Do Oiapoque ao Chui: Orquestração de Serviços SOA com Soluções Abertas e Java

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Do Oiapoque ao Chui: Orquestração de Serviços SOA com Soluções Abertas e Java"

Transcrição

1 Do Oiapoque ao Chui: Orquestração de Serviços SOA com Soluções Abertas e Java Ricardo Ferreira Edgar Silva

2 Agenda Diferentes Tipos de Orquestração de Serviços Dicas e Armadilhas sobre Orquestração de Serviços Road Map e tecnologias Opensource JBoss Cenários aplicados em Telco: Cenário 1: Pré Pago com Portabilidade Numérica em BPEL Cenário 2: SMS a Cobrar usando JBoss ESB e jbpm Sessão de Perguntas e Respostas

3 Diferentes Tipos de Orquestração de Serviços 3

4 Tipos de Orquestrações Antes de mais nada, é importante entender o propósito das orquestrações. Orquestrações são construções ordenadas de tarefas e atividades num dado fluxo lógico. Ou seja, trata-se de um processo qualquer. 10 carros produzidos da mesma forma raramente darão defeito, se houver,será problema das peças.

5 Tipos de Orquestrações Para entender os tipos de orquestrações existentes, faça a seguinte pergunta: O que existe na Orquestração? Recursos & Pessoas + + Componentes & Web Services + +

6 Tipos de Orquestrações Orquestração que são compostos de recursos humanos ou recursos monetários são mensurados pelo tempo de uso. 2 Hrs Quanto Custa este Processo? 6 Hrs R$ / Hr R$ / Hr R$ / Hr 4 Hrs Tais recursos precisam armazenar estado e o objetivo é poder prever contenções e diminuir custos operacionais.

7 Tipos de Orquestrações Orquestração que são baseados em componentes e web services possuem foco principal no reuso e agilidade. Neste tipo de orquestração, o reuso promove menor esforço de desenvolvimento porque o foco é somente fluxo e lógica.

8 Dicas e Armadilhas sobre Orquestração de Serviços 8

9 Dicas e Armadilhas Adoção SOA estimula entregas iniciais com foco em processos prioritários, portanto, construção de serviços de forma desgovernada no inicio é tolerável. Mas não acostume-se com isso... :-)?

10 Dicas e Armadilhas Com o tempo, um serviço pode fazer parte de diversas orquestrações (composições) e virar um ponto de falha comum e perigoso. Performance... Escalabilidade... Tolerância a Falhas... Segurança... Processo A Processo B Processo C

11 Tecnologias e RoadMap JBoss 11

12 Soluções SOA Opensource Workflow (Máquina de Estado) JBoss jbpm 4.1 Drools Flow 5.0

13 Soluções SOA Opensource BPEL Riftsaw Colaboração sobre o Apache ODE Eclipse BPEL Designer no JBoss Tools Breve: Eclipse BPMN Designer

14 Soluções SOA Opensource REST (ROA, Light Services, Dinamic Architecture) RESTEasy (parte do JBoss AppServer 5.0)

15 Soluções SOA Opensource Barramento de Serviços JBoss ESB 4.6 (inclui jbpm, Drools, em breve: RiftSaw e RESTEasy)

16 Soluções SOA Opensource CEP e Regras Drools 5.0 (Expert, Fusion, Guvnor)

17 Estudos de Caso aplicados a Telecomunicações 17

18 Estudos de Caso aplicados a Telecomunicações Empresa brasileira do seguimento de Telco cria várias frentes para sua nova recém criada área de serviços: VAS (Value Added Services). Seguindo tendências da Telco 2.0 para VAS, esta resolve criar pilotos de diferentes soluções de VAS, tais como: Menu de Serviços para Pré Pago BroadCast de Campanhas Chat via SMS SMS a Cobrar Gateway VAS Integrado Votação de Parceiros (Ex: Big Brother Brasil) Entre outras da Telco 2.0 :-)

19 Estudos de Caso aplicados a Telecomunicações Menu de Serviços para Pré Pago Menu disponível via Sim-Card ou WAP para operações básicas de celulares pré pago tais como: Consulta de Saldo Transferência de Créditos Opção Cheque Especial Compra de Crédito via Visa, Dinners ou Mastercard Vários serviços de infra-estrutura já disponiveis na empresa para construção destes serviços de negócio, tais como: Serviço de autenticação no Active Directory e Siebel Serviço de verificação de portabilidade numérica Serviço de geração de logs de acesso e auditoria Serviço de geração de Billing (Tarifação)

20 Estudos de Caso aplicados a Telecomunicações Arquitetura de Negócio Menu de serviços de Pré Pago

21 Estudos de Caso aplicados a Telecomunicações SMS a Cobrar Envio de SMS entre clientes da operadora com cobrança da tarifa do receptor ao invés do emissor.

22 Arquitetura de Referência Governança (controle, reuse, aprimore) BPEL + Workflow REST para simplificar Barramento (ESB) para unificar

23 Arquitetura de Referência WSDL WSDL WSDL BPEL BPEL BPEL WSDL WSDL WSDL WSDL WSDL WSDL WSDL Armadilha: BPEL == 1 e somente 1 Processo == WSDL

24 Arquitetura de Referência WSDL WSDL WSDL BPEL BPEL BPEL WSDL WSDL WSDL WSDL WSDL WSDL WSDL Barramento de Serviços (JBoss ESB) Serviço Transformação Integração Workflow BPEL BPEL BPEL

25 Sessão de Perguntas e Respostas 25

26 Obrigado! Ricardo Ferreira Edgar A Silva 26

Desenvolvimento de Sistemas BPMS. Jhonatas Vicente de Jesus

Desenvolvimento de Sistemas BPMS. Jhonatas Vicente de Jesus Desenvolvimento de Sistemas BPMS Jhonatas Vicente de Jesus Roteiro de apresentação FastBPM TCC Recapitulando alguns Conceitos Sistemas BPMS Um Processo na prática Conclusão TCC - 2011 Desenvolvimento de

