Antônio Francisco Morais Rolla Diretor Executivo de Informática TJMG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Antônio Francisco Morais Rolla Diretor Executivo de Informática TJMG"

Transcrição

1 Antônio Francisco Morais Rolla Diretor Executivo de Informática TJMG

2 Fonte: Relatório de Movimentação Processual - Anual 2013 Janeiro a Dezembro - CEINFO/ TJMG

3 Fonte: Relatório de Movimentação Processual - Anual 2013 Janeiro a Dezembro - CEINFO/ TJMG

4 Fonte: Relatório de Movimentação Processual - Anual 2013 Janeiro a Dezembro - CEINFO/ TJMG

5 Fonte: Relatório de Movimentação Processual - Anual 2013 Janeiro a Dezembro - CEINFO/ TJMG

6 Fonte: Relatório de Movimentação Processual - Anual 2013 Janeiro a Dezembro - CEINFO/ TJMG

7 Fonte: Relatório de Movimentação Processual - Anual 2013 Janeiro a Dezembro - CEINFO/ TJMG

8 Fonte: Relatório de Movimentação Processual - Anual 2013 Janeiro a Dezembro - CEINFO/ TJMG

9 Número de Comarcas: 296 Edificações com estrutura de TIC: 380 Número de unidades judiciárias: 1º Grau: 825 Turmas Recursais: 62 2º Grau: Órgão colegiado básico: 28 Órgão colegiado composto: 12 Número de Servidores/Funcionários 1º Grau: º Grau: Administrativo: Terceirizados: Número de Magistrados 1º Grau: 906 2º Grau: Potenciais usuários de TIC

10 Ativos de infraestrutura de TI Datacenters Grande porte na capital: 04 (CEOP, GOIAS, RAJA, FÓRUM-BH) Médio e pequeno porte no interior: 295 (Comarcas) Equipamentos de rede e banco de dados Computadores servidores: 399 Equipamentos de conectividade: 970 Switches Linhas de comunicação de dados Internet: 2 links de 100Mb e 1 link 16Mb Entre prédios na capital: 20 Em comarcas do interior: 347 (fóruns, juizados e anexos) Cinturão digital interligando os Datacenters da capital na velocidade de 1Gb Microinformática Estações de trabalho: Impressoras e multifuncionais: Scanners: 700 Licenciamento de aplicativos (software) Sistemas 37 sistemas na Área Judiciária 96 sistemas na Área Administrativa Média de chamados e incidentes ao mês: (Ref. 1º semestre de 2013)

11 SISCOM- Sistema de Acompanhamento Processual da 1ª Instância Sistema de acompanhamento processual em papel Abrangência: Toda justiça comum de 1ª Instância, ou seja, está presente nas 296 comarcas do Estado. As exceções são o Fórum do Barreiro e as varas cíveis da capital (para algumas classes), que distribuem processos no PJe Todo Juizado Especiais de Turmas Recursais do Interior Tecnologia: Oracle Developer e banco de dados Oracle

12 Sistema CNJ- PROJUDI Sistema de controle de processo eletrônico Abrangência: Juizados Especiais da Capital e Aeroporto Turmas Recursais da Capital Vara de registros públicos Tecnologia: Java e banco de dados Oracle

13 JIPPE Justiça Integrada ao Povo pelo Processo Eletrônico Sistema de controle de processo eletrônico e em papel Foi desenhado integrado aos seguintes sistemas: SIAP Sistema de Acompanhamento Processual da 2ª Instância THEMIS Sistema de composição de acórdão e controle de sessão de julgamento Abrangência: Justiça Comum de 2ª Instância Tecnologia: Java, Oracle Developer (SIAP) e Delphi (THEMIS), e banco de dados Oracle

14 PJe Processo Judicial Eletrônico Sistema de controle de processo eletrônico Abrangência: 3 Varas Cíveis do Fórum do Barreiro 35 Varas cíveis para as classes despejo Tecnologia: Java e banco de dados PostgreSQL

15 Sistemas Administrativos Sistemas de controle administrativos, tais como RH, Folha de Pagamento, Financeiro, Compras, Controle de Estoque, Licitações, Gestão de Documentos administrativos, etc Abrangência: Setores de controle administrativos tanto das secretarias e diretorias administrativas, quanto judiciárias Tecnologia: Java, Oracle Developer, Delphi, PHP, Clipper e banco de dados Oracle

16 Cumprimento de leis e normas (leis, resoluções, portarias etc.) A implantação de uma regra implica, geralmente, na alteração de todos os sistemas Exemplos: numeração única, tabelas de assunto, tabela de movimentações etc. Número grande de leis concomitantes, o que implica em uma sequência de priorização, fazendo com que os projetos não sejam implementados. Geração de informações consolidadas Informações operacionais, gerenciais e estratégicas que envolvem combinação de dados tornam-se complexas de extração. Por exemplo: certidão unificada, relatório de produtividade das comarcas etc.

17 Multiplicação de padrões de trabalho, o que torna a operação complicada, tanto para os servidores da justiça, quanto os atores externos, como MP, DP, Advogados etc. Por exemplo: Uso do sistema Armazenamento e tratamento da informação visto os diferentes formatos e tipos de tecnologia Plataformas de desenvolvimento Aplicativos Leitores de arquivos, browsers, cadeia de assinatura digital etc. Formatos de arquivos armazenados

18 Recursos tecnológicos e humanos para sustentar este ambiente Especialidade funcional Tecnologia Assuntos

19 Unificação dos sistemas em uma única plataforma O PJe seria esta plataforma Unificação dos procedimentos internos e externos Diminuição dos procedimentos Aumento da facilidade de uso, consequentemente, da operação Diminui o necessidade de capacitação e suporte Informações serão disponibilizadas aos órgãos externos e advogados de forma automática Modelo de Interoperabilidade

20 Garantir o acesso aos sistemas em qualquer tempo e em qualquer lugar A Internet em Minas Gerais é ruim tanto para a instituição quanto para o público em geral Garantir a compatibilidade de aplicativos e aplicações decorrentes de suas evoluções Os sistemas necessitam de aplicativos que evoluem de forma rápida Por exemplo: sistema operacional, browsers, leitores de arquivos no formato pdf, mp3 etc.

