Atividades do Projeto Educação para a Saúde

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Atividades do Projeto Educação para a Saúde"

Transcrição

1 Atividades do Projeto Educação para a Saúde A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera que a saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental e social, não consistindo somente numa ausência de doença ou enfermidade. A mesma OMS, em Health for All, define a Escola Promotora de Saúde como aquela que inclui a educação para a saúde no currículo e possui atividades de saúde escolar. Nesse sentido o Agrupamento de Escolas de Santa Cruz da Trapa irá dinamizar ao longo do ano letivo 2014/2015 as seguintes atividades: Projeto Educação Oral Destinatários: Pré-escolar e 1.º CEB. Data: Durante todo o ano letivo. Responsáveis: Centro de Saúde; Auxiliares de Ação Educativa, Professor titular de turma e Equipa PES. responsabilidades individuais; Promover a Saúde Oral em contexto familiar e escolar; Desenvolver hábitos de higiene pessoais e de vida saudável; Prevenir doenças orais; Promover a Educação Alimentar no âmbito da Educação para a Saúde e para a Qualidade de Vida; Consciencializar os alunos para uma alimentação equilibrada; Diagnosticar precocemente o tratamento dentário; reforçar o trabalho de promoção da saúde e prevenção de doenças. Descrição Sumária da atividade: Escovagem diária dos dentes - Pré-escolar; Realização do bochecho de flúor com a periodicidade quinzenal - alunos do 1.º CEB; Monitorização dos CHEQUES DENTISTA. Dia Mundial da Alimentação Data: 16 de outubro. Responsáveis: Professores de Ciências Naturais e Equipa PES. responsabilidades individuais; Promover a Educação Alimentar no âmbito da Educação

2 para a Saúde e para a Qualidade de Vida; Consciencializar os alunos para uma alimentação equilibrada; Fomentar a reflexão sobre os hábitos alimentares que têm; Alertar e consciencializar sobre questões globais relacionadas com a nutrição e alimentação; Incentivar o consumo de pão e de fruta. Descrição sumária da atividade: Confeção de uma sopa de legumes, no refeitório escolar, pelos alunos do 1.º CEB; Elaboração de uma roda dos alimentos a realizar pelos alunos do 6.º e 9.º ano em contexto de aula; Realização de trabalhos sobre o tema alimentação saudável, no Gabinete do aluno; Realização da atividade lanche saudável, destinado aos elementos da comunidade educativa. Dia Mundial de Luta contra a SIDA Data: 1 de dezembro. Responsáveis: Professores de Ciências Naturais; Equipa PES. responsabilidades individuais; Promover a Educação para a Saúde e para a Sexualidade; Promover uma cultura de respeito e responsabilidade no campo da sexualidade; Consciencializar os alunos para a importância da adoção de comportamentos sexuais e afetivos responsáveis; Dotar as adolescentes de competências para lidar com a persuasão de forma assertiva; Aumentar o nível de conhecimentos dos adolescentes sobre a transmissão de VIH/SIDA; Dotar os adolescentes de competências para lidar com a persuasão de forma assertiva; Promover o uso do preservativo de forma correta e sistemática. Descrição sumária: Atividades no âmbito do Gabinete Porta Aberta ; Aplicação de um questionário o que sei sobre VIH/SIDA aos alunos do 6.º ao 9.º ano em contexto de sala de aula; Elaboração e distribuição de laços pela comunidade educativa; Cartaz/folheto informativo.

3 Semana dos Afetos Responsáveis: Diretores de turma; Equipa PES. Data: 09 a 13 de fevereiro 2015 Objetivos/Finalidades: Otimizar a colaboração e a partilha entre professores potenciando o trabalho colaborativo; Proporcionar aos alunos um clima de aprendizagem acolhedor; Promover a imaginação e a criatividade; Promover o espírito de pesquisa; Criar momentos para a discussão de emoções, sentimentos, experiências e memórias, visando a autonomia, a responsabilidade, o autoconhecimento e a autorrealização; Verbalizar acerca de sentimentos/emoções; Valorizar a expressão dos afetos no relacionamento interpessoal; Reforçar a importância dos afetos no relacionamento interpessoal; Reforçar a Importância da família e dos amigos no crescimento afetivo do indivíduo. Descrição Sumária: Propõe-se a realização de atividades diversificadas de modo a responder aos objetivos propostos, nomeadamente: Jogos didáticos /dinâmicas sobre afetos/sentimentos; Mensagens de amor/afeto; Sessões sobre a sexualidade e os afetos Comemoração do dia Mundial da Hipertensão; dia Nacional de Luta Contra a Obesidade e dia Mundial Sem Tabaco Data: Durante o mês de maio. Objetivos/Finalidades: Evitar comportamentos de risco e promover a interiorização de estilos de vida saudáveis; Promover a saúde dos jovens através da Educação para a Saúde, especificamente em matéria de Alimentação Saudável e Atividade Física como principais determinantes das doenças cardiovasculares; Estabelecer parcerias com instituições locais, reconhecendo o valor dos seus serviços, em especial os da saúde, enquanto suporte/reforço educativo e informativo; Alertar a comunidade para as doenças cardiovasculares e os fatores de risco; Informar e consciencializar a

