Joginhos. Jogos de Futebol. A Baliza running. Apanha a Bola!

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Joginhos. Jogos de Futebol. A Baliza running. Apanha a Bola!"

Transcrição

1 Joginhos (com poucos materiais), que podem ser jogados na vida diária e que cooperacão social a promover Jogos de Futebol Die Texte, Videos und Grafiken wurden aus der CD-ROM Der Übungsleiter mit freundlicher Genehmigung des Limpert-Verlages, Wiebelsheim zur Verfügung gestellt. A Baliza running Dois corredores dão forma a uma baliza, que seja móvel com uma corda esticada prendida no corpo, isto é os corredores podem mover-se livrement, a fim impedir golos. Todos jogadores restantes possuem uma bola e a tentam disparar tão frequentemente quanto possivelna a bola pela baliza running diretamente da parte dianteira ou da parte traseira. Que par dos corredores faz exame de algum tempo (max. 1 minuto) poucas batidas? Apanha a Bola! Uma metade dos participantes se distribui que senta no solo a outra recebeu sempre uma bola. A tarefa dos jogadores do assento é ele, um dos jogadores bola-proeminentes, que se induzem livramente para fazer exame da bola away do pé. Podem mover-se com os bracos no chão. Quem começa uma bola, e a faz exame sobre o papel do jogador bola-proeminente pode levantar-se. Depender em cima do número e do nivel de desempenho dos participants um pode fazer o arié menor sempre mais. 1

2 Football no circulo Os jogadores tocam-se e dão-se forma a um circulo. Mas o jogador, o melhor. Menor o circulo, o mais com dificuldade. Cada jogador tenta para fora-fornece a bola do circulo. O jogador, aquele a bola do circulo começa a mais ou os jogadores, quem a bola deixa acontecer, começam um ponto do menos. Atirar au Premio Na Parede uma baliza com approx. torna-se. 5 medidores de largura e 2 medidores de altura anotaram. Da distancia diferente na baliza uma dispara. Quem se encontra com em bater os campos de canto, recebe tres pontos, se nao somente ou dois. Caça a Bola Com este jogo e mais jogadores nos carrinhos do circulo junto e em contagens a dois. O grupo com os números retos e o grupo com os números impares recebem sempre uma bola, que seja passada sobre no grupo respectivo. O jogador depois que seguinte a bola é passado assim sempre sobre. Que bola são mais rápido e as revisões outros um primeiras? 2

3 Football-Cego Os olhos são conectados para um jogador do companheiro, sua ligação ver cega à bola, podem-lhe susurrar ou os acclamations como reage são, so não podem a bola não disparar. Assim pode ser jogado para o exemplo 4 (2 cortina umas, 2 que veem) de encontro a 4. Dezlisando o Football O Plano tres pedras é jogado para a frente com o pé. A pedra jogada último deve sempre cruzar a lista conectando entre as duas outras pedras. Se as pedras dorem afetadas ou a linha conectando não estiver cruzada, estão os oponentes do dre na fileira. Tenis do Football - Os jogadores tentam em tal maneira golpear a bola com o pé ou a cabeça no campo do adversario que o oponente o setback não se torna possivel. - O tenis do football pode ser jogado também na areia, a bola deve ser mantido naturalmente sempre elevado. - Dentro de um campo tenta 6 elevado-prendem cada um a 10 jogadores a bola tão por muito tempo como possivel, de modo que a bola sem contato do solo remanesça. - Antes que uma lata da cesta do basketball por dois grupos uma tentative para obter tantas como cestas como possivel. 3

4 Bola da batida todos de encontro a todos Todos os participants se distribuem no resound. O líder do jogo bolas na quantidade no campo. Os jogadores tentam trazer na possessão da bola e disparar em outra com o pé. Quem é encontrado com, põe-se. Pode participar outra vez no jogo, se puder se trazer que se senta na possessão da bola. Quem obtem a maioria de batidas? Footboll do túnel Todos os participants possuem uma bola até dois os corredores. Alternando os dois corredores com as pernas abertas o formulário distante um túnel. Um objectivo dos jogardores é ele para jogar sua bola da parte dianteira pelo túnel. Os primeiros três (quatro ou cinco), que sucede, recebem um ponto. Mais tarde (em assobie do líder do jpgo) os outros batentes e formulários do corredor um túnel. Outra vez primeiramente, que jogam sua bola pelo túnel, receba um ponto. Em assobie os primeiros formulários do corredor... Quem obtem a maioria de pontos? Bola do três - campo O lugar é dividido em aproximadamente três campos grandes iguais. Em cada campo um número grande equivalente dos jogadores nos campos exteriores têm a tarefa disparar nas bolas pela seção center ou outro lado. Os jogadores no centro a tentativa para parar as bolas em maneiras de espera da tarefa com o goleiro. Quem obtem a maioria de leadings? 4

5 Bola principal da Baliza Jogo de dois grupos em balizas pequenas do campo. A bola é jogada com a mão, mas não pode ser funcionada com a bola (também dribbled). As balizas podem somente ser obtidas, se a entrega da bola de um jogador do companheiro com a cabeça for usado. Opoções da variação: a entrega da bola deve-se realizar como entradas. Jogue em três balizas, contagens de cada grupo somente para possuir golos. Football de combinação - bola da mão. Jogo de dois grupos em balizas pequenas do campo. Dentro do football do campo do Volleyball (para cada grupo de três jogadores mais sempre um goleiro) é jogado, fora da bola da mão (sempre dois jogadores). A interação entre o pés e as mãos é permitida, mas nenhuma mudança da bola da mão ao campo do football. Mantenha o campo limpo. O lugar é divido em dois campos. A tarefa é ele a manter-se para possuir o campo limpo disparando nas bolas no campo do adversario. O asubio conta. 5

6 Caça ão coelho Os caçadores. (sobre um fifth do número dos participants) tentam disparar tão brevemente em um momento como possivel em todos os coelhos. Com a bola não pode dribbled. Que grupo cría o tempo o mais rápido? Bola apressando - se O grupo A está dentro, o grupo B fora do campo. A tarefa para o grupo B ê para encontrar-se com os jogadores do grupo A com a bola. Quem cría o mais rapidamente 20 batidas? Pontapés por cima da cintura não são permitido. Fottball de Aranha Todos os jogadores podem próprios somente na mãos e os pés constantemente no couch suportam para mover-se. Apasar desta complicação bloqueia são ser obtido, que devem ser marcada pela cooperação boa pelo impacto principal ou pelo impacto do pé. O supervisor do treinamento deve pagar a atenção às fases este jogo exerce relativamente é. Em seguir um relaiçar dos muscelus das pernes e dos braços e necassario. 6

7 Jogos mais adicionhais da Bola Bola dos Povos Jogue e trave o jogo, com de que dois grupos ( povos - separada pela linha centre) luta, tentando jogar o openente fora no outro país. A tensão vem no jogo, porque atrás da linha de beira exterior de cada pessoa um jogador do outro partido está, que a bola com seu companheiro do jogador do companheiro e se joga também, pode fora. A Bola dos Povos opera - se Os jogadores de ambos os grupos estão fora de, em quem dois jogadores do grupo se opondo estão. Cada partido tenta jogar fora os jogadores interior. Quem obtem uma batida, entra na extensão interna do possuir o grupo. Os jogadores interior não podem jogar fora de uniforme, throw entretanto as bolas a seus próprios wingers. Ganhou o partido, da extensão ou após uma estadia fixa a maioria de jogadores na extensão interna. 7

8 Bola dos Povos com obstáculos Jogo na floresta. As árvores são os obstáculos. Como os obstáculos e a coberta de um box/chair podem ser postos também em cada campo jogando. Redondo em torno da bola dos Povos Como o campo jogando um círculo grande ou o campo do Volleyball é considerado. Um joga após réguas normais da bola dos povos. Pertencem junto os jogadores pretos e/ou brancos, que se distribuem conformemente. Bola do Combustível 2 grupos entrentam-se como um partido do impacto e um em frente o partido do imparcto joga a bola no campo, e tenta trazer tão rapidamente quanto possível a bola do na marca combustível. Como a marca do combustível o círculo do basketball pode ser. O mais melhor apanhador, do o mestre combustível, deve estar com ao menos um pé firmemente na marca do compustível. Os quatro cantos do campo devem ser marcas do funcionamento ou marcas livres. 8

9 Bola do rolo A bola pode somente ser rolada. Dois partidos tentam, tanto como bloqueiam como obter possível. A baliza está a uma largura interia do lugar. A bola pode ser interceptada somente durante o rolling. Para toda a altura excedente do joelho das bolas há um scooter livre. Alternativa: Jogo com duas bolas. Bola sobro o cabo 2 grupos enfrentam-se e tentm-se jogar a bola em tal maneira sobre o cabo que podem ser afetado o solo ou não ser rebobinado. A bola deve do jogador ele ou suposto, sobre o cabo no campo do adversario a ser rebobinado imediatamente. Alternativa: 1. Jogue com duas bolas, jogo em sentar-se. 2. Bola sob o cabo através do jogo. 3. Segundo estiramento do cabo, da bola jogo ocasionalmente. Os frascos vazio - disparam 2 frascos grandes, mais melhores dos plásticos, são enchidos com água e approx. 5 medidores distante afastado de um lado ou outro frouxamente am cada grupo com uma bola tenta o frasco do outro grupo... Um jogador do companheiro tem a tarefa reboniar tão rapidamente a bola como possível. Se o frasco do grupo se opondo for batido, um jogador funciona em torno do frasco outra vez ao joga acima, de modo que tanta água funcione para fora. 9

