Clique nas manchetes e saiba mais!

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Clique nas manchetes e saiba mais!"

Transcrição

1 junho 2012 Ano 5 Informativo Mensal da Comunidade de Pais da Escola Waldorf Rudolf Steiner Acesse o Acontecendo pela Internet: EDITORIAL Queridos pais, Chegou a época das festas juninas. Vamos celebrar! O que não nos serve mais, não tem mais como ser transformado, tem uma oportunidade de ser queimado e, assim, abrir espaço para aquilo que é novo, mais adequado ao nosso novo momento de vida. A fogueira é um grande símbolo dessa possibilidade de transformação que a vida oferece a todos nós. Lembremonos sempre que João batizou Jesus, e o novo surgiu a partir do Cristo. Os pais da Educação Infantil também têm uma oportunidade de crescerem acompanhando os seus filhos na Festa da Lanterna cantando: Eu vou com minha lanterna e ela comigo vai No céu brilham estrelas, na Terra brilhamos nós. Boa leitura Imagem: Sérgio Jacomino Clique nas manchetes e saiba mais! Festas Juninas nas Comunidades Waldorf Anote em suas agendas e aproveite! Comissão de Apoio Cultural Ideia nascendo com o objetivo de implementar projetos de palestras e outras atividades culturais 2ª Reunião do Colégio de Representantes O fórum realizou-se no dia 31 de maio e contou com 31 participantes. Leia o relato 3º Feira de Instrumentos Musicais Aconteceu no dia 19 de maio, durante a Festa de Aniversário da Escola Oficina de Habilidades Sociais Dois dos quatro encontros aconteceram em 5 e 26 de maio com a participação de pais, funcionários e professores. I Congresso Ibero-americano de Pais Waldorf Entre os dias 15 e 21 de julho, em Ribeirão Preto-SP. Inscreva-se! Palestra 100 anos de Euritmia e suas aplicações na pedagogia,arte e cura. Anote: dia 14/06 Você Sabia? A festa de São João se aproxima. Vamos usar as máquinas fotográficas e filmadoras de forma consciente? Curso para Gestantes Vivencie a gestação de maneira mais saudável. Ministrado por Catia Chuba e Tarsila de Souza Aranha na Clínica Tobias. E MAIS... Escola de Pais Grupos e Comissões Poesia de Ruth Salles AGENDA 7 a 10/06 Corpus Christi 14/06 Palestra 16/06 Festa da Lanterna 23/06 Festa de São João 28/06 Encerramento do 1º Semestre 30/07 Início do 2º Semestre Rua Job Lane, 900 Tel:

2 COORDENADORIA DE PAIS REUNIÕES DA COORDENADORIA DE PAIS A Coordenadoria de Pais se reúne em novo espaço ao lado da gráfica, todas as quintas-feiras, das 7h30 às 8h30, e, sempre que solicitada, recebe os pais para conversas, mediante agendamento prévio de data e horário. Contato: APOIO CULTURAL: uma nova ideia está nascendo No dia 22 de maio, a Coordenadoria de Pais conduziu uma reunião com um grupo de pais visando a possível formação de uma Comissão ou Grupo de Apoio Cultural, que terá a missão de buscar apoio financeiro e promover a realização de diversos projetos e atividades culturais, como, por exemplo, a recente palestra do Amyr Klink. O Núcleo Pedagógico e a Mantenedora foram convidados a fazer parte dessa boa idéia, que tende a se materializar. Várias propostas surgiram neste primeiro encontro! Agora, é arregaçar as mangas e colocá-las em prática. Se você tem interesse em participar, envie um para: RELATO DA SEGUNDA REUNIÃO DO COLÉGIO DE REPRESENTANTES Trinta e uma pessoas, entre Representantes de Classe, integrantes de Grupos e Comissões e membros da Coordenadoria de Pais, compareceram à reunião do Colégio de Representantes, realizada no último dia 31. Mais uma vez foi abordada a importância da participação dos pais no processo escolar. O número de voluntários cresce, mas, a cada ano, a demanda se torna maior. Muitas ações ainda necessitam de ajuda. As Comissões de Responsabilidade Social, Intercâmbio, Sebo e Cantina, além do Grupo de Comunicação se fizeram presentes expondo seus problemas e avanços em suas respectivas áreas. O mesmo aconteceu com a Coordenadoria de Pais, que falou sobre o andamento de todos os seus projetos, como a retirada dos postes da calçada, a necessidade de reforçar a ronda escolar, novos recursos para o site da Escola, o trabalho com o Grupo Maturi, a Oficina de Habilidades Sociais, entre outros. Além disso, novos Grupos estão surgindo, como o de Apoio Cultural, com o objetivo de captar recursos, inclusive através da Lei Rouanet, para realizar eventos como a apresentação do Coral da Escola, palestras como a de Amyr Klink e a tradução do filme The Challenge of Rudolf Steiner. Graças à iniciativa de alguns pais, o documentário, dividido em duas partes de 90 minutos cada uma, já foi totalmente legendado e será divulgado para toda a comunidade da EWRS no segundo semestre. Aguardem! Reunião do Colégio de Representantes Imagem: Andrea Maimoni Brigagão 2

3 3ª FEIRA DE INSTRUMENTOS MUSICAIS 1º CONGRESSO IBERO-AMERICANO DE PAIS WALDORF - XI Congresso Iberoamericano de Pedagogia Waldorf Muitas pessoas visitaram a Feira de Instrumentos Musicais Seminovos! Tivemos oferta de vários instrumentos e algumas vendas. Percebemos a gratidão das pessoas por Entre os dias 15 e 21 de julho será realizado o 1º Congresso este espaço que foi aberto para todos e pelo despertar Ibero-Americano de Pais Waldorf, junto com o Congresso da necessidade de que os instrumentos cumpram sua de Pedagogia Waldorf, na Escola Waldorf João Guimarães função. Este encontro entre quem tem com quem quer Rosa, em Ribeirão Preto-SP. O encontro tem o objetivo de um instrumento pode acontecer durante o ano todo. integrar as famílias de escolas de várias partes do Brasil Sabe onde? Naquele mural do prédio do teatro! Em e de outros países, e compartilhar os desafios com que breve, uma parte dele será disponibilizada para anúncios se defrontam os pais no mundo de hoje, favorecendo a de música em geral: venda e procura de instrumentos, discussão de questões como a violência, o consumismo, aulas particulares de música, eventos musicais e outros. a erotização precoce, a invasão da mídia eletrônica, Lembre-se de que todo ano mais crianças iniciam novas entre outras, reconhecendo isso como manifestações vivências musicais! de potências adversárias do desenvolvimento humano. Grupo de Organização da Feira Como podemos nos colocar nesse mundo, cuja grande questão filosófica e existencial é o mal? Qual o significado de viver nesta era, assim chamada por Steiner de época OFICINA DE HABILIDADES SOCIAIS da Alma da Consciência? Se você se identifica com essas questões e gostaria de participar desse encontro, A escola é um organismo vivo e, como tal, necessita de entre em contato com a Coordenadoria de Pais para mais reflexões constantes sobre suas práticas, relacionamentos, informações: virtudes e também seus desafios. Tendo isso em mente, a Associação Mantenedora propôs uma iniciativa em conjunto com o Núcleo Maturi, empresa de consultoria em Pedagogia Social que atua na facilitação de processos de desenvolvimento de indivíduos e organizações. Essa iniciativa, nomeada Oficina de Habilidades Sociais, é um workshop que reúne membros dos pilares que sustentam a escola: Associação Mantenedora, Corpo Docente, Famílias (aqui representadas por pais que atuam na Coordenadoria de Pais e nas Comissões) e funcionários da Administração. A Oficina de Habilidades Sociais parte de uma premissa aparentemente muito simples, mas que é de vital importância: só a boa e transparente comunicação entre as pessoas (e consequentemente entre os pilares) será capaz de promover o desenvolvimento crescente, sustentável e saudável da nossa escola. Por uma questão de dinâmica do wokshop, o Núcleo Maturi propôs a participação de 35 membros, que levam consigo a responsabilidade de reproduzir entre seus pares esta experiência. Temos a confiança de que esta iniciativa, que teve início no último dia 5 de maio e terá mais 3 encontros ao longo do ano, trará benefícios significativos para a Comunidade Escolar como um todo. 3