Leia mais

ECM Gerenciamento de Conteúdo Corporativo

ECM Gerenciamento de Conteúdo Corporativo ECM Gerenciamento de Conteúdo Corporativo Jambu Tecnologia Consultoria e Engenharia Ltda www.jambu.com.br - (91) 3224-5440 Responsável Comercial: Marcelo Rocha de Sá - (91) 8882-0319 Soluções abertas em

Leia mais

Integração Orientada a Serviços

Integração Orientada a Serviços Integração Orientada a Serviços Porto Alegre, Agosto de 2006 Agenda Sobre a e-core SOA O que é? Web Services x SOA Principal Motivação - Integração SOI ESB BPEL JBI ServiceMix Solução Proposta A Empresa

Leia mais

SOA na Prática Ricardo Limonta

SOA na Prática Ricardo Limonta SOA na Prática Ricardo Limonta Arquiteto JEE Objetivo Apresentar os conceitos de Arquiteturas Orientadas a Serviços; Entender a relação entre SOA e a tecnologia Web Services; Implementar SOA com Web Services

Leia mais

BPM E SOA MODELO PARA O DESENVOLVIMENTO CORPORATIVO

BPM E SOA MODELO PARA O DESENVOLVIMENTO CORPORATIVO BPM E SOA MODELO PARA O DESENVOLVIMENTO CORPORATIVO João Felipe D Assenção Faria Arquiteto JEE Especialista SOA/BPM JOÃO FELIPE D ASSENÇÃO FARIA Arquiteto JEE (12 anos) Especialista SOA/BPM (aprox. 4 anos)

Leia mais

Service Oriented Architecture (SOA)

Service Oriented Architecture (SOA) São Paulo, 2011 Universidade Paulista (UNIP) Service Oriented Architecture (SOA) Prof. MSc. Vladimir Camelo vladimir.professor@gmail.com 04/09/11 vladimir.professor@gmail.com 1 04/09/11 vladimir.professor@gmail.com

Leia mais

soluções transversais SOLUÇÕES middleware

soluções transversais SOLUÇÕES middleware soluções transversais SOLUÇÕES middleware RESUMO DA SOLUÇÃO ITbank framework 4g performance orquestração interoperabilidade O Middleware SOA ITBank framework 4g implementa uma arquitetura SOA com orquestração

Leia mais

PROJELER. Componentes da Solução Intalio BPMS 5.2. Maurício Bitencourt 51 21171872 / 51 84087798 mauricio.bitencourt@projeler.com.

PROJELER. Componentes da Solução Intalio BPMS 5.2. Maurício Bitencourt 51 21171872 / 51 84087798 mauricio.bitencourt@projeler.com. Componentes da Solução Intalio BPMS 5.2 Maurício Bitencourt 51 21171872 / 51 84087798 mauricio.bitencourt@projeler.com.br Platinum Implementation Partner 1 Enterprise Edition Software de Código Aberto

Leia mais

Obtendo Qualidade com SOA

Obtendo Qualidade com SOA Obtendo Qualidade com SOA Daniel Garcia Gerente de Prática BPM/SOA daniel.garcia@kaizen.com.br 11 de Novembro de 2009 Copyright 2009 Kaizen Consultoria e Serviços. All rights reserved Agenda Sobre a Kaizen

Leia mais

PORTARIA N Nº Rio de Janeiro, 24 de Outubro de 2013.

PORTARIA N Nº Rio de Janeiro, 24 de Outubro de 2013. PORTARIA N Nº Rio de Janeiro, 24 de Outubro de 2013. ACRESCENTA A ARQUITETURA DE PADRÕES TECNOLÓGICOS DE INTEROPERABILIDADE -, NO SEGMENTO ORGANIZAÇÃO E INTERCÂMBIO DE INFORMAÇÕES, O PADRÃO TECNOLÓGICO

Leia mais

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal?

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal? Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL O que é Marketing Multicanal? Uma campanha MultiCanal integra email, SMS, torpedo de voz, sms, fax, chat online, formulários, por

Leia mais

Padrões Abertos, Componentização e SOA A chave para a evolução e criação de uma nova geração de sistemas de gestão comercial

Padrões Abertos, Componentização e SOA A chave para a evolução e criação de uma nova geração de sistemas de gestão comercial Padrões Abertos, Componentização e SOA A chave para a evolução e criação de uma nova geração de sistemas de gestão comercial Sindo V. Dias Antônio C. Mosca Rogério A. Rondini Agenda Cenário do Setor de

Leia mais

Otimização dos processos de integração de sistemas de informação por meio de barramento de serviços

Otimização dos processos de integração de sistemas de informação por meio de barramento de serviços Otimização dos processos de integração de sistemas de informação por meio de barramento de serviços Celly de Siqueira Martins, André Lara Temple de Antonio Diretoria de Soluções em Billing Fundação CPqD

Leia mais

WS-BPEL Web Service Business Process Execution Language

WS-BPEL Web Service Business Process Execution Language DAS5316 WS-BPEL Web Service Business Process Execution Language Prof. Ricardo J. Rabelo (rabelo@das.ufsc.br) Responsável pela elaboração dos slides Alexandre Perin (perin@das.ufsc.br) Florianópolis (SC),

Leia mais

Melhoria no Desenvolvimento Ágil com Implantação de Processo de Integração Contínua Multiplataforma para Java e.net. Hudson

Melhoria no Desenvolvimento Ágil com Implantação de Processo de Integração Contínua Multiplataforma para Java e.net. Hudson QUALIDADE Simpósio Brasileiro de Qualidade de Software - SBQS Instituto Nokia de Tecnologia Unit Test Sucess Bug INdT Melhoria no Desenvolvimento Ágil com Implantação de Processo de Integração Contínua

Leia mais

Arquitetura Orientada a Serviços (SOA) Copyright e-core LTDA, 2010. Todos os direitos reservados.

