and local communities in the strategic direction of schools, not taking Agradecimentos A dissertação do Mestrado que adiante se apresenta resulta na concretização de um projecto que me parecia difícil mas não impossível de alcançar. Foram meses seguidos de trabalho de investigação,

Leia mais

WORKING CHILDREN. a) How many children in Britain have part-time jobs?. b) What do many Asian children do to make money in Britain?.

WORKING CHILDREN. a) How many children in Britain have part-time jobs?. b) What do many Asian children do to make money in Britain?. Part A I. TEXT. WORKING CHILDREN Over a million school children in Britain have part-time Jobs. The number is growing, too. More and more teenagers are working before school, after school or on weekends.

Leia mais

1. Out of 61 African territories, of which 53 are independent, how many of them are considered never have been colonized?

1. Out of 61 African territories, of which 53 are independent, how many of them are considered never have been colonized? Africa Em que pensas quando lês a palavra África? Que imagens, pensamentos ou idéias vêm à tua mente? Que preconceitos ou estereótipos constróis em seu torno? Quantos deles são realmente verdade? What

Leia mais

www.slippers4hotel.com

www.slippers4hotel.com www.slippers4hotel.com SLIPPERS4HOTEL é uma marca inovadora, criada para marcar a diferença no fornecimento de chinelos. Acima de tudo, pretendemos a satisfação dos nossos clientes, pelo que temos grande

Leia mais

Modelos de cartas. Índice. 1. Modelo de carta acompanhando um documento - Português. pág. 1. 2. Modelo de carta acompanhando um documento - Inglês

Modelos de cartas. Índice. 1. Modelo de carta acompanhando um documento - Português. pág. 1. 2. Modelo de carta acompanhando um documento - Inglês verlag dashofer Edições Profissionais R. Braamcamp n.º 13 2.º 1250-049 Lisboa Tel.: 21 310 19 00 21 315 25 97 Email: info@dashofer.pt Web: www.dashofer.pt Índice 1. Modelo de carta acompanhando um documento

Leia mais

Types of Investments: Equity (9 companies) Convertible Notes (10 companies)

Types of Investments: Equity (9 companies) Convertible Notes (10 companies) IMPACT INVESTING WE STARTED... A Venture Capital Fund Focused on Impact Investing Suport: Financial TA Criterias to select a company: Social Impact Profitabilty Scalability Investment Thesis (Ed, HC,

Leia mais

Consórcio do Politecnico di Milano. Fevereiro 2013

Consórcio do Politecnico di Milano. Fevereiro 2013 Consórcio do Politecnico di Milano Fevereiro 2013 DESIGN DEFINITIONS SENAI & POLI.design Fevereiro 2013 Design como uma atividade específica no processo de P&D que visa a projetação dos aspectos funcionais

Leia mais

CI&T Business Agility Gestão de Projetos & Inovação

CI&T Business Agility Gestão de Projetos & Inovação CI&T Business Agility Gestão de Projetos & Inovação Aminadab Nunes aminadab@ciandt.com Sobre a Ci&T Empresa CMMI- 5 especializada em consultoria e outsourcing de aplicações voltadas para agilidade nos

Leia mais

DIMINUIÇÃO DO ISOLAMENTO PEDAGÓGICO DO FORMADOR

DIMINUIÇÃO DO ISOLAMENTO PEDAGÓGICO DO FORMADOR DINA MARIA DELGADO LOURO DIMINUIÇÃO DO ISOLAMENTO PEDAGÓGICO DO FORMADOR Dissertação apresentada para a obtenção do grau de Mestre em Ciências de Educação, área de especialização em Supervisão Pedagógica

Leia mais

Dimensão do Setor* O tabaco brasileiro. Sector's Dimension* 186.000. 376.000 Brazilian tobacco 739.000. R$ 4,4 bilhões* 30.000

Dimensão do Setor* O tabaco brasileiro. Sector's Dimension* 186.000. 376.000 Brazilian tobacco 739.000. R$ 4,4 bilhões* 30.000 O tabaco brasileiro A importância sócio-econômica do tabaco para a região Sul do Brasil é indiscutível. Os números do setor demonstram claramente porque o Brasil se destaca no cenário mundial, ocupando

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA SUBDIVISÃO DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO

COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA SUBDIVISÃO DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO Questão: 26 30 41 A questão 26 do código 02, que corresponde à questão 30 do código 04 e à questão 41 do código 06 Nº de Inscrição: 2033285 2041257 2030195 2033529 2032517 2080361 2120179 2120586 2037160

Leia mais

My English Language Passport

My English Language Passport My English Language Passport Personal information First name: Address: Surname: Date of birth: First language: Languages spoken: Email address: English learnt at school Type of school Primary school Number

Leia mais

Treinamento para Pais Cidadania digital No Nível Fundamental. Parent Academy Digital Citizenship. At Elementary Level

Treinamento para Pais Cidadania digital No Nível Fundamental. Parent Academy Digital Citizenship. At Elementary Level Parent Academy Digital Citizenship At Elementary Level Treinamento para Pais Cidadania digital No Nível Fundamental Pan American School of Bahia March 18 and 29, 2016 Digital Citizenship Modules Cyberbullying

Leia mais

personal details profile

personal details profile personal details name: Paulo Vitor Fernandes Bastos nationality: Brazilian / Portuguese date of birth: 02/27/1987 e-mail: paulovitorfb@gmail.com phone: +55 (21) 99777-4854 portfolio: www.pvbastos.com profile

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 74/2013

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 74/2013 PASSO A PASSO DO DYNO Ao final desse passo a passo você terá o texto quase todo traduzido. Passo 1 Marque no texto as palavras abaixo. (decore essas palavras, pois elas aparecem com muita frequência nos

Leia mais

Murillo de Andrade Berti 4ALEN, 2015

Murillo de Andrade Berti 4ALEN, 2015 No work! No school! In its latest paper, IBGE pointed to a significant growth of a part of young Brazilians who neither work or study: so called "No-No Generation". The most recent National Research revealed

Leia mais

MIT Portugal Program Engineering systems in action

MIT Portugal Program Engineering systems in action MIT Portugal Program Engineering systems in action Paulo Ferrão, MPP Director in Portugal Engineering Systems: Achievements and Challenges MIT, June 15-17, 2009 Our knowledge-creation model An Engineering

Leia mais

Proposta de Parceria. European BEST Engineering Competition, Portugal, 2015

Proposta de Parceria. European BEST Engineering Competition, Portugal, 2015 Proposta de Parceria European BEST Engineering Competition, Portugal, 2015 Índice Projeto EBEC 3 EBEC Portugal 9 Propostas 11 BEST 21 European BEST Engineering Competition Portugal 2015 2 Projeto EBEC

Leia mais

ELEnA European Local ENergy Assistance

ELEnA European Local ENergy Assistance ECO.AP Programa de Eficiência Energética na Administração Pública ELEnA European Local ENergy Assistance Lisboa, 6/03/2015 Desafios 1 Conhecimento: a) Edifícios/equipamentos; b) Capacidade técnica; c)

Leia mais

Teoria Económica Clássica e Neoclássica

Teoria Económica Clássica e Neoclássica Teoria Económica Clássica e Neoclássica Nuno Martins Universidade dos Açores Jornadas de Estatística Regional 29 de Novembro, Angra do Heroísmo, Portugal Definição de ciência económica Teoria clássica:

Leia mais

Compartilhando Energia Humana. Sharing Human Energy

Compartilhando Energia Humana. Sharing Human Energy Compartilhando Energia Humana Sharing Human Energy A Chevron Brasil tem como estratégia e valor um plano de investimento social voltado para o incentivo à qualificação profissional e ao empreendedorismo

Leia mais

A AUSTERIDADE CURA? A AUSTERIDADE MATA?

A AUSTERIDADE CURA? A AUSTERIDADE MATA? A AUSTERIDADE CURA? A AUSTERIDADE MATA? 29.Nov.2013 Financiamento Sector público é a principal fonte de financiamento de cuidados de saúde. Apenas EUA e México apresentam menos de 50% de financiamento

Leia mais

BRIGHAM AND EHRHARDT PDF

BRIGHAM AND EHRHARDT PDF BRIGHAM AND EHRHARDT PDF ==> Download: BRIGHAM AND EHRHARDT PDF BRIGHAM AND EHRHARDT PDF - Are you searching for Brigham And Ehrhardt Books? Now, you will be happy that at this time Brigham And Ehrhardt

