MANUAL DE FORMATURA 2015

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL DE FORMATURA 2015"

Transcrição

1 MANUAL DE FORMATURA 2015

2 MANUAL DE FORMATURA DA FACIG válido para turmas que Colarão Grau a partir de dezembro de FORMATURA A Formatura ou Colação de Grau é um ato oficial que marca o fim do curso de graduação. Este é um ato sempre solene, público e de caráter obrigatório. Normalmente, a cerimônia é realizada em auditório com a presença do conjunto da turma. Em situações especiais, pode ser realizada no gabinete do Diretor (ou Secretaria) da Faculdade mediante requerimento. As solenidades de Colação de Grau só acontecerão para os concluintes de curso que tiverem cumprido integralmente, com aprovação, a totalidade do currículo pleno do curso de graduação. Desta forma, fica inviável a realização de solenidades de formatura antes da divulgação dos resultados finais do semestre. As solenidades de Colação de Grau só acontecerão nos meses de Janeiro, Fevereiro ou Março, para turmas que formam no ano anterior. E para as turmas que formam no meio do ano, em Julho, Agosto ou Setembro. Todas as datas da solenidade de Colação serão definidas pela Coordenação de Eventos da FACIG. Nenhum formando ou comissão de formatura pode agendar colação de grau. Demais eventos referentes à formatura devem ser comunicados à Instituição. 2. ORIENTAÇÕES ESPECIAIS AOS FORMANDOS Exame Nacional de Curso (ENADE): Caso o curso esteja relacionado entre os de exame obrigatório, competirá ao formando buscar informações junto à coordenação do seu curso e manter-se atento aos prazos de inscrição para a realização do Exame. O Diploma só é emitido aos alunos que prestam o mesmo. 3. INFORMAÇÕES PRELIMINARES A. Organização do Evento: A organização da Colação de Grau é de responsabilidade da FACIG. Nenhum contrato de prestação de serviços ou fornecimento de produtos e brindes pode ser assinado por formando ou comissões de formatura, em nome da FACIG. Os demais eventos relativos à formatura (eventos religiosos, coquetéis, festas, bailes, etc) são de responsabilidade de cada turma, porém a FACIG deve ser comunicada da realização dos mesmos.

3 B. Data da Colação: A data da colação é definida pela FACIG de acordo com a disponibilidade da direção, local do evento e após a finalização do semestre. As solenidades de Colação de Grau só acontecerão nos meses de Janeiro, Fevereiro ou Março, para turmas que formam no ano anterior. E para as turmas que formam no meio do ano, em Julho, Agosto ou Setembro. Nenhum formando ou comissão de formatura pode agendar colação de grau. Demais eventos referentes à formatura devem ser comunicados à Instituição. C. Comissão de Formatura: cada curso/turma elege a sua Comissão de Formatura. É importante lembrar que as pessoas que fizerem parte da mesma devem ser disponíveis, responsáveis e interessadas em acompanhar os preparativos para o evento. Quanto maior o grupo, mais difícil fica a discussão dos temas. Para facilitar, pode-se subdividir a comissão em áreas específicas. Entre as competências da Comissão de Formatura estão: a) registrar ata de constituição da comissão de formatura e demais atas em cartório para garantir os direitos e deveres de seus membros; b) realizar reuniões com os formandos; c) manter informadas à Coordenação de Eventos e de Curso da FACIG sobre todas as questões referentes à formatura, data e horário dos eventos, nome do Patrono, Paraninfo, homenageados, empresas prestadoras de serviços entre outras; d) providenciar a confecção dos convites, submetendo a sua arte-final para apreciação da Coordenação de Eventos; e) oficializar os convites ao patrono, paraninfo, homenageados, delegado do conselho profissional e outras autoridades acadêmicas. Como sugestão, a Comissão de Formatura pode ser composta da seguinte forma: Presidente: representa a Comissão de Formatura junto à faculdade; coordena as reuniões da Assembleia Geral (comissão e todos os formandos da turma); e, coordena e supervisiona as atividades da comissão de formatura. Secretário Geral: redige e assina a ata de cada reunião da Comissão ou da assembleia geral; e, é responsável pelos documentos referentes à Comissão de Formatura. Tesoureiros: se possível em número de dois, gerenciam e administram os recursos financeiros da Comissão de Formatura; apresentam balancetes mensais; determinam as autorizações de despesas, que deverão conter sua assinatura e do presidente. Relações Públicas: responsável direto pelo contato com os membros da Assembleia Geral; divulga e promove as atividades da Comissão de Formatura; recebe as críticas e sugestões dos membros da Assembleia; e, é o responsável pelas atividades de angariamento de recursos financeiros para a Comissão de Formatura.

4 Depois de formada, a Comissão deverá elaborar um estatuto onde serão definidas as regras e as normas que servirão de diretrizes para o melhor relacionamento do grupo. Quanto à sua redação, deve constar, entre outros detalhes: prazo de adesão e saída dos formandos; vencimento das mensalidades; índice de correção das mensalidades; taxa de devolução em caso de saída do formando, valor de entrada posterior ao início da comissão, entre outros. O importante é observar as demandas da assembleia e contar com o acordo de todos. O estatuto deve ser registrado em ata específica e registrado, preferencialmente, em cartório. D. Locais para Solenidade: o local para a realização da Colação de Grau é de responsabilidade da FACIG. Os demais eventos ficam a cargo da Comissão de Formatura. E. Composição das Turmas para Solenidade: as solenidades de Colação de Grau poderão ser realizadas em grupos de acordo com as necessidades e disponibilidades para a realização do evento. Cabe à Coordenação de Eventos a definição do melhor ajuste de turmas para a ocasião. É OBRIGATÓRIA a participação de todos os concluintes de curso que estiverem cumprido integralmente, com aprovação, a totalidade do currículo pleno do curso de graduação. F. Questionário da Colação de Grau: cabe à comissão de formatura entregar com até 6 meses de antecedência o questionário com os dados da solenidade de formatura na Coordenação de Eventos. O questionário encontra-se no site da FACIG em Informações Acadêmicas. G. Custos da Colação de Grau: os custos referentes à solenidade de colação de grau ficarão a cargo da FACIG. Serão fornecidos decoração, beca, capelo, canudo, mestre de cerimônia e recepcionistas. A FACIG tem contrato de exclusividade com a VIVA Eventos e a Kello Formaturas para a cobertura de vídeo e fotos. Assim, não será permitido o uso de fotógrafos e cinegrafistas não autorizados bem como uso de máquinas pessoais nas áreas destinadas ao trabalho dos mesmos. Os vídeos e as fotos poderão ser compradas, sem obrigatoriedade, pelos alunos, de acordo com contrato e preços estipulados entre o Aluno e as Empresas Parceiras. Neste caso, a FACIG não tem participação e nem influência sobre o contrato de fotos e vídeo.

5 H. Convite: a confecção e impressão dos convites ficam a critério da FACIG para as solenidades de Colação de Grau. Para os demais eventos, a responsabilidade é dos formandos. Independente do evento, qualquer tipo de convite deverá ser apresentado à Coordenação de Eventos, que tem um prazo de 10 dias para conferência, antes de ser impresso em definitivo. No convite devem constar: especial. a) nome e logo da Faculdade; b) nome do Curso; c) nome do Diretor; d) nome do Presidente da Mantenedora; e) nome do Diretor Acadêmico; f) nome do Secretário Geral; g) nome do Coordenador do Curso; h) nome do Patrono, Paraninfo e Homenageados; i) nome do Orador; j) nome do Juramentista; k) juramento; l) nome dos formandos e respectivos pais; m) identificação da Comissão de Formatura (opcional); n) informações gerais como: eventos, horários, locais, e a necessidade ou não de convite Observações Importantes: O Patrono é opcional e deve ser escolhido um para todos os cursos que participarão da mesma solenidade de Colação de Grau. É permitida a escolha de um Paraninfo para cada turma. Deve ser escolhido um Professor homenageado por turma. Um Funcionário homenageado deve ser escolhido em acordo com todas as turmas que participarão da mesma solenidade de Colação de Grau. É imprescindível a entrega de um convite para a Coordenação de Eventos para a organização do cerimonial. Não é autorizada nenhuma outra homenagem durante a Colação de Grau, senão as que constam deste manual. Cabe à Comissão de Formatura Convidar, Oficialmente, seus homenageados: patrono, paraninfo, professor e funcionário. I. Banners e Fotos: Não será permitida a colocação de Banners e Fotografias no hall de entrada dos campi. O Banner poderá ficar exposto no andar da turma. O banner deve ter a logo da FACIG e somente o nome das empresas parceiras. O porta banner deve ser providenciado pela turma. Não é permitido a fixação de suportes nas paredes para fixação dos mesmos.

