Índice. CORTEJOS Boisinhos Entradas Cabeções

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Índice. CORTEJOS Boisinhos Entradas Cabeções"

Transcrição

1 1

2 2 Índice DANÇAS Fandango de Tamancos Fandango de Chinelas Dança de São Gonçalo Catira Ciranda Jongo Samba de Bumbo Samba de Lenço Dança de Pares Dança de Santa Cruz Chiba FESTAS E FESTIVAIS Procissões das Águas Festa do Divino Festas do Divino Folias do Divino Encontro de Batelões Cavalarias (Cavalhadas) Encontro da Folia de Reis FOLGUEDOS Cavalhadas Caiapós Reiadas Reisado Pastorinha Moçambique (Moçambiques) Congos Folias de Reis CORTEJOS Boisinhos Entradas Cabeções ROMARIAS Explicações e Ocorrências Centros de Peregrinações Cemitérios Recomenda das Almas Tooro Nagashi e Bom Odori OUTROS Folia do Divino Pesca Artesanal Figureiros (as) MÚSICA Cururu Marimbas Violas ARTESANATOS Trançados Cerâmicas Entalhamento

3 3 TRADIÇÕES O Brasil possui um riquíssimo patrimônio no campo da cultura popular, singular pela sua pluralidade, gerada pelo hibridismo etnográfico, racial, social e religioso desde a sua formação. Esses bens culturais de natureza imaterial sobrevivem graças à força e a resistência dos grupos sociais que lutam para preservar a sua identidade cultural, através da prática de costumes e cultos de suas crenças e valores. Essa resistência sobreviveu à evolução industrial, resiste ao processo de globalização e ao poder com que atua a indústria cultural nos meios de comunicação de massa, levando a população ao consumo de modismos pueris e de uma uniformidade lastimável. A cultura popular, entretanto, alheia a esses interesses e mecanismos, consegue manter com integridade, seus valores, merecendo das instituições ligadas à cultura, uma atenção muito especial e necessária. O Projeto Culturas e Tradições Paulistas da OSCIP Formiguinhas do Vale, muito atento a esses fatores, fundamentou-se na pesquisa, registro e promoção da cultura popular, abordando-a em toda sua extensão e complexidade, nos campos das idéias, das crenças, costumes, artes, linguagem, moral, direito, reconhecendo e promovendo as formas legítimas de sentir, pensar e agir do nosso povo e da produção acadêmica em torno destes Saberes, colaborando na manutenção do nosso patrimônio de natureza imaterial, objetivando a autovalorização dos grupos sociais que as praticam.

4 4 Danças

5 5 Fandango de Tamancos Versão masculina do fandango, sem os bailados, entremeando os fortes sapateados e palmeados com os queromanas, as modas que relatam aspectos da vida rural, com possibilidades para improvisos. O acompanhamento se dá com pé de bode (sanfona de oito baixos) e/ou violas. Ocorrência: Capão Bonito, Ribeirão Grande.

6 6 Fandango de Chilenas Dançando com botas de meio cano, as botas dos tropeiros paulistas, nas quais são atadas as chinelas, espécie de grandes esporas com várias rosetas que tinem durante o sapateado e o entre-choque de botas. O acompanhamento é feito com violas. De resto valem as informações referentes ao fandango de tamancos. Ocorrência: Capela do Alto, Sorocaba, Tatuí.

7 7 Dança de São Gonçalo É dança de cunho especialmente religioso, quase sempre em pagamento de promessa, expressando de forma especial a devoção a São Gonçalo. Há em São Paulo duas formas distintas de dança devocional: o São Gonçalo do litoral e o do interior. O do litoral a- contece sempre ao som de violas, rabecas, cordas em geral e caixa, todo valsado e solene, sempre executada por pares. É mais compacto, não durando mais de 15 minutos, acontecendo sempre em cumprimento de promessa, no início dos bailes de sítio e fandangos. O São Gonçalo do interior, também dançado em cumprimento de promessa ao som de duas violas, é marcado pela alternância de vênias ao altar, palmeados e sapateados, dançadores organizados em duas filas, durando a função toda uma noite. São muitas as companhias São Gonçaleiras, organizadas, que não raro, chegam a se revezar nas funções. Ocorrência: Atibaia, Bom Jesus dos Perdões, Capão Bonito, Capela do Alto, Jarinu, Itapeva, Joanópolis, Lagoinha, Mairiporã, Mogi das Cruzes, Natividade da Serra, Nazaré Paulista, Piracaia, Redenção da Serra, Santo Antônio do Pinhal, Ribeirão Grande, São Luís do Paraitinga, São José dos Campos, Santa Izabel, Tatuí.

8 8 Catira Catira e cateretê são denominações de nossas danças de sapateado, derivadas do antigo fandango português. Ponteiam todo o Estado, incluindo-se a grande São Paulo. Com os Encontros de Catira no Revelando São Paulo buscamos estimular a participação das crianças e grupos de jovens. Ocorrência: Álvares Florence, Arealva, Caconde, Cardoso, Cidade de São Paulo, Barretos, Bauru, Dracena, Dois Córregos, Gastão Vidigal, Guapiaçu, Guarulhos, Holambra, Ibirá, Joboticabal, Mauá, Monte Aprazível, Nhandeara, Novo Horizonte, Osasco, Palestina, Palmital, Platina, Paraguaçu-Paulista, Paranapuã, Paulo de Faria, Piracicaba, Poloni, Sabino, Santa Fé do Sul, São José dos Campos, Sorocaba, Tabatinga, Tanabi, Tapira, Taubaté, Urupês, Votuporanga.

9 9 Ciranda Dança litorânea com marcas, figurados e passadinhos, em pares, acompanhada sempre por violas. Pode ser executada de forma autônoma ou integrando o conjunto de bailados do Chiba/ Fandango. Ocorrência: Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba.

10 10 Jongo Jongo é dança de origem banto, do mesmo tronco do batuque, ambos, ancestrais do samba e do pagode, que resiste em alguns pontos do Vale do Paraíba. Em Taubaté, São Luís do Piratinga, Pindamonhangaba e Cunha, encontram-se os últimos redutos de jongueiros do Vale Paulista e que se encontram, no momento, em fase de revivescência. Estruturado em roda, em torno de uma fogueira que ajuda a manter a afinação dos tambores, acontecem hoje em praças públicas, da mesma forma que, outrora, aconteciam nos terreiros. Com ela os participantes homenageiam São Benedito e os nossos ante- passados negros. Ocorrência: Cunha, Lagoinha, Pindamonhangaba, São Luis do Paraitinga, Taubaté.

11 11 Samba de Bumbo São duas variantes do samba tradicional em São Paulo, considerados como os ancestrais do samba cosmopolita. Guardam traços que os aproximam do jongo e do batuque, seus parentes próximos e por muitos considerados como seus antecessores. O de Bumbo, tem como foco de aglutinação a Festa do Bom Jesus, em Pirapora. O Lenço, a devoção familiar do grupo a São Benedito. Letras e melodias singelas e funcionais, algumas tradicionais, outras estruturadas de acordo com as circunstâncias. Ocorrência: Campinas, Pirapora, Santana do Parnaíba.

12 12 Samba de Lenço São duas variantes do samba tradicional em São Paulo, considerados como os ancestrais do samba cosmopolita. Guardam traços que os aproximam do jongo e do batuque, seus parentes próximos e por muitos considerados como seus antecessores. O de Bumbo, tem como foco de aglutinação a Festa do Bom Jesus, em Pirapora. O Lenço, a devoção familiar do grupo a São Benedito. Letras e melodias singelas e funcionais, algumas tradicionais, outras estruturadas de acordo com as circunstâncias. Ocorrência: Mauá.

13 13 Dança de Pares São variadas as danças de pares, enlaçados ou simplesmente de mãos dadas, em uso em todo o Interior Sul e Vale do Ribeira. Muitas delas guardam ainda nítidos traços de sua origem nobre: - provenientes da corte européia, embalaram os salões da corte brasileira e continuam a animar os nossos bailes e festas populares. É assim com os tchotes (carreirinha, marcado, simples, inglês), com a mazurca (simples e de quatro), com as vaneirinhas, o caranguejo, a palminha e tantas outras. Ocorrência: Apiaí, Capão Bonito, Itapeva, Itararé, Ribeirão Grande

14 14 Dança de Santa Cruz A devoção à Santa Cruz (Cruzeiro) tão estimulada, ao que parece, pelos jesuítas, fixou-se de forma significativa na Grande São Paulo, Vale do Paraíba e Comunidades da Mantiqueira. São muito numerosas as capelinhas de beira de estrada e sítios que lhe são votadas e em que acontecem as rezas e significativas festas. A devoção se expressa com a Dança de Santa Cruz - na realidade, uma seqüência de danças com que se saúdam o Cruzeiro Principal e as Cruzes enfeitadas de flores colocadas à frente das casas. Ocorrência: Carapicuíba, Itaquaquecetuba, Embu.

15 15 Chiba versão do fandango no Litoral Norte, compreendendo as modas próprias para os bate pés, palmeados e os grandes figurados, com acompanhamento de violas. Participam pares, sendo que as mulheres só executam os bailados, não os sapateados. Ocorrência: Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba.

16 16 Festas e Festivais

17 17 Procissões das Águas Afora os encontros dos Irmãos do Divino nas águas do Médio Tietê (região em que o rio volta de novo à vida), observamos outras devoções a se expressarem nas águas, estruturadas em grandes cortejos fluviais, lacustres e marítimos de embarcações variadas (barcos, bateras, ubás, botes, chatas, lanchas, balsas, bóias). Busca se com eles homenagear Bom Jesus, Nossa Senhora (dos Navegantes, do Livramento, do Rocio, do Patrocínio, Aparecida) e São Pedro. Ocorrência: Cananéia, Barra Bonita, Botucatu, Diadema, Guarujá, Iguape, Ilha Bela, Iporanga, Leme, Nazaré Paulista, Pindamonhangaba, Presidente Epitácio, São Bernardo do Campo/Riacho Grande, Salto Grande, Santos, São Vicente, Teodoro Sampaio, Tremembé, Ubatuba.

18 18 Festa do Divino A devoção ao Divino Espírito Santo constitui-se em um dos fortes núcleos das devoções populares em São Paulo. Herança do colonizador português se exterioriza de diversas formas, resultando sempre em grandes festas, sendo estas das mais cheias de pompa e espetacularidade desde os tempos do Brasil Colônia. Da celebração festiva já faziam parte os imperadores, mordomos, bandeireiros, império e levantamento do Mastro do Divino.