4 comunidade sobre a importância dos seus hábitos de vida, na prevenção das doenças cardiovasculares. Descrição Sumária: Atividades em articulação com o grupo disciplinar de Educação Física (a definir), no sentido de incutir a importância da atividade física na saúde individual e comunitária. Gabinete Porta Aberta Destinatários: Todos os alunos. Data: Ao longo do ano letivo. Objetivos/Finalidades: O principal objetivo do Gabinete Porta Aberta é, criar um espaço de privacidade onde o estudante possa ser ouvido, encontrar algumas respostas, receber informação disponível e, caso seja necessário, ser encaminhado para serviços específicos. (GTES, Relatório Final, p.41). Garantir um clima de escola estimulante e que promova a autoestima; Contribuir para o reforço da identidade própria da escola como um espaço de bem-estar; Criar condições de promoção do sucesso escolar e pessoal; Promover uma cultura de respeito e de responsabilidade no campo da sexualidade; Incentivar a reflexão sobre o perigo de comportamentos de risco; Evitar comportamentos de risco e promover a interiorização de estilos de vida saudáveis; Estabelecer parcerias com instituições locais, reconhecendo o valor dos seus serviços, em especial os da saúde, enquanto suporte/reforço educativo e informativo; Manter um espaço confidencial e agradável de apoio aos jovens (alunos do 3º ciclo); Mostrar disponibilidade para escutar; Ouvir, explorar e devolver com naturalidade e sem emitir juízos de valor; Adequar o tipo de linguagem ao nível etário dos alunos; Criar uma relação próxima com os jovens; Informar e formar jovens adolescentes; Contribuir para a formação global dos alunos; Contribuir o esclarecimento dos alunos respeitando a individualidade e os sentimentos de cada um; Abordar a Educação para a saúde e sexualidade de forma a promover valores, atitudes e comportamentos assertivos; Esclarecer dúvidas comuns inerentes à sexualidade humana. Descrição Sumária: Atendimento individual ou em grupo de alunos que procuram o gabinete, por iniciativa própria; Dinamização em grupo turma de atividades temáticas a

5 realizar no espaço de aulas de substituição, aquando da ausência de planos de aula, ou aulas de áreas curriculares não disciplinares (ensino Básico), ou aulas de disciplinas com conteúdos programáticos afins ou ainda responder a necessidades detetadas/interesses dos alunos no âmbito do Projeto de Educação Sexual de Turma; Realização de atividades diversificadas no gabinete para pequenos grupos de alunos: - Exploração de imagens/textos/histórias valorativas/artigos/ filmes; - Discussão de fichas de trabalho; - Desmistificação de conceitos; - Role-play e role-reverse ou dramatização; - Debates Prós/contras; - Elaboração de cartazes/folhetos; - Jogos variados. A coordenadora Cristina Almeida

Projecto Educação Para a Saúde

Projecto Educação Para a Saúde AGRUPAMENTO VERTICAL FERNANDO CASIMIRO Escola Básica Integrada Fernando Casimiro Introdução Projecto Educação Para a Saúde No seguimento do Ofício-Circular nº 69 de 20 de Outubro de 2006 procedente do

Leia mais

Planificação Anual Educação para a Cidadania

Planificação Anual Educação para a Cidadania Agrupamento de Escolas de Monforte Ano letivo - 2014-2015 Planificação Anual Educação para a Cidadania Departamento do 1º Ciclo Introdução Rua Professor Dr. Rosado Correia A escola ocupará sempre um papel

Leia mais

Linhas Orientadoras de Cidadania do Agrupamento de Escolas Engenheiro Fernando Pinto de Oliveira 2014/15

Linhas Orientadoras de Cidadania do Agrupamento de Escolas Engenheiro Fernando Pinto de Oliveira 2014/15 Agrupamento de Escolas Eng. Fernando Pinto de Oliveira Linhas Orientadoras de Cidadania do Agrupamento de Escolas Engenheiro Fernando Pinto de Oliveira 2014/15 A prática da cidadania constitui um processo

Leia mais

Agrupamento de Escolas Dr. Azevedo Neves Ano Letivo 2015/2016

Agrupamento de Escolas Dr. Azevedo Neves Ano Letivo 2015/2016 Agrupamento de Escolas Dr. Azevedo Neves Ano Letivo 2015/2016 Proposta de Projetos/Atividades/Estratégias para o PAA Projeto de Educação para a Saúde (P.E.S.) Com a realização das atividades pretendemos:

Leia mais

PROPOSTAS PARA O PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2011/2012

PROPOSTAS PARA O PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2011/2012 PROPOSTAS PARA O PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2011/2012 PROJETO EDUCAR PARA A SAÚDE Atividades a desenvolver Dia mundial da alimentação - Disponibilizar fruta grátis no bar da escola. - Disponibilizar

Leia mais

DE QUALIDADE E EXCELÊNCIA

DE QUALIDADE E EXCELÊNCIA PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO 2015/2016 PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO 2015-2016 POR UM AGRUPAMENTO DE QUALIDADE E EXCELÊNCIA JI Fojo EB 1/JI Major David Neto EB 2,3 Prof. José Buísel E.S. Manuel Teixeira Gomes

Leia mais

Agrupamento de Escolas Marquês de Marialva

Agrupamento de Escolas Marquês de Marialva Agrupamento de Escolas Marquês de Marialva PROJETO DE PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE 2013/14 A Coordenadora: Maria do Castelo Nunes da Costa INTRODUÇÃO A Saúde é um fator essencial da vida humana. Segundo

Leia mais

Plano Anual de Atividades 2014/2015

Plano Anual de Atividades 2014/2015 Mãos na Massa Plano Anual de Atividades 2014/2015 Equipa pedagógica do Centro de Educação de Infância Casa da Cruz Introdução O Plano Anual de Atividades é um documento orientador de uma dinâmica comum

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Sampaio

Agrupamento de Escolas de Sampaio Agrupamento de Escolas de Sampaio Projeto de Educação para a Saúde 2014/2015 Índice 1. Prioridades...3 1.1. Educação Alimentar e Atividade Física. 3 1.2. Prevenção dos Comportamentos Aditivos e Dependências....4

Leia mais

Planificação das Atividades do Projeto de Educação para a Saúde

Planificação das Atividades do Projeto de Educação para a Saúde Planificação das Atividades do Projeto de Educação para a Saúde 1 - Educação Alimentar gerais - Ausência do hábito de tomar o pequenoalmoço. - Consequências de uma alimentação desequilibrada. - Sensibilizar

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Pegões, Canha e Santo Isidro

Agrupamento de Escolas de Pegões, Canha e Santo Isidro Agrupamento de Escolas de Pegões, Canha e Santo Isidro Escola Sede: E.B. 2,3 de Pegões 1. FUNCIONAMENTO DO SPO Desenvolve o seu trabalho com base em atribuições e competências legais, adaptadas ao contexto

Leia mais

Escola Secundária da Ramada. Plano Plurianual de Atividades. Pro Qualitate (Pela Qualidade)