Arquitetura Orientada a Serviços (SOA) Copyright e-core LTDA, 2010. Todos os direitos reservados. Arquitetura Orientada a Serviços (SOA) Visão Geral e-coree Estabelecida em 1999 Escritórios rios no Brasil e EUA Aproximadamente 100 profissionais Atua em prestação de serviços offshore desde 2004 Roteiro

Leia mais

#BANRIDICAS. Dicas para sair do buraco ou virar milionário

#BANRIDICAS. Dicas para sair do buraco ou virar milionário #BANRIDICAS Dicas para sair do buraco ou virar milionário #1 GASTE MENOS DO QUE VOCÊ GANHA O primeiro passo é ter noção do quanto você ganha e também do quanto você gasta. Para descobrir isso, nada melhor

Leia mais

Uma poderosa ferramenta de monitoramento. Madson Santos - madson@pop-pi.rnp.br Técnico de Operação e Manutenção do PoP-PI/RNP

Uma poderosa ferramenta de monitoramento. Madson Santos - madson@pop-pi.rnp.br Técnico de Operação e Manutenção do PoP-PI/RNP Uma poderosa ferramenta de monitoramento Madson Santos - madson@pop-pi.rnp.br Técnico de Operação e Manutenção do PoP-PI/RNP Abril de 2008 O que é? Características Requisitos Componentes Visual O que é?

Leia mais

ARTIGO: SOLUÇÕES PARA O SECTOR AUTARQUIAS in IGOV Maio 2010

ARTIGO: SOLUÇÕES PARA O SECTOR AUTARQUIAS in IGOV Maio 2010 CÂMARA MUNICIPAL DE SANTARÉM - R EVOLUÇÃO ADMINISTRATIVA A Autarquia de Santarém, em parceria com a PT Prime, desenvolveu um sistema de soluções integradas e inter-operantes que lhe possibilitaram operacionalizar

Leia mais

SOA-1: Fundamentos da Arquitetura Orientada a Serviços. Douglas Charcon System Engineer

SOA-1: Fundamentos da Arquitetura Orientada a Serviços. Douglas Charcon System Engineer SOA-1: Fundamentos da Arquitetura Orientada a Serviços Douglas Charcon System Engineer Agenda Direcionadores de Negócios Arquitetura Orientada a Serviços Enterprise Service Bus Enhanced SOA Resumo 2 Busca

Leia mais

MÓDULO 11 ELEMENTOS QUE FAZEM PARTE DO PROJETO DO SISTEMA

MÓDULO 11 ELEMENTOS QUE FAZEM PARTE DO PROJETO DO SISTEMA MÓDULO 11 ELEMENTOS QUE FAZEM PARTE DO PROJETO DO SISTEMA Através dos elementos que fazem parte do projeto do sistema é que podemos determinar quais as partes do sistema que serão atribuídas às quais tipos

Leia mais

IBM Software Demos The Front-End to SOA

IBM Software Demos The Front-End to SOA Hoje em dia, as pequenas e grandes empresas utilizam software baseado em uma arquitetura voltada para serviços, ou SOA, para promover a inovação, otimizar processos comerciais e aumentar a eficiência.

Leia mais

O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem

O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem O Microsoft Office 365 é a suíte de Produtividade da Microsoft, que oferece as vantagens da Nuvem a empresas de todos os tamanhos, ajudando-as

Leia mais

Especial ANATEL Como se adequar à nova legislação para empresas de telefonia

Especial ANATEL Como se adequar à nova legislação para empresas de telefonia Especial ANATEL Como se adequar à nova legislação para empresas de telefonia Introdução A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou em 20 de fevereiro de 2014 novas regras para provedores de

Leia mais

Implementação de uma Alçada Decisória usando a Suíte SOA IBM BPM

Implementação de uma Alçada Decisória usando a Suíte SOA IBM BPM Implementação de uma Alçada Decisória usando a Suíte SOA IBM BPM Juan Manuel Bonomi Garay 10 de Outubro de 2013 WebSphere Agenda Modelagem do processo Websphere Business Modeler (BPMN) Implementação da

Leia mais

PROJELER. Solução de código aberto para gerenciamento de processos de negócio

PROJELER. Solução de código aberto para gerenciamento de processos de negócio Otimização e Automação de Processos de Negócio Abril/2008 Solução de código aberto para gerenciamento de processos de negócio Maurício Bitencourt, PMP Diretor Executivo mauricio.bitencourt@projeler.com.br

Leia mais

Ferramentas unificadas de SOA alinham negócios e TI IDG Research aponta grandes ganhos potenciais a partir de uma solução integrada

Ferramentas unificadas de SOA alinham negócios e TI IDG Research aponta grandes ganhos potenciais a partir de uma solução integrada Insight completo sobre IDG/Oracle Relatório de pesquisa de SOA Ferramentas unificadas de SOA alinham negócios e TI IDG Research aponta grandes ganhos potenciais a partir de uma solução integrada Alinhamento

Leia mais

SOA. Fabio Perez Marzullo. Inovando seu negócio por meio de soluções orientadas a serviços. Novatec

SOA. Fabio Perez Marzullo. Inovando seu negócio por meio de soluções orientadas a serviços. Novatec SOA na prática Inovando seu negócio por meio de soluções orientadas a serviços Fabio Perez Marzullo Novatec Sumário Parte I Fundamentos técnicos da teoria de serviços... 17 Capítulo 1 Introdução à teoria

Leia mais

Quanto. custa. não. fazer?

Quanto. custa. não. fazer? Quanto custa não fazer? Recrie o ambiente de trabalho através de ferramentas de colaboração Você conhece todas as possibilidades que a tecnologia pode trazer para o ambiente de trabalho na sua empresa?