19 19 Festas do Divino Acreditamos, que as Festas do Divino sejam das mais difusas por todo o Estado, concentradas no tempo Pentecostal prescrito pela Igreja e fora dele, quase sempre cheias de pompa e espetacularidade. São muitos os municípios que as realizam com imponência e fartura de comezainas. Assumem peculiaridades regionais, ressaltando-se das que são organizadas no Médio Tietê os famosos encontros fluviais das Irmandades do Divino em grandes batelões. Nas do Litoral e Vale do Paraíba multiplicamse os cortejos de muitos devotos, cada qual com sua bandeira votiva. A- inda nesta região são comuns os cortejos a cavalo (as famosas cavalarias), e a farra do João Paulino e a Maria Angu (bonecos gigantes). Nelas não podem faltar o levantamento do Mastro Votivo, o Império do Divino ricamente ornamentado, e as comidas, símbolo da maior graça do Divino - a fartura. Ocorrência: Angatuba, Anhembi, Araçoiaba da Serra, Arandu, Biritiba-Mirim, Buri, Cananéia, Capão Bonito, Caraguatatuba, Conchas, Cotia, Cunha, Divinolândia, Iguape, Itu, Jacupiranga, Laranjal Paulista, Lagoinha, Mogi das Cruzes, Nazaré Paulista, Nuporanga, Paraibuna, Pereiras, Piedade, Piracaia, Piracicaba, Porongaba, Porto Feliz, Ragoinha, Santa Branca, Salesópolis, São Luís do Paraitinga, Silveiras, Suzano, Tietê, Ubatuba, Ubirajara.

20 20 Folias do Divino São pequenos grupos de até 5 pessoas, os Foliões do Divino, que, com suas jornadas, meses participam da preparação das Festas do Divino, visitando as casas das zonas rural e urbana, cantando os feitos e os poderes do Divino Espírito Santo, recolhendo donativos, sempre abundantes, para sua celebração. Percorrendo assim as comunidades de canto a canto e a- nunciando a festa, avivam a fé no Divino. Ocorrência: Anhembi, Caconde, Cananéia, Cunha, Iguape, Itanhaém, Itu, Itapeva, Lagoinha, Laranjal Paulista, Mogi das Cruzes, Natividade da Serra, Paraibuna, Piracicaba, Redenção da Serra, Salesópolis, São Luís do Paraitinga, São José dos Campos, Tietê, Ubatuba.

21 21 Encontro de Batelões No Médio Tietê, no principal dia da Festa do Divino, acontecem os encontros fluviais das Irmandades do Divino em grandes batelões - os famosos Encontros de Batelões. Os batelões são grandes barcos capazes de transportar, em alguns casos, até 40 pessoas, impulsionados por varejões ou por remos. Até pouco tempo levam os Irmãos do Divino neles seguiam de pouso em pouso (os sítios na zona rural que acolhem a bandeira/ folia, dando-lhes pernoite). Hoje ainda são muitos os pousos (os donos das casas recebendo os amigos e devotos do Divino sempre com mesas fartas), mas os acessos, nem sempre, são feitos por barcos. No grande dia da festa, os barcos do rio abaixo se encontram com os do rio acima, em meio a revoadas de pombos e tiroteios preparados pelos fogueteiros artesanais. Ocorrência: Anhembi, Laranjal Paulista, Piracicaba, Porto Feliz, Tietê.

22 22 Cavalarias Cavalarias (a denominação mais usual) e cavalgadas como sinônimos de quantidades de cavalos, reunião de pessoas a cavalo, reunião ou marcha de cavaleiros com finalidade de lazer ou mesmo religiosa, são um traço comum em todo o Estado, com área de maior concentração na Grande São Paulo e no Cone Leste, mostrando o grande o gosto, o prazer de significativa parcela dos cidadãos de todas as classes sociais no trato com os cavalos. Sua expressão mais significativa se dá nas inúmeras romarias a cavalo e nas cavalarias de São Benedito. Com orgulho, cavaleiros e amazonas de todas as faixas etárias e classes sociais participam dos mais variados eventos populares que acontecem à parte do universo chamado country. Ocorrência: Atibaia, Bom Jesus dos Perdões, Caconde, Cajuru, Cidade de São Paulo, Diadema, Espírito Santo do Turvo, Guararema, Guaratinguetá, Jaboticabal, Jaguariúna, Mairiporã, Mogi das Cruzes, Mogi-Guaçu, Mogi-Mirim, Nazaré Paulista, Osasco, Pilar do Sul, Pindamonhangaba, Piquete, Santa Isabel, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano, Suzano, São José dos Campos, Silveiras, Vargem Grande Paulista.

23 23 Encontro de Folia de Reis É tão expressiva a presença das Folias de Reis ao Norte e Noroeste paulista que muitos dos municípios da região realizam grandes Encontros de Folias de Reis que chegam a mobilizar acima de 50 grupos em cada um, afluxo de devotos e fartura de comezainas. No calendário dos eventos buscam os organizadores nos muitos municípios não coincidir datas, o que em muitos momentos torna-se inevitável, estendendose os mesmos até o mês de Maio, com interrupções pelo período quaresmal, e até mesmo pelo 2º semestre. Ocorrência: Altinópolis, Alto Alegre, Américo de Campos, Araraquara, Araras, Barretos, Barrinha, Batatais, Bebedouro, Bento Quirino, Borá, Brodósqui, Caconde, Cajuru, Campinas, Campos Novos Paulista, Cândido Mota, Cássia dos Coqueiros, Catiguá, Cedral, Cidade de São Paulo, Cosmorama, Coutinhos, Cruzeiro, Cunha, Dracena, Estrela D'Oeste, Fernandópolis, Flora Rica, Florínea, Franca, Gastão Vidigal, Guardinha, Guarulhos, Getulina, Ibirá, Ilha Solteira, Indiaporã, Ipuã, Itapiratiba, Itirapuã, Ituverava, Jaborandi, Jaboticabal, Jales, José Bonifácio, Juquitiba (Festa de Reis), Lins, Lourdes, Lupércio, Meridiano, Miracatu (Reis), Mirassol, Mococa, Mogi das Cruzes, Monções, Monte Aprazível, Nhandeara, Nova Aliança, Nova Granada, Nova Lusitânia, Olímpia, Pacaembu, Palmital, Parapuã, Penápolis, Peruíbe, Piquete, Piratininga, Pitangueiras, Pontes Gestal, Potirendaba, Presidente Prudente, Registro, Ribeirão Preto, Sales, Sales Oliveira, Santa Rosa do Viterbo, Santo André, Santo Antônio da Alegria, Santópolis do Aguapeí, São Bernardo do Campo, Sào Caetano do Sul, São Francisco, São José do Rio Preto, São Luiz do Paraitinga, São Pedro do Turvo, Serra Azul, Serrana, Silveiras, Taciba, Tambaú, Taubaté, Três Fronteiras, Tupã, Urupês, Viradouro, Votupuranga.

24 24 Folguedos

25 25 Cavalhadas Há hoje em São Paulo duas modalidades de cavalhadas. Aquelas que reelaboram os relatos das lutas de Carlos Magno e os Pares de França contra os Mouros (lutas de Mouros e Cristãos) estruturando-se simbolicamente a rivalidade em dois campos que se opõem, nas investidas que cada grupo faz ao campo adversário e na oposição das cores: - azul para os Cristãos e vermelho a dos Mouros. O conflito é acirrado com mortes, raptos, prisões, embaixadas e resgates. Os cavaleiros (12 representando Mouros e 12 representando Cristãos) sempre muito hábeis nas manobras com seus animais, esforçam-se em campo para dar conta do entrecho dramático através de carreiras e e- voluções, em duplas ou grupais, de manejos de espadas, lanças e tiros de festim, e com a participação de coadjuvantes mascarados, sempre em números variáveis. A luta termina com a vitória dos Cristãos e a conversão dos Mouros. A outra modalidade de Cavalhada, registrada no Brasil já no século XVI, sem entrechos dramáticos, estrutura-se em uma série variável de jogos montados:- das argolinhas, das canas (lanças), as alcancias. São muitas as notícias destes jogos eqüestres dentro da cidade de São Paulo no século XIX, o que sugere que os paulistas já possuíam um gosto especial pelo divertimento. Ocorrência: Franca, Guararema e São Luís do Paraitinga (Mouros e Crsitãos), Igaratá e Santa Isabel (de Jogos).

26 26 Caiapós Bugrada, Caiapós ou Caiapô são denominações com que aparecem entre nós, folguedos com temática indianista, calcada, sobretudo, na visão de um "índio idealizado". Atuam durante o ano todo nos diversos ciclos culturais, em especial no carnaval, e em festas dos santos padroeiros e de devoção popular, seguindo em cortejo pelas ruas das cidades, com paradas para dramatizações esquemáticas. Ocorrência: Ilha Bela, Joanópolis, Mairiporã, Piracaia, São José do Rio Pardo, São Sebastião.

27 27 Reiadas Reiada é o nome que os paulistas no Litoral Sul e em parte do Vale do Ribeira dão aos folguedos do ciclo do Ciclo de Natal. De conteúdo essencialmente religioso e acompanhados sempre por violas e rabecas, secundadas por violões, caixa, ferrinhos e, eventualmente, cavaquinhos, conservam uma feição, grosso modo, ibérica.

28 28 Reisado Os reisados aparecem durante o ciclo de Natal a partir da Bahia, pelos estados do Nordeste até o Piauí. Seguem a mesma tradição secular ibérica, indo de casa em casa, fazendo em cantoria a pedição de abertura de porta e louvação aos donos das casas. Cantam o nascimento do Menino Jesus numa fusão de temas sacros e profanos. Em São Paulo se estruturaram, a partir de migrantes, dois reisados: o Reisado Sergipano, do Guarujá, e o Reisado Alagoano, de Carapicuíba, com sua sucessão de cenas com personagens características que se apresentam ao som de músicas com instrumentação variada, como forte sapateado, cantando o nascimento do Menino Jesus, numa fusão de temas sacros e profanos.

29 29 Pastorinha Grupo de meninas trajadas à moda de pastoras idealizadas, que vão de casa em casa fazendo a adoração dos presépios, recebidas pela comunidade com doces e bebidas. Acompanhadas por conjunto de sopros, fazem suas loas com cantorias e bailados simples. Ocorrência: São Luís do Paraitinga e Cidade de São Paulo.