4 COMISSÃO DE PALESTRAS No dia 24 maio, a professora Luiza Lameirão proferiu uma palestra sobre o ritmo e a rotina, a questão do tempo, da importância das pausas, polaridades e a relação com a natureza. Compareceram cerca de 110 ouvintes, tanto membros da nossa comunidade escolar, quanto de outras instituições. Fabiana Tichauer, mãe do Erick do 5ºA, e recém-chegada ao grupo, participou da gravação da entrevista com Luiza Lameirão. Gabriel Lehto, da Novas Imagens Cine Video realizou o trabalho de áudio e vídeo e Alessandra Volphect ofereceu a degustação de deliciosos cheesecakes no Espaço de Confraternização que antecedeu à palestra. A Comissão de Palestras agradece o empenho de todos. CONVITE Nossa próxima palestra será no dia 14 de junho, em comemoração aos 100 anos de Euritmia. Contaremos com a presença de 3 euritmistas palestrantes que abordarão as diferentes formas da Euritmia e suas aplicações na pedagogia,arte e cura. Contamos com a sua presença! Comissão de Palestras da Coordenadoria de Pais da Escola Waldorf Rudolf Steiner apresenta: Euritmia 100 anos Uma trajetória instigante Palestrantes: Renate Nisch Data: quinta-feira, 14 de Junho Vendo e ouvindo Pela internet, você pode acessar: Chamada da palestra em vídeo: Cecilia Teixeira Marisa Bernardi Daniela Meirelles Horário: 20h Rua Job Lane, 900 Sala 5 da EWRS Áudio para ouvir online (stream): br/comissaodepalestras/ palestraluizalameirao.mp3 Áudio para download (30Mb): br/comissaodepalestras/ palestraluizalameirao.zip Apoio: Lara Zietemann e Novas Imagens Cine Video Imagem: Paulo Rocha Inscreva-se na página da Comissão de Palestras do YouTube, para receber avisos sobre os vídeos de novas entrevistas assim como as versões completas delas. 4

5 VOCÊ SABIA? Você sabia que a Festa de São João, um dos nossos maiores eventos escolares, se aproxima? E com ela a preocupação... Vamos tratar da maneira como a comunidade se comporta em relação aos registros das imagens dessas ocasiões. A conservação da história, por meio de máquinas fotográficas ou filmadoras, é importante, mas percebe-se um excesso nesse comportamento, talvez sintoma daquilo que o pensador francês Guy Debord chamou de sociedade do espetáculo : tudo precisa ser registrado, exposto, confirmado pela imagem. As novas tecnologias, se por um lado facilitam isso, por outro podem levar ao exagero de uma pessoa deixar de prestar atenção ao momento, de estar ali por inteiro, absorta nessa atividade mecânica do registro. Notem a quantidade de pessoas no ginásio lotado, tentando achar a melhor posição para fotografar ou filmar, muitas vezes atrapalhando quem simplesmente quer assistir às apresentações, ou o número de flashes pipocando na hora da fogueira, momento de reverência e introspecção a que nos convidam as chamas e as luzes das lanternas. No mais recente Congresso Internacional de Educação Infantil, realizado em Dorna, na Suíça, uma professora de Jardim relatou uma situação que ilustra bem essa questão para a nossa reflexão: um dia as crianças da sua sala estavam brincando de construir um barco, e a cena era tão linda que ela resolveu fazer uma foto. No momento em que ela empunhou a máquina, aquele momento se desfez. As crianças pararam o que estavam fazendo e a espontaneidade acabou. O registro não é o mais importante, mas sim aquilo que você vai carregar dentro de si dessa experiência. FESTAS JUNINAS NAS VÁRIAS COMUNIDADES WALDORF Participar de uma das quatro grandes festas que fazem parte do currículo da pedagogia Waldorf é sempre gratificante para o corpo e para a alma, mas a de São João é muito especial para todos, devido à alegria e introspecção que emanam desta tão aguardada comemoração. Assim, para que possamos aproveitar o máximo esse período, divulgamos algumas das festas que ocorrem, não apenas na nossa, mas também em outras escolas Waldorf da região metropolitana de São Paulo. 23/06 - Escola Waldorf Rudolf Steiner, das 11h às 18h Rua Job Lane, tel Escola Manacá, a partir das 11h Av. João Carlos da Silva Borges, tel /06 - Associação Travessia - Núcleo de Pedagogia Waldorf Especial, a partir das 11h Rua Cap. Felisbino de Morais, 10 tel Colégio Waldorf Micael de São Paulo, a partir das 11h Rua Pedro Alexandrino Soares, 68 - tel Escola Waldorf São Paulo, a partir das 10h Rua Baluarte, tel Associação Beneficente Parsifal, a partir das 11h Rua Robélia, 59 - tel /06 - Escola Waldorf Francisco de Assis, a partir das 11h Av. Basiléia, tel Imagem: Sérgio Jacomino 5

6 ESCOLA DE PAIS GINÁSTICA BOTHMER Imagens: Luciana Mariutti A pedido de Rudolf Steiner, Fritz Graff Von Bothmer, professor da primeira Escola Waldorf em Stuttgart, inicia um trabalho de pesquisa para desenvolver uma prática de ginástica para as aulas de Educação Física que fizesse sentido dentro do currículo da pedagogia Waldorf. Partindo de seus conhecimentos em antroposofia, antropologia e de indicações do próprio Steiner, Bothmer cria a GINÁSTICA BOTHMER, na qual exercícios corporais acompanham o desenvolvimento e as necessidades dos alunos contribuindo assim para a sua formação. Ele dizia: A Ginástica Bothmer, não está para satisfazer o homem estético ou higiênico, mas tem a tarefa de inserir ao Ser Humano numa nova consciência do seu estar dentro do mundo. Eu não sou apenas um pequeno ponto neste grande mundo, mas tenho dentro do meu corpo físico a capacidade de vivenciar forças universais reconstruídas, ritmos universais, forças portanto, que deram ao meu 6 corpo forma e vida. (Conde Fritz Von Bothmer) Poder vivenciar essa experiência é como fazer uma retrospectiva de nosso crescimento, o que é uma oportunidade fantástica para auto-educação. A Ginástica Bothmer trouxe pra mim uma nova e mais ampla perspectiva de espaço e seus planos. (Glaucia Vieira, mãe 5º A) Nesses quase 2 anos de prática, pude perceber um pouco o que foi essa respeitável pesquisa do Conde Bothmer. A Ginástica Bothmer melhorou muito a minha consciência e postura corporais. Essa prática foi me deixando muito mais centrada e serena, equilibrando meu sentir, pensar e querer; ampliou minha percepção do entorno e minha relação não só com o espaço, mas com as pessoas ao meu redor. (Sandra Nunes, mãe 6º B e 8º B). O grupo de Ginástica Bothmer está desenvolvendo o seu trabalho às segundas- feiras, das 7h30 às 8h30, no ginásio coberto, com a orientação das professoras Tânia e Luciana. Contato pelo ou cel: (Luciana). Aproveitem! GRUPO DE ESTUDOS A Dra. Ana Paula Cury continua o trabalho com o grupo de estudos às sextas-feiras, 11h, em uma das salas do Centro de Formação de Professores Waldorf, mais conhecido como seminário. No momento o grupo se ocupa do estudo do livro O Mistério dos Temperamentos. TRABALHOS MANUAIS Dona Tercilla está conduzindo uma oficina de trabalhos manuais com tricô. Acontece às quartas-feiras, das 7h30 às 9h20, na sala ao lado da lojinha/xerox. ENCADERNAÇÃO A professora Nilza continua a oficina de encadernação. Até o dia 12 de junho, serão 10 encontros, que acontecerão na sala verde, no prédio de artes (embaixo do ginásio). Todas as terças-feiras, das 7h30 às 8h30. Aproveitem!