Escola Secundária da Ramada. Plano Plurianual de Atividades. Pro Qualitate (Pela Qualidade) Escola Secundária da Ramada Plano Plurianual de Atividades Pro Qualitate (Pela Qualidade) 2014 A Escola está ao serviço de um Projeto de aprendizagem (Nóvoa, 2006). ii ÍNDICE GERAL Pág. Introdução 1 Dimensões

Leia mais

Plano Anual Saúde Escolar

Plano Anual Saúde Escolar Escola Básica e Secundária de Velas Plano Anual Saúde Escolar 2015- Equipa de Saúde Escolar INTRODUÇÃO A Escola Básica e Secundária de Velas, através da Equipa de Saúde Escolar e conjuntamente com o Centro

Leia mais

Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias

Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias Índice 1. Objetivos gerais:... 4 2. Objetivos específicos:... 5 3. Estratégias Educativas e Pedagógicas... 6 4. Atividades Sócio-Educativas... 7 5. Propostas

Leia mais

Projeto Educativo de Escola

Projeto Educativo de Escola -- Escola Secundária da Ribeira Grande Projeto Educativo de Escola 2013-2016 Projeto apreciado em reunião de Conselho Pedagógico do dia 2 de maio de 2013 B Escola Secundária da Ribeira Grande - Projeto

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE PAIS DE EIXO. çzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopa

ASSOCIAÇÃO DE PAIS DE EIXO. çzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopa qwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçz xcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwerty uiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbn mqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjkl

Leia mais

PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES

PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES Agrupamento de Escolas Elias Garcia 2013/2016 1 PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES 2013/2016 O Plano Plurianual de Atividades (PPA) constitui um dos documentos de autonomia,

Leia mais

PARA UMA ESCOLA PROMOTORA DA CIDADANIA E DA SAÚDE

PARA UMA ESCOLA PROMOTORA DA CIDADANIA E DA SAÚDE PARA UMA ESCOLA PROMOTORA DA CIDADANIA E DA SAÚDE Apresentação da APF A Associação para o Planeamento da Família (APF) é uma IPSS com Finalidades de Saúde, criada em 1967 e que tem como missão Contribuir

Leia mais

Projeto: Promoção e Educação para a Saúde

Projeto: Promoção e Educação para a Saúde Projeto: Promoção e Educação para a Saúde Plano Anual de Atividades No âmbito do projeto Promoção e Educação para a Saúde realizar-se-ão diversas actividades, entre as quais se destacam: Exposições temáticas

Leia mais

Externato Marista de Lisboa Gabinete de Psicologia 2014/2015

Externato Marista de Lisboa Gabinete de Psicologia 2014/2015 1 PLANO DE INTERVENÇÃO DO GABINETE DE PSICOLOGIA ANO LETIVO Psicólogas do Externato Pré-Escolar Dra. Irene Lopes Cardoso 1º Ciclo - (1º e 2º anos) Dra. Irene Lopes Cardoso (3º e 4º anos) Dra. Manuela Pires

Leia mais

Agrupamento Vertical de Escolas de Marco de Canaveses 2010/2011. A Coordenadora: Maria José Castro Inácio. Ano Lectivo 201o/2011 1

Agrupamento Vertical de Escolas de Marco de Canaveses 2010/2011. A Coordenadora: Maria José Castro Inácio. Ano Lectivo 201o/2011 1 Agrupamento Vertical de Escolas de Marco de Canaveses 2010/2011 A Coordenadora: Maria José Castro Inácio Ano Lectivo 201o/2011 1 Pode não passar de uma banalidade de senso comum, mas nem por isso é menos

Leia mais

Crescer Saudável. Promover e proteger a saúde e prevenir a doença na comunidade educativa.

Crescer Saudável. Promover e proteger a saúde e prevenir a doença na comunidade educativa. Administração Regional de Saúde do Alentejo, IP Centro de Saúde de Montemor-o-Novo Crescer Saudável O Programa de Educação para a Saúde Crescer Saudável surge no âmbito do Programa Nacional de Saúde r

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO 2015/2016 CATL

PROJETO PEDAGÓGICO 2015/2016 CATL PROJETO PEDAGÓGICO 2015/2016 CATL A vida é a arte de pintar e sentir a nossa própria história. Somos riscos, rabiscos, traços, curvas e cores que fazem da nossa vida uma verdadeira obra de arte! Autor

Leia mais

Plano de acção. Outubro 2011

Plano de acção. Outubro 2011 Plano de acção Outubro 2011 Ano Lectivo 2011/2012 PÁGINA - 2 INTRODUÇÃO A legislação em vigor determina que o Projecto Educativo da Escola (PEE) deve incluir temáticas relacionadas com a Promoção e Educação

Leia mais

Plano Anual de Atividades. Agrupamento de Escolas de Santa Cruz da Trapa 2015-2016

Plano Anual de Atividades. Agrupamento de Escolas de Santa Cruz da Trapa 2015-2016 Plano Anual de Atividades Agrupamento de Escolas de Santa Cruz da Trapa 2015-2016 Índice 1. Introdução. 2 2. Algumas normas de operacionalização... 4 3. Áreas Curriculares.. 6 4. Atividades de Enriquecimento

Leia mais

Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias 2015

Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias 2015 Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias 2015 Índice 1. Objetivos gerais:... 4 2. Objetivos específicos:... 5 3. Estratégias Educativas e Pedagógicas... 6 4. Atividades Sócio-Educativas... 7

Leia mais

Um Olhar sobre a Saúde Oral

Um Olhar sobre a Saúde Oral Um Olhar sobre a Saúde Oral Agrupamento de Centros de Saúde de Almada (Almada, Costa de Caparica, Cova da Piedade) Unidade de Saúde Pública / Saúde Oral Célia Moreira HO Março/2012 O programa de Saúde

Leia mais

ÍNDICE: 1. Introdução. 1. - Caracterização do meio 2. - Caracterização do espaço ATL... 2. - Caracterização do grupo. 3

ÍNDICE: 1. Introdução. 1. - Caracterização do meio 2. - Caracterização do espaço ATL... 2. - Caracterização do grupo. 3 ÍNDICE: 1. Introdução. 1 2. CONTEXTUALIZAÇÃO - Caracterização do meio 2 - Caracterização do espaço ATL... 2 3. Grupo - Caracterização do grupo. 3 - Caracterização da equipa/horário. 3 4. OBJETIVOS: - Objetivos

Leia mais

PROJECTO EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE

PROJECTO EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE PROJECTO EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE 2009/2010 Índice ÍNDICE... 1 1. IDENTIFICAÇÃO... 2 2. FUNDAMENTAÇÃO... 2 3. FINALIDADES/OBJECTIVOS... 3 4. ESTRATÉGIA OPERATIVA/METODOLOGIA... 3 4.1. PÚBLICO-ALVO... 3 4.2.