30 30 Moçambiques Moçambiques ou maçambiques são folguedos que aparecem durante quase todo ano nos municípios do Vale do Paraíba, nos que circundam a cabeceira do Tietê e Noroeste de São Paulo. São grupos religiosos que homenageiam com suas músicas e suas danças seus santos padroeiros, sobretudo São Benedito e Nossa Senhora do Rosário. Suas atuações caracterizam-se por manobras (evoluções) e manejos de bastões, por vezes complicados. Seu traço distintivo são os paiás, (carreiras de guizos) ou gungas (pequenos chocalhos de lata), atados aos tornozelos dos moçambiqueiros. Ocorrência: Altinópolis, Aparecida, Atibaia, Biritiba-Mirim, Caraguatatuba, Cotia, Cruzeiro, Cunha, Franca, Guararema, Guaratinguetá, Ilha Bela, Itapira, Jacareí, Lorena, Lourdes, Manduri, Mogi das Cruzes, Mogi-Guaçu, Mogi-Mirim, Morumgaba, Pindamonhangaba, Piracaia, Piraju, Salesópolis, Salto Grande, Santa Isabel, Santa Cruz do Rio Pardo, Santo Antônio da Alegria, Santo Antônio do Pinhal, São José dos Campos, São Luiz Paraitinga, Socorro, Suzano, Taubaté, Ubatuba

31 31 Congos Congos, Congadas são folguedos que comumente aparecem na forma de préstitos (cortejos), os participantes cantando e dançando, em festas religiosas ou profanas, homenageando, de forma especial, São Benedito. Muitos destes folguedos cumprem também um papel auxiliar no catolicismo popular, ajudando tantos e tantos devotos a cumprir suas promessas. Sua instrumentação varia em cada região, havendo destaque para a percussão, sempre com muito peso estimulando muitos momentos de bailados vigorosos e manobras complicadas. Há congos de sainhas, com grande quantidade de caixas, com chapéus de fitas, com manejos de bastões e espadas (alguns grupos exibindo exemplares dos Exércitos dos tempos do Império e início da República). Às vezes possuem reinado (rei, rainha, vassalagem) envolvendo parte dramática com embaixadas e lutas. Dentre estes, as mais completas são as congadas do Litoral Norte (Ilhabela e São Sebastião), por suas estruturas complexas e presença das marimbas.

32 32 CIDADE COMPANHIAS CIDADE COMPANHIAS Mococa - SP 2 Itaú de Minas MG 2 Alpinópolis MG 2 Porto Ferreira SP 1 S.Cruz da Esperança SP 1 Ribeirão Preto SP 1 Lambarí MG 1 Sta Rosa de Viterbo SP 1 Barrinha SP 1 Monte Belo MG 3 Sta C.das Palmeiras - SP 1 Cravinhos SP 1 Ariado MG 1 Mogi Guaçu SP 1 Luis Antônio SP 1 Nuporanga SP 1 Arceburgo MG 1 Cajamar SP 2 Guaxupé MG 3 S.J. do Rio Pardo SP 1 S. P. dos Morrinhos SP 1 Cássia dos Coqueiros 1 Cajuru - SP 1 S.Tomás Aquino MG 1 Milagre MG 1 Tambaú SP 6 Nova Resende - MG 1

33 33 Folias de Reis Folias, ao lado de Ternos e Companhias, são designativos de ranchos, grupos de pessoas que se deslocam acompanhando-se de cantos instrumentos. São grupos que por devoção, por gosto ou função social peregrinam de casa em casa do dia de Natal até 6 de Janeiro, ponteando quase todas as regiões do Estado. Em cantoria fazem uso de temas religiosos, da Profecia ao Nascimento de Jesus Menino, à Visita dos Reis Magos. Cumprem sempre, aproximadamente, os mesmos rituais de chegada e despedida, visitando os amigos e os devotos, atendendo pedidos, tirando promessas, (ajudando os devotos a cumprir suas promessas). Bastiões, marungos, palhaços, são personagens sempre presentes nestes folguedos, com máscaras confeccionadas nos mais diversos materiais (peles de animais, tecidos, napa, tela de arame, cabaças, papelão, colagem de papel), com trajes vistosos, divertem a todos com seus saltos acrobáticos, dançando, declamando romances tradicionais, jogando versos decorados. Quando m visita a uma casa, uma folia é motivo de festa para toda a rua. Folguedo mais expressivo e difuso em São Paulo, não se sabe ao certo quantas folias existem no Estado. Ocorrência: Altinópolis, Alto Alegre, Américo de Campos, Araraquara, Araras, Barretos, Barrinha, Batatais, Bebedouro, Bento Quirino, Borá, Brodósqui, Caconde, Cajuru, Campinas, Campos Novos Paulista, Cândido Mota, Cássia dos Coqueiros, Catiguá, Cedral, Cidade de São Paulo, Cosmorama, Coutinhos, Cruzeiro, Cunha, Dracena, Estrela D'Oeste, Fernandópolis, Flora Rica, Florínea, Gastão Vidigal, Guararapes, Guardinha, Guarulhos, Getulina, Ibirá, Ilha Solteira, Indiaporã, Itapiratiba, Itirapuã, Jaborandi, Jaboticabal, Jales, José, Bonifácio, Juquitiba (Festa de Reis), Lins, Lourdes, Lupércio, Maracaí, Meridiano, Miracatu (Reis), Mirassol, Mococa, Mogi das Cruzes, Monções, Monte Aprazível, Nhandeara, Nova Aliança, Nova Granada, Pacaembu, Palmital, Parapuã, Penápolis, Peruíbe, Piquete, Piratininga, Pitangueiras, Pontes Gestal, Potirendaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Sales, Sales Oliveira, Santa Rosa do Viterbo, Santo André, Santo Antônio da Alegria, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, São Francisco, São José do Rio Preto, São Luís do Paraitinga, São Predro do Turvo, Serra Azul, Serrana, Silveiras, Taciba, Tambaú, Taubaté, Tupã, Urupês, Viradouro, Votuporanga.

34 34 Cortejos

35 35 Boizinhos Os boizinhos aparecem em várias regiões de São Paulo. Algumas de suas expressões se destacam. O Boizinho, de Ubatuba, a- companhado por instrumentos de corda e percussão. As Carreiras de Bois, que animam as ruas de porto Ferreira e o monumental Boitatá de Iguape, com quase 10 metros de comprimento, que arrasta caiçaras e turistas, durante horas, pelas ruas da cidade.

36 36 Entradas As entradas são grandes cortejos com carros de bois, charretes, troles, tico-ticos, carroças, carruagens, cavaleiros e grupos folclóricos com que se celebram aberturas ou o início do dia principal de algumas de nossas festas. A Entrada dos Palmitos (Mogi das Cruzes), lembra hoje a farta distribuição de palmitos na abertura da Festa do Divino quando o mesmo abundava na região; a Procissão dos Carroceiros (São Bernardo do Campo), lembra a forma como os antigos carvoeiros, lenhadores, pequenos e a comunidade em geral celebrava, com suas carroças e carretões, Nossa Senhora da Boa Viagem; com a Entrada do Carros de Lenha (São Roque), carvoeiros e lenhadores remanescentes e os devotos em geral, celebram o dia do padroeiro da cidade; Entrada dos Carros de Bois (Itu); Entrada das Carroças de Lenha/ São João Batista (Laranjal).

37 37 Cabeções Santana do Parnaíba é hoje o último reduto de Cabeções ou Cabeçorras. Pela desproporcionalidade que provocam com os corpos dos que as envergam se assemelham a anões, sendo este o seu traço fundamental. Confeccionadas com a técnica do empapelamento com diversidade de personagens, animam o carnaval da cidade e outros desfiles populares, sempre associadas aos bonecos gigantes provocando estranhamento pelo contraste.

38 38 Romarias Um traço que se destaca na cultura tradicional em São Paulo são as romarias: a pé, de bicicleta, a cavalo, de charrete, de motos, de carro, em ônibus fretados ou de carreira. Acontecem durante todo o ano apresentando, ciclicamente, grandes picos que chegam a demandar ações especiais dos Departamentos de Trânsito. Quando a pé os romeiros se auto intitulam caminheiros, e seguem sós, em duplas, ou em grupos. Dentre os que seguem sós alguns podem arrastar cruzes por uma distância algumas vezes superior a 100 quilômetros. Há caminheiros que se organizam em grupos que peregrinam regularmente, alguns destes beirando os 50 anos, ou mais, de caminhadas. São também numerosas as romarias com organizações internas, que chegam a ser complexas em alguns casos, verdadeiras instituições que congregam grande número de afiliados e que peregrinam regularmente, destacando-se dentre estas, as romarias a cavalo, que apresentam maior nível de organização e complexidade, algumas delas bem longevas e chegando a congregar acima de 1500 cavaleiros. Estas Romarias são, via de regra, uma convergência de expressões culturais com variedade de elementos convergentes (alimentos, indumentárias, sincretismo religioso). Ocorrência: Alumínio, Araçariguama, Atibaia, Bom Jesus dos Perdões, Cachoeira Paulista, Cajuru, Campinas, Caucaia, Cidade de São Paulo, Cotia, Embu, Espírito Santo do Turvo, Franco da Rocha, Ibiúna, Itapeva, Itapecerica da Serra, Itapetininga, Itapevi, Itatiba, Itu, Itupeva, Jandira, Jarinu, Jundiaí, Juquitiba, Louveira, Mairinque, Mairiporã, Mogi das Cruzes, Mogi Mirim, Osasco, Piedade, Pilar do Sul, Piquete, Piracicaba, Pirapora do Bom Jesus, Poá, Porto Feliz, Redenção da Serra, Santana do Parnaíba, São Luiz do Paraitinga, São Roque, Suzano, Vargem Grande Paulista, Valinhos, Vinhedo.