10 A reunião. da Bola Dois throw/roll eles mesmos uma distância maior do excesso grande da bola demasiado. O grupo dos atiradores tenta ancontrar-se com a bola de fly/rolling. Levar a Bola. Throw de dois grupos dos lados do comprimento do campo jogando para fora na bola de medicina com o objetivo de dirigir isto excesso a linha opondo-se. Pode ser jogado somente fora do campo. Variação: de quatro lados com quatro grupos. Aumento: A bola do objetivo transforma-se (ou dois) uma cesta ou um volleyball (bolas). Parallelbounce: Salto da Bola Objetivo-salta: Parallelbounce: Objetivo-salta. Duas bolas devem ser saltadas ao mesmo tempo repetiram. Se suceder, na direita e esquerdo de mutuamente, então outro vez ao mesmo tempo e assim por diante Duas caixas estão um atrás do outro. A bola deve ser saltada em tal maneira no solo que salta primeiramente no primeiro, então na segunda caixa. 10

11 Bola de esteira. Em cada jogo meios dois ou mais esteiras cada mentira, em cada carrinho da estreia um protetor nos painéis dianteiros e laterais. No lugar das esteiras esta escala pode ser marcada. Dois grupos (branco e preto) jogam uns contra os outros. A bola é jogada com a mão (a bola da mão governa). Uma batida em uma esteira conta como um golo. Bola do banco. Em uma distancia de aproximadamente 6 m os bancos estão, em que um mesmo número das bolas se encontra. Cada grupo tenta jogar tão rapidamente com as bolas em seu campo como possivel as bolas do banco opondo-se a. Protege suas paredes. O grupo A coloca-se que protege antes do para possuir paredes do campo e tenta-se repelir a bola jogada por B. B passa sobre a bola até a linha center e as tentatives, uma parede do grupo opondo-se a approx. para encontrar-se com 2 m de altura. Subsequentemente, no reverso. 11

12 Choque da Bola Um grupo do funcionamento - um grupo do throw, assemelha-se ao numero do jogador. Um jogador do grupo do funcionamento funciona em torno do campo, se a bola de um jogador do grupo do throw no circulo choque for. O grupo do throw tenta como a frequentemente a reunião o corredor como possivel. Após mudanças de 12 funcionamentos. Bola da Baliza sobre o cabo Dois campos jogando, um cabo na altura do reino e sempre duas balizas. O throw ocorre atrás da linha quebrada, primeiramente das condições, então no salto. Afeta a bola o solo do campo que opondo-se um ponto é obtido; com sucesso da baliza há tres pontos. Bola do partdio Na cada meios dois grupos resounding com a mesma cara do numero do jogador. Cada grupo tentou na possessão da bola vir e na bola se possivel está bastante no para possuir fileiras para prender. O grupo, que obteve primeiras 25 entregas, é vencedor. 12

13 Bola ao Rei Em duas caixas, todos em um circulo, está por um rei. Dois grupos com um jogo da bola. A bola não pode ser saltada no solo. Cada grupo tentou começar e para possuir o rei passe sobre a bola na possessão. Mas o grupo recebe um ponto. Subsequentemente, o jogo começa para trás com o rei do outro grupo ou a bola de encontro a uma parte traseira do painel lateral no jogo é trazida. Saltando a bola sobre o cabo Saltar é permitido somente com a mão aberta. A tarefa ocorre no centro do campo da marca da tarefa (um ponto no solo). Cada grupo pode saltar tres vezes, a fim golpear a bola no campo opondose. O cabo é pontos do sob-jogo negativo duas vezes saltar acima da bola sem contato, saltando acima fora do campo, contato do cabo.. Saltanto a bola sob o cabo Salte somente com a mão aberta permitida, a tarefa efetuada da marca do meio do campo. A bola dada acima pelo oponente deve ser saltada por cada jogador uma vez, os quartos saltos do jogador a bola sob o cabo no campo oponente. Saltando erros, o contato do cabo são pontos do menos. 13

14 Grupo que salte o jogo 2 grupos com um goleiro e 4 a 5 jogadores do campo cada cara. O grupo na possessão da bola salta a bola, passa-a sobre ela mesma e tenta-a saltá-la em tal maneira na baliza do adversario. Se a bola se encontrar no solo, pode ser feita exame acima, deve entretanto dentro de 3 segundos um jogador do companheiro curso-ser saltada. A substituição é permitida. Bola do Castelo Ao cada um circulo do campo jogando meio acima-é pintado, no centro do circulo está por um bloco com uma bola. Jogue de acordo com as réguas resounding da bola da mão, deixar cair da bola das contagens da sustentação como a baliza. Bola da Caixa Ao cada meio das peças abertas da caixa do campo jogando tres (cartões) com um com torquing do carrinho do arroz approx. 3 m. Jogue de acordo com a bola resounding da mão governa, bate nas contagens da peça da caixa como a baliza. 14

15 Bola da Oito-caixa Nos painéis dianteiros e laterais duas peças abertas da caixa cada carrinho. Os jogadores movem-se em um campo removido uniformente das balizas (marking do volleyball ou do basketball). Jogue de acordo com as réguas resounding da bola da mão, entrega batida nas contagens da caixa como a baliza. Bola da Esteira Em esteiras de cada metade dois do campo jogando cada mentira, em cada esteira um protetor da esteira nos painéis dianteiros e laterais. Jogue de acordo com a bola resounding da mão governa, bate nas contagens da esteira como a baliza. Baliza no Centro No centro estão os resounds encontrados de uma baliza em um circulo com 6 m do raio. Jogue de acordo com as réguas resounding da bola da mão, entrada para possiur a baliza dianteira. Cada grupo, que está na possessão da bola, pode obter uma golo de todos os sentidos. 15

16 Jogo do Tres-Grupo Tres grupos com 6 jogadores e dois goleiros cada um. Grupo 1 é ficado situado no circulo Grupo 2 no outro circulo Grupo 3 no meio do campo O Grupo 3 ataca o grupo 1 e ocupa mais tarde a baliza. Então 1. De encontro a 2., então 2 de encontro a 3. E assim por diante. Que grupo obtem a maioria de golos dentro do tempo dado? Parede-mais cerveja de malte. 6 m antes da parte dianteira walls um cabo que de 2 m de altura cada um se torna esticado. O campo e a baliza devem ser coberta com 6 jogadores cada um: os agressores passam sobre eles mesmos a bola e jogam-na sobre o cabo para a baliza. Uma bola, aquela nos recoils do solo resulta em 1 ponto, que da golo bate resultados em 2 pontos. Bola que se move Formulário de diversos circulos. Cada circulo tem uma bola. Em uma indicação a bola move-se do jogador para o jogador. Ganhou o circulo, em que a bola é primeira outra vez no lugar da saida. Torna-se mais dificil, se a bola duas ou tres vezes vaguear através do circulo. Os tipos da passagem sobre podem ser mudados, para o exemplo, indireto passam sobre, o throw etc. da pressão. 16

17 Bola do Tigre Um circulo é dado forma. A bola pode ser cruz transversalmente jogada e. No circulo está um jogador (tigre). Tenta afetar ou travar a bola, dependendo de, que é fixa. Os prendedores ou se o tigre afetar a bola, a seguir o jogador substituemna, que jogou a bola. Açartar a Bola. Em çima de bancos/caixas ou somente ereto no gramado os cartões são ajustados acima, que devem estar para baixo ou virado por throws purposeful. Uma prolongada opção consiste tão frequentemente quanto possivel criando a tarefa em alguma estadia. Movimentação do Kartão Em alguma distancia a uma parede os cartões encotram-se. A tarefa consiste dirigir estes com throws purposeful com as bolas de encontro à parede. 17

18 3-Linhas-Bola de mão Depois que a entrega na linha que center o grupo bola-possuindo tenta passa completamente sobre (de acordo com a bola da mão governa) a bola atrás do adversario opondo para colocar. Mas recebe um ponto. Depois que ganho que do ponto o jogo continua diretamente. Arrebetando a Bola Os jogadores no circulo jogam a bola para seu jogador do companheiro. Os jogadores podem passar sobre eles mesmos do companheiro também entre se. O partido opondo-se tenta interceptar a bola. Isto sucede, é mudado. Fósforo do Copo Todos tem um copo. Entregue sobre para o exemplo da bola de tennis de mesa com o copo ao suporte. Que última a fileira funciona com a bola para diante, a fim a dar outra vez à parte traseira. Formulários possiveis de entragar o excesso: sobre um ombro, lateralmente sobre a cintura ou pelas pernas. Que grupo é mais rapido? 18