Leia mais

UFG - Instituto de Informática

UFG - Instituto de Informática UFG - Instituto de Informática Especialização em Desenvolvimento de Aplicações Web com Interfaces Ricas EJB 3.0 Prof.: Fabrízzio A A M N Soares professor.fabrizzio@gmail.com Aula 5 Servidores de Aplicação

Leia mais

FUNCIONALIDADES DO PHONEPARK

FUNCIONALIDADES DO PHONEPARK FUNCIONALIDADES DO PHONEPARK O PhonePark é uma solução inovadora para estacionamentos rotativos em vias públicas, que permite a compra de créditos e utilização de estacionamento através do telefone celular

Leia mais

Plataforma Open Source de Desenvolvimento e Sustentação de Sistemas. Daniel Darlen Lucius Curado Ridai Pombo

Plataforma Open Source de Desenvolvimento e Sustentação de Sistemas. Daniel Darlen Lucius Curado Ridai Pombo Plataforma Open Source de Desenvolvimento e Sustentação de Sistemas Daniel Darlen Lucius Curado Ridai Pombo Agenda Cenário Gerenciamento de Projetos e Mudanças Infra estrutura Arquitetura Ambiente de Desenvolvimento

Leia mais

Porque adotar SOA. (Service Oriented Architecture) SOA. Por Ricardo de Castro Barbosa. Publicado Setembro/2008. 1 Portal BPM - www.portalbpm.com.

Porque adotar SOA. (Service Oriented Architecture) SOA. Por Ricardo de Castro Barbosa. Publicado Setembro/2008. 1 Portal BPM - www.portalbpm.com. SOA Porque adotar SOA (Service Oriented Architecture) Por Ricardo de Castro Barbosa Publicado Setembro/2008 Ricardo de Castro Barbosa é sócio da SOA- Savoir Faire (www.soa-savoirfaire.com.br) empresa dedicada

Leia mais

Sistemas operacionais de rede: Windows e Linux

Sistemas operacionais de rede: Windows e Linux Sistemas operacionais de rede: Windows e Linux Introdução Um sistema operacional de rede é simplesmente um sistema operacional com serviços de rede, que chamamos de um modo geral de servidor. Dependendo

Leia mais

A Cartão1 desenvolve e comercializa soluções especiais de conectividade e acesso para os mercados de comunicação de dados e automação comercial

A Cartão1 desenvolve e comercializa soluções especiais de conectividade e acesso para os mercados de comunicação de dados e automação comercial A Empresa Cartão1 ( AlôSaldo ) A Cartão1 desenvolve e comercializa soluções especiais de conectividade e acesso para os mercados de comunicação de dados e automação comercial Fundada em 1998 com capital

Leia mais

Outsourcing em Telecom. BI Telecom. Gestão em Telecomunicações. Tarifação e Administração de Ligações. SGTC Corporativo. Auditoria em Telecom

Outsourcing em Telecom. BI Telecom. Gestão em Telecomunicações. Tarifação e Administração de Ligações. SGTC Corporativo. Auditoria em Telecom Sobre a TeleGestão A TeleGestão, especialista em gestão de telecomunicações, dedica-se há mais de 20 anos ao desafio de adequar recursos de telefonia ao perfil corporativo de diversos setores. As soluções

Leia mais

Mobilidade para o negócio Utilização Eficaz de MOBILIDADE. Ago 2006

Mobilidade para o negócio Utilização Eficaz de MOBILIDADE. Ago 2006 Mobilidade para o negócio Utilização Eficaz de MOBILIDADE Ago 2006 conteúdo vínculo mensagens tendências Buscar ferramentas de mobilidade que transformem nosso negócio, possibilitando aumento de produtividade

Leia mais

Fase 1: Engenharia de Produto

Fase 1: Engenharia de Produto Fase 1: Engenharia de Produto Disciplina: Análise de Requisitos DURAÇÃO: 44 h O objetivo principal da disciplina é realizar uma análise das necessidades e produzir um escopo do produto. Representará os

Leia mais

Arquiteturas SOA, WOA, e REST

Arquiteturas SOA, WOA, e REST Arquiteturas SOA, WOA, e REST Aplicação de Software Social Fred Figueiredo Luiz Borges Pedro Pires Arquiteturas SOA, WOA e REST Desenvolvimento de aplicações orientadas ao fornecimento de serviços que

Leia mais

Arquitetura Orientada a Serviço

Arquitetura Orientada a Serviço Arquitetura Orientada a Fabio Perez Marzullo IEEE Body of Knowledge on Services Computing Sponsored by Technical Committee on Services Computing, IEEE Computer Society 1 SOA e Web Services SOA é um modelo

Leia mais

é uma Agência de Internet Marketing e Comunicação Multidisciplinar. Há mais de dez anos no mercado, trabalhamos com foco no planejamento, execução e

é uma Agência de Internet Marketing e Comunicação Multidisciplinar. Há mais de dez anos no mercado, trabalhamos com foco no planejamento, execução e é uma Agência de Internet Marketing e Comunicação Multidisciplinar. Há mais de dez anos no mercado, trabalhamos com foco no planejamento, execução e avaliação de estratégias de marketing e comunicação

Leia mais

Iagente Sistemas para Comunicação

Iagente Sistemas para Comunicação CORP-11-A A Iagente Sistemas para Comunicação é uma empresa brasileira de Tecnologia da Informação (TI) focada em sistemas online. Atuamos na venda de sistemas como serviço para as áreas de email marketing,

Leia mais

Arquiteturas Orientadas a Serviços ESB. Enterprise Service Bus. Prof. Ricardo J. Rabelo DAS5316 Integração de Sistemas Corporativos

Arquiteturas Orientadas a Serviços ESB. Enterprise Service Bus. Prof. Ricardo J. Rabelo DAS5316 Integração de Sistemas Corporativos ESB Enterprise Service Bus Prof. Ricardo J. Rabelo DAS5316 Integração de Sistemas Corporativos Resumo Introdução Definição Problemas atuais e Vantagens Evolução do ESB ESB versus EAI, MOM, Workfow, SOA