39 39 Centros de Peregrinação São Paulo congrega o maior número de centros de peregrinação do Brasil. Afora as três cidades-santuários de grande expressão (Aparecida, Pirapora e Iguape), existem muitos outros com as mais variadas motivações devocionais, procurados, rotineiramente ou em datas especiais, por todos os segmentos sociais. Alguns destes, em que pese a quantidade de pessoas que atraem, chegam a passar quase despercebidos por sua inclusão na rotina das cidades. Outros, ao contrário, quebram essa rotina pelo impacto que causam na vida das comunidades. Ocorrência: Aparecida - Santuário Nacional de N. Sra. Aparecida Bom Jesus dos Perdões - Santuário do Bom Jesus Iguape - Santuário do Bom Jesus Mairiporã - Santa Cabeça Pirapora do Bom Jesus - Santuário do Bom Jesus São Paulo - Convento da Luz (Bairro da Luz), Túmulo de Frei Galvão, Santuário de N. Senhora da Penha (Penha), Santuário das Almas (Ponte Pequena), Santuário de São Judas Tadeu (Jabaquara), Igreja dos Enforcados - Devoção ao Chaguinha (Liberdade) Tambaú - Túmulo do Pe. Donizetti Tremembé - Santuário do Bom Jesus Maracaí - Menino da Tábua Cemitérios Cemitério do Araçá - Mãe Felícia Cemitério da Consolação - Antoninho da Rocha Marmo, Marina Portugal, Marquesa de Santos, Pe. Vítor Cemitério de Santo Amaro - Túmulos do Bento do Portão Cemitério São Paulo - Izildinha Cemitério da Vila Alpina - Túmulo dos treze mortos não identificados no incêndio do Edifício Joelma.

40 40 Recomenda das Almas Almas". São rituais de penitência em sufrágio das almas do purgatório, executados durante o tempo da quaresma. Às segundas, quartas e sextas do período, depois das 21h., saem os grupos penitentes em silêncio, parando às portas de outros devotos, dos cemitérios, das capelas ou junto às cruzes de beira de estrada. Admoestam os que os ouvem executando benditos (orações cantadas) e jaculatórias, interrompidas pelos pedidos de orações pelas almas e pelos sons soturnos das matracas ou zunidores. Um bando de homens sai, por ocasião da quaresma até a Semana Santa, todas as quartas e sextas-feiras, à noite para a "Recomenda das Usam roupas comuns e alguns colocam mantos ou cobertores na cabeça. Um deles carrega um cacete para evitar os cães-vigias e também para bater na porta das casas, pedindo silêncio. Em alguns lugares os "recomendadores" levam berra-boi, sacarraia, ou mesmo matraca. Quando se aproximam de uma casa, cantam sem acompanhamento de instrumentos musicais o "pé da chegada". Ocorrência: Capela do Alto, Cássia dos Coqueiros, Ribeirão Grande, Santo Antônio da Alegria.

41 41 Tooro Nagashi e Bon odori Tooro Nagash, Bom Odori, Moti-Tsuki, Sendai Tanabata são alguns dos muitos festivais e rituais, de cunho religioso ou profanos, que pontuam várias regiões do Estado, congregando várias gerações de nipodescendentes e envolvendo as comunidades circunstantes. Em muitos casos já apresentam tendências ao sincretismo. Ocorrência: Araçatuba, Cidade de São Paulo, Jales, Penápolis, Pereira Barreto, Presidente Epitácio, Registro.

42 42 Outros

43 43 Folia do Divino São pequenos grupos de até 5 pessoas, os Foliões do Divino, que visitam as casas das zonas rural e urbana, cantando os feitos e os poderes do Divino Espírito Santo, recolhendo donativos, sempre a- bundantes. Percorrendo assim as comunidades de canto a canto e anunciando a festa, avivam a fé no Divino. Ocorrência: Anhembi, Caconde, Cananéia, Cunha, Iguape, Itanhaém, Itu, Itapeva, Lagoinha, Laranjal Paulista, Mogi das Cruzes, Natividade da Serra, Paraibuna, Piracicaba, Redenção da Serra, Salesópolis, São Luís do Paraitinga, São José dos Campos, Tietê, Ubatuba.

Guia da internet 2013

Guia da internet 2013 Guia da internet 2013 Guia da internet 2013 1 2 Guia da internet 2013 Guia da internet 2013 3 Região Metropolitana de São Paulo Cajamar Santana de Parnaíba Carapicuíba Presidente Prudente Embu Teodoro

Leia mais

EM NOSSO QUINTAL, UM PATRIMÔNIO QUE SE REVELA: AÇÕES DE INVENTÁRIO E SALVAGUARDA A PARTIR DE UM PROGRAMA CULTURAL

EM NOSSO QUINTAL, UM PATRIMÔNIO QUE SE REVELA: AÇÕES DE INVENTÁRIO E SALVAGUARDA A PARTIR DE UM PROGRAMA CULTURAL EM NOSSO QUINTAL, UM PATRIMÔNIO QUE SE REVELA: AÇÕES DE INVENTÁRIO E SALVAGUARDA A PARTIR DE UM PROGRAMA CULTURAL Diego Manoel Dionísio Assessor de Comunicação na Abaçaí Cultura e Arte Pesquisador da Comissão

Leia mais

ANEXO I NÍVEL SUPERIOR

ANEXO I NÍVEL SUPERIOR ÁREA DO CURSO MUNICÍPIO ANEXO I NÍVEL SUPERIOR PARA ESTUDANTES CURSANDO DO 1º AO PENÚLTIMO SEMESTRE DO CURSO VAGAS PREVISTAS SOMENTE PARA ESTUDANTES CURSANDO OS 2 ÚLTIMOS ANOS DO CURSO Administração ADAMANTINA

Leia mais

Data de Fim do Treinamento Presencial* Data de Inicio do Treinamento EaD*

Data de Fim do Treinamento Presencial* Data de Inicio do Treinamento EaD* Foros Cide Sede Ciclo Inicio Inicio Início de Início Guarulhos e Osasco GUARULHOS 1.4 14/01/2013 25/01/2013 28/01/2013 08/02/2013 11/02/2013 12/02/2013 27/02/2013 Angatuba, Apiaí, Fartura, Itaberá, Itaí,

Leia mais

15ª. Região Ano 2014. Resíduo em Dez/2014 1.159 1.310 1.944 2.259 1.901 2.399 965 1.923 813 2.265 297 270 798 890 1.370 1.435 1.202 1.261 1.375 1.

15ª. Região Ano 2014. Resíduo em Dez/2014 1.159 1.310 1.944 2.259 1.901 2.399 965 1.923 813 2.265 297 270 798 890 1.370 1.435 1.202 1.261 1.375 1. 1ª de Adamantina 1ª de Americana 2ª de Americana Américo Brasiliense - Posto Avançado 1ª de Amparo 1ª de Andradina 1ª de Aparecida 1ª de Araçatuba 2ª de Araçatuba 3ª de Araçatuba 1ª de Araraquara 2ª de

Leia mais

ANEXO I - Edital 001/2013 VAGAS PREVISTAS PARA NÍVEL SUPERIOR

ANEXO I - Edital 001/2013 VAGAS PREVISTAS PARA NÍVEL SUPERIOR ANEXO I - Edital 001/2013 VAGAS PREVISTAS PARA NÍVEL SUPERIOR NÍVEL MUNICÍPIO ÁREA DO CURSO PARA ESTUDANTES CURSANDO DO 1º AO PENÚLTIMO SEMESTRE DO CURSO SOMENTE PARA ESTUDANTES CURSANDO OS 2 ÚLTIMOS ANOS

Leia mais

CIRCUNSCRIÇÕES JUDICIÁRIAS SEDE, COMARCAS E FOROS DISTRITAIS

CIRCUNSCRIÇÕES JUDICIÁRIAS SEDE, COMARCAS E FOROS DISTRITAIS CIRCUNSCRIÇÕES JUDICIÁRIAS SEDE, COMARCAS E FOROS DISTRITAIS 1 1ª. CIRCUNSCRIÇÃO JUDICIÁRIA - SEDE: SANTOS Cubatão Guarujá Praia grande São Vicente FD. Bertioga 2ª. CIRCUNSCRIÇÃO JUDICIÁRIA - SEDE: SÃO

Leia mais

Ca i ç a r a s d e Ac a r a ú e Gr u p o d e Da n ç a Vi d a Fe l i z

Ca i ç a r a s d e Ac a r a ú e Gr u p o d e Da n ç a Vi d a Fe l i z Ca i ç a r a s d e Ac a r a ú e Gr u p o d e Da n ç a Vi d a Fe l i z Tocadores e dançarinos de fandango de Cananéia O Fandango é um manifestação cultural ligada ao modo de vida caiçara, é umas das principais

Leia mais

Ato Normativo nº 579/2009 - PGJ, de 12 de março de 2009

Ato Normativo nº 579/2009 - PGJ, de 12 de março de 2009 Ato Normativo nº 579/2009 - PGJ, de 12 de março de 2009 Não consta revogação expressa VIDE Ato (N) nº 831/2014 PGJ, de 11/09/2014. Dispõe sobre a atuação das Áreas Regionais, redefinindo as Promotorias

Leia mais

Revelando São Paulo. Festival da Cultura Paulista Tradicional. Abaçaí Cultura e Arte Organização Social de Cultura

Revelando São Paulo. Festival da Cultura Paulista Tradicional. Abaçaí Cultura e Arte Organização Social de Cultura Revelando São Paulo Festival da Cultura Paulista Tradicional Abaçaí Cultura e Arte Organização Social de Cultura Bem-vindos ao Revelando São Paulo O Programa Revelando São Paulo, criado pela Abaçaí Cultura

Leia mais

Repasses mensais do Programa Pró-Santas Casas

Repasses mensais do Programa Pró-Santas Casas Repasses mensais do Programa Pró-Santas Casas GRANDE S. PAULO MOGI DAS CRUZES HOSP N SENHORA APARECIDA SUZANO 175.000,00 2 ARAÇATUBA ANDRADINA 35.000,00 HOSPITAL DE BASE ILHA SOLTEIRA 35.000,00 ARACATUBA

Leia mais

PLANO DE AÇÕES DE COMUNICAÇÃO E SERVIÇOS

PLANO DE AÇÕES DE COMUNICAÇÃO E SERVIÇOS PLANO DE AÇÕES DE COMUNICAÇÃO E SERVIÇOS Prezado Expositor, Estamos na reta final para a realização da EXPOLAZER 2015 e queremos compartilhar com você tudo que preparamos para fazer uma grande feira. Aqui

Leia mais

07 de julho - Sábado. 08 de julho - Domingo. Av. Olivo Gomes, 100 Santana São José dos Campos / SP