6 J. Juramento: o texto-padrão do juramento, aprovado para o curso / área, é fornecido pela Coordenação de Eventos à Comissão de Formatura e este é o determinado pela instituição. Prometo, // perante Deus e a sociedade, // honrar e utilizar os ensinamentos ministrados com honra e fé, // dignificar minha profissão // Atuando com dedicação, responsabilidade e competência. // Desempenhar minhas funções com ética e respeito às leis, // favorecendo a construção de uma sociedade participativa e solidária. // A fim de promover a cultura, // o desenvolvimento tecnológico, // a educação, as pessoas // e os negócios." K. Trajes: a beca preta é estabelecida como padrão nas solenidades de Colação de Grau da FACIG. As cores das faixas variam de acordo com o curso. O capelo também compõe a beca. Os custos relativos à beca serão por conta da FACIG. A beca ficará sob responsabilidade do aluno devendo o mesmo devolvê-la em perfeito estado ao fim do evento. Sugere-se sob a beca, o uso de sapatos pretos e calças pretas para os homens. E, para as mulheres sapatos fechados pretos. L. Evento Religioso: o evento religioso (missa e culto), é uma decisão exclusiva da turma e opcional. Não deve ser realizada junto com a Colação de Grau. A turma pode escolher pelos dois eventos separadamente ou um culto ecumênico em substituição. M. Baile: assim como a missa, culto, jantares e coquetéis, o baile é considerado um evento comemorativo de total responsabilidade financeira e organizacional dos formandos. Como as demais comemorações, também levam o nome da FACIG, portanto, é importante manter a respeitabilidade pela instituição. N. Informações Gerais: a) Ao contratar empresas para organização de sua formatura, dê preferência para aquelas que são pessoas jurídicas e que já realizaram outros eventos. b) Peça aos candidatos uma lista dos principais clientes, com nomes e telefones para referência. Verifique os cumprimentos de prazos e histórico dos fornecedores. c) Levante a situação financeira das empresas junto ao serviço de proteção ao crédito e antigos clientes e parceiros. d) Se possível, visite instalações dos fornecedores para conferir sua capacidade de entrega.

7 e) Exija dos fornecedores a utilização de equipamentos profissionais a fim de obterem o melhor resultado. Confira as especificações técnicas dos equipamentos indicados no contrato. f) Tome as devidas precauções em relação ao montante de fotos exigidas por formando. g) Faça reuniões regulares para posicionar a turma sobre preparativos da cerimônia e das festas. h) Além de convidar os homenageados, oficialmente para a Colação de Grau, sugere-se que a Comissão de Formatura faça reserva de lugares para o Patrono, Paraninfo, Professores e Funcionário homenageados nos eventos que forem convidados. 4. SOLENIDADE DE FORMATURA A. No dia da Formatura: o formando deve comparecer ao local da solenidade com uma hora de antecedência. B. Protocolo da Solenidade: a solenidade de formatura é presidida pelo Diretor da FACIG ou seu representante legal. Cabe a ele as seguintes providências: a) ingressar com as autoridades para a constituição da mesa da presidência dos trabalhos; b) dar abertura à solenidade; c) fazer o discurso e o encerramento da solenidade. C. Roteiro da Colação de Grau: o roteiro é definido pela FACIG e deve constar de: a) abertura pelo cerimonial; b) formação da mesa dos trabalhos da Colação de Grau, composta por: Diretor da Facig Presidente da Mantenedora Diretor da Mantenedora Coordenador do Curso Patrono Paraninfo Secretária Geral Representante do Conselho Profissional (opcional) c) entrada dos docentes e homenageados; d) entrada dos formandos; e) Hino Nacional Brasileiro; f) abertura da sessão solene pelo Diretor da FACIG; g) juramento dos formandos;

8 h) imposição e leitura de termo de colação de grau; i) entrega simbólica dos certificados; j) discurso do orador: NÃO DEVE PASSAR DE 2 MINUTOS; k) discurso do paraninfo: NÃO DEVE PASSAR DE 2 MINUTOS; l) homenagens para patrono, paraninfo, professor, funcionário: NÃO DEVEM PASSAR DE 2 MINUTOS CADA e não há falas para homenagens; m) outras homenagens de interesse da FACIG e do Conselho Profissional do curso; n) encerramento da solenidade pelo Diretor da FACIG; o) saída dos novos profissionais. p) clip da turma (opcional). D. Observações importantes: a) Mesa dos Trabalhos: a organização da mesa de honra da solenidade de formatura é de responsabilidade exclusiva da FACIG; b) Juramento: cada turma deve escolher um juramentista. Em conjunto com as demais turmas farão a leitura do texto parcelado e os demais deverão repetir; c) Discurso do Orador: não deve ter duração superior a 2 MINUTOS. Cada turma deverá escolher UM orador. Em conjunto com as demais turmas deverão redigir um texto ÚNICO. A leitura do texto poderá ser feita por um ou junto com os oradores das demais turmas. d) Discurso do Paraninfo: não devem ter duração superior a 2 MINUTOS. Se a turma optar pela escolha de um Patrono e um Paraninfo, cabe apenas ao Paraninfo o discurso. Em conjunto com os demais Paraninfos deverão redigir um texto ÚNICO. A leitura do texto poderá ser feita por um ou junto com os Paraninfos das demais turmas. e) Chamada Nominal: a chamada é feita em ordem alfabética pelo cerimonial somente na entrega simbólica do certificado. Não há chamada nominal na entrada; f) Entrega de Certificado: é feita pelo Paraninfo e Coordenador do Curso da turma; g) Não é Permitido durante a Solenidade de Formatura: - a presença de fotógrafos, a não ser profissionais, previamente identificados e autorizados, circulando entre os formandos e na frente do palco, para que não atrapalhem a circulação dos participantes da solenidade; - a circulação de alunos, fotógrafos e cinegrafistas em frente à mesa ou em cima do palco dificultando os trabalhos da mesma; - uso de fogos de artifícios, sinalizadores ou qualquer tipo de artefato que emita fogo; - música alta, apitos, instrumentos de percussão e buzinas sob nenhuma hipótese podendo, caso haja insistência, ser recolhido pelos seguranças; - uso de filmes, fotos e músicas não apropriadas à solenidade; - bebidas alcoólicas;

9 - confetes, serpentinas, papéis picados ou similares antes e durante a solenidade. Somente será permitido após o encerramento pelo Diretor. E. Depois da Formatura: para emissão do diploma, o formando deverá preencher requerimento junto à Secretaria Geral. O prazo para a entrega é a partir 06 meses da data do requerimento. Pelo fato do diploma ser emitido pelo MEC em Universidades Federais Conveniadas, pode haver atraso na data de entrega. Já o certificado de conclusão de curso poderá ser emitido pela Secretaria Geral da FACIG mediante requerimento logo após a liberação das notas finais do semestre. 5. CASOS OMISSOS E/OU ESPECIAIS Casos omissos e/ou especiais são apreciados pela Secretaria Geral, Coordenação de Eventos e Diretoria. 6. CONSELHOS E ENTIDADES DE CLASSE Cada profissão tem a regulamentação de seu exercício que é controlado pelo respectivo órgão de classe, denominado Conselho Profissional. A obtenção da carteira profissional é de responsabilidade do formando que deve procurar a sua entidade e solicitar o seu documento. 7. ESCLARECIMENTOS A. Patrono: É a personalidade de destaque no meio científico e/ou de notório reconhecimento social. Pode ou não ser parte do corpo docente da instituição. Trata-se, em geral, de pessoa com notório saber acadêmico, reconhecida competência e padrão de referência na área específica do conhecimento e na sociedade. O Patrono significa o cargo máximo na hierarquia das homenagens, porém a figura do mesmo não é obrigatória. O Patrono não discursa na solenidade de Colação de Grau. Ele deve ser escolhido em comum acordo com as turmas que participarão da solenidade de Colação de Grau. B. Paraninfo: É o padrinho da turma. É quem recomendará o bom desempenho dos formandos perante a sociedade nas funções que porventura vierem a exercer. É personalidade de destaque no meio científico da área dos formandos e/ou de notório reconhecimento social, devendo pertencer à instituição. Trata-se, em geral, de pessoa com notório saber acadêmico, reconhecida competência e padrão de referência na área específica do conhecimento. Tem direito a discurso de até 2 minutos na solenidade de Colação de Grau. Cada turma deverá escolher UM Paraninfo. Em conjunto com os demais Paraninfos deverão redigir um texto ÚNICO. A leitura do texto poderá ser feita por um ou junto com os Paraninfos das demais turmas.