21 Garantir o armazenamento de grande volume de informações geradas pelos arquivos digitais Como armazenar informações com volumes de dados cada vez maiores? Como realizar cópias (backup) destas informações em tempo real? Como garantir o armazenamento ao longo do tempo? Como aplicar gestão arquivística? Garantir o uso da certificação digital São poucos os postos de registro no Estado Existem vários dispositivos disponíveis no mercado, dificultando sua instalação e compatibilidade com o sistema Dificuldade de instalação e atualização das cadeias de certificação

22 Garantir a segurança da informação Controle físico: São barreiras que limitam o contato ou acesso direto a informação ou a infraestrutura (que garante a existência da informação) que a suporta. Controle lógica: São barreiras que impedem ou limitam o acesso a informação, que está em ambiente controlado, geralmente eletrônico, e que, de outro modo, ficaria exposta a alteração não autorizada por elemento mal intencionado.

23 Arquitetura da infraestrutura de TIC do TJMG

24 Garantir a segurança da informação Segurança física: Como garantir a segurança física dos locais onde estão instalados os CPD s, sabendo que existem mais de 296 localidades e 400 servidores de rede e banco de dados? Acesso, incêndio, refrigeração, etc. Segurança lógica: Como garantir a segurança das informações contidas nas bases de dados dos 200 sistemas que temos? Uso inadequado da informação, vazamento de informação sigilosa, vírus, ataques de hackers, spams, etc. Segurança comportamental

25 DIREITOS LEGAIS JUDICIÁRIO Instância Superior 2ª Instância 1ª Instância

26 REPOSTA DIREITOS AO LEGAIS CIDADÃO JUDICIÁRIO Instância Superior 2ª Instância 1ª Instância Informação integrada e indexada

27 Antônio Francisco Morais Rolla

Antônio Francisco Morais Rolla Diretor Executivo de Informática TJMG

Antônio Francisco Morais Rolla Diretor Executivo de Informática TJMG Antônio Francisco Morais Rolla Diretor Executivo de Informática TJMG Tipos de Justiça: Federal Estadual (Comum e Militar) Trabalho Eleitoral No TJMG Justiça Comum: 1ª e 2ª Instâncias Juizados Especiais

Leia mais

PJe-Processo Judicial Eletrônico. Gestão 2013/2015. Ministro Carlos Alberto Reis de Paula

PJe-Processo Judicial Eletrônico. Gestão 2013/2015. Ministro Carlos Alberto Reis de Paula PJe-Processo Judicial Eletrônico Gestão 2013/2015. Ministro Carlos Alberto Reis de Paula Agenda 1 O PJe no Brasil 2 Desafios 3 4 Ações Estruturantes Próximos Passos Os números do PJe no Brasil Número de

Leia mais

Presidência, DIRFOR, DENGEP, SEPAD, DIRSEP, DIRSUP, Gabinetes e Cartórios

Presidência, DIRFOR, DENGEP, SEPAD, DIRSEP, DIRSUP, Gabinetes e Cartórios 1. Escopo ou finalidade da iniciativa O Sistema Themis foi desenvolvido pelo TJRS e cedido ao TJMG. Este sistema informatiza a sessão de julgamento, potencializando o aumento do número de processos que

Leia mais

Processo Judicial Eletrônico: Juizados Especiais Cíveis

Processo Judicial Eletrônico: Juizados Especiais Cíveis Processo Judicial Eletrônico: Juizados Especiais Cíveis BPM Day Serra Gaúcha 2013 Carolina Möbus Volnei Rogério Hugen O Poder Judiciário De acordo com o fundamento do Estado, o Poder Judiciário tem a Missão

Leia mais

VISÃO Ser reconhecido, junto à Instituição, pela qualidade de seus serviços e soluções de TIC - 1 -

VISÃO Ser reconhecido, junto à Instituição, pela qualidade de seus serviços e soluções de TIC - 1 - RECURSOS E PESSOAS PROCESSOS INTERNOS RESULTADOS / SOCIEDADE ANEXO I ( a que se refere o 1º do art. 1º da Resolução nº 732, de 14 de agosto de 2013) MISSÃO Prover soluções tecnológicas efetivas para que

Leia mais

1. Escopo ou finalidade da iniciativa

1. Escopo ou finalidade da iniciativa 1. Escopo ou finalidade da iniciativa Implantação de solução de armazém de dados, denominada SIJUD Sistema de Informações Estratégicas do Judiciário, seguindo os conceitos estabelecidos para esse tipo

Leia mais

Final década de 90: rumo à obsolescência. TJRS perdeu muito terreno frente a outras cortes TI não era considerada foco de planejamento

Final década de 90: rumo à obsolescência. TJRS perdeu muito terreno frente a outras cortes TI não era considerada foco de planejamento Governo Eletrônico Tribunal de Justiça a do Rio Grande do Sul Histórico Década de 70: primórdios Primeiro Tribunal de Justiça a ser informatizado no Brasil TJRS = pioneirismo Décadas de 80 e 90 Investimentos

Leia mais

1. Escopo ou finalidade da iniciativa

1. Escopo ou finalidade da iniciativa 1. Escopo ou finalidade da iniciativa Esta iniciativa tem como finalidade reorganizar a área de Tecnologia da Informação TI do TJMG, sob o ponto de vista de gestão e infraestrutura, baseados em sua estrutura