Leia mais

PES Promoção e Educação para a Saúde

PES Promoção e Educação para a Saúde (A PREENCHER PELA COMISSÃO DO PAA) Atividade Nº AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE FRAGOSO Projeto PES Promoção e Educação para a Saúde Equipa Dinamizadora: Alice Gonçalves e Rosa Rêgo Ano letivo 2014/2015

Leia mais

CARTA DE COMPROMISSO

CARTA DE COMPROMISSO CARTA DE COMPROMISSO Introdução O Centro para a Qualificação e Ensino Profissional (CQEP) do Agrupamento de Escolas nº1 de Gondomar encontra-se sedeado na Escola-sede do Agrupamento, a Escola Secundária

Leia mais

A equipa somos nós. Ano letivo 2015/2016. Ser derrotado normalmente é uma condição temporária. Desistir é o que a faz permanente. Marylin vos Savant

A equipa somos nós. Ano letivo 2015/2016. Ser derrotado normalmente é uma condição temporária. Desistir é o que a faz permanente. Marylin vos Savant A equipa somos nós Ano letivo 2015/2016 Ser derrotado normalmente é uma condição temporária. Desistir é o que a faz permanente. Marylin vos Savant Projeto curricular escola Ano letivo 2015/2016 Entende-se

Leia mais

PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES

PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES O Plano Plurianual de Atividades é um documento de planeamento que define, em função do Projeto Educativo, os objetivos, as formas de organização e de programação das atividades e que procede à identificação

Leia mais

Critérios de Avaliação

Critérios de Avaliação Critérios de Avaliação 1.º Ciclo do Ensino Básico CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 1º CICLO Critérios de Avaliação, 1º Ciclo - Ano Letivo 2014-15 Página 1 de 10 1. Domínios de avaliação: AGRUPAMENTO DE ESCOLAS N.º

Leia mais

3.ª REUNIÃO 23 de abril de 2014 - ORDEM DE TRABALHOS:

3.ª REUNIÃO 23 de abril de 2014 - ORDEM DE TRABALHOS: 3.ª REUNIÃO 23 de abril de 2014 - ORDEM DE TRABALHOS: 1. Aprovação do Regimento do Conselho Geral. 2. Balanço do decurso do ano letivo: a) Abertura e funcionamento; b) Plano Anual de Atividades; c) Projeto

Leia mais

DGEstE Direção de Serviços da Região Centro

DGEstE Direção de Serviços da Região Centro DGEstE Direção de Serviços da Região Centro Bibliotecas Escolares - Plano Anual de Atividades (PAA) Ano letivo 2014/2015 Este PAA encontra-se estruturado em 4 domínios (seguindo as orientações da RBE)

Leia mais

PSICOLOGIA (CEF) - PLANIFICAÇÃO MÓDULO 1 - CRESCER E DESENVOLVER-SE

PSICOLOGIA (CEF) - PLANIFICAÇÃO MÓDULO 1 - CRESCER E DESENVOLVER-SE PSICOLOGIA (CEF) - PLANIFICAÇÃO MÓDULO 1 - CRESCER E DESENVOLVER-SE COMPETÊNCIAS CONTEÚDOS ACTIVIDADES/ - Apresentar comportamentos que promovam um melhor crescimento saudável de si, dada a compreensão

Leia mais

Gestão de Unidades Curriculares. Departamento Educação Pré-Escolar

Gestão de Unidades Curriculares. Departamento Educação Pré-Escolar Gestão de Unidades Curriculares Departamento Educação Pré-Escolar 2015/2016 Plano Curricular Anual / Projeto Pedagógico de Sala 1ª FASE O MEU CORPO E A MINHA IDENTIDADE Promover o conhecimento do seu corpo

Leia mais

NOTA INTRODUTÓRIA 2 1. ENQUADRAMENTO LEGAL 3

NOTA INTRODUTÓRIA 2 1. ENQUADRAMENTO LEGAL 3 ÍNDICE NOTA INTRODUTÓRIA 2 1. ENQUADRAMENTO LEGAL 3 1.1 Formação do Pessoal Docente 3 1.2 Formação do Pessoal Não Docente 4 1.3 Formação orientada para os alunos 4 1.4 Formação orientada para os pais e

Leia mais

Plano Municipal de Melhoria e Eficácia da Escola 2013/1014. Uma estratégia para O Projeto Educativo Local

Plano Municipal de Melhoria e Eficácia da Escola 2013/1014. Uma estratégia para O Projeto Educativo Local Plano Municipal de Melhoria e Eficácia da Escola 2013/1014 Uma estratégia para O Projeto Educativo Local O que é um PMMEE? O Plano Municipal de Melhoria e Eficácia da Escola consiste num conjunto de objetivos

Leia mais

Projeto Promoção e Educação para a Saúde - PES

Projeto Promoção e Educação para a Saúde - PES Projeto - Promoção e Educação para a Saúde 015/016 Projeto Promoção e Educação para a Saúde - Índice 1. Preâmbulo... 3. Identificação da Equipa... 3 3. Finalidades do Projeto... 3 4. Metodologia... 4 5.