7 CURSO PARA GESTANTES Abaixo está o cartaz de divulgação do Curso para Gestantes na Clínica Tobias, que ocorre 2 quartas por mês, às 20h00. Aproveitem esta oportunidade! VERSO Na noite antiga... Aqui Na noite antiga de garoa e frio fino, Subiam balões de luz Em honra do primo de Jesus, São João Menino. E, em nosso coração, Cada balão, Subindo rápido e em linha reta, Era o próprio João Menino Se transformando em João Profeta. Era o profeta Que parecia o clarão da madrugada, Antecedendo a chegada Do grande sol nascente, da maior luz: O Cristo Jesus. Ruth Salles GRUPOS E COMISSÕES Algumas pessoas já se motivaram a participar dos Grupos e Comissões da escola. Faça o mesmo e participe! Comissão de Cantina - Comissão da Escola de Pais - Comissão de Responsabilidade Social - responsabilidade Grupo de Comunicação - Grupo de Intercâmbio - Grupo Médico - Comissão de Palestras - Comissão do Sebo - Imagem: gustavodj stock.xchng Ficha Técnica: Coordenação: Carlos A. Ascensão Textos e diagramação: Grupo de Comunicação Contato: Todas as imagens de bancos royalty free utilizadas na ilustração deste informativo estão dentro das normas de utilização permitidas por seus autores.

novembro 2013 Ano 6 EDITORIAL Aproveitem e boa leitura. Coordenadoria de Pais Calendário Escolar 2014 Coral do Ensino Médio Comissão de Palestras

novembro 2013 Ano 6 EDITORIAL Aproveitem e boa leitura. Coordenadoria de Pais Calendário Escolar 2014 Coral do Ensino Médio Comissão de Palestras Ano 6 Informativo Mensal da Comunidade de Pais da Escola Waldorf Rudolf Steiner Acesse o Acontecendo pela Internet: www.ewrs.com.br Clique nas manchetes para mais informações EDITORIAL Estamos quase na

Leia mais

Bazar de Natal. A Comissão de Bazar solicita doações para o Mercado das Pulgas. Veja como ajudar.

Bazar de Natal. A Comissão de Bazar solicita doações para o Mercado das Pulgas. Veja como ajudar. agosto 2012 Ano 5 Informativo Mensal da Comunidade de Pais da Escola Waldorf Rudolf Steiner Acesse o Acontecendo pela Internet: www.ewrs.com.br Clique nas manchetes para mais informações EDITORIAL Com

Leia mais

Dia 24/06 às 20h na Escola Waldorf Rudolf Steiner

Dia 24/06 às 20h na Escola Waldorf Rudolf Steiner JUNHO 2013 Ano 6 Informativo Mensal da Comunidade de Pais da Escola Waldorf Rudolf Steiner Acesse o Acontecendo pela Internet: www.ewrs.com.br EDITORIAL Chegou a hora da fogueira! É Época de São João,

Leia mais

1 - ATIVIDADES ESPORTIVAS E CULTURAIS Linhas de Ação:

1 - ATIVIDADES ESPORTIVAS E CULTURAIS Linhas de Ação: NÍVEL COMUNITÁRIO 1 - ATIVIDADES ESPORTIVAS E CULTURAIS A - que se promovam atividades esportivas e culturais, envolvendo pais, alunos, professores e demais membros da Comunidade para vivenciar valores,

Leia mais

PROJETO: REPENSANDO A (IN)DISCIPLINA

PROJETO: REPENSANDO A (IN)DISCIPLINA COLÉGIO TIRADENTES DA PMMG- BARBACENA PROJETO: REPENSANDO A (IN)DISCIPLINA JUSTIFICATIVA Percebendo que a indisciplina escolar é o problema que mais afeta o bom andamento dos alunos iremos trabalhar com

Leia mais

Srs. Pais, A direção.

Srs. Pais, A direção. Srs. Pais, Para o Centro de Educação Básica Prof. Luciano Feijão, educar é mais do que transmitir conhecimentos, é formar um cidadão completo, não apenas com informações, mas com valores éticos e morais.

Leia mais

ASSOCIAÇÃO COMUNITÁRIA MICAEL PROJETO ENSINANÇAS

ASSOCIAÇÃO COMUNITÁRIA MICAEL PROJETO ENSINANÇAS PROJEKT ENSINANÇAS ASSOCIAÇÃO COMUNITÁRIA MICAEL HISTÓRICO Constituída no dia 25 de abril de 2000, como uma entidade civil de caráter filantrópico e sem fins econômicos, a Associação Comunitária Micael

Leia mais

GUIA ACADÊMICO ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURRICULARES

GUIA ACADÊMICO ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURRICULARES GUIA ACADÊMICO ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURRICULARES Válido para ingressantes a partir do 1º/2010 Prezado (a) acadêmico (a), Seja bem vindo ao Centro Universitário Instituto de Educação Superior de Brasília

Leia mais

NÍVEL COMUNITÁRIO 1 - ATIVIDADES ESPORTIVAS E CULTURAIS Linhas de Ação:

NÍVEL COMUNITÁRIO 1 - ATIVIDADES ESPORTIVAS E CULTURAIS Linhas de Ação: NÍVEL COMUNITÁRIO 1 - ATIVIDADES ESPORTIVAS E CULTURAIS Linhas de Ação: A- que se promovam atividades esportivas e culturais, envolvendo pais, alunos, professores e demais membros da Comunidade para vivenciar

Leia mais

Informe Semanal ano XXI n.º 1022 Campinas, 02 de dezembro de 2015 AGENDA ESCOLAR. Data Horário Atividade Curso/série

Informe Semanal ano XXI n.º 1022 Campinas, 02 de dezembro de 2015 AGENDA ESCOLAR. Data Horário Atividade Curso/série cação ] Informe Semanal ano XXI n.º 1022 Campinas, 02 de dezembro de 2015 AGENDA ESCOLAR Data Horário Atividade Curso/série 02/12 4ª feira 19h30min Apresentação dos alunos - 9 os anos A, B e C do Ensino

Leia mais

II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores

II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores FORMAÇÃO DE PROFESSORES WALDORF NO BRASIL: PRIMEIROS OLHARES Carolina Gulyas Figueiredo, Luciana

Leia mais

Tempo de Abrir o Presente

Tempo de Abrir o Presente 28 de novembro de 2014. Tempo de Abrir o Presente Você ainda não percebeu? O advento está batendo à porta mais uma vez. A correria da vida é tão grande que, apesar de as lojas e shoppings já estarem enfeitados,

Leia mais

UVV POST Nº74 10 a 16/11 de 2014 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional

UVV POST Nº74 10 a 16/11 de 2014 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional UVV POST Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional 15 ANOS DE NACOM Agência experimental da UVV-ES faz aniversário e comemora sua história vitoriosa com

Leia mais

ESCOLINHA MATERNO- INFANTIL PROJETO 2014

ESCOLINHA MATERNO- INFANTIL PROJETO 2014 ESCOLINHA MATERNO- INFANTIL PROJETO 2014 Justificativa do Projeto Conhecer o corpo humano é conhecer a vida, poucos assuntos são tão fascinantes para os alunos quanto esse. Por menores que sejam as crianças,

Leia mais

Faculdade de Ribeirão Preto. Núcleo de Prática Acadêmica (NPA)

Faculdade de Ribeirão Preto. Núcleo de Prática Acadêmica (NPA) Faculdade de Ribeirão Preto Núcleo de Prática Acadêmica (NPA) Manual de orientações para o cumprimento do Estágio Curricular e elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC PEDAGOGIA 2011 ORIENTAÇÕES

Leia mais

Plano de Ação da CPA

Plano de Ação da CPA Centro Universitário do Estado do Pará - CESUPA Plano de Ação da CPA Ano 2014 CPA/CESUPA 2014 C o m i s s ã o P r ó p r i a d e A v a l i a ç ã o C P A / C E S U P A APRESENTAÇÃO O plano de ações da CPA

Leia mais

SANTA TERESA DE JESUS, UMA APROXIMAÇÃO PEDAGÓGICO-PASTORAL Por ocasião do V Centenário do Nascimento de Santa Teresa de Jesus, o Colégio Teresiano

SANTA TERESA DE JESUS, UMA APROXIMAÇÃO PEDAGÓGICO-PASTORAL Por ocasião do V Centenário do Nascimento de Santa Teresa de Jesus, o Colégio Teresiano 1 SANTA TERESA DE JESUS, UMA APROXIMAÇÃO PEDAGÓGICO-PASTORAL Por ocasião do V Centenário do Nascimento de Santa Teresa de Jesus, o Colégio Teresiano assumiu o compromisso de fazer memória da vida singular

Leia mais

NOSSAS CONQUISTAS EM 2011

NOSSAS CONQUISTAS EM 2011 NOSSAS CONQUISTAS EM 2011...Deveríamos cuidar de nossas crianças como um bem sagrado, promover o respeito a seus direitos e protegê-las. Creio que a transformação social exige um investimento máximo de

Leia mais

Associação Beneficente de Amparo á Família

Associação Beneficente de Amparo á Família Associação Beneficente de Amparo á Família Perfil A Associação Beneficente de Amparo à Família (ABENAF) é uma Organização Não Governamental (ONG), sem fins lucrativos, que tem como objetivo oferecer cultura,

Leia mais

Trabalhos Premiados em 2001 ACRE Trabalho: Conhecendo nossa Floresta Resenha da Experiência ALAGOAS Trabalho: Projeto Dentes Resenha da Experiência

Trabalhos Premiados em 2001 ACRE Trabalho: Conhecendo nossa Floresta Resenha da Experiência ALAGOAS Trabalho: Projeto Dentes Resenha da Experiência Trabalhos Premiados em 2001 ACRE Trabalho: Conhecendo nossa Floresta - Faixa etária das crianças: 6 anos - Grau de escolaridade de professor: Nível Médio Magistério - Contexto sócio-cultural em que foi

Leia mais

ASSOCIAÇÃO TABOÃO DA SERRA DE EDUCAÇÃO E CULTURA FACULDADE SUDOESTE PAULISTANO MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO

ASSOCIAÇÃO TABOÃO DA SERRA DE EDUCAÇÃO E CULTURA FACULDADE SUDOESTE PAULISTANO MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO ASSOCIAÇÃO TABOÃO DA SERRA DE EDUCAÇÃO E CULTURA FACULDADE SUDOESTE PAULISTANO MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EDUCAÇÃO INFANTIL - PEDAGOGIA Diretrizes e Orientações Coordenador de Estágio

Leia mais

Institucional DIMENSÃO

Institucional DIMENSÃO Institucional DIMENSÃO INSTITUCIONAL 61 62 A responsabilidade pessoal e a cultura da paz Ninguém pode eximir-se de suas responsabilidades, imaginando que a violência sempre está no outro. No campo profissional

Leia mais

Contribuições à Criação e Organização de um Núcleo de Voluntariado

Contribuições à Criação e Organização de um Núcleo de Voluntariado Terceiro Setor Contribuições à Criação e Organização de um Núcleo de Voluntariado Para que possamos atuar com voluntários, em projetos sociais, em instituições públicas ou privadas é fundamental que se

Leia mais

Maternal 1, 2 e 3, Educação Infantil, Ensino Fundamental, Período Integral

Maternal 1, 2 e 3, Educação Infantil, Ensino Fundamental, Período Integral EMAIL: escola@ethosmg.com.br FACEBOOK: www.facebook.com.br/ethosmg TWITTER: @EscolaEthos INSTAGRAM: @ethosinstitutodeeducacao Maternal 1, 2 e 3, Educação Infantil, Ensino Fundamental, Período Integral

Leia mais

Creche Pelicano Atendimento - 95 Crianças - entre 1 anos e seis meses a quatro anos

Creche Pelicano Atendimento - 95 Crianças - entre 1 anos e seis meses a quatro anos Missão Promover programas sustentáveis e contínuos, priorizando a educação da criança e o re-erguimento da família formando bases sólidas na diminuição das desigualdades sociais. Títulos Reconhecida com

Leia mais

Informativo Semanal. Ano VII. 30/04/2014. N. 301

Informativo Semanal. Ano VII. 30/04/2014. N. 301 Informativo Semanal. Ano VII. 30/04/2014. N. 301... pág 1... > Restaurante Waldorf - Congelados... pág 2... > Na Primeira Escola, Brincadeiras Fazem Parte do Currículo... pág 3... > Projeto Euritmia Jovem...

Leia mais

O mundo como escola Texto Isis Lima Soares, Richele Manoel, Marcílio Ramos e Juliana Rocha Fotos Luciney Martins/Rede Rua Site 5HYLVWD9LUDomR

O mundo como escola Texto Isis Lima Soares, Richele Manoel, Marcílio Ramos e Juliana Rocha Fotos Luciney Martins/Rede Rua Site 5HYLVWD9LUDomR O mundo como escola Texto Isis Lima Soares, Richele Manoel, Marcílio Ramos e Juliana Rocha Fotos Luciney Martins/Rede Rua Site 5HYLVWD9LUDomR Já pensou um bairro inteirinho se transformando em escola a

Leia mais

PROFESSORAS DO INFANTIL II:

PROFESSORAS DO INFANTIL II: REUNIÃO DE PAIS 09 de Fevereiro de 2012 PROFESSORAS DO INFANTIL II: INFANTIL II A - Cristiane de Moraes Fabbri Grassi INFANTIL II B - Liliana Brenelli Vidotti INFANTIL II C - Thelma Pereira Ribeiro Ferrari

Leia mais

Momentos Pedagógicos 2015

Momentos Pedagógicos 2015 Momentos Pedagógicos 2015 Nossas excelentes profissionais formando os cidadãos do futuro! Coord. Pedagógica: Alessandra Barbosa Creche II Professora Janile e Professora Taynan Creche III Professora Dóris

Leia mais

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL 1. TÍTULO DO PROGRAMA As Histórias do Senhor Urso. 2. EPISÓDIO TRABALHADO A Prima do Coelho. 3. SINOPSE DO EPISÓDIO ESPECÍFICO Os brinquedos ouvem batidos na porta: é