Leia mais

Inovação e Empreendedorismo

Inovação e Empreendedorismo Inovação e Empreendedorismo Kami Saidi Diretor de Operações & Sustentabilidade HP Brasil 09-maio-13 HP Commitment Many assume, wrongly, that a company exists simply to make money... the real reason HP

Leia mais

JOSE GABRIEL REGO. Resumo. Especializações. Experiência. Assistant Card Manager at Grupo Banco Popular jgrego@netcabo.pt

JOSE GABRIEL REGO. Resumo. Especializações. Experiência. Assistant Card Manager at Grupo Banco Popular jgrego@netcabo.pt JOSE GABRIEL REGO jgrego@netcabo.pt Resumo My main objective is to develop my career in order to deepen the experience I accumulated over the years based in the development of practical and theoretical

Leia mais

Tecnologia e Inovação na era da Informação

Tecnologia e Inovação na era da Informação Tecnologia e Inovação na era da Informação Cezar Taurion Executivo de Novas Tecnologias Chief Evangelist ctaurion@br.ibm.com TUDO EM TEMPO REAL TECNOLOGIA PERVASIVA E COMPUTAÇÃO SOCIAL A SOCIEDADE HIPERCONECTADA

Leia mais

e-lab: a didactic interactive experiment An approach to the Boyle-Mariotte law

e-lab: a didactic interactive experiment An approach to the Boyle-Mariotte law Sérgio Leal a,b, João Paulo Leal a,c Horácio Fernandes d a Departamento de Química e Bioquímica, FCUL, Lisboa, Portugal b Escola Secundária com 3.º ciclo Padre António Vieira, Lisboa, Portugal c Unidade

Leia mais

Altos Níveis de Estoque nas Indústrias de Conexões de PVC

Altos Níveis de Estoque nas Indústrias de Conexões de PVC Altos Níveis de Estoque nas Indústrias de Conexões de PVC Junior Saviniec Ferreira; Letícia Stroparo Tozetti Faculdade Educacional de Araucária RESUMO O problema de estoque elevado é cada vez menos frequente

Leia mais

Carreiras e a Nova Geração Produtiva: Quais as Expectativas de Carreira de Jovens Profissionais?

Carreiras e a Nova Geração Produtiva: Quais as Expectativas de Carreira de Jovens Profissionais? Patrícia Freitas de Sá Carreiras e a Nova Geração Produtiva: Quais as Expectativas de Carreira de Jovens Profissionais? Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa de Pósgraduação em Administração

Leia mais

egovernment The Endless Frontier

egovernment The Endless Frontier CENTRO DE GESTÃO DA REDE INFORMÁTICA DO GOVERNO (Management Center for the Electronic Government Network) egovernment The Endless Frontier Alexandre Caldas 29 th June 2010 Summary VISION AND LEADERSHIP

Leia mais

A Institucionalização da Pessoa Idosa

A Institucionalização da Pessoa Idosa UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Ciências Sociais e Humanas A Institucionalização da Pessoa Idosa Ana Paula Leite Pereira de Carvalho Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Empreendedorismo e Serviço

Leia mais

3 o ANO ENSINO MÉDIO. Prof. a Christiane Mourão Prof. a Cláudia Borges

3 o ANO ENSINO MÉDIO. Prof. a Christiane Mourão Prof. a Cláudia Borges 3 o ANO ENSINO MÉDIO Prof. a Christiane Mourão Prof. a Cláudia Borges Unidade II Science Health and nature 2 Aula 5.1 Conteúdos Phrasal Verbs in texts 3 Habilidade Identificar os phrasal verbs em textos

Leia mais

Planeamento Estratégico. Estratégia, as Pessoas e a Melhoria Contínua

Planeamento Estratégico. Estratégia, as Pessoas e a Melhoria Contínua Planeamento Estratégico Estratégia, as Pessoas e a Melhoria Contínua AGENDA 1. O Grupo Martifer 2. As Pessoas 4. A Estratégia 5. Monitorização Ferramenta Balance Scord Card 2 GRUPO MARTIFER Dimensão: Mais