Leia mais

Desafios dos Processos de Integração

Desafios dos Processos de Integração Treinamentos em Gestão por Processos Desafios dos Processos de Integração Compreendendo a complexidade de projetos de integração de sistemas Cada vez mais as empresas tem a necessidade de trabalhar com

Leia mais

Alexandre Malveira, Wolflan Camilo

Alexandre Malveira, Wolflan Camilo Alexandre Malveira, Wolflan Camilo Introdução Cloud Computing Computação Móvel SaaS, PaaS e IaaS CloudBees Diariamente arquivos são acessados, informações dos mais variados tipos são armazenadas e ferramentas

Leia mais

IplanRio DOP - Diretoria de Operações GIT - Gerência de Infraestrutura Tecnológica Gerente da GIT

IplanRio DOP - Diretoria de Operações GIT - Gerência de Infraestrutura Tecnológica Gerente da GIT 1. IDENTIFICAÇÃO Padrão Segmento Código P06.002 Revisão v. 2014 Plataformas Web 2. PUBLICAÇÃO Recursos Tecnológicos Versão Data para adoção Publicação v. 2014 23 de dezembro de 2014 PORTARIA N Nº 225 de

Leia mais

2 Conceitos relativos a Web services e sua composição

2 Conceitos relativos a Web services e sua composição 15 2 Conceitos relativos a Web services e sua composição A necessidade de flexibilidade na arquitetura das aplicações levou ao modelo orientado a objetos, onde os processos de negócios podem ser representados

Leia mais

Reunião de Executivos 25/03/2015 Mafra

Reunião de Executivos 25/03/2015 Mafra Reunião de Executivos 25/03/2015 Mafra - Ferramentas importantes para o dia a dia - Relacionamento com o Associado - Melhorias recentes - Módulo Financeiro Espaço Gestor Funções do SISPC que

Leia mais

Enterprise Content Management [ECM] Impulsionando o Poder da Informação

Enterprise Content Management [ECM] Impulsionando o Poder da Informação Enterprise Content Management [ECM] Impulsionando o Poder da Informação O SoftExpert ECM Suite provê as tecnologias utilizadas para criar, capturar, gerenciar, armazenar, preservar e distribuir todos os

Leia mais

Tempo é dinheiro. Em outras palavras, GPR-Cob

Tempo é dinheiro. Em outras palavras, GPR-Cob Tempo é dinheiro. Em outras palavras, GPR-Cob Conheça o software de gestão de cobrança que vai ajudar sua empresa a otimizar processos e melhorar resultados. Empresas de cobrança têm um grande desafio:

Leia mais

TORPEDO INFO Termos e Condições de Uso

TORPEDO INFO Termos e Condições de Uso TORPEDO INFO Termos e Condições de Uso O presente documento tem por objetivo estabelecer os direitos e obrigações das partes contratantes na utilização pelo usuário, do serviço "TORPEDO INFO" via celular

Leia mais

acoplamento Exprime o grau de conexão entre os módulos; os módulos de um software devemapresentar um baixo coeficiente de acoplamento.

acoplamento Exprime o grau de conexão entre os módulos; os módulos de um software devemapresentar um baixo coeficiente de acoplamento. SOA Arquitetura Orientada a Serviços Conceitos e Aplicações Prof. MSc. Edilberto Silva edilms@yahoo.com/ http://edilms.eti.br Gestão de TI Conceitode SOA SOA - Service OrientedArchitecture (Arquitetura

Leia mais

Estruturação da Arquitetura Estadual de Sistemas de Informação por Meio da Orientação a Serviços

Estruturação da Arquitetura Estadual de Sistemas de Informação por Meio da Orientação a Serviços Estruturação da Arquitetura Estadual de Sistemas de Informação por Meio da Orientação a Serviços Relato de Experiência da ATI-PE WCGE 2010 20/07/2010 1 Introdução 2 Sobre a ATI Agência Estadual de Tecnologia

Leia mais

A sua empresa em contato com o mundo. Ferramenta de envio de SMS

A sua empresa em contato com o mundo. Ferramenta de envio de SMS A sua empresa em contato com o mundo Ferramenta de envio de SMS A Talktelecom Líder na América Latina em telefonia computadorizada Compete no mercado desde 1992 com soluções em telecomunicações Em plena

Leia mais

Plataforma de Engajamento

Plataforma de Engajamento A combinação das soluções Setia para potencializar seu negócio Apresentação / Agenda 1. Apresentação 2. Módulos 3. Modelo de Instalação 4. Modelo de Integração 5. Modelo Comercial / Apresentação Ex. Call

Leia mais

SEGURANÇA E GERENCIAMENTO DE APIs. Uma empresa da CA Technologies

SEGURANÇA E GERENCIAMENTO DE APIs. Uma empresa da CA Technologies www.layer7.com SEGURANÇA E GERENCIAMENTO DE APIs Uma empresa da CA Technologies Uma empresa da CA Technologies COMPONENTES DE APIs PARA A EMPRESA ABERTA A Layer 7 oferece soluções de segurança e gerenciamento

Leia mais

Manual do utilizador condómino da aplicação web GOcondomínios GOcondomínios Gestão de Condomínios 100% online

Manual do utilizador condómino da aplicação web GOcondomínios GOcondomínios Gestão de Condomínios 100% online Manual do utilizador condómino da aplicação web GOcondomínios GOcondomínios Gestão de Condomínios 100% online www.gocondominio.pt desenvolvido por: SOPENFOR Sociedade de Projetos de Engenharia e Informática

Leia mais

Demoiselle Framework. Palestrante: Flávio Gomes da Silva Lisboa JUN/2009

Demoiselle Framework. Palestrante: Flávio Gomes da Silva Lisboa JUN/2009 Demoiselle Framework Palestrante: Flávio Gomes da Silva Lisboa JUN/2009 Sumário Introdução Desenvolvimento de TI para Governo Elementos de Decisão Estratégia para a área de tecnologia Diretivas da Arquitetura

Leia mais

TÍTULO DA APRESENTAÇÃO. João Mendes - Estradas de Portugal, S.A. André Garrido InnoWave Technologies