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais Diretoria Executiva de Informática

Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais Diretoria Executiva de Informática Informações do contrato de prestação de serviços de informática com a empresa CONTECH ATENDIMENTO INTERIOR Março 2009 Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais Diretoria Executiva de Informática Índice

Leia mais

Número do Recibo:839779565447242

Número do Recibo:839779565447242 1 de 8 07/05/2014 15:29 Número do Recibo:839779565447242 Data de Preenchimento do Questionário: 07/05/2014. Comitête Gestor de Informática do Judiciário - Recibo de Preenchimento do Questionário: QUESTIONÁRIO

Leia mais

Novo Guia de uso rápido do PROJUDI

Novo Guia de uso rápido do PROJUDI 1. O que é o PROJUDI? Novo Guia de uso rápido do PROJUDI O Processo Judicial Digital PROJUDI, também chamado de processo virtual ou de processo eletrônico, pode ser definido como um software que reproduz

Leia mais

TCU - Ciclo de Palestras 2011. Papel da Alta Administração na Governança de TI

TCU - Ciclo de Palestras 2011. Papel da Alta Administração na Governança de TI TCU - Ciclo de Palestras 2011 Papel da Alta Administração na Governança de TI Missão do CNJ O Conselho Nacional de Justiça tem o propósito de realizar a gestão estratégica e o controle administrativo do

Leia mais

1ª. Reunião de Análise Estratégica - 2012. Núcleo de Gestão Estratégica. Manaus, 05 de março de 2012

1ª. Reunião de Análise Estratégica - 2012. Núcleo de Gestão Estratégica. Manaus, 05 de março de 2012 1ª. Reunião de Análise Estratégica - 2012 Núcleo de Gestão Estratégica Manaus, 05 de março de 2012 Objetivos Divulgar os resultados da Metas Nacionais de 2011 e apresentar os desafios para 2012. Calendário

Leia mais

ATOS JUDICIAIS COLEGIADOS Módulo integrante do Sistema RUPE

ATOS JUDICIAIS COLEGIADOS Módulo integrante do Sistema RUPE 1 ATOS JUDICIAIS COLEGIADOS Módulo integrante do Sistema RUPE CARTILHA SOBRE O FUNCIONAMENTO DO SISTEMA Elaborado por: Gerência de Sistemas Judiciais Informatizados (GEJUD). Atualizada em: 23/03/2015.

Leia mais

Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC

Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC 1. Diretor da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação Coordenar

Leia mais

Escritório Digital. Perguntas frequentes. Perguntas gerais

Escritório Digital. Perguntas frequentes. Perguntas gerais Escritório Digital Perguntas frequentes Perguntas gerais O que é o Escritório Digital? O Escritório Digital é um software desenvolvido pelo CNJ em parceria com a OAB para integrar os diferentes sistemas

Leia mais

Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro OS DESAFIOS E BENEFÍCIOS DE UMA REDE PRIVADA DE TRANSMISSÃO DE DADOS

Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro OS DESAFIOS E BENEFÍCIOS DE UMA REDE PRIVADA DE TRANSMISSÃO DE DADOS OS DESAFIOS E BENEFÍCIOS DE UMA REDE PRIVADA DE TRANSMISSÃO DE DADOS BREVE HISTÓRICO DO TJRJ O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro atua em todo o Estado com 96 comarcas, 1694 serventias de

Leia mais

ITINERÁRIO FORMATIVO PARA O PJe-JT TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 3ª REGIÃO

ITINERÁRIO FORMATIVO PARA O PJe-JT TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 3ª REGIÃO ITINERÁRIO FORMATIVO PARA O PJe-JT TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 3ª REGIÃO Público alvo Magistrados, servidores, advogados e membros do Ministério Público Responsabilidade Magistrados e servidores Escola

Leia mais

Portes dos Tribunais em Tecnologia da Informação e Comunicação - 2014

Portes dos Tribunais em Tecnologia da Informação e Comunicação - 2014 Portes dos Tribunais em Tecnologia da Informação e Comunicação - 2014 Resolução 90 Base de Cálculo Resolução 90 Exemplo dos Cálculos dos Portes Nível dos Portes - Consolidado Nível dos Portes - Tribunais

Leia mais

Procedimento de anexação de peças e envio

Procedimento de anexação de peças e envio 2014 Manual prático de Ajuizamento de Petições Intercorrentes Portal Processual Eletrônico Procedimento de anexação de peças e envio Orientações gerais para anexar arquivos e enviar petições intercorrentes

Leia mais

PORTARIA Nº 7.596, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2014.

PORTARIA Nº 7.596, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2014. PORTARIA Nº 7.596, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2014. Regulamenta as atribuições e responsabilidades da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicações do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região e dá

Leia mais

Orientações para contratação de SIGAD e serviços correlatos

Orientações para contratação de SIGAD e serviços correlatos Conselho Nacional de Arquivos Câmara Técnica de Documentos Eletrônicos Orientação Técnica n.º 1 Abril / 2011 Orientações para contratação de SIGAD e serviços correlatos Este documento tem por objetivo

Leia mais

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO (PJE) PERGUNTAS E RESPOSTAS (V.1) Perfil de Advogado

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO (PJE) PERGUNTAS E RESPOSTAS (V.1) Perfil de Advogado PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO (PJE) PERGUNTAS E RESPOSTAS (V.1) Perfil de Advogado Sumário 1. OBRIGATORIEDADE... 1 1.1. Qual a diferença entre o JIPPE, o PROJUDI e o PJE?... 1 1.2 É obrigatória a utilização

Leia mais

PORTAL PROCESSUAL E AJUIZAMENTO ELETRÔNICO

PORTAL PROCESSUAL E AJUIZAMENTO ELETRÔNICO PORTAL PROCESSUAL E AJUIZAMENTO ELETRÔNICO A partir do dia 17/09/2012 foi disponibilizado, no site da SJES, o acesso ao Portal Processual, que consolida as principais funcionalidades do sistema de acompanhamento

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA DÉBORA DE MEIRA PADILHA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA DÉBORA DE MEIRA PADILHA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA DÉBORA DE MEIRA PADILHA PROPOSTA DE IMPLANTAÇÃO DO SOFTWARE PERGAMUM NA ESCOLA BÁSICA DR. PAULO FONTES Florianópolis

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Competências Analista 1. Administração de recursos de infra-estrutura de tecnologia da informação 2.