Leia mais

ESCOLA DE PAIS.nee. Programa Escola de Pais.nee Formadora: Celmira Macedo

ESCOLA DE PAIS.nee. Programa Escola de Pais.nee Formadora: Celmira Macedo 1 PROGRAMA DA ESCOLA DE PAIS I. Introdução A escola de pais apresenta-se com um espaço de formação para famílias (preferencialmente famílias de crianças com necessidades especiais), estando igualmente

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS N 1 DE MARCO DE CANAVESES (150745) Plano de Ação de Melhoria

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS N 1 DE MARCO DE CANAVESES (150745) Plano de Ação de Melhoria AGRUPAMENTO DE ESCOLAS N 1 DE MARCO DE CANAVESES (150745) Plano de Ação de Melhoria 2015l2017 ÍNDICE ÍNDICE: INTRODUÇÃO... 3 ÁREAS DE AÇÃO DE MELHORIA.... 4 PLANOS DE AÇÃO DE MELHORIA.. 5 CONCLUSÃO...

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL TEIXEIRA GOMES

ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL TEIXEIRA GOMES Inovação e Qualidade Plano de Ação Estratégico - 2012/2013 ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL TEIXEIRA GOMES PROJECTO DE INTERVENÇÃO PLANO DE ACÇÃO ESTRATÉGICO 2012/2013 Escola de Oportunidades e de Futuro Telmo

Leia mais

Projeto Pedagógico e de Animação 5 dias 5 passos na Cultura. Projeto Pedagógico e de Animação 5 dias 5 passos na Cultura

Projeto Pedagógico e de Animação 5 dias 5 passos na Cultura. Projeto Pedagógico e de Animação 5 dias 5 passos na Cultura Projeto Pedagógico e de Animação 5 dias 5 passos na Cultura 1 Índice 1. Objetivos gerais:... 4 2. Objetivos específicos:... 5 3. Estratégias Educativas e Pedagógicas... 6 4. Atividades Sócio-Educativas...

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS RUY BELO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS RUY BELO PLANO DE FORMAÇÃO 1 PLANO DE FORMAÇÃO Índice Introdução 4 Pressupostos teóricos 5 Enquadramento legal 7 Âmbito da formação (objetivos) 9 Docentes Não docentes Pais e encarregados de educação Levantamento

Leia mais

OBJETIVOS DO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2013-2014. Promover a participação dos Encarregados de Educação no processo de ensino e aprendizagem dos alunos

OBJETIVOS DO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2013-2014. Promover a participação dos Encarregados de Educação no processo de ensino e aprendizagem dos alunos OBJETIVOS DO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2013-2014 Promover o sucesso académico Reforçar a organização, coordenação e articulação curricular Promover a participação dos Encarregados de Educação no processo

Leia mais

2010/2011. Instituto de S. Tiago, Cooperativa de Ensino C.R.L.

2010/2011. Instituto de S. Tiago, Cooperativa de Ensino C.R.L. Plano de 2010/2011 Instituto de S. Tiago, Cooperativa de Ensino C.R.L. Plano de de Pessoal Docente e Não Docente 2010/11 INTRODUÇÃO O Plano de do Instituto de S. Tiago surge da cooperação entre todas as

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DO SERVIÇO DE EDUCAÇÃO ESPECIAL

REGULAMENTO INTERNO DO SERVIÇO DE EDUCAÇÃO ESPECIAL A g r u p a m e n t o d e E s c o l a s S a n t o s S i m õ e s Regulamento Interno Serviço de Educação Especial 1 Artigo 1.º Definição 1.1. O Presente documento define e regula o funcionamento e a missão

Leia mais

Agrupamento de Escolas da Trofa. Plano de Melhoria e Desenvolvimento

Agrupamento de Escolas da Trofa. Plano de Melhoria e Desenvolvimento Agrupamento de Escolas da Trofa Plano de Melhoria e Desenvolvimento Biénio 2015/2017 INTRODUÇÃO A autoavaliação e a avaliação externa são procedimentos obrigatórios e enquadrados na Lei n.º 31/2002, de

Leia mais

FICHA DO PROJECTO. Desporto para todos. Fundação Aragão Pinto - IPSS

FICHA DO PROJECTO. Desporto para todos. Fundação Aragão Pinto - IPSS FICHA DO PROJECTO Desporto para todos Nome do Projecto: Sport For All - Desporto e Inovação Objectivos do projecto:. Envolvimento de jovens na criação de um programa inovador de prevenção e integração

Leia mais

Saúde Escolar. Secretaria Regional da Educação e Formação

Saúde Escolar. Secretaria Regional da Educação e Formação Saúde Escolar Secretaria Regional da Educação e Formação «Um programa de saúde escolar efectivo é o investimento de custo-benefício mais eficaz que um País pode fazer para melhorar, simultaneamente, a

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO E DE ANIMAÇÃO

PROJETO PEDAGÓGICO E DE ANIMAÇÃO CENTRO DE FÉRIAS DESPORTIVAS DE VERÃO N OS MOCHOS - 2013 - PROJETO DINAMIZADO PELA ASSOCIAÇÃO ACADÉMICA DE ESPINHO PROJETO PEDAGÓGICO E DE ANIMAÇÃO Espinho, 2 de Maio de 2013 ÍNDICE Página Introdução 3

Leia mais

Atividades de Enriquecimento do Currículo (AEC)

Atividades de Enriquecimento do Currículo (AEC) Atividades de Enriquecimento do Currículo (AEC) INTRODUÇÃO: De acordo com o DL 91/2013, artº 14º e os despachos normativos da organização do ano letivo n.s 7 e 7-A/2013 e o recente despacho de organização

Leia mais

EDUCAÇÃO PARA A CIDADANIA

EDUCAÇÃO PARA A CIDADANIA EDUCAÇÃO PARA A CIDADANIA Ano lectivo 2014/2015 Introdução A Educação para a Cidadania é um processo ao longo da vida. Começa em casa e no meio próximo das crianças com as questões da identidade, relações

Leia mais

2010/2011 Plano Anual de Actividades

2010/2011 Plano Anual de Actividades 2010/2011 Plano Anual de Actividades Cristiana Fonseca Departamento de Educação para a Saúde 01-07-2010 2 Plano Anual de Actividades Introdução Quando em 1948 a Organização Mundial de Saúde definiu a saúde