TÍTULO DA APRESENTAÇÃO. João Mendes - Estradas de Portugal, S.A. André Garrido InnoWave Technologies TÍTULO DA APRESENTAÇÃO João Mendes - Estradas de Portugal, S.A. André Garrido InnoWave Technologies João Mendes Estradas de Portugal S.A. André Garrido InnoWave Technologies AGENDA o o o o o o Caso de

Leia mais

Java Web/UI. Maven3 Redmine CVS. Áreas de conhecimento: Web o Aplicativos Web o Portal de conteúdo o REST Services Web Site Performance

Java Web/UI. Maven3 Redmine CVS. Áreas de conhecimento: Web o Aplicativos Web o Portal de conteúdo o REST Services Web Site Performance Java Web/UI Atribuições do cargo: Desenvolvimento de um Portal/Aplicativo Web de conteúdo público utilizando HTML5+CSS3+JS de design responsivo usando a Web API do portal de transparência como provedora

Leia mais

TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS DE USO DO APLICATIVO CONTROLY E DO CARTÃO CONTROLY

TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS DE USO DO APLICATIVO CONTROLY E DO CARTÃO CONTROLY TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS DE USO DO APLICATIVO CONTROLY E DO CARTÃO CONTROLY Os presentes termos e condições gerais de uso (os Termos de Uso ) definem os direitos e obrigações aplicáveis aos usuários do

Leia mais

Projeto Demoiselle. Para perguntas e respostas, utilizem a lista de discussões de usuários da comunidade: demoiselle-users@lists.sourceforge.

Projeto Demoiselle. Para perguntas e respostas, utilizem a lista de discussões de usuários da comunidade: demoiselle-users@lists.sourceforge. Projeto Demoiselle Para perguntas e respostas, utilizem a lista de discussões de usuários da comunidade: demoiselle-users@lists.sourceforge.net Palestrantes: Antônio Carlos Tiboni Luciana Campos Mota 20/07/2009

Leia mais

Infoestrutura: Pagamento Eletrônico

Infoestrutura: Pagamento Eletrônico Infoestrutura: Pagamento Eletrônico 1. Introdução O advento do comércio eletrônico significou que os sistemas de pagamento precisavam lidar com estas novas exigências. Com a ampla utilização da Internet,

Leia mais

Cloud Computing: Quando a nuvem pode ser um risco para o negócio. Marco Lima aka Mago Enterprise Technology Specialist

Cloud Computing: Quando a nuvem pode ser um risco para o negócio. Marco Lima aka Mago Enterprise Technology Specialist Cloud Computing: Quando a nuvem pode ser um risco para o negócio Marco Lima aka Mago Enterprise Technology Specialist 05 De onde vem o termo nuvem? Business Servidores SAN WAN SAN LANs Roteador NAS Switch

Leia mais

Plataforma integrada para testes em arquitecturas orientadas a serviços

Plataforma integrada para testes em arquitecturas orientadas a serviços Plataforma integrada para testes em arquitecturas orientadas a serviços Índice Introdução... 2 A solução... 2 Plataforma Integrada (principais características)... 4 Eliminar limitações à execução de testes

Leia mais

Disciplina: Automação de Processos de Negócio

Disciplina: Automação de Processos de Negócio Disciplina: Automação de Processos de Negócio PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PROCESSOS DE NEGÓCIO Professor: Eros Viggiano Ementa da disciplina Viabilização da otimização de processo através da

Leia mais

Mobile Banking: o banco sempre presente. Angelo R. Fernandes CIAB São Paulo SP 23 de junho de 2006

Mobile Banking: o banco sempre presente. Angelo R. Fernandes CIAB São Paulo SP 23 de junho de 2006 Mobile Banking: o banco sempre presente Angelo R. Fernandes CIAB São Paulo SP 23 de junho de 2006 Por que desenvolver um conjunto de soluções de mobilidade? Tempo escasso x agenda complexa Precisa ser

Leia mais

MODELAGEM DE PROCESSOS

MODELAGEM DE PROCESSOS MODELAGEM DE PROCESSOS a a a PRODUZIDO POR CARLOS PORTELA csp3@cin.ufpe.br AGENDA Definição Objetivos e Vantagens Linguagens de Modelagem BPMN SPEM Ferramentas Considerações Finais Referências 2 DEFINIÇÃO:

Leia mais

Microsoft Nosso Comprometimento Mais de 9 bilhões em P&D/ano

Microsoft Nosso Comprometimento Mais de 9 bilhões em P&D/ano Microsoft Nosso Comprometimento Mais de 9 bilhões em P&D/ano Windows e Web Dynamics Comunicação e Produtividade Servidores Infraestrutura Empresarial Busca e Anúncios Mobilidade Entretenimento e TV PRODUTIVIDADE

Leia mais

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO X PROJETO BÁSICO: DESCRIÇÃO DOS PROCESSOS DE TI

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO X PROJETO BÁSICO: DESCRIÇÃO DOS PROCESSOS DE TI CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO X PROJETO BÁSICO: DESCRIÇÃO DOS PROCESSOS DE TI 1. PI06 TI 1.1. Processos a serem Atendidos pelos APLICATIVOS DESENVOLVIDOS Os seguintes processos do MACROPROCESSO

Leia mais

A Talktelecom. Líder na América Latina. soluções em telecomunicações. pequenas, médias e grandes empresas. em telefonia computadorizada

A Talktelecom. Líder na América Latina. soluções em telecomunicações. pequenas, médias e grandes empresas. em telefonia computadorizada A Talktelecom Líder na América Latina em telefonia computadorizada Compete no mercado desde 1992 com soluções em telecomunicações Em plena sintonia com as novas tendências, continuamente desenvolve soluções

Leia mais

ARQUITETURA CORPORATIVA PARA IMPLEMENTAÇÃO DE UMA ESTRATÉGIA DE GOVERNANÇA DE TI SUSTENTÁVEL. Março 2013

ARQUITETURA CORPORATIVA PARA IMPLEMENTAÇÃO DE UMA ESTRATÉGIA DE GOVERNANÇA DE TI SUSTENTÁVEL. Março 2013 ARQUITETURA CORPORATIVA PARA IMPLEMENTAÇÃO DE UMA ESTRATÉGIA DE GOVERNANÇA DE TI SUSTENTÁVEL Março 2013 Aitec Brasil Apresentação Institucional Missão Antecipar tendências, identificando, criando e desenvolvendo

Leia mais

PACOTES DE SERVIÇOS UNIVERSITÁRIOS. Pacotes de Serviços que não estão mais disponíveis para novas contratações pelo público em geral.