10 C. Homenageados: Docente da FACIG (1 por turma), que durante as atividades acadêmicas mereceu o reconhecimento e gratidão da turma como um todo, representa todo o corpo docente do curso; Funcionário da FACIG (1 para todos os cursos) que mereceu o reconhecimento e a gratidão pelos serviços que prestaram às turmas. O Funcionário homenageado deve ser escolhido em comum acordo com as turmas que participarão da solenidade de Colação de Grau. Não há discurso durante a Colação de Grau. Podem receber homenagens e não deve passar de 2 minutos. Não haverá homenagens como: ao aluno, amigo, pais, pais ausentes ou outro, durante a Colação de Grau. D. Orador da Turma: Escolhido entre os formandos cabe a ele a elaboração de um discurso à altura da importância da solenidade. É aconselhável que o Orador apresente antecipadamente o discurso à turma para aprovação, uma vez que estará falando em nome de todos. Evite brincadeiras que denigrem a imagem dos colegas ou de membros da instituição. Lembre-se que é um evento importante onde estão presentes todos aqueles que participam da sua vida e que será marcado para sempre. Fique atento ao bom português. O tempo limite de discurso é de até 2 minutos. Cada turma deverá escolher UM orador. Em conjunto com as demais turmas deverão redigir um texto ÚNICO. A leitura do texto poderá ser feita por um ou junto com os oradores das demais turmas. O discurso do orador deve ser entregue à coordenação de eventos para que seja anexado ao roteiro da colação de grau. Não será permitida a leitura de outro texto, senão o incluído no roteiro que estará à disposição do orador no palco. O discurso deve ser entregue com até 30 dias de antecedência da data do evento no ou para o Coordenador do seu curso. E. Direito à Discurso: Tem direito ao discurso durante a colação de grau: o Orador, Paraninfo e o Diretor da FACIG ou seu representante legal. Os discursos não devem passar de 2 minutos. F. Música, Filme e Telão: na solenidade de colação de grau podem ser utilizados recursos de áudio e vídeo desde que sejam de acordo com o caráter solene e de respeito aos convidados e à instituição. A solicitação de algum desses recursos em especial deve ser feito à Coordenação de Eventos para avaliação.

11 G. Empresas de Cerimonial Contratadas: são as empresas de organização e promoção de eventos responsáveis pelos serviços das solenidades. Para a Colação de Grau, o cerimonial ficará a cargo da Coordenação de Eventos e das empresas parceiras (VIVA Eventos e Kello Formaturas) que deverão seguir as normas estabelecidas pela FACIG. Nas demais solenidades não há interferência da instituição, porém cabe lembrar que o nome da FACIG estará associado a todos os eventos. Desta forma solicita-se coerência com os princípios da Faculdade. A FACIG tem parceria firmada com a VIVA Eventos e a Kello Formaturas para a realização da Colação de Grau. Para demais eventos os alunos tem total liberdade para contratação de empresas. A instituição não tem qualquer relação comercial com a Video Play Formaturas no que diz respeito a contratos firmados sobre eventos como religiosos, bailes, coquetéis, churrascos entre outros. Portanto, é de total responsabilidade do formando e das comissões de formatura, a contratação de empresas para os outros eventos relativos à formatura tanto em nível financeiro quanto da realização dos mesmos. Manhuaçu, 01 de agosto de 2015 Thales Reis Hannas Diretor

MANUAL DE FORMATURA 2013

MANUAL DE FORMATURA 2013 MANUAL DE FORMATURA 2013 Manual de Formatura da FACIG 1 MANUAL DE FORMATURA DA FACIG FACULDADE DE CIÊNCIAS GERENCIAIS DE MANHUAÇU válido para turmas que Colarão Grau a partir de dezembro de 2012 1. FORMATURA

Leia mais

Manual de Formaturas. Faculdades Opet. Normas e procedimentos

Manual de Formaturas. Faculdades Opet. Normas e procedimentos Manual de Formaturas Faculdades Opet Normas e procedimentos 2014 0 Prof. José Antonio Karam Presidente do Grupo Educacional Opet Profª Adriana Veríssimo Karam Koleski Superintendente Educacional do Grupo

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA COLAÇÃO DE GRAU COMISSÕES DE FORMATURA

INSTRUÇÕES PARA COLAÇÃO DE GRAU COMISSÕES DE FORMATURA INSTRUÇÕES PARA COLAÇÃO DE GRAU COMISSÕES DE FORMATURA Caros formandos A solenidade de outorga de grau, denominada Colação de Grau, é o ato oficial, público e obrigatório, por meio do qual o aluno, concluinte

Leia mais

SOLENIDADE DE COLAÇÃO DE GRAU

SOLENIDADE DE COLAÇÃO DE GRAU SOLENIDADE DE COLAÇÃO DE GRAU Por meio deste documento, a Faculdade Campo Limpo Paulista FACCAMP define critérios e regulamenta as seguintes diretrizes para o Cerimonial de Colação de Grau. A Cerimônia

Leia mais

MANUAL de FORMATURA UCPEL MANUAL DE FORMATURA

MANUAL de FORMATURA UCPEL MANUAL DE FORMATURA MANUAL DE FORMATURA INTRODUÇÃO Este manual tem por objetivo publicar normas e procedimentos para o planejamento, a organização e a execução das cerimônias de formatura da Universidade Católica de Pelotas

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Colação de Grau Solene

APRESENTAÇÃO. Colação de Grau Solene 1 APRESENTAÇÃO A Solenidade de Colação de Grau ou Formatura é um dos momentos mais importantes para a comunidade acadêmica, pois concretiza o trabalho desenvolvido durante o período de estudos na faculdade

Leia mais

FORMATURA INTRODUÇÃO UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS 01 MANUAL DE

FORMATURA INTRODUÇÃO UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS 01 MANUAL DE 01 MANUAL DE FORMATURA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS INTRODUÇÃO Este manual tem por objetivo publicar normas e procedimentos para o planejamento, a organização e a execução das cerimônias de formatura

Leia mais

Prezado(a) Acadêmico(a),

Prezado(a) Acadêmico(a), MANUAL DE FORMATURA 2 Prezado(a) Acadêmico(a), Ao cumprir a integralização curricular estabelecida para seu curso, está na hora de organizar a comemoração. Para tentar facilitar esta tarefa, a FACIMP elaborou

Leia mais

FACULDADE DE CAMPINA GRANDE DO SUL Credenciada pela Portaria MEC nº 381/2001, de 05/03/2001 D.O.U. 06/03/2001

FACULDADE DE CAMPINA GRANDE DO SUL Credenciada pela Portaria MEC nº 381/2001, de 05/03/2001 D.O.U. 06/03/2001 FACULDADE DE CAMPINA GRANDE DO SUL Credenciada pela Portaria MEC nº 381/2001, de 05/03/2001 D.O.U. 06/03/2001 RESOLUÇÃO Nº.01/2010 Dispõe sobre Procedimentos para as Solenidades de Colação de Grau O Conselho

Leia mais

MANUAL DOS FORMANDOS

MANUAL DOS FORMANDOS MANUAL DOS FORMANDOS 2013 1 PARABÉNS! Você é um vencedor. Você está prestes a concluir a integralização curricular estabelecida para seu curso, está na hora de organizar a comemoração. Para tentar facilitar

Leia mais

MANUAL DE PADRONIZAÇÃO DE SOLENIDADES DE COLAÇÃO DE GRAU

MANUAL DE PADRONIZAÇÃO DE SOLENIDADES DE COLAÇÃO DE GRAU MANUAL DE PADRONIZAÇÃO DE SOLENIDADES DE COLAÇÃO DE GRAU A Colação de Grau é um ato oficial, público e obrigatório e integra as atividades dos cursos superiores e do calendário acadêmico da Faculdade.