19 Objetivo-Jogue É jogado sobre um obstácula elevado (cabo) em uma superficie do objetivo. Cada grupo tem uma estadia fixa disponivel. Valiação: Soma das batidas. Outros Jogos Jogos com Cadeira (1-2) 1. As cadeiras são distribuidas livremente na área; todos os movimentos dos participantes: Andar slalom pelas fileiras das cadeiras Quem se senta em indicações como o primeiro em sua cadeira Quem está em indicações como o primeiro atrás de sua cadeira Quem está como o primeiro em sua cadeira Exceda e através-restejamento as cadeiras 2. As cadeiras são carregadas para a frente; sobre a cabeça carregada Na direita e na mão esquerda prendeu Que se senta com sua cadeira como primeiro em um linha do volleyball campo da bola-, do basketball ou da bola da mão. 19

20 Jogos com Cadeira (3-4) 3. Todos os participants se sentam em suas cadeiras; quem é como o primeiro uma vez, duas vezes, o excesso de tres vezes para possuir a cadeira funcionada e sentase outra vez sob sua cadeira através-rastejou quem afetou e senta todas as quatro paredes da área como o primeiro outra vez em sua cadeira 4. Relé movente Os partcipants sentam-se ao lado de se nas cadeiras e engancham-se abaixo. No sinal de começo o último que sua cadeira traz para a frente e cultiva; o jogo vai até uma linha 2 o 3 passagens Jogos com Cadeira (5-6) 5. Hockey do Pano Os grupos sentam-se oposto a, cada jogador tem um número. Os jogadores chamados funcionam a sua baliza, fazem exame da equipe de funcioários que encontra-se lá, funcionam-na ao encontro e tentam-na introduzir o pano que se encontra lá com a ajuda da equipe de funcionários na baliza do adverçario. 6. Relé da hablidade Cada participant tem um ballon. Os grupos sentam-se em uma fileira; depois que o começo acumula primeiramente em torno do para possuir a fileira, sopra durante o funcionamento o balão e deve traze-lo no possuir desse modo o lugar ao blow-out sentando-se para baixo no balão. Após o estronodo os começos seguintes do jogador.. Jogos com Cadeira (7) 7. Por sapatas nos pés de uma cadeira Equipamento: por o bandage do olho do participant um, as quatro sapatas e uma cadeira. Os jogadores devem tentar, com os olhos tapados na área distribua sapatas encontrando-se para encontrar e sob os pés de uma cadeira de seu lugar da cadeira. 20

21 Corrente-Trave Todos funcionam pelo resound ou pelo excesso o lugar. O caçador quatro reduz-se em cada caso, o formulário reduzindo-se com o caçador uma corrente. Que caçador tem as primeiras 7 ligações da trilha?. Jogos - Tenis de tabela a) Pode fazer 2 encontro 1, 3:1, 4:1 etc. são jogados b) Pode 2 de encontro 2, 2:3, 3:3 etc. são jogados c) Testar do ciclico pode ser variado completamente: Indicação da tecnologia que pode ser jogada Por tarefas auxiliares durante os caminhos (para o formulário do funcionamento do exemplo, o comprimento da maneira, introduzãos de gynastica etc) Por dados da regras (para a modalidade do elimination do exemplo, o valuation com pontos de colocar etc.) Relé de Ballon O primeiro par começa atolou o ballon entre se, gira a marca e retorna ao grupo. O começo seguinte. Se o balão for perdido na maneira, deve-se aceitar no lugar apropriado outra vez. Que grupo está como o primeiro outra vez completamente no ponto começar, depois que cada par funcionou uma vez?? Alternativas: Os pares estão para as partes traseiras nas partes traseiras e wedge o balão entre as escostas; A vai para a frente, B para trás; Os pares estão ao lado de se e wedge o balão entre ombros, bacias ou joelhos; ambos os go/run para a frente 21

22 Ballon Lagarta Os jogadores estão um atrás do outro e dãono forma começando atolaram os ballons uma lagarta de ballons. Correr, sem a lagarta rasgar fora! Cria da lagarta o obstãculos. Para ir completamente? Tournament da Equitação Em ordem um quadrado em torno dos obstáculos deve ser tornado de tal maneira que os obstáculos tipicos para tournament de uma equitação se tornam: dobreo e combinação three-way, vala da água, salto altamente distante, embeba o salto. Cada grupo ocupa um canto, e cada corredor põe um circulo para trás sobre todos os obstáculos. Croquet Jogando o equipamento: Malho approx. 1,20 m de. comprimento com um approx. 5 cm forte cabeça de malho; Bola de madeira diametros de 6 7 cm; 10 balizas approx. 20 cm altura de curvado arame de ferro; 1 objetivo e um borne de giro. Réguas: Dois a oito jogadores jogam com racquet do croquet e a uma bola colorida cada um. Quem chega com poucas batidas no borne do objetivo, ganha. A batida dos participants em ordem. A bola não pode ser empurrada. Quem veio com sua bola por uma baliza, pode golpear outra vez. Na maneira uma pode de lado-golpeia bolas opor-se; aplica abaixo entretanto somente o impacto da bola de encontro à bola. Então um tem um impacto mais adicional. 22

23 A fila morde-se na cauda. Os jogadores são ficados situados em uma fileira uma atrás da outra e apreendem seu endossante precedente firmemente em torno do hip, de mode que a fila não rasgue. A cabeça da fila deve tentar, a ultima fileira, assim a cauda a começar sem desse modo a fila rasga acima. Se isso lhe suceder, então a cauda travada muda ao ponto e o jogo começa da parte dianteira. Campo-Field-Hop: Em campos pintados (approx. 50 cm pela maior parte e amplamente) hop one-egged. Aplica-se ao hop do campo ao campo, sem afeta as linhas do campo - e na maneira para trás. Quem faz um erro, o separa e o espera então, até. que estiver outra vez por sua vez e puder começar na parta dianteira. Durante determinadas variações uma pode descansar-se no céu em ambos os pés; o inferno deve ser saltado sobre em cada caso. Omitido, esse quente, a pedra não remanescer lá. Há uma sucessão do... Dado em cada caso, para o exemplo: no hop esquerdo do pé - hop no pé direito - uma pedra na cabeça posta e para ir - uma pedra na ponta do pé a por e ir - a pedra no solo com o pé do campo ao campo saltando (a pedra pode remanescer estando em nenhuma linha). Carrinho de mão: O jogador A está em couch-suporta. O jogador B apreende-o nos thighs (proximidade dos joelhos) e em aumentos ele. Agora ambos funcionam para a frente, por meio de que o sustento de A seu corpo tão estável como possivel e pouco trémer deve fazer. Variants: para trás e lateralmente funcionamento funcionamento pequeno excedente dos obstáculos Um caminho de Slalom vai completamento Carrinho de mão emcontrario 23

24 Puxando o Fósforo: Para trás nas partes traseiras. Todos apreende com o pé direito da mão esquerda do outro jogador (ou no reverso). Quem pode puxar o jogador até uma marca (sobre uma linha)? Variant: o mesmo com a cara a se: sempre preensão e empurar/puxar Para trás nas partes traseiras: Iguale dois jogadores grandes inclinam-se com a parte traseira junto, abaixam-se lentamente ao squat (90 ) e endireitam-se acima outra vez. Os braços não são enganchados desse modo. Variantes: Fazer tempo reservado Mais baixo e no funcionamento destes obstáculos do excesso do funcionamento de posição (para diante, para trás, lateralmente). Achado dos formulários do fósforo Relé do handshake As crianças são ficadas situadas nos grupos um atrás da outra versão disponivel. A última criança do grupo começa um número mostrado, que deva o passar sobre pelo handshake. O grupo, em que a primeira criança chama primeiramente o número correto, reçebe um ponto. 24

25 Número na parte traseira As crianças são ficadas situadas nos grupos um atrás do outro. O último em cada criança do caso do grupo começa um número mostrado, que o escreva à criança que está antes dele na parte traseira. Isto passa-o exatamente no mesmo a seu endossante precedente. Chama primeiramente o número suposto. Se estiver correto, seu grupo reçebe um ponto. Mais tarde os grupos mudam para a frente em torno de um jogador. Sapatas de Eulenspiegel Todos os jogadores retirão as sapatas e põen estes para baixo em um circulo diâmetros de 3-4 m no disorder. Na distância de 25 m então ajustados toda acima ela mesma e no começo a linha começar primeiramente com para possuir outra vez sapatas nos pés, ganhado. Transporte do Tronco Todos os participantes estão em dois grupos na reserva ao lado de se em cada caso no solo assim oposto àquele suas cabeças em uma linha é e suas orelhas tocam-se. Os braços são esticado perpendicular ascendente e ajustado acima nas mãos. Um ajudante ajuda pôr a parede traseira do tronco estcado sobre as mãos foremost. Agora um alegre, wobbly transporte começa. Na extremidade do trasporte recebe o tronco outra vez. Notas: Os braços devem remane perpendiculares e esticados. 25