Leia mais

APRESENTAÇÃO WWW.KEYRESEARCH-AO.COM

APRESENTAÇÃO WWW.KEYRESEARCH-AO.COM MONITORIZAÇÃO DE MEDIA APRESENTAÇÃO ÍNDICE 01. 02. 03. 04. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA SISTEMA MONITORIZAÇÃO DE CAMPANHA INVESTIMENTO PUBLICITÁRIO 01. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA 01. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA A

Leia mais

ST. PAUL S SCHOOL. To be considered Charity of the Year applicants should meet the following requirements:

ST. PAUL S SCHOOL. To be considered Charity of the Year applicants should meet the following requirements: ST. PAUL S SCHOOL CHARITY OF THE YEAR APPLICATION FORM How to apply for funding 1. Application - Requirements and Conditions To be considered Charity of the Year applicants should meet the following requirements:

Leia mais

Sistemas de certificação da qualidade nas instituições de respostas sociais

Sistemas de certificação da qualidade nas instituições de respostas sociais Sistemas de certificação da qualidade nas instituições de respostas sociais 1 Sistemas de certificação da qualidade nas instituições de respostas sociais Susana Lucas susana.lucas@estbarreiro.ips.pt Instituto

Leia mais

Organização Sete de Setembro de Cultura e Ensino - LTDA Faculdade Sete de Setembro FASETE Bacharelado em Administração

Organização Sete de Setembro de Cultura e Ensino - LTDA Faculdade Sete de Setembro FASETE Bacharelado em Administração Organização Sete de Setembro de Cultura e Ensino - LTDA Faculdade Sete de Setembro FASETE Bacharelado em Administração VICTOR HUGO SANTANA ARAÚJO ANÁLISE DAS FORÇAS DE PORTER NUMA EMPRESA DO RAMO FARMACÊUTICO:

Leia mais

Novo programa Portugal 2020: Incentivos financeiros ao investimento

Novo programa Portugal 2020: Incentivos financeiros ao investimento Incentives Alert 19 de Novembro de 2014 Novo programa Portugal 2020: Incentivos financeiros ao investimento A regulamentação do Portugal 2020 começou com a publicação do Decreto-Lei n.º 137/2014, de 12

Leia mais

Português 207 Portuguese for Business

Português 207 Portuguese for Business Português 207 Portuguese for Business Spring 2012: Porugal and the EU Instructor: Jared Hendrickson Office: 1149 Van Hise Office Hours: Monday and Thursday, 11:00 am-12:00 pm e-mail: jwhendrickso@wisc.edu

Leia mais

Empreendedorismo Urbano:

Empreendedorismo Urbano: Empreendedorismo Urbano: As cidades (smart) como oportunidade Seminário PLACES Lisboa, 7 de Março de 2013 estrutura Cidades (smart): uma oportunidade Empreendedorismo urbano: soluções para cidades Caso

Leia mais

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br Institutional Skills Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS Passo a passo 2 2 British Council e Newton Fund O British Council é a organização internacional do Reino Unido para relações culturais e oportunidades

Leia mais

Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric cars and end-of-life vehicles

Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric cars and end-of-life vehicles Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric cars and end-of-life vehicles Adcley Souza (adcley.souza@hotmail.com) Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric

Leia mais

Subject: The finance source/ new application/ project submission form COMPANY / PROJECT INFORMATION. Date of Submission: Registered Company Name

Subject: The finance source/ new application/ project submission form COMPANY / PROJECT INFORMATION. Date of Submission: Registered Company Name Subject: The finance source/ new application/ project submission form All questions must be answered in details to receive an informed response. All information & data are to be provided directly by the

Leia mais

High Play. Disney Institute. Disney @ Lisbon. Magic file. Outras Informações. Contactos

High Play. Disney Institute. Disney @ Lisbon. Magic file. Outras Informações. Contactos 1 20 Disney @ Magic file 2 20 HIGH PLAY A Consultores é uma empresa com um grande dinamismo que já em fase de expansão internacional, possuí uma visão clara do seu futuro no mercado: A melhoria contínua

Leia mais

and work, with work having a multiplication factor double). Relacionamento Comercial Internacional International Commercial Relationship

and work, with work having a multiplication factor double). Relacionamento Comercial Internacional International Commercial Relationship Sucesso é a união de três elementos: confiança, reciprocidade e trabalho, tendo o trabalho um fator duplo de multiplicação (success is basically the union of three elements: trust, reciprocity and work,

Leia mais