Leia mais

REGULAMENTO DAS SESSÕES SOLENES E PÚBLICAS DAS COLAÇÕES DE GRAU DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE CNEC GRAVATAÍ FCG

REGULAMENTO DAS SESSÕES SOLENES E PÚBLICAS DAS COLAÇÕES DE GRAU DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE CNEC GRAVATAÍ FCG REGULAMENTO DAS SESSÕES SOLENES E PÚBLICAS DAS COLAÇÕES DE GRAU DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE CNEC GRAVATAÍ FCG CATÍTULO I DA FINALIDADE E COMPETÊNCIA Art.1º A colação de grau ou formatura é ato

Leia mais

REGULAMENTO DA COLAÇÃO DE GRAU DOS CURSOS DA FACULDADE DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MONTES CLAROS FACIT

REGULAMENTO DA COLAÇÃO DE GRAU DOS CURSOS DA FACULDADE DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MONTES CLAROS FACIT REGULAMENTO DA COLAÇÃO DE GRAU DOS CURSOS DA FACULDADE DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MONTES CLAROS FACIT MANTIDA PELA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MONTES CLAROS - FEMC TÍTULO I - DOS OBJETIVOS E FINS Art. 1º. O presente

Leia mais

Manual de Formatura. Manual de Formatura NOVA Faculdade

Manual de Formatura. Manual de Formatura NOVA Faculdade Manual de Formatura Direção Diretora Executiva Renata Carla Castro Diretor Geral Pablo Bittencourt Diretor Acadêmico Ricardo Medeiros Ferreira Este manual tem a finalidade de orientar os procedimentos

Leia mais

REGULAMENTO DE FORMATURAS

REGULAMENTO DE FORMATURAS Texto Aprovado CONSU 2008-24 de 24/11/2008 Texto Revisado CONSU 2011-19 de 09/06/2011 Texto Revisado CONSU 2014-01 de 31/03/2014 REGULAMENTO DE FORMATURAS 2014 Sumário Seção I Das Disposições Gerais...

Leia mais

Faculdade SENAC [REGULAMENTO DE COLAÇÃO DE GRAU]

Faculdade SENAC [REGULAMENTO DE COLAÇÃO DE GRAU] Faculdade SENAC [REGULAMENTO DE COLAÇÃO DE GRAU] Regulamento de Colação de Grau Documento revisado em MARÇO/2012 APRESENTAÇÃO A conclusão de um curso superior é a celebração de uma grande conquista, portanto,

Leia mais

MANUAL DO FORMANDO E DAS COMISSÕES DE FORMATURA

MANUAL DO FORMANDO E DAS COMISSÕES DE FORMATURA MANUAL DO FORMANDO E DAS COMISSÕES DE FORMATURA SETOR DE FORMATURAS ASSESSORIA DE RELAÇÕES PÚBLICAS SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO Agosto de 2012 1 ÍNDICE Página 1. Regulamento das solenidades de Colação de

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 011/2014 DE 21 DE FEVEREIRO DE 2014

RESOLUÇÃO Nº 011/2014 DE 21 DE FEVEREIRO DE 2014 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO RESOLUÇÃO Nº 011/2014 DE 21 DE FEVEREIRO DE 2014

Leia mais

COLÉGIO SALESIANO SAGRADO CORAÇÃO FACULDADE SALESIANA

COLÉGIO SALESIANO SAGRADO CORAÇÃO FACULDADE SALESIANA RESOLUÇÃO No. 01/2010 COLÉGIO SALESIANO SAGRADO CORAÇÃO Formaliza, regulamenta e disciplina os procedimentos para a solenidade de colação de grau dos Cursos Superiores da Faculdade Salesiana. O Diretor

Leia mais

I. DA COLAÇÃO DE GRAU E COMISSÃO DE FORMATURA 1) O

I. DA COLAÇÃO DE GRAU E COMISSÃO DE FORMATURA 1) O COLAÇÃO DE GRAU O presente documento tem por objetivo orientar os acadêmicos quanto as normas e procedimentos relativos a Colação de Grau dos Cursos de Graduação do Instituto de Ensino Superior de Londrina

Leia mais

Manual de Formatura 2010. Manual de Formatura UNIPBFPB

Manual de Formatura 2010. Manual de Formatura UNIPBFPB Manual de Formatura UNIPBFPB 2010 I FORMATURA SUMÁRIO Manual de Formatura 2010 II ORIENTAÇÕES PARA OS FORMANDOS 1. Solicitação de Colação de Grau 2. Documentação para a Colação de Grau III INFORMAÇÕES

Leia mais

CERIMONIAL UNIVERSITÁRIO. Solenidade de Colação de Grau

CERIMONIAL UNIVERSITÁRIO. Solenidade de Colação de Grau CERIMONIAL UNIVERSITÁRIO Solenidade de Colação de Grau A cerimônia de colação de grau é o último ato institucional da Faculdade, quando, perante a comunidade acadêmica e representantes externos, é outorgado

Leia mais

Do Ato. Da Competência. Art.2º - A outorga de grau compete ao Diretor Acadêmico das Faculdades Integradas de Itararé. Da Dispensa

Do Ato. Da Competência. Art.2º - A outorga de grau compete ao Diretor Acadêmico das Faculdades Integradas de Itararé. Da Dispensa Portaria 03/2008 Regulamento para a cerimônia de colação de Grau conferida aos concluintes dos cursos de graduação das Faculdades Integradas de Itararé. Do Ato Art.1º - A colação de grau nas Faculdades

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 012/2014 DE 21 DE FEVEREIRO DE 2014

RESOLUÇÃO Nº 012/2014 DE 21 DE FEVEREIRO DE 2014 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO RESOLUÇÃO Nº 012/2014 DE 21 DE FEVEREIRO DE 2014

Leia mais

REGULAMENTO DAS SESSÕES SOLENES E PÚBLICAS DE COLAÇÃO DE GRAU DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE SÃO SALVADOR.

REGULAMENTO DAS SESSÕES SOLENES E PÚBLICAS DE COLAÇÃO DE GRAU DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE SÃO SALVADOR. REGULAMENTO DAS SESSÕES SOLENES E PÚBLICAS DE COLAÇÃO DE GRAU DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE SÃO SALVADOR. Este regulamento pretende servir de instrumento informativo e orientador das cerimônias

Leia mais

PORTARIA N 015/2011/FEST REGULA OS ATOS SOLENES DE COLAÇÃO DE GRAU DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO SANTA TEREZINHA (FEST).

PORTARIA N 015/2011/FEST REGULA OS ATOS SOLENES DE COLAÇÃO DE GRAU DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO SANTA TEREZINHA (FEST). PORTARIA N 015/2011/FEST REGULA OS ATOS SOLENES DE COLAÇÃO DE GRAU DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO SANTA TEREZINHA (FEST). A DIRETORA GERAL da Faculdade de Educação Santa Terezinha (FEST) no uso de suas prerrogativas,

Leia mais

Coordena as reuniões da Assembléia Geral (Comissão e todos os formandos da turma); Coordena e supervisiona as atividades da Comissão de Formatura.

Coordena as reuniões da Assembléia Geral (Comissão e todos os formandos da turma); Coordena e supervisiona as atividades da Comissão de Formatura. A comissão O primeiro passo é formar uma Comissão, escolhida pela(s) turma(s). Essa Comissão deve ser composta por pessoas disponíveis, responsáveis e interessadas em acompanhar todas as etapas do processo.