Leia mais

Plano Municipal de Melhoria e Eficácia da Escola. Uma estratégia para O Projeto Educativo Local

Plano Municipal de Melhoria e Eficácia da Escola. Uma estratégia para O Projeto Educativo Local Plano Municipal de Melhoria e Eficácia da Escola Uma estratégia para O Projeto Educativo Local Famalicão Cidade Educadora Vila Nova de Famalicão, cidade educadora, aderente ao movimento das Cidades Educadoras,

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO 2015-2018

PLANO ESTRATÉGICO 2015-2018 PLANO ESTRATÉGICO 2015-2018 Projeto Educativo do Agrupamento de Escolas de Mira, a vigorar no quadriénio de 2014 a 2018. O projeto não é um futuro qualquer mas um futuro a construir, o que exige, à partida,

Leia mais

Departamento da Educação Pré-Escolar/1.º Ciclo. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Pré-Escolar

Departamento da Educação Pré-Escolar/1.º Ciclo. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Pré-Escolar MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SANTA BÁRBARA Departamento Pré-Escolar/1º Ciclo 151 956 Departamento da Educação Pré-Escolar/1.º Ciclo CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Pré-Escolar Área

Leia mais

Câmara Municipal do Cadaval Saúde em Rede

Câmara Municipal do Cadaval Saúde em Rede Câmara Municipal do Cadaval Saúde em Rede Promoção da Saúde A promoção da saúde é o processo que permite capacitar as pessoas a melhorar e a aumentar o controle sobre a sua saúde (e seus determinantes

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLA DE CUBA

AGRUPAMENTO DE ESCOLA DE CUBA AGRUPAMENTO DE ESCOLA DE CUBA Ano letivo MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIREÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO ALENTEJO CENTRO DE ÁREA EDUCATIVA DO BAIXO ALENTEJO E ALENTEJO LITORAL Escola Básica Fialho de Almeida Introdução

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SÃO JOÃO DO ESTORIL Escola Secundária de S. João do Estoril. Apelar às capacidades imaginativas dos estudantes;

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SÃO JOÃO DO ESTORIL Escola Secundária de S. João do Estoril. Apelar às capacidades imaginativas dos estudantes; AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SÃO JOÃO DO ESTORIL Escola Secundária de S. João do Estoril ESCOLA SECUNDÁRIA DE SÃO JOÃO DO ESTORIL PLANO ANUAL DE ÁREAS INTERVENÇÃO PEE: DIVERSIDADE FORMATIVA 1 2 3 4 5 6 7

Leia mais

Projeto Educativo. Creche Humanus C.A.M. Resposta Social Creche D O C. 0 0 3. 0 2. C R E. Página 1 de 11. Funcionamento com apoio:

Projeto Educativo. Creche Humanus C.A.M. Resposta Social Creche D O C. 0 0 3. 0 2. C R E. Página 1 de 11. Funcionamento com apoio: Projeto Educativo Creche Humanus C.A.M. 1 de 11 Índice Introdução... 3 Quem somos?...3 As Dimensões do Projeto Educativo Dimensão Global da Criança.. 5 Dimensão Individual.... 6 Dimensão das Aquisições..

Leia mais

PAIS E FILHOS UMA ETERNA BRINCADEIRA

PAIS E FILHOS UMA ETERNA BRINCADEIRA PAIS E FILHOS UMA ETERNA BRINCADEIRA Sala 3 Interdisciplinar EF I E.M.E.F.I. PROF. MANOEL IGNÁCIO DE MORAES Professora Apresentadora: ROSELI DOS SANTOS BASSANELLI PEREIRA Realização: Justificativa Este

Leia mais

PREFEITURA DE NOVA VENÉCIA-ES SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO PORTARIA Nº 1612 DE 06 DE FEVEREIRO DE 2015.

PREFEITURA DE NOVA VENÉCIA-ES SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO PORTARIA Nº 1612 DE 06 DE FEVEREIRO DE 2015. PORTARIA Nº 1612 DE 06 DE FEVEREIRO DE 2015. DISPÕE SOBRE O FUNCIONAMENTO E ORGANIZAÇÃO CURRICULAR DAS UNIDADES DE ENSINO DA EDUCAÇÃO INFANTIL EM TEMPO INTEGRAL DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE NOVA VENÉCIA-ES

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO DE MELHORIA 2014 / 2017

PLANO ESTRATÉGICO DE MELHORIA 2014 / 2017 PLANO ESTRATÉGICO DE MELHORIA 2014 / 2017 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PRADO Plano Estratégico de Melhoria 2014/2017 O Plano de Melhoria da Escola é um instrumento fundamental para potenciar o desempenho

Leia mais

ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM

ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM 1. Curso: Missão do Colégio: Promover o desenvolvimento do cidadão e, na sua ação educativa,

Leia mais

PROMOÇÃO DA SAÚDE ESCOLAR. Anabela Martins. Bragança, de 20 setembro de 2014

PROMOÇÃO DA SAÚDE ESCOLAR. Anabela Martins. Bragança, de 20 setembro de 2014 PROMOÇÃO DA SAÚDE ESCOLAR Anabela Martins Bragança, de 20 setembro de 2014 PROMOÇÃO DA SAÚDE ESCOLAR Sumário Nota prévia Objetivos da Saúde Escolar Literacia em saúde Eixo estratégicos Exemplos de Boas

Leia mais

Sejam bem vindos ao ano letivo de 2016! EDUCAÇÃO INFANTIL

Sejam bem vindos ao ano letivo de 2016! EDUCAÇÃO INFANTIL Colégio Amorim / Santa Teresa Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio Rua Lagoa Panema, 466 Vila Guilherme Fone: 2909-1422 Diretoria de Ensino Região Centro Sejam bem vindos ao ano letivo

Leia mais

Projecto Curricular de Escola Ano Lectivo 2008/2009 ANEXO III 2008/2009

Projecto Curricular de Escola Ano Lectivo 2008/2009 ANEXO III 2008/2009 Projecto Curricular de Escola Ano Lectivo 2008/2009 ANEXO III 2008/2009 ÍNDICE Pág. INTRODUÇÃO........ 3 OBJECTIVOS........ 4 ACTIVIDADES/ESTRATÉGIAS...... 4 MATERIAL........ 5 RECURSOS HUMANOS.......