Leia mais

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul Planejamento Estratégico de TIC da Justiça Militar do Estado do Rio Grande do Sul MAPA ESTRATÉGICO DE TIC DA JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO (RS) MISSÃO: Gerar, manter e atualizar soluções tecnológicas eficazes,

Leia mais

Soluções em Segurança

Soluções em Segurança Desafios das empresas no que se refere a segurança da infraestrutura de TI Dificuldade de entender os riscos aos quais a empresa está exposta na internet Risco de problemas gerados por ameaças externas

Leia mais

Jun/2010. Avaliação in-company Projudi BH TJMG

Jun/2010. Avaliação in-company Projudi BH TJMG Jun/2010 Avaliação in-company Projudi BH TJMG Agenda Agenda da avaliação Projudi BH Atividades no período da avaliação Pontos fortes Desafios durante a avaliação in-company Pontos de atenção / Mudanças

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CEAP CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CURSO DE ADMINISTRAÇÃO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Prof Célio Conrado E-mail: celio.conrado@gmail.com Site: www.celioconrado.com Conceito Por que usar? Como funciona

Leia mais

*486EBBAA* PROJETO DE LEI N.º, de 2014. (DO TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO)

*486EBBAA* PROJETO DE LEI N.º, de 2014. (DO TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO) ** PROJETO DE LEI N.º, de 2014. (DO TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO) Dispõe sobre a criação de cargos de provimento efetivo e de cargos em comissão no Quadro de Pessoal da Secretaria do Tribunal Regional

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Relatório de Informações Gerenciais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Relatório de Informações Gerenciais PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Relatório de Informações Gerenciais Setorial do 1º Semestre de 2013 DIRETORIA GERAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÂO DGTEC RELATÓRIO DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS 1º

Leia mais

Processo virtual com o software PJe

Processo virtual com o software PJe Tribunal de Justiça da Paraíba Processo virtual com o software PJe um caso real e suas perspectivas Resumo Objetivos Por que o PJe? Um pouco sobre o software Cinco passos para a primeira petição 1.Planejar

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO INFORMANDO PARA MELHOR ATENDER AO ADVOGADO SECRETARIA DA PRIMEIRA INSTÂNCIA

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO INFORMANDO PARA MELHOR ATENDER AO ADVOGADO SECRETARIA DA PRIMEIRA INSTÂNCIA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO INFORMANDO PARA MELHOR ATENDER AO ADVOGADO SECRETARIA DA PRIMEIRA INSTÂNCIA COORDENADORIA DE GESTÃO DO ATENDIMENTO AO PÚBLICO www.tjsp.jus.br

Leia mais

Organização de arquivos e pastas

Organização de arquivos e pastas Organização de arquivos e pastas Pasta compara-se a uma gaveta de arquivo. É um contêiner no qual é possível armazenar arquivos. As pastas podem conter diversas subpastas. Definir a melhor forma de armazenamento

Leia mais

DGTEC 2.013 2014 2015 2016 2017 2018 Total Geral

DGTEC 2.013 2014 2015 2016 2017 2018 Total Geral CUSTEIO NOVA AÇÃO - POR CLIENTE - FORNECEDOR /PROGRAMA AÇÃO DESCRIÇÃO JUSTIFICATIVA Aquisição de 650 e-tokens Aquisição de 650 e-tokens A, visando cumprir os atos, normas e o procedimentos do processo

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARÁ RESOLUÇÃO Nº 005/2008-GP.

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARÁ RESOLUÇÃO Nº 005/2008-GP. PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARÁ RESOLUÇÃO Nº 005/2008-GP. Dispõe sobre a Implantação e estabelece normas para o funcionamento do processo judicial eletrônico no Poder Judiciário

Leia mais

Tecnologia da Informação CAASP. DIS Departamento de Informática e Sistemas. Relatório Anuário 2009 Att. Gerência Geral e Diretoria CAASP

Tecnologia da Informação CAASP. DIS Departamento de Informática e Sistemas. Relatório Anuário 2009 Att. Gerência Geral e Diretoria CAASP Tecnologia da Informação CAASP DIS Relatório Anuário 2009 Att. Gerência Geral e Diretoria CAASP Introdução... 03 Projetos e Fatos Relevantes 2009... 03 Raio X de Investimentos e Custos... 09 Considerações

Leia mais

Gestão Documental e Sustentabilidade

Gestão Documental e Sustentabilidade Gestão Documental e Sustentabilidade II Seminário de Planejamento Estratégico Sustentável do Poder Judiciário Brasília-DF, 28/05/2015 ---------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Nova regulamentação do PJe na Justiça Trabalhista. O quê mudou?