Leia mais

PROJETO ESCOLA PARA PAIS

PROJETO ESCOLA PARA PAIS PROJETO ESCOLA PARA PAIS Escola Estadual Professor Bento da Silva Cesar São Carlos São Paulo Telma Pileggi Vinha Maria Suzana De Stefano Menin coordenadora da pesquisa Relator da escola: Elizabeth Silva

Leia mais

GUIA DE ORIENTAÇÃO AOS PAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL 2015

GUIA DE ORIENTAÇÃO AOS PAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL 2015 GUIA DE ORIENTAÇÃO AOS PAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL 2015 Guia de orientação aos pais 2015 3 GUIA DE ORIENTAÇÃO AOS PAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL 2015 Seguem abaixo as regras gerais do Liceu Terras do Engenho,

Leia mais

Envolver. Edição V Ano II Outubro de 2012. Um caso. de sucesso

Envolver. Edição V Ano II Outubro de 2012. Um caso. de sucesso Envolver Edição V Ano II Outubro de 2012 Um caso de sucesso 1 editorial primeiras letras O ano de 2012 vai chegando ao fim com boas notícias para Pedro Leopoldo. As várias ações de investimento social

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES - 2014

PLANO DE ATIVIDADES - 2014 PLANO DE ATIVIDADES - 2014 I-Objetivos Gerais *Promover a formação integral dos alunos, favorecendo o desenvolvimentode sua personalidade de forma harmoniosa. *Integrar a Unidade Escolar à Comunidade Local

Leia mais

Comunicação JOGOS TEATRAIS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DO MATERNAL E EDUCAÇÃO INFANTIL

Comunicação JOGOS TEATRAIS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DO MATERNAL E EDUCAÇÃO INFANTIL Comunicação JOGOS TEATRAIS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DO MATERNAL E EDUCAÇÃO INFANTIL ROSA, Maria Célia Fernandes 1 Palavras-chave: Conscientização-Sensibilização-Transferência RESUMO A psicóloga Vanda

Leia mais

PARCERIA PARA UMA EDUCAÇÃO FINANCEIRA SUSTENTÁVEL

PARCERIA PARA UMA EDUCAÇÃO FINANCEIRA SUSTENTÁVEL PARCERIA PARA UMA EDUCAÇÃO FINANCEIRA SUSTENTÁVEL www.intusforma.com.br www.financasecoisadecrianca.com.br Quem somos Formação e desenvolvimento do potencial individual através da conscientização e da

Leia mais

Programa de Incentivo à Leitura Infantil Revista EBD Aprender+ 4º Tri 2015: A Vida de Jesus

Programa de Incentivo à Leitura Infantil Revista EBD Aprender+ 4º Tri 2015: A Vida de Jesus O PIL KIDS foi desenvolvido para ajudar na fixação das lições das revistas EBD infantil da Editora Betel de forma lúdica e contém várias atividades semanais elaboradas dentro de uma perspectiva e linguagem

Leia mais

MANUAL DO VOLUNTÁRIO. Ajudar uma criança é tornar o mundo melhor.

MANUAL DO VOLUNTÁRIO. Ajudar uma criança é tornar o mundo melhor. MANUAL DO VOLUNTÁRIO Ajudar uma criança é tornar o mundo melhor. Apresentação No decorrer do ano de 2010, muitas mudanças estruturais ocorreram na Casa do Bom Menino. Podemos colher alguns frutos positivos

Leia mais

Informativo Trimestral

Informativo Trimestral Informativo Trimestral Aprovado pelo Ministério da Cultura - PRONAC Nº 111047 Selecionado como Ponto de Cultura em 2010 Apoiado pelo Criança Esperança em 2011 Informativo Trimestral Patrocínio Parceria

Leia mais

Universidade Católica de Brasília - UCB

Universidade Católica de Brasília - UCB Reitor José Romualdo Degasperi Pró-Reitor de Graduação Ricardo Spíndola Mariz Universidade Católica de Brasília - UCB Pró-Reitora de Pós-Graduação e Pesquisa Adelaide dos Santos Figueiredo Pró-Reitor de

Leia mais

Educação Infantil Primeira Edição de 2014

Educação Infantil Primeira Edição de 2014 AVISOS GERAIS Educação Infantil Primeira Edição de 2014 03 à 07 de Fevereiro Primeira Semana de Aulas Foi com muita alegria que recebemos nossos queridos alunos durante esta primeira semana de aula! Sabemos

Leia mais

Ministério de Mulheres que oram, Heroínas da Fé

Ministério de Mulheres que oram, Heroínas da Fé Ministério de Mulheres que oram, Heroínas da Fé Pr. Presidente : Raul C. Batista e Miss. Ruthe Ribeiro Ministra do MMO: Lourdes Ramalho Assembléia de Deus de Imperatriz- MA Liderança Pr. Raul C. Batista

Leia mais

Redes Sociais e Networking

Redes Sociais e Networking Redes Sociais e Networking João de Queiroz Xavier Diretor Geral Áreas de Atuação Planejamento de Carreira Recrutamento & Seleção Coaching Outplacement Individual Outplacement Coletivo (Projetos) Projetos

Leia mais

Relatório de atividades Socioambientais

Relatório de atividades Socioambientais Relatório de atividades Socioambientais Ação 1: Apresentação da programação da Feira do Empreendedor 2014 às instituições da comunidade do entorno do SESI. Realização: Amazônia Socioambiental Equipe Técnica

Leia mais

No Miraflores nada acontece por acaso. Tudo tem uma razão pedagógica de ser, previamente pensada.

No Miraflores nada acontece por acaso. Tudo tem uma razão pedagógica de ser, previamente pensada. No Miraflores nada acontece por acaso. Tudo tem uma razão pedagógica de ser, previamente pensada. Todos os anos, durante as férias escolares, o Miraflores vivencia o seu Programa de Educação Continuada,

Leia mais

PRODUTO FINAL ASSOCIADA A DISSERTAÇÃO DE MESTRADO

PRODUTO FINAL ASSOCIADA A DISSERTAÇÃO DE MESTRADO PRODUTO FINAL ASSOCIADA A DISSERTAÇÃO DE MESTRADO Programa de Pós Graduação em Ensino de Ciências Universidade Federal de Itajubá Título da dissertação: OS MANUAIS DOS PROFESSORES DOS LIVROS DIDÁTICOS

Leia mais

Atentem para os cronogramas a seguir e para as importantes informações administrativas divulgadas nesta circular.

Atentem para os cronogramas a seguir e para as importantes informações administrativas divulgadas nesta circular. SETEMBRO D S T Q Q S S 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 INFORMATIVO DO COLÉGIO APOIO Palavra da Direção O II Semestre começou super bem, com a maravilhosa

Leia mais

Manual de Atividades Complementares Administração Geral e Comércio Exterior. Ingressantes: 1º sem. 2016 EGD - Escola de Gestão e Direito

Manual de Atividades Complementares Administração Geral e Comércio Exterior. Ingressantes: 1º sem. 2016 EGD - Escola de Gestão e Direito Manual de Atividades Complementares Administração Geral e Comércio Exterior Ingressantes: 1º sem. 2016 EGD - Escola de Gestão e Direito Sumário: Ementa:... 3 Objetivo:... 3 Definições:... 3 Cumprimento

Leia mais

Orientações gerais para as famílias. Educação Infantil e 1º ano do Ensino Fundamental I

Orientações gerais para as famílias. Educação Infantil e 1º ano do Ensino Fundamental I 2015 Orientações gerais para as famílias Educação Infantil e 1º ano do Ensino Fundamental I EQUIPE PEDAGÓGICA Dionéia Menin - Coordenadora Pedagógica - dioneia@albertsabin.com.br Andréa Ferreira Silva

Leia mais

Apresentação sobre o Ensino Médio em 2016. desde 1923

Apresentação sobre o Ensino Médio em 2016. desde 1923 1 Roteiro da Apresentação: Introdução Grade Curricular Suporte à Escolha da Profissão Desenvolvimento de Competências Gerenciais Representantes Idiomas Por que estudar no Liceu? Parceria com Sistema Anglo

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: mural pedagógico, comunicação, recursos pedagógicos visuais, jornal mural.

