Articulação das Estratégias Regionais e Nacional

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Articulação das Estratégias Regionais e Nacional"

Transcrição

1 Dependable Technologies for Critical Systems Articulação das Estratégias Regionais e Nacional Rodrigo Maia, Principal Engineer

2 Agenda 1. Critical Software 2. Contributos para Estratégia de Inovação 3. Exemplos Internos 4. Contactos DEPENDABLE TECHNOLOGIES FOR CRITICAL SYSTEMS 2

3 Critical Software Sobre nós Coimbra University: 1290 DEPENDABLE TECHNOLOGIES FOR CRITICAL SYSTEMS Spin-off da Universidade de Coimbra em 1998 Empresa de Engenharia Informática Centro de Engenharia: ~250 engenheiros Grande investimento em I&D e na Qualidade - 10% do turnover é, todos os anos, investido em I&D - Mais e 20 colaboradores alocados a I&D Pilares Estratégicos - Visão Global - Pessoas & Comunidade - Qualidade - Inovação em I&D - Reinvestimento & Crescimento Mission Apoiar soluções críticas ao negócio. Vision Sermos uma empresa internacional de soluções de engenharia e tecnologia de software reconhecida pela excelência no fornecimento de soluções pioneiras e inovadoras nos múltiplos mercados, enquanto asseguramos qualidade e confiabilidade. 3

4 Critical Software No mundo DEPENDABLE TECHNOLOGIES FOR CRITICAL SYSTEMS Exportação representa~80% do turnover 4

5 Dependable Technologies for Critical Systems Contributos para a Estratégia

6 Apostar num Desenvolvimento Bottom-Up Sedimentar a Estratégia nos contextos Locais Identificar em cada região as áreas de excelência Criar a acarinhar as redes de inovação regionais Agregar estas realidades regionais em estratégias nacionais Potenciar a participação na Redes Europeias DEPENDABLE TECHNOLOGIES FOR CRITICAL SYSTEMS

7 Subida na Cadeia de Valor Antecipar as tendências Apostar na Especialização Usando a Inovação para alavancar a subida na cadeia DEPENDABLE TECHNOLOGIES FOR CRITICAL SYSTEMS 7

8 Espaço A experiência da Critical Software contempla projectos com as quatros principais agências espaciais: ESA, NASA, JAXA e CASC. Desenvolvimento de soluções de software de alta integridade: desenvolvimento e modelação de software de bordo, para sistemas mission-critical, embedded e real-time Garantia e validação de produto: qualidade e garantia de produto, verificação e validação independente de software e análise de RAMS utilizando as melhores tecnologias e metodologias disponíveis Desenvolvimento de aplicações para sistemas terrestres: sistemas de controlo de missão, simulação operacional, comando, sistemas de controlo e inteligência (C2) 8

9 Marítimo Soluções para o suporte de processos de negócio para as actividades marítimas. Apoio a instituições pública e privadas de forma a cumprir com as suas responsabilidades, de forma eficaz e eficiente, em relação à segurança e protecção do meio ambiente: Melhor consciência situacional Antecipação de cenários de incidente Melhor coordenação Melhor cooperação entre agências Resposta mais célere Optimização de custos 9

10 Energia Produtos e serviços integrados e de valor acrescentado para Oil&Gas, Geração de Energia, Transporte e Distribuição, Eficiência Energética, Comércio. Gestão de Activos Integrados (cspower): um único ponto de acesso de operadores a gestores de topo Sistema de Gestão de Energia (csems) Verificação e validação independente de software (ISVV) e desenvolvimento safety-critical Gestão de Projectos de Capital (ProCon) Eficiência Energética em Edifícios (verticalla) 10

11 Mobilidade A evolução das cidades lança novos desafios a mobilidade dos cidadãos. Estes desafios foram oportunidades agarradas pela Critical Software para o desenvolvimento de novas soluções: Green-Mobility Sistemas de Gestão de Redes de Carregamentos de Veículos Eléctricos (charge.me) Shared-Mobility Sistema de Gestão de Sistemas de Car- Sharinng. 11

12 Dependable Technologies for Critical Systems Rodrigo Maia

Conferência - Mobilidade Eléctrica

Conferência - Mobilidade Eléctrica Conferência - Mobilidade Eléctrica 30-03-2011 CRITICAL SOFTWARE Título Dependable Technologies for Critical Systems Spin-off da Universidade de Coimbra, Julho 1998 Desenvolvimento de tecnologia dual Business

Leia mais

Software para Sistemas Críticos

Software para Sistemas Críticos Software para Sistemas Críticos Nuno Silva, Engineering Manager Encontro Nacional Colégio Informática da Ordem dos Engenheiros, 16-09-2005 Dependable Technologies for Critical Systems Copyright Critical

Leia mais

////////////// CLUSTER DA MOBILIDADE OBJECTIVOS EIXOS PROJECTOS PARCEIROS CLUSTER DA MOBILIDADE

////////////// CLUSTER DA MOBILIDADE OBJECTIVOS EIXOS PROJECTOS PARCEIROS CLUSTER DA MOBILIDADE Plano de Acção ////////////// O FUTURO DA. UM FUTURO SUSTENTÁVEL A mobilidade sustentável é um dos principais desafios da Europa. Empresas construtoras de meios de transporte, fornecedores e vários outros

Leia mais

Competitividade e Inovação

Competitividade e Inovação Competitividade e Inovação Evento SIAP 8 de Outubro de 2010 Um mundo em profunda mudança Vivemos um momento de transformação global que não podemos ignorar. Nos últimos anos crise nos mercados financeiros,

Leia mais

Iniciativa PE2020. A Engenharia como fator de competitividade Projetos colaborativos. António Manzoni/Vilar Filipe

Iniciativa PE2020. A Engenharia como fator de competitividade Projetos colaborativos. António Manzoni/Vilar Filipe Iniciativa PE2020 A Engenharia como fator de competitividade Projetos colaborativos António Manzoni/Vilar Filipe Novembro 2013 Projeto Engenharia 2020 Preocupações macroeconómicas Papel da engenharia na

Leia mais

8, 9 e 10 NOVEMBRO 2011 LISBOA. Novos Mercados Encontro de Sectores INSCREVA-SE JÁ. Especial: MERCADOS INTERNACIONAIS. www.expoenergia2011.about.