07 de julho - Sábado. 08 de julho - Domingo. Av. Olivo Gomes, 100 Santana São José dos Campos / SP Av. Olivo Gomes, 100 Santana São José dos Campos / SP Programação Programação Permanente às 21h Movimentação de tropas, tropeiros e carros de bois Exposição e comercialização de produtos artesanais tradicionais,

Leia mais

RELAÇÃO COMARCAS CENTRALIZADORAS CONTAS OFICIAIS DE JUSTIÇA EM SP

RELAÇÃO COMARCAS CENTRALIZADORAS CONTAS OFICIAIS DE JUSTIÇA EM SP RELAÇÃO COMARCAS CENTRALIZADORAS CONTAS OFICIAIS DE JUSTIÇA EM SP COMARCA Agência Conta Corrente ADAMANTINA 6733-4 950.001-4 AGUAI 6779-2 950.000-6 AGUAS DE LINDOIA 6951-5 950.000-6 AGUDOS 6548-X 950.001-4

Leia mais

Secretaria de Desenvolvimento Social lança Selo Amigo do Idoso e anuncia a construção de novos equipamentos para idosos

Secretaria de Desenvolvimento Social lança Selo Amigo do Idoso e anuncia a construção de novos equipamentos para idosos PRESS RELEASE ~""rl.d.r:oo.:i'nfimt'1~ ~,..jit lança Selo Amigo do Idoso e anuncia a construção de novos equipamentos para idosos Para obtenção do Selo Pleno, o município terá que desenvolver ações voltadas

Leia mais

Amone Inacia Alves Graduada em História - UESB Especialista em Ciência Política - IBPEX Mestre em Sociologia das Organizações - UFPR

Amone Inacia Alves Graduada em História - UESB Especialista em Ciência Política - IBPEX Mestre em Sociologia das Organizações - UFPR Folclore Mede-se a inteligência de um povo pela sua capacidade de não só ser gente. Nascemos gente ao acaso, ao natural e transformamos em povo na busca perfeita pelas formas, curvas e cores. São as cores

Leia mais

Janeiro 6 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 08 - Reunião de pré-senatus 10 - Reunião do Senatus 13 - Hora Santa - Sede às 15 horas 14 - Reunião da Equipe

Leia mais

TJSP - Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo 14/08/2015-09:08

TJSP - Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo 14/08/2015-09:08 Relatório de Proposta Orçamentária - Detalhado Página: 1 de 127 Ano: 2016 Secretaria: DARAJ - Departamento de Administração das Regiões Administrativas Judiciárias Ação: - Órgão Orçamentário: 3000 - Tribunal

Leia mais

TJSP - Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo 01/08/2014-15:59

TJSP - Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo 01/08/2014-15:59 Relatório de Proposta Orçamentária - Detalhado Página: 1 de 192 Ano: 2015 Secretaria: DARAJ - Departamento de Administração das Regiões Administrativas Judiciárias Ação: - Órgão Orçamentário: 3000 - Tribunal

Leia mais

ASSOCIACAO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS J A M MANTENEDORA JACAREI AMPARA MENORES ASSOCIACAO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS DE SUZANAP

ASSOCIACAO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS J A M MANTENEDORA JACAREI AMPARA MENORES ASSOCIACAO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS DE SUZANAP EXERCÍCIO ORDEM BANCÁRIA DATA EMISSÃO CNPJ NOME FAVORECIDO VALORES PROJETO 2014 441001 25/06/2014 52382264000150 5.440,00 2014 441002 25/06/2014 45214137000187 J A M MANTENEDORA JACAREI AMPARA MENORES

Leia mais

ZARA S EXPRESS TABELA DE PONTOS - SERVIÇOS AVULSOS MOTO FRETE FONE: 11 2606-9330 / NEXTEL: 11 94759-1121 /94707-8867 RÁDIO: 35*22*75829 / 35*1*28443

ZARA S EXPRESS TABELA DE PONTOS - SERVIÇOS AVULSOS MOTO FRETE FONE: 11 2606-9330 / NEXTEL: 11 94759-1121 /94707-8867 RÁDIO: 35*22*75829 / 35*1*28443 ZARA S EXPRESS TABELA DE PONTOS - SERVIÇOS AVULSOS MOTO FRETE FONE: 11 2606-9330 / NEXTEL: 11 94759-1121 /94707-8867 RÁDIO: 35*22*75829 / 35*1*28443 LOCALIDADES/REGIÃO SERVIÇO MÍNIMO LOCALIDADE CENTRO

Leia mais

COBRIMOS 334 CIDADES

COBRIMOS 334 CIDADES COBRIMOS 334 CIDADES Caso tenham interesse em alguma praça que cobrimos,por favor nos envie um e-mail informando seu dados e logo estará sendo atendido.. Tel.(011) 42437371 contato@casamayor.com.br Cobrimos

Leia mais

Tabela 1 - Preços da gasolina nos municípios do Estado de São Paulo

Tabela 1 - Preços da gasolina nos municípios do Estado de São Paulo Tabela 1 - Preços da gasolina nos municípios do Estado de São Paulo Nº DE POSTOS PREÇO AO CONSUMIDOR MARGEM DO PREÇO DE VENDA DA DISTRIBUIDORA AMOSTRADOS PREÇO MÉDIO PREÇO MÍNIMO PREÇO MÁXIMO POSTO PREÇO

Leia mais

CNPJ NOME FAVORECIDO VALORES PROJETO ASSOCIACAO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS 5.440,00 J A M MANTENEDORA JACAREI AMPARA MENORES 13.

CNPJ NOME FAVORECIDO VALORES PROJETO ASSOCIACAO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS 5.440,00 J A M MANTENEDORA JACAREI AMPARA MENORES 13. UNIDADE GESTORA ORDEM BANCÁRIA DATA EMISSÃO CNPJ NOME FAVORECIDO VALORES PROJETO 441001 25/06/2014 52382264000150 5.440,00 ESPECIAL - 2014 441002 25/06/2014 45214137000187 J A M MANTENEDORA JACAREI AMPARA

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE AGRICULTURA E ABASTECIMENTO AGÊNCIA PAULISTA DE TECNOLOGIA DOS AGRONEGÓCIOS INSTITUTO AGRONÔMICO IAC

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE AGRICULTURA E ABASTECIMENTO AGÊNCIA PAULISTA DE TECNOLOGIA DOS AGRONEGÓCIOS INSTITUTO AGRONÔMICO IAC GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE AGRICULTURA E ABASTECIMENTO AGÊNCIA PAULISTA DE TECNOLOGIA DOS AGRONEGÓCIOS INSTITUTO AGRONÔMICO IAC CENTRO DE MONITORAMENTO E MITIGAÇÃO DE SECA E ADVERSIDADES

Leia mais

Orientações Gerais para Inscrição e Participação nos Cursos 2012-2ª EDIÇÃO

Orientações Gerais para Inscrição e Participação nos Cursos 2012-2ª EDIÇÃO Orientações Gerais para Inscrição e Participação nos Cursos 2012-2ª EDIÇÃO JUNHO DE 2012 SUMÁRIO 1 Apresentação... 3 2 Quem pode se inscrever em cursos da RETEC... 3 3 Em quais cursos o aluno poderá se

Leia mais

AÇÃO Nº 04 DA ENCCLA - MÉTRICA DA TRANSPARÊNCIA CÂMARAS MUNICIPAIS DO ESTADO DE SÃO PAULO CLASSIFICAÇÃO ESTADUAL POR NOTA

AÇÃO Nº 04 DA ENCCLA - MÉTRICA DA TRANSPARÊNCIA CÂMARAS MUNICIPAIS DO ESTADO DE SÃO PAULO CLASSIFICAÇÃO ESTADUAL POR NOTA 1. VÁRZEA PAULISTA VÁRZEA PAULISTA CAMPINAS 10,0 2. CATANDUVA CATANDUVA SÃO JOSÉ DO RIO PRETO 9,8 3. ELISIÁRIO CATANDUVA SÃO JOSÉ DO RIO PRETO 9,8 4. IBIRÁ CATANDUVA SÃO JOSÉ DO RIO PRETO 9,8 5. TAMBAÚ

Leia mais

Manual de Renovação do Certificado Digital OAB

Manual de Renovação do Certificado Digital OAB 1 Manual de Renovação do Certificado Digital OAB Caro(a) Advogado(a), Renove sua certificação digital OAB antes que complete (três) anos. A renovação do certificado, enquanto não expirado, poderá ser realizada

Leia mais

MÍDIA KIT. Jornal Impresso Internet Mobile Agência de Notícias E-mails. www.jcconcursos.com.br

MÍDIA KIT. Jornal Impresso Internet Mobile Agência de Notícias E-mails. www.jcconcursos.com.br 2016 MÍDIA KIT Jornal Impresso Internet Mobile Agência de Notícias E-mails www.jcconcursos.com.br Rua Norma Pieruccini Giannotti, 206 Barra Funda / São Paulo SP CEP 01137 010 e mail: publicidade@jcconcursos.com.br

Leia mais

CONCILIAÇÃO É A SOLUÇÃO RÁPIDA E EFICAZ PARA O ATENDIMENTO DA POPULAÇÃO

CONCILIAÇÃO É A SOLUÇÃO RÁPIDA E EFICAZ PARA O ATENDIMENTO DA POPULAÇÃO 1 CONCILIAÇÃO É A SOLUÇÃO RÁPIDA E EFICAZ PARA O ATENDIMENTO DA POPULAÇÃO Desembargador José Roberto Neves Amorim Coordenador do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos NUPEMEC

Leia mais

Distribuição das Instituições Espíritas no Estado de São Paulo

Distribuição das Instituições Espíritas no Estado de São Paulo Distribuição das Instituições Espíritas no Estado de São Paulo Uma análise geo-política-social Ivan Franzolim Dezembro 2006 Associação de Divulgadores do Espiritismo de São Paulo Índice Introdução...