PALAVRAS-CHAVE: mural pedagógico, comunicação, recursos pedagógicos visuais, jornal mural. MURAL INFORMATIVO: FERRAMENTA DE COMUNICAÇÃO E DIVULGAÇÃO DO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL DA FACULDADE DE ENFERMAGEM DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIAS. Marina Araújo PESSOA¹; Charlise Fortunato PEDROSO

Leia mais

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br Realização e Organização www.vamaislonge.com.br Quem somos... Leonardo Alvarenga, tenho 23 anos, sou criador do Não Tenho Ideia e do #VáMaisLonge. Sou formado em Educação Física mas larguei tudo logo após

Leia mais

Relato Iaswece Outubro 2012, Odessa.

Relato Iaswece Outubro 2012, Odessa. Relato Iaswece Outubro 2012, Odessa. Este encontro aconteceu em Odessa, Ucrânia, com 28 participantes de 23 nações. Em cada encontro iniciamos percebendo o que existe de temas emergente em vários países.

Leia mais

MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU DA ADJETIVO - CETEP

MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU DA ADJETIVO - CETEP MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU DA ADJETIVO - CETEP Solenidade de Colação de Grau A Colação de grau é o ato Institucional que se realiza para conferir graus acadêmicos aos formandos, em dia e hora marcados.

Leia mais

Informativo Semanal. Ano VIII. 5/3/2015. N. 332

Informativo Semanal. Ano VIII. 5/3/2015. N. 332 Informativo Semanal. Ano VIII. 5/3/2015. N. 332 > Restaurante Waldorf - Cardápio...pág 1 > O Que Seu Filho Está Ouvindo?...pág 2 > Estudo de Pedagogia Social...pág 3 > 1ª Feira de Troca de Livros da Escola

Leia mais

EU PRATICO O BEM-ESTAR

EU PRATICO O BEM-ESTAR NCM. SET/2015. EU PRATICO O BEM-ESTAR LAZER EDUCAÇÃO BEM-ESTAR CULTURA Venha Viver o Sesc na Semana do Comércio em Movimento. Participe de atividades gratuitas: cursos, palestras, oficinas, minicursos,

Leia mais

2. APRESENTAÇÃO. Mas, tem um detalhe muito importante: O Zé só dorme se escutar uma história. Alguém deverá contar ou ler uma história para ele.

2. APRESENTAÇÃO. Mas, tem um detalhe muito importante: O Zé só dorme se escutar uma história. Alguém deverá contar ou ler uma história para ele. 1.INTRODUÇÃO A leitura consiste em uma atividade social de construção e atribuição de sentidos. Assim definida, as propostas de leitura devem priorizar a busca por modos significativos de o aluno relacionar-se

Leia mais

PROPOSTA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL

PROPOSTA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL PROPOSTA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL Coordenadora: Sheila Kaltenbacher Arantes A Educação Infantil do Instituto Educacional Jaime Kratz propiciará ao seu(sua) filho(a) situações de cuidados, brincadeiras

Leia mais

Conforme REGIMENTO ESCOLAR, seguem informações importantes para o ano letivo 2015.

Conforme REGIMENTO ESCOLAR, seguem informações importantes para o ano letivo 2015. INFORMATIVO ESCOLAR Conforme REGIMENTO ESCOLAR, seguem informações importantes para o ano letivo 2015. PROFISSIONAIS EXPERIENTES Contamos com uma equipe de profissionais capacitados e qualificados para

Leia mais

Palavra da Direção INFORMATIVO DO COLÉGIO APOIO

Palavra da Direção INFORMATIVO DO COLÉGIO APOIO ABRIL D S T Q Q S S 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 INFORMATIVO DO COLÉGIO APOIO 1-Vivências de Páscoa nos diferentes ciclos- Expressões de cuidado consigo,

Leia mais

Escola Waldorf Querência: Uma proposta sustentável e inclusiva

Escola Waldorf Querência: Uma proposta sustentável e inclusiva Escola Waldorf Querência: Uma proposta sustentável e inclusiva Pedagogia Waldorf Origens Rudolf Steiner: filósofo e cientista austríaco (1861-1925) Antroposofia, fundamentação filosófico-antropológica

Leia mais

Regulamento das Atividades Complementares (AC)

Regulamento das Atividades Complementares (AC) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo Campus Campinas CTI Renato Archer Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Regulamento das Atividades Complementares (AC) Aprovado

Leia mais

Vivendo a Liturgia Ano A

Vivendo a Liturgia Ano A Vivendo a Liturgia Junho/2011 Vivendo a Liturgia Ano A SOLENIDADE DA ASCENSÃO DO SENHOR (05/06/11) A cor litúrgica continua sendo a branca. Pode-se preparar um mural com uma das frases: Ide a anunciai

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Pedagogia 4ª Série Organização e Metodologia da Educação Infantil A atividade prática supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido

Leia mais

SABER E ATUAR PARA MELHORAR O MUNDO: ÉTICA, CIDADANIA E MEIO AMBIENTE LIXO ORGANIZADO: UM SONHO POSSÍVEL. Vera Lúcia Alves.

SABER E ATUAR PARA MELHORAR O MUNDO: ÉTICA, CIDADANIA E MEIO AMBIENTE LIXO ORGANIZADO: UM SONHO POSSÍVEL. Vera Lúcia Alves. SABER E ATUAR PARA MELHORAR O MUNDO: ÉTICA, CIDADANIA E MEIO AMBIENTE LIO ORGANIZADO: UM SONHO POSSÍVEL Vera Lúcia Alves. RIO VERDE GO 2010 Identificação: EMEF José do Prado Guimarães. Localização: Rio

Leia mais

CALENDÁRIO ESCOLAR GERAL Educação Básica, Educação Profissional e Ensino Superior ANO LETIVO 2013

CALENDÁRIO ESCOLAR GERAL Educação Básica, Educação Profissional e Ensino Superior ANO LETIVO 2013 CALENDÁRIO ESCOLAR GERAL Educação Básica, Educação Profissional e Ensino Superior ANO LETIVO 2013 JANEIRO 01 Feriado - Confraternização Universal 02 a 31 CEP Matrículas para o Estágio Profissional Supervisionado

Leia mais

UVV POST Nº56 02-08/06 de 2014 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional

UVV POST Nº56 02-08/06 de 2014 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional UVV POST Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional Evento reuniu 15 cursos da área de Tecnologia da Universidade Entre os dias 26 e 28 do último mês (maio),

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO MUSICAL - ABEM. INFORMATIVO ELETRÔNICO 32-2ª parte Setembro de 2007

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO MUSICAL - ABEM. INFORMATIVO ELETRÔNICO 32-2ª parte Setembro de 2007 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO MUSICAL - ABEM INFORMATIVO ELETRÔNICO 32-2ª parte Setembro de 2007 ATENÇÃO!!! Haverá eleição para a diretoria da ABEM, biênio 2007-2009. A eleição acontecerá na Assembléia