8, 9 e 10 NOVEMBRO 2011 LISBOA. Novos Mercados Encontro de Sectores INSCREVA-SE JÁ. Especial: MERCADOS INTERNACIONAIS. www.expoenergia2011.about. 8, 9 e 10 NOVEMBRO 2011 LISBOA Centro de Congressos Univ. Católica Novos Mercados Encontro de Sectores Especial: MERCADOS INTERNACIONAIS ORGANIZAÇÃO PARCEIRO PATROCÍNIO INSCREVA-SE JÁ www.expoenergia2011.about.pt

Leia mais

CARREGAMENTO PARA VEÍCULOS ELÉCTRICOS EM PORTUGAL LUIS REIS

CARREGAMENTO PARA VEÍCULOS ELÉCTRICOS EM PORTUGAL LUIS REIS MODELO E SISTEMA DE CARREGAMENTO PARA VEÍCULOS ELÉCTRICOS EM PORTUGAL LUIS REIS SEMINÁRIO MOBILIDADE ELÉCTRICA: O VEÍCULO 08.MARÇO. 2010 NOVO PARADIGMA MOBILIDADE ELÉCTRICA EXPLORAR A INTEGRAÇÃO ENTRE

Leia mais

Maio 2013 PE2020. O papel da Engenharia como fator de competitividade. Iniciativa

Maio 2013 PE2020. O papel da Engenharia como fator de competitividade. Iniciativa Maio 2013 PE2020 O papel da Engenharia como fator de competitividade Iniciativa Agenda 1. Apresentação da Proforum e do PE2020 como plataforma colaborativa relevante e integradora 2. Contributo do PE2020

Leia mais

MAIOR EVENTO NACIONAL PARA O CRESCIMENTO VERDE E DESENVOLVIMENTO DAS CIDADES 04 / 06 MARÇO 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA

MAIOR EVENTO NACIONAL PARA O CRESCIMENTO VERDE E DESENVOLVIMENTO DAS CIDADES 04 / 06 MARÇO 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA MAIOR EVENTO NACIONAL PARA O CRESCIMENTO VERDE E DESENVOLVIMENTO DAS CIDADES 04 / 06 MARÇO 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA Conselho Estratégico da Green Business Week Entidades Empresas convidadas

Leia mais

INOVAR com SUSTENTABILIDADE ENERGIA IBERO-AMERICANA 2050

INOVAR com SUSTENTABILIDADE ENERGIA IBERO-AMERICANA 2050 INOVAR com SUSTENTABILIDADE ENERGIA IBERO-AMERICANA 2050 Lisboa, 26 de Novembro 2009 1. EFICIÊNCIA ENERGÉTICA 2. MOBILIDADE SUSTENTÁVEL 3. EXPLORAÇÃO & PRODUÇÃO 4. DOUTORAMENTO EM MEIO EMPRESARIAL 5. OPEN

Leia mais

Soluções em Tecnologia da Informação

Soluções em Tecnologia da Informação Soluções em Tecnologia da Informação Curitiba Paraná Salvador Bahia A DTS Sistemas é uma empresa familiar de Tecnologia da Informação, fundada em 1995, especializada no desenvolvimento de soluções empresariais.

Leia mais

Implementação e Certificação de um Sistema I+D+I. Fev. 2008

Implementação e Certificação de um Sistema I+D+I. Fev. 2008 Implementação e Certificação de um Sistema I+D+I Fev. 2008 Medeiros genda 1. Áreas de negócio Martifer; 2. Martifer Energia Equipamentos para energia S.A.; 3. Certificações Obtidas 4. Porquê IDI? 5. Objectivo

Leia mais

PORQUÊ A META4? UMA NOVA EXPERIÊNCIA DE RH

PORQUÊ A META4? UMA NOVA EXPERIÊNCIA DE RH PORQUÊ A META4? UMA NOVA EXPERIÊNCIA DE RH Orientados para o cliente Na Meta4 temos um objetivo claro: a satisfação dos nossos clientes. Para isso, dedicamos todos nossos esforços para oferecer um apoio

Leia mais

As Novas Fronteiras da Soberania

As Novas Fronteiras da Soberania As Novas Fronteiras da Soberania 7 de Outubro de 2011 Um Novo Contexto Estratégico de Soberania A Soberania tem que assentar cada vez mais num Novo Contrato de Confiança entre o Estado e o Cidadão, formalizado

Leia mais

A VISÃO do ENERGYIN Motivos da sua criação & Objectivos

A VISÃO do ENERGYIN Motivos da sua criação & Objectivos Pólo da Competitividade e Tecnologia da Energia (PCTE) O papel do PCTE na energia solar em Portugal 8 e 9 de Fevereiro de 2010 António Mano - EDP Antonio.ermidamano@edp.pt A VISÃO do ENERGYIN Motivos da

Leia mais

GRUPO ROLEAR. Porque há coisas que não podem parar!

