Demolição Profissional. A ferramenta adequada para cada trabalho

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Demolição Profissional. A ferramenta adequada para cada trabalho"

Transcrição

1 Demolição Profissional A ferramenta adequada para cada trabalho

2 A demolição nos nossos dias Os processos de demolição actuais têm muito pouco a ver com os utilizados no passado, onde o trabalho se resumia a destruir o edifício. A simples destruição do tecido do edifício e a remoção dos detritos misturados para um local de deposição, evoluiu para um processo de alta tecnologia de construção regressiva. Ferramentas de demolição avançada garantem um controlo preciso deste processo e facilitam a separação dos materiais para a reciclagem que se segue. Matéria prima Construção Utilização Demolição Reciclagem O local da demolição como parte do ciclo de material

3 As exigências dos empreiteiros de demolição cresceram de modo significativo nos últimos anos. As exigências ligadas à legislação, novos materiais de construção e novas tecnologias significam uma variação quase diária das condições de trabalho. Pessoal especializado e uma formação permanente em materais, processos de reciclagem, e na legislação e regulamentação, são tão importantes quanto uma logística eficaz e uma frota moderna de equipamentos. Com elevados níveis de investimento envolvidos, as máquinas e demais equipamentos devem ser utilizados no máximo das suas capacidades. Isto requer equipamentos com elevadas reservas de rendimento e durabilidade, associadas à flexibilidade que permita a sua utilização em variadas e diferentes aplicações. A gama Atlas Copco não cobre apenas, virtualmente, a totalidade das aplicações da demolição moderna; a companhia oferece também, um vasto pacote de serviços que vão desde conselhos sobre aplicações ao suporte técnico no local de trabalho. A Atlas Copco e os seus distribuidores estão disponíveis para o assistir com aconselhamento experimentado e um serviço de assistência.

4 Processos de demolição Quando se trata de demolição de edifícios, existem dois tipos básicos a considerar: demolição sem separação de material, e construção reversiva selectiva. As ferramentas de demolição da Atlas Copco podem ser utilizadas em ambos os métodos, isoladamente ou combinados. Os custos de operação são a chave para a decisão sobre o método a utilizar. Os custos da remoção e deposição de materiais desempenham um papel cada vez mais importante, devido às crescentes procupações ambientais. Em muitos casos, os detritos da demolição não podem simplesmente ser depositados em aterros. Antes de se executar um projecto de demolição, os empreiteiros necessitam de estar totalmente informados à cerca das exigências legais e económicas que requerem separação e/ou processamento dos materiais. Demolição sem separação de materiais Construção reversiva selectiva Explosivos Bola demolidora Martelos Hidráulicos Demolidores MB / HB Transição suave Critérios de decisão: Custos de demolição Tempo Tipo de edifício Edifícios envolventes, residências Legislação Tesouras - CC Ferramentas manuais Martelos Hidráulicos Demolidores - SB Construção reversiva passo-a-passo Redução secundária Pulverizadores - BP Separação e redução Reciclagem

5 Demolição sem separação de materiais Na demolição sem separação de materiais, o tecido do edifício é destruído e partido para dimensões transportáveis. Os detritos da demolição constituem uma mistura de diversos materiais que tornam pouco viável uma reciclagem lucrativa. Para corresponder às exigências da separação de materiais, os empreiteiros têm vindo, de modo crescente, a virar-se para a redução secundária. Detritos da demolição Material contaminado (p.ex., contendo asbestos) Betão metal Reciclável madeira materiais de construção ligeiros (isolantes) Parcialmente reciclável Construção reversiva selectiva Todos os componentes de construção e equipamento são desmantelados de acordo com a composição dos seus materiais. O principal objectivo desta abordagem selectiva é maximizar a reciclagem dos materiais demolidos, os quais podem ser separados, genericamente, numa das seguintes fracções: Betão Alvenaria Madeira Aço Metais não ferrosos Plásticos Materiais de construção ligeiros Materiais contaminados

6 O objecto e os materiais da demolição A composição dos materiais da demolição depende do tipo de edifício a demolir, da sua idade e do tipo de utilização que lhe foi dado. Estruturas construídas em tijolos requerem métodos de demolição diferentes dos empregues em estruturas de betão reforçado. Por exemplo, uma Garra de demolição e separação MG constitui a ferramenta ideal para edifícios construídos em tijolo até 1900, enquanto uma Tesoura Hidráulica CC ou um Pulverizador DP são mais aconselháveis para a demolição de um edifício em betão reforçado dos anos 70. Um demolidor hidráulico SB ou uma Tesoura CC montados numa mini-escavadora posicionam-se como uma boa alternativa para trabalhos de desmontagem, enquanto as ferramentas manuais pneumáticas ou hidráulicas constituem ainda um precioso auxiliar nas operações de desmontagem e demolição. Composição de um edifício em função da idade Edifício construído em 1900 Estuque e argamassa 19 % Areia 18 % Madeira 3 % Alvenaria e tijolo 60 % Edíficio tipo construído em 1900: alvenaria e tijolo são os materiais de construção mais importantes. O betão não era utilizado. Edifício construído em 1970 Betão 67 % Madeira 1 % Aço 7 % Materiais isolantes 1 % Alvenaria e tijolo 18 % Estuque e argamassa 6 % Edíficio tipo construído em 1900: o betão desde há muito se tornou no material de referência para a construção de edifícios. A alvenaria tem pouca importância. Outros novos materiais foram adicionados à lista.

7 A ferramenta correcta para todos os materiais de demolição Martelos demolidores manuais e ligeiros (hidráulicos, pneumáticos, motorizados) Demolidores hidráulicos montados em máquina portadora Tesouras de demolição Pulverizadores Garras de demolição TEX Cobra SB MB HB CC DP/BP MG Alvenaria (versão-u) Tijolo Pedra natural Betão não-reforçado Fundações ligeiras Soleiras Paredes Estuques Lajes (versão-u) Betão reforçado Fundações pesadas Elementos pré-fabricados Pisos, vigas Pilares, travessas (versão-u) + o Madeira (versão-u/s) Vigas Troncos Pranchas o ++ Perfis estruturais em aço Perfis em duplo T Perfis em U Perfis em L Tubos (versão-u/s) Rocha o o Asfalto (versão-u) o o - ++ = superior; + = adequado; 0 = limitadamente adequado; - = inadequado 7

8 Ambiente e demolição As considerações ambientais são, actualmente, mais importantes do que nunca em projectos de demolição. A legislação e regulamentos referem-se a: Vibrações Ruído Poeiras Existe hoje em dia, uma vasta regulamentação e legislação destinada à protecção do ambiente e da população, e é importante levá-la em conta no planeamento e execução de projectos de demolição. Vibrações Os demolidores hidráulicos podem produzir vibrações no solo capazes de perturbar a população, apesar de a maior parte delas ser inofensiva. Este problema deve ser tido em conta na preparação de projectos de demolição. Se apropriado, um perito deve ser chamado para vistoriar a condição actual das estruturas. Garras de demolição, Tesouras e Pulverizadores não geram vibrações dignas de nota. Ruído Os trabalhos de demolição podem produzir substanciais níveis de ruído. Para respeitar a legislação e regulamentos sobre ruído, há que diferenciar entre os trabalhadores envolvidos na demolição, por um lado, e população, por outro. Os demolidores hidráulicos Atlas Copco para montagem em escavadora encontram-se entre os mais potentes do mercado, não obstante serem dos mais silenciosos. Na práctica, tal facto significa que a duração da perturbação das áreas residenciais pode ser minimizada, apesar da utilização de equipamento de elevado rendimento. Poeiras A maioria dos trabalhos de demolição produz poeira, como por exemplo na redução de materiais de base mineral. A melhor solução é combater a formação de poeiras durante o trabalho de demolição utilizando, por exemplo jactos de água pulverizada.