Leia mais

REGULAMENTO DAS SESSÕES SOLENES E PÚBLICAS DE COLAÇÃO DE GRAU DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE GUAIRACÁ CAPITULO I DOS OBJETIVOS E FINS

REGULAMENTO DAS SESSÕES SOLENES E PÚBLICAS DE COLAÇÃO DE GRAU DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE GUAIRACÁ CAPITULO I DOS OBJETIVOS E FINS REGULAMENTO DAS SESSÕES SOLENES E PÚBLICAS DE COLAÇÃO DE GRAU DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE GUAIRACÁ CAPITULO I DOS OBJETIVOS E FINS Este regulamento serve como instrumento informativo e orientador

Leia mais

REGULAMENTO DAS SESSÕES PÚBLICAS SOLENES OU SIMPLES DE COLAÇÃO DE GRAU DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO E TECNÓLOGOS

REGULAMENTO DAS SESSÕES PÚBLICAS SOLENES OU SIMPLES DE COLAÇÃO DE GRAU DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO E TECNÓLOGOS REGULAMENTO DAS SESSÕES PÚBLICAS SOLENES OU SIMPLES DE COLAÇÃO DE GRAU DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO E TECNÓLOGOS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS, EDUCAÇÃO E LETRAS FACEL Este regulamento pretende servir

Leia mais

Sumário. 1. Definições... 4. 2. Etapas do Cerimonial... 5

Sumário. 1. Definições... 4. 2. Etapas do Cerimonial... 5 Sumário 1. Definições... 4 2. Etapas do Cerimonial... 5 3. Regulamentações de Eventos Centro Universitário UNISEB. Colaçao de Grau- do Centro Universitário UNISEB Interativo.... 6 3.1 Colação de Grau...

Leia mais

REGULAMENTO DA COLAÇÃO DE GRAU OFICIAL

REGULAMENTO DA COLAÇÃO DE GRAU OFICIAL INSTITUTO EDUCACIONAL DO ESTADO DE SÃO PAULO REGULAMENTO DA COLAÇÃO DE GRAU OFICIAL -*2015. REGULAMENTO DA COLAÇÃO DE GRAU OFICIAL DEFINIÇÕES DA COLAÇÃO DE GRAU A Solenidade de Colação de Grau é ato oficial

Leia mais

Norma nº 04/2001. Páginas: 09

Norma nº 04/2001. Páginas: 09 Norma nº 04/2001 Páginas: 09 Preparado por: Núcleo de Eventos Autorizado por: Portaria do Reitor nº 42/2001, de 20.12.2001 Objeto: Norma de Colação de Grau e Diplomação Abrangência: Universidade Vila Velha

Leia mais

FORMATURAS Manual de procedimentos

FORMATURAS Manual de procedimentos FORMATURAS Manual de procedimentos Sumário 1. RESPONSABILIDADE DOS FORMANDOS... 3 1.1 Comissão de formatura... 3 1.2 Agendamento de data... 3 1.3 Contratação de empresa para cerimonial... 3 1.4 Convite...

Leia mais

Solenidade de Colação de Grau

Solenidade de Colação de Grau FACULDADES INTEGRADAS SANTA CRUZ DE CURITIBA FARESC CERIMONIAL UNIVERSITÁRIO Solenidade de Colação de Grau Orientações Gerais para Sessões Solenes de Colação de Grau A colação de grau é obrigatória e faz

Leia mais

Manual de Colação de Grau

Manual de Colação de Grau Manual de Colação de Grau Sumário INTRODUÇÃO...3 1 REGULAMENTO DAS SOLENIDADES DE COLAÇÃO DE GRAU...3 2 SETOR DE FORMATURAS...3 3 ATRIBUIÇÕES DA SECRETARIA E COORDENAÇÃO ACADÊMICA...4 4 TIPOS DE SOLENIDADES

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU 1. Da Compreensão da Solenidade de Colação de Grau A Solenidade de Colação de Grau, informalmente denominada de formatura, constitui um ato oficial e solene da Universidade destinado

Leia mais

Colação de Grau. Perguntas frequentes

Colação de Grau. Perguntas frequentes Colação de Grau Perguntas frequentes 1. O que preciso fazer para participar da cerimônia de colação de grau pública? Para participar da Colação de Grau pública, é preciso que o aluno tenha concluído 100%

Leia mais

REGULAMENTO DE COLAÇÃO DE GRAU. Art. 2º Em hipótese alguma haverá dispensa de Colação de Grau.

REGULAMENTO DE COLAÇÃO DE GRAU. Art. 2º Em hipótese alguma haverá dispensa de Colação de Grau. REGULAMENTO DE COLAÇÃO DE GRAU Art. 1º A Colação de Grau é ato oficial, público e obrigatório para os acadêmicos que tenham concluído integralmente um Curso de Graduação da Faculdade de Filosofia, Ciências

Leia mais

Manual de Procedimentos - Colação Oficial UNILASALLE/RJ

Manual de Procedimentos - Colação Oficial UNILASALLE/RJ Manual de Procedimentos - Colação Oficial UNILASALLE/RJ As solenidades de Colação de Grau dos formandos do Centro Universitário La Salle (UNILASALLE/RJ), a contar do primeiro semestre de 2012 (solenidades

Leia mais

REITORIA REGULAMENTO CERIMÔNIAS OFICIAIS DE COLAÇÃO DE GRAU

REITORIA REGULAMENTO CERIMÔNIAS OFICIAIS DE COLAÇÃO DE GRAU REITORIA REGULAMENTO CERIMÔNIAS OFICIAIS DE COLAÇÃO DE GRAU Aprovado pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Vila Velha, em 24/06/2015, através da Resolução nº 12/2015. VILA VELHA

Leia mais

CAPÍTULO I DO OBJETIVO

CAPÍTULO I DO OBJETIVO REGULAMENTO PARA A SOLENIDADE DE COLAÇÃO DE GRAU DOS CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO E INTEGRADO CAPÍTULO I DO OBJETIVO Art. 1º. O presente regulamento tem por objetivo estabelecer as normas e procedimentos

Leia mais

Manual de Formatura da Faculdade Horizontina 1ª edição, Aprovada pelo Colegiado Administrativo, Vigente desde Março - 2012

Manual de Formatura da Faculdade Horizontina 1ª edição, Aprovada pelo Colegiado Administrativo, Vigente desde Março - 2012 Manual de Formatura da Faculdade Horizontina 1ª edição, Aprovada pelo Colegiado Administrativo, Vigente desde Março - 2012 Comissão Institucional de Formatura FAHOR Aline de Mattos, Perceval Lautenschlager,

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES E NORMAS DE FORMATURA CAMPUS VIII PAULO AFONSO

MANUAL DE ORIENTAÇÕES E NORMAS DE FORMATURA CAMPUS VIII PAULO AFONSO MANUAL DE ORIENTAÇÕES E NORMAS DE FORMATURA CAMPUS VIII PAULO AFONSO PAULO AFONSO 2014 José Bites de Carvalho Reitor Carla Liane Vice Reitora Marcelo Duarte Dantas de Ávila Pró-Reitoria de Gestão e Desenvolvimento

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSAD Nº 041/2004. O CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO, na conformidade do Processo nº R- 045/2004, aprovou e eu promulgo a seguinte Deliberação:

DELIBERAÇÃO CONSAD Nº 041/2004. O CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO, na conformidade do Processo nº R- 045/2004, aprovou e eu promulgo a seguinte Deliberação: DELIBERAÇÃO CONSAD Nº 041/2004 Dispõe sobre a Colação de Grau e dá outras providências. O CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO, na conformidade do Processo nº R- 045/2004, aprovou e eu promulgo a seguinte Deliberação:

Leia mais

COLAÇÃO DE GRAU MARÇO DE 2016 CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA

COLAÇÃO DE GRAU MARÇO DE 2016 CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA COLAÇÃO DE GRAU MARÇO DE 2016 CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA # O QUE É COLAÇÃO E OUTORGA DE GRAU? É uma sessão acadêmica com dia, hora e local marcados pela Instituição, para conferir o grau aos concluintes

Leia mais

Resolução CONSAD nº 01/2001 R E S O L V E

Resolução CONSAD nº 01/2001 R E S O L V E CONSELHO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO UNIVERSITÁRIA CONSAD Resolução CONSAD nº 01/2001 O Presidente do Conselho Superior de Administração Universitária CONSAD e Reitor da Universidade de Cuiabá, Professor

Leia mais

MANUAL DE NORMAS E PROCEDIMENTOS COLAÇÃO DE GRAU

MANUAL DE NORMAS E PROCEDIMENTOS COLAÇÃO DE GRAU 2 Faculdade Católica Dom Orione Cerimonial e Eventos Universitários - CEU MANUAL DE NORMAS E PROCEDIMENTOS COLAÇÃO DE GRAU Araguaína, 2014 3 O Cerimonial é a rigorosa observância de um conjunto de formalidades,