GRUPO ROLEAR. Porque há coisas que não podem parar! GRUPO ROLEAR Porque há coisas que não podem parar! INOVAÇÃO COMO CHAVE DO SUCESSO Desde 1979, com sede no Algarve, a Rolear resulta da oportunidade identificada pelo espírito empreendedor do nosso fundador

Leia mais

A ENERGIA QUE FAZ SENTIDO RGIA AMBIENTE TECNOLOGIA INOVAÇÃO FUTU VA ÇÃO FUTURO RESPONSABILIDADE RESPEITO ABILIDADE RESPEITO FUTURO ENERGIA AMBIE

A ENERGIA QUE FAZ SENTIDO RGIA AMBIENTE TECNOLOGIA INOVAÇÃO FUTU VA ÇÃO FUTURO RESPONSABILIDADE RESPEITO ABILIDADE RESPEITO FUTURO ENERGIA AMBIE A ENERGIA QUE FAZ SENTIDO RGIA AMBIENTE TECNOLOGIA INOVAÇÃO FUTU VA ÇÃO FUTURO RESPONSABILIDADE RESPEITO ABILIDADE RESPEITO FUTURO ENERGIA AMBIE A Energia Que Faz Sentido QUEM SOMOS Somos uma Empresa vocacionada

Leia mais

Bashen Agro Consultoria e sistemas de gestão AgroPecuária

Bashen Agro Consultoria e sistemas de gestão AgroPecuária Abril de 2008 Bashen Agro Consultoria e sistemas de gestão AgroPecuária 1 Bashen Agro Um projecto Consultoria e sistemas de gestão AgroPecuária Parceria FZ AGROGESTÃO Consultoria em Meio Rural, Lda Av.

Leia mais

Inovação e Inteligência Competitiva: Desafios para as Empresas e para a Economia Portuguesa

Inovação e Inteligência Competitiva: Desafios para as Empresas e para a Economia Portuguesa QUIDGEST Q-DAY: INOVAÇÃO CONTRA A CRISE Inovação e Inteligência Competitiva: Desafios para as Empresas e para a Economia Portuguesa André Magrinho TAGUSPARK: 09 de Setembro 2009 SUMÁRIO 1. Globalização

Leia mais

MARITIME SOLUTIONS CENTRE OF EXCELLENCE

MARITIME SOLUTIONS CENTRE OF EXCELLENCE MARITIME SOLUTIONS CENTRE OF EXCELLENCE RICARDO MAIA 2014-03-10 Agenda 1. Contexto 2. O Centro de Excelência 3. Case Studies ADICIONAR TÌTULO DA APRESENTAÇÂO EM CAPS DATA Contexto Portugal tem responsabilidades

Leia mais

Rui el Brás. Inovação e competitividade, COTEC-CCDR PAG. 1. Maio.2011 INESTING PAG. 1

Rui el Brás. Inovação e competitividade, COTEC-CCDR PAG. 1. Maio.2011 INESTING PAG. 1 Rui el Brás Inovação e competitividade, COTEC-CCDR Maio.2011 INESTING PAG. 1 PAG. 1 Introdução Empresa Projectos Referências Estratégia Contactos INESTING PAG. 2 Introdução INESTING PAG. PAG. 3 3 Google

Leia mais

A sustentabilidade nas compras públicas. Paula Trindade LNEG

A sustentabilidade nas compras públicas. Paula Trindade LNEG A sustentabilidade nas compras públicas Paula Trindade LNEG SEMINÁRIO SUSTENTABILIDADE ENERGÉTICA NAS COMPRAS PÚBLICAS 12 Novembro 2013 Caldas da Raínha Estrutura da apresentação - O que são compras sustentáveis

Leia mais

Gestão da Inovação no Contexto Brasileiro. Hugo Tadeu e Hérica Righi 2014

Gestão da Inovação no Contexto Brasileiro. Hugo Tadeu e Hérica Righi 2014 Gestão da Inovação no Contexto Brasileiro Hugo Tadeu e Hérica Righi 2014 INTRODUÇÃO Sobre o Relatório O relatório anual é uma avaliação do Núcleo de Inovação e Empreendedorismo da FDC sobre as práticas

Leia mais

A Construção Sustentável e o Futuro

A Construção Sustentável e o Futuro A Construção Sustentável e o Futuro Victor Ferreira ENERGIA 2020, Lisboa 08/02/2010 Visão e Missão O Cluster Habitat? Matérias primas Transformação Materiais e produtos Construção Equipamentos Outros fornecedores

Leia mais

A Agência de Tecnologia da República Checa e os seus programas

A Agência de Tecnologia da República Checa e os seus programas A Agência de Tecnologia da República Checa e os seus programas A CRIAÇÃO E O LANÇAMENTO DAS ACTIVIDADES DA TA CR A fundação da Agência de Tecnologia da República Checa (adiante designada TA CR ) foi um

Leia mais

ARTIGO TÉCNICO. Os objectivos do Projecto passam por:

ARTIGO TÉCNICO. Os objectivos do Projecto passam por: A metodologia do Projecto SMART MED PARKS ARTIGO TÉCNICO O Projecto SMART MED PARKS teve o seu início em Fevereiro de 2013, com o objetivo de facultar uma ferramenta analítica de confiança para apoiar

Leia mais

PÓLO DAS TECNOLOGIAS DE PRODUÇÃO

PÓLO DAS TECNOLOGIAS DE PRODUÇÃO PÓLO DAS TECNOLOGIAS DE PRODUÇÃO 1 CONTEXTO APOSTAS DA INDÚSTRIA TRANSFORMADORA Novos produtos (materiais, design, etc.) Integração de produto + serviço (extended products) Customização Resposta rápida

Leia mais

OPORTUNIDADES. Cluster energético: oportunidades; horizontes; observatório, BejaGlobal; PASE

OPORTUNIDADES. Cluster energético: oportunidades; horizontes; observatório, BejaGlobal; PASE CLUSTER ENERGÉTICO DE BEJA OPORTUNIDADES SUSTENTABILIDADE ENERGÉTICA E CRESCIMENTO ECONÓMICO A sustentabilidade energética e climática é um desígnio estratégico duplo significado. Por um lado, desenvolvimento

Leia mais

A EDGE é uma empresa Portuguesa de base tecnológica dedicada à criação e desenvolvimento de sistemas ciber-físicos de elevado desempenho e em tempo real que combinam de forma única a automação, a robótica,