26 Raças do número Um campo jogando de aproximadamente 15 m x 15 m. 4 grupos estão atrás das linhas. No centro está o policia. Libera o caminho, em que os grupos mudam rapidamente os lados. O policia libera os caminhos em sentidos diferentes. Vem com o funcionamento na diagona`l às mudanças do lugar de dois grupos. Um funcionamento paralelo às beiras do campo jogando, todos os grupos é involvido. Raças do Circulo Dentro dos grupos individuais um sobre conta. Se o lider do jogo chamar AC, a seguir o funcionamento apropriado dos grupos em torno da aposta, no começo 3 somente todos os três. Tripé-Trave Todos os jogadores estão em pares amarrados junto nos pés internos. Com um braço cobrem os sócios do ombro. O tripé funciona forças os jogadores para adaptar-se mutuamente na etapa. Se o apanhador reduzir um par, este deve fazer exame sobre do papael do apanhador. 26

27 Gato e Rato Os jogadores apreendem-se nas mãos de dão-se forma a um circulo. No centro do circulo o rato está, foro do gato. O rato foge, de que o gato persegue, logo dentro, logo fora do circulo. Os jogadores do circulo do rato são uteis, para fora por ele levantanto os braços e emdeslizando facilite, quando fecharam estes o gato abaixando os braços e as aberturas recusam. Sucede afetando o gato saltando pela corrente do circulo o rato, um par novo é determinado. Coloque o Jogo da Busca Os jogadores sentam-se no circulo até um, que funciona com um pano em torno do circulo e discreto. Atrás de um jogador deixa a queda. Observações estes saltos levanta-o, a fim apanhar o jogador do companheiro, que deixam o pano cair. Quem dos dois primeiramente no lugar vazio é, senta-se para baixo. Ouro continua com o pano. Anda comigo - corre Os jogadores dão forma também a um circulo para versão distante da mão, liberam então as mãos. Um jogador, o jogador que bate, funciona em torno fora do circulo e dá no circulo uma posição um impacto pequeno no ombro e as chamadas desse mode vem comigo ou corre! Isto segue o afastado-away-hasty ou funciona-o no sentido oposto. A raça em torno do lugar livrado começa. Quem chega por ultimo, fax o papel do jogador que bate. 27

28 Baraca do Cão Os jogadores do circulo interno estão com as pernas abertas, eles representam a baraca do cão. O exterior, com que alguns jogadores estão mais do que no incircle, funciona em torno do circulo. Alguns jogadores remanescem sem baraca. Devem outra vez funcionar longitudinalmente, e os papéis forem trocados. Reversão - Interrupsão Um jogador no em posição de banco-, sustentação ou na posição prone. O primeiro corredor salta o excesso estes e faz exame do lugar do jogador de giro. Ese funciona ao grupo para trás em torno do jogador seguinte pelo impacto da mão a direita dar do funcionamento dar. O ajuste das tarefas pode ser variado, a seguir é também através-rastejamento possivel pelas pernas abertas os pernas a fim funcionar então para trás outra vez ao grupo. Do mesmo modo pode saltar sobre obstáculos ou funcionar no slalom. Relés testando ciclicos Em cada jogadoresdo caso cinco ou seis apreendase nas mãos, dão forma a um circulo. O jogador nr. 1 de cada circulo funciona em assobia de seu circulo e em um trajeto circular grande por direto toda diferente outra vez a seu próprio grupo, em torno do jogador nr. 2 para dar a direita do funcionamento. Quem funcionou, põe-se para baixo. Assim o grupo do vencedor é marcado mais melhor. 28

29 Relés do Pêndulo Em relés do pêndulo a metade dos jogadores é emitida em cada caso no lado oposto. Jogador nr. 1 de cada começo do grupo em uma indicação, entregue excesso então a madeira do relé o jogador de espera do outro grupo meio. Incorporam-se lá. Jogador nr. 2 do mesmo modo ao lado oposto, linhas acima lá que etc. funcionou. Relés Móveis Antes de cada grupo um obstáculo, um jogador está como a sustentação na distancia curta. Um tanto atrás dela uma marca de giro continua a estar. Assim que corredor nr. 1 a sustentação saltada sobre segue já o seguinte. Após ter girado a marca de giro os jogadores fazem exame da ordem velha outra vez. Coloque o relé da Mudança Os grupos são ficados situados na fileira. Em uma indicação do lider do jogo o jogador nr. 1 de cada grupo com uma bola atrás de uma approx. A linha removeu 6 m. Gira e e joga (impulsos) a bola para o jogador seguinte de seu grupo. Isto funciona agora do mesmo modo no lado oposto. O procedimento repete-se, até todo o carrinho no outro lado. 29

AS LEIS DO TÊNIS DE MESA Capítulo 2

AS LEIS DO TÊNIS DE MESA Capítulo 2 AS LEIS DO TÊNIS DE MESA Capítulo 2 2.1 A MESA 2.1.1 A parte superior da mesa, chamada superfície de jogo, deve ser retangular, com 2,74 m de comprimento por 1,525 m de largura, e situar-se em um plano

Leia mais

1. História do Voleibol. 2. Caracterização do Voleibol. 2. Regras do Voleibol. Documento de Apoio de Voleibol VOLEIBOL

1. História do Voleibol. 2. Caracterização do Voleibol. 2. Regras do Voleibol. Documento de Apoio de Voleibol VOLEIBOL VOLEIBOL 1. História do Voleibol O Voleibol foi criado em 1885, em Massachussets, por William G. Morgan, responsável pela Educação Física no Colégio de Holyoke, no Estado de Massachussets, nos Estados

Leia mais

DISCIPLINA: PESO CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

DISCIPLINA: PESO CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS PESO 220 DISCIPLINA: PESO DOMÍNIO DAS TÉCNICAS (LANÇADORES DESTROS) FASE III APERFEIÇOAMENTO TÉCNICO B FASES / NÍVEIS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS - Adquirir noções gerais do lançamento do peso, através de

Leia mais

Cartilha das Brincadeiras

Cartilha das Brincadeiras Cartilha das Brincadeiras Amarelinha (academia, escada, macaca, sapata) Primeiro desenhe no chão um diagrama como este aí ao lado. Quem for jogar fica no inferno e lança uma pedra, mirando no número 1.

Leia mais

APOSTILA DE VOLEIBOL

APOSTILA DE VOLEIBOL APOSTILA DE VOLEIBOL O voleibol é praticado em uma quadra retangular dividida ao meio por uma rede que impede o contato corporal entre os adversários. A disputa é entre duas equipes compostas por seis

Leia mais

LITUÂNIA Candle (Vela)

LITUÂNIA Candle (Vela) LITUÂNIA Candle (Vela) Materiais: - 1 Bola Jogadores o maior número possível Regras - Escolhem-se duas pessoas que ficarão nas pontas e o resto vai para o meio do campo. Os jogadores que estão nas pontas

Leia mais

Blog Cantinho do Saber

Blog Cantinho do Saber Blog Cantinho do Saber BRINCADEIRAS PARA A VOLTA ÀS AULAS 1) Onça Dorminhoca Educação infantil Formar com os alunos uma grande roda. Cada criança fica dentro de um pequeno círculo desenhado sob os pés,

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA CENTRO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA Prof. Dr. Victor H. A. Okazaki http://okazaki.webs.com Material de Apoio: Desenvolvimento & Aprendizado

Leia mais

Senior Fitness Test SFT

Senior Fitness Test SFT 1. Levantar e sentar na caira Senior Fitness Test SFT Objetivo: avaliar a força e resistência dos membros inferiores. Instrumentos: cronômetro, caira com encosto e sem braços, com altura assento aproximadamente

Leia mais

Caracterização. Objetivo

Caracterização. Objetivo VOLEIBOL Caracterização O voleibol é um jogo desportivo coletivo praticado por duas equipas, cada uma composta por seis jogadores efetivos e, no máximo, seis suplentes, podendo um ou dois destes jogadores

Leia mais

Exercícios de força muscular

Exercícios de força muscular Exercícios de força muscular ABDOMINAIS Objectivos: Melhoria funcional e reforço muscular do Core. Posição Inicial - Deite-se em decúbito dorsal (barriga para cima), coloque as pernas flectidas a 45º,

Leia mais

OBJETIVO: Definir os conteúdos, objetivos específicos e exercícios aplicáveis ao ensino da natação nos níveis 0, 1, 2 e 3.