Leia mais

- FACULDADES PROMOVE E INFÓRIUM - MANUAL DE INSTRUÇÕES COLAÇÃO DE GRAU

- FACULDADES PROMOVE E INFÓRIUM - MANUAL DE INSTRUÇÕES COLAÇÃO DE GRAU - FACULDADES PROMOVE E INFÓRIUM - MANUAL DE INSTRUÇÕES COLAÇÃO DE GRAU APRESENTAÇÃO A conclusão de um curso superior é a celebração de uma grande conquista na vida do acadêmico. Tem grande importância;

Leia mais

COLAÇÃO DE GRAU. O valor deve ser pago à empresa Phocus4 (Rua Caldas, nº 71 Bairro Sion. Fone: 3254-5000),

COLAÇÃO DE GRAU. O valor deve ser pago à empresa Phocus4 (Rua Caldas, nº 71 Bairro Sion. Fone: 3254-5000), COLAÇÃO DE GRAU TAXA/PARTICIPAÇÃO É necessário que todos os concluintes efetuem o pagamento da taxa no valor de R$349,00 (trezentos e quarenta e nove reais). O valor deve ser pago à empresa Phocus4 (Rua

Leia mais

Solenidade de Colação de Grau

Solenidade de Colação de Grau Solenidade de Colação de Grau A conclusão do curso é a celebração do estudante em face de uma grande conquista. A Cerimônia de Conclusão é um dos mais belos momentos da jornada. Com ela se compartilha

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS - UNITINS ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SETOR DE RELAÇÕES PÚBLICAS FORMATURAS

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS - UNITINS ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SETOR DE RELAÇÕES PÚBLICAS FORMATURAS FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS - UNITINS ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SETOR DE RELAÇÕES PÚBLICAS FORMATURAS Apresentação A Unitins - Fundação Universidade do Tocantins se consolidou como referência no

Leia mais

FACULDADE LA SALLE MANUAL DE ORIENTAÇÃO DE COLAÇÃO DE GRAU. Cursos de Graduação. Lucas do Rio Verde-MT

FACULDADE LA SALLE MANUAL DE ORIENTAÇÃO DE COLAÇÃO DE GRAU. Cursos de Graduação. Lucas do Rio Verde-MT FACULDADE LA SALLE MANUAL DE ORIENTAÇÃO DE COLAÇÃO DE GRAU Cursos de Graduação Lucas do Rio Verde-MT Caro Graduando! 2015 Ao cumprir a integralização curricular estabelecida para seu curso, está na hora

Leia mais

Perguntas Frequentes Colação de Grau FURB

Perguntas Frequentes Colação de Grau FURB COLAÇÃO DE GRAU 1) Quem está apto a colar grau? O acadêmico que concluir, com assiduidade e aproveitamento, todos os componentes curriculares do curso em que se encontra matriculado, inclusive as atividades

Leia mais

MANUAL DE FORMATURA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL CLAUDINO FRANCIO FACULDADE CENTRO MATO-GROSSENSE SORRISO/MT

MANUAL DE FORMATURA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL CLAUDINO FRANCIO FACULDADE CENTRO MATO-GROSSENSE SORRISO/MT 2014 MANUAL DE FORMATURA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL CLAUDINO FRANCIO FACULDADE CENTRO MATO-GROSSENSE SORRISO/MT M A N U A L D E F O R M A T U R A 2 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 1 OUTORGA DE GRAU... 4 2 ORIENTAÇÕES

Leia mais

MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU

MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU FACNOPAR 1 MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU Administração da Faculdade do Norte Novo de Apucarana MANTENEDOR: Umberto Bastos Sacchelli DIRETOR GERAL: Danilo Lemos Freire VICE- DIRETORA

Leia mais

MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU

MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU INTRODUÇÃO A outorga de grau acadêmico é a confirmação de que o aluno formando completou todos os requisitos exigidos pela lei e pelos regulamentos do país para ter acesso ao

Leia mais

Manual dos Formandos dos Cursos de Graduação da Faculdade Sul Brasil

Manual dos Formandos dos Cursos de Graduação da Faculdade Sul Brasil dos Cursos de Graduação da Faculdade Sul Brasil Fasul Manual Faculdade do Formando Sul Brasil Fasul FACULDADE SUL BRASIL Mantenedora: Fasul Ensino Superior Ltda ESTRUTURA DA GESTÃO COMPARTILHADA: Diretor

Leia mais

MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU DA ADJETIVO - CETEP

MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU DA ADJETIVO - CETEP MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU DA ADJETIVO - CETEP Solenidade de Colação de Grau A Colação de grau é o ato Institucional que se realiza para conferir graus acadêmicos aos formandos, em dia e hora marcados.

Leia mais

MANUAL DE SOLENIDADE DE COLAÇÃO DE GRAU

MANUAL DE SOLENIDADE DE COLAÇÃO DE GRAU MANUAL DE SOLENIDADE DE COLAÇÃO DE GRAU Profa. Dra. Fátima Ahmad Rabah Abido Diretora Silvia Regina Tedesco Rodella Diretora Acadêmica Luci Mieko Hirota Simas Assistente Técnico Administrativo I Profa.

Leia mais

Manual de Formatura Regulamento e Normas

Manual de Formatura Regulamento e Normas FACULDADE POLITÉCNICA DE UBERLÂNDIA Manual de Formatura Regulamento e Normas UBERLÂNDIA MG 1 Solenidade de Colação de Grau A conclusão do curso certamente é a celebração do estudante de uma grande conquista.

Leia mais

VI COMISSÃO DE FORMATURA

VI COMISSÃO DE FORMATURA MODALIDADE DE FORMATURA INTEGRADA UNISC I FORMATURA INTEGRADA É a modalidade de formatura que integra um ou mais cursos na realização do cerimonial e protocolo da colação de grau organizada pela UNISC,

Leia mais

SOBRE A COLAÇÃO ORIENTAÇÕES PARA OS FORMANDOS

SOBRE A COLAÇÃO ORIENTAÇÕES PARA OS FORMANDOS Conteúdo SOBRE A COLAÇÃO... 1 ORIENTAÇÕES PARA OS FORMANDOS... 1 Solicitação de Colação de Grau... 1 Documentação... 1 ENADE (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes)... 2 ORIENTAÇÕES PARA AS COMISSÕES...

Leia mais

ESCOLA DO DIREITO COMUNICADO AOS ALUNOS CONCLUINTES E COMISSÕES DE FORMATURA

ESCOLA DO DIREITO COMUNICADO AOS ALUNOS CONCLUINTES E COMISSÕES DE FORMATURA COMUNICADO AOS ALUNOS CONCLUINTES E COMISSÕES DE FORMATURA Inicia-se a contagem regressiva para o momento de importância peculiar na vida de todos vocês: a Colação de Grau no Curso de Direito da Universidade

Leia mais

RESOLUÇÃO DE REITORIA Nº 109/2008, DE 05 DE MAIO DE 2008.

RESOLUÇÃO DE REITORIA Nº 109/2008, DE 05 DE MAIO DE 2008. RESOLUÇÃO DE REITORIA Nº 109/2008, DE 05 DE MAIO DE 2008. Institui Normas e Procedimentos para as Solenidades de Colação de Grau dos Cursos de Graduação e Graduação Tecnológica do Unilasalle. O Reitor

Leia mais

Flávio Dino de Castro e Costa Governador. Prof. Dr. Gustavo Pereira da Costa Reitor. Prof. Dr. Walter Canales Sant Ana Vice-Reitor

Flávio Dino de Castro e Costa Governador. Prof. Dr. Gustavo Pereira da Costa Reitor. Prof. Dr. Walter Canales Sant Ana Vice-Reitor Flávio Dino de Castro e Costa Governador Prof. Dr. Gustavo Pereira da Costa Reitor Prof. Dr. Walter Canales Sant Ana Vice-Reitor Prof.ª Dr.ª. Andrea de Araújo Pró-Reitora de Graduação Prof. Dr. Antonio

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 010, de 19 de dezembro de 2012.

RESOLUÇÃO Nº 010, de 19 de dezembro de 2012. Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Ibirubá RESOLUÇÃO Nº 010, de 19 de dezembro de 2012.