Leia mais

Apoio ao Desenvolvimento e Competitividade da sua Empresa

Apoio ao Desenvolvimento e Competitividade da sua Empresa Apoio ao Desenvolvimento e Competitividade da sua Empresa A Fine Solutions propõe uma oferta integrada de serviços em 3 grandes áreas: Competitividade Optimização de custos Desenvolvimento de Negócios,

Leia mais

NOTA METODOLÓGICA. 1. Introdução. A presente Nota Metodológica tem como principal objetivo apresentar os seguintes pontos:

NOTA METODOLÓGICA. 1. Introdução. A presente Nota Metodológica tem como principal objetivo apresentar os seguintes pontos: NOTA METODOLÓGICA Título do trabalho: Apoio à Reflexão e Conceção de possíveis ações de Investigação e Desenvolvimento (I&D) a nível nacional e internacional do Centro das Energias Renováveis e Manutenção

Leia mais

DEBATE DO PG SRETC 21/05/2015

DEBATE DO PG SRETC 21/05/2015 DEBATE DO PG SRETC 21/05/2015 Senhor Presidente da Assembleia Legislativa Regional, Excelência Senhor Presidente do Governo Regional da Madeira, Excelência Senhoras e Senhores Secretários Regionais Senhoras

Leia mais

DIÁLOGOS DE INTERNACIONALIZAÇÃO AICEP PME em Consórcio Alavanca para a Internacionalização. Maria Isolina Mesquita Vice-Presidente da Bluepharma S.A.

DIÁLOGOS DE INTERNACIONALIZAÇÃO AICEP PME em Consórcio Alavanca para a Internacionalização. Maria Isolina Mesquita Vice-Presidente da Bluepharma S.A. PMEs em Consórcio DIÁLOGOS DE INTERNACIONALIZAÇÃO AICEP PME em Consórcio Alavanca para a Internacionalização Maria Isolina Mesquita Vice-Presidente da Bluepharma S.A. Novos Mercados: O desafio de um novo

Leia mais

Plano de Prevenção de Riscos de Gestão. Incluindo os de Corrupção e Infracções Conexas

Plano de Prevenção de Riscos de Gestão. Incluindo os de Corrupção e Infracções Conexas Plano de Prevenção de Riscos de Gestão Incluindo os de Corrupção e Infracções Conexas Introdução No âmbito da sua actividade, o Conselho de Prevenção da Corrupção (CPC), aprovou a Recomendação n.º 1/2009,

Leia mais

Seminário Eco-Condução. Tecnologia: Projectos e Oportunidades

Seminário Eco-Condução. Tecnologia: Projectos e Oportunidades Seminário Eco-Condução Tecnologia: Projectos e Oportunidades Margarida C. Coelho Universidade de Aveiro Departamento de Engenharia Mecânica Lisboa, 20 de Maio de 2009 1 Estrutura 1. Motivação 2. Tendências

Leia mais

O MUNDO É UM SISTEMA COMPLEXO

O MUNDO É UM SISTEMA COMPLEXO SIMBIENTE Engenharia e Gestão Ambiental Apresentação Institucional O MUNDO É UM SISTEMA COMPLEXO Edição: Janeiro 2012 O Mundo é um sistema complexo. Sistemas naturais. Sistemas socioeconómicos. Desafio

Leia mais

Rua Comendador Raínho, 1192, 3700-231 S. João da Madeira Tlf.: +351 256 826 832/ 234 Fax: +351 256 826 252 geral@amrconsult.com www.amrconsult.

Rua Comendador Raínho, 1192, 3700-231 S. João da Madeira Tlf.: +351 256 826 832/ 234 Fax: +351 256 826 252 geral@amrconsult.com www.amrconsult. 1 s & amrconsult 2010 2 1- Enquadramento: No último estudo realizado pelo INE sobre em Portugal, conclui-se que Portugal é o terceiro país da EU com taxa de criação de empresas mais elevada (14,2%). No

Leia mais

qual é o segredo para obter PPM de forma fácil e econômica em quatro semanas?

qual é o segredo para obter PPM de forma fácil e econômica em quatro semanas? RESUMO DA SOLUÇÃO Pacote CA Clarity PPM on Demand Essentials for 50 Users qual é o segredo para obter PPM de forma fácil e econômica em quatro semanas? agility made possible Agora a CA Technologies oferece

Leia mais

Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado Federal

Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado Federal Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado Federal Novembro 2013 Marcus Tollendal Diretor Presidente SAVIS Tecnologia e Sistemas S.A. Roteiro Quem: Sobre a SAVIS Porque: Seleção para Implantação

Leia mais

1992-2013. Duas décadas de experiência em Informática de Gestão

1992-2013. Duas décadas de experiência em Informática de Gestão 1992-2013 Duas décadas de experiência em Informática de Gestão A NOSSA MISSÃO: Superar as necessidades dos nossos Clientes, diferenciando-nos pela excelente qualidade e consistência dos nossos serviços.

Leia mais

DO PÓLO DE SOFTWARE DO MINHO AO CENTRO DE EXCELÊNCIA EM DESMATERIALIZAÇÃO DE TRANSACÇÕES

DO PÓLO DE SOFTWARE DO MINHO AO CENTRO DE EXCELÊNCIA EM DESMATERIALIZAÇÃO DE TRANSACÇÕES DO PÓLO DE SOFTWARE DO MINHO AO CENTRO DE EXCELÊNCIA EM DESMATERIALIZAÇÃO DE TRANSACÇÕES Pedro Vilarinho COTEC Portugal 26 de Junho de 2008 AGENDA O Pólo de Software do Minho no Plano Estratégico da COTEC

Leia mais

Business Geo-Intelligence

Business Geo-Intelligence Business Geo-Intelligence Monitorização Reporting Gestão de Frotas Áreas de influência Territórios de Vendas Geomerchandising Marketing Directo GeoMarketing Simulação de implementação Mobilidade web mapping

Leia mais

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO::