Nova regulamentação do PJe na Justiça Trabalhista. O quê mudou? Nova regulamentação do PJe na Justiça Trabalhista. O quê mudou? O Conselho Superior da Justiça do Trabalho editou a nova Resolução 136/2014, revogando a Resolução 94/2012 que regulamenta o sistema PJe-JT

Leia mais

12.1 AÇÕES E INDICAÇÕES DE PROJETOS

12.1 AÇÕES E INDICAÇÕES DE PROJETOS 43 Considerando os Objetivos Estratégicos, Indicadores e Metas, foram elaboradas para cada Objetivo, as Ações e indicados Projetos com uma concepção corporativa. O Plano Operacional possui um caráter sistêmico,

Leia mais

DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PJe Manual do Servidor de Secretaria Versão 1.0 Diretoria da Tecnologia da Informação 1 DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PJe Manual

Leia mais

CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO ATO Nº 115/CSJT.GP.SG, DE 15 DE MAIO DE 2012

CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO ATO Nº 115/CSJT.GP.SG, DE 15 DE MAIO DE 2012 CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO ATO Nº 115/CSJT.GP.SG, DE 15 DE MAIO DE 2012 Aprova o cronograma das atividades relacionadas à implantação do Processo Judicial Eletrônico da Justiça do Trabalho

Leia mais

A Gerência do Projeto

A Gerência do Projeto A Gerência do Projeto O projeto é coordenado pela Comissão de Tecnologia da Informação e Infraestrutura do Conselho Nacional de Justiça, presidida pelo Ministro Cezar Peluso e integrada também pelos conselheiros

Leia mais

ESCRITÓRIO DIGITAL. Guia do Sistema. Conselho Nacional de Justiça - Brasília, maio de 2015 http://wwwh.cnj.jus.br/escritoriodigital

ESCRITÓRIO DIGITAL. Guia do Sistema. Conselho Nacional de Justiça - Brasília, maio de 2015 http://wwwh.cnj.jus.br/escritoriodigital ESCRITÓRIO DIGITAL Guia do Sistema Conselho Nacional de Justiça - Brasília, maio de 2015 http://wwwh.cnj.jus.br/escritoriodigital Introdução sobre a nova ferramenta digital Com as diversas soluções tecnológicas

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO FL. 25 It Objeto Tipo de contratação 01 Reestruturação de infraestrutura das VTs no interior 1 02 Aquisição de Racks UPS e refrigeração 03 Aquisição de pontos de acesso para rede s fio 04 Aquisição de

Leia mais

PJe. Conceitos Básicos Nuno Lopes

PJe. Conceitos Básicos Nuno Lopes PJe Conceitos Básicos Nuno Lopes OUTUBRO 2011 O fundamento do trâmite eletrônico Da sanção da Lei 11419 de 19 de dezembro de 2006 (O uso de meio eletrônico na tramitação de processos judiciais ) até o

Leia mais

A Estratégia de TIC do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso

A Estratégia de TIC do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 Dispõe sobre o Planejamento Estratégico de TIC no âmbito do Poder Judiciário e dá outras providências. A Estratégia de TIC do Poder Judiciário do Estado de Mato

Leia mais

Segurança nas Nuvens Onde Coloco Meus Dados?

Segurança nas Nuvens Onde Coloco Meus Dados? Segurança nas Nuvens Onde Coloco Meus Dados? Expectativa de 20 minutos Uma abordagem prática e sensata de usar os Serviços em Nuvem de forma segura. Segurança nas Nuvens O que é? Quais as Vantagens das

Leia mais

CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO ATO Nº 127/CSJT.GP.SG, DE 23 DE MAIO DE 2012

CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO ATO Nº 127/CSJT.GP.SG, DE 23 DE MAIO DE 2012 CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO ATO Nº 127/CSJT.GP.SG, DE 23 DE MAIO DE 2012 Aprova o cronograma das atividades relacionadas à implantação do Processo Judicial Eletrônico da Justiça do Trabalho

Leia mais

O CITIUS é uma ferramenta mais avançada do que a antiga aplicação Habilus.net, permitindo um conjunto de novas funcionalidades.

O CITIUS é uma ferramenta mais avançada do que a antiga aplicação Habilus.net, permitindo um conjunto de novas funcionalidades. Projecto CITIUS CITIUS (do latim mais rápido, mais célere) é o projecto de desmaterialização dos processos nos tribunais judiciais desenvolvido pelo Ministério da Justiça. Englobando aplicações informáticas

Leia mais

ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário

ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 Dispõe sobre o Planejamento Estratégico de TIC no âmbito do Poder Judiciário e dá outras providências. ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário Planejamento

Leia mais

MÓDULO 11 ELEMENTOS QUE FAZEM PARTE DO PROJETO DO SISTEMA

MÓDULO 11 ELEMENTOS QUE FAZEM PARTE DO PROJETO DO SISTEMA MÓDULO 11 ELEMENTOS QUE FAZEM PARTE DO PROJETO DO SISTEMA Através dos elementos que fazem parte do projeto do sistema é que podemos determinar quais as partes do sistema que serão atribuídas às quais tipos

Leia mais

BOAS PRÁTICAS DE SEGURANÇA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI)

BOAS PRÁTICAS DE SEGURANÇA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI) BOAS PRÁTICAS DE SEGURANÇA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI) André Gustavo Assessor Técnico de Informática MARÇO/2012 Sumário Contextualização Definições Princípios Básicos de Segurança da Informação Ameaças

Leia mais

Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro Diretoria Geral de Planejamento, Coordenação e Finanças (DGPCF) 0301- Tribunal de Justiça.

Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro Diretoria Geral de Planejamento, Coordenação e Finanças (DGPCF) 0301- Tribunal de Justiça. ESTRUTURA PROGRAMÁTICA - PROPOSTA 2016 UNIDADE - UO 0301 PROGRAMA PROGRAMA Garantir o pagamento pelo efetivo serviço exercido por magistrados e servidores, bem como as obrigações de responsabilidade do

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 4ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 4ª REGIÃO PORTARIA Nº 59, DE 14 DE MARÇO DE 2008. Dispõe sobre alterações no Manual de Atribuições da Seção Judiciária do Paraná e estabelece outras providências. O VICE-PRESIDENTE, NO EXERCÍCIO DA PRESIDÊNCIA DO

Leia mais

MANUAL DO ADVOGADO. Elaborado por: Roberta Rodrigues Seneda. Corrigido por: Wanderley Andrade

MANUAL DO ADVOGADO. Elaborado por: Roberta Rodrigues Seneda. Corrigido por: Wanderley Andrade MANUAL DO ADVOGADO Elaborado por: Roberta Rodrigues Seneda Corrigido por: Wanderley Andrade DAPI Departamento de Aprimoramento da Primeira Instância. Março/2010 Atualizado pelo Tribunal de Justiça do Estado

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL - 2ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL - 2ª REGIÃO OFÍCIO CIRCULAR Nº T2-OCI-2010/00037 Rio de Janeiro, 25 de março de 2010. Senhor(a) Juiz(a), No 3º Encontro Nacional do Poder Judiciário, promovido pelo Conselho Nacional de Justiça e ocorrido no último

Leia mais

PLANO DIRETOR DE INFORMÁTICA Outubro de 2014

PLANO DIRETOR DE INFORMÁTICA Outubro de 2014 PLANO DIRETOR DE INFORMÁTICA Outubro de 2014 DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - DTI PLANO DIRETOR DE INFORMÁTICA - 1 SUMÁRIO 1. OBJETIVOS 2. CENÁRIO ATUAL DE TI 2.1. AVALIAÇÃO E DIAGNÓSTICO DO CENÁRIO

Leia mais

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação do Poder Judiciário de Alagoas 2011-2015

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação do Poder Judiciário de Alagoas 2011-2015 Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação do Poder Judiciário de Alagoas 2011-2015 COMPOSIÇÃO DO TRIBUNAL DESA. ELISABETH CARVALHO NASCIMENTO DES. ORLANDO MONTEIRO CAVALCANTI MANSO DES. ESTÁCIO

Leia mais

TJM-RS NGE-JME-RS. Anexo I - 2.2.3 - Levantamento de dados históricos Projetos TJM/RS de 2009 a 2014

TJM-RS NGE-JME-RS. Anexo I - 2.2.3 - Levantamento de dados históricos Projetos TJM/RS de 2009 a 2014 2013 TJM-RS NGE-JME-RS Anexo I - 2.2.3 - Levantamento de dados históricos Projetos TJM/RS de 2009 a 2014 [PAINEL DE INDICADORES-TJM-RS] Contém os indicadores do do Tribunal de Justiça Militar do Rio Grande

Leia mais

RESOLUÇÃO CNJ nº 90/09

RESOLUÇÃO CNJ nº 90/09 RESOLUÇÃO CNJ nº 90/09 29 de setembro de 2009 PLANO DE TRABALHO - PDTI O presente Plano de Trabalho objetiva o nivelamento do Tribunal de Justiça do Estado de Roraima aos requisitos de tecnologia da informação

Leia mais

PROVIMENTO Nº 38/2012. O Corregedor-Geral da Justiça do Estado de Mato Grosso, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

PROVIMENTO Nº 38/2012. O Corregedor-Geral da Justiça do Estado de Mato Grosso, no uso de suas atribuições legais e regimentais, PROVIMENTO Nº 38/2012 Dispõe sobre o envio, por meio eletrônico, através do Portal Eletrônico do Advogado - PEA, das petições iniciais e em andamento de processos físicos que tramitam na primeira instância

Leia mais

MANUAL DO ADVOGADO / PROCURADOR

MANUAL DO ADVOGADO / PROCURADOR MANUAL DO ADVOGADO / PROCURADOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO RORAIMA Janeiro 2013 1 Sumário Bem Vindo ao PJe 4 1 Acesso ao Sistema5 11 Tipo de Certificado5 12 Navegador padrão para acessar o PJe5 13 Acessando

Leia mais

ANEXO ATO 131/2012 Cronograma das atividades conduzidas pela equipe do CSJT relacionadas à implantação do 1º Grau (Piedade) e 2º Grau no TRT 15

ANEXO ATO 131/2012 Cronograma das atividades conduzidas pela equipe do CSJT relacionadas à implantação do 1º Grau (Piedade) e 2º Grau no TRT 15 1 Adaptação dos planos de continuidade e backup 1 dia 28/6/12 28/6/12 Servidor de TI - Especialidade Segurança Secretaria de Tecnologia da Informação Email Avaliação e adaptação dos planos de continuidade

Leia mais

Minicurso MoReq-Jus Mar/2010

Minicurso MoReq-Jus Mar/2010 Minicurso MoReq-Jus Mar/2010 Pauta O que é um Modelo de Requisitos? Modelo de Requisitos: Benefícios Pirâmide de Requisitos MoReq-Jus Motivação Objetivos Principais referências Evolução Abrangência dos

Leia mais

Bem vindo ao PJE ajuizamento de ação.