9 Segurança durante a demolição Os projectos de demolição carecem de extremo cuidado no seu planeamento e execução. É de notar que o empreiteiro da demolição é responsável pelo cumprimento dos regulamentos de segurança dentro do perímetro da área de trabalho e na sua vizinhança. Informação sobre a utilização segura das ferramentas Atlas Copco Construction Tools pode ser encontrada nos respectivos manuais de operação. Os trabalhos de demolição não devem começar até que todos os requisitos de segurança estejam cumpridos. A estabilidade da estrutura a demolir deve ser certificada inicialmente com a assistência de um supervisor da demolição. Deve assegurar-se que todos os componentes do edifício conseguem suportar as cargas do equipamento que sobre eles irá circular. Todas as linhas de alimentação (electricidade, gás, etc.) da estrutura devem ser desligadas antes do início da demolição. O cliente deve clarificar atempadamente sobre a possibilidade de se encontrarem materiais perigosos na obra. Esta situação rodeia-se, frequentemente, de grande dificuldade já que a documentação se revela incompleta. Por vezes é aconselhada a utilização de máquinas maiores para assegurar a manutenção das distâncias de segurança e proporcionar reservas de rendimento. 9

10 Situações de Demolição 10

11

12 Demolição com ferramentas manuais Para trabalhos de demolição ligeiros, como fachadas de edifícios, execução de aberturas para janelas ou portas, ou abertura de acessos a canalização, entre outras, os martelos demolidores manuais da série TEX, com pesos que variam entre 3 e 15 kg, funcionam muito bem. Para demolição mais pesada, os martelos demolidores generalistas TEX ou LH, entre 15 e 30 kg, constituem uma boa escolha. Os martelos demolidores manuais maiores, até 40 kg (séries TEX e LH) são excelentes ferramentas para trabalhos mais árduos, tais como a demolição de fundações de unidades industriais. Para a demoliçao secundária de rocha e betão, e para furos de carregamento, os martelos ligeiros manuais posicionamse como a escolha certa em muitas situações. O desenho ergonómico torna a sua operação muito menos cansativa. Podem também penetrar o material mais rapidamente do que as ferramentas eléctricas equivalentes, devido à maior relação entre energia de impacto e peso. Os martelos demolidores pneumáticos da gama TEX estão disponíveis em diversas versões e classes de peso. Adequam-se a variadas aplicações, que incluem a demolição de betão, corte de asfalto e outro material rodoviário, demolição de tijolo, etc. Outras aplicações incluem a renovação e reconstrução, conversão/tratamento de superfícies, cravação e recalque. Os martelos demolidores manuais hidráulicos da gama LH, são essencialmente utilizados em aplicações idênticas. Podem ser accionados por uma unidade hidráulica portátil ou ligados a uma tomada hidráulica, como por exemplo a de uma escavadora ou de uma pavimentadora de asfalto. 12

13 Demolição com martelos autónomos O Cobra Combi, um martelo perfurador e demolidor, é utilizado em trabalhos de demolição quando o acesso de equipamento com outras fontes de energia é difícil ou impossível. Este pode ser o caso de áreas remotas e de difícil acesso, como por exemplo em zonas montanhosas ou áreas afectadas por desastres. Em situações de salvamento é frequente haver necessidade de executar perfuração e corte controlados para alcançar pessoas em edifícios de betão colapsados, etc. Um martelo demolidor autónomo (a gasolina) pode trabalhar de modo eficiente e independente de fontes de alimentação externas. Demolição com martelos ligeiros e tesouras Utilizado em escavadoras ligeiras ou robots de demolição, os martelos demolidores hidráulicos ligeiros podem ser utilizados eficientemente na maioria dos trabalhos de demolição. Em áreas de acesso difícil ou em ambientes perigosos, um demolidor hidráulico montado num robot de demolição com controlo remoto pode trabalhar de modo seguro e sem interrupções horas a fio. As Tesouras ligeiras de demolição estão equipadas com mecanismos de rotação para permitir um posicionamento rápido e preciso, tornando-as particularmente indicadas para a renovação do interior de edifícios. 13

14 Demolição de estruturas em aço A estrutura de muitos edifícios é essencialmente composta por pilares e vigas em aço. Para assegurar uma separação e redução de tamanho de forma económica e segura, recomenda-se a utilização das Tesouras de demolição CC com mandíbulas em aço. As mandíbulas de aço distinguem-se das unidades convencionais universais por apresentarem um desenho exclusivo baseado em lâminas em vez de dentes. O formato das mandíbulas de aço facilita o corte de chapas de aço e estruturas fechadas. Demolição de pisos em betão Os Pulverizadores DP são equipamentos polivalentes e compactos para a demolição primária de estruturas de betão ligeiras a médias e para demolição secundária, na separação do cimento dos varões de aço. Enquanto um demolidor hidráulico é frequentemente a ferramenta ideal para a demolição de pisos com considerável espessura de betão mas ligeiramente reforçado, a utilização de Tesouras de demolição é recomendada para estruturas em betão fortemente reforçadas. Os Pulverizadores DP e as Tesouras de demolição CC de maiores dimensões estão equipadas com uma unidade de rotação hidráulica para mais fácil manuseamento. 14

15 Demolição de paredes de tijolo ou em betão ligeiramente reforçado Os demolidores manuais pneumáticos e hidráulicos são de utilização fácil e flexível, mesmo em condições de espaço limitado. São usados, principalmente, para a execução de demolições em pequena escala e trabalhos de renovação. São seguros e confortáveis graças ao seu desenho ergonómico e à utilização de amortecedores de vibração. A construção reversiva selectiva pode ser levada a cabo com a ajuda da gama de Pulverizadores DP. Juntamente com uma unidade de rotação hidráulica, o corpo esguio assegura um desempenho de alta precisão. As Garras de demolição MG são usadas basicamente na separação dos detritos da demolição, mas também podem fazer trabalhos leves de demolição como sejam, paredes de tijolo ou estruturas de madeira. Pulverizadores de betão Os Pulverizadores hidráulicos BP / DP são significativamente mais potentes que os Pulverizadores mecânicos. Possuem maior força de esmagamento e estão dotados de lâminas para o corte de varões de aço, o que raramente sucede com as unidades mecânicas. Os Pulverizadores BP são particularmente recomendados para redução secundária e para a separação de pedaços de cimento dos varões de aço, no local da demolição ou na área de reciclagem. As mandíbulas com forma angular facilitam o içar dos materiais desde o solo. Os Pulverizadores podem também ser equipados com uma unidade de rotação hidráulica a 360º, o que permite a sua utilização na demolição primária. 15

16 Demolição de fundações em betão Os demolidores hidráulicos Atlas Copco são especialmente indicados para uma vasta gama de trabalhos de demolição. A sua elevada qualidade traduz-se na ausência de problemas quando utilizados em vários turnos consecutivos para o cumprimento de prazos de execução curtos. São habitualmente utilizados para demolir estruturas realizadas em betão não-reforçado (por exemplo, fundações, paredes) e reforçado (por exemplo, fundações de maquinaria, caves, fundações, etc). Demolição ligeira em fundações pode também ser levada a cabo utilizando demolidores pneumáticos ou hidráulicos, com as unidades entre os 25 e 40 kg a adequarem-se de modo eficaz a este tipo de utilização. Ferramentas hidráulicas montadas em lanças de elevado comprimento Em principio, as ferramentas hidráulicas como Garras, Pulverizadores e Tesouras podem ser montadas em lanças de elevado comprimento. Até os demolidores hidráulicos têm sido utilizados com sucesso nesta configuração. O alcance máximo das ferramentas de demolição depende da escavadora utilizadora. Desde o aparecimento dos braços de demolição (lanças de elevado comprimento), que aquelas podem ser colocadas a alturas que atingem os 40 metros. Estas ferramentas são utilizadas da mesma forma que nas escavadoras convencionais, apesar de as condições especiais recomendarem a sua operação por manobradores experientes. Em face do elevado comprimento das lanças, ferramentas mais pequenas e leves são utilizadas comparativamente às montadas nas lanças convencionais. Para informação mais detalhada, por favor contacte a Atlas Copco e o representante da máquina portadora 16