Leia mais

TJSP - Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo 17/06/2013-13:26

TJSP - Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo 17/06/2013-13:26 Relatório de Proposta Orçamentária - Detalhado Página: 1 de 130 Ano: 2014 Secretaria: DARAJ - Departamento de Administração das Regiões Administrativas Judiciárias Ação: - Órgão Orçamentário: 3000 - Tribunal

Leia mais

BASE CATEGORIA PATRONAL

BASE CATEGORIA PATRONAL São Paulo maio de 2008. Prezados Senhores Diretores, Para melhor orientá-los quanto aos sindicatos das categorias patronal e profissional que representam cada região do Estado de São Paulo, informamos

Leia mais

ORMANO MAGNO. Projeto VIOLÃO BEM BRASILEIRO. Projeto aprovado na Lei Estadual de Incentivo à Cultura ProAC ICMS. Cadastro ProAC nº 9692

ORMANO MAGNO. Projeto VIOLÃO BEM BRASILEIRO. Projeto aprovado na Lei Estadual de Incentivo à Cultura ProAC ICMS. Cadastro ProAC nº 9692 ORMANO MAGNO Projeto VIOLÃO BEM BRASILEIRO Projeto aprovado na Lei Estadual de Incentivo à Cultura ProAC ICMS Cadastro ProAC nº 9692 VIOLÃO BEM BRASILEIRO Resumo do Projeto O projeto Violão Bem Brasileiro

Leia mais

COLÉGIOS RECURSAIS 2. INTERIOR

COLÉGIOS RECURSAIS 2. INTERIOR COLÉGIOS RECURSAIS 2. INTERIOR 1ª C.J. SANTOS (Bertioga, Cubatão, Guarujá, Praia Grande, Santos e São Vicente) End.: Praça José Bonifácio, s/nº - sala 9-E Centro - Santos CEP: 11013-910 Fone: (13) 3222-4919

Leia mais

TOTAL REPASSADO EM 2013 ÍNDICE DE PARTICIPAÇÃO ÍNDICE DE ÁREAS. % DO ÍNDICE ÁREAS MUNICÍPIO Fazenda)

TOTAL REPASSADO EM 2013 ÍNDICE DE PARTICIPAÇÃO ÍNDICE DE ÁREAS. % DO ÍNDICE ÁREAS MUNICÍPIO Fazenda) 1 154 ÁGUAS DA PRATA 56.868,38 0,019740 0,046221 1,17 2 607 ÁGUAS DE SANTA BÁRBARA 322.265,23 0,027211 0,261928 4,81 3 156 AGUDOS 113.560,82 0,230037 0,092299 0,20 4 733 ALUMÍNIO 88.097,33 0,053398 0,071603

Leia mais

No HÁ creación creación 1º CICLO 2 Ciclo CAMPAÑA PROVINCIA Nº de Perfiles de Perfiles Auto-evaluación Auto-evaluación

No HÁ creación creación 1º CICLO 2 Ciclo CAMPAÑA PROVINCIA Nº de Perfiles de Perfiles Auto-evaluación Auto-evaluación 5/07/204 INSCRITOS EM LA No HÁ creación creación º CICLO 2 Ciclo CAMPAÑA PROVINCIA Nº de Perfiles de Perfiles Auto-evaluación Auto-evaluación Angra dos Reis RJ Duque de Caxias RJ Macaé RJ Magé RJ Nova

Leia mais

Talento Jovem Programa de Bolsas de Estudos

Talento Jovem Programa de Bolsas de Estudos Programa de Bolsa de Estudos Rotary e Faculdades Integradas Rio Branco em prol da Educação 1 4610 RCSP 1001 4610 RCSP-Alto da Lapa 1002 4610 RCSP-Alto de Pinheiros 1003 4610 RCSP-Armando de Arruda Pereira

Leia mais

Circular 631/2014 São Paulo, 09 de dezembro de 2014. Fehosp lança Programa de SUStentabilidade para as Santas Casas

Circular 631/2014 São Paulo, 09 de dezembro de 2014. Fehosp lança Programa de SUStentabilidade para as Santas Casas Circular 631/2014 São Paulo, 09 de dezembro de 2014. Provedor/Presidente Administrador Fehosp lança Programa de SUStentabilidade para as Santas Casas A partir de 2015, os projetos estarão interligados

Leia mais

Palavras-chave: Música caipira. Literatura. Valores. Imaginário. Cultura.

Palavras-chave: Música caipira. Literatura. Valores. Imaginário. Cultura. A MÚSICA CAIPIRA E A LITERATURA: do imaginário à representação cultural Meire Lisboa Santos Gonçalves Resumo: As manifestações sobre a tradição e cultura caipira e o seu reconhecimento são temáticas muito

Leia mais

COORDENADORIA DE REGIÕES DE SAÚDE - CRS

COORDENADORIA DE REGIÕES DE SAÚDE - CRS COORDENADORIA DE REGIÕES DE SAÚDE - CRS PROGRAMA PRÓ - SANTA CASA II Avaliação 2009 OUTEIRO DE SANTA CATARINA - 1ª SANTA CASA NO BRASIL - 1543 Objetivo: PROGRAMA PRÓ - SANTA CASA II Apoiar financeiramente,

Leia mais

NORTE PTA. FRANCA ALTA MOGIANA BEBEDOURO BATATAIS PITANGUEIRAS SERTÃOZINHO MONTE ALTO RIBEIRÃO PRETO JABOTICABAL MOCOCA S.

NORTE PTA. FRANCA ALTA MOGIANA BEBEDOURO BATATAIS PITANGUEIRAS SERTÃOZINHO MONTE ALTO RIBEIRÃO PRETO JABOTICABAL MOCOCA S. Presença no Estado de São Paulo VICE- DRACENA ANDRADINA PRESIDENTE PRUDENTE JALES BIRIGUI ADAMANTINA ARAÇATUBA PENÁPOLIS TUPÃ ASSIS FERNANDÓPOLIS VOTUPORANGA MARÍLIA LINS OURINHOS S. JOSÉ DO RIO PRETO

Leia mais

Projeto do Licenciamento Ambiental Unificado

Projeto do Licenciamento Ambiental Unificado Projeto do Licenciamento Ambiental Unificado Governo do Estado de São Paulo Secretaria de Estado do Meio Ambiente CETESB - Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental Dr. Fernando Rei - Presidente

Leia mais

PRESIDENTE PRES. Assessoria da Presidência AS. Gabinete da Presidência GP. Consultoria Jurídica CJ. Planejamento Estratégico PE

PRESIDENTE PRES. Assessoria da Presidência AS. Gabinete da Presidência GP. Consultoria Jurídica CJ. Planejamento Estratégico PE PRESIDENTE PRES Assessoria da Presidência AS Ouvidoria OV Gabinete da Presidência GP Secretaria Geral SG Consultoria Jurídica CJ Informática IF Planejamento Estratégico PE Controle Interno CI Superintendência

Leia mais

O Estado de São Paulo no Censo 2010. Elaboração : Suzana Pasternak

O Estado de São Paulo no Censo 2010. Elaboração : Suzana Pasternak O Estado de São Paulo no Censo 2010 Elaboração : Suzana Pasternak Colaboraram Lucia Maria Machado Bógus e Eliana Rodrigues Introdução O Estado de São Paulo atinge, em 2010, uma população de 41.252.162

Leia mais

Cultura e Turismo 85

Cultura e Turismo 85 85 Cultura e Turismo Mundo e Estado de São Paulo Fluxo de Turistas Estrangeiros, segundo Principais Países de Origem: 2003 Número de Turistas Acima de 150.001 De 100.001 a 150.000 De 50.001 a 100.000

Leia mais

Ata e Lista de presença da reunião do Colegiado de Esporte e Cultura da FEAPAES/SP realizada na cidade de TAQUARITUBA. Dia 31 de Outubro de 2014.

Ata e Lista de presença da reunião do Colegiado de Esporte e Cultura da FEAPAES/SP realizada na cidade de TAQUARITUBA. Dia 31 de Outubro de 2014. Ata e Lista de presença da reunião do da FEAPAES/SP realizada na cidade de TAQUARITUBA. Dia 31 de Outubro de 2014. No dia 31 de Outubro na cidade de Taquarituba ás 9h teve início a reunião do da FEAPAES.SP.

Leia mais

COMUNICAÇÃO INTERNA FUNDAFRESP

COMUNICAÇÃO INTERNA FUNDAFRESP COMUNICAÇÃO INTERNA FUNDAFRESP Como resultado da reunião da Comissão do Fundafresp, realizada no dia 30.10.13, foram beneficiadas as seguintes entidades: DRTC I,II,III CAPITAL Lar da Criança Frei Leopoldo

Leia mais

IDEAL 420 - PRINCIPAIS HOSPITAIS E/OU PS

IDEAL 420 - PRINCIPAIS HOSPITAIS E/OU PS IDEAL 420 - PRINCIPAIS HOSPITAIS E/OU PS ESTADO CIDADE PRESTADOR SP AMERICANA HOSPITAL SAMAM SP AMERICANA HOSPITAL SAO FRANCISCO DE AMERICANA SP AMERICANA HOSPITAL SAO LUCAS SP AMPARO BENEFICENCIA PORTUGUESA

Leia mais

TRANSCRIÇÃO SAMBA DE QUADRA

TRANSCRIÇÃO SAMBA DE QUADRA TRANSCRIÇÃO SAMBA DE QUADRA letreiro 1: Sem o modernismo dos tempos atuais, o samba sertanejo era uma espécie de baile rústico, que ia noite à dentro até o raiar do dia, com seus matutos dançando e entoando

Leia mais

Celulares já funcionam com o nono dígito neste domingo na Grande SP

Celulares já funcionam com o nono dígito neste domingo na Grande SP Celulares já funcionam com o nono dígito neste domingo na Grande SP De acordo com a Anatel, são esperadas instabilidades momentâneas. Ligações sem o 9 ainda acontecem normalmente até 7 de agosto. Márcio

Leia mais

ÍNDICE PAULISTA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL IPRS 2008

ÍNDICE PAULISTA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL IPRS 2008 ÍNDICE PAULISTA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL IPRS 2008 Fevereiro 2011 SECRETARIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO REGIONAL IPRS 2008 versão 2010 2000: Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo solicitou

Leia mais

MERCADORIA TRANSPORTADA COM PAZ E SEGURANÇA UM NOVO CONCEITO DE LOGISTICA E TRANSPORTE RODOVIARIO

MERCADORIA TRANSPORTADA COM PAZ E SEGURANÇA UM NOVO CONCEITO DE LOGISTICA E TRANSPORTE RODOVIARIO SHALLON express SUA MERCADORIA TRANSPORTADA COM PAZ E SEGURANÇA UM NOVO CONCEITO DE LOGISTICA E TRANSPORTE RODOVIARIO EMPRESA - HISTÓRICO Aqui nasce um novo conceito de transporte rodoviário" Em Janeiro

Leia mais

Confira a lista de instituições conveniadas: Universidade Bandeirante De São Paulo. Centro Universitário Claretiano