PACOTES DE SERVIÇOS UNIVERSITÁRIOS. Pacotes de Serviços que não estão mais disponíveis para novas contratações pelo público em geral. PACOTES DE SERVIÇOS Pacotes de Serviços que não estão mais disponíveis para novas contratações pelo público em geral. ÍNDICE PÁG. 3 PÁG. PÁG. 5 501-PACOTE DE SERVIÇOS EM CONTA 5309-CONTA COMBINADA UNIVERSITÁRIA

Leia mais

Transações no Mundo SOA. Luciano Oliveira Solution Consultant

Transações no Mundo SOA. Luciano Oliveira Solution Consultant Transações no Mundo SOA Luciano Oliveira Solution Consultant Agenda Definição Através do Tempo Transações com Bancos Distribuídos Transações em SOA Compensação Coordenador Gerenciado vs. Não-Gerenciado

Leia mais

SMS Banif@st. Exemplos de Operações através do Canal SMS

SMS Banif@st. Exemplos de Operações através do Canal SMS Activar o Canal SMS Comando: ACTIVAR [n.º contrato] Para activar o Canal SMS do contrato 1234567 deverá: ACTIVAR 1234567 Confirme o seu pedido de adesão ao canal SMS com CONF seguido do 1º, 3º,6º e 7º

Leia mais

INTRODUÇÃO A REDES DE COMPUTADORES (DEFINIÇÕES) Prof. Msc. Hélio Esperidião

INTRODUÇÃO A REDES DE COMPUTADORES (DEFINIÇÕES) Prof. Msc. Hélio Esperidião INTRODUÇÃO A REDES DE COMPUTADORES (DEFINIÇÕES) Prof. Msc. Hélio Esperidião O QUE É? Uma Rede de Computadores é formada por um conjunto de equipamentos(módulos processadores - MPs) capazes de trocar informações

Leia mais

Aula Prática #1. Sumário Aula #1. Modelo de avaliação Apresentação do Projecto

Aula Prática #1. Sumário Aula #1. Modelo de avaliação Apresentação do Projecto Aula Prática #1 SEI 2004/2005 DEI, LEIC Taguspark Instituto Superior Técnico SEI 2004/2005 - DEI, IST [Artur Caetano] 2 Sumário Aula #1 Modelo de avaliação Apresentação do Projecto Objectivos Metodologia

Leia mais

Projeto: GUGST 2015 Relevância de Temas. Fevereiro 2015

Projeto: GUGST 2015 Relevância de Temas. Fevereiro 2015 Projeto: GUGST 2015 Relevância de Temas Fevereiro 2015 O GUGST Grupo de Usuários de Gestão de Serviços de Terceiros foi idealizado no ano de 2009 como um fórum aberto e gratuito, para discussão e troca

Leia mais

World Wide Web e Aplicações

World Wide Web e Aplicações World Wide Web e Aplicações Módulo H O que é a WWW Permite a criação, manipulação e recuperação de informações Padrão de fato para navegação, publicação de informações e execução de transações na Internet

Leia mais

A Importância de gerir ficheiros nas Organizações

A Importância de gerir ficheiros nas Organizações A Importância de gerir ficheiros nas Organizações Transferência de Ficheiros: Porquê? É um suporte acessível para transferência de informação entre aplicações e entre sistemas heterogéneos Possibilita

Leia mais

DEMANDA GT SOLUÇÕES PARA AUDITORIA CONTÍNUA

DEMANDA GT SOLUÇÕES PARA AUDITORIA CONTÍNUA DEMANDA GT SOLUÇÕES PARA AUDITORIA CONTÍNUA OBJETIVOS Desenvolvimento de metodologia e sistema de automação do monitoramento de riscos e controles organizacionais para: Minimização dos riscos regulatórios

Leia mais

A Tecnologia Java e o Maior Provedor do Brasil. Daniel Rodrigues Ambrósio

A Tecnologia Java e o Maior Provedor do Brasil. Daniel Rodrigues Ambrósio A Tecnologia Java e o Maior Provedor do Brasil Daniel Rodrigues Ambrósio Agenda Apresentação UOL em números Equipes de Tecnologia no UOL Metodologias e Processos A Cultura da Tecnologia Perguntas Apresentação

Leia mais

3 Serviços na Web (Web services)

3 Serviços na Web (Web services) 3 Serviços na Web (Web services) 3.1. Visão Geral Com base na definição do Word Wide Web Consortium (W3C), web services são aplicações autocontidas, que possuem interface baseadas em XML e que descrevem

Leia mais

[ Empowering Business, Architecting IT. ]

[ Empowering Business, Architecting IT. ] SOA coloca TI da Rede Ipiranga em linha com os negócios Setembro/2012 Sumário Matéria publicada na Information Week... 4 Artigo Case Ipiranga... 7 SOA coloca TI da Rede Ipiranga em linha com os negócios

Leia mais

ASTERISK. João Cepêda & Luís Borges SCOM 2013

ASTERISK. João Cepêda & Luís Borges SCOM 2013 ASTERISK João Cepêda & Luís Borges SCOM 2013 VISÃO GERAL O que é Como funciona Principais Funcionalidades Vantagens vs PBX convencional O QUE É Software open-source, que corre sobre a plataforma Linux;

Leia mais

CoIPe Telefonia com Tecnologia

CoIPe Telefonia com Tecnologia CoIPe Telefonia com Tecnologia A proposta Oferecer sistema de telefonia digital com tecnologia que possibilita inúmeras maneiras de comunicação por voz e dados, integrações, recursos e abertura para customizações.