17 Construção reversiva de uma chaminé industrial No passado, a demolição de chaminés industriais em áreas industriais com elevada densidade de construção apresentava-se como um trabalho demorado e custoso, mas a combinação de Tesouras/Pulverizadores hidráulicos com gruas oferece uma solução mais económica. São necessários os seguintes componentes: Pulverizador ou Tesoura de demolição com unidade de rotação. Torre-grua ou grua móvel. Alimentação hidráulica da escavadora hidráulica para fornecer caudal de óleo à ferramenta de demolição. Controlo remoto para a ferramta de demolição. Este método já foi utilizado com sucesso na construção reversiva de inúmeras chaminés industriais. Contacte a Atlas Copco para informação mais detalhada. 17

18 Demolidores hidráulicos em aplicações subaquáticas Em qualquer trabalho onde o corpo do martelo entre em contacto com a superfície da água, é considerado uma aplicação subaquática uma vez que, sem equipamento de protecção, a acção do pistão do demolidor poderia bombar água para o interior da unidade, provocando danos graves. Para permitir uma operação fiável em tais condições, um conjunto de ligação subaquática com equipamento de protecção é utilizado, alimentando com ar comprimido, gerado num compressor, a câmara de percussão do demolidor (a área entre o cilindro e a secção inferior do demolidor) para prevenir a entrada de água. O conjunto de conversão desenvolvido pela Atlas Copco, que também pode ser desmontado, goza de um enorme sucesso desde há muitos anos. Um interruptor automático impede a entrada em funcionamento do demolidor sem a ventilação, de modo a prevenir qualquer dano de um modo fiável. Os trabalhos subaquáticos são classificados como aplicações especiais. Por favor consulte a Atlas Copco sobre como proceder neste tipo de situações. Os demolidores hidráulicos desde o MB 700 ao HB 7000 podem ser utilizados debaixo de água. 18

19 Serviço com que pode contar Qualquer que seja o trabalho, os nossos engenheiros técnicos e especialistas de produto estão sempre prontos para o ajudar a escolher a ferramenta de demolição correcta, escolher as máquinas portadoras e as adaptações mais adequadas, preparar pratos e ligações hidráulicas, para além de poderem prestar assistência e aconselhamento na obra sobre os produtos Atlas Copco. Os especialistas dos nossos distribuidores e centros de apoio recebem, também eles, formação regularmente de modo a garantir uma ajuda competente em todas as áreas com aconselhamento, uma gama completa de serviços pós-venda e o fornecimento de peças genuínas Atlas Copco, acessórios e ferramentas de trabalho, na qualidade que você conhece, e espera de nós. Apenas as peças genuínas Atlas Copco asseguram que os seus produtos Atlas Copco mantenham elevados níveis de rendimento, disponibilidade e economia. O seu parceiro de serviço Atlas Copco está apenas à distância do telefone mais próximo. 19

20 , Atlas Copco Construction Tools GmbH, Essen, Germany. Subject to technical modifications.

Tesouras demolidoras CC. Ferramentas de Demolição Silenciosas

Tesouras demolidoras CC. Ferramentas de Demolição Silenciosas Tesouras demolidoras CC Ferramentas de Demolição Silenciosas Essencial para demolição e reciclagem: Ferramentas de Demolição Silenciosas da Atlas Copco Os desenvolvimentos em termos de maquinaria e equipamentos

Leia mais

Martelos demolidores hidráulicos de pequenas dimensões Atlas Copco Elevada produtividade a baixo custo

Martelos demolidores hidráulicos de pequenas dimensões Atlas Copco Elevada produtividade a baixo custo Martelos demolidores hidráulicos de pequenas dimensões Atlas Copco Elevada produtividade a baixo custo SB Solid Body um conceito de força O que torna os demolidores SB da Atlas Copco tão especiais é o

Leia mais

Chicago Pneumatic Construction Tools

Chicago Pneumatic Construction Tools Chicago Pneumatic Construction Tools Martelos Demolidores Pneumáticos Built to last Martelos Demolidores Normalizados Características Essenciais Os martelos demolidores CP pertencem à gama de ferramentas

Leia mais

Um corpo sólido, um inovador sistema de orientação da ferramenta e uma excelente conceção hidráulica

Um corpo sólido, um inovador sistema de orientação da ferramenta e uma excelente conceção hidráulica MARTELOS DEMOLIDORES HIDRÁULICOS Gama SB Um corpo sólido, um inovador sistema de orientação da ferramenta e uma excelente conceção hidráulica Produtividade sólida na qual pode confiar! Apresentámos o inovador

Leia mais

Técnicas de Demolições. Construções Antigas. Construções com Estrutura de Betão Armado

Técnicas de Demolições. Construções Antigas. Construções com Estrutura de Betão Armado UNIVERSIDADE DO ALGARVE INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA CONSTRUÇÃO E PROCESSOS Tema 4 Demolições de Edifícios Técnicas de Demolições Construções Antigas Construções com Estrutura de Betão Armado 1 Construções

Leia mais

Martelos demolidores e perfuradores hidráulicos Potentes, leves e portáteis

Martelos demolidores e perfuradores hidráulicos Potentes, leves e portáteis Martelos demolidores e perfuradores hidráulicos Potentes, leves e portáteis A melhor relação peso/potência As empresas de construção e de aluguer de todo o mundo estão a descobrir as vantagens da utilização

Leia mais

Assuma o comando da redução de vibrações com os novos martelos pneumáticos TEX PE Prove a verdadeira potência. Simplifique as suas tarefas diárias

Assuma o comando da redução de vibrações com os novos martelos pneumáticos TEX PE Prove a verdadeira potência. Simplifique as suas tarefas diárias EX PE Assuma o comando da redução de vibrações com os novos martelos pneumáticos TEX PE Prove a verdadeira potência Simplifique as suas tarefas diárias RÁPIDOS, EFICIENTES E CONFORTÁVEIS A redução de vibrações

Leia mais

Chicago Pneumatic Construction Tools

Chicago Pneumatic Construction Tools Chicago Pneumatic Construction Tools Martelos Perfuradores, Rotativos e Pneumáticos Manuais Built to last Martelos Perfuradores, Martelos Rotativos Características Essenciais A gama CP de martelos perfuradores

Leia mais

Equipamento hidráulico manual. Produtos de elevado desempenho. Concebidos para si!

Equipamento hidráulico manual. Produtos de elevado desempenho. Concebidos para si! Produtos de elevado desempenho. Concebidos para si! Equipamento hidráulico manual Quer dizer que as ferramentas hidráulicas podem facilitar o meu trabalho? Absolutamente. A Chicago Pneumatic (CP) fornece

Leia mais

dimensão de força As ferramentas certas a geração Compact da Bosch Bricolage Uma nova O novo martelo perfurador universal PBH 2100 RE/SRE

dimensão de força As ferramentas certas a geração Compact da Bosch Bricolage Uma nova O novo martelo perfurador universal PBH 2100 RE/SRE As ferramentas certas a geração Compact da Bosch Bricolage Uma nova dimensão de força O novo martelo perfurador universal PBH 2100 RE/SRE NOVO! O martelo perfurador PBH 2100 RE/SRE Ergonomia perfeita graças

Leia mais

SDS-MAX SDS-PLUS CINZÉIS PERFURAÇÃO E CINZELADO DE BETÃO RESISTÊNCIA GARANTIDA.