Leia mais

Associação Pomba Da Paz IPSS Espaço Comunitário. Projecto Educativo

Associação Pomba Da Paz IPSS Espaço Comunitário. Projecto Educativo Associação Pomba Da Paz IPSS Espaço Comunitário Projecto Educativo Educadora: Susana Gonçalves Sala Branca Auxiliar: Paula Balanga Ano lectivo: 2006/07 Educadora Susana Gonçalves 1 Na vida, o importante

Leia mais

Jardim de Infância Professor António José Ganhão

Jardim de Infância Professor António José Ganhão Jardim de Infância Professor António José Ganhão Jardim de Infância nº2 ( Brejo ) Jardim de Infância do Centro Escolar de Samora Correia Agrupamento de Escolas de Samora Correia Direcção Executiva Conselho

Leia mais

PLANO DE CURSO Aprendizagem Industrial

PLANO DE CURSO Aprendizagem Industrial 1 - NOME DO CURSO em Telemarketing 2 ÁREA DO CURSO Gestão 3 TITULARIDADE PROFISSIONAL Operador de telemarketing 4 PERFIL PROFISSIONAL 4.a Perfil Profissional de Conclusão: Atender usuários, oferecer serviços

Leia mais

EXPLICOLÂNDIA Centros de Estudo

EXPLICOLÂNDIA Centros de Estudo VERÃO EM GRANDE www.explicolandia.com PÁG: 2 / 8 1. QUEM SOMOS Na EXPLICOLÂNDIA durante o período de férias escolares existe um programa específico que engloba um conjunto de atividades diversificadas

Leia mais

Plano Anual de Atividades 2015/16

Plano Anual de Atividades 2015/16 SETEMBRO 01 - Abertura do ano letivo para a Infantil. 12 - Reunião de acolhimento aos pais 14 e 15 - Abertura do ano letivo para o 1º ciclo 18 - Eucaristia de abertura do novo ano letivo Proporcionar a

Leia mais

AEM. 26 Histórias para ti!

AEM. 26 Histórias para ti! AEM 26 Histórias para ti! 26 Histórias para ti Alunos do Pré-escolar, 1º e 2º ciclo do Agrupamento de Escolas de Montalegre 2013/2014 Ficha técnica Título Histórias de dentes contadas por crianças Edição

Leia mais

Crescer com Saúde um Projeto de Educação e Promoção da Saúde

Crescer com Saúde um Projeto de Educação e Promoção da Saúde Plano Anual de Atividades Da Educação e Promoção da Saúde Que vai ser quando crescer? Vivem perguntando em redor. Que é ser? É ter um corpo, um jeito, um nome? Tenho os três. E sou? Tenho de mudar quando

Leia mais

M. E. - GEPE. Promoção e Educação para a Saúde MAIS E MELHOR SAÚDE PLANO DE AÇÃO 2014/2015

M. E. - GEPE. Promoção e Educação para a Saúde MAIS E MELHOR SAÚDE PLANO DE AÇÃO 2014/2015 M. E. - GEPE Promoção e Educação para a Saúde MAIS E MELHOR SAÚDE PLANO DE AÇÃO 2014/2015 O Projeto Mais e Melhor Saúde 2014/15 enquadra-se no âmbito da Educação para a Saúde, de acordo com o consignado

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MÉRTOLA ESCOLA EB 2,3/ES S. SEBASTIÃO DE MÉRTOLA CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO EDUCAÇÃO FÍSICA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MÉRTOLA ESCOLA EB 2,3/ES S. SEBASTIÃO DE MÉRTOLA CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO EDUCAÇÃO FÍSICA 2º Ciclo do Ensino Básico Exercícios práticos 50% fitnessgram * Sabe aplicar os s às situações práticas ou oralidade actividades (5%) * Interesse, participação e empenho Higiene pessoal (5%) * Higiene

Leia mais

Promover o conhecimento mútuo e um bom clima de trabalho. Sensibilizar para os problemas que perturbam o equilíbrio ambiental.

Promover o conhecimento mútuo e um bom clima de trabalho. Sensibilizar para os problemas que perturbam o equilíbrio ambiental. PLANIFICAÇÃO ANUAL Escola Básica e Secundária de Velas ANO LETIVO: 2014/2015 TURMA: 3º ÁREA: DPS PERÍODO: 1.º Apresentação Ambiente (1)(6) Noção de ambiente Produção de resíduos Identificação de problemas

Leia mais

Planificação Anual. Competências Aprendizagens Atividades/Estratégias Avaliação. Registo e produções - Confiança

Planificação Anual. Competências Aprendizagens Atividades/Estratégias Avaliação. Registo e produções - Confiança Planificação Anual Professor: Gabriela Maria R. D. T. L. C. Silva Disciplina: Ano: préescolar Turma: I Ano letivo: 2014-2015 Competências Aprendizagens Atividades/Estratégias Avaliação Facilitar a adaptação

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL. PRÉ I Professoras Caroline e Ana Lucia Habilidades vivenciadas no 2º bimestre 2011

EDUCAÇÃO INFANTIL. PRÉ I Professoras Caroline e Ana Lucia Habilidades vivenciadas no 2º bimestre 2011 EDUCAÇÃO INFANTIL Prezados Pais e/ou Responsáveis, Estamos vivenciando o segundo bimestre letivo e o processo de aprendizagem representa pra nós, motivo de alegria e conquistas diárias. Confiram as habilidades

Leia mais

AVALIAÇÃO NAS DISCIPLINAS CURRICULARES

AVALIAÇÃO NAS DISCIPLINAS CURRICULARES ESCOLA BÁSICA LUÍS DE STTAU MONTEIRO - AGRUPAMENTO DE ESCOLAS Nº1 DE LOURES AVALIAÇÃO NAS DISCIPLINAS CURRICULARES DOMÍNIOS / CRITÉRIOS 2º Ciclo DISCIPLINA COGNITIVO / OPERATIVO E INSTRUMENTAL CONHECIMENTOS

Leia mais

Ano Lectivo 2012/2013. Clube de Xadrez/Jogos Matemáticos. Responsáveis do Projeto: Rosário Alves e José Palma.