Leia mais

PROGRAMAÇÃO / FALAS DA APRESENTAÇÃO

PROGRAMAÇÃO / FALAS DA APRESENTAÇÃO PROGRAMAÇÃO / FALAS DA APRESENTAÇÃO 1 de junho de 2015 (segunda-feira) Leitura da sutra sagrada Chuva de Néctar da Verdade (30 ) 00:00 - Hino Sagrado É Primavera! (5 ) Maravilhosos filhos de Deus boa tarde

Leia mais

GINCANA JOVENS LINDEIROS LIGADOS À VIDA GRUPO: FAÇA A DIFERENÇA AÇÕES 5 E 6: JINGLE E AÇÃO NA COMUNIDADE

GINCANA JOVENS LINDEIROS LIGADOS À VIDA GRUPO: FAÇA A DIFERENÇA AÇÕES 5 E 6: JINGLE E AÇÃO NA COMUNIDADE GINCANA JOVENS LINDEIROS LIGADOS À VIDA GRUPO: FAÇA A DIFERENÇA AÇÕES 5 E 6: JINGLE E AÇÃO NA COMUNIDADE PATO BRAGADO 2011 1. AÇÃO 5: JINGLE O grupo FAÇA A DIFERENÇA elaborou a paródia da música Perigo

Leia mais

Reciclando Sonhos: o Teatro em Comunidades no Contexto das ONGS

Reciclando Sonhos: o Teatro em Comunidades no Contexto das ONGS Reciclando Sonhos: o Teatro em Comunidades no Contexto das ONGS Lia Alarcon Lima Programa de Pós-Graduação em Teatro UDESC Mestranda Teatro Or. Profª Dra. Márcia Pompeo Nogueira Resumo: A pesquisa aqui

Leia mais

Plano Anual de Atividades

Plano Anual de Atividades Plano Anual de Atividades 1º Período setembro novembro 10 Receção aos alunos Toda a Comunidade Escolar Todos Departamentos 10 Início do ano letivo Comemoração do início do Outono visita à Quinta da Eira

Leia mais

Fórum Permanente Por Uma Cultura de Paz no Ambiente Escolar e Familiar em Passo Fundo

Fórum Permanente Por Uma Cultura de Paz no Ambiente Escolar e Familiar em Passo Fundo Fórum Permanente Por Uma Cultura de Paz no Ambiente Escolar e Familiar em Passo Fundo Dados de Identificação Denominação do Projeto: Fórum Permanente Por Uma Cultura de Paz no Ambiente Familiar e Escolar

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL LINGUAGEM ORAL E ESCRITA. Premissas básicas:

EDUCAÇÃO INFANTIL LINGUAGEM ORAL E ESCRITA. Premissas básicas: EDUCAÇÃO INFANTIL A Educação Infantil, enquanto segmento de ensino que propicia um maior contato formal da criança com o mundo que a cerca, deve favorecer a socialização da criança, permitir a interação

Leia mais

Categoria Pôster 2 O NEI se constitui numa escola de Educação Infantil situada no Campus Central da UFRN- Natal, que

Categoria Pôster 2 O NEI se constitui numa escola de Educação Infantil situada no Campus Central da UFRN- Natal, que ARTE PRESENTE NA CONSTRUÇÃO DO PROJETO PEDAGÓGICO: UM RELATO DE CASO 1 PONTES, Gilvânia Maurício Dias de (Mestranda PPGEd-UFRN/ Prof. do NEI-UFRN) PERNAMBUCO, Marta Maria Castanho Almeida (DEPED- CCSA-

Leia mais

Educação Infantil 1 fase 1: crianças com 2. Educação Infantil 1 fase 2: crianças com 3. Educação Infantil 2: crianças com 4 anos ou

Educação Infantil 1 fase 1: crianças com 2. Educação Infantil 1 fase 2: crianças com 3. Educação Infantil 2: crianças com 4 anos ou EDUCAÇÃO INFANTIL Para o bom desenvolvimento das atividades da Educação Infantil, durante o ano letivo, levamos ao conhecimento dos pais/responsáveis as seguintes informações que, esperamos, receberão

Leia mais

Duração: Aproximadamente um mês. O tempo é flexível diante do perfil de cada turma.

Duração: Aproximadamente um mês. O tempo é flexível diante do perfil de cada turma. Projeto Nome Próprio http://pixabay.com/pt/cubo-de-madeira-letras-abc-cubo-491720/ Público alvo: Educação Infantil 2 e 3 anos Disciplina: Linguagem oral e escrita Duração: Aproximadamente um mês. O tempo

Leia mais

VIVENCIANDO MÚLTIPLAS LINGUAGENS NA BIBLIOTECA ESCOLAR: EXPERIÊNCIA DO PIBID/UEMS/PEDAGOGIA

VIVENCIANDO MÚLTIPLAS LINGUAGENS NA BIBLIOTECA ESCOLAR: EXPERIÊNCIA DO PIBID/UEMS/PEDAGOGIA VIVENCIANDO MÚLTIPLAS LINGUAGENS NA BIBLIOTECA ESCOLAR: EXPERIÊNCIA DO PIBID/UEMS/PEDAGOGIA Gabriela Arcas de Oliveira¹; Joice Gomes de Souza²; Giana Amaral Yamin³. UEMS- CEP, 79804970- Dourados-MS, ¹Bolsista

Leia mais

Palavras-chave: LEITURA E ESCRITA, CIDADANIA, PROTAGONISMO SOCIAL. OFICINA PALAVRA MAGICA DE LEITURA E ESCRITA

Palavras-chave: LEITURA E ESCRITA, CIDADANIA, PROTAGONISMO SOCIAL. OFICINA PALAVRA MAGICA DE LEITURA E ESCRITA OFICINA PALAVRA MAGICA DE LEITURA E ESCRITA ELAINE CRISTINA TOMAZ SILVA (FUNDAÇÃO PALAVRA MÁGICA). Resumo A Oficina Palavra Mágica de Leitura e Escrita, desenvolvida pela Fundação Palavra Mágica, é um

Leia mais

Passos para recrutar voluntários

Passos para recrutar voluntários Passos para recrutar voluntários Encontrando o voluntário Faça um - mostrando o que Deus está fazendo no ministério Coloque no boletim um Em todos os eventos do ministério que levantam outras pessoas passe

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIAL MUSICOTERAPIA EM UM ABRIGO PARA MENORES

RESPONSABILIDADE SOCIAL MUSICOTERAPIA EM UM ABRIGO PARA MENORES RESPONSABILIDADE SOCIAL MUSICOTERAPIA EM UM ABRIGO PARA MENORES O ABRIGO SEGUNDO O ECA O abrigo é medida provisória e excepcional, utilizável como forma de transição para a colocação em família substituta,

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO PARA VOLUNTÁRIOS: O DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA E DO PROPÓSITO MANUAL DO CANDIDATO

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO PARA VOLUNTÁRIOS: O DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA E DO PROPÓSITO MANUAL DO CANDIDATO Nazaré Uniluz - Manual do Candidato Versão 6 Novembro 2015 1/6 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO PARA VOLUNTÁRIOS: O DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA E DO PROPÓSITO MANUAL DO CANDIDATO Nazaré Uniluz foi construída e mantida

Leia mais

SER / SOCIEDADE EDUCACIONAL ROCHA

SER / SOCIEDADE EDUCACIONAL ROCHA SER / SOCIEDADE EDUCACIONAL ROCHA Prezados Pais, Responsáveis e Alunos Recomendamos a todos que leiam com atenção cada uma destas orientações, pois os pais e responsáveis dos alunos matriculados no SER

Leia mais

DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I FORTALECENDO SABERES CIÊNCIAS NAT. CIÊNCIAS HUM. CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA. Conteúdo:

DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I FORTALECENDO SABERES CIÊNCIAS NAT. CIÊNCIAS HUM. CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA. Conteúdo: CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I Conteúdo: - Alguns aspectos que interferem na saúde das pessoas - Saúde como Direito Constitucional dos brasileiros

Leia mais

Comissão de Avaliação divulga resultados da pesquisa

Comissão de Avaliação divulga resultados da pesquisa COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE PIAGET CPA Edição nº 01 Abril de 2015 Comissão de Avaliação divulga resultados da pesquisa Alunos, docentes e funcionários avaliaram a instituição. Veja o resultado

Leia mais

BIBLIOTECA NA CALÇADA: dos muros da escola para a comunidade.