OBJETIVO: Definir os conteúdos, objetivos específicos e exercícios aplicáveis ao ensino da natação nos níveis 0, 1, 2 e 3. OBJETIVO: Definir os conteúdos, objetivos específicos e exercícios aplicáveis ao ensino da natação nos níveis 0, 1, 2 e 3. ÂMBITO: Aplica-se a todos os professores da Escola Municipal de Natação nos tanques

Leia mais

11 EXERCÍCIOS PARA PREVENIR LESÕES

11 EXERCÍCIOS PARA PREVENIR LESÕES 11 EXERCÍCIOS PARA PREVENIR LESÕES O futsal, como outras modalidades, está associado a certos riscos de lesões por parte dos jogadores. No entanto, estudos científicos comprovaram que a incidência de lesões

Leia mais

Atletismo O LANÇAMENTO DO DARDO

Atletismo O LANÇAMENTO DO DARDO Atletismo O LANÇAMENTO DO DARDO A história do lançamento do dardo, pode ter sua origem na pré-história. Empregado, inicialmente na caça e, posteriormente na guerra, como arma de combate. É uma das provas

Leia mais

FAZ UM SMASH À ROTINA! REGRAS OFICIAIS WWW.AROUNDTHEFUTURE.PT

FAZ UM SMASH À ROTINA! REGRAS OFICIAIS WWW.AROUNDTHEFUTURE.PT FAZ UM SMASH À ROTINA! REGRAS OFICIAIS WWW.AROUNDTHEFUTURE.PT REGRAS OFICIAIS 1. O CAMPO 1.1. A área de jogo é um rectângulo de 10 metros de largura por 20 metros de comprimento. 1.2. Este rectângulo será

Leia mais

Modalidade Alternativa: Badminton

Modalidade Alternativa: Badminton Escola Básica e Secundária Rodrigues de Freitas Modalidade Alternativa: Badminton Ações técnico-táticas Regulamento Professora: Andreia Veiga Canedo Professora Estagiária: Joana Filipa Pinto Correia Ano

Leia mais

Protocolo dos Testes de Aptidão Física Funcional da Bateria de Testes de Rikli & Jones (1999)

Protocolo dos Testes de Aptidão Física Funcional da Bateria de Testes de Rikli & Jones (1999) Protocolo dos Testes de Aptidão Física Funcional da Bateria de Testes de Rikli & Jones (1999) 1. Levantar e Sentar na Cadeira Avaliar a força e resistência dos membros inferiores (número de execuções em

Leia mais

REGRAS OFICIAIS. 1.3. De cada lado deste quadrado será demarcada, à 7 metros da rede e paralela a esta, uma linha denominada linha da área de saque.

REGRAS OFICIAIS. 1.3. De cada lado deste quadrado será demarcada, à 7 metros da rede e paralela a esta, uma linha denominada linha da área de saque. REGRAS OFICIAIS 1. A QUADRA 1.1. A área de jogo trata-se de um retângulo de 10 metros de largura por 20 metros de comprimento. 1.2. Este retângulo será dividido na sua metade por uma rede, formando em

Leia mais

Clínica Deckers. Fisioterapia Exercícios Terapêuticos para a Coluna Lombar O QUE É

Clínica Deckers. Fisioterapia Exercícios Terapêuticos para a Coluna Lombar O QUE É Fisioterapia Exercícios Terapêuticos para a Coluna Lombar O QUE É Estes são alguns dos exercícios recomendados com maior freqüência para a terapia da coluna lombar, Eles foram compilados para dar a você,

Leia mais

verdenovo ESTUDOS ATIVIDADES PRÁTICAS PARA AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA

verdenovo ESTUDOS ATIVIDADES PRÁTICAS PARA AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA verdenovo ESTUDOS ATIVIDADES PRÁTICAS PARA AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA BRUXINHA E AS BRANCAS DE NEVE Faixa etária: 2 a 6 anos Materiais: Chapéu de bruxa Desenvolvimento: Uma criança será escolhida para ser

Leia mais

Prof. Rogério Porto. Assunto: Cinemática em uma Dimensão III

Prof. Rogério Porto. Assunto: Cinemática em uma Dimensão III Questões COVEST Física Mecânica Prof. Rogério Porto Assunto: Cinemática em uma Dimensão III 1. Um atleta salta por cima do obstáculo na figura e seu centro de gravidade atinge a altura de 2,2 m. Atrás

Leia mais

JOGOS LÚDICOS PARA AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA

JOGOS LÚDICOS PARA AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA JOGOS LÚDICOS PARA AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA VOLUME 2 1 NOME DO JOGO: JOGOS DOS DEZ PASSES CONTEÚDOS: Passe ESPECIFICIDADE EM: Andebol; Basquetebol; Corfebol. MATERIAL NECESSÁRIO: Bolas; coletes OBJECTIVO

Leia mais

E Nas extremidades da rede existem duas antenas que delimitam o espaço aéreo de jogo.

E Nas extremidades da rede existem duas antenas que delimitam o espaço aéreo de jogo. V O L E I B O L A quadra de jogo A quadra de voleibol mede 18 x 9 metros e é demarcada por linhas de 5 centímetros de espessura. Possui uma linha central que divide a quadra em duas áreas com 9 x 9 metros.

Leia mais

C. Guia de Treino ------------------------------------------------

C. Guia de Treino ------------------------------------------------ C. Guia de Treino ------------------------------------------------ A FORÇA / RESISTÊNCIA ( FUNÇÃO MOVIMENTO OSCILAÇÃO ) A01 Joelhos inclinados Com os pés afastados na plataforma, segure a barra de apoio

Leia mais

AULAS TÉCNICAS DE CRAWL Musculatura Utilizada. Posição do Corpo e de Seus Segmentos. Posição do Corpo Erros Causas Correções

AULAS TÉCNICAS DE CRAWL Musculatura Utilizada. Posição do Corpo e de Seus Segmentos. Posição do Corpo Erros Causas Correções SUMÁRIO AULAS TÉCNICAS DE CRAWL... 3 Respiração Lateral... 6 Entrada de Mão... 8 Recuperação da Braçada de Crawl... 11 Puxada... 13 Deslize... 15 Posição do Pé para Execução da Pernada de Crawl... 17 Aceleração...

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

CONCURSO PÚBLICO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA E DA DEFESA SOCIAL CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO GERAL CENTRO DE RECURSOS HUMANOS CONCURSO PÚBLICO

Leia mais

Global Training. The finest automotive learning

Global Training. The finest automotive learning Global Training. The finest automotive learning Cuidar da saúde com PREFÁCIO O Manual de Ergonomia para o Motorista que você tem em agora em mãos, é parte de um programa da Mercedes-Benz do Brasil para

Leia mais

AS REGRAS DO VOLEIBOL

AS REGRAS DO VOLEIBOL AS REGRAS DO VOLEIBOL NÚMERO DE JOGADORES Cada equipa é composta, no máximo, por 12 jogadores inscritos no boletim de jogo. Apenas 6 jogadores ocupam o terreno de jogo ( 6 efectivos e 6 suplentes ). O

Leia mais

Fazer as costelas de vários mini saltos, pular em uma e quando cair pular em outra e assim em diante.

Fazer as costelas de vários mini saltos, pular em uma e quando cair pular em outra e assim em diante. Concentração e Atenção são as palavras chaves para uma pilotagem segura. Embora tenham a moto adequada, muitos pilotos apresentam deficiências, especialmente de postura, na hora de frenagem e na escolha

Leia mais

R E G R A S D E T Ê N I S

R E G R A S D E T Ê N I S R E G R A S D E T Ê N I S Regra 1 A QUADRA (Antiga 1 e 34) A quadra deve ser um retângulo de 23,77 m de comprimento por 8,23 m de largura, para os jogos de simples. Para os jogos de duplas e quadra deve

Leia mais

OS SINAIS DO ÁRBITRO. Entender o árbitro para entender o jogo. Tradução : Xavier Vouga & Pierre Paparemborde

OS SINAIS DO ÁRBITRO. Entender o árbitro para entender o jogo. Tradução : Xavier Vouga & Pierre Paparemborde OS SINAIS DO ÁRBITRO Entender o árbitro para entender o jogo. Tradução : Xavier Vouga & Pierre Paparemborde Os 49 sinais do árbitro têm como objetivo facilitar a comunicação com os jogadores e o público

Leia mais

Seqüência completa de automassagem

Seqüência completa de automassagem Seqüência completa de automassagem Os exercícios descritos a seguir foram inspirados no livro Curso de Massagem Oriental, de Armando S. B. Austregésilo e podem ser feitos em casa, de manhã ou à tardinha.

Leia mais

Plano de Exercícios Para Segunda-Feira

Plano de Exercícios Para Segunda-Feira Plano de Exercícios Para Segunda-Feira ALONGAMENTO DA MUSCULATURA LATERAL DO PESCOÇO - Inclinar a cabeça ao máximo para a esquerda, alongando a mão direita para o solo - Alongar 20 segundos, em seguida

Leia mais

como a DT200 da Yamaha.

como a DT200 da Yamaha. Para os iniciantes, é melhor optar por uma moto de menor potência, como a 125cc, porque elas são mais leves e dão mais chances. As 250cc são mais violentas e qualquer erro pode causar um tombo. Para o

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES MODELO ABC DESIGN 3 TEC

MANUAL DE INSTRUÇÕES MODELO ABC DESIGN 3 TEC MANUAL DE INSTRUÇÕES MODELO ABC DESIGN 3 TEC Utilização 3 em 1 (sistema travel system) bebê conforto adaptável ao carrinho Altura regulável das alças para empurrar o carrinho 3 posições de regulagem de

Leia mais

DESPORTO ESCOLAR ATLETISMO CURSO DE JUIZES DE ESCOLA

DESPORTO ESCOLAR ATLETISMO CURSO DE JUIZES DE ESCOLA DESPORTO ESCOLAR ATLETISMO CURSO DE JUIZES DE ESCOLA DESPORTO ESCOLAR CURSO DE JUIZES DE ESCOLA ATLETISMO O ATLETISMO É COMPOSTO POR PROVAS DE PISTA, ESTRADA E CORTA- MATO AS PROVAS DE PISTA ESTÃO DIVIDIDAS