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO:: ::ENQUADRAMENTO:: :: ENQUADRAMENTO :: O actual ambiente de negócios caracteriza-se por rápidas mudanças que envolvem a esfera politica, económica, social e cultural das sociedades. A capacidade de se adaptar

Leia mais

Contributo das tecnologias no apoio à decisão e na redução de custos

Contributo das tecnologias no apoio à decisão e na redução de custos Contributo das tecnologias no apoio à decisão e na redução de custos Fernanda Bonifácio Sub-Directora Dep. Gestão Frotas da EDP Valor Lisboa, 23 de Maio de 2012

Leia mais

Catálogo de Serviços de Assistência. Assistência técnica ABB Mais produtividade, menos custos

Catálogo de Serviços de Assistência. Assistência técnica ABB Mais produtividade, menos custos Catálogo de Serviços de Assistência Assistência técnica ABB Mais produtividade, menos custos ABB em Portugal A nossa organização Power Products Power Systems Discrete Automation & Motion Low Voltage Products

Leia mais

Estratégia Nacional para a Energia (ENE 2020) Luis Silva, ADENE Agência para a Energia

Estratégia Nacional para a Energia (ENE 2020) Luis Silva, ADENE Agência para a Energia Estratégia Nacional para a Energia (ENE 2020) Luis Silva, ADENE Agência para a Energia 6º workshop da Plataforma do Empreendedor AIP-CE, 1 Julho 2010 Índice As novas metas EU para as Renováveis Estratégia

Leia mais

Com o Apoio de. Comissão de Coordenaçã e Desenvolvimento Regional do Centro

Com o Apoio de. Comissão de Coordenaçã e Desenvolvimento Regional do Centro OPEN Centro de Incubação de Oportunidades de Negócio Processo de Admissão de Utentes e Modelo de Incubação Centimfe, 2 de Março de 2005 Missão da OPEN Contribuir para a promoção da inovação e do emprego,

Leia mais

75% 15 a 18 de Maio 2015 Praça da Independência - Maputo Moçambique Pavilhão de Portugal

75% 15 a 18 de Maio 2015 Praça da Independência - Maputo Moçambique Pavilhão de Portugal aposta no Sistema Educativo Formação e Criação de Novas Infra-Estruturas UMA OPORTUNIDADE PARA O SEU SECTOR CO-FINANCIADO 75% 1ª PARTICIPAÇÃO PORTUGUESA DA FILEIRA DA EDUCAÇÃO AIP - Feiras, Congressos

Leia mais

Memória descritiva do projecto Sanjonet Rede de Inovação e Competitividade

Memória descritiva do projecto Sanjonet Rede de Inovação e Competitividade Memória descritiva do projecto Sanjonet Rede de Inovação e Competitividade Candidatura aprovada ao Programa Política de Cidades - Redes Urbanas para a Competitividade e a Inovação Síntese A cidade de S.

Leia mais

Perfis Profissionais do Engenheiro Informático

Perfis Profissionais do Engenheiro Informático Instituto Politécnico de Tomar Escola Superior de Tecnologia de Tomar Departamento de Engenharia Informática Unidade Curricular de Introdução à Tecnologia Perfis Profissionais do Engenheiro Informático

Leia mais

Espiral de Conhecimento

Espiral de Conhecimento Espiral de Conhecimento PERFIL INSTITUCIONAL Constituição: Julho de 2006 Perfil: Empresa de Comunicação Social Especialização Inicial: Inovação e Tecnologias de Informação e Comunicação Sócios: Ana Pinto

Leia mais

Em Crise Profunda no Mercado Interno. Em Expansão Acelerada nos Mercados Externos

Em Crise Profunda no Mercado Interno. Em Expansão Acelerada nos Mercados Externos 2ª JORNADAS DA ESPECIALIZAÇÃO EM DIREÇÃO E GESTÃO DA CONSTRUÇÃO ENGENHARIA CIVIL OS NOVOS DESAFIOS O PAPEL DA CONSTRUÇÃO NO FUTURO Índice: Onde Estamos Europa 2020 e Crescimento da Construção em Portugal

Leia mais

Estágios Tecnológicos no CERN, ESA e ESO

Estágios Tecnológicos no CERN, ESA e ESO Estágios Tecnológicos no CERN, ESA e ESO Casos de Sucesso 30 Abril 2010 Copyright Active Space Technologies 2004-2010 Conteúdo Percurso Académico dos Promotores Estágio na ESA Projecto Empreendedor Sugestões

Leia mais

Aluguer Operacional e Gestão de Frotas

Aluguer Operacional e Gestão de Frotas the world leading fleet and vehicle management company LeasePlan Portugal Lagoas Park - Edifício 6-2740-244 Porto Salvo Ed. Cristal Douro - R. do Campo Alegre, nº 830 - sala 35-4150-171 Porto Tel.: 707

Leia mais

Big enough to do the job small enough to do it better!

Big enough to do the job small enough to do it better! Big enough to do the job small enough to do it better! Conteúdos 1 Competências 2 Case studies 3 Quero mais Competências > Assistência Informática > Outsourcing > Web ' ' Webdesign Hosting Email ' Webmarketing

Leia mais

Contributo para o quase zero de energia no edificado

Contributo para o quase zero de energia no edificado Energia nos EDIFÌCIOS: 40 % da energia primária consumida Contributo para o quase zero de energia no edificado 24% das emissões de GEE 30% do consumo de electricidade (per capita: 1,5 MWh/ano) Edifícios

Leia mais

Os projectos de Sistemas Cooperativos Comunicação infra-estrutura veículo APCAP - CP3

Os projectos de Sistemas Cooperativos Comunicação infra-estrutura veículo APCAP - CP3 Os projectos de Sistemas Cooperativos Comunicação infra-estrutura veículo APCAP - CP3 APCAP Day, 22 de Outubro 2009 Índice Definição; Objectivos; Benefícios; Projectos em desenvolvimento (3); Definição:

Leia mais

Revista de Imprensa Julho 2008. 1 - Jornal O Correio.com, 19-07-2008, Nazaré inspira-se em Cascais

Revista de Imprensa Julho 2008. 1 - Jornal O Correio.com, 19-07-2008, Nazaré inspira-se em Cascais Revista de Imprensa Julho 2008 Cascais Atlântico 1 - Jornal O Correio.com, 19-07-2008, Nazaré inspira-se em Cascais 3 Cascais Energia 2 - Mais Ambiente.pt, 31-07-2008, Primeiro edifício municipal do país

Leia mais

2ª Reunião do National Supporting Group (NSG) - Projecto Ele.C.Tra. Lisboa, 13 de Junho de 2015

2ª Reunião do National Supporting Group (NSG) - Projecto Ele.C.Tra. Lisboa, 13 de Junho de 2015 2ª Reunião do National Supporting Group (NSG) - Projecto Ele.C.Tra Lisboa, 13 de Junho de 2015 EMEL EMEL Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa, E.M. S.A., tem como objecto a gestão

Leia mais

População 1,8 milhões Área 435 km 2 Extensão Norte-Sul 35 km Extensão Leste-Oeste 20 km 9 regionais 75 bairros

População 1,8 milhões Área 435 km 2 Extensão Norte-Sul 35 km Extensão Leste-Oeste 20 km 9 regionais 75 bairros População 1,8 milhões Área 435 km 2 Extensão Norte-Sul 35 km Extensão Leste-Oeste 20 km 9 regionais 75 bairros 1.º lugar A cidade mais digital do Brasil Fundação CPqD e Momento Editorial 2.º Lugar em 2011

Leia mais

Otimismo desenvolvedoras de softwares

Otimismo desenvolvedoras de softwares Otimismo nas nuvens Ambiente favorável alavanca negócios das empresas desenvolvedoras de softwares, que investem em soluções criativas de mobilidade e computação em nuvem para agilizar e agregar flexibilidade

Leia mais

O contributo do Cluster Habitat Sustentável

O contributo do Cluster Habitat Sustentável O contributo do Cluster Habitat Sustentável Victor Ferreira Plataforma para a Construção Sustentável Seminário Construção Sustentável CONCRETA 2011 20/10/2011 Visão e Missão O Cluster Habitat? agregador

Leia mais

Paulo César Especialista de Soluções da ATM informática paulo.cesar@atminformatica.pt

Paulo César Especialista de Soluções da ATM informática paulo.cesar@atminformatica.pt Desktop Virtual Paulo César Especialista de Soluções da ATM informática paulo.cesar@atminformatica.pt Tendo em conta que a Virtualização será um dos principais alvos de investimento para o ano 2009 (dados

Leia mais

Estratégia Regional de Especialização Inteligente Pedido de Contributos no Domínio do Capital Humano e Serviços Especializados

Estratégia Regional de Especialização Inteligente Pedido de Contributos no Domínio do Capital Humano e Serviços Especializados Estratégia Regional de Especialização Inteligente Pedido de Contributos no Domínio do Instituições www.ccdr-n.pt/norte2020 O desenvolvimento de Estratégias Regionais de Especialização Inteligente constitui

Leia mais

TRENMO APRESENTAÇÃO. transportes.engenharia.modelação

TRENMO APRESENTAÇÃO. transportes.engenharia.modelação TRENMO APRESENTAÇÃO transportes.engenharia.modelação A NOSSA HISTÓRIA A Trenmo (Transportes, Engenharia e Modelação) é uma empresa recente, criada em 2005, a partir de um spin-off do conhecimento desenvolvido

Leia mais

PROJECTOS ENERGÉTICO-AMBIENTAIS EM LISBOA

PROJECTOS ENERGÉTICO-AMBIENTAIS EM LISBOA PROJECTOS ENERGÉTICO-AMBIENTAIS EM LISBOA AMBIURBE 17 a 20 de Junho 2009 PROJECTOS ENERGÉTICO-AMBIENTAIS EM LISBOA INDICE FUNDO MUNICIPAL DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA PLANO MOBILIDADE DO EDIFICIO MOBILIDADE

Leia mais

DIRECÇÃO REGIONAL DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E COMUNICAÇÔES

DIRECÇÃO REGIONAL DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E COMUNICAÇÔES DIRECÇÃO REGIONAL DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E COMUNICAÇÔES Missão : Dinamizar a investigação científica e promover o desenvolvimento tecnológico e a inovação para consolidar a Sociedade do Conhecimento na

Leia mais

Dream Energis. Sistema de Eficiência Energética A forma inteligente de medir e controlar a sua energia. Dream Code

Dream Energis. Sistema de Eficiência Energética A forma inteligente de medir e controlar a sua energia. Dream Code Dream Energis Sistema de Eficiência Energética A forma inteligente de medir e controlar a sua energia Dream Code Como podemos ajudá-lo a poupar energia? Estimativa de18% de poupança de energia todos os

Leia mais

ENERGIA: OPORTUNIDADE, EMPRESAS, CRESCIMENTO Filipe Vasconcelos, Diretor Geral da ADENE

ENERGIA: OPORTUNIDADE, EMPRESAS, CRESCIMENTO Filipe Vasconcelos, Diretor Geral da ADENE ENERGIA: OPORTUNIDADE, EMPRESAS, CRESCIMENTO Filipe Vasconcelos, Diretor Geral da ADENE Lisboa, 26 de Junho 2012 23 de Março de 2012 ONDE NOS ENCONTRAMOS Num Contexto Internacional financeiro e económico

Leia mais

Estratégia Regional de Especialização Inteligente Ateliê de CONDIÇÕES DE SUPORTE - ECONOMIA Évora, 19 de Março de 2014 Principais Conceitos A competitividade das regiões deve fundar-se nas respetivas características

Leia mais

INDUSCRIA. PLATAFORMA PARA AS INDÚSTRIAS CRIATIVAS Um Contributo para as Novas Geografias Cosmopolitas