Bem vindo ao PJE ajuizamento de ação. Bem vindo ao PJE O Processo Judicial Eletrônico (PJe) projeto do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) é um sistema de informação que permite a prática de atos pelos magistrados, servidores, advogados e demais

Leia mais

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DO CHEFE DA SEÇÃO DE SISTEMAS ADMINISTRATIVOS

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DO CHEFE DA SEÇÃO DE SISTEMAS ADMINISTRATIVOS MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DO CHEFE DA SEÇÃO DE SISTEMAS ADMINISTRATIVOS CHEFE DA SEÇÃO DE SISTEMAS ADMINISTRATIVOS (FC-5) Área: Administrativa Unidade: Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação

Leia mais

ANEXO ATO 29/2012 Cronograma das Atividades Relacionadas à Implantação do PJe-JT na Vara do Trabalho de Arujá/SP

ANEXO ATO 29/2012 Cronograma das Atividades Relacionadas à Implantação do PJe-JT na Vara do Trabalho de Arujá/SP 924/2012 - Quinta-feira, 23 de Fevereiro de 2012 Conselho Superior da Justiça do Trabalho 1 1 Ambientação para Juízes e Servidores das Varas e multiplicadores do 23 e 2 no CSJT 3 dias 25/1/12 27/1/12 Juiz

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS DIVISÃO DE GESTÃO DA QUALIDADE

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS DIVISÃO DE GESTÃO DA QUALIDADE PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS DIVISÃO DE GESTÃO DA QUALIDADE Sistema de Gestão da Qualidade PROCEDIMENTO P. TJAM 56 PROJUDI Revisado por: Breno Figueiredo Corado DVTIC/PROJUDI

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009

CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 Institui o Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação no âmbito do Poder Judiciário. O PRESIDENTE DO CONSELHO

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA. Guia de Homologação

CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA. Guia de Homologação Guia de Homologação Brasília Junho de 2011 Sumário CONSELHO 1Apresentação... 3 2Histórico... 4 3Visão Geral... 5 3.1Histórico... 5 3.2Escopo do Sistema... 5 3.3Justificativas e Benefícios do Projeto...

Leia mais

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DO CHEFE DO NÚCLEO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DO CHEFE DO NÚCLEO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DO CHEFE DO NÚCLEO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS CHEFE DO NÚCLEO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS (FC-6) Área: Administrativa Unidade: Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação

Leia mais

1. Escopo ou finalidade da iniciativa

1. Escopo ou finalidade da iniciativa 1. Escopo ou finalidade da iniciativa Os documentos produzidos no Tribunal de Justiça de Minas Gerais, a partir de informações públicas geradas e recebidas, são fontes de comprovação de direitos individuais

Leia mais

ANEXO ATO /2012 Cronograma das Atividades Relacionadas à Implantação do 2º Grau no TRT2

ANEXO ATO /2012 Cronograma das Atividades Relacionadas à Implantação do 2º Grau no TRT2 966/2012 - Quinta-feira, 26 de Abril de 2012 Conselho Superior da Justiça do Trabalho 1 1 Adaptação dos planos de continuidade e backup 1 dia 23/4/12 23/4/12 Marco Antônio de Oliveira Araújo (vídeo conferência)

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado de Goiás

Tribunal de Justiça do Estado de Goiás Dispõe sobre a implantação e estabelece normas para o funcionamento do processo eletrônico no Poder Judiciário do Estado de Goiás. O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE GOIÁS, por seu Órgão Especial, no exercício

Leia mais

Este Manual aplica-se a todos os Usuário de T.I. do Ministério Público de Goiás. ATIVIDADE AUTORIDADE RESPONSABILIDADE Manter o Manual Atualizado

Este Manual aplica-se a todos os Usuário de T.I. do Ministério Público de Goiás. ATIVIDADE AUTORIDADE RESPONSABILIDADE Manter o Manual Atualizado Versão 01 - Página 1/8 1 Objetivo Orientar o usuário de T.I. a solicitar atendimento. Mostrar o fluxo da solicitação. Apresentar a Superintendência 2 Aplicação Este Manual aplica-se a todos os Usuário

Leia mais

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DO CHEFE DA SEÇÃO DE SUPORTE E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DO CHEFE DA SEÇÃO DE SUPORTE E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DO CHEFE DA SEÇÃO DE SUPORTE E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO CHEFE DA SEÇÃO DE SUPORTE E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO (FC-5) Área: Administrativa Unidade: Secretaria de Tecnologia da Informação

Leia mais

Manual para inserir documentos no sistema Projudi

Manual para inserir documentos no sistema Projudi TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE INFORMÁTICA Manual para inserir documentos no sistema Projudi O Projudi só aceita o envio de arquivos assinados, existem três formas de realizar a assinatura

Leia mais

CLEUSA REGINA HALFEN Presidente do TRT da 4ª Região/RS

CLEUSA REGINA HALFEN Presidente do TRT da 4ª Região/RS 1624/2014 Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região 2 A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO, no uso de suas atribuições, e considerando o que consta no PA nº 0008096-80.2014.5.04.0000,

Leia mais

Diagnóstico organizacional: um estudo tecnológico na cooperativa-escola do IFMG-campus Bambuí.

Diagnóstico organizacional: um estudo tecnológico na cooperativa-escola do IFMG-campus Bambuí. Diagnóstico organizacional: um estudo tecnológico na cooperativa-escola do IFMG-campus Bambuí. RESUMO Andressa Lima da CUNHA ; Aline Martins CHAVES ; Gabriel da SILVA 2 Pós-Graduada em Administração de

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015 TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015 Reestrutura as unidades vinculadas à Secretaria de Tecnologia da Informação SETIN do Tribunal Superior do Trabalho.

Leia mais

Resultados da SETI em Jan/09

Resultados da SETI em Jan/09 Resultados da SETI em Jan/09 Sistema Cálculo Rápido (Varas) Sistema e-revista (Ass. Jurídica) Sistema Siabi (Biblioteca e Internet) Sistema HelpDesk Manutenção (Serv. Gerais) Instalação de 3 computadores

Leia mais

Regulamento SIGA. Versão 1.0. Outubro, 2013. Página 1 de 16

Regulamento SIGA. Versão 1.0. Outubro, 2013. Página 1 de 16 Regulamento SIGA Versão 1.0 Outubro, 2013 Página 1 de 16 Sumário Objetivo deste Regulamento...3 Introdução...4 Definição...4 O que é documento para o SIGA...4 Numeração dos documentos no SIGA...4 Disposição

Leia mais

PORTARIA N. 8.604, de 05 de novembro de 2013.