Leia mais

ENSINAR E APRENDER A JOGAR MINIBASQUETE. Carlos Bio. Adaptação Luís Laureano

ENSINAR E APRENDER A JOGAR MINIBASQUETE. Carlos Bio. Adaptação Luís Laureano ENSINAR E APRENDER A JOGAR MINIBASQUETE Carlos Bio Adaptação Luís Laureano 2 METODOLOGIA DE ENSINO Para ensinarmos o Minibasquete vamos seguir uma Metodologia, que nos parece indicada para o trabalho com

Leia mais

INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA ANO LETIVO: 2013/2014

INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA ANO LETIVO: 2013/2014 INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA ANO LETIVO: 2013/2014 ENSINO BÁSICO 6º ANO DISCIPLINA DE EDUCAÇÃO FÍSICA CÓDIGO 28 MODALIDADE PROVA ESCRITA E PROVA PRÁTICA INTRODUÇÃO: O presente documento

Leia mais

Eggy. Ref. IXCI6044. MAX 22Kg. Em conformidade com a norma Européia EN 14344

Eggy. Ref. IXCI6044. MAX 22Kg. Em conformidade com a norma Européia EN 14344 Eggy Ref. IXCI6044 Em conformidade com a norma Européia EN 14344 MAX 22Kg Assento traseiro de bicicleta Eggy 2 1 B 2 3D E 4 5 3 6 7G 8 9 I M 10 N 11 12 NN 4 O O P P Q 13 14 Q 15 16 5 PT Assento traseiro

Leia mais

JOGOS UNIVERSITÁRIOS CAMILIANOS - JUCAM 2013

JOGOS UNIVERSITÁRIOS CAMILIANOS - JUCAM 2013 REGULAMENTO PARA O VOLEIBOL EQUIPES Uma equipe é formada por 10 jogadores. E somente 6 jogadores podem participar do jogo tendo como obrigatoriedade 3 homens e 3 mulheres em quadra para condições de jogo.

Leia mais

AS REGRAS DO BASQUETEBOL

AS REGRAS DO BASQUETEBOL AS REGRAS DO BASQUETEBOL A BOLA A bola é esférica, de cabedal, borracha ou material sintéctico. O peso situa-se entre 600 g e 650g e a circunferência deve estar compreendida entre 75 cm e 78 cm. CESTOS

Leia mais

Atividades psicomotoras

Atividades psicomotoras Atividades psicomotoras ANDAR Andar de lado (passos laterais) Andar de lado (passos cruzados) Correr com as mãos na cabeça Correr com as mãos nos quadris Correr com as mão nas costas Saltitar com 2 pés

Leia mais

HISTÓRIA DO VOLEIBOL

HISTÓRIA DO VOLEIBOL VOLEIBOL HISTÓRIA DO VOLEIBOL O voleibol foi criado em 9 de Fevereiro de 1895 pelo americano William George Morgan, diretor de educação física da Associação Cristã de Moços (ACM), na cidade de Holyoke,

Leia mais

Regras e Regulamentos IPC-Atletismo 2014-2015. 16-11-2014 Federação Portuguesa de Atletismo 1

Regras e Regulamentos IPC-Atletismo 2014-2015. 16-11-2014 Federação Portuguesa de Atletismo 1 Regras e Regulamentos IPC-Atletismo 2014-2015 Federação Portuguesa de Atletismo 1 Atletismo para pessoas com Deficiência Federação Portuguesa de Atletismo 2 Jogos Paralímpicos A modalidade está no programa

Leia mais

Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar

Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar Documento de Apoio a Professores Responsáveis por Grupo/Equipa de Ginástica Artística Janeiro 2008 Livro de Exercícios de Ginástica

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA ANDEBOL

EDUCAÇÃO FÍSICA ANDEBOL EDUCAÇÃO FÍSICA ANDEBOL O Andebol é um jogo desportivo colectivo praticado por duas equipas (cada equipa tem: 7 jogadores em campo e 5 suplentes), cujo objectivo é introduzir a bola na baliza da equipa

Leia mais

VOLEIBOL. 11. O Jogador que executa o saque, deve estar em qual posição? 1) Em que ano foi criado o voleibol? a) 1997. a) posição número 6.

VOLEIBOL. 11. O Jogador que executa o saque, deve estar em qual posição? 1) Em que ano foi criado o voleibol? a) 1997. a) posição número 6. VOLEIBOL 1) Em que ano foi criado o voleibol? a) 1997 b) 2007 c) 1996 d) 1975 e)1895 2. Quem inventou o voleibol? a) William G. Morgan b) Pelé c) Roberto Carlos d) Ronaldinho Gaúcho e) Michael Jackson

Leia mais

XV JOGOS ARI DE SÁ. Ensino Fundamental I 2015 REGULAMENTO

XV JOGOS ARI DE SÁ. Ensino Fundamental I 2015 REGULAMENTO XV JOGOS ARI DE SÁ Ensino Fundamental I 2015 REGULAMENTO ABERTURA 1. DIA: 26/09/2015 ( Sábado ) 9h 2. LOCAL: Manhã Ginásio 2.1 - Concentração Manhã: galeria do Ensino Fundamental I 2.2 - Desfile de abertura

Leia mais

ZJ20U93 Montagem e Operacional

ZJ20U93 Montagem e Operacional www.zoje.com.br ZJ20U93 Montagem e Operacional ÍNDICE 1. Aplicação...2 2. Operação segura...2 3. Cuidados antes da operação...2 4. Lubrificação...2 5. Seleção da agulha e do fio...3 6. A Inserção da agulha...3

Leia mais

Relaxar a musculatura dos braços. Entrelace os dedos de ambas as mãos com suas palmas para cima e levante os braços por 10 segundos.

Relaxar a musculatura dos braços. Entrelace os dedos de ambas as mãos com suas palmas para cima e levante os braços por 10 segundos. por Christian Haensell A flexibilidade do corpo e das juntas é controlada por vários fatores: estrutura óssea, massa muscular, tendões, ligamentos, e patologias (deformações, artroses, artrites, acidentes,

Leia mais

Cartões de recurso pedagógico

Cartões de recurso pedagógico Cartões de recurso pedagógico Movimentações e habilidades 1. Movimentação - Sem bola 2. Adaptação à bola - Manipulação da bola 3. Movimentação - Com bola 4. Habilidades de lançamento - Rolamento 5. Habilidades

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO SAMPAIO ESCOLA E.B. 2, 3 PROFESSOR GONÇALO SAMPAIO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO SAMPAIO ESCOLA E.B. 2, 3 PROFESSOR GONÇALO SAMPAIO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO SAMPAIO ESCOLA E.B. 2, 3 PROFESSOR GONÇALO SAMPAIO DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES (EDUCAÇÃO FÍSICA) 5º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL 2014/2015 5.º Ano 1. CONTEÚDOS DE APRENDIZAGEM Atletismo

Leia mais

Energia potencial e Conservação da Energia

Energia potencial e Conservação da Energia Energia potencial e Conservação da Energia Disciplina: Física Geral I Professor: Carlos Alberto Objetivos de aprendizagem Ao estudar este capítulo você aprenderá: Como usar o conceito de energia potencial

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE ANADIA

ESCOLA SECUNDÁRIA DE ANADIA ESCOLA SECUNDÁRIA DE ANADIA Bateria de Exercícios Voleibol NÚCLEO DE ESTÁGIO DE EDUCAÇÃO FÍSICA 2000.2001 VOLEIBOL BATERIA DE EXERCÍCIOS Este documento pretende acima de tudo fornecer ao professor uma

Leia mais

sendo as componentes dadas em unidades arbitrárias. Determine: a) o vetor vetores, b) o produto escalar e c) o produto vetorial.

sendo as componentes dadas em unidades arbitrárias. Determine: a) o vetor vetores, b) o produto escalar e c) o produto vetorial. INSTITUTO DE FÍSICA DA UFRGS 1 a Lista de FIS01038 Prof. Thomas Braun Vetores 1. Três vetores coplanares são expressos, em relação a um sistema de referência ortogonal, como: sendo as componentes dadas

Leia mais

TREINAMENTO DE CERTIFICAÇÃO QTEK Bomber

TREINAMENTO DE CERTIFICAÇÃO QTEK Bomber TREINAMENTO DE CERTIFICAÇÃO QTEK Bomber O QTEK Bomber é um dispositivo de separação de camada independente, projetado para remover ou adicionar camadas de produtos sobre um palete. O Bomber também pode

Leia mais

APOSTILA DE RUGBY O RUGBY BRASILEIRO

APOSTILA DE RUGBY O RUGBY BRASILEIRO APOSTILA DE RUGBY O RUGBY BRASILEIRO História do Rugby no Brasil -O RUGBY chegou ao BRASIL no século retrasado. -Charles Miller teria organizado em 1895 o primeiro time de rugby brasileiro, em São Paulo.