SDS-MAX SDS-PLUS CINZÉIS PERFURAÇÃO E CINZELADO DE BETÃO RESISTÊNCIA GARANTIDA. CINZÉIS SDS-MAX SDS-PLUS PERFURAÇÃO E CINZELADO DE BETÃO www..pt RESISTÊNCIA GARANTIDA. PERFURAÇÃO E CINZELADO DE BETÃO Adquiriu a melhor ferramenta, agora compre o melhor acessório para o seu trabalho

Leia mais

GUIÃO TÉCNICO COMPACTADORES DE ASFALTO. www.construlink.com. Copyright 2003 - Construlink.com - Todos os direitos reservados.

GUIÃO TÉCNICO COMPACTADORES DE ASFALTO. www.construlink.com. Copyright 2003 - Construlink.com - Todos os direitos reservados. GUIÃO TÉCNICO COMPACTADORES DE ASFALTO FICHA TÉCNICA STET Nº 10 Nº de pág.s: 5 8 de Agosto de 2003 www.construlink.com COMPACTADORES DE ASFALTO CB-214D, CB-224D, CB-225D, CB-334D e CB-335D A família de

Leia mais

302.7D Mini-escavadora hidráulica

302.7D Mini-escavadora hidráulica 302.7D Mini-escavadora hidráulica Motor Potência líquida 15,2 kw 20,7 hp Potência bruta 17,9 kw 24,3 hp Peso Peso de transporte 2670 kg 5890 lb Dimensões compactas Danos reduzidos Confiança do operador

Leia mais

Estaleiros de Equipamentos e Obras

Estaleiros de Equipamentos e Obras isep Engenharia Civil Estaleiros de Equipamentos e Obras [EEQO] Organização do Estaleiro de uma Obra de Construção Civil Eduardo Azevedo, nº 980019 Estaleiros de Equipamentos e Obras Organização do Estaleiro

Leia mais

Soluções ergonômicas para manipulação de materiais. Novo! Sistemas de manipulação a vácuo

Soluções ergonômicas para manipulação de materiais. Novo! Sistemas de manipulação a vácuo Soluções ergonômicas para manipulação de materiais Novo! Sistemas de manipulação a vácuo Tubo de elevação a vácuo JumboFlex Tubo de elevação a vácuo JumboFlex Manipulação flexível e eficiente do material

Leia mais

People. Passion. Performance. Rompedores Pneumáticos para Construção e Demolição

People. Passion. Performance. Rompedores Pneumáticos para Construção e Demolição People. Passion. Performance. Rompedores Pneumáticos para Construção e Demolição DESEMPENHO COMPROVADO COM DESENHO MODERNO Um rompedor pneumático deve ser robusto e confiável, no entanto, fácil de utilizar.

Leia mais

302.2D. Miniescavadora hidráulica. Motor Potência bruta (ISO 14396) 17,9 kw 24,3 hp

302.2D. Miniescavadora hidráulica. Motor Potência bruta (ISO 14396) 17,9 kw 24,3 hp 302.2D Miniescavadora hidráulica Motor Potência bruta (ISO 14396) 17,9 kw 24,3 hp Pesos Peso em operação com cabina 2135 kg 4707 lb Peso em operação com tejadilho 2025 kg 4464 lb Flexibilidade e eficiência

Leia mais

TIMBER ENGINEERING EUROPE

TIMBER ENGINEERING EUROPE TIMBER ENGINEERING EUROPE Tecnologia de construção no seu melhor Desenhado, fabricado e montado segundo as necessidades do cliente www.timberengineeringeurope.com Bem-vindos a Timber Engineering Europe

Leia mais

Chicago Pneumatic Construction Tools

Chicago Pneumatic Construction Tools Chicago Pneumatic Construction Tools Martelos extractores, Escavadoras de argila, Picadores para demolição e máquinas para arrancar rebites Built to last Martelos, picadores e escavadoras de argila Características

Leia mais

A eficiência do laser. The Bend The Combi The Laser The Punch The System The Software

A eficiência do laser. The Bend The Combi The Laser The Punch The System The Software A eficiência do laser The Bend The Combi The Laser The Punch The System The Software Inovação e experiência Econômica e ecológica A máquina de corte a laser PLATINO Fiber 2D tem perfeito balanço entre

Leia mais

SEPARADORES DE GORDURAS TUBOFURO NATUR-GREASE

SEPARADORES DE GORDURAS TUBOFURO NATUR-GREASE SEPARADORES DE GORDURAS TUBOFURO EN 109 Km 160,3 2425-737 Ortigosa Leiria ; Telf, 244616073 / Fax: 244616074 E-mail: geo@tubofuro,pt www.tubofuro.pt Apresentação Os Separadores de Gorduras são construídos

Leia mais

Atlas Copco. Compressores de ar para fins médicos GA 5-22 MED / GA 5-15 VSD MED (5-22 kw / 7,5-30 hp)

Atlas Copco. Compressores de ar para fins médicos GA 5-22 MED / GA 5-15 VSD MED (5-22 kw / 7,5-30 hp) Atlas Copco Compressores de ar para fins médicos (5-22 kw / 7,5-30 hp) Ar para fins médicos: pureza e precisão em ambientes de cuidados de saúde críticos A área crítica da assistência a doentes requer

Leia mais

Martelos Perfuradores, Rotativos e Pneumáticos Manuais. Produtos de elevado desempenho. Concebidos para si!

Martelos Perfuradores, Rotativos e Pneumáticos Manuais. Produtos de elevado desempenho. Concebidos para si! Produtos de elevado desempenho. Concebidos para si! Martelos Perfuradores, Rotativos e Pneumáticos Manuais Características Essenciais Martelos Perfuradores, Martelos Rotativos A gama CP de martelos perfuradores

Leia mais

Kits de manutenção. para equipamentos hidráulicos Edição 2008 / 2009

Kits de manutenção. para equipamentos hidráulicos Edição 2008 / 2009 Kits de manutenção para equipamentos hidráulicos Edição 2008 / 2009 Conteúdo Power Demolition Tools Kit da parte inferior do martelo 5 5 6 Kit de reparação do acumulador 6 Kit de parafusos expansores 7

Leia mais

N.19 Agosto 2003 ESTUTURAS MISTAS. Mário Fernandes Patrícia Carvalho Ricardo Gouveia Ricardo Gouveia Rute Rodrigues

N.19 Agosto 2003 ESTUTURAS MISTAS. Mário Fernandes Patrícia Carvalho Ricardo Gouveia Ricardo Gouveia Rute Rodrigues N.19 Agosto 2003 ESTUTURAS MISTAS Mário Fernandes Patrícia Carvalho Ricardo Gouveia Ricardo Gouveia Rute Rodrigues EDIÇÃO: CONSTRULINK PRESS Construlink, SA Tagus Park, - Edifício Eastecníca 2780-920 Porto

Leia mais

Sistema de Tensionamento de Correias SKF. A forma da SKF apoiar a transmissão Fácil Rápido Repetitivo

Sistema de Tensionamento de Correias SKF. A forma da SKF apoiar a transmissão Fácil Rápido Repetitivo Sistema de Tensionamento de Correias SKF A forma da SKF apoiar a transmissão Fácil Rápido Repetitivo Sistema de Tensionamento de Correias SKF Uma solução inovadora para as transmissões por correias É sabido

Leia mais

Fundações Indiretas. Tipos de Fundações. Fundações Indiretas. Tipos de fundações

Fundações Indiretas. Tipos de Fundações. Fundações Indiretas. Tipos de fundações Universidade Federal do Espírito Santo Centro Tecnológico Departamento de Engenharia Civil Tecnologia da Construção Civil I Tipos de fundações Profa. Geilma Lima Vieira geilma.vieira@gmail.com Tipos de