Leia mais

4.Pago alguma tarifa para utilizar o Internet Banking?

4.Pago alguma tarifa para utilizar o Internet Banking? INTERNET BANKING PESSOA FÍSICA - Perguntas Mais Frequentes 1.Tenho uma Conta Corrente no Banpará e gostaria de ter acesso ao serviço de Internet Banking para realizar consultas, pagamentos e transferências.

Leia mais

Consultoria Auditoria Gestão Suporte Redução de Custos www.alditel.com.br

Consultoria Auditoria Gestão Suporte Redução de Custos www.alditel.com.br Consultoria Auditoria Gestão Suporte Redução de Custos www.alditel.com.br Índice A Empresa...03 Serviços Prestados......04 1 Auditoria de faturas...04 2 Elaboração de relatórios gerenciais para gestão

Leia mais

SOA 2.0 ou Event-Driven SOA

SOA 2.0 ou Event-Driven SOA SOA SOA 2.0 ou Event-Driven SOA 1 Introdução Recentemente, a Oracle anuciou o termo SOA 2.0. E já deu para imaginar a repercussão que isto teve. Estamos em um momento onde SOA (Service-Oriented Architecture),

Leia mais

Aprimorando a Interface da sua Aplicação

Aprimorando a Interface da sua Aplicação Aprimorando a Interface da sua Aplicação A Interface de Usuário OpenEdge Regis Martins Ezipato Sr. Solution Engineer Agenda O que é uma IU competitiva? Possibilidades de IU OpenEdge A OpenEdge GUI Algumas

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Teclan mais de 20 anos de expertise Referência em soluções para contact centers Foco em qualidade, produtividade, gestão das operações e ROI Clientes em todo o País Capital 100%

Leia mais

Manual de Integração Retorno dos dados do cliente

Manual de Integração Retorno dos dados do cliente Manual de Integração Retorno dos dados do cliente Integração EvoluCard Versão 1.3 Janeiro de 2012 Histórico de versões Data Versão Responsável 28/10/11 1.0 Criação do documento. Erivelton Oliveira 19/12/11

Leia mais

ARQUITETURA DE SISTEMAS. Cleviton Monteiro (cleviton@gmail.com)

ARQUITETURA DE SISTEMAS. Cleviton Monteiro (cleviton@gmail.com) ARQUITETURA DE SISTEMAS Cleviton Monteiro (cleviton@gmail.com) Roteiro Definição Documento de arquitetura Modelos de representação da arquitetura Estilos arquiteturais Arquitetura de sistemas web Arquitetura

Leia mais

Soluções Inteligentes para regulamentações e negócios em aplicações SAP

Soluções Inteligentes para regulamentações e negócios em aplicações SAP Soluções Inteligentes para regulamentações e negócios em aplicações SAP Uma nova visão no Gerenciamento da Aplicação INDICE 1. A Union IT... 3 2. A importância de gerenciar dinamicamente infra-estrutura,

Leia mais

Abstraindo as Camadas de SOA & Aplicações Compostas

Abstraindo as Camadas de SOA & Aplicações Compostas Abstraindo as Camadas de SOA & Aplicações Compostas Serviço Service Requisitante Consumer Service Serviço Provider Provedor consumidores processos business e processes negócios Coreografia process choreography

Leia mais

Desenvolvendo uma Arquitetura de Componentes Orientada a Serviço SCA

Desenvolvendo uma Arquitetura de Componentes Orientada a Serviço SCA Desenvolvendo uma Arquitetura de Componentes Orientada a Serviço SCA RESUMO Ricardo Della Libera Marzochi A introdução ao Service Component Architecture (SCA) diz respeito ao estudo dos principais fundamentos

Leia mais

Introdução a Arquiteturas ESB I N S T I T U T O D E G E S TÃ O E M T E C N OLOGIA D A I N F OR M A Ç Ã O

Introdução a Arquiteturas ESB I N S T I T U T O D E G E S TÃ O E M T E C N OLOGIA D A I N F OR M A Ç Ã O Introdução a Arquiteturas ESB Uma típica sala de TV Uma TV e um DVD. Uma típica sala de TV em operação Conexão ponto a ponto entre a sala de TV e o DVD. A sala de TV dos seus sonhos Uma TV Digital, sistemas

Leia mais

CIGAM SOFTWARE CORPORATIVA LTDA.

CIGAM SOFTWARE CORPORATIVA LTDA. CIGAM SOFTWARE CORPORATIVA LTDA. Raquel Engeroff Neusa Cristina Schnorenberger Novo Hamburgo RS Vídeo Institucional Estratégia Visão Missão Ser uma das 5 maiores empresas de software de gestão empresarial

Leia mais

CONSULTORIA E SERVIÇOS DE INFORMÁTICA

CONSULTORIA E SERVIÇOS DE INFORMÁTICA CONSULTORIA E SERVIÇOS DE INFORMÁTICA Quem Somos A Vital T.I surgiu com apenas um propósito: atender com dedicação nossos clientes. Para nós, cada cliente é especial e procuramos entender toda a dinâmica

Leia mais

Módulo de Ampliação de Expressividade para a Ferramenta jbpm. Aluno: Diorbert Corrêa Pereira Orientador: João Paulo A. Almeida

Módulo de Ampliação de Expressividade para a Ferramenta jbpm. Aluno: Diorbert Corrêa Pereira Orientador: João Paulo A. Almeida Módulo de Ampliação de Expressividade para a Ferramenta jbpm Aluno: Diorbert Corrêa Pereira Orientador: João Paulo A. Almeida o o o o o o Processos de Negócio Visão geral: Workflow Resource Patterns A

Leia mais