Leia mais

Dist. da linha saída à 1ª barreira

Dist. da linha saída à 1ª barreira TÉCNICA DAS CORRIDAS COM BARREIRAS Antes de mais nada podemos dizer que as corridas com barreiras são provas de velocidade rasa porque, muito embora o barreiristas se depare com uma série de barreiras

Leia mais

Clínica Deckers. Fisioterapia Exercícios Terapêuticos para o Joelho

Clínica Deckers. Fisioterapia Exercícios Terapêuticos para o Joelho Clínica Deckers Fisioterapia Exercícios Terapêuticos para o Joelho O QUE É Estes são alguns dos exercícios recomendados com mais freqüência, para a terapia do Joelho. Eles foram compilados para dar a você,

Leia mais

b a l õ e s E x e r c í c i o s j o g o s c o m Escola Superior de Educação de Bragança Educação Física no Jardim de Infância

b a l õ e s E x e r c í c i o s j o g o s c o m Escola Superior de Educação de Bragança Educação Física no Jardim de Infância Escola Superior de Educação de Bragança Educação Física no Jardim de Infância E x e r c í c i o s e j o g o s c o m b a l õ e s José Bragada Prof. Adjunto da Área de Educação Física Junho de 2000 Introdução

Leia mais

Regulamento Individual de cada Jogo JOGO LOUCO

Regulamento Individual de cada Jogo JOGO LOUCO Regulamento Individual de cada Jogo JOGO LOUCO OBJECTIVO: Efetuar um percurso de ida e volta, num total de cerca de 40 metros, no menor tempo possível. PARTICIPANTES: 6 elementos de cada Equipa. DESENVOLVIMENTO:

Leia mais

GUIA RÁPIDO DAS REGRAS DE GOLFE

GUIA RÁPIDO DAS REGRAS DE GOLFE GUIA RÁPIDO DAS REGRAS DE GOLFE Uma vez que o golfe é um jogo auto regulado, todos os golfistas devem ter um bom entendimento do fundamental das Regras, tal como consta neste Guia. Contudo, este Guia não

Leia mais

COMENTÁRIOS E INTERPRETAÇÕES

COMENTÁRIOS E INTERPRETAÇÕES COMENTÁRIOS E INTERPRETAÇÕES das Regras Oficiais de Basquetebol em Cadeiras de Rodas 2004 INTRODUÇÃO E CHAVE Pág. 1 de 39 INTRODUÇÃO As figuras antes de cada caso referem-se ao artigo equivalente das Regras

Leia mais

Manual de utilização. No sentido inverso ao da marcha e no sentido da marcha Grupo 0+ - 1. Peso 0-18 kg. Idade 6m-4a

Manual de utilização. No sentido inverso ao da marcha e no sentido da marcha Grupo 0+ - 1. Peso 0-18 kg. Idade 6m-4a 1 26 27 34 35 16 2 4 3 Manual de utilização 5 6 8 9 7 10 11 12 13 14 15 28 29 36 31 17 30 37 No sentido inverso ao da marcha e no sentido da marcha Grupo 0+ - 1 19 20 21 23 Peso 0-18 kg 18 22 38 39 Idade

Leia mais

O que é o Bitoque-rugby

O que é o Bitoque-rugby O que é o Bitoque-rugby O rugby é uma modalidade desportiva que envolve contacto físico entre os seus praticantes, sendo assim é de primordial importância que os praticantes joguem de acordo com as regras

Leia mais

Segurança, Equipamentos e Investigação Científica

Segurança, Equipamentos e Investigação Científica Segurança, Equipamentos e Investigação Científica Folha do Professor Resumo: O professor fará uma demonstração do que não se deve fazer no laboratório e os alunos tentarão adivinhar os erros. Em seguida,

Leia mais

STAR. Modelo N106 Grupos I, II e III. SAC: (11) 4072 4000 www.infanti.com.br

STAR. Modelo N106 Grupos I, II e III. SAC: (11) 4072 4000 www.infanti.com.br STAR Modelo N106 Grupos I, II e III SAC: (11) 4072 4000 www.infanti.com.br Conheça seu Assento de Segurança Cuidados e Manutenção A B C Encosto Guia lateral do cinto de segurança Braçadeiras do cinto (pres.

Leia mais

LIVRO DE BRINCADEIRAS DA TURMA DO VAMPIRO

LIVRO DE BRINCADEIRAS DA TURMA DO VAMPIRO LIVRO DE BRINCADEIRAS DA TURMA DO VAMPIRO 1º ANO A 2011 BRINCADEIRAS ALERTA AMARELINHA BARRA-MANTEIGA BATATA-QUENTE CABRA-CEGA CORRE-LENÇO MAMÃE DA RUA PARLENDA: COPO DE VENENO PEGA-PEGA GELO PIQUE-BANDEIRA

Leia mais

DINÂMICA 1 DE UM KART 2 Bob Bondurant (tradução de Eduardo Moreira)

DINÂMICA 1 DE UM KART 2 Bob Bondurant (tradução de Eduardo Moreira) DINÂMICA 1 DE UM KART 2 Bob Bondurant (tradução de Eduardo Moreira) Se você fizer uma lista de cada componente de seu kart cada parafuso, porca, peça do motor, componente do chassi, cabo, fio e, então,

Leia mais

Centro Educacional Juscelino Kubitschek. Roteiro e Lista de Recuperação de Física

Centro Educacional Juscelino Kubitschek. Roteiro e Lista de Recuperação de Física Centro Educacional Juscelino Kubitschek ALUNO: N.º: DATA: / / ENSINO: ( ) Fundamental (x ) Médio SÉRIE: 1º TURMA: TURNO: DISCIPLINA: FÍSICA PROFESSOR: Equipe de Física Roteiro e Lista de Recuperação de

Leia mais

Corrida de Barreiras. José Carvalho. Federação Portuguesa de Atletismo

Corrida de Barreiras. José Carvalho. Federação Portuguesa de Atletismo Corrida de Barreiras José Carvalho F P A Federação Portuguesa de Atletismo CORRIDAS DE BARREIRAS José Carvalho Objectivo Ser capaz de realizar uma corrida com barreiras - ritmada em velocidade máxima.

Leia mais

Mais aplicações das Leis de Newton

Mais aplicações das Leis de Newton Mais aplicações das Leis de Newton Disciplina: Física Geral I Professor: Carlos Alberto Objetivos de aprendizagem Ao estudar este capítulo você aprenderá: A natureza dos diversos tipos de força de atrito

Leia mais

Catálogo de Perguntas e Repostas (IHF)

Catálogo de Perguntas e Repostas (IHF) Catálogo de Perguntas e Repostas (IHF) IHF CATÁLOGO DE PERGUNTAS SOBRE AS REGRAS DE JOGO BASEADO NO LIVRO DE REGRAS EDIÇÃO: 1º DE JULHO DE 2010 Muitas perguntas têm mais de uma resposta correta! 1. Que

Leia mais

FIXANDO AS CAVERNAS NO PICADEIRO 33

FIXANDO AS CAVERNAS NO PICADEIRO 33 2 1 100 1 132 1 000 FIXANDO AS CAVERNAS NO PICADEIRO 33 1. Coloque a caverna do meio sobre o picadeiro a frente da traverssa. Para o barco de 5,2 m a caverna 2, para os barcos maiores a caverna 3. 2. Alinhe

Leia mais

TF-830 MOTOCICLETA. Leia cuidadosamente antes do uso

TF-830 MOTOCICLETA. Leia cuidadosamente antes do uso TF-830 MOTOCICLETA Leia cuidadosamente antes do uso Leia este manual cuidadosamente antes de usar este produto. O manual o informará como operar e montar o produto de uma forma correta para que nenhuma

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE ODIVELAS MATRIZ DO EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA EDUCAÇÃO FÍSICA 3º Ciclo Ano lectivo 2009/2010

ESCOLA SECUNDÁRIA DE ODIVELAS MATRIZ DO EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA EDUCAÇÃO FÍSICA 3º Ciclo Ano lectivo 2009/2010 Ginástica de Solo Prova Prática ESCOLA SECUNDÁRIA DE ODIVELAS MATRIZ DO EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA EDUCAÇÃO FÍSICA 3º Ciclo Ano lectivo 2009/2010 Tempo de realização: 45m A prova é composta por

Leia mais

COLÉGIO TERESIANO BRAGA Ano Letivo 2011-2012 Educação Física 1º Período 7º Ano 1. ATLETISMO

COLÉGIO TERESIANO BRAGA Ano Letivo 2011-2012 Educação Física 1º Período 7º Ano 1. ATLETISMO COLÉGIO TERESIANO BRAGA Ano Letivo 2011-2012 Educação Física 1º Período 7º Ano 1. ATLETISMO Corridas Especialidades Velocidade Meio-Fundo Fundo Barreiras Estafetas Provas 60m, 100m, 200m, 400m 800m, 1500m,

Leia mais

3. Pressione o cotovelo, com a maior força possível com a outra mão, em direção ao outro ombro. Fique nesta posição por 10 segundos. Repita 3X.

3. Pressione o cotovelo, com a maior força possível com a outra mão, em direção ao outro ombro. Fique nesta posição por 10 segundos. Repita 3X. THIAGO MURILO EXERCÍCIOS PARA DEPOIS DO TÊNIS 1. Em Pé de costas para um canto de parede flexione a sua perna mais forte para frente, alinhe a coluna e leve os braços para trás até apoiar as palmas das

Leia mais

7] As polias indicadas na figura se movimentam em rotação uniforme, ligados por um eixo fixo.