Leia mais

EDIFÍCIOS GARAGEM ESTRUTURADOS EM AÇO

EDIFÍCIOS GARAGEM ESTRUTURADOS EM AÇO Contribuição técnica nº 19 EDIFÍCIOS GARAGEM ESTRUTURADOS EM AÇO Autor: ROSANE BEVILAQUA Eng. Consultora Gerdau SA São Paulo, 01 de setembro de 2010. PROGRAMA Introdução Vantagens da utilização de Edifícios

Leia mais

Equipamento de Compactação. Built to last

Equipamento de Compactação. Built to last Built to last Equipamento de Compactação Placas Vibratórias de Solo e Asfalto Trabalhos fortes exigem máquinas fortes Projetada para atender as altas demandas das empresas de aluguel e empreiteiras, a

Leia mais

O sistema para fundações ventiladas em forma de galeria de 70 a 250 cm. www.geoplast.it

O sistema para fundações ventiladas em forma de galeria de 70 a 250 cm. www.geoplast.it O sistema para fundações ventiladas em forma de galeria de 7 a 25 cm www.geoplast.it ELEVETOR O sistema para fundações ventiladas em forma de galeria de 7 a 25 cm ELEVETOR é um sistema combinado de cofragens

Leia mais

Estruturas de serrotes para metais

Estruturas de serrotes para metais Serração Serras alternativas As máquinas de serração e as serras RIDGID foram desenvolvidas por profissionais para profissionais. Quaisquer que sejam as suas exigências em questões de serração, o programa

Leia mais

People. Passion. Performance.

People. Passion. Performance. People. Passion. Performance. Apresentando Chicago Pneumatic É simples assim. Você tem trabalho a fazer e clientes a atender. A CP está aqui para ajudá-lo a realizar seu trabalho, sem compromisso. Nosso

Leia mais

Assim tão prática. pode ser a potência. Make it your home. Torne a sua casa mais agradável com os berbequins sem

Assim tão prática. pode ser a potência. Make it your home. Torne a sua casa mais agradável com os berbequins sem Planeado. Feito. Assim tão prática pode ser a potência. Make it your home. Torne a sua casa mais agradável com os berbequins sem fio PSB 14,4 LI-2 e PSB 18 LI-2. Tanto faz se perfura com percussão em alvenaria

Leia mais

CBF25 - CBF25S - CBF25G CBF25Q - CBF25B - CJF10 Especificações

CBF25 - CBF25S - CBF25G CBF25Q - CBF25B - CJF10 Especificações CBF25 - CBF25S - CBF25G CBF25Q - CBF25B - CJF10 Especificações Porta-Paletes Manual 2,5 (1.0) toneladas Porta-Paletes Manual O porta-paletes manual é, sem dúvida, a ferramenta mais básica e, no entanto,

Leia mais

Compressores portáteis

Compressores portáteis Compressores portáteis Mobilair M 13 M 15 M 17 Compressores de parafuso portáteis com perfil Sigma Caudal: 0,75 a 1,6 m³/min. M13 M15 M17 Compactos e potentes O nível de desempenho não depende do tamanho,

Leia mais

Duas décadas a movimentar o futuro de Angola.

Duas décadas a movimentar o futuro de Angola. Duas décadas a movimentar o futuro de Angola. Obras Públicas e Mineração Construção Compactação Perfuração Fundações Floresta Agricultura Geração Energia Movimentação Carga Produtos e Serviços OBRAS PÚBLICAS

Leia mais

Soluções para ventilação e desenfumagem F400-120 (400º/2H) > caixas de ventilação

Soluções para ventilação e desenfumagem F400-120 (400º/2H) > caixas de ventilação Soluções para ventilação e desenfumagem F400-120 ventilação Défumair XTA caixa de desenfumagem à transmissão F400-120 vantagens Desempenhos optimizados. Modularidade: 4 versões possíveis. Construção monobloco.

Leia mais

Ensaios de Pressão em Colectores de Águas Residuais Domésticas Especificação Técnica

Ensaios de Pressão em Colectores de Águas Residuais Domésticas Especificação Técnica 1. ÂMBITO Esta especificação diz respeito à instalação de tubagem e realização de ensaios em redes de colectores nos sistemas de drenagem de águas residuais domésticas. Tem por objectivo garantir a boa

Leia mais

MEMÓRIA DESCRITIVA E JUSTIFICATIVA DO MODO DE EXECUÇÃO DA OBRA

MEMÓRIA DESCRITIVA E JUSTIFICATIVA DO MODO DE EXECUÇÃO DA OBRA MEMÓRIA DESCRITIVA E JUSTIFICATIVA DO MODO DE EXECUÇÃO DA OBRA 1 Obra O presente trabalho refere-se à reabilitação de um aglomerado de habitações em adiantado estado de degradação numa herdade do Alentejo

Leia mais

TÉCNICOS. CURSO de TÉCNICAS DE GESTÃO DE ENERGIA

TÉCNICOS. CURSO de TÉCNICAS DE GESTÃO DE ENERGIA TÉCNICOS CURSO de TÉCNICAS DE GESTÃO DE ENERGIA A utilização racional de energia (URE) visa proporcionar o mesmo nível de produção de bens, serviços e níveis de conforto através de tecnologias que reduzem

Leia mais

www.kaeser.com Compressores Portáteis MOBILAIR M 200 Com o mundialmente reconhecido PERFIL SIGMA Caudal: 14,5 a 21,2 m³/min.

www.kaeser.com Compressores Portáteis MOBILAIR M 200 Com o mundialmente reconhecido PERFIL SIGMA Caudal: 14,5 a 21,2 m³/min. www.kaeser.com Compressores Portáteis MOBILAIR M 200 Com o mundialmente reconhecido PERFIL SIGMA Caudal: 14,5 a 21,2 m³/min. Made in Germany Os MOBILAIR compressores portáteis da KAESER COMPRESSORES são

Leia mais

VÁLVULAS DE RETENÇÃO MANUAL DE INSTRUÇÕES E MANUTENÇÃO SÉRIE: R

VÁLVULAS DE RETENÇÃO MANUAL DE INSTRUÇÕES E MANUTENÇÃO SÉRIE: R 22/04/2013 MANUAL DE INSTRUÇÕES E MANUTENÇÃO SÉRIE: R cmo@cmo.es http://www.cmo.es pág. 1 MONTAGEM DESCRIÇÃO Directiva sobre máquinas: DIR 2006/42/CE (MÁQUINAS). Directiva sobre equipamentos sob pressão:

Leia mais

A empresa. Estamos sempre à procura de novas ideias.

A empresa. Estamos sempre à procura de novas ideias. A empresa. Projectamos e construímos plantas para a produção de concreto e asfalto. O nosso objectivo é criar novas ideias para conseguir máquinas versáteis, eficientes, fortes e duráveis. Independentemente

Leia mais

Índice Geral. 1. Índice Geral. 2. Manual do Utilizador. 2.1. Quem Somos? 2.2. Vantagens do CD-ROM 2.3. Requisitos do Sistema 2.4.