Leia mais

MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU FORMANDOS 2011/2

MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU FORMANDOS 2011/2 MANUAL DE COLAÇÃO DE GRAU FORMANDOS 2011/2 UNIÃO BRASILIENSE DE EDUCAÇÃO E CULTURA Diretor Presidente: Pe. Décio Batista Teixeira Diretor Primeiro Vice-Presidente: Pe. Valdomiro Alves Barbosa Diretor Segundo

Leia mais

Série FACTO - Manuais. 2ª Edição

Série FACTO - Manuais. 2ª Edição Série FACTO - Manuais 2ª Edição Série FACTO - Manuais 'Manual de Colação de Grau'' Católica do Tocantins Abril de 2015 2ª Edição Diretor Geral Pe. José Romualdo Degasperi Vice Diretor Acadêmico Galileu

Leia mais

MANUAL DE FORMATURAS FACULDADE DE TECNOLOGIA DA SERRA GAÚCHA

MANUAL DE FORMATURAS FACULDADE DE TECNOLOGIA DA SERRA GAÚCHA MANUAL DE FORMATURAS FACULDADE DE TECNOLOGIA DA SERRA GAÚCHA A conclusão de um curso superior é a celebração de uma grande conquista, portanto a cerimônia de formatura se transforma num momento especial

Leia mais

MANUAL DA SOLENIDADE DE COLAÇÃO DE GRAU. Cerimonial Acadêmico

MANUAL DA SOLENIDADE DE COLAÇÃO DE GRAU. Cerimonial Acadêmico MANUAL DA SOLENIDADE DE COLAÇÃO DE GRAU Cerimonial Acadêmico Juína MT 1 Disposições Gerais A conclusão de um curso superior, certamente é o ápice da celebração do acadêmico - resultado de uma grande conquista.

Leia mais

FACULDADE NACIONAL DE EDUCAÇÃO E ENSINO SUPERIOR DO PARANÁ. Regulamento da Colação de Grau

FACULDADE NACIONAL DE EDUCAÇÃO E ENSINO SUPERIOR DO PARANÁ. Regulamento da Colação de Grau FACULDADE NACIONAL DE EDUCAÇÃO E ENSINO SUPERIOR DO PARANÁ Regulamento da Colação de Grau 2009 TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Colação de grau é um ato acadêmico-administrativo de reconhecimento institucional

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERALDE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERALDE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERALDE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO legal. Art. 1º. NORMAS PARA COLAÇÕES DE GRAU Capítulo I DO ATO As cerimônias de colação de grau serão presididas pelo Reitor

Leia mais

REGULAMENTO PARA A SOLENIDADE DE OUTORGA DE GRAU DOS CURSOS SUPERIORES DO CAMPUS BARBACENA CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINS

REGULAMENTO PARA A SOLENIDADE DE OUTORGA DE GRAU DOS CURSOS SUPERIORES DO CAMPUS BARBACENA CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINS REGULAMENTO PARA A SOLENIDADE DE OUTORGA DE GRAU DOS CURSOS SUPERIORES DO CAMPUS BARBACENA CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINS Art. 1º. O presente Regulamento tem por objetivo estabelecer as normas e procedimentos

Leia mais

Informações gerais 3. A Cerimônia/Categorias 4. Passo-a-passo 5. Responsabilidades da Comissão de Formatura 6. Músicas da Cerimônia 7

Informações gerais 3. A Cerimônia/Categorias 4. Passo-a-passo 5. Responsabilidades da Comissão de Formatura 6. Músicas da Cerimônia 7 Índice Informações gerais 3 A Cerimônia/Categorias 4 Passo-a-passo 5 Responsabilidades da Comissão de Formatura 6 Músicas da Cerimônia 7 Convite de Formatura 8 O Juramento 10 O orador 11 Perguntas Frequentes

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA CADASTRO DE ALUNO CONCLUINTE COLAÇÃO DE GRAU REGISTRO NO CREA-RJ RECEBIMENTO DO DIPLOMA - FESTA DE FORMATURA CONVITES UERJ

PROCEDIMENTOS PARA CADASTRO DE ALUNO CONCLUINTE COLAÇÃO DE GRAU REGISTRO NO CREA-RJ RECEBIMENTO DO DIPLOMA - FESTA DE FORMATURA CONVITES UERJ UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS FACULDADE DE ENGENHARIA PROCEDIMENTOS PARA CADASTRO DE ALUNO CONCLUINTE COLAÇÃO DE GRAU REGISTRO NO CREA-RJ RECEBIMENTO DO DIPLOMA

Leia mais

PORTARIA-DG-025/2008 REGULAMENTA OS PROCEDIMENTOS PARA COLAÇÃO DE GRAU NO ÂMBITO DAS FACULDADES INTEGRADAS SANTA CRUZ DE CURITIBA (FARESC)

PORTARIA-DG-025/2008 REGULAMENTA OS PROCEDIMENTOS PARA COLAÇÃO DE GRAU NO ÂMBITO DAS FACULDADES INTEGRADAS SANTA CRUZ DE CURITIBA (FARESC) PORTARIA-DG-025/2008 REGULAMENTA OS PROCEDIMENTOS PARA COLAÇÃO DE GRAU NO ÂMBITO DAS FACULDADES INTEGRADAS SANTA CRUZ DE CURITIBA (FARESC) O Diretor Geral, no uso das atribuições que lhe confere os incisos

Leia mais

REGULAMENTO PARA A SOLENIDADE DE OUTORGA DE GRAU DOS CURSOS SUPERIORES DO CEFET-BAMBUÍ CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINS

REGULAMENTO PARA A SOLENIDADE DE OUTORGA DE GRAU DOS CURSOS SUPERIORES DO CEFET-BAMBUÍ CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINS REGULAMENTO PARA A SOLENIDADE DE OUTORGA DE GRAU DOS CURSOS SUPERIORES DO CEFET-BAMBUÍ CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINS Art. 1º. O presente Regulamento tem por objetivo estabelecer as normas e procedimentos

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE Nº. 16, DE 31 DE OUTUBRO DE 2014

RESOLUÇÃO CONSEPE Nº. 16, DE 31 DE OUTUBRO DE 2014 RESOLUÇÃO CONSEPE Nº. 16, DE 31 DE OUTUBRO DE 2014 Estabelece o Manual de Formatura dos cursos de graduação das Faculdades Ponta Grossa. A Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão das Faculdades

Leia mais

REGULAMENTO PARA AS COLAÇÕES DE GRAU DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UnirG CAPÍTULO II DOS OBJETIVOS E FINS

REGULAMENTO PARA AS COLAÇÕES DE GRAU DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UnirG CAPÍTULO II DOS OBJETIVOS E FINS MUNICÍPIO DE GURUPI ESTADO DO TOCANTINS FUNDAÇÃO UNIRG CENTRO UNIVERSIÁRIO UNIRG REITORIA REGULAMENTO PARA AS COLAÇÕES DE GRAU DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UnirG CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINS Art. 1º Este

Leia mais

IMEC INSTITUTO MACEIÓ DE ENSINO E CULTURA MANUAL DO FORMANDO PLANEJAMENTO E REALIZAÇÃO DE FORMATURA

IMEC INSTITUTO MACEIÓ DE ENSINO E CULTURA MANUAL DO FORMANDO PLANEJAMENTO E REALIZAÇÃO DE FORMATURA IMEC INSTITUTO MACEIÓ DE ENSINO E CULTURA MANUAL DO FORMANDO PLANEJAMENTO E REALIZAÇÃO DE FORMATURA ÍNDICE PALAVRA DA DIRETORA...03 APRESENTAÇÃO...03 PROVIDÊNCIAS LEGAIS...03 COMISSÃO DE FORMATURA...04

Leia mais

MANUAL DO FORMANDO PLANEJAMENTO E REALIZAÇÃO DE FORMATURA

MANUAL DO FORMANDO PLANEJAMENTO E REALIZAÇÃO DE FORMATURA MANUAL DO FORMANDO PLANEJAMENTO E REALIZAÇÃO DE FORMATURA 1 ÍNDICE PALAVRA DO DIRETOR... 3 APRESENTAÇÃO... 3 PROVIDÊNCIAS LEGAIS... 3 COMISSÃO DE FORMATURA... 3 ESCOLHA DO PATRONO... 4 ESCOLHA DO PARANINFO...