Ano Lectivo 2012/2013. Clube de Xadrez/Jogos Matemáticos. Responsáveis do Projeto: Rosário Alves e José Palma. Ano Lectivo 2012/2013 1. Nome ou Titulo do projeto Clube de Xadrez/Jogos Matemáticos 2. Agencia de Execução Nome: Escola Básica Fialho de Almeida Responsáveis do Projeto: Rosário Alves e José Palma. 3.

Leia mais

5ª Conferência Internacional de Educação Financeira

5ª Conferência Internacional de Educação Financeira A Educação Financeira nas Escolas: O Referencial de Educação Financeira e a formação de docentes 5ª Conferência Internacional de Educação Financeira Perspetivas e reflexões: por uma cidadania ativa Educação

Leia mais

Plano de Atividades GRUPO 350

Plano de Atividades GRUPO 350 Plano de Atividades 2013 2014 GRUPO 350 Atividade Realização de trabalhos sobre as diferentes temáticas do programa. Consolidar conhecimentos adquiridos nas aulas. Promover a autonomia do aluno. Alargar

Leia mais

PROJECTO PEDAGÓGICO SABICHÕES - 2011/2012 INDICE

PROJECTO PEDAGÓGICO SABICHÕES - 2011/2012 INDICE PROJECTO PEDAGÓGICO SABICHÕES - 2011/2012 INDICE 1. Caracterização do grupo 2. Organização do Espaço e do Tempo 3. Tema e fundamentação teórica do projecto o Mundo dos animais em vias de extinção da sala

Leia mais

Departamento de Psicologia e de Educação Especial

Departamento de Psicologia e de Educação Especial Departamento de Psicologia e de Educação Especial 1- Avaliação e acompanhamento psicológico Avaliação e acompanhamento psicológico e psicopedagógico individual (promoção da autoestima e comportamentos

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO HENRIQUE MEDINA PROJETO PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE

ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO HENRIQUE MEDINA PROJETO PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO HENRIQUE MEDINA PROJETO PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE Ano letivo 2014/2015 1. Enquadramento Entre os objetivos prioritários da atual política educativa encontram-se os

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE EIXO Escola Básica Integrada de Eixo. Ano letivo 2012/2013

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE EIXO Escola Básica Integrada de Eixo. Ano letivo 2012/2013 RELATÓRIO FINAL DE EXECUÇÃO DO PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES RELATIVO A 2012/2013 1 - Enquadramento O presente relatório tem enquadramento legal no artigo 13.º alínea f, do Decreto -Lei nº 75/2008, de 22

Leia mais

Avaliação da biblioteca escolar 2009-2013

Avaliação da biblioteca escolar 2009-2013 Avaliação da biblioteca escolar 2009-2013 2010 D. Gestão da biblioteca escolar Avaliação D.1 Articulação da BE com a escola/agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE. 3 D.2 Condições humanas e materiais

Leia mais

REGIMENTO ESCOLAR EDUCAÇÃO INFANTIL

REGIMENTO ESCOLAR EDUCAÇÃO INFANTIL INSTITUIÇÃO SINODAL DE ASSINTÊNCIA, EDUCAÇÃO E CULTURA - ISAEC ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL SINODAL SETE DE SETEMBRO NÃO-ME-TOQUE /RS REGIMENTO ESCOLAR EDUCAÇÃO INFANTIL 1 SUMÁRIO 1- CARACTERIZAÇÃO DA

Leia mais

6h diárias - 11 meses

6h diárias - 11 meses 6h diárias - 11 meses PROPOSTA PEDAGÓGICA PROGRAMA DE APRENDIZAGEM EM AUXILIAR DE TELEMARKETING ÍNDICE 1 - Apresentação da Entidade ijovem 3 2 - Justificativa do Programa. 3 3 Público-alvo: 4 4 Objetivo

Leia mais

PLANO TIC PLANO DE AÇÃO ANUAL PARA A UTILIZAÇÃO DAS TIC COMO APOIO AO ENSINO E À APRENDIZAGEM

PLANO TIC PLANO DE AÇÃO ANUAL PARA A UTILIZAÇÃO DAS TIC COMO APOIO AO ENSINO E À APRENDIZAGEM PLANO TIC PLANO DE AÇÃO ANUAL PARA A UTILIZAÇÃO DAS TIC COMO APOIO AO ENSINO E À APRENDIZAGEM Ano Letivo 2011/2012 Marinha Grande, Setembro de 2011 1. Índice: Índice 2 1. Introdução 3 2. Caracterização

Leia mais

SALESIANOS DO ESTORIL - ESCOLA

SALESIANOS DO ESTORIL - ESCOLA SALESIANOS DO ESTORIL - ESCOLA PROJETOS DE VOLUNTARIADO CRID MIMAR As professoras: Ana Paula Ramalho Paula Cristina Baptista Maria João Coelho Pinto Susana Costa 5.º ANO A 6.º ANO B 7.º ANO A SAIR DE NÓS

Leia mais

Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias

Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias Índice 1. Objectivos gerais:... 4 2. Objectivos específicos:... 5 3. Estratégias Educativas e Pedagógicas... 5 4. Actividades Sócio-Educativas... 6 5.

Leia mais

Resposta Social de Creche

Resposta Social de Creche Plano Anual de Avenida da Quinta da Prata, Edifício 2, 7150-154 Borba Telefone: 268 891 607 Telemóvel: 967 178 675 Fax: 268 891 608 Correio eletrónico: geral@scmborba.pt Facebook: www.facebook.com/scmborba

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LIXA - FELGUEIRAS PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LIXA - FELGUEIRAS PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LIXA - FELGUEIRAS PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LIXA, FELGUEIRAS PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LIXA, FELGUEIRAS 1 Índice

Leia mais