Índice Geral. 1. Índice Geral. 2. Manual do Utilizador. 2.1. Quem Somos? 2.2. Vantagens do CD-ROM 2.3. Requisitos do Sistema 2.4. Índice Geral 1. Índice Geral 2. Manual do Utilizador 2.1. Quem Somos? 2.2. Vantagens do CD-ROM 2.3. Requisitos do Sistema 2.4. Instalação 2.5. Trabalhar com o Programa 2.5.1. Capítulos 2.5.2. Símbolos

Leia mais

SUMÁRIO. 1 As máquinas possibilitam a construção 1. 4 Solos e rochas 94. 5 Equipamentos para compactação e estabilização do terreno 118

SUMÁRIO. 1 As máquinas possibilitam a construção 1. 4 Solos e rochas 94. 5 Equipamentos para compactação e estabilização do terreno 118 SUMÁRIO 1 As máquinas possibilitam a construção 1 Ser competitivo 1 A história dos equipamentos de construção 3 O setor da construção civil 10 Segurança 11 Os contratos de construção civil 13 O planejamento

Leia mais

Congresso LiderA 2010 - Produtos com conteúdo reciclado e sua aplicabilidade na construção - Prof. Jorge de Brito

Congresso LiderA 2010 - Produtos com conteúdo reciclado e sua aplicabilidade na construção - Prof. Jorge de Brito PRODUTOS COM CONTEÚDO RECICLADO E SUA APLICABILIDADE NA CONSTRUÇÃO Jorge de Brito (IST) 1/24 Estrutura da apresentação Objectivo: Apresentação de produtos com conteúdo reciclado e de exemplos práticos

Leia mais

Centrais Elevatórias de Efluentes

Centrais Elevatórias de Efluentes Centrais Elevatórias de Efluentes Série Ambibox A P L I C A Ç Õ E S Elevação para a rede pública de colectores Indústria Povoações Loteamentos habitacionais Parques de Campismo Garagens Caves, etc... C

Leia mais

Soluções em implementos

Soluções em implementos More care. Built in. MINICARREGADEIRAS VOLVO Soluções em implementos conecte-se. A Volvo leva você à lucratividade. Proprietários e operadores de minicarregadeiras sabem que sempre há muito trabalho a

Leia mais

PLANO DE PREVENÇÃO E GESTÃO DE RESÍDUOS DE CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO

PLANO DE PREVENÇÃO E GESTÃO DE RESÍDUOS DE CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO PLANO DE PREVENÇÃO E GESTÃO DE RESÍDUOS DE CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO ÍNDICE 1.- INTRODUÇÃO... 3 2.- ESPECIFICAÇÕES SOBRE AS OPERAÇÕES DE GESTÃO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO... 3 3.- PLANO DE PREVENÇÃO

Leia mais

55MR. Escavadeira Compacta PC55MR-3. POTÊNCIA 39,6 HP @ 2.400 rpm. PESO OPERACIONAL 5.160-5.350 kg. CAPACIDADE DA CAÇAMBA 0,07-0,18 m³

55MR. Escavadeira Compacta PC55MR-3. POTÊNCIA 39,6 HP @ 2.400 rpm. PESO OPERACIONAL 5.160-5.350 kg. CAPACIDADE DA CAÇAMBA 0,07-0,18 m³ PC 55MR As fotos neste folheto são meramente ilustrativas, podendo incluir opcionais ou configurações diferentes do equipamento padrão. Escavadeira Compacta PC55MR-3 POTÊNCIA 39,6 HP @ 2.400 rpm PESO OPERACIONAL

Leia mais

Pavimentadora da classe de 10 m com uma ampla gama de aplicações. Pavimentadora de Concreto SP 850

Pavimentadora da classe de 10 m com uma ampla gama de aplicações. Pavimentadora de Concreto SP 850 Pavimentadora da classe de 10 m com uma ampla gama de aplicações Pavimentadora de Concreto SP 850 Pavimentadora de concreto SP 850 para uma pavimentação em concreto com qualidade superior Ampla variedade

Leia mais

As máquinas de roscar VIRAX O desempenho. em acção!

As máquinas de roscar VIRAX O desempenho. em acção! As máquinas de roscar VIRAX O desempenho em acção! 2 Mandril de choque para um aperto rápido. Máquina de roscar de Roscar com precisão, com um golpe da mão! Com as máquinas de roscar Virax, esta operação

Leia mais

TIPOS DE ESTRUTURAS. Prof. Marco Pádua

TIPOS DE ESTRUTURAS. Prof. Marco Pádua TIPOS DE ESTRUTURAS Prof. Marco Pádua A função da estrutura é transmitir para o solo a carga da edificação. Esta carga compõe-se de: peso próprio da estrutura, cobertura, paredes, esquadrias, revestimentos,

Leia mais

Linha de TECNOLOGIA PARA CONCRETO

Linha de TECNOLOGIA PARA CONCRETO Linha de TECNOLOGIA PARA CONCRETO 2010 2 Cortadora de Pisos HCC14 I HCC16 O design da Cortadora de Pisos Menegotti foi desenvolvido para aumentar a performance, força e vida útil do produto. É um equipamento

Leia mais

NOVA TC10 PENSE EM PEQUENO

NOVA TC10 PENSE EM PEQUENO NOVA TC10 PENSE EM PEQUENO PEQUENA, MAS CONCEBIDA NA PERFEIÇÃO O ENCAIXE PERFEITO Com apenas 760 mm de largura, a nova micro escavadora sem traseira saliente Terex TC10 é suficientemente estreita para

Leia mais

Aula 11 Geologia aplicada às fundações de estruturas

Aula 11 Geologia aplicada às fundações de estruturas Aula 11 Geologia aplicada às fundações de estruturas a decisão de qual fundação se comporta melhor envolve a análise técnica, logística e econômica. Tipos de fundações D B 2,5 D B 2,5 e D 3m Tipos de fundações

Leia mais

A GAMA COMPLETA DE ISOLAMENTO PARA UMA POUPANÇA EFECTIVA DE ENERGIA

A GAMA COMPLETA DE ISOLAMENTO PARA UMA POUPANÇA EFECTIVA DE ENERGIA A GAMA COMPLETA DE ISOLAMENTO PARA UMA POUPANÇA EFECTIVA DE ENERGIA Tubolit O sistema de isolamento robusto e fiável para reduzir as perdas de calor em tubagens de aquecimento e fornecimento de água. Tubolit

Leia mais

Seminário Integrado sobre Direito do Urbanismo Centro de Estudos Judiciários 26-01-2012

Seminário Integrado sobre Direito do Urbanismo Centro de Estudos Judiciários 26-01-2012 Seminário Integrado sobre Direito do Urbanismo Centro de Estudos Judiciários 26-01-2012 Construção civil Execução de obras, tais como moradias, edifícios, pontes, barragens, estradas, aeroportos e outras

Leia mais

SOLUÇÕES INTELIGENTES PARA EDIFÍCIOS ECOLÓGICAMENTE RESPONSÁVEIS

SOLUÇÕES INTELIGENTES PARA EDIFÍCIOS ECOLÓGICAMENTE RESPONSÁVEIS SOLUÇÕES INTELIGENTES PARA EDIFÍCIOS ECOLÓGICAMENTE RESPONSÁVEIS SOLUÇÕES INTELIGENTES PARA EDIFÍCIOS ECOLÓGICAMENTE RESPONSÁVEIS SOLUÇÕES INTELIGENTES PARA EDIFÍCIOS ECOLÓGICAMENTE RESPONSÁVEIS Gás Climatização

Leia mais

FUNDAÇÕES PROFUNDAS. 1 semestre/2012

FUNDAÇÕES PROFUNDAS. 1 semestre/2012 CENTRO TECNOLÓGICO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL FUNDAÇÃO TEORIA EC8P30/EC9P30 FUNDAÇÕES PROFUNDAS 1 semestre/2012 1. ESTACAS DE DESLOCAMENTO São aquelas introduzidas no terreno através de algum processo

Leia mais

Flexibilidade sem compromisso: O eficiente módulo de construção com perfis de alumínio Rexroth. Everything to Build Anything

Flexibilidade sem compromisso: O eficiente módulo de construção com perfis de alumínio Rexroth. Everything to Build Anything Flexibilidade sem compromisso: O eficiente módulo de construção com perfis de alumínio Rexroth Everything to Build Anything 2 Uma ideia simples realizada consequentemente Há mais de 30 anos, a Bosch lançou

Leia mais

Manual de Montagem e Utilização Conforme EN 131-3: 2007 (D)