INDUSCRIA. PLATAFORMA PARA AS INDÚSTRIAS CRIATIVAS Um Contributo para as Novas Geografias Cosmopolitas OS CONSULTORES Instituicões & Empresas Associadas: GAB. COORDENADOR da ESTRATÉGIA DE LISBOA e do PLANO TECNOLÓGICO CEDRU_Centro de Estudos e Desenvolv. Regional e Urbano McKINSEY & Company PLMJ ASSOCIADOS_Sociedade

Leia mais

Oportunidades para a PME No 7º PQ de IDT da União Europeia. Virginia Corrêa

Oportunidades para a PME No 7º PQ de IDT da União Europeia. Virginia Corrêa Seventh Research Framework Programme (2007-2013) Oportunidades para a PME No 7º PQ de IDT da União Europeia Virginia Corrêa Gabinete de Promoção do 7º Programa-Quadro de IDT 1 Gabinete de Promoção do 7º

Leia mais

As mais-valias da Eco-Condução

As mais-valias da Eco-Condução As mais-valias da Eco-Condução Encontros com Energia Montijo, 21 de Novembro de 2013 Ana Isabel Cardoso Energia no sector dos transportes Consumo de energia final por sector em 2011 Dados: DGEG, 2013/Tratamento:

Leia mais

FrontWave Engenharia e Consultadoria, S.A.

FrontWave Engenharia e Consultadoria, S.A. 01. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA 2 01. Apresentação da empresa é uma empresa criada em 2001 como spin-off do Instituto Superior Técnico (IST). Desenvolve tecnologias e metodologias de inovação para rentabilizar

Leia mais

O Consumo de Energia está a aumentar

O Consumo de Energia está a aumentar Schneider Electric -Eficiência Energética HAG 04/2010 1 Luis Hagatong Energy Efficiency Manager Schneider Electric Portugal 3 as Jornadas Electrotécnicas Máquinas e instalações eléctricas ISEP 29 e 30

Leia mais

PROGRAMA DE APOIO À IMPLEMENTAÇÃO DE PROJECTOS DE PRODUÇÃO DE ENERGIA E DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA. Selfenergy

PROGRAMA DE APOIO À IMPLEMENTAÇÃO DE PROJECTOS DE PRODUÇÃO DE ENERGIA E DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA. Selfenergy PROGRAMA DE APOIO À IMPLEMENTAÇÃO DE PROJECTOS DE PRODUÇÃO DE ENERGIA E DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA Selfenergy PARCEIRO: SCT Consulting SOLVING CHALLENGES TOGETHER Uma empresa com energia A Vivapower é uma

Leia mais

Projecto Engenharia 2020 - Tecnologia e Inovação. Grupo de Trabalho Cidades Inteligentes

Projecto Engenharia 2020 - Tecnologia e Inovação. Grupo de Trabalho Cidades Inteligentes Projecto Engenharia 2020 - Tecnologia e Inovação Grupo de Trabalho Cidades Inteligentes Proposta de funcionamento e objectivos do Grupo Trabalho Oportunidades Projectos e propostas LNEC 30 Maio 2013 Grupos

Leia mais

BACKBONE CITY PULSE. City Pulse Plano de Negócios 1

BACKBONE CITY PULSE. City Pulse Plano de Negócios 1 BACKBONE Veículos Informação ao público (visual e sonora) sobre o percurso (estação seguinte,...) Entretenimento a bordo (conteúdos multimédia, WiFi público,...) Monitorização (contagem de passageiros,

Leia mais

Factor PME. Junho 2011

Factor PME. Junho 2011 Projecto Factor PME Junho 2011 Índice Âmbito e Objectivos 03 Condições de Elegibilidade _Entidade beneficiária 04 _Projecto 05 Investimentos Elegíveis _Componentes de financiamento 06 _Despesas elegíveis

Leia mais

Soluções Empresariais. Business Remote Monitoring Solutions

Soluções Empresariais. Business Remote Monitoring Solutions Soluções Empresariais Business Remote Monitoring Solutions «A energia é hoje um bem escasso e dispendioso. Utilizá-la com rigor, de forma eficiente e sem desperdício, é o nosso desafio todos os dias» Isa

Leia mais

markup Advanced Marketing Solutions COMUNICAR PERGUNTAR ESCUTAR Web Marketing

markup Advanced Marketing Solutions COMUNICAR PERGUNTAR ESCUTAR Web Marketing markup Advanced Marketing Solutions A Markup é uma Agência de Comunicação & Marketing que nasceu da vontade de investidores e profissionais experientes, de referência, nas áreas da comunicação, marketing

Leia mais

COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS. Finanças

COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS. Finanças COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS Finanças DESCRIÇÕES DOS NÍVEIS APRENDIZ Aprende para adquirir conhecimento básico. É capaz de pôr este conhecimento em prática sob circunstâncias normais, buscando assistência

Leia mais

Balanced Scorecard e a

Balanced Scorecard e a Sessões de Trabalho Balanced Scorecard e a Execução Estratégica Programa de 3 dias de Treino Inscrições até 31/Março = 375 + IVA Inscrições até 11/Abril = 750 + IVA Local: Armazém SYV (em Lisboa, na Junqueira)

Leia mais

O Sistema de Certificação Energética como plataforma integrada de gestão do património edificado

O Sistema de Certificação Energética como plataforma integrada de gestão do património edificado O Sistema de Certificação Energética como plataforma integrada de gestão do património edificado ENERGY FOR SMART CITIES Cascais Painel Built Environment Lisboa, 28 a 30 de Novembro de 2012 Joana Fernandes

Leia mais

SQS Portugal Portfólio de Serviços de Segurança. SQS Software Quality Systems

SQS Portugal Portfólio de Serviços de Segurança. SQS Software Quality Systems SQS Portugal Portfólio de Serviços de Segurança SQS Software Quality Systems SQS Portugal Apresentação A SQS Portugal - Software Quality Systems, é uma empresa especializada em ajudar os seus clientes

Leia mais

O Desenvolvimento de Novos Produtos Importância, abordagens e metodologias. Susana Seabra / Miguel Carnide - SPI

O Desenvolvimento de Novos Produtos Importância, abordagens e metodologias. Susana Seabra / Miguel Carnide - SPI Susana Seabra / Miguel Carnide - SPI Sociedade Portuguesa de Inovação - SPI A atuação do Grupo SPI estrutura-se em três domínios que lhe permitem disponibilizar um conjunto único de atividades e serviços.