Confira a lista de instituições conveniadas: Universidade Bandeirante De São Paulo. Centro Universitário Claretiano Confira a lista de instituições conveniadas: Universidade Bandeirante De São Paulo Centro Universitário Claretiano Batatais Faculdades Integradas Claretianas Rio Claro Faculdade Bertioga Bertioga UNIVERSIDADE

Leia mais

Índice de Palavras-Chave do Banco de Dados. Termos e Palavras Chave

Índice de Palavras-Chave do Banco de Dados. Termos e Palavras Chave Índice de Palavras-Chave do Banco de Dados - Não acentuar. - Do índice fornecido abaixo, os termos em negrito são os termos principais, e devem aparecer em palavras-chave. Obs: caso os termos em itálico,

Leia mais

Instituições de ensino participantes

Instituições de ensino participantes Instituições de ensino participantes Nome Fantasia Município de sede Universidade Bandeirante de Centro Universitário Claretiano Batatais Faculdades Integradas Claretianas Rio Claro Faculdade Bertioga

Leia mais

DIÁRIO Ano 1 n 01 Cachoeiro de Itapemirim e Região Sul. DIÁRIO Ano 1 n 259 Cachoeiro de Itapemirim e Região Sul SUPLEMENTO ESPECIAL

DIÁRIO Ano 1 n 01 Cachoeiro de Itapemirim e Região Sul. DIÁRIO Ano 1 n 259 Cachoeiro de Itapemirim e Região Sul SUPLEMENTO ESPECIAL SEXTA-FEIRA, 01/04/2011 DIÁRIO Ano 1 n 01 Cachoeiro de Itapemirim e Região Sul www.aquies.com.br»» @folhadocaparao»» facebook.com/grupofolhadocaparao QUARTA-FEIRA, 15/02/2012 DIÁRIO Ano 1 n 259 Cachoeiro

Leia mais

PLANO DE SERVIÇO DO SERVIÇO DE COMUNICAÇÃO MULTIMÍDIA DENOMINADO NET VÍRTUA 512Kbps Internet Popular

PLANO DE SERVIÇO DO SERVIÇO DE COMUNICAÇÃO MULTIMÍDIA DENOMINADO NET VÍRTUA 512Kbps Internet Popular PLANO DE SERVIÇO DO SERVIÇO DE COMUNICAÇÃO MULTIMÍDIA DENOMINADO NET VÍRTUA 512Kbps Internet Popular Plano (Denominação do Plano de Serviço) 1. Aplicação Este Plano de Serviço do Serviço de Comunicação

Leia mais

Inventário dos Lugares de Memória do Tráfico Atlântico de Escravos e da História dos Africanos Escravizados no Brasil 7. Patrimônio Imaterial

Inventário dos Lugares de Memória do Tráfico Atlântico de Escravos e da História dos Africanos Escravizados no Brasil 7. Patrimônio Imaterial 7. Patrimônio Imaterial A presença dos africanos no Brasil contemporâneo pode ser identificada na vivência de um patrimônio cultural, expresso em memórias, músicas, versos, cantos, danças e perfomances,

Leia mais

Adamantina 33.792. Adolfo 3.557. Aguaí 32.147. Águas da Prata 7.507. Águas de Lindóia 16.906. Águas de Santa Bárbara 5.574. Águas de São Pedro 2.

Adamantina 33.792. Adolfo 3.557. Aguaí 32.147. Águas da Prata 7.507. Águas de Lindóia 16.906. Águas de Santa Bárbara 5.574. Águas de São Pedro 2. Adamantina 33.792 Adolfo 3.557 Aguaí 32.147 Águas da Prata 7.507 Águas de Lindóia 16.906 Águas de Santa Bárbara 5.574 Águas de São Pedro 2.698 Agudos 34.290 Alambari 4.886 Alfredo Marcondes 3.886 Altair

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO SELETIVO PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO EM ZONAS ELEITORAIS E NA SECRETARIA DO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO

Leia mais

Nome: José Aldenir Aguiar

Nome: José Aldenir Aguiar Mestres de 2004 Nome: José Aldenir Aguiar Nome Artístico: Mestre Aldenir Data de Nasc.: 20/08/1933 Tradição Cultural Desenvolvida: Reisado "Reisado Folguedo do ciclo natalino, que representa o cortejo

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO 7º CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA OUTORGA DE DELEGAÇÕES DE NOTAS E DE REGISTRO DO ESTADO DE SÃO PAULO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES

Leia mais

AÇÕES DE COMUNICAÇÃO E SERVIÇOS

AÇÕES DE COMUNICAÇÃO E SERVIÇOS AÇÕES DE COMUNICAÇÃO E SERVIÇOS EDIÇÃO 2015 Prezado Expositor, Estamos na reta final para a realização da ESCOLAR OFFICE BRASIL 2015 e queremos compartilhar com você as ações de comunicação que desenvolvemos

Leia mais

RIF Ensaio Fotográfico

RIF Ensaio Fotográfico RIF Ensaio Fotográfico Salve Jorge! Devoção popular em vermelho e branco... Em reza e samba Diego Dionísio 1 1 Graduado em Comunicação Social. Técnico de inventário do Patrimônio Imaterial na América Latina

Leia mais

Alceu Maynard Araújo

Alceu Maynard Araújo Alceu Maynard Araújo DOCUMENTÁRIO FOLCLÓRICO PAULISTA Publicado pelo Departamento de Cultura da Prefeitura do Município de São Paulo por intermédio da Divisão do Arquivo Histórico. Prefeito do Município

Leia mais

Os participantes da Congada cantam e dançam, homenageando de forma especial, São Benedito. E é uma festa que cumpre também um papel auxiliar no

Os participantes da Congada cantam e dançam, homenageando de forma especial, São Benedito. E é uma festa que cumpre também um papel auxiliar no Congada Congada É um misto de tradições cristãs, pagãs e africanas, onde os participantes, cantando e dançando numa mistura religiosa e profana tão típicas deste país homenageiam de forma especial São

Leia mais

TABELA DE COBERTURA BRASILIA CIDADE OCIDENTAL LUZIANIA NOVO GAMA VALPARAISO DE GOIAS ABADIA DE GOIAS APARECIDA DE GOIÂNIA GOIANIRA CALDAS NOVAS

TABELA DE COBERTURA BRASILIA CIDADE OCIDENTAL LUZIANIA NOVO GAMA VALPARAISO DE GOIAS ABADIA DE GOIAS APARECIDA DE GOIÂNIA GOIANIRA CALDAS NOVAS BRASILIA CIDADE OCIDENTAL LUZIANIA NOVO GAMA VALPARAISO DE IAS ABADIA DE IAS APARECIDA DE IÂNIA ARAIANIA CALDAS NOVAS IANIA IANIRA ITAGUACU ITUMBIARA SANTA ROSA DO MEIA PONTE SÃO SIMAO SENADOR CANEDO TRINDADE

Leia mais

Como chegar Gestão Estatísticas Festas Populares. Geografia História Pontos Turísticos Tradição Util Pública. Dia da Carpição

Como chegar Gestão Estatísticas Festas Populares. Geografia História Pontos Turísticos Tradição Util Pública. Dia da Carpição Como chegar Gestão Estatísticas Festas Populares Geografia História Pontos Turísticos Tradição Util Pública Dia da Carpição O Dia da Carpição, que acontece no mês de agosto no Distrito de São Francisco

Leia mais

SÃO PAULO DO PASSADO: DADOS DEMOGRÁFICOS

SÃO PAULO DO PASSADO: DADOS DEMOGRÁFICOS SÃO PAULO DO PASSADO: DADOS DEMOGRÁFICOS V 1890 Maria Sílvia C. Beozzo Bassanezi (organizadora) NÚCLEO DE ESTUDOS DE POPULAÇÃO - NEPO UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS - UNICAMP 1998 2 SÃO PAULO DO PASSADO:

Leia mais

REFORMAS ESTATUTÁRIAS

REFORMAS ESTATUTÁRIAS REFORMAS ESTATUTÁRIAS Dar nova redação a aliena k do artigo 2º k) elaborar e imprimir em gráfica própria ou de terceiros, jornais, revistas e periódicos de interesse da categoria e do público em geral,

Leia mais

CONCORRÊNCIA Nº 001/2013 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE NATUREZA JUDICIAL- CONTENCIOSA, JURÍDICO-ADMINISTRATIVA E DE CONSULTORIA PREVENTIVA.

CONCORRÊNCIA Nº 001/2013 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE NATUREZA JUDICIAL- CONTENCIOSA, JURÍDICO-ADMINISTRATIVA E DE CONSULTORIA PREVENTIVA. CONCORRÊNCIA Nº 001/2013 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE NATUREZA JUDICIAL- CONTENCIOSA, JURÍDICO-ADMINISTRATIVA E DE CONSULTORIA PREVENTIVA. ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS, QUANTITATIVO ESTIMADO, DISTRIBUIÇÃO

Leia mais

Assistir a este show é como viajar no tempo, relembrar o lado caipira que muitos de nós temos em nossa essência.

Assistir a este show é como viajar no tempo, relembrar o lado caipira que muitos de nós temos em nossa essência. MARIANGELA ZAN VIAGEM PELA MÚSICA RAIZ Mariangela Zan é uma estudiosa da música brasileira, em especial da cultura raiz caipira. Em seu show Viagem pela música raiz, Mariangela Zan mostra ao público a

Leia mais

REDES DE PROTEÇÃO À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE

REDES DE PROTEÇÃO À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE CONCURSO DE PROJETOS REDES DE PROTEÇÃO À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE A Fundação Telefônica torna pública a convocatória de projetos de rede de proteção integral, dirigida aos Conselhos Municipais de Direitos

Leia mais

1,2. O grande festival da cultura paulista tradicional que recebe mais de. milhão de visitantes. Objetivo

1,2. O grande festival da cultura paulista tradicional que recebe mais de. milhão de visitantes. Objetivo O estado de São Paulo cabe quase inteiro nos limites do Parque do Trote, na Vila Guilherme, zona norte da capital. Essa é a proposta do Revelando São Paulo, festival que reúne arte, gastronomia e apresentações

Leia mais

DATAS COMEMORATIVAS. FESTAS JUNINAS 12 de junho Santo Antônio 24 de junho São João 29 de junho São Pedro

DATAS COMEMORATIVAS. FESTAS JUNINAS 12 de junho Santo Antônio 24 de junho São João 29 de junho São Pedro FESTAS JUNINAS 12 de junho Santo Antônio 24 de junho São João 29 de junho São Pedro As festas juninas fazem parte da tradição católica, mas em muitos lugares essas festas perderam essa característica.