Manual de Montagem e Utilização Conforme EN 131-3: 2007 (D) Manual de Montagem e Utilização Conforme EN 131-3: 2007 (D) Escadas Simples? Escadotes? Escadas Duplas e Triplas Escadas Telescópicas? Torres Multiusos Indice 1. Introdução 2. Informação para o Utilização

Leia mais

PORTA-PALETES PARA APLICAÇÕES ESPECÍFICAS

PORTA-PALETES PARA APLICAÇÕES ESPECÍFICAS Porta-Paletes Manuais Porta-Paletes Elétricos Porta-Paletes de Tesoura Porta-Paletes em Inox Porta-Paletes com Balança Porta-Paletes TODO-O-TERRENO Porta-Paletes Aplicações Específicas Compre Produtos

Leia mais

CONSTRUÇÃO MODULAR. Rev A 1-7-2011

CONSTRUÇÃO MODULAR. Rev A 1-7-2011 CONSTRUÇÃO MODULAR SM Rev A 1-7-2011 1 A U.E.M. Unidade de Estruturas Metálicas, SA com 15 anos de actividade, inicialmente direccionada para a fabricação e comercialização dos módulos pré-fabricados que,

Leia mais

INFORMAÇÕES GERAIS Linha Completa

INFORMAÇÕES GERAIS Linha Completa INFORMAÇÕES GERAIS Linha Completa www.spdcutferramentas.com.br (11) 2762 5114 Disco Diamantado 110mm Linha Profissional Disco de alto rendimento Disco Diamantado 110mm para corte a seco com alta durabilidade

Leia mais

Lavadoras de alta pressão - classe média K 4.200

Lavadoras de alta pressão - classe média K 4.200 Lavadoras de alta pressão - classe média K 4.200 Lavadora de alta pressão especialmente compacta, robusta e eficaz, com motor de longa duração arrefecido a água. Ideal para sujidades moderadas a fortes.

Leia mais

Gestão da Construção. Especificações, medições e regras de medição. Gestão da Construção

Gestão da Construção. Especificações, medições e regras de medição. Gestão da Construção Especificações, medições e regras de medição 2006/2007 PEÇAS DE PROJECTO PEÇAS ESCRITAS Na prática corrente, os elementos de um projecto classificam-se da seguinte forma: Peças escritas; Peças desenhadas.

Leia mais

TOP 50, 65, 80, 100, 150. Estações elevatórias "chave na mão"

TOP 50, 65, 80, 100, 150. Estações elevatórias chave na mão FLYGT TOP 50, 65, 80, 100, 150 Estações elevatórias "chave na mão" Escolha TOP para fiabilidade, segurança e eficiência Soluções pré-fabricadas chave na mão A ITT Flygt oferece-lhe a melhor solução em

Leia mais

Armazenamento Todas as matérias primas são organizadas por secções no armazém, através de prateleiras.

Armazenamento Todas as matérias primas são organizadas por secções no armazém, através de prateleiras. Recepção de matérias primas Após a chegada das matérias primas à fábrica, estas são transportadas para o armazém através do empilhador, porta paletes ou através de transporte manual. Armazenamento Todas

Leia mais

Qualidade e Segurança em Locação de Equipamentos. Geradores l Compactadores l Plataformas Aéreas l Balancins l Andaimes. www.plmaquinas.com.

Qualidade e Segurança em Locação de Equipamentos. Geradores l Compactadores l Plataformas Aéreas l Balancins l Andaimes. www.plmaquinas.com. Qualidade e Segurança em Locação de Equipamentos Geradores l Compactadores l Plataformas Aéreas l Balancins l Andaimes www.plmaquinas.com.br Andaime Tubular Equipamento leve e econômico que destina-se

Leia mais

Competência e poder de inovação na instalação de refratários e chaminés.

Competência e poder de inovação na instalação de refratários e chaminés. Competência e poder de inovação na instalação de refratários e chaminés. O princípio da parceria da Tölke: tem um desafio, nós usamos a nossa competência para o resolver. A nossa atividade principal é

Leia mais

TEC 159 TECNOLOGIA DAS CONSTRUÇÕES I

TEC 159 TECNOLOGIA DAS CONSTRUÇÕES I TEC 159 TECNOLOGIA DAS CONSTRUÇÕES I Aula 9 Fundações Parte 1 Cristóvão C. C. Cordeiro O que são? São elementos estruturais cuja função é a transferência de cargas da estrutura para a camada resistente

Leia mais

Sistemas de de corte e desbaste Corte e Acabamento

Sistemas de de corte e desbaste Corte e Acabamento Sistema de corte e desbaste - (linha classic) Esmerilhadeira DAG 25-SE Esmerilhadeira DEG 25-D Página 34 Página 35 Esmerilhadeira DCG 80-P Página 36 Esmerilhadeira DCG 80-D Página 3 Esmerilhadeira DCG

Leia mais

Martelos demolidores a gasolina

Martelos demolidores a gasolina Martelos demolidores a gasolina Cobra Segurar e avançar, avançar, avançar! Quando o trabalho é imprevisível e tem a pressão do tempo, precisa de confiar no seu equipamento. O Cobra é um colega de equipa

Leia mais

Datasheet. Solução de DATACENTER Bastidores 19 e Acessórios

Datasheet. Solução de DATACENTER Bastidores 19 e Acessórios Datasheet Solução de DATACENTER Bastidores 19 e Acessórios 2011 Armários 19 de Pavimento Qualidade de construção Desde o conceito até ao mais pequeno pormenor. Os produtos Facemate são cuidadosamente projectados

Leia mais

Compressores de pistão AIRBOX/AIRBOX CENTER

Compressores de pistão AIRBOX/AIRBOX CENTER www.kaeser.com Compressores de pistão AIRBOX/ Caudal, a,9 m /min, pressão, bar O que espera de um compressor de pistão? A resposta é simples: sobretudo, elevada rentabilidade e fiabilidade. Parece ser

Leia mais

Seminário Mobilidade Eléctrica : o Veículo

Seminário Mobilidade Eléctrica : o Veículo Seminário Mobilidade Eléctrica : o Veículo 8 de Março de 2010 Regulamentação técnica para a aprovação de veículos eléctricos 1 ÍNDICE 1 2 3 4 5 6 7 HOMOLOGAÇÃO DE VEÍCULOS ELÉCTRICOS - ENQUADRAMENTO LEGAL

Leia mais

A MOVICORTES ANGOLA integra o Grupo MOVICORTES S.A., com actividade em Portugal, Espanha, Angola e Moçambique.

A MOVICORTES ANGOLA integra o Grupo MOVICORTES S.A., com actividade em Portugal, Espanha, Angola e Moçambique. CATáLOGO de GAMA de construção, mineração e obras públicas A MOVICORTES ANGOLA representa e distribui em Angola, equipamentos de construção e obras públicas de marcas de referência, pela sua qualidade,

Leia mais

Máquinas p/ transportar/ empurrar cordão aplicações de pós-tensado

Máquinas p/ transportar/ empurrar cordão aplicações de pós-tensado T E C N I C A D O B E T Ã O P R É E S F O R Ç A D O T E C N O L O G I A Máquinas p/ transportar/ empurrar cordão aplicações de pós-tensado Máquina hidráulica de transportar/empurrar Com o cordão desenrolando

Leia mais

limpo seguro flexível

limpo seguro flexível limpo seguro flexível Sistemas de Ventilação para o Processo Industrial Técnica de Ventilação, Separação e Filtração. Schuh Anlagentechnik Página 2 Mais do que ar limpo Fiável. Preserva o meio ambiente.

Leia mais

Belo Horizonte - MG Interface com Outros Subsistemas

Belo Horizonte - MG Interface com Outros Subsistemas Belo Horizonte - MG Interface com Outros Subsistemas 10/11/2009 Carlos Chaves LOG Gestão de Obras Subsistemas Deus está nos detalhes Mies van der Rohe (1886-1969) Pavilhão alemão na Feira Mundial de Barcelona

Leia mais

Esta especificação aplica-se aos trabalhos de demolições, correspondente aos seguintes artigos do mapa de trabalhos:

Esta especificação aplica-se aos trabalhos de demolições, correspondente aos seguintes artigos do mapa de trabalhos: 1.1. ÂMBITO Esta especificação aplica-se aos trabalhos de demolições, correspondente aos seguintes artigos do mapa de trabalhos: - art.º.... - art.º.... Estes trabalhos encontram-se detalhados nos seguintes

Leia mais

MÁQUINAS PARA TÚNEIS, MINERAÇÃO E ESPECIAIS GAMA DE PRODUTOS

MÁQUINAS PARA TÚNEIS, MINERAÇÃO E ESPECIAIS GAMA DE PRODUTOS MÁQUINAS PARA TÚNEIS, MINERAÇÃO E ESPECIAIS GAMA DE PRODUTOS MÁQUINAS PARA TÚNEIS TEREX A FORÇA DO ACIONAMENTO ESCAVADORAS DE TÚNEIS E MÁQUINAS DE PERFURAÇÃO Faça um progresso importante com as máquinas

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SILO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SILO MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SILO UTILIZADOR TABAL-SEPOR, LDA. PÁGINA 2 DE 20 ÂMBITO... 3 SILO DE PRESSÃO... 3 Válvula de Segurança... 4 Funcionamento do silo de 2 bar de pressão... 4 Tubagens de entrada de

Leia mais

All you need is a hoistway

All you need is a hoistway All you need is a hoistway O elevador sem casa de máquinas. Mais liberdade para seus projetos! A Otis sabe que não se trata de qualquer projeto - é o seu projeto. Com o sistema Gen2, reexaminamos cada

Leia mais

SIMULADORES AVANÇADOS DE TREINAMENTO

SIMULADORES AVANÇADOS DE TREINAMENTO Volvo Construction Equipment SIMULADORES AVANÇADOS DE TREINAMENTO PARA ESCAVADEIRAS VOLVO, CARREGADEIRAS DE RODAS VOLVO E CAMINHÕES ARTICULADOS VOLVO Operadores treinados realizam mais Na Volvo Construction

Leia mais

CONSTRUÇÃO METÁLICA MODULAR BENEFÍCIOS

CONSTRUÇÃO METÁLICA MODULAR BENEFÍCIOS 0 CONSTRUÇÃO METÁLICA MODULAR BENEFÍCIOS 1 Redução significativa do tempo de construção: módulos chegam montados prontos para instalação Módulos são fabricados enquanto o local é preparado, minimizando

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MONTA-AUTOS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MONTA-AUTOS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MONTA-AUTOS MODELOS MCH 1/8 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MONTA AUTOS APLICAÇÃO APLICAÇÃO Transporte vertical de veículos acompanhados do condutor, a cabina terá as dimensões adequadas

Leia mais

ALUGATUDO CORROIOS ALUGUER DE MÁQUINAS & FERRAMENTAS UNIPESSOAL, LDA.

ALUGATUDO CORROIOS ALUGUER DE MÁQUINAS & FERRAMENTAS UNIPESSOAL, LDA. ALUGUER DE MÁQUINAS & FERRAMENTAS UNIPESSOAL, LDA. F E I J Ó L I S B O A CORROIOS B R A G A GERADORES - BETONEIRAS - MÁQUINAS LAVAR Á PRESSÃO ASPIRADORES - MARTELOS DEMOLIDORES PLACAS COMPACTADORAS - SALTITÕES

Leia mais

Compacta, flexível, inteligente:

Compacta, flexível, inteligente: Compacta, flexível, inteligente: Uma bateria de 10,8 V para todas as ferramentas! Make it your home. Torne a sua casa mais agradável com o sistema de baterias de 10,8 V da Bosch. Quer em casa, quer no

Leia mais

Reparação e Manutenção de Tubos

Reparação e Manutenção de Tubos Reparação e Manutenção de Tubos Vasta selecção a partir de uma fonte única. Concepções duradouras exclusivas. Desempenho rápido e fiável. Tipo de modelos Página Bombas de Teste de Pressão 2 9.2 Congeladores

Leia mais

NR 12 - Máquinas e Equipamentos (112.000-0)

NR 12 - Máquinas e Equipamentos (112.000-0) 12.1. Instalações e áreas de trabalho. NR 12 - Máquinas e Equipamentos (112.000-0) 12.1.1. Os pisos dos locais de trabalho onde se instalam máquinas e equipamentos devem ser vistoriados e limpos, sempre

Leia mais

Chicago Pneumatic Construction Tools

Chicago Pneumatic Construction Tools Chicago Pneumatic Construction Tools Martelos extractores, Escavadoras de argila, Picadores para demolição e máquinas para arrancar rebites Built to last Martelos, picadores e escavadoras de argila Características

Leia mais

Conforto e segurança. Conforto acústico : R w = 40 db * UMA CHAVE ÚNICA SEM NENHUMA MARCA APARENTE UMA VERDADEIRA PROTECÇÃO

Conforto e segurança. Conforto acústico : R w = 40 db * UMA CHAVE ÚNICA SEM NENHUMA MARCA APARENTE UMA VERDADEIRA PROTECÇÃO Conforto e segurança UMA CHAVE ÚNICA SEM NENHUMA MARCA APARENTE Cada chave Fichet é talhada com extrema precisão numa máquina de comando digital. Não possuindo qualquer marca aparente, é impossível Identificála

Leia mais

Reforço de um edifício localizado em zona sísmica. Gestão de métodos e sua análise de custos

Reforço de um edifício localizado em zona sísmica. Gestão de métodos e sua análise de custos Reforço de um edifício localizado em zona sísmica Gestão de métodos e sua análise de custos João Paulo Silva Roque Dissertação para a obtenção do grau de meste em: Engenharia Civil Projecto sob a orientação

Leia mais

Relatório da inspecção preliminar dos elevadores. (Modelo) Entidade utilizadora : Equipamentos n.º : Empreiteiro dos elevadores : Inspector :

Relatório da inspecção preliminar dos elevadores. (Modelo) Entidade utilizadora : Equipamentos n.º : Empreiteiro dos elevadores : Inspector : Anexo 2 Relatório da inspecção preliminar dos elevadores (Modelo) Relatório n.º: Entidade utilizadora : Equipamentos n.º : Tipo de equipamentos: Empreiteiro dos elevadores : Inspector : Data de inspecção

Leia mais

ESTRUTURA METÁLICA Vantagens da Construção em Aço. Maior limpeza de obra: Devido à ausência de entulhos, como escoramento e fôrmas.

ESTRUTURA METÁLICA Vantagens da Construção em Aço. Maior limpeza de obra: Devido à ausência de entulhos, como escoramento e fôrmas. ESTRUTURA METÁLICA Vantagens da Construção em Aço Menor tempo de execução: A estrutura metálica é projetada para fabricação industrial e seriada, de preferência, levando a um menor tempo de fabricação

Leia mais

Compressores de pistão isentos de óleo Série DENTAL

Compressores de pistão isentos de óleo Série DENTAL www.kaeser.com ompressores de pistão isentos de óleo Série DENT audal de 65 a 950 l/min pressão de 10 bar Porquê compressores para clínica dentária KESER? omo utilizador, espera do seu compressor para

Leia mais

DE TRABALHO E SEGURANÇA

DE TRABALHO E SEGURANÇA PT ÍNDICE PG PG 02 TORRES DE ESCORAMENTO 12 ANDAIMES MULTIDIRECIONAL 04 ESTRUTURAS ESPECIAIS DE ENGENHARIA CONTRAFORTES DE COFRAGEM 13 EUROPEU DE FACHADA 05 COFRAGEM TREPANTE 14 SISTEMAS DE COFRAGEM VERTICAL

Leia mais