BIBLIOTECA NA CALÇADA: dos muros da escola para a comunidade. BIBLIOTECA NA CALÇADA: dos muros da escola para a comunidade. Penha Maria Cordeiro de Quadros Barreto Bibliotecária EMEF Mauro Braga, PMV/ES Orli Rocha Membro da Comunidade Escolar 1 IDENTIFICAÇÃO A Escola

Leia mais

Espetáculo Infantil: A FANTÁTICA HISTÓRIA DO MENINO RECICLAUDO

Espetáculo Infantil: A FANTÁTICA HISTÓRIA DO MENINO RECICLAUDO Espetáculo Infantil: A FANTÁTICA HISTÓRIA DO MENINO RECICLAUDO INTRODUÇÃO Espetáculo infantil que aborda a vida do garoto Reciclaudo, que se preocupa com o mundo, a sociedade, com os amigos da escola,

Leia mais

CRAS. #Estamos juntos# resgatando sonhos... >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

CRAS. #Estamos juntos# resgatando sonhos... >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> CRAS >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> #Estamos juntos# resgatando sonhos... Projeto do CRAS desenvolvido através da orientadora social, envolvendo o público inserido no

Leia mais

CRONOGRAMA ESCOLAR 2013

CRONOGRAMA ESCOLAR 2013 CRONOGRAMA ESCOLAR 2013 Início do ano letivo: 18.02 EI, EF, EM, CTI, CTST e CTC Recesso de inverno: 13.07 a 28.07 (EI ao EM e ) Término do período letivo: 04.12 (3º ano do EM) 10.12 (EI ao 2º ano do EM)

Leia mais

JANEIRO D S T Q Q S S 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31

JANEIRO D S T Q Q S S 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 JANEIRO 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 Calendário Escolar - 2014 01 Confraternização Universal. 02 Início das Férias Coletivas Docente. 06

Leia mais

CRONOGRAMA DE ATIVIDADES IDADE ATIVA 2007 1º SEMESTRE FEVEVEREIRO. Dia HORÁRIO ATIVIDADE PROFESSOR LOCAL

CRONOGRAMA DE ATIVIDADES IDADE ATIVA 2007 1º SEMESTRE FEVEVEREIRO. Dia HORÁRIO ATIVIDADE PROFESSOR LOCAL CRONOGRAMA DE ATIVIDADES IDADE ATIVA 2007 1º SEMESTRE FEVEVEREIRO Recepção Boas vindas Pastoral Capela Celebração Pe. Voltolini Capela 6 14h00 às 17h00 Apresentação da equipe de trabalho todos Capela Terça

Leia mais

Boletim NP 06 06 de setembro de 2013

Boletim NP 06 06 de setembro de 2013 Boletim NP 06 06 de setembro de 2013 SUMÁRIO Comunicado1: MELHOR GESTÃO, MELHOR ENSINO CURSO 3 APROFUNDAMENTO DE CONTEÚDOS E METODOLOGIAS DAS DIVERSAS DISCIPLINAS QUE INTEGRAM O CURRÍCULO DO ENSINO FUNDAMENTAL

Leia mais

Desenvolvimento de Programa de Inclusão Social em Escolas de Pedagogia Waldorf. Página 1 de 29 www.escolacasaamarela.com

Desenvolvimento de Programa de Inclusão Social em Escolas de Pedagogia Waldorf. Página 1 de 29 www.escolacasaamarela.com 2008 Desenvolvimento de Programa de Inclusão Social em Escolas de Pedagogia Waldorf Página 1 de 29 AGRADECIMENTOS Em nome da Casa Amarela, Jardim de Infância e Maternal de Pedagogia Waldorf, nós deixamos

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE EDUCAÇÃO ARTÍSTICA LICENCIATURA

REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE EDUCAÇÃO ARTÍSTICA LICENCIATURA REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE EDUCAÇÃO ARTÍSTICA LICENCIATURA I Da Exigência das Atividades Complementares As Atividades Complementares do Curso de graduação em Educação Artística,

Leia mais

VERDE TV e a Sustentabilidade na comunidade

VERDE TV e a Sustentabilidade na comunidade Caravana Cultural VERDE TV e a Sustentabilidade na comunidade Desenvolvimento sustentável : É o desenvolvimento capaz de suprir as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade de atender

Leia mais

NOTÍCIAS CURRÍCULO B TECNOLOGIA PROPORCIONA NOVAS APRENDIZAGENS ATIVIDADES E EVENTOS 1º SEMESTRE AULA DE INFORMÁTICA 1 AULA PRÁTICA EM ALDEIA INDÍGENA

NOTÍCIAS CURRÍCULO B TECNOLOGIA PROPORCIONA NOVAS APRENDIZAGENS ATIVIDADES E EVENTOS 1º SEMESTRE AULA DE INFORMÁTICA 1 AULA PRÁTICA EM ALDEIA INDÍGENA NOTÍCIAS CURRÍCULO B TECNOLOGIA PROPORCIONA NOVAS APRENDIZAGENS ATIVIDADES E EVENTOS 1º SEMESTRE AULA DE INFORMÁTICA 1 AULA PRÁTICA EM ALDEIA INDÍGENA 2 VISITA AO AQUÁRIO 2 Alunos do 4º ano nas aulas de

Leia mais

PEDAGOGIA WALDORF: PERSPECTIVAS EDUCACIONAIS PARA O CONTEXTO INCLUSIVO

PEDAGOGIA WALDORF: PERSPECTIVAS EDUCACIONAIS PARA O CONTEXTO INCLUSIVO PEDAGOGIA WALDORF: PERSPECTIVAS EDUCACIONAIS PARA O CONTEXTO INCLUSIVO Francisca Maria Barbosa Cavalcanti UDESC lagustalague@gmail.com Regina FinckSchambeck UDESC regina.finck@udesc.br RESUMO: Este artigo

Leia mais

RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA AVALIATIVA DA FORMAÇÃO DE DOCENTES NA ABORDAGEM RELACIONAL

RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA AVALIATIVA DA FORMAÇÃO DE DOCENTES NA ABORDAGEM RELACIONAL RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA AVALIATIVA DA FORMAÇÃO DE DOCENTES NA ABORDAGEM RELACIONAL MARCONDES, Léa Rocha Lima e. leamarcondes@gmail.com Resumo As igrejas evangélicas no Brasil tem buscado nas últimas

Leia mais

Art. 4º. Podem ser consideradas atividades complementares as seguintes:

Art. 4º. Podem ser consideradas atividades complementares as seguintes: REGULAMENTO DOS PROCEDIMENTOS RELATIVOS ÀS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÂO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO CAMPUS SÃO

Leia mais