Leia mais

13 Festa do Divino Espírito Santo em São Paulo promove intercâmbio cultural e religioso com São Luís do Maranhão

13 Festa do Divino Espírito Santo em São Paulo promove intercâmbio cultural e religioso com São Luís do Maranhão 13 Festa do Divino Espírito Santo em São Paulo promove intercâmbio cultural e religioso com São Luís do Maranhão Festa popular, que acontece de 12 a 29 de maio de 2012 no Espaço Cachuera!, apresenta tradição

Leia mais

O SIEEESP, A FEEESP, OS SINEPES ARAÇATUBA, OSASCO, PRESIDENTE PRUDENTE, RIO PRETO, SANTOS, SOROCABA E A

O SIEEESP, A FEEESP, OS SINEPES ARAÇATUBA, OSASCO, PRESIDENTE PRUDENTE, RIO PRETO, SANTOS, SOROCABA E A COMISSÃO PERMANENTE DE NEGOCIAÇÃO COMUNICADO CONJUNTO Nº 01/2015 REAJUSTE SALARIAL EM 1º DE MARÇO DE 2015 O SIEEESP, A FEEESP, OS SINEPES ARAÇATUBA, OSASCO, PRESIDENTE PRUDENTE, RIO PRETO, SANTOS, SOROCABA

Leia mais

Programação. Exposição e comercialização de produtos artesanais de tradição, bem como demonstração dos misteres dos artesãos.

Programação. Exposição e comercialização de produtos artesanais de tradição, bem como demonstração dos misteres dos artesãos. Programação Permanente das 9 às 21h Programação Artesanato Exposição e comercialização de produtos artesanais de tradição, bem como demonstração dos misteres dos artesãos. Comensalidade Os humanos se encontram,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPUIUNA MG

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPUIUNA MG IPAC/MG INVENTÁRIO DE PROTEÇÃO DO ACERVO CULTURAL Ipuiuna Minas Gerais Brasil BENS IMATERIAIS Celebrações Código: BI-01 1. Município: Ipuiuna. 2. Distrito/Povoado: Sede. 3. Designação: Festa de São Benedito

Leia mais

mídia KIT Indicadores: Perfil telespectador Potencial de Consumo Cobertura regional Audiência Clientes

mídia KIT Indicadores: Perfil telespectador Potencial de Consumo Cobertura regional Audiência Clientes mídia KIT 2011 2012 Indicadores: Perfil telespectador Potencial de Consumo Cobertura regional Audiência Clientes Programa A+TV Há 5 anos o programa A+TV está na grade da TV Clube/Band, fortalecendo ainda

Leia mais

ANALISTA ADMINISTRATIVO, SOCIOCULTURAL E AGENTE TÉCNICO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE:

ANALISTA ADMINISTRATIVO, SOCIOCULTURAL E AGENTE TÉCNICO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE: COORDENADORIA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA SESSÃO DE ESCOLHA DE VAGAS ANALISTA SOCIOCULTURAL, ANALISTA ADMINISTRATIVO E AGENTE TÉCNICO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE A Coordenadora da

Leia mais

SP duplica alcance do São Paulo pela Primeiríssima Infância e atinge 101 municípios

SP duplica alcance do São Paulo pela Primeiríssima Infância e atinge 101 municípios SP duplica alcance do São Paulo pela Primeiríssima Infância e atinge 101 municípios Programa estadual é focado no desenvolvimento da primeiríssima infância (da gestação aos 3 anos) em aspectos emocionais

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO 2º EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO SELETIVO PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO EM ZONAS ELEITORAIS E NA SECRETARIA DO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO

Leia mais

Patrimônios na BR-135

Patrimônios na BR-135 Patrimônios na BR-135 Conhecer para preservar e valorizar nossas riquezas! Gestão Ambiental da nova BR-135 2 Patrimônios Cartilha de Educação Ambiental Tema: Patrimônios na BR-135 Ano III, número 1, I

Leia mais

Ranking Município P2i - Lead Alto Padrão Médio Padrão Baixo Padrão

Ranking Município P2i - Lead Alto Padrão Médio Padrão Baixo Padrão 1 São Bernardo do Campo -SP 0,8200 Ótimo Ótimo Ótimo 2 Campo Grande -MS 0,7670 Ótimo Ótimo Ótimo 3 Santo André -SP 0,7670 Ótimo Ótimo Ótimo 4 Osasco -SP 0,7460 Ótimo Ótimo Ótimo 5 Natal -RN 0,7390 Ótimo

Leia mais

CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA RELAÇÃO CANDIDATO/VAGA 2015 CIDADE CURSOS TURNO INSCRITO VAGA C/V

CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA RELAÇÃO CANDIDATO/VAGA 2015 CIDADE CURSOS TURNO INSCRITO VAGA C/V FATECs CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA RELAÇÃO CANDIDATO/VAGA 2015 CIDADE CURSOS TURNO INSCRITO VAGA C/V Análise e Desenvolvimento de Sistemas Manhã 130 40 3,25 Análise e Desenvolvimento

Leia mais

Os equipamentos são ocultados no veículo, não necessitando nem mesmo de antenas externas ou algo que possa indicar que o equipamento está instalado.

Os equipamentos são ocultados no veículo, não necessitando nem mesmo de antenas externas ou algo que possa indicar que o equipamento está instalado. Manual do Cliente A Empresa A Ituran é uma multinacional israelense que atua na Argentina, Brasil, Estados Unidos e Israel. Desde o início das suas operações no Brasil, em 2000, a empresa se destaca como

Leia mais

Israel Operadora. Autoridade no Turismo Religioso. Peregrinações Religiosas no Brasil

Israel Operadora. Autoridade no Turismo Religioso. Peregrinações Religiosas no Brasil Israel Operadora Autoridade no Turismo Religioso Peregrinações Religiosas no Brasil Nossa Especialidade A Israel Operadora, empresa do Grupo Skill Supertravel é especializada em turismo religioso. Com

Leia mais

Conteúdos. Diversidade Cultural Ginástica Rítmica

Conteúdos. Diversidade Cultural Ginástica Rítmica Conteúdos Diversidade Cultural Ginástica Rítmica Habilidades Reconhecer os conceitos trabalhados na Unidade III Aplicar teoricamente os conteúdos estudados na unidade III PAUTA DO DO DIA DIA Acolhida Revisão

Leia mais

(continua) TABELA 1.1 Composição e População da Aglomeração Urbana (AUPOA) e Região Metropolitana de Porto Alegre (RMPOA)

(continua) TABELA 1.1 Composição e População da Aglomeração Urbana (AUPOA) e Região Metropolitana de Porto Alegre (RMPOA) 1 INTRODUÇÃO Este relatório consolida os principais resultados obtidos com a pesquisa sobre acidentes de trânsito nas aglomerações urbanas brasileiras pesquisa Renavam, efetuada como parte integrante do

Leia mais

LEVANTAMENTO ISS CIDADES DE SÃO PAULO-TAXA ADMINISTRATIVA

LEVANTAMENTO ISS CIDADES DE SÃO PAULO-TAXA ADMINISTRATIVA Americana Lei Complementar nº 4.930/09 TOTAL DA NOTA TAXA ADMINISTRATIVAArt. 49. Exclui-se da base de cálculo do imposto:(...)ii as importâncias correspondentes ao efetivo pagamento dos salários e 2,8%

Leia mais

CLASS 620 - PRINCIPAIS HOSPITAIS E/OU PS

CLASS 620 - PRINCIPAIS HOSPITAIS E/OU PS CLASS 620 - PRINCIPAIS HOSPITAIS E/OU PS ESTADO CIDADE PRESTADOR SP AMERICANA HOSPITAL SAMAM SP AMERICANA HOSPITAL SAO FRANCISCO DE AMERICANA SP AMERICANA HOSPITAL SAO LUCAS SP AMPARO BENEFICENCIA PORTUGUESA

Leia mais

DATA: 06 / 12 / 2013 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE GEOGRAFIA 5.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR: 10,0 MÉDIA: 6,0 RESULTADO: %

DATA: 06 / 12 / 2013 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE GEOGRAFIA 5.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR: 10,0 MÉDIA: 6,0 RESULTADO: % SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA UNIDADE: DATA: 06 / 12 / 2013 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE GEOGRAFIA 5.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

Índice Geral de Qualidade de Websites Municipais O Índice Geral de Qualidade de Websites Municipais (IGQWM) classifica os municípios pelo nível de maturidade de seus sites na internet. Cada website municipal

Leia mais

Onde estão as MPEs paulistas

Onde estão as MPEs paulistas Onde estão as MPEs paulistas Pesquisas Econômicas - Sebrae-SP Julho/2000 1 Onde estão as MPEs paulistas Objetivo: Identificar os segmentos da atividade econômica do Estado de São Paulo com maior número

Leia mais

&ffiffiffi&effi FfilÊÍaçáo PãrJlista dos Âuriliâres Ée ÀdÍBiniÊtÍãção EscalaÍ

&ffiffiffi&effi FfilÊÍaçáo PãrJlista dos Âuriliâres Ée ÀdÍBiniÊtÍãção EscalaÍ &ffiffiffi&effi FfilÊÍaçáo PãrJlista dos Âuriliâres Ée ÀdÍBiniÊtÍãção EscalaÍ comunicado CONJUN,TO No 02/2012 convenção GoLETIVA DE TRABALHo 20ííl20í2 - BOLSAS DE ESTUDO O SEMESP e a FEPAAE, representando

Leia mais

ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM SÃO PAULO

ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM SÃO PAULO ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM SÃO PAULO, e de François E. J. de Bremaeker Rio de, janeiro de ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM SÃO PAULO, e de François E. J. de Bremaeker Economista e Geógrafo Gestor do Observatório

Leia mais

PLANO DE COMUNICAÇÃO Veja tudo o que preparamos para o sucesso desta edição.

PLANO DE COMUNICAÇÃO Veja tudo o que preparamos para o sucesso desta edição. PLANO DE COMUNICAÇÃO Veja tudo o que preparamos para o sucesso desta edição. Prezado Expositor, Você está recebendo o Plano de Comunicação completo da Natal Show 2015 com as ações online e offline desenvolvidas

Leia mais