Leia mais

4º É obrigatório o uso da beca durante a solenidade de Colação de Grau, exceto para o ato de colação de grau em gabinete.

4º É obrigatório o uso da beca durante a solenidade de Colação de Grau, exceto para o ato de colação de grau em gabinete. O Diretor Presidente do Instituto Avançado de Ensino Superior de Barreiras (IAESB) e o Diretor Acadêmico da Faculdade São Francisco de Barreiras (FASB), no uso de suas respectivas atribuições estatutárias

Leia mais

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA FPD

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA FPD CAROS FORMANDOS, A cerimônia de formatura de cursos de nível superior se constitui para os alunos, familiares e comunidade acadêmica um momento ímpar, que deve ser realizado como coroamento dos estudos,

Leia mais

MANUAL DE FORMATURAS

MANUAL DE FORMATURAS MANUAL DE FORMATURAS I FORMATURA Formatura ou colação de grau é o ato oficial de conclusão de curso de graduação. Na UNISC, a cerimônia habitualmente é realizada em Auditório com a presença do conjunto

Leia mais

MANUAL DA SOLENIDADE OFICIAL DE COLAÇÃO DE GRAU

MANUAL DA SOLENIDADE OFICIAL DE COLAÇÃO DE GRAU MANUAL DA SOLENIDADE OFICIAL DE COLAÇÃO DE GRAU APRESENTAÇÃO Depois de dedicar anos de sua vida aos estudos, é chegada a hora da recompensa - a Colação de Grau é um momento único, especial, e por isso

Leia mais

ATA DE REUNIÃO COM REPRESENTANTES DE FORMANDOS - GRADUAÇÃO 1/2016 DATA: 16/04/16. Horário: 11:00 às 12:30

ATA DE REUNIÃO COM REPRESENTANTES DE FORMANDOS - GRADUAÇÃO 1/2016 DATA: 16/04/16. Horário: 11:00 às 12:30 ATA DE REUNIÃO COM REPRESENTANTES DE FORMANDOS - GRADUAÇÃO 1/2016 DATA: 16/04/16 Horário: 11:00 às 12:30 1. Às onze horas do dia dezesseis de abril de dois mil e dezesseis, reuniram-se na sala William

Leia mais

FACULDADE VALE DO CRICARÉ

FACULDADE VALE DO CRICARÉ MANTENEDOR: INSTITUTO VALE DO CRICARÉ Rua: Humberto de Almeida Franklin, nº 1, Bairro Universitário. CEP: 29933-415 - São Mateus, Espírito Santo. Tel.: (27) 3313-0000 E-mail: ivc@ivc.br Site: www.ivc.br

Leia mais

RESOLUÇÃO CAS Nº 02/2012

RESOLUÇÃO CAS Nº 02/2012 RESOLUÇÃO CAS Nº 02/2012 Aprova o Regulamento de Colação de Grau da Faculdade Norte Paranaense. O Conselho Acadêmico Superior, em reunião ordinária realizada em 18 de maio de 2012, no uso de suas atribuições

Leia mais

MANUAL DO FORMANDO PLANEJAMENTO E REALIZAÇÃO DE FORMATURA

MANUAL DO FORMANDO PLANEJAMENTO E REALIZAÇÃO DE FORMATURA MANUAL DO FORMANDO PLANEJAMENTO E REALIZAÇÃO DE FORMATURA ÍNDICE PALAVRA DO DIRETOR... 2 APRESENTAÇÃO... 2 PROVIDÊNCIAS LEGAIS... 2 COMISSÃO DE FORMATURA... 3 A ESCOLHA DO PATRONO... 3 A ESCOLHA DO PARANINFO...

Leia mais

TIRANDO DÚVIDAS COLAÇÕES UNIFICADAS. Todas as inscrições devem ser feitas pelo site www.bureaudeformaturas.com.br individualmente.

TIRANDO DÚVIDAS COLAÇÕES UNIFICADAS. Todas as inscrições devem ser feitas pelo site www.bureaudeformaturas.com.br individualmente. TIRANDO DÚVIDAS COLAÇÕES UNIFICADAS INSCRIÇÃO VIA SITE Todas as inscrições devem ser feitas pelo site www.bureaudeformaturas.com.br individualmente. Todos os alunos da mesma sala/curso que fizerem a inscrição

Leia mais

Manual de Procedimentos para Colação de Grau dos Alunos dos Cursos de Graduação do Instituto de Biociências.

Manual de Procedimentos para Colação de Grau dos Alunos dos Cursos de Graduação do Instituto de Biociências. Campus de Botucatu Manual de Procedimentos para Colação de Grau dos Alunos dos Cursos de Graduação do Instituto de Biociências. Cursos de Graduação em: Ciências Biológicas Ciências Biomédicas Nutrição

Leia mais

REGIMENTO DE SOLENIDADE DE FORMATURA

REGIMENTO DE SOLENIDADE DE FORMATURA REGIMENTO DE SOLENIDADE DE FORMATURA Coronel Fabriciano, Abril de 2010 1 SUMÁRIO TITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 3 TÍTULO II DA COMISSÃO PERMANENTE DE FORMATURA 3 TÍTULO III DA SOLENIDADE 5 CAPÍTULO

Leia mais

REGIMENTO DE SOLENIDADE DE FORMATURA

REGIMENTO DE SOLENIDADE DE FORMATURA REGIMENTO DE SOLENIDADE DE FORMATURA Coronel Fabriciano, Abril de 2010 SUMÁRIO TITULO I TÍTULO II TÍTULO III DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES DA COMISSÃO PERMANENTE DE FORMATURA DA SOLENIDADE 3 3 4 CAPÍTULO

Leia mais

RESOLUÇÃO nº 130, de 18 de junho de 2014.

RESOLUÇÃO nº 130, de 18 de junho de 2014. RESOLUÇÃO nº 130, de 18 de junho de 2014. Estabelece normas para as Colações de Grau dos alunos que concluírem Cursos de Graduação na UNIPLAC e dá outras providências. O Reitor da Universidade do Planalto

Leia mais

ORIENTAÇÕES AOS FORMANDOS/PRODUTORAS

ORIENTAÇÕES AOS FORMANDOS/PRODUTORAS ORIENTAÇÕES AOS FORMANDOS/PRODUTORAS ORIENTAÇÕES AOS FORMANDOS Este guia tem o objetivo de orientar e ajudar os formandos sobre os procedimentos adequados para a organização da formatura. 1. EXIGÊNCIAS

Leia mais

FORMATURAS CURSOS EAD - UEPG

FORMATURAS CURSOS EAD - UEPG FORMATURAS CURSOS EAD - UEPG A cerimônia de colação dos cursos a distância é realizada por empresa contratada pelos formandos, com o apoio e supervisão da UEPG (PROGRAD e CERIMONIAL) A empresa deve se

Leia mais

Norma de Eventos Institucionais e Oficiais - Universidade Federal de Itajubá

Norma de Eventos Institucionais e Oficiais - Universidade Federal de Itajubá Norma de Eventos Institucionais e Oficiais - Universidade Federal de Itajubá 1 Esta norma regulamenta a realização dos eventos institucionais e oficiais da Universidade Federal de Itajubá, padronizando

Leia mais

I. DO ATO DA FORMATURA

I. DO ATO DA FORMATURA 1 I. DO ATO DA FORMATURA...3 II. Orientações Específicas para os Formandos...3 1. Solicitação de Formatura...3 III. INFORMAÇÕES PRELIMINARES...3 1. Do Polo de Apoio Presencial...3 2. Das Atribuições da

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01, DE 13 DE MARÇO DE 2013.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01, DE 13 DE MARÇO DE 2013. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01, DE 13 DE MARÇO DE 2013. Estabelece normas para as cerimônias de Colação de Grau dos cursos superiores da UVV - ES A UNIVERSIDADE VILA VELHA ES, no uso das atribuições que lhe

Leia mais

CHEFIA DE CERIMONIAL E EVENTOS

CHEFIA DE CERIMONIAL E EVENTOS CHEFIA DE CERIMONIAL E EVENTOS REGIMENTO PARA A SOLENIDADE DE OUTORGA DE GRAU DOS CURSOS TÉCNICOS E DE GRADUAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS BAMBUÍ CAPÍTULO

Leia mais