7] As polias indicadas na figura se movimentam em rotação uniforme, ligados por um eixo fixo. Colégio Militar de Juiz de Fora Lista de Exercícios C PREP Mil Prof.: Dr. Carlos Alessandro A. Silva Cinemática: Vetores, Cinemática Vetorial, Movimento Circular e Lançamento de Projéteis. Nível I 1] Dois

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA GINÁSTICA 1 GINÁSTICA NO SOLO

EDUCAÇÃO FÍSICA GINÁSTICA 1 GINÁSTICA NO SOLO EDUCAÇÃO FÍSICA GINÁSTICA Para a realização dos exercícios de ginástica, foram usados alguns materiais e aparelhos, cuja manipulação e utilização, exigiram determinados cuidados específicos: Tapete de

Leia mais

Regras de Futebol de Campo

Regras de Futebol de Campo Curso de Educação Física Futebol - Fundamentos Regras de Futebol de Campo Leandro Tibiriçá Burgos Regra 1: Campo de jogo Partidas Nacionais Comprimento: de 90m a 120 metros; Largura: de 45m a 90 metros.

Leia mais

VELOCIDADE, AGILIDADE, EQUILÍBRIO e COORDENAÇÃO VELOCIDADE

VELOCIDADE, AGILIDADE, EQUILÍBRIO e COORDENAÇÃO VELOCIDADE 1 VELOCIDADE, AGILIDADE, EQUILÍBRIO e COORDENAÇÃO VELOCIDADE - É a capacidade do indivíduo de realizar movimentos sucessivos e rápidos, de um mesmo padrão, no menor tempo possível. Força; Fatores que influenciam

Leia mais

EPS ABS AIRBAG CINTO DE SEGURANÇA CAPACETE CADEIRA DE BEBES

EPS ABS AIRBAG CINTO DE SEGURANÇA CAPACETE CADEIRA DE BEBES EPS ABS AIRBAG CINTO DE SEGURANÇA CAPACETE CADEIRA DE BEBES O Travão ABS encontra-se presente na maioria dos veículos modernos e contribui bastante para aumentar a eficiência da travagem, diminuindo a

Leia mais

Plano de Aula: Ginástica circense.

Plano de Aula: Ginástica circense. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANA ESCOLA ESTADUAL ERNANI VIDAL PIBID/CAPES/UFPR 1º ano: 1º Aula: Plano de Aula: Ginástica circense. Pega-pega com nome: Será um pega-pega tradicional, porém quando o pegador

Leia mais

Configurando um Sensor

Configurando um Sensor Configurando um Sensor Vamos supor que temos um bloco NXT com um sensor de luz ligado na porta 3. Como dizemos isto ao Enchanting? 1. Clicar no botão Sensores. 2. Clicar no Botão Configurar Sensores. Aparece

Leia mais

Reis do Drible. Realização: 20 de Dezembro de 2015 Local: Rio de Janeiro

Reis do Drible. Realização: 20 de Dezembro de 2015 Local: Rio de Janeiro Reis do Drible Realização: 20 de Dezembro de 2015 Local: Rio de Janeiro As Regras para o evento Reis do Drible, foram formatadas e adaptadas a partir das regras originais do Futsal Brasileiro. ÍNDICE 01

Leia mais

JOGOS DESPORTIVOS COLETIVOS

JOGOS DESPORTIVOS COLETIVOS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MARTIM DE FREITAS ESCOLA BÁSICA 2/3 MARTIM DE FREITAS Ano letivo 2015/2016 EDUCAÇÃO FÍSICA 3º CICLO NÍVEIS INTRODUTÓRIO (I), ELEMENTAR (E) e AVANÇADO (A) JOGOS DESPORTIVOS COLETIVOS

Leia mais

No sentido inverso ao da marcha. Altura 61-105 cm. Peso máximo 18 kg. UN regulation no. R129 i-size. Idade 6m-4a

No sentido inverso ao da marcha. Altura 61-105 cm. Peso máximo 18 kg. UN regulation no. R129 i-size. Idade 6m-4a 1 23 2 4 3 Manual de utilização 5 6 7 24 26 8 9 10 11 12 13 14 No sentido inverso ao da marcha Altura 61-105 cm 16 17 18 20 25 Peso máximo 18 kg 15 19 Idade 6m-4a UN regulation no. R129 i-size 21 22 27

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Departamento de Matemática e Física Coordenador da Área de Física LISTA 03. Capítulo 07

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Departamento de Matemática e Física Coordenador da Área de Física LISTA 03. Capítulo 07 01 UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Departamento de Matemática e Física Coordenador da Área de Física Disciplina: Física Geral e Experimental I (MAF 2201) LISTA 03 Capítulo 07 1. (Pergunta 01) Classifique

Leia mais

APÊNDICE A - Músicas

APÊNDICE A - Músicas APÊNDICE A - Músicas Músicas 1 GUT GUT SEM PARAR Adaptação ao meio líquido Bebeu a água da piscina toda Fui ver quem era, era o João Ele bebia a água da piscina Ele fazia gut gut gut gut gut sem parar

Leia mais

www.nascarbrasil.com Manual de pilotagem e aprendizado

www.nascarbrasil.com Manual de pilotagem e aprendizado Manual de pilotagem e aprendizado Bem vindo ao mundo das corrida virtuais! A razão deste documento é ajudar os novatos em corridas multi-player entender as grandes diferenças entre correr Online e Offline

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADORDA CAIXA TM

MANUAL DO UTILIZADORDA CAIXA TM MANUAL DO UTILIZADORDA CAIXA TM 1 www.visionaudiovisual.com/techmount/tm-cage 2 DECLARAÇÃO DE CONFORMIDADE Quando aplicável, os produtos Vision são certificados e cumprem todos os regulamentos locais conhecidos

Leia mais

CHAVES DE PERNA DE PESCOÇO

CHAVES DE PERNA DE PESCOÇO 1 CHAVES DE PERNA E DE PESCOÇO DO LIVRO "MA METHODE DE JUDO" DE M. KAWAISHI - 7 0 DAN Judo. NOTA IMPORTANTE - Estas chaves não permitidas em combates de TRADUZIDO POR JOSÉ C. MAFRA - 6 0 DAN 2 CHAVES DE

Leia mais

Confederação Brasileira de Tiro Esportivo Originária da Confederação do Tiro Brasileiro decreto 1503 de 5 de setembro de 1906

Confederação Brasileira de Tiro Esportivo Originária da Confederação do Tiro Brasileiro decreto 1503 de 5 de setembro de 1906 Exercícios com Elástico Os Exercícios com elástico irão trabalhar Resistência Muscular Localizada (RML). Em cada exercício, procure fazer a execução de maneira lenta e com a postura correta. Evitar o SOLAVANCO

Leia mais

Mecânica 2007/2008. 3ª Série

Mecânica 2007/2008. 3ª Série Mecânica 2007/2008 3ª Série Questões: 1. Se o ouro fosse vendido a peso, preferia comprá-lo na serra da Estrela ou em Lisboa? Se fosse vendido pela massa em qual das duas localidades preferia comprá-lo?

Leia mais

Tânia observa um lápis com o auxílio de uma lente, como representado nesta figura:

Tânia observa um lápis com o auxílio de uma lente, como representado nesta figura: PROVA DE FÍSICA QUESTÃO 0 Tânia observa um lápis com o auxílio de uma lente, como representado nesta figura: Essa lente é mais fina nas bordas que no meio e a posição de cada um de seus focos está indicada

Leia mais

Exercícios para a activação geral e o retorno à calma

Exercícios para a activação geral e o retorno à calma Exercícios para a activação geral e o retorno à calma Mobilização da articulação do ombro 1 Objectivos: Aumentar a amplitude dos ombros e parte superior das costas. Mobiliza os deltóides, rotadores da

Leia mais

DOR NAS COSTAS EXERCÍCIOS ESPECIALIZADOS PARA O TRATAMENTO DA DOR NAS COSTAS. www.doresnascostas.com.br. Página 1 / 10

DOR NAS COSTAS EXERCÍCIOS ESPECIALIZADOS PARA O TRATAMENTO DA DOR NAS COSTAS. www.doresnascostas.com.br. Página 1 / 10 DOR NAS COSTAS EXERCÍCIOS ESPECIALIZADOS PARA O TRATAMENTO DA DOR NAS COSTAS www.doresnascostas.com.br Página 1 / 10 CONHEÇA OS PRINCÍPIOS DO COLETE MUSCULAR ABDOMINAL Nos últimos anos os especialistas

Leia mais

Atualmente muito se tem ouvido falar e os estudos científicos. comprovam que a prática física diária é considerada um dos fatores

Atualmente muito se tem ouvido falar e os estudos científicos. comprovam que a prática física diária é considerada um dos fatores Atualmente muito se tem ouvido falar e os estudos científicos comprovam que a prática física diária é considerada um dos fatores que contribui efetivamente para uma melhor qualidade de vida do indivíduo.

Leia mais