PORTARIA N. 8.604, de 05 de novembro de 2013. PORTARIA N. 8.604, de 05 de novembro de 2013. Altera a Política de Segurança da Informação no âmbito do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região. A PRESIDENTE DO, no uso de suas atribuições legais e

Leia mais

AGIN, ASCOM, DEARHU, DENGEP, DIJESP, DIRDEP, DIRFIN, DIRFOR, DIRGED, DIRSEP, DIRSUP, Fórum/BH, SEPAC, SEPAD, SEPLAG

AGIN, ASCOM, DEARHU, DENGEP, DIJESP, DIRDEP, DIRFIN, DIRFOR, DIRGED, DIRSEP, DIRSUP, Fórum/BH, SEPAC, SEPAD, SEPLAG 1. Escopo ou finalidade da iniciativa O Programa tem por finalidade implantar e incrementar ações administrativas fundamentadas na sustentabilidade e deverá ser avaliado e medido por meio de uma série

Leia mais

(ANEXO 2) FICHA DOS PROJETOS

(ANEXO 2) FICHA DOS PROJETOS (ANEXO 2) FICHA DOS PROJETOS 1 - SUAP - Sistema Unificado de Acompanhamento Processual Implantar, a partir de diretrizes do CSJT, sistema único de acompanhamento processual, em substituição aos diversos

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 13/06/2014 14:08:02 Endereço IP: 177.1.81.29 1. Liderança da alta administração 1.1. Com

Leia mais

Alterações no Painel do Procurador (Versão 1.4.8.2.11):

Alterações no Painel do Procurador (Versão 1.4.8.2.11): Alterações no Painel do Procurador (Versão 1.4.8.2.11): 1. Nova Tela Inicial para o Perfil de Procurador 1.1 Antiga Versão (1.4.8.1) - Continha duas abas principais, Acervo e Intimações, a partir das quais

Leia mais

MANUAL DE CADASTRO DO ADVOGADO

MANUAL DE CADASTRO DO ADVOGADO MANUAL DE CADASTRO DO ADVOGADO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE RORAIMA Janeiro 2013 Sumário Bem Vindo ao PJe...3 1. Como o advogado deve se cadastrar...4 1.1. Preenchendo o formulário...4 1.2. Validação

Leia mais

Justiça sem papel. Como alcançar eficiência no mundo digital. Alexandre Atheniense

Justiça sem papel. Como alcançar eficiência no mundo digital. Alexandre Atheniense Justiça sem papel Como alcançar eficiência no mundo digital Alexandre Atheniense Mantenha-se atualizado 2 www.alexandreatheniense.com Blog : www.dnt.adv.br @atheniense www.facebook.com/ atheniense www.linkedin.com/atheniense

Leia mais

Universidade Federal de Goiás Centro de Recursos Computacionais - CERCOMP Divisão de Sistemas. Criação de uma Serviço de Geração de Relatórios

Universidade Federal de Goiás Centro de Recursos Computacionais - CERCOMP Divisão de Sistemas. Criação de uma Serviço de Geração de Relatórios Universidade Federal de Goiás Centro de Recursos Computacionais - CERCOMP Divisão de Sistemas Criação de uma Serviço de Geração de Relatórios Goiânia 12/2011 Versionamento 12/12/2011 Hugo Marciano... 1.0

Leia mais

*F69F3DF9* PROJETO DE LEI N.º, de de 2012. (DO TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO)

*F69F3DF9* PROJETO DE LEI N.º, de de 2012. (DO TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO) ** PROJETO DE LEI N.º, de de 2012. (DO TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO) Dispõe sobre a criação de cargos de provimento efetivo no Quadro de Pessoal da Secretaria do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região.

Leia mais

Computação em Nuvem Apresentação Executiva

Computação em Nuvem Apresentação Executiva Expresso em Nuvem - Lançamento 2010 Computação em Nuvem Apresentação Executiva Apresentador: Wilton Mota Março de 2010 Institutional Presentation of SERPRO Agenda Institucional SERPRO; Conceitos de Computação

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RESOLUÇÃO N. 20 DE 9 DE AGOSTO DE 2012. Dispõe sobre a certificação digital no Superior Tribunal de Justiça e dá outras providências. O PRESIDENTE DO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA, usando da atribuição

Leia mais

MANUAL DE PETICIONAMENTO DE MANDADO DE SEGURANÇA PARA O 2º GRAU NO PJe-JT. Autor: TRT 5ª REGIÃO

MANUAL DE PETICIONAMENTO DE MANDADO DE SEGURANÇA PARA O 2º GRAU NO PJe-JT. Autor: TRT 5ª REGIÃO MANUAL DE PETICIONAMENTO DE MANDADO DE SEGURANÇA PARA O 2º GRAU NO PJe-JT Autor: TRT 5ª REGIÃO Informações iniciais! A distribuição de um mandado de segurança no PJe-JT é simples e se resume ao preenchimento

Leia mais

PORTARIA TRT 18ª GP/SGP Nº 034/2012 O DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e

PORTARIA TRT 18ª GP/SGP Nº 034/2012 O DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e PORTARIA TRT 18ª GP/SGP Nº 034/2012 O DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regulamentares, e tendo em vista o que consta do Processo

Leia mais

ANEXO TR QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

ANEXO TR QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL ANEXO TR QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL REQUISITOS MÍNIMOS DE QUALIFICAÇÃO TÉCNICA DOS PROFISSIONAIS QUE DEVERÃO COMPOR AS EQUIPES TÉCNICAS PREVISTAS NESSA CONTRATAÇÃO PARA AMBOS OS LOTES. QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

Leia mais