Leia mais

Energia, investimento e desenvolvimento económico

Energia, investimento e desenvolvimento económico Energia, investimento e desenvolvimento económico Aníbal Fernandes ENEOP Eólicas de Portugal Mesa Redonda Energia Eólica ERSE, 10 Fevereiro 2010 Prioridades de política energética e benefícios económicos

Leia mais

Reabilitação Térmica de Edifícios Correcção de pontes térmicas com argamassas com granulado de cortiça

Reabilitação Térmica de Edifícios Correcção de pontes térmicas com argamassas com granulado de cortiça Reabilitação Térmica de Edifícios Correcção de pontes térmicas com argamassas com granulado de cortiça ESTBarreiro- Escola Superior de Tecnologia do Barreiro Moita, 2013 ANA ARMADA BRÁS PEDRO MARQUES Qual

Leia mais

HORIZONTE 2020 A INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA E A INOVAÇÃO

HORIZONTE 2020 A INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA E A INOVAÇÃO HORIZONTE 2020 A INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA E A INOVAÇÃO XX Congresso Nacional da Ordem dos Engenheiros Porto, 17-19 de outubro de 2014 Sebastião Feyo de Azevedo, professor de engenharia química, Reitor da

Leia mais

COMPETITIVIDADE e SUSTENTABILIDADE. Inovação nas cadeias produtivas

COMPETITIVIDADE e SUSTENTABILIDADE. Inovação nas cadeias produtivas COMPETITIVIDADE e SUSTENTABILIDADE Inovação nas cadeias produtivas INOVAÇÃO TECNOLÓGICA NA ESTRATÉGIA COMPETITIVA missão A missão da Anpei é: Estimular a Inovação Tecnológica nas Empresas. A associação

Leia mais

1. Objectivos do Observatório da Inclusão Financeira

1. Objectivos do Observatório da Inclusão Financeira Inclusão Financeira Inclusão Financeira Ao longo da última década, Angola tem dado importantes passos na construção dos pilares que hoje sustentam o caminho do desenvolvimento económico, melhoria das

Leia mais

QUEM SOMOS? Uma equipe orientada para gerar conhecimento aplicado as estratégias de negócios.

QUEM SOMOS? Uma equipe orientada para gerar conhecimento aplicado as estratégias de negócios. QUEM SOMOS? Uma equipe orientada para gerar conhecimento aplicado as estratégias de negócios. Atuação abrangente com foco no Consumidor, Marketing e Publicidade para clientes internos e externos. MISSÃO

Leia mais

Rexroth 4EE Rexroth para Eficiência Energética

Rexroth 4EE Rexroth para Eficiência Energética Rexroth 4EE Rexroth para Eficiência Energética Procurando reduzir gastos com energia? Por que não aumentar a produtividade ao mesmo tempo? Reduzir os custos operacionais usando a energia com eficiência

Leia mais

Desafio Logístico 2013

Desafio Logístico 2013 1 Desafio Logístico 2013 Índice Introdução 3 A situação O desafio 5 5 Regras gerais 6 2 Introdução O desenvolvimento econômico do Brasil enfrenta inúmeros desafios sendo que um dos mais complexos está

Leia mais

CDE Agências Bancárias

CDE Agências Bancárias CDE Agências Bancárias Andreia Carreiro Innovation Project Manager acarreiro@isa.pt Agenda 1. ISA Intelligent Sensing Anywhere S.A. ; 2. CDE BES Banco Espirito Santo; 1. Motivação; 2. Objetivos; 3. Dados

Leia mais

Gestão da Informação

Gestão da Informação Gestão da Informação Aplicações de suporte à Gestão da Informação na empresa Luis Borges Gouveia, lmbg@ufp.pt Aveiro, Fevereiro de 2001 Sistemas de informação para empresas Manutenção e exploração de sistemas

Leia mais

Planejamento de sistemas de informação.

Planejamento de sistemas de informação. Planejamento de sistemas de informação. O planejamento de sistemas de informação e da tecnologia da informação é o processo de identificação das aplicações baseadas em computadores para apoiar a organização

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO GRUPO INCENTEA

APRESENTAÇÃO DO GRUPO INCENTEA APRESENTAÇÃO DO GRUPO INCENTEA Quem Somos Somos um grupo de empresas de prestação de serviços profissionais nas áreas das Tecnologias de Informação, Comunicação e Gestão. Estamos presente em Portugal,

Leia mais

Uma Estratégia de Crescimento com base no Conhecimento, Tecnologia e Inovação

Uma Estratégia de Crescimento com base no Conhecimento, Tecnologia e Inovação Uma Estratégia de Crescimento com base no Conhecimento, Tecnologia e Inovação Tópicos da Intervenção do Senhor Ministro da Economia e da Inovação 24 de Novembro de 2005 Plano Tecnológico - Inovação e Crescimento

Leia mais

Encontro Investigação, Desenvolvimento e Inovação Lisboa, 07de Outubro de 2013

Encontro Investigação, Desenvolvimento e Inovação Lisboa, 07de Outubro de 2013 Encontro Investigação, Desenvolvimento e Inovação Lisboa, 07de Outubro de 2013 1 PROBLEMA Como responder às crescentes exigências económicas e ambientais, às alterações permanentes e aos diversos